O USO DE MODELOS DIDÁTICOS EM AULAS DO SISTEMA CARDIOVASCULAR

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O USO DE MODELOS DIDÁTICOS EM AULAS DO SISTEMA CARDIOVASCULAR"

Transcrição

1 O USO DE MODELOS DIDÁTICOS EM AULAS DO SISTEMA CARDIOVASCULAR Ana Paula de Lima Barbosa 1 Paula Parra Ramos 2 Diesse Aparecida Sereia 3 Introdução Entre os complexos sistemas que constituí o ser humano, o sistema circulatório merece uma atenção especial, pois, por meio da circulação do sangue são distribuídos os componentes nutritivos e o oxigênio necessários para a vida celular. É na corrente sanguínea que os produtos do metabolismo celular, bem como o dióxido de carbono são coletados. Outras funções do sistema circulatório é a defesa do organismo, controle da temperatura corpórea, distribuição de hormônios, entre outros (NETO E CHOPARD, 2007). Os componentes do sistema circulatório são os vasos sanguíneos, o sangue e o coração. Segundo Dangelo e Fattini (2002), o coração é um órgão muscular, oco, que funciona como uma bomba contrátil propulsora. Graças a este movimento de contração, o sangue é impulsionado para o interior da rede vascular para ser distribuído ao corpo e conduzido de volta ao coração. O sistema circulatório, devido a sua complexidade, deve ser trabalhado de maneira clara, didática e dinâmica. É necessário que o professor busque abordagens diferenciadas para lecionar o conteúdo. Uma das formas de tornar isso possível é através de modelos didáticos. Guimarães e Ferreira (2006) citam que os modelos didáticos são construções teóricas que possibilitam uma aproximação mais sistemática do objeto de estudo, e dessa forma, de sua compreensão. Portanto, usando modelos, além de facilitar a explicação do professor, o aluno consegue ter uma noção de como é a estrutura internamente, possibilitando que ocorra a 1 Discente do curso de Ciências Biológicas da Universidade Estadual do Oeste do Paraná; 2 Discente do curso de Ciências Biológicas da Universidade Estadual do Oeste do Paraná; 3 Docente do curso de Ciências Biológicas da Universidade Estadual do Oeste do Paraná;

2 construção do conhecimento por parte do aluno. Para Santos et al (2008), a configuração do modelo didático é uma importante ferramenta que pode auxiliar o professor no momento de estabelecer vínculos entre a abordagem teórica e sua prática docente. O trabalho foi realizado com alunos de duas 7 séries de um colégio público de Cascavel. Foram confeccionados modelos didáticos de coração feito com biscuit, uma peça esquematizando a anatomia externa, e outra, mostrando a anatomia interna do coração. O principal objetivo foi trabalhar o sistema circulatório de maneira didática, de forma que despertasse a curiosidade e o interesse por parte dos alunos, promovendo uma aprendizagem efetiva. Para isso, abordou-se a anatomia do coração com um enfoque prático através dos modelos didáticos, despertando o interesse da turma, por ser uma aula diferente e possibilitando ao aluno ter uma noção de como é o coração interna e externamente. Fundamentação Teórica O grego Cláudio Galeno (c d.c.), que foi médico do imperador romano Marco Aurélio, formulou uma teoria para o funcionamento do coração. Ele acreditava que o coração funcionava de modo semelhante a um lampião ou fornalha e que o ar vinha dos pulmões por dutos que os ligavam até o coração. Acreditava, ainda, que no coração ocorria uma mistura de sangue e ar que acendia uma espécie de fogo cardíaco, gerador da misteriosa força vital que mantinha os seres quentes e vivos. (CAMPOS E NIGRO, 1999). O sistema circulatório teve sua primeira descrição cientifica como é vista hoje em 1628, por William Harvey. Ele evidenciou que o sangue circulava de forma contínua, nutrindo cada parte do corpo. A bomba que faz o sangue circular é o coração, e os tubos por onde o sangue circula são os vasos sanguíneos (SILVEIRA E BATISTA, 2007). Berne et al (2004) diz que o coração é composto por duas bombas em série: uma propele o sangue através dos pulmões para as trocas de oxigênio e dióxido de carbono (circulação pulmonar), e a outra propele o sangue para os demais tecidos

3 do corpo (circulação sistêmica, ou grande circulação). O fluxo de sangue no coração é unidirecional. Neto e Chopard (2007) explica que o coração possui quatro cavidades: átrio direito, átrio esquerdo, ventrículo direito e ventrículo esquerdo. As únicas comunicações ocorrem entre o átrio direito com o ventrículo direito, e do átrio esquerdo com o ventrículo esquerdo, respectivamente. Entre os átrios e os ventrículos existem válvulas: são as valvas atrioventriculares. Berne et al (2004) menciona em sua obra que a válvula localizada entre o átrio direito e o ventrículo direito é a válvula tricúspide. Já a válvula que fica entre o átrio esquerdo e o ventrículo esquerdo é a válvula mitral. A área total das cúspides de cada válvula atrioventriculares é aproximadamente duas vezes as do orifício atrioventricular respectivo, de modo que ocorre uma considerável superposição dos folhetos quando as válvulas se encontram em posição fechada. A abertura das válvulas atrioventriculares permite o fluxo de sangue dos átrios aos respectivos ventrículos. Durante a fase de relaxamento ventricular (diástole), o fechamento das válvulas ocorre durante a fase da contração ventricular (sístole). A eficiência do fechamento dessas válvulas depende de estruturas específicas presentes na parede interna dos ventrículos: os músculos papilares e as cordas tendíneas (LACCHINI E IRIGOYEN, 2008). Conforme o coração se contrai, o sangue é impulsionado para o interior da rede vascular, para que possa ser distribuído ao corpo e conduzido de volta ao coração. O coração está localizado na cavidade torácica, entre os dois pulmões, em um espaço denominado mediastino, no qual ocupa uma posição oblíqua, com a base situada para a direita e o ápice voltado para a esquerda, posteriormente ao osso esterno e às cartilagens costais, anteriormente à coluna vertebral torácica, e superiormente ao músculo diafragma, (NETO E CHOPARD, 2007). O coração é formado pela sobreposição de três camadas de tecidos diferentes, que representa as paredes ou túnicas externa, média e interna do coração (NETO E CHOPARD, 2007). A túnica externa é o pericárdio, uma estrutura em forma de saco. Ele envolve o coração, separando-o dos outros órgãos do mediastino e limitando sua expansão durante a diástole ventricular (DANGELO E FATTINI, 2002).

4 Entre as lâminas parietal e visceral de pericárdio seroso existe um espaço estreito, que é a cavidade do pericárdio. Esta é preenchida pelo líquido pericárdio, que tem por função facilitar o deslizamento entre as lâminas durante os movimentos relacionados à sistole e à diástole (NETO E CHOPARD, 2007). A túnica média é chamada miocárdio. Ela é formada por fibras musculares estriadas cardíacas. Esta é a camada mais espessa do coração e está presente nos átrios e ventrículos (NETO E CHOPARD, 2007). Paulino (1995) cita que, ao contrário dos demais músculos, o miocárdio não depende do sistema nervoso para se contrair, sendo na verdade auto estimulável. O ponto de origem de todos os estímulos que determinam as contrações cardíacas situa-se no nódulo sinoatrial ou marcapasso, região do átrio direito próximo ao ponto de penetração da veia cava superior. Segundo Neto e Chopard (2007), a túnica interna, que é chamada de endocárdio, é uma delgada lâmina transparente constituída por células endoteliais, a qual forra a superfície interna de todas as cavidades do coração, estando bem aderida a superfície de suas paredes e saliências. Nardi et al (2004) apud Schnetzler (1992) lembra que a construção de uma idéia exige a participação do aluno, estabelecendo relações entre o conhecimento prévio e a situação apresentada que, na anatomia e fisiologia humanas, compreendem a integração da estrutura ao seu funcionamento, para que haja a relação com os processos orgânicos entre si, recomendando-se a utilização de atividades de experimentação e simulação como suporte nas discussões dos processos biológicos vitais. Conforme Bizzo (2007), os projetos de ciências devem desenvolver o interesse e a motivação dos alunos. Eles não podem ser vistos como longas listas de tarefas sequênciais, mas a cada coleta de dados deve-se cotejar os resultados obtidos com os acumulados, procurando por tendências ou contradições. Segundo Orlando et al (2009), modelos biológicos como estruturas tridimensionais são utilizadas como facilitadoras do aprendizado, complementando o conteúdo escrito e as figuras planas e, muitas vezes, descoloridas dos livros-texto. Além do visual, esses modelos permitem que o estudante manipule o material, visualizando-o de vários ângulos, melhorando a compreensão do conteúdo

5 abordado. Os modelos didáticos podem ser utilizados para enriquecer as aulas, auxiliando na compreensão do conteúdo relacionado. Os modelos despertam maior interesse pelos alunos, uma vez que permitem a visualização do processo. Metodologia O presente estudo foi realizado no Colégio Estadual Presidente Costa e Silva, com alunos do ensino fundamental, 7 a série, localizado na cidade de Cascavel, PR. Inicialmente, foi aplicado um pré questionário composto por 8 questões, sendo 7 de múltipla escolha e uma discusiva às quais os participantes puderam responder livremente, emitindo as suas opiniões, com o objetivo de conhecer as concepções que os alunos possuíam sobre o assunto. A partir das respostas obtidas com os questionários, pode-se elaborar as aulas levando em consideração o que os alunos já sabiam sobre o assunto, e quando necessário, reformulando os conceitos equivocados que apresentavam. Foram levados para a sala os modelos didáticos de coração e um modelo anatômico mostrando a caixa torácica e cavidade abdominal de um ser humano, para que os alunos pudessem ver onde os órgãos estão localizados. No decorrer das explicações sobre os conceitos e a morfologia do coração, usou-se os modelos didáticos, procurando sempre reforçar o que já havia sido falado nas aulas anteriores, questionando os alunos, buscando saber se eles realmente estavam compreendendo o conteúdo. Foi permitido que os modelos didáticos fossem manipulados por todos. Após as aulas, foi aplicado um pós-questionário, igual ao primeiro, onde foi avaliado qual o rendimento dos alunos. Este questionário encontra-se em anexo no final do artigo. Resultados e Discussões Foram analisados no total, questionários respondidos por cinquenta e um alunos, de duas sétimas séries. De maneira geral, foi possível constatar que muitos alunos se equivocaram

6 nas respostas, pois confundiram-se com o assunto trabalhado anteriormente pelo professor regente da turma, no caso, sistema digestório. Anteriormente a distribuição dos questionários, foi orientado para que não usassem livros, não consultassem os colegas e nem respondessem as questões que não soubessem. Na primeira questão: 1) O que você compreende por Sistema Cardiovascular?, a grande maioria dos alunos não conseguiu formular uma resposta, tanto no pré questionário, quanto no pós-questionário, e optou por deixar em branco, outros responderam Não sei, e alguns responderam o que sabiam sobre os componentes, ou função do sistema cardiovascular, por exemplo: Aluno 1: Eu compreendo que é o sistema cardíaco, coração, veias, artérias. Aluno 2: Coração, veias e artérias. Aluno 3: Sistema que leva o sangue para todo corpo e devolve para o coração. Todas as respostas dadas pelos alunos foram consideradas como certas, pois o objetivo era descobrir o que eles sabiam sobre o sistema cardiovascular. As questões dois e três eram de múltipla escolha. Nas alternativas, foi misturado itens do sistema circulatório com os de outros sistemas, ou com palavras não relacionadas com o corpo humano. Muitos se confundiram no pré questionário, assinalando as opções que tinham termos já conhecidos, como as que continham partes do sistema digestório. Após exposto o conteúdo, aumentou o número de respostas corretas dadas. Na questão quatro observou-se maior aumento de acertos, que passou de um para dezenove. Acreditamos que este resultado foi obtido pelo fato de termos mostrado um estetoscópio para a turma, permitindo que eles pudessem manipular o aparelho.

7 Número de Acertos Atas do Evento Os Estágios Supervisionados de Ciências e Biologia em Debate II Na questão número seis também observa-se maior diferença entre os dois questionários aplicados. Primeiramente, apenas quinze alunos acertaram a questão. Posteriormente, esse número foi elevado para vinte e cinco. Já a questão sete mostra que houve grande número de chutes, pois no pré-questionário obteve-se maior número de respostas corretas do que no pósquestionário. Acredita-se que esse resultado ocorreu porque os alunos não entenderam o que estava sendo interrogado e por causa da complexidade do assunto abordado. Mesmo tendo sido repetido por várias vezes a sequência dos movimentos feitos pelo coração e o nome de cada um deles, é algo difícil de ser compreendido por alunos de sétima série. Na questão oito também observa-se que os alunos se confundiram, pois era para ser marcado o item que não correspondia aos glóbulos vermelhos, e muitos marcaram o oposto, inclusive mais que uma alternativa. Por isso, não houve uma alteração maior no número de acertos. A seguir estão os gráficos representando a quantidade de alunos que responderam corretamente as questões de múltipla escolha no pré questionário e no pós questionário respectivamente. A Figura 1 é correspondente ao modelo didático confeccionado com biscuit, representando o coração em corte em vista interna mostrando como é o coração internamente. A Figura 2 corresponde ao modelo que mostra como é o coração externamente, e a Figura 3 é equivalente ao modelo anatômico utilizado para auxiliar na explicação do conteúdo, para que os alunos compreendessem onde o coração esta localizado na cavidade torácica. Gráfico 1: Dados referentes ao pré questionário Pré Questionário Questões

8 Número de Acertos Atas do Evento Os Estágios Supervisionados de Ciências e Biologia em Debate II Gráfico 2: Dados referentes ao pós Questionário 30 Pós Questionário Questões Figura 1: Modelo Didático

9 Figura 2: Modelo Didático Figura 3: Modelo Anatômico Conclusão Após o desenvolvimento do projeto, concluímos que o nosso objetivo foi alcançado, pois trabalhamos o conteúdo de maneira didática, despertando a curiosidade e o interesse dos alunos, entretanto, os resultados não foram melhores,

10 pois os discentes se dispersavam com muita facilidade e fugiam do assunto, tumultuando a sala de aula. Outro ponto que merece destaque é que os alunos de maneira geral, apresentaram problemas em interpretar texto, dificultando que compreendessem o que estava sendo pedido nas questões. O uso dos modelos didáticos e anatômico facilitou muito as aulas, pois eles conseguiram prender a atenção dos alunos e desde o momento que foram apresentados, todos acharam interessante e se admiraram com a forma do coração. Além de ajudar na compreensão por parte dos alunos, possibilitou que conseguimos abordar o conteúdo de maneira mais clara, pois o material tridimensional permite uma visualização melhor do coração do que figuras planas. Acreditamos que se houve mais tempo hábil, os resultados teriam sido melhores. Além da complexidade do sistema circulatório, o conteúdo estava muito atrasado nas duas turmas, não sendo possível estender muito as aulas. Entretanto, foi gratificante levar uma metodologia diferente do tradicional, e perceber que foi aproveitado pelos alunos. Referências Bibliográficas: BERNE, R. M.; LEVY, M. N.; KOEPPEN, B. M.; STANTON, B. A.; Fisiologia. Rio de Janeiro. Ed. Mosby Elsevier, BIZZO, N. Ciências: fácil ou difícil?. São Paulo: Ed. Ática, CAMPOS, M. C. C.; NIGRO, R. G.; Didática de Ciências: no ensino aprendizagem como investigação. São Paulo: Ed. FTD, DANGELO, J. G.; FATTINI, C. A.; Anatomia Humana Básica. Rio de Janeiro: Ed. Atheneu, GUIMARÃES, E. M.; FERREIRA, L.B.M; O uso de modelos na formação de professores de ciências. In: 2 Encontro Regional Sul de Ensino de Biologia, 3 Jornada de Licenciatura em Ciências Biológicas da UFSC. Florianópolis, LACCHINI, S.; IRIGOYEN M. C.; Estrutura e Função do Sistema Cardiovascular. In: AIRES, M. M.(Org.); Fisiologia. 3.ed. Rio de Janeiro: Ed. Guanabara Koogan, NETO, M. H.M.; CHOPARD, R. P.; Anatomia Humana: aprendizagem dinâmica. Maringá-PR: Ed. Clichetec, 2007.

11 OLIVEIRA, R. R.; ABREU, M. A. F. A construção de modelos anatômicos pelo aluno: uma proposta de ação pedagógica alternativa. In: NARDI, R. (Org.) Pesquisas em ensino de Ciências: contribuições para a formação de professores. 5. ed São Paulo: Escrituras Editora, p ORLANDO, T. C.; Planejamento, montagem e aplicação de modelos didáticos para abordagem de biologia celular e molecular no ensino médio por graduandos de ciências biológicas. Revista Brasileira de Ensino de Bioquímica e Biologia Molecular, Alfenas, n. 01, p. A1- A17, PAULINO, W. R.; Biologia Atual: Seres Vivos, Fisiologia. São Paulo. Ed. Ática, v.2, SANTOS, V. P. A.; SILVA, K. S.; NOVAIS, R. M. ; MARCONDES, M. E. R.; Modelos didáticos revelados no discurso de professores em formação Disponível em: 2fexibir.php%3fmidia%3deneq%26amp%3bcod%3d_modelosdidaticosrevelado&p=1 &u=&r=agq=&d=i&c=tznzqfs+7uickoytftp1oa==&y=e302e&h=ytye02gi. Acesso em: 26 set SILVEIRA, J. S.; BATISTA, A. M. F.; Licenciatura em Biologia: Anatomia e Fisiologia Humana. Bahia. Ed. FTC, 2007.

12 Anexos Anexo 1: Questionário aplicado aos alunos. Universidade Estadual do Oeste do Paraná Unioeste Curso de Ciências Biológicas Licenciatura Disciplina: Estágio Supervisionado de Ciências Questionário sobre o Sistema Cardiovascular 1) O que você compreende por Sistema Cardiovascular? 2) Quais destas alternativas abaixo contém todos os itens que fazem parte do Sistema Cardiovascular? ( ) Estômago, coração, fígado; ( ) Coração, veias, artérias; ( ) Pâncreas, baço, timo; ( ) Intestino delgado, tireóide, útero; ( ) Capilares, artérias, arteríolas 3) O coração é um órgão musculoso que impulsiona o sangue por todo o corpo, para impulsionar, o coração se move continuamente por meio de contrações e relaxamentos. Das opções abaixo, qual se refere ao relaxamento feito pelo coração? a) Peristaltismo. b) Movimento aleatório. c) Diástole. d) Transversal. e) Sístole. 4) O som que ouvimos ao escutar o coração com um aparelho denominado estetoscópio, é devido ao: a) Fechamento das valvas atrioventriculares. b) Respiração pulmonar. c) Abertura e fechamento da traqueia. d) Movimento peristáltico. 5) Das frases abaixo, assinale a alternativa CORRETA: a) Artérias e veias são estruturas exatamente iguais e com as mesmas funções. b) As plaquetas são as maiores células sanguíneas, e tem função de promover a coagulação sanguínea. c) As paredes do coração são formadas por um músculo potente chamado miocárdio. d) As veias levam o sangue do coração para os tecidos do corpo, e as artérias devolvem esse sangue ao coração. 6) Analise a frase abaixo, e assinale se ela é VERDADEIRA ou FALSA. O coração possui cinco cavidades: 3 ventrículos e 2 átrios., entre essas cavidades existem valvas que regulam a passagem do sangue dos ventrículos para os átrios. ( ) Verdadeira ( ) Falsa. 7) Qual das alternativas correspondem a sequência correta de eventos que ocorrem no ciclo cardíaco? a) Início da diástole atrial Início da sístole ventricular Enchimento ventricular Início da sístole atrial. b) Enchimento ventricular Início da diástole atrial Início da sístole ventricular Início da sístole atrial.

13 c) Início da sístole atrial Início da sístole ventricular Início da diástole atrial Enchimento ventricular. 8) Assinale a alternativa onde a característica afirmada NÃO corresponde aos glóbulos vermelhos: ( ) São também chamados de hemácias. ( ) Sua forma é de disco, não apresenta núcleo e contém hemoglobina. ( ) São as células que dão a cor vermelha ao sangue. ( ) Essas células tem a função de nos defender de agentes estranhos ao organismo, como vírus, bactérias, etc.

FISIOLOGIA DO SANGUE HEMATÓCRITO 08/10/2008 ERITRÓCITOS OU HEMÁCIAS HEMATÓCRITO PLASMA: CELULAR:

FISIOLOGIA DO SANGUE HEMATÓCRITO 08/10/2008 ERITRÓCITOS OU HEMÁCIAS HEMATÓCRITO PLASMA: CELULAR: FISIOLOGIA DO SANGUE Sistema Circulatório PLASMA: semelhante ao líquido intersticial PROTEÍNAS PLASMÁTICAS Albumina pressão coloidosmótica Globulinas transporte e substrato imunidade, anticorpos Fibrinogênio

Leia mais

Sistema Circulatório. Prof. Dr.Thiago Cabral

Sistema Circulatório. Prof. Dr.Thiago Cabral Funções: Transportar Nutrientes e oxigênio as células; Retirar resíduos do metabolismo; Defender o organismo contra substâncias estranhas e microorganismos. Características Sistema fechado; Constituído

Leia mais

Universidade Federal do Acre Curso de Medicina Veterinária

Universidade Federal do Acre Curso de Medicina Veterinária Universidade Federal do Acre Curso de Medicina Veterinária Sistema Circulatório I Coração e Circulação Prof. Adj. Dr. Yuri Karaccas de Carvalho Anatomia Descritiva Animal I Objetivos da Aula Definição

Leia mais

Sistema circulatório

Sistema circulatório Sistema circulatório O que é: também conhecido como sistema cardiovascular é formado pelo coração e vasos sanguíneos. Tal sistema é responsável pelo transporte de nutrientes, gases, hormônios, excreções

Leia mais

SISTEMA CIRCULATÓRIO

SISTEMA CIRCULATÓRIO SISTEMA CIRCULATÓRIO FUNÇÕES DO SISTEMA CIRCULATÓRIO: Transporte de substâncias : * Nutrientes para as células. * Resíduos vindos das células. *Gases respiratórios. * Hormônios. OBS: O sangue também pode

Leia mais

- CAPÍTULO 3 - O SISTEMA CARDIOVASCULAR. 3) ANATOMIA DO CORAÇÃO HUMANO - O coração é um órgão oco localizado no meio do peito, na cavidade torácica;

- CAPÍTULO 3 - O SISTEMA CARDIOVASCULAR. 3) ANATOMIA DO CORAÇÃO HUMANO - O coração é um órgão oco localizado no meio do peito, na cavidade torácica; - CAPÍTULO 3 - O SISTEMA CARDIOVASCULAR 1) FUNÇÕES DO SISTEMA CARDIOVASCULAR - Propulsão do sangue por todo o organismo; - Transporte de substâncias como o oxigênio (O 2 ), dióxido de carbono ou gás carbônico

Leia mais

Sistema Circulatório. Sistema Circulatório. Ciências Naturais 9º ano

Sistema Circulatório. Sistema Circulatório. Ciências Naturais 9º ano Sistema Circulatório Índice Sangue Coração Ciclo cardíaco Vasos sanguíneos Pequena e grande circulação Sistema linfático Sangue Promove a reparação de tecidos lesionados. Colabora na resposta imunológica

Leia mais

ANATOMIA HUMANA II. Roteiro Sistema Circulatório

ANATOMIA HUMANA II. Roteiro Sistema Circulatório ANATOMIA HUMANA II Sistema Circulatório Prof. Me. Fabio Milioni Roteiro Sistema Circulatório Conceito Função Divisão Sistemacardiovascular Sistemalinfático 1 CONCEITO O sistema cardiovascular é responsável

Leia mais

Prof. Me. Leandro Parussolo

Prof. Me. Leandro Parussolo HISTOFISIOLOGIA ANIMAL AULA - SISTEMA CARDIOVASCULAR Prof. Me. Leandro Parussolo SISTEMA CARDIOVASCULAR INTRODUÇÃO A função da circulação é realizada pelo sistema cardiovascular sistema vascular sanguíneo

Leia mais

SISTEMA CARDIOVASCULAR

SISTEMA CARDIOVASCULAR SISTEMA CARDIOVASCULAR Professora: Edilene biologolena@yahoo.com.br Sistema Cardiovascular Sistema Cardiovascular Composto pelo coração, pelos vasos sanguíneos e pelo sangue; Tem por função fazer o sangue

Leia mais

Professora: Ms Flávia

Professora: Ms Flávia Professora: Ms Flávia Sua principal função é: Transporte de nutrientes necessários à alimentação das células; Transporte de gás oxigênio necessário à respiração celular; Remoção de gás carbônico produzido

Leia mais

Biologia. Sistema circulatório

Biologia. Sistema circulatório Aluno (a): Série: 3ª Turma: TUTORIAL 10B Ensino Médio Equipe de Biologia Data: Biologia Sistema circulatório O coração e os vasos sanguíneos e o sangue formam o sistema cardiovascular ou circulatório.

Leia mais

Como funciona o coração?

Como funciona o coração? Como funciona o coração? O coração é constituído por: um músculo: miocárdio um septo duas aurículas dois ventrículos duas artérias: aorta pulmonar veias cavas: inferior superior veias pulmonares válvulas

Leia mais

SISTEMA CIRCULATÓRIO. Prof. Dr. José Gomes Pereira

SISTEMA CIRCULATÓRIO. Prof. Dr. José Gomes Pereira SISTEMA CIRCULATÓRIO Prof. Dr. José Gomes Pereira SISTEMA CIRCULATÓRIO 1. CONSIDERAÇÕES GERAIS Sistema cardiovascular transporte sangue - Circuitos pulmonar pulmões sistêmico tecidos do corpo constituídos

Leia mais

FISIOLOGIA DO SANGUE HEMATÓCRITO ERITRÓCITOS OU HEMÁCIAS HEMATÓCRITO 07/10/2008 PLASMA: CELULAR:

FISIOLOGIA DO SANGUE HEMATÓCRITO ERITRÓCITOS OU HEMÁCIAS HEMATÓCRITO 07/10/2008 PLASMA: CELULAR: FISIOLOGIA DO SANGUE Sistema Circulatório PLASMA: semelhante ao líquido intersticial (2%) PROTEÍNAS PLASMÁTICAS (7%) Albumina pressão coloidosmótica Globulinas α e β transporte e substrato δ imunidade,

Leia mais

INTERATIVIDADE FINAL EDUCAÇÃO FÍSICA CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA AULA. Conteúdo: Sistema cardiovascular no exercício físico

INTERATIVIDADE FINAL EDUCAÇÃO FÍSICA CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA AULA. Conteúdo: Sistema cardiovascular no exercício físico Conteúdo: Sistema cardiovascular no exercício físico Habilidades: Entender o sistema cardiovascular com a prática de atividades físicas. REVISÃO A Importância do sistema Muscular e a relação do mesmo com

Leia mais

BATERIA DE EXERCÍCIOS 8º ANO

BATERIA DE EXERCÍCIOS 8º ANO Professor: CRISTINO RÊGO Disciplina: CIÊNCIAS Assunto: FUNDAMENTOS DE GENÉTICA Belém /PA BATERIA DE EXERCÍCIOS 8º ANO 1. A importância da digestão para o nosso corpo é: a) desenvolver nosso organismo.

Leia mais

Sistema circulatório. Componentes: - Vasos sanguíneos. - Sangue (elementos figurados e plasma) - Coração

Sistema circulatório. Componentes: - Vasos sanguíneos. - Sangue (elementos figurados e plasma) - Coração Fisiologia Humana Sistema circulatório Componentes: - Sangue (elementos figurados e plasma) - Vasos sanguíneos - Coração Vasos sanguíneos Artérias Vasos com paredes espessas e elásticas por onde circula

Leia mais

Unidade I Energia: Conservação e transformação. Aula 5.1 Conteúdo: Sistema cardiovascular.

Unidade I Energia: Conservação e transformação. Aula 5.1 Conteúdo: Sistema cardiovascular. CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Unidade I Energia: Conservação e transformação. Aula 5.1 Conteúdo: Sistema cardiovascular. 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO

Leia mais

Hemodinâmica. Cardiovascular. Fisiologia. Fonte: http://images.sciencedaily.com/2008/02/080226104403-large.jpg

Hemodinâmica. Cardiovascular. Fisiologia. Fonte: http://images.sciencedaily.com/2008/02/080226104403-large.jpg Fonte: http://images.sciencedaily.com/2008/02/080226104403-large.jpg Fisiologia Cardiovascular Hemodinâmica Introdução O sistema circulatório apresenta várias funções integrativas e de coordenação: Função

Leia mais

Você saberia responder aos questionamentos de forma cientificamente correta?

Você saberia responder aos questionamentos de forma cientificamente correta? Você saberia responder aos questionamentos de forma cientificamente correta? Como as fezes são formadas? Como a urina é formada no nosso corpo? Sistema Cardiovascular Funções Gerais: Transporte de nutrientes,

Leia mais

Sistema circulatório. Coração e generalidades

Sistema circulatório. Coração e generalidades Sistema circulatório Coração e generalidades Sistema Circulatório Coração propulsão do sangue Vasos centrípetos veias e linfáticos: condução Vasos centífugos artérias: condução Capilares: trocas Função:

Leia mais

O SANGUE. Constituintes do Sangue e suas funções

O SANGUE. Constituintes do Sangue e suas funções O SANGUE Constituintes do Sangue e suas funções AS HEMÁCIAS OU GLÓBULOS VERMELHOS Células sanguíneas sem núcleo que contém hemoglobina, que é a substância responsável pela cor vermelha. São as células

Leia mais

Corpo Humano. A Menor Unidade Viva do Corpo Humano: Célula

Corpo Humano. A Menor Unidade Viva do Corpo Humano: Célula : Estuda a Estrutura Estática do Corpo Humano É Utilizada para Classificar e Descrever as Lesões de acordo com Sua Localização Prever Lesões de Órgãos Internos, baseando-se na Localização Externa da Lesão

Leia mais

Sistema cardiovascular

Sistema cardiovascular Roteiro: Sistema cardiovascular Organizacao do sistema circulatorio coracao, arterias, veias fluxo sanguineo: coracao, tecidos, pulmao, coracao Bomba cardiaca musculo cardiaco e contracao funcionamento

Leia mais

Fisiologia Geral. Biofísica da Circulação: artérias

Fisiologia Geral. Biofísica da Circulação: artérias Fisiologia Geral Biofísica da Circulação: O ciclo cardíaco; Interconversão de energias nas artérias SISTEMA CARDIOVASCULAR Sistema de ductos fechados com uma bomba hidráulica: O coração. Artérias: vasos

Leia mais

SISTEMA CIRCULATÓRIO. Prof. André Maia

SISTEMA CIRCULATÓRIO. Prof. André Maia SISTEMA CIRCULATÓRIO Prof. André Maia Nosso sistema circulatório, como o dos outros vertebrados, e fechado, isto e, o sangue circula sempre dentro dos vasos sanguíneos, bombeado por contrações rítmicas

Leia mais

Sistema Circulatório

Sistema Circulatório Sistema Circulatório O coração Localização: O coração está situado na cavidade torácica, entre a 2ª e 5ª costelas, entre os pulmões, com 2/3 para a esquerda, ápice para baixo e para esquerda e base para

Leia mais

SISTEMA CIRCULATÓRIO P R O F E S S O R A N A I A N E

SISTEMA CIRCULATÓRIO P R O F E S S O R A N A I A N E SISTEMA CIRCULATÓRIO P R O F E S S O R A N A I A N E Sistema circulatório O coração e os vasos sanguíneos e o sangue formam o sistema cardiovascular ou circulatório. A circulação do sangue permite o transporte

Leia mais

Introdução. Renata Loretti Ribeiro - Enfermeira

Introdução. Renata Loretti Ribeiro - Enfermeira Introdução A função do sistema respiratório é facilitar ao organismo uma troca de gases com o ar atmosférico, assegurando permanente concentração de oxigênio no sangue, necessária para as reações metabólicas,

Leia mais

Fisiologia Cardiovascular

Fisiologia Cardiovascular Fisiologia Cardiovascular Conceitos e funções do sistema circulatório O coração Eletrocardiograma A circulação Regulação da circulação Aula prática - ECG Aula prática Medida de PA Conceitos e funções do

Leia mais

Biologia. Sistema circulatório

Biologia. Sistema circulatório Aluno (a): Série: 3ª Turma: TUTORIAL 10R Ensino Médio Equipe de Biologia Data: Biologia Sistema circulatório O coração e os vasos sanguíneos e o sangue formam o sistema cardiovascular ou circulatório.

Leia mais

Sistema circulatório

Sistema circulatório Texto de apoio ao professor T3 Nesta aula irá estudar-de o ciclo cardíaco (diástole, sístole, pressão sanguínea e arterial) e os meios utilizados para o diagnóstico e prevenção de anomalias que possam

Leia mais

Fisiologia Cardiovascular

Fisiologia Cardiovascular Fisiologia Cardiovascular Conceitos e funções do sistema circulatório O coração Eletrocardiograma A circulação Regulação da circulação Conceitos e funções do sistema circulatório Sistema Circulatório O

Leia mais

Sistema Cardiovascular

Sistema Cardiovascular Sistema Cardiovascular O sistema cardiovascular é responsável pela circulação do sangue. O sangue transporta: nutrientes obtidos na digestão; Oxigênio; Gás carbônico; Resíduos; Hormônios. Vasos Sanguíneos

Leia mais

DATA: 18/ 12 / 2015 VALOR: 20 pontos NOTA: ASSUNTO: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO SÉRIE: 8º Ano TURMA: NOME COMPLETO:

DATA: 18/ 12 / 2015 VALOR: 20 pontos NOTA: ASSUNTO: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO SÉRIE: 8º Ano TURMA: NOME COMPLETO: DISCIPLINA: CIÊNCIAS PROFESSORES: Ludmila / Márcia DATA: 18/ 12 / 2015 VALOR: 20 pontos NOTA: ASSUNTO: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO SÉRIE: 8º Ano TURMA: NOME COMPLETO: Nº: Orientações gerais: Este trabalho

Leia mais

EXERCÍCIOS ON LINE DE CIÊNCIAS 8 AN0

EXERCÍCIOS ON LINE DE CIÊNCIAS 8 AN0 EXERCÍCIOS ON LINE DE CIÊNCIAS 8 AN0 1- Que órgão do sistema nervoso central controla nosso ritmo respiratório? Bulbo 2- Os alvéolos são formados por uma única camada de células muito finas. Explique como

Leia mais

Sistema Circulatório

Sistema Circulatório Universidade Federal do Pampa Campus Uruguaiana Daniela Brum Sistema Circulatório Sistema Cardiovascular e Sistema linfático Coração e vasos 3 túnicas Constituição Coração Artérias Capilares Veias Capilares

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação PROVA DE RECUPERAÇÃO ANUAL DE CIÊNCIAS

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação PROVA DE RECUPERAÇÃO ANUAL DE CIÊNCIAS COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 PROVA DE RECUPERAÇÃO ANUAL DE CIÊNCIAS Aluno(a): Nº Ano: 8º Turma: Data: / /2013 Nota: Professor(a): Karina Valor da Prova: 90 pontos MATUTINO: Orientações

Leia mais

O corpo humano está organizado desde o mais simples até o mais complexo, ou seja, do átomo microscópico ao complexo organismo humano macroscópico.

O corpo humano está organizado desde o mais simples até o mais complexo, ou seja, do átomo microscópico ao complexo organismo humano macroscópico. 1 O corpo humano está organizado desde o mais simples até o mais complexo, ou seja, do átomo microscópico ao complexo organismo humano macroscópico. Note essa organização na figura abaixo. - Átomos formam

Leia mais

A respiração ocorre dia e noite, sem parar. Nós podemos sobreviver determinado tempo sem alimentação, mas não conseguimos ficar sem respirar por mais

A respiração ocorre dia e noite, sem parar. Nós podemos sobreviver determinado tempo sem alimentação, mas não conseguimos ficar sem respirar por mais PROFESSORA NAIANE A respiração ocorre dia e noite, sem parar. Nós podemos sobreviver determinado tempo sem alimentação, mas não conseguimos ficar sem respirar por mais de alguns poucos minutos. Você sabe

Leia mais

SISTEMA CARDIO-RESPIRATÓRIO. O Organismo Humano em Equilíbrio

SISTEMA CARDIO-RESPIRATÓRIO. O Organismo Humano em Equilíbrio SISTEMA CARDIO-RESPIRATÓRIO O Organismo Humano em Equilíbrio SISTEMA CARDIO-RESPIRATÓRIO As nossas células necessitam de: Oxigénio; Nutrientes; Eliminar Dióxido de Carbono; Entre outros. O nosso organismo

Leia mais

Anatomia do Coração. Anatomia do Coração

Anatomia do Coração. Anatomia do Coração Objetivos Descrever a estrutura do sistema circulatório. Descrever o ciclo cardíaco e o sistema de condução cardíaca. Citar os mecanismos de controle da atividade cardíaca. A FUNÇÃO DO SISTEMA CARDIOVASCULAR

Leia mais

SISTEMA CIRCULATÓRIO COMPARADO. PROFESSOR: João Paulo

SISTEMA CIRCULATÓRIO COMPARADO. PROFESSOR: João Paulo SISTEMA CIRCULATÓRIO COMPARADO PROFESSOR: João Paulo PORÍFEROS Não apresentam organização tissular. A difusão aparece como forma de trocar alimentos, gases respiratórios e excretas entre si e com o meio.

Leia mais

Anatomia- Prof: Renato de Oliveira. Capitulo 3. (Sistema Nervoso E, Sistema Cardiovascular)

Anatomia- Prof: Renato de Oliveira. Capitulo 3. (Sistema Nervoso E, Sistema Cardiovascular) Anatomia- Prof: Renato de Oliveira Capitulo 3 (Sistema Nervoso E, Sistema Cardiovascular) Sistema Nervoso: OBS: Neurônio: principal componente do sistema nervoso O sistema nervoso humano, além de ser o

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO III ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 4. o ANO/EF - 2015

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO III ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 4. o ANO/EF - 2015 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC MINAS E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO III ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 4. o ANO/EF - 2015 Caro (a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados

Leia mais

Eixo Temático: Processos de Ensino-Aprendizagem

Eixo Temático: Processos de Ensino-Aprendizagem 91 Eixo Temático: Processos de Ensino-Aprendizagem ET-06-015 INFLUÊNCIA DA MONTAGEM DE UM JOGO DIDÁTICO DO SISTEMA DIGESTÓRIO PARA A MELHORIA NO PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM Jéssica Maria Bernardo da Silva,

Leia mais

ANATOMIA HUMANA. Faculdade Anísio Teixeira Curso de Férias Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto

ANATOMIA HUMANA. Faculdade Anísio Teixeira Curso de Férias Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto ANATOMIA HUMANA Faculdade Anísio Teixeira Curso de Férias Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto Sistema Circulatório A função básica do sistema circulatório é a de levar material nutritivo e

Leia mais

Sistema Cardiovascular. Professora Cristiane Rangel Ciências 8º ano

Sistema Cardiovascular. Professora Cristiane Rangel Ciências 8º ano Sistema Cardiovascular Professora Cristiane Rangel Ciências 8º ano O sistema cardiovascular ou circulatório O conhecimento sobre a circulação humana é fruto do trabalho de muitos pesquisadores, como William

Leia mais

b) Qual a pressão arterial de uma pessoa jovem, normal, e quantos batimentos cardíacos por minuto tem em média? R.:

b) Qual a pressão arterial de uma pessoa jovem, normal, e quantos batimentos cardíacos por minuto tem em média? R.: PROFESSOR: Mônica Narciso BANCO DE QUESTÕES - BIOLOGIA - 2ª SÉRIE - ENSINO MÉDIO ============================================================================================== Questões Discursivas 01-

Leia mais

BATERIA DE EXERCÍCIOS 8º ANO

BATERIA DE EXERCÍCIOS 8º ANO Professor: CRISTINO RÊGO Disciplina: CIÊNCIAS Assunto: SISTEMAS HUMANOS: EXCRETOR E CIRCULATÓRIO Belém /PA BATERIA DE EXERCÍCIOS 8º ANO 1. Coloque C ou E e corrija se necessário: ( ) Os rins recebem sangue

Leia mais

Anatomia e Fisiologia Humana

Anatomia e Fisiologia Humana Componentes Vias Respiratórias A) Cavidades ou Fossas Nasais; B) Boca; C) Faringe; D) Laringe; E) Traqueia; F) Brônquios; G) Bronquíolos; H) Pulmões Cavidades ou Fossas Nasais; São duas cavidades paralelas

Leia mais

OS CONHECIMENTOS DE ACADÊMICOS DE EDUCAÇÃO FÍSICA E SUA IMPLICAÇÃO PARA A PRÁTICA DOCENTE

OS CONHECIMENTOS DE ACADÊMICOS DE EDUCAÇÃO FÍSICA E SUA IMPLICAÇÃO PARA A PRÁTICA DOCENTE OS CONHECIMENTOS DE ACADÊMICOS DE EDUCAÇÃO FÍSICA E SUA IMPLICAÇÃO PARA A PRÁTICA DOCENTE Maria Cristina Kogut - PUCPR RESUMO Há uma preocupação por parte da sociedade com a atuação da escola e do professor,

Leia mais

Níveis de. Organização do. Corpo Humano

Níveis de. Organização do. Corpo Humano Níveis de Organização do Corpo Humano No corpo humano existem vários grupos de células semelhantes entre si. Cada grupo constitui um TECIDO Semelhança de forma: todas destinam-se a uma função específica.

Leia mais

Eventos mecânicos do ciclo cardíaco

Eventos mecânicos do ciclo cardíaco O músculo cardíaco Introdução As variedades de músculos cardíacos O músculo cardíaco como um sincício O longo potencial de ação e o seu platô no músculo cardíaco Introdução O coração pode ser considerado

Leia mais

Questão 1 Questão 2. Questão 3. Resposta. Resposta

Questão 1 Questão 2. Questão 3. Resposta. Resposta Questão 1 Questão 2 O esquema abaixo representa as principais relações alimentares entre espécies que vivem num lago de uma região equatorial. a) O câncer é uma doença genética, mas na grande maioria dos

Leia mais

Lembrete: Antes de começar a copiar cada unidade, coloque o cabeçalho da escola e a data!

Lembrete: Antes de começar a copiar cada unidade, coloque o cabeçalho da escola e a data! Lembrete: Antes de começar a copiar cada unidade, coloque o cabeçalho da escola e a data! Use canetas coloridas ou escreva palavras destacadas, para facilitar na hora de estudar. E capriche! Não se esqueça

Leia mais

Ciências E Programa de Saúde

Ciências E Programa de Saúde Governo do Estado de São Paulo Secretaria de Estado da Educação Ciências E Programa de Saúde 13 CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI PRAIA GRANDE SP Vai e avisa a todo mundo que encontrar que ainda existe um sonho

Leia mais

1. O esquema ao lado representa uma seção do tubo digestivo humano com alguns anexos. Observe as indicações e resolva os itens

1. O esquema ao lado representa uma seção do tubo digestivo humano com alguns anexos. Observe as indicações e resolva os itens Biologia - revisão 301 1. O esquema ao lado representa uma seção do tubo digestivo humano com alguns anexos. Observe as indicações e resolva os itens a) Cite o nome do substrato digerido pela principal

Leia mais

Bulhas e Sopros Cardíacos

Bulhas e Sopros Cardíacos O conceito de pressão máxima e pressão mínima Quando se registra uma pressão de 120 mmhg por 80 mmhg, indica-se que a pressão sistólica é de 120 mmhg e a pressão diastólica é de 80 mmhg, ou seja, que estas

Leia mais

ANATOMIA DO TÓRAX POR IMAGEM. Prof. Dante L. Escuissato

ANATOMIA DO TÓRAX POR IMAGEM. Prof. Dante L. Escuissato ANATOMIA DO TÓRAX POR IMAGEM Prof. Dante L. Escuissato Figura 1. O tórax é composto por um conjunto de estruturas que pode ser dividido em parede torácica, espaços pleurais, pulmões, hilos pulmonares e

Leia mais

Sistema Cardiovascular Vasos e Sangue

Sistema Cardiovascular Vasos e Sangue Sistema Cardiovascular Vasos e Sangue Objetivo da Aula Compreender os tipos e funções dos vasos sanguíneos. Adquirir a capacidade de aplicar este conhecimento na prática acadêmica e profissional da Educação

Leia mais

CONSTRUINDO O SISTEMA NERVOSO HUMANO: UTILIZAÇÃO DE MODELOS E MODELAGENS COMO PRÁTICA ALTERNATIVA NO ENSINO DE CIÊNCIAS.

CONSTRUINDO O SISTEMA NERVOSO HUMANO: UTILIZAÇÃO DE MODELOS E MODELAGENS COMO PRÁTICA ALTERNATIVA NO ENSINO DE CIÊNCIAS. CONSTRUINDO O SISTEMA NERVOSO HUMANO: UTILIZAÇÃO DE MODELOS E MODELAGENS COMO PRÁTICA ALTERNATIVA NO ENSINO DE CIÊNCIAS. Brayan Paiva Cavalcante¹; Clécio Danilo Dias da Silva²; Dalvan Henrique Luiz Romeiro³;

Leia mais

CURSINHO PRÉ VESTIBULAR BIOLOGIA PROFº EDUARDO Aula 15 Fisiologia humana Sistema respiratório

CURSINHO PRÉ VESTIBULAR BIOLOGIA PROFº EDUARDO Aula 15 Fisiologia humana Sistema respiratório CURSINHO PRÉ VESTIBULAR BIOLOGIA PROFº EDUARDO Aula 15 Fisiologia humana Sistema respiratório SISTEMA RESPIRATÓRIO O sistema respiratório humano é constituído por um par de pulmões e por vários órgãos

Leia mais

05/10/2013 SISTEMA CIRCULATÓRIO. Evolução do sistema circulatório. Fisiologia do Sistema Circulatório ou Cardiovascular

05/10/2013 SISTEMA CIRCULATÓRIO. Evolução do sistema circulatório. Fisiologia do Sistema Circulatório ou Cardiovascular SISTEMA CIRCULATÓRIO Prof.Msc.MoisésMendes professormoises300@hotmail.com www.moisesmendes.com Fisiologia do Sistema Circulatório ou Cardiovascular Esse sistema é constituído por um fluido circulante (o

Leia mais

GEOMETRIA NO ENSINO FUNDAMENTAL: EXPERIÊNCIA COM UM PROJETO DE EXTENSÃO

GEOMETRIA NO ENSINO FUNDAMENTAL: EXPERIÊNCIA COM UM PROJETO DE EXTENSÃO GEOMETRIA NO ENSINO FUNDAMENTAL: EXPERIÊNCIA COM UM PROJETO DE EXTENSÃO André Luís Mattedi Dias mattedi@uefs.br Jamerson dos Santos Pereira pereirajamerson@hotmail.com Jany Santos Souza Goulart janymsdesenho@yahoo.com.br

Leia mais

Identificação das Limitações do Organismo Humano

Identificação das Limitações do Organismo Humano Disciplina: Ergonomia Prof. Mauro Ferreira CAPÍTULO 03 Noções Básicas de Anatomia e Fisiologia Identificação das Limitações do Organismo Humano SISTEMA MÚSCULO - LIGAMENTAR É o responsável pela movimentação

Leia mais

ODONTOLOGIA ANATOMIA HUMANA GERAL 1º Período / Carga Horária: 90 horas

ODONTOLOGIA ANATOMIA HUMANA GERAL 1º Período / Carga Horária: 90 horas ODONTOLOGIA ANATOMIA HUMANA GERAL 1º Período / Carga Horária: 90 horas 1. PRÉ-REQUISITO: Não há Pré-Requisitos 2. EMENTA: Conceito de Anatomia com as diversas formas de seu estudo. Conceito de normal,

Leia mais

ANATOMIA CARDIOVASCULAR

ANATOMIA CARDIOVASCULAR ANATOMIA CARDIOVASCULAR Acadêmico: Vitor Montanholi Medicina - Universidade Federal Mato Grosso do Sul Liga de Cardiologia e Cirurgia Cardiovascular. Coração: Localização Tórax é dividido em 3 compartimentos,

Leia mais

BIOLOGIA SISTEMA RESPIRATÓRIO HUMANO

BIOLOGIA SISTEMA RESPIRATÓRIO HUMANO BIOLOGIA Prof. Helder SISTEMA RESPIRATÓRIO HUMANO 1. Anatomia do Sistema Respiratório O oxigênio do ar deve chegar aos alvéolos e passar para o sangue, fazendo o gás carbônico o caminho inverso. O caminho

Leia mais

ARTÉRIAS E VEIAS. Liga Acadêmica de Anatomia Clínica. Hugo Bastos. Aula III

ARTÉRIAS E VEIAS. Liga Acadêmica de Anatomia Clínica. Hugo Bastos. Aula III ARTÉRIAS E VEIAS Aula III Liga Acadêmica de Anatomia Clínica Hugo Bastos Salvador BA 23 de Agosto de 2011 Sistema circulatório Responsável pelo transporte de líquidos (sangue ou linfa) por todo o corpo.

Leia mais

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Licenciatura em Educação Física Disciplina: Fisiologia Humana Professor: Ricardo Marques Nogueira Filho e-mail: ricardonogfilho@ig.com.br Código: Carga Horária:

Leia mais

Tecido Muscular e Contração

Tecido Muscular e Contração Tecido Muscular e Contração Aula ao Vivo Características gerais: Constitui os músculos Originado do mesoderma; Relacionado à locomoção e movimentação de substâncias internas do corpo em função da capacidade

Leia mais

IESA-ESTUDO DIRIGIDO 1º SEMESTRE 8º ANO - MANHÃ E TARDE- DISCIPLINA: CIÊNCIAS PROFESSORAS: CELIDE E IGNÊS. Aluno(a): Turma:

IESA-ESTUDO DIRIGIDO 1º SEMESTRE 8º ANO - MANHÃ E TARDE- DISCIPLINA: CIÊNCIAS PROFESSORAS: CELIDE E IGNÊS. Aluno(a): Turma: IESA-ESTUDO DIRIGIDO 1º SEMESTRE 8º ANO - MANHÃ E TARDE- DISCIPLINA: CIÊNCIAS PROFESSORAS: CELIDE E IGNÊS Aluno(a): Turma: Querido (a) aluno (a), Este estudo dirigido foi realizado para que você revise

Leia mais

II ENCONTRO DE DIVULGAÇÃO DE ATIVIDADES DE PESQUISA, ENSINO E EXTENSÃO PIBID UENP: DESAFIOS E PERSPECTIVAS

II ENCONTRO DE DIVULGAÇÃO DE ATIVIDADES DE PESQUISA, ENSINO E EXTENSÃO PIBID UENP: DESAFIOS E PERSPECTIVAS CONTRIBUIÇÕES DA EXPERIMENTAÇÃO NO ENSINO DE QUÍMICA PELA EQUIPE PIBID DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS MASSAN, C. A.¹; SILVA, J. M.¹; MARINHO, B. P.¹; BRIGANTI, S.¹; FONSECA, C. A.¹; MORETTI, A. R.¹; MARINHO, F.

Leia mais

atividade 2 Como ocorre o transporte de água no corpo das plantas Construir explicações a partir de observações

atividade 2 Como ocorre o transporte de água no corpo das plantas Construir explicações a partir de observações atividade 2 Como ocorre o transporte de água no corpo das plantas Construir explicações a partir de observações Nathália Helena Azevedo, Adriana Maria Zanforlin Martini e Daniela Lopes Scarpa Como citar:

Leia mais

SISTEMA RESPIRATÓRIO

SISTEMA RESPIRATÓRIO ANATOMIA HUMANA I SISTEMA RESPIRATÓRIO Prof. Me. Fabio Milioni Roteiro Sistema Respiratório Conceito Função Divisão Estruturas Nariz Faringe Laringe Traquéia e Brônquios Pulmão Bronquíolos e Alvéolos 1

Leia mais

Prof: Clayton de Souza da Silva

Prof: Clayton de Souza da Silva Prof: Clayton de Souza da Silva Sangue O sangue é a massa líquida contida num compartimento fechado, o aparelho circulatório, que a mantém em movimento regular e unidirecional, devido essencialmente às

Leia mais

ABORDAGEM MORFOFUNCIONAL DO SISTEMA CARDIOVASCULAR

ABORDAGEM MORFOFUNCIONAL DO SISTEMA CARDIOVASCULAR ABORDAGEM MORFOFUNCIONAL DO SISTEMA CARDIOVASCULAR Djanira Aparecida da Luz Veronez 1 INTRODUÇÃO O sistema cardiovascular apresenta-se como uma rede de transporte de sangue contendo nutrientes, oxigênio

Leia mais

O SISTEMA CIRCULATÓRIO E SUA IMPORTÂNCIA

O SISTEMA CIRCULATÓRIO E SUA IMPORTÂNCIA O SISTEMA CIRCULATÓRIO E SUA IMPORTÂNCIA Marcelo Hideki Tamada Odair Milioni de Meira Supervisão Orientação Márcia Helena Mendonça Ruth Janice Guse Schadeck APRESENTAÇÃO Tornar a visão do sistema circulatório

Leia mais

BIOLOGIA IACI BELO. www.iaci.com.br. 01. Identifique, na figura, as partes indicadas pelos números: 10:

BIOLOGIA IACI BELO. www.iaci.com.br. 01. Identifique, na figura, as partes indicadas pelos números: 10: BIOLOGIA IACI BELO www.iaci.com.br ASSUNTO: FISIOLOGIA Série: 2EM 01. Identifique, na figura, as partes indicadas pelos números: 1: 2: 3: 4 5: 6 7: 8 9: 10: 02. Explique por que o ventrículo esquerdo é

Leia mais

Aula 5: Sistema circulatório

Aula 5: Sistema circulatório Aula 5: Sistema circulatório Sistema circulatório Sistema responsável pela circulação de sangue através de todo o organismo; Transporta oxigênio e todos os nutrientes necessários para a manutenção das

Leia mais

A PRÁTICA DE MONITORIA PARA PROFESSORES EM FORMAÇÃO INICIAL DE LÍNGUA INGLESA DO PIBID

A PRÁTICA DE MONITORIA PARA PROFESSORES EM FORMAÇÃO INICIAL DE LÍNGUA INGLESA DO PIBID A PRÁTICA DE MONITORIA PARA PROFESSORES EM FORMAÇÃO INICIAL DE LÍNGUA INGLESA DO PIBID Victor Silva de ARAÚJO Universidade Estadual da Paraiba sr.victorsa@gmail.com INTRODUÇÃO A monitoria é uma modalidade

Leia mais

APLICADO AO EXERCÍCIO

APLICADO AO EXERCÍCIO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS DEPARTAMENTO DE HISTOLOGIA E EMBRIOLOGIA LABORATÓRIO DE METABOLISMO DE LIPÍDEOS SISTEMA CARDIORRESPIRATÓRIO APLICADO AO EXERCÍCIO Prof. Dr: Luiz

Leia mais

CURSINHO PRÉ VESTIBULAR DISCIPLINA: BIOLOGIA PROFº EDUARDO

CURSINHO PRÉ VESTIBULAR DISCIPLINA: BIOLOGIA PROFº EDUARDO Aula 16: Sistema circulatório CURSINHO PRÉ VESTIBULAR DISCIPLINA: BIOLOGIA PROFº EDUARDO As funções realizadas pela circulação do sangue são indispensáveis para o equilíbrio de nosso corpo e vitais para

Leia mais

Ano: 8 Turma: 8.1 e 8.2

Ano: 8 Turma: 8.1 e 8.2 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Final 3ª Etapa 2014 Disciplina: Ciências Professor (a): Felipe Cesar Ano: 8 Turma: 8.1 e 8.2 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO PARALELA 2º Trimestre. 3 ano DISCIPLINA: BIOLOGIA B

ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO PARALELA 2º Trimestre. 3 ano DISCIPLINA: BIOLOGIA B ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO PARALELA 2º Trimestre 3 ano DISCIPLINA: BIOLOGIA B Observações: 1- Antes de responder às atividades, releia o material entregue sobre Sugestão de Como Estudar. 2 - Os exercícios

Leia mais

CONCEPÇÕES MATEMÁTICA APRESENTADAS POR PROFESSORES DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA

CONCEPÇÕES MATEMÁTICA APRESENTADAS POR PROFESSORES DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA CONCEPÇÕES MATEMÁTICA APRESENTADAS POR PROFESSORES DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA Jacqueline Oliveira de Melo Gomes Faculdade de Formação de Professores da Mata Sul / FAMASUL-PE jacomgomes@yahoo.com.br

Leia mais

É um sistema fechado, sem comunicação com o exterior, constituído por tubos (os vasos), no interior dos quais circulam humores (o sangue e a linfa).

É um sistema fechado, sem comunicação com o exterior, constituído por tubos (os vasos), no interior dos quais circulam humores (o sangue e a linfa). 1 SISTEMA CARDIOVASCULAR É um sistema fechado, sem comunicação com o exterior, constituído por tubos (os vasos), no interior dos quais circulam humores (o sangue e a linfa). Para que estes humores possam

Leia mais

- CAPÍTULO 14, 15 e 16 (até pág. 17) -

- CAPÍTULO 14, 15 e 16 (até pág. 17) - - CAPÍTULO 14, 15 e 16 (até pág. 17) - 1. As figuras abaixo apresentam esquemas da estrutura da parede de três tipos de vasos sanguíneos encontrados em mamíferos: a) Indique o nome de cada um dos vasos:

Leia mais

Dissecação do Coração e do Pulmão de um Mamífero

Dissecação do Coração e do Pulmão de um Mamífero Escola Secundária de Oliveira do Bairro Biologia Prof. Virgílio Ferreira Relatório de Actividade Experimental Dissecação do Coração e do Pulmão de um Mamífero Relatório Realizado por: * Mariana Figueiredo

Leia mais

Anatomia e Fisiologia Humana SISTEMA DIGESTÓRIO. DEMONSTRAÇÃO (páginas iniciais)

Anatomia e Fisiologia Humana SISTEMA DIGESTÓRIO. DEMONSTRAÇÃO (páginas iniciais) Anatomia e Fisiologia Humana SISTEMA DIGESTÓRIO DEMONSTRAÇÃO (páginas iniciais) 1ª edição janeiro/2007 SISTEMA DIGESTÓRIO SUMÁRIO Sobre a Bio Aulas... 03 Sistema Digestório... 04 Boca... 05 Características

Leia mais

INTERVENÇÃO. Práticas do Sistema Digestório. Plano da Intervenção. Para viver, crescer e manter o nosso organismo precisa consumir alimentos.

INTERVENÇÃO. Práticas do Sistema Digestório. Plano da Intervenção. Para viver, crescer e manter o nosso organismo precisa consumir alimentos. INTERVENÇÃO Práticas do Sistema Digestório Autores: Alexia Rodrigues Menezes, Bibiana Ferrer, Cristina Langendorf e Suelen Mattoso. Plano da Intervenção CONTEXTUALIZAÇÃO Para viver, crescer e manter o

Leia mais

ANATOMIA E FISIOLOGIA

ANATOMIA E FISIOLOGIA ANATOMIA E FISIOLOGIA SITEMA DIGESTÓRIO Enfª Renata Loretti Ribeiro 2 3 SISTEMA DIGESTÓRIO Introdução O trato digestório e os órgãos anexos constituem o sistema digestório. O trato digestório é um tubo

Leia mais

SISTEMA CIRCULATÓRIO DOS VERTEBRADOS

SISTEMA CIRCULATÓRIO DOS VERTEBRADOS SISTEMA CIRCULATÓRIO DOS VERTEBRADOS Os vertebrados, como são grandes e complexos há a necessidade de um sistema circulatório definido. Nos invertebrados ocorre o desenvolvimento de dois tipos de circulação:

Leia mais

ATIVIDADES EXPERIMENTAIS PARA O ESTUDO DA ASTRONOMIA: CONSTRUINDO O SISTEMA SOLAR REDUZIDO

ATIVIDADES EXPERIMENTAIS PARA O ESTUDO DA ASTRONOMIA: CONSTRUINDO O SISTEMA SOLAR REDUZIDO ATIVIDADES EXPERIMENTAIS PARA O ESTUDO DA ASTRONOMIA: CONSTRUINDO O SISTEMA SOLAR REDUZIDO José da Silva de Lima¹; José Rodolfo Neves da Silva²; Renally Gonçalves da Silva³; Alessandro Frederico da Silveira

Leia mais

ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM GEOGRAFIA I CONTRIBUIÇÕES PARA A FORMAÇÃO DOCENTE

ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM GEOGRAFIA I CONTRIBUIÇÕES PARA A FORMAÇÃO DOCENTE VI JORNADA DE ENSINO DE GEOGRAFIA: ENSINO DE GEOGRA- FIA E AS DIVERSIDADES ÉTINICAS / II MOSTRA DO PIBID GE- OGRAFIA UENP. 25 e 26 de Novembro de 2014. Cornélio Procópio Pr. UENP Modelo de Artigo ESTÁGIO

Leia mais

29/03/2012. Introdução

29/03/2012. Introdução Biologia Tema: - Sistema Respiratório Humano: órgãos que o compõem e movimentos respiratórios; - Fisiologia da respiração ; - Doenças respiratórias Introdução Conjunto de órgãos destinados à obtenção de

Leia mais

ROTEIRO DIÁRIO SEQUÊNCIA DAS ATIVIDADES/ ORIENTAÇÕES PEDAGÓGICAS. Vinheta do Projeto. Aula: 15 Teleaula: 55 Título: Alavancas 13:01h às13:05h 4 min.

ROTEIRO DIÁRIO SEQUÊNCIA DAS ATIVIDADES/ ORIENTAÇÕES PEDAGÓGICAS. Vinheta do Projeto. Aula: 15 Teleaula: 55 Título: Alavancas 13:01h às13:05h 4 min. Componente Curricular: Ciências Série/Ano Letivo: 9º ano/2014 Professor Ministrante: Giselle Palmeira e Silone Guimarães Carga Horária: 5 horas/aula Data: 27/03/2014 Aula: 15 Teleaula: 55 Título: Alavancas

Leia mais

I Simpósio Regional de Enfermagem de Jundiaí Assistência de Enfermagem Segura: Experiências e Desafios FUNDAMENTOS

I Simpósio Regional de Enfermagem de Jundiaí Assistência de Enfermagem Segura: Experiências e Desafios FUNDAMENTOS FUNDAMENTOS ID: 172 ANATOMIA DAS VALVAS CARDÍACAS: ESTUDO ANATÔMICO EM 3D Marcia Regina da Silva César Alexandre Fabrega Carvalho Elaine Fernanda R. da Silva Natalia Rafaela da Rosa Tereza Janaína dos

Leia mais