Orientações Técnicas

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Orientações Técnicas"

Transcrição

1 Pg. 01 Prezado Cliente, Aqui se encontram as principais informações técnicas relativas a produção e instalação de suas esquadrias em PVC. A Luxxar é uma empresa aberta ao contato e orientação á todos os profissionais da área da engenharia e arquitetura até o atendimento diretamente ao cliente. Colecionamos orgulho em nosso portfólio de projetos, atendendo clientes exigentes e com opinião formada que nos tornaram capazes de suprir todas as expectativas desde o projeto inicial, passando pela adequação á engenharia e construção até o resultado final aprovado pelo cliente. Este impresso foi desenvolvido para informar ao(s) profission - al(is) envolvidos na sua obra, todas as orientações técnicas e básicas que permitem medir, desenvolver e instalar os produ - tos da Luxxar, com resultados funcionais para as janelas e portas, evitando assim futuros imprevistos. Peças produzidas por um departamento técnico competente fazem a diferença. E é por isso que garantimos a ecácia dos nossos projetos. Entre em contato conosco e solicite um orçamento. Teremos prazer em atender sua necessidade. (*) Importante: É necessária atenção dobrada na Cronograma de desenvolvimento de projetos etapa inicial que envolve as especificações técnicas Para garantir o resultado, seguimos o seguinte cronograma: das esquadrias, pois trata-se de um conjunto que envolve experiência e onde a responsabilidade deve a) Especificação técnica de material; estar presente em todo o processo da fabricação e b) Emissão de contrato de fornecimento; atenta principalmente na fase inicial, evitando desen -c) Orientações e medição técnica na obra; cadear erros em série após o início de produção do d) Produção das portas e janelas; material. Portanto estamos abertos a qualquer dúvida e) Envio e entrega do(s) produto(s) na obra; e consulta, trabalhando praticamente em equipe com f) Colocação e instalação dos produtos; os profissionais envolvidos na obra. g) Checagem final. Medição e Adequação dos Vãos Orientação técnica aos profissionais envolvidos na obra: A fabricação de esquadrias necessita inicialmente que a obra esteja preparada e em condições para a realização técnica habitual de medições, sendo que a conferência das mesmas evita atrasos e principalmente gastos não previstos. O requadramento dos vãos é normalmente o principal motivo que resulta em atrasos e problemas na instalação das esquadrias. Sendo assim, a medição da totalidade dos vãos vem a ser de grande importância, pois a partir dela desen - volvemos, entregamos e instalamos todas as peças numa única etapa. Estamos cientes que obras medidas em partes podem criar problemas, sendo que os prazos combinados podem vir a sofrerem atrasos, já que quando o contrato envolve medição de obras, contamos sempre a partir da medição dos vãos. 1 Requadramento total dos vãos; 2 Regularização da base dos vãos; 3 Alinhamento das esquadrias no vão; 4 Análise de recorte e rebaixo do piso; 5 Peitoril e Soleira; 6 Definição de superfícies de assentamento e pedras; 7 Estar atento a altura total e altura do vão luz onde haverão portas; 8 Estar atento a altura dos vãos onde tenham portas com persianas de enrolar; 9 Pontos de energia para persianas de enrolar motorizadas devem estar sendo orientados; 10 Estar atento ao acabamento ; 11 Sentidos de abertura definidos; 12 Orientação para limpeza e manutenção das esquadrias. Observe um melhor detalhamento sobre as informações anteriores nos tópicos a seguir:

2 Pg. 02 Regularização dos vãos Requadramento dos vãos: Regularizar no local a medição dos vãos sendo topo, laterais e bases. No caso de haver pedras pingadeiras posteriormente serão considerados requadrados os vãos após assentamento das pedras. Requadramento da base dos vãos: Vãos inacabados não devem ainda ser medidos, sendo que irregularidades podem resultar em custos desnecessários no atraso de produção e entrega dos produtos, pois teriam que as peças serem refeitas. A utilização de pedras soleiras fazem com que sejam requadra - dos os vãos pós a instalação das mesmas. Alinhamento esquadrias-vãos O eixo das paredes determina o alinhamento da instalação de esquadrias, e o alinhamento permite um melhor acabamento, cobrindo pedras pingadeiras se for o caso. Os produtos saem da fábrica com acabamentos s, porém deixamos aberto o opcional de acabamentos s ao gosto do cliente. É possível o alinhamento, através do eixo e.

3 Pg. 03 Rebaixo de piso Portas de correr - No caso de portas de correr, o nível entre os pisos s e s devem conter um desnível de no mínimo 64mm. Em relação ao alinhamento da parede, devemos também ressaltar que o rebaixo de piso inicie em 30mm de distância, permitindo assim e de maneira simples a colocação do acabamento de piso. Pisos s mais elevados servem para não permitir a entrada de água, e assim sendo, se não for utilizado rebaixo mínimo nos vãos, ocasionará problemas de infiltração e de segurança. piso contra piso parede piso 64mm 30mm Portas de abrir - No caso de portas de abrir, devem se seguidas as mesmas características das tradicionais de madeira, podendo também eventualmente serem produzi - das com batente inferior, seguindo então as orientações anteriores, de portas corrediças (em casos assim nosso suporte dará todas as atenções devidas). piso parede soleira contra piso piso

4 Pg. 04 Instalação de pedras Peitoris de janelas e/ou Pingadeiras: nesse caso em especial as pedras devem estar já previamente instaladas para depois serem realizadas as medições dos vãos, descrevendo o tipo de pedra e sua espes - sura. Orientações não seguidas em relação ao pré projeto descrito causarão atrasos e gastos (custos) extras, pois as peças terão que ser produzidas nova - mente. Pedras peitoril/pingadeira podem ser sem pedras, meia pedra ou pedra inteira. sem pedra pedra inteira meia pedra Soleiras para portas corrediças: no caso de portas de correr os vãos devem ser medidos também com as mesmas já instaladas, ou então o tipo e espessura já pré-definidos. Orientações não seguidas em relação ao pré projeto descrito causarão atrasos e gastos (custos) extras, pois as peças terão que ser produzidas novamente. Pedras soleiras podem ser sem pedras, meia pedra ou pedra inteira. sem pedra pedra inteira meia pedra

5 Pg. 05 Superfície de assentamento e pedra Superfícies de assentamento onde conterão as esquadrias nas pedras em vãos s deverão ter uma pequena inclinação para o lado de fora. Assim evitamos acúmulo de água junto á esquadria, que podem vir a trazer transtornos de má vedação na obra. A utilização do tipo de pedra também deve estar sendo analisada de acordo com as seguintes precauções: superfície ou pedra c/ inclinação externa Pedras porosas permitem infiltração, fato que faz com que as mesmas sejam preferenciais em áreas próximas a piscinas, pois eliminam excesso e/ou acúmulo de água. Deve ser utilizado outro tipo de pedra para soleira ou pinga - deira. Pedras semi opacas o fato de permitir passagem de luz pela superfície devido serem claros faz com que esse tipo de pedra não seja interessante para utilização em soleiras e pingadeiras.

6 Pg. 06 Altura dos vãos das portas Portas de correr normalmente possuem um vão com a altura total de 2,20m (base-topo). A área livre de passagem deve ter, segundo as normas da ABNT, 2,10m, ou seja, menor do que 2,10m 2,20m 2,00m 2,10m o requadramento do vão, sendo então necessário que o vão requadrado inclua na soma 10cm de altura, para que assim se desconte da altura total do vão requadrado as alturas de marcos e rebaixo que terão os pisos. Portas de abrir em PVC seguem as mesmas características das de madeira. A área livre de passagem deve ter, segundo a ABNT, 2,10m, ou seja, menor do que o requadramento do vão. Para o vão luz (de passagem) atingir 2,10m é necessário somar no vão requadrado 5cm referentes à altura superior do batente. Em alguns casos as portas de abrir podem ser produzidas com marco 2,10m2,15m 2,05m2,10m inferior, devendo então serem seguidas as mesmas orientações utilizadas em portas corrediças. Nesses casos nossa equipe de suporte estará preparada para atender e informar melhor.

7 Pg. 07 Altura dos vãos das portas 22cm 2,30m Portas com persiana de enrolar tem a altura ideal de 2,40m, podendo ter no mínimo 2,30m, pois a altura do compartimento para a persiana recolhida gira em torno de 22cm. Dessa forma, se somar - mos a altura mínima de 2,10m (ABNT) podemos chegar á medida ideal de 2,40m. 22cm 2,10m 2,40m Nada impede que sejam produzidas portas com persianas de enrolar em alturas diferentes, porém preza-se sempre padrões de segurança já estipula - dos para evitar acidentes e problemas no projeto.

8 Pg. 08 Motorização para persianas de enrolar Projetos que envolvem tal estrutura necessitam de pontos de energia junto ao vão. Três detalhes básicos também são de suma importância: 6 a 10cm 6 a 10cm 1 Modo de acionamento Controle remoto ou manual 2 Voltagem 220V 3 Posição do ponto de energia Esquerda ou Direita. A posição recomendável e correta do ponto de energia deve estar a 6 e 10cm abaixo do topo do vão e de 6 a 10cm de distância da parte interna da parede. Conduíte de energia (checar 220V) Botoeira de comando (caixa 4x2 ) no caso de não haver controle remoto.

9 Pg. 09 Acabamento Guarnições internas são detalhes de acabamento que devem ser obser - vados, e para utilizá-las é necessário respeitar e manter um espaço mínimo paralelo e perpendicular a parede, portanto sugerimos a adequação do vão necessária para receber a esquadria. O fato da instalação perpendicular a paredes ou divisórias não afeta tecnicamente o projeto, e sim o acabamento.

10 Pg. 10 Abertura de portas e janelas (sentido) O sentido de abertura é mais um detalhe que resultará em melhor funcionalidade e combi - nação com o projeto da obra. Por isso devem ser estudados os mesmos, pois referente á produção da esquadria, quando finalizada, inclui custos extras para corrigir tal erro, já que é necessário desmontar a esquadria e refazer no sentido correto, desperdiçando tempo e materi - al. A posição de manuseio de esquadrias respeita a norma NBR 10821, a qual orienta que a parte de movimento esteja localizada na esquerda da posição de manuseio. A orientação de ABNT será mantida caso não seja solicitada a norma anterior. Portas e janelas de correr folha ativa à esquerda (padrão ABNT) folha ativa à direita Portas e janelas de abrir abertura para dentro dobradiças à esquerda abertura para dentro dobradiças à direita abertura para fora dobradiças à esquerda abertura para fora dobradiças à direita

11 Orientações Técnicas Limpeza e manutenção de esquadrias A maior vantagem das portas e janelas em PVC é a facilidade da manutenção, diferentes das mesmas produzidas em alumínio ou madeira. A limpeza é simples feita apenas com água e sabão neutro, e a ação do tempo age de forma diferente no PVC, não tendo que desempenar, pintar, lixar, etc.. Para uma limpeza mais profun - da pode-se utilizar álcool ou thinner (nos perfis brancos) e em perfis com acabamentos especiais pode-se usar álcool isopropílico diluído em água, já que nesses casos não podem ser aplicados solventes, como por exem - plo o thinner. A limpeza dos acessórios, como maçanetas e puxadores, também deve ser feita com um pano macio úmido ou embebido com água e sabão e/ou detergente. Limpeza e manutenção dos vidros Lâminas de vidro podem ser limpas com água e sabão neutro e preparados especiais específi cos, levando em conta um cuidado relativo a superfície lisa, pois dependendo do pano ou esponja poderá estar riscando o mesmo. - Pg. 11

Temos convicção de que estamos plenamente capacitados a atender e superar suas expectativas! VISÃO GERAL DO FORNECIMENTO DE ESQUADRIAS EM PVC

Temos convicção de que estamos plenamente capacitados a atender e superar suas expectativas! VISÃO GERAL DO FORNECIMENTO DE ESQUADRIAS EM PVC página 1 Prezado Cliente, É com grande satisfação que enviamos este material. Nosso intuito é ajudá-lo a compreender melhor as etapas e rotinas necessárias à boa especificação, fabricação e instalação

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÕES DO OBJETO

ANEXO I ESPECIFICAÇÕES DO OBJETO ANEXO I ESPECIFICAÇÕES DO OBJETO Item Código comprasnet Qtde Mínima Qtde Máxima Unidade Descrição do Item Valor Unitário Valor mínimo Valor Máximo 01 295318 450,00 860,00 m² Paredes em gesso acartonado

Leia mais

KIT Porta IPUMIRIM. Manual técnico e instruções de instalação

KIT Porta IPUMIRIM. Manual técnico e instruções de instalação Manual técnico e instruções de instalação KIT Porta IPUMIRIM Este manual de instalação do Kit Faqueadas Ipumirim vai auxiliar e orientar construtores e consumidores com as informações necessárias com relação

Leia mais

Esquadrias Metálicas Ltda. Manual de instruções.

Esquadrias Metálicas Ltda. Manual de instruções. Manual de instruções. PORTA DE ABRIR A Atimaky utiliza, na fabricação das janelas, aço galvanizado adquirido diretamente da Usina com tratamento de superfície de ultima geração nanotecnologia (Oxsilan)

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO, LIMPEZA E MANUTENÇÃO SISTEMAS

MANUAL DE UTILIZAÇÃO, LIMPEZA E MANUTENÇÃO SISTEMAS MANUAL DE UTILIZAÇÃO, LIMPEZA E MANUTENÇÃO SISTEMAS NORMA EN 14351-1:2006 MANUAL LIMPEZA, UTILIZAÇÃO, MANUSEAMENTO E MANUTENÇÃO As janelas permitem iluminar e ventilar o interior dos espaços, protegendo

Leia mais

Kit Porta Interna em PVC. Catálogo de Produtos

Kit Porta Interna em PVC. Catálogo de Produtos Kit Porta Interna em PVC Catálogo de Produtos Um mundo novo está de portas abertas para você. Entre e conheça a mais alta tecnologia. A Claris é a marca líder em esquadrias de PVC no mercado brasileiro,

Leia mais

MANUAL DE ARMAZENAGEM E INSTALAÇÃO DO KIT ECOPORTA

MANUAL DE ARMAZENAGEM E INSTALAÇÃO DO KIT ECOPORTA MANUAL DE ARMAZENAGEM E INSTALAÇÃO DO KIT ECOPORTA 2 ÍNDICE 1. ARMAZENAGEM DO KIT ECOPORTA... 3 2. MANUAL PARA INSTALAÇÃO DE KITS... 4 2.1. REQUISITOS PARA INSTALAÇÃO... 4 2.1.1 Ferramentas... 4 2.1.2

Leia mais

Book Técnico

Book Técnico Book Técnico Prezado Cliente, É com grande satisfação que enviamos este material. Nosso intuito é ajudá-lo a compreender melhor as etapas e rotinas necessárias à boa especificação, fabricação e instalação

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO, ORÇAMENTO E PROJETO DO ACESSO PRINCIPAL E IDENTIFICAÇÃO DA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE FRONTEIRA

MEMORIAL DESCRITIVO, ORÇAMENTO E PROJETO DO ACESSO PRINCIPAL E IDENTIFICAÇÃO DA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE FRONTEIRA MEMORIAL DESCRITIVO, ORÇAMENTO E PROJETO DO ACESSO PRINCIPAL E IDENTIFICAÇÃO DA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE FRONTEIRA Orçamento Unidade Básica de Saúde - Fronteira Estrutura para o acesso e identificação do

Leia mais

GUIA TÉCNICO ESQUADRIAS EM PVC

GUIA TÉCNICO ESQUADRIAS EM PVC GUIA TÉCNICO ESQUADRIAS EM PVC www. ecovistaesquadrias.com.br dúvidas? contato@ecovistaesquadrias.com.br Índice ÍNDICE INTRODUÇÃO Apresentação Visão geral do fornecimento de esquadrias em PVC Introdução

Leia mais

ISOLAMENTO ACÚSTICO DAS VEDAÇÕES VERTICAIS EXTERNAS. Como escolher a esquadria da sua obra e atender a NBR 15.575

ISOLAMENTO ACÚSTICO DAS VEDAÇÕES VERTICAIS EXTERNAS. Como escolher a esquadria da sua obra e atender a NBR 15.575 ISOLAMENTO ACÚSTICO DAS VEDAÇÕES VERTICAIS EXTERNAS Como escolher a esquadria da sua obra e atender a NBR 15.575 Em julho de 2013 entrou definitivamente em vigor a NBR 15.575, a norma de desempenho de

Leia mais

Persianas Horizontais

Persianas Horizontais Persianas Horizontais PHA /mm PHM 0mm acionamento Monocontrole Omnirise PHA 0mm Os acionamentos monocontrole e Ominirise estão disponíveis para PHA, PHA 0 e PHM 0mm Descrição do Produto.... trilho superior

Leia mais

ESQUADRIAS EM PVC Carta de Orientações Técnicas Fevereiro 2016

ESQUADRIAS EM PVC Carta de Orientações Técnicas Fevereiro 2016 Prezado Cliente, É com grande satisfação que enviamos este material. Nosso intuito é ajudá-lo a compreender melhor as etapas e rotinas necessárias à boa especificação, fabricação e instalação de suas esquadrias

Leia mais

DESENHO DE ARQUITETURA PLANTA BAIXA AULA 01 PROF ALINE FERNANDES

DESENHO DE ARQUITETURA PLANTA BAIXA AULA 01 PROF ALINE FERNANDES DESENHO DE ARQUITETURA PLANTA BAIXA PLANTA BAIXA PLANTA BAIXA PLANTA BAIXA PLANTA BAIXA PLANTA BAIXA PROJETO ARQUITETÔNICO SÍMBOLOS GRÁFICOS PASSOS PARA MONTAGEM DE PLANTA BAIXA: 1. Deve-se estimar o tamanho

Leia mais

Catálogo Geral de Produtos 2012 2013

Catálogo Geral de Produtos 2012 2013 Catálogo Geral de Produtos 2012 2013 01 C 100 M 00 Y 100 K 00 C 100 M 60 Y 00 K 00 Em atividade desde 2004, a Prima Ferragens, empresa especializada na fabricação de peças especiais e vedações acústicas

Leia mais

Rolô Home 30, 40 e 50

Rolô Home 30, 40 e 50 Rolô Home 30, 40 e 50 Acionamento: Manual e Certificado de Garantia Obs: lembramos que se o tecido descer pela frente é o contrário do que mostra a figura. Limpeza: A limpeza pode ser feita por aspirador

Leia mais

Manual de Entrega - Orientações ao cliente

Manual de Entrega - Orientações ao cliente Manual de Entrega - Orientações ao cliente MANUAL ENTREGA SW 23OUT.indd 1 24/10/2012 18:01:53 ÍNDICE Termo de entrega e responsabilidade Preparo da alvenaria Recebimento e verificação dos produtos Conservação

Leia mais

Colunas com painéis. Colunas com vidros. Colunas de tecidos. Colunas Slim

Colunas com painéis. Colunas com vidros. Colunas de tecidos. Colunas Slim Boletim Técnico Colunas com painéis Chapas únicas ou duplas, de 15 mm, de saque frontal em MDP ou MDF com revestimento melaminico. Opcionais: disponíveis em diversos tipos de chapas e acabamentos do mercado.

Leia mais

ESQUADRIAS MÉTODO EXECUTIVO. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 8º Período Turmas C01, C02 e C03 Disc. Construção Civil II

ESQUADRIAS MÉTODO EXECUTIVO. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 8º Período Turmas C01, C02 e C03 Disc. Construção Civil II E ESQUADRIAS MÉTODO EXECUTIVO Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 8º Período Turmas C01, C02 e C03 Disc. Construção Civil II MÉTODO EXECUTIVO Cuidados no Recebimento Formas de Instalação

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADO CNPJ 51.814.960/0001-26. Projeto Básico

PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADO CNPJ 51.814.960/0001-26. Projeto Básico Projeto Básico Pintura e reparos na Escola Municipal de Ensino Fundamental Senador Carlos José Botelho 1.0 Objeto Trata-se de obra de pintura e correção de reparos no edifício da escola, tombado pelo Patrimônio.

Leia mais

ESQUADRIAS EM ALUMÍNIO Carta de Orientações Técnicas Abril 2016

ESQUADRIAS EM ALUMÍNIO Carta de Orientações Técnicas Abril 2016 Prezado Cliente, É com grande satisfação que enviamos este material. Nosso intuito é ajudá-lo a compreender melhor as etapas e rotinas necessárias à boa especificação, fabricação e instalação de suas esquadrias

Leia mais

Prefeitura Municipal de Piratini

Prefeitura Municipal de Piratini MEMORIAL DESCRITIVO O presente Memorial Descritivo visa estabelecer as condições de materiais e execução referentes à construção de um Vestiário Esportivo, localizado na Av. 6 de julho s/n, em Piratini/RS,

Leia mais

MANUAL DO PROPRIETÁRIO E CERTIFICADO DE GARANTIA

MANUAL DO PROPRIETÁRIO E CERTIFICADO DE GARANTIA MANUAL DO PROPRIETÁRIO E CERTIFICADO DE GARANTIA sca.com.br Parabéns! Agora, a mudança faz parte da sua vida. Neste manual, você encontrará as principais informações para garantir que seu mobiliário S.C.A.

Leia mais

Suporte de instalação (VSU023000)

Suporte de instalação (VSU023000) Abril/2013 Acionamentos Padrão 18 4 3 5 23 15 7 11 12 9 10 17 16 22 1 19 8 20 14 21 2 1. Trilho Superior (VSU001XXX) 2. Lâmina de Tecido ou PVC 3. Afastador 8,5cm (CCO097) 4. Afastador 13,5cm (VEC002)

Leia mais

SOLUÇÕES FORTLEV PARA CUIDAR DA ÁGUA TANQUES

SOLUÇÕES FORTLEV PARA CUIDAR DA ÁGUA TANQUES SOLUÇÕES FORTLEV PARA CUIDAR DA ÁGUA TANQUES MUITO MAIS TECNOLOGIA E VERSATILIDADE PARA CUIDAR DA ÁGUA A FORTLEV é a maior empresa produtora de soluções para armazenamento de água do Brasil. Campeã em

Leia mais

Oferecemos também uma linha completa de acabamentos para pisos em madeira, como rodapés, cantoneiras e frontais para escadas.

Oferecemos também uma linha completa de acabamentos para pisos em madeira, como rodapés, cantoneiras e frontais para escadas. Ecopiso Ecopiso empresa com sede em Curitiba, produzindo pisos maciços pré acabados, com o que existe de melhor e mais moderno em padrões de cores e acabamentos de verniz. Oferecemos também uma linha completa

Leia mais

Marca registrada.todos os direitos reservados.

Marca registrada.todos os direitos reservados. Marca registrada.todos os direitos reservados. ESTUDO DAS ESQUADRIAS PVC E ALUMÍNIO BENEFÍCIOS PVC - Conforto térmico, menor gasto de energia conseqüentemente - Conforto acústico excelente com vidro duplo

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Municipio de Venâncio Aires

Estado do Rio Grande do Sul Municipio de Venâncio Aires MEMORIAL DESCRITIVO Obra: OBRAS CIVIS, REFORMA E INSTALAÇÕES - PMAT PAVIMENTO TÉRREO E SUPERIOR DA PREFEITURA MUNICIPAL Local: Rua Osvaldo Aranha-nº 634 Venâncio Aires EXECUÇÃO E SERVIÇOS A execução dos

Leia mais

Araquari - SC Tel: 55 (47) 3447-7300 - www.nvm.com.br. Manual de detalhes do pedido

Araquari - SC Tel: 55 (47) 3447-7300 - www.nvm.com.br. Manual de detalhes do pedido Manual de detalhes do pedido Neste documento abordaremos alguns detalhes que são importantes para correta utilização dos projetos no Web Glass e confecção de pedidos peça a peça. A layout de apresentação

Leia mais

ESQUADRIAS Resumo da aula

ESQUADRIAS Resumo da aula ESQUADRIAS Resumo da aula Os vãos têm como funções a vedação e a comunicação dos ambientes internos e externos do edifício. Ambos necessitam de obras e serviços, executadas com materiais, segundo determinadas

Leia mais

LANÇAMENTO. ualitysol O R T A S E J A N E L A S D E A Ç O

LANÇAMENTO. ualitysol O R T A S E J A N E L A S D E A Ç O LANÇAMENTO RÊMIOS Os prêmios recebidos confirmam o reconhecimento e a preferência dos construtores, lojistas e consumidores pelos produtos Ramassol. Entre as premiações recebidas estão: TO of MIND, Ranking

Leia mais

ELEVAÇÕES OU FACHADAS

ELEVAÇÕES OU FACHADAS ELEVAÇÕES OU FACHADAS 1- CONCEITUAÇÃO Elevações ou fachadas são elementos gráficos componentes de um projeto de arquitetura, constituídos pela projeção das arestas visíveis do volume sobre um plano vertical,

Leia mais

Manual de Instruções Bebedouro Stilo Eletrônico. Imagem meramente ilustrativa.

Manual de Instruções Bebedouro Stilo Eletrônico. Imagem meramente ilustrativa. Manual de Instruções Bebedouro Stilo Eletrônico Imagem meramente ilustrativa. Bebedouro Stilo LIBELL Eletrônico 1- MANUAL DE USUÁRIO Parabéns por ter escolhido a Libell Eletrodomésticos Ltda. para fazer

Leia mais

Aula 7 : Desenho de Ventilação

Aula 7 : Desenho de Ventilação Aula 7 : Desenho de Ventilação Definições: NBR 10821:2001, Caixilho para edificação: Janela Caixilho, geralmente envidraçado, destinado a preencher um vão, em fachadas ou não. Entre outras, sua finalidade

Leia mais

ADEQUAÇÃO DAS EDIFICAÇÕES E DO MOBILIÁRIO URBANO À PESSOA DEFICIENTE

ADEQUAÇÃO DAS EDIFICAÇÕES E DO MOBILIÁRIO URBANO À PESSOA DEFICIENTE Esta norma aplica-se atodas as edificações de uso público e/ou mobiliário urbano, tanto em condições temporárias como em condições permanentes. É sempre necessário consultar o REGULAMENTO DO CÓDIGO NACIONAL

Leia mais

Construção Civil Linha PVC

Construção Civil Linha PVC Construção Civil Linha PVC Correr Abertura de 2 a 6 folhas que se movimentam mediante deslizamento horizontal. De fácil manuseio, podendo ser utilizada com persiana e tela mosquiteira. Permite ventilação

Leia mais

SOLUÇÕES FORTLEV PARA CUIDAR DA ÁGUA

SOLUÇÕES FORTLEV PARA CUIDAR DA ÁGUA C A T Á L O G O T É C N I C O SOLUÇÕES FORTLEV PARA CUIDAR DA ÁGUA CAIXA D ÁGUA EM FIBRA DE VIDRO MUITO MAIS TECNOLOGIA E VERSATILIDADE PARA CUIDAR DA ÁGUA A FORTLEV é a maior empresa produtora de soluções

Leia mais

C ATÁ L O G O D E P R O D U T O S

C ATÁ L O G O D E P R O D U T O S CATÁLOGO DE PRODUTOS ADMIRÁVEL MUNDO NOVO PREPARE-SE. Você vai entrar em um mundo surpreendente. Que alia tecnologia de ponta, beleza, sofisticação e segurança. Sucesso nos EUA e Europa, as portas e janelas

Leia mais

ESQUADRIAS PRONTAS. dúvidas? Rodrigo Luz celular: (19) 7804-7076. Junho 2011

ESQUADRIAS PRONTAS. dúvidas? Rodrigo Luz celular: (19) 7804-7076. Junho 2011 ESQUADRIAS PRONTAS www. ecovistaesquadrias.com.br dúvidas? Rodrigo Luz celular: (19) 7804-7076 radio: 55*7*85978 rodrigo@ ecovistaesquadrias.com.br Índice ÍNDICE INTRODUÇÃO Apresentação Introdução ao conceito

Leia mais

Caixa de Inspeção e Interligação

Caixa de Inspeção e Interligação Caixa de Inspeção e Interligação Localização no website Tigre: Obra predial Esgoto CAIXA DE INSPEÇÃO e/ou Obra predial Águas Pluviais CAIXA DE INTERLIGAÇÃO Função/Aplicação: Caixa de Inspeção: destinada

Leia mais

MEMORIAL DE INSTALAÇÕES HIDROSANITÁRIAS

MEMORIAL DE INSTALAÇÕES HIDROSANITÁRIAS 1 MEMORIAL DE INSTALAÇÕES HIDROSANITÁRIAS A presente especificação destina-se a estabelecer as diretrizes básicas e definir características técnicas a serem observadas para execução das instalações da

Leia mais

ESTRUTURA L va v ntando o s s pain i éis i s que c ontém

ESTRUTURA L va v ntando o s s pain i éis i s que c ontém O PVC E O SISTEMA ROYAL É leve (1,4 g/cm3), o que facilita seu manuseio e aplicação; Resistente à ação de fungos, bactérias, insetos e roedores; Resistente à maioria dos reagentes químicos; Bom isolante

Leia mais

POLICARBONATO CHAPAS COMPACTAS. Estilo com Tecnologia. Alveolar - Compacto - Telhas - Acessórios de Instalação

POLICARBONATO CHAPAS COMPACTAS. Estilo com Tecnologia. Alveolar - Compacto - Telhas - Acessórios de Instalação POLICARBONATO CHAPAS COMPACTAS Estilo com Tecnologia Alveolar - Compacto - Telhas - Acessórios de Instalação CHAPAS COMPACTAS Chapa em policarbonato compacto, com tratamento em um dos lados contra o ataque

Leia mais

Estado de Santa Catarina Prefeitura de São Cristóvão do Sul Secretaria Municipal de Obras Departamento Engenharia

Estado de Santa Catarina Prefeitura de São Cristóvão do Sul Secretaria Municipal de Obras Departamento Engenharia ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 1 ARQUITETURA 1.1 VEDAÇÕES 1.1.1 Alvenaria de Blocos Cerâmicos Tipo: 10x20x20 Aplicação: todas as Paredes internas e externas 1.2 ESQUADRIAS 1.2.1 Porta de madeira Compensada As

Leia mais

Manual de Instruções

Manual de Instruções Manual de Instruções (Party Cooler s Thermomatic) Modelo: 40 litros & 77 litros Obrigado por escolher a série dos Party Cooler s da Thermomatic. Para garantir o uso correto das operações, por favor, leia

Leia mais

Adaptação do para-brisa inteiriço por bipartido

Adaptação do para-brisa inteiriço por bipartido Adaptação do para-brisa inteiriço por bipartido A instalação dos pára-brisas, só deve ser feita por profissionais experientes, em caso de dúvida durante a instalação, favor contatar a assistência disponível

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES

MANUAL DE INSTRUÇÕES MANUAL DE INSTRUÇÕES INSTALAÇÃO, MANUSEIO E MANUTENÇÃO LEIA ANTES DE INSTALAR CONFORTO SEGURANÇA DURABILIDADE PORTÃO SOCIAL OU DE ABRIR Parabéns! Você acaba de adquirir um dos produtos da linha Celbra.

Leia mais

RESISTÊNCIA E BELEZA A TODA PROVA

RESISTÊNCIA E BELEZA A TODA PROVA RESISTÊNCIA E BELEZA A TODA PROVA Telhas de Concreto Características técnicas e dimensionais Especificações Comprimento...420mm Largura...330mm Telhas por m2...10,5pçs Peso nominal...4,7kg Peso por m2...49,35kg

Leia mais

TUTORIAL PARA PREPARO DE AMBIENTE DE RECEPÇÃO DE PLATAFORMA HIDRÁULICA TIPO PL-G DA DWA

TUTORIAL PARA PREPARO DE AMBIENTE DE RECEPÇÃO DE PLATAFORMA HIDRÁULICA TIPO PL-G DA DWA 2014 DWA CONSTRUÇÕES ELETROMECÂNICAS LTDA. TUTORIAL PARA PREPARO DE AMBIENTE DE RECEPÇÃO DE PLATAFORMA HIDRÁULICA TIPO PL-G DA DWA Orientação ao construtor para preparo do ambiente que irá receber a plataforma

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE MODIFICAÇÕES EM APARTAMENTOS

PROCEDIMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE MODIFICAÇÕES EM APARTAMENTOS PROCEDIMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE MODIFICAÇÕES EM APARTAMENTOS Para solicitar modificações nos apartamentos, o cliente deverá vir até a empresa em horário comercial no setor de Projetos com sua carta de

Leia mais

Guia técnico de instalação UDMOTORS

Guia técnico de instalação UDMOTORS Guia técnico de instalação UDMOTORS 1 Instalação Elétrica - Motores UDM35R / UDM45R 1.1 Motores com acionamento por controle remoto Ligação modelo para es 127V Preto Verde Verde Branco Neutro Ligação modelo

Leia mais

SISTEMA LISROLL. www.lismarca.pt CATÁLOGO TÉCNICO

SISTEMA LISROLL. www.lismarca.pt CATÁLOGO TÉCNICO SISTEMA LISROLL www.lismarca.pt CATÁLOGO TÉCNICO 2 MAIS DO QUE UM ESTORE AJUSTÁVEL, UMA PERSIANA AJUSTÁVEL... Índice Características Especificações técnicas Ficha técnica Motores Certificados pág. 4 pág.

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO CHAPAS DE POLICARBONATO ALVEOLARES

MANUAL DE INSTALAÇÃO CHAPAS DE POLICARBONATO ALVEOLARES MANUAL DE INSTALAÇÃO CHAPAS DE POLICARBONATO ALVEOLARES CHAPAS DE POLICARBONATO ALVEOLARES As chapas de policarbonato alveolares, possuem em um dos lados, tratamento contra o ataque dos raios ultravioletas,

Leia mais

MANUAL DE CONSERVAÇÃO DOS PRODUTOS CRIARE

MANUAL DE CONSERVAÇÃO DOS PRODUTOS CRIARE MANUAL DE CONSERVAÇÃO DOS PRODUTOS CRIARE Para que a vida útil do seu produto seja maior, recomendamos que estas informações sejam transmitidas às pessoas que executam a limpeza da sua casa. DE OLHO NA

Leia mais

Divisão Construção Civil PUR/PIR Av. Nações Unidas, 12551 conj. 2404 - WTC 04578-903 São Paulo - SP - Brasil Fone: +55 11 3043-7883 Fax: +55 11

Divisão Construção Civil PUR/PIR Av. Nações Unidas, 12551 conj. 2404 - WTC 04578-903 São Paulo - SP - Brasil Fone: +55 11 3043-7883 Fax: +55 11 1 Por que usar termoisolamento em PUR/PIR? 2 Soluções para canteiro de obra Danica. 3 Premissas construtivas 2.2.2 - COBERTURAS: A cobertura terá telhas termoisolantes com espessura de 30 mm com isolamento

Leia mais

Ilustrações Digitais: Artistas Associados. Especificação de Materiais

Ilustrações Digitais: Artistas Associados. Especificação de Materiais Ilustrações Digitais: Artistas Associados Especificação de Materiais UNIDADES PRIVATIVAS E COBERTURAS Sala / Circulação Varanda Cozinha Piso: Porcelanato a ser definido pelo arquiteto da construtora; Parede:

Leia mais

Orientações para Instalação do SISTEMA C da AMF

Orientações para Instalação do SISTEMA C da AMF Orientações para Instalação do SISTEMA C da AMF O SISTEMA C é o tipo de sistema estrutural para forros removíveis mais utilizado no mundo, combinando rapidez e simplicidade na instalação com preço econômico.

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO INDUSPARQUET

MANUAL DE INSTALAÇÃO INDUSPARQUET MANUAL DE INSTALAÇÃO INDUSPARQUET Introdução Agradecemos a escolha de produtos INDUSPARQUET para sua residência ou ambiente comercial. Com 36 anos de experiência com o trato de pisos de madeira maciça

Leia mais

Para melhorar o conforto acústico das edificações é essencial realizar estudos de avaliação prévia e utilizar produtos submetidos a ensaios

Para melhorar o conforto acústico das edificações é essencial realizar estudos de avaliação prévia e utilizar produtos submetidos a ensaios Esquadrias anti-ruídos Para melhorar o conforto acústico das edificações é essencial realizar estudos de avaliação prévia e utilizar produtos submetidos a ensaios Laboratório de acústica da Divisão de

Leia mais

Manual de Instalação Project - PVC

Manual de Instalação Project - PVC Manual de Instalação Project - PVC Este manual tem como objetivo o auxiliar na maneira correta de armazenamento, instalação e manutenção para que possa garantir a qualidade máxima da aplicação e prolongar

Leia mais

Dicas de conservação e limpeza

Dicas de conservação e limpeza Dicas de conservação e limpeza No uso diário de seus armários, alguns cuidados devem ser tomados a fim de prolongar a vida útil do produto. Água Tome cuidado particular em torno da pia, do forno e dos

Leia mais

O impacto da ABNT NBR 15575 Edificações habitacionais Desempenho sobre Esquadrias. Aspectos técnicos e jurídicos

O impacto da ABNT NBR 15575 Edificações habitacionais Desempenho sobre Esquadrias. Aspectos técnicos e jurídicos O impacto da ABNT NBR 15575 Edificações habitacionais Desempenho sobre Esquadrias Aspectos técnicos e jurídicos Enga. Fabiola Rago Beltrame AFEAL - Associação Nacional de Fabricantes de Esquadrias de Alumínio

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA maio/2006 1 de 5 VIDROS DIRETORIA DE ENGENHARIA. Edificações. Vidros. PR 010979/18/DE/2006 ET-DE-K00/015

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA maio/2006 1 de 5 VIDROS DIRETORIA DE ENGENHARIA. Edificações. Vidros. PR 010979/18/DE/2006 ET-DE-K00/015 ESPECIFICÇÃO TÉCNIC maio/2006 1 de 5 TÍTULO VIDROS ÓRGÃO DIRETORI DE ENGENHRI PLVRS-CHVE Edificações. Vidros. PROVÇÃO PROCESSO PR 010979/18/DE/2006 DOCUMENTOS DE REFERÊNCI SEP Secretaria de Estado da dministração

Leia mais

Descritivo Portas (Kit)

Descritivo Portas (Kit) Descritivo Portas (Kit) Portas hospitalares com aplicação de chapa possuem em termos de estrutura: duas lâminas de HDF densidade 800 kg/m3 e espessura de 6mm (espessura de folha 35mm) ou 9mm MDF Ultra

Leia mais

Construção de Edícula

Construção de Edícula Guia para Construção de Edícula Guia do montador Mais resistência e conforto para sua vida. As paredes com Placas Cimentícias Impermeabilizadas e Perfis Estruturais de Aço Galvanizado para steel framing

Leia mais

G U I A T É C N I C O

G U I A T É C N I C O Os produtos da Brogliato passam por um processo de controle de qualidade em seu processo produtivo, assim qualquer dano e irregularidade são corrigidos imediatamente na empresa para que os revestimentos

Leia mais

DICAS ANTES DA COMPRA

DICAS ANTES DA COMPRA DICAS ANTES DA COMPRA Madeira: É um material natural e variações são consideradas normais, nuances e veios existentes nos pisos são próprios da madeira; imperfeições naturais, nós e variações nas tonalidades

Leia mais

Anexo I-A: Serviços de reforma no alojamento de menores da P. J. de Samambaia

Anexo I-A: Serviços de reforma no alojamento de menores da P. J. de Samambaia Serviços de reforma no alojamento de menores da P. J. de Samambaia MEMORIAL DESCRITIVO Anexo I-A: Serviços de reforma no alojamento de menores da P. J. de Samambaia Sumário 1.Considerações gerais...1 2.Serviços

Leia mais

A Empresa. Com mais de 20 anos de mercado,a RTC esta sempre atenta as inovações, e as necessidades dos clientes mais exigentes.

A Empresa. Com mais de 20 anos de mercado,a RTC esta sempre atenta as inovações, e as necessidades dos clientes mais exigentes. A Empresa Com mais de 20 anos de mercado,a RTC esta sempre atenta as inovações, e as necessidades dos clientes mais exigentes. Representamos e fabricamos os melhores produtos do mercado buscamos um continuo

Leia mais

Divisórias APRESENTAÇÃO

Divisórias APRESENTAÇÃO DIVDESIGN As divisórias Div Design oferecem classe e beleza preservando o bem estar e o conforto térmico e acústico. Especialista em soluções inteligentes para divisão de espaços corporativos. APRESENTAÇÃO

Leia mais

MANUAL DE USO E CONSERVAÇÃO ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO

MANUAL DE USO E CONSERVAÇÃO ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO MANUAL DE USO E CONSERVAÇÃO ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO As informações contidas neste manual foram elaboradas com base em nosso conhecimento e em conteúdo fornecido por nossos parceiros comerciais, os quais

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO MANUAL DE INSTALAÇÃO PLACAS DECORADAS - PROCESSO DE COLAGEM O produto deve ser aplicado sobre alvenaria, gesso ou madeira. A superfície deve estar lisa, completamente seca, sólida e forte o suficiente

Leia mais

Principais funções de um revestimento de fachada: Estanqueidade Estética

Principais funções de um revestimento de fachada: Estanqueidade Estética REVESTIMENTO DE FACHADA Principais funções de um revestimento de fachada: Estanqueidade Estética Documentos de referência para a execução do serviço: Projeto arquitetônico Projeto de esquadrias NR 18 20

Leia mais

Perfeitos. Esquadros. Seja para a casa ou escritório, edifícios residenciais ou corporativos, nas

Perfeitos. Esquadros. Seja para a casa ou escritório, edifícios residenciais ou corporativos, nas 72 ARQUITETURA & DECORAÇÃO ALUMI CONSER PROJETO ALUMI CONSER FOTOS LILIANE SILVA Esquadros Perfeitos ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO E SOLUÇÕES EM VIDRO MARCAM O TRABALHO DA ALUMI CONSER, EMPRESA DE GRANDE ATUAÇÃO

Leia mais

3 pás. Parabéns! Você acabou de adquirir um ventilador de teto com luminária, especialmente criado para trazer mais conforto e beleza aos ambientes.

3 pás. Parabéns! Você acabou de adquirir um ventilador de teto com luminária, especialmente criado para trazer mais conforto e beleza aos ambientes. 3 pás Parabéns! Você acabou de adquirir um ventilador de teto com luminária, especialmente criado para trazer mais conforto e beleza aos ambientes. Com design diferenciado o Efyx Lunik3 é pré-montado.

Leia mais

MANUAL DO CONSUMIDOR VENTILADOR DE TETO

MANUAL DO CONSUMIDOR VENTILADOR DE TETO VENTILADOR DE TETO MODELOS: AIRES, LUMIAR FÊNIX, FÊNIX CONTR PETIT Obrigado por adquirir o VENTISOL. Antes de utilizar o seu produto leia atentamente este manual de instruções. Após a leitura guarde-o

Leia mais

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES GLOBAIS DE SERVIÇOS E MATERIAIS REFORMA E ADAPATAÇÃO DO PRÉDIO DA ANTIGA CPFL - GRADUAÇÃO

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES GLOBAIS DE SERVIÇOS E MATERIAIS REFORMA E ADAPATAÇÃO DO PRÉDIO DA ANTIGA CPFL - GRADUAÇÃO CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES GLOBAIS DE SERVIÇOS E MATERIAIS REFORMA E ADAPATAÇÃO DO PRÉDIO DA ANTIGA CPFL - GRADUAÇÃO INSTITUTO UNI-FAMEMA / OSCIP Marília/SP ÍNDICE 1. PRELIMINARES. 2. DEMOLIÇÕES E RETIRADAS.

Leia mais

Ficha Técnica de Produto Rejunta Já! Acrílico Código: RJA001 e RJA101

Ficha Técnica de Produto Rejunta Já! Acrílico Código: RJA001 e RJA101 1. Descrição: O é mais uma solução inovadora, que apresenta praticidade e agilidade para o rejuntamento de pisos, azulejos, pastilhas, porcelanatos em áreas internas, externas, molháveis, molhadas. O principal

Leia mais

SOLUÇÕES FORTLEV PARA CUIDAR DA ÁGUA

SOLUÇÕES FORTLEV PARA CUIDAR DA ÁGUA C A T Á L O G O T É C N I C O SOLUÇÕES FORTLEV PARA CUIDAR DA ÁGUA CAIXA D ÁGUA EM POLIETILENO MUITO MAIS TECNOLOGIA E VERSATILIDADE PARA CUIDAR DA ÁGUA A FORTLEV é a maior empresa produtora de soluções

Leia mais

PINTURA DE PISOS INDUSTRIAIS

PINTURA DE PISOS INDUSTRIAIS PINTURA DE PISOS INDUSTRIAIS MANUAL DE BOAS PRÁTICAS E DICAS PARA UMA PINTURA EFICIENTE DE PISO Sempre que desejamos fazer uma pintura de piso, Industrial ou não, devemos ter em mente quais são os objetivos

Leia mais

POLICARBONATO COMPACTO

POLICARBONATO COMPACTO POLICARBONATO COMPACTO Chapa em policarbonato compacto, com tratamento em um dos lados contra o ataque dos raios ultravioleta (garantia de 10 anos contra amarelamento). Por sua alta transparência, a chapa

Leia mais

Linha Embutida a tid u b m a E h Lin

Linha Embutida a tid u b m a E h Lin Dutos de Piso... 27 Modelos... 27 Caixas de passagem... 31 Caixas de tomada... 35 Derivações... 39 Tomadas de piso - Latão/Cromado/Nylon... 42 Espelho para pisos... 43 Caixa de alumínio... 44 Distribuição

Leia mais

1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA

1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA MANUAL DO USUÁRIO Obrigado por adquirir o Espremedor Citro Plus Cadence ESP802, um produto de alta tecnologia, seguro e eficiente. É Muito importante ler atentamente este manual de instruções, as informações

Leia mais

Introdução. Bem vindo, ao mundo dos automatizadores para portas de enrolar!!!

Introdução. Bem vindo, ao mundo dos automatizadores para portas de enrolar!!! D I S T R I B U I D O R Introdução Bem vindo, ao mundo dos automatizadores para portas de enrolar!!! A NEW AUTOMATIZADORES atua no mercado nacional há 1 ano, distribuindo para todo Brasil e America Latina.

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO DOS PISOS VINÍLICOS EM MANTAS FORTHFLEX, FORTHPISO, FORTHVINYL, CARAVAN E PASTILLE FLOOR

MANUAL DE INSTALAÇÃO DOS PISOS VINÍLICOS EM MANTAS FORTHFLEX, FORTHPISO, FORTHVINYL, CARAVAN E PASTILLE FLOOR MANUAL DE INSTALAÇÃO DOS PISOS VINÍLICOS EM MANTAS FORTHFLEX, FORTHPISO, FORTHVINYL, CARAVAN E PASTILLE FLOOR ANTES DA INSTALAÇÃO: Para podermos ter uma excelente apresentação da instalação não dependemos

Leia mais

MANUAL DE MONTAGEM DA FECHADURA SYNTER EXECUÇÃO DO ALOJAMENTO DA FECHADURA:

MANUAL DE MONTAGEM DA FECHADURA SYNTER EXECUÇÃO DO ALOJAMENTO DA FECHADURA: MANUAL DE MONTAGEM DA FECHADURA SYNTER EXECUÇÃO DO ALOJAMENTO DA FECHADURA: Para fazer o alojamento da Máquina da Fechadura em uma porta, é necessário deixar 1,10m do centro do furo quadrado da maçaneta

Leia mais

AC 3.1/0308. Adega Climatizada Manual de Instruções

AC 3.1/0308. Adega Climatizada Manual de Instruções AC 3.1/0308 Adega Climatizada Manual de Instruções ISO9001: 2000 GARANTIA - CONDIÇÕES GERAIS A Tocave assegura ao comprador/usuário deste aparelho garantia contra defeitos de fabricação, pelo prazo de

Leia mais

Gesso Acartonado CONCEITO

Gesso Acartonado CONCEITO CONCEITO As paredes de gesso acartonado ou Drywall, são destinados a dividir espaços internos de uma mesma unidade. O painel é composto por um miolo de gesso revestido por um cartão especial, usado na

Leia mais

Ficha técnica para uso da revenda autorizada Luxaflex. Persianas Horizontais de Madeira Country Woods Luxaflex. Setembro / 11

Ficha técnica para uso da revenda autorizada Luxaflex. Persianas Horizontais de Madeira Country Woods Luxaflex. Setembro / 11 Ficha técnica para uso da revenda autorizada Luxaflex Persianas Horizontais de Madeira Country Woods Luxaflex Setembro / 11 Acionamentos Standard 35mm 6.1 7.2 2 14 1 9 6.2 16 17 7.1 3 8.2 4 10 8.1 11 13

Leia mais

Introdução...2. Descrição do produto...2. Dados técnicos...3. Instalação hidráulica...3. Instalação cascata tubular Splash...4

Introdução...2. Descrição do produto...2. Dados técnicos...3. Instalação hidráulica...3. Instalação cascata tubular Splash...4 Introdução...2 Descrição do produto...2 Dados técnicos...3 Instalação hidráulica...3 Instalação cascata tubular Splash...4 Instalação cascata de piso Canyon...5 Instalação cascata de parede Niagara...6

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO AQUECEDOR HALOGÊNIO OSCILANTE CADENCE COMODITÀ AQC300

MANUAL DO USUÁRIO AQUECEDOR HALOGÊNIO OSCILANTE CADENCE COMODITÀ AQC300 MANUAL DO USUÁRIO AQUECEDOR HALOGÊNIO OSCILANTE CADENCE COMODITÀ AQC300 Obrigado por adquirir o Aquecedor Halogênio Oscilante Cadence Comodità, um produto de alta tecnologia, seguro e eficiente. É muito

Leia mais

Manual de Instalação. Portas de Segurança

Manual de Instalação. Portas de Segurança Manual de Instalação Portas de Segurança JAN/2013 Conteúdo Apresentação da Magma 01 Apresentação do Produto 02 Cuidados Gerais 03 Transporte/Recebimento 03 Componentes 04 Material Necessário 05 Obra x

Leia mais

MANUAL DE CONSERVAÇÃO DE MÓVEIS

MANUAL DE CONSERVAÇÃO DE MÓVEIS MANUAL DE CONSERVAÇÃO DE MÓVEIS CONSERVANDO SEU MÓVEL WORK SOLUTION Seguindo as recomendações abaixo você manterá a funcionalidade e beleza do seu produto Work Solution por muito mais tempo. Por favor

Leia mais

Caixa d água Brasilit

Caixa d água Brasilit Caixa d água Brasilit Catálogo Técnico TECNOLOGIA CRFS: CIMENTO REFORÇADO COM FIO SINTÉTICO. A ALTERNATIVA SEGURA DA BRASILIT PARA A SUBSTITUIÇÃO DEFINITIVA DO AMIANTO. Seguindo uma tendência mundial,

Leia mais

www.ekoambientes.com.br MANUAL DE USO E MANUTENÇÃO

www.ekoambientes.com.br MANUAL DE USO E MANUTENÇÃO www.ekoambientes.com.br MANUAL DE USO E MANUTENÇÃO Limpeza e conservação 5anos Armários / Portas / Tampos: utilizar pano limpo e macio ligeiramente umidecido com água (o bastante para a poeira aderir no

Leia mais

GMPE 0800 0159888 027 SET

GMPE 0800 0159888 027 SET Arquivos eletrônicos PESQUISA E TECNOOGIA TRADUZIDAS EM BEEZA E CONFORTO Design arrojado que permite inúmeras alternativas construtivas; Suporta altas cargas de esforços de usos e pressão dos ventos; Perfis

Leia mais

NORMAS DE ACESSIBILIDADE - Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT

NORMAS DE ACESSIBILIDADE - Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT NORMAS DE ACESSIBILIDADE - Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT 4.2 Pessoas em cadeira de rodas (P.C.R.) 4.2.1 Cadeira de rodas A figura 2 apresenta dimensões referenciais para cadeiras de rodas

Leia mais

A evolução nas empresas

A evolução nas empresas A evolução nas empresas A Revista da SBCC consultou as empresas associadas fabricantes de produtos para arquitetura de áreas limpas e ambientes controlados sobre inovações e expectativas para o mercado

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA - LINHA SISTEMA LINEAR

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA - LINHA SISTEMA LINEAR ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA - LINHA SISTEMA LINEAR TODA A LINHA DE PRODUTOS DO SISTEMA LINEAR, POSSUE LAUDOS DE ENSAIOS ERGONOMICOS ATESTADOS POR LABORATÓRIO ACREDITADO PELO INMETRO, COM CERTIFICAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO

Leia mais

Manual de Instrucoes. Pass-Through Refrigerado. o futuro chegou a cozinha. refrigeracao coccao linha modular exposicao distribuicao apoio

Manual de Instrucoes. Pass-Through Refrigerado. o futuro chegou a cozinha. refrigeracao coccao linha modular exposicao distribuicao apoio Manual de Instrucoes Pass-Through Refrigerado o futuro chegou a cozinha refrigeracao coccao linha modular exposicao distribuicao apoio Obrigado por ter adquirido Equipamentos ELVI É com satisfação que

Leia mais