LICITAÇÃO, CONTRATOS E COMPRAS GOVERNAMENTAIS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LICITAÇÃO, CONTRATOS E COMPRAS GOVERNAMENTAIS"

Transcrição

1 LICITAÇÃO, CONTRATOS E COMPRAS GOVERNAMENTAIS CURSO DE GESTÃO PÚBLICA THIAGO MONTEIRO BONATTO Porque a Administração Pública deve estabelecer contratos especiais em suas contratações de serviços e aquisições? Base Legal das Licitações e Contratações Públicas. Princípios aplicados às Licitações e Contratações Públicas. 1

2 Definição e Objetivos das Licitações. A quem se aplica o dever de Licitar. A Obrigatoriedade de Licitar. As hipóteses de dispensa e inexigibilidade. Modalidades Licitatórias. Tipos de Licitação. Fases da licitação. Contratos Administrativos. Alterações e extinção de Contratos Administrativos. 2

3 Porque a Administração Pública deve estabelecer contratos especiais em suas contratações de serviços e aquisições? Administrador Público: Sujeito aos princípios da Administração Pública: Legalidades, Impessoalidade, Moralidade, Publicidade, Eficiência e Isonomia. Base Legal das Licitações: Constituição Federal Art. 37, inciso XXI Lei Federal 8.666/93 Lei Geral de Licitações Lei Federal /02 Lei do Pregão Lei Complementar 101/00 LRF Lei Complementar 123/06 Lei de Benefício à Micro Empresa 3

4 Princípios aplicados às Licitações Públicas: Princípio da Legalidade: Agir em conformidade com a lei; impõe ao administrador às prescrições legais que regem o procedimento em todos os seus atos e fases. O administrador ou gestor público está jungido à letra da lei para poder atuar. Seu facere ou non facere decorre da vontade expressa do Estado. Princípios aplicados às Licitações Públicas: Princípio da Impessoalidade: Esse princípio obriga a Administração resguardar o interesse público, evitar favoritismo e privilégios: todos os licitantes devem ser tratados igualmente, em termos de direitos e obrigações. 4

5 Princípios aplicados às Licitações Públicas: Princípio da Moralidade: A conduta dos licitantes e dos agentes públicos tem que ser, além de lícita, compatível com a moral, ética, os bons costumes e as regras da boa administração. Pelo princípio da moralidade administrativa, não bastará ao administrador o estrito cumprimento da estrita legalidade, devendo ele, no exercício de sua função pública, respeitar os princípios éticos de razoabilidade e justiça, pois a moralidade constitui, a partir da Constituição de 1988, pressuposto de validade de todo ato da administração pública. (Alexandre de Moraes ) Princípios aplicados às Licitações Públicas: Princípio da Publicidade: Os atos devem ser amplamente divulgados, para garantir, inclusive, a transparência da atuação administrativa. Os atos licitatórios serão públicos desde que resguardados o sigilo das propostas. A Publicidade é condição de eficácia a certos atos da Administração Pública. 5

6 Princípios aplicados às Licitações Públicas: Princípio da Eficiência: O Administrador tem o dever de comprovar a boa utilização dos recursos públicos, aplicando-os corretamente. É o mais novo dos princípios. Passou a fazer parte da Constituição a partir da Emenda Constitucional nº 19, de Exige que o exercício da atividade administrativa (atuação dos servidores, prestação dos serviços) atenda a requisitos de presteza, adequabilidade, perfeição técnica, produtividade e qualidade. Princípios aplicados às Licitações Públicas: Princípio da Igualdade / Isonomia: Significa dar tratamento igual a todos os interessados. É condição essencial em todas as fases da licitação. Tratamento igual aos iguais e desigual aos desiguais, na medida de suas desigualdades. 6

7 Princípios aplicados às Licitações Públicas: Princípio da Vinculação ao Instrumento Convocatório: Obriga a Administração e o Licitante a observarem as normas e condições estabelecidas no ato convocatório. Nada poderá ser criado ou feito sem que haja previsão no ato convocatório. Princípios aplicados às Licitações Públicas: Princípio do julgamento objetivo: A decisão a ser tomada pela Administração deverá basear-se em critérios concretos, claros e definidos no instrumento convocatório. 7

8 Princípios aplicados às Licitações Públicas: Princípio da Adjudicação Compulsória: Deve ser entendido no sentido de que, se a Administração levar o procedimento a seu termo, a adjudicação somente pode ser feita ao vencedor. Definição e os Objetivos da Licitação Objetivos da licitação: Lei 8.666/93 Art.3º Art. 3 o - A licitação destina-se a garantir a observância do princípio constitucional da isonomia e a selecionar a proposta mais vantajosa para a Administração. 8

9 A quem se aplica o dever de Licitar? Administração Direta: União, Estados, Distrito Federal e Municípios. Administração Indireta: Autarquias, Fundações Públicas, Empresas Públicas, Sociedades de Economia Mista, e Subsidiárias. A Obrigatoriedade de Licitar Vídeo: Dr. Lucas Rocha Furtado Procurador Geral do Ministério Público do Tribunal de Contas da União - TCU Jornalista: Déborah Andrade INSTITUTO LEGISLATIVO BRASILEIRO SENADO FEDERAL 9

10 Hipóteses de Dispensa e Inexigibilidade A licitação é regra para a Administração Pública, quando contrata obras, bens e serviços. Exceções : Dispensa de licitação art. 24 da Lei nº 8.666/93 - as hipóteses previstas são exaustivas; Inexigibilidade de licitação art. 25 da Lei nº 8.666/93 - as hipóteses previstas são exemplificativas. 10

11 Hipóteses de Dispensa e Inexigibilidade DISPENSA X INEXIGIBILIDADE INEXIGIBILIDADE: Não existe competição, não se justifica a licitação. Lei 8.666/93 Art. 25 Art. 25. É inexigível a licitação quando houver inviabilidade de competição... Hipóteses de Dispensa e Inexigibilidade DISPENSA: Hipóteses de Licitação Dispensada x Licitação Dispensável. LICITAÇÃO DISPENSADA: Lei 8.666/93 Art Alienação de imóveis LICITAÇÃO DISPENSÁVEL: Lei 8.666/93 Art

12 Hipóteses de Dispensa e Inexigibilidade DISPENSA Em situações de dispensa, existe a possibilidade de licitação. Existe fornecedores interessados no mercado. Existe maior fundamentação. Exige a abertura de procedimento licitatório. Rol taxativo, de situações de dispensa. Hipóteses de Dispensa e Inexigibilidade DISPENSA Os casos de dispensa são aqueles onde, havendo possibilidade de licitação, uma circunstância relevante autoriza uma discriminação (DALLARI, 1987) 12

13 Hipóteses de Dispensa e Inexigibilidade LICITAÇÃO DISPENSÁVEL: Lei 8.666/93 Art. 24 Regra Geral: Licitação Dispensa: A LEI elenca uma série de hipóteses em que à uma liberdade para o administrador licitar ou não, devendo necessariamente justificar o ato. Hipóteses de Dispensa e Inexigibilidade DISPENSA X INEXIGIBILIDADE Observância do Art. 26 Lei 8.666/93 Art. 26. As dispensas e as situações de inexigibilidade, necessariamente justificadas, deverão ser comunicados à autoridade superior, para ratificação e publicação na imprensa oficial, como condição para a eficácia dos atos. 13

14 Hipóteses de Dispensa e Inexigibilidade DISPENSA X INEXIGIBILIDADE Art. 26 Parágrafo único: O processo de dispensa, de inexigibilidade, será instruído, no que couber, com os seguintes elementos: I - caracterização da situação emergencial ou calamitosa que justifique a dispensa, quando for o caso; II - razão da escolha do fornecedor ou executante; III - justificativa do preço; IV - documento de aprovação dos projetos de pesquisa aos quais os bens serão alocados. Modalidades Licitatórias A licitação como regra é um processo que antecede a celebração do contrato. Os procedimentos a serem utilizados são definidos pelas modalidades. As modalidades são definidos em razão do valor da contratação ou da especificidade do objeto. 14

15 Modalidades Licitatórias Modalidades na Lei 8.666/93 art. 22: Concorrência, Tomada de Preços, Convite, Concurso e Leilão. Modalidades na Lei /02 Pregão. Modalidades Licitatórias Limites para definição da Modalidade Lei 8.666/93 Art. 23: Concorrência Obras e Serviços de Engenharia: > R$ ,00 Compras e Serviços: > R$ ,00 Tomada de Preços Obras e Serviços de Engenharia: [R$ ,00 a R$ ,00] Compras e Serviços: > [R$ ,00 a R$ ,00] 15

16 Limites para definição da Modalidade Lei 8.666/93 Art. 23: Convite Modalidades Licitatórias Obras e Serviços de Engenharia: < R$ ,00 Compras e Serviços: < R$ ,00 Pregão, Concurso e Leilão: não possuem limites de valores. Modalidades Licitatórias CONCORRÊNCIA: Modalidade de licitação entre quaisquer interessados que, na fase inicial de habilitação preliminar, comprovem possuir os requisitos mínimos de qualificação exigidos no edital. 16

17 Modalidades Licitatórias TOMADA DE PREÇOS: Modalidade de licitação entre interessados devidamente cadastrados ou que atenderem a todas as condições exigidas para cadastramento até o 3º dia anterior à data do recebimento das propostas, observada a necessária qualificação. CONVITE: Modalidades Licitatórias Modalidade de licitação entre interessados do ramo pertinente ao seu objeto, cadastrados ou não, escolhidos e convidados em número mínimo de 3 pela unidade administrativa, a qual afixará, em local apropriado, cópia do instrumento convocatório e o estenderá aos demais cadastrados na correspondente especialidade que manifestem seu interesse com antecedência de 24 horas da apresentação da 17

18 CONCURSO: Modalidades Licitatórias Modalidade de licitação entre quaisquer interessados para escolha de trabalho técnico, científico ou artístico, mediante a instituição de prêmios ou remuneração aos vencedores, conforme critérios constantes de edital publicado na imprensa oficial com antecedência mínima de 45 dias. LEILÃO: Modalidades Licitatórias Modalidade de licitação entre quaisquer interessados para a venda de bens móveis inservíveis para a Administração ou produtos legalmente apreendidos ou penhorados, ou para alienação de bens imóveis (derivado de procedimentos judiciais ou de dação em pagamento) a quem oferece o maior lance, igual ou superior ao valor da avaliação. 18

19 PREGÃO: Modalidades Licitatórias É a modalidade de licitação em que a disputa pelo fornecimento de bens ou serviços comuns é feita em sessão pública, na qual os licitantes apresentam suas propostas de preço por escrito e por lances verbais, independentemente do valor estimado para a contratação. É prioritária em relação às demais modalidades. Tipos de Licitação MENOR PREÇO - Quando o critério de seleção da proposta mais vantajosa para a Administração determinar que será vencedor o licitante que apresentar a proposta de acordo com as especificações do edital ofertar o menor preço; MELHOR TÉCNICA Melhor proposta técnica, negociação com o menor valor proposto e fixação do preço máximo pela Administração TÉCNICA E PREÇO Classificação dos proponentes de acordo com a média ponderada das valorizações das propostas técnicas e de preços, de acordo com os pesos preestabelecidos no edital. MAIOR LANCE OU OFERTA - Nos casos de alienação de bens ou concessão de direito real de uso. Classificação pelo maior 19

20 Modalidades x Tipos Modalidade de licitação: diz respeito ao procedimento. Tipo de licitação: diz respeito ao critério de julgamento. Fases da Licitação Modalidades tradicionais (Lei nº 8.666/93): publicação, habilitação, recursal, avaliação e julgamento, recursal, adjudicação, homologação. Pregão: publicação, avaliação e julgamento, habilitação, recursal, adjudicação e homologação. As modalidades tradicionais (convite, concurso, leilão, tomada de preços e concorrência) avaliam primeiro a habilitação dos licitantes para depois passar à fase de julgamento das propostas. Já o pregão tem a inversão de fases, em que primeiro os licitantes disputam preços para que depois se avalie a habilitação, e apenas em relação ao licitante vencedor, o que desburocratiza a licitação. 20

21 FASE INTERNA: - Identificação das Necessidades/Requisição do Interessado - Determinação da autoridade/autuação - Especificação do objeto - Estimativa do valor da contratação - Indicação dos Recursos - Escolha da Modalidade e Tipo de Licitação - Elaboração do Edital Fases da Licitação FASE INTERNA - EDITAL: - Descrição do Objeto - Prazo e Condições Fases da Licitação - Requisitos de Habilitação - Critérios para Julgamento - Condições de Pagamento 21

22 FASE EXTERNA: Fases da Licitação - Início com a Publicação do Aviso - Habilitação das Licitantes - Classificação das Propostas de Preços - Adjudicação e Homologação - Contratação e Execução do Objeto Todo e qualquer ajuste entre órgãos ou entidades da Administração Pública e particulares, em que haja um acordo de vontade para a formação de vínculo e a estipulação de obrigações recíprocas, seja qual for a denominação utilizada. (Lei 8.666/93) 22

23 O contrato administrativo é um negócio jurídico bilateral; Cria direitos, obrigações e responsabilidades para as partes; O contrato administrativo regula-se pelos preceitos de direito público; Privilégio da Administração para fixar cláusulas exorbitantes: modificar unilateralmente, rescindir unilateralmente, poder-dever de fiscalizar, aplicar sanções, assunção do objeto. Necessidade de licitação prévia; Natureza de contrato de adesão; Supremacia do interesse público sobre o particular; Equilíbrio do contrato. 23

24 A forma escrita é a regra; Termo de contrato: obrigatório para concorrência e tomada de preços; Escritura pública: bens imóveis; Dispensa de termo de contrato: compra com entrega imediata e integral dos bens, se não houver obrigações futuras, inclusive assistência técnica. É POSSÍVEL O CONTRATO VERBAL? Art. 60 parágrafo único da Lei É nulo e de nenhum efeito o contrato verbal com a Administração, salvo o de pequenas compras de pronto pagamento, assim entendidas aquelas de valor não superior a 5% (cinco por cento) do limite estabelecido no art. 23, inciso II, alínea a desta lei, feitas em regime de adiantamento. 24

25 O que deve constar no contrato? nomes das partes e os de seus representantes a finalidade o ato que autorizou a sua lavratura o número do processo da licitação, da dispensa ou da inexigibilidade a sujeição dos contratantes às normas da lei 8.666/93 e às cláusulas contratuais Onde? Publicação do extrato do contrato Na imprensa oficial Por que? Eficácia do ato Quando? Providenciada até o quinto dia útil do mês seguinte ao de sua assinatura, para ocorrer no prazo de vinte dias daquela data, qualquer que seja o seu valor, ainda que sem ônus. 25

26 Obrigatoriedade dos contrato Obrigatório o instrumento de contrato nos casos de concorrência e de tomada de preços, bem como nas dispensas e inexigibilidades cujos preços compreendidos nos limites destas duas modalidades de licitação Facultativo nos demais em que a Administração puder substituí-lo por outros instrumentos hábeis, tais como carta-contrato, nota de empenho de despesa, autorização de compra ou ordem de execução de serviço. Formas de execução indireta Empreitada por preço global (pagamento por etapas); Empreitada por preço unitário (pagamento por medição); Empreitada integral (execução de obras, prestação de serviços e entrega de produtos); Tarefas (pequenos serviços: chaveiro, encanador, 26

27 Alterações contratuais Fundamento: supremacia do interesse público sobre o particular. Dois aspectos: a) previsões legais que admitem a alteração ou a rescisão do contrato; b) direito do contratado ao reequilíbrio econômicofinanceiro do contrato. Alterações contratuais I - unilateral, pela Administração, em duas hipóteses: a) modificação do projeto ou especificações, para melhor adequação técnica aos objetivos; b) modificação do valor contratual, por acréscimo ou supressão quantitativa do objeto, nos limites estabelecidos na lei. 27

28 Alterações contratuais II -por acordo entre as partes: a) Substituição da garantia de execução; modificação do regime de execução da obra, serviço ou fornecimento; b) Necessidade de mudar a forma de pagamento, nas seguintes condições: circunstâncias supervenientes; mantido o valor inicial atualizado; vedada a antecipação de pagamento; c) Restabelecimento do equilíbrio econômico financeiro do contrato. Alterações contratuais EQUILÍBRIO ECONÔMICO-FINANCEIRO DO CONTRATO: Relação de igualdade formada, de um lado, pelas obrigações assumidas pelo contratado, no momento da celebração do ajuste e, de outro lado, pela compensação econômica que lhe corresponderá. 28

29 Alterações contratuais Teoria da imprevisão: Acontecimento externo ao contrato, estranho à vontade das partes, imprevisível e inevitável, que causa desequilíbrio muito grande, tornando excessivamente onerosa a execução do contrato; Fato do príncipe:medida governamental, de ordem geral, não relacionada diretamente com o contrato, mas que nele repercute, provocando o desequilíbrio econômicofinanceiro, em detrimento do contratado. Duração dos contratos Regra: vigência dos créditos orçamentários, salvo se vencido o prazo contratual. Exceções: 1 - Projetos cujos produtos estejam contemplados nas metas estabelecidas no plano plurianual, que podem ser prorrogados, se houver interesse da Administração e se tiver sido previsto no edital. 29

30 Duração dos contratos 2 - Prestação de serviços contínuos: prorrogação, por iguais e sucessivos períodos, com vistas à obtenção de preços e condições mais vantajosos, limitada a 60 meses. Em caráter excepcional, com justificativa e autorização da autoridade superior: mais ou menos 12 meses; 3 - Aluguel de equipamentos e utilização de programas de informática: 48 meses. OBRIGADO! Contato: THIAGO MONTEIRO BONATTO Pregoeiro Oficial da Prefeitura Municipal de Linhares/ES 30

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Licitação segundo a Lei n. 8.666/93 Leila Lima da Silva* *Acadêmica do 6º período do Curso de Direito das Faculdades Integradas Curitiba - Faculdade de Direito de Curitiba terça-feira,

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO CONTRATOS ADMINISTRATIVOS

DIREITO ADMINISTRATIVO CONTRATOS ADMINISTRATIVOS DIREITO ADMINISTRATIVO CONTRATOS ADMINISTRATIVOS Atualizado em 22/10/2015 CONTRATOS ADMINISTRATIVOS São contratos celebrados pela Administração Pública sob regime de direito público com particulares ou

Leia mais

Contratos. Licitações & Contratos - 3ª Edição

Contratos. Licitações & Contratos - 3ª Edição Contratos 245 Conceito A A Lei de Licitações considera contrato todo e qualquer ajuste celebrado entre órgãos ou entidades da Administração Pública e particulares, por meio do qual se estabelece acordo

Leia mais

OBRAS PÚBLICAS: QUESTÕES PRÁTICAS DA LICITAÇÃO AO RECEBIMENTO

OBRAS PÚBLICAS: QUESTÕES PRÁTICAS DA LICITAÇÃO AO RECEBIMENTO FECAM Escola de Gestão Pública Municipal OBRAS PÚBLICAS: QUESTÕES PRÁTICAS DA LICITAÇÃO AO RECEBIMENTO Módulo II Chapecó, março/2012 1 Aspectos Legais da Licitação de Obras Denise Regina Struecker Auditora

Leia mais

2º SIMULADO DE DIREITO ADMINISTRATIVO (CESGRANRIO) PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

2º SIMULADO DE DIREITO ADMINISTRATIVO (CESGRANRIO) PROFESSOR: ANDERSON LUIZ Prezados(as) concurseiros(as), Tudo bem com vocês? Prontos(as) para mais um simulado? QUADRO DE AVISOS: Informo o lançamento dos seguintes cursos aqui no Ponto: Direito Administrativo em Exercícios (ESAF)

Leia mais

LICITAÇÕES NOÇÕES ELEMENTARES

LICITAÇÕES NOÇÕES ELEMENTARES LICITAÇÕES NOÇÕES ELEMENTARES Apresentação Com o objetivo de orientar e esclarecer algumas dúvidas, a Consultoria Jurídica da Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA disponibiliza este manual aos servidores,

Leia mais

DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015.

DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015. DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015. EMENTA: Regulamenta o Sistema de Registro de Preços SRP previsto no art. 15 da Lei nº 8.666/93, no âmbito do Município de Central Bahia. O PREFEITO DO MUNICÍPIO

Leia mais

GRUPO. CEP: 57020-670 - Cel. 8830-6001. WAPPE PUBLICIDADE E EVENTOS LTDA Unidade de Cursos www.wap.com.br CNPJ: 05.823.069/0001-39

GRUPO. CEP: 57020-670 - Cel. 8830-6001. WAPPE PUBLICIDADE E EVENTOS LTDA Unidade de Cursos www.wap.com.br CNPJ: 05.823.069/0001-39 Curso de Licitações, Contratos e Sistema de Registro de Preços (SRP) - 20 e 21 de Março Módulo i- licitação Definição O dever de licitar Quem pode licitar Pressuposto Natureza jurídica e fundamentos Legislação

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE JATAÍ - CESUT A s s o c i a ç ã o J a t a i e n s e d e E d u c a ç ã o

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE JATAÍ - CESUT A s s o c i a ç ã o J a t a i e n s e d e E d u c a ç ã o EMENTA DIREITO ADMINISTRATIVO -PRINCÍPIOS DA ADMINSTRAÇÃO PÚBLICA -PODERES DA ADMINSTRAÇÃO PÚBLICA -ATOS ADMINISTRATIVOS -ESTRUTURA DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA -LICITAÇÃO -CONTRATOS ADMINISTRATIVOS -BENS

Leia mais

COMPARAÇÃO ENTRE O RDC E A LEI 8666/93. Viviane Moura Bezerra

COMPARAÇÃO ENTRE O RDC E A LEI 8666/93. Viviane Moura Bezerra COMPARAÇÃO ENTRE O RDC E A LEI 8666/93 Viviane Moura Bezerra Índice de Apresentação 1.Considerações iniciais 2.Surgimento do RDC 3.Principais Inovações 4.Pontos Comuns 5.Contratação Integrada 6.Remuneração

Leia mais

Seja Bem-vindo(a)! AULA 1

Seja Bem-vindo(a)! AULA 1 Seja Bem-vindo(a)! Neste módulo vamos trabalhar os principais conceitos de Administração Pública que apareceram com mais frequência nas últimas provas. AULA 1 Estado, origens e funções Teoria Burocrática

Leia mais

1.2. Obrigatoriedade de realização de licitação ( CF, art. 37, XXI)

1.2. Obrigatoriedade de realização de licitação ( CF, art. 37, XXI) ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO PÚBLICO DISCIPLINA: DIREITO ADMINISTRATIVO PROFESSORA: CLARISSA SAMPAIO SILVA 1) LICITAÇÃO - Previsão constitucional: 1.1. Estabelecimento de normas gerais ( CF, art.22, XXVII)

Leia mais

Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993.

Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993. DECRETO N.º 7.892, DE 23 DE JANEIRO DE 2013. Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993. A PRESIDENTA DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que

Leia mais

Dispensa de licitação

Dispensa de licitação Dispensa de licitação Introdução A CR/88 obriga em seu art. 37, XXI que a contratação de obras, serviços, compras e alienações, bem como a concessão e a permissão de serviços públicos pela Administração

Leia mais

Gestão de Contratos. Noções

Gestão de Contratos. Noções Gestão de Contratos Noções Contrato - Conceito Contrato é todo acordo de vontades, celebrado para criar, modificar ou extinguir direitos e obrigações de índole patrimonial entre as partes (Direito Civil).

Leia mais

Resumo da Lei 8.666 (Lei de Licitações)

Resumo da Lei 8.666 (Lei de Licitações) Resumo da Lei 8.666 (Lei de Licitações) Licitação é o procedimento administrativo formal em que a Administração Pública convoca, mediante condições estabelecidas em ato próprio (edital ou convite), empresas

Leia mais

Fernando do Nascimento Rocha Procurador do Estado do Piauí

Fernando do Nascimento Rocha Procurador do Estado do Piauí Fernando do Nascimento Rocha Procurador do Estado do Piauí Conceito Procedimento prévio às contratações realizadas pelo Poder Público. FINALIDADES 1. Obter a melhor contratação pelo Poder Público (preço

Leia mais

Formação dos integrantes do Conselho de Planejamento e Orçamento Participativos (CPOP)

Formação dos integrantes do Conselho de Planejamento e Orçamento Participativos (CPOP) Formação dos integrantes do Conselho de Planejamento e Orçamento Participativos (CPOP) Conceitos gerais de gestão pública: princípios e regras da administração pública, processos de licitação, contratos

Leia mais

DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007

DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007 DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007 Regulamenta o tratamento favorecido, diferenciado e simplificado para as microempresas e empresas de pequeno porte nas contratações públicas de

Leia mais

(D) vultosos em termos econômicos, definidos em lei, e válido com a convocação de cinco

(D) vultosos em termos econômicos, definidos em lei, e válido com a convocação de cinco Olá, pessoal! Eis aqui a última das quatro aulas sobr e Lei 8.666/93 para o concurso da Câmara. Selecionei algumas questões da FCC per tinentes ao assunto. Bons estudos e boa sorte no concurso! Técnico

Leia mais

www.estudodeadministrativo.com.br

www.estudodeadministrativo.com.br DIREITO ADMINISTRATIVO LICITAÇÃO I - CONCEITO - pode-se conceituar licitação como um procedimento administrativo vinculado pelo qual um ente público abre a todos os interessados, que se sujeitem as condições

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Dispensa de licitação: não-obrigatoriedade de apresentação das documentações elencadas no art. 27 da Lei nº 8.666/93 Gustavo Bicalho Ferreira da Silva* INTRODUÇÃO Trata-se de considerações

Leia mais

COMPRAS / CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS FORMAS DE AQUISIÇÃO/CONTRATAÇÃO LICITAÇÃO:

COMPRAS / CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS FORMAS DE AQUISIÇÃO/CONTRATAÇÃO LICITAÇÃO: COMPRAS / CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS Quase todas as despesas das Unidades são realizadas através de compras ou contratações de serviços. Elas são classificadas de acordo com a forma de aquisição/contratação

Leia mais

VIVA RIO REGULAMENTO PARA AQUISIÇÃO DE BENS E CONTRATAÇÃO DE OBRAS, SERVIÇOS E LOCAÇÕES

VIVA RIO REGULAMENTO PARA AQUISIÇÃO DE BENS E CONTRATAÇÃO DE OBRAS, SERVIÇOS E LOCAÇÕES VIVA RIO REGULAMENTO PARA AQUISIÇÃO DE BENS E CONTRATAÇÃO DE OBRAS, SERVIÇOS E LOCAÇÕES O PRESIDENTE DA VIVA RIO, no uso de suas atribuições regimentais, torna público o anexo Regulamento para Aquisição

Leia mais

Responsáveis pela Licitação

Responsáveis pela Licitação Responsáveis pela Licitação Material didático destinado à sistematização do conteúdo da disciplina Direito Administrativo I Publicação no semestre 2014.2 do curso de Direito. Autor: Albérico Santos Fonseca

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 3.931, DE 19 DE SETEMBRO DE 2001. Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21

Leia mais

Parágrafo Terceiro. O caixa do ICP não poderá conter valores elevados, mas somente o suficiente para realizar pequenas compras ou pagamentos.

Parágrafo Terceiro. O caixa do ICP não poderá conter valores elevados, mas somente o suficiente para realizar pequenas compras ou pagamentos. Regulamento interno para aquisição de bens e contratação de obras e serviços, do ICP, com fundamento na Lei nº 8.666 de 21 de junho de 1993, e na Instrução Normativa nº 01/97 da Secretaria do Tesouro Nacional.

Leia mais

Semana de Adminis minis ação Orç Or amen amen ária , Financeira r e de Contr Con a tr t a ações Públi Púb cas

Semana de Adminis minis ação Orç Or amen amen ária , Financeira r e de Contr Con a tr t a ações Públi Púb cas Oficina nº 26 Noções de Licitações Rafael Setúbal Arantes EPPGG Advogado e Mestre em Direito da Administração Pública ABOP ABOP Oficina Slide nº 301 / Slide 1 Ementa da Oficina Nº 26 / Área: Contratações

Leia mais

CADERNO DE QUESTÕES DO ENCARREGADO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS QUESTÕES PARA O ENCARREGADO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS

CADERNO DE QUESTÕES DO ENCARREGADO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS QUESTÕES PARA O ENCARREGADO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS CADERNO DE QUESTÕES DO ENCARREGADO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS QUESTÕES PARA O ENCARREGADO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS 1. Com relação à afirmação o convite é a modalidade de licitação, da Lei 8.666/93, que

Leia mais

DIÁRIO OFICIAL EDIÇÃO Nº 030224 de 30/06/2004

DIÁRIO OFICIAL EDIÇÃO Nº 030224 de 30/06/2004 DIÁRIO OFICIAL EDIÇÃO Nº 030224 de 30/06/2004 GABINETE DO GOVERNADOR D E C R E T O Nº 1.093, DE 29 DE JUNHO DE 2004 Institui, no âmbito da Administração Pública Estadual, o Sistema de Registro de Preços

Leia mais

LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS

LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS UniCEUB Centro Universitário de Brasília FAJS Faculdade de Ciências Jurídicas e Sociais Curso de Direito Turno: Vespertino Disciplina: Direito Administrativo I Professor: Hédel Torres LICITAÇÕES E CONTRATOS

Leia mais

O Diretor Presidente do Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável - CIEDS, no uso de suas atribuições:

O Diretor Presidente do Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável - CIEDS, no uso de suas atribuições: PORTARIA Nº. 001/2009 O Diretor Presidente do Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável - CIEDS, no uso de suas atribuições: Considerando que o CENTRO INTEGRADO DE ESTUDOS

Leia mais

RESUMO Contratos Administrativos 1. Natureza Jurídica: 1º Posicionamento (Osvaldo Aranha Bandeira de Mello): não pode ser considerado como contrato, pois não preserva a pacta sunt servanda, a igualdade

Leia mais

REGULAMENTO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS - RLC SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL - SENAR

REGULAMENTO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS - RLC SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL - SENAR REGULAMENTO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS - RLC SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL - SENAR CAPÍTULO I DOS PRINCÍPIOS Art. 1º As contratações de obras, serviços, compras e alienações do SENAR serão necessariamente

Leia mais

REGULAMENTO DE LICITAÇÃO E CONTRATOS DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE PATOS DE MINAS- FEPAM CAPÍTULO I DOS PRINCIPIOS

REGULAMENTO DE LICITAÇÃO E CONTRATOS DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE PATOS DE MINAS- FEPAM CAPÍTULO I DOS PRINCIPIOS REGULAMENTO DE LICITAÇÃO E CONTRATOS DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE PATOS DE MINAS- FEPAM CAPÍTULO I DOS PRINCIPIOS Art.1º- As contratações de obras, serviços, compras e alienações da FEPAM serão necessariamente

Leia mais

Decreto nº 8.538, de 6 de outubro de 2015 Decreto nº 6.204, de 5 de setembro de 2007

Decreto nº 8.538, de 6 de outubro de 2015 Decreto nº 6.204, de 5 de setembro de 2007 DECRETO 8.538/2015 COMPARATIVO COM DECRETO 6.204/2007 Outubro/2015 Importante: Pontos acrescidos estão destacados em verde. Pontos suprimidos estão destacados em vermelho. Decreto nº 8.538, de 6 de outubro

Leia mais

LIVRO: LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS EDITORA: GEN MÉTODO EDIÇÃO: 2ªED., 2013 SUMÁRIO

LIVRO: LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS EDITORA: GEN MÉTODO EDIÇÃO: 2ªED., 2013 SUMÁRIO LIVRO: LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS EDITORA: GEN MÉTODO EDIÇÃO: 2ªED., 2013 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... Capítulo I LICITAÇÃO 1.1. Conceito... 1.2. Fontes normativas... 1.3. Competência legislativa...

Leia mais

TÍTULO DO CURSO (PALESTRA, REUNIÃO, EVENTO...) ASPECTOS RELEVANTES NA CONTRATAÇÃO PÚBLICA

TÍTULO DO CURSO (PALESTRA, REUNIÃO, EVENTO...) ASPECTOS RELEVANTES NA CONTRATAÇÃO PÚBLICA TÍTULO DO CURSO (PALESTRA, REUNIÃO, EVENTO...) ASPECTOS RELEVANTES NA CONTRATAÇÃO PÚBLICA OBJETIVO Capacitar gestores e servidores públicos dos órgãos jurisdicionados quanto à interpretação e à aplicação

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 1.252/2012. O Presidente do Conselho Nacional do Serviço Social do Comércio SESC, no exercício de suas atribuições regimentais;

RESOLUÇÃO Nº 1.252/2012. O Presidente do Conselho Nacional do Serviço Social do Comércio SESC, no exercício de suas atribuições regimentais; RESOLUÇÃO Nº 1.252/2012 Altera, modifica e consolida o Regulamento de Licitações e Contratos do SESC O Presidente do Conselho Nacional do Serviço Social do Comércio SESC, no exercício de suas atribuições

Leia mais

40 questões sobre princípios orçamentários Material compilado pelo Prof: Fernando Aprato para o concurso do TCE-RS 2011.

40 questões sobre princípios orçamentários Material compilado pelo Prof: Fernando Aprato para o concurso do TCE-RS 2011. 1 40 questões sobre princípios orçamentários Material compilado pelo Prof: Fernando Aprato para o concurso do TCE-RS 2011. TRT_22/Técnico_Judiciário_Administrativa/FCC/2010 - E05 9 1. A exclusividade concedida

Leia mais

REGULAMENTO DE LICITAÇÕES E DE CONTRATOS DA APEX-BRASIL

REGULAMENTO DE LICITAÇÕES E DE CONTRATOS DA APEX-BRASIL REGULAMENTO DE LICITAÇÕES E DE CONTRATOS DA APEX-BRASIL Aprovado pela Resolução do Conselho Deliberativo da Apex-Brasil nº 08/2013, de 13 de dezembro de 2013. Página 1 de 19 1. DOS PRINCÍPIOS Art. 1 -

Leia mais

RESOLUÇÃO SENAC 95812012

RESOLUÇÃO SENAC 95812012 RESOLUÇÃO SENAC 95812012 Altera, modifica e consolida o Regulamento de Licitações e Contratos do Senac. O Presidente do Conselho Nacional do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - Senac, no exercício

Leia mais

REGULAMENTO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS PJ CONSELHO NACIONAL DE SECRETÁRIOS DE SAÚDE CONASS

REGULAMENTO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS PJ CONSELHO NACIONAL DE SECRETÁRIOS DE SAÚDE CONASS REGULAMENTO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS PJ CONSELHO NACIONAL DE SECRETÁRIOS DE SAÚDE CONASS Instituído pela resolução SE nº 009 de 20 de novembro de 2013, publicada no Diário Oficial da União em 02 de Dezembro

Leia mais

Regulamento de Compras, Contratação de Serviços e Alienações

Regulamento de Compras, Contratação de Serviços e Alienações Regulamento de Compras, Contratação de Serviços e Alienações Aprovada na XLIII Reunião do Conselho de Administração do Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá (IDSM), realizada de 05 a 14 de

Leia mais

REGULAMENTO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS DO SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL (SENAI)

REGULAMENTO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS DO SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL (SENAI) REGULAMENTO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS DO SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL (SENAI) Aprovado pelo Ato ad referendum nº 01/2006, de 21 de fevereiro de 2006, do Conselho Nacional do SENAI. Publicado

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos 1 de 7 07/10/2015 10:08 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 8.538, DE 6 DE OUTUBRO DE 2015 Vigência Regulamenta o tratamento favorecido, diferenciado e simplificado

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DE COMPRAS E CONTRATAÇÕES

REGULAMENTO INTERNO DE COMPRAS E CONTRATAÇÕES REGULAMENTO INTERNO DE COMPRAS E CONTRATAÇÕES ADITIVO (03) AO TERMO DE CONVÊNIO 3756/10 que entre si celebram a FUNDAÇÃO SOCIAL DE CURITIBA e a VIDA PROMOÇÃO SOCIAL (VPS) A ASSOCIAÇÃO VIDA PROMOÇÃO SOCIAL

Leia mais

REGULAMENTO DE COMPRAS E CONTRATAÇÕES DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE MUNICÍPIOS - ABM

REGULAMENTO DE COMPRAS E CONTRATAÇÕES DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE MUNICÍPIOS - ABM REGULAMENTO DE COMPRAS E CONTRATAÇÕES DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE MUNICÍPIOS - ABM CAPÍTULO I DOS PRINCÍPIOS: Art. 1º As contratações de obras, serviços, compras e alienações da Associação Brasileira de

Leia mais

LICITAÇÕES DE OBRAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA

LICITAÇÕES DE OBRAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA LICITAÇÕES DE OBRAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA A NECESSÁRIA VISÃO PANORÂMICA SOB OS OLHARES DO PÚBLICO E DO PRIVADO Carga horária: 16 horas A - A PREVISÃO CONSTITUCIONAL E A LICITAÇÃO 1. Da supremacia das

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Distinção entre modalidade e tipo de licitação Diego Cheniski* Muitas pessoas confundem, ao tratar de licitação, os termos modalidade e tipo de licitação. Entendemos por modalidade

Leia mais

MANUAL DE CONVÊNIOS E CONTRATOS

MANUAL DE CONVÊNIOS E CONTRATOS MANUAL DE CONVÊNIOS E CONTRATOS Apresentação Com o objetivo de orientar e esclarecer algumas dúvidas, a Consultoria Jurídica da Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA disponibiliza este manual aos servidores,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 850/2012 - CONSELHO NACIONAL DO SESCOOP

RESOLUÇÃO Nº 850/2012 - CONSELHO NACIONAL DO SESCOOP RESOLUÇÃO Nº 850/2012 - CONSELHO NACIONAL DO SESCOOP Aprova a consolidação da Resolução nº 43/2006 e da Resolução nº 753/2011, dando nova redação ao Regulamento de Licitação e Contratos do Serviço Nacional

Leia mais

CADERNO DE COMPRAS E LICITAÇÕES

CADERNO DE COMPRAS E LICITAÇÕES 2010 PREFEITURA MUNICIPAL DE CONTAGEM SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DIRETORIA DE COMPRAS E LICITAÇÕES CADERNO DE COMPRAS E LICITAÇÕES 1. OBJETIVO Este manual tem por objetivo esclarecer as questões

Leia mais

Duração dos Contratos. Vinculação do Contrato. Manutenção das Condições de Habilitação e Qualificação. Foro

Duração dos Contratos. Vinculação do Contrato. Manutenção das Condições de Habilitação e Qualificação. Foro Vinculação do Contrato O contrato fica vinculado, obrigatoriamente, à proposta do contratado e aos termos da licitação realizada, ou aos termos do ato de dispensa ou inexigibilidade de licitação. Manutenção

Leia mais

RESOLUÇÃO CD-ISP Nº 11/2014, de 06/02/2014 O PRESIDENTE DO CONSELHO DELIBERATIVO DA AGÊNCIA

RESOLUÇÃO CD-ISP Nº 11/2014, de 06/02/2014 O PRESIDENTE DO CONSELHO DELIBERATIVO DA AGÊNCIA RESOLUÇÃO CD-ISP Nº 11/2014, de 06/02/2014 APROVA O REGULAMENTO DE LICITAÇÃO E CONTRATAÇÃO DE BENS, SERVIÇOS E OBRAS E ALIENAÇÕES DA INVESTE SÃO PAULO. O PRESIDENTE DO CONSELHO DELIBERATIVO DA AGÊNCIA

Leia mais

CURSO: Inglês Básico

CURSO: Inglês Básico Av. Piauí, nº 330 Bairro dos Estados - 58.030-330 - João Pessoa PB Curso: Informática Básica Objetivo: Proporcionar conhecimentos básicos para construção de planilhas, fórmulas e gráficos no Excel.. Público-alvo:

Leia mais

http://www.saraivajur.com.br Direito Administrativo Sumário

http://www.saraivajur.com.br Direito Administrativo Sumário Sumário I - INTRODUÇÃO 1. Princípios do 2. A Administração Pública II - AGENTES PÚBLICOS III - CARGOS PÚBLICOS IV - ATO ADMINISTRATIVO V - PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO VI - LICITAÇÃO 1. Conceito 2. Legislação

Leia mais

Nota Técnica nº. 003/2015/GECOG Vitória, 02 de setembro de 2015.

Nota Técnica nº. 003/2015/GECOG Vitória, 02 de setembro de 2015. Nota Técnica nº. 003/2015/GECOG Vitória, 02 de setembro de 2015. Assunto: Orientações sobre o controle de obrigações contratuais no SIGEFES a partir de 10 de setembro de 2015. 1. Com base no art. 105 da

Leia mais

CAP 01 - Princípios...15

CAP 01 - Princípios...15 Sumário CAP 01 - Princípios...15 1.1. PRINCÍPIOS BÁSICOS:...16 1.1.1. Princípio da Supremacia do Interesse Público Sobre o Privado...16 1.1.2. Princípio da Indisponibilidade do Interesse Público...16 1.2.

Leia mais

ASSUNTO: Atualização da OT 0003/09 que versa sobre alteração de contratos ORIGEM: GEAUC PSEF 89635/094

ASSUNTO: Atualização da OT 0003/09 que versa sobre alteração de contratos ORIGEM: GEAUC PSEF 89635/094 PERGUNTAS E RESPOSTAS OT Nº 0002/10 ASSUNTO: Atualização da OT 0003/09 que versa sobre alteração de contratos ORIGEM: GEAUC PSEF 89635/094 Este trabalho visa orientar os agentes administrativos, assim

Leia mais

INSTITUTO CHAPADA DE EDUCAÇÃO E PESQUISA. Regulamento de Compras e Contratos

INSTITUTO CHAPADA DE EDUCAÇÃO E PESQUISA. Regulamento de Compras e Contratos INSTITUTO CHAPADA DE EDUCAÇÃO E PESQUISA Regulamento de Compras e Contratos A presidente do ICEP no uso de suas atribuições e de acordo com lei 9.790/99 e decreto 3.100, torna público o Regulamento de

Leia mais

184. As obras e serviços que são objetos de licitação não admitem a execução indireta no regime de empreitada por preço global.

184. As obras e serviços que são objetos de licitação não admitem a execução indireta no regime de empreitada por preço global. Em relação aos contratos administrativos, julgue os itens que se seguem. 181. (ESAF/PFN/2004) O regime jurídico dos contratos administrativos confere à Administração, em relação a eles, diversas prerrogativas,

Leia mais

G E S T Ã O D E C O M P R A S P O R R E G I S T R O D E P R E Ç O S. VALDIR AUGUSTO DA SILVA Gestão Estratégica de Compras Portal de Compras

G E S T Ã O D E C O M P R A S P O R R E G I S T R O D E P R E Ç O S. VALDIR AUGUSTO DA SILVA Gestão Estratégica de Compras Portal de Compras G E S T Ã O D E C O M P R A S P O R R E G I S T R O D E P R E Ç O S VALDIR AUGUSTO DA SILVA Gestão Estratégica de Compras Portal de Compras SUMÁRIO O Sistema de Registro de Preços do Governo do Estado

Leia mais

Concurso - EPPGG 2013. Prof. Leonardo Ferreira Turma EPPGG-2013 Aula 06,07,08,09

Concurso - EPPGG 2013. Prof. Leonardo Ferreira Turma EPPGG-2013 Aula 06,07,08,09 Concurso - EPPGG 2013 Prof. Leonardo Ferreira Turma EPPGG-2013 Aula 06,07,08,09 Ordem ao caos...(p4) Tema 4: 1. Práticas de gestão governamental no Brasil e seus resultados: Gestão de suprimentos e logística

Leia mais

Tribunal Regional do Trabalho da Décima Primeira Região TRT Concurso Público Execução de Mandados Amazonas 2005 (FCC)

Tribunal Regional do Trabalho da Décima Primeira Região TRT Concurso Público Execução de Mandados Amazonas 2005 (FCC) Material disponibilizado pelo Professor: Tribunal Regional do Trabalho da Décima Primeira Região TRT Concurso Público Execução de Mandados Amazonas 2005 (FCC) 01) 23. a licitação é dispensável nas seguintes

Leia mais

Privadas O Projeto de Lei em tramitação

Privadas O Projeto de Lei em tramitação BNDES BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL Parcerias Público-Privadas Privadas O Projeto de Lei em tramitação MAURÍCIO PORTUGAL RIBEIRO CONSULTOR JURÍDICO DA UNIDADE DE PPP DO MINISTÉRIO

Leia mais

SUMÁRIO. Informativos de Jurisprudência... 46

SUMÁRIO. Informativos de Jurisprudência... 46 SUMÁRIO CAPÍTULO 1 PRINCÍPIOS... 19 1. Princípios básicos... 19 1.1. Princípio da Supremacia do Interesse Público sobre o privado... 19 1.2. Princípio da Indisponibilidade do Interesse Público... 19 2.

Leia mais

RESPOSTA: No que tange à equipe técnica é importante observar que a licitante interessada, deverá respeitar todos os requisitos exigidos pelo Edital.

RESPOSTA: No que tange à equipe técnica é importante observar que a licitante interessada, deverá respeitar todos os requisitos exigidos pelo Edital. É possível a uma Fundação de Apoio a uma Universidade, participar da Concorrência nº 002/2013, sabendo-se que a execução técnica das atividades de elaboração do Manual de Contabilidade Regulatório será

Leia mais

Maratona Fiscal ISS Direito administrativo

Maratona Fiscal ISS Direito administrativo Maratona Fiscal ISS Direito administrativo 1. É adequada a invocação do poder de polícia para justificar que um agente administrativo (A) prenda em flagrante um criminoso. (B) aplique uma sanção disciplinar

Leia mais

CAPACITAÇÃO E FORMAÇÃO DE PREGOEIROS E EQUIPES DE APOIO, LICITAÇÕES E CONTRATOS E SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS

CAPACITAÇÃO E FORMAÇÃO DE PREGOEIROS E EQUIPES DE APOIO, LICITAÇÕES E CONTRATOS E SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS APRESENTA: CAPACITAÇÃO E FORMAÇÃO DE PREGOEIROS E EQUIPES DE APOIO, LICITAÇÕES E CONTRATOS E SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS INCLUINDO NOVA LEI 7.892/13 DATA: 31 DE AGOSTO E 01 DE SETEMBRO LOCAL: BRASILIA

Leia mais

Noções de Contratos Administrativos Lei 8.666/93

Noções de Contratos Administrativos Lei 8.666/93 Noções de Contratos Administrativos Lei 8.666/93 1 CONCEITO É um acordo de vontades em que o Estado, agindo em supremacia, firma com o particular para o desempenho de atividades de interesse público. Os

Leia mais

ESTADO DO ACRE DECRETO Nº 5.966 DE 30 DE DEZEMBRO DE 2010

ESTADO DO ACRE DECRETO Nº 5.966 DE 30 DE DEZEMBRO DE 2010 Regulamenta o tratamento favorecido, diferenciado e simplificado para as microempresas, empresas de pequeno porte e equiparadas nas contratações de bens, prestação de serviços e execução de obras, no âmbito

Leia mais

BRASÍLIA - DF ENCONTRO NACIONAL DE LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS APRESENTAÇÃO. www.connectoncursos.com.br/encontrolicitacao

BRASÍLIA - DF ENCONTRO NACIONAL DE LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS APRESENTAÇÃO. www.connectoncursos.com.br/encontrolicitacao QUESTÕES FUNDAMENTAIS E CONTROVERTIDAS Coordenador Científico: Fabrício Motta ENCONTRO NACIONAL DE LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS 24 HORAS DE TREINAMENTO - Planejamento das Contratações e Licitações

Leia mais

Centro de Registro de Preços LICITAÇÕES

Centro de Registro de Preços LICITAÇÕES Centro de Registro de Preços LICITAÇÕES Licitação Licitação O DEVER DE LICITAR NO PODER PÚBLICO, A CONTRATAÇÃO SEGUE APENAS UM, MAS INDISPENSÁVEL ENSINAMENTO: ENQUANTO AO CIDADÃO É GARANTIDO O QUE A LEI

Leia mais

LICITAÇÃO E CONTRATOS

LICITAÇÃO E CONTRATOS LICITAÇÃO E CONTRATOS JOSÉ LUSMÁ FELIPE DOS SANTOS potysantos@hotmail.com JOÃO PESSOA, NOVEMBRO DE 2013 LICITAÇÃO Procedimento administrativo através do qual o ente público, no exercício de função pública,

Leia mais

PROCEDIMENTO LICITATÓRIO

PROCEDIMENTO LICITATÓRIO PROCEDIMENTO LICITATÓRIO FERNANDA CURY DE FARIA 1 RESUMO O presente artigo tem por objetivo analisar os principais aspectos do procedimento licitatório. Iniciaremos com a abordagem do conceito de licitação,

Leia mais

CONTAGEM DO PRAZO LEGAL

CONTAGEM DO PRAZO LEGAL Curso de Licitação. Pregão Presencial e Pregão Eletrônico Professor: Antônio Noronha Os 3 Caminhos Possíveis para Aquisição/ Serviços, etc... Licitação; Dispensa de Licitação; Inexigibilidade de Licitação.

Leia mais

não - Impõe a motivação das decisões proferidas em qualquer etapa do procedimento. 6) probidade administrativa; 7) vinculação ao instrumento

não - Impõe a motivação das decisões proferidas em qualquer etapa do procedimento. 6) probidade administrativa; 7) vinculação ao instrumento 13. Regime Jurídico da Licitação e dos Contratos Administrativos. 25. Licitação: Art. 37, XXI, da Constituição Federal; Lei n. 8.666, de 21.6.93 e suas alterações posteriores. LICITAÇÃO - CF, ART. 37,

Leia mais

Nova Lei de Contratação de Serviços de Publicidade Lei Federal nº 12.232/10

Nova Lei de Contratação de Serviços de Publicidade Lei Federal nº 12.232/10 PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINAS Secretaria Municipal de Gestão e Controle Departamento de Auditoria Nova Lei de Contratação de Serviços de Publicidade Lei Federal nº 12.232/10 LEI FEDERAL 12.232, DE 29

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA

ESTADO DE SANTA CATARINA DECRETO N.º 2356/2013 Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993, e dá outras providências. Rosane Minetto Selig, Prefeita Municipal de Ouro

Leia mais

CONTRATOS ADMINISTRATIVOS. Formalização, Execução e Rescisão. Direito Administrativo CONTRATOS ADMINISTRATIVOS. Prof.

CONTRATOS ADMINISTRATIVOS. Formalização, Execução e Rescisão. Direito Administrativo CONTRATOS ADMINISTRATIVOS. Prof. Direito Administrativo Prof. Almir Morgado CONTRATOS ADMINISTRATIVOS Formalização, Execução e Rescisão Formalização do Contrato Administrativo Formalizar significa materializar o contrato em documento

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO. Formulário de Telecom

TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO. Formulário de Telecom 1. IDENTIFICAÇÃO TC n : Órgão concedente: Objeto da outorga: Local: 2. LEGISLAÇÃO APLICÁVEL a Constituição Federal, art. 21, XI; b - Lei n.º 9.472/97; c - Resolução ANATEL n.º 65/98 e 73/98; d - Lei n.º

Leia mais

Conforme previsto no item VIII do edital de Pregão nº 44/2009, apresentamos nosso pedido de esclarecimentos sobre a licitação, conforme segue:

Conforme previsto no item VIII do edital de Pregão nº 44/2009, apresentamos nosso pedido de esclarecimentos sobre a licitação, conforme segue: Quanto aos questionamentos apresentados pela empresa LORENO, passamos a responder o seguinte: Conforme previsto no item VIII do edital de Pregão nº 44/2009, apresentamos nosso pedido de esclarecimentos

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos Renovação de Licitação

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos Renovação de Licitação 15/10/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 5 4. Conclusão... 8 5. Referências... 8 6. Histórico de alterações... 8 2 1.

Leia mais

REGULAMENTO DE LICITAÇÕES E DE CONTRATOS DA APEX-BRASIL

REGULAMENTO DE LICITAÇÕES E DE CONTRATOS DA APEX-BRASIL REGULAMENTO DE LICITAÇÕES E DE CONTRATOS DA APEX-BRASIL 1. DOS PRINCÍPIOS Art. 1 - As contratações de obras, serviços, compras e alienações da Apex-Brasil serão necessariamente precedidas de licitação,

Leia mais

MUNICÍPIO DE SENGÉS CNPJ/MF 76.911.676/0001-07 TRAVESSA SENADOR SOUZA NAVES N. 95 SENGÉS PARANÁ

MUNICÍPIO DE SENGÉS CNPJ/MF 76.911.676/0001-07 TRAVESSA SENADOR SOUZA NAVES N. 95 SENGÉS PARANÁ DECRETO Nº 600/2014 Súmula:- Regulamenta a aquisição de Bens Permanentes, de Consumo e Serviços destinados a Administração Direta, Indireta e Fundacional do Município de Sengés, através de Pregão, tendo

Leia mais

QUESTÕES DE CONCURSOS FISCAL DE RENDAS ICMS/RJ - 2010

QUESTÕES DE CONCURSOS FISCAL DE RENDAS ICMS/RJ - 2010 QUESTÕES DE CONCURSOS FISCAL DE RENDAS ICMS/RJ - 2010 01 A respeito da validade dos atos administrativos, assinale a alternativa correta. a) A Administração Pública do Estado do Rio de Janeiro pode convalidar

Leia mais

Serviço Nacional de Aprendizagem Rural

Serviço Nacional de Aprendizagem Rural Serviço Nacional de Aprendizagem Rural REGULAMENTO DOS PROCEDIMENTOS PARA CELEBRAÇÃO DE TERMOS DE COOPERAÇÃO Estabelece diretrizes, normas e procedimentos para celebração, execução e prestação de contas

Leia mais

Informativo n 40 Preenchimento Nota de Empenho e SICOM Despesa decorrente de licitação, dispensa e inexigibilidade

Informativo n 40 Preenchimento Nota de Empenho e SICOM Despesa decorrente de licitação, dispensa e inexigibilidade Informativo n 40 Preenchimento Nota de Empenho e SICOM Despesa decorrente de licitação, dispensa e inexigibilidade É sabido que empenho é o comprometimento de verba orçamentária para fazer face a uma despesa

Leia mais

RESOLUÇÃO CDN Nº. 138/2006

RESOLUÇÃO CDN Nº. 138/2006 RESOLUÇÃO CDN Nº. 138/2006 APROVA AS ALTERAÇÕES E A CONSOLIDAÇÃO DO REGULAMENTO DE LICITAÇÕES E DE CONTRATOS DO SISTEMA SEBRAE. O CONSELHO DELIBERATIVO NACIONAL DO SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO TOCANTINS RESOLUÇÃO N.º 702/2008 - TCE 1ª Câmara

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO TOCANTINS RESOLUÇÃO N.º 702/2008 - TCE 1ª Câmara RESOLUÇÃO N.º 702/2008 - TCE 1ª Câmara 1. Processo n.º: TC 05821/2008 2. Classe de Assunto: 09 Processo Licitatório / 04 Inexigibilidade 3. Responsável: Sandra Cristina Gondim Secretária da Administração

Leia mais

CURSO DE LICITAÇÕES, CONTRATOS e CONVÊNIOS

CURSO DE LICITAÇÕES, CONTRATOS e CONVÊNIOS CURSO DE LICITAÇÕES, CONTRATOS e CONVÊNIOS MANUAL DE ORIENTAÇÃO P R O G R A M A 1 1 LICITAÇÃO ANÁLISE TEORICA E PRÁTICA LEGISLAÇÃO BÁSICA CONCEITO E PRINCÍPIOS COMISSÃO DE LICITAÇÃO/ PREGOEIRO TIPOS DE

Leia mais

REGULAMENTO DE LICITAÇÕES E DE CONTRATOS DO SERVIÇO SOCIAL AUTÔNOMO AGÊNCIA BRASILEIRA DE DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL ABDI

REGULAMENTO DE LICITAÇÕES E DE CONTRATOS DO SERVIÇO SOCIAL AUTÔNOMO AGÊNCIA BRASILEIRA DE DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL ABDI REGULAMENTO DE LICITAÇÕES E DE CONTRATOS DO SERVIÇO SOCIAL AUTÔNOMO AGÊNCIA BRASILEIRA DE DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL ABDI REGULAMENTO DE LICITAÇÕES E DE CONTRATOS DO SERVIÇO SOCIAL AUTÔNOMO AGÊNCIA BRASILEIRA

Leia mais

PROVA DE NÍVEL SUPERIOR. 1. Sobre o Sistema de Acompanhamento de Contratos e Convênios (SACC) não é correto afirmar:

PROVA DE NÍVEL SUPERIOR. 1. Sobre o Sistema de Acompanhamento de Contratos e Convênios (SACC) não é correto afirmar: PROVA DE NÍVEL SUPERIOR CARGO: Técnico de Nível Superior Júnior I - ADMINISTRADOR 1. Sobre o Sistema de Acompanhamento de Contratos e Convênios (SACC) não é correto afirmar: (A) É um instrumento de apoio

Leia mais

ESTADO DE SERGIPE TRIBUNAL DE CONTAS

ESTADO DE SERGIPE TRIBUNAL DE CONTAS PROCESSO 001858/2011 ORIGEM Prefeitura Municipal de Umbaúba NATUREZA Consulta INTERESSADO Anderson Fontes Farias RELATOR Conselheiro REINALDO MOURA FERREIRA AUDITOR Parecer nº 204/2011 Alexandre Lessa

Leia mais

DECISÃO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº 05/2011

DECISÃO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº 05/2011 DECISÃO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº 05/2011 Impugnação ao edital da licitação em epígrafe, proposta por NORTH SEGURANÇA LTDA, mediante protocolo nº 2011/004806, datado de 06/09/2011. 1

Leia mais

Concurso Público para Cargos Técnico-Administrativos em Educação UNIFEI 13/06/2010

Concurso Público para Cargos Técnico-Administrativos em Educação UNIFEI 13/06/2010 Questão 21 Conhecimentos Específicos - Auditor No que diz respeito às Demonstrações Contábeis Aplicadas ao Setor Público, a Demonstração Contábil cuja apresentação é obrigatória apenas pelas empresas estatais

Leia mais

CARTILHA INSTRUTIVA EM COMPRAS PÚBLICAS

CARTILHA INSTRUTIVA EM COMPRAS PÚBLICAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO - UNIVASF PRÓ-REITORIA DE GESTÃO E ORÇAMENTO - PROGEST Av. José de Sá Maniçoba, S/N Sala 30 Centro, Petrolina-PE - CEP. 56.304-205 Telefax: (87) 2101-6713

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, no uso da atribuição que lhe confere o art. 82, incisos V e VII, da Constituição do Estado,

O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, no uso da atribuição que lhe confere o art. 82, incisos V e VII, da Constituição do Estado, DECRETO N 42.434, DE 09 DE SETEMBRO DE 2003, DOERS. Regulamenta, no âmbito do Estado do Rio Grande do Sul, a modalidade de licitação denominada pregão, por meio eletrônico, para a aquisição de bens e serviços

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA AQUISIÇÃO DE BENS E CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA AQUISIÇÃO DE BENS E CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS COORDENAÇÃO-GERAL DE LICITAÇÕES E CONTRATOS MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA AQUISIÇÃO DE

Leia mais