Comment obtenir une attestation d enregistrement. Como obter uma certidão de registo. How to get a registration certificate

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Comment obtenir une attestation d enregistrement. Como obter uma certidão de registo. How to get a registration certificate"

Transcrição

1 Vous êtes citoyen de l Union européenne Vous envisagez de vous installer au Grand-Duché du Luxembourg? Comment obtenir une attestation d enregistrement É cidadão da União Europeia e pretende radicar-se no Grão-ducado do Luxemburgo? Como obter uma certidão de registo You are a European Union citizen Do you plan to settle in the Grand-Duchy of Luxembourg? How to get a registration certificate Éditeurs responsables: Association de Soutien aux Travailleurs Immigrés a.s.b.l. 12, rue Auguste Laval - L-1922 Luxembourg Tél: CCPL- Confederação da Comunidade portuguesa no Luxemburgo a.s.b.l. 6, rue René Weimerskirch L-2713 Luxembourg

2 Vous êtes citoyen de l Union européenne comment obtenir une attestation d enregistrement au Grand-Duché de Luxembourg! 1) Pour qui valent les règles ci dessous? Les présentes dispositions valent pour les citoyens des 25 Etats membres de l Union européenne, une période transitoire est appliquée encore par le Luxembourg par rapport à la Roumanie et la Bulgarie. Les mêmes dispositions valent pour les citoyens des pays assimilés, à savoir la Norvège, le Liechtenstein, l Islande et la Suisse. 2) Qui a droit à une attestation d enregistrement? Tout citoyen de l Union européenne envisageant de s installer au Grand- Duché de Luxembourg pour une durée supérieure à 3 mois en qualité: de travailleur salarié ou indépendant d «inactif»: une personne ayant suffisamment de ressources financières 1 afin d éviter de devenir une charge pour le système d assistance sociale, d étudiant de membre de famille à charge Actuellement les Roumains et les Bulgares même s ils sont citoyens de l Union, doivent toujours joindre une autorisation de travail afin de se voir délivrer une attestation d enregistrement en qualité de travailleur salarié! 3) Quelle institution vous délivre l attestation d enregistrement? vous vous adressez à l administration communale de votre lieu de résidence vous présentez une pièce d identité valable (carte d identité ou passeport en cours de validité) vous joignez des pièces justificatives éditeurs responsables: ASTI asbl et CCPL asbl texte relu et corrigé par le Ministère des Affaires Etrangères - Direction de l Immigration 2

3 4) Quel est le délai de réception? Si les conditions sous 2) sont remplies, l attestation d enregistrement vous est délivrée immédiatement sur place par le fonctionnaire communal auquel vous avez présenté les documents sous 5). Elle est délivrée pour une durée illimitée, elle est gratuite et elle constitue la seule pièce prouvant votre séjour légal au Luxembourg. Attention: l attestation d enregistrement ne constitue pas une pièce d identité. 5) Quelles sont les pièces justificatives à fournir? Les documents à fournir dépendent de la situation du demandeur: 5.1. Le travailleur salarié présentera: soit un contrat de travail (daté et signé par les 2 parties) soit une promesse d embauche (datée et signée) délivrée par le futur employeur 5.2. Le travailleur indépendant présentera, selon le cas: soit l original de l autorisation d établissement / de commerce soit l original de la lettre du ministère des Classes Moyennes certifiant qu une autorisation d établissement n est pas requise pour l activité exercée soit l original de l autorisation d exercer (médecin, kinésithérapeute, etc.) soit une inscription à un Ordre (avocats, architectes, etc.) soit un contrat de prestation de services 5.3. L étudiant présentera: l inscription dans un établissement d enseignement public ou privé agréé au Luxembourg, dans le but d y suivre à titre principal des études ou une formation professionnelle une garantie de ressources suffisantes 2 afin d éviter de devenir une charge pour le système d assistance sociale la preuve en étant apportée par déclaration de prise en charge ou par tout autre moyen équivalent éditeurs responsables: ASTI asbl et CCPL asbl texte relu et corrigé par le Ministère des Affaires Etrangères - Direction de l Immigration 3

4 un certificat d affiliation à l assurance-maladie, pour lui-même et les membres de sa famille 5.4. La personne «inactive» c est-à-dire celle qui ne bénéficie pas du droit de séjour en vertu d autres dispositions du droit communautaire 3 présentera: un justificatif de ressources suffisantes pour éviter de devenir une charge pour le système d assistance sociale un certificat d affiliation à l assurance-maladie, pour lui-même et les membres de sa famille. 6) Comment sont définis les membres de la famille du demandeur? On entend comme membre de la famille du demandeur le conjoint le partenaire enregistré les enfants âgés de moins de 21 ans ou qui sont à charge (incluant ceux du conjoint / partenaire), sauf dans le cas de l étudiant les ascendants directs à charge (incluant ceux du conjoint / partenaire), sauf dans le cas de l étudiant 7) Quels sont les documents à présenter pour les membres de la famille? 7.1. s il s agit d un conjoint un extrait de l acte de mariage / un certificat de partenariat enregistré / un extrait du livret de famille une copie de l attestation d enregistrement du citoyen de l Union (et pays assimilés) que le demandeur a rejoint 7.2. s il s agit d un descendant (enfants), la preuve qu il est âgé de moins de 21 ans ou qu il est à charge, ainsi que la preuve du lien familial avec le citoyen de l Union ou le ressortissant d un des pays assimilés qu il accompagne ou rejoint éditeurs responsables: ASTI asbl et CCPL asbl texte relu et corrigé par le Ministère des Affaires Etrangères - Direction de l Immigration 4

5 7.3. s il s agit d un ascendant (père, mère), la preuve du lien familial avec le citoyen de l Union ou le ressortissant d un des pays assimilés qu il accompagne ou rejoint, ainsi que la preuve qu il est à charge de cette personne 8) Dans quelle langue les documents doivent ils être rédigés? Si les documents ne sont pas rédigés dans les langues allemande, française ou anglaise, une traduction conforme par un traducteur assermenté doit être jointe. 9) Vous recevez des allocations de chômage dans votre pays d origine et vous voulez vous installer au Luxembourg? Pour une période maximale de trois mois, toute personne a droit au chômage dans un autre pays membre de l Union Européenne, à condition: que la personne soit inscrite comme demandeur d emploi depuis au moins 4 semaines au chômage; qu elle s inscrive comme demandeur d emploi dans l Etat membre dans lequel elle compte s installer dans un délai de 7 jours après avoit quitté le service de l emploi compétent dans son pays d origine Qu elle se munisse de l attestation E303 Pour solliciter ensuite une attestation d enregistrement il faut que le montant des allocations de chômage du pays d origine soit au moins equivalent aux allocations du Revenu Minimum Garanti du Luxembourg. 1- Selon le règlement grand-ducal du 5 septembre 2008 l équivalent au montant du Revenu Minimum Garanti est considéré comme ressources suffisantes: ,67 Eur. pour une personne seule ,67 Eur. pour une communauté domestique composée de deux adultes. Pour chaque adulte supplémentaire vivant dans la communauté domestique le montant de base est augmenté de 342,93 Eur. Les montants ci-contre sont soumis à l index et peuvent donc varier 2 - Selon le règlement grand-ducal du 5 septembre 2008 la preuve à fournir par l étudiant de diposer de ressources suffisantes pour lui et ses membres de sa famille est rapportée par déclaration ou par tout autre moyen équivalent. 3 - Ceci peut être une personne retraitée qui dispose d une pension au moins équivalente au Revenu Minimum Garanti par le gouvernement luxembourgeois dans un autre pays européen) éditeurs responsables: ASTI asbl et CCPL asbl texte relu et corrigé par le Ministère des Affaires Etrangères - Direction de l Immigration 5

6 É cidadão da União Europeia? Eis como obter uma certidão de registo no Grão-Ducado do Luxemburgo 1) A quem se aplicam as regras abaixo indicadas? As presentes disposições aplicam-se aos cidadãos dos 25 Estados- -Membros da União Europeia. O Luxemburgo continua a aplicar um período transitório aos cidadãos da Roménia e da Bulgária As mesmas disposições são aplicáveis aos cidadãos dos países assimilados, isto é, a Noruega, o Liechtenstein, a Islândia e a Suíça 2) Quem tem direito a obter uma certidão de registo? Qualquer cidadão que pretenda radicar-se no Grão-Ducado do Luxemburgo por um período superior a 3 meses, na qualidade de: trabalhador assalariado, ou de trabalhador independente requerente «inativo» (uma pessoa com rendimentos 1 suficientes que lhe permitam evitar tornar-se um encargo para o sistema de assistência social) estudante membro do agregado familiar a cargo do chefe de família Atualmente, os cidadãos romenos e os cidadãos búlgaros, embora sendo cidadãos da União Europeia, para poderem obter uma certidão de registo na qualidade de trabalhador assalariado deverão, como complemento, apresentar uma autorização de trabalho!!! 3) Qual é a instituição que emite a certidão de registo? dirija-se à administração comunal do seu local de residência apresente um documento de identificação válido (bilhete de identidade/ cartão do cidadão ou passaporte) apresente igualmente os documentos justificativos. editores responsáveis: ASTI asbl e CCPL asbl texto relido e corrigido pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros - Direção da Immigração 6

7 4) Qual é o prazo de entrega da certidão? Estando abrangido pelas condições previstas no ponto 2) a certidão de registo é-lhe entregue imediatamente pelo funcionário comunal habilitado a quem remeteu os documentos previstos no ponto 5) A certidão é emitida por um período ilimitado, gratuita e constitui o único documento comprovativo da sua estadia legal no Luxemburgo. Atenção: A certidão de registo não pode ser considerada um documento de identificação 5) Quais os documentos a apresentar para proceder ao registo? Os documentos a apresentar dependem da situação do requerente : 5.1 O trabalhador assalariado deverá apresentar : um contrato de trabalho (datado e assinado pelas 2 partes), ou; um documento de promessa de contrato (datado e assinado) emitido pelo futuro patrão 5.2. O trabalhador independente deverá apresentar, segundo os casos: o original da autorização de estabelecimento no país / autorização de comércio, ou; o original da carta do Ministério das Classes Médias certificando que, em função da actividade exercida, não é exigida qualquer autorização de estabelecimento no país, ou; o original da autorização de exercício da profissão (médico, fisioterapeuta, etc.), ou; uma inscrição junto da Ordem profissional que rege a profissão (advogados, arquitectos, etc.), ou; um contrato de prestação de serviços O estudante deverá apresentar: comprovativo de matricula num estabelecimento de ensino público, ou privado, (reconhecido no Luxemburgo) justificando a sua frequência a tempo inteiro num ciclo de estudos, ou numa formação profissional; um justificativo em como aufere de rendimentos suficientes² de modo a que não se torne um encargo para o sistema de assistência social (este poderá editores responsáveis: ASTI asbl e CCPL asbl texto relido e corrigido pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros - Direção da Immigração 7

8 ser uma declaração, ou outro documento comprovativo considerado equivalente) um certificado de afiliação ao seguro de cobertura de doença, que abranja o requerente e os membros do seu agregado familiar 5.4. O requerente «inactivo» (isto é, aquele que não beneficia do direito de estadia em virtude de outras disposições do direito comunitário), deverá apresentar : um justificativo em como aufere de rendimentos suficientes de modo a que não se torne um encargo para o sistema de assistência social; um certificado de afiliação ao seguro de cobertura de doença, que abranja o requerente e os membros do seu agregado familiar. 6. Como se definem o agregado familiar do requerente? São considerados membros da família do requerente o cônjuge o companheiro(a) em regime de união de facto; os filhos com idade inferior a 21 anos, ou que estão a seu cargo (inclusive os filhos do cônjuge / companheiro(a) ) - exceto no caso de o requerente ser estudante; os ascendentes diretos a cargo do requerente (inclusive os ascendentes do cônjuge/ companheiro(a)), exceto no caso de ser estudante. 7. Quais são os documentos a apresentar pelos membros do agregado familiar? 7.1. No caso de um cônjuge : uma certidão de casamento / ou de regime de união de facto / uma fotocopia do livrete de família ; uma cópia da certidão de registo ja emitida em favor do cônjuge (cidadão da União europeia e países assimilados) junto do qual o requerente veio domiciliar-se. 7.2 Caso de um descendente: documento comprovativo que tem idade inferior a 21 anos (ou que se encontra a seu cargo) editores responsáveis: ASTI asbl e CCPL asbl texto relido e corrigido pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros - Direção da Immigração 8

9 prova de relação de parentesco entre ele e o cidadão da União Europeia, ou de um dos «países assimilados», que o acompanha ou junto de quem se vem radicar Caso de um ascendente (pai ou mãe): prova de relação de parentesco entre ele(s) e o cidadão da União Europeia, ou de um dos «países assimilados», que o(s) acompanha ou junto de quem se vem radicar. documento comprovativo de que está a seu cargo. 8. Em que língua deverão ser redigidos os documentos? Se os documentos não estão redigidos em alemão, francês, ou inglês, será exigida uma tradução conforme, efetuada por um tradutor ajuramentado. 9. É beneficiário de um subsídio de desemprego no seu país de origem e deseja radicar-se no Luxemburgo? A lei prevê esse direito aplicável durante um período máximo de três meses e em qualquer outro país da União Europeia, nas seguintes condiçoes : estar à procura de emprego e estar inscrita no centro de emprego do seu país, pelo menos há 4 semanas; depois de deixar de estar inscrito no centro de emprego do seu país de origem, o requerente devera, num prazo de 7 dias, proceder à sua inscrição junto dos serviços competentes do Estado Membro onde pretende radicar-se; apresentar o formulário E303 devidamente preenchido Para poder solicitar em seguida uma certidão de registo, é necessário que o montante do subsídio de desemprego do país de origem seja, pelo menos, equivalente ao subsídio do Rendimento Mínimo Garantido em vigor no Luxemburgo. 1 - Segundo o Regulamento Grão-Ducal de 5 de setembro de 2008, o equivalente ao montante do Rendimento Mínimo Garantido é, à data do 1 de março de 2012, considerado como rendimento suficiente: ,67 Eur para uma pessoa só ,67 Eur para um agregado familiar composto por dois adultos. Por cada adulto adicional que pertença ao agregado familiar, o montante de base será acrescido de Eur. Estes montantes são submetidos ao cálculo do índice em vigor, podendo, deste modo, ser suscetíveis de alterações. 2 - Segundo o Regulamento Grão-Ducal de 5 de setembro de 2008, o justificativo a apresentar pelo estudante comprovando dispor de rendimentos suficientes para ele, e para os membros da sua família, deverá ser feito através de uma declaração ou por qualquer outro meio considerado como equivalente. 3 - Neste caso, pode tratar-se de uma pessoa reformada que, em qualquer outro país europeu, dispõe de uma pensão, cujo valor é, pelo menos, equivalente ao Rendimento Mínimo Garantido pelo governo luxemburguês. editores responsáveis: ASTI asbl e CCPL asbl texto relido e corrigido pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros - Direção da Immigração 9

10 You are a European Union citizen how to get a registration certificate in Luxembourg! 1) To whom does these regulations apply? Present provisions apply to 25 Members of the European Union citizens. A transitional period is still applied by Luxembourg regarding Romania and Bulgaria. Similar provisions apply to the citizens of the following countries: Norway, Liechtenstein, Iceland and Switzerland. 2) Who is entitled to a registration certificate? Every European Union citizen intending to settle in the Grand Duchy of Luxembourg for a period over three months as: Employed or self employed «Inactive «(persons possessing sufficient financial resources in order to avoid becoming a burden to the welfare system) Students Dependent family members Even though the Romanians and Bulgarians are currently EU citizens, they would still have to submit a work permit in order to obtain a registration certificate as an employed person! 3) Which institution will issue a registration certificate? You go to the municipal office/ commune of your residence You present a valid identification (identity card or a valid passport) You present the supporting documents editors: ASTI asbl and CCPL asbl text read and verified by the Ministry of Foreign Affairs - Immigration Department 10

11 4) What is the deadline in order to receive the registration certificate? If the conditions 2) are fulfilled, the municipal official issues the registration certificate immediately to where you submitted the documents. (Point 5). The certificate is issued for an unlimited period, free of charge and is the only document proving your legal residence in Luxembourg. Warning: The registration certificate is not an identity document. 5) Which supporting documents should be provided? The documents required depend on the applicant s situation: 5.1. Employee: Either an employment contract (signed and dated by the two parties); Or a pledge of employment, issued by the future employer (signed and dated) 5.2. Self employed: Either the original authorization of establishment / business Or the original letter from the Ministry of Middle Class certifying non requirement permit for the specific activity Original licensure (doctor, physiotherapist, etc.) Registration s board (lawyers, architects, etc.) Freelance contract 5.3. Student Enrollment at a public or private education establishment accredited in editors: ASTI asbl and CCPL asbl text read and verified by the Ministry of Foreign Affairs - Immigration Department 11

12 Luxembourg to follow the main education or vocational training Guarantee of sufficient resources2 in order to avoid becoming a burden to the welfare system (the proof should be made by declaration or by other equivalent means) Health insurance certificate both for applicant and his or/her family 5.4. «Inactive» (person that is not entitled to the provisions of community law) Proof of sufficient resources to avoid becoming a burden to the social assistance system Health insurance certificate both for applicant and his or/her family Spouse 6) Who is considered as the applicant s family member? Registered partner Children under 21 years of age or dependents (I. e. spouse / partner), except student Direct dependant ascendants (i. e. spouse / partner), except student 7) Which documents are required for family members? 7.1. Spouse Extract of marriage certificate/ registered partnership certificate/ registered family certificate Applicant s (citizen of the Union or similar countries) registration certificate s copy 7.2. Descendant (children) under 21 years of age or dependent and proof of family relationship with the applicant (citizen of the Union or similar countries) editors: ASTI asbl and CCPL asbl text read and verified by the Ministry of Foreign Affairs - Immigration Department 12

13 7.3. Ascendant (parents), proof of family relationship with the applicant (citizen of the Union or similar countries), and a proof that the applicant is in charge of the so-called person 8) In what language should the documents be? If the documents are not in German, French or English language, a certified translation by a sworn translator must be attached. 9) You receive unemployment benefits at your country and you intend to move to Luxembourg? For a maximum period of three months, the person is entitled to unemployment benefits in another member country of the European Union, if: registered as unemployed for at least 4 weeks; registers as a job seeker in the Member State where he/she intends to settle within 7 days after removal at the employment authority in his/her country of origin provides the E303 certificate In order to apply for a registration certificate, the unemployment benefits in the country of origin should at least be equivalent to the minimum wage guaranteed in Luxembourg. 1- According to Grand-Ducal regulations of September 5, 2008, the sufficient financial resources is equivalent to the minimum wage guaranteed ,67 Eur. - 1 single adult ,67 Eur. - Domestic community of two adults. For each additional adult an amount of 342,93 Euro Is added to the base amount. The amount listed are subject to the index and may vary. 2 - According to the Grand- Ducal regulation of September 5, 2008 the proof by the student to dipose sufficient resources for him/her and his/her family members is reported by declaration or by other equivalent means. 3 - i.e. Retired person with a pension at least equivalent to the minimum wage guaranteed by the Luxembourg government in another European country) editors: ASTI asbl and CCPL asbl text read and verified by the Ministry of Foreign Affairs - Immigration Department 13

14 Le Contrat d Accueil et d Intégration - CAI Le saviez-vous? Le Gouvernement luxembourgeois a mis en place un dispositif qui vous permet de devenir acteur de votre intégration: le contrat d accueil et d intégration (CAI) C est un contrat pour vous: - pour apprendre une des langues du pays en fréquentant des cours à tarif réduit - pour suivre un cours gratuit en instruction civique - pour participer à une journée d orientation Le CAI s adresse à vous, si vous: - êtes ressortissant étranger - séjournez légalement sur le territoire du Grand-Duché de Luxembourg et souhaitez vous y maintenir durablement -êtes âgé d au moins 16 ans Envie d en savoir plus? - - tél : O CAI (Contrato de Acolhimento e de Integração) Já é do seu conhecimento? O Governo luxemburguês criou um dispositivo que lhe permite tornar-se ator da sua própria integração: o Contrato de Acolhimento e de integração (CAI) Este contrato é-lhe destinado para que possa: - aprender uma das línguas do país e frequentar os cursos de éditeurs responsables: ASTI asbl et CCPL asbl texte relu et corrigé par le Ministère des Affaires Etrangères - Direction de l Immigration 14

15 formação com tarifa reduzida - seguir uma formação gratuita em instrução cívica - participar numa jornada de orientação O CAI é-lhe destinado, se - é um cidadão estrangeiro - se encontra radicado legalmente no território do Grão-Ducado do Luxemburgo e se deseja aqui permanecer - tem, pelos menos, 16 anos de idade Deseja saber mais? - - telf: Welcome and Integration Contract - CAI The Luxembourg Government has introduced a method that allows you to become a part for your integration: Welcome and Integration Contract (CAI) The contract allows you: - To learn one of the country s languages at reduced rates - To attend a free civic course - To attend an orientation day The CAI is entitled if you: - Are a foreign citizen - Reside legally at the Grand Duchy of Luxembourg and wish to remain on a long time basis - Are at least 16 years of age Wish to know more? Please check: - - tel: éditeurs responsables: ASTI asbl et CCPL asbl texte relu et corrigé par le Ministère des Affaires Etrangères - Direction de l Immigration 15

16 Partenaires: APL - Amitié Portugal-Luxembourg a.s.b.l. 5, av. Marie -Thérèse, Bloc A - 1 er étage L-2132 Luxembourg Centre d étude et de formation interculturelles et sociales a.s.b.l. 5, av. Marie-Thérèse L Luxembourg ASTI - Association de Soutien aux Travailleurs Immigrés a.s.b.l. 12, rue Auguste Laval L-1922 Luxembourg FAAL- Fédération des Associations Africaines de Luxembourg 46, rue de Mühlenbach L-2168 Luxembourg ASTM - Action Solidarité Tiers Monde a.s.b.l. 55, av. de la Liberté L-1931 Luxembourg LCGB - syndicat 11, rue du Commerce B.P L-1012 Luxembourg Caritas Luxembourg a.s.b.l. 29, rue Michel Welter L-2730 Luxembourg OGBL - syndicat 60, Bd. J. F. Kennedy B.P. 149 L-4002 Esch-sur-Alzette CCPL- Confederação da Comunidade portuguesa no Luxemburgo a.s.b.l. 6, rue René Weimerskirch L-2713 Luxembourg SYPROLUX- syndicat 3, rue du Commerce L-1351 Luxembourg sites utiles / endereços úteis / usefull websites Nous tenons à remercier Mina CHINI et Milly TASCH pour leur traduction bénévole en langues anglaise respectivement portugaise. éditeurs responsables: ASTI asbl et CCPL asbl texte relu et corrigé par le Ministère des Affaires Etrangères - Direction de l Immigration

PACK BEM-VINDO * (*) Pack gratuito durante 1 o ano. Toujours plus proche de ceux qui veulent aller plus loin.

PACK BEM-VINDO * (*) Pack gratuito durante 1 o ano. Toujours plus proche de ceux qui veulent aller plus loin. PACK BEM-VINDO * * (*) Pack gratuito durante 1 o ano Toujours plus proche de ceux qui veulent aller plus loin. BCP Bem-vindo Descubra o nosso pack gratuito ** para recém chegados ao Luxemburgo! Gestão

Leia mais

O formulário de longa duração e o agendamento no seguinte endereço: http://riodejaneiro.ambafrance-br.org/spip.php?rubrique147

O formulário de longa duração e o agendamento no seguinte endereço: http://riodejaneiro.ambafrance-br.org/spip.php?rubrique147 VISTOS PARA MENORES O formulário de longa duração e o agendamento no seguinte endereço: http://riodejaneiro.ambafrance-br.org/spip.php?rubrique147 Taxa do visto ( não reembolsável) : Paga em Reais (espece),

Leia mais

CONSULADO GERAL DA FRANCA EM SAO PAULO. O agendamento do seu pedido de visto é feito através do site: http://saopaulo.ambafrance-br.

CONSULADO GERAL DA FRANCA EM SAO PAULO. O agendamento do seu pedido de visto é feito através do site: http://saopaulo.ambafrance-br. CONSULADO GERAL DA FRANCA EM SAO PAULO (atualizado em : 29/08/2014) PEDIDO DE VISTO DE LONGA DURACAO (superior a 3 meses) MENORES ESCOLARIZADOS E DESACOMPAHADOS VIAGEMS ORGANIZADAS POR INTITUCOES OU AGENCIAS

Leia mais

solução BeM-vindo * (*) Oferta gratuita durante o 1º ano Toujours plus proche de ceux qui veulent aller plus loin.

solução BeM-vindo * (*) Oferta gratuita durante o 1º ano Toujours plus proche de ceux qui veulent aller plus loin. * solução BeM-vindo * (*) Oferta durante o 1º ano Toujours plus proche de ceux qui veulent aller plus loin. BCP Bem-vindo Descubra a nossa solução ** para recém-chegados ao Luxemburgo! Gestão conta corrente

Leia mais

IMMIGRATION Canada. Study Permit. São Paulo Visa Office Instructions. Table of Contents. For the following country: Brazil IMM 5849 E (04-2015)

IMMIGRATION Canada. Study Permit. São Paulo Visa Office Instructions. Table of Contents. For the following country: Brazil IMM 5849 E (04-2015) IMMIGRATION Canada Table of Contents Document Checklist Study Permit (disponible en Portuguese) Study Permit São Paulo Visa Office Instructions For the following country: Brazil This application is made

Leia mais

We, and. We authorize the Consulate-General of Brazil to issue a visa to the above mentioned child (children). ,, of of

We, and. We authorize the Consulate-General of Brazil to issue a visa to the above mentioned child (children). ,, of of CONSULADO-GERAL DO BRASIL FORMULÁRIO DE AUTORIZAÇÃO PARA PEDIDO DE VISTO PARA MENORES DE 18 ANOS Authorization Form for minors under 18 years-old to apply for a visa We, and are the lawful custodial parents

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS COORDENADORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS International Relations Office

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS COORDENADORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS International Relations Office UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS COORDENADORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS International Relations Office FORMULÁRIO DE CANDIDATURA PARA ESTUDANTE DE INTERCÂMBIO EXCHANGE STUDENT APPLICATION FORM Semestre

Leia mais

INSTRUÇÕES INSTRUCTIONS

INSTRUÇÕES INSTRUCTIONS INSTRUÇÕES INSTRUCTIONS DOCUMENTAÇÃO A APRESENTAR PELOS CANDIDATOS PARA AVALIAÇÃO Os candidatos devem apresentar para avaliação da candidatura a seguinte documentação: a) Prova da nacionalidade (BI, passaporte.);

Leia mais

REPÚPLICA DE ANGOLA MISSÃO DIPLOMÁTICA OU CONSULAR NA ARGÉLIA PEDIDO DE VISTO DEMANDE DE VISA APPLICATION FOR VISA

REPÚPLICA DE ANGOLA MISSÃO DIPLOMÁTICA OU CONSULAR NA ARGÉLIA PEDIDO DE VISTO DEMANDE DE VISA APPLICATION FOR VISA REPÚPLICA DE ANGOLA MISSÃO DIPLOMÁTICA OU CONSULAR NA ARGÉLIA PEDIDO DE VISTO DEMANDE DE VISA APPLICATION FOR VISA Diplomático Oficial Ordinário Diplomatique Officiel Ordinaire Diplomatic Official Ordinary

Leia mais

Bienvenue au Cours Préparatoire Bemvindos à Primária

Bienvenue au Cours Préparatoire Bemvindos à Primária Bienvenue au Cours Préparatoire Bemvindos à Primária Ce qui ne change pas O que não se altera entre o pré-escolar e o 1º ano no LFIP L organisation administrative/a organização administrativa -Les contacts

Leia mais

GUIDE DE L ÉTUDIANT INTERNATIONAL

GUIDE DE L ÉTUDIANT INTERNATIONAL GUIDE DE L ÉTUDIANT INTERNATIONAL Votre arrivée à l UFCSPA demande des procédures administratives nécessaires à votre séjour au Brésil (visa, CPF, RNE) et à votre confort et sécurité (santé et transports),

Leia mais

IMMIGRATION Canada. Permis de travail. Directives du bureau des visas de Sao Paulo. Table des matières IMM 5929 F ( )

IMMIGRATION Canada. Permis de travail. Directives du bureau des visas de Sao Paulo. Table des matières IMM 5929 F ( ) IMMIGRATION Canada Table des matières Liste de contrôle Permis de travail (disponível em português) Permis de travail Directives du bureau des visas de Sao Paulo Ce guide est produit gratuitement par Immigration,

Leia mais

IMMIGRATION Canada. Permis d études. Directives du bureau des visas de Sao Paulo. Table des matières IMM 5849 F ( )

IMMIGRATION Canada. Permis d études. Directives du bureau des visas de Sao Paulo. Table des matières IMM 5849 F ( ) IMMIGRATION Canada Table des matières Liste de contrôle Permis d études (disponible en portugais) Permis d études Directives du bureau des visas de Sao Paulo Ce guide est produit gratuitement par Immigration,

Leia mais

REPÚBLICA DE ANGOLA CONFÉDÉRATION SUISSE PEDIDO DE VISTO DEMANDE DE VISA VISA APPLICATION

REPÚBLICA DE ANGOLA CONFÉDÉRATION SUISSE PEDIDO DE VISTO DEMANDE DE VISA VISA APPLICATION REPÚBLICA DE ANGOLA Missão Diplomàtica em Mission Diplomatique à Diplomatic Mission in CONFÉDÉRATION SUISSE PEDIDO DE VISTO DEMANDE DE VISA VISA APPLICATION Diplomàtico Oficial Ordinário Diplomatique Officielle

Leia mais

Reagrupamento familiar de ASCENDENTES OU DESCENDENTES de nacionais de países terceiros

Reagrupamento familiar de ASCENDENTES OU DESCENDENTES de nacionais de países terceiros Reagrupamento familiar de ASCENDENTES OU DESCENDENTES de nacionais de países terceiros Ficha prática «PASSO a PASSO» para descendentes ou ascendentes directos de nacionais de países terceiros + modelos

Leia mais

A Associação de Pais do LFIP tem o prazer de vos anunciar que no dia 29 de Novembro de 2014 irá realizar-se o 3º Marché de Noël Solidaire.

A Associação de Pais do LFIP tem o prazer de vos anunciar que no dia 29 de Novembro de 2014 irá realizar-se o 3º Marché de Noël Solidaire. Caros pais, A Associação de Pais do LFIP tem o prazer de vos anunciar que no dia 29 de Novembro de 2014 irá realizar-se o 3º Marché de Noël Solidaire. Esta iniciativa insere-se no âmbito de um projeto

Leia mais

Bienvenue aux citoyens de l Union européenne & à leur famille

Bienvenue aux citoyens de l Union européenne & à leur famille Bienvenue aux citoyens de l Union européenne & à leur famille Les informations contenues dans la présente brochure sont disponibles et téléchargeables dans toutes les langues officielles de l'union européenne

Leia mais

Bienvenue à l'ecole en France Bemvindo à escola em França

Bienvenue à l'ecole en France Bemvindo à escola em França Bienvenue à l'ecole en France Bemvindo à escola em França Ses objectifs / OBJECTIVOS Éduquer pour vivre ensemble -> Educar para viver juntos Portugais Português Instruire pour comprendre aujourd hui, construire

Leia mais

IMMIGRATION Canada. Temporary Resident Visa. São Paulo Visa Office Instructions. Table of Contents. For the following country: Brazil

IMMIGRATION Canada. Temporary Resident Visa. São Paulo Visa Office Instructions. Table of Contents. For the following country: Brazil IMMIGRATION Canada Table of Contents Document Checklist Temporary Resident Visa (available in Portuguese) Temporary Resident Visa São Paulo Visa Office Instructions For the following country: Brazil This

Leia mais

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL EMBAIXADA DO BRASIL EM RIADE Informações gerais REGISTRO CONSULAR DE NASCIMENTO Atualizado em outubro de 2014 O registro de nascimento

Leia mais

ATTESTATION DE DETACHEMENT (CERTIFICADO DE DESTACAMENTO) A remplir par l employeur (A preencher pelo empregador)

ATTESTATION DE DETACHEMENT (CERTIFICADO DE DESTACAMENTO) A remplir par l employeur (A preencher pelo empregador) TRADUCÇÃO LIVRE DO MODELO 1 DO CERTIFICADO DE DESTACAMENTO (ESTE DOCUMENTO DESTINA-SE APENAS A APOIAR O PREENCHIMENTO DO CERTIFICADO. NÃO VERÁ SER UTILIZADO COMO DOCUMENTO OFICIAL DE ENTREGA AO MOTORISTA

Leia mais

Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Sintra Mr. Mayor of Sintra

Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Sintra Mr. Mayor of Sintra 1/5 REGISTO DE CIDADÃO DA UNIÃO EUROPEIA / REGISTO DE FAMILIAR DE CIDADÃO DA UNIÃO EUROPEIA APPLICATION TO REGISTER A CITIZEN OF THE EUROPEAN UNION / APPLICATION TO REGISTER A FAMILY MEMBER OF A CITIZEN

Leia mais

REPÚBLICA DE ANGOLA VISA APPLICATION FORM PEDIDO DE VISTO DE ENTRADA

REPÚBLICA DE ANGOLA VISA APPLICATION FORM PEDIDO DE VISTO DE ENTRADA Please complete the form in black ink. Check the boxes that apply and attach Invitation letter or information sent by individual or institution to be contacted in Angola Valid passport Two recent passport

Leia mais

Formulário de Candidatura ao Fundo Social de Emergência (FSE) do ano letivo /

Formulário de Candidatura ao Fundo Social de Emergência (FSE) do ano letivo / Campus de Gualtar 4710-057 Braga P I - identificação e residência Nome: Formulário de Candidatura ao Fundo Social de Emergência (FSE) do ano letivo / Nº de aluno: Data de nascimento / / Estado civil: Sexo:

Leia mais

CASNA. Bem-vindo à escola luxemburguesa! Informações para pais e alunos estrangeiros. Português

CASNA. Bem-vindo à escola luxemburguesa! Informações para pais e alunos estrangeiros. Português Bem-vindo à escola luxemburguesa! Português PT Informações para pais e alunos estrangeiros CASNA Cellule d accueil scolaire pour élèves nouveaux arrivants Bem-vindo à escola luxemburguesa! Informações

Leia mais

FAIRTRADE LABELLING ORGANIZATIONS INTERNATIONAL

FAIRTRADE LABELLING ORGANIZATIONS INTERNATIONAL A: Tous les acteurs de la filière du Commerce Equitable certifiés pour la mangue, la banane, la pulpe d araza / Produtores e Comerciantes certificados da manga, da banana e da polpa de araza de CJ Tous

Leia mais

DOSSIER DE CANDIDATURE EN ECHANGE PROGRAMME GRENOBLE-BRESIL 2012-2013

DOSSIER DE CANDIDATURE EN ECHANGE PROGRAMME GRENOBLE-BRESIL 2012-2013 Réservé à L Université de Grenoble : Dossier reçu le : // Dossier n : Brésil 2012/ Photo DOSSIER DE CANDIDATURE EN ECHANGE PROGRAMME GRENOBLE-BRESIL 2012-2013 Ce formulaire vous est remis par le service

Leia mais

CASNA. Bem-vindo à escola luxemburguesa! Informações para pais e alunos estrangeiros. Português

CASNA. Bem-vindo à escola luxemburguesa! Informações para pais e alunos estrangeiros. Português Bem-vindo à escola luxemburguesa! Português PT Informações para pais e alunos estrangeiros CASNA Cellule d accueil scolaire pour élèves nouveaux arrivants Bem-vindo à escola luxemburguesa! Informações

Leia mais

Sistema previdênciário suíço e retorno ao Brasil

Sistema previdênciário suíço e retorno ao Brasil Sistema previdênciário suíço e retorno ao Brasil Informações básicas: 1) os brasileiros sem permis ou com permis podem retirar as contribuições pagas à Previdência suíça (, 2ème pilier, 3ème pilier) quando

Leia mais

CONSULADO DE PORTUGAL CURITIBA

CONSULADO DE PORTUGAL CURITIBA VISTO PARA TRABALHAR EM PORTUGAL Actividade profissional subordinado ( Artº 30) OU Actividade profissional independente ( Artº 31) Os pedidos de visto devem ser apresentados pelo requerente com uma antecedência

Leia mais

Provas orais em Língua Estrangeira Ensino Secundário Francês 11º ano, Nível de Continuação Janeiro 2009

Provas orais em Língua Estrangeira Ensino Secundário Francês 11º ano, Nível de Continuação Janeiro 2009 Provas orais em Língua Estrangeira Ensino Secundário Francês 11º ano, Nível de Continuação Janeiro 2009 Esta prova desenvolve-se em três partes e tem uma duração aproximada de 15-20 minutos para cada grupo

Leia mais

Guia de Preenchimento da Proposta de Adesão ao Plano de Saúde Claro Dental

Guia de Preenchimento da Proposta de Adesão ao Plano de Saúde Claro Dental Guia de Preenchimento da Proposta de Adesão ao Plano de Saúde Claro Dental Este documento vai auilia-lo(a) a realizar o correcto preenchimento do seu Plano de Saúde Dentário da Claro S.A. que é composto

Leia mais

Língua Estrangeira: FRANCÊS L alarme intelligente Finis les hurlements intempestifs, elle reconnaît les cambrioleurs Les alarmes, c est bien pratique Sauf quand ça se met à hurler à tout bout de champ

Leia mais

Errata ICB Cadastramento do Patrimônio Adendo 01 ao Edital PRÓ-GESTÃO/BIRD/001/2011

Errata ICB Cadastramento do Patrimônio Adendo 01 ao Edital PRÓ-GESTÃO/BIRD/001/2011 Errata ICB Cadastramento do Patrimônio Adendo 01 ao Edital PRÓ-GESTÃO/BIRD/001/2011 Errata 1: Seção II Folha de Dados da Licitação (FDL) Pág. 28 Cláusula 5.5 letra (d): Coordenador Geral: Diploma de Engenheiro

Leia mais

Mestrado em Tradução. Relatório do Projecto de Tradução ANA CRISTINA LOPES SOARES. Trabalho de projecto orientado pelo PROFESSOR DOUTOR PIERRE LEJEUNE

Mestrado em Tradução. Relatório do Projecto de Tradução ANA CRISTINA LOPES SOARES. Trabalho de projecto orientado pelo PROFESSOR DOUTOR PIERRE LEJEUNE Mestrado em Tradução Tradução da primeira parte de Droit de la Famille de Dominique Fenouillet Relatório do Projecto de Tradução ANA CRISTINA LOPES SOARES Trabalho de projecto orientado pelo PROFESSOR

Leia mais

NOVAS VANTAGENS NEW BENEFITS

NOVAS VANTAGENS NEW BENEFITS NOVO PREMIUM O SEU CARTÃO DE SAÚDE YOUR HPA HEALTH GROUP CARD NOVAS VANTAGENS BENEFITS Oferta de Check-Up Básico anual Oferta de Check-Up Dentário anual Descontos entre 10% e 30% nos serviços do Grupo

Leia mais

A NACIONALIDADE LUXEMBURGUESA

A NACIONALIDADE LUXEMBURGUESA A NACIONALIDADE LUXEMBURGUESA Lei de 23 de Outubro de 2008 NATURALIZAÇÃO RECUPERAÇÃO DA NACIONALIDADE LUXEMBURGUESA RENÚNCIA À NACIONALIDADE LUXEMBURGUESA ENDEREÇOS ÚTEIS NATURALIZAÇÃO (artigos 6, 7 e

Leia mais

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR LESTE GOVERNO. Decreto n. o 4 /2004 de 7 de Maio REGULARIZAÇÃO DE ESTRANGEIROS EM TERRITÓRIO NACIONAL

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR LESTE GOVERNO. Decreto n. o 4 /2004 de 7 de Maio REGULARIZAÇÃO DE ESTRANGEIROS EM TERRITÓRIO NACIONAL REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR LESTE GOVERNO Decreto n. o 4 /2004 de 7 de Maio REGULARIZAÇÃO DE ESTRANGEIROS EM TERRITÓRIO NACIONAL A Lei de Imigração e Asilo N. 9/2003 de 15 de Outubro (LIA), veio definir

Leia mais

1. Employeur/Employer

1. Employeur/Employer TRADUCÇÃO LIVRE DO MODELO 1 DO CERTIFICADO DE DESTACAMENTO (ESTE DOCUMENTO DESTINA-SE APENAS A APOIAR O PREENCHIMENTO DO CERTIFICADO. NÃO VERÁ SER UTILIZADO COMO DOCUMENTO OFICIAL DE ENTREGA AO MOTORISTA

Leia mais

2.2. Ensino e a construção da cidadania: da moral religiosa à moral cívica.

2.2. Ensino e a construção da cidadania: da moral religiosa à moral cívica. 2.2. Ensino e a construção da cidadania: da moral religiosa à moral cívica. Cinq mémoires sur l instruc1on publique (1791). Présenta@on, notes, bi- bliographie et chronologie part Charles Coutel et Catherine

Leia mais

FRANCÊS INSTRUÇÕES 1 - ESTA PROVA CONTÉM 1 (UM) TEXTO SEGUIDO DE QUESTÕES DE COMPREENSÃO 2 - ESCOLHA E ASSINALE A ALTERNATIVA CORRETA, SEMPRE DE ACORDO COM O TEXTO EXISTE-T-IL DES RECETTES POUR ÊTRE HEUREUX?

Leia mais

75, 8.º DTO 1250-068 LISBOA

75, 8.º DTO 1250-068 LISBOA EAbrief: Medida de incentivo ao emprego mediante o reembolso da taxa social única EAbrief: Employment incentive measure through the unique social rate reimbursement Portaria n.º 229/2012, de 03 de Agosto

Leia mais

Informações básicas e. política de salário mínimo. Étude preliminaire de Claudio Dedecca (consultant BIT) avec appui de l INE PATRICK BELSER OIT

Informações básicas e. política de salário mínimo. Étude preliminaire de Claudio Dedecca (consultant BIT) avec appui de l INE PATRICK BELSER OIT Informações básicas e parâmetros para adoção da política de salário mínimo em Cabo Verde : Étude preliminaire de Claudio Dedecca (consultant BIT) avec appui de l INE PATRICK BELSER OIT STRUCTURE DE LA

Leia mais

FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO DE APOSENTADORIA POR INVALIDEZ APPLICATION FORM FOR BRAZILIAN DISABILITY BENEFIT

FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO DE APOSENTADORIA POR INVALIDEZ APPLICATION FORM FOR BRAZILIAN DISABILITY BENEFIT ACORDO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL ENTRE A REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL E O CANADÁ AGREEMENT ON SOCIAL SECURITY BETWEEN THE FEDERATIVE REPÚBLIC OF BRAZIL AND CANADA FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO DE APOSENTADORIA

Leia mais

NOME MORADA TELEFONE TELEMÓVEL E-MAIL DATA DE NASCIMENTO / / NATURALIDADE NACIONALIDADE Nº DOCUMENTO DE IDENTIFICAÇÃO (BI/CC) DATA DE VALIDADE / /

NOME MORADA TELEFONE TELEMÓVEL E-MAIL DATA DE NASCIMENTO / / NATURALIDADE NACIONALIDADE Nº DOCUMENTO DE IDENTIFICAÇÃO (BI/CC) DATA DE VALIDADE / / Página 1 de 5 MUNICIPIO DE VENDAS NOVAS - SERVIÇO DE INTERVENÇÃO SOCIAL FORMULÁRIO DE CANDIDATURA A HABITAÇÃO MUNICIPAL Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Vendas Novas 1 - IDENTIFICAÇÃO DO/A

Leia mais

PAAES/UFU 2ª Etapa Subprograma 2011-2014

PAAES/UFU 2ª Etapa Subprograma 2011-2014 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Pró-Reitoria de Graduação Diretoria de Processos Seletivos PAAES 2ª ETAPA SUBPROGRAMA 2011/2014 24 de fevereiro de 2013

Leia mais

REGULAMENTO PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDOS DO INSTITUTO CULTURAL BRASIL ESTADOS BELO HORIZONTE

REGULAMENTO PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDOS DO INSTITUTO CULTURAL BRASIL ESTADOS BELO HORIZONTE REGULAMENTO PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDOS DO INSTITUTO CULTURAL BRASIL ESTADOS BELO HORIZONTE MODALIDADE DE BOLSAS: CURSOS BÁSICO E INTERMEDIÁRIO NA MODALIDADE REGULAR ART 1º - DAS

Leia mais

AUTORIZAÇÃO DE RESIDÊNCIA PARA ATIVIDADE DE INVESTIMENTO (ARI) PERGUNTAS MAIS FREQUENTES

AUTORIZAÇÃO DE RESIDÊNCIA PARA ATIVIDADE DE INVESTIMENTO (ARI) PERGUNTAS MAIS FREQUENTES AUTORIZAÇÃO DE RESIDÊNCIA PARA ATIVIDADE DE INVESTIMENTO (ARI) PERGUNTAS MAIS FREQUENTES 1. O que é o regime especial de Autorização de Residência para Atividade de Investimento (ARI)? O regime de ARI

Leia mais

AUXÍLIO FINANCEIRO PARA ESTUDOS NO ENSINO SUPERIOR

AUXÍLIO FINANCEIRO PARA ESTUDOS NO ENSINO SUPERIOR AUXÍLIO FINANCEIRO PARA ESTUDOS NO ENSINO SUPERIOR Guia prático 2 AUXÍLIO FINANCEIRO AOS ESTUDOS NO ENSINO SUPERIOR: Guia prático Na sequência do acórdão do Tribunal de Justiça da União Europeia de 20

Leia mais

Candidatura a Programa Estágios Profissionais - Europa

Candidatura a Programa Estágios Profissionais - Europa SECRETARIA REGIONAL DOS ASSUNTOS SOCIAIS INSTITUTO DE EMPREGO DA MADEIRA, IP-RAM Candidatura a Programa Estágios Profissionais - Europa 1. IDENTIFICAÇÃO DO ESTAGIÁRIO Nome: Morada: Concelho: Código Postal:

Leia mais

A CAIXA DO FUNDO DE DESEMPREGO OCS

A CAIXA DO FUNDO DE DESEMPREGO OCS A CAIXA DO FUNDO DE DESEMPREGO OCS AS SUAS QUESTÕES, AS NOSSAS RESPOSTAS www.ocsv.ch 2 OS MEUS PROCEDIMENTOS COM A CAIXA DO FUNDO DE DESEMPREGO Deve, em primeiro lugar, escolher a sua caixa do fundo de

Leia mais

SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO.

SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FRANCÊS 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem. 1 - Este Caderno de Prova contém quatro questões, constituídas de itens e

Leia mais

Guide de l étudiant haïtien boursier au Brésil

Guide de l étudiant haïtien boursier au Brésil Guide de l étudiant haïtien boursier au Brésil Programme Pro-HaÏti Toutes les informations y décrites doivent être interprétées conformément aux règles et aux restrictions légales du Brésil. Guide de l

Leia mais

République Démocratique du Congo Ministère des Affaires Etrangères et Coopération internationale AMBASSADE RDC / PORTUGAL / LISBONNE

République Démocratique du Congo Ministère des Affaires Etrangères et Coopération internationale AMBASSADE RDC / PORTUGAL / LISBONNE Formulaire avec 3 pages a remplir en 2 exemplaires (Impresso de 3 páginas a preencher em 2 exemplares) République Démocratique du Congo FORMULAIRE DE DEMANDE DE VISA (Pedido de Visto) (Pag. 1/3) A. JOINDRE

Leia mais

GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO POR MORTE INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P

GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO POR MORTE INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO POR MORTE INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Subsídio por Morte (7011 v4.12) PROPRIEDADE Instituto da Segurança Social, I.P. AUTOR Centro Nacional

Leia mais

REPÚBLICA DE ANGOLA PEDIDO DE VISTO / VISA APPLICATION TRANSITO TRANSIT CURTA DURAÇÃO SHORT TERM ORDINARIO ORDINARY. Apelidos: Last Name: Data:

REPÚBLICA DE ANGOLA PEDIDO DE VISTO / VISA APPLICATION TRANSITO TRANSIT CURTA DURAÇÃO SHORT TERM ORDINARIO ORDINARY. Apelidos: Last Name: Data: DIP LOMÁTICO DIP LOMATIC OFICIAL OFFICIAL me: Name: Estado Civil Marital Status Data de Nascimento: Date of Birth: País de Nascimento: Country of Birth: Nacionalidade Actual: Current Nationality: Emitido

Leia mais

CASNA. Bem-vindo à escola luxemburguesa! Informações para pais e alunos estrangeiros. Português

CASNA. Bem-vindo à escola luxemburguesa! Informações para pais e alunos estrangeiros. Português Bem-vindo à escola luxemburguesa! Português PT Informações para pais e alunos estrangeiros CASNA Cellule d accueil scolaire pour élèves nouveaux arrivants Bem-vindo à escola luxemburguesa! Informações

Leia mais

M U N I C Í P I O D E V A L E N Ç A C ÂM ARA MUNIC I PAL

M U N I C Í P I O D E V A L E N Ç A C ÂM ARA MUNIC I PAL REGULAMENTO MUNICIPAL DE MEDIDAS DE APOIO SOCIAL A FAMÍLIAS CARENCIADAS DO CONCELHO DE VALENÇA Preâmbulo A atual situação económica tem provocado o aumento das situações de desemprego e como tal um elevado

Leia mais

REPÚBLICA DE ANGOLA CONSULADO GERAL EM NOVA YORK

REPÚBLICA DE ANGOLA CONSULADO GERAL EM NOVA YORK REPÚBLICA DE ANGOLA CONSULADO GERAL EM NOVA YORK Please attach your photograph here VISA REQUIREMENT FORM Please complete this form in black ink Your current passport and Tick the appropriate box with

Leia mais

EQUIVALÊNCIAS DE CRÉDITOS EQUIVALÊNCIAS DE CRÉDITOS E DUPLOS DIPLOMAS EQUIVALENCES DE CRÉDITS ET DOUBLE DIPLÔMES

EQUIVALÊNCIAS DE CRÉDITOS EQUIVALÊNCIAS DE CRÉDITOS E DUPLOS DIPLOMAS EQUIVALENCES DE CRÉDITS ET DOUBLE DIPLÔMES Encontros Acadêmicos de São Paulo 23/09/2005 EQUIVALÊNCIAS DE CRÉDITOS E DUPLOS DIPLOMAS EQUIVALENCES DE CRÉDITS ET DOUBLE DIPLÔMES EQUIVALÊNCIAS DE CRÉDITOS Aproveitamento de estudos realizados em outra

Leia mais

PLUS QU UNE ÉCOLE UN AVENIR MAIS QUE UMA ESCOLA UM FUTURO

PLUS QU UNE ÉCOLE UN AVENIR MAIS QUE UMA ESCOLA UM FUTURO PLUS QU UNE ÉCOLE UN AVENIR MAIS QUE UMA ESCOLA UM FUTURO MAIS QUE UMA ESCOLA UM FUTURO O Lycée Français International de Porto, localizado num local excecional, com amplos espaços verdes, não tem parado

Leia mais

PROVA DE EXPRESSÃO ORAL E

PROVA DE EXPRESSÃO ORAL E FRANCÊS 12.ºANO NÍVEL DE CONTINUAÇÃO PROVA DE EXPRESSÃO ORAL E Esta prova desenvolve-se em três partes e tem uma duração aproximada de 20 minutos para cada grupo de dois alunos. Domínios de referência

Leia mais

GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO POR MORTE INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P

GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO POR MORTE INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO POR MORTE INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Subsídio por Morte (7011 v4.13) PROPRIEDADE Instituto da Segurança Social, I.P. AUTOR Centro Nacional

Leia mais

Submitting Time: Between 09:00am -13:00pm (Mon-Fri). No appointment needed. Processing time: Five working days from dropping off your visa Application

Submitting Time: Between 09:00am -13:00pm (Mon-Fri). No appointment needed. Processing time: Five working days from dropping off your visa Application Embassy of São Tome and Príncipe in Lisbon Av. 5 de Outubro, 35, 4º andar, 1000-017 Lisbon Tel: +351 8461917 E-mail: embaixada@emb-saotomeprincipe.pt Website: www.emb-saotomeprincipe.pt Required Documents

Leia mais

Guião A. Descrição das actividades

Guião A. Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Ponto de Encontro Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: Um Mundo de Muitas Culturas Duração da prova: 15 a 20 minutos 1.º MOMENTO

Leia mais

REQUERIMENTO Documentos de estabelecimentos privados de ensino superior

REQUERIMENTO Documentos de estabelecimentos privados de ensino superior IESE A preencher pelos serviços Despacho DSSRES: Data: Índice n.º RD: Data: Selo de registo de entrada na DGES REQUERIMENTO Documentos de estabelecimentos privados de ensino superior Este formulário destina-se

Leia mais

A formação do engenheiro para as próximas décadas

A formação do engenheiro para as próximas décadas Seminário Inovação Pedagógica na Formação do Engenheiro Universidade de São Paulo Maio de 2003 A formação do engenheiro para as próximas décadas Henrique Lindenberg Neto Escola Politécnica da Universidade

Leia mais

Norma Regulamentar n.º 12/2010-R, de 22 de Julho Instituto de Seguros de Portugal

Norma Regulamentar n.º 12/2010-R, de 22 de Julho Instituto de Seguros de Portugal Norma Regulamentar n.º 12/2010-R, de 22 de Julho Instituto de Seguros de Portugal O Instituto de Seguros de Portugal aprovou hoje a Norma Regulamentar n.º 12/2010 R, relativa à utilização de fundos de

Leia mais

MODALIDADES DE FINANCIAMENTO DA FORMAÇÃO PROFISSIONAL Como mobilizar os recursos do setor privado?

MODALIDADES DE FINANCIAMENTO DA FORMAÇÃO PROFISSIONAL Como mobilizar os recursos do setor privado? MODALIDADES DE FINANCIAMENTO DA FORMAÇÃO PROFISSIONAL Como mobilizar os recursos do setor privado? Apresentação Marc Ziegler / Instituições e desenvolvimento REFERÊNCIA ÀS PRINCIPAIS FONTES DE FINANCIAMENTO

Leia mais

FONTE Aviso do Ministério dos Negócios Estrangeiros (Diário do Governo, I Série n.º 108, p. 493)

FONTE Aviso do Ministério dos Negócios Estrangeiros (Diário do Governo, I Série n.º 108, p. 493) DATA 27.4.1963 FONTE Aviso do Ministério dos Negócios Estrangeiros (Diário do Governo, I Série n.º 108, p. 493) SUMÁRIO Torna público ter sido concluído em Camberra um acordo entre o governo português

Leia mais

X-MET8000. Confie, mas verifique: garanta a qualidade do produto com o último analisador de XRF portátil da Oxford Instruments

X-MET8000. Confie, mas verifique: garanta a qualidade do produto com o último analisador de XRF portátil da Oxford Instruments QUALIDADE Confie, mas verifique: garanta a qualidade do produto com o último analisador de XRF portátil da Oxford Instruments Identificação rápida e confiável de ligas e composições elementares para: Controle

Leia mais

GUIA PRÁTICO CARTÃO EUROPEU DE SEGURO DE DOENÇA INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P

GUIA PRÁTICO CARTÃO EUROPEU DE SEGURO DE DOENÇA INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P GUIA PRÁTICO CARTÃO EUROPEU DE SEGURO DE DOENÇA INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Cartão Europeu de Seguro de Doença (N39 - v4.07) PROPRIEDADE Instituto da Segurança

Leia mais

7114 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A N. o 241 19 de Dezembro de 2005 MINISTÉRIO DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE SOCIAL TÍTULO I. Disposições gerais

7114 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A N. o 241 19 de Dezembro de 2005 MINISTÉRIO DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE SOCIAL TÍTULO I. Disposições gerais 7114 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A N. o 241 19 de Dezembro de 2005 Aux fins de l application de l article 6, paragraphe 5, les autorités compétentes sont le commandant en chef de la police («Komendant

Leia mais

VISTO DE TRATAMENTO MÉDICO

VISTO DE TRATAMENTO MÉDICO VISTO DE TRATAMENTO MÉDICO Documentos necessários: ESTRANG e O Ã E AÇ Carta do interessado, dirigida à Missão Consular de Angola, a solicitar o Visto de Tratamento Médico, com assinatura R G I reconhecida

Leia mais

Angola Tourist visa Application

Angola Tourist visa Application Angola Tourist visa Application IMPORTANT: Please enter your contact information Name: Email: Tel: Mobile: The latest date you need your passport returned in time for your travel: Angola tourist visa checklist

Leia mais

APPEL À COMMUNICATIONS CHAMADA DE TRABALHOS

APPEL À COMMUNICATIONS CHAMADA DE TRABALHOS APPEL À COMMUNICATIONS CHAMADA DE TRABALHOS 4 ème Congrès TRANSFORMARE Centre Franco Brésilien de Recherches en Innovation, Organisations et Durabilité ISC Institut Supérieur de Commerce de Paris 22, bd

Leia mais

Championnat du Monde des Jeunes Eau Douce U14 U18 U23

Championnat du Monde des Jeunes Eau Douce U14 U18 U23 Championnat du Monde des Jeunes Eau Douce U14 U18 U23 Organization: Support: Invitation Monsieur le Président, La Fédération Portugaise de Pêche Sportive a l honneur d inviter l équipe nationale de votre

Leia mais

REPUBLIC OF ANGOLA EMBASSY OF ANGOLA IN THE UNITED STATES OF AMERICA CONSULAR SECTION

REPUBLIC OF ANGOLA EMBASSY OF ANGOLA IN THE UNITED STATES OF AMERICA CONSULAR SECTION REPUBLIC OF ANGOLA EMBASSY OF ANGOLA IN THE UNITED STATES OF AMERICA CONSULAR SECTION 2100-2108 16 TH STREET N.W., WASHINGTON, D.C. 20009 Tel: (202) 785-1156 Fax: (202) 452-1043 PEDIDO DE VISTO / VISA

Leia mais

GUIA PRÁTICO APADRINHAMENTO CIVIL CRIANÇAS E JOVENS

GUIA PRÁTICO APADRINHAMENTO CIVIL CRIANÇAS E JOVENS Manual de GUIA PRÁTICO APADRINHAMENTO CIVIL CRIANÇAS E JOVENS INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/7 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Apadrinhamento Civil Crianças

Leia mais

34º CAMPEONATO DA EUROPA DE SUB-17 MASCULINOS

34º CAMPEONATO DA EUROPA DE SUB-17 MASCULINOS Para: De: FEDERAÇÕES EUROPEIAS PRESIDENTE DO CERH Data: 22 de Março de 2014 Assunto: 34º CAMPEONATO DA EUROPA DE SUB-17 MASCULINOS Exmºs Senhores: Como estabelecido no ponto 4 do meu Comunicado refª FG-005/2014,

Leia mais

Inquérito aos Diplomados Graduate survey CURSOS DE MESTRADO MASTER COURSES ISMAI

Inquérito aos Diplomados Graduate survey CURSOS DE MESTRADO MASTER COURSES ISMAI Inquérito aos Diplomados Graduate survey CURSOS DE MESTRADO MASTER COURSES ISMAI Introdução Durante as duas últimas semanas de Fevereiro de 21, foi realizado nas instalações do ISMAI um inquérito aos diplomados

Leia mais

1 por quarto, por estada 1 par chambre, par séjour

1 por quarto, por estada 1 par chambre, par séjour 1 por quarto, por estada 1 par chambre, par séjour 1 por quarto, por estada Desde 2012 que depositamos anualmente 10 000 na conta Small Gestures Big Hopes. Adicionalmente, contamos com os nossos hóspedes

Leia mais

GOLDEN VISA Junho 2013 AUTORIZAÇÃO DE RESIDÊNCIA ATRAVÉS DE INVESTIMENTO EM PORTUGAL

GOLDEN VISA Junho 2013 AUTORIZAÇÃO DE RESIDÊNCIA ATRAVÉS DE INVESTIMENTO EM PORTUGAL GOLDEN VISA Junho 2013 AUTORIZAÇÃO DE RESIDÊNCIA ATRAVÉS DE INVESTIMENTO EM PORTUGAL Portugal já está a atribuir os Golden Residence Permit a cidadãos não- Europeus no caso de realização de determinados

Leia mais

Golden Visa Vistos Gold. Golden Visa Vistos Gold. dossiers. Public Finances and Debt Dívida e Finanças Públicas

Golden Visa Vistos Gold. Golden Visa Vistos Gold. dossiers. Public Finances and Debt Dívida e Finanças Públicas dossiers Public Finances and Debt Dívida e Finanças Públicas Last Update Última Actualização: Next Release Próxima Actualização Copyright 2014 Portugal Economy Probe PE Probe Prepared by PE Probe Preparado

Leia mais

GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO DE FUNERAL

GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO DE FUNERAL Manual de GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO DE FUNERAL INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/8 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Subsídio de Funeral (4003 v4.15) PROPRIEDADE Instituto

Leia mais

Caro aluno preencha TODO o formulário e APRESENTE A DOCUMENTAÇÃO solicitada, para que não haja prejuízo na avaliação de seu pedido.

Caro aluno preencha TODO o formulário e APRESENTE A DOCUMENTAÇÃO solicitada, para que não haja prejuízo na avaliação de seu pedido. FOTO 3X4 CAMPUS SOUSA COORDENAÇÃO GERAL DE ASSISTÊNCIA AO EDUCANDO/SERVIÇO SOCIAL QUESTIONÁRIO SOCIOECONÔMICO Caro aluno preencha TODO o formulário e APRESENTE A DOCUMENTAÇÃO solicitada, para que não haja

Leia mais

Perguntas & Respostas

Perguntas & Respostas Perguntas & Respostas 17 de Abril de 2008 Versão Portuguesa 1. O que é uma Certidão Permanente?...4 2. Como posso ter acesso a uma Certidão Permanente?...4 3. Onde posso pedir uma Certidão Permanente?...4

Leia mais

VISTO DE PERMANÊNCIA TEMPORÁRIA

VISTO DE PERMANÊNCIA TEMPORÁRIA VISTO DE PERMANÊNCIA TEMPORÁRIA Documentos necessários: ESTRANG e O Ã E AÇ Requerimento fundamentado, dirigido à Missão Consular de Angola, a solicitar o Visto de Permanência Temporária, R G I com assinatura

Leia mais

NORMAS DE FUNCIONAMENTO DOS CURSOS DE LÍNGUAS (TURMAS REGULARES E INTENSIVAS) 2015/2016

NORMAS DE FUNCIONAMENTO DOS CURSOS DE LÍNGUAS (TURMAS REGULARES E INTENSIVAS) 2015/2016 NORMAS DE FUNCIONAMENTO DOS CURSOS DE LÍNGUAS (TURMAS REGULARES E INTENSIVAS) 2015/2016 1. Tipos de turma e duração: O CLECS oferece dois tipos de turma: regular e intensivo. Além destas turmas, o CLECS

Leia mais

VISTO DE FIXAÇÃO E RESIDÊNCIA. e Residência, com assinatura reconhecida no Notário e visado por este Consulado;

VISTO DE FIXAÇÃO E RESIDÊNCIA. e Residência, com assinatura reconhecida no Notário e visado por este Consulado; VISTO DE FIXAÇÃO E RESIDÊNCIA Documentos necessários: ESTRANG e O Ã E AÇ Carta do requerente, devidamente fundamentada, dirigida à Missão Consular de Angola, a solicitar o Visto de Fixação R G I IRO e

Leia mais

GUIÃO Domínio de Referência: CIDADANIA E MULTICULTURALISMO

GUIÃO Domínio de Referência: CIDADANIA E MULTICULTURALISMO PROJECTO PROVAS EXPERIMENTAIS DE EXPRESSÃO ORAL DE LÍNGUA ESTRANGEIRA - 2005-2006 Ensino Secundário - Inglês, 12º ano - Nível de Continuação 1 1º Momento GUIÃO Domínio de Referência: CIDADANIA E MULTICULTURALISMO

Leia mais

Visto de Permanência Temporária

Visto de Permanência Temporária Visto de Permanência Temporária Documentos necessários: Requerimento fundamentado, dirigido à Missão Consular de Angola, a solicitar o Visto de Permanência Temporária, com assinatura reconhecida no Notário

Leia mais

PARTE I /PARTIE I A PREENCHER PELA INSTITUIÇÃO DO LUGAR DE RESIDÊNCIA / À REMPLIR PAR L INSTITUTION DU LIEU DE RÉSIDENCE

PARTE I /PARTIE I A PREENCHER PELA INSTITUIÇÃO DO LUGAR DE RESIDÊNCIA / À REMPLIR PAR L INSTITUTION DU LIEU DE RÉSIDENCE Ver «instruções» na última página Voir «instructions» à la dernière page PT/MA-13 CONVENÇÃO SOBRE SEGURANÇA SOCIAL ENTRE A REPÚBLICA PORTUGUESA E O REINO DE MARROCOS CONVENTION DE SÉCURITÉ SOCIALE ENTRE

Leia mais

Formulário para Visto Visa Application Form

Formulário para Visto Visa Application Form CONSULATE GENERAL OF INDIA São Paulo Brazil Av. Paulista, 925 7º Andar CEP 01311-100 São Paulo/SP Telefone: (11) 3171-0340 / Fax: (11) 3171-0342 www.indiaconsulate.org.br Formulário para Visto Visa Application

Leia mais

Carteira profissional europeia Possível impacto nos custos administrativos (autoridades competentes e outras entidades públicas interessad

Carteira profissional europeia Possível impacto nos custos administrativos (autoridades competentes e outras entidades públicas interessad Carteira profissional europeia Possível impacto nos custos administrativos (autoridades competentes e outras entidades públicas interessad Fields marked with are mandatory. Introdução O questionário refere-se

Leia mais

Previdência social. Social Welfare

Previdência social. Social Welfare Direitos trabalhistas Saúde 75 a 08 Previdência social Social Welfare 08 76 VIDA NA IRLANDA Os pagamentos se dividem em 3 categorias: 1. Contributivos: Os pagamentos do seguro social (geralmente chamados

Leia mais

instituições de comprovada valia social, o qual visa concretizar, especificando, o compromisso a que está vinculada.

instituições de comprovada valia social, o qual visa concretizar, especificando, o compromisso a que está vinculada. DECISÃO relativa ao programa para a atribuição de subsídio à aquisição de equipamentos de recepção das emissões de TDT por parte de cidadãos com necessidades especiais, grupos populacionais mais desfavorecidos

Leia mais

APPLICATION GUIDE Portugal

APPLICATION GUIDE Portugal IATA TRAVEL AGENT APPLICATION GUIDE Portugal FEES - IATA TRAVEL AGENT CHECK LIST Sede - Head Office / Filial - Branch Instruções e requisitos aplicáveis à acreditação como Agência IATA: Formulário Application

Leia mais

聯 絡 人 電 話 TELEFONE TELEPHONE

聯 絡 人 電 話 TELEFONE TELEPHONE 隊 伍 報 名 表 / Boletim de Inscrição de Equipa / Team Registration Form ( 截 止 遞 交 日 期 / Data de entrega até / To submit by 9: 3/3/2) ( 每 一 請 填 寫 一 張 表 格./ Preencha um formulário para cada prova. / Please fill

Leia mais

MERCI DE NOUS RENVOYER VOTRE TEST A : info@soft-formation.com TEST PORTUGAIS NOM DU STAGIAIRE : PRENOM DU STAGIAIRE :

MERCI DE NOUS RENVOYER VOTRE TEST A : info@soft-formation.com TEST PORTUGAIS NOM DU STAGIAIRE : PRENOM DU STAGIAIRE : - 1 - MERCI DE NOUS RENVOYER VOTRE TEST A : info@soft-formation.com TEST PORTUGAIS SOCIETE : RESPONSABLE FORMATION : TELEPHONE : FAX : NOM DU STAGIAIRE : PRENOM DU STAGIAIRE : TELEPHONE : FAX : DATE DU

Leia mais