Planejamento Multimídia. Prof. Bruno Moreno

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Planejamento Multimídia. Prof. Bruno Moreno"

Transcrição

1 Planejamento Multimídia Prof. Bruno Moreno

2 Sumário Aula 13 (07/04/2011) Plano de Mídia Parte C: Recomendações Parte D: Anexos Entrega de correções do briefing Novas partes do briefing

3 Plano de Mídia - Estrutura Estrutura clássica A) Informações Básicas B) Objetivos C) Recomendações D) Anexos

4 C) Recomendações 1. Estratégias 2. Táticas de programação 3. Cronograma de veiculação 4. Programações básicas 5. Público coberto 6. Resumo da verba

5 C) Recomendações 1. Estratégias 2. Táticas de programação 3. Cronograma de veiculação 4. Programações básicas 5. Público coberto 6. Resumo da verba

6 C) 1. Estratégias 1.1- Mercado/meios/peças e formatos Esta seção faz referência a esses três itens Argumentações Justificativas Detalhes de como serão usados A explanação deve ser integrada Eles não existem isoladamente para efeito de veiculação Qualquer um deles pode influenciar na definição dos demais

7 C) 1. Estratégias 1.1- Mercado/meios/peças e formatos Há casos em que Conteúdo criativo das peças conduz aos meios e casos em que a escolha antecipada dos meios define as peças Há casos também em que a definição dos mercados definem os meios e, conseqüentemente, as peças

8 C) 1. Estratégias 1.1- Mercado... Definição Necessidade de estudos sobre potencial BDI/CDI Conceitos de marketing Servem para identificar, priorizar e recomendar mercados Fazem comparações do consumo per capita da marca e da categoria, entre os mercados

9 C) 1. Estratégias 1.1- Meio... Definição A maioria das vezes o cliente define Um plano de mídia deve sempre espelhar a realidade e dizer francamente como se chegou a escolha dos meios, mesmo quando a decisão foi SÓ. Isto evita justificativas desnecessárias...

10 C) 1. Estratégias 1.1- Meio... Definição A definição do meio não deve ser feita somente por dados quantitativos Geralmente, baseado nas peças criativas, escolhe-se os meios Mesmo sendo escolhido de forma qualitativa, os dados de pesquisa e levantamento de dados são sempre bem-vindos

11 C) 1. Estratégias 1.1- Peças e Formatos... Não devem constar no plano como meras informações São partes integrantes de justificativas coerentes

12 C) 1. Estratégias 1.2- Continuidade e Níveis de Veiculação Estabelece-se a intensidade da veiculação A campanha será definida com continuidade mais concentrada em poucos flights? A campanha será definida com continuidade mais estendida em muitos flights? Flight: Períodos de veiculação contínua

13 C) 1. Estratégias 1.2- Continuidade e Níveis de Veiculação (Exemplo) Campanha de prestobarba Período: 20 de março a 20 de dezembro TV aberta, jornal, revista e rádio Será que não é dispendioso demais, a veiculação durante 9 meses seguidos?

14 C) 1. Estratégias 1.2- Continuidade e Níveis de Veiculação (Exemplo) Campanha de prestobarba Período: 20 de março a 20 de dezembro TV aberta, jornal, revista e rádio Uma solução seria deixar algumas semanas sem veiculação e alguns flights espalhados durante os dez meses

15 C) 1. Estratégias 1.2- Continuidade e Níveis de Veiculação Os níveis de veiculação depende dos objetivos de comunicação definidos

16 C) 1. Estratégias 1.2- Continuidade e Níveis de Veiculação (Exemplo) Cenário: Pretende-se fazer uma campanha em TV e Revista sobre um produto X. A verba é baixa. Objetivos de Comunicação: 15s de TV não são insuficientes ½ página de revista é insuficiente Objetivos de marketing com o cliente Não é possível cortar nenhum mercado definido em TV Os níveis de veiculação estão abaixo para TV e Revista Solução: Cortar um meio TV ou Revista

17 C) 1. Estratégias 1.2- Continuidade e Níveis de Veiculação Decisão importante: Apesar da sinergia entre meios ser importante Nunca deve-se colocar uma campanha no ar Se cada meio isoladamente estiver com níveis de veiculação abaixo do recomendável

18 C) Recomendações 1. Estratégias 2. Táticas de programação 3. Cronograma de veiculação 4. Programações básicas 5. Público coberto 6. Resumo da verba

19 C) 2. Táticas de Programação Parâmetros usados para orientar a montagem das programações 2.1- Características das programações 2.2- Critérios de seleção dos programas e veículos 2.3- Restrições 2.4- Esquemas especiais de Veiculação

20 C) 2. Táticas de Programação 2.1- Características das programações Peculiaridades das programações Auxiliam na definição do estilo de criação Mais usadas A) Participações de cada emissora em relação aos totais de GRP e verba B) Distribuição do GRP total por faixa horária, semana e gêneros de programa C) Audiência média D) (Mídia Impressa) Posição, seção, tipo e gênero das publicações

21 C) 2. Táticas de Programação 2.2- Critérios de seleção dos programas e veículos Indica como os programas e veículos devem ser selecionados Base em CPMs mais baratos? Adequação ao público-alvo? Perfil? Audiência? Por combinação de alguns dos anteriores?

22 C) 2. Táticas de Programação 2.3- Restrições Política de restrições quanto a campanhas do cliente São restrições que o cliente só lembra quando vai aprovar o plano Quase sempre questões ligadas a cultura e filosofia de procedimentos da companhia Ou até questões políticas Exemplo Não entrar em programas que começam após 23h Gostaríamos que as revistas fossem selecionadas com base na adequação, também

23 C) 2. Táticas de Programação 2.4- Esquemas especiais de Veiculação Recomendações de patrocínios de Programas regulares Altas Horas, Faustão... Projetos especiais Criança Esperança... Eventos Mechandisings

24 C) Recomendações 1. Estratégias 2. Táticas de programação 3. Cronograma de veiculação 4. Programações básicas 5. Público coberto 6. Resumo da verba

25 C) 3. Cronograma de Veiculação É o resumo do plano na forma de um gráfico, tabela... Para cada meio Veículos programados Períodos de veiculação Verbas GRPs ou outro indicador de veiculação

26 Cronograma de Veiculação De suma importância para um bom plano As vezes, dependendo do cliente e do mídia, o plano se resume apenas a esse documento Não é recomendável fazer isto Informações e dados importantes acabam ficando de fora do plano Cronogramas com muitos detalhes perdem sua função Além de apresentar detalhes de veiculação em cada meio... Deve se limitar a dar uma visão geral do plano

27 C) Recomendações 1. Estratégias 2. Táticas de programação 3. Cronograma de veiculação 4. Programações básicas 5. Público coberto 6. Resumo da verba

28 C) Programações Básicas Aqui entram todos os detalhes das programações Apesar de existirem sistemas de mídia Excel ainda é o mais utilizado É basicamente um quadro/tabela que mostra dados do programa Preços, audiências, dias, horários... Geralmente é formado por duas partes 1- Programas e informações que os identificam 2- Mapa de programação

29 C) Programações Básicas (Exemplo) Rede Programa Gênero Dias Horário Aud. Preço Desc. Preço COM Exib GRP Total BAN Brasil Urgente GLO Novela I Nov. Jorn. 2ª/6ª , ª/Sáb , Programação Básica de TV Rede Programa Dias Horário Exib. S T Q Q S S D BAN Brasil Urgente 2ª/6ª GLO Novela I 2ª/Sáb Mapa de Programação de TV

30 C) Recomendações 1. Estratégias 2. Táticas de programação 3. Cronograma de veiculação 4. Programações básicas 5. Público coberto 6. Resumo da verba

31 C) 5. Público Coberto Justificar que a verba está sendo aplicada nas melhores opções é uma das duas grandes funções de um plano decente A outra é QUANTIFICAR O PÚBLICO-ALVO que está sendo comprado Este é o objetivo deste item Um dos itens mais importantes do plano

32 C) 5. Público Coberto Entretanto Raríssimos planos contém este item Trabalhoso de construir Agência não tem iniciativa Cliente não pede Cálculo de Público Coberto Envolve Mix de Mídia Fórmula de Sainsbury

33 C) 5. Público Coberto Fórmula de Sainsbury Utilizando o Cálculo I (Aula 4) Passo I Multiplicam-se os públicos não cobertos Passo 2 Subtrai o resultado de 1 Meios utilizados\ Público coberto Público não-coberto TV Aberta 38 % 62 % Rádio 18 % 82 % Revista 22 % 78 % Cobertura do mix de meios: 0,6 = 60%

34 C) 5. Público Coberto (Exemplo) Target: Mulheres ABC >=25 Mercado Representação População coberta Objetivado do target Potencial pela campanha Mercados Meio de cob. pesquisados Área Target % Valor do meio % Valor A B C D E F G = (E x F) 100 H I J = (H x I) 100 População Coberta pelo mercado objetivado K = J H TV SP , , ,0 Região Met. de SP Rádio Revista RM de SP SP Estado , , , , ,0 22,0 Total da população coberta (Fórmula de Sainsbury) S = 1-(0.62 x 0.82 x 0.78) S = S = 60,3% Total da população coberta = * pessoas

35 C) Recomendações 1. Estratégias 2. Táticas de programação 3. Cronograma de veiculação 4. Programações básicas 5. Público coberto 6. Resumo da verba

36 C) 6. Resumo da Verba Há várias formas de fazê-lo Somar valores de veiculação e produção Totais para cada meio Formas detalhadas Total mês a mês, para cada meio, mercado...

37 Plano de Mídia - Estrutura Estrutura clássica A) Informações Básicas B) Objetivos C) Recomendações D) Anexos

38 D) Anexos Rankings de métricas de mídia CPM, CPP, GRP... Dados de simulação utilizando softwares Cálculo de cobertura e freqüências IBOPE Mídia, Ipsos Marplan Dados de mercado

39 Um plano de mídia profissionalmente correto...

40 Um plano correto deve... Ser um documento completo, sem ser redundante Não ser superficial, mas não se emaranhar na erudição Ser a prova de dúvidas, sem ser didático Ter um raciocínio lógico e coerente, sem se resumir a uma única folha de cronograma Ser o conjunto das soluções mais rentáveis e adequadas para veicular peças da campanha Deixar o cliente e o chefe dele convencidos disso

41 Exemplos de Planos de Mídia

42 Exemplos de PMi Escola Santa Bárbara

Planejamento Multimídia. Prof. Bruno Moreno

Planejamento Multimídia. Prof. Bruno Moreno Planejamento Multimídia Prof. Bruno Moreno Sumário 14/02/2011 CPM Custos Por Mil CPP Custo Por Ponto de Audiência Mix de Mídia Exercício Debate da aula que vem CPM Custos Por Mil Calcula por meio de percentuais

Leia mais

Audiência PAINEL 1 DESTAQUES DO CASE

Audiência PAINEL 1 DESTAQUES DO CASE Audiência Os dados eram muito expressivos e demonstravam a força dos jornais, principalmente em suas cidades sede, mesmo quando comparado a outros meios tidos pelo senso comum do mercado como mais fortes.

Leia mais

Apresentação da Disciplina

Apresentação da Disciplina Mídia - 2015.1 Nilmar Figueiredo 1 2 3 4 Calendário Acadêmico Comentários Apresentação da Disciplina Sistema de Avaliação 1 - Apresentação da Disciplina O que é Mídia? Departamento de Mídia - Organização

Leia mais

Mídia Conceitos e Técnicas

Mídia Conceitos e Técnicas CONCEITOS DE MÍDIA Mídia Conceitos e Técnicas Durante o processo de Planejamento, Compras e Pesquisa de Mídia são utilizados alguns procedimentos, expressões e conceitos que são específicos da área e devem

Leia mais

Planejamento de Campanha Publicitária

Planejamento de Campanha Publicitária Planejamento de Campanha Publicitária Prof. André Wander UCAM O briefing chegou. E agora? O profissional responsável pelo planejamento de campanha em uma agência de propaganda recebe o briefing, analisa

Leia mais

Estratégias em Propaganda e Comunicação

Estratégias em Propaganda e Comunicação Ferramentas Gráficas I Estratégias em Propaganda e Comunicação Tenho meu Briefing. E agora? Planejamento de Campanha Publicitária O QUE VOCÊ DEVE SABER NO INÍCIO O profissional responsável pelo planejamento

Leia mais

introdução a publicidade & propaganda Aula 3 - Departamentos e uxograma da agência de propaganda

introdução a publicidade & propaganda Aula 3 - Departamentos e uxograma da agência de propaganda introdução a publicidade & propaganda Aula 3 - Departamentos e uxograma da agência de propaganda professor Rafael Ho mann Campanha Conjunto de peças com o mesmo objetivo, conjunto de peças publicitárias

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal do Ceará Pró-Reitoria de Graduação PROGRAMA DE DISCIPLINA

Ministério da Educação Universidade Federal do Ceará Pró-Reitoria de Graduação PROGRAMA DE DISCIPLINA Ministério da Educação Universidade Federal do Ceará Pró-Reitoria de Graduação PROGRAMA DE DISCIPLINA 1. Curso: COMUNICAÇÃO SOCIAL: Publicidade e Propaganda Código: 12 3.Modalidade(s): Bacharelado x Licenciatura

Leia mais

Equipe da GCO: 1. Carlos Campana Gerente 2. Maria Helena 3. Sandro 4. Mariana

Equipe da GCO: 1. Carlos Campana Gerente 2. Maria Helena 3. Sandro 4. Mariana Gerência de Comunicação GCO tem por finalidade planejar, organizar, coordenar e controlar as atividades de comunicação e editoriais do Confea. Competências da GCO 1. Organizar e executar projetos editoriais:

Leia mais

CAMPANHAS DE VÍDEO SETEMBRO 2013 A JUNHO 2014

CAMPANHAS DE VÍDEO SETEMBRO 2013 A JUNHO 2014 Oportunidade para verbas publicitárias de todos os tamanhos. Uma grande chance para anunciar na RPC TV! Manutenção do Carro O Projeto Estar periodicamente atento à manutenção de itens básicos do veículo,

Leia mais

PROJETO MULTIDISCIPLINAR DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL - 2013 - PLANO DE COMUNICAÇÃO -

PROJETO MULTIDISCIPLINAR DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL - 2013 - PLANO DE COMUNICAÇÃO - PROJETO MULTIDISCIPLINAR DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL - 2013 - PLANO DE COMUNICAÇÃO - A estrutura a seguir foi desenvolvida com base no escopo da disciplina de Planejamento Estratégico de Comunicação,

Leia mais

Estratégias de Comunicação

Estratégias de Comunicação Prof. Edmundo W. Lobassi A propaganda é parte do marketing e uma das ferramentas da comunicação. Uma boa estratégia de marketing não garante que a campanha de propaganda será boa, mas é condição essencial

Leia mais

Planejamento Multimídia. Prof. Bruno Moreno

Planejamento Multimídia. Prof. Bruno Moreno Planejamento Multimídia Prof. Bruno Moreno Sumário 03/03/2011 Ainda Novo Consumidor Vídeo da Não é uma Brastemp Público-alvo Concorrência Apresento-lhes Maria Luiza Vídeo sobre Novo Consumidor http://www.youtube.com/watch?v=riovee0wquq

Leia mais

Painel 2 O BUSINESS JORNAL E O POSICIONAMENTO MULTIPLATAFORMA

Painel 2 O BUSINESS JORNAL E O POSICIONAMENTO MULTIPLATAFORMA 29. 09. 2014 Geral Nome da pesquisa Painel 2 O BUSINESS JORNAL E O POSICIONAMENTO Autor 2 Apêndice: Pesquisa Painel 2 O BUSINESS JORNAL E O POSICIONAMENTO A reunião na agência foi muito positiva. Márcio

Leia mais

YouTube Insights: o que considerar na hora de criar o vídeo da sua campanha

YouTube Insights: o que considerar na hora de criar o vídeo da sua campanha YouTube Insights: o que considerar na hora de criar o vídeo da sua campanha Nesses dez anos de vida do YouTube, o vídeo online passou por transformações significativas, moldou a relação das pessoas Publicado

Leia mais

Avaliação da comunicação

Avaliação da comunicação Prof. Edmundo W. Lobassi A avaliação dos resultados da campanha é imprescindível como subsídio para a preparação do plano que se segue. (Prof. Edmundo W. Lobassi) 1 Mensuração dos resultados: A avaliação

Leia mais

MÍDIA MATERIAL DE REFERÊNCIA TEÓRICA 01. Prof. Rodrigo Duguay a partir de material base da Profa. Dra. Karla Patriota

MÍDIA MATERIAL DE REFERÊNCIA TEÓRICA 01. Prof. Rodrigo Duguay a partir de material base da Profa. Dra. Karla Patriota MÍDIA MATERIAL DE REFERÊNCIA TEÓRICA 01 Prof. Rodrigo Duguay a partir de material base da Profa. Dra. Karla Patriota MÍDIA Definição Mídia. Sf (ing. mass media) Propag. 1 Veículo ou meio de divulgação

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS Cultura Brasileira 1º PERÍODO O fenômeno cultural. Cultura(s) no Brasil. Cultura regional e

Leia mais

FACULDADE ANHANGUERA DE ITAPECERICA DA SERRA

FACULDADE ANHANGUERA DE ITAPECERICA DA SERRA FACULDADE ANHANGUERA DE ITAPECERICA DA SERRA Profº Paulo Barreto Paulo.santosi9@aedu.com www.paulobarretoi9consultoria.com.br 1 DO MARKETING À COMUNICAÇÃO Conceitualmente, Marketing é definido por Kotler

Leia mais

~ Minha Mae e uma Estrela

~ Minha Mae e uma Estrela ~ e a ha M Min e uma Estrela Projeto Essencialmente popular, a FM 93, com 39 de sucesso, achou a fórmula perfeita entre a programação e o perfil de seus ouvintes. Reflexo disso são seus 28 consecutivos

Leia mais

YouTube Insights: o que considerar na hora de criar o vídeo da sua campanha

YouTube Insights: o que considerar na hora de criar o vídeo da sua campanha YouTube Insights: o que considerar na hora de criar o vídeo da sua campanha Nesses dez anos de vida do YouTube, o vídeo online passou por transformações significativas, moldou a relação das pessoas Publicado

Leia mais

COPA DOS CAMPEÕES FEIRA DE EVENTOS GLOBO 2013

COPA DOS CAMPEÕES FEIRA DE EVENTOS GLOBO 2013 COPA DOS CAMPEÕES FEIRA DE EVENTOS GLOBO 2013 O PROJETO A Rede Matogrossense de Televisão, através da TV Morena em MS e TV Centro América em MT, realizará a 8ª edição da Copa dos Campeões. Em 2013 em Mato

Leia mais

Processos de planejamento de campanha publicitária

Processos de planejamento de campanha publicitária Processos de planejamento de campanha publicitária O que é planejar? Processo administrativo e sistemático para se atingir um determinado objetivo, coordenando a atuação do assunto em questão, para se

Leia mais

O que é um projeto? Características de um projeto. O Que é o PMBoK Guide 3º Edition? Desmembrando o PMBoK através de mapas mentais (Mindmaps)

O que é um projeto? Características de um projeto. O Que é o PMBoK Guide 3º Edition? Desmembrando o PMBoK através de mapas mentais (Mindmaps) O que é um projeto? Projeto é um empreendimento não repetitivo, caracterizado por uma sequência clara e lógica de eventos, com início, meio e fim, que se destina a atingir um objetivo claro e definido,

Leia mais

COMO A PROPAGANDA FUNCIONA?

COMO A PROPAGANDA FUNCIONA? COMO A PROPAGANDA FUNCIONA? Definição: a manipulação planejada da comunicação visando, pela persuasão, promover comportamentos em benefício do anunciante que a utiliza. Funções: cabe a propaganda informar

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2010. Habilitação Profissional: Técnica de nível médio de Técnico em transações imobiliárias

Plano de Trabalho Docente 2010. Habilitação Profissional: Técnica de nível médio de Técnico em transações imobiliárias Plano de Trabalho Docente 2010 ETEC: RODRIGUES DE ABREU Ensino Técnico Código: 135 Município: BAURU/SP Eixo Tecnológico: GESTÃO E NEGÓCIOS Habilitação Profissional: Técnica de nível médio de Técnico em

Leia mais

Somos a melhor opção de investimento para sua marca. mídia kit

Somos a melhor opção de investimento para sua marca. mídia kit Somos a melhor opção de investimento para sua marca. mídia kit Primeiro, um pouquinho sobre nós... Ao infinito e além! ESSE É O NOSSO LEMA. Com 26 anos de estrada, a TV Serra Dourada só cresceu. Também,

Leia mais

Planejamento Multimídia. Prof. Bruno Moreno

Planejamento Multimídia. Prof. Bruno Moreno Planejamento Multimídia Prof. Bruno Moreno Sumário Aula 10 (24/03/2011) Visão geral de Plano de Mídia Briefing Planejamento de Mídia Planejamento Processo organizado Busca alcançar um objetivo pretendido

Leia mais

Engenharia de Software II: Criando a Declaração de Escopo. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br

Engenharia de Software II: Criando a Declaração de Escopo. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Engenharia de Software II: Criando a Declaração de Escopo Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Sumário Desenvolvendo o Plano de Gerenciamento do Projeto. Coletando Requisitos. Declarando

Leia mais

1 Briefing de Criação

1 Briefing de Criação 1 Briefing de Criação Antecedentes do processo de criação Para se criar uma campanha ou mesmo uma única peça é imprescindível que antes seja feito um briefing para orientar o trabalho do planejamento,

Leia mais

Aimportância do levantamento de informações e pesquisa na publicidade

Aimportância do levantamento de informações e pesquisa na publicidade Aimportância do levantamento de informações e pesquisa na publicidade UNIBAN Unidade Marte Disciplina: Planejamento de Campanha Prof. Me. Francisco Leite Aulas: 07.04.11 Agenda: A importância do levantamento

Leia mais

Nome do programa, pesquisa ou produto: Almanaque IBOPE Pesquisa: Demografia Hábitos de lazer

Nome do programa, pesquisa ou produto: Almanaque IBOPE Pesquisa: Demografia Hábitos de lazer 1 Data de elaboração da ficha: Abr 2007 IBOPE - Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística Dados da organização Nome: IBOPE - Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística Endereço:

Leia mais

Planejamento Multimídia. Prof. Bruno Moreno

Planejamento Multimídia. Prof. Bruno Moreno Planejamento Multimídia Prof. Bruno Moreno Apresentação - Professor Bruno Neiva Moreno Graduação em Ciência da Computação (UFPB) 2004 a 2009 Mestrado em Ciência da Computação 2009-2011 Áreas Banco de Dados

Leia mais

CICLO DE VIDA E ORGANIZAÇÃO DO PROJETO

CICLO DE VIDA E ORGANIZAÇÃO DO PROJETO CICLO DE VIDA E ORGANIZAÇÃO DO PROJETO PROJETO CONCEITO DESENVOLVIMENTO PRODUTO + = Todo projeto inicia-se com a necessária clareza sobre seu escopo e os documentos: o termo de abertura a declaração do

Leia mais

Objetivos. Capítulo 16. Cenário para discussão. Comunicações de marketing. Desenvolvimento de comunicações de marketing eficazes

Objetivos. Capítulo 16. Cenário para discussão. Comunicações de marketing. Desenvolvimento de comunicações de marketing eficazes Capítulo 16 e administração de comunicações integradas de marketing Objetivos Aprender quais são as principais etapas no desenvolvimento de um programa eficaz de comunicações integradas de marketing. Entender

Leia mais

MOVIMENTO SAÚDE. rpc.com.br/comercial

MOVIMENTO SAÚDE. rpc.com.br/comercial MOVIMENTO SAÚDE A expectativa de vida do brasileiro é cada vez maior e, com isso, é preciso lembrar que tão importante quanto chegar à maturidade, é chegar bem, com saúde e qualidade de vida. Recentemente,

Leia mais

Modelo de Briefing de Produto - Roteiro de Coleta de Informações - Completo

Modelo de Briefing de Produto - Roteiro de Coleta de Informações - Completo BRIEFING DE PRODUTO Modelo de Briefing de Produto - Roteiro de Coleta de Informações - Completo Modelo Extraído dos livros: Tudo o que você queria saber sobre propaganda e ninguém teve paciência para explicar

Leia mais

Aula 10. Definição dos Objetivos Estratégicos. Profa. Daniela Cartoni

Aula 10. Definição dos Objetivos Estratégicos. Profa. Daniela Cartoni Aula 10 Definição dos Objetivos Estratégicos Profa. Daniela Cartoni CONTEÚDO GERAL DA AULA OBJETIVOS DE MARKETING - Formas de se estabelecer objetivos quantitativos e objetivos qualitativos ELABORAÇÃO

Leia mais

Itens que compõem o planejamento de mídia Informações básicas:

Itens que compõem o planejamento de mídia Informações básicas: 13/02/2012 Itens que compõem o planejamento de mídia Informações básicas: Análises quantitativas: Penetração dos meios: grau de intensidade de consumo dos veículos de comunicação pela população e por um

Leia mais

Quem Somos. Nossa meta é o resultado do cliente!

Quem Somos. Nossa meta é o resultado do cliente! 2 0 1 5 Quem Somos Somos a equipe que você deseja para resolver um pequeno impasse, ou um grande dilema, quando o assunto e a MÍDIA certa, no lugar certo e no momento adequado. Regional, personalizada

Leia mais

FACULDADE DE COMUNICAÇÃO SOCIAL CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ESTRUTURA DA PARTE ESCRITA MODALIDADE: CAMPANHA

FACULDADE DE COMUNICAÇÃO SOCIAL CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ESTRUTURA DA PARTE ESCRITA MODALIDADE: CAMPANHA FACULDADE DE COMUNICAÇÃO SOCIAL CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ESTRUTURA DA PARTE ESCRITA MODALIDADE: CAMPANHA ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS: Capa Folha de rosto Dedicatória

Leia mais

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Curso 09/05/2011 14:54

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Curso 09/05/2011 14:54 Curso: DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Centro de Ciências Humanas e da Comunicação Comunicação Social (Noturno) Ano/Semestre: 011/1 09/05/011 1:5 COM.0000.0.000- COM.0001.0.001-0 COM.0019.01.001-7 FIL.0051.00.00-3

Leia mais

PLANO DE COMUNICAÇÃO 2014

PLANO DE COMUNICAÇÃO 2014 PLANO DE COMUNICAÇÃO 2014 IMAGEM MARCA OU MARCA OU IMAGEM DO EVENTO A CAPITAL DO NORTÃO, A METRÓPOLE DE UM NOVO TEMPO SINOP APRESENTAÇÃO IMAGEM Sinop é resultado da política de ocupação da Amazônia legal

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Extensão Esterina Placco Código: 091.01 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnico

Leia mais

Gerenciamento da comunicação de massa: propaganda, promoção de vendas, eventos e relações públicas

Gerenciamento da comunicação de massa: propaganda, promoção de vendas, eventos e relações públicas Capítulo 18 Gerenciamento da comunicação de massa: propaganda, promoção de vendas, eventos e relações públicas Copyright 2006 by Pearson Education Questões abordadas no capítulo Quais são as etapas envolvidas

Leia mais

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA 1 CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS BRUSQUE (SC) 2012 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 INTRODUÇÃO A PUBLICIDADE E PROPAGANDA... 4 02 HISTÓRIA DA ARTE... 4 03 COMUNICAÇÃO

Leia mais

PLANEJAMENTO DE MÍDIA DIGITAL

PLANEJAMENTO DE MÍDIA DIGITAL PLANEJAMENTO DE MÍDIA DIGITAL Prof. a Fabiana Baraldi - Conforme estipulado no Termo de Uso, todo o conteúdo ora disponibilizado é de titularidade exclusiva do IAB ou de terceiros parceiros e é protegido

Leia mais

ESTUDO DA IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PARA O COMÉRCIO VAREJISTA LUCIMEIRI CEZAR ANDRÉ

ESTUDO DA IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PARA O COMÉRCIO VAREJISTA LUCIMEIRI CEZAR ANDRÉ ESTUDO DA IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PARA O COMÉRCIO VAREJISTA LUCIMEIRI CEZAR ANDRÉ Acadêmica de Administração Geral na Faculdade Metropolitana de Maringá /PR - 2005 RESUMO: A atividade comercial

Leia mais

UM SUPERMERCADO E UM DESAFIO

UM SUPERMERCADO E UM DESAFIO SAIR DO LUGAR-COMUM PÃO DE AÇÚCAR UM SUPERMERCADO E UM DESAFIO Só em São Paulo, a associação que reúne os supermercados tem mais de 50 empresas cadastradas. As lojas se espalham com um volume impressionante.

Leia mais

Itaú Performance. Planejamento de Mídia Digital. Planejamento Integrado. Instrutor: Fred Pacheco. ! 14 anos de experiência no mercado online

Itaú Performance. Planejamento de Mídia Digital. Planejamento Integrado. Instrutor: Fred Pacheco. ! 14 anos de experiência no mercado online Itaú Performance Planejamento Integrado 01 / Janeiro / 2013 Planejamento de Mídia Digital 1 Instrutor: Fred Pacheco! 14 anos de experiência no mercado online! Palestrante e Consultor de mídia, planejamento,

Leia mais

PROPAGANDA. Propaganda. Considerações iniciais. Propaganda. Propaganda. Papel da propaganda. Propaganda. Propaganda. Missão.

PROPAGANDA. Propaganda. Considerações iniciais. Propaganda. Propaganda. Papel da propaganda. Propaganda. Propaganda. Missão. PROPAGANDA Considerações iniciais É a parte mais glamourosa do Marketing Mix (exposição); Exige talento e planejamento Representa mais de 1% do PIB Todos (acham que) entendem; Papel da propaganda A compra

Leia mais

OBJETIVOS DE MARKETING

OBJETIVOS DE MARKETING CASE Banco do Brasil Todo Seu O Banco do Brasil é a mais antiga instituição bancária brasileira. Reconhecido como fundamental para o desenvolvimento econômico e social do país, é também o maior banco da

Leia mais

SAMBA BRASÍLIA O EVENTO. Previsão de 2.900.000 impactos individuais. Previsão de 2.900.000 impactos

SAMBA BRASÍLIA O EVENTO. Previsão de 2.900.000 impactos individuais. Previsão de 2.900.000 impactos SAMBA BRASÍLIA Previsão de 2.900.000 impactos Previsão de 2.900.000 impactos individuais O EVENTO Há mais de um século, quando começou a história do samba, ninguém conseguiria prever que ele chegaria aonde

Leia mais

SÃO JOÃO 2015 VERSÃO SEM FOTOS E LOGOS

SÃO JOÃO 2015 VERSÃO SEM FOTOS E LOGOS SÃO JOÃO 2015 VERSÃO SEM FOTOS E LOGOS O PROJETO Marcada pelos festejos juninos, a Bahia ferve durante o mês de junho. Mês do São João, festa que atrai milhares de pessoas e que representa um importante

Leia mais

endereço eletrônico) OPCIONAL: http://www.coacavo.com.br/gestao_pdf/avaliacao_desempenho_360grau s.pdf

endereço eletrônico) OPCIONAL: http://www.coacavo.com.br/gestao_pdf/avaliacao_desempenho_360grau s.pdf AV1 Estudo Dirigido da Disciplina CURSO: Gestão de Recursos Humanos DISCIPLINA: Ferramentas de Gestão de Recursos Humanos ALUNO(A):Aline de Souza MATRÍCULA:51811 Ribeiro da Rocha NÚCLEO REGIONAL: DATA:

Leia mais

MARKETING DIGITAL PARA PME: APRENDA A DEFINIR QUANDO, COMO E EM QUAIS ESTRATÉGIAS INVESTIR

MARKETING DIGITAL PARA PME: APRENDA A DEFINIR QUANDO, COMO E EM QUAIS ESTRATÉGIAS INVESTIR MARKETING DIGITAL PARA PME: APRENDA A DEFINIR QUANDO, COMO E EM QUAIS ESTRATÉGIAS INVESTIR Introdução 02 A importância de calcular o ROI dos investimentos Capítulo 1 04 Aprendendo a definir os investimentos

Leia mais

A empresa não é uma ilha

A empresa não é uma ilha A empresa não é uma ilha Relacionamento implica em comunicação. A empresa com as rédeas da sua comunicação. Comunicação social tem ferramentas que ajudam na construção de empresas de alta performance.

Leia mais

FTAD FORMAÇÃO TÉCNICA EM ADMINISTRAÇÃO MÓDULO DE MARKETING. Professor: Arlindo Neto

FTAD FORMAÇÃO TÉCNICA EM ADMINISTRAÇÃO MÓDULO DE MARKETING. Professor: Arlindo Neto FTAD FORMAÇÃO TÉCNICA EM ADMINISTRAÇÃO MÓDULO DE MARKETING Professor: Arlindo Neto Competências a serem trabalhadas GESTÃO DE MARKETING PUBLICIDADE E PROPAGANDA GESTÃO COMERCIAL FTAD FORMAÇÃO TÉCNICA EM

Leia mais

Gerenciamento da comunicação de massa: propaganda, promoção de vendas, eventos e relações públicas. Copyright 2006 by Pearson Education

Gerenciamento da comunicação de massa: propaganda, promoção de vendas, eventos e relações públicas. Copyright 2006 by Pearson Education Gerenciamento da comunicação de massa: propaganda, promoção de vendas, eventos e relações públicas Copyright 2006 by Pearson Education Propaganda Qualquer forma paga de apresentação não pessoal e promocional

Leia mais

Comunicação Integrada de marketing.

Comunicação Integrada de marketing. Comunicação Integrada de marketing. - COMPOSTO DE COMUNICAÇÃO - 4 A s - 4 C s Comunicação: é a transmissão de uma mensagem de um emissor para um receptor, de modo que ambos a entendam da mesma maneira.

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL INSTRUÇÃO NORMATIVA SECOM-PR N o 7 DE 19 DE DEZEMBRO DE 2014 Disciplina a publicidade dos órgãos e entidades do Poder Executivo Federal e dá outras

Leia mais

AGRONEGÓCIOS Nov/2012

AGRONEGÓCIOS Nov/2012 AGRONEGÓCIOS Nov/2012 Internet Acesso Brasil O total de brasileiros com acesso à internet chegou a 83,4 milhões de internautas no segundo trimestre de 2012, um crescimento de 13,1% sobre o segundo trimestre

Leia mais

MARKETING E VENDAS NA FARMÁCIA

MARKETING E VENDAS NA FARMÁCIA MARKETING E VENDAS NA FARMÁCIA Há muito se discute que o mercado de farmácias é ambiente competitivo e que a atividade vem exigindo profissionalismo para a administração de seus processos, recursos e pessoal.

Leia mais

Prezados, seguem abaixo questionamentos pertinentes a Concorrência FIESC nº 020/2014 Lote 2.

Prezados, seguem abaixo questionamentos pertinentes a Concorrência FIESC nº 020/2014 Lote 2. Data: 16/09/2014 Para: AOS PARTICIPANTES DA CONCORRÊNCIA 020/2014 De: FIESC COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO Assunto: Esclarecimento n. 6 Pergunta: Prezados, seguem abaixo questionamentos pertinentes a Concorrência

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO - UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 60/00-CEPE RESOLVE:

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO - UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 60/00-CEPE RESOLVE: RESOLUÇÃO Nº /00-CEPE 1 Fixa o Currículo Pleno do Curso de Comunicação Social, Habilitações em Jornalismo, Relações Públicas e Publicidade e Propaganda, do Setor de Ciências Humanas, Letras e Artes. O,

Leia mais

78% 72% lêem o Diário do Nordeste APRESENTAÇÃO

78% 72% lêem o Diário do Nordeste APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO Os Classificados do Diário do Nordeste sempre trazem as melhores possibilidades de negócios na área de Veículos. Um mercado que é aquecido pela paixão do brasileiro por automóveis. Com o sucesso

Leia mais

Desenvolvendo Campanhas de Geração de Demanda Bem-Sucedidas

Desenvolvendo Campanhas de Geração de Demanda Bem-Sucedidas Desenvolvendo Campanhas de Geração de Demanda Bem-Sucedidas Introdução 1 Tópicos Etapa 1: Conheça seu Público-Alvo 3 Etapa 2: Desenvolva Soluções com Base nas Necessidades de Negócios do Público Alvo 7

Leia mais

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT MASTER IN PROJECT MANAGEMENT PROJETOS E COMUNICAÇÃO PROF. RICARDO SCHWACH MBA, PMP, COBIT, ITIL Atividade 1 Que modelos em gestão de projetos estão sendo adotados como referência nas organizações? Como

Leia mais

Anexo I Ementário das Modalidades conforme Categorias DA EXPOCOM

Anexo I Ementário das Modalidades conforme Categorias DA EXPOCOM Anexo I Ementário das Modalidades conforme Categorias DA EXPOCOM JORNALISMO JO 01 Agência Jr. de Jornalismo (conjunto/ série) Modalidade voltada a agências de jornalismo experimentais, criadas, desenvolvidas

Leia mais

manual básico de mídia

manual básico de mídia manual básico de mídia Manual Básico de Mídia 1 2 Manual Básico de Mídia 2015 Índice_ 01. Amostra...4 02. Público-alvo...6 03. Audiência de TV...8 04. GRP...12 05. Alcance e frequência...14 06. Custo por

Leia mais

Passo 1 - Faça um diagnóstico da comunicação

Passo 1 - Faça um diagnóstico da comunicação Manual Como elaborar uma estratégia de comunicação Índice Introdução Passo 1 - Faça um diagnóstico da comunicação. Passo 2 - Defina os alvos da comunicação Passo 3 - Estabeleça os objetivos da comunicação

Leia mais

F.1 Gerenciamento da integração do projeto

F.1 Gerenciamento da integração do projeto Transcrição do Anexo F do PMBOK 4ª Edição Resumo das Áreas de Conhecimento em Gerenciamento de Projetos F.1 Gerenciamento da integração do projeto O gerenciamento da integração do projeto inclui os processos

Leia mais

Aula 13. Roteiro do Plano de Marketing. Profa. Daniela Cartoni

Aula 13. Roteiro do Plano de Marketing. Profa. Daniela Cartoni Aula 13 Roteiro do Plano de Marketing Profa. Daniela Cartoni Plano de Marketing: Estrutura Capa ou folha de rosto 1. Sumário Executivo 2. Situação atual de marketing 3. Análise de oportunidades 4. Objetivos

Leia mais

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE ATIVIDADES EXTRA-CURRICULARES (ESPORTIVOS OU DE ÁREA)

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE ATIVIDADES EXTRA-CURRICULARES (ESPORTIVOS OU DE ÁREA) ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE ATIVIDADES EXTRA-CURRICULARES (ESPORTIVOS OU DE ÁREA) I - CAPA NA CAPA DEVE CONSTAR: - Nome da Unidade Escolar com DRE; - Nome do professor responsável pela elaboração

Leia mais

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE CASE 31º TOP DE MARKETING ADVB/RS

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE CASE 31º TOP DE MARKETING ADVB/RS ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE CASE 31º TOP DE MARKETING ADVB/RS CATEGORIAS DE SEGMENTO DE MERCADO E CATEGORIAS ESPECIAIS Roteiro de Elaboração do Case Buscando aperfeiçoar o Sistema de Avaliação do Top de

Leia mais

Objetivos. PDI - Plano Diretor de Informática. O que é? Como é feito? Quanto dura sua elaboração? Impactos da não execução do PDI

Objetivos. PDI - Plano Diretor de Informática. O que é? Como é feito? Quanto dura sua elaboração? Impactos da não execução do PDI Objetivos Assegurar que os esforços despendidos na área de informática sejam consistentes com as estratégias, políticas e objetivos da organização como um todo; Proporcionar uma estrutura de serviços na

Leia mais

FACULDADE CÁSPER LÍBERO PROJETO CRIAR 2013 2 ANO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA 2º ANO DE RÁDIO E TV

FACULDADE CÁSPER LÍBERO PROJETO CRIAR 2013 2 ANO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA 2º ANO DE RÁDIO E TV FACULDADE CÁSPER LÍBERO PROJETO CRIAR 2013 2 ANO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA 2º ANO DE RÁDIO E TV O Projeto Criar é um projeto transdisciplinar, que envolve os cursos de Publicidade e Propaganda e Rádio

Leia mais

REGULAMENTO DO ESTÁGIO DO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

REGULAMENTO DO ESTÁGIO DO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL REGULAMENTO DO ESTÁGIO DO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL Publicidade e Propaganda Capítulo I - DOS PRINCÍPIOS GERAIS Art. 1º - Este regulamento rege as atividades do Estágio do Curso de Comunicação Social

Leia mais

CALOURO DESTAQUE. Tema: VOLUNTARIADO

CALOURO DESTAQUE. Tema: VOLUNTARIADO CALOURO DESTAQUE Tema: VOLUNTARIADO Inspirações para o trabalho O que é voluntariado? Como os jovens atuam como voluntários? Quais são os diferenciais que a atuação voluntária leva para a atividade profissional?

Leia mais

FACULDADE PAN AMAZÔNICA CURSOS TECNOLÓGICOS SUPERIORES CURSO GESTÃO EM MARKETING PROFESSORES PARCEIROS: KAROLINA NORONHA, DEISINETH PAES E JOSÉ ALVES

FACULDADE PAN AMAZÔNICA CURSOS TECNOLÓGICOS SUPERIORES CURSO GESTÃO EM MARKETING PROFESSORES PARCEIROS: KAROLINA NORONHA, DEISINETH PAES E JOSÉ ALVES FACULDADE PAN AMAZÔNICA CURSOS TECNOLÓGICOS SUPERIORES CURSO GESTÃO EM MARKETING COORDENADORA DO CURSO: ANA PAULA SARDINHA PROFESSORA ORGANIZADORA: ANA PAULA SARDINHA PROFESSORES PARCEIROS: KAROLINA NORONHA,

Leia mais

Roteiro orientador para desenvolvimento da apresentação presencial dos cases

Roteiro orientador para desenvolvimento da apresentação presencial dos cases Roteiro orientador para desenvolvimento da apresentação presencial dos cases C A T E G O R I A S D E S E T O R D E M E R C A D O E C A T E G O R I A S E S P E C I A I S ROTEIRO ORIENTADOR PARA DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Plano Comercial RICTV Florianópolis

Plano Comercial RICTV Florianópolis Plano Comercial RICTV Florianópolis TV: A mídia preferida dos brasileiros Meio com maior penetração, atingindo 95% da população. TV Rádio Internet Jornal Revistas TV por Assinatura Cinema 17% 95% 61% 58%

Leia mais

TESTEIRA DIGITAL Aeroporto de Congonhas, SP

TESTEIRA DIGITAL Aeroporto de Congonhas, SP 2014 A Empresa A Meta 29, fundada em 1993, iniciou suas atividades na exploração de Mídias Aeroportuárias, tornando-se a maior e mais importante empresa desse segmento. Através de pesquisas qualitativas

Leia mais

Desmembrando o PMBoK através de mapas mentais (Mindmaps)

Desmembrando o PMBoK através de mapas mentais (Mindmaps) PMI O Que é o PMBoK Guide 3º Edition? O PMBoK Guide 3º Edition (2004) é uma denominação que representa todo o somatório de conhecimento dentro da área de gerenciamento de projetos, além de fornecer uma

Leia mais

A Evolução da Mídia Exterior. Dados Demográficos NAVEGANTES

A Evolução da Mídia Exterior. Dados Demográficos NAVEGANTES A Evolução da Mídia Exterior Dados Demográficos NAVEGANTES JOINVILLE Jaraguá do Sul é a terceira economia de Santa Catarina e sede de algumas das maiores empresas do Brasil nos setores eletromecânico e

Leia mais

Teoria da Decisão MÉTODOS QUANTITATIVOS DE GESTÃO

Teoria da Decisão MÉTODOS QUANTITATIVOS DE GESTÃO Teoria da Decisão MÉTODOS QUANTITATIVOS DE GESTÃO INTRODUÇÃO Todo problema de decisão envolve julgamento sobre um conjunto conhecido de alternativas; Informações Disponíveis (Dados) Conhecidos com certeza;

Leia mais

MIDIA KIT. Aqui você fica atualizado. www.noticiasdealagoinhas.com.br

MIDIA KIT. Aqui você fica atualizado. www.noticiasdealagoinhas.com.br MIDIA KIT Aqui você fica atualizado. www.noticiasdealagoinhas.com.br Sobre nosso site O Notícias de Alagoinhas hoje é o portal mais completo da cidade. Somos um Canal de comunicação online que integra

Leia mais

O marketing aplicado aos mandatos : A importância da leitura de cenário para o planejamento.

O marketing aplicado aos mandatos : A importância da leitura de cenário para o planejamento. 2º Seminário Nacional de REDES SOCIAIS e E-GOV para Administração Pública O marketing aplicado aos mandatos : A importância da leitura de cenário para o planejamento. Daniel Machado Especialista em Marketing

Leia mais

Marketing de Feiras e Eventos: Promoção para Visitantes, Expositores e Patrocinadores

Marketing de Feiras e Eventos: Promoção para Visitantes, Expositores e Patrocinadores Gestão e Organização de Conferências e Reuniões Organização de conferências e reuniões, nos mais variados formatos, tais como reuniões educativas, encontros de negócios, convenções, recepções, eventos

Leia mais

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA 1 CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS BRUSQUE (SC) 2012 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 INTRODUÇÃO A PUBLICIDADE E PROPAGANDA... 4 02 HISTÓRIA DA ARTE... 4 03 COMUNICAÇÃO

Leia mais

Pesquisa Aplicada à Estatística

Pesquisa Aplicada à Estatística Pesquisa Aplicada à Estatística Tatiene Correia de Souza / UFPB tatiene@de.ufpb.br September 14, 2014 Souza () Pesquisa Aplicada à Estatística September 14, 2014 1 / 23 Estatística: ideias gerais O que

Leia mais

Seja certificado pelo CENP e tenha acesso a análises de audiência de TV

Seja certificado pelo CENP e tenha acesso a análises de audiência de TV Consulta.net Seja certificado pelo CENP e tenha acesso a análises de audiência de TV Pequenas e médias agências de publicidade podem ter acesso a dados e relatórios de audiência de TV por meio do Consulta.net,

Leia mais

Como resultado da preparação desse I Workshop foram formalizadas orientações básicas para formatação de um projeto cultural que seguem abaixo.

Como resultado da preparação desse I Workshop foram formalizadas orientações básicas para formatação de um projeto cultural que seguem abaixo. ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO CULTURAIS A Fundação Cultural do Estado da Bahia tem como missão fomentar o desenvolvimento das Artes Visuais, Dança, Música, Teatro, Circo, Audiovisual, Culturas

Leia mais

Painel 3 GESTÃO DE CARTEIRA E PRODUTIVIDADE

Painel 3 GESTÃO DE CARTEIRA E PRODUTIVIDADE 29. 09. 2014 Geral Nome da pesquisa Painel 3 GESTÃO DE CARTEIRA E PRODUTIVIDADE Autor 2 Apêndice: Pesquisa Painel 3 GESTÃO DE CARTEIRA E PRODUTIVIDADE Márcio estava se programando para fazer o planejamento

Leia mais

A Área de Marketing no Brasil

A Área de Marketing no Brasil A Área de Marketing no Brasil Relatório consolidado das etapas qualitativa e quantitativa Job 701/08 Fevereiro/ 2009 Background e Objetivos A ABMN Associação Brasileira de Marketing & Negócios deseja

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO MERCADOLÓGICA II

ADMINISTRAÇÃO MERCADOLÓGICA II ADMINISTRAÇÃO MERCADOLÓGICA II Atividades Gerenciais de MKT Produto Testar Novos Produtos; Modificar Atuais; Eliminar; Política de Marcas; Criar Satisfação e Valor; Embalagem. 2 1 Atividades Gerenciais

Leia mais

CULTURA COLETIVA DM9DDB

CULTURA COLETIVA DM9DDB CULTURA COLETIVA DM9DDB Agência A agência de publicidade é um produto e suas características devem ser perceptíveis logo à primeira exposição. No caso da DM9DDB, a inovação e a criatividade formam um binômio

Leia mais

CONCORRÊNCIA Nº 001/2013 RESPOSTA 06 AOS QUESTIONAMENTOS DA LICITANTE

CONCORRÊNCIA Nº 001/2013 RESPOSTA 06 AOS QUESTIONAMENTOS DA LICITANTE CONCORRÊNCIA Nº 001/2013 RESPOSTA 06 AOS QUESTIONAMENTOS DA LICITANTE 1. Questionamento: Gostaríamos de saber se nas peças layoutadas, que serão apresentadas em pranchas de até no máximo 42 X 30cm para

Leia mais

JORNAL DO COMMERCIO 2014. Almanaque Publicitário JC FINANÇAS

JORNAL DO COMMERCIO 2014. Almanaque Publicitário JC FINANÇAS FINANÇAS APRESENTAÇÃO O Jornal do Commercio faz parte do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação, empresa do grupo JCPM, que atua também nos setores de shoppings centers e empreendimentos imobiliários.

Leia mais

Teoria e Prática. Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009. Rosaldo de Jesus Nocêra, PMP, PMI-SP, MCTS. do PMBOK do PMI. Acompanha o livro:

Teoria e Prática. Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009. Rosaldo de Jesus Nocêra, PMP, PMI-SP, MCTS. do PMBOK do PMI. Acompanha o livro: Gerenciamento de Projetos Teoria e Prática Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009 do PMBOK do PMI Acompanha o livro: l CD com mais de 70 formulários exemplos indicados pelo PMI e outros desenvolvidos

Leia mais