Vik Muniz do Jardim Gramacho para o mundo

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Vik Muniz do Jardim Gramacho para o mundo"

Transcrição

1 No Caminho da Sustentabilidade Relatório de Sustentabilidade Coca-Cola Brasil 2009

2 Vik Muniz do Jardim Gramacho para o mundo Atlas (Carlão) faz parte da série de fotografias Retratos de Lixo, que o artista plástico Vik Muniz produziu a partir de resíduos recolhidos pelos catadores do aterro sanitário do Jardim Gramacho, um dos maiores da América Latina, situado na periferia de Duque de Caxias, no Estado do Rio de Janeiro. O olhar de Carlão, membro da comunidade local, traz a expressão de questões tão globais como o destino do lixo do mundo que ele carrega nas costas. Com inspiração e contundência, Vik Muniz transmite sua mensagem com a própria matéria que a constitui, reutilizando o lixo para provocar discussão, gerar atitude e encarar de frente os desafios da sustentabilidade. Esse também é o caminho que a Coca-Cola Brasil vem trilhando. O Instituto Coca-Cola Brasil se uniu a Vik Muniz, ao Sistema Firjan e à ONG Doe seu Lixo para promover a qualificação profissional de 200 membros da Associação dos Catadores do Aterro Metropolitano do Jardim Gramacho e de demais cooperativas da região, que perderiam a fonte de renda após o fechamento do aterro, previsto para breve. A proposta é formá-los agentes ambientais, oferecendo alternativas de trabalho e renda dentro da cadeia produtiva da reciclagem. A Coca-Cola Brasil aposta na união e na cooperação como meio para o desenvolvimento sustentável das comunidades.

3 NO CAMINHO DA SUSTENTABILIDADE RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE COCA-COLA BRASIL 2009 Sumário Nossa visão positiva da vida O que queremos para 2020 Sistema Coca-Cola Brasil Nosso modelo de governança Forte elo com o consumidor VIVA POSITIVAMENTE Água Embalagens Sustentáveis Energia e Clima Comunidade Benefícios das Bebidas Vida Saudável Ambiente de Trabalho Anexos Indicadores GRI Indicadores sociais, de diversidade, ambientais e econômicos 88

4 Nossa visão positiva da vida Somos otimistas e transmitimos paixão na nossa forma de fazer negócios. Quando optamos pelo caminho da sustentabilidade, sabíamos que tínhamos pela frente uma jornada de desafios e obstáculos. Mas somos uma empresa que tem otimismo no DNA. Acreditamos que, sim, é possível conciliar eficiência econômica, equidade social e equilíbrio ambiental. Nosso compromisso de fazer diferença positiva no mundo está traduzido na Plataforma de Sustentabilidade Viva Positivamente. Convidamos você a beber nesta fonte para conhecer nossos compromissos, metas e resultados. Nesta jornada, já tivemos progressos, mas seguimos sempre nos desafiando. Nossa visão positiva da vida 4 RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE 2009

5 Como construímos o nosso relatório de sustentabilidade? Este relatório foi produzido com a colaboração de todos aqueles que contribuem diariamente para o sucesso de nosso negócio. Adotamos o modelo da organização Global Reporting Initiative (GRI), já que suas orientações são amplamente aceitas em todo o mundo e permitem uma análise detalhada da integração da sustentabilidade à estratégia de negócios das empresas, com base em indicadores de desempenho econômico, ambiental e social. Quais são os objetivos desta publicação? Além de relatar as iniciativas de 2009, as nossas metas e os desafios a partir de estratégias apresentadas na Visão 2020 nosso plano de crescimento no longo prazo, queremos transformar esta publicação numa ferramenta para a melhoria contínua da nossa gestão. Começamos reportando 21 indicadores, e pretendemos avançar ano a ano. Esperamos, ainda, que o relatório de sustentabilidade se transforme em importante instrumento de comunicação com acionistas, empregados, consumidores, comunidades, fornecedores, governos e todos aqueles que se interessam por nossas atividades. Como relatamos as nossas ações e os nossos compromissos? Dividimos o processo de relato nos sete pilares de atuação da Plataforma de Sustentabilidade Viva Positivamente: Água Embalagens Sustentáveis Energia e Clima Comunidade Benefícios das Bebidas Vida Saudável Ambiente de Trabalho Estamos dispostos a ampliar o diálogo com a sociedade sobre os planos e metas apoiados pela plataforma de sustentabilidade. Por isso, realizamos, no dia 15 de dezembro de 2009, o 1º Ciclo de Diálogos de Sustentabilidade Coca-Cola Brasil, que reuniu, no Rio de Janeiro, representantes dos nossos stakeholders as partes interessadas no nosso negócio (leia mais na pág. 88). Agora, você é nosso convidado a conhecer mais sobre o nosso jeito de falar de sustentabilidade. Visite também os sites e 45 5

6 O que queremos para O que queremos para 2020 Mensagem do presidente Um modelo empresarial que leva em conta a proteção ambiental e a melhoria da qualidade de vida das comunidades, com a ampliação do sucesso nos negócios. O Brasil é um dos maiores mercados da The Coca-Cola Company, devendo ganhar ainda mais espaço com o crescimento da renda dos brasileiros e com a previsão de ampliação da classe média, em um mercado essencialmente urbano. Estamos atentos a essas e a outras transformações e queremos atuar positivamente na construção dessa sociedade do futuro. Temos uma visão otimista e acreditamos no potencial das nossas marcas para mobilizar a sociedade, por meio de parcerias, para promover mudanças positivas. Inspirados por esse espírito que historicamente move a nossa atuação, fixamos metas ambiciosas para os sete pilares que integram a Plataforma Viva Positivamente: Água, Embalagens Sustentáveis, Energia e Clima, Comunidade, Benefícios das Bebidas, Vida Saudável e Ambiente de Trabalho. As metas nortearão nosso crescimento sustentável e a geração de vantagens competitivas para o Sistema Coca-Cola Brasil nos próximos dez anos. É o que chamamos de Visão Assumimos compromissos desafiadores, como sermos neutros em água e reciclarmos 100% das embalagens utilizadas (saiba mais sobre as nossas metas no capítulo Governança corporativa nas págs. 14 a 17). Alinhados à estratégia global da The Coca-Cola Company, pretendemos dobrar o volume de negócios em uma década, atuando de forma a manter a reputação da Companhia e a confiança dos consumidores, dos formadores de opinião e dos parceiros de negócio. RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE 2009

7 Pesquisamos tendências, calculamos riscos e buscamos inovar sempre. Para alcançar essa visão de futuro, definimos prioridades para atingir as metas de longo prazo, que incluem iniciativas como incentivo à inovação, fortalecimento das sinergias entre fabricantes da Coca-Cola Brasil, desenvolvimento de novas ações de capacitação de nossos colaboradores e aumento da penetração do portfólio na classe C. das nossas embalagens, que agora são mais leves e resistentes, consumindo menos recursos naturais. Apoiados por tecnologias inovadoras, pretendemos capturar oportunidades de negócios. Para isso, a cada ano investimos em mudanças de processos produtivos, em melhorias nos ambientes de trabalho e na alta performance, conforme demonstramos ao longo deste relatório de sustentabilidade. Como demonstração do cumprimento de nossas metas de longo prazo, alcançamos resultados positivos em diversas frentes de atu ação em Dentre os quais, inauguramos duas Fábricas Verdes, alinhadas aos padrões do Leed Leadership in Energy and Environmental Design. Com o uso da tecnologia, avançamos também na parte de desenho Outra boa notícia tem a ver com nosso apoio às cooperativas de catadores, voltadas à inclusão social desse segmento: já são 134 organizações beneficiadas, comparadas a 70 em 2008, o que representa um aumento de 48%. Pesquisamos tendências, calculamos riscos e buscamos inovar sempre. A ampliação do portfólio é mais uma de nossas ousadias. Temos orgulho de ter lançado o Matte Leão Orgânico, um chá saboroso, feito a partir de erva-mate orgânica, sem uso de defensivos agrícolas ou adubos químicos. No atual cenário global, o Brasil cumpre papel estratégico. As demonstrações de fôlego do País para crescer e abrigar negócios bem-sucedidos ficaram evidentes no desempenho diante dos impactos da crise econômica global. Ao encerrar 2009 com crescimento em 24 trimestres consecutivos, ganhamos força e somos uma das principais apostas da The Coca-Cola Company em âmbito mundial. Seguimos em frente, confiantes nesta caminhada. Xiemar Zarazúa Presidente da Coca-Cola Brasil 7

8 Comprometido de corpo e alma com Sistema Coca-Cola Brasil Perfil 8 o Brasil Com operação em mais de 200 países, a The Coca-Cola Company emprega diretamente mais de pessoas em todo o mundo. O Brasil ocupa posição de destaque nesse cenário. Aqui, atuamos por meio da Coca-Cola Brasil e de 16 fabricantes, instalados de Norte a Sul do País, além da Joint Venture Mais, o que repre - senta um conjunto de 43 unidades industriais, de onde são distribuídos mais de 150 produtos para cerca de 1 milhão de pontos de venda. Nossa contribuição social direta pode ser medida pela extensão de nossa força de trabalho. Para garantir as atividades industriais e administrativas, empregamos mais de 44 mil pessoas, além de gerarmos cerca de 440 mil empregos indiretos. No mapa da página 9 é possível observar a localização dos integrantes do Sistema Coca-Cola Brasil, que é formado pela Coca-Cola Brasil, sediada no Rio de Janeiro, e 16 fabricantes, além da Joint Venture Mais. Em 2009, tivemos crescimento de 4%, comparado ao ano anterior, alcançando um total de 9,6 bilhões de litros de bebidas não alcoólicas e um faturamento de R$ 17 bilhões. Com essa performance, a Coca-Cola Brasil manteve o ciclo iniciado em 2004, que já completa 24 trimestres consecutivos de crescimento. No último trimestre de 2009, o aumento das vendas no País chegou a 8%. Em 2010, vamos investir mais R$ 2 bilhões, mais de 14% acima do que investimos no ano anterior. E, nos cinco anos entre 2010 e 2014, pretendemos investir um total de R$ 11 bilhões, incluindo investimentos em marketing e em infraestrutura. RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE 2009

9 9 Fabricantes brasileiros de Coca-Cola (16 grupos e 43 fábricas) 1) Andina 2) Bandeirantes 3) Uberlândia Refrescos 4) Cia. de Bebidas Ipiranga 5) Sorocaba Refrescos 6) CVI 7) Femsa 8) Grupo Monteiro 9) Norsa 10) Brasal 11) Renosa 12) Grupo Simões 13) Spaipa 14) Grupo Vieira 15) Vonpar 16) Guararapes A Joint Venture Mais também é integrante do Sistema.

10 Sistema Coca-Cola Brasil Perfil 10 Nossos princípios e valores Ao longo de quase 124 anos de história no mundo e 64 no Brasil, construímos um jeito todo próprio de atuar no dia a dia, que foi resumido nos seguintes princípios e valores: Inovação Buscar, imaginar, criar, divertir: esse é o caminho para a inovação. Desejamos buscar o inesperado, estimular um ambiente onde valha a pena correr o risco de inovar e compartilhar ideias; Liderança Como líderes, precisamos ter a coragem de construir um futuro melhor, meta que será alcançada fazendo a diferença como empresa global, com decisões certas e inspiração e influenciando aqueles com quem nos relacionamos; Responsabilidade Devemos ter vocação para agir e honrar nossos compromissos; Integridade Ser íntegro significa ser verdadeiro: dizer o que pensamos, fazer o que dizemos e agir corretamente; Paixão Comprometidos de corpo e alma, devemos criar oportunidades, ter sede de fazer sempre mais e realizar; Colaboração Acreditamos na força da participação e, por isso, promovemos o talento coletivo. Valorizamos a diversidade, estamos conectados globalmente e dividimos os méritos pelos sucessos; Diversidade Queremos ter uma força de trabalho tão diversa quanto os mercados que atendemos, e criamos oportunidades para alcançar esse objetivo; Qualidade Consideramos que não há limites para atingir a excelência nas nossas atividades. Devemos deixar tudo sempre melhor do que estava e estabelecer os mais altos padrões para nossos produtos, nosso pessoal e nosso desempenho. RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE 2009

11 Acreditamos nos fundamentos econômicos do País. Juntamente com o crescimento da classe média, eles apresentam uma oportunidade que não pode ser desperdiçada pela sociedade nem pelas empresas brasileiras. Temos confiança plena no futuro e vamos continuar acelerando junto com o Brasil. Xiemar Zarazúa Presidente da Coca-Cola Brasil 9,6 bilhões Litros de bebidas não alcoólicas produzidos em Empregos: mais de 44 mil Produtos: 150 Fábricas: 43 Crescimento em 2009: 4% Investimento para 2010: R$ 2 bilhões

12 Linha do Tempo Atuação no Brasil A nossa história confunde-se com as mudanças nos hábitos de consumo dos brasileiros. Começamos a operar no Brasil em 1942, meio século depois de ser fundada a Companhia, em 1886, em Atlanta, nos Estados Unidos. Naquela época, a demanda por refrigerantes era restrita, e a nossa produção, muito pequena. De lá para cá, muita coisa mudou, e destacamos, a seguir, alguns acontecimentos que marcaram a nossa atuação no Brasil. Sistema Coca-Cola Brasil Perfil Inicialmente, apenas a bebida Coca-Cola era produzida, na Fábrica de Água Mineral Santa Clara, em Recife (PE). Depois, foram instaladas minifábricas na capital pernambucana e em Natal (RN). Pouco a pouco, a realidade foi mudando. Ainda em 1942, foi criada a primeira fábrica da Coca-Cola no Rio de Janeiro Diante da expansão da estrutura de franquias, foi instalada no País a Liquid Carbonic, empresa que produz o gás carbônico, essencial à fabricação de refrigerantes. O concentrado era importado dos Estados Unidos, e o xarope, produzido no Rio de Janeiro Aberta uma filial em São Paulo Inaugurada uma nova unidade carioca, com uma inovação tecnológica, a máquina Liquid 40, com capacidade de produção de 150 garrafas por minuto e uma lavadeira. Naquele ano, foi adotado o sistema de franquias, sucesso nos Estados Unidos desde o início do século. A primeira fábrica licenciada foi a de Porto Alegre Inovações tecnológicas possibilitaram o desenvolvimento de novas embalagens, como a garrafa média de 290 ml. A partir de 1962, com o surgimento de fornecedores de matérias- -primas, o concentrado passou a ser fabricado no Rio de Janeiro, tornando propícia a inauguração de outras unidades no País. RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE 2009

13 1980 Período de lançamentos marcantes: o refrigerante em lata, em 1981 e o Sprite sabor limão, em 1984, além das embalagens one way (descartáveis) e da tampa de rosca, em Década marcada pela nossa atuação cada vez mais incisiva em projetos sociais, culturais, esportivos e ambientais, a exemplo da nossa participação como cofundadores do Compromisso Empresarial para a Reciclagem (Cempre). Embalados pelo slogan Emoção pra valer, levamos ao mercado a Big Coke (dois litros), a embalagem de 1,25 l e a lata de alumínio 100% reciclável para toda a linha de produtos, além da Superfamília garrafa plástica retornável de 1,5 l As máquinas post-mix ofereceram ao consumidor a Coca-Cola fresquinha, feita na hora, servida em copos. Campanhas publicitárias criadas no exterior assumiram um toque brasileiro, como a Isso é que é, Coca-Cola! ( It s the real thing ), que lança novos produtos e sabores Obtivemos o melhor desempenho global entre todas as unidades da The Coca-Cola Company no mundo, segundo critérios de desempenho de mercado alinhado às práticas de sustentabilidade. Três anos depois, foi lançada a Plataforma Viva Positivamente. 13

14 Nosso modelo de governança Sistema Coca-Cola Brasil Governança corporativa 14 A sustentabilidade permeia nossas decisões de negócio. As empresas que integram o nosso Sistema sabem que são guardiãs de uma das mais respeitadas e admiradas marcas do mundo e, por isso, ajudaram a fortalecer um modelo de governança capaz de manter e ampliar o sucesso conquistado no mercado. Em 2005, criamos as bases para nortear nosso crescimento sustentável, em um movimento denominado Manifesto para o Crescimento. O Manifesto é apoiado em seis frentes: Planeta, Parceiros, Portfólio, Pessoas, Performance e Produtividade. Ao tomar decisões de negócios, o impacto em todas essas frentes é avaliado. Fundamentada no movimento do Manifesto, foi lançada, em 2008, a Plataforma Mundial de Sustentabilidade da Coca-Cola, denominada Viva Positivamente e suportada por sete pilares de atuação: Água, Embalagens Sustentáveis, Energia e Clima, Comunidade, Benefícios das Bebidas, Vida Saudável e Ambiente de Trabalho. Nossa governança apoia a plataforma Viva Positivamente RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE 2009

15 100% dos fabricantes do Sistema Coca-Cola Brasil tem um líder de sustentabilidade para garantir a superação das metas estabelecidas. 15

16 Manifesto para o Crescimento Sistema Coca-Cola Brasil Governança corporativa 16 Portfólio Apresentar ao mundo um portfólio de marcas de bebidas de qualidade que antecipam e satisfazem os desejos e as necessidades das pessoas. Produtividade Administrar pessoas, tempo e recursos financeiros com grande efetividade. Crescimento Sustentável Pessoas Oferecer um ótimo local para trabalhar, onde as pessoas são inspiradas a fazer o seu melhor. Parceiros Performance Desenvolver um ambiente vencedor com nossos parceiros. Juntos, nós criamos um valor contínuo e mútuo. Planeta Maximizar o retorno a longo prazo para os acionistas ao mesmo tempo em que temos consciência de nossas responsabilidades gerais. Ser um cidadão global responsável, que faz a diferença ajudando a criar e apoiar comunidades sustentáveis. RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE 2009

17 O que é a Visão 2020? São as metas definidas para cada pilar da Plataforma de Sustentabilidade Viva Positivamente para atingirmos níveis produtivos elevados. Em dez anos, queremos, por exemplo, dobrar o volume de negócios. Pretendemos alcançar esses objetivos de longo prazo com base no equilíbrio entre os aspectos econômico, social e ambiental. Metas desafiadoras Até 2020, o Sistema Coca-Cola Brasil pretende: Água Ser neutro em água; Embalagens Sustentáveis Reciclar 100% das embalagens utilizadas; Energia e Clima Crescer o negócio diminuindo as emissões de carbono; Comunidade Manter relação de mútuo valor com seus parceiros; Benefícios das Bebidas Ter um portfólio de produtos para cada estilo de vida e ocasião; Vida Saudável Estimular hábitos saudáveis e aumentar a consciência do consumidor sobre os benefícios das bebidas oferecidas; Ambiente de Trabalho Criar uma cultura de alta performance, que fomente o engajamento e o bem-estar de nossos associados, impulsionando a Organização. Ter uma mão de obra tão diversificada quanto o mercado em que atuamos. Fomentar um ambiente onde direitos são respeitados. Nossa estrutura Atlanta América Latina Brasil A integração da Coca-Cola Brasil com fabricantes e a relação com a governança global No que diz respeito à governança global, há uma linha direta entre o presidente da Coca-Cola Brasil e o da América Latina, que se reporta ao CEO mundial da Companhia. Na Coca-Cola Brasil, a estrutura é formada pelo Senior Leadership Team (SLT), do qual fazem parte executivos das áreas de Finanças, Governo, Comunicação e Sustentabilidade, Planejamento, Técnica, Jurídico, Recursos Humanos, Marketing e Negócios/Operações. Há uma forte horizontalidade, com integração crescente entre as áreas funcionais, de forma a eliminar as restrições à circulação do conhecimento e incentivar a colaboração entre as pessoas. 17

18 Forte elo com o consumidor Sistema Coca-Cola Brasil Geração de valor O avanço de inovações tecnológicas, o fortalecimento das parcerias com a cadeia de valor e a oferta de produtos de qualidade são partes das nossas estratégias para alcançar desempenho econômico positivo. 18 Performance de resultados O ano de 2009 trouxe desafios para toda a atividade econômica, e não seria diferente para uma indústria de bebidas. No entanto, conseguimos nos manter na curva de crescimento mesmo em meio a um cenário de crise econômica mundial. Os bons resultados foram conquistados graças a uma combinação de fatores, como uma gestão alinhada com os fabricantes e um plano de longo prazo estruturado, além de uma base financeira sólida e da força da marca. Também fomos beneficiados pela realidade econômica brasileira, ancorada em fundamentos sólidos, regras estáveis e boas ferramentas de política monetária. Para vencer os desafios impostos pela economia mundial, adotamos a estratégia de continuar a aproveitar a escala global da marca e o grande potencial de crescimento do setor de bebidas não alcoólicas brasileiro. Atentos a esse cenário, reavaliamos frequentemente os planos estratégicos para garantir que recursos sejam alocados para o forte posicionamento de nossas bebidas no mercado. No Brasil, temos a liderança em bebidas não alcoólicas, mesmo patamar alcançado pela The Coca-Cola Company em âmbito mundial em fabricação, comercialização e distribuição de concentrados dos produtos. A construção de um forte elo com os consumidores e as ações voltadas para o futuro com metas de desenvolvimento sustentável também fazem parte dos planos para potencializar os resultados da execução dos investimentos. O lançamento da Plataforma Viva Positivamente, em 2008, produziu importantes avanços, com reflexos não apenas na redução do consumo de recursos naturais, como água, mas também na ampliação dos negócios e no fortalecimento da reputação da nossa imagem. RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE 2009

19 Somos a maior empresa de bebidas não alcoólicas do mundo. 19

20 A decisão de entrar em um processo empresarial de sustentabilidade e de responsabilidade social não é fácil: é preciso fazer escolhas e mudar toda a gestão e a cultura interna da Companhia. Mas o elemento crucial é justamente a decisão política. É o primeiro passo. A Coca-Cola Brasil já tomou essa decisão e a traduziu em ações: prestar contas com o relatório GRI já é um avanço na direção correta. A empresa faz isso com entendimento no assunto, uma vez que não estamos falando apenas de ações sociais pontuais, e sim de toda uma gestão. É isso o que representa o relatório GRI. A responsabilidade de grandes empresas, como a Coca-Cola Brasil, é maior que a das médias e das pequenas, porque são referências no mercado. No momento em que uma empresa desse porte se propõe a entrar no caminho e dá visibilidade a isso, acaba criando um modelo para o setor e para outras grandes companhias. Além disso, uma empresa se relaciona com muitas outras, como os fornecedores, que acabam se alinhando com a proposta. É uma responsabilidade enorme, que faz com que haja uma competição sadia entre elas. Certamente, isso resulta em impactos para sua cadeia de valor e para o mercado. Sistema Coca-Cola Brasil Geração de valor 20 Oded Grajew, presidente do Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social Inovação, palavra-chave As nossas ações não são baseadas exclusivamente no pilar P, de Performance, mas no conjunto de seis pilares do planejamento estratégico. Presença constante em nossa trajetória, a inovação segue quatro diretrizes: visão de longo prazo; maximização das sinergias globais, reduzindo o risco de inovar; otimização de processos internos entre a Coca-Cola Brasil, as fabricantes e Joint Venture Mais, para garantir mais velocidade, com ênfase na capacitação em execução; e ida ao mercado. A necessidade de inovar é um estímulo ao lançamento de soluções criativas em diferentes áreas, como a produção de embalagens mais sustentáveis, baseadas em novas tecnologias, como a Plant Bottle (leia case na pág. 42). Nossa liderança amplia nossa responsabilidade, e, por isso, reformulamos nossa estrutura de inovação, de maneira a atender ao aumento das exigências dos consumidores brasileiros na escolha de produtos. A mudança também foi motivada pela necessidade de fortalecer nossa posição de liderança no mercado brasileiro e para ampliar a parceria com fabricantes e clientes, garantindo diferenciação da concorrência. Temos, também, como lógica o aproveitamento do que já existe de trabalho corporativo bem- - sucedido em nível mundial. O novo processo implantado na estrutura de inovação é chamado de innovation ignitor, metodologia já adotada em outros países em que a The Coca-Cola Company atua e Temos como lógica o aproveitamento do que já existe de trabalho corporativo bem-sucedido em nível mundial. que reforça nossa capacidade de gerar ideias, suportadas pelas necessidades apresentadas por nossos consumidores e parceiros. Essa ferramenta aumenta substancialmente a possibilidade de sucesso de projetos no Common Innovation Framework (CIF), processo implantado há dois anos que estrutura uma das principais áreas do nosso negócio: a criação de novos produtos, embalagens e equipamentos, da ideia inicial até o pós-lançamento. Não nos esquecemos, também, da inovação em gestão de pessoas, e enten demos a capacitação como a palavra- chave para o crescimento. RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE 2009

21 Açúcar sustentável Dispostos a contribuir para a evolução de nossa cadeia produtiva, desenvolvemos, em 2009, em parceria com a organização ambientalista WWF, um projeto piloto para medir indicadores de sustentabilidade nos fornecedores de açúcar. Sabemos que esse é um setor de grande impacto socioambiental e com espaço a avançar em relação a questões de meio ambiente, relações trabalhistas, segurança, saúde ocupacional e consumo de fontes energéticas mais eficientes. Por meio do projeto, está sendo realizada uma avaliação para garantir melhorias nas práticas de usinas e fazendas usando-se o SGP (Supplier Guideline Principles, Princípios de Orientação do Fornecedor). O foco do projeto é a ampliação na adoção de iniciativas de gestão de recursos hídricos, energia e mudanças climáticas. Uma das nossas preocupações refere-se à prevenção de práticas de queima de cana-de-açúcar nas fazendas, por causa do alto índice de emissões de dióxido de carbono (CO 2 ). Cadeia motivada Atuamos para envolver a cadeia de valor na nossa estratégia de sustentabilidade. Além de avaliar as práticas dos fabricantes, monitoramos os fornecedores, que devem seguir os princípios de conduta (regras empregatícias compatíveis com as leis de direitos humanos nos locais de trabalho, de proteção ambiental e de combate ao trabalho infantil ou análogo ao escravo, entre outras). Nossa área de compras realiza auditorias, e contamos, ainda, com mecanismos de monitoramento de casos de violação às leis trabalhistas. Todos os fornecedores devem aten- der ao nosso Sistema de Qualidade, que adota os Princípios de Orientação do Fornecedor (POF), conjunto de valores e expectativas da The Coca-Cola Company, como o respeito à liberdade de associação e à negociação coletiva e a eliminação do trabalho infantil e análogo ao escravo, além do combate a toda forma de discriminação. Os Princípios fazem parte de todos os contratos com fornecedores autorizados e diretos, e sua conformidade é verificada por empresas terceirizadas independentes. Geralmente, as avaliações incluem entrevistas confidenciais com funcionários e prestadores de serviço no local de trabalho. Busca-se incentivar os fornecedores a seguir os requisitos do POF, e, em caso de irregularidades constatadas pelas auditorias, a empresa tem um prazo para se adequar. Caso isso não ocorra, os contratos podem ser encerrados, medida que buscamos evitar por compreender que colaborar para melhorar práticas é mais positivo que encerrar parcerias. Qualidade garantida Todos os dias, consumidores escolhem as marcas do Sistema Coca-Cola Brasil para se refrescar, e não esperam nada menos que 100% de qualidade. O atendimento a essa elevada expectativa requer, portanto, reformulações na execução das atividades ao longo da cadeia produtiva. Sob esse aspecto, em 2009 ocorreram avanços como a obtenção, por dez plantas industriais, da certificação PAS 220, norma internacional na área de segurança de alimentos. Para alcançar esse resultado, foi necessário um forte movimento de capacitação dos fabricantes. Fomos a primeira unidade de negócio da América Latina a conseguir a certificação, o que demonstra alinhamento às diretrizes internacionais de qualidade, um dos pilares da sustentabilidade dos negócios. A norma global foi criada em 2008, 21

22 O SQCC contempla as normas internacionais: ISO 9001 (gestão de qualidade); ISO (gestão ambiental); ISO e PAS 220 (segurança de alimentos); OHSAS (segurança e saúde ocupacional). As regras do Sistema da Qualidade da Coca-Cola Brasil (SQCC) incorporam padrões internacionalmente reconhecidos para qualidade, segurança e meio ambiente. Sistema Coca-Cola Brasil Geração de valor 22 para ampliar as regras na área de segurança de alimentos, complementando a ISO Para assegurar a qualidade, sempre que selecionamos fornecedores de matérias-primas, realizamos um processo de homologação no qual é verificado, por exemplo, se esses futuros parceiros se ajustam às regras de qualidade de produtos e de responsabilidade social. As regras do Sistema da Qualidade da Coca-Cola Brasil (SQCC) incorporam padrões internacionalmente reconhecidos para qualidade, segurança e meio ambiente, além de estabelecer os requisitos para os processos de aquisição, terceirização e gerenciamento de fornecedores. Contamos, ainda, com o Supplier Maturity Continuum (SMC), ferramenta de gestão de auditorias de qualidade, certificações, normas internacionais e avaliação de satisfação dos fabricantes em relação aos fornecedores. Outro importante termômetro para o monitoramento da qualidade dos nossos produtos é o nosso Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC), responsável pelo atendimento de 1 milhão de contatos por ano, por meio de ligações telefônicas e via Internet. Para atender ao desafio de assegurar um padrão único de qualidade, realizamos, regularmente, treinamentos com os gestores das fábricas para ampliar a qualificação nas áreas de qualidade, meio ambiente, segurança no trabalho, saúde ocupacional e segurança de alimentos. Incentivo à excelência Adotar critérios de excelência para avaliar nosso desempenho é uma forma de buscar permanentemente o aperfeiçoamento. Por isso, nosso Sistema de Qualidade procura atender aos requisitos do Prêmio Nacional da Qualidade, promovido pela Fundação Nacional da Qualidade (FNQ). Mais que uma premiação reconhecida mundialmente, a iniciativa cumpre, para o Sistema Coca-Cola Brasil, a função de elevar o nível de exigência de nossas práticas. Em 2009, a fabricante Brasal Refrigerantes, que atua em parte do Centro-Oeste e de Minas Gerais, foi uma das quatro vencedoras nacionais do PNQ. Já a nossa Diretoria de Qualidade promove anualmente, desde 1998, o Prêmio Qualidade, com o objetivo de incentivar os fornecedores do Sistema a promover avanços na área de qualidade dos produtos vendidos às fábricas, como ingredientes e materiais de embalagem, e dos equipamentos de mercado ou serviços de produção (co-packing). Eles desempenham papel fundamental na garantia da qualidade e da integridade das bebidas. RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE 2009

RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE 2008/2010. Vonpar - Divisão Bebidas

RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE 2008/2010. Vonpar - Divisão Bebidas RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE 200/200 Neste documento você terá o extrato em números dos dados contidos no Relatório de Sustentabilidade 200/200 da Vonpar. Conforme a versão digital animada (disponível

Leia mais

POLÍTICAS DE GESTÃO PROCESSO DE SUSTENTABILIDADE

POLÍTICAS DE GESTÃO PROCESSO DE SUSTENTABILIDADE POLÍTICAS DE GESTÃO PROCESSO DE SUSTENTABILIDADE 1) OBJETIVOS - Apresentar de forma transparente as diretrizes de sustentabilidade que permeiam a estratégia e a gestão; - Fomentar e apoiar internamente

Leia mais

Promover um ambiente de trabalho inclusivo que ofereça igualdade de oportunidades;

Promover um ambiente de trabalho inclusivo que ofereça igualdade de oportunidades; POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE OBJETIVO Esta Política tem como objetivos: - Apresentar as diretrizes de sustentabilidade que permeiam a estratégia e a gestão; - Fomentar e apoiar internamente as inovações

Leia mais

S U S T E N T A B I L I D A D E

S U S T E N T A B I L I D A D E S U S T E N T A B I L I D A D E Encontro ILSI Brasil: Sua EMPRESA É SUSTENTÁVEL? Dez 12 I L T O N A Z E V E D O D I R. S R A E M E I O A M B I E N T E C O C A - C O L A B R A S I L NOSSA MISSÃO Refrescar

Leia mais

Plano de Sustentabilidade da Unilever

Plano de Sustentabilidade da Unilever Unilever Plano de Sustentabilidade da Unilever Eixo temático Governança Principal objetivo da prática Para a Unilever, o crescimento sustentável e lucrativo requer os mais altos padrões de comportamento

Leia mais

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR Cada um de nós, na vida profissional, divide com a Essilor a sua responsabilidade e a sua reputação. Portanto, devemos conhecer e respeitar os princípios que se aplicam a todos.

Leia mais

ANEXO 2 Estrutura Modalidade 1 ELIS PMEs PRÊMIO ECO - 2015

ANEXO 2 Estrutura Modalidade 1 ELIS PMEs PRÊMIO ECO - 2015 ANEXO 2 Estrutura Modalidade 1 ELIS PMEs PRÊMIO ECO - 2015 Critérios Descrições Pesos 1. Perfil da Organização Breve apresentação da empresa, seus principais produtos e atividades, sua estrutura operacional

Leia mais

Política de Sustentabilidade

Política de Sustentabilidade Política de Sustentabilidade Síntese O Compromisso ALIANSCE para a Sustentabilidade demonstra o nosso pacto com a ética nos negócios, o desenvolvimento das comunidades do entorno de nossos empreendimentos,

Leia mais

FUNDAMENTOS DA GESTÃO

FUNDAMENTOS DA GESTÃO A Ultrapar realizou em 2011 um programa de comunicação e disseminação do tema sustentabilidade entre seus colaboradores, com uma série de iniciativas voltadas para o engajamento e treinamento das pessoas.

Leia mais

Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão

Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão Introdução A consulta a seguir é um novo passo em direção às melhores práticas

Leia mais

PRÊMIO. Identificação da Empresa: Viação Águia Branca S/A. Identificação da Experiência: Preservar é Reduzir, Reutilizar e Reciclar

PRÊMIO. Identificação da Empresa: Viação Águia Branca S/A. Identificação da Experiência: Preservar é Reduzir, Reutilizar e Reciclar PRÊMIO 2012 Identificação da Empresa: Viação Águia Branca S/A Identificação da Experiência: Preservar é Reduzir, Reutilizar e Reciclar Data ou Período de Aplicação da Experiência: 2011 e 2012 Categoria

Leia mais

GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGUROS

GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGUROS GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGUROS 2015 E m um período de profundas mudanças socioambientais, torna-se ainda mais estratégico incluir a sustentabilidade

Leia mais

Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão

Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão Atuação da Organização 1. Qual(is) o(s) setor(es) de atuação da empresa? (Múltipla

Leia mais

Brasil Food Trends 2020 Usando as tendências para alavancar a indústria de alimentos e bebidas

Brasil Food Trends 2020 Usando as tendências para alavancar a indústria de alimentos e bebidas Brasil Food Trends 2020 Usando as tendências para alavancar a indústria de alimentos e bebidas Marco Simões Vice-Presidente Tendências e pesquisas Nossas pesquisas corroboram os dados da pesquisa BFT Tendências

Leia mais

Política de Responsabilidade Socioambiental

Política de Responsabilidade Socioambiental Política de Responsabilidade Socioambiental SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 OBJETIVO... 3 3 DETALHAMENTO... 3 3.1 Definições... 3 3.2 Envolvimento de partes interessadas... 4 3.3 Conformidade com a Legislação

Leia mais

Balanço Sustentável. Balanço Sustentável

Balanço Sustentável. Balanço Sustentável Balanço Sustentável ÍNDICE SUSTENTABILIDADE PARA A SONDA IT...03 PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS...05 CONHEÇA AS AÇÕES SUSTENTÁVEIS DA SEDE DA SONDA IT...06 DATA CENTER PRÓPRIO...13 ASPECTOS AMBIENTAIS...15 Sustentabilidade

Leia mais

VII Recicle CEMPRE. Ricardo Rolim. Diretor de Relações Sociambientais 08/Nov/2011

VII Recicle CEMPRE. Ricardo Rolim. Diretor de Relações Sociambientais 08/Nov/2011 VII Recicle CEMPRE Ricardo Rolim Diretor de Relações Sociambientais 08/Nov/2011 Quem somos Ambev 4ª maior cervejaria no mundo 3ª marca mais consumida no mundo (Skol) Líder absoluto no segmento guaraná

Leia mais

NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES

NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES Por cerca de 50 anos, a série Boletim Verde descreve como a John Deere conduz os negócios e coloca seus valores em prática. Os boletins eram guias para os julgamentos e as

Leia mais

Diretrizes de Sustentabilidade Carelink

Diretrizes de Sustentabilidade Carelink 1 Para a, o que é sustentabilidade? É a forma mais eficaz para alcançarmos resultados consistentes, buscando soluções integradas que envolvam aspectos sociais, tecnológicos, econômicos e ambientais, de

Leia mais

Política de Responsabilidade Socioambiental

Política de Responsabilidade Socioambiental Publicado em: 27/02/2015 Válido até: 26/02/2020 Política de Responsabilidade Socioambiental 1. SUMÁRIO 2 2. OBJETIVO 2 3. ABRANGÊNCIA 2 4. IMPLEMENTAÇÃO 2 5. DETALHAMENTO 2 5.1. Definições 3 5.2. Envolvimento

Leia mais

Seminário Sustentabilidade Os Desafios do Desenvolvimento

Seminário Sustentabilidade Os Desafios do Desenvolvimento Seminário Sustentabilidade Os Desafios do Desenvolvimento Quem somos Ambev 4ª maior cervejaria no mundo 3ª marca mais consumida no mundo (Skol) Líder absoluto no segmento guaraná (Guaraná Antarctica) Maior

Leia mais

PROGRAMA COMPLIANCE VC

PROGRAMA COMPLIANCE VC Seguir as leis e regulamentos é ótimo para você e para todos. Caro Colega, É com satisfação que compartilho esta cartilha do Programa Compliance VC. Elaborado com base no nosso Código de Conduta, Valores

Leia mais

PROGRAMA DE ADOÇÃO DE PRINCÍPIOS SOCIOAMBIENTAIS

PROGRAMA DE ADOÇÃO DE PRINCÍPIOS SOCIOAMBIENTAIS A Copagaz A Copagaz, primeira empresa do Grupo Zahran, iniciou suas atividades em 1955 distribuindo uma tonelada de Gás Liquefeito de Petróleo - GLP por dia nos estados de São Paulo, Mato Grosso e Mato

Leia mais

Performance com Propósito. A promessa da PepsiCo

Performance com Propósito. A promessa da PepsiCo Performance com Propósito A promessa da PepsiCo Performance com Propósito A promessa da PepsiCo Na PepsiCo, Performance com Propósito significa gerar crescimento sustentável através do investimento em

Leia mais

DELOITE TOUCHE TOHMATSU Código PO-SIGA POLITICA CORPORATIVA Revisão 02

DELOITE TOUCHE TOHMATSU Código PO-SIGA POLITICA CORPORATIVA Revisão 02 Pagina 1/6 ÍNDICE 1. OBJETIVO...3 2. ABRANGÊNCIA / APLICAÇÃO...3 3. REFERÊNCIAS...3 4. DEFINIÇÕES...3 5. DIRETRIZES E RESPONSABILIDADES...4 5.1 POLITICAS...4 5.2 COMPROMISSOS...4 5.3 RESPONSABILIDADES...5

Leia mais

DIRETRIZES PARA UM FORNECIMENTO SUSTENTÁVEL

DIRETRIZES PARA UM FORNECIMENTO SUSTENTÁVEL DIRETRIZES PARA UM FORNECIMENTO SUSTENTÁVEL APRESENTAÇÃO A White Martins representa na América do Sul a Praxair, uma das maiores companhias de gases industriais e medicinais do mundo, com operações em

Leia mais

fazem bem e dão lucro

fazem bem e dão lucro Melhores práticas de fazem bem e dão lucro Banco Real dá exemplo na área ambiental e ganha reconhecimento internacional Reunidos em Londres, em junho deste ano, economistas e jornalistas especializados

Leia mais

POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE

POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE 1. OBJETIVO E ABRANGÊNCIA Esta Política tem como objetivos: Apresentar de forma transparente os princípios e as diretrizes de sustentabilidade que permeiam a estratégia e direcionam

Leia mais

Desenvolvimento da agenda sustentabilidade & negócios

Desenvolvimento da agenda sustentabilidade & negócios Desenvolvimento da agenda sustentabilidade & negócios Em 2013, a Duratex lançou sua Plataforma 2016, marco zero do planejamento estratégico de sustentabilidade da Companhia. A estratégia baseia-se em três

Leia mais

PRÊMIO GLP DE INOVAÇÃO E TECNOLOGIA. *Edição 2013*

PRÊMIO GLP DE INOVAÇÃO E TECNOLOGIA. *Edição 2013* PRÊMIO GLP DE INOVAÇÃO E TECNOLOGIA *Edição 2013* Participante: Cia Ultragaz S.A. Categoria: Infraestrutura Título Ultragaz na busca da excelência da Gestão Ultragaz na Busca da Excelência da Gestão Uma

Leia mais

FILOSOFIA EMPRESARIAL

FILOSOFIA EMPRESARIAL FILOSOFIA EMPRESARIAL FILOSOFIA EMPRESARIAL Bebidas S/A Troféu Prata FILOSOFIA EMPRESARIAL MISSÃO SACIAR NATURALMENTE A SEDE DOS GAÚCHOS. Bebidas S/A Troféu Prata FILOSOFIA EMPRESARIAL VISÃO QUEREMOS SER

Leia mais

PRINCÍPIOS E NORMAS DE CONDUTA EMPRESARIAL NA RELAÇÃO DE FURNAS COM SEUS FORNECEDORES

PRINCÍPIOS E NORMAS DE CONDUTA EMPRESARIAL NA RELAÇÃO DE FURNAS COM SEUS FORNECEDORES PRINCÍPIOS E NORMAS DE CONDUTA EMPRESARIAL NA RELAÇÃO DE FURNAS COM SEUS FORNECEDORES Outubro/2009 1/8 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 2. ABRANGÊNCIA 3. OBJETIVOS 4. CÓDIGO DE CONDUTA EMPRESARIAL 4.1 NORMAS DE CONDUTA

Leia mais

Relatório de Sustentabilidade 2014

Relatório de Sustentabilidade 2014 Relatório de Sustentabilidade 2014 Sumário Executivo Março de 2015 A Brasil Kirin Jovem, mas cheia de história A Brasil Kirin faz parte de um dos maiores grupos de bebidas do mundo, a japonesa Kirin Holdings

Leia mais

Relatório de Sustentabilidade 2014

Relatório de Sustentabilidade 2014 Relatório de Sustentabilidade 2014 Sumário Executivo Março de 2015 BrKirin_RAS2014_Compacta.indd 1 02/06/15 13:03 A Brasil Kirin Jovem, mas cheia de história A Brasil Kirin faz parte de um dos maiores

Leia mais

SUSTENTABILIDADE NAS CONCESSIONÁRIAS FIAT

SUSTENTABILIDADE NAS CONCESSIONÁRIAS FIAT SUSTENTABILIDADE NAS CONCESSIONÁRIAS FIAT EDITORIAL Desenvolvimento sustentável não é um tema novo para o Grupo Fiat. Atentas para o importante papel ocupado na sociedade e para os impactos causados pela

Leia mais

PRSA - POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL Julho/2015

PRSA - POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL Julho/2015 PRSA - POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL Julho/2015 RELATÓRIO DE ACESSO PÚBLICO Este Manual/Relatório foi elaborado pela ATIVA com fins meramente informativos. É proibida a reprodução total ou

Leia mais

O sucesso da política depende do forte comprometimento de cada um dos envolvidos no processo, de governo e empresas até consumidores.

O sucesso da política depende do forte comprometimento de cada um dos envolvidos no processo, de governo e empresas até consumidores. ECONOMIA - 19/08/14 BRIEFING DE POSICIONAMENTO SOBRE A POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS 1. CONTEXTO Posicionamento geral para quaisquer entrevistas realizadas no âmbito da terceira edição do projeto

Leia mais

Nome e contato do responsável pelo preenchimento deste formulário Luiz Antônio Jaeger (21) 9702 9194 luizantonio@parme.com.br parme@parme.com.

Nome e contato do responsável pelo preenchimento deste formulário Luiz Antônio Jaeger (21) 9702 9194 luizantonio@parme.com.br parme@parme.com. PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueador Pleno Dados da empresa Razão Social Franquipar Franqueadora e Licenciadora de Marcas Ltda. Nome fantasia Parmê

Leia mais

ISO 26000: Diretrizes sobre Responsabilidade Social

ISO 26000: Diretrizes sobre Responsabilidade Social ISO 26000: Diretrizes sobre Responsabilidade Social Características essenciais de Responsabilidade Social Incorporação por parte da organização de considerações sociais e ambientais nas suas decisões tornando-se

Leia mais

Carbon Disclosure Project Supply Chain CDP na cadeia de suprimentos

Carbon Disclosure Project Supply Chain CDP na cadeia de suprimentos w Gestão Ambiental na Sabesp Workshop Carbon Disclosure Project Supply Chain CDP na cadeia de suprimentos Sup. Wanderley da Silva Paganini São Paulo, 05 de maio de 2011. Lei Federal 11.445/07 Lei do Saneamento

Leia mais

PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGURO GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE

PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGURO GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGURO 2014 GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE O modelo de Gestão da Sustentabilidade do GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE é focado no desenvolvimento de

Leia mais

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS Versão 2.0 09/02/2015 Sumário 1 Objetivo... 3 1.1 Objetivos Específicos... 3 2 Conceitos... 4 3 Princípios... 5 4 Diretrizes... 5 4.1

Leia mais

Posição da indústria química brasileira em relação ao tema de mudança climática

Posição da indústria química brasileira em relação ao tema de mudança climática Posição da indústria química brasileira em relação ao tema de mudança climática A Abiquim e suas ações de mitigação das mudanças climáticas As empresas químicas associadas à Abiquim, que representam cerca

Leia mais

Norma Permanente 4.1. GOVERNANÇA E GESTÃO 4.2. PRINCÍPIOS 4.3. INVESTIMENTO SOCIAL PRIVADO E INCENTIVADO

Norma Permanente 4.1. GOVERNANÇA E GESTÃO 4.2. PRINCÍPIOS 4.3. INVESTIMENTO SOCIAL PRIVADO E INCENTIVADO Resumo: Reafirma o comportamento socialmente responsável da Duratex. Índice 1. OBJETIVO 2. ABRANGÊNCIA 3. DEFINIÇÕES 3.1. PARTE INTERESSADA 3.2. ENGAJAMENTO DE PARTES INTERESSADAS 3.3. IMPACTO 3.4. TEMAS

Leia mais

Política de Saúde, Segurança e Meio Ambiente

Política de Saúde, Segurança e Meio Ambiente Política de Saúde, Segurança e Meio Ambiente Política Global Novartis 1 de março de 2014 Versão HSE 001.V1.PT 1. Introdução Na Novartis, nossa meta é ser líder em Saúde, Segurança e Meio Ambiente (HSE).

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DO EVENTO

PROGRAMAÇÃO DO EVENTO PROGRAMAÇÃO DO EVENTO Dia 08/08 // 09h00 12h00 PLENÁRIA Nova economia: includente, verde e responsável Nesta plenária faremos uma ampla abordagem dos temas que serão discutidos ao longo de toda a conferência.

Leia mais

MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE

MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE Sustentabilidade significa permanecer vivo. Somos mais de 7 bilhões de habitantes e chegaremos a 9 bilhões em 2050, segundo a ONU. O ambiente tem limites e é preciso fazer

Leia mais

Desde a criação do programa, a New Age implementou e tem monitorado diversas ações com foco ambiental, social e econômico.

Desde a criação do programa, a New Age implementou e tem monitorado diversas ações com foco ambiental, social e econômico. Faz parte da vontade da diretoria da New Age contribuir socialmente para um mundo melhor, mais justo e sustentável. Acreditamos que através da educação e com a experiência que temos, transportando tantos

Leia mais

LANXESS AG. Rainier van Roessel Membro da Diretoria. Sustentabilidade em Borrachas: Hoje e Amanhã. Painel 1 Discurso de Abertura

LANXESS AG. Rainier van Roessel Membro da Diretoria. Sustentabilidade em Borrachas: Hoje e Amanhã. Painel 1 Discurso de Abertura LANXESS AG Rainier van Roessel Membro da Diretoria Sustentabilidade em Borrachas: Hoje e Amanhã Painel 1 Discurso de Abertura LANXESS Rubber Day São Paulo (Favor verificar em relação à apresentação) 23

Leia mais

Uso Sustentável e Conservação de Água na Indústria de Bebidas AmBev Filial Jaguariúna

Uso Sustentável e Conservação de Água na Indústria de Bebidas AmBev Filial Jaguariúna Uso Sustentável e Conservação de Água na Indústria de Bebidas AmBev Filial Jaguariúna Miguel Borduque (1) Geólogo - cgmbo@ambev.com.br (12) 3954-3343 Fax + 55 (019) 3954 3286 Marcio Roberto Maran (2) Gerente

Leia mais

A Academia está alinhada também aos Princípios para Sustentabilidade em Seguros UNPSI, coordenados pelo UNEP/FI órgão da ONU dedicado às questões da

A Academia está alinhada também aos Princípios para Sustentabilidade em Seguros UNPSI, coordenados pelo UNEP/FI órgão da ONU dedicado às questões da - 1 - Prêmio CNSeg 2012 Empresa: Grupo Segurador BBMAPFRE Case: Academia de Sustentabilidade BBMAPFRE Introdução A Academia de Sustentabilidade BBMAPFRE foi concebida em 2009 para disseminar o conceito

Leia mais

Consumo Consciente Energia Elétrica

Consumo Consciente Energia Elétrica Consumo Consciente Energia Elétrica Agosto 2010 Planeta SUSTENTABILIDADE NO CONSUMO Incentivo ao consumo responsável e consciente IMPORTÂNCIA DA ENERGIA PARA O GRUPO Compra energia elétrica de 23 concessionárias

Leia mais

Unindo forças por um mesmo objetivo

Unindo forças por um mesmo objetivo Unindo forças por um mesmo objetivo Seguindo o conceito do programa em fomentar iniciativas de coleta e reciclagem, a parceria vai ampliar a atuação do Programa de Reciclagem do Óleo de Fritura (PROL),

Leia mais

Conhecendo a Fundação Vale

Conhecendo a Fundação Vale Conhecendo a Fundação Vale 1 Conhecendo a Fundação Vale 2 1 Apresentação Missão Contribuir para o desenvolvimento integrado econômico, ambiental e social dos territórios onde a Vale atua, articulando e

Leia mais

CORRELAÇÃO COM OUTRAS INICIATIVAS

CORRELAÇÃO COM OUTRAS INICIATIVAS CORRELAÇÃO COM OUTRAS INICIATIVAS do conteúdo dos Indicadores Ethos com outras iniciativas Com a evolução do movimento de responsabilidade social e sustentabilidade, muitas foram as iniciativas desenvolvidas

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA PI.001.00000000 A - 04 de Junho de 2014

CÓDIGO DE ÉTICA PI.001.00000000 A - 04 de Junho de 2014 CÓDIGO DE ÉTICA PI.001.00000000 A - 04 de Junho de 2014 PALAVRA DA DIRETORIA Apresentamos, com muito prazer, o do Grupo Galvão, que foi elaborado de maneira participativa com representantes dos colaboradores

Leia mais

Políticas Públicas Resíduos e Reciclagem. Sérgio Henrique Forini

Políticas Públicas Resíduos e Reciclagem. Sérgio Henrique Forini Políticas Públicas Resíduos e Reciclagem. Sérgio Henrique Forini O lixo é conhecido como os restos das atividades humanas considerados inúteis, indesejáveis e descartáveis. No entanto, separado nos seus

Leia mais

Código. de Conduta do Fornecedor

Código. de Conduta do Fornecedor Código de Conduta do Fornecedor 03/2014 Índice 1. Considerações... 03 2. Decisões... 04 3. Diretrizes... 05 3.1. Quanto à Integridade nos Negócios... 05 3.2. Quanto aos Direitos Humanos Universais... 06

Leia mais

"PANORAMA DA COLETA SELETIVA DE LIXO NO BRASIL"

PANORAMA DA COLETA SELETIVA DE LIXO NO BRASIL Reciclagem e Valorizaçã ção o de Resíduos Sólidos S - Meio Ambiente UNIVERSIDADE DE SÃO S O PAULO "PANORAMA DA COLETA SELETIVA DE LIXO NO BRASIL" Associação sem fins lucrativos, o CEMPRE se dedica à promoção

Leia mais

Café com Responsabilidade. Sustentabilidade: a competência empresarial do futuro. Vitor Seravalli

Café com Responsabilidade. Sustentabilidade: a competência empresarial do futuro. Vitor Seravalli Café com Responsabilidade Sustentabilidade: a competência empresarial do futuro Vitor Seravalli Manaus, 11 de Abril de 2012 Desafios que o Mundo Enfrenta Hoje Crescimento Populacional Desafios que o Mundo

Leia mais

Política Obrigatória Fevereiro 2013. A Política da Nestlé sobre Sustentabilidade Ambiental

Política Obrigatória Fevereiro 2013. A Política da Nestlé sobre Sustentabilidade Ambiental Política Obrigatória Fevereiro 2013 A Política da Nestlé sobre Sustentabilidade Ambiental Política Obrigatória Fevereiro 2013 Autor/ Departamento Segurança, Saúde e Sustentabilidade Ambiental Público-alvo

Leia mais

Melhoria do desempenho ambiental - implementação do Sistema de Gestão Ambiental

Melhoria do desempenho ambiental - implementação do Sistema de Gestão Ambiental Melhoria do desempenho ambiental - implementação do Sistema de Gestão Ambiental 1 Melhoria do desempenho ambiental implementação do Sistema de Gestão Ambiental A Caixa Geral de Depósitos (CGD) tem implementado

Leia mais

#ElesPorElas. Movimento ElesPorElas (HeForShe) de Solidariedade da ONU Mulheres pela Igualdade de Gênero Impactando Universidades

#ElesPorElas. Movimento ElesPorElas (HeForShe) de Solidariedade da ONU Mulheres pela Igualdade de Gênero Impactando Universidades #ElesPorElas Movimento ElesPorElas (HeForShe) de Solidariedade da ONU Mulheres pela Igualdade de Gênero Impactando Universidades ElesPorElas Criado pela ONU Mulheres, a Entidade das Nações Unidas para

Leia mais

Compromissos de Sustentabilidade. Coelce

Compromissos de Sustentabilidade. Coelce Compromissos de Sustentabilidade Coelce ÍNDICE 5 5 5 6 6 6 7 8 8 9 INTRODUÇÃO 1. DIRECIONADORES DAS RELAÇÕES E AÇÕES 1.1 Valores 1.2 Política de Sustentabilidade 2. COMPROMISSOS INSTITUCIONAIS 2.1 Pacto

Leia mais

RELATÓRIO DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COE INSTITUTO BRASILEIRO DE PESQUISA E GESTÃO DE CARBONO CO2 ZERO

RELATÓRIO DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COE INSTITUTO BRASILEIRO DE PESQUISA E GESTÃO DE CARBONO CO2 ZERO RELATÓRIO DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COE INSTITUTO BRASILEIRO DE PESQUISA E GESTÃO DE CARBONO CO2 ZERO DECLARAÇÃO DE APOIO CONTÍNUO DO DIRETOR PRESIDENTE Brasília-DF, 29 de outubro de 2015 Para as partes

Leia mais

Sumário. p.3. 1 I SUEZ environnement. p.8. 2 I SUEZ environnement, pronta a revolução dos recursos. p.14

Sumário. p.3. 1 I SUEZ environnement. p.8. 2 I SUEZ environnement, pronta a revolução dos recursos. p.14 Apresentação corporativa Março de 2015 Sumário 1 I SUEZ environnement Pontos chaves e figuras 2 I SUEZ environnement, pronta a revolução dos recursos Estamos prestes a começar a revolução dos recursos

Leia mais

RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL NO SETOR SUCROALCOOLEIRO

RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL NO SETOR SUCROALCOOLEIRO CANA SUL 2008 RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL NO SETOR SUCROALCOOLEIRO Maria Luiza Barbosa Campo Grande, 23 de agosto de 2008 RESPONSABILIDADE SOCIAL EMPRESARIAL É a forma de gestão que se define pela

Leia mais

Relatório de avaliação dos compromissos assumidos com o Pacto Global

Relatório de avaliação dos compromissos assumidos com o Pacto Global Relatório de avaliação dos compromissos assumidos com o Pacto Global 07/06/2013 Sumário 1. O Pacto Global... 3 2. A Klabin e o Pacto Global... 5 3. Avaliação das iniciativas da Klabin para o cumprimento

Leia mais

Projeto de Incentivo à Reciclagem

Projeto de Incentivo à Reciclagem Projeto de Incentivo à Reciclagem Boas Práticas em Meio Ambiente Apresentação: O objetivo do seguinte projeto tem a finalidade de auxiliar a implementação da Coleta Seletiva e posteriormente envio para

Leia mais

CURSO DE DESIGN DE EMBALAGENS. São Paulo/2013 Assunta Camilo

CURSO DE DESIGN DE EMBALAGENS. São Paulo/2013 Assunta Camilo CURSO DE DESIGN DE EMBALAGENS São Paulo/2013 Assunta Camilo Sustentabilidade Preocupação real com o final Conceito dos R s (reduzir, reutilizar, reciclar, reaproveitar, recusar, retornar, refilar, recuperar,

Leia mais

Governança Corporativa, Responsabilidade Ambiental e Social. Prof. Wellington

Governança Corporativa, Responsabilidade Ambiental e Social. Prof. Wellington Governança Corporativa, Responsabilidade Ambiental e Social Prof. Wellington APRESENTAÇÃO AULA 1 Wellington Prof de pós-graduação na USJT desde 2003 Sócio diretor da WP projetos e produções Coordenador

Leia mais

Regulamento do Prêmio Petrobras SMES - IV Edição

Regulamento do Prêmio Petrobras SMES - IV Edição Regulamento do Prêmio Petrobras SMES - IV Edição A atitude sustentável faz a diferença! 1. Apresentação Ser sustentável é agir a favor da vida, da dignidade humana, da sobrevivência de todos os seres vivos,

Leia mais

Copa do Mundo da FIFA 2014. Estratégia de Sustentabilidade - Conceito

Copa do Mundo da FIFA 2014. Estratégia de Sustentabilidade - Conceito Copa do Mundo da FIFA 2014 Estratégia de Sustentabilidade - Conceito Versão 2 maio de 2012 PREFÁCIO A Copa do Mundo da FIFA é a maior competição esportiva de uma única modalidade do planeta e o impacto

Leia mais

Sustentabilidade Corporativa na Economia Mundial

Sustentabilidade Corporativa na Economia Mundial Sustentabilidade Corporativa na Economia Mundial NAÇÕES UNIDAS PACTO GLOBAL O que é o Pacto Global da ONU? Nunca houve um alinhamento tão perfeito entre os objetivos da comunidade internacional e os do

Leia mais

Categoria Fornecedor

Categoria Fornecedor PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2013 Dados da empresa FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Fornecedor Razão Social: Patrus Transportes Urgentes Ltda Nome Fantasia: Patrus Transportes Data de fundação:

Leia mais

Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global

Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global Exportações de açúcar da empresa devem aumentar 86% na safra 2009/2010 A Copersucar completa

Leia mais

Código de. Ética e Conduta. de Fornecedores

Código de. Ética e Conduta. de Fornecedores Código de Ética e Conduta de Fornecedores Fev/2012 Caro Fornecedor, Palavra do Presidente Este Código de Ética e Conduta de Fornecedores busca orientá-lo sobre as diretrizes da relação entre a Cielo e

Leia mais

Gestão de Emissões de Gases de Efeito Estufa. Fabio Abdala Gerente de Sustentabilidade, ALCOA

Gestão de Emissões de Gases de Efeito Estufa. Fabio Abdala Gerente de Sustentabilidade, ALCOA Gestão de Emissões de Gases de Efeito Estufa Fabio Abdala Gerente de Sustentabilidade, ALCOA 2º. DEBATE SOBRE MINERAÇÃO TJ/PA e PUC/SP Tribunal de Justiça do Pará - Belém, 30/09/2011 Gestão Estratégica

Leia mais

Sustentabilidade nos Negócios

Sustentabilidade nos Negócios Sustentabilidade nos Negócios Apresentação O programa Gestão Estratégica para a Sustentabilidade foi oferecido pelo Uniethos por nove anos. Neste período os temas ligados à sustentabilidade começam a provocar

Leia mais

PROGRAMA CIDADES SUSTENTÁVEIS

PROGRAMA CIDADES SUSTENTÁVEIS PROGRAMA CIDADES SUSTENTÁVEIS 2014 1 Índice 1. Contexto... 3 2. O Programa Cidades Sustentáveis (PCS)... 3 3. Iniciativas para 2014... 5 4. Recursos Financeiros... 9 5. Contrapartidas... 9 2 1. Contexto

Leia mais

Sustentabilidade no Grupo Boticário. Atuação com a Rede de Franquias

Sustentabilidade no Grupo Boticário. Atuação com a Rede de Franquias Sustentabilidade no Grupo Boticário Atuação com a Rede de Franquias Mais de 6.000 colaboradores. Sede (Fábrica e Escritórios) em São José dos Pinhais (PR) Escritórios em Curitiba (PR) e São Paulo (SP).

Leia mais

Preâmbulo. resultado econômico, ao mesmo tempo em que protege o meio ambiente e melhora a qualidade de vida das pessoas com as quais interage.

Preâmbulo. resultado econômico, ao mesmo tempo em que protege o meio ambiente e melhora a qualidade de vida das pessoas com as quais interage. Preâmbulo Para a elaboração da Política de Sustentabilidade do Sicredi, foi utilizado o conceito de Sustentabilidade proposto pela abordagem triple bottom line (TBL), expressão que reúne simultaneamente

Leia mais

PRODUÇÃO INDUSTRIAL CRESCIMENTO ECONÔMICO

PRODUÇÃO INDUSTRIAL CRESCIMENTO ECONÔMICO UNIVERSIDADE DE CAIAS DO SUL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO MESTRADO EM ADMINISTRAÇÃO Produção mais Limpa: O Caso do Arranjo Produtivo Local Metal-Mecânico Mecânico Automotivo da Serra Gaúcha Eliana Andréa

Leia mais

1. DIRECIONADORES DAS RELAÇÕES E AÇÕES

1. DIRECIONADORES DAS RELAÇÕES E AÇÕES 1 A Endesa Brasil é uma das principais multinacionais privadas do setor elétrico no País com ativos nas áreas de distribuição, geração, transmissão e comercialização de energia elétrica. A companhia está

Leia mais

Plataforma Ambiental para o Brasil

Plataforma Ambiental para o Brasil Plataforma Ambiental para o Brasil A Plataforma Ambiental para o Brasil é uma iniciativa da Fundação SOS Mata Atlântica e traz os princípios básicos e alguns dos temas que deverão ser enfrentados na próxima

Leia mais

Perguntas e Respostas Prêmio Petrobras SMES IV Edição

Perguntas e Respostas Prêmio Petrobras SMES IV Edição Perguntas e Respostas Prêmio Petrobras SMES IV Edição 1. Qual o objetivo do Prêmio Petrobras SMES IV Edição? O Prêmio Petrobras SMES IV Edição tem por objetivo estimular a força de trabalho da Companhia

Leia mais

Bolsa de Valores de São Paulo - BOVESPA. Comunicação de Progresso - 2006

Bolsa de Valores de São Paulo - BOVESPA. Comunicação de Progresso - 2006 Bolsa de Valores de São Paulo - BOVESPA Comunicação de Progresso - 2006 Quem somos: Número de funcionários: 781 Número de empresas listadas: 391 Volume financeiro diário: R$ 2,4 bilhões Market Cap: R$

Leia mais

PROJETO TEMÁTICO Campanha de divulgação Do Programa de Responsabilidade Socioambiental do TJDFT VIVER DIREITO

PROJETO TEMÁTICO Campanha de divulgação Do Programa de Responsabilidade Socioambiental do TJDFT VIVER DIREITO PROJETO TEMÁTICO Campanha de divulgação Do Programa de Responsabilidade Socioambiental do TJDFT VIVER DIREITO OBJETIVO A campanha teve por objetivo implantar na Instituição a cultura da responsabilidade

Leia mais

Prêmio por um País s Melhor REAPROVEITAMENTO DE ÁGUA DE PROCESSO

Prêmio por um País s Melhor REAPROVEITAMENTO DE ÁGUA DE PROCESSO Prêmio por um País s Melhor REAPROVEITAMENTO DE ÁGUA DE PROCESSO INTRODUÇÃO A Planta de Jundiaí, localizada numa região estratégica que proporciona o abastecimento da região com maior concentração de consumidores

Leia mais

USO ESTRATÉGICO DA ÁGUA: DESAFIOS E OPORTUNIDADES

USO ESTRATÉGICO DA ÁGUA: DESAFIOS E OPORTUNIDADES USO ESTRATÉGICO DA ÁGUA: DESAFIOS E OPORTUNIDADES Pontos Principais... A Sabesp tem compromisso com a política pública e com critérios de eficiência de mercado O novo marco regulatório do saneamento encerra

Leia mais

Código de Conduta Fornecedor Código de Conduta do Fornecedor Brasil Kirin

Código de Conduta Fornecedor Código de Conduta do Fornecedor Brasil Kirin Código de Conduta Fornecedor Código de Conduta do Fornecedor Brasil Kirin 1 Código de Conduta do Fornecedor Brasil Kirin Introdução O objetivo deste Código de Conduta é orientar os nossos fornecedores

Leia mais

Informação de Imprensa

Informação de Imprensa Informação de Imprensa L Fundação Espaço ECO produz e dissemina conhecimento por meio da Educação para a Sustentabilidade Organização promove a transformação socioambiental de pessoas, organizações e sistemas

Leia mais

Nota técnica Março/2014

Nota técnica Março/2014 Nota técnica Março/2014 Sistemas de Saneamento no Brasil - Desafios do Século XXI João Sergio Cordeiro O Brasil, no final do ano de 2013, possuía população de mais de 200 milhões de habitantes distribuídos

Leia mais

Vida Segura Empresarial Bradesco:

Vida Segura Empresarial Bradesco: PRÊMIO ANSP 2005 Vida Segura Empresarial Bradesco: A democratização do acesso ao Seguro de Vida chega às Micro e Pequenas Empresas. 1 SUMÁRIO 1. Sinopse 3 2. Introdução 4 3. O desafio de ser o pioneiro

Leia mais

Política Ambiental das Empresas Eletrobras

Política Ambiental das Empresas Eletrobras Política Ambiental das Empresas Eletrobras Versão 2.0 16/05/2013 Sumário 1 Objetivo... 3 2 Princípios... 3 3 Diretrizes... 3 3.1 Diretrizes Gerais... 3 3.1.1 Articulação Interna... 3 3.1.2 Articulação

Leia mais

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey Executivos em todos os níveis consideram que a sustentabilidade tem um papel comercial importante. Porém, quando se trata

Leia mais

NOVAQUEST. A vida é cheia de cobranças, deixe as suas conosco.

NOVAQUEST. A vida é cheia de cobranças, deixe as suas conosco. A vida é cheia de cobranças, deixe as suas conosco. NOVAQUEST Apresentação da Empresa A NovaQuest é uma empresa especializada em serviços de recuperação de crédito e atendimento ao cliente. Temos o intuito

Leia mais

Site Terra, 05 de Junho de 2013

Site Terra, 05 de Junho de 2013 Site Terra, 05 de Junho de 2013 Mesmo com data para acabar, lixões subsistem no Brasil. Mais da metade dos municípios brasileiros não impõe a destinação adequada ao lixo. Assim, cerca de 75 mil toneladas

Leia mais

Política Syngenta de Responsabilidade Socioambiental

Política Syngenta de Responsabilidade Socioambiental Política Syngenta de Responsabilidade Socioambiental ÍNDICE Histórico da Syngenta...05 Introdução...07 Política Syngenta de Responsabilidade Socioambiental...08 Objetivos da Política Syngenta de Responsabilidade

Leia mais