Relatório de Empregabilidade 2010/2011. Licenciaturas e Mestrados Full-time

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Relatório de Empregabilidade 2010/2011. Licenciaturas e Mestrados Full-time"

Transcrição

1 Relatório de Empregabilidade 2010/2011 (ALUNOS QUE FINALIZARAM O CURSO EM 2009/2010) Licenciaturas e Mestrados Full-time 1

2 A. LICENCIATURAS 2009/ Informação Geral da amostra recolhida Género Média de Idades 3 2. Empregabilidade Dados Gerais de Empregabilidade Tempo de Procura de Emprego por Licenciatura Nível Salarial por Licenciatura Como teve acesso à oferta de Emprego Principais funções desempenhadas Função por Licenciatura 7 4. Universo das Empresas Recrutadoras Principais Empresas Empregadoras 9 B. MESTRADOS 2009/ Informação Geral da Amostra recolhida Género Média de Idades Média da Nota de Final de Mestrado Média da Nota Final de Licenciatura Empregabilidade Dados Gerais de Empregabilidade Tempo de Procura de Emprego por Mestrado Nível Salarial por Mestrado Como teve acesso à oferta de Emprego Principais funções desempenhadas Funções por Mestrado Universo das Empresas Recrutadoras Principais Empresas Empregadoras 18 2

3 O presente relatório de empregabilidade foi aplicado aos alunos que terminaram os respectivos cursos (Licenciatura e Mestrado) em 2009/2010, de forma a dar resposta aos relatórios de Bolonha, cujos dados devem reflectir a situação profissional dos alunos uma ano após o término do plano curricular. A. Licenciaturas 2009/ Informação Geral da amostra recolhida O presente relatório, elaborado durante o mês de Outubro, foi aplicado aos alunos que concluíram as Licenciaturas no ano lectivo 2009/2010. Desta forma, dos 352 alunos que concluíram a Licenciatura, obtivemos um total de 210 respostas, perfazendo um total de 60% de respostas. 1.1 Género Género % Feminino 56% Masculino 44% 1.2 Média de Idades A média de idades dos alunos inquiridos é de 23,2 anos. 3

4 2. Empregabilidade 2.1 Dados Gerais de Empregabilidade Licenciaturas Situação profissional dos alunos que concluíram a Licenciatura em 2009/2010 Em mobilidade de Empregados Continuaram para Mestrado carreira (À procura de nova situação profissional) Desempregados desde a Conclusão da Licenciatura Outra Situação Gestão 42% 55% 3% 0% 0% Finanças e Contabilidade 34% 55% 7% 0% 3% GRH 46% 50% 0% 4% 0% Marketing 46% 50% 4% 0% 0% GEI 44% 56% 0% 0% 0% Totais 42% 54% 3% 0,5% 0,5% 2.2 Tempo de Procura de Emprego por Licenciatura Licenciaturas Antes de Terminar Até 1 mês após o término 1 a 3 meses 3 a 6 meses 6 a 9 meses 9 a 12 meses Tempo Médio Gestão 46% 16% 16% 8% 2% 12% 1,94 Finanças e Contabilidade 60% 20% 10% 10% 0% 0% 0,8 GRH 23% 23% 23% 15% 8% 8% 0,66 Marketing 42% 25% 25% 8% 0% 0% 2,38 GEI 0% 43% 14% 14% 14% 14% 3,8 Totais 40% 21% 17% 10% 3% 9% 1,83 4

5 2.3 Nível Salarial por Licenciatura Licenciaturas Não remunerado 100 a a 600 Nível Salarial por Licenciatura 600 a 900 a a a a 2500 Gestão 4% 2% 8% 24% 44% 16% 2% 0% Finanças e Contabilidade 0% 0% 10% 30% 20% 40% 0% 0% GRH 15% 8% 15% 38% 23% 0% 0% 0% Marketing 0% 0% 17% 25% 33% 8% 8% 8% GEI 0% 0% 0% 14% 86% 0% 0% 0% Totais 4% 2% 10% 26% 40% 14% 2% 1% 2.4 Como teve acesso à oferta de Emprego Como teve acesso à oferta de emprego Candidatura espontânea 5% Meios comunicação social 11% Rede de conhecimentos pessoais 18% Career Forum 7% Anúncios Site IBS 32% Contactado pela empresa 27% 5

6 2.5 Principais funções desempenhadas Profissão Auditor 17% Consultor 16% Técnico/Especialista em vendas, marketing e relações públicas 14% Técnico/Especialista em finanças e contabilidade (TOC, ROC e outros) 11% Técnico/Especialista em recursos humanos 8% Técnico/Especialista em organização administrativa 7% Apoio directo a clientes (Atendimento) 3% Comercial / Vendedor 3% Técnico/Especialista de aprovisionamento, armazém, de serviços de apoio à produção e transportes 3% Técnico/especialista em Controlo de Gestão 3% Trainee 3% Técnico/Especialista em Gestão de Risco 2% Analista 1% Coordenador de Actividades de Gestão Urbana 1% Director geral e gestor executivo, de empresas 1% Formador 1% Gestor de Inovação 1% Gestor de produto 1% Professor 1% Técnico/Especialista em tecnologias de informação e comunicação (TIC) 1% 6

7 2.5.1 Função por Licenciatura Gestão - Função % Auditor 18% Consultor 16% Técnico/Especialista em finanças e contabilidade (TOC, ROC e outros) 14% Técnico/Especialista em vendas, marketing e relações públicas 12% Técnico/Especialista em organização administrativa 8% Apoio directo a clientes (Atendimento) 6% Comercial / Vendedor 6% Técnico/especialista em Controlo de Gestão 4% Técnico/Especialista em Gestão de Risco 4% Trainee 4% Coordenador de Actividades de Gestão Urbana 2% Director geral e gestor executivo, de empresas 2% Gestor de Inovação 2% Técnico/Especialista em recursos humanos 2% Gestão de Marketing - Funções % Técnico/Especialista em vendas, marketing e relações públicas 42% Consultor 8% Técnico/Especialista em organização administrativa 8% Trainee 8% Analista 8% Formador 8% Gestor de produto 8% Técnico/Especialista em tecnologias de informação e comunicação (TIC) 8% GEI - Funções % Técnico/Especialista de aprovisionamento, armazém, de serviços de apoio à produção e transportes 43% Consultor 29% Auditor 14% Técnico/Especialista em finanças e contabilidade (TOC, ROC e outros) 14% 7

8 GRH - Funções % Técnico/Especialista em recursos humanos 46% Consultor 23% Técnico/Especialista em vendas, marketing e relações públicas 15% Técnico/Especialista em organização administrativa 8% Professor 8% Finanças & Contabilidade - Funções % Auditor 60% Técnico/Especialista em finanças e contabilidade (TOC, ROC e outros) 20% Consultor 10% Técnico/especialista em Controlo de Gestão 10% Totais 8

9 4. Universo das Empresas Recrutadoras 4.1 Principais Empresas Empregadoras Empresa Deloitte Sonae Banco Santander Totta Ernst & Young KPMG Blue Activos Financeiros Caixa Geral de Depósitos Grupo Jerónimo Martins Kraft Foods Portugal Telecom Tipo de Empresa % Grande empresa (mais de 500 empregados) 49% Pequena empresa (entre 10 a 49 empregados) 15% Média empresa (entre 50 a 249 empregados) 15% Microempresa (até 9 empregados) 10% Grande empresa (entre 250 a 499 empregados) 8% Organismo da Administração Pública 3% Capitais % Privados Nacionais 61% Internacionais 32% Organismo da Administração Pública 8% 9

10 Área de Actividade da Empresa % Consultoria & Auditoria 37% Grande Distribuição & Retalho 17% Comércio & Serviços 11% Banca 8% Tecnologias de Informação 7% Banca 3% Ensino 3% Indústria & Energia 3% Administração Pública 2% Marketing & Publicidade 2% Construção 1% Logística & Transportes 1% Saúde 1% Telecomunicações 1% Telemarketing 1% Turismo 1% 10

11 B. Mestrados 2009/ Informação Geral da Amostra recolhida O presente relatório foi aplicado aos alunos que concluíram os respectivos Mestrados Full-Time da IBS no decorrer do ano lectivo 2009/2010, ou seja, que durante este período defenderam a tese de final de curso. Assim, o universo total de alunos é de 168, sendo que ao inquérito responderam 111, perfazendo um total de 66% de respostas. 1.1 Género Género % Feminino 66% Masculino 34% 1.2 Média de Idades A média de idade dos alunos inquiridos é de 25,7 anos 1.3 Média da Nota de Final de Mestrado 15 valores 1.4 Média da Nota Final de Licenciatura 13.9 valores 11

12 2. Empregabilidade 2.1 Dados Gerais de Empregabilidade Cursos Situação Profissional Alunos que Defenderam a Tese de Mestrado 2009/2010 Empregados Em mobilidade de carreira (À procura de nova situação profissional) Desempregados desde a Conclusão do Mestrado Outra Gestão 94% 6% 0% 0% MScBA 75% 19% 0% 6% FIN 100% 0% 0% 0% CONT 100% 0% 0% 0% GRH 82% 9% 0% 9% MKT 94% 6% 0% 0% GST 100% 0% 0% 0% Totais 92% 6% 0% 2% 12

13 2.2 Tempo de Procura de Emprego por Mestrado Cursos Antes de Terminar Até 1 mês após o término 1 a 3 meses 3 a 6 meses 6 a 9 meses % % % % % % 9 a 12 meses C=B/A E=D/A G=F/A I=H/A K=J/A M=L/A Gestão 50% 35% 9% 3% 0% 3% MScBA 58% 17% 8% 0% 17% 0% FIN 40% 30% 20% 5% 5% 0% CONT 100% 0% 0% 0% 0% 0% GRH 67% 11% 11% 0% 11% 0% MKT 53% 29% 6% 6% 0% 6% GST 40% 20% 20% 20% 0% 0% Totais 53% 26% 11% 4% 4% 2% 2.3 Nível Salarial por Mestrado Cursos 600 a a a a a ou mais Gestão 18% 41% 35% 3% 3% 0% MScBA 17% 25% 33% 8% 8% 8% FIN 15% 35% 45% 0% 5% 0% CONT 20% 20% 0% 40% 0% 20% GRH 0% 78% 22% 0% 0% 0% MKT 29% 35% 29% 6% 0% 0% GST 20% 60% 20% 0% 0% 0% Totais 18% 40% 32% 5% 3% 2% 13

14 2.4 Como teve acesso à oferta de Emprego Como teve acesso à oferta de Emprego 13% 5% 4% 3% 24% 14% 15% 22% Contactado pela empresa Anúncios Site IBS Rede de conhecimentos pessoais Candidatura espontânea Meios comunicação social Career Forum Outro Anúncios Career Services 14

15 2.5 Principais funções desempenhadas Profissão Consultor 18% Técnico/Especialista em vendas, marketing e relações públicas 16% Técnico/Especialista em finanças e contabilidade (TOC, ROC e outros) 15% Técnico/Especialista em recursos humanos 11% Auditor 9% Técnico/Especialista em organização administrativa 5% Comercial / Vendedor 3% Controller Financeiro 2% Director de vendas, marketing e de desenvolvimento de negócios 2% Técnico/Especialista em tecnologias de informação e comunicação (TIC) 2% Account 1% Analista de Negócio 1% Analista de risco 1% Bancária 1% Conta Própria 1% Corretor 1% Director geral e gestor executivo, de empresas 1% Docente Universitário 1% Executiva de Contas Júnior 1% Gestão de Custos 1% Gestão de Frota Automóvel 1% Gestão de Serviços e Segmentos 1% Gestora de produto 1% Representante do poder legislativo e de órgãos executivos, dirigentes superiores da Administração Pública e de organizações especializadas 1% Técnico Assitente de Optimização e Benchmarking 1% Técnico superior na area de desenvolvimento dos sistemas de pagamentos 1% Técnico/Especialista de aprovisionamento, armazém, de serviços de apoio à produção e transportes 1% Técnico/Especialista em análise do negócio 1% Trainee 1% 15

16 2.5.1 Funções por Mestrado Mestrado em Gestão - Funções % Auditor 15% Técnico/Especialista em vendas, marketing e relações públicas 15% Consultor 12% Técnico/Especialista em recursos humanos 12% Técnico/Especialista em finanças e contabilidade (TOC, ROC e outros) 9% Técnico/Especialista em tecnologias de informação e comunicação (TIC) 6% Account 3% Analista de Negócio 3% Analista de risco 3% Bancária 3% Comercial / Vendedor 3% Corretor 3% Director de vendas, marketing e de desenvolvimento de negócios 3% Docente Universitário 3% Gestão de Custos 3% Técnico/Especialista em organização administrativa 3% Trainee 3% MSc Finance Funções % Técnico/Especialista em finanças e contabilidade (TOC, ROC e outros) 35% Consultor 10% Técnico/Especialista em vendas, marketing e relações públicas 10% Auditor 10% Controller Financeiro 10% Técnico/Especialista em recursos humanos 5% Comercial / Vendedor 5% Gestão de Serviços e Segmentos 5% Técnico Assitente de Optimização e Benchmarking 5% Técnico superior na area de desenvolvimento dos sistemas de pagamentos 5% MScBA - Funções % Técnico/Especialista em vendas, marketing e relações públicas 25% Consultor 25% Técnico/Especialista em organização administrativa 17% Conta Própria 8% Director geral e gestor executivo, de empresas 8% Gestão de Frota Automóvel 8% Técnico/Especialista de aprovisionamento, armazém, de serviços de apoio à produção e transportes 8% 16

17 Mestrado em Contabilidade - Funções % Técnico/Especialista em finanças e contabilidade (TOC, ROC e outros) 60% Auditor 20% Representante do poder legislativo e de órgãos executivos, dirigentes superiores da Administração Pública e de organizações especializadas 20% Mestrado em GST % Consultor 40% Técnico/Especialista em vendas, marketing e relações públicas 20% Técnico/Especialista em finanças e contabilidade (TOC, ROC e outros) 20% Técnico/Especialista em análise do negócio 20% Mestrado em GRH - Funções % Técnico/Especialista em recursos humanos 56% Consultor 22% Técnico/Especialista em finanças e contabilidade (TOC, ROC e outros) 11% Técnico/Especialista em organização administrativa 11% Mestrado em Marketing - Funções % Consultor 29% Técnico/Especialista em vendas, marketing e relações públicas 29% Técnico/Especialista em organização administrativa 6% Técnico/Especialista em recursos humanos 6% Auditor 6% Comercial / Vendedor 6% Director de vendas, marketing e de desenvolvimento de negócios 6% Executiva de Contas Júnior 6% Gestora de produto 6% 17

18 4. Universo das Empresas Recrutadoras 4.1 Principais Empresas Empregadoras Empresa Portugal Telecom Deloitte Sonae Banco de Investimento Global Banco de Portugal Banco Espirito Santo EDP Ernst & Young Galp Energia KPMG & Associados, SROC, SA Luís Simões Quidgest Sapient Siemens Tipo de Empresa % Grande empresa (mais de 500 empregados) 48% Média empresa (entre 50 a 249 empregados) 17% Pequena empresa (entre 10 a 49 empregados) 12% Grande empresa (entre 250 a 499 empregados) 8% Microempresa (até 9 empregados) 8% Organismo da Administração Pública 8% Capitais Percentagem Privados Nacionais 64,71% Internacionais 25,49% Públicos 9,80% 18

19 Área de Actividade da Empresa % Consultoria & Auditoria 20% Indústria & Energia 10% Telecomunicações 10% Banca 9% Grande Distribuição & Retalho 9% Tecnologias de Informação 8% Comércio & Serviços 7% Telecomunicações 7% Logística & Transportes 5% Administração Pública 4% Saúde 3% Ensino 2% Marketing & Publicidade 2% Construção 1% Consumer & Electronics 1% Holding 1% Imobiliária 1% Seguros 1% Turismo 1% 19

Jerónimo Martins. Slogan. Queremos continuar a somar sucessos, a seleccionar talentos e a alimentar carreiras promissoras. Detalhes do Programa

Jerónimo Martins. Slogan. Queremos continuar a somar sucessos, a seleccionar talentos e a alimentar carreiras promissoras. Detalhes do Programa Jerónimo Martins Queremos continuar a somar sucessos, a seleccionar talentos e a alimentar carreiras promissoras Detalhes do Programa 12 meses Estrutura: General Business Training Nesta fase, os Trainees,

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Licenciado em Economia pelo ISE Instituto Superior de Economia em 1978/79. MBA em Finanças pela Universidade Católica em 1995

CURRICULUM VITAE. Licenciado em Economia pelo ISE Instituto Superior de Economia em 1978/79. MBA em Finanças pela Universidade Católica em 1995 CURRICULUM VITAE Franquelim Fernando Garcia Alves Nascido em 16/11/1954, 2 filhas Licenciado em Economia pelo ISE Instituto Superior de Economia em 1978/79 Revisor Oficial de Contas em 1987 MBA em Finanças

Leia mais

Pesquisa Empregabilidade Formandos 2011-2 Curso Administração

Pesquisa Empregabilidade Formandos 2011-2 Curso Administração Pesquisa Empregabilidade Formandos 2011-2 Curso Administração 1 Objetivos: retratar a atuação profissional dos formandos da ESPM, levando em conta empregabilidade, setor, porte, tipo de contrato, área,

Leia mais

MGI Internacional. Presença em mais de 80 países

MGI Internacional. Presença em mais de 80 países MGI Internacional Presença em mais de 80 países Presente em mais de 80 países e com mais de 280 escritórios em todos os Continentes, a MGI é uma das maiores associações internacionais de empresas independentes

Leia mais

Estudo sobre os diplomados pelo ISCTE-IUL. Perspectiva das Entidades Empregadoras

Estudo sobre os diplomados pelo ISCTE-IUL. Perspectiva das Entidades Empregadoras Estudo sobre os diplomados pelo ISCTE-IUL Perspectiva das Entidades Empregadoras Julho 2011 Ficha Técnica ISCTE Instituto Universitário de Lisboa Edição Gabinete de Estudos, Avaliação, Planeamento e Qualidade

Leia mais

CURRÍCULOS DOS MEMBROS PROPOSTOS PARA O CONSELHO FISCAL

CURRÍCULOS DOS MEMBROS PROPOSTOS PARA O CONSELHO FISCAL CURRÍCULOS DOS MEMBROS PROPOSTOS PARA O CONSELHO FISCAL Daniel Bessa Daniel Bessa Fernandes Coelho é desde junho de 2009 diretor geral da COTEC Portugal, Associação Empresarial para a Inovação. Desde junho

Leia mais

Apresentação [actualizado em 2011]

Apresentação [actualizado em 2011] Apresentação [actualizado em 2011] Bem-vindo à O seu parceiro na criação de valor introdução apresentação sonhar percepcionamos o seu sonho ou necessidade introdução apresentação avaliar avaliamos as suas

Leia mais

Apresentação da empresa

Apresentação da empresa Apresentação da empresa A nossa Missão Ajudar as empresas a enfrentar os desafios do presente e do futuro e a encontrar ou retomar os caminhos do sucesso Sabemos que cada problema tem solução e que cada

Leia mais

Catala Consulting, Lda. Apresentação da empresa

Catala Consulting, Lda. Apresentação da empresa Catala Consulting, Lda. Apresentação da empresa A nossa Missão Ajudar as empresas a enfrentar os desafios do presente e do futuro e a encontrar ou retomar os caminhos do sucesso Sabemos que cada problema

Leia mais

FICHA DE CANDIDATURA

FICHA DE CANDIDATURA FICHA DE CANDIDATURA 1. IDENTIFICAÇÃO 1.1. Dados pessoais Nome: Morada Localidade Concelho Telefone Fax Código Postal Distrito Telemóvel Email: 1.2. Situação Profissional Desempregado há menos de um ano

Leia mais

Advocacia e TI estão entre as mais procuradas e melhor pagas

Advocacia e TI estão entre as mais procuradas e melhor pagas Guia das Funções Mais Procuradas Page Personnel 2015 Advocacia e TI estão entre as mais procuradas e melhor pagas Lisboa, 16 de Junho de 2015 - A Page Personnel, empresa de recrutamento de quadros intermédios

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Gestão e Negócios

Universidade. Estácio de Sá. Gestão e Negócios Universidade Estácio de Sá Gestão e Negócios A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades em 1970, como

Leia mais

Revisor Oficial de Contas, desde 1990.

Revisor Oficial de Contas, desde 1990. 1. Dados pessoais Nome: Vitor Manuel Batista de Almeida Data de nascimento: 14 de Julho de 1956 Naturalidade: Lisboa Residência: Calçada das Lages, Lote 3, Nº 61-A, 14º C 1900-291 Lisboa Telefone casa:

Leia mais

PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA

PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA 2015 CONSTITUIÇÃO DO JÚRI Joaquim Sérvulo Rodrigues Membro da Direcção da COTEC Portugal, Presidente do Júri; Carlos Brazão Director Sénior de Vendas

Leia mais

Europass curriculum vitae

Europass curriculum vitae Europass curriculum vitae DADOS E INFORMAÇÕES PESSOAIS Nome: João Paulo do Nascimento Pereira da Silva HABILITAÇÕES ACADÉMICAS Curso Superior de Contabilidade e Administração Fiscal (Ano letivo 1999/2000)

Leia mais

Mini MBA para Secretáriado Executivo e

Mini MBA para Secretáriado Executivo e A communications, training and events management company SEMINÁRIO Mini MBA para Secretáriado Executivo e Assessoria de Alta Direcção Lisboa www.letstalkgroup.com Mini MBA para Secretáriado Executivo e

Leia mais

Consultadoria, Sondagens e Estudos de Mercado, Lda. Ficha Técnica. Inquérito Banca e Media: Novas Tendências. Distribuição da amostra:

Consultadoria, Sondagens e Estudos de Mercado, Lda. Ficha Técnica. Inquérito Banca e Media: Novas Tendências. Distribuição da amostra: Banca e Media: Novas Tendências Março 2001 Ficha Técnica Inquérito Banca e Media: Novas Tendências Amostra: 1003 utilizadores da Internet em Portugal. Amostragem: Aleatória simples. Distribuição da amostra:

Leia mais

ROLL DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

ROLL DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ROLL DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DISCIPLINAS CARGA HORÁRIA Linguagem e Interpretação de Texto 80 Contabilidade I 80 Economia 80 Matemática 80 Teoria Geral da Administração

Leia mais

Pesquisa Semesp. A Força do Ensino Superior no Mercado de Trabalho

Pesquisa Semesp. A Força do Ensino Superior no Mercado de Trabalho Pesquisa Semesp A Força do Ensino Superior no Mercado de Trabalho 2008 Ensino superior é um forte alavancador da carreira profissional A terceira Pesquisa Semesp sobre a formação acadêmica dos profissionais

Leia mais

Plano de transição e equivalências

Plano de transição e equivalências Adequação a Bolonha Curso: Gestão Plano de transição e equivalências -I- REGRAS DE TRANSIÇÃO: 1. Os alunos inscritos no ano lectivo 2005/06 nos 1º e 2º ano do 1º ciclo do curso actual, transitam obrigatoriamente

Leia mais

Europass-Curriculum Vitae

Europass-Curriculum Vitae Europass-Curriculum Vitae Informação pessoal Apelido(s) / Nome(s) próprio(s) Correio(s) electrónico(s) Miguel Pedro Mendes d Araújo Morada(s) Rua António Gustavo Moreira, n.º 35 Hab. 2.5 4400-660 Vila

Leia mais

MBA Negócios Internacionais. Edital 1ª Edição 2013-2014

MBA Negócios Internacionais. Edital 1ª Edição 2013-2014 MBA Negócios Internacionais Edital 1ª Edição 2013-2014 Sines, Junho de 2013 1 Enquadramento O MBA em Negócios Internacionais é um curso de pós-graduação desenvolvido pela Escola Superior de Ciências Empresariais

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Formação Académica. Experiência como Docente / Formadora

CURRICULUM VITAE. Formação Académica. Experiência como Docente / Formadora CURRICULUM VITAE Dados Pessoais Nome Clotilde Maria Paulino Passos Morada Rua Bernardo Pais de Almeida n.º 12 3º Letra Q, 3510-152 VISEU Telefone 96 398 05 02 Correio eletrónico clotilde.passos@gmail.com

Leia mais

LISTA DE CURSOS DE TECNOLOGIA COM BASE NAS RN's 374/2009, 379/2009, 386/2010, 396/2010 404/2011, 412/2011, 414/2011 DO CFA

LISTA DE CURSOS DE TECNOLOGIA COM BASE NAS RN's 374/2009, 379/2009, 386/2010, 396/2010 404/2011, 412/2011, 414/2011 DO CFA LISTA DE CURSOS DE TECNOLOGIA COM BASE NAS RN's 374/2009, 379/2009, 386/2010, 396/2010 404/2011, 412/2011, 414/2011 DO CFA Curso Superior de Tecnologia em Comércio Exterior Exportação e Importação Gerência

Leia mais

AVALIAÇÃO DO CURSO DE TURISMO

AVALIAÇÃO DO CURSO DE TURISMO AVALIAÇÃO DO CURSO DE TURISMO Outubro 2009 ÍNDICE 1. Introdução 3 2. População e Amostra 3 3. Apresentação de Resultados 4 3.1. Opinião dos alunos de Turismo sobre a ESEC 4 3.2. Opinião dos alunos sobre

Leia mais

Estudo de Remuneração 2015

Estudo de Remuneração 2015 2015 information TECHNOLOGY Temporary & permanent recruitment www.pagepersonnel.pt Editorial Page Personnel ir ao encontro do talento A Page Personnel recruta para os seus clientes os melhores perfis qualificados,

Leia mais

Apoio ao Desenvolvimento e Competitividade da sua Empresa

Apoio ao Desenvolvimento e Competitividade da sua Empresa Apoio ao Desenvolvimento e Competitividade da sua Empresa A Fine Solutions propõe uma oferta integrada de serviços em 3 grandes áreas: Competitividade Optimização de custos Desenvolvimento de Negócios,

Leia mais

Novos Fundos Comunitários. Portugal 2020

Novos Fundos Comunitários. Portugal 2020 Novos Fundos Comunitários Portugal 2020 1. Apresentação 2. Portugal 2020 Enquadramento Geral 3. Sistemas de incentivos: DLBC Compete 2020 PDR 2020 Outros Apoios / incentivos PAECPE Investe Jovem Passaporte

Leia mais

Conferência de Imprensa Apresentação do Congresso aos Meios de Comunicação Social Horácio Pina Prata Presidente da Direcção da ACIC

Conferência de Imprensa Apresentação do Congresso aos Meios de Comunicação Social Horácio Pina Prata Presidente da Direcção da ACIC Conferência de Imprensa Apresentação do Congresso aos Meios de Comunicação Social Horácio Pina Prata Presidente da Direcção da ACIC Coimbra, 18 de Março de 2004 As métricas O Projecto TIM, globalmente,

Leia mais

DINÂMICA DO PROCESSO DE ADAPTAÇÃO A BOLONHA

DINÂMICA DO PROCESSO DE ADAPTAÇÃO A BOLONHA DINÂMICA DO PROCESSO DE ADAPTAÇÃO A BOLONHA SITUAÇÃO ACTUAL CRITÉRIOS DE RECONHECIMENTO SITUAÇÃO PRÉ - BOLONHA ADAPTAÇÃO A BOLONHA DISCIPLINAS CHAVE DISCIPLINAS INSTRUMENTAIS DISCIPLINAS CHAVE DISCIPLINAS

Leia mais

CURSO GESTÃO DA MOBILIDADE E DESLOCAÇÕES

CURSO GESTÃO DA MOBILIDADE E DESLOCAÇÕES CURSO GESTÃO DA MOBILIDADE E DESLOCAÇÕES NAS EMPRESAS PLANEAR PARA A REDUÇÃO DE CUSTOS E OPTIMIZAÇÃO DE SOLUÇÕES 19 e 20 Fevereiro 2013 Auditório dos CTT- Correios de Portugal Lisboa Horário Laboral: 09h30

Leia mais

Licenciatura em Gestão

Licenciatura em Gestão Departamento de Gestão Licenciatura em Gestão Novo Plano de Estudos versão de 21 de Março de 2002 Meio Envolvente Licenciados em Gestão: capacidade de decisão e aprendizagem e flexibilidade Actual plano

Leia mais

FACTURA ELECTRÓNICA Impactos nas organizações

FACTURA ELECTRÓNICA Impactos nas organizações 2º SEMINÁRIO EUROPAPER DIGITAL Impactos da Adopção da Factura Electrónica: Económicos, Sociais e Organizacionais Alexandre Nilo Fonseca Presidente Aliança Digital FACTURA ELECTRÓNICA Impactos nas organizações

Leia mais

ESTUDO DA PEGADA CARBÓNICA NO SECTOR FINANCEIRO EM PORTUGAL

ESTUDO DA PEGADA CARBÓNICA NO SECTOR FINANCEIRO EM PORTUGAL ESTUDO DA PEGADA CARBÓNICA NO SECTOR FINANCEIRO EM PORTUGAL Agosto de 2010 ÍNDICE ÍNDICE... 2 ENQUADRAMENTO... 3 O IMPACTE DO SECTOR FINANCEIRO NAS ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS... 4 PEGADA CARBÓNICA DO SECTOR

Leia mais

ce tec CURSO DE EMPREENDEDORISMO 3ª Edição-Internacional CENTRO DE EMPREENDEDORISMO / ISMAI - TECMAIA

ce tec CURSO DE EMPREENDEDORISMO 3ª Edição-Internacional CENTRO DE EMPREENDEDORISMO / ISMAI - TECMAIA ce tec CENTRO DE EMPREENDEDORISMO / ISMAI - TECMAIA CURSO DE EMPREENDEDORISMO 3ª Edição-Internacional O CEITEC (Centro de Empreendedorismo ISMAI-Tecmaia) apresenta a 3ª edição do Curso em Empreendedorismo,

Leia mais

Alexandre Ulisses. Habilitações Académicas:

Alexandre Ulisses. Habilitações Académicas: Alexandre Ulisses Pós-Graduação em Ciências da Educação, da Faculdade de Psicologia e Ciências de Educação do Porto; Mestrado em Engenharia Electrotécnica e de Computadores, Faculdade de Engenharia da

Leia mais

Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica. Sines Tecnopolo. Pós-Graduação. MBA em Negócios Internacionais

Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica. Sines Tecnopolo. Pós-Graduação. MBA em Negócios Internacionais Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica Sines Tecnopolo Pós-Graduação MBA em Negócios Internacionais Edital 1ª Edição 2012-2013 1 Enquadramento O MBA em Negócios Internacionais é

Leia mais

Car Policy Benchmark

Car Policy Benchmark Car Policy Benchmark LeasePlan Consultancy Services André Freire 30 de Setembro 2015 LeasePlan Consultancy Services Serviços de Consultoria Em Portugal a LeasePlan iniciou a sua aposta nos serviços de

Leia mais

28 PME Líder CRITÉRIOS. Bloomberg News

28 PME Líder CRITÉRIOS. Bloomberg News 28 PME Líder CRITÉRIOS Bloomberg News CRITÉ RIOS COMO CHEGAR A PME LÍDER Atingir o Estatuto PME Líder é a ambição de muitas empresas. É este o primeiro passo para chegar a PME Excelência. Saiba o que precisa

Leia mais

1ºANO 2ºANO 3ºANO 3000/3100 3000/3100 3000/3100

1ºANO 2ºANO 3ºANO 3000/3100 3000/3100 3000/3100 CONTABILIDADE ( C) 3ºANO 3000/3100 3000/3100 3000/3100 Contabilidade Geral (18h30m) Estatística Aplicada (14h) Contabilidade de Custos (18h30m) Noções Fundamentais de Direito (9h) Empreendedorismo (14h)

Leia mais

O Social pela Governança. Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais

O Social pela Governança. Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais O Social pela Governança Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais ÍNDICE CONTABILIDADE, FISCALIDADE E FINANÇAS EMPRESARIAIS... 3 OBJECTIVOS...

Leia mais

I.D. what you see is what you get

I.D. what you see is what you get I.D. Capital Social: 325.000,00 Supervisão do Banco de Portugal 2,6M (Dezembro de 2013) sob gestão FundBox, uma marca registada de Alpalantri SGPS, é a designação partilhada por duas sociedades gestoras

Leia mais

CONCURSOS INTERNACIONAIS COMO OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO Skyna Hotel 22 de Junho de 2015

CONCURSOS INTERNACIONAIS COMO OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO Skyna Hotel 22 de Junho de 2015 LUANDA PROGRAMA AVANÇADO PARA DECISORES CONCURSOS INTERNACIONAIS COMO OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO Skyna Hotel 22 de Junho de 2015 2.ª EDIÇÃO Inscrições e mais informações em: www.ambienteonline.pt/luanda-concursos-internacionais-2015

Leia mais

ISAL INSTITUTO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO E LÍNGUAS PLANO DE ATIVIDADES

ISAL INSTITUTO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO E LÍNGUAS PLANO DE ATIVIDADES ISAL INSTITUTO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO E LÍNGUAS PLANO DE ATIVIDADES 2015 2 Formar gestores e quadros técnicos superiores, preparados científica e tecnicamente para o exercício de funções na empresa

Leia mais

MEMBROS DOS ÓRGÃOS SOCIAIS

MEMBROS DOS ÓRGÃOS SOCIAIS MEMBROS DOS ÓRGÃOS SOCIAIS ASSEMBLEIA GERAL: Presidente: Dr. Rui Eduardo Ferreira Rodrigues Pena Secretária da Sociedade: Drª Maria do Carmo de Almeida Janela Gomes Teixeira Secretária Suplente: Drª. Francisca

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO PERCURSO PROFISSIONAL DOS DIPLOMADOS DA UTAD

OBSERVATÓRIO DO PERCURSO PROFISSIONAL DOS DIPLOMADOS DA UTAD OBSERVATÓRIO DO PERCURSO PROFISSIONAL DOS DIPLOMADOS DA UTAD UTAD 2011 OBSERVATÓRIO DO PERCURSO PROFISSIONAL DOS DIPLOMADOS DA UTAD (2003-2007) O. Enquadramento As políticas públicas de ensino superior

Leia mais

ANÚNCIO DE CONCURSO - INSPECÇÃO-GERAL DE FINANÇAS

ANÚNCIO DE CONCURSO - INSPECÇÃO-GERAL DE FINANÇAS ANÚNCIO DE CONCURSO - INSPECÇÃO-GERAL DE FINANÇAS A Direcção Geral da Administração Pública e a Inspecção-Geral de Finanças (IGF), através da Direcção Geral do Planeamento, Orçamento e Gestão do Ministério

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM INTEGRAÇÃO DE SISTEMAS E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

PÓS-GRADUAÇÃO EM INTEGRAÇÃO DE SISTEMAS E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL PÓS-GRADUAÇÃO EM INTEGRAÇÃO DE SISTEMAS E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL ENQUADRAMENTO E OBJECTIVOS: Num mundo em constante aceleração económica, tecnológica e de produção de grandes quantidades de conhecimento,

Leia mais

RESULTADOS CONSOLIDADOS A 30 DE JUNHO DE 2005 1

RESULTADOS CONSOLIDADOS A 30 DE JUNHO DE 2005 1 COMUNICADO Página 1 / 9 RESULTADOS CONSOLIDADOS A 30 DE JUNHO DE 2005 1 09 de Setembro de 2005 (Os valores apresentados neste comunicado reportam-se ao primeiro semestre de 2005, a não ser quando especificado

Leia mais

Survey Salarial. Edição 2014. www.egor.pt. rigor. criatividade. confiança. ética. excelência

Survey Salarial. Edição 2014. www.egor.pt. rigor. criatividade. confiança. ética. excelência Survey Salarial Edição 2014 www.egor.pt rigor. criatividade. confiança. ética. excelência Survey Salarial Edição 2014 Índice 01 INTRODUÇÃO 1 02 GLOSSÁRIO 2 03 SALÁRIOS POR NÍVEIS DE FUNÇÃO 3 04 ENQUADRAMENTO

Leia mais

REGULAMENTO. 1) Os Masters do Capital Humano são uma iniciativa do Grupo IFE e do Salão Profissional de Recursos Humanos - EXPO RH.

REGULAMENTO. 1) Os Masters do Capital Humano são uma iniciativa do Grupo IFE e do Salão Profissional de Recursos Humanos - EXPO RH. 12 de Março de 2014 Centro de Congressos do Estoril REGULAMENTO DISPOSIÇÕES GERAIS 1) Os Masters do Capital Humano são uma iniciativa do Grupo IFE e do Salão Profissional de Recursos Humanos - EXPO RH.

Leia mais

Licenciaturas. Organização e Gestão Hoteleira Gestão de Empresas Turismo

Licenciaturas. Organização e Gestão Hoteleira Gestão de Empresas Turismo Licenciaturas Organização e Gestão Hoteleira Gestão de Empresas Turismo L I C E N C I A T U R A O R G A N I Z A Ç Ã O E G E S T Ã O H O T E L E I R A O B J E T I V O Formar profissionais competentes para

Leia mais

Estudo de Remuneração 2015

Estudo de Remuneração 2015 2015 HUMAN RESOURCES Temporary & permanent recruitment www.pagepersonnel.pt Editorial Page Personnel ir ao encontro do talento A Page Personnel recruta para os seus clientes os melhores perfis qualificados,

Leia mais

MEDI T FINANCE CONTABILIDADE CONSULTORIA

MEDI T FINANCE CONTABILIDADE CONSULTORIA AMedi T Finance é a mais recente aposta do Grupo Medi T. É uma organização multidisciplinar que presta serviços profissionais nasáreas da Assessoria Financeira, Contabilidade, Auditoria e Consultoria.

Leia mais

Estudo de Remuneração 2015

Estudo de Remuneração 2015 2015 COMMERCIAL & MARKETING Temporary & permanent recruitment www.pagepersonnel.pt Editorial Page Personnel ir ao encontro do talento A Page Personnel recruta para os seus clientes os melhores perfis qualificados,

Leia mais

GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Formação Intra-Empresa FORMAÇÃO TÉCNICA ESTRUTURANTE EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Desenvolvimento de competências técnicas PROGRAMA MODULAR 2010/2011 1 OBJECTIVOS GERAIS Esta acção estruturante pretende

Leia mais

Assumir funções para gerir com excelência Investir

Assumir funções para gerir com excelência Investir Assumir funções para gerir com excelência Investir de 1.) Introdução Conseguir que o Executivo domine os seus pontos fracos e reforce os seus pontos fortes / trunfos no desenvolvimento da Empresa proporcionando

Leia mais

Administração 345A01 Administração ENADE 2006

Administração 345A01 Administração ENADE 2006 ENADE 2006 Relação das ÁREAS que serão avaliadas pelo ENADE 2006, em 12 de novembro de 2006, por determinação da Portaria nº 603, de 07 de março de 2006, e os respectivos cursos/habilitações conforme classificação

Leia mais

GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS

GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS Graduação PROCESSOS GERENCIAIS 1.675 HORAS Prepara os estudantes para o empreendedorismo e para a gestão empresarial. Com foco nas tendências

Leia mais

Departamento de Relações Internacionais. CSC - Centro de Serviços de Carreiras. Pesquisa Egressos 2007

Departamento de Relações Internacionais. CSC - Centro de Serviços de Carreiras. Pesquisa Egressos 2007 Departamento de Relações Internacionais CSC - Centro de Serviços de Carreiras Pesquisa Egressos 2007 Caracterização dos entrevistados Idade Casos % de 22 a 25 anos 94 47,2% de 26 a 28 anos 79 39,7% mais

Leia mais

Curso de. Pós-Graduação em Gestão de Bancos. e Seguradoras. Instituto Superior de Economia e Gestão Universidade Técnica de Lisboa

Curso de. Pós-Graduação em Gestão de Bancos. e Seguradoras. Instituto Superior de Economia e Gestão Universidade Técnica de Lisboa Curso de Pós-Graduação em Gestão de Bancos e Seguradoras Instituto Superior de Economia e Gestão Universidade Técnica de Lisboa 2 O desenvolvimento dos mercados de produtos e serviços financeiros (bancários,

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO ESTRATÉGICA DOS RECURSOS HUMANOS E INOVAÇÃO

PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO ESTRATÉGICA DOS RECURSOS HUMANOS E INOVAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO ESTRATÉGICA DOS RECURSOS HUMANOS E INOVAÇÃO ENQUADRAMENTO E OBJECTIVOS: A Pós-Graduação em Gestão Estratégica dos Recursos Humanos e Inovação tem como objectivo geral dotar os gestores,

Leia mais

Os Vales de Inovação. Entidade Qualificada no âmbito dos Vales de Inovação do Programa QREN

Os Vales de Inovação. Entidade Qualificada no âmbito dos Vales de Inovação do Programa QREN Os Vales de Inovação Entidade Qualificada no âmbito dos Vales de Inovação do Programa QREN I&DT e Transferência de Tecnologia # Propriedade Industrial # Criação, Moda e Design # Comercialização e Marketing

Leia mais

Mercado De Trabalho. Leticia Bechara Pedagoga e Coordenadora Trevisan Escola de Negócios

Mercado De Trabalho. Leticia Bechara Pedagoga e Coordenadora Trevisan Escola de Negócios Mercado De Trabalho Leticia Bechara Pedagoga e Coordenadora Trevisan Escola de Negócios Sucesso $$$ sonho habilidade satisfação Mercado de Trabalho Trabalho CLT Consolidação das Leis de Trabalho Previdência

Leia mais

MBA DISCIPLINAS DIA HORARIO local ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Aplicação da HP12c em Operações Financeiras 13/09/2014 08hs as 17hs Lab.

MBA DISCIPLINAS DIA HORARIO local ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Aplicação da HP12c em Operações Financeiras 13/09/2014 08hs as 17hs Lab. Obs: As disciplinas citadas abaixo estão alinhadas para o modulo denominado MODULO FINANCEIRO que será ofertado no dia 13/09/14 - PROF. MARCIO CARVALHO ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Aplicação da HP12c em Operações

Leia mais

QUADRO DE TITULAÇÃO E.E MINISTRO COSTA MANSO

QUADRO DE TITULAÇÃO E.E MINISTRO COSTA MANSO 1 QUADRO DE TITULAÇÃO E.E MINISTRO COSTA MANSO VERIFIQUE NO QUADRO OS COMPONENTES POSSÍVEIS COM BASE NA SUA TITULAÇÃO ADMINISTRAÇÃO DISCIPLINAS Custos de Operações Contábeis () GRADUAÇÕES (EII) - Ênfase

Leia mais

CSC.Breves. Para quê? Em termos globais, pretende-se com a implementação do CSC.UC:

CSC.Breves. Para quê? Em termos globais, pretende-se com a implementação do CSC.UC: #1 CSC.Breves Boletim bimensal de divulgação do projecto de implementação do Centro de Serviços Comuns da Universidade de Coimbra O que é? O Centro de Serviços Comuns da Universidade de Coimbra (CSC.UC)

Leia mais

UMA ASSOCIAÇÃO GLOBAL PARA ALIANÇAS ESTRATÉGICAS

UMA ASSOCIAÇÃO GLOBAL PARA ALIANÇAS ESTRATÉGICAS UMA ASSOCIAÇÃO GLOBAL PARA ALIANÇAS ESTRATÉGICAS UMA ASSOCIAÇÃO GLOBAL PARA ALIANÇAS ESTRATÉGICAS Presente em mais de 80 países e com mais de 280 escritórios em todos os Continentes, a MGI é uma das maiores

Leia mais

Europass Curriculum Vitae

Europass Curriculum Vitae Europass Curriculum Vitae Informação pessoal Apelido(s) / Nome(s) próprio(s) Morada(s) Endereço(s) de correio electrónico Telemóvel 966 320 449 Rua Padre Alfredo Fernandes Brito, nº22a - 2ºD, 2665-527

Leia mais

Programas Operacionais e Sistemas de Incentivos às Empresas

Programas Operacionais e Sistemas de Incentivos às Empresas Programas Operacionais e Sistemas de Incentivos às Empresas Da União Europeia vão chegar até 2020 mais de 20 mil milhões de euros a Portugal. Uma pipa de massa, nas palavras do ex-presidente da Comissão

Leia mais

Como os sistemas de informação afetarão as carreiras relacionadas a negócios. Administração de Sistema de Informação I

Como os sistemas de informação afetarão as carreiras relacionadas a negócios. Administração de Sistema de Informação I Como os sistemas de informação afetarão as carreiras relacionadas a negócios Administração de Sistema de Informação I Contabilidade Os contadores contam cada vez mais com os sistemas de informação para

Leia mais

Proposta / Ponto 4. DOCUMENTOS PREPARATÓRIOS ASSEMBLEIA GERAL Porto 8 maio 2013. Exmo. Senhor. Presidente da Mesa da Assembleia Geral

Proposta / Ponto 4. DOCUMENTOS PREPARATÓRIOS ASSEMBLEIA GERAL Porto 8 maio 2013. Exmo. Senhor. Presidente da Mesa da Assembleia Geral DOCUMENTOS PREPARATÓRIOS ASSEMBLEIA GERAL Porto 8 maio 2013 Proposta / Ponto 4 Exmo. Senhor Presidente da Mesa da Assembleia Geral Grupo Soares da Costa, SGPS,S.A. Exmo. Senhor Presidente, Relativamente

Leia mais

Inscrições. As inscrições para os cursos realizam-se em Setembro de 2012. O Sector Empresarial do Estado não se encontra abrangido por esta Aliança.

Inscrições. As inscrições para os cursos realizam-se em Setembro de 2012. O Sector Empresarial do Estado não se encontra abrangido por esta Aliança. Caderno de s 2 Objectivos A formação de executivos é, hoje em dia, uma necessidade incontornável, sendo um importante factor do sucesso, da competitividade e da sustentabilidade das organizações. Considerando

Leia mais

1911 2011 A caminho do Centenário

1911 2011 A caminho do Centenário 1911 2011 A caminho do Centenário Licenciaturas ISEG 1º Ciclo de Bolonha ISEG: Uma Escola de referência. O ISEG forma Economistas e Gestores com espírito de liderança e inovação assente numa sólida capacidade

Leia mais

Inquérito Diplomados Ciências Farmacêuticas 2011/2012 O E OBSERVATÓRIO DA EMPREGABILIDADE N O S E C T O R F A R M A C Ê U T I C O

Inquérito Diplomados Ciências Farmacêuticas 2011/2012 O E OBSERVATÓRIO DA EMPREGABILIDADE N O S E C T O R F A R M A C Ê U T I C O Inquérito Diplomados Ciências Farmacêuticas 2011/2012 O E OBSERVATÓRIO DA EMPREGABILIDADE N O S E C T O R F A R M A C Ê U T I C O INQUÉRITO AOS DIPLOMADOS EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS 2011/2012 traçar o perfil

Leia mais

ESTUDO INFORMA D&B. Gestão e Liderança Feminina em Portugal 3ª Edição, Fevereiro 2013

ESTUDO INFORMA D&B. Gestão e Liderança Feminina em Portugal 3ª Edição, Fevereiro 2013 ESTUDO INFORMA D&B Gestão e Liderança Feminina em Portugal 3ª Edição, Fevereiro 2013 Portugal tem uma população activa de 5,5 milhões, dos quais 47% são mulheres. O objectivo deste estudo foi saber como

Leia mais

Contabilidade é entendida como um sistema de recolha, classificação, interpretação e exposição de dados económicos.

Contabilidade é entendida como um sistema de recolha, classificação, interpretação e exposição de dados económicos. Contabilidade Contabilidade Contabilidade é entendida como um sistema de recolha, classificação, interpretação e exposição de dados económicos. É uma ciência de natureza económica, cujo objecto é a realidade

Leia mais

GESTÃO E CAPACITAÇÃO MÓDULO NO 3º SETOR FORMAÇÃO ESPECIALIZADA NA ÁREA FORMADOR/DATA SOCIAL CENTRO DE FORMAÇÃO. a nossa missão é a sua formação

GESTÃO E CAPACITAÇÃO MÓDULO NO 3º SETOR FORMAÇÃO ESPECIALIZADA NA ÁREA FORMADOR/DATA SOCIAL CENTRO DE FORMAÇÃO. a nossa missão é a sua formação GESTÃO E CAPACITAÇÃO AÇÃO ORGANIZACIONAL MÓDULO NO 3º SETOR FORMAÇÃO ESPECIALIZADA NA ÁREA FORMADOR/DATA SOCIAL a nossa missão é a sua formação CENTRO DE FORMAÇÃO COIMBRA BISSAYA BARRETO 17-06-2015 DURAÇÃO

Leia mais

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DOS STIC SISTEMAS E TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E DE COMUNICAÇÃO

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DOS STIC SISTEMAS E TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E DE COMUNICAÇÃO DINSTITUTO SUPERIOR CURSOS PARA EXECUTIVOS E GESTÃO BANCÁRIA AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DOS STIC SISTEMAS E TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E DE COMUNICAÇÃO Início: 29 de Setembro de 2005 INSTITUTO SUPERIOR DE GESTÃO

Leia mais

Assembleia Geral Anual da Jerónimo Martins, SGPS, S.A. a realizar no dia 9 de Abril de 2010. Curricula dos membros propostos para os Órgão Sociais

Assembleia Geral Anual da Jerónimo Martins, SGPS, S.A. a realizar no dia 9 de Abril de 2010. Curricula dos membros propostos para os Órgão Sociais JERÓNIMO MARTINS, SGPS, S.A. Sociedade Aberta Rua Tierno Galvan, Torre 3 9º J, Lisboa Capital Social de Euro 629.293.220,00 Matricula na Conservatória do Registo Comercial de Lisboa e NIPC: 500 100 144

Leia mais

Contabilidade e Fiscalidade

Contabilidade e Fiscalidade www. indeg. iscte-iul. pt ARTICULA OS PRINCIPAIS TEMAS DE RELEVÂNCIA ATUAL E FUTURA NA ÁREA DA ATRAVÉS DE UMA ESTRUTURA PROGRAMÁTICA SÓLIDA E ABRANGENTE NA ÁREA CIENTÍFICA DA CONTABILIDADE Contabilidade

Leia mais

Estudo de Remuneração 2015

Estudo de Remuneração 2015 2015 FINANCE Temporary & permanent recruitment www.pagepersonnel.pt Editorial Page Personnel ir ao encontro do talento A Page Personnel recruta para os seus clientes os melhores perfis qualificados, sendo

Leia mais

Recursos Humanos do Ministério da Justiça (Efectivos a 30 de Junho de cada ano)

Recursos Humanos do Ministério da Justiça (Efectivos a 30 de Junho de cada ano) Recursos Humanos do Ministério da Justiça TOTAL GERAL 28 615 28 106 27 858 26 758 ADMINISTRAÇÃO DIRECTA DO ESTADO 23 513 22 871 22 585 19 764 % relativamente ao total 82,2 81,4 81,1 73,9 ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

EMPREGABILIDADE DOS DIPLOMADOS DO IST EM ENGENHARIA MECÂNICA. Rui Mendes João Fernandes

EMPREGABILIDADE DOS DIPLOMADOS DO IST EM ENGENHARIA MECÂNICA. Rui Mendes João Fernandes EMPREGABILIDADE DOS DIPLOMADOS DO IST EM ENGENHARIA MECÂNICA Rui Mendes João Fernandes 1. UMA ABORDAGEM MULTIFACETADA alunos FINALISTAS entidades EMPREGADORAS diplomados do 1º CICLO que não prosseguem

Leia mais

AERLIS Programa de boas práticas de gestão de projeto

AERLIS Programa de boas práticas de gestão de projeto 22 de Dezembro de 2014 AERLIS Programa de boas práticas de gestão de projeto Hugo Cartaxeiro PMP BECOME WINNERS TOGETHER. WINNING Management Consulting Foco na produtividade e previsibilidade dos projetos

Leia mais

Grant Thornton & Associados SROC, Lda. Apresentação da Firma

Grant Thornton & Associados SROC, Lda. Apresentação da Firma Grant Thornton & Associados SROC, Lda. Apresentação da Firma A nossa competência e experiência e a qualidade dos nossos serviços ao seu serviço A Grant Thornton assenta a sua estratégia no desenvolvimento

Leia mais

BOLSA DO EMPREENDEDORISMO 2015. Sara Medina saramedina@spi.pt. IDI (Inovação, Investigação e Desenvolvimento) - Algumas reflexões

BOLSA DO EMPREENDEDORISMO 2015. Sara Medina saramedina@spi.pt. IDI (Inovação, Investigação e Desenvolvimento) - Algumas reflexões BOLSA DO EMPREENDEDORISMO 2015 INSERIR IMAGEM ESPECÍFICA 1 I. Sociedade Portuguesa de Inovação (SPI) Missão: Apoiar os nossos clientes na gestão de projetos que fomentem a inovação e promovam oportunidades

Leia mais

FORMULÁRIO DE PROPOSTA DE PROJECTO

FORMULÁRIO DE PROPOSTA DE PROJECTO FORMULÁRIO DE PROPOSTA DE PROJECTO ESPAÇO RESERVADO AO TI: PROPOSTA Nº DATA DA ENTRADA: / / RECEBIDO POR: I. IDENTIFICAÇÃO DO PROMOTOR NOME: Nº DE SÓCIO: MORADA: CÓDIGO POSTAL - LOCALIDADE: CONCELHO: TELEFONE:

Leia mais

Jorge Manuel Felizes Morgado

Jorge Manuel Felizes Morgado Jorge Manuel Felizes Morgado Jorge Manuel Felizes Morgado Formação Académica Contactos Telem. + 351 917 540 850 Telef. + 351 226 052 761 jorgefmorgado@mail.telepac.pt Formação ROC MBA em Gestão e Informação

Leia mais

ESTUDO IDC/ACEPI. Economia Digital em Portugal 2009-2017

ESTUDO IDC/ACEPI. Economia Digital em Portugal 2009-2017 ESTUDO IDC/ACEPI Economia Digital em Portugal 2009-2017 ECONOMIA DIGITAL NO MUNDO (2012) 2.5 mil milhões de internautas no mundo 850 mil milhões de euros 300 mil milhões de euros Europa maior mercado de

Leia mais

Mestrado em Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais. Edição 2009/2010. Cidade da Praia, Cabo Verde

Mestrado em Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais. Edição 2009/2010. Cidade da Praia, Cabo Verde Mestrado em Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais Edição 2009/2010 Cidade da Praia, Cabo Verde A ponte para o futuro Mestrado em Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais Edição 2009/2010

Leia mais

Programa. Empreendedorismo Cultural e Indústrias Criativas 2012

Programa. Empreendedorismo Cultural e Indústrias Criativas 2012 Programa Empreendedorismo Cultural e Indústrias Criativas 2012 Programa Empreendedorismo Cultural e Indústrias Criativas 2012 3 Hemisfério esquerdo responsável pelo pensamento lógico e pela competência

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA PÓS-GRADUAÇÃO EM FINANÇAS EMPRESARIAIS. 1.ª Edição 2011-2012

INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA PÓS-GRADUAÇÃO EM FINANÇAS EMPRESARIAIS. 1.ª Edição 2011-2012 INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA PÓS-GRADUAÇÃO EM FINANÇAS EMPRESARIAIS 1.ª Edição 2011-2012 Nos termos do disposto no artigo 8.º, n.º 1, a), do Regime Jurídico das Instituições do Ensino Superior, aprovado

Leia mais

PROGRAMAS DAS UNIDADES CURRICULARES. Análise de Informação Económica para a Economia Portuguesa

PROGRAMAS DAS UNIDADES CURRICULARES. Análise de Informação Económica para a Economia Portuguesa MESTRADO EM ECONOMIA PORTUGUESA E INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL PROGRAMAS DAS UNIDADES CURRICULARES UNIDADES CURRICULARES OBRIGATÓRIAS Análise de Informação Económica para a Economia Portuguesa 1. Identificação

Leia mais

Portugal 2020 Candidaturas Incentivos à Qualificação e Internacionalização das PME

Portugal 2020 Candidaturas Incentivos à Qualificação e Internacionalização das PME Portugal 2020 Candidaturas Incentivos à Qualificação e Internacionalização das PME Projetos Conjuntos de Internacionalização: Natureza dos beneficiários Os beneficiários são empresas PME de qualquer natureza

Leia mais

FIPECAFI e IBRI divulgam resultado da 5ª Pesquisa sobre o Perfil e a Área de Relações com Investidores

FIPECAFI e IBRI divulgam resultado da 5ª Pesquisa sobre o Perfil e a Área de Relações com Investidores FIPECAFI e IBRI divulgam resultado da 5ª Pesquisa sobre o Perfil e a Área de Relações com Investidores Os resultados da 5ª Pesquisa sobre o perfil e a área de Relações com Investidores no Brasil divulgado

Leia mais

ACCOUNTABILITY RATING PORTUGAL 2008

ACCOUNTABILITY RATING PORTUGAL 2008 ACCOUNTABILITY RATING PORTUGAL 2008 Enquadramento A comunicação da performance empresarial em matéria de sustentabilidade, não apenas aos accionistas, mas para todas as partes interessadas, constitui uma

Leia mais

DIAGNÓSTICO DE NECESSIDADES DE FORMAÇÃO

DIAGNÓSTICO DE NECESSIDADES DE FORMAÇÃO DIAGNÓSTICO DE NECESSIDADES DE FORMAÇÃO Este questionário enquadra-se no âmbito do Diagnóstico de Necessidades de Formação do CIEBI/BIC da Beira Interior para a realização do seu plano de formação para

Leia mais

INTERVENÇÃO DE S.EXA. O SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO, DR.BERNARDO TRINDADE, NA SESSÃO DE ABERTURA DO XXXIII CONGRESSO DA APAVT

INTERVENÇÃO DE S.EXA. O SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO, DR.BERNARDO TRINDADE, NA SESSÃO DE ABERTURA DO XXXIII CONGRESSO DA APAVT INTERVENÇÃO DE S.EXA. O SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO, DR.BERNARDO TRINDADE, NA SESSÃO DE ABERTURA DO XXXIII CONGRESSO DA APAVT TURISMO: TENDÊNCIAS E SOLUÇÕES Exmos. Senhores Conferencistas, Antes de

Leia mais

GESTÃO DE AUTARQUIAS. Direcção e Coordenação Científica: Prof. Doutor Vítor da Conceição Gonçalves PÓS-GRADUAÇÃO/ISEG

GESTÃO DE AUTARQUIAS. Direcção e Coordenação Científica: Prof. Doutor Vítor da Conceição Gonçalves PÓS-GRADUAÇÃO/ISEG GESTÃO DE AUTARQUIAS Direcção e Coordenação Científica: Prof. Doutor Vítor da Conceição Gonçalves PÓS-GRADUAÇÃO/ISEG Pós-Graduação // Gestão de Autarquias PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE AUTARQUIAS NATUREZA

Leia mais