Catálogo I TED SÉRIEM SÉRIE / w w w.jsl- online.net FIBRA ÓPTICA CAT 6 CAT 6A CATV SMATV. JSL - Material Eléctrico, S.A.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Catálogo I TED SÉRIEM SÉRIE 2 0 1 0 / 2 0 1 1. w w w.jsl- online.net FIBRA ÓPTICA CAT 6 CAT 6A CATV SMATV. JSL - Material Eléctrico, S.A."

Transcrição

1 w w w.jsl- online.net SÉRIEM SÉRIE A T R I X CAT FIBRA ÓPTICA CAT A CATV SMATV JSL Um Mundo de Soluções par a Instalação JSL - Eléctrico, S.A. Catálogo I TED 0 0 / 0

2 TUBAGEM E REDES DE TUBAGEM Í NDI CE SÉRIEM SÉRIE A T R I X TUBAGENS E REDES DE TUBAGENS Tubo VD e Acessórios Tubo ERFE e ERM Tubo Anelado com Guia Calhas e Acessórios Quadro de Selecção de Calhas e Canal de Cabos Caixas de Distribuição, Derivação e Passagem CAI XAS CEMU ( Caixas de Entrada de Moradia Unifam iliar) 0 CAI XAS DE COLUNA Porm enores Construtivos / Dim ensões ATE s ( Arm ários de Telecom unicações de Edifícios) Tabelas Auxiliares de Selecção das Caixas da Rede Colectiva e ATE s BASTI DORES 5 Bastidores para ATEs m ETI e ETS Bastidores para cablagem estruturada e ATI s para Bastidores, ATEs e ATI s para Bastidores e Secundário do RG-PC, RG-CC e RG-FO dos ATEs Bast idores para ATI Ligações Pares de Cobre ABRAÇADEI RAS PORTA CABOS 8 ATI s ( Arm ários de Telecom unicações I ndividuais) 9 Esquem as de Ligação ATI s Exteriores Salientes ATI s I nteriores Em bebidos ATI s Fibra MATRI X de Em beber Com pleto Caixa de Apoio ao ATI - CATI Colocação das CATI com os ATI s JSL e Quadros Disjuntores Caract eríst icas t écnicas

3 TUBAGEM E REDES DE TUBAGEM TUBO VD E ACESSÓRI OS Locais de instalação JSL VD/VDLH (livre de halogéneo) VDF/VDFLH (livre de halogéneo) ERM/ERFE ERM/ERFE -- Cumprindo a) as EN ou EN HF HF Tipos de tubos a) Cumprindo as EN ou EN Aplicação de tubos Dim ensionam ento das ligações à CVM 5 Classificação dos tubos / 5

4 TUBAGEM E REDES DE TUBAGEM TUBO VD E ACESSÓRI OS Tubo APLI CAÇÃO REDE COLECTI VA DE TUBAGEM I nstalação Em bebida, Pat APLI CAÇÃO REDE I NDI VI DUAL DE TUBAGEM I nstalação Em bebida Tubo VD Acções Mecanicas Médias VD 0 VD 5 F VD F VD 0 F VD F VD F VD 7 5 F VD 9 0 F VD 0 F Cod. Exterior I nt.útil New tons Joules º C/ + 0º C -5º C/ + 0º C -5º C/ + 0º C -5º C/ + 0º C -5º C/ + 0º C -5º C/ + 0º C -5º C/ + 0º C -5º C/ + 0º C -5º C/ + 0º C º C + 0 º C Term oplástico Uniões para Tubo VD Acções Mecânicas Médias U 0 8 U 0 9 U 0 U U U Ext.( m m ) P/ Tubos VD 0 VD 5 VD VD 0 VD VD º C + 0 º C Term oplástico Curvas para Tubo VD Acções Mecânicas Médias C- 0 - VD C- 5 - VD C- - VD C- 0 - VD C- - VD Ext.( m m ) P/ Tubos VD 0 VD 5 VD VD 0 VD - 5 º C + 0 º C Term oplástico APLI CAÇÃO: REDE COLECTI VA DE TUBAGEM EM EDI FÍ CI OS PUBLI COS, ZONAS DE SEGURANÇA, ESTABELECI MEN TOS DE EN SI N O, CEN TROS COMERCI AI S E OUTROS ABERTOS AO PUBLI CO. ENTRADAS AÉREAS E DAS PAT ( Passagem aérea de topo) E TODAS AS REDES I NDI VI DUAI S OU COLECTI VAS DE TUBAGEM SEMPRE QUE OS T U B O S S E J A M C O L O C A D O S Á V I S T A. APLI CAÇÃO REDE COLECTI VA DE TUBAGEM I nstalação Em bebida ou Saliente e Tubagem Enterrada APLI CAÇÃO REDE I NDI VI DUAL DE TUBAGEM I nstalação Em bebida ou Saliente e Tubagem Enterrada Livre de Halogéneo Tubo VD - Livre de Halogéneo Acções Mecânicas Fortes VD 0 FLH VD 5 FLH VD FLH VD 0 FLH VD FLH VD FLH VD 7 5 FLH VD 9 0 FLH VD 0 FLH Cod. Exterior I nt.útil New tons Joules º C/ + 90º C -5º C/ + 90º C -5º C/ + 90º C -5º C/ + 90º C -5º C/ + 90º C -5º C/ + 90º C -5º C/ + 90º C -5º C/ + 90º C -5º C/ + 90º C º C º C Term oplástico HALO HF / 5

5 TUBAGEM E REDES DE TUBAGEM TUBO VD E ACESSÓRI OS Uniões para Tubo VD - Livre de Halogéneo Acções Mecânicas Fortes U 0 8 LH U 0 9 LH U 0 LH U LH U LH U LH Ext.( m m ) P/ Tubos VD 0 VD 5 VD VD 0 VD VD º C + 0 º C Term oplástico HALO HF Curvas para Tubo VD - Livre de Halogéneo Acções Mecânicas Fortes C- 0 - VDLH C- 5 - VDLH C- - VDLH C- 0 - VDLH C- - VDLH Ext.( m m ) P/ Tubos VD 0 VD 5 VD VD 0 VD - 5 º C + 0 º C Term oplástico HALO HF Boquilhas Roscadas c/ Porca - Livre de Halogéneo R - HF R 0 - HF R 5 - HF R - HF R 0 - HF R - HF R - HF Exterior P/ Tubos VD VD 0 VD 5 VD VD 0 VD VD º C + 0 º C Term oplástico HALO HF Boquilhas Roscadas c/ Porca R R 0 R 5 R R 0 R R Exterior P/ Tubos VD VD 0 VD 5 VD VD 0 VD VD º C + 0 º C Term oplástico C D F A B VD E Boquilhas Roscadas - Dim ensões / 5

6 TUBO JOTAGRI S ERFE E ERM TUBO ANELADO COM GUI A TUBAGEM E REDES DE TUBAGEM Tubo APLI CAÇÃO REDE I NDI VI DUAL DE TUBAGEM I nstalação Em bebida Livre de Halogénio Jotagris ERFE - Cofragem, placas de betão e paredes cheias com betonagem, para enterrar no Solo ( desde CEMU até ATE ou ATI ) Tubo Jotagris ERFE - Livre de Halogéneo Acções Mecânicas Médias ERFE 0 ERFE 5 ERFE ERFE 0 ERFE Cod. Exterior I nt.útil New tons Joules º C/ + 90º C -5º C/ + 90º C -5º C/ + 90º C -5º C/ + 90º C -5º C/ + 90º C 0 0 m m m m 5 m - 5 º C º C Term oplástico HALO HF * Pladur é uma marca registada Uralita Jotagris ERM - Cofragem, placas de betão e paredes cheias com betonagem, para enterrar no Solo ( desde CEMU até ATE ou ATI ). Paredes e rebocos, pladur e tectos falsos Autoextinguível e Certificado Marca CERTI F Tubo Jotagris ERM - Livre de Halogéneo Acções Mecânicas Fortes ERM 0 ERM 5 ERM ERM 0 ERM Cod. Exterior I nt.útil New tons Joules º C/ + 90º C -5º C/ + 90º C -5º C/ + 90º C -5º C/ + 90º C -5º C/ + 90º C 0 0 m m m m 5 m - 5 º C º C Term oplástico Autoextinguivél HALO HF Uniões para Tubo Jotagris ERFE - Livre de Halogéneo U- 0 U- 5 U- Ext.( m m ) 0 5 P/ Tubos ERFE 0 ERFE 5 ERFE º C + 0 º C 0 0 Term oplástico HALO HF Acções Mecânicas Fort es Tubo anelado com Guia - Livre de Halogéneo Para uso em paredes de gesso cartonado (PLADUR) e tectos falsos em "Gaiola Cod. Ext.( m m ) I nt.( m m ) New tons Joules JS º C/ + 90º C 00 JS º C/ + 90º C 50-5 º C + 0 º C JS. -5º C/ + 90º C 00 JS 0 0-5º C/ + 90º C 50 Termoplástico HALO HF / 5

7 JSL TUBAGEM E REDES DE TUBAGEM CALHA APLI CAÇÃO REDE COLECTI VA DE TUBAGEM Ref ṘEDE COLECTI VA - I NSTALAÇÃO SALI ENTE EM DUCTOS OU CORETES m Volum e - 5 º C + 0 º C Nº Canais Em balagem Peso Kg PVC DI M. ( m m ) Dim. ( Mm ) I P I K Nº B C m 700B 70 x 0 X m 000 x 50 x 00 0,0 700B- Plus 70 x 0 X m 000 x 50 x 00 0,0 700B 70 x 0 X m 000 x 50 x 00 0,0 000B 00 x 0 X m 000 x 0 x,0 JSL Kg,00 7,0 5,5,50 Classificação MI CE M I C E M I M C I I M C M C I C E E E E Abraçadeira T m m 0 0 m m 0 m m 5 UN Mts 0 m m ACESSÓRI OS 7 0 x x 0 - P / Plus / AE700B 0 Un. AE700B- P 0 Un. 7 0 x x 0 / AE700F 0 Un. / AE000F 5 Un. AI 700B 0 Un. AI 700B-P 0 UN. AI 700F 0 Un. AI 000F 5 Un. AP700B 0 Un. AP70 0B-P 0 UN. AP700F 0 Un. AP000F 5 Un. GT700B 0 Un. GT700B-P 0 UN. GT700F 0 Un. GT000F 5 Un. GU700B 0 Un. GU700B-P 0 UN. GU700F 0 Un. GU000F 5 Un. Características técnicas das calhas técnicas TT700B 0 Un. RT000B 5 Un. TT700B-P 0 UN. RT000F 5 Un. TT700F 0 Un. RT000F 5 Un. TT000F 5 Un. RT000F 5 Un. 5/ 5

8 JSL TUBAGEM E REDES DE TUBAGEM CALHA APLI CAÇÃO REDE COLECTI VA DE TUBAGEM RED E COLECTI VA - I N STALAÇÃO SALI EN TE m Volum e Em balagem Kg Peso - 5 º C + 0 º C PVC Nº Canais 5 ANOS AÑOS YEARS ANNÉES DI M. ( m m ) Dim.( m m ) I P I K Nº A B C m 00B 0 X 0 X m 000 x 0 x 5 0,0 00B 0 X 0 X m 000 x 0 x 5 0,0 800B 80 X 0 X m 000 x 0 x 5 0,0 000B 00 X 0 X / m 000 x 0 x 5 0,0 S000 X m 000 x 0 x 5 0,0 005B 00 x 5 X m 000 x 0 5 0,0 JSL Kg,00,0 5,87,50,50,50 Classificação MI CE M I C E M I M C I I M C I M C M C I M C I C E E E E E E ACESSÓRI OS 0 x 0 0 x x x x 5 / / / / AE00B AE00B 0 Un. AE800B 0 Un. AE000B 0 Un. / AE005B Un. AP GT AI 00B 5 Un. AP00B AI 00B 0 Un. AP00B 0 Un. AI 800B 0 Un. AP800B 0 Un. AI 000B 0 Un. AP000B 0 Un. AI 005B Un. AP00 5B 8 Un. TT AE GT00B 5 Un. GT00B 0 Un. GT800B 0 Un. GT000B 0 Un. GT005B Un. AI GU00B GU00B 0 Un. GU800B 0 Un. GU000B 0 Un. GU005B 0 Un. TT00B TT00B 0 Un. TT800B 0 Un. TT000B 0 Un. TT005B Un. GU Tom ada schuko Tom ada RJ5 Tom ada TV-FM / 5

9 JSL TUBAGEM E REDES DE TUBAGEM CALHA APLI CAÇÃO REDE I NDI VI DUAL DE TUBAGEM REDE I NDI VI DUAL m Volum e Em balagem Kg Peso - 5 º C + 0 º C PVC Nº Canais 5 ANOS AÑOS YEARS ANNÉES DI M. ( m m ) Dim.( m m ) I P I K Nº A B C m JSL Kg Classificação MI CE M I C E 700B 70 x 0 X m 000 x 0 x 5 0,0,50 M I C E B 0 x 7 X 0 m 000 x 50 x 00 0,00 8,00 M C I E 00B 0 x 0 X 50 m 000 x 50 x 00 0,00 7,50 M I C E 00B 0 x 0 X 50 m 000 x 50 x 00 0,00 7,50 M C I E 57B 5 x 7 X 50 m 000 x 50 x 00 0,00 7,50 M I C E 57B 5 x 7 X 0 m 000 x 50 x 00 0,00,0 M I C E 00B 0 x 0 X 80 m 000 x 50 x 00 0,00 7,50 M C I E 0B x 0 X 00 m 000 x 50 x 00 0,00 8,0 M I C E ACESSÓRI OS 7 0 x 0 0 x 7 0 x 0 5 x 7 5 x 7 0 x 0 / / / / / / AE700B 5 Un. AI 700B 5 Un. AP700B 5 Un. GT700B 5 Un. GU700B 5 Un. TT700B 5 Un. AEB AI B APB GTB GUB TTB AE00B AI 00B AP00B GT00B GU00B TT00B AE57B AI 57B AP57B GT57B GU57B TT57B AE57B AI 57B AP57B GT57B GU57B TT57B AE00B AI 00B AP00B GT00B GU00B TT00B x 0 / AE0B AI 0B AP0B GT0B GU0B TT0B Exem plo de utilização de calha 700B com o calha de rodapé em rem odelações CC PC Energia 7/ 5

10 TUBAGEM E REDES DE TUBAGEM CALHA APLI CAÇÃO REDE COLECTI VA DE TUBAGEM APLI CAÇÃO REDE I NDI VI DUAL DE TUBAGEM QUADRO DE SELECÇÃO DE CALHA E CANAL DE CABOS De: Scalha > x Sc/ e Scalha >, x Sc ( Caso de utilização de calhas em coretes e esteiras) Tipo de Calha Dim ensões I nteriores Menor Dim ensão I nterior Sc Sc / Sc /. m m m m m m Menor Dim ensão I nterior /. m m Classificação MI CE M I C E x0 8.5 x M I C E 0x0 9 x M C I E 5x7 x 0.7 M I C E 5x7 x M I C E 0x0 8 x M I C E 5x5.5 x M I C E 0x0 x M I C E 0x0 57 x M I C E 80x0 7 x M I C E 00x0 70x0 70x0Plus 70x0 00x0 00x5 0x0 0x7 70x0 97 x 70 x 70x0 70 x 5 x 5 9x50 x 8 x 8 x 5 x 5 7x5 7x 7x M I C E M I C E M I C E M I C E M I C E M I C E M I C E M I C E M I C E Rede individual ou colectiva à vista Coretes, esteiras e caleiras Menor dimensão de calha, equivalente ao diâmetro do cabo a instalar NOTA: dimensão exterior dos cabos = Tipo de Cabo ( m m ) ( mm) QUADRO DE SELECÇÃO DE CALHAS E CANAI S DE CABOS Cabo RG- 5 9 RG- RG- 7 RG- FTP / UTP FTP / UTP 5 E 5 E ( Secção m m ) Fibra Óptica Mono ou Multim odo Cabo Fibra Óptica - Fibra Cabo Fibra Óptica - Fibras Cabo Fibra Óptica -, 5 e 8 Fibras Cabo Fibra Óptica -, Fibras Cabo Fibra Óptica - Fibras Cabo Fibra Óptica -, 8 Fibras Cabo Fibra Óptica Em bainhada Cabo Fibra Óptica Em bainhada e com Arm adura Metálica I nterior ( Secção m m ) / 5

11 TUBAGEM E REDES DE TUBAGEM CAI XAS DE DI STRI BUI ÇÃO, D ERI VAÇÃO E PASSAGEM Caixa de Em beber p/ Telecom unicações I I 7 8 Designação Caixa de Aparelhagem Caixa de Derivação C/ Tam pa Caixa de Aparelhagem Duplo Fundo Caixa de Aparelhagem Agrupável I TED Dim. ( m m ) 50 x 80 x 50 x 90 5 x 5 7x0 0/ 00 5/ 00 0/ 00 0/ 00 HALO HF - 5 º C + 0 º C Term oplástico I Caixas I e I com entradas laterais preparadas para as dimensões 5 e 0 ª 8 CAI XA DE APARELHAGEM I TED 8 x 5 mm + x 0 m 0 mm 7 mm I mm 7 5 Vantagens - Profundidade: 0 cm - Adequadas para fibra óptica, cabo UTP e cabo coaxial de acordo com I TED ª Edição - Entradas preparadas para tubos de 0 e 5 - Fabricadas em material termoplástico Livre de Halogéneos - Agrupável na horizontal e/ ou vertical - Em cor verm elha para identificação rápida da canalização I TED x5 mm + x0 mm Caixas de Aparelhagem para Paredes Ocas e Pladur* - Agrupável Designação Caixa de Aparelhagem Caixa de Aparelhagem Funda ( Tipo I ) Caixa de Aparelhagem Dupla ( Tipo I ) Acessório para Agrupar as Caixas 0, 0 e 0 8 Dim. ( m m ) 5 x 50 5 x 0 5 x 50 x - 0/ 00 0/ 00 0/ HALO HF - 5 º C + 0 º C Term oplástico * Pladur é uma marca registada Uralita Caixa de Aparelhagem Duplo Fundo - Agrupável 0 SG 0 8 SG Dim. ( m m ) 5 x 0 5 x 50 x 0/ 00 0/ 00 HALO HF entradas m m entradas 5 m m a 5 º ( evita um a curva de 9 0 º ) Para uso no ZAP Entrada Tubo VD 5 a 5 º Dim inuição do núm ero de curvas na tubagem I TED 9/ 5

12 CAI XAS DE ENTRADA DE MORADI A UNI FAMI LI AR CEMU CAI XAS CEMU Resistência a Acções Mecânicas Fortes ANTI - VANDALI SMO - Equipadas com placa de fixação para dispositivo de derivação de PC e de Ligação CC em plást ico - Aceita cassete de splicers de fibra ou caixa de fibra JSL ref.ª RC-FO BOX RC-FO BOX CAI XAS DE ENTRADA DE MORADI A UNI FAMI LI AR CEMU ( I NTERI ORES/ EXTERI ORES) Designação Tipo I K I P Dim ensões Caixa CEMU I nterior 5 7 x x Caixa CEMU I nterior 5 00 x 0 x 55 5 Caixa CEMU Exterior 5 90 x 0 x 70 Caixa CEMU Exterior 00 x 0 x 70 Classificação MI CE M I C E M I C E M I C E I I M C M C As ref.s 97-CEMU e 98-CEMU, são fornecidas já com fechaduras m etálicas anti-corrosão e com chave. E E - 5 º C º C Term oplástico NOTA: + As caixas CEMU (Moradia Unifamiliar), são equipadas com placas de fundo em material autoextinguivél e respectivas ferragens, incluindo borne de terra. Não são fornecidas com suportes dos dispositivos de derivação, nem com os respectivos dispositivos. 0/ 5

13 CAI XAS DE COLUNA CAI XAS DE COLUNA DA RED E COLECTI VA Instalação Exterior Instalação Interior CAI XAS DE COLUNA DA REDE COLECTI VA - EMBEBI DA/ SALI ENTE ( TI PO C) - C0 9 - C 9 - C 0 - C 0 - C 0 - C5 - C0 9 - C 9 - C C C 0 - C5 0 - C Tipo C0 C C C C C5 C0 C C C C C5 C Designação Caixa I TED- C0 I nterior * Caixa I TED- C I nterior I nstalação Em bebida Caixa I TED- C I nterior I nstalação Em bebida Caixa I TED- C I nterior I nstalação Em bebida Caixa I TED- C I nterior I nstalação Em bebida Caixa I TED- C5 I nterior I nstalação Em bebida Caixa I TED- C0 Exterior I nstalação Saliente Caixa I TED- C Exterior I nstalação Saliente Caixa I TED- C Exterior I nstalação Saliente Caixa I TED- C Exterior I nstalação Saliente Caixa I TED- C Exterior I nstalação Saliente Caixa I TED- C5 Exterior I nstalação Saliente Caixa I TED- C Exterior I nstalação Saliente * - C7 C7 Caixa I TED- C7 Exterior I nstalação Saliente A caixa -C0 poderá utilizar-se tanto embebida como saliente da parede.. I K I P Dim ensões 0 x 70 x 05 7 x x 5 00 x 0 x x 00 x x 900 x 0 80 x 900 x 00 0 x 70 x x 0 x x 0 x x 00 x x 900 x 0 80 x 900 x x 0 x x 0 x 00 Classificação MI CE I M I C E M C E M I C E M I C E M I C E M I C E M I C E I E E M C M I C M I C E M I C E M I C E M I C E M I C E M I C E - 5 º C + 0 º C Autoextinguivél NOTA: + C C C C7 C5 Metálicas As caixas de coluna C, C, C, C, C5, C e C7 são equipadas com placa de fundo em m aterial autoextinguivél e respectivas ferragens, incluindo borne de terra. Não são fornecidas com suportes dos dispositivos de derivação, nem com os respectivos dispositivos. Dim ensão da aba lateral da m oldura das caixas de em beber m etálicas pata cobertura do rem ate da parede. 7 mm / 5

14 PORM EN ORES CON STRUTI VOS CAI XAS TI PO C / ATE s / CEM U s Caixas de em beber ( Medidas em m m ) Tipo A B C D E F G G C C B D C A E F Caixas salientes ( Medidas em m m ) Tipo A B C D E H C C H B D C A E Caixas salientes e de em beber C, C, C5, C e C7 Tipo A B C C C C5 C C ( Medidas em m m ) Placa C e Placa C Pormenores Construtivos (Placa C) Dim ensões em ( m m ) Pormenores Construtivos (Placa C) Dim ensões em ( m m ) / 5 0

15 ATE s I TED 0 0 / I TED 0 0 ARM ÁRI OS DE TELECOM UN I CAÇÕES DE EDI FÍ CI OS ( ATE s) CAI XAS DE ATE I NSTALAÇÃO - ARMÁRI EMBEBI OS DA/ DE SALI TELECOMUNI ENTE ( ATE s) CAÇÕES DE EDI FÍ CI OS ( ATE S) 9 - ATE 0 - ATE 0 - ATE 0 - ATE5 9 - ATE ATE ATE 0 - ATE5 0 - ATE ATE7 Tipo C C C C5 C C C C5 C C7 Designação Caixa I TED- ATE I nterior I nstalação Em bebida Caixa I TED- ATE I nterior I nstalação Em bebida Caixa I TED- ATE I nterior I nstalação Em bebida Caixa I TED- ATE5 I nterior I nstalação Em bebida Caixa I TED- ATE Exterior I nstalação Saliente Caixa I TED- ATE Exterior I nstalação Saliente Caixa I TED- ATE Exterior I nstalação Saliente Caixa I TED- ATE5 Exterior I nstalação Saliente Caixa I TED- ATE Exterior I nstalação Saliente Caixa I TED- ATE7 Exterior I nstalação Saliente NOTA: Todos os ATE s são fornecidos com a placa de fundo em m a t er i a l a u t o ex t i n g u i v él e respectivas fixações incluindo barramento de terra e tomadas schuko. x I K I P Dim ensões 00 x 0 x x 00 x0 700 x 900 x 0 80 x 900 x x 0 x x 00 x0 700 x 900 x 0 80 x 900 x x 0 x 00 80x0x00 Classificação MI CE M I C E M I C E M I C E M I C E M I C E I M C E E M I C M I C E M C E I E M I C M C E I I TED º C + 0 º C Autoextinguivél CAI XAS DE ATE I NSTALAÇÃO - ARMÁRI EMBEBI OS DA/ DE SALI TELECOMUNI ENTE ( ATE s) CAÇÕES DE EDI FÍ CI OS ( ATE S) ATE- UNI ATE- UNI ATE- MULTI 0 - ATE- MULTI Designação Arm ário Único Monocorpo I nstalação Em bebida Arm ário Único Monocorpo I nstalação Saliente Arm ário com partim entado/ m ulti- arm ário I nstalação Em bebida Arm ário com partim entado/ m ulti- arm ário I nstalação Saliente I K I P Dim ensões 900 x 000 x x 000 x x 00 x x 00 x 00 I TED 0 0 I Classificação MI CE M I C E M C E M I C E M I C E M C E I Produto patenteado no I NPI Características - 5 º C + 0 º C - I nt er ligação com as r edes públicas de t elecom unicações ou com as r edes pr ovenient es das I TUR - Concent ração de r edes de t elecom unicações do edifício Gest ão das difer ent es r edes de cabos de par es de cobr e, coax iais e de fibra ópt ica - I nt egração de sist em as de dom ót ica, v ideopor t eir o e sist em as de segurança e r edes pr ivadas de TV - O ATE faz par t e da r ede colect iva de t ubagens, t em acesso condicionado e é nele que se aloj am os Repar t idor es Gerais ( RG) das t r ês t ecnologias pr ev ist as, designadam ent e: par de cobr e ( RG- PC) ; cabo coax ial ( RG- CC) e fibra ópt ica ( RG- FO) - Í ndice de pr ot ecção I P5 e I K - Fabr icado em chapa zincor e dupla pint ura epox i em cor branca RAL Os ATEs JSL são for necidos com placas de fundo de m at er ial plást ico r ígido aut oex t inguível, com a espessura m ínim a adequada à fixação de qualquer equipam ent o - ATE modular - ATE monocorpo - ATEs modulares emparelhados na vertical - ATEs modulares tecnologias diferenciadas vertical 5- ATEs modulares emparelhados - Arranjo de ATEs modulares FO e PC+ CC 7- Interior do ATE monocorpo vista fontal 8- Interior do ATE modular - Os ATEs est ão dot ados de espaço int er ior para r eceber os com par t im ent os dos operador es de fibra ópt ica, r ecebendo as por t as ex t er ior es um a fechadura do t ipo RI TA ( não for necida) - O ATE cont ém o bar ram ent o geral de t er ras das I TED ( BGT) e t om adas shucko de alim ent ação eléct r ica - Os ATEs poder ão ser dot ados de j anelas de vent ilação bast ando colocar o vent ilador r efª. 9MF da JSL / 5

16 ARM ÁRI OS DE TELECOM UN I CAÇÕES DE EDI FÍ CI OS ( ATE s) ATE s I TED 0 0 ( ª edição) Arm ário único m onocorpo ATE- UNI ( em beber) e arm ário único m onocorpo ATE- UNI ( saliente) - Armário constituído por corpo único e divisórias interiores para as tecnologias para edifícios com mais de 0 fogos ( até 0 fracções por edifício) - O armário único tem como dimensões 900x000x00mm ( Altura x Largura x Profundidade) Arm ário com partim entado/ m ulti- arm ário para alojar RG- FO, RG- CC e RG- PC Refª ATE- MULTI ( em beber) e arm ário com partim entado/ m ulti- arm ário Refª. 0 - ATE- MULTI ( saliente). - Pode ser usado para receber operadores de fibra - Arm ário com partim entado/ m ulti-arm ário tem dim ensões 00x00x00 m m (Altura x Largura x Profundidade) e pode ser usado acoplado com ele m esm o de m aneira a constituir RG-FO, RG-CC e RG-PC individuais e acoplados - Para um núm ero de saídas de pares de cobre e cabo coaxial não superior a 50 saídas qualquer das referências (em beber ou versão saliente, poderão alojar ao m esm o tem po o RG-PC e o RG-CC - Aconselhamos sempre o uso de uma caixa ATE armário compartimentado/ multi- armário apenas para o RG- FO Painel de alojamento de fichas fêmea tipo F ª P-B0-CC CC Cabos de FO, CC e PC para a coluna montante e para cada ATI Fibra PC Painel de alojamento de adaptadores SC-APC Simples ª P-B00-SC ª FFF SIMP ª SC/APC SIMP Painel de alojamento de tomadas RJ5 tipo AMP Cat P-P008-RJ5 Tomada RJ 5 para painel RJ5CAT Cabos de FO, CC e PC provenientes da caixa de visita / 5

17 ATE s I TED 0 0 ( ª edição) BASTI DORES PARA ATE S EM ETI E ETS Aconselhado para fogos com núm ero de fracções > = ou m ais de 00 cabos na coluna - Esp aço p ar a d ois ou m ais op er ad or es p or t ecn olog i a - Fáci l d e i n st alar e am p l i ar - Possi b i l i d ad e d e i n t eg r ação d e u m a r ed e colect i v a p r i v ad a - Pod e i n t eg r ar u m a u n i d ad e d e ap oio d e en er g i a UPS - I n st alação d e con éct i ca em p ain éis n or m alizad os d e 9 p oleg ad as - Acessi b i l i d ad e m elh or ad a - Rap i d ez d e ex ecu ção - For n eci d os com v en t i l ação e p r at eleir as ETI : Espaços Telecom unicações I nferior ETS: Espaços Telecom unicações Superior Aspecto interior de um ETI Exem plo de ATE BASTI CAI XAS DORES DE I NSTALAÇÃO DE CHÃO EMBEBI DA/ SALI ENTE ( ATE s) - Bast i d or es d e ch ão d e U, 8 U, U, U e U - Dim en sões d i sp on ív eis: 0 0 x 0 0 m m, 0 0 x m m, x m m e 0 0 x m m - Est r u t u r as r ef or çad as, f r on t al e d or sal, q u e i n t eg r am os p er f i s d e 9 - Ar m ár i os m et álicos j á m on t ad os, r od ízi os com t r av ão i n cl u íd os - Resi st en t es à l av ag em com ág u a e d et er g en t e ( p i n t u r a p l ást i ca ep ox i ) - Du p l a v en t i l ação su p er i or i n cl u íd a - Por t a f r on t al em v i d r o t em p er ad o e com f ech ad u r a - Fech ad u r a t am b ém n a p or t a t r aseir a d o b ast i d or - Pain éis l at er ais am ov ív eis eq u i p ad os com ch av e - Car g a m áx i m a ad m i ssív el: Kg - De acor d o com : ANSI / EI A RS- 0 - D, I EC e DI N 9 - Disp on ív el em cor p r et a - Já eq u i p ad os com p r at eleir as d e acor d o com o t am an h o d o b ast i d or BASTI CAI XAS DORES DE I NSTALAÇÃO DE PAREDE EMBEBI DA/ SALI ENTE ( ATE s) Exem plo de bastidor a funcionar com o ATE em ETI B-05FF B-0BC - Bast i d or es d e p ar ed e m on ocor p o d e, 9, e 5 Us - Bast i d or es d e p ar ed e d e cor p os d e 9 U e 5 U - Dim en sões d i sp on ív eis: 0 0 x m m m on ocor p o e 0 0 x 5 m m d u p l o cor p o - Ar m ár i os m et álicos j á m on t ad os - Resi st en t es à l av ag em com ág u a e d et er g en t e ( p i n t u r a p l ást i ca ep ox i ) - Pr é- cor t e em ci m a e em b aix o p ar a en t r ad a d e cab os - Fan s d e v en t i l ação su p er i or j á i n cl u íd a - Por t a f r on t al em v i d r o t em p er ad o e com f ech ad u r a - Fech ad u r a t am b ém n os p ain éis am ov ív eis l at er ais - Nos b ast i d or es d e cor p os, o cor p o p r i n ci p al r ot at i v o assen t e n o p ain el d e f i x ação à p ar ed e, p od er á l ev ar p ain éis n a p ar t e p ost er i or e q u ase d u p l i car a su a ( B- 0 BC) - Pain éis l at er ais am ov ív eis - Car g a m áx i m a ad m i ssív el: 0 Kg - De acor d o com : ANSI / EI A RS- 0 - D, I EC e DI N 9 - Disp on ív el em cor p r et a - Fi x ação i n t er i or an t i - r ou b o - Já eq u i p ad os com p r at eleir a d e acor d o com o t am an h o d o b ast i d or 5/ 5

18 BASTI DORES PARA ATI S EM APARTAMENTOS E MORADI AS ATE s I TED 0 0 ( ª edição) BASTI DORES PARA CABLAGEM ESTRUTURADA E ATI s B- 0 5 A- U B- 0 5 A- 8 U B- 0 5 A- U B- 0 5 A- U B- 0 5 A- U B U B- 0 - U B U B U Designação Bastidor de Chão U Bastidor de Chão 8U Bastidor de Chão U Bastidor de Chão U Bastidor de Chão U Bastidor de Chão U Bastidor de Chão U Bastidor de Chão U Bastidor de Chão 7U Dim ensões 00x00 00x00x988 00x00x 00x00x0 00x00x055 00x800x055 00x000x x800x055 00x800x77 B- 0-7 U B- 0 5 FF- U B- 0 5 FF- 9 U B- 0 5 FF- U B- 0 5 FF- 5 U B- 0 BC- U B- 0 BC- 9 U B- 0 BC- 5 U Bastidor de Chão 7U Bastidor de Parede monocorpo U Bastidor de Parede monocorpo 9U Bastidor de Parede monocorpo U Bastidor de Parede monocorpo 5U Bastidor de Parede de corpos U Bastidor de Parede de corpos 9U Bastidor de Parede de corpos 5U 00x000x77 00x50x8 00x50x50 00x50x5 00x50x79 00x50x8 00x550x50 00x550x79 Notas: - As especificações podem sofrer alterações sem aviso prévio; - Favor consultar para outras dimensões; - Para esta solução aconselhamos considerar a existência de armário técnico na moradia MATERI AL PARA BASTI DORES, ATEs e ATI s Bastidores para cablagens estruturadas e ATI s - Adequados para redes de cablagem estruturada Classe 5e, e 7 com recurso a fibra e pares de cobre - Bastidores de chão e parede Exem plo de ATI em bastidor JSL de 9Us I TED 0 0 ( ª B-J00 edição) B- J0 0 B- J0 0 B- J0 0 B- J0 0 B- J0 0 5 B- J0 0 B- J0 0 7 B- J0 B- J0 5 B- J0 7 - U B- J0 7 - U B- J0 9 - U B- J0 9 - U B- J0 9 - U B- J0 0 B- J0 B- J0 B- J0 B- J0 B- P0 0 B- P0 0 5 B- P0 B- P0 B- P0 8 B- P0 9 B- P0 0 B- P0 B- P0 B- P0 7-8 B- P0 7 - B- P GPX GPX SC( APC SI MP) Designação Placa de Fundo U Placa de Fundo U Placa de Fundo U Placa Passa Cabos UA Placa Passa Cabos UB Placa Passa Cabos UC Placa de escovas passa cabos U Conjunto Parafuso Anilha com Porca para fixação painéis U Gaveta Cantilever Amovível com Guias Prateleira U Prateleira U Painéis Cegos U Painéis Cegos U Painéis Cegos U Dispositivo de Ventilação Rodízios Pé de Apoio Regulável Régua de Energia de Tom adas Schuko com I nterruptor (U) Régua de Energia de Tom adas Schuko e switch + protecção de sobreintensidade para bastidores ( U) Patch Panel U RJ5 Cat5e Patch Panel U 8 RJ5 Cat5e Patch Panel U RJ5 Cat5e com Porta Cabos Frontal Patch Panel U RJ5 Cat5e para Bastidor de Parede Patch Panel U RJ5 Cat com Am arrador de Cabos Posterior Patch Panel U RJ5 Cat com Porta Cabos Frontal Patch Panel U 8 RJ5 Cat com Porta Cabos Frontal Patch Panel U RJ5 Cat com Am arrador de Cabos Posterior Patch Panel U 8 RJ5 Cat Placa U Repartição de Sinal Coaxial (00Mhz) com 8 Saídas Placa U Repartição de Sinal Coaxial ( 00Mhz) com Saídas Placa U Repartição de Sinal Coaxial ( 00Mhz) com Saídas Painel U para Alojamento de 8 Módulos Triplos, Totalmente Equipado Painel U para Alojamento de Módulos Triplos, Totalmente Equipado Painel U para Alojamento de Módulos Triplos, Totalmente Equipado Painel de fibra óptica U, fibras para SC/ APC (não inclui adaptadores AC/ APC) Painel de fibra óptica U, fibras para SC/ APC (não inclui adaptadores AC/ APC) Adaptadores para fibra óptica SC/ APC Simplex B-J05 B-J00 B-J0 B-J0 B-P005 B-P0 / 5

19 ATE s I TED 0 0 ( ª edição) BASTI DORES PARA ATE S EM ETI E ETS ETI : Espaços Telecom unicações I nferior MATERI AL PARA BASTI DORES E SECUNDÁRI O DO RG- PC, RG- CC E RG- FO DOS ATES B- P RJ 5 B- P0 0 - SC B- P0 - CC B- P0 8 B- P0 B- P0 SC- APC Sim p FFF Sim ples RJ 5 CAT Anel ATE CRG COMP ALI CARG B- J0 0 7 B- P0-0 B- P0-0 CABRJ 0 CABRJ 0 CABRJKR CABRJKR Performances até GH - Arrumador de cabos posterior - Housing blindado CAT, CATA e CAT7 Designação Painel 9'' para alojamento de módulos RJ5 formato tipo AMP CAT ( vazio) Painel 9'' para alojamento de adaptadores SC/ APC simples ( vazio) Painel 9'' para alojam ento de painel de fichas fêm ea tipo F para coaxial (vazio) Patch panel U RJ5 CAT com am arrador de cabos posterior (inclui RJ5 CAT) Patch panel U RJ5 CAT (inclui RJ5 CAT) com porta cabos frontal Patch panel U 8 RJ5 CAT (inclui 8 RJ5 CAT) Adaptador SC/ APC sim ples para fibra óptica m onom odo (para o painel de fibra óptica ref.ª B- P00- SC) Ficha tipo F (fêm ea-fêm ea) para painel de cabo coaxial Tomada RJ5 tipo AMP CAT para painel ref.ª B- P008- RJ5 Anel arrumador de cabos para ATE's modulares e monocorpo Conectores de compressão Tipo F RG- para cabo coaxial Alicate para conectores de com pressão RG- e RG- Borne de terra, capacidade x m m + x( a 95 m m ) Conjunto de parafuso anilha com porca para fixação de painéis U Painel de U para alojam ento de 9 pares de cobre ( cabos UTP) em réguas tipo 0; Classe E ( fracções de habitação) CAT Painel de U para alojam ento de 9 pares de cobre (8 cabos UTP) em réguas tipo 0; Classe E (8 fracções de habitação) CAT Cabo de interligação do ATE de Par (azul/ azul branco) de m com ficha Rj5 num a ponta e pinça de par sistem a 0 no outro extrem o (ligação de voz através de par azul, pinos e 5 da RJ5) Cabo de interligação do ATE de pares (azul/ azul branco e castanho/ castanho branco) e pinças de par sistem a 0 no outro extrem o do cabo (ligação de voz através do par azul - pinos e 5 da RJ5 - do ATE para o ATI da fracção e ligação de voz através do par castanho - pino 7 e 8 da RJ5 - do ATE para o ATI da fracção). Situação de operadores de voz e/ ou núm eros de telefone fixo por habitação. Cabo de interligação do ATE de par (azul/ azul branco) de m com ficha RJ5 num a ponta e pinça kronne de par no outro extrem o (ligação de voz através do par azul, pinos e 5 da RJ5) Cabo de interligação do ATE de pares (azul/ azul branco e castanho/ castanho branco) e pinças kronne no outro extrem o do cabo (ligação de voz através do par azul - pinos e 5 da RJ5 - do ATE para o ATI e ligação de voz através do par castanho - pino 7 e 8 da RJ5 - do ATE para o ATI da fracção). Situação de operadores de voz e/ ou núm eros de telefone fixo por habitação. Módulo insert xrj5 CAT shuntadas para voz e RJ5 CAT para Fast Ethernet 00Base-TX ( Módulo Triplo) Tam pa cega para painéis 5550-, e 957- Cabo patch cord xcat 7AS twist (blindado) (m ) Cabo patch cord CAT 7AS twist - RJ5 (m ) Cabo patch cord CAT 7AS twist - ficha m acho tipo F (blindado) (m ) Cabo patch cord xarj5 CAT 7A (blindado) Cabo patch cord ARJ5 CAT 7A - RJ5 CAT A (blindado) (m) Painel U para Alojamento de Módulos Triplos, totalmente equipado excepto módulos ACO Painel U para Alojamento de Módulos Triplos, totalmente equipado excepto módulos ACO Painel U para Alojamento de 8 Módulos Triplos, totalmente equipado excepto módulos ACO Conect ores SC Alicate para conector de com pressão para cabos RG- e RG- RJ5CAT para secundário do RG-PC do ATE Ficha RJ5 classe E para cabo UTP CAT FFF Sim ples para secundário do RG-CC do ATE Ficha fêm ea tipo F Painel RJ5 para para secundário do RG-PC do ATE CRGCOMP Conector de compressão para cabo coaxial Painel adaptadores SC APC para secundário do RG-FO do ATE Painel Kronne para secundário do RG-PC do ATE Não inclui bloco Krone Painel coaxial para secundário do RG-CC do ATE Não inclui fichas Fêmea-Fêmea Tipo F Painel 0 CAT para secundário do RG-PC do ATE Conect or Duplex Conectores Sim plex Encaixe fêm ea Duplo Painéis passa cabos dos bastidores ETI : Espaços Telecom unicações I nferior MÓDULOS ACO PARA PAI NÉI S DE ALOJAMENTO REFª 9 5 7, E Designação Módulo insert ACO CAT 7A ARJ-5 (I SO CAT7/ 7A de acordo com I EC00-7-7) suporta 5Hz de banda e 0 Gigabit Ethernet Módulo insert triple play. RJ5 Ethernet 00 BaseT; RJ5 voz e saída F para CATV (75? ) Módulo insert RJ5 classe E CAT Módulo insert RJ Gigabit Ethernet Lan Módulo insert RJ5 voz e dados + RJ5 para Fast Ethernet 00-BTX Módulo insert dual patch panel POE. xrj5 - converte I EEE 80.af input m odo B para output m odo A - usa tecnologia MUX/ DEMUX 7/ 5

20 BASTI DOR PARA ATI LI GAÇÕES PARES DE COBRE ABRAÇADEI RAS PORTA CABOS BASTI DOR PARA ATI LI GAÇÕES PARES DE COBRE ATE s I TED 0 0 ( ª edição) ETI : Espaços Telecom unicações I nferior Ligacao CEMU ou ATE - ATI - Usar par azul-azul branco para ligar o operador. Usar par castanho-castanho branco para ligar o operador. Esta inform ação deve ser deixada ao operador que for levar sinal até ao prim ário do RG-PC do ATE ou até à CEMU. Configuração do prim ário do RC- PC do ATI COM BASE EM PAI NÉI S DE RJ 5 PARA BASTI DORES DE 9 - Ligar o cabo de pares de cobre CAT proveniente do ATE ou CEMU na tom ada do painel do ATI. - Usar um patch cord para retirar o sinal de voz dos operadores da tom ada do painel e injectar o sinal na Tom ada. - Na parte posterior da tom ada, cravar um par de cobre entre Azul -Azul branco da tom ada e azul-azul branco da tom ada, - I denticam ente cravar um segundo par de cobre entre castanho-castanho branco da tom ada e o azul-azul branco da tom ada. - Usando um outro patch cord retirar o sinal de voz do operador pela parte frontal da tom ada, identicam ente, com outro patch cord, retirar o sinal de voz do operador da parte frontal da tom ada. - I njectar esses sinais assim splitados dos operadores das tom adas e em qualquer um a das tom adas 5 até do painel do ATI conform e desejado. ABRAÇADEI RAS PORTA CABOS UTP E SFTP EM CABLAGENS ESTRUTURADAS ETI : Espaços Telecom EM PAREDES unicações OCAS I nferior Taipit não não incluído incluído A solução perfeita para esteiras de cabos de rede UTP e SFTP em tectos falsos ou paredes ocas NYM NYM HALO HF term oplástico: polipropileno sem halogéneo auto- extenguível a º - 5 º C º C - A m elhor relação preço-qualidade - A aplicação do parafuso/ taipit é feita separadam ente do porta- cabos - Substitui os cam inhos de cabos - resistente ao choque - Classe I k08 Cor: cinzento claro ( RAL ) Furos de fixação de ø m m para taipit de ø x 0m m Espaço recom endado entre os porta- cabos: 50-0cm Taipit não incluído O porta-cabos vem com um speedplug grátis 8/ 5

Catálogo ITED SÉRIEM SÉRIE FIBRA ÓPTICA CAT 6 CAT 6A CATV SMATV. www.jsl-online.net. JSL Um Mundo de Soluções para Instalação

Catálogo ITED SÉRIEM SÉRIE FIBRA ÓPTICA CAT 6 CAT 6A CATV SMATV. www.jsl-online.net. JSL Um Mundo de Soluções para Instalação www.jsl-online.net SÉRIEM SÉRIE A T R I X CAT CAT A FIBRA ÓPTICA CATV SMATV JSL Um Mundo de Soluções para Instalação JSL - Eléctrico, S.A. Catálogo ITED 00/0 TUBAGEM E REDES DE TUBAGEM ÍNDICE SÉRIEM SÉRIE

Leia mais

INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI V3.2

INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI V3.2 INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI V3.2 Para mais informações ou sugestões, contacte o seu distribuidor. Edição 4 Pag 1/8 Mod.100/2 ÍNDICE ÍNDICE...2 1. INTRODUÇÃO...3 2. DOCUMENTOS NORMATIVOS APLICADOS...3

Leia mais

ATI 3play - características gerais

ATI 3play - características gerais patente nº 104593 ATI 3play - características gerais Primário e Secundário Cat 6 (classe E). Conectores RJ45, permanent link Cat 6, de acesso exterior para injecção de sinais de equipamento activo ( RC-PC

Leia mais

Infra-estruturas de Telecomunicações em Edifícios. Manual ITED 2.ª Edição. Direcção de Fiscalização

Infra-estruturas de Telecomunicações em Edifícios. Manual ITED 2.ª Edição. Direcção de Fiscalização Infra-estruturas de Telecomunicações em Edifícios Manual ITED 2.ª Edição Direcção de Fiscalização Julho de 2010 Novo regime ITED Manual ITED, 2.ª edição linhas orientadoras Regras técnicas Tubagem Cablagem

Leia mais

Infra-estruturas de Telecomunicações em Edifícios. Direcção de Fiscalização

Infra-estruturas de Telecomunicações em Edifícios. Direcção de Fiscalização Infra-estruturas de Telecomunicações em Edifícios Direcção de Fiscalização Novo regime ITED Manual ITED, 2.ª edição linhas orientadoras Regras técnicas Tubagem Cablagem Pontos de fronteira Ligações de

Leia mais

ESQUEMA DE LIGAÇÃO. Modulos ACO no DDC Secundário. Reserva. Módulos Triplos no DDC Secundário. Sinal de Telefone proveniente do.

ESQUEMA DE LIGAÇÃO. Modulos ACO no DDC Secundário. Reserva. Módulos Triplos no DDC Secundário. Sinal de Telefone proveniente do. Esquema de Ligação dos es de Cobre provenientes da Coluna para os Modulos ACO no DDC Primário Esquema de Ligação dos Modulos ACO no DDC Secundário Chicote de Interligação de 4 pares proveniente do DDC

Leia mais

INSTRUÇÕES GERAIS ATI_RACK+CATI

INSTRUÇÕES GERAIS ATI_RACK+CATI INSTRUÇÕES GERAIS ATI_RACK+CATI MANUAL ITED 2ª EDIÇÃO Para mais informações ou sugestões, contacte o seu distribuidor. Edição 2 Pag 1/8 Mod.100/2 ÍNDICE ÍNDICE... 2 1. INTRODUÇÃO... 3 2. DOCUMENTOS NORMATIVOS

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES ATI 3PLAY SÉRIE 15

MANUAL DE INSTRUÇÕES ATI 3PLAY SÉRIE 15 MANUAL DE INSTRUÇÕES ATI 3PLAY SÉRIE 15 1- Introdução A ATI 3Play da TEKA foi concebido em conformidade com as prescrições e especificações técnicas do Manual de Infraestruturas de Telecomunicações em

Leia mais

Exemplo de Ligação Painel ATI de 4 Módulos Duplos e mais 4 Módulos Triplos

Exemplo de Ligação Painel ATI de 4 Módulos Duplos e mais 4 Módulos Triplos ATI ESQUEMA DE LIGAÇÃO Exemplo de Ligação Painel ATI de 4 Módulos Duplos e mais 4 Módulos Triplos Vista Frontal Telefone Filtro Cabo UTP ADSL Coluna PC Modem V.P. Monitor Vista Posterior Par 3 Par 4 Par

Leia mais

ATI Modular: um novo conceito

ATI Modular: um novo conceito ATI Modular: um novo conceito A SOLUÇÃO IDEAL PARA OS SEUS PROJECTOS Todos os produtos estão de acordo com as exigências do novo manual ITED ed.2 O novo conceito de ATI O novo ATI - Armário de Telecomunicações

Leia mais

INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI V2.2

INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI V2.2 INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI V2.2 MANUAL ITED 1ª EDIÇÃO Para mais informações ou sugestões, contacte o seu distribuidor. Edição 10 Pag 1/8 Mod.100/2 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...3 2. DOCUMENTOS NORMATIVOS APLICADOS...3

Leia mais

REGRAS de EXECUÇÃO. António M. S. Francisco (revisão 01/06)

REGRAS de EXECUÇÃO. António M. S. Francisco (revisão 01/06) REGRAS de EXECUÇÃO António M. S. Francisco (revisão 01/06) INTERNET Para informação completa e detalhada consultar o manual ITED em: http://www.anacom.pt Para informação sobre material (catálogo) para

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 98 99 100 108 116 117 118 120 ESPECIFICAÇÕES GERAIS GRAUS DE PROTECÇÃO ESPECIFICAÇÕES SAFETYMAX ESPECIFICAÇÕES ITED ESPECIFICAÇÕES RAQUITED ESPECIFICAÇÕES CENTRALIZAÇÃO CONTAGEM ESPECIFICAÇÕES QUADRO-COLUNAS

Leia mais

A entrada subterrânea, ligada à CEMU, é realizada com 2 tubos com diâmetros = 50 mm.

A entrada subterrânea, ligada à CEMU, é realizada com 2 tubos com diâmetros = 50 mm. Moradia unifamiliar REDES DE TUBAGENS REDE INDIVIDUAL 1 Tubo 25 mm da CEMU (Caixa de Entrada da Moradia Unifamiliar) até ao ATI (Armário de Telecomunicações Individual), para passagem dos cabos de pares

Leia mais

Curso Instalador ITED

Curso Instalador ITED Curso Instalador ITED Formação de Actualização UFCD ITED A + ITED B Abril de 2015 Canalizações ITED Ricardo Oliveira Canalizações - Conceitos Classificação de PD Pontos de distribuição Classifica-se como

Leia mais

INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI

INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI GERAÇÃO 3.1 Para mais informações ou sugestões, contacte o seu distribuidor. Edição 8 Pag 1/8 Mod.100/2 ÍNDICE índice...2 1. Introdução...3 2. Documentos normativos aplicados...3

Leia mais

Armários de Telecomunicações Individuais. O ATI mais evoluído do mercado Tecnologia 100% útil EFICÁCIA SIMPLICIDADE RENDIMENTO. www.jsl-online.

Armários de Telecomunicações Individuais. O ATI mais evoluído do mercado Tecnologia 100% útil EFICÁCIA SIMPLICIDADE RENDIMENTO. www.jsl-online. 9582008 NOVO ASÉRIE CTI V Armários de Telecomunicações Individuais O ATI mais evoluído do mercado Tecnologia 00% útil EFICÁCIA SIMPLICIDADE RENDIMENTO www.jslonline.net UMA MISSÃO, UM DESAFIO: INOVAR Caro

Leia mais

ESTÁDIO UNIVERSITÁRIO DE LISBOA

ESTÁDIO UNIVERSITÁRIO DE LISBOA projectos de engenharia de edifícios lda Azinhaga do Torre do Fato 5C Esc.1-1600-299 Lisboa www.promee.pt geral@promee.pt ESTÁDIO UNIVERSITÁRIO DE LISBOA EDIFÍCIOS DO DRIVING RANGE E CLUB HOUSE LISBOA

Leia mais

Curso de Formação de. Actualização de Projectista ITED 2 (175h) Curso de Formação de. Actualização de Projectista ITED 2 (175h)

Curso de Formação de. Actualização de Projectista ITED 2 (175h) Curso de Formação de. Actualização de Projectista ITED 2 (175h) Curso de Formação de O curso tem como objectivos específicos, dotar os participantes de conhecimentos que lhes permitam: Obter a RENOVAÇÃO da CERTIFICAÇÃO reconhecida pela ANACOM como técnico de projecto

Leia mais

CERTIFICAÇÃO DE ENTIDADE FORMADORA ITED-ITUR

CERTIFICAÇÃO DE ENTIDADE FORMADORA ITED-ITUR CERTIFICAÇÃO DE ENTIDADE FORMADORA ITED-ITUR Atenção: Este formulário está sujeito ao pagamento de uma taxa. TIPO DE CANDIDATURA (Selecionar, pelo menos, uma opção) Certificação de Entidade Formadora ITED

Leia mais

Armários Redes Estruturadas 2010

Armários Redes Estruturadas 2010 Zona Industrial de Aveiro Apartado 846 Lote 30-A 3801-801 AVEIRO Telefs.: 234 315 744-234 316 197 Fax.: 234 315 838 e-mail: teleflex@teleflex.pt www.teleflex.pt Armários Redes Estruturadas 2010 Qualidade

Leia mais

ANEXO 8 ESQUEMAS: DDC, TC, ATI, RG-PC+, RG-FO

ANEXO 8 ESQUEMAS: DDC, TC, ATI, RG-PC+, RG-FO ANEXO ESQUEMAS: DDC, TC, ATI, RG-PC+, RG-FO MANUAL ITED ª edição Julho 00 - ANEXO ESQUEMA DE UM DDC Apresentam-se de seguida os esquemas de constituição de um possível DDC, integrado num ATI. Na figura

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAIS 06.09.000 SISTEMA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO 06.09.001 - EQUIPAMENTOS ATIVOS

ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAIS 06.09.000 SISTEMA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO 06.09.001 - EQUIPAMENTOS ATIVOS ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAIS 06.09.000 SISTEMA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO 06.09.001 - EQUIPAMENTOS ATIVOS Tipo: Gabinete Rack do tipo bastidor com porta e ventilação forçada 24U x 19"x 670mm, com porta de

Leia mais

1Req: FORCONSULTING, -Lda. Local: Rua da Formação, s/n - BARCELOS. INFRA-ESTRUTURAS DE TELECOMUNICAÇÕES - ITED Projecto de Licenciamento e Execução

1Req: FORCONSULTING, -Lda. Local: Rua da Formação, s/n - BARCELOS. INFRA-ESTRUTURAS DE TELECOMUNICAÇÕES - ITED Projecto de Licenciamento e Execução 1Req: FORCONSULTING, -Lda. INFRA-ESTRUTURAS DE TELECOMUNICAÇÕES - ITED Projecto de Licenciamento e Execução 2Req: FORCONSULTING, -Lda. ÍNDICE: NOTA PRÉVIA A - MEMÓRIA DESCRITIVA E JUSTIFICATIVA 1. OBJECTIVO

Leia mais

WWW.QUITERIOS.PT FECHADURAS BARRAMENTOS REFORÇO PARA CAIXAS ACESSÓRIOS PARA FIBRA ÓPTICA PRATELEIRAS CHASSI PARA ATE ACESSÓRIOS PARA COAXIAL

WWW.QUITERIOS.PT FECHADURAS BARRAMENTOS REFORÇO PARA CAIXAS ACESSÓRIOS PARA FIBRA ÓPTICA PRATELEIRAS CHASSI PARA ATE ACESSÓRIOS PARA COAXIAL ACESSÓRIOS 90 91 91 92 92 94 94 95 95 FECHADURAS BARRAMENTOS REFORÇO PARA CAIXAS ACESSÓRIOS PARA FIBRA ÓPTICA PRATELEIRAS CHASSI PARA ATE ACESSÓRIOS PARA COAXIAL ACESSÓRIOS PARA PAR DE COBRE FERRAMENTAS

Leia mais

Curso Instalador ITED

Curso Instalador ITED Curso Instalador ITED Formação de Actualização UFCD ITED A + ITED B Abril de 2015 Cablagem Pares de Cobre Ricardo Oliveira Sistemas de Cablagem Mantém-se a utilização das 3 tecnologias Pares de cobre Cabo

Leia mais

INSTALAÇÕES DE COMUNICAÇÕES MEMÓRIA DESCRITIVA. Processo: 6950.9.01 Data: Outubro 10 Rev: A. Mod. (09) CP1_00

INSTALAÇÕES DE COMUNICAÇÕES MEMÓRIA DESCRITIVA. Processo: 6950.9.01 Data: Outubro 10 Rev: A. Mod. (09) CP1_00 SOCIEDADE POLIS LITORAL RIA FORMOSA, SA Elaboração de Projectos de Execução para a requalificação de espaços ribeirinhos, de parques públicos e percursos pedonais - Parque Ribeirinho de Faro - RF 18.02.45

Leia mais

ANEXO 6 FICHAS TÉCNICAS

ANEXO 6 FICHAS TÉCNICAS ANEXO 6 FICHAS TÉCNICAS MANUAL ITED 1ª edição revista - Dezembro 2003 - ANEXO 6 1 ITED INFRA-ESTRUTURAS DE TELEUNICAÇÕES EM EDIFÍCIOS FICHA TÉCNICA PROJECTO N.º LOCALIZAÇÃO DA OBRA CONCELHO MORADA FREGUESIA

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Índices de proteção (IP) 1. IP XX grau de proteção dos invólucros de equipamentos elétricos segundo as normas EN 60529, IEC 60529 1º algarismo: proteção contra corpos sólidos IP 2º algarismo: proteção

Leia mais

www.jsl-online.net JSL - Material Eléctrico, S.A. Desde 1958 SUPORTES DE LÂMPADA E ARMADURAS ESTANQUES CAIXAS DE CHÂO ITED: ATIs, ATEs, ATUs

www.jsl-online.net JSL - Material Eléctrico, S.A. Desde 1958 SUPORTES DE LÂMPADA E ARMADURAS ESTANQUES CAIXAS DE CHÂO ITED: ATIs, ATEs, ATUs JSL - Material Eléctrico, S.A. www.jsl-online.net SUPORTES DE LÂMPADA E ARMADURAS ESTANQUES CAIXAS DE CHÂO ITED: ATIs, ATEs, ATUs FICHAS E TOMADAS INDUSTRIAIS CAIXAS ESTANQUES, BUCINS E LIGADORES QUADROS

Leia mais

Catálogo de. Produtos LABORATÓRIO ÓPTICO FERRAMENTARIA / METALURGIA PRODUTOS INJETADOS MARCAS DISTRIBUÍDAS B5NX-CNC

Catálogo de. Produtos LABORATÓRIO ÓPTICO FERRAMENTARIA / METALURGIA PRODUTOS INJETADOS MARCAS DISTRIBUÍDAS B5NX-CNC FIBRAS ÓPTICAS E ACESSÓRIOS LABORATÓRIO ÓPTICO FERRAMENTARIA / METALURGIA B5NX-CNC PRODUTOS INJETADOS Catálogo de MARCAS DISTRIBUÍDAS Produtos R A Division of Cisco Systems, Inc. RACKS E ACESSÓRIOS Linha

Leia mais

Disciplina: Projeto de Especialidades. Projeto: Rede de telecomunicações. Especialidade: Rede de Infra-estruturas de Telecomunicações em Edifícios

Disciplina: Projeto de Especialidades. Projeto: Rede de telecomunicações. Especialidade: Rede de Infra-estruturas de Telecomunicações em Edifícios Universidade Fernando Pessoa Faculdade de Ciências e Tecnologias Curso de Engenharia Civil 3ºAno Disciplina: Projeto de Especialidades Projeto: Rede de telecomunicações Especialidade: Rede de Infra-estruturas

Leia mais

LINKEO Confiabilidade, facilidade de instalação e alto nível de performance já conhecidos nos produtos Legrand.

LINKEO Confiabilidade, facilidade de instalação e alto nível de performance já conhecidos nos produtos Legrand. LINKEO QUALIDADE SOB MEDIDA PARA O SEU PROJETO NOVA SOL SOLUÇÃO PARA CABEAMENTO ENTO ESTRUTURADO A LEGRAND É ESPECIALISTA MUNDIAL EM SISTEMAS ELÉTRICOS E DIGITAIS PARA INFRAESTRUTURAS PREDIAIS LINKEO Confiabilidade,

Leia mais

Redes de Computadores. Trabalho de Laboratório Nº1

Redes de Computadores. Trabalho de Laboratório Nº1 Redes de Computadores Curso de Eng. Informática Curso de Eng. Electrotécnica e Computadores Trabalho de Laboratório Nº1 Cablagem estruturada 1 Introdução Vivemos em plena segunda revolução industrial.

Leia mais

PLANEAMENTO E PROJECTO DE REDES

PLANEAMENTO E PROJECTO DE REDES PLANEAMENTO E PROJECTO DE REDES Engenharia de Sistemas e Informática Bibliografia: Engenharia de Redes Informáticas; Edmundo Monteiro e Fernando Boavida; FCA 1 Conteúdo programático Equipamento Passivo

Leia mais

TABELA GERAL DE PREÇOS - TGP2_2014

TABELA GERAL DE PREÇOS - TGP2_2014 TABELA GERAL DE PREÇOS - TGP2_2014 Entrada em vigor: 02 de Maio de 2014. Preços unitários sujeitos a IVA à taxa legal. CONTADOR / CONT+DCP+QUADRO / DCP +302 CX CONTADOR MON/TRIF INT A 28,60 +314 CX CONTADOR

Leia mais

Índice. Página 1 de 7

Índice. Página 1 de 7 Índice 1 - Objectivos...2 2 - Legislação aplicável...2 3 - Enquadramento legal...2 3.1 - Limites de fornecimento...2 3.2 - Descrição de encargos...2 3.2.1 - Encargos do adjudicatário...2 3.3 - Encargos

Leia mais

TABELA DE PREÇOS. PESO UNITÁRIO (kg) PESO EMBALAGEM (kg) VOLUME UNITÁRIO (dm3) VOLUME EMBALAGEM (m3)

TABELA DE PREÇOS. PESO UNITÁRIO (kg) PESO EMBALAGEM (kg) VOLUME UNITÁRIO (dm3) VOLUME EMBALAGEM (m3) 21011 INTERRUPTOR UNIPOLAR 5603011044589 1,30 EUR 10 100 0,055 0,55 0,230000004 0,0023 85365080 21012 INTERRUPTOR LUMINOSO 5603011044596 2,95 EUR 10-0,05304 0,530400015 0,228 0,00228 85365080 21013 INTERRUPTOR

Leia mais

Soluções para escritórios tehalit.office

Soluções para escritórios tehalit.office Soluções para escritórios tehalit.office A oferta tehalit.office foi concebida para dar resposta à maioria dos problemas de distribuição, de correntes fortes e fracas, na alimentação aos postos de trabalho.

Leia mais

Os principais componentes de uma Rede Habitacional

Os principais componentes de uma Rede Habitacional Os principais componentes de uma Rede Habitacional Bastidor de Distribuição de Cabelagem Estruturada Conector OmniMedia para bastidor Módulo Rádio/Televisão Módulo Telefone/Fax Portal Internet Extensões

Leia mais

FIBRA ÓTICA CABOS CORDÃO ÓTICO SIMPLEX OU DUPLEX GAVETAS DE DISTRIBUIÇÃO FIBRA ÓTICA TORPEDOS E CAIXAS PARA JUNTAS ADAPTADORES CONVERSORES DE MEIOS

FIBRA ÓTICA CABOS CORDÃO ÓTICO SIMPLEX OU DUPLEX GAVETAS DE DISTRIBUIÇÃO FIBRA ÓTICA TORPEDOS E CAIXAS PARA JUNTAS ADAPTADORES CONVERSORES DE MEIOS FIBRA ÓTICA CABOS CORDÃO ÓTICO SIMPLEX OU DUPLEX GAVETAS DE DISTRIBUIÇÃO FIBRA ÓTICA TORPEDOS E CAIXAS PARA JUNTAS ADAPTADORES CONVERSORES DE MEIOS 04 05 0 07 08 09 02 FIBRA ÓTICA TECNOLOGIA ÓTICA Com

Leia mais

14. ENSAIOS 14.1 ENSAIOS DE REDES DE PARES DE COBRE

14. ENSAIOS 14.1 ENSAIOS DE REDES DE PARES DE COBRE 14 ENSAIOS 177 14. ENSAIOS Os ensaios das ITED são da responsabilidade do instalador que constituirá, assim, um Relatório de Ensaios de Funcionalidade (REF), tal como consta do ponto 14.6. O instalador

Leia mais

Calhas Técnicas Série 10. Série 16. Calhas para Instalações Eléctricas e Telecomunicações (pág. 114-125)

Calhas Técnicas Série 10. Série 16. Calhas para Instalações Eléctricas e Telecomunicações (pág. 114-125) Técnicas para Instalações Eléctricas e Telecomunicações (pág. 1-125) A é composta por: Molduras (pág. 1); de Rodapé (pág. 118); de Chão (pág. 118); para Distribuição (pág. 122). Calha 110x50 BR - Branco

Leia mais

Curso de Instalação e Gestão de Redes Informáticas

Curso de Instalação e Gestão de Redes Informáticas ESCOLA PROFISSIONAL VASCONCELLOS LEBRE Curso de Instalação e Gestão de Redes Informáticas FICHA DE TRABALHO Nº3 José Vitor Nogueira Santos Topologia de Redes Fibra Óptica e Wireless - 0830 Mealhada, 2009

Leia mais

PROJETO DE REDE LOCAL E BACKBONE

PROJETO DE REDE LOCAL E BACKBONE São Paulo, 29 de julho de 2010 PROJETO DE REDE LOCAL E BACKBONE 1. Informações e recomendações importantes O projeto foi solicitado pela Unidade para a implantação de rede local para o prédio GETS, sendo

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Cablagem estruturada Escola Superior de Tecnologia e Gestão Instituto Politécnico de Bragança Abril de 2006 Os problemas Porquê organizar as cablagens? É fácil manter a organização

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Projecto de cablagem estruturada Adriano Lhamas, Berta Batista, Jorge Pinto Leite Março de 2007 Projecto de cablagem Metodologia 1. Definição de requisitos 2. Planeamento 3. Projecto 2 Exemplo Empresa

Leia mais

Curso Instalador ITED

Curso Instalador ITED Curso Instalador ITED Formação de Actualização UFCD ITED A + ITED B Abril de 2015 Cablagem Fibra Óptica no ITED Ricardo Oliveira Fibra Óptica ITED 3ª edição - Mantém-se a obrigatoriedade de utilização

Leia mais

Prisma Plus Sistema P

Prisma Plus Sistema P Distribuição elétrica baixa tensão Prisma Plus Sistema P Painéis até 4000 A Prisma Plus: uma oferta pensada para maior profissionalismo Painéis Prisma Plus Sistema P: painéis evolutivos adaptados a todas

Leia mais

FICHA TÉCNICA PATCH PANEL 24 PORTAS C5e RoHS

FICHA TÉCNICA PATCH PANEL 24 PORTAS C5e RoHS FICHA TÉCNICA PATCH PANEL 24 PORTAS C5e RoHS 1- Aplicação: Este produto aplica-se a sistemas de cabeamento estruturado, para tráfego de voz, dados e imagens, do tipo 10BASE-T, 100BASE-Tx, 155M ATM, 4/16MB

Leia mais

SEDE: ESTRADA MUNICIPAL 533 * BISCAIA - ALGERUZ * 2950-051 PALMELA - PORTUGAL TEL.: +351 21 233 27 55 / 6 / 7 / 8 FAX: +351 21 233 27 46 SITE:

SEDE: ESTRADA MUNICIPAL 533 * BISCAIA - ALGERUZ * 2950-051 PALMELA - PORTUGAL TEL.: +351 21 233 27 55 / 6 / 7 / 8 FAX: +351 21 233 27 46 SITE: SEDE: ESTRADA MUNICIPAL 533 * BISCAIA - ALGERUZ * 295-51 PALMELA - PORTUGAL TEL.: +351 21 233 27 55 / 6 / 7 / 8 FAX: +351 21 233 27 46 SITE: www.salemoemerca.pt - email: geral@salemoemerca.pt MATRICULADA

Leia mais

APARELHOS DE ILUMINAÇÃO ELÉCTRICA E ACESSÓRIOS

APARELHOS DE ILUMINAÇÃO ELÉCTRICA E ACESSÓRIOS APARELHOS DE ILUMINAÇÃO ELÉCTRICA E ACESSÓRIOS Reguladores de fluxo luminoso Condições de instalação Elaboração: DTI Homologação: conforme despacho do CA de 2010-01-20 Edição: 1ª Emissão: EDP Distribuição

Leia mais

Bastidores para fibra óptica

Bastidores para fibra óptica Apresentação A gama de armários para fibra óptica Olirack foi concebida para a instalação, protecção e isolamento de terminadores e repartidores ópticos. A fibra óptica é um filamento feito de vidro ou

Leia mais

de precos JSL 2015-2016 Material www.jsl-online.net Eléctrico, S.A.

de precos JSL 2015-2016 Material www.jsl-online.net Eléctrico, S.A. tabela de precos 2015-2016 JSL Material Eléctrico, S.A. www.jsl-online.net Condições de venda para 2015/2016 A partir de 15 de Outubro de 2015, nas vendas de produtos fabricados pela JSL para o mercado

Leia mais

14 CABOS DE FIBRA ÓTICA

14 CABOS DE FIBRA ÓTICA FIBRA OTICA 4 4 CABOS DE FIBRA ÓTICA Fibra Ótica com diferentes tipos de cabos: Tight Buffer - Estrutura Fechada Fibra ótica com revestimento em PVC. Usado para ligações dentro de edifícios (cabos, cordões

Leia mais

ADAPTAÇÃO DOS EDIFÍCIOS CONSTRUÍDOS À FIBRA ÓPTICA

ADAPTAÇÃO DOS EDIFÍCIOS CONSTRUÍDOS À FIBRA ÓPTICA 6 ADAPTAÇÃO DOS EDIFÍCIOS CONSTRUÍDOS À FIBRA ÓPTICA 135 6. ADAPTAÇÃO DOS EDIFÍCIOS CONSTRUÍDOS À FIBRA ÓPTICA 6.1 PROJECTO DE ALTERAÇÃO DE EDIFÍCIOS - ITED As infra-estruturas de telecomunicações construídas

Leia mais

Série 10 - Calhas para Instalações Elétricas e Telecomunicações

Série 10 - Calhas para Instalações Elétricas e Telecomunicações Aparelhos Fornecidos Semi-Montados com Espelho 47121 S TOMADA 2P BR 10 1.88 47122 S TOMADA 2P C/OBTURADOR BR 10 2.59 47131 S TOMADA SCHUKO BR, LR, VM 10 2.43 47132 S TOMADA SCHUKO C/OBTURADOR BR, LR, VM

Leia mais

CAB Cabeamento Estruturado e Redes Telefônicas

CAB Cabeamento Estruturado e Redes Telefônicas MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CAMPUS SÃO JOSÉ SANTA CATARINA CAB Cabeamento Estruturado e Redes Telefônicas

Leia mais

ANTENAS ALCAD / TELEVÉS

ANTENAS ALCAD / TELEVÉS ANTENAS ALCAD / TELEVÉS ANTENAS UHF ALCAD SÉRIE CINZA REFLECTOR PEQUENO 200.BU-269 200.BU-453 200.BU-454 200.BU-569 200.BU-547 200.BU-539 200.BU-455 ALCAD 200.BU-229 200.BU-238 200.BU-469 ANTENA UHF 21/69

Leia mais

Invólucros Metálicos. Cajas Salientes

Invólucros Metálicos. Cajas Salientes Invólucros Metálicos. Cajas Salientes ÍNDICE Descrição Aplicações Referências Exemplo de configuração Instalação Informação ténica Exemplos de compatibilidade Dimensões Descrição Caixa metálica para instalação

Leia mais

LISTA DE PRODUTOS ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: SETEMBRO DE 2008

LISTA DE PRODUTOS ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: SETEMBRO DE 2008 LISTA DE PRODUTOS DE PRODUTOS LISTA ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: SETEMBRO DE 2008 Ativos / Wireless ADSL Modem; Conversores de Mídia; Firewall; Hub s; KVM (2 / 4 / 8 e 16 Portas); Modem Externo; Placas de Rede

Leia mais

Projecto de Cablagem Estruturada em Redes de Computadores. Proposta para o Edifício da ESTIG Piso 0 e Laboratório Piso -1(Sala 12)

Projecto de Cablagem Estruturada em Redes de Computadores. Proposta para o Edifício da ESTIG Piso 0 e Laboratório Piso -1(Sala 12) Projecto de Cablagem Estruturada em Redes de Computadores Proposta para o Edifício da ESTIG Piso 0 e Laboratório Piso -1(Sala 12) Ricardo Costa nº5963 João Caixinha nº5946 Manuel Terlica nº5968 Pedro Rodrigues

Leia mais

MINICOLUNAS. www.simon.pt. Descrição Aplicações Referências Exemplo de configuração Instalação Informação ténica Exemplos de compatibilidade Dimensões

MINICOLUNAS. www.simon.pt. Descrição Aplicações Referências Exemplo de configuração Instalação Informação ténica Exemplos de compatibilidade Dimensões MINICOLUNAS ÍNDICE Descrição Aplicações Referências Exemplo de configuração Instalação Informação ténica Exemplos de compatibilidade Dimensões Descrição Minicolunas para instalações elétricas de châo para

Leia mais

PEDIDO DE COTAÇÃO - ANEXO I

PEDIDO DE COTAÇÃO - ANEXO I Folha: 0001 Objeto: Aquisição de Material de e Permanente (Equipamentos e Suprimentos de Informática), para 001 081266-9 CABO UTP CAT5E FLEXíVEL, CAIXA COM 300MT Lote 1- Destino: Uinfor CX 30 002 113294-5

Leia mais

PARA LOCAIS PROFISSIONAIS Novos quadros XL³ 125

PARA LOCAIS PROFISSIONAIS Novos quadros XL³ 125 PARA LOCAIS PROFISSIONAIS Novos quadros XL³ 15 1 3 XL³ 15 ATÉ 15 A DE 1 A 4 FILAS DE 18 MÓDULOS Calha extraível sem ferramenta: cablagem facilitada CABLAGEM FACILITADA EXTRAINDO AS CALHAS As novas funcionalidades

Leia mais

CONECTIVIDADE COBRE /FIBRA ÓPTICA

CONECTIVIDADE COBRE /FIBRA ÓPTICA CONECTIVIDADE COBRE /FIBRA ÓPTICA 1 Garantia Vitalícia Os sistemas de conectividade 4Lan compostos por cabos, conectores, patch panels e patchcords cumprem com as normas indicadas e te m uma garantia vitalícia,

Leia mais

No seguimento do nosso e-mail de 29 de Junho, acrescentamos os seguintes comentários relativamente à parte da Fibra Óptica :

No seguimento do nosso e-mail de 29 de Junho, acrescentamos os seguintes comentários relativamente à parte da Fibra Óptica : From: Primo Gonçalves [mailto:rui.goncalves@intelprima.com] Sent: terça-feira, 7 de Julho de 2009 12:51 To: manual.ited.itur@anacom.pt Subject: Manual ITED 2º edição -Versão 3.1-21 Maio 2009 Caros Srs.,

Leia mais

AV ANTONIO DA FONSECA MARTINS, 583 - SÃO JOSE, SÃO CAETANO DO SUL - SP CEP 09581-030 CONTATO

AV ANTONIO DA FONSECA MARTINS, 583 - SÃO JOSE, SÃO CAETANO DO SUL - SP CEP 09581-030 CONTATO AV ANTONIO DA FONSECA MARTINS, 583 - SÃO JOSE, SÃO CAETANO DO SUL - SP CEP 09581-030 CONTATO (11) 4233-4519 comercial@marcatelecom.com.br Fios e Cabos Telefônicos CABO INTERNO SEM BLINDAGEM CCI bitolas

Leia mais

Os ensaios descritos neste capítulo estão adequados aos Níveis de Qualidade (NQ) definidos no ponto 1.2.

Os ensaios descritos neste capítulo estão adequados aos Níveis de Qualidade (NQ) definidos no ponto 1.2. 6 ENSAIOS Na realização de ensaios nas ITED, a entidade certificadora e o instalador deverão ter em consideração o projecto técnico e os requisitos do presente Manual ITED. 6.1 GENERALIDADES O presente

Leia mais

FLEXIBILIDADE CAIXA DE PISO DA INFRA ESTRUTURA NA ESTAÇÃO DE TRABALHO PISO ELEVADO, CONTRAPISO, MONOLÍTICO. acabamento diferenciado instalação rápida

FLEXIBILIDADE CAIXA DE PISO DA INFRA ESTRUTURA NA ESTAÇÃO DE TRABALHO PISO ELEVADO, CONTRAPISO, MONOLÍTICO. acabamento diferenciado instalação rápida CAIXA DE PISO FLEXIBILIDADE DA INFRA ESTRUTURA NA ESTAÇÃO DE TRABALHO PISO ELEVADO, CONTRAPISO, MONOLÍTICO acabamento diferenciado instalação rápida ii LEGRAND SOLUÇÕES INTEGRADAS Comprometida com a melhoria

Leia mais

Mezzo Compensação. cozinhas. Hottes > hottes tradicionais grande conforto. descrição técnica. p. 926. hotte de cozinha tradicional Conforto.

Mezzo Compensação. cozinhas. Hottes > hottes tradicionais grande conforto. descrição técnica. p. 926. hotte de cozinha tradicional Conforto. Hottes > hottes tradicionais grande conforto cozinhas Mezzo Compensação hotte de cozinha tradicional Conforto vantagens Compensação integrada. Filtros de choque montados de série. Iluminação encastrada

Leia mais

AR CONDICIONADO. 7 ramificações Ø6.35 ARBL107 Ø12.7. 10 ramificações Ø6.35 Ø9.52 ARBL1010 Ø12.7. 10 ramificações Ø6.35 ARBL2010 P.V.P.

AR CONDICIONADO. 7 ramificações Ø6.35 ARBL107 Ø12.7. 10 ramificações Ø6.35 Ø9.52 ARBL1010 Ø12.7. 10 ramificações Ø6.35 ARBL2010 P.V.P. LG quadriptico Multi V IMP 06/08/10 16:21 Page 1 AR CONDICIONADO 4. Selecção dos Colectores para o Multi V PLUS/SPACE Selecção dos colectores de acordo com os diâmetros de tubagem. Modelos Tubos de Gás

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO E DE ESPECIFICAÇÕES

MEMORIAL DESCRITIVO E DE ESPECIFICAÇÕES MEMORIAL DESCRITIVO E DE ESPECIFICAÇÕES SISTEMA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO OBRA: ESCOLA DE ENSINO PROFISSIONALIZANTE PROJETO PADRÃO PROPRIETÁRIO: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - MEC FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Distribuidores e painéis de interligação Equipamento activo e chicotes de interligação

Distribuidores e painéis de interligação Equipamento activo e chicotes de interligação Redes Estruturadas O projecto e a instalação de redes de dados em edifícios são actividades reguladas por um conjunto de normas dispersas em diversos documentos, publicados por organismos internacionais.

Leia mais

Cablagem de rede estruturada

Cablagem de rede estruturada Paulo Álvaro De: Saved by Microsoft Internet Explorer 5 Enviado: quarta-feira, 21 de Abril de 2010 11:06 Assunto: Cablagem de rede estruturada Cablagem de rede estruturada André Moreira (andre@dei.isep.ipp.pt)

Leia mais

Catálogo Acessórios de atrelados

Catálogo Acessórios de atrelados Catálogo Acessórios de atrelados TOP vendas Amortecedores... 1 Calços.. 4 Cintas.. 9 Componentes eléctricos.. 12 Elástico para lona 9 Eixos 1 Esferas de reboque.. 13 Farolins para atrelados 10 Guinchos

Leia mais

INSTALAÇÕES AT E MT. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO

INSTALAÇÕES AT E MT. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO INSTALAÇÕES AT E MT. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO Armários de comando e controlo Características Elaboração: GTRPT Homologação: conforme despacho do CA de 2007-02-13 Edição: 1ª Emissão: EDP Distribuição

Leia mais

Prisma Plus Sistema G

Prisma Plus Sistema G Distribuição elétrica baixa tensão Prisma Plus Sistema G Quadros e armários para montagem na parede ou no piso, até 630 A Prisma Plus: uma oferta pensada para maior profissionalismo Quadros e armários

Leia mais

Projecto de Redes para uma Indústria Têxtil

Projecto de Redes para uma Indústria Têxtil UNIVERSIDADE DE COIMBRA FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA Departamento de Engenharia Informática Projecto de Redes para uma Indústria Têxtil Engenharia de Redes 2000/2001 Ivo Alexandre Seixas Matos Esteves

Leia mais

OPENSPACE é uma marca registada da empresa GOSIMAT - Comércio e Indústria, da. 11 \ 2007 CAIXIHOS E SISTEMAS PARA PORTAS DE CORRER www.openspace.eu 10ANOS DE GARANTIA Nos tempos actuais o espaço habitacional

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA ACREDITAÇÃO ACÇÕES DE FORMAÇÃO ITED E ITUR ENGENHEIROS E ENGENHEIROS TÉCNICOS PARA. 21 de Dezembro de 2010

PROCEDIMENTOS PARA ACREDITAÇÃO ACÇÕES DE FORMAÇÃO ITED E ITUR ENGENHEIROS E ENGENHEIROS TÉCNICOS PARA. 21 de Dezembro de 2010 PROCEDIMENTOS PARA ACREDITAÇÃO DE ACÇÕES DE FORMAÇÃO ITED E ITUR PARA ENGENHEIROS E ENGENHEIROS TÉCNICOS 21 de Dezembro de 2010 Anexo B Descrição dos Conteúdos Programáticos dos Módulos de Formação 2 ITED

Leia mais

Ac esse o sit e w w w. d e ca c lu b.c om.br / es t u dos 2 0 1 5 e f a ç a s u a insc riçã o cl ica nd o e m Pa r t i c i p e :

Ac esse o sit e w w w. d e ca c lu b.c om.br / es t u dos 2 0 1 5 e f a ç a s u a insc riçã o cl ica nd o e m Pa r t i c i p e : INSCRIÇÕES ABERTAS ATÉ 13 DE JULH DE 2015! Ac esse o sit e w w w. d e ca c lu b.c om.br / es t u dos 2 0 1 5 e f a ç a s u a insc riçã o cl ica nd o e m Pa r t i c i p e : Caso vo cê nunca t e nh a pa

Leia mais

QUANDO TRATAMOS SOBRE MEIOS DE TRANSMISSÃO, DEVEMOS ENFATIZAR A EXISTÊNCIA DE DOIS TIPOS DESSES MEIOS, SENDO:

QUANDO TRATAMOS SOBRE MEIOS DE TRANSMISSÃO, DEVEMOS ENFATIZAR A EXISTÊNCIA DE DOIS TIPOS DESSES MEIOS, SENDO: CABEAMENTO DE REDE QUANDO TRATAMOS SOBRE MEIOS DE TRANSMISSÃO, DEVEMOS ENFATIZAR A EXISTÊNCIA DE DOIS TIPOS DESSES MEIOS, SENDO: MEIO FÍSICO: CABOS COAXIAIS, FIBRA ÓPTICA, PAR TRANÇADO MEIO NÃO-FÍSICO:

Leia mais

I TUR Redes de Nova Geração

I TUR Redes de Nova Geração I TUR Redes de Nova Geração Workshop - Telecomunicações - ISEP / 2009 01 de Julho de 2009 Direcção de Fiscalização PONTOS DE ANÁLISE ÍNDICE Objectivos Enquadramento geral ITUR/ ITED Linhas Gerais e específicas

Leia mais

Exmos. Srs., Cumprimentos,

Exmos. Srs., Cumprimentos, From: Fernando Jacinto dos Santos Flores [mailto:fernando-z-flores@telecom.pt] Sent: terça-feira, 7 de Julho de 2009 14:59 To: manual.ited.itur@anacom.pt Subject: Manuais ITED e ITUR Exmos. Srs., Na sequência

Leia mais

REQUISITOS TÉCNICOS GERAIS

REQUISITOS TÉCNICOS GERAIS 2 REQUISITOS TÉCNICOS GERAIS 25 2. REQUISITOS TÉCNICOS GERAIS O presente capítulo define os tipos de edifício e as respectivas fronteiras com as redes públicas de comunicações electrónicas, ou com as infra-estruturas

Leia mais

Série ATI E BASTIDOR 3 PLAY SÉRIE 15

Série ATI E BASTIDOR 3 PLAY SÉRIE 15 ATI E BASTIDOR 3 PLAY SÉRIE 15 Nova gama de ATI s e Bastidores Teka para ITED e redes estruturadas, destinados ao residencial e ao pequeno terciário (escritórios, lojas,...) ATI s comercialmente disponíveis

Leia mais

APARELHAGEM DE EMBEBER

APARELHAGEM DE EMBEBER Interruptor Unipolar CLASSIC MF - Marfim A Série Sirius 70 é marcada pelo design simples. A combinação improvável das cores neutras das teclas com as texturas dos espelhos faz com que a Série Sirius 70

Leia mais

Debate / Palestra sobre Meios de Transmissão de Dados

Debate / Palestra sobre Meios de Transmissão de Dados Debate / Palestra sobre Meios de Transmissão de Dados Escola Secundária João de Barros Corroios Curso Profissional de Gestão de Equipamentos Disciplina de Comunicação de Dados 14-10-2011 Pedro Russo Breve

Leia mais

Aumentar Diminuir Procura Tela Cheia Imprimir

Aumentar Diminuir Procura Tela Cheia Imprimir ADAPTER CABLE M8v CATEGORIA 5 ENHANCED Sistemas de Cabeamento Estruturado para tráfego de voz, dados e imagens, segundo requisitos da norma ANSI/TIA/EIA-568A, incluindo o adendo 5 (Categoria 5e), para

Leia mais

Redes de Nova Geração e o ITED

Redes de Nova Geração e o ITED Redes de Nova Geração e o ITED A explosão da procura telefónica dos anos 80 induziu a implantação do RITA O incremento da Internet e a liberalização do mercado das telecomunicações influenciou claramente

Leia mais

Datasheet. Solução de DATACENTER Bastidores 19 e Acessórios

Datasheet. Solução de DATACENTER Bastidores 19 e Acessórios Datasheet Solução de DATACENTER Bastidores 19 e Acessórios 2011 Armários 19 de Pavimento Qualidade de construção Desde o conceito até ao mais pequeno pormenor. Os produtos Facemate são cuidadosamente projectados

Leia mais

FORMAÇÃO. PROFISSIONAIS de electricidade. pour PARA les professionnels. de l ÉleCTRICITÉ

FORMAÇÃO. PROFISSIONAIS de electricidade. pour PARA les professionnels. de l ÉleCTRICITÉ pour PARA les professionnels PROFISSIONAIS de electricidade de l ÉleCTRICITÉ FORMAÇÃO Corte e Protecção Concepção e certificação de quadros e armários eléctricos até 400 A Curso ref. M.11.001.12 Objectivos

Leia mais

Instalações ITED Generalidades

Instalações ITED Generalidades Módulo ITED-1 UFCD 6085 Instalações ITED Generalidades 1. Considerações prévias, Legislação, normas e regulamentos em vigor (manual ITED). 2. Simbologia utilizada nas ITED. 3. Sistemas de Cablagem em par

Leia mais

ESTÁDIO UNIVERSITÁRIO DE LISBOA

ESTÁDIO UNIVERSITÁRIO DE LISBOA projectos de engenharia de edifícios lda Azinhaga do Torre do Fato 5C Esc.1-1600-299 Lisboa www.promee.pt geral@promee.pt ESTÁDIO UNIVERSITÁRIO DE LISBOA EDIFÍCIOS DO DRIVING RANGE E CLUB HOUSE LISBOA

Leia mais

Electroválvulas Tipo 3963

Electroválvulas Tipo 3963 Instruções de Montagem e Operação Electroválvulas Tipo 3963 Fig. 1 Geral A montagem, colocação em funcionamento e operação destes equipamentos só podem ser efectuadas por pessoal experimentado. São assumidos

Leia mais

LEGRAND CABLING SYSTEM 2 PERFORMANCE DO LOCAL TÉCNICO AO POSTO DE TRABALHO

LEGRAND CABLING SYSTEM 2 PERFORMANCE DO LOCAL TÉCNICO AO POSTO DE TRABALHO LEGRAND CABLING SYSTEM 2 PERFORMANCE DO LOCAL TÉCNICO AO POSTO DE TRABALHO LEGRAND CABLING SYSTEM 2 LCS 2 Soluções do Local técnico ao Posto de Trabalho Ver páginas 03 à 13 LCS 2 Cobre Ver páginas 15

Leia mais

Soluções DataCenter Servidores

Soluções DataCenter Servidores Apresentação A gama de armários para DataCenter Olirack foi concebida para a instalação de equipamentos de telecomunicações e informáticos. Os espaços DataCenter são projectados para serem extremamente

Leia mais