PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA EDITAL PIBID/ULBRA Nº 2/2017, DE 21 DE FEVEREIRO DE 2017.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA EDITAL PIBID/ULBRA Nº 2/2017, DE 21 DE FEVEREIRO DE 2017."

Transcrição

1 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA EDITAL PIBID/ULBRA Nº 2/2017, DE 21 DE FEVEREIRO DE EDITAL PARA A SELEÇÃO DE PROFESSOR SUPERVISOR DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID/CAPES/ULBRA 2013 A Universidade Luterana do Brasil ULBRA, por meio da Pró-Reitoria Acadêmica, no uso de suas atribuições, torna pública a seleção de professor das escolas públicas conveniadas, nomeadas neste edital, que será realizada no período de 21/2/17 a 10/3/2017, para interessados em atuar como supervisor bolsista do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID), conforme Edital CAPES Nº 061/2013, de acordo com as especificações contidas neste documento Edital PIBID/ULBRA Nº 2/ Disposições gerais Esta seleção visa cumprir o calendário estabelecido pela CAPES e viabilizar a execução do Projeto no ano de Para tanto, serão oferecidas 4 (quatro) bolsas de supervisão para professores das escolas públicas conveniadas, nomeadas neste edital, interessados em integrar o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID). Este Programa, promovido com apoio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), tem como objetivo principal proporcionar um incremento qualitativo aos processos de formação inicial dos licenciandos para atuarem na Educação Básica. Uma apresentação mais detalhada do PIBID está disponível na página da CAPES ( 2. Das vagas para professor supervisor nas escolas conveniadas Escolas Município Número de vagas Subprojeto(s) Escola Municipal de Ensino Canoas 1 Artes Fundamental Edgar Fontoura Escola Municipal de Educação Infantil Cara Melada Canoas 1 Pedagogia Escola Municipal de Ensino Fundamental Manoel Carvalho Portela Cachoeira do Sul 1 Pedagogia Escola Municipal de Ensino Fundamental Pinheiro Machado Santa Maria 1 Educação Física Total Escolas Vagas Subprojeto(s) 4 4 4

2 3. Das bolsas 3.1 Será concedida bolsa no valor de R$ 765,00 (setecentos e sessenta e cinco reais) mensais, pela CAPES, diretamente ao beneficiário em conta corrente, durante a execução do Projeto; 3.2 As bolsas têm a vigência de até 48 (quarenta e oito) meses, conforme prazo definido pelo Edital CAPES Nº 061/ Definição e requisitos do professor supervisor de iniciação à docência Poderão se candidatar às bolsas de professor supervisor de iniciação à docência, professores das escolas públicas municipais conveniadas ao PIBID/ULBRA e que atendam os seguintes requisitos: a) possuir licenciatura, preferencialmente na área do subprojeto; b) possuir experiência mínima de 2 (dois) anos no magistério na educação básica; c) ser professor na escola participante do projeto Pibid e ministrar disciplina ou atuar na área do subprojeto; d) dispor-se a participar como coformador do bolsista de iniciação à docência, em articulação com o coordenador de área do subprojeto; e) não acumular bolsas de outra fonte pública. Ex: (CNPq, FAPERGS); f) estar apto a iniciar as atividades relativas ao Projeto imediatamente após divulgação do resultado da seleção; g) ter disponibilidade para participar do conjunto das atividades propostas, incluindo reuniões com o coordenador do subprojeto e o coordenador do projeto institucional e formações, sempre que convocado, sem prejuízo de suas atividades docentes regulares; h) não estar licenciado/afastado, a qualquer título, da escola, durante o período de execução do projeto; i) comprometer-se com a busca de uma postura profissional investigativa e em prol de ações pedagógicas voltadas para a inovação e a interdisciplinariedade. 5. Calendário da Seleção 5.1 Cronograma Lançamento do Edital de Seleção 21/2/2017 Inscrição dos candidatos de 21/2 a 8/3/2017 Seleção 9/3/2017 Divulgação dos resultados 10/3/2017 Período de cadastro no sistema e início das atividades 10 a 14/3/2017

3 5.2 A divulgação dos resultados será assegurada por meio eletrônico de acesso público (site da ULBRA). 6. Inscrições 6.1 No ato da inscrição, os candidatos deverão entregar: a) formulário de inscrição devidamente preenchido e assinado (Anexo I); b) termo de compromisso do bolsista de supervisão assinado (Anexo II); c) declaração da escola comprovando que está em efetivo exercício em sala de aula há, no mínimo, 2 (dois) anos; d) cópia da titulação de Licenciatura; e) cópia da cédula de identidade; f) cópia do CPF e comprovação de situação cadastral do CPF (pode ser obtido no sítio: g) cópia do título eleitor e comprovante da última votação; h) comprovante dos dados bancários: cópia do cabeçalho de extrato de conta corrente ou de folha de cheque; i) cópia de comprovante de endereço com CEP. 6.2 Local de inscrição As inscrições serão realizadas entre os dias 21/02 e 8/3/2017, junto à Coordenação do Subprojeto, ou com a Coordenação Institucional do PIBID ULBRA (sala 25 do prédio 11 no Campus Canoas). 6.3 Os interessados podem obter informações com a Coordenação Institucional pelo telefone (51) ramal 2599, com Graziela; e pelo 7. Do processo de seleção 7.1 O processo de seleção consiste de análise da documentação e, em caso de mais de um professor inscrito no mesmo subprojeto, de entrevista entre o candidato e a comissão de seleção. 7.2 A entrevista será realizada pela comissão de seleção organizada em cada Município pela Equipe Pedagógica da SMED em conjunto com o coordenador de área do subprojeto e o coordenador institucional e terá como objetivo avaliar se o candidato atende aos critérios estabelecidos no item 4 deste edital. 7.3 A data da entrevista será agendada no momento da inscrição. 7.4 Caso ocorra empate serão considerados os seguintes critérios: a) maior tempo de docência; b) maior titulação. 7.5 Serão desclassificados os candidatos que não entregarem a documentação exigida, que não possuírem os pré-requisitos apresentados no item 4 deste edital e que não comparecerem à entrevista no local e horário informados no ato da inscrição.

4 8. Das obrigações dos selecionados Os candidatos selecionados comprometem-se a desenvolver o plano de trabalho de seu curso, aprovado no Edital CAPES N.º 061/2013 e a: a) informar ao coordenador do subprojeto alterações cadastrais e eventuais mudanças nas condições que lhe garantiram inscrição e permanência no PIBID; b) coletar os dados cadastrais dos alunos bolsistas de iniciação à docência sob sua orientação e informar alterações em tais dados, repassando as informações ao coordenador do subprojeto, conforme as normas do Programa; c) controlar a frequência dos alunos bolsistas de iniciação à docência na escola, repassando essas informações ao coordenador do subprojeto; d) acompanhar as atividades presenciais dos alunos bolsistas de iniciação à docência sob sua orientação, em conformidade com o PIBID, sem prejuízo de suas atividades docentes regulares; e) participar de seminários regionais do PIBID, realizando todas as atividades previstas, tanto presenciais quanto a distância, quando convocado; f) preencher documentos de acompanhamento das atividades dos alunos bolsistas de iniciação à docência sob sua orientação e enviá-los ao coordenador do subprojeto, sempre que solicitado; g) dedicar-se, no período de vigência da bolsa, às atividades do PIBID, disponibilizando tempo semanal adequado para supervisão dos alunos bolsistas de iniciação à docência; para participação em reuniões na ULBRA; para participação em eventos de qualificação da docência, promovidos pelo PIBID; h) manter com os bolsistas de iniciação à docência e com a coordenação do PIBID relação de cordialidade e compromisso com a qualificação da docência e do ensino. 9. Das substituições O não atendimento às disposições deste edital e comprovada a inadequação da conduta do professor supervisor para assumir ou manter a bolsa de iniciação à docência, implicarão em substituição. 10. Dos casos não previstos Casos omissos e não expressamente previstos neste Edital serão avaliados pelo coordenador institucional, de comum acordo com a equipe da Pró-Reitoria Acadêmica e de coordenadores de área do Projeto PIBID-ULBRA. Canoas, 21 de fevereiro de Profª Drª Graziela Macuglia Oyarzabal Coordenadora Institucional do PIBID/ULBRA Prof. Dr. Pedro Antonio González Hernández Pró-Reitor Acadêmico/ULBRA

5 Dados Pessoais ANEXO 1 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO DO PROFESSOR SUPERVISOR Nome Completo Data de Nascimento Local/UF N. Documento Identidade Data Expedição Órgão Expedidor Cadastro de Pessoa Física (CPF) Endereço (Rua, nº, complemento, Bairro) CEP Cidade Estado Telefone Residencial Telefone Profissional Telefone Celular Endereço Eletrônico ( ) Dados Profissionais Escola em que leciona Disciplina/Área Turno Série/ano da Educação Básica em que atua Dados Bancários* Banco Agência Conta Corrente * Ressaltamos que, para que haja o pagamento regular da bolsa, a conta bancária deve ter obrigatoriamente as seguintes características: ser conta corrente; estar ativa (sempre verificar junto ao banco); ter como titular o beneficiário da bolsa; não ser conta-salário; não ter dígito P ; não ser Conta Fácil, de operação 023 da Caixa Econômica; não ser poupança. Preferencialmente Banco do Brasil., / / Assinatura do Candidato

6 ANEXO 2 Termo de compromisso do bolsista de supervisão A nomenclatura a seguir será utilizada no presente instrumento: Bolsista Pibid de supervisão: (Nome), (nacionalidade), (profissão), residente e domiciliado à (endereço residencial), inscrito(a) no RG sob o nº e no CPF sob o nº ; professor (a) de educação básica, banco nº, agência nº, conta corrente nº (anexar cópia do comprovante bancário para conferência), supervisor (a) do subprojeto Educação Física campus Cachoeira do Sul. Instituição de Educação Superior IES: Universidade Luterana do Brasil, situado (a) à Av. Farroupilha, 8001, Bairro São José, Canoas/RS, inscrito (a) no CNPJ sob o nº / ; representado (a) pelo Pró-reitor Acadêmico. Capes: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, situada no Setor Bancário Norte, quadra 2, bloco L, lote 6, Brasília, DF, inscrita no CNPJ sob o nº / ; representada pela Diretoria de Formação de Professores da Educação Básica. Por meio deste instrumento, o bolsista Pibid de supervisão e a IES firmam termo de compromisso para a execução do projeto institucional Pibid (2013 ULBRA), do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência Pibid, o qual é regulado e fomentado pela Capes. Este termo é regido pelos dispostos no Decreto nº 7219, de 24 de junho de 2010; na Portaria Capes nº 96 de 18 de julho de 2013; e, ainda, nas seguintes cláusulas: Cláusula primeira O bolsista Pibid declara ter ciência dos dispostos no Decreto nº 7219, de 24 de junho de 2010, e na Portaria Capes nº 96, de 18 de julho de 2013; e, ainda, nas seguintes cláusulas: Cláusula segunda O bolsista Pibid de supervisão afirma preencher todos os requisitos listados a seguir: I. possuir licenciatura, preferencialmente, na área do subprojeto;

7 II. possuir experiência mínima de 2 (dois) anos no magistério na educação básica; III. ser professor na escola da rede pública participante do projeto Pibid e ministrar disciplina ou atuar na área do subprojeto; IV. ter sido selecionado pelo Pibid da IES. Cláusula terceira O bolsista Pibid declara estar ciente de que: I. faz jus a uma bolsa mensal, cujo pagamento ocorre pelo critério de mês vencido; II. o pagamento da bolsa ocorre até o dia 10 de cada mês, exclusivamente em conta corrente em nome do bolsista Pibid. Não serão efetuados pagamentos em contas poupança, conjunta, salário, nem conta de operação 023 da Caixa Econômica Federal (Caixa Fácil); III. o coordenador institucional é o responsável por incluir, suspender e cancelar bolsistas do programa, e o fará exclusivamente por meio do sistema disponibilizado pela Capes; IV. qualquer incorreção dos dados bancários informados pode ocasionar atraso no recebimento da bolsa; V. todo atraso no pagamento de bolsas deve ser comunicado imediatamente ao coordenador institucional para apuração. A demora na comunicação do atraso pode ocasionar perda de direito à bolsa referente àquele mês; VI. em caso de não pagamento de bolsa em decorrência de: a) falta de registro do bolsista Pibid no sistema disponibilizado pela Capes ou b) suspensão indevida, o coordenador institucional deve solicitar formalmente à Capes este pagamento até o último dia do mês posterior ao da bolsa requerida (por exemplo, pagamento referente a maio que é pago em junho deve ser solicitado até 30 de junho). Se a solicitação não for feita no prazo, a referida bolsa não será paga, nem poderá ser novamente solicitada. Para efeito de prazo é considerada a data de postagem; VII. a Capes disponibiliza na página do Pibid relatório de pagamento de bolsista, mensalmente, para acompanhamento e fiscalização dos participantes do projeto; VIII. o SAC conta com uma ferramenta chamada extrato de bolsista. Os bolsistas podem solicitar aos coordenadores um extrato do sistema para consultas do seu cadastro, pois contém todos os dados do participante; IX. não é permitido receber a bolsa do Pibid concomitantemente com qualquer modalidade de bolsa (ou benefício semelhante) de outro programa da Capes, nem de outra agência de fomento nacional; X. a percepção de bolsa Pibid não caracteriza vínculo empregatício entre o bolsista e a Capes, nem entre o bolsista Pibid e a IES; XI. são consideradas razões para a devolução de bolsas: a) receber a bolsa do Pibid concomitantemente com qualquer modalidade de bolsa (ou benefício semelhante) de outro programa da Capes, ou de outra agência de fomento nacional;

8 b) receber bolsa resultante de pagamento indevido; c) deixar de cumprir os compromissos assumidos para a execução do projeto; d) deixar de cumprir o disposto na cláusula segunda. Parágrafo único. As bolsas a serem devolvidas serão referentes aos períodos em que ocorreram as situações elencadas acima e os valores serão atualizados monetariamente. XII. a devolução de recursos recebidos indevidamente pelo bolsista, seja por pagamento de valor maior que o estipulado ou descumprimento de cláusulas que regulam o programa Pibid, será realizada em favor da União por meio de Guia de Recolhimento da União GRU; XIII. a suspensão temporária da bolsa de supervisão com possibilidade de reativação poderá ser solicitada nos seguintes casos: a) para parturiente, a qual deve comunicar previamente à coordenação institucional seu período de afastamento; b) por licença médica superior a 15 (quinze) dias; c) para averiguação de recebimento concomitante de bolsas com outros programas; d) para candidatura a cargo eletivo; e) afastamento das atividades do projeto por período superior a 15 (quinze) dias. XIV. o cancelamento da concessão de bolsa pode ocorrer a pedido do bolsista Pibid, da IES, ou por iniciativa da Capes, em função de recebimento concomitante de bolsa, desempenho insatisfatório ou outros motivos pertinentes; XV. é vedado ao bolsista de iniciação à docência assumir a rotina de atribuições dos docentes da escola ou atividades de suporte administrativo ou operacional. Cláusula quarta São deveres do bolsista Pibid de supervisão: I. informar ao coordenador de área alterações cadastrais e eventuais mudanças nas condições que lhe garantiram inscrição e permanência no Pibid; II. controlar a frequência dos bolsistas de iniciação à docência na escola, repassando essas informações ao coordenador de área do subprojeto; III. atentar-se à utilização do português de acordo com a norma culta, quando se tratar de comunicação formal do programa ou demais atividades que envolvam a escrita; IV. elaborar, desenvolver e acompanhar as atividades presenciais dos bolsistas de iniciação à docência sob sua orientação; V. participar de seminários regionais do Pibid, realizando as atividades previstas, tanto presenciais quanto à distância; VI. manter a direção e os demais integrantes da escola informados sobre a atuação e boas práticas pedagógicas geradas pelos bolsistas;

9 VII. elaborar e enviar ao coordenador de área documentos de acompanhamento das atividades dos bolsistas de iniciação à docência sob sua orientação, sempre que solicitado. VIII. manter seus dados atualizados na Plataforma Freire, do MEC; XI. informar imediatamente ao coordenador de área e institucional qualquer irregularidade no recebimento de sua bolsa e cobrar providências; X. observar as orientações do Manual de Concessão de Bolsas do Pibid, disponível no site do programa; XI. assinar Termo de Desligamento do programa, no momento de seu desligamento. Cláusula quinta O bolsista Pibid deve destacar o apoio financeiro recebido da Capes em todo trabalho publicado em decorrência das atividades do projeto. Local e data Assinatura do bolsista Assinatura da coordenação institucional