Manual Fechamento Fiscal

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual Fechamento Fiscal"

Transcrição

1 Manual Fechamento DESENVOLVENDO SOLUÇÕES Autora: Laila M G Gechele Doc. Vrs. 01 Revisores: Silmara Rebeca e Mauro Martinelli Aprovado em: março de 2013 Copyright 2013 Teorema Informática, Guarapuava. Todos os direitos reservados.

2 1. VISÃO GERAL 1.1 MOTIVAÇÃO: O Fechamento é um unificador de todo o movimento da empresa, por meio das disposições das informações permite uma visualização privilegiada de todas as ocorrências fiscais e suas totalizações, portanto uma funcionalidade muito conveniente para o controle da empresa. 1.2 ÍNDICE 1. VISÃO GERAL MOTIVAÇÃO: ÍNDICE INTRODUÇÃO: GESTÃO FISCO CONTÁBIL PROCESSO DE APURAÇÃO DO SIMPLES NACIONAL PROCESSO DE APURAÇÃO DE LUCRO PRESUMIDO FECHAMENTO FISCAL COMO PROCEDER USO DA APURAÇÃO COM O IMPOSTO ICMS DETALHES DA APURAÇÃO CONSULTAR DOCUMENTOS POR CFOP FECHAR E REABRIR PAGAR DÉBITO IMPOSTO PIS RELATÓRIOS DE APURAÇÃO REFERÊNCIAS ACRÔNIMOS E ABREVIATURAS INTRODUÇÃO: Tratando-se do uso da ferramenta apresentada por este documento é necessário ao usuário, conhecimentos básicos de informática, algum treinamento prévio, presencial deste módulo, ou conhecimento de pelo menos algum outro módulo Teorema, bem como do segmento de contabilidade. Site: / / Fone: (42)

3 Vídeoaulas de processos para assistência de todos os usuários se encontram no curso Gestão Fisco Contábil no Ambiente de Aprendizagem da área restrita Teorema. Para funcionamento correto certifique-se de que o computador atende aos requisitos mínimos de hardware e sistema operacional solicitados: Processador Pentium IV ou superior AMD 2.0 ou superior; RAM 1GB ou mais; Disco Rígido de 120GB ou mais; Sistema Operacional (Windows XP /Windows 8); Resolução de vídeo igual a 1280 x 720 ou mais alta; Sendo imprescindível o uso de antivírus e rotina de backup; Energia Elétrica: Filtrada, Estabilizada e Aterrada; Este sistema foi projetado para atender as necessidades das empresas que controlam fiscal e contabilmente suas atividades financeiras e seguem as prescrições da legislação atual. Este documento foi confeccionado para atender aos usuários do sistema e para sanar eventuais dúvidas dos procedimentos exemplificados. Os assuntos pontuais foram divididos em pré-requisitos para empresas que estão no formato para o Simples Nacional e empresas de Lucro Presumido, na sequência são apresentadas as funcionalidade do Fechamento, a penúltima seção trata das referências utilizadas e por último as siglas e abreviaturas citadas no decorrer deste documento são detalhadas para melhor compreensão dos assuntos. Problemas com relação ao uso do sistema, deste documento ou sugestões de necessidades ou melhorias registrar abertura de Chamadas por meio do sistema fornecendo o contato e uma descrição clara e objetiva. 2. GESTÃO FISCO CONTÁBIL 2.1 PROCESSO DE APURAÇÃO DO SIMPLES NACIONAL O processo de apuração do Simples Nacional no módulo de, utiliza os cadastros dos Anexos da partilha do Simples Nacional no menu Cadastros opção Tabela Simples Nacional de Tabelas, Figura 1. Site: / / Fone: (42)

4 Figura 1 Menu para Tabelas Simples Nacional. Onde deve ser informado o Anexo e os percentuais dos impostos conforme as faixas de faturamento, Figura 2. Site: / / Fone: (42)

5 Figura 2 Tabela para Simples Nacional. As incidências de impostos devem ser indicados por CFOP para os processos do Simples Nacional, acesso como na Figura 3. Site: / / Fone: (42)

6 Figura 3 Menu de Incidência do Simples Nacional. No cadastro de Incidências do Simples Nacional, informar o CFOP, o Anexo da partilha do Simples Nacional e quais impostos incidem no CFOP selecionado, Figura 4. Figura 4 Tela de Cadastro de Incidências de Simples Nacional. Na apuração do Simples Nacional, que é utilizado para informar o período e processar a apuração do Simples Nacional, acessar no menu Movimentos a opção Apuração Simples Nacional. A Figura 5 mostra a tela de inclusão da apuração do Simples Nacional. O campo CFOP/Anexo traz a lista das incidências de simples nacional cadastradas. Site: / / Fone: (42)

7 Figura 5 Movimento de Apuração do Simples Nacional 2.2 PROCESSO DE APURAÇÃO DE LUCRO PRESUMIDO Como parte do processo para empresas com tipo Lucro Presumido a apuração de IRPJ/CSLL deve ser inclusa. No menu Cadastros acessar a opção Impostos Presumido e cadastrar as respectivas alíquotas das atividades oferecidas pela empresa. Acrescentar a contabilização da apuração do presumido por meio das contas contábeis por empresa, Figura 6. Dica: fazer o processo de recalculo de impostos SPED no botão Processos na consulta de Entrada e Saída de Itens (ISS, PIS, COFINS). Figura 6 Cadastro dos impostos presumidos. Site: / / Fone: (42)

8 Lembrar que no Cadastro de Situações foram adicionados os campos Base Presumido e Atividade Presumido, preencher corretamente para completar o processo, Figura 7. Figura 7 Campos para Presumido nas Situações. No Movimento Documentos (Fiscais) utilizar situações fiscais com a Base e Atividade Presumido. No módulo de Gestão Administrativa atentar que deve ser integrado com o (em Parâmetros) e a Operação utilizada deve gerar fiscal. Então ao finalizar tanto Emissão de Notas Fiscais ou liberar Movimento de Itens, é criado um desdobramento com a Base Presumido. Para verificar o desdobramento acessar Informações Fiscais segundo o destaque da Figura 8. Figura 8 Indicação de acesso as informações fiscais do documento. O desdobramento com a Base Presumido aparecerá conforme o destaque da Figura 9. Lembrando que a Situação utilizada deve indicar tanto a Base Presumido como a Atividade Presumido, parametrizado a Empresa para integrar Faturamento com e na Operação tem que estar marcado para Gerar. Site: / / Fone: (42)

9 Figura 9 Exemplo de desdobramento Presumido. Figura 10. Criada uma tela para processar e fechar a apuração de IRPJ/CSLL, acesso conforme o indicado na Figura 10 Menu da Apuração Presumido. Resumidamente o funcionamento é no menu Movimento opção Apuração Presumido para funcionamento indicar o período (mensal ou trimestral) para a apuração e selecionar o imposto, Figura 11. Na sequência Salvar e utilizar o botão. Para evitar alterações travar o movimento da Apuração utilizando o botão, se tiver contas contábeis informadas no cadastro de impostos presumido, irá contabilizar IRPJ/CSLL. Se houver necessidade de reprocessamento utilizar a Reabertura. Site: / / Fone: (42)

10 Figura 11 Tela de Movimentação de Apuração Presumido. 3. FECHAMENTO FISCAL 3.1 COMO PROCEDER O Fechamento faz o agrupamento por CFOP de entrada e de saída. Pode ser acessado através do menu Movimentos opção Fechamento. A Figura 12 mostra o acesso no sistema. Figura 12 Menu para Fechamento. Para utilizar o Fechamento selecionar o mês da competência desejada e o ano. Os impostos estão divididos nas abas conforme disposição em destaque na Figura 13. Site: / / Fone: (42)

11 Figura 13 Abas dos Impostos para Apuração. Então na aba do imposto a ser consultado utilizar o botão sistema traz as informações na grid., desta forma o 3.2 USO DA APURAÇÃO COM O IMPOSTO ICMS. A Figura 14 mostra a tela de Apuração do ICMS após a Geração da Apuração. Figura 14 Tela de Fechamento de ICMS. 3.3 DETALHES DA APURAÇÃO O botão na lateral esquerda da tela pode ser utilizado para incluir detalhes do imposto que está em evidência, Figura 15. Site: / / Fone: (42)

12 Figura 15 Tela para detalhamento da apuração. 3.4 CONSULTAR DOCUMENTOS POR CFOP O botão Figura 16. abre uma tela que lista os documentos com incidência de ICMS para possíveis conferências, Figura 16 Lista os Documentos com a incidência do imposto por CFOP. Ao dar duplo click no documento é aberta a consulta do documento, Figura 17. Com a opção de acesso ao Movimento do Documento por meio do botão. Site: / / Fone: (42)

13 Figura 17 Consulta o documento. Para realizar alterações no próprio documento utilizar o botão abre a tela de lançamento do documento, Figura 18., desta forma o sistema Figura 18 Tela de lançamento. 3.5 FECHAR E REABRIR O botão é para fechar ou abrir a apuração. Pois, ao terminar a Apuração de uma competência é interessante fechar para que não sejam feitas alterações acidentais, como são realizadas nas Liberações de Período. Entretanto este processo está em fase de ajuste do desenvolvimento, portanto o usuário deve estar atento as Liberações de Períodos. A Figura 19 mostra a equiparação da indicação de Apuração Aberta ou Fechada no cabeçalho da tela de Apuração. Site: / / Fone: (42)

14 Figura 19 Indicação de Apuração Aberta e ou Fechada. 3.6 PAGAR DÉBITO O botão abre as opções para pagamento dos impostos apurados, ao clicar é aberta uma pequena tela de seleção dos tipos de pagamento, Figura 20. As opções de pagamento: Pagamento com DARF; Compensação de Pagamento Indevido ou Maior; Outras Compensações; Figura 20 Tela de seleção para o Tipo de Pagamento. A Figura 21 mostra a tela de lançamento de pagamento de DARF. Figura 21 Tela para pagamento de DARF. Site: / / Fone: (42)

15 A Figura 22 a tela de lançamento de Compensação de pagamento indevido ou a maior. Figura 22 Compensação de pagamento indevido ou a maior. A Figura 23 mostra a tela para lançamento para outras compensações. As opções da lista de Tipo de Crédito: 01 - Ressarcimento do IPI; 02 - IRPJ Saldo Negativo Per. Anteriores Próprio; 03 IRPJ Saldo Negativo Per. Anteriores Sucedida; 04 CSLL Saldo Negativo Per. Anteriores Próprio; 05 CSLL Saldo Negativo Per. Anteriores Sucedida; 06 IRRF Cooperativas de Trabalho; 07 IRRF Juros sobre Capital Próprio; 11 Outros; 12 PIS/PASEP Não-Cumulativo Exportação; 13 Cofins Não-Cumulativa Exportação; 14 PIS/PASEP Não-Cumulativo Mercado Interno; 15 - Cofins Não-Cumulativa Mercado Interno; 16 PIS/PASEP Embalagens ( 4ª do art.51 da Lei nº /03); 17 Cofins Embalagens ( 4ª do art.51 da Lei nº /03); 20 Reintegração; Site: / / Fone: (42)

16 Figura 23 Pagamento de outras Compensações. 3.7 IMPOSTO PIS Na Figura 24 é possível verificar os valores de crédito de PIS de forma agrupada. Figura 24 Tela de Apuração de PIS. 3.8 RELATÓRIOS DE APURAÇÃO COFINS. Todas as apurações possuem relatórios apropriados, a Figura 25 mostra o relatório de Apuração de Site: / / Fone: (42)

17 Figura 25 Relatório de Apuração de COFINS. 3.9 OBSERVAÇÕES Para ajustes para SPED normalmente é utilizada a opção de Informações Extras, A Figura 26 mostra o acesso. Figura 26 Menu Inf. Extras. Observar que a tela de informações adicionais, Figura 27, é a mesma tela da Figura 17. Site: / / Fone: (42)

18 Figura 27 Apuração de impostos. 4. REFERÊNCIAS 5. ACRÔNIMOS E ABREVIATURAS AMD - Advanced Micro Devices. CFOP Código de Operações e de Prestações das Entradas de Mercadorias e Bens e da Aquisição de Serviços. COFINS Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social. CSLL CSLL ou CSSL - Contribuição Social sobre o Lucro Líquido. DARF - Documento de Arrecadação de Receitas Federais. GB Gigabyte. HD Hard Disk. ICMS - Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços. IRPJ Imposto de Renda Pessoa Jurídica. ISS Imposto Sobre Serviços. PIS - Programa de Integração Social. RAM Random Access Memory. SPED Sistema Público de Escrituração. USB - Universal Serial Bus. Site: / / Fone: (42)

19 Caso tenha dúvidas, por favor, entre em contato com seu Agente. Tenha um excelente uso do sistema e obrigado pela confiança! Teorema Sistemas (42) Site: / / Fone: (42)

Manual Etiquetas OP DESENVOLVENDO SOLUÇÕES. Autora: Laila M G Gechele Doc. Vrs. 01 Revisores: Leandro Delgado de Souza Aprovado em: Setembro de 2013.

Manual Etiquetas OP DESENVOLVENDO SOLUÇÕES. Autora: Laila M G Gechele Doc. Vrs. 01 Revisores: Leandro Delgado de Souza Aprovado em: Setembro de 2013. Manual Etiquetas OP DESENVOLVENDO SOLUÇÕES Autora: Laila M G Gechele Doc. Vrs. 01 Revisores: Leandro Delgado de Souza Aprovado em: Setembro de 2013. Nota de copyright Copyright 2013 Teorema Informática,

Leia mais

Ordens de Produção Vinculadas

Ordens de Produção Vinculadas Ordens de Produção Vinculadas DESENVOLVENDO SOLUÇÕES Autora: Laila M G Gechele Doc. Vrs. 02 Revisão: Marcelo Barby Aprovado em: Novembro de 2014. Nota de copyright Copyright 2014 Teorema Informática, Guarapuava.

Leia mais

Manual CIAP Controle de Crédito de ICMS do Ativo Permanente.

Manual CIAP Controle de Crédito de ICMS do Ativo Permanente. Manual CIAP Controle de Crédito de. DESENVOLVENDO SOLUÇÕES Autor: Laila M G Gechele Doc. Vrs. 01 Revisão: Gustavo e Mauro Aprovado em: Março de 2014. Nota de copyright Copyright 2014 Teorema Informática,

Leia mais

Requisição de Compra DESENVOLVENDO SOLUÇÕES

Requisição de Compra DESENVOLVENDO SOLUÇÕES DESENVOLVENDO SOLUÇÕES Autor: REPTEC TECNOLOGIA - Márcio Bertelli Doc. Vrs. 02 Revisão: TEOREMA SISTEMAS - Laila Maria Aprovado em: Abril de 2015. Nota de copyright Copyright 2015 Teorema Informática,

Leia mais

Manual Framework Daruma para ECF

Manual Framework Daruma para ECF Manual Framework Daruma para ECF DESENVOLVENDO SOLUÇÕES Autor: Leandro Doc. Vrs. 01 Revisão: Laila Maria Aprovado em: Março de 2015. Nota de copyright Copyright 2015 Teorema Informática, Guarapuava. Todos

Leia mais

Instruções para Remessa Bancária

Instruções para Remessa Bancária Bancária DESENVOLVENDO SOLUÇÕES Autora: Laila M G Gechele Doc. Vrs. 02 Aprovado em: novembro de 2012 Atualizado em: 24 de dezembro de 2012 Nota de copyright Copyright 2012 Teorema Informática, Guarapuava.

Leia mais

DESENVOLVENDO SOLUÇÕES

DESENVOLVENDO SOLUÇÕES DESENVOLVENDO SOLUÇÕES Autora: Laila M G Gechele Doc. Vrs. 01 Revisores: Aprovado em: setembro de 2013. Nota de copyright Copyright 2013 Teorema Informática, Guarapuava. Todos os direitos reservados. Manual

Leia mais

Manual Garantia e Serviço de Atendimento ao Consumidor - SAC

Manual Garantia e Serviço de Atendimento ao Consumidor - SAC Manual Garantia e Serviço de Atendimento ao Consumidor - SAC DESENVOLVENDO SOLUÇÕES Autora: Laila M G Gechele Doc. Vrs. 02 Revisores: Aprovado em: Novembro de 2014 Nota de copyright Copyright 2014 Teorema

Leia mais

Manual Acordos Comerciais

Manual Acordos Comerciais Manual Acordos Comerciais DESENVOLVENDO SOLUÇÕES Autor: Bruno Conrado Hertzel Doc. Vrs. 01 Revisão: Laila Maria Aprovado em: Junho de 2016. Nota de copyright Copyright 2016 Teorema Informática, Guarapuava.

Leia mais

Manual Comissões 1.1 ÍNDICE 1. VISÃO GERAL... 2 1.1 ÍNDICE... 2 1.2 MOTIVAÇÃO:... 3 1.3 INTRODUÇÃO... 4

Manual Comissões 1.1 ÍNDICE 1. VISÃO GERAL... 2 1.1 ÍNDICE... 2 1.2 MOTIVAÇÃO:... 3 1.3 INTRODUÇÃO... 4 SUPERANDO DESAFIOS Autora: Laila M G Gechele Doc. VRS. 1.0 Aprovado em: 18/09/2012 Revisor: Gustavo Ribas Atualizado em Abril de 2014 Nota de copyright Copyright 2014 Teorema Informática, Guarapuava. Todos

Leia mais

Manual SPED Contábil DESENVOLVENDO SOLUÇÕES. Autora: Laila M G Gechele Doc. Vrs. 02 Aprovado em: Maio de 2013.

Manual SPED Contábil DESENVOLVENDO SOLUÇÕES. Autora: Laila M G Gechele Doc. Vrs. 02 Aprovado em: Maio de 2013. DESENVOLVENDO SOLUÇÕES Autora: Laila M G Gechele Doc. Vrs. 02 Aprovado em: Maio de 2013. Nota de copyright Copyright 2013 Teorema Informática, Guarapuava. Todos os direitos reservados. 1. VISÃO GERAL 1.1

Leia mais

Cuidados com Banco de Dados

Cuidados com Banco de Dados Cuidados com Banco de Dados DESENVOLVENDO SOLUÇÕES Autora: Laila M G Gechele Doc. Vrs. 02 Aprovado em: agosto de 2011 Nota de copyright Copyright 2013 Teorema Informática, Guarapuava. Todos os direitos

Leia mais

Manual Emissão de RPA

Manual Emissão de RPA Manual Emissão de RPA SUPERANDO DESAFIOS Identificação: 12.06a Autora: Laila M G Gechele Doc. Vrs. 1.0 Aprovado em: 21 de setembro de 2012 Revisora: Silmara C Rebeca Nota de copyright Copyright 2012 Teorema

Leia mais

Manifestação do Destinatário da NF-e

Manifestação do Destinatário da NF-e Manifestação do Destinatário da NF-e DESENVOLVENDO SOLUÇÕES Autora: Laila Maria Doc. Vrs. 01 Revisão: Gustavo Aprovado em: Novembro de 2014. Nota de copyright Copyright 2014 Teorema Informática, Guarapuava.

Leia mais

Lei da Transparência - Lei 12741/2012

Lei da Transparência - Lei 12741/2012 Lei da Transparência - Lei 12741/2012 DESENVOLVENDO SOLUÇÕES Autor: Marcelo Barby Doc. Vrs. 02 Revisão: Laila M G Gechele e Gustavo Ribas Aprovado em: maio de 2013 Nota de copyright Copyright 2013 Teorema

Leia mais

Manual SPED Fiscal ICMS/IPI

Manual SPED Fiscal ICMS/IPI DESENVOLVENDO SOLUÇÕES Autora: Laila M G Gechele Doc. Vrs. 02 Aprovado em: Junho de 2013. Nota de copyright Copyright 2013 Teorema Informática, Guarapuava. Todos os direitos reservados. 1. VISÃO GERAL

Leia mais

Manual XML Center DESENVOLVENDO SOLUÇÕES. Autora: Laila Maria Doc. Vrs. 01 Revisão: Aprovado em: Outubro de 2015.

Manual XML Center DESENVOLVENDO SOLUÇÕES. Autora: Laila Maria Doc. Vrs. 01 Revisão: Aprovado em: Outubro de 2015. Manual XML Center DESENVOLVENDO SOLUÇÕES Autora: Laila Maria Doc. Vrs. 01 Revisão: Aprovado em: Outubro de 2015. Nota de copyright Copyright 2015 Teorema Informática, Guarapuava. Todos os direitos reservados.

Leia mais

Novidades da Versão 15.02a

Novidades da Versão 15.02a DESENVOLVENDO SOLUÇÕES Autora: Laila Maria Doc. Vrs. 01 Revisão: Aprovado em: Janeiro de 2015. Nota de copyright Copyright 2015 Teorema Informática, Guarapuava. Todos os direitos reservados. 1. VISÃO GERAL

Leia mais

Este Procedimento Operacional Padrão define as etapas necessárias de como fazer o Cadastro de Tributos no Sistema TOTVS RM. Índice

Este Procedimento Operacional Padrão define as etapas necessárias de como fazer o Cadastro de Tributos no Sistema TOTVS RM. Índice Este Procedimento Operacional Padrão define as etapas necessárias de como fazer o Cadastro de Tributos no Sistema TOTVS RM. Índice I. Acesso ao Cadastro... 2 II. Seleção de Filtros... 3 III. Cadastro...

Leia mais

Manual Posto de Combustível

Manual Posto de Combustível Manual Posto de Combustível DESENVOLVENDO SOLUÇÕES Autora: Laila Maria Doc. Vrs. 04 Aprovado em: outubro de 2012 Revisores: Ernani Gelinski, Osni Marin e Silmara C. Rebeca Nota de copyright Copyright 2015

Leia mais

Novidades da Versão 15.02a

Novidades da Versão 15.02a DESENVOLVENDO SOLUÇÕES Autora: Laila Maria Doc. Vrs. 01 Revisão: Aprovado em: Janeiro de 2015. Nota de copyright Copyright 2015 Teorema Informática, Guarapuava. Todos os direitos reservados. 1. VISÃO GERAL

Leia mais

Manual de Novos Lançamentos para Fisco Contábil

Manual de Novos Lançamentos para Fisco Contábil 1. VISÃO GERAL 1.1 MOTIVAÇÃO: Evolução dos controles contábeis e fiscais para as Empresas. 1.2 ÍNDICE 1 Visão Geral... 01 1.1 Motivação... 01 1.2 Índice... 01 1.3 Introdução... 01 1.4 Movimento Fiscal

Leia mais

Novidades Versão 11.08a

Novidades Versão 11.08a 1. VISÃO GERAL 1.1 MODIFICAÇÕES E ATUALIZAÇÕES: Foram adicionadas diversas funcionalidades nos Módulos Doc-e, Produção, CRM, no Sistema de Gestão Administrativa e no Módulo de Vendas que permitem melhorias

Leia mais

Manual Folha de Pagamento

Manual Folha de Pagamento Manual Folha de Pagamento DESENVOLVENDO SOLUÇÕES Autora: Laila M G Gechele Doc. Vrs. 02 Revisores: Mauro E Martinelli e Amarildo Caldas Aprovado em: Fevereiro de 2013 Nota de copyright Copyright 2013 Teorema

Leia mais

Novidades da Versão 12.09a

Novidades da Versão 12.09a Novidades da Versão 12.09a DESENVOLVENDO SOLUÇÕES, SUPERANDO DESAFIOS Autora: Laila M G Gechele Doc. Vrs. 02 Aprovado em: 18 de outubro de 2012 Nota de copyright Copyright 2012 Teorema Informática, Guarapuava.

Leia mais

Neste bip. Como converter o arquivo CAGED para acerto. Você Sabia? Edição 52 Dezembro de 2014

Neste bip. Como converter o arquivo CAGED para acerto. Você Sabia? Edição 52 Dezembro de 2014 Neste bip Como converter o arquivo CAGED para acerto... 1 Novo modo de alterar senha de operador... 2 Novo recurso no lançamento [+ planilha]... 2 13 parcela final e SEFIP... 3 Como converter o arquivo

Leia mais

Manual de Ordem de Serviço de Montagem OSM

Manual de Ordem de Serviço de Montagem OSM Manual de Ordem de Serviço de OSM DESENVOLVENDO SOLUÇÕES Autora: Laila Maria Doc. Vrs. 03 Revisão: Marcelo Barby Aprovado em: Novembro de 2014. Nota de copyright Copyright 2014 Teorema Informática, Guarapuava.

Leia mais

Instruções para Instalação do PAF-ECF 2.1

Instruções para Instalação do PAF-ECF 2.1 Instruções para Instalação do PAF-ECF 2.1 DESENVOLVENDO SOLUÇÕES Autor: Antonio Marcos Zampier Doc. Vrs. 01 Revisão: Laila Maria Aprovado em: Julho de 2014. Nota de copyright Copyright 2014 Teorema Informática,

Leia mais

Novidades da Versão 13.01a

Novidades da Versão 13.01a Novidades da Versão 13.01a DESENVOLVENDO SOLUÇÕES, SUPERANDO DESAFIOS Autora: Laila M G Gechele Doc. Vrs. 02 Aprovado em: 17 de janeiro de 2013. Nota de copyright Copyright 2013 Teorema Informática, Guarapuava.

Leia mais

Manual do Usuário 5. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPOSTO...2

Manual do Usuário 5. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPOSTO...2 1 5. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPOSTO...2 5.1 Digitações dos Sócios...2 5.1.1 Campo CPF...2 5.1.1.a Campo Saldo Anterior...3 5.1.1.b Campo Saldo...3 5.1.1.c Campo Isento...3 5.1.1.d Campo Tributado...3

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA NIVEL BÁSICO SPED FISCAL

MANUAL DO SISTEMA NIVEL BÁSICO SPED FISCAL MANUAL DO SISTEMA NIVEL BÁSICO SPED FISCAL 1 INDICE Informações importantes sobre o SPED...... 03 Entrando no sistema...... 04 Configurando o acesso à base de dados Access ou MySQL... 04 Cadastros... 05

Leia mais

Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais MDF-e

Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais MDF-e Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais MDF-e DESENVOLVENDO SOLUÇÕES Autora: Laila Maria Doc. Vrs. 01 Revisão: Leandro Aprovado em: Novembro de 2015. Nota de copyright Copyright 2015 Teorema Informática,

Leia mais

Para gerar o arquivo do SPED PIS/COFINS com sucesso são necessárias algumas parametrizações e lançamentos.

Para gerar o arquivo do SPED PIS/COFINS com sucesso são necessárias algumas parametrizações e lançamentos. Para gerar o arquivo do SPED PIS/COFINS com sucesso são necessárias algumas parametrizações e lançamentos. 1. No cadastro de empresas 1.1. Informar o regime de apuração dos impostos 1.1.1. LUCRO PRESUMIDO

Leia mais

Instruções SPED Fiscal ECF

Instruções SPED Fiscal ECF Instruções SPED Fiscal ECF DESENVOLVENDO SOLUÇÕES Autora: Laila Maria Doc. Vrs. 02 Revisão: Aprovado em: Agosto de 2015. Nota de copyright Copyright 2015 Teorema Informática, Guarapuava. Todos os direitos

Leia mais

Manual E-commerce DESENVOLVENDO SOLUÇÕES. Autor: Vinicius Brodinhao Doc. Vrs. 01 Revisão: Laila Maria Aprovado em: Agosto de 2015.

Manual E-commerce DESENVOLVENDO SOLUÇÕES. Autor: Vinicius Brodinhao Doc. Vrs. 01 Revisão: Laila Maria Aprovado em: Agosto de 2015. Manual E-commerce DESENVOLVENDO SOLUÇÕES Autor: Vinicius Brodinhao Doc. Vrs. 01 Revisão: Laila Maria Aprovado em: Agosto de 2015. Nota de copyright Copyright 2015 Teorema Informática, Guarapuava. Todos

Leia mais

Lucro Presumido. Compensação da Cofins com a CSL

Lucro Presumido. Compensação da Cofins com a CSL Lucro Presumido Manifesto pelo Lucro Presumido: Esta opção é formalizada no decorrer do ano- calendário, se manifesta com o recolhimento no mês de abril, correspondente ao primeiro trimestre. A opção do

Leia mais

Novidades Versão 12.02a

Novidades Versão 12.02a 1. VISÃO GERAL 1.1 MODIFICAÇÕES E ATUALIZAÇÕES: Foram adicionadas diversas funcionalidades nos Módulos de,,, Varejo e no Módulo de Vendas Balcão que permitem melhorias no desempenho operacional dos usuários

Leia mais

- No primeiro campo informe o numero da empresa que serão copiadas as informações.(ex: 9999)

- No primeiro campo informe o numero da empresa que serão copiadas as informações.(ex: 9999) 1 2 1. Duplicação das informações de uma empresa para outra Juntamente com a instalação do sistema Office encaminhamos anexada a empresa modelo, que contem cadastros que podem ser utilizados nas empresas

Leia mais

Informações gerais sobre a EFD-PIS/COFINS

Informações gerais sobre a EFD-PIS/COFINS Informações gerais sobre a EFD-PIS/COFINS Legislação Conforme instituído pela Instrução Normativa RFB nº 1.052, de 5 de julho de 2010, sujeitam à obrigatoriedade de geração de arquivo da Escrituração Fiscal

Leia mais

FECHAMENTO FISCAL ENTRADAS

FECHAMENTO FISCAL ENTRADAS FECHAMENTO FISCAL ENTRADAS FECHAMENTO FISCAL - ENTRADAS LOGIX 10.02/11 Versão 1.0 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1 Principais Mudanças... 3 1.2 Fluxo dos relacionamentos... 3 1.3 Relação dos programas do

Leia mais

Av. Padre Claret, 146 Conj. 503 Centro Esteio/ RS Fone/ Fax: (51) 3033-6663 www.maxce.com.br

Av. Padre Claret, 146 Conj. 503 Centro Esteio/ RS Fone/ Fax: (51) 3033-6663 www.maxce.com.br PARÂMETROS DE LANÇAMENTOS PARAMETRIZAÅÇO PARA O MÉDULO LANÅAMENTOS NO SISTEMA ARQUIVO > LANÅAMENTOS > PARÑMETROS E CONFIGURAÅÖES PREENCHIMENTO DAS GUIAS: 1. GUIA IMPOSTOS: a) Contas relacionadas à apuração

Leia mais

Novidades da Versão 12.06a DESENVOLVENDO SOLUÇÕES, SUPERANDO DESAFIOS

Novidades da Versão 12.06a DESENVOLVENDO SOLUÇÕES, SUPERANDO DESAFIOS Novidades da Versão 12.06a DESENVOLVENDO SOLUÇÕES, SUPERANDO DESAFIOS 1. VISÃO GERAL 1.1 MODIFICAÇÕES E ATUALIZAÇÕES: Foram adicionadas diversas funcionalidades nos Módulos de,,, e na que permitem melhorias

Leia mais

Manual de Integração - E-Fiscal X Telecont

Manual de Integração - E-Fiscal X Telecont Atualizado em Maio/2008 Pág 1/36 Para integrar os dados do sistema Efiscal com o sistema Telecont, efetue os procedimentos abaixo: CADASTRO DE EMPRESAS ABA BÁSICO Acesse menu Arquivos Empresas Usuárias

Leia mais

CONSIDERAÇÕES INICIAIS

CONSIDERAÇÕES INICIAIS Página 1 de 11 Considerações Iniciais Previous Top Next CONSIDERAÇÕES INICIAIS 1 - Procedimento de Backup - Segurança Recomendamos a Atualização do Sistema pelo Site da Sistematec, para utilizar a última

Leia mais

Configuração de Acumuladores

Configuração de Acumuladores Configuração de Acumuladores Os acumuladores são cadastro usados pelo Módulo Domínio Sistemas Fiscal para permitir a totalização dos valores lançados nos movimentos de entradas, saídas, serviços, outras

Leia mais

Fluxograma - Configuração EFD Contribuições (Lucro Presumido)

Fluxograma - Configuração EFD Contribuições (Lucro Presumido) Fluxograma - Configuração EFD Contribuições (Lucro Presumido) Parametrizar a empresa como Lucro Presumido. 1 - Regime de Competência Qual o Regime de apuração adotado? 2 - Regime de Caixa Qual será a forma

Leia mais

Sistema de Livros Fiscais Imediata

Sistema de Livros Fiscais Imediata 1 Sistema de Livros Fiscais Imediata 2 Descritivo das Rotinas Operacionais do Sistema de Livros Fiscais para geração EFD PIS/Cofins SPED Contribuições Após a instalação do Sistema de Livros Fiscais, basta

Leia mais

Manual Tacógrafos DESENVOLVENDO SOLUÇÕES. Autora: Laila M G Gechele Doc. Vrs. 01 Revisores: Aprovado em: Julho de 2013.

Manual Tacógrafos DESENVOLVENDO SOLUÇÕES. Autora: Laila M G Gechele Doc. Vrs. 01 Revisores: Aprovado em: Julho de 2013. DESENVOLVENDO SOLUÇÕES Autora: Laila M G Gechele Doc. Vrs. 01 Revisores: Aprovado em: Julho de 2013. Nota de copyright Copyright 2013 Teorema Informática, Guarapuava. Todos os direitos reservados. 1. VISÃO

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO WFISCAL SPED PIS COFINS. Lucro Presumido Regime de Competência Escrituração Consolidada por CFOP

MANUAL DO USUÁRIO WFISCAL SPED PIS COFINS. Lucro Presumido Regime de Competência Escrituração Consolidada por CFOP MANUAL DO USUÁRIO WFISCAL SPED PIS COFINS Lucro Presumido Regime de Competência Escrituração Consolidada por CFOP Página: 1 INTRODUÇÃO Este material traz as informações sobre as características do SPED

Leia mais

NOVIDADES COMPLY VERSÃO 4.00

NOVIDADES COMPLY VERSÃO 4.00 NOVIDADES COMPLY VERSÃO 4.00 Página 1 de 15 Maiores informações a respeito dos assuntos destacados abaixo devem ser obtidas no Manual do Comply v4.00 disponível no Portal de Produtos. Página 2 de 15 CADASTROS

Leia mais

MANUAL DE EMISSÃO DE NFS-e

MANUAL DE EMISSÃO DE NFS-e MANUAL DE EMISSÃO DE NFS-e 130729 SUMÁRIO EMISSÃO DE NFS-E... 2 NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA... 2 ACESSANDO O SISTEMA... 2 ACESSO AO SISTEMA... 3 SELEÇÃO DA EMPRESA... 4 CONFERÊNCIA DOS DADOS E EMISSÃO

Leia mais

Instruções para Área Restrita site Teorema

Instruções para Área Restrita site Teorema Instruções para Área Restrita site Teorema DESENVOLVENDO SOLUÇÕES Autora: Laila Maria Doc. Vrs. 01 Aprovado em: Janeiro de 2015 Nota de copyright Copyright 2015 Teorema Informática, Guarapuava. Todos os

Leia mais

Cordilheira Escrita Fiscal 2.109A

Cordilheira Escrita Fiscal 2.109A LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

EFD PIS/COFINS. O que é a EFD PIS/COFINS?...2. A EFD PIS/COFINS no Cordilheira Escrita Fiscal...2. 1. Procedimentos Iniciais...2

EFD PIS/COFINS. O que é a EFD PIS/COFINS?...2. A EFD PIS/COFINS no Cordilheira Escrita Fiscal...2. 1. Procedimentos Iniciais...2 EFD PIS/COFINS SUMÁRIO O que é a EFD PIS/COFINS?...2 A EFD PIS/COFINS no Cordilheira Escrita Fiscal...2 1. Procedimentos Iniciais...2 a) Classificando as Empresas... 3 b) Conferindo os Cadastros que Influenciam

Leia mais

AUDITORIA FINANCEIRA. No Gerenciador de Sistemas, em Empresas\ Cadastro de Empresas, é necessário parametrizar os dados para a Auditoria Financeira.

AUDITORIA FINANCEIRA. No Gerenciador de Sistemas, em Empresas\ Cadastro de Empresas, é necessário parametrizar os dados para a Auditoria Financeira. AUDITORIA FINANCEIRA Processo de uso da Auditoria Financeira CADASTRO DE EMPRESA PARÂMETROS No Gerenciador de Sistemas, em Empresas\ Cadastro de Empresas, é necessário parametrizar os dados para a Auditoria

Leia mais

A configuração é um dos aspectos mais importante ao acessar o módulo pela primeira vez, pois é a base para o desempenho do sistema.

A configuração é um dos aspectos mais importante ao acessar o módulo pela primeira vez, pois é a base para o desempenho do sistema. Página1 Configurações A configuração é um dos aspectos mais importante ao acessar o módulo pela primeira vez, pois é a base para o desempenho do sistema. Como vimos o Plano de Contas dá a ideia inicial

Leia mais

Manual. EFD Contribuições

Manual. EFD Contribuições Treinamento Escrita Fiscal Material desenvolvido por: Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Implantta Serviços

Leia mais

FIATNET - EXPORTAÇÃO SPED PIS/COFINS

FIATNET - EXPORTAÇÃO SPED PIS/COFINS FIATNET - EXPORTAÇÃO SPED PIS/COFINS NOTA TÉCNICA - EXPORTAR E UNIFICAR ARQUIVOS GERADOS NA MATRIZ E SUAS FILIAIS ATUALIZADA EM: 02/06/2011 ÍNDICE 1. EXPORTAÇÃO... 1 2. UNIFICAÇÃO DOS ARQUIVOS... 9 3.

Leia mais

Principais Formas de Tributação no Brasil Reginaldo Gonçalves

Principais Formas de Tributação no Brasil Reginaldo Gonçalves Principais Formas de Tributação no Brasil Reginaldo Gonçalves 2.1 A Tributação no Brasil 2.2 Opção pela Tributação - Lucro Real 2.3 Opção pela Tributação - Lucro Presumido 2.4 Opção pela Tributação - Lucro

Leia mais

Índice. Grupo IOB Folhamatic EBS > Sage Sistema Folhamatic Fiscal 2

Índice. Grupo IOB Folhamatic EBS > Sage Sistema Folhamatic Fiscal 2 Índice Central Folhamatic...06 Menu Arquivos...07 Cadastro de Empresas... 07 Aba Básico... 07 Aba Escrita Fiscal... 08 Responsável... 09 Responsável pela Contabilidade... 10 Saldos... 11 ICMS e IPI...

Leia mais

GUIA PRÁTICO EFD-CONTRIBUIÇÕES

GUIA PRÁTICO EFD-CONTRIBUIÇÕES GUIA PRÁTICO EFD-CONTRIBUIÇÕES Maio de 2012 O QUE É A EFD-Contribuições trata de arquivo digital instituído no Sistema Publico de Escrituração Digital SPED, a ser utilizado pelas pessoas jurídicas de direito

Leia mais

Índice ...48...48. Módulo Empresa... Módulo Fiscal... ...8...8. Módulo Folha...28. Módulo Contabil... Integração Contabil...62...

Índice ...48...48. Módulo Empresa... Módulo Fiscal... ...8...8. Módulo Folha...28. Módulo Contabil... Integração Contabil...62... 1 2 Índice Módulo Empresa......4...4 Módulo Fiscal......8...8 Módulo Folha......28 Módulo Contabil......48...48 Integração Contabil......62...62 3 4 5 1. Cadastro de empresa Antes de iniciar os trabalhos

Leia mais

Manual Recálculo de Custo Médio

Manual Recálculo de Custo Médio Manual Recálculo de Custo DESENVOLVENDO SOLUÇÕES Autora: Laila M G Gechele Doc. Vrs. 01 Revisores: Aprovado em: Setembro de 2013. Nota de copyright Copyright 2013 Teorema Informática, Guarapuava. Todos

Leia mais

ENTRADA DE NOTA FISCAL DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

ENTRADA DE NOTA FISCAL DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS ENTRADA DE NOTA FISCAL DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS 1. Entendendo o Negócio: O Sistema Siagri Agribusiness já permitia a inclusão de notas fiscais de prestação de serviço com retenções de impostos, porém,

Leia mais

Data Cempro Informática Ltda. Integração WinLivros X ContabMilenium

Data Cempro Informática Ltda. Integração WinLivros X ContabMilenium Integração WinLivros X ContabMilenium Para configurar a integração entre os sistemas WinLivros e ContabMilenium devemos primeiramente verificar se a base de dados é integrada (se está no mesmo local) ou

Leia mais

Configuração para Contabilização Automática. Neste bip. Você Sabia? Edição 57 Maio de 2015

Configuração para Contabilização Automática. Neste bip. Você Sabia? Edição 57 Maio de 2015 Neste bip Configuração para Contabilização Automática... 1 Vale Transporte... 2 Como Programar Reajuste Salarial... 3 Contabilização da Folha... 4 Configuração para Contabilização Automática O cadastro

Leia mais

Instruções Servidor TeoremaEE

Instruções Servidor TeoremaEE Instruções Servidor TeoremaEE DESENVOLVENDO SOLUÇÕES Autora: Laila Maria Doc. Vrs. 01 Revisão: Bernardo Aprovado em: Fevereiro de 2016. Nota de copyright Copyright 2016 Teorema Informática, Guarapuava.

Leia mais

MANUAL SPED(EFD) PIS-COFINS

MANUAL SPED(EFD) PIS-COFINS MANUAL SPED(EFD) PIS-COFINS O que é SPED? É um arquivo de texto que detalha todas as movimentações fiscais da empresa em um determinado período, listando todas as operações de compra (Notas de compra)

Leia mais

Índice 1.Integração Contábil...2 2.EBS Sistema Contábil...3 2.1. Parametrizando o Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Opções de integração...

Índice 1.Integração Contábil...2 2.EBS Sistema Contábil...3 2.1. Parametrizando o Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Opções de integração... Índice 1.Integração Contábil...2 2.EBS Sistema Contábil...3 2.1. Parametrizando o Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Opções de integração...3 2.1.2.Contabilização de Notas Fiscais...4 2.1.3.Agrupamento...4

Leia mais

Roteiro de Procedimentos para EFD PIS/COFINS.

Roteiro de Procedimentos para EFD PIS/COFINS. Roteiro de Procedimentos para EFD PIS/COFINS. Este roteiro tem o objetivo orientar os passos básicos dentro do sistema JB Cepil, para preparar o sistema e as informações para a correta geração do arquivo

Leia mais

OFIC1200 - Consulta da O.S.

OFIC1200 - Consulta da O.S. OFIC1200 - Consulta da O.S. Este programa é utilizado para consultar O.S. Para isso, deve ser seguido por 3 etapas: 1ª - Selecionar uma O.S., partindo de diversas opções. 2ª - Selecionada a O.S., filtrar

Leia mais

ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL - EFD O QUE É?

ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL - EFD O QUE É? ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL - EFD O QUE É? A Escrituração Fiscal Digital - EFD é um arquivo digital, que se constitui de um conjunto de escriturações de documentos fiscais e de outras informações de interesse

Leia mais

Para fazer uma prestação de contas no sistema deverá seguir os seguintes passos:

Para fazer uma prestação de contas no sistema deverá seguir os seguintes passos: Prestação de Contas Para fazer uma prestação de contas no sistema deverá seguir os seguintes passos: Acessar o Sistema NEGOCIUS. Clicar em Tesouraria do menu lateral esquerdo, em seguida clicar em Prestação

Leia mais

AUDITORIA FISCO-CONTÁBIL DAS DEMONSTRAÇÕES ELETRÔNICAS COMPLIANCE FISCAL ELETRÔNICO

AUDITORIA FISCO-CONTÁBIL DAS DEMONSTRAÇÕES ELETRÔNICAS COMPLIANCE FISCAL ELETRÔNICO AUDITORIA FISCO-CONTÁBIL DAS DEMONSTRAÇÕES ELETRÔNICAS COMPLIANCE FISCAL ELETRÔNICO Nossos serviços de auditoria das Obrigações Eletrônicas utilizam ferramentas que permitem auditar os arquivos enviados

Leia mais

O IMPACTO DOS TRIBUTOS NA FORMAÇÃO DO PREÇO DE VENDA

O IMPACTO DOS TRIBUTOS NA FORMAÇÃO DO PREÇO DE VENDA TRIBUTOS CARGA TRIBUTÁRIA FLS. Nº 1 O IMPACTO DOS TRIBUTOS NA FORMAÇÃO DO PREÇO DE VENDA 1. - INTRODUÇÃO A fixação do preço de venda das mercadorias ou produtos é uma tarefa complexa, onde diversos fatores

Leia mais

Aspectos gerais para validação da EFD Contribuições Lucro Presumido

Aspectos gerais para validação da EFD Contribuições Lucro Presumido Aspectos gerais para validação da EFD Contribuições Lucro Presumido Sumário Aspectos gerais para validação da EFD Contribuições Lucro Presumido 1. Cadastro de Empresas... 2 2. Cadastro de Participantes...

Leia mais

1. Controle de exercício

1. Controle de exercício 1 1. Controle de exercício Para realizar lançamentos e emitir relatório o módulo Contabil obriga a criação de exercícios, que na verdade representam os anos de atividade da empresa. Confira algumas dicas

Leia mais

PARAMETRIZACAO MODULO ESCRITA FISCAL

PARAMETRIZACAO MODULO ESCRITA FISCAL PARAMETRIZACAO MODULO ESCRITA FISCAL Primeiro passo: importar impostos, para isso proceda da seguinte maneira: entre na empresa EXEMPLO, no menu Arquivos clique em Impostos, logo após, do lado direito

Leia mais

SPED Escrituração Contábil Fiscal (ECF)

SPED Escrituração Contábil Fiscal (ECF) SPED Escrituração Contábil Fiscal (ECF) Este tutorial destina-se a empresas de Regime Lucro Presumido. A exportação para o SPED Escrituração Contábil Fiscal (ECF) no Sistema LedWin, deverá ser feita da

Leia mais

Roteiro de Cadastros - GESTOR

Roteiro de Cadastros - GESTOR Página1 INDICE 1. MODULO EMPRESA 1.1. CADASTRO DE USUARIO --------------------------------------------------------------------- 4 1.2. CADASTRO DA EMPRESA --------------------------------------------------------------------

Leia mais

APOSTILA PARA O CURSO WFISCAL

APOSTILA PARA O CURSO WFISCAL TREINAMENTO Visão Estar posicionada entre as maiores e melhores provedoras de solução de gestão empresarial do Brasil Missão Desenvolvimento e fornecimento de soluções e serviços através de softwares para

Leia mais

MANUAL DE CADASTRO DOS CLIENTES DA EMPRESA CONTÁBIL

MANUAL DE CADASTRO DOS CLIENTES DA EMPRESA CONTÁBIL MANUAL DE CADASTRO DOS CLIENTES DA EMPRESA CONTÁBIL IMPORTANTE Prezado Cliente, Atendimento On-Line (Via Internet). Estivemos trabalhando no desenvolvimento de uma ferramenta de atendimento que permitisse

Leia mais

ECF ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL

ECF ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL ECF ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL Geração da ECF para empresas optantes pelo Lucro Presumido Informações importantes A Escrituração Contábil Fiscal é uma nova obrigação acessória, cuja primeira entrega

Leia mais

MANUAL DECRETO 52.665/2008 - SP SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA.

MANUAL DECRETO 52.665/2008 - SP SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA. MANUAL DECRETO 52.665/2008 - SP SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA. Neste manual serão demonstradas as alterações efetuadas no Sistema E-Fiscal para atender ao decreto 52.665/2008 - SP. Foi inserida a opção Apuração

Leia mais

TUTORIAL WINTHOR CONTABIL PARAMETRIZAÇÃO CONTABIL

TUTORIAL WINTHOR CONTABIL PARAMETRIZAÇÃO CONTABIL TUTORIAL WINTHOR CONTABIL PARAMETRIZAÇÃO CONTABIL Tutorial do Sistema WinThor Módulo Contábil Copyright - PC Informática Ltda. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total por qualquer

Leia mais

ASPECTOS FISCAIS NAS EXPORTAÇÕES

ASPECTOS FISCAIS NAS EXPORTAÇÕES ASPECTOS FISCAIS NAS EXPORTAÇÕES 1 INCIDÊNCIAS TRIBUTÁRIAS NAS EXPORTAÇÕES Optantes do SIMPLES Os transformadores plásticos exportadores optantes do SIMPLES devem analisar a conveniência da continuidade

Leia mais

1. Novo cálculo, relatório e processo de geração do arquivo magnético da Contr. Prev. sobre Receita Bruta (Pct. 3405, 3408 e 3815).

1. Novo cálculo, relatório e processo de geração do arquivo magnético da Contr. Prev. sobre Receita Bruta (Pct. 3405, 3408 e 3815). * Inovações: 1. Novo cálculo, relatório e processo de geração do arquivo magnético da Contr. Prev. sobre Receita Bruta (Pct. 3405, 3408 e 3815). Modificada a forma de geração do cálculo da Contribuição

Leia mais

Fluxo de Integração do Fortes

Fluxo de Integração do Fortes Frota Cadastro de Veículos / Média de Consumo e Disponibilidade de Veículos. Cadastro de Fornecedores. TRU Quantidade de Passageiros Transportados. Contas a Pagar / Cadastro de Fornecedores e Notas de

Leia mais

Tela Principal Pro Gerenciador. Papo sério: Sobre o Backup

Tela Principal Pro Gerenciador. Papo sério: Sobre o Backup Tela Principal Pro Gerenciador 1 Papo sério: Sobre o Backup 2 Falando um pouco sobre o BACKUP Você escova os dentes todos os dias? Você confere o extrato da sua conta com frequência? Você deixa sua senha

Leia mais

Ressarcimento de ICMS-ST

Ressarcimento de ICMS-ST Ressarcimento de ICMS-ST Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar Centro Cascavel PR www.tecinco.com.br Sumário Introdução... 3 Planilha de Ressarcimento... 4 Relacionar Nota Fiscal de Entrada...

Leia mais

Help Contabilização Rápida E&L Produções de Software

Help Contabilização Rápida E&L Produções de Software Help Contabilização Rápida Note: To change the product logo for your ow n print manual or PDF, click "Tools > Manual Designer" and modify the print manual template. Contents 5 Table of Contents Foreword

Leia mais

MANUAL DO SPED FISCAL

MANUAL DO SPED FISCAL MANUAL DO SISTEMA TOP FOR WINDOWS ESCRITA FISCAL - SKILL MANUAL DO SPED FISCAL VERSÃO 2.11 Equipe de Especialistas: Claudio Aparecido Medeiros Cristiano Besson Ederson Von Mühlen Diretor Responsável: João

Leia mais

MANUAL DO SPED FISCAL

MANUAL DO SPED FISCAL MANUAL DO SISTEMA TOP FOR WINDOWS ESCRITA FISCAL - SKILL MANUAL DO SPED FISCAL VERSÃO 2.11 Equipe de Especialistas: Claudio Aparecido Medeiros Cristiano Besson Ederson Von Mühlen Diretor Responsável: João

Leia mais

Módulos Extras/ Protocolos

Módulos Extras/ Protocolos Módulos Extras/ Protocolos Inclusão de Documentos de Entrada para Protocolar Nesta rotina podem ser digitados todos os documentos que entram no escritório, permitindo um maior controle de recebimentos/devoluções,

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA KIRON NF-e Kiron Sistema Nota Fiscal Eletrônica

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA KIRON NF-e Kiron Sistema Nota Fiscal Eletrônica MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA KIRON NF-e 2 Índice CADASTROS... 4 Cliente Fornecedor - Transportadora... 4 Unidade de Medida... 5 Produto... 7 NCM... 8 Artigos da Nota Fiscal... 10 Natureza de Operação - CFOP...

Leia mais

Versão 06/2012. Substituição Tributária

Versão 06/2012. Substituição Tributária Substituição Tributária 1 ÍNDICE 1. O que é a Substituição Tributária?... 3 1.1 Tipos de Substituição Tributária;... 3 1.2 Como é feito o Recolhimento da ST?... 3 1.3 Convênio e Aplicação... 3 1.4 Base

Leia mais

Gerar EFD Contribuições Lucro Presumido

Gerar EFD Contribuições Lucro Presumido Gerar EFD Contribuições Lucro Presumido 1º Acesse o menu Controle, opção Parâmetros, clique na guia Impostos, e certifique-se de que estão incluídos os impostos do regime 4- Pis e 5 Cofins. Na guia Federal,

Leia mais

Entrada de Notas Fiscais de Serviço pela Rotina de Materiais. Manual desenvolvido para Célula Fiscal Equipe Avanço Informática

Entrada de Notas Fiscais de Serviço pela Rotina de Materiais. Manual desenvolvido para Célula Fiscal Equipe Avanço Informática Entrada de Notas Fiscais de Serviço pela Rotina de Materiais Manual desenvolvido para Célula Fiscal Equipe Avanço Informática 1 A Rotina de lançamento de Notas Fiscais de Serviço foi alterada, agora os

Leia mais

Síntese de fluxo de máquinas e implementos

Síntese de fluxo de máquinas e implementos Síntese de fluxo de máquinas e implementos Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar Centro Cascavel PR www.tecinco.com.br Sumário Objetivo... 3 Parâmetros para utilização do processo... 3 Cadastro

Leia mais

EFD PIS/COFINS NOVIDADES G5 PHOENIX 1 CADASTRO DE ITENS. Foram acrescentados os seguintes campos no Cadastro de Itens:

EFD PIS/COFINS NOVIDADES G5 PHOENIX 1 CADASTRO DE ITENS. Foram acrescentados os seguintes campos no Cadastro de Itens: EFD PIS/COFINS NOVIDADES G5 PHOENIX 1 CADASTRO DE ITENS Foram acrescentados os seguintes campos no Cadastro de Itens: 1.1 Subtela Cod.Grupo Bebidas Frias. Teclando ctrl+enter neste campo o sistema abre

Leia mais