Pós para metalização A sua melhor escolha

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Pós para metalização A sua melhor escolha"

Transcrição

1 Pós para metalização A sua melhor escolha

2 Por que metalização? A metalização é um método eficaz e econômico para alcançar propriedades de alta performance em superfícies metálicas expostas à desgastes. Um objeto de metal pode ter revestida a superfície da área exposta para alcançar maior resistência à corrosão e ao desgaste. A metalização também pode ser usada para reparar partes danificadas. Não será necessária a substituição total das peças e esse reparo aumenta a sua vida útil. As técnicas de metalização são, hoje em dia, uma prática comum para muitas aplicações em uma grande variedade de indústrias: Agrícola Automobilística Química Geração de energia Moldes de vidro Veículos pesados motorizados Naval Papel Petroquímica Moldes de plástico Reparos e substituições Fabricação de aço O denominador comum de todas essas aplicações é a necessidade de obter uma maior resistência ao desgaste, à corrosão, à abrasão e aos impactos. Esta combinação de propriedades necessita uma fórmula equilibrada de pó metálico, uma vez que é específica para cada aplicação. Os nossos pós atomizados são particularmente adequados para as necessidades das técnicas de metalização, tais como a soldagem a pó, aspersão e fusão, plasma spray, HVOF (High Velocity Oxy-Fuel, PTA (Plasma de Arco Transferido), revestimento a laser e cold spray. 2

3 Ampliando o campo de aplicações A Höganäs é um fabricante de pós que fornece uma gama completa de pós para os processos de aspersão térmica. Uma ampla variedade de pós de alta qualidade de base de níquel, cobalto e ferro aumenta o potencial para aplicações industriais de metalização. O desenvolvimento contínuo tem o objetivo de ampliar as propriedades e as técnicas de aplicação para obter novas soluções e ampliar a variedade de aplicações. Vantagens exclusivas do Pó Metálico Höganäs Partícula esférica sem satélites é o principal diferencial da Höganäs para todas as fórmulas de pó oferecidas à indústria da metalização. Isso proporciona a chave para fórmulas otimizadas, quando a morfologia se combina com um sistema de ligas correto e uma distribuição do tamanho das partículas. Benefícios para o cliente: Excelente fluxo de suprimento de pó Menos sensibilidade à umidade Maior taxa de deposição Menor porosidade Menor consumo de gás (exemplo na página 4) Compromisso com o meio ambiente Sabemos que o compromisso com o meio ambiente é tão importante quanto a capacidade operacional do produto. Os produtos da Höganäs proporcionam energia e soluções ambientalmente eficientes para os nossos clientes. Os nossos processos de produção se caracterizam por seu eficiente uso dos recursos de energia natural e pela geração de uma quantidade mínima de resíduos. Os objetivos ambientais e os objetivos relacionados com a energia e seus planos de ação utilizam a norma ISO de gestão ambiental como uma ferramenta nas instalações de produção da Höganäs. As embalagens racionais e completamente recicláveis minimizam os custos de transporte e o impacto no meio ambiente. vez, obtemos um controle mais rígido dos parâmetros do processo, com o uso de controle estatístico de parâmetros (SPC). Os benefícios para o cliente do SPC nas aplicações: A qualidade consistente do pó minimiza o tempo de ajuste do equipamento do cliente A consistência entre lotes transforma o tempo de ajuste dos equipamentos em tempo de produção Cada lote produzido é submetido a um ensaio de revestimento com o equipamento adequado antes de sua entrega Suporte técnico completo Os clientes têm o total suporte das instalações de nosso laboratório. O serviço de pesquisa para os clientes compõe-se de nossos equipamentos de laboratório, de aplicações com aspersão térmica, soldagem a pó, PTA e o revestimento a laser. Os dados científicos necessários são gerados em nossos laboratórios de metalografia. Os nossos técnicos competentes executam e interpretam os resultados para chegar a soluções aplicáveis ao caso concreto de cada cliente. Conhecimento e cooperação O desenvolvimento de nosso pó metálico tem como objetivo o estímulo ativo do crescimento da indústria de metalização. O conhecimento é a chave do sucesso e a perícia metalúrgica da Höganäs é a base do desenvolvimento do pó. O foco do sucesso do pó metálico são os amplos recursos de produção que prevêem às necessidades do mercado e respondem a elas. A nossa reputação consolidada como provedor de confiança de pós para metalização é uma sólida base para a cooperação. Qualidade O programa de certificação de qualidade Höganäs cumpre os requisitos de ISO 9001 e TS Isto assegura que os nossos clientes terão uma qualidade de produtos consistentes através do tempo. A cada 3

4 Produtos avançados A Höganäs é uma fornecedora exclusiva de pó metálico cuja finalidade é a excelência na fabricação. Os processos de atomização usados em nossas instalações produzem pós que são submetidos a rígidos controles em cada fase do processo. A confirmação final da qualidade é o depósito de material em nossos laboratórios de aplicações para assegurar os melhores resultados. Uma ampla variedade de pós está disponível, dividida de acordo com um grande intervalo de tamanhos de partículas, em conformidade com as recomendações de vários fabricantes de equipamentos de metalização. Matéria prima Níquel Cobalto Ferro Fusão Processos Atomização Vertical Atomização Horizontal Peneiramento Produtos Pós para revestimento Os requisitos de sua aplicação determinarão o tipo de pó que deverá ser utilizado e o processo a empregar. Uma superfície acabada de alta qualidade é o nosso selo de qualidade Com o objetivo de obter a mais alta qualidade no acabamento superficial do revestimento, recomenda-se o uso de pó de alta qualidade da Höganäs. Uma superfície lisa, com menos porosidade e um acabamento limpo requerem menos esforço à hora de polir. Uma alta taxa de deposição pode aumentar a produtividade e o volume aportado. Uma ligação uniforme entre o revestimento e a base assegura um menor número de partes defeituosas. Os parâmetros do equipamento consistentes depois da mudança de lotes reduzem o tempo de ajuste do equipamento. Estas são as características que foram levadas em conta no momento de desenvolver os pós oferecidos à indústria de metalização. Vantagens exclusivas do Pó Höganäs Os nossos pós combinam uma excelente morfologia com uma grande variedade de sistemas de liga e distribuição de tamanho de partículas. As partículas esféricas sem satélites são a característica morfológica da Höganäs. Quando aplicados isto resulta em maior taxa de deposição, menor porosidade e ligação uniforme. O baixo teor de oxigênio de nossos pós também contribui para um acabamento mais limpo da superfície. O fluxo de pó esférico requer menos gás para o transporte da mesma quantidade de pó. No caso da soldagem a pó, é necessária uma menor pressão de gás com as partículas esféricas. Uma pressão menor significa que se consome menos gás durante o processo de revestimento. No caso da soldagem PTA, é possível quantificar a redução e se observou até 25% de redução no consumo de gás. A geometria das partículas esféricas tem a menor relação entre superfície e volume que qualquer outra forma. Isso quer dizer que a absorção de umidade é menor do que com qualquer outra morfologia. A umidade absorvida na superfície do pó é uma preocupação a menos. Como fabricantes independentes, oferecemos uma variedade de pós adequados para todos os equipamentos. As plantas de produção certificadas segundo as normas ISO e TS garantem que as propriedades químicas e físicas estejam em conformidade com as especificações. Isso assegura a ciência, mas a confirmação final da realidade está no revestimento. Cada lote produzido é submetido a um ensaio de revestimento com o equipamento adequado antes da entrega ao cliente. 4

5 Pós metálicos para metalização A linha de defesa escolhida contra a corrosão, o desgaste e os rápidos ciclos térmicos nos moldes, nas forminhas e nos fundos para a indústria de fabricação de garrafas. Superfície altamente resistente ao desgaste aplicada em coroas e punções para fabricação de garrafas. Os tubos de caldeira da calefação conseguem suportar ciclos de temperatura, ambientes corrosivos, e níveis de partículas flutuantes. O revestimento extremamente duro de carbetos de tungstênio conserva as lâminas afiadas na indústria de papel. Reduz o desgaste e a corrosão nas válvulas. Protege as válvulas de esfera da indústria petroquímica da corrosão e do desgaste mecânico. Revestimento HVOF de cilindros para prensas. Os rolos de aço ganham durabilidade, precisão e eficiência na produção. Rendimento do pó e dos processos A variedade de equipamentos de metalização e os tipos de pós metálicos foram evoluindo à medida que crescia a indústria de revestimento térmico. Produzimos uma completa gama de pós atomizados à base de níquel, ferro e cobalto. Esses materiais foram desenvolvidos especificamente para cada tipo de equipamento de metalização e aplicação. Entre as técnicas de revestimento que os nossos pós abrangem se incluem: Soldagem a pó Aspersão e Fusão Plasma Spray HVOF (High Velocity Oxy-Fuel) PTA (Plasma Transferred Arc) welding Revestimento a laser 5

6 Soldagem a pó emprega um maçarico de oxi-acetileno padrão, em que o pó é alimentado diretamente na chama proveniente de um reservatório acoplado ao maçarico. Normalmente este método é usado para moldes de vidro, peças pequenas e reparos. Especialmente indicado para o reparo de ferro fundido e peças mecanizadas. A soldagem a pó proporciona um revestimento liso e denso, com uma aderência por difusão à base. As taxas de deposição são de 0,5 a 2,5 kg/hora, e a espessura do revestimento é de 0,2 a 12 mm. Aspersão e Fusão O pó é alimentado diretamente numa chama oxiacetilênica ou oxi-hidrogênio e projetado em direção ao metal base. O material semifundido forma uma união mecânica que, quando fundida com a peça de trabalho, cria uma união metalúrgica. A aspersão e fusão é ideal para o revestimento de peças cilíndricas. As ligas de elevada dureza e mesclas de carbetos de tungstênio podem ser usadas com vantagem. As taxas de deposição são de 1 a 9 kg/ hora, e a espessura do revestimento é de 0,1 a 3 mm. Plasma Spray emprega uma técnica essencialmente similar à da aspersão e fusão, com a diferença de que a dispersão de plasma conta com um plasma eletricamente estimulado de alta velocidade e temperatura (~ K). Isto permite um revestimento mais denso (95-98%). As taxas de deposição são de 2 a 8 kg/hora, e a espessura do revestimento é de 0,1 a 2,5 mm. HVOF (High Velocity Oxy-Fuel) spraying combina velocidades de até 700 m/s/ com temperaturas moderadas. Este processo proporciona um revestimento muito denso (> 97%). As taxas de deposição são de até 9 kg/hora, e a espessura do revestimento é de 0,05 a 2,5 mm. PTA (Plasma Transferred Arc) welding a soldagem PTA é um processo que pode ser altamente automatizado. Utiliza uma combinação arco/jato de plasma para formar uma área de fusão limitada sobre a superfície da peça de trabalho. O resultado é uma baixa diluição do metal base com uma pequena zona afetada pelo calor e um revestimento denso e uniforme. Este processo encontrou uma grande utilidade em aplicações de grande volume e automatizadas, como a metalização de válvulas de escape. É possível obter taxas de deposição de até 12 kg/hora e a espessura do revestimento é de 1 a 6 mm. Revestimento a laser é concentrado e controla o calor e a profundidade do revestimento, proporcionando uma limpa união metálica com uma diluição mínina, uma pequena zona afetada pelo calor e uma estrutura de grão fino. As taxas de deposição são de até 8 kg/hora, e a espessura do revestimento varia de 0,5 a mais de 4 mm. Como escolher o tipo de pó adequado Fatores a considerar A composição química e a porosidade determinam a resistência à abrasão, ao calor, à corrosão e ao impacto da superfície metalizada. A distribuição do tamanho das partículas pode afetar a forma do depósito e é frequentemente específica para cada equipamento. Estes são os principais fatores usados para determinar o pó adequado para cada aplicação específica. Este diagrama e as tabelas nas páginas seguintes auxiliam na definição do pó adequado. A dureza do depósito depende, em grande parte, da eficiência de deposição. BAIXA ALTA Níquel CrMo Ferro CrNi Austenítico SS Resistência à abrasão Ligas a base de Cobalto Níquel CrSiB Ferro CrMoWVC HSS Ferro Cr Martensítico SS Resistência ao impacto FeCr Alto C ALTA BAIXA ALTA Resistência ao calor BAIXA 6

7 Tipos de pós para Soldagem a Pó níquel * Valor indicado ** Valor medido C % Si % B % Fe % Cr % Ni % Mo % Outros % Dureza Recomendações de uso/ ,03 2,0 1,1 0,5 Bal. Cu=20,0 15* 210** Reparos de ferro fundido, por exemplo, blocos de motor ,03 0,03 2,4 2,0 1,4 0,65 0,4 0,3 3,0 Bal. Bal. P=2,0 20* 21* 230** 250** Trabalhos de soldagem em superfícies novas de ferro fundido. Reparos de falhas de usinagem. Reparos de blocos de motor, rolamentos, roscas, bombas e prensas. Maior fluidez, diminuição do ponto de fusão. Fácil manuseio. Pode ser preenchido à mão ,04 2,5 1,6 0,4 Bal. 23* 270** ,05 2,7 1,8 0,4 Bal. 28* 295** ,03 2,2 0,9 0,3 3,0 Bal. P=2,2 28* 290** Maior fluidez, diminuição do ponto de fusão ,32 3,7 1,2 3,0 7,0 Bal. 35* 360** Reparos e reconstrução de pequenos punções e forminhas na indústria de fabricação de vidro ,15 2,8 1,2 0,4 4,5 Bal. 2.5 P=1,9 36* 375** Maior fluidez, diminuição do ponto de fusão ,25 3,5 1,6 2,5 7,5 Bal. 40* 425** Reparos e reconstrução de peças desgastadas ,35 3,7 1,8 2,6 8,9 Bal. 47** 500** para moldes, válvulas, rolamentos, sulcos, juntas de vedação, vávulas tipo porta bombas de água e engrenagens. Boa fluidez ,45 3,9 2,3 2,9 11,0 Bal. 52** 580** Todas as aplicações com alta demanda de ,75 4,3 3,1 3,7 14,8 Bal. 62** 810** resistência ao desgaste e à corrosão, por exemplo, rolamentos, válvulas de motores diesel, vávulas tipo porta, parafusos de alimentação, pás de ventilador, fusos têxteis, pistões, eixos de bombas, braços e lâminas de misturadores agrícolas. É possível conseguir um aprimoramento ainda maior por meio da mescla com carbetos. Recomendações de uso Características Comentários Soldagem a Pó - Efeito do tamanho das partículas sobre o perfil do depósito. Tamanho médio das partículas (micras) Efeito de B+Si sobre a fluidez e a dureza % B+Si HRC Fluidez da poça Perfil do depósito Perfil do depósito 7

8 Tipos de pós para Aspersão e Fusão níquel Tamanho das partículas (µm) C % Si % B % Fe % Cr % Ni % Mo % Outros % Dureza Recomendações de uso/ Características/ Comentários Bal. 38* 380** Aplicação de camadas em punções na fabricação de garrafas onde se exija boa usinabilidade. Também em rolamentos, cabeças de psitão, eixos Bal. 44** 450** de laminadores, pás de ventiladores, válvulas gaveta, buchas de bombas e rotores de bombas Bal. 51** 570** Rolamentos, válvulas de motores diesel. assentos de válvulas, rolos para trens de laminação, eixos de bombas, manguitos de bomba, vedações, varetas Bal. 3.0 Cu=3.0 57** 700** de pistões, válvulas de vapor, transportadores sem fim, moldes para tijolos e cerâmica, lâminas misturadoras, lâminas de corte, etc Bal. 61** 790** É possível conseguir um aprimoramento ainda maior por meio da mescla com carbetos de tungstênio Bal. 62** 820** Veja também os tipos de carbretos. 72-M Bal. 37 Usado extensivamente em aplicações de 72-W Óleo e Gás, varetas polidas, camisas, pistões, 74-M Bal. 58 acoplamentos e tubos de perfuração. 74-W M Bal W M-50-S Bal W-50-S M Bal M Bal. 2.5 Cu= Aplicações com alta demanda de resistência à 80-W corrosão. 82-M Bal. 3.2 Cu= * Valor indicado ** Valor medido Recomendações de uso Características Comentários Maçarico Oxigênio Acetileno Pó Ar Bar * Vazão Bar * Vazão Vazão Bar * Vazão partículas µm Metco 5P/6P Terodyn Castodyn Colmonoy J Uni Spray Jet * Bar = Pressão μm A aspersão e fusão é um processo de duas etapas, que produz um revestimento denso e uma união metalúrgica. O processo pode empregar ligas de elevada dureza e até mesmo mesclas que contenham carbetos de tungstênio. A técnica pode ser facilmente automatizada e adaptada às metalizações de peças cilíndricas Soldagem a pó Aspersão e Fusão HVOF Soldagem PTA Laser cladding 8

9 Tipos de pós para Plasma Spray e HVOF níquel C % Si % B % Fe % Cr % Ni % Mo % Outros % Dureza Recomendações de uso/ ,03 0,4 0,75 21,5 Bal. 9,0 Nb=3,6 200** IN 625 1) C276-m ,12 0,5 3,0 15,5 Bal. 16,0 W=4,5 260** C 276 1) Mn=1,2 V=0, ,20 1,0 0,5 20,0 Bal. Mn=0,75 280* para revestimentos cerâmicos ,75 4,3 3,1 3,7 14,8 Bal. 780* Ligas para revestimento das lâminas de turbinas de gás ou vapor ou para outras aplicações que exijam revestimentos por plasma spray extremamente densos ,90 4,3 3,3 4,2 16,3 Bal. 820** O revestimento por tornar-se completamente denso com aplicação de calor. cobalto C % Si % Fe % Cr % Ni % Co % Mo % W % Dureza Recomendações de uso/ ,25 0,9 1,5 27,0 2,5 Bal. 5,5 300** Stellite 21 2) ,1 1,0 1,5 28,5 1,5 Bal. 4,4 380* ,4 1,1 1,0 28,5 1,5 Bal. 8,0 420* HB ,05 2,8 0,5 9,7 0,5 Bal. 29,5 500** Stellite 6 2) Stellite 12 2) Triballoy 400 2) cobalto para resistência à corrosão e oxidação. Melhores valores de dureza à quente que os obtidos com base níquel. ferro C % Si % Fe % Cr % Ni % Mo % Mn % Outros % Dureza Recomendações de uso/ 316L ,03 0,8 Bal. 17,0 12,0 2,5 1,5 160** 316L 3) 410L ,03 0,5 Bal. 12,5 0,1 220* 410L 3) ,75 1,3 Bal. 28,0 16,0 4,5 0,8 500** * Valor indicado ** Valor medido Recomendações de uso Características Comentários Caracteristicas Dispersão por chama Dispersão HVOF Dispersão por plasma Photo courtesy of Praxair HVOF é o método de revestimento que deve ser escolhido quando for necessário o revestimento extremamente denso. Este processo pode ser facilmente automatizado e requer pouco trabalho posterior. Temperatura do gás ( C) Taxa de deposição (kg/h) Velocidade das partículas (M/s) >50 >700 >450 Tensão de união (MPa) fused Espessura do revestimento (mm) 0,1-3 0,05-2,5 0,1-2,5 Dureza (HRC) Porosidade (%) metalizado à frio >3 2-5 Porosidade (%) fundida ~1-2 <3 ~1-2 9

10 Tipos de pós para PTA e Laser níquel C % Si % B % Fe % Cr % Ni % Mo % Outros % Dureza Recomendações de uso/ ,25 3,0 1,0 2,4 5,6 Bal. Al=1,0 32* 310** Para revestimento em ferro fundido e bronze ,25 3,5 1,6 2,5 7,5 Bal. 40** 425* Para revestimento em ferro fundido e ,45 3,9 2,3 2,9 11,0 Bal. 52** 580* bronze. de níquel para soldagens médias a duras, como por exemplo, ,75 4,3 3,1 3,7 14,8 Bal. 62** 810* para as válvulas de motor diesel e diversos tipos de juntas ,06 3,0 2,9 0,2 Bal. 49** Adequado para revestimentos resistentes ao desgaste Contém WC ,03 0,40 1,4 21,5 Bal. 9,0 Nb=3,8 200** IN 625 1) C276-m ,12 0,5 3,0 15,5 Bal. 16,0 W=4,5 Mn=1,2 V=0,5 210** C276 1) cobalto C % Si % Fe % Cr % Ni % Co % Mo % W % Dureza Recomendações de uso/ ,25 1,0 1,5 27,0 2,8 Bal. 5,5 340** Stellite 21 2) ,1 1,3 1,7 1,0 1,0 1,2 1,5 1,5 1,2 28,5 28,5 25,7 1,5 1,5 22,8 Bal. Bal. Bal. 4,4 4,4 12,5 41** 43** 42** Stellite 6 2) Stellite 6 2) Stellite 6 2) Stellite 6 2) Stellite F 2) cobalto para resistência à corrosão e oxidação. Melhores valores de dureza à quente que os obtidos com base níquel ,4 1,1 1,0 28,5 1,5 Bal. 8,0 44** Stellite 12 2) ,4 1,1 30,0 Bal. 12,5 56** Stellite 1 2) HB ,05 2,8 0,5 9,7 0,5 Bal. 29,5 53** Triballoy 400 2) ferro C % Si % Fe % Cr % Ni % Mo % Mn % Outros % Dureza Recomendações de uso/ ,75 1,3 Bal. 28,0 16,0 4,5 0,8 33** ,1 1,2 Bal. 28,0 11,5 5,5 1,0 42** 316L ,03 0,8 Bal. 17,0 12,0 2,5 1,5 160** 316L 3) aço inoxidável. 410L ,03 0,5 Bal. 12,5 0,1 220** 410L 3) M ,0 0,3 Bal. 4,0 5,0 0,3 V=2,0 63** Resistência à abrasão e ao desgaste. Todos os tipos podem ser pedidos com malha de micras, micras e micras. * Valor indicado ** Valor medido W=6,2 Recomendações de uso Características Comentários Revestimento com PTA é ideal para aplicações automatizadas de grande volume, como a metalização de válvulas de escape. Esta técnica oferece uma série de vantagens, como a baixa diluição do metal base e uma ampla gama de materiais, entre outras. Diluição % Níveis típicos de 10 diluição 5-15% 5 6 kg/hora, 4 l/min. 10 kg/hora, 4 l/min. 6 kg/hora, 1 l/min Corrente do Arco Principal (A)

11 Tipos de carbetos tungstênio C % Co % W % Recomendações de uso/ ,0 Bal. W 2 C/WC fundido Para ser mesclado com os pós autofundentes 1060 ou 1660 para proporcionar revestimentos com resistência ao desgaste ,1 Bal. Carbeto de Tungstênio (WC) Macro cristalino. Principalmente para ser mesclado com ligas autofundentes com base de níquel para proporcionar revestimentos resistentes ao desgaste com uma maior estabilidade térmica ) ,5 12,0 Bal. Pó aglomerado WC-Co. Para ser mesclado ) com pós de aspersão e fusão. As partículas esféricas conferem uma distribuição ) ) mais uniforme do carbeto na matriz. Também para plasma spray e HVOF. PA ,7 7,5 Bal. Forma angular. Para mesclar com ligas autofundentes com base de níquel. PA 2-45 Adequado para HVOF. Produtos especiais e embalagem A Höganäs está desenvolvendo produtos em muitas áreas de aplicação. Nossa experiência em pó metálico e nossa grande capacidade de produção permitem que a Höganäs ofereça uma ampla gama de pós adequados a aplicações específicas de metalização. A Höganäs também oferece pós autofundentes e pós de carbetos já mesclados segundo as especificações do cliente. Quando há viabilidade de volume potencial, produtos personalizados são focados numa parceria com o cliente final. Embalagem Os pós para metalização são fornecidos em garrafas de plástico com capacidade para 5 quilos. A técnica de embalagem assegura uma distribuição uniforme do tamanho dos grãos. O transporte pode provocar uma relativa segregação, motivo pelo qual se recomenda misturar bem o pó antes de sua utilização. Quando assim for solicitado, os pós também estarão disponíveis em baldes de metal com capacidade de 25 quilos. Todos os materiais das embalagens são recicláveis. Designações de pós A B C D E A: da liga 1 = Níquel (Ni) 2 = Cobalto (Co) 3 = Ferro (Fe) 4 = Carbeto de tungstênio (WC) B: Faixa padrão de tamanho das partículas 0 = µm 1 = µm 2 = µm 3 = µm 5 = µm 6 = µm 7 = µm C: Dureza média: Rockwell C D: Composição química: 19 = modificada E: Faixa de tamanho das partículas 19 = modificada Notas de rodapé 1) Marca registrada Inco Corp. 2) Marca registrada Kennametal Stellite 3) Norma A.I.S.I. 4) Partículas esféricas 5) Esta malha é especialmente projetada para HVOF 11

12 Power of Powder A tecnologia dos pós metálicos tem poder para abrir um mundo de possibilidades. As propriedades inerentes aos pós metálicos fornecem possibilidades únicas para adequar soluções e atender suas necessidades. Isso é o que chamamos de Power of Powder (o poder do pó), um conceito que constantemente se expande e amplia a gama de aplicações dos pós metálicos. Com a sua posição de liderança na tecnologia em pós metálicos, a Höganäs está perfeitamente posicionada para ajudar a explorar essas possibilidades como sua parceira de aplicação de projetos. Power of Powder está sendo aplicado muito além de seu papel tradicional na produção de componentes para veículos. O Pó de ferro é usado na fortificação de alimentos para combater a anemia. Pós de níquel são ingredientes vitais para revestimentos de válvulas melhorando a resistência ao desgaste. Especialmente formulados, pós à base de ferro oferecem novas soluções para alta temperatura de brasagem. Compósitos magnéticos móles com propriedades magnéticas 3D, estão abrindo o caminho para motores elétricos inovadores. De fato, a tecnologia em pós metálicos gera possibilidades praticamente infinitas. Para saber como você pode aplicar o Power of Powder, por favor entre em contato com o escritório Höganäs mais próximo. Sweden Brazil China France Germany India Italy Japan Rep. of Korea Russia Höganäs AB Höganäs Phone Höganäs Brasil Ltda Mogi das Cruzes Phone Höganäs (China) Co. Ltd Shanghai Phone Höganäs France S.A.S. Villefranche-sur-Saône Cedex Phone Höganäs GmbH Düsseldorf Phone Höganäs India Pvt Ltd Pune Phone Höganäs Italia S.r.l. Rapallo (Genoa) Phone Höganäs Japan K.K. Tokyo Phone Höganäs Korea Ltd Seoul Phone Höganäs East Europe LLC Saint Petersburg Phone Spain Taiwan United Kingdom United States Höganäs Ibérica S.A. Madrid Phone Höganäs Taiwan Ltd Taipei Phone Höganäs (Great Britain) Ltd Tonbridge, Kent Phone North American Höganäs, Inc. Hollsopple: PA Phone Höganäs AB, August HOGPT

METALIZAÇÃO Soluções para a indústria de moldes para vidros

METALIZAÇÃO Soluções para a indústria de moldes para vidros METALIZAÇÃO Soluções para a indústria de moldes para vidros Soluções da Höganäs para metalização Desempenham um papel importante de proteção A metalização com ligas auto-fluxantes à base de Ni, desempenha

Leia mais

METALIZAÇÃO Soluções para a indústria de moldes para vidros

METALIZAÇÃO Soluções para a indústria de moldes para vidros METALIZAÇÃO Soluções para a indústria de moldes para vidros Soluções da Höganäs para metalização Desempenham um papel importante de proteção A metalização com ligas auto-fluxantes à base de Ni, desempenha

Leia mais

Sem mágica. Apenas a natureza.

Sem mágica. Apenas a natureza. Cleanit LC para tratamento de água potável Sem mágica. Apenas a natureza. A forma verde de Remoção de cromo (VI) Remoção de arsênio Remoção de fluoreto 2 Tecnologia simples, acessível, flexível e 100%

Leia mais

ASPERSÃO TÉRMICA EQUIPAMENTOS PLASMA SPRAY PROCESSO PLASMA

ASPERSÃO TÉRMICA EQUIPAMENTOS PLASMA SPRAY PROCESSO PLASMA ASPERSÃO TÉRMICA PROCESSO Resumidamente, Aspersão Térmica consiste em um grupo de processos em que materiais metálicos e não metálicos são projetados na forma fundida ou semifundida sobre uma superfície

Leia mais

TECNOLOGIA DE SUPERFÍCIE TECNOLOGIA DE SUPERFÍCIES

TECNOLOGIA DE SUPERFÍCIE TECNOLOGIA DE SUPERFÍCIES TECNOLOGIA DE SUPERFÍCIES Sorocaba - SP Porto Alegre - RS Betim - MG Recife - PE R. de Janeiro - RJ A CASCADURA Simões Filho - BA Fundada em 1950, na cidade de São Paulo. Atualmente, possui 06 fábricas

Leia mais

A base para o Código de Conduta da Höganäs

A base para o Código de Conduta da Höganäs Código de Conduta A base para o Código de Conduta da Höganäs A Höganäs dispõe de uma reputação inestimável no mundo todo por sua qualidade, know-how e boas relações. Isso se baseia na nossa coerência em

Leia mais

Programa. Conceitos e Tecnologia. Casos de Aplicação. Francisco Sousa E-mail: fsousa@teandm.pt Skype: fj.sousa M.: 967 125 465

Programa. Conceitos e Tecnologia. Casos de Aplicação. Francisco Sousa E-mail: fsousa@teandm.pt Skype: fj.sousa M.: 967 125 465 Apresentação Programa Conceitos e Tecnologia Casos de Aplicação Francisco Sousa E-mail: fsousa@teandm.pt Skype: fj.sousa M.: 967 125 465 Ciência das Superfícies Problemas Corrosão Fadiga Propriedades físicas

Leia mais

BOLETIM TÉCNICO PROCESSO MIG BRAZING

BOLETIM TÉCNICO PROCESSO MIG BRAZING O PROCESSO Consiste na união de aços comuns, galvanizados e aluminizados, utilizando um processo de aquecimento à arco elétrico (MIG), adicionando um metal de adição a base de cobre, não ocorrendo a fusão

Leia mais

BR 280 - KM 47 - GUARAMIRIM SC Fone 47 3373 8444 Fax 47 3373 8191 nitriondobrasil@terra.com.br www.nitrion.com

BR 280 - KM 47 - GUARAMIRIM SC Fone 47 3373 8444 Fax 47 3373 8191 nitriondobrasil@terra.com.br www.nitrion.com TÉCNICA DA NITRETAÇÃO A PLASMA BR 280 KM 47 GUARAMIRIM SC Fone 47 3373 8444 Fax 47 3373 8191 nitriondobrasil@terra.com.br www.nitrion.com A Nitrion do Brasil, presente no mercado brasileiro desde 2002,

Leia mais

PROTEÇÃO DE EIXOS DE BOMBAS CENTRÍFUGAS PELO PROCESSO PTA

PROTEÇÃO DE EIXOS DE BOMBAS CENTRÍFUGAS PELO PROCESSO PTA PROTEÇÃO DE EIXOS DE BOMBAS CENTRÍFUGAS PELO PROCESSO PTA Edson Hiromassa Takano 1 Ana Sofia C.M. D Oliveira 2 hiromassa@gmail.com 1 sofmat@ufpr.br 2 1, 2 Departamento de Engenharia Mecânica, Setor de

Leia mais

METALURGIA DO PÓ METALURGIA DO PÓ

METALURGIA DO PÓ METALURGIA DO PÓ METALURGIA DO PÓ Prof. M.Sc.: Anael Krelling 1 O MERCADO DA METALURGIA DO PÓ Ligas de Ferro com grande precisão e elevada qualidade estrutural Materiais de difícil processamento, com alta densidade e microestrutura

Leia mais

METALURGIA DO PÓ (SINTERIZAÇÃO) 1. Introdução Transformação de pó de metais em peças pela aplicação de pressão e calor (sem fusão do metal base).

METALURGIA DO PÓ (SINTERIZAÇÃO) 1. Introdução Transformação de pó de metais em peças pela aplicação de pressão e calor (sem fusão do metal base). METALURGIA DO PÓ (SINTERIZAÇÃO) 1. Introdução Transformação de pó de metais em peças pela aplicação de pressão e calor (sem fusão do metal base). Etapas do processo: - obtenção dos pós metálicos - mistura

Leia mais

BOLETIM TÉCNICO SOLDAGEM DE COBRE E SUAS LIGAS

BOLETIM TÉCNICO SOLDAGEM DE COBRE E SUAS LIGAS INTRODUÇÃO A união de cobre e suas ligas podem ser efetuadas por processos de soldagem e brasagem O processo de brasagem é adequado para componentes de dimensões relativamente pequenas, devido a grande

Leia mais

Soldabilidade de Metais. Soldagem II

Soldabilidade de Metais. Soldagem II Soldabilidade de Metais Soldagem II Soldagem de Ligas Metálicas A American Welding Society (AWS) define soldabilidade como a capacidade de um material ser soldado nas condições de fabricação impostas por

Leia mais

TW101 TW201 TW301 TW311 TW321 TW421 TW431 MAIS QUE PRODUTOS. PRODUTIVIDADE.

TW101 TW201 TW301 TW311 TW321 TW421 TW431 MAIS QUE PRODUTOS. PRODUTIVIDADE. TW101 TW201 TW301 TW311 TW321 TW421 TW431 MAIS QUE PRODUTOS. PRODUTIVIDADE. PARA FURAR MATERIAIS DE ALTA RESISTÊNCIA OU EM CONDIÇÕES EXTREMAS, UTILIZE NOSSA GAMA DE SOLUÇÕES. ALTA PERFORMANCE COM MÁXIMA

Leia mais

METAL DURO POR ESPECIALISTAS

METAL DURO POR ESPECIALISTAS METAL DURO POR ESPECIALISTAS A Durit emprega mais de 350 pessoas em todo o mundo. Os seus principais mercados são a Europa e a América do Sul Metal Duro sinterizado - caracterizado pela sua resistência.

Leia mais

ARAME PARA SOLDA MIG GERDAU A MELHOR OPÇÃO PARA INDÚSTRIAS

ARAME PARA SOLDA MIG GERDAU A MELHOR OPÇÃO PARA INDÚSTRIAS ARAMES PARA SOLDA ARAME PARA SOLDA MIG GERDAU A MELHOR OPÇÃO PARA INDÚSTRIAS Soldar com Gerdau-MIG é ter alto rendimento nos processos industriais em soldagens semiautomáticas, mecanizadas e robotizadas,

Leia mais

Revisão 02. Catálogo Geral de

Revisão 02. Catálogo Geral de Revisão 02 Catálogo Geral de ASPERSÃO TÉRMICA METALIZAÇÃO Sistemas modernos de Aspersão Térmica a chama, a arco elétrico, plasma de arco transferido e HVOF para aplicações em Produção e Manutenção O QUE

Leia mais

CATÁLOGO INSTITUCIONAL SET. 2008 CATÁLOGO INSTITUCIONAL MEGAFORT INDUSTRIAL HIDRÁULICA LTDA. CILINDROS HIDRÁULICOS

CATÁLOGO INSTITUCIONAL SET. 2008 CATÁLOGO INSTITUCIONAL MEGAFORT INDUSTRIAL HIDRÁULICA LTDA. CILINDROS HIDRÁULICOS CATÁLOGO INSTITUCIONAL SET. 2008 CATÁLOGO INSTITUCIONAL MEGAFORT INDUSTRIAL HIDRÁULICA LTDA. CILINDROS HIDRÁULICOS Em processo de certificação ISO-9001/2000 A EMPRESA Estamos apresentando a MEGAFORT INDUSTRIAL

Leia mais

SOLUÇÕES DE CURADO PARA CONCRETO

SOLUÇÕES DE CURADO PARA CONCRETO SOLUÇÕES DE CURADO PARA CONCRETO PANORAMA DOS SISTEMAS Resultados Imediatos à vista Qualidade e melhor apresentação no seu Produto final Redução de Florescentes na superfície dos Concreto Resistências

Leia mais

SOLDAGEM DOS METAIS CAPÍTULO 8 SOLDAGEM MIG/MAG

SOLDAGEM DOS METAIS CAPÍTULO 8 SOLDAGEM MIG/MAG 53 CAPÍTULO 8 SOLDAGEM MIG/MAG 54 PROCESSO MIG/MAG (METAL INERT GAS/METAL ACTIVE GAS) MIG é um processo por fusão a arco elétrico que utiliza um arame eletrodo consumível continuamente alimentado à poça

Leia mais

Criando soluções para a indústria.

Criando soluções para a indústria. Criando soluções para a indústria. Principais segmentos de atuação Ogramac. A indústria do futuro começa aqui. ÌÌAÇÚCAR / ÁLCOOL ÌÌAERONÁUTICO ÌÌAGROINDÚSTRIA / CAMPO ÌÌALIMENTÍCIO ÌÌAUTOMOTIVO ÌÌBOMBAS

Leia mais

Processo de Forjamento

Processo de Forjamento Processo de Forjamento Histórico A conformação foi o primeiro método para a obtenção de formas úteis. Fabricação artesanal de espadas por martelamento (forjamento). Histórico Observava-se que as lâminas

Leia mais

Soldagem de manutenção II

Soldagem de manutenção II A UU L AL A Soldagem de manutenção II A recuperação de falhas por soldagem inclui o conhecimento dos materiais a serem recuperados e o conhecimento dos materiais e equipamentos de soldagem, bem como o

Leia mais

Bomba Centrífuga Vertical Multiestágio Grundfos CR

Bomba Centrífuga Vertical Multiestágio Grundfos CR Bomba Centrífuga Vertical Multiestágio Grundfos CR Motor Grundfos A Grundfos desenvolve motores para garantir o desempenho máximo. Todos os motores Grundfos são EFF1 (alto rendimento) e extremamente silenciosos.

Leia mais

Concurso Público para Cargos Técnico-Administrativos em Educação UNIFEI 13/06/2010

Concurso Público para Cargos Técnico-Administrativos em Educação UNIFEI 13/06/2010 Questão 21 Conhecimentos Específicos - Técnico em Mecânica A respeito das bombas centrífugas é correto afirmar: A. A vazão é praticamente constante, independentemente da pressão de recalque. B. Quanto

Leia mais

REVESTIMENTOS AUTOMATIZADOS EM CAMISAS DE MOENDA

REVESTIMENTOS AUTOMATIZADOS EM CAMISAS DE MOENDA REVESTIMENTOS AUTOMATIZADOS EM CAMISAS DE MOENDA Tcg Alexandre Serra dos Santos Para se fazer o trabalho de revestimento protetor das camisas de moenda através de um sistema automatizado é necessário uma

Leia mais

As virtudes capitais das ligas de zinco na fundição

As virtudes capitais das ligas de zinco na fundição As virtudes capitais das ligas de zinco na fundição O que possuem em comum equipamentos e peças tão diversos como torneiras, chuveiros, grampeadores, lanternas, peças para luminotécnica, alto-falantes

Leia mais

Soldagem de Aço Inox Utilizando Arco Gasoso com Tungstênio (GTAW ou TIG)

Soldagem de Aço Inox Utilizando Arco Gasoso com Tungstênio (GTAW ou TIG) Soldagem de Aço Inox Utilizando Arco Gasoso com Tungstênio (GTAW ou TIG) Este é o processo mais amplamente usado devido a sua versatilidade e alta qualidade bem como a aparência estética do acabamento

Leia mais

REVESTIMENTOS DUROS RESISTENTES AO DESGASTES DEPOSITADOS POR SOLDAGEM

REVESTIMENTOS DUROS RESISTENTES AO DESGASTES DEPOSITADOS POR SOLDAGEM REVESTIMENTOS DUROS RESISTENTES AO DESGASTES DEPOSITADOS POR SOLDAGEM Para maior facilidade de análise e prevenção, procura-se geralmente identificar o(s) mecanismo(s) predominante(s) de remoção de material.

Leia mais

0,8 0,9 1,0 1,2 1,32 1,6 18-20 100-250 ROSETADO AWS A 5.18 ER70S-6 0,15 0,15 0,15 0,03

0,8 0,9 1,0 1,2 1,32 1,6 18-20 100-250 ROSETADO AWS A 5.18 ER70S-6 0,15 0,15 0,15 0,03 ARAMES PARA SOLDA A MELHOR OPÇÃO PARA INDÚSTRIAS Soldar com GerdauMIG é ter alto rendimento nos processos industriais em soldagens semiautomáticas, mecanizadas e robotizadas, nos mais diversos segmentos.

Leia mais

TRATAMENTOS TÉRMICOS DOS AÇOS

TRATAMENTOS TÉRMICOS DOS AÇOS Tratamentos térmicos dos aços 1 TRATAMENTOS TÉRMICOS DOS AÇOS Os tratamentos térmicos empregados em metais ou ligas metálicas, são definidos como qualquer conjunto de operações de aquecimento e resfriamento,

Leia mais

THE SWEDISH DOCTOR BLADE

THE SWEDISH DOCTOR BLADE THE SWEDISH DOCTOR BLADE SOBRE A PRIMEBLADE A PrimeBlade Sweden AB é uma empresa fabricante e fornecedora global de lâminas doctorblade para impressoras flexográfica, rotogravura e offset. Juntamente com

Leia mais

BOOSTER BOOSTER? Benefícios e vantagens PORQUE COMPRAR UM

BOOSTER BOOSTER? Benefícios e vantagens PORQUE COMPRAR UM Linha BOOSTER Agilidade, confiabilidade e eficiência BOOSTER Os compressores Schulz modelo SB, possuem como função principal elevar a pressão da rede de baixa pressão para até 40 bar (580 psi). Benefícios

Leia mais

Propriedades Mecânicas R: 480 MPa A: 27% D: 135 HB. Eletrodos GD. GD 99 SX AWS- E-NiCI. R: 500 MPa A: 20% D: 180 HB.

Propriedades Mecânicas R: 480 MPa A: 27% D: 135 HB. Eletrodos GD. GD 99 SX AWS- E-NiCI. R: 500 MPa A: 20% D: 180 HB. Eletrodos GD GD 99 SX - E-NiCI GD 99 -E-NiCI GD 60 -E-NiFeCI GD 60S -E-NiFeS GD ST -E-ST Propriedades R: 480 MPa A: 27% D: 135 HB R: 500 MPa A: 20% D: 180 HB R: 520 MPa A: 20% D: 180 HB R: 530 MPa A: 18%

Leia mais

COLETÂNEA DE INFORMAÇÕES TÉCNICAS AÇO INOXIDÁVEL SOLDAGEM DE AÇOS INOXIDÁVEIS. Introdução

COLETÂNEA DE INFORMAÇÕES TÉCNICAS AÇO INOXIDÁVEL SOLDAGEM DE AÇOS INOXIDÁVEIS. Introdução COLETÂNEA DE INFORMAÇÕES TÉCNICAS AÇO INOXIDÁVEL SOLDAGEM DE AÇOS INOXIDÁVEIS Introdução Os aços inoxidáveis austeníticos são facilmente soldados com ou sem arame de enchimento. Ë considerável a utilização

Leia mais

>Técnicas de soldagem

>Técnicas de soldagem >Técnicas de soldagem DOCERAM Advanced Ceramic Solutions Soluções Avançadas em Cerâmica Indústria automobilística Indústria de componentes > Técnicas de soldagem > Construção de dispositivos > Pinos guias

Leia mais

Trocadores de calor a placas. A otimização da troca térmica

Trocadores de calor a placas. A otimização da troca térmica Trocadores de calor a placas A otimização da troca térmica Um amplo conhecimento para otimizar seus processos As atividades da Alfa Laval têm um único objetivo: oferecer a você cliente tecnologias que

Leia mais

Desenvolvimento de Selos Mecânicos de Alta Precisão em Metal Duro

Desenvolvimento de Selos Mecânicos de Alta Precisão em Metal Duro Desenvolvimento de Selos Mecânicos de Alta Precisão em Metal Duro O desenvolvimento de peças e componentes mecânicos através da metalurgia do pó vem sendo crescentemente utilizado. Destes materiais, o

Leia mais

Acesse: http://fuvestibular.com.br/

Acesse: http://fuvestibular.com.br/ Esse molde é (quase) para sempre Manuais ou mecanizados, de precisão, não importa qual o processo de fundição que tenhamos estudado até agora, todos tinham em comum duas coisas: o fato de que o material

Leia mais

OXY-PRIMER CONVERSOR DE FERRUGEM E PRIMER BOLETIM TÉCNICO

OXY-PRIMER CONVERSOR DE FERRUGEM E PRIMER BOLETIM TÉCNICO OXY-PRIMER CONVERSOR DE FERRUGEM E PRIMER BOLETIM TÉCNICO O produto OXY-PRIMER é um tipo de tinta de cobertura cimentosa que não é composto de resinas normais, mas que adere como cimento. O cimento adere

Leia mais

O FORNO A VÁCUO TIPOS E TENDÊNCIA 1

O FORNO A VÁCUO TIPOS E TENDÊNCIA 1 O FORNO A VÁCUO TIPOS E TENDÊNCIA 1 João Carmo Vendramim 2 Marco Antonio Manz 3 Thomas Heiliger 4 RESUMO O tratamento térmico de ligas ferrosas de média e alta liga já utiliza há muitos anos a tecnologia

Leia mais

UDDEHOLM NIMAX UDDEHOLM NIMAX

UDDEHOLM NIMAX UDDEHOLM NIMAX UDDEHOLM NIMAX Uma ferramenta confiável e eficiente é essencial para se obter bons resultados. O mesmo se aplica na busca da alta produtividade e disponibilidade. Quando se escolhe um aço ferramenta muitos

Leia mais

Materiais cerâmicos e vítreos vítreos

Materiais cerâmicos e vítreos vítreos Materiais cerâmicos e vítreos Materiais inorgânicos e não-metálicos processados e / ou usados a elevadas temperaturas Cerâmicas / argilas / silicatos das mais velhas indústrias humanas (15000 AC) resistentes

Leia mais

Gaxetas de Fibras Sintéticas e Outras

Gaxetas de Fibras Sintéticas e Outras Gaxetas de Fibras Sintéticas e Outras Quimgax 2030 Quimgax 2004 Quimgax 2017 Quimgax 2043 Quimgax 2044 Quimgax 2777 Quimgax 2019 Quimgax 2143 Quimgax 2153 Quimgax 2061 e 2062 As gaxetas de fibras sintéticas

Leia mais

ASPERSÃO TÉRMICA. Ramón S. Cortés Paredes, Dr. Engº. Departamento de Engenharia Mecânica da UFPR ramon@ufpr.br 2T 2015

ASPERSÃO TÉRMICA. Ramón S. Cortés Paredes, Dr. Engº. Departamento de Engenharia Mecânica da UFPR ramon@ufpr.br 2T 2015 ASPERSÃO TÉRMICA Ramón S. Cortés Paredes, Dr. Engº. Departamento de Engenharia Mecânica da UFPR ramon@ufpr.br 2T 2015 LABORATÓRIO DE ASPERSÃO TÉRMICA E SOLDAGEM ESPECIAIS ASPERSÃO TÉRMICA - AT Os processos

Leia mais

PROGRAMA DE MANUTENÇÃO INDUSTRIAL POR SOLDAGEM

PROGRAMA DE MANUTENÇÃO INDUSTRIAL POR SOLDAGEM PROGRAMA DE MANUTENÇÃO INDUSTRIAL POR SOLDAGEM Know-How no Segmento Industrial de Fundição A Eutectic Castolin acumulou vasto conhecimento nos principais setores industriais do Brasil e possui um programa

Leia mais

Tratamento térmico. A.S.D Oliveira

Tratamento térmico. A.S.D Oliveira Tratamento térmico Porque fazer Tratamentos Térmicos? Modificação de propriedades sem alterar composição química, pela modificação da microestrutura Sites de interesse: www.infomet.com.br www.cimm.com.br

Leia mais

1 - ELÉCTRODOS ... 2 ... 3 ... 3 ... 4 ... 5 ... 6 ... 6 ... 7 ... 8 ... 8 ... 8

1 - ELÉCTRODOS ... 2 ... 3 ... 3 ... 4 ... 5 ... 6 ... 6 ... 7 ... 8 ... 8 ... 8 1 - ELÉCTRODOS Soldadura de aços carbono... Soldadura de aços resistentes à fluência... Soldadura de aços de baixa liga... Soldadura de aços com baixa soldabilidade... Soldadura de aços inoxidáveis e refractários...

Leia mais

GGD INOX MARTENSÍTICO

GGD INOX MARTENSÍTICO AÇOS INOXIDÁVEIS GGD INOX MARTENSÍTICO Generalidades Podem ser beneficiados para altas durezas e ampla faixa de resistência mecânica. São magnéticos e possuem boa usinabilidade. Resistência à corrosão:

Leia mais

INFORMATIVO TÉCNICO BRASAGEM DOS PASSADORES DE COMPRESSORES 1 - INTRODUÇÃO 2 - BRASAGEM OXIACETILÊNICA

INFORMATIVO TÉCNICO BRASAGEM DOS PASSADORES DE COMPRESSORES 1 - INTRODUÇÃO 2 - BRASAGEM OXIACETILÊNICA 1 - INTRODUÇÃO A brasagem de tubos é uma etapa que faz parte do procedimento de instalação de compressores em novos produtos ou do procedimento de troca de compressores quando da manutenção de um sistema

Leia mais

BAIXA MANUTENÇÃO, EXCEPCIONAL RENDIMENTO

BAIXA MANUTENÇÃO, EXCEPCIONAL RENDIMENTO BAIXA MANUTENÇÃO, EXCEPCIONAL RENDIMENTO O projeto fundamental das bombas Iwaki Air manteve-se constante através dos anos. Este legado de qualidade significa que as bombas tem uma longa vida útil e não

Leia mais

PROGRAMA DE MANUTENÇÃO INDUSTRIAL POR SOLDAGEM

PROGRAMA DE MANUTENÇÃO INDUSTRIAL POR SOLDAGEM PROGRAMA DE MANUTENÇÃO INDUSTRIAL POR SOLDAGEM Know-How no Segmento Industrial de Açúcar & Álcool A Eutectic Castolin acumulou vasto conhecimento dos principais setores industrias do Brasil e possui um

Leia mais

SUPORTE LATERAL componentes. VARANDA componentes. SUPORTE LATERAL componentes. Tel: 55 11 4177-2244 plasnec@plasnec.com.br l www.plasnec.com.

SUPORTE LATERAL componentes. VARANDA componentes. SUPORTE LATERAL componentes. Tel: 55 11 4177-2244 plasnec@plasnec.com.br l www.plasnec.com. VARANDA 5 6 9 SUPORTE LATERAL 12 4 7 10 8 Código: 17010101 Descrição: Conjunto suporte lateral regulável Ø 13mm: 1 - Manopla - PA rosca M10 SS 304 2 - Arruela - M12 24mm SS 304 3 - Olhal - M10 PA M10 SS

Leia mais

TW103 TW203 MAIS QUE PRODUTOS. PRODUTIVIDADE.

TW103 TW203 MAIS QUE PRODUTOS. PRODUTIVIDADE. TW103 TW203 MAIS QUE PRODUTOS. PRODUTIVIDADE. BROCAS TW103 E TW203 PROPORCIONAM FUROS COM EXCELENTE QUALIDADE E MÁXIMO DESEMPENHO NO LATÃO E MATERIAIS DE CAVACO QUEBRADIÇO EM GERAL. Conheça suas características:

Leia mais

BK 212. Instruções de Instalação 810769-00 Purgador BK 212

BK 212. Instruções de Instalação 810769-00 Purgador BK 212 BK 212 Instruções de Instalação 810769-00 Purgador BK 212 1 Índice Advertências Importantes Seite Instruções de segurança... 7 Perigo... 7 Notas Explicativas Conteúdo da embalagem... 8 Descrição... 8 Funcionamento...

Leia mais

Gases de processos indústria cerâmica

Gases de processos indústria cerâmica Gases de processos indústria cerâmica PROCESSOS DE FABRICAÇÃO DE CIMENTO E CAL REDUÇÃO DE FUMAÇA E NO X Matéria-prima TRATAMENTO DE EFLUENTES Superoxigenação Lança de queimador Oxigás O 3 C LABORATÓRIO

Leia mais

Série P3000. Testadores pneumáticos de peso morto - modelo P3000. Dados técnicos. Recursos

Série P3000. Testadores pneumáticos de peso morto - modelo P3000. Dados técnicos. Recursos Série P3000 Testadores pneumáticos de peso morto - modelo P3000 Dados técnicos Recursos A pressão varia de Vácuo até 2.000 psi (140 bar) Precisão superior a 0,015 % de leitura. (Opção de precisão aumentada

Leia mais

Selantes de Silicone RTV Bicomponente Dow Corning para a Produção de Aparelhos Domésticos

Selantes de Silicone RTV Bicomponente Dow Corning para a Produção de Aparelhos Domésticos Selantes de Silicone RTV Bicomponente Dow Corning para a Produção de Aparelhos Domésticos Ideais para produção automatizada de alta velocidade, os Selantes RTV Bicomponente Dow Corning oferecem uma grande

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS» CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS (Perfil 08) «

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS» CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS (Perfil 08) « CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS» CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS (Perfil 08) «21. A grafia incorreta do resultado da medição propicia problemas de legibilidade, informações desnecessárias e sem sentido. Considerando

Leia mais

- Bibliografia Recomendada

- Bibliografia Recomendada 1 7 a aula - ELETRODOS REVESTIDOS - Bibliografia Recomendada 1) Soldagem Processos e Metalurgia Capítulo 2b 2) Normas da AWS A5.1-81, A5.5-81 e demais normas 3) Catálogo de fabricantes de eletrodos revestidos

Leia mais

SOLDAGEM POR ARCO SUBMERSO

SOLDAGEM POR ARCO SUBMERSO SOLDAGEM POR ARCO SUBMERSO Juntas com excelentes propriedades mecânicometalúrgicas Altas taxas de deposição Esquema básico do processo 1 Vantagens do processo Pode-se usar chanfros com menor área de metal

Leia mais

Curso de Engenharia de Produção. Processos de Fabricação

Curso de Engenharia de Produção. Processos de Fabricação Curso de Engenharia de Produção Processos de Fabricação Soldagem MIG/MAG MIG e MAG indicam processos de soldagem por fusão que utilizam o calor de um arco elétrico formado entre um eletrodo metálico consumível

Leia mais

LONA DE FREIO PEÇAS ESPECIAIS

LONA DE FREIO PEÇAS ESPECIAIS GAXETAS SECAS MANTA E TECIDO DE FIBRA CERÂMICA GAXETAS IMPREGNADAS FITAS CORTIÇA J U N T A E S P I R A L A D A FELTRO J U N T A D E V E D A Ç Ã O PAPELÃO HIDRAÚLICO F I T A P A T E N T E T E F L O N JUNTA

Leia mais

BROCAS DIN 338 N - HSS M2 HASTE CILÍNDRICA DESCRIÇÃO DIÂMETRO APLICAÇÃO

BROCAS DIN 338 N - HSS M2 HASTE CILÍNDRICA DESCRIÇÃO DIÂMETRO APLICAÇÃO DIN 338 N - HSS M2 HASTE CILÍNDRICA Broca cilíndrica corte direito 100% retificado, HSS-M2 std afiada. 118 º. Tolerância Ø: h8. Concentricidade assegurada. acabamento brilhante. Dureza 63-66 HRc. Construção

Leia mais

Materiais em Engenharia. Aula Teórica 6. Ensaios mecânicos (continuação dos ensaios de tracção, ensaios de compressão e de dureza)

Materiais em Engenharia. Aula Teórica 6. Ensaios mecânicos (continuação dos ensaios de tracção, ensaios de compressão e de dureza) Aula Teórica 6 Ensaios mecânicos (continuação dos ensaios de tracção, ensaios de compressão e de dureza) 1 ENSAIO DE TRACÇÃO A partir dos valores da força (F) e do alongamento ( I) do provete obtêm-se

Leia mais

Linha Industrial. Soluções Rexnord ÍNDICE. Soluções em Acoplamentos. Acoplamentos Omega Acoplamentos Omega HSU. Correntes de Engenharia

Linha Industrial. Soluções Rexnord ÍNDICE. Soluções em Acoplamentos. Acoplamentos Omega Acoplamentos Omega HSU. Correntes de Engenharia www.rexnord.com.br vendassl@rexnord.com.br Soluções Rexnord Linha Industrial ÍNDICE Soluções em Acoplamentos Acoplamentos Omega Acoplamentos Omega HSU Correntes de Engenharia Pronto atendimento Rexnord:

Leia mais

Manutenção e reparos. Manutenção no local Reparos, revisões e atualizações Caixas de transmissão de substituição direta Gerenciamento de recursos

Manutenção e reparos. Manutenção no local Reparos, revisões e atualizações Caixas de transmissão de substituição direta Gerenciamento de recursos Gama de produtos Manutenção e reparos Os engenheiros de manutenção da Radicon estão preparados às 24 horas do dia, 365 dias por ano, para fornecer os seguintes serviços em qualquer momento e em qualquer

Leia mais

ENSAIOS NÃO DESTRUTIVOS - END Ensaios realizados em materiais, acabados ou semi acabados, para verificar a existência ou não de descontinuidades ou defeitos, através de princípios físicos definidos, sem

Leia mais

Tubulações pré-fabricadas

Tubulações pré-fabricadas SPECIAL PIPES AND COMPONENTS READY FOR INSTALLATION 1 Tubulações pré-fabricadas Tubos resistentes à corrosão Tubos cladeados Tubos especiais e componentes prontos para instalação Tubulações e spools pré-fabricados

Leia mais

Tecnologia Mecânica. Programa. Processamento Mecânico de Materiais Metálicos. Fundamentos. Estampagem. Luís Alves. Corte Arrombamento.

Tecnologia Mecânica. Programa. Processamento Mecânico de Materiais Metálicos. Fundamentos. Estampagem. Luís Alves. Corte Arrombamento. Tecnologia Mecânica Programa Processamento Mecânico de Materiais Metálicos Fundamentos Estampagem Luís Alves Corte Arrombamento Forjamento Hydroforming Bárbara Gouveia Tecnologia Mecânica 1 Tecnologia

Leia mais

Sistema de Gestão IDI

Sistema de Gestão IDI Sistema de Gestão IDI Baptista Pires Daniel Figueiredo Workshop de Sensibilização para a Certificação IDI IDI & DNP 4-11-2014 Apresentação da Empresa Palbit SA Fundada em 1916, na actividade de exploração

Leia mais

Bomba Multiestágio de Média Pressão MBN

Bomba Multiestágio de Média Pressão MBN Bomba Multiestágio de Média Pressão MBN Principais Aplicações Com um design modular, as bombas MBN são bombas horizontais segmentadas e bipartidas radialmente. São recomendadas para o bombeamento de líquidos

Leia mais

www.dancor.com.br CATÁLOGO DE PRODUTOS REV. - ABR/2010 Pág- 1

www.dancor.com.br CATÁLOGO DE PRODUTOS REV. - ABR/2010 Pág- 1 REV. - ABR/21 Pág- 1 Índice Vista Geral das Curvas de Desempenho...4-5 Série HBI(N) - Centrífugas Multi-estágios HBI(N) - 2...6-7 HBI(N) - 4...8-9 Série CB(I) - Centrífugas Multi-estágios CB(I) - 2...1-11

Leia mais

Concurso Público para provimento de cargo efetivo de Docentes. Edital 24/2015 ENGENHARIA MECÂNICA Campus Santos Dumont

Concurso Público para provimento de cargo efetivo de Docentes. Edital 24/2015 ENGENHARIA MECÂNICA Campus Santos Dumont Questão 01 O registro representado na Figura 1 é composto por vários componentes mecânicos, muitos deles, internamente à caraça. Peças com essa característica são difíceis de representar em desenhos técnicos,

Leia mais

w w w. h e n f e l. c o m. b r HIDROVARIADOR

w w w. h e n f e l. c o m. b r HIDROVARIADOR w w w. h e n f e l. c o m. b r HIDROVARIADOR CH-0509-BR Introdução Fundada em 1981, a HENFEL Indústria Metalúrgica Ltda. é uma tradicional empresa do setor mecânico / metalúrgico, fornecedora de Caixas

Leia mais

Representante Exclusivo no Brasil

Representante Exclusivo no Brasil Representante Exclusivo no Brasil Integridade local...diversidade global. Profissionais fortes produzindo peças fundidas por centrifugação ainda mais fortes para impulsionar o sucesso de fabricantes originais

Leia mais

Aula 3: Forjamento e Estampagem Conceitos de Forjamento Conceitos de Estampagem

Aula 3: Forjamento e Estampagem Conceitos de Forjamento Conceitos de Estampagem Aula 3: Forjamento e Estampagem Conceitos de Forjamento Conceitos de Estampagem Este processo é empregado para produzir peças de diferentes tamanhos e formas, constituído de materiais variados (ferrosos

Leia mais

Tubos especiais e componentes prontos para a instalação

Tubos especiais e componentes prontos para a instalação TUBOS ESPECIAIS E COMPONENTES PRONTOS PARA A INSTALAÇÃO 1 Tubos especiais e componentes prontos para a instalação Tubos resistentes à corrosão Tubos cladeados Tubos especiais e componentes prontos para

Leia mais

4. O Ciclo das Substancias na Termoelétrica Convencional De uma maneira geral todas as substâncias envolvidas na execução do trabalho são o

4. O Ciclo das Substancias na Termoelétrica Convencional De uma maneira geral todas as substâncias envolvidas na execução do trabalho são o 1.Introdução O fenômeno da corrente elétrica é algo conhecido pelo homem desde que viu um raio no céu e não se deu conta do que era aquilo. Os efeitos de uma descarga elétrica podem ser devastadores. Há

Leia mais

COMPANHIA DE ENGENHARIA DE TRÁFEGO Certificação de Competências

COMPANHIA DE ENGENHARIA DE TRÁFEGO Certificação de Competências COMPANHIA DE ENGENHARIA DE TRÁFEGO Certificação de Competências CARGO AGENTE DE MANUTENÇÃO DE VEÍCULOS Área de Concentração: Funilaria de Autos 1. Os processos de soldagem podem ser classificados em três

Leia mais

Referência na fabricação de lençóis de borracha com altíssima resistência ao desgaste CATÁLOGO

Referência na fabricação de lençóis de borracha com altíssima resistência ao desgaste CATÁLOGO Referência na fabricação de lençóis de borracha com altíssima resistência ao desgaste CATÁLOGO A Pang do Brasil é uma empresa com 36 anos de experiência na fabricação de peças para revestimento em borracha.

Leia mais

Rua do Manifesto, 2216 - Ipiranga - São Paulo Fone: +55 (11) 2271-3211 www.internacionalferramentas.com.br. Brocas para Concreto. www.irwin.com.

Rua do Manifesto, 2216 - Ipiranga - São Paulo Fone: +55 (11) 2271-3211 www.internacionalferramentas.com.br. Brocas para Concreto. www.irwin.com. Rua do Manifesto, 2 Ipiranga São Paulo Fone: +55 (11) 22713211 www.irwin.com.br Rua do Manifesto, 2 Ipiranga São Paulo Fone: +55 (11) 22713211 FURANDO CONCRETO Furar concreto é uma tarefa muito diferente

Leia mais

Tratamentos Térmicos dos Aços Ferramenta Um Ensaio

Tratamentos Térmicos dos Aços Ferramenta Um Ensaio Tratamentos Térmicos dos Aços Ferramenta Um Ensaio Dr. Carlos Eduardo Pinedo Diretor Técnico 1. Considerações Iniciais Aços Ferramenta Dentre os diferentes materiais utilizados pelo homem em seu cotidiano,

Leia mais

PLASTEEL MASSA 4:1 PLASTEEL MASSA

PLASTEEL MASSA 4:1 PLASTEEL MASSA PLASTEEL MASSA 4:1 PLASTEEL MASSA 4:1 é um composto epóxi bi-componente com carga metálica, característica de massa na cor preta, pode ser aplicado com espátula, cura a frio, substituindo de maneira muito

Leia mais

Comparação entre Tratamentos Térmicos e Método Vibracional em Alívio de Tensões após Soldagem

Comparação entre Tratamentos Térmicos e Método Vibracional em Alívio de Tensões após Soldagem Universidade Presbiteriana Mackenzie Comparação entre Tratamentos Térmicos e Método Vibracional em Alívio de Tensões após Soldagem Danila Pedrogan Mendonça Orientador: Profº Giovanni S. Crisi Objetivo

Leia mais

Catálogo Geral: Ligas especiais para Brasagem, Soldagem, Metalização e Revestimento. www.brastak.com.br

Catálogo Geral: Ligas especiais para Brasagem, Soldagem, Metalização e Revestimento. www.brastak.com.br Catálogo Geral: Ligas especiais para Brasagem, Soldagem, Metalização e Revestimento. www.brastak.com.br ISO 9001/2000 ISO 14001/2004 Índice... O processo de brasagem... Pag. 01 Metais de adição... Pag.

Leia mais

CastoLab Services. Compromisso com o Resultado

CastoLab Services. Compromisso com o Resultado CastoLab Services Compromisso com o Resultado Serviços de Manutenção & Reparo Fabricação de Peças Revestidas Serviços de Campo Revestimentos Antidesgaste ISO 9001, ISO 14001 e OHSAS 18001 n Disponibilidade

Leia mais

centralizado em soluções

centralizado em soluções Centralizado em Soluções No ambiente de negócios da atualidade é fundamental que você obtenha sucesso e permaneça o mais competitivo possível. Como um fornecedor líder de tecnologias e processos de produção

Leia mais

3M EAMD / Energy Markets. Catálogo de Produtos para Mineração. Soluções. para Mineração

3M EAMD / Energy Markets. Catálogo de Produtos para Mineração. Soluções. para Mineração 3M EAMD / Energy Markets Catálogo de Produtos para Mineração Soluções para Mineração 3M e o Mercado de Mineração O forte relacionamento da 3M com a indústria de mineração começou nos campos do Lago Superior

Leia mais

Trabalha nos diversos setores da indústria no Brasil, dentre os quais se destaca:

Trabalha nos diversos setores da indústria no Brasil, dentre os quais se destaca: HSO Hidráulica e Pneumática Ltda, e uma empresa constituída de engenheiros, técnicos e projetistas especializados nos setores de hidráulica e pneumática. Atuam fortemente na engenharia e desenvolvimento,

Leia mais

Materiais para Ferramenta de Corte. Prof. João Paulo Barbosa, M.Sc.

Materiais para Ferramenta de Corte. Prof. João Paulo Barbosa, M.Sc. Materiais para Ferramenta de Corte Prof. João Paulo Barbosa, M.Sc. Materiais para ferramentas de cortes Nas operações mais comuns, utiliza como ferramenta um material mais duro que o da peça. Por outro

Leia mais

CORTE DOS METAIS. Prof.Valmir Gonçalves Carriço Página 1

CORTE DOS METAIS. Prof.Valmir Gonçalves Carriço Página 1 CORTE DOS METAIS INTRODUÇÃO: Na indústria de conformação de chapas, a palavra cortar não é usada para descrever processos, exceto para cortes brutos ou envolvendo cortes de chapas sobrepostas. Mas, mesmo

Leia mais

Centro de Inovação e Tecnologia SENAI FIEMG - Campus CETEC

Centro de Inovação e Tecnologia SENAI FIEMG - Campus CETEC Centro de Inovação e Tecnologia SENAI FIEMG Campus CETEC O Centro de Inovação e Tecnologia SENAI FIEMG Campus CETEC, compõe-se por um conjunto de institutos de inovação e institutos de tecnologia capazes

Leia mais

INTRODUÇÃO AOS PROCESSOS METALÚRGICOS. Prof. Carlos Falcão Jr.

INTRODUÇÃO AOS PROCESSOS METALÚRGICOS. Prof. Carlos Falcão Jr. INTRODUÇÃO AOS PROCESSOS METALÚRGICOS Prof. Carlos Falcão Jr. Conformação de Materiais Metálicos Estampagem É um processo de conformação mecânica, que compreende um conjunto de operações por intermédio

Leia mais

XXXV ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUCAO

XXXV ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUCAO COMPARAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO TIJOLO DE SOLO-CIMENTO INCORPORADO COM RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL PROVENIENTES DE CATAGUASES - MG E O RESÍDUO DE BORRA DE TINTA PROVENIENTE DAS INDÚSTRIAS PERTENCENTES

Leia mais

PROGRAMA DE MANUTENÇÃO INDUSTRIAL POR SOLDAGEM

PROGRAMA DE MANUTENÇÃO INDUSTRIAL POR SOLDAGEM PROGRAMA DE MANUTENÇÃO INDUSTRIAL POR SOLDAGEM Know-How no Segmento Industrial de Forjaria A Eutectic Castolin acumulou vasto conhecimento nos principais setores industriais do Brasil e possui um programa

Leia mais

AÇO INOXIDÁVEL. Tubos Barras Chapas Bobinas Cantoneiras

AÇO INOXIDÁVEL. Tubos Barras Chapas Bobinas Cantoneiras AÇO INOXIDÁVEL Tubos Barras Chapas Bobinas Cantoneiras CERT I F I CADA Empresa Certificada pela Norma ISO 9001:2008 ISO 9001 2008 www.elinox.com.br ÍNDICE Empresa...2 Visão, Missão e Valores...3 Qualidade...4

Leia mais

EQUIPAMENTOS. Transferência mecânica:

EQUIPAMENTOS. Transferência mecânica: EQUIPAMENTOS Transferência mecânica: Objetivos do equipamento: a) Garantir o acesso seguro à piscina para qualquer pessoa, b) Previnir possíveis riscos de acidente nas transferências ou manipulações, c)

Leia mais