HOVIONEws EDITORIAL NESTE NÚMERO EDITORIAL EM FOCO Ü Ü Ü. A Comunicação na Hovione

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "HOVIONEws EDITORIAL NESTE NÚMERO EDITORIAL EM FOCO Ü Ü Ü. A Comunicação na Hovione"

Transcrição

1 EDITORIAL NESTE NÚMERO EDITORIAL EM FOCO TTC arrancou a 8 de Agosto 1 Um dia memorável 2 Hovione oferece cocktail à comunidade portuguesa de Newark 2 Decisões do Conselho Consultivo 3 O Projecto GEM para melhor servir o cliente Diagnóstico de GRH - Management Outdoor Participantes reunem-se para melhorar o Concurso de Ideias 5 ESPECIAL Cartas dos Leitores 3 Guy Villax integra o conselho consultivo da CIP 6 Hovione presente na visita do PR à Austrália 6 O GRUPO HOVIONE 5 NOTÍCIAS DAS EQUIPAS 6 COMUNIDADE HOVIONE 8 EM FOCO T T C A R R A N C O U A 8 D E A G O S T O O novo TTC (Technology Transfer Centre) em New Jersey está praticamente pronto. Recebemos o Certificado de Ocupação e fizemos a nossa mudança para as novas instalações a 8 de Agosto. Em Setembro o TTC estará em pleno funcionamento. A equipa também cresceu. Juntaram-se ao grupo Debbie Stern (New Analytical Methods Development Chemist) e o Jeffrey Ng (Quality Control Manager). A Andreia Cruz e a Dirce Macário estão a ajudar o grupo de Controlo da Qualidade e o Pedro Furtado está nas Operações Industriais. A campanha publicitária de lançamento do TTC foi iniciada em fins de Julho, nos jornais e revistas da especialidade. Um grupo de engenharia, dum importante grupo alvo das Número 08 Setembro 2002 A Comunicação na Hovione Com 2 anos de existência, este é o 8º número da HOVIONEws. Chegou a altura de avaliarmos a qualidade e interesse que a nossa newsletter suscita junto dos nossos leitores. Assim, inserido neste número, segue um pequeno questionário agradecendo-vos que o preencham com as vossas impressões e opiniões. Torna-se importante que a HOVIONEws reflita o interesse e necessidade de informação dos leitores para melhor servir o seu objectivo de comunicação. Esperamos já no próximo número adaptar a HOVIONEws de acordo com a análise do questionário que vos apresentamos. Lembramos que a HOVIONEws é enviada não só para todos os colaboradores, mas ainda para fornecedores e instituições estatais e privadas que contactamos. A versão inglesa destina-se ainda às outras empresas do grupo assim como a visitantes estrangeiros e clientes. Após o sucesso da apresentação da Hovione à comunidade portuguesa de Newark, em New Jersey, decidimos aumentar o número de tiragem para 1000 exemplares de forma a poder acrescentar à nossa lista de leitores aqueles portugueses que vivem em New Jersey e que mostraram interesse na Hovione. Neste número destacam-se as seguintes notícias: a evolução do TTC e da sua equipa, as grandes decisões tomadas pelo Conselho Consultivo da Hovione reunido a 29 de Julho, reportagens do Dia Hovione e do cocktail em Newark, o projecto GEM actualmente em curso, o primeiro outdoor realizado pelo Management e as melhorias que foram feitas ao Concurso de Ideias. São todas estas as notícias tão diversas como a actividade da Hovione. Biotechs, já visitou as nossas instalações e fez comentários muito positivos sobre o nosso design e arquitectura. Outra importante empresa farmacêutica local, com a qual ainda não fazemos negócios, visitou-nos no dia 23 de Julho. Outros "Dias do Cliente" já ocorreram em Agosto. Estamos a entrevistar muitos candidatos para o grupo de Desenvolvimento de Processos. As ofertas foram prolongadas e estamos a considerar os projectos como parte integral do esforço de marketing global. Fachada principal do TTC 1

2 Nº 08 - Setembro 2002 Exibição - Falcoaria UM DIA MEMORÁVEL Calor e divertimento são as palavras mais adequadas para caracterizar o Dia Hovione, que decorreu em pleno mês de Junho, na Herdade da Madalena em Sousel. O dia teve o seu início por volta das 11h00, com aperitivos de boas vindas. Tendo em conta o calor que já se registava àquela hora, a sangria tornou-se muito popular, tal como a distribuição dos bonés. Pudemos assistir a uma exibição de falcoaria e aproveitámos para aprender algo mais sobre estas bonitas aves. Tivemos como é hábito a cerimónia de homenagem aos nossos colegas que fizeram 30, 20 e 10 anos de casa que foram Carlos Carvalho, Vitorino Sousa, Peter Villax, José Namora Azevedo, Maria João Marcelino, Maria Paiva, Ana Paula Pires, Patrocínia Alves, Alexandre Carvalho, Palmira Reis Carvalho, Pedro Ribeiro da Silva, Ana Gonçalves, Fernanda Pires e a Vera Brito. Seguiu-se um almoço tipicamente alentejano onde alguns colegas tiveram a oportunidade de provar pela primeira vez o gaspacho - uma sopa óptima e fresca para o Verão. Só podemos dizer bem do almoço que, além da quantidade estava excelente. Após a actuação das Sevilhanas, seguimos para as actividades escolhidas perto da barragem. A canoagem e o slide foram as actividades mais populares, para além dos banhos na barragem, pois o calor às 17h00 ainda apertava. O dia acabou às 19h00 para quem utilizou o meio de transporte disponibilizado pela Hovione, com as pessoas contentes, apesar do calor e do cansaço. Foi um dia muito divertido! HOVIONE OFERECE COCKTAIL À COMUNIDADE PORTUGUESA DE NEWARK Visto que não tinha experiência na area farmacêutica, pensava como seriam os meus futuros colegas. Descobri que todos com os quais contactei são extremamente profissionais, conhecedores da sua área e amigáveis. Os colaboradores de NJ são um óptimo grupo com quem trabalhar e com a ajuda de Loures e Macau estamos a crescer para algo ainda melhor. O cocktail teve lugar no Sports Club Português, nos arredores de Newark, New Jersey. Newark tem uma grande comunidade portuguesa. Estavam presentes na festa representantes dos bancos Banco Espírito Santo, Banco Comercial Português, o Consulado de Portugal em Newark, representantes do ICEP em New York, alguns empresários da área de Newark, um representante da Bristol Myers que tem uma fábrica perto da cidade, e uma convidada especial - a esposa do Governador do Estado, Sra. McGreevey, uma luso descendente. Apresentação da Hovione por Armando Simões Como um dos membros mais recentes da Hovione LLC de New Jersey, a empresa que administra o TTC, fui convidada a escrever sobre o cocktail de apresentação da Hovione à comunidade portuguesa de Newark, que ocorreu no dia 25 de Junho. Antes de o fazer, gostaria de me apresentar: sou a Lavinia Emery e era Chefe de Serviços Administrativos numa empresa internacional de cabos. Comecei na Hovione no dia 18 de Fevereiro, o Dia do Presidente nos EUA. Foi um óptimo dia para começar num novo emprego já que neste dia homenageamos dois grandes presidentes Norte Americanos: George Washington (o Primeiro Presidente) e Abraham Lincoln (o 16º Presidente). O evento foi um sucesso. Os convidados pareceram muito interessados na actividade da Hovione. Também nos vêm como um futuro empregador para a comunidade portuguesa. O Dave Hoffman, Presidente da NJ, apresentou a Hovione e naquilo que nos tornámos. A outra apresentação, feita por Armando Simões, em português, foi seguida por um período de perguntas e respostas. Algumas questões colocadas pareceram bastantes interessantes. Alguém até perguntou se o Grupo Hovione estava cotado na bolsa. Quando o informaram que era uma empresa de capitais privados pareceu bastante triste. Se calhar queria ser um accionista. A iniciativa teve tanto sucesso que as televisões lusoamericanas dedicaram cerca de 5 minutos de cobertura sobre o evento e a notícia saiu em primeira página em todos os jornais de língua portuguesa. 2

3 Na vanguarda da ciência da saúde HOVIONEws DECISÕES DO CONSELHO CONSULTIVO O Conselho Consultivo da Hovione reuniu em Lucerna a 29 de Julho de Estiveram presentes todos os membros dos conselhos de administração das diversas Hoviones espalhadas pelo mundo - 12 pessoas. Situação positiva e futuro sólido Na análise do ponto de situação foi referido que a nossa indústria continua a apresentar índices de crescimento e de solidez notáveis que em nada se assemelham aos diversos desastres financeiros que os jornais têm recentemente relatado. Os nossos clientes continuam a evidenciar a solidez financeira que lhes conhecemos e que explicam a total ausência de incobráveis nos últimos 20 anos. A projecção de vendas para foi reconfirmada, contamos com um crescimento de cerca de 15% ao ano para já em 200 ultrapassar a performance record do ano O pipe-line de I&D, quer seja produtos em desenvolvimento nas fases I e II de desenvolvimento clínico e aqueles em fase III e lançamento permitem estimar que dentro de 2 anos, 75% da margem bruta distribuida será de forma equilibrada por 10 produtos (dos quais 7 foram lançados há menos de 5 anos). Assim, apesar dos resultados de 2001 terem sido fracos, encaramos o futuro com a certeza que os esforços de marketing e de I&D asseguram o crescimento planeado que é ambicioso mas dotado de alicerces prudentes e sólidos. Investimentos em curso Foram também analisados os investimentos em Macau (duplicação da capacidade), em Loures (aumento de espaço administrativo, renovações GMP e incremento da flexibilização das instalações) e nos EUA (Novo Centro de Transferência de Tecnologia). No geral os projectos são concluídos no prazo (as derrapagens são habitualmente inferiores a 10% do tempo total) e os orçamentos são mais bem controlados nos EUA (<10%), um pouco menos em Macau (<20%) e em Loures estamos a derrapar demais! Há muita oportunidade para melhorar! Projecto Globe arranca O Conselho Consultivo aprovou o projecto Globe que pretende rever o sistema de qualidade das empresas Hovione com vista a criação de um sistema unico de procedimentos cujo 1º nivel (COPs: Corporate Operating Procedures) seja igualmente aplicável a todas as empresas. Esta iniciativa é complementada pela criação de uma função também a nível de grupo chamada Corporate Compliance and Risk Management (Conformidade e Gestão de Risco) que entra em funções a 1 de Janeiro de Teremos assim a garantia que todas as Hoviones seguem os mesmos padrões e que o ritmo de melhoria contínua é homogéneo nas diversas fábricas. Agenda da próxima reunião Ficou agendado para próxima reunião do Conselho Consultivo um estudo da ocupação da capacidade reacional de 2002 até 2008 podendo desta forma prever as necessidades de investimento fabril. Será apresentado também um estudo sobre o ritmo de crescimento da actividade de I&D na Hovione nos próximos 5 anos para definir a dotação de recursos e o seu calendário. A I&D é de todas as actividades das Hovione aquela cujo crescimento tem de ser mais cuidadosamente planeado pois exige um bom equilíbrio de conhecimentos e de experiências numa grande variedade de perícias; bons cientistas são difíceis de encontrar e a sua formação é longa e complexa. Na noite de dia 29, véspera da assembeia geral da Hovione Holding, tivemos um jantar que reuniu os membros do Conselho Consultivo e os membros da familia Villax. Foi um encontro muito proveitoso. CARTAS DOS LEITORES Um artigo no último número da HOVIONews descreveu em detalhe as circunstâncias do acidente onde fiquei ferido em 1982, mas deixou de fora várias coisas que é justo que todos saibam. É que eu tenho muito a agradecer ao Eng. Villax pelo que ele fez por mim e pelo Hernani na altura do acidente. Foi por sua decisão, e pago do seu bolso, que fomos o Hernani e eu de avião fretado para um hospital em Lyon, que era o melhor da Europa em tratamento de queimaduras. Depois, tratou pessoalmente tanto de nós como das nossas familias - visitou-me enquanto estive no Hospital em Lyon e depois por várias vezes a minha casa. Quando me visitou no Hospital e agradeci-lhe pelo que estava a fazer por mim, o Engº Villax respondeu-me: "Não é senão o que eu gostaria que fizessem por um filho meu". É importante que todos saibam tudo aquilo que o Engº Villax fez e que ainda hoje eu quero agradecer. Também tenho a lembrar e agradecer em nome da Jacinta, a todos os colegas da altura, que vieram trabalhar um sábado e deram o seu dia de salário para ela, que tinha perdido o seu marido. São gestos de bondade que não esquecemos. Delfim Ferreira e Maria Jacinta Jantar em Lucerna a 29 de Julho FICHA TÉCNICA Concepção, Redacção e produção: Sofia Villax e Isabel Mestre Os nossos agradecimentos aos representantes de cada equipa que colaboraram neste número: Ana Ferreira, Rui Sousa e Ana Barros (RH), Paula Weissberger e Lavinia Emery (NJ), Guy Villax (MV), Peter Villax (DF), Eric Ng (HM), Helena Ramos (SO), Ana Paula Pires (RD), Paulo Castro (GQ), Edgar Alexandre (DI) Tiragem: 1000 exemplares 3

4 O P ROJECTO "GEM" PARA MELHOR SERVIR O CLIENTE Estamos actualmente em pleno desenvolvimento do Projecto GEM - "Generating Excellence in Marketing". Com duração de cerca de seis meses, este trabalho está a ser executado com os consultores de Marketing com os quais temos vindo a desenvolver a Marca Hovione. O objectivo principal do projecto é alinhar o nosso negócio com aquilo que o mercado procura e que o cliente mais necessita. À partida parece óbvio, mas como o nosso negócio é tão complexo, nem sempre os próprios clientes têm uma ideia clara dos serviços que necessitam. Conseguimos obter muita informação valiosa através de entrevistas aprofundadas a uma gama alargada de empresas farmacêuticas - clientes (actuais e potenciais), agentes e mesmo concorrentes. Hovione bem posicionada no mercado Os resultados confirmam que a Hovione está muito bem posicionada em relação aos seus concorrentes, o que é entusiasmante. No entanto, também relevam pontos a melhorar nomeadamente no que diz respeito ao relacionamento e à comunicação com o cliente. Iremos identificar todos os momentos chave de contacto com o cliente de forma a melhorarmos os nossos procedimentos. Todos nós iremos participar nestas melhorias; desde a forma como atendemos o telefone ou programamos o voice mail, à forma de darmos informação ao cliente, à gestão interna dos projectos e mesmo à forma de negociarmos e redigirmos os contratos. DIAGNÓSTICO DE GRH - M ANAGEMENT OUTDOOR O grupo participante Nº 08 - Setembro 2002 Comunicação e gestão dos projectos são factores críticos para a satisfação do cliente Identificámos ainda uma série de questões que se revelaram críticas para a satisfacção do cliente. Em primeiro lugar, destaca-se a importância da gestão de projectos. Assim, iremos alinhar os nossos serviços de forma a servir melhor o cliente e dar-lhe, como costumamos dizer, "aquilo que ele não encontra em mais lado nenhum". Outra questão identificada é a importância que o cliente dá à localização do seu fornecedor assim como a facilidade de acessos e ligações de voos - é crítico para o cliente ter uma viagem de curta duração para vir à Hovione. Neste aspecto, o novo TTC, por estar localizado nos EUA, vai ser um grande trunfo e cartão de visita para numerosos novos clientes. Nova brochura e afirmação da Marca Hovione serão lançadas a 1 de Outubro Toda esta nova informação vai modelar a nossa evolução de uma forma sólida - não são palpites nossos mas sim dados concretos vindos da fonte, ou seja do cliente. É também com base nesta informação que estamos a elaborar a nova brochura e toda a comunicação da empresa - por outras palavras, o posicionamento da Hovione na Indústria vai reflectir aquilo que é verdadeiramente crítico para o cliente. O projecto GEM culmina com a feira do CPhI em Paris a 1 de Outubro em que será lançada a nova comunicação da Hovione. No entanto, o trabalho não acaba aí pois as melhorias de procedimentos internos a implementar irão decorrer ao longos dos próximos 12 meses. Recordam-se certamente do artigo publicado na última HOVIONEws sobre o Diagnóstico de Gestão de Recursos Humanos (GRH) e no qual anunciámos que iriamos realizar acções de Management Outdoor com o objectivo de aproximar pessoas de áreas de trabalho diferentes e fomentar cada vez mais um verdadeiro espírito de equipa. A primeira acção, realizada nos dias 5 e 6 de Julho no Hotel Atlantic Golf em Peniche, foi um sucesso para o qual contribuiu não só o profissionalismo da equipa organizadora mas também e principalmente o empenhamento de todos os participantes. Através de exercícios simples e divertidos ao ar livre, os participantes foram sensibilizados para aspectos do dia-a-dia na Hovione. Por outro lado existiu uma aproximação entre os vários elementos do grupo, o que facilitou a comunicação, o trabalho em equipa e o planeamento. Em Outubro próximo vamos levar a efeito uma segunda acção para outro grupo de colaboradores que, estamos certos, será também um sucesso.

5 Na vanguarda da ciência da saúde 30 participantes habituais no Concuso de ideias para Ganhar reuniram-se com o Júri para discutirem aspectos do seu funcionamento e identificar áreas a melhorar. Assim, uma crítica ouvida várias vezes prende-se com a rejeição das Ideias e sobretudo com a forma como o Juri a comunicava às equipas. Com efeito, a rejeição era demasiado telegráfica e resumida e os concorrentes muitas vezes ficavam desmotivados, pois tendo identificado um problema a resolver, continuavam sem solução para ele! O Juri passou a ser muito mais detalhado nas suas respostas aos concorrentes, justificando as suas decisões com mais argumentos. Ao mesmo tempo, se a ideia não é aceite, o problema que esta procurava resolver passa a ser estudado. Outra crítica prendia-se com o facto que Ideias não eligíveis e por isso recusadas, acabavam por ser implmentadas, por serem úteis. Explicámos que Ideias têm que ser inovadoras e inéditas para poder ser aceites: serem boas - como aquela que tinha sido rejeitada - não chega, também têm que ser novas. O Juri também tinha um aspecto de melhoria a discutir: acontece por vezes que as Ideias chegam mal descritas ou fundamentadas, mas sentimos que existe um problema para resolver e assim um elemento do Juri fica de falar com o chefe da equipa para perceber melhor a proposta. Ora isto demora muito tempo. Assim, o Juri passou a receber directamente os concorrentes, nas reuniões do Juri das quarta-feiras (Sala de reuniões da Direcção Farma, 9h30), ouvindo na primeira pessoa a descrição da ideia e decidindo O GRUPO HOVIONE HOVIONE MACAU Pessoal O Paulo Ribeiro foi recrutado para a posição de Chefe de IED. Após um estágio de 2 meses em Loures, o Paulo apresentou-se ao serviço em Macau no dia 15 de Julho. O Joaquim Pintão, após 5 anos a trabalhar em Macau, regressou a Loures no dia 1 de Maio. Jeffrey Ng, o Chefe do Dept. de Análise, juntou-se à equipa de New Jersey no dia 1 de Julho. O Jeffrey esteve a trabalhar em Macau durante cerca de 10 anos e sempre foi um bom companheiro e colega. Esta transferência é um importante passo na sua carreira. Desejamos muito sucesso aos nossos colegas nos seus novos desafios. Novos Projectos de Produção Em Junho, Macau iniciou a preparação do novo projecto SK17, que é uma substância activa para o tratamento do colesterol. Bowie foi designado como coordenador do projecto na fábrica de Macau. A validação dos lotes de SK17 serão realizados no último trimestre de Em Julho, será decidido se o KB51, o principal catalizador de KABI, será produzido em Macau, em vez de em Loures. A Regina Leong é a coordenadora do projecto em Macau. A produção do 1º lote está planeado para Setembro de Recentemente, Macau ficou designada pelo cliente para iniciar o projecto RS em HOVIONEws PARTICIPANTES REUNEM-SE PARA MELHORAR O CONCURSO DE IDEIAS Ideias S1 S2 S3 S logo sobre ela. Assim, o Juri recebeu Martinho Lopes em 17 de Julho, que descreveu pormenorizadamente a nova instalação de pesagem/amostragem/medição de líquidos, junto ao Armazém, e que ele considera essencial. Aproveitou ainda para descrever um projecto de instalação de segurança para o PS1. É importante realçar que foi talvez a primeira vez que o Juri recebeu não uma Ideia, mas um verdadeiro projecto! Como tal, já está a ser avaliado pela Direcção Geral Fabril. As reuniões também serviram para perceber a razão porque praticamente todas as Ideias vêm da Direcção Industrial: é que nos outros departamentos e direcções, cada um tem bastante mais autonomia para tomar iniciativas e implementá-las de imediato. Ora na DI, isso não acontece devido ao facto que muitas das Ideias involvem PDAs e um processo formal de alterações. E isto faz com que os colaboradores da DI vejam no Concurso uma maneira de melhorar as suas condições de trabalho, o que muitas vezes quer dizer aumentar a sua produtividade também. Daí o entusiasmo com que a DI adere a este programa. S5 S6 Concurso de Ideias para Ganhar Ideias aprovadas ou rejeitadas pelo Juri em As ideias pendentes de decisão não estão representadas. S7 S8 S9 S10 S11 S12 S13 S1 S15 S16 S17 S18 S19 S20 S21 S22 S23 S2 S25 S26 Aceite Rejeitada Com todos os novos projectos mencionados, Macau irá continuar a crescer durante os próximos anos. Auditorias No dia 10 de Maio, fomos auditados por um cliente que pretendeu comparar os métodos e meios de produção de Macau e Loures. Os auditores mencionaram seis observações. No fim, informaram que não vão ser as observações mencionadas no relatório que irão colocar dificuldades nas negociações entre o cliente e Macau. De 10 a 11 de Junho, um dos nossos clientes designou uma consultora dos EUA de Registos para verificar se Hovione Macau é competente para produzir uma nova substância activa para injectáveis. O auditor apresentou um relatório com três observações e indicou o seu nível de satisfação ao cliente. Macau foi mais tarde informada que foi escolhida para realizar o projecto durante o ano de No dia 12 de Julho, HKQAA (entidade reguladora dos certificados da Qualidade em Hong Kong) realizou um dia dedicado à "Visita de avaliação do 1º estado de conversão" do ISO9001:199 para o ISO9001:2000. A auditora, Janice Chan, identificou seis observações para melhorar a implementação da nova versão. Ficou acordado com a Sra. Chan que a auditoria para a certificação versão 2000 seria realizada em Novembro de 2002 em vez de em Setembro, tendo em conta o encerramento da fábrica durante as férias e o tempo necessário para mostrar o cumprimento com a nova versão.

6 Guy Villax integra o conselho consultivo da CIP Guy Villax foi convidado pela CIP (Confederação da Industria Portuguesa) a integrar o seu Conselho Consultivo, convite esse que foi aceite. Trata-se de um lugar de destaque na sociedade e industria portuguesa e para o qual só são convidadas individualidades de reconhecido mérito. Sentimo-nos muito honrados com este convite. Hovione presente na visita do Presidente da Républica à Austrália No seguimento das cerimónias da independência de Timor Leste, no dia 20 de Maio, o Presidente Dr. Jorge Sampaio fez uma visita oficial à Austrália, tendo sido acompanhado por um grupo de empresários portugueses de empresas de vanguarda, e, em representação da Hovione, por Peter Villax. A indústria farmacêutica estava ainda representada pelo Dr. Luís Portela, dos Laboratórios Bial. NOTÍCIAS DAS EQUIPAS MARKETING & VENDAS Nº 08 - Setembro 2002 Estivemos presentes no DCAT (trata-se de um encontro da Indústria Farmacêutica dos Estados Unidos) e tivemos vários contactos interessantes que nos poderão trazer novos clientes no futuro. Fizemos várias viagens de negócios das quais destacamos: Japão - visitámos os nossos melhores clientes de XR01 que continuam a aumentar as encomendas; EUA - tivemos reuniões com os melhores clientes de NY01 e novos clientes de esteróides. Conseguimos novos clientes para o KB na Europa e Estados Unidos. Estamos neste momento a lançar novos produtos, sendo dois do grupo de esteróides: para a asma (ST75) e um antiinflamatório (ST57). Estamos também a lançar um novo produto de uma área terapêutica nova, utilizado para reduzir o colesterol (SK17). I&D A Direcção de Investigação e Desenvolvimento iniciou a remodelação das suas instalações no Ed.2 e parte do Ed. 1. Para além das mudanças efectuadas ao nível dos escritórios, as maiores alterações irão verificar-se nos laboratórios dos Serviços analiticos (AN), que passarão a ocupar o piso 2 do Ed. 2. A Industrialização (ZA) irá passar a ocupar parte do Ed. 1 piso 2. Por fim, a antiga sala das hidrogenações (Ed. 1 piso 3) passará a ser um laboratório para produção em pequena escala, denominado kilo-lab. Desejamos ainda realçar que este ano a maioria dos homenageados por tempo de casa (20 anos) pertencem à equipa do RD facto de que muito nos orgulhamos. A viagem incluiu Darwin, no norte, Camberra, a capital, e Melbourne e Sidney, no sul e foi preenchida pela visita pelos empresários a parques industriais, organismos de promoção do comércio e do investimento australianos e ainda por turismo. Para além disso, acompanharam também o Presidente nas suas várias deslocações, nomeadamente a bairros portugueses, onde se continua a poder pedir uma bica e um pastel de nata ao balcão, como se na nossa terra estivessemos. Aliás, foi sem dúvida no contacto com as comunidades imigrantes que a viagem viveu os seus momentos mais ricos e interessantes. A viagem de regresso durou 2 horas, mas foi feita com a satisfação que Portugal mostrou o seu melhor durante esta visita ao outro lado do mundo. A Austrália tem uma industria farmacêutica e de biotecnologia de grande dinamismo, e foram feitos contactos iniciais com quatro empresas que manifestaram o seu interesse em vir a fazer negócio com a Hovione. Homenageados do I&D QUESTIONÁRIO SOBRE A HOVIONEWS Ajude-nos a melhorar a sua HOVIONEws. Agradecemos o tempo que dedica a dar-nos a sua opinião. 6

7 Na vanguarda da ciência da saúde GARANTIA DE QUALIDADE Nova norma de qualidade aprovada A Norma Portuguesa, transcrita da versão ISO de 15 de Dezembro 2000, foi aprovada em Janeiro de A nova norma EN ISO 9001:2000 vem substituir as normas EN ISO 9001:199, 9002:199 e 29003:199 O período de transição para a nova Norma é de 3 anos - a data limite para certificação segundo esta Norma, será então 15 de Dezembro de mantendo-se até lá as certificações pelas 2 Normas em vigor. Esta Norma fomenta a adopção de uma Abordagem por Processos quando se desenvolve, implementa e melhora a eficácia de um sistema de Gestão da Qualidade, para aumentar a satisfação do cliente indo ao encontro dos seus requisitos. A adopção de um sistema de Gestão da Qualidade é uma decisão estratégica da organização. A concepção e a implementação do mesmo sistema é influenciada por diversos factores, pelos objectivos particulares, pelos produtos que realiza, pelos processos utilizados e pela dimensão e estrutura da organização. Os 8 princípios da Gestão da Qualidade: 1. Focalização no cliente Identificar e gerir necessidades e expectativas (actuais e futuras) Assegurar que os produtos satisfazem as exigências acordadas em contrato Medir a satisfação do cliente Dar relevo à importância do marketing 2. Liderança Definir Políticas e Objectivos (Visão, Missão) 3. Envolvimento das pessoas As pessoas fazem a empresa O seu envolvimento permite que os colaboradores trabalhem de modo a serem atingidos os objectivos. Gestão de processos Processo é um conjunto de actividades que permite transformar um conjunto de recursos em produtos e/ou serviços Identificar entradas (inputs) e saídas (outputs) de cada processo Diagrama de processos/cadeia de valor HOVIONEws As grandes "diferenças" entre os 2 referenciais (199 e 2000) são: O conceito de Sistema de Garantia da Qualidade é substituido pelo Sistema da Gestão da Qualidade; Todas as empresas passam a estar certificadas apenas pelo referencial ISO 9001:2000; A Familia da Norma ISO 9000 continha 2 normas e foi reduzida para apenas normas, conseguindo-se assim uma redução documental assinalável; Total compatibilidade com a Norma NP EN ISO 1001:1996 Sistemas de Gestão Ambiental - permitindo assim uma Gestão integrada dos 2 aspectos; Aproximação a outras Normas, nomeadamente a OSHAS 18001: Segurança e Higiene no Trabalho, com os evidentes beneficios. Na próxima edição do HOVIONEws iremos falar sobre a Abordagem por processos. INDUSTRIAL O final da campanha de validação do TY01 concretizou-se com grande sucesso. Parabéns a todos os que contribuíram com o seu esforço directa ou indirectamente para a concretização de mais um projecto com exito. Está já prevista a realização de uma nova campanha de produção industrial a ter início até ao final deste ano. Após serem ultrapassadas as dificuldades iniciais, o novo hidrogenador de 5000l está em fase de qualificação. Este equipamento faz parte de um projecto de automatização com o sistema Delta V no ED13. Quanto aos rendimentos acumulados na linha NY continuam no bom caminho, o que reflecte o empenho de todos no cumprimento dos objectivos delineados. Após as melhorias realizadas no Ed.15 no ano passado, durante o 2º trimestre deste ano, o edificio já funcionou com o modelo multipurpose. A remodelação do armazém de peças está praticamente terminada, sendo notória a satisfação dos clientes que solicitam os serviços desta área. Está ainda em fase inicial a implementação do sistema de código de barras da responsabilidade do DIBS e com a colaboração da DI. Tratamento e posterior envio para o exterior, dos cilindros que ocupavam o parque da F2, sendo muito importante a disponibilização deste espaço para outros fins. 5. Abordagem da Gestão como sistema 6. Melhoria contínua Melhoria contínua aplicada aos processos Acções preventivas e correctivas Interligação com as necessidades e expectativas do cliente Assegura a evolução dinâmica do Sistema de Gestão da Qualidade 7. Processo da tomada de decisão baseado em factos 8. Relações mutuamente benéficas entre Fornecedores Area industrial - Ed. 15 7

8 COMUNIDADE HOVIONE EVENTOS Jobshop Estivemos presentes como é hábito na 1º Jobshop do IST, de Abril. Open Day para Universitários 11 de Maio - recebemos cerca de 90 estudantes finalistas de diversas áreas ligadas à actividade da Hovione, de escolas superiores da Área da Grande Lisboa. Para além dos estudantes de engenharia química, recebemos também jovens de engenharia do ambiente, engenharia biológica, engenharia mecâncica, química, etc. Nos laboratórios do Ed. 15 Visitas de Estudo 17 de Abril - Alunos do Instituto Piaget 19 de Abril - Escola Nacional de Bombeiros 15 de Maio - Centro Tecnologico da Cerâmica e do Vidro de Coimbra (no âmbito das Técnicas Laboratoriais) e Escola Secundária Dr. António Carvalho Figueiredo 03 de Julho - Curso de Pós Graduação em Segurança e Higiene do Trabalho da Universidade Lusofona RECURSOS HUMANOS Admissões A todos aqueles que se juntaram à equipa Hovione, reforçamos as boas vindas e desejamos o maior sucesso: Andrea Cruz, Anita Fortunato, Aurel Grabovschi, Bruno Fernandes, Carina Rodrigues, Carla Marques, Carlos Alves, Cristina Silva, Dmytro Fysenko, Fatima Espadinha, Fatima Oliveira, Fernanda Amaral, Filomena Henriques, Gabriela Oliveira, Ilidia Viegas, Ilie Ungureanu, Isabel Rego, Joaquim Pintão, Joaquim Valadares, José Quintela Reis, Leonel Franco, Lucia Restolho, Marco Alves, Marco Marques, Paulo Rodrigues, Pedro Martins, Rui Silva, Rui Teixeira, Sergio Rosa, Tania Silva, Vanda Pereira. Nº 08 - Setembro 2002 Parabéns e Felicidades Ao Nuno Campiso, Ana Sofia Carvalho e Eliseu Serra, Ilda Chasqueira, Inês tavares, David Martins, Nuno Mineiro, Marcos Ibraímo, pelo casamento; À Catarina Carvalho e António Manuel Martins, Ana Chitas Álvaro Lopes, Victor Santos, Pedro Farinha pelo nascimento dos filhos. Estágios Estágio durante o mês de Julho - Ana Sofia Dias no RH Estágio de Agosto a Novembro - Martha Heggie no CD Homenageados Este ano foram homenageados os seguintes colegas: 30 anos - Carlos Carvalho e Vitorino Teixeira de Sousa 20 anos - Peter Villax, José Azevedo, Maria João Marcelino, Maria Paiva, Ana Paula Pires, Patrocínia Alves, Alexandre Carvalho 10 anos - Palmira Reis Carvalho, Pedro Ribeiro da Silva, Ana Gonçalves, Fernanda Pires e Vera Brito GRUPO CULTURAL E DESPORTIVO DA HOVIONE Após a eleição dos membros do GCDH, foi realizado um plano de actividades o qual foi apresentado a todos os colaboradores. O Grupo realizou as seguintes actividades entre Abril e Julho: - 3 idas ao teatro: Esquartejamento para todos, Os sonhos dum sedutor e INOX ; - 30 de Maio - Passeio na Tapada de Mafra - 1 de Junho - Canoagem no rio Zêzere - 22 de Junho - Paintball - 13 de Julho - visita às Grutas do Almonda Atletismo 2 de Março - Meia-maratona de Lisboa onde participaram na meia-maratona Bill Heggie e Miguel Cansado e na minimaratona Jorge Ferreira, António Carlos Silva, João Paulo Reis, Luis Daniel Carvalho, Rui Leitão, Jeffrey Ng. Em 7 de Abril correram os 10 km Odivelas o Miguel Cansado e António Carlos Silva. Futebol de 11 - G.S. Loures A 18 de Maio jogaram as duas equipas Hovione. No dia 25 do mesmo mês recebemos uma equipa chefiada por um formador de um curso de chefias intermédias. Futebol de 5 - Torneio interno O torneio interno Hovione, decorreu de Fevereiro a Junho envolvendo 7 equipas. Agenda Está previsto para os próximos meses actividades tão diferentes como a canoagem no rio Mondego, visita à Quinta da Regaleira e ao núcleo arqueológico do BCP (Rua Augusta), mais idas ao teatro e ainda um concurso de fotografia. Por isso, estejam atentos às Circulares do Grupo. Alguns dos novos colaboradores Promoções Durante o período de Abril a Julho, houve 2 promoções. Desejamos o maior sucesso nas novas funções. Visita às Grutas do Almonda 8

Capítulo Descrição Página

Capítulo Descrição Página MANUAL DA QUALIIDADE ÍNDICE Capítulo Descrição Página 1 Apresentação da ILC Instrumentos de Laboratório e Científicos, Lda Dados sobre a ILC, sua história, sua organização e modo de funcionamento 2 Política

Leia mais

2011/07/07 MQ-01/02 01/02-2011/07/07

2011/07/07 MQ-01/02 01/02-2011/07/07 MQ-01/02 01/02-2011/07/07 2011/07/07 NOTA: No caso de imprimir este documento, o mesmo passa automaticamente a Cópia Não Controlada ; a sua utilização implica a confirmação prévia de que corresponde à

Leia mais

RELATÓRIO DE AUDITORIA

RELATÓRIO DE AUDITORIA Entidade Auditada: BIBLIOTECA MUNICIPAL SANTA MARIA DA FEIRA Tipo de Auditoria: Auditoria Interna Data da Auditoria: 09.12.2014 Duração: 1 dia Locais Auditados: Av. Dr. Belchior Cardoso da Costa / 4520-606

Leia mais

Diagnóstico de Competências para a Exportação

Diagnóstico de Competências para a Exportação Diagnóstico de Competências para a Exportação em Pequenas e Médias Empresas (PME) Guia de Utilização DIRECÇÃO DE ASSISTÊNCIA EMPRESARIAL Departamento de Promoção de Competências Empresariais Índice ENQUADRAMENTO...

Leia mais

MINISTÉRIO da SAÚDE. Gabinete do Secretário de Estado da Saúde INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O SECRETÁRIO DE ESTADO DA SAÚDE

MINISTÉRIO da SAÚDE. Gabinete do Secretário de Estado da Saúde INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O SECRETÁRIO DE ESTADO DA SAÚDE INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O SECRETÁRIO DE ESTADO DA SAÚDE APRESENTAÇÃO DO PRONTUÁRIO TERAPÊUTICO INFARMED, 3 DE DEZEMBRO DE 2003 Exmo. Senhor Bastonário da Ordem dos Farmacêuticos Exmo. Senhor Bastonário

Leia mais

O QUE É A CERTIFICAÇÃO DA QUALIDADE?

O QUE É A CERTIFICAÇÃO DA QUALIDADE? 1 O QUE É A CERTIFICAÇÃO DA QUALIDADE? A globalização dos mercados torna cada vez mais evidente as questões da qualidade. De facto a maioria dos nossos parceiros económicos não admite a não qualidade.

Leia mais

5ª EDIÇÃO MARÇO 2015 NEWSLETTER MCS. Ficha Técnica. Direcção Geral: José Prata Coordenação: Sázia Bachu e Suzete Machel

5ª EDIÇÃO MARÇO 2015 NEWSLETTER MCS. Ficha Técnica. Direcção Geral: José Prata Coordenação: Sázia Bachu e Suzete Machel 5ª EDIÇÃO MARÇO 2015 NEWSLETTER MCS Ficha Técnica Direcção Geral: José Prata Coordenação: Sázia Bachu e Suzete Machel 1 Reunião de Quadros Kruger Park / 2015: Mensagem Dr. Fernando Dias Nogueira Presidente

Leia mais

ANA obtém certificação em quatro áreas críticas com apoio da VP Consulting

ANA obtém certificação em quatro áreas críticas com apoio da VP Consulting ANA obtém certificação em quatro áreas críticas com apoio da VP Consulting Contactos: Isabel Fonseca Marketing VP Consulting Telefone: +351 22 605 37 10 Fax: +351 22 600 07 13 Email: info@vpconsulting.pt

Leia mais

AUDITORIAS DE VALOR FN-HOTELARIA, S.A.

AUDITORIAS DE VALOR FN-HOTELARIA, S.A. AUDITORIAS DE VALOR FN-HOTELARIA, S.A. Empresa especializada na concepção, instalação e manutenção de equipamentos para a indústria hoteleira, restauração e similares. Primeira empresa do sector a nível

Leia mais

Estratégia de Marketing na Comunicação Interna. O caso épt! Miguel Horta e Costa Presidente Executivo

Estratégia de Marketing na Comunicação Interna. O caso épt! Miguel Horta e Costa Presidente Executivo Estratégia de Marketing na Comunicação Interna O caso épt! Miguel Horta e Costa Presidente Executivo Conferência Mercator XXI Lisboa, 7 de Outubro 2004 O papel da comunicação no desenvolvimento dos negócios

Leia mais

Id Serviços de Apoio

Id Serviços de Apoio Id Serviços de Apoio Cafetaria do Museu Calouste Gulbenkian e seu prolongamento no jardim. Serviços Centrais Valores em euros Encargos com pessoal 6 219 770 Despesas de funcionamento 9 606 628 Investimento

Leia mais

Departamento Comercial e Marketing. Escola Secundaria de Paços de Ferreira 2009/2010. Técnicas de Secretariado

Departamento Comercial e Marketing. Escola Secundaria de Paços de Ferreira 2009/2010. Técnicas de Secretariado Escola Secundaria de Paços de Ferreira 2009/2010 Técnicas de Secretariado Departamento Comercial e Marketing Módulo 23- Departamento Comercial e Marketing Trabalho realizado por: Tânia Leão Departamento

Leia mais

Curso Geral de Gestão. Pós Graduação

Curso Geral de Gestão. Pós Graduação Curso Geral de Gestão Pós Graduação Curso Geral de Gestão Pós Graduação Participamos num processo acelerado de transformações sociais, políticas e tecnológicas que alteram radicalmente o contexto e as

Leia mais

NEWSLETTER Nº 13 JANEIRO CONHECIMENTO INOVAÇÃO CRIATIVIDADE EFICIÊNCIA VALOR POTENCIAMOS O VALOR DAS ORGANIZAÇÕES EM DESTAQUE

NEWSLETTER Nº 13 JANEIRO CONHECIMENTO INOVAÇÃO CRIATIVIDADE EFICIÊNCIA VALOR POTENCIAMOS O VALOR DAS ORGANIZAÇÕES EM DESTAQUE NEWSLETTER Nº 13 JANEIRO CONHECIMENTO INOVAÇÃO CRIATIVIDADE EFICIÊNCIA VALOR POTENCIAMOS O VALOR DAS ORGANIZAÇÕES EM DESTAQUE A LINK THINK AVANÇA COM PROGRAMA DE FORMAÇÃO PROFISSONAL PARA 2012 A LINK THINK,

Leia mais

A NORMA PORTUGUESA NP 4427 SISTEMA DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS REQUISITOS M. Teles Fernandes

A NORMA PORTUGUESA NP 4427 SISTEMA DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS REQUISITOS M. Teles Fernandes A NORMA PORTUGUESA NP 4427 SISTEMA DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS REQUISITOS M. Teles Fernandes A satisfação e o desempenho dos recursos humanos em qualquer organização estão directamente relacionados entre

Leia mais

MELHORIA NOS PROCESSOS: COMO OBTER INFORMAÇÃO DE GESTÃO RELEVANTE EM 5 DIAS ÚTEIS

MELHORIA NOS PROCESSOS: COMO OBTER INFORMAÇÃO DE GESTÃO RELEVANTE EM 5 DIAS ÚTEIS PATROCINADORES OURO Lisboa 28 e 29 Junho 2011 Museu do Oriente COMO OBTER INFORMAÇÃO DE GESTÃO RELEVANTE EM Queremos explicar: Quem somos e onde estamos inseridos; O Porquê da nossa necessidade; O que

Leia mais

Certificação de Sistema de Gestão Relatório de Auditoria

Certificação de Sistema de Gestão Relatório de Auditoria Organização: Morada: Locais Auditados: Certificação de Sistema de Gestão Relatório de Auditoria MUNICÍPIO DE MIRANDELA Sede : Praça do Municipio 5370-288 MIRANDELA Sr. Presidente da Câmara: Eng.º António

Leia mais

Caso Armazéns Global

Caso Armazéns Global Fonte: Google imagens Caso Armazéns Global Docente: Professor Doutor Fernando Gaspar Disciplina: Distribuição Discentes: Ivo Vieira nº 080127020 Nuno Carreira nº 080127009 João Franco nº 080127034 Edgar

Leia mais

Definir os requisitos da Norma NP EN ISO 9001. Como implementar sistemas da qualidade em empresas. Conhecer as vantagens da certificação.

Definir os requisitos da Norma NP EN ISO 9001. Como implementar sistemas da qualidade em empresas. Conhecer as vantagens da certificação. Objectivos Gerais Definir o que é a Qualidade; Determinar a evolução da qualidade. Definir os requisitos da Norma NP EN ISO 9001. Como implementar sistemas da qualidade em empresas. Conhecer as vantagens

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE

MANUAL DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE DO SISTEMA DE GESTÃO Pág. 2 de 16 Se está a receber este documento, isto já significa que é alguém especial para a UEM Unidade de Estruturas Metálicas SA. Convidamo-lo

Leia mais

Escola sede: Escola Secundária de S. Pedro do Sul Alunos Matriculados - 2015/2016

Escola sede: Escola Secundária de S. Pedro do Sul Alunos Matriculados - 2015/2016 13008 10 E Técnico de Instalações Elétricas Carlos Jorge Oliveira Rodrigues Escola Secundária de São Pedro do Sul 13791 10 E Técnico de Instalações Elétricas Daniel dos Santos Rodrigues Escola Secundária

Leia mais

Serviço de Apoio à Criação de Emprego e estágios

Serviço de Apoio à Criação de Emprego e estágios Serviço de Apoio à Criação de Emprego e estágios Outubro de 2009 Agenda EM DESTAQUE Estágios e Suplemento ao Diploma- uma aposta no futuro! Índice Nota Editorial Eventos/Notícias Na Primeira Pessoa Manz

Leia mais

Estrutura da Norma. 0 Introdução 0.1 Generalidades. ISO 9001:2001 Sistemas de Gestão da Qualidade Requisitos. Gestão da Qualidade 2005

Estrutura da Norma. 0 Introdução 0.1 Generalidades. ISO 9001:2001 Sistemas de Gestão da Qualidade Requisitos. Gestão da Qualidade 2005 ISO 9001:2001 Sistemas de Gestão da Qualidade Requisitos Gestão da Qualidade 2005 Estrutura da Norma 0. Introdução 1. Campo de Aplicação 2. Referência Normativa 3. Termos e Definições 4. Sistema de Gestão

Leia mais

Planificação de uma viagem de negócios

Planificação de uma viagem de negócios Planificação de uma viagem de negócios Página de Rosto Grupo: Joana Fernandes, Nuno Silva, Paulo Martins e Tânia Marlene Silva Ano/Turma: 12º ano do curso profissional de Secretariado Escola: Secundaria/3

Leia mais

Em Entrevistas Profissionais

Em Entrevistas Profissionais Em Entrevistas Profissionais Amplie a sua performance na valorização das suas competências 2011 Paula Gonçalves [paula.goncalves@amrconsult.com] 1 Gestão de Comunicação e Relações Públicas As Entrevistas

Leia mais

. evolução do conceito. Inspecção 3. Controlo da qualidade 4. Controlo da Qualidade Aula 05. Gestão da qualidade:

. evolução do conceito. Inspecção 3. Controlo da qualidade 4. Controlo da Qualidade Aula 05. Gestão da qualidade: Evolução do conceito 2 Controlo da Qualidade Aula 05 Gestão da :. evolução do conceito. gestão pela total (tqm). introdução às normas iso 9000. norma iso 9000:2000 gestão pela total garantia da controlo

Leia mais

MANUAL DA QUALIDADE. Pág. 1 de 15. Actuar. Verifica r. Data: 09/05/2011 Edição: 01 Revisão: 00 Entrada em vigor:

MANUAL DA QUALIDADE. Pág. 1 de 15. Actuar. Verifica r. Data: 09/05/2011 Edição: 01 Revisão: 00 Entrada em vigor: MANUAL DA QUALIDADE Pág. 1 de 15 Planear Realizar Actuar Verifica r Rubrica: Rubrica: MANUAL DA QUALIDADE Pág. 2 de 15 INDICE: CAP. 1 - MANUAL DE GESTÃO DA QUALIDADE 1.1. - Objectivo 1.2. - Âmbito e exclusões

Leia mais

Perto de si, mudamos consigo! www.wechange.pt

Perto de si, mudamos consigo! www.wechange.pt Hotel Alvalade LUANDA 16 a 27 de RH Os Ciclos de RH, consistem em planos de desenvolvimento de competências no domínio da gestão de Recursos Humanos, nomeadamente ao nível das áreas de Selecção, Formação

Leia mais

P l a n o d e A c t i v i d a d e s

P l a n o d e A c t i v i d a d e s P l a n o d e A c t i v i d a d e s A n o d e 2 0 1 3 O ano de 2013 ficará assinalado pela comemoração dos 30 anos da TURIHAB Associação do Turismo de Habitação, ao serviço dos seus Associados e do Turismo.

Leia mais

Controlo da Qualidade Aula 05

Controlo da Qualidade Aula 05 Controlo da Qualidade Aula 05 Gestão da qualidade:. evolução do conceito. gestão pela qualidade total (tqm). introdução às normas iso 9000. norma iso 9001:2000 Evolução do conceito 2 gestão pela qualidade

Leia mais

DOSSIER II EDIÇÃO DO CURSO DE EMPREENDEDORISMO E CRIAÇÃO DE EMPRESAS. 4 de Maio a 12 de Outubro

DOSSIER II EDIÇÃO DO CURSO DE EMPREENDEDORISMO E CRIAÇÃO DE EMPRESAS. 4 de Maio a 12 de Outubro DOSSIER II EDIÇÃO DO CURSO DE EMPREENDEDORISMO E CRIAÇÃO DE EMPRESAS 4 de Maio a 12 de Outubro Índice 1. Denominação 2. Objectivos 3. Destinatários 4. Avaliação 5. Conteúdo Programático 6. Programa indicativo

Leia mais

ISO/IEC 20000 DOIS CASOS DE SUCESSO DE CLIENTES QUALIWORK

ISO/IEC 20000 DOIS CASOS DE SUCESSO DE CLIENTES QUALIWORK ISO/IEC 20000 DOIS CASOS DE SUCESSO DE CLIENTES QUALIWORK A Norma ISO/IEC 20000:2011 Information technology Service management Part 1: Service management system requirements é uma Norma de Qualidade que

Leia mais

nova Entrada Principal

nova Entrada Principal nova Entrada Principal Refeitório Salas de Aulas Ginásios Campo Coberto Sala Polivalente Biblioteca Serviços Editorial Estamos em crer não restarem dúvidas aos nossos associados,, que teimosamente continuam

Leia mais

RELATÓRIO DE AUDITORIA

RELATÓRIO DE AUDITORIA IDENTIFICAÇÃO Data da auditoria 23-02-2015 24-02-2015 Organização Morada Sede Representante da Organização Câmara Municipal de Santa Maria da Feira - Biblioteca Municipal Av. Dr. Belchior Cardoso da Costa

Leia mais

A EMPRESA. A DRIVE Consultoria e Investimento, S.A. (DRIVE CI) dedica-se à prestação de serviços de gestão, em especial em

A EMPRESA. A DRIVE Consultoria e Investimento, S.A. (DRIVE CI) dedica-se à prestação de serviços de gestão, em especial em A EMPRESA A DRIVE Consultoria e Investimento, S.A. (DRIVE CI) dedica-se à prestação de serviços de gestão, em especial em áreas onde apresenta factores diferenciadores, como a representação em conselhos

Leia mais

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural, I.P.

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural, I.P. PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural, I.P. PRESS RELEASE Lançamento do MAPA DE BOAS PRÁTICAS DE ACOLHIMENTO E INTEGRAÇÃO DE IMIGRANTES EM PORTUGAL,

Leia mais

Escola Secundária de S. Pedro do Sul (AESPS)

Escola Secundária de S. Pedro do Sul (AESPS) Sala B5 KFS ALEXANDRE DE ALMEIDA SILVA ALEXANDRE HENRIQUE DA ROCHA OLIVEIRA ALEXANDRE MIGUEL DE ALMEIDA PEREIRA ALEXANDRE SILVA FIGUEIREDO ANA CATARINA GOMES MOREIRA ANA CATARINA MARQUES GOMES ANA MARGARIDA

Leia mais

AEP/APCER FORMAÇÃO 2º SEMESTRE 2004

AEP/APCER FORMAÇÃO 2º SEMESTRE 2004 Ed. de Serviços da Exponor, 2º Av. Dr. António Macedo 4450 617 Leça da Palmeira t: 22 999 36 00 f: 22 999 36 01 e-mail: info@apcer.pt www.apcer.pt Formação Empresa 4450-617 Leça da Palmeira t: 22 998 1753

Leia mais

Faça benchmarking com os seus colegas

Faça benchmarking com os seus colegas TRAINING & DEVELOPMENT T&D Sociser empresa 100% Angolana, partner do iir 1º NETWORKING SUMMIT FÓRUM de LÍDERES em Formação e Desenvolvimento de Talentos LUANDA 19 e 20 MARÇO Intervenção Especial do Guru

Leia mais

CRITÉRIO 3: SISTEMA DE DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DO DESEMPENHO

CRITÉRIO 3: SISTEMA DE DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DO DESEMPENHO CRITÉRIO 3: SISTEMA DE DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DO DESEMPENHO Este capítulo inclui: Visão geral O Ciclo de Gestão do Desempenho: Propósito e Objectivos Provas requeridas para a acreditação Outros aspectos

Leia mais

31º Curso Normal de Magistrados para os Tribunais Judiciais

31º Curso Normal de Magistrados para os Tribunais Judiciais A 796 Neuza Soraia Rodrigues Carvalhas Direito e Processual 729 Maria Teresa Barros Ferreira Direito e Processual 938 Rute Isabel Bexiga Ramos Direito e Processual 440 Inês Lopes Raimundo Direito e Processual

Leia mais

Formação em Gestão de Fundos de Investimento Imobiliário 2009. 28 e 29 de Outubro Hotel Trópico, Luanda

Formação em Gestão de Fundos de Investimento Imobiliário 2009. 28 e 29 de Outubro Hotel Trópico, Luanda Formação em Gestão de Fundos de Investimento Imobiliário 2009 28 e 29 de Outubro Hotel Trópico, Luanda Formação em Gestão de Fundos Imobiliários A formação em Gestão de Fundos de Investimento Imobiliário

Leia mais

TURMA 10 H. CURSO PROFISSIONAL DE: Técnico de Multimédia RELAÇÃO DE ALUNOS

TURMA 10 H. CURSO PROFISSIONAL DE: Técnico de Multimédia RELAÇÃO DE ALUNOS Técnico de Multimédia 10 H 7536 Alberto Filipe Cardoso Pinto 7566 Ana Isabel Lomar Antunes 7567 Andreia Carine Ferreira Quintela 7537 Bruno Manuel Martins Castro 7538 Bruno Miguel Ferreira Bogas 5859 Bruno

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES 2014

PLANO DE ACTIVIDADES 2014 PLANO DE ACTIVIDADES 2014 A - INTRODUÇÃO O ano de 2013 que agora termina, foi decisivo para a continuidade da Fundação do Desporto. O Governo, através do Sr. Ministro-Adjunto e dos Assuntos Parlamentares,

Leia mais

Braga, 10 de Janeiro de 2011.

Braga, 10 de Janeiro de 2011. Braga, 10 de Janeiro de 2011. Página 1 de 20 INDICE INTRODUÇÃO... 3 Págs. CARACTERIZAÇÃO DO SERVIÇO DE FORMAÇÃO... 10 BALANÇO DAS ACTIVIDADES DEP. FORMAÇÃO.11 PRIORIDADES DE MELHORIA. 15 CONCLUSÃO.. 16

Leia mais

Estrutura da Norma. 0 Introdução 0.1 Generalidades. ISO 9001:2008 Sistemas de Gestão da Qualidade Requisitos

Estrutura da Norma. 0 Introdução 0.1 Generalidades. ISO 9001:2008 Sistemas de Gestão da Qualidade Requisitos ISO 9001:2008 Sistemas de Gestão da Qualidade Requisitos Gestão da Qualidade e Auditorias (Mestrado em Engenharia Alimentar) Gestão da Qualidade (Mestrado em Biocombustívies) ESAC/João Noronha Novembro

Leia mais

Neves & Freitas Consultores, Lda.

Neves & Freitas Consultores, Lda. A gerência: Cristian Paiva Índice 1. Introdução... 3 2. Apresentação... 4 2.2 Missão:... 4 2.3 Segmento Alvo... 4 2.4 Objectivos... 5 2.5 Parceiros... 5 2.6 Organização... 5 3. Organigrama da empresa...

Leia mais

Escola de Condução Colinas do Cruzeiro

Escola de Condução Colinas do Cruzeiro Escola de Condução Colinas do Cruzeiro MANUAL DA QUALIDADE Índice 1. Índice 1. Índice 2 2. Promulgação do Manual da Qualidade 3 3. Apresentação da Empresa 4 3.1 Identificação da Empresa 4 3.2 Descrição

Leia mais

GESTÃO DA QUALIDADE NA SAÚDE

GESTÃO DA QUALIDADE NA SAÚDE valor acrescentado para a sua carreira GESTÃO DA QUALIDADE NA SAÚDE 2ª edição Coordenação Científica: Prof. Doutor José Miguel Soares Direcção Executiva: Mestre Sérgio Sousa PÓS-GRADUAÇÃO 07/08 Pós-Graduação

Leia mais

Coisas ENTRADA. O que é? Requer um a acção? SSim. Qual é a. Próxim a Acção? Fazer já. Delegar

Coisas ENTRADA. O que é? Requer um a acção? SSim. Qual é a. Próxim a Acção? Fazer já. Delegar GTD em relance Coisas Elim inar Lixo ENTRADA O que é? Requer um a acção? NÃO Incubar Um dia / Talvez Project os Se tiver vários passos qual é o result ado que querem os? S IM Qual é a Próxim a Acção? Arquivar

Leia mais

Tutorial norma ISO 9001

Tutorial norma ISO 9001 Tutorial norma ISO 9001 Docente: Prof. Dr. José Carlos Marques Discentes-Grupo 3: Luciane F. I. Ramos Fonseca Ana Paula C. Vieira Lúcia Melim Ana Paula Neves Funchal, Maio de 2009 1. CERTIFICAÇÃO DA QUALIDADE

Leia mais

Newsletter 32 JULHO 15 1º Semestre 2015

Newsletter 32 JULHO 15 1º Semestre 2015 Newsletter 32 JULHO 15 1º Semestre 2015 A Mcall iniciou, no 1º semestre de 2015, parcerias importantes com dois novos clientes: a Ordem dos Médicos Secção Regional do Sul, em Janeiro, e a Lidl & Cia, em

Leia mais

Regimento do Conselho Municipal de Educação de Odivelas 2010/2013

Regimento do Conselho Municipal de Educação de Odivelas 2010/2013 Regimento do Conselho Municipal de Educação de Odivelas 2010/2013 O Decreto-Lei n.º 7/2003, de 15 de Janeiro, tem por objecto os Conselhos Municipais de Educação, regulando as suas competências e composição,

Leia mais

Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT

Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT Centro Cultural de Belém, Lisboa, 11 de Outubro de 2006 Intervenção do Secretário

Leia mais

Auditorias da Qualidade

Auditorias da Qualidade 10 páginas sobre s da Qualidade "Não olhes para longe, despreocupando-se do que tens perto." [ Eurípedes ] VERSÃO: DATA de EMISSÃO: 9-10-2009 AUTOR: José Costa APROVAÇÃO: Maria Merino DESCRIÇÃO: Constitui

Leia mais

Gestão Empresarial. Comércio e Serviços

Gestão Empresarial. Comércio e Serviços Curso de Gestão Empresarial para Comércio e Serviços PROMOÇÃO: COLABORAÇÃO DE: EXECUÇÃO: APRESENTAÇÃO: > A aposta na qualificação dos nossos recursos humanos constitui uma prioridade absoluta para a Confederação

Leia mais

COMO ELABORAR UM PLANO DE NEGÓCIOS DE SUCESSO

COMO ELABORAR UM PLANO DE NEGÓCIOS DE SUCESSO COMO ELABORAR UM PLANO DE NEGÓCIOS DE SUCESSO 1 Sumário: Conceito e Objectivos Estrutura do PN o Apresentação da Empresa o Análise do Produto / Serviço o Análise de Mercado o Estratégia de Marketing o

Leia mais

Ministério da Educação e Ciência Resultados da 1ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2013

Ministério da Educação e Ciência Resultados da 1ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2013 13897152 ALEXANDRE RIBEIRO DA SILVA Colocado em 0701 9011 11279428 ANA CATARINA MELO DE ALMEIDA Colocada em 0902 14423301 ANA CATARINA VITORINO DA SILVA Colocada em 0604 9229 14306028 ANA JOÃO REMÍGIO

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DO LIVRO

ORGANIZAÇÃO DO LIVRO Prefácio A performance dos serviços públicos constitui um tema que interessa a todos os cidadãos em qualquer país. A eficiência, a quantidade e a qualidade dos bens e serviços produzidos pelos organismos

Leia mais

A procura dos cursos da Escola de Hotelaria e Turismo do Estoril triplicou

A procura dos cursos da Escola de Hotelaria e Turismo do Estoril triplicou Pág: 12 Área: 18,37 x 22,86 cm² Corte: 1 de 5 Entrevista ALEXANDRA PEREIRA Directora da Escola de Hotelaria e Turismo do Estoril A procura dos cursos da Escola de Hotelaria e Turismo do Estoril triplicou

Leia mais

SUCESSÃO EM EMPRESAS FAMILIARES

SUCESSÃO EM EMPRESAS FAMILIARES DOSSIER SUCESSÃO EM EMPRESAS FAMILIARES 23 DOSSIER SUCESSÃO EM EMPRESAS FAMILIARES PROMOÇÃO DO DEBATE SOBRE ASSUNTO ESTÁ ENTRE AS MEDIDAS ESTRATÉGICAS DA NERLEI Em Portugal, estima-se que entre 70 a 80

Leia mais

Curso de Língua Chinesa, Cultura e Dinâmica de Negócios para Empresários e Gestores na China

Curso de Língua Chinesa, Cultura e Dinâmica de Negócios para Empresários e Gestores na China 2ª Edição Curso de Língua Chinesa, Cultura e Dinâmica de Negócios para Empresários e Gestores na China Realizar Negócios na China é o sonho de qualquer empresário, mas pode ser uma realidade para os que

Leia mais

Estudo de Remuneração 2015

Estudo de Remuneração 2015 2015 COMMERCIAL & MARKETING Temporary & permanent recruitment www.pagepersonnel.pt Editorial Page Personnel ir ao encontro do talento A Page Personnel recruta para os seus clientes os melhores perfis qualificados,

Leia mais

Diretor Subdiretores Secretária do Diretor Serviços Administrativos Serviços Financeiros Recursos Humanos Serviço de Alunos Gabinete de

Diretor Subdiretores Secretária do Diretor Serviços Administrativos Serviços Financeiros Recursos Humanos Serviço de Alunos Gabinete de Diretor Subdiretores Secretária do Diretor Serviços Administrativos Serviços Financeiros Recursos Humanos Serviço de Alunos Gabinete de Pós-Graduações e Mestrados Serviços de Gestão Académica Receção /

Leia mais

AS AUDITORIAS INTERNAS

AS AUDITORIAS INTERNAS AS AUDITORIAS INTERNAS Objectivos Gerais Reconhecer o papel das auditorias internas Objectivos Específicos Reconhecer os diferentes tipos de Auditorias Identificar os intervenientes Auditor e Auditado

Leia mais

NEWSLETTER. Uma nova dimensão Gescar. Uma parceria pelas PME. Buscando a excelência a cada passo ANO I SETEMBRO-NOVEMBRO 2011

NEWSLETTER. Uma nova dimensão Gescar. Uma parceria pelas PME. Buscando a excelência a cada passo ANO I SETEMBRO-NOVEMBRO 2011 NEWSLETTER ANO I SETEMBRO-NOVEMBRO 2011 Uma nova dimensão Gescar A Gescar Comunicação existe para dar uma nova dimensão à sua empresa, destacando-a da concorrência e dotando-a de uma identidade única.

Leia mais

PROGRAMA DE GESTÃO E LIDERANÇA LISBOA 2015-16

PROGRAMA DE GESTÃO E LIDERANÇA LISBOA 2015-16 O PGL foi desenhado para profissionais, com mais de 5 anos de experiência, dinâmicos, com grande capacidade de trabalho e ambição de aceder a novas responsabilidades. PROGRAMA DE GESTÃO E LIDERANÇA LISBOA

Leia mais

NO ÂMBITO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE

NO ÂMBITO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE INTRODUÇÃO Página: / Revisão:0 MANUAL DE FUNÇÕES NO ÂMBITO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE XZ Consultores Direção INTRODUÇÃO Página: / Revisão:0 ÍNDICE CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO 1 Mapa de Controlo das Alterações

Leia mais

NOTÍCIAS. Pró Inclusão ANDEE 7. Junho de 2010. Caros associados da Pró Inclusão

NOTÍCIAS. Pró Inclusão ANDEE 7. Junho de 2010. Caros associados da Pró Inclusão Pró Inclusão ANDEE 7 NOTÍCIAS Junho de 2010 ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE DOCENTES DE EDUCAÇÃO ESPECIAL Quinta da Arreinela de Cima, 2800-305 Almada TLM: 927 138 311 - E-mail: proandee@gmail.com Site: http://proinclusao.com.sapo.pt

Leia mais

Percepção de Portugal no mundo

Percepção de Portugal no mundo Percepção de Portugal no mundo Na sequência da questão levantada pelo Senhor Dr. Francisco Mantero na reunião do Grupo de Trabalho na Aicep, no passado dia 25 de Agosto, sobre a percepção da imagem de

Leia mais

CURRICULUM VITAE JOSÉ GABRIEL PAIXÃO CALIXTO

CURRICULUM VITAE JOSÉ GABRIEL PAIXÃO CALIXTO CURRICULUM VITAE JOSÉ GABRIEL PAIXÃO CALIXTO ECONOMISTA Janeiro, 2006 Rua Marquês de Pombal, Nº 17 7200-389 Reguengos de Monsaraz Telemóvel: +351 964 895 518 jose.calixto@netcabo.pt C URRICULUM VITAE JOSÉ

Leia mais

CONHECER O COMISSARIADO DA AUDITORIA

CONHECER O COMISSARIADO DA AUDITORIA CONHECER O COMISSARIADO DA AUDITORIA PARTE I - MISSÃO, VALORES, VISÃO E LINHAS DE ORIENTAÇÃO ESTRATÉGICA DO COMISSARIADO DA AUDITORIA O Comissariado da Auditoria (CA) funciona como órgão independente na

Leia mais

O SISTEMA DA QUALIDADE DA ÁGUAS DO CÁVADO, S.A. Processo de transição para a ISO 9001:2000

O SISTEMA DA QUALIDADE DA ÁGUAS DO CÁVADO, S.A. Processo de transição para a ISO 9001:2000 O SISTEMA DA QUALIDADE DA ÁGUAS DO CÁVADO, S.A. Processo de transição para a ISO 9001:2000 Filomena PEIXOTO Eng.ª Biológica, Águas do Cávado, S.A., Lugar de Gaído, 4755-045, Areias de Vilar, +351.253.919020,

Leia mais

Sistema de Gestão da Qualidade e Certificação. Nuno Gonçalves

Sistema de Gestão da Qualidade e Certificação. Nuno Gonçalves Sistema de Gestão da Qualidade e Certificação Nuno Gonçalves Aeroporto de Faro Missão A ANA - Aeroportos de Portugal, SA tem como missão gerir de forma eficiente as infra-estruturas aeroportuárias a seu

Leia mais

PROGRAMA STEP BY STEP

PROGRAMA STEP BY STEP PROGRAMA STEP BY STEP A Nossa Dica para um Processo de Internacionalização com Sucesso Antes de decidir exportar ou internacionalizar conheça primeiro o mercado. Todos sabemos que hoje o desígnio nacional

Leia mais

ÍNDICE 1. A ORGANIZAÇÃO 2. O SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE 3. REDE DE PROCESSOS 1.1 NOTA INTRODUTÓRIA DA DIRECÇÃO 1.2 O CENTRO SOCIAL E A SUA ACÇÃO

ÍNDICE 1. A ORGANIZAÇÃO 2. O SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE 3. REDE DE PROCESSOS 1.1 NOTA INTRODUTÓRIA DA DIRECÇÃO 1.2 O CENTRO SOCIAL E A SUA ACÇÃO MANUAL DA QUALIDADE ÍNDICE 1. A ORGANIZAÇÃO 1.1 NOTA INTRODUTÓRIA DA DIRECÇÃO 1.2 O CENTRO SOCIAL E A SUA ACÇÃO 1.3 VISÃO, MISSÃO E VALORES 1.4 ESTRUTURA ORGANIZACIONAL 1.4.1 RESPONSABILIDADES E AUTORIDADES

Leia mais

5. Esquema do processo de candidatura

5. Esquema do processo de candidatura Projecto e colecção de perguntas e respostas sobre o Exame Unificado de Acesso (disciplinas de Língua e Matemática) das quatro instituições do ensino superiorde Macau I Contexto Cada instituição do ensino

Leia mais

CONVOCATÓRIA ASSEMBLEIA-GERAL EXTRAORDINÁRIA ASSEMBLEIA-GERAL EXTRAORDINÁRIA ORDEM DE TRABALHOS

CONVOCATÓRIA ASSEMBLEIA-GERAL EXTRAORDINÁRIA ASSEMBLEIA-GERAL EXTRAORDINÁRIA ORDEM DE TRABALHOS CONVOCATÓRIA ASSEMBLEIA-GERAL EXTRAORDINÁRIA Ao abrigo do n.º 5 e do n.º 2 do artigo 17º, dos artigos 16º, 34º e da alínea a) do n.º 2 do artigo 23º dos Estatutos, convoco os senhores Associados para uma

Leia mais

A Distribuição Moderna no Sec. XXI 28 Março 2011. Certificação da Qualidade Aplicada ao Sistema de Gestão da Marca Própria

A Distribuição Moderna no Sec. XXI 28 Março 2011. Certificação da Qualidade Aplicada ao Sistema de Gestão da Marca Própria Certificação da Qualidade Aplicada ao Sistema de Gestão da Marca Própria PROGRAMA Qualidade Produto Marca Própria - Distribuição Princípios da Qualidade/ ISO 9001 Certificação/Processo de Certificação

Leia mais

MEMORANDO N.º 06/2010

MEMORANDO N.º 06/2010 JOAQUIM FERNANDO DA CUNHA GUIMARÃES Licenciado em Gestão de Empresas (U. Minho) Mestre em Contabilidade e Auditoria (U. Minho) Revisor Oficial de Contas n.º 790 Técnico Oficial de Contas n.º 2586 Docente

Leia mais

Agrupamento de Escolas Professor Agostinho da Silva Nº Escola: 171888 Nº Horário: 51

Agrupamento de Escolas Professor Agostinho da Silva Nº Escola: 171888 Nº Horário: 51 Nº Horário: 51 4625160693 Sofia Margarida Santos Ferreira Admitido 7197226139 Mónica Sofia Jesus Mateus Admitido 6392341730 Gonçalo Jorge Fernandes Rodrigues Fiúza Admitido 7816555741 Dora Maria Gonçalves

Leia mais

A Concepção da Ideia

A Concepção da Ideia A Concepção da Ideia Inov@emprego - Fórum do emprego, formação e empreendedorismo do litoral alentejano Tiago Santos Sines, 7 de Novembro de 2008 Sines Tecnopolo O Sines Tecnopolo é uma associação de direito

Leia mais

ACEF/1112/03877 Relatório preliminar da CAE

ACEF/1112/03877 Relatório preliminar da CAE ACEF/1112/03877 Relatório preliminar da CAE Caracterização do ciclo de estudos Perguntas A.1 a A.10 A.1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora: Universidade Da Beira Interior A.1.a. Identificação

Leia mais

Programa de Candidatura Eleições da FPAMC 2012

Programa de Candidatura Eleições da FPAMC 2012 Programa de Candidatura Eleições da FPAMC 2012 O candidato a Presidente Paulo Araújo Fundador da Federação Portuguesa de Artes Marciais Chinesas - 1992 Cidadão português, nascido em Angola (uma das antigas

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA

ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA Curso: Biologia e Biotecnologia Sara Catarina Oliveira da Silva Curso: Ciência e Tecnologia Alimentar Paulo Sérgio de Carvalho Curso: Engenharia Agronómica Marcelo Filipe da Cunha

Leia mais

BIOÉTICA E ÉTICA MÉDICA

BIOÉTICA E ÉTICA MÉDICA BIOÉTICA E ÉTICA MÉDICA CIDES EXT. TELEFONE Direção - Doutor Rui Nunes 26845 220426845 Lic. Filipa Santos (Secretariado) 26840 220426840 Doutora Guilhermina Rego 26844 220426844 Mestre Ivone Duarte 26841

Leia mais

A gestão da qualidade e a série ISO 9000

A gestão da qualidade e a série ISO 9000 A gestão da qualidade e a série ISO 9000 Seminário QUALIDADE E EXCELÊNCIA NA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃ ÇÃO FLUP 3 Novembro 2005 3 Novembro 2005 Maria Beatriz Marques / APQ-DRN A gestão da qualidade e a série

Leia mais

Academia Nacional de Medicina de Portugal

Academia Nacional de Medicina de Portugal Academia Nacional de Medicina de Portugal Apontamentos e recordações João Ribeiro da Silva* 1 Em 1991 a Sociedade das Ciências Médicas de Lisboa, a que nessa data eu presidia e da qual era secretário geral

Leia mais

AMIGOS DO PROJECTO. Ler é sonhar pela mão de outrem. Fernando Pessoa, Livro do Desassossego

AMIGOS DO PROJECTO. Ler é sonhar pela mão de outrem. Fernando Pessoa, Livro do Desassossego Ler é sonhar pela mão de outrem. Fernando Pessoa, Livro do Desassossego AMIGOS DO PROJECTO O projecto Ler Mais e Escrever Melhor nasceu a 17 de Julho de 2008. Encontra-se numa fase de vida a infância que

Leia mais

Microcrédito Millennium bcp

Microcrédito Millennium bcp Microcrédito Millennium bcp 1 Índice 1. Rede Autónoma de Microcrédito do Millennium Bcp Intervenção na vertente social Parceiros envolvidos Evolução do Microcrédito 2. Modelo de Negócio Missão do Microcrédito

Leia mais

XXVIII. Qualidade do Novo Edifício Hospitalar ÍNDICE

XXVIII. Qualidade do Novo Edifício Hospitalar ÍNDICE XXVIII Qualidade do Novo Edifício Hospitalar ÍNDICE 1. Sistema de gestão de qualidade... 2 1.1 Objectivos do sistema... 2 1.2 Estrutura organizativa... 4 1.2.1 Organização interna... 4 1.2.2 Estrutura

Leia mais

Bom dia, Senhoras e Senhores. Introdução

Bom dia, Senhoras e Senhores. Introdução Bom dia, Senhoras e Senhores Introdução Gostaria de começar por agradecer o amável convite que o Gabinete do Parlamento Europeu em Lisboa me dirigiu para participar neste debate e felicitar os organizadores

Leia mais

De acordo com os objectivos previamente definidos para esta investigação, apresentamos de seguida as respectivas conclusões:

De acordo com os objectivos previamente definidos para esta investigação, apresentamos de seguida as respectivas conclusões: 7.1 Conclusões De acordo com os objectivos previamente definidos para esta investigação, apresentamos de seguida as respectivas conclusões: 1 - Descrever os instrumentos/modelos de gestão e marketing estratégicos

Leia mais

PARA QUE A TERRA E OS HOMENS PRODUZAM O MELHOR

PARA QUE A TERRA E OS HOMENS PRODUZAM O MELHOR PARA QUE A TERRA E OS HOMENS PRODUZAM O MELHOR 56 ANOS DE DESENVOLVIMENTO AO SERVIÇO DA NUTRIÇÃO O Grupo Roullier nasce nas docas de Saint-Malo em 1959, quando o seu fundador, Daniel Roullier, adquire

Leia mais

O andebol oferece-me coisas que a faculdade não tem é a demonstração de carácter

O andebol oferece-me coisas que a faculdade não tem é a demonstração de carácter O andebol oferece-me coisas que a faculdade não tem é a demonstração de carácter Aos 24 anos Ricardo Pesqueira tem já um longo percurso andebolístico. Cresceu para o desporto no Águas Santas, mas no currículo

Leia mais

Secção I. ƒ Sistemas empresariais cruzados

Secção I. ƒ Sistemas empresariais cruzados 1 Secção I ƒ Sistemas empresariais cruzados Aplicações empresariais cruzadas 2 ƒ Combinações integradas de subsistemas de informação, que partilham recursos informativos e apoiam processos de negócio de

Leia mais

EDIÇÃO 2011/2012. Introdução:

EDIÇÃO 2011/2012. Introdução: EDIÇÃO 2011/2012 Introdução: O Programa Formação PME é um programa financiado pelo POPH (Programa Operacional Potencial Humano) tendo a AEP - Associação Empresarial de Portugal, como Organismo Intermédio,

Leia mais

PROGRAMA DE FORMAÇÃO 2008

PROGRAMA DE FORMAÇÃO 2008 PROGRAMA DE FORMAÇÃO 2008 ÁREA ALIMENTAR GESTÃO DE SERVIÇOS DE ALIMENTAÇÃO Formador: Eng. João Bruno da Costa TRIVALOR, SGPS NUTRIÇÃO Formador: Dr. Lino Mendes - ESTeSL - Escola Superior de Tecnologia

Leia mais

Implementar um Sistema de Gestão da Qualidade na Valência de Creche. Helena Correia

Implementar um Sistema de Gestão da Qualidade na Valência de Creche. Helena Correia Implementar um Sistema de Gestão da Qualidade na Valência de Creche Helena Correia Apresentação do Recreio do João O Recreio do João é uma Cooperativa de Solidariedade Social com equiparação a IPSS; Possui

Leia mais