Dicas de configuração de rede CL, QL e Dante

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Dicas de configuração de rede CL, QL e Dante"

Transcrição

1 Dicas de configuração de rede CL, QL e Dante Conteúdo Andy Cooper Yamaha Pro Audio Application Engineering London, UK. July 2014 Traduzido por: Matheus Madeira Yamaha Musical do Brasil Seção Capítulo Página 1.0 Versão de Firmware Word Clock Word Clock Externo Mixer CL & Word Clock Taxa de Amostragem Dante Preferred Master Configuração de rede CL Console ID Dante Patch By With Recall Rio Refresh/Resume Carregamento de cenas (Pendrive) ou 32 Bits? Latência Gerenciamento de Rede Multicast Sobrecarga de dados de áudio (Dante) Cabos: CAT5e & Fibra ótica Switchers QoS IGMP Snooping Teste do sistema 15 1

2 1.0 Versão de Firmware Ao construir um novo sistema com mixers CL e/ou QL e os Rios, é importante que todos o os seus firmwares estejam compatíveis. Checar a versão de firmware tem que ser sempre a primeira tarefa. Tanto os firmwares quanto as instruções para atualização podem ser baixadas no site assim como checar a compatibilidade entre os firmwares. O firmware da CL e da QL podem ser visualizados no menu SETUP. O firmware dos Rios podem ser visualizados (depois de montados no mixer) no menu I/O Device. Se os Rios não forem controlados pela CL ou pela QL, seu firmware pode ser visualizado através do software Dante Controller: Clique duas vezes no dispositivo desejado e clique na aba Status. 2

3 2.0 Word Clock Planeje a hierarquia de Word Clock do sistema antes de fazer as conexões. Deve haver apenas um Master de Word Clock. O objetivo é linkar todos o sistema diretamente ao Master, seja via Dante, um cabo separado de Word Clock (BNC) ou através de outra conexão digital (SLOT MY). Se os dispositivos não estiverem sincronizados corretamente, pode haver ruídos de erro audíveis e quedas de áudio curtas e intermitentes. 2.1 Word Clock Externo Apenas utilize um Word Clock externo se for essencial. Não existe vantagem no quesito qualidade de áudio ao utilizar uma fonte de Clock externa numa rede Dante. Conecte um Word Clock externo apenas no Master de Word Clock (geralmente uma CL ou QL). O protocolo Dante distribuirá o clock por toda a rede. 2.2 CL, QL e Word Clock Por padrão, CL(v2) e QL possuem DANTE 48k selecionado como a fonte de Word Clock. Quando mais de um mixer é conectado à rede Dante, configure todos os dispositivos como DANTE 48k. (DANTE 44.1k pode ser usado como alternativa, mas 48k é a opção mais comum para aplicação ao vivo). Todos os Rios utilizam o clock do Dante por padrão de fábrica. Eles funcionam na mesma taxa de amostragem da CL/QL com o ID#1, desta forma não é necessário configura-los separadamente. Na maioria dos casos, a seleção do Clock padrão nunca precisará ser modificado novamente. Apenas configure o clock como WORD CLOCK IN ou outra opção se for essencial sincronizar uma fonte de clock externa (como aplicações de broadcasting). Note que a CL com o firmware v1 possui a opção INT 48k configurada como padrão de Word Clock. Isto necessita ser alterado manualmente para DANTE 48k quando multíplas consoles são conectadas na mesma rede. 3

4 2.3 Taxa de Amostragem Equipamentos configurados em 48k podem coexistir na mesma rede Dante com equipamentos em 44.1k. Porém eles apenas dividem o controle, não o áudio. Se você perceber que não é possível endereçar os canais de um equipamento a outro, verifique a taxa de amostragem do Word Clock. O Dante Controller pode ser usado pra isso, basta verificar na página Device Config. Note que alguns equipamentos Dante não funcionam em 44.1k, como a placa Dante- MY16-AUD e os receptores de mic sem fio Shure ULXD. 2.4 Dante Preferred Master Use o Dante Controller para monitorar qual equipamento Dante é o Master de Clock. Isto é indicado na página Clock Status. O Master de Clock da rede Dante é selecionado automaticamente, baseado na seguinte prioridade: 1. Preferred Master ligado 2. Sync To External ligado 3. O primeiro equipamento a ser ligado. 4. O equipamento com o menor MAC address. A função de Preferred Master está ligada como padrão nos consoles (v1.07 adiante). Porém, é possível configurar manualmente para qualquer equipamento, para lhe dar uma prioridade maior em se tornar o Master. Enable Sync To External é configurado automaticamente pela CL/QL quando se está utilizando outra fonte de clock sem ser o Dante. [Lembre-se que pelo ponto de vista do Dante Controller, o clock interno na realidade é externo à rede, este é o motivo da função Enable Sync To External estar ligada]. 4

5 Na maioria dos sistemas, Enable Sync To External deve ser desabilitado para todos os equipamentos, ou seja, todos em DANTE 48k. Preferred Master pode ser configurado por mais de um equipamento, porém não é necessário. É uma boa idéia configurar desta forma em um equipamento que sempre está ligado, ou naquele que é o primeiro a ligar e o último a ser desligado, para maximizar a estabilidade do sistema. Se um equipamento precisa ser configurado como Sync to External (como em broadcasting), então deve-se ligar o Preferred Master neste equipamento, forçando-o a se tornar o Master do Dante: um equipamento que está sincronizado a um clock externo precisa repassar esta informação para toda a rede Dante. NUNCA tenha mais de duas fontes de Word clock para evitar queda de áudio por perda de sincronismo. Sempre deve haver apenas um Master em toda a rede, apesar de poder existir vários Preferred Masters. Se houver mais do que um Master indicado no Dante Controller, ou se o Master da rede secundária (no caso de rede redundante) é diferente da rede primária, ele irá indicar uma quebra ou bloqueio de rede, é hora de identificar o problema. Se o Master mudar frequentemente, isso indica uma falha intermitente na rede. Como prioridade, verifique cabos e conexões com dano ou sujeira. Numa rede redundante estável, apenas um equipamento será o clock Master no primário e no secundário. 3.0 Configuração de Dante da CL/QL Quando mais de uma CL/QL é conectada na mesma rede, tenha certeza que cada console esteja com um ID diferente. De outra forma o controle dos Rios não funcionará corretamente. Mudar para Console ID OFF permite com que mais de 4 consoles compartilhem o mesmo áudio, mas irá desabilitar as operações de rede e controle dos ganhos dos Rios. 5

6 3.1 Console ID Tenha cuidado ao decidir quem será o ID#1. O console com ID#1 copia as configurações de taxa de amostragem, bits e latência para todos os Rios da rede. Quando um ID é trocado para 2, 3 ou 4, a configuração Dante Patch by automaticamente é alterada para Dante Controller, desabilitando assim o patch de rede pelo console. Além disso, qualquer Rio montado na mesma terá a opção With Recall desabilitada. 3.2 Dante Patch By Se Dante Patch By (no menu Dante Setup) está como This Console, então o console transmitirá suas configurações de patch de saída para cada Rio montado no rack virtual. É bom configurar para Dante Controller para qualquer console novo que seja conectado ao sistema, pois o patch de saída do Rio pode ser alterado, possivelmente causando um silêncio inesperado! 3.3 With Recall Esta função, para o controle de ganho dos Rios, permite ao console enviar suas configurações de ganho para o Rio toda vez que ele é ligado e conectado e quando uma cena é chamada também. Esta é a configuração padrão em todos os Rios no console com o ID#1 e desabilitado para os consoles 2, 3 e 4. Porém, se um console ID é trocado depois dos Rios já montados, With Recall deve ser desativado manualmente. É perigoso a função With Recall permanecer ativada em mais de um console para cada Rio. Mudanças inesperadas podem acontecer quando outro console se juntar à rede ou quando este chamar uma cena. O controle manual do ganho do Rio pode ser alterado mesmo com a função With Recall desabilitada, desta forma os consoles com ID#2, 3 ou 4 ainda podem modificar o ganho se for necessário. 6

7 A configuração do Dante determina quais definições do Rio serão utilizadas Quando montar uma QL em outra QL ou CL, seu ganho pode ser controlado remotamente. Neste caso, considere quando With Recall é necessário ou não, para evitar mudanças inesperadas na configuração dos ganhos. 3.4 Rio REFRESH/RESUME Os Rios possuem DIP switches no painel frontal para selecionar o modo REFRESH ou RESUME. Selecione a função desejada antes de ligar o Rio. Se REFRESH é selecionada, o Rio não transmitirá áudio até ser montado numa CL com With Recall habilitado. O Rio receberá as configurações de ganho deste console. Ele receberá as configurações de Word Clock, Bit Depth e Latência apenas do console com ID#1. Em algumas situações é necessário utilizar um Rio com um console que tenha With Recall desabilitado: por exemplo uma passagem de som com a mesa de monitor antes de ligar a mesa de PA. Neste caso, deixe o Rio no modo RESUME. Este modo mantém as configurações antes de desligar o Rio, assim quando ele é ligado, o mesmo está pronto para uso. Considere usar o modo RESUME num sistema que nunca muda sua configuração para diminuir o tempo de boot do sistema. Aliás, é essencial utilizar RESUME num sistema sem um console. [Ligar um Rio no modo REFRESH sem conecta-lo num console é um jeito rápido de resetar suas configurações de ganho antes de começar um novo trabalho com ele] Para verificar se um Rio está ativo e pronto para transmitir áudio, olhe nos LEDs frontais. Ambos LEDs verdes devem estar acesos. (O LED verde de SYNC pode estar piscando para indicar que este equipamento é o Master de Clock da rede Dante). Se o LED verde de SYNC não estiver aceso, o Rio estará mudo para proteger quaisquer equipamentos ligados adiante. 3.5 Carregamento de cenas (Pendrive) Quando carregar um arquivo de Pendrive com uma configuração diferente de sistema, é importante considerar a opção WITH DANTE SETUP AND I/O DEVICE. 7

8 Se o novo sistema for diferente, ou se já estiver configurado, DESABILITE esta opção antes de descarregar o arquivo no console. Caso contrário toda a configuração Dante, Device Mount e estrutura de ganho podem ficar diferentes do programado. Lembre-se que a partir da versão 1.7 da CL, cenas individuais podem ser carregadas no console, assim a configuração de rede não será reescrita. Se a opção WITH DANTE SETUP AND I/O DEVICE for habilitada por engano e o arquivo já estiver carregado com as configurações incorretas, é melhor usar o botão CLEAR ALL na página DEVICE MOUNT e remontar o sistema de novo ou 32 Bits? A CL, a QL e os Rios oferecem a opção de 24 ou 32-Bits para a transmissão de áudio. Muitos outros dispositivos Dante funcionam apenas em 24 bits. Se 32 bits é selecionado, isto irá prevenir a perda de qualidade ao utilizar o Gain Compensation. Um dispositivo que trabalha em 32 bits é compatível com outros em 24 bits, conectá-los não será um problema. Saiba que ao utilizar 32 bits, o tráfego de informação via rede aumenta por volta de 20%, então tome cuidado ao selecionar esta opção numa rede muito grande e ocupada. 3.7 Latência Siga as orientações na página DANTE SETUP no que se diz respeito às opções de latência da rede Dante. 8

9 O console ID#1 compartilha sua latência com os Rios do sistema. Latências diferentes podem coexistir na rede. Se o transmissor tiver uma latência diferente do receptor, o maior valor de latência será utilizado no caminho do sinal. Um Rio pode transmitir ou receber sinal de áudio com latência distinta em consoles diferentes. Por exemplo: deixar uma latência mais baixa para a mesa de monitor e os Rios no palco, para facilitar a monitoração através de in-ear. Ao mesmo tempo, a mesa de PA pode ter uma latência maior por terem mais switchers no caminho de áudio na rede do Rio até ela. Neste exemplo, a mesa de monitor deve ser o ID#1. [Com a opção 0.25ms de latência do Dante, a latência de todo o sistema, da entrada do Rio até a saída do Rio é de aproximadamente 2.5ms.] Nome rede bem estruturada, existe uma margem de segurança saudável nas recomendações de latência do sistema. Usando o Dante Controller v3.5 ou mais novo, a latência atual pode ser verificada e ainda haverá um aviso caso a latência esteja num valor muito baixo. Um sintoma de latência muito baixa são as quedas de áudio. Uma latência maior que 1ms nunca deve ser necessária num sistema de sonorização ao vivo: esta opção permite até 8 switchers entre o transmissor e o receptor. Ao utilizar o modo Multicast, repare que a latência será configurada para 1ms automaticamente, mesmo se houver uma configuração mais baixa para o transmissor e o receptor. Isto permite dar mais tempo para o processamento do switcher na distribuição dos pacotes de dados. Por causa disso, o modo Multicast pode não funcionar corretamente 9

10 ao se gravar utilizando o Dante Virtual Soundcard, pois a latência da gravação será de apenas 1ms (em 48kHz isso equivale a 48 samples) 4.0 Gerenciamento de Rede Ao construir um sistema de áudio em rede, existem vários pontos importantes a considerar. Uma rede criada cuidadosamente favorecerá a detecção e a solução de possíveis problemas. Este capítulo contém os pontos importantes a serem pensados. 4.1 Multicast Toda transmissão de áudio via Dante é, por padrão, Unicast (cada pacote de informação é enviado de um transmissor para um receptor). Um equipamento como um Rio pode transmitir Unicast para vários consoles ou computadores com DVS ao mesmo tempo, mas existe um limite. Cada Rio, CL ou QL está limitado a 32 fluxos. Um fluxo é um grupo de canais que são transmitidos juntos no pacote de informação, para maior eficiência. Normalmente existem 4 canais por fluxo. Com 4 canais em cada fluxo e um máximo de 32 fluxos, um Rio3224-D pode transmitir 32 canais unicast para 4 receptores. Um Rio1608-D pode transmitir 16 canais unicast para 8 receptores. Uma CL5 pode mandar 4 canais Unicast para 32 amplificadores de potência. Se o limite de 32 fluxos for excedido, fluxos Multicast precisam ser criados. Mas cuidado: fluxos Multicast são transmitidos para toda a rede, inclusive para equipamentos que não necessitam dele, como pontos de acesso Wi-Fi e dispositivos que não são Dante. Fluxos Multicast devem ser utilizados ao mínimo para evitar conflitos com outros equipamentos numa rede compartilhada. O Dante Controller mantém uma contagem de quanto tráfego Multicast está presente na rede. At;e mesmo 20Mbps em Multicast pode começar a gerar problemas em alguns casos. Resposta do Wi-Fi pode diminuir e qualquer dispositivo em 100Mbps começará a sofrer. O sync de Clock também pode ser comprometido, causando quedas de áudio. 10

11 A evitar tais problemas quando fluxos Multicast são necessários, use switchers com o QoS correto e IGMP Snooping ligado. (Veja abaixo para mais detalhes). Numa rede bem construída, mais que 200Mbps em Multicast pode ser usada sem problemas, mas uma necessidade como essa é raríssima! 4.2 Dante Audio Resource Overflow Um motivo de esta mensagem (no canto inferior da tela do console) aparecer é quando o módulo Dante no console ou Rio está trabalhando em 100Mbps ao invés de 1Gbps. Isto pode ser ocasionado ao utilizar um cabo ou switcher errado, ou pode ser um bug do switcher. Alguns switchers foram detectados funcionando em 100Mbps por engano ao invés de 1Gbps, neste caso, basta desconectar o cabo de rede do módulo Dante e reconecte. Use o Dante Controller para verificar se o módulo Dante está trabalhando corretamente em 1Gbps. É claro que outras razões para esta mensagem é se algum dispositivo exceder os 32 fluxos. Neste caso, mudanças no roteamento de rede Dante será necessário. A criação de fluxos Multicast pode ser uma boa opcão também, mas tome cuidado com a quantidade de fluxos criados. 4.3 Cabos: CAT5e, CAT6, fibra ótica Cabos são de longe a maior fonte de problemas numa rede. Não necessáriamente por estar danificado, mas por má compreensão de suas especificações. Estes problemas causados por cabos podem resultar em perda de áudio, desde 1 sample a cada hora ou vários segundos por minuto. Primeiramente, certifique-se que os cabos transmitem em 1Gbps, ou seja, cabos CAT5 não podem ser utilizados. CAT5e, CAT5E e CAT6 são apropriados. CAT7 também serve, mas não é muito prático por causa de sua construção física. Em segundo lugar, certifique-se que os cabos possuem um comprimento compatível. A distância de 100m nunca deve ser excedida em nenhuma circunstância. Se os cabos precisam de um comprimento maior do que 60m, tenha certeza de que ele é composto de 11

12 cobre sólido e não trançado, pois o sólido é mais eficiente na transmissão. A maior parte de cabos de instalação são deste tipo, mas cabos de patch geralmente são trançados para maior flexibilidade. Por causa disso, a maior parte destes cabos CAT5e/CAT6 não são indicados para distâncias maiores que 80m com Dante. Seguem sugestões de marcas abaixo (algumas não são comercializadas no Brasil): CAE-Groupe Giga-Audio Klotz RC5SB Link LK CAT6 STP Van Damme Cable TourCAT5E SF/UTP. Em terceiro lugar, tome cuidado com os conectores dos cabos. O conector tem que ser apropriado para Gigabit Ethernet (1Gbps). Ao fazer painéis de patch para a estrada, não utilize conectores que separam muito os pares trançados. Isto pode causar perda de dados, ou seja, silêncio. Outra dica, não aperte demasiadamente os cabos com enforca-gato no acabamento, pois pode causar interferência entre os pares trançados. Como sugestão, utilize fitas de velcro ao invés de enforca-gato. Se o cabo é aterrado, certifique-se que este terminal está conectado em ambas extremidades para evitar impedância incompatível. [Muitos fabricantes de equipamentos Dante, Yamaha inclusa, não recomendam o uso de cabos sem aterramento. Isto não altera a eficiência da transmissão, mas pode causar interferência eletromagnética]. E finalmente, tome cuidado onde o cabo será passado. Se ele estiver junto com algum equipamento que gera muito campo eletromagnético, perda de dados pode acontecer, logo, silêncio. Tome um cuidado especial com paredes de LED gigantes e intercomunicadores. Mais informações sobre a escolhe de switchers e cabos para uso com rede Dante podem ser consultadas na página abaixo: 12

13 Use switchers com contagem de erro para checar a confiabilidade do cabo (Cisco SG300 por exemplo). Um bom cabo deve ter zero erros em todo o tempo. Qualquer erro detectado pode resultar numa queda de áudio. Se um switcher não é utilizado, é possível utilizar a função Error Counting do Dante Controller (em Device View -> Status). Vale ressaltar que não é recomendado utilizar essa função caso um switcher esteja sendo utilizado, pois pode acontecer do switcher não repassar adiante um pacote com erro, assim este não é detectado no Dante Controller. 4.4 Switchers Evite qualquer switcher que não tenha capacidade de processamento de 2Gbps por porta (1Gbps de entrada e 1Gbps de saída). Por exemplo, um switcher de 10 portas deve ter uma capacidade de ao menos 20Gbps. Também evite switcher com Ethernet Verde (Green Ethernet), ou EEE, a não ser que esta função possa ser desabilitada. O EEE pode afetar completamente a estabilidade de Clock na rede e em casos extremos provocar queda de áudio. Assim que a rede ficar maior e precisar trabalhar com mais canais de áudio, switchers de maior qualidade devem ser utilizados. Quando a contagem da rede atingir mais de 300 canais simultâneos, gerenciamento de Qos (Quality of Service) do switcher deve ser considerado. Se a banda Multicast exceder 20Mbps, IGMP Snooping deve ser ligado para manter a confiabilidade da rede de áudio. Use o Dante Controller para monitorar a rede e ative a função Clock Monitoring. A estabilidade de clock é a primeira consequência de uma rede mal dimensionada. Se a estabilidade de clock chegar em níveis perigosos, o Dante Controller irá emitir um aviso e você deve iniciar o processo de identificar e resolucionar os problemas. Se nenhum erro for encontrado, veja se é possível diminuir a quantidade de canais na rede ou fazer um upgrade na qualidade dos switchers, para oferecer maior flexibilidade na configuração de grandes redes Dante. 13

14 Exemplos de um clock estável (esquerda) e instável (direita) 4.5 QoS Quality of Service, quando houver essa função no swticher e quando configurado corretamente, permite o sync de clock com a menor latência possível. Ele irá priorizar os dados de clock ao invés de controle e outras informações sem ser áudio. Isto ajuda a estabilizar a rede Dante ao aumentar o tráfego de canais. Isto é essencial se na mesma rede Dante estiverem dispositivos que apenas trabalham em 100Mbps ou quando ultrapassa-se 300 roteamentos de áudio dentro de uma rede Gigabit. Siga as instruções aqui para configurar um QoS num Cisco SG300 (por enquanto apenas em inglês): 4_qos_settings/ 4.6 IGMP Snooping IGMP significa Protocolo de Genrenciamento Grupal de Internet, sua função é limitar o tráfego em Multicast numa rede. Ele é essencial ao se utilizar muitos fluxos em Multicast, sem ele, a estabilidade de clock pode ser comprometida, a resposta de equipamentos que não fazem parte da rede Dante pode ser mais lenta (em redes híbridas). Use o Dante Controller para monitorar a estabilidade de Clock de cada dispositivo na rede. IGMP Snooping é uma função que não é simples de configurar corretamente e é difícil encontra-la em switchers de baixo custo. Siga estas instruções abaixo para configurar o IGMP Snooping num Cisco SG300 (por enquanto apenas em inglês): 5_multicast/ 14

15 5.0 Verificação de sistema Se algo não estiver funcionando corretamente, sempre comece verificando os cabos: o Estão conectados na porta correta? o Os LEDs de atividade de rede estão acesos tanto no módulo Dante quanto no switcher? o Use o Dante Controller, na página Device Info para verificar a velocidade de 1Gbps. o Use a função de contagem de erro do switcher (se houver) para detalhar a confiabilidade dos cabos utilizados. o Se switchers não forem utilizados, utilize o Error Count do Dante Controller Verifique se a configuração de Daisy-Chain ou Reduntante estão corretas em todos os equipamentos da rede. Nunca interconecte a rede Primária e Secundária, ao utilizar uma rede redundante. Use o Dante Controller, página Clock Status para verificar se há apenas um Master de Clock para a rede primária e secundária. Apenas um dispositivo pode estar sincronizado com algum clock externo. Nunca utilize mais do que um equipamento utilizando o clock interno Verifique se o ID de cada CL/QL é único, faça o mesmo procedimento nos Rios, cada Rio deve ter um número diferente entre eles. Quando mais de uma CL/QL são usadas, certifique-se que a função With Recall está habilitada em apenas um console para cada Rio e/ou QL (mesmo sendo possível os Rios estarem com a função With Recall ligada em vários consoles. Coloque os Rios em Resume se a função With Recall estiver desabilitada em todos os consoles. Antes de unir mais um console à rede, coloque um número de ID único para ela (ou ID OFF), desabilite a função With Recall, configure para Dante Patch by Dante Controller. Não se esquece de verificar se o Word Clock está em DANTE 48k Antes de carregar um arquivo USB num console que estiver com uma rede diferente, ou se foi salva antes da versão 1.5, disabilite a opção: WITH DANTE SETUP AND I/O DEVICE. 15

QUICK GUIDE PRIMEIROS PASSOS (CL & QL) Introdução

QUICK GUIDE PRIMEIROS PASSOS (CL & QL) Introdução QUICK GUIDE PRIMEIROS PASSOS (CL & QL) Introdução Uma vez comprado um sistema que trabalha com áudio em rede, seja CL ou QL, uma série de procedimentos são necessários para deixar o sistema pronto para

Leia mais

Guia para atualização de Firmware dos racks RIO1608-D & RIO3224-D. (Firmware 1.50)

Guia para atualização de Firmware dos racks RIO1608-D & RIO3224-D. (Firmware 1.50) Guia para atualização de Firmware dos racks RIO1608-D & RIO3224-D (Firmware 1.50) PRECAUÇÕES 1. O usuário assume total responsabilidade pela atualização. 2. Atualize o Firmware de uma unidade por vez.

Leia mais

Gravação ao vivo com M7CL e PM5D via Dante

Gravação ao vivo com M7CL e PM5D via Dante Gravação ao vivo com M7CL e PM5D via Dante Utilizando Steinberg Cubase ou Nuendo Yamaha Musical do Brasil www.yamaha.com.br Lista de Equipamentos 1. Mixer Digital Yamaha 2. Até 4x Dante- MY16-AUD interfaces

Leia mais

Guia para atualização de Firmware dos racks Rio 3224-D/Rio1608-D

Guia para atualização de Firmware dos racks Rio 3224-D/Rio1608-D Guia para atualização de Firmware dos racks Rio 3224-D/Rio1608-D Yamaha Musical do Brasil www.yamaha.com.br Precauções 1. O usuário assume total responsabilidade pela atualização. 2. Atualize o Firmware

Leia mais

LUMIKIT PRO X4 / RACK INTERFACE QUICK GUIDE

LUMIKIT PRO X4 / RACK INTERFACE QUICK GUIDE LUMIKIT PRO X4 / RACK INTERFACE QUICK GUIDE LEIA O MANUAL ANTES DE UTILIZAR O PRODUTO! Considerações importantes, leia antes de usar o produto: A diferença entre a interface Lumikit PRO X4 e Lumikit PRO

Leia mais

Seu manual do usuário YAMAHA UX16 http://pt.yourpdfguides.com/dref/512336

Seu manual do usuário YAMAHA UX16 http://pt.yourpdfguides.com/dref/512336 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a no manual do usuário (informação,

Leia mais

Guia para atualização de Firmware dos consoles CL5, CL3 e CL1. (Firmware 1.51)

Guia para atualização de Firmware dos consoles CL5, CL3 e CL1. (Firmware 1.51) Guia para atualização de Firmware dos consoles CL5, CL3 e CL1 (Firmware 1.51) Yamaha Musical do Brasil www.yamaha.com.br PRECAUÇÕES 1. O usuário assume total responsabilidade pela atualização. 2. Atualize

Leia mais

Guia para atualização de Firmware dos consoles CL5, CL3 e CL1

Guia para atualização de Firmware dos consoles CL5, CL3 e CL1 Guia para atualização de Firmware dos consoles CL5, CL3 e CL1 Yamaha Musical do Brasil www.yamaha.com.br Precauções 1. O usuário assume total responsabilidade pela atualização. 2. Atualize o Firmware de

Leia mais

Transmissão HDMI via IP com PoE (SBHDIPb)

Transmissão HDMI via IP com PoE (SBHDIPb) Transmissão HDMI via IP com PoE (SBHDIPb) Versão 2012.11.01 (Tx / Rx) Você acaba de adquirir um produto AV LIFE!!! Não deixe de acessar nosso site www.avlife.com.br para ficar por dentro das novidades,

Leia mais

Guia para atualização de Firmware dos consoles CL5, CL3 e CL1. (Firmware 1.61)

Guia para atualização de Firmware dos consoles CL5, CL3 e CL1. (Firmware 1.61) Guia para atualização de Firmware dos consoles CL5, CL3 e CL1 (Firmware 1.61) Yamaha Musical do Brasil www.yamaha.com.br PRECAUÇÕES 1. O usuário assume total responsabilidade pela atualização. 2. Atualize

Leia mais

Wi-Fi: como solucionar problemas com a conectividade Wi-Fi

Wi-Fi: como solucionar problemas com a conectividade Wi-Fi Wi-Fi: como solucionar problemas com a conectividade Wi-Fi Saiba como solucionar problemas de conectividade da rede Wi-Fi no seu Mac. OS X Mountain Lion 10.8.4 ou versões posteriores Use o aplicativo Diagnóstico

Leia mais

Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2

Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2 Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2 Página 1 de 14 Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2-NA Este guia irá ajudá-lo a instalar o seu ATA,

Leia mais

Manual para configuração. Linksys RT31P2

Manual para configuração. Linksys RT31P2 Manual para configuração Linksys RT31P2 Indice Guia de Instalação ATA Linksys RT31P2... 3 Conhecendo o ATA... 4 Antes de Iniciar... 6 Analisando o seu acesso à Internet... 6 Configuração... 9 Configuração

Leia mais

Sumário. Aviso. Para evitar risco de incêndio ou choque elétrico, não exponha este PRODUTO à chuva ou à umidade.

Sumário. Aviso. Para evitar risco de incêndio ou choque elétrico, não exponha este PRODUTO à chuva ou à umidade. Sumário Este símbolo destina-se a alertar o usuário quanto à presença de tensão perigosa não isolada dentro do gabinete do produto, a qual pode ser de magnitude suficiente para constituir risco de choque

Leia mais

Primeira parte: operações básicas

Primeira parte: operações básicas Esta linha de DVR EXVISION foi projetada especialmente para as áreas de segurança e vigilância, e é um excelente produto em termos de vigilância digital. Ele possuiu um sistema operacional LINUX integrado

Leia mais

Há dois tipos de configurações bidirecionais usados na comunicação em uma rede Ethernet:

Há dois tipos de configurações bidirecionais usados na comunicação em uma rede Ethernet: Comunicação em uma rede Ethernet A comunicação em uma rede local comutada ocorre de três formas: unicast, broadcast e multicast: -Unicast: Comunicação na qual um quadro é enviado de um host e endereçado

Leia mais

1 Introdução... 4. Características... 4 Requisitos do Dispositivo... 5. 2 Conhecendo o dispositivo... 6

1 Introdução... 4. Características... 4 Requisitos do Dispositivo... 5. 2 Conhecendo o dispositivo... 6 Índice 1 Introdução... 4 Características... 4 Requisitos do Dispositivo... 5 2 Conhecendo o dispositivo... 6 Verificação dos itens recebidos... 6 Painel Frontal... 7 Painel Traseiro... 8 3 Conectando o

Leia mais

ENH908-NWY. Manual do Usuário

ENH908-NWY. Manual do Usuário ENH908-NWY Manual do Usuário O dispositivo é um poderoso switch Fast Ethernet de alto desempenho, com todas as portas capazes de realizarem operações de negociação automática (NWay) de 10 ou 100 Mbps,

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CONVERSOR - IP / USB / SERIAL - 317 RV1

MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CONVERSOR - IP / USB / SERIAL - 317 RV1 MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CONVERSOR - IP / USB / SERIAL - 317 RV1 SÃO CAETANO DO SUL 06/06/2014 SUMÁRIO Descrição do Produto... 3 Características... 3 Configuração USB... 4 Configuração... 5 Página

Leia mais

ENH916-NWY. Manual do Usuário

ENH916-NWY. Manual do Usuário ENH916-NWY Manual do Usuário Aviso da FCC Este equipamento foi testado e se encontra em conformidade com os limites de dispositivo digital de Classe B, de acordo com a Parte 15 das Regras de FCC. Estes

Leia mais

1. Introdução. 2. Conteúdo da embalagem

1. Introdução. 2. Conteúdo da embalagem 1 1. Introdução / 2. Conteúdo da embalagem 1. Introdução O Repetidor WiFi Multilaser é a combinação entre uma conexão com e sem fio. Foi projetado especificamente para pequenas empresas, escritórios e

Leia mais

W-R2000nl Guia de instalação

W-R2000nl Guia de instalação W-R2000nl Guia de instalação Sumário Introdução...3 Instalação...5 Configurando seu computador...6 Acessando a tela de configurações...7 Configuração de Roteamento...8 Trocando senha de sua rede sem fio...13

Leia mais

Guia de início rápido

Guia de início rápido Guia de início rápido Cisco para pequenas empresas Comutadores não gerenciados de montagem em rack da Cisco Conteúdo da embalagem Comutador não gerenciado de montagem em rack SF 100-16, SF 100-24, SF 102-24,

Leia mais

Painéis de Incêndio Endereçáveis Analógicos FPA-1000-V2. Guia de Instalação Rápida para Redes

Painéis de Incêndio Endereçáveis Analógicos FPA-1000-V2. Guia de Instalação Rápida para Redes Painéis de Incêndio Endereçáveis Analógicos FPA-1000-V2 pt Guia de Instalação Rápida para Redes FPA-1000-V2 Preparação pt 3 1 Preparação PERIGO! Os painéis de incêndio são dispositivos de proteção à vida.

Leia mais

USB AUDIO INTERFACE I T

USB AUDIO INTERFACE I T USB AUDIO INTERFACE EN DE FR ES PT IT ZH JA Sumário Mensagem da equipe de desenvolvimento...2 Controles e terminais do painel...3 Painel frontal... 3 Painel traseiro... 4 Software... 6 Como usar o UR12...9

Leia mais

Manual Interface Lumikit PRO 4

Manual Interface Lumikit PRO 4 Manual Interface Lumikit PRO 4 2011 Lumikit Sistemas para Iluminação Antes de começar é importante ter algumas noções de redes de computador e endereçamentos, veja os seguintes tópicos na internet: http://pt.wikipedia.org/wiki/endereço_ip

Leia mais

NVS (Servidor de vídeo em rede) e Câmeras IPS

NVS (Servidor de vídeo em rede) e Câmeras IPS NVS (Servidor de vídeo em rede) e Câmeras IPS Guia rápido de usuário (Versão 3.0.4) Nota: Esse manual pode descrever os detalhes técnicos incorretamente e pode ter erros de impressão. Se você tiver algum

Leia mais

Manual de Instalação de Rede. Epson Stylus TX550W

Manual de Instalação de Rede. Epson Stylus TX550W Manual de Instalação de Rede Epson Stylus TX550W Antes de Começar Certifique-se de que instalou a tinta e colocou papel na impressora conforme descrito no pôster Guia de Instalação. Depois siga as instruções

Leia mais

GUIA DE INÍCIO RÁPIDO

GUIA DE INÍCIO RÁPIDO Olá e bem- vindos a nossa visão geral de apoio ao cliente localizada. Suporte em geral só está disponível em Inglês, mas este documento deve resolver muitos de nossos problemas mais comuns. Além disso,

Leia mais

Transmissor EXT-240 de áudio e vídeo sem fio

Transmissor EXT-240 de áudio e vídeo sem fio Transmissor de áudio e vídeo sem fio Manual de operação Índice I. Introdução... 1 II. Informações de segurança... 1 III. Especificações... 1 IV. Instruções de instalação... 2 1. Opções de posicionamento...

Leia mais

Seu manual do usuário YAMAHA MLAN http://pt.yourpdfguides.com/dref/511277

Seu manual do usuário YAMAHA MLAN http://pt.yourpdfguides.com/dref/511277 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para YAMAHA MLAN. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a YAMAHA MLAN no manual

Leia mais

IRISPen Air 7. Guia Rápido. (Android)

IRISPen Air 7. Guia Rápido. (Android) IRISPen Air 7 Guia Rápido (Android) Este Guia Rápido do Usuário ajuda você a começar a usar o IRISPen Air TM 7. Leia este guia antes de utilizar o scanner e o respectivo software. Todas as informações

Leia mais

IRISPen Air 7. Guia Rápido. (ios)

IRISPen Air 7. Guia Rápido. (ios) IRISPen Air 7 Guia Rápido (ios) Este Guia Rápido do Usuário ajuda você a começar a usar o IRISPen TM Air 7. Leia este guia antes de utilizar o scanner e o respectivo software. Todas as informações estão

Leia mais

DIGITAL. Inovando seu futuro! MANUAL DE INSTRUÇÕES TS 9020-T TRANSPORT STREAM MONITOR. Assistência Técnica CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

DIGITAL. Inovando seu futuro! MANUAL DE INSTRUÇÕES TS 9020-T TRANSPORT STREAM MONITOR. Assistência Técnica CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Características Gerais Entrada de Sinal Conector Interface de Saída Conector Configurações mínima do PC Memória HD Porta USB A a H - compatível com TTL (vide Tabela 1) DB 25 -

Leia mais

Obrigado por escolher o Huawei LTE Wingle. O LTE Wingle possibilita o acesso à rede sem fio em alta velocidade.

Obrigado por escolher o Huawei LTE Wingle. O LTE Wingle possibilita o acesso à rede sem fio em alta velocidade. Guia Rápido Obrigado por escolher o Huawei LTE Wingle. O LTE Wingle possibilita o acesso à rede sem fio em alta velocidade. Observação: Este guia descreve brevemente a aparência do LTE Wingle e os procedimentos

Leia mais

Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2

Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2 Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2 Terra VOIP PAP2 Rev. 1 Ago/06 1 de 15 Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2-NA Este guia irá ajudá-lo

Leia mais

R O B Ó T I C A. Sensor Smart. Seguidor de Linha. Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 2.0 REVISÃO 1211.19. www.robouno.com.br

R O B Ó T I C A. Sensor Smart. Seguidor de Linha. Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 2.0 REVISÃO 1211.19. www.robouno.com.br R O B Ó T I C A Sensor Smart Seguidor de Linha Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 2.0 REVISÃO 1211.19 Sensor Smart Seguidor de Linha 1. Introdução Os sensores seguidores de linha são sensores que detectam

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO Modem 4G

GUIA DE INSTALAÇÃO Modem 4G GUIA DE INSTALAÇÃO Modem 4G INSTALANDO O MODEM 4G SKY 1 Coloque o modem em uma superfície plana. 2 Conecte o cabo do alimentador de energia ao modem. WPS RESET SIM 3 Ligue a fonte de alimentação de energia

Leia mais

Yamaha UX16 - Interface MIDI-USB

Yamaha UX16 - Interface MIDI-USB Yamaha UX16 - Interface MIDI-USB A UX16 é uma interface MIDI que transfere dados em alta velocidade para o computador, através da conexão USB, e permite a execução simultânea de até 16 canais de MIDI.

Leia mais

1. Como faço para configurar e instalar a minha Babá Eletrônica com Câmera Wi-Fi?

1. Como faço para configurar e instalar a minha Babá Eletrônica com Câmera Wi-Fi? Índice 1. Como faço para configurar e instalar a minha Babá Eletrônica com Câmera Wi-Fi?... 2 2. Quais são os requisitos mínimos de sistema para a Babá Eletrônica com Câmera Wi-Fi? 11 3. Como posso me

Leia mais

OPT-700 - CONVERSOR SERIAL PARA FIBRA ÓPTICA

OPT-700 - CONVERSOR SERIAL PARA FIBRA ÓPTICA MANUAL DO USUÁRIO OPT-700 - CONVERSOR SERIAL PARA FIBRA ÓPTICA JUL / 05 OPT-700 VERSÃO 1 TM FOUNDATION O P T 7 0 0 M P smar www.smar.com.br Especificações e informações estão sujeitas a modificações sem

Leia mais

Câmera CFTV Digital Sem Fio

Câmera CFTV Digital Sem Fio Câmera CFTV Digital Sem Fio Manual do Usuário Você acaba de adquirir um produto Leadership, testado e aprovado por diversos consumidores em todo Brasil. Neste manual estão contidas todas as informações

Leia mais

Guia de conexão. Sistemas operacionais suportados. Instalando a impressora. Guia de conexão

Guia de conexão. Sistemas operacionais suportados. Instalando a impressora. Guia de conexão Página 1 de 5 Guia de conexão Sistemas operacionais suportados Com o CD de Software e documentação, você pode instalar o software da impressora nos seguintes sistemas operacionais: Windows 8 Windows 7

Leia mais

TopPendrive Manual de Instruções TopPendrive - MP07301-01 Rev 06-03/05/2010 PG - 1 -

TopPendrive Manual de Instruções TopPendrive - MP07301-01 Rev 06-03/05/2010 PG - 1 - TopPendrive Manual de Instruções TopPendrive - MP07301-01 Rev 06-03/05/2010 PG - 1 - Índice Manual de Instruções TopPendrive - MP07301-01 Rev 06-03/05/2010 PG - 2 - ÍNDICE 1 APRESENTAÇÃO... 3 1.1 ACESSÓRIOS

Leia mais

Controle de acesso FINGER

Controle de acesso FINGER Controle de acesso FINGER MANUAL DE INSTRUÇÕES Sobre esse Guia Esse guia fornece somente instruções de instalação. Para obter informações sobre instruções de uso, favor ler o Manual do usuário.. ÍNDICE

Leia mais

Guia de comunicações de rede e Internet Computadores Desktop Comerciais

Guia de comunicações de rede e Internet Computadores Desktop Comerciais Guia de comunicações de rede e Internet Computadores Desktop Comerciais Número de peça: 312968-201 Fevereiro de 2003 Este guia apresenta definições e instruções para uso dos recursos dos controladores

Leia mais

Seu manual do usuário HP DC72 BLADE CLIENT http://pt.yourpdfguides.com/dref/887902

Seu manual do usuário HP DC72 BLADE CLIENT http://pt.yourpdfguides.com/dref/887902 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para HP DC72 BLADE CLIENT. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a HP DC72

Leia mais

Manual do Usuário. TVA Digital

Manual do Usuário. TVA Digital Manual do Usuário TVA Digital AF_Manual_TV_SD_8.indd 1 AF_Manual_TV_SD_8.indd 2 Parabéns por escolher a TVA Digital! Além de optar por uma excelente programação, você terá uma série de recursos e interatividade.

Leia mais

Wireless N e Voice Cable Gateway Guia Rápido de Instalação

Wireless N e Voice Cable Gateway Guia Rápido de Instalação 1. INTRODUÇÃO Wireless N e Voice Cable Gateway Guia Rápido de Instalação O Technicolor TC7300.B é um gateway residencial que vai lhe permitir ter acesso a internet de banda larga, telefone e rede sem fio.

Leia mais

HCN/HCS SERIES CÂMERAS E CONVERSORES IP

HCN/HCS SERIES CÂMERAS E CONVERSORES IP HCN/HCS SERIES CÂMERAS E CONVERSORES IP Obrigado por utilizar os produtos Dimy s. Antes de operar o equipamento, leia atentamente as instruções deste manual para obter um desempenho adequado. Por favor,

Leia mais

play Guia de uso Decodificador

play Guia de uso Decodificador play Guia de uso Decodificador Bem-vindo Agora com seu Vivo Play você se diverte na hora que der vontade. São milhares de filmes, séries e shows só esperando você dar um play. Você pausa, volta, avança,

Leia mais

Manual básico de configuração. ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo Linksys PAP2T

Manual básico de configuração. ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo Linksys PAP2T Manual básico de configuração ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo Linksys PAP2T Índice 1 Objetivo deste documento... 3 2 Entendendo o que é um ATA... 3 3 Quando utilizar o ATA... 4 4 Requisitos

Leia mais

Guia de Instalação do Universal WiFi Range Extender WN2000RPTv2

Guia de Instalação do Universal WiFi Range Extender WN2000RPTv2 Guia de Instalação do Universal WiFi Range Extender WN2000RPTv2 CONECTE DISPOSITIVOS CABEADOS COM O RECURSO SEM FIO EXTENSÃO SEM FIO Alcance sem fio ampliado Alcance do roteador ROTEADOR 2011 NETGEAR,

Leia mais

Seu manual do usuário YAMAHA RIO3224-D/RIO1608-D http://pt.yourpdfguides.com/dref/5078395

Seu manual do usuário YAMAHA RIO3224-D/RIO1608-D http://pt.yourpdfguides.com/dref/5078395 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para YAMAHA RIO3224-D/RIO1608-D. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a no

Leia mais

Cabo USB para sincronização protetora

Cabo USB para sincronização protetora Leia isto primeiro Comece aqui Stylus Cabo USB para sincronização Tampa protetora Computador de mão Palm T X CD de instalação do software Carregador de CA Atualizadores Antes de ir para a etapa 1, sincronize

Leia mais

R O B Ó T I C A. Sensor Smart. Ultrassom. Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 1.0 REVISÃO 1211.13. www.robouno.com.br

R O B Ó T I C A. Sensor Smart. Ultrassom. Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 1.0 REVISÃO 1211.13. www.robouno.com.br R O B Ó T I C A Sensor Smart Ultrassom Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 1.0 REVISÃO 1211.13 Sensor Smart Ultrassom 1. Introdução Os sensores de ultrassom ou ultrassônicos são sensores que detectam

Leia mais

ROTEADOR WIRELESS N 300 ADSL2+ DSL-2740E GUIA DE INSTALAÇÃO RÁPIDA

ROTEADOR WIRELESS N 300 ADSL2+ DSL-2740E GUIA DE INSTALAÇÃO RÁPIDA ROTEADOR WIRELESS N 300 ADSL2+ GUIA DE INSTALAÇÃO RÁPIDA CONTEÚDO DA EMBALAGEM CONTEÚDO ROTEADOR WIRELESS N 300 ADSL2+ ADAPTADOR DE ENERGIA ADAPTADOR CABO ETHERNET (CABO RJ-45) CONECTE O MODEM NO COMPUTADOR

Leia mais

Roteador N300 WiFi (N300R)

Roteador N300 WiFi (N300R) Easy, Reliable & Secure Guia de Instalação Roteador N300 WiFi (N300R) Marcas comerciais Nomes de produtos e marcas são marcas comerciais ou marcas comerciais registradas de seus respectivos proprietários.

Leia mais

Guia de Instalação Rápida TL2-G244 1.01

Guia de Instalação Rápida TL2-G244 1.01 Guia de Instalação Rápida TL2-G244 1.01 Índice Português 1. Antes de Iniciar 1 2. Instalação de Hardware e Configuração 2 3. LEDs 3 4. Configure o Switch 5 Troubleshooting 9 Version 11.05.2010 1. Antes

Leia mais

internet Fibra Guia de Informações

internet Fibra Guia de Informações internet Fibra Guia de Informações Aproveite! Agora você tem o melhor em banda larga com ultravelocidade de ponta a ponta. Para curtir ao máximo todos os recursos da sua Vivo Internet Fibra, conheça as

Leia mais

MANUAL DE CONFIGURAÇÃO PAP2 www.ivoz.net

MANUAL DE CONFIGURAÇÃO PAP2 www.ivoz.net Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2 MANUAL DE CONFIGURAÇÃO PAP2 www.ivoz.net Sumário Como Configurar o PAP2...03 Como acessar a página Web de configuração do PAP2...04

Leia mais

Manual. ID REP Config Versão 1.0

Manual. ID REP Config Versão 1.0 Manual ID REP Config Versão 1.0 Sumário 1. Introdução... 3 2. Pré-Requisitos... 3 3. Instalação do ID REP Config... 4 4. Visão Geral do Programa... 8 4.1. Tela Principal... 8 4.2. Tela de Pesquisa... 12

Leia mais

Produto: CL Titânio Assunto: Quais as funções que podem ser executadas no software client?

Produto: CL Titânio Assunto: Quais as funções que podem ser executadas no software client? Produto: CL Titânio Assunto: Quais as funções que podem ser executadas no software client? Assim que abrir o DVR Client, no canto superior direito há um grupo de opções denominado Login, preencha de acordo

Leia mais

LEIA O MANUAL ANTES DE USAR O PRODUTO!

LEIA O MANUAL ANTES DE USAR O PRODUTO! LEIA O MANUAL ANTES DE USAR O PRODUTO! Manual de uso Interface Lumikit PRO X4 Interface Lumikit PRO X4 RACK 2015 Lumikit Sistemas para Iluminação rev.1 25/01/2015 Lumikit Sistemas para Iluminação www.lumikit.com.br

Leia mais

Manual de Instalação, Configuração e Uso

Manual de Instalação, Configuração e Uso Manual de Instalação, Configuração e Uso KEYPAD MACRO Para controle de cenas ou canais de qualquer módulo da rede Scenario-net Índice 1. Manual de Utilização... 2 1.1. Apresentação e identificação das

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO ETHERNET BOX MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO E.P.M. Tecnologia e Equipamentos Ltda. Av. Comendador Gumercindo Barranqueiros, 285 Jardim Samambaia - Jundiaí SP CEP: 13211-410 Telefone (0xx11) 4582-5533

Leia mais

Faça mais. Saiba mais sobre o EX6200

Faça mais. Saiba mais sobre o EX6200 Faça mais Saiba mais sobre o EX6200 Conteúdo Conheça o WiFi da próxima geração................................. 3 Otimize seu WiFi.................................................. 4 Compartilhe arquivos

Leia mais

Manual de Operação PT

Manual de Operação PT PT Manual de Operação Conteúdo Conteúdo Mensagem da equipe de desenvolvimento...2 Controles e terminais do painel...3 Painel frontal...3 Painel traseiro...5 Software...7 Uso da UR22mkII...10 Conexões...10

Leia mais

Switch de Acesso Fast Ethernet Modelo de Referência - Cisco SRW224G4

Switch de Acesso Fast Ethernet Modelo de Referência - Cisco SRW224G4 Switch de Acesso Fast Ethernet Modelo de Referência - Cisco SRW224G4 Switch Fast Ethernet com as seguintes configurações mínimas: capacidade de operação em camada 2 do modelo OSI; 24 (vinte e quatro) portas

Leia mais

DIGITAL. Inovando seu futuro! MANUAL DE INSTRUÇÕES. TS 9020-T Professional TRANSPORT STREAM MONITOR. Assistência Técnica CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

DIGITAL. Inovando seu futuro! MANUAL DE INSTRUÇÕES. TS 9020-T Professional TRANSPORT STREAM MONITOR. Assistência Técnica CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS POWER CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Características Gerais Entrada de Sinal Conector Interface de Saída Conector Configurações mínima do PC Memória HD Porta 16 entradas - compatível com TTL Bloco Terminal 2.0

Leia mais

Acesso Ethernet com Hubs

Acesso Ethernet com Hubs Acesso Ethernet com Hubs O dado é enviado de um por vez Cada nó trafega a 10 Mbps Acesso Ethernet com Bridges Bridges são mais inteligentes que os hubs Bridges reuni os quadros entre dois segmentos de

Leia mais

GUIA DO USUÁRIO BFD04 BFD08 BFD16

GUIA DO USUÁRIO BFD04 BFD08 BFD16 GUIA DO USUÁRIO BFD04 BFD08 BFD16 Gravador digital de Vídeo (DVR) Modelos BFD04, BFD08 e BFD16 Parabéns, por adquirir um produto Braforce. Este guia foi desenvolvido para ser uma ferramenta de referência

Leia mais

Laboratório 4.2.9e Fluke LinkRunner Testes de Cabos e de Placa de Rede

Laboratório 4.2.9e Fluke LinkRunner Testes de Cabos e de Placa de Rede Laboratório 4.2.9e Fluke LinkRunner Testes de Cabos e de Placa de Rede Objetivo Familiarizar-se com as capacidades do Fluke LinkRunner Verificar o comprimento e a integridade dos cabos Determina onde um

Leia mais

Sumário. 4. Clique no botão Salvar & Aplicar para confirmar as alterações realizadas no. Reiniciar o SIMET- BOX

Sumário. 4. Clique no botão Salvar & Aplicar para confirmar as alterações realizadas no. Reiniciar o SIMET- BOX Manual do usuário Sumário Introdução... 3! Instalar o SIMET-BOX... 4! Primeiro acesso ao SIMET-BOX... 5! Estado Atual... 7! Visão Geral... 7! Gráficos... 8! Rede... 9! Rede sem fio... 9! Ativar rede sem

Leia mais

Placa Acessório Modem Impacta

Placa Acessório Modem Impacta manual do usuário Placa Acessório Modem Impacta Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. A Placa Modem é um acessório que poderá ser utilizado em todas as centrais

Leia mais

PA-500 Hardware Reference Guide. 8/31/11 Esboço de Revisão Final - Palo Alto Networks CONFIDENCIAL DA EMPRESA

PA-500 Hardware Reference Guide. 8/31/11 Esboço de Revisão Final - Palo Alto Networks CONFIDENCIAL DA EMPRESA PA-500 Hardware Reference Guide 8/31/11 Esboço de Revisão Final - Palo Alto Networks CONFIDENCIAL DA EMPRESA Palo Alto Networks, Inc. www.paloaltonetworks.com Copyright 2011 Palo Alto Networks. Todos os

Leia mais

1. Tutorial Todos os drives, Lendo a key com Lizard Scorpion

1. Tutorial Todos os drives, Lendo a key com Lizard Scorpion Tutorial Versão em Português feita por Victor Team VeniX 1. Tutorial Todos os drives, Lendo a key com Lizard Scorpion Este tutorial irá guiá-lo passo a passo para ser capaz de ler e gravar firmware de

Leia mais

IRISPen Air 7. Guia Rápido. (Windows & Mac OS X)

IRISPen Air 7. Guia Rápido. (Windows & Mac OS X) IRISPen Air 7 Guia Rápido (Windows & Mac OS X) Este Guia Rápido do Usuário ajuda você a começar a usar o IRISPen Air TM 7. Leia este guia antes de utilizar o scanner e o respectivo software.todas as informações

Leia mais

Matriz HDMI 4x2 MX EDID/RS232 (SBMX42)

Matriz HDMI 4x2 MX EDID/RS232 (SBMX42) Matriz HDMI 4x2 MX EDID/RS232 (SBMX42) Versão 24.9.8 Você acaba de adquirir um produto AV LIFE!!! Não deixe de acessar nosso site www.avlife.com.br para ficar por dentro das novidades, assistir a vídeos,

Leia mais

- Leia cuidadosamente este manual antes de ligar o Driver. - A Neoyama Automação se reserva no direito de fazer alterações sem aviso prévio.

- Leia cuidadosamente este manual antes de ligar o Driver. - A Neoyama Automação se reserva no direito de fazer alterações sem aviso prévio. Easy Servo Driver MANUAL Atenção: - Leia cuidadosamente este manual antes de ligar o Driver. - A Neoyama Automação se reserva no direito de fazer alterações sem aviso prévio. Sumário 1. LEGENDA DE PART-NUMBER...

Leia mais

GUIA DO CLIENTE VETTI INSTALANDO SEU KIT IP-Onvif 720P

GUIA DO CLIENTE VETTI INSTALANDO SEU KIT IP-Onvif 720P GUIA DO CLIENTE VETTI INSTALANDO SEU KIT IP-Onvif 720P Conteúdo 1. Apresentação... Erro! Indicador não definido. 1.1. Opções de Gravação... Erro! Indicador não definido. 2. Instalação da câmera IP-Onvif

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES CONFIGURADOR HART

MANUAL DE INSTRUÇÕES CONFIGURADOR HART MANUAL DE INSTRUÇÕES CONFIGURADOR HART mod.: D221 Versão 1.00 / Revisão 1 CONTEMP IND. COM. E SERVIÇOS LTDA. Al. Araguaia, 204 - CEP 09560-580 S. Caetano do Sul - SP - Brasil Fone: 11 4223-5100 - Fax:

Leia mais

Capítulo 2: Introdução às redes comutadas (configuração switch)

Capítulo 2: Introdução às redes comutadas (configuração switch) Unisul Sistemas de Informação Redes de Computadores Capítulo 2: Introdução às redes comutadas (configuração switch) Roteamento e Switching Academia Local Cisco UNISUL Instrutora Ana Lúcia Rodrigues Wiggers

Leia mais

2010 Encore Electronics, Inc. All rights reserved.cove

2010 Encore Electronics, Inc. All rights reserved.cove 2010 Encore Electronics, Inc. All rights reserved.cove 2011 Encore Electronics, Inc. As especificações, o tamanho, e o formato do produto estão sujeitos a alterações sem qualquer aviso prévio, e a aparência

Leia mais

(Alimentação) DESLIGADO Sem energia. LIGADO Uma conexão válida foi estabelecida. Pacotes de Dados DESLIGADO Nenhuma conexão estabelecida

(Alimentação) DESLIGADO Sem energia. LIGADO Uma conexão válida foi estabelecida. Pacotes de Dados DESLIGADO Nenhuma conexão estabelecida Parabéns pela aquisição do SWITCH MYMAX 8 PORTAS. Este comutador integra as capacidades do Comutador Rápido de 100Mbps e da Rede Ethernet de 10Mbps em uma mini-embalagem altamente flexível. 1. Conteúdo

Leia mais

internet Fibra Guia de informações

internet Fibra Guia de informações internet Fibra Guia de informações Aproveite! Agora você tem o melhor em banda larga com ultravelocidade de ponta a ponta. Para curtir ao máximo todos os recursos da sua Vivo Internet Fibra, conheça as

Leia mais

MESA DMX 512 MANUAL DE OPERAÇÃO

MESA DMX 512 MANUAL DE OPERAÇÃO MESA DMX 512 MANUAL DE OPERAÇÃO 1 - INSTRUÇÕES INICIAIS IMPORTANTE LEIA COM ATENÇÃO!. Certifique-se de que a voltagem no equipamento é compatível com a tensão da rede elétrica. Este equipamento foi desenvolvido

Leia mais

switches LAN (rede de comunicação local)

switches LAN (rede de comunicação local) O funcionamento básico de uma rede depende de: nós (computadores) um meio de conexão (com ou sem fios) equipamento de rede especializado, como roteadores ou hubs. Todas estas peças trabalham conjuntamente

Leia mais

Informações importantes de configuração. Usuários de cabo USB: não conecte o cabo USB até a etapa A2.

Informações importantes de configuração. Usuários de cabo USB: não conecte o cabo USB até a etapa A2. Comece aqui 1 Informações importantes de configuração Usuários de rede sem fio ou com fio: siga as instruções neste guia de configuração para que o HP All-in-One seja adicionado corretamente à sua rede.

Leia mais

GUIA RÁPIDO. DARUMA Viva de um novo jeito

GUIA RÁPIDO. DARUMA Viva de um novo jeito GUIA RÁPIDO DARUMA Viva de um novo jeito Dicas e Soluções para IPA210 Leia atentamente as dicas a seguir para configurar seu IPA210. Siga todos os tópicos para que seja feita a configuração básica para

Leia mais

Guia de Instalação do Universal WiFi Range Extender WN3000RP. Alcance sem fio ampliado Alcance do roteador

Guia de Instalação do Universal WiFi Range Extender WN3000RP. Alcance sem fio ampliado Alcance do roteador Guia de Instalação do Universal WiFi Range Extender WN3000RP Alcance sem fio ampliado Alcance do roteador 2011 NETGEAR, Inc. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida,

Leia mais

internet Fibra Guia de informações TELPF-4499_Guia_Internet_V6_REV.indd 1

internet Fibra Guia de informações TELPF-4499_Guia_Internet_V6_REV.indd 1 internet Fibra Guia de informações TELPF-4499_Guia_Internet_V6_REV.indd 1 9/19/14 5:45 PM Aproveite! Agora você tem o melhor em banda larga com ultravelocidade de ponta a ponta. Para curtir ao máximo todos

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO SOFTWARE DE CONFIGURAÇÃO S501 CONNECT Versão 1.0.1 / Revisão 1 MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO CONTEMP IND. COM. E SERVIÇOS LTDA. Al. Araguaia, 204 - CEP 09560-580 S. Caetano do Sul - SP - Brasil Fone:

Leia mais

Conteúdos da embalagem

Conteúdos da embalagem Suporte Técnico Agradecemos por escolher os produtos NETGEAR. Com o dispositivo instalado, localize o número de série no rótulo do produto para registrá-lo no site https://my.netgear.com. Você deve registrar

Leia mais

Seu manual do usuário HP COMPAQ EVO D310 DESKTOP http://pt.yourpdfguides.com/dref/870005

Seu manual do usuário HP COMPAQ EVO D310 DESKTOP http://pt.yourpdfguides.com/dref/870005 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para HP COMPAQ EVO D310 DESKTOP. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a no

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES Rede é um conjunto de módulos processadores capazes de trocar informações e compartilhar recursos. O tipo de rede é definido pela sua área de abrangência, podemos classificar as redes

Leia mais

Equipamentos de Redes de Computadores

Equipamentos de Redes de Computadores Equipamentos de Redes de Computadores Romildo Martins da Silva Bezerra IFBA Estruturas Computacionais Equipamentos de Redes de Computadores... 1 Introdução... 2 Repetidor... 2 Hub... 2 Bridges (pontes)...

Leia mais

Claudivan C. Lopes claudivan@ifpb.edu.br

Claudivan C. Lopes claudivan@ifpb.edu.br Claudivan C. Lopes claudivan@ifpb.edu.br Sobre a arquitetura Ethernet Camadas da arquitetura Ethernet Topologias para redes Ethernet IFPB/Patos - Prof. Claudivan 2 É a arquitetura mais comum em redes locais

Leia mais

UTP ( PAR TRANÇADO SEM PROTEÇÃO)

UTP ( PAR TRANÇADO SEM PROTEÇÃO) Par Trançado UTP ( PAR TRANÇADO SEM PROTEÇÃO) O cabo UTP é composto por pares de fios, sendo que cada par é isolado um do outro e todos são trançados juntos dentro de uma cobertura externa, que não possui

Leia mais

Leia isto primeiro primeir

Leia isto primeiro primeir Leia isto primeiro Comece aqui Este manual vai ajudá-lo a: Carregar e configurar o computador de mão. Instalar o software Palm Desktop e outros softwares. Sincronizar o computador de mão com o de mesa.

Leia mais