Manual de procedimentos de realização de vistorias

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual de procedimentos de realização de vistorias"

Transcrição

1 Manual de procedimentos de realização de vistorias AUTOMÓVEIS Versão 01 04/13 MANUAL OPERACIONAL DE REGULAÇÃO DE SINISTROS 1

2 ATUAÇÃO NA REALIZAÇÃO PRAZO PARA ATENDIMENTO A vistoria solicitada deverá ser realizada no prazo máximo de; - 24 horas nas regiões metropolitanas e cidades onde as reguladoras possuem peritos fixos, (conforme contrato) horas nas demais cidades. Em caso de veiculo ausente é obrigatório o retorno do perito no próximo dia útil, sendo de extrema importância o carimbo e assinatura da oficina no protocolo da reguladora,constando a data, o nome, telefone e da pessoa que confirmou a ausência do veiculo, que deverá constar em sistema Audatex a foto do protocolo de forma legível. A reguladora deverá verificar no sistema se consta nova data do agendamento, em alguns casos o próprio segurado já solicita a alteração de data. Obs.: Quando a vistoria não for realizada (Frustrada ou falta de tempo), deverá ser lançado no comentário que a vistoria não foi realizada (MOTIVO) e a data do reagendamento. Estas vistorias devem ser realizadas em caráter prioritário no dia seguinte PRIMEIRO HORÁRIO. A não realização da vistoria no prazo máximo acarretará na aplicação de multa de acordo com o contrato de prestação de serviços. Autorização de reparos Visando dar maior agilidade nos atendimento aos nossos segurados, e maior produtividade na análise dos processos, informamos que os senhores terão autonomia para autorizar os reparos nos veículos dos nossos sinistros no momento da realização das vistorias, respeitando o status descrito no sistema SOL. Os comentários sobre a autorização dos reparos pelo regulador na oficina ficam disponíveis no sistema da seguradora quando a mesma é transmitida com carimbo AUTORIZADO e data de conclusão preenchida, desta forma, estes relatos são integrados ao sistema SOL automaticamente, não sendo mais necessária a inclusão manual pelo regulador ou perito. Esta autonomia aplica-se para TODOS os sinistros independente de estar em oficinas credenciadas ou não, EXCETO para os casos que se enquadrarem nas condições abaixo: MANUAL OPERACIONAL DE REGULAÇÃO DE SINISTROS 2

3 Exemplos de motivos da não Autorização: Cobertura técnica pendente; Orçamento com valor superior a alçada da reguladora; Não houve acordo de mão-de-obra ou desconto de peças com a oficina. 1- Apólice em emissão; Verificar se os dados da apólice encontram-se na nota de cobertura do Audatex Quando a apólice está emitida "sempre" aparece o número e vigência, se os campos destacados abaixo estiverem em branco, a apólice está em emissão. 2- Se o veículo for Caminhão; MANUAL OPERACIONAL DE REGULAÇÃO DE SINISTROS 3

4 3- Se não houver acerto no valor de mão-de-obra, considerando nossos valores. O regulador deverá informar o valor e lançar em referencia Oficina particular Referenciada não Imagem: R$ 25,00 /R$ 34, Oficina particular não Referenciada : R$ 25,00 /R$ 32, Concessionária linhas Nacionais ( VW,GM,FIAT, FORD, RENAULT E PEUGEOT ) : R$ 30,00 /R$ 40, Concessionária Linhas Importadas: R$ 40,00 /R$ 45, Oficina Imagem: R$ 30,00 /R$ 40,00 4- Prejuízos acima de 65% do valor do veículo (deverá proceder com procedimento de Indenização Integral). Não incluir o fornecimento de peças para tais casos. 5- Danos de alagamento nos quais a água atingir o painel de instrumento 6 - Quando tratar-se de sinistro de terceiro e a vistoria no veículo do segurado (constatação ou não) ainda não tiver sido realizada. Vistoria Inicial O comentário do perito deve ser realizado de forma clara e objetiva,o perito deve detalhar muito bem a parte mecânica em vistoria inicial EXEMPLO: VISTORIA INICIAL REALIZADA, COM REPAROS XXXXXXXX MOTIVO: xxxxxxxx (descrever motivo).comentar SOBRE POSSIVEIS AVARIAS DE MECANICA RELATAR POSSIVEIS VESTIGIO DE COR VERIFICIAR SE OS DANOS SÃO RECENTES OU ANTIGO, VERIFICAR SE O VEICULO ENTROU NA OFICINA RODANDO OU DE GUINCHO E PRINCIPALMENTE A DATA QUE O VEICULO ENTROU NA OFICINA VISTORIA ENCAMINHADA A SEGURADORA PARA ANALISE INTERNA. Vistorias de Mecânica Nas vistorias de mecânica o perito deve incluir as peças avariadas prevista em regulação inicial, lembrando a importância de excluir peças avaliadas como estimativa em vistoria inicial, porém após a desmontagem não foram constatados danos. Agravando assim nossa reserva,e inclusive o custo médio da reguladora. Obrigatório realizar uma revistoria detalhada no veiculo, sempre fotografando o veiculo em reparos, sucatas quando disponíveis e principalmente as peças aplicadas no veiculo atentando-se a originalidade das mesmas. MANUAL OPERACIONAL DE REGULAÇÃO DE SINISTROS 4

5 Procedimentos para retornos vistorias Retorno da vistoria à Zurich As perícias deverão ser transmitidas, via Audatex, com o visto do supervisor da prestadora com ok e de acordo ou citando alguma informação relevante sobre o sinistro, tais como: Avaliação a parte. Não acordo. Note: Caso haja alteração de orçamento, pegar nova ciência da oficina no orçamento atualizado. Vistorias complementares O perito deverá orientar as oficinas para que os pedidos de complemento de vistoria sejam solicitados pelo site ou pelo fone Não acordo Para veículos em garantia em concessionária da marca o perito deverá mencionar a diferença em comentários informando o motivo do não acordo, sendo de automonia exclusiva do supervisor da prestadora liberar um adicional definido junto a coordenação da reguladora e sempre justificar através da planilha que deverá ser encaminhada semanalmente a Cia. Em caso de veiculo fora de garantia em concessionária da Marca o perito deverá mencionar a diferença em comentários informando o motivo, onde o supervisor não tem autonomia para liberação de qualquer diferença.salvo os casos tratados no ato da vistoria via fone com a Cia, entretanto o perito deverá mencionar em orçamento o nome da pessoa que autorizou o ajuste. Todos os casos em que houver não acordo com a oficina particular o perito deverá fixar os valores, independente da diferença, para que analise da Zurich, avaliar a diferença em custo 2 Telefone Cia para tratativa de não acordo e também nos fones abaixo. PERITOS TELEFONE Rodrigo Alessandro Adriano Pedro João Willia André Kleberson MANUAL OPERACIONAL DE REGULAÇÃO DE SINISTROS 5

6 PROCEDIMENTOS DE FOTOS 1) Após a certificação do veículo, o perito deverá fotografar o número do chassi de forma legível Obs: Não poderá ser numeração dos vidros. 2) O perito deverá fotografar o veículo a parte traseira 45º identificando a placa traseira, outra foto 45º da parte frontal, foto da km do veículo OBRIGATÓRIO, as demais dos danos para o ajuste de reparos. 3) Escanear ou tirar fotos dos documentos DUT / CNH / BOLETIM DE OCORRÊNCIA (se disponível na oficina) e enviar junto com as fotos do veículo pelo sistema de orçamentação eletrônica. MANUAL OPERACIONAL DE REGULAÇÃO DE SINISTROS 6

7 4) Sempre que preencher o cadastro (endereço, nome, telefone, ) tais itens deverá ser conferido junto ao representante da oficina e incluso no orçamento eletrônico, deverá constar o número do aviso e não o número do sinistro. 5) O perito deverá certificar-se junto à oficina se ela possui CPNJ, nota fiscal de serviços e notas fiscais de peças, se não possuir, somente ajustar o orçamento informando tal pendência á seguradora. 6) O Perito deve informar no campo comentários dos orçamentos: Número do aviso de sinistro; Se os documentos DUT / CNH / BOLETIM DE OCORRÊNCIA estavam no veículo (não há necessidade do recolhimento dos mesmos); Telefone/fax e da oficina. O é fundamental para posterior autorização de reparos por parte da Seguradora quando não autorizado pela vistoriador; Citar que todo e qualquer pedido de complemento deve ser solicitado diretamente à Seguradora, através da central de atendimento; ( ) Para agendamento de vistorias complementares, a oficina deverá realizar através do site (www.zurich.com.br) opção fale conosco (Oficinas/Outros fornecedores). Obs.: o pedido de complemento deverá ser solicitado somente após a conclusão do serviço de funilaria. 7) Analisar o nexo causal com a narrativa do acidente anotando as observações necessárias; 8) Realizar o ajuste de orçamento, conferindo com o elaborado pela oficina e a descrição do aviso de sinistro; 9) Negociar tempos de reparos conforme tabela tempária do Audatex; 10) Ajustar o custo de mão de obra e desconto de peças, conforme tabela fornecida pela Zurich Minas Brasil Seguradora. 11) As peças em observação e respectivos custos por estimativa visual de mecânica devem ser indicados em orçamento como referência E (Estimativa) no máximo 10% do valor total do orçamento, sendo de obrigação do perito definir a real necessidade da avaliação. O regulador deve sempre incluir em comentário a informação de que as peças relacionadas em orçamento como E tratam-se de peças em observação e/ou estimativa de mecânica. Lembrando-se de excluir em vistoria de mecânica as peças que não foram constatadas avarias após a desmontagem, pois agrava a reserva técnica da Cia, e principalmente o custo médio da reguladora. Importante: Atenção para a elaboração da estimativa de mecânica, pois, estas são adicionadas ao valor da reserva de sinistros da seguradora e o Custo Médio Danos não cobertos: quando existir danos no veículo e estes não for coerentes com a descrição do sinistro, o perito deverá informar no campo de observações do Audatex quais peças não foram ajustadas e seu motivo (Ex: pára-brisa com impacto de objeto pontiagudo/pedra e este não possui relação com o sinistro por apresentar dano localizado e o evento de sinistro estar localizado à parte traseira do veículo) Importante: Registrar este tipo de avaria (DNC). MANUAL OPERACIONAL DE REGULAÇÃO DE SINISTROS 7

8 12) Conferência de preços e codigos de peças e veículos não cadastrados no Audatex (importados, caminhões, motos, etc.). A Cia não utiliza a versão Audapad. Importante: A responsabilidade do perito vai além da tarefa de identificar as peças passíveis de troca ou reparação. Determinar o valor do prejuízo envolve verificar todos os possíveis meios de diminuir o prejuízo da seguradora. Desta forma, a devida conferência de preços de peças de veículos não cadastrados no Audatex são de responsabilidade do perito. 13) Para os sinistros cujo percentual de reparos estiver entre 65 e 74% do valor contratado (VMR ou Determinado): Vistorias iniciais - veículo Segurado: Até 65% do valor do veículo baseado na tabela FIPE do mês da regulação do sinistro em caso de cobertura VMR (valor de mercado referenciado), (exceto caminhões), sem ressalva que posteriormente venha a ultrapassar esse valor e com análise de cobertura OK. Vistorias complementares - veículo Segurado: Até 65% do valor do veículo baseado na tabela FIPE do mês da regulação do sinistro em caso de cobertura VMR (valor de mercado referenciado), (exceto caminhões) e ou terceiro (exceto caminhões), desde que os reparos iniciais já estejam autorizados. Importante: Para sinistros de caminhões segurados ou terceiros, não haverá a autorização de reparos quando da vistoria inicial, independente do valor. Importante: Quando os danos reclamados são procedentes com o evento de sinistro e os reparos iniciais já estejam autorizados, a reguladora deve proceder com a sequência da autorização dos reparos também na vistoria complementar, desde que o percentual de reparos não supere 65% do valor do veículo (conforme item anterior) e/ou ser um sinistro de caminhão. Nos casos de sinistros das categorias de passeio nacional e importado, pick-ups, nacionais e importadas, motos e assemelhados, a quantidade de complementos não poderá exceder a dois, sendo o ideal apenas um retorno. A reguladora e/ou perito sempre deverá, na vistoria inicial, instruir a oficina a pedir complementos somente após a conclusão do serviço de funilaria. Tipos de Vistorias quando da Transmissão do Orçamento para a Seguradora: 1ª vistoria (vistoria inicial): enviar sempre como Sinistro; 2ª vistoria (1ª versão): enviar sempre como Mecânica; 3ª vistoria em diante (2ª versão): enviar sempre como Complementar (qualquer versão após a vistoria de mecânica). Obs.: Quando já autorizado os reparos, é proibida a alteração do valor/hora, somente a quantidade de horas, desde que devidamente justificado no campo de observações do orçamento. 14) Em ajuste para RCV, o perito deverá observar se a descrição do acidente condiz com as avarias do veículo, caso contrário o perito deverá relatar a informação em sistema.lembrando que para todos os casos de veículos terceiros os reparos deverão ser fixados para analise da Cia. 15) Para a devida autorização dos reparos, o processo deverá estar de acordo com a documentação e seguindo as instruções quando do pedido da vistoria, selando e lacrando as peças que foram danificadas no sinistro. Os lacres serão fornecidos pela seguradora. MANUAL OPERACIONAL DE REGULAÇÃO DE SINISTROS 8

9 16) Vistorias em Veículos: Carro de passeios: Especificar o modelo exato do veículo, potência e acessórios (som, kit gás, banco de couro e outros); Motos: Especificar o modelo, ano fabricação, potência ou cilindrado e acessório; Caminhão: Especificar o modelo exato, alterações em motor, cambio, cabine, eixos, kit cara preta e acessórios. Importante: Detalhar os acessórios e informar sobre possíveis avarias nos mesmos. 17) Vistorias em Carrocerias Especificar o modelo/marca, fabricante e as dimensões (altura, largura e comprimento), tipo de material da carroceria (madeira, alumínio ou aço). No caso de vistoria de carroceria, a própria reguladora deverá gerar um novo lote, com mesmo número de sinistro, realizar a vistoria neste novo lote e transmitir para a seguradora. 18) Vistorias em Equipamentos Especificar o tipo de equipamento, fabricante, marca e o modelo: Termo King, Muk, Kit gás e outros. No caso de vistoria de equipamentos, também deverá gerar um novo lote, com mesmo número de sinistro, realizar a vistoria neste novo lote e transmitir para a seguradora. PROCESSOS AUTORIZADOS PROCESSOS AUTORIZADOS DENTRO DA ALÇADA DA REGULADORA Os orçamentos deverão ser enviados pelo sistema Audatex com o carimbo: AUTORIZADO, com o status de CONCLUÍDO e com data de conclusão. Após esse recebimento, as peças serão solicitadas ao prestador de fornecimento, automaticamente, pelo sistema da Zurich. Destacamos a importância da priorização de transmissão destes orçamentos e que os dados, carimbos e status estejam corretos. PROCESSOS NÃO AUTORIZADOS Os orçamentos somente ajustados / fixados (não autorizados) deverão ser enviados pelo sistema Audatex com o carimbo: NÃO AUTORIZADO, com o status de CONCLUÍDO e com data de conclusão. UTILIZAÇÃO DE CARIMBOS 01 - Autorizado: quando a cobertura estiver definida e dentro da alçada da reguladora. Este carimbo é muito importante para gerar pedido de peça automaticamente quando houver; 02 - Não Autorizado: quando não estiver com cobertura definida, fora da alçada ou quando necessitar de análise interna da seguradora; 04 - Constatação realizada: quando tratar de vistoria de constatação solicitada pela seguradora; MANUAL OPERACIONAL DE REGULAÇÃO DE SINISTROS 9

10 07 - Veículo Ausente: quando perito comparecer à oficina e não encontrar o veículo para realização da vistoria. Será necessário um comprovante assinado pelo responsável da mesma; 13 - Constatação Local: quando tratar de vistoria realizada no local do acidente; 21 - Orçamento em elaboração: quando perito comparecer na oficina e não encontrar o orçamento elaborador pela oficina. Também será necessário um comprovante assinado pelo responsável da mesma.identificar o veiculo É obrigatório o preenchimento do campo vistoria e conclusão, independente do status e da vistoria. Ex: veículo ausente. CLAUSULA 53. ISENÇÃO DE FRANQUIA O regulador deverá ficar atento quando na nota de cobertura (clausulas contratadas) aparecer a Cláusula 53, o segurado é isento do pagamento da franquia. Importante: O benefício somente será concedido quando o valor dos reparos ultrapassarem o valor da franquia. MANUAL OPERACIONAL DE REGULAÇÃO DE SINISTROS 10

11 CLÁUSULA 14 AVARIAS PRÉVIA Sempre que houver o registro na nota de cobertura (clausulas contratadas) conforme print abaixo, o perito deverá ajustar o orçamento e informar que o veículo possui avarias prévias. Print da tela com a informação sobre avaria prévia. MANUAL OPERACIONAL DE REGULAÇÃO DE SINISTROS 11

12 FORNECIMENTO DE PEÇAS Faremos o fornecimento de peças para todo o Brasil (exceto região Norte), onde as oficinas e as reguladoras devem alocar o F no sistema Audatex e enviar para a Zurich. Caso a oficina não aceite o fornecimento de peças da Cia, aplicar o fornecimento e elaborar o não acordo. ****** Importante ***** Durante o ajuste do orçamento, o perito deverá observar a possibilidade da utilização de peças originais, tais como: faróis, lanternas, condensadores, radiadores, vidros, retrovisores e eletro-ventiladores, fazendo a cotação junto aos fornecedores da região sendo que o perito devera alterar o valor do orçamento desde que compense os valores e incluir o fornecimento para Cia. Procedimentos para aplicação do fornecimento de peças: (buchas, etiquetas, arruelas, grampos, revestimentos/acabamentos, óleos em geral, kit cola, fornecimento por parte da oficina.) Em concessionária não há fornecimento de peças; Toda peça a ser fornecida pela seguradora deverá constar no orçamento autorizado com a letra (F), o orçamento deverá ser transmitido para a seguradora, pois, haverá a solicitação das peças, via sistema. Para os veículos com + de 10 anos de fabricação, o fornecimento de peças deverá ser autorizado para a oficina, lembrando que o perito deverá cotar as peças no mercado especializado, negociando o valor com a oficina. Em caso de peças em que o fornecimento será autorizado para a oficina com o objetivo do valor dos reparos atingirem o valor da franquia, o perito deverá seguir as normas de desconto (percentual) da seguradora. O prioritário que o perito negocie junto à oficina a recuperação de peças, ajustando o valor até o percentual limite (Maximo é 30% do valor liquido da peça). A substituição das mesmas será autorizada se for comprovada a real necessidade, SEMPRE AVALIANDO EM HORAS A NEGOCIAÇÃO. Caso a peça não seja encontrada no mercado para reposição, a informação deverá estar postada no campo de observações do orçamento. Os valores pré-fixados para os percentuais a serem registrados no orçamento para a oficina são: Linha FIAT Linha VW Linha GM Linha FORD Outras Linhas 25% 10% 25% 15% Negociar Obs.: Estes percentuais são referenciais mínimos. Se a reguladora conseguir melhores descontos, de acordo com cada região, estes devem ser aplicados. EXEMPLO PARA REALIZAÇÃO DE VISTORIA COMPLEMENTAR O veículo deverá ser fotografado em reparo de funilaria (Lanternagem) A sucata deverá ser fotografada na vistoria complementar ordenadamente só após será fotografado as peças de mecânica como um todo e depois detalhadamente e inclusas no Audatex. Fotos escuras e sem foco necessário para identificação, não será necessário inclusão do laudo. Padrão a seguir: MANUAL OPERACIONAL DE REGULAÇÃO DE SINISTROS 12

13 MANUAL OPERACIONAL DE REGULAÇÃO DE SINISTROS 13

14 MANUAL OPERACIONAL DE REGULAÇÃO DE SINISTROS 14

15 MANUAL OPERACIONAL DE REGULAÇÃO DE SINISTROS 15

16 MANUAL OPERACIONAL DE REGULAÇÃO DE SINISTROS 16

17 MANUAL OPERACIONAL DE REGULAÇÃO DE SINISTROS 17

18 SINISTRO DE ENCHENTE / INUNDAÇÃO a) Nos casos em que o nível da água atingir o painel de instrumentos do veículo, a indenização integral do veículo deverá ser caracterizada e, desta forma, deve ser averiguado pelo perito a extensão real dos danos e registrá-los através de fotos. b) Preencher o laudo de salvado no sistema e de imediato autorizar uma higienização interna do veículo, troca do óleo e filtro para a preservação do bem. Esta autorização independe da cobertura ou não do sinistro. O valor deste serviço esta entre R$ 180,00 a R$ 450,00 dependendo da região, sendo de responsabilidade do perito efetuar a melhor negociação possível. c) Para os casos em que somente o assoalho do veículo foi atingido pelo nível de água, o perito deve verificar a existência de módulos ou componentes eletrônicos localizados nesta parte do veículo, evitando-se futuros complementos que venham decretar a tardia indenização integral do veículo. Na existência destes componentes, efetuar a avaliação e, caso se concretize a indenização integral, proceder de acordo com o item a. d) No caso da não existência dos componentes e a certeza de que o veículo não se trata de indenização integral, deverá ser avaliada a troca dos feltros e carpete do veículo. Caso a oficina pleiteie somente a higienização destes itens, a mesma deverá fornecer um termo de garantia ao cliente, pois, existe o grande risco do veículo apresentar, posteriormente, odores em sua parte interna e isto gerar reclamação posterior. e) Para os casos de calço hidráulico, o perito deverá seguir os critérios abaixo: 1. Averiguar o aviso de sinistro atentando-se aos seguintes fatos: Veículo estacionado e com o motor desligado; Veículo em movimento e o condutor tentaram partida do motor após a entrada do veículo na enchente; 2. Verificar a presença de sujeira, principalmente na região das correias e polias; 3. Verificar a presença de água no filtro de ar; 4. Examinar se o óleo do motor está contaminado com água; 5. Remover as velas de ignição e providenciar o giro do motor para remover a água existente na câmara de combustão (se for o caso) Importante: Nunca proceda ao giro do motor sem que as velas do motor sejam retiradas (isto se aplica a motores do ciclo Otto, pois, motores Diesel não apresentam velas de ignição); 6. Comparar a altura dos pistões para verificação de danos às bielas; 7. Se for constatado, aparentemente, que não há danos às bielas, autorizar a limpeza do sistema de lubrificação, troca de óleo e filtros e solicitar a medição da taxa de compressão; MANUAL OPERACIONAL DE REGULAÇÃO DE SINISTROS 18

19 8. Para os casos de veículos providos de transmissão automática, o perito deve verificar se existiu contaminação do óleo do câmbio, solicitando o escoamento do mesmo; 9. Caso o bloco do motor esteja com fratura, realizar o orçamento para averiguações dos valores; 10. Caso constatado o calço hidráulico, autorizar a desmontagem do motor para realização do orçamento. Neste momento, acertar com a oficina os valores de mão de obra; 11. Sempre avaliar o reparo do motor comparando a substituição das partes internas e a troca do motor parcial, isto para os casos onde não tenha existido a fratura do bloco do motor; 12. Sempre que necessário á substituição de bielas e pistões, autorizar a troca do jogo completo e, caso a oficina afirme não ser necessário, a mesma deverá fornecer termo de garantia ao proprietário se responsabilizando por problemas futuros. PNEUS E RODAS Quando reclamado o pneu e detectado pelo perito que a avaria neste item é consequência de sinistro coberto, o perito deverá fotografá-lo demonstrando os danos. Informar a marca, modelo, largura, perfil/altura e aro (Ex.: Pirelli Cinturado R 13). Obs.: em caso de reembolso ao cliente, a nota fiscal bem como os dados bancários do segurado deverão ser encaminhados à seguradora através do fax nº (31) ou via Aros de rodas só devem ser liberados para reparo em caso de polimento ou pintura, pois, para os casos de perda de material, deve-se autorizar a substituição da substituição da mesma. ACESSORIOS Itens que não são de série do veículo, são considerados como acessórios. Não deverão ser liberados, mesmo que a cobertura técnica esteja definida e o processo apto a ser autorizado. O perito deverá enviar a vistoria concluída, com o status não autorizado, com comentário para avaliação do acessório, procedimento este aplicado a veículos segurados e, portanto, não aplicáveis à veículos de terceiros. SERVIÇOS TERCEIRIZADOS Alinhamento de direção: Até 2hs de mecânica R$ 150,00 ou avaliar de acordo com a região Carga de gás: Pintura ou Polimento de R$ 120,00 (média de valor) Rodas: Borracheiro ( pico) R$ 20,00 MANUAL OPERACIONAL DE REGULAÇÃO DE SINISTROS 19

20 PROCESSOS PASSÍVEIS DE INDENIZAÇÃO INTEGRAL Após o ajuste de orçamento, este for superior ao percentual de 65%, da IS ou VMR, o perito deverá tirar o decalque de chassi e decalque do motor ( OBRIGATORIO ) A prestadora deverá enviar 02 decalques do número do chassi e 2 decalques do número do motor Os decalques deverão ser enviados, semanalmente, para a seguradora aos Cuidados de André Palmieri. O perito deverá preencher o Laudo de PT no sistema AUDATEX, ficando a conclusão do tipo de perda a cargo da seguradora. O número do motor deverá ser informado no laudo de PT no sistema Audatex. Quando não houver possibilidade, o perito devera autorizar a desmontagem dos componentes sendo o valor máximo para tal procedimento de R$ 200,00, podendo ser autorizado no ato, desde justificado quais os componentes a serem desmontado e a procedência da necessidade. A reguladora devera agendar o retorno para constatação do numero Para incluir as informações, entrar no laudo de salvado; clicar no botão de Informações Adicionais; clicar na barra de obs e adicionar o comentário conforme exemplo abaixo. MANUAL OPERACIONAL DE REGULAÇÃO DE SINISTROS 20

21 ATENÇÃO: não será permitida somente a foto do número do motor, será necessário também informar a numeração do mesmo. Obs.: O perito não deve afirmar para a oficina e ou proprietário que a indenização integral está caracterizada, ficando está informação a cargo da seguradora. VISTORIAS PARA CAMINHÕES O perito deverá relacionar o número da peça com o nome correto. (Exemplo: Suporte, este deverá ser relatado que tipo de suporte é onde fica). Quando ocorrer danos na cabine o perito deverá ajustar o orçamento com a recuperação de peças e ou ajuste com a troca da cabine, a seguradora avaliará qual o custo é mais viável. Nos comentários do orçamento o demonstrativo deve seguir o critério abaixo: Lembrando que o comparativo deve-se somente ser fotografado para analise da cia Reparo com troca da cabine: Reparo com recuperação da cabine: Peças R$ 00,00 Peças R$ 00,00 Mão de Obra R$ 00,00 Mão de obra R$ 00,00 Total R$ 00,00 Total R$ 00,00 Informar se a oficina está de acordo com as duas avaliações ou qual a mesma não concorda e o motivo (valores, descontos ou o motivo alegado pela mesma). MANUAL OPERACIONAL DE REGULAÇÃO DE SINISTROS 21

22 Para os casos onde é nítida a necessidade da substituição e ou a recuperação da cabine, não há necessidade das duas avaliações. Neste caso, o perito deve mencionar o tipo de cabine orçada e seus respectivos agregados. Ex.: Cabine parcial - contempla portas, forração interna, não vem com pintura. Cotar sempre no mercado peças tais como: Radiador, Condensador, Turbina, Intercooler, mesmo para os veículos que estiverem sendo reparados em concessionárias. Analisar ainda a possibilidade de reparação destas peças. As oficinas reparadoras deste tipo de veículos já têm parceiros que atuam na reparação das peças citadas e ainda no alinhamento de chassis, vigas dianteiras, diferencial, caixa de direção, entre outros. Assim sendo o perito deve sempre acertar direto com a oficina de origem do reparo incluindo para a mesma o acréscimo financeiro devido á emissão de nota fiscal sendo que este não deve ser maior que 20%. Os valores para estes reparos devem seguir o padrão de mercado e suas variáveis de acordo com cada região, no caso em que os valores pleiteados pela oficina superarem o descrito o perito deve procurar alternativas na região. Sempre observar se as peças sinistradas são genuínas ou do mercado alternativo devido a reparos anteriores. O perito deve liberar as peças de acordo com as que estão no veículo independente de lataria, acabamento ou mecânica. VISTORIAS EM MOTOS Sempre observar se as peças sinistradas são originais ou do mercado alternativo devido a reparos anteriores. O perito deve elaborar o orçamento das peças de acordo com as que estão no veículo. O orçamento deverá constar á numeração da peça se esta for original. Para os trabalhos de alinhamento de quadro e mesas deve ser praticado o valor de mercado e de acordo com a região. Sempre liberar este tipo de serviço para a oficina de origem. Nos casos onde houver divergência o perito deve procurar alternativas na região. Visto os itens acima serem possíveis de identificação na vistoria inicial o perito deve de imediato questionar os valores para este trabalho, uma vez não havendo acordo, a Seguradora tem a possibilidade de remover a motocicleta antes de liberar os demais reparos. Sempre procurar a reparação de carenagens e escapamentos de acordo com o valor das peças. Nos casos onde a oficina não concordar o perito deve mencionar para que seja providenciada a revistoria e o recolhimento das peças liberadas. A oficina deve estar ciente quanto a manter as peças a disposição da seguradora para recolhimento, devendo o perito informar em orçamento o prazo em que as peças estarão disponíveis após a liberação dos reparos. Exemplo do comentário a ser inserido no orçamento: oficina não concorda com a reparação da carenagem lateral e escapamento, a mesma esta ciente que deve guardar a sucata por três dias após a liberação para recolhimento da Seguradora. Após este prazo a sucata será descartada. MANUAL OPERACIONAL DE REGULAÇÃO DE SINISTROS 22

23 Incêndio Verificar a origem (região do motor, chicote, bateria, caixa de fusíveis, etc.);som adaptado com maior potência. Verificar o motivo (incêndio criminal devido aplicação de produtos inflamáveis, curto circuito na fiação do radio, etc.) detalhando com fotos todo tipo de evidências para análise da Cia.; Capotamento Avaliar danos estruturais e se há necessidade de alinhamento chassi / monobloco; Avaliar danos de suspensão e demais partes mecânicas estimando valor das avarias,com o veículo ainda montado e se possível, fotografá-lo em elevador, identificando da forma mais clara possível, as avarias existentes; Verificar se houve vazamento de óleo do motor autorizando a oficina a desmontar o cabeçote e o cárter na presença do perito para avaliar possíveis danos internos; Verificar funcionamento de sensores, módulos, ignição, etc. CUSTO MÉDIO A reguladora deverá acompanhar o Custo Médio dos peritos. Orientar a equipe de peritos a importância em incentivar as oficinas na reparabilidade. Aplicar o fornecimento de peças, inclusive em orçamento complementar e mecânica. Negociar melhores descontos de peças em revenda da Marca. Negociar peças diretamente do fabricante desde que seja da mesma marca e for viável financeiramente. MANUAL OPERACIONAL DE REGULAÇÃO DE SINISTROS 23

24 ANEXO I Tabela Mão de Obra Oficina Referenciada - Não Imagem Funilaria/Tapeçaria/Elétrica/Mecânica : R$ 25,00 Pintura (Metalica/Perolizada): R$ 34,00 Oficina Referenciada -Imagem Funilaria/Tapeçaria/Elétrica/Mecânica : Pintura (Metalica/Perolizada): R$ 30,00 R$ 40,00 Oficina Particular Não Referenciada Funilaria/Tapeçaria/Elétrica/Mecânica : R$ 25,00 Pintura (Metalica/Perolizada): R$ 32,00 Concessionárias Linhas Nacionais ( VW, GM, Fiat, Ford, Renault e Peugeot ) Funilaria/Tapeçaria/Elétrica/Mecânica : R$ 30,00 Pintura (Metalica/Perolizada): R$ 40,00 Concessionárias Linhas Importadas ( Citroen,Kia, Hyundai, Mercedes Bens, BMW, Audi, Honda, Jac, Etc s), Funilaria/Tapeçaria/Elétrica/Mecânica : R$ 40,00 Pintura (Metalica/Perolizada): R$ 45,00 Linha FIAT Linha VW Linha GM Linha FORD Outras Linhas 25% 10% 25% 15% Negociar MANUAL OPERACIONAL DE REGULAÇÃO DE SINISTROS 24

25 Anexo II Fornecimento de Peças Para as regiões sinalizadas abaixo a Cia esta fornecendo peças para os veículos de marcas: VW / FIAT / FORD / GM / PEUGEOT /CITROEN / HONDA / TOYOTA RR AP AC AM RO MT PA TO DF MA PI BA CE RN AL SE PB PE GO MS MG ES PR SP RJ RS SC Prismatec Inpart Novas Prismatec MANUAL OPERACIONAL DE REGULAÇÃO DE SINISTROS 25

Manual de procedimentos de realização de vistorias Reguladora

Manual de procedimentos de realização de vistorias Reguladora Manual de procedimentos de realização de vistorias Reguladora 13/12/2011-1 - ÍNDICE Apresentação...3 1 - Realização da vistoria...3 2 Autorização dos reparos...3 2.1 Dados Cadastrais Mitsui...4 3 Retorno

Leia mais

Procedimentos Allianz

Procedimentos Allianz Procedimentos Allianz NORMAS E PROCEDIMENTOS DE VISTORIA 1 1 Normas e Procedimentos da Vistoria 1 NORMAS E PROCEDIMENTOS DE VISTORIA A Allianz possui uma Norma que regulamenta as Vistorias in loco. Ela

Leia mais

Informativo Referente à DNC, Indenização Integral e Não Acordo de Valores e informações adicionais. Sistema Audatex Versão

Informativo Referente à DNC, Indenização Integral e Não Acordo de Valores e informações adicionais. Sistema Audatex Versão Informativo Referente à DNC, Indenização Integral e Não Acordo de Valores e informações adicionais. Sistema Audatex Versão - DNC (Danos Não Cobertos) O DNC é um recurso existente no Audatex que tem como

Leia mais

MANUAL USUÁRIO AUDATEX WEB

MANUAL USUÁRIO AUDATEX WEB MANUAL USUÁRIO AUDATEX WEB Audatex Web Nível Usuário (Versão 1.0) Gerência de Suporte Técnico Departamento de Treinamento Resp.: Roberto de Luca Jr. Versão 1.0 Revisão 1 Data 13/02/2007 SUMÁRIO GERAL Introdução...

Leia mais

Manual de Procedimentos

Manual de Procedimentos Manual de Procedimentos Vistoria de Sinistro Auto / RCF-V 1 Sumário MISSÃO... 4 FILOSOFIA... 4 VALORES, EXEMPLOS E COMPROMISSO... 4 Atendimento a Segurados... 5 Atendimento a Terceiros... 5 FORMULÁRIOS...

Leia mais

ANEXO VIII PREGÃO PRESENCIAL Nº 036/2013 ESPECIFICAÇÕES DO OBJETO

ANEXO VIII PREGÃO PRESENCIAL Nº 036/2013 ESPECIFICAÇÕES DO OBJETO ANEXO VIII PREGÃO PRESENCIAL Nº 036/2013 ESPECIFICAÇÕES DO OBJETO 1. DO OBJETO 1.1. Constitui objeto deste Pregão a contratação de empresa especializada para prestação de serviços de manutenção e recuperação

Leia mais

Manual Usuário Sistema Audatex

Manual Usuário Sistema Audatex Manual Usuário Sistema Audatex Conhecimento global. Foco local. www.audatex.com.br / www.solerainc.com Versão 1.0 Histórico das versões VER DATA AUTOR DESCRIÇÃO DA MODIFICAÇÃO 2.0 24.08.2010 MT Versão

Leia mais

CIRCULAR GERAL. TÍTULO: Seguro de Veículos Apólice 2009/2010

CIRCULAR GERAL. TÍTULO: Seguro de Veículos Apólice 2009/2010 DISTRIBUIÇÃO A TÍTULO: Seguro de Veículos Apólice 2009/2010 1. A CAEFE Caixa de Assistência dos Empregados de FURNAS e ELETRONUCLEAR renovou com a SUL AMÉRICA Seguros, a Apólice Coletiva de Seguro de Veículos,

Leia mais

Ramo: Automóvel Versão: 1.9. Data: 28/04/2014. Supervisão: Departamento Técnico de Automóvel/Produtos

Ramo: Automóvel Versão: 1.9. Data: 28/04/2014. Supervisão: Departamento Técnico de Automóvel/Produtos Objetivo do Manual Este manual tem como objetivo definir os critérios e procedimentos para a realização dos serviços de vistoria prévia de acordo com as regras e normas estabelecidas pelo Depto. Técnico

Leia mais

Ramo: Auto - Vistoria Prévia Versão: 1.8. Data: 20/09/2012. Supervisão: Marcel Takara

Ramo: Auto - Vistoria Prévia Versão: 1.8. Data: 20/09/2012. Supervisão: Marcel Takara Objetivo do Manual Este manual tem como objetivo definir os critérios e procedimentos para a realização dos serviços de vistoria prévia de acordo com as regras e normas estabelecidas pelo Depto. Técnico

Leia mais

Existem questões de extrema importância numa vistoria de sinistro de

Existem questões de extrema importância numa vistoria de sinistro de PONTOS IMPORTANTES Existem questões de extrema importância numa vistoria de sinistro de auto. Por esta razão é que enfatizamos nesta apresentação pontos que, apesar de constarem no Manual de Procedimentos

Leia mais

SCC SEGURO DOS CONCESSIONÁRIOS CHEVROLET DIRETRIZES BASICAS

SCC SEGURO DOS CONCESSIONÁRIOS CHEVROLET DIRETRIZES BASICAS SCC SEGURO DOS CONCESSIONÁRIOS CHEVROLET DIRETRIZES BASICAS O objetivo do programa é combinar a sinergia existente entre concessionárias e seguradoras a fim de que, mediante a fidelização dos clientes,

Leia mais

Indenizações Pagas Quantidades

Indenizações Pagas Quantidades Natureza da Indenização Jan a Dez 2011 % Jan a Dez 2012 % Jan a Dez 2012 x Jan a Dez 2011 Morte 58.134 16% 60.752 12% 5% Invalidez Permanente 239.738 65% 352.495 69% 47% Despesas Médicas (DAMS) 68.484

Leia mais

Aqui você encontrará dicas importantes para ajudá-lo na compreensão de todas as mudanças.

Aqui você encontrará dicas importantes para ajudá-lo na compreensão de todas as mudanças. 1 Kit de Cálculo 0611K1 Prezado Corretor, Você está recebendo a nova versão do Kit de Cálculo 0611K1, com novidades importantes. Leia atentamente este Informe Técnico para entender o que muda nos seguros

Leia mais

CÓDIGOS DE ERRO MAIS FREQUENTES EM GARANTIA E SEU SIGNIFICADO CÓDIGOS DE ERROS - PREENCHIMENTO DA SOLICITAÇÃO DE GARANTIA SG

CÓDIGOS DE ERRO MAIS FREQUENTES EM GARANTIA E SEU SIGNIFICADO CÓDIGOS DE ERROS - PREENCHIMENTO DA SOLICITAÇÃO DE GARANTIA SG CÓDIGOS DE ERRO MAIS FREQUENTES EM GARANTIA E SEU SIGNIFICADO Código de Erro 756 O Código de Erro 756 indica que as peças substituídas ou os serviços executados não são cobertos pela garantia da Fábrica.

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA FATURAMENTO PORTO SEGURO

INSTRUÇÕES PARA FATURAMENTO PORTO SEGURO INSTRUÇÕES PARA FATURAMENTO PORTO SEGURO Orientações válidas apenas para faturamento de Notas fiscais de oficinas, decorrentes de Sinistros de Automóveis de clientes ou terceiros, de responsabilidade da

Leia mais

De janeiro a junho de 2013 as indenizações pagas pelo Seguro DPVAT registraram crescimento de 38% ante mesmo período de 2012.

De janeiro a junho de 2013 as indenizações pagas pelo Seguro DPVAT registraram crescimento de 38% ante mesmo período de 2012. De janeiro a junho de 2013 as indenizações pagas pelo Seguro DPVAT registraram crescimento de 38% ante mesmo período de 2012. Os casos de Invalidez Permanente representaram a maioria das indenizações pagas

Leia mais

Danos aos Vidros Básica Assistência a Vidros (Reparos/Troca) Condições Gerais

Danos aos Vidros Básica Assistência a Vidros (Reparos/Troca) Condições Gerais Danos aos Vidros Básica Assistência a Vidros (Reparos/Troca) Condições Gerais CONDIÇÕES GERAIS DANOS AOS VIDROS BÁSICA ASSISTÊNCIA A VIDROS (REPARO/TROCA) Para utilização da Assistência Mutual Vidros basta

Leia mais

O Seguro Auto Itaú proporciona proteção completa para o seu veículo e tranquilidade para você dirigir sem preocupações.

O Seguro Auto Itaú proporciona proteção completa para o seu veículo e tranquilidade para você dirigir sem preocupações. Seguro Auto Itaú O Seguro Auto Itaú proporciona proteção completa para o seu veículo e tranquilidade para você dirigir sem preocupações. E agora, você que é correntista conta com muito mais vantagens.

Leia mais

Tutorial Portal Prestador. Módulo Oficina

Tutorial Portal Prestador. Módulo Oficina Tutorial Portal Prestador Módulo Oficina V.7 08/2014 1 - Após o cadastro, a oficina receberá um e-mail: Primeiro Acesso que irá informar o link de acesso, usuário e senha temporária. A senha temporária

Leia mais

MANUAL AUTO REG DE REGULAÇÃO MANUAL AUTO REG DE REGULAÇÃO. www.autoreg.com.br 2. www.autoreg.com.br 1. Regulação de Sinistro

MANUAL AUTO REG DE REGULAÇÃO MANUAL AUTO REG DE REGULAÇÃO. www.autoreg.com.br 2. www.autoreg.com.br 1. Regulação de Sinistro Regulação de Sinistro O que é Regulador de Sinistro Perito em Auto/ RCF Profissão a qual se analisa, interpreta e avalia um evento decorrente de um sinistro em veiculo, avaliando o prejuízo coberto pela

Leia mais

Quando o assunto é proteger o seu patrimônio, o Porto Seguro Auto faz bem mais do que só cuidar do seu carro.

Quando o assunto é proteger o seu patrimônio, o Porto Seguro Auto faz bem mais do que só cuidar do seu carro. Porto Seguro Auto Quando o assunto é proteger o seu patrimônio, o Porto Seguro Auto faz bem mais do que só cuidar do seu carro. Além de contar com a assistência 24 horas, com os serviços de guincho, serviços

Leia mais

MEU VEÍCULO. Veículo segurado. ... Seguradoras. ... Contatos da Seguradora(s) Contratadas. ... Dados da Corretora Durango Corretora de Seguros

MEU VEÍCULO. Veículo segurado. ... Seguradoras. ... Contatos da Seguradora(s) Contratadas. ... Dados da Corretora Durango Corretora de Seguros PARABÉNS, Você acaba de adquirir um seguro personalizado com a garantia da Durango. Obrigado por contratar nossos serviços. Aqui você irá encontrar uma equipe preparada para te atender com a credibilidade,

Leia mais

Neste material você encontra os diferenciais do produto, procedimentos e segmentos de atuação da Tokio Marine Seguradora na carteira de frotas.

Neste material você encontra os diferenciais do produto, procedimentos e segmentos de atuação da Tokio Marine Seguradora na carteira de frotas. TOKIO MARINE AUTO FROTA Neste material você encontra os diferenciais do produto, procedimentos e segmentos de atuação da Tokio Marine Seguradora na carteira de frotas. Conceito Cotações com três itens

Leia mais

Guia Rápido - Notas Fiscais

Guia Rápido - Notas Fiscais Guia Rápido - Notas Fiscais Conhecimento global. Foco local. www.audatex.com.br / www.solerainc.com Versão 1.0 Histórico das versões VER DATA AUTOR DESCRIÇÃO DA MODIFICAÇÃO 2.0 23.07.2010 LV Versão Inicial

Leia mais

SEGUROS. Manual de Seguros. Banco Mercedes-Benz do Brasil S/A

SEGUROS. Manual de Seguros. Banco Mercedes-Benz do Brasil S/A SEGUROS Manual de Seguros Banco Mercedes-Benz do Brasil S/A 2013 SUMÁRIO 1. CONCEITOS... 3 1.1. Objeto do Seguro... 3 1.2. Tipos de Seguro... 3 1.3. Vigência... 3 2. COBERTURAS ADICIONAIS... 4 2.1. Responsabilidade

Leia mais

A presente garantia terá 4 (quatro) anos de vigência sem limite de. garantia de 4 (quatro) anos contra defeitos de corrosão perfurativa.

A presente garantia terá 4 (quatro) anos de vigência sem limite de. garantia de 4 (quatro) anos contra defeitos de corrosão perfurativa. GARANTIA HYUNDAI I Terno de Garantia Hyundai O Presente Termo de Garantia Hyundai aplica-se única e exclusivamente ao veículo da marca e fabricação Hyundai devidamente identificado ao final deste documento,

Leia mais

Indenizações Pagas Quantidades

Indenizações Pagas Quantidades Natureza da Indenização Jan a Dez 2012 % Jan a Dez 2013 % Jan a Dez 2013 x Jan a Dez 2012 Morte 60.752 1 54.767 9% - Invalidez Permanente 352.495 69% 444.206 70% 2 Despesas Médicas (DAMS) 94.668 19% 134.872

Leia mais

Edifício Crespi II Manual do Credenciado

Edifício Crespi II Manual do Credenciado Edifício Crespi II Manual do Credenciado A BrasilPark quer prestar sempre o melhor serviço para seus clientes. Para que isso aconteça, é essencial que você fique atento aos nossos procedimentos de atendimento.

Leia mais

IBAPE XII COBREAP CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA DE AVALIAÇÕES E PERÍCIAS, BELO HORIZONTE /MG.

IBAPE XII COBREAP CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA DE AVALIAÇÕES E PERÍCIAS, BELO HORIZONTE /MG. IBAPE XII COBREAP CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA DE AVALIAÇÕES E PERÍCIAS, BELO HORIZONTE /MG. CASO DO MEIO FIO - COBERTURA DE SEGURO NEGADA Gilberto Arruda Mouren Engenheiro mecânico CREA-RJ 21.111-D

Leia mais

AGORA? Encontre aqui as respostas para as suas dúvidas.

AGORA? Encontre aqui as respostas para as suas dúvidas. EO que AGORA? eu faço? Encontre aqui as respostas para as suas dúvidas. CADASTRO E PAGAMENTO Quer mais facilidade para seu dia a dia? Perdeu o boleto? O site Azul Seguros oferece diversos serviços para

Leia mais

Se estiver no Mercosul, também poderá contar com os serviços de emergência, bastando ligar para 55 11 4133 6537.

Se estiver no Mercosul, também poderá contar com os serviços de emergência, bastando ligar para 55 11 4133 6537. Assist24h_AutoPasseio_jul 6/13/07 4:32 PM Page 1 CARO SEGURADO Para você que adquiriu o Real Automóvel e contratou os serviços de Assistência 24 horas, este é o seu guia de serviços da Real Assistência.

Leia mais

Portfólio SulAmérica Auto

Portfólio SulAmérica Auto Portfólio SulAmérica Auto Auto Tradicional Produto Tradicional de prateleira, voltado para a maioria dos perfis de clientes. Auto Mulher Produto para mulheres, com garantias, serviços e benefícios exclusivos.

Leia mais

Programa de Garantia Estendida Bandag

Programa de Garantia Estendida Bandag Programa de Garantia Estendida Bandag Introdução... 03 Política da Garantia Estendida Bandag... 04 1. Condições gerais de garantia... 04 Objetivo... 04 2. O que pode ser garantido... 04 Os 3 níveis da

Leia mais

Edifício Centro Empresarial Morumbi Manual do Credenciado

Edifício Centro Empresarial Morumbi Manual do Credenciado Edifício Centro Empresarial Morumbi Manual do Credenciado A BrasilPark quer prestar sempre o melhor serviço para seus clientes. Para que isso aconteça, é essencial que você fique atento aos nossos procedimentos

Leia mais

3.3 Análise Detalhada do Estado de Conservação do Veículo. 4.3 Interiores (estofado/couro, painéis, comandos, etc.)

3.3 Análise Detalhada do Estado de Conservação do Veículo. 4.3 Interiores (estofado/couro, painéis, comandos, etc.) Índice 1. Recompra Garantida 2. Agendamento da inspeção 3. Recompra do Veículo 3.1 Estado geral do veículo 3.2 Mecânica 3.3 Análise Detalhada do Estado de Conservação do Veículo 4. Danos permitidos/não

Leia mais

PeçaChevrolet Catálogo de peças genuínas Chevrolet para consultas e compras online

PeçaChevrolet Catálogo de peças genuínas Chevrolet para consultas e compras online PeçaChevrolet Catálogo de peças genuínas Chevrolet para consultas e compras online O novo produto PeçaChevrolet é um catálogo eletrônico de peças indicado para utilização de oficinas e reparadores independentes

Leia mais

Obrigado por trabalhar com o Seguro Extensão de Garantia CITROËN, da INDIANA SEGUROS.

Obrigado por trabalhar com o Seguro Extensão de Garantia CITROËN, da INDIANA SEGUROS. CARO CONCESSIONÁRIO,, Obrigado por trabalhar com o Seguro Extensão de Garantia CITROËN, da INDIANA SEGUROS. Preparamos este manual, que é complementado pelas respectivas Condições Gerais, para que você

Leia mais

Manual de Operações e Aceite Auto e Carga TMS Jan/2010

Manual de Operações e Aceite Auto e Carga TMS Jan/2010 Manual de Operações e Aceite Auto e Carga TMS Jan/2010 Segurado x Proprietário do Veículo A partir de 04-01-2010 as propostas de seguro das categorias, auto/carga e moto, deverão ser feitas em nome do

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS RESERVE CLUBCAR

CONDIÇÕES GERAIS RESERVE CLUBCAR Seja bem-vindo à Blue Service Assistance, a opção mais vantajosa em assistência e clube de vantagens. É uma enorme satisfação ter você como nosso associado. A Blue Service Assistance está cada vez mais

Leia mais

Edifício New England Manual do Credenciado

Edifício New England Manual do Credenciado Edifício New England Manual do Credenciado A BrasilPark quer prestar sempre o melhor serviço para seus clientes. Para que isso aconteça, é essencial que você fique atento aos nossos procedimentos de atendimento.

Leia mais

ANEXO I BICICLETA ESCOLAR. Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1)

ANEXO I BICICLETA ESCOLAR. Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1) ANEXO I BICICLETA ESCOLAR Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1) Assunto: Adesão à ata de registro de preços nº 70/2010 do pregão eletrônico nº 40/2010. 1 2 BICICLETA 20 - AC,

Leia mais

Total Fleet 24 Horas

Total Fleet 24 Horas Total Fleet 24 Horas Usuários Carro substituto Total Fleet 24 Horas Atendimento emergencial Atendimento preventivo/corretivo Total Fleet 24 Horas Atendimento 24 horas com cobertura nacional 0800 979 10

Leia mais

WORKSITE Programa de seguros

WORKSITE Programa de seguros WORKSITE WORKSITE Programa de seguros personalizado Além dos tradicionais... Plano de saúde Vale alimentação Vale transporte Cursos e palestras Ofereça também, descontos no Seguro de Automóvel! WORKSITE

Leia mais

Sistema Auto Empresas

Sistema Auto Empresas Sistema Auto Empresas Itaú Seguros de Auto e Residência S.A Janeiro 2011 Como Acessar Acesse o Portal do Corretor (https://mais.itauseguros.com.br). Utilize a opção Cotação online para iniciar o cálculo

Leia mais

DÚVIDAS FREQUENTES SEGURO AUTOMOTIVO

DÚVIDAS FREQUENTES SEGURO AUTOMOTIVO DÚVIDAS FREQUENTES SEGURO AUTOMOTIVO 1. DEVO FAZER O BOLETIM DE ACIDENTES DE TRÂNSITO (BAT)? Sim, principalmente se houver terceiros envolvidos e se você for o culpado pelo acidente. 2. QUER DIZER QUE

Leia mais

Edifício Itower Manual do Credenciado

Edifício Itower Manual do Credenciado Edifício Itower Manual do Credenciado A BrasilPark quer prestar sempre o melhor serviço para seus clientes. Para que isso aconteça, é essencial que você fique atento aos nossos procedimentos de atendimento.

Leia mais

Unidade Tipo de Serviço Análise da proposta Análise da proposta (em 15/10/2014, após diligência)

Unidade Tipo de Serviço Análise da proposta Análise da proposta (em 15/10/2014, após diligência) Unidade Tipo de Serviço Análise da proposta Análise da proposta (em 15/10/2014, após diligência) MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Configuração de NFe. Acesse o módulo Administrativo.

Configuração de NFe. Acesse o módulo Administrativo. Configuração de NFe Para definir as configurações (Parâmetros) de cada empresa ou filial cadastrada no sistema para envios de NF-e, proceda da seguinte forma: Acesse o módulo Administrativo. Clique no

Leia mais

Contratos de Manutenção Mercedes-Benz para Veículos Comerciais. Bom para o seu veículo, rentável para o seu negócio. Mercedes-Benz

Contratos de Manutenção Mercedes-Benz para Veículos Comerciais. Bom para o seu veículo, rentável para o seu negócio. Mercedes-Benz Contratos de Manutenção Mercedes-Benz para Veículos Comerciais Bom para o seu veículo, rentável para o seu negócio. Mercedes-Benz Em um cenário competitivo, o sucesso não é determinado apenas pela oferta

Leia mais

Sistema Auto Frota. Itaú Seguros de Auto e Residência S.A. Itaú Seguros de Auto e Residência S.A.

Sistema Auto Frota. Itaú Seguros de Auto e Residência S.A. Itaú Seguros de Auto e Residência S.A. Sistema Auto Frota Itaú Seguros de Auto e Residência S.A Como Acessar Acesse o Portal do corretor www.itauseguros.com.br/portal, no caminho: Home> Meus Negócios> Cotações e Propostas> Auto Frota> Cotação

Leia mais

MANUAL DE SINISTROS PARA SEGURADOS RSA SEGUROS AUTO FROTAS

MANUAL DE SINISTROS PARA SEGURADOS RSA SEGUROS AUTO FROTAS MANUAL DE SINISTROS PARA SEGURADOS RSA SEGUROS AUTO FROTAS 1 Prezados (as), A RSA Seguros se preocupa com a tranquilidade de seus clientes e quer contribuir para que seus negócios se mantenham em movimento.

Leia mais

Para acionar Vidros ligue:

Para acionar Vidros ligue: UTILIZAÇÃO DOS DE CARRO RESERVA E VIDROS O Segurado poderá acessar o conjunto de serviços de Carro Reserva e Vidros nas situações especificadas neste Manual, durante a vigência de sua Apólice, a qualquer

Leia mais

COOPERATIVA DE TRABALHO DOS PROFISSIONAIS DE AGRONOMIA LTDA.

COOPERATIVA DE TRABALHO DOS PROFISSIONAIS DE AGRONOMIA LTDA. Manual de Uso de Veículo Respeito a Vida! TERMO DE RECEBIMENTO R ecebi da Cooperativa de Trabalho dos P r o f i s s i o n a i s d e A g r o n o m i a L t d a. UNICAMPO, o MANUAL DE USO DO VEÍCULO e após

Leia mais

Os comissários podem solicitar a qualquer momento que sejam feitas as verificações necessárias em qualquer veiculo inscrito no evento.

Os comissários podem solicitar a qualquer momento que sejam feitas as verificações necessárias em qualquer veiculo inscrito no evento. REGULAMENTO TÉCNICO CATEGORIA ADAPTADO TURBO 1-REGULAMENTAÇÃO Todos os veículos inscritos deveram passar por vistoria prévia. Os competidores deverão provar ao comissário técnicos e desportivos do evento,

Leia mais

CARO SEGURADO. Você que adquiriu o Tokio Marine Automóvel, pode contar com diversos serviços para ajudá-lo no dia-a-dia em situações emergenciais.

CARO SEGURADO. Você que adquiriu o Tokio Marine Automóvel, pode contar com diversos serviços para ajudá-lo no dia-a-dia em situações emergenciais. CARO SEGURADO Você que adquiriu o Tokio Marine Automóvel, pode contar com diversos serviços para ajudá-lo no dia-a-dia em situações emergenciais. Este é um guia completo dos seguintes serviços que você

Leia mais

- Relatório Técnico. (Posição Porta do Motorista) "Falha no Interruptor Principal de Comando dos Vidros Elétricos" Honda FIT. Ano / Modelo 2004 ~ 2008

- Relatório Técnico. (Posição Porta do Motorista) Falha no Interruptor Principal de Comando dos Vidros Elétricos Honda FIT. Ano / Modelo 2004 ~ 2008 HOINTDA - Relatório Técnico Honda FIT Ano / Modelo 2004 ~ 2008 "Falha no Interruptor Principal de Comando dos Vidros Elétricos" (Posição Porta do Motorista) Página 1/17 HONDA Página 2/17 1 - Identificação

Leia mais

INFORME SARGSUS. Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde

INFORME SARGSUS. Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde INFORME SARGSUS Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde 1 ESFERA MUNICIPAL 1.1 Relatório de Gestão Ano 2013 Até a presente data,

Leia mais

1. Consulta de Certificado Digital 1. 2. Modelo de faturamento por Central de Serviços 3. 3 Configuração de informações para Faturamento de pedidos 4

1. Consulta de Certificado Digital 1. 2. Modelo de faturamento por Central de Serviços 3. 3 Configuração de informações para Faturamento de pedidos 4 CONFIGURAÇÃO PEDIDOS 1. Consulta de Certificado Digital 1 2. Modelo de faturamento por Central de Serviços 3 3 Configuração de informações para Faturamento de pedidos 4 4 Faturamento de NF-e pela SEFAZ

Leia mais

Em qualquer lugar do país, e a qualquer hora do dia ou da noite, você estará sempre seguro.

Em qualquer lugar do país, e a qualquer hora do dia ou da noite, você estará sempre seguro. O SulAmérica Auto é o seguro completo que você precisa para seu veículo. Com ele, além das coberturas e garantias, você também tem descontos exclusivos em peças e serviços tanto para você quanto para o

Leia mais

Nova Lista de Verificação Seguro de Auto Versão 01 (julho/2012)

Nova Lista de Verificação Seguro de Auto Versão 01 (julho/2012) LISTA DE VERIFICAÇÃO CIRCULARES SUSEP N os 256 e 269/04 E OUTROS NORMATIVOS DESCRIÇÃO ATENÇÃO: No preenchimento da Lista de Verificação, para os itens informativos, a coluna Fls. deverá ser marcada com

Leia mais

Guia de Condições de Revenda do Veículo à Concessionária

Guia de Condições de Revenda do Veículo à Concessionária Guia de Condições de Revenda do Veículo à Concessionária CONFIE NA NOSSA ESTRELA PARA COMPRAR A SUA. No final de seu contrato de financiamento, se a sua opção for a devolução do veículo, faremos esse processo

Leia mais

Índice. 1. Solicitação de Serviços de Assistência... 7

Índice. 1. Solicitação de Serviços de Assistência... 7 Índice ASSISTÊNCIA 24horas - alfa carga... 2 1. Solicitação de Serviços de Assistência... 2 2. Definições... 2 3. Prazos / Vigências... 3 4. Âmbito Territorial... 3 5. Serviços... 3 5.1. Reboque ou Recolha

Leia mais

ASSISTÊNCIA 24 HORAS - VEÍCULOS DE PASSEIO E HR

ASSISTÊNCIA 24 HORAS - VEÍCULOS DE PASSEIO E HR ASSISTÊNCIA 24 HORAS - VEÍCULOS DE PASSEIO E HR DEFINIÇÕES Beneficiário Entende-se por Beneficiário, todo o condutor de veículo Assistido, devidamente habilitado e autorizado, assim como, toda pessoa transportadora

Leia mais

Edifício Evolution Business Center Manual do Credenciado

Edifício Evolution Business Center Manual do Credenciado Edifício Evolution Business Center Manual do Credenciado A BrasilPark quer prestar sempre o melhor serviço para seus clientes. Para que isso aconteça, é essencial que você fique atento aos nossos procedimentos

Leia mais

REGULAMENTOS DAS COBERTURAS OPCIONAIS PREVCAR AUTO

REGULAMENTOS DAS COBERTURAS OPCIONAIS PREVCAR AUTO REGULAMENTOS DAS COBERTURAS OPCIONAIS PREVCAR AUTO RESPONSABILIDADE CIVIL FACULTATIVA ESTA COBERTURA NÃO PODERÁ SER CONTRATADA ISOLADAMENTE FICANDO CONDICIONADA À COBERTURA DO EQUIPAMENTO ATIVO CADASTRADO

Leia mais

N chassi: N motor: Placa: Marca: Modelo: 9BFZE55P2B8608625 QF9AB8608625 SP EPX4090 FORD ECOSPORT FSL1.6FLEX. VERMELHO (Não Conforme)

N chassi: N motor: Placa: Marca: Modelo: 9BFZE55P2B8608625 QF9AB8608625 SP EPX4090 FORD ECOSPORT FSL1.6FLEX. VERMELHO (Não Conforme) 21/7/2014 Impressao Data Im pressão: 21/07/2014 13:54 N chassi: N motor: Placa: Marca: Modelo: (Conforme com ) 9BFZE55P2B8608625 QF9AB8608625 SP EPX4090 FORD ECOSPORT FSL1.6FLEX MÓDULOS AVALIADOS IDENTIFICAÇÃO:

Leia mais

Guia de Assistências

Guia de Assistências Guia de Assistências Como acionar os serviços de assistência? Sempre que precisar acionar uma assistência, entre em contato com a Assistência 24 horas BB Seguro Auto: Brasil - 0800 775 1532 Mercosul -

Leia mais

Índice. 1. Solicitação de Serviços de Assistência... 15

Índice. 1. Solicitação de Serviços de Assistência... 15 Índice assistência 24 horas - ALFA CAR PASSEIO - PLANO BÁSICO... 3 1. Solicitação de Serviços de Assistência... 3 2. Resumo dos Serviços... 3 3. Condições Gerais... 3 4. Definições... 3 5. Prazos/Vigências...

Leia mais

(MLRV) SEGURO GARANTIA ESTENDIDA JAN A MAIO DE 2015 SUSEP SES. lcastiglione@uol.com.br - 011-99283-6616 Página 1

(MLRV) SEGURO GARANTIA ESTENDIDA JAN A MAIO DE 2015 SUSEP SES. lcastiglione@uol.com.br - 011-99283-6616 Página 1 SEGURO GARANTIA ESTENDIDA JAN A MAIO DE 2015 SUSEP SES lcastiglione@uol.com.br - 011-99283-6616 Página 1 1- INTRODUÇÃO: O seguro de Garantia Estendida tem como objetivo fornecer ao segurado, facultativamente

Leia mais

REDE DE VENDAS E SERVIÇOS MARCOPOLO

REDE DE VENDAS E SERVIÇOS MARCOPOLO REDE DE VENDAS E SERVIÇOS MARCOPOLO * Área de Atuação BELÉM - PA (AP - MA)* Fone: 91 3039 1800 Fax: 91 3039 1807 vendas@marconorte.com.br BELO HORIZONTE - MG Fone: 31 3201 1971 Fax: 31 3201 1131 marcobus@marcobus.com.br

Leia mais

É mais que seguro, é proteção e tranquilidade.

É mais que seguro, é proteção e tranquilidade. É mais que seguro, é proteção e tranquilidade. Pioneirismo Fundada em 198. Pioneira no desenvolvimento de programas de seguros diferenciados para o Setor Sucroenergético e Concessões de Rodovias. Constante

Leia mais

MINI 4U. MANUAL DE CONDIÇÕES DA RECOMPRA.

MINI 4U. MANUAL DE CONDIÇÕES DA RECOMPRA. MINI 4U. MANUAL DE CONDIÇÕES DA RECOMPRA. CONTEÚDO. DEVOLUÇÃO DO VEÍCULO. Devolução do veículo...3 Responsabilidades do cliente...7 Estado geral do veículo...8 Critérios de avaliação de danos...10 TRANSPARÊNCIA

Leia mais

N chassi: N motor: Placa: Marca: Modelo: 9BWKB05Z064092504 BPA057513 SP DQH9396 VW FOX 1.6 PLUS. VERMELHO (Não Conforme)

N chassi: N motor: Placa: Marca: Modelo: 9BWKB05Z064092504 BPA057513 SP DQH9396 VW FOX 1.6 PLUS. VERMELHO (Não Conforme) 18/11/2014 Impressao N chassi: N motor: Placa: Marca: Modelo: (Conforme com ) 9BWKB05Z064092504 BPA057513 SP DQH9396 VW FOX 1.6 PLUS MÓDULOS AVALIADOS IDENTIFICAÇÃO: CONFORME ESTRUTURA: CONFORME Combustível:

Leia mais

Edifício Joviano de Moraes Manual do Credenciado

Edifício Joviano de Moraes Manual do Credenciado Edifício Joviano de Moraes Manual do Credenciado A BrasilPark quer prestar sempre o melhor serviço para seus clientes. Para que isso aconteça, é essencial que você fique atento aos nossos procedimentos

Leia mais

Pendências de Envio do Relatório de Gestão Municipal-2013 aos CMS

Pendências de Envio do Relatório de Gestão Municipal-2013 aos CMS INFORME SARGSUS Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde 1 ESFERA MUNICIPAL 1.1 Relatório de Gestão Ano 2013 Até a presente data,

Leia mais

Azul Seguro Auto - Assistência Vidros Manual do Segurado

Azul Seguro Auto - Assistência Vidros Manual do Segurado Manual do Segurado ÍNDICE SERVIÇOS COMPLEMENTARES DE ASSISTÊNCIA 1. SERVIÇOS DE ASSISTÊNCIAS AOS VIDROS, FARÓIS E LANTERNAS E RETROVISORES 1.1 Cláusula 38H - Serviço de Assistência a Vidros... 4 1.2 Cláusula

Leia mais

PROCEDIMENTOS DO SEGURADO EM CASO DE SINISTRO

PROCEDIMENTOS DO SEGURADO EM CASO DE SINISTRO PROCEDIMENTOS DO SEGURADO EM CASO DE SINISTRO 46 1. COLISÃO DO VEÍCULO SEGURADO Em caso de colisão, o Segurado deve atentar para as seguintes orientações: REGISTRO DE OCORRÊNCIA POLICIAL Para sua segurança

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA APRESENTAÇÃO DAS PROPOSTAS

INSTRUÇÕES PARA APRESENTAÇÃO DAS PROPOSTAS INSTRUÇÕES PARA APRESENTAÇÃO DAS PROPOSTAS Prezados Senhores, O Escritório Anexo da Embaixada do Japão (Agência de Cooperação Internacional do Japão-JICA) deseja receber as cotações para o fornecimento

Leia mais

Raspadas, gambiarra na fiação e desalinhamento podem indicar 'armadilha'. Documentação também deve ser checada com atenção.

Raspadas, gambiarra na fiação e desalinhamento podem indicar 'armadilha'. Documentação também deve ser checada com atenção. Veja dicas para comprar moto usada Raspadas, gambiarra na fiação e desalinhamento podem indicar 'armadilha'. Documentação também deve ser checada com atenção. Fernando Garcia Do G1, em São Paulo 5 comentários

Leia mais

Mais um benefício para o segurado Porto Seguro Auto. Bom para quem vende, segurança para quem compra.

Mais um benefício para o segurado Porto Seguro Auto. Bom para quem vende, segurança para quem compra. Abaixo estão exclusivas vantagens que você terá em ser cliente da Porto Seguro e J.Leal Corretora de Seguros! CERTIFICADO DE PROCEDÊNCIA GRÁTIS Mais um benefício para o segurado Porto Seguro Auto Bom para

Leia mais

Novo Questionário Bom Risco. Implantação: Maio/2008

Novo Questionário Bom Risco. Implantação: Maio/2008 Novo Questionário Bom Risco Implantação: Maio/2008 Alterações CEP: Para pessoa física f - novo conceito CEP de pernoite É o CEP do local em que o veículo segurado pernoita 5 ou mais dias da semana. Para

Leia mais

Índice. 1. Conceito, coberturas e importâncias seguradas... 5. 2. Prêmio a ser pago... 7. 3. Coberturas adicionais (opcional)... 8. 4. Descontos...

Índice. 1. Conceito, coberturas e importâncias seguradas... 5. 2. Prêmio a ser pago... 7. 3. Coberturas adicionais (opcional)... 8. 4. Descontos... Índice 1. Conceito, coberturas e importâncias seguradas... 5 2. Prêmio a ser pago... 7 3. Coberturas adicionais (opcional)... 8 4. Descontos... 11 5. Pagamento do prêmio... 13 6. Vistoria Prévia... 14

Leia mais

MANUAL WORKFLOW FROTAS

MANUAL WORKFLOW FROTAS MANUAL WORKFLOW FROTAS Liberty Auto Frotas libertyseg libertyseguros libertysegurosbrasil www.libertyseguros.com.br MANUAL WORKFLOW FROTAS Seja bem-vindo ÍNDICE Prezado(a) Corretor(a), A Liberty Seguros

Leia mais

Ranking nacional mostra PI em 6º com mais pessoas flagradas dirigindo sem CNH

Ranking nacional mostra PI em 6º com mais pessoas flagradas dirigindo sem CNH Levantamento divulgado pela Polícia Rodoviária Federal aponta um novo dado preocupante relacionado ao tráfego de veículos em BRs. De acordo com o Departamento Nacional da PRF, somente nos feriados prolongados

Leia mais

ANEXO A TERMO DE REFERÊNCIA GEMAP Nº 07 /2009

ANEXO A TERMO DE REFERÊNCIA GEMAP Nº 07 /2009 1 - DO OBJETO ANEXO A TERMO DE REFERÊNCIA GEMAP Nº 07 /2009 Contratação de empresa para fornecimento de seguro veicular de 03 (três) veículos pertencentes à Superintendência de Seguros Privados - SUSEP.

Leia mais

Leia atentamente as condições antes de participar do leilão

Leia atentamente as condições antes de participar do leilão Leia atentamente as condições antes de participar do leilão LANCES ONLINE Todos os lances serão acolhidos como condicional e a venda será realizada a quem maior lance oferecer através da Internet ou Presencial,

Leia mais

Estabelecer os critérios e os procedimentos para a disponibilização de veículos para deslocamento de pessoas e materiais no âmbito do PJAC.

Estabelecer os critérios e os procedimentos para a disponibilização de veículos para deslocamento de pessoas e materiais no âmbito do PJAC. Código: MAP-DILOG-006 Versão: 00 Data de Emissão: 01/01/2013 Elaborado por: Gerência de Instalações Aprovado por: Diretoria de Logística 1 OBJETIVO Estabelecer os critérios e os procedimentos para a disponibilização

Leia mais

3156 2990 - São Paulo e Grande SP 0800 771 91 19 Demais localidades

3156 2990 - São Paulo e Grande SP 0800 771 91 19 Demais localidades UTILIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE CARRO RESERVA E VIDROS O Segurado poderá acessar o conjunto de serviços de Carro Reserva e Vidros nas situações especificadas neste Manual, durante a vigência de sua Apólice,

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA EM PERNAMBUCO. PORTARIA MPF/PRPE/C. Adm./033, DE 17 DE MARÇO DE 2014

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA EM PERNAMBUCO. PORTARIA MPF/PRPE/C. Adm./033, DE 17 DE MARÇO DE 2014 MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA EM PERNAMBUCO PORTARIA MPF/PRPE/C. Adm./033, DE 17 DE MARÇO DE 2014 O CHEFE ADMINISTRATIVO DA PROCURADORIA DA REPÚBLICA EM PERNAMBUCO, no uso de suas

Leia mais

Departamento de Água e Esgoto Sanitário de Juína

Departamento de Água e Esgoto Sanitário de Juína 1) DOS OBJETIVOS: 1.1) Disciplinar e normatizar os procedimentos do Setor de Frotas (Transportes); 1.2) Proteger o Patrimônio Público contra o uso indevido, bem como atender a legislação em vigor e evitar

Leia mais

Guia de Orientação - Unibanco AIG

Guia de Orientação - Unibanco AIG Guia de Orientação - Unibanco AIG Produto Automóvel - Aceitação realizada pelo sistema de cálculo ANNET e site do corretor (www.corretorunibancoaig.com.br); - Orçamento possui validade de 5 dias; - Pagamento

Leia mais

www.peugeot.com.br/professional

www.peugeot.com.br/professional www.peugeot.com.br/professional Todos os veículos Peugeot estão de acordo com o PROCONVE, Programa de Controle de Poluição do Ar por Veículos Automotores. Colar etiqueta de identificação da Concessionária.

Leia mais

REGULAMENTO DE ASSISTÊNCIA 24H MAPFRE WARRANTY. Não haverá franquia quilométrica para os serviços descritos nos itens abaixo: 1.

REGULAMENTO DE ASSISTÊNCIA 24H MAPFRE WARRANTY. Não haverá franquia quilométrica para os serviços descritos nos itens abaixo: 1. 1. DEFINIÇÕES Acidente: é a ocorrência de qualquer fato danoso e imprevisível produzido no veículo, tais como: colisão, abalroamento ou capotagem que provoque sua imobilização, tendo ou não resultado em

Leia mais

SISAUT/FC Sistema de Controle de Transporte Fretado Contínuo de Passageiros

SISAUT/FC Sistema de Controle de Transporte Fretado Contínuo de Passageiros SISAUT/FC Sistema de Controle de Transporte Fretado Contínuo de Passageiros O que é o SISAUT/FC? MANUAL DO USUÁRIO O SISAUT/FC é o sistema por meio do qual são feitos os requerimentos para as autorizações

Leia mais

TF-830 MOTOCICLETA. Leia cuidadosamente antes do uso

TF-830 MOTOCICLETA. Leia cuidadosamente antes do uso TF-830 MOTOCICLETA Leia cuidadosamente antes do uso Leia este manual cuidadosamente antes de usar este produto. O manual o informará como operar e montar o produto de uma forma correta para que nenhuma

Leia mais

Pequenas Frotas. Manual do Sistema WEB

Pequenas Frotas. Manual do Sistema WEB Pequenas Frotas Manual do Sistema WEB Versão 1.1 Abr-2014 Sumário 1. Acesso ao Sistema... 3 1.1. Site Institucional... 3 1.2. Canal do Corretor Usuário Principal (Master)... 3 1.3. Controle de Acesso...

Leia mais

PLANO DE BENEFÍCIOS CARRO RESERVA 1.0 DO OBJETIVO DO PLANO:

PLANO DE BENEFÍCIOS CARRO RESERVA 1.0 DO OBJETIVO DO PLANO: PLANO DE BENEFÍCIOS CARRO RESERVA 1.0 DO OBJETIVO DO PLANO: 1.1 A destinação deste plano de benefício é disponibilizar, ora contratado, diárias de veículo econômico com ar para as pessoas físicas ou jurídicas

Leia mais

LEVANTAMENTO FISCAL SITE KADOX

LEVANTAMENTO FISCAL SITE KADOX LEVANTAMENTO FISCAL SITE KADOX SUMÁRIO 1 ICMS 1.1 CONTRIBUINTE 1.2 FATO GERADOR DO IMPOSTO 1.3 BASE DE CÁLCULO DO IMPOSTO 1.4 REDUÇÃO DA BASE DE CÁLCULO 1.5 CARTA DE CORREÇÃO 1.6 CÓDIGO DA SITUAÇÃO TRIBUTÁRIA

Leia mais