RELATÓRI O AN UAL DE ATI VI DADES

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RELATÓRI O AN UAL DE ATI VI DADES 2 0 1 3"

Transcrição

1 RELATÓRI O AN UAL DE ATI VI DADES Parceria Inova - BH Odebrecht & Junior Achievem ent de Minas Gerais 1

2 SUMÁRIO 1. Resultados Conquistados Resultados Resultados Pesquisas Conceitos Técnicos Programa Economia Pessoal Programa Miniempresa Compreensão dos Objetivos Comportamento Empreendedor Atuação dos Voluntários Pesquisa de Satisfação dos Voluntários Avaliação Geral Horas Doadas Fotos e Depoimentos

3 1. Resultados Conquistados Desde 2003, a Junior Achievement Minas Gerais dedica-se a despertar o espírito empreendedor dos jovens em nosso estado e conta desde então com inúmeros parceiros que compartilham do mesmo ideal: formar uma nova geração de líderes em nosso país! Acreditamos que os resultados alcançados nos últimos anos são frutos da dedicação de dezenas de empresas que investem seus recursos mais preciosos, ou seja, seus colaboradores, que atuam como orientadores em sala de aula, formando uma nova geração de empreendedores. Temos como resultados dessas parcerias: 133 mil alunos atendidos Voluntários Orientadores 3

4 A contribuição de nossos Mantenedores e parceiros nos últimos anos vem possibilitando o fomento do empreendedorismo, formando uma nova geração de jovens mais preparados para sua vida pessoal e para o mercado de trabalho. A Inova BH / Odebrecht acredita no potencial dos jovens e valoriza a construção de oportunidades na vida pessoal e profissional desses alunos, e sempre acreditando na educação como ferramenta principal para o desenvolvimento humano. Apresentamos a seguir o Relatório de Gestão de Projetos, pois trata-se de uma ferramenta necessária do processo de prestação de contas anual da Junior Achievement de Minas Gerais, descrevendo as metas estabelecidas, ações realizadas e resultados alcançados ao longo do ano e todos os recursos utilizados para o cumprimento dos objetivos institucionais. Nosso principal objetivo é manter produtivo o relacionamento com todas as empresas parceiras em nosso estado. O presente relatório apresenta informações referentes à execução dos projetos acordados para 2013, entre a Inova BH / Odebrecht e a Associação Junior Achievement de Minas Gerais. Desta parceria resultaram-se 21 alunos beneficiados e 16 voluntários orientadores, que dedicaram seu tempo e talentos a formação dos jovens. 2. Resultados 2013 Em 2013, realizamos em parceira com a Inova BH / Odebrecht dois programas distintos de educação empreendedora. Os programas foram: Economia Pessoal e Miniempresa. Ao todo foram doadas 768,5 horas aos novos jovens empreendedores. As aplicações dos programas obtiveram grande desempenho por parte dos alunos e os resultados foram um sucesso. Veja abaixo os resultados: 4

5 3. Resultados Pesquisas A Junior Achievement de Minas Gerais, buscando apresentar ao parceiro os resultados dos programas de educação empreendedora, aplicou durante o programa diversas pesquisas. Daremos maior atenção a pesquisa de impacto, de empreendedorismo (realizada no 1º dia de Projeto) e de satisfação dos Voluntários. Abaixo temos uma apresentação dos resultados destas pesquisas e as observações que julgamos pertinentes à continuidade do projeto. A partir dos dados das pesquisas de impacto, coletados em sala de aula após o término dos programas, temos o seguinte cenário de resultados (valores médios) no quesito Conceitos Técnicos: 3.1. Conceitos Técnicos O gráfico ao lado foi baseado na Pesquisa de Impacto realizada com os alunos após a aplicação dos dois Programas. Percebe-se que os alunos obtiveram um aproveitamento melhor, neste quesito, no Programa Economia Pessoal. Ambas os resultados apresentados estão acima da média nacional de 80%. Segue abaixo os gráficos detalhados por Programa: 5

6 Programa Economia Pessoal Programa Miniempresa 6

7 3. 2. Compreensão dos Objetivos A partir dos dados das pesquisas de impacto, coletados em sala de aula após o término dos programas, temos o seguinte cenário de resultados (valores médios): Participar dos Programas da Junior Achievement fez você... De acordo com o gráfico, os alunos participantes apresentaram uma média no quesito Compreensão dos Objetivos de 78%, sendo este um resultado positivo, comparado com a média nacional Comportamento Empreendedor Os comportamentos empreendedores mensurados pela Junior Achievement, após a conclusão do Projeto são: Autoconfiança: habilidade de expressar confiança na sua capacidade de realizar uma tarefa difícil ou de enfrentar um desafio. Correr riscos moderados (ousadia): A capacidade de colocar-se em situações que implicam desafios ou riscos, moderados. 7

8 Persistência: Capacidade de fazer um sacrifício pessoal ou um esforço extraordinário para completar uma tarefa. Comprometimento: Capacidade de fazer aquilo que é necessário, e não apenas o que foi solicitado ou que está sob sua responsabilidade Estabelecimento de metas: desenvolvimento de planos pessoais para o futuro Criatividade; Capacidade de trabalhar em equipe. Abaixo temos uma apresentação dos resultados e as observações que julgamos pertinentes à continuidade do projeto. A média de concordância esperada pela JAMG é de 80% no estado. Os alunos participantes obtiveram resultado de 86% de concordância com o comportamento empreendedor após participarem do Programa. Podemos ressaltar que após colocarem em prática várias características empreendedoras, os alunos tiveram resultados excelentes em relação a criatividade, estabelecimento de metas, e persistência. Segue 8

9 abaixo o gráfico apresentando a variação no quesito comportamento empreendedor antes e após a aplicação do Programa. Variação de 20% 4. Atuação dos Voluntários A atuação dos Voluntários da Inova BH / Odebrecht foi determinante para o alcance de resultados expressivos para o Programa e fator fundamental para a motivação dos alunos. O Programa permite além da troca de experiências: Contato com estudantes ao ensinar se consolida conhecimentos. Desenvolvimento de habilidades e competências. Contribuição para a comunidade. Relacionamento interpessoal. Exercício de oratória. Satisfação pessoal através da contribuição para o desenvolvimento social. 9

10 Os Voluntários que atuaram este ano foram: Voluntários Miniempresa Alline Melo de Paula Anabelle Bicalho Costa Andréa Cássia Rodrigues de Araújo Bárbara Andrade Pereira Fábio Storti Lago Igraine Lydia P. Soares de Melo Joana Melo Correia João Pereira de Souza Neto Lorena Fiche Zanforlin Mariza Marques da Silva Machado Rafael Sabatini Lopes Rafaela Borges de Souza Walton Cardoso de Araújo Brandão Voluntários Economia Pessoal Marina Guimarães de Deus Vieira Mariana Urquiza Veloso Franciane Siqueira de Mendonça Coordenação Projeto Rafaella Lana A. R. Figueiredo 4.1. Pesquisa de Satisfação dos Voluntários As pesquisas de satisfação dos voluntários são aplicadas ao final do programa em sala de aula. Os resultados a seguir foram construídos a partir das pesquisas respondidas pelos voluntários que aplicaram os programas. Agrupamos as respostas em temas específicos para facilitar-nos a interpretação dos resultados. 100%dos voluntários estão satisfeitos com o aprendizado do programa; 100%dos voluntários estão satisfeitos com as dinâmicas dos programas; 10

11 100%dos voluntários concordam que o tempo destinado a aplicação do programa é suficiente; 100% dos voluntários estão satisfeitos com os funcionários da Junior Achievement; 100% dos voluntários informaram que gostariam de continuar participando de alguma forma dos programas da Junior Achievement. 5. Avaliação Geral Pontos Positivos Coordenação Local A coordenação do projeto pela Rafaella Lana representou um ponto forte, pois a mesma participou ativamente de todas as etapas, cooperou nas tomadas de decisões e demonstrou grande capacidade de resoluções de conflitos. Perfil do Voluntariado Corporativo Os voluntários que participaram dos programas EP e ME se mostraram, durante todo o projeto muito engajados e comprometidos com os alunos e com os resultados. Mudança de atitude Através do depoimento dos alunos foi possível perceber que o Projeto despertou mudança de atitude e de comportamento nos jovens beneficiados com o Projeto. Pontos de Melhorias Cronograma O atraso do cronograma prejudicou, em partes, a entrega dos Relatórios ao final do Programa, mas este fato não influenciou o resultado do Projeto. 11

12 6. Horas Doadas Programa Turmas Voluntários Horas Doadas ME EP ,5 Total de horas doadas: 768,5 horas Responsáveis pelo Projeto: Catarina Lutero - Gerente Geral (31) Luana Fonseca Gerente de Projetos (31) Ana Luiza Analista de Projetos (31) Jéssica Vieira Logística (31) Responsável pelo Relatório: Luana Fonseca Gerente de Projetos (31)

13 Fotos e Depoimentos Desde o início o meu intuito, além de passar o pouco que eu sabia, era extrair o máximo de conhecimento dos garotos também. E hoje no encerramento desse projeto, vejo que consegui. Todos se mostraram capazes e interessados. Vejo neles um futuro brilhante pela frente. Voluntário João Neto Bom, eu quero agradecer por me ensinarem a acreditar em meu conteúdo e acreditar que sou capaz. Eu só tenho a agradecer por me dar a oportunidade, foi uma experiência muito boa. Obrigada por tudo de coração! Achiever Luana Teobaldo 13

RELATÓRI O AN UAL DE ATI VI DADES 2 0 1 3

RELATÓRI O AN UAL DE ATI VI DADES 2 0 1 3 RELATÓRI O AN UAL DE ATI VI DADES 2 0 1 3 Parceria Instituto Unimed - BH & Junior Achievem ent de Minas Gerais PROJETO JOVEN S PROFI SSI ON AI S 1 SUMÁRIO 1. Resultados Conquistados... 3 2. Resultados

Leia mais

UMA PARCERIA DE SUCESSO!

UMA PARCERIA DE SUCESSO! RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013 Parceria Santa Dorotéia e Junior Achievement de Minas Gerais: UMA PARCERIA DE SUCESSO! 1 SUMÁRIO 1. Resultados Conquistados... 3 2. Resultados 2013... 4 3. Resultados Pesquisas...

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 Parceria Ultragaz e Junior Achievement de Minas Gerais: Uma parceria de sucesso! 1 SUMÁRIO Resultados Conquistados... 3 Resultados 2013... 4 Resultados Pesquisas... 5

Leia mais

RELATÓRI O AN UAL DE ATI VI DADES 2 0 1 3

RELATÓRI O AN UAL DE ATI VI DADES 2 0 1 3 RELATÓRI O AN UAL DE ATI VI DADES 2 0 1 3 Parceria Gerdau & Junior Achievement de Minas Gerais Cidades: Ouro Branco, Conselheiro Lafaeite, Congonhas e Belo Horizonte 1 SUMÁRIO 1. Relatório de Atividades...

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 Even e Junior Achievement de Minas Gerais UMA PARCERIA DE SUCESSO 1 SUMÁRIO Resultados Conquistados... 3 Resultados do Projeto... 4 Programa Finanças Pessoais... 5 Conceitos

Leia mais

RELATÓRI O AN UAL DE ATI VI DADES 2 0 1 3

RELATÓRI O AN UAL DE ATI VI DADES 2 0 1 3 RELATÓRI O AN UAL DE ATI VI DADES 2 0 1 3 Parceria Gerdau Divinópolis & Junior Achievem ent de Minas Gerais 1 SUMÁRIO 1. Resultados Conquistados... 3 2. Resultados 2013... 4 3. Programa Miniempresa...

Leia mais

Relatório Gestão do Projeto 2013

Relatório Gestão do Projeto 2013 Relatório Gestão do Projeto 2013 Fundação Aperam Acesita e Junior Achievement Minas Gerais: UMA PARCERIA DE SUCESSO SUMÁRIO Resultados 2013... 6 Resultados dos Programas... 7 Programa Vamos Falar de Ética...

Leia mais

Energisa e Junior Achievement de Minas Gerais: UMA PARCERIA DE SUCESSO

Energisa e Junior Achievement de Minas Gerais: UMA PARCERIA DE SUCESSO Energisa e Junior Achievement de Minas Gerais: UMA PARCERIA DE SUCESSO Minas Gerais 2013 1 SUMÁRIO Resultados Gerais Junior Achievement... 2 Resultados Conquistados desta parceria... 3 Resultados Conquistados

Leia mais

UMA PARCERIA DE SUCESSO

UMA PARCERIA DE SUCESSO Relatório Final de Atividades Samarco e : UMA PARCERIA DE SUCESSO 1 SUMÁRIO 1. Relatório de Atividades... 3 2. Resultados Gerais Samarco... 3 2.2. Resultados do Programa Habilidades para o Sucesso... 5

Leia mais

UMA PARCERIA DE SUCESSO

UMA PARCERIA DE SUCESSO Relatório Final de Atividades Gerdau Barão de Cocais e : UMA PARCERIA DE SUCESSO 1 SUMÁRIO Relatório de Atividades... 3 Resultados Gerais... 3 Resultados do Programa Miniempresa... 6 Aprendizagem dos Conceitos

Leia mais

UMA PARCERIA DE SUCESSO

UMA PARCERIA DE SUCESSO Relatório Final de Atividades Gerdau Três Marias e : UMA PARCERIA DE SUCESSO 1 SUMÁRIO Relatório de Atividades... 3 Resultados Gerais... 3 Resultados do Programa Miniempresa... 5 Aprendizagem dos Conceitos

Leia mais

UMA PARCERIA DE SUCESSO!

UMA PARCERIA DE SUCESSO! Relatório Final de Atividades Ação e Cidadania e : UMA PARCERIA DE SUCESSO! 1 SUMÁRIO Relatório de Atividades... 3 1º Encontro do Ação e Cidadania de 2013... 6 2º Encontro do Ação e Cidadania de 2013...

Leia mais

Centro Universitário de Belo Horizonte UNI - BH. Maio de 2010

Centro Universitário de Belo Horizonte UNI - BH. Maio de 2010 Centro Universitário de Belo Horizonte UNI - BH Maio de 2010 APRESENTAÇÃO...3 Junior Achievement...3 Rede Junior Achievement...3 Voluntariado...4 Benefícios de quem atua como voluntário na Junior Achievement...4

Leia mais

NO BRASIL: Há 27 anos, 700 empresas, 2,3 milhões de alunos beneficiados, 2 mil escolas, mais de 85 mil voluntários.

NO BRASIL: Há 27 anos, 700 empresas, 2,3 milhões de alunos beneficiados, 2 mil escolas, mais de 85 mil voluntários. 2011 NO MUNDO: Fundada em 1919 e atualmente em mais de 123 países. NO BRASIL: Há 27 anos, 700 empresas, 2,3 milhões de alunos beneficiados, 2 mil escolas, mais de 85 mil voluntários. NO ESPÍRITO SANTO:

Leia mais

PROJETO JOVENS PROFISSIONAIS UNIMED-BH

PROJETO JOVENS PROFISSIONAIS UNIMED-BH BELO HORIZONTE JUNHO 2015 Realização: Unimed-Belo Horizonte e Instituto Unimed-BH Responsável: Cíntia Roberta de Carvalho Campos (Gestora do Instituto Unimed-BH Contatos: cintia@institutounimedbh.com.br

Leia mais

UMA PARCERIA DE SUCESSO!

UMA PARCERIA DE SUCESSO! RELATÓRI O FI N AL DE ATI VI DADES 2 0 1 3 MRV Engenharia e Junior Achievement de Minas Gerais: UMA PARCERIA DE SUCESSO! 1 SUMÁRIO 1. Resultados Conquistados... 3 2. Relatório de Atividades... 4 3. Resultados

Leia mais

Empreendedorismo na prática

Empreendedorismo na prática Empreendedorismo na prática Autor: José Carlos Assis Dornelas Aluno: Douglas Gonzaga; Diana Lorenzoni; Paul Vogt; Rubens Andreoli; Silvia Ribeiro. Turma: 1º Administração Venda Nova do Imigrante, Maio

Leia mais

GESTÃO DE PESSOAS E PRODUTIVIDADE

GESTÃO DE PESSOAS E PRODUTIVIDADE GESTÃO DE PESSOAS E PRODUTIVIDADE 2 Download da Apresentação www.gptw.com.br publicações e eventos palestras Great Place to Work - Missão 3 Construindo um Excelente Ambiente de Trabalho 4 1 2 3 4 O que

Leia mais

Avaliação Confidencial

Avaliação Confidencial Avaliação Confidencial AVALIAÇÃO 360 2 ÍNDICE Introdução 3 A Roda da Liderança 4 Indicadores das Maiores e Menores Notas 7 GAPs 8 Pilares da Estratégia 9 Pilares do Comprometimento 11 Pilares do Coaching

Leia mais

No início de 2008, um grupo de amigos passou a se reunir para discutir problemas sociais da cidade do Rio de Janeiro, principalmente nas áreas de

No início de 2008, um grupo de amigos passou a se reunir para discutir problemas sociais da cidade do Rio de Janeiro, principalmente nas áreas de No início de 2008, um grupo de amigos passou a se reunir para discutir problemas sociais da cidade do Rio de Janeiro, principalmente nas áreas de educação, segurança e transporte público. O objetivo dessas

Leia mais

ARTIGOS AÇÕES MOTIVACIONAIS

ARTIGOS AÇÕES MOTIVACIONAIS ARTIGOS AÇÕES MOTIVACIONAIS ÍNDICE em ordem alfabética: Artigo 1 - ENDOMARKETING: UMA FERRAMENTA ESTRATÉGICA PARA DESENVOLVER O COMPROMETIMENTO... pág. 2 Artigo 2 - MOTIVANDO-SE... pág. 4 Artigo 3 - RECURSOS

Leia mais

Aperf r e f iço ç a o m a ent n o t o Ge G re r nci c al a para Supermercados

Aperf r e f iço ç a o m a ent n o t o Ge G re r nci c al a para Supermercados Aperfeiçoamento Gerencial para Supermercados Liderança Liderança é a habilidade de influenciar pessoas, por meio da comunicação, canalizando seus esforços para a consecução de um determinado objetivo.

Leia mais

Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social. O Projeto Social Luminando

Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social. O Projeto Social Luminando Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social O Projeto Social Luminando O LUMINANDO O Luminando surgiu como uma ferramenta de combate à exclusão social de crianças e adolescentes de comunidades

Leia mais

UMA PROPOSTA INOVADORA PARA ENSINAR EMPREENDEDORISMO AOS JOVENS

UMA PROPOSTA INOVADORA PARA ENSINAR EMPREENDEDORISMO AOS JOVENS UMA PROPOSTA INOVADORA PARA ENSINAR EMPREENDEDORISMO AOS JOVENS www.empreende.com.br emp@empreende.com.br FAZENDO ACONTECER Programa de ensino de empreendedorismo inovador em nível mundial, desenvolvido

Leia mais

Empreendedorismo. Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira. Aula 01 Introdução ao Empreendedorismo. Cursos de Computação

Empreendedorismo. Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira. Aula 01 Introdução ao Empreendedorismo. Cursos de Computação Cursos de Computação Empreendedorismo Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira Aula 01 Introdução ao Empreendedorismo Referência: Slides do professor Jose Sergio Resende Casagrande A chave do Desenvolvimento Humano

Leia mais

Quais são os objetivos dessa Política?

Quais são os objetivos dessa Política? A Conab possui uma Política de Gestão de Desempenho que define procedimentos e regulamenta a prática de avaliação de desempenho dos seus empregados, baseada num Sistema de Gestão de Competências. Esse

Leia mais

Questionário do Pessoal Docente do Pré-escolar

Questionário do Pessoal Docente do Pré-escolar Questionário do Pessoal Docente do Pré-escolar Liderança 1.1 1.2 1.3 1.4 1. As decisões tomadas pelo Conselho Pedagógico, pela Direção e pelo Conselho Geral são disponibilizadas atempadamente. 2. Os vários

Leia mais

Roteiro de Cerimônia para a Condução dos Trabalhos de Conclusão das Turmas do Projeto Crescer 2013

Roteiro de Cerimônia para a Condução dos Trabalhos de Conclusão das Turmas do Projeto Crescer 2013 Instituto Crescer Movimento Cidadania e Juventude Projeto Crescer Cidadania, Ética e Responsabilidade Roteiro de Cerimônia para a Condução dos Trabalhos de Conclusão das Turmas do Projeto Crescer 2013

Leia mais

EMPREENDEDORISMO. Curso: Ciências Contábeis Período: 3º Profª: Niceia Camila N. Fronza

EMPREENDEDORISMO. Curso: Ciências Contábeis Período: 3º Profª: Niceia Camila N. Fronza EMPREENDEDORISMO Curso: Ciências Contábeis Período: 3º Profª: Niceia Camila N. Fronza ORGANIZAÇÃO CONCEITO: A sociedade humana é feita de organizações que fornecem os meios para o atendimento de necessidades

Leia mais

O QUE É A JUNIOR ACHIEVEMENT?

O QUE É A JUNIOR ACHIEVEMENT? O QUE É A JUNIOR ACHIEVEMENT? A Junior Achievement é uma entidade sem fins lucrativos fundada em 1919, nos EUA. Sua missão é despertar o espírito empreendedor nos jovens ainda na escola, estimulando seu

Leia mais

salas. que envolvam tecnologia. A procura pelo sucesso sempre começa

salas. que envolvam tecnologia. A procura pelo sucesso sempre começa Como será a educação no futuro? Procurando responder esta pergunta devemos olhar um pouco para trás e avaliar as mudanças que impactaram este segmento nas últimas décadas, conclusão, quase nada! As salas

Leia mais

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Formação dos grupos de trabalho e Detalhamento das estratégias do Plano de Ação Julho 2014

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Formação dos grupos de trabalho e Detalhamento das estratégias do Plano de Ação Julho 2014 Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Formação dos grupos de trabalho e Detalhamento das estratégias do Plano de Ação Julho 2014 Grupos de trabalho: formação Objetivo: elaborar atividades e

Leia mais

RETORNO EM EDUCAÇÃO CORPORATIVA DEVE SER MENSURADO

RETORNO EM EDUCAÇÃO CORPORATIVA DEVE SER MENSURADO RETORNO EM EDUCAÇÃO CORPORATIVA DEVE SER MENSURADO Apesar de as empresas brasileiras estarem despertando para o valor das ações de educação corporativa em prol dos seus negócios, muitos gestores ainda

Leia mais

RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO

RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ COORDENAÇÃO DE ENGENHARIA CIVIL CAMPUS CAMPO MOURÃO ENGENHARIA CIVIL CARLOS HENRIQUE FELIPE POÇAS RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO Relatório de Estágio

Leia mais

Universidade Livre para a Eficiência Humana. Desenvolver e valorizar o ser humano nas empresas e sociedade

Universidade Livre para a Eficiência Humana. Desenvolver e valorizar o ser humano nas empresas e sociedade Universidade Livre para a Eficiência Humana Desenvolver e valorizar o ser humano nas empresas e sociedade MISSÃO Realizar ações inovadoras de inclusão social no mundo do trabalho, por meio do desenvolvimento

Leia mais

Levantamento do Perfil Empreendedor

Levantamento do Perfil Empreendedor Levantamento do Perfil Empreendedor Questionário Padrão Informações - O objetivo deste questionário é auxiliar a definir o seu perfil e direcioná-lo para desenvolver suas características empreendedoras.

Leia mais

Caro(a)s voluntário(a)s. é

Caro(a)s voluntário(a)s. é Os Caro(a)s voluntário(a)s. é com satisfação que apresentamos cinco na temática do empreendedorismo que vocês poderão implementar junto aos alunos das escolas parceiras: Introdução ao Mundo dos Negócios,

Leia mais

Gestão Eficaz e Liderança Empreendedora

Gestão Eficaz e Liderança Empreendedora Gestão Eficaz e Liderança Empreendedora O Mundo mudou. E o que eu tenho a ver com isso? Como as organizações desenvolvem-se nesse ambiente? A capacidade de mudança de uma organização é um dos fatores

Leia mais

PRINCÍPIOS CORPORATIVOS

PRINCÍPIOS CORPORATIVOS PRINCÍPIOS CORPORATIVOS Os princípios corporativos do grupo Witzenmann Witzenmann GmbH Östliche Karl-Friedrich-Str. 134 75175 Pforzheim Telefone +49 7231 581-0 Fax +49 7231 581-820 wi@witzenmann.com www.witzenmann.de

Leia mais

Indicadores de Rendimento do Voluntariado Corporativo

Indicadores de Rendimento do Voluntariado Corporativo Indicadores de Rendimento do Voluntariado Corporativo Avaliação desenvolvida por Mónica Galiano e Kenn Allen, publicado originalmente no livro The Big Tent: Corporate Volunteering in the Global Age. Texto

Leia mais

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva.

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva. COMPREENDENDO A GESTÃO DE PESSOAS Karina Fernandes de Miranda Helenir Celme Fernandes de Miranda RESUMO: Este artigo apresenta as principais diferenças e semelhanças entre gestão de pessoas e recursos

Leia mais

MERITOR INVESTE EM AÇÕES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL

MERITOR INVESTE EM AÇÕES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL NOTÍCIAS Contato Paula Balduino SD&PRESS Consultoria Tel. 11 3759-1333 MERITOR INVESTE EM AÇÕES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL Formare ganha reconhecimento internacional por conta de suas iniciativas voltadas

Leia mais

High Potentials, Talentos e Sucessão no Brasil

High Potentials, Talentos e Sucessão no Brasil High Potentials, Talentos e Sucessão no Brasil P e s q u i s a d a F u n d a ç ã o G e t u l i o V a r g a s I n s t i t u t o d e D e s e n v o l v i m e n t o E d u c a c i o n a l Conteúdo 1. Propósito

Leia mais

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ JOVEM APRENDIZ Eu não conhecia nada dessa parte administrativa de uma empresa. Descobri que é isso que eu quero fazer da minha vida! Douglas da Silva Serra, 19 anos - aprendiz Empresa: Sinal Quando Douglas

Leia mais

Prof. Gustavo Nascimento. Unidade I MODELOS DE LIDERANÇA

Prof. Gustavo Nascimento. Unidade I MODELOS DE LIDERANÇA Prof. Gustavo Nascimento Unidade I MODELOS DE LIDERANÇA A liderança e seus conceitos Liderança é a capacidade de influenciar um grupo para que as metas sejam alcançadas Stephen Robbins A definição de liderança

Leia mais

QUEM SOMOS. Consultoria especializada em desenvolvimento de pessoas e em soluções sustentáveis para sua empresa.

QUEM SOMOS. Consultoria especializada em desenvolvimento de pessoas e em soluções sustentáveis para sua empresa. QUEM SOMOS Consultoria especializada em desenvolvimento de pessoas e em soluções sustentáveis para sua empresa. Há mais de 10 anos desenvolvemos soluções para recursos humanos e administração estratégica.

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Atuação estratégica dos departamentos jurídicos Marco Antonio P. Gonçalves A atuação estratégica de departamentos jurídicos é um dos principais temas de interesse dos advogados que

Leia mais

Programa Miniempresa - 2014 -

Programa Miniempresa - 2014 - Programa Miniempresa - 2014 - Índice Junior Achievement...3 Programa Miniempresa...3 Objetivos...3 Escolas participantes...4 Responsabilidades...4 Escolas... 4 Alunos (Achievers)... 4 Voluntários (Advisers)...

Leia mais

O Empreendedor e suas Interações; Definições do Empreendedor; Tipos de Empreendedor. Nesta aula veremos o resumo de: O Intra-Empreendedorismo.

O Empreendedor e suas Interações; Definições do Empreendedor; Tipos de Empreendedor. Nesta aula veremos o resumo de: O Intra-Empreendedorismo. Nesta aula veremos o resumo de: O Empreendedor e suas Interações; Definições do Empreendedor; Tipos de Empreendedor. Nesta aula veremos o resumo de: O Intra-Empreendedorismo. 1 VÍDEO 2 O INTRA-EMPREENDEDORISMO

Leia mais

Uma Experiência Empreendedora da Educação Cooperativa

Uma Experiência Empreendedora da Educação Cooperativa Uma Experiência Empreendedora da Educação Cooperativa Prá colher, temos que plantar, compadre, temos que pensar no futuro. José Dionízio Leite É TICA L IDERANÇA L IBERDADE O RGANIZAÇÃO S OLIDARIEDADE

Leia mais

Lançamento do relatório - Mercados Inclusivos no Brasil: Desafios e Oportunidades do Ecossistema de Negócios

Lançamento do relatório - Mercados Inclusivos no Brasil: Desafios e Oportunidades do Ecossistema de Negócios Lançamento do relatório - Mercados Inclusivos no Brasil: Desafios e Oportunidades do Ecossistema de Negócios Ana Cecília de Almeida e Nathália Pereira A Iniciativa Incluir, promovida pelo PNUD Programa

Leia mais

P R O P O S TA C O M E R C I A L

P R O P O S TA C O M E R C I A L P R O P O S TA C O M E R C I A L Joinville, 03 de setembro de 2014. Proposta para: treinamento líder coach Prezado, Temos o prazer de enviar a proposta do Treinamento Líder Coach, para sua análise e apreciação.

Leia mais

Análise dos dados da Pesquisa de Clima Relatório

Análise dos dados da Pesquisa de Clima Relatório Recursos Humanos Coordenação de Gestão de Pessoas Pesquisa de Clima Análise dos dados da Pesquisa de Clima Relatório Introdução No dia 04 de Agosto de 2011, durante a reunião de Planejamento, todos os

Leia mais

Partindo do Zero Agradecimentos

Partindo do Zero Agradecimentos Partindo do ZeroZ Partindo do Zero Agradecimentos SEBRAE SC MCE FNQ OIS Brasil (Consultoria Parceira da A2C em Gestão da Qualidade) Íntegra Consultoria (Incentivo e Apoio) Partindo do Zero Linha do Tempo

Leia mais

BEM-VINDA!! WWW.BOLSADEIDEASDENEGOCIO.COM

BEM-VINDA!! WWW.BOLSADEIDEASDENEGOCIO.COM BEM-VINDA!! Meu nome é Ives Lopes e eu sou a autora deste guia 22 ideias de negócios para começar já. Vê essa foto? Sou eu em minha Esmalteria, a Eva Nail Club. Foi um sucesso enquanto durou, mas infelizmente

Leia mais

Introdução: Código de Conduta Corporativa

Introdução: Código de Conduta Corporativa Transporte Excelsior Ltda Código de Conduta Corporativa Introdução: A Transporte Excelsior através desse Código Corporativo de Conduta busca alinhar e apoiar o cumprimento de nossa Missão, Visão e Valores,

Leia mais

Um dos melhores Programas de Capacitação de Líderes do Mundo

Um dos melhores Programas de Capacitação de Líderes do Mundo Um dos melhores Programas de Capacitação de Líderes do Mundo O Leader Coaching Traning é um programa de treinamento em Coaching para Líderes, licenciado pela World Federation of Coaching (WFC), entidade

Leia mais

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. PALESTRANTE Thiago Concer. Especialista em Vendas e Atendimento

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. PALESTRANTE Thiago Concer. Especialista em Vendas e Atendimento APRESENTAÇÃO COMERCIAL PALESTRANTE Thiago Concer Especialista em Vendas e Atendimento SOBRE - THIAGO CONCER Thiago Concer é Bacharel em Relações Públicas com estudos em Comunicação pela Universidade de

Leia mais

Gestão. Práticas. Editorial. Geovanne. Acesse online: 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) 03 e 04

Gestão. Práticas. Editorial. Geovanne. Acesse online: 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) 03 e 04 Práticas de Gestão Editorial Geovanne. 02 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) Como faço isso? Acesse online: 03 e 04 www. No inicio da década de 90 os

Leia mais

Empreendedores em Informática

Empreendedores em Informática Empreendedores em Informática Introdução Existem riscos e custos para um programa de ação. Mas eles são bem menores que os riscos e custos de longo alcance de uma acomodação confortável. John F. Kennedy

Leia mais

care XIII meeting Dra. Adriana Vidal Schmidt Médica Alergista - Mestre pela UFPR Professora do Ambulatório de Cosmiatria SBME - Regional Paraná

care XIII meeting Dra. Adriana Vidal Schmidt Médica Alergista - Mestre pela UFPR Professora do Ambulatório de Cosmiatria SBME - Regional Paraná XIII meeting care Dra. Adriana Vidal Schmidt Médica Alergista - Mestre pela UFPR Professora do Ambulatório de Cosmiatria SBME - Regional Paraná Se o seu coração é absoluto e sincero, você naturalmente

Leia mais

Experimentar o escutar... 1. Conte uma situação de conflito na escola 2. Experimente se colocar no lugar do outro e diga qual era a necessidade dele.

Experimentar o escutar... 1. Conte uma situação de conflito na escola 2. Experimente se colocar no lugar do outro e diga qual era a necessidade dele. Experimentar o escutar... 1. Conte uma situação de conflito na escola 2. Experimente se colocar no lugar do outro e diga qual era a necessidade dele. Escuta Ativa Técnica de Comunicação - Escutar o outro

Leia mais

MUDANÇA E OPORTUNIDADES

MUDANÇA E OPORTUNIDADES CRISES: GESTÃO DA MUDANÇA E OPORTUNIDADES PARCEIROS DO BEM: O VALOR DO VOLUNTARIADO LEI DE GERSON O IMPORTANTE PAPEL DE CADA UM DE NÓSN Nossa Responsabilidade Nosso Legado Nossa Liderança NOSSA RESPONSABILIDADE

Leia mais

AVALIAÇÃO DO PLANO DE T&D

AVALIAÇÃO DO PLANO DE T&D AVALIAÇÃO DO PLANO DE T&D Ariadne Cedraz 1 Léa Monteiro Rocha 2 Luciana Cristina Andrade Costa Franco 3 A quarta e última etapa do processo refere-se à avaliação que tem por objetivo averiguar se os resultados

Leia mais

Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs

Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs Ultrapassando barreiras e superando adversidades. Ser um gestor de pessoas não é tarefa fácil. Existem vários perfis de gestores espalhados pelas organizações,

Leia mais

Práticas de Apoio à Gestão

Práticas de Apoio à Gestão Práticas de Apoio à Gestão Profa. Lillian Alvares Faculdade de Ciência da Informação, Universidade de Brasília Organizações de Aprendizagem Learning Organization Conceitos Organizações de Aprendizagem

Leia mais

Vera L. Cardoso Neto encontra-se a realizar uma Dissertação de Mestrado intitulada ão e Formação: uma Trajetória de Reconciliação com o Sistema

Vera L. Cardoso Neto encontra-se a realizar uma Dissertação de Mestrado intitulada ão e Formação: uma Trajetória de Reconciliação com o Sistema Anexos 71 Anexo I Exmo. Sr. Encarregado de Educação Vera L. Cardoso Neto encontra-se a realizar uma Dissertação de Mestrado intitulada ão e Formação: uma Trajetória de Reconciliação com o Sistema Este

Leia mais

Porque Educação Executiva Insper

Porque Educação Executiva Insper 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo atual exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO. Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com

LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO. Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com LI ESTAMOS PASSANDO PELA MAIOR TRANSFORMAÇÃO NA HISTÓRIA DA HUMANIDADE. VALORIZAR PESSOAS

Leia mais

A AIESEC. Reconhecida pela UNESCO como a maior organização de jovens universitários do mundo.

A AIESEC. Reconhecida pela UNESCO como a maior organização de jovens universitários do mundo. A AIESEC Reconhecida pela UNESCO como a maior organização de jovens universitários do mundo. A AIESEC é uma organização global formada por jovens universitários e recém-graduados que buscam viver na prática

Leia mais

GESTÃO DEMOCRÁTICA EDUCACIONAL

GESTÃO DEMOCRÁTICA EDUCACIONAL GESTÃO DEMOCRÁTICA EDUCACIONAL Nanci Cunha Vilela Rost ; Amanda Carvalho ; Edimara Soares Gonçalves ; Juliane Rocha de Moraes BILAC, Faculdade de pedagogia Bilac, graduação em Pedagogia, nancirost@hotmail.com

Leia mais

Inspirando......Novas Direções Chegou... Um novo conceito de palestras!

Inspirando......Novas Direções Chegou... Um novo conceito de palestras! PALESTRAS E TREINAMENTOS Inspirando......Novas Direções Chegou... Um novo conceito de palestras! Palestras e Workshops A EXCELÊNCIA EM SUA EMPRESA A crescente demanda por palestras no atual mundo corporativo

Leia mais

Modelo de Desenvolvimento de Competências

Modelo de Desenvolvimento de Competências Modelo de Desenvolvimento de Competências 2.300 colaboradores O JL - Jornal de Londrina é o veículo de comunicação que Londrina escolheu para acompanhar as notícias da cidade, do Brasil e do mundo e entender

Leia mais

CARACTERÍSTICAS DO EMPREENDEDOR 1. BUSCA DE OPORTUNIDADES E INICIATIVAS

CARACTERÍSTICAS DO EMPREENDEDOR 1. BUSCA DE OPORTUNIDADES E INICIATIVAS 1. BUSCA DE OPORTUNIDADES E INICIATIVAS - faz as coisas antes de solicitado ou antes de ser forçado pelas circunstâncias; - age para expandir o negócio em novas áreas, produtos ou serviços; - aproveita

Leia mais

Categoria Franqueado

Categoria Franqueado PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2013 Dados da empresa FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueado Razão Social: Natureza Comércio e Representações Ltda Nome Fantasia: O Boticário Data de fundação:

Leia mais

Atitude Empreendedora: Uma competência estratégica ao profissional de treinamento e desenvolvimento.

Atitude Empreendedora: Uma competência estratégica ao profissional de treinamento e desenvolvimento. Atitude Empreendedora: Uma competência estratégica ao profissional de treinamento e desenvolvimento. Por PAULA FRANCO Diante de um cenário empresarial extremamente acirrado, possuir a competência atitude

Leia mais

A escolha é sempre sua. O conhecimento é a nossa contribuição.

A escolha é sempre sua. O conhecimento é a nossa contribuição. A escolha é sempre sua. O conhecimento é a nossa contribuição. TURMA 3 Master in Business Administration Especialização Lato-Sensu GESTÃO ESTRATÉGICA DA PRODUÇÃO E QUALIDADE GESTÃO FARMACEUTICA EMPRESARIAL

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO TUTOR ON-LINE NA FORMAÇÃO DOCENTE

A IMPORTÂNCIA DO TUTOR ON-LINE NA FORMAÇÃO DOCENTE A IMPORTÂNCIA DO TUTOR ON-LINE NA FORMAÇÃO DOCENTE Curso de Especialização em Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva Página Inicial do AVA com a relação das disciplinas do Curso e Formação

Leia mais

Competências na Gestão Esportiva

Competências na Gestão Esportiva Competências na Gestão Esportiva ARI MELLO Mestre em Educação Física MBA em Marketing pela ESPM Gerente Esportivo do Clube Esperia Dinâmica: Todos em pé Dividir a sala em 3 grupos Cada grupo em um lado

Leia mais

Fulano de Tal. Relatório Combinado Extended DISC : Análise Comportamental x Feedback 360 FINXS 09.12.2014

Fulano de Tal. Relatório Combinado Extended DISC : Análise Comportamental x Feedback 360 FINXS 09.12.2014 Relatório Combinado Extended DISC : Análise Comportamental x Feedback 360 Este relatório baseia-se nas respostas apresentadas no Inventário de Análise Pessoal comportamentos observados através questionário

Leia mais

Prezado(a) Sr.(a.) Atenciosamente, Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas. comercial@trecsson.com.br

Prezado(a) Sr.(a.) Atenciosamente, Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas. comercial@trecsson.com.br Prezado(a) Sr.(a.) Agradecemos seu interesse em nossos programa de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso de Pós-MBA

Leia mais

GESTÃO DE RISCO NO CONFINAMENTO

GESTÃO DE RISCO NO CONFINAMENTO GESTÃO DE RISCO NO CONFINAMENTO Avaliação e redução do nível de incertezas O Workshop Gestão de Risco foi desenvolvido para atender às necessidades de inclusão da gestão de risco e análise de indicadores

Leia mais

Curso Empreendedorismo Corporativo

Curso Empreendedorismo Corporativo Curso Empreendedorismo Corporativo Todos os fatores relevantes atuais mostram que a estamos em um ambiente cada vez mais competitivo, assim as pessoas e principalmente as organizações devem descobrir maneiras

Leia mais

Negociação Estratégica e Gestão de Conflitos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Negociação Estratégica e Gestão de Conflitos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

biblioteca Cultura de Inovação Dr. José Cláudio C. Terra & Caspar Bart Van Rijnbach, M Gestão da Inovação

biblioteca Cultura de Inovação Dr. José Cláudio C. Terra & Caspar Bart Van Rijnbach, M Gestão da Inovação O artigo fala sobre os vários aspectos e desafios que devem ser levados em consideração quando se deseja transformar ou fortalecer uma cultura organizacional, visando a implementação de uma cultura duradoura

Leia mais

Como se tornar um líder de Sucesso!

Como se tornar um líder de Sucesso! Como se tornar um líder de Sucesso! Os 10 mandamentos do Como se tornar um líder de Sucesso! O líder é responsável pelo sucesso ou fracasso de uma organização. A liderança exige de qualquer pessoa, paciência,

Leia mais

APRESENTAÇÃO COMERCIAL

APRESENTAÇÃO COMERCIAL APRESENTAÇÃO COMERCIAL PALESTRANTE CARLA FALCÃO Especialista em REDES SOCIAIS E MARKETING DIGITAL Quem é Carla Falcão Palestrante, Especialista em Mídias Sociais e Publicitária. Colunista no Considerado

Leia mais

O RH dos sonhos dos CEOs

O RH dos sonhos dos CEOs O RH dos sonhos dos CEOs Expectativas e estratégias da liderança para os Recursos Humanos Presidentes de empresas de todos os portes falaram sobre a importância dos Recursos Humanos para as suas empresas

Leia mais

Situação Financeira Saúde Física

Situação Financeira Saúde Física Um dia um amigo me fez uma séria de perguntas, que me fez refletir muito, e a partir daquele dia minha vida vem melhorando a cada dia, mês e ano. Acreditando que todos temos um poder interno de vitória,

Leia mais

MODELO. (Fonte arial ou times new Roman o tamanho da fonte estará entre parênteses) Nome do Aluno (14) N. RA: (14) CURSO DE ADMINISTRAÇÃO (16)

MODELO. (Fonte arial ou times new Roman o tamanho da fonte estará entre parênteses) Nome do Aluno (14) N. RA: (14) CURSO DE ADMINISTRAÇÃO (16) MODELO (Fonte arial ou times new Roman o tamanho da fonte estará entre parênteses) Nome do Aluno (14) N. RA: (14) CURSO DE ADMINISTRAÇÃO (16) RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO (16) SÃO PAULO (12) 2014

Leia mais

FAÇA AGORA SUA FORMAÇÃO EM COACHING COM CERTIFICAÇÃO INTERNACIONAL A MAIOR ESCOLA DE COACHING DE MINAS.

FAÇA AGORA SUA FORMAÇÃO EM COACHING COM CERTIFICAÇÃO INTERNACIONAL A MAIOR ESCOLA DE COACHING DE MINAS. FAÇA AGORA SUA FORMAÇÃO EM COACHING COM CERTIFICAÇÃO INTERNACIONAL A MAIOR ESCOLA DE COACHING DE MINAS. IWRCOACHING É uma empresa jovem e dinâmica que continua crescendo e se expandindo a cada dia, com

Leia mais

Informações sobre o Projeto Nome do Projeto: Bob s Melhor Idade Início do Projeto: 20 de Abril de 2003 Setor responsável: Responsabilidade Social

Informações sobre o Projeto Nome do Projeto: Bob s Melhor Idade Início do Projeto: 20 de Abril de 2003 Setor responsável: Responsabilidade Social Nome Fantasia: BOB S Razão Social: Venbo Comércio de Alimentos LTDA CNPJ: 71.833.552/0001/29 Responsável pela inscrição: Vinitius Fernandes Cargo: Ass. de Responsabilidade Social Contatos: 21 2536-7500

Leia mais

Apostamos em quem acredita, confiamos em quem arrisca, e somos muito apaixonados por quem empreende. Por isso, criamos o B.I. Empreendedores!

Apostamos em quem acredita, confiamos em quem arrisca, e somos muito apaixonados por quem empreende. Por isso, criamos o B.I. Empreendedores! Empreendedores Apostamos em quem acredita, confiamos em quem arrisca, e somos muito apaixonados por quem empreende. Por isso, criamos o B.I. Empreendedores! Por meio de um método de aprendizagem único,

Leia mais

Fatores e Indicadores de Desempenho ADP

Fatores e Indicadores de Desempenho ADP Fatores e Indicadores de Desempenho ADP RESPONSABILIDADE / COMPROMETIMENTO COM A INSTITUIÇÃO - Assumir o compromisso na realização das atribuições - Atuar com disposição para mudanças - Buscar qualidade

Leia mais

Grupo de Estudos de Voluntariado Empresarial. Proposta de encontros para construção de conhecimento e troca de experiências.

Grupo de Estudos de Voluntariado Empresarial. Proposta de encontros para construção de conhecimento e troca de experiências. Grupo de Estudos de Voluntariado Empresarial Proposta de encontros para construção de conhecimento e troca de experiências. ORGANIZADORES OBJETIVOS DO GRUPO DE ESTUDOS Aprimorar a prática do voluntariado

Leia mais

(Re)Empreendedorismo

(Re)Empreendedorismo (Re)Empreendedorismo A escolha é nossa Empreendedorismo Processo de criar algo diferente e com valor, dedicando tempo e o esforço necessários, assumindo os riscos financeiros, psicológicos e sociais correspondentes

Leia mais

FORMAÇÃO DE NOVAS LIDERANÇAS

FORMAÇÃO DE NOVAS LIDERANÇAS FORMAÇÃO DE NOVAS LIDERANÇAS 28 de novembro de 2013 ABORDAGEM FORMAÇÃO DE NOVAS LIDERANÇAS Contexto! Mundo! Organizações Ser Humano! Quem é? Liderança! Que liderança precisamos?! Como desenvolvê-la? CONTEXTO:

Leia mais

5º WCTI Workshop de Ciência, Tecnologia e Inovação na UERJ

5º WCTI Workshop de Ciência, Tecnologia e Inovação na UERJ 5º WCTI Workshop de Ciência, Tecnologia e Inovação na UERJ O papel do Sistema FIRJAN/IEL no desenvolvimento da cultura empreendedora nas universidades e empresas 29 de outubro de 2013 Daniela Balog - Empreendedorismo

Leia mais

1. APRESENTAÇÃO 2. OBJETIVO E FOCO TEMÁTICO INSCRIÇÕES 14º DIA DO VOLUNTARIADO 2015.

1. APRESENTAÇÃO 2. OBJETIVO E FOCO TEMÁTICO INSCRIÇÕES 14º DIA DO VOLUNTARIADO 2015. REV.: 03 Pág.: 1 de 6 A Manaus Ambiental torna público que estão abertas as inscrições para a seleção de Instituições e Projetos Sociais para o 14º Dia do Voluntariado. A empresa realizará o processo de

Leia mais

UMA PROPOSTA PARA O ENSINO-APRENDIZAGEM DE INTERVALOS REAIS POR MEIO DE JOGOS

UMA PROPOSTA PARA O ENSINO-APRENDIZAGEM DE INTERVALOS REAIS POR MEIO DE JOGOS UMA PROPOSTA PARA O ENSINO-APRENDIZAGEM DE INTERVALOS REAIS POR MEIO DE JOGOS Jéssica Ayumi Uehara Aguilera 1 j.ayumi@hotmail.com Alessandra Querino da Silva 2 alessandrasilva@ufgd.edu.br Cintia da Silva

Leia mais