Hotel Proposto Blue Tree Rio Design

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Hotel Proposto Blue Tree Rio Design"

Transcrição

1 Hotel Proposto Blue Tree Rio Design Estudo de Mercado e Análises Financeiras Prospectivas Atualização Maio 2014 Hotels & Hospitality Recreio dos Bandeirantes, Rio de Janeiro

2 Hotels & Hospitality Group Rua Joaquim Floriano 72 cj São Paulo SP Brasil Tel fax Sr. Fábio Chung Atlantis RJ Empreendimentos Imobiliários Ltda. Via São Paulo, 13 de maio de 2014 Este relatório intitulado Estudo de Mercado & Analises Financeiras Prospectivas - Atualização, apresenta uma atualização do estudo elaborado em 2013 para o desenvolvimento do Blue Tree Rio Design Hotel, localizado no Recreio dos Bandeirantes, na cidade do Rio de Janeiro (RJ). O relatório inclui uma análise de mercado da oferta hoteleira na região, das características da demanda, bem como a análise da localização do hotel. Baseados nestas e em outras análises discutidas neste relatório, apresentamos as recomendações para conceito e instalações do novo projeto. De acordo com nossa carta proposta, não nos ativemos aos âmbitos legal e regulamentar que envolverão o empreendimento, tais como, leis de zoneamento, permissões e licenças governamentais, bem como não determinamos possíveis efeitos sobre o projeto, caso ocorram mudanças na atual Legislação Federal, Estadual ou Municipal. Este relatório é baseado em informações, estimativas e suposições derivadas da pesquisa de mercado, nosso conhecimento da indústria e de informações fornecidas por V.S.as. Os termos de nossa proposta não nos obrigam a qualquer revisão do presente, caso eventos ou circunstâncias ocorridas após esta data alterarem os resultados do mesmo. Esse relatório destina-se somente à apresentação para futuros parceiros no empreendimento. Nenhuma parte do mesmo poderá ser referenciada ou utilizada em qualquer documento, prospecto ou material publicitário, salvo através de nossa aprovação por escrito. 2 Ricardo Mader Rodrigues Diretor - Jones Lang LaSalle Hotels LTDA

3 Sumário Executivo Escopo do Trabalho e Metodologia Escopo do Trabalho As conclusões e recomendações presentes nesse relatório são baseadas em nossas análises, nas conjecturas gerais da economia e do mercado presentes e estimadas tanto no Estado do Rio de Janeiro como na cidade do Rio de Janeiro; O propósito desse estudo é oferecer ao cliente projeções de fluxo de caixa e retorno do investimento para o projeto em questão. Este relatório foi elaborado para auxiliar o cliente em sua decisão de determinar a viabilidade econômica e de mercado para o projeto; Como em todos os relatórios dessa natureza, os resultados das estimativas são baseados na premissa de que o empreendimento terá administração e marketing eficiente e profissional, presumindo que não ocorrerá nenhuma mudança significativa no cenário competitivo futuro apresentado nesse relatório. Uma vez que o desempenho futuro do empreendimento está baseado em estimativas e premissas que estão sujeitas a mudanças e variações, nós não as apresentamos como resultados que de fato serão atingidos; As recomendações e projeções foram elaboradas com base nas informações obtidas durante nossas pesquisas, visita ao local e mercado e na experiência da Jones Lang LaSalle Hotels na indústria hoteleira. Metodologia Reunião com o cliente para informação quanto ao conceito e detalhes do projeto em consideração; Visita ao terreno, analisando o impacto de sua localização frente aos geradores de demanda, visibilidade, acessibilidade e potencial futuro de atração de demanda; Pesquisa e análise das condições atuais e projeções dos aspectos sócio-econômicos, demográficos e turísticos (incluindo estatísticas como fluxo de turistas e de passageiros) na cidade em questão, visando determinar o seu impacto na demanda futura por hotéis das mesmas categorias ou na mesma região; Analisar a oferta hoteleira existente e proposta na cidade, focando nas regiões de maior impacto para o futuro projeto; Determinar o mercado-alvo, a viabilidade econômica e desenvolvimentos físicos possíveis quanto as instalações do hotel; Utilizamos como benchmark nas projeções efetuadas, os dados por nós obtidos quanto ao desempenho histórico de outros hotéis na cidade em estudo e no Brasil; Elaborar a conclusão e projeções financeiras para o hotel proposto. 3

4 Índice Sumário Executivo 5 Características Gerais do Mercado 9 Análise da Área e Descrição do Projeto 31 Análise do Mercado Hoteleiro 41 Estimativas Operacionais e Análises Financeiras Prospectivas 63 Anexo 69 4

5 Sumário Executivo

6 Sumário Executivo SWOT Analysis SWOT Analysis Com base na estruturação prevista para os hotéis em estudo, elaboramos uma "SWOT Analysis" (Análise dos pontos fortes e fracos, oportunidades e desafios) que apresentamos a seguir; Ao explorar os pontos fortes e mitigar os pontos fracos, bem como aproveitar as oportunidades e superar os desafios, os empreendimentos estarão em melhores condições de apresentar um bom desempenho operacional. Esta análise foi feita para nortear a estratégia dos hotéis e embasar as estimativas de ocupação e diária média para os primeiros cinco anos de operação dos hotéis em estudo. Pontos Fortes Pontos Fracos Oportunidades Desafios Frente mar; Proximidade com importantes centros de eventos; Hotel categorizado mais próximo de Itaguaí e arredores; Boa visibilidade e bons acessos; Projeto diferenciado. Localização residencial sem infra estrutura de comércio e serviços ao redor; Afastado dos centros corporativos; Recreio ainda é considerado muito distante. Consolidação da Barra como polo corporativo; Mudanças no perfil do Recreio, com o desenvolvimento de áreas comerciais. Desenvolvimento do segmento de lazer; Aumento dos equipamentos esportivos e de eventos da região; Desenvolvimento industrial de Itaguaí e arredores. Aumento da oferta hoteleira, com hotéis de bandeira e atuação em todos os segmentos; Desaceleração da economia; Incertezas quanto ao ritmo de desenvolvimento de grandes obras. 6

7 Fonte: JLL Sumário Executivo Estimativas Operacionais Performance Estimada De acordo com nossa pesquisa de mercado e nossa experiência na industria hoteleira, estimamos os valores das diárias médias e ocupação para os primeiros cinco anos de operação. Estas estimativas de performance do hotel proposto consideram que o empreendimento será administrado pela Blue Tree e desenvolvido de acordo com o projeto apresentado; Entendemos que o primeiro ano de operação será beneficiado pela Olimpíada, com ocupação acima do mercado, devendo cair abaixo entre 2017 e 2019 devido à nova oferta da Barra, estabilizando-se a partir do quinto ano. Por se tratar de um produto diferenciado e frente mar, estimamos que as diárias possam ter uma maior penetração de mercado, estimada em 120% durante o período em análise. ANÁLISE DE PENETRAÇÃO - TAXA DE OCUPAÇÃO, DIÁRIA MÉDIA E REVPAR Taxa de Ocupação Oferta e Demanda Historica Oferta e Demanda Projetada E 2015E 2016E 2017E 2018E 2019E 2020E Ocupação Histórica/Projetada Mercado Competitivo 70% 69% 67% 59% 54% 59% 55% 58% 59% 60% Ocupação Histórica/Projetada Hotel Proposto 0% 0% 0% #DIV/0! #DIV/0! 60% 54% 56% 59% 60% Penetração Histórica/Projetada de Ocupação 0% 0% 0% #DIV/0! #DIV/0! 102% 97% 98% 99% 100% Diária Média Diária Média Historica Diária Média Projetada E 2015E 2016E 2017E 2018E 2019E 2020E Diária Média Histórica/Projetada Mercado CompetitivoR$ 271 R$ 303 R$ 343 R$ 353 R$ 357 R$ 375 R$ 378 R$ 382 R$ 386 R$ 390 Crescimento 11,8% 13,2% 3,0% 1,0% 5,0% 1,0% 1,0% 1,0% 1,0% Diária Média Histórica/Projetada Hotel Proposto R$ 0 R$ 0 R$ 0 R$ 0 R$ 0 R$ 450 R$ 454 R$ 459 R$ 463 R$ 468 Penetração Histórica/Projetada de Diária Média 0% 0% 0% 0% 0% 120% 120% 120% 120% 120% Inflação histórica (IPCA) 6,5% 5,8% 5,9% RevPAR RevPAR Historica RevPAR Projetada E 2015E 2016E 2017E 2018E 2019E 2020E RevPAR Mercado Competitivo R$ 191 R$ 210 R$ 229 R$ 208 R$ 194 R$ 220 R$ 210 R$ 221 R$ 229 R$ 236 Crescimento 10,2% 9,1% -9,2% -6,6% 13,3% -4,7% 5,0% 4,0% 2,7% RevPAR Projetada R$ 0 R$ 0 R$ 0 #DIV/0! #DIV/0! R$ 271 R$ 245 R$ 259 R$ 274 R$ 282 Penetracao Projetada do RevPAR 0% 0% 0% #DIV/0! #DIV/0! 123% 117% 117% 119% 120% 7

8 Sumário Executivo Fluxo de Caixa Análises Financeiras Prospectivas As estimativas dos resultados operacionais para o hotel proposto foram preparadas com base nas análises de mercado apresentadas neste relatório. As análises prospectivas incluem estimativas de fluxos de caixa operacionais disponíveis para serviço da dívida e imposto de renda para os primeiros cinco anos de operação. As estimativas estão baseadas em resultados operacionais de hotéis similares adaptados ao hotel em análise e no projeto apresentado; Todas as estimativas foram preparadas em reais constantes, conforme demonstramos no Anexo 1. A classificação contábil segue as definições da American Hotel and Motel Association conforme o Sistema Uniforme de Contabilidade para Hotéis. A descrição das contas de Receitas e Despesas é apresentada no Anexo 2. Blue Tree Rio Design Hotel Reais (R$) 279 uh's Fluxo de Caixa Resumido ( 000) % ( 000) % ( 000) % ( 000) % ( 000) % Receita Total Líquida Total de Despesas e Custos Departamentais % % % % % Total de Despesas Não Distribuídas % % % % % Resultado Operacional Bruto (GOP) % % % % % Honorários de Administração 626 2% 578 2% 620 2% 655 2% 678 2% Total de Outras Deduções % % % % % FLUXO DE CAIXA (EBITDA) % % % % % Reserva de Reposição de Ativos 626 2% 578 2% 620 2% 655 2% 678 2% RESULTADO OPERACIONAL LÍQUIDO (NOI) % % % % % Fonte: JLL 8

9 Características Gerais do Mercado

10 Características Gerais do Mercado Estado do Rio de Janeiro Visão Geral do Estado do Rio de Janeiro O Estado do Rio de Janeiro está localizado na região sudeste do país, fazendo divisa com Minas Gerais ao norte e noroeste, Espírito Santo ao nordeste e São Paulo ao sudoeste; Possui uma população estimada de 16 milhões de habitantes (IBGE, 2013), distribuída em uma área de ,157 km², maior que a Dinamarca; Composto de 92 municípios, o Estado tem a maior concentração demográfica do país, com 365,23 hab/km²; O Estado do Rio de Janeiro é a segunda maior economia do Brasil, perdendo apenas para São Paulo, e a quarta da América do Sul, tendo um Produto Interno Bruto superior ao do Chile. # Estado PIB 2011 (R$ 000) % PIB Nacional 1 São Paulo ,6% 2 Rio de Janeiro ,2% 3 Minas Gerais ,3% 4 Rio Grande do Sul ,4% 5 Paraná ,8% 6 Santa Catarina ,1% Economia A economia do Estado do Rio de Janeiro vem passando por transformações nos últimos anos, impulsionada pelo setor de Óleo e Gás. Apesar de não haver dados recentes sobre o PIB, no período entre 2007 e 2011, o PIB apresentou um crescimento anual composto (CAC) de 12%, semelhante à média nacional; O Rio de Janeiro abriga mais de 700 empresas relacionadas ao Petróleo, dentre elas as maiores do Brasil como a Shell, Cosan e Chevron Texaco. Juntas essas empresas produzem mais de 4/5 do petróleo e dos combustíveis distribuídos nos postos do território nacional; A produção de petróleo no estado do Rio de Janeiro vem aumentando a cada ano, e teve um crescimento anual composto de cerca de 3% nos últimos 10 anos; Ainda, no setor de mineração, a Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), a Companhia Siderúrgica do Atlântico (CSA) a maior siderúrgica da América Latina e a filial brasileira da BHP Billiton exercem papel de destaque. Crescimento do PIB 2007 a 2011 em R$ bilhões 296,76 343,18 353,87 407,12 462,38 139,56 154,78 175,74 190,25 209,36 Fonte: IBGE, Fonte: IBGE, Estado Cidade 10

11 Características Gerais do Mercado Cidade do Rio de Janeiro Perfil da Cidade do Rio de Janeiro RR AP A cidade do Rio de Janeiro é a capital do Estado e é a segunda maior metrópole do Brasil, com cerca de 6,5 milhões de habitantes; AM PA MA CE RN Grande parte da economia se baseia na prestação de serviços, representando 67% do PIB do Estado, com áreas como telecomunicações, audiovisual, TI, turismo, seguros e comércio; Internacionalmente reconhecida por diversos ícones culturais e paisagísticos, é a maior rota do turismo internacional no Brasil; Sede das duas maiores empresas brasileiras a Petrobrás e a Vale, e das principais companhias de petróleo e telefonia do Brasil, além do maior conglomerado de empresas de mídia e comunicações da América Latina, as Organizações Globo; Possui o segundo maior polo de pesquisa e desenvolvimento do Brasil, responsável por 17% da produção científica nacional. AC RO MT MS RS PR GO SC TO DF SP MG PI BA RJ ES AL SE PB PE Noroeste Serrana População Cidade do Rio de Janeiro habitantes Vale do Paraíba Centro Sul Área km² PIB 2011 R$ 209,3 bilhões PIB per capita 2011 R$ ,23 Norte IDH 2010 Índice FIRJAN de Desenvolvimento Municipal 0,799 (elevado) 0,8501 (9 entre as capitais) Costa Verde RJ Região Metropolitana Baixada Fluminense 11

12 Características Gerais do Mercado Cidade do Rio de Janeiro Empresas de Destaque Por ter sido a capital do País por mais de um século e por sua importância política e econômica, o Rio de Janeiro abrigava sedes de grandes empresas brasileiras. Na década de 90, várias empresas, bem como o setor financeiro, migraram para São Paulo. Com o fim do monopólio das estatais de petróleo, de telecomunicações e energia, o Rio de Janeiro voltou a atrair empresas de porte, principalmente do setor de Óleo & Gás. Algumas grandes empresas sediadas no Rio de Janeiro estão mencionadas no quadro abaixo: Empresas no Rio de Janeiro Coca-Cola Brasil Michelin PSA Peugeot Citroën Xerox do Brasil GE Oil & Gas Chemtech Transpetro Souza Cruz (British American Tobacco) Shell Grupo SulAmérica Grupo Queiroz Galvão EBX Lojas Americanas Ericsson Transocean Cosan Baker Hughes Chevron Texaco Empresas Estatais, Fundações Públicas e Autarquias Federais sediadas no Rio de Janeiro BNDES Eletrobrás Casa da Moeda do Brasil Ind. Nucleares do Brasil (INB) Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP) Inst. Bras. de Geografia e Estatística (IBGE) Inst.de Pesq. Econômica Aplicada (IPEA-Rio) Inmetro Inst. Nacional da Propriedade industrial (INPI) Comissão de Valores Mobiliários (CVM) Agência Nacional do Petróleo (ANP) Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) Confederação Nacional do Comercio (CNC) Agência Nacional do Cinema (ANCINE) Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) Previ Petros Fiocruz 12

13 Barris de Petróleo 000's Características Gerais do Mercado Projetos e Investimentos Projetos e Investimento A Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (FIRJAN) estima que o Estado deverá receber aproximadamente R$ 211,5 bilhões em investimentos no período , dos quais as empresas do setor de Óleo e Gás, capitaneadas pela Petrobrás, são responsáveis por mais de 50%. Produção de Petróleo e Petrobrás Os investimentos da Petrobrás para o Estado incluem projetos realizados em parceria no desenvolvimento da produção de petróleo e gás natural nas Bacias de Campos, Santos e no pré sal, e que englobam todas as fases de processamento, desde a extração, passando pelo refino até comercialização; O pré sal é o componente mais sensível para o futuro da produção nacional, pois pode dobrar a capacidade atual (de 2 milhões de barris/dia para 4,2 milhões em 2020) e colocar o Brasil como um dos principais produtores mundiais; Um importante polo de pesquisas está em formação no Parque Tecnológico da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), que reúne no mesmo local gigantes do setor de óleo e gás, como FMC, Schlumberger, Baker Hughes, Siemens, Halliburton, entre outras, com o intuito de conduzir pesquisas específicas para exploração do Pré-Sal; O recente sucesso no leilão de Libra, vencido por um consórcio formado pela Petrobrás, Shell, Total, CNPC e CNOOC, deu novo impulso aos investimentos no setor. Maior campo do Pré-Sal identificado até o momento, Libra tem reservas estimadas entre 8 e 12 bilhões de barris e potencial para receber mais de USD 500 bilhões em investimentos nos próximos 10 anos. 529,6 520,9 Produção de Petróleo no Rio de Janeiro 547,3 605,2 594,8 568,6 561,5 513,4 485,4 Fonte: ANP, YTD: dados acumulados YTD Nov 12 YTD Nov 13 13

14 Características Gerais do Mercado Projetos e Investimentos Projetos e Investimentos A Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (FIRJAN) estima que o Estado deverá receber aproximadamente R$ 211,5 bilhões em investimentos no período , sendo que a capital será responsável por 16,3%. Os investimentos olímpicos (equipamentos, sedes, etc) atrairão cerca de R$ 8,6 bilhões no período. A tabela e gráfico a seguir demonstram a composição dos investimentos previstos na cidade do Rio; A Petrobrás (e empresas parceiras) será responsável por mais de 50% do total de investimentos do Estado, devido aos pesados investimentos para exploração do pré-sal. Apesar de serem concentrados em regiões fora da cidade do Rio, estes investimentos acabam impactando o município: ampliação da sede da Petrobrás e do CENPES (laboratório de pesquisas da Petrobrás na Ilha do Fundão), desenvolvimento do Parque Tecnológico do Rio com foco no segmento de óleo e gás, movimentação dos estaleiros de Niterói na manutenção de navios e plataformas petrolíferas, entre outros; No mais, ressalta-se que 69% do total de investimentos para o Estado são destinados à novos empreendimentos, valor nunca antes atingido; Outros importantes investimentos na cidade são: revitalização do Porto Maravilha, ampliação da FIOCRUZ, ampliação da Gerdau, instalação do GE Global Research Center (na Ilha do Fundão), entre outros. Principais Investimentos no Município do Rio de Janeiro Investimento Setor Investimento (R$ bilhões) Porto Maravilha Desenvolvimento Urbano 4,8 Metrô Linha 4 Transporte / Logística 4,2 Sistema BRT Transporte / Logística 2,8 Programa Morar Carioca Desenvolvimento Urbano 2,1 Governo Federal (PAC-2) Desenvolvimento Urbano 1,5 Porto do Rio Transporte / Logística 1,4 Total 16,8 Fonte: Decisão Rio Firjan 24% Investimentos no Estado por Setor de Atividade 19% 4% 1% 1% Petrobrás e Parceiros Indústria de Transformação Infra-estrutura 51% Instalações Olímpicas Turismo Outros Fonte: Decisão Rio Firjan 14

15 Características Gerais do Mercado Infraestrutura Acessos Várias obras estão sendo realizadas na infraestrutura viária do Rio de Janeiro com o objetivo de atender às necessidade de mobilidade para os Jogos Olímpicos, bem como para atender ao crescimento econômico da cidade e seus arredores. Acesso Viário Construção do Arco Metropolitano: Investimento total de R$ 1,2 bilhão em uma via de 145 quilômetros que vai desafogar o trânsito nos acessos da cidade, contornando a região metropolitana do Estado e ligando dois importantes eixos de desenvolvimento: Eixo Leste: onde será construído o Comperj e Eixo Sepetiba: Porto de Itaguaí. Conversão da Avenida Ayrton Senna: Conversão em via expressa sem faróis, com a construção de um trecho de 820 metros de nova pista no sentido linha Amarela, com duas novas faixas, passando por onde hoje existem o canteiro central e parte do terreno de um posto de gasolina; Modernização e Recuperação de Rodovias: Duplicação da BR-101 norte. Arco Metropolitano Av. Ayrton Senna 15

16 Características Gerais do Mercado Infraestrutura Transporte Público As linhas do Metrô no Rio de Janeiro serão expandidas como parte dos projetos de mobilidade para os grandes eventos de 2014 e A Linha 3 ligando São Gonçalo a Niterói deverá ser totalmente entregue em Já a Linha 4, que irá ligar Ipanema até a Barra da Tijuca, transportará 300 mil passageiros diariamente e deverá ser totalmente concluída até 2016; A construção dos corredores expressos, a reforma das estações e a aquisição de 114 novos trens fazem parte do anel de alta performance que garantirá a integração da infraestrutura de transportes do Estado; Projetos Iniciados Ainda, existe o projeto de construção de linhas BRT (Bus Rapid Transit) ligando a Barra da Tijuca as duas regiões da cidade. O TransCarioca, irá conectar a Barra ao Aeroporto Internacional passando pela Penha (Norte). O investimento de R$ 1,5 bilhão irá viabilizar a conclusão do trecho Barra da Tijuca-Penha até o Aeroporto do Galeão. Essa linha permitirá um tráfego de alta velocidade, sem faróis, conectando as duas extremidades da cidade, mas ainda encontra-se em fase inicial. A TransOeste liga a Barra as regiões de Campo Grande e Santa Cruz, com Fonte: Rio Negócios acesso facilitado e mais rápido até o Porto de Itaguaí. O túnel principal, o Grota Funda, já está em funcionamento, restando apenas adequações viárias na região de Santa Cruz e Itaguaí para concluírem totalmente as obras da TransOeste em A Transolímpica irá interligar os dois principais polos de competições olímpicas do Rio, iniciando-se no Recreio e terminando em Deodoro. Orçada em R$ 1,5 bilhão, a linha contará com 23km de extensão e beneficiará 400 mil pessoas/dia, devendo ser entregue em

17 Características Gerais do Mercado Infraestrutura Perspectiva Futura da Infraestrutura do Rio de Janeiro Quando concluída, a nova infraestrutura de acesso viário e transporte público terá um impacto significativo nos acessos da cidade, beneficiando principalmente os acesso à região da Barra da Tijuca e Jacarepaguá. 17

18 Características Gerais do Mercado Acesso Aéreo Acesso Aéreo A cidade do Rio de Janeiro conta com dois principais aeroportos: Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão): O maior aeroporto do Estado do Rio de Janeiro é o único que recebe vôos internacionais, sendo o segundo maior portão de entrada de estrangeiros no Brasil. O aeroporto possui capacidade para receber 15 milhões de passageiros por ano e atualmente recebe vôos de 18 países. O aeroporto fica localizado a 20 quilômetros do centro do Rio de Janeiro e é acessado pelas Linhas Amarela, Vermelha e Avenida Brasil. O aeroporto foi objeto da concessão realizada em setembro de 2013, nos mesmos moldes das concessões feitas dos aeroportos de São Paulo/Guarulhos, Cofins e Viracopos. O consórcio formado pela Odebrecht e Changui, que administra o aeroporto de Singapura, deverá investir um total de R$ 5,7 bilhões em 25 anos, ampliando a capacidade do aeroporto para 44 milhões de passageiros; Aeroporto Santos Dumont: O Aeroporto Santos Dumont atende somente voos regionais e a ponte aérea entre Rio e São Paulo. O Santos Dumont passou por obras de modernização e ampliação, com investimentos de R$ 332,3 milhões. A nova capacidade de passageiros é de oito milhões por ano; O gráfico a seguir demonstra a evolução do movimento total de passageiros nos dois aeroportos do Rio de Janeiro e a proporção de passageiros que chegaram em voos nacionais e internacionais nos últimos seis anos. Fluxo nos aeroportos do Rio de Janeiro (milhões de passageiros) CAC = 13% 2,13 11,87 2,61 14,31 3,13 17,03 3,73 19,71 4,29 4,24 22,16 21, Fonte: Infraero, Doméstico Internacional 18

19 Características Gerais do Mercado Turismo Turismo O Rio de Janeiro é mundialmente conhecido pelos seus atrativos turísticos e naturais. A imagem da cidade é fortemente influenciada por suas atividades culturais, artísticas e de lazer; Além de um parque hoteleiro composto de bandeiras nacionais e internacionais, oferece boas opções gastronômicas, atrativos como museus, Pão de Açúcar, Jardim Botânico, Cristo Redentor, entre outros; A cidade é o principal destino de cerca de 12% dos turistas estrangeiros que visitam o Brasil, e o segundo portão de entrada do país; Com isso, o turismo leva à criação de diversos postos de trabalho, o que melhora os setores comercial e de hotelaria; O Rio de Janeiro foi escolhido como uma das cidades sedes da Copa do Mundo de 2014 e como a cidade sede das Olimpíadas de Com isso, o Rio de Janeiro irá ascender como destino e muitos investimentos serão feitos na infra-estrutura, transporte, segurança, meio ambiente e hotelaria; O gráfico ao lado demonstra o histórico da participação do Rio de Janeiro na entrada de turistas estrangeiros no Brasil: A Copa do Mundo de 2014 acontecerá de 12 de junho a 13 de julho em diversas cidades do Brasil; As Olimpíadas de 2016 acontecerão do dia 5 de agosto ao dia 21 de agosto somente na cidade do Rio de Janeiro, e as Paraolimpíadas serão do dia 7 de setembro ao dia 18 de setembro do mesmo ano. 5,05 19% Número de Turistas Internacionais (milhões) 4,80 0,97 0,88 18% 5,16 0,63 12% 5,43 5,67 13% 0,71 0, Brasil Rio de Janeiro % 12% Fonte: Embratur, ABIH-RJ Fonte: COINF/DPF e Embratur 19

20 Características Gerais do Mercado Turismo Jogos Olímpicos Os Jogos Olímpicos estarão concentrados em cinco regiões da cidade: Barra: Localizada na Zona Oeste da cidade, a Barra da Tijuca detém um dos maiores centros de eventos da América Latina o Riocentro e abrigará o Parque Olímpico do Rio. Este receberá dezenas de modalidades esportivas, espalhadas pelas seguintes estruturas: quatro Centros Olímpicos de Treinamento, o Centro Olímpico de Hockey, o Centro Olímpico de Tênis, o Velódromo Olímpico, o Centro Aquático Maria Lenk, o Estádio Olímpico de Desportes Aquáticos e a Arena Olímpica do Rio. Maracanã: A Zona do Maracanã abrigará o Sambódromo, o Estádio João Havelange e o Estádio São Januário. O Maracanã receberá os jogos de futebol e o Ginásio Maracanãzinho receberá os jogos de vôlei. Copacabana: A Zona de Copacabana abrigará algumas modalidades, incluindo vôlei de praia, ciclismo, maratona e esportes aquáticos, tais como vela, remo e canoagem. As atividades acontecerão na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Estádio de Copacabana, no Forte de Copacabana, na Marina da Glória e no Parque do Flamengo. Deodoro: A Zona de Deodoro abrigará o Centro Nacional de Hipismo, o Centro Nacional de Tiro, a Arena de Deodoro e o Parque Pentatlo Moderno de Deodoro. Além disso, a área concentrará as modalidades radicais no Parque Radical do Rio, incluindo o Parque Olímpico de Mountain Bike, o Estádio Olímpico de Canoagem Slalom e o Centro Olímpico BMX. Porto Maravilha: na área central do Rio, o Porto Maravilha deverá abrigar a Vila dos Árbitros e o Centro de Mídia. A infraestrutura necessária para realizar o evento irá incluir 100 mil pessoas, das quais 70 mil serão voluntárias. Pelo menos atletas de 205 nações de todo o mundo são esperados. O Comitê Olímpico Brasileiro estima que um total de 300 mil visitantes estrangeiros deverão vir ao Rio de Janeiro durante os jogos; O Estádio do Maracanã, considerado o maior do Brasil foi modernizado para receber a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de O projeto de R$1,1 bilhões, assinado pela empresa publica Emop, incluiu a redução da capacidade de assentos para 76 mil, a reconstrução dos lugares do nível inferior, 108 camarotes e uma rampa de acesso. O Maracanã já foi utilizado durante a Copa das Confederações em junho de

21 Características Gerais do Mercado Demanda Turística Demanda Turística Demanda Internacional em Hotéis por País Emissor 2013 Com base em dados da ABIH-RJ, em 2013, 1,6 milhões de turistas visitaram o Rio de Janeiro, instalando-se em unidades de hospedagem da cidade; Destes, 59% são provenientes de outras localidades do Brasil, enquanto 41% correspondem a visitantes de outros países; A demanda de turistas internacionais do Rio de Janeiro é composta primeiramente por 34% de Europeus, seguido de 29% de Norte Americanos e 17% de turistas da América do Sul. Com respeito a demanda nacional, São Paulo representa 46% da demanda. 25% 20% 15% 10% 5% 0% 24% 5% 7% 7% 2% 5% 5% 2% 2% 7% 5% 10% 17% Demanda Internacional 2013 Demanda Nacional em Hotéis por Estado Emissor 2013 RR AP 13% 3% 34% Fonte: ABIH-RJ, % 29% 17% América do Norte América do Sul Ásia Europa África Outros AC Fonte: ABIH-RJ, AM RO Outros: 14% 5% 3% MT MS PA RS 5% PR DF GO SC TO SP MA MG 7% 46% 2% RJ CE PI BA 3% 2% ES 10% RN PB PE AL SE 3% 21

22 Características Gerais do Mercado Eventos Eventos Com o objetivo de incentivar a atividade turística, a Riotur, vem atuando em parceria com o Convention Bureau para captar eventos para a cidade, sobretudo congressos. De acordo com o ranking ICCA em 2012, o Rio de Janeiro sediou 83 eventos, estabelecendo-se em primeiro lugar como destino de encontro internacional no Brasil; Ainda, de acordo com o Rio Convention Bureau a cidade como um todo vem crescendo em número de eventos. Em 2013, o Rio de Janeiro sediou 161 eventos, sendo 101 nacionais e 54 internacionais, com um total superior a 200 mil visitantes e receita estimada em US$ 284 milhões. A queda em relação ao no anterior pode ser explicada pela ocorrência de grandes eventos como a Jornada Mundial da Juventude e a Copa das Confederações; Número de Eventos e Fluxo de Visitantes O gráfico ao lado demonstra o número estimado de participantes nos eventos realizados na cidade, de acordo com o Rio Convention Bureau, que contempla apenas eventos técnicos e científicos e não o universo total de eventos. Por isso há grandes variações nos números de participantes: Fonte: Rio Convention Bureau, 2014 Número Eventos Fluxo de Visitantes Evento Carnaval Rio de Janeiro Fashion Week Rio Pipeline Bienal do Livro Rock in Rio Rio de Janeiro International Film Festival Ano Novo Data Fevereiro ou Março Janeiro e Junho Setembro Setembro Setembro Outubro Dezembro 22

23 Milhares Características Gerais do Mercado Mercado de Escritórios Pesquisa Imobiliária Comercial A cidade do Rio de Janeiro tem sua concentração de escritórios principalmente na região do Centro da cidade e na Orla da cidade desde a Glória até o Botafogo, e por fim a região mais recente, que é a região da Barra da Tijuca. A oferta total de escritórios no Rio tem aproximadamente 5,5 milhões de m², dos quais 1,7 milhão corresponde a prédios de alto padrão, classificados em tipo A e AA; O mercado cresceu em média 6% ao ano desde Em 2013, o novo estoque foi de 171 mil m², e prevê-se que sejam inaugurados mais 160 mil m² em Até 2019, estão previstos aproximadamente mais 1,2 milhão m² de novo estoque de escritórios tipo AA e A, o que representará um crescimento de 70% em relação ao estoque atual. Porto Maravilha Estoque por região AA e A Barra da Tijuca Centro Orla Porto Maravilha Zona Sul Fonte: JLL, 2013 Estoque Atual Total Projetado 23

24 R$/ m² Mil m² Características Gerais do Mercado Mercado de Escritórios Mercado de Escritórios Taxa de Vacância por Região A taxa de vacância atual é de 17,5%, porém a taxa ajustada, considerando os espaços que já possuem contrato de locação mas não estão ocupados ainda, é de 16,8%. Essa taxa é influenciada pela região do Porto Maravilha, que ainda uma grande torre a ser ocupada; Vacância Média:17,5% Vacância Média Ajustada: 16,8% 86% 86% Ainda durante o ano, a média ponderada dos aluguéis variou de R$ 131/m² para 128/m², mantendo-se estável. 23% 19% 14% 15% 17% 17% 4% 4% Barra da Tijuca Centro Orla Porto Maravilha Zona Sul Preços de locação por m² Classes A & AA Taxa de Vacância Taxa de Vacância Ajustada *Vacância ajustada: considera pré locações e espaços a serem devolvidos Absorção e Variância Histórica AA & A 24

25 Características Gerais do Mercado Barra e Arredores Barra da Tijuca A Barra da Tijuca se apresenta como a extensão natural da orla marítima da zona sul do Rio de Janeiro. Após a bem sucedida ocupação de Copacabana, Ipanema e Leblon, a Barra da Tijuca passou a ser o caminho mais propício para novos investimentos imobiliários, ocupando seus 20 quilômetros de praias de um lado e as lagoas e restingas do outro; A região administrativa da Barra da Tijuca compreende os bairros de Joá, Itanhangá, Camorim, Vargem Pequena, Vargem Grande, Recreio dos Bandeirantes, Grumari e a Barra da Tijuca. O bairro se estende do canal da lagoa da Tijuca até a Avenida Salvador Allende e na direção do bairro de Jacarepaguá até a lagoa do Camorim; Uma conjunção de fatores como a escassez de terrenos disponíveis nas regiões central e sul da cidade, a facilidade de acesso e a disponibilidade de áreas, está transformando a Barra da Tijuca no bairro de maior desenvolvimento do Rio de Janeiro; A região é caracterizada por grandes condomínios residenciais fechados, com completa infraestrutura de lazer e segurança, e também por edifícios comerciais que compõem o cenário na Barra, em razão principalmente das várias empresas que se instalaram na região; Outra característica distinta da região é a longa distância entre os pontos, de forma que o automóvel é o principal meio de transporte, diferentemente dos bairros tradicionais do Rio de Janeiro, os percursos e atividades diárias não podem ser feitos a pé. 6 Localização da Barra da Tijuca e Recreio 5 Jacarepaguá Recreio Barra da Tijuca Copacabana Ipanema Leblon São Conrado 5 Santa Cruz Itaguaí 6 1 Galeão Santos Dumont 25

26 Características Gerais do Mercado Barra e Arredores Entretenimento A Barra da Tijuca possui diversas opções de entretenimento, conforme abaixo: Importantes casas de show - O Citibank Hall, antigo Claro Hall, costuma sediar diversos shows abertos ao público, que são muito freqüentados pelos cariocas e também por pessoas de outros estados como São Paulo, Minas Gerais. Em alguns casos, é utilizado também para as aberturas ou fechamentos dos congressos realizados no Riocentro, podendo também sediar shows fechados desses eventos; Variedade de atrações culturais - Além do Citibank Hall, a Barra conta com outras duas casas de shows localizadas na Avenida das Américas, o Garden Hall, localizado no Barra Garden, e o Ribalta, que atende a espetáculos e eventos, além de ter um restaurante. Também estão localizados na Barra, na Avenida Ayrton Senna, o Teatro Antônio Fagundes, que possui 433 lugares e é um dos mais modernos da cidade; Espaços de eventos espaçosos - Na Av. Abelardo Bueno encontra-se a HSBC Arena, administrada pela GL Events. Com capacidade para até 18 mil pessoas, a arena é um espaço múltiplo uso, capaz de receber shows, eventos diversos; Variedade de outlets de entretenimento - A Barra conta também com diversos shoppings como o Shopping Rio Desing Barra, o Barra Shopping que tem ao lado o shopping de entretenimento New York, o Città América e o Village Mall, shopping mais categorizado da cidade e inaugurado em Outubro de 2012; Cidade das Artes Inaugurada ainda inacabada em Dezembro de 2008, a Cidade das Artes é um complexo de salas de espetáculo voltado à cultura em geral. Assinado pelo renomado arquiteto francês Christian de Portzamparc, o prédio localizado no cruzamento da Av. das Américas com a Av. Ayrton Senna se destaca na paisagem da Barra. Após ampliações e modernizações recentes, o espaço encontra-se em pleno funcionamento e já desponta como um dos melhores locais para a realização de shows e concertos na capital fluminense. Arena HSBC Cidade das Artes 26

27 Características Gerais do Mercado Barra e Arredores Parque Olímpico O parque olímpico é onde a maioria das instalações para os jogos olimpicos e paraolimpicos do Rio de Janeiro de 2016 estão sendo construidas. O parque está sendo construido, desde julho 2012, sobre o autodromo de Jacarepaguá que fica em uma peninsula do lado da Avenida Abelardo Bueno. As obras estão previstas para terminar em 2015 para a realização de vários eventos testes; Cada contrução e instalação esportiva tem um plano comercial sólido, garantindo sustentabilidade de longo prazo. Depois dos jogos olimpicos, o parque vai ser mantido e a região se tornará o principal local no Brasil e Americal do Sul para eventos e treinamentos esportivos de alto nivel. AV. ABELARDO BUENO Riocentro Inaugurado em 1977, o Riocentro localiza-se na Avenida Salvador Allende. O complexo ocupa um terreno de m² e tem a sua composição básica formada por cinco pavilhões, áreas contínuas para eventos ao ar livre, um lago artificial para demonstrações náuticas, estacionamento para veículos, heliporto e restaurantes; Toda a infraestrutura tanto do Riocentro quanto os equipamentos esportivos que estão sendo preparados para a Copa do Mundo e Jogos Olímpicos já criaram um novo calendário de eventos esportivos que deverão ocorrer nos próximos anos como torneios seletivos, Jogos Militares, entre outros Pavilhões Riocentro Descrição Pavilhão de Exposições 1 Mezzanino Sala de Apoio Pavilhão de Exposições 2 Salas de Apoio 1 e 2 Pavilhão de Exposições 3 Salas de Apoio 1 a 4 Pavilhão de Exposições 4 Salas de Apoio 1 a 4 Auditório Área Disponível m m m m m 2 (cada) m m 2 (cada) m m 2 (cada) 408m 2 27

28 Características Gerais do Mercado Barra e Arredores Rio Centro (cont.) O Riocentro está sendo administrado desde 2006 pela GL Events, empresa francesa especializada na organização de eventos e administração de centros de convenções e exposições. A empresa tem funcionários e 35 anos de experiência, estando presente em vários países do mundo. Em 2010 a empresa faturou US$ 1 bilhão e em 2011 teve uma receita de R$ 118 milhões, 27% a mais do que em 2010; Durante o período de 2012 a 2016, os pavilhões estarão em vários momentos ocupados por eventos ligados à Copa do Mundo e às Olimpíadas, sendo que o calendário exato dessas ocupações ainda está sendo definido.além disso, a partir de 2012 até 2014 a sede da FIFA será localizada no Pavilhão 1, que será reformulado para acomodar os escritórios que futuramente deverão ser utilizados também como sede do COI; Recentemente a FIFA anunciou que o Centro Internacional de Imprensa (IBC) da Copa do Mundo será localizado no Riocentro, com investimento previsto de R$ 60 milhões. Em 2010, na Copa da África do Sul, 179 emissoras de televisão e rádio de mais de 70 países enviaram equipes para o país, envolvendo funcionários. Principais eventos Ao longo de sua história, o Riocentro recebeu alguns dos mais importantes eventos internacionais realizados no Rio de Janeiro, entre eles os Jogos Panamericanos Rio modalidades esportivas, e a Central Internacional de Imprensa; a Conferência das Nações Unidas para o Meio-Ambiente e Desenvolvimento; o 9º Congresso Mundial de Psiquiatria; o 13º Congresso Mundial de Cardiologia; o 17º Congresso Mundial de Petróleo Rio - Oil & Gas; a LAAD, maior feira de defesa da América Latina; e a Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro e mais recentemente a Rio+20. Conforme demonstra o gráfico ao lado o Riocentro costuma ter um maior número de participantes nos eventos nos anos ímpares: Participantes em eventos no Riocentro Total Público local Público de fora O número de participantes nos eventos do Riocentro apresenta algumas flutuações ao longo dos anos, mas nunca ficou abaixo de um milhão ao ano. Mesmo com as quedas, o CAC no período é estimado em 6%, com perspectivas de crescimento ao longo dos próximos anos graças aos grandes eventos esportivos (Copa e Olimpíadas)

29 Características Gerais do Mercado Barra e Arredores Perspectivas Futuras Espaço para desenvolvimento - Com a escassez de espaços nos bairros do centro e zona sul do Rio de Janeiro, diversas empresas mudaram seus escritórios para a Barra da Tijuca, onde encontram edifícios modernos e espaçosos para as suas instalações, algumas citadas no quadro ao lado, Indústrias intensivas de P&D - Além disso, várias indústrias estão instaladas em Jacarepaguá, próximo à Barra, principalmente laboratórios e empresas de processamento de alimentos. Algumas estão citadas no quadro ao lado; Crescimento corporativo Foram implantados na Barra importantes empreendimentos como o Hospital Sarah Kubitschek, centro internacional de neurorreabilitação e neurociências, o complexo Rio Office Park, onde estão a sede da Cosan e outros edifícios com ocupantes diversos de empresas multinacionais a consultórios médicos; o Dimension Office Park, com 6 torres comerciais com salas e lojas, como também as sedes da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) e da Riotur; Oferta de escritórios - Segundo levantamento da Jones Lang La Salle, atualmente a Barra da Tijuca tem um estoque total de aproximadamente 250mil m² de áreas de escritório do tipo AA e A. Isso representa 15% do estoque total A e AA do Rio de Janeiro. Crescimento de 23% da oferta de escritórios - Dos 1,1 mil m² de áreas de escritórios previstos para a cidade até 2014, 11% (58 mil m²) são localizados na Barra, representando um crescimento de 23% em relação à oferta total atual e trazendo novas empresas para a região. Empresas na Barra da Tijuca Cosan Universal Michelin Rede Globo/Projac Studios Heineken Boticário Amil Shell Novartis Vivo BMG Nokia Bavária Amil Indústrias em Jacarepaguá (próximas à Barra e ao Recreio) Glaxo/Wellcome Schering Smithkline Beechman Roche Pfizer Ceras Johnson Merck Nestlé Coca Cola IBF Antarctica Abbot Mantecorp 29

30 Características Gerais do Mercado Conclusão Conclusão Com um elevado índice de urbanização, boa rede de infraestrutura e alto poder econômico, o Rio de Janeiro é o segundo Estado em importância econômica do país, com um PIB de R$ 462 bilhões em O crescimento anual composto da economia carioca foi de 12% entre 2007 e 2011, semelhante à média do país; O Rio de Janeiro vem passando por uma transformação significativa nos últimos anos impulsionada pelos investimentos em infraestrutura para receber a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016, bem como pelos significativos investimentos do setor de óleo & gás, responsável por mais de 50% dos R$ 212 bilhões previstos para o Estado entre 2012 e 2014; Um reflexo da expansão econômica é o crescimento do mercado de escritórios, que em 2012 teve um recorde de novo estoque de cerca de 300 mil m², representando um crescimento de 24% em relação a Apesar de não ter atingido o mesmo patamar, em 2013 o mercado de escritórios ganhou mais 160 mil m² de área locável; Além disso, a vocação turística do Rio de Janeiro é muito grande, uma vez que a cidade é caracterizada por inúmeros atrativos naturais, culturais e históricos. Atualmente a cidade possui uma excelente infraestrutura turística, composta por um parque hoteleiro consolidado e um centro de exposições de grande porte, o RioCentro. A cidade é o segundo maior portão de entrada de estrangeiros no Brasil, tendo recebido em 2012 cerca de 1,7 milhões de turistas. Ainda, a cidade é a 1ª no ranking das cidades brasileiras em número de eventos internacionais; As características gerais do Rio de Janeiro são positivas em termos de infraestrutura econômica e turística. A cidade ainda é o principal destino turístico do país e a combinação da atividade econômica crescente, novos investimentos, atrativos turísticos e eventos sustenta a expansão da oferta hoteleira na cidade. 30

31 Análise da Área e Descrição do Projeto

32 Análise da Área e Descrição do Projeto Área e Local Este capítulo apresenta uma análise da área onde localiza-se o terreno em estudo, destacando as características que influenciam seu desempenho, e a descrição do projeto apresentado. Análise da Área O Recreio dos Bandeirantes é uma extensão natural da Barra da Tijuca e pode ser considerado como a última fronteira urbana da cidade. É um bairro predominantemente residencial, com oferta restrita de comércio e serviços, e sem a presença de grandes empresas ou indústrias; No local predominam imóveis de baixo gabarito e condomínios fechados, em meio a ruas arborizadas, criando assim um ambiente tranquilo que faz com que o bairro destoe das demais áreas da cidade. Considerado um bairro nobre, vem atraindo principalmente a classe média emergente, que busca um local de moradia mais tranquilo e reservado, passando um status de exclusividade; Concebido como um bairro planejado nos anos 50, teve uma ocupação inicial de segundas residências da população abastada da Zona Sul. Começou a se firmar como bairro de primeira residência nos anos 80-90, tendo passado por um boom nos anos 2000, quando a população residente cresceu de para habitantes em 2010; A melhoria dos acessos foi um fator importante para o crescimento do bairro, que viu nos últimos anos a duplicação da Av. das Américas, a construção do túnel Grota Funda (ligando a Barra até Itaguaí), a implantação do BRT, entre outros; O rápido crescimento urbano perdura nos dias atuais e deverá levar a uma mudança no perfil do bairro graças à diversificação dos empreendimentos em construção, como torres comerciais, lajes corporativas, shoppings, antes pouco presentes no local e hoje encontrados principalmente ao longo da Av. das Américas. 32 Análise do Local O terreno em estudo situa-se no final da Praia do Recreio, próximo à Pedra do Pontal, um dos principais pontos turísticos do bairro. A área tem cerca de 3.600m², é plana e tem formato retangular, contando com duas frentes, sendo uma para a Av. Lúcio Costa, principal via da região. Localizado no meio do quarteirão e com vista permanente para o mar, tem como vizinhos diretos dois prédios residenciais de três pavimentos cada. Este perfil residencial é dominante e se estende até a divisa com a Praia do Pontal, onde se encontram cinco hotéis e alguns restaurantes. Estes hotéis são independentes, de pequeno porte e sem padrão, sendo que alguns funcionam também como residenciais com serviço; O ambiente no entorno do terreno é tranquilo, com ruas largas e arborizadas. Não foram observados pontos de congestionamento nem dificuldades de deslocamento ou de estacionamento. A noite o local é bastante ermo. Ressalta-se que há um prédio abandonado bem atrás do terreno em estudo; A única infraestrutura de apoio encontrada no entorno são os quiosques da praia. Acessíveis à pé, oferecem limitadas opções de bebidas, lanches e porções, e operam com horários reduzidos. Para outras opções, deve-se seguir de carro até o Shopping Recreio (5 km em 10 minutos) ou a Av. das Américas. Já para opções mais categorizadas, deve-se ir até a Barra; A orla da Praia do Recreio é urbanizada, oferecendo pista de cooper e ciclovia, sendo bastante utilizada no final da tarde e começo da noite; Ressalta-se que, apesar do elevado índice de urbanização, terrenos livres ainda são encontrados, tanto dentro do bairro quanto na orla, demonstrando que o entorno ainda tem espaço para crescer.

33 Análise da Área e Descrição do Projeto Acessos e Visibilidade Acessos Localizado na altura do nº da Av. Lucio Costa, o terreno em estudo tem acesso fácil e intuitivo. A Lúcio Costa é a principal via da Orla, cortando toda Barra até o final do Recreio. De faixa dupla em quase toda sua extensão, é uma via expressa que permite deslocamento rápido até os bairros vizinhos e cruza com as principais vias de ligação com a Av. das Américas. Na altura do terreno, a Lucio Costa oferece dois retornos em menos de 500 metros, além de bolsões de estacionamento; As demais vias que dão acesso ao terreno - R. Pres. Nereu Ramos, R. Gen. Fontoura e R. Des. Oscar Tenório - tem perfil semelhante, sendo todas largas e de mão dupla, com estacionamento liberado nos dois lados; Já o acesso à Av. das Américas se dá através de três vias principais, das quais duas - Av. Gilka Machado e Av. Glaucio Gil - são praticamente equidistantes do terreno (800 metros) e uma terceira - Av. Alfredo Baltazar da Silveira - está a 1,8 km. Por estas vias, a Av. das Américas leva cerca de 1,5km para ser acessada, em trajeto de aprox. cinco minutos; A Av. Baltazar da Silveira é a principal ligação com a Barra, transformando-se em Salvador Allende e terminando na Estrada dos Bandeirantes. Assim como a Av. Lucio Costa, é uma via expressa com faixa dupla, que permite deslocamento rápido até importantes equipamentos da região, como o Rio Centro, Cidade do Rock e Vila Olímpica. Um mergulhão sobre a Av. das Américas, inaugurado recentemente, desafogou o principal ponto de congestionamento desta via; Outras importantes obras viárias que beneficiam o local em estudo são: túnel Grota Funda, que diminuiu a distância com importantes áreas industriais Santa Cruz, Vargem Grande e Itaguaí acessíveis em cerca de 30 minutos, e a instalação do BRT na Transoeste, que melhorou significativamente problemas de transporte coletivo do Recreio; Por fim, congestionamento pontuais são encontrados nos horários de pico na Av. das Américas, nas ligação das vias do bairro com a Av. das Américas e na altura da Reserva de Marapendi, quando a Av. Lucio Costa passa a ter três faixas. Visibilidade A visibilidade de um empreendimento hoteleiro é um dos fatores críticos para seu sucesso; O terreno em estudo tem na visibilidade um de seus principais diferenciais: Vista permanente para o mar; Duas frentes, sendo uma para a principal via da Orla, com bom fluxo de pessoas; Construção de gabarito mais elevado que os demais prédios do entorno; Não identificamos fatores que podem impactar na visibilidade do hotel. 33

34 Análise da Área e Descrição do Projeto Atrativos no Entorno Prainha Localizada entre Grumari e Recreio, a Prainha é uma praia pequena e reservada que se destaca pelo ambiente tranquilo e cercado de natureza intocada; Com uma faixa estreita de areia banhada por águas claras e agitadas, é um point tradicional dos surfistas cariocas, sendo também bastante procurada por moradores e turistas; Inserida na APA (Área de Proteção Ambiental) de mesmo nome, a Prainha é considerada afastada da cidade e de difícil acesso (pois só se chega ao local de carro por uma estrada estreita), fatos que ajudam a mantê-la preservada; Possui apenas um quiosque de apoio, que serve pratos quentes e bebidas de boa qualidade. Novo Campo de Golfe Após 112 anos, o Golfe volta a ser um esporte olímpico. Para receber essa modalidade nos jogos de 2016, está sendo construído um novo campo na junto à Reserva Ecológica de Marapendi, na Barra; Desenhado por Gil Hanse, o novo campo contará com 18 buracos distribuídos por 45 hectares, inseridos em uma grande área de 1 milhão de m² que também contará com uma parte destinada ao desenvolvimento imobiliário. 34

35 Análise da Área e Descrição do Projeto Fotos do Local Pedra do Pontal e Praia do Recreio vistas do terreno em estudo. 35

36 Vargem Gde (10km) DI Santa Cruz (33km) Itaguaí (45km) Análise da Área e Descrição do Projeto Absoluto Mapa do Local Business One Office A5 Office Américas Shop. Expansão do Shop. Recreio Shop. Pq. Olímpico (8km) Rio Centro (9km) Av. Ayrton Sena (13km) Parque Ecológico Chico Mendes Hotel Villa Del Sol Hotéis Praia do Pontal Hotel Atlântico Sul Hotel em Estudo Prainha (5km) Praia do Pontal Orla da Barra (11km) Hotel Mykonos Praia do Recreio Pedra do Pontal 36

37 Análise da Área e Descrição do Projeto Mapa do Local Linha Amarela 8 km Túnel Grota Funda Recreio Shop. Américas Shop. Vila Olímpica Riocentro Transolímpica Cidade do Rock Parque Olímpico 9 km Centro Metropolitano Campo de Golfe 13 km 12 km 15 km Expansão Corporativa -02; -CEO; -Terra Encantada; -Gleba F Áreas Corporativas Consolidadas Hotel Parque Hoteleiro Atual 5 km Prainha 37

38 Análise da Área e Descrição do Projeto Projeto Proposto Descrição do Projeto O projeto em estudo prevê um hotel localizado no Recreio dos Bandeirantes, de frente para o mar. Suas principais características são as seguintes: Conceito Design diferenciado, com fachada ondulada, vidro transparente e arquitetura clean, de forma a explorar ao máximo a interação com o mar. Decoração, ambiente e FF&E seguirão as mesmas diretrizes, compondo um local moderno, exclusivo e diferenciado. Instalações Apartamentos: 279 unidades com aproximadamente 24m² divididos em nove pavimentos. Todos os apartamentos terão varandas de até 9m². Os quartos frente mar do nono pavimento serão diferenciados, com varanda maior e disposição exclusiva. Cerca de 60% das unidades estarão frente ou lateral mar; Eventos: 440m² privativos no 1º subsolo, sendo composto por um ballroom de 228m² modulável em quatro, mais cinco salas entre 14m² e 62m², além de área de A&B dedicada, entradas de serviço, banheiros, depósitos, halls e recepção. A existência de colunas em algumas salas deverá reduzir a capacidade desta área; Alimentos e Bebidas: restaurante e lobby bar localizados no térreo, com cozinha dedicada. Bar de piscina, localizado na cobertura; Lazer: áreas concentradas na cobertura, compostas por piscina de borda infinita com bar e deck, solarium, SPA (duas salas e uma hidromassagem), sauna e academia; Garagem: localizada nos subsolos; Administração O hotel será administrado pela rede Blue Tree. Vista da piscina com borda infinita. Lojas: uma loja no térreo. Disposição dos espelhos permitirá que sempre se tenha vista para o mar 38

39 Análise da Área e Descrição do Projeto Projeto Proposto Plantas do 1º ao 8º e 9º pavimentos notam-se as escadas no meio do pavimento. Planta-tipo das unidades. 39

40 Análise da Área e Descrição do Projeto Conclusão Conclusão Bairro nobre e tradicionalmente residencial, o Recreio vem passando por uma mudança de perfil nos últimos anos, com a vinda de diversos empreendimentos comerciais, localizados em sua maioria ao redor da Av. das Américas, ao qual somam-se a ampliação do Recreio Shopping e a inauguração do Américas Shopping, que deverão melhorar a oferta de infraestrutura de apoio, antigo gargalo do bairro; O terreno proposto tem boa localização dentro do Recreio, estando na Av. Lucio Costa defronte a Praia do Recreio e ao lado da Pedra do Pontal, importante ponto turístico da região. Conta com excelente visibilidade e acessos rápidos e intuitivos até os principais geradores de demanda da região, facilitados pelas recentes obras viárias da Barra que melhoraram o deslocamento em todo o local; O projeto em estudo é pioneiro na região, oferecendo um produto completo e bem estruturado que deverá transformá-lo no principal hotel do Recreio, destacando-se dos empreendimentos existentes; Porém, o entorno praticamente não possui opções de apoio, devendo o hospede locomover-se até o Shopping Recreio, Américas Shopping ou até a Barra, tornando praticamente obrigatória a utilização de veículos ou taxis. A distância em relação às opções de lazer e comércio serão um desafio para o hotel proposto. Além disso, o hotel será distante dos principais edifícios de escritórios da Barra, localizados na Av. das Américas, Av. Ayrton Senna e Av. Abelardo Bueno, não devendo captar demanda significativa das empresas localizadas nessas áreas; Desta forma, concluímos que os pontos positivos do projeto se sobressaem aos pontos negativos, sustentando assim a implantação do empreendimento em estudo. 40

41 Análise do Mercado Hoteleiro

42 Análise do Mercado Hoteleiro Panorama da Oferta Oferta Total A oferta hoteleira da cidade do Rio de Janeiro soma 146 hotéis e quartos de categoria super econômica a luxo; A Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio de Janeiro (ABIH- RJ) separa a cidade em quatro regiões hoteleiras, complementadas pelo banco de dados da JLL: Região I: Barra da Tijuca, São Conrado e Recreio; Região II: Ipanema e Leblon; Região III: Copacabana e Leme; Região IV: Região Central (Centro, Botafogo, Flamengo, etc) e outros bairros; Copacabana e Leme concentram hoje basicamente metade da oferta hoteleira da cidade. Número de Quartos por Região Distribuição dos Apartamentos por Categoria de Hotel no Rio de Janeiro 8% Super Econômico 38% 37% 12% 5% 100% Econômico Superior Superior Luxo Luxo Total Distribuição dos Apartamentos por Categoria de Hotel no Rio de Janeiro Oferta Atual Região I: Barra e São Conrado Região IV: Região Central 24% 21% 9% Barra da Tijuca e São Conrado Ipanema e Leblon Copacabana e Leme Centro e Arredores Região II: Ipanema e Leblon Região III: Copacabana e Leme 46% Fonte: JLL e Guia 4 Rodas 42

43 Análise do Mercado Hoteleiro Performance Geral Performance da Oferta Hoteleira A ocupação hoteleira na cidade do Rio de Janeiro vem crescendo em ritmo constante pois o número de hotéis e unidades habitacionais não tem um crescimento significativo devido a falta de terrenos e ao alto custo dos prédios disponíveis; Em 2011 a ocupação atingiu o pico de aproximadamente 79% segundo a ABIH-RJ e a Fecomércio, comparado com 63% em Em 2012 houve uma queda na taxa de ocupação para 77%, reflexo da desaceleração da economia brasileira e crise econômica nos EUA e Europa, que diminuíram o fluxo de viajantes a trabalho de alguns setores como telecomunicações. Essa tendência de queda permaneceu em 2013, chegando a 72%; Com isso, a diária média encontra-se em pleno crescimento, atingindo a média de R$ 492 em 2013, o que representou um crescimento de 21% em relação à Historicamente, o RevPar da cidade teve um crescimento anual composto de 13% entre 2006 e Origem dos Turistas em Hotéis 41% Nacionais 59% Internacionais 7% 12% Motivo da Viagem dos Turistas em Hotéis Negócios 12% 33% 36% Lazer Congressos e Feiras Tripulação Outros Performance da Oferta Hoteleira de 2007 a 2013 CAC RevPAR: 13% 74% 79% 77% 63% 66% 69% R$ % R$ 408 R$ 331 R$ 252 R$ 267 R$ 281 R$ 295 R$ 353 R$ 314 R$ 262 R$ 159 R$ 176 R$ 193 R$ Fonte: ABIHRJ / Fecomércio RJ, 2014 Diária Média RevPAR Taxa de Ocupação 43

44 Análise do Mercado Hoteleiro Oferta Futura na Cidade Oferta Futura Nossa pesquisa identificou um total de 56 projetos somando apartamentos, dos quais cerca de 33 estão em construção. Dentre estes projetos estão incluídas as expansões/renovações dos hotéis existentes Windsor Florida e Glória; A maioria dos hotéis em desenvolvimento estão localizados na Barra da Tijuca, seguido do Centro, onde a nova oferta se concentrará na região do Porto Maravilha e na Zona Norte; Não foram identificados novos projeto em Ipanema e Leblon. O hotel Caesar Park Ipanema foi adquirido pelo grupo Accor em 2012 e poderá aumentar ou diminuir o número de apartamentos quando for reformado, porém o projeto ainda não foi definido; Na Zona Norte da cidade estão previstos 3 novos hotéis com 626 apartamentos. Dois hotéis no shopping Nova America e um hotel dentro do Parque Tecnológico. Devido às difíceis barreiras de entrada no Rio de Janeiro, incluindo falta de áreas disponíveis, alto custo dos terrenos e licenças burocráticas, a JLL prevê que parte dos projetos previstos poderá não se concretizar; Em relação às categorias, há uma concentração no segmento Superior, com destaque também para os segmentos Econômico e Superior Luxo Oferta Atual e Futura no Rio de Janeiro 23% Oferta Futura por Categoria - Número de Quartos 9% 4% 48% 16% Super Econômico Econômico Superior Superior Luxo Luxo Oferta Futura Oferta Atual Fonte: JLL 44

45 Fonte: JLL Análise do Mercado Hoteleiro Panorama da Oferta na Barra e Região Panorama da Oferta Hoteleira da Barra e Região Para analisarmos a oferta hoteleira da Barra, utilizamos a mesma metodologia adotada pela ABIH-RJ, que compreende os empreendimentos localizados entre São Conrado e Recreio; A hotelaria da região desenvolveu-se tardiamente em relação às demais áreas do Rio, pelo fato da Barra ter sido considerada afastada até a década de 2000, quando o desenvolvimento da região como um todo ganhou volume. Este período marcou a entrada dos grandes hotéis, como o Sheraton e o Windsor Barra, bem como de redes nacionais como Promenade e Bourbon; De acordo com nosso banco de dados, atualmente a região possui 27 hotéis que totalizam quartos, representando 21% do total de quartos da cidade. Há um maior número de hotéis independentes (17), mas estes oferecem um inventário menor de quartos (1.000, ou 25% do total da região). Predominam alguns grandes hotéis superiores e superiores luxo, que representam mais de 80% do inventário de quartos, ao passo que há um grande número de hotéis de categoria econômica com um pequeno inventário de unidades. Recreio A oferta hoteleira do Recreio é limitada, sendo composta por 5 hotéis independentes que totalizam 241 quartos. O Atlântico Sul é o mais antigo e o maior deles, tendo sido inaugurado em 1978 com 87 quartos. Já o Villa del Sol é o único a ter uma administradora profissional, que opera 26 quartos no pool hoteleiro. Antes voltados quase que exclusivamente ao lazer, esses empreendimentos passaram atualmente a se beneficiar do movimento corporativo oriundo da Barra e das regiões vizinhas, como Jacarepaguá e Itaguaí, conseguindo assim atingir bons índices de performance mesmo com produtos desatualizados. Distribuição dos Apartamentos por Categoria (Barra e Região, 2013) 40% Evolução da Oferta Hoteleira (Barra e Região, 2000 a 2013) % 100% % Super Econômico Econômico Superior Superior Luxo Luxo Total Fonte: JLL

46 Análise do Mercado Hoteleiro Performance Hoteleira na Barra e Região Performance dos Hotéis da Barra e Região Os hotéis da Barra, por estarem distantes do centro e por não terem grande captação de público de lazer, atraem principalmente o público das empresas da Barra e o segmento de eventos, alavancado pelo Rio Centro e pelo centro de convenções do Windsor Barra; A ocupação média da região teve seu ápice em 2012, ultrapassando pela primeira vez a barreira de 70%, mas sofreu uma queda importante em 2013 (11 pontos percentuais ante 2012) chegando ao seu nível mais baixo desde A queda foi gerada principalmente pelo aumento da oferta, combinada com retração na economia e o forte aumento das diárias, que chegou a 24% ante 2012; Assim, o RevPar manteve a tendência de alta dos últimos cinco anos, tendo crescido 6% frente a 2012, e resultando em um CAC de 18% a.a., quatro pontos acima da média da hotelaria carioca. Performance da Oferta Hoteleira da Barra e Região de 2009 a 2013 CAC RevPAR: 18% R$ % R$ % 69% R$ 279 R$ 316 R$ 192 R$ % R$ % R$ 342 R$ 249 R$ Diária Média RevPAR Taxa de Ocupação Fonte: ABIHRJ / Fecomércio RJ,

47 Análise do Mercado Hoteleiro Oferta Competitiva Oferta Competitiva Tendo em vista que a oferta total da Barra tem um grande raio de abrangência e que a oferta do Recreio não é suficientemente madura, elaboramos dois cortes na oferta: Primeiro: excluímos todos os hotéis fora do eixo Barra-Recreio (como São Conrado, Joá, etc); Segundo: definimos uma Oferta Competitiva, primária e secundária; Desta forma, procuramos abranger os principais submercados competitivos para o projeto em estudo, de acordo com suas características. Características da Oferta da Barra A oferta da Barra pode ser dividida em três localizações distintas: Orla: hotéis que se encontram frente mar, em toda a faixa litorânea da Barra; Américas: hotéis nas proximidades da Av. das Américas; e, Abelardo Bueno: hotéis nas proximidades da Av. Abelardo Bueno, que inclui também as Av. Salvador Allende e Av. Ayrton Sena; De modo geral, observa-se que a Orla concentra os hotéis mais categorizados principais players deste mercado, bem como os mais antigos da Barra bastante defasados; Já os hotéis da região da Av. das Américas e da Abelardo Bueno despontam como empreendimentos com foco no público corporativo, atendendo as empresas da região, além de serem as opções mais próximas do Rio Centro e de outros geradores de eventos (como Cidade do Rock). Características da Oferta do Recreio Os hotéis do Recreio representam apenas 9% da oferta da região, sendo limitados a empreendimentos independentes, de administração familiar e pequeno porte. Além disso, com exceção do Atlântico Sul e Mykonos, os demais são apart-hotéis com pool paralelo, muitas vezes funcionando como segunda residência ou residência de veraneio. Os poucos quartos no pool hoteleiro normalmente oferecem grande metragem e são equipados para longa estadia. Os serviços oferecidos nesses empreendimentos são limitados e nem sempre atendem satisfatoriamente aos viajantes de negócios. 47

48 Análise do Mercado Hoteleiro Oferta Competitiva Definição da Oferta Competitiva O projeto em estudo prevê a construção de um hotel no Recreio, de categoria superior e com foco no público corporativo, defronte a praia homônima; Conforme explicado anteriormente, a oferta competitiva será dividida em primária e secundária. O corte dos empreendimentos existentes foi pautado nos seguintes aspectos: Oferta Competitiva Primária Segmentação: empreendimentos com foco em público corporativo e de eventos. Pousadas foram excluídas; Localização: Hotéis do Recreio que, mesmo com categorias inferiores, formarão o raio primário de competitividade; Hotéis próximos ao Riocentro; Hotéis entre o Riocentro e o Recreio; Oferta Competitiva Secundária Localização: apenas hotéis da Orla; Categoria: apenas de categoria superior. Desta forma, chegamos a um mercado competitivo composto por 11 hotéis que totalizam quartos, conforme tabela ao lado. Oferta Competitiva Primária Hotel Adm. Categoria Aptos. Abertura Ramada Barra Wyndham Superior Bourbon Residence Barra Bourbon Superior Promenade Barra First Promenade Superior Atlântico Sul Independente Econômica Praia do Pontal Apart Hotel Independente Econômica Praia do Pontal Resort Independente Econômica Villa Del Sol Independente Econômica Mykonos Hotel Independente Econômica Oferta Competitiva Secundária Royalty Barra Independente Superior Brisa Barra Hotel Independente Superior Casa Del Mar Residence Promenade Superior Total Fonte: JLL 48

49 Análise do Mercado Hoteleiro Oferta Competitiva Descrição da Oferta Competitiva Hotel Aptos. / Pool Áreas de A&B Áreas de Eventos Outras Instalações Observações Atlântico Sul 138 / 138 Restaurante Uma sala para até 50 pessoas nd Mais antigo hotel competitivo, é também o principal player do mercado do Recreio. Inaugurou 42 novos quartos no segundo semestre de 2013, já alinhados à padrões atuais de hotelaria. Os demais 96 quartos estão passando por reformas, incluindo também a reforma da fachada. Mykonos Hotel 38 / 38 Restaurante nd nd Localizado na frente da Pedra do Pontal, é o empreendimento mais simples da oferta competitiva. Conta com estrutura enxuta e defasada, oferecendo ainda televisores de tubo e camas de madeira, entre outro. Não há padrão, com quartos pintados de cores diferentes, assim como ocorre nas áreas comuns. Porém, é bastante procurado por ser o mais barato da região, tendo um expressivo volume de hospedes de nível técnico e operacional. Praia do Pontal Apart Hotel e Resort Nd / 90 Bar e restaurante nd Piscina, jacuzzi, saunas seca e a vapor, fitness e solarium Junção de dois empreendimentos (apart hotel e resort), estão localizados na altura do nº da estrada do Pontal, oferecendo ao total 90 quartos no pool hoteleiro. Todas as unidades são idênticas com cerca de 50m², com sala, quarto e cozinha equipada, além de varanda. A diferenciação do Resort para o Apart-Hotel se dá pela frente mar e por uma maior área de lazer, sendo que ambos oferecem equipamentos defasados (como televisores a tubo) e necessitam de reformas para se manterem atualizados. Apesar disso, são bastante procurado por famílias (aos finais de semana) ou por profissionais que precisam de estadia estendida. 49

50 Análise do Mercado Hoteleiro Oferta Competitiva Descrição da Oferta Competitiva Hotel Aptos. / Pool Áreas de A&B Áreas de Eventos Outras Instalações Observações Villa del Sol Nd / 26 Bar e restaurante nd Loja de conveniência, piscina coberta e descoberta, saunas seca e a vapor, hidromassagem, solarium, home theater. Localizado na altura do nº da Estrada do Pontal, este apart-hotel é administrado pela Protel sob a modalidade Residence, com foco em longa estadia. Apenas 26 unidades estão no pool. Estas últimas encontram-se bem mantidas. Os quartos são espaçosos (cerca de 48m²), com sala, quarto e cozinha equipada, além de varanda. Tem ampla área de lazer, que ajuda a captar tanto famílias quanto profissionais. Ramada Riocentro 216 / 208 Restaurante, bar e room service 1 sala para até 100 pessoas e 2 salas de apoio Piscina descoberta, sauna, fitness e spa. Primeiro hotel da Wyndham a operar no Rio, localiza-se na Av. Salvador Allende, 500, já em Jacarepaguá, situação que o deixa fora de eixo em relação à demanda corporativa da região. Construído em regime de condo-hotel, tem todas suas unidades de mesmo tamanho, passando a operar em plena capacidade apenas em Apesar de recente, o produto já apresenta sinais de desgaste. Bourbon Residence Barra 208 / 174 Bar, restaurante e room service 1 sala modulável para até 200 pessoas Fitness, piscina, saunas seca e a vapor, business center e traslado para a praia. Localizado junto ao Promenade Barra, este condo-hotel foi inicialmente operado pela Melià, tendo a Bourbon assumido em Possui estrutura desgastada, com equipamentos desatualizados, oferecendo apenas algumas unidades reformadas. Deverá passar por uma intervenção mais ampla em 2014, deixando todos os quartos no mesmo padrão. Promenade Barra First 224 / 218 Lobby bar, restaurante e room service 1 sala modulável para até 200 pessoas Fitness, piscina, saunas seca e a vapor, business center e traslado para a praia. Localizado na altura do nº da Av. das Américas, constitui-se com o última opção de hospedagem da Barra, sendo um apart-hotel com todos as unidades no pool hoteleiro. Os quartos são idênticos, com aprox. 33m². Conta também com pequena área de eventos, lobby bar e restaurante. Passou por ampla reforma em 2012, com adoção de piso frio, troca de enxoval, colchões, televisores, reforma de áreas comuns, entre outros, e em 2013 os ar condicionados foram trocados. 50

51 Análise do Mercado Hoteleiro Oferta Competitiva Descrição da Oferta Competitiva Hotel Aptos. / Pool Áreas de A&B Áreas de Eventos Outras Instalações Observações Royalty Barra 249 / 249 Restaurante, bar, room service 24h Um salão modulável para até 400 pax e 4 salas de apoio comportando entre 110 e 250 pax. Fitness, piscina, busines center, lavanderia, estacionamento Maior hotel da oferta competitiva, o Royalty Barra entrou no mercado em 2000, na Praia do Pepe. Conta com quatro categorias de acomodações, das quais três oferecem frente mar e duas são suítes com antessala. O hotel tem boa oferta da serviços, com área de eventos para até 400 pax e restaurante. Com um produto defasado começou a perder mercado em relação aos novos hotéis, levando-o a efetuar suas primeira reforma em 2013, mudando equipamentos, enxovais e ambientes, que tornaram-no mais adequado. Brisa Barra 140 / 140 Bar, restaurante, room service Salão modular de 360m², quatro salas de apoio, comportando até 400 pax. Fitness, sauna, piscina, estacionamento. Segundo hotel mais novo da Barra, inaugurado em Julho de 2012, conta com 140 apartamentos e uma boa área de eventos, com espaços modulares, pé direito elevado e capacidade para mais de 300 pax. Os quartos tem metragem entre 26m² e 32m², todos com varanda, tv lcd e ac split. Alguns dispõem de hidromassagem. Destaca-se dentre a oferta da Orla justamente por oferecer um produto moderno e atual. Casa Del Mar 78 / 68 Bar, restaurante, room service Uma sala de reunião para 30 pax. Sauna, business center, fitness, lavanderia, estacionamento, sauna, piscina. Apart-hotel da Promenade na frente da Praia da Barra, o Casa Del Mar possui somente 68 quartos no pool hoteleiro. Oferece dois tipos de acomodação: superior e suíte. Esta ultima possui cozinha americana e pode ser conjugada. Todos têm varanda. Voltado para público de longa permanência, o Casa Del Mar está com instalações bastante desgastadas que depreciam o produto em relação aos demais. Caso não receba rapidamente uma ampla reforma, poderá passar por reposicionamento de mercado após a entrada da nova oferta. 51

52 Fonte: JLL Análise do Mercado Hoteleiro Performance Competitiva Performance da Oferta Competitiva A performance do mercado competitivo manteve-se alinhada à tendência observada na Barra como um todo, que vem de dois anos de quedas na ocupação acompanhadas de altas significativas nas diárias, que mantiveram o RevPar positivo; Para o mercado em estudo, a queda da ocupação foi pequena tendo em vista a entrada de dois novos hotéis que adicionaram 348 quartos ao mercado, tirando apenas três pontos percentuais ante 2011; Em contrapartida, as diárias mantiveram a tendência de alta e apresentaram um crescimento anual de 13% chegando a R$ 343 em 2013, aumento total de 27% em relação à 2011; Como resultante do vigoroso aumento das diárias, o RevPar manteve-se crescente e entregou um CAC de 9% entre 2011 e 2013, alinhado à média do mercado da Barra. CAC RevPAR: 9% 70% 69% R$ 303 R$ 271 R$ 210 R$ 191 R$ % R$ Diária Média RevPAR Taxa de Ocupação 52

53 Análise do Mercado Hoteleiro Oferta Futura da Barra Oferta Futura da Barra e Região De acordo com nossas pesquisas, a Barra será a região que receberá o maior número de novos hotéis em todo Rio de Janeiro. A novo oferta irá mais que dobrar o inventário atual, chegando a quartos em 2016, fato que tornará a Barra o segundo maior parque hoteleiro da cidade, atrás apenas de Copacabana; Dos 18 hotéis previstos, 13 estão em construção, devendo ser inaugurados até o final deste ano, o que representará a maior adição de novos hotéis na história da cidade, muitos deles com vistas de abrir para a Copa; Em grande parte atrelados à bandeiras internacionais, os novos hotéis deverão colaborar para profissionalizar o mercado hoteleiro da Barra e torná-la um destino consolidado de hospedagem. Porém, o grande volume de novos entrantes em curto espaço de tempo deverá gerar uma queda nas ocupações até que todas as novas unidades sejam absorvidas pelo mercado; O único projeto no Recreio é o de um hotel econômico de 192 quartos situado junto à expansão do Recreio Shopping, que possivelmente será atrelado à bandeira internacional % Oferta Futura Barra Região Hotel Status Categoria Adm. Aptos. Abertura Trump Collection Construção Luxo Trump Windsor Projeto Econômico Windsor Pestana Construção ND Pestana Windsor Mar da Barra Construção Sup. Luxo Windsor Orla Grand Hyatt Construção Luxo Hyatt Windsor Barra (ampliação) Construção Sup. Luxo Windsor Novotel Barra Construção Superior Accor Mercure Pepe Construção Superior Accor Ibis Pepe Construção Econômico Accor Sub-Total AC by Marriott Projeto Superior Marriott Américas Hotel Ribalta Construção Superior ND Sub-Total 578 Hilton Centro Metropolitano Construção Sup. Luxo Hilton Av. Grand Mercure Riocentro Construção Sup. Luxo Accor Abelardo Novotel Abelardo Bueno Construção Superior Accor Bueno / Ibis Abelardo Bueno Construção Econômico Accor Salvador Hotel Península Projeto Sup. Luxo ND Allende Hotel Parque Olímpico Projeto Superior ND Sub-Total Recreio Hotel Recreio Shop. Projeto Econômico ND Sub-Total 192 Total Fonte: JLL 53

54 Fonte: JLL Análise do Mercado Hoteleiro Oferta Futura Competitiva Oferta Futura Competitiva A definição da oferta futura competitiva foi baseada nas mesmas premissas utilizadas na definição da oferta competitiva. Para cada um desses empreendimentos estabelecemos um percentual de competitividade de acordo com suas características (categoria, bandeira, localização, porte, mix de produto, preço, entre outras) e ponderamos esse valor atribuindo o número de apartamentos que cada um deles efetivamente adicionará ao mercado competitivo considerado, conforme demonstrado na tabela abaixo: Optamos por considerar o Grand Mercure, mesmo estando uma categoria acima do projeto em estudo, pelo fato deste empreendimento estar dentro do Riocentro, tornando-se assim a opção de hospedagem mais próxima deste importante gerador de demanda da Barra. Sua influencia no mercado em estudo foi ponderada à 50%. A mesma ponderação foi feita ao Hotel Ribalta, que encontra-se em estágio avançado de construção, pois ainda não possui nenhuma bandeira definida, podendo inclusive operar de forma independente. Não consideramos o futuro hotel do Recreio Shopping por possuir uma localização (na Av. das Américas e junto a um shopping) e uma categoria diferente (econômico). Além disso, o projeto possui quartos muito pequenos (16m²); Oferta Futura Competitiva Total Hotel Adm. Categoria Comp. (%) Aptos. Aptos. Comp. Abertura Grand Mercure Accor Sup. Luxo % Novotel Abelardo Bueno Accor Superior % Novotel Barra Accor Superior % Mercure Pêpê Accor Superior % Hotel Ribalta Indep. Superior % Total Ressalta-se que todos os futuros hotéis competitivo encontram-se em estágio avançado de construção, devendo ser inaugurados no segundo semestre de 2014, à exceção do Ribalta que deverá ser entregue apenas em Considerações Adicionais Recreio: Com a abertura de hotéis de porte e atrelados à bandeiras reconhecidas, os empreendimentos em operação no Recreio que não se adequarem à padrões modernos de hotelaria deverão passar por processo de reposicionamento. Desta forma, pequenos hotéis que apresentam produtos sem padrão, ou empreendimentos de perfil residencial deverão deixar o mercado competitivo no momento em que a nova oferta se concretizar. Em nossas estimativas financeiras, consideramos a saída de 154 unidades em 2015, que corresponde ao volume de unidades que não deverão mais operar no mercado analisado. Itaguaí: A expansão da malha viária da Barra encurtou significativamente a distância entre importantes áreas industriais e municípios vizinhos, sendo o Recreio a primeira área urbana estruturada a ser encontrada. Desta forma, observa-se que boa parte da demanda hoteleira gerada nessas regiões passou a utilizar a rede hoteleira da Barra devido à oferta de produtos melhores. Por outro lado, Itaguaí e região deverão ganhar 7 novos hotéis com quartos, absorvendo assim boa parte da demanda que hoje vai se hospedar na Barra. Neste cenário, entendemos que, para a parcela de público mais categorizado que procura uma hospedagem frente mar e em ambiente mais agradável, o Recreio continuará como primeira opção. 54

55 Análise do Mercado Hoteleiro Mapa Oferta Competitiva Oferta Futura Ramada 13km Novotel AB Grand Mercure Ribalta Barra First Bourbon Novotel Barra Mercure Pepe Praia do Pontal Hotel Em Estudo Casa Del Mar Brisa Barra Royalty 18km Villa Del Sol Atlântico Sul Mykonos 55

56 Análise do Mercado Hoteleiro Demanda Abaixo abordaremos as principais características da demanda identificada na região da Barra da Tijuca e Recreio, que incluem a definição da segmentação do mercado, a sazonalidade e seu potencial de crescimento. Segmentação de Mercado Tradicionalmente, estabelece-se que a demanda do mercado de hospedagem é gerada por vários importantes segmentos, cada um deles viajando e utilizando os meios de hospedagem por diversas e variáveis razões. Isso também é aplicado à demanda potencial para o hotel proposto; A Barra da Tijuca e o recreio são considerados destinos específicos, que não fazem parte do Rio de Janeiro como destino turístico. Em geral, a região ainda é considerada distante para todos os segmentos de mercado, porém o crescimento da cidade em direção à Barra e a percepção da mesma como futuro da cidade, têm encurtado essa distância. As características dos segmentos de demanda que utilizam hotéis na Barra são apresentadas a seguir: Comercial O segmento comercial engloba todos os viajantes que se deslocam por motivos de negócios, sejam as viagens pagas pela empresa ou por conta própria e deverá ser o principal gerador de demanda para o hotel em estudo; Na Barra há um grande volume de funcionários de diversos níveis hierárquicos oriundos das empresas localizadas nos grandes centros empresariais e pelas indústrias e laboratórios de Jacarepaguá. Já no Recreio observa-se uma incidência maior de funcionários de níveis técnicos e médios (como coordenadores, supervisores, etc) oriundos principalmente dos distritos industriais vizinhos, como Vargem Grande, Santa Cruz e Itaguaí, e em menor escala funcionários de Jacarepaguá e dos centros empresariais da Barra. Ressalta-se que, no Recreio, a Michelin gera demanda para todos os hotéis; Ficam hospedados em média de duas a quatro noites, chegando às segundas e retornando às quintas ou sextas. Não prolongam a estadia aos finais de semana, tampouco trazem familiares para conhecer o local. Demandam estadia single, café da manhã, boa cama, bom banho e internet de qualidade, sendo que itens de lazer são apenas complementares. Deslocam-se em carros próprios ou taxis, saindo cedo e retornando de noite; Existe uma crescente preocupação com tempo de deslocamento, que faz com que as empresas procurem opções de hospedagem de qualidade cada vez mais próximas ao local de trabalho, muitas vezes em detrimento de hotéis melhor localizados (ex: frente mar). Além disso, há uma resistência maior das empresas em relação aos aumentos tarifários, chegando inclusive a diminuir o volume de pernoites devido aos altos valores cobrados; De modo geral, os contratos corporativos são firmados diretamente entre empresa e o hotel, e preveem descontos pré definidos que variam de acordo com o volume gerado de hospedagem, podendo chegar à 20%. As grandes agências corporativas começaram a ganhar maior notoriedade nos últimos anos, podendo representar mais de 30% da demanda dos hotéis. Estas agências negociam descontos ainda mais agressivos que os contratos corporativos devido ao grande volume de hospedagem que podem gerar durante o ano. 56

57 Análise do Mercado Hoteleiro Demanda Grupos de Eventos O segmento de grupos de eventos consiste em reservas de 10 ou mais apartamentos por participantes de eventos que ocorrem no hotel ou na região. Para o produto em estudo, o segmento de eventos deverá ser bastante significativo, tendo em vista as áreas de eventos previstas no projeto, a facilidade de acesso ao Rio Centro, e a boa relação custo-benefício em relação aos demais hotéis da região; O principal sub-grupo presente no mercado em estudo é o de grupos corporativos, que é composto por funcionários de empresas que se reúnem em seminários, treinamentos, workshops, reuniões de estratégia, entre outros. São gerados principalmente pelas empresas de óleo e gás, telecomunicações, bancos, laboratórios e prestadores de serviços. Costumam ocupar um salão maior e se dividir em diversos pequenos grupos, ocupando também salas menores. Em geral utilizam todos os hotéis que disponibilizam área de eventos, dando preferência àqueles que possuem as áreas mais modernas e flexíveis. Os grupos variam de 30 a 500 participantes e duram de um a três dias, podendo gerar hospedagem além do aluguel das salas e do A&B; No mais, na região da Barra é alta a incidência de eventos associativos, que são formados por entidades de classe que se reúnem em congressos, seminários e conferências para discutir e trocar experiências e informações relativas às suas profissões. Este segmento geralmente ocupa um grande número de quartos de hotéis, já que fazem reuniões constituídas de muitos participantes e, conforme o destino, trazem acompanhantes (parentes e amigos). A maioria dos congressos nacionais tem de 500 a participantes e os internacionais de a Todos eles utilizam ballrooms, salas de apoio e área de exposição de até m² para a montagem de stands dos patrocinadores. No Rio se destacam os congressos médicos, que ocorrem principalmente nos hotéis Windsor Barra, Royal Tulip e Sofitel, além do Riocentro. Em geral esses eventos têm duração de três a cinco dias e tem uma frequência anual. Muitos deles são itinerantes, sendo realizados anualmente diferentes cidades; Os contratos são negociados caso a caso e os descontos são calculados com base em diversas variáveis, tais como volume demandado de A&B, volume de hospedagem e quantidade de salas utilizadas, entre outros. Antes negociados diretamente entre interessados e o hotel, hoje em dia já são encontradas agências especializadas em eventos, que atendem principalmente público corporativo e tem vantagens nas negociações devido ao volume gerado. 57

58 Análise do Mercado Hoteleiro Demanda Turistas O segmento de turistas consiste em viajantes que visitam a região por outras motivações que não estejam ligadas à negócios. Fazem parte desse segmento todo tipo de viagem a lazer, eventos sociais, festivais gastronômicos ou de música, diversões específicas, entre outros; A captação do segmento de turistas na Barra e no Recreio é limitada devido à distância em relação aos pontos turísticos da cidade. Além disso, as praias da região são conhecidas principalmente pelos moradores da cidade, que buscam locais menos disputados que as praias mais badaladas da cidade; Por outro lado, devido ao grande número de opções de entretenimento (casas de espetáculos, shopping centers, cinemas e teatros) desenvolvidos na Barra da Tijuca e a qualidade da praia, já existe uma parcela de turistas que se hospeda nessa região, principalmente em sua segunda ou terceira visita a cidade. A maioria destes turistas são brasileiros ou sul-americanos, e procuram hospedagem frente-mar; Tripulações O segmento de tripulações é composto por tripulações e outros funcionários de companhias aéreas comerciais e executivas. Normalmente bastante previsíveis devido aos planos de voos, este público fecha contratos comerciais bloqueando uma quantidade determinada de apartamentos durante o ano todo, tendo como contrapartida uma tarifa mais baixa. Se por um lado diminuem a receita, por outro combatem os efeitos da sazonalidade; A distância para os principais aeroportos da cidade limita a captação deste público, que procura opções mais categorizadas e com ampla estrutura de lazer. Algumas companhias internacionais que operam no Aeroporto do Galeão se hospedam na Barra dada a facilidade de acesso através da linha amarela; 58

59 Análise do Mercado Hoteleiro Demanda Sazonalidade A sazonalidade do mercado hoteleiro do Rio de Janeiro é bastante diversificada, fruto da variação de cada segmento de demanda; Além disso, a sazonalidade varia de acordo com as diferentes regiões da cidade, pois cada uma delas apresenta perfis distintos; Desta forma, a Barra e o Recreio sofrem efeitos maiores na queda do corporativo pois não tem atratividade suficiente do público de lazer, ao contrário do que ocorre na Zona Sul, fazendo com que as ocupações aos finais de semana dificilmente ultrapassem 50%, ao passo que na Zona Sul ela se mantém próxima à 80%. Segmento de Grupos Sazonalidade Alta ocupação: dias úteis durante todo o ano, com exceção de feriados e finais de semana; Baixa ocupação: de Dezembro até o Carnaval; Segmento Corporativo Alta ocupação: dias úteis durante todo o ano; Baixa ocupação: finais de semana, feriados (principalmente os prolongados e/ou no meio da semana), períodos de férias (Janeiro, Fevereiro e Julho). Segmento de Turistas Alta ocupação: finais de semana, feriados, férias (Janeiro, Fevereiro e Julho); Baixa ocupação: dias úteis. Segmento de Tripulações Alta ocupação: ano todo; Baixa ocupação: não há. 59

60 Análise do Mercado Hoteleiro Demanda Perspectivas de Crescimento da Demanda A demanda futura para hotéis depende da situação econômica, do crescimento do volume de negócios na região onde se localiza o hotel, da instalação de novas empresas e da oferta de hotéis adequados e bem projetados. Para estimar a demanda potencial, avaliamos as oportunidades de crescimento natural de demanda e demanda não acomodada, descritas a seguir: Demanda Não Acomodada Crescimento Natural da Demanda Ocorre devido ao crescimento do mercado em face das condições econômicas e da oferta disponível. Por exemplo, o aumento do nível da atividade econômica na cidade, aumenta a demanda comercial nos hotéis; O aumento no número de torres corporativas e de escritórios na Barra e no Recreio, bem como os valores de locação mais baixos do que os encontrados no Centro ou na Zona Sul, tendem a atrair empresas de grande porte à região, fomentando o fluxo de profissionais nos próximos anos. Demanda Criada É aquela que surge a partir da abertura de algum empreendimento no mercado analisado, como a chegada de uma nova indústria ou empresa, um novo centro de convenções e exposições, centro comercial, um parque temático, ou mesmo a chegada de um novo hotel de uma rede internacional com serviços e categoria diferenciados. Também inclui a demanda que pode ser criada devido às instalações e conceitos de marketing empregados; A abertura do Parque Olímpico, da Cidade do Rock e a realização de shows periódicos deverão gerar uma nova demanda nesta região, além da repercussão da Copa do Mundo e das Olimpíadas. É aquela que não teve condições de ser acomodada nos hotéis por uma série de razões. A demanda não acomodada compreende a demanda que foi recusada por falta de disponibilidade nos hotéis existentes, por grupos que não encontraram nos hotéis instalações flexíveis, ou ainda por aqueles hóspedes que não encontraram nos hotéis instalações e serviços condizentes com às suas expectativas; Atualmente a Barra possui um alto nível de demanda não acomodada, principalmente durante os eventos no Riocentro ou outros grandes eventos na cidade. Demanda Induzida É a demanda gerada por uma fato determinado, como a Copa do Mundo e as Olimpíadas. Esta demanda é intensa somente nos períodos em que esses eventos ocorrem. Para o mercado em análise, estimamos que os impactos gerados pela realização da Copa do Mundo será pouco evidente na Barra devido à concentração dos jogos no Maracanã. Já em 2016, a realização das Olimpíadas deverá induzir a criação de uma demanda adicional para a Barra, tendo em vista que o Rio Centro deverá permanecer dedicado aos eventos ligados aos Jogos Olímpicos por um período de 6 a 7 meses. A Embratur e o Comitê Organizador esperam um total estimado entre 360 mil e 380 mil visitantes para as Olimpíadas; Para efeitos de nossas análises, estimamos um volume de roomnights de demanda induzida em 2016, calculados a partir da estimativa de 360 mil turistas na cidade. 60

61 Fonte: JLL Análise do Mercado Hoteleiro Demanda Estimativas de Crescimento da Demanda Para o mercado competitivo do hotel proposto, consideramos como base o total de pernoites atingido em 2013 que foi de a uma taxa de ocupação de 67%, e projetamos as taxas de crescimento estimadas com base nos fatores anteriormente mencionados; O crescimento apresentado nos anos de 2012 e 2013 são oriundos da absorção do mercado do Ramada e Brisa, cuja entrada em operação praticamente não afetou a ocupação e ainda permitiu a manutenção dos aumentos tarifários; Os anos de 2014 e 2015 marcam a entrada em operação da maior parte da oferta futura competitiva, que serão acompanhados da entrada em funcionamento dos demais hotéis da Barra. Desta forma, estimamos taxas agressivas de crescimento da demanda, mas que por si só não são suficientes para suprir a nova oferta, havendo assim queda na ocupação; Já 2016 é o ano de realização da Olimpíada, que deverá trazer um novo fôlego ao mercado como um todo, além de marcar a entrada em operação do hotel proposto. Consideramos uma demanda induzida de pernoites, além de um crescimento de 10%, resultando em um aumento total de 24% para o mercado competitivo; A partir de 2017 não haverá novos entrantes, mas o mercado deverá ser impactado pela saída da demanda induzida de 2016, caindo quatro pontos percentuais; A partir de 2018 estimamos uma retomada gradual do mercado, mas as ocupações dificilmente recuperarão os mesmo índices do começo da década devido à grande quantidade de novos hotéis na região. Crescimento da Demanda Apartamentos Ocupados e Ocupação do Mercado Total (arredondado) Aptos Disponíveis Ocupação do Mercado Ano Aptos % Cresc. Ocupados % % % % % % (1) 59% % (2) 54% % (3) 59% % % % % % % % % % % (1) Abertura parcial do Grand Mercure (75 aptos.), do Novotel Abelardo Bueno (75 aptos.), do Novotel Barra (118 aptos.) e do Mercure Pepe (68 aptos.); (2) Abertura total do Grande Mercure (150 aptos.), Novotel Abelardo Bueno (150 aptos.), do Novotel Barra (236 aptos.), do Mercure Pepe (136 aptos.) e do Hotel Ribalta (100 aptos.). Consideramos a saída de 154 aptos do mercado competitivo; (3) Abertura do Hotel Proposto (279 aptos.). * CAC : 5,4% ao ano. 61

62 Análise do Mercado Hoteleiro Conclusão Conclusão O mercado hoteleiro do Rio consegue aliar demanda corporativa durante a semana e público de lazer aos finais de semana, atingindo assim índices de performance acima da média nacional. Na Barra o perfil é diferente pois não há a mesma atratividade do público de lazer. Continuação natural da Barra, o Recreio tem um mercado hoteleiro limitado a apenas cinco hotéis que totalizam 250 quartos, cujos produtos (em sua maioria de administração independente), não atendem satisfatoriamente aos viajantes; Os hotéis do Recreio conseguem altos índices de ocupação durante a semana e queda aos finais de semana. Assim, a demanda fica polarizada ao redor do público corporativo, composto por funcionários de níveis técnicos e médios de empresas e indústrias localizadas em áreas vizinhas, e é complementada pelo público dos eventos que ocorrem no Riocentro e nos equipamentos adjacentes (como Cidade do Rock), que incluem desde montadores até participantes; O principal desafio para o mercado hoteleiro de toda a região será a oferta futura, que deverá transformar a Barra no segundo maior parque hoteleiro da cidade até Se, por um lado, irá ajudar a profissionalizar o mercado, por outro deverá pressionar as diárias e derrubar a ocupação. Dentro deste escopo, o segmento superior responde por 30% do total de novos quartos da região, dos quais 4 dos 6 hotéis estão em construção e deverão ser entregues até 2015, acirrando a competitividade entre os produtos; O Recreio receberá seu primeiro hotel de qualidade com o projeto em estudo. Considerado atualmente como opção da Orla mais próxima aos grandes centros de eventos da Barra, o Recreio deverá receber a concorrência dos hotéis do eixo Abelardo Bueno-Salvador Allende, que se transformarão nas opções de hospedagem mais próximas destes geradores de demanda, além dos hotéis de mesma categoria da Orla, que compartilharão do mesmo diferencial de frente mar. Por outro lado, constituir-se-á como opção mais categorizada de hospedagem em relação às regiões vizinhas de Itaguaí e Santa Cruz, cuja oferta futura é limitada à opções mais econômicas e sem a vista para o mar; Sendo assim, o significativo volume de oferta futura deverá impactar na performance do mercado no curto e médio prazo, mas os pontos positivos da localização e do projeto dão sustentação à sua implantação. 62

63 Estimativas Operacionais e Análises Financeiras Prospectivas

64 Estimativas Operacionais e Análises Financeiras Prospectivas Bases para as Estimativas Introdução As bases para nossas estimativas de ocupação e diária média, foram determinadas através das análises das condições de mercado, performance histórica dos hotéis competitivos, hotéis propostos, avaliação do potencial competitivo, e instalações planejadas para o empreendimento; Para avaliar a sustentação de mercado para o hotel proposto, obtivemos informações junto às empresas geradoras de demanda, aos agentes de viagem, organizadores de eventos e outros profissionais envolvidos na captação de demanda para hotéis na região. Estas entrevistas, em conjunto com as conduzidas junto aos administradores dos empreendimentos competitivos, tiveram o objetivo de colher dados para que pudéssemos avaliar a situação do mercado, confirmar as instalações recomendadas e estimar ocupações e diárias médias para o projeto em análise; As estimativas apresentadas neste capítulo foram baseadas na suposição de que o hotel será afiliado à rede Blue Tree e operado com a bandeira Blue Tree Rio Design, sendo comercializado e administrado com competência e profissionalismo; Os resultados operacionais para o hotel proposto foram preparados com base nas análises de mercado apresentadas neste relatório. As análises prospectivas incluem estimativas de fluxos de caixa operacionais disponíveis para serviço da dívida e imposto de renda para os primeiros cinco anos de operação. As estimativas estão baseadas em resultados operacionais de hotéis similares adaptados ao hotel em análise; Apresentaremos neste capítulo as estimativas de ocupação, as estimativas de diária média e o detalhamento do fluxo de caixa do empreendimento para os cinco primeiros anos de operação. Bases para as Estimativas Na análise da demanda hoteleira para o propósito deste estudo, nossa metodologia focou os seguintes indicadores: - Avaliação da habilidade do hotel em estudo em criar demanda previamente não acomodada no mercado, baseada na determinação de padrões de consumo e preferências apontados pelos geradores de demanda e na experiência dos hotéis competitivos; - Análise da capacidade do hotel em estudo de captar a demanda futura em termos de seu fator ideal em relação ao mercado competitivo. As bases para nossas estimativas de ocupação, segmentação de mercado e diária média foram determinadas através das análises das condições de mercado, performance histórica dos hotéis competitivos, hotel em estudo, avaliação do potencial competitivo, e projetos apresentados para o empreendimento. 64

65 Estimativas Operacionais e Análises Financeiras Prospectivas SWOT Analysis Análise SWOT Com base na estruturação prevista para os hotéis em estudo, elaboramos uma "SWOT Analysis" (Análise dos pontos fortes e fracos, oportunidades e desafios) que apresentamos a seguir; Ao explorar os pontos fortes e mitigar os pontos fracos, bem como aproveitar as oportunidades e superar os desafios, os empreendimentos estarão em melhores condições de apresentar um bom desempenho operacional. Esta análise foi feita para nortear a estratégia dos hotéis e embasar as estimativas de ocupação e diária média para os primeiros cinco anos de operação dos hotéis em estudo. Pontos Fortes Pontos Fracos Oportunidades Desafios Frente mar; Proximidade com importantes centros de eventos; Hotel categorizado mais próximo de Itaguaí e arredores; Boa visibilidade e bons acessos; Projeto diferenciado. Localização residencial sem infra estrutura de comércio e serviços ao redor; Afastado dos centros corporativos; Recreio ainda é considerado muito distante. Consolidação da Barra como polo corporativo; Mudanças no perfil do Recreio, com o desenvolvimento de áreas comerciais. Desenvolvimento do segmento de lazer; Aumento dos equipamentos esportivos e de eventos da região; Desenvolvimento industrial de Itaguaí e arredores. Aumento da oferta hoteleira, com hotéis de bandeira e atuação em todos os segmentos; Desaceleração da economia; Incertezas quanto ao ritmo de desenvolvimento de grandes obras. 65

66 Estimativas Operacionais e Análises Financeiras Prospectivas Fator Ideal Análise do fator Ideal Os níveis de ocupação foram projetados para os primeiros cinco anos de operação. Nossa análise quantitativa projeta a habilidade do hotel em captar demandas futuras do mercado, em termos de seu fator ideal frente ao mercado competitivo. O fator ideal é baseado na relação entre o número de apartamentos disponíveis de um hotel com o total de apartamentos disponíveis no mercado competitivo; Como já citado anteriormente, há atualmente apartamentos na oferta competitiva. No ano de 2016, com a inauguração do hotel em estudo e demais empreendimentos previstos, a oferta hoteleira competitiva será de apartamentos disponíveis. Desse modo, o fator ideal para o hotel em análise deverá ser 279 dividido por 2.246, ou seja, 12,4% em 2016; Para o período posterior ao estudo, o fator ideal do hotel deverá se tornar constante, assumindo-se que não haverá novos aumentos de oferta; Com a finalidade de aprimorar nossas análises e de considerar os fatores qualitativos que afetam a ocupação dos hotéis, fizemos uma comparação das localizações, instalações, diárias e a qualidade geral das propriedades competitivas; A comparação das vantagens e desvantagens da competitividade de um hotel indica a penetração de mercado que uma propriedade teria acima ou abaixo de 100% do seu fator ideal; conforme apresentado na tabela no próximo slide. 66

67 Estimativas Operacionais e Análises Financeiras Prospectivas Estimativas de Performance Performance Estimada De acordo com nossa pesquisa de mercado e nossa experiência na industria hoteleira, estimamos os valores das diárias médias e ocupação para os primeiros cinco anos de operação. Estas estimativas de performance do hotel proposto consideram que o empreendimento será administrado pela Blue Tree e desenvolvido de acordo com o projeto apresentado; Entendemos que o primeiro ano de operação será beneficiado pela Olimpíada, com ocupação acima do mercado, devendo cair abaixo entre 2017 e 2019 devido à nova oferta da Barra, estabilizando-se a partir do quinto ano. Por se tratar de um produto diferenciado e frente mar, estimamos que as diárias possam ter uma maior penetração de mercado, estimada em 120% durante o período em análise. ANÁLISE DE PENETRAÇÃO - TAXA DE OCUPAÇÃO, DIÁRIA MÉDIA E REVPAR Taxa de Ocupação Oferta e Demanda Historica Oferta e Demanda Projetada E 2015E 2016E 2017E 2018E 2019E 2020E Ocupação Histórica/Projetada Mercado Competitivo 70% 69% 67% 59% 54% 59% 55% 58% 59% 60% Ocupação Histórica/Projetada Hotel Proposto 0% 0% 0% #DIV/0! #DIV/0! 60% 54% 56% 59% 60% Penetração Histórica/Projetada de Ocupação 0% 0% 0% #DIV/0! #DIV/0! 102% 97% 98% 99% 100% Diária Média Diária Média Historica Diária Média Projetada E 2015E 2016E 2017E 2018E 2019E 2020E Diária Média Histórica/Projetada Mercado CompetitivoR$ 271 R$ 303 R$ 343 R$ 353 R$ 357 R$ 375 R$ 378 R$ 382 R$ 386 R$ 390 Crescimento 11,8% 13,2% 3,0% 1,0% 5,0% 1,0% 1,0% 1,0% 1,0% Diária Média Histórica/Projetada Hotel Proposto R$ 0 R$ 0 R$ 0 R$ 0 R$ 0 R$ 450 R$ 454 R$ 459 R$ 463 R$ 468 Penetração Histórica/Projetada de Diária Média 0% 0% 0% 0% 0% 120% 120% 120% 120% 120% Inflação histórica (IPCA) 6,5% 5,8% 5,9% RevPAR RevPAR Historica RevPAR Projetada E 2015E 2016E 2017E 2018E 2019E 2020E RevPAR Mercado Competitivo R$ 191 R$ 210 R$ 229 R$ 208 R$ 194 R$ 220 R$ 210 R$ 221 R$ 229 R$ 236 Crescimento 10,2% 9,1% -9,2% -6,6% 13,3% -4,7% 5,0% 4,0% 2,7% RevPAR Projetada R$ 0 R$ 0 R$ 0 #DIV/0! #DIV/0! R$ 271 R$ 245 R$ 259 R$ 274 R$ 282 Penetracao Projetada do RevPAR 0% 0% 0% #DIV/0! #DIV/0! 123% 117% 117% 119% 120% Fonte: JLL 67

68 Estimativas Operacionais e Análises Financeiras Prospectivas Análises Financeiras Prospectivas Análises Financeiras Prospectivas As estimativas dos resultados operacionais para o hotel proposto foram preparadas com base nas análises de mercado apresentadas neste relatório. As análises prospectivas incluem estimativas de fluxos de caixa operacionais disponíveis para serviço da dívida e imposto de renda para os primeiros cinco anos de operação. As estimativas estão baseadas em resultados operacionais de hotéis similares adaptados ao hotel em análise e no projeto apresentado; Todas as estimativas foram preparadas em reais constantes, conforme demonstramos no Anexo 1. A classificação contábil segue as definições da American Hotel and Motel Association conforme o Sistema Uniforme de Contabilidade para Hotéis. A descrição das contas de Receitas e Despesas é apresentada no Anexo 2. Blue Tree Rio Design Hotel Reais (R$) 279 uh's Fluxo de Caixa Resumido ( 000) % ( 000) % ( 000) % ( 000) % ( 000) % Receita Total Líquida Total de Despesas e Custos Departamentais % % % % % Total de Despesas Não Distribuídas % % % % % Resultado Operacional Bruto (GOP) % % % % % Honorários de Administração 626 2% 578 2% 620 2% 655 2% 678 2% Total de Outras Deduções % % % % % FLUXO DE CAIXA (EBITDA) % % % % % Reserva de Reposição de Ativos 626 2% 578 2% 620 2% 655 2% 678 2% RESULTADO OPERACIONAL LÍQUIDO (NOI) % % % % % Fonte: JLL 68

69 Anexos

CARTEIRA DE PROJETOS OLÍMPICOS

CARTEIRA DE PROJETOS OLÍMPICOS BR.01 Projetos básicos e executivos das instalações esportivas do Parque Olímpico da Elaboração dos projetos básicos e executivos dos equipamentos esportivos do Parque Olímpico da. 5 mar/13 jun/14 31.100.000

Leia mais

Pensou Outlet, pensou General Shopping Brasil.

Pensou Outlet, pensou General Shopping Brasil. Pensou Outlet, pensou General Shopping Brasil. O Outlet Premium avança pelo território nacional abrindo grandes oportunidades de negócios para você. Pensou Outlet, pensou General Shopping Brasil. Outlet

Leia mais

TRANSFORMANDO O RIO Conselho de Arquitetura e Urbanismo

TRANSFORMANDO O RIO Conselho de Arquitetura e Urbanismo TRANSFORMANDO O RIO Conselho de Arquitetura e Urbanismo Quem somos Empresa pública, vinculada ao gabinete do Prefeito; Coordena os projetos da Prefeitura do Rio para os Jogos de 2016; Responsável pela

Leia mais

RESUMO DAS INTERVENÇÕES APONTADAS COMO LEGADO DAS OLIMPÍADAS PARA A CIDADE

RESUMO DAS INTERVENÇÕES APONTADAS COMO LEGADO DAS OLIMPÍADAS PARA A CIDADE OLIMPÍADAS 2016 RESUMO DAS INTERVENÇÕES APONTADAS COMO LEGADO DAS OLIMPÍADAS PARA A CIDADE 1 Principais intervenções previstas para as Olimpíadas: A Infraestrutura urbana Porto Maravilha Projeto de revitalização

Leia mais

MAIS DE 200.000 m² ENTREGUES EM 2011

MAIS DE 200.000 m² ENTREGUES EM 2011 2º SEMESTRE ESCRITÓRIOS A E A+ RIO DE JANEIRO MARKET REPORT DE ESCRITÓRIOS MAIS DE 2. m² ENTREGUES EM RELATÓRIO RIO DE JANEIRO 2º SEMESTRE TAXA DE VACÂNCIA ABSORÇÃO NOVO ESTOQUE PREÇO 1 SEMESTRE 2 SEMESTRE

Leia mais

PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO

PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO LICENCIAMENTO AMBIENTAL BAIXADA DE JACAREPAGUÁ O LICENCIAMENTO AMBIENTAL E AS NOVAS INTERVENÇÕES URBANAS NA BAIXADA DE JACAREPAGUÁ PROJETOS - OS GRANDES EVENTOS O LIC ENC IAM ENT O AMB IENT AL E AS NOV

Leia mais

É o mais flexível e moderno equipamento de eventos da cidade do Rio de Janeiro.

É o mais flexível e moderno equipamento de eventos da cidade do Rio de Janeiro. O Centro Integrado de Convenções é um complexo composto por centro de convenções, hotel 5 estrelas e anfiteatro, localizado dentro do Riocentro, próximo aos pavilhões de exposições. É o mais flexível e

Leia mais

Rio de cara nova. Conheça dez obras que prometem mudar a cara da cidade nos próximos dez anos

Rio de cara nova. Conheça dez obras que prometem mudar a cara da cidade nos próximos dez anos Rio de cara nova Conheça dez obras que prometem mudar a cara da cidade nos próximos dez anos por Ernesto Neves 01 de Agosto de 2011 Fonte: Revista Veja Rio Cidade do Rock O terreno de 250 mil metros quadrados

Leia mais

CARTEIRA DE PROJETOS OLÍMPICOS

CARTEIRA DE PROJETOS OLÍMPICOS A P O Autoridade Pública Olímpica CARTEIRA DE PROJETOS OLÍMPICOS Versão 4.0 18/08/2015 ZONA REFERÊNCIA MATRIZ PROJETO / AÇÃO REFERÊNCIA SUBPROJETO DESCRIÇÃO DO PROJETO/AÇÃO RESPONSABILIDADES PRAZO MATURIDADE

Leia mais

CARTEIRA DE PROJETOS OLÍMPICOS

CARTEIRA DE PROJETOS OLÍMPICOS BR.01 Projetos básicos e executivos das instalações esportivas do Parque Olímpico da Elaboração dos projetos básicos e executivos dos equipamentos esportivos do Parque Olímpico da. 5 mar/13 jun/14 Concluído

Leia mais

Aluno: Antero Vinicius Portela Firmino Pinto Orientadora: Regina Célia de Mattos. Considerações Iniciais

Aluno: Antero Vinicius Portela Firmino Pinto Orientadora: Regina Célia de Mattos. Considerações Iniciais AS TRANSFORMAÇÕES ESPACIAIS NA ZONA OESTE DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO A PARTIR DOS INVESTIMENTOS EM INFRAESTRUTURA PARA COPA DO MUNDO EM 2014 E AS OLIMPÍADAS DE 2016 Aluno: Antero Vinicius Portela Firmino

Leia mais

Recreio dos Bandeirantes. Fotos Ilustrativas

Recreio dos Bandeirantes. Fotos Ilustrativas Praia, sol e mar inspirando seus negócios e suas férias. No Heritage você terá um belíssimo cartão postal na sua janela e serviços de primeira classe ao seu alcance. Ande descalço, sinta a leveza do mar,

Leia mais

Valores de Locação no Rio de Janeiro aumentarão até 2016.

Valores de Locação no Rio de Janeiro aumentarão até 2016. 1º SEMESTRE 2011 ESCRITÓRIOS A E A+ RIO DE JANEIRO MARKET REPORT DE ESCRITÓRIOS RELATÓRIO DE PESQUISA DE ESCRITÓRIOS A+ E A Valores de Locação no Rio de Janeiro aumentarão até 2016. Economia PREÇO ABSORÇÃO

Leia mais

Plano de Negócio. MATERIAL PARA TREINAMENTO (Dados e informações poderão ser alterados)

Plano de Negócio. MATERIAL PARA TREINAMENTO (Dados e informações poderão ser alterados) Plano de Negócio MATERIAL PARA TREINAMENTO (Dados e informações poderão ser alterados) O Projeto 04 Cenário Econômico A Demanda Concorrência Estratégia Comercial Operação Rentabilidade O Empreendedor 06

Leia mais

Secretaria Municipal de Obras. secretário Alexandre Pinto

Secretaria Municipal de Obras. secretário Alexandre Pinto Secretaria Municipal de Obras secretário Alexandre Pinto Investimentos recordes e precisos Obras em andamento R$ 5,54 bilhões Obras concluídas 3,48 bilhões Obras em licitação 235 milhões R$ 9,25 bilhões

Leia mais

Secretaria Municipal de Obras. secretário Alexandre Pinto

Secretaria Municipal de Obras. secretário Alexandre Pinto Secretaria Municipal de Obras secretário Alexandre Pinto Investimentos recordes e precisos Obras em andamento R$ 5,5 bilhões Obras em licitação R$ 2 bilhões Obras a licitar R$ 190 milhões R$ 8,1 bilhões

Leia mais

Macaé Desenvolvimento e Incorporação: Construção: Arrendamento:

Macaé Desenvolvimento e Incorporação: Construção: Arrendamento: Macaé Desenvolvimento e Incorporação: Construção: Arrendamento: Um lugar, todas as oportunidades Imagine um lugar onde tudo acontece ao mesmo tempo. Um lugar que chama a atenção do mundo como o novo Eldorado.

Leia mais

JOGOS RIO 2016 TRANSFORMAÇÃO E INTEGRAÇÃO SOCIAL ECONOMIA NO PRAZO DE DINHEIRO PÚBLICO E SEM "ELEFANTE BRANCO"

JOGOS RIO 2016 TRANSFORMAÇÃO E INTEGRAÇÃO SOCIAL ECONOMIA NO PRAZO DE DINHEIRO PÚBLICO E SEM ELEFANTE BRANCO na reta final JOGOS RIO 2016 TRANSFORMAÇÃO E INTEGRAÇÃO SOCIAL ECONOMIA NO PRAZO DE DINHEIRO PÚBLICO E SEM "ELEFANTE BRANCO" #1 JOGOS DA TRANSFORMAÇÃO E INTEGRAÇÃO SOCIAL LEGADO CTR SEROPÉDICA BRT TRANSCARIOCA

Leia mais

COPA DO MUNDO FIFA 2014 Belo Horizonte Brasil. Ações do Governo de Minas Gerais

COPA DO MUNDO FIFA 2014 Belo Horizonte Brasil. Ações do Governo de Minas Gerais COPA DO MUNDO FIFA 2014 Belo Horizonte Brasil Ações do Governo de Minas Gerais 27 de Outubro de 2009 Roteiro Estratégia de Execução Modernização do Mineirão Reforma dos Estádios Alternativos Mobilidade

Leia mais

PREFEITO E PRESIDENTA DILMA ROUSSEFF ANUNCIAM NOVOS INVESTIMENTOS EM MOBILIDADE URBANA NO RIO

PREFEITO E PRESIDENTA DILMA ROUSSEFF ANUNCIAM NOVOS INVESTIMENTOS EM MOBILIDADE URBANA NO RIO PREFEITO E PRESIDENTA DILMA ROUSSEFF ANUNCIAM NOVOS INVESTIMENTOS EM MOBILIDADE URBANA NO RIO Governo Federal libera R$ 1,63 bilhão para implantação do BRT Transbrasil e do VLT do Centro A presidenta Dilma

Leia mais

Investimentos RIO 2012.2014. Sumário executivo. Sumário executivo

Investimentos RIO 2012.2014. Sumário executivo. Sumário executivo Investimentos Decisão RIO 2012.2014 Sumário executivo Sumário executivo Rio de Janeiro: Localização privilegiada, logística estratégica O Rio de Janeiro avançou extraordinariamente na última década com

Leia mais

Obras de Mobilidade Urbana no Município da Cidade do Rio de Janeiro. Alexandre Pinto Secretario Municipal de Obras

Obras de Mobilidade Urbana no Município da Cidade do Rio de Janeiro. Alexandre Pinto Secretario Municipal de Obras Obras de Mobilidade Urbana no Município da Cidade do Rio de Janeiro Alexandre Pinto Secretario Municipal de Obras BRTs Criado no Brasil e exportado para diversas cidades, tais como Bogotá, Pequim e Johanesburgo,

Leia mais

Plano do Legado da Cidade para Copa 2014 e Jogos Olímpicos e Paraolímpicos

Plano do Legado da Cidade para Copa 2014 e Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Plano do Legado da Cidade para Copa 2014 e Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Visão Os Jogos Olímpicos devem servir àcidade. Mais do que organizar o evento em si, queremos tornar o Rio um lugar melhor para

Leia mais

ACCOR RIO DE JANEIRO

ACCOR RIO DE JANEIRO ACCOR RIO DE JANEIRO 1 Direction / Département - Nom de la Présentation - Septembre 2011 BEM VINDOS AO RIO! 2 Direction / Département - Nom de la Présentation - Septembre 2011 PRESENÇA ACCOR ZONA SUL &

Leia mais

Bem-vindo ao Primeiro Hotel de Águas Claras

Bem-vindo ao Primeiro Hotel de Águas Claras Bem-vindo ao Primeiro Hotel de Águas Claras Dentro de um Cenário Econômico nacional jamais visto, o Brasil vive um momento de crescimento, e desenvolvimento acelerado, que é demonstrado pelos crescimentos

Leia mais

Mercado do Rio de Janeiro- 2011

Mercado do Rio de Janeiro- 2011 Gávea Green Residencial Parque Cidade Barra Prime Offices Torre IV Mercado do Rio de Janeiro- 2011 1 Mercado Imobiliário 2006, 2007- Rio de Janeiro 2006- Expansão do Financiamento Imobiliário. Abecip-

Leia mais

L B O C A L I Z A R ÇÃO A S I L

L B O C A L I Z A R ÇÃO A S I L L O C A L I Z A Ç Ã O BRASIL L O C A L I Z A Ç Ã O B R A S I L B R A S I L NOVA REALIDADE 6º PIB DO MUNDO 5ª MAIOR ECONOMIA EM 2015 OLIMPÍADAS E COPA DO MUNDO U M P A Í S EM DESTAQUE SANTA CATARINA L O

Leia mais

Rio de Janeiro 450 anos

Rio de Janeiro 450 anos Rio de Janeiro 450 anos Fevereiro de 2015 Informação confidencial e proprietária da Macroplan Prospectiva Estratégia e Gestão. Não distribuir ou reproduzir sem autorização expressa. Demografia EVOLUÇÃO

Leia mais

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Julho 2014

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Julho 2014 Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Julho 2014 O SETOR HOTELEIRO BRASILEIRO APÓS A COPA Caio Sergio Calfat Jacob - ex-presidente da LARES (Latin American Real Estate Society)

Leia mais

DIRETRIZES DE MEIO AMBIENTE

DIRETRIZES DE MEIO AMBIENTE PLANO ESTRATÉGICO DA PREFEITURA DO RIO DE JANEIRO 2009/2012 e 2013/2016 DIRETRIZES DE MEIO AMBIENTE Reduzir a emissão de gases do efeito estufa em 16% até 2016 (em relação ao inventário de 2005); Conservar

Leia mais

Encontro SEBRAE de Negócios Oportunidades para 2014

Encontro SEBRAE de Negócios Oportunidades para 2014 CIDADE SEDE DA COPA DO MUNDO DE 2014 E DOS JOGOS OLÍMPICOS DE 2016 Encontro SEBRAE de Negócios Oportunidades para 2014 EDUARDO PAES Prefeito RUY CEZAR Secretário Especial 04 de julho de 2011 Os Megaeventos

Leia mais

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010 Apresentação da Companhia Setembro de 2010 Comprovada capacidade de execução Visão geral da Inpar Empreendimentos por segmento (1) Modelo de negócios integrado (incorporação, construção e venda) Comercial

Leia mais

O setor hoteleiro do Brasil às portas da Copa do Mundo. Roberto Rotter 20 de setembro de 2013

O setor hoteleiro do Brasil às portas da Copa do Mundo. Roberto Rotter 20 de setembro de 2013 O setor hoteleiro do Brasil às portas da Copa do Mundo Roberto Rotter 20 de setembro de 2013 Panorama atual da hotelaria - Brasil Total de hotéis: 10 mil Total de UH s: 460 mil Fonte: Hotelaria em Números

Leia mais

Parcerias Público- Privadas do Rio de Janeiro. Gustavo Guerrante. 30 de novembro de 2015

Parcerias Público- Privadas do Rio de Janeiro. Gustavo Guerrante. 30 de novembro de 2015 Parcerias Público- Privadas do Rio de Janeiro Gustavo Guerrante 30 de novembro de 2015 Prefeitura do Rio de Janeiro Secretaria Especial de Concessões e Parcerias Público-Privadas Em 2009, institucionalizou-se

Leia mais

TRANSFORMANDO O RIO! ADVANCING ENTREPRENEURSHIP AND INNOVATION 04/11/2013 1/31

TRANSFORMANDO O RIO! ADVANCING ENTREPRENEURSHIP AND INNOVATION 04/11/2013 1/31 TRANSFORMANDO O RIO! ADVANCING ENTREPRENEURSHIP AND INNOVATION 04/11/2013 1/31 QUEM SOMOS Empresa pública, vinculada ao gabinete do Prefeito; Criada em agosto de 2011 para coordenar os projetos da Prefeitura

Leia mais

Oportunidades de Negócios com a Copa do Mundo 2014. Salvador 04/11/10

Oportunidades de Negócios com a Copa do Mundo 2014. Salvador 04/11/10 Oportunidades de Negócios com a Copa do Mundo 2014 Salvador 04/11/10 É a vez do Brasil! Linha do Tempo Eventos Esportivos Copa das Confederações 2013 Copa do Mundo FIFA 2014 Olimpíadas e Paraolimpíadas

Leia mais

O que o Brasil já ganhou com a Copa. Secretaria-Geral da Presidência da República

O que o Brasil já ganhou com a Copa. Secretaria-Geral da Presidência da República O que o Brasil já ganhou com a Copa COPA DO MUNDO NO BRASIL um momento histórico e de oportunidades A Copa do Mundo é um momento histórico para o Brasil, que vai sediar, em conjunto com as Olimpíadas em

Leia mais

Urban View. Urban Reports. Existe apagão de hotéis no Brasil? O setor diz que não. Reportagem do portal Exame.com 28/04/2011

Urban View. Urban Reports. Existe apagão de hotéis no Brasil? O setor diz que não. Reportagem do portal Exame.com 28/04/2011 Urban View Urban Reports Existe apagão de hotéis no Brasil? Reportagem do portal Exame.com 28/04/2011 Problemas de superlotação são pontuais, segundo hoteleiros e consultores trânsito da cidade ficasse

Leia mais

Conforto + Praticidade = Sucesso Absoluto.

Conforto + Praticidade = Sucesso Absoluto. 1 2 2 3 Conforto + Praticidade = Sucesso Absoluto. O melhor custo-benefício transformado num diferencial único. Construtora Souza Maria No mercado desde 2001, a Construtora Souza Maria atua nos segmentos

Leia mais

DIRETRIZES DE MEIO AMBIENTE

DIRETRIZES DE MEIO AMBIENTE PLANO ESTRATÉGICO DA PREFEITURA DO RIO DE JANEIRO 2009/2012 e 2013/2016 DIRETRIZES DE MEIO AMBIENTE Reduzir a emissão de gases do efeito estufa em 16% até 2016 (em relação ao inventário de 2005); Conservar

Leia mais

O RIO DE JANEIRO NA ROTA DO FUTURO

O RIO DE JANEIRO NA ROTA DO FUTURO Projeto Especial O RIO DE JANEIRO NA ROTA DO FUTURO OBJETIVO DO PROJETO A revista Brasileiros, com este projeto, quer apresentar ao seu público qualificado um panorama das sólidas perspectivas de desenvolvimento

Leia mais

MonteCarmo Shopping. Uma grande oportunidade de negócio esperando por você

MonteCarmo Shopping. Uma grande oportunidade de negócio esperando por você MonteCarmo Shopping Uma grande oportunidade de negócio esperando por você Localização privilegiada, identidade com o público local, arquitetura diferenciada e exclusivo conceito lifestyle, que integra

Leia mais

Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016. Rio de Janeiro, 30 de junho de 2011

Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016. Rio de Janeiro, 30 de junho de 2011 Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016 Rio de Janeiro, 30 de junho de 2011 1 AGENDA 1. Os Jogos em números 2. Partes interessadas e estrutura jurídica 3. Orçamentos dos Jogos Rio

Leia mais

RB CAPITAL RENDA II FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII

RB CAPITAL RENDA II FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII RB CAPITAL RENDA II FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII CÓDIGO BM&FBOVESPA: RBRD11 ISIN: BRRBRDCTF008 Relatório de Análise Abril de 2011 Sumário Introdução... 3 Empreendimento AmBev... 4 Empreendimento

Leia mais

AQUECIMENTO IMOBILIÁRIO

AQUECIMENTO IMOBILIÁRIO A VALORIZAÇÃO POR METRO QUADRADO. AQUECIMENTO IMOBILIÁRIO Como efeito inevitável do bom momento econômico do país e de todo o processo de revitalização da cidade em função da Copa de 2014 e da Olimpíada

Leia mais

Investimento Global (R$ mi) 1 Belo Horizonte BRT: Antônio Carlos / Pedro I 726,4 382,3-344,2 -

Investimento Global (R$ mi) 1 Belo Horizonte BRT: Antônio Carlos / Pedro I 726,4 382,3-344,2 - Anexo A - Mobilidade Urbana Empreendimento (obra, projeto e desapropriação) 1 Belo Horizonte BRT: Antônio Carlos / Pedro I 726,4 382,3-344,2-2 Belo Horizonte Corredor Pedro II e Obras Complementares nos

Leia mais

VIRADA OLIMPICA NO RIO

VIRADA OLIMPICA NO RIO VIRADA OLIMPICA NO RIO A PROPOSTA DE INTRODUZIR A ZONA PORTUARIA NA ROTA DOS JOGOS DE 20l6 ESQUENTA O DEBATE DE COMO FAZER DO Rio DE JANEIRO UMA CIDADE MUITO MELHOR Cenario futurista: um renovado Maracana

Leia mais

Rio de Janeiro- Ideal para eventos

Rio de Janeiro- Ideal para eventos Rio de Janeiro- Ideal para eventos DIRETORIA SOPTERJ/ GRUPO EXECUTIVO RIO 2014 Presidente: Dr. Bernardo Henrique Ferraz Maranhão Vice-Presidente: Dr. Luiz Paulo Pinheiro Loivos Capital e Baixada Fluminense:

Leia mais

GESTÃO DE EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS

GESTÃO DE EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS GESTÃO DE EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS DA CONCEPÇÃO E IMPLANTAÇÃO À GESTÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS E SEUS DESAFIOS: MEGACONDOMINIOS, CONDOMINIOS INTELIGENTES, MIX-USED E OUTRAS TENDENCIAS PALESTRANTE:

Leia mais

Investe São Paulo. Campinas, 17 de março de 2015

Investe São Paulo. Campinas, 17 de março de 2015 Investe São Paulo Campinas, 17 de março de 2015 Missão Ser a porta de entrada para novos investimentos e a expansão dos negócios existentes, gerando inovação tecnológica, emprego e renda. Promover a competitividade

Leia mais

On Point. Brasil Industrial Galpões de alto padrão Perspectiva 2017 1º sem. 2014. Pesquisa imobiliária 1S 2014

On Point. Brasil Industrial Galpões de alto padrão Perspectiva 2017 1º sem. 2014. Pesquisa imobiliária 1S 2014 On Point Pesquisa imobiliária 1S 2014 Brasil Industrial Galpões de alto padrão Perspectiva 2017 1º sem. 2014 Estoque total Brasil 24,1 milhões de m² Novo estoque entregue Brasil 1,1 milhão de m² Previsão

Leia mais

Seminário Valor Econômico

Seminário Valor Econômico Seminário Valor Econômico Porto Maravilha: Benefícios e Oportunidades Painel 2: O potencial lucrativo da renovação urbana Porto Maravilha: o Novo Destino do Rio COPACABANA IPANEMA PÃO DE AÇÚCAR BOTAFOGO

Leia mais

São Paulo. O Brasil como Pólo Internacional de Investimentos e Negócios. tsando@visitesaopaulo.com

São Paulo. O Brasil como Pólo Internacional de Investimentos e Negócios. tsando@visitesaopaulo.com São Paulo O Brasil como Pólo Internacional de Investimentos e Negócios São Paulo Convention & Visitors Bureau Fundação 25 de Janeiro Entidade estadual, mantida pela iniciativa privada. Captação e apoio

Leia mais

Material provisório para uso interno.

Material provisório para uso interno. Material provisório para uso interno. BARRA DA TIJUCA, C IDADE SU S T ENTÁVEL. Carvalho Hosken e Odebrecht Realizações Imobiliárias, se uniram para criar um destino único, sustentável e sem precedentes

Leia mais

COPA DO MUNDO FIFA 2014 BRASIL. Oportunidades e Desafios

COPA DO MUNDO FIFA 2014 BRASIL. Oportunidades e Desafios COPA DO MUNDO FIFA 2014 BRASIL Oportunidades e Desafios COPA DO MUNDO - OPORTUNIDADES Um evento esportivo do porte de uma Copa do Mundo é como uma grande vitrine do país no exterior e corresponde a um

Leia mais

Invista no hotel certo

Invista no hotel certo Invista no hotel certo O QUE VOCÊ PROCURA EM UM INVESTIMENTO HOTELEIRO ESTÁ AQUI. A economia de minas gerais cresce acima da média nacional: 5,15% no 1º trim./2011. Fonte: Informativo CEI-PIB MG _Fundação

Leia mais

Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços

Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços 1 1- Panorama Econômico 2- PQR 3- Destaques 2 ESTADO DO RIO DE JANEIRO: PANORAMA ECONÔMICO O Rio de Janeiro que você já

Leia mais

Material provisório para uso interno.

Material provisório para uso interno. Material provisório para uso interno. B A R R A D A T I J U C A, C i d a d e s u s t e n táv e l. Carvalho Hosken e Odebrecht Realizações Imobiliárias, se uniram para criar um destino único, sustentável

Leia mais

Urban View. Urban Reports. Fielzão e seu impacto na zona Leste

Urban View. Urban Reports. Fielzão e seu impacto na zona Leste Urban View Urban Reports Fielzão e seu impacto na zona Leste Programa Falando em dinheiro, coluna Minha cidade, meu jeito de morar e investir Rádio Estadão ESPN Itaquera acordou com caminhões e tratores

Leia mais

BRASIL 2015: O VERDADEIRO RESULTADO DA COPA

BRASIL 2015: O VERDADEIRO RESULTADO DA COPA BRASIL 2015: O VERDADEIRO RESULTADO DA COPA Brasil, 2007 PIB R$ 1,8 trilhão Alfabetização 88,6% Expec. de Vida 71,7 anos PIB per capita US$ 8.402 Fonte: ONU e IBGE Brasil, 2015 PIB R$ 2,1 trilhões Alfabetização

Leia mais

On Point. Brasil Industrial Galpões de alto padrão Perspectiva 2017 2º sem. 2014. Pesquisa imobiliária 2S 2014

On Point. Brasil Industrial Galpões de alto padrão Perspectiva 2017 2º sem. 2014. Pesquisa imobiliária 2S 2014 On Point Pesquisa imobiliária 2S 2014 Brasil Industrial Galpões de alto padrão Perspectiva 2017 2º sem. 2014 Estoque total Brasil 24,7 milhões de m² Novo estoque entregue Brasil 0,9 milhão de m² Previsão

Leia mais

Material provisório para uso interno.

Material provisório para uso interno. Material provisório para uso interno. BARRA DA TIJUCA, C IDADE SU S T ENTÁVEL. Carvalho Hosken e Odebrecht Realizações Imobiliárias, se uniram para criar um destino único, sustentável e sem precedentes

Leia mais

Centro Cultural e de Exposições de Maceió

Centro Cultural e de Exposições de Maceió Centro Cultural e de Exposições de Maceió Descrição Administrar, explorar comercialmente e desenvolver eventos culturais, de lazer e de negócios no Centro Cultural e de Exposições de Maceió, localizado

Leia mais

Planejamento Urbano e a Dinâmica da Cidade. Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro Secretaria de Urbanismo - SMU

Planejamento Urbano e a Dinâmica da Cidade. Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro Secretaria de Urbanismo - SMU Planejamento Urbano e a Dinâmica da Cidade Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro Secretaria de Urbanismo - SMU Dinâmica do Licenciamento Evolução da Área Licenciada 1980-2011 5,3 mil Evolução da Área

Leia mais

{ 2 } Parque Tecnológico Capital Digital

{ 2 } Parque Tecnológico Capital Digital { 2 } Parque Tecnológico Capital Digital { 3 } 1. INTRODUÇÃO: PARQUE TECNOLÓGICO CAPITAL DIGITAL - PTCD Principal polo de desenvolvimento Científico, Tecnológico e de Inovação do Distrito Federal, o PTCD

Leia mais

740 mil pessoas estão à espera da sua loja.

740 mil pessoas estão à espera da sua loja. 740 mil pessoas estão à espera da sua loja. Imagem ilustrativa Fonte: Relatório Mapeamento de Mercado Potencial China Associados Geomarketing. Polo de desenvolvimento do NOROESTE PAULISTA, a região de

Leia mais

Programa de Integração e Mobilidade Urbana da Região Metropolitana do Rio de Janeiro

Programa de Integração e Mobilidade Urbana da Região Metropolitana do Rio de Janeiro Programa de Integração e Mobilidade Urbana da Região Metropolitana do Rio de Janeiro Waldir Peres Superintendente Agência Metropolitana de Transportes Urbanos São Paulo Setembro de 2011 Plano Geral Rio

Leia mais

XXIV ENCONTRO DE VOLUNTÁRIOS CONSESP Agosto 2015. Rio de Janeiro e Espírito Santo

XXIV ENCONTRO DE VOLUNTÁRIOS CONSESP Agosto 2015. Rio de Janeiro e Espírito Santo XXIV ENCONTRO DE VOLUNTÁRIOS CONSESP Agosto 2015 Rio de Janeiro e Espírito Santo Vôos Ida: 23/08/2015 Vôo JJ3334 (Curitiba) 06:00 06:55 (Guarulhos) Vôo JJ3684 (Guarulhos) 08:05 09:05 (Galeão) Volta: 30/08/2015

Leia mais

AQUECIMENTO IMOBILIÁRIO:

AQUECIMENTO IMOBILIÁRIO: AQUECIMENTO IMOBILIÁRIO: Como efeito inevitável do bom momento econômico do país e de todo o processo de revitalização da cidade em função da Copa de 2014 e da Olimpíada de 2016, o Rio de Janeiro vive

Leia mais

Odebrecht TransPort traça novas rotas brasileiras

Odebrecht TransPort traça novas rotas brasileiras nº 342 outubro 2014 Odebrecht TransPort traça novas rotas brasileiras Odebrecht 70 anos: projetos que contribuem para melhorar as opções de mobilidade urbana das comunidades Odebrecht Infraestrutura Brasil

Leia mais

APO AUTORIDADE PÚBLICA OLÍMPICA. APRESENTAÇÃO SEMINARIO INTERNACIONAL ABCE - FEPAC SINAENCO Rio de Janeiro, 17 de abril de 2012

APO AUTORIDADE PÚBLICA OLÍMPICA. APRESENTAÇÃO SEMINARIO INTERNACIONAL ABCE - FEPAC SINAENCO Rio de Janeiro, 17 de abril de 2012 APRESENTAÇÃO SEMINARIO INTERNACIONAL ABCE - FEPAC SINAENCO Rio de Janeiro, 17 de abril de 2012 O BRASIL AVANÇA COM INVESTIMENTOS DE INFRAESTRUTURA Planejamento de longo prazo para captação de grandes eventos

Leia mais

Concessão de Uso do. Imigrantes. Apresentação do Projeto. Conselho do PEFI

Concessão de Uso do. Imigrantes. Apresentação do Projeto. Conselho do PEFI Governo do Estado de São Paulo Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Regional Concessão de Uso do Centro de Exposições Imigrantes Apresentação do Projeto Conselho do PEFI SP, 13/09/2012 Agenda

Leia mais

POTENCIAL DE PPPs NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

POTENCIAL DE PPPs NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO POTENCIAL DE PPPs NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO RILEY RODRIGUES Conselho Empresarial de Infraestrutura Sistema FIRJAN Principais desafios Os programas precisam ser estruturados, dentro de seus setores, como

Leia mais

Observatório do Turismo

Observatório do Turismo USUS 2012 Observatório do Turismo Cidade de São Paulo Brasil Turismo no Mundo 9,0% Representatividade no PIB Mundial em 2011 US$ 6,3 TRILHÕES Movimentação Financeira em 2011 980 MILHÕES Viagens no Mundo,

Leia mais

O futuro decola no Vetor Norte

O futuro decola no Vetor Norte O futuro decola no Vetor Norte Aerotrópole é um conceito de planejamento urbano desenvolvido especificamente a partir de um aeroporto de grande capacidade. Engloba serviços que funcionam de maneira integrada,

Leia mais

Prefeitura apresenta esquema especial de trânsito e transporte para Circuito Banco do Brasil, neste sábado (9/11)

Prefeitura apresenta esquema especial de trânsito e transporte para Circuito Banco do Brasil, neste sábado (9/11) Prefeitura apresenta esquema especial de trânsito e transporte para Circuito Banco do Brasil, neste sábado (9/11) Evento será realizado neste sábado, no Parque dos Atletas, na Barra da Tijuca A Prefeitura

Leia mais

A FORÇA DA BHG. * Dados de 2010.

A FORÇA DA BHG. * Dados de 2010. PORQUE INVESTIR? Belo Horizonte tem o quarto maior PIB entre os municípios brasileiros; Minas Gerais é o segundo pólo turístico do Brasil; Localização estratégica. A Savassi é ponto nobre e estratégico

Leia mais

INCORTEL INCORPORAÇÃO E HOTELARIA

INCORTEL INCORPORAÇÃO E HOTELARIA INCORTEL INCORPORAÇÃO E HOTELARIA EXPERTISE EM INCORPORAÇÃO HOTELEIRA 28 anos de experiência no segmento de incorporação Conceito diferenciado agregado aos seus produtos de alto padrão Parceria com o grupo

Leia mais

OBJETIVOS DO EVENTO APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA II NIVELAMENTO DAS INFORMAÇÕES DIRIMIR DÚVIDAS COLHER SUGESTÕES

OBJETIVOS DO EVENTO APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA II NIVELAMENTO DAS INFORMAÇÕES DIRIMIR DÚVIDAS COLHER SUGESTÕES OBJETIVOS DO EVENTO APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA II NIVELAMENTO DAS INFORMAÇÕES DIRIMIR DÚVIDAS COLHER SUGESTÕES MINHA CASA, MINHA VIDA Ampliação das oportunidades de acesso das famílias

Leia mais

ÍNDICE 1. EMPRESA 2. LOCALIZAÇÃO 3. PROJETO VILA DOS ATLETAS 4. SUSTENTABILIDADE 5. RESPONSABILIDADE SOCIAL

ÍNDICE 1. EMPRESA 2. LOCALIZAÇÃO 3. PROJETO VILA DOS ATLETAS 4. SUSTENTABILIDADE 5. RESPONSABILIDADE SOCIAL ÍNDICE 1. EMPRESA 2. LOCALIZAÇÃO 3. PROJETO VILA DOS ATLETAS 4. SUSTENTABILIDADE 5. RESPONSABILIDADE SOCIAL 1. EMPRESA A EMPRESA ILHA PURA EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS É UMA EMPRESA CRIADA COM O OBJETIVO

Leia mais

Introdução. Núcleo de Pesquisas

Introdução. Núcleo de Pesquisas Introdução O verão é um período onde Santa Catarina demonstra todo a sua vocação para a atividade turística. Endereço de belas praias, o estado se consolidou como um dos principais destinos de turistas,

Leia mais

Por que Investir em Caldas Novas-GO? E Por que o Mirante da Serra?

Por que Investir em Caldas Novas-GO? E Por que o Mirante da Serra? Por que Investir em Caldas Novas-GO? E Por que o Mirante da Serra? Grupo Di Roma investe R$ 147 milhões em Caldas Novas --------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

PORTO MARAVILHA. Permanências e Mudanças

PORTO MARAVILHA. Permanências e Mudanças PORTO MARAVILHA Permanências e Mudanças MOMENTO ESPECIAL CV Rio + 20 Copa das Confederações 450 Anos da Cidade & Copa América Jogos Olímpicos de 2016 2011 2012 2013 2014 2015 2016 LOCALIZAÇÃO PRIVILEGIADA

Leia mais

Apresentação de Resultados 1T13

Apresentação de Resultados 1T13 Apresentação de Resultados 1T13 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que apresentem expectativas da Administração da Companhia sobre eventos ou resultados futuros. Todas as declarações

Leia mais

surge o rei do futebol para o mundo. surge a banda que revolucionou uma época. Quando um garoto com talento se une a uma bola e a uma camisa 10,

surge o rei do futebol para o mundo. surge a banda que revolucionou uma época. Quando um garoto com talento se une a uma bola e a uma camisa 10, Quando uma cidade inglesa se une a um novo ritmo musical e a quatro rapazes, surge a banda que revolucionou uma época. Quando um garoto com talento se une a uma bola e a uma camisa 10, surge o rei do futebol

Leia mais

TÉCNICO EM HOSPEDAGEM

TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Imagens para explicar que às vezes o turista quer um lugar simples, no meio da natureza para descansar, basta estar limpo, asseado e arejado, nem todos querem luxo, existe vários perfis de clientes.(grifo

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO PREFEITURA DA CIDADE DE SÃO PAULO. Infraestrutura necessária para realização da Copa do Mundo FIFA 2014

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO PREFEITURA DA CIDADE DE SÃO PAULO. Infraestrutura necessária para realização da Copa do Mundo FIFA 2014 TM GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO PREFEITURA DA CIDADE DE SÃO PAULO Infraestrutura necessária para realização da Copa do Mundo FIFA 2014 SOLUÇÕES ENCAMINHADAS Constituição do COMITÊ PAULISTA (Grupo Executivo

Leia mais

OPORTUNIDADES PARA O SETOR MOVELEIRO O TURISMO TEM POTENCIAL DE AUMENTO EM 25%, CERCA DE 3 MILHÕES A MAIS DE TURISTAS E US$ 3 BILHÕES DE GASTOS*

OPORTUNIDADES PARA O SETOR MOVELEIRO O TURISMO TEM POTENCIAL DE AUMENTO EM 25%, CERCA DE 3 MILHÕES A MAIS DE TURISTAS E US$ 3 BILHÕES DE GASTOS* OS SETORES MAIS BENEFICIADOS O estudo Brasil Sustentável: Impactos socioeconômicos da Copa do Mundo 14, realizado em parceria entre Ernst & Young e a Fundação Getúlio Vargas (FGV) Projetos, aponta os seguintes

Leia mais

Há 35 anos crescendo com o Brasil.

Há 35 anos crescendo com o Brasil. Há 35 anos crescendo com o Brasil. Nos últimos 35anos o Grupo Damiani participou ativamente das grandes transformações ocorridas na paisagem brasileira. Participando de realizações em todas as regiões

Leia mais

Caio Luiz de Carvalho Presidente

Caio Luiz de Carvalho Presidente Caio Luiz de Carvalho Presidente Os desafios do Brasil Deixar de ser espectador e se tornar ator do processo. Todos os brasileiros. Profissionais ou espectadores, envolvidos diretamente ou não. Muitas

Leia mais

A importância do Investimento Privado na Concessão dos

A importância do Investimento Privado na Concessão dos A importância do Investimento Privado na Concessão dos Serviços Públicos Regulados Geraldo Villin Prado ABAR Mai/09 Demanda Anual de Investimentos no Brasil ENERGIA ELÉTRICA PETRÓLEO & GÁS (*) TRANSPORTES/

Leia mais

Luciano Coutinho Presidente

Luciano Coutinho Presidente A Copado Mundode 2014, as Olímpiadasde 2016 e os gargalos da nossa infraestrutura Diálogos Capitais Rio de Janeiro, 7 de dezembro de 2010 Luciano Coutinho Presidente A trajetória recente da economia brasileira

Leia mais

RIO DE JANEIRO / RIO DE JANEIRO CIDADE-SEDE

RIO DE JANEIRO / RIO DE JANEIRO CIDADE-SEDE RIO DE JANEIRO / RIO DE JANEIRO CIDADE-SEDE As lindas praias e atrações naturais tornaram a cidade do Rio de Janeiro reconhecida em todo o mundo. É lá que estão referências internacionalmente conhecidas,

Leia mais

ANÁLISE GUARULHOS. Edição bimestral nº 02 2010

ANÁLISE GUARULHOS. Edição bimestral nº 02 2010 ANÁLISE GUARULHOS Edição bimestral nº 02 2010 Guarulhos tem se firmado na última década como um dos principais municípios do Brasil devido ao seu alto grau de dinamismo econômico e social, aliado à sua

Leia mais

COMPLEXO ESPORTIVO DE DEODORO

COMPLEXO ESPORTIVO DE DEODORO COMPLEXO ESPORTIVO DE DEODORO Legado dos Jogos Pan-americanos de 2007 e futuro Parque Olímpico de Deodoro nos Jogos Rio 2016, o complexo tem uso intensivo desde a inauguração, com cerca de 300 eventos

Leia mais

Detecção de mudanças no uso e cobertura do solo entre os anos de 2004 e 2009 na Cidade do Rio de Janeiro

Detecção de mudanças no uso e cobertura do solo entre os anos de 2004 e 2009 na Cidade do Rio de Janeiro Coordenadoria Geral de Planejamento Urbano CGPU Núcleo de Indicadores Urbanos - NIU Assessoria de Informações Urbanísticas - AIU 18/10/2011 1 Detecção de mudanças no uso e cobertura do solo entre os anos

Leia mais

Visivelmente, o mercado de imóveis no País está em pleno crescimento basta olhar para os lados...para frente...para trás... Alguns questionamentos:

Visivelmente, o mercado de imóveis no País está em pleno crescimento basta olhar para os lados...para frente...para trás... Alguns questionamentos: Gunther Calvente Grineberg Maio 2011 Mercado Visivelmente, o mercado de imóveis no País está em pleno crescimento basta olhar para os lados...para frente...para trás... Alguns questionamentos: Alguém conhece

Leia mais

ADEMI - Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário. Engarrafamentos na Barra podem triplicar

ADEMI - Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário. Engarrafamentos na Barra podem triplicar Page 1 of 5 Página Principal Sala de Imprensa ADEMI na Imprensa mapa do site fale conosco ADEMI na Imprensa Conheça nossos Sócios ADEMI ADEMI em foco Seja Sócio Sala de Imprensa Pesquisa ADEMI do Mercado

Leia mais

Pesquisa Principais Investimentos em Infraestrutura no Brasil

Pesquisa Principais Investimentos em Infraestrutura no Brasil Pesquisa Principais Investimentos em Infraestrutura no Brasil PATROCINADOR INICIATIVA REALIZAÇÃO SUBCAPA O trabalho e a pesquisa O TRABALHO E A PESQUISA A 4ª edição do relatório principais investimentos

Leia mais