Disciplina: Tópicos em Linguística Aplicada: Metáfora, Metonímia e Blending na Língua e Cultura

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Disciplina: Tópicos em Linguística Aplicada: Metáfora, Metonímia e Blending na Língua e Cultura"

Transcrição

1 Disciplina: Tópicos em Linguística Aplicada: Metáfora, Metonímia e Blending na Língua e Cultura Docente: Prof. Dr. Enrique Huelva Unternbäumen Semestre: 1/2015 Metáfora, metonímia e blending (integração conceitual) são mecanismos gerais da cognição humana que desempenham um papel fundamental na construção e organização das nossas experiências no mundo e da nossa estrutura conceitual, isto é, do conjunto de conceitos que possuímos e da forma como eles estão relacionados entre si. Embora a sua ocorrência não se limite apenas ao domínio linguístico, é especialmente nele onde os seus efeitos se manifestam de forma mais abrangente e sistemática: Grande parte dos conceitos codificados linguisticamente tanto no léxico quanto na gramática encontram-se já préestruturados por esses mecanismos. Mesmo que possuam um caráter geral (seus efeitos se manifestam ampla e sistematicamente em todos os domínios da nossa experiência) e universal (todos os seres humanos os possuem), metáfora, metonímia e blending apresentam significativa variação inter- e intracultural em relação aos produtos concretos gerados por esses mecanismos. Assim, junto a algumas metáforas e metonímias universais ou quase universais, existem muitas outras específicas de uma determinada cultura e inexistentes em outras. Essa relação entre metáfora, metonímia, blending e cultura constitui o foco temático desta disciplina. I. Conceitos 1. A metáfora conceitual P R O G R A M A 1.1 Aspectos gerais: dimensões conceituais e cognitivas da metáfora; caraterísticas estruturais; Princípio da Invariância; tipos de metáforas. Texto-guia: Lakoff 1993; Kövecses (2010: 3-47). Leituras de aprofundamento: Lakoff/Johnson (1980). 1

2 1.2 A Teoria das Metáforas Primárias Texto-guia: Lakoff/Johnson (1999) Leitura de aprofundamento: Grady (2005) 1.3 Integração conceitual e metáforas complexas Texto-guia: Lakoff/Johnson (1999) 1.4 Variação intercultural da metáfora Texto-guia: Kövecses (2005) 1.5 Variação intracultural da metáfora Texto-guia: Kövecses (2005) 2. A metonímia 2.1 Aspectos gerais: a metonímia sob uma perspectiva cognitiva e conceitual; metonímia versus metáfora; principais modelos/teorias da metonímia; tipos de metonímia. Texto-guia: Littlemore (2015): Leitura de aprofundamento: Barcelona (2003): Variação intercultural da metonímia. Texto-guia: Littlemore (2015): Variação intracultural da metonímia. Texto-guia: Littlemore (2015): Blending (integração conceitual) 3.1 Aspectos gerais: espaços mentais; espaço genérico; blend ; estruturas emergentes; composição; complementação; elaboração. Texto-guia: Fauconnier/Turner (2002): Leitura de aprofundamento: Fauconnier/Turner (2002); Turner (2014) 3.2 Tipos de blending Texto-guia: Fauconnier/Turner (2002):

3 II. Áreas e objetos de aplicação Metáfora, metonímia e blending interagem na conceituação de uma grande diversidade de áreas da nossa experiência. Dentre elas, destacamos as seguintes, que se configuram como objetos de análise no âmbito desta disciplina: 1. Variação intercultural da metáfora e metonímia na comunicação intercultural. 2. Variação intercultural da metáfora e metonímia no processo de ensinoaprendizagem e na aquisição de línguas. 3. Variação intercultural da metáfora e metonímia no processo tradutório. 4. Metáfora, metonímia e blending na língua de sinais. 5. O uso criativo de metáforas, metonímias e blending no humor, na literatura, no cinema, na música, na publicidade. 6. O uso de metáforas no discurso político. 7. Metáfora, metonímia e blending na conceituação de novos domínios experimentais e epistemológicos: conceituação do ciberespaço; conceituação de objetos científicos, etc. 8. Metáfora e metonímia em experiências de inefabilidade / indescritibilidade (discurso amoroso, religioso, descrição de sonhos, experiências traumáticas, etc.). 9. Conceitos codificados gramaticalmente: localização relativa no espaço, movimento no espaço, tempo, temporalidade, causa, causação, transferência, estrutura e dinâmica de eventos, etc. 10. A estrutura semântica de fraseologismos. M E T O D O L O G I A E A V A L I A Ç Ã O A disciplina está dividida em dois momentos: primeiramente, visa a apresentar e discutir os principais conceitos e princípios metodológicos centrais que fundamentam o paradigma teórico contemporâneo da metáfora, metonímia e integração conceitual (blending). Neste primeiro momento, o participante deverá apresentar, criticamente, um dos textos-guia propostos no programa (30% da nota). Após a construção de uma base teórico-metodológica adequada, a disciplina objetiva, em um segundo momento, desenvolver pesquisas sobre 3

4 temas u objetos de pesquisa concretos extraídos de uma das 10 áreas de aplicação propostas. As pesquisas deverão ser apresentadas no formato de um artigo científico, em nível de pré-publicação (70 % da nota). Bibliografia básica Barcelona, Antonio (Ed.) (2003): Metaphor and Metonymy at the Crossroads. A Cognitive Perspective. Berlin/New York (de Gruyter). Croft, William/Cruse, Alan (2004): Cognitive Linguistics. Cambridge (CUP). Evans, Vyvyan/Green, Melanie (2006): Cognitive Linguistics. An Introduction. London (Laurence Erlbaum). Fauconnier, Gilles / Turner, Mark (2002): The Way we think. Conceptual Blending and the Mind s Hidden Complexities. New York (Basic Books). Grady, Joseph (2005): Primary metaphors as inputs to conceptual integration, in: Journal of Pragmatics 37 (2005) Kosecki, Krzysztof (Ed.) (2007): Perspectives o Metonymy. Frankfurt am Main / New York (Peter Lang). Kövecses, Zoltán (2005): Metaphor in Culture. Cambridge (CUP). Kövecses, Zoltán (2006): Language, Mind, and Culture. Oxford (OUP). Kövecses, Zoltán (2010): Metaphor. A Practical Introduction. Oxford (OUP). Lakoff, George (1987): Women, Fire, and Dangerous Things. What Categories Reveal about the Mind. Chicago (Chicago University Press). Lakoff, George/Johnson, Mark (1980): Metaphors We Live By. Chicago (Chicago University Press). Lakoff, George/Johnson, Mark (1999): Philosophy in the Flesh. The Embodied Mind and its Challenge to Western Thought. New York (Basic Books). Littlemore, Jeannette (2015): Metonymy. Hidden Shortcuts in Language, Thought and Communication. Cambridge (CUP). Panther, Klaus-Uwe / Thornburg Linda L. (2003): Metonymy across languages, in: Jezikoslovlje 4.1: 5-9 Radden, Günter (2011): Spatial time in the West and the East, in: Brdar, Mario, Marija Omazic, Visnja Pavicic Takac, Tanja Gradecak-Erdeljic, and Gabrijela Buljan (eds.) (2011): Space and Time in Language. New York (Peter Lang):

5 Taylor, John (2003): Cognitive Grammar. Oxford (OUP). Turner, Mark (2014): The Origino f Ideas: Blending, Creativity, and the Human Spark. Oxford (OUP). Wilcox, Sherman / Wilcox, Phyllis Perrin / Jarque, Maria Josep (2003): Mappings in conceptual space: Metonymy, metaphor, and iconicity in two signed languages, in: Jezikoslovlje 4.1: Periódicos científicos: Language and Cognition (CUP) Cognitive Linguistics (de Gruyter) Metaphor and Symbol (Taylor & Francis) 5

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA CÂMPUS DE ARARAQUARA FACULDADE DE CIÊNCIAS E LETRAS

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA CÂMPUS DE ARARAQUARA FACULDADE DE CIÊNCIAS E LETRAS Unidade: Curso: Disciplina: Faculdade de Ciências e Letras UNESP - Campus de Araraquara Pós-Graduação em Letras Linguística e Língua Portuguesa TÓPICOS DE GRAMÁTICA DO PORTUGUÊS SOB A ÓTICA FUNCIONALISTA-

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA CÂMPUS DE ARARAQUARA FACULDADE DE CIÊNCIAS E LETRAS

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA CÂMPUS DE ARARAQUARA FACULDADE DE CIÊNCIAS E LETRAS Unidade: Faculdade de Ciências e Letras UNESP - Campus de Araraquara Curso: Pós-Graduação em Letras Linguística e Língua Portuguesa Disciplina: Responsável Colaborador Número de Créditos 08 Carga Horária

Leia mais

PLANO DE ENSINO DA DISCIPLINA BLOCO I IDENTIFICAÇÃO. (não preencher) Topics on Language and Cognition Terça-feira 16h-18h

PLANO DE ENSINO DA DISCIPLINA BLOCO I IDENTIFICAÇÃO. (não preencher) Topics on Language and Cognition Terça-feira 16h-18h CRSO DE GRADAÇÃO: Psicologia e Fonoaudiologia SÉRIE: SEMESTRE LETIVO DO ANO: ( ) 1º SEMESTRE ( X ) 2º SEMESTRE ( ) 1º e 2º SEMESTRES PLANO DE ENSINO DA DISCIPLINA BLOCO I IDENTIFICAÇÃO Código da Disciplina:

Leia mais

A LINGUAGEM METAFÓRICA DAS CORES

A LINGUAGEM METAFÓRICA DAS CORES A LINGUAGEM METAFÓRICA DAS CORES Emilia Maria Peixoto Farias 1 Resumo A cor integra um dos domínios mais ricos da experiência diária do homem. A experiência cromática serve como fonte não somente para

Leia mais

Iconicidade e corporificação em sinais de Libras: uma abordagem cognitiva

Iconicidade e corporificação em sinais de Libras: uma abordagem cognitiva Iconicidade e corporificação em sinais de Libras: uma abordagem cognitiva Valeria Fernandes Nunes (UERJ) Resumo: Investigamos a iconicidade e a corporificação em sinais da Língua Brasileira de Sinais por

Leia mais

Círculo Fluminense de Estudos Filológicos e Linguísticos

Círculo Fluminense de Estudos Filológicos e Linguísticos ASPECTOS GENÉRICOS DA DÊIXIS: O CASO DOS PRONOMES YOU E WE EM INGLÊS Helen de Andrade Abreu helendeandrade@gmail.com Lilian Ferrari ferrari@west.com.br e lilianferrari@uol.com.br 1. Introdução Este trabalho

Leia mais

A LIGAÇÃO como esquema básico na construção da metáfora. A pesquisa em Linguística Cognitiva no século XXI tem dialogado cada vez mais com outras

A LIGAÇÃO como esquema básico na construção da metáfora. A pesquisa em Linguística Cognitiva no século XXI tem dialogado cada vez mais com outras A LIGAÇÃO como esquema básico na construção da metáfora Por Ricardo Yamashita Santos 1 Marcos Antonio Costa 2 Introdução à problemática A pesquisa em Linguística Cognitiva no século XXI tem dialogado cada

Leia mais

MESCLAGEM E METÁFORA CONCEPTUAL EM MANCHETES DE JORNAL Luana de Fatima Machado Ignacio (UERJ) lua.defatima@hotmail.com

MESCLAGEM E METÁFORA CONCEPTUAL EM MANCHETES DE JORNAL Luana de Fatima Machado Ignacio (UERJ) lua.defatima@hotmail.com MESCLAGEM E METÁFORA CONCEPTUAL EM MANCHETES DE JORNAL Luana de Fatima Machado Ignacio (UERJ) lua.defatima@hotmail.com 1. Introdução O presente artigo constitui-se de uma reflexão acerca de duas das atividades

Leia mais

LINGUÍSTICA APLICADA AO ENSINO DE LÍNGUA ESTRANGEIRA

LINGUÍSTICA APLICADA AO ENSINO DE LÍNGUA ESTRANGEIRA SPADA, Nina. Linguística Aplicada ao Ensino de Língua Estrangeira: uma entrevista com Nina Spada. Revista Virtual de Estudos da Linguagem - ReVEL. Vol. 2, n. 2, 2004. Tradução de Gabriel de Ávila Othero.

Leia mais

O PAPEL DA METONÍMIA NOS PROCESSOS DE FORMAÇÃO DE PALAVRAS: UM ESTUDO DOS VERBOS DENOMINAIS EM PORTUGUÊS

O PAPEL DA METONÍMIA NOS PROCESSOS DE FORMAÇÃO DE PALAVRAS: UM ESTUDO DOS VERBOS DENOMINAIS EM PORTUGUÊS ARTIGOS O PAPEL DA METONÍMIA NOS PROCESSOS DE FORMAÇÃO DE PALAVRAS: UM ESTUDO DOS VERBOS DENOMINAIS EM PORTUGUÊS Margarida BASILIO Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro PUC-Rio RESUMO Neste

Leia mais

[1] O coração humano funciona como uma bomba, bombeando o sangue através das tubulações que são nossas artérias.

[1] O coração humano funciona como uma bomba, bombeando o sangue através das tubulações que são nossas artérias. 3762 REDE DE INTEGRAÇÃO CONCEITUAL METAFÓRICA: RECURSO DIDÁTICO E COGNITIVO Josiane Andrade Militão (PUC Minas) Pesquisas recentes já demonstraram que o significado não é uma característica inerente ao

Leia mais

Linguagem e cognição na interpretação de metáforas

Linguagem e cognição na interpretação de metáforas Linguagem e cognição na interpretação de Heronides Maurílio de Melo Moura * Neste artigo, argumenta-se que a interpretação de certas conceptuais depende do conhecimento lexical associado às palavras usadas

Leia mais

O DISCURSO EXPOSITIVO ESCRITO NO ENSINO FUNDAMENTAL. UM ENFOQUE COGNITIVISTA E SEUS DESDOBRAMENTOS DIDÁTICOS

O DISCURSO EXPOSITIVO ESCRITO NO ENSINO FUNDAMENTAL. UM ENFOQUE COGNITIVISTA E SEUS DESDOBRAMENTOS DIDÁTICOS O DISCURSO EXPOSITIVO ESCRITO NO ENSINO FUNDAMENTAL. UM ENFOQUE COGNITIVISTA E SEUS DESDOBRAMENTOS DIDÁTICOS Luís Passeggi Universidade Federal do Rio Grande do Norte RESUMO: Propomos uma análise do discurso

Leia mais

Estudos cognitivos da linguagem e seus horizontes contemporâneos

Estudos cognitivos da linguagem e seus horizontes contemporâneos Estudos cognitivos da linguagem e seus horizontes contemporâneos Ricardo Yamashita Santos (UFRN, Natal, Brasil) 1 RESUMO: O presente artigo tem por objetivo principal mostrar o cenário contemporâneo dos

Leia mais

DA VIDA E OUTRAS VIAGENS... A relevância das metáforas conceptuais na abordagem de uma língua estrangeira 1

DA VIDA E OUTRAS VIAGENS... A relevância das metáforas conceptuais na abordagem de uma língua estrangeira 1 MÁTHESIS 10 2001 319-332 DA VIDA E OUTRAS VIAGENS... A relevância das metáforas conceptuais na abordagem de uma língua estrangeira 1 1. Introdução Não é preciso ser dono de uma criatividade genial para

Leia mais

Lingüística Código HL808 (turma A) Nome da disciplina Leitura Orientada em Sintaxe terça: 10h30h 12h10h

Lingüística Código HL808 (turma A) Nome da disciplina Leitura Orientada em Sintaxe terça: 10h30h 12h10h Lingüística Código HL808 (turma A) Nome da disciplina Leitura Orientada em Sintaxe terça: 10h30h 12h10h Luiz Arthur Pagani Programa resumido Analisadores gramaticais são procedimentos para se executar

Leia mais

DOUTORADO EM MEMÓRIA SOCIAL E BENS CULTURAIS

DOUTORADO EM MEMÓRIA SOCIAL E BENS CULTURAIS DOUTORADO EM MEMÓRIA SOCIAL E BENS CULTURAIS DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS Tópicos Avançados em Memória Social 45 Tópicos Avançados em Cultura 45 Tópicos Avançados em Gestão de Bens Culturais 45 Seminários

Leia mais

FUTEBOL E METÁFORA NA MÍDIA

FUTEBOL E METÁFORA NA MÍDIA FUTEBOL E METÁFORA NA MÍDIA Luciane Corrêa Ferreira * Thiago da Cunha Nascimento ** Catarina Valle e Flister *** Resumo: Segundo Lakoff e Johnson (1980), a metáfora desempenha no cotidiano, além de uma

Leia mais

Um olhar para Klauss Vianna

Um olhar para Klauss Vianna Um olhar para Klauss Vianna... as emoções são modeladas por atitudes motoras Maxine Sheets-Johnstone Neide Neves (PUC-SP) GT Dança e Novas Tecnologias Palavras-chave: corpo, arte, comunicação Dizer que

Leia mais

O ENSINO DE LÍNGUA MATERNA COM TIRINHA UMA ANÁLISE SOCIOCOGNITIVA

O ENSINO DE LÍNGUA MATERNA COM TIRINHA UMA ANÁLISE SOCIOCOGNITIVA O ENSINO DE LÍNGUA MATERNA COM TIRINHA UMA ANÁLISE SOCIOCOGNITIVA Fabiana Silva de Souza é mestranda em Linguística na UERJ. E-mail: fabi_ssouza@yahoo.com.br Resumo O objetivo deste artigo é fazer uma

Leia mais

CONSIDERAÇÕES SOBRE O ENSINO DA PRÁTICA CLÍNICA EM CURSOS DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA

CONSIDERAÇÕES SOBRE O ENSINO DA PRÁTICA CLÍNICA EM CURSOS DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA CONSIDERAÇÕES SOBRE O ENSINO DA PRÁTICA CLÍNICA EM CURSOS DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA Fabio Thá Psicólogo, psicanalista, doutor em estudos linguísticos pela UFPR, coordenador do curso de Psicologia da Faculdade

Leia mais

Hibridismo formal: uma questão gráfica ou conceitual?

Hibridismo formal: uma questão gráfica ou conceitual? René Magritte Grafite anônimo Hibridismo formal: uma questão gráfica ou conceitual? Maurício Silva Gino O autor agradece aos componentes do Grupo de Estudos de Metáforas e Analogias na Tecnologia, na Educação

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Eixo Tecnológico: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Eixo Tecnológico: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC Paulino Botelho Código: 91 Município: SÃO CARLOS - SP Eixo Tecnológico: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS Habilitação Profissional: TÉCNICO EM MECÂNICA

Leia mais

Metáforas corpóreas na base do conhecimento matemático. O caso do ângulo

Metáforas corpóreas na base do conhecimento matemático. O caso do ângulo Metáforas corpóreas 139 Metáforas corpóreas na base do conhecimento matemático. O caso do ângulo José Manuel Matos FCT, Universidade Nova de Lisboa Ângulos são espinhos de uma roseira James Frequentemente

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Programa de TIDD

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Programa de TIDD Disciplina: Aplicações da Teoria dos Signos, Símbolos e Códigos ATSC Módulo: 3 Área de Concentração: Processos Cognitivos e Ambientes Digitais Linha de Pesquisa: (comum às três linhas de pesquisa) Professor:

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO Nome da disciplina Evolução do Pensamento Administrativo I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação;

Leia mais

Uma Proposta de Tarefas para aprendizagem sobre Transformações no Plano em um Ambiente Virtual Colaborativo

Uma Proposta de Tarefas para aprendizagem sobre Transformações no Plano em um Ambiente Virtual Colaborativo Uma Proposta de Tarefas para aprendizagem sobre Transformações no Plano em um Ambiente Virtual Colaborativo Andreia Carvalho Maciel Barbosa (UNIBAN) 1 GD6 Educação Matemáticas, Tecnologias Informáticas

Leia mais

HEstudosLinguísticos. umanidades. Revista Portuguesa de. VOL. 15-1 ANO 2011 Universidade Católica Portuguesa Faculdade de Filosofia de Braga

HEstudosLinguísticos. umanidades. Revista Portuguesa de. VOL. 15-1 ANO 2011 Universidade Católica Portuguesa Faculdade de Filosofia de Braga HEstudosLinguísticos umanidades Revista Portuguesa de VOL. 15-1 ANO 2011 Universidade Católica Portuguesa Faculdade de Filosofia de Braga O processamento metonímico/metafórico à luz da teoria do caos/complexidade

Leia mais

FP 108501 FUNDAMENTOS DA GINÁSTICA

FP 108501 FUNDAMENTOS DA GINÁSTICA Ementas das Disciplinas de Educação Física Estão relacionadas abaixo, as ementas e a bibliografia dos diferentes eixos curriculares do Curso, identificadas conforme os ciclos de formação: Ciclo de Formação

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: ETEC Paulino Botelho Código: 91 Município: São Carlos-SP Eixo Tecnológico: Controles e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em

Leia mais

(1) Nosso relacionamento chegou a uma encruzilhada.

(1) Nosso relacionamento chegou a uma encruzilhada. A TEORIA DA METÁFORA CONCEPTUAL EM AÇÃO Morgana de Abreu Leal é professora de Inglês no ensino fundamental, médio e em curso de idiomas livre, e mestranda do curso de Letras na UERJ. E-mail: morganabrleal@gmail.com

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS DE ANÁPOLIS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS DE ANÁPOLIS 1. EMENTA Estudo do processo de aquisição/ aprendizagem de uma segunda língua/ língua estrangeira, métodos e técnicas para o ensino, especialmente da habilidade de leitura. Análise de recursos didáticos.

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ÉTICA PROFISSIONAL Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ÉTICA PROFISSIONAL Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular ÉTICA PROFISSIONAL Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Serviço Social (2º Ciclo) 2. Curso Mestrado em Serviço Social 3. Ciclo de Estudos 2º 4. Unidade Curricular ÉTICA

Leia mais

- SEEC UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE - UERN

- SEEC UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE - UERN Governo do Estado do Rio Grande do Norte Secretariado de Estado da Educação e Cultura - SEEC UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE - UERN Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação PROPEG Departamento

Leia mais

Letras Tradução Inglês-Português Ementário

Letras Tradução Inglês-Português Ementário Letras Tradução Inglês-Português Ementário Componentes Curriculares CH Ementa Cultura Clássica 04 Estudo da cultura das civilizações clássica em suas diversas fases, tendo em vista reflexões sobre a contribuição

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA EIXO TECNOLÓGICO: INFRAESTRUTURA Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: TÉCNICO EM EDIFICAÇÕES FORMA/GRAU:( x )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo MODALIDADE:

Leia mais

Língua portuguesa: ultrapassar fronteiras, juntar culturas

Língua portuguesa: ultrapassar fronteiras, juntar culturas BOLSAS E CABEÇAS DE TODOS OS TIPOS: A PRODUTIVIDADE DOS PADRÕES DE COMPOSIÇÃO EM PB Maria Lucia Leitão de ALMEIDA 1 RESUMO O presente trabalho revisita o conceito de composição e propõe que seja ele considerado

Leia mais

Resenha A conversação em rede: comunicação mediada pelo computador e redes sociais na Internet

Resenha A conversação em rede: comunicação mediada pelo computador e redes sociais na Internet Resenha A conversação em rede: comunicação mediada pelo computador e redes sociais na Internet (RECUERO, Raquel. Porto Alegre, RS: Editora Sulina, 2012) Vinicius Paiva Cândido dos SANTOS 1 Diante de uma

Leia mais

TESTE SELETIVO COLEGIADO DE LETRAS - 2013 LISTA DE PONTOS

TESTE SELETIVO COLEGIADO DE LETRAS - 2013 LISTA DE PONTOS ENSINO DE LÍNGUA INGLESA 1. New technologies and ELT 2. Teaching English pronunciation for Brazilian EFL speakers 3. Developing reading skills in the EFL classroom: theory and practice 4. Assessment in

Leia mais

A Interpretação em Língua de Sinais Brasileira: uma investigação de processos cognitivos e inferenciais à luz da Teoria da Relevância

A Interpretação em Língua de Sinais Brasileira: uma investigação de processos cognitivos e inferenciais à luz da Teoria da Relevância A Interpretação em Língua de Sinais Brasileira: uma investigação de processos cognitivos e inferenciais à luz da Teoria da Relevância Carlos Henrique Rodrigues Fábio Alves da Silva Júnior Universidade

Leia mais

REVEL NA ESCOLA: LINGUÍSTICA APLICADA A CONTEXTOS EMPRESARIAIS

REVEL NA ESCOLA: LINGUÍSTICA APLICADA A CONTEXTOS EMPRESARIAIS MÜLLER, Alexandra Feldekircher. ReVEL na Escola: Linguística Aplicada a Contextos Empresariais. ReVEL. v. 11, n. 21, 2013. [www.revel.inf.br]. REVEL NA ESCOLA: LINGUÍSTICA APLICADA A CONTEXTOS EMPRESARIAIS

Leia mais

INTERFACE METÁFORA E METONÍMIA INSCRITAS NAS CONCEPÇÕES DE VIOLÊNCIA ENTRE ESTUDANTES BRASILEIROS E FRANCESES RESUMO

INTERFACE METÁFORA E METONÍMIA INSCRITAS NAS CONCEPÇÕES DE VIOLÊNCIA ENTRE ESTUDANTES BRASILEIROS E FRANCESES RESUMO 22 INTERFACE METÁFORA E METONÍMIA INSCRITAS NAS CONCEPÇÕES DE VIOLÊNCIA ENTRE ESTUDANTES BRASILEIROS E FRANCESES Meire Virginia Cabral Gondim 1 Ana Cristina Pelosi 2 RESUMO A metáfora e a metonímia são

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE GRADUAÇÃO EM DESIGN

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE GRADUAÇÃO EM DESIGN CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE GRADUAÇÃO EM DESIGN Matriz Curricular do Curso de Design Fase Cód. Disciplina Créditos Carga Horária 01

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO Evolução de Pensamento Administrativo I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação; a evolução

Leia mais

EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016

EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016 EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016 901491 - EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação; a evolução da teoria organizacional

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Habilitação: Regime: Duração: PEDAGOGIA LICENCIATURA FORMAÇÃO PARA O MAGISTÉRIO EM EDUCAÇÃO INFANTIL SERIADO ANUAL - NOTURNO 4 (QUATRO) ANOS LETIVOS Integralização:

Leia mais

1. Introdução. Augusto Soares da Silva

1. Introdução. Augusto Soares da Silva Cadernos de Letras da UFF Dossiê: Letras e cognição n o 41, p. 27-53, 2010 27 PALAVRAS, SIGNIFICADOS E CONCEITOS O SIGNIFICADO LEXICAL NA MENTE, NA CULTURA E NA SOCIEDADE Augusto Soares da Silva RESUMO

Leia mais

AS METÁFORAS MULTIMODAIS: INDO ALÉM DO TIPO VERBO-VISUAL

AS METÁFORAS MULTIMODAIS: INDO ALÉM DO TIPO VERBO-VISUAL AS METÁFORAS MULTIMODAIS: INDO ALÉM DO TIPO VERBO-VISUAL Natália Elvira Sperandio 1 RESUMO Apesar do imenso número de pesquisas dedicados ao estudo da metáfora como processo conceitual, poucos são os trabalhos

Leia mais

MODELAGEM CONCEITUAL EM MATEMÁTICA. UMA EXPERIÊNCIA COM O USO DO SOFTWARE CMAPTOOLS

MODELAGEM CONCEITUAL EM MATEMÁTICA. UMA EXPERIÊNCIA COM O USO DO SOFTWARE CMAPTOOLS MODELAGEM CONCEITUAL EM MATEMÁTICA. UMA EXPERIÊNCIA COM O USO DO SOFTWARE CMAPTOOLS Dr. André Ricardo Magalhães andrerm@gmail.com Universidade do Estado da Bahia Brasil Modalidade: Comunicação Breve Nível

Leia mais

Universidade Federal do Acre Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-graduação Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática

Universidade Federal do Acre Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-graduação Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática ANEXO 1 ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROPOSTA DE PROJETO DE PESQUISA Aos candidatos ao Mestrado Profissional em Ensino de Ciências e Matemática solicita-se anexar, no ato de inscrição on line, uma Proposta

Leia mais

EMENTA CONTÉUDO. 1. Justificação Epistêmica 1.1 O debate externismo/internismo acerca da justificação epistêmica 1.2 Confiabilismo e justificação

EMENTA CONTÉUDO. 1. Justificação Epistêmica 1.1 O debate externismo/internismo acerca da justificação epistêmica 1.2 Confiabilismo e justificação UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO DE FILOSOFIA DISCIPLINA: TÓPICOS DE EPISTEMOLOGIA: REFLEXÃO E ENTENDIMENTO HORÁRIO: SEGUNDA-FEIRA, DAS 14 ÀS 18h - CARGA-HORÁRIA: 68 h EMENTA Em

Leia mais

MÉTODOS E ABORDAGENS DE ENSINO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS E PROCESSOS DE ENSINO / APRENDIZAGEM

MÉTODOS E ABORDAGENS DE ENSINO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS E PROCESSOS DE ENSINO / APRENDIZAGEM MÉTODOS E ABORDAGENS DE ENSINO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS E PROCESSOS DE ENSINO / APRENDIZAGEM Katharine Dunham Maciel- (UFRJ) Ingeborg Hartl- (UFRJ) Os métodos apontam um caminho para o professor, fornecem-lhe

Leia mais

Como se aprende? Estratégias, estilos e cognição

Como se aprende? Estratégias, estilos e cognição Ciências & Cognição 2010; Vol 15 (2): 239-241 Ciências & Cognição Submetido em 14/06/2010 Aceito em 14/07/2010 ISSN 1806-5821 Publicado on line em 15 de agosto de 2010

Leia mais

O PAPEL DA METONÍMIA NA MORFOLOGIA LEXICAL

O PAPEL DA METONÍMIA NA MORFOLOGIA LEXICAL BASÍLIO, Margarida Maria de Paula. O papel da metonímia na morfologia lexical. ReVEL, edição especial n. 5, 2011. [www.revel.inf.br]. O PAPEL DA METONÍMIA NA MORFOLOGIA LEXICAL Margarida Maria de Paula

Leia mais

PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS

PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS EDUCAÇÃO BÁSICA ENSINO SUPERIOR EDUCAÇÃO NÃO-FORMAL EDUCAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DO SISTEMA DE JUSTIÇA E SEGURANÇA EDUCAÇÃO E MÍDIA Comitê Nacional de Educação

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO A disciplina aborda o estudo da área de Informática como um todo, e dos conceitos fundamentais,

Leia mais

Metáfora e metonímia/sinédoque na propaganda: um enfoque da Análise Crítica da Metáfora

Metáfora e metonímia/sinédoque na propaganda: um enfoque da Análise Crítica da Metáfora Metáfora e metonímia/sinédoque na propaganda: um enfoque da Análise Crítica da Metáfora (Metaphor and metonymy/synecdoche in advertising: A Critical Metaphor Analysis Approach) Marcelo Saparas 1,2, Sumiko

Leia mais

METÁFORA E ARGUMENTAÇÃO: UMA ABORDAGEM COGNITIVO-DISCURSIVA

METÁFORA E ARGUMENTAÇÃO: UMA ABORDAGEM COGNITIVO-DISCURSIVA Linguagem em (Dis)curso LemD, v. 7, n. 3, p. 487-506, set./dez. 2007 METÁFORA E ARGUMENTAÇÃO: UMA ABORDAGEM COGNITIVO-DISCURSIVA Solange Coelho Vereza * Resumo: O paradigma cognitivista no estudo da metáfora

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INGLÊS Ano Lectivo 2015/2016

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INGLÊS Ano Lectivo 2015/2016 Programa da Unidade Curricular INGLÊS Ano Lectivo 205/206. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (º Ciclo) 2. Curso MARKETING 3. Ciclo de Estudos º 4. Unidade Curricular INGLÊS (V007) 5. Área

Leia mais

Curso: Letras Português ( 1 ª Licenciatura) II Bloco

Curso: Letras Português ( 1 ª Licenciatura) II Bloco Curso: Letras Português ( 1 ª Licenciatura) I Bloco Filosofia da Educação 60 horas Metodologia Científica 60 horas Iniciação à Leitura e Produção de Textos Acadêmicos 60 horas Introdução à filosofia e

Leia mais

Departamento de Ciências da Educação

Departamento de Ciências da Educação Departamento de Ciências da Educação 2010/2011 1º ciclo em Ciências da Educação Tecnologia e Inovação na Educação 1º ano 2º Semestre 7,5 ECTS Docente: Mestre Fernando Correia fcorreia@uma.pt Coordenador:

Leia mais

LINHA DE PESQUISA E DE INTERVENÇÃO METODOLOGIAS DA APRENDIZAGEM E PRÁTICAS DE ENSINO (LIMAPE)

LINHA DE PESQUISA E DE INTERVENÇÃO METODOLOGIAS DA APRENDIZAGEM E PRÁTICAS DE ENSINO (LIMAPE) História da profissão docente em São Paulo: as estratégias e as táticas em torno dos fazeres cotidianos dos professores primários a instrução pública paulista de 1890 a 1970 Linha de Pesquisa: LINHA DE

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO ENSINO A DISTÂNCIA (EAD) DE PEDAGOGIA (LICENCIATURA) 1. COMUNICAÇÃO E EXPRESSÃO A leitura como vínculo leitor/texto, através da subjetividade contextual, de atividades de

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. TURMA: 1º ANO 1º semestre

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. TURMA: 1º ANO 1º semestre EIXO TECNOLÓGICO: GESTÃO E NEGÓCIOS Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: TÉCNICO EM SECRETARIADO FORMA/GRAU: ( )integrado ( x )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

Fragmentos do Texto Indicadores para o Desenvolvimento da Qualidade da Docência na Educação Superior.

Fragmentos do Texto Indicadores para o Desenvolvimento da Qualidade da Docência na Educação Superior. Fragmentos do Texto Indicadores para o Desenvolvimento da Qualidade da Docência na Educação Superior. Josimar de Aparecido Vieira Nas últimas décadas, a educação superior brasileira teve um expressivo

Leia mais

tido, articula a Cartografia, entendida como linguagem, com outra linguagem, a literatura infantil, que, sem dúvida, auxiliará as crianças a lerem e

tido, articula a Cartografia, entendida como linguagem, com outra linguagem, a literatura infantil, que, sem dúvida, auxiliará as crianças a lerem e Apresentação Este livro tem o objetivo de oferecer aos leitores de diversas áreas do conhecimento escolar, principalmente aos professores de educação infantil, uma leitura que ajudará a compreender o papel

Leia mais

O VALOR ASPECTUAL NAS METÁFORAS VERBAIS: (RE)CONHECENDO UM MUNDO CONHECIDO 1

O VALOR ASPECTUAL NAS METÁFORAS VERBAIS: (RE)CONHECENDO UM MUNDO CONHECIDO 1 583 O VALOR ASPECTUAL NAS METÁFORAS VERBAIS: (RE)CONHECENDO UM MUNDO CONHECIDO 1 Thabyson Sousa Dias (UFT) thabyson.sd@uft.edu.br Este estudo tem por objetivo analisar e descrever metáforas com verbo de

Leia mais

Categorização e imagens no Ensaio sobre a cegueira. Palavras-chave: José Saramago; linguística cognitiva; categorização; esquemas de imagem

Categorização e imagens no Ensaio sobre a cegueira. Palavras-chave: José Saramago; linguística cognitiva; categorização; esquemas de imagem 221 Categorização e imagens no Ensaio sobre a cegueira Elizabeth Del Nero Sobrinha (UNESP) RESUMO: O objetivo é comparar a construção dos sentidos atribuídos por críticos e leitores comuns ao livro Ensaio

Leia mais

CURSO DE PEDAGOGIA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2015.1 BRUSQUE (SC) 2015 1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA

CURSO DE PEDAGOGIA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2015.1 BRUSQUE (SC) 2015 1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA 1 CURSO EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2015.1 BRUSQUE (SC) 2015 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 INVESTIGAÇÃO DA PRÁTICA DOCENTE I... 4 02 LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTO... 4 03 PROFISSIONALIDADE DOCENTE... 4 04 RESPONSABILIDADE

Leia mais

PLANO DE ENSINO 2009

PLANO DE ENSINO 2009 PLANO DE ENSINO 2009 Fundamental I ( ) Fundamental II ( ) Médio ( ) Médio Profissionalizante ( ) Profissionalizante ( ) Graduação (X ) Pós-graduação ( ) I. Dados Identificadores Curso Turismo Disciplina

Leia mais

CURRICULUM SIMPLIFICADO

CURRICULUM SIMPLIFICADO Turno: MAT_COM - Comunicação Manhã Regime: Semestral Prazo Máximo: 14 Série: 1-1º SEMESTRE 4HA172 ANÁLISE DA IMAGEM I 2.0 36 0 36 4HA170 ANTROPOLOGIA 2.0 36 0 36 4AN171 CRIAÇÃO DE HISTÓRIAS I 2.0 0 36

Leia mais

Universidade Estadual Paulista Faculdade de Filosofia e Ciências Campus de Marília Grupo de Estudos sobre Organização e Representação do Conhecimento

Universidade Estadual Paulista Faculdade de Filosofia e Ciências Campus de Marília Grupo de Estudos sobre Organização e Representação do Conhecimento 1 Universidade Estadual Paulista Faculdade de Filosofia e Ciências Campus de Marília Grupo de Estudos sobre Organização e Representação do Conhecimento Referência do texto para discussão: BRASCHER, Marisa;

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010. Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 3 º

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010. Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 3 º PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010 Curso: Pedagogia Disciplina: Psicologia do Desenvolvimento e da Aprendizagem Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 3 º 1 - Ementa (sumário, resumo) Relações

Leia mais

Metáforas primárias e metáforas congruentes: integrações cognitivoculturais

Metáforas primárias e metáforas congruentes: integrações cognitivoculturais Metáforas primárias e metáforas congruentes: integrações cognitivoculturais Ricardo Yamashita Santos Orientador: Marcos Antonio Costa Departamento de Letras UFRN RESUMO A metáfora, desde a obra Metaphors

Leia mais

A INTERAÇÃO ENTRE OS PROCESSOS METAFÓRICO E METONÍMICO NA CONSTRUÇÃO DE SENTIDO DA CHARGE ANIMADA OS LULASTONES. 1

A INTERAÇÃO ENTRE OS PROCESSOS METAFÓRICO E METONÍMICO NA CONSTRUÇÃO DE SENTIDO DA CHARGE ANIMADA OS LULASTONES. 1 1 A INTERAÇÃO ENTRE OS PROCESSOS METAFÓRICO E METONÍMICO NA CONSTRUÇÃO DE SENTIDO DA CHARGE ANIMADA OS LULASTONES. 1 Autora: Natália Elvira Sperandio (IFMG- Campus Muzambinho) Resumo: este trabalho tem

Leia mais

CÓD. 4930 - CURSO DE LETRAS PORTUGUÊS-INGLÊS MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 02

CÓD. 4930 - CURSO DE LETRAS PORTUGUÊS-INGLÊS MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 02 Aprovado no CONGRAD: 25.08.15 Vigência: ingressos a partir de 2016/1 4930 - CURSO DE LETRAS PORTUGUÊS-INGLÊS MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 02 I NÚCLEO DE FORMAÇÃO BÁSICA 19389 Educação Inclusiva 02 30

Leia mais

Disciplina: O conto em LI Ementa: Análise crítica e interpretação de contos extraídos da produção literária em língua inglesa. Carga Horária: 60h

Disciplina: O conto em LI Ementa: Análise crítica e interpretação de contos extraídos da produção literária em língua inglesa. Carga Horária: 60h 1º Semestre Disciplina: Introdução aos Estudos Literários Ementa: Estudo crítico das noções de literatura. Revisão das categorias tradicionais de gêneros literários e estudo dos novos gêneros ficcionais.

Leia mais

Práticas musicais no contexto urbano de João Pessoa

Práticas musicais no contexto urbano de João Pessoa Práticas musicais no contexto urbano de João Pessoa Luis Ricardo Silva Queiroz Universidade Federal da Paraíba e-mail: luisrsq@uol.com.br Anne Raelly Pereira de Figueirêdo Universidade Federal da Paraíba

Leia mais

PRÁTICA DE ENSINO INTERDISCIPLINAR NO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO NA PERSPECTIVA DOS DISCENTES.

PRÁTICA DE ENSINO INTERDISCIPLINAR NO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO NA PERSPECTIVA DOS DISCENTES. PRÁTICA DE ENSINO INTERDISCIPLINAR NO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO NA PERSPECTIVA DOS DISCENTES. Introdução As mudanças e desafios no contexto social influenciam a educação superior, e como consequência, os

Leia mais

O PAPEL DA INTEGRAÇÃO CONCEPTUAL NA CONSTRUÇÃO DOS SENTIDOS Diogo Pinheiro (UFFS) dorpinheiro@gmail.com Luciano Carvalho do Nascimento (CMRJ)

O PAPEL DA INTEGRAÇÃO CONCEPTUAL NA CONSTRUÇÃO DOS SENTIDOS Diogo Pinheiro (UFFS) dorpinheiro@gmail.com Luciano Carvalho do Nascimento (CMRJ) O PAPEL DA INTEGRAÇÃO CONCEPTUAL NA CONSTRUÇÃO DOS SENTIDOS Diogo Pinheiro (UFFS) dorpinheiro@gmail.com Luciano Carvalho do Nascimento (CMRJ) 1. Primeiras palavras Abordagens formalistas dos estudos semânticos

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN GRÁFICO

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN GRÁFICO 1 CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN GRÁFICO EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS BRUSQUE (SC) Consuni nº. 63/14, 2011 de 10 de dezembro de 2014. 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 3 01 INTRODUÇÃO AO CONHECIMENTO TECNOLÓGICO...

Leia mais

Introdução. Gestão do Conhecimento GC

Introdução. Gestão do Conhecimento GC Introdução A tecnologia da informação tem um aspecto muito peculiar quanto aos seus resultados, uma vez que a simples disponibilização dos recursos computacionais (banco de dados, sistemas de ERP, CRM,

Leia mais

Currículo do Curso de Licenciatura em Filosofia

Currículo do Curso de Licenciatura em Filosofia Currículo do Curso de Licenciatura em Filosofia 1. Componentes curriculares O currículo do Curso de Licenciatura em Filosofia engloba as seguintes dimensões. 1.1. Conteúdos de natureza teórica Estes conteúdos

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA. Professor: Dra. Vanessa Borges de Almeida (borgesalmeida@unb.br)

PROGRAMA DE DISCIPLINA. Professor: Dra. Vanessa Borges de Almeida (borgesalmeida@unb.br) UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA INSTITUTO DE LETRAS DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS E TRADUÇÃO (LET) PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM LINGUÍSTICA APLICADA FONE: (61) 3107-7618 - TELEFAX: (61) 3307-7619 E-mail:

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INGLÊS Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INGLÊS Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular INGLÊS Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Comunicação e Multimédia 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular INGLÊS

Leia mais

REALIZAÇÃO DE TRABALHOS INTERDISCIPLINARES GRUPOS DE LEITURA SUPERVISIONADA (GRULES)

REALIZAÇÃO DE TRABALHOS INTERDISCIPLINARES GRUPOS DE LEITURA SUPERVISIONADA (GRULES) REALIZAÇÃO DE TRABALHOS INTERDISCIPLINARES GRUPOS DE LEITURA SUPERVISIONADA (GRULES) 1 APRESENTAÇÃO Este manual é um documento informativo visando orientar a comunidade acadêmica quanto ao processo de

Leia mais

EMENTÁRIO NÚCLEO DE ESTUDOS BÁSICOS

EMENTÁRIO NÚCLEO DE ESTUDOS BÁSICOS EMENTÁRIO NÚCLEO DE ESTUDOS BÁSICOS a) FUNDAMENTAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO DADOS DO CAMPO DE CONHECIMENTO Filosofia, Ética e 3 1 4 90 EMENTA: Correntes filosóficas da modernidade e seus fundamentos para

Leia mais

NÚCLEO DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA E ENSINO DE FÍSICA E AS NOVAS TECNOLOGIAS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES

NÚCLEO DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA E ENSINO DE FÍSICA E AS NOVAS TECNOLOGIAS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES NÚCLEO DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA E ENSINO DE FÍSICA E AS NOVAS TECNOLOGIAS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES Edson Crisostomo dos Santos Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES edsoncrisostomo@yahoo.es

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE PSICOLOGIA Ementário/abordagem temática/bibliografia básica (3) e complementar (5) Morfofisiologia e Comportamento Humano Ementa: Estudo anátomo funcional

Leia mais

A MORFOLOGIA EM LIBRAS Flancieni Aline R. Ferreira (UERJ) flan.uerj@hotmail.com

A MORFOLOGIA EM LIBRAS Flancieni Aline R. Ferreira (UERJ) flan.uerj@hotmail.com XVIII CONGRESSO NACIONAL DE LINGUÍSTICA E FILOLOGIA A MORFOLOGIA EM LIBRAS Flancieni Aline R. Ferreira (UERJ) flan.uerj@hotmail.com RESUMO Neste trabalho, discutiremos sobre o estudo morfossintático da

Leia mais

PROGRAMA DE METODOLOGIA DE ENSINO DE INGLÊS

PROGRAMA DE METODOLOGIA DE ENSINO DE INGLÊS PROGRAMA DE METODOLOGIA DE ENSINO DE INGLÊS 11ª Classe Formação de Professores do 1º Ciclo do Ensino Secundário Ficha Técnica Título Programa de Metodologia de Ensino de Inglês - 11ª Classe Formação de

Leia mais

INFORMAÇÃO COMUNICAÇÃO APRENDIZAGEM ALGUNS DESAFIOS NO CONTEXTO DO ENSINO SUPERIOR

INFORMAÇÃO COMUNICAÇÃO APRENDIZAGEM ALGUNS DESAFIOS NO CONTEXTO DO ENSINO SUPERIOR INFORMAÇÃO COMUNICAÇÃO APRENDIZAGEM ALGUNS DESAFIOS NO CONTEXTO DO ENSINO SUPERIOR Fernando Ramos Universidade de Aveiro/DeCA CETAC.MEDIA ALGUMAS CURIOSIDADES SOBRE O ENSINO SUPERIOR Universidade de Bolonha,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE INSTITUTO DE LETRAS E ARTES CONCURSO PÚBLICO PROFESSOR ASSISTENTE EM LÍNGUA INGLESA. EDITAL No.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE INSTITUTO DE LETRAS E ARTES CONCURSO PÚBLICO PROFESSOR ASSISTENTE EM LÍNGUA INGLESA. EDITAL No. UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE INSTITUTO DE LETRAS E ARTES CONCURSO PÚBLICO PROFESSOR ASSISTENTE EM LÍNGUA INGLESA EDITAL No. 011/2009 Dados para o Edital do Concurso para Professor Assistente na área

Leia mais

RESENHA DE MANUAL DE MORFOLOGIA DO PORTUGUÊS, DE MARIA NAZARÉ DE CARVALHO LAROCA

RESENHA DE MANUAL DE MORFOLOGIA DO PORTUGUÊS, DE MARIA NAZARÉ DE CARVALHO LAROCA QUADROS, Emanuel Souza. Resenha de Manual de morfologia do português, de Maria Nazaré de Carvalho Laroca. ReVEL, vol. 7, n. 12, 2009. [www.revel.inf.br]. RESENHA DE MANUAL DE MORFOLOGIA DO PORTUGUÊS, DE

Leia mais

A metáfora na textualização dos artigos científicos de física

A metáfora na textualização dos artigos científicos de física A metáfora na textualização dos artigos científicos de física Adriano Dias de Andrade (UFPE) RESUMO: Este trabalho investiga a natureza da metáfora no gênero textual artigo científico de Física. Partimos

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN GRÁFICO 514502 INTRODUÇÃO AO DESIGN Conceituação e história do desenvolvimento do Design e sua influência nas sociedades contemporâneas no

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE PEDAGOGIA Disciplina: Comunicação e Expressão Ementa: A leitura como vínculo leitor/texto através do conhecimento veiculado pelo texto escrito. Interpretação:

Leia mais

1. DESIGNAÇÃO DA ACÇÃO DE FORMAÇÃO Oficina de Formação de Professores em Empreendedorismo

1. DESIGNAÇÃO DA ACÇÃO DE FORMAÇÃO Oficina de Formação de Professores em Empreendedorismo 1. DESIGNAÇÃO DA ACÇÃO DE FORMAÇÃO Oficina de Formação de Professores em Empreendedorismo 2. RAZÕES JUSTIFICATIVAS DA ACÇÃO: PROBLEMA/NECESSIDADE DE FORMAÇÃO IDENTIFICADO Esta formação de professores visa

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE ENSINO E CULTURA "PIO DÉCIMO" S/C LTDA FACULDADE PIO DÉCIMO. Relatório horário Disciplinas por Curso

ASSOCIAÇÃO DE ENSINO E CULTURA PIO DÉCIMO S/C LTDA FACULDADE PIO DÉCIMO. Relatório horário Disciplinas por Curso Período: 2 Turma: A Ano: 2012 Semestre: 1 18:00-18:45 LL120011-18:45-19:35 LL120009 - LEITURA EM 19:35-20:25 LL120009 - LEITURA EM 20:25-21:15 LL120011-21:15-22:00 LL120011 - LL120015 - SOCIOLOGIA DA EDUCAÇAO

Leia mais

Gagueira, neurociência e o sujeito cerebral

Gagueira, neurociência e o sujeito cerebral Gagueira, neurociência e o sujeito cerebral Ana Flávia L.M. Gerhardt IBF UFRJ Criadora e moderadora da lista do yahoo discutindo- gagueira gerhardt@ufrj.br Motivações O movimento epistemológico promovido

Leia mais