NVivo Sumário

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "www.qsrinternational.com NVivo 9.2 2 Sumário"

Transcrição

1 INTRODUÇÃO Este manual ajudará você a trabalhar com o NVivo. Ele fornece etapas para a instalação do software e a iniciação de um novo projeto, além de oferecer uma introdução ao espaço de trabalho do NVivo e seus recursos.

2 Copyright 2011 QSR International Pty Ltd. ABN Todos os direitos reservados. NVivo e as palavras e logotipos da QSR são marcas comerciais ou marcas comerciais registradas da QSR International Pty Ltd. Microsoft,.NET, SQL Server, Windows, XP, Vista, Windows Media Player, Word, Access, Excel e PowerPoint são marcas comerciais ou marcas comerciais registradas da Microsoft Corporation nos Estados Unidos e/ou em outros países. QuickTime e o logotipo do QuickTime são marcas comerciais ou marcas comerciais registradas da Apple Inc. e devem ser usadas somente sob sua licença. EndNote é uma marca comercial ou marca comercial registradas da Thomson Reuters Inc. RefWorks é uma marca comercial ou marca comercial registrada da ProQuest LLC. Zotero é uma marca comercial ou marca comercial registrada da George Mason University. IBM SPSS Statistics são marcas comerciais ou marcas comerciais registradas da SPSS Inc. e da IBM Company - todos os direitos reservados. Estas informações estão sujeitas a alterações sem notificação prévia. NVivo Sumário

3 INTRODUÇÃO Sumário Introdução ao NVivo...5 Acesso à Ajuda do NVivo e a outros recursos...5 Uso do projeto de exemplo...6 O que posso fazer com o NVivo?...6 Instalação e ativação do NVivo...7 Requisitos mínimos...7 Requisitos recomendados...7 Instalação do NVivo...8 Ativação do NVivo...8 Ativação via Internet...9 Contato com a QSR para ativar...9 Desativação do NVivo...9 O espaço de trabalho do NVivo Trabalhando com a faixa de opções Modo de exibição de Navegação...11 Modo de exibição de Lista...12 Modo de exibição de Detalhes...12 Inicie o NVivo e crie um novo projeto...13 Inicie o NVivo Crie um novo projeto autônomo Crie um novo projeto de servidor Configure uma conexão com servidor...14 Crie o projeto de servidor...15 Abra um projeto no NVivo Crie um projeto autônomo...16 Abra um projeto de servidor...16 Traga suas fontes para o NVivo...17 Importe documentos e PDFs Use o Assistente para importar conjunto de dados para importar planilhas e bancos de dados...19 Importe áudio e vídeo Importe imagens Crie externos para as fontes que você não consegue importar...22 Edite o conteúdo das fontes...23 Importe dados bibliográficos Codifique para reunir materiais em um nó...24 Crie uma estrutura de nós no modo de exibição de Lista...24 Organize nós nas pastas Codifique nos nós existentes...25 Crie nós ao codificar...26 Veja o que você codificou...27 Autocodifique fontes estruturadas, como entrevistas e pesquisas...27 Codificação rápida com as consultas de Pesquisa de texto...27 Abra um nó para explorar as referências Sumário 3

4 Classifique seus nós...29 Adicione classificações de nós ao seu projeto...29 Classifique um nó Trabalhe com planilhas de classificação Registre seus pensamentos e ideias...31 Explore as tendências e teste as teorias...31 Use consultas para explorar sua codificação Exiba seus dados em gráficos Crie modelos ou gere gráficos para visualizar conexões...33 Obtenha uma perspectiva diferente usando mapas de árvore e análise de cluster...35 Crie relatórios para apresentar e acompanhar seu projeto Compartilhe suas descobertas Sumário

5 INTRODUÇÃO Introdução ao NVivo Bem-vindo ao NVivo. Este manual ajudará você a trabalhar com um projeto do NVivo. Ele explicará como instalar o produto e apresentará os recursos que você pode usar para organizar, analisar e aproveitar ao máximo seus materiais e suas fontes. Acesso à Ajuda do NVivo e a outros recursos A Ajuda do NVivo fornece instruções abrangentes para usar o NVivo, e a página de boas-vindas da Ajuda contém links a outros recursos úteis, que incluem: Tutoriais do NVivo veja o software em ação O Fórum da QSR faça perguntas e compartilhe experiências Perguntas frequentes encontre as respostas para as dúvidas mais comuns Treinamento descubra os workshops de treinamentos on-line e presenciais Suporte obtenha ajuda da nossa equipe de especialistas Para acessar a Ajuda do NVivo, faça o seguinte: Clique no ícone de ajuda na parte superior direita da faixa de opções do NVivo ou em qualquer caixa de diálogo. Clique na guia Arquivo, depois em Ajuda e em Ajuda do NVivo: Você pode obter a ajuda mais atualizada pela Web ou então optar por acessar a ajuda off-line instalada com o NVivo. Se você estiver conectado à Internet, a ajuda pela Web será automaticamente exibida se preferir trabalhar com a ajuda off-line, altere a configuração nas opções de aplicativos do NVivo. Introdução ao NVivo 5

6 Uso do projeto de exemplo Se preferir o aprendizado prático, explore e trabalhe com o projeto de exemplo do NVivo Mudanças ambientais da região leste. Trata-se de um projeto do mundo real que ilustra os principais recursos do produto. Ver como o projeto de exemplo é organizado pode dar a você algumas ideias sobre como lidar com o seu projeto. Você também pode usar dados de exemplo para explorar consultas, visualizações e outras ferramentas de análise você não precisa esperar até ter importado todos os seus dados. Você pode acessar o projeto de exemplo pela lista Meus projetos recentes na tela de Boas-vindas do NVivo esta tela é exibida quando você inicia o NVivo. O que posso fazer com o NVivo? Ao usar o NVivo, é possível: Gerenciar tudo em um só lugar reúna seus materiais de origem e registre seus pensamentos analíticos em um arquivo de projeto seguro. Compartilhar projetos no NVivo Server é possível combinar o NVivo e o NVivo Server para que você e seus colegas trabalhem no mesmo projeto ao mesmo tempo. Importar e analisar qualquer combinação de documentos, PDFs, planilhas, bancos de dados, áudio, vídeo ou imagens. Gerenciar seus dados bibliográficos importando dados de aplicativos como EndNote, Zotero ou RefWorks. Você também pode criar uma bibliografia no NVivo e exportá-la para uma ferramenta de gerenciamento de referência quando quiser registrar suas descobertas. Codificar suas fontes para reunir materiais em temas ou nós arraste e solte, use a barra de Codificação rápida ou tire proveito da autocodificação o NVivo fornece ferramentas práticas para tornar a codificação fácil e rápida. Organizar seus nós em pastas e criar hierarquias de nós que se adaptem ao seu projeto. Criar e classificar nós de casos para reunir informações descritivas sobre pessoas, lugares ou organizações. Usar ferramentas sofisticadas de análise de texto para ajudar você a encontrar significado nos dados não-estruturados (unstructured) procure palavras específicas ou palavras com significados parecidos procure turista e encontre viajante, de férias e visitante. Codifique automaticamente tudo o que encontrar. Executar consultas para revelar tendências ou ver como as ideias se relacionam. Visualizar os resultados com um único clique. Usar visualizações para obter novas perspectivas sobre o seu material. A partir das árvores de palavras e nuvens de termos até mapas de árvores e análise de cluster, as novas técnicas de visualização do NVivo 9 ajudam você a ver os padrões e as conexões em seus dados. Exportar seus dados e usá-los em outros aplicativos, como Word, Excel, IBM SPSS Statistics e EndNote. Compartilhar suas descobertas executando relatórios personalizados ou salvando seus nós e fontes como páginas HTML. 6 Introdução ao NVivo

7 INTRODUÇÃO Instalação e ativação do NVivo Esta seção descreve os requisitos para instalar o NVivo e fornece as etapas para instalação e ativação. Requisitos mínimos O NVivo suporta os seguintes requisitos mínimos: Processador compatível com Pentium III de 1,2 GHz (32 bits) ou com Pentium 4 de 1,4 GHz (64 bits) 1 GB de RAM ou mais Resolução da tela de 1024 x 768 Microsoft Windows XP SP2 Aproximadamente 1 GB de espaço disponível no disco rígido (ou mais, dependendo da necessidade de armazenamento de dados) Requisitos recomendados Os requisitos de sistema a seguir são recomendados para que se obtenha um excelente desempenho: Processador compatível com Pentium 4 com 2 GHz ou mais rápido 2 GB de RAM ou mais Resolução da tela de 1440 x 900 Microsoft Windows XP SP2 ou posterior, ou Microsoft Windows Vista SP1 ou posterior, ou Microsoft Windows 7 Aproximadamente 2 GB de espaço disponível no disco rígido (ou mais, dependendo da necessidade de armazenamento de dados) Conexão com a Internet Instalação e ativação do NVivo 7

8 Instalação do NVivo Instalar o NVivo é um processo simples que envolve uma série de telas. Antes de instalar, verifique se o seu computador atende aos requisitos de hardware e software descritos acima. Você deve ter permissões de administrador para o computador em que está instalando o software. 1 Insira o DVD do NVivo 9 na unidade de DVD. Se o menu do DVD não for exibido automaticamente, localize o arquivo NV9Menu.exe no DVD e clique duas vezes nele. Observação: se você tiver baixado o NVivo eletronicamente, localize o arquivo baixado e clique duas vezes nele. O processo de instalação é automaticamente iniciado. 2 Clique no botão Instalar e siga as orientações: Instale todos os componentes pré-requisitados. Pode ser necessário reiniciar a sua máquina ao reiniciar, a instalação prossegue automaticamente. Aceite o acordo de licença e informe sua chave de licença. A chave de licença pode ser encontrada na caixa do seu DVD do NVivo ou, caso você tenha baixado o produto, no recebido da QSR. Escolha a opção de configuração Completa (recomendada para a maioria dos usuários) e, se necessário, altere o local padrão dos arquivos de programa do NVivo. Confirme o local dos ícones do programa e selecione quais ícones você deseja incluir em sua área de trabalho. Selecione o idioma da interface de usuário que deseja usar esse idioma será usado para todos os comandos da faixa de opções e caixas de diálogo no NVivo. 3 Clique em Instalar e a confirmação da instalação é exibida. 4 Clique em Concluir. Para iniciar o NVivo, clique duas vezes no ícone do NVivo 9 em sua área de trabalho. Observação: caso você esteja executando uma versão de 64 bits do Windows 7, terá a opção de instalar uma versão de 32 ou de 64 bits do NVivo 9. Existem algumas limitações já conhecidas (reproduzir arquivos de vídeo.mov e.qt e usar modelos de layout) com a versão de 64 bits para obter mais informações, consulte a área de Perguntas frequentes do site da QSR (www.qsrinternational.com). Caso você seja administrador de sistema e esteja instalando e ativando o NVivo em diversos computadores, pode realizar uma instalação silenciosa usando as técnicas da linha de comando de MSI. Consulte o 'Manual do Administrador de Rede do NVivo 9' para obter mais informações. É possível fazer o download deste manual pelo site da QSR (www.qsrinternational.com). Ativação do NVivo Após instalar o NVivo, haverá um tempo até que seja necessário ativar o produto. A ativação do produto é um processo simples e seguro que garante que licenças válidas sejam usadas para operar o software. Você pode ativar sua licença pela Internet ou entrando em contato com a QSR. 8 Instalação e ativação do NVivo

9 INTRODUÇÃO Ativação via Internet Caso esteja conectado à Internet, é possível ativar sua licença on-line: 1 Verifique se está conectado à Internet. 2 Clique na guia Arquivo, aponte para Ajuda e clique em Ativar licença. 3 Na caixa de diálogo Ativar, clique na opção Ativar via Internet. 4 Insira seus detalhes. As opções marcadas com um asterisco (*) devem ser fornecidas. 5 Clique em Ativar (para concluir a ativação do produto). Contato com a QSR para ativar Caso você não tenha uma conexão com a Internet, envie uma solicitação de ativação para a QSR por , correio, fax ou telefone. Depois, insira a chave de ativação fornecida pela QSR para ativar sua licença. Para enviar uma solicitação de ativação por , correio, fax ou telefone: 1 Clique na guia Arquivo, aponte para Ajuda e clique em Ativar licença. A caixa de diálogo Ativar é aberta. 2 Clique em Ativar por , Correio/Fax ou Telefone. Não é possível ativar por se você utiliza um navegador da Internet para acessar s (webmail). 3 Insira seus detalhes. As opções marcadas com um asterisco (*) devem ser fornecidas. 4 Clique no botão Gerar para obter uma Chave de instalação. (Ela deve ser fornecida para a QSR juntamente com seus detalhes). 5 Caso esteja fazendo a ativação por , clique no botão Enviar. O NVivo irá gerar um de solicitação de ativação usando seu cliente de mensagens padrão. Envie este para a QSR. OU Caso você esteja fazendo a ativação por correio, fax ou telefone, clique no botão Imprimir para imprimir o formulário de Solicitação de ativação do NVivo. Entre em contato com a QSR usando os detalhes fornecidos no formulário. Para inserir a chave de ativação fornecida pela QSR: 1 Clique na guia Arquivo, aponte para Ajuda e clique em Ativar licença. A caixa de diálogo Ativar é aberta. 2 Clique em Ativar por , Correio/Fax ou Telefone. 3 No campo Chave de ativação, insira a Chave de ativação fornecida pela QSR. 4 Clique no botão Ativar. Desativação do NVivo Você pode querer desativar a licença do NVivo em algum computador. Por exemplo, caso tenha adquirido um novo computador, deverá desativar a licença do NVivo de seu computador antigo antes de instalar e ativar o NVivo em seu novo computador. Consulte a Ajuda do NVivo sobre como desativar o NVivo. Instalação e ativação do NVivo 9

10 O espaço de trabalho do NVivo O espaço de trabalho do NVivo foi desenvolvido para fornecer acesso fácil a todos os materiais de seu projeto: A faixa de opções ajuda você a localizar todos os comandos do NVivo O modo de exibição de Navegação permite que você organize seus materiais em pastas Acesse a Ajuda Veja o conteúdo de uma pasta no modo de exibição de Lista Verifique sua barra de status e veja o que está acontecendo no seu projeto Trabalhe com suas fontes, nós ou outros itens de projeto no modo de exibição de Detalhes. Cancele o modo fixo do modo de exibição de Detalhes para trabalhar em uma janela separada Trabalhando com a faixa de opções A faixa de opções ajuda você a localizar todos os comandos. Os comandos são organizados em grupos lógicos, reunidos sob guias. Cada guia refere-se a um tipo de atividade, como criar novos itens de projeto ou analisar seus materiais de origem. Barra de ferramentas de Acesso rápido para salvar, editar e desfazer. Guias para acessar os comandos relacionados a uma atividade Passe o cursor por cima de um comando e veja a descrição Guia Arquivo para o gerenciamento de projetos, impressão e opções de configuração do aplicativo Os comandos são organizados em grupos Você também pode usar o teclado para acessar a faixa de opções isso garante que seus comandos estejam acessíveis a diversos usuários, inclusive pessoas com limitação de capacidade ou algum tipo de deficiência. Consulte a Ajuda do NVivo para obter mais informações sobre os recursos de acessibilidade. 10 O espaço de trabalho do NVivo

11 INTRODUÇÃO Modo de exibição de Navegação O modo de exibição de Navegação ajuda você a organizar e a acessar facilmente todos os itens do NVivo: Arraste a alça para baixo para aumentar o espaço O NVivo fornece pastas para os seus materiais de pesquisa. Você pode adicionar pastas abaixo deles para organizar seus itens de projeto Clique em um dos botões e veja todas as pastas no grupo Clique para ver todas as pastas de todos os itens de projeto Clique para personalizar o modo de exibição de Navegação Os itens disponíveis no modo de exibição de Navegação incluem: Fontes um termo coletivo para seus materiais de pesquisa, incluindo documentos, PDFs, conjuntos de dados (por exemplo, planilhas), áudio, vídeo e imagens. Nós recipientes que permitem a você reunir materiais relacionados em um único lugar para que seja fácil procurar padrões e ideias. Você pode criar e organizar nós para temas, pessoas, organizações ou outros casos. Você também pode criar nós para reunir evidências sobre os relacionamentos entre itens em seu projeto. Classificações informações descritivas sobre suas fontes, nós e relacionamentos. Coleções modos de exibição (ou agrupamentos) dos itens do projeto armazenados em algum lugar por exemplo, um conjunto composto por fontes que você precisa revisar ou Pastas de pesquisa para pesquisas recém-usadas. Consultas critérios de pesquisa que ajudam você a encontrar e a explorar padrões em um texto ou codificação de fonte. Você pode salvar consultas e reexecutá-las conforme o andamento do seu projeto. Relatórios relatórios e extratos que você pode usar para rastrear o andamento ou para disponibilizar seus dados para uso em outros aplicativos. Modelos formas e conectores que fornecem uma forma de explorar ou apresentar visualmente os dados em seu projeto. O espaço de trabalho do NVivo 11

12 Modo de exibição de Lista Ao selecionar uma pasta no modo de exibição de Navegação, seu conteúdo é exibido no modo de exibição de Lista. Nesse modo de exibição, é possível adicionar novos itens, abrir itens existentes e editar propriedades dos itens. O modo de exibição de Lista exibe o conteúdo de uma pasta: Clique duas vezes em um item para abri-lo Arraste a alça para redimensionar as colunas Classifique a lista clicando nos cabeçalhos das colunas Para fontes ou nós, veja a cor atribuída Clique com o botão direito nos itens para acessar um menu de contexto Exiba uma coluna opcional para a classificação Modo de exibição de Detalhes Ao abrir um item do modo de exibição de Lista, ele é exibido no modo de exibição de Detalhes. Este é um exemplo de respostas de uma pesquisa abertas no modo de exibição de Detalhes: Abra diversos itens e navegue por eles usando as guias Você também pode desacoplar o modo de exibição de Detalhes para trabalhar em uma janela separada 12 O espaço de trabalho do NVivo

13 INTRODUÇÃO Inicie o NVivo e crie um novo projeto Você pode criar um novo projeto autônomo (salvo como arquivo.nvp) em seu computador ou unidade de rede. Se a sua organização tiver adquirido o NVivo Server e você tiver permissões adequadas para usá-lo, poderá criar um novo projeto de servidor recorra à Ajuda do NVivo para obter mais informações. Inicie o NVivo 1 Clique duas vezes no ícone do NVivo 9 em sua área de trabalho. A tela de Boas-vindas do NVivo é exibida e a caixa de diálogo Bem-vindo ao NVivo é aberta: Você pode abrir um projeto de exemplo para ver um projeto real em ação Crie um novo projeto ou abra um existente Acesse a ajuda on-line abrangente e seja levado a outros recursos 2 Por padrão, seu nome de usuário do Windows é exibido na caixa Nome. 3 Na caixa Iniciais, insira as iniciais que deseja usar para identificar seu trabalho nos projetos do NVivo. Isso é especialmente útil quando você trabalha com outros membros de equipe em projetos autônomos consulte a Ajuda do NVivo para obter mais informações sobre o trabalho em equipe em projetos autônomos. 4 (Opcional) Desmarque a caixa se não quiser participar do programa de Melhoria de experiência do cliente clique no link para saber mais sobre o programa. 5 Clique em OK. Inicie o NVivo e crie um novo projeto 13

14 Crie um novo projeto autônomo Para criar um novo projeto autônomo: 1 Clique na guia Arquivo e depois clique em Novo. A caixa de diálogo Novo projeto é aberta. 2 Insira um nome para este projeto na caixa Título. 3 (Opcional) Na caixa Descrição, informe uma descrição para este projeto. 4 Clique no botão Procurar na caixa Nome do arquivo. 5 Na lista Salvar como tipo, certifique-se de que NVivo Projects (*.nvp) esteja selecionado. 6 (Opcional) Altere o nome do arquivo padrão e o local. 7 Clique em Salvar e depois clique em OK. Crie um novo projeto de servidor Se a sua organização combina o NVivo com o NVivo Server, é possível armazenar seus projetos em um servidor seguro isso permite que os membros da equipe trabalhem no mesmo projeto ao mesmo tempo. Se você deseja criar um novo projeto de servidor, precisa acessar o NVivo Server e as permissões de usuário de servidor apropriadas entre em contato com o seu administrador de servidor se precisar de ajuda. Você trabalha com seus materiais de fonte exatamente da mesma forma como faz em projetos autônomos e de servidor as únicas diferenças entre os projetos autônomos e os de servidor são: o local do seu projeto, a forma como ele é salvo e os controles de acesso do usuário. Consulte a Ajuda do NVivo para obter mais informações sobre como trabalhar com projetos de servidor do NVivo. Configure uma conexão com servidor Para criar e salvar projetos do NVivo Server, você precisa de uma conexão com o servidor. O seu administrador já deve ter configurado isso para você. Para criar uma conexão com servidor: 1 Clique na guia Arquivo e depois clique em Opções. A caixa de diálogo Opções de aplicativos é aberta. 2 Clique na guia Conexões. 14 Inicie o NVivo e crie um novo projeto

15 INTRODUÇÃO Forneça um nome a uma conexão e especifique o nome do servidor de host ou seu endereço. Entre em contato com o seu administrador de servidor caso precise de ajuda 3 Clique no botão Adicionar. A caixa de diálogo Propriedades de conexão é aberta. 4 Nome da conexão escolha um nome que seja relevante para você. Por exemplo, Servidor de projetos da equipe. 5 Especifique o nome do servidor de host ou seu endereço você pode informar: Um nome de servidor, por exemplo: meuservidor Um nome de domínio totalmente qualificado, por exemplo: meuservidor.abccompany.com Um endereço IP Você pode pedir ajuda ao administrador do seu servidor. 6 Especifique se deseja conectar usando o login atual do Windows ou uma conta de usuário diferente do Windows. 7 Clique em OK. 8 (Opcional) Na guia Conexões, selecione a caixa Padrão para que esta seja sua conexão padrão. 9 Clique em OK. Crie o projeto de servidor 1 Clique na guia Arquivo e depois clique em Novo. A caixa de diálogo Novo projeto é aberta. 2 Insira um nome para este projeto na caixa Título. 3 (Opcional) Na caixa Descrição, informe uma descrição para este projeto. 4 Clique no botão Procurar na caixa Nome do arquivo. 5 Na lista Salvar como tipo, certifique-se de que Projetos do NVivo Server esteja selecionado. Inicie o NVivo e crie um novo projeto 15

16 6 Na caixa Nome da conexão, selecione o servidor onde deseja criar seu novo projeto. 7 (Opcional) Altere o nome do projeto por padrão, o nome do projeto é o mesmo que seu título. 8 Clique em Salvar e depois clique em OK. Observação: A caixa Nome da conexão ficará vazia se você não tiver configurado as conexões do servidor clique no botão Adicionar para criar uma nova conexão de servidor usando a caixa de diálogo Propriedades de conexão. Caso você esteja tendo problemas para criar projetos de servidor, entre em contato com seu administrador. Abra um projeto no NVivo Você pode abrir um projeto autônomo salvo em seu computador ou unidade de rede, ou então (caso tenha acesso ao NVivo Server) abrir um projeto de servidor. Abra um projeto autônomo 1 Clique na guia Arquivo e depois clique em Abrir. A caixa de diálogo Abrir projeto é aberta. 2 Selecione Projetos NVivo (*.nvp) em Arquivo ou em Tipo de projeto. 3 Localize e selecione o projeto que deseja abrir. 4 Clique em Abrir. Abra um projeto de servidor 1 Clique na guia Arquivo e depois clique em Abrir. A caixa de diálogo Abrir projeto é aberta. 2 Selecione Projetos do NVivo Server em Arquivo ou em Tipo de projeto. 3 Na caixa Nome da conexão, selecione o servidor que hospeda o projeto. 4 Na caixa Arquivos do projeto, selecione o projeto que deseja abrir. 5 Clique em Abrir. Observação: a caixa Nome da conexão ficará vazia se você não tiver configurado as conexões do servidor clique no botão Adicionar para criar uma nova conexão de servidor usando a caixa de diálogo Propriedades de conexão. A lista Arquivos do projeto mostra apenas os projetos de servidor aos quais você tem permissão de acesso. Caso você não consiga localizar um projeto, verifique com o Proprietário do projeto se você tem permissão de acesso. 16 Abra um projeto no NVivo

17 INTRODUÇÃO Traga suas fontes para o NVivo As fontes são os materiais que você analisa no NVivo elas podem incluir documentos, PDFs, imagens, áudio, vídeo, planilhas ou bancos de dados. Quando você criar um projeto, verá pastas prontas para uso para as suas fontes: A pasta Internos é para os principais materiais que você importa ou cria, incluindo qualquer combinação de documentos, PDFs, conjuntos de dados, áudio, vídeo ou imagens A pasta de memos é para o registro de suas observações e percepções analíticas A pasta Externos é para os proxies que representam materiais que você não consegue importar, como livros Esta pasta é destinada a matrizes estruturais as quais permitem visualizar de modo resumido as informações relativas às suas fontes. Consulte a ajuda do NVivo para mais informações Você não pode adicionar ou excluir pastas neste nível superior, mas pode criar subpastas para organizar seus internos, externos, memos ou matrizes estruturais isso é possível a qualquer momento. Para criar uma nova pasta usando a faixa de opções na guia Criar, no grupo Coleções, clique em Pasta. Esta seção explica como importar uma única fonte de cada tipo. Você pode optar por importar diversas fontes ao mesmo tempo (exceto para conjuntos de dados), mas as opções que recebe são um pouco diferentes consulte a Ajuda do NVivo para obter mais informações. Importe documentos e PDFs Você pode importar documentos do Word, arquivos em PDF, arquivos rich text e arquivos de texto para o NVivo. Documentos do Word, arquivos rich text e arquivos de texto são importados como fontes de documentos. Você também pode criar fontes de documentos diretamente no NVivo consulte a Ajuda do NVivo para obter instruções. Os arquivos em PDF são importados como fontes de PDF. Você também pode ter apresentações do PowerPoint, páginas da Web e outros conteúdos digitais que não podem ser diretamente importados para o NVivo se você salvar ou exportar esse conteúdo para um arquivo PDF, poderá então importá-lo para o NVivo como uma fonte de PDF. Para importar documentos e PDFs: 1 No modo de exibição de Navegação, clique na pasta Internos (ou em uma subpasta abaixo dela). 2 Na guia Dados externos, no grupo Importar, clique em Documentos ou PDFs A caixa de diálogo Importar internos é aberta. Traga suas fontes para o NVivo 17

18 3 Na caixa Importar de, clique no botão Procurar, selecione o arquivo que deseja importar e clique em Abrir. 4 Clique em OK para exibir a caixa de diálogo de Documento ou PDF Propriedades. 5 Faça alterações ao nome ou à descrição e clique em OK. O documento ou PDF importado é exibido no modo de exibição de Lista e você pode clicar duas vezes nele para abri-lo: Selecione texto, como este parágrafo, e codifique-o em um nó Nos PDFs, você também pode selecionar regiões da página, como esta imagem, e codificá-la em um nó Adicione anotações ou links Veja também ao texto selecionado (ou às regiões selecionadas da página) Observação: Nas fontes de PDF, você pode alternar entre a seleção de texto e região na guia Início, no grupo Edição, abaixo de Seleção de PDF, clique em Texto ou Região. Se você quiser editar o conteúdo de uma fonte de documento, altere para o modo de edição clique na barra de informações amarela exibida na parte superior do modo de exibição de Detalhes. Não é possível editar PDFs. Alguns elementos dos documentos do Word não são importados por exemplo, cabeçalhos e rodapés. Caso você esteja usando o NVivo 9, os arquivos em PDF são importados como fontes de documentos. Para trabalhar com PDFs da forma como descrevemos aqui, é preciso usar o NVivo 9.1 ou posterior. Para atualizar seu software, clique na guia Arquivo, aponte para Ajuda e clique em Verificar atualizações de software. Consulte a Ajuda do NVivo para obter mais informações. 18. Traga suas fontes para o NVivo

19 INTRODUÇÃO Use o Assistente para importar conjunto de dados para importar planilhas e bancos de dados Um conjunto de dados contém dados estruturados organizados em registros (linhas) e campos (colunas) por exemplo, um conjunto de dados pode conter respostas de uma pesquisa. Você pode criar uma nova fonte de dados no NVivo, importando dados de: Uma planilha do Excel (.xls ou.xlsx) Um arquivo de texto que contenha valores separados por vírgula ou tabulação (.txt) Um banco de dados por exemplo, um banco de dados do Microsoft Access, SQL Server ou ODBC Não é possível editar conteúdo de um conjunto de dados depois que ele é importado. Antes de importar, você deve preparar seus dados e considerar a forma como deseja usá-los no NVivo consulte a Ajuda do NVivo para obter instruções detalhadas. Para importar conjuntos de dados, use o Assistente para importar conjunto de dados. Para iniciar o assistente: 1 No modo de exibição de Navegação, clique na pasta Internos (ou em uma subpasta abaixo dela). 2 Na guia Dados externos, no grupo Importar, clique em Conjunto de dados. O Assistente para importar conjunto de dados é aberto. 3 Clique no botão Procurar e selecione a planilha ou o arquivo de texto se desejar importar um banco de dados, você deverá estabelecer uma conexão. 4 Siga as instruções do Assistente para importar conjunto de dados consulte a Ajuda do NVivo. O conjunto de dados é aberto no modo de exibição de Detalhes: Aplique filtros para ver um subconjunto de dados Selecione uma coluna codificável e reúna conteúdos em um nó Exiba o conjunto de dados como uma tabela ou veja cada registro em um formulário Selecione o conteúdo e codifique-o em um nó Adicione anotações ou links Veja também Navegue pelos registros Traga suas fontes para o NVivo 19

20 Consulte a Ajuda do NVivo para obter informações abrangentes sobre como trabalhar com conjuntos de dados e analisá-los incluindo métodos para autocodificação com base em nomes de colunas e valores de linhas. Importe áudio e vídeo Você pode importar áudio e vídeo de qualquer um dos formatos a seguir: MPEG-1 Audio Layer 3 (.mp3) Microsoft Windows Media Audio (.wma,.wav) Formatos de arquivo MPEG (.mpg,.mpeg,.mpe,.mp4) Windows Media Video (.avi,.wmv) QuickTime (.mov,.qt) Antes de importar materiais de áudio ou vídeo: Leve em conta os requisitos de edição. Por exemplo, caso você tenha um vídeo com horas de duração, edite-o para que fique com um tamanho gerenciável não é possível fazer essa edição no NVivo. Caso você tenha muitos arquivos grandes, opte por armazená-los foram do projeto para não comprometer o desempenho do software. Veja se você precisará de transcrições para suas fontes de áudio e vídeo. Elas podem ser importadas do Microsoft Word, ou a mídia pode ser transcrita diretamente no NVivo. Quando chegar o momento de codificar suas informações, faça isso diretamente em um áudio ou vídeo, ou então codifique a transcrição. Para importar áudio e vídeo: 1 No modo de exibição de Navegação, clique na pasta Internos (ou em uma subpasta abaixo dela). 2 Na guia Dados externos, no grupo Importar, clique em Áudios ou Vídeos. A caixa de diálogo Importar internos é aberta. 3 Na caixa Importar de, clique no botão Procurar, selecione o arquivo que deseja importar e clique em Abrir. 4 Clique em OK. A caixa de diálogo Áudio ou Vídeo Propriedades é aberta. 5 (Opcional) Faça alterações ao nome ou à descrição. 6 (Opcional) Clique na guia Áudio ou Vídeo para definir opções de incorporar o arquivo ou armazená-lo em outro local. Consulte a Ajuda do NVivo para obter mais informações sobre como armazenar arquivos de áudio e vídeo. 7 Clique em OK. 20 Traga suas fontes para o NVivo

21 INTRODUÇÃO O áudio ou vídeo importado é exibido no modo de exibição de Lista e você pode clicar duas vezes nele para abri-lo: Codifique diretamente na linha do tempo Adicione links Veja também e anotações à linha do tempo ou à transcrição Uma transcrição é opcional você pode importar ou transcrever no NVivo Selecione o conteúdo e codifique-o em um nó Você pode reproduzir um arquivo de áudio ou vídeo usando os controles de reprodução na faixa de opções: Importe imagens Você pode importar imagens em qualquer um dos formatos a seguir: Windows bitmap (.bmp) Graphic Interchange Format (.gif) Joint Photographics Expert Group (.jpg,.jpeg) Tagged Image File Format (.tif,.tiff) Para importar uma imagem: 1 No modo de exibição de Navegação, clique na pasta Internos (ou em uma subpasta abaixo dela). 2 Na guia Dados externos, no grupo Importar, clique em Imagens. Traga suas fontes para o NVivo 21

22 A caixa de diálogo Importar internos é aberta. 3 Na caixa Importar de, clique no botão Procurar, selecione o arquivo que deseja importar e clique em Abrir. 4 Clique em OK para exibir a caixa de diálogo de Imagem Propriedades. 5 (Opcional) Faça alterações ao nome ou à descrição e clique em OK. A imagem importada é exibida no modo de exibição de Lista e você pode clicar duas vezes nela para abri-la: Codifique diretamente na imagem Crie um log para descrever a imagem (ou apenas regiões selecionadas) Codifique o conteúdo no log Crie externos para as fontes que você não consegue importar Os externos são proxies do material que você não consegue importar para o NVivo, como livros ou artigos de jornais. Você pode criar uma fonte externa (que parece um documento) e resumir o conteúdo do item por exemplo, você pode adicionar citações interessantes de um artigo ou resumir os capítulos de um livro. Depois você pode codificar ou anotar esse conteúdo. Se o externo representar uma página da Web ou um arquivo em seu computador, você poderá criar um link para a página da Web ou arquivo e abri-lo facilmente dentro do NVivo. 1 No modo de exibição de Navegação, abaixo de Fontes, clique na pasta Externos. 2 Na guia Criar, no grupo Fontes, clique em Externo. A caixa de diálogo Novo externo é aberta. 3 Defina as opções consulte a Ajuda do NVivo para obter informações detalhadas. 4 Clique em OK. Observação: se você tiver conteúdo digital que não possa ser diretamente importado para o NVivo (por exemplo, uma apresentação em PowerPoint), poderá salvar ou exportar o conteúdo para um arquivo em PDF, que você pode importar para o NVivo como uma fonte de PDF. 22 Traga suas fontes para o NVivo

23 INTRODUÇÃO Edite o conteúdo das fontes Ao abrir uma fonte, ela é aberta no modo somente leitura isso protege a integridade do seu material conforme você codifica e analisa o conteúdo. Caso você queira editar ou formatar o conteúdo de texto em uma fonte, pode alternar para o modo de edição clique na barra de informações amarela na parte superior do modo de exibição de Detalhes: Observação: você não pode alternar para o modo de edição ao trabalhar com PDFs ou conjuntos de dados não é possível editá-los no NVivo. Importar dados bibliográficos Caso você tenha feito uma análise literária usando um aplicativo bibliográfico como o EndNote, o Zotero ou o RefWorks, poderá exportar os dados do aplicativo como um arquivo XML do EndNote ou arquivo RIS e depois importá-los para o NVivo. Os registros são adicionados como fontes em seu projeto, e os detalhes bibliográficos são armazenados como 'classificações de fonte' e valores de atributos. Para importar o arquivo: 1 Na guia Dados externos, no grupo Importar, clique em Dados bibliográficos. 2 Localize e selecione o arquivo XML do EndNote ou RIS que deseja importar e clique em Abrir. A caixa de diálogo Importar dados bibliográficos é aberta. 3 Verifique as opções de importação padrão e faça as alterações necessárias. 4 (Opcional) Clique em Avançado para modificar suas opções de importação para referências específicas. 5 Clique em Importar. Você também pode adicionar detalhes bibliográficos 'classificando' suas fontes no NVivo quando estiver pronto para registrar suas descobertas, você poderá exportar esses dados para a sua ferramenta de gerenciamento de referência e usar seus recursos para inserir citações e formatar as referências. Consulte a Ajuda do NVivo para obter mais informações sobre como classificar suas fontes e trabalhar com dados bibliográficos. Traga suas fontes para o NVivo 23

24 Codifique para reunir materiais em um nó Você pode codificar suas fontes para reunir materiais com base em temas e tópicos ou em casos, como pessoas ou organizações. Por exemplo, você pode criar o nó qualidade da água e, na medida em que for explorando suas fontes (documentos, PDFs, conjuntos de dados, áudio, vídeo ou imagens), pode codificar todas as referências a qualidade da água no nó. Você pode criar nós antes de começar a codificar ou na medida em que for codificando. Crie uma estrutura de nós no modo de exibição de Lista Se você já sabe quais temas ou casos que procura, pode criar e organizar os nós antes de iniciar a codificação: 1 No modo de exibição de Navegação, clique em Nós. 2 Na guia Criar, no grupo Nós, clique em Nó. A caixa de diálogo Novo nó é aberta. 3 Insira um nome e uma descrição. 4 Clique em OK e o novo nó será adicionado ao modo de exibição de Lista. Você pode adicionar nós secundários (subnós) abaixo do novo nó e criar uma hierarquia: Quando você codifica no nó, pode ver o número de fontes e referências aumentar Este nó principal tem uma agregação habilitada. Qualquer conteúdo codificado nos nós secundários é apresentado no nó principal você pode exibir uma coluna para ver isso 24 Codifique para reunir materiais em um nó

25 INTRODUÇÃO Organize nós nas pastas Abaixo da pasta Nós, você pode adicionar suas próprias pastas para organizar nós: Por exemplo, você pode ter uma pasta para os nós do seu tema e uma pasta para pessoas, organizações ou outros casos Nós de relacionamentos e de matrizes são tipos especiais de nós consulte a ajuda do NVivo para mais informações Codifique nos nós existentes Conforme você explora suas fontes, pode codificar nos nós que criou: 1 Abra uma fonte no modo de exibição de Detalhes. 2 Selecione o conteúdo que deseja codificar. O conteúdo que você seleciona depende do tipo de fonte com a qual está trabalhando. Consulte a Ajuda do NVivo para obter mais informações sobre como codificar em diferentes tipos de fontes. 3 Na guia Analisar, no grupo Codificação, abaixo de Codificar seleção em, clique em Nós existentes. 4 Na caixa de diálogo Selecionar itens de projeto, localize e selecione os nós em que deseja codificar. 5 Clique em OK. Você também pode: Usar o recurso de arrastar e soltar para codificar em um nó existente selecione o conteúdo que deseja codificar e arraste-o para o nó que está no modo de exibição de Lista. Usar os atalhos do teclado para codificar conteúdo consulte a Ajuda do NVivo para obter mais informações sobre os atalhos do teclado do NVivo. Usar a barra de Codificação rápida (na parte inferior do modo de exibição de Detalhes) para codificar conteúdo em nós existentes: Inserir o nome do nó...ou selecionar nós...e clicar em Codificar Codifique para reunir materiais em um nó 25

26 Crie nós ao codificar Conforme você explora suas fontes, pode criar e 'codificar' os novos nós: 1 Abra uma fonte no modo de exibição de Detalhes. 2 Selecione o conteúdo que deseja codificar. O conteúdo que você seleciona depende do tipo de fonte com a qual está trabalhando. Consulte a Ajuda do NVivo para obter mais informações sobre como codificar em diferentes tipos de fontes. 3 Na guia Analisar, no grupo Codificação, abaixo de Codificar seleção em, clique em Novo nó. A caixa de diálogo Novo nó é aberta. 4 Se você deseja alterar o local da pasta para o nó, clique no botão Selecionar. 5 Insira um nome e uma descrição. 6 Clique em OK. Quando você cria um nó, ele é adicionado ao local selecionado na hierarquia de nós você pode reorganizar e trabalhar com o nó no modo de exibição de Lista. Você também pode usar a barra de Codificação rápida (na parte inferior do modo de exibição de Detalhes) para codificar conteúdo em novos nós. Insira um novo nome para o nó Clique no botão Codificar Observação: você também pode usar a codificação in vivo para criar e codificar novos nós a palavra ou frase selecionada é usada para nomear o nó e (ao mesmo tempo) codificada no nó. Isso é útil caso você queira que seus nós reflitam o idioma das pessoas que você entrevistou. Consulte a Ajuda do NVivo para obter mais informações. 26 Codifique para reunir materiais em um nó

27 INTRODUÇÃO Veja o que você codificou Para ver o que foi codificado em uma fonte, você pode: Habilitar o realce da codificação na guia Exibir do grupo Codificação, clique em Realçar e selecione uma opção de realce. Habilitar faixas de codificação na guia Exibir do grupo Codificação, clique em Faixas de codificação e selecione uma opção. As faixas de codificação são exibidas à direita da fonte: É possível clicar com o botão direito em uma faixa para abrir um nó As faixas de codificação refletem as cores que você atribuiu aos nós consulte a Ajuda do NVivo para obter mais informações sobre como usar cores em seu projeto Autocodifique fontes estruturadas, como entrevistas e pesquisas Se você tem dados estruturados, pode tirar proveito dos recursos de autocodificação do NVivo. Por exemplo, você pode autocodificar o seguinte: O conjunto de dados de uma pesquisa para reunir todas as respostas a cada pergunta. Uma coleção de documentos de entrevistas em que os participantes respondem à mesma série de perguntas. Você pode autocodificar esses documentos caso tenha usado o recurso de estilos de parágrafo na criação do documento. Consulte a Ajuda do NVivo para obter mais informações sobre autocodificação. Codificação rápida com as consultas de Pesquisa de texto Você pode usar as consultas do NVivo para codificar automaticamente suas fontes com base nas palavras ou frases que elas contêm. Esse pode ser um ponto de partida útil para a análise dos seus dados. Por exemplo, você pode executar uma consulta de Pesquisa de texto para a palavra política e automaticamente codificar todas as ocorrências. Você pode procurar palavras exatas, frases ou conceitos semelhantes. Por exemplo, procure peixe e encontre truta, camarão e siri. Para criar uma consulta de Pesquisa de texto na guia Explorar, no grupo Consultas, clique em Nova consulta e depois clique em Pesquisa de texto e insira o texto. Na guia Opções de consulta, abaixo de Resultados, selecione um nó novo ou existente para fazer a codificação. Consulte a Ajuda do NVivo para obter mais informações sobre as opções que você pode escolher. Codifique para reunir materiais em um nó 27

28 Para obter uma perspectiva visual, você pode exibir os resultados de uma consulta de Pesquisa de texto como uma árvore de palavras: Observação: você também pode executar uma consulta de Frequência de palavras para ver as palavras com mais ocorrências por exemplo, se a palavra hospedagem aparecer com frequência, será possível salvar o contexto sobre cada ocorrência em um nó para análise futura. Você pode exibir os resultados de uma consulta de Frequência de palavras em uma nuvem de termos. Consulte a Ajuda do NVivo para obter mais informações. Abra um nó para explorar as referências Você pode abrir um nó para ver as referências relacionadas reunidas em um só lugar: 1 No modo de exibição de Navegação, clique em Nós. 2 No modo de exibição de Lista, clique duas vezes no nó que deseja explorar. O nó é aberto no modo de exibição de Detalhes: Você pode ver quais fontes foram codificadas e clicar no link para abrir uma fonte Você pode definir opções para exibir mais ou menos do contexto sobre uma referência A guia Referência é exibida por padrão, mostrando todo o conteúdo de texto codificado no nó Clique nessas outras guias para ver conteúdos de imagens, PDF, áudio, vídeo e conjuntos de dados 28 Codifique para reunir materiais em um nó Você pode selecionar conteúdos e codificar em novos nós

29 INTRODUÇÃO Classifique seus nós Os projetos geralmente contêm nós de temas ou tópicos, mas eles também podem apresentar nós para pessoas, organizações ou outros casos. Por exemplo, leve em conta a passagem de texto: É o fato de que os pescadores comerciais produzem a fibra e o suporte desta comunidade. É o fato de você ter pequenos bangalôs, como este, em vez de mansões que encontramos instaladas praticamente sobre a praia. Portanto, este ainda é um senso comunitário. Você pode codificar a passagem nos seguintes nós de temas : pesca comercial desenvolvimento imobiliário comunidade Para reunir informações descritivas sobre o apresentador, você também pode codificar a passagem em um nó de caso : Charles (homem, 40 anos) Diferentemente dos nós de temas, este nó tem atributos demográficos você especifica esses atributos classificando o nó. Ao codificar mais conteúdos nos nós classificados, é possível usar consultas para perguntas relevantes Como os homens se sentem com relação às mudanças em sua comunidade? As atitudes deles diferem das atitudes das mulheres? Para classificar um nó, você o define como uma pessoa ou organização e especifica os atributos. Cada classificação possui seu próprio conjunto de atributos você pode usar um conjunto para descrever pessoas (idade, ocupação etc) e outro para descrever lugares (tamanho, população). Adicione classificações de nós ao seu projeto Antes de classificar os nós, você precisa adicionar pelo menos uma classificação de nó ao seu projeto: 1 Na guia Criar, no grupo Classificações, clique em Classificação do nó. 2 Na caixa Nova classificação, selecione o tipo de classificação que deseja adicionar. Para adicionar sua classificação personalizada, selecione Criar nova classificação e insira um nome e uma descrição. Para adicionar classificações prontas para uso do NVivo, selecione Adicionar uma ou mais classificações predefinidas ao projeto e marque as caixas de seleção das classificações desejadas. 3 Clique em OK. Codifique para reunir materiais em um nó 29

30 Observação: as classificações predefinidas acompanham um conjunto de atributos por exemplo, Pessoa apresenta atributos para idade, ocupação etc. As classificações personalizadas não contam com atributos padrão, mas você pode adicionar as suas selecione a classificação e, na guia Criar, no grupo Classificações, clique em Atributo. Classifique um nó Após ter criado as classificações necessárias, você poderá classificar seus nós: 1 No modo de exibição de Lista, selecione o nó que deseja classificar. 2 Na guia Início, no grupo Item, clique em Propriedades. 3 Na caixa de diálogo Nó Propriedades, clique na guia Valores de atributos. 4 Na lista Classificação, selecione a classificação para o nó. 5 Clique na seta do campo Valor para selecionar um valor para cada atributo. Para adicionar um valor, clique no campo Valor e insira um novo valor. 6 Clique em OK. Trabalhe com planilhas de classificação As planilhas de classificação fornecem uma visão geral sobre os itens de uma classificação específica. Por exemplo, caso você tenha criado nós para os participantes da entrevista e os classificados como Pessoa, poderá clicar duas vezes na classificação para ver rapidamente a distribuição dos seus participantes: Aplique filtros para ver um subconjunto de dados Clique em uma célula para atualizar valores de atributos 30 Codifique para reunir materiais em um nó

31 INTRODUÇÃO Registre seus pensamentos e ideias Conforme você explora suas fontes e nós, pode fazer o seguinte: Adicionar anotações para capturar comentários e lembretes na guia Analisar do grupo Anotações, clique em Nova anotação. Criar memos na guia Criar, no grupo Fontes, clique em Memo. Forneça um nome para a anotação e clique em OK. Coloque o conteúdo do memo no modo de exibição de Detalhes. Você pode vincular o memo a uma fonte ou um nó. Consulte a Ajuda do NVivo para obter mais informações sobre como trabalhar com Memos. Crie links Veja também entre itens relacionados uma boa forma de indicar contradições ou seguir evidências na guia Analisar do grupo Links, clique em Link Veja também e depois clique em Novo link Veja também. Observação: Geralmente você cria memos no NVivo conforme suas ideias e percepções surgem, mas você também pode importá-las praticamente da mesma forma como faz com os documentos na guia Dados externos, no grupo Importar, clique em Memos. Consulte a Ajuda do NVivo para obter mais informações sobre anotações, memos e links 'Veja também'. Explore as tendências e teste as teorias Conforme você faz a codificação, é possível usar consultas, gráficos e visualizações para ajudá-lo a ver o andamento do trabalho com os dados. Use consultas para explorar sua codificação As consultas de codificação podem ajudar você a testar ideias, explorar padrões e ver conexões entre temas, tópicos, pessoas e lugares em seu projeto. Por exemplo, você pode usar uma consulta de codificação para: Reunir materiais codificados em combinações de nós por exemplo, reúna conteúdo codificado em qualidade da água e pesca recreativa e explore as associações. Reunir materiais de nós classificados com valores de atributos específicos por exemplo, o que os pescadores pensam sobre o aumento de turistas? Procurar conteúdo codificado em diversos nós e usar operadores para refinar ainda mais a consulta por exemplo, reúna conteúdos codificados em mudanças na comunidade onde haja sobreposição com o conteúdo de desenvolvimento imobiliário. Procurar conteúdo que não esteja codificado em um nó específico localize o conteúdo codificado de impactos ambientais, mas não codificado em atitude negativa. Registre seus pensamentos e ideias 31

32 Para executar uma consulta de codificação simples: 1 Na guia Explorar, no grupo Consultas, clique em Nova consulta e depois em Codificação. A caixa de diálogo Consulta de codificação é aberta com a guia Simples em evidência. 2 Abaixo de Procurar conteúdo codificado em, selecione: Nó para procurar conteúdo codificado em um nó específico clique no botão Selecionar para selecionar o nó, Qualquer nó em que para procurar conteúdo codificado em nós com valores de atributos específicos clique no botão Selecionar para selecionar os valores de atributos. Por exemplo, você pode procurar conteúdos codificados em cidades onde a população seja maior de Para localizar conteúdo codificado por um usuário específico, selecione Por todos os usuários selecionados clique no botão Selecionar para selecionar o usuário. 4 Para alterar o escopo de uma consulta: Na caixa Em, selecione quais itens de projeto você deseja incluir na pesquisa clique no botão Selecionar para escolher itens de projeto específicos. Na caixa Onde, limite o escopo da consulta pelos usuários que criaram ou modificaram os itens clique no botão Selecionar para selecionar os usuários. 5 Para salvar a consulta de codificação, marque a caixa Adicionar ao projeto e insira o nome e a descrição (opcional) na guia Geral. 6 Clique em Executar. O conteúdo codificado que corresponde aos critérios de consulta é exibido como um nó no modo de exibição de Detalhes. Você também pode analisar e explorar a sua codificação usando: Consulta de matriz de codificação: cria uma matriz de nós com base nos critérios de pesquisa. Por exemplo, mostrar-me as atitudes sobre a qualidade da água por comunidade. Consulta composta: combina texto e consultas de codificação procure um texto especificado no conteúdo codificado ou próximo a ele. Consulta de comparação de codificação: compara a codificação de dois pesquisadores ou dois grupos de pesquisadores. Isso é útil para equipes que estejam interessadas em consistência da codificação e nas perguntas propostas por discordância do pesquisador. 32 Explore as tendências e teste as teorias

33 INTRODUÇÃO Exiba seus dados em gráficos Você pode criar um gráfico para apresentar ou explorar os dados em seu projeto. Por exemplo, você pode criar um gráfico para ver diferentes atitudes das comunidades com relação à pesca comercial: Você pode criar um gráfico usando o Assistente de gráfico ou enquanto trabalha em outras áreas do seu projeto por exemplo, você pode criar um gráfico com base em um nó, matriz do nó ou fonte que tenha aberto no modo de exibição de Detalhes. Você também pode optar por uma variedade de tipos de gráfico barra 3D, coluna, aquecimento etc. Para iniciar o Assistente de gráfico na guia Explorar, no grupo Visualizações, clique na imagem Gráfico. Consulte a Ajuda do NVivo para obter informações abrangentes sobre como trabalhar com gráficos. Crie modelos ou gere esquemas para visualizar conexões Você pode criar modelos ou gerar esquemas para visualizar, explorar e apresentar as conexões em seus dados. Por exemplo, é possível criar um modelo para planejar seu projeto e esboçar expectativas ou hipóteses. Para criar um modelo: 1 No modo de exibição de Navegação, clique em Modelos. 2 Na guia Explorar, no grupo Modelos, clique em Novo modelo. A caixa de diálogo Novo modelo é aberta. 3 Insira um nome e uma descrição. A área do modelo é aberta no modo de exibição de Detalhes: Explore as tendências e teste as teorias 33

34 Vincule formas aos itens em seu projeto abra os itens diretamente a partir da forma Você também pode gerar um esquema para ver como os itens do projeto são conectados. Por exemplo, você pode ver quais itens estão conectados a uma fonte ou nó selecionado. Para gerar um gráfico: 1 No modo de exibição de Lista, clique na fonte ou nó em que deseja criar o gráfico. 2 Na guia Explorar, no grupo Visualizações, clique em Esquema. O esquema é aberto no modo de exibição de Detalhes: Consulte a Ajuda do NVivo para obter mais informações sobre como trabalhar com modelos e esquemas. 34 Explore as tendências e teste as teorias

35 INTRODUÇÃO Obtenha uma perspectiva diferente usando mapas de árvore e análise de cluster Você pode usar outras ferramentas de visualização para obter uma perspectiva diferente sobre o que acontece em seus dados por exemplo: Use um mapa de árvores para comparar nós por número de referências que eles contêm: Use a análise de cluster para identificar fontes que contenham conceitos semelhantes: Para criar uma visualização na guia Explorar, no grupo Visualizações, clique no tipo de visualização que deseja exibir. Consulte a Ajuda do NVivo para obter mais informações sobre como trabalhar com mapas de árvores e análise de cluster. Explore as tendências e teste as teorias 35

36 Crie relatórios para apresentar e acompanhar seu projeto Conforme o seu projeto vai se desenvolvendo, use relatórios para: Analisar e revisar seu andamento Identificar temas que ocorrem mais do que outros Apresentar suas descobertas Trabalhar com seus dados em outros aplicativos, como Excel ou Word Os extratos permitem que você exporte uma coleção de dados para um texto, Excel ou arquivo XML você pode usar esses dados para análises complementares em outros aplicativos. Para executar um dos relatórios predefinidos do NVivo: 1 No modo de exibição de Navegação, clique em Relatórios, depois na pasta Relatórios. 2 No modo de exibição de Lista, clique duas vezes no relatório que deseja executar. Os resultados do relatório são exibidos no modo de exibição de Detalhes: Use este modo de exibição para navegar pelos itens em seu relatório. Para criar o seu relatório na guia Explorar, no grupo Relatórios, clique na imagem Novo relatório. Siga as etapas do Assistente de relatório para escolher os campos, os filtros e o layout do seu relatório. Você também pode criar seu relatório (ou modificar um existente) usando o Gerador de relatórios consulte a Ajuda do NVivo para obter mais informações sobre como trabalhar com relatórios. 36 Crie relatórios para apresentar e acompanhar seu projeto

www.qsrinternational.com

www.qsrinternational.com Copyright 1999-2015 QSR International Pty Ltd. ABN 47 006 357 213. Todos os direitos reservados. As palavras e logotipos NVivo e QSR são marcas comerciais ou marcas registradas da QSR International Pty

Leia mais

www.qsrinternational.com

www.qsrinternational.com Copyright 1999-2015 QSR International Pty Ltd. ABN 47 006 357 213. Todos os direitos reservados. As palavras e logotipos NVivo e QSR são marcas comerciais ou marcas registradas da QSR International Pty

Leia mais

www.qsrinternational.com

www.qsrinternational.com INTRODUÇÃO Este manual ajudará você a dar os primeiros passos e seguir em frente com o NVivo. Ele lhe indicará procedimentos para a instalação do software e o início de um novo projeto, bem como introduzirá

Leia mais

Guia de Utilização do Microsoft Dynamics CRM (Gestão de Relacionamento com Clientes)

Guia de Utilização do Microsoft Dynamics CRM (Gestão de Relacionamento com Clientes) Guia de Utilização do Microsoft Dynamics CRM (Gestão de Relacionamento com Clientes) 1. Sobre o Microsoft Dynamics CRM - O Microsoft Dynamics CRM permite criar e manter facilmente uma visão clara dos clientes,

Leia mais

Introdução ao Tableau Server 7.0

Introdução ao Tableau Server 7.0 Introdução ao Tableau Server 7.0 Bem-vindo ao Tableau Server; Este guia orientará você pelas etapas básicas de instalação e configuração do Tableau Server. Em seguida, usará alguns dados de exemplo para

Leia mais

Guia de Inicialização para o Windows

Guia de Inicialização para o Windows Intralinks VIA Versão 2.0 Guia de Inicialização para o Windows Suporte 24/7/365 da Intralinks EUA: +1 212 543 7800 Reino Unido: +44 (0) 20 7623 8500 Consulte a página de logon da Intralinks para obter

Leia mais

Guia de introdução. Para os administradores do programa DreamSpark

Guia de introdução. Para os administradores do programa DreamSpark Guia de introdução Para os administradores do programa DreamSpark Este documento destaca as funções básicas necessárias para configurar e gerenciar seu ELMS na WebStore do DreamSpark. Versão 2.4 05.06.12

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Manual de Utilização Google Grupos Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução... 3 Página

Leia mais

Impressão e Fotolito Oficina Gráfica da EDITORA VIENA. Todos os direitos reservados pela EDITORA VIENA LTDA

Impressão e Fotolito Oficina Gráfica da EDITORA VIENA. Todos os direitos reservados pela EDITORA VIENA LTDA Autores Karina de Oliveira Wellington da Silva Rehder Consultores em Informática Editora Viena Rua Regente Feijó, 621 - Centro - Santa Cruz do Rio Pardo - SP CEP 18.900-000 Central de Atendimento (0XX14)

Leia mais

Capture Pro Software. Introdução. A-61640_pt-br

Capture Pro Software. Introdução. A-61640_pt-br Capture Pro Software Introdução A-61640_pt-br Introdução ao Kodak Capture Pro Software e Capture Pro Limited Edition Instalando o software: Kodak Capture Pro Software e Network Edition... 1 Instalando

Leia mais

Seu Guia. Este manual descreve como usar Magic Desktop. Vista Geral... 2 Aparência... 3 Operações... 4 Especificações... 19

Seu Guia. Este manual descreve como usar Magic Desktop. Vista Geral... 2 Aparência... 3 Operações... 4 Especificações... 19 Seu Guia Este manual descreve como usar Magic Desktop. Vista Geral... 2 Aparência... 3 Operações... 4 Especificações... 19 PFU LIMITED 2013 Magic Desktop Magic Desktop é um aplicativo que organiza as informações

Leia mais

Ajuda on-line de aplicativos do Cisco Unified Intelligence Center

Ajuda on-line de aplicativos do Cisco Unified Intelligence Center Primeira publicação: December 12, 2013 Americas Headquarters Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman Drive San Jose, CA 95134-1706 USA http://www.cisco.com Tel: 408 526-4000 800 553-NETS (6387) Fax: 408 527-0883

Leia mais

DRIVE CONTÁBIL NASAJON

DRIVE CONTÁBIL NASAJON DRIVE CONTÁBIL NASAJON Módulo Gestão de Documentos Versão 1.0 Manual do Usuário 1 Sumário Os Módulos do Gerenciador de NFe: Informações Básicas Primeiro Acesso: Requisitos Acesso ao Drive Contábil Nasajon

Leia mais

MDaemon GroupWare. Versão 1 Manual do Usuário. plugin para o Microsoft Outlook. Trabalhe em Equipe Usando o Outlook e o MDaemon

MDaemon GroupWare. Versão 1 Manual do Usuário. plugin para o Microsoft Outlook. Trabalhe em Equipe Usando o Outlook e o MDaemon MDaemon GroupWare plugin para o Microsoft Outlook Trabalhe em Equipe Usando o Outlook e o MDaemon Versão 1 Manual do Usuário MDaemon GroupWare Plugin for Microsoft Outlook Conteúdo 2003 Alt-N Technologies.

Leia mais

Gerenciador de Referências. EndNote. Nonato Ribeiro Biblioteca de Ciências e Tecnologia (UFC)

Gerenciador de Referências. EndNote. Nonato Ribeiro Biblioteca de Ciências e Tecnologia (UFC) Gerenciador de Referências EndNote Nonato Ribeiro Biblioteca de Ciências e Tecnologia (UFC) Pesquisa na Web of Science O que é o EndNote? Funcionalidades da ferramenta Como incluir citações no Word usando

Leia mais

Shavlik Protect. Guia de Atualização

Shavlik Protect. Guia de Atualização Shavlik Protect Guia de Atualização Copyright e Marcas comerciais Copyright Copyright 2009 2014 LANDESK Software, Inc. Todos os direitos reservados. Este produto está protegido por copyright e leis de

Leia mais

Qlik Sense Cloud. Qlik Sense 2.0.2 Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados.

Qlik Sense Cloud. Qlik Sense 2.0.2 Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados. Qlik Sense Cloud Qlik Sense 2.0.2 Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados. Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados. Qlik, QlikTech,

Leia mais

SMART Sync 2010 Guia prático

SMART Sync 2010 Guia prático SMART Sync 2010 Guia prático Simplificando o extraordinário Registro do produto Se você registrar o seu produto SMART, receberá notificações sobre novos recursos e atualizações de software. Registre-se

Leia mais

Diveo Exchange OWA 2007

Diveo Exchange OWA 2007 Diveo Exchange OWA 2007 Manual do Usuário v.1.0 Autor: Cícero Renato G. Souza Revisão: Antonio Carlos de Jesus Sistemas & IT Introdução... 4 Introdução ao Outlook Web Access 2007... 4 Quais são as funcionalidades

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft Word 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Barra de Ferramentas de Acesso Rápido

Leia mais

Notas e Avisos. Janeiro de 2009 N/P D560R Rev. A00

Notas e Avisos. Janeiro de 2009 N/P D560R Rev. A00 GUIA DE INÍCIO RÁPIDO Notas e Avisos NOTA: uma NOTA fornece informações importantes que o ajudam a usar melhor o computador. AVISO: um AVISO indica possíveis danos ao hardware ou a possibilidade de perda

Leia mais

Solução de gerenciamento de sistemas Dell KACE K1000 Versão 5.5. Guia de gerenciamento de ativos. Julho de 2013

Solução de gerenciamento de sistemas Dell KACE K1000 Versão 5.5. Guia de gerenciamento de ativos. Julho de 2013 Solução de gerenciamento de sistemas Dell KACE K1000 Versão 5.5 Guia de gerenciamento de ativos Julho de 2013 2004-2013 Dell, Inc. Todos os direitos reservados. Qualquer forma de reprodução deste material

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Se ainda tiver dúvidas entre em contato com a equipe de atendimento: Por telefone: 0800 642 3090 Por e-mail atendimento@oisolucoespraempresas.com.br Introdução... 3 1. O que é o programa Oi Backup Empresarial?...

Leia mais

KM-NET for Accounting. Guia de Operação

KM-NET for Accounting. Guia de Operação KM-NET for Accounting Guia de Operação Informações legais e gerais Aviso É proibida a reprodução não autorizada deste guia ou parte dele. As informações neste guia estão sujeitas a alterações sem aviso

Leia mais

ArcSoft MediaConverter

ArcSoft MediaConverter ArcSoft MediaConverter User Manual Português 1 201004 Índice Índice... 2 1. Índice... 3 1.1 Requisitos do sistema... 4 1.2 Extras... 4 2. Convertendo arquivos... 7 2.1 Passo1: Selecionar mídia... 7 2.1.1

Leia mais

FOXIT READER 6.0 Guia Rápido. Sumário... II Use o Foxit Reader 6.0... 1. Leitura... 5. Trabalhar em PDFs... 8. Comentários... 10. Formulários...

FOXIT READER 6.0 Guia Rápido. Sumário... II Use o Foxit Reader 6.0... 1. Leitura... 5. Trabalhar em PDFs... 8. Comentários... 10. Formulários... Sumário Sumário... II Use o Foxit Reader 6.0... 1 Instalar e desinstalar... 1 Abrir, Criar, Fechar, Salvar e Sair... 1 Definir o estilo da interface e da aparência... 4 Veja todas as diferentes ferramentas...

Leia mais

Introdução Microsoft PowerPoint 2013 apresentações Office PowerPoint 2013 Microsoft PowerPoint 2013 textos planilhas Excel Word

Introdução Microsoft PowerPoint 2013 apresentações Office PowerPoint 2013 Microsoft PowerPoint 2013 textos planilhas Excel Word PowerPoint 2013 Sumário Introdução... 1 Iniciando o PowerPoint 2013... 2 Criando Nova Apresentação... 10 Inserindo Novo Slide... 13 Formatando Slides... 15 Inserindo Imagem e Clip-art... 16 Inserindo Formas...

Leia mais

Guia do Usuário do Servidor do Avigilon Control Center

Guia do Usuário do Servidor do Avigilon Control Center Guia do Usuário do Servidor do Avigilon Control Center Versão 5.0.2 PDF-SERVER5-A-Rev2_PT Copyright 2013 Avigilon. Todos os direitos reservados. A informação apresentada está sujeita a alteração sem aviso

Leia mais

Google Apps para o Office 365 para empresas

Google Apps para o Office 365 para empresas Google Apps para o Office 365 para empresas Faça a migração O Office 365 para empresas tem uma aparência diferente do Google Apps, de modo que, ao entrar, você poderá obter esta exibição para começar.

Leia mais

SMART Sync 2010 Guia do administrador de sistema

SMART Sync 2010 Guia do administrador de sistema PENSE NO MEIO AMBIENTE ANTES DE IMPRIMIR SMART Sync 2010 Guia do administrador de sistema Sistemas operacionais Windows Simplificando o extraordinário Informações sobre marcas comerciais SMART Sync, smarttech

Leia mais

Aula 01 - Formatações prontas e condicionais. Aula 01 - Formatações prontas e condicionais. Sumário. Formatar como Tabela

Aula 01 - Formatações prontas e condicionais. Aula 01 - Formatações prontas e condicionais. Sumário. Formatar como Tabela Aula 01 - Formatações prontas e Sumário Formatar como Tabela Formatar como Tabela (cont.) Alterando as formatações aplicadas e adicionando novos itens Removendo a formatação de tabela aplicada Formatação

Leia mais

Manual do Usuário Microsoft Apps for Symbian

Manual do Usuário Microsoft Apps for Symbian Manual do Usuário Microsoft Apps for Symbian Edição 1.0 2 Sobre os aplicativos da Microsoft Sobre os aplicativos da Microsoft Os aplicativos Microsoft oferecem aplicativos corporativos Microsoft para o

Leia mais

MICROSOFT WORD 2007. George Gomes Cabral

MICROSOFT WORD 2007. George Gomes Cabral MICROSOFT WORD 2007 George Gomes Cabral AMBIENTE DE TRABALHO 1. Barra de título 2. Aba (agrupa as antigas barras de menus e barra de ferramentas) 3. Botão do Office 4. Botão salvar 5. Botão de acesso à

Leia mais

Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter

Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter Índice Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter............... 1 Sobre a Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter................ 1 Requisitos de

Leia mais

Cliente Microsoft Outlook do Avaya Modular Messaging Versão 5.0

Cliente Microsoft Outlook do Avaya Modular Messaging Versão 5.0 Cliente Microsoft Outlook do Avaya Modular Messaging Versão 5.0 Importante: as instruções contidas neste guia só serão aplicáveis se seu armazenamento de mensagens for Avaya Message Storage Server (MSS)

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Compartilhamento de Arquivos no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução...

Leia mais

Easy VHS to DVD 3 & Easy VHS to DVD 3 Plus. Guia de Introdução

Easy VHS to DVD 3 & Easy VHS to DVD 3 Plus. Guia de Introdução Easy VHS to DVD 3 & Easy VHS to DVD 3 Plus Guia de Introdução ii Roxio Easy VHS to DVD Guia de Introdução www.roxio.com Começar a usar o Roxio Easy VHS to DVD 3 Neste guia Bem-vindo ao Roxio Easy VHS to

Leia mais

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Iniciando o Windows XP...2 Desligar o computador...3 Área de trabalho...3

Leia mais

Iniciando o Word 2010. Criar um novo documento. Salvando um Documento. Microsoft Office Word

Iniciando o Word 2010. Criar um novo documento. Salvando um Documento. Microsoft Office Word 1 Iniciando o Word 2010 O Word é um editor de texto que utilizado para criar, formatar e imprimir texto utilizado para criar, formatar e imprimir textos. Devido a grande quantidade de recursos disponíveis

Leia mais

Seu manual do usuário DYMO LABEL V.8 http://pt.yourpdfguides.com/dref/2816926

Seu manual do usuário DYMO LABEL V.8 http://pt.yourpdfguides.com/dref/2816926 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para DYMO LABEL V.8. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a DYMO LABEL V.8

Leia mais

Usar o Office 365 no iphone ou ipad

Usar o Office 365 no iphone ou ipad Usar o Office 365 no iphone ou ipad Guia de Início Rápido Verificar o email Configure o seu iphone ou ipad para enviar e receber emails de sua conta do Office 365. Verificar o seu calendário onde quer

Leia mais

Bem-vindo ao Corel VideoStudio Pro X5

Bem-vindo ao Corel VideoStudio Pro X5 Sumário Bem-vindo ao Corel VideoStudio Pro X5........................... 2 Novos recursos e aprimoramentos............................... 4 Conhecer a área de trabalho....................................

Leia mais

O que há de novo no QuarkXPress 2015

O que há de novo no QuarkXPress 2015 O que há de novo no QuarkXPress 2015 CONTEÚDO Conteúdo Novidades do QuarkXPress 2015...3 Novos recursos...4 Aplicativo de 64 bits...4 Variáveis de conteúdo...4 Tabelas alinhadas...5 Notas de rodapé e notas

Leia mais

MÓDULO - I Manual Prático Microsoft Excel 2007

MÓDULO - I Manual Prático Microsoft Excel 2007 MÓDULO - I Manual Prático Microsoft Excel 2007 MÓDULO - I APRESENTAÇÃO... 1 AMBIENTE DE TRABALHO... 2 A folha de cálculo... 2 O ambiente de trabalho do Excel... 3 Faixas de Opções do Excel... 4 - Guia

Leia mais

Centro Federal de Educação Tecnológica da Bahia Curso Excel Avançado Índice

Centro Federal de Educação Tecnológica da Bahia Curso Excel Avançado Índice Índice Apresentação...2 Barra de Título...2 Barra de Menus...2 Barra de Ferramentas Padrão...2 Barra de Ferramentas de Formatação...3 Barra de Fórmulas e Caixa de Nomes...3 Criando um atalho de teclado

Leia mais

Guia do usuário do Web Portal. Versão 6.0

Guia do usuário do Web Portal. Versão 6.0 Guia do usuário do Web Portal Versão 6.0 2013 Pitney Bowes Software Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento pode conter informações confidenciais ou protegidas por direitos autorais pertencentes

Leia mais

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09 ÍNDICE Sobre o SabeTelemarketing 03 Ícones comuns à várias telas de gerenciamento Contato Verificar registros 09 Telas de cadastro e consultas 03 Menu Atalho Nova pessoa Incluir um novo cliente 06 Novo

Leia mais

Despachante Express - Software para o despachante documentalista veicular DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1

Despachante Express - Software para o despachante documentalista veicular DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1 DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1 1 Sumário 1 - Instalação Normal do Despachante Express... 3 2 - Instalação do Despachante Express em Rede... 5 3 - Registrando o Despachante Express...

Leia mais

Migrando para o Outlook 2010

Migrando para o Outlook 2010 Neste guia Microsoft O Microsoft Outlook 2010 está com visual bem diferente, por isso, criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Leia-o para saber mais sobre as principais

Leia mais

Roxio Creator NXT. Guia de Introdução

Roxio Creator NXT. Guia de Introdução Roxio Creator NXT Guia de Introdução Roxio Creator NXT GUIA DE INTRODUÇÃO Bem-vindo ao Roxio Creator NXT Bem-vindo ao Roxio Creator, a solução completa para mídia digital. O que é novo no Creator NXT Corel

Leia mais

1 Inicie um novo. Guia de Referência Rápida de Gerenciamento de Projeto para o Project 2007. projeto

1 Inicie um novo. Guia de Referência Rápida de Gerenciamento de Projeto para o Project 2007. projeto Guia de Referência Rápida de Gerenciamento de Projeto para o Project 2007 1 Inicie um novo Antes de começar um novo, uma organização deve determinar se ele se enquadra em suas metas estratégicas. Os executivos

Leia mais

Guia do Usuário da Matriz Virtual do Avigilon Control Center. Versão 5.6

Guia do Usuário da Matriz Virtual do Avigilon Control Center. Versão 5.6 Guia do Usuário da Matriz Virtual do Avigilon Control Center Versão 5.6 2006-2015 Avigilon Corporation. Todos os direitos reservados. A menos que seja expressamente concedida por escrito, nenhuma licença

Leia mais

Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services

Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services - Windows SharePoint Services... Page 1 of 11 Windows SharePoint Services Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services Ocultar tudo O Microsoft Windows

Leia mais

Outlook 2003. Apresentação

Outlook 2003. Apresentação Outlook 2003 Apresentação O Microsoft Office Outlook 2003 é um programa de comunicação e gerenciador de informações pessoais que fornece um local unificado para o gerenciamento de e-mails, calendários,

Leia mais

Índice. Tenho uma conta pessoal e uma conta da instituição em que dou aula, porém não consigo acessar a conta da escola. O que fazer?

Índice. Tenho uma conta pessoal e uma conta da instituição em que dou aula, porém não consigo acessar a conta da escola. O que fazer? Índice Acesso ao Super Professor Web Como recuperar a senha de acesso? Tenho uma conta pessoal e uma conta da instituição em que dou aula, porém não consigo acessar a conta da escola. O que fazer? Selecionando

Leia mais

15. OLHA QUEM ESTÁ NA WEB!

15. OLHA QUEM ESTÁ NA WEB! 7 a e 8 a SÉRIES / ENSINO MÉDIO 15. OLHA QUEM ESTÁ NA WEB! Sua home page para publicar na Internet SOFTWARES NECESSÁRIOS: MICROSOFT WORD 2000 MICROSOFT PUBLISHER 2000 SOFTWARE OPCIONAL: INTERNET EXPLORER

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft OneNote 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Alterne entre a entrada por toque

Leia mais

IBM Business Process Manager Versão 7 Release 5. Guia de Instalação do Complemento do IBM Business Process Manager para Microsoft Office

IBM Business Process Manager Versão 7 Release 5. Guia de Instalação do Complemento do IBM Business Process Manager para Microsoft Office IBM Business Process Manager Versão 7 Release 5 Guia de Instalação do Complemento do IBM Business Process Manager para Microsoft Office ii Instalando Manuais PDF e o Centro de Informações Os manuais PDF

Leia mais

ANDRÉ APARECIDO DA SILVA APOSTILA BÁSICA SOBRE O POWERPOINT 2007

ANDRÉ APARECIDO DA SILVA APOSTILA BÁSICA SOBRE O POWERPOINT 2007 ANDRÉ APARECIDO DA SILVA APOSTILA BÁSICA SOBRE O POWERPOINT 2007 CURITIBA 2015 2 SUMÁRIO INTRODUÇÃO AO MICROSOFT POWERPOINT 2007... 3 JANELA PRINCIPAL... 3 1 - BOTÃO OFFICE... 4 2 - FERRAMENTAS DE ACESSO

Leia mais

Relatórios de montagem

Relatórios de montagem Relatórios de montagem Número da Publicação spse01660 Relatórios de montagem Número da Publicação spse01660 Notificação de Direitos Limitados e de Propriedade Este software e a documentação relacionada

Leia mais

Manual de Usuário do UnB Webmail Destinado aos usuários de e-mail da Universidade de Brasília MODO DINÂMICO

Manual de Usuário do UnB Webmail Destinado aos usuários de e-mail da Universidade de Brasília MODO DINÂMICO Destinado aos usuários de e-mail da Universidade de Brasília MODO DINÂMICO Elaboração: Equipe de Suporte Avançado do CPD SA/SRS/CPD/UnB suporte@unb.br Universidade de Brasília Brasília / 2014 Resumo A

Leia mais

XXIV SEMANA MATEMÁTICA

XXIV SEMANA MATEMÁTICA XXIV SEMANA ACADÊMICA DA MATEMÁTICA Minicurso: Produção de Páginas Web para Professores de Matemática Projeto de Extensão: Uma Articulação entre a Matemática e a Informática como Instrumento para a Cidadania

Leia mais

Editor de Apresentações - Windows. Manual do usuário. Campus Frederico Westphalen-RS

Editor de Apresentações - Windows. Manual do usuário. Campus Frederico Westphalen-RS Editor de Apresentações - Windows Manual do usuário Campus Frederico Westphalen-RS Introdução Bem vindo ao OpenOffice.org 1.0: Manual do usuário. O OpenOffice.org 1.0: Manual do usuário contém informações

Leia mais

Manual do Usuário Microsoft Apps

Manual do Usuário Microsoft Apps Manual do Usuário Microsoft Apps Edição 1 2 Sobre os aplicativos da Microsoft Sobre os aplicativos da Microsoft Os aplicativos da Microsoft oferecem aplicativos para negócios para o seu telefone Nokia

Leia mais

A vida depois do Microsoft Outlook

A vida depois do Microsoft Outlook A vida depois do Microsoft Outlook Bem-vindo ao Gmail O que há de diferente? Agora que você migrou do Microsoft Outlook para o Google Apps, veja algumas dicas sobre como começar a usar o Gmail como seu

Leia mais

Manual Easy Chat Data de atualização: 20/12/2010 16:09 Versão atualizada do manual disponível na área de download do software.

Manual Easy Chat Data de atualização: 20/12/2010 16:09 Versão atualizada do manual disponível na área de download do software. 1 - Sumário 1 - Sumário... 2 2 O Easy Chat... 3 3 Conceitos... 3 3.1 Perfil... 3 3.2 Categoria... 4 3.3 Ícone Específico... 4 3.4 Janela Específica... 4 3.5 Ícone Geral... 4 3.6 Janela Geral... 4 4 Instalação...

Leia mais

1. Iniciando... 5. 1.1. Conhecendo sua caixa de email... 5. 1.2. Entrando e saindo do sistema... 5. 1.2.1. Entrando no sistema...

1. Iniciando... 5. 1.1. Conhecendo sua caixa de email... 5. 1.2. Entrando e saindo do sistema... 5. 1.2.1. Entrando no sistema... Manual de Operações Básicas do Zimbra SUMÁRIO 1. Iniciando... 5 1.1. Conhecendo sua caixa de email... 5 1.2. Entrando e saindo do sistema... 5 1.2.1. Entrando no sistema... 5 1.2.2. Saindo do sistema...

Leia mais

Excel 2010 Modulo II

Excel 2010 Modulo II Excel 2010 Modulo II Sumário Nomeando intervalos de células... 1 Classificação e filtro de dados... 3 Subtotais... 6 Validação e auditoria de dados... 8 Validação e auditoria de dados... 9 Cenários...

Leia mais

Guia do Usuário. DYMO Label TM. v.8

Guia do Usuário. DYMO Label TM. v.8 Guia do Usuário DYMO Label TM v.8 Copyright 2012 Sanford, L.P. Todos os direitos reservados. Revisado em 6/11/2012. Nenhuma parte deste documento ou do software pode ser reproduzida ou transmitida de qualquer

Leia mais

OpenOffice Impress. Por: Leandro Dalcero

OpenOffice Impress. Por: Leandro Dalcero OpenOffice Impress Por: Leandro Dalcero Índice 1. Iniciando o Impress... Componentes 2. básico da janela do Impress...... 3. Menu Arquivo 3.1.Novo...... 3.2.Abrir... 3.3.Piloto Automático 3.4.Fechar......

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1 26 de agosto de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é uma

Leia mais

Manual Digifort Evidence Versão 1.0.1 Rev. A

Manual Digifort Evidence Versão 1.0.1 Rev. A Manual Digifort Evidence Versão 1.0.1 Rev. A Índice ANTES DE VOCÊ COMEÇAR... 4 PRÉ-REQUISITOS... 4 SCREEN SHOTS... 4 A QUEM SE DESTINA ESTE MANUAL... 4 COMO UTILIZAR ESTE MANUAL... 4 Introdução... 5 INSTALANDO

Leia mais

Professor: Macêdo Firmino Introdução ao Windows 7

Professor: Macêdo Firmino Introdução ao Windows 7 Professor: Macêdo Firmino Introdução ao Windows 7 O hardware não consegue executar qualquer ação sem receber instrução. Essas instruções são chamadas de software ou programas de computador. O software

Leia mais

Guia do usuário do Cisco Unified MeetingPlace para Outlook versão 8.5 (MeetingPlace Scheduling)

Guia do usuário do Cisco Unified MeetingPlace para Outlook versão 8.5 (MeetingPlace Scheduling) Guia do usuário do Cisco Unified MeetingPlace para Outlook versão 8.5 (MeetingPlace Scheduling) Americas Headquarters Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman Drive San Jose, CA 95134-1706 USA http://www.cisco.com

Leia mais

administração Guia de BlackBerry Internet Service Versão: 4.5.1

administração Guia de BlackBerry Internet Service Versão: 4.5.1 BlackBerry Internet Service Versão: 4.5.1 Guia de administração Publicado: 16/01/2014 SWD-20140116140606218 Conteúdo 1 Primeiros passos... 6 Disponibilidade de recursos administrativos... 6 Disponibilidade

Leia mais

Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7

Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7 Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7 Conteúdo Etapa 1: Saiba se o computador está pronto para o Windows 7... 3 Baixar e instalar o Windows 7 Upgrade Advisor... 3 Abra e execute o Windows 7

Leia mais

GUIA DE AUXÍLIO PARA GERENCIAMENTO DE PROJETOS METODOLOGIA IFES

GUIA DE AUXÍLIO PARA GERENCIAMENTO DE PROJETOS METODOLOGIA IFES GUIA DE AUXÍLIO PARA GERENCIAMENTO DE PROJETOS METODOLOGIA IFES SUMÁRIO 1. PREENCHIMENTO DA PLANILHA DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS...3 1.1 Menu...3 1.2 Termo de Abertura...4 1.3 Plano do Projeto...5 1.4

Leia mais

Instruções para instalação do Virtual Lab (ChemLab 2.5 ou Physics 3.0)

Instruções para instalação do Virtual Lab (ChemLab 2.5 ou Physics 3.0) Instruções para instalação do Virtual Lab (ChemLab 2.5 ou Physics 3.0) 1. Pré-requisitos para instalação do Virtual Lab Windows XP, Windows Vista ou Windows 7 Adobe AIR instalado. Disponível em: http://get.adobe.com/br/air/

Leia mais

Webmail UFMA Tutorial de Operações Básicas do Usuário Cliente Web

Webmail UFMA Tutorial de Operações Básicas do Usuário Cliente Web UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO - UFMA NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - NTI GERÊNCIA DE REDES - GEREDES Webmail UFMA Tutorial de Operações Básicas do Usuário Cliente Web São Luís 2014 1. INICIANDO...

Leia mais

Moodlerooms Instructor Essentials

Moodlerooms Instructor Essentials Moodlerooms Instructor Essentials [Type the company address] 2015 Moodlerooms Índice VISÃO GERAL DO BOLETIM JOULE... 4 Benefícios do Boletim Joule... 4 Documentação do professor no Boletim Joule... 4 Acesso

Leia mais

Configuração de Digitalizar para E-mail

Configuração de Digitalizar para E-mail Guia de Configuração de Funções de Digitalização de Rede Rápida XE3024PT0-2 Este guia inclui instruções para: Configuração de Digitalizar para E-mail na página 1 Configuração de Digitalizar para caixa

Leia mais

CA Clarity PPM. Guia do Usuário para Personalizar o CA Clarity PPM. Release 13.2.00

CA Clarity PPM. Guia do Usuário para Personalizar o CA Clarity PPM. Release 13.2.00 CA Clarity PPM Guia do Usuário para Personalizar o CA Clarity PPM Release 13.2.00 A presente documentação, que inclui os sistemas de ajuda incorporados e os materiais distribuídos eletronicamente (doravante

Leia mais

Recursos do Outlook Web Access

Recursos do Outlook Web Access Recursos do Outlook Web Access Este material foi criado pela Secretaria de Tecnologia de Informação e Comunicação (SETIC) do Tribunal Regional do Trabalho da 17ª Região. Seu intuito é apresentar algumas

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft Excel 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Adicionar comandos à Barra de Ferramentas

Leia mais

ÁREA DE TRABALHO. Área de Trabalho ou Desktop Na Área de trabalho encontramos os seguintes itens: Atalhos Barra de tarefas Botão iniciar

ÁREA DE TRABALHO. Área de Trabalho ou Desktop Na Área de trabalho encontramos os seguintes itens: Atalhos Barra de tarefas Botão iniciar WINDOWS XP Wagner de Oliveira ENTRANDO NO SISTEMA Quando um computador em que trabalham vários utilizadores é ligado, é necessário fazer login, mediante a escolha do nome de utilizador e a introdução da

Leia mais

Microsoft Office PowerPoint 2007

Microsoft Office PowerPoint 2007 INTRODUÇÃO AO MICROSOFT POWERPOINT 2007 O Microsoft Office PowerPoint 2007 é um programa destinado à criação de apresentação através de Slides. A apresentação é um conjunto de Sides que são exibidos em

Leia mais

Seu manual do usuário ARCSOFT PHOTOBASE http://pt.yourpdfguides.com/dref/536271

Seu manual do usuário ARCSOFT PHOTOBASE http://pt.yourpdfguides.com/dref/536271 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para ARCSOFT PHOTOBASE. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a no manual

Leia mais

Centro de Computação - Unicamp Gerência de Atendimento ao Cliente (e-mail:apoio@turing.unicamp.br) Sumário

Centro de Computação - Unicamp Gerência de Atendimento ao Cliente (e-mail:apoio@turing.unicamp.br) Sumário Sumário Conceitos Microsoft Access 97... 01 Inicialização do Access... 02 Convertendo um Banco de Dados... 03 Criando uma Tabela... 06 Estrutura da Tabela... 07 Propriedades do Campo... 08 Chave Primária...

Leia mais

Manual de referência do HP Web Jetadmin Database Connector Plug-in

Manual de referência do HP Web Jetadmin Database Connector Plug-in Manual de referência do HP Web Jetadmin Database Connector Plug-in Aviso sobre direitos autorais 2004 Copyright Hewlett-Packard Development Company, L.P. A reprodução, adaptação ou tradução sem permissão

Leia mais

SKF TKTI. Software de câmera térmica. Instruções de uso

SKF TKTI. Software de câmera térmica. Instruções de uso SKF TKTI Software de câmera térmica Instruções de uso Conteúdo 1. Introdução...4 1.1 Instalação e inicialização do software... 5 2. Dados sobre a utilização...6 3. Propriedades das imagens...7 3.1 Como

Leia mais

Tutorial Plone 4. Manutenção de Sites. Universidade Federal de São Carlos Departamento de Sistemas Web Todos os direitos reservados

Tutorial Plone 4. Manutenção de Sites. Universidade Federal de São Carlos Departamento de Sistemas Web Todos os direitos reservados Tutorial Plone 4 Manutenção de Sites Universidade Federal de São Carlos Departamento de Sistemas Web Todos os direitos reservados Sumário Introdução 1 Como fazer a autenticação do usuário 1.1 Através do

Leia mais

TeamViewer 9 Manual Management Console

TeamViewer 9 Manual Management Console TeamViewer 9 Manual Management Console Rev 9.2-07/2014 TeamViewer GmbH Jahnstraße 30 D-73037 Göppingen www.teamviewer.com Sumário 1 Sobre o TeamViewer Management Console... 4 1.1 Sobre o Management Console...

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Ferramenta de Backup

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Ferramenta de Backup MANUAL DO USUÁRIO Software de Ferramenta de Backup Software Ferramenta de Backup Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. Este manual serve como referência para

Leia mais

BlackBerry Desktop Software. Versão: 7.1. Guia do usuário

BlackBerry Desktop Software. Versão: 7.1. Guia do usuário BlackBerry Desktop Software Versão: 7.1 Guia do usuário Publicado: 2012-06-05 SWD-20120605130141061 Conteúdo Aspectos básicos... 7 Sobre o BlackBerry Desktop Software... 7 Configurar seu smartphone com

Leia mais

UNIVERSIDADE TECNOLOGIA FEDERAL DO PARANÁ. Owncloud SERVIÇO DE COMPARTILHAMENTO EM NUVEM. Manual

UNIVERSIDADE TECNOLOGIA FEDERAL DO PARANÁ. Owncloud SERVIÇO DE COMPARTILHAMENTO EM NUVEM. Manual UNIVERSIDADE TECNOLOGIA FEDERAL DO PARANÁ Owncloud SERVIÇO DE COMPARTILHAMENTO EM NUVEM Manual DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DIRGTI 2015 Sumário 1. Introdução... 3 2. Acessando o serviço...

Leia mais

Microsoft. Power Point 97

Microsoft. Power Point 97 Microsoft Power Point 97 Microsoft Power Point 97 Índice INTRODUÇÃO... 1 DIRETRIZES PARA APRESENTAÇÕES DE SLIDES... 2 Tela Inicial... 3 Tipos de layouts para formatar slides:... 3 AS BARRAS DE FERRAMENTAS...

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft OneNote 2013 apresenta uma aparência diferente das versões anteriores; desse modo, criamos este guia para ajudá-lo a minimizar a curva de aprendizado. Alternar entre o

Leia mais

HP Mobile Printing para Pocket PC

HP Mobile Printing para Pocket PC HP Mobile Printing para Pocket PC Guia de Iniciação Rápida O HP Mobile Printing para Pocket PC permite imprimir mensagens de e-mail, anexos e arquivos em uma impressora Bluetooth, de infravermelho ou de

Leia mais

Usando o Outlook MP Geral

Usando o Outlook MP Geral Usando o Outlook MP Geral Este guia descreve o uso do Outlook MP. Este guia é baseado no uso do Outlook MP em um PC executando o Windows 7. O Outlook MP pode ser usado em qualquer tipo de computador e

Leia mais