TRIGONOMETRIA ENSINO MÉDIO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TRIGONOMETRIA ENSINO MÉDIO"

Transcrição

1 No instante em que o tronco de madeira de 20 m de TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO (Puccamp) Construída a toque de caixa pelo regime militar, Tucuruí inundou uma área de km, sem que dela se retirasse a floresta. A decomposição orgânica elevou os níveis de emissão de gases, a ponto de fazer da represa, nos anos 90, a maior emissora de poluentes do Brasil. Ganhar a vida comprimento forma um ângulo š com a vertical de 15 m, o valor de cos 2š e igual a a) 3/2 b) 9/8 c) 9/16 d) 7/16 e) 1/8 cortando árvores submersas exige que um mergulhador desça a mais de 20 metros, com TEXTO PARA AS PRÓXIMAS 2 QUESTÕES. praticamente zero de visibilidade e baixas temperaturas. Amarrado ao tronco da árvore, maneja (Unb) Volume de ar em um ciclo respiratório O volume total de ar, em litros, contido nos a motosserra. (Adaptado de Veja. ano 37. n.23. ed São Paulo: Abril. p.141) dois pulmões de um adulto em condições físicas normais e em repouso pode ser descrito como função do tempo t, em segundos, por V(t) = 3.(1 - cos(0,4 t))/2 1. Uma vez serrada, a árvore é puxada e amarrada a pedaços de madeira seca. O fluxo de ar nos pulmões, em litros por segundo, é dado por v(t) = 0,6 sen(0,4 t). Os gráficos dessas funções estão representados na figura adiante. 2. Com base nas informações do texto, julgue os itens a seguir. (1) O gráfico I representa V(t) e o gráfico II, v(t). PROFESSOR GILMAR BORNATTO Página 1

2 (2) O volume máximo de ar nos dois pulmões é maior que um litro. 4. (3) O período de um ciclo respiratório completo (inspiração e expiração) é de 6 segundos. (4) A freqüência de v(t) é igual à metade da freqüência de V(t). 3. O fenômeno das marés pode ser descrito por uma função da forma f(t) = a.sen (b.t), em que a é medido em metros e t em horas. Se o intervalo entre duas marés altas sucessivas é 12,4 horas, tendo sempre a mesma altura máxima de 1,5 metros, então Com base nas informações do texto, julgue os itens a seguir, com respeito ao fluxo de ar nos pulmões. (1) O fluxo é negativo quando o volume decresce. (2) O fluxo é máximo quando o volume é máximo. (3) O fluxo é zero quando o volume é máximo ou mínimo. TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO (Puccamp) O subir e descer das marés é regulado por vários fatores, sendo o principal deles a atração gravitacional entre Terra e Lua. Se desprezássemos os demais fatores, teríamos sempre o intervalo de 12,4 horas entre duas marés altas consecutivas, e também sempre a mesma altura máxima de maré, por exemplo, 1,5 metros. Nessa situação, o gráfico da função que relacionaria tempo (t) e altura de maré (A) seria semelhante a este: a) b = (5 )/31 b) a + b = 13,9 c) a - b = /1,5 d) a. b = 0,12 e) b = (4 )/3 TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO (Ufba) Na(s) questão(ões) a seguir escreva nos parênteses a soma dos itens corretos. 5. Em trigonometria, é verdade: (01) Sendo sen x = - 4/5 e x pertencente ao terceiro quadrante, então cos (x/2) = -1/5. (02) se x + y = /3, então cos(3x - 3y) = 2 sen 3y - 1. (04) Existe x Æ [ /4, 5 /2], tal que sen x + 3 cosx = 3. (08) A função inversa de f(x) = cos é g(x) = sec x. PROFESSOR GILMAR BORNATTO Página 2

3 (16) Num triângulo, a razão entre dois de seus lados é 2, e o ângulo por eles formado mede 60 ; então o triângulo é retângulo. TEXTO PARA AS PRÓXIMAS 2 QUESTÕES. (Ufpe) O PIB (Produto Interno Bruto, que representa a soma das riquezas e dos serviços produzidos por uma nação) de certo país, no ano 2000+x, é dado, Soma ( ) em bilhões de dólares, por P(x) = ,5x + 20cos( x/6) TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO onde x é um inteiro não negativo. (Cesgranrio) Uma quadra de tênis tem 23,7m de comprimento por 10,9m de largura. Na figura a seguir, está representado o momento em que um 7. Determine, em bilhões de dólares, o valor do PIB do país em dos jogadores dá um saque. Sabe-se que este atinge a bola no ponto A, a 3m do solo, e que a bola passa por cima da rede e toca o campo adversário no ponto C, a 17m do ponto B. 8. Em períodos de 12 anos, o PIB do país aumenta do mesmo valor, ou seja, P(x+12) - P(x) é constante. Determine esta constante (em bilhões de dólares) (Uff) No processo de respiração do ser humano, o fluxo de ar através da traquéia, durante a inspiração ou expiração, pode ser modelado pela função F, definida, em cada instante t, por F(t) = M sen wt. A pressão interpleural (pressão existente na caixa torácica), também durante o processo de respiração, pode ser modelada pela função P, definida, em cada instante t, por P(t) = L - F(t + a). As constantes a, L, M e w são reais, positivas e Tendo em vista os dados apresentados, é possível afirmar que o ângulo, representado na figura, mede: a) entre 75 e 90. b) entre 60 e 75. c) entre 45 e 60. d) entre 30 e 45. dependentes das condições fisiológicas de cada indivíduo. (AGUIAR, A.F.A., XAVIER, A.F.S. e RODRIGUES, J.E.M. Cálculo para Ciências Médicas e Biológicas, ed. HARBRA Ltda (Adaptado) Um possível gráfico de P, em função de t, é: e) menos de 30. PROFESSOR GILMAR BORNATTO Página 3

4 (16) Todos os valores de para os quais A = B são da forma 2k /3, onde k é número inteiro. Soma ( ) 12. (Unicamp) Dado o sistema linear homogêneo: [cos sen ] x [2 sen ] y 0 [cos ] x [cos sen ] y (Ufpe) Quantas soluções a equação sen x + [(sen x)/2] + [(sen x)/4] +... = 2, cujo lado esquerdo consiste da soma infinita dos termos de uma progressão geométrica, de primeiro termo sen x e razão (sen x)/2, admite, no intervalo [0, 20 ]? 11. (Ufpr) Considere as matrizes a seguir, onde a, b, c e são números reais. Assim, é correto afirmar: a) Encontre os valores de para os quais esse sistema admite solução não-trivial, isto é, solução diferente da solução x = y = 0. b) Para o valor de encontrado no item (a) que está no intervalo [0, /2], encontre uma solução não-trivial do sistema. 13. (Unirio) Um engenheiro está construindo um obelisco de forma piramidal regular, onde cada aresta da base quadrangular mede 4m e cada aresta lateral mede 6m. A inclinação entre cada face lateral e a base do obelisco é um ângulo tal que: a) 60 < < 90 b) 45 < < 60 c) 30 < < 45 d) 15 < < 30 (01) Os valores de a e b para os quais A = B são, respectivamente, 2 e -1. (02) Para que a matriz A seja igual à matriz B, é necessário que c seja número negativo. (04) Se b = 0 e c = -1, então o elemento na posição linha, coluna" da matriz (A.B) é log 10 Ë2. e) 0 < < (Ita) Um dos catetos de um triângulo retângulo mede Ë2 cm. O volume do sólido gerado pela rotação deste triângulo em torno da hipotenusa é cm. Determine os ângulos deste triângulo. (08) Se = 0 e c = 0, então a matriz A tem inversa, qualquer que seja o valor de b. PROFESSOR GILMAR BORNATTO Página 4

5 15. (Unifesp) Considere a reta de equação 4x - 3y + 15 = 0, a senóide de equação y = sen(x) e o ponto P = ( /2, 3), conforme a figura. 18. (Ufal) O mais amplo domínio real da função definida por y=log[sen(x)] é o conjunto dos números reais x tais que, para todo k Æ Z, a) -k < x < k b) k < x < (k - 1) c) k < x < (k + 1) d) 2k < x < (2k - 1) e) 2k < x < (2k + 1) 19. (Unicamp) Considere dois triângulos retângulos T e T, cada um deles com sua hipotenusa medindo A soma das distâncias de P à reta e de P à senóide é: 1cm. Seja a medida de um dos ângulos agudos de T e 2 a medida de um dos ângulos agudos de T. a) ( )/5 b) ( )/5 c) ( )/5 d) ( )/5 a) Calcule a área de T para = 22,5. b) Para que valores de a área de T é menor que a área de T? e) ( )/5 20. (Fgv) Na figura estão representados dois 16. (Ufv) Sejam as funções reais f e g dadas por: quadrados de lado d e dois setores circulares de 90 e raio d: É CORRETO afirmar que: a) f( /4) < g( /3) b) f( /6) < g( /4) c) f( ). g(0) = 2 d) f(0). g( ) = - 2 e) f( ). g( ) = (Ufu) Determine a soma das raízes de log (senx)- log (cosx+senx)=0, contidas no intervalo [-2, 2 ]. Sabendo que os pontos A, E e C estão alinhados, a soma dos comprimentos do segmento CF e do arco de circunferência AD, em função de d, é igual a a) {[2(Ë3) + ]/6} d b) [(3 + )/6] d PROFESSOR GILMAR BORNATTO Página 5

6 c) {[4(Ë3) + ]/12} d d) [(12 + )/24] d e) {[2(Ë3) + ]/12} d Dividindo-se o comprimento do arco AB pelo do arco A'B' (ambos medidos em cm), obtém-se: a) 11/6. b) (Unesp) Paulo fabricou uma bicicleta, tendo rodas de tamanhos distintos, com o raio da roda maior (dianteira) medindo 3 dm, o raio da roda menor medindo 2 dm e a distância entre os centros A e B das rodas sendo 7 dm. As rodas da bicicleta, ao serem apoiadas no solo horizontal, podem ser representadas no plano (desprezando-se os pneus) como duas circunferências, de centros A e B, que tangenciam a reta r nos pontos P e Q, como indicado c) 11/3. d) 22/3. e) (Ufpe) Três coroas circulares dentadas C, C e Cƒ de raios r=10cm, r =2cm e rƒ=5cm respectivamente estão perfeitamente acopladas como na figura a seguir. Girando-se a coroa C de um ângulo de 41 no sentido horário, quantos graus girará a coroa Cƒ? na figura. 24. (Mackenzie) Se sen x = 4/5 e tg x < 0, então tg 2x a) Determine a distância entre os pontos de tangência P e Q e o valor do seno do ângulo BPQ. b) Quando a bicicleta avança, supondo que não haja deslizamento, se os raios da roda maior descrevem um ângulo de 60, determine a medida, em graus, do ângulo descrito pelos raios da roda menor. Calcule, também, quantas voltas terá dado a roda menor quando a maior tiver rodado 80 voltas. 22. (Fuvest) Considere um arco AB de 110 numa circunferência de raio 10cm. Considere, a seguir, um arco A'B' de 60 numa circunferência de raio 5cm. vale: a) 24/7. b) - 24/7. c) - 8/3. d) 8/3. e) - 4/ (Uel) Dos números a seguir, o mais próximo de sen 5 é a) 1 b) 1/2 c) 0 d) -1/2 e) -1 PROFESSOR GILMAR BORNATTO Página 6

7 26. (Cesgranrio) Sendo A = [7 cos(5 - x) - 3 cos(3 + x)]/{8 sen [( /2) - x)]}, com x ( /2) + k, k Æ Z, então: a) A = -1 b) 2A = 1 c) 2A + 1 = 0 d) 4A + 5 = 0 e) 5A - 4 = (Fuvest) O perímetro de um setor circular de raio R e ângulo central medindo radianos é igual ao perímetro de um quadrado de lado R. Então é igual a a) /3 b) 2 c) 1 d) 2 /3 e) /2 28. (Unb) O radar é um aparelho que usa o princípio da reflexão de ondas para determinar a posição de um objeto que se encontra distante ou encoberto por nevoeiro ou nuvem. A posição do objeto é indicada sob a forma de um ponto luminoso que aparece na tela do radar, que apresenta ângulos e círculos concêntricos, cujo centro representa a posição do radar, conforme ilustra a figura abaixo. Considere que os pontos A e B da figura sejam navios detectados pelo radar, o navio A está a 40km do radar e o navio B, a 30km. Com base nessas informações e desconsiderando as dimensões dos navios, julgue os itens que se seguem. (1) A distância entre os navios A e B é maior que 69 km. (2) Se, a partir das posições detectadas pelo radar, os navios A e B começarem a se movimentar no mesmo instante, em linha reta, com velocidades constantes e iguais, o navio A para o leste e o navio B para o norte, então eles se chocarão. (3) A partir da posição detectada pelo radar, caso B se movimente sobre um círculo de raio igual a 30km, no sentido anti-horário, com velocidade constante de 40km/h então, em 10min, o navio B percorrerá um arco correspondente a (40/ ). 29. (Ufrs) Os ponteiros de um relógio marcam duas horas e vinte minutos. O menor ângulo entre os ponteiros é a) 45 b) 50 c) 55 d) 60 PROFESSOR GILMAR BORNATTO Página 7

8 e) 65 e) 3,14 cm. 30. (Ufrs) Considere as seguintes afirmações para arcos medidos em radianos: 33. (Ufrs) Se o ponteiro menor de um relógio percorre um arco de /12 rad, o ponteiro maior percorre um arco de I) sen 1 < sen 3 II) cos 1 < cos 3 III) cos 1 < sen 1 a) /6 rad. b) /4 rad. c) /3 rad. d) /2 rad. Quais são verdadeiras? e) rad. a) Apenas I é verdadeira. b) Apenas II é verdadeira. c) Apenas III é verdadeira. d) São verdadeiras apenas I e II. e) São verdadeiras I, II e III. 34. (Ufal) Se a medida de um arco, em graus, é igual a 128, sua medida em radianos é igual a a) ( /4) - 17 b) (64/15) c) (64/45) 31. (Ufscar) O valor de x, 0 x /2, tal que 4. (1 - sen x). (sec x - 1) = 3 é d) (16/25) e) (32/45) a) /2. b) /3. c) /4. d) /6. e) (Uflavras) Às 11 horas e 15 minutos, o ângulo (figura abaixo) formado pelos ponteiros de um relógio mede a) 90 b) ' c) 82 30' 32. (Ufscar) Se o ponteiro dos minutos de um relógio mede 12 centímetros, o número que melhor d) 120 e) ' aproxima a distância em centímetros percorrida por sua extremidade em 20 minutos é: (considere =3,14) a) 37,7 cm. b) 25,1 cm. c) 20 cm. d) 12 cm. PROFESSOR GILMAR BORNATTO Página 8

9 38. (Ufrn) No protótipo antigo de uma bicicleta, 36. (Uflavras) A figura MNPQ é um retângulo inscrito em um círculo. Se a medida do arco AM é /4 rad, as medidas dos arcos AN e AP, em radianos, respectivamente, são: conforme figura abaixo, a roda maior tem 55 cm de raio e a roda menor tem 35 cm de raio. O número mínimo de voltas completas da roda maior para que a roda menor gire um número inteiro de vezes é a) 3 /4 e 5 /4 b) e 3 /2 c) 3 /4 e 2 d) /2 e 5 /4 e) 3 /4 e 5 /8 a) 5 voltas. b) 7 voltas. c) 9 voltas. d) 11 voltas. 37. (Ufc) Sabendo que cosš = (Ë3)/2 e que senš = - 1/2, podemos afirmar corretamente que cos[(š + ( /2)] + sen[š + ( /2)] é igual a: a) 0 b) [-(Ë3)/2] - (1/2) c) [(Ë3)/2] + (1/2) d) [(Ë3)/2] - (1/2) e) [-(Ë3)/2] + (1/2) 39. (Mackenzie) Um veículo percorre uma pista circular de raio 300 m, com velocidade constante de 10 m/s, durante um minuto. Dentre os valores abaixo, o mais próximo da medida, em graus, do arco percorrido é: a) 90 b) 115 c) 145 d) 75 e) (Ufscar) O gráfico em setores do círculo de centro O representa a distribuição das idades entre os eleitores de uma cidade. O diâmetro åæ mede 10 cm e o comprimento do menor arco AC é (5 /3) cm. PROFESSOR GILMAR BORNATTO Página 9

10 O setor x representa todos os 8000 eleitores com menos de 18 anos, e o setor y representa os eleitores com idade entre 18 e 30 anos, cujo número é a) b) c) d) e) (Uff) A localização de um ponto qualquer na superfície da Terra (considerada como uma esfera) é feita, em geral, a partir de duas coordenadas, sendo Tendo em vista tais considerações, pode-se afirmar que a distância, em quilômetro, entre as duas cidades é de aproximadamente: a) 2300 b) 3300 c) 4600 d) 6600 e) (Ufrs) Dentre os desenhos abaixo, aquele que representa o ângulo que tem medida mais próxima de 1 radiano é uma delas a latitude - que é o ângulo (em grau) entre o plano que contém a linha do equador e o segmento que une o centro da esfera ao ponto em questão. Sabe-se que as cidades de Porto Alegre e de Macapá situam-se, praticamente, no mesmo meridiano. Considere que a cidade de Macapá (ponto M) localiza-se bem próximo da linha do equador (latitude = 0 02'20" ao norte); que a latitude de Porto Alegre (ponto P) é de 30 01'59" ao sul e que o valor do diâmetro da Terra é de quilômetros. Veja figura a seguir: 43. (Uerj) A Terra pode ser representada por uma esfera cujo raio mede km. PROFESSOR GILMAR BORNATTO Página 10

11 Na representação abaixo, está indicado o trajeto de um navio do ponto A ao ponto C, passando por B. Qualquer ponto da superfície da Terra tem coordenadas (x ; y), em que x representa a longitude e y, a latitude. As coordenadas dos pontos A, B e C estão indicadas na tabela a seguir. Considerando que o ponto A deverá ser marcado sobre a linha de origem a 8 m do centro e o ponto B a 10 m do centro, o valor do ângulo, em graus, será igual a a) 30 b) 36 c) 45 Considerando igual a 3, a distância mínima, em km, a ser percorrida pelo navio no trajeto ABC é igual d) 60 e) 72 a: a) b) c) d) (Ufg) O mostrador do relógio de uma torre é dividido em 12 partes iguais (horas), cada uma das quais é subdividida em outras 5 partes iguais (minutos). Se o ponteiro das horas (OB) mede 70 cm e o ponteiro dos minutos (OA) mede 1 m, qual será a 44. (Ufg) Deseja-se marcar nas trajetorias circulares concentricas, representadas na figura abaixo, os pontos A e B, de modo que dois móveis partindo, distância AB, em função do ângulo entre os ponteiros, quando o relógio marcar 1 hora e 12 minutos? respectivamente, dos pontos A e B, no sentido horário, mantendo-se na mesma trajetória, percorram distâncias iguais até a linha de origem. PROFESSOR GILMAR BORNATTO Página 11

12 46. (Puccamp) Ao descrever o tipo de salto de uma ginasta, um entendido a ele referiu: "Era como se seus dedos dos pés descrevessem no espaço um arco de circunferência de 124 cm de comprimento." Considerando que cada perna dessa ginasta, juntamente com seu pé esticado, estejam em linha 48. (Ufscar) Uma pizza circular será fatiada, a partir do seu centro, em setores circulares. Se o arco de cada setor medir 0,8 radiano, obtém-se um número máximo N de fatias idênticas, sobrando, no final, uma fatia menor, que é indicada na figura por fatia N+1. reta e perfazem 60 cm, o cosseno do ângulo de abertura de suas pernas era (Use: = 3,1) a) -1 b) -(Ë3)/2 c) -(Ë2)/2 d) -1/2 e) 1/2 47. (Unesp) Em um jogo eletrônico, o "monstro" tem a forma de um setor circular de raio 1 cm, como mostra a figura. Considerando = 3,14, o arco da fatia N+1, em radiano, é a) 0,74. b) 0,72. c) 0,68. d) 0,56. e) 0, (Ufpr) Maria e seus colegas trabalham em uma empresa localizada em uma praça circular. Essa praça é circundada por uma calçada e dividida em partes iguais por 12 caminhos retos que vão da A parte que falta no círculo é a boca do "monstro", e o ângulo de abertura mede 1 radiano. O perímetro do "monstro", em cm, é: a) - 1. b) + 1. c) 2-1. d) 2. e) borda ao centro da praça, conforme o esquema abaixo. A empresa fica no ponto E, há um restaurante no ponto R, uma agência de correio no ponto C e uma lanchonete no ponto L. Quando saem para almoçar, as pessoas fazem caminhos diferentes: Maria sempre se desloca pela calçada que circunda a praça; Carmen sempre passa pelo centro da praça, vai olhar o cardápio do restaurante e, se este não estiver do seu agrado, vai almoçar na PROFESSOR GILMAR BORNATTO Página 12

13 lanchonete, caminhando pela calçada; Sérgio sempre passa pelo centro da praça e pelo correio, daí seguindo pela calçada para a lanchonete ou para o restaurante. Sabendo que as pessoas sempre percorrem o menor arco possível quando caminham na calçada que circunda a praça, avalie afirmativas a seguir: No esquema acima estão representadas as trajetórias de dois atletas que, partindo do ponto X, passam simultaneamente pelo ponto A e rumam para o ponto B por caminhos diferentes, com velocidades iguais e constantes. Um deles segue a trajetória de uma semicircunferência de centro O e I. Quando Carmen e Sérgio vão almoçar na lanchonete, ambos percorrem a mesma distância. II. Quando Maria e Sérgio vão almoçar na lanchonete, quem percorre a menor distância é Maria. III. Quando todos os três vão almoçar no restaurante, Carmen percorre a menor distância. Assinale a alternativa correta. a) Somente a afirmativa I é verdadeira. b) As afirmativas I, II e III são verdadeiras. c) Somente as afirmativas II e III são verdadeiras. d) Somente as afirmativas I e III são verdadeiras. e) Somente as afirmativas I e II são verdadeiras. 50. (Uerj) raio 2R. O outro percorre duas semicircunferências cujos centros são P e Q. Considerando Ë2 = 1,4, quando um dos atletas tiver percorrido 3/4 do seu trajeto de A para B, a distância entre eles será igual a: a) 0,4 R b) 0,6 R c) 0,8 R d) 1,0 R 51. (Uel) Os primeiros relógios baseavam-se no aparente movimento do Sol na abóboda celeste e no deslocamento da sombra projetada sobre a superfície de um corpo iluminado pelo astro. Considere que: a Terra é esférica e seu período de rotação é de 24 horas no sentido oeste-leste; o tempo gasto a cada 15 de rotação é de 1 hora; o triângulo Brasília/Centro da Terra/Luzaka (Zâmbia) forma, em seu vértice central, um ângulo de 75. PROFESSOR GILMAR BORNATTO Página 13

14 08) As coordenadas de P satisfazem à equação x + y = 1. 16) Se x = y, então cotg( ) = ) = /4 é o menor arco positivo para o qual a equação cos ( + ) + sen [ + ( /2)] = cos [( + ( /2)] + sen ( + ) é satisfeita. 64) sen(2 ) = 2y. A hora marcada em Luzaka, num relógio solar, quando o sol está a pino em Brasília é: a) 5 horas. b) 9 horas. c) 12 horas. d) 17 horas. e) 21 horas. 54. (Fuvest) O valor de (tg 10 +cotg 10 )sen 20 é: a) 1/2 b) 1 c) 2 d) 5/2 e) (Ufu) Encontre o valor máximo e o valor mínimo que a função f(x) = (cos x) + (sen x) pode assumir. Observação: Lembre-se de que a +b =(a+b)((a+b) - 3ab). 55. (Fuvest) Dentre os números a seguir, o mais próximo de sen50 é: a) 0,2. b) 0,4. c) 0,6. d) 0,8. e) 1, (Uem) Considere um ponto P(x,y) sobre a circunferência trigonométrica e que não esteja sobre nenhum dos eixos coordenados. Seja o ângulo determinado pelo eixo OX e pela semi-reta OP, onde O é a origem do sistema. Nessas condições, assinale o que for correto. 01) A abscissa de P é menor do que cos( ). 56. (Fuvest) O menor valor de 1/ (3-cos x), com x real, é: a) 1/6. b) 1/4. c) 1/2. d) 1. e) 3. 02) A ordenada de P é igual a sen[ + ( /2)]. 04) A tangente de é determinada pela razão entre a ordenada e a abscissa de P. PROFESSOR GILMAR BORNATTO Página 14

15 57. (Ita) Seja a função f: RëR definida por: 61. (Unitau) Indique a função trigonométrica f(x) de domínio R; Im = [-1, 1] e período que é representada, aproximadamente, pelo gráfico a onde a > 0 é uma constante. Considere seguir: K={y ÆR; f(y) = 0}. Qual o valor de a, sabendo-se que f( /2) Æ K? a) /4 b) /2 c) d) /2 e) 58. (Ita) A expressão sen š/(1+cosš), 0 < š<, é idêntica a: a) sec (š/2) b) cosec (š/2) c) cotg (š/2) d) tg (š/2) e) cos (š/2) 59. (Fuvest) Considere a função f(x) = senx+ sen5x. a) Determine as constantes k, m e n tais que f(x)=k.sen(mx).cos(nx) b) Determine os valores de x, 0 x, tais que f(x)= (Unicamp) Encontre todas as soluções do sistema: sen( x y) 0 sen( x y) 0 que satisfaçam 0 x e 0 y. a) y = 1 + cos x. b) y = 1 - sen x. c) y = sen (-2x). d) y = cos (-2x). e) y = - cos x. 62. (Unitau) O período da função y = sen( Ë2.x) é: a) Ë2/2. b) Ë /2. c) /2. d) Ë2. e) 2Ë (Fuvest) A equação f(x) = -10 tem solução real se f(x) é: a) 2Ñ b) log ( x + 1) c) sen x d) tg x e) x + 2x - 4 PROFESSOR GILMAR BORNATTO Página 15

16 64. (Fuvest) No estudo do Cálculo Diferencial e Integral, prova-se que a função cos x (co-seno do ângulo de x radianos) satisfaz a desigualdade: f(x) = 1 - (x /2) cos x 1 - (x /2) + (x /24) = g(x) a) Calcule o co-seno de 0,3 radianos usando f(x) como aproximação de cos x. b) Prove que o erro na aproximação anterior é inferior a 0,001 e conclua que o valor calculado é exato até a segunda casa decimal. 65. (Unicamp) Para medir a largura åè de um rio um homem usou o seguinte procedimento: localizou um ponto B de onde podia ver na margem oposta o coqueiro C, de forma que o ângulo ABC fosse 60 ; determinou o ponto D no prolongamento de èå de forma que o ângulo CBD fosse de 90. Medindo åî=40 metros, achou a largura do rio. Determine essa largura e explique o raciocínio. A área do ÐTAB, como função de, é dada por: a) (1 - sen ). (cos )/2. b) (1 - cos ). (sen )/2. c) (1 - sen ). (tg )/2. d) (1 - sen ). (cotg )/2. e) (1 - sen ). (sen )/ (Fuvest) O valor máximo da função f(x)=3cos x+2sen x para x real é: a) Ë2/2 b) 3 c) 5Ë2/2 d) Ë13 e) (Cesgranrio) Se senx - cosx = 1/2, o valor de senx cosx é igual a: a) - 3/16 b) - 3/8 c) 3/8 d) 3/4 e) 3/2 66. (Fuvest) Na figura a seguir, a reta r passa pelo ponto T=(0,1) e é paralela ao eixo Ox. A semi-reta Ot forma um ângulo com o semi-eixo Ox (0 < <90 ) e intercepta a circunferência trigonométrica e a reta r nos pontos A e B, respectivamente. PROFESSOR GILMAR BORNATTO Página 16

17 69. (Fuvest) A figura a seguir mostra parte do gráfico da função: a) sen x b) 2 sen (x/2) c) 2 sen x d) 2 sen 2x e) sen 2x 73. (Fatec) Se sen 2x =1/2, então tg x + cotg x é igual a: a) 8 b) 6 c) 4 d) (Fuvest) Considere a função e) 1 f(x) = senx.cosx + (1/2)(senx-sen5x). a) Resolva a equação f(x) = 0 no intervalo [0, ]. b) O gráfico de f pode interceptar a reta de equação y=8/5? Explique sua resposta. 74. (Fei) Sabendo que tg(x) = 12/5 e que < x < 3 /2, podemos afirmar que: a) cotg(x) = - 5/12 b) sec(x) = 13/5 71. (Cesgranrio) Se x é ângulo agudo, tg (90 +x) é igual a: a) tg x c) cos(x) = - 5/13 d) sen(x) = 12/13 e) nenhuma anterior é correta b) cot x c) - tg x d) - cot x 75. (Fei) Dado o trapézio conforme a figura a seguir, o valor do seno do ângulo é: e) 1 + tg x 72. (Ufes) O gráfico da função f(x) = cosx + cos x, para x Æ [0, 2 ] é: PROFESSOR GILMAR BORNATTO Página 17

18 78. (Unicamp) Ache todos os valores de x, no a) 0,8 intervalo [0, 2 ], para os quais b) 0,7 c) 0,6 d) 0,5 senx cos x e) 0, (Uel) O valor expressão cos (2 /3) + sen (3 /2) + tg (5 /4) é 76. (Ita) Seja Æ [0, /2], tal que sen +cos =m. Então, o valor de y=sen2 /(sen +cos ) será: a) 2(m - 1)/m(4 - m ) b) 2(m + 1)/m(4 + m ) c) 2(m - 1)/m(3 - m ) d) 2(m - 1)/m(3 + m ) a) (Ë2-3)/2 b) -1/2 c) 0 d) 1/2 e) Ë3/2 e) 2(m + 1)/m(3 - m ) 80. (Uel) O valor da expressão 77. (Puccamp) Observe o gráfico a seguir. [sen(8 /3) - cos(5 )] / tg(13 /6) é a) ( 3 + 2Ë3 )/2 b) ( 3Ë2 + 2Ë3 )/2 c) 3 + 2Ë3 d) 3Ë2 + 2Ë3 e) 3( Ë2 + Ë3 ) 81. (Ufmg) Observe a figura. A função real de variável real que MELHOR corresponde a esse gráfico é a) y = cos x b) y = sen x c) y = cos 2x d) y = sen 2x e) y = 2 sen x Nessa figura, estão representados os gráficos das funções f e g. PROFESSOR GILMAR BORNATTO Página 18

19 Se h (x) = [f (2x) + g (2x + a)] / f (g(x)), então o valor de h(a) é a) 1 + a b) 1 + 3a c) 4/3 d) 2 e) 5/2 82. (Unesp) Pode-se afirmar que existem valores de x Æ R para os quais cos x - sen x é DIFERENTE de: a) 1-2sen x b) cos x - sen x c) (1/2) + (1/2) cos 2x d) 2cos x - 1 e) cos 2x a) f(x) = sen 2x + 1 b) f(x) = 2 sen x c) f(x) = cos x + 1 d) f(x) = 2 sen 2x e) f(x) = 2 cos x (Mackenzie) I) sen 2 > sen 3 II) sen 1 > sen 30 III) cos 2 > cos (Unesp) Sabe-se que um dos ângulos internos de um triângulo mede 120. Se os outros dois ângulos, x e y, são tais que (cos x/cos y) = (1 + Ë3)/2, a diferença entre as medidas de x e y é a) 5 b) 15 c) 20 d) 25 e) (Pucsp) O gráfico seguinte corresponde a uma das funções de IR em IR a seguir definidas. A qual Relativamente às desigualdades acima, é correto afirmar que: a) todas são verdadeiras. b) todas são falsas. c) somente I e II são verdadeiras. d) somente II e III são verdadeiras. e) somente I e III são verdadeiras. 86. (Faap) Uma placa publicitária de altura h metros está colocada no alto de um edifício com a sua parte inferior a y metros acima do nível do olho do observador, conforme a figura a seguir: delas? PROFESSOR GILMAR BORNATTO Página 19

20 a) (10Ë3)/3 + 1,70 b) 10Ë3 + 1,70 c) 6,70 d) (10Ë3)/2 + 1,70 e) 15,0 88. (Mackenzie) I - Se 0 < x < /2, então os pontos (sen x, -cos x), (-sen x, cos x) e (-1, cos x) sempre A altura h (em metros) da placa publicitária pode ser expressa: a) h = d (tg - tg ) b) h = d tg c) h = tg ( - )/d d) h = d (sen + cos ) e) h = d tg /2 87. (Faap) Uma placa publicitária de altura h metros está colocada no alto de um edifício com a sua parte inferior a y metros acima do nível do olho do observador, conforme a figura a seguir: são vértices de um triângulo. II - Se a e b são números reais tais que a > b > 0, então as retas x - ay + a = 0 e x + by + b = 0 nunca são paralelas. III - A reta x + y - 5Ë2 = 0 é tangente à curva x + y - 25 = 0. Relativamente às afirmações acima, podemos afirmar que: a) somente I e II são verdadeiras. b) somente I e III são verdadeiras. c) somente II e III são verdadeiras. d) todas são falsas. e) todas são verdadeiras. 89. (Faap) A figura a seguir mostra um painel solar de 3 metros de largura equipado com um ajustador hidráulico. À medida que o sol se eleva, o painel é ajustado automaticamente de modo que os raios do sol incidam perpendicularmente nele. Para o nível do olho do observador a 1,70 metros acima do nível do solo, = /3 e d = 10 metros, a altura do prédio (em metros) é PROFESSOR GILMAR BORNATTO Página 20

21 91. (Faap) A figura a seguir mostra um painel solar de 3 metros de largura equipado com um ajustador hidráulico. À medida que o sol se eleva, o painel é ajustado automaticamente de modo que os raios do sol incidam perpendicularmente nele. O valor de y (em metros) em função de š: a) y = 3 sen š b) y = 3 sen š + 3 c) y = 3 tg š d) y = 3 cos š e) impossível de ser determinado 90. (Faap) A figura a seguir mostra um painel solar de 3 metros de largura equipado com um ajustador hidráulico. À medida que o sol se eleva, o painel é ajustado automaticamente de modo que os raios do sol incidam perpendicularmente nele. Para š = /3, o valor de x (em metros) é: a) 3Ë3/2 b) 5/2 c) 3/2 d) 3 e) impossível de ser determinado 92. (Faap) Num trabalho prático de Topografia, um estudante de engenharia Civil da FAAP deve determinar a altura de um prédio situado em terreno plano. Instalado o aparelho adequado num ponto do terreno, o topo do prédio é visto sob ângulo de 60. Afastando-se o aparelho mais 10 metros do edifício, Para š = /3, o valor de y (em metros) é: a) 3Ë3/2 b) 3/2 c) 3Ë2/2 d) 3 e) impossível de ser determinado seu topo para a ser visto sob ângulo de 45. Desprezando-se a altura do aparelho, a altura do edifício (em metros) é: a) 10(Ë3) + 1 b) [(Ë3)/3] + 10 c) (10Ë3)/(Ë3-1) d) (3/Ë3)/(10 + Ë3) e) (10 + Ë3)/3 PROFESSOR GILMAR BORNATTO Página 21

22 96. (Ufpe) Comparando as áreas do triângulo OAB, 93. (Faap) Considerando 0 x 2, o gráfico a seguir corresponde a: do setor circular OAB e do triângulo OAC da figura a seguir, onde 0 < š< /2, temos: a) y = sen (x + 1) b) y = 1 + sen x c) y = sen x + cos x d) y = sen x + cos x e) y = 1 - cos x ( ) senš < š < tanš; ( ) (senš)/š < cosš < 1; ( ) cosš < (senš)/š < 1; ( ) cosš > (senš)/š > tanš; ( ) (1/2)cosš < (1/2) š < (1/2)senš; 94. (Ufpe) Considere a função f:(0, 49 /2) ë IR definida por f(x)=(1/x)-sen x. O gráfico de f intercepta o eixo das abcissas Ox em exatamente n pontos distintos. Determine n. 95. (Ufpe) Considere a função f(x)=sen(x +2), definida para x real. Analise as seguintes afirmações: ( ) f é uma função periódica. ( ) f é uma função par. ( ) f(x)=0 exatamente para 32 valores distintos de x no intervalo [0,10]. ( ) f(x)=2+sen x para todo x Æ IR. ( ) A imagem de f é o intervalo [1,3]. 97. (Fuvest) A tangente do ângulo 2x é dada em função da tangente de x pela seguinte fórmula: tg2x = 2tgx/(1-tg x). Calcule um valor aproximado da tangente do ângulo 22 30'. a) 0,22 b) 0,41 c) 0,50 d) 0,72 e) 1, (Uel) Seja x a medida de um arco em radianos. O números real a, que satisfaz as sentenças sen x = Ë(3 - a) e cos x = (a - 2)/2 é tal que a) a µ 7 b) 5 a < 7 PROFESSOR GILMAR BORNATTO Página 22

Fundamentos de Matemática Trigonometria Funções trigonométricas Prof. Carlos Bezerra

Fundamentos de Matemática Trigonometria Funções trigonométricas Prof. Carlos Bezerra TEXTO PARA AS PRÓXIMAS 2 QUESTÕES. (Unb 2000) Volume de ar em um ciclo respiratório 2. O volume total de ar, em litros, contido nos dois pulmões de um adulto em condições físicas normais e em repouso pode

Leia mais

Exercícios de Matemática Trigonometria Funções Trigonométricas

Exercícios de Matemática Trigonometria Funções Trigonométricas Exercícios de Matemática Trigonometria Funções Trigonométricas 2. TEXTO PARA AS PRÓXIMAS 2 QUESTÕES. (Unb) Volume de ar em um ciclo respiratório O volume total de ar, em litros, contido nos dois pulmões

Leia mais

Assunto: Razões Trigonométricas no Triângulo Retângulo. 1) Calcule o seno, o co-seno e a tangente dos ângulos indicados nas figuras:

Assunto: Razões Trigonométricas no Triângulo Retângulo. 1) Calcule o seno, o co-seno e a tangente dos ângulos indicados nas figuras: Assunto: Razões Trigonométricas no Triângulo Retângulo 1) Calcule o seno, o co-seno e a tangente dos ângulos indicados nas figuras: b) 15 5 α α 1 resp: sen α =/5 cos α = /5 tgα=/ resp: sen α = 17 cos α

Leia mais

1. Sendo (x+2, 2y-4) = (8x, 3y-10), determine o valor de x e de y. 2. Dado A x B = { (1,0); (1,1); (1,2) } determine os conjuntos A e B. 3. (Fuvest) Sejam A=(1, 2) e B=(3, 2) dois pontos do plano cartesiano.

Leia mais

21. Um professor propôs aos seus alunos o seguinte exercício: "Dada a função

21. Um professor propôs aos seus alunos o seguinte exercício: Dada a função 0. Estima-se que 150 m de terra sejam necessários para fornecer alimento para uma pessoa. Admite-se, também, que há 0 x 150 bilhões de m de terra arável no mundo e que, portanto, uma população máxima de

Leia mais

Exercícios de Matemática Funções Função Composta

Exercícios de Matemática Funções Função Composta Exercícios de Matemática Funções Função Composta TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO (Ufba) Na(s) questão(ões) a seguir escreva nos parênteses a soma dos itens corretos. 1. Considerando-se as funções f(x) = x

Leia mais

1. (Unesp 2003) Cinco cidades, A, B, C, D e E, são interligadas por rodovias, conforme mostra

1. (Unesp 2003) Cinco cidades, A, B, C, D e E, são interligadas por rodovias, conforme mostra GEOMETRIA PLANA: SEMELHANÇA DE TRIÂNGULOS 2 1. (Unesp 2003) Cinco cidades, A, B, C, D e E, são interligadas por rodovias, conforme mostra a figura. A rodovia AC tem 40km, a rodovia AB tem 50km, os ângulos

Leia mais

Exercícios de Matemática Geometria Analítica - Circunferência

Exercícios de Matemática Geometria Analítica - Circunferência Exercícios de Matemática Geometria Analítica - Circunferência ) (Unicamp-000) Sejam A e B os pontos de intersecção da parábola y = x com a circunferência de centro na origem e raio. a) Quais as coordenadas

Leia mais

1. Examine cada relação e escreva se é uma função de A em B ou não. Em caso afirmativo determine o domínio, a imagem e o contradomínio.

1. Examine cada relação e escreva se é uma função de A em B ou não. Em caso afirmativo determine o domínio, a imagem e o contradomínio. 1. Examine cada relação e escreva se é uma função de A em B ou não. Em caso afirmativo determine o domínio, a imagem e o contradomínio. 2. (Fgv) Um vendedor recebe mensalmente um salário fixo de R$ 800,00

Leia mais

Curso Wellington Matemática Trigonometria Lei dos Senos e Cossenos Prof Hilton Franco

Curso Wellington Matemática Trigonometria Lei dos Senos e Cossenos Prof Hilton Franco 1. A figura a seguir apresenta o delta do rio Jacuí, situado na região metropolitana de Porto Alegre. Nele se encontra o parque estadual Delta do Jacuí, importante parque de preservação ambiental. Sua

Leia mais

α rad, assinale a alternativa falsa.

α rad, assinale a alternativa falsa. Nome: ºANO / CURSO TURMA: DATA: 0 / 09 / 0 Professor: Paulo (G - ifce 0) Considere um relógio analógico de doze horas O ângulo obtuso formado entre os ponteiros que indicam a hora e o minuto, quando o

Leia mais

Exercícios de Números Complexos com Gabarito

Exercícios de Números Complexos com Gabarito Exercícios de Números Complexos com Gabarito ) (UNIFESP-007) Quatro números complexos representam, no plano complexo, vértices de um paralelogramo. Três dos números são z = i, z = e z = + ( 5 )i. O quarto

Leia mais

Exercícios de Matemática Trigonometria Relações Trigonométricas

Exercícios de Matemática Trigonometria Relações Trigonométricas Exercícios de Matemática Trigonometria Relações Trigonométricas 1. (Fatec) A figura a seguir é um prisma reto, cuja base é um triângulo equilátero de 10Ë2cm de lado e cuja altura mede 5 cm. 4. (Ita) Um

Leia mais

Professores: Aliomar Santos, Alisson Coutinho, Clayton Staudinger, Diogo Lobo, Elma Mota, Fabiano Nader, Luiz Fernando Gomes e Walfrido Siqueira.

Professores: Aliomar Santos, Alisson Coutinho, Clayton Staudinger, Diogo Lobo, Elma Mota, Fabiano Nader, Luiz Fernando Gomes e Walfrido Siqueira. A. P. 1 Matemática Grupo B 23.02.11 Professores: Aliomar Santos, Alisson Coutinho, Clayton Staudinger, Diogo Lobo, Elma Mota, Fabiano Nader, Luiz Fernando Gomes e Walfrido Siqueira. Aluno(a): Turma: Nota:

Leia mais

Exercícios de Matemática Retas e Planos

Exercícios de Matemática Retas e Planos Exercícios de Matemática Retas e Planos 3. (Unesp) Considere o cubo da figura adiante. Das alternativas a seguir, aquela correspondente a pares de vértices que determinam três retas, duas a duas reversas,

Leia mais

2) Se z = (2 + i).(1 + i).i, então a) 3 i b) 1 3i c) 3 i d) 3 + i e) 3 + i. ,será dado por: quando x = i é:

2) Se z = (2 + i).(1 + i).i, então a) 3 i b) 1 3i c) 3 i d) 3 + i e) 3 + i. ,será dado por: quando x = i é: Aluno(a) Nº. Ano: º do Ensino Médio Exercícios para a Recuperação de MATEMÁTICA - Professores: Escossi e Luciano NÚMEROS COMPLEXOS 1) Calculando-se corretamente as raízes da função f(x) = x + 4x + 5, encontram-se

Leia mais

Exercícios Triângulos (1)

Exercícios Triângulos (1) Exercícios Triângulos (1) 1. Na figura dada, sabe-se que r // s. Calcule x. 2. Nas figuras abaixo, calcule o valor de x. 5. (PUC-SP) Na figura seguinte, as retas r e s são paralelas. Encontre os ângulos

Leia mais

MATEMÁTICA - 3 o ANO MÓDULO 23 EQUAÇÃO DA RETA

MATEMÁTICA - 3 o ANO MÓDULO 23 EQUAÇÃO DA RETA MATEMÁTICA - 3 o ANO MÓDULO 23 EQUAÇÃO DA RETA y y a y P A y b B R T xb x xa x y y a A y b M xb xa x y y x x r s a 3 a 2 a a 1 b c b + c Como pode cair no enem (CESGRANRIO) As escalas termométricas Celsius

Leia mais

Escola: ( ) Atividade ( ) Avaliação Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota:

Escola: ( ) Atividade ( ) Avaliação Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota: Escola: ( ) Atividade ( ) Avaliação Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota: Questão 1 (OBMEP RJ) Num triângulo retângulo, definimos o cosseno de seus ângulos agudos O triângulo retângulo da figura

Leia mais

a = 6 m + = a + 6 3 3a + m = 18 3 a m 3a 2m = 0 = 2 3 = 18 a = 6 m = 36 3a 2m = 0 a = 24 m = 36

a = 6 m + = a + 6 3 3a + m = 18 3 a m 3a 2m = 0 = 2 3 = 18 a = 6 m = 36 3a 2m = 0 a = 24 m = 36 MATEMÁTICA Se Amélia der R$ 3,00 a Lúcia, então ambas ficarão com a mesma quantia. Se Maria der um terço do que tem a Lúcia, então esta ficará com R$ 6,00 a mais do que Amélia. Se Amélia perder a metade

Leia mais

Triângulo Retângulo. Exemplo: O ângulo do vértice em. é a hipotenusa. Os lados e são os catetos. O lado é oposto ao ângulo, e é adjacente ao ângulo.

Triângulo Retângulo. Exemplo: O ângulo do vértice em. é a hipotenusa. Os lados e são os catetos. O lado é oposto ao ângulo, e é adjacente ao ângulo. Triângulo Retângulo São triângulos nos quais algum dos ângulos internos é reto. O maior dos lados de um triângulo retângulo é oposto ao vértice onde se encontra o ângulo reto e á chamado de hipotenusa.

Leia mais

A Matemática no Vestibular do ITA. Material Complementar: Prova 2014. c 2014, Sergio Lima Netto sergioln@smt.ufrj.br

A Matemática no Vestibular do ITA. Material Complementar: Prova 2014. c 2014, Sergio Lima Netto sergioln@smt.ufrj.br A Matemática no Vestibular do ITA Material Complementar: Prova 01 c 01, Sergio Lima Netto sergioln@smtufrjbr 11 Vestibular 01 Questão 01: Das afirmações: I Se x, y R Q, com y x, então x + y R Q; II Se

Leia mais

LISTA de RECUPERAÇÃO MATEMÁTICA

LISTA de RECUPERAÇÃO MATEMÁTICA LISTA de RECUPERAÇÃO Professor: ARGENTINO Recuperação: O ANO DATA: 0 / 06 / 015 MATEMÁTICA 1. A figura representa duas raias de uma pista de atletismo plana. Fábio (F) e André (A) vão apostar uma corrida

Leia mais

Exercícios Trigonometria

Exercícios Trigonometria Exercícios Trigonometria Temas Abordados: Funções Trigonométricas e Equações; Arcos na Circunferência; Redução ao Primeiro Quadrante; Razões Trigonométricas.. (Upe 0) Um relógio quebrou e está marcando

Leia mais

Circunferência e Círculos

Circunferência e Círculos Circunferência e Círculos 1. (Unifor 2014) Os pneus de uma bicicleta têm raio R e seus centros distam R. Além disso, a reta t passa por P e é tangente à circunferência do pneu, formando um ângulo α com

Leia mais

Exercícios de Matemática Equações de Segundo Grau

Exercícios de Matemática Equações de Segundo Grau Exercícios de Matemática Equações de Segundo Grau 2. (Ita 2001) O conjunto de todos os valores de m para os quais a função TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO (Ufba 96) Na(s) questão(ões) a seguir escreva nos

Leia mais

ITA - 2005 3º DIA MATEMÁTICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR

ITA - 2005 3º DIA MATEMÁTICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR ITA - 2005 3º DIA MATEMÁTICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR Matemática Questão 01 Considere os conjuntos S = {0,2,4,6}, T = {1,3,5} e U = {0,1} e as afirmações: I. {0} S e S U. II. {2} S\U e S T U={0,1}.

Leia mais

Tópico 02: Movimento Circular Uniforme; Aceleração Centrípeta

Tópico 02: Movimento Circular Uniforme; Aceleração Centrípeta Aula 03: Movimento em um Plano Tópico 02: Movimento Circular Uniforme; Aceleração Centrípeta Caro aluno, olá! Neste tópico, você vai aprender sobre um tipo particular de movimento plano, o movimento circular

Leia mais

MÓDULO 29. Trigonometria I. Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias MATEMÁTICA. Fórmulas do arco duplo: 1) sen (2a) = 2) cos (2a) =

MÓDULO 29. Trigonometria I. Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias MATEMÁTICA. Fórmulas do arco duplo: 1) sen (2a) = 2) cos (2a) = Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias MATEMÁTICA MÓDULO 9 Trigonometria I Resumo das principais fórmulas da trigonometria Arcos Notáveis: Fórmulas do arco duplo: ) sen (a) = ) cos (a) = 3)

Leia mais

(c) 30% (d) 25% aprovados. é a quantidade de: Em uma indústria é fabricado um produto ao custo de

(c) 30% (d) 25% aprovados. é a quantidade de: Em uma indústria é fabricado um produto ao custo de QUESTÃO - EFOMM 0 QUESTÃO - EFOMM 0 Se tgx sec x, o valor de senx cos x vale: ( 7 ( ( ( ( O lucro obtido pela venda de cada peça de roupa é de, sendo o preço da venda e 0 o preço do custo quantidade vendida

Leia mais

Prof. Weber Campos webercampos@gmail.com. 2012 Copyri'ght. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

Prof. Weber Campos webercampos@gmail.com. 2012 Copyri'ght. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. EP FISL Raciocínio Lógico - GEOMETRI ÁSI - TRIGONOMETRI webercampos@gmail.com 01 opyri'ght. urso gora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. ÍNDIE Exercícios Resolvidos de GEOMETRI 0 Exercícios

Leia mais

Função Quadrática Função do 2º Grau

Função Quadrática Função do 2º Grau Colégio Adventista Portão EIEFM MATEMÁTICA Função Quadrática 1º Ano APROFUNDAMENTO/REFORÇO Professor: Hermes Jardim Disciplina: Matemática Lista 5 º Bimestre/13 Aluno(a): Número: Turma: Função Quadrática

Leia mais

r 5 200 m b) 1 min 5 60 s s t a 5

r 5 200 m b) 1 min 5 60 s s t a 5 Resolução das atividades comlementares Matemática M Trigonometria no ciclo. 0 Um atleta desloca-se à velocidade constante de 7,8 m/s numa ista circular de raio 00 m. Determine as medidas, em radianos e

Leia mais

Exercícios de Matemática Geometria Analítica Cônicas

Exercícios de Matemática Geometria Analítica Cônicas Eercícios de Matemática Geometria Analítica Cônicas ) (ITA-004) Considere todos os números z = + i que têm módulo e estão na elipse + 4 = 4. Então, o produto deles é igual a 9 49 8 4 ) (VUNESP-00) A figura

Leia mais

Exercícios de Física Dinâmica Plano Inclinado

Exercícios de Física Dinâmica Plano Inclinado Exercícios de Física Dinâmica Plano Inclinado TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO (Ufmt) Na(s) questão(ões) a seguir julgue os itens e escreva nos parênteses (V) se for verdadeiro ou (F) se for falso. 1. Com

Leia mais

TIPO DE PROVA: A. Questão 1. Questão 4. Questão 2. Questão 3. alternativa D. alternativa A. alternativa D. alternativa C

TIPO DE PROVA: A. Questão 1. Questão 4. Questão 2. Questão 3. alternativa D. alternativa A. alternativa D. alternativa C Questão TIPO DE PROVA: A Se a circunferência de um círculo tiver o seu comprimento aumentado de 00%, a área do círculo ficará aumentada de: a) 00% d) 00% b) 400% e) 00% c) 50% Aumentando o comprimento

Leia mais

GA Estudo das Retas. 1. (Pucrj 2013) O triângulo ABC da figura abaixo tem área 25 e vértices A = (4, 5), B = (4, 0) e C = (c, 0).

GA Estudo das Retas. 1. (Pucrj 2013) O triângulo ABC da figura abaixo tem área 25 e vértices A = (4, 5), B = (4, 0) e C = (c, 0). GA Estudo das Retas 1. (Pucrj 01) O triângulo ABC da figura abaixo tem área 5 e vértices A = (, 5), B = (, 0) e C = (c, 0). A equação da reta r que passa pelos vértices A e C é: a) y x 7 x b) y 5 x c)

Leia mais

TIPO DE PROVA: A. Questão 3. Questão 1. Questão 2. Questão 4. alternativa E. alternativa A. alternativa B

TIPO DE PROVA: A. Questão 3. Questão 1. Questão 2. Questão 4. alternativa E. alternativa A. alternativa B Questão TIPO DE PROVA: A Em uma promoção de final de semana, uma montadora de veículos colocou à venda n unidades, ao preço único unitário de R$ 0.000,00. No sábado foram vendidos 9 dos Questão Na figura,

Leia mais

Lista de exercícios Trigonometria Problemas Gerais. Parte 1 : Tangente da soma e da diferença de arcos e tangente do dobro de um arco

Lista de exercícios Trigonometria Problemas Gerais. Parte 1 : Tangente da soma e da diferença de arcos e tangente do dobro de um arco Lista de eercícios Trigonometria Problemas Gerais Prof ºFernandinho Parte 1 : Tangente da soma e da diferença de arcos e tangente do dobro de um arco 01.(Fuvest) Se é um ângulo tal que 0 < < 90 e sen =,

Leia mais

Física José Ranulfo (joranulfo@hotmail.com)

Física José Ranulfo (joranulfo@hotmail.com) 05. (UFPE 97/Fís. 3) Considere um raio de luz contido em um plano perpendicular aos dois espelhos planos, conforme a figura abaixo. O raio refletido formará o ângulo γ com o feixe incidente, cujo valor

Leia mais

MATEMÁTICA C PROFº LAWRENCE. Material Extra 2011

MATEMÁTICA C PROFº LAWRENCE. Material Extra 2011 Material Extra 011 MATEMÁTICA C PROFº LAWRENCE 01. (Cefet - MG) Um menino com altura de 1,0m empina um papagaio, em local apropriado, com um carretel de 10m de linha, conforme a figura abaixo. A altura

Leia mais

C Curso destinado à preparação para Concursos Públicos e Aprimoramento Profissional via INTERNET www.concursosecursos.com.br RACIOCÍNIO LÓGICO AULA 9

C Curso destinado à preparação para Concursos Públicos e Aprimoramento Profissional via INTERNET www.concursosecursos.com.br RACIOCÍNIO LÓGICO AULA 9 RACIOCÍNIO LÓGICO AULA 9 TRIGONOMETRIA TRIÂNGULO RETÂNGULO Considere um triângulo ABC, retângulo em  ( = 90 ), onde a é a medida da hipotenusa, b e c, são as medidas dos catetos e a, β são os ângulos

Leia mais

Exercícios cinemática MCU, Lançamento horizontal e Oblíquo

Exercícios cinemática MCU, Lançamento horizontal e Oblíquo Física II Professor Alexandre De Maria Exercícios cinemática MCU, Lançamento horizontal e Oblíquo COMPETÊNCIA 1 Compreender as Ciências Naturais e as tecnologias a elas associadas como construções humanas,

Leia mais

Vestibulando Web Page www.vestibulandoweb.com.br

Vestibulando Web Page www.vestibulandoweb.com.br 1. (Ufv 2000) Um aluno, sentado na carteira da sala, observa os colegas, também sentados nas respectivas carteiras, bem como um mosquito que voa perseguindo o professor que fiscaliza a prova da turma.

Leia mais

1. (Ufscar 2003) Em uma lanchonete, um casal de namorados resolve dividir uma taça de milk

1. (Ufscar 2003) Em uma lanchonete, um casal de namorados resolve dividir uma taça de milk GEOMETRIA ESPACIAL: TRONCO 1. (Ufscar 2003) Em uma lanchonete, um casal de namorados resolve dividir uma taça de milk shake com as dimensões mostradas no desenho. a) Sabendo-se que a taça estava totalmente

Leia mais

Neste ano estudaremos a Mecânica, que divide-se em dois tópicos:

Neste ano estudaremos a Mecânica, que divide-se em dois tópicos: CINEMÁTICA ESCALAR A Física objetiva o estudo dos fenômenos físicos por meio de observação, medição e experimentação, permite aos cientistas identificar os princípios e leis que regem estes fenômenos e

Leia mais

ÁREAS. 01 (UFMG) Um terreno tem a forma da figura abaixo. Se AB AD, BC CD, AB = 10 m, BC = 70 m, CD = 40 m e AD = 80 m, então a área do terreno é

ÁREAS. 01 (UFMG) Um terreno tem a forma da figura abaixo. Se AB AD, BC CD, AB = 10 m, BC = 70 m, CD = 40 m e AD = 80 m, então a área do terreno é ÁRES 01 (UFMG) Um terreno tem a forma da figura abaixo. Se,, = 10 m, = 70 m, = 40 m e = 80 m, então a área do terreno é a) 1 500 m b) 1 600 m c) 1 700 m d) 1 800 m 0 (FMMG) - Observe a figura. Nessa figura,

Leia mais

Obs.: São cartesianos ortogonais os sistemas de coordenadas

Obs.: São cartesianos ortogonais os sistemas de coordenadas MATEMÁTICA NOTAÇÕES : conjunto dos números complexos : conjunto dos números racionais : conjunto dos números reais : conjunto dos números inteiros = {0,,, 3,...} * = {,, 3,...} Ø: conjunto vazio A\B =

Leia mais

LISTÃO DE EXERCÍCIOS DE REVISÃO IFMA PROFESSOR: ARI

LISTÃO DE EXERCÍCIOS DE REVISÃO IFMA PROFESSOR: ARI 01.: A figura mostra um edifício que tem 15 m de altura, com uma escada colocada a 8 m de sua base ligada ao topo do edifício. comprimento dessa escada é de: a) 12 m. b) 30 m. c) 15 m. d) 17 m. e) 20 m.

Leia mais

Exercícios de Matemática Troncos

Exercícios de Matemática Troncos Exercícios de Matemática Troncos 1. (Ufscar) Em uma lanchonete, um casal de namorados resolve dividir uma taça de milk shake com as dimensões mostradas no desenho. 4. (Ufpe) Um cone circular reto, com

Leia mais

Lista de refração e reflexão Ondulatória - Prof. Flávio

Lista de refração e reflexão Ondulatória - Prof. Flávio 1. (Ufu 2006) João corre assoviando em direção a uma parede feita de tijolos, conforme figura a seguir. A frequência do assovio de João é igual a f(inicial). A frequência da onda refletida na parede chamaremos

Leia mais

GUIA PARA AS PROVAS ( PO, AT E PG) E VESTIBULARES GEOMETRIA ANALÍTICA

GUIA PARA AS PROVAS ( PO, AT E PG) E VESTIBULARES GEOMETRIA ANALÍTICA GUIA PARA AS PROVAS ( PO, AT E PG) E VESTIBULARES GEOMETRIA ANALÍTICA PROF. ENZO MARCON TAKARA 05 - PLANO CARTESIANO ORTOGONAL Considere num plano a dois eixos x e y perpendiculares em O. O par de eixos

Leia mais

LISTA DE MATEMÁTICA II

LISTA DE MATEMÁTICA II Ensino Médio Unidade São Judas Tadeu Professora: Oscar Aluno (a): Série: 3ª Data: / / 2015. LISTA DE MATEMÁTICA II 1) (Fuvest-SP) Um lateral L faz um lançamento para um atacante A, situado 32 m à sua frente

Leia mais

EXERCÍCIOS UERJ 2014 MOVIMENTO CIRCULAR

EXERCÍCIOS UERJ 2014 MOVIMENTO CIRCULAR 1. (Fgv 2009) Uma grande manivela, quatro engrenagens pequenas de 10 dentes e outra de 24 dentes, tudo associado a três cilindros de 8 cm de diâmetro, constituem este pequeno moedor manual de cana. Ao

Leia mais

MATEMÁTICA - 1 o ANO MÓDULO 42 TRIGONOMETRIA: CÍRCULOS E LINHAS TRIGONOMÉTRICAS

MATEMÁTICA - 1 o ANO MÓDULO 42 TRIGONOMETRIA: CÍRCULOS E LINHAS TRIGONOMÉTRICAS MATEMÁTICA - 1 o ANO MÓDULO 42 TRIGONOMETRIA: CÍRCULOS E LINHAS TRIGONOMÉTRICAS O R I y 90º 180º II Q I Q + 0º/360º III Q IV Q - 270º 1290º 210 360º 3 Como pode cair no enem (ENEM) As cidades de Quito

Leia mais

Questão 1. Questão 2. Questão 3. Resposta. Resposta

Questão 1. Questão 2. Questão 3. Resposta. Resposta Questão Carlos, Luís e Sílvio tinham, juntos, 00 mil reais para investir por um ano. Carlos escolheu uma aplicação que rendia 5% ao ano. Luís, uma que rendia 0% ao ano. Sílvio aplicou metade de seu dinheiro

Leia mais

REVISÃO Lista 07 Áreas, Polígonos e Circunferência. h, onde b representa a base e h representa a altura.

REVISÃO Lista 07 Áreas, Polígonos e Circunferência. h, onde b representa a base e h representa a altura. NOME: ANO: º Nº: POFESSO(A): Ana Luiza Ozores DATA: Algumas definições Áreas: Quadrado: EVISÃO Lista 07 Áreas, Polígonos e Circunferência A, onde representa o lado etângulo: A b h, onde b representa a

Leia mais

Espelho Plano. www.nsaulasparticulares.com.br Página 1 de 21

Espelho Plano. www.nsaulasparticulares.com.br Página 1 de 21 Espelho Plano 1. (Fuvest 2013) O telêmetro de superposição é um instrumento ótico, de concepção simples, que no passado foi muito utilizado em câmeras fotográficas e em aparelhos de medição de distâncias.

Leia mais

Física. Questão 1. Avaliação: Aluno: Data: Ano: Turma: Professor:

Física. Questão 1. Avaliação: Aluno: Data: Ano: Turma: Professor: Avaliação: Aluno: Data: Ano: Turma: Professor: Física Questão 1 No setor de testes de velocidade de uma fábrica de automóveis, obteve-se o seguinte gráfico para o desempenho de um modelo novo: Com relação

Leia mais

Arcos na Circunferência

Arcos na Circunferência Arcos na Circunferência 1. (Fuvest 013) Uma das primeiras estimativas do raio da Terra é atribuída a Eratóstenes, estudioso grego que viveu, aproximadamente, entre 75 a.c. e 195 a.c. Sabendo que em Assuã,

Leia mais

Função Trigonométrica

Função Trigonométrica Função Trigonométrica 1. (Ufpr 013) O pistão de um motor se movimenta para cima e para baixo dentro de um cilindro, como ilustra a figura. Suponha que em um instante t, em segundos, a altura h(t) do pistão,

Leia mais

Curso Wellington - Física Óptica Espelhos Planos Prof Hilton Franco

Curso Wellington - Física Óptica Espelhos Planos Prof Hilton Franco 1. Considere um objeto luminoso pontual, fixo no ponto P, inicialmente alinhado com o centro de um espelho plano E. O espelho gira, da posição E 1 para a posição E 2, em torno da aresta cujo eixo passa

Leia mais

2. Na figura, ANM é um triângulo e ABCD é um quadrado. Calcule a área do quadrado:

2. Na figura, ANM é um triângulo e ABCD é um quadrado. Calcule a área do quadrado: SEMELHANÇA DE TRIÂNGULOS 1. Duas cidades X e Y são interligadas pela rodovia R101, que é retilínea e apresenta 300 km de extensão. A 160 km de X, à beira da R101, fica a cidade Z, por onde passa a rodovia

Leia mais

Matemática. Resolução das atividades complementares. M1 Trigonometria no ciclo. 1 Expresse: p 4 rad. rad em graus. 4 rad 12 p b) 330 em radianos.

Matemática. Resolução das atividades complementares. M1 Trigonometria no ciclo. 1 Expresse: p 4 rad. rad em graus. 4 rad 12 p b) 330 em radianos. Resolução das atividades comlementares Matemática M Trigonometria no ciclo. 7 Eresse: a) em radianos c) em radianos e) rad em graus rad rad b) 0 em radianos d) rad em graus f) rad 0 rad em graus a) 80

Leia mais

FÍSICA ÓPTICA GEOMÉTRICA FÍSICA 1

FÍSICA ÓPTICA GEOMÉTRICA FÍSICA 1 2014_Física_2 ano FÍSICA Prof. Bruno ÓPTICA GEOMÉTRICA FÍSICA 1 1. (Uftm 2012) Uma câmara escura de orifício reproduz uma imagem de 10 cm de altura de uma árvore observada. Se reduzirmos em 15 m a distância

Leia mais

PROVA DE MATEMÁTICA VESTIBULAR 2013 - FGV CURSO DE ECONOMIA RESOLUÇÃO: Profa. Maria Antônia C. Gouveia

PROVA DE MATEMÁTICA VESTIBULAR 2013 - FGV CURSO DE ECONOMIA RESOLUÇÃO: Profa. Maria Antônia C. Gouveia PROVA DE MATEMÁTICA VESTIBULAR 0 - FGV CURSO DE ECONOMIA Profa. Maria Antônia C. Gouveia QUESTÃO 0 Laura caminha pelo menos km por dia. Rita também caminha todos os dias, e a soma das distâncias diárias

Leia mais

Questão 2. Questão 1. Questão 3. Resposta. Resposta

Questão 2. Questão 1. Questão 3. Resposta. Resposta Instruções: Indique claramente as respostas dos itens de cada questão, fornecendo as unidades, caso existam. Apresente de forma clara e ordenada os passos utilizados na resolução das questões. Expressões

Leia mais

Matemática 2. 01. A estrutura abaixo é de uma casa de brinquedo e consiste de um. 02. Abaixo temos uma ilustração da Victoria Falls Bridge.

Matemática 2. 01. A estrutura abaixo é de uma casa de brinquedo e consiste de um. 02. Abaixo temos uma ilustração da Victoria Falls Bridge. Matemática 2 01. A estrutura abaixo é de uma casa de brinquedo e consiste de um paralelepípedo retângulo acoplado a um prisma triangular. 1,6m 1m 1,4m Calcule o volume da estrutura, em dm 3, e indique

Leia mais

3) Uma mola de constante elástica k = 400 N/m é comprimida de 5 cm. Determinar a sua energia potencial elástica.

3) Uma mola de constante elástica k = 400 N/m é comprimida de 5 cm. Determinar a sua energia potencial elástica. Lista para a Terceira U.L. Trabalho e Energia 1) Um corpo de massa 4 kg encontra-se a uma altura de 16 m do solo. Admitindo o solo como nível de referência e supondo g = 10 m/s 2, calcular sua energia

Leia mais

( ) = = MATEMÁTICA. Prova: 28/07/13. Questão 17. Questão 18

( ) = = MATEMÁTICA. Prova: 28/07/13. Questão 17. Questão 18 Prova: 8/07/13 MATEMÁTICA Questão 17 A equação x 3 4 x + 5x + 3 = 0 possui as raízes m, p e q. O valor da expressão m + p + q é pq mq mp (A). (B) 3. (C). (D) 3. Gabarito: Letra A. A expressão é igual a:

Leia mais

07. (PUC-MG) Uma função do 1 o grau é tal que f(-1) = 5 e f(3)=-3. Então f(0) é igual a : a) 0 b) 2 c) 3 d) 4 e) -1

07. (PUC-MG) Uma função do 1 o grau é tal que f(-1) = 5 e f(3)=-3. Então f(0) é igual a : a) 0 b) 2 c) 3 d) 4 e) -1 01. (PUC-PR) Dos gráficos abaixo, os que representam uma única função são: 06. (FGV-SP) O gráfico da função f(x) = mx + n passa pelos pontos ( 4, 2 ) e ( -1, 6 ). Assim o valor de m + n é: a) - 13/5 b)

Leia mais

Lista de exercícios comitê. (Professor BOB)

Lista de exercícios comitê. (Professor BOB) Lista de exercícios comitê (Professor BOB) 1. (Fuvest) Dois carros, A e B, movem-se no mesmo sentido, em uma estrada reta, com velocidades constantes VÛ=l00km/h e V½=80km/h, respectivamente. a) Qual é,

Leia mais

Física setor F 01 unidade 01

Física setor F 01 unidade 01 Vale relembrar três casos particulares: ) a r e b r tem mesma direção e mesmo sentido: a b s = a+ b s ) a r e b r têm mesma direção e sentidos opostos: a s = a b s b a r e b r têm direções perpendiculares

Leia mais

PROVAS DE MATEMÁTICA DO VESTIBULARES-2011 DA MACKENZIE RESOLUÇÃO: Profa. Maria Antônia Gouveia. 13 / 12 / 2010

PROVAS DE MATEMÁTICA DO VESTIBULARES-2011 DA MACKENZIE RESOLUÇÃO: Profa. Maria Antônia Gouveia. 13 / 12 / 2010 PROVAS DE MATEMÁTICA DO VESTIBULARES-0 DA MACKENZIE Profa. Maria Antônia Gouveia. / / 00 QUESTÃO N o 9 Dadas as funções reais definidas por f(x) x x e g(x) x x, considere I, II, III e IV abaixo. I) Ambas

Leia mais

Exercícios de Física sobre Vetores com Gabarito

Exercícios de Física sobre Vetores com Gabarito Exercícios de Física sobre Vetores com Gabarito 1) (UFPE-1996) Uma pessoa atravessa uma piscina de 4,0m de largura, nadando com uma velocidade de módulo 4,0m/s em uma direção que faz um ângulo de 60 com

Leia mais

Espelhos Planos. Parte I. www.soexatas.com Página 1. = 3 m e entre os espelhos fixo e giratório é D = 2,0 m.

Espelhos Planos. Parte I. www.soexatas.com Página 1. = 3 m e entre os espelhos fixo e giratório é D = 2,0 m. Parte I Espelhos Planos 1. (Unesp 2014) Uma pessoa está parada numa calçada plana e horizontal diante de um espelho plano vertical E pendurado na fachada de uma loja. A figura representa a visão de cima

Leia mais

Resolução da Prova da Escola Naval 2009. Matemática Prova Azul

Resolução da Prova da Escola Naval 2009. Matemática Prova Azul Resolução da Prova da Escola Naval 29. Matemática Prova Azul GABARITO D A 2 E 2 E B C 4 D 4 C 5 D 5 A 6 E 6 C 7 B 7 B 8 D 8 E 9 A 9 A C 2 B. Os 6 melhores alunos do Colégio Naval submeteram-se a uma prova

Leia mais

Centro Federal de Educação Tecnológica Departamento Acadêmico da Construção Civil Curso Técnico de Geomensura Disciplina: Matemática Aplicada

Centro Federal de Educação Tecnológica Departamento Acadêmico da Construção Civil Curso Técnico de Geomensura Disciplina: Matemática Aplicada Centro Federal de Educação Tecnológica Departamento Acadêmico da Construção Civil Curso Técnico de Geomensura Disciplina: Matemática Aplicada MATEMÁTICA APLICADA 1. SISTEMA ANGULAR INTERNACIONAL...2 2.

Leia mais

SIMULADO. Matemática 2 (PUC-RS) 1 (Unimontes-MG)

SIMULADO. Matemática 2 (PUC-RS) 1 (Unimontes-MG) (Unimontes-MG) (PUC-RS) Quando um relógio está marcando horas e minutos, o menor ângulo formado pelos seus ponteiros é de: Considere o relógio localizado na entrada do MCT. a) º0 b) º0 c) 7º d) º Considerando

Leia mais

CADERNO DE ATIVIDADES / MATEMÁTICA TECNOLOGIAS

CADERNO DE ATIVIDADES / MATEMÁTICA TECNOLOGIAS VSTIULR VILS 0. alcule x na figura: x + 0º x + 0º RNO TIVIS / MTMÁTI TNOLOGIS 0. Na figura, é o lado de um quadrado inscrito e é o lado do decágono regular. Qual a medida de x? x 0. Na figura a seguir,

Leia mais

94 (8,97%) 69 (6,58%) 104 (9,92%) 101 (9,64%) 22 (2,10%) 36 (3,44%) 115 (10,97%) 77 (7,35%) 39 (3,72%) 78 (7,44%) 103 (9,83%) Probabilidade 10 (0,95%)

94 (8,97%) 69 (6,58%) 104 (9,92%) 101 (9,64%) 22 (2,10%) 36 (3,44%) 115 (10,97%) 77 (7,35%) 39 (3,72%) 78 (7,44%) 103 (9,83%) Probabilidade 10 (0,95%) Distribuição das.08 Questões do I T A 9 (8,97%) 0 (9,9%) 69 (6,58%) Equações Irracionais 09 (0,86%) Equações Exponenciais (, 0 (9,6%) Geo. Analítica Conjuntos (,96%) Geo. Espacial Funções Binômio de Newton

Leia mais

Lista de Exercícios - Integrais

Lista de Exercícios - Integrais Lista de Exercícios - Integrais 4) Calcule as integrais indefinidas: 5) Calcule as integrais indefinidas: 1 6) Suponha f(x) uma função conhecida e que queiramos encontrar uma função F(x), tal que y = F(x)

Leia mais

Se ele optar pelo pagamento em duas vezes, pode aplicar o restante à taxa de 25% ao mês (30 dias), então. tem-se

Se ele optar pelo pagamento em duas vezes, pode aplicar o restante à taxa de 25% ao mês (30 dias), então. tem-se "Gigante pela própria natureza, És belo, és forte, impávido colosso, E o teu futuro espelha essa grandeza Terra adorada." 01. Um consumidor necessita comprar um determinado produto. Na loja, o vendedor

Leia mais

1. Determine x no caso a seguir: 2. No triângulo ABC a seguir, calcule o perímetro.

1. Determine x no caso a seguir: 2. No triângulo ABC a seguir, calcule o perímetro. 1. Determine x no caso a seguir: 2. No triângulo ABC a seguir, calcule o perímetro. 3. (Ufrrj) Milena, diante da configuração representada abaixo, pede ajuda aos vestibulandos para calcular o comprimento

Leia mais

RESOLUÇÀO DA PROVA DE MATEMÁTICA VESTIBULAR DA FUVEST_2007_ 2A FASE. RESOLUÇÃO PELA PROFA. MARIA ANTÔNIA CONCEIÇÃO GOUVEIA

RESOLUÇÀO DA PROVA DE MATEMÁTICA VESTIBULAR DA FUVEST_2007_ 2A FASE. RESOLUÇÃO PELA PROFA. MARIA ANTÔNIA CONCEIÇÃO GOUVEIA RESOLUÇÀO DA PROVA DE MATEMÁTICA VESTIBULAR DA FUVEST_007_ A FASE RESOLUÇÃO PELA PROFA MARIA ANTÔNIA CONCEIÇÃO GOUVEIA Questão Se Amélia der R$3,00 a Lúcia, então ambas ficarão com a mesma quantia Se Maria

Leia mais

Sistema Internacional de unidades (SI). 22/06/1799 sistema métrico na França

Sistema Internacional de unidades (SI). 22/06/1799 sistema métrico na França CURSO DE ENGENHARIA CARTOGRÁFICA Carlos Aurélio Nadal Doutor em Ciências Geodésicas Professor Titular do Departamento de Geomática - Setor de Ciências da Terra Sistema Internacional de unidades (SI). 22/06/1799

Leia mais

LISTA 10 INDUÇÃO ELETROMAGNÉTICA

LISTA 10 INDUÇÃO ELETROMAGNÉTICA 1. (Ufmg 95) Esta figura mostra uma espira retangular, de lados a = 0,20 m e b = 0,50 m, sendo empurrada, com velocidade constante v = 0,50 m/s, para uma região onde existe um campo magnético uniforme

Leia mais

Produtos. 4.1 Produtos escalares

Produtos. 4.1 Produtos escalares Capítulo 4 Produtos 4.1 Produtos escalares Neste tópico iremos estudar um novo tipo de operação entre vetores do plano e do espaço. Vamos fazer inicialmente uma consideração geométrica, como segue. Seja

Leia mais

Curso Wellington Física Óptica Espelhos Esféricos Prof Hilton Franco. 1. Em relação aos espelhos esféricos, analise as proposições que se seguem:

Curso Wellington Física Óptica Espelhos Esféricos Prof Hilton Franco. 1. Em relação aos espelhos esféricos, analise as proposições que se seguem: 1. Em relação aos espelhos esféricos, analise as proposições que se seguem: (1) A reta definida pelo centro de curvatura e pelo vértice do espelho é denominada de eixo secundário. (3) O ponto de encontro

Leia mais

Lista 1 Cinemática em 1D, 2D e 3D

Lista 1 Cinemática em 1D, 2D e 3D UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA DEPARTAMENTO DE ESTUDOS BÁSICOS E INSTRUMENTAIS CAMPUS DE ITAPETINGA PROFESSOR: ROBERTO CLAUDINO FERREIRA DISCIPLINA: FÍSICA I Aluno (a): Data: / / NOTA: Lista

Leia mais

Derivação Implícita e Taxas Relacionadas

Derivação Implícita e Taxas Relacionadas Capítulo 14 Derivação Implícita e Taxas Relacionadas 14.1 Introdução A maioria das funções com as quais trabalhamos até agora é da forma y = f(x), em que y é dado diretamente ou, explicitamente, por meio

Leia mais

115% x + 120% + (100 + p)% = 93 2 2. 120% y + 120% + (100 + p)% = 106 2 2 x + y + z = 100

115% x + 120% + (100 + p)% = 93 2 2. 120% y + 120% + (100 + p)% = 106 2 2 x + y + z = 100 MATEMÁTICA Carlos, Luís e Sílvio tinham, juntos, 00 mil reais para investir por um ano. Carlos escolheu uma aplicação que rendia 5% ao ano. Luís, uma que rendia 0% ao ano. Sílvio aplicou metade de seu

Leia mais

Matemática. Subtraindo a primeira equação da terceira obtemos x = 1. Substituindo x = 1 na primeira e na segunda equação obtém-se o sistema

Matemática. Subtraindo a primeira equação da terceira obtemos x = 1. Substituindo x = 1 na primeira e na segunda equação obtém-se o sistema Matemática 01. A ilustração a seguir é de um cubo com aresta medindo 6 cm. A, B, C e D são os vértices indicados do cubo, E é o centro da face contendo C e D, e F é o pé da perpendicular a BD traçada a

Leia mais

---------------------------------------------------------- 1 UCS Vestibular de Inverno 2004 Prova 2 A MATEMÁTICA

---------------------------------------------------------- 1 UCS Vestibular de Inverno 2004 Prova 2 A MATEMÁTICA MATEMÁTICA 49 A distância que um automóvel percorre após ser freado é proporcional ao quadrado de sua velocidade naquele instante Um automóvel, a 3 km/, é freado e pára depois de percorrer mais 8 metros

Leia mais

Refração da Luz Prismas

Refração da Luz Prismas Refração da Luz Prismas 1. (Fuvest 014) Um prisma triangular desvia um feixe de luz verde de um ângulo θ A, em relação à direção de incidência, como ilustra a figura A, abaixo. Se uma placa plana, do mesmo

Leia mais

SuperPro copyright 1994-2011 Colibri Informática Ltda.

SuperPro copyright 1994-2011 Colibri Informática Ltda. mesmo percurso. 1. (Ufpe 2005) Um submarino em combate lança um torpedo na direção de um navio ancorado. No instante do lançamento o submarino se movia com velocidade v = 14 m/s. O torpedo é lançado com

Leia mais

AULA 2 - ÁREAS. h sen a h a sen b h a b sen A. L L sen60 A

AULA 2 - ÁREAS. h sen a h a sen b h a b sen A. L L sen60 A AULA - ÁREAS Área de um Triângulo - A área de um triângulo pode ser calculada a partir de dois lados consecutivos e o ângulo entre eles. h sen a h a sen b h a b sen A - A área de um triângulo eqüilátero

Leia mais

EXERCÍCIOS 2ª SÉRIE - LANÇAMENTOS

EXERCÍCIOS 2ª SÉRIE - LANÇAMENTOS EXERCÍCIOS ª SÉRIE - LANÇAMENTOS 1. (Unifesp 01) Em uma manhã de calmaria, um Veículo Lançador de Satélite (VLS) é lançado verticalmente do solo e, após um período de aceleração, ao atingir a altura de

Leia mais

2) (PUC-Camp) Uma pessoa encontra-se num ponto A, localizado na base de um prédio, conforme mostra a figura adiante.

2) (PUC-Camp) Uma pessoa encontra-se num ponto A, localizado na base de um prédio, conforme mostra a figura adiante. ATIVIDADES PARA RECUPERAÇÃO PARALELA - MATEMÁTICA PROFESSOR: CLAUZIR PAIVA NASCIMENTO TURMA: 9º ANO REVISÃO 1) (Cesesp-PE) Do alto de uma torre de 50 metros de altura, localizada numa ilha, avista-se a

Leia mais