Diário Oficial. do Município de Belém. Cuida Belém, Cuide também. Não jogue lixo na rua. doe sangue.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Diário Oficial. do Município de Belém. Cuida Belém, Cuide também. Não jogue lixo na rua. doe sangue."

Transcrição

1 Diário Oficial do Município de Belém Quinta - feira, 17 de Outubro de 2013 Belém-Pará-Ano LV - Nº REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL-ESTADO DO PARÁ CÂMARA MUNICIPAL DE BELÉM CMB PREFEITURA MUNICIPAL DE BELÉM MESA DIRETORA MARIA LUCILENE REBELO PINHO ZENALDO RODRIGUES COUTINHO JÚNIOR AUGUSTO CÉSAR NEVES COUTINHO SUELI LIMA RAMOS AZEVEDO LEONARDO DO AMARAL MAROJA Prefeito KARLA MARTINS DIAS BARBOSA Vice Prefeito SECRETARIADO NELLY CECÍLIA PAIVA BARRETO DA ROCHA ADINALDO SOUSA DE OLIVEIRA MARIA SELMA ALVES DA SILVA LUIZ OTÁVIO MOTA PEREIRA MARCO AURÉLIO NASCIMENTO Chefe de Gabinete - GAB.PREF. Secretário de Administração - SEMAD Secretária de Finanças - SEFIN Secretário de Assuntos Jurídicos - SEMAJ Secretária de Educação - SEMEC Secretário de Urbanismo - SEURB Secretária de Saúde - SESMA, em exercício Secretário de Saneamento - SESAN Secretário de Economia - SECON TERESA LUSIA MARTIRES COELHO CATIVO ROSA Secretária Geral do Planej. e Gestão - SEGEP JOÃO CLAUDIO KLAUTAU GUIMARÃES JOSÉ CLÁUDIO CARNEIRO ALVES IRISVALDO LAURINDO DE SOUZA THALLES COSTA BELO MAIKENN EMANOEL SANTOS DE SOUZA CARLOS AUGUSTO SOUZA MACHADO SÉRGIO DE AMORIM FIGUEIREDO ELIANA DE NAZARÉ CHAVES UCHOA ARMANDO TAVARES DA SILVA GILBERTO ARAÚJO DO NASCIMENTO MARIA WALDENIZE LOBATO BRAGA MAISA SALES GAMA TOBIAS Secretário de Habitação - SEHAB Secretário de Meio-Ambiente - SEMMA Coord. de Comunicação Social - COMUS Secretário de Esporte, Juventude e Lazer - SEJEL ADMINISTRAÇÃO DIRETA ÓRGÃOS AUTÔNOMOS TONYA PENNA DE CARVALHO PINHEIRO DE SOUZA WALMIR NOGUEIRA MORAES HELIANA DA SILVA JATENE FABRÍCIO DA COSTA MODESTO FÁBIO CÉZAR SALAME SILVA ROSA MARIA CHAVES DA CUNHA E SOUZA RAIMUNDO NONATO MACIEL DA SILVA Presidente da BELEMTUR Inspetor Geral da Guarda Municipal - GMB Auditor Geral do Município - AGM Ouvidora Geral do Município - OGM Agente Distrital de Icoaraci - ADIC Agente Distrital de Mosqueiro - ADMO Administradora Regional do Outeiro - AROUT Diretora - Superintendente da SEMOB Presidente da FUNPAPA Presidente da FMAE Presidente da FUMBEL Presidente da FUNBOSQUE Presidente da CINBESA Presidente da CODEM Diretor Presidente da SAAEB Cuida Belém, Cuide também. Não jogue lixo na rua PRESIDENTE (BIÊNIO 2013/2014) Vereador Paulo Alberto Santos de Queiroz - PSDB 1 Vice - Presidente Vereador Pio Menezes Veiga Neto - PTB 2 Vice - Presidente Vereador MIGUEL DE JESUS PANTOJA RODRIGUES - PRB 1 Secretário Vereador WANDERLEAN AUGUSTO BRANDÃO QUARESMA - PMDB 2 Secretário Vereador JOSÉ LUIZ ELIAS DE ALMEIDA - PPS 3 Secretário Vereador GLEISSON OLIVEIRA DA SILVA - PSB 4 Secretário Vereador JOSÉ MARIA DE SOUZA DINELY - PSC AMAURY DE SOUZA FILHO JOSÉ ANTONIO COELHO DA ROCHA JOSÉ CLEBER BARROS RABELO ABEL DA CRUZ LOUREIRO VEREADORES FRANCISCO ANTÔNIO GUIMARÃES ALMEIDA ELENILSON JOSE SANTOS DA SILVA MARIA EDUARDA ROCHA NASCIMENTO FERNANDO ANTONIO MARTINS CARNEIRO IGOR WANDER CENTENO NORMANDO MOACIR IRAN NASCIMENTO MORAES IVANISE COELHO GASPARIM JOSIAS DA SILVA HIGINO MARINOR JORGE BRITO MAURO CRISTIANO FREITAS MARGARIDA COSTA PARENTE BARROS MOACIR IRAN NASCIMENTO MORAES FILHO NEHEMIAS GUEDES VALENTIM ORLANDO REIS PANTOJA RAUL BATISTA DE SOUZA PAULO EDUARDO MAESTRI BENGSTON LUIZ DA CRUZ PEREIRA RILDO DE OLIVEIRA PESSOA SANDRA MARIA CAMINHA FONSECA JOSÉ ANTONIO SCAFF FILHO THIAGO ARAUJO VANDICK JOSÉ DE OLIVEIRA LIMA VICTOR HUGO MOREIRA DA CUNHA JUNIOR JOSÉ WILSON COSTA ARAUJO Nesta Edição GABINETE... Decretos, Portaria, Termos e Extrato SEMAD...Decreto SEFIN...Ata de Instalação, Portaria e Termo de Compromisso SEMEC...Portaria SEURB...Extrato SESMA...Convite, Aviso de Licitação e Resolução SESAN...Extrato SECON... Termo de Anulação SEGEP... Errata e Tornar sem Efeito SEMMA... Extrato, Resolução e Regimento Interno AGM... Portaria e Extrato IPAMB...Portaria e Ato de Reconhecimento SEMOB... Portarias e Extratos FUNPAPA...Aviso de Licitação CODEM...Extrato doe sangue. PT PMDB PSTU DEM PSOL PT do B PPS PSOL PHS PT PT PSB PSOL PSDC PSOL PC do B PSDB PSD PRB PTB PR PDT PC do B PMDB PPS PP PTB PMDB ajude a salvar muitas vidas

2 2 diário oficial quinta-feira, 17 de outubro de 2013 GABINETE DO PREFEITO DECRETO Nº /2013 PMB, 10 DE OUTUBRO DE O PREFEITO MUNICIPAL DE BELÉM, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo Artigo 94, Inciso XX, da Lei Orgânica do Município de Belém, e Considerando, a competência do Artigo 13, Inciso II, da Lei nº 7.502, de 20 de dezembro de 1990, quanto à nomeação de funcionários, DECRETA: Art. 1º - A Nomeação da servidora CYNTHIA DE MELO AMORIM CON- CEIÇÃO, para o cargo comissionado de DAS Diretora do Departamento de Administração Financeira, na Secretaria Municipal de Saúde, a contar de 17 de outubro de PALÁCIO ANTÔNIO LEMOS, 10 DE OUTUBRO DE ZENALDO RODRIGUES COUTINHO JÚNIOR Prefeito Municipal de Belém AUGUSTO CÉSAR NEVES COUTINHO Secretário Municipal de Administração MARIA SELMA ALVES DA SILVA Secretaria Municipal de Saúde, em exercício DECRETO QDD Nº /2013-PMB DE 08 DE outubro DE 2013 Altera o Quadro de Detalhamento da Despesa QDD, aprovado pelo Decreto nº /2012, de 27 de dezembro de 2012, de Unidades Orçamentárias da Administração Direta, pertencente ao Orçamento Fiscal. O PREFEITO MUNICIPAL DE BELÉM, usando das atribuições que lhe confere a lei nº 8.931, de 23 de julho de 2012, parágrafo único do art. 68. D E C R E T A: Diário Oficial do Município de Belém Art. 1º Fica alterado o Quadro de Detalhamento da Despesa - QDD, aprovado pelo Decreto nº /2012, de 27 de dezembro de 2012, em favor de Unidades Orçamentárias da Administração Direta, pertencente ao Orçamento Fiscal. Art. 2º As alterações nos elementos de Despesa, são apresentados no anexo. ZENALDO RODRIGUES COUTINHO JÚNIOR Prefeito Municipal de Belém ANEXO AO DECRETO QDD Nº /2013-PMB DE 08 DE OUTUBRO DE 2013 CÓDIGO/ESPECIFICAÇÃO GABINETE DO PREFEITO GUARDA MUNICIPAL DE BELÉM NATUREZA DA DESPESA ALTERAÇÃO DO QDD ACRÉSCIMO REAPARELHAMENTO DA GUARDA MUNICIPAL ,00 SECRETARIA MUNICIPAL DE ECONOMIA SECRETARIA MUNICIPAL DE ECONOMIA OPERACIONALIZAÇÃO DAS AÇÕES ADMINISTRATIVAS Criado em 09 de Agosto de 1958 Editado pela Secretaria Municipal de Administração SEMAD Av. Nazaré, 361 CEP Tel.: Impressão: SEMAD MATÉRIA PARA PUBLICAÇÃO: Deve ser entregue à Editoria do DOM até às 10:00 horas do dia anterior ao da publicação. O presente exemplar poderá ter caderno suplementar , ANULAÇÃO 5.000,00 RECURSOS TESOURO ,00 RECURSOS TESOURO ,00 RECURSOS TESOURO TOTAL , ,00 DECRETO QDD Nº /2013-PMB DE 17 DE outubro DE 2013 Altera o Quadro de Detalhamento da Despesa QDD, aprovado pelo Decreto nº /2012, de 27 de dezembro de 2012, da Secretaria Municipal de Urbanismo, Órgão da Administração Direta, pertencente ao Orçamento Fiscal. O PREFEITO MUNICIPAL DE BELÉM, usando das atribuições que lhe confere a lei nº 8.931, de 23 de julho de 2012, parágrafo único do art. 68. D E C R E T A: Art. 1º Fica alterado o Quadro de Detalhamento da Despesa - QDD, aprovado pelo Decreto nº /2012, de 27 de dezembro de 2012, em favor da Secretaria Municipal de Urbanismo, Órgão da Administração Direta, pertencente ao Orçamento Fiscal. Art. 2º As alterações nos elementos de Despesa, são apresentados no anexo. ZENALDO RODRIGUES COUTINHO JÚNIOR Prefeito Municipal de Belém ANEXO AO DECRETO QDD Nº /2013-PMB DE 17 DE OUTUBRO DE 2013 CÓDIGO/ESPECIFICAÇÃO SECRETARIA MUNICIPAL DE URBANISMO SECRETARIA MUNICIPAL DE URBANISMO NATUREZA DA DESPESA ALTERAÇÃO DO QDD ACRÉSCIMO ANULAÇÃO URBANIZAÇÃO E MACRODRENAGEM DAS BACIAS DE BELÉM ,00 RECURSO TESOURO ,00 TOTAL , ,00 DECRETO Nº /2013-PMB DE 17 DE outubro DE 2013 Abre a Secretaria Municipal de Urbanismo, Órgão da Administração Direta, pertencente ao Orçamento Fiscal, o Crédito Suplementar com recurso proveniente de Anulação de Dotações, no valor de R$ ,00, para reforço de dotação consignada no vigente orçamento. O PREFEITO MUNICIPAL DE BELÉM, usando das atribuições que lhe são conferidas por lei e da autorização contida no art. 8º, inciso I, letra b, da lei nº 8.976, de 27 de dezembro de D E C R E T A: Art. 1º Fica aberto à Secretaria Municipal de Urbanismo, Órgão da Administração Direta, pertencente ao Orçamento Fiscal, o Crédito Suplementar com recurso proveniente de Anulação de Dotações, no valor de R$ ,00 (NOVECENTOS MIL REAIS), para reforço de Dotação Orçamentária indicada no anexo deste Decreto. Art. 2º Os recursos necessários à execução do disposto no artigo anterior decorrerão da fonte e nos montantes especificados no anexo. Art. 3º Em decorrência do disposto nos artigos precedentes, fica alterado, na forma do anexo, o Quadro de Detalhamento da Despesa aprovado pelo Decreto nº /2012-PMB, de 27 de dezembro de 2012, e atos complementares. Art. 4º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Art. 5º Revogam-se as disposições em contrário. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE BELÉM, em 17 de outubro de ZENALDO RODRIGUES COUTINHO JÚNIOR Prefeito Municipal de Belém TERESA LUSIA MÁRTIRES COELHO CATIVO ROSA Secretária Munic.de Coord.Geral do Planej.e Gestão SUELI LIMA RAMOS AZEVEDO Secretária Municipal de Finanças ANEXO AO DECRETO Nº /2013-PMB DE 17 DE OUTUBRO DE 2013 CÓDIGO/ESPECIFICAÇÃO NATUREZA DA DESPESA RECURSO SUPLEMEN- TAÇÃO ANULAÇÃO SECRETARIA MUNICIPAL DE URBANISMO SECRETARIA MUNICIPAL DE URBANISMO URBANIZAÇÃO E MACRODRENAGEM DAS BACIAS DE BELÉM , ANULAÇÃO ,00 RECURSO TESOURO REESTRUTURAÇÃO DA ORLA FLUVIAL DE BELÉM , ,00 PORTARIA Nº 812/2013 GMB/PMB. T O T A L , ,00 O INSPETOR GERAL DA GUARDA MUNICIPAL DE BELÉM, no uso de suas atribuições legais que lhe confere o Decreto nº /91-PMB, de 16 de agosto de 1991 e a Lei Ordinária nº 8.769, de 27 de setembro de 2010 e; Considerando o requisito legal de adequação dos servidores da Guarda Municipal de Belém ao porte de arma, conforme Lei nº /2003 (Estatuto do Desarmamento); Considerando o disposto no 1º do art. 6º da Lei nº , de 22 de dezembro de 2003; Considerando o art. 35 do Decreto nº 5.123, de 1º de julho de Ano LV - Nº Art. 1º Estabelecer norma para o uso de Arma de Fogo pelos Guardas Municipais de Belém.

3 Ano LV - Nº Art. 2º Em cumprimento ao Art. 35 do Decreto 5.123, fica proibido o uso da Arma de Fogo de propriedade particular em serviço. Art. 3º Fica proibido o uso da Arma de Fogo pelos Guardas Municipais de Belém que não estiverem enquadrados na Lei , de 22 de dezembro de 2003 e seus atos regulamentares; Art.4º Só poderá utilizar Arma de Fogo da Instituição fora de serviço, o servidor devidamente autorizado pelo Inspetor Geral da Guarda Municipal de Belém, através de expedição de ato próprio com eficácia após a publicação no Diário Oficial do Município. Art. 5º O Guarda Municipal, ao portar Arma de Fogo em locais públicos ou onde haja aglomeração de pessoas, deverá fazê-lo de forma discreta, visando evitar constrangimento a terceiros. Art. 6º As dúvidas quanto à aplicação desta Portaria serão dirimidas pelo Inspetor Geral da Guarda Municipal de Belém. Art. 7 - Esta portaria entrará em vigor em 07 de outubro de REGISTRE-SE, PUBLIQUE-SE E CUMPRA-SE. GUARDA MUNICIPAL DE BELÉM, 07 de outubro de CARLOS AUGUSTO SOUZA MACHADO Inspetor Geral da Guarda Municipal de Belém NÚMERO DO TERMO ADITIVO SEGUNDO CONTRATO ORIGINAL 026/2011/GMB OBJETO CONTRATO ORIGINAL: PRESTAÇÂO DE SERVIÇOS DE FORNECI- MENTO DE TICKET REFEIÇÃO EM BILHETE IM- PRESSO. VALOR DO CONTRATO ORIGINAL: R$ ,19 (DUZENTOS E CINQUEN- TA E CINCO MIL E QUARENTA E QUATRO REAIS E DEZENOVE CENTAVOS) MODALIDADE DA LICITAÇÃO: PREGÂO PRESENCIAL PARA REGISTRO DE PREÇO Nº. 121/2011. OBJETO DO ADITIVO: PRORROGAÇÃO DA VIGÊNCIA DO CONTRATO VALOR DO ADITAMENTO: R$ ,19 (DUZENTOS E CINQUENTA E CIN- CO MIL QUARENTA E QUATRO REAIS E DEZENO- VE CENTAVOS) CONFORME DEMANDA NO EXERCÍCIO DE 2013-VALOR DE R$ 2.439,15 (DOIS MIL QUATROCENTOS E TRINTA E NOVE REAIS E QUINZE CENTAVOS), QUE PODERÁ SER ALTERADO CONFORME NECESSIDADE DA AD- MINISTRAÇÃO. VIGENCIA DO ADITIVO: DE 08/010/2013 A 08/10/2014. DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: ÓRGÃO: 2.01 GABINETE DO PREFEITO/PMB UNIDADE ORÇAMENTÁRIA 26: GUARDA MUNICIPAL DE BELÉM FUNÇÃO PROGRAMÁTICA: SEGU- RANÇA PÚBLICA. SUB FUNÇÃO: 181 POLICIAMENTO. PROGRAMA: 0021 PROJETO ATIVIDADE ELEMENTO DE DESPESA: SERVIÇOS DE TERCEIROS PESSOA JURÍDICA FONTE: ORDENADOR DE DESPESA: CARLOS AUGUSTO SOUZA MACHADO - INS- PETOR GERAL DA GUARDA MUNICIPAL DE BE- LÉM. ADITIVOS ANTERIORES 1) PRIMEIRO TERMO ADITIVO VALOR: R$ ,19 DATA: 07/10/2012 A 07/10/2012 EXTRATO DO CONVENIO Nº 001/2013-RS/DPF/PA NATUREZA: OBETO: Convênio que entre si celebram a Superintendência Regional do Departamento de Polícia Federal do Estado do Pará e a Prefeitura Municipal de Belém para operacionalização do cumprimento do Art. 6º inciso III e 1º da Lei /20133 e do Art. 40 ao 44 do Decreto 5.123/04. Concessão do Porte de Arma de Fogo aos integrantes da Guarda Municipal de Belém DATA DA VIGÊNCIA: 10/10/2013 a 10/10/2018. DATA DA ASSINATURA: 10/10/2013 PARTÍCIPES: zenaldo Rodrigues Coutinho Júnior CPF nº Prefeito Municipal de Belém Valdson José Rabelo CPF nº Superintendente Regional do Departamento de Polícia Federal do Estado do Pará. TERMO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº 013/2013- GMB/PMB PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 889/2013 Considerando o que consta nos autos do Processo Administrativo nº 889/2013- GMB, restando comprovada a disponibilidade orçamentária conforme Dotação Orçamentária nº 121/2013, com fundamento no Parecer Jurídico nº 165/2013/NSJ/GMB e manifestação de conformidade da Unidade de Supervisão Setorial do Sistema de Controle Interno, AUTORIZO a com fundamento do art. 24, inciso II da Lei Federal nº 8.666/93 e legislação correlata. AUTORIZO a empresa PARÁ VEÍCULOS E IMPLE- MENTOS LTDA, inscrita no CNPJ nº / para Serviço de Revisão de Veículo Agrale (micro-ônibus) pertencente à Frota da Guarda Municipal de Belém, no valor total de R$ 712,00 (setecentos e doze reais), cuja despesa será atendida com a seguinte Dotação Orçamentária: Funcional programática: ; Natureza da despesa: Serviços de Terceiros - Pessoa Jurídica; categoria da despesa: Manutenção e Conservação de Veículos; Fonte: Conforme item, especificação abaixo discriminado. diário oficial quinta-feira, 17 de outubro de ITEM ESPECIFICAÇÕES UNID. QUANT. R$ UNIT. R$ TOTAL 1. 1ª REVISÃO DE VEÍCULO AGRALE (MICRO-ONIBUS) PERTENCENTE A FROTA DA GUARDA MUNICIPAL DE BELÉM. PLACA OFV Belém, 10 de outubro de Unid. 01 R$ 712,00 R$ 712,00 CARLOS AUGUSTO SOUZA MACHADO INSPETOR GERAL DA GUARDA MUNICIPAL DE BELÉM SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO - SEMAD DECRETO nº /2013 PMB, 10 DE OUTUBRO DE O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo Decreto nº de 16 de março de 2011, quanto à exoneração de funcionários, DECRETA: Art. 1º - A Exoneração do servidor PAULO ROBERTO ESTUMANO BEL- TRÃO, do cargo comissionado de DAS Diretora do Departamento de Administração Financeira da Secretaria Municipal de Saúde, a contar de 17 de outubro de AUGUSTO CÉSAR NEVES COUTINHO Secretário Municipal de Administração secretaria municipal de finanças - sefin COMISSÃO PERMANENTE DE PROCESSO ADMINISTRATIVO DISCI- PLINAR / PORT. Nº. 075/2013-GABS/SEFIN PROCESSO Nº /13. ATA DE INSTALAÇÃO Aos quinze dias do mês de outubro de dois mil e treze, na sede da Comissão Processante, designada pela Portaria nº. 075/13-GABS/SEFIN de 01/03/13, sito à Av. Presidente Vargas nº. 180, bairro Campina, na Secretaria Municipal de Finanças SEFIN, nesta cidade, presentes as senhoras, LUCIA HELENA HENRIQUES MESQUITA, matrícula nº , IZABEL CRISTINA FONSECA PEREIRA, matrícula nº , Economista NS. 10 e SANDRA SUELY CETRARO RAMOS, matrícula nº , Economista NS. 10, Membro, matrícula nº Economista NS-10, instalaram-se os trabalhos do presente Processo Administrativo para apurar os fatos narrados no processo nº /2013 e anexos nº /03, /04, 036/04-CRF, 033/04-CRF, /03, /04, 129/03- CRF, /03, /03, 042/04-CRF, /03, /04, 044/04-CRF, /03, /04, 038/04-CRF, /03, /04, 039/04-CRF, /03, /04, 040/04-CRF, /03, /04, 049/04-CRF, /03, /04, 033/07-CRF, /03, /07, 034/04-CRF, /03, 11658/04, 047/04- CRF, 12432/03, 11654/04, 043/04-CRF, /03, /04, 1112/05-COREF, /03, /04, 041/04/04-DCC, /03 e /04. E para constar foi lavrado o presente termo, que vai assinado pela senhora presidente e pelo membro da Comissão Permanente de Processo Administrativo Disciplinar. Belém, 15 de outubro de Lucia Helena Henriques Mesquita Presidente Izabel Cristina Fonseca Pereira Membro Sandra Suely Cetraro Ramos Membro COMISSÃO PERMANENTE DE PROCESSO ADMINISTRATIVO DISCI- PLINAR/PORTARIA Nº 075/2013-GABS/SEFIN- PROCESSO Nº /13. Portaria nº 001/2013-CPPAD, 15 de outubro de A Presidente da Comissão Permanente de Processo Administrativo Disciplinar, designada pela Portaria nº 075/13-GABS/SEFIN, de 01 de março de 2013, no uso de suas atribuições legais, Designar a servidora IZABEL CRISTINA FONSECA PEREIRA, matrícula nº , ocupante do cargo de Economista NS. 10, para exercer as funções de SECRETÁRIA, junto a esta Comissão, nos termos do art. 212, Parágrafo 1º, da Lei nº 7.502/90. Cumpra-se, Comissão Permanente de Processo Administrativo Disciplinar, 15 de outubro de Lucia Helena Henriques Mesquita Presidente da CPPAD COMISSÃO PERMANENTE DE PROCESSO ADMINISTRATIVO DISCI- PLINAR / PORTARIA Nº 075/13-GABS/SEFIN - PROCESSO Nº /13. TERMO DE COMPROMISSO Comprometo-me a exercer as funções de Secretária da Comissão Permanente de Processo Administrativo Disciplinar, designada pela Portaria nº 075/2013-GABS/SE- FIN de 01/03/13, assumindo o compromisso de bem e fielmente desempenhar o encargo que me foi confiado, obedecendo às disposições legais, imposição de sigilo, ética e demais recomendações sob estrita responsabilidade funcional.

4 4 diário oficial quinta-feira, 17 de outubro de 2013 Na oportunidade, declaro-me desimpedida e insuspeita de atuar no Processo para a função ora designada. Belém, 15 de outubro de Izabel Cristina Fonseca Pereira Matrícula nº secretaria municipal de educação - semec PORTARIA Nº 2095/2013-GABS/SEMEC A SECRETÁRIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, usando das atribuições que lhe são conferidas; Considerando o Requerimento do servidor, de 01 de novembro de 2012, lotado na Diretoria de Educação. Constante nos autos do processo nº4598/2012-semec, que justifica a apuração por meio de Processo Administrativo Disciplinar. R E S O L V E: DESIGNAR os servidores ROSA CRISTINA GIOIA SANTOS ( ), TIMNA PAULA QUEIROZ XAVIER ( ) e ANDRÉ GUIMARÃES MARTINI ( ), para em comissão, e sob a presidência do primeiro, através de Processo Administrativo Disciplinar, apurar os fatos do caso do Servidor JOSÉ PEDRO GARCIA OLIVEIRA ( ), constante nos autos do Processo nº4598/2012-semec, observando o prazo de 90 (noventa) dias para conclusão dos trabalhos a partir da instalação, podendo ser prorrogado pelo mesmo período conforme o disposto no Art. 218 da Lei nº 7.502/90-PMB. Registre-se, publique-se, cumpra-se. GABINETE DA SECRETÁRIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, 10 de outubro de Nelly Cecília Paiva Barreto da Rocha Secretária Municipal de Educação, secretaria municipal de urbanismo - seurb EXTRATO DO CONTRATO N 020/2013-SEURB PARTES: Secretaria Municipal de Urbanismo/Seurb e Locamil Serviços Ltda. EPP. OBJETO: Locação de Veículos Fixos e Eventuais. MODALIDADE: Pregão Eletrônico 022/2013-SEURB FUNDAMENTO LEGAL: Lei n.º 8.666/93 VALOR: R$18.240,00 (dezoito mil, duzentos e quarenta reais). PRAZO: 12 (doze) meses VERBA: Fonte FORO: Belém Pará Data: 27/09/2013 ASSINATURA: Secretaria Municipal de Urbanismo - Contratante Locamil Serviços Ltda. - EPP.- Contratada TORNAR SEM EFEITO TORNAR SEM EFEITO A PUBLICAÇÃO, DO EXTRATO DO CONTRATO 020/2013-SEURB PUBLICADO NO DOM EM 04/09/2013, Nº ADINALDO SOUSA DE OLIVEIRA Secretário Municipal de Urbanismo secretaria municipal de saúde - sesma CONVITE PARA REGISTRO DE PREÇOS Processo nº /2013 A Prefeitura Municipal de Belém, através da Secretaria Municipal de Saúde, Órgão Gerenciador de Sistema de Registro de Preços, nos termos do inciso I do 2 do art. 3 do Decreto Municipal n A/2005, convida os Órgãos e Entidades interessados em participar, na condição de Participante, do Registro de Preços, para aquisições futuras de contratação de empresa especializada para AQUISIÇÃO DE MATERIAL DE REDE LÓGICA, constantes no anexo I. 1 DAS RESPONSABILIDADES DOS ÓRGÃOS PARTICIPANTES 1.1 Caberá, os órgãos e entidades interessados em participar do registro de preços: manifestar seu interesse em participar do registro de preços, encaminhando ofício e documentação necessária à CPL da Secretaria Municipal de Coordenação Geral do Planejamento e Gestão SEGEP, para o endereço Av. Governador José Malcher, nº 2110 Bairro de São Braz Belém/Pará; encaminhar junto com o ofício, sua estimativa de consumo, cronograma de demandas para contratação de empresa especializada para AQUISIÇÃO DE MATE- RIAL DE REDE LÓGICA, constantes no anexo I, parte integrante deste aviso; garantir que todos os atos inerentes ao procedimento para sua inclusão no registro de preços a ser realizado estejam devidamente formalizados e aprovados pela autoridade competente; tomar conhecimento da Ata de Registro de Preços, inclusive das respectivas alterações porventura ocorridas, com o objetivo de assegurar, quando de seu uso, o correto cumprimento de suas disposições, logo após a conclusão do procedimento licitatório; indicar o gestor do contrato, ao qual caberá, as atribuições previstas no art. 67 da Lei Federal n 8.666/ DAS RESPONSABILIDADES DA SESMA 2.1 Caberá, a SESMA, órgão gerenciador do sistema de registro de preços: a prática de todos os atos de controle e administração do SRP; consolidar todas as informações relativas à estimativa individual e total de consumo; promover todos os atos necessários à instrução processual para a realização do procedimento licitatório pertinente, inclusive a documentação das justificativas nos casos em que a restrição à competição for admissível pela lei; realizar a necessária pesquisa de mercado com vistas à identificação dos valores a serem licitados; realizar todo o procedimento licitatório, bem como os atos dele decorrentes, tais como a assinatura da Ata e o encaminhamento de sua cópia aos demais órgãos participantes; gerenciar a Ata de Registro de Preços, providenciando a indicação, sempre que solicitada, dos fornecedores, para atendimento das necessidades da Administração, obedecendo à ordem de classificação e aos quantitativos de contratação definidos pelos participantes da Ata; conduzir os procedimentos relativos a eventuais renegociações dos preços registrados e à aplicação de penalidades por descumprimento do pactuado na Ata de Registro de Preços; realizar quando necessária, prévia reunião com licitantes, visando informálos das peculiaridades do SRP, e coordenar, com os órgãos participantes, a qualificação mínima dos respectivos gestores indicados. 3 DO PRAZO PARA MANIFESTAR INTERESSE EM PARTICIPAR DO SRP 3.1 A Secretaria Municipal de Coordenação Geral de Planejamento e Gestão SEGEP, estará recebendo a documentação de intenção de participar do presente registro de preços até o dia 24/10/ DAS CONSIDERAÇÕES FINAIS 4.1 A manifestação de interesse em participar do registro de preços, implicará em concordância com o objeto e condições da licitação. 4.2 O encaminhamento de documentação incompleta ou o pedido intempestivo, implicará na não inclusão do órgão no registro de preços. 5 DOS ESCLARECIMENTOS As dúvidas poderão ser dirimidas através do ou pelos telefones (91) /1921. Belém, 16 de outubro de Otávio S. Machado Baía Pregoeiro/CPL/SEGEP Portaria nº 2.799/2013 ANEXO I Relação dos Materiais Item Descrição do Produto UND. QTD. 1 Cabo de Rede, Par Trançado, CAT 5E CAIXA 2 Conector RJ45 macho CAT 5E UND 3 Conector RJ45 fêmea CAT 5E UND 4 Tomada para RJ45 fêmea de sobrepor UND 5 Canaleta 30x30 ventilada branca UND 6 Canaleta 50x 50 fechada branca UND 7 Parafuso com bucha 6mm UND 8 Parafuso com bucha 8mm UND 9 Rack de 8 us UND 10 Rack de 24 us UND 11 Parafuso e porta gaiola UND 12 Patch panel cat5e 24 portas UND 13 Tampa cega para rack 1 u UND 14 Guia de cabo 1 u UND 15 Presilha plástica 15cm PACOTE 16 Fila rotuladora brother pt65 UND 17 Cabo de Rede cat 6 (Caixa) CAIXA 18 Conector rj45 macho cat6 UND Ano LV - Nº

5 Ano LV - Nº Switch 24 portas 10/100 2 portas GB Padrões - IEEE Base-T Ethernet - IEEE 802.3u 100Base-TX Fast Ethernet - IEEE 802.3ab 1000Base-T Gigabit Ethernet - ANSI/IEEE Nway auto-negociação - IEEE 802.3x Flow Control Taxa de Transferência de Dados - Ethernet: 10Mbps (half-duplex), 20Mbps (full-duplex) - Fast Ethernet: 100Mbps (half-duplex), 200Mbps (fullduplex) - Gigabit Ethernet: 2000Mbps (full duplex) Fonte de energia - Interna, Universal VAC, 50/60 Hz Switch 24 portas 10/100/1000 GB Padrões - IEEE Base-T Ethernet - IEEE 802.3u 100Base-TX Fast Ethernet - IEEE 802.3ab 1000Base-T Gigabit Ethernet - ANSI/IEEE Nway auto-negociação - IEEE 802.3x Flow Control Taxa de Transferência de Dados - Ethernet: 10Mbps (half-duplex), 20Mbps (full-duplex) - Fast Ethernet: 100Mbps (half-duplex), 200Mbps (fullduplex) - Gigabit Ethernet: 2000Mbps (full duplex) Fonte de energia - Interna, Universal VAC, 50/60 Hz UND UND 21 Furadeira de Auto impacto UND 22 Patch cord cat5e de 1,5m UND AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO SRP N 111/2013 O Município de Belém, através da Secretaria Municipal de Saúde - SESMA, por intermédio da Comissão Permanente de Licitação CPL/SEGEP/PMB, torna público que fará realizar o certame licitatório, em referência, no dia 29/10/2013 às 09h00 (Horário de Brasília/DF) Tipo MENOR PREÇO GLOBAL (Menor Taxa de Administração). OBJETO: Registro de Preços, visando à contratação futura de pessoa jurídica especializada no Gerenciamento de Frota de Veículos, conforme as condições estabelecidas no Edital e seus Anexos. LOCAL: A abertura da sessão será efetuada no site: O Edital poderá ser adquirido no site: ou pelo site da Prefeitura Municipal de Belém: Belém/PA, 16 de outubro de Otávio S. Machado Baía Pregoeiro/CPL/SEGEP/PMB Portaria nº 2.779/2013 AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO SRP N 122/2013 A Secretaria Municipal de Saúde - SESMA, por intermédio da Comissão Permanente de Licitação CPL/SEGEP/PMB, torna público que fará realizar o certame licitatório, em referência, no dia 31/10/2013 às 10h00 (Horário de Brasília/DF) Tipo Menor Preço Global por Lote(NIVEL). OBJETO: ELABORAÇÃO DE PROJETOS BÁSICOS E EXECUTIVOS DE EDIFICAÇÕES DE NOVAS UNIDADES DE SAÚDE DO MUNICIPIO DE BELÉM para atender as necessidades da Secretaria Municipal de Saúde, conforme especificações constantes no edital e seus anexos. LOCAL: A abertura da sessão será efetuada no site: O Edital poderá ser adquirido nos sites: e pa.gov.br/licitacao. Belém/PA, 16 de outubro de Otávio S. Machado Baía Pregoeiro/CPL/SEGEP/PMB Portaria nº 2799/2013 RESOLUÇÃO nº 055/2013- CMS/BEL. Belém/Pará, 10 de Outubro de O PRESIDENTE DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE DE BELÉM - CMS/BEL, no exercício de suas atribuições legais, Considerando o estabelecido pela Lei Federal nº 8.142/1991, art. 1º, inciso II que versa sobre o caráter deliberativo do Conselho de Saúde; Considerando o Decreto Nº /2013 PMB, de 04 de outubro de 2013, que dispõe sobre a constituição do Conselho Municipal de Saúde de Belém CMS/BEL, diário oficial quinta-feira, 17 de outubro de conforme eleição realizada na IX Conferência Municipal de Saúde; Considerando a decisão do Pleno do Conselho Municipal de Saúde em sua Reunião de Posse, realizada no dia 10 de outubro de Aprovar: A Constituição da nova Mesa Diretora do Conselho Municipal de Saúde de Belém, ficando assim: Presidência: Centro Comunitário São José José Luiz Pantoja Morais; Vice-Presidência: SESMA Edson Lobato Batista; 1º Secretário: SISBEL Luiz Guilherme Tavares de Lima; 2º Secretário: Sociedade Beneficente Pequeninos de Cristo - SBPC Luis Antonio da Costa Pinheiro Junior. Dê-se Ciência e Cumpra-se: José Luiz Pantoja Morais Presidente do Conselho Municipal de Saúde de Belém CMS/BEL Homologo a Resolução CMS/BEL nº 055/2013, de 10 de outubro de 2013, nos termos Decreto /2013 PMB, de 04 de outubro de 2013 Maria Selma Alves da Silva Secretária Municipal de Saúde SESMA/SUS/Belém secretaria municipal de saneamento - sesan Extrato do Contrato nº 07/2013 Contratante: Secretaria Municipal de Saneamento Contratada: Empresa Elite Serviços de Segurança Ltda. Fundamento Legal: Modalidade Pregão Eletrônico SRP nº 009/2013, e a legislação vigente, especialmente com as Leis Federais nº /2002 e nº 8.666/1993 e, pela Lei Estadual nº 6.474/2002, pelos Decretos Estaduais nº 2.069/2006 e 967/2008, pelo Decreto Federal nº 3.555/2000 e suas alterações posteriores, pela Lei Complementar nº 123/2006, pelo Código de Defesa do Consumidor, mediante as cláusulas e condições que reciprocamente se outorgam e se obrigam. Objeto: Contratação de empresa especializada na Prestação de Serviços de Vigilância Patrimonial nas Instalações da Secretaria Municipal de Saneamento-SESAN. Valor Total Anual: R$ ,00 (Hum Milhão, quinhentos e Vinte Sete Mil Reais) Verba:- Fonte: Recursos Próprios Operacionalização das Ações Administrativas Serviços de Terceiros pj. Prazo de Vigência: 12 (doze) meses. Foro: Belém-Pa Data: Assinatura: Luiz Otávio Mota Pereira SESAN - e Leandro José Pereira Macedo Elite Serviço de Segurança Ltda. secretaria municipal de economia - secon TERMO DE ANULAÇÃO N.º 01/2013 DA CONCORRÊNCIA PÚBLICA N.º 027/2012 O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE ECONOMIA, no uso de suas atribuições legais, em cumprimento ao disposto na Lei Federal n.º de 21 de junho de 1993, e art. 3º, inciso VIII do Decreto Municipal N.º , de 14 de fevereiro de 2013, vem determinar a ANULAÇÃO da concorrência pública em epígrafe, pelos motivos abaixo expostos: Considerando a documentação contida no procedimento licitatório na modalidade Concorrência Pública, sob o n.º 027/2012, que teve como objeto a concessão de serviço público para fornecimento, instalação, manutenção e recuperação de mobiliários urbanos tipo: totens com painel de mensagens variadas (hora, data, temperatura e painel de texto), abrigos de ônibus, direcionadores de pedestres, totens com internet wi-fi, postes com placas de sinalização de logradouros públicos. Placas de sinalização de logradouros públicos afixados em muros e paredes, com permissão para exploração dos espaços publicitários nesses equipamentos e terceiros em caráter de exclusividade, realizada pela Secretaria Municipal de Economia. Considerando os pareceres de n.º 134/2013-NSAJ/SECON, 140/2013-SEMAJ que opinaram pela necessidade de anulação da presente licitação, por existência de irregularidades insanáveis. Considerando o Parecer Jurídico n.º 477/2013, que ao analisar a defesa apresentada sob o protocolo n.º 2013/ , opinou pela anulação da Concorrência Pública n.º 027/2012. Considerando ainda a Justificativa de anulação, que determinou a notificação da empresa vencedora da decisão, e a ausência de apresentação de recurso, nos termos do artigo 109, inciso I, alínea c da Lei 8.666/93. ANULAR O PROCEDIMENTO LICITATÓRIO na modalidade CONCORRÊN- CIA PÚBLICA n.º 027/2012, e o contrato n. º 024/2012, por existirem vícios insanáveis na licitação.

6 6 diário oficial quinta-feira, 17 de outubro de 2013 Ano LV - Nº Autorizo desde já a devolução do valor de R$ ,00 (duzentos e oitenta mi reais) pagos pela empresa a título de outorga. Publique-se. Cumpra-se. GABINETE DO SECRETÁRIO MUNICIPAL DE ECONOMIA, em Belém, aos dias 02 de outubro de MARCO AURÉLIO LIMA DO NASCIMENTO Secretário Municipal de Economia secret. munic. de coord. geral do planej. e gestão - segep ERRATA DO TERMO DE INEXIBILIDADE DE LICITAÇÃO PROCESSO N 180/2013-SEGEP Informamos a seguinte retificação: ONDE SE LÊ: Objeto: Publicação na Imprensa Oficial da União de aviso de licitação da Tomada de Preços nº 007/2013-SAAEB. LEIA SE: Objeto: Publicação na Imprensa Oficial da União de aviso de licitação da Tomada de Preços nº 007/2013. ONDE SE LÊ: Belém, 12 de setembro de 2013 LEIA SE: Belém, 26 de setembro de 2013 TORNAR SEM EFEITO TORNAR SEM EFEITO a publicação do extrato da ata de registro de preços nº 101/2013 SEGEP, Pregão Eletrônico n 100/SEGEP/2013, Processo n 146/2013, publicada no Diário Oficial do Município de Belém, n , do dia 15/10/2013, por publicação em data equivocada. Belém, 17 de outubro de TERESA LUSIA MÁRTIRES COELHO CATIVO ROSA Secretária Municipal de Coordenação Geral do Planejamento e Gestão secretaria municipal de meio ambiente - semma EXTRATO CONTRATO ADMINISTRATIVO. Nº017/2013- SEMMA CS BRASIL TRANSPORTES DE PASSAGEIROS E SERVIÇOS AMBIENTAIS. Partes: Objeto: Secretaria Municipal de Meio Ambiente SEMMA e a Empresa CS BRASIL TRANSPORTES DE PASSAGEI- ROS E SERVIÇOS AMBIENTAIS. O presente contrato tem por objeto A LOCAÇÃO DE VEÍCULOS FIXOS EVENTUAIS, visando o atendimento diante das necessidades do Município de Belém, para atender as necessidades da SECRETARIA MUNI- CIPAL DE MEIO AMBIENTE-SEMMA. Dotação Orçamentária: Órgão; 2.14 Unidade; 21 Função; 18 Sub. Função; 122 Programa: 0002 Projeto/Atividade; 2110 Categoria Despesa; Fonte; Fundo Financeiro: 999 Prazo: Valor Global Estimado: Fundamentação Legal: Data da Assinatura: Foro: Belém (Pará) Assinaturas: A vigência do Contrato será de 12 meses, contado a partir da data de sua assinatura, prorrogáveis nos termos da Lei 8.666/93. O Valor do presente contrato é de R$ ,44(cento e vinte e quatro mil quinhentos e cinqüenta e dois reais e quarenta e quatro centavos.) O presente Contrato será regido conformidade com o Pregão Eletrônico SRP nº 022/SEMMA/2013, e a legislação vigente, especialmente com as Leis nº /02 e nº 8.666/93, e mediante as cláusulas e condições que reciprocamente se outorgam e se obrigam. JOSÉ CLÁUDIO CARNEIRO ALVES - SECRETÁRIO MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE SEMMA. - Contratante FÁBIO ALBUQUERQUE MARQUES VELLOSO - CS BRASIL TRANSPORTES DE PASSAGEIROS E SER- VIÇOS AMBIENTAIS. - Contratado RESOLUÇÃO/CONSEMMA Nº 011, de 03 de outubro de 2013 Aprova o Regimento Interno da Câmara Técnica Municipal de Arborização de Belém CTMAB O CONSELHO MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE, no uso da atribuição que lhe confere o 60 do art. 70, do Decreto No , de 18 de abril de 2007, e do art. 11 de seu Regimento Interno. Art. 1o Fica aprovado o Regimento Interno da Câmara Técnica Municipal de Arborização de Belém CTMAB, vinculada ao Conselho Municipal de Meio Ambiente- CONSEMMA, que esta acompanha e dela passa a fazer parte integrante. Art. 2o Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. PLENÁRIO DO CONSELHO MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE, Belém, 03 de outubro de JOSÉ CLAUDIO CARNEIRO ALVES Presidente do Conselho Municipal de Meio Ambiente-CONSEMMA REGIMENTO INTERNO DA CÂMARA TÉCNICA MUNICIPAL DE ARBO- RIZAÇÃO DE BELÉM-CTMAB CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º A Câmara Técnica Municipal de Arborização de Belém CTMAB, subordinada ao Conselho Municipal de Meio Ambiente CONSEMMA, é órgão colegiado de caráter consultivo e propositivo nas questões relativas a preservação, manejo e expansão da arborização urbana no Município de Belém. Art. 2º Os órgãos da administração direta e indireta, que participaram da elaboração do Plano Municipal de Arborização Urbana de Belém PMAB poderão colaborar com a CTMAB, na consecução de seus fins. Art. 3º A CTMAB terá sua sede no prédio onde estiver instalada a Secretaria Municipal de Meio Ambiente SEMMA do Município de Belém. Art. 4º A CTMAB reger-se-á por este Regimento Interno, que consigna normas sobre sua organização e funcionamento, bem como estabelece os assuntos a ela inerentes e o exercício de suas atribuições. Parágrafo único. A CTMAB deverá obedecer, também, as normas estabelecidas no Regimento Interno do CONSEMMA. CAPÍTULO II DA COMPETÊNCIA Art. 5º Compete ao CTMAB atuar nos processos de implantação, execução, acompanhamento, avaliação e revisão do PMAB e demais assuntos relacionados à arborização urbana, cabendo-lhe ainda o seguinte: I - analisar e debater os processos de revisão do PMAB; II - apreciar as propostas de detalhamento, leis e demais instrumentos de implantação do Plano e emitir parecer a respeito de tais temas; III - acompanhar e avaliar a execução dos programas e projetos relativos à arborização urbana; IV - solicitar a promoção de conferências e audiências públicas relativas aos impactos das ações do PMAB. V - emitir parecer técnico relativo a áreas afins, conforme solicitação do CON- SEMMA. CAPÍTULO III DA COMPOSIÇÃO E DA ESTRUTURA ADMINISTRATIVA Seção I DA COMPOSIÇÃO Art. 6º A CTMAB será integrada pelos representantes dos órgãos e entidades a que se refere o art.3º da RESOLUÇÃO/CONSEMMA Nº004, de 18 de outubro de Parágrafo único. A cada membro titular da CTMAB corresponderá um suplente. Art. 7º O cargo de Presidente será exercido pelo representante da SEMMA. Parágrafo único. O Presidente será substituído, nas suas faltas e impedimentos, pelo seu suplente, e, na falta deste, pelo membro mais idoso presente à reunião. Art. 8º O mandato dos membros da CTMAB será de dois (2) anos, permitida a recondução por mais um período. 1º Perderá o mandato o membro da Câmara que: I - por qualquer motivo, desvincular-se do órgão ou entidade que representa; II - faltar a três reuniões consecutivas ou cinco reuniões intercaladas, no período de doze meses. III - apresentar seu pedido de renúncia. 2º Para a aplicação do disposto no parágrafo anterior, a SEMMA solicitará do respectivo órgão ou entidade, indicação imediata do substituto, que completará o restante do mandato. Seção II DOS MEMBROS Art. 09º Compete aos membros da CTMAB: I - comparecer às reuniões; II - debater qualquer matéria em discussão; III - apresentar relatórios e pareceres circunstanciados, dentro dos prazos fixados; IV - formular, propor, supervisionar e avaliar instrumentos e normas do PMAB; V - requerer informações, providências e esclarecimentos ao Presidente e ao Secretário Executivo do CONSEMMA; VI - propor matérias à deliberação do CONSEMMA;

7 Ano LV - Nº VII - participar das reuniões do CONSEMMA, quando convidados, sem direito a voto. CAPÍTULO IV DAS REUNIÕES Art. 10 A CTMAB se reunirá sempre que convocada por seu Presidente. Parágrafo único. As reuniões da CTMAB poderão ser realizadas em um dos órgãos integrantes da Câmara. Art. 11 A Convocação das reuniões, com respectiva pauta serão encaminhadas aos membros da CTMAB com antecedência mínima de 7 (sete) dias. Art. 12 O Presidente da CTMAB poderá convidar técnicos especializados de outros órgãos afins, para participar de suas reuniões e auxiliar na discussão de temas específicos. Art. 13 Sempre que houver matéria a ser deliberada pelo CONSEMMA, o Presidente da CTMAB escolherá um de seus membros para ser o Relator. Parágrafo único. A escolha do Relator recairá sobre membro da Câmara com conhecimentos afins com a matéria a ser deliberada. CAPÍTULO V DAS DISPOSIÇÕES FINAIS Art. 14 O Regimento Interno poderá ser alterado por proposta de qualquer membro da CTMAB, subscrita por pelo menos 3 (três) de seus membros. Parágrafo único. As alterações regimentais serão apreciadas pelo CONSEMMA e, uma vez aprovadas, serão publicadas no Diário Oficial do Município DOM em forma de resolução. Art. 15 As dúvidas de interpretação das disposições regimentais e os casos omissos serão resolvidos pelo Plenário do CONSEMMA Art. 16 Este Regimento deverá ser submetido à aprovação do CONSEMMA; e uma vez aprovado, será publicado no DOM, em forma de resolução. RESOLUÇÃO/CONSEMMA N o 012, de 03 de outubro de 2013 Aprova o Termo de Referência para o Licenciamento Ambiental de Estações Rádio Base ERB s e de Equipamentos de Telefonia Sem Fio, da Secretaria Municipal de Meio Ambiente- SEMMA O CONSELHO MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE, no uso da atribuição que lhe confere o 6 0 do art. 7 0, do Decreto N o , de 18 de abril de 2007, e do art. 11 de seu Regimento Interno. Art. 1 o Fica aprovado o Termo de Referência para o Licenciamento Ambiental de Estações Rádio Base ERB S e de Equipamentos de Telefonia Sem Fio, da Secretaria Municipal de Meio Ambiente- SEMMA, que esta acompanha e dela passa a fazer parte integrante. Art. 2 o Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. PLENÁRIO DO CONSELHO MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE, Belém, 03 de outubro de JOSÉ CLAUDIO CARNEIRO ALVES Presidente do Conselho Municipal de Meio Ambiente-CONSEMMA TERMO DE REFERÊNCIA PARA O LICENCIAMENTO AMBIENTAL DE ESTAÇÕES RÁDIO BASE ERB s E DE EQUIPAMENTOS DE TELEFONIA SEM FIO. 1. OBJETO Orientações sobre os critérios mínimos adicionais exigidos para a apresentação de EIV de projetos, que impliquem na instalação e operação de Estações de Rádio Base e de equipamentos de telefonia móvel, à Prefeitura de Belém, com fins de avaliação de sua viabilidade urbanística, social e ambiental e posterior Licenciamento Ambiental, nas suas fases de planejamento, implantação e operação (LP, LI e LO). 2. MARCO LEGAL O licenciamento ambiental foi estabelecido nacionalmente por meio da Lei Federal n 6.938, de 31 de agosto de 1981, que estabeleceu a Política Nacional de Meio Ambiente e definiu os princípios e os objetivos que norteiam a gestão ambiental. Posteriormente, a Política Nacional de Meio Ambiente instituiu o Sistema Nacional de Meio Ambiente SISNAMA e elaborou um conjunto de instrumentos os quais vêm sendo desenvolvidos e atualizados por meio de resoluções do Conselho Nacional de Meio Ambiente CONAMA, órgão também criado pela Lei Federal n 6.938/81 com poder para estabelecer normas e regulamentos. A consagração desta lei e de seus respectivos instrumentos deu se na Constituição de 1988, artigo 225, no capítulo referente à Proteção ao Meio Ambiente, que diz: Art Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao Poder Público e à coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações. Isto significa que os órgãos pertencentes ao SISNAMA, dentro de suas esferas de competência, têm a obrigação legal de fazer valer os imperativos da Política Nacional de Meio Ambiente, seus mecanismos e instrumentos. Ao encontro disso, e para exercer a gestão plena da política ambiental no municí- diário oficial quinta-feira, 17 de outubro de pio de Belém, conforme o disposto na Resolução COEMA nº 79/ a qual trata do Programa Estadual de Gestão Ambiental Compartilhada e estabelece normas de cooperação entre os Sistemas Estadual e Municipal de Meio Ambiente, definindo as atividades de impacto ambiental local para fins do exercício da competência do licenciamento ambiental municipal -, foi criada a Secretaria Municipal de Meio Ambiente-SEMMA, por meio da Lei Nº 8.233/2003, e suas alterações, nos termos do art. 6º, caput e inciso VI, da Lei Federal nº 6.938/1981, com a finalidade de definir e gerir a política municipal de meio ambiente, tendo em vista não comprometer as funções socioambientais do Município e proteger os ecossistemas no espaço territorial municipal, buscando sua conservação e, quando degradadas, sua recuperação. A mesma Lei instituiu também o Conselho Municipal de Meio Ambiente CON- SEMMA, com competência de estabelecer normas e regulamentações para a gestão da política ambiental, e o Fundo Municipal de Meio Ambiente FMMA. A política Municipal de Meio Ambiente foi estabelecida pela Lei nº 8.489/ 2005, a qual define os princípios e as diretrizes que norteiam a gestão ambiental no Município de Belém. Esta foi referendada pela Lei 8.655/ 2008 Plano Diretor do Município de Belém, no Capítulo que trata da política de infraestrutura e meio ambiente, citando seus objetivos no Art. 53, que diz: Art. 53 A Política Municipal de Meio Ambiente tem como objetivo garantir o direito da coletividade ao meio ambiente sadio e ecologicamente equilibrado, promovendo a sustentabilidade ambiental do uso do solo urbano e rural, de modo a compatibilizar a sua ocupação com as condições exigidas para a conservação, preservação e recuperação dos recursos naturais e a melhoria da condição de vida da população. Para garantir os objetivos e diretrizes das Políticas Nacional, Estadual e Municipal de Meio Ambiente, o licenciamento ambiental torna-se um instrumento capaz de formalizar o papel proativo do empreendedor, garantindo aos detentores das licenças o reconhecimento público de que suas atividades serão realizadas com a perspectiva de promover a qualidade ambiental e sua sustentabilidade. Cabe ressaltar que o licenciamento ambiental não exime o empreendedor ou responsável pela atividade da obtenção de outras licenças legalmente exigíveis, conforme determinado na Lei n 6.938/81, no seu artigo 10º, com a redação dada pela Lei n 7.804/ APLICAÇÃO Aplica-se às atividades de planejamento, projeto, construção, operação e/ou alteração de Estações Rádio Base (ERB s) e de equipamentos de Telefonia sem fio, no município de Belém. Aplica-se as estações de radiocomunicação que correspondem às estruturas físicas contendo equipamentos onde ocorre a geração ou retransmissão de ondas eletromagnéticas na faixa de frequência de 9 khz a 300 GHz. A radiocomunicação inclui serviços e segmentos tecnológicos que possam ser enquadrados como telefonia móvel celular; serviço móvel pessoal; TV; enlaces rádio ponto a ponto; sistemas de rádio para aplicações diversas (telefonia fixa, WLL, telecomandos, telemedidas, comunicação multimídia, radiodifusão AM e FM e similares). São consideradas exceções e estão isentos de licenciamento ambiental: a) As estações apenas receptoras de radiofrequências; b) As estações de uso militar, inclusive radares; c) Radares civis com o propósito de controle ou defesa do tráfego aéreo; d) Estações do serviço radioamador e do serviço rádio do cidadão, desde que atendidas as exigências do Anexo à Resolução Anatel nº 303, de 02/07/2002, ou outra que venha a substituí-la; e) Estação de radiocomunicação de uso exclusivo das polícias militar e civil, corpo de bombeiros, defesa civil, ambulâncias (pronto-socorro) e similares; f) Estações de radiocomunicação instaladas em veículos terrestres, telefones celulares, telefones sem fio, controles-remoto e aparelhos portáteis de baixa potência, comercializados legalmente como bens de consumo; g) Estações de radiocomunicação com radiação restrita em geral, que atendam às condições exigidas pela Resolução 365 da Anatel; h) Estações de radiocomunicação instaladas em aeronaves, embarcações, ou de operação itinerante, de acordo com definição da Anatel. Observação: A SEMMA poderá determinar, a qualquer momento, que qualquer estação, mesmo quando enquadradas na condição de isenta, seja avaliada para demonstração do atendimento aos limites de exposição. 4. OBJETIVOS 4.1. GERAL s Disciplinar o processo de Licenciamento Ambiental de Estações Rádio Base (ERBs) e de equipamentos de Telefonia sem fio, no município de Belém. 4.2 ESPECIFICOS s Oferecer aos empreendedores critérios e informações capazes de orientá-los na apresentação de projetos a Secretaria Municipal de Meio Ambiente para as Licenças Prévia, Instalação e Operação (LP, LI e LO) no município de Belém. s Avaliar as soluções e alternativas tecnológicas constantes no Projeto; s Analisar e avaliar os impactos gerados pelo projeto nas suas diversas fases de implementação; s Avaliar e Monitorar as medidas mitigadoras e/ou compensatórias apresentadas para os impactos identificados; s Definir parâmetros e técnicas para monitoramento dos impactos. 5. DOCUMENTOS COMPLEMENTARES A SEREM APRESENTADOS QUANDO DA SOLICITAÇÃO DA LICENÇA 5.1. LICENÇA PREVIA (LP) s Requerimento de solicitação de licença modelo SEMMA e pagamento de taxa (DAM); s Cadastro da atividade de consultoria na SEMMA. s Caracterização da cobertura vegetal (caso existente) (inventário florístico), ressaltando as formações existentes e as áreas de preservação permanente (se necessário); s Copia da publicação do requerimento da licença em jornal de grande circula-

8 8 diário oficial quinta-feira, 17 de outubro de 2013 Ano LV - Nº ção e no diário oficial do município Altura da antena em relação à torre 8.5. Indicar as distâncias de pé de torre até os limites do terreno ou unidade 5.2. LICENÇA DE INSTALAÇÃO (LI) habitacional 8.6. Indicar, através de croquis, as distâncias de todas as edificações contidas no s Requerimento de solicitação de licença modelo SEMMA e Preenchimento raio de 100m em relação à base da torre. do requerimento e pagamento de taxa (DAM); s Publicação do requerimento de Licenciamento Ambiental e Expedição da 9. Para antenas sobre Edificações: Licença Prévia em jornal de grande circulação; s Cópia da Concessão da Anatel; s Declaração da Anatel de Funcionamento da Estação de Radio Base EBR; s Apresentar Projeto de Controle Ambiental PCA, em 02 (duas) vias impressas e 01 (uma) via eletrônica contendo os seguintes itens: descrição do projeto; área total do terreno e Construída; mão de obra por setor, total dias, turnos e horário de funcionamento; Especificar o tipo de energia que vai ser utilizado (concessionária, diesel etc); Utilização de grupos geradores (especificar); Previsão de uso diário e horário de funcionamento; Consumo de diesel e outros combustíveis (estimado); Apresentar projeto com sistema de proteção acústica e vibratória para o gerador e outros equipamentos geradores de ruído e/ou vibração, Dias e horário de carga e descarga de insumos e produtos, e estimativa de veículos. s Plano de Gestão de Ruídos e Vibração PGRV (na instalação e operação) s Apresentar plano emergencial de combate a incêndio; s Apresentar licença ambiental de operação de fornecedores de matéria prima (areia, cimento, seixo e etc) durante a construção da Estação de Rádio Base e as notas fiscais de compra de material. s Apresentar contrato de locação do imóvel (cópia autenticada) s Cópia da publicação do requerimento e da concessão da licença em jornal de grande circulação e no diário oficial LICENÇA AMBIENTAL DE OPERAÇÃO (LO) s Requerimento de solicitação de licença modelo SEMMA e pagamento da taxa (DAM); s Laudo Radiométrico com a respectiva ART caso seja solicitado pela SEM- MA; s Cópia da Licença Ambiental (anterior) e notificação; s Cópia da publicação do requerimento e da concessão da licença em jornal de grande circulação e no diário oficial. s Publicação informando sobre o pedido de Licença de Operação e a expedição da Licença de Instalação e Prévia; 6. LEGISLAÇÃO FUNDAMENTAL Deverão ser cumpridas as legislações a seguir relacionadas, bem como as demais pertinentes: s Constituição Federal - Capítulo VI do Título VIII - Do Meio Ambiente. s Lei Federal nº 6.938, de 31 de agosto de s Decreto Federal nº , de 06 de junho de s Resolução CONAMA nº 237, de 19 de dezembro de s Resolução nº 274, de 5 de setembro de 2001, o Regulamento de Compartilhamento de Infraestrutura entre Prestadoras de Serviço de Telecomunicações. s Resolução ANATEL n.º 303, de 2 de julho de s Lei Municipal n.º 8233, 31 de janeiro de Capitulo I s Lei Municipal nº 8.489, de 29 de dezembro de Capítulos III Dos objetivos e IV Dos instrumentos. s Instrução Normativa n 002 de 02 de janeiro de 2008 s Decreto Federal nº 6.514, de 22 de julho de s Diretrizes da ANATEL - Agência Nacional de Telecomunicações ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ROTEIRO DE CARACTERIZAÇÃO DO EMPREENDIMENTO RCE CARACTERIZAÇÃO DOS PROJETOS DE ESTAÇÕES RÁDIO BASE - (ERBs) 9.1. Nome da Edificação 9.2. Altura da edificação e dos prédios vizinhos, no entorno de 50 (cinquenta) metros Altura da ERB em relação à edificação 9.4. Indicar o tipo de delimitação a ser utilizada (cerca; muro etc.) 9.5. Indicar a posição e altura da antena na ERB 10. Para antenas instaladas internamente (indoor) Nome do Estabelecimento Atividades desenvolvidas no Estabelecimento Laudo radiométrico ( das áreas de influência de cada antena instalada); Diagrama de radiação de cada modelo de antena instalada, indicando sua potência ERP e o número de canais Rf. (AMPS, TDMA, CDMA, GSM) que pode transmitir simultaneamente. Obs: O Laudo Radiométrico será exigido quando a estação de radiocomunicação a ser licenciada for enquadrada como de médio e grande porte, elaborado de acordo com as orientações constantes na Resolução nº. 303, de 02/07/2002, da Anatel e seu anexo, e assinado por profissional habilitado. Já o Laudo Radiométrico Teórico será exigido quando a estação de radiocomunicação a ser licenciada for enquadrada como micro ou pequeno porte, elaborado de acordo com as orientações constantes na Resolução nº. 303, de 02/07/2002, da Anatel e seu anexo, e assinado por profissional habilitado. 11. A SEMMA poderá solicitar laudo radiométrico prático para estações de micro e pequeno portes, quando julgar que existe a possibilidade de serem atingidos os limites de exposição da radiação eletromagnética. 12. Equipamentos: Relacionar as estruturas e equipamentos a serem instalados, especificando tipo, características técnicas, quantidade e capacidade de potência por equipamento; Apresentar o diagrama de radiação de cada modelo de antena instalada, indicando sua potência (ERP) e o número de canais Rf. (AMPS, TDMA, CDMA, GSM) que pode transmitir simultaneamente; Apresentar o laudo radiométrico das áreas de influência de cada antena; Especificar a freqüência a ser utilizada; Apresentar a geometria do lóbulo principal de cada antena requerida; Apresentar o nível de radiação de cada da antena. 13. Emissões Eletromagnéticas: Especificar a potência ERP irradiada pelo lóbulo principal de cada antena requerida. 14. Ruídos e Vibrações Relacionar todos os equipamentos geradores de ruído e vibração, bem como o número e características técnicas de tais equipamentos Especificar os horários e modo de funcionamento desses equipamentos Especificar o tipo de construção que circunda ou abriga tais equipamentos. 15. Data prevista para início da operação (mês/ano): 16. Nome, Função e contato (endereço, Tel. , etc.) do Responsável Técnico. 1. Razão Social da Operadora 2. Nome Fantasia da Operadora 3. Endereço completo da Operadora 4. Assinalar a modalidade pretendida para a instalação da antena: Torres/Postes/Similares Sobre Edificações Instaladas internamente (indoor) 5. Assinalar a localização da área pretendida: Zona Rural (Insular) Zona Urbana Zona de Expansão Urbana 6. Endereço completo do local pretendido para implantação da ERB (com coordenadas UTM) e o código e nomenclatura pelos quais a operadora designa o empreendimento. 7. Planta de Localização Apresentar croqui ou planta de localização da área pretendida para implantação, indicando a localização da ERB e especificando todos os usos das construções ou áreas existentes no entorno, até uma distância mínima de 100 (cem) metros. Indicar, se for o caso, a presença de residências, centro de saúde, áreas de lazer, creche, escola, etc. 8. Para Torres/Postes ou similares: 8.1. Área total do terreno (m²) 8.2. Altura da Torre/Postes ou similares 8.3. Indicar o tipo de delimitação a ser utilizada (cerca; muro etc.) AUDITORIA GERAL DO MUNICÍPIO - AGM PORTARIA Nº 12/2013 SCI/AGM, DE 08 DE OUTUBRO DE Dispõe sobre designação de servidor para Fiscalização de Contrato de Fornecimento de Água Mineral Potável. A AUDITORIA GERAL DO MUNICIPIO DE BELÉM, no uso de suas atribuições que lhe confere o art. 7º inciso I, alínea a c/c art. 8º da Lei Ordinária nº , de 04 de janeiro de 2006, e Considerando os termos do art. 67 da Lei de 21 de junho de Art. 1º DESIGNAR, a servidora RAFAELA OLIVEIRA CARNEIRO, Matricula , para fiscalizar a execução do contrato celebrado entre a Auditoria Geral do Município de Belém AGM e a empresa R M BARCELLOS - ME (Contrato nº. 005/2013-SCI/AGM), assinado em 08/10/2013, tendo como objeto o fornecimento de Água Mineral Potável para a Auditoria Geral do Município de Belém. Art. 2º Esta Portaria entra em vigor a contar de 08 de outubro de Gabinete da Auditoria Geral do Município de Belém, 08 de outubro de Sérgio de Amorim Figueiredo Auditor Geral do Município- AGM EXTRATO DO CONTRATO ADMINISTRATIVO N 005/2013 SCI AGM PARTES: AUDITORIA GERAL DO MUNICÍPIO DE BELÉM AGM E R M BARCELLOS - ME OBJETO: FORNECIMENTO DE ÁGUA MINERAL POTÁVEL MODALIDADE DA LICITAÇÃO: PREGÃO ELETRÔNICO N. 008/2013. VIGÊNCIA: 08/10/2013 A 07/10/2014.

9 Ano LV - Nº VALOR: VALOR GLOBAL DE R$-556,80 (QUINHENTOS E CINQUENTA E SEIS REAIS E OITENTA CEN- TAVOS), SENDO PARA O EXERCÍCIO DE 2013 O VALOR DE R$-139,20 (CENTO E TRINTA E NOVE REAIS E VINTE CENTAVOS). DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: ÓRGÃO: 2.01 UNIDADE ORÇAMENTÁRIA: 28 FUNÇÃO PROGRAMÁTICA: ATIVIDADE: 2110 NATUREZA DA DESPESA: FONTE: FUNDO: 999 DATA DA ASSINATURA: 08/10/2013 ORDENADOR RESPONSÁVEL: SÉRGIO DE AMORIM FIGUEIREDO - AUDI- TOR GERAL DO MUNICÍPIO DE BELÉM. FORO: COMARCA DE BELÉM, ESTADO DO PARÁ. INSTIT. DE PREVID. E ASSIST. DO MUNICÍPIO DE BELÉM - IPAMB PORTARIA Nº 1271/2013-GP/IPAMB Considerando os termos do parecer jurídico n.º 1555/2013-PJ/IPAMB, constante nos autos do processo n.º4902/2013 IPAMB. APOSENTAR a servidora SARAH MARLY MESQUITA DOS SANTOS, no cargo de médico nível DDJ,IPAMB, matrícula , de acordo com o que dispõe o artigo 3º, I, II, III da Emenda Constitucional nº 47 de c/c com o art.97, I, II, III da Lei Municipal 8.466/05, e ainda o que dispõe os art. 80 1º IX, 83 III e 125 da Lei Municipal nº 7.502/90, Lei Municipal 7952/99 art.4º 2º, com proventos integrais, a serem pagos mensalmente no valor de R$5.421,38(cinco mil quatrocentos e vinte e um reis e trinta e oito centavos), assim discriminados: PROVENTO BASE R$-1.699,49 ADICIONAL DE ESCOLARIDADE (100%) R$ 1.699,49 GRATIFICAÇÃO DE INSALUBRIDADE (20%) R$ 339,90 ADICIONAL POR TEMPO DE SERVIÇO (45%) R$-1.682,50 TOTAL DOS PROVENTOS R$ 5.421,38 SISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE BELÉM, 18 de Setembro de 2013 PORTARIA Nº 1272 /2013-GP/IPAMB A PRESIDENTE DO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA E ASSISTÊNCIA DO Considerando os termos do parecer jurídico n.º 1263/2013-PJ/IPAMB, constante nos autos do processo n.º 3957/2013 IPAMB, que conclui pelo direito ao benefício da aposentadoria; APOSENTAR, consoante o disposto no Art. 3º da Emenda Constitucional n.º 47/2005 e Art. 97 da Lei Municipal n.º 8.466/2005 a servidora MARIA DO SOCORRO RODRIGUES CALVO no cargo de AUXILIAR DE ADMINISTRAÇÃO - NÍVEL K - Matrícula nº , com proventos integrais, a serem pagos mensalmente no valor de R$ 3.372,11 (três mil, trezentos e setenta e dois reais e onze centavos), assim discriminados: VENCIMENTO-BASE R$ 1.183,19 ADICIONAL DE ESCOLARIDADE (20%) R$ 236,64 GRATIFICAÇÃO DE TEMPO INTEGRAL (50%) R$ 591,60 GRATIFICAÇÃO DE INSALUBRIDADE (20%) R$ 236,64 ADICIONAL POR TEMPO DE SERVIÇO (50%) R$ 1.124,04 TOTAL DOS PROVENTOS R$ 3.372,11 SISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE BELÉM, 18 de Setembro de 2013 PORTARIA Nº1293/2013-GP/IPAMB diário oficial quinta-feira, 17 de outubro de à percepção do benefício de pensão, atendendo aos critérios exigidos em Lei; Considerando os termos do parecer jurídico n.º 1482/2013/PJ/IPAMB, constante nos autos do processo n.º 1433/2013-PAMB (SISPREV nº P). CONCEDER o benefício de PENSÃO, por morte da servidora da PMB/SEMEC NEIDA JANIRA MARTINS DE SOUZA, ocorrida em 31/12/2012, cf. Registro de Óbito nº , Agente de Serviços Gerais, matrícula nº , a sua filha RAQUEL LAIS MARTINS DIAS, nascida em 27/05/1993, CPF nº , a partir de 12/03/2013, data do pedido administrativo, observando-se o que dispõe o Art.40, 7º, inciso II da Constituição Federal, com redação dada pela Emenda Constitucional nº 41/2003, Art. 7º, I; art. 28, II e art. 29, I, da Lei Municipal nº 8.466/05, devendo ser o pagamento mensal no valor de R$792,68 (setecentos e noventa e dois reais e sessenta e oito centavos). SISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE BELÉM, 23 de Setembro de PORTARIA Nº 1294/2013-GP/IPAMB Considerando os termos do parecer jurídico n.º 1303/2013-PJ/IPAMB, constante nos autos do processo n.º 964/2011-FUNPAPA, que conclui pelo direito ao benefício de aposentadoria, conforme solicitado; APOSENTAR POR INVALIDEZ, consoante o disposto no Art. 6º-A da Emenda Constitucional n.º 41/03 o servidor PAULO SÉRGIO TRAVASSOS DE SÁ no cargo de ASSISTENTE DE ADMINISTRAÇÃO - NÍVEL E - Matrícula n.º , com proventos proporcionais, a serem pagos mensalmente no valor de R$ 2.462,01 (dois mil, quatrocentos e sessenta e dois reais e um centavo). Composição de Proventos VENCIMENTO BASE R$ 1.453,34 ADICIONAL DE ESCOLARIDADE (60%) R$ 872,00 ADICIONAL DE CARGO EM COMISSÃO (DAI 1 100%) R$ 181,26 GRATIFICAÇÃO POR NATUREZA DE ATENDIMENTO (25%) R$ 363,33 COMPLEMENTO SALARIAL (READAPTAÇÃO DEFINTIVA) R$ 260,36 ADICIONAL POR TEMPO DE SERVIÇO (30%) R$ 939,09 REMUNERAÇÃO R$ 4.069,38 APLICAÇÃO DA PROPORCIONALIDADE (12775/7729) R$ 2.462,01 TOTAL DOS PROVENTOS R$ 2.462,01 SISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE BELÉM, 23 de Setembro de 2013 PORTARIA Nº 1295/2013-GP/IPAMB O PRESIDENTE, DO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA E ASSISTÊNCIA DO Considerando os termos do parecer jurídico n.º1450/2013-pj/ipamb, constante nos autos do processo n.º 6672/2012 SEMEC REVOGAR, a Portaria 1256/2011-GP/IPAMB de 08 de novembro de 2011; APOSENTAR, a servidora OSMARINA FARIAS DA SILVA, no cargo de AGENTE DE PORTARIA-. REF.09, do quadro efetivo, do grupo Auxiliar, matrícula , de acordo com o disposto no Art. 6º da Emenda Constitucional nº41 de e ainda o que estabelece a Lei Municipal nº 7.502/90; 63 3º art. 80 1º X, e art.125; Lei Municipal nº 8.466/05 art. 12,III, Lei Municipal 8953/12, com proventos integrais, a serem pagos mensalmente no valor de R$1.525,50 (hum mil quinhentos e vinte e cinco reais e cinqüenta centavos), assim discriminados: PROVENTO BASE R$- 678,00 GRATIFICAÇÃO DE TEMPO INTEGRAL (50%) R$ 339,00 ADICIONAL POR TEMPO DE SERVIÇO (50%) R$- 508,50 TOTAL R$- 1525,50

10 10 diário oficial quinta-feira, 17 de outubro de 2013 SISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE BELÉM, 23 de Setembro de 2013 PORTARIA Nº1296/2013-GP/IPAMB Considerando os termos do parecer jurídico n.º 1591/2013-PJ/IPAMB, constante nos autos do processo n.º 6637/2011-SESMA, que conclui pelo direito ao benefício de aposentadoria, conforme solicitado; APOSENTAR POR INVALIDEZ, consoante o disposto no Art. 6º-A da Emenda Constitucional n.º 41/03 a servidora ELZA LÚCIA TAVARES MENEZES no cargo de TÉCNICA EM ENFERMAGEM - REF Matrícula n.º , com proventos integrais, a serem pagos mensalmente no valor de R$ 2.732,34 (dois mil, setecentos e trinta e dois reais e trinta e quatro centavos). Composição de Proventos VENCIMENTO BASE R$ 678,00 ADICIONAL DE ESCOLARIDADE (60%) R$ 406,30 GRATIFICAÇÃO DE INSALUBRIDADE (20%) R$ 135,60 HPSM (100%) R$ 1.084,80 ADICIONAL POR TEMPO DE SERVIÇO (35%) R$ 427,14 TOTAL DOS PROVENTOS R$ 2.732,34 SISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE BELÉM, 23 de Setembro de 2013 PORTARIA Nº1299/2013-GP/IPAMB A PRESIDENTE DO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA E ASSISTÊNCIA DO Considerando os termos do parecer jurídico n.º 1595/2013-PJ/IPAMB, constante nos autos do processo n.º 5265/2009 SESMA, que conclui pelo direito ao benefício da aposentadoria; APOSENTAR, consoante o que dispõe o Art. 3º da Emenda Constitucional n.º 47/2005 e Art. 97 da Lei Municipal n.º 8.466/2005 a servidora ARTEMIRES DA RO- CHA RODRIGUES no cargo de TÉCNICO EM ENFERMAGEM - REF Matrícula nº , com proventos integrais, a serem pagos mensalmente no valor de R$ 2.793,36 (dois mil, trezentos e setenta e quatro reais e oito centavos), assim discriminados: VENCIMENTO-BASE R$ 678,00 ADICIONAL DE ESCOLARIDADE (60%) R$ 406,80 GRATIFICAÇÃO DE INSALUBRIDADE (20%) R$ 135,60 HPS (100%) R$ 1.084,80 ADICIONAL POR TEMPO DE SERVIÇO (40%) R$ 488,16 TOTAL DOS PROVENTOS R$ 2.793,36 SISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE BELÉM, 23 de Setembro de 2013 PORTARIA Nº 1298/2013-GP/IPAMB A PRESIDENTE DO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA E ASSISTÊNCIA DO Considerando os termos do parecer jurídico n.º 1596/2013-PJ/IPAMB constante nos autos do processo n.º 757/2010 FUNPAPA, que conclui pelo direito ao benefício da aposentadoria; Ano LV - Nº APOSENTAR, consoante o disposto no Art. 40, 1º, inciso III, alínea b c/c os 3º e 17 da Constituição Federal de 1988 com redação dada pela Emenda Constitucional n.º 41/2003 e Art. 12, inciso III, alínea b c/c o Art. 13 da Lei Municipal n.º 8.466/2005 a servidora DILCE MARIA DOS SANTOS no cargo de EDUCADOR SOCIAL - REF. FCE - Matrícula nº , com proventos proporcionais, a serem pagos mensalmente no valor de R$ 2.510,19 (dois mil, quinhentos e dez reais e dezenove centavos). SISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE BELÉM, 23 de Setembro de 2013 PORTARIA Nº 1297/2013-GP/IPAMB ao benefício de pensão, atendendo aos critérios exigidos em Lei; Considerando os termos do parecer jurídico n.º 1585/2013/PJ/IPAMB, constante nos autos do Processo n.º 5736/2013-IPAMB. (SISPREV nº P). CONCEDER o benefício de PENSÃO por morte do ex-servidor da PMB, ANTO- NIO AMORAS DIAS, ocorrida em , cf. Certidão de Óbito nº , matrícula nº , aposentado no cargo de Agente de Serviços Urbanos, conforme Portaria nº 1421/2010-GP/IPAMB, a sua esposa TEREZINHA MENDES DIAS, CPF nº , a partir da data do óbito, consoante o que dispõe o Art.40, 7º, inciso I da Constituição Federal, com redação dada pela Emenda Constitucional nº 41/2003, Art. 7º, I, art. 28, I e art. 29, I, da Lei Municipal nº 8466/2005, com o pagamento mensal no valor total de R$ 1.084,80 (um mil e oitenta e quatro reais e oitenta centavos) SISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE BELÉM, 23 de Setembro de 2013 PORTARIA Nº1300/2013-GP/IPAMB à percepção do benefício de pensão, atendendo aos critérios exigidos em Lei; Considerando o Termo de Reconhecimento nº 022/2013, de 21/06/2013 e; Considerando os termos do parecer jurídico n.º 1584/2013/PJ/IPAMB, constante nos autos do Processo n.º 5486/2012-DP-PAMB ( P- SISPREV) CONCEDER o benefício de PENSÃO, por morte do ex-servidor SANDOVAL SOUSA, ocorrida em 15/09/2012 (Cert. Óbito nº ), aposentado cf. Decreto nº03/81, de 05/01/1981, matrícula nº , a sua companheira MARIA DO CARMO AMARAL, CPF nº , a partir da data do óbito, observando-se o que dispõe o Art.40, 7º, inciso I, da Constituição Federal, com redação dada pela Emenda Constitucional nº 41/2003, Art. 7º, I, 4º;Art. 9º, II; Art. 28, I; e art. 29, I, da Lei Municipal nº 8.466/05, devendo o pagamento mensal ser equivalente a R$1.056,90 (um mil e cinquenta e seis reais e noventa centavos). SISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE BELÉM, 23 de Setembro de 2013 PORTARIA Nº1301/2013-GP/IPAMB ao benefício de pensão, atendendo aos critérios exigidos em Lei; Considerando os termos do parecer jurídico nº 1609/2013/PJ/IPAMB, constante nos autos do Processo n 6318/2013-IPAMB (SISPREV nº P). CONCEDER o benefício de PENSÃO por morte da ex-servidora desta PMB, RAIMUNDA PEREIRA DOS SANTOS, ocorrida em 31/07/2013, cf. Certidão de Óbito nº ;0 matrícula nº ; aposentada conforme Portaria nº 1159/2003-GABS/SEMAD, de 16/06/2003, a seu esposo DAMIÃO ALVES DOS SANTOS, CPF/MF nº , a partir da data do óbito, consoante o que dispõe o Art.40, 7º, inciso I da Constituição Federal, com redação dada pela Emenda Constitucional nº 41/2003, art. 7º, I, art. 28, I e art. 29, I, da Lei Municipal nº 8.466/2005, com o pagamento mensal no valor total de R$3.037,44 (três mil e trinta e sete reais e quarenta e quatro centavos). SISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE BELÉM, 23 de Setembro de 2013.

11 Ano LV - Nº PORTARIA Nº1302/2013-GP/IPAMB Considerando que os requerentes habilitaram-se através dos documentos necessários à percepção do benefício de pensão, atendendo aos critérios exigidos em Lei; Considerando os termos do parecer jurídico n.º 1587/2013-PJ/IPAMB, constante nos autos do processo n.º 5439/2013-PAMB. CONCEDER o benefício de PENSÃO, por morte da ex-servidora da PMB/ FUNPAPA MARIA ARLETE DE SOUZA PEREZA, ocorrida em 10/07/2013, cf. Registro de Óbito nº , Agente de Copa, matrícula nº , a seu esposo MANOEL DOMINGOS BRITO PUREZA, CPF/MF nº , a partir da data do óbito, observando-se o que dispõe o Art.40, 7º, inciso II da Constituição Federal, com redação dada pela Emenda Constitucional nº 41/2003, Art. 7º, inciso I; art. 28, inciso II e art. 29, I, da Lei Municipal nº 8.466/05, devendo ser o pagamento mensal atualizado no valor de R$2.446,89(dois mil, quatrocentos e quarenta e seis reais e oitenta e nove centavos). SISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE BELÉM, 23 de Setembro de PORTARIA Nº 1337/2013-GP/IPAMB Considerando os termos do parecer jurídico n.º 1616/2013-PJ/IPAMB, constante nos autos do processo n.º296/12 SEFIN. APOSENTAR a servidora CLOTILDE REBELO AMAZONAS, no cargo de AU- DITOR FISCAL NS O4 REF.30, matrícula , de acordo com o que dispõe o artigo 3º, I, II, III da Emenda Constitucional nº 47 de c/c com o art.97, I, II, III da Lei Municipal 8.466/05, e ainda o que dispõe os art. 63, 3º, 80 1º XI, 83 III, 86, e 125 da Lei Municipal nº 7.502/90, Lei Municipal 8492/2005, Lei Municipal 8385/05, com proventos integrais, a serem pagos mensalmente no valor de R$15.819,14(quinze mil oitocentos e dezenove reais e quatorze centavos), assim discriminados: PROVENTO BASE R$- 703,16 ADICIONAL DE ESCOLARIDADE (100%) R$ 703,16 GRATIFICAÇÃO DE TEMPO INTEGRAL (50%) R$ 351,58 ADICIONAL DE CARGO EM COMISSÃO (100% DAS 201.8) R$ 1.060,74 GRATIFICAÇÃO DE PRODUTIVIDADE FISCAL R$ 5.264,35 GRATIFICAÇÃO INC ATIV. FAZANEDARIAS-GIAF R$ 2.122,91 ADICIONAL POR TEMPO DE SERVIÇO (55%) R$-5.613,24 TOTAL DOS PROVENTOS R$ ,14 SISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE BELÉM, 01 de Outubro de 2013 PORTARIA Nº 1340/2013-GP/IPAMB Considerando os termos do Parecer Jurídico n.º 1479/2012-PJ/IPAMB, constante nos autos do processo n.º 2029/2011- SEMEC que conclui pelo direito ao benefício da aposentadoria; REVOGAR, a Portaria nº 1488/2012/GP/IPAMB de 01 de novembro de 2012; APOSENTAR POR INVALIDEZ, a servidora MARIA DA CONCEIÇÃO DIAS DO CARMO, Agente de Serviços Gerais, Aux 01 Ref.04, matricula , SE- MEC, consoante o que dispõe o Art.40, 1º, inciso I, da Constituição Federal de 1988, c/c Art.6º- A da Emenda Constitucional nº 41/03; com redação dada pela EC nº 70 de 29 de março de 2012, artigo 12, I e Art.14 da Lei Municipal nº 8466/05, Art. 80 1º, VII, da Lei Municipal nº7502/90, com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, a serem pagos mensalmente no valor de R$-755,48 (setecentos e cinqüenta e cinco reais e quarenta e oito centavos), assim discriminados: COMPOSIÇÃO DOS PROVENTOS VALOR PROVENTO BASE R$- 678,00 diário oficial quinta-feira, 17 de outubro de ADICIONAL POR TEMPO DE SERVIÇO(35%) R$- 237,30 TOTAL REMUNERAÇÃO R$ 915,30 PROPORCIONALIDADE (10950/9038) R$ 755,48 TOTAL DOS PROVENTOS R$- 755,48 SISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE BELÉM, 01 de Outubro de 2013 PORTARIA Nº 1345 /2013-GP/IPAMB Considerando o advento da Emenda Constitucional n. 70/2012, que instituiu novos critérios para o cálculo e a correção dos proventos de aposentadorias por invalidez, concedidas a partir de 1º de janeiro de 2004 com fulcro no inciso I do 1º do art. 40 da Constituição Federal, aos servidores que ingressaram no serviço público até 31/12/2003, incluindo-se as pensões derivadas dos proventos desses servidores; Considerando o que dispõe o Art. 2º da Emenda Constitucional N.º 70/2012; Considerando os termos do parecer n. 91/2013 CREC70/IPAMB, constante dos autos do processo n. 4575/2012 DP/IPAMB, que concluiu pelo recálculo dos proventos de aposentadoria da ex-servidora LUIS FERNANDO SILVA SANTOS com efeitos financeiros a partir da data de promulgação da Emenda Constitucional n. 70/2012; Considerando, ainda, o poder da administração de revogar seus próprios atos. REVOGAR a Portaria n. 1259/ GP/IPAMB, que aposentou o ex-servidor LUIS FERNANDO SILVA SANTOS, com efeitos a contar de , data de promulgação da Emenda Constitucional n. 70/2012. APOSENTAR, com fulcro no que dispõe o inciso I, do 1º do art. 40 da Constituição Federal, art. 6 º- A da Emenda Constitucional n. 41/2003, com redação dada pela Emenda Constitucional n. 70/2012 e art. 12, I, da Lei Municipal n /2005, o ex-servidor LUIS FERNANDO SILVA SANTOS com proventos proporcionais a serem pagos mensalmente no valor de R$ 678,00 (seiscentos e setenta e oito Reais) assim discriminados: VENCIMENTO (3569/12775) R$ 189,42 TRIÊNIO (15%) R$ 28,41 SUBTOTAL R$ 217,83 COMPLEMENTO MÍNIMO CONSTITUCIONAL R$ 460,17 TOTAL R$ 678,00. SISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE BELÉM, 01 DE OUTUBRO DE 2013 PORTARIA Nº1346/2013-GP/IPAMB Considerando o advento da Emenda Constitucional n. 70/2012, que instituiu novos critérios para o cálculo e a correção dos proventos de aposentadorias por invalidez, concedidas a partir de 1º de janeiro de 2004 com fulcro no inciso I do 1º do art. 40 da Constituição Federal, aos servidores que ingressaram no serviço público até 31/12/2003, incluindo-se as pensões derivadas dos proventos desses servidores; Considerando o que dispõe o Art. 2º da Emenda Constitucional N.º 70/2012; Considerando os termos do parecer n. 92/2013 CREC70/IPAMB, constante dos autos do processo n. 4625/2012 DP/IPAMB, que concluiu pelo recálculo dos proventos de aposentadoria da ex-servidora ROSILVA MARIA DA SILVA PINHEIRO com efeitos financeiros a partir da data de promulgação da Emenda Constitucional n. 70/2012; Considerando, ainda, o poder da administração de revogar seus próprios atos. REVOGAR a Portaria n. 0463/ GP/IPAMB, que aposentou o ex-servidor ROSILVA MARIA DA SILVA PINHEIRO, com efeitos a contar de , data de promulgação da Emenda Constitucional n. 70/2012. APOSENTAR, com fulcro no que dispõe o inciso I, do 1º do art. 40 da Constituição Federal, art. 6 º- A da Emenda Constitucional n. 41/2003, com redação dada pela Emenda Constitucional n. 70/2012 e art. 12, I, da Lei Municipal n /2005, a exservidora ROSILVA MARIA DA SILVA PINHEIRO com proventos proporcionais a serem pagos mensalmente no valor de R$ 1.134,14 (mil e cento e trinta e nove reais e catorze centavos) assim discriminados:

12 12 diário oficial quinta-feira, 17 de outubro de 2013 VENCIMENTO (4893/10950) R$ 302,96 AD. ESCOLARIDADE (60%) R$ 181,78 AD. INSALUBRIDADE (20%) R$ 60,59 HPSM (100%) R$ 484,74 TRIÊNIO (20%) R$ 109,07 TOTAL R$ 1.139,14. SISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE BELÉM, 01 DE OUTUBRO DE2013 PORTARIA N.º1348/2013-GP/IPAMB Considerando o advento da Emenda Constitucional n. 70/2012, que instituiu novos critérios para o cálculo e a correção dos proventos de aposentadorias por invalidez, concedidas a partir de 1º de janeiro de 2004 com fulcro no inciso I do 1º do art. 40 da Constituição Federal, aos servidores que ingressaram no serviço público até 31/12/2003, incluindo-se as pensões derivadas dos proventos desses servidores; Considerando o que dispõe o Art. 2º da Emenda Constitucional N.º 70/2012; Considerando os termos do parecer n. 94/2013 CREC70/IPAMB, constante dos autos do processo n. 4609/2012 DP/IPAMB, que concluiu pelo recálculo dos proventos de pensão de ROSIDALVA SANTOS CHAVES com efeitos financeiros a partir da data de promulgação da Emenda Constitucional n. 70/2012; Considerando, ainda, o poder da administração de revogar seus próprios atos. REVOGAR a Portaria n. 0045/ GP/IPAMB, que concedeu benefício de pensão por morte a ROSIDALVA SANTOS CHAVES, deixado por seu cônjuge, o exservidor aposentado OTAVIO SILVA CHAVES, com efeitos a contar de , data de promulgação da Emenda Constitucional n. 70/2012 CONCEDER, o benefício de PENSÃO por morte a ROSIDALVA SANTOS CHAVES, deixado por seu cônjuge, o ex-servidor aposentado OTAVIO SILVA CHA- VES, com fulcro no que dispõem o Art. 40, 7, inciso I, da Constituição Federal, com redação dada pela Emenda Constitucional n. 41/2003, o Art. 6 º - A da Emenda Constitucional n. 41/2003, incluído pela Emenda Constitucional n. 70/2012, o artigo 7, inciso I, e o art. 28, inciso I, da Lei Municipal n /2005, com pagamento mensal no valor total de R$ 2.258,64 (dois mil e duzentos e cinqüenta e oito reais e sessenta e quatro centavos) assim discriminados: VENCIMENTO R$ 678,00 AD. ESCOLARIDADE (20%) R$ 135,60 AD. INSALUBRIDADE R$ 135,60 GRAT. ESP. TRABALHO 2 (150%) R$ 933,00 TRIÊNIO (20%) R$ 376,44 TOTAL R$ 2.258,64. SISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE BELÉM, 18 de outubro de PORTARIA N 1349/2013-GP/IPAMB PRESIDENTE DO IPAMB Considerando o advento da Emenda Constitucional n. 70/2012, que instituiu novos critérios para o cálculo e a correção dos proventos de aposentadorias por invalidez, concedidas a partir de 1º de janeiro de 2004 com fulcro no inciso I do 1º do art. 40 da Constituição Federal, aos servidores que ingressaram no serviço público até 31/12/2003, incluindo-se as pensões derivadas dos proventos desses servidores; Considerando o que dispõe o Art. 2º da Emenda Constitucional N.º 70/2012; Considerando os termos do parecer n. 93/2013 CREC70/IPAMB, constante dos autos do processo n. 4605/2012 DP/IPAMB, que concluiu pelo recálculo dos proventos de pensão de SARAH SOUZA DA SILVA com efeitos financeiros a partir da data de promulgação da Emenda Constitucional n. 70/2012; Considerando, ainda, o poder da administração de revogar seus próprios atos. REVOGAR a Portaria n. 0059/ GP/IPAMB, que concedeu benefício de pensão por morte a SARAH SOUZA DA SILVA, deixado por sua genitora, a exservidora aposentada STELA DALVA SOUZA DA SILVA, com efeitos a contar de , data de promulgação da Emenda Constitucional n. 70/2012 Ano LV - Nº CONCEDER, o benefício de PENSÃO por morte a SARAH SOUZA DA SILVA, deixado por sua genitora, a ex-servidora aposentada STELA DALVA SOUZA DA SILVA, com fulcro no que dispõem o Art. 40, 7, inciso I, da Constituição Federal, com redação dada pela Emenda Constitucional n. 41/2003, o Art. 6 º - A da Emenda Constitucional n. 41/2003, incluído pela Emenda Constitucional n. 70/2012, o artigo 7, inciso I, e o art. 28, inciso I, art. 29, inciso I, e art. 31, da Lei Municipal n /2005, com pagamento mensal no valor total de R$ 3.514,75 (três mil e quinhentos e catorze reais e setenta e cinco centavos) assim discriminados: VENCIMENTO R$ 678,00 JORNADA AGREGADA (140%) R$ 949,20 AD. ESCOLARIDADE (60%) R$ 976,32 REGÊNCIA DE CLASSE (20%) R$ 325,44 TRIÊNIO (20%) R$ 585,79 TOTAL R$ 3.514,75. SISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE BELÉM, 018 de outubro de PORTARIA Nº 1351/2013-GP/IPAMB Considerando os termos do Parecer Jurídico n.º 1677/2013-PJ/IPAMB, constante nos autos do processo n.º 3583/2011- SEMEC que conclui pelo direito ao benefício da aposentadoria; RESOLVE : APOSENTAR POR INVALIDEZ, a servidora CRISTINA MARIA FISCHER DA ROCHA, BIOMÉDICO NM 10 REF.22, matricula , SESMA, consoante o que dispõe o Art.40, 1º, inciso I, da Constituição Federal de 1988, c/c Art.6º- A da Emenda Constitucional nº 41/03; com redação dada pela EC nº 70 de 29 de março de 2012, artigo 12, I e Art.14 da Lei Municipal nº 8466/05, Art. 80 1º, VIII, 86 E 83,III,, da Lei Municipal nº7502/90, com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, a serem pagos mensalmente no valor de R$-1.882,15 (HUM MIL OITOCENTOS E OITENTA E DOIS REAIS E QUINZE CENTAVOS), assim discriminados: COMPOSIÇÃO DOS PROVENTOS VALOR PROVENTO BASE R$- 678,00 ADICONAL DE ESCOLARIDADE (100%) R$ 678,00 ADICIONAL POR TEMPO DE SERVIÇO(40%) R$- 618,86 ADICIONAL DE CARGO EM COMISSÃO (20%) R$ 191,14 TOTAL REMUNERAÇÃO R$ 2.166,00 PROPORCIONALIDADE (10950/9515) R$ 1.882,15 TOTAL DOS PROVENTOS R$ ,15 SISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE BELÉM, 01 de Outubro de 2013 PORTARIA Nº1352/2013-GP/IPAMB ao benefício de pensão, atendendo aos critérios exigidos em Lei; Considerando os termos do parecer jurídico n.º 1652/2013/PJ/IPAMB, constante nos autos do Processo n.º 5577/2013-IPAMB. (SISPREV nº P). CONCEDER o benefício de PENSÃO por morte do ex-servidor da PMB, CAR- LOS ALBERTO DE OLIVEIRA, ocorrida em , cf. Certidão de Óbito nº , matrícula nº , Agente de Serviços Gerais, a sua esposa IRACY JARDIM DE OLIVEIRA, CPF nº , a partir da data do óbito, consoante o que dispõe o Art.40, 7º, inciso II da Constituição Federal, com redação dada pela Emenda Constitucional nº 41/2003, Art. 7º, I, art. 28, II e art. 29, I, da Lei Municipal nº 8466/2005, com o pagamento mensal no valor total de R$ 1.301,76 (hum mil, trezentos e um reais e setenta e seis centavos) SISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE BELÉM, 01 de Outubro de 2013

13 diário oficial Ano LV - Nº quinta-feira, 17 de outubro de PORTARIA Nº1353/2013-GP/IPAMB. SISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE BELÉM, 01 de Outubro de ao benefício de pensão, atendendo aos critérios exigidos em Lei; Considerando os termos do parecer jurídico n.º 1689/2013/PJ/IPAMB, constante nos autos do Processo n.º 6216/2013-IPAMB (SISPREV nº P). CONCEDER o benefício de PENSÃO por morte do ex-servidor da PMB, RAIMUNDO ALVES MORAES, ocorrida em , cf. Certidão de Óbito nº ; matrícula nº , aposentado no cargo de Auxiliar Operacional de Portaria-AOP-013.3, conforme Decreto nº /86-PMB, a sua esposa RAIMUN- DA DOS SANTOS MORAES, CPF/MF nº , a partir da data do óbito, consoante dispõe o Art.40, 7º, inciso I da Constituição Federal, com redação dada pela Emenda Constitucional nº 41/2003, Art. 7º, I, art. 28, I e art. 29, I, da Lei Municipal nº 8466/2005, com o pagamento mensal no valor total de R$1.844,16 (um mil, oitocentos e quarenta e quatro reais e dezesseis centavos). SISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE BELÉM, 01 de Outubro de PORTARIA Nº1354/2013-GP/IPAMB ao benefício de pensão, atendendo aos critérios exigidos em Lei; Considerando os termos do parecer jurídico n.º 1682/2013/PJ/IPAMB, constante nos autos do Processo n.º 4963/2013-IPAMB (SISPREV nº P). CONCEDER o benefício de PENSÃO por morte do ex-servidor da PMB, MA- NOEL GOMES, ocorrida em , cf. Certidão de Óbito nº ; matrícula nº , aposentado no cargo de Motorista, conforme Portaria nº 1623/2012-GP/IPAMB, a sua esposa ALBERTINA BONIFÁCIO GOMES, CPF/MF nº , a partir da data do óbito, consoante dispõe o Art.40, 7º, inciso I da Constituição Federal, com redação dada pela Emenda Constitucional nº 41/2003, Art. 7º, I, art. 28, I e art. 29, I, da Lei Municipal nº 8466/2005, com o pagamento mensal no valor total de R$3.378,82 (três mil, trezentos e setenta e oito reais e oitenta e dois centavos). SISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE BELÉM, 01 de Outubro de PORTARIA Nº 1355/2013-GP/IPAMB Considerando o advento da Emenda Constitucional n. 70/2012, que instituiu novos critérios para o cálculo e a correção dos proventos de aposentadorias por invalidez, concedidas a partir de 1º de janeiro de 2004 com fulcro no inciso I do 1º do art. 40 da Constituição Federal, aos servidores que ingressaram no serviço público até 31/12/2003, incluindo-se as pensões derivadas dos proventos desses servidores; Considerando o que dispõe o Art. 2º da Emenda Constitucional N.º 70/2012; Considerando os termos do parecer n. 95/2013 CREC70/IPAMB, constante dos autos do processo n. 4635/2012 DP/IPAMB, que concluiu pelo recálculo dos proventos de aposentadoria do ex-servidor SIZENANDO DE SOUZA FARIAS com efeitos financeiros a partir da data de promulgação da Emenda Constitucional n. 70/2012; Considerando, ainda, o poder da administração de revogar seus próprios atos. REVOGAR a Portaria n. 0471/ GP/IPAMB, que aposentou o ex-servidor SIZENANDO DE SOUZA FARIAS, com efeitos a contar de 29/03/2012, data de promulgação da Emenda Constitucional n. 70/2012. APOSENTAR, com fulcro no que dispõe o inciso I, do 1º do art. 40 da Constituição Federal, art. 6 º- A da Emenda Constitucional n. 41/2003, com redação dada pela Emenda Constitucional n. 70/2012 e art. 12, I, da Lei Municipal n /2005, o ex-servidor SIZENANDO DE SOUZA FARIAS com proventos integrais a serem pagos mensalmente no valor de R$ 2.039,52 (dois mil, trinta e nove reais e cinqüenta e dois centavos) assim discriminados: PORTARIA Nº1379/2013-GP/IPAMB à percepção do benefício de pensão, atendendo aos critérios exigidos em Lei; Considerando os termos do parecer jurídico n.º 1700/2013/PJ/IPAMB, constante nos autos do processo n.º 1568/2013-PAMB (SISPREV nº P.) CONCEDER o benefício de PENSÃO, por morte da servidora da PMB/SESAN MARIA ALDAIR SOUZA DE OLIVEIRA, ocorrida em 03/02/2013, cf. Registro de Óbito nº , Auxiliar de Conservação, matrícula nº , a seu filho WALLACE SOUZA DE OLIVEIRA, CPF nº , a partir da data do óbito, observando-se o que dispõe o Art.40, 7º, inciso II da Constituição Federal, com redação dada pela Emenda Constitucional nº 41/2003, Art. 7º, I; art. 28, II e art. 29, I, da Lei Municipal nº 8.466/05, devendo ser o pagamento mensal no valor de R$1.179,72 (um mil, cento e setenta e nove reais e setenta e dois centavos). SISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE BELÉM, 07 de Outubro de PORTARIA Nº1380/2013-GP/IPAMB Considerando os termos do parecer jurídico n.º 1729/2013-PJ/IPAMB, constante nos autos do processo n.º 3545/2008 SEMEC. APOSENTAR a servidora ROSA MARIA DE SOUZA PINHO no cargo de Professor com Estudos Adicionais MAG 02, REF. 15, do quadro efetivo, do grupo magistério, matrícula , de acordo com o que dispõe o artigo 6º da Emenda Constitucional nº 41 de c/c com o art.12,iii a da Lei Municipal 8.466/05, e ainda o que dispõe art.25, 37,I,IV da lei Municipal 7.528/91; art.80 1º, VIII c/c art.125 e art. 83, II da Lei Municipal nº 7.502/90,, com proventos integrais, a serem pagos mensalmente no valor de R$ 4.328,35 (QUATRO MIL TREZENTOS E VINTE E OITO REAIS E TRINTA E CINCO CENTAVOS), assim discriminados: PROVENTO BASE R$- 678,00 JORNADA AGREGADA (140%) R$ 949,20 TOTAL DA AGREGAÇÃO R$-1.627,20 ADICIONAL DE ESCOLARIDADE (60%) R$- 976,32 REGÊNCIA DE CLASSE (20%) R$- 325,44 GRATIFICAÇÃO DE MAGISTÉRIO (10%) R$ 162,72 ADICIONAL POR TEMPO DE SERVIÇO(40%) R$ ,67 TOTAL DOS PROVENTOS R$ 4.328,35 T SISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE BELÉM, 07de Outubro de 2013 PORTARIA Nº 1381/2013-GP/IPAMB Considerando os termos do parecer jurídico n.º 1728/2013-PJ/IPAMB, constante nos autos do processo n.º 2431/2007 SEMEC. VENCIMENTO R$ 839,31 GRATIFICAÇÃO DE APOIO ADMINISTRATIVO (20%) R$ 167,86 PRODUTIVIDADE (60%) R$ 503,59 TRIÊNIO (35%) R$ 528,77 TOTAL R$ 2.039,52 APOSENTAR a servidora MARIA RAIMUNDA FERREIRA SARDINHA no cargo de Professor Pedagógico MAG 01, REF. 11, do quadro efetivo, do grupo magistério, matrícula , de acordo com o que dispõe o artigo 6º da Emenda Constitucional nº 41 de c/c com o art.12,iii a da Lei Municipal 8.466/05, e ainda o que dispõe art.25, 37,I,IV,VI da lei Municipal 7.528/91; art.80 1º, VIII c/c art.125 e art. 83, II da Lei Municipal nº 7.502/90,Lei Municipal Art. 1º 2º de Lei 8487/05, com proventos integrais, a serem pagos mensalmente no valor de R$5.809,10(CINCO MIL OITOCENTOS E NOVE REAIS E DEZ CENTAVOS), assim discriminados:

14 14 diário oficial quinta-feira, 17 de outubro de 2013 PROVENTO BASE R$- 678,00 JORNADA AGREGADA (140%) R$ - 949,20 TOTAL DA AGREGAÇÃO R$-1.627,20 ADICIONAL DE ESCOLARIDADE (60%) R$- 976,32 REGÊNCIA DE CLASSE (20%) R$- 325,44 GRATIFICAÇÃO DE INCENTIVO (25%) R$ 406,80 GRATIFICAÇÃO DE INCENTIVO (40%) R$ 650,88 GRATIFICAÇÃO DE MAGISTERIO(10%) R$ 162,72 ADICIONAL POR TEMPO DE SERVIÇO(40%) R$ ,74 TOTAL DOS PROVENTOS R$ 5.809,10 SISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE BELÉM, 07 de Outubro de 2013 PORTARIA Nº 1382/2013-GP/IPAMB Considerando os termos do parecer jurídico n.º 1724/2013-PJ/IPAMB, constante nos autos do processo n.º 1049/2012 CMB. APOSENTAR o servidor DAMILTON MIRANDA DE MELO, no cargo do Grupo Nível Médio REF. A- Quadro Estável CMB, matricula nº , de acordo com o que dispõe o artigo 3º, I, II, III da Emenda Constitucional nº 47 de c/c com o art.97, I, II, III da Lei Municipal 8.466/05, e ainda o que dispõe os art. 80 1º XII, da Lei Municipal nº 7.502/90, ATO nº 447/86, 646/07e 425/08-CMB, Resolução 06/88, com proventos integrais, a serem pagos mensalmente no valor de R$3.799,74 (três mil setecentos e noventa e nove reais e setenta e quatro centavos), assim discriminados: PROVENTO BASE R$ ,54 GRATIFICAÇÃO DE NÍVEL MEDIO (60%) R$ 619,52 GRATIFICAÇÃO LEGISLATIVA (70%) R$ 722,78 ADICIONAL POR TEMPO DE SERVIÇO (60%) R$ ,90 TOTAL DOS PROVENTOS R$ 3.799,74 SISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE BELÉM, 07 de Outubro de 2013 PORTARIA Nº1383/2013-GP/IPAMB A PRESIDENTE DO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA E ASSISTÊNCIA DO Considerando os termos do parecer jurídico n.º 1745/ PJ/IPAMB constante nos autos do processo n.º 3094/2013 IPAMB, que conclui pelo direito ao benefício da aposentadoria; APOSENTAR, consoante o disposto no Art. 40, 4º, inciso III c/c os 3º e 17 da Constituição Federal com redação dada pela Emenda Constitucional n.º 41/2003 c/c o art. 1º da Lei n.º /2004 o servidor ALUISIO FERREIRA CELESTINO JÚNIOR no cargo de ODONTOLÓGO - NÍVEL DDI - Matrícula nº , com proventos integrais, a serem pagos mensalmente no valor de R$ 5.119,05 (cinco mil, cento e dezenove reais e cinco centavos), assim discriminados: SISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE BELÉM, 07 de Outubro de 2013 PORTARIA Nº1384/2013-GP/IPAMB A PRESIDENTE DO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA E ASSISTÊNCIA DO Considerando os termos do parecer jurídico n.º 1738/2013-PJ/IPAMB constante Ano LV - Nº nos autos do processo n.º 3522/2012 IPAMB, que conclui pelo direito ao benefício da aposentadoria; APOSENTAR, consoante o disposto no Art. 40, 4º, inciso III c/c os 3º e 17 da Constituição Federal com redação dada pela Emenda Constitucional n.º 41/2003 c/c o art. 1º da Lei n.º /2004 o servidor IRAIR SANTOS DE SANTANA no cargo de MÉDICO - NÍVEL DDI - Matrícula nº , com proventos integrais, a serem pagos mensalmente no valor de R$ 4.546,53 (quatro mil, quinhentos e quarenta e seis reais e cinqüenta e três centavos), assim discriminados: SISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE BELÉM, 07 de Outubro de 2013 PORTARIA Nº1385/2013-GP/IPAMB A PRESIDENTE DO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA E ASSISTÊNCIA DO Considerando os termos do parecer jurídico n.º 1719/2013-PJ/IPAMB, constante nos autos do processo n.º 070/2011 CMB, que conclui pelo direito ao benefício da aposentadoria; APOSENTAR COMPULSORIAMENTE, consoante o disposto no Art.40, 1º, inciso II c/c o 3º da Constituição Federal, com redação dada pela Emenda Constitucional nº 20/98 e art. 12, inciso II c/c o art. 95, 2º da Lei Municipal n.º 8.466/2005 o servidor ÁLVARO JORGE DOS SANTOS no cargo pertencente ao GRUPO NÍVEL SUPERIOR - REF. A - Matrícula nº , com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, a serem pagos mensalmente no valor de R$ 2.713,13 (dois mil, setecentos e treze reais e treze centavos), assim discriminados: VENCIMENTO BASE R$ 1.719,87 GRATIFICAÇÃO DE NIVEL SUPERIOR (100%) R$ 1.719,87 GRATIFICAÇÃO LEGISLATIVA (70%) R$ 1.203,91 ADICIONAL POR TEMPO DE SERVIÇO (20%) R$ 928,73 REMUNERAÇÃO R$ 5.572,38 APLICAÇÃO DA PROPORCIONALIDADE (12775/6220) R$ 2.713,13 TOTAL DOS PROVENTOS R$ 2.713,13 SISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE BELÉM, 07 de Outubro de 2013 PORTARIA Nº1386/2013-GP/IPAMB Considerando que a Requerente habilitou-se através dos documentos necessários Considerando os termos do Parecer Jurídico n.º1725/2013-pj/ipamb, constante nos autos do processo n.º2413/2012/ipamb, que conclui pelo direito ao benefício da aposentadoria; APOSENTAR, a servidora DENISE DE MELO ALVES- Médico NIVEL DDH-, matrícula , quadro efetivo IPAMB, consoante o que dispõe o Art.40, 4º, inciso III, da Constituição Federal, com redação dada pela Emenda Constitucional nº 41/03; c/c artigo 57 da Lei Federal 8213/91; mandado de Injunção nº2150/df,art.1º da Lei /2003, com proventos integrais, a serem pagos mensalmente no valor de R$-3.933,36 ( três mil novecentos e trinta e três reais e trinta e seis centavos). SISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE BELÉM, 07de Outubro de 2013 PORTARIA Nº1387/2013-GP/IPAMB ao benefício de pensão, atendendo aos critérios exigidos em Lei; Considerando os termos do parecer jurídico n.º 1708/2013/PJ/IPAMB, constante nos autos do Processo n.º 5568/2012-IPAMB. (SISPREV nº P). CONCEDER o benefício de PENSÃO por morte do ex-servidor da PMB, JORGE

15 diário oficial Ano LV - Nº quinta-feira, 17 de outubro de PAULO RODRIGUES DA SILVA, ocorrida em , cf. Certidão de Óbito nº , matrícula nº , Operador de Máquinas Pesadas/SESAN, a sua esposa VALDECI GUEDES DA SILVA, CPF nº , a partir da data do óbito, consoante o que dispõe o Art.40, 7º, inciso II da Constituição Federal, com redação dada pela Emenda Constitucional nº 41/2003, Art. 7º, I, art. 28, II e art. 29, I, da Lei Municipal nº 8466/2005, com o pagamento mensal no valor total de R$1.245,16 (hum mil, duzentos e quarenta e cinco reais e dezesseis centavos) SISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE BELÉM, 07 de Outubro de 2013 PORTARIA Nº 1339/2013-GP/IPAMB Considerando os termos do parecer jurídico n.º 1614 /2013-PJ/IPAMB, constante nos autos do processo n.º 4391/2007 SEMEC. APOSENTAR a servidora IZAÍRA SILVA MATOS no cargo de Pedagógico MAG 01, REF. 10, do quadro efetivo, do grupo magistério, matrícula , de acordo com o que dispõe o artigo 6º da Emenda Constitucional nº 41 de c/c com o art.12,iii a da Lei Municipal 8.466/05, e ainda o que dispõe art.25, 37,I,IV,39 da lei Municipal 7.528/91; art.80 1º, VIII, art.125 e art. 83, II da Lei Municipal nº 7.502/90, Decreto /98,, com proventos integrais, a serem pagos mensalmente no valor de R$4.783,97(QUATRO MIL SETECENTOS E OITENTA E TRES REAIS E NOVENTA E SETE CENTAVOS), assim discriminados: ATO DE RECONHECIMENTO Nº 072/2013 MUNICÍPIO DE BELÉM, no uso de suas atribuições normais e; Considerando o contido no artigo 7º 3º da Lei 8.466, de ; Considerando o requerido no processo nº3422/2013-ipamb; Considerando ainda, as exigências estabelecidas na Resolução 02/06 - CONDEL/ IPAMB e o que estabelece o artigo da Lei /2002. RECONHECER para os efeitos do Plano de ASSISTÊNCIA BÁSICA a SAÚDE e SOCIAL PABSS a UNIÃO ESTÁVEL entre o servidor ROSINEY DE JESUS SILVA e a senhora IRANILDE ANDRADE DA SILVA, tendo em vista o atendimento dos requisitos exigidos na RS/CONDEL/IPAMB, que estabelece critérios para a comprovação da União Estável e concessão de direitos à Assistência, mantidos por este Instituto.. Belém, 02 de Outubro de ATO DE RECONHECIMENTO Nº 073/2013 MUNICÍPIO DE BELÉM, no uso de suas atribuições normais e; Considerando o contido no artigo 7º 3º da Lei 8.466, de ; Considerando o requerido no processo nº3144/2013-ipamb; Considerando ainda, as exigências estabelecidas na Resolução 02/06 - CONDEL/ IPAMB e o que estabelece o artigo da Lei /2002. PROVENTO BASE R$- 678,00 JORNADA AGREGADA (140%) R$ - 949,20 TOTAL DA AGREGAÇÃO R$-1.627,20 ADICIONAL DE ESCOLARIDADE (60%) R$- 976,32 REGÊNCIA DE CLASSE (20%) R$- 325,44 GRATIFICAÇÃO DE INCENTIVO (20%) R$ 325,44 GRATIFICAÇÃO DE MAGISTÉRIO (10%) R$ 162,72 ADICIONAL POR TEMPO DE SERVIÇO(40%) R$ ,85 TOTAL DOS PROVENTOS R$ 4.783,97 SISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE BELÉM, 01 de Outubro de 2013 PORTARIA Nº 1338/2013-GP/IPAMB Considerando os termos do parecer jurídico n.º 1618/2013-PJ/IPAMB, constante nos autos do processo n.º3054/2008 SEMEC. APOSENTAR a servidora THELMA FEIO PEREIRA DA SILVA, no cargo de Supervisor Escolar Mag. 07 Ref.22, matrícula , de acordo com o que dispõe o artigo 3º da Emenda Constitucional nº 47 de c/c com o art.12,iii a da Lei Municipal 8.466/05, e ainda o que dispõe o art. dispõe art.25 da lei Municipal 7.528/91; art.80 1º, X c/c art.125 e art. 83, III da Lei Municipal nº 7.502/90, com proventos integrais, a serem pagos mensalmente no valor de R$7.622,33(sete mil seiscentos e vinte e dois reais e trinta e três centavos), assim discriminados: PROVENTO BASE R$- 891,50 ADICIONAL DE ESCOLARIDADE (100%) R$ ,60 HORA ESTRA TST (60%) R$ 802,35 JORNADA AGREGADA (140%) R$ 1.248,10 ADICIONAL POR TEMPO DE SERVIÇO(50%) R$ ,78 TOTAL DOS PROVENTOS R$ 7.622,33 SISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE BELÉM, 01 de Outubro de 2013 RECONHECER para os efeitos do Plano de ASSISTÊNCIA BÁSICA a SAÚDE e SOCIAL PABSS a UNIÃO ESTÁVEL entre a servidora JACIARA SIQUEIRA DE ARAGÃO e o senhor JOSÉ ROBERTO DO NASCIMENTO MESQUITA, tendo em vista o atendimento dos requisitos exigidos na RS/CONDEL/IPAMB, que estabelece critérios para a comprovação da União Estável e concessão de direitos à Assistência, mantidos por este Instituto.. Belém, 02 de Outubro de ATO DE RECONHECIMENTO Nº 074/2013 MUNICÍPIO DE BELÉM, no uso de suas atribuições normais e; Considerando o contido no artigo 7º 3º da Lei 8.466, de ; Considerando o requerido no processo nº2955/2013-ipamb; Considerando ainda, as exigências estabelecidas na Resolução 02/06 - CONDEL/ IPAMB e o que estabelece o artigo da Lei /2002. RECONHECER para os efeitos do Plano de ASSISTÊNCIA BÁSICA a SAÚDE e SOCIAL PABSS a UNIÃO ESTÁVEL entre a servidora MARIA DO SOCOR- RO FERREIRA BAPTISTA e o senhor VIANA DE OLIVEIRA ARAUJO, tendo em vista o atendimento dos requisitos exigidos na RS/CONDEL/IPAMB, que estabelece critérios para a comprovação da União Estável e concessão de direitos à Assistência, mantidos por este Instituto.. Belém, 02 de Outubro de SUPERINT. EXECUT. DE MOBILIDADE URBANA DE BELÉM - SEMOB EXTRATO DO TERCEIRO TERMO ADITIVO AO CONTRATO 022/2012 CONTRATANTE: CONTRATADA: OBJETO: VALOR: Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém - SEMOB Empresa Service Itororó Ltda. Restabelecer o Contrato Original nº 022/2012, decorrente do Pregão Eletrônico SRP Nº 059/2011-NLIC/SEDUC, retornando para 10 (dez) postos de trabalho. Global; R$ ,33 (cento e oitenta e cinco mil cento e oitenta e três reais e trinta e três centavos), mensal: R$ ,00 (vinte mil e quinhentos reais). DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: Projeto Atividade: ; Despesa: ; Fonte: FUNDAMENTO LEGAL: Art.65, 1º da Lei Federal nº 8.666/93. VIGÊNCIA: Início em 02/10/2013, encerrando com o término do Contrato Original. FORO: Belém-PA DATA DA ASSINATURA: 02/10/2013. Maisa Sales Gama Tobias Diretora-Superintendente

16 16 diário oficial quinta-feira, 17 de outubro de 2013 EXTRATO DO CONTRATON 023/2013- SeMOB CONTRATANTE: Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém CONTRATADA: SMX Comunicações LTDA-ME. OBJETO: Remoção de veículos e sucatas apreendidos e retidos do Pátio da antiga sede da SeMOB, sito à Av. Bernardo Sayão n 2072, para o Pátio da Prefeitura Municipal de Belém, sito à Rodovia do Tapanã n 1000, conforme as especificações técnicas e quantitativas. VALOR: Global; R$33.000,00 (trinta e três mil reais) DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: Projeto Atividade: ; Elemento de Despesa: ; Fonte: FUNDAMENTOLEGAL: Normas da Lei nº 8.666, de e suas alterações, Lei nº de 27/10/1999, Lei Complementar nº 123, de 12/14/2006, Decreto nº de 05/09/2002, Instrução Normativa nº 02, de 30/04/2008 da SLTI do MPOG, Decreto Municipal n / PMB e demais legislações pertinentes e pelas cláusulas e condições. VIGÊNCIA: 30 (trinta) dias, a contar da data da assinatura. FORO: Belém-PA DATADAASSINATURA: 11/10/2013. PORTARIA N /2013 SeMOB MAISA SALES GAMA TOBIAS Diretora-Superintendente A DIRETORA-SUPERINTENDENTE DA SUPERINTENDENCIA EXECUTI- VA DE MOBILIDADE URBANA DE BELÉM - SeMOB, no uso das atribuições que lhe confere o art. 6º, da Lei Nº 8.227/2002 PMB, de 30/12/2002; Considerando a necessidade de gerenciamento de Contratos e Convênios referentes às ações desenvolvidas nas áreas, administrativa e operacional desta Superintendência Municipal, conforme disposto no artigo 67 da Lei Federal n 8.666/93; I Designar a servidora desta SeMOB, Sra. ANDREA DO SOCORRO TEIXEI- RA ANDRADE FONSECA(Chefe de divisão, mat ), para ser responsável pelo acompanhamento e fiscalização do Contrato abaixo discriminado: N DO CONTRATO CONTRATADA OBJETO 023/2013 SMX COMUNICAÇÃO Serviço de remoção de veículos e sucatas apreendidos e retidos do Pátio da antiga sede da SeMOB II Esta Portaria revoga as disposições contrárias SeMOB. III Esta Portaria entra em vigência na data de sua assinatura. Registre-se, publique-se e cumpra-se. Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém- SeMOB, aos 11 dias do mês de outubro de MAISA SALES GAMA TOBIAS Diretora-Superintendente EXTRATO DO CONTRATO N 022/2013- SeMOB CONTRATANTE: Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém-SeMOB CONTRATADA: SMX Comunicação LTDA-ME OBJETO: Prestação de serviços de remoção de veículos leves e/ ou pesados, em decorrência de infração à legislação de trânsito e transporte nas vias públicas do Município de Belém, para os Pátios de GuardaDeposito de veículos indicados pela SeMOB. VALOR: Não há ônus para a SeMOB FUNDAMENTOLEGAL: Lei Federal n 8.666/93 e suas alterações posteriores, Lei n 9.503/77, no Decreto Municipal n /2013- PMB, na Lei Municipal n 9.011, de 13/05/2013. VIGÊNCIA: 12 (doze) meses contados a partir da data da assinatura do Contrato de Credenciamento. FORO: Belém-PA DATADAASSINATURA: 11/10/2013. PORTARIA N /2013 SeMOB MAISA SALES GAMA TOBIAS Diretora-Superintendente A DIRETORA-SUPERINTENDENTE DA SUPERINTENDENCIA EXECUTI- VA DE MOBILIDADE URBANA DE BELÉM - SeMOB, no uso das atribuições que lhe confere o art. 6º, da Lei Nº 8.227/2002 PMB, de 30/12/2002; Considerando a necessidade de gerenciamento de Contratos e Convênios referentes às ações desenvolvidas nas áreas, administrativa e operacional desta Superintendência Municipal, conforme disposto no artigo 67 da Lei Federal n 8.666/93; I Designar a servidora desta SeMOB, Sra. ANDREA DO SOCORRO TEIXEI- RA ANDRADE FONSECA (Chefe de Divisão, mat ), para ser responsável pelo acompanhamento e fiscalização do Contrato abaixo discriminado: N DO CONTRATO CONTRATADA OBJETO 22/2013 SMX LTDA ME Prestação de serviços de remoção de veículos leves e/ou pesados. II Esta Portaria revoga as disposições contrárias SeMOB. Ano LV - Nº III Esta Portaria entra em vigência na data de sua assinatura. Registre-se, publique-se e cumpra-se. SUPERINTENDÊNCIA EXECUTIVA DE MOBILIDADE URBANA DE BE- LEM - SeMOB, aos 16 dias do mês de Setembro de MAISA SALES GAMA TOBIAS Diretora-Superintendente fundação papa joão xxiii - funpapa AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO SRP N 121/2013 A Fundação Papa João XXIII - FUNPAPA, por intermédio da Comissão Permanente de Licitação CPL/SEGEP/PMB, torna público que fará realizar o certame licitatório, em referência, no dia 30/10/2013 às 10h00 (Horário de Brasília/DF) Tipo Menor Preço por Item. OBJETO: AQUISIÇÃO DE MATERIAL DE HIGIENE PESSOAL para atender as necessidades da Fundação Papa João XXIII - FUNPAPA, conforme especificações constantes no edital e seus anexos. LOCAL: A abertura da sessão será efetuada no site: O Edital poderá ser adquirido nos sites: e pa.gov.br/licitacao. Belém/PA, 16 de outubro de Otávio S. Machado Baía Pregoeiro/CPL/SEGEP/PMB Portaria nº 2799/2013 COMP. DE DESENV. E ADMIN. DA ÁREA METROP. DE BELÉM - CODEM EXTRATO DO 3.º TERMO ADITIVO AO CONVÊNIO N.º 01/2011-CODEM PARTES: CONCEDENTE: CODEM COMPANHIA DE DE- SENVOLVIMENTO E ADMINISTRAÇÃO DA ÁREA METROPOLITANA DE BELÉM CONVENENTE: CENTRO DE INTEGRAÇÃO EM- PRESA ESCOLA - CIEE FUNDAMENTO LEGAL: Processo Administrativo n. 2013/ , de CODEM Este aditivo tem por fundamento legal a cláusula oitava do Convênio; a justificativa; a Decisão da Diretoria Executiva n.º ; a Lei 8.666/93 e suas alterações e OBJETO: demais normas no que couber. ADIÇÃO À CLÁUSULA PRIMEIRA DO CONVÊNIO N.º 1/2011 O Ministério do Trabalho e Emprego através da Notificação N.º 288/2013, de 10/06/2013, demonstrou a necessidade de contratação de 01 (um) aprendiz PCD para preenchimento da cota de 2% do total de empregados da CODEM, nos moldes exigidos pela legislação trabalhista. A cláusula primeira do Convênio n.º 1/2011-CODEM fica acrescida do parágrafo quarto com a seguinte redação: 4.º - A Unidade Concedente de aprendizagem contratará 01(um) aprendiz PCD, totalizando, um quantitativo de quatro aprendizes, dentro do prazo do convênio que se estende até ALTERAÇÃO DO VALOR MENSAL E GOLBAL: O valor da contribuição institucional individual permanecerá em R$ 138,34 (cento e trinta e oito reais e trinta e quatro centavos), por quatro aprendizes, dentro da cota legal de contingência da CO- DEM, proporcional aos seus empregados, será mensal de R$ 553,36 (quinhentos e cinquenta e três reais e trinta e seis centavos), ficando o valor total do convênio em R$ 6.225,30 (seis mil, duzentos e vinte e cinco reais e trinta centavos). DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: Os recursos orçamentários para pagamento deste aditivo estão alocados na seguinte dotação orçamentária: projeto/atividade; 2110-operacionalização das ações administrativas; categoria despesa; outros serviços de terceiros - pessoa jurídica; fonte: 0294-ordinário; fundo financeiro: 999-aplicações gerais. Quanto à dotação orçamentária, para o próximo exercício, esta correrá no elemento de despesas , tarefa outros serviços de Terceiros PJ, fonte , quando da aprovação do orçamento da CODEM para o exercício financeiro de FORO: Belém-PA DATA DO ADITIVO: ASSINATURA DO ORDENADOR DE DESPESA E DA EMPRESA CONVENEN- TE: ROSA MARIA CHAVES DA CUNHA E SOUZA - UNIDADE CONCEDENTE DE APRENDIZAGEM GIULIANO DE JESUS DOS SANTOS PINTO - CON- VENENTE

DIÁRIO OFICIAL EDIÇÃO Nº 030224 de 30/06/2004

DIÁRIO OFICIAL EDIÇÃO Nº 030224 de 30/06/2004 DIÁRIO OFICIAL EDIÇÃO Nº 030224 de 30/06/2004 GABINETE DO GOVERNADOR D E C R E T O Nº 1.093, DE 29 DE JUNHO DE 2004 Institui, no âmbito da Administração Pública Estadual, o Sistema de Registro de Preços

Leia mais

Estado de Mato Grosso do Sul A Pequena Cativante LEI N.º 1.265/2003 CAPÍTULO I

Estado de Mato Grosso do Sul A Pequena Cativante LEI N.º 1.265/2003 CAPÍTULO I LEI N.º 1.265/2003 Dispõe sobre a instalação de estações transmissoras de rádio, televisão, telefonia celular, telecomunicações em geral e outras antenas transmissoras de radiação eletromagnética no Município

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO DECRETA:

CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO DECRETA: 2001 N Despacho PROJETO DE LEI N 503/2001 DISPÕE SOBRE A INSTALAÇÃO DE ESTAÇÕES RÁDIO BASE (ERBs) E DE EQUIPAMENTOS DE TELEFONIA SEM FIO NO MUNICÍPIO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. Autor: Vereador GUARANÁ A

Leia mais

Imprensa Eletrônica. Caderno 02: CONTAS PÚBLICAS

Imprensa Eletrônica. Caderno 02: CONTAS PÚBLICAS Neste veiculo podem ser lidos todos os atos oficiais do Prefeitura de Conceição do Almeida-BA ano vi edição extraordinária Documento assinado digitalmente conforme MP no- 2.200-2 de 24/08/2001, que institui

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 3.931, DE 19 DE SETEMBRO DE 2001. Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21

Leia mais

PORTARIA Nº 4773, DE 05 DE OUTUBRO DE 2004 RESOLVE:

PORTARIA Nº 4773, DE 05 DE OUTUBRO DE 2004 RESOLVE: PORTARIA Nº 4773, DE 05 DE OUTUBRO DE 2004 A Diretora Geral do CENTRO DE RECURSOS AMBIENTAIS CRA, no exercício da competência que lhe foi delegada pela Lei Estadual nº 7.799/01, regulamentada pelo Decreto

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 4.680, DE 30 DE NOVEMBRO DE 2010

LEI MUNICIPAL Nº 4.680, DE 30 DE NOVEMBRO DE 2010 LEI MUNICIPAL Nº 4.680, DE 30 DE NOVEMBRO DE 2010 DISPÕE SOBRE A INSTALAÇÃO DE ESTAÇÕES RÁDIO-BASE - ERB S, MINI - ERBS, TORRES, SISTEMAS DE RÁDIO-TRANSMISSÃO E EQUIPAMENTOS AFINS NO MUNICÍPIO DE TAQUARA

Leia mais

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA LEI Nº 11.934, DE 5 DE MAIO DE 2009. Dispõe sobre limites à exposição humana a campos elétricos, magnéticos e eletromagnéticos; Mensagem de veto altera a Lei n o 4.771, de 15 de setembro de 1965; e dá

Leia mais

Cadastro Organizacional/PMS CMI/SETAD CONSELHO MUNICIPAL DO IDOSO - CMI

Cadastro Organizacional/PMS CMI/SETAD CONSELHO MUNICIPAL DO IDOSO - CMI CONSELHO MUNICIPAL DO IDOSO Órgão/Sigla: Natureza Jurídica: Vinculação: Finalidade: CONSELHO MUNICIPAL DO IDOSO - CMI ÓRGÃO COLEGIADO SECRETARIA MUNICIPAL DO TRABALHO, ASSISTÊNCIA SOCIAL E DIREITOS DO

Leia mais

DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015.

DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015. DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015. EMENTA: Regulamenta o Sistema de Registro de Preços SRP previsto no art. 15 da Lei nº 8.666/93, no âmbito do Município de Central Bahia. O PREFEITO DO MUNICÍPIO

Leia mais

Faço saber que a Câmara Municipal de Mangueirinha, Estado do Paraná aprovou e eu, ALBARI GUIMORVAM FONSECA DOS SANTOS, sanciono a seguinte lei:

Faço saber que a Câmara Municipal de Mangueirinha, Estado do Paraná aprovou e eu, ALBARI GUIMORVAM FONSECA DOS SANTOS, sanciono a seguinte lei: LEI Nº 1580/2010 Dá nova nomenclatura a Conferência, ao Conselho e ao Fundo Municipal de Assistência ao Idoso criado pela Lei nº 1269/2004 e dá outras providencias. Faço saber que a Câmara Municipal de

Leia mais

DIÁRIO OFICIAL PREFEITURA MUNICIPAL DE ARAPONGAS. www.arapongas.pr.gov.br/diario.php ANO: VII Nº: 1578 PÁG: 01 ATOS DO PODER EXECUTIVO

DIÁRIO OFICIAL PREFEITURA MUNICIPAL DE ARAPONGAS. www.arapongas.pr.gov.br/diario.php ANO: VII Nº: 1578 PÁG: 01 ATOS DO PODER EXECUTIVO De Acordo com a Lei 3.465 de 19 de Dezembro de 2007 DIÁRIO OFICIAL PREFEITURA MUNICIPAL DE ARAPONGAS QUINTA-FEIRA - 17/12/2015 PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ARAPONGAS - PR AVISO DE LICITAÇÃO EDITAL DE PREGÃO

Leia mais

DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

DAS DISPOSIÇÕES GERAIS ANEXO À RESOLUÇÃO Nº 490, DE 24 DE JANEIRO DE 2008 REGULAMENTO DE CONSELHO DE USUÁRIOS DO STFC CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º Este Regulamento estabelece as regras básicas para implantação,

Leia mais

SEMANÁRIO OFICIAL ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO

SEMANÁRIO OFICIAL ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO Semanário Oficial Nº 2.400 Campina Grande, 09 a 13 de Fevereiro de 2015 Pág. 1 SEMANÁRIO OFICIAL ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO Lei Municipal nº. 04

Leia mais

Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993.

Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993. DECRETO N.º 7.892, DE 23 DE JANEIRO DE 2013. Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993. A PRESIDENTA DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE ACOMPANHAMENTO E CONTROLE SOCIAL DO FUNDO DE MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO FUNDAMENTAL E DE VALORIZÃO DO MAGISTÉRIO.

CONSELHO MUNICIPAL DE ACOMPANHAMENTO E CONTROLE SOCIAL DO FUNDO DE MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO FUNDAMENTAL E DE VALORIZÃO DO MAGISTÉRIO. Estado do Rio Grande do Norte Município de Mossoró CONSELHO MUNICIPAL DE ACOMPANHAMENTO E CONTROLE SOCIAL DO FUNDO DE MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO FUNDAMENTAL E DE VALORIZÃO DO MAGISTÉRIO. REGIMENTO

Leia mais

MENSAGEM Nº, de 2008.

MENSAGEM Nº, de 2008. MENSAGEM Nº, de 2008. = Tenho a honra de submeter à elevada consideração de Vossas Excelências o projeto de Lei anexo, que objetiva criar o Conselho Municipal Antidrogas COMAD. Um dos mais graves problemas

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE CANOAS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE CANOAS Mensagem nº 62, de 2011 Canoas, 29 de agosto de 2011. A Sua Excelência o Senhor Vereador César Augusto Ribas Moreira Presidente da Câmara Municipal de Canoas Canoas - RS Senhor Presidente, Na forma da

Leia mais

DO CONSELHO MUNICIPAL DE DIREITOS DO IDOSO. Art. 2º. Compete ao Conselho Municipal de Direitos do Idoso:

DO CONSELHO MUNICIPAL DE DIREITOS DO IDOSO. Art. 2º. Compete ao Conselho Municipal de Direitos do Idoso: PROJETO DE LEI Nº 2.093/09, de 30 de junho de 2.009 Dispõe sobre criação do Conselho Municipal de Direitos do Idoso e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE GOIATUBA, Estado de Goiás, faz saber

Leia mais

Diário Oficial. do Município de Belém. Cuida Belém, Cuide também. Não jogue lixo na rua. doe sangue. Nesta Edição. ajude a salvar muitas vidas

Diário Oficial. do Município de Belém. Cuida Belém, Cuide também. Não jogue lixo na rua. doe sangue. Nesta Edição. ajude a salvar muitas vidas Diário Oficial do Município de Belém Segunda - feira, 31 de Março de 2014 Belém-Pará-Ano LV - Nº 12.541 REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL-ESTADO DO PARÁ CÂMARA MUNICIPAL DE BELÉM CMB PREFEITURA MUNICIPAL

Leia mais

SEMANÁRIO OFICIAL ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO

SEMANÁRIO OFICIAL ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO Semanário Oficial Nº 2.409 Campina Grande, 13 a 17 de Abril de 2015 Pág. 1 SEMANÁRIO OFICIAL ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO Lei Municipal nº. 04 de

Leia mais

LEI Nº 1295/2014 De 12 de maio de 2014.

LEI Nº 1295/2014 De 12 de maio de 2014. CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS LEI Nº 1295/2014 De 12 de maio de 2014. DISPÕE SOBRE NORMAS GERAIS URBANÍSTICAS PARA A INSTALAÇÃO, NO MUNICÍPIO DE PIRANGUINHO DE ESTRUTURAS DE SUPORTE DAS ESTAÇÕES DE

Leia mais

COLETA SELETIVA PARA ABASTECIMENTO DO CENTRO DE TRIAGEM VISANDO CATADORES DE MATERIAIS RECICLÁVEIS

COLETA SELETIVA PARA ABASTECIMENTO DO CENTRO DE TRIAGEM VISANDO CATADORES DE MATERIAIS RECICLÁVEIS O MUNICÍPIO DE BELÉM através da Secretaria Municipal de Saneamento SESAN, mediante o apoio da Comissão Permanente de Licitações da Prefeitura Municipal designada pela Portaria nº 2041/2015 da Secretaria

Leia mais

DISPÕE SOBRE A IMPLANTAÇÃO DE ANTENAS TRANSMISSORAS/RECEPTORAS DE TELEFONIA MÓVEL CELULAR E TELEFONIA FIXA NO MUNICÍPIO DE RIBEIRÃO PRETO.

DISPÕE SOBRE A IMPLANTAÇÃO DE ANTENAS TRANSMISSORAS/RECEPTORAS DE TELEFONIA MÓVEL CELULAR E TELEFONIA FIXA NO MUNICÍPIO DE RIBEIRÃO PRETO. LEI COMPLEMENTAR Nº 1.246 de 15 DE OUTUBRO de 2.001 DISPÕE SOBRE A IMPLANTAÇÃO DE ANTENAS TRANSMISSORAS/RECEPTORAS DE TELEFONIA MÓVEL CELULAR E TELEFONIA FIXA NO MUNICÍPIO DE RIBEIRÃO PRETO. Faço saber

Leia mais

LEI Nº 562/93 - DE, 22 DE NOVEMBRO 1.993. MÁRCIO CASSIANO DA SILVA, Prefeito Municipal de Jaciara, no uso de suas atribuições legais,

LEI Nº 562/93 - DE, 22 DE NOVEMBRO 1.993. MÁRCIO CASSIANO DA SILVA, Prefeito Municipal de Jaciara, no uso de suas atribuições legais, LEI Nº 562/93 - DE, 22 DE NOVEMBRO 1.993. DISPÕE SOBRE A CONSTITUIÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DO BEM ESTAR SOCIAL E CRIAÇÃO DO FUNDO MUNICIPAL A ELE VINCULADO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. MÁRCIO CASSIANO DA

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FEIRA DE SANTANA ESTADO DA BAHIA SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL CONSELHO MUNICIPAL DO IDOSO CMDI

PREFEITURA MUNICIPAL DE FEIRA DE SANTANA ESTADO DA BAHIA SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL CONSELHO MUNICIPAL DO IDOSO CMDI PREFEITURA MUNICIPAL DE FEIRA DE SANTANA ESTADO DA BAHIA SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL CONSELHO MUNICIPAL DO IDOSO CMDI (Extrato) REGIMENTO INTERNO O Conselho Municipal do Idoso de Feira

Leia mais

LEI Nº 2.998/2007 CAPÍTULO I DA COMPOSIÇÃO

LEI Nº 2.998/2007 CAPÍTULO I DA COMPOSIÇÃO LEI Nº 2.998/2007 REGULAMENTA O CONSELHO MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO URBANO - COPLAN, CRIADO NO ARTIGO 2º, DA LEI COMPLEMENTAR N.º 037/2006, DE 15 DE DEZEMBRO, QUE DISPOE SOBRE NORMAS DE

Leia mais

ESTADO DE GOIÁS MUNICÍPIO DE GABINETE DO(A) PREFEITO(A) MUNICIPAL. Decreto Municipal n --, de -- de -- de 2.013.

ESTADO DE GOIÁS MUNICÍPIO DE GABINETE DO(A) PREFEITO(A) MUNICIPAL. Decreto Municipal n --, de -- de -- de 2.013. ESTADO DE GOIÁS MUNICÍPIO DE GABINETE DO(A) PREFEITO(A) MUNICIPAL Decreto Municipal n --, de -- de -- de 2.013. Aprova o Regimento Interno do Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas COMPOD. O(A) Prefeito(a)

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DOS DIREITOS DAS MULHERES REGIMENTO INTERNO CAPITULO I DA CATEGORIA E FINALIDADE

CONSELHO NACIONAL DOS DIREITOS DAS MULHERES REGIMENTO INTERNO CAPITULO I DA CATEGORIA E FINALIDADE CONSELHO NACIONAL DOS DIREITOS DAS MULHERES REGIMENTO INTERNO CAPITULO I DA CATEGORIA E FINALIDADE Art.1º _ O Conselho Nacional dos Direitos da Mulher CNDM, é órgão colegiado de natureza consultiva e deliberativa,

Leia mais

Nº 873 - ANO VIII Quinta - feira, 17 de Setembro de 2015. Senado aprova projeto que cria compensação para Municípios geradores de energia

Nº 873 - ANO VIII Quinta - feira, 17 de Setembro de 2015. Senado aprova projeto que cria compensação para Municípios geradores de energia PREFEITURA MUNICIPAL DE ANAGÉ Nº 873 - ANO VIII Quinta - feira, 17 de Setembro de 2015 Senado aprova projeto que cria compensação para Municípios geradores de energia O plenário do Senado aprovou nesta

Leia mais

Minuta de Lei para criação do Sistema Municipal do Meio Ambiente

Minuta de Lei para criação do Sistema Municipal do Meio Ambiente Minuta de Lei para criação do Sistema Municipal do Meio Ambiente Faço saber que a Câmara Municipal de, Estado de Goiás, decreta e eu, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte Lei: Art. 1.º - Esta lei, com

Leia mais

www.viradouro.sp.gov.br www.viradouro.dioe.com.br Sexta-feira, 15 de agosto de 2014 Ano II Edição nº 251 Página 1 de 9

www.viradouro.sp.gov.br www.viradouro.dioe.com.br Sexta-feira, 15 de agosto de 2014 Ano II Edição nº 251 Página 1 de 9 Sexta-feira, 15 de agosto de 2014 Ano II Edição nº 251 Página 1 de 9 SUMÁRIO PODER EXECUTIVO DE VIRADOURO 2 Atos Oficiais 2 Licitações e Contratos 7 Secretaria de Negócios Jurídicos 7 Outros Atos 7 Secretaria

Leia mais

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE Conselho Nacional do Meio Ambiente CONAMA

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE Conselho Nacional do Meio Ambiente CONAMA MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE Conselho Nacional do Meio Ambiente CONAMA Procedência: 38ª Reunião da Câmara Técnica de Assuntos Jurídicos Data: 04 e 05 de dezembro de 2007 Processo n 02000.003674/2005-12

Leia mais

Órgão/Sigla: SISTEMA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO - SMPG SECRETARIA MUNICIPAL DE URBANISMO E TRANSPORTE - SEMUT

Órgão/Sigla: SISTEMA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO - SMPG SECRETARIA MUNICIPAL DE URBANISMO E TRANSPORTE - SEMUT Órgão/Sigla: SISTEMA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO - SMPG Natureza Jurídica: Gestão: Finalidade: ÓRGÃO COLEGIADO SECRETARIA MUNICIPAL DE URBANISMO E TRANSPORTE - SEMUT Coordenar as ações planejadas

Leia mais

DECRETO Nº 19.152, DE 29 DE SETEMBRO DE 2015.

DECRETO Nº 19.152, DE 29 DE SETEMBRO DE 2015. DECRETO Nº 19.152, DE 29 DE SETEMBRO DE 2015. Regulamenta o Fundo Especial Pró-Mobilidade (FUNPROMOB), de natureza contábil, e a alienação dos Índices Especiais Pró-Mobilidade, criados pela Lei Complementar

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO REGISTRO DE PREÇO N 109/2015-SEGEP ATA DE REGISTRO DE PREÇO N 22/SEGEP/2016

PREGÃO ELETRÔNICO REGISTRO DE PREÇO N 109/2015-SEGEP ATA DE REGISTRO DE PREÇO N 22/SEGEP/2016 SEGEP SECRETARIA MUNICIPAL DE COORDENAÇÃO GERAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO PREGÃO ELETRÔNICO REGISTRO DE PREÇO N 109/2015-SEGEP ATA DE REGISTRO DE PREÇO N 22/SEGEP/2016 Aos dezenove dias do mês de abril

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO. PORTARIA Nº CF-POR-2012/00116 de 11 de maio de 2012

PODER JUDICIÁRIO. PORTARIA Nº CF-POR-2012/00116 de 11 de maio de 2012 PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL CONSELHO DA JUSTIÇA FEDERAL PORTARIA Nº CF-POR-2012/00116 de 11 de maio de 2012 Dispõe sobre a composição, o funcionamento e as atribuições dos Comitês Gestores do Código

Leia mais

CAPÍTULO I. Do Conselho, sua Finalidade e suas Atribuições

CAPÍTULO I. Do Conselho, sua Finalidade e suas Atribuições REGIMENTO INTERNO - ANTIGO CAPÍTULO I Do Conselho, sua Finalidade e suas Atribuições Art. 1º O Conselho Municipal de Educação de Concórdia (CME), órgão deliberativo e consultivo da Administração no setor

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 9.472, DE 16 DE JULHO DE 1997. Regulamento Dispõe sobre a organização dos serviços de telecomunicações, a criação e funcionamento

Leia mais

Câmara Municipal de Uberaba O progresso passa por aqui LEI N.º 10.128

Câmara Municipal de Uberaba O progresso passa por aqui LEI N.º 10.128 LEI N.º 10.128 Reproduz em novo texto a Lei 8.339, de 12 de junho de 2002 que trata do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos das Pessoas Com Deficiência de Uberaba COMDEFU. O Povo do Município de Uberaba,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 09/2010

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 09/2010 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 09/2010 Aprova o Regimento Interno da Comissão Interna de Supervisão da Carreira dos Cargos

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE LAURENTINO CONSELHO MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE COMAM REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE

PREFEITURA MUNICIPAL DE LAURENTINO CONSELHO MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE COMAM REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE PREFEITURA MUNICIPAL DE LAURENTINO CONSELHO MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE COMAM REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE APRESENTADO PARA SER DISCUTIDO E APROVADO na reunião do Conselho CAPÍTULO

Leia mais

MUNICÍPIO DE ITAPEMIRIM CNPJ 27.174.168/0001-70

MUNICÍPIO DE ITAPEMIRIM CNPJ 27.174.168/0001-70 12 DE FEVEREIRO DE 2015 Informativo Oficial do Municipio de Itapemirim - Criado pela Lei Municipal nº 1.928/05 e Regulamentado pelo Decreto nº 2.671/05 - Ano IX - 1618 DECRETOS DECRETO Nº. 8.552 /2015

Leia mais

CAPÍTULO I OBJETO E ÁREA DE PRESTAÇÃO

CAPÍTULO I OBJETO E ÁREA DE PRESTAÇÃO TERMO DE AUTORIZAÇÃO Nº 94/2014/ORLE/SOR ANATEL TERMO DE AUTORIZAÇÃO PARA EXPLORAÇÃO DO SERVIÇO DE ACESSO CONDICIONADO, QUE ENTRE SI CELEBRAM A AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES ANATEL E TELECOMUNICACOES

Leia mais

1º - O projeto apresentado para análise incluirá os seguintes itens:

1º - O projeto apresentado para análise incluirá os seguintes itens: Lei nº 2.409, de 26 março de 2003. Estabelece critérios para instalação de Estações de Rádio-Base ERB, de microcélulas de Telefonia e equipamentos afins, dando outras providências. (Lei alterada em função

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE NEPOMUCENO

PREFEITURA MUNICIPAL DE NEPOMUCENO LEI N 495, DE 21 DE OUTUBRO DE 2014. DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DE ESPORTES E DO FUNDO MUNICIPAL DE ESPORTES E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS O Povo do Município de Nepomuceno, Minas Gerais,

Leia mais

Diário Oficial. do Município de Belém. Cuida Belém, Cuide também. Não jogue lixo na rua DOE SANGUE.

Diário Oficial. do Município de Belém. Cuida Belém, Cuide também. Não jogue lixo na rua DOE SANGUE. Diário Oficial do Município de Belém Terça - feira, 07 de Abril de 2015 Belém-Pará-Ano LVI - Nº 12.781 REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL-ESTADO DO PARÁ CÂMARA MUNICIPAL DE BELÉM CMB PREFEITURA MUNICIPAL DE

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PILÕES CNPJ: 08.148.488/0001-00 CEP: 59.5960-000

PREFEITURA MUNICIPAL DE PILÕES CNPJ: 08.148.488/0001-00 CEP: 59.5960-000 1 9 6 3 1 9 6 3 PREFEITURA MUNICIPAL DE PILÕES CNPJ: 08.148.488/0001-00 CEP: 59.5960-000 Lei nº 299/ 2008. Dispõe sobre a criação do Conselho Municipal do Idoso, do Fundo Municipal do Idoso e dá outras

Leia mais

REGIMENTO INTERNO CAPITULO I

REGIMENTO INTERNO CAPITULO I 1 Conselho Municipal do Idoso de São Caetano do Sul Lei n 4.179 de 23/10/2003. R. Heloísa Pamplona, 304 B. Fundação CEP 09520-310 São Caetano do Sul/SP. cmi@saocaetanodosul.sp.gov.br REGIMENTO INTERNO

Leia mais

Prefeitura Municipal de Condado

Prefeitura Municipal de Condado j. Estado da Paraíba CONTRATO N. 00124/2014 CHAMADA PÚBLICA N 00112014 CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DA AGRICULTURA FAMILIAR PARA A ALIMENTAÇÃO ESCOLAR A, pessoa jurídica de direito público,

Leia mais

PORTARIA SEMA N 10, DE 27 DE FEVEREIRO DE 2012.

PORTARIA SEMA N 10, DE 27 DE FEVEREIRO DE 2012. PORTARIA SEMA N 10, DE 27 DE FEVEREIRO DE 2012. Aprova o Regimento Interno do Conselho Consultivo da Reserva Biológica Mata Paludosa. A SECRETÁRIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE, no uso de suas atribuições

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS CAPÍTULO II DA FINALIDADE, VINCULAÇÃO E SEDE

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS CAPÍTULO II DA FINALIDADE, VINCULAÇÃO E SEDE LEI N. 2.031, DE 26 DE NOVEMBRO DE 2008 Institui o Serviço Social de Saúde do Acre, paraestatal de direito privado, na forma que especifica. O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE seguinte Lei: FAÇO SABER que

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 4.723, DE 22 DE DEZE M B R O DE 2010. outras providência s. CAPÍTULO I. Das disposições Gerais

LEI MUNICIPAL Nº 4.723, DE 22 DE DEZE M B R O DE 2010. outras providência s. CAPÍTULO I. Das disposições Gerais LEI MUNICIPAL Nº 4.723, DE 22 DE DEZE M B R O DE 2010. Dispõe sobre a Política de Assistência Social No Município, cria o Conselho Municipal de Assistência Social e o Fundo Municipal de Assistência Social

Leia mais

GENILDO LINS DE ALBUQUERQUE NETO

GENILDO LINS DE ALBUQUERQUE NETO MINISTÉRIO DAS COMUNICAÇÕES GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 126, DE 25 DE JUNHO DE 2014 O MINISTRO DE ESTADO DAS COMUNICAÇÕES Interino, no uso das atribuições que lhe confere o inciso II do parágrafo

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE POUSO REDONDO CNPJ 83.102.681/0001-26 Rua Antonio Carlos Thiesen, 74 89.172-000 Pouso Redondo Santa Catarina

PREFEITURA MUNICIPAL DE POUSO REDONDO CNPJ 83.102.681/0001-26 Rua Antonio Carlos Thiesen, 74 89.172-000 Pouso Redondo Santa Catarina PREFEITURA MUNICIPAL DE POUSO REDONDO CNPJ 83.102.681/0001-26 Rua Antonio Carlos Thiesen, 74 89.172-000 Pouso Redondo Santa Catarina LEI N. 1925/06 de 25.07.2006. Dispõe sobre a criação do Conselho Municipal

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MOSSORÓ GABINETE DA PREFEITA

PREFEITURA MUNICIPAL DE MOSSORÓ GABINETE DA PREFEITA PREFEITURA MUNICIPAL DE MOSSORÓ GABINETE DA PREFEITA LEI Nº 2.255/2007 Dá nova redação a Lei nº 1.453/200 que cria o Conselho de Alimentação Escolar e dá outras providências. A PREFEITA MUNICIPAL DE MOSSORÓ,

Leia mais

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA LEGISLATIVA NATAL, 25.03.2008 BOLETIM OFICIAL 2423 ANO XIX TERÇA-FEIRA

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA LEGISLATIVA NATAL, 25.03.2008 BOLETIM OFICIAL 2423 ANO XIX TERÇA-FEIRA A MESA DIRETORA Deputado ROBINSON FARIA PRESIDENTE Deputada MÁRCIA MAIA 1 VICE-PRESIDENTE Deputado RICARDO MOTTA 1 SECRETÁRIO Deputado LUIZ ALMIR 3 SECRETÁRIO Deputado EZEQUIEL FERREIRA 2 VICE-PRESIDENTE

Leia mais

ESTADO DO MARANHAO PREFEITURA MUNICIPAL DE ALTO ALEGRE DO PINDARÉ GABINETE DO PREFEITO CAPÍTULO I DA FINALIDADE

ESTADO DO MARANHAO PREFEITURA MUNICIPAL DE ALTO ALEGRE DO PINDARÉ GABINETE DO PREFEITO CAPÍTULO I DA FINALIDADE ESTADO DO MARANHAO PREFEITURA MUNICIPAL DE ALTO ALEGRE DO PINDARÉ GABINETE DO PREFEITO LEI DE N 142/2013 de 18 de abril de 2013. DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DO CONSELHO DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

Leia mais

Regimento Interno do Conselho Municipal do Idoso de Passo Fundo COMUI Capitulo I Da Natureza e Finalidade

Regimento Interno do Conselho Municipal do Idoso de Passo Fundo COMUI Capitulo I Da Natureza e Finalidade Regimento Interno do Conselho Municipal do Idoso de Passo Fundo COMUI Capitulo I Da Natureza e Finalidade Art. 1º - O Conselho Municipal do Idoso de Passo Fundo COMUI- possui atribuições de caráter propositivo

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 016/2015 DE 05 DE MARÇO DE 2015

RESOLUÇÃO Nº 016/2015 DE 05 DE MARÇO DE 2015 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 016/2015 DE 05

Leia mais

Publicada no Diário Oficial do Amapá Nº. 4635 de 07/12/2009.

Publicada no Diário Oficial do Amapá Nº. 4635 de 07/12/2009. 1 Publicada no Diário Oficial do Amapá Nº. 4635 de 07/12/2009. GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ CONSELHO ESTADUAL DO MEIO AMBIENTE (COEMA) RESOLUÇÃO COEMA nº. 018/2009 Dispõe sobre os procedimentos para a concessão

Leia mais

Criado pela Lei Complementar Nº 15 de 02/07/2004 Ponta Porã-MS, 23 de Fevereiro de 2012 Edição 1467 R$ 1,00 EDITAL DE NOTIFICAÇÃO

Criado pela Lei Complementar Nº 15 de 02/07/2004 Ponta Porã-MS, 23 de Fevereiro de 2012 Edição 1467 R$ 1,00 EDITAL DE NOTIFICAÇÃO Diário Oficial de Ponta Porã-MS 23.02.2012 Criado pela Lei Complementar Nº 15 de 02/07/2004 Ponta Porã-MS, 23 de Fevereiro de 2012 Edição 1467 R$ 1,00 Poder Executivo Avisos SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Diário Oficial. do Município de Belém. Cuida Belém, Cuide também. Não jogue lixo na rua. doe sangue.

Diário Oficial. do Município de Belém. Cuida Belém, Cuide também. Não jogue lixo na rua. doe sangue. Diário Oficial do Município de Belém Terça - feira, 18 de Fevereiro de 2014 rá-ano LV - Nº 12.515 REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL-ESTADO DO PARÁ CÂMARA MUNICIPAL DE BELÉM CMB PREFEITURA MUNICIPAL DE BELÉM

Leia mais

RESOLUÇÃO CNRM/004/2001

RESOLUÇÃO CNRM/004/2001 RESOLUÇÃO CNRM/004/2001 A PRESIDENTE DA COMISSÃO NACIONAL DE RESIDÊNCIA MÉDICA (CNRM), no uso de sua atribuições previstas no art. 5.º do Decreto n.º 80.281, de 05 de setembro de 1977, e considerando o

Leia mais

G E S T Ã O D E C O M P R A S P O R R E G I S T R O D E P R E Ç O S. VALDIR AUGUSTO DA SILVA Gestão Estratégica de Compras Portal de Compras

G E S T Ã O D E C O M P R A S P O R R E G I S T R O D E P R E Ç O S. VALDIR AUGUSTO DA SILVA Gestão Estratégica de Compras Portal de Compras G E S T Ã O D E C O M P R A S P O R R E G I S T R O D E P R E Ç O S VALDIR AUGUSTO DA SILVA Gestão Estratégica de Compras Portal de Compras SUMÁRIO O Sistema de Registro de Preços do Governo do Estado

Leia mais

Aprovado pelo CONSUNI - UFRJ - 25 de agosto de 2011

Aprovado pelo CONSUNI - UFRJ - 25 de agosto de 2011 REGIMENTO DO INSTITUTO ALBERTO LUIZ COIMBRA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA DE ENGENHARIA (COPPE) DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO. Aprovado por unanimidade pelo Conselho Deliberativo da COPPE em

Leia mais

CONVÊNIO DE COLABORAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO E O INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DE PASSO FUNDO - SOLIDARIEDADE - IDPF

CONVÊNIO DE COLABORAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO E O INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DE PASSO FUNDO - SOLIDARIEDADE - IDPF CONVÊNIO DE COLABORAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO E O INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DE PASSO FUNDO - SOLIDARIEDADE - IDPF 032/2014 - PGM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO, pessoa jurídica

Leia mais

REGIMENTO INTERNO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONSEPE

REGIMENTO INTERNO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONSEPE REGIMENTO INTERNO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONSEPE TÍTULO I DA COMPOSIÇÃO E DAS COMPETÊNCIAS CAPÍTULO I - DA COMPOSIÇÃO Art. 1º O CONSEPE é o órgão colegiado superior que supervisiona e

Leia mais

LEI Nº 14.868, de 16 de dezembro de 2003 Dispõe sobre o Programa Estadual de Parcerias Público-Privadas.

LEI Nº 14.868, de 16 de dezembro de 2003 Dispõe sobre o Programa Estadual de Parcerias Público-Privadas. LEI Nº 14.868, de 16 de dezembro de 2003 Dispõe sobre o Programa Estadual de Parcerias Público-Privadas. O Povo de Minas Gerais, por seus representantes, decretou e eu, em seu nome, sanciono a seguinte

Leia mais

Estabelece normas especificas para o licenciamento de Estação de Rádio- Base (ERB), microcélulas de Telefonia Celular e fixa equipamentos.

Estabelece normas especificas para o licenciamento de Estação de Rádio- Base (ERB), microcélulas de Telefonia Celular e fixa equipamentos. Lei nº 2. 348 de 24 de Junho de 2004 Estabelece normas especificas para o licenciamento de Estação de Rádio- Base (ERB), microcélulas de Telefonia Celular e fixa equipamentos. O Povo do Município de Itabirito,

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES

AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES CONSELHO DIRETOR RESOLUÇÃO No- 623, DE 18 DE OUTUBRO DE 2013 Aprova o Regulamento de Conselho de Usuários. O CONSELHO DIRETOR DA AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES,

Leia mais

RESOLUÇÃO N o 008, de 30 de junho de 2003

RESOLUÇÃO N o 008, de 30 de junho de 2003 RESOLUÇÃO N o 008, de 30 de junho de 2003 Aprova Regimento do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Letras Teoria Literária e Crítica da Cultura da UFSJ O PRESIDENTE DO CONSELHO DELIBERATIVO SUPERIOR

Leia mais

Estado do Rio de Janeiro

Estado do Rio de Janeiro 1 PROCURADORIA GERAL Aditivo nº 030.01.2014 Contratante: Município de Teresópolis Contratado: Delf Construções e Terraplanagem LTDA Objeto: prorrogação do prazo - Valor: R$ 2.323.344,00 (dois milhões trezentos

Leia mais

LEI Nº 982 DE 16 DE MAIO DE 2013.

LEI Nº 982 DE 16 DE MAIO DE 2013. LEI Nº 982 DE 16 DE MAIO DE 2013. Dispõe sobre a criação, composição, competência e funcionamento do Conselho Municipal de Esporte e Lazer CMEL. O Povo do Município de Turvolândia Estado de Minas Gerais,

Leia mais

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA Aprovado pela Resolução nº 01/2013/CONSUP/IFTO, de 7 de março de 2013.

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA Aprovado pela Resolução nº 01/2013/CONSUP/IFTO, de 7 de março de 2013. REGULAMENTO DO NÚCLEO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA Aprovado pela Resolução nº 01/2013/CONSUP/IFTO, de 7 de março de 2013. PALMAS-TO MARÇO 2013 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 2 DA CATEGORIA... 2 FINALIDADE E OBJETIVOS...

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO PRESENCIAL Nº. 017/2015 - SRP

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO PRESENCIAL Nº. 017/2015 - SRP ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO PRESENCIAL Nº. 017/2015 - SRP Aos 27 (vinte e sete) dias de mês de maio do ano de 2015, o Município de Parazinho/RN, CNPJ nº. 08.113.631/0001-29, com sede na Praça Senador

Leia mais

EDITAL Nº001, DE 13 DE JANEIRO DE 2015.

EDITAL Nº001, DE 13 DE JANEIRO DE 2015. EDITAL Nº001, DE 13 DE JANEIRO DE 2015. A Presidente do no uso de suas atribuições legais e regulamentadas pela Lei Nº 2.750 de 31 de Dezembro publica as normas para o processo eleitoral das entidades

Leia mais

LEI Nº 2.699, DE 8 DE SETEMBRO DE 2014.

LEI Nº 2.699, DE 8 DE SETEMBRO DE 2014. LEI Nº 2.699, DE 8 DE SETEMBRO DE 2014. Dispõe sobre adequação da Lei nº 1.253, de 12 de abril de 1996 que instituiu o Conselho de Alimentação Escolar do Município de Ananindeua, e dá outras providências.

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO PRESIDÊNCIA PORTARIA FNDE Nº 344 DE 10 DE OUTUBRO DE 2008.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO PRESIDÊNCIA PORTARIA FNDE Nº 344 DE 10 DE OUTUBRO DE 2008. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO PRESIDÊNCIA PORTARIA FNDE Nº 344 DE 10 DE OUTUBRO DE 2008. Estabelece procedimentos e orientações sobre a criação, composição, funcionamento

Leia mais

MODELO REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO MUNICIPAL DE ACOMPANHAMENTO E CONTROLE SOCIAL DO FUNDEB NO MUNICÍPIO DE DA FINALIDADE E COMPETÊNCIA DO CONSELHO

MODELO REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO MUNICIPAL DE ACOMPANHAMENTO E CONTROLE SOCIAL DO FUNDEB NO MUNICÍPIO DE DA FINALIDADE E COMPETÊNCIA DO CONSELHO MODELO O conteúdo desse Modelo de Regimento Interno representa a contribuição do MEC, colocada à disposição dos Governos Municipais, a título de apoio técnico, previsto no art. 30, I, da Lei nº 11.494,

Leia mais

PREFEITO MUNICIPAL DE PETROLINA

PREFEITO MUNICIPAL DE PETROLINA Diário Oficial Ano: 4 Páginas: 12 Atos Oficiais Lei - Nº 2.628/2014 Lei - Nº 2.2627/2014 Edital - Nº 03/2014 Licitações Pregão Presencial - PP 023/2014 Pregão Presencial - PP 085/2014 Pregão Presencial

Leia mais

MUNICÍPIO DE PANAMBI RS

MUNICÍPIO DE PANAMBI RS DECRETO MUNICIPAL Nº 064/2014, DE 02 DE JULHO DE 2014. REGULAMENTA A LEI MUNICIPAL 3.681/2013, INSTITUIDORA DO FUNDO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA PESSOA IDOSA E DA OUTRAS PROVIDENCIAS. Miguel Schmitt Prym,

Leia mais

faço saber que a Assembléia Legislativa decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

faço saber que a Assembléia Legislativa decreta e eu sanciono a seguinte Lei: LEI N 663 DE 02 DE JULHO DE 1996. Cria o Programa Estadual de Desestatização, e dá outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DE RONDÔNIA, faço saber que a Assembléia Legislativa decreta e eu sanciono

Leia mais

Como prefeituras e câmaras podem criar e gerenciar os seus Diários Oficiais Eletrônicos próprios

Como prefeituras e câmaras podem criar e gerenciar os seus Diários Oficiais Eletrônicos próprios Como prefeituras e câmaras podem criar e gerenciar os seus Diários Oficiais Eletrônicos próprios 1 A maioria dos Prefeitos e Presidentes de Câmaras de Vereadores não sabe que podem criar o Diário Oficial

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 1.032, DE 30 DE MARÇO DE 2011

RESOLUÇÃO Nº 1.032, DE 30 DE MARÇO DE 2011 RESOLUÇÃO Nº 1.032, DE 30 DE MARÇO DE 2011 Dispõe sobre a celebração de convênios entre os Creas e as entidades de classe e as instituições de ensino e dá outras providências. O CONSELHO FEDERAL DE ENGENHARIA,

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO ESTADUAL DO MEIO AMBIENTE DO ESTADO DO TOCANTINS COEMA CAPÍTULO I DAS COMPETÊNCIAS

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO ESTADUAL DO MEIO AMBIENTE DO ESTADO DO TOCANTINS COEMA CAPÍTULO I DAS COMPETÊNCIAS REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO ESTADUAL DO MEIO AMBIENTE DO ESTADO DO TOCANTINS COEMA CAPÍTULO I DAS COMPETÊNCIAS Art. 1 - O Conselho Estadual do Meio Ambiente do Estado do Tocantins COEMA, órgão colegiado

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa LEI Nº 11.127, DE 09 DE FEVEREIRO DE 1998. (atualizada até a Lei nº 12.239, de 19 de janeiro de 2005) Institui o Sistema

Leia mais

ATOS DO PODER EXECUTIVO

ATOS DO PODER EXECUTIVO 04/11/2014 Resenha D.O.U Seção 1 pág. 9 ATOS DO PODER EXECUTIVO DECRETO DE 3 DE NOVEMBRO DE 2014 Abre aos Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União, em favor de diversos órgãos dos Poderes Judiciário

Leia mais

Nº 332- ANO VIII Quinta-feira, 16 de Julho de 2015

Nº 332- ANO VIII Quinta-feira, 16 de Julho de 2015 Nº 332- ANO VIII Quinta-feira, 16 de Julho de 2015 Planejamento estratégico integrado desenvolvido nos EUA será apresentado aos gestores brasileiros em Congresso no Rio de Janeiro A Confederação Nacional

Leia mais

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE Conselho Nacional do Meio Ambiente CONAMA

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE Conselho Nacional do Meio Ambiente CONAMA MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE Conselho Nacional do Meio Ambiente CONAMA Procedência: 11ª Reunião da Câmara Técnica de Unidades de Conservação e 36ª Câmara Técnica de Assuntos Jurídicos Data: 27 e 28 de agosto

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE JACAREÍ

CÂMARA MUNICIPAL DE JACAREÍ PROJETO DE LEI Dispõe sobre a instituição do Conselho de Comunicação Social do Canal de Cidadania de Jacareí, e dá outras providências. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE JACAREÍ, USANDO DAS ATRIBUIÇÕES QUE LHE

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº. 850 DE 06 DE NOVEMBRO DE 2014.

LEI MUNICIPAL Nº. 850 DE 06 DE NOVEMBRO DE 2014. LEI MUNICIPAL Nº. 850 DE 06 DE NOVEMBRO DE 2014. Dispõe sobre a implementação do Distrito Industrial na localidade denominada de Ouro Branco do Sul, no Município de Itiquira/MT e estabelece normas para

Leia mais

Regimento do Conselho Municipal de Educação (CME) Venâncio Aires - RS

Regimento do Conselho Municipal de Educação (CME) Venâncio Aires - RS Regimento do Conselho Municipal de Educação (CME) Venâncio Aires - RS CAPITULO I DA NATUREZA Art. 1º O Conselho Municipal de Educação de Venâncio Aires, consolidado pela lei Municipal nº 3904 de 16 de

Leia mais