Visão. Saúde e bem-estar para a plena realização das pessoas. Missão

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Visão. Saúde e bem-estar para a plena realização das pessoas. Missão"

Transcrição

1 Relatório Anual 2009

2 Visão Saúde e bemestar para a plena realização das pessoas. Missão Prover soluções cada vez mais completas e integradas para a gestão da saúde e o bemestar das pessoas, com excelência, humanidade e sustentabilidade. Valores Voltado ao cliente Integridade Inovação Entusiasmo Excelência Respeito Interdependência Solidariedade

3 Presença Nacional

4 Evolução da Receita Bruta R$ Milhões cagr 17,5% 719,7 820,4 488,4 520,5 587,1 366, R$ Milhões 12,6% 4,2 4,5 Receita Média por Unidade 3,2 3, Evolução do EBITDA R$ Milhões cagr 23,5% 179,3 154,6 95,2 98, R$ Milhões cagr 37,6% 83,7 Evolução do Lucro Líquido 32,1 25,3 42,

5 2009 Um ano marcante, uma perspectiva de futuro e de sucesso ainda mais ampliada Relatório Anual 2009

6

7 17 de dezembro de 2009 Início das negociações das ações do Grupo Fleury no Novo Mercado da BM&F Bovespa Relatório Anual

8

9 Índice 6 Mensagem da Administração 10 Estratégia 12 Nossos Diferenciais 16 Governança Corporativa 20 A evolução da empresa 22 Gestão de Pessoas 28 Atendimento 30 Inovação, Pesquisa & Desenvolvimento 34 Sustentabilidade 40 Reconhecimento 42 Medicina Diagnóstica 48 Medicina Preventiva e Terapêutica 52 Destaques Operacionais e Financeiros 57 Demonstrações Financeiras

10 Mensagem da Administração O ano de 2009 foi marcado por grandes realizações para o Grupo Fleury, mesmo em um ano de desafios e adversidades macroeconômicas de intensa repercussão no mundo. Entre os principais fatos do ano, destacouse a realização da abertura de capital da companhia com a listagem de suas ações no Novo Mercado da BM&FBOVESPA, alcançando, no primeiro dia de negociações, em 17 de dezembro de 2009, valorização de 14,1% frente ao recuo de 2,3% do Ibovespa. Essa performance foi considerada a melhor entre as aberturas de capital realizadas durante o ano de 2009 no Brasil. Esse patamar foi mantido nos dias que se seguiram sendo que, no último dia de negociação do ano (30 de Dezembro de 2009), a ação registrava uma alta de 14,9% em relação ao preço de lançamento da oferta. 6 Grupo FLEURY

11 Os 83 anos de história de solidez e resultados consistentes do Grupo Fleury, aliados ao alto potencial de crescimento do setor e, em especial, da companhia, despertaram interesse dos investidores nacionais e internacionais. Foram captados R$ 630 milhões, incluído o lote suplementar, o qual foi exercido integralmente em 4 de janeiro de 2010, totalizando ações, a R$ 16 cada uma, no centro da faixa de preços proposta na oferta. O free float final resultante foi de 30%. Dentro de sua estratégia, o Grupo reforçou seu posicionamento de diferenciação por meio da oferta de soluções cada vez mais integradas e completas, em todas as linhas de negócio em que atua. Mesmo considerando os recessivos primeiros meses do ano e o impacto negativo da gripe A H1N1, que reduziu o fluxo de pessoas nas unidades de atendimento, o Grupo conseguiu não só absorver todas as despesas operacionais e nãorecorrentes, mas deu sequência à melhora progressiva da rentabilidade das suas operações. Dentre as iniciativas conduzidas no ano de 2009 que permitiram ao Grupo evoluir no aumento da eficiência operacional e administrativa e, principalmente, preparar a base para a contínua expansão planejada para os próximos períodos, destacouse a integração da administração, das operações, dos sistemas de atendimento e de áreas técnicas para todas as marcas de medicina diagnóstica adquiridas nos exercícios anteriores e a unificação das áreas técnicas de análises clínicas em São Paulo, esta última finalizada no primeiro trimestre do ano de Relatório Anual

12 Fatos marcantes também se deram com aquisições para expansão de atividades em áreas geográficas consideradas estratégicas e para complementação de portfólio de produtos. Passaram a compor o Grupo Fleury em 2009 o Centro de Mastologia do Rio de Janeiro, alavancando a oferta de serviços de imagem neste Estado, e o Laboratório Weinmann, empresa líder em medicina diagnóstica no Estado do Rio Grande do Sul, expandindo a presença da companhia nesse que é um dos centros econômicos mais importantes do País. Além dessas aquisições de grande relevância estratégica na atuação do Grupo no segmento de medicina diagnóstica, houve a implementação e a execução do Plano de Investimentos previsto para o exercício, que ampliou o escopo dos serviços prestados e otimizou a rede de atendimento, por meio da ampliação, readequação e da abertura de novas unidades. Adicionalmente, o Grupo Fleury alcançou significativo avanço por meio de suas operações em hospitais, impulsionado principalmente pelo crescimento nas instituições que já contavam com serviços do Grupo Hospital SírioLibanês (SP), Hospital Alemão Oswaldo Cruz (SP), Hospital Samaritano (SP), Hospital Santa Joana (PE) e Unicordis (PE) e também pelo início de prestação de serviços nos Hospitais Santa Catarina (SP), Moinhos de Vento e Ernesto Dornelles (RS), estes dois últimos a partir da aquisição do Laboratório Weinmann. Igualmente importante foi o processo de incorporação de todas as empresas do Grupo, com exceção do Laboratório Weinmann, e de Fleury Centro de Procedimentos Médicos Avançados (Fleury CPMA), empresa que sucedeu ao Fleury HospitalDia, cuja descontinuidade foi decorrente do processo de abertura de capital em face das limitações constitucionais para participação de capital estrangeiro em empresas hospitalares. A Unidade de Negócio de Medicina Preventiva e Terapêutica também apresentou resultados positivos. Houve o início de geração de receita na prestação de serviços de Gestão de Doenças Crônicas em virtude da conquista de contratos, uma solução que proporciona redução de custos com sinistralidade das operadoras e melhoria de qualidade de vida aos beneficiários. Já os segmentos de CheckUp e Promoção de Saúde, onde o Grupo possui posição de liderança consolidada, sofreram um impacto reduzido da crise econômica, mantendo os patamares verificados no ano de Para dar suporte a esse processo de crescimento, vale salientar os investimentos em qualificação dos profissionais e em inovação que continuaram sendo fundamentais e contribuíram para a geração de retornos significativos ao Grupo por meio de suas 15 marcas e para um intenso processo de inovação responsável pela geração de 103 novos produtos e serviços em A somatória desses avanços permitiu que o Grupo, pelo terceiro ano consecutivo, mantivesse o crescimento da receita bruta em dois dígitos, atingindo no ano de 2009 a cifra de R$ 820 milhões, com 8 Grupo FLEURY

13 14% de crescimento em relação ao ano de 2008, um desempenho composto por uma expansão de 13,7% de suas atividades na Unidade de Negócio de Medicina Diagnóstica e de 27,5% na Unidade de Negócio de Medicina Preventiva e Terapêutica. O EBITDA, sem qualquer tipo de ajuste, por sua vez, atingiu R$ 179,3 milhões, 16% superior ao do ano de 2008, representando uma margem de 23,3% da receita líquida, enquanto o lucro líquido alcançou a marca de R$ 83,7 milhões, valor 99,4% superior ao do ano anterior. Em relação aos próximos exercícios, o Grupo Fleury está empenhado em executar os planos que permitirão a continuidade do seu crescimento orgânico, em linha com o desempenho apresentado nos últimos anos. Esses planos incluem a extensão do programa de otimização de unidades de atendimento bem como ampliações e abertura de novas unidades associadas a novos investimentos para aumento da oferta de serviços de imagem e outros de maior valor agregado. Adicionalmente, seguirá analisando oportunidades de aquisições que acresçam valor a seus acionistas, através do aumento de sua presença em novos locais e/ ou oferta de um portfólio mais amplo de serviços. A aceleração dos contratos do serviço de Gestão de Doenças Crônicas, a evolução dos negócios em medicina preventiva e a constante inovação realizada pelo Grupo Fleury em novos produtos e soluções em medicina diagnóstica, preventiva e terapêutica seguirão não apenas contribuindo para o crescimento de suas receitas, mas também para trazer soluções com retorno sobre investimento ao setor de saúde brasileiro. O Grupo Fleury acredita que as ações realizadas nos últimos anos viabilizarão a melhoria do retorno sobre o capital investido nos próximos anos por meio das sinergias, da curva de maturidade de novas unidades e novos negócios, e das economias advindas das unificações e integrações de áreas e sistemas. Paralelamente, manterá altos padrões de governança corporativa, meritocracia e compromisso com a ética, sustentabilidade, evolução da medicina e do bemestar da sociedade. Gostaríamos de expressar nosso agradecimento a todos os nossos colaboradores por sua dedicação e compromisso com nossa missão, aos nossos clientes e à comunidade médica pela confiança em nossos serviços, aos acionistas pela confiança na gestão administrativa da empresa, aos fornecedores pela parceria na busca constante da melhor qualidade, e à sociedade brasileira em geral por fazer parte de nossa história e nosso futuro. Mauro Figueiredo Presidente Grupo Fleury Aparecido B. Pereira Presidente Conselho de Administração Relatório Anual

14 Estratégia O Grupo Fleury tem como estratégia perpetuar sua excelência em serviços e expandila para uma maior escala, competindo em cada negócio e segmento em que atua com oferta de valor agregado superior ao mercado. Dessa maneira, espera ampliar cada vez mais a reputação de suas marcas em seus respectivos mercados, e assim continuar a obter um posicionamento diferenciado e com maiores níveis de lucratividade. Para tanto, promove uma integração de processos cada vez mais eficiente, com aproveitamento de sinergias, racionalização de custos e despesas e economia de escala advinda do seu crescimento. Adicionalmente, para dar sustentabilidade ao seu processo de expansão contínua, adota as melhores práticas para atração e retenção de profissionais talentosos, que se constituem no seu capital intelectual responsável pelo desenvolvimento e aplicação de conhecimento em busca de inovações constantes que adicionam valor à medicina e na forma diferenciada de atendimento que realiza. 10 Grupo FLEURY

15 Principais componentes da estratégia do Grupo Fleury Continuar a expandir a unidade de negócio Medicina Diagnóstica de maneira diferenciada e inovadora, com eficiência e rentabilidade O Grupo Fleury tem como objetivo ampliar ainda mais sua presença no segmento de medicina diagnóstica por meio do crescimento orgânico e de aquisições nos mercados em que já atua e nos principais centros econômicos brasileiros em que ainda não está presente. As principais iniciativas para viabilizar essa expansão são as seguintes: Ampliação do portfólio de serviços oferecidos em cada uma das marcas do Grupo, principalmente os serviços de diagnósticos por imagem e outras especialidades que possuem forte tendência de crescimento. Essa estratégia tem possibilitado à companhia crescer com melhor oferta de serviços integrados para os clientes e melhor ocupação da capacidade instalada de cada Unidade de Atendimento. Expansão da rede de Unidades de Atendimento de todas as marcas, buscando ampliação, melhoria da visibilidade e, consequentemente, atração de um maior número de clientes potenciais. Ampliação das linhas de negócio do Grupo com operações de diagnósticos em hospitais e soluções em medicina diagnóstica, por meio da expansão do portfólio de serviços e do número de novos clientes. Crescimento por aquisições de outros prestadores de serviços diagnósticos. Intensificar o processo de diversificação por meio da unidade de negócio Medicina Preventiva e Terapêutica Na área de medicina preventiva e terapêutica, o Grupo Fleury continuará diversificando seus negócios, proporcionando aumento progressivo da representatividade dessa unidade de negócio nos seus resultados. Entre os mais recentes avanços nesta estratégia está o serviço de gestão de doenças crônicas, que apresenta significativo potencial de crescimento. Relatório Anual

16 Nossos Diferenciais 12 Grupo FLEURY

17 Forte reputação e marca amplamente reconhecida O reconhecimento e a liderança que o Grupo Fleury possui é reflexo de sua excelência médica, qualidade no atendimento ao cliente e uma atuação caracterizada por serviços inovadores e plenamente confiáveis. Esse posicionamento privilegiado contribui para o seu sucesso em manter relacionamentos duradouros com seus clientes, ao mesmo tempo em que nos confere credibilidade junto a operadoras de planos de saúde, hospitais, empresas, laboratórios, comunidade médica e opinião pública. Um dos indicadores que demonstram esse reconhecimento vem, por exemplo, da pesquisa realizada pelo IBOPE, entidade de pesquisa independente e altamente renomada no Brasil, em que 70% dos médicos indicam a marca Fleury como o melhor e mais confiável centro de medicina diagnóstica da cidade de São Paulo. 70% O Fleury é o melhor e o mais confiável Centro de Medicina Diagnóstica para 70% dos médicos.* 8% 5% 2% Fleury 2º 3º 4º * Resultado de pesquisa do Ibope realizada no período de 15 a 20 de agosto de 2008 junto a 500 médicos da cidade de São Paulo. Foco no cliente Desde o início de suas atividades, em 1926, a saúde e o bemestar dos clientes são a origem e o motivo de todas as iniciativas do Grupo Fleury. Norteados por essa filosofia, os colaboradores das diferentes marcas da empresa atuam diariamente com o objetivo de proporcionar aos clientes uma experiência segura, eficiente, acolhedora, próxima, com empatia e conveniência. Esse jeito de ser tornou a companhia referência brasileira em excelência no atendimento ao cliente, atingindo índices de satisfação superiores a 85% em todo Brasil, de acordo com pesquisas realizadas pelo IBOPE. Relatório Anual

18 Inovação, pesquisa e desenvolvimento A forte e contínua cultura de inovação é um dos principais fatores de atração e retenção de capital intelectual diferenciado do Grupo Fleury. Por meio de métodos, ferramentas e processos estruturados, seus profissionais aplicam sistematicamente o seu conhecimento em medicina e saúde na busca incessante por inovações. Soluções integradas e excelência em serviços e metodologias No âmbito das atividades de medicina diagnóstica, os profissionais do Grupo, especialmente por meio da marca Fleury, não se restringem apenas a entregar um resultado de exame ou relatório sobre determinada condição clínica, mas atuam com o objetivo de apresentar soluções para cada atendimento que realizam, bem como à comunidade médica. Para tanto, contam com um sistema de apoio à decisão de resultados e oferecem conclusão diagnóstica individual. Além disso, produzem Relatórios Integrados e prestam Assessoria Médica aos profissionais médicos, um serviço disponível 24 horas por dia. Em sua linha de negócio de Gestão de Doenças Crônicas, introduziu soluções inovadoras no Brasil com o objetivo de contribuir para uma redução de eventos e complicações associadas a tais condições, resultando em diminuição dos gastos com tratamentos e, consequentemente, redução de custos com saúde para as operadoras de planos de saúde e empresas contratantes. Equipes médica, técnica e de saúde altamente qualificadas O Grupo Fleury acredita que a excelência dos seus serviços é resultado da qualidade de suas equipes médica, técnica e de saúde, que trabalham de maneira integrada e com foco na solução para o cliente. Sua equipe médica é composta por médicos formados nas mais renomadas universidades do Brasil e exterior, incluindo doutores, pósdoutorados e livresdocentes. Essa equipe interage constantemente com a comunidade médica para discussão de casos complexos. Adicionalmente, mantém elevados padrões em seus processos seletivos e tem investido fortemente, ao longo dos anos, na atualização, capacitação e desenvolvimento de suas equipes ao longo de sua carreira. 14 Grupo FLEURY

19 Solidez financeira aliada a crescimento sustentável Os negócios da companhia apresentam um histórico consistente de sólido desempenho financeiro. De acordo com a edição 2009 da publicação Valor 1000 do jornal Valor Econômico, o Grupo Fleury foi considerado a melhor empresa privada e a mais rentável no setor de serviços médicos dentre todas as empresas avaliadas. Além do crescimento expressivo, a companhia tem sido capaz de apresentar retornos sobre o capital investido (ROIC) superiores ao de empresas comparáveis no mesmo setor em que atua e que são listadas em bolsa de valores, com base em informações públicas disponíveis. A solidez financeira do Grupo Fleury é também representada pelo seu baixo índice de endividamento financeiro. Administração experiente e altos padrões de governança corporativa O Grupo Fleury conta com uma administração profissional, experiente e comprometida com altos padrões de governança corporativa. A qualificação da administração da companhia contribuiu para o atual nível de excelência das suas operações e tem sido reconhecida por meio de diversos prêmios, dentre os quais o prêmio Executivo de Valor Setor de Saúde, que foi conferido em 2008 e 2009 ao seu Presidente, Mauro Figueiredo. Além disso, em 2007, recebeu do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC) o prêmio de Governança Corporativa Empresas Não Listadas, como resultado de inúmeras iniciativas, que incluem, por exemplo, um terço de membros independentes no seu Conselho de Administração desde sua constituição em 1998 e ampla divulgação sobre a evolução dos seus negócios e resultados por meio da distribuição física e disponibilização em seu website do seu relatório anual. Relatório Anual

20 Governança Corporativa O ingresso do Grupo Fleury no mercado de capitais no nível do Novo Mercado da BM&FBovespa foi reflexo de práticas de governança corporativa que já eram consolidadas na companhia desde 1998, quando criou seu Conselho de Administração. Progressivamente, outros avanços foram incorporados na organização, fato que tem contribuído para a sua perenidade e obtenção de reconhecimento do mercado mesmo antes da abertura de seu capital, como o prêmio de Governança Corporativa que alcançou em 2007, concedido pelo Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC), na categoria empresas nãolistadas. 16 Grupo FLEURY

21 Conselho de Administração O Conselho de Administração do Grupo Fleury possui nove membros, dos quais três são independentes, tendo como suporte às suas atividades o Comitê de Auditoria e o Comitê de Nomeação e Compensação. Seus membros são escolhidos a cada dois anos pela Assembléia de Acionistas. Gestão Executiva A Gestão Executiva, norteada por um Planejamento Estratégico reavaliado anualmente, tem entre suas responsabilidades a proposição e execução estratégica, a performance operacional e financeira, a comunicação das metas de desempenho da organização, a condução das operações do Grupo, o gerenciamento de riscos do negócio e a definição e monitoramento de iniciativas e políticas críticas. Para responder aos desafios de crescimento, a gestão define metas corporativas, conjugadas a metas individuais para todos os colaboradores, que resultam em oportunidade de remuneração variável no Programa de Participação nos Resultados. Comunicação Norteada pela transparência e efetiva comunicação com seus públicos estratégicos de relacionamento, o Grupo Fleury possui canais consolidados e tradicionais que apresentam os resultados e as iniciativas que contribuem para o desenvolvimento da companhia. Publica, por exemplo, Relatório Anual desde 2005 e veicula suas demonstrações financeiras no Diário Oficial do Estado de São Paulo e em jornal de grande circulação. Adicionalmente, tem veiculado desde 2007 Relatório da Administração no jornal Valor Econômico. Além das divulgações financeiras regulares aos investidores, realizadas desde a abertura de seu capital, a companhia conta com uma publicação impressa, sob o título Informe ao Acionista. Criada em 2008 e reproduzida em seu website, possui periodicidade trimestral, tendo como objetivos apresentar os resultados trimestrais e apresentar os principais acontecimentos envolvendo suas Unidades de Negócio e ações corporativas. Com o objetivo de alinhar a atuação de todos os profissionais em relação ao planejamento estratégico e apresentar os resultados, a companhia realiza ainda o Encontro de Líderes, evento trimestral que conta com a participação de gerentes e diretores da organização. No âmbito online, conta com site (www.fleury.com.br/ri) que apresenta informações completas como sua história, setor de atuação, estratégia, diferenciais competitivos e publicações. Relatório Anual

22 Código de Conduta Revisado a cada dois anos, o Código de Conduta do Grupo Fleury é estruturado com base nos princípios éticos e de sustentabilidade que devem orientar a conduta de todos os colaboradores em suas atividades profissionais, prevendo, entre outros aspectos, situações que podem gerar conflitos de interesse e questões relacionadas ao duplo vínculo, contratação de parentes, confidencialidade das informações sobre clientes e procedimentos de atendimento. Disponível no Portal Corporativo da organização para todos os profissionais, o Código de Conduta tem adesão formal dos colaboradores por meio de um termo de compromisso específico. Esse Código de Conduta também está disponível no website da organização para consulta de todos os stakeholders da empresa. Sustentabilidade O Grupo Fleury desenvolve um modelo de negócio sustentável que estabelece metas rigorosas que buscam reduzir os impactos por meio do uso adequado dos recursos naturais e atendimento à legislação aplicável, oferecer serviços e instrumentos de gerenciamento seguros e confiáveis, incentivar a saúde ocupacional de seus colaboradores e desenvolver projetos sociais. Um dos grandes alicerces dos princípios de sustentabilidade do Grupo Fleury, que se somam ao triple bottom line (dimensões ambiental, social e financeira), é a qualidade. Certificada em 1999 pela ISO 9001, a organização busca melhoria contínua para manter suas atividades adequadas a esta norma. Além disso, participa ativamente de rigorosos programas de controle de qualidade de nível nacional e mundial, entre os quais se destacam o Surveys and Anatomic Pathologic Education Programs do College of American Pathologists, e a Proficiência em Ensaios Laboratoriais da Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial (SBPC/ML). Adicionalmente, em setembro de 2007, recebeu acreditação internacional do College of American Pathologists (CAP). Em 2009, recebeu renovação da acreditação desse instituto. 18 Grupo FLEURY

23 Políticas de Divulgação e Negociação Auditores Independentes e Comitê de Auditoria O Grupo Fleury, com seu ingresso no mercado de capitais, constituiu sua Política de Divulgações de Informações Relevantes e Preservação de Sigilo, bem como de Negociação de Valores Mobiliários de Emissão do Grupo Fleury. Essas políticas tiveram ampla divulgação aos colaboradores e adesão formal daqueles profissionais que têm acesso a informações relevantes. Fleury S.A. e suas subsidiárias têm como auditor independente a Deloitte Touche Tohmatsu Auditores Independentes. Os auditores externos apresentam suas avaliações sobre resultados, práticas contábeis e controles internos diretamente aos membros desse comitê. Vale destacar que a empresa é auditada desde 1992 por firmas de auditoria independentes. Conselho de Administração Diretoria Executiva Aparecido Bernardo Pereira Presidente Mauro Figueiredo Presidente José Gilberto H. Vieira VicePresidente Ewaldo M. K. Russo Márcio Serôa de Araújo Coriolano Fábio Marchiori Diretor Executivo de Finanças e Relações com Investidores Maria Lúcia C. G. Ferraz Diretora Executiva de Pessoas Mauro Figueiredo Milton Almicar Silva Vargas Omar Magid Hauache Diretor Executivo de Medicina Preventiva e Terapêutica Conselheiros Independentes José Paschoal Rossetti, Professor e Pesquisador da Fundação Dom Cabral Luiz Carlos Vaini, Membro do Conselho Federal de Contabilidade Paulo Pedote Diretor Executivo de Suprimentos, Engenharia e Tecnologia da Informação Rendrik F. Franco Diretor Executivo de Estratégia e Marketing Rogério Rabelo Diretor Executivo de Operações Marcelo Pereira Malta de Araujo, Presidente do Grupo Libra Wilson L. Pedreira Diretor Executivo de Medicina Diagnóstica Relatório Anual

24 A evolução da empresa 20 Grupo FLEURY

25 2009 Ingresso no Mercado de Capitais no Novo Mercado BM&FBovespa 2008 Lançamento dos serviços de Gestão de Doenças Crônicas Prêmio de Governança Corporativa, categoria capital fechado, IBGC Obtenção da Acreditação do College of American Pathologists (CAP) Avanço na diversificação com início dos serviços de Promoção de Saúde Implantação do SAP Início do processo de diversificação de negócios na cadeia de saúde na área de medicina terapêutica Início da atuação como consolidador do mercado com aquisições de marcas do setor Primeira empresa do mundo a disponibilizar resultados de exames na internet Obtenção da ISO 9001:2000 e ISO 14001:1996 Implantação do Sistema de Garantia da Qualidade, certificado de acordo com a ISO 9001:1994 Primeiros exames de centro diagnóstico imagem e cardiologia Implantação de código de barras para identificação de tubos de exames Início do conceito de Rede de Unidades com abertura da segunda unidade na Av. Brasil, em São Paulo Pioneirismo na implantação de sistema informatizado para atendimento ao cliente 1951 Incorporação de serviços de anatomia patológica 1926 Início das atividades como laboratório de análises clínicas Relatório Anual

26 Gestão de Pessoas 22 Grupo FLEURY

27 O Grupo Fleury acredita que a constante busca pela excelência só pode ser alcançada mediante atração e retenção de profissionais talentosos, que constituem o alicerce para execução da missão de prover soluções cada vez mais completas de saúde e bemestar, para a plena realização das pessoas. Nesse sentido, o ano de 2009 foi marcado por uma série de ações visando à capacitação, desenvolvimento e integração de profissionais, em linha com a estratégia de gestão de pessoas já adotada pela empresa nos últimos anos. Perfil dos colaboradores do Grupo Fleury O Grupo Fleury é composto por profissionais e mais de 500 médicos, formados e atualizados nas melhores escolas médicas do País. Faixa etária 14% 4% 18% Até 25 anos De 26 a 30 anos De 31 a 40 anos De 41 a 50 anos Acima de 50 anos 38% 26% 1% 12% Colaborador por área 11% 76% Medicina Diagnóstica Áreas Administrativas Medicina Preventiva e Terapêutica Médicos Tempo de casa 4% 17% Menos de 1 ano De 1 a 3 anos De 4 a 10 anos De 11 a 20 anos Acima de 20 anos 26% 13% 40% Relatório Anual

28 Desenvolvimento organizacional No âmbito interno, o Grupo Fleury tem investido fortemente na atualização e capacitação das suas equipes, com contínuos processos de reciclagem e treinamentos técnicos e comportamentais. Seguindo esta diretriz, em 2009, 493 colaboradores receberam treinamentos admissionais ministrados pela área de Educação. Esta capacitação foi também estendida aos colaboradores terceirizados dos serviços de manobra, copa e segurança, de acordo com os padrões de atendimento do Grupo Fleury. O processo de unificação de sistemas de atendimento e de resultados de exames que ocorreu em 2009 exigiu o treinamento de 603 colaboradores das marcas regionais na plataforma utilizada pelo Grupo Fleury, harmonizando os processos em todo o Brasil. Com três pilares de capacitação (Administração e Gestão, Visão Sistêmica do Setor de Saúde e Competências do Líder), o programa de desenvolvimento de líderes abordou 33 temas, registrando 341 participações (84% das lideranças da empresa) e 90% de satisfação. Já nos programas de reciclagem de conhecimentos voltados a todos os funcionários da companhia, 98 temas foram trabalhados. Por fim, como parte do Projeto Unificação, por meio do qual todos os colaboradores das marcas regionais foram registrados sob a razão social Fleury S.A., 970 funcionários receberam treinamento educacional específico sobre a visão, missão e valores da companhia. No total, a carga de treinamento por colaborador foi de 58 horas em 2009, contra uma média mundial de 34,4 horas, de acordo com a American Society of Training and Development (2008) Com relação à equipe médica, um trabalho conjunto da área de Recursos Humanos, da Diretoria de Centro Diagnóstico e da área Financeira possibilitou o desenvolvimento do novo modelo de carreira médica, tanto para Fleury quanto para as demais marcas regionais. A intenção é reter e desenvolver ainda mais uma equipe altamente qualificada, composta por médicos formados nas mais renomadas universidades do Brasil, dentre os quais 78 são mestres, 98 são doutores, 26 possuem pósdoutorado no exterior e 11 são livresdocentes. No âmbito externo, a contínua política de atualização e desenvolvimento dos colaboradores também foi mantida. Ao todo, foram 167 participações em cursos externos, com 123 temas debatidos, além de 28 participações em congressos médicos no Brasil e exterior. Ainda no plano organizacional, dois projetos da Diretoria Executiva de Pessoas se destacaram em 2009: o de gerenciamento de segurança do cliente, coordenado pela Gerência de Enfermagem, e o programa de Qualidade em Centro Diagnóstico, realizado em conjunto com a Gerência de Processos ,4 horas Média mundial 24 Grupo FLEURY

29 Investimento A qualificação dos profissionais do Grupo Fleury é, seguramente, um dos seus principais diferenciais competitivos. Para tanto, constante crescimento dos investimentos da companhia em educação tem sido registrado. Em 2009, houve incremento de 16% sobre 2008 nos investimentos destinados à qualificação dos profissionais Investimentos em educação (R$ milhões) do Grupo, atingindo a marca de R$ 2,9 milhões Nossos valores Para o Grupo Fleury, a prática dos valores da empresa por seus profissionais permite que a essência da cultura da organização seja perpetuada ao longo do tempo. Assim, com o intuito de reforçar a cultura de Grupo, disseminar a visão, missão e valores da empresa e criar vínculos entre as pessoas, foi realizada ao longo do segundo semestre de 2009 a campanha Identifique o nosso jeito de ser. No total, foram participações, com 40 colaboradores indicados previamente pelos próprios colegas sendo premiados pelas ações que melhor representaram os oito valores do Grupo: entusiasmo, excelência, inovação, integridade, interdependência, respeito, solidariedade e voltado ao cliente. sinergia. Fazer uso inteligente de fluxos e processos (valores reforçados: excelência e interdependência); Desenvolvimento de pessoas Investir nas pessoas como o diferencial do negócio e promover saúde, bemestar e plena realização das pessoas, de dentro para fora (valores reforçados: solidariedade e respeito). Ao longo de 2009, a Diretoria Executiva de Pessoas também continuou dando fomento ao Programa de Diversidade reconhecido pelo Governo do Estado de São Paulo, o que fez com que o Grupo Fleury encerrasse o ano com 44 funcionários portadores de necessidades especiais em seu quadro de colaboradores. Estes valores também serviram de base para a implantação do novo modelo de competências do Grupo Fleury, ferramenta essencial para o alinhamento de toda a organização na busca da visão, missão e objetivos estratégicos. Estas competências constituem a base para os processos de recrutamento, seleção, avaliação, desenvolvimento e reconhecimento: Atitude positiva Ser otimista em relação a mudanças e ter uma atitude positiva e contagiante sobre o futuro (valores reforçados: entusiasmo e inovação); Fazer acontecer com excelência Comprometerse e cumprir suas funções com excelência (valores reforçados: excelência, integridade e inovação); Solução para o cliente Ter sensibilidade e foco na solução da necessidade do cliente externo e interno (valores reforçados: voltado ao cliente, solidariedade e respeito); Cooperação Ter visão do todo e da interdependência entre as áreas, colaborando para gerar Relatório Anual

Grupo Fleury Inovação

Grupo Fleury Inovação Grupo Fleury Inovação TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2010 Nossa essência Um negócio em evolução 1926 Início das atividades como laboratório de análises clínicas 1983 Primeiros exames de centro diagnóstico

Leia mais

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS Versão 2.0 09/02/2015 Sumário 1 Objetivo... 3 1.1 Objetivos Específicos... 3 2 Conceitos... 4 3 Princípios... 5 4 Diretrizes... 5 4.1

Leia mais

O Grupo Gerdau incentiva o trabalho em equipe e o uso de ferramentas de gestão pela qualidade na busca de soluções para os problemas do dia-a-dia.

O Grupo Gerdau incentiva o trabalho em equipe e o uso de ferramentas de gestão pela qualidade na busca de soluções para os problemas do dia-a-dia. O Grupo Gerdau incentiva o trabalho em equipe e o uso de ferramentas de gestão pela qualidade na busca de soluções para os problemas do dia-a-dia. Rio Grande do Sul Brasil PESSOAS E EQUIPES Equipes que

Leia mais

DELOITE TOUCHE TOHMATSU Código PO-SIGA POLITICA CORPORATIVA Revisão 02

DELOITE TOUCHE TOHMATSU Código PO-SIGA POLITICA CORPORATIVA Revisão 02 Pagina 1/6 ÍNDICE 1. OBJETIVO...3 2. ABRANGÊNCIA / APLICAÇÃO...3 3. REFERÊNCIAS...3 4. DEFINIÇÕES...3 5. DIRETRIZES E RESPONSABILIDADES...4 5.1 POLITICAS...4 5.2 COMPROMISSOS...4 5.3 RESPONSABILIDADES...5

Leia mais

Manual do Sistema de Gestão Ambiental - Instant Solutions. Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa

Manual do Sistema de Gestão Ambiental - Instant Solutions. Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa Data da Criação: 09/11/2012 Dara de revisão: 18/12/2012 1 - Sumário - 1. A Instant Solutions... 3 1.1. Perfil da empresa... 3 1.2. Responsabilidade ambiental...

Leia mais

POLÍTICAS DE GESTÃO PROCESSO DE SUSTENTABILIDADE

POLÍTICAS DE GESTÃO PROCESSO DE SUSTENTABILIDADE POLÍTICAS DE GESTÃO PROCESSO DE SUSTENTABILIDADE 1) OBJETIVOS - Apresentar de forma transparente as diretrizes de sustentabilidade que permeiam a estratégia e a gestão; - Fomentar e apoiar internamente

Leia mais

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR Cada um de nós, na vida profissional, divide com a Essilor a sua responsabilidade e a sua reputação. Portanto, devemos conhecer e respeitar os princípios que se aplicam a todos.

Leia mais

MARCA BRADESCO RECURSOS HUMANOS

MARCA BRADESCO RECURSOS HUMANOS ATIVOS INTANGÍVEIS Embora a Organização não registre seus ativos intangíveis, há evidências da percepção de sua magnitude pelos investidores e que pode ser encontrada na expressiva diferença entre o Valor

Leia mais

A Academia está alinhada também aos Princípios para Sustentabilidade em Seguros UNPSI, coordenados pelo UNEP/FI órgão da ONU dedicado às questões da

A Academia está alinhada também aos Princípios para Sustentabilidade em Seguros UNPSI, coordenados pelo UNEP/FI órgão da ONU dedicado às questões da - 1 - Prêmio CNSeg 2012 Empresa: Grupo Segurador BBMAPFRE Case: Academia de Sustentabilidade BBMAPFRE Introdução A Academia de Sustentabilidade BBMAPFRE foi concebida em 2009 para disseminar o conceito

Leia mais

Política de Responsabilidade Socioambiental

Política de Responsabilidade Socioambiental Política de Responsabilidade Socioambiental SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 OBJETIVO... 3 3 DETALHAMENTO... 3 3.1 Definições... 3 3.2 Envolvimento de partes interessadas... 4 3.3 Conformidade com a Legislação

Leia mais

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014 Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Histórico de elaboração Julho 2014 Motivações Boa prática de gestão Orientação para objetivos da Direção Executiva Adaptação à mudança de cenários na sociedade

Leia mais

O QUE É? Um programa que visa melhorar a Gestão dos CFCs Gaúchos, tendo como base os Critérios de Excelência da FNQ (Fundação Nacional da Qualidade).

O QUE É? Um programa que visa melhorar a Gestão dos CFCs Gaúchos, tendo como base os Critérios de Excelência da FNQ (Fundação Nacional da Qualidade). O QUE É? Um programa que visa melhorar a Gestão dos CFCs Gaúchos, tendo como base os Critérios de Excelência da FNQ (Fundação Nacional da Qualidade). Coordenação Sindicato dos Centros de Formação de Condutores

Leia mais

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey Executivos em todos os níveis consideram que a sustentabilidade tem um papel comercial importante. Porém, quando se trata

Leia mais

PRS - Programa de Responsabilidade Social do Crea-RS

PRS - Programa de Responsabilidade Social do Crea-RS PRS - Programa de Responsabilidade Social do Crea-RS Gestão de Administração e Finanças Gerência de Desenvolvimento Humano e Responsabilidade Social Junho/2014 Desenvolvimento Sustentável Social Econômico

Leia mais

Promover um ambiente de trabalho inclusivo que ofereça igualdade de oportunidades;

Promover um ambiente de trabalho inclusivo que ofereça igualdade de oportunidades; POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE OBJETIVO Esta Política tem como objetivos: - Apresentar as diretrizes de sustentabilidade que permeiam a estratégia e a gestão; - Fomentar e apoiar internamente as inovações

Leia mais

ESF Estratégia de Saúde da Família GESTÃO DE PESSOAS. 40 Relatório de Gestão 2014. Copyright. Proibida cópia ou reprodução sem autorização do IABAS.

ESF Estratégia de Saúde da Família GESTÃO DE PESSOAS. 40 Relatório de Gestão 2014. Copyright. Proibida cópia ou reprodução sem autorização do IABAS. ESF Estratégia de Saúde da Família GESTÃO DE PESSOAS 40 Relatório de Gestão 2014 B lanço Soci l ESF Estratégia de Saúde da Família Relatório de Gestão 2014 41 GESTÃO DE PESSOAS Gestão de Pessoas Com o

Leia mais

experiência Uma excelente alternativa em serviços de auditoria

experiência Uma excelente alternativa em serviços de auditoria experiência Uma excelente alternativa em serviços de auditoria A Íntegra é uma empresa de auditoria e consultoria, com 25 anos de experiência no mercado brasileiro. Cada serviço prestado nos diferentes

Leia mais

Melhores práticas. Cada vez mais cientes das

Melhores práticas. Cada vez mais cientes das Número de empresas brasileiras que procuram se aprimorar em governança corporativa aumentou na última edição do estudo Melhores práticas Estudo aponta que as empresas investem mais no aprimoramento dos

Leia mais

ABNT NBR 16001:2004 Os Desafios e Oportunidades da Inovação

ABNT NBR 16001:2004 Os Desafios e Oportunidades da Inovação ABNT NBR 16001:2004 Os Desafios e Oportunidades da Inovação A Dinâmica da Terra é uma empresa onde o maior patrimônio é representado pelo seu capital intelectual. Campo de atuação: Elaboração de estudos,

Leia mais

Respeitamos o fato de que cada cliente tem diferentes necessidades e demandas. Nosso objetivo é simplificar o complexo mercado de capitais e

Respeitamos o fato de que cada cliente tem diferentes necessidades e demandas. Nosso objetivo é simplificar o complexo mercado de capitais e Respeitamos o fato de que cada cliente tem diferentes necessidades e demandas. Nosso objetivo é simplificar o complexo mercado de capitais e proporcionar atendimento personalizado, sem perder de vista

Leia mais

ANEXO 2 Estrutura Modalidade 1 ELIS PMEs PRÊMIO ECO - 2015

ANEXO 2 Estrutura Modalidade 1 ELIS PMEs PRÊMIO ECO - 2015 ANEXO 2 Estrutura Modalidade 1 ELIS PMEs PRÊMIO ECO - 2015 Critérios Descrições Pesos 1. Perfil da Organização Breve apresentação da empresa, seus principais produtos e atividades, sua estrutura operacional

Leia mais

Com o objetivo de continuar aprimorando o modelo de gestão de Minas Gerais, foi lançado, em 2010, o projeto Agenda de Melhorias caminhos para inovar

Com o objetivo de continuar aprimorando o modelo de gestão de Minas Gerais, foi lançado, em 2010, o projeto Agenda de Melhorias caminhos para inovar março de 2012 Introdução Com o objetivo de continuar aprimorando o modelo de gestão de Minas Gerais, foi lançado, em 2010, o projeto Agenda de Melhorias caminhos para inovar na gestão pública. A criação

Leia mais

Política de Sustentabilidade

Política de Sustentabilidade Política de Sustentabilidade Síntese O Compromisso ALIANSCE para a Sustentabilidade demonstra o nosso pacto com a ética nos negócios, o desenvolvimento das comunidades do entorno de nossos empreendimentos,

Leia mais

COP 2013 COMMUNICATION ON PROGRESS PACTO GLOBAL DAS NAÇÕES UNIDAS

COP 2013 COMMUNICATION ON PROGRESS PACTO GLOBAL DAS NAÇÕES UNIDAS COP 2013 COMMUNICATION ON PROGRESS PACTO GLOBAL DAS NAÇÕES UNIDAS 2003 É criada a G-COMEX ÓLEO & GÁS com o objetivo de prover soluções logísticas sob medida para o mercado de óleo, gás, energia e indústria

Leia mais

PROGRAMA CENTRAL DE IDEIAS

PROGRAMA CENTRAL DE IDEIAS PROGRAMA CENTRAL DE - PROCESSO DE GERAÇÃO ESPONTÂNEA DE - 25/02/2010 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - 2010 Agenda Apresentação Apresentação do do Grupo Grupo Fleury Fleury Abordagem Abordagem para para Inovação

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Elaboração Luiz Guilherme D CQSMS 10 00 Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes Avaliação da Necessidade de Treinamento

Leia mais

RESOLUÇÃO CFC Nº 1.036/05

RESOLUÇÃO CFC Nº 1.036/05 RESOLUÇÃO CFC Nº 1.036/05 Aprova a NBC T 11.8 Supervisão e Controle de Qualidade. O Conselho Federal de Contabilidade, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, Considerando que as Normas

Leia mais

Gestão estratégica em finanças

Gestão estratégica em finanças Gestão estratégica em finanças Resulta Consultoria Empresarial Gestão de custos e maximização de resultados A nova realidade do mercado tem feito com que as empresas contratem serviços especializados pelo

Leia mais

PLANO DE REMUNERAÇÃO VARIÁVEL - PRV

PLANO DE REMUNERAÇÃO VARIÁVEL - PRV 1 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO PLANO DE REMUNERAÇÃO VARIÁVEL - PRV 1. PRÁTICA EFICAZ DE GESTÃO DE PESSOAS 1.1 Histórico da Prática Eficaz A Nova Escola tem aplicado a Meritocracia como um recurso na Gestão de

Leia mais

Proposta de Programa- Quadro de Ciência, Tecnologia e Inovação 2014-2018. L RECyT, 8.11.13

Proposta de Programa- Quadro de Ciência, Tecnologia e Inovação 2014-2018. L RECyT, 8.11.13 Proposta de Programa- Quadro de Ciência, Tecnologia e Inovação 2014-2018 L RECyT, 8.11.13 Delineamento do Programa - Quadro Fundamentação Geral Programa público, plurianual, voltado para o fortalecimento

Leia mais

Outubro 2009. Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini

Outubro 2009. Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini Outubro 2009 Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini Sustentabilidade Articulação Ampliação dos limites Sistematização Elementos do Novo Modelo Incubação

Leia mais

Diretrizes de Governança Corporativa

Diretrizes de Governança Corporativa Diretrizes de Governança Corporativa DIRETRIZES DE GOVERNANÇA CORPORATIVA DA BM&FBOVESPA Objetivo do documento: Apresentar, em linguagem simples e de forma concisa, o modelo de governança corporativa da

Leia mais

POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE

POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE 1. OBJETIVO E ABRANGÊNCIA Esta Política tem como objetivos: Apresentar de forma transparente os princípios e as diretrizes de sustentabilidade que permeiam a estratégia e direcionam

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA 1 IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Contratação de consultoria pessoa física para serviços de preparação

Leia mais

Criando Oportunidades

Criando Oportunidades Criando Oportunidades Clima, Energia & Recursos Naturais Agricultura & Desenvolvimento Rural Mercados de Trabalho & Sector Privado e Desenvolvimento Sistemas Financeiros Comércio & Integração Regional

Leia mais

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade O caminho para o sucesso Promovendo o desenvolvimento para além da universidade Visão geral Há mais de 40 anos, a Unigranrio investe em ensino diferenciado no Brasil para cumprir com seu principal objetivo

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO

MINISTÉRIO DA SAÚDE GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO MINISTÉRIO DA SAÚDE GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO AGENDA ESTRATÉGICA DA GESTÃO (2012-2015) AGENDA ESTRATÉGICA DA GESTÃO (2012-2015) Este documento tem o propósito de promover o alinhamento da atual gestão

Leia mais

Pesquisa realizada com os participantes do 12º Seminário Nacional de Gestão de Projetos. Apresentação

Pesquisa realizada com os participantes do 12º Seminário Nacional de Gestão de Projetos. Apresentação Pesquisa realizada com os participantes do de Apresentação O perfil do profissional de Projetos Pesquisa realizada durante o 12 Seminário Nacional de, ocorrido em 2009, traça um importante perfil do profissional

Leia mais

Política de Sustentabilidade das empresas Eletrobras

Política de Sustentabilidade das empresas Eletrobras Política de Sustentabilidade das empresas Eletrobras 1. DECLARAÇÃO Nós, das empresas Eletrobras, comprometemo-nos a contribuir efetivamente para o desenvolvimento sustentável, das áreas onde atuamos e

Leia mais

Bota pra Fazer: Negócios de Alto Impacto.

Bota pra Fazer: Negócios de Alto Impacto. Bota pra Fazer: Negócios de Alto Impacto. Instituto Educacional BM&FBOVESPA e Endeavor: Negócios de Alto Impacto. Com reconhecida experiência, o Instituto Educacional BM&FBOVESPA, a Escola de Negócios

Leia mais

DIRETRIZES DE FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/ NÓS PODEMOS

DIRETRIZES DE FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/ NÓS PODEMOS 1 DIRETRIZES DE FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/ NÓS PODEMOS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES E OBJETIVO DO MOVIMENTO 2 Artigo 1º O Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade/Nós

Leia mais

PRS - Programa de Responsabilidade Social do Crea-RS. Gestão de Administração e Finanças Gerência de Gestão de Pessoas

PRS - Programa de Responsabilidade Social do Crea-RS. Gestão de Administração e Finanças Gerência de Gestão de Pessoas PRS - Programa de Responsabilidade Social do Crea-RS Gestão de Administração e Finanças Gerência de Gestão de Pessoas Desenvolvimento Sustentável Social Econômico Ambiental Lucro Financeiro Resultado Social

Leia mais

Apresentação Plano de Integridade Institucional da Controladoria-Geral da União (PII)

Apresentação Plano de Integridade Institucional da Controladoria-Geral da União (PII) PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO Secretaria-Executiva Diretoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional Plano de Integridade Institucional (PII) 2012-2015 Apresentação Como

Leia mais

Política de Sustentabilidade

Política de Sustentabilidade Política de Sustentabilidade Sul Mineira 1 Índice Política de Sustentabilidade Unimed Sul Mineira Mas o que é Responsabilidade Social? Premissas Básicas Objetivos da Unimed Sul Mineira Para a Saúde Ambiental

Leia mais

Auditoria Interna e Governança Corporativa

Auditoria Interna e Governança Corporativa Auditoria Interna e Governança Corporativa Clarissa Schüler Pereira da Silva Gerente de Auditoria Interna TUPY S.A. Programa Governança Corporativa Auditoria Interna Desafios para os profissionais de auditoria

Leia mais

Valores & Princípios. Grupo Freudenberg

Valores & Princípios. Grupo Freudenberg Valores & Princípios Grupo Freudenberg C o n d u ta e C o m p o r ta m e n t o C o n d u ta e C o m p o r ta m e n t o Nossos Princípios & Conduta e Comportamento 3 Os Nossos Princípios e o documento de

Leia mais

Soluções em Tecnologia da Informação

Soluções em Tecnologia da Informação Soluções em Tecnologia da Informação Curitiba Paraná Salvador Bahia A DTS Sistemas é uma empresa familiar de Tecnologia da Informação, fundada em 1995, especializada no desenvolvimento de soluções empresariais.

Leia mais

A estratégia do PGQP frente aos novos desafios. 40ª Reunião da Qualidade 09-10-2006 Eduardo Guaragna

A estratégia do PGQP frente aos novos desafios. 40ª Reunião da Qualidade 09-10-2006 Eduardo Guaragna A estratégia do PGQP frente aos novos desafios 40ª Reunião da Qualidade 09-10-2006 Eduardo Guaragna PROCESSO DE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO MACROFLUXO ENTRADAS PARA O PROCESSO - Análise de cenários e conteúdos

Leia mais

4. Tendências em Gestão de Pessoas

4. Tendências em Gestão de Pessoas 4. Tendências em Gestão de Pessoas Em 2012, Gerenciar Talentos continuará sendo uma das prioridades da maioria das empresas. Mudanças nas estratégias, necessidades de novas competências, pressões nos custos

Leia mais

Pessoas no centro da estratégia Soluções para desafios em RH

Pessoas no centro da estratégia Soluções para desafios em RH Pessoas no centro da estratégia Soluções para desafios em RH Os papéis do executivo de RH Pessoas são os principais ativos de uma empresa e o executivo de Recursos Humanos (RH), como responsável por administrar

Leia mais

Política de Gestão de Pessoas

Política de Gestão de Pessoas julho 2010 5 1. Política No Sistema Eletrobras, as pessoas são agentes e beneficiárias do fortalecimento organizacional, contribuindo para a competitividade, rentabilidade e sustentabilidade empresarial.

Leia mais

FUNDAMENTOS DA GESTÃO

FUNDAMENTOS DA GESTÃO Um dos pilares da Ultrapar está no virtuoso relacionamento que a companhia mantém com os diferentes públicos, graças a uma política baseada na ética, na transparência e no compartilhamento de princípios,

Leia mais

Plano de Sustentabilidade da Unilever

Plano de Sustentabilidade da Unilever Unilever Plano de Sustentabilidade da Unilever Eixo temático Governança Principal objetivo da prática Para a Unilever, o crescimento sustentável e lucrativo requer os mais altos padrões de comportamento

Leia mais

High Potentials, Talentos e Sucessão no Brasil

High Potentials, Talentos e Sucessão no Brasil High Potentials, Talentos e Sucessão no Brasil P e s q u i s a d a F u n d a ç ã o G e t u l i o V a r g a s I n s t i t u t o d e D e s e n v o l v i m e n t o E d u c a c i o n a l Conteúdo 1. Propósito

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão de Pessoas tem por objetivo o fornecimento de instrumental que possibilite

Leia mais

Sobre a Universidade Banco Central do Brasil (UniBacen)

Sobre a Universidade Banco Central do Brasil (UniBacen) Sobre a Universidade Banco Central do Brasil (UniBacen) Histórico A UniBacen é um departamento vinculado diretamente ao Diretor de Administração do Banco Central do Brasil (BCB), conforme sua estrutura

Leia mais

Desenvolvimento da agenda sustentabilidade & negócios

Desenvolvimento da agenda sustentabilidade & negócios Desenvolvimento da agenda sustentabilidade & negócios Em 2013, a Duratex lançou sua Plataforma 2016, marco zero do planejamento estratégico de sustentabilidade da Companhia. A estratégia baseia-se em três

Leia mais

MANUAL DA QUALIDADE Viva Vida Produtos de Lazer Ltda. Manual da Qualidade - MQ V. 1 Sistema de Gestão da Qualidade Viva Vida - SGQVV

MANUAL DA QUALIDADE Viva Vida Produtos de Lazer Ltda. Manual da Qualidade - MQ V. 1 Sistema de Gestão da Qualidade Viva Vida - SGQVV MANUAL DA QUALIDADE Manual da Qualidade - MQ Página 1 de 15 ÍNDICE MANUAL DA QUALIDADE 1 INTRODUÇÃO...3 1.1 EMPRESA...3 1.2 HISTÓRICO...3 1.3 MISSÃO...4 1.4 VISÃO...4 1.5 FILOSOFIA...4 1.6 VALORES...5

Leia mais

MACRO-OBJETIVOS DO PROGRAMA MACRO-METAS DO PROGRAMA LINHA DO TEMPO

MACRO-OBJETIVOS DO PROGRAMA MACRO-METAS DO PROGRAMA LINHA DO TEMPO MACRO-OBJETIVOS DO PROGRAMA 1- FORTALECER O SETOR DE SOFTWARE E SERVIÇOS DE TI, NA CONCEPÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIAS AVANÇADAS; 2- CRIAR EMPREGOS QUALIFICADOS NO PAÍS; 3- CRIAR E FORTALECER EMPRESAS

Leia mais

Procifisc Engenharia e Consultadoria, Lda.

Procifisc Engenharia e Consultadoria, Lda. 01. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA 2 01. Apresentação da empresa, com sede em Castelo Branco, é uma empresa criada em 2007 que atua nos domínios da engenharia civil e da arquitetura. Atualmente, é uma empresa

Leia mais

DIRETRIZES PARA UM FORNECIMENTO SUSTENTÁVEL

DIRETRIZES PARA UM FORNECIMENTO SUSTENTÁVEL DIRETRIZES PARA UM FORNECIMENTO SUSTENTÁVEL APRESENTAÇÃO A White Martins representa na América do Sul a Praxair, uma das maiores companhias de gases industriais e medicinais do mundo, com operações em

Leia mais

PUBLICADO EM 01/08/2015 VÁLIDO ATÉ 31/07/2020

PUBLICADO EM 01/08/2015 VÁLIDO ATÉ 31/07/2020 PUBLICADO EM 01/08/2015 VÁLIDO ATÉ 31/07/2020 INDICE POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL 1. Objetivo...2 2. Aplicação...2 3. implementação...2 4. Referência...2 5. Conceitos...2 6. Políticas...3

Leia mais

PLANO DE TRABALHO CAMPUS DE FRANCISCO BELTRÃO QUATRIÊNIO 2016-2019

PLANO DE TRABALHO CAMPUS DE FRANCISCO BELTRÃO QUATRIÊNIO 2016-2019 PLANO DE TRABALHO CAMPUS DE FRANCISCO BELTRÃO QUATRIÊNIO 2016-2019 Candidato Gilmar Ribeiro de Mello SLOGAN: AÇÃO COLETIVA Página 1 INTRODUÇÃO Considerando as discussões realizadas com a comunidade interna

Leia mais

METANOR S.A. Metanol do Nordeste Camaçari - Bahia - Brasil Relatório da Administração de 2011

METANOR S.A. Metanol do Nordeste Camaçari - Bahia - Brasil Relatório da Administração de 2011 METANOR S.A. Camaçari - Bahia - Brasil Relatório da Administração de 2011 Senhores Acionistas, Em conformidade com as disposições legais e estatutárias, a administração da METANOR S.A. submete à apreciação

Leia mais

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil.

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil. A ABEMD, Associação Brasileira de Marketing Direto, é uma entidade civil, sem fins lucrativos, fundada em 1976 e constituída por pessoas jurídicas e físicas interessadas na aplicação de estratégias e técnicas

Leia mais

Acreditamos em formas criativas e inovadoras de crescimento e desenvolvimento. Elas agregam valor ao cliente

Acreditamos em formas criativas e inovadoras de crescimento e desenvolvimento. Elas agregam valor ao cliente Portfólio QUEM SOMOS Somos uma empresa de consultoria organizacional que vem desenvolvendo e implementando em diversas clientes projetos nas áreas de Gestão Recursos Humanos e Comercial/Vendas. Silmar

Leia mais

Marcos Antonio Lima de Oliveira, MSc Quality Engineer ASQ/USA Diretor da ISOQUALITAS www.qualitas.eng.br qualitas@qualitas.eng.

Marcos Antonio Lima de Oliveira, MSc Quality Engineer ASQ/USA Diretor da ISOQUALITAS www.qualitas.eng.br qualitas@qualitas.eng. 01. O QUE SIGNIFICA A SIGLA ISO? É a federação mundial dos organismos de normalização, fundada em 1947 e contanto atualmente com 156 países membros. A ABNT é representante oficial da ISO no Brasil e participou

Leia mais

MANUAL DA QUALIDADE DA CONSTRUTORA COPEMA

MANUAL DA QUALIDADE DA CONSTRUTORA COPEMA 1/10 INFORMAÇÕES SOBRE A EMPRESA... 2 ABRANGÊNCIA DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE... 3 1. SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE:... 4 - MANUAL DA QUALIDADE... 4 Escopo do SGQ e definição dos clientes... 4 Política

Leia mais

A Sustentabilidade no HSL. Diretoria de Filantropia e Responsabilidade Social

A Sustentabilidade no HSL. Diretoria de Filantropia e Responsabilidade Social A Sustentabilidade no HSL Diretoria de Filantropia e Responsabilidade Social Sustentabilidade HSL Panorama Geral Desequilíbrio do processo econômico Fonte: New Scientist (18 October 2008, p 40). Legenda:

Leia mais

ESTRUTURA DOS HOSPITAIS PRIVADOS...38

ESTRUTURA DOS HOSPITAIS PRIVADOS...38 APRESENTAÇÃO...13 INTRODUÇÃO...15 Breve perfil do sistema de saúde... 15 Características do SUS e da saúde suplementar... 16 Modelo de financiamento... 17 O papel central dos hospitais... 18 A necessidade

Leia mais

Conheça a MRV Engenharia

Conheça a MRV Engenharia Conheça a MRV Engenharia MRV em Números Ficha técnica MRV Engenharia Número de empregados nas obras (média 2014)...23.704 Vendas Contratadas (R$ milhões) (2014)...R$ 6.005 Receita liquida (R$ milhões)

Leia mais

ESCOLA TÉCNICA SANTA CASA BH CONHECIMENTO NA DOSE CERTA PARA O SEU SUCESSO PROFISSIONAL

ESCOLA TÉCNICA SANTA CASA BH CONHECIMENTO NA DOSE CERTA PARA O SEU SUCESSO PROFISSIONAL ESCOLA TÉCNICA SANTA CASA BH CONHECIMENTO NA DOSE CERTA PARA O SEU SUCESSO PROFISSIONAL A SANTA CASA BH TEM TODOS OS CUIDADOS PARA VOCÊ CONQUISTAR UMA CARREIRA SAUDÁVEL. Missão Humanizar a assistência

Leia mais

Gestão 2013-2017. Plano de Trabalho. Colaboração, Renovação e Integração. Eduardo Simões de Albuquerque Diretor

Gestão 2013-2017. Plano de Trabalho. Colaboração, Renovação e Integração. Eduardo Simões de Albuquerque Diretor Gestão 2013-2017 Plano de Trabalho Colaboração, Renovação e Integração Eduardo Simões de Albuquerque Diretor Goiânia, maio de 2013 Introdução Este documento tem por finalidade apresentar o Plano de Trabalho

Leia mais

IV Encontro Nacional de Escolas de Servidores e Gestores de Pessoas do Poder Judiciário Rio de Janeiro set/2012

IV Encontro Nacional de Escolas de Servidores e Gestores de Pessoas do Poder Judiciário Rio de Janeiro set/2012 IV Encontro Nacional de Escolas de Servidores e Gestores de Pessoas do Poder Judiciário Rio de Janeiro set/2012 Rosely Vieira Consultora Organizacional Mestranda em Adm. Pública Presidente do FECJUS Educação

Leia mais

Felipe Pedroso Castelo Branco Cassemiro Martins BALANCED SCORECARD FACULDADE BELO HORIZONTE

Felipe Pedroso Castelo Branco Cassemiro Martins BALANCED SCORECARD FACULDADE BELO HORIZONTE Felipe Pedroso Castelo Branco Cassemiro Martins BALANCED SCORECARD FACULDADE BELO HORIZONTE Belo Horizonte 2011 Felipe Pedroso Castelo Branco Cassemiro Martins BALANCED SCORECARD FACULDADE BELO HORIZONTE

Leia mais

VISÃO Crescer sustentavelmente e ser referência nacional em serviços imobiliários de qualidade.

VISÃO Crescer sustentavelmente e ser referência nacional em serviços imobiliários de qualidade. MISSÃO Oferecer serviços imobiliários de qualidade, gerando valor para os clientes, colaboradores, sociedade e acionistas. VISÃO Crescer sustentavelmente e ser referência nacional em serviços imobiliários

Leia mais

Questionário para Instituidoras

Questionário para Instituidoras Parte 1 - Identificação da Instituidora Base: Quando não houver orientação em contrário, a data-base é 31 de Dezembro, 2007. Dados Gerais Nome da instituidora: CNPJ: Endereço da sede: Cidade: Estado: Site:

Leia mais

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Formação dos grupos de trabalho e Detalhamento das estratégias do Plano de Ação Julho 2014

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Formação dos grupos de trabalho e Detalhamento das estratégias do Plano de Ação Julho 2014 Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Formação dos grupos de trabalho e Detalhamento das estratégias do Plano de Ação Julho 2014 Grupos de trabalho: formação Objetivo: elaborar atividades e

Leia mais

O IDEC é uma organização não governamental de defesa do consumidor e sua missão e visão são:

O IDEC é uma organização não governamental de defesa do consumidor e sua missão e visão são: 24/2010 1. Identificação do Contratante Nº termo de referência: TdR nº 24/2010 Plano de aquisições: Linha 173 Título: consultor para desenvolvimento e venda de produtos e serviços Convênio: ATN/ME-10541-BR

Leia mais

A FORMALIZAÇÃO COMO TENDÊNCIA

A FORMALIZAÇÃO COMO TENDÊNCIA EVOLUÇÃO DO SEGMENTO DE PROMOÇÃO DE CRÉDITO: A FORMALIZAÇÃO COMO TENDÊNCIA Desenvolvendo Pessoas e Fortalecendo o Sistema Renato Martins Oliva Agenda O que é ABBC Missão e valores Bancos de pequena e média

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu. MBA em Estratégia e Liderança Empresarial

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu. MBA em Estratégia e Liderança Empresarial Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Estratégia e Liderança Empresarial Apresentação O programa de MBA em Estratégia e Liderança Empresarial tem por objetivo preparar profissionais para

Leia mais

CODIM COMITÊ DE ORIENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES AO MERCADO (ABRASCA AMEC ANBIMA ANCORD APIMEC BM&FBOVESPA CFC IBGC IBRACON IBRI)

CODIM COMITÊ DE ORIENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES AO MERCADO (ABRASCA AMEC ANBIMA ANCORD APIMEC BM&FBOVESPA CFC IBGC IBRACON IBRI) CODIM COMITÊ DE ORIENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES AO MERCADO (ABRASCA AMEC ANBIMA ANCORD APIMEC BM&FBOVESPA CFC IBGC IBRACON IBRI) PRONUNCIAMENTO DE ORIENTAÇÃO Nº xx, de XX de XXXXXXX de 2011.

Leia mais

Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido

Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido Apoiar a empregabilidade pela melhora da qualidade do ensino profissionalizante UK Skills Seminar Series 2014 15 British Council UK Skills Seminar

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS RESOLUÇÃO Nº xx/xxxx CONSELHO UNIVERSITÁRIO EM dd de mês de aaaa Dispõe sobre a criação

Leia mais

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO 1 BUSINESS GAME UGB Eduardo de Oliveira Ormond Especialista em Gestão Empresarial Flávio Pires Especialista em Gerencia Avançada de Projetos Luís Cláudio Duarte Especialista em Estratégias de Gestão Marcelo

Leia mais

O Valor da TI. Introduzindo os conceitos do Val IT para mensuração do valor de Tecnologia da Informação. Conhecimento em Tecnologia da Informação

O Valor da TI. Introduzindo os conceitos do Val IT para mensuração do valor de Tecnologia da Informação. Conhecimento em Tecnologia da Informação Conhecimento em Tecnologia da Informação Conhecimento em Tecnologia da Informação O Valor da TI Introduzindo os conceitos do Val IT para mensuração do valor de Tecnologia da Informação 2010 Bridge Consulting

Leia mais

Resultados 3T10. Novembro, 2010 FLRY3

Resultados 3T10. Novembro, 2010 FLRY3 Resultados 3T10 FLRY3 A marca mais valiosa no setor de saúde Brasileiro A 6ª marca mais valiosa entre as empresas de serviços A 25ª marca mais valiosa no Brasil Millward Brand / BrandAnalytics A Empresa

Leia mais

R$ 281 milhões de ebitda 52

R$ 281 milhões de ebitda 52 R$ 281 milhões de ebitda 52 Líder e pioneira em seu mercado, a Ultragaz evoluiu em 2009 na implementação de programas de eficiência operacional destinados ao mercado domiciliar, o UltraLevel, e ao mercado

Leia mais

Política de Sustentabilidade das Empresas Eletrobras

Política de Sustentabilidade das Empresas Eletrobras Política de Sustentabilidade das Empresas Eletrobras Setembro de 2010 Política de Sustentabilidade das Empresas Eletrobras DECLARAÇÃO Nós, das empresas Eletrobras, comprometemo-nos a contribuir efetivamente

Leia mais

Faça parte da nossa história! Plano de Patrocínio 2014

Faça parte da nossa história! Plano de Patrocínio 2014 Faça parte da nossa história! Plano de Patrocínio 2014 Sobre a FNQ História Criada em 1991, por um grupo de representantes dos setores público e privado, a Fundação Nacional da Qualidade (FNQ) procura

Leia mais

MBA em Gestão de Ativos.

MBA em Gestão de Ativos. /biinternational /biinternational MBA em Gestão de Ativos. Unidade WTC www.biinternational.com.br O B.I. International O B.I. International é uma escola de educação executiva que propõe um Modelo Único

Leia mais

BNDESPAR INGRESSA NO CAPITAL SOCIAL DA RENOVA ENERGIA

BNDESPAR INGRESSA NO CAPITAL SOCIAL DA RENOVA ENERGIA BNDESPAR INGRESSA NO CAPITAL SOCIAL DA RENOVA ENERGIA Por meio de um investimento estratégico de até R$314,7 milhões, a BNDESPAR ingressa no capital social da Renova Energia. Parceria de Longo Prazo A

Leia mais

CURSO FERRAMENTAS DE GESTÃO IN COMPANY

CURSO FERRAMENTAS DE GESTÃO IN COMPANY CURSO FERRAMENTAS DE GESTÃO IN COMPANY Instrumental e modular, o Ferramentas de Gestão é uma oportunidade de aperfeiçoamento para quem busca conteúdo de qualidade ao gerenciar ações sociais de empresas

Leia mais

Balanced Scorecard BSC. O que não é medido não é gerenciado. Medir é importante? Também não se pode medir o que não se descreve.

Balanced Scorecard BSC. O que não é medido não é gerenciado. Medir é importante? Também não se pode medir o que não se descreve. Balanced Scorecard BSC 1 2 A metodologia (Mapas Estratégicos e Balanced Scorecard BSC) foi criada por professores de Harvard no início da década de 90, e é amplamente difundida e aplicada com sucesso em

Leia mais

NORMA ISO 14004. Sistemas de Gestão Ambiental, Diretrizes Gerais, Princípios, Sistema e Técnicas de Apoio

NORMA ISO 14004. Sistemas de Gestão Ambiental, Diretrizes Gerais, Princípios, Sistema e Técnicas de Apoio Página 1 NORMA ISO 14004 Sistemas de Gestão Ambiental, Diretrizes Gerais, Princípios, Sistema e Técnicas de Apoio (votação 10/02/96. Rev.1) 0. INTRODUÇÃO 0.1 Resumo geral 0.2 Benefícios de se ter um Sistema

Leia mais

metanor s.a. METANOR S.A. Metanol do Nordeste Camaçari - Bahia - Brasil Relatório da Administração de 2010 Metanol do Nordeste

metanor s.a. METANOR S.A. Metanol do Nordeste Camaçari - Bahia - Brasil Relatório da Administração de 2010 Metanol do Nordeste METANOR S.A. Camaçari - Bahia - Brasil Relatório da Administração de 2010 Senhores Acionistas, Em conformidade com as disposições legais e estatutárias, a administração da METANOR S.A. submete à apreciação

Leia mais

Apresentação Institucional. Metodologia com alta tecnologia para soluções sob medida

Apresentação Institucional. Metodologia com alta tecnologia para soluções sob medida Apresentação Institucional Metodologia com alta tecnologia para soluções sob medida A empresa que evolui para o seu crescimento A VCN Virtual Communication Network, é uma integradora de Soluções Convergentes

Leia mais

Por que abrir o capital?

Por que abrir o capital? Por que abrir capital? Por que abrir o capital? Vantagens e desafios de abrir o capital Roberto Faldini Fortaleza - Agosto de 2015 - PERFIL ABRASCA Associação Brasileira de Companhias Abertas associação

Leia mais

Pessoas e Negócios em Evolução

Pessoas e Negócios em Evolução Empresa: Atuamos desde 2001 nos diversos segmentos de Gestão de Pessoas, desenvolvendo serviços diferenciados para empresas privadas, associações e cooperativas. Prestamos serviços em mais de 40 cidades

Leia mais

Instituto Euvaldo Lodi de Santa Catarina IEL/SC

Instituto Euvaldo Lodi de Santa Catarina IEL/SC Instituto Euvaldo Lodi de Santa Catarina IEL/SC Uma estrutura de apoio à Inovação Eliza Coral, Dr. Eng., PMP Outubro, 2010 Diretrizes Organizacionais Missão Contribuir para o desenvolvimento sustentável

Leia mais