DIPLOMAS DE ESPANHOL COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA (DELE) Convocatórias Descrição Geral

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DIPLOMAS DE ESPANHOL COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA (DELE) Convocatórias 2008. Descrição Geral"

Transcrição

1

2 Descrição Geral Os Diplomas de Espanhol como Língua Estrangeira (DELE) são títulos oficiais, que certificam o grau de competência e domínio do idioma espanhol, que outorga o Instituto Cervantes em nome do Ministério da Educação e Ciência da Espanha. O Diploma de Espanhol (Nível Inicial) certifica a competência lingüística suficiente para compreender e responder adequadamente frente a situações mais habituais da vida cotidiana e para comunicar desejos e necessidades de forma básica. O Diploma de Espanhol (Nível Intermediário) certifica a competência lingüística suficiente para desenvolver-se nas situações corriqueiras da vida cotidiana, em circunstâncias normais de comunicação que não requeiram um uso especializado da língua. O Diploma de Espanhol (Nível Superior) certifica a competência lingüística necessária para desenvolver-se nas situações que requeiram um uso elevado da língua e um conhecimento dos hábitos culturais que através dela se manifestam. A Universidade de Salamanca colabora com o Instituto Cervantes na elaboração dos modelos de exame e na qualificação das provas para a obtenção dos Diplomas de Espanhol. 4

3 Condições Gerais Os candidatos que desejam apresentar-se aos exames para a obtenção dos Diplomas de Espanhol deverão cumprir os seguintes requisitos: 1. Comprovar, no momento de realizar a inscrição, sua condição de nacionalidade de um Estado em que a língua espanhola não seja língua oficial. 2. Os de nacionalidade de paises língua espanhola residentes em Estados aonde o espanhol não é a língua oficial, poderão solicitar a inscrição se cumprirem ao menos duas das seguintes condições: - O espanhol não é a língua materna de algum de seus progenitores. - O espanhol não é a primeira língua que aprendeu. - O espanhol não é a língua de comunicação habitual. - Não ter cursado em espanhol a totalidade ou uma parte de sua educação primária ou secundária. Os candidatos aos que se refere o item 2 deverão declarar por escrito que cumprem ao menos duas condições das citadas.mesmo que não existam restrições de idade mínima nem máxima para realizar a inscrição, deverá ter-se em conta que as provas são preparadas para um público adulto. Inscrição A inscrição para as provas deve tramitar-se através de um centro de exame reconhecido pelo Instituto Cervantes dentro dos prazos estabelecidos para cada convocatória. Para formalizar a inscrição para as provas é necessário apresentar a seguinte documentação: Folha de inscrição, que pode ser obtida nos centros de exame ou através da Internet devidamente preenchida. Original e fotocópia de um documento de identificação com fotografia no qual constem os seguintes dados: identidade, nacionalidade, lugar e data de nascimento. Os dados declarados pelo candidato na folha de inscrição deverão corresponder com os do documento de identificação. Documentação comprobatória do abono dos direitos de inscrição. Declaração assinada, segundo proceda, do cumprimento de ao menos dois dos supostos descritos no item 2 do título Condições Gerais. Uma vez inscrito o candidato, será entregue uma cópia carimbada de sua folha de inscrição, na qual constará o código que lhe foi atribuído, e se enviará por correio a convocatória oficial do exame, na qual figurarão o lugar, a data e a hora de realização das provas. 5 6

4 Direitos de inscrição O abono dos direitos de inscrição podem efetuar-se em dinheiro, por cheque, por meio de depósito ou transferência bancária, ou por outros meios determinados pelo Centro de Exame. Uma vez inscrito, o candidato não terá direito a devolução da importância da inscrição, a não ser que comunique sua renuncia ao exame ao menos 30 dias antes da data do exame. Se a renuncia se realiza entre 30 e 15 dias antes da data do exame, será devolvido 50% da importância da inscrição. A importância abonada no conceito de inscrição inclui os gastos de expedição e envio do diploma correspondente. As quantidades fixadas em cada país e centro de exame em conceito de direitos de inscrição devem ser consultadas através dos próprios centros de exame ou dos centros do Instituto Cervantes no mundo. O diretório dos centros pode ser consultado através da Internet Documentação necessária para realizar o exame Os candidatos devem apresentar-se ao exame munidos de: Uma copia carimbada da folha de inscrição. O passaporte ou documento de identificação que tenham apresentado no momento da inscrição. A convocatória oficial do exame, que terão recebido do centro de exame. Reconhecimento dos Diplomas de Espanhol Os Diplomas de Espanhol como Língua Estrangeira (DELE) são os únicos títulos do Ministério da Educação e Ciência espanhol reconhecidos no contexto internacional por empresas privadas, câmaras de comércio e autoridades educativas públicas e privadas. O Instituto Cervantes desenvolve ações destinadas a aumentar o reconhecimento internacional dos Diplomas de Espanhol, especialmente através das Comissões Mistas de Cooperação Científica, Técnica, Cultural e Educativa previstas pelos distintos Convênios de Cooperação aprovados e que tem caráter bilateral. Em alguns países, os DELE têm sido adotados por autoridades educativas e centros de ensino regular como complemento aos seus próprios programas de avaliação. Além de ser certificações complementares ao programas de ensino regular de línguas estrangeiras em muitas instituições, constituem um instrumento que possibilita a promoção pessoal no âmbito acadêmico e profissional. Os Diplomas de Espanhol são idôneos para facilitar à promoção de trabalho e o acesso à educação tanto na Espanha quanto no resto dos países onde se realizam estas provas. Diferentes empresas espanholas de grande importância por sua projeção internacional (Inditex, Telefônica, Endesa, Repsol YPF, Grupo Santander, Fundação MAPFRE, Prosegur e Grupo Calvo) tem reconhecido os Diplomas de Espanhol como Língua Estrangeira (DELE) como títulos certificadores do nível de 7 8

5 conhecimento da língua espanhola nos processos de seleção de pessoal para os aspirantes cuja primeira língua não é o espanhol. A Confederação Espanhola de Organizações Empresariais (CEOE) declara este reconhecimento. O Ministério da Saúde e Consumo da Espanha exige o DELE aos cidadãos nacionais de países cuja língua oficial não seja o espanhol, a partir das convocatórias seletivas de , para postos de médicos, farmacêuticos, químicos, biólogos, psicólogos, radiofísicos e de outras especialidades da área saúde. Importantes instituições de ensino superior, agências de cooperação internacional e distintas fundações estabelecem como condição que os candidatos que se apresentam a prêmios, bolsas, e convocatórias de ajuda contem com o Diploma de Espanhol como Língua Estrangeira (DELE) no caso que sua língua materna não seja o espanhol. Se desejares obter informações sobre o reconhecimento dos Diplomas de Espanhol em um país específico, pode contatar com os centros do Instituto Cervantes ou centros de exame neste país ou dirigir-se ao Instituto Cervantes. Para obter mais informações, pode consultar a página oficial dos Diplomas de Espanhol Formato das provas Os exames são compostos por cinco provas, organizadas em três grupos. Para obter os Diplomas de Espanhol, em seus níveis Inicial, Intermediário ou Superior, requer-se a qualificação de apto em cada um dos grupos de provas na mesma convocatória de exame. NÍVEL INICIAL Grupo 1: Compreensão de leitura (40 minutos): a. O candidato responderá, selecionando a alternativa adequada, para as perguntas de opção múltipla que foram formuladas sobre textos informativos. b. O candidato selecionará informação de um texto a partir de uma série de perguntas. Expressão escrita (50 minutos): Redação de textos breves e simples de caráter prático, como notas, avisos, etc. Grupo 2: Gramática e vocabulário (40 minutos): a. O candidato relacionará distintas frases com as situações correspondentes. b. O candidato localizará, em várias frases, as palavras ou expressões que não sejam adequadas ao contexto. c. O candidato completará um texto selecionando a opção correta. 9 10

6 Grupo 3: Compreensão auditiva (30 minutos): Se propõe ao candidato 4 exercícios a partir de diálogos simples ou informações gravadas. Deverá selecionar as respostas adequadas. Expressão oral (10 minutos): O candidato manterá com o tribunal uma conversação cuja duração será de 10 a 15 minutos. NÍVEL INTERMEDIÁRIO Grupo 1: Compreensão de leitura (60 minutos): O candidato responderá, selecionando a alternativa adequada, a 12 perguntas de opção múltipla sobre 4 textos. A extensão destes textos não será superior a 450 palavras. Expressão escrita (60 minutos): O candidato redigirá uma carta pessoal e uma composição. Cada uma das redações deverá ter entre 150 e 200 palavras. Grupo 2: Gramática e vocabulário (60 minutos): O candidato realizará os dois exercícios seguintes: a. Texto incompleto (20 espaços): escolherá a opção mais adequada das três que são propostas para cada espaço. b. Completará, com a opção mais adequada, 40 diálogos breves, em cada um dos quais existirá um espaço. Grupo 3: Compreensão auditiva (30 minutos): O candidato responderá a 12 perguntas de opção múltipla sobre 4 textos orais (gravações). As gravações consistirão em avisos, notícias, conversações ou entrevistas. Expressão oral (10-15 minutos): O candidato manterá com o tribunal uma conversação cuja duração será de 10 a 15 minutos. NÍVEL SUPERIOR Grupo 1: Compreensão de leitura (60 minutos): O candidato realizará os dois exercícios seguintes: a. Responderá, selecionando a alternativa adequada a 9 perguntas de opção múltipla sobre 3 textos. A extensão destes textos não será superior a 800 palavras b. Relacionar até no máximo de 10 séries de fragmentos de textos

7 Expressão escrita (60 minutos): O candidato redigirá uma carta referente a assuntos de âmbito que não sejam privados e uma composição. Cada uma das redações deverá ter entre 150 e 200 palavras. Grupo 2: Gramática e vocabulário (60 minutos): O candidato realizará os três exercícios seguintes: a. Texto incompleto (20 espaços): escolherá a opção mais adequada das três que são propostas para cada espaço. b. Exercício de opção múltipla. Preencherá um espaço com uma das opções que se propõem em cada uma das 35 frases que conta o exercício. Grupo 3: Compreensão auditiva (45 minutos): O candidato responderá a 16 perguntas de opção múltipla sobre 4 textos orais (gravações). As gravações consistirão em conversações entre dois ou mais interlocutores, ou bem, em comentários ou informes emitidos através dos meios de comunicação. Expressão oral (10-15 minutos): O candidato manterá com o tribunal uma conversação cuja duração será de 10 a 15 minutos. Exame de Nível Inicial para escolares Em 2000 o Instituto Cervantes começo a administrar um modelo de exame de Nível Inicial especialmente configurado para adolescentes (14-17 anos) que cursam estudos secundários nos sistemas europeus de ensino regular. Ainda que o formato, os critérios de avaliação e o nível de competência lingüística exigidos são idênticos aos dos exames ordinário do mesmo nível, os conteúdos e a temática das provas, assim como a natureza das tarefas propostas estão adaptadas à faixa etária característica da população candidata. Esta modalidade de exame está unicamente restringida a uma convocatória anual e se encontra disponível em alguns centros de exame. Até 2005 este exame se administrava na convocatória extraordinária de abril. A partir de 2006 passou a estar disponível na convocatória ordinária de maio. Para obter mais informações sobre este exame, pode consultar os centros de exame e os centros do Instituto Cervantes. Qualificação das provas e notificação dos resultados O Instituto Cervantes comunicará os resultados aos candidatos em um prazo aproximado de três meses desde a realização do exame, uma vez aprovadas as atas de qualificação emitidas pela universidade colaboradora

8 O Instituto Cervantes elaborará as notificações de qualificação individualizadas, que serão imediatamente remetidas aos candidatos através dos centros de exame nos que se inscreveram. As notificações têm um valor certificador das qualificações obtidas, até o Instituto Cervantes expedir os correspondentes diplomas. Os candidatos não poderão ter acesso às qualificações com antecedência aos prazos previstos. É responsabilidade dos candidatos manterem atualizados seus dados postais com o centro de exame respectivo até certificar-se da recepção de toda a documentação relativa às provas. O Instituto Cervantes conta, apesar disto, com um serviço de informação de resultados através da página web dos Diplomas de Espanhol Para consultar os resultados os candidatos terão que informar seu código de inscrição e sua data de nascimento. Expedição dos Diplomas de Espanhol Os Diplomas de Espanhol como Língua Estrangeira são títulos oficiais expedidos pelo Ministérios da Educação e Ciência espanhol e, em seu nome, pelo Instituto Cervantes. O Instituto Cervantes remeterá aos candidatos que tiverem superado as provas os certificados através dos centros de exame aonde se inscreverão. A Fábrica Nacional de Moeda e Timbre. Real Casa da Moeda colabora com o Instituto Cervantes na expedição dos Diplomas de Espanhol. ALTE e o Marco comum europeu de referência O Instituto Cervantes faz parte da Associação Européia dos Organismos Certificadores da Competência Lingüística (ALTE, sua sigla em inglês). Uma das principais tarefas desta associação consistiu na criação de um marco de níveis de competência lingüística com a finalidade de facilitar o reconhecimento transnacional das certificações. Neste sentido, ALTE colaborou ativamente com o Conselho da Europa na redação das diretrizes em matéria de avaliação contidas no Marco comum europeu de referência para as línguas: aprendizagem, ensino, avaliação. Os níveis dos Diplomas de Espanhol e sua equivalência com o Marco de referência estão sendo objetos de revisão mediante diversos procedimentos de validação. Seu posicionamento ideal no contexto do Marco de referência ilustra-se do seguinte modo: Marco de referência Diploma de Espanhol (DELE) C2 Maestria Diploma de Espanhol (Nível Superior) 15 16

9 C1 Domínio operativo eficaz B2 Avançado Diploma de Espanhol (Nível Intermediário) B1 Umbral Diploma de Espanhol (Nível Básico) A2 Plataforma A1 Acesso O Instituto Cervantes encontra-se em processo de desenvolvimento dos novos níveis A1, A2 e C1, com vistas a oferecer todos os níveis em um futuro próximo. Para obter mais informações, consultar a página web dos Diplomas de Espanhol Modelos de exame e guias As bibliotecas dos centros do Instituto Cervantes podem facilitar a consulta de exemplares do exame administrados em convocatórias anteriores assim como o Guia para a obtenção dos Diplomas de Espanhol, que são três documentos, um por cada nível, e que contem especificações dos exames mais detalhadas. Os guias e os modelos de exames estão mesmo assim disponíveis na Internet Países, cidades e centros de exame em 2008 Em 2008 está previsto a realização dos exames para a obtenção dos Diplomas de Espanhol em mais de 500 centros de exame de mais de 100 países. Na maioria dos centros de exame se oferece a possibilidade de realizar as provas para os três níveis em ambas as convocatórias ordinárias (maio e novembro). Determinados centros de exame oferecem também, e unicamente na convocatória ordinária de maio, a possibilidade de realizar as provas para o Nível Inicial para escolares. Em outros casos a oferta de exames por convocatória em cada centro é mais reduzida. A informação sobre a disponibilidade de exames em cada centro pode ser consultada através da Internet ou através do centro de exame aonde queira realizar as provas. Na convocatória extraordinária de agosto podem se realizar as provas de todos os níveis, ainda que a sua administração esteja prevista unicamente em alguns centros dos seguintes países: Argentina, Brasil, Chile, Coréia do Sul, Costa Rica, Equador, Espanha, Malásia, México, República Dominicana, Rússia, Suíça e Uruguai. Estas provas se realizam em função da demanda, sem prejuízo de que outros países possam somar-se a esta convocatória extraordinária no futuro

10 A rede de centros de exame DELE é constituída pelos centros do Instituto Cervantes, embaixadas e consulados da Espanha, universidades, centros educativos e outras instituições que cumprem os critérios de idoneidade fixados pelo Instituto Cervantes. Os exames se celebram nas dependências que dispõem, em cada caso, os responsáveis dos centros de exame. Datas de provas e prazos de inscrição em 2008 As provas escritas para a obtenção dos Diplomas de Espanhol (Nível Inicial, Nível Intermediário e Nível Superior) se realizarão nas seguintes datas, segundo os países: Maio de 2008: SEXTA, 23 de maio África do Sul, Alemanha, Argélia, Armênia, Austrália, Áustria, Bangladesh, Bélgica, Bielorússia, Bósnia e Herzegovina, Camarões, Cazaquistão, Costa do Marfim, Costa Rica, Dinamarca, Equador, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Filipinas, Finlândia, França, Geórgia, Hungria, Índia, Indonésia, Irã, Irlanda, Islândia, Israel, Itália, Jamaica, Jordânia, Letônia, Líbano, Luxemburgo, Malásia, Marrocos, Martinica (França), Moldávia, Namíbia, Noruega, Nova Zelândia, Países Baixos, Peru, Polônia (somente Poznan), Portugal, Quênia, Quirguistão, Reino Unido, República Dominicana, România, Rússia, Síria, Suécia, Tunísia, Turquia, Ucrânia, Uzbequistão e Vietnã (somente Hanói). SÁBADO, 24 de maio Albânia, Argentina, Bolívia, Bósnia e Herzegovina, Brasil, Bulgária, Canadá, Chile, China, Chipre, Cingapura, Colômbia, Coréia do Sul, Croácia, Cuba, Egito, Emirados Árabes Unidos, Eslovênia, Estados Unidos, Estônia, Gana, Grécia (exceto Patras), Haiti, Japão, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Macedônia, México, Polônia (exceto Poznan), Quênia, Servia, Suíça (exceto Coira), Taiwan, Territórios Palestinos e Uruguai. Prazo de inscrição: de 3 de março até 11 de abril de 2008, ambos incluídos. Na Espanha, de 3 de março até 18 de abril, ambos incluídos. Agosto de 2008: SEXTA, 22 de agosto Argentina, Brasil, Chile, Coréia do Sul, Costa Rica, Equador, Espanha, Malásia, México, República Dominicana, Rússia, Suíça e Uruguai. Para obter informações sobre disponibilidade desta convocatória, pode ser consultados os centros de exame situados nestes países. Prazo de inscrição: de 14 de julho até 1 de agosto de 2008, ambos incluídos. Na Espanha, de 14 de julho até 8 de agosto, ambos incluídos

11 Novembro de 2008: SEXTA, 21 de novembro Albânia, Argentina, Bolívia, Bósnia, Brasil, Bulgária, Canadá, Chile, China, Chipre, Cingapura, Colômbia, Coréia, Cuba, Egito, Emirados Árabes Unidos, Eslovênia, Estados Unidos, Estônia, Gana, Grécia, Haiti, Japão, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Macedônia, México, Polônia (exceto Poznan), Quênia, Servia, Suíça, Taiwan, Territórios Palestinos e Uruguai. SÁBADO, 22 de novembro África do Sul, Alemanha, Argélia, Armênia, Austrália, Áustria, Bangladesh, Bélgica, Bielorússia, Bósnia e Herzegovina, Camarões, Cazaquistão, Costa do Marfim, Costa Rica, Croácia, Dinamarca, Equador, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Filipinas, Finlândia, França, Geórgia, Hungria, Índia, Indonésia, Irã, Irlanda, Islândia, Israel, Itália, Jamaica, Jordânia, Letônia, Líbano, Luxemburgo, Malásia, Marrocos, Martinica (França), Moldávia, Namíbia, Noruega, Nova Zelândia, Países Baixos, Peru, Polônia (somente Poznan), Portugal, Quênia, Quirguistão, Reino Unido, República Dominicana, România, Rússia, Síria, Suécia, Tunísia, Turquia, Ucrânia, Uzbequistão e Vietnã (somente Hanói). Preços de inscrição em 2008 As quantidades fixadas em cada país do exame em conceito de direitos de inscrição são aprovadas anualmente pelo Conselho de Administração do Instituto Cervantes. Estas quantidades variam em função do nível do exame, do país e do centro através do que se transmite a inscrição. Deverá ser levando em conta que as quantidades não incluem a importância de encargos administrativos que alguns centros de exame podem aplicar, em virtude dos acordos que tenham firmado com o Instituto Cervantes. Este encargo adicional não poderá superar de nenhuma forma os 35% da quantidade fixada no conceito de direitos de inscrição em cada país e para cada nível. Os alunos do Instituto Cervantes podem beneficiar-se de uma redução de tarifas, assim como aqueles candidatos que solicitarem conjuntamente a inscrição para as provas em um centro do Instituto Cervantes e a instâncias de um centro educativo. Também se contempla a possibilidade de redução de tarifas para aqueles candidatos que se matriculam em um centro do Instituto Cervantes e provenham de centros acadêmicos, universitários ou escolares que tenham integrado os DELE em seus planos curriculares de ensino de espanhol. Para obter informações sobre os preços de inscrição aplicáveis em cada caso, podem ser consultados os centros de exame DELE e na Internet Prazo de inscrição: de 1 de setembro até 10 de outubro de 2008, ambos incluídos. Na Espanha, de 1 de setembro até 17 de outubro, ambos incluídos

12 Toda a informação contida neste folheto se considera correta na data de impressão. A Direção do Instituto Cervantes se reserva, não obstante, o direito de modificar os dados aqui publicados. As atualizações que podem ocorrer estarão disponíveis para consulta na Internet Informação adicional Se desejar obter mais informações sobre os Diplomas de Espanhol, pode ser consultada a página web dos Diplomas de Espanhol ou dirigir-se ao Instituto Cervantes, cujos dados postais figuram no dorso deste folheto. C/ Alcalá, 49 E Madrid Espana Tel: Fax:

Es t i m a t i v a s

Es t i m a t i v a s Brasileiros no Mundo Es t i m a t i v a s Ministério das Relações Exteriores - MRE Subsecretaria Geral das Comunidades Brasileiras no Exterior - SGEB Departamento Consular e de Brasileiros no Exterior

Leia mais

Necessidade de visto para. Não

Necessidade de visto para. Não País Necessidade de visto para Turismo Negócios Afeganistão África do Sul Albânia, Alemanha Andorra Angola Antígua e Barbuda Arábia Saudita Argélia. Argentina Ingresso permitido com Cédula de Identidade

Leia mais

MANUAL PROGRAMA DE ESTÁGIO IAESTE 2009/2010

MANUAL PROGRAMA DE ESTÁGIO IAESTE 2009/2010 MANUAL PROGRAMA DE ESTÁGIO IAESTE 2009/2010 Caro Participante, Seja bem-vindo ao Programa de intercâmbio de estágio oferecido mundialmente pela IAESTE! Leia atentamente este manual. Ele contém todas as

Leia mais

Quadro Geral de Regime de Vistos para a Entrada de Estrangeiros no Brasil

Quadro Geral de Regime de Vistos para a Entrada de Estrangeiros no Brasil Quadro Geral de Regime de Vistos para a Entrada de Estrangeiros no Brasil País Afeganistão África do Sul Albânia Alemanha Andorra Angola Antígua e Barbuda Arábia Saudita Argélia Argentina Armênia Austrália

Leia mais

o Diretor Executivo da Fundação de Apoio à Pesquisa e Desenvolvimento - FAPED, no uso de suas atribuições legais,

o Diretor Executivo da Fundação de Apoio à Pesquisa e Desenvolvimento - FAPED, no uso de suas atribuições legais, Deliberação 01 de 23 de fevereiro de 2015. o Diretor Executivo da Fundação de Apoio à Pesquisa e Desenvolvimento - FAPED, no uso de suas atribuições legais, CONSIDERANDO o que dispõe a Lei n." 8.958, de

Leia mais

RESUMO GERAL Atualizada até 31/12/2012

RESUMO GERAL Atualizada até 31/12/2012 Gabinete do Ministro - GM Coordenação Geral de Imigração - CGIg Atualizado até 30/09/2011 RESUMO GERAL Atualizada até 31/12/2012 1 Gabinete do Ministro - GM Coordenação Geral de Imigração - CGIg Autorizações

Leia mais

RESUMO GERAL Atualizada até 30/09/2012

RESUMO GERAL Atualizada até 30/09/2012 Gabinete do Ministro - GM Coordenação Geral de Imigração - CGIg Atualizado até 30/09/2011 RESUMO GERAL Atualizada até 30/09/2012 1 Gabinete do Ministro - GM Coordenação Geral de Imigração - CGIg Autorizações

Leia mais

Argentina Dispensa de visto, por até 90 dias Dispensa de visto, por até 90 dias. Entrada permitida com Cédula de Identidade Civil

Argentina Dispensa de visto, por até 90 dias Dispensa de visto, por até 90 dias. Entrada permitida com Cédula de Identidade Civil PAÍS Visto de Turismo Visto de Negócios Observação Afeganistão Visto exigido Visto exigido África do Sul Dispensa de visto, por até 90 dias Dispensa de visto, por até 90 dias Albânia Dispensa de visto,

Leia mais

Preçário dos Cartões Telefónicos PT

Preçário dos Cartões Telefónicos PT Preçário dos Cartões Telefónicos PT Cartão Telefónico PT 5 e (Continente)... 2 Cartão Telefónico PT 5 e (Região Autónoma dos Açores)... 6 Cartão Telefónico PT 5 e (Região Autónoma da Madeira)... 10 Cartão

Leia mais

Parceria para Governo Aberto Open Government Partnership (OGP)

Parceria para Governo Aberto Open Government Partnership (OGP) Parceria para Governo Aberto Open Government Partnership (OGP) 1ª Conferência Anual de Alto-Nível da Parceria para Governo Aberto - OGP Roberta Solis Ribeiro Assessoria Internacional - CGU Conselho da

Leia mais

Tributação Internacional Junho 2014

Tributação Internacional Junho 2014 www.pwc.pt/tax Tributação Internacional Junho 2014 Perante a aldeia global em que vivemos, atuar apenas no mercado doméstico não é suficiente. De facto, a internacionalização é um requisito obrigatório

Leia mais

Guia do Estudante Erasmus - Período de Estudos

Guia do Estudante Erasmus - Período de Estudos ESTE ANO VOU CONHECER NOVAS PESSOAS ESTE ANO VOU ALARGAR CONHECIMENTOS ESTE ANO VOU FALAR OUTRA LÍNGUA ESTE ANO VOU ADQUIRIR NOVAS COMPETÊNCIAS ESTE ANO VOU VIAJAR ESTE ANO VOU SER ERASMUS Guia do Estudante

Leia mais

IX. Dispensa de Visto de Entrada para Portadores de Passaporte e de Título de Viagem da RAEM

IX. Dispensa de Visto de Entrada para Portadores de Passaporte e de Título de Viagem da RAEM IX. Dispensa de Visto de Entrada para Portadores de Passaporte e de (países ordenados por continente) Ásia Brunei 14 dias --- Camboja 30 dias c) --- Coreia do Sul 90 dias --- Filipinas 14 dias --- Indonésia

Leia mais

PT PRIME PREÇÁRIOS DE VOZ EMPRESARIAL 2006. PT Prime Preçário Voz Empresarial 2006

PT PRIME PREÇÁRIOS DE VOZ EMPRESARIAL 2006. PT Prime Preçário Voz Empresarial 2006 PT PRIME PREÇÁRIOS DE VOZ EMPRESARIAL 2006 Versão: 1.0 Pág.: 1/7 1. ACESSO DIRECTO Chamadas DENTRO DO PAÍS Não Corp Corp Local 0,0201 0,0079 Local Alargado 0,0287 0,0105 Nacional 0,0287 0,0105 FIXO MÓVEL

Leia mais

L A E R T E J. S I L V A

L A E R T E J. S I L V A MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES Subsecretaria-Geral das Comunidades Brasileiras no Exterior Departamento de Imigração e Assuntos Jurídicos Divisão de Imigração Quadro Geral de Regime de Vistos para

Leia mais

PÚBLICO ALVO: Promotores de viagens; agentes de viagens; consultores de viagens; operadores de emissivo e receptivo; atendentes.

PÚBLICO ALVO: Promotores de viagens; agentes de viagens; consultores de viagens; operadores de emissivo e receptivo; atendentes. 3. Geografia Turística 3.1 Geografia Turística: Brasil de Ponta a Ponta Proporcionar ao participante melhor compreensão geográfica do país; Apresentar as principais especificidades existentes nos continentes

Leia mais

Quadro Geral de Regime de Vistos para a Entrada de Estrangeiros no Brasil (Atualizado em 07/02/2013) Legenda

Quadro Geral de Regime de Vistos para a Entrada de Estrangeiros no Brasil (Atualizado em 07/02/2013) Legenda Ministério das Relações Exteriores Subsecretaria-Geral das Comunidades Brasileiras no Exterior Departamento de Imigração e Assuntos Jurídicos Divisão de Imigração Quadro Geral de Regime de Vistos para

Leia mais

Entrance Visas in Brazil ( Updating on 01/11/2013 )

Entrance Visas in Brazil ( Updating on 01/11/2013 ) Entrance Visas in Brazil ( Updating on 01/11/2013 ) Legend # Entrance allowed by presenting Civil Identity Card * - Maximum stay of 90 days every 180 days For more informations: Phone: +55 11 2090-0970

Leia mais

Preçário AGENCIA DE CAMBIOS CENTRAL, LDA AGÊNCIAS DE CÂMBIOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 27-Abr-2015

Preçário AGENCIA DE CAMBIOS CENTRAL, LDA AGÊNCIAS DE CÂMBIOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 27-Abr-2015 Preçário AGENCIA DE CAMBIOS CENTRAL, LDA AGÊNCIAS DE CÂMBIOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS O Preçário completo da Agência de Câmbios Central, Lda., contém o Folheto de e Despesas (que incorpora

Leia mais

Redes de apoio às empresas portuguesas no estrangeiro

Redes de apoio às empresas portuguesas no estrangeiro SERVIÇOS DE INTELIGÊNCIA ECONÓMICA Documento de Inteligência Económica TEMA: Redes de apoio às empresas portuguesas no estrangeiro 1. Importância para as empresas em processo de internacionalização A ação

Leia mais

Ação Cultural Externa Relatório Anual 2011 - Indicadores DSPDCE - 2012

Ação Cultural Externa Relatório Anual 2011 - Indicadores DSPDCE - 2012 Ação Cultural Externa Relatório Anual 0 Indicadores DSPDCE 0 .Iniciativas apoiadas pelo IC a) Número (total): 0 b) Montante global:.0,0,* Áreas Geográficas África América Ásia Europa Médio Oriente e Magrebe

Leia mais

Exportações Brasileiras de Carne Bovina Brazilian Beef Exports. Fonte / Source: SECEX-MDIC

Exportações Brasileiras de Carne Bovina Brazilian Beef Exports. Fonte / Source: SECEX-MDIC Categorias / Products:, INDUSTRIALIZADA / PROCESSED,,, 1 de 16 2000 1999 %(2000x1999) Janeiro / January US$ (000) US$/Ton 25.537 9.793 2.608 15.392 4.375 3.518 66% 124% -26% INDUSTRIALIZADA / PROCESSED

Leia mais

LISTA DE REPRESENTAÇÕES SOI 2012 AGÊNCIA INTERNACIONAL DE ENERGIA ATÔMICA AIEA PAÍSES MEMBROS

LISTA DE REPRESENTAÇÕES SOI 2012 AGÊNCIA INTERNACIONAL DE ENERGIA ATÔMICA AIEA PAÍSES MEMBROS 1 LISTA DE REPRESENTAÇÕES SOI 2012 AGÊNCIA INTERNACIONAL DE ENERGIA ATÔMICA AIEA ÁFRICA DO SUL ARÁBIA SAUDITA BRASIL CANADÁ COREIA DO SUL EGITO EQUADOR HOLANDA ITÁLIA JORDÂNIA NÍGER SUÉCIA ALEMANHA ARGENTINA

Leia mais

mídiakit www.tvgazeta.com.br

mídiakit www.tvgazeta.com.br mídiakit www.tvgazeta.com.br JUNHO / 2015 #HISTÓRIA Fundada no aniversário da cidade de São Paulo, a TV Gazeta fala com uma metrópole globalizada com a intimidade de quem esteve presente na vida e no coração

Leia mais

15 Impostos ぜ い き ん 1 Impostos Nacionais Residentes e Não residentes

15 Impostos ぜ い き ん 1 Impostos Nacionais Residentes e Não residentes 15.Impostos ぜい きん 税 金 Os residentes no Japão por período superior a 1 ano, mesmo os de nacionalidade estrangeira, são obrigados a recolher impostos da mesma forma que os cidadãos japoneses caso recebam

Leia mais

Quadro Geral de Regime de Vistos para a Entrada de Estrangeiros no Brasil (Atualizado em 14/05/2014) Legenda

Quadro Geral de Regime de Vistos para a Entrada de Estrangeiros no Brasil (Atualizado em 14/05/2014) Legenda Ministério das Relações Exteriores Subsecretaria-Geral das Comunidades Brasileiras no Exterior Departamento de Imigração e Assuntos Jurídicos Divisão de Imigração Quadro Geral de Regime de Vistos para

Leia mais

E R A S M U S + ERASMUS+ Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa. Apresentação

E R A S M U S + ERASMUS+ Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa. Apresentação ERASMUS+ Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa Apresentação ERASMUS+ - Ensino Superior O Erasmus+ é o novo programa da UE dedicado à educação, formação, juventude e desporto. O programa tem início

Leia mais

Taxas de Visto. Pagamento em Dinheiro e Vale Postal

Taxas de Visto. Pagamento em Dinheiro e Vale Postal Taxas de Visto Pagamento em Dinheiro e Vale Postal A Embaixada NÃO aceita pagamentos com cartão de crédito/débito ou cheques. Se o pagamento for feito ao balcão dos vistos, aquando do pedido, o valor deve

Leia mais

ACESSOS À BVS-PSI MEDIDOS PELO GOOGLE ANALYTICS

ACESSOS À BVS-PSI MEDIDOS PELO GOOGLE ANALYTICS ACESSOS À BVS-PSI MEDIDOS PELO GOOGLE ANALYTICS 1º. Semestre 2013 O Google Analytics é um serviço gratuito oferecido pelo Google que permite analisar as estatísticas de visitação de um site. Este é o primeiro

Leia mais

SWAZILÂNDIA E TANZÂNIA. Across Mundovip Quadrante Soltrópico TUNÍSIA. Club Med Grantur Mundovip Soltrópico. Travelers Travelplan U GANDA.

SWAZILÂNDIA E TANZÂNIA. Across Mundovip Quadrante Soltrópico TUNÍSIA. Club Med Grantur Mundovip Soltrópico. Travelers Travelplan U GANDA. Quem programa o quê? ÁFRICA ÁFRICA DO SUL ANGOLA BOTSWANA CABO VERDE EGIPTO GUINÉ-BISSAU LÍBIA MARROCOS MAURÍCIAS MOÇAMBIQUE NAMÍBIA QUÉNIA SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE SENEGAL SEYCHELLES SWAZILÂNDIA E TANZÂNIA

Leia mais

Programa de Estudantes - Convênio de Pós-graduação - PEC-PG - 2006

Programa de Estudantes - Convênio de Pós-graduação - PEC-PG - 2006 Programa de Estudantes - Convênio de Pós-graduação - PEC-PG - 2006 1. Do objeto: O Ministério das Relações Exteriores (MRE), por intermédio do Departamento Cultural (DC), a Coordenação de Aperfeiçoamento

Leia mais

Serviços Adicionais. 12400 - Portal de Voz

Serviços Adicionais. 12400 - Portal de Voz Serviços Adicionais 12400 - Portal de Voz Descrição Totoloto, Totobola, Lotarias e Euro Milhões Pode conhecer os números do Euro Milhões meia hora antes do sorteio na TV. Saiba os resultados e o valor

Leia mais

"Faça tudo o mais simples possível, mas com qualidade." (Adaptado livremente de A. Einstein)

Faça tudo o mais simples possível, mas com qualidade. (Adaptado livremente de A. Einstein) Fácil assim. 12345 "Faça tudo o mais simples possível, mas com qualidade." (Adaptado livremente de A. Einstein) 12345 Tudo é mais fácil com Lenze. O forte dinamismo dos tempos atuais o coloca em confronto

Leia mais

Seu guia completo para nossos serviços móveis

Seu guia completo para nossos serviços móveis Seu guia completo para nossos serviços móveis Entre na maior comunidade de serviços móveis das Ilhas do Canal Guernsey GRÁTIS www.jtglobal.com Pesquise por Jtsocial A JT oferece mais Custo/benefício A

Leia mais

HBL15 Trabalhar na Irlanda do Norte: Subsídio de Alojamento Um folhetim informativo do Executivo de Alojamento para Trabalhadores Migrantes

HBL15 Trabalhar na Irlanda do Norte: Subsídio de Alojamento Um folhetim informativo do Executivo de Alojamento para Trabalhadores Migrantes HBL15 Trabalhar na Irlanda do Norte: Subsídio de Alojamento Um folhetim informativo do Executivo de Alojamento para Trabalhadores Migrantes Este folheto explica as regras que se aplicam ao Benefício de

Leia mais

PERFIL DE MERCADO PRODUCTO: SISTEMAS DE INSPECCION POR VIDEO N.C.M.: 9031.80.99

PERFIL DE MERCADO PRODUCTO: SISTEMAS DE INSPECCION POR VIDEO N.C.M.: 9031.80.99 PERFIL DE MERCADO PRODUCTO: SISTEMAS DE INSPECCION POR VIDEO N.C.M.: 9031.80.99 Perfil elaborado en octubre de 2008 TRATAMIENTO ARANCELARIO E IMPOSITIVO 1) IMPUESTOS Y TASAS: 1.1) ARANCELES DE IMPORTACIÓN

Leia mais

Es t i m a t i v a s

Es t i m a t i v a s Brasileiros no Mundo Es t i m a t i v a s Ministério das Relações Exteriores - MRE Subsecretaria Geral das Comunidades Brasileiras no Exterior - SGEB Departamento Consular e de Brasileiros no Exterior

Leia mais

SEMINÁRIO EXPORTAR, EXPORTAR, EXPORTAR. Viana do Castelo, 11de Fevereiro

SEMINÁRIO EXPORTAR, EXPORTAR, EXPORTAR. Viana do Castelo, 11de Fevereiro SEMINÁRIO EXPORTAR, EXPORTAR, EXPORTAR Viana do Castelo, 11de Fevereiro www.cosec.pt COSEC Companhia de Seguro de Créditos, S.A. 2014 Índice Sobre a COSEC Seguro de Créditos Soluções à medida em resumo

Leia mais

ConJur - Acordo entre Brasil e EUA fere Constituição, afirmam advogados

ConJur - Acordo entre Brasil e EUA fere Constituição, afirmam advogados Página 1 de 5 CONTAS NO EXTERIOR Acordo entre Brasil e EUA fere Constituição, afirmam advogados 3 de setembro de 2015, 15h54 Por Brenno Grillo As trocas automáticas de informações financeiras entre os

Leia mais

Introdução... 14. 1. Brasões de Armas da África... 16 1.1. África do Sul... 16

Introdução... 14. 1. Brasões de Armas da África... 16 1.1. África do Sul... 16 Sumário Introdução... 14 1. Brasões de Armas da África... 16 1.1. África do Sul... 16 1.1.1. Brasões de Armas da África do Sul... 18 1.1.2. Brasão de armas e Botswana... 23 1.1.3. Brasão de armas do Lesoto...

Leia mais

1.a. Atividades principais concepção, produção, desenvolvimento e distribuição de bens duráveis e produtos profissionais. São três as suas divisões:

1.a. Atividades principais concepção, produção, desenvolvimento e distribuição de bens duráveis e produtos profissionais. São três as suas divisões: Electrolux AB 1. Principais Características Matriz: Electrolux AB Localização: Estocolmo, Suécia Ano de fundação: 1901 Internet: www.electrolux.com Faturamento (2000): US$ 11.537 mi Empregados (2000):

Leia mais

DOCUMENTOS DE APPLICATION - GERAL (vagas para todos os países exceto Alemanha, Sérvia e Suíça)

DOCUMENTOS DE APPLICATION - GERAL (vagas para todos os países exceto Alemanha, Sérvia e Suíça) DOCUMENTOS DE APPLICATION - GERAL (vagas para todos os países exceto Alemanha, Sérvia e Suíça) Em continuidade ao Cronograma Geral, apresentamos a via original do Form 0 e instruções de preenchimento dos

Leia mais

TLC 60 TORRE LUMINOSA COMPACTA

TLC 60 TORRE LUMINOSA COMPACTA TLC 60 TORRE LUMINOSA COMPACTA TLC-60 Torre Luminosa Compacta Desenvolvida para ser a melhor opção em custo/benefício, a Torre Luminosa Compacta - TLC-60 combina tecnologia e performance na medida ideal

Leia mais

UNIÃO EUROPEIA Comércio Exterior Intercâmbio comercial com o Brasil

UNIÃO EUROPEIA Comércio Exterior Intercâmbio comercial com o Brasil Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC UNIÃO EUROPEIA Comércio Exterior Intercâmbio comercial com o Brasil

Leia mais

Mercados. informação regulamentar. Portugal Acordos Bilaterais Celebrados

Mercados. informação regulamentar. Portugal Acordos Bilaterais Celebrados Mercados informação regulamentar Portugal Acordos Bilaterais Celebrados Janeiro 2013 Índice 5 NOTA DE PRÉVIA 6 ENQUADRAMENTO GERAL A 7 ÁFRICA DO SUL 7 ALBÂNIA 7 ALEMANHA 8 ANDORRA 8 ANGOLA 9 ANGUILLA 10

Leia mais

Tarifário 2014 em vigor a partir de 1/1/2014

Tarifário 2014 em vigor a partir de 1/1/2014 Uzo Original Destino Preço por Minuto/SMS/MMS/Internet Voz Todas as redes nacionais 0,186 Voz (tarifa reduzida) Todas as redes nacionais 0,140 SMS Todas as redes nacionais 0,095 SMS (tarifa reduzida) Todas

Leia mais

Uma Rede de apoio à competitividade das empresas. 30 de abril de 2014, ISCTE-IUL, Lisboa

Uma Rede de apoio à competitividade das empresas. 30 de abril de 2014, ISCTE-IUL, Lisboa Uma Rede de apoio à competitividade das empresas 30 de abril de 2014, ISCTE-IUL, Lisboa Quem somos Quem somos? Onde estamos? Criada pela Comissão Europeia no âmbito do Programa Quadro para a Competitividade

Leia mais

NewVision Enquadramento do projecto de Qualificação e Internacionalização de PME

NewVision Enquadramento do projecto de Qualificação e Internacionalização de PME NewVision Enquadramento do projecto de Qualificação e Internacionalização de PME 15.06.2010 Institucional \ Breve Introdução A NEWVISION é uma empresa Portuguesa de base tecnológica, que tem como objectivo

Leia mais

O programa de Instaladores Qualificados da PROINSO ultrapassa as 2.000 empresas integradas em todo o mundo

O programa de Instaladores Qualificados da PROINSO ultrapassa as 2.000 empresas integradas em todo o mundo O programa de Instaladores Qualificados da PROINSO ultrapassa as 2.000 empresas integradas em todo o mundo PROINSO consolida assim a sua liderança internacional Desde a sua colocação em marcha, em 2010,

Leia mais

Mobilidade de Estudantes Sessão de Esclarecimento 2015/2016 janeiro 2015 Núcleo de Relações Internacionais do ISEL

Mobilidade de Estudantes Sessão de Esclarecimento 2015/2016 janeiro 2015 Núcleo de Relações Internacionais do ISEL Changing lives. Opening minds. Mobilidade de Estudantes Sessão de Esclarecimento 2015/2016 janeiro 2015 Núcleo de Relações Internacionais do ISEL ERASMUS + Uma porta aberta para a Europa : O novo programa

Leia mais

Anuário Estatístico de Turismo - 2015

Anuário Estatístico de Turismo - 2015 Secretaria Nacional de Políticas de Turismo Ministério do Turismo Anuário Estatístico de Turismo - 2015 Volume 42 Ano base 2014 Sumário I Turismo receptivo 1. Chegadas de turistas ao Brasil - 2013-2014

Leia mais

GUIA do ESTUDANTE ERASMUS+ 2015-2016

GUIA do ESTUDANTE ERASMUS+ 2015-2016 GUIA do ESTUDANTE ERASMUS+ 2015-2016 Esclarecimentos de dúvidas/informações adicionais: Carolina Peralta/Isabel Silva Gabinete de Relações Internacionais - GRI Rua de Santa Marta, 47, 1º Piso sala 112-1169-023

Leia mais

A formação da União Europeia

A formação da União Europeia A formação da União Europeia A EUROPA DOS 28 Como tudo começou? 1926: 1º congresso da União Pan- Europeia em Viena (Áustria) 24 países aprovaram um manifesto para uma organização federativa na Europa O

Leia mais

Suécia. Finlândia Polônia. Dinamarca Noruega. Estônia Látvia Alemanha Lituânia Islândia Belarus Holanda. Rússia República da Moldávia Irlanda Canadá

Suécia. Finlândia Polônia. Dinamarca Noruega. Estônia Látvia Alemanha Lituânia Islândia Belarus Holanda. Rússia República da Moldávia Irlanda Canadá Herbalife no Mundo Fundada nos Estados Unidos, em 1980, a Herbalife é uma das maiores empresas de nutrição do mundo, atuando pelo modelo de vendas diretas. Está presente em mais de 90 países e é registrada

Leia mais

Tarifário 2015 Em vigor a partir de 1/1/2015

Tarifário 2015 Em vigor a partir de 1/1/2015 Uzo Sempre 8 Destino Preço por Minuto/SMS/MMS Voz Todas as redes nacionais 0,085 SMS Todas as redes nacionais 0,085 MMS Todas as redes nacionais 0,590 Todas as redes nacionais - Video 0,790 Dados Internet

Leia mais

CARTA-CIRCULAR N 2.070. Aos Bancos Múltiplos com Carteira Comercial, Bancos Comerciais e Caixas Econômicas.

CARTA-CIRCULAR N 2.070. Aos Bancos Múltiplos com Carteira Comercial, Bancos Comerciais e Caixas Econômicas. CARTA-CIRCULAR N 2.070 Aos Bancos Múltiplos com Carteira Comercial, Bancos Comerciais e Caixas Econômicas. Divulga relação das missões diplomáticas, repartições consulares de carreira e representações

Leia mais

Atualidades. Blocos Econômicos, Globalização e União Européia. 1951 - Comunidade Européia do Carvão e do Aço (CECA)

Atualidades. Blocos Econômicos, Globalização e União Européia. 1951 - Comunidade Européia do Carvão e do Aço (CECA) Domínio de tópicos atuais e relevantes de diversas áreas, tais como política, economia, sociedade, educação, tecnologia, energia, ecologia, relações internacionais, desenvolvimento sustentável e segurança

Leia mais

PAÍSES AIEA AGÊNCIA INTERNACIONAL DE ENERGIA ATÔMICA

PAÍSES AIEA AGÊNCIA INTERNACIONAL DE ENERGIA ATÔMICA PAÍSES AIEA AGÊNCIA INTERNACIONAL DE ENERGIA ATÔMICA 1. Canadá 2. Comunidade da Austrália 3. Estado da Líbia 4. Estados Unidos da América 5. Federação Russa 6. Japão 7. Reino da Arábia Saudita 8. Reino

Leia mais

Notas: Este tarifário é taxado de 30 em 30 segundos após o primeiro minuto. Após os 1500 SMS's tmn-tmn grátis ou após os 250 SMS s para outras redes,

Notas: Este tarifário é taxado de 30 em 30 segundos após o primeiro minuto. Após os 1500 SMS's tmn-tmn grátis ou após os 250 SMS s para outras redes, Notas: Este tarifário é taxado de 30 em 30 segundos após o primeiro minuto. Após os 1500 SMS's tmn-tmn grátis ou após os 250 SMS s para outras redes, passa a pagar 0,080. Notas: Este tarifário é taxado

Leia mais

A RENTABILIDADE FUTURA DO OLIVAL DE REGADIO UMA OPORTUNIDADE PARA PORTUGAL. Manuela Nina Jorge Prof. Francisco Avillez

A RENTABILIDADE FUTURA DO OLIVAL DE REGADIO UMA OPORTUNIDADE PARA PORTUGAL. Manuela Nina Jorge Prof. Francisco Avillez A RENTABILIDADE FUTURA DO OLIVAL DE REGADIO UMA OPORTUNIDADE PARA PORTUGAL Manuela Nina Jorge Prof. Francisco Avillez SUMÁRIO Uma oportunidade Definição das tecnologias Conceitos Análise da Rentabilidade

Leia mais

1.a. Atividades principais processamento de alimentos. São cinco as suas divisões, com seus respectivos produtos:

1.a. Atividades principais processamento de alimentos. São cinco as suas divisões, com seus respectivos produtos: Nestlé S.A. 1. Principais Características Matriz: Nestlé S.A. Localização: Vevey, Suíça Ano de fundação: 1866 Internet: www.nestle.com Faturamento (2000): US$ 47.092 mi Empregados (1999): 230.929 1.a.

Leia mais

Descubra um mundo de sensações O maior evento de exportação dos produtos agro-alimentares em Portugal. 22/23/24 Fevereiro 2010

Descubra um mundo de sensações O maior evento de exportação dos produtos agro-alimentares em Portugal. 22/23/24 Fevereiro 2010 Lisboa. Portugal International Trade Fair for Portuguese Food and Beverage Salão Internacional do Sector Alimentar e Bebidas 22/23/24 Fevereiro 2010 EDITION EDIÇÃO #1 Descubra um mundo de sensações O maior

Leia mais

CATEGORIA: POPULAÇÃO PRISIONAL CATEGORIA: PERFIL DO PRESO

CATEGORIA: POPULAÇÃO PRISIONAL CATEGORIA: PERFIL DO PRESO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL DIRETORIA DE POLÍTICAS PENITENCIÁRIAS SISTEMA NACIONAL DE INFORMAÇÕES PENITENCIÁRIAS ESTÁTÍSTICA SUSEPE - SUPERINTENDÊNCIA DOS SERVIÇOS PENITENCIÁRIOS

Leia mais

Ranking Mundial de Juros Reais Mar/13

Ranking Mundial de Juros Reais Mar/13 Ranking Mundial de Juros Reais Mar/13 O Ranking Mundial de Juros Reais é um comparativo entre as taxas praticadas em 40 países do mundo e os classifica conforme as taxas de juros nominais determinadas

Leia mais

Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Destaques do Education at a Glance 2014

Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Destaques do Education at a Glance 2014 Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Destaques do Education at a Glance 2014 Diretor de Estatísticas Educacionais Carlos Eduardo Moreno Sampaio

Leia mais

MINIGUIA DA EUROPA 2011 Comunicar com os Europeus Línguas Na Europa fala-se muitas línguas, cujas principais famílias são a germânica, a românica, a eslava, a báltica e a céltica. As instituições da União

Leia mais

Informação geral sobre o visto Schengen (atualizada 15/12/2008)

Informação geral sobre o visto Schengen (atualizada 15/12/2008) Visto de entrada gratuito Informação geral sobre o visto Schengen (atualizada 15/12/2008) Cidadãos da União Européia (UE), de países membros da Área Econômica Européia (AEE) e dos seguintes países 1 podem

Leia mais

NÚMERO: 003/2010 DATA: 29/09/2010 ASSUNTO: PALAVRAS CHAVE: PARA: CONTACTOS:

NÚMERO: 003/2010 DATA: 29/09/2010 ASSUNTO: PALAVRAS CHAVE: PARA: CONTACTOS: NÚMERO: 003/2010 DATA: 29/09/2010 ASSUNTO: PALAVRAS CHAVE: PARA: CONTACTOS: Acesso a cuidados de saúde programados na União Europeia, Espaço Económico Europeu e Suiça. Procedimentos para a emissão do Documento

Leia mais

DDI VIA EMBRATEL Relação de países e seus respectivos códigos de acesso

DDI VIA EMBRATEL Relação de países e seus respectivos códigos de acesso PAIS CODIGO ACESSO DDI AFEGANISTAO 93 N AFRICA DO SUL 27 S ALASCA 1 S ALBANIA 355 S ALEMANHA 49 S ANDORRA 376 S ANGOLA 244 S ANGUILLA 1 S ANT.HOLANDESAS 599 S ANTIGUA 1 S ARABIA SAUDITA 966 S ARGELIA 213

Leia mais

PLC 116/10. Eduardo Levy

PLC 116/10. Eduardo Levy PLC 116/10 Senado Federal Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania Comissão de Assuntos Econômicos Comissão de Educação, Cultura

Leia mais

Cada grupo irá explorar os blocos econômicos que serão definidos em sala de aula.

Cada grupo irá explorar os blocos econômicos que serão definidos em sala de aula. Trabalho 01 dividido em 2 partes 1ª Parte Cada grupo irá explorar os blocos econômicos que serão definidos em sala de aula. 2ª Parte Perguntas que serão expostas após a apresentação da 1ª Parte, e que

Leia mais

NOS Empresas 4Pro Fibra Detalhe das condiçoes do pacote 4Pro Fibra

NOS Empresas 4Pro Fibra Detalhe das condiçoes do pacote 4Pro Fibra NOS Empresas 4Pro Fibra Detalhe das condiçoes do pacote 4Pro Fibra Telemóvel Comunicações incluidas no pacote: Cada cartão tem 4.000 minutos ou SMS para redes fixas e móveis nacionais. : Depois de atingir

Leia mais

CHAVES DE FIM DE CURSO. Linha Pesada 441, 461 e 500 Linha à Prova de Explosão

CHAVES DE FIM DE CURSO. Linha Pesada 441, 461 e 500 Linha à Prova de Explosão CHAVES DE FIM DE CURSO Linha Pesada 441, 461 e 500 Linha à Prova de Explosão Índice Importância das Normas Técnicas página 3 Produtos Especiais página 4 Chaves de Emergência Linha 500 página 5 Chaves de

Leia mais

Desenvolvimento de educação técnica e científica para a operação de centros de PD&I no Brasil. Carlos Arruda, Erika Barcellos, Cleonir Tumelero

Desenvolvimento de educação técnica e científica para a operação de centros de PD&I no Brasil. Carlos Arruda, Erika Barcellos, Cleonir Tumelero Desenvolvimento de educação técnica e científica para a operação de centros de PD&I no Brasil Carlos Arruda, Erika Barcellos, Cleonir Tumelero Empresas Participantes do CRI Multinacionais Instituições

Leia mais

SUPER RANKING MUNDIAL DE CLUBES DE FUTEBOL ( SRM) MELHORAMENTOS ANUAIS 2012

SUPER RANKING MUNDIAL DE CLUBES DE FUTEBOL ( SRM) MELHORAMENTOS ANUAIS 2012 SUPER RANKING MUNDIAL DE CLUBES DE ( SRM) MELHORAMENTOS ANUAIS 2012 Dezembro 2011 1- Introdução A metodologia do SRM estabelece que o modelo seja revisto no final de cada ano. As alterações resultantes

Leia mais

Benfica Telecom. Serviço Internet. Serviço Internacional. Tarifário 2012 1. preço por minuto / Destino. sms / mms Voz Todas as redes nacionais

Benfica Telecom. Serviço Internet. Serviço Internacional. Tarifário 2012 1. preço por minuto / Destino. sms / mms Voz Todas as redes nacionais Tarifário 2012 1 / Benfica Telecom sms / mms Voz Todas as redes nacionais 0,18 Voz (tarifa reduzida) Todas as redes nacionais 0,08 SMS Todas as redes nacionais 0,09 SMS (tarifa reduzida) Todas as redes

Leia mais

NOTA INFORMATIVA SINGLE EURO PAYMENTS AREA. 1. O que é a SEPA?

NOTA INFORMATIVA SINGLE EURO PAYMENTS AREA. 1. O que é a SEPA? 1 NOTA INFORMATIVA 1. O que é a SEPA? Para harmonização dos sistemas de pagamento no espaço europeu no sentido de impulsionar o mercado único, foi criada uma Área Única de Pagamentos em Euro (denominada

Leia mais

CONHEÇA A ADT. A empresa que protege seus bens e sua família.

CONHEÇA A ADT. A empresa que protege seus bens e sua família. CONHEÇA A ADT A empresa que protege seus bens e sua família. NOSSA EMPRESA MAIOR EMPRESA ESPECIALIZADA EM SEGURANÇA E INCÊNDIO A ADT pertence à Tyco, a maior empresa de segurança e incêndio do mundo, com

Leia mais

(Avisos) PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO

(Avisos) PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO 7.6.2008 C 141/27 V (Avisos) PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO Convite à apresentação de propostas de 2008 Programa Cultura (2007-2013) Execução das seguintes acções do programa: projectos plurianuais

Leia mais

Benfica Telecom. Serviço Internet. Serviço Internacional. em vigor a partir de 1/2/2013 1. preço por minuto / Destino. sms / mms

Benfica Telecom. Serviço Internet. Serviço Internacional. em vigor a partir de 1/2/2013 1. preço por minuto / Destino. sms / mms em vigor a partir de 1/2/2013 1 / Benfica Telecom sms / mms Voz Todas as redes nacionais 0,185 Voz (tarifa reduzida) Todas as redes nacionais 0,082 SMS Todas as redes nacionais 0,093 SMS (tarifa reduzida)

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM Dr. José Timóteo Montalvão Machado. Programa ERASMUS+ Acção-chave 1 Mobilidade para aprendizagem

ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM Dr. José Timóteo Montalvão Machado. Programa ERASMUS+ Acção-chave 1 Mobilidade para aprendizagem ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM Dr. José Timóteo Montalvão Machado Programa ERASMUS+ Acção-chave 1 Mobilidade para aprendizagem GUIA DE CANDIDATURA PARA MOBILIDADE DE ESTUDANTES PARA ESTÁGIOS ERASMUS+ (SMP)

Leia mais

Dispositivo Universal de Enchimento e Teste FPU-1 para acumuladores de bexiga, pistão e membrana

Dispositivo Universal de Enchimento e Teste FPU-1 para acumuladores de bexiga, pistão e membrana Dispositivo Universal de Enchimento e Teste FPU-1 para acumuladores de bexiga, pistão e membrana 1. DESCRIÇÃO 1.1. FUNCIONAMENTO O dispositivo de enchimento e teste HYDAC FPU-1 é utilizado para carregar

Leia mais

NOS Empresas 4Pro Satélite Detalhe das condiçoes do pacote 4Pro Satélite

NOS Empresas 4Pro Satélite Detalhe das condiçoes do pacote 4Pro Satélite NOS Empresas 4Pro Satélite Detalhe das condiçoes do pacote 4Pro Satélite Telemóvel Comunicações incluidas no pacote: Cada cartão tem 4.000 minutos ou SMS para redes fixas e móveis nacionais. : Depois de

Leia mais

Ranking Mundial de Juros Reais Jan/14

Ranking Mundial de Juros Reais Jan/14 Ranking Mundial de Juros Reais Jan/14 O Ranking Mundial de Juros Reais é um comparativo entre as taxas praticadas em 40 países do mundo e os classifica conforme as taxas de juros nominais determinadas

Leia mais

O valor da certificação acreditada

O valor da certificação acreditada Certificado uma vez, aceito em toda parte O valor da certificação acreditada Relatório de Pesquisa Publicado em maio de 212 Em 21/11, o IAF realizou uma pesquisa mundial para capturar o feedback de mercado

Leia mais

Exportação Brasileira de Tangerinas por País de Destino 2010

Exportação Brasileira de Tangerinas por País de Destino 2010 Exportação Brasileira de Laranjas por País de Destino 2010 ESPANHA 5.293.450 12.795.098 PAISES BAIXOS (HOLANDA) 4.669.412 10.464.800 REINO UNIDO 2.015.486 5.479.520 PORTUGAL 1.723.603 3.763.800 ARABIA

Leia mais

Despesas em Propaganda no Brasil e sua Interligação com a Economia Internacional. Fábio Pesavento ESPM/SUL André M. Marques UFPB

Despesas em Propaganda no Brasil e sua Interligação com a Economia Internacional. Fábio Pesavento ESPM/SUL André M. Marques UFPB Despesas em Propaganda no Brasil e sua Interligação com a Economia Internacional Fábio Pesavento ESPM/SUL André M. Marques UFPB O NÚCLEO DE ECONOMIA EMPRESARIAL ESPM-SUL PESQUISA E APOIO 1. Despesas em

Leia mais

Vodafone Negócios. Red é todas as coisas boas para o seu negócio. Sem preocupações, sem limites.

Vodafone Negócios. Red é todas as coisas boas para o seu negócio. Sem preocupações, sem limites. Vodafone Negócios Red é todas as coisas boas para o seu negócio Sem preocupações, sem limites. Vodafone Red Pro Chamadas e SMS para todas as redes Número fixo no telemóvel com funcionalidades One Net

Leia mais

Começar Global e Internacionalização

Começar Global e Internacionalização Começar Global e Internacionalização Artur Alves Pereira Assessor do Conselho de Administração, AICEP Portugal Global Fevereiro 06, 2014 1 A aicep Portugal Global Missão. A aicep Portugal Global é uma

Leia mais

UNIVERSIDADE DO VALE DO PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO INSTITUTO DE PESQUISA & DESENVOLVIMENTO

UNIVERSIDADE DO VALE DO PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO INSTITUTO DE PESQUISA & DESENVOLVIMENTO UNIVERSIDADE DO VALE DO PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO INSTITUTO DE PESQUISA & DESENVOLVIMENTO EDITAL 01/2015 Bolsa Internacional Santander O Banco Santander, por meio do Programa de

Leia mais

Anuário Estatístico de Turismo - 2012

Anuário Estatístico de Turismo - 2012 Secretaria Nacional de Políticas de Turismo Ministério do Turismo Anuário Estatístico de Turismo - 2012 Volume 39 Ano base 2011 Sumário I Turismo receptivo 1. Chegadas de turistas ao Brasil - 2010-2011

Leia mais

Brasil como maior exportador mundial de carne bovina: conquistas e desafios

Brasil como maior exportador mundial de carne bovina: conquistas e desafios Brasil como maior exportador mundial de carne bovina: conquistas e desafios João Ricardo Albanez Superintendente de Política e Economia Agrícola, Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de

Leia mais

Brasil 2012 SERVIÇOS E TARIFAS

Brasil 2012 SERVIÇOS E TARIFAS SERVIÇOS E TARIFAS Soluções FedEx para o seu negócio Caso você tenha necessidade de enviar documentos urgentes, economizar em remessas regulares ou enviar cargas pesadas, a FedEx tem uma solução de transporte

Leia mais

MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES

MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES 05/11/10 05/12/10 05/01/11 05/02/11 05/03/11 05/04/11 05/05/11 05/06/11 05/07/11 05/08/11 05/09/11 05/10/11 05/11/11 05/12/11 05/01/12 05/02/12 05/03/12

Leia mais

Ranking Mundial de Juros Reais SET/14

Ranking Mundial de Juros Reais SET/14 Ranking Mundial de Juros Reais SET/14 O Ranking Mundial de Juros Reais é um comparativo entre as taxas praticadas em 40 países do mundo e os classifica conforme as taxas de juros nominais determinadas

Leia mais

Instituto Nacional de Estatística divulgou A Península Ibérica em Números - 2007

Instituto Nacional de Estatística divulgou A Península Ibérica em Números - 2007 'DWD 7HPD $FRQWHFLPHQWR 21/12 Economia 20/12 Demografia Instituto Nacional de Estatística divulgou A Península Ibérica em Números - 2007 http://www.ine.pt/portal/page/portal/portal_ine/publicacoes?publicacoespub_boui=10584451&publicacoesm

Leia mais

LIGAMOS PEQUENAS EMPRESAS A GRANDES NEGÓCIOS.

LIGAMOS PEQUENAS EMPRESAS A GRANDES NEGÓCIOS. Soluções de Telecomunicações para Empresas LIGAMOS PEQUENAS EMPRESAS A GRANDES NEGÓCIOS. Permanência mínima para todos os serviços de 24 meses. IVA não incluido. Válido até Outubro de 2012 ZON Office ZON

Leia mais

Seu guia completo para nossos serviços móveis

Seu guia completo para nossos serviços móveis Seu guia completo para nossos serviços móveis Entre na maior comunidade de serviços móveis das Ilhas do Canal Jersey GRÁTIS www.jtglobal.com Pesquise por Jtsocial A JT oferece mais Custo/benefício A JT

Leia mais

MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES

MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES 05/07/11 02/08/11 30/08/11 27/09/11 25/10/11 22/11/11 20/12/11 17/01/12 14/02/12 13/03/12 10/04/12 08/05/12 05/06/12 03/07/12 31/07/12 28/08/12 25/09/12

Leia mais

hp hardware support On-Site - GLOBAL

hp hardware support On-Site - GLOBAL hp hardware support On-Site - descrição geral do O de resposta global no dia útil seguinte da HP proporciona aos utilizadores de computadores portáteis uma solução de suporte de hardware para Produtos

Leia mais