Publicação mensal do Sistema Federação das Indústrias do Estado do Amazonas Ano III nº 23 Março/2008. A presença feminina no.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Publicação mensal do Sistema Federação das Indústrias do Estado do Amazonas Ano III nº 23 Março/2008. A presença feminina no."

Transcrição

1 Publicação mensal do Sistema Federação das Indústrias do Estado do Amazonas Ano III nº 23 Março/2008 A presença feminina no canteiro de obras

2 EDITORIAL 01 NOTÍCIAS Aprendizes de pedreiros para atender demanda da Construção Civil DESTAQUES Presidente do TJAM defende sintonia com a indústria Reforma e ZPES em debate com Arthur Neto A presença feminina na Construção Civil Grael exalta Valores do Esporte nos Jogos Nacionais do SESI Diretoria da Kodak visita a FIEAM 04 BNDES faz rodada de crédito para Fitoterápicos 14 Consultores dão aula sobre Tributação Internacional 04 SESI fortalece vínculo família-escola com seminário 14 FIEAM recebe a primeira reunião da Câmara da Indústria de Programa SESI Indústria Saudável CNI e SESI oferecem exposição de arte na Usina Chaminé Conselheiros do SESI e SENAI fazem balanço 05 Inclusão Digital para Jovens e Adultos Sebrae apresenta vencedoras do Prêmio Mulher de Negócios Colaboradores realizam almoçosurpresa para Antonio Silva SENAI inicia treinamento em Tecnologia do Plástico SESI busca uso consistente de preservativo pelo trabalhador IEL e SEMDEL certificam 276 alunos SESI reúne Comitê Norte de Planejamento em Manaus 08

3 Foto: Miguel Ângelo e E D d I T O i R t I A o L r i a l D I R E T O R I A Presidente: ANTONIO CARLOS DA SILVA 1º Vice-Presidente: ATHAYDES MARIANO FÉLIX 2º Vice-Presidente: AMÉRICO AUGUSTO SOUTO RODRIGUES ESTEVES Vice-Presidentes: TEREZA CRISTINA CALDERARO CORRÊA, FRANCISCO RITTA BERNARDINO, ROBERTO DE LIMA CAMINHA FILHO, NELSON AZEVEDO DOS SANTOS, NEILSON DA CRUZ CAVALCANTE, ALDIMAR JOSÉ DIGER PAES, WILSON LUIZ BUZATO PÉRICO, CARLOS ALBERTO ROSAS MONTEIRO, JOAQUIM AUZIER DE ALMEIDA, AGOSTINHO DE OLIVEIRA FREITAS 1º Secretário: AUGUSTO CÉSAR COSTA DA SILVA 2º Secretário: ORLANDO GUALBERTO CIDADE FILHO 1º Tesoureiro: ERNANI LEÃO DE FREITAS 2º Tesoureiro: FRANCISCO ORLANDO TRINDADE DA ROCHA Diretores Suplentes: JONAS MARTINS NEVES, PAULO SHUITI TAKEUCHI, AMAURI CARLOS BLANCO, FRANK BENZECRY, ENGELS LOMAS DE MEDEIROS, MÁRIO JORGE MEDEIROS DE MORAES, SÓCRATES BOMFIM NETO, LUIZ CARVALHO CRUZ, JOSÉ AUGUSTO PINTO CARDOSO, RONALDO GALL, CARLOS ALBERTO MONTEIRO, JAIME TERUO MATSUI, FRANCISCO AUGUSTO SOUTO RODRIGUES ESTEVES, JOSÉ MIGUEL DA SILVA NASSER, DAVID CUNHA NÓVOA, ARIOVALDO FRANCISCHINI DE SOUZA, CARLOS ALBERTO MARQUES DE AZEVEDO Conselho Fiscal: TITULARES: MOYSES BENARROS ISRAEL, RENATO DE PAULA SIMÕES, ALCY HAGGE CAVALCANTE SUPLENTES: FERNANDO BRANDÃO DE ALBUQUERQUE, CARLOS ALBERTO SOUTO MAIOR CONDE, DAVID NÓVOA GONZALES Delegados Representantes junto ao Conselho da CNI TITULARES: JOSÉ NASSER, ANTONIO CARLOS DA SILVA SUPLENTES: ATHAYDES MARIANO FÉLIX, AMÉRICO AUGUSTO SOUTO RODRIGUES ESTEVES Antonio Carlos da Silva A Aprendizagem Profissional tem sido uma valiosa porta de entrada para jovens entre 14 e 24 anos no mercado produtivo. O Serviço Nacional de Aprendizagem, o nosso SENAI Amazonas, já desenvolve o Programa desde 1957, ano de fundação da instituição, no Centro de Formação Profissional Waldemiro Lustoza. A modalidade iniciava-se com o curso de Carpintaria e Marcenaria. Posteriormente, o CFPWL instalou os cursos de Mecânica Geral. Desde então vários cursos foram inseridos no Programa que já capacitou milhares de adolescentes e jovens amazonenses. Em 1994, o Centro de Educação e Tecnologia Antonio Simões (CETAS) também passou a ofertar o curso de eletroeletrônica para o menor aprendiz. Dez anos depois, o Centro incluiu o curso de Programador de Sistema. E em 2005, acrescentou o de Assistente Administrativo Industrial e de Operador de Linha de Montagem. Revista editada pelo Sistema FIEAM COORDENADORIA GERAL DO CENTRO DE SERVIÇO COMPARTILHADO Luiz Alberto Monteiro Medeiros COORDENADORIA DE COMUNICAÇÃO E RELAÇÕES COM O MERCADO COORDENADORIA DE COMUNICAÇÃO Idelzuita Araújo - Mtb 049/AM REDAÇÃO Idalina Lasmar - Mtb 137/AM Ademar Medeiros - Mtb 289/AM Irinéia Coelho - Mtb 343/AM Evelyn Lima - Mtb 151/AM Mário Freire - Mtb 092/AM COLABORAÇÃO Etienne Lopes Márcio Vieira - MTB/AM 0189 PROGRAMAÇÃO VISUAL Mary Martins Andressa Sobreira FOTOGRAFIAS João Luis A.Neto - MTB 052-AM Arquivo Comunicação Os conteúdos dos artigos e textos são de inteira responsabilidade de seus autores. No mesmo ano, o Centro de Ações Móveis e Comunitárias (CAMC) lançava os cursos de Costureiro e de Panificação. Em 2007, criou o de Mecânico de Refrigeração. Os cursos duram dois anos e reúnem, em uma única ação, a formação, qualificação e inserção no mercado de trabalho. Hoje já são 13 cursos de aprendizagem em funcionamento no SENAI/AM. Em março deste ano a Instituição inovou e deu início à primeira turma do curso de Pedreiro no Centro Integrado de Educação do Trabalhador (CIET), escola voltada para a construção civil, desenvolvida em parceria pelos Departamentos Regionais do SENAI e Serviço Social da Indústria (SESI). O curso no CIET vem atender à exigência da Superintendência Regional de Trabalho (SRT, antiga DRT) de que as construtoras contratem jovens aprendizes do curso de educação profissional, conforme prescreve a lei de número /2000, que altera dispositivos das Leis do Trabalho CLT. De acordo com as metas previstas pelo Programa Educação para Nova Indústria, o SENAI/AM vai atender a novos alunos em Aprendizagem Industrial de 2008 a Av. Joaquim Nabuco, 1919 Centro CEP Manaus/AM Fone: (0xx92) Fax: (0xx92)

4 Aprendizes de pedreiro na obra CIET atende à demanda em alta na construção civil O Centro Integrado de Educação do Trabalhador (CIET) jovens querem se qualificar e as empresas querem contratar lançou, no dia 31 de março, a primeira turma do curso de profissionais qualificados. O curso de pedreiro na modalidade pedreiro na modalidade Aprendizagem para 50 alunos na faixa Aprendizagem é o caminho para os que desejam ingressar de 18 a 22 anos. O CIET é uma escola voltada para a nesta área, disse Ribeiro. construção civil desenvolvida em parceria pelos Segundo o vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores Departamentos Regionais do Serviço Nacional de nas Indústrias da Construção Civil e Montagem Industrial Aprendizagem Industrial (SENAI) e do Serviço Social da (Sintracomec), Valmir Silva Lopes, a entidade, por meio de Indústria (SESI), no Amazonas. levantamento feito em 2007, detectou que o mercado no Segundo o gerente do CIET, Rizo Ribeiro, o curso foi Amazonas tem carência de cerca de 10 mil profissionais. Para implantado para atender à crescente demanda da construção suprir a demanda, as empresas são obrigadas a buscar civil no Estado. O CIET, segundo ele, não oferecia curso de profissionais em outros Estados. Este curso surgiu no aprendizagem voltado para este mercado, mas, conforme momento certo, porque a construção civil está em expansão no exigência da Superintendência Regional do Trabalho (SRT, Amazonas. As empresas decidiram qualificar os trabalhadores antiga DRT), as construtoras devem também contratar jovens em Manaus. Isso é uma boa oportunidade para aqueles que para atuar como aprendizes do curso de formação técnico- desejam trabalhar, disse. profissional, conforme a Lei nº /2000, que altera O curso de pedreiro na modalidade Aprendizagem está sendo dispositivos da Consolidação realizado com apoio das construtoras Andrade Gutierrez, das Leis do Trabalho Arruda Guimarães, Cristal Engenharia, Aliança, Capital, (CLT). Unipar, Colméia e Ralc, além do Sintracomec e do Projeto A construção civil está Cidadão do Governo do Estado do Amazonas. Da turma de 50 em alta no Amazonas. Os alunos, 30 foram encaminhados pelas construtoras e 20 pelo P r o j e t o C i d a d ã o. O s candidatos têm que estar cursando, no mínimo, o 7 º a n o d o E n s i n o Fundamental. O c u r s o d e A p r e n d i z a g e m d e P e d r e i r o t e m duração de dois anos, com 1,6 mil horas, sendo 800 de aula teórica no CIET e 800 de estágio na empresa. Durante o período de estudo, o a l u n o r e c e b e d a c o n s t r u t o r a m e i o salário mínimo (R$ 2 0 7, 5 0 ) e v a l e transporte. O estudante do ensino médio, João Felipe, 19 anos, disse que o curso de Aprendizagem é o primeiro passo para a concretização de seu sonho. Encaminhado pela construtora Engeco, Felipe pretende cursar faculdade de engenharia ou arquitetura. Já trabalhei como auxiliar de pedreiro durante um ano, mais percebi que precisava aprender mais. Gosto de estudar e vou aproveitar esta oportunidade para me preparar para o mercado de trabalho, disse. Para a auxiliar de Serviço Social da Construtora Andrade Gutierrez, Izabel Esteves, o curso de Aprendizagem vai muito além da qualificação. É um investimento no ser humano, tirando jovens da ociosidade. A Andrade Gutierrez preocupa-se com o bem-estar de seus funcionários e seus familiares. Por isso procura facilitar o acesso a cursos profissionais para os filhos dos trabalhadores, revela. Durante o curso, o aluno tem aula de matemática básica, leitura e interpretação de texto, metrologia básica, desenho técnico, noções de meio ambiente, procedimentos da qualidade na construção, segurança e saúde no trabalho, legislação trabalhista e previdenciária, noções de empreendedorismo, orçamentos de serviços de pedreiro, gestão de materiais, além de execução de alicerce, alvenaria, revestimentos, componentes e alvenaria estrutural. Nível Nº de alunos matriculados 50 Início das aulas Término das aulas 2010 Carga horária CURSO PEDREIRO APRENDIZ Empresas/ órgãos participantes Conteúdo básico Waldemir Carvalho, coordenador de ensino e tecnologia do CIET, apresenta aos alunos as linhas gerais do curso Técnico Profissional 31 de março horas Andrade Guiterrez Arruda Guimarães Cristal Engenharia Aliança Capital Unipar Colméia Ralc Sintracomec Governo do Estado (Projeto Cidadão) Leitura e Interpretação de Texto Matemática Básica Segurança e Saúde no Trabalho Legislação Trabalhista Gestão de Materiais Execução (alicerce, alvenaria, revestimento, componentes) Alunos do curso de pedreiro, entre eles, João Felipe (segundo à esquerda), que vão fazer estágio na Engeco

5 DESTAQUES destaques PRESIDENTE DO TJAM DEFENDE SINTONIA COM A INDÚSTRIA O presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), desembargador Hosannah Florêncio de Menezes, e o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (FIEAM), Antonio Silva, finalmente tiveram seu primeiro encontro na FIEAM, desde que ambos assumiram suas respectivas novas funções: Hosannah há cerca de um ano, e Silva em outubro do ano passado. No encontro, na sede do Sistema FIEAM, no dia 5 de março, o presidente do TJAM considerou como um dever uma visita oficial à instituição. Hosannah Florêncio lembrou que a parceria do TJAM com a FIEAM vem desde a administração anterior da Federação, cooperação esta que visa melhorar o trabalho na capital e no interior do Estado. Há necessidades e, uma tese que eu defendo, é que tanto as instituições privadas quanto as públicas têm como finalidade o bem do povo, dos mais necessitados, e não podemos marchar separados. Deve haver, entre as instituições, colaboração e ajuda mútua, cada um dentro da sua atividade específica fazendo um trabalho comum em prol da coletividade, disse o magistrado durante o encontro. O presidente do TJAM, desembargador Hosannah Florêncio de Menezes, à esquerda, e o presidente da FIEAM, Antonio Silva DIRETORIA DA KODAK FAZ VISITA OFICIAL À FEDERAÇÃO Antonio Silva, presidente (terceiro à esquerda), e outros membros da diretoria da FIEAM, recebem a comitiva de diretores da Kodak Brasil, Luiz Antonio Pasquotto (centro), Mutsuko Tereza Aoki e Marilda Pereira A parceria com a FIEAM é muito importante para que a indústria localizada em Manaus tenha competitividade no Brasil e principalmente no exterior, disse o supervisor de Comércio Exterior e Logística da Kodak Brasil/América Latina, Luiz Antonio Pasquotto, em visita ao presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (FIEAM), Antonio Silva, no dia 7 de março. Também participaram da comitiva a gerente de Exportação da Kodak/Brasil, Mutsuko Tereza Aoki, e a supervisora de logística e comércio exterior da Kodak em Manaus, Marilda Pereira. O encontro contou com a presença do diretor suplente da FIEAM, Amauri Carlos Blanco, do chefe da Assessorias da Presidência da FIEAM, Maurício Marsiglia, do gerente executivo do Centro Internacional de Negócios (CIN), José Marcelo de Castro, e da consultora do CIN, Ludmilla Lima Cunha. A Kodak da Amazônia e Comércio Ltda é uma indústria de filmes e papéis fotográficos. De acordo com Luiz Antonio Pasquotto, a Kodak possui apenas duas fábricas de montagens de câmeras digitais no mundo, uma no Pólo Industrial de Manaus (PIM) e a outra na China. CONSULTORES DÃO 'AULA' SOBRE TRIBUTAÇÃO INTERNACIONAL Rodolfo Parente e Rafael Madan, presidentes da instituição financeira Wachovia Securities Serviços e Participações Ltda, respectivamente, de São Paulo e de Miami (EUA), participaram no dia 13 de março de reunião da diretoria da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (FIEAM), quando fizeram exposição sobre o funcionamento da Legislação e Tributação Internacional; Planejamento Sucessório / Familiar e Investimentos Internacionais. Na palestra o consultor da Wachovia, Domingos Ricca, destacou o sucesso na empresa familiar, com seus conflitos e soluções. Para ele, é preciso lembrar que, para a empresa ser eterna, o primeiro passo não é contratar administradores profissionais que não pertençam à família. O fundamental é a atitude que a família assume diante da profissionalização. Para que todo esse processo obtenha sucesso, Ricca diz que é preciso saber se os fundadores querem a sucessão, se o sucessor tem aptidão e desejo em assumir os negócios e como iniciar uma sucessão. Primeiro vice-presidente da FIEAM, Athaydes Mariano Félix (esquerda) e o consultor da Wachovia, Domingos Ricca, que abordou o tema Planejamento Sucessório e Familiar em sua palestra

6 destaques DESTAQUES FIEAM RECEBE 1ª. REUNIÃO DA CÂMARA DA INDÚSTRIA EM 2008 Membros e convidados participaram, no dia 5 de março, na sede da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (FIEAM), da primeira reunião do ano de 2008, a 42ª, da Câmara Setorial da Indústria. O local escolhido para a reunião, segundo o presidente da FIEAM, Antonio Silva, demonstra a parceria existente entre as duas entidades que, juntas, têm buscado soluções para problemas comuns da economia amazonense. O ano de 2008 será para nós de muita importância, especialmente devido às discussões sobre a Reforma Tributária, assegurou. Ao avaliar o desempenho da Câmara em 2007, o secretário Executivo das Câmaras Setoriais, Laerte Henriques Chíxaro, anunciou que foram realizadas no ano passado 42 reuniões, e que entre as pendências para 2008 está a reativação das discussões do Mapa Estratégico da Indústria, no Amazonas, coordenado pela FIEAM, e a busca de solução para a proposta da Subcâmara do Vestuário. Entre os prognósticos para o ano de 2008, Chíxaro destacou a necessidade de reabertura da discussão sobre a qualidade dos prestadores de serviços junto às empresas do Pólo Industrial de Manaus (PIM) e que entidades de classe, como FIEAM, Cieam, Aficam e Câmara Nipo-Brasileira, tragam assuntos para a Câmara. O secretário apontou também entre as necessidades para 2008 que se mantenha em aberto, nas reuniões da Câmara, a proposta da Ascon (Associação de Consultores) para que a Câmara seja um fórum permanente de discussões de assuntos, como a perenização da Zona Franca de Manaus, a necessidade da criação de uma agência de desenvolvimento e a avaliação dos problemas sociais provocados pelo PIM em Manaus. A próxima reunião da Câmara seria realizada em 7 de abril, na sede da Secretaria de Estado de Planejamento e Desenvolvimento Econômico (Seplan). CONSELHEIROS REUNIDOS EM BALANÇO DE ATIVIDADES Os conselheiros do SESI e SENAI Amazonas, titulares e suplentes, tiveram, no dia 28 de março, sua segunda reunião ordinária de O encontro aconteceu na sala de reunião do Sistema FIEAM, localizada na Avenida Joaquim Nabuco, 1919 Centro. De acordo com o primeiro vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado Amazonas (FIEAM), Athaydes Mariano Félix, conselheiro-titular e representante da indústria tanto pelo SESI quanto pelo SENAI, o encontro teve como objetivo fazer um balanço das entidades nos meses de janeiro e fevereiro deste ano, com a apresentação do desempenho das receitas e despesas nas áreas de negócios. COLABORADORES FAZEM ALMOÇO-SURPRESA PARA ANTONIO SILVA Os colaboradores do Sistema FIEAM (SESI, SENAI e IEL), promoveram no dia 28 de março, no salão de eventos do edifício Raimar Aguiar, localizado na Avenida Joaquim, 1919 Centro, um almoço-surpresa para comemorar, antecipadamente, o aniversário do presidente da Federação, Antonio Silva, realizado em 1º de abril. Feliz com a homenagem inesperada, Silva recebeu as congratulações dos colaboradores e de alguns amigos convidados especialmente para a ocasião, como a diretora da Fundação Centro de Análise e Pesquisa e Inovação Tecnológica (Fucapi), Isa Assef dos Santos, além do responsável pela área educacional dessa institucional, Niomar Pimenta.

7 SENAI inicia treinamento em Tecnologia do Plástico O Centro de Formação Profissional Waldemiro Lustoza (CFPWL), Unidade Operacional do SENAI Amazonas, localizada no bairro Cachoeirinha, na zona Sul, promoveu mais um treinamento na área de plástico com a finalidade de capacitar instrutores e preparar os alunos que vão participar da Olimpíada do Conhecimento, entre junho e julho, na Região Sul do País. A escola deve reimplantar, no segundo semestre deste ano, os cursos de Aprendizagem e Qualificação em Tecnologia do Plástico, modalidade já oferecida em 2004, em parceria com empresa do Pólo Industrial de Manaus (PIM). Estamos suprindo uma carência de recursos humanos qualificados nesse segmento, conforme sinalizou uma pesquisa realizada no PIM. O SENAI, como instituição de ensino profissionalizante, pretende oferecer o subsídio do conhecimento ao trabalhador para responder à demanda atual da indústria amazonense, disse a gerente do CFPWL, Ivana Ayrton. Para revitalizar o segmento na instituição, os instrutores do CFPWL participaram em 2007 dos cursos Introdução à Tecnologia dos Materiais Plásticos, Segurança para Operador de Máquinas Injetoras, Preparador e Regulador de Máquinas Injetoras e Troca Rápida Set-up. Seguindo essa programação preparatória, o Departamento Regional do SENAI, em parceria com o SENAI/SP, trouxe, já neste ano, o técnico de ensino Gilberto Lodi, da Escola Mario Amato, para ministrar os cursos Introdução à Tecnologia de Projetos de Moldes Plásticos e Reciclagem de Materiais Plásticos, com carga horária de 40 horas. Os cursos foram oferecidos entre 3 e 14 de março. Na opinião de Gilberto Lodi, a visão do SENAI/AM, em proporcionar o intercâmbio de informações tecnológicas envolvendo a matéria-prima do plástico entre seus instrutores, é fundamental para formar profissionais aptos a ingressarem nesse crescente mercado de trabalho. Este Departamento Regional (SENAI/AM) entrará no segmento do plástico bem embasado quanto ao processo de injeção. O objetivo do ciclo de treinamento, realizado desde 2007, é proporcionar a transferência de conhecimentos e metodologias que utilizamos na Escola Mario Amato para que a unidade CFPWL seja mais uma referência em formação de profissionais altamente qualificados no segmento do plástico, apontou Gilberto Lodi. Para o gestor do projeto de implantação do curso de Preparador e Regulador de Máquinas Injetoras, no CFPWL, Reginaldo Santos, o treinamento com os técnicos da Escola Mario Amato trouxe aprimoramento das técnicas já conhecidas dos instrutores na área, que agora passam a ser multiplicadores dessa tecnologia industrial. As fábricas que utilizam o processo de injeção plástica se deparam com o problema da falta de profissionais aptos a manusearem suas máquinas. Com a implantação dos cursos na área do plástico no SENAI/AM vamos contribuir com a inserção de trabalhadores de nossa cidade no PIM, evitando que técnicos de outros Estados substituam os profissionais locais, destacou Reginaldo. A gerente do CFPWL, Ivana Ayrton, informou que a programação de treinamento dos cinco instrutores envolvidos na implantação da modalidade será concluída, até julho, com o estágio de uma semana em São Bernardo do Campo (SP), na Escola Mario Amato, onde os instrutores vão observar as metodologias empregadas nos cursos de Injeção Plástica da unidade do SENAI/SP e adequá-las às dos cursos oferecidos pelo SENAI/AM. Gilberto Lodi (centro) da Escola Mário Amato, do SENAI/SP, ministrou em Manaus dois cursos para instrutores e alunos do SENAI Amazonas Treinamento dos alunos da Olimpíada Na quinta edição da Olimpíada do Conhecimento, competição entre alunos do SENAI de todo o Brasil, considerado o maior evento de educação profissional da América Latina, o Centro de Formação Profissional Waldemiro Lustoza (CFPWL), concorrerá em sete ocupações: Tecnologia do Plástico, Desenho Mecânico em CAD, Mecânica Geral, Mecânica Diesel, Fresagem a CNC, Tornearia a CNC e Tornearia Mecânica. A olimpíada ocorrerá nas cidades de Blumenau, Curitiba e Porto Alegre. Os alunos Nicolay Alves Bernardo, 16 anos, Igor Girão de Brito Vieira, 17, e Bruno Cardoso, 18, estão na expectativa de se classificar para a etapa nacional da competição, na ocupação Tecnologia do Plástico, da qual o Amazonas pode participar com até dois competidores. No ritmo acelerado do treinamento, os três alunos se preparavam, em março, para o último simulado da etapa estadual da competição, em abril, quando seria definida a dupla que vai competir na etapa nacional, no Rio Grande do Sul. Minha meta é alcançar a melhor pontuação e trazer o ouro para o SENAI Amazonas. Mesmo que seja eliminado no segundo simulado, já me sinto satisfeito com a oportunidade que o SENAI me ofereceu. Agora tenho mais conhecimento na área de tecnologia do plástico, habilidade e iniciativa quando me deparar com alguma situação que dependa de uma atitude minha, disse Igor. Segundo o técnico da Escola Mario Amato, Gilberto Lodi, os alunos do SENAI/AM mostraram um bom aproveitamento nos módulos apresentados nos cursos de Introdução à Tecnologia de Projetos de Moldes Plásticos e Reciclagem de Materiais Plásticos. Eles atendem aos requisitos principais para participar da disputa nacional da Olimpíada do Conhecimento. Os alunos estão preparados tanto para competir com os melhores talentos de todas as unidades do SENAI quanto para enfrentar o mercado de trabalho, avaliou Gilberto. Os alunos Nicolay Bernardo, Igor Girão e Bruno Cardoso durante treinamento para a Olimpíada do Conhecimento SENAI investe em equipamento O Departamento Regional do SENAI/AM adquiriu, no segundo semestre de 2007, a máquina injetora da marca Romi, um investimento superior a R$ 150 mil. O equipamento é uma nova linha de máquina para termoplásticos que reúne alta tecnologia e produtividade. A máquina, adequada à produção de peças de pequeno e médio portes, será utilizada nas aulas práticas e facilitará o aprendizado do aluno na realização de projeto, planejamento, controle, supervisão e no processo de fabricação de produtos plásticos utilizados nos diversos segmentos da indústria. De acordo com o gestor responsável pela implantação de cursos na área do Plástico no Centro de Formação Profissional Waldemiro Lustoza, Reginaldo Santos, quando a unidade estiver devidamente estruturada com equipamentos e equipe técnica, a escola poderá prestar serviços técnicos e tecnológicos ainda mais especializados nesse segmento às empresas do Pólo Industrial de Manaus. FOTO

8 SESI reúne em Manaus seu Comitê Norte de Planejamento Os superintendentes do Serviço Social da Indústria (SESI) de executivo do SESI, Fabrizio Pereira, chamou atenção para seis Estados da Região Norte participaram, em Manaus, no uma pesquisa do Ibope, de 24 de novembro de 2007, onde a dia 4 de março, da reunião anual do Comitê Norte de indústria brasileira apontou o SESI, essencialmente, como Planejamento da instituição. O encontro, que contou com a provedor de soluções em Educação, Saúde, Lazer e participação de Ricardo Rodrigues, gerente executivo da Responsabilidade Social, exatamente as áreas pelas quais a Unidade de Articulações Institucionais, entre outros instituição busca o reconhecimento de seus clientes em nível representantes do Departamento Nacional, ocorreu na sede nacional. As pesquisas mostram que quem conhece o SESI da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas e utiliza seus serviços, aprova e recomenda. O desafio agora (FIEAM). O Departamento Regional do SESI/AM foi é aumentar essa abrangência, tornando-a mais ampla, representado pelo então superintendente corporativo do atendendo também as segmentações de pequenas e médias Sistema FIEAM, Maurício Marsiglia. empresas, afirmou Ricardo. Com a participação de assessores e coordenadores, Para o superintendente coorporativo do Sistema FIEAM, diretores e gerentes, além dos superintendentes dos DRs Maurício Marsiglia, a reunião foi uma oportunidade para os dos Estados do Pará, Roraima, Rondônia, Amapá e Acre, a Departamentos Regionais do SESI mostrarem os projetos reunião do Comitê Norte teve, entre os itens da pauta, a que estão desenvolvendo, trocando experiências e avaliando apresentação dos serviços as boas práticas - oferecidos seus processos. Os encontros proporcionam um olhar para pelo DR Amazonas, o posicionamento do SESI no mercado o futuro do SESI, melhorando cada vez mais seus produtos e nacional, a padronização das compras por meio do Manual serviços disponíveis ao trabalhador brasileiro, disse. de Classificação de Mercadorias em versão eletrônica, além No final da reunião, os integrantes do Comitê Norte fizeram da discussão sobre o Programa Indústria Saudável. uma avaliação preliminar do Programa SESI Indústria De acordo com Ricardo Rodrigues, as reuniões dos Comitês Saudável, que começou a ser implantado pelos de Planejamento do SESI fazem parte das diretrizes de Departamentos Regionais em meados do ano passado. O política de gestão da entidade e visam identificar as programa, que no Amazonas foi lançado em fevereiro deste necessidades de cada região para se chegar ao alinhamento ano, consiste no oferecimento às indústrias de duas estratégico de todo o Sistema SESI. Hoje estaremos atividades simultâneas: um levantamento das condições de elaborando um conceito novo, trazendo para a discussão saúde e estilo de vida dos trabalhadores e uma campanha uma postura de posicionamento diante das necessidades e educativa sobre saúde e segurança do trabalho (leia mais demandas de mercado, disse o gerente na abertura do nas páginas 12 e 13). evento. Maurício Marsiglia (ao fundo, no centro) e membros do Comitê Também representando o Departamento Nacional, o gerente Norte de Planejamento do SESI, reunidos na FIEAM Reforma Tributária e ZPEs em debate com Arthur Neto A Reforma Tributária e as Zonas de Processamento de Exportação (ZPEs) foram os principais temas debatidos no encontro de empresários da indústria, representantes de sindicatos e demais entidades de classe, com o senador amazonense Arthur Virgílio Neto, no dia 6 de março, na sede da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (FIEAM). Com base na sua experiência parlamentar, Arthur esclareceu aos participantes do encontro que a votação da Reforma Tributária, que tanto interesse desperta nos setores ligados ao Pólo Industrial de Manaus (PIM), não deve sair este ano e, provavelmente, nem nos próximos anos do Governo Lula. Arthur não acredita que em apenas quatro meses - já que depois desse período os parlamentares estarão envolvidos com as eleições municipais seja possível o Congresso interesse em implementar as ZPEs em seus Estados. O senador defendeu também que o Conselho Nacional das ZPEs leve em consideração, na análise e aprovação de projetos, a inexistência de conflito com empreendimentos ou segmentos industriais já instalados ou em instalação no País, o que evitaria a canibalização da indústria brasileira. Arthur defendeu, no encontro, que não seja admitida venda no mercado interno de produtos industrializados em Zona de Processamento de Exportação, cuja fabricação em outras áreas do território nacional esteja sujeita ao cumprimento de Processo Produtivo Básico (PPB). Explicando: não se exige PPB nas ZPEs portanto, incorporação de valor tecnológico, industrial e de mão-de-obra mas ele é exigido em Manaus, onerando os custos. Termina havendo concorrência desleal, até porque se pretende permitir os tais 20% jogados no Para Arthur Neto, dificilmente a Reforma Tributária será aprovada nos próximos anos do Governo Lula O senador Artur Neto (ao centro) responde a empresários, tendo à direita o presidente da FIEAM, Antonio Silva Nacional chegar a um consenso a respeito dos vários pontos mercado interno e eu temo que, não conseguindo exportar os da Reforma Tributária que afetam, de diferentes formas, todos 80% prometidos, depois digam: 'olha, só exportamos 30, os Estados brasileiros. estamos com 50 encalhados, não podemos ter esse prejuízo, Em relação às Zonas de Processamento de Exportação, que vamos mexer nisso aí'. Queremos alertar o País para que não interessam ainda mais aos setores ligados ao PIM por se cometa um erro, inclusive, deixando, por alienação, de representarem uma possível ameaça ao futuro imediato do perceber que 98% da floresta amazônica no Estado do modelo regional, o senador Arthur Neto disse que a Medida Amazonas está de pé, precisamente por causa do Pólo Provisória (MP) que trata das ZPEs cria a necessidade de Industrial de Manaus, disse o senador. uma mobilização geral com o intuito de modificá-la por meio Arthur Neto também quer que se aumente o compromisso de emendas. Sem as emendas, teremos um golpe rude sobre exportador da empresa instalada em ZPE de 80% para 90%. a Zona Franca de Manaus. Com as emendas, esse golpe Nesse caso, ficaria pactuada a internação possível de apenas pode ser atenuado, afirmou. Para o senador, será uma luta 10% da produção dessas zonas de processamento. difícil no Congresso porque a maioria dos parlamentares tem

9 DIA DA MULHER NO CIET Salto Alto na Construção Civil Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, em 8 de março, o Centro Integrado de Educação do Trabalhador (CIET), unidade do SESI e do SENAI Amazonas, desenvolveu durante o mês a programação 'Salto Alto na Construção Civil' para alunas dos cursos profissionalizantes e de Educação de Jovens e Adultos (EJA). O conteúdo da programação incluiu aulas de hidráulica, revestimento, pintura, eletricidade e técnicas de edificação. O número de mulheres que procuram os cursos do CIET aumentou nos últimos anos. Mas, o crescimento do interesse delas pela construção civil, sobretudo, deve-se ao fato de serem as mulheres as responsáveis pelo acompanhamento, na maioria das vezes, das obras e reparos em suas próprias residências. A estudante Sheyla Regina Monteiro Montemurro, de 27 anos, confirma essa teoria e vai mais além. Ela se sentiu motivada a encarar o curso de pedreiro do CIET também para aprofundar o conhecimento adquirido no curso superior de Arquitetura e Urbanismo, do qual é aluna do 7º período. Atenta aos detalhes, Sheyla acompanhou todo o processo da obra, principalmente quando a turma conheceu na prática os métodos para erguer uma parede de alvenaria. É fundamental conhecer o trabalho do pedreiro para poder administrar, acompanhar, orientar e sugerir melhorias no serviço da construção civil. O CIET está me ajudando a ser uma profissional completa. Hoje, tenho a oportunidade, como aluna do curso de pedreiro, de aprender a tomar decisões corretas e saber o que está certo ou errado em uma obra, destacou Sheyla. O coordenador de Relações com o Mercado do CIET, Eduardo Matos, confirma que o sexo feminino vem conquistando espaço no segmento da construção civil, área que há pouco tempo era monopolizada pelos homens. As mulheres mostram interesse em aprender técnicas básicas da construção civil e a dedicação delas se reflete no resultado, apresentando serviços de qualidade. Instrutora do curso de pedreiro do CIET, Regina Marques Pereira Os homens ainda são maioria nos cursos do SENAI, mas acredito que as mulheres estão se posicionando cada vez melhor no mercado de trabalho da construção civil. O exemplo de como a mulher vem se destacando pode ser observado aqui mesmo no CIET. Uma das instrutoras mais requisitadas e com melhores rendimentos de aproveitamento junto aos alunos é a professora Regina (Marques Pereira), do curso de pedreiro, apontou Matos. Para a instrutora Regina Marques, a construção civil ganha em qualidade no acabamento com o toque das mulheres que estão encarando o desafio de aprender as técnicas de dirigir e executar uma obra. As mulheres possuem mais habilidade no trabalho detalhista da construção civil. Outra vantagem de ter mulheres no comando de uma obra é a da economia de material, pois elas naturalmente são mais controladas que os homens e, por isso, reduzem o desperdício. Mas o melhor de tudo é ver a área de trabalho limpa e com perfeição nos acabamentos, apontou a instrutora. Quando questionada sobre a discriminação feita pelos homens em relação às mulheres no canteiro de obras, a instrutora Regina foi enfática: Com respeito e educação, conquistamos a igualdade social e o reconhecimento dos nossos colegas de trabalho, lembrou, mas reconheceu que o preconceito ainda é muito grande. Na opinião de Regina, o homem quando vê uma mulher migrar para a construção civil duvida da capacidade desta profissional e começa a inibi-la com o tratamento diferenciado e maior cobrança. A instrutora destaca que o segredo para superar o desafio na hora de encarar o A estudante Sheyla Regina Montemurro põe a mão na massa no programa Salto Alto na Construção Civil emprego e garantir a vaga no setor é a persistência, pois, ao final do serviço não há como negar a qualidade do trabalho desempenhado pela mulher. A programação 'Salto Alto na Construção Civil' deve ser integrada à agenda de palestras e eventos do CIET, segundo informou a pedagoga da Coordenadoria de Educação Tecnológica da escola, Gina Gama. A mulher é centrada e caprichosa em tudo que faz, por isso vem ocupando posição de destaque na construção civil, em especial no segmento de cerâmica, por ser mais detalhista, organizada e limpa no processo produtivo. Propomos essa programação com o objetivo de despertar a atenção do público feminino para ingressar neste segmento da construção civil, disse Gina. O CIET, escola voltada para qualificação profissional no segmento da construção civil, oferece durante o ano cerca de 20 cursos de formação de mão-de-obra capacitada para atuar nessa indústria. A unidade do SESI/SENAI está localizada na Avenida Rodrigo Otávio, 510, Distrito Industrial. Mais informações sobre a programação de cursos podem ser obtidas pelos telefones ou SENSIBILIDADE DA MULHER FAZ A DIFERENÇA Em cada 10 trabalhadores atualmente na construção civil já podemos dizer que três são do sexo feminino. A constatação é do superintendente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Amazonas (Sinduscon/Am), engenheiro civil Cláudio Guenka. Ele destaca um fator para esta mudança em uma área até então considerada somente para homens: a união da habilidade com a sensibilidade da mulher, o que faz a diferença em atividades como acabamento e assentamento de cerâmica. Na avaliação do engenheiro, o crescimento da mão-de-obra feminina na construção civil veio na medida em que cresceu também o número de construções no mercado imobiliário e também no setor de obras públicas no Amazonas e principalmente em Manaus. Hoje o diferencial é a parte de acabamento (assentamento de cerâmica, rejuntamento). Aí entra a participação da mulher em um mercado até então considerado somente para homens. A união da habilidade com a sensibilidade da mulher faz a diferença, o trato com mais cuidado na parte de acabamento, assegura. Para Guenka, já é visível a participação da mulher em canteiros de obras das construtoras Colméia, Aliança e Unipar. Pensando nessa nova parcela do mercado de trabalho voltado para a construção civil, Cláudio Guenka diz que o Sinduscon do Amazonas vai seguir a tendência de Estados como o Rio Grande do Sul, que capacitou no ano passado cerca de duas mil mulheres em um grande treinamento que envolveu homens e mulheres da área da construção civil. O superintendente adianta que já está em andamento uma parceria entre o Centro Integrado de Educação do Trabalhador (CIET), Sinduscon e Semdel (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico Local) para qualificar a mão de obra da construção civil, tanto masculina quanto feminina.

10 Grael exalta 'Valores do Esporte' nos Jogos Nacionais do SESI O velejador brasileiro de renome mundial Lars Grael, medalha de bronze nas Olimpíadas de Seul (Coréia), em 1986, e Atlanta (EUA), em 1996, é um dos convidados dos Jogos Nacionais do SESI, que serão realizados pela primeira vez em Manaus, no período de 21 a 25 de maio. Grael vai proferir palestra no dia 22 de maio, no Tropical Hotel Manaus, abordando o tema 'Valores do Esporte'. Reconhecido pelos resultados obtidos com os barcos a vela, Lars Grael teve a carreira esportiva abalada quando, em 1998, sofreu um grave acidente que causou a amputação de uma de suas pernas. Depois de um longo período afastado da prática esportiva, o atleta voltou à ativa e passou a dedicarse à vela na classe Star. Hoje com 44 anos, Grael narra sua trajetória de vida no livro 'A Saga de um Campeão'. Nos Jogos Nacionais do SESI, em Manaus, a palestra de Lars Grael será dedicada, preferencialmente, aos 800 trabalhadores-atletas de 160 empresas industriais de todo o País esperados pelo evento. Os jogos serão disputados nas modalidades de futebol de campo, futebol sete master, futsal, vôlei de quadra, vôlei de areia, atletismo, natação, xadrez e tênis de quadra. As competições vão se dividir entre o Clube do Trabalhador, Vila Olímpica, Academia de Tênis e ginásio René Monteiro. O Amazonas participará em cinco modalidades: futebol sete máster, atletismo, natação, vôlei de praia e tênis de quadra, com um total de 46 atletas-trabalhadores de empresas do Pólo Industrial de Manaus (PIM). Nas modalidades coletivas, o futebol sete master será representado pela Mundial, e o vôlei de areia, pela equipe da Moto Honda, atuais campeãs dos Jogos Regionais SESI, em 2007, em suas respectivas modalidades. O atleta Wladimir Conde Filho, da Panasonic, disputará a modalidade de tênis de quadra. Atletas da Jabil, Philips, Honda e Greif vão disputar as provas de atletismo. A natação contará com atletas da Petrobras, Moto Honda, CCE e Philips (veja delegação completa na página 13) Equipe da Honda vem embalada por vitórias Atual campeã dos Jogos Regionais disputados em Macapá (AP), em 2006, a Honda é detentora de quatro títulos nos Jogos Estaduais do SESI, além da excelente participação que teve nos Jogos Mundiais de 2007, na cidade de Riga, capital da Letônia, onde conquistou a quinta colocação na modalidade. De acordo com o coordenador de Esportes da empresa, Hirlei Fontes, a Honda mantém, há cinco anos, a base do time, o que possibilita melhor entrosamento e experiência e as conseqüentes vitórias. Para participar dos Jogos Nacionais foi contratado o técnico Francisco Filho, que tem grande experiência no vôlei de areia. Francisco é considerado um dos melhores atletas amazonenses na modalidade, tendo sido campeão pelo Cirman, em A equipe está treinando oito horas por semana, no Clube dos Militares: terças e quintas à noite, sábado à tarde e domingo pela manhã. A preocupação inicial do treinador é melhorar o condicionamento e os fundamentos do vôlei. Para Francisco, o nível técnico do time é bom, mas vai crescer ainda mais com treinamento até chegar 100% na competição. Seis atletas estão participando dos O técnico Francisco Filho (à esquerda) tem feito treinos puxados com a equipe, que tem como destaque o experiente Germeson Pinheiro (de óculos) Campo de grama sintética em fase de acabamento Tá ficando lindo! O Clube do Trabalhador, onde serão realizadas 90% das competições dos Jogos Nacionais do SESI, entra agora na fase final da reforma, iniciada em janeiro, que o dotará de ginásio poliesportivo, quadras de areia e de futebol society. O Estádio Roberto Simonsen está com um novo gramado e os trabalhos avançam na construção dos túneis, vestiários, banheiros e cabines para transmissão dos jogos por emissoras de rádio e TV. treinamentos no Cirman, mas apenas quatro serão inscritos para a competição; a Honda dispõe dos atletas Gemerson Pinheiro, Elias Gama, Alexandre Oliveira, Eliton Amazonas, Janderson Batista e Sérgio Barbosa. Germeson Pinheiro trabalha há cinco anos na Moto Honda, atualmente na função de oficial de produção. É um dos mais experientes atletas do time, tendo participado do mundial na Letônia e da conquista da medalha de ouro nos Jogos Regionais do Amapá. Para o atleta, o time está focado na conquista do título, ressaltando o trabalho que está sendo feito, além do apoio da torcida que será decisivo. De acordo com Valdinar César, coordenador de Comunicação Social do Centro Esportivo e Cultural (Cece), da Honda, a empresa valoriza a prática de esportes, dando todo o apoio logístico para se conseguir os resultados. Segundo Valdinar, a Honda investiu, R$ 200 mil para participar de 20 modalidades nos Jogos Estaduais do SESI em A Honda participa também dos Jogos Nacionais nas modalidades de atletismo com Francisco Ribamar, na prova de 100m rasos, e Valéria Gama, na prova de arremesso de peso. Na natação participa, no masculino, com o atleta Arionilson da Silva. Delegação do Amazonas Futebol Sete Máster Equipe da Mundial Antônio Avelino da C.Sobrinho Celso Lino Matos da Silva José Edimar Rodrigues Marcelo Cabo Verde Barbosa Marcelo Diniz de Souza Marcos Antônio T.da Silva Ney Fernandes Alves Raimundo Gonçalves Bastos Valter Pontes Moça Waldecy Caetano da Silva Vivaldo Vasconcelos Nunes José Costa Silva Técnico: Liberalino Felipe de Souza Atletismo Atletas da Philips, Moto Honda, Jabil e Greif 100m rasos Patrícia P. Souza (Philips) David Pereira Lira (Philips) Ozinete Pinheiro (Philips) Francisco Ribamar do S.Filho (Moto Honda) 200m Rasos Vital Costa da Silva (Jabil) David Pereira Lira (Philips) Patrícia P. Souza (Philips) 400m Rasos Deise Rodrigues Soares (Jabil) 800m rasos Farley Pereira dos Santos (Philips) Vital Costa da Silva (Jabil) 1.500m Rasos Marlene Rodrigues (Greif) Deise Rodrigues Soares (Jabil) 3.000m rasos Nilcon Rodrigues dos Santos (Philips) 4x100m Rasos (masculino) Moto Honda Java Pinheiro da Silva Ildisney Gonçalves Aranha Denis Gomes Gama Francisco Ribamar do S. Filho 4x100m Rasos (feminino) - Jabil Deise Rodrigues Soares Mary Jane dos Santos Nelma Menezes Siomara Sabóia Salto em Distância Maria Elidia Lopes de Oliveira (Philips) Valcenildo da Silva Ramos (Jabil) Salto em Altura Válber Oliveira dos Santos (Philips) Nelma Menezes (Jabil) Arremesso de Peso Valéria Gama do Nascimento (Moto Honda) Siomara Sabóia (Jabil) Natação Petrobras, CCE, Moto Honda e Philips 50m peito Aldemir Alves Fernandes (Petrobras) 50m livre Jean Dias Lopes (CCE) 50m costas Arionilson da S. Silva (Moto Honda) Ana Laura Dias (Philips) Vôlei de Praia Equipe da Moto Honda Elias Gima Garcia Alberson Gleison R.dos Santos Gemerson Carvalho Pinheiro Sérgio Barbosa Aragão Técnico: Francisco Filho Tênis de Campo Wladimir Fernandes Conde Filho (Panasonic)

11 BNDES faz rodada de crédito para Fitoterápicos Técnicos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), entre outras instituições financeiras, promoveram no dia 27 de março, no Auditório Auton Furtado (Avenida Joaquim Nabuco, 1919 Edifício FIEAM 1º andar, Centro), uma rodada de negócios voltada exclusivamente a micro, pequenos e médios empresários dos setores de Fitoterápicos e Fitocosméticos do Amazonas. A iniciativa, resultado de parceria entre Suframa e FIEAM, faz parte da estratégia de atuação integrada do Grupo de Trabalho Permanente para Arranjos Produtivos Locais (GTP/APL), para identificação e ampliação de financiamentos a esse segmento de empresas. Após a abertura da rodada, feita pelo diretor executivo das Coordenadorias da FIEAM, Flávio Dutra, os técnicos do BNDES ministraram a palestra 'O Financiamento Mais Perto de Você', seguida do painel 'As Formas de Apoio às Micro, Médias e Pequenas Empresas (MPMEs)', desenvolvido por representantes do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Bradesco, Banco da Amazônia e BNDES. Na sequência, as mesmas instituições financeiras prestaram atendimento individual, previamente agendado, aos empresários interessados em obter financiamentos. No dia 28 de março, a equipe de agentes financeiros fez visitas às empresas do segmento de Fitoterápicos e Fitocosméticos incubadas no Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE), na Avenida Rodrigo Otávio, 1866, e ao Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA), na Avenida Danilo Areosa, 690, ambos no Distrito Industrial. Representantes do Banco do Brasil, Bradesco, BNDES e Caixa Econômica apresentam painel para micro, pequenos e médios empresários amazonenses SESI fortalece vínculo família-escola com seminário A Rede SESI Amazonas de Educação e a Rede Pitágoras Iranduba, a 25 quilômetros de Manaus, na Unidade 9 realizaram, no dia 29 de março, o 3º. Seminário de Pais, para David Nóvoa, o evento está programado para ser realizado fortalecer os vínculos entre família e escola na formação do no final de abril. indivíduo. O evento, voltado para os pais de alunos das Unidades de Educação do SESI em Manaus reuniu 325 participantes, entre pais e professores, no Dulcila's Festas, na Estrada da Ponta Negra, Zona Oeste. Dois temas nortearam as discussões no seminário: Ser pai/mãe nos dias atuais Uma nova construção do olhar do educador, apresentado pela educadora e psicanalista Jane Patrícia Haddad; e Família e Sociedade: constantes mutações Como ajudar na construção da autonomia dos nossos filhos, pela pedagoga Izabel Cláudia. As duas educadoras atuam na Rede Pitágoras. Segundo a gerente da Rede SESI Amazonas de Educação, Cassandra Augusta, as palestras são muito importantes porque discutem as questões do cotidiano, trabalhando as etapas do desenvolvimento das crianças no âmbito família e escolar. A pedagoga Rizoneide Belido Ferreira, 46, mãe e avó de duas crianças que estudam nas escolas do SESI, nunca havia participado de um Seminário de Pais e foi ao evento por estar satisfeita com a educação que o SESI oferece para sua filha de seis anos e seu neto de dois anos. O seminário também foi realizado no dia 28 de março para os pais de alunos da Unidade de Educação 7 Vicente de Mendonça Lima, no município de Itacoatiara, a 175 A pedagoga Izabel Cláudia desenvolveu com os pais um dos temas quilômetros de Manaus, com a participação de 175 pais. Em do 3º. Seminário de Pais Programa SESI Indústria Saudável faz diagnóstico do trabalhador do PIM O Programa SESI Indústria Saudável tem 12 meses para apresentar um diagnóstico das condições de saúde e estilo de vida dos cerca de 9,5 mil trabalhadores do Pólo Industrial de Manaus (PIM). A meta foi estabelecida em fevereiro, quando começou a coleta de dados para conhecer as causas de doenças não-transmissíveis (DNTs) entre industriários e sugerir meios de tratá-las. De acordo com pesquisa realizada no ano passado pelo Departamento Nacional do SESI, 50% dos industriários brasileiros sofrem de obesidade, doença que mais atinge a categoria entre as DNTs. Em segundo lugar aparece a hipertensão arterial, com 26,3%, seguida de sedentarismo (15%), tabagismo (12%), colesterol (7,7%) e diabetes (2,9%). É o resultado dessa pesquisa que vai orientar as ações do Programa SESI Indústria Saudável nos 27 departamentos regionais da instituição. Com essa iniciativa, o SESI pretende atingir a meta de formar um diagnóstico do universo de 500 mil trabalhadores da indústria em todo o Brasil. A coordenadora técnica do SESI Indústria Saudável no Amazonas, Assunção Pinheiro, explica que o programa é desenvolvido no próprio local de trabalho e divide-se em duas etapas. Inicialmente, o industriário responde a um questionário para avaliar estilo de vida, condições de saúde, características socioeconômicas e demográficas, fatores de riscos para DNT, uso de medicamentos, características do trabalho, estresse, relacionamento e saúde bucal. Após a entrevista, o funcionário passa por uma série de exames de saúde e tira medidas de peso, altura, pressão arterial, glicemia, entre outros. Os trabalhadores também recebem um kit bucal (escova, fio e creme dental) e outro contendo panfletos sobre dicas de alimentação, atividade física, hipertensão, diabetes e saúde bucal, baralho educativo e preservativos. De acordo com a coordenadora de projetos da área de Saúde do SESI/AM, Conceição Amorim, através da identificação e monitoramento da condição de saúde do trabalhador, o SESI tem como oferecer às empresas soluções eficazes e economicamente acessíveis, por meio de seus serviços. Além de contribuir para que a indústria brasileira torne-se cada vez mais competitiva e produtiva, valorizando a qualidade de vida dos seus colaboradores, diz ela. Após a coleta de dados, o SESI disponibilizará um relatório para cada empresa participante, mostrando como está o perfil dos funcionários e se há casos de DNTs no local de trabalho. Conceição Amorim esclarece que o Programa SESI Indústria Saudável não oferece custos para as indústrias e a identidade dos funcionários é mantida sob sigilo total. EMPRESA PIONEIRA Primeira empresa do Pólo Industrial de Manaus a participar do Programa SESI Indústria Saudável, a Amazon PC, do ramo de informática, vai beneficiar seus 138 colaboradores por meio da pesquisa de suas condições de saúde. O diretor da empresa, Artur Guimarães, disse que, quando soube que o SESI estava desenvolvendo um programa voltado para a saúde do trabalhador, não hesitou em aderir. Segundo Guimarães, o programa surge como oportunidade para os funcionários saberem como estão as suas condições de saúde, pois muitos não têm o hábito de fazer exames periodicamente, uma forma de incentivá-los a adotar hábitos de vida saudáveis, não só na empresa, mas também em casa com seus familiares. Respeitar o colaborador é fornecer condições adequadas de trabalho, um ambiente saudável e seguro. Funcionários sadios têm um melhor desempenho no trabalho, disse Guimarães. A operária Maria Madalena Reis dos Santos, 27 anos, que trabalha numa das linhas de produção da Amazon PC, disse que se sente valorizada com a iniciativa da empresa e do SESI. Sem saúde não conseguimos trabalhar. A campanha está me incentivando a cuidar melhor da minha integridade física, disse Madalena. Coordenadora técnica do SESI Indústria Saudável no Amazonas, Assunção Pinheiro, entrevista funcionária da Amazon PC Auxiliar de Enfermagem, Ariadne Ferreira, verifica a pressão arterial de funcionária da Amazonas PC O diretor da Amazon PC, Artur Guimarães, disse que a campanha incentiva os funcionários a terem hábitos saudáveis

12 CNI e SESI oferecem exposição de arte contemporânea no Chaminé Ao dar as boas vindas ao público, na abertura da exposição do que se revela do tipo recorte-e-cole. Prêmio CNI SESI Marcantonio Vilaça para as Artes Plásticas, no dia Além desse projeto do casal paulista, o Prêmio CNI SESI 12 de março, no Centro Cultural Usina Chaminé, o presidente da Marcantonio Vilaça selecionou, entre mais de 700 inscritos, Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (FIEAM), em trabalhos do pernambucano Carlos Mélo, da carioca Laura Lima, da exercício, Athaydes Mariano Félix, falou do orgulho por Manaus ter fluminense Lúcia Laguna e da espanhola radicada no Brasil Sara sido selecionada entre as sete cidades brasileiras para receber os Ramo, que vive em Belo Horizonte-MG. Ao todo, a mostra reuniu 30 trabalhos da segunda edição do prêmio, um dos mais importantes obras, entre videoinstalações, pinturas, fotografias e objetos. no panorama da arte contemporânea brasileira. Começava então, com um público de cerca de 200 convidados da Federação e da Secretaria de Estado de Cultura, a terceira etapa da Arte contemporânea mostra, depois de dois meses de preparativos, negociações e Homenagem ao galerista e colecionador de arte pernambucano estudo. As duas primeiras etapas foram cumpridas no Distrito Marcantonio Vilaça, morto em 2000, aos 37 anos, cuja trajetória foi Federal, entre Brasília e Taguatinga. De Manaus, a exposição segue marcada pelo lançamento de novos talentos no mercado de artes sua itinerância por Curitiba, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. brasileiro e internacional, o prêmio da Confederação Nacional da Graças a um sorteio que definiu, entre os cinco artistas da coletiva, Indústria (CNI) e do Serviço Social da Indústria, por meio do Projeto quem acompanharia a exposição em cada cidade visitada, a SESI Arte, busca promover e estimular o acesso da população à arte inauguração em Manaus contou com a presença do casal sortudo contemporânea. Gisela Motta e Leandro Lima, de São Paulo. Todo mundo queria A cada dois anos do lançamento do edital à exposição, passando Manaus, claro, disse Gisela, enquanto acompanhava com pela seleção e execução dos projetos cinco artistas são escolhidos interesse as primeiras reações do público manauara diante das para receber uma bolsa de trabalho no valor de R$ 30 mil, mais o pulsações de sua videoinstalação no acompanhamento de um crítico ou curador durante o segundo piso do Chaminé. desenvolvimento da obra. No primeiro ano, os artistas são Gisela e Leandro ocuparam um orientados na produção das peças. No segundo, o SESI organiza a dos salões do centro cultural exposição itinerante por seis capitais do País, num trabalho de com duas obras: uma aproximação da arte com os industriários brasileiros e com o público videoinstalação sem título em geral. os batimentos de um Como disse o vice-presidente da FIEAM, Athaydes Mariano Félix, coração, na verdade um na abertura da exposição, no Chaminé, o prêmio CNI/SESI, além de amarrado de latas de incentivar a criatividade e o desenvolvimento de novos artistas, refrigerante, maços de contribui para o fortalecimento da cultura nacional e o cigarro e garrafas pet desenvolvimento social do Brasil. que vai da pulsação mais b a i x a a o estrebuchamento e um Artistas comparecem e aprovam painel de armas um arsenal prosaico e Considerado pela crítica especializada como ação inédita de amedrontador montado valorização da arte contemporânea do País, o Prêmio CNI SESI com armas pesadas mas Marcantonio Vilaça foi lançado em e já na segunda edição tornou-se a mais importante iniciativa do gênero no Brasil. Na Usina Chaminé, entre os artistas amazonenses que acompanharam a abertura da exposição, em 12 de março, o conceituado artista plástico Sérgio Cardoso ficou maravilhado com as obras trazidas a Manaus. Chamou atenção do artista, sobretudo, a ambientação criada para os trabalhos, ocupando todos os salões do andar superior do centro cultural. De acordo com o produtor e coordenador da montagem da exposição, Jeff Keese, a ambientação no Chaminé, iniciada duas semanas antes da abertura, seguiu o mesmo padrão criado para a exposição no Museu Nacional da República, em Brasília. Keese construiu nove paredes de madeira compensada de 2,75 metros de altura por 61 metros de comprimento. Em alguns salões, as paredes criaram espaços dentro de espaços que se tornaram fundamentais para o contato do público com algumas obras, como a videoinstalação-com-performance de Carlos Mélo, exibida em três telas contíguas. Educativo Um dos desafios do Prêmio CNI SESI Marcantonio Vilaça é propor uma nova abordagem da arte aliada à educação. Além das exposições nas capitais previamente escolhidas, abertas ao público em geral, o Projeto SESI Arte montou uma programação paralela voltada para professores e alunos de escolas do ensino fundamental, apostando que é possível, por meio da arte, tornar mais criativa e eficiente a atividade em sala de aula. A parte educativa do prêmio, prevista para acontecer antes do encerramento da exposição, em Manaus, em 13 de abril, seria realizada no dia 31 de março, com oficinas para professores, e de 1º. a 4 de abril, com visitas guiadas à exposição e oficinas para alunos da Rede SESI de Educação e da Escola Estadual Marcantonio Vilaça. O projeto SESI Arte, desenvolvido pela Unidade de Cultura, Esporte e Lazer, do Departamento Nacional do SESI, oferece aos professores um kit pedagógico com cadernos de Literatura, Música, Audiovisual, Artes Plásticas e Arte Contemporânea, cada tema abordado por um especialista nas oficinas. Para falar de Literatura, foi convidado o crítico paulista Érico Silveira; de artes visuais, a professora-doutora paulista Rosa Iavelberg; de audiovisual, o crítico e curador José Sadek; e de arte contemporânea, o crítico carioca Marcus Lontra. O vice-presidente da FIEAM, Athaydes Mariano Félix, discursa na abertura da exposição na Usina Chaminé Mariano Félix (direita), com o superintendente do SESI/AM, Luiz Alberto Medeiros e o artista plástico Sérgio Cardoso

13 Inclusão digital para jovens e adultos A unidade da Escola de Informática e Cidadania (EIC) do um processo de seleção. Informações pelo telefone Sebrae no Amazonas já capacitou, em cursos de O aluno paga a taxa simbólica e recebe, no ato da Informática Básica, mais de 3,5 mil pessoas, entre jovens inscrição, apostilas do curso, CDs, disquetes e duas blusas da de famílias carentes, adultos de idade tardia e deficientes EIC grátis, finaliza Xavier. visuais. Vinculada ao Comitê para Democratização da Informática do Amazonas (CDI), a EIC possui 16 unidades Turmas especiais distribuídas na capital e interior do Estado. Juntas, essas unidades já formaram mais de 10 mil pessoas em sete anos A instalação em 2005 do software DOS VOX permitiu que a de atuação no Estado. A unidade da EIC no Sebrae/AM EIC do Sebrae/AM oferecesse o curso de Informática Básica existe desde 2004 e para participar do curso, que tem para pessoas com deficiência visual. Em 2006, 46 alunos duração de 110h, o candidato paga somente uma taxa única foram treinados. O programa DOS VOX permite que o aluno de R$ 15 e mais dois quilos de alimento não-perecível. Os receba as instruções por meio de um fone de ouvido. Caso o alimentos são distribuídos para entidades beneficentes. aluno execute comando errado, o computador avisa. A Essa é uma parceria que tem gerado bons frutos. escola EIC faz parte da nossa política de responsabilidade Promovemos a inclusão digital de pessoas de baixa renda, social, e a oferta de turmas para deficientes visuais é uma pois acreditamos que o domínio das novas tecnologias forma de aprofundarmos essa política, avalia o diretoroferece novas oportunidades de trabalho e geração de superintendente do Sebrae/AM, José Carlos Reston. renda. E para as pessoas de mais idade possibilita, entre Atualmente, as turmas para deficientes visuais estão outras coisas, acesso a novas fontes de informação, avalia suspensas, porque alguns alunos têm problemas para a diretora-técnica do Sebrae/AM, Maria José Alves da Silva. atravessar a rua em frente à sede do Sebrae/AM. Não A coordenadora da EIC no Sebrae/AM, Suely Frota, explica podemos permitir que esses alunos corram risco de acidente, que o objetivo do treinamento é promover a inclusão digital por isso estamos buscando soluções para reabrir as turmas, e social, utilizando a tecnologia da informação como um complementa o diretor. instrumento para a construção e o exercício da cidadania. Para as turmas de pessoas de idade tardia, a metodologia de Ela revela que o ensino da EIC é baseado na metodologia aprendizagem é a mesma aplicada aos jovens e adultos. de ensino inspirada nas idéias do educador Paulo Freire, segundo o qual o aprendizado deve ser construído coletivamente e levando-se em consideração a realidade local vivenciada por educandos e educadores. Para cada ferramenta computacional ensinada, é elaborado um projeto que envolve um processo de reflexão. Utilizando a linguagem digital como meio, surgem discussões envolvendo temas como os direitos humanos, sexualidade, não-violência, ecologia e saúde, esclarece Suely Frota. O Sebrae/AM mantém uma equipe de três educadores que ministram o curso divididos nos módulos Introdução à Ciência da Computação (ICC), Excel, Word, Power Point e Internet Explorer. As turmas são divididas por idade e necessidades especiais. Temos uma turma destinada à terceira idade, turmas especiais para deficientes visuais (com sistema adequado) e mista (com jovens e adultos), diz a gestora da EIC no Sebrae/AM, Jacqueline Xavier. Ele informa, ainda, que as inscrições acontecem a cada dois meses, e que os candidatos à vaga passam por A EIC do Sebrae/AM funciona desde 2004 e já capcitou mais de pessoas, incluindo adultos de idade tardia

14 SEBRAE apresenta vencedoras do Prêmio Mulher de Negócios As empresárias Adélia Maria Menezes Pena, 37, e Maria de Fátima Almeida, 42, venceram a etapa estadual, no Amazonas, do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios Ambas receberam troféu de primeiro lugar, por categoria, durante solenidade de premiação ocorrida no dia 28 de março, no auditório Dr. Eurípedes Ferreira Lins, na sede do Sebrae Amazonas. Adélia Pena é natural de Itacoatiara (a 175 quilômetros de Manaus) e venceu na categoria 'Empresária'. Maria de Fátima, que é natural de Benjamim Constant (a quilômetros da capital), venceu na categoria 'Associação'. O Prêmio Sebrae Mulher de Negócios 2007 é um concurso nacional que busca valorizar e divulgar histórias de sucesso lideradas por mulheres. A etapa nacional do Prêmio ocorre em abril. Todas as mulheres empreendedoras do nosso Estado que se inscreveram no prêmio são vencedoras. E, em especial, temos de parabenizar essas duas mulheres que mostraram ter garra para enfrentar os desafios, disse a diretora-técnica do Sebrae/AM, Maria José Alves da Silva. A escolha das vencedoras foi feita por uma comissão de composta por consultores e técnicos do Sebrae/AM. Adélia Menezes conta que, ao separar-se do marido, as dificuldades a levaram a exercitar uma antiga habilidade, a de confeccionar balas de cupuaçu com castanhas-do-pará. Foi o início de sua trajetória profissional. Mais tarde, ela se tornaria uma das grandes empreendedoras do ramo de balas e doces de Manaus. Me separei do meu marido e tinha um filho para criar. Foram tempos de dificuldade, porém superados dia após dia. Espero que minha história seja um exemplo às jovens que estejam pensando em abrir um negócio, mas estão apreensivas com as possíveis dificuldades. Hoje, recebo este prêmio do Sebrae com muito orgulho, disse. A empresária é, hoje, proprietária da Oiram Chocolate, empresa referência na arte de fazer chocolates com sabores de frutas regionais. Ela também é uma das favoritas a vencer a etapa seguinte do prêmio pela região Norte. Sua história está entre as 20 melhores do Brasil, escolhidas para compor o livro 'Casos de Sucesso', lançado todos os anos pelo Sebrae, de acordo com a coordenadora estadual do Prêmio pelo Sebrae/AM, Miza Arruda. O Prêmio Sebrae Mulher de Negócios foi criado em 2004 por meio de parceria do Sebrae com a Federação das Associações de Mulheres de Negócios e Profissionais do Brasil (BPW Brasil), Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM/PR) e Fundação Nacional da Qualidade (FNQ). Dividido em duas categorias - Proprietárias de Micro e Pequenas Empresas Formais e Membros de Associações ou Cooperativas de Pequenos Negócios - o Prêmio Sebrae Mulher de Negócios possui três etapas: estadual, regional e nacional. A missão do Sebrae é estimular o desenvolvimento dos pequenos negócios, e as mulheres vêm se destacando cada vez mais nesse segmento, diz Maria José Alves da Silva. AMMACAS REERGUE SONHOS A empresária Maria de Fátima, vencedora da categoria 'Associação' conta que sua história de vida é uma prova de que a união faz a força. Ela relata que teve poucas chances de concluir os estudos, e que, junto com o marido, chegou a criar uma empresa de movelaria, mas, sem capital e conhecimento suficientes a empresa faliu. Persistente, a empreendedora visitou marceneiros e produtores locais e, em 2003, fundou a Associação dos Moveleiros, Marceneiros, Artesãos e Carpinteiros do Alto Solimões (Ammacas). O importante é acreditar no sonho e nunca desistir diante dos obstáculos. As dificuldades existem para serem superadas. E com um parceiro como o Sebrae fica mais fácil realizar sonhos, orienta a presidente da Ammacas.

15 SESI busca 'uso consistente' de preservativo pelo trabalhador O Departamento Nacional do SESI, em parceria com os No Amazonas, o projeto está sendo coordenado pelo setor de Departamentos Regionais do Amazonas, Paraná, Sergipe, Educação e Prevenção, com a participação de técnicos das áreas Tocantins e Minas Gerais, está implantando o projeto de de Marketing, Responsabilidade Social e Saúde do Marketing Social para o Uso Consistente de SESI, que receberam capacitação para a venda do Preservativos pelos Trabalhadores da projeto às empresas. Indústria Brasileira. O objetivo facilitar ao O consultor Miguel Fontes, da empresa John Snow trabalhador a compra do preservativo, Brasil Consultoria, esteve em Manaus nos dias 18 e 19 incentivando a prevenção das doenças de março para apresentar o projeto aos técnicos do sexualmente transmissíveis (DSTs/Aids) e SESI e dirigentes da Siemens e da Reman. contribuindo para a promoção da saúde e Segundo Miguel Fontes, pesquisa realizada pelo qualidade de vida. Departamento Nacional do SESI, com cerca de cinco De acordo com a assistente social Assunção mil trabalhadores, identificou que é na empresa que o Pinheiro, do Setor de Educação e Prevenção industriário está mais aberto a receber informações do SESI/AM, no Estado, o projeto será relacionadas ao HIV-Aids. De acordo com a pesquisa, implantado, inicialmente, em quatro empresas as questões sobre DSTs e Aids discutidas no local de do Pólo Industrial de Manaus (PIM). O projeto trabalho têm um significado mais importante do que na vai funcionar basicamente com uma máquina própria família. dispensadora de camisinha Camisinha A pesquisa também revela que um em cada três Express - instalada nos banheiros masculino e industriários tem resistência ao uso de preservativos. feminino das empresas, onde o trabalhador Segundo Miguel Fontes, homens e mulheres têm poderá adquirir o preservativo, depositando o valor tendência a resistir ao uso da camisinha. O homem, corresponde ao preço do produto. O equipamento, segundo pelo machismo, a mulher, por timidez. O consultor Assunção, já foi apresentado à Refinaria de Manaus ressaltou que o projeto tem quatro componentes: informação e (Petrobras/Reman) e à Siemens as outras duas empresas ainda comunicação sobre sexualidade, uso e acesso ao preservativo, serão selecionadas. Na Reman, a máquina fica em política de fortalecimento de saúde na empresa e avaliação de funcionamento durante 15 dias do mês de abril, em fase impacto do projeto. No Amazonas, a pesquisa ouviu 315 experimental. trabalhadores. IEL e SEMDEL certificam 276 alunos O Instituto Euvaldo Lodi (IEL) Amazonas, em parceria com a Secretaria de Estado do Trabalho (Setrab). Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico Local As aulas para os 276 alunos encaminhados pela Semdel (Semdel), certificou no dia 31 de janeiro 276 alunos que foram ministradas no Centro de Desenvolvimento do IEL, participaram dos cursos de Informática Avançada, Web durante os meses de dezembro de 2007 e janeiro de 2008, Design, Serviços de Almoxarifado e Operador de nos horários da manhã, tarde e noite. Os cursos são gratuitos Telemarketing. Todos oferecidos gratuitamente pelo Plano e possuem carga horária de 200 horas cada. Os participantes Nacional de Qualificação (PNQ), do Ministério do Trabalho e ainda recebem ajuda de custo para o transporte, merenda e Emprego (MTE). material didático. A coordenadora do Centro de Desenvolvimento e Capacitação Empresarial do IEL, Diva Bueno, disse que o PNQ realiza, em todo o país, uma ação de qualificação profissional para as pessoas de baixa renda, desempregadas ou em busca do primeiro emprego, e também para deficientes físicos. O PNQ utiliza recursos financeiros do Governo Federal, repassados por intermédio do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), aos Estados e Prefeituras de todo o Brasil para aplicação em capacitação e qualificação profissional. Diva Bueno revela que o IEL é uma das instituições credenciadas e reconhecidas nacionalmente para desenvolver essas capacitações. Em Manaus, os cursos oferecidos pelo PNQ ocorrem anualmente e os alunos são encaminhados pela Semdel, que fica responsável pela seleção dos candidatos. No Estado, a parceria é feita com a

16 2008 INSCRIÇÕES Até 13 de junho de 2008 site INFORMAÇÕES (92) / DIAMANTE PATROCINADORES PRATA REALIZAÇÃO: CIEAM CENTRO DA INDÚSTRIA DO ESTADO DO AMAZONAS

17

Promover maior integração

Promover maior integração Novos horizontes Reestruturação do Modelo de Gestão do SESI leva em conta metas traçadas pelo Mapa Estratégico Promover maior integração entre os departamentos regionais, as unidades de atuação e os produtos

Leia mais

2009, um ano de grandes realizações e conquistas

2009, um ano de grandes realizações e conquistas 2009, um ano de grandes realizações e conquistas 2009 foi um ano de grandes realizações e conquistas para o Serviço Social da Indústria (SESI), entidade que integra o Sistema Federação das Indústrias no

Leia mais

Carta da Indústria 2014 (PDF 389) (http://arquivos.portaldaindustria.com.br/app/conteudo_18/2013/06/06/481/cartadaindstria_2.pdf)

Carta da Indústria 2014 (PDF 389) (http://arquivos.portaldaindustria.com.br/app/conteudo_18/2013/06/06/481/cartadaindstria_2.pdf) www.cni.org.br http://www.portaldaindustria.com.br/cni/iniciativas/eventos/enai/2013/06/1,2374/memoria-enai.html Memória Enai O Encontro Nacional da Indústria ENAI é realizado anualmente pela CNI desde

Leia mais

Objetivo do Programa

Objetivo do Programa Objetivo do Programa O Programa Futuros Engenheiros visa favorecer o desenvolvimento de competências técnicas e habilidades comportamentais de universitários dos cursos de Engenharia para atuar na indústria.

Leia mais

Presidente da CBF participa de reunião na Câmara dos Deputados

Presidente da CBF participa de reunião na Câmara dos Deputados Frente Parlamentar em Defesa dos Conselheiros Tutelares é reinstalada na Câmara dos Deputados Com o objetivo de discutir e acompanhar as demandas dos Conselhos Tutelares na Câmara dos Deputados, foi reinstalada

Leia mais

CONSELHO TEMÁTICO DA MICRO, PEQUENA E MÉDIA INDÚSTRIA

CONSELHO TEMÁTICO DA MICRO, PEQUENA E MÉDIA INDÚSTRIA ASSUNTOS TRATADOS Cartilha sobre produtos e serviços bancários para Micro e Pequenos Empresários Apresentação dos cases de sucesso e fracasso no setor da Construção Civil Notícias sobre o Fórum Permanente

Leia mais

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DOS TRABALHOS NO 1 SEMESTRE DE 2012.

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DOS TRABALHOS NO 1 SEMESTRE DE 2012. PROJETO: 13 - VOLUNTÁRIOS PARA A COPA DO MUNDO 2014. Objetivo: Acompanhar junto ao COL/FIFA (Comitê Organizador Local da FIFA) a seleção e recrutamento dos voluntários para atuarem na Copa do Mundo 2014.

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 Even e Junior Achievement de Minas Gerais UMA PARCERIA DE SUCESSO 1 SUMÁRIO Resultados Conquistados... 3 Resultados do Projeto... 4 Programa Finanças Pessoais... 5 Conceitos

Leia mais

Mão de obra especializada: Produtividade Qualidade Conhecimento dos Processos de Soldagem Como solucionar este gargalo?

Mão de obra especializada: Produtividade Qualidade Conhecimento dos Processos de Soldagem Como solucionar este gargalo? Apresentação SOLDA BRASIL 2014 Mão de obra especializada: Produtividade Qualidade Conhecimento dos Processos de Soldagem Como solucionar este gargalo? A escassez de mão de obra qualificada no Brasil, em

Leia mais

Especialização em Gestão Estratégica de Projetos Sociais

Especialização em Gestão Estratégica de Projetos Sociais Especialização em Gestão Estratégica de Apresentação CAMPUS COMÉRCIO Inscrições Abertas Turma 02 --> Início Confirmado: 07/06/2013 últimas vagas até o dia: 05/07/2013 O curso de Especialização em Gestão

Leia mais

LEI PAULISTA DE INCENTIVO AO ESPORTE PIE PROGRAMA DE INCENTIVO AO ESPORTE DECRETO 55.636/2010

LEI PAULISTA DE INCENTIVO AO ESPORTE PIE PROGRAMA DE INCENTIVO AO ESPORTE DECRETO 55.636/2010 LEI PAULISTA DE INCENTIVO AO ESPORTE PIE PROGRAMA DE INCENTIVO AO ESPORTE DECRETO 55.636/2010 ESCOLA DE Pedal Batatais Histórico da Entidade e Descritivo de Atividades Fundada em 1999 por JOSÈ REGINALDO

Leia mais

A Escola. Com uma média de 1.800 alunos por mês, a ENAP oferece cursos presenciais e a distância

A Escola. Com uma média de 1.800 alunos por mês, a ENAP oferece cursos presenciais e a distância A Escola A ENAP pode contribuir bastante para enfrentar a agenda de desafios brasileiros, em que se destacam a questão da inclusão e a da consolidação da democracia. Profissionalizando servidores públicos

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO. Curso de Graduação Tecnológica em Marketing

PROJETO PEDAGÓGICO. Curso de Graduação Tecnológica em Marketing PROJETO PEDAGÓGICO Curso de Graduação Tecnológica em Marketing Porto alegre, 2011 1 1. Objetivos do Curso O projeto do curso, através de sua estrutura curricular, está organizado em módulos, com certificações

Leia mais

PGQP. Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade. Qualidade Gestão Inovação Competitividade Sustentabilidade

PGQP. Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade. Qualidade Gestão Inovação Competitividade Sustentabilidade PGQP Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade Qualidade Gestão Inovação Competitividade Sustentabilidade visão das lideranças A Excelência de qualquer organização depende da sinergia entre três fatores:

Leia mais

www.mundosenai.com.br

www.mundosenai.com.br www.mundosenai.com.br Educação Profissional e Tecnologica STT SERVIÇOS TÉCNICOS E TECNOLÓGICOS INOVAÇÃO Inovação nas empresas Projetos de Inovação ISI INSTITUTO SENAI DE INOVAÇÃO Serviços de ponta em

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 254/2014

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 254/2014 EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 254/2014 O Presidente do Instituto Pauline Reichstul-IPR, torna público que receberá inscrições para o processo seletivo de pessoal para atuação no projeto Ações Integradas

Leia mais

Relatório Gestão do Projeto 2013

Relatório Gestão do Projeto 2013 Relatório Gestão do Projeto 2013 Fundação Aperam Acesita e Junior Achievement Minas Gerais: UMA PARCERIA DE SUCESSO SUMÁRIO Resultados 2013... 6 Resultados dos Programas... 7 Programa Vamos Falar de Ética...

Leia mais

BrazilFoundation abre edital para de projetos e negócios sociais

BrazilFoundation abre edital para de projetos e negócios sociais Financiamento e apoio técnico BrazilFoundation abre edital para de projetos e negócios sociais Estão abertas inscrições online até 30 de novembro para o edital bianual da BrazilFoundation que selecionará

Leia mais

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE Palestra para o Conselho Regional de Administração 1 O QUE É O SEBRAE? 2 O Sebrae O Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas da Bahia

Leia mais

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro Educação a Distância Os mesmos professores. A mesma aula. O mesmo diploma. A única diferença é a sala de aula que fica em suas

Leia mais

Campus Aloysio Faria. Campus BH. Campus SP. Campus RJ. Av. Princesa Diana, 760 Alphaville Lagoa dos Ingleses 34000-000 Nova Lima MG Brasil

Campus Aloysio Faria. Campus BH. Campus SP. Campus RJ. Av. Princesa Diana, 760 Alphaville Lagoa dos Ingleses 34000-000 Nova Lima MG Brasil Campus Aloysio Faria Av. Princesa Diana, 760 Alphaville Lagoa dos Ingleses 34000-000 Nova Lima MG Brasil Campus BH Rua Bernardo Guimarães, 3.071 Santo Agostinho 30140-083 Belo Horizonte MG Brasil Campus

Leia mais

2009: ANO DE CONQUISTAS E REALIZAÇÕES

2009: ANO DE CONQUISTAS E REALIZAÇÕES n.07 2009: ANO DE CONQUISTAS E REALIZAÇÕES O treinamento esteve entre as prioridades da Service Premium em 2009 Iniciamos em 2008 uma parceria que se consolidou e foi fortalecida ao longo de 2009: Aymoré

Leia mais

Projeto de Inovação Tecnológica - (PIT) da Câmara Brasileira da Indústria da Construção. Projeto 6 Capacitação para a Inovação

Projeto de Inovação Tecnológica - (PIT) da Câmara Brasileira da Indústria da Construção. Projeto 6 Capacitação para a Inovação Projeto de Inovação Tecnológica - (PIT) da Câmara Brasileira da Indústria da Construção Projeto 6 Capacitação para a Inovação Vicente Mattos Sinduscon-BA Coordenador Geral: Equipe Técnica Vicente Mattos

Leia mais

DISCURSO DE FRANCIS BOGOSSIAN

DISCURSO DE FRANCIS BOGOSSIAN DISCURSO DE FRANCIS BOGOSSIAN na solenidade de posse do Conselho Consultivo e do presidente executivo da AEERJ Dia 28 de julho de 2014 Centro de Convenções da Firjan Minhas Senhoras e Meus Senhores, Gostaria

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM MARKETING EMPRESARIAL E PESSOAL TERMO DE REFERÊNCIA Nº 03/2012

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM MARKETING EMPRESARIAL E PESSOAL TERMO DE REFERÊNCIA Nº 03/2012 INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM MARKETING EMPRESARIAL E PESSOAL TERMO DE REFERÊNCIA Nº 03/2012 Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais)

Leia mais

Desenvolvimento de Carreiras. Desenvolvimento Empresarial IEL. Inovação que está no DNA das empresas de sucesso.

Desenvolvimento de Carreiras. Desenvolvimento Empresarial IEL. Inovação que está no DNA das empresas de sucesso. Desenvolvimento de Carreiras Desenvolvimento Empresarial IEL Inovação que está no DNA das empresas de sucesso. Soluções para sua empresa. Mais do que caminhar ao lado da indústria, o Instituto Euvaldo

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM VENDAS E COACHING EM PLANO DE VIDA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 07/2012

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM VENDAS E COACHING EM PLANO DE VIDA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 07/2012 INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM VENDAS E COACHING EM PLANO DE VIDA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 07/2012 Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais)

Leia mais

DESAFIOS PARA O CRESCIMENTO

DESAFIOS PARA O CRESCIMENTO educação para o trabalho Equipe Linha Direta DESAFIOS PARA O CRESCIMENTO Evento realizado na CNI apresentou as demandas da indústria brasileira aos principais candidatos à Presidência da República Historicamente

Leia mais

Criando uma equipe vencedora

Criando uma equipe vencedora Criando uma equipe vencedora Como montar uma equipe vencedora? Hoje em dia, empresas de todos os tamanhos têm um objetivo em comum: fazer mais com menos. Desde a crise financeira global, alcançar novos

Leia mais

MERITOR INVESTE EM AÇÕES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL

MERITOR INVESTE EM AÇÕES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL NOTÍCIAS Contato Paula Balduino SD&PRESS Consultoria Tel. 11 3759-1333 MERITOR INVESTE EM AÇÕES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL Formare ganha reconhecimento internacional por conta de suas iniciativas voltadas

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO PROJETO DE PESQUISA-ETENSÃO MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO MUNICÍPIO DE

Leia mais

Criança faz arte? ISTA. Gratuito! PROJETO EXPOSIÇÃO DE ARTE PALESTRAS VÍDEOS WEBSITE REDE SOCIAL MINISTÉRIO DA CULTURA APRESENTA

Criança faz arte? ISTA. Gratuito! PROJETO EXPOSIÇÃO DE ARTE PALESTRAS VÍDEOS WEBSITE REDE SOCIAL MINISTÉRIO DA CULTURA APRESENTA Criança faz arte? MINISTÉRIO DA CULTURA APRESENTA PROJETO ART EIRA ISTA EXPOSIÇÃO I - T - I - N - E - R - A - N - T - E 1 EXPOSIÇÃO DE ARTE PALESTRAS VÍDEOS WEBSITE REDE SOCIAL Gratuito! Elias Rodrigues

Leia mais

UMA PARCERIA DE SUCESSO

UMA PARCERIA DE SUCESSO Relatório Final de Atividades Samarco e : UMA PARCERIA DE SUCESSO 1 SUMÁRIO 1. Relatório de Atividades... 3 2. Resultados Gerais Samarco... 3 2.2. Resultados do Programa Habilidades para o Sucesso... 5

Leia mais

PROJETO DE CIDADANIA

PROJETO DE CIDADANIA PROJETO DE CIDADANIA PROJETO DE CIDADANIA A Anamatra A Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho Anamatra congrega cerca de 3.500 magistrados do trabalho de todo o país em torno de interesses

Leia mais

ATA DA 36ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL EM MANAUS

ATA DA 36ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL EM MANAUS ATA DA 36ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL EM MANAUS DATA: 30/05/2012 HORA: 15h00 LOCAL: Sala de Reuniões do Gabinete da Gerência-Executiva do INSS/AM I. PRESENÇAS/AUSÊNCIAS Presentes

Leia mais

FIESP - DECOMTEC INOVAÇÃO TECNOLÓGICA

FIESP - DECOMTEC INOVAÇÃO TECNOLÓGICA FIESP - DECOMTEC INOVAÇÃO TECNOLÓGICA Programa de Inovação Tecnologica FIESP CIESP - SENAI Sede Fiesp 2013 Chave para a competitividade das empresas e o desenvolvimento do país Determinante para o aumento

Leia mais

Visão para o Rio Rede das Redes Projetos Transformadores / Negócios

Visão para o Rio Rede das Redes Projetos Transformadores / Negócios PROJETO 2015-2017 O Projeto Associação Comercial do Rio de Janeiro 2015 2017 consiste em um conjunto de conceitos, diretrizes e convergências de ações que vão orientar a atuação da ACRio para os próximos

Leia mais

ESPORTE. Foto: Fabio Arantes/ Secom/ PMSP

ESPORTE. Foto: Fabio Arantes/ Secom/ PMSP ESPORTE O partido Solidariedade está atento à necessidade do esporte na vida da população. Entendemos que ele é uma importante ferramenta para retirar crianças das ruas e assim, reduzir a violência e o

Leia mais

Ata da 2ª Reunião do Comitê de Petróleo e Gás do Sistema FIESC

Ata da 2ª Reunião do Comitê de Petróleo e Gás do Sistema FIESC Ata da 2ª Reunião do Comitê de Petróleo e Gás do Sistema FIESC Data: 18/04/2013 Horário: 14 às 17h30 Local: Sede do Sistema FIESC Objetivo do Comitê de Petróleo e Gás do Sistema FIESC: Incrementar e Promover

Leia mais

O AUMENTO DA RENDA DA POPULAÇÃO TEM EFEITO DIRETO SOBRE O AUDIOVISUAL.

O AUMENTO DA RENDA DA POPULAÇÃO TEM EFEITO DIRETO SOBRE O AUDIOVISUAL. 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 O AUMENTO DA RENDA DA POPULAÇÃO TEM EFEITO DIRETO SOBRE O AUDIOVISUAL. A CLASSE C IDENTIFICA CINEMA, INTERNET E TV POR ASSINATURA COMO

Leia mais

Relatório de Atividades 2014. Comissão de Ética

Relatório de Atividades 2014. Comissão de Ética Comissão de Ética Introdução As ações desenvolvidas pela Comissão de Ética em 2014 foram pautadas nos parâmetros do Questionário de Avaliação da Ética elaborado pela Comissão de Ética Pública (CEP) que

Leia mais

FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Justificativa: As transformações ocorridas nos últimos anos têm obrigado as organizações a se modificarem constantemente e de forma

Leia mais

InfoReggae - Edição 32 Inclusão Digital 11 de abril de 2014. Coordenador Executivo José Júnior

InfoReggae - Edição 32 Inclusão Digital 11 de abril de 2014. Coordenador Executivo José Júnior O Grupo Cultural AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura e da arte, desperta potencialidades artísticas que elevam a autoestima de jovens das camadas populares.

Leia mais

METODOLOGIA SEBRAE BAHIA PARA PÓLOS DE EMPREENDEDORISMO CULTURAL

METODOLOGIA SEBRAE BAHIA PARA PÓLOS DE EMPREENDEDORISMO CULTURAL Trabalho apresentado no III ENECULT Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura, realizado entre os dias 23 a 25 de maio de 2007, na Faculdade de Comunicação/UFBa, Salvador-Bahia-Brasil. METODOLOGIA

Leia mais

Negociação Estratégica e Gestão de Conflitos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Negociação Estratégica e Gestão de Conflitos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

INSTITUTO LOJAS RENNER

INSTITUTO LOJAS RENNER 2011 RELATÓRIO DE ATIVIDADES INSTITUTO LOJAS RENNER Instituto Lojas Renner Inserção de mulheres no mercado de trabalho, formação de jovens e desenvolvimento da comunidade fazem parte da essência do Instituto.

Leia mais

CRONOGRAMA DE IMPLEMENTAÇÃO DO PDI

CRONOGRAMA DE IMPLEMENTAÇÃO DO PDI CRONOGRAMA DE IMPLEMENTAÇÃO DO PDI A implementação do Plano de Desenvolvimento Institucional, envolve além dos objetivos e metas já descritos, o estabelecimento de indicadores, como forma de se fazer o

Leia mais

POR QUE SER ASSOCIADO ABESE? CONHEÇA TODOS OS BENEFÍCIOS

POR QUE SER ASSOCIADO ABESE? CONHEÇA TODOS OS BENEFÍCIOS POR QUE SER ASSOCIADO ABESE? CONHEÇA TODOS OS BENEFÍCIOS Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança - ABESE Entidade que representa, nacionalmente, as empresas de sistemas

Leia mais

VI FIPEN CONVÊNIO PETROBRAS SEBRAE

VI FIPEN CONVÊNIO PETROBRAS SEBRAE VI FIPEN CONVÊNIO PETROBRAS SEBRAE PETROBRAS - REGAP Contagem 19 de outubro de 2011 Iniciativas de Qualificação - PROMINP PROMINP O PROMINP (Programa de Mobilização da Indústria Nacional do Petróleo e

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária Área de Comunicação Tecnologia em Produção Publicitária Curta Duração Tecnologia em Produção Publicitária CARREIRA EM PRODUÇÃO PUBLICITÁRIA Nos últimos anos, a globalização da economia e a estabilização

Leia mais

José Carlos de Oliveira Lima recebe homenagem especial da Fundação Vanzolini por sua atuação em prol da construção sustentável

José Carlos de Oliveira Lima recebe homenagem especial da Fundação Vanzolini por sua atuação em prol da construção sustentável José Carlos de Oliveira Lima recebe homenagem especial da Fundação Vanzolini por sua atuação em prol da construção sustentável Placa de reconhecimento foi entregue ao engenheiro durante a Conferência Aqua,

Leia mais

MANUAL DE TRANSIÇÃO DE MARCA

MANUAL DE TRANSIÇÃO DE MARCA MANUAL DE TRANSIÇÃO DE MARCA Mudança da Marca e Posicionamento Esse boletim explicativo tem o objetivo de esclarecer suas dúvidas sobre a nova marca Evolua e de que forma ela será útil para aprimorar os

Leia mais

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ JOVEM APRENDIZ Eu não conhecia nada dessa parte administrativa de uma empresa. Descobri que é isso que eu quero fazer da minha vida! Douglas da Silva Serra, 19 anos - aprendiz Empresa: Sinal Quando Douglas

Leia mais

V Encontro Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares

V Encontro Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares V Encontro Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares Programa Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares: uma política de apoio à gestão educacional Clélia Mara Santos Coordenadora-Geral

Leia mais

ARRANJO PRODUTIVO LOCAL DO SETOR METAL MECÂNICO DO GRANDE ABC

ARRANJO PRODUTIVO LOCAL DO SETOR METAL MECÂNICO DO GRANDE ABC ARRANJO PRODUTIVO LOCAL DO SETOR METAL MECÂNICO DO GRANDE ABC TERMO DE REFERÊNCIA Nº 002/2009 SERVIÇOS DE CONSULTORIA DE COORDENAÇÃO DO PROJETO Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Relações Institucionais)

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia Área de Comunicação Produção Multimídia Curta Duração Produção Multimídia Carreira em Produção Multimídia O curso superior de Produção Multimídia da FIAM FAAM forma profissionais preparados para o mercado

Leia mais

Projeto de Curso de Pós-Graduação MULTI MBA FAGV TURMA 02. MBA Master in Business Administration Especialização Lato-Sensu E AUDITORIA.

Projeto de Curso de Pós-Graduação MULTI MBA FAGV TURMA 02. MBA Master in Business Administration Especialização Lato-Sensu E AUDITORIA. Projeto de Curso de Pós-Graduação MULTI MBA FAGV TURMA 02. MBA Master in Business Administration Especialização Lato-Sensu GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS E PROJETOS - GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS E LIDERANÇA

Leia mais

Desafios para implantação de Incubadora de Empresas no Amazonas

Desafios para implantação de Incubadora de Empresas no Amazonas Desafios para implantação de Incubadora de Empresas no Amazonas Experiência da Fucapi Incubadora de Tecnologia Euler G. M. de Souza Dimas J. Lasmar Agenda Incubação de Empresas Incubadoras no Amazonas

Leia mais

SÍNTESE DAS ATAS DE REUNIÕES DAS CÂMARAS SETORIAIS INDUSTRIAIS E DOS CONSATS - MARÇO DE 2011 - www.ideies.org.br

SÍNTESE DAS ATAS DE REUNIÕES DAS CÂMARAS SETORIAIS INDUSTRIAIS E DOS CONSATS - MARÇO DE 2011 - www.ideies.org.br SÍNTESE DAS ATAS DE REUNIÕES DAS CÂMARAS SETORIAIS INDUSTRIAIS E DOS CONSATS - MARÇO DE 2011 - www.ideies.org.br Vitória/ES Sistema Findes Prezado (a) Diretor (a), Segue síntese das reuniões das Câmaras

Leia mais

Outubro 2009. Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini

Outubro 2009. Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini Outubro 2009 Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini Sustentabilidade Articulação Ampliação dos limites Sistematização Elementos do Novo Modelo Incubação

Leia mais

SESI. Empreendedorismo Social. Você acredita que sua idéia pode gerar grandes transformações?

SESI. Empreendedorismo Social. Você acredita que sua idéia pode gerar grandes transformações? SESI Empreendedorismo Social Você acredita que sua idéia pode gerar grandes transformações? REGULAMENTO SESI Empreendedorismo Social A inovação social é o ponto de partida para um novo modelo que atende

Leia mais

Gestão e Marketing Esportivo. Prof. José Carlos Brunoro

Gestão e Marketing Esportivo. Prof. José Carlos Brunoro Gestão e Marketing Esportivo Prof. José Carlos Brunoro O Sucesso depende de 3 pontos importantes 1. CONHECIMENTO 2. LIDERANÇA 3. CONDUTA PESSOAL 1 CONHECIMENTO Estudo Constante Aprender com todos Idioma

Leia mais

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PROPOSTA DE AÇÃO Criar um fórum permanente onde representantes dos vários segmentos do poder público e da sociedade civil atuem juntos em busca de uma educação

Leia mais

Página 1 de 19 Data 04/03/2014 Hora 09:11:49 Modelo Cerne 1.1 Sensibilização e Prospecção Envolve a manutenção de um processo sistematizado e contínuo para a sensibilização da comunidade quanto ao empreendedorismo

Leia mais

Prova de qualidade. Sistema de gestão do SESI Por um Brasil Alfabetizado faz a diferença EDUCAÇÃO

Prova de qualidade. Sistema de gestão do SESI Por um Brasil Alfabetizado faz a diferença EDUCAÇÃO Prova de qualidade Sistema de gestão do SESI Por um Brasil Alfabetizado faz a diferença Algumas ações simples, mas de grande eficiência, podem explicar por que alunos do SESI Por um Brasil Alfabetizado

Leia mais

EDUCAÇÃO BÁSICA E PROFISSIONAL SENAI SESI

EDUCAÇÃO BÁSICA E PROFISSIONAL SENAI SESI EDUCAÇÃO BÁSICA E PROFISSIONAL SENAI SESI SENADO FEDERAL COMISSÃO DE EDUCAÇÃO, CULTURA E ESPORTE AUDIÊNCIA PÚBLICA: IDÉIAS E PROPOSTAS PARA A EDUCAÇÃO BRASILEIRA PLANO DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO SESI

Leia mais

http://www.revistatechne.com.br/engenharia-civil/134/imprime89320.asp

http://www.revistatechne.com.br/engenharia-civil/134/imprime89320.asp Página 1 de 7 Mercado de oportunidades Aquecimento do setor gera oportunidades para engenheiros civis especializados. Confira as principais necessidades das empresas Por Renato Faria Foi-se o tempo das

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional ROTEIRO PPT DICA: TREINE ANTES O DISCURSO E AS PASSAGENS PARA QUE A APRESENTAÇÃO FIQUE BEM FLUIDA E VOCÊ, SEGURO COM O TEMA E COM A FERRAMENTA. Para acessar cada uma das telas,

Leia mais

Proposta de Candidatura Diretoria da Presidência Agrobio Consultoria Júnior Gestão 2013. Isabella Assunção Cerqueira Procópio

Proposta de Candidatura Diretoria da Presidência Agrobio Consultoria Júnior Gestão 2013. Isabella Assunção Cerqueira Procópio Proposta de Candidatura Diretoria da Presidência Agrobio Consultoria Júnior Gestão 2013 Isabella Assunção Cerqueira Procópio Janeiro de 2013 1 Sumário 1. Dados Básicos de Identificação...3 2. Histórico

Leia mais

INOVAÇÃO. EDUCAÇÃO. GESTÃO EXPANSÃO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL

INOVAÇÃO. EDUCAÇÃO. GESTÃO EXPANSÃO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL Linha Direta INOVAÇÃO. EDUCAÇÃO. GESTÃO EXPANSÃO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL Desmistificado, ensino técnico brasileiro passa a ser a possibilidade mais rápida de inserção no mercado de trabalho TECNOLOGIA

Leia mais

Planejamento Estratégico para Escritórios de Advocacia ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012

Planejamento Estratégico para Escritórios de Advocacia ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012 Planejamento Estratégico para Escritórios de Advocacia ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a

Leia mais

Empresas descobrem a importância da educação no trabalho e abrem as portas para pedagogos

Empresas descobrem a importância da educação no trabalho e abrem as portas para pedagogos Empresas descobrem a importância da educação no trabalho e abrem as portas para pedagogos Já passou a época em que o pedagogo ocupava-se somente da educação infantil. A pedagogia hoje dispõe de uma vasta

Leia mais

Ass. de Comunicação www.ptexto.com.br. Veículo: Jornal de Brasília Data: 22/08/2009 Seção: Sociedade Pág.: 49 Assunto: Great Place to Work

Ass. de Comunicação www.ptexto.com.br. Veículo: Jornal de Brasília Data: 22/08/2009 Seção: Sociedade Pág.: 49 Assunto: Great Place to Work Veículo: Jornal de Brasília Data: 22/08/2009 Seção: Sociedade Pág.: 49 Assunto: Great Place to Work Veículo: Site Revista Making Of Data: 20/08/2009 Seção: Marketing Pág.: www.revistamakingof.com.br Assunto:

Leia mais

CONECTADOS POR UM MUNDO MELHOR WWW.PELISSARI.COM Nº11 2016

CONECTADOS POR UM MUNDO MELHOR WWW.PELISSARI.COM Nº11 2016 WWW.PELISSARI.COM Nº11 2016 EDITORIAL FIQUE POR DENTRO FIQUE POR DENTRO DE TUDO O QUE ACONTECE NA PELISSARI! Agora você pode acompanhar ainda mais de perto o nosso dia-a-dia. Confira as novidades: Formato

Leia mais

NORMAS DE ESTÁGIO DO CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA

NORMAS DE ESTÁGIO DO CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA 2015 SUMÁRIO 1 - DISPOSIÇÕES PRELIMINARES... 3 2 - OBJETIVO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO... 3 3 - ACOMPANHAMENTO E ORGANIZAÇÃO DO ESTÁGIO OBRIGATÓRIO... 4 4 - EXEMPLO DE ÁREAS PARA REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO...

Leia mais

Apresentação Institucional IEL/SC

Apresentação Institucional IEL/SC Apresentação Institucional IEL/SC Natalino Uggioni Joaçaba, 12 de Maio de 2014 IEL NO BRASIL O Sistema Indústria Presente nos 26 estados brasileiros e no Distrito Federal, o Sistema Indústria é composto

Leia mais

Francisco Cardoso SCBC08

Francisco Cardoso SCBC08 Formando profissionais para a sustentabilidade Prof. Francisco CARDOSO Escola Politécnica da USP Francisco Cardoso SCBC08 1 Estrutura da apresentação Objetivo Metodologia Resultados investigação Conclusão:

Leia mais

salto em distância. Os resultados tiveram diferenças bem significativas.

salto em distância. Os resultados tiveram diferenças bem significativas. 1 Análise de comparação dos resultados dos alunos/atletas do Atletismo, categoria infanto, nos Jogos Escolares Brasiliense & Olimpíadas Escolares Brasileira. Autora: Betânia Pereira Feitosa Orientador:

Leia mais

MBA IBMEC 30 anos. No Ibmec, proporcionamos a nossos alunos uma experiência singular de aprendizado. Aqui você encontra:

MBA IBMEC 30 anos. No Ibmec, proporcionamos a nossos alunos uma experiência singular de aprendizado. Aqui você encontra: MBA Pós - Graduação QUEM SOMOS Para pessoas que têm como objetivo de vida atuar local e globalmente, ser empreendedoras, conectadas e bem posicionadas no mercado, proporcionamos uma formação de excelência,

Leia mais

Anápolis sediou, na última terça-

Anápolis sediou, na última terça- FIEG ANÁPOLIS Programa Jovem Aprendiz é lançado no Senai Foto: Alex Malheiros Anápolis sediou, na última terça- -feira,15, o lançamento do novo modelo do Programa Jovem Aprendiz, com integração entre o

Leia mais

Número de funcionários: Aproximadamente 1200 colaboradores na sede administrativa e industrial.

Número de funcionários: Aproximadamente 1200 colaboradores na sede administrativa e industrial. PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 Categoria Franqueador Máster Dados da empresa Razão Social: IBAC Indústria Brasileira de Alimentos e Chocolates Nome Fantasia: Cacau Show Data de fundação:

Leia mais

NOTA OFICIAL 009/2014

NOTA OFICIAL 009/2014 NOTA OFICIAL 009/2014 O Presidente da Confederação Brasileira de Vela, no uso das atribuições que lhes são conferidas pelo Estatuto no Art.31 (a): CONSIDERANDO a necessidade de dar publicidade aos critérios

Leia mais

PLANO DE DESENVOLVIMENTO DO APL CONSTRUÇÃO CIVIL NO ESPÍRITO SANTO 2010/2014

PLANO DE DESENVOLVIMENTO DO APL CONSTRUÇÃO CIVIL NO ESPÍRITO SANTO 2010/2014 PLANO DE DESENVOLVIMENTO DO APL CONSTRUÇÃO CIVIL NO ESPÍRITO SANTO 2010/2014 RESUMO 1. APRESENTAÇÃO Com a missão de promover ações para o fortalecimento do segmento da construção civil no Espírito Santo,

Leia mais

Inovação, Regulação e Certificação. I CIMES 1º Congresso de Inovação em Materiais e Equipamentos para Saúde

Inovação, Regulação e Certificação. I CIMES 1º Congresso de Inovação em Materiais e Equipamentos para Saúde Inovação, Regulação e Certificação I CIMES 1º Congresso de Inovação em Materiais e Equipamentos para Saúde São Paulo 11/04/2012 ABDI Criada pelo Governo Federal em 2004 Objetivo Objetivos Desenvolver ações

Leia mais

DESENHO PEDAGÓGICO PARA A EDUCAÇÃO MULTIPROFISSIONAL NO CURSO A DISTÂNCIA DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE DA FAMÍLIA DA UNA-SUS/UNIFESP

DESENHO PEDAGÓGICO PARA A EDUCAÇÃO MULTIPROFISSIONAL NO CURSO A DISTÂNCIA DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE DA FAMÍLIA DA UNA-SUS/UNIFESP DESENHO PEDAGÓGICO PARA A EDUCAÇÃO MULTIPROFISSIONAL NO CURSO A DISTÂNCIA DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE DA FAMÍLIA DA UNA-SUS/UNIFESP São Paulo - SP - maio 2011 Rita Maria Lino Tarcia, Universidade Federal

Leia mais

Claudio Cesar Chaiben Emanuela dos Reis Porto Patrícia Granemann

Claudio Cesar Chaiben Emanuela dos Reis Porto Patrícia Granemann Claudio Cesar Chaiben Emanuela dos Reis Porto Patrícia Granemann SEBRAE Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas; É uma entidade privada que promove a competitividade e o desenvolvimento

Leia mais

Gestão de Departamentos Jurídicos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração

Gestão de Departamentos Jurídicos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo atual exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Prefácio. Julio Rezende Pai, empreendedor

Prefácio. Julio Rezende Pai, empreendedor Prefácio Nesse treinamento vou compartilhar o que os empresários do ramo de SEGURANÇA ELETRÔNICA não compartilham com ninguém, aliás, nenhum empresário quer contar o segredo de suas Empresas, Correto?

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DA FUNETEC-PB. Presidente da FUNETEC-PB João Batista de Oliveira Silva. Superintendente Executivo Valdeci Ramos dos Santos

ADMINISTRAÇÃO DA FUNETEC-PB. Presidente da FUNETEC-PB João Batista de Oliveira Silva. Superintendente Executivo Valdeci Ramos dos Santos ADMINISTRAÇÃO DA FUNETEC-PB Presidente da FUNETEC-PB João Batista de Oliveira Silva Superintendente Executivo Valdeci Ramos dos Santos Diretora Escolar e Gerente de Ensino Helena Mercedes Monteiro Supervisora

Leia mais

PROGRAMAs de. estudantil

PROGRAMAs de. estudantil PROGRAMAs de empreendedorismo e protagonismo estudantil Ciclo de Palestras MAGNUM Vale do Silício App Store Contatos Calendário Fotos Safari Cumprindo sua missão de oferecer uma educação inovadora e de

Leia mais

Ref.: PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO DO TRANSPORTE ITL CNT

Ref.: PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO DO TRANSPORTE ITL CNT ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS EMPRESAS DE TRANSPORTE TERRESTRE DE PASSAGEIROS SAUS Quadra 1 Bloco J Edifício CNT 8º andar Entrada 10/20 Torre A / CEP 70070-944 Brasília DF T.: + 55 (61) 3322-2004 F.: + 55

Leia mais

Energisa e Junior Achievement de Minas Gerais: UMA PARCERIA DE SUCESSO

Energisa e Junior Achievement de Minas Gerais: UMA PARCERIA DE SUCESSO Energisa e Junior Achievement de Minas Gerais: UMA PARCERIA DE SUCESSO Minas Gerais 2013 1 SUMÁRIO Resultados Gerais Junior Achievement... 2 Resultados Conquistados desta parceria... 3 Resultados Conquistados

Leia mais

coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - u s a r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - u s a r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - Sou so profes r a, Posso m a s n ão parar d aguento m e ai ensinar s? d a r a u la s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A

Leia mais

Programa de Reabilitação de Áreas Urbanas Centrais. Secretaria Nacional de Programas Urbanos

Programa de Reabilitação de Áreas Urbanas Centrais. Secretaria Nacional de Programas Urbanos Programa de Reabilitação de Áreas Urbanas Centrais Secretaria Nacional de Programas Urbanos CONCEITOS Área Urbana Central Bairro ou um conjunto de bairros consolidados com significativo acervo edificado

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO TERMO DE REFERÊNCIA Nº 05/2012

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO TERMO DE REFERÊNCIA Nº 05/2012 INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO TERMO DE REFERÊNCIA Nº 05/2012 Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais) Fone:

Leia mais

Gerência de Comunicacão

Gerência de Comunicacão Gerência de Comunicacão Quem somos? Representação política e institucional Representação sindical Educação cooperativista, promoção social e monitoramento Gecom Marketing Publicidade e propaganda Assessoria

Leia mais

Experiência: Projeto Rede Nacional de Agentes de Comércio Exterior Redeagentes

Experiência: Projeto Rede Nacional de Agentes de Comércio Exterior Redeagentes Experiência: Projeto Rede Nacional de Agentes de Comércio Exterior Redeagentes Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior em parceria com o Ministério do Trabalho e Emprego (através do

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM GESTÃO FINANCEIRA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 02/2012

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM GESTÃO FINANCEIRA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 02/2012 INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM GESTÃO FINANCEIRA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 02/2012 Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais) Fone: 55

Leia mais

Um ensino forte e bilíngue é o passaporte do seu filho para um mundo de oportunidades. É por isso que propomos uma cultura internacional, com

Um ensino forte e bilíngue é o passaporte do seu filho para um mundo de oportunidades. É por isso que propomos uma cultura internacional, com Um ensino forte e bilíngue é o passaporte do seu filho para um mundo de oportunidades. É por isso que propomos uma cultura internacional, com disciplinas ministradas em português e inglês, e uma metodologia

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DA PARAÍBA PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA COMISSÃO INSTITUCIONAL DE GESTÃO AMBIENTAL

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DA PARAÍBA PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA COMISSÃO INSTITUCIONAL DE GESTÃO AMBIENTAL MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DA PARAÍBA PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA COMISSÃO INSTITUCIONAL DE GESTÃO AMBIENTAL REGIMENTO INTERNO A Comissão Institucional de Gestão Ambiental CIGA, do Ministério Público

Leia mais