onlinecomponents.com

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "onlinecomponents.com"

Transcrição

1 Tipo: Revisão: Referência: INTERBUS Iniciação Rápida IBS PC ISA SC QS UM P B Este manual é válido para: IBS PC ISA SC/I-T revisão 10/402 Phoenix Contact 07/1999

2 Overview do procedimento 5268B

3 Informações gerais Todos os dados deste manual referem-se, salvo indicações contrárias, à host controller board IBS PC ISA SC/I-T, referência: Ao utilizar este manual, prestar atenção às seguintes indicações: O símbolo Atenção refere-se a ações incorretas que podem causar danos no hardware ou no software ou, indiretamente, danos pessoais relacionados com a periferia dos processos. O símbolo está sempre colocado à esquerda do texto a assinalar. O símbolo Mão assinala dicas e conselhos concernentes à utilização eficaz dos aparelhos e otimização do software. Além disso, o texto assim assinalado informa sobre circunstâncias marginais que devem ser respeitadas imprescindivelmente, para possibilitar uma operação correta. A mão também é utilizada para o esclarecimento de termos técnicos. O símbolo Texto refere-se a fontes de informação mais detalhadas (manuais, folhas de dados, documentação, etc.) relativas ao assunto tratado, produto ou similar. Além disso, este texto oferece indicações úteis sobre orientação, seqüência de leitura, etc., no manual. O funcionamento correto e seguro do produto só é possível através de um transporte, armazenamento, disposição e montagem corretos, bem como de uma operação e instalação apropriadas. O manejo deverá ser feito por pessoal especializado que tenha autorização para colocar em operação, aterrar e identificar os aparelhos, sistemas e circuitos elétricos, de acordo com as normas técnicas de segurança. A Phoenix Contact não se responsabiliza por danos pessoais ou materiais resultantes da não observação das instruções ou diretrizes de segurança técnica. 5268B

4 5268B

5 Índice Prefácio... 1 Instalação do software de driver... 2 Instalação em MS-DOS... 2 O programa de instalação INSTALL...3 O programa de configuração ISACONF...4 Verificação da instalação...7 Eliminação de erros...8 Mensagens de erro durante a chamada do driver...9 Mensagens de erro do programa de teste...10 O programa monitor IBMONI...11 Indicações sobre o driver IBSISA...16 Instalação em Windows Instalação em Windows 95 e Windows NT Instalação do hardware Desembalagem da host controller board...22 Montagem da host controller board no PC...26 Conexão do sistema de bus...27 Substituição da host controller board Indicações de montagem para o remote bus cable Serviço de assistência técnica i 5268B

6 Índice ii 5268B

7 Prefácio Utilização O manual Iniciação Rápida vai acompanhá-lo nos primeiros passos para o startup e operação de um sistema INTERBUS em uma host controller board IBS PC ISA SC/I-T para PCs. É essencial que possua conhecimentos e experiência na operação de PCs e do respectivo sistema operacional. Conteúdo A Iniciação Rápida descreve o startup de um sistema INTERBUS na seguinte seqüência: 1. Instalação do software 2. Instalação do hardware Montar as host controller boards somente após a instalação do software de driver. Requisitos de hardware e software É necessário um PC com slot ISA. O software de driver suporta os seguintes sistemas operacionais: MS-DOS versão 6.22 (ou compatível) Microsoft Windows 3.1 Microsoft Windows 95 Microsoft Windows NT versão 3.51 (ou compatível) O software de driver se encontra na pasta de sistema IBS PC ISA SC UM P (referência: ), na qual se encontra também este manual Iniciação Rápida. Outra documentação Pasta de sistema para a host controller board IBS PC ISA SC UM P Ref.: Manual de configuração IBS SYS PRO UM P Ref.: Manual de instalação IBS SYS INST UM P Ref.: B 1

8 Instalação do software de driver A instalação do software é descrita em particular para cada sistema operacional: MS-DOS a partir da página 2 Windows 3.1 a partir da página 18 Windows 95 a partir da página 21 Windows NT a partir da página 21 O disquete "Software Example Programs", fornecido juntamente com a pasta de sistema IBS PC ISA SC UM P (referência: ) inclui exemplos para a criação de programas de aplicação para cada sistema operacional suportado. Os exemplos de programas foram criados nas linguagens de programação C/C++, Pascal ou Delphi e Visual Basic. Instalação em MS-DOS O software de driver e os programas auxiliares se encontram no disquete "Software DOS Driver". Dado que os arquivos são apresentados em um formato compactado, o programa de instalação terá de ser utilizado para copiar o conteúdo do disquete para seu disco rígido. Recomendamos, em seguida, a configuração automática das host controller boards com o programa de configuração ISACONF (ver "O programa de configuração ISACONF" na página 4). A configuração manual é descrita no capítulo "Indicações sobre o driver IBSISA" na página 16. Para que o programa de configuração possa executar uma análise correta do ambiente de sistema do PC, não deve estar montada qualquer host controller board B

9 O programa de instalação INSTALL Introduzir o disquete "Software DOS Driver" na unidade de disco de seu PC. Ativar o programa de instalação com as seguintes instruções: A: + tecla Mudar para a unidade A: CD DOS + tecla Mudar para o diretório DOS INSTALL + tecla Ativar o programa de instalação Seguir as indicações do programa de instalação. O programa de instalação executa os passos seguintes: 1. Desempacotamento d/conteúdo d/disquete para a unidade e diretório indicados durante a execução do programa. 2. Chamada do programa de configuração ISACONF. No final da instalação, os arquivos se encontram distribuídos pela seguinte estrutura, que começa, por norma, com o IBSPCISA. Os subdiretórios subsequentes são criados automaticamente. IBSPCISA DOS C INC LIB BC MSC WATCOM CONFIG DRV PASCAL16 UNITS UTIL 5268B005 Figura 1 Enstrutura do diretório 5268B 3

10 Name DOS C INC LIB BC MSC WATCOM CONFIG DRV PASCAL16 UNITS UTIL Conteúdo Arquivo README Arquivos Header Bibliotecas Bibliotecas C para um compilador Borland Bibliotecas C para um compilador Microsoft Bibliotecas C para um compilador Watcom Programa de configuração ISACONF Programa de driver e arquivo Batch Units para Borland Pascal Programas utilitários: ISACHECK (programa de teste) IBMONI (monitor de dados do processo) Todos os dados sobre o diretório indicados no texto seguinte dizem respeito a esta estrutura, salvo indicação em contrário. O programa de configuração ISACONF O programa de configuração ISACONF analisa o ambiente de hardware de seu PC e verifica as configurações das host controller boards e do driver. Ele se encontra no diretório CONFIG. Através deste programa podem ser acrescentados ou removidos drivers para host controller boards. Os ajustes necessários dos arquivos de sistema CONFIG.SYS e AUTOEXEC.BAT podem ser efetuados automaticamente. Se você quiser acrescentar uma host controller board, necessita de chamar o programa de configuração antes da montagem do módulo. Procedimento 1. Mudar para o diretório CONFIG e ativar o programa com a instrução ISACONF +. O ponto 1 é omitido se você tiver acabado de executar o programa de instalação. Neste caso, o programa ISACONF é ativado automaticamente B

11 2. Durante a primeira chamada, indicar o número de host controller boards que devem ser utilizadas. Este registro deixa de ser necessário durante as chamadas subsequentes do programa. 3. O programa verifica os recursos disponíveis em seu sistema de computador e propõe, com base nestes dados, uma configuração para cada host controller board. 4. A configuração do DIP switch é representada graficamente para cada host controller board. Ativar os DIP switches das host controller boards tal como indicado pelo programa de configuração. Estas e todas as restantes informações do programa são também armazenadas no arquivo ISACONF.LOG do diretório CONFIG. 5. Se desejar que o programa ajuste automaticamente os arquivos de sistema CONFIG.SYS e AUTOEXEC.BAT, responda às respectivas perguntas com "Sim". Os arquivos de sistema originais são armazenados com os nomes AUTOEXEC.BA~ e CONFIG.SY~. Se você quiser ajustar os arquivos, leia o capítulo seguinte "Ajuste manual dos arquivos de sistema" na página Fechar o programa de configuração. 7. Desligar o PC e desconectar a ligação à rede. Montar as host controller boards tal como descrito no capítulo "Montagem da host controller board no PC" na página As host controller boards estão prontas a funcionar após a ligação do PC. Verificar a correta instalação e a funcionalidade das host controller boards com o programa de teste ISACHECK (ver capítulo "Verificação da instalação" na página 7). Indicações suplementares sobre configuração Cada host controller board precisa dos seguintes recursos do PC: 8 bytes na área de I/O 4 KBytes na área de memória superior ("janela de memória") 1 interrupção A configuração do endereço de I/O deve ser feita por si, através do DIP switch. O endereço básico da janela de memória e o número de interrupção são configurados automaticamente pelo driver de acordo com seus parâmetros de chamada. 5268B 5

12 Ter em atenção que, a nível do PC, uma interrupção só pode ser utilizada em exclusivo por uma placa de expansão. A janela de memória de 4 KBytes não pode ser utilizada por outras placas de expansão nem por um gerenciador de memória (p.ex. EMM386.EXE). O programa de configuração cria ou modifica o arquivo ISA_INIT.BAT no diretório DRV. Este arquivo em lote contém a chamada do driver IBSISA.EXE com todos os parâmetros de chamada (ver também "Indicações sobre o driver IBSISA" na página 16), para cada host controller board. Ajuste manual dos arquivos de sistema Em alguns casos, o programa de configuração não pode configurar automaticamente os arquivos de sistema CONFIG.SYS e AUTOEXEC.BAT. Este capítulo descreve os pontos a observar para o processamento manual dos arquivos. CONFIG.SYS As alterações do arquivo CONFIG.SYS só devem ser efetuadas se for utilizado um gerenciador de memória (p.ex. EMM386 ). O gerenciador de memória deve ser parametrizado de forma que a janela de memória de 4 KBytes da host controller board não seja utilizada por ele. No caso do gerenciador de memória EMM386, tal é conseguido através da introdução de x=endereço inicial-endereço final. Exemplo: Para bloquear a ocupação de uma janela de memória de 4 KBytes no endereço D0000 hex pelo gerenciador de memória EMM386, é necessário acrescentar o seguinte parâmetro (a negrito) durante a chamada: DEVICE=C:\DOS\EMM386.EXE x=d000-d0ff AUTOEXEC.BAT Se você quiser ativar automaticamente o driver após a ligação do PC, terá de modificar o arquivo AUTOEXEC.BAT. Para tal, introduza o caminho completo, relativo ao arquivo ISA_INIT.BAT. Utilizar, para o efeito, o comando batch CALL. Exemplo: CALL C:\IBSPCISA\DOS\DRV\ISA_INIT.BAT B

13 Verificação da instalação A verificação da instalação e da funcionalidade das host controller boards é executada com o programa ISACHECK. O programa se encontra no diretório UTIL. Procedimento 1. Antes de ativar o programa ISACHECK é necessário verificar se o driver para as host controller boards está carregado. Faça-o com a chamada IBSISA / INFO. Se o driver não tiver sido correctamente instalado, será gerada a mensagem "No device driver installed". 2. Ativar o programa introduzindo ISACHECK. O programa analisa o arquivo ISA_INIT.BAT no diretório DRV e indica os parâmetros utilizados para um módulo numa caixa de diálogo. O teste é ativado premindo a chave "OK". Se não for possível abrir o arquivo ISA_INIT.BAT, é necessário configurar os números da host controller board e da interrupção de acordo com os parâmetros de chamada do driver. 3. A execução do teste pode ser observada na janela "Test". Após a conclusão do teste surgirá uma janela com um resumo do resultado do teste. 4. Na janela "Test" pode ser lido o resultado de cada fase do teste. Se surgir um erro, o respectivo código será indicado atrás da fase do teste em que ele surgiu, sob a forma de um valor hexadecimal de quatro dígitos, caso contrário, surgirá a indicação "OK". As informações pormenorizadas sobre um determinado erro serão indicadas na janela "Error Info". Se uma fase do teste não for executada corretamente, as fases seguintes serão ultrapassadas. Este procedimento evita o surgimento de erros consequentes. 5268B 7

14 Eliminação de erros Serão descritas em seguida as mensagens de erro frequentes, sua causa e eliminação. O manual de referências do driver IBS PC SC SWD UM P (referência: ) inclui uma descrição de todos os códigos de erro do driver. Este manual é parte integrante da pasta de sistema IBS PC ISA SC UM P (referência: ) B

15 Mensagens de erro durante a chamada do driver Código de erro Causa Solução: 0080 hex Número de placa inadmissível ou inválido Verificar o parâmetro de chamada BN=<Nummer>; os valores admissíveis variam entre 1 e hex Endereço de I/O inadmissível Verificar o parâmetro de chamada IO=<Adresse>; os valores admissíveis variam entre 100 hex e 3F8 hex 0082 hex Endereço inadmissível para a janela de memória Verificar o parâmetro de chamada MPM=<Adresse>; os valores admissíveis variam entre 8000 hex e FF00 hex 0083 hex Interrupção inadmissível Verificar o parâmetro de chamada IRQ=<IRQ- Nummer> ; interrupções admissíveis: 3, 5, 7, 9, 10, 11, 12, B 9

16 Mensagens de erro do programa de teste Código de erro Causa Solução: 0085 hex O driver não está instalado Verificar se foi instalado o driver IBSISA para a 008B hex host controller board. Utilizar a chamada IBSISA /INFO hex A host controller board indica um erro do controlador Avaria do hardware; contatar a Phoenix Contact hex O bit READY tem sinal 0 Avaria do hardware; contatar a Phoenix Contact hex 0305 hex Interrupções desconhecidas Verificar se a interrupção escolhida não é utilizada por outro componente de sistema. Selecio- nar outra interrupção e ativar de novo o programa de teste B

17 O programa monitor IBMONI O programa monitor IBMONI serve para um controle simples de uma topologia do bus. Além da manipulação de dados de processo, podem ser chamadas informações de diagnóstico. O programa é adequado para o startup de topologias do bus. Discriminação das funcionalidades: Startup de um sistema INTERBUS sem recorrer a programação Controle da configuração conectada Representação de dados de entrada do processo Ativação de dados de saída do processo Representação de informações de diagnóstico (análise de erros) Verificação da versão do firmware Ativação do programa O programa IBMONI se encontra no diretório UTIL. O programa verifica se o driver IBSISA já está carregado. Se for este o caso, é feita em primeiro lugar uma tentativa de registro da configuração do bus conectada. Se a configuração for operável, a transmissão de dados é ativada e transmitida diretamente na janela do monitor de dados do processo ("Process Data"). Esc Pressionando a tecla é fechada a janela de dados do processo e apresentado o menu principal. Um item de menu é selecionado premindo as teclas e e, por fim, a tecla. Em seguida é feita a descrição de cada um dos itens de menu. O item de menu General About Exit Apresentar informações sobre a versão do programa monitor Interromper a transmissão de dados no INTERBUS, reset das saídas e sair do programa monitor 5268B 11

18 O item de menu Functions Process Data IB-Info Diagnostic-Info Configuration Apresenta os dados de entrada e altera os dados de saída Fornece informações sobre a host controller board (versão do firmware, número de série, etc.) Display do registro de estados de diagnóstico e informações adicionais sobre erros Representação dos elementos INTERBUS conectados A janela Process Data A imagem que se segue mostra a janela do monitor de dados do processo. Figura 2 Janela do monitor de dados do processo Esta janela dá um overview da configuração do bus conectada. Além da quantidade de remote bus segments e de elementos, pode ser lido o número total de pontos de I/O B

19 Aqui podem ser examinados os dados de entrada dos elementos conectados e alterados os dados de saída. Com as teclas e salta-se, respectivamente, para o elemento precedente ou seguinte. Os registros para a alteração de saídas podem ser feitos bit a bit, sob a forma hexadecimal ou decimal. Os dados são registrados e transmitidos ao elemento em causa somente após ter sido pressionada a tecla. As saídas podem ser alteradas no campo de edição para o registro bit a bit, pressionando a tecla. Estas alterações são ativadas de imediato. Se surgir algum erro no sistema de bus que provoque uma parada na transmissão de dados, abre-se uma janela informativa. A localização e a causa do erro poderão ser consultadas sob o item de menu "General" e "Diagnostic-Info". Restantes funções das teclas: Tecla Descrição Esc A janela fecha-se e é apresentado o menu principal. F2 A transmissão de dados no INTERBUS é ativada. Se o sistema de bus já estiver no estado RUN, esta tecla permanece sem efeito. F3 A transmissão de dados no INTERBUS é interrompida. Os dados de saída não são reconfigurados. O sistema de bus assume o estado ACTIVE e passa a ser supervisionado. Os erros surgidos são indicados. F4 A transmissão de dados no INTERBUS é interrompida. Os dados de saída são reconfigurados. O sistema de bus assume o estado READY. Não se verifica qualquer supervisão do sistema. Os erros da configuração não são indicados. F6 Depois de pressionar esta tecla, você poderá introduzir o número do elemento que pretende indicar ou editar. 5268B 13

20 A janela IB-Info Nesta janela são indicadas todas as informações para a host controller board. Além da versão do firmware, podem ser lidos o estado do hardware ("HW Rev.") e o número de série. A janela Diagnostic-Info Nesta janela é apresentado o registro de estados de diagnóstico. Um bit em "1" é identificado por um campo marcado a cor. Na metade inferior da janela são indicadas informações pormenorizadas sobre erros que surjam. Esc São suportadas as teclas, Es, F3 e F4. Elas se encontram descritas no capítulo "A janela Process Data" na página 12. O significado preciso de cada um dos bits do registro de estados de diagnóstico pode ser lido no manual IBS SYS FW G4 UM P. A janela Configuration Esta janela mostra, numa tabela, os elementos conectados. A coluna Seg.Pos indica o n de segmento do remote bus e a posição do elemento. Na coluna ID-Code é representado o código ID do elemento, sob a forma decimal e hexadecimal. Na coluna Level pode ser lido o nível de rede do elemento. A coluna PD Length indica a quantidade de dados de processo B

21 O item de menu Options Figura 3 O menu suspenso Options Este item de menu permite determinar o comportamento do programa em caso de erro de bus. Existem dois modos de funcionamento à escolha: Autostart IB Manual Start IB Reativar automaticamente a transmissão de dados em caso de erro Não ativar a transmissão de dados em caso de erro Um asterisco (*) indica qual o modo de funcionamento configurado. 5268B 15

22 Indicações sobre o driver IBSISA O driver para as host controller boards se encontra em MS-DOS, como programa TSR (abreviatura do inglês: Terminate and Stay Resident), isto é, como residente no programa que corre em segundo plano. O programa TSR se encontra no diretório DRV e tem o nome IBSISA.EXE. O driver é ativado através da chamada de IBSISA. Durante a chamada podem ser transferidos diversos parâmetros. Para obter uma lista dos parâmetros possíveis basta introduzir IBSISA /? ou IBSISA /HELP. A tabela seguinte mostra os parâmetros de chamada possíveis: Parâmetro Função Gama de valores BN Número da host 1 a 8 controller board IO Endereço de I/O 100 hex a 3F8 hex IRQ N d/interrupção 3, 5, 7, 9, 10, 11, 12, 15 MPM Endereço básico da janela de memória 8000 hex a FF00 hex /UNINSTALL /INFO /HELP /? Desinstalar o driver Editar as informações de estado Display do texto de auxílio Se o driver for ativado sem parâmetros de chamada, aplicamse os seguintes valores standard: Host controller board (BN) 1 Endereço de I/O (IO) 120 hex N de interrupção (IRQ) 15 Endereço básico (MPM) D000 hex B

23 Na chamada do driver devem ser indicados apenas os parâmetros que se pretendem alterar. A seqüência da introdução dos parâmetros não tem importância. Exemplos para a chamada do driver Exemplo 1: Instalar o driver para a primeira host controller board com número de interrupção 12. Não se devem alterar os valores standard. IBSISA IRQ=12 O mesmo resultado pode ser obtido através da chamada: IBSISA BN=1 IO=120 IRQ=12 MPM=D000 Exemplo 2: Instalar o driver para a primeira host controller board. O endereço de I/O da host controller board corresponde a 200 hex (DIP switch!). O número de interrupção deve ser 7. IBSISA IO=200 IRQ=7 Exemplo 3: Instalar o driver para duas host controller boards. IBSISA BN=1 IO=120 IRQ=12 MPM=C800 IBSISA BN=2 IO=128 IRQ=7 MPM=CC00 Exemplo 4: Instalar o driver para uma host controller board com valores standard e indicar em seguida as informações de estado: IBSISA IBSISA /INFO Device Driver V1.01 for IBS PC ISA SC (c) Copyright PHOENIX CONTACT GmbH & Co Device driver State IO-address MPM-address IRQ IBSISA1 ready 120 D Figura 4 Display do driver na tela, numa host controller board instalada 5268B 17

24 Instalação em Windows 3.1 O software de driver para Microsoft Windows 3.1 se encontra no disquete "Software Windows Driver", no subdiretório WIN31. Figura 5 Estrutura do diretório Conteúdo do diretório Name WIN31 DRV BCLIB MSCLIB INC Conteúdo WIN31 DRV BCLIB MSCLIB INC Arquivo README DLLs do driver e arquivo IBDDIWIN.INI Import-Library IBDDIWIN.LIB para compilador Borland C/C++ Import-Library IBDDIWIN.LIB para compilador Microsoft C/C++ Arquivos Header 5268B006 O driver para a host controller board IBS PC ISA SC /I-T é constituído por dois componentes: O Device Driver Interface (IBDDIWIN.DLL) e o driver MPM propriamente dito (IBSISASC.DLL). As duas DLLs (Dynamic Link Library) são necessárias para o funcionamento. No entanto, o interface de programação para o usuário é exclusivamente o Device Driver Interface, nomeadamente, o IBDDIWIN.DLL B

25 Procedimento 1. Em primeiro lugar, ler o arquivo README.TXT. Este contém indicações importantes para a instalação. 2. Copiar os arquivos IBDDIWIN.DLL e IBSISASC.DLL do subdiretório DRV do disquete para o diretório de sistema Windows, de seu disco rígido. 3. Copiar o arquivo IBDDIWIN.INI do subdiretório DRV do disquete para o diretório principal do Windows de seu disco rígido. 4. Verificar se o arquivo IBDDIWIN.INI contém os registros certos. Se necessário, modificar este arquivo (ver capítulo seguinte). 5. Fechar o Windows, desligar o PC e desconectar a ligação à rede. Montar as host controller boards tal como descrito no capítulo "Montagem da host controller board no PC" na página 26. Indicações suplementares sobre configuração Cada host controller board precisa dos seguintes recursos do PC: 8 bytes na área de I/O 4 KBytes na área de memória superior ("janela de memória") 1 interrupção A configuração do endereço de I/O deve ser feita por si, através do DIP switch. O endereço básico da janela de memória e o número de interrupção são configurados automaticamente pelo driver, de acordo com os registros no arquivo de inicialização IBDDIWIN.INI. Ter em atenção que, a nível do PC, uma interrupção só pode ser utilizada em exclusivo por uma placa de expansão. A janela de memória de 4 KBytes não pode ser utilizada por outras placas de expansão nem por um gerenciador de memória (p.ex. EMM386.EXE). 5268B 19

26 Registros do arquivo de inicialização IBDDIWIN.INI Este capítulo descreve os registros, que poderão ter de ser ajustados. Caso contrário, não fazer qualquer alteração. Na seção IBSISASC, o registro Location deve conter o caminho completo da DLL de driver IBSISASC.DLL. O registro NumberOfDevices indica a quantidade de host controller boards que devem ser utilizadas. Colocar este valor em "1", se só pretender operar uma host controller board. Para casa host controller board que deve ser operada existe uma seção IBSISASC_BOARDx ("x" representa o número da host controller board). O registro BoardInUseFlag deve ter o valor TRUE, sempre que é necessário utilizar a host controller board. Se o registro tiver o valor FALSE, a host controller board em causa não é inicializada, não podendo, por isso, ser utilizada no programa de usuário. O registro BusWidth=8Bit não deve ser alterado. O registro IOAddress contém o endereço de I/O da host controller board, sob a forma hexadecimal. Este endereço deve ser configurado nos DIP switches da host controller board (ver "Ajuste de endereços" na página 23). O registro MPMAddress estabelece o endereço inicial da janela de 4 KBytes na área de memória superior do PC. É indicado o endereço do segmento sob a forma de um valor hexadecimal de quatro dígitos. O registro IRQ determina a interrupção da host controller board. O disquete "Software Example Programs", fornecido juntamente com a pasta de sistema IBS PC ISA SC UM P (referência: ) inclui exemplos para a criação de programas de aplicação para cada sistema operacional suportado. Os exemplos de programas foram criados nas linguagens de programação C/ C++, Pascal ou Delphi e Visual Basic B

27 Instalação em Windows 95 e Windows NT O software de driver para Microsoft Windows 95 ou NT se encontra no disquete "Software Windows Driver", no subdiretório WIN95 ou WINNT. Procedimento 1. Em primeiro lugar, ler o arquivo README.TXT. Este contém indicações importantes para a instalação. 2. Ativar o programa de instalação SETUP.EXE e seguir as indicações do programa. 3. Fechar o Windows, desligar o PC e desconectar a ligação à rede. Montar as host controller boards, tal como descrito no capítulo "Montagem da host controller board no PC", na página 26. O disquete "Software Example Programs", fornecido juntamente com a pasta de sistema IBS PC ISA SC UM P (referência: ) inclui exemplos para a criação de programas de aplicação para cada sistema operacional suportado. Os exemplos de programas foram criados nas linguagens de programação C/ C++, Pascal ou Delphi e Visual Basic. 5268B 21

28 Instalação do hardware Desembalagem da host controller board A host controller board é fornecida em uma embalagem ESD, juntamente com um folheto informativo com instruções de montagem. A desembalagem e embalagem, bem como a manipulação da host controller board só pode ser efetuada por pessoal qualificado, sob observação das indicações ESD. Indicações ESD Durante o manuseio da host controller board, os operadores deverão ser descarregados eletrostaticamente antes de a desembalarem e embalarem, de abrirem as caixas de distribuição e os armários elétricos e antes de entrarem em contato com o módulo, a fim de o proteger contra eletricidade estática B

29 Estrutura da host controller board 1 2 Figura 6 Estrutura da host controller board 1 DIP switch para configuração do endereços de I/O 2 LED de diagnóstico Board Ready (verde) 3 Botão de reset 4 Interface de diagnóstico (conector macho D-SUB de 9 pólos) 5 Interface de remote bus INTERBUS (conector fêmea D-SUB de 9 pólos) Ajuste de endereços O DIP switch serve para ajustar o endereço básico do módulo na área de I/O do PC. Cada host controller board ocupa 8 bytes a partir deste endereço B B 23

30 O N Figura B010 Configuração do endereço básico na área de I/O do PC Os valores correspondem sempre à posição ON da chave. A posição OFF corresponde sempre ao valor 0. A chave 1 não é utilizada para o ajuste de endereços. É reservada e deve estar em OFF. O N hex 10 hex 20 hex 40 hex 80 hex 100 hex O 200 hex N Figura 8 Exemplos para o ajuste do endereço básico O N O N O N hex 108 hex 120 hex Estado de entrega 3F8 hex 5268B B

31 LED de diagnóstico Após a ligaçãodo PC ou após um reset, a host controller board executa um autoverificação. Se não forem detetados quaisquer erros, o LED de diagnóstico verde acende decorridos cerca de 5 segundos. Botão de reset A chapa de conexão encobre um botão de reset, que só pode ser acionado com um pino, estando deste modo protegido contra um erro de operação. O botão de reset efetua uma reconfiguração total da host controller board. O PC não é afetado pelo reset. 5268B 25

32 Montagem da host controller board no PC Antes de abrir a caixa do PC, este deve ser desligado e o conector de rede deve ser retirado. Figura 9 Montagem da host controller board A host controller board necessita de um slot ISA Bus no PC. Ela pode ser operada tanto em um slot de 8 bits como em um slot de 16 bits. No caso da utilização de um slot de 8 bits, as interrupções 10, 11, 12 e 15 não podem ser utilizadas. O consumo de corrente da host controller board é 0,5 A a 5 V. 1. Retirar o conector de rede do PC da respectiva tomada de corrente. 2. Abrir o PC. 3. Colocar a host controller board no PC. Prestar atenção para que haja um bom contato do conector do sistema e verificar a firmeza do módulo. 4. Fixar o módulo com o parafuso de fixação (1) (ver Figura 9). Para um funcionamento correto é indispensável aparafusar a chapa de conexão do módulo à caixa do PC. A caixa do PC deve estar devidamente aterrada. 5. Fechar o PC. 6. Colocar o conector de rede na tomada de corrente e voltar a ligar o PC. 5268B B

33 7. Decorridos 5 segundos, o LED de diagnóstico verde acende na host controller board, indicando, assim, o estado Board Ready da controller board. A host controller board está agora devidamente instalada em seu PC. Se o LED não acender, é porque existe um erro grave na host controller board. Neste caso, contatar a Phoenix Contact. Conexão do sistema de bus Fechar os módulos INTERBUS de acordo com as instruções do respectivo folheto incluído na embalagem. Ligar o remote bus cable à saída do remote bus da host controller board (ver Figura 10). O sistema de bus está pronto a executar depois de ser ligada a tensão de alimentação. Não são necessários ajustes de endereço nos módulos. Figura 10 Conexão do INTERBUS remote bus cable à host controller board O capítulo "Indicações de montagem para o remote bus cable" na página 31 contém indicações para a montagem de INTERBUS remote bus cables (versão de conexão por solda e por rosca, bem como conexão de fibras óticas). 5268A017 As restantes indicações estão contidas no Manual de instalação IBS SYS INST UM P (referência: ). 5268B 27

R O B Ó T I C A. Sensor Smart. Seguidor de Linha. Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 2.0 REVISÃO 1211.19. www.robouno.com.br

R O B Ó T I C A. Sensor Smart. Seguidor de Linha. Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 2.0 REVISÃO 1211.19. www.robouno.com.br R O B Ó T I C A Sensor Smart Seguidor de Linha Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 2.0 REVISÃO 1211.19 Sensor Smart Seguidor de Linha 1. Introdução Os sensores seguidores de linha são sensores que detectam

Leia mais

Seu manual do usuário HP COMPAQ EVO D310 DESKTOP http://pt.yourpdfguides.com/dref/870005

Seu manual do usuário HP COMPAQ EVO D310 DESKTOP http://pt.yourpdfguides.com/dref/870005 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para HP COMPAQ EVO D310 DESKTOP. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a no

Leia mais

www.vwsolucoes.com Copyright 2012 VW Soluções

www.vwsolucoes.com Copyright 2012 VW Soluções 1 Apresentação O Cabo PicKit2 é uma versão simplificada do gravador PicKit2 da Microchip com a idéia de podermos substituir o microcontrolador dos Clp Pic 28 e/ou Clp Pic40 por outros com maiores capacidades

Leia mais

RICS. Remote Integrated Control System Release 2.76. Apresentação do Produto

RICS. Remote Integrated Control System Release 2.76. Apresentação do Produto RICS Remote Integrated Control System Release 2.76 Apresentação do Produto Índice Informações Principais Instalação do RICS Configuração do RICS Introdução Capítulo I Requisitos dos Instrumentos Requisitos

Leia mais

Instruções de instalação e remoção para os drivers de impressora PostScript e PCL do Windows Versão 8

Instruções de instalação e remoção para os drivers de impressora PostScript e PCL do Windows Versão 8 Instruções de instalação e remoção para os drivers de impressora PostScript e PCL do Windows Versão 8 Este arquivo ReadMe contém as instruções para a instalação dos drivers de impressora PostScript e PCL

Leia mais

DIGISAT ERRO MIDAS.DLL

DIGISAT ERRO MIDAS.DLL DIGISAT ERRO MIDAS.DLL Para resolver esta questão, faça o download do "Registra Midas" e "midas.dll" que estão disponíveis nos links abaixo e salve-os dentro da pasta de instalação do sistema. Em seguida,

Leia mais

Notas de Aplicação. Utilizando o servidor de comunicação SCP Server. HI Tecnologia. Documento de acesso público

Notas de Aplicação. Utilizando o servidor de comunicação SCP Server. HI Tecnologia. Documento de acesso público Notas de Aplicação Utilizando o servidor de comunicação SCP Server HI Tecnologia Documento de acesso público ENA.00024 Versão 1.02 dezembro-2006 HI Tecnologia Utilizando o servidor de comunicação SCP Server

Leia mais

Características... 3. Identificando a placa... 3. Esquema de ligação... 3. Parâmetros programados no painel de alarme... 4

Características... 3. Identificando a placa... 3. Esquema de ligação... 3. Parâmetros programados no painel de alarme... 4 P18640 - Rev. 0 Índice Características... 3 Identificando a placa... 3 Esquema de ligação... 3 Parâmetros programados no painel de alarme... 4 Instalação do software programador... 4 Instalação do cabo

Leia mais

Manual de Instalação do DVB-T 220

Manual de Instalação do DVB-T 220 Manual de Instalação do DVB-T 220 Conteúdo V2.0 Capítulo 1: Instalação da Placa de TV do DVB-T 220...2 1.1 Conteúdo da Embalagem...2 1.2 Exigências do Sistema...2 1.3 Instalação do Hardware...2 Capítulor

Leia mais

Software PG em Windows XP e Windows 2000

Software PG em Windows XP e Windows 2000 Software PG em Windows XP e Windows 2000 1. Instalando o PG A versão atual do software PG Programador Gráfico possui instalador automático, capaz de gerar os atalhos em Windows. Para instalar o PG basta

Leia mais

TUTORIAL DE PROGRAMAÇÃO. Configuração do cartão de entrada / saída analógica CP1W-MAD11.

TUTORIAL DE PROGRAMAÇÃO. Configuração do cartão de entrada / saída analógica CP1W-MAD11. TUTORIAL DE PROGRAMAÇÃO Configuração do cartão de entrada / saída analógica CP1W-MAD11. 1.0 Alocação de memória Antes de utilizar o cartão, é necessário conhecer a forma como a linha CP1 aloca as memórias

Leia mais

PLACA ADICIONAL PCI EM SÉRIE/PARALELO I/O COM 2/1-PORT

PLACA ADICIONAL PCI EM SÉRIE/PARALELO I/O COM 2/1-PORT PLACA ADICIONAL PCI EM SÉRIE/PARALELO I/O COM 2/1-PORT Manual de instruções DS-33040-1 Funções e benefícios Em conformidade com as especificações de Bus Local PCI, Revisão 2.3 Suporta 2x portas UART em

Leia mais

www.bematech.com.br Guia de Referência Rápida da Impressora MP-4200 TH. P/N: 501002500 - Rev.1.3 (WEB) (Junho de 2009 - Primeira edição)

www.bematech.com.br Guia de Referência Rápida da Impressora MP-4200 TH. P/N: 501002500 - Rev.1.3 (WEB) (Junho de 2009 - Primeira edição) Este Guia de Referência Rápida contém uma breve descrição sobre a Impressora MP-4200 TH, e inclui algumas inforçações básicas sobre sua instalação e operação. Para mais detalhes sobre o produto, consulte

Leia mais

TopPendrive Manual de Instruções TopPendrive - MP07301-01 Rev 06-03/05/2010 PG - 1 -

TopPendrive Manual de Instruções TopPendrive - MP07301-01 Rev 06-03/05/2010 PG - 1 - TopPendrive Manual de Instruções TopPendrive - MP07301-01 Rev 06-03/05/2010 PG - 1 - Índice Manual de Instruções TopPendrive - MP07301-01 Rev 06-03/05/2010 PG - 2 - ÍNDICE 1 APRESENTAÇÃO... 3 1.1 ACESSÓRIOS

Leia mais

ZOOM SOFTWARE SUITE. Versão 7.2 Manual de Instalação P/N 94ZM-ZMJ1P-722

ZOOM SOFTWARE SUITE. Versão 7.2 Manual de Instalação P/N 94ZM-ZMJ1P-722 ZOOM SOFTWARE SUITE Versão 7.2 Manual de Instalação P/N 94ZM-ZMJ1P-722 Símbolos de segurança Atenção Identifique as condições ou práticas que podem afetar o desempenho do produto ou danificar o equipamento.

Leia mais

1 Componentes da Rede Gestun

1 Componentes da Rede Gestun PROCEDIMENTO PARA DETECÇÃO DE FALHAS EM REDES DATA: 23/06/14. Controle de Alterações DATA 23/06/14 MOTIVO Versão Inicial RESPONSÁVEL Márcio Correia 1 Componentes da Rede Gestun -Módulo de comunicação:

Leia mais

Guia do Usuário. idocsscan v.2.1.14

Guia do Usuário. idocsscan v.2.1.14 Guia do Usuário idocsscan v.2.1.14 2013 BBPaper_Ds - 2 - Sumário Introdução... 5 Instalação... 7 Inicializando a aplicação... 12 Barras de acesso e informações... 13 Teclas de atalho... 14 Barra de Ferramentas...

Leia mais

Gerenciador USB do Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro. Versão 3.6

Gerenciador USB do Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro. Versão 3.6 Gerenciador USB do Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro Versão 3.6 O Gerenciador é um Software para ambiente Windows que trabalha em conjunto com o Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro, através de

Leia mais

Manual Operacional SAT TS-1000

Manual Operacional SAT TS-1000 Manual Operacional SAT TS-1000 APRESENTAÇÃO O TS-1000 é o equipamento SAT da Tanca destinado a emissão de Cupons Fiscais Eletrônicos. Equipado com o que há de mais moderno em Tecnologia de Processamento

Leia mais

CONFORTO COM SEGURANÇA CONFORTO COM SEGURANÇA. 0 P27070 - Rev

CONFORTO COM SEGURANÇA CONFORTO COM SEGURANÇA. 0 P27070 - Rev P27070 - Rev. 0 1. RESTRIÇÕES DE FUNCIONAMENTO RECEPTOR IP ÍNDICE 1. Restrições de Funcionamento... 03 2. Receptor IP... 03 3. Inicialização do Software... 03 4. Aba Eventos... 04 4.1. Botão Contas...

Leia mais

Multimedidores Inteligentes MGE G3 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf. ABB Automação. Hartmann & Braun

Multimedidores Inteligentes MGE G3 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf. ABB Automação. Hartmann & Braun Multimedidores Inteligentes MGE G3 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf ABB Automação Hartmann & Braun Índice 1. IBIS_BE_CNF - DEFINIÇÃO... 3 2. INSTALAÇÃO... 3 2.1. PRÉ-REQUISITOS PARA INSTALAÇÃO... 3

Leia mais

Sistemas Operacionais

Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais Sistemas de Entrada/Saída Princípios de Hardware Sistema de Entrada/Saída Visão Geral Princípios de Hardware Dispositivos de E/S Estrutura Típica do Barramento de um PC Interrupções

Leia mais

ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. DESCRIÇÃO DO PICKIT2... 4. 2.1. Ligação da porta USB... 4. 2.2. LEDs de estado... 4. 2.3. Botão... 5

ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. DESCRIÇÃO DO PICKIT2... 4. 2.1. Ligação da porta USB... 4. 2.2. LEDs de estado... 4. 2.3. Botão... 5 MANUAL PICKIT2 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. DESCRIÇÃO DO PICKIT2... 4 2.1. Ligação da porta USB... 4 2.2. LEDs de estado... 4 2.3. Botão... 5 2.4. Conector de programação... 5 2.5. Slot para chaveiro...

Leia mais

Tutorial 160 CP FBs - Elipse Scada (RS232 Protocolo MODBUS)

Tutorial 160 CP FBs - Elipse Scada (RS232 Protocolo MODBUS) Tutorial 160 CP FBs - Elipse Scada (RS232 Protocolo MODBUS) Este documento é propriedade da ALTUS Sistemas de Informática S.A., não podendo ser reproduzido sem seu prévio consentimento. Altus Sistemas

Leia mais

Módulo 1 Introdução às Redes

Módulo 1 Introdução às Redes CCNA 1 Conceitos Básicos de Redes Módulo 1 Introdução às Redes Ligação à Internet Ligação à Internet Uma ligação à Internet pode ser dividida em: ligação física; ligação lógica; aplicação. Ligação física

Leia mais

Placa Acessório Modem Impacta

Placa Acessório Modem Impacta manual do usuário Placa Acessório Modem Impacta Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. A Placa Modem é um acessório que poderá ser utilizado em todas as centrais

Leia mais

Manual da Placa de Interface e Acionamento. SnowFlakes 4S

Manual da Placa de Interface e Acionamento. SnowFlakes 4S Manual da Placa de Interface e Acionamento SnowFlakes 4S Introdução O SnowFlakes é uma placa eletrônica Open Source desenvolvida com o controlador programável Tibbo AKTEM-203, vendido no e-commerce do

Leia mais

Manual de instrução e instalação VECTRA EX 204. Versão: 00.2010 ou 00.2010T

Manual de instrução e instalação VECTRA EX 204. Versão: 00.2010 ou 00.2010T Manual de instrução e instalação VECTRA EX 204 Versão: 00.2010 ou 00.2010T SUMÁRIO Introdução... 3 Instalação... 4 Configuração... 4 O software... 5 Número da Receptora... 6 Aviso Sonoro... 7 Hora... 8

Leia mais

Software Ativo. Operação

Software Ativo. Operação Software Ativo Operação Página deixada intencionalmente em branco PROTEO MANUAL OPERAÇÃO SUMÁRIO 1 - INSTALAÇÃO DO SOFTWARE ATIVO... 5 2 CRIANDO PROJETO UVS/ TMS PROTEO... 10 2.1 - Estrutura do Projeto...

Leia mais

MODEM USB 3G+ WM31. Manual do Usuário

MODEM USB 3G+ WM31. Manual do Usuário MODEM USB 3G+ WM31 Manual do Usuário 2 Tabela de Conteúdo 1 Introdução... 3 2. Instalação... 5 3. Descrição da interface do cliente... 6 4. Conexão... 10 5.SMS... 11 6.Contatos... 14 7.Estatística... 18

Leia mais

Alienware Graphics Amplifier Guia do usuário

Alienware Graphics Amplifier Guia do usuário Alienware Graphics Amplifier Guia do usuário Modelo normativo: Z01G Tipo normativo: Z01G001 Notas, avisos e advertências NOTA: uma NOTA indica informações importantes que ajudam você a usar melhor os recursos

Leia mais

Leia antes de utilizar. Sistema de Software de Desenho de Bordados Personalizados8. Guia de Instalação

Leia antes de utilizar. Sistema de Software de Desenho de Bordados Personalizados8. Guia de Instalação Leia antes de utilizar Sistema de Software de Desenho de Bordados Personalizados8 Guia de Instalação Leia este guia antes de abrir o pacote do CD-ROM Obrigado por adquirir este software. Antes de abrir

Leia mais

Instrução de instalação Cabo de interface USB

Instrução de instalação Cabo de interface USB KERN & Sohn GmbH Ziegelei 1 D-72336 Balingen E-mail: info@kern-sohn.com Tel.: +49-[0]7433-9933-0 Fax: +49-[0]7433-9933-149 Internet: www.kern-sohn.com Instrução de instalação Cabo de interface USB KERN

Leia mais

Interface Ethernet SIEMENS 828D T60542A

Interface Ethernet SIEMENS 828D T60542A Interface Ethernet SIEMENS 828D T60542A ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. INSTALAÇÃO... 3 2.1 CNC...3 2.1.1. Configuração...3 2.2 PC...6 2.2.1 Configurar a rede Microsoft...6 2.2.2. Inibir o Firewall da rede

Leia mais

6 - Gerência de Dispositivos

6 - Gerência de Dispositivos 1 6 - Gerência de Dispositivos 6.1 Introdução A gerência de dispositivos de entrada/saída é uma das principais e mais complexas funções do sistema operacional. Sua implementação é estruturada através de

Leia mais

Fiery Network Controller para Xerox WorkCentre 7800 Series. Bem-vindo

Fiery Network Controller para Xerox WorkCentre 7800 Series. Bem-vindo Fiery Network Controller para Xerox WorkCentre 7800 Series Bem-vindo 2013 Electronics For Imaging. As informações nesta publicação estão cobertas pelos termos dos Avisos de caráter legal deste produto.

Leia mais

0. Servidor SGI 1450 - Instruções iniciais

0. Servidor SGI 1450 - Instruções iniciais 0. Servidor SGI 1450 - Instruções iniciais Este guia contém informações básicas sobre a configuração do sistema, do desempacotamento à inicialização do seu Servidor SGI 1450, da seguinte forma: Como desempacotar

Leia mais

2006 GeoVision, Inc. Todos os Direitos Reservados.

2006 GeoVision, Inc. Todos os Direitos Reservados. 2006 GeoVision, Inc. Todos os Direitos Reservados. De acordo com as leis de direitos autorais, este manual não pode ser copiado, em partes ou integralmente, sem o consentimento por escrito da GeoVision.

Leia mais

ELIPSESCADA HMI/SCADA SOFTWARE. Guia de Instalação

ELIPSESCADA HMI/SCADA SOFTWARE. Guia de Instalação ELIPSESCADA HMI/SCADA SOFTWARE Guia de Instalação BEM-VINDO AO ELIPSE SCADA! A Elipse Software sente-se orgulhosa em apresentar esta poderosa ferramenta para o desenvolvimento de sistemas de supervisão

Leia mais

Boot Camp Guia de Instalação e Configuração

Boot Camp Guia de Instalação e Configuração Boot Camp Guia de Instalação e Configuração Índice 3 Introdução 4 Requisitos Necessários 5 Visão Geral da Instalação 5 Passo 1: Buscar atualizações 5 Passo 2: Preparar o Mac para Windows 5 Passo 3: Instalar

Leia mais

Tutorial 122 CP DUO Inversor WEG (RS485 Protocolo MODBUS - DUO Master)

Tutorial 122 CP DUO Inversor WEG (RS485 Protocolo MODBUS - DUO Master) Tutorial 122 CP DUO Inversor WEG (RS485 Protocolo MODBUS - DUO Master) Este documento é propriedade da ALTUS Sistemas de Informática S.A., não podendo ser reproduzido sem seu prévio consentimento. Altus

Leia mais

Manual do aplicativo Conexão ao telefone

Manual do aplicativo Conexão ao telefone Manual do aplicativo Conexão ao telefone Copyright 2003 Palm, Inc. Todos os direitos reservados. O logotipo da Palm e HotSync são marcas registradas da Palm, Inc. O logotipo da HotSync e Palm são marcas

Leia mais

Copyright. Isenção e limitação de responsabilidade

Copyright. Isenção e limitação de responsabilidade Manual do SMS Copyright 1998-2002 Palm, Inc. Todos os direitos reservados. Graffiti, HotSync, o logotipo da Palm e Palm OS são marcas registradas da Palm, Inc. O logotipo de HotSync e Palm são marcas comerciais

Leia mais

Seu manual do usuário XEROX 6279 http://pt.yourpdfguides.com/dref/5579951

Seu manual do usuário XEROX 6279 http://pt.yourpdfguides.com/dref/5579951 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para XEROX 6279. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a XEROX 6279 no manual

Leia mais

Controle de acesso FINGER

Controle de acesso FINGER Controle de acesso FINGER MANUAL DE INSTRUÇÕES Sobre esse Guia Esse guia fornece somente instruções de instalação. Para obter informações sobre instruções de uso, favor ler o Manual do usuário.. ÍNDICE

Leia mais

Guia de Instalação Rápida TFM-560X YO.13

Guia de Instalação Rápida TFM-560X YO.13 Guia de Instalação Rápida TFM-560X YO.13 Índice Português 1. Antes de Iniciar 2. Como Instalar 1 2 Troubleshooting 6 Version 06.08.2011 1. Antes de Iniciar Português Conteúdo da Embalagem ŸTFM-560X TFM-PCIV92A

Leia mais

DIGITAL. Inovando seu futuro! MANUAL DE INSTRUÇÕES. TS 9020-T Professional TRANSPORT STREAM MONITOR. Assistência Técnica CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

DIGITAL. Inovando seu futuro! MANUAL DE INSTRUÇÕES. TS 9020-T Professional TRANSPORT STREAM MONITOR. Assistência Técnica CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS POWER CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Características Gerais Entrada de Sinal Conector Interface de Saída Conector Configurações mínima do PC Memória HD Porta 16 entradas - compatível com TTL Bloco Terminal 2.0

Leia mais

DIGITAL. Inovando seu futuro! MANUAL DE INSTRUÇÕES TS 9020-T TRANSPORT STREAM MONITOR. Assistência Técnica CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

DIGITAL. Inovando seu futuro! MANUAL DE INSTRUÇÕES TS 9020-T TRANSPORT STREAM MONITOR. Assistência Técnica CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Características Gerais Entrada de Sinal Conector Interface de Saída Conector Configurações mínima do PC Memória HD Porta USB A a H - compatível com TTL (vide Tabela 1) DB 25 -

Leia mais

Laplink PCmover Express A Maneira Mais Fácil de Migrar para um Novo PC Windows. Guia do Usuário

Laplink PCmover Express A Maneira Mais Fácil de Migrar para um Novo PC Windows. Guia do Usuário Laplink PCmover Express A Maneira Mais Fácil de Migrar para um Novo PC Windows Guia do Usuário Serviço de Atendimento ao Cliente/ Suporte Técnico Site: http://www.laplink.com/index.php/por/contact E-mail:

Leia mais

Verificando os componentes

Verificando os componentes PPC-4542-01PT Agradecemos a aquisição do scanner de imagem em cores fi-65f. Este manual descreve os preparativos necessários para o uso deste produto. Siga os procedimentos aqui descritos. Certifique-se

Leia mais

Boot Camp Guia de Instalação e Configuração

Boot Camp Guia de Instalação e Configuração Boot Camp Guia de Instalação e Configuração Conteúdo 3 Introdução 4 Visão geral da instalação 4 Passo 1: Buscar atualizações 4 Passo 2: Preparar o Mac para Windows 4 Passo 3: Instalar o Windows no seu

Leia mais

Guia DFEE-500 para sistema operacional Windows XP

Guia DFEE-500 para sistema operacional Windows XP Guia DFEE-500 para sistema operacional Windows XP O Express Fast Net x5 Kit da D-Link permitirá que você conecte seu escritório em rede (até 5 usuários) para compartilhar recursos, arquivos e dispositivos,

Leia mais

GV-NVR. Guia de Início Rápido V8.5.5.0. Introdução. Lista de embalagem

GV-NVR. Guia de Início Rápido V8.5.5.0. Introdução. Lista de embalagem 1 Introdução Bem-vindo ao guia de início rápido do GV-NVR Nas seções a seguir, você aprenderá os requerimentos e configurações básicos do uso do GV-NVR. Para obter instruções detalhadas sobre o uso, consulte

Leia mais

0. Introdução aos servidores SGI 1200

0. Introdução aos servidores SGI 1200 0. Introdução aos servidores SGI 1200 O objetivo deste documento é ajudá-lo a desembalar, conectar e ligar o novo servidor SGI. Embora a família de servidores SGI 1200 seja composta de vários modelos,

Leia mais

Leia antes de utilizar. Sistema de Software de Desenho de Bordados Personalizados. Guia de Instalação

Leia antes de utilizar. Sistema de Software de Desenho de Bordados Personalizados. Guia de Instalação Leia antes de utilizar Sistema de Software de Desenho de Bordados Personalizados Guia de Instalação Leia este guia antes de abrir o pacote do CD-ROM Obrigado por adquirir este software. Antes de abrir

Leia mais

Digitalização. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424

Digitalização. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424 Digitalização Este capítulo inclui: Digitalização básica na página 4-2 Instalando o driver de digitalização na página 4-4 Ajustando as opções de digitalização na página 4-5 Recuperando imagens na página

Leia mais

Leitor de código de Barras para pagamento de contas via home/office e Internet Banking Manual do Usuário Versão 1.2

Leitor de código de Barras para pagamento de contas via home/office e Internet Banking Manual do Usuário Versão 1.2 Leitor de código de Barras para pagamento de contas via home/office e Internet Banking Manual do Usuário Versão 1.2 1 Índice 1. INTRODUÇÃO... 3 2. COMPOSIÇÃO BÁSICA DO EQUIPAMENTO... 4 2.1 Conteúdo da

Leia mais

INTERFACE PARA ECF SWEDA

INTERFACE PARA ECF SWEDA 1. SERSWEDA.SYS E S2070.SYS O device driver SERSWEDA.SYS e S2070.sys foram desenvolvidos para ser a interface de acesso a impressora fiscal SWEDA para aplicativos desenvolvidos em COBOL, CLIPPER,C, DELPHI,

Leia mais

KID MANUAL DE SOFTWARE

KID MANUAL DE SOFTWARE KID MANUAL DE SOFTWARE Sumário 1.1. O que é Programação em Blocos?... 3 1.2. Conhecendo o KID Programador... 3 1.2.1. Instalação do Software... 3 1.2.2. Áreas do Software... 5 1.3. Blocos usados para Programação...

Leia mais

PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DOS AMPLIFICADORES MR 4.50D-XT MR 6.50D-XT MR 6.80-XT Rev. 2.3 de 29/01/2014

PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DOS AMPLIFICADORES MR 4.50D-XT MR 6.50D-XT MR 6.80-XT Rev. 2.3 de 29/01/2014 PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DOS AMPLIFICADORES MR 4.50D-XT MR 6.50D-XT MR 6.80-XT Rev. 2.3 de 29/01/2014 Introdução: Este programa permite o gerenciamento dos amplificadores MR 4.50D-XT MR 6.50D-XT MR 6.80-XT

Leia mais

Programa de Instalação do Lince GPS

Programa de Instalação do Lince GPS Esse programa instala o software Lince GSP em aparelhos portáteis que tenham GPS, como navegadores e celulares. O software Lince GPS é um programa destinado a alertar sobre a aproximação a pontos previamente

Leia mais

MEC1100 Manual de Instruções v2010.10

MEC1100 Manual de Instruções v2010.10 MEC1100 Manual de Instruções v2010.10 Linha de Equipamentos MEC Desenvolvidos por: Maxwell Bohr Instrumentação Eletrônica Ltda. Rua Porto Alegre, 212 Londrina PR Brasil http://www.maxwellbohr.com.br 1

Leia mais

Acessando a Porta Paralela com o Delphi. Vitor Amadeu Souza. vitor@cerne-tec.com.br

Acessando a Porta Paralela com o Delphi. Vitor Amadeu Souza. vitor@cerne-tec.com.br Acessando a Porta Paralela com o Delphi Vitor Amadeu Souza vitor@cerne-tec.com.br Introdução A Porta Paralela pode ser usada de forma a permitir a interface do computador com o mundo externo para acionamento

Leia mais

Guia DFEE-500 para sistema operacional Windows 98/98SE

Guia DFEE-500 para sistema operacional Windows 98/98SE Guia DFEE-500 para sistema operacional Windows 98/98SE O Express Fast Net x5 Kit da D-Link permitirá que você conecte seu escritório em rede (até 5 usuários) para compartilhar recursos, arquivos e dispositivos,

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO ETHERNET BOX MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO E.P.M. Tecnologia e Equipamentos Ltda. Av. Comendador Gumercindo Barranqueiros, 285 Jardim Samambaia - Jundiaí SP CEP: 13211-410 Telefone (0xx11) 4582-5533

Leia mais

Microterminal MT 740. Manual do Usuário - versão 1.2

Microterminal MT 740. Manual do Usuário - versão 1.2 w Microterminal MT 740 Manual do Usuário - versão 1.2 1 2 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO 1 2 RECONHECENDO O MT 740 2 3 INSTALAÇÃO 3 4 FUNCIONAMENTO 4 4.1 DESCRIÇÃO DAS CONFIGURAÇÕES E DOS COMANDOS 6 4.2 COMUNICAÇÃO

Leia mais

1 - O que é o Conectividade Social? 03. 2 - Qual a configuração mínima para instalar o programa?... 04

1 - O que é o Conectividade Social? 03. 2 - Qual a configuração mínima para instalar o programa?... 04 Conteúdo 1 - O que é o Conectividade Social? 03 2 - Qual a configuração mínima para instalar o programa?... 04 3 - O que é necessário para instalar o Conectividade Social?.... 05 4 - Como faço para executar

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO E REFERÊNCIA ECR8200S/8220SPROGRAMMING UTILITY. P Code: 578413

GUIA DE INSTALAÇÃO E REFERÊNCIA ECR8200S/8220SPROGRAMMING UTILITY. P Code: 578413 GUIA DE INSTALAÇÃO E REFERÊNCIA ECR8200S/8220SPROGRAMMING UTILITY P Code: 578413 PUBLICAÇÃO EMITIDA POR: Olivetti S.p.A. www.olivetti.com Copyright 2013, Olivetti Todos os direitos reservados Chamamos

Leia mais

Intel Galileo: Instalação e IDE Arduino

Intel Galileo: Instalação e IDE Arduino Objetivo Instalação do software e execução de Sketch para teste do hardware e conectividade da placa Galileo. 20/10/2014 Objetivo Instalação do software e execução de Sketch para teste do hardware e conectividade

Leia mais

Attack 1.35. Software de controle e Monitoração de amplificadores

Attack 1.35. Software de controle e Monitoração de amplificadores Attack 1.35 Software de controle e Monitoração de amplificadores 1 Índice 1 Hardware necessário:... 3 1.1 Requisitos do computador:... 3 1.2 Cabos e conectores:... 3 1.3 Adaptadores RS-232 USB:... 4 1.4

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Gerenciamento. Controlador de Fator de Potência. Self Control

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Gerenciamento. Controlador de Fator de Potência. Self Control MANUAL DO USUÁRIO Software de Gerenciamento Controlador de Fator de Potência Self Control ÍNDICE 1.0 INTRODUÇÃO 4 1.1 Aplicações 4 2.0 CARACTERÍSTICAS 4 2.1 Compatibilidade 4 3.0 INSTALAÇÃO 4 4.0 INICIALIZAÇÃO

Leia mais

WWW.cerne-tec.com.br. Comunicação USB com o PIC Vitor Amadeu Souza Parte II vitor@cerne-tec.com.br

WWW.cerne-tec.com.br. Comunicação USB com o PIC Vitor Amadeu Souza Parte II vitor@cerne-tec.com.br 1 Comunicação USB com o PIC Vitor Amadeu Souza Parte II vitor@cerne-tec.com.br Continuando com o artigo apresentado na edição passada de comunicação USB com o PIC, continuaremos nesta edição o estudo do

Leia mais

MANUAL SENHA DIGITAL SUMÁRIO:

MANUAL SENHA DIGITAL SUMÁRIO: SUMÁRIO: APRESENTAÇÃO... 02 1- RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES... 02 2- DESEMBALANDO O CONTROLE DE ACESSO... 02 3- ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS... 02 4- COMO INSTALAR... 03 5- EXEMPLO DE POSICIONAMENTO DO CONTROLE

Leia mais

Cabeça de Rede de Campo PROFIBUS-DP

Cabeça de Rede de Campo PROFIBUS-DP Descrição do Produto O módulo, integrante da Série Ponto, é uma cabeça escrava para redes PROFIBUS-DP do tipo modular, podendo usar todos os módulos de E/S da série. Pode ser interligada a IHMs (visores

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2 18 de fevereiro de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é

Leia mais

PAINEL DE SENHAS RBSG4JE. Imagem ilustrativa do painel. Operação/Configuração Painel Eletrônico de Senhas / Guichê com jornal de mensagens.

PAINEL DE SENHAS RBSG4JE. Imagem ilustrativa do painel. Operação/Configuração Painel Eletrônico de Senhas / Guichê com jornal de mensagens. PAINEL DE SENHAS RBSG4JE Imagem ilustrativa do painel Operação/Configuração Painel Eletrônico de Senhas / Guichê com jornal de mensagens. Há basicamente dois modos de operação no Painel de Senhas: - Operação

Leia mais

Manual de instalação e operação

Manual de instalação e operação Manual de instalação e operação Central de alarme de incêndio endereçável INC 2000 Central de alarme de incêndio INC 2000 Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Engesul.

Leia mais

Marthe Ethernet A820. Manual do Usuário

Marthe Ethernet A820. Manual do Usuário Marthe Ethernet A820 Manual do Usuário Índice 1 INTRODUÇÃO... 5 2 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS... 6 3 CARACTERÍSTICAS ELÉTRICAS... 7 3.1 ALIMENTAÇÃO 7 3.1.1 ESPECIFICAÇÃO DA FONTE DE ALIMENTAÇÃO... 7 3.2 INTERFACE

Leia mais

Epson Stylus Office TX600FW. Manual de instalação em rede

Epson Stylus Office TX600FW. Manual de instalação em rede Epson Stylus Office TX600FW Manual de instalação em rede Antes de começar Certifique-se de que instalou a tinta e carregou papel na impressora conforme descrito no pôster Guia de instalação. Depois siga

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE DIAGNÓSTICO DE INJEÇÃO ELETRÔNICA

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE DIAGNÓSTICO DE INJEÇÃO ELETRÔNICA MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE DIAGNÓSTICO DE INJEÇÃO ELETRÔNICA ÍNDICE PÁG. 1 Apresentação. Visão geral 02 Requisitos de sistema 02 Interface de comunicação 03 Conectores 03 HARD LOCK (Protetor) 04 2 Instalação

Leia mais

Laboratório - Estabelecimento de uma sessão de console com Tera Term

Laboratório - Estabelecimento de uma sessão de console com Tera Term Laboratório - Estabelecimento de uma sessão de console com Tera Term Topologia Objetivos Parte 1: Acessar um switch da Cisco através da porta de console serial Conectar-se a um switch da Cisco usando um

Leia mais

GX - ULT MANUAL DO USARIO V1.1. NEVEX Tecnologia Ltda Copyright 2012-2015 - Todos os direitos Reservados

GX - ULT MANUAL DO USARIO V1.1. NEVEX Tecnologia Ltda Copyright 2012-2015 - Todos os direitos Reservados GX - ULT MANUAL DO USARIO V1.1 NEVEX Tecnologia Ltda Copyright 2012-2015 - Todos os direitos Reservados IMPORTANTE Máquinas de controle numérico são potencialmente perigosas. A Nevex Tecnologia Ltda não

Leia mais

Gertec Telecomunicações Ltda. Manual do Usuário. Buscapreço Gertec V1.0

Gertec Telecomunicações Ltda. Manual do Usuário. Buscapreço Gertec V1.0 Gertec Telecomunicações Ltda. Manual do Usuário Buscapreço Gertec V1.0 DESCRIÇÃO... 3 RECONHECENDO O TERMINAL... 4 APLICATIVOS DO TERMINAL... 5 CONFIGURAÇÃO DO TERMINAL... 5 SERVIDOR DE FTP... 7 APLICATIVO

Leia mais

Aplicativo para configuração da interface de celular ITC 4000

Aplicativo para configuração da interface de celular ITC 4000 MANUAL DO USUÁRIO Aplicativo para configuração da interface de celular ITC 4000 Este aplicativo roda em plataforma Windows e comunica-se com a ITC 4000 via conexão USB. Através do ITC 4000 Manager, o usuário

Leia mais

Seu manual do usuário YAMAHA UX16 http://pt.yourpdfguides.com/dref/512336

Seu manual do usuário YAMAHA UX16 http://pt.yourpdfguides.com/dref/512336 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a no manual do usuário (informação,

Leia mais

Painéis de Incêndio Endereçáveis Analógicos FPA-1000-V2. Guia de Instalação Rápida para Redes

Painéis de Incêndio Endereçáveis Analógicos FPA-1000-V2. Guia de Instalação Rápida para Redes Painéis de Incêndio Endereçáveis Analógicos FPA-1000-V2 pt Guia de Instalação Rápida para Redes FPA-1000-V2 Preparação pt 3 1 Preparação PERIGO! Os painéis de incêndio são dispositivos de proteção à vida.

Leia mais

Manual de Instalação do DVB-S 100

Manual de Instalação do DVB-S 100 Manual de Instalação do DVB-S 100 Conteúdo V2.0 Capítulo 1 : Instalação da placa PCI do DVB-S 100...2 1.1 Conteúdo da Embalagem...2 1.2 Exigências do Sistema...2 1.3 Instalação do Hardware...2 Capítulo

Leia mais

Transmissores RHT-WM-485-LCD, RHT-DM-485-LCD e RHT-P10-485-LCD

Transmissores RHT-WM-485-LCD, RHT-DM-485-LCD e RHT-P10-485-LCD Transmissores RHT-WM-485-LCD, RHT-DM-485-LCD e RHT-P10-485-LCD TRANSMISSOR DE TEMPERATURA E UMIDADE MANUAL DE INSTRUÇÕES V1.0x B 1 INTRODUÇÃO Os transmissores RHT-WM-485-LCD, RHT-DM-485-LCD e RHT-P10-485-

Leia mais

Manual do Usuário. Telefone Sem Fio LS3 MANUAL DO USUÁRIO

Manual do Usuário. Telefone Sem Fio LS3 MANUAL DO USUÁRIO Telefone Sem Fio LS3 MANUAL DO USUÁRIO Introdução 3 1. Indicações de segurança 4 2 Instrução ao teclado e aos ícones 6 2.1 Teclado 6 2.2 Ícones 7 3 Instalação 7 3.1 Instalação do sim card 7 3.2 Carregando

Leia mais

USB para CONVERSOR EM SÉRIE

USB para CONVERSOR EM SÉRIE USB para CONVERSOR EM SÉRIE Manual do Utilizador DA-70156 Rev.5 Manual de Instalação do Windows 7/8/8.1 Passo 1: Introduzir o CD deste produto na entrada CD-ROM. Ligar o dispositivo à porta USB extra do

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA EEL5105 Circuitos e Técnicas Digitais Prof. Eduardo L. O. Batista

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA EEL5105 Circuitos e Técnicas Digitais Prof. Eduardo L. O. Batista UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA EEL5105 Circuitos e Técnicas Digitais Prof. Eduardo L. O. Batista EXPERIMENTO 1 INTRODUÇÃO AO LABORATÓRIO A. Introdução O Quartus II é um software utilizado para

Leia mais

Instruções de Instalação e Licenciamento. Notas Prévias. Versão 1.5.

Instruções de Instalação e Licenciamento. Notas Prévias. Versão 1.5. Instruções de Instalação e Licenciamento Versão 1.5. Notas Prévias Introdução Instruções de Instalação/Actualização Instruções de Licenciamento Notas Prévias Verificações prévias: Os postos de trabalho

Leia mais

ARQUITETURA E ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES. Prof. André Dutton

ARQUITETURA E ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES. Prof. André Dutton ARQUITETURA E ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES Prof. André Dutton EMENTA: Conceitos fundamentais e histórico da ciência da computação; Histórico dos computadores, evolução e tendências; Modalidades de computadores

Leia mais

CNC 8055. Educacional. Ref. 1107

CNC 8055. Educacional. Ref. 1107 CNC 855 Educacional Ref. 7 FAGOR JOG SPI ND LE FEE D % 3 5 6 7 8 9 FAGOR JOG SPI ND LE FEE D % 3 5 6 7 8 9 FAGOR JOG SPI ND LE FEE D % 3 5 6 7 8 9 FAGOR JOG SPI ND LE 3 FEE D % 5 6 7 8 9 FAGOR JOG SPI

Leia mais

Utilizando License Server com AnywhereUSB

Utilizando License Server com AnywhereUSB Utilizando License Server com AnywhereUSB 1 Indice Utilizando License Server com AnywhereUSB... 1 Indice... 2 Introdução... 3 Conectando AnywhereUSB... 3 Instalação dos drivers... 3 Configurando AnywhereUSB...

Leia mais

WinCom - Utilitário de teste de Receptores PROGRAMA WINCOM

WinCom - Utilitário de teste de Receptores PROGRAMA WINCOM PROGRAMA WINCOM A MCDI Coloca à disposição dos usuários o programa WinCom.exe, que é um utilitário para ambiente Windows 9x, Xp e 2000, que serve para verificar-se a comunicação de um receptor de códigos

Leia mais

1 Introdução... 4. Características... 4 Requisitos do Dispositivo... 5. 2 Conhecendo o dispositivo... 6

1 Introdução... 4. Características... 4 Requisitos do Dispositivo... 5. 2 Conhecendo o dispositivo... 6 Índice 1 Introdução... 4 Características... 4 Requisitos do Dispositivo... 5 2 Conhecendo o dispositivo... 6 Verificação dos itens recebidos... 6 Painel Frontal... 7 Painel Traseiro... 8 3 Conectando o

Leia mais

Guia de Instalação Rápida TV-IP512WN 1.31

Guia de Instalação Rápida TV-IP512WN 1.31 Guia de Instalação Rápida TV-IP512WN 1.31 Índice Português 1 1. Antes de Iniciar 1 2. Instalação de Hardware e Configuração 2 Troubleshooting 8 Version 02.08.2010 1. Antes de Iniciar Português Conteúdo

Leia mais

Versão 11.0, Julho de 2005 701P44225. Drivers & Software Cliente. Guia de Instalação

Versão 11.0, Julho de 2005 701P44225. Drivers & Software Cliente. Guia de Instalação Versão 11.0, Julho de 2005 701P44225 Drivers & Software Cliente Guia de Instalação Preparado por: Xerox Corporation Global Knowledge and Language Services 800 Phillips Road 845-17S Webster, New York 14580

Leia mais

Multimedidores Inteligentes IDM96 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf. ABB Automação. Hartmann & Braun

Multimedidores Inteligentes IDM96 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf. ABB Automação. Hartmann & Braun Multimedidores Inteligentes IDM96 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf ABB Automação Hartmann & Braun Índice 1. IBIS_BE_CNF - DEFINIÇÃO... 3 2. INSTALAÇÃO... 3 2.1. PRÉ-REQUISITOS PARA INSTALAÇÃO... 3 3.

Leia mais