EIXO TECNOLÓGICO: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EIXO TECNOLÓGICO: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS"

Transcrição

1 Padronização do tipo e quantidade necessária de instalações e equipamentos dos laboratórios das habilitações profissionais EIXO TECNOLÓGICO: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO Técnico em Metalurgia Elaboração de leiaute da área física dos laboratórios Levantamento dos equipamentos, materiais de consumo e acessórios mínimos necessários para funcionamento do curso. Coordenação: Profº Almério Melquíades de Araújo Responsáveis pelo Projeto: Andréa Marquezini Amanda Neves Pinto Ferreira Pelliciari COORDENADORIA DE ENSINO MÉDIO E TÉCNICO 2013

2 EIXO TECNOLÓGICO: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO Técnico em Metalurgia ESTRUTURA BÁSICA Descrição geral Laboratórios Elaborado por: Prof. Marcos A. Batalha ETEC Dona Escolástica Rosa SÃO PAULO 2013

3 Sumário DESCRIÇÃO GERAL LABORATÓRIO DE FUNDIÇÃO ESTRUTURA FÍSICA EQUIPAMENTOS POTÊNCIA ELÉTRICA ESTIMADA LEIAUTE LABORATÓRIO DE METROLOGIA E AUTOMAÇÃO ESTRUTURA FÍSICA EQUIPAMENTOS POTÊNCIA ELÉTRICA ESTIMADA LEIAUTE Erro! Indicador não definido. 3. LABORATÓRIO DE ENSAIOS DE MATERIAIS ESTRUTURA FÍSICA EQUIPAMENTOS POTENCIA ELÉTRICA ESTIMADA LEIAUTE LABORATÓRIO DE METALOGRAFIA E TRATAMENTO TÉRMICO ESTRUTURA FÍSICA EQUIPAMENTOS POTENCIA ELÉTRICA ESTIMADA LEIAUTE LABORATÓRIO DE PROCESSOS DE FABRICAÇÃO ESTRUTURA FÍSICA EQUIPAMENTOS POTENCIA ELÉTRICA ESTIMADA LEIAUTE ANEXOS A. LABORATÓRIO DE FUNDIÇÃO A.1 MOBILIÁRIO B. LABORATÓRIO METROLOGIA E AUTOMAÇÃO B.1 MOBILIÁRIO C. LABORATÓRIO DE ENSAIOS DE MATERIAIS C.1 MOBILIÁRIO... 41

4 D. LABORATÓRIO DE METALOGRAFIA E TRATAMENTO TÉRMICO D.1 MOBILIÁRIO D. 2 VIDRARIAS E ACESSÓRIOS... Erro! Indicador não definido. E. LABORATÓRIO DE PROCESSOS DE FABRICAÇÃO E.1 MOBILIÁRIO E.2 EPI s E ACESSÓRIOS... Erro! Indicador não definido. F. QUADRO DE REVISÕES... 51

5 DESCRIÇÃO GERAL TÉCNICO EM METALURGIA O Técnico de Nível Médio em Metalurgia é o profissional que participa no projeto, planejamento e supervisão dos processos de transformação, fundição e tratamento dos metais e suas ligas. Executa operações de soldagem, serralheria, ferraria e reparos de estruturas metálicas. Aplica técnicas de medição, testes e ensaios. Este curso assume linha de formação específica de acordo com o tipo de transformação de metais e suas ligas. INFRAESTRUTURA* 1. Laboratório de metrologia 2. Laboratório de processos de soldagem 3. Laboratório de informática com programas específicos 4. Laboratório de tratamento térmico 5. Laboratório didático de fundição 6. Laboratórios didáticos de ensaios mecânicos e metalográficos Recomenda se a subdivisão em áreas de trabalho com divisão física para maior adequação didática e de emprego de equipamentos, conforme relacionado nesta proposta. *Fonte: Plano de Curso Centro Paula Souza Catálogo Nacional de Cursos Técnicos Ministério da Educação

6 1. LABORATÓRIO DE FUNDIÇÃO 1.1. ESTRUTURA FÍSICA Neste laboratório serão realizadas aulas práticas de processos de Utilização fundição sendo imprescindível a preocupação com questões relacionadas à segurança, tendo em vista o manuseio de metais liquidos. Área útil 100 m 2 O espaço físico deste laboratório deve ser de 100 m 2, com piso em Descrição geral cimento queimado e uma área de aproximadamente 3 m 2 em terra batida para vazamento de metal, boa iluminação e sistema de ventilação e exaustão apropriados. O laboratório deve estar localizado no pavimento térreo e ter em suas proximidades, banheiros masculinos e femininos adaptados para atender portadores de necessidades especiais. As bancadas de alvenaria da sala de analises e da sala de fundição devem ter altura de 90 cm e ter armários na parte inferior; dimensões, pontos de água e esgoto conforme leiaute. 4 pontos de ar comprimido. 1 tomadas 110/220 v para microcomputador Instalações 1 tomada 110/220 v para impressora 1 tomadas 220 v para aparelhos de ar condicionado 16 tomadas 110/220v para equipamentos 1 tomada 220v para forno de fusão 1 tomada 220v para forno de tratamento térmico NOTA: O espaço físico destinado a analises de areias, bem como os equipamentos nele contidos, não são necessários para o curso Técnico em Metalurgia, com ênfase em Siderurgia. 1.2 EQUIPAMENTOS Identificação: BEC Material Item: Qtde Descrição Agitador de peneiras granulometricas, para ensaios de granulometria, com controle automatico de intesidade e desligamento, composto de 11 peneiras de 8 x 1, com tampa e fundo, capaz de realizar ensaios conforme norma cemp 081, tensao de alimentacao 110/220 v 50/60 hz, inclui manual tecnico em portugues, garantia minima de 1 ano. Martelete mecânico para realização de ensaios de compactabilidade da areia e preparação de corpos de prova, acompanhado de molde cilindrico, funil

7 padrão,extrator, raspador e peneira básica com dimensões de 5 x 2 com malha de abertura de ¼. Capaz de realizar ensaios conforme norma nbr e recomendação cemp 065, garantia minima de 1 ano. Manuais de operação e manutenção em português. Treinamento operacional minimo de 4 horas. Certificado de calibração com rastreabilidade rbc/ inmetro. Máquina universal de ensaios em corpos de prova de areia verde, cold box, hot box e cura frio, capaz de realizar ensaios de tração, compressão, eletrônica, automatica 220 v, capacidade minima de 500 kgf, deverá vir acompanhada dos acessórios para realizar ensaios conforme norma nbr e recomendações cemp 060 e 066, para fabricação dos corpos de prova e respectivos ensaios, treinamento operacional minimo de 8 horas, manuais de operação e manutenção em português, garantia minima de 1 ano e certificado de calibração com rastreabilidade rbc inmetro. Medidor de permeabilidade; para testes de permeabilidade de areia de fundicaode acordo com as recomendacoes cemp 080 e 140; tipo eletronico e automatico; estrutura em chapa de aco; faixa de medicao de 0 a 999 afs; acompanha padrao de calibracao com certificado de calibracao rastreavel a rbc/inmetro; alimentacao eletrica 220v/60hz; garantia minima de 12 meses Aparelho para medição de resistência da tração a úmido em areias, eletrônico e automático equipado co microprocessador. Capaz de realizar ensaios conforme recomendação cemp 062, tensão de 220v/60 hz, deverá vir acompanhado de padrão para calibração, manuais de operação e manutenção em português, treinamento operacional minimo de 4 horas, garantia minima de 1 ano, certificado de calibração com rastreabilidade rbc/inmetro. Equipamento de medição de umidade da areia de fundição por infravermelho, gabinete com pintura anticorrosiva, controle digital de tempo de ensaio e temperatura, desligamento automático, tensão de 220v/60hz, capaz de realizar ensaios conforme recomendação cemp 105, manuais de operação e manutenção em português, treinamento minimo de 4 horas. Garantia minima de 1 ano. Misturador para laboratório de areia de fundição com capacidade minima de 5kg e máxima de 10 kg, com cuba

8 em aluminio fundido com capacidade minima de 5 kg, capaz de realizar a preparação e mistura de materiais atendendo recomendação cemp 198, com rapadores laterais e de fundo. Pintura anti corrosiva externa, potência minima 1 cv com 220v/60hz, manuais de operação e manutenção em português, garantia de 1 ano. Determinador automático de argila AFS, com controles eletrônicos, com as seguintes caracteristicas: possuir sifonamento e lavagens automaticas, possuir contadores eletronicos de tempo e ciclos, alimentação de 220v/60hz, devera vir acompanhado de copo tipo becher 1000 ml, pisseta graduada de plastico, sifão e bastão de vidro e capacidade de realizar ensaios atendendo recomendação cemp 082 e 177, treinamento minimo 4 horas, manuais de operação e manutenção em portugues, garantia minima de 1 ano, certificado de calibração rbc/inmetro. Sopradora de laboratório para confecção de corpos de prova em areia, tipo estrangulado, para os processos coldbox e hotbox com os seguintes componentes e caracteristicas,, possuir funil móvel de sopro, possuir controlador digital eletrônico para comandos de temperatura das caixas, faixa de 20 a 300º c, sensibilidade de 0,1 graus celsius, possuir controlador digital de comando de tempo de ensaio faixa de 1 a 999 segundos, sensibilidade de 1 seg, possuir controle de pressão de lavagem com faixa de 0 a 6 kgf, possuir caixa de macho para ensaio de tração norma afs, alimentação de 220v/60 hz, referência norma nbr e recomendação cemp 016 e 017, treinamento minimo de 4 horas, manuais de operação e manutenção em portugues, garantia minima de 1 ano, certificado de calibração rbc/inmetro. Máquina para realizar ensaios de resistência a tração a quente em areias revestidas shell, faixa de medição de 0 a 600 n/cm2, com controlador de temperatura, temporizador do tempo de cura, alimentação 220v, 60 hz.capaz de realizar ensaios conform recomendação cemp 027. Deverá vir acompanhada de manuais de operaçao e manutenção em português, garantia minima de 1 ano, treinamento operacional minimo de 8 horas e certificado de calibração com rastreabilidade rbc inmetro. Gasador para moldes e machos de areia no processo CO2, por agulha, com minimo de 2 saidas, controle digital da pressão e vazão de co2, tempo de gasagem e desligamento automático, 220v 60hz. Deverá acompanhar manuais de operação e manutençaõ em português, treinamento

9 operacional minimo de 4 horas, garantia minima de 1 ano. Balanca; tipo eletronica de precisao; visor lcd, com 6 digitos, indicador de estabilidade de leitura; com capacidade para 500 gramas, sensibilidade e reprodutibilidade de 0, 001 grama; medindo com prato inox, protecao contra corrente de ar; tensao de 110/220 volts, frequencia 50/60 hertz; para pesagem em geral, aprovacao inmetro, verificacao inicial ipem, garantia minima de 1 ano Compressor; com 02 estagios; pressao de trabalho de 120 libras; vazao de 5.2 m3/min; motor monofasico; potencia de 1 hp; na voltagem de 220 v; filtro de ar p/ 02 saidas c/ carvao ativado; reservatorio de 130 l c/ oleo; contendo mangueira p/ar de 5/16, ponta emborrachada c/ 10 m. Forno industrial; forno de fusao eletrico tipo poco; construido em chapas e perfis laminados certificados, garantindo uma estrutura rigida; com sistema de basculamento apoiado em cavaletes fixos, em chapa de aco recoberta com pintura epoxi; internamente tampa e paredes isoladas termicamentepor material fibro ceramico e tijolos refratarios; com resistencias de kanthal a1 acondicionadas em canaletas de tijolos refratarios; painel de controle do forno separado do corpo do mesmo; acionamento do sistema de potencia por tyristorese sensor de tº do tipo s em platina rhodium 10%; equipado com microprocessador pid para no minimo 3ciclos completos: rampas; patamares e resfriamento independentes e memoria nao volatil; com pintura a base de velocidade de aquecimento linear de no max. 30ºc/min. E limitador de tº maxima entre 1200º a 1250ºc; capacidade max. De fundicao 15 kg, sistema de seguranca contra erros de operacao e trinca no cadinho; alimentacao trifasica de 220 v, temperatura externa maxima de 60ºc durante a operacao; dimensao do cadinho: altura 340 mm, diametro da boca 253 mm e diametro do fundo 175 mm; dimensoes externas do forno: larg. De 870 a 950mmaltura max. 1500mm e profundidade de 1100 a 1300mm; com garantia minima de inclui manuais de instalacao, operacao e manutencao, garantia minima de 1 ano. Forno de mufla; dimensoes aproximadas 200 x 200 x 300 mm; com temperatura programavel ate 1250 graus celcius; com controlador para 3 rampas e patamares, 3 resfriamentos independentes com efeito, timer/stop; controle por termopar tipo k; no painel de comando; alimentacao: 220 v 60hz; inclui: manuais tecnicos e

10 garantia minima de 1 ano. Motoesmeril; montado sobre coluna reforçada em perfil dobrado; de coluna; motor trifásico de 2,5 cv; com no mínimo 1750 rpm rebolo de 300 x 50 mm = 12 x 2 ; na voltagem 220/380 v 3 f 60 hz; totalmente blindado a prova de poeira rotor balanceado eletronicamente chave interruptora; embutida rolamentos superdimensionados com lubrificação permanente protetores de rebolo em ferro; fundido, com fechamento lateral e deslocamento compensador do desgaste do rebolo norma abnt nb 33; acompanha certificado de garantia de no mínimo 12 meses e manual de instruções Morsa; de bancada, base fixa, linha profissional, fuso em aço com rosca trapezoidal; ferro fundido modular 42012, pintura imersao c/fundo primer oxido e acab. Esmalte sintetico vermelho; mordentes em aço temperado e recartilhado, largura127mm, abertura max. 127 mm; 5 polegadas; numero 5; acondicionado em embalagem apropriada. 1 Microcomputador; Padrão CPS 1.3 POTÊNCIA ELÉTRICA ESTIMADA Equipamento Voltagem / Potência (médias aproximadas) Unidades no Laboratório Agitador de peneiras 110/220 v 1cv 01 Máquina universal de ensaios 220v 800w 01 Martelete mecânico 110/220v 300w 01 Permeâmetro de areia 110/220v 300w 01 Aparelho para medição de resistência da 110/220v 300w 01 tração a úmido Compressor de ar 110/220v 1 hp 01 Equip. De medição de umidade da areia 110/220v 250w 01 de fundição por infravermelho Misturador 110/220v 300w 01 Determinador de argila afs 110/220v 500w 01 Sopradora 110/220v 300w 01 Forno elétrico com cadinho 220v 10kw 01 Forno de mufla 220v 3kw 01 Gasador para moldes e machos 110/220v 300w 01 Condicionador de ar 220v 3500w 01 Motoesmeril 220v 2,5 cv 02 Maquina para realizar ensaios de 220v 800w 01

11 resistência a tração a quente Balanca; tipo eletronica de precisao 110/220v 150w 01 Computador 110/220v 180w 01

12 1.4 LEIAUTE

13 2. LABORATÓRIO DE METROLOGIA E AUTOMAÇÃO Utilização Área útil Descrição geral 2.1. ESTRUTURA FÍSICA Neste laboratório serão realizadas aulas práticas de metrologia e automaçãos sendo imprescindível a preocupação com aspectos relativos à segurança, tendo em vista o manuseio de componentes delicados que podem apresentar defeitos ou leituras errôneas em função de manuseio inadequado além de equipamentos pressurizados por ar e óleo hidráulico. 60m², pé direito 3,5 m O espaço físico deste laboratório deve ser de 60 m2, pé direito de 3,5 m, piso tipo paviflex, boa iluminação e sistema de ventilação apropriado. A temperatura média deste laboratório deve ser mantida constante em 20 c. Instalações 1 tomada 110/220 v para projetor de perfil 2 tomadas 110 v para microcomputador e projetor 2 tomadas 220 v para aparelhos de ar condicionado Rede para comunicação entre computadores 4 tomadas 110/220 v para bancadas de simulação, 2 pontos de ar comprimido O compressor de ar deverá ser instalado preferencialmente fora do laboratório, diminuindo o nível de ruído interno. O compressor de ar pode ser compartilhado com o laboratório de Ensaios de Materiais 2.2 EQUIPAMENTOS Identificação: BEC Qtde Material Item: Descrição Projetor de perfil, para medicao de pecas de pequeno e medio porte com tela de projecao vertical minimo 315 mm com linhas de referencias cruzadas a 90º iluminacao diascopica e episcopica com lampadas de halogenio 24 v, 150 w, lentes de projecao: aumento 10, 20, 50, 100 vezes, com espelhos semi refletores p/ cada objetiva, exatidao de ampliacao: diascopica +/ 0.10 % e episcopica 0.15 %, vidro verde, leitor digital de 6 digitos, mesa giratoria, suporte de contrapontas, bloco em "v", fixador de pecas, mesa de coordenadas com capacidade 100 x 100 mm, escala de

14 vidro interna, altura maxima de 91 mm, saida de dados digital, ajuste de zero, contador xy, software geometrico, interface de dados. Medidor de rugosidade; portátil; display sensivel ao toque; com parâmetros: rp, rq, rv, sm, s, pc, r3z, mr, rk, delta c rpk, rvk, mr1, mr2, lo, ppi, r, ar, rx, a1, a2; cut off de: 0.08 mm, 0.25 mm, 0.8 mm, 8 mm; com capacidade de medição de 350 microns; velocidade de medição: 0.05mm/s, 0.1mm/s, 0.5mm/s e 1.0 mm/s; forca de medição: 4mn; com sensor e saída rs 232c; acompanha manual técnico; funções estatísticas, calibração automática, seleção de campo amostral, e gráficos de análise; e filtro digital 2cr e pc75; com impressora térmica integrada; alimentação ac com bateria recarregável integrada garantia minima de 12 meses. Jogo de bloco padrão; fabricado em aço de liga especial superfícies lapidadas dureza superior a 64 hrc alívio de tensao e alta estabilidade blocos numerados tipo jogo; classe 1,0 e 00; contendo 46 peças; composto de: classe 1 = de 1, 001 a 1, 009 = passo 0, 001 qtde 9 / de 1,01 a 1,09 = passo 0,01 qtde 9; classe 0 = 1,1 a 1,9 = passo 0,1 mm qtde 9 / 1 a 9 passo 1 = qtde 9 / de 10 a 100 = passo 10 mm qtde; 10 fornecido com certificado de calibração de fábrica disponíveis em 03 classes de exatidão norma; din861/isso3650 acondicionado em estojo. Mesa de desempeno; fabricado em granito preto; superficie de medicao lapidada; com 3 pontos de apoio; dimensoes aproximadamente (630 x 400 x 120)mm; planeza: 4.(1+l/1000); para calibracao e tracagem de pecas; com base tipo mesa; fabricado de acordo com as normas tecnicas din 876/1; com garantia minima de 12 meses e com manual de instrucoes; acondicionado de forma apropriada de modo a garantir seu perfeito recebimento Transferidor de angulo; em aco inoxidavel; modelo universal; com lupa,e dispositivo para angulo agudo; com regua medindo 300 mm; graduacao de 0 a 360 graus; acondicionado em estojo Transferidor de angulo; em aco; modelo semi circular; com regua movel; com regua medindo 150 mm; graduacao dupla de 0 a 180 graus,em sentidos opostos; acondicionado em estojo Esquadro combinado; em aço; usado para medir ângulos, centragem e verificação de perpendicularidade; composto por escala graduada em aço de 300 mm (compr)

15 resoluções de: 1 mm, 0.5mm, 1/32 pol e 1/64 pol; esquadro principal em aço temperado ou ferro fundido com nível; esquadro para centragem em aço temperado ou ferro fundido; transferidor reversível em aço temperado ou ferro fundido; acondicionado em estojo; garantia minima de 12 meses Esquadro de precisao; de aco temperado; com fio e base; medindo 150 x 100 mm; exatidao conforme din 875/0o classe 00; acondicionado em estojo; sem graduacao; garantia minima de 12 meses Regua de seno; em aco temperado; retificado; medida entre os centros dos cilindros 300 mm; acondicionada em estojo; garantia minima de 12 meses Mesa de seno simples; em aço, com dureza (hrc 55 / 56 graus); com inclinação de até 46 graus; dimensõs de 175 x 100 x 62 mm; com dois trilhos laterais e cinta de travamento; paralelismo (0, 002 mm), perpendicularidade (0.005 mm) Paquimetro; de aço inoxídavel temperado de alta resistência; mecânico; universal; escala graduada em milímetro e polegada; resolução de 0.02 mm x 0, 001 pol; capacidade 150 mm / 6 pol; profundidade aprox. Externo 40 mm/interno 21 mm; parafuso de trava corrediça; acondicionado em estojo Paquímetro; em aço inoxídavel temperado de alta resistência; tipo mecânico; modelo universal; contendo régua; leitura 0,05mm ou 1/128 ; exatidão +/ 0,05mm ou 1/128"; com régua de 150 mm / 6 ; possui parafuso de fixação; para medição externa, interna, profundidade e ressalto; com garantia e manual de instruções; acondicionado em estojo Paquímetro; de aço inoxidável temperado de alta resistência; digital; externo; visor de lcd; graduado em milimetro e polegada; resolução: 0.01 mm x pol exatidão: aprox. +/ 0.02 mm; capacidade de 200 mm / 8 pol; profundidade aprox. Externo 50 mm e interno 24.5 mm; para zerar em qualquer posição; parafuso de trava corrediça; acondicionado em estojo Micrômetro; formado em arco, forjado, com plaquetas termo isolanes; externo; resolução de aprox mm, exatidão: +/ mm; capacidade de 50 a 75 mm; pontas de metal duro, c/ catraca e trava de fixação; garantia mínima de 12 meses; acondicionado em estojo de proteção, c/barra padrão e chave Micrômetro; construido em arco de aço com acabamento

16 cromado e revestido com plaquetas termo isolantes; modelo externo; leitura 0.01 mm; capacidade mm; exatidão +/ 0, 002 mm; pontas de medição de metal duro; barra padrão para calibração; com catraca; acompanha certificado de garantia de no mínimo 12 meses e manual de instruções; acondicionado em estojo, de modo a garantir seu perfeito recebimento. Micrômetro; em arco rigido de aco forjado; externo (analogico); resolução de mm; capacidade 25 a 50 mm; com tambor e bainha; faces de medição de metal duro micro lapidadas; acondicionado em estojo com padrão de calibração. Micrômetro; formado em arco de aço forjado, bainha e tambor cromado; para medição externa; com graduação mm e exatidão de +/ mm; capacidade de 0 25 mm; com isoladores térmicos montados de cada lado do arco, fuso rotativo com trava, pontas de metal duro; micro lapidadas, com estojo e chave de regulagem; garantia mínima de 12 meses. Micrômetro; construção tubular; interno analógico de tres pontas; resolução de mm, exatidão: +/ mm; capacidade de 50 a 100 mm; jogo de micrômetros fornecido com aneis de calibração; profundidade de medição sem extensão +/ 105 mm e com extensão +/ 255 mm; acondicionado em estojo com chave e extensão. Micrômetro; com fuso tambor e bainha, base em aco temperado com 100 mm; de profundidade, digital; resolução de mm, exatidão: mm; capacidade de 0 a 150 mm; com seis hastes intercambiáveis; faces de medição de metal duro, microlapidadas; acondicionado em estojo, com chave e bateria. Ferramenta calibrador; com haste e cursor em aço inoxidável; calibrador traçador de altura; modelo analógico; resolução de 0.02 mm; capacidade de 600 mm; exatidão de +/ 0.05 mm; com ponta de metal duro; nônio com ajuste fino; com lupa; acondicionado em estojo. Relógio de metrologia; em aço; tipo apalpador; horizontal; capacidade 0.8 mm; resolução de 0.01 mm; força de aproximadamente 0.3 n; exatidão de +/ mm; mostrador ; com ponta de metal duro e haste para fixação tipo rabo de andorinha; acondicionado em estojo. Relógio de metrologia; carcaça em aço; tipo comparador; analógico; amplitude de 0 10 mm; resolução de 0.01 mm; força de aproximadamente 1,4 n; exatidão de +/ mm; com mostrador contínuo (0 100); resistente a

17 choque; acondicionado em estojo. Suporte para relógio comparador, base magnética 50 x 60 mm; modelo com ajuste fino; fixo e articulado; haste vertical retificada; fixacao 8 mm, 3/8 pol. E rabo de andorinha; altura total aprox. 235 mm; força do imã 60kgf; para qualquer tipo de relógio comparador ou apalpador; acondicionado em estojo. Blocos em "v" magnético de aço com superfície retificada, com força magnética aproximada de 50 kgf; nas dimensões de: 79 x 58 x 64 mm (a x l x p) com capacidade máxima para o diâmetro de 50.8 mm; faces superior, inferior e posterior ficam imantadas quando acionadas; face superior e inferior tem entalhe em "v", o paralelismo do "v" não pode ser maior que 10 microns; perpendicularidade entre as faces não pode ser maior que 11 microns; fornecido em par numerado, acondicionado em estojo, garantia minima de 12 meses. Bancada de simulação e treinamento para pneumática e eletropneumática; estrutura móvel em aço alumínio, com tratamento anti corrosivo, rodízio/trava, medindo aproximadamente c 1200 x l 700 x a 1800 mm; dois gaveteiros em aço/alumínio, no mínimo 3 gavetas e painel perfilado em alumínio; componentes pneumáticos com conexões de engate rápido, saída para frente; cilindros com came de alumínio e rosca para acionamento de válvulas; componentes elétricos com bornes de ligação, cabos com pinos banana de 4 mm, tensão de 24 vdc; acompanha 2 conjuntos de componentes peneumáticos com cilindros de dupla ação; cilindro simples ação, valvulas direcionais 5/2 vias duplo/simples solenóide, válvulas direcionais 3/2 vias nf/na; tampões de conexões, válvula temporida 3/2 vias nf, válvula alternadora, válvula de simultaneidade, válvulas reguladoras de fluxo, válvula de escape rápido, unidade de conservação, bloco distribuidor; tubo flexível, conexões, captador, válvula geradora de vácuo; 2 conjuntos de componentes eletropneumáticos com válvulas direcionais de 5/2 vias duplo/simples solenóide; válvulas direcionais 3/2 vias nf, sensores de proximidade, pressostato/vacuostato; fonte de alimentação, cabos elétricos, placas com reles, chave fim de curso; 10 licenças no mínimo do software para desenho, simulações, exercícios; treinamento dos circuitos pneumáticos e eletropneumáticos em português. Bancada de simulação e treinamento para hidraúlica/eletrohidraúlica; estrutura móvel em aço, com

18 tratamento anti corrosivo, rodízio/trava; medindo aproximadamente c 1200 x l 700 x a 1800 mm, normas din/iso 1219 / din 40713; 2 gaveteiros em aço com 3 gavetas, 2 painéis perfilado em aluminio extrutado, com trilhos; nas dimensões aproximadas de c 1100 x l 350 mm, suporte para placas elétricas, bandeja coletora; componentes hidraúlicos com conexões de engate rápido, saida p/ frente, pressão de operação 160 bar; pressão de trabalho 50 bar, cilindros com came de alumínio e rosca para acionamento de válvulas; componentes elétricos com borne de ligação, caboscom pinos banana de 4 mm, tensão de 24 vdc; módulo hidraulico com reservatório de no mínimo 40 litros, bomba dupla com vazão de 5 l/m; pressão máxima 110 bar, pressão de trabalho 60 bar, motor de 110/220 volts monofásico; bloco distribuidor com 12 engates, sendo 4 para linha de pressão, 4 de retorno, 4 de dreno; acompanha 2 conjuntos de componentes hidráulicos com: cilindros hidráulicos, motor, manômetro; válvulas direcionais, de retenção, limitadora, redutora, reguladora, fechamento, sequência, conexões; 2 cj. De componentes eletrohidráulicos com: válvulas direcionais, pressostato ajustável; fonte de alimentação, cabos elétricos, placas com reles, placas de distribuição elétricas; placa com contador eletrônico, sensores de proximidade, chave fim de curso; 10 licenças no mínimo do software para desenho, simulacões, exercícios; treinamento dos circuitos hidráulicos/eletrohidráulicos, catálogos e manuais em português. Compressor; com 02 estagios; pressao de trabalho de 120 libras; vazao de 5.2 m3/min; motor monofasico; potencia de 1 hp; na voltagem de 220 v; filtro de ar p/ 02 saidas c/ carvao ativado; reservatorio de 130 l c/ oleo; contendo mangueira p/ar de 5/16, ponta emborrachada c/ 10 m. 1 Microcomputador Padrao CPS 2.3. POTÊNCIA ELÉTRICA ESTIMADA Equipamento Voltagem / Potência (médias aproximadas) Unidades no Laboratório

19 Projetor de perfil 110 v 250w 1 Microcomputador/estabilizador/impressora 110/220 v 180w 1 Condicionador de ar 220 v 3500w 1 Rugosimetro/comparador eletrônico 110/220 v 300w 1 Bancada eletropneumática 110/220 v 450w 2 Bancada eletrohidráulica 110/220 v 450w 2 Microcomputador 110/220 v 300w 1 Compressor 220 v 1hp 1

20 2.4. LEIAUTE

21 Utilização 3. LABORATÓRIO DE ENSAIOS DE MATERIAIS 3.1. ESTRUTURA FÍSICA Neste laboratório serão realizadas aulas práticas de ensaios de materiais sendo imprescindível a preocupação com aspectos relacionados à segurança, tendo em vista o manuseio de equipamentos que provocam escoamento, ruptura e fratura de materiais metálicos e poliméricos. Área útil 50 m² Descrição geral Instalações O espaço físico deste laboratório deve ser de 50 m 2 com pé direito mínimo de 3,5 m, piso tipo paviflex, boa iluminação, sistema de ventilação apropriado e ar condicionado. 1 Bancada em alvenaria nas dimensões: a= 0,90 m x l=1,20 m x c= 5,50 m 1 Bancada em alvenaria nas dimensões de a= 0,90 m x l= 0,60 m x c=2,00 m, composta de: 2 cubas 2 pontos de água e esgoto 1 ponto de ar comprimido 3 tomadas 110/220 v para máquinas de dureza 2 tomadas 110/220 v para máquina universal de tração 2 tomadas 110/220 v para equipamento de impacto 2 tomadas 220 v para aparelhos de ar condicionado 5 tomadas 110/220 v para equipamentos de end 1 ponto de ar comprimido para máquina universal de ensaios 3.2 EQUIPAMENTOS Identificação: BEC Qtde Material Item: Descrição Durometro analógico; para ensaio de dureza rockwell normal, superficial, brinell em metais, conforme norma din 50150; corpo em aluminio fundido com pintura tinta epóxi; profundidade de no minimo de 115 mm; ensaio de dureza rockwell com carga de 150 kg, brinell com carga de 187,5 kg, esfera de 2,5 mm; relógio analógico com resolução de 0,5 hrc; fuso manual com mesa plana no mínimo 63 mm de diametro, batente em "v"; capacidade de ensaio em peças de até 170 mm; acompanha: lupa de medição, penetrador rockwell, penetrador brinell com esfera de 2,5 mm; cinco esferas de 2,5 mm intercambiáveis; padrão de dureza rockwell de 50 a 65 hrc; padrão de dureza brinell 2,5/187,5 300 hb; certificado de calibração do equipamento e dos padrões de dureza; garantia mínima de 12 meses, manual

22 de instruções. Microdurômetro digital; para ensaios vickers; carcaça em ferro fundido pintado com tinta epóxi, medindo aproximadamente 290 x 405 x 480 mm; aplicação de carga motorizada e medição via micróscopio óptico; leitura automática na faixa de 5 a 2500 vickers; ajuste no tempo de pré carga de 5 a 60 segundos; mesa de coordenadas x, y de 100 x 100 mm; lentes objetivas 10x e 40x ou 10x e 50x, conjuntode ampliação 100x e 400x ou 100x e 500x; acompanha: penetrador vickers padrao 650 a 730 hv; lâmpadas de iluminação, morsa padrão; impressora de dados de ensaios incorporada; maleta com ferramentas e acessórios de uso; certificado de calibração, manual de instruções; garantia mínima de 12 meses. Equipamentos para fins didaticos; universal de ensaios de tracao, compressao, flexao, embutimento, cisalhamento em materiais metalicos; microprocessada; com celulas de carga intercambiavel de 100kn e 5kn, acionamento por 2 fusos de esferas recirculante; velocidade variavel de 0.01 ate 500 mm/min interface usb/rs232, resolucao de deslocamento de 0.01 mm; com curso util de ensaio de no minimo 1200 mm e abertura livre de no minimo 400 mm; controle das seguintes variaveis: forca maxima, alongamento total, linear na carga maxima; controle de velocidade automatica, linear total, manutencao da carga constante; acompanha conjuntos de garras, mordentes para corpos de prova planos e redondos; par de pratos para ensaio de compressao, extensometros de pequenas, medias e grandes deformacoes; bancada para instalacao da maquina, alimentacao eletrica 220 v 60 hz monofasica; inclui software de gerenciamento de dados e emissao de relatorios para tratamento de ensaios; acompanha manual tecnico em portugues, treinamento, certificado de calibracao rbc; garantia minima de 12 meses. Medidor de corrosao ultrasonico para tanques e tubulacoes, portatil, para analise em tanques e tubulacoes, confeccionado em cx. Plastico alta resistenciaa impacto selado e a prova de agua, tipo digital, modelo portatil, mostrador lcd grafico com backlight, capacidade para grafico b scan, com faixa de medicao de 0.5 mm a mm, resolucao de 0.01 mm/0.1 mm, taxa de medicao de 4/segundos, 20/segundos, temperatura de operacao de 10 a +50 graus celsius, datalogger interno com capacidade de armazenagem de 8000 gravacoes de espessuras, com interface usb, alimentacao por 3 baterias alcalinas tipo aa,

LABORATÓRIO DE FUNDIÇÃO. 1. Descrição Física

LABORATÓRIO DE FUNDIÇÃO. 1. Descrição Física LABORATÓRIO DE FUNDIÇÃO 1. Descrição Física O espaço físico deste laboratório deve ser de 100 m 2, com piso em cimento queimado e uma área de aproximadamente 3 m 2 em terra batida para vazamento de metal,

Leia mais

CATÁLOGO DE METROLOGIA

CATÁLOGO DE METROLOGIA CATÁLOGO DE METROLOGIA 1 PAQUÍMETRO PAQUÍMETRO UNIVERSAL PAQUÍMETRO UNIVERSAL (MD) capacidade LEITURA 141-112 0-150mm / 0-6 0,02mm / 0,001 141-113 0-150mm / 0-6 0,05mm / 1/128 141-114 0-200mm / 0-8 0,02mm

Leia mais

Salvi Casagrande Salvi Sul

Salvi Casagrande Salvi Sul 1 Anéis Padrão ANÉIS Usados para calibração de micrômetros internos, comparadores de diâmetros internos, micrômetros tubulares, etc Fabricados em aço temperado, micro lapidados Alta precisão de acordo

Leia mais

Relógios www.internacionalferramentas.com.br

Relógios www.internacionalferramentas.com.br Relógios Relógio Comparador Digital Dígitos grandes, com 9mm de altura Resolução: 0,01mm/.0005. Sete teclas: Liga/desliga, tolerância, set, zero absoluto/incremental,range (congelamento), direção de contagem

Leia mais

Grupo 16 Instrumentos de medição

Grupo 16 Instrumentos de medição BRALE Grupo 16 Instrumentos de medição Fornecedor: Tipo Descrição Página Instrumentos de medição em geral 00 Paquímetro com leitura analógica 01 Características 01-01 Produtos 01-02 Paquímetro com leitura

Leia mais

LABORATÓRIO DE CALIBRAÇÕES E PLANTA DIDÁTICA

LABORATÓRIO DE CALIBRAÇÕES E PLANTA DIDÁTICA LABORATÓRIO DE CALIBRAÇÕES E PLANTA DIDÁTICA 1. Descrição Física O laboratório deve dispor de estrutura mínima de uma área igual ou superior a 58m2; com pé direito de 3,5m, piso em material isolante, resistente

Leia mais

LABORATÓRIO DE MODELOS, INCLUSÃO E FUNDIÇÃO

LABORATÓRIO DE MODELOS, INCLUSÃO E FUNDIÇÃO LABORATÓRIO DE MODELOS, INCLUSÃO E FUNDIÇÃO 1. Descrição Física A área mínima deste laboratório deve ser igual ou superior a 59,00 m 2 ; sala quente com área mínima de 10,00 m² e almoxarifado com 9,50

Leia mais

Tel.: 55 (11) 2814-0790 Fax 55 (11) 4647-6782 E-mail: triak@triak.com.br CNPJ: 08.747.866/0001-72 Inc. Estadual: 147.257.444.110 www.triak.com.

Tel.: 55 (11) 2814-0790 Fax 55 (11) 4647-6782 E-mail: triak@triak.com.br CNPJ: 08.747.866/0001-72 Inc. Estadual: 147.257.444.110 www.triak.com. Promoção Válida /janeiro 2011 /fevereiro 2011 das normas internacionais, Garantia de 1 ano Assistência Técnica Própria Tel.: 55 (11) 2814-0790 Fax 55 (11) 4647-6782 E-mail: triak@triak.com.br CNPJ: 08.747.866/0001-72

Leia mais

Nos sentiremos honrados em atende-los.

Nos sentiremos honrados em atende-los. Presente no mercado brasileiro desde 1941, a PANAMBRA sempre pautou suas atividades por oferecer equipamentos de tecnologia avançada em todos os seus campos de trabalho e foi pioneira na introdução de

Leia mais

CATÁLOGO TÉCNICO 2013-2

CATÁLOGO TÉCNICO 2013-2 CATÁLOGO TÉCNICO 2013-2 PRODUTO CONTRA PONTO MESA DIVISORA HV-240 TAMBOR GRADUADO - Pode ser acoplado no lugar do disco perfurado sendo possível fazer divisões de 2 em 2 minutos. FLANGE PORTA PLACA - Para

Leia mais

TORNO MECÂNICO PARALELO UNIVERSAL

TORNO MECÂNICO PARALELO UNIVERSAL - Foto meramente ilustrativa podendo não conter os mesmos acessórios/cores do orçamento, marca NARDINI, Modelo ND - 220 GOLD, procedência NACIONAL, produzido por Indústrias Nardini S/A, de acordo com normas

Leia mais

FERRAMENTAS ESTACIONÁRIAS

FERRAMENTAS ESTACIONÁRIAS FERRAMENTAS ESTACIONÁRIAS Linha FERRAMENTAS ESTACIONÁRIAS Alta performance nos trabalhos manuais As ferramentas estacionárias são indicadas para trabalhos domésticos, artesanatos, carpintarias, marcenarias,

Leia mais

Controle de Medidas - Instrumentos de Medição. Prof. Casteletti PAQUÍMETRO UNIVERSAL

Controle de Medidas - Instrumentos de Medição. Prof. Casteletti PAQUÍMETRO UNIVERSAL PAQUÍMETRO UNIVERSAL O paquímetro é um instrumento usado para medir dimensões lineares internas, externas e de profundidade. Consiste em uma régua graduada, com encosto fixo, na qual desliza um cursor.

Leia mais

EIXO TECNOLÓGICO: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS

EIXO TECNOLÓGICO: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS Padronização do tipo e quantidade necessária de instalações e equipamentos dos laboratórios das habilitações profissionais EIXO TECNOLÓGICO: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA

Leia mais

FIPAI Fundação para o Incremento da Pesquisa e do Aperfeiçoamento Industrial Tomada de Preço nº. 003/2013 Processo Finep nº 01.09.0563.

FIPAI Fundação para o Incremento da Pesquisa e do Aperfeiçoamento Industrial Tomada de Preço nº. 003/2013 Processo Finep nº 01.09.0563. ESPECIFICAÇÕES DOS EQUIPAMENTOS LOTE 01 Especificar Sistema de Geração de Ar Comprimido, incluindo compressor, secador por adsorção e filtros coalescentes Diagrama Pneumático. Confirmar detalhes com equipe

Leia mais

EQUIPAMENTO ESTERILIZADOR - Autoclave Horizontal - Especificação Técnica

EQUIPAMENTO ESTERILIZADOR - Autoclave Horizontal - Especificação Técnica EQUIPAMENTO ESTERILIZADOR - Autoclave Horizontal - Especificação Técnica Descrição Geral: Equipamento esterilizador horizontal automático para esterilização por vapor saturado de alta temperatura com duas

Leia mais

Didática Bosch Rexroth

Didática Bosch Rexroth Didática Bosch Rexroth 2 Introdução A Divisão Service da Bosch Rexroth oferece ao mercado a sua linha didática. Sempre preocupada com a qualificação técnica do profissional brasileiro, oferece à indústria

Leia mais

Metrologia Aplicada e Instrumentação e Controle

Metrologia Aplicada e Instrumentação e Controle 25/11/2012 1 2012 Metrologia Aplicada e Instrumentação e Controle A disciplina de Metrologia Aplicada e Instrumentação e Controle, com 40 horas/aulas, será dividida em 2 (duas) partes, sendo : Metrologia

Leia mais

www.ferdimat.com.br Retificadoras Cilíndricas Série CA / CA51H

www.ferdimat.com.br Retificadoras Cilíndricas Série CA / CA51H * Imagem ilustrativa, a máquina pode estar equipada com acessórios opcionais. Vendas nacionais Rua Dr. Miranda de Azevedo, N 415 Pompéia, São Paulo - SP Tel. (11) 3673-3922 - Fax. (11) 3862-6587 E-mail:

Leia mais

Anexo III - ESPECIFICAÇÕES DOS OBJETOS. ITEM ESPECIFICAÇÃO UNIDADE VALOR 01 Tanque c/ equipamento combinado c/capacidade para 6m³ litros

Anexo III - ESPECIFICAÇÕES DOS OBJETOS. ITEM ESPECIFICAÇÃO UNIDADE VALOR 01 Tanque c/ equipamento combinado c/capacidade para 6m³ litros Anexo III - ESPECIFICAÇÕES DOS OBJETOS ITEM ESPECIFICAÇÃO UNIDADE VALOR 01 Tanque c/ equipamento combinado c/capacidade para 6m³ litros 01 (Instalado sobre reboque agrícola). 1 1 TANQUE RESERVATÓRIO: Tanque

Leia mais

Fundação Universidade Estadual de Maringá

Fundação Universidade Estadual de Maringá Fundação Universidade Estadual de Maringá PAD/DIRETORIA DE MATERIAL E PATRIMÔNIO AVISO DE LICITAÇÃO EDITAL N 131/2008 PREGÃO PRESENCIAL PROC.: N 3932/2008 OBJETO: AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DIVERSOS PARA

Leia mais

DURÔMETRO DE BANCADA ROCKWELL CÓDIGO ISH-R150

DURÔMETRO DE BANCADA ROCKWELL CÓDIGO ISH-R150 DURÔMETRO DE BANCADA ROCKWELL CÓDIGO ISH-R150 penetrador Mesa plana Ø60mm uso da mesa Seletor da força de ensaio Mesa plana Ø15Omm Aplicação da força Mesa prismática Escalas de ensaio Rockwell Força de

Leia mais

Alinhadores, Balanceadores e Desmontadores de rodas de última geração

Alinhadores, Balanceadores e Desmontadores de rodas de última geração Alinhadores, Balanceadores e Desmontadores de rodas de última geração Equipamentos com sistemas de medição eletrônicos e computadorizados, que fazem do alinhamento, balanceamento e montagem de rodas operações

Leia mais

Descritivo Técnico - Mòveis Linha Home

Descritivo Técnico - Mòveis Linha Home Descritivo Técnico - Mòveis Linha Home Produto Código Descrição ARS 01 BD 01 BD 02 Suporte de descanço de braço Braçadeira de apoio de piso para suporte de braço e aplicação de injeção. Altura regulável

Leia mais

Equipamento de Redutibilidade Automatizado para ensaios de RI RDI-1 RDI-2 SWI

Equipamento de Redutibilidade Automatizado para ensaios de RI RDI-1 RDI-2 SWI Equipamento de Redutibilidade Automatizado para ensaios de RI RDI-1 RDI-2 SWI O Equipamento de Redutibilidade AN3212 foi desenvolvido para a realização de ensaios de forma automatizada conforme normas

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico EIXO TECNOLÓGICO: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico EIXO TECNOLÓGICO: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS Padronização do tipo e quantidade necessária de instalações e equipamentos dos laboratórios das habilitações profissionais EIXO TECNOLÓGICO: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICO

Leia mais

RELAÇÃO DE ITENS - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 00033/2014-000

RELAÇÃO DE ITENS - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 00033/2014-000 26267 - UNIVERSIDADE FED DA INTEGR LATINO-AMERICANA 58658 - UNIVERSIDADE FED. DA INTEGR. LATINO-AMERICANA RELAÇÃO DE ITENS - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 00033/20-000 - Itens da Licitação - APARELHO ENSAIOS FÍSICOS

Leia mais

Proteção : IP-40 Display: LCD, 6 dígitos mais sinal ( ) Inclui riscador, grampo e 1 bateria

Proteção : IP-40 Display: LCD, 6 dígitos mais sinal ( ) Inclui riscador, grampo e 1 bateria ZERO/ABS PRESET +/- ON/OFF HOLD Calibradores Traçadores de Altura Digitais Modelo de duas colunas e com ou sem saída de dados para CEP. Ajuste de zero por um simples toque no botão. Através do botão PRESET,

Leia mais

754/2014-6 EMBRAMAR COMERCIO E SERVIÇOS EM GERAL LTDA ME. R$ 239,90 70.0

754/2014-6 EMBRAMAR COMERCIO E SERVIÇOS EM GERAL LTDA ME. R$ 239,90 70.0 ITEM QTDE UND DESCRICAO PAMCS Empresa Valor SALDO. Unitário 1 70.0 UN CIRCULADOR DE AR. CIRCULADOR DE AR TURBO CIRCULADOR, 45CM. POTENCIA: 150W COM 3 VELOCIDADES. INCLINAVEL: PERMITE DIRECIONAR O AR DE

Leia mais

1. Osciloscópio com as seguintes especificações mínimas. 2. Gerador de funções com as seguintes especificações mínimas

1. Osciloscópio com as seguintes especificações mínimas. 2. Gerador de funções com as seguintes especificações mínimas ANEXO 4 Especificação básica de alguns equipamentos utilizados na manutenção de equipamentos médico-hospitalares Equipamentos para manutenção de materiais eletrônicos 1. Osciloscópio com as seguintes especificações

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES DOS OBJETOS LICITAÇÃO Nº PP03060001/2013. Item Especificação Unid Vr. Unit Vr. Total

ESPECIFICAÇÕES DOS OBJETOS LICITAÇÃO Nº PP03060001/2013. Item Especificação Unid Vr. Unit Vr. Total ANEXO III 1 ESPECIFICAÇÕES DOS OBJETOS LICITAÇÃO Nº PP03060001/2013 Item Especificação Unid Vr. Unit Vr. Total 1 CAMINHÃO TOCO COM CAPACIDADE DE CARGA ÚTIL VARIANDO DE 10.000 A 12.000KG. DEVERÁ COMPOR

Leia mais

VENTILADORES LIMIT LOAD

VENTILADORES LIMIT LOAD VENTILADORES LIMIT LOAD UM A M ARC A DO GRUPO ESPIRODUTOS DESCRIÇÃO E NOMENCLATURA VENTILADORES LIMIT LOAD Diâmetro Fabricação Aspiração Rotor Empresa Ex: ELSC 560 Diâmetro da seleção Tipo de Fabricação

Leia mais

Certificado de Qualificação Metrológica para Laboratórios de Ensaio e Calibração da Cadeia Automotiva

Certificado de Qualificação Metrológica para Laboratórios de Ensaio e Calibração da Cadeia Automotiva Certificado de Qualificação Metrológica para Laboratórios de Ensaio e Calibração da Cadeia Automotiva CERTIFICADO: Nº 004/2012 A Rede Metrológica do Estado de São Paulo qualifica o Laboratório de Calibração

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CARLOS BARBOSA SECRETARIA MUNICIPAL DE PROJETOS E OBRAS PÚBLICAS MEMORIAL DESCRITIVO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CARLOS BARBOSA SECRETARIA MUNICIPAL DE PROJETOS E OBRAS PÚBLICAS MEMORIAL DESCRITIVO MEMORIAL DESCRITIVO OBRA: MÓVEIS PARA SECRETARIA DE PROJETOS E OBRAS PÚBLICAS RUA ASSIS BRASIL, 11, CENTRO CARLOS BARBOSA GENERALIDADES O presente documento tem por objetivo: Instruir as condições que

Leia mais

INTRODUÇÃO CARACTERÍSTICAS. MODELO FE 45 CAPACIDADE DE PERFURAÇÃO Ø 45 mm PROFUNDIDADE DE CORTE TIPO DE ENCAIXE CM 2 MEDIDAS DE SEGURANÇA

INTRODUÇÃO CARACTERÍSTICAS. MODELO FE 45 CAPACIDADE DE PERFURAÇÃO Ø 45 mm PROFUNDIDADE DE CORTE TIPO DE ENCAIXE CM 2 MEDIDAS DE SEGURANÇA 1 INTRODUÇÃO As Furadeiras de Base Magnética Merax caracterizam-se por serem robustas, porém leves e de fácil transporte. Utilizam qualquer tipo de broca, preferencialmente as brocas anulares. Trabalham

Leia mais

versão com máscara disponível Apresentação do Sistema

versão com máscara disponível Apresentação do Sistema versão com máscara disponível Apresentação do Sistema Treinamento e simulação de soldagem em um ambiente virtual. Agilize seus processos de capacitação de soldadores com esta nova ferramenta. O SOLVI é

Leia mais

nossa empresa A empresa mantém um controle de qualidade rígido, garantindo o padrão dos seus produtos e certeza da satisfação dos seus clientes.

nossa empresa A empresa mantém um controle de qualidade rígido, garantindo o padrão dos seus produtos e certeza da satisfação dos seus clientes. nossa empresa A EMIT oferece soluções em equipamentos e máquinas leves para Construção, e traz aos locadores e distribuidores equipamentos seguros e confiáveis. O desenvolvimento dos produtos EMIT sempre

Leia mais

CONJUNTOS DE FACAS DE AR WINDJET

CONJUNTOS DE FACAS DE AR WINDJET CONJUNTOS DE FACAS WINDJET CONJUNTO DE FACAS WINDJET SOPRADORES CONJUNTOS DE FACAS WINDJET SUMÁRIO Página Visão geral dos pacotes de facas de ar Windjet 4 Soprador Regenerativo 4 Facas de ar Windjet 4

Leia mais

Concurso Público Técnico-Administrativo 2014 - Prova Tipo A 7

Concurso Público Técnico-Administrativo 2014 - Prova Tipo A 7 Técnico de Laboratório / Área: Processos, Produtos e Manutenção Industrial ==Questão 26==================== O paquímetro é um instrumento usado para medir com precisão as dimensões de pequenos objetos.

Leia mais

INCOMATOL MÁQUINAS LTDA SOBRE A INCOMATOL

INCOMATOL MÁQUINAS LTDA SOBRE A INCOMATOL FÁBRICA E ESCRITÓRIO Rua José Cardoso da Silva, 300 Centro Rio Bonito RJ Brasil cep 28.800-000 I Cx Postal 112752 T 21 2734.0282 I F 21 2734.0247 www.incomatol.com.br incomatol@incomatol.com.br SOBRE A

Leia mais

LABORATÓRIO DE MATERIAIS E REVESTIMENTOS

LABORATÓRIO DE MATERIAIS E REVESTIMENTOS LABORATÓRIO DE MATERIAIS E REVESTIMENTOS 1. Descrição Física Este espaço se configura o ambiente ideal para a realização de aplicações práticas de materiais e revestimentos, bem como trabalhos artesanais,

Leia mais

VEMAQ 10-1 - CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS 1.1 - APRESENTAÇÃO

VEMAQ 10-1 - CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS 1.1 - APRESENTAÇÃO Equipamento: COLETOR COMPACTADOR DE LIXO 10 m³ Modelo : CCL-10 Aplicação: Coleta de resíduos domésticos e/ou industriais,selecionados ou não Fabricante: VEMAQ - Indústria Mecânica de Máquinas Ltda 1 -

Leia mais

Anexo A 30/10/2014 10:01

Anexo A 30/10/2014 10:01 Licitação: PR-32/2014 UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS 23065.16923/2014-38 Anexo A 30/10/2014 10:01 Assunto: AQUISIÇÃO DE MATERIAIS PERMANENTES PARA O BIOTÉRIO CENTRAL Item Especificação do Material 1 5.208.005.026

Leia mais

Sistemas de Medição e Metrologia. Aula 3. Organização da Aula 3. Sistema de Medição e Metrologia. Contextualização. Profa. Rosinda Angela da Silva

Sistemas de Medição e Metrologia. Aula 3. Organização da Aula 3. Sistema de Medição e Metrologia. Contextualização. Profa. Rosinda Angela da Silva Sistemas de Medição e Metrologia Aula 3 Profa. Rosinda Angela da Silva Organização da Aula 3 Equipamentos de medição A importância dos equipamentos Os equipamentos mais conhecidos Uso e cuidados Utilizando

Leia mais

Micrômetros para Medições de Rebordos de Latas

Micrômetros para Medições de Rebordos de Latas Micrômetros para Medições de Rebordos de Latas Série 147 Para controle preciso de profundidade e espessura em rebordos de latas. Profundidade de rebordo (profundidade maior que 5 mm) 147 103 para latas

Leia mais

PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS DA PRODUÇÃO

PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS DA PRODUÇÃO Pág.: 1 de 10 Identificação do equipamento ELEVADOR DE PASSAGEIROS E CARGAS Com Relação às Torres: Prumo; Espessura da parede do tubo; Resistência e nivelamento da base; Estaiamento; Aterramento elétrico

Leia mais

www.keelautomacao.com.br Linha KSDX Solução em processamento CNC

www.keelautomacao.com.br Linha KSDX Solução em processamento CNC Linha KSDX Solução em processamento CNC Automatize a produção de sua empresa Instalada em Tubarão, SC, a KEEL atua na fabricação de equipamentos para Corte, Solda e Sistemas (CNC). Fundada em 2002, a empresa

Leia mais

CATÁLOGO TÉCNICO COMPRESSOR - MSV 6/50 - DENTAL SPLIT - 1 ESTÁGIO - 120 psig

CATÁLOGO TÉCNICO COMPRESSOR - MSV 6/50 - DENTAL SPLIT - 1 ESTÁGIO - 120 psig SCHULZ: INÍCIO DE FABRICAÇÃO - ABRIL/005 CATÁLOGO TÉCNICO COMPRESSOR - MSV 6/ - DENTAL SPLIT - 1 ESTÁGIO - 10 psig CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS ISENTO DE ÓLEO L C DESLOCAMENTO TEÓRICO pés /min PRESSÃO MÁX.

Leia mais

PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS DA PRODUÇÃO

PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS DA PRODUÇÃO Pág.: 1 de 9 Identificação do equipamento ELEVADOR DE PASSAGEIROS E CARGAS Com Relação às Torres: Prumo; Espessura da parede do tubo; Resistência e nivelamento da base; Estaiamento; Aterramento elétrico

Leia mais

ANALISADORES DE GASES

ANALISADORES DE GASES BGM BOMBA DE SUCÇÃO SÉRIE COMPACTA ANALISADORES DE GASES Descrição: Gera uma depressão no processo, succionando a amostra e criando a vazão exata para atender o tempo necessário de condicionamento do gás

Leia mais

odutos Catálogo de Pr

odutos Catálogo de Pr Catálogo de Produtos Instalada na cidade de Itajobi/SP, em uma área de 60.000m², com 15.000m² de área construída, desde 2002 o Grupo Cristal Aço desenvolve produtos duráveis e de excelente acabamento.

Leia mais

Concreto e Agregados CATÁLOGO DE PRODUTOS. Pág. 1. Seção C

Concreto e Agregados CATÁLOGO DE PRODUTOS. Pág. 1. Seção C I-3001 PRENSA HIDRÁULICA MANUAL 100T COM 1 MANÔMETRO NBR NM-ISO 7500-1; NBR 12767, 7680, 5739; DNER-ME091; MN 101 PALAVRA-CHAVE: Prensa, Corpos de Prova, compressão, tração, flexão, diametral Prensa manual

Leia mais

Gerência de Compra GERÊNCIA DN. Endereço : AVENIDA AYRTON SENNA,5555 - JACAREPAGUA Tel. : Fax : FORNECEDOR

Gerência de Compra GERÊNCIA DN. Endereço : AVENIDA AYRTON SENNA,5555 - JACAREPAGUA Tel. : Fax : FORNECEDOR 1 1 14/10463 "PASS-THROUGH" VERTICAL TÉRMICO Elétrico, gabinete estruturado em perfis de aço com revestimento externo em aço inoxidável AISI 304/18:8 e interno de alumínio, com trilhos para recipientes

Leia mais

PANANTEC ATMI. www.panantec.com.br. Assistência Técnica, Calibração e Vendas

PANANTEC ATMI. www.panantec.com.br. Assistência Técnica, Calibração e Vendas flolder final:layout 1 5/28/13 10:27 AM Page 1 PANANTEC ATMI Assistência Técnica, Calibração e Vendas Rua Apuanã, 31 - São Paulo - SP Tels.: 55 11 2243-6192 / 2243-6194 - Fax: 55 11 2243-7730 www.panantec.com.br

Leia mais

Câmara para teste de mangueiras

Câmara para teste de mangueiras Câmara para teste de mangueiras A Superohm oferece um linha de Câmaras especiais para teste de mangueiras, as quais são modulares e podem ter uma única função ou varias funções juntas. Destinam-se às indústrias

Leia mais

Capa TN. com Índice. Conheça os produtos TN Faça uma escolha inteligente

Capa TN. com Índice. Conheça os produtos TN Faça uma escolha inteligente Conheça os produtos TN Faça uma escolha inteligente Corrediça Oculta TN Slowmotion Corrediça Telescópica TN H45 Corrediça Telescópica TN H45 Slowmotion Corrediça Telescópica TN MINI H35 Capa TN Corrediça

Leia mais

PEDIDO DE COTAÇÃO - ANEXO I

PEDIDO DE COTAÇÃO - ANEXO I Folha: 0001 001 109217 Condicionador, de ar, tipo split, de parede, unidade interna horizontal, capacidade de refrigeração de 30.000 BTU/h, com selo PROCEL (Coeficiente de Eficiência Energética - Classe

Leia mais

CENTRO DE USINAGEM DUPLA COLUNA. Uma Fonte Confiável de Excelentes Máquinas para Complementar Sua Força de Trabalho

CENTRO DE USINAGEM DUPLA COLUNA. Uma Fonte Confiável de Excelentes Máquinas para Complementar Sua Força de Trabalho CENTRO DE USINAGEM DUPLA COLUNA Uma Fonte Confiável de Excelentes Máquinas para Complementar Sua Força de Trabalho SÉRIE DV14 1417 / 1422 / 1432 / 1442 CENTRO DE USINAGEM DUPLA COLUNA O Centro de Usinagem

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTOS

CATÁLOGO DE PRODUTOS CATÁLOGO DE PRODUTOS Índice 1.0 Conexões Pneumática Instantâneas...... 4 1.1 - Redutores... 7 1.2 Válvulas Manuais... 8 2.0 Acessórios Pneumáticos... 8 3.0 Válvulas Mecânicas... 10 3.1 Piloto... 10 3.2

Leia mais

FLEXSUL REPRESENTAÇÕES Fone: 41 3287 6778 / Fax: 41 3287 1910

FLEXSUL REPRESENTAÇÕES Fone: 41 3287 6778 / Fax: 41 3287 1910 PD 60 SISTEMA DE TROCA UNITÁRIO Prensadora de terminais com sistema de Troca Unitário Prensa todos os tipos de mangueiras, de 3/16'' ate 2'' de diâmetro interno para 1, 2 e 4 espirais Concluída a operação

Leia mais

1ª RETIFICAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 413/2014 - CPL 04 SESACRE

1ª RETIFICAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 413/2014 - CPL 04 SESACRE 1ª RETIFICAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 413/2014 - CPL 04 SESACRE OBJETO: Aquisição de Equipamentos, Mobiliários, Eletroeletrônicos e Eletrodomésticos, para atender as Necessidades

Leia mais

CONTEÚDO: Capítulo 4. Válvulas Industriais. Email: vendas@jefferson.ind.br Fone: 016 3622-5744/3622-9851 Site: www.jefferson.ind.

CONTEÚDO: Capítulo 4. Válvulas Industriais. Email: vendas@jefferson.ind.br Fone: 016 3622-5744/3622-9851 Site: www.jefferson.ind. CONTEÚDO: Capítulo 4 Válvulas Industriais Email: vendas@jefferson.ind.br Fone: 016 3622-5744/3622-9851 Site: 1 VÁLVULAS DEFINIÇÃO: DISPOSITIVOS DESTINADOS A ESTABELECER, CONTROLAR E INTERROMPER O FLUXO

Leia mais

Conjunto gerador de hipoclorito de sódio

Conjunto gerador de hipoclorito de sódio Conjunto gerador de hipoclorito de sódio Modelo Clorotec 150 Manual de Operação e Instalação ISO 9001:2008 FM 601984 (BSI) Caro Cliente, Obrigado por escolher à Difiltro! Neste Manual você encontrará todas

Leia mais

Concurso Público para Cargos Técnico-Administrativos em Educação UNIFEI 13/06/2010

Concurso Público para Cargos Técnico-Administrativos em Educação UNIFEI 13/06/2010 Questão 21 Conhecimentos Específicos - Técnico em Mecânica A respeito das bombas centrífugas é correto afirmar: A. A vazão é praticamente constante, independentemente da pressão de recalque. B. Quanto

Leia mais

LINHA DE BALANÇAS WELMY, PROPORCIONANDO SOLUÇÕES PRECISAS E DE QUALIDADE PARA SEU NEGÓCIO.

LINHA DE BALANÇAS WELMY, PROPORCIONANDO SOLUÇÕES PRECISAS E DE QUALIDADE PARA SEU NEGÓCIO. Conteúdo Linha Precisão Balanças Eletrônicas Computadoras Balanças Linha Pesadora Balanças Computadoras Light Balanças Eletrônicas de Plataforma Balanças Eletrônicas de Plataforma Balanças Eletrônicas

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES TURBO ELÉTRICO PRP-5000 E PRP-2008 E PRP-2010EN PRP-2012EN. www.progas.com.br www.braesi.com.br

MANUAL DE INSTRUÇÕES TURBO ELÉTRICO PRP-5000 E PRP-2008 E PRP-2010EN PRP-2012EN. www.progas.com.br www.braesi.com.br MANUAL DE INSTRUÇÕES TURBO ELÉTRICO Progás Indústria Metalúrgica Ltda. Av. Eustáquio Mascarello, Desvio Rizzo Caxias do Sul RS Brasil Fone: 000.. www.progas.com.br e mail: progas@progas.com.br Data de

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DO ITEM R$

ESPECIFICAÇÃO DO ITEM R$ ANEXO 2 Planilha Orçamentária Estimativa de Quantitativos e Preços Máximos Global e Unitários LOTE ÚNICO ESPECIFICAÇÃO DO ITEM Qtde. Unitário R$ Total R$ 01 02 03 04 05 CHAVE NIVEL TIPO BOIA,ATUACAO: ALARME

Leia mais

Paquimetro Digital especial. (Métrico) 0,01 ± 0,05. (Polegada/Métrico) .0005/0,01 ± 0,05. Paquimetro Digital especial com face em metal duro

Paquimetro Digital especial. (Métrico) 0,01 ± 0,05. (Polegada/Métrico) .0005/0,01 ± 0,05. Paquimetro Digital especial com face em metal duro Paquimetro Digital especial (Métrico) 0,01 ± 0,05 (Polegada/Métrico) pol/.0005/0,01 ± 0,05 Paquimetro Digital especial com face em metal duro 0,01 ± 0,02 Paquimetro Especial Paquimetro com bico tipo Lâmina

Leia mais

PV-2200 MANUAL DE INSTRUÇÃO

PV-2200 MANUAL DE INSTRUÇÃO Pág.:1 MÁQUINA: MODELO: NÚMERO DE SÉRIE: ANO DE FABRICAÇÃO: O presente manual contém instruções para instalação e operação. Todas as instruções nele contidas devem ser rigorosamente seguidas do que dependem

Leia mais

VENTILADOR INDUSTRIAL

VENTILADOR INDUSTRIAL VENTILADOR INDUSTRIAL UM A M ARC A DO GRUPO ESPIRODUTOS DESCRIÇÃO E NOMENCLATURA VENTILADORES INDUSTRIAIS Diâmetro Fabricação Aspiração Rotor Empresa Ex: E L D I 560 Diâmetro da seleção Tipo de Fabricação

Leia mais

2) REATOR / BATEDEIRA / HOMOGENIZADOR 1) TANQUE DE INOX 3) REATOR / BATEDEIRA/ HOMOGENIZADOR 4) REATOR / BATEDEIRA / HOMOGENIZADOR 6) FUSOR 5) REATOR

2) REATOR / BATEDEIRA / HOMOGENIZADOR 1) TANQUE DE INOX 3) REATOR / BATEDEIRA/ HOMOGENIZADOR 4) REATOR / BATEDEIRA / HOMOGENIZADOR 6) FUSOR 5) REATOR 1) TANQUE DE INOX Agitação lateral por hélice naval. Variação de velocidade eletrônica. Saída do produto por válvula, na parte inferior. 2) REATOR / BATEDEIRA / HOMOGENIZADOR Estrutura de aço SAE 1.020,

Leia mais

CRONOGRAMA DE ENSAIOS DE PROFICIÊNCIA DA REDE - PREVISÃO DE INSCRIÇÕES

CRONOGRAMA DE ENSAIOS DE PROFICIÊNCIA DA REDE - PREVISÃO DE INSCRIÇÕES BENEFÍCIOS AOS PARTICIPANTES: Sistema de gestão que opera seguindo os requisitos da norma técnica ISO/IEC 17043; Programas concluídos cadastrados na base de dados internacional EPTIS European Proficiency

Leia mais

7 FURAÇÃO. 7.1 Furadeira

7 FURAÇÃO. 7.1 Furadeira 1 7 FURAÇÃO 7.1 Furadeira A furadeira é a máquina ferramenta empregada, em geral, para abrir furos utilizando-se de uma broca como ferramenta de corte. É considerada uma máquina ferramenta especializada

Leia mais

ME-9 MÉTODOS DE ENSAIO ÍNDICE DE SUPORTE CALIFÓRNIA DE SOLOS

ME-9 MÉTODOS DE ENSAIO ÍNDICE DE SUPORTE CALIFÓRNIA DE SOLOS ME-9 MÉTODOS DE ENSAIO DOCUMENTO DE CIRCULAÇÃO EXTERNA 1 ÍNDICE PÁG. 1. INTRODUÇÃO...3 2. OBJETIVO...3 3. S E NORMAS COMPLEMENTARES...3 4. APARELHAGEM...4 5. ENERGIAS DE COMPACTAÇÃO...7 6. EXECUÇÃO DO

Leia mais

Número PE022/2015. Fornecedor. Pregão. Item Descrição do Material UF Quantidade Preço Unitário Preço Total Marca / Modelo Prazo Entrega

Número PE022/2015. Fornecedor. Pregão. Item Descrição do Material UF Quantidade Preço Unitário Preço Total Marca / Modelo Prazo Entrega Folha 1 UNIVERSIDADE DO SUDOESTE DA - CAMPUS VITORIA DA CO 1 ALICATE, universal, de 8 polegadas, em aco, cabo com isolacao para 1000 volts e em conformidade com norma ABNT NBR vigente no que diz respeito

Leia mais

GVS GABINETES DE VENTILAÇÃO TIPO SIROCCO

GVS GABINETES DE VENTILAÇÃO TIPO SIROCCO GABINETES DE VENTILAÇÃO TIPO SIROCCO CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS INTRODUÇÃO Os gabinetes de ventilação da linha são equipados com ventiladores de pás curvadas para frente (tipo "sirocco"), de dupla aspiração

Leia mais

PTR 13530-P PTR 17530-P

PTR 13530-P PTR 17530-P DESCRITIVO TÉCNICO Linha P -22/02/12 Rev. I PRENSA DOBRADEIRA HIDRÁULICA SINCRONIZADA marca NGP mod. P Especificações Técnicas: Descrição Unid 4020-P 13530-P 17530-P 22030-P 26030-P 32030-P 40040-P Força

Leia mais

Manual Técnico. Ventilador de Conforto Industrial

Manual Técnico. Ventilador de Conforto Industrial Manual Técnico Aeroville Equipamentos Industriais Rua Otto Max Petersen, 158 Bairro Aventureiro CEP 89226-250 Joinville SC. www.aeroville.com.br aeroville@aeroville.com.br Fone: (47) 3419-0004 Fax: (47)

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 1. ESTRUTURA E BLINDAGEM DOS MODULOS 1.1 - Estruturas Laterais Externas Deverão ser confeccionadas em chapa de aço SAE1010 #18, com varias dobras formando colunas, sem quinas ou

Leia mais

DTGHV_20130524. Características e especificações técnicas sujeitas a alterações sem prévio aviso./ Fotos meramente ilustrativas. pág.

DTGHV_20130524. Características e especificações técnicas sujeitas a alterações sem prévio aviso./ Fotos meramente ilustrativas. pág. DT_20130524 GUILHOTINA HIDRÁULICA DE ÂNGULO VARIÁVEL MARCA NEWTON LINHA Características e especificações técnicas sujeitas a alterações sem prévio aviso./ Fotos meramente ilustrativas. pág. 1/5 DT_20130524

Leia mais

ESCOPO DO LABORATORIO

ESCOPO DO LABORATORIO Haste Padrão parã Micrômetro Externo âté 500 mm Paquímetro Micrômetro Externo Relógio Apalpador Milesimal / Centesimal até 25 mm Paquímetro Medidor de Altura Bloco Padrão Calibrador Anel de Rosca Paralela

Leia mais

Especifi cação técnica Pavimentadora de Concreto SP 850

Especifi cação técnica Pavimentadora de Concreto SP 850 Especifi cação técnica Pavimentadora de Concreto SP 850 Especificação técnica Pavimentadora de concreto SP 850 Vibradores e circuitos Vibração elétrica 24 conexões Vibradores acionados eletricamente Curvos

Leia mais

Curso de Engenharia de Produção. Manutenção dos Sistemas de Produção

Curso de Engenharia de Produção. Manutenção dos Sistemas de Produção Curso de Engenharia de Produção Manutenção dos Sistemas de Produção Introdução: A manutenção preditiva é a primeira grande quebra de paradigma nos tipos de manutenção. No Brasil a aplicação é pequena apenas

Leia mais

KMC DO BRASIL. Estabelecida no Brasil desde 1998 a KMC do Brasil consiste em uma empresa de

KMC DO BRASIL. Estabelecida no Brasil desde 1998 a KMC do Brasil consiste em uma empresa de KMC DO BRASIL Estabelecida no Brasil desde 1998 a KMC do Brasil consiste em uma empresa de desenvolvimento tecnológico em equipamentos para a reparação automotiva. Suas atividades principais se concentram

Leia mais

DESCRITIVO TÉCNICO. 1 Alimentador

DESCRITIVO TÉCNICO. 1 Alimentador DESCRITIVO TÉCNICO Nome Equipamento: Máquina automática para corte de silício 45º e perna central até 400 mm largura Código: MQ-0039-NEP Código Finame: *** Classificação Fiscal: 8462.39.0101 1 Alimentador

Leia mais

sapatas de 500mm sapatas de 600mm sapatas de 700mm sapatas de 800mm

sapatas de 500mm sapatas de 600mm sapatas de 700mm sapatas de 800mm sapatas de 500mm sapatas de 600mm sapatas de 700mm sapatas de 800mm Válvula de controle combinados a Válvula de Alívio Lança/Braço/ Freio hidrostático, Redução planetária. 12.9rpm. Grande diâmetro Acionado

Leia mais

Equipamento para Ensaio de Redução sob Carga RUL e Colagem Automatizado

Equipamento para Ensaio de Redução sob Carga RUL e Colagem Automatizado Equipamento para Ensaio de Redução sob Carga RUL e Colagem Automatizado O Equipamento para Ensaio de Redução sob Carga RUL e Colagem AN3230 foi desenvolvido para a realização de ensaios de pelotas de minério

Leia mais

Ferramentas especiais e de medição

Ferramentas especiais e de medição Ferramentas especiais e de medição COMPASSOS (INTERNO / EXTERNO / DE PONTA) CAIBRE DE FOGA CAIBRE DE ROSCA IMA PARA ROSCAS PAQUÍMETRO DIGITA ARCOS DE SERRA PARA META PINÇAS (PONTAS CURVAS / RETAS) PINÇA

Leia mais

CATÁLOGO TÉCNICO COMPRESSOR - MSA 8.1/25 - WTA 8.1/25-1 ESTÁGIO - 116 psig CSA 8.5/25-1 ESTÁGIO - 120 psig

CATÁLOGO TÉCNICO COMPRESSOR - MSA 8.1/25 - WTA 8.1/25-1 ESTÁGIO - 116 psig CSA 8.5/25-1 ESTÁGIO - 120 psig CT MSA./2 WTA./2 CSA./2 CATÁLOGO TÉCNICO COMPRESSOR MSA./2 WTA./2 ESTÁGIO psig CSA./2 ESTÁGIO psig TÉRMINO DE COMERCIALIZAÇÃO ABRIL/ (PRODUTO 0% IMPORTADO) MSA./2 TÉRMINO DE FABRICAÇÃO NOVEMBRO/ WAYNE

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Motores Aplicações Comerciais e Residenciais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Motores Aplicações Comerciais e Residenciais Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Motores Aplicações Comerciais e Residenciais -- Aplicações Comerciais e Residenciais Eficiência e confiabilidade para a indústria Fundada em

Leia mais

VENTILADORES. Aspectos gerais. Detalhes construtivos. Ventiladores

VENTILADORES. Aspectos gerais. Detalhes construtivos. Ventiladores VENTILADORES Aspectos gerais As unidades de ventilação modelo BBS, com ventiladores centrífugos de pás curvadas para frente, e BBL, com ventiladores centrífugos de pás curvadas para trás, são fruto de

Leia mais

GUINDASTE SOBRE CAMINHÃO STC1300. Capacidade de Elevação 130t

GUINDASTE SOBRE CAMINHÃO STC1300. Capacidade de Elevação 130t GUINDASTE SOBRE CAMINHÃO STC1300 Capacidade de Elevação 130t PÁGINA 01 GUINDASTE SOBRE CAMINHÃO STC1300 Comprimento da extensão total da lança principal de 60m, perfil U, placa de aço WELDOX de alta resistência.

Leia mais

UM A M ARC A DO GRUPO ESPIRODUTOS

UM A M ARC A DO GRUPO ESPIRODUTOS VENTILADORES AXIAL UM A M ARC A DO GRUPO ESPIRODUTOS DESCRIÇÃO E NOMENCLATURA DE VENTILADORES AXIAL Diâmetro Fabricação Aspiração Rotor Empresa Ex: EAFN 500 Diâmetro da seleção Tipo de Fabricação G = Gabinete

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO N 003/2013 EMBAP PROCESSO N 11.897.915-0 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

PREGÃO ELETRÔNICO N 003/2013 EMBAP PROCESSO N 11.897.915-0 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO 1.1. O presente tem por objeto a aquisição de mobiliário, máquinas e ferramentas para atelier de escultura e gravura, com garantia e assistência técnica, conforme

Leia mais

Sumário 1. MÁQUINAS CONVENCIONAIS...06 2. MÁQUINAS CNC...23

Sumário 1. MÁQUINAS CONVENCIONAIS...06 2. MÁQUINAS CNC...23 Sumário 1. MÁQUINAS CONVENCIONAIS...06 1.1 Fresadoras Ferramenteiras...07 1.2 Tornos Universais...09 1.2.1 Tornos Leves...09 1.2.2 Tornos Médios...11 1.2.3 Tornos Pesados...13 1.3 Furadeiras Radiais...15

Leia mais

Acionamento elétrico 4X4 Acionamento elétrico do sistema de tração 4x4 e reduzida com luz indicadora do sistema acionado (nas versões 4x4).

Acionamento elétrico 4X4 Acionamento elétrico do sistema de tração 4x4 e reduzida com luz indicadora do sistema acionado (nas versões 4x4). S10 Colina Disponível nas versões cabine simples ou dupla e equipada com o motor 2.8L Turbo Diesel Eletrônico MWM, a camionete Chevrolet S10 Colina tem freios ABS nas quatro rodas, acionamento elétrico

Leia mais

ANEXO II ESPECIFICAÇÕES DOS EQUIPAMENTOS E ROTINAS DE MANUTENÇÃO ED. SEDE ELEVADORES ATLAS SCHINDLER

ANEXO II ESPECIFICAÇÕES DOS EQUIPAMENTOS E ROTINAS DE MANUTENÇÃO ED. SEDE ELEVADORES ATLAS SCHINDLER ANEXO II ESPECIFICAÇÕES DOS EQUIPAMENTOS E ROTINAS DE MANUTENÇÃO 1. Identificação: ED. SEDE ELEVADORES ATLAS SCHINDLER 1.1. Elevador nº 1 Uso privativo dos juízes 1.2. Elevador nº 2 Uso de Serviço (Cargas)

Leia mais

Linha de TECNOLOGIA PARA CONCRETO

Linha de TECNOLOGIA PARA CONCRETO Linha de TECNOLOGIA PARA CONCRETO 2010 2 Cortadora de Pisos HCC14 I HCC16 O design da Cortadora de Pisos Menegotti foi desenvolvido para aumentar a performance, força e vida útil do produto. É um equipamento

Leia mais