MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO 1 INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE ENSINO DEPARTAMENTO DE INGRESSO INSTRUÇÕES

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO 1 INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE ENSINO DEPARTAMENTO DE INGRESSO INSTRUÇÕES"

Transcrição

1

2 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO 1 INSTRUÇÕES 1. Confira seu nome e número de inscrição no cartão-resposta. Se houver algum erro, chame o fiscal de sala. Assine o cartão-resposta no campo indicado. 2. No verso desta folha, há uma cópia do cartão-resposta para que você use como rascunho. Preencha primeiro essa cópia e depois transfira os resultados para o cartão-resposta. Faça-o com bastante cuidado, porque não serão distribuídos cartões-resposta extras. Use somente caneta azul ou preta. 3. Faça as marcações para cada letra como exemplificado ao lado. Preencha completamente os campos. 4. Seu caderno de provas contém 30 questões, assim distribuídas: questões de 01 a 10, Matemática; 11 a 20, Português; 21 a 30, Conhecimentos Gerais. Se faltar alguma folha ou se alguma questão estiver ilegível em algum ponto, chame o fiscal de sala. 5. O cartão-resposta contém questões numeradas de 01 a Cada questão apresenta cinco alternativas A, B, C, D e E das quais apenas uma é correta. Duas marcações para uma mesma questão farão com que a resposta seja considerada incorreta. 7. Cuide para não rasurar o cartão-resposta e para não anotar nele nada além das respostas das questões. 8. A duração da prova será de 3 horas, das 8h30 às 11h30, incluído, nesse período, o tempo para as instruções iniciais e para o preenchimento do cartão-resposta. A entrega do cartão-resposta poderá ser feita, somente, a partir das 10h, ou seja, depois de decorrida uma hora e trinta minutos do tempo previsto para a realização da prova. 9. Os três últimos candidatos deverão permanecer na sala, até que todos concluam as provas e possam sair juntos. 10. Ao terminar as provas, você deverá devolver ao fiscal de sala apenas o cartãoresposta. Leve o caderno de provas com você.

3 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO 2 RASCUNHO DO CARTÃO-RESPOSTA IMPORTANTE: O cartão acima é apenas o rascunho. A leitora ótica não pode processá-lo. Portanto, até as 11h30, impreterivelmente, você deverá ter transferido suas respostas para o cartão-resposta.

4 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO 1 Com base na leitura do texto abaixo, responda as questões 01 a 03 Texto: Como um relógio cuco funciona - Escrito por Brenton Shields Traduzido por Cezar Rosa O pêndulo Toda vez que o pêndulo vai para frente e para trás, a mão dos segundos se move para frente uma vez no relógio. Segundo a Antiques Merritt, o comprimento do eixo é o fator decisivo no tempo que o pêndulo leva para oscilar. Fabricantes de relógio calibram os eixos dos relógios para que um balanço seja igual a um segundo de tempo. Engrenagens Uma série de pesos e engrenagens dentro do relógio regulam o movimento de suas mãos. Os pesos são amarrados em torno das engrenagens com correntes e descem como polias com o balanço do pêndulo. Em resumo, os pesos controlam o funcionamento interno do relógio. Um peso controla o movimento das mãos, outro controla o carrilhão ou sinal sonoro e um terceiro controla o pássaro cuco. Fonte: Acesso: 11 ago (Adaptado) Imagem disponível em Acesso: 11 ago A figura abaixo representa o esquema de uma casinha (vista de uma lateral e vista frontal) a ser construída em madeira para abrigar um relógio do tipo cuco.

5 Questão 01 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO 2 Sobre as peças que formarão o telhado da casinha que abrigará o relógio Cuco é CORRETO afirmar que: (A) São dois paralelogramos de lados medindo 25 cm e 40 cm. (B) São dois retângulos de lados medindo 25 cm por 10 cm. (C) São dois quadrados de lado 25 cm. (D) São dois retângulos de lados medindo 40 cm por 20 cm. (E) Com base nas informações dadas na figura, não é possível determinar o formato das peças que comporão o telhado. Questão 02 Sobre a quantidade de madeira necessária para construção da casinha, é CORRETO afirmar que: (A) Está entre 0,5 e 0,6 m² (B) É menor que 5000 cm² (C) Está entre 6000 e 7000 cm² (D) Está entre 7000 e cm² (E) É maior que 1 m²

6 Questão 03 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO 3 Sobre o volume interno da casinha, é CORRETO afirmar que: (A) É maior que 5 L (B) É menor que 1,5 L (C) Está entre 2 e 3 L (D) Está entre 3 e 5 L (E) Está entre 1,5 e 2 L Com base na leitura do texto abaixo, responda as questões 4 a 6 A figura abaixo representa o pêndulo que oscila e controla os segundos no relógio, fazendo-o funcionar, incluindo suas posições mais alta e mais baixa. O tic-tac é feito através da oscilação completa do pêndulo (sai do ponto C, vai até o ponto E e volta ao ponto C): esse percurso tem um tempo total de 2 s.

7 Questão 04 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO 4 Sobre a relação cujo domínio é o tempo de funcionamento do relógio em segundos, e a imagem é a altura ocupada pelo centro do círculo que compõe o pêndulo do relógio em dm, é CORRETO afirmar: (A) É uma função exponencial. (B) É uma função quadrática. (C) É uma função de primeiro grau. (D) É uma função periódica. (E) Não é uma função, pois não está definida em todo o conjunto domínio.

8 Questão 05 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO 5 Um aluno ao observar o funcionamento desse pêndulo, desenhou o gráfico abaixo para representar a relação cujo domínio é o tempo de funcionamento do relógio em segundos, e a imagem é a altura ocupada pelo centro do círculo que compõe o pêndulo do relógio em dm. Sobre o gráfico desenhado por esse aluno, é CORRETO afirmar que: (A) Representa corretamente a altura do pêndulo em função do tempo. (B) Não representa corretamente a altura do pêndulo em função do tempo, pois o domínio não é apenas os reais positivos. (C) Não representa corretamente a altura do pêndulo em função do tempo, pois o domínio não é apenas o intervalo [0, 1,5]. (D) Não representa corretamente a altura do pêndulo em função do tempo, pois a imagem está incorreta. (E) Não representa corretamente a altura do pêndulo em função do tempo, pois essa relação é uma função quadrática.

9 Questão 06 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO 6 É CORRETO afirmar que, a equação que representa a função cujo domínio é o tempo de funcionamento do relógio, e a imagem é a altura ocupada pelo centro do círculo que compõe o pêndulo do relógio em dm é: (A) (B) (C) ) (D) (E) Com os dados informados não é possível determinar essa função.

10 Questão 07 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO 7 Em uma loja existe três relógios cucos desregulados. O primeiro toca o cuco a cada 12 min, o segundo a cada 22 min e o terceiro a cada 39 min. Se os três cucos tocaram juntos às quinze horas da tarde, é CORRETO afirmar que eles tocarão juntos novamente: (A) Às 19 horas e 32 minutos do mesmo dia. (B) Somente às 4 horas e 28 minutos do dia seguinte. (C) Às 16 horas e 32 minutos do mesmo dia. (D) Somente às 2 horas e 44 minutos do dia seguinte. (E) Somente às 19h e 36 min do dia seguinte.

11 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO 8 Com base na leitura do texto abaixo, responda as questões 8 e 9 Texto: Funcionamento do relógio cuco O relógio cuco possui dois pesos que são responsáveis pelo seu funcionamento. O primeiro peso faz o relógio funcionar e desce 10 cm por hora de funcionamento; o segundo peso faz o cuco funcionar, sendo que a cada canto do cuco o peso desce 1 cm. O cuco toca em dois momentos: 1) sempre em hora cheia, sendo que o número de vezes que o cuco assovia é igual a hora que acaba de ser completada: por exemplo, às 5 horas em ponto o cuco assovia 5 vezes; 2) sempre que o ponteiro dos minutos passa sobre o número 6 o cuco toca uma vez. Questão 08 É CORRETO afirmar que das 16h 15min às 20h 45 min que o peso que faz o relógio funcionar terá descido: (A) 42 cm (B) 37 cm (C) 56 cm (D) 38 cm (E) 45 cm

12 Questão 09 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO 9 É CORRETO afirmar que entre 3h 40min e 8h 20min o cuco do relógio assoviará: (A) Entre 50 e 60 vezes. (B) Entre 40 e 50 vezes. (C) Menos de 40 vezes. (D) Entre 60 e 70 vezes. (E) Mais de 70 vezes. Questão 10 É CORRETO afirmar que o menor ângulo formado pelos ponteiros da hora e dos minutos às 8h20 min é: (A) Entre 80 e 90 (B) Maior que 120 (C) Entre 100 e 120 (D) Menor que 90 (E) Entre 90 e 100

13 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO 10 Leia o texto a seguir para responder as questões 11 a 17. Esparadrapo Aquele restaurante de bairro é do tipo simpatia/classe média. Fica em rua sossegada, é pequeno, limpo, cores repousantes, comida razoável, preços idem, não tem música de triturar os ouvidos. O dono senta-se à mesa da gente, para bater um papo leve, sem intimidades. Meu relógio parou. Pergunto-lhe quantas horas são. Estou sem relógio. Então vou perguntar ao garçom. Ele também está sem relógio. E o colega dele, que serve aquela mesa? Ninguém está com relógio nesta casa. Curioso. É moda nova? Antes de responder, e se o senhor permite, vou lhe fazer, não propriamente um pedido, mas uma sugestão. Pois não. Não precisa trazer relógio, quando vier jantar. Não entendo. Estamos sugerindo aos nossos fregueses que façam este pequeno sacrifício. Mas o senhor podia explicar... Sem querer meter o nariz no que não é da minha conta, gostaria também que trouxesse pouco dinheiro, ou antes, nenhum. Agora é que não estou pegando mesmo nada. Coma o que quiser, depois mandamos receber em sua casa. Bem, eu moro ali adiante, mas e outros, os que nem se sabe onde moram, ou estão de passagem na cidade? Dá-se um jeito. Quer dizer que nem relógio nem dinheiro? Nem joias. Estamos pedindo às senhoras que não venham de joia. É o mais difícil, mas algumas estão atendendo. Hum, agora já sei. Pois é. Isso mesmo. O amigo compreende... Compreendo perfeitamente Desculpa ter custado um pouco a entrar na jogada. Sou meio obtuso quando estou com fome. Absolutamente. Até que o amigo compreendeu sem que eu precisasse dizer tudo. Muito bem. Mas me diga uma coisa. Quando foi isso? Quarta-feira passada. E como foi, pode-se saber? Como podia ser? Como nos outros lugares, no mesmo figurino. Só que em ponto menor. Lógico, sua casa é pequena. Mas levaram o quê? O que havia na caixa, pouquinha coisa. Eram 9 da noite, dia meio parado. Que mais? Umas coisinhas, liquidificador, relógio de pulso, meu, dos empregados e dos fregueses. An. (Passei a mão no pulso, instintivamente.) O pior foi o cofre. Abriram o cofre? Reviraram tudo, à procura do cofre. Ameaçaram, pintaram e bordaram. Foi muito desagradável. E afinal? Cansei de explicar a eles que não havia cofre, nunca houve, como é que eu podia inventar cofre naquela hora? Ficaram decepcionados, imagino. Não senhor. Disseram que tinha de haver cofre. Eram cinco, inclusive a moça de bota e revólver, querendo me convencer que tinha cofre escondido na parede, no teto, embaixo do piso, sei lá. E o resultado? Este e baixou a cabeça, onde, no cocuruto, alvejava a estrela de esparadrapo. Oh! Sinto muito. Não tinha notado. Felizmente escapou, é o que vale. Dê graças a Deus por estar vivo. Já sei. Sabe que mais? Na polícia me perguntaram se eu tinha seguro contra roubo. E eu pensando que meu seguro fosse a polícia. Agora estou me segurando à minha maneira, deixando as coisas lá em casa e convidando os fregueses a fazer o mesmo. E vou comprar um cofre. Cofre pequeno, mas cofre. Para que, se não vai guardar dinheiro nele? Para mostrar minha boa-fé, se eles voltarem. Abro imediatamente o cofre, e verão que não estou escondendo nada. Que lhe parece? Que talvez o senhor precise manter um estoque de esparadrapo em seu restaurante. ANDRADE, Carlos Drummond de. Esparadrapo. In Para gostar de ler. v. 3. Crônicas. São Paulo: Ática, 1978.

14 Questão 11 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO 11 Assinale a alternativa CORRETA, segundo o texto. (A) Na opinião do narrador, o dono do restaurante mostra-se excessivamente amistoso, inconveniente. (B) Aos poucos, o cliente deduz que se deve a um assalto o pedido do dono do restaurante para que as pessoas não tragam objetos de valor para o restaurante. (C) O cliente entende de imediato o motivo de o dono do restaurante e os garçons não estarem usando relógios. (D) Ante a dificuldade do cliente de entender por que os garçons estavam sem relógios, o dono do restaurante viu-se obrigado a explicar-lhe detalhadamente que houvera um assalto ao restaurante alguns dias antes. (E) No diálogo entre o dono do restaurante e o cliente, fica claro que o assalto ali ocorrido fora uma situação excepcional na cidade, não fazendo parte do cotidiano. Questão 12 Qual a melhor conclusão que se pode tirar a partir da recomendação final do cliente para que o proprietário do restaurante tenha um estoque de esparadrapo? Considerando o texto lido, assinale a alternativa que responde à pergunta feita acima de maneira CORRETA. (A) Na opinião do cliente, o cofre só trará ao gerente muitas dores de cabeça (preocupações). Daí o comentário bem-humorado para que o gerente compre bastante esparadrapo. (B) Na opinião do cliente, a aquisição de um cofre servirá para atrair ao restaurante ainda mais ladrões, que tornarão a agredir o proprietário. (C) Na opinião do cliente, o proprietário do restaurante deve ter bastante esparadrapo, para oferecer aos clientes, no caso de novos assaltos. (D) Na opinião do cliente, a estratégia do gerente ao mostrar a eventuais assaltantes um cofre vazio não obterá o resultado pretendido. (E) Na opinião do cliente, já que o dono do restaurante não pretende pôr dinheiro no cofre, este poderá servir para guardar um bom estoque de esparadrapo.

15 Questão 13 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO 12 A crônica, como um gênero na fronteira entre o jornalismo e a literatura, apresenta algumas características próprias de textos literários, como o uso de linguagem conotativa, ou figurada. Assinale a alternativa CORRETA onde o trecho retirado do texto ocorre esse tipo de linguagem. (A) Fica em rua sossegada, é pequeno, limpo, cores repousantes, comida razoável, preços idem, não tem música de triturar os ouvidos. (linhas 2-6) (B) Antes de responder, e se o senhor permite, vou lhe fazer, não propriamente um pedido, mas uma sugestão. (linhas 19-21) (C) Meu relógio parou. Pergunto-lhe quantas horas são. (linhas 9-10) (D) Oh! Sinto muito. Não tinha notado. Felizmente escapou, é o que vale. Dê graças a Deus por estar vivo. (linhas 87-89) (E) Bem, eu moro ali adiante, mas e outros, os que nem se sabe onde moram, ou estão de passagem na cidade? (linhas 38-40)

16 Questão 14 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO 13 Como é comum no gênero crônica, este texto trata de uma situação cotidiana. Neste caso, assinale a alternativa CORRETA em que as situação constitui o tema central do texto. (A) A importância da segurança. (B) A banalização da violência urbana. (C) O atendimento cordial nos pequenos restaurantes. (D) O valor da vida humana. (E) A boa relação de confiança entre comerciantes e clientes.

17 Questão 15 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO 14 Assinale a alternativa cuja palavra poderia substituir de maneira CORRETA o adjetivo obtuso (linha 53), sem que houvesse alteração considerável no sentido da frase. (A) teimoso (B) apressado (C) insensível (D) agressivo (E) estúpido Questão 16 Percebe-se que a palavra assalto não é mencionada explicitamente no texto. Nas linhas 55 e 57, foram utilizados para fazer referência ao assalto os pronomes tudo e isso, respectivamente. Já nas linhas 59 e 60, foi omitido o sujeito de foi e podia ser. Assim a ideia do assalto fica nas entrelinhas da narrativa. Considerando o texto e o contexto da história, qual a melhor explicação para essa omissão do substantivo assalto? Assinale a alternativa CORRETA. (A) O autor da crônica visa causar no leitor a impressão de que os assaltos são tão corriqueiros que não é preciso sequer que o dono do restaurante e o cliente usem diretamente a palavra assalto para mostrar que esse é o tópico da conversa. (B) O trauma do dono do restaurante é tão grande que o cliente evita mencionar a palavra assalto, para que o outro homem não reviva a dolorosa experiência de ser assaltado e agredido covardemente com um golpe na cabeça. (C) O dono do restaurante e o cliente falam com meias palavras, evitando usar o substantivo assalto para não assustar os demais frequentadores do restaurante, que ficariam preocupados caso soubessem que houvera um assalto violento no local alguns dias antes. (D) O autor da crônica evita usar a palavra assalto para não chocar o leitor, porque o tema da violência deixa as pessoas ansiosas. Para manter o tom leve da crônica e não desagradar ao leitor, é preciso apresentar a ideia do assalto com sutileza, suavidade. (E) O tema do assalto é tão doloroso que o dono do restaurante e o cliente evitam falar muito a respeito, preferindo discutir assuntos banais, como a forma de cobrar dos clientes, a utilidade do cofre e a necessidade de comprar esparadrapo.

18 Questão 17 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO 15 Observe o uso do acento grave para indicar crase nas seguintes frases do texto: I. O dono senta-se à mesa da gente (linhas 6-7). II. Estamos pedindo às senhoras que não venham de joia (linhas 44-45). III. Reviraram tudo, à procura do cofre (linha 72). IV. Agora estou me segurando à minha maneira (linha 92-93). Assinale a alternativa CORRETA: (A) Em todas as frases, a ocorrência da crase explica-se pela regência dos verbos, porque temos sempre verbos intransitivos. (B) Na frase III, ainda haveria crase caso o substantivo procura fosse substituído pelo verbo procurar: Reviraram tudo, à procurar pelo cofre. (C) Na frase II, ainda haveria crase caso se incluísse o pronome indefinido todas: Estamos pedindo à todas as senhoras que não venham de joia. (D) Na frase I, a presença da crase revela uma linguagem popular, coloquial. Em linguagem formal, teríamos: O dono senta-se na mesa com a gente. (E) Na frase IV, o uso do acento grave é opcional, porque o artigo definido é opcional antes de pronome possessivo pode-se dizer a minha casa ou minha casa, por exemplo.

19 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO 16 Leia com atenção a tirinha a seguir para responder as questões 18 a 20 Disponível em: Acesso em: 29 abr Questão 18 Com relação ao texto acima, é CORRETO afirmar: (A) A menina mostra-se muito grosseira, porque usa com a professora uma linguagem carregada de sarcasmo e ordena-lhe que ensine coisas irrelevantes. (B) Enquanto a professora está preocupada com a forma das palavras especificamente, a presença da letra m, a menina está mais atenta ao seu significado. (C) A menina pede à professora que ensine coisas relevantes porque não crê que seja de grande importância aprender as letras do alfabeto. (D) O texto mostra como, no ambiente escolar, também se valorizam as relações familiares e o amor materno. (E) O texto funciona como um elogio aos métodos escolares tradicionais, que levam as crianças a desenvolver senso crítico.

20 Questão 19 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO 17 Com relação à classe gramatical das palavras no texto, é CORRETO afirmar: (A) O adjetivo realmente, no quinto quadrinho, serve para intensificar o advérbio importantes. (B) No terceiro quadrinho, a palavra ótima funciona como um substantivo, usado para caracterizar o comportamento da mãe da professora. (C) A palavra parabéns, no terceiro quadrinho, funciona como um advérbio, o qual indica uma circunstância de modo. (D) No quinto quadrinho, o verbo ensinar aparece conjugado no presente do indicativo, para indicar uma ação que ocorrerá num futuro imediato. (E) Os verbos amar e mimar, no primeiro quadrinho, estão conjugados no presente do indicativo e revelam, no contexto, uma verdade geral a respeito do comportamento materno. Questão 20 Com relação à acentuação gráfica das palavras no texto, é CORRETO afirmar: (A) A palavra por (quinto quadrinho) deveria ter recebido acento diferencial por se tratar de uma forma verbal. (B) A palavra parabéns (terceiro quadrinho) recebe um acento diferencial porque está no plural. (C) A palavra ótima (terceiro quadrinho) recebe acento por ser proparoxítona. (D) A palavra me (primeiro quadrinho) deveria ter recebido acento, por ser monossílabo tônico terminado em e. (E) O acento na palavra é (terceiro quadrinho ) pode ser classificado como diferencial, porque não há regra que justifique seu uso.

21 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO 18 FORMULÁRIO DE FÍSICA d v t a. t v v a. t 0 E P G. m. g h 1 E kx 2 P E 2 v 2 v a.d m. v 2 E C 2 Questão 21 X Y Os gráficos ao lado apresentam a relação entre duas grandezas físicas com a distância. As duas grandezas físicas em questão estão relacionadas a uma esfera condutora, de raio R, carregada positivamente. R d R d Com base em seus conhecimentos a respeito de eletrostática analise as afirmações abaixo: I. O gráfico X versus d apresenta a relação entre o Campo Elétrico com a distância a partir do centro do condutor esférico. II. O gráfico Y versus d apresenta a relação entre o Potencial Elétrico com a distância a partir do centro do condutor esférico. III. A esfera condutora é obrigatoriamente maciça. IV. A relação entre o Campo Elétrico e a distância é 1 Potencial Elétrico e a distância, V. d Assinale a alternativa CORRETA. (A) Apenas as afirmações III e IV são verdadeiras. (B) Apenas as afirmações II e III são verdadeiras. (C) Apenas as afirmações I e II são verdadeiras. (D) Apenas as afirmações I e IV são verdadeiras. (E) Todas as afirmações são verdadeiras. 1 E, que é a mesma entre o d

22 Questão 22 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO 19 A figura desta questão mostra uma bola de gude, de massa m, presa por uma barra rígida de massa desprezível, de comprimento l, a uma haste engastada na parede. Considerando a aceleração da gravidade constante e igual g, e desprezando a resistência do ar, é CORRETO afirmar que a menor velocidade v 0 para que a bola de gude consiga chegar ao topo é: (A) vo gl (B) v 5gl o (C) v 2 o gl (D) (E) vo v o glm gl m

23 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO 20

24 Questão 23 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO 21 Os humanos já se envolveram em violentas batalhas pela posse de substâncias químicas. Ouro, prata ou petróleo levaram nações a se enfrentarem por séculos. E, se não tomarmos cuidado, outra molécula, aparentemente inofensiva, será o centro da próxima disputa mundial. A disputa pela água, certamente causará conflitos armados. Grandes rios explorados na nascente levando menos água ou poluentes para outro país será um problema bastante difícil se não forem selados bons acordos entre os países. Assinale a alternativa CORRETA. Fonte: Acesso: 13 ago (A) Ouro e prata são elementos químicos chamados metais alcalinos terrosos, visto que são encontrados na crosta terrestre. (B) O petróleo é formado por inúmeros compostos orgânicos, sendo principalmente constituído por hidrocarbonetos. (C) A água é formada por dois elementos químicos, sendo um metal da coluna 1A, e outro não metal da coluna 6A. (D) Ao misturarmos ouro, prata, petróleo e água, poderíamos distinguir apenas duas fases líquidas, sendo que os metais ficariam solubilizados no petróleo. (E) A gasolina, um dos constituintes do petróleo, pode ser misturada com a água formando apenas uma fase.

25 Questão 24 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO 22 Sobre a molécula acima, assinale a alternativa CORRETA. (A) A molécula apresentada é um aminoácido. (B) A molécula acima apresenta dois carbonos na sua cadeia principal. (C) O nome correto dessa molécula é ácido amino-metil-etanóico. (D) Essa molécula apresenta sete ligações simples e uma ligação dupla. (E) A molécula apresenta cadeia carbônica heterogênea e insaturada.

26 Questão 25 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO 23 O Brasil colonial não nasceu do açúcar, mas do pau-brasil. Foi a famosa madeira, da qual se extrai um corante, que primeiro deu motivos aos portugueses para se estabelecer e explorar a terra a que tinham chegado em Porém, foi a introdução da cana de açúcar e a dos engenhos, com sua tecnologia para a produção de açúcar, as verdadeiras responsáveis por transformar a colônia três décadas depois desse primeiro contato. O açúcar foi a madrasta da colonização, que por quase dois séculos regeu a história econômica, social e política do Brasil. E, em algumas regiões, continua a dominar. Fonte: SCHWARTZ, Stuart B. Doce Lucro. Revista de História. n. 94, jul Disponível em Acesso: 13 ago Durante grande parte do período colonial brasileiro, o açúcar foi o principal produto de exportação da colônia. Sobre a produção de açúcar no Brasil, leia e analise as seguintes afirmações: I. A cana de açúcar era plantada em latifúndios, estrutura fundiária ainda presente no Brasil. II. A principal região produtora de açúcar no Brasil é a Sul. III. A produção de açúcar foi uma das responsáveis pela desigualdade social no Brasil colonial, pois utilizava mão de obra escrava. IV. Da cana de açúcar, além do açúcar, pode-se produzir combustível e aguardente. Assinale a alternativa CORRETA. (A) Apenas as afirmações I e II são verdadeiras. (B) Apenas as afirmações I e IV são verdadeiras. (C) Apenas as afirmações II, III e IV são verdadeiras. (D) Apenas as afirmações I, III e IV são verdadeiras. (E) Todas as afirmações são verdadeiras.

27 Questão 26 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO 24 Em junho de 2013 diversas manifestações aconteceram em muitas cidades brasileiras. Os manifestantes possuíam demandas diferentes e alguns continuaram se manifestando pelos meses seguintes. Durante a história do Brasil, diversos movimentos ocorreram na forma de manifestação pacífica ou mesmo em levantes armados. Sobre os movimentos sociais, manifestações e levantes armados no Brasil, leia e analise as seguintes afirmações: I. O voto das mulheres foi implantado no Brasil após longas manifestações de grupos feministas. Após a morte das líderes do movimento, houve a regulamentação do voto das mulheres no Brasil. II. Durante a visita de Getúlio Vargas a Santa Catarina um grupo de estudantes fez uma manifestação no centro de Florianópolis contra as reformas econômicas em um episódio conhecido como Novembrada. III. Durante o governo provisório do presidente Getúlio Vargas um grupo de paulistas fez um movimento armado exigindo, entre outras coisas, uma constituição para o Brasil. Esse movimento ficou conhecido como Revolução Constitucionalista. IV. A manifestação contrária ao aumento das passagens de ônibus em 2013 não foi a primeira do gênero. No século XIX, a Revolta do Vintém era contrária a um novo tributo sobre o valor das passagens de bonde. Assinale a alternativa CORRETA. (A) Apenas as afirmações III e IV são verdadeiras. (B) Apenas as afirmações II, III e IV são verdadeiras. (C) Apenas as afirmações I e IV são verdadeiras. (D) Apenas as afirmações I, II e III são verdadeiras. (E) Todas as afirmações são verdadeiras.

28 Questão 27 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO 25 A morte do cantor Alexandre Magno Abrão, o Chorão, foi provocada por overdose de cocaína, de acordo com exame necroscópico divulgado na quinta-feira 04/04/2013. O laudo necroscópico do Instituto Médico Legal com o resultado do exame afirma que foram encontradas no corpo de Chorão 4,714 microgramas de cocaína por mililitro de sangue. A conclusão dos peritos é de que a morte foi causada por "intoxicação exógena devido à cocainemia". [...] Em entrevista após o enterro de Chorão, Graziela Gonçalves, ex-mulher do cantor, indicou que a morte tinha relação com o abuso de drogas. Eu lutei por ele até o final. Acabei perdendo a guerra para essa droga, que está acabando com todo mundo", declarou a estilista à época. Fonte: Acesso: 13 ago Droga é um nome genérico dado a todo o tipo de substância natural ou não, que ao ser introduzida no organismo provoca mudanças físicas ou psíquicas. Em relação às drogas, assinale a alternativa CORRETA. (A) O cigarro é uma droga lícita no Brasil, e por causa dela há milhões de pessoas enfrentando quadros clínicos irreversíveis e morrendo aos poucos em todo o país. É interessante ressaltar que as pessoas que convivem com fumantes (fumantes passivos) não desenvolvem doenças relacionadas ao fumo. (B) As drogas depressoras diminuem a velocidade de funcionamento do cérebro. Exemplo: álcool, maconha e cocaína. As drogas perturbadoras ou alucinógenas, frequentemente causam ilusões visuais e alterações nos sentidos. Exemplo: benzodiazepínicos (tranquilizantes ou calmantes). (C) Na Holanda, Bélgica e países da América do Sul o uso, consumo e venda de maconha é liberado. (D) A cocaína é considerada uma droga estimulante. Com a ingestão da cocaína ocorre uma sensação de euforia e prazer. Dosagens muito frequentes e excessivas provocam alucinações táteis, visuais e auditivas, ansiedade, delírios, agressividade, paranoia. (E) As drogas sintéticas são produzidas através de componentes ativos encontrados na natureza. Exemplo: LSD, ecstasy e anfetaminas. São drogas semi-sintéticas: crack, cocaína, cristais de rachiche, heroína, maconha (modificada), morfina, codeína, benzodiazepínicos e outras.

29 Questão 28 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO 26 Árvore da vida baseada no cinco reinos de Whittaker. Dentro de cada reino existem divisões denominadas Filos. Fonte: Acesso: 13 ago Com base na figura e com relação aos Reinos da Natureza e aos grupos que os compõem, assinale a alternativa CORRETA. (A) Os fungos são organismos eucariontes, heterótrofos e, em sua maioria, multicelulares. São seres aclorofilados e possuem o glicogênio, típico dos animais, como substância reserva. (B) O Reino Monera engloba seres unicelulares e pluricelulares podendo ou não viver em colônias, sem formarem tecidos; são seres vivos simples por não apresentarem carioteca e nem organelas membranosas. (C) Segundo a classificação dos seres vivos em cinco reinos (Whittaker 1969), um deles, o dos Protistas, agrupa somente organismos eucariontes e autótrofos. (D) Segundo a classificação de Whittaker, as Spermatophyta surgiram antes das Briophyta. (E) Os seres do Reino Animal se caracterizam pela significativa sensibilidade e mobilidade: envolve os seres heterotróficos e aeróbicos providos de celulose e clorofila. Algumas das suas características são: metabolismo ativo, organização centralizada, meio interno constante, sistema de excreção, crescimento diferencial e diferenciação de camadas no desenvolvimento embrionário.

30 Questão 29 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO 27 A agricultura familiar foi eleita tema do ano pelos 193 países membros da Organização das Nações Unidas (ONU). Durante reunião realizada em dezembro de 2013, a Assembleia Geral da ONU declarou 2014 como o ano internacional da agricultura familiar. A declaração inédita para o setor é resultado do reconhecimento do papel fundamental que esse sistema agropecuário sustentável desempenha para o alcance da segurança alimentar no planeta. Fonte: Acesso: 13 ago [Adaptado] Leia e analise as seguintes afirmações. I. A agricultura familiar é uma forma de produção onde predomina a interação entre gestão e trabalho; são os agricultores familiares que dirigem o processo produtivo. II. Não há nenhuma associação entre a agricultura familiar e a dimensão espacial do desenvolvimento, considerando que essa prática favorece o êxodo rural. III. No Brasil, pode-se afirmar que a agricultura familiar tenha sido reconhecida como prioridade pelos governos, haja vista que essa prática tem concentrado, nos últimos anos, mais de 70% do crédito disponibilizado para financiar a agricultura nacional. IV. A escolha da agricultura familiar está relacionada com a sua multifuncionalidade, ou seja, além de produzir alimentos e matérias-primas favorece, sobretudo o emprego de práticas produtivas ecologicamente mais equilibradas bem como a diversificação de cultivos. Assinale a alternativa CORRETA. (A) Apenas a afirmações II e III são verdadeiras. (B) Apenas a afirmação II é verdadeira. (C) Apenas as afirmações I e III são verdadeiras. (D) Apenas as afirmações I e IV são verdadeiras. (E) Todas as afirmações são verdadeiras.

31 Questão 30 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO 28 DISTRIBUIÇÃO DOS RECURSOS HÍDRICOS, DA SUPERFÍCIE E DA POPULAÇÃO NO PAÍS (EM %) REGIÃO RECURSOS HÍDRICOS SUPERFÍCIE POPULAÇÃO Norte 68,50 45,30 6,98 Centro-Oeste 15,70 18,80 6,41 Sul 6,50 6,80 15,05 Sudeste 6,00 10,80 42,65 Nordeste 3,30 18,30 28,91 Total Disponível em: Acesso: 13 ago Considerando os dados apresentados no quadro acima, assinale a alternativa CORRETA. (A) Não há relação entre o crescimento populacional e o consumo de água, considerando-se que água é um recurso renovável. (B) Infere-se do quadro acima que as maiores concentrações de recursos hídricos estão no complexo regional da Nordeste, onde é registrada a maior concentração populacional do Brasil. (C) Nas regiões Sul e Sudeste, para suprir a carência dos recursos hídricos, uma das alternativas é substituir as hidroelétricas pelas termoelétricas, geradas a partir do carvão mineral, considerado fonte renovável de energia como a água. (D) As maiores concentrações populacionais do Brasil encontram-se nas regiões, distantes dos grandes rios brasileiros, como o rio Amazonas. (E) Os dados apresentados no quadro 1 indicam que o Brasil é privilegiado no que diz respeito à quantidade de água, considerando-se que sua distribuição é uniforme em todo território nacional.

32 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO 29

GEOMETRIA ESPACIAL - PRISMAS

GEOMETRIA ESPACIAL - PRISMAS GEOMETRIA ESPACIAL - PRISMAS Questão 01 - (FM Petrópolis RJ) A Figura a seguir ilustra um recipiente aberto com a forma de um prisma hexagonal regular reto. Em seu interior, há líquido até a altura de

Leia mais

Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Física. Não abra o caderno antes de receber autorização.

Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Física. Não abra o caderno antes de receber autorização. 04/12/2011 Física Caderno de prova Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Física. Não abra o caderno antes de receber autorização. Instruções 1. Verifique

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE ENSINO DEPARTAMENTO DE INGRESSO INSTRUÇÕES

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE ENSINO DEPARTAMENTO DE INGRESSO INSTRUÇÕES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTRUÇÕES 1 1. Confira seu nome e número de inscrição no cartão-resposta. Se houver algum erro, comunique-o ao fiscal de sala. Assine o cartão-resposta no campo indicado. 2. No

Leia mais

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES:

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES: Atividades gerais: Verbos irregulares no - ver na página 33 as conjugações dos verbos e completar os quadros com os verbos - fazer o exercício 1 Entrega via e-mail: quarta-feira 8 de julho Verbos irregulares

Leia mais

EXAME DISCURSIVO 2ª fase

EXAME DISCURSIVO 2ª fase EXAME DISCURSIVO 2ª fase 30/11/2014 MATEMÁTICA Caderno de prova Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Matemática. Não abra o caderno antes de receber autorização.

Leia mais

VESTIBULAR UFSC/2010/LIBRAS PROVA DE LIBRAS E DE LÍNGUA PORTUGUESA (LICENCIATURA E BACHARELADO)

VESTIBULAR UFSC/2010/LIBRAS PROVA DE LIBRAS E DE LÍNGUA PORTUGUESA (LICENCIATURA E BACHARELADO) VESTIBULAR UFSC/2010/LIBRAS PROVA DE LIBRAS E DE LÍNGUA PORTUGUESA (LICENCIATURA E BACHARELADO) O tempo total concedido para a resolução das provas (LIBRAS e Língua Portuguesa) é de 4 (quatro) horas, incluindo

Leia mais

UNIOESTE -Universidade Estadual do Oeste do Paraná 2º PSS - PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO NÍVEL SUPERIOR

UNIOESTE -Universidade Estadual do Oeste do Paraná 2º PSS - PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO NÍVEL SUPERIOR UNIOESTE -Universidade Estadual do Oeste do Paraná 2º PSS - PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO NÍVEL SUPERIOR Candidato: inscrição - nome do candidato Opção: código - nome / turno - cidade Local de Prova:

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURUÁ CONCURSO PÚBLICO. PROVA OBJETIVA: 22 de setembro de 2013 NÍVEL ALFABETIZADO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURUÁ CONCURSO PÚBLICO. PROVA OBJETIVA: 22 de setembro de 2013 NÍVEL ALFABETIZADO PREFEITURA MUNICIPAL DE CURUÁ CONCURSO PÚBLICO PROVA OBJETIVA: 22 de setembro de 2013 NÍVEL ALFABETIZADO CARGO: AGENTE DE LIMPEZAS PÚBLICAS, OPERADOR DE MÁQUINA, SERVENTE, VIGIA Nome do Candidato: Nº de

Leia mais

Auxiliar de Serviços Gerais Nível Fundamental Incompleto

Auxiliar de Serviços Gerais Nível Fundamental Incompleto Auxiliar de Serviços Gerais Nível Fundamental Incompleto 15.01.2012 - TARDE LÍNGUA PORTUGUESA TEXTO FALTA PEDREIRO Superinteressante São Paulo, Abril, n. 280 Falta pedreiro, estão reclamando os mestres

Leia mais

Física. CURSO Física. Só abra este caderno quando o fiscal autorizar. Leia atentamente as instruções abaixo.

Física. CURSO Física. Só abra este caderno quando o fiscal autorizar. Leia atentamente as instruções abaixo. PROCESSO SELETIVO 2006/1 Física CURSO Física Só abra este caderno quando o fiscal autorizar. Leia atentamente as instruções abaixo. 1. Este caderno de prova contém dez questões, que deverão ser respondidas

Leia mais

C A D E R N O D E P R O V A S

C A D E R N O D E P R O V A S C ONCURSO PÚBLICO 03 / JUNHO / 2012 CÂMARA MUNICIPAL DE ITURAMA MINAS GERAIS C A D E R N O D E P R O V A S CADERNO 7 CARGOS: AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS RECEPCIONISTA E TELEFONISTA PROVAS: PORTUGUÊS MATEMÁTICA

Leia mais

NÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO

NÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO PREFEITURA MUNICIPAL DE CANAÃ DOS CARAJÁS CONCURSO PÚBLICO PROVA OBJETIVA: 13 de abril de 2014 NÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO AGENTE DE SERVIÇOS DE ARTÍFICE DE MANUTENÇÃO, AGENTE DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA

Leia mais

NÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO Cargos: Auxiliar de Serviços Gerais, Auxiliar de Serviços Urbanos e Vigia

NÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO Cargos: Auxiliar de Serviços Gerais, Auxiliar de Serviços Urbanos e Vigia CONCURSO PÚBLICO - EDITAL N.º 002/2011 PREFEITURA MUNICIPAL DE BREVES PROVA OBJETIVA: 15 de janeiro de 2012 NÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO Cargos: Auxiliar de Serviços Gerais, Auxiliar de Serviços Urbanos

Leia mais

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak Entrevista com Ezequiel Quem é você? Meu nome é Ezequiel, sou natural do Rio de Janeiro, tenho 38 anos, fui

Leia mais

Módulo 6 Parte 4.2 A aula que queremos dar Redação

Módulo 6 Parte 4.2 A aula que queremos dar Redação Módulo 6 Parte 4.2 A aula que queremos dar Redação Redação 1 o ou 2 o ano médio Tema: Corrigir uma redação Aula:! Olá, seja bem-vindo a Educare, meu nome é Professor Roberto e estou aqui para ajudá-lo.

Leia mais

Governo do Estado do Amapá Universidade do Estado do Amapá. Vestibular 2010

Governo do Estado do Amapá Universidade do Estado do Amapá. Vestibular 2010 Governo do Estado do Amapá Universidade do Estado do Amapá Vestibular 2010 PROVA ANALÍÍTIICO--DIISCURSIIVA 2ªª Fase 17//01//2010 Tiipo de Prrova B17 Biiollogiia e Quíímiica Nome do Candidato: Nº de Inscrição

Leia mais

Prova Objetiva Prova de Redação

Prova Objetiva Prova de Redação CAp - FUNEMAC 2014 1ª série do Ensino Médio Prova Objetiva Prova de Redação 10/11/2013 Este caderno, com 20 páginas numeradas, contém 40 questões objetivas de Língua Portuguesa e de Matemática, além da

Leia mais

Que calorão! Entenda por que o efeito estufa ameaça nosso planeta.

Que calorão! Entenda por que o efeito estufa ameaça nosso planeta. Nome: Ensino: F undamental 4 o ano urma: Língua Por ortuguesa T Data: 5/8/2009 Que calorão! Entenda por que o efeito estufa ameaça nosso planeta. O clima na Terra não é sempre igual e a temperatura aumenta

Leia mais

Alienação das drogas

Alienação das drogas Alienação das drogas Que relação podemos fazer entre os personagens mortos-vivos da ficção e os usuários de drogas em geral. São substâncias, naturais ou sintéticas que, introduzidas no organismo, podem

Leia mais

Abra sua. Conta CAIXA Fácil. caixa.gov.br. CAIXA. O banco que acredita nas pessoas.

Abra sua. Conta CAIXA Fácil. caixa.gov.br. CAIXA. O banco que acredita nas pessoas. Abra sua Conta CAIXA Fácil caixa.gov.br CAIXA. O banco que acredita nas pessoas. Este guia vai ajudar você a entender os termos mais usados no dia-a-dia dos bancos, além de mostrar como é fácil e seguro

Leia mais

CONCURSO DE ADMISSÃO 2015/2016 PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA (Prova 1) 6º Ano / Ensino Fundamental

CONCURSO DE ADMISSÃO 2015/2016 PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA (Prova 1) 6º Ano / Ensino Fundamental Leia atentamente o texto 1 e responda às questões de 01 a 12 e 18, assinalando a única alternativa correta. Texto 1 O pote vazio 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24

Leia mais

5º Ano O amor é paciente. (I Coríntios 13:4 a)

5º Ano O amor é paciente. (I Coríntios 13:4 a) 5º Ano Roteiro Semanal de Atividades de Casa (13 a 17 de Maio 2013) NA TEIA DA ARANHA Resolva as operações, pinte a trilha que o resultado seja 67 e descubra o inseto que caiu na teia da aranha. O inseto

Leia mais

NÍVEL FUNDAMENTAL Cargo: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE

NÍVEL FUNDAMENTAL Cargo: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE ESTADO DO PARÁ MUNICÍPIO DE CURUÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE CURUÁ - CONCURSO PÚBLICO - Edital N.º 001/2009 REALIZAÇÃO DA PROVA OBJETIVA: 23 de Agosto de 2009 NÍVEL FUNDAMENTAL Cargo: AGENTE COMUNITÁRIO DE

Leia mais

Texto 1 O FUTEBOL E A MATEMÁTICA Modelo matemático prevê gols no futebol Moacyr Scliar

Texto 1 O FUTEBOL E A MATEMÁTICA Modelo matemático prevê gols no futebol Moacyr Scliar PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS BANCO DE QUESTÕES - LÍNGUA PORTUGUESA - 5 ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== Texto 1 O FUTEBOL E A MATEMÁTICA

Leia mais

A criança preocupada. Claudia Mascarenhas Fernandes

A criança preocupada. Claudia Mascarenhas Fernandes A criança preocupada Claudia Mascarenhas Fernandes Em sua época Freud se perguntou o que queria uma mulher, devido ao enigma que essa posição subjetiva suscitava. Outras perguntas sempre fizeram da psicanálise

Leia mais

PORTUGUÊS 3 o BIMESTRE

PORTUGUÊS 3 o BIMESTRE Sistema de Ensino Unidade Portugal Série: 5 o ano (4 a série) Período: TARDE AVALIAÇÃO DE CONTEÚDO DO GRUPO VIII PORTUGUÊS 3 o BIMESTRE Nome: Turma: Data: 19/9/2009 Valor da prova: 8,0 Nota: Eixo temático

Leia mais

Movimentos da Terra. 4) Número de aulas: São seis etapas que serão divididas em aulas a critério do professor.

Movimentos da Terra. 4) Número de aulas: São seis etapas que serão divididas em aulas a critério do professor. Movimentos da Terra 1) Objetivo Geral Aplicar os conhecimentos sobre os movimentos da Terra e da Lua para o cotidiano, e mais especificamente, para a economia de energia elétrica como o horário de verão

Leia mais

VESTIBULAR 2013 1ª Fase. GEOGRAFIA Grade de Correção. Instruções Gerais: Instruções para a prova de Geografia:

VESTIBULAR 2013 1ª Fase. GEOGRAFIA Grade de Correção. Instruções Gerais: Instruções para a prova de Geografia: Instruções Gerais: VESTIBULAR 2013 1ª Fase GEOGRAFIA Grade de Correção Hoje você deverá responder às questões de Artes e Questões Contemporâneas, História, Geografia e de Raciocínio Lógico-Matemático.

Leia mais

2- Nas frases a seguir estão destacadas quatro formas verbais de um mesmo verbo. Compare-as.

2- Nas frases a seguir estão destacadas quatro formas verbais de um mesmo verbo. Compare-as. FICHA DA SEMANA 5º ANO A / B Instruções: 1- Cada atividade terá uma data de realização e deverá ser entregue a professora no dia seguinte; 2- As atividades deverão ser copiadas e respondidas no caderno,

Leia mais

Exercícios extras Matemática Aplicada Prismas

Exercícios extras Matemática Aplicada Prismas SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA/SECRETARIA DE EDUCAÇÃO POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE GOIÁS COMANDO DE ENSINO POLICIAL MILITAR COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR SARGENTO NADER ALVES DOS SANTOS SÉRIE/ANO: 2ª TURMA(S):

Leia mais

física EXAME DISCURSIVO 2ª fase 30/11/2014

física EXAME DISCURSIVO 2ª fase 30/11/2014 EXAME DISCURSIVO 2ª fase 30/11/2014 física Caderno de prova Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Física. Não abra o caderno antes de receber autorização.

Leia mais

ALUNO(A): Nº TURMA: TURNO: DATA: / / SEDE:

ALUNO(A): Nº TURMA: TURNO: DATA: / / SEDE: Professor: Edney Melo ALUNO(A): Nº TURMA: TURNO: DATA: / / SEDE: 01. As pirâmides do Egito estão entre as construções mais conhecidas em todo o mundo, entre outras coisas pela incrível capacidade de engenharia

Leia mais

1. o Vestibular 2002 PROVA DE HABILIDADES ESPECÍFICAS ARQUITETURA E URBANISMO. Programa de Avaliação Seriada Subprograma 1999 3.

1. o Vestibular 2002 PROVA DE HABILIDADES ESPECÍFICAS ARQUITETURA E URBANISMO. Programa de Avaliação Seriada Subprograma 1999 3. PROVA DE HABILIDADES ESPECÍFICAS 1. o Vestibular 2002 ARQUITETURA E URBANISMO Programa de Avaliação Seriada Subprograma 1999 3. a Etapa SALA N. o DE CONTROLE RESULTADO FINAL NOME INSCRIÇÃO Assinatura:

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE FRUTA DE LEITE / MG - EDITAL 12014

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE FRUTA DE LEITE / MG - EDITAL 12014 CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE FRUTA DE LEITE / MG - EDITAL 1014 ESTE CADERNO DE PROVAS DESTINA-SE AOS CANDIDATOS AOS SEGUINTES CARGOS: Agente Comunitário

Leia mais

Português e Matemática

Português e Matemática Português e Matemática LEIA COM ATENÇÃO 01. Só abra este caderno após ler todas as instruções e quando for autorizado pelos fiscais da sala. 02. Preencha os dados pessoais. 03. A prova de PORTUGUÊS consiste

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA TIMBOTEUA. CONCURSO PÚBLICO - PROVA OBJETIVA: 13 de dezembro de 2015 NÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO AGENTE DE ENDEMIAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA TIMBOTEUA. CONCURSO PÚBLICO - PROVA OBJETIVA: 13 de dezembro de 2015 NÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO AGENTE DE ENDEMIAS PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA TIMBOTEUA CONCURSO PÚBLICO - PROVA OBJETIVA: 13 de dezembro de 2015 NÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO AGENTE DE ENDEMIAS Nome do Candidato: Nº de Inscrição: Assinatura INSTRUÇÕES

Leia mais

CADERNO DE PROVA NÍVEL MÉDIO I N S T R U Ç Õ E S

CADERNO DE PROVA NÍVEL MÉDIO I N S T R U Ç Õ E S 1 PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO CONCURSO PÚBLICO PARA SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS PORANGATU CADERNO DE PROVA NÍVEL MÉDIO I N S T R U Ç Õ E S Verifique se este caderno

Leia mais

Informações e instruções para os candidatos

Informações e instruções para os candidatos A preencher pelo candidato: Nome: N.º de inscrição: Documento de identificação: N.º: Local de realização da prova: A preencher pelo avaliador: Classificação final: Ass: Informações e instruções para os

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA E LITERATURA BRASILEIRA

LÍNGUA PORTUGUESA E LITERATURA BRASILEIRA LÍNGUA PORTUGUESA E LITERATURA BRASILEIRA Prova de 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem. 1 - Este caderno contém seis questões, abrangendo um total de nove

Leia mais

texto I partes I e II Língua Portuguesa e Matemática Futebol de rua De preferência os novos, do colégio.

texto I partes I e II Língua Portuguesa e Matemática Futebol de rua De preferência os novos, do colégio. partes I e II Língua Portuguesa e Matemática texto I Futebol de rua Pelada é o futebol de campinho, de terreno baldio. Mas existe um tipo de futebol ainda mais rudimentar do que a pelada. É o futebol de

Leia mais

PROJETO DE LEITURA PRÉ-LEITURA

PROJETO DE LEITURA PRÉ-LEITURA PROJETO DE LEITURA PRÉ-LEITURA ATIVIDADES ANTERIORES À LEITURA INTENÇÃO: LEVANTAR HIPÓTESES SOBRE A AUTORA, SOBRE O LIVRO, INSTIGAR A CURIOSIDADE E AMPLIAR O REPERTÓRIO DO ALUNO Para o professor Ou isto

Leia mais

PORTUGUÊS CIDA BISPO

PORTUGUÊS CIDA BISPO TIPO 1 PORTUGUÊS CIDA BISPO 7º UNIDADE IV Orientações: Não será aceita a utilização de corretivo; não será permitido o empréstimo de material durante a avaliação; use somente caneta esferográfica azul

Leia mais

Auxiliar de Administração Auxiliar de Saúde Códigos 113 e 114

Auxiliar de Administração Auxiliar de Saúde Códigos 113 e 114 PREFEITURA MUNICIPAL DE PATROCÍNIO Concurso Público EDITAL N. 01/2009 Auxiliar de Administração Auxiliar de Saúde Códigos 113 e 114 Este caderno contém a Prova Objetiva abrangendo os conteúdos de Língua

Leia mais

5- Cite, em ordem de preferência, três profissões que você mais gostaria de exercer: 1º 2º 3º

5- Cite, em ordem de preferência, três profissões que você mais gostaria de exercer: 1º 2º 3º 18. DICAS PARA A PRÁTICA Orientação para o trabalho A- Conhecimento de si mesmo Sugestão: Informativo de Orientação Vocacional Aluno Prezado Aluno O objetivo deste questionário é levantar informações para

Leia mais

UNIOESTE -Universidade Estadual do Oeste do Paraná 1º PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO AGENTE UNIVERSITÁRIO - 2013

UNIOESTE -Universidade Estadual do Oeste do Paraná 1º PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO AGENTE UNIVERSITÁRIO - 2013 UNIOESTE -Universidade Estadual do Oeste do Paraná 1º PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO AGENTE UNIVERSITÁRIO - 2013 Candidato: inscrição - nome do candidato Opção: código - nome / turno - cidade Local de

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA CÂMARA MUNICIPAL DE UBAÍ EDITAL 1/2013

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA CÂMARA MUNICIPAL DE UBAÍ EDITAL 1/2013 CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA CÂMARA MUNICIPAL DE UBAÍ EDITAL 1/2013 ESTE CADERNO DE PROVAS DESTINA-SE AOS CANDIDATOS AO SEGUINTE CARGO: Auxiliar de Serviços Gerais I PROVAS DE

Leia mais

ATIVIDADES RECUPERAÇÃO PARALELA

ATIVIDADES RECUPERAÇÃO PARALELA ATIVIDADES RECUPERAÇÃO PARALELA Nome: Nº Ano: 6º Data: / /2012 Bimestre: 2º Professora: Samanta Disciplina: P1 Orientações para estudo: refaça os exercícios propostos (inclusive folha extra) e as avaliações

Leia mais

Leis de Newton INTRODUÇÃO 1 TIPOS DE FORÇA

Leis de Newton INTRODUÇÃO 1 TIPOS DE FORÇA Leis de Newton INTRODUÇÃO Isaac Newton foi um revolucionário na ciência. Teve grandes contribuições na Física, Astronomia, Matemática, Cálculo etc. Mas com certeza, uma das suas maiores contribuições são

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA INSTRUMENTAL COM REDAÇÃO

LÍNGUA PORTUGUESA INSTRUMENTAL COM REDAÇÃO 05/12/2010 LÍNGUA PORTUGUESA INSTRUMENTAL COM REDAÇÃO Caderno de prova Este caderno, com oito páginas numeradas sequencialmente, contém cinco questões de Língua Portuguesa Instrumental e a proposta de

Leia mais

Muito prazer Curso de português do Brasil para estrangeiros

Muito prazer Curso de português do Brasil para estrangeiros Modo: indicativo O modo indicativo expressa um fato de maneira definida, real, no presente, passado ou futuro, na frase afirmativa, negativa ou interrogativa. Presente Presente Passado (=Pretérito) Pretérito

Leia mais

Ana Paula Vitelli, Ph.D. Reunião do Comitê de RH, Britcham 08 de Outubro, 2013 São Paulo SP

Ana Paula Vitelli, Ph.D. Reunião do Comitê de RH, Britcham 08 de Outubro, 2013 São Paulo SP Ana Paula Vitelli, Ph.D. Reunião do Comitê de RH, Britcham 08 de Outubro, 2013 São Paulo SP Introdução Do que estamos falando? Um grupo específico de mulheres Uma visão Pesquisa de Doutorado na FGV EAESP

Leia mais

Prova do Nível 1 (resolvida)

Prova do Nível 1 (resolvida) Prova do Nível (resolvida) ª fase 0 de novembro de 0 Instruções para realização da prova. Verifique se este caderno contém 0 questões e/ou qualquer tipo de defeito. Se houver algum problema, avise imediatamente

Leia mais

Nome: N.º: Telefone: E-mail: PARA QUEM CURSA O 6 Ọ ANO EM 2014. Disciplina: PoRTUGUÊs

Nome: N.º: Telefone: E-mail: PARA QUEM CURSA O 6 Ọ ANO EM 2014. Disciplina: PoRTUGUÊs Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA O 6 Ọ ANO EM 2014 Disciplina: PoRTUGUÊs Prova: desafio nota: Texto para as questões 1 e 2. PLANETA sustentável QUANTO SE GASTA DE ÁGUA

Leia mais

10 segredos para falar inglês

10 segredos para falar inglês 10 segredos para falar inglês ÍNDICE PREFÁCIO 1. APENAS COMECE 2. ESQUEÇA O TEMPO 3. UM POUCO TODO DIA 4. NÃO PRECISA AMAR 5. NÃO EXISTE MÁGICA 6. TODO MUNDO COMEÇA DO ZERO 7. VIVA A LÍNGUA 8. NÃO TRADUZA

Leia mais

Disciplina:Língua Portuguesa Professor (a): Cris Souto Ano: 8º Turmas: 8.1 e 8.2

Disciplina:Língua Portuguesa Professor (a): Cris Souto Ano: 8º Turmas: 8.1 e 8.2 Rede de Educação Missionárias Servas do Espírito Santo Colégio Nossa Senhora da Piedade Av. Amaro Cavalcanti, 2591 Encantado Rio de Janeiro / RJ CEP: 20735042 Tel: 2594-5043 Fax: 2269-3409 E-mail: cnsp@terra.com.br

Leia mais

DROGAS LÌCITAS E ILÌCITAS SUBSTÂNCIAS PSICOTRÒPICAS. Drogas Lícitas e Ilícitas Substancias Psicotrópicas

DROGAS LÌCITAS E ILÌCITAS SUBSTÂNCIAS PSICOTRÒPICAS. Drogas Lícitas e Ilícitas Substancias Psicotrópicas DROGAS LÌCITAS E ILÌCITAS SUBSTÂNCIAS PSICOTRÒPICAS Drogas Lícitas e Ilícitas Substancias Psicotrópicas SUBSTÂNCIAS PSICOTRÒPICAS São substancias psicoativas que agem no Sistema Nervoso Central. Produz

Leia mais

Onde você vai encontrar as suas futuras iniciadas?????

Onde você vai encontrar as suas futuras iniciadas????? Há 16 anos quando entrou na MK, a consagrada Diretora Nacional, Gloria Mayfield, não sabia como chegar ao topo, hoje ela dá o seguinte conselho. As lições que eu aprendi na Mary Kay para me tornar uma

Leia mais

... RIO DE JANEIRO, 14 DE DEZEMBRO DE 2008

... RIO DE JANEIRO, 14 DE DEZEMBRO DE 2008 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COLÉGIO PEDRO II DIRETORIA-GERAL SECRETARIA DE ENSINO EXAME DE SELEÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE CANDIDATOS À MATRÍCULA NA 1ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO REGULAR PROVA DE PORTUGUÊS 2009 UNIDADE

Leia mais

Dicas para você trabalhar o livro Menino brinca de boneca? com seus alunos

Dicas para você trabalhar o livro Menino brinca de boneca? com seus alunos Dicas para você trabalhar o livro Menino brinca de boneca? com seus alunos Caro professor, Este link do site foi elaborado especialmente para você, com o objetivo de lhe dar dicas importantes para o seu

Leia mais

Lucas Liberato Coaching Coach de Inteligência Emocional lucasliberato.com.br

Lucas Liberato Coaching Coach de Inteligência Emocional lucasliberato.com.br Script de Terapia de Liberação Emocional (EFT) para desfazer crenças relativas aos clientes que você merece ter. Eu não consigo atrair clientes dispostos a pagar preços altos A Acupuntura Emocional é uma

Leia mais

Brasileiros esperam ganhar salário três vezes maior após fazer MBA

Brasileiros esperam ganhar salário três vezes maior após fazer MBA COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 6º Ano Profª: Margareth Rodrigues Dutra Disciplina: Língua Portuguesa Aluno(a): TRABALHO DE RECUPERAÇÃO Data de entrega: 18/12/14 Questão 1- Leia o texto a seguir. Brasileiros

Leia mais

TESTE DE SELEÇÃO PARA A 5ª SÉRIE (2009) ENSINO FUNDAMENTAL INSTRUÇÕES

TESTE DE SELEÇÃO PARA A 5ª SÉRIE (2009) ENSINO FUNDAMENTAL INSTRUÇÕES POLÍCIA MILITAR DO PARANÁ DIRETORIA DE ENSINO COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR Cel PM FELIPPE DE SOUSA MIRANDA TESTE DE SELEÇÃO PARA A 5ª SÉRIE (2009) ENSINO FUNDAMENTAL INSTRUÇÕES 1. Este caderno de prova contém

Leia mais

SUMÁRIO. por: tayara Correa nunes

SUMÁRIO. por: tayara Correa nunes SUMÁRIO 1. INtRODUÇÃO 2. HISTÓRIA DO CARTÃO 3. CARÁCTERISTICAS DO CARTÃO 4. COMO USAR - passo a passo 5. BENEFÍCIOS E VANTAGENS 6. POR QUE USAR O CARTÃO E NÃO O DINHEIRO Utilização do E-BOOK OBS.. O autor

Leia mais

-2014- CONTEÚDO SEPARADO POR TRIMESTRE E POR AVALIAÇÃO CIÊNCIAS 9º ANO 1º TRIMESTRE

-2014- CONTEÚDO SEPARADO POR TRIMESTRE E POR AVALIAÇÃO CIÊNCIAS 9º ANO 1º TRIMESTRE -2014- CONTEÚDO SEPARADO POR TRIMESTRE E POR AVALIAÇÃO CIÊNCIAS 9º ANO 1º TRIMESTRE DISCURSIVA OBJETIVA QUÍMICA FÍSICA QUÍMICA FÍSICA Matéria e energia Propriedades da matéria Mudanças de estado físico

Leia mais

Facilitando a criação e distribuição de conteúdos, a SaferNet Brasil licencia seus materiais de forma aberta através do Creative Commons.

Facilitando a criação e distribuição de conteúdos, a SaferNet Brasil licencia seus materiais de forma aberta através do Creative Commons. Olá, você esta acessando um dos materiais vencedores no concurso InternÉtica 2011, realizado pela SaferNet Brasil e o Instituto Childhood Brasil. Facilitando a criação e distribuição de conteúdos, a SaferNet

Leia mais

Questão 1. Ano: 2015 Banca: FGV

Questão 1. Ano: 2015 Banca: FGV Questão 1 Ano: 2015 Banca: FGV Texto A Lua Cheia entra em sua fase crescente no signo de gêmeos e vai movimentar tudo o que diz respeito à sua vida profissional e projetos de carreira. Os próximos dias

Leia mais

Conversando com os pais

Conversando com os pais Conversando com os pais Motivos para falar sobre esse assunto, em casa, com os filhos 1. A criança mais informada, e de forma correta, terá mais chances de saber lidar com sua sexualidade e, no futuro,

Leia mais

Nome do(a) Aluno(a): Turma: RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES

Nome do(a) Aluno(a): Turma: RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES 5º ANO ESPECIALIZADO E CURSO PREPARATÓRIO 4º SIMULADO/2014-2ª ETAPA MATEMÁTICA Nome do(a) Aluno(a): Turma: RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES 01) Verifique o total de folhas (09) deste Simulado. Ele contém 20 (vinte)

Leia mais

SENADO FEDERAL EVITE O CIGARRO SENADOR CLÉSIO ANDRADE

SENADO FEDERAL EVITE O CIGARRO SENADOR CLÉSIO ANDRADE SENADO FEDERAL EVITE O CIGARRO SENADOR CLÉSIO ANDRADE 2 Evite o cigarro apresentação Depois que foi identificado como problema de saúde pública, o cigarro tem sido combatido em campanhas de comunicação,

Leia mais

3º BIMESTRE Vícios e suas consequências Aula 130 Conteúdos: Concordância verbal Dependência química e limitações do corpo Ervas entorpecentes

3º BIMESTRE Vícios e suas consequências Aula 130 Conteúdos: Concordância verbal Dependência química e limitações do corpo Ervas entorpecentes CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I 3º BIMESTRE Vícios e suas consequências Aula 130 Conteúdos: Concordância verbal Dependência química e limitações do

Leia mais

Colégio Estadual Dr. Xavier da Silva EF e EM. PIBID - FÍSICA Disciplina: Física 1º Ano EM Turma:A Atividade Experimental Conteúdo: Colisões

Colégio Estadual Dr. Xavier da Silva EF e EM. PIBID - FÍSICA Disciplina: Física 1º Ano EM Turma:A Atividade Experimental Conteúdo: Colisões Colégio Estadual Dr. Xavier da Silva EF e EM. PIBID - FÍSICA Disciplina: Física 1º Ano EM Turma:A Atividade Experimental Conteúdo: Colisões Aluno(a): Nº: Data: / /2014 INTRODUÇÃO: a) Se você pudesse escolher

Leia mais

Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008 Humberto Cordeiro Carvalho admitido pela companhia em 1 de julho de 1981. Eu nasci em 25 de maio de 55 em Campos do Goytacazes. FORMAÇÃO Segundo grau Escola

Leia mais

Você sabia que... Alguns fatos sobre o meu país

Você sabia que... Alguns fatos sobre o meu país Brasil Você sabia que... A pobreza e a desigualdade causam a fome e a malnutrição. Os alimentos e outros bens e serviços básicos que afetam a segurança dos alimentos, a saúde e a nutrição água potável,

Leia mais

Atividades Lição 5 ESCOLA É LUGAR DE APRENDER

Atividades Lição 5 ESCOLA É LUGAR DE APRENDER Atividades Lição 5 NOME: N º : CLASSE: ESCOLA É LUGAR DE APRENDER 1. CANTE A MÚSICA, IDENTIFICANDO AS PALAVRAS. A PALAVRA PIRULITO APARECE DUAS VEZES. ONDE ESTÃO? PINTE-AS.. PIRULITO QUE BATE BATE PIRULITO

Leia mais

Núcleo de Educação a Distância 1 UVAONLINE. Comunicação Oral e Escrita. Unidade 11. Emprego de Pronomes Relativos e Pessoais

Núcleo de Educação a Distância 1 UVAONLINE. Comunicação Oral e Escrita. Unidade 11. Emprego de Pronomes Relativos e Pessoais Núcleo de Educação a Distância 1 UVAONLINE Comunicação Oral e Escrita Unidade 11 Emprego de Pronomes Relativos e Pessoais Núcleo de Educação a Distância 2 Aviso importante! Este material foi produzido

Leia mais

O crack em números: Usuários de crack reunidos no centro de São Paulo em. imagem de janeiro (Foto: Yasuyoshi Chiba/AFP)

O crack em números: Usuários de crack reunidos no centro de São Paulo em. imagem de janeiro (Foto: Yasuyoshi Chiba/AFP) Brasil tem 370 mil usuários regulares de crack nas capitais, aponta Fiocruz Estudo indireto com 25 mil pessoas mediu consumo por 6 meses em 2012. Nordeste lidera lista em números absolutos, e 14% do total

Leia mais

Equipe de Língua Portuguesa. Língua Portuguesa SÍNTESE DA GRAMÁTICA

Equipe de Língua Portuguesa. Língua Portuguesa SÍNTESE DA GRAMÁTICA Aluno (a): Série: 3ª TUTORIAL 3B Ensino Médio Data: Turma: Equipe de Língua Portuguesa Língua Portuguesa SÍNTESE DA GRAMÁTICA TERMOS INTEGRANTES = completam o sentido de determinados verbos e nomes. São

Leia mais

FORMOSA - GO - 002/2014

FORMOSA - GO - 002/2014 IBEG Instituto Brasileiro de Educação e Gestão Edital de Abertura do Concurso Público Prefeitura de Formosa - GO n o 02/2014 CARGO Agente de Serviços e Obras Públicas - Classe I CADERNO DE PROVA Prezado(a)

Leia mais

AS LEIS DO TÊNIS DE MESA Capítulo 2

AS LEIS DO TÊNIS DE MESA Capítulo 2 AS LEIS DO TÊNIS DE MESA Capítulo 2 2.1 A MESA 2.1.1 A parte superior da mesa, chamada superfície de jogo, deve ser retangular, com 2,74 m de comprimento por 1,525 m de largura, e situar-se em um plano

Leia mais

Lidando com o Cão Dominante

Lidando com o Cão Dominante Lidando com o Cão Dominante De Eugênio Gomes, 2006. Baseado no texto Dealing With the Dominant Dog, de Ed Frawley. Introdução Muitas pessoas, incluindo treinadores experientes, entendem mal a dominância

Leia mais

SUPERAÇÃO JÁ! ETAPA DEterminaÇÃO CADERNO DO ESTUDANTE

SUPERAÇÃO JÁ! ETAPA DEterminaÇÃO CADERNO DO ESTUDANTE Escola de Tempo Integral Experiências Matemáticas 7º ANO (6ª série) SUPERAÇÃO JÁ! ETAPA DEterminaÇÃO CADERNO DO ESTUDANTE Este é um material em construção que contém os capítulos de apoio das atividades

Leia mais

Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: PARA QUEM CURSA O 5 Ọ ANO EM 2014. Disciplina: PoRTUGUÊs UMA IDEIA TODA AZUL

Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: PARA QUEM CURSA O 5 Ọ ANO EM 2014. Disciplina: PoRTUGUÊs UMA IDEIA TODA AZUL Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA O 5 Ọ ANO EM 2014 Disciplina: PoRTUGUÊs Prova: desafio nota: UMA IDEIA TODA AZUL Um dia o Rei teve uma ideia. Era a primeira da vida

Leia mais

Colégio SOTER - Caderno de Atividades - 6º Ano - Língua Portuguesa - 2º Bimestre

Colégio SOTER - Caderno de Atividades - 6º Ano - Língua Portuguesa - 2º Bimestre O CASO DA CALÇADA DO JASMIM UM CRIME? Terça-feira, seis de Maio. São catorze horas. A D. Odete não é vista no seu bairro desde hoje de manhã. As janelas da sua casa estão abertas, mas o correio de hoje

Leia mais

Cinemática Unidimensional

Cinemática Unidimensional Cinemática Unidimensional 1 INTRODUÇÃO Na Cinemática Unidimensional vamos estudar o movimento de corpos e partículas, analisando termos como deslocamento, velocidade, aceleração e tempo.os assuntos que

Leia mais

Primeira lista de física para o segundo ano 1)

Primeira lista de física para o segundo ano 1) Primeira lista de física para o segundo ano 1) Dois espelhos planos verticais formam um ângulo de 120º, conforme a figura. Um observador está no ponto A. Quantas imagens de si mesmo ele verá? a) 4 b) 2

Leia mais

Edital Nº. 04/2009-DIGPE 10 de maio de 2009

Edital Nº. 04/2009-DIGPE 10 de maio de 2009 Caderno de Provas GESTÃO DE COOPERATIVAS E AGRONEGÓCIOS Edital Nº. 04/2009-DIGPE 10 de maio de 2009 INSTRUÇÕES GERAIS PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA Use apenas caneta esferográfica azul ou preta. Escreva o

Leia mais

CARGO(S): AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS GARI - VIGILANTE. Nome do Candidato: Assinatura do Candidato:

CARGO(S): AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS GARI - VIGILANTE. Nome do Candidato: Assinatura do Candidato: CARGO(S): AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS GARI - VIGILANTE Nome do Candidato: Assinatura do Candidato: Ao receber o caderno de provas, verifique atentamente se está completo, sem rasuras, sem falhas de impressão,

Leia mais

INTOXICAÇÃO POR NOVAS DROGAS

INTOXICAÇÃO POR NOVAS DROGAS Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro Grupamento de Socorro de Emergência Seção de Desastres INTOXICAÇÃO POR NOVAS DROGAS Edna Maria de Queiroz Capitão Médica CBMERJ Médica HUAP / UFF

Leia mais

2aetapa UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE. Instruções ao candidato

2aetapa UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE. Instruções ao candidato UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE Instruções ao candidato O tempo disponível para realizar as provas dos dois cadernos que você recebeu o das provas específicas e o da redação é de quatro horas e trinta

Leia mais

Educadora: Daiana Araújo C. Curricular:Ciências Naturais Data: / /2013 Estudante: 8º Ano

Educadora: Daiana Araújo C. Curricular:Ciências Naturais Data: / /2013 Estudante: 8º Ano Educadora: Daiana Araújo C. Curricular:Ciências Naturais Data: / /2013 Estudante: 8º Ano O termo célula foi usado pela primeira vez pelo cientista inglês Robert Hooke, em 1665. Por meio de um microscópio

Leia mais

O MOTIVO POR QUE A CORTESIA E

O MOTIVO POR QUE A CORTESIA E O MOTIVO POR QUE A CORTESIA E OS BONS HÁBITOS SÃO IMPORTANTES CHRISTOPHER KLICKA Parte da experiência de dar aulas escolares em casa é ensinar os filhos a praticar boas maneiras. Para nossa própria sobrevivência,

Leia mais

Instruções de Uso BALANÇA PARA MONITORAMENTO DA HIDRATAÇÃO E GORDURA DO CORPO. Modelo EF912

Instruções de Uso BALANÇA PARA MONITORAMENTO DA HIDRATAÇÃO E GORDURA DO CORPO. Modelo EF912 BALANÇA PARA MONITORAMENTO DA HIDRATAÇÃO E GORDURA DO CORPO Importado por: Instruções de Uso Modelo EF912 CONTROLLER COMÉRCIO E SERVIÇOS LTDA. Av. Santa Catarina, 1481 - CEP.: 88075-500 Estreito - Florianópolis

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARAVILHAS EDITAL 001/2009 - Concurso Público. Prova: 14 de Março de 2010.

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARAVILHAS EDITAL 001/2009 - Concurso Público. Prova: 14 de Março de 2010. PREFEITURA MUNICIPAL DE MARAVILHAS EDITAL 001/2009 - Concurso Público Prova: 14 de Março de 2010. CARGOS: 1. Auxiliar de serviço. II Operário Braçal, 2. Auxiliar de serviço II Serviço de Água, 3. Auxiliar

Leia mais

Teste de Habilidade Específica - THE

Teste de Habilidade Específica - THE LEIA COM ATENÇÃO 1. Só abra este caderno após ler todas as instruções e quando for autorizado pelos fiscais da sala. 2. Preencha os dados pessoais. 3. Autorizado o inicio da prova, verifique se este caderno

Leia mais

Nome: nº Data: 7º ano Profa.:Juliana Sanches

Nome: nº Data: 7º ano Profa.:Juliana Sanches 1 Nome: nº Data: 7º ano Profa.:Juliana Sanches Conteúdo: - Predicação Verbal; - Modo e Tempo Verbal; - Vozes Verbais. Trabalho para Recuperação 01. Leia a tira. a) Na oração Queria mandar um alô para o

Leia mais

Profa. Yanna C. F. Teles. União de Ensino Superior de Campina Grande Curso Bacharelado em Enfermagem Disciplina: Metodologia da pesquisa

Profa. Yanna C. F. Teles. União de Ensino Superior de Campina Grande Curso Bacharelado em Enfermagem Disciplina: Metodologia da pesquisa Profa. Yanna C. F. Teles União de Ensino Superior de Campina Grande Curso Bacharelado em Enfermagem Disciplina: Metodologia da pesquisa Trabalhos na graduação (seminários, tcc...) Apresentações em congressos

Leia mais

Ajudante Auxiliar de Serviços Gerais Operador de Bombas. Nível Fundamental Incompleto. Águas e Esgoto. 22.01.2012 - Tarde

Ajudante Auxiliar de Serviços Gerais Operador de Bombas. Nível Fundamental Incompleto. Águas e Esgoto. 22.01.2012 - Tarde Ajudante Auxiliar de Serviços Gerais Operador de Bombas Nível Fundamental Incompleto Águas e Esgoto 22.01.2012 - Tarde LÍNGUA PORTUGUESA AJUDANTE / AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS / OPERADOR DE BOMBAS 22.01

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO APOLÔNIO SALLES

GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO APOLÔNIO SALLES NÍVEL: FUNDAMENTAL TURNO: MANHÃ GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO APOLÔNIO SALLES SUPLETIVO 2013 QUADRO DE PROVAS PORTUGUÊS PRÉDIO: SALA: NOME COMPLETO: RG: Nº DE INSCRIÇÃO:

Leia mais

Leia estas instruções:

Leia estas instruções: Leia estas instruções: 1 2 3 Confira se os dados contidos na parte inferior desta capa estão corretos e, em seguida, assine no espaço reservado para isso. Este Caderno contém trinta questões de múltipla

Leia mais