Diálogo com Stakeholders: Políticas e Formas de Estimular Inovações Ambientais nas Empresas

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Diálogo com Stakeholders: Políticas e Formas de Estimular Inovações Ambientais nas Empresas"

Transcrição

1 Encontro Anual do Centro de Referência em Inovação Minas - CRI Minas/FDC Diálogo com Stakeholders: Políticas e Formas de Estimular Inovações Ambientais nas Empresas Evaldo Vilela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior Belo Horizonte Outubro 2012

2 PARQUES TECNOLÓGICOS BH-TEC - BELO HORIZONTE AREAS: Multi TECNOPARQ VIÇOSA AREAS: Agronegócio Biotecnologia TI PCTI ITAJUBÁ AREAS: Engenharias Energia

3 INCUBADORAS IMPACTOS : Nº de Empresas: 219 Faturamento: R$ 124 milhões novos produtos/serviços inovadores; novos postos de trabalho; Impostos: R$ 14,7 milhões Investimento Governo: R$ 7,8 milhões

4 SISTEMA MINEIRO DE INOVAÇÃO Editais Induzidos Encontros de Inovação Inove em Minas Site Rede Social de Inovação Aberta Programa de Empreendedorismo na Pós- Graduação

5 OFERTE tecnologia. Divulgue suas pesquisas para transformar o conhecimento em produtos inovadores. DEMANDE tecnologia. Lance desafios tecnológicos e busque por pesquisadores que possam solucioná-los.

6 Encontre pesquisadores,empresas e oportunidades. CONECTE-SE ÀS PESSOAS. Conecte uma oferta a uma demanda tecnológica. PRATIQUE INOVAÇÃO ABERTA. Navegue no mundo da informação. COMPARTILHE SEU CONHECIMENTO.

7 SIMI ENCONTROS DE INOVAÇÃO Integração entre ICTs, empresas e governo. Criação de business opportunities entre os participantes e transferência de tecnologia e conhecimento, com expansão do network.

8 PARTICIPANTES DOS ENCONTROS Empresas ICTs

9 Atração de Centros de P&D Empresas Atraídas GE Transportation Tecnologias IPTV Eletrônica Orgânica (Tickets inteligentes) Motor Bicombustível Para Locomotivas Realidade Virtual Para Mineradoras Recursos Atraídos R$ 28 milhões Benefícios Geração Inicial de 101 Empregos de Qualidade

10 Parque Tecnológico

11 CT MM CT VACINAS CT FARMBIO

12 Programa Mineiro de Empreendedorismo na Pós- Graduação

13 PROGRAMA MINEIRO DE EMPREENDEDORISMO NA PÓS GRADUAÇÃO

14 PROGRAMA MINEIRO DE EMPREENDEDORISMO NA PÓS GRADUAÇÃO

15 PREMIO ANPROTEC 2011 Melhor projeto de promoção da cultura do empreendedorismo inovador

16 EDITAIS INDUZIDOS Lançamento do Edital Whirlpool Mapeamento de grupos de pesquisa Oportunidade de integração com empresa Envio das propostas Fiat

17 PROGRAMA DE INCENTIVO A INOVAÇÃO

18 CLUSTERS Bioenergia Software Biotech Eletronica e Telecomunicação

19 POLOS DE EXCELÊNCIA Água Genética Animal Polos de Inovação Inovacao Ambiental Floresta Leite Mineral & Metalurgia Café

20 2011

21 Âncora do Polo: Instituto Inhotim

22

23

24 CIDADE DAS ÁGUAS UNESCO-HIDROEX

25 CIDADE DA CIÊNCIA DO CONHECIMENTEO Área Temática Urbana com a presença de Instituições de P&D, Educação Superior, Fomento de C&T eculturais

26 REDE DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL 361 Municípios beneficiados Telecentro CVT UAITEC Maior programa do Brasil Capacitação: 91 mil EAD 23 mil presenciais 955 empreendedorismo e Plano de Negócio

27 Product Space Minas Gerais PROXIMOS PASSOS

28 Product Space Minas Gerais Teoria das Capabilities (grande e complexo conjunto de recursos tangíveis e intangíveis) Indicadores: Proximidade entre produtos; Sofisticação de produtos; Complexidade econômica. Fonte: Hidalgo, C. e Hausmann, R.

29 Product Space Minas Gerais O que é o Product Space? Representação formal da interligação de produtos na economia mundial. Iluminar o caminho para o desenvolvimento econômico.

30 Product Space Minas Gerais

31 Product Space Minas Gerais Objetivos - Orientar a política de desenvolvimento econômico, indicando os caminhos que podem ser mais exitosos no processo de agregação de valor. - Ser um critério adicional para priorização dos setores nas ações do governo voltadas para a agregação de valor e adensamento da estrutura produtiva. - Orientar a política de atração ativa e a decisão de investimento.

32 Obrigado!

Hélice Tríplice. Henry Etzkowitz e Loet Leydesdorff. Universidades (ciência conhecimento)

Hélice Tríplice. Henry Etzkowitz e Loet Leydesdorff. Universidades (ciência conhecimento) Hélice Tríplice Henry Etzkowitz e Loet Leydesdorff Universidades (ciência conhecimento) Empresas (produtos e serviços) Governos (setor regulador e fomentador da atividade econômica) Inovação aberta visando

Leia mais

PROGRAMAS E INCENTIVOS À INOVAÇÃO PARA EMPRESAS

PROGRAMAS E INCENTIVOS À INOVAÇÃO PARA EMPRESAS PROGRAMAS E INCENTIVOS À INOVAÇÃO PARA EMPRESAS Evaldo F. Vilela - Ph.D. Secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais. Lei Federal de Inovação LEI Nº 10.973, DE 2 DE DEZEMBRO

Leia mais

Fomento à Inovação e Negócios em Ciências da Vida em Belo Horizonte

Fomento à Inovação e Negócios em Ciências da Vida em Belo Horizonte Fomento à Inovação e Negócios em Ciências da Vida em Belo Horizonte Atração de Investimentos, Promoção Comercial e Projeção Internacional Eduardo Bernis Secretaria Municipal de Desenvolvimento Belo Horizonte

Leia mais

Uma plataforma inovadora que agrega. valor às análises econômicas e ao acesso a dados públicos

Uma plataforma inovadora que agrega. valor às análises econômicas e ao acesso a dados públicos Uma plataforma inovadora que agrega valor às análises econômicas e ao acesso a dados públicos Projeto surge de relações estabelecidas pelo Governo de Minas e o MIT Media Lab Interação entre Minas Gerais

Leia mais

EQPS Belo Horizonte. Política de Software e Serviços: Política Industrial & Plano de Ação C,T&I 2007-2010

EQPS Belo Horizonte. Política de Software e Serviços: Política Industrial & Plano de Ação C,T&I 2007-2010 EQPS Belo Horizonte Política de Software e Serviços: Política Industrial & Plano de Ação C,T&I 2007-2010 Antenor Corrêa Coordenador-Geral de Software e Serviços Ministério da Ciência e Tecnologia Secretaria

Leia mais

Sistema Mineiro de Inovação Simi

Sistema Mineiro de Inovação Simi Sistema Mineiro de Inovação Simi Centro de Referência de Inovação Minas CRI Minas - FDC Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior Belo Horizonte Março 2011 Parques Tecnológicos Viçosa

Leia mais

Metas prioritárias do governo

Metas prioritárias do governo Metas prioritárias do governo Planejar e implantar parques tecnológicos em três municípios do estado com infraestrutura de redes de fibra ótica Parque de Ciência e Tecnologia Guamá Belém - PA Parque de

Leia mais

Apresentação Institucional. Instrumentos de apoio. Evolução dos recursos. Apresentação de propostas

Apresentação Institucional. Instrumentos de apoio. Evolução dos recursos. Apresentação de propostas FINEP Financiadora de Estudos e Projetos Agência Brasileira de Inovação da Finep São Paulo, 28/04/2009 O desenvolvimento das economias modernas demonstra o papel fundamental que, nesse processo, compete

Leia mais

AGENDA. Impacto na Região Linhas Estratégicas

AGENDA. Impacto na Região Linhas Estratégicas AGENDA Como Surgiu Situação Atual Variáveis Importantes Governança Conquistas Impacto na Região Linhas Estratégicas Rodrigo Fernandes Coordenador Executivo da COMTEC Como Surgiu A T.I. surgiu para prover

Leia mais

ASSESSORIA ADJUNTA DE. Gerência de Propriedade Intelectual Gerência de Inovação

ASSESSORIA ADJUNTA DE. Gerência de Propriedade Intelectual Gerência de Inovação ASSESSORIA ADJUNTA DE INOVAÇÃO Gerência de Propriedade Intelectual Gerência de Inovação Estruturar o ambiente de inovação - Como ampliar o papel das universidades (instituições de pesquisa) no desenvolvimento

Leia mais

Projeto: Rede MERCOSUL de Tecnologia

Projeto: Rede MERCOSUL de Tecnologia ANEXO XIII XXXIII REUNIÓN ESPECIALIZADA DE CIENCIA Y TECNOLOGÍA DEL MERCOSUR Asunción, Paraguay 1, 2 y 3 de junio de 2005 Gran Hotel del Paraguay Projeto: Rede MERCOSUL de Tecnologia Anexo XIII Projeto:

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 1.049, DE 19 DE JUNHO DE 2008 (Lei Paulista de Inovação)

LEI COMPLEMENTAR Nº 1.049, DE 19 DE JUNHO DE 2008 (Lei Paulista de Inovação) LEI COMPLEMENTAR Nº 1.049, DE 19 DE JUNHO DE 2008 (Lei Paulista de Inovação) Dante Martinelli Coordenador de Ciência, Tecnologia e Inovação da Secretaria de Desenvolvimento do Estado de São Paulo A Lei

Leia mais

Impacto do Fundo Social na Ciência e Tecnologia e Política Industrial

Impacto do Fundo Social na Ciência e Tecnologia e Política Industrial Impacto do Fundo Social na Ciência e Tecnologia e Política Industrial Ronaldo Mota Secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação Comissão Especial Pré-Sal / Fundo Social Câmara dos Deputados 6 de

Leia mais

Núcleo de Capital Inovador. Estratégia de Inovação e Difusão Tecnológica

Núcleo de Capital Inovador. Estratégia de Inovação e Difusão Tecnológica Núcleo de Capital Inovador Estratégia de Inovação e Difusão Tecnológica Anápolis cenário atual Segunda maior cidade do estado, com mais de 335 mil habitantes; 4,7 bilhões de reais de produto interno bruto,

Leia mais

PROGRAMA NACIONAL DE APOIO ÀS INCUBADORAS DE EMPRESAS E PARQUES TECNOLÓGICOS P N I. Ministério da Ciência e Tecnologia

PROGRAMA NACIONAL DE APOIO ÀS INCUBADORAS DE EMPRESAS E PARQUES TECNOLÓGICOS P N I. Ministério da Ciência e Tecnologia PROGRAMA NACIONAL DE APOIO ÀS INCUBADORAS DE EMPRESAS E PARQUES TECNOLÓGICOS P N I 10/11/2008 Ministério da Ciência e Tecnologia Configuração da Política de Estado Gestão Compartilhada MCT/MDIC/MEC/MS/MAPA/MF/M

Leia mais

Programa SENAI de apoio à competitividade da indústria brasileira

Programa SENAI de apoio à competitividade da indústria brasileira Programa SENAI de apoio à competitividade da indústria brasileira Ações MEI Políticas de caráter horizontal (incentivos fiscais, crédito, melhoria de marcos regulatórios); Políticas para setores estratégicos;

Leia mais

Agenda de Políticas para Inovação. Brasília, 14 de fevereiro de 2013

Agenda de Políticas para Inovação. Brasília, 14 de fevereiro de 2013 Agenda de Políticas para Inovação Brasília, 14 de fevereiro de 2013 Recursos Humanos para Inovação Horácio Lafer Piva - Klabin A Agenda Promover uma mudança no ensino brasileiro com direcionamento claro

Leia mais

Ana possui uma promissora. Ambiente virtual para inovar

Ana possui uma promissora. Ambiente virtual para inovar Ambiente virtual para inovar Secti lança Portal Paraense de Inovação para conectar atores estratégicos e aumentar investimento em inovação no Pará Por Igor de Souza Ana possui uma promissora empresa de

Leia mais

MACRO-OBJETIVOS DO PROGRAMA MACRO-METAS DO PROGRAMA LINHA DO TEMPO

MACRO-OBJETIVOS DO PROGRAMA MACRO-METAS DO PROGRAMA LINHA DO TEMPO MACRO-OBJETIVOS DO PROGRAMA 1- FORTALECER O SETOR DE SOFTWARE E SERVIÇOS DE TI, NA CONCEPÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIAS AVANÇADAS; 2- CRIAR EMPREGOS QUALIFICADOS NO PAÍS; 3- CRIAR E FORTALECER EMPRESAS

Leia mais

Ana Lúcia Vitale Torkomian. Secretária Adjunta de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência e Tecnologia

Ana Lúcia Vitale Torkomian. Secretária Adjunta de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência e Tecnologia Sessão Plenária 5: Programas Nacionais de Estímulo e Apoio às Incubadoras de Empresas e Parques Tecnológicos Ana Lúcia Vitale Torkomian Secretária Adjunta de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério

Leia mais

Estratégias do CNPq para a Pesquisa e Inovação

Estratégias do CNPq para a Pesquisa e Inovação Estratégias do CNPq para a Pesquisa e Inovação Dr. Glaucius Oliva Presidente CNPq Publicações Matrículas no Ensino Superior Docentes com Doutorado Orçamento - MCTI Orçamento - CNPq Orçamento - Capes Orçamento

Leia mais

Financiadora de Estudos e Projetos. Agência Brasileira de Inovação

Financiadora de Estudos e Projetos. Agência Brasileira de Inovação Financiadora de Estudos e Projetos Agência Brasileira de Inovação Missão da FINEP Promover e financiar a Inovação e a Pesquisa científica e tecnológica em: Empresas; Universidades; Centros de pesquisa;

Leia mais

Desafios para implantação de Incubadora de Empresas no Amazonas

Desafios para implantação de Incubadora de Empresas no Amazonas Desafios para implantação de Incubadora de Empresas no Amazonas Experiência da Fucapi Incubadora de Tecnologia Euler G. M. de Souza Dimas J. Lasmar Agenda Incubação de Empresas Incubadoras no Amazonas

Leia mais

Reunião do Fórum das Entidades Empresariais de Santa Maria

Reunião do Fórum das Entidades Empresariais de Santa Maria Reunião do Fórum das Entidades Empresariais de Santa Maria Santa Maria, 15 de Outubro de 2012 Pauta: 1) Contexto da Economia Criativa no Brasil de acordo com o Plano da Secretaria da Economia Criativa

Leia mais

POLÍTICAS PÚBLICAS DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E

POLÍTICAS PÚBLICAS DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E POLÍTICAS PÚBLICAS DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO CARTA SÃO PAULO 2006 1 CARTA SÃO PAULO 2006 Visão para inovação, competitividade e renda. Reunidos na cidade de São Paulo-SP, no dia 25 de agosto de

Leia mais

Eficiência energética, como ser competitivo, sustentável e inovador na atualidade

Eficiência energética, como ser competitivo, sustentável e inovador na atualidade Eficiência energética, como ser competitivo, sustentável e inovador na atualidade O papel do Governo do ES por meio da Secretaria da Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional e Trabalho 1 Planejamento

Leia mais

A EVOLUÇÃO DO EMPREENDEDORISMO ACADÊMICO NA COPPE/UFRJ: uma análise sobre a influência do ambiente institucional no perfil dos spin-offs criados

A EVOLUÇÃO DO EMPREENDEDORISMO ACADÊMICO NA COPPE/UFRJ: uma análise sobre a influência do ambiente institucional no perfil dos spin-offs criados A EVOLUÇÃO DO EMPREENDEDORISMO ACADÊMICO NA COPPE/UFRJ: uma análise sobre a influência do ambiente institucional no perfil dos spin-offs criados Thiago Borges Renault Marcus Vinícius de Araujo Fonseca

Leia mais

RELATÓRIO DO ENCONTRO DE PESQUISADORES ENVOLVIDOS COM INOVAÇÃO E EMPREENDEDORISMO NA UFPEL

RELATÓRIO DO ENCONTRO DE PESQUISADORES ENVOLVIDOS COM INOVAÇÃO E EMPREENDEDORISMO NA UFPEL RELATÓRIO DO ENCONTRO DE PESQUISADORES ENVOLVIDOS COM INOVAÇÃO E EMPREENDEDORISMO NA UFPEL No dia 06 de fevereiro de 0, às h, reuniram-se, no Auditório do Prédio B da Epidemiologia, alguns pesquisadores

Leia mais

REGIME: Sociedade por ações de capital fechado, economia mista e com personalidade jurídica de direito privado

REGIME: Sociedade por ações de capital fechado, economia mista e com personalidade jurídica de direito privado Autorização Legislativa - Lei nº 12.439 de 18 de outubro de 2007 Assembleia de Fundação em 14/12/2007 REGIME: Sociedade por ações de capital fechado, economia mista e com personalidade jurídica de direito

Leia mais

PROGRAMA DE APOIO À INOVAÇÃO EM MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE NO ESTADO DO PARANÁ

PROGRAMA DE APOIO À INOVAÇÃO EM MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE NO ESTADO DO PARANÁ PROGRAMA DE APOIO À INOVAÇÃO EM MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE NO ESTADO DO PARANÁ Atribuições FINEP (Concedente) Promotora, financiadora e normatizadora do Programa TECNOVA em âmbito nacional.

Leia mais

Programa Operacional Regional Alentejo 2014/2020

Programa Operacional Regional Alentejo 2014/2020 Programa Operacional Regional Alentejo 2014/2020 Universidade de Évora, 10 de março de 2015 Identidade, Competitividade, Responsabilidade Lezíria do Tejo Alto Alentejo Alentejo Central Alentejo Litoral

Leia mais

Sistema Mineiro de Inovação - Simi. inove em Minas

Sistema Mineiro de Inovação - Simi. inove em Minas Sistema Mineiro de Inovação - Simi inove em Minas inove em Minas Índice Minas Gerais em Números Introdução Governador do Estado de Minas Gerais Secretário de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior Secretário

Leia mais

A Engenharia e o Desenvolvimento Regional. Palestrante: Prof. Dr. Ivaldo Leão Ferreira Professor Adjunto II VEM/EEIMVR/UFF

A Engenharia e o Desenvolvimento Regional. Palestrante: Prof. Dr. Ivaldo Leão Ferreira Professor Adjunto II VEM/EEIMVR/UFF A Engenharia e o Desenvolvimento Regional A Engenharia e o Desenvolvimento Regional Resumo A importância da qualidade e diversidade na formação do corpo de engenheiros regionais e a integração da indústria

Leia mais

- ATENÇÃO PESQUISADORES -

- ATENÇÃO PESQUISADORES - - ATENÇÃO PESQUISADORES - Informamos abaixo os últimos editais para fomento à pesquisa divulgados pela FAPESB e CNPQ, para conhecimento e possível envio de propostas de projetos: Órgão Responsável: FAPESP

Leia mais

O apoio do BNDES à Inovação por meio do Capital de Risco

O apoio do BNDES à Inovação por meio do Capital de Risco O apoio do BNDES à Inovação por meio do Capital de Risco CNI-MEI São Paulo, 19 de outubro de 2015 Agenda Atuação da BNDESPAR em Capital de Risco Participações diretas Participações por meio de Fundos de

Leia mais

PROGRAMA RS TECNÓPOLE. Outubro de 2013.

PROGRAMA RS TECNÓPOLE. Outubro de 2013. PROGRAMA Outubro de 2013. Programa Estadual que visa o desenvolvimento regional através do desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação em todas as regiões do Estado do Rio Grande do Sul, objetivando

Leia mais

Política de Software e Serviços

Política de Software e Serviços Política de Software e Serviços Encontro de Qualidade e Produtividade em Software - Brasília Dezembro / 2003 Ministério da Ciência e Tecnologia Secretaria de Política de Informática e Tecnologia Antenor

Leia mais

Inovação & Sustentabilidade

Inovação & Sustentabilidade Inovação & Sustentabilidade O Sapiens Parque O Sapiens Parque Projeto de Desenvolvimento Regional que integra público e privado Novo conceito: Parque de Inovação Idealizado para promover : turismo, serviços

Leia mais

Perspectivas para a indústria farmacêutica brasileira, seus investimentos e suas pesquisas. Ministério da Saúde Brasília, 12 de agosto de 2015

Perspectivas para a indústria farmacêutica brasileira, seus investimentos e suas pesquisas. Ministério da Saúde Brasília, 12 de agosto de 2015 Perspectivas para a indústria farmacêutica brasileira, seus investimentos e suas pesquisas Ministério da Saúde Brasília, 12 de agosto de 2015 POLÍTICA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA Define a assistência

Leia mais

X Encontro de Propriedade Intelectual e Comercialização de Tecnologia. Redes de Propriedade Intelectual no Brasil

X Encontro de Propriedade Intelectual e Comercialização de Tecnologia. Redes de Propriedade Intelectual no Brasil Rede Temática de Propriedade Intelectual, Cooperação,Negociação e Comercialização de Tecnologia X Encontro de Propriedade Intelectual e Comercialização de Tecnologia Redes de Propriedade Intelectual no

Leia mais

Apoios à Internacionalização e à Inovação. António Costa da Silva Santarém, 26 de setembro de 2014

Apoios à Internacionalização e à Inovação. António Costa da Silva Santarém, 26 de setembro de 2014 Apoios à Internacionalização e à Inovação António Costa da Silva Santarém, 26 de setembro de 2014 ALENTEJO PRIORIDADES PARA UMA ESPECIALIZAÇÃO INTELIGENTE 1. Alimentar e Floresta 2. Recursos Naturais,

Leia mais

BDMG. Linhas de financiamento para INOVAÇÃO

BDMG. Linhas de financiamento para INOVAÇÃO BDMG Linhas de financiamento para INOVAÇÃO Setembro/2015 Portfólio BDMG em Inovação Participação em fundos de investimento BDMG TEC Estruturação de parques tecnológicos Financiamentos a projetos inovadores

Leia mais

SERVIÇOS E MEDIDAS UTILIZADOS PELO SEBRAE PARA A PROMOÇÃO DA INOVAÇÃO E DA CRIATIVIDADE NO AMBIENTE DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO BRASIL

SERVIÇOS E MEDIDAS UTILIZADOS PELO SEBRAE PARA A PROMOÇÃO DA INOVAÇÃO E DA CRIATIVIDADE NO AMBIENTE DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO BRASIL SERVIÇOS E MEDIDAS UTILIZADOS PELO SEBRAE PARA A PROMOÇÃO DA INOVAÇÃO E DA CRIATIVIDADE NO AMBIENTE DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO BRASIL Paulo Íris Ferreira SEMINÁRIO SOBRE PROPRIEDADE INDUSTRIAL E PEQUENAS

Leia mais

*Palestra Proferida em 03/10/2009, Joinville - ENCONAMPE,**Economista, Ms, Prof. Coord. de Projetos, Área Inovação- FAPESC

*Palestra Proferida em 03/10/2009, Joinville - ENCONAMPE,**Economista, Ms, Prof. Coord. de Projetos, Área Inovação- FAPESC POLÍTICA CATARINENSE DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO e FONTES DE RECURSOS PARA INOVAÇÃO * Jesiel de Marco Gomes** *Palestra Proferida em 03/10/2009, Joinville - ENCONAMPE,**Economista, Ms, Prof. Coord.

Leia mais

Workshop sobre Apoio a Empresas de Base Tecnológica em SP Secretaria de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico FAPESP

Workshop sobre Apoio a Empresas de Base Tecnológica em SP Secretaria de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico FAPESP Workshop sobre Apoio a Empresas de Base Tecnológica em SP Secretaria de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico FAPESP Aluysio Asti Superintendente da Área de Planejamento- BNDES Abril/2006 Marcos

Leia mais

Doutorado Industrial na Rede Nacional de Institutos SENAI de Inovação

Doutorado Industrial na Rede Nacional de Institutos SENAI de Inovação Doutorado Industrial na Rede Nacional de Institutos SENAI de Inovação Como Ação Estruturante do Programa SENAI de Apoio à Competitividade da Indústria Brasileira SENAI Departamento Nacional Brasília, 13

Leia mais

Tributação e Incentivos à Inovação

Tributação e Incentivos à Inovação VIII Seminário do Setor de Saúde - BRITCHAM Tributação e Incentivos à Inovação São Paulo/SP, 17 de junho de 2009 Inovação Tecnológica no Brasil 30% das empresas industriais realizam algum tipo de inovação

Leia mais

{ 2 } Parque Tecnológico Capital Digital

{ 2 } Parque Tecnológico Capital Digital { 2 } Parque Tecnológico Capital Digital { 3 } 1. INTRODUÇÃO: PARQUE TECNOLÓGICO CAPITAL DIGITAL - PTCD Principal polo de desenvolvimento Científico, Tecnológico e de Inovação do Distrito Federal, o PTCD

Leia mais

Perspectivas para o Mercado de Sw & Serviços de TI:

Perspectivas para o Mercado de Sw & Serviços de TI: Perspectivas para o Mercado de Sw & Serviços de TI: Política Industrial & Plano de Ação C,T&I 2007-2010 Ministério da Ciência e Tecnologia Secretaria de Política de Informática - SEPIN outubro/2010 Agenda

Leia mais

VII Encontro de Propriedade Intelectual e Comercialização de Tecnologia. Angela Uller

VII Encontro de Propriedade Intelectual e Comercialização de Tecnologia. Angela Uller VII Encontro de Propriedade Intelectual e Comercialização de Tecnologia Angela Uller P&D Invenção Saber C&T Descoberta Conhecimento Um dos maiores problemas para se tratar da Inovação, seja para o estabelecimento

Leia mais

TURISMO E COMPETITIVIDADE

TURISMO E COMPETITIVIDADE TURISMO E COMPETITIVIDADE Rui Vinhas da Silva Presidente da Comissão Diretiva Braga 15 de janeiro de 2015 Portugal 2020 DOMÍNIOS TEMÁTICOS COMPETITIVIDADE E INTERNACIONALIZAÇÃO CAPITAL HUMANO INCLUSÃO

Leia mais

O papel das agências de fomento científico e tecnológico na promoção de ambientes de inovação

O papel das agências de fomento científico e tecnológico na promoção de ambientes de inovação I Conferência Brasileira sobre Arranjos Produtivos Locais Agosto 2004 O papel das agências de fomento científico e tecnológico na promoção de ambientes de inovação Manoel Barral Netto Diretor de Programas

Leia mais

Expandir, integrar, modernizar e consolidar o Sistema Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação

Expandir, integrar, modernizar e consolidar o Sistema Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação Resumo Executivo Prioridade Estratégica I Expansão e Consolidação do Sistema Nacional de C,T&I Expandir, integrar, modernizar e consolidar o Sistema Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação Linha de

Leia mais

OBJETIVO CARACTERIZAÇÃO

OBJETIVO CARACTERIZAÇÃO OBJETIVO Incrementar a economia digital do Estado de Alagoas e seus benefícios para a economia local, através de ações para qualificação, aumento de competitividade e integração das empresas e organizações

Leia mais

Departamento de Ciência da Computação Instituto de Ciências Exatas

Departamento de Ciência da Computação Instituto de Ciências Exatas Departamento de Ciência da Computação Instituto de Ciências Exatas Universidade Federal de Minas Gerais Prof. Antônio Otávio Fernandes Universidade Federal de Minas Gerais FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS

Leia mais

2013 Inventta Todos os direitos reservados.

2013 Inventta Todos os direitos reservados. Agenda Quem Somos Gerindo a Inovação nas Empresas Estímulos Governamentais à Inovação Resultados da pesquisa FDC/Inventta Conclusões O GRUPO A Inventta é uma consultoria especializada em gestão da inovação,

Leia mais

10 anos do Parque Tecnológico da UFRJ XV Encontro da Rede de Incubadoras, Parques e Polos Tecnológicos do Estado do Rio de Janeiro ReINC

10 anos do Parque Tecnológico da UFRJ XV Encontro da Rede de Incubadoras, Parques e Polos Tecnológicos do Estado do Rio de Janeiro ReINC 10 anos do Parque Tecnológico da UFRJ XV Encontro da Rede de Incubadoras, Parques e Polos Tecnológicos do Estado do Rio de Janeiro ReINC Data: 17 e 18 de setembro de 2013 Local: Parque Tecnológico da UFRJ

Leia mais

Secretaria de Ciência e Tecnologia para a Inclusão o Social. Institutos Federais. Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social - SECIS

Secretaria de Ciência e Tecnologia para a Inclusão o Social. Institutos Federais. Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social - SECIS Secretaria de Ciência e Tecnologia para a Inclusão o Social Fórum Extensão o Tecnológica dos Institutos Federais Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social - SECIS Ministério da Ciência e

Leia mais

Política de Software e Serviços: Ações MCT 2007-2010

Política de Software e Serviços: Ações MCT 2007-2010 Política de Software e Serviços: Ações MCT 2007-2010 Encontro da Qualidade e Produtividade em Software - EQPS Manaus, novembro/2007 Antenor Corrêa Coordenador-Geral de Software e Serviços Ministério da

Leia mais

Apoio à Inovação. Luciana Capanema Gerente de Inovação

Apoio à Inovação. Luciana Capanema Gerente de Inovação Apoio à Inovação Luciana Capanema Gerente de Inovação Apoio à Inovação http://www.bndes.gov.br O objetivo do BNDES é fomentar e apoiar operações associadas à formação de capacitações e ao desenvolvimento

Leia mais

SISTEMA DE INOVAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA NO ESTADO DE MINAS GERAIS MAPEAMENTO A PARTIR DA PERSPECTIVA DAS EMPRESAS

SISTEMA DE INOVAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA NO ESTADO DE MINAS GERAIS MAPEAMENTO A PARTIR DA PERSPECTIVA DAS EMPRESAS SISTEMA DE INOVAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA NO ESTADO DE MINAS GERAIS MAPEAMENTO A PARTIR DA PERSPECTIVA DAS EMPRESAS Março de 2011 Objetivo Fortalecer a trajetória do setor de biotecnologia em Minas Gerais Identificar

Leia mais

Pró-reitoria de Pós-graduação, Pesquisa e Extensão

Pró-reitoria de Pós-graduação, Pesquisa e Extensão FAPERJ 1) Programa Pesquisa para o SUS (PPSUS): gestão compartilhada em saúde OBJETIVO: Apoiar a execução de projetos de pesquisa que promovam a formação e a melhoria da qualidade de atenção à saúde no

Leia mais

PARQUE TECNOLÓGICO DE RIBEIRÃO PRETO

PARQUE TECNOLÓGICO DE RIBEIRÃO PRETO PARQUE TECNOLÓGICO DE RIBEIRÃO PRETO SUMÁRIO EXECUTIVO O Parque Tecnológico de Ribeirão Preto é um empreendimento imobiliário e tecnológico com características especificamente projetadas, incluindo serviços

Leia mais

Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional. Plano de Ação 2007-2010. Comissão de C&T&I&C&I Senado Federal 17 de abril de 2008

Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional. Plano de Ação 2007-2010. Comissão de C&T&I&C&I Senado Federal 17 de abril de 2008 Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional Plano de Ação 2007-2010 Comissão de C&T&I&C&I Senado Federal 17 de abril de 2008 Política de Estado Configuração da Política Gestão Compartilhada

Leia mais

A POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO PRODUTIVO DO GOVERNO FEDERAL E A MACROMETA DE

A POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO PRODUTIVO DO GOVERNO FEDERAL E A MACROMETA DE A POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO PRODUTIVO DO GOVERNO FEDERAL E A MACROMETA DE AUMENTAR O INVESTIMENTO PRIVADO EM P&D ------------------------------------------------------- 3 1. O QUE É A PDP? ----------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Instituição privada dedicada a promover negócios em ciências da vida no Brasil

Instituição privada dedicada a promover negócios em ciências da vida no Brasil Instituição privada dedicada a promover negócios em ciências da vida no Brasil Biominas Brasil tem 21 anos de experiência na criação e desenvolvimento de empresas de ciências da vida. A Biominas Brasil

Leia mais

Relatório de Metas e Atividades para 2002

Relatório de Metas e Atividades para 2002 Relatório de Metas e Atividades para 2002 Infra-estrutura Urbana e de Serviços Articular, promover, pesquisar, projetar, prover e manter uma infra-estrutura urbana e de serviços de alta tecnologia para

Leia mais

Inovação Tecnológica para Defesa Agropecuária Situação Atual e Propostas para a Indução de Melhorias Através da Inovação Tecnológica

Inovação Tecnológica para Defesa Agropecuária Situação Atual e Propostas para a Indução de Melhorias Através da Inovação Tecnológica Inovação Tecnológica para Defesa Agropecuária Situação Atual e Propostas para a Indução de Melhorias Através da Inovação Tecnológica E V A L D O F E R R E I R A V I L E L A E V A L D O V I L E L A @ G

Leia mais

Apresentações de Ações das Instituições do GTP APL. Fomento à Inovação nas Pequenas Empresas

Apresentações de Ações das Instituições do GTP APL. Fomento à Inovação nas Pequenas Empresas Apresentações de Ações das Instituições do GTP APL Fomento à Inovação nas Pequenas Empresas FINEP Financiadora de Estudos e Projetos Rochester Gomes da Costa Departamento de Capital Semente 29 de outubro

Leia mais

Painel B3: Transferência de Tecnologia

Painel B3: Transferência de Tecnologia Painel B3: Transferência de Tecnologia fatores de risco e de sucesso Ana Lúcia Vitale Torkomian Secretária Adjunta de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência e Tecnologia Pró-Inova

Leia mais

Rio Negócios (LAGF 2013)

Rio Negócios (LAGF 2013) Rio Negócios (LAGF 2013) Setembro 2013 Rio Negócios Seguindo os passos das maiores cidades do mundo para criar a primeira agência municipal de promoção de investimento do Brasil Apoiadores Áreas de Atuação

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAJUBÁ Av. Jerson Dias, 500 - Estiva CEP 37500-000 - Itajubá Minas Gerais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAJUBÁ Av. Jerson Dias, 500 - Estiva CEP 37500-000 - Itajubá Minas Gerais Lei nº 2677 BENEDITO PEREIRA DOS SANTOS, Prefeito do Município de Itajubá, Estado de Minas Gerais, usando das atribuições que lhe são conferidas por Lei, faz saber que a Câmara Municipal aprovou e ele

Leia mais

XIX Workshop Anprotec. Sapiens Parque

XIX Workshop Anprotec. Sapiens Parque XIX Workshop Anprotec $ustentabilidade dos Parques Tecnológicos: Sustentabilidade financeira e competitividade do território 24 e 25 de outubro de 2011 Porto Alegre/RS Sapiens Parque PARQUE COPYRIGHT TECNOLÓGICO

Leia mais

Apresentação da Proposta de Trabalho aos ICTs e as Empresas

Apresentação da Proposta de Trabalho aos ICTs e as Empresas Apresentação da Proposta de Trabalho aos ICTs e as Empresas 29 abril 2014 Fundamentação Lei da Inovação Nº 10.973, 02 Dez 2004 Regulamentada pelo Decreto Nº 5.563, 11 Out 2005 Artigo 20, do Decreto Nº

Leia mais

O que é HORIZONTE 2020?

O que é HORIZONTE 2020? O que é HORIZONTE 2020? Maior Programa Mundial para financiamento da Pesquisa e Inovação 80 bilhões (2014-2020) Responder a crise econômica através de investimentos em empregos, crescimento e inovação

Leia mais

Desenvolvimento de Mercado

Desenvolvimento de Mercado Desenvolvimento de Mercado DESENVOLVIMENTO DE MERCADO Frente aos importantes temas abordados pelo Fórum Temático de Desenvolvimento de Mercado, da Agenda 2020, destaca-se o seu objetivo principal de fomentar

Leia mais

A Universidade Aberta do Brasil e o modelo de gestão da EaD-UFSC. Profª Drª Eleonora Milano Falcão Vieira

A Universidade Aberta do Brasil e o modelo de gestão da EaD-UFSC. Profª Drª Eleonora Milano Falcão Vieira A Universidade Aberta do Brasil e o modelo de gestão da EaD-UFSC Profª Drª Eleonora Milano Falcão Vieira O Sistema UAB Denominação representativa genérica para a rede nacional voltada para a pesquisa e

Leia mais

2ºSeminário Experiência dos Estados com Editais de Apoio a APL de Baixa Renda -BNDES. Apoio a Projetos Produtivos - Ceará

2ºSeminário Experiência dos Estados com Editais de Apoio a APL de Baixa Renda -BNDES. Apoio a Projetos Produtivos - Ceará 2ºSeminário Experiência dos Estados com Editais de Apoio a APL de Baixa Renda -BNDES Apoio a Projetos Produtivos - Ceará Política Estadual de Desenvolvimento Estabelecer mecanismos de estímulo ao processo

Leia mais

O Polo de Informática de Ilhéus e a atuação da Associação das Indústrias de Eletroeletrônicos, Telecomunicações e Informática do Polo de Ilhéus

O Polo de Informática de Ilhéus e a atuação da Associação das Indústrias de Eletroeletrônicos, Telecomunicações e Informática do Polo de Ilhéus O Polo de Informática de Ilhéus e a atuação da Associação das Indústrias de Eletroeletrônicos, Telecomunicações e Informática do Polo de Ilhéus Christian Villela Dunce Presidente da Assipi Salvador, 23

Leia mais

Inovação e Competitividade! João Alberto De Negri! Secretario Executivo MCTI!

Inovação e Competitividade! João Alberto De Negri! Secretario Executivo MCTI! Inovação e Competitividade! João Alberto De Negri! Secretario Executivo MCTI! 1 É preciso elevar a produtividade da economia brasileira (Fonte: BID ECLAC, Índice 1980=100) Produtividade na Ásia (média

Leia mais

AGENDA DO DIA. 10h00-10h30 Abertura e apresentação do projeto Inovações Ambientais. 10h30 11h00 Apresentação - Fapemig

AGENDA DO DIA. 10h00-10h30 Abertura e apresentação do projeto Inovações Ambientais. 10h30 11h00 Apresentação - Fapemig AGENDA DO DIA 10h00-10h30 Abertura e apresentação do projeto Inovações Ambientais 10h30 11h00 Apresentação - Fapemig 11h00 11h30 Rodada de apresentação das instituições presentes 11h30 13h00 - Roda de

Leia mais

Os Desafios do Estado na implementação dos Parques Tecnológicos

Os Desafios do Estado na implementação dos Parques Tecnológicos Os Desafios do Estado na implementação dos Parques Tecnológicos Marcos Cintra Subsecretário de Ciência e Tecnologia Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia Outubro/2013 Brasil 7ª

Leia mais

PRODUÇÃO GESSO NO BRASIL de 1999 a 2006 em 10 3 ton. Ano 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006. Gesso 960 1.080 1.240 1.400 1.680 1.920 2.123 2.

PRODUÇÃO GESSO NO BRASIL de 1999 a 2006 em 10 3 ton. Ano 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006. Gesso 960 1.080 1.240 1.400 1.680 1.920 2.123 2. PRODUÇÃO GESSO NO BRASIL de 1999 a 2006 em 10 3 ton. Ano 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 Gesso 960 1.080 1.240 1.400 1.680 1.920 2.123 2.130 Premoldado 396 420 480 590 730 782 928 1.120 Acartonado**

Leia mais

Investimento em inovação para elevar a produtividade e a competitividade da economia brasileira:

Investimento em inovação para elevar a produtividade e a competitividade da economia brasileira: Plano Inova Empresa Inovação e desenvolvimento econômico Investimento em inovação para elevar a produtividade e a competitividade da economia brasileira: Ampliação do patamar de investimentos Maior apoio

Leia mais

3.260.292 habitantes Taxa crescimento População: 2% (8 anos) IDH: 0,824 26 municípios

3.260.292 habitantes Taxa crescimento População: 2% (8 anos) IDH: 0,824 26 municípios Números Curitiba 1.828.092 habitantes TaxaCrescimentoPopulação: 1,8% (8 anos) TaxaCrescimentoAnualPIB: 3,8% (5 anos) PIB 2008 (estimado): R$ 39,2 bi (US$ 20 bi) 5º PIB do Brasil PIB per Capita: R$ 21.447

Leia mais

2 Oferta de cursos técnicos e superiores por eixo tecnológico, por Campus. Taxa de ingresso nos cursos técnicos na forma de oferta, por Campus

2 Oferta de cursos técnicos e superiores por eixo tecnológico, por Campus. Taxa de ingresso nos cursos técnicos na forma de oferta, por Campus PERSPECTIVA OBJETIVO INDICADOR META RESULTADOS INSTITUCIONAIS 1 Nº de cursos técnicos e superiores, articulados com os arranjos produtivos locais por Campus; 2 Oferta de cursos técnicos e superiores por

Leia mais

Arranjo Produtivo de Biotecnologia da Região Metropolitana de Belo Horizonte

Arranjo Produtivo de Biotecnologia da Região Metropolitana de Belo Horizonte Arranjo Produtivo de Biotecnologia da Região Metropolitana de Belo Horizonte Caracterização do APL Pioneirismo: Minas: sede da primeira empresa de base biotecnológica brasileira BIOBRÁS 1976. Empreendedorismo:

Leia mais

PROGRAMA CATARINENSE DE INOVAÇÃO

PROGRAMA CATARINENSE DE INOVAÇÃO PROGRAMA CATARINENSE DE INOVAÇÃO PROGRAMA CATARINENSE DE INOVAÇÃO O Governo do Estado de Santa Catarina apresenta o Programa Catarinense de Inovação (PCI). O PCI promoverá ações que permitam ao Estado

Leia mais

Perspectivas para o setor de TI. BM&F Bovespa. 26 de junho de 2013 BRASSCOM

Perspectivas para o setor de TI. BM&F Bovespa. 26 de junho de 2013 BRASSCOM Perspectivas para o setor de TI BM&F Bovespa 26 de junho de 2013 BRASSCOM Associados BRASSCOM 1 Mercado Mundial de TI Crescimento Mercado TI BRASIL (2012/2011) 10,8% Crescimento Mercado TI Mundo (2012/2011)

Leia mais

Termo de Referência para contratação de consultor na modalidade Produto

Termo de Referência para contratação de consultor na modalidade Produto TÍTULO DO PROJETO: Fortalecimento da capacidade institucional com vistas a melhoria dos processos de monitoramento e avaliação dos programas de fomento voltados para a Educação Básica e para o Ensino Superior

Leia mais

Gestão Pública em BH Programa BH Metas e Resultados e BH 2030

Gestão Pública em BH Programa BH Metas e Resultados e BH 2030 Gestão Pública em BH Programa BH Metas e Resultados e BH 2030 5º Congresso de Gerenciamento de Projetos 10 de novembro de 2010 Belo Horizonte Planejamento Estratégico Longo Prazo período 2010-2030 - planejamento

Leia mais

Salto de Escala para as Grandes Commodities Talento dos nossos profissionais cobiçados mundialmente A internacionalização das Engenharias e Consultorias O grande parque de pesquisa e ensino do Estado O

Leia mais

AÇÕES GOVERNAMENTAIS DE FOMENTO PARA O SETOR DE TI NA BAHIA

AÇÕES GOVERNAMENTAIS DE FOMENTO PARA O SETOR DE TI NA BAHIA AÇÕES GOVERNAMENTAIS DE FOMENTO PARA O SETOR DE TI NA BAHIA PARQUE TECNOLÓGICO DA BAHIA ÁREAS DE ATUAÇÃO BIOTECNOLOGIA E SAÚDE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO ENERGIAS E ENGENHARIAS TECNOCENTRO

Leia mais

LINHAS DE PESQUISA EMPREENDEDORISMO, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

LINHAS DE PESQUISA EMPREENDEDORISMO, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO LINHAS DE PESQUISA EMPREENDEDORISMO, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO Nos países desenvolvidos e, em menor grau, nos países em desenvolvimento, assiste-se ao surgimento de padrões tecno-econômicos onde os resultados

Leia mais

ABDI A 2004 11.080) O

ABDI A 2004 11.080) O Atualizada em 28 de julho de 2010 Atualizado em 28 de julho de 2010 1 ABDI ABDI A Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial foi instituída em dezembro de 2004 com a missão de promover a execução

Leia mais

AYTY-INCUBADORA DE EMPRESAS DO IFAM EDITAL Nº 003/2014 INCUBADORA DE EMPRESAS

AYTY-INCUBADORA DE EMPRESAS DO IFAM EDITAL Nº 003/2014 INCUBADORA DE EMPRESAS AYTY-INCUBADORA DE EMPRESAS DO IFAM EDITAL Nº 003/2014 INCUBADORA DE EMPRESAS Parceria Instituição Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas IFAM, Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa, Extensão

Leia mais

Inovação & Sustentabilidade

Inovação & Sustentabilidade Inovação & Sustentabilidade Realização Apoio EcoFloripa Ecossistema de Empreendedorismo e Inovação de Florianópolis 600 EBTs R$ 150 M Eventos Negócios em C&T R$ 7 M ISS 014 +0% R$ 10 M Moradia/ construçã

Leia mais

SECRETARIA DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR PLANO MINEIRO DE DESENVOLVIMENTO INTEGRADO 2007-2023

SECRETARIA DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR PLANO MINEIRO DE DESENVOLVIMENTO INTEGRADO 2007-2023 PLANO MINEIRO DE DESENVOLVIMENTO INTEGRADO 2007-2023 VISÃO DE FUTURO A visão de longo prazo que nos inspira é tornar Minas Gerais o melhor Estado para se viver. Este será o objetivo final de todo o esforço

Leia mais

ABMES - 10 ANOS DA CAMPANHA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL AVANÇOS E PERSPECTIVAS Brasília, 7 de julho de 2015

ABMES - 10 ANOS DA CAMPANHA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL AVANÇOS E PERSPECTIVAS Brasília, 7 de julho de 2015 ABMES - 10 ANOS DA CAMPANHA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL AVANÇOS E PERSPECTIVAS Brasília, 7 de julho de 2015 A ESTÁCIO HÁ 45 ANOS NOSSA VIDA É TRANSFORMAR A SUA. Somos uma empresa que tem na Educação o motivo

Leia mais

PRIORIDADES E DESAFIOS PARA POLÍTICAS EM NÍVEL SUB-NACIONAL

PRIORIDADES E DESAFIOS PARA POLÍTICAS EM NÍVEL SUB-NACIONAL Políticas de Inovação para o Crescimento Inclusivo: Tendências, Políticas e Avaliação PRIORIDADES E DESAFIOS PARA POLÍTICAS EM NÍVEL SUB-NACIONAL Rafael Lucchesi Confederação Nacional da Indústria Rio

Leia mais