SOLUÇÃO INTEGRADA DE SOFTWARE DE GESTÃO EMPRESARIAL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SOLUÇÃO INTEGRADA DE SOFTWARE DE GESTÃO EMPRESARIAL"

Transcrição

1 ANEXO I Termo de Referência SOLUÇÃO INTEGRADA DE SOFTWARE DE GESTÃO EMPRESARIAL TERMO DE REFERÊNCIA SUANE/CESER E SUSEG/GELIC /001 1

2 1. DEFINIÇÃO DO OBJETO 1.1 Produtos: Fornecimento de solução integrada de software de gestão empresarial voltada para as rotinas de pagamento a fornecedores e gestão de contratos administrativos, destinada ao BRB Banco de Brasília S.A. 1.2 Serviços: Prestação de serviços pela Contratada para implementação da solução adquirida (módulos de Contas a Pagar e Gestão de Contratos), observadas as regras de negócio do Banco e os prazos previstos neste Termo de Referência para entrega das tarefas devidamente concluídas Prestação de serviços de parametrização a ser desenvolvido por técnicos da Contratada, em qualidade e quantidade necessárias para o cumprimento dos prazos previstos neste Termo de Referência, mediante orientação negocial do Banco Prestação de serviços de suporte técnico, orientação e treinamento aos usuários Prestação de serviços de manutenção corretiva, legal e evolutiva por parte da Contratada durante e após a conclusão da implantação/parametrização da solução. 2. DETALHAMENTO DO OBJETO 2.1 Os serviços de implementação englobam a migração da base de dados, inclusive desenvolvimento de programa conversor, se for o caso. 2.2 Quanto à prestação de serviços de suporte técnico, orientação e treinamento aos usuários técnicos (UT), usuários administradores (UA), usuários gestores (UG), e usuários comuns (UC), deverá ser observado o seguinte: Usuários técnicos (UT): são aqueles que necessitam ter aprofundamento no conhecimento do software do ponto de vista tecnológico, tais como baixa de atualizações/versões, relacionamento das camadas do software (cliente, aplicação, banco de dados, WEB), balanceamento de banco de dados e outros, devendo este profissional estar apto após o treinamento a realizar tarefas dessa natureza, reconhecendo os motivos para qualquer interrupção do sistema, caso ocorra Usuários administradores (UA): são aqueles que necessitam ter noções de elementos tecnológicos e conhecimento amplo da parametrização do sistema, estando aptos a prestar suporte operacional ao usuário comum, além de ter acesso às funcionalidades de auditoria e cadastro de novos usuários Usuários gestores (UG): são aqueles que necessitam ter noções de elementos tecnológicos e conhecimento amplo da parametrização do sistema, estando aptos a prestar suporte operacional ao usuário comum Usuários comuns (UC): são aqueles que realizam as operações na solução para o processamento diário das atividades internas sob sua responsabilidade. 2.3 Suporte técnico in loco a ser oferecido aos usuários técnicos, usuários administradores, usuários gestores e usuários comuns, em horário comercial, por telefone, fax, via ou na sede do Banco, conforme a necessidade, salvo situação especial comunicada previamente pelo Banco. TERMO DE REFERÊNCIA SUANE/CESER E SUSEG/GELIC /XXX 2

3 3. FUNDAMENTAÇÃO DA CONTRATAÇÃO 3.1 Necessidades de negócio: Para realização dos pagamentos aos fornecedores de bens e serviços para a Direção Geral do Banco, a cargo da Gerência de Serviços de Retaguarda Geser, atualmente utiliza-se o CPG, sistema repassado pela Cartão BRB, pelo qual são efetuados pagamentos mensais de aproximadamente notas fiscais, que somam um total superior a R$24 milhões Devido ao sistema não ter sido construído pelo Banco, o código fonte e as regras de negócios nele existentes não são conhecidas pela área de informática, o que impossibilita qualquer alteração ou ajuste quando necessário, assim como também as devidas manutenções corretivas e evolutivas, consideradas essenciais ao seu correto funcionamento A impossibilidade de ajustes e alterações no sistema CPG resultam numa série de dificuldades, a exemplo das alterações nas alíquotas de cálculos dos tributos e de eventuais falhas de processamento, que exigem, na maioria dos casos, a contratação de empresas terceiras especializadas para sanar temporariamente o problema Ressalta-se também, que a Gerência de Licitações Gelic, atualmente responsável pela gestão de mais de 700 (setecentos) contratos que atendem a diversas áreas do Banco, não dispõe de um sistema operacional específico ao gerenciamento deste trabalho Os contratos administrativos são celebrados das mais variadas formas previstas em lei e possuem especificidades que requerem um rígido controle sobre eles. Tal controle vem sendo mantido por meio de planilhas eletrônicas elaboradas manualmente, promovendo um alto risco de falhas motivadas por interferência humana Diante desses fatos, considera-se indispensável a aquisição de uma nova solução tecnológica integrada para as rotinas de pagamento a fornecedores, em substituição ao CPG, com um módulo adicional específico para a gestão de contratos administrativos. 3.2 Benefícios da contratação: A aquisição de uma nova solução tecnológica para as rotinas de pagamento a fornecedores e gestão de contratos administrativos, resultará em expressiva melhoria dos serviços executados pelas áreas e na otimização dos processos relacionados, o que proporcionará ao Banco uma série de benefícios operacionais e financeiros. 4. REQUISITOS DA SOLUÇÃO 4.1 PLATAFORMA TECNOLÓGICA Ambiente de Plataforma Tecnológica Aberta Midrange Utilizada para processamento de sistemas corporativos em baixa plataforma. A estratégia definida e que o BRB vem seguindo é a utilização de ambiente virtualizado. Dessa forma, a solução a ser adquirida deverá ser compatível com os sistemas operacionais informados nos itens subsequentes, rodando em ambiente virtualizado sobre sistema operacional VMWare Vsphere ESX 4.0 e/ou superior Hardware básico: a) Processadores : Dual-Core e Hexa-core; b) Servidores Unisys ES7000 Modelo Single Core, 4 Xeon X64 (2,83Ghz) (16GB RAM); TERMO DE REFERÊNCIA SUANE/CESER E SUSEG/GELIC /XXX 3

4 c) Servidores Unisys ES7000 Modelo One Dual Core, 4 Xeon Dual Core X64 (2,66Ghz) (16GB RAM); d) Servidores Unisys ES7000 Modelo 7600R, sistema particionável com 4 células eletricamente independentes, 16 processsadores Intel Xeon X7460 Hexacore de 2.66 Ghz com 16MB de memória cache e 1066 Mhz de FSB, 128 GB de memória por célula, 3 discos internos de 146 GB 15K RPM co controladora RAID em RAID 1 + htospare Software básico: a) Sistema Operacional: Windows Datacenter 2008, MS Windows 2000 e 2003 Server, MS Windows 2000 Advanced Server; b) Software para virtualização: VMWARE vsphere 4; c) c)gerenciadores de Banco de Dados: Oracle versão 10g ou superior e SQL Server 2000 ou superior; d) Ferramenta de Mensageria: Websphere Application Server e MQ Serires 7.0 da IBM; e) Sistema de Backup baseado no padrão: CA-ArcServe Backup 13.1; f) Sistema de proteção anti-vírus: padrão McAfee versão 5; g) Sistema Operacional de Rede: padrão 2000, 2003 Server ou superior; h) Sistema de Correio Eletrônico: MS-Exchange Server versão 2000 ou superior; i) Sistema de Intranet/Internet: MS-Internet Information Server 6.0 ou superior Software básico Plataforma Aberta: a) Sistema Operacional Linux CentOS; b) SGBD MysSQL; c) Jboss; d) Tomcat Ambiente de Plataforma Tecnológica Aberta INTEL/AMD Servidores em Rede baseados no padrão INTEL Xeon (ou superior) mono e multiprocessados e/ou AMD Opteron mono e multiprocessados. Utilizada para processamento de demais sistemas negociais e ambientes de testes e homologação Hardware Básico: a) Servidor DELL Power Edge 1950, 2 Xeon Dual Core X64 (1,66 Ghz) (4GB RAM), 2 Xeon Quad Core X64 (1,66 Ghz) (4 GB RAM); b) Servidor ITAUTEC Tipo 2: 2 Xeon Dual Core X64 (1,86 Ghz) (4GB RAM), 2 Xeon Quad Core X64 (1,60 Ghz) (4GB RAM); c) Servidor ITAUTEC Tipo 3: 1 Xeon Dual Core X64 (1,66 Ghz) (2GB RAM); d) Servidor ITAUTEC Tipo 4: 1 Xeon Dual Core X64 (1,66 Ghz) (2GB RAM), 1 Xeon Quad Core X64 (1,60 Ghz) (2GB RAM) Software básico: a) Sistema Operacional de Rede: padrão Windows 2000, 2003 Server ou superior; b) Sistema de proteção anti-vírus e anti-spam: padrão McAfee versão ; c) Sistema de Backup baseado no padrão: CA-ArcServe Backup13.1 ou superior; TERMO DE REFERÊNCIA SUANE/CESER E SUSEG/GELIC /XXX 4

5 d) Sistema de Correio Eletrônico: MS-Exchange Server versão 2000 ou superior; Pregão Eletrônico nº e) Sistema de Intranet/Internet: MS-Internet Information Server 6.0 ou superior e Apache Tomcat; f) Correio: Outlook Express/Microsoft Outlook; g) Servidor de Aplicações: Websphere, Jboss; h) Ferramenta de Mensageria: Websphere Aplication Server, MQ 7 da IBM i) Ferramenta Scheduler: Opcon; j) Ferramenta ETL: Powercenter; k) Controle de Versões: Subversion 1.6 ou superior; l) Emulador de Terminais Unisys: Plenus e TRM; m) Gerenciador de Conteúdo: ACMS (Áton Content Management System); n) Escritório: Open Office (BR Office); Microsoft Office 97, Ambiente de Plataforma Tecnológica de Storage Corporativo EMC² Utilizado para armazenamento e atualização de dados transacionais, negociais e backup Hardware básico: Subsistema de Discos Symmetrix Enterprise Storage modelo DMX a) Discos de 73 15K RPM; b) Discos de K RPM; c) Discos de RPM; d) Discos de 7200 RPM; e) 64 GB CACHE; f) 16 portas FC 4 gbits para front end; g) 16 portas FC 4 gbits para back end; h) SAN Director CISCO MDS 9509 V2 (2 módulos de 48 portas FC 4 GB SW Subsistema de Discos Clariion modelo CX4-120F Software Básico: a) SRDF; b) EMC CONTROL CENTER; c) EMC TIME FINDER CLONE; d) EMC SYMM PKG; e) POWER PATH ENTERPRISE; f) Gerenciador SGBD: Oracle 10g (ou superior), SQL Server 2000 (ou superior); g) DMSII; h) Oracle 10g/11g; i) Microsoft SQL Server 2000/2008; j) MySQL. TERMO DE REFERÊNCIA SUANE/CESER E SUSEG/GELIC /XXX 5

6 4.2 REQUISITOS TECNOLÓGICOS Requisitos de Compatibilidade: Ser compatível com Microsoft Windows e 64 bits e versões futuras Ser compatível com ORACLE 11g sobre linux RAC e versões futuras, compartilhando a mesma instância com outros esquemas de bancos de dados Disponibilizar ao Banco, permanentemente, o Modelo de Dados Disponibilizar ao Banco, permanentemente, o Dicionário de Dados Disponibilizar ao Banco, permanentemente, os Scripts de Criação e manutenção de Base A Solução Tecnológica Integrada de Contas a Pagar e Gestão de Contratos e o SGBD devem apresentar a funcionalidade de trabalhar em cluster e/ou RAC sem ônus para o BRB Infra-estrutura de software: Ser constituído de arquitetura no mínimo em três camadas (cliente, aplicação e banco de dados), onde os elementos de uma aplicação estejam nitidamente separados nestas camadas de dados Ter na camada cliente a opção de apresentação WEB para o usuário comum e Terminal Service Utilizar o TCP/IP como protocolo básico de comunicações entre as diversas camadas Interface em padrão Windows e padrão Web, compatível com Internet Explorer 7.0 ou superior e Firefox 3.x além de garantir compatibilidade com o padrão W3C Permitir a construção de áreas modularizadas por processo/usuário Permitir a configuração de designação do ambiente WEB, inclusive alteração de cores e alteração de logomarca Permitir a criação de campos e tabelas, conforme a necessidade do Banco, garantindo-se a não alteração dos campos e tabelas do Banco quando da realização de atualização de versão Integração com ferramentas de escritório (MS Office 2000 ou superior e Open Office) e integração com agentes de correio eletrônico em padrão SMTP Ser desenvolvido e codificado para ambiente operacional de 64 e 32 bits Ser operado a partir de estações de trabalho locais ou remotas, conectadas à LAN (via Ethernet, ATM, Frame Relay, Interlan e MPLS) ou à WAN (via Frame Relay, Interlan e MPLS), sem restrições de desempenho ou tempo de resposta, considerando os limites tecnológicos do tipo de acesso utilizado A Solução Tecnológica Integrada para Gestão de Contratos e Contas a Pagar deverá ser instalada em qualquer servidor independente do número de processadores ou clock do servidor, sem variação de custo da solução Permitir pelo menos 100 (cem) usuários conectados simultaneamente sem prejuízo de desempenho Permitir pelo menos 50 (cinqüenta) usuários realizando processamentos simultaneamente sem prejuízo de desempenho Infra-estrutura de hardware: No processo inicial de implementação da solução, será disponibilizado pelo BRB o ambiente descrito nos itens a seguir: TERMO DE REFERÊNCIA SUANE/CESER E SUSEG/GELIC /XXX 6

7 a) Servidores de banco de dados: Dois servidores Unisys ES7000 Modelo 600 Single Core, 4 Xeon HT X64 (2,83Ghz) (16GB RAM), com placa HBA para a SAN. b) Servidores de aplicação: Um servidor ITAUTEC 1 Xeon Dual Core X64 (1,66 Ghz) (2GB RAM), podendo ser disponibilizado também servidor virtual com configuração semelhante. c) Área de armazenamento: 30 (trinta) GB configurado em RAID Para o ambiente definitivo deverá ser fornecido pela licitante, na proposta técnica, o dimensionamento (sizing) de ambiente computacional (servidores e área de armazenamento) que suporte todos os macroprocessos descritos neste Edital O dimensionamento deverá estar aderente às plataformas de tecnologia utilizadas pelo BRB em seu ambiente de produção A solução deverá ser capaz de funcionar no sistema operacional constante no item 4.2.1, sobre virtualização VMWare ESX versão 4.0 ou superior, sem qualquer prejuízo de sua funcionalidade e performance O licenciamento adquirido deverá contemplar também as instalações para os ambientes de teste e homologação A Contratada deverá providenciar a aquisição de quantas licenças forem necessárias para os softwares adicionais requeridos para o funcionamento do sistema, caso estes não façam parte dos softwares já licenciados pelo BRB Integrações com outros sistemas e importação ou exportação seletiva: Integração com o Sistema de Contabilidade COC: a) Gerar arquivo de integração, conforme layout do sistema COC, sistema que integra todos os lançamentos contábeis gerados pelos diversos sistemas. O roteiro de integração deste sistema é apresentado no Anexo I-A deste Termo de Referência; b) Permitir a totalização geral da integração contábil; c) Tratar os arquivos de retorno conforme interesse do Banco, de forma flexível e parametrizável Integração com o Sistema de Contas Correntes DCC: a) Gerar arquivo de integração, conforme layout do sistema DCC, sistema responsável pelos créditos e débitos nas contas correntes dos fornecedores e clientes. O roteiro de integração deste sistema é apresentado no Anexo I-B deste Termo de Referência; b) Tratar arquivos de retorno do sistema DCC conforme interesse do Banco, de forma flexível e parametrizável Integração com o Sistema de Pagamentos Brasileiro SPB: a) Gerar arquivo de integração, conforme layout das mensagens cadastradas no sistema SPB. O roteiro para integração com este sistema é apresentado no Anexo I-C deste Termo de Referência; b) Tratar os arquivos de retorno do sistema SPB conforme interesse do Banco, de forma flexível e parametrizável Integração com o Sistema de Fluxo de Caixa FLX: α) Gerar arquivo de integração, conforme layout do sistema FLX, sistema de fluxo de caixa, também apresentado no Anexo I-C deste Termo de Referência. β) Tratar os arquivos de retorno do sistema FLX conforme interesse do Banco, de forma flexível e parametrizável. TERMO DE REFERÊNCIA SUANE/CESER E SUSEG/GELIC /XXX 7

8 Integração com demais sistemas do Banco e parceiros: Pregão Eletrônico nº a) Permitir a importação ou exportação de dados para outros sistemas, através da definição de layout especiais, mantendo a integralidade dos mesmos, tais como: SRF (DCTF/DARF/DIRF), SEFAZ-DF (Livro Eletrônico). b) Permitir a leitura de arquivos com extensão.txt ou.xls, com qualquer layout, inclusive aqueles que contenham header, trailer e totalizadores de valor ou quantidade, e realizar a importação dos dados para diferentes tabelas e campos do sistema conforme a necessidade operacional do Banco. c) Permitir a exportação de informações do sistema, de quaisquer campos ou tabelas, em layout.txt ou.xls, conforme layout a ser definido pelo Banco. d) Suportar a formatação dos campos para exportação, sem prejuízo do layout original do sistema, como, por exemplo, definição de zeros à esquerda para campos numéricos, exclusão de caracteres especiais (traços, vírgulas, pontos, etc.), alinhamento à direita ou esquerda e outras formatações que se fizerem necessárias para a correta geração de arquivos de exportação para sistemas legados ou para entidades externas ao Banco Possibilitar a integração com o correio eletrônico Microsoft Exchange 2000 e versões posteriores Os modelos e layouts apresentados nos Anexos I-A, I-B e I-C deste Termo de Referência podem sofrer alterações, por força de necessidades negociais/técnicas. Caberá ao Banco, quando da assinatura do contrato repassar à Contratada eventuais alterações, para perfeita integração com os sistemas do banco Requisitos técnicos de segurança: Quando da instalação do software no ambiente tecnológico do BRB, deverão ser respeitadas as normas previstas no Manual de Segurança da Informação e Comunicações, Módulo 2, Capítulo 2, Item 3, que regulamenta os seguintes procedimentos: O Apoio Administrativo da Superintendência de Produção - Supro / Superintendência de Sistemas - Susis é a área responsável pelo recebimento, alvaguarda dos softwares adquiridos pelo BRB e pelo encaminhamento da solicitação, via , à Gerência de Teleprocessamento, Infraestrutura e Suporte Getis, para proceder a análise, classificação e registro do software no Sistema de Patrimônio de Software SPS. a) Após análise, a Getis comunicará ao Apoio Administrativo sobre a efetivação do registro. b) Caso a solicitação de registro do software não seja de competência da Getis, a solicitação será encaminhada à Gerência de Administração de Redes, Monitoramento e Logística - Gemol, que efetuará o seu registro no SPS e informará ao Apoio Administrativo do Supro/Susis, via , sobre a efetivação do procedimento solicitado É proibido instalação de software pelo usuário, na rede corporativa de dados do BRB As solicitações de instalação de software devem ser encaminhadas, por meio de formulário, disponível no Correio Eletrônico em Pastas públicas --> Todas as pastas públicas -- > Formulários Eletrônicos --> Solicitação de Instalação de Software, o qual será enviado automaticamente para a Supro/Getis Para registro ou instalação de um software ainda não internalizado, a Getis encaminhará o formulário eletrônico para a Gerência de Segurança da da Informação - Gesei, que fará a análise da solicitação. a) Somente com a autorização da Gesei, a Getis dará prosseguimento ao atendimento da solicitação, levando-se em consideração a disponibilidade de licenças de uso do software; TERMO DE REFERÊNCIA SUANE/CESER E SUSEG/GELIC /XXX 8

9 b) Aprovada a solicitação, a Getis encaminhará o formulário eletrônico para a Nurec que executará a instalação; c) Caso contrário, informará ao usuário a rejeição do pedido, apresentando os respectivos motivos; d) Caso a solicitação não seja de competência da Getis, esta encaminhará o formulário para a Gemol, que adotará providências idênticas às descritas no parágrafo anterior; e) Cessada a necessidade de utilização do software, o usuário deverá solicitar ao Núcleo de Redes e Canais - Nurec, via , a sua desinstalação A Nurec manterá registros de todas as instalações e desinstalações realizadas, como equipamento onde o software foi instalado/desinstalado, número da licença etc, enviando estas informações à Getis, quando for de sua competência, ou à Gemol nos demais casos, para que essas Gerências possam atualizar os dados do respectivo software no SPS Perfil do usuário: Apresentar recursos que permitam a criação de diversos perfis de usuários, conforme a necessidade do Banco e a atividade exercida por cada usuário Permitir ajustar os acessos dos perfis por processo, tabela e campos, concomitante à possibilidade de customização de telas para inibir a visualização de campos Documentação do sistema e ajuda on-line: Disponibilizar ao Banco, permanentemente e sempre atualizado, o manual de produção da solução Disponibilizar ao Banco, permanentemente e sempre atualizado, o manual do usuário Ter disponível ajuda on line para os campos, processos e demais informações pertinentes para auxiliar o usuário durante a execução de suas atividades Ter disponível o dicionário de dados a qualquer tempo. 4.3 REQUISITOS FUNCIONAIS Hierarquia: Apresentar módulo flexível que permita a construção de hierarquia (por cargo/função, por lotação, por cargo/função e lotação) Permitir a alteração da hierarquia concomitante com a alteração de cargo/função e lotação Vincular os acessos de módulos e relatórios à hierarquia Manter histórico de hierarquia Perfil de acesso: Permitir pelo menos 100 usuários conectados simultaneamente Ter os seguintes níveis de usuários padrão: Usuário técnico: acesso limitado aos aspectos do sistema que não envolvem a regra do negócio (programa, parametrizações de desempenho de rede, itens de TI em geral) Usuário administrador (pagamentos): acesso ilimitado à solução, exceto no que diz respeito aos aspectos que não sejam ligados à parametrização da regra do negócio e às rotinas de gestão de contratos. TERMO DE REFERÊNCIA SUANE/CESER E SUSEG/GELIC /XXX 9

10 Usuário administrador (contratos): acesso ilimitado à solução, exceto no que diz respeito aos aspectos que não sejam ligados à parametrização da regra do negócio e às rotinas de pagamento a fornecedores Usuário gestor (pagamentos): acesso ilimitado à solução, exceto no que diz respeito aos aspectos que não sejam ligados à parametrização da regra do negócio, às rotinas de gestão de contratos, ao cadastro de usuários e aos recursos de auditoria Usuário gestor (contratos): acesso ilimitado à solução, exceto no que diz respeito aos aspectos que não sejam ligados à parametrização da regra do negócio, às rotinas de pagamento a fornecedores, ao cadastro de usuários e aos recursos de auditoria Usuário comum (pagamentos): acesso limitado aos processamentos relativos às rotinas de pagagamento a fornecedors e outros processos restritos a ser definidos pelos usuários gestores, conforme a necessidade Usuário comum (contratos): acesso limitado aos processamentos que necessita fazer relativos ao acompanhamento da execução/ateste do objeto dos contratos sob sua gestão, bem como remessa de notas fiscais e outros processos restritos Administradores e gestores: são definidos conforme o nível hierárquico atribuído a cada função. A função indicará, em seu registro, se é uma função de gestão e a qual nível hierárquico está vinculada. A solução deverá permitir desvios para situações excepcionais e o acesso às informações a cargo de cada área Cadastro de fornecedores: Exibir módulo que permita o cadastro de todos os fornecedores pessoa física ou jurídica do Banco Permitir o vínculo a um ou mais contratos administrativos Permitir o cadastro de gestores Quando da inclusão de um novo fornecedor, realizar a geração automática do sequencial Gerar relatórios com as informações referentes aos fornecedores PF/PJ, tais como: endereço, CPF/CNPJ, Inscrição Estadual/municipal, data de inclusão, dados bancários, preposto da empresa no BRB Retenção de impostos cálculos: Atendendo à legislação tributária vigente mencionada a seguir e aos normativos complementares da Sucon, será realizada a retenção dos tributos devidos pelos fornecedores quando do pagamento, tais como: ISS, IR, INSS, PIS, COFINS, CSLL, dentre outros. a) ISS: Lei Complementar Federal 116/2003, Decreto DF /2005; b) Imposto de Renda: Decreto nº 3.000/99; c) PIS/COFINS/CSLL: Lei nº /2003 e Instrução Normativa SRF nº 459/2004; d) Contribuição Previdenciária (INSS): Lei nº 8.212/91, Lei Complementar nº 123/2006, Instrução Normativa RFB nº 971/ Disponibilizar tela para composição de cálculo que não exija programação, mas sim lógica e conhecimento do negócio, em formato direto de utilização pelo usuário gestor e administrador (semelhante à simplicidade de uma tabela Excel, por exemplo) Registrar histórico das parametrizações realizadas em função de alterações nas alíquotas e outros ajustes Permitir a ativação e desativação de um cálculo, registrando as datas de ativação e de desativação. TERMO DE REFERÊNCIA SUANE/CESER E SUSEG/GELIC /XXX 10

11 Demonstrar mediante consulta, as regras parametrizadas para o processamento das rotinas de pagamento e cálculos de tributos Manter histórico de cálculos desativados, indicando a data de ativação/desativação e o motivo da desativação, quando for o caso Disponibilizar descritivo dos itens que compõem o cálculo de fácil acesso, de maneira que eles possam ser visualizados dentro da área do cálculo Módulo SQL: Permitir a execução de update ou insert e delete em tabelas a partir de senhas previamente cadastradas Exibir o relacionamento de tabelas do sistema, integral ou por módulos Permitir a distribuição de processamento entre estações clientes e o servidor de banco de dados Permitir a utilização de geradores de relatórios de terceiros como um complemento ao gerador do próprio sistema Permitir o cadastramento e execução de sentenças de consultas SQL, acessando diretamente o banco de dados Auditoria: Disponibilizar log dos campos com indicação dos acessos (quem e quando o processou) e operações realizadas no campo/registro Manter log de todas as operações realizadas no sistema Permitir a parametrização de métodos de auditoria conforme a necessidade do usuáriogestor e administrador Provisão: Possibilitar a conciliação das faixas contábeis de provisão, demonstrando através de extratos os lançamentos efetuados Apresentar os valores provisionados de forma analítica (por faixa contábil) e de forma sintética, a partir de parametrização flexível do usuário Manter histórico mensal das provisões calculadas, inclusive aquelas que não sofram incremento por acréscimo Calcular, automaticamente, a baixa da provisão a partir de eventos de pagamento inclusão do lançamento Possibilitar o envio de mensagem ao Gestor com o saldo de provisão em aberto Permitir ao usuário comum (contratos) autorizar baixas de saldos de provisão Rotinas da DIRF, DIPJ e DCTF: Módulo que efetue o processamento das informações para a composição anual da DIRF, DIPJ e DCTF Possibilidade de fechamento parcial das informações mês a mês com disponibilização de relatórios confrontados com os pagamentos realizados Geração de arquivo nos layout's legais previstos Integração com o sistema DIC, Informes e Comprovantes de Rendimentos. TERMO DE REFERÊNCIA SUANE/CESER E SUSEG/GELIC /XXX 11

12 4.3.9 Transferência Eletrônica Disponível TED: Pregão Eletrônico nº Módulo que efetue Transferências Eletrônicas Disponíveis TED s para pagamento aos fornecedores do Banco Tal funcionalidade deverá permitir a transmissão direta das operações, exclusivamente por meio eletrônico, dispensando a emissão de documentos físicos ou comprovantes Gerar mensagens de retorno/resposta, conforme os layouts definidos pelo Sistema de Pagamentos Brasileiro Relatórios: Possibilitar a exportação de relatórios para documentos de texto, planilhas e PDF Importação de dados: Permitir a importação de dados em planilha para a base do sistema Controle orçamentário: Inventariar mensalmente, as faixas contábeis referentes ao orçamento anual, por Diretoria e por tipo de despesa Demonstrar comparativo de despesas por item orçamentário, por Diretoria e consolidado, para diversos períodos (exemplo: mês em curso com mês anterior, ano/mês em curso com ano/mês anterior); contemplar desvios (valores e percentuais), gráficos Permitir a guarda dos estudos de custos realizados, inclusive dos parâmetros utilizados Efetuar acompanhamento de despesas: orçado e realizado Permitir, em caráter excepcional, a realização de despesas não orçadas devidamente justificadas Demostrar despesas realizadas referente às atividades pertinentes a cada Gerência Permitir a geração de arquivos com extensão.txt ou.xls, a partir de módulo SQL, que permita a construção de consultas para a realização de exercícios financeiros, para situações em que o módulo orçamentário não supra as necessidades imediatas Cadastro de contratos: Permitir o cadastro de contratos vinculados a um ou mais fornecedores Fornecer informações sobre o status (ativo; inativo; em confecção; solicitado; aprovado; em aprovação; em prorrogação) dos contratos Quando da inclusão de um novo contrato, realizar a geração automática de sequencial no padrão ano(aaaa)/número(nnn) Permitir a inclusão de informações tais como: a) Número do processo; b) Dados do Contratante (razão social, CNPJ, endereço); c) Dados do Contratado (conforme cadastro de fornecedores); d) Gestor (área, ) responsável (1 e 2); e) Objeto resumido; f) Valor total, valor mensal e por medição; g) Prazo de vigência, data de início da vigência e data de fim da vigência; TERMO DE REFERÊNCIA SUANE/CESER E SUSEG/GELIC /XXX 12

13 h) Renovação (sem renovação/automática) e seu período (nenhum/igual período/indeterminado/ período especial); i) Aviso prévio (prazo em dias, data de entrega do aviso prévio, data de fim do aviso prévio); j) Data de assinatura do contrato e data de publicação no DODF; k) Indicadores de reajuste do contrato e período (anual; mensal; outros), etc Permitir a distinção dos contratos por categoria (locação, fornecimento, serviços, etc.) e subcategoria Permitir a distinção dos contratos por modalidade de contratação (enquadramento legal) Permitir a criação de campos obrigatórios Permitir a vinculação de faixas contábeis Cronograma de desembolso: Exigir a criação de cronograma de desembolso para cada novo contrato cadastrado O cronograma de desembolso deverá sensibilizar o módulo de Provisão, mencionado no item Permitir a edição por parte do respectivo usuário comum de contratos Possibilitar a conciliação das faixas contábeis Execução de contrato: Atualizar automaticamente as informações financeiras dos contratos Sensibilizar o módulo de Provisão, mencionado no item Exigir justificativas para cada evento em que a execução do contrato não ocorrer conforme cronograma de desembolso Efetuar acompanhamento de despesas: orçado (cronograma de desembolso) e realizado Permitir o cadastro de ocorrências (fatos que ocorram em desacordo com o contrato) Permitir o cadastramento de notas fiscais Permitir o cadastramento de formulário de remessa de notas fiscais Acompanhamento de processos: Permitir o cadastro de etapas (contratação/prorrogação/rescisão) Permitir o cadastro de regras para notificações automáticas por Permitir o cadastro de sub etapas obrigatórias para cada status de contrato Permitir o cadastro de formulários (pareceres, contatos, editais, cartas, apostilas, etc.) obrigatórios para cada status de contrato Disponibilizar a versão digitalizada de formulários (pareceres, contatos, editais, cartas, apostilas, etc.) ao gestor Penalidades: Permitir o cadastro de penalidades Permitir ao usuário comum de contratos o acionamento de aplicação de penalidades Permitir a criação de regras para notificações e contagem de prazos Permitir o cadastro de etapas obrigatórias. TERMO DE REFERÊNCIA SUANE/CESER E SUSEG/GELIC /XXX 13

14 Permitir o cadastro de formulários (pareceres, instruções, etc.) obrigatórios. 4.4 REQUISITOS DE CAPACITAÇÃO E TREINAMENTO A Contratada deverá ministrar treinamentos para capacitação de usuários comuns (dez turmas de até 10 participantes), usuários administradores e gestores, (três turmas de até 10 participantes) e usuários técnicos (uma turma de até 10 participantes) na solução Os treinamentos deverão ser agendados por tipo (equipe do projeto, usuários gestores, usuários de TI, usuários administradores e usuários finais), mediante cronograma a ser elaborado em conjunto com a área de capacitação do Banco, para o desenvolvimento e disponibilização de cursos autoinstrucionais, via Web e presenciais O plano de treinamento será subetido à aprovação da área de capacitação do BRB, que avaliará posteriormente, também os resultados obtidos. Caso não tenha alcançado o objetivo esperado, o treinamento deverá ser melhorado e reaplicado, sem ônus adicionais para o BRB Com relação aos instrutores, a Contratada deverá comprovar que o profissional tenha conhecimento e capacitação para ministrar treinamento em relação às funcionalidades do sistema. 4.5 REQUISITOS DE MANUTENÇÃO E EVOLUÇÃO O contrato compreenderá os serviços de manutenção corretiva, legal e evolutiva, durante e após a implantação e parametrização da solução, proporcionando ao Banco a contínua operação do sistema A Contratada deverá informar, por meio de documento formal, o número do telefone, o endereço de , endereço WEB e todos os dados necessários à abertura de chamados para suporte técnico e manutenções corretivas, legais ou evolutivas A Contratada será responsável por qualquer ônus que o Banco venha a sofrer decorrente de não liberação de manutenções corretivais, legais e evolutivas ou de suporte técnico dentro de tempo hábil para o processamento das rotinas de pagamento a fornecedores e gestão de contratos, arcando inclusive, com multas e despesas decorrentes que possam surgir em qualquer esfera legal Manutenção corretiva: As manutenções corretivas são aquelas de responsabilidade da Contratada, sem ônus adicionais ao valor pactuado entre as partes, e derivadas de todos e quaisquer erros em programas da versão em produção que venham a ser detectados pelo Banco Não haverá limite para o número de chamados de atendimento que podem ser registrados. O BRB abrirá chamado de manutenção corretiva, para registro das falhas ou defeitos, através dos seguintes canais: a) Serviço de atendimento via telefone, disponível das 08:00 às 18:00, exceto sábados, domingos e feriados; b) Serviço de atendimento pela internet ( ou formulário via WEB), disponível das 8h às 18h, exceto sábados, domingos e feriados O prazo de atendimento será de no máximo 02 (duas) horas, a partir do registro da ocorrência, para solução provisória ou definitiva do problema detectado. Se o problema for solucionado por meio de correção provisória, a Contratada deverá apresentar ao BRB, num prazo TERMO DE REFERÊNCIA SUANE/CESER E SUSEG/GELIC /XXX 14

15 de até 10 (dez) dias, um plano de ação para a solução definitiva, indicando, formalmente, o prazo de conclusão, que deverá ser aprovado pelo Banco A solução provisória será obrigatoriamente substituída por solução definitiva até a próxima atualização ou versão, conforme a extensão da inconsistência, observado o plano de ação previsto no item anterior devidamente validado pelo Banco. A efetiva correção deverá ser aplicada em tempo hábil para o não comprometimento da rotina ou processo afetados O descumprimento dos prazos sujeitará a Contratada à aplicação das penalidades estabelecidas no Contrato Manutenção legal: Manutenções legais são aquelas de responsabilidade da Contratada, sem ônus adicionais ao valor pactuado entre as partes, e derivadas de alterações nas legislações que afetem quaisquer dos módulos constantes do sistema Consideram-se alterações legais para efeitos deste Termo de Referência aquelas decorrentes de legislação aplicada por órgãos estaduais, distritais, municipais e federais A disponibilização de nova versão ou atualização, contemplando a manutenção legal, deverá ocorrer com antecedência mínima de 15 (quinze) dias corridos em relação à data de início de vigência legal estipulada no Diário Oficial da União, no Diário Oficial do Distrito Federal, ou em outro informativo que determine mudança de caráter legal que abranja o Banco Quando se tratar de legislação específica do Distrito Federal que requeira alterações técnicas da Contratada, o Banco enviará cópia da legislação em vigor Manutenção evolutiva: As manutenções evolutivas serão de responsabilidade da Contratada, sem ônus adicionais ao valor do instrumento contratual a ser pactuado entre as partes Serão realizadas manutenções evolutivas sempre que se fizerem necessárias alterações no sistema com o fim de atender às necessidades do Banco, a qualquer tempo e durante todo o período de vigência do Contrato Serão consideradas manutenções evolutivas as atividades adaptativas, segundo as quais as modificações no software são realizadas para mantê-lo utilizável no ambiente dinâmico dos usuários, bem como atividades perfectivas que têm como finalidade melhorar a eficácia das ferramentas e processos e o desempenho geral do sistema O Banco fará as solicitações de manutenção evolutiva por escrito, especificando as alterações necessárias e indicando ainda, a expectativa de prazo máximo necessário para a execução do serviço, devendo a Contratada se manifestar quanto ao prazo e especificações em até 5 (cinco) dias úteis Os prazos e especificações que forem pactuados para as manutenções evolutivas, caso não sejam cumpridos, estarão sujeitos às penalidades previstas neste Edital Atualizações e novas versões: É de responsabilidade da Contratada disponibilizar ao Banco novas versões e releases do sistema, sempre que houver alterações de natureza corretiva, legal ou evolutiva, durante a vigência do contrato As novas versões/releases da solução e/ou módulos (com a respectiva documentação) deverão ser disponibilizadas, simultaneamente ao seu lançamento, por meio da internet, salvo se estiver inoperante, quando deverão ser enviadas ao Banco por meio de mídia (CD ou DVD), sem custos adicionais para o Banco. TERMO DE REFERÊNCIA SUANE/CESER E SUSEG/GELIC /XXX 15

16 A disponibilização das novas versões e atualizações contemplando manutenções corretivas, legais ou evolutivas deverão seguir os prazos especificados neste documento As atualizações ou novas versões deverão oferecer documento que indique ao Banco, de forma clara e completa, quais alterações foram promovidas, que processos e foram alterados e melhorias efetuadas no sistema As orientações ao Banco das atualizações ou novas versões deverão indicar, ainda, o procedimento a ser adotado dali por diante para as rotinas, transações e processos do sistema, além de informar procedimentos que não mais serão adotados em função da manutenção efetuada. Deverão ser informados, também, os reflexos que a manutenção efetuada causou em atividades que se relacionam com o item que sofreu alteração Liberada uma nova versão do sistema, deverá ser garantida ao Banco a manutenção da versão anterior por pelo menos 180 dias, permitindo ao Banco realizar planejamento e análise dos impactos que a nova versão possa trazer aos processos do Banco Liberada uma nova atualização do sistema, o Banco terá até 30 dias para colocá-la em produção, garantida a manutenção da atualização antecedente à nova atualização Para fins deste Termo de Referência, entende-se como atualização e versão o que segue: a) Atualização: disponibilização de programa que pode ou não envolver dicionário de dados, tratando-se de pequenas mudanças na solução, sendo extensões dentro de uma mesma versão. b) Versão: disponibilização de programa que pode ou não envolver atualização de dicionário de dados, tratando-se de mudanças relevantes na solução, envolvendo nova numeração ao invés de extensão dentro de uma mesma versão A Contratada deverá garantir ao Banco, quando da liberação de uma nova versão/atualização a continuidade de funcionamento da solução, tanto dos itens alterados quanto dos itens não alterados do sistema Deverá ser garantida a continuidade de softwares fornecidos integrados à solução, de forma que não ocorra deformação ou inabilitação de funcionalidades Se forem detectadas inconsistências no funcionamento dos legados integrados ao software principal após nova versão ou atualização entrar em produção, caberá à Contratada providenciar os ajustes necessárias para que o sistema retorne ao seu pleno funcionamento, sem ônus algum para o Banco A migração para uma nova versão ou atualização deve preservar as customizações e parametrizações feitas na versão anterior, observados os itens deste Edital e seus anexos, além de possíveis manutenções evolutivas que venham a ser solicitadas A baixa de novas versões deverá ser realizada por consultor da Contratada, na sede do Banco, seguida de testes também acompanhados pelo representante da Contratada, sem ônus de espécie alguma para o Banco A Contratada cumprirá, para fins de baixa de versão, todos os padrões de segurança e regras de uso e de controle de acessos às instalações do Banco Observada a inoperância do sistema decorrente de manutenção mal concebida por parte da Contratada, ficará a Contratada sujeita à aplicação das penalidades previstas neste Edital Caso a inoperância resulte em prejuízos financeiros para o Banco de qualquer ordem, será de inteira responsabilidade da Contratada o pagamento dos prejuízos, ficando o Banco automaticamente autorizado a glosar as próximas faturas a serem pagas Não existindo faturas para suprir os prejuízos financeiros decorrentes da inoperância, ficará a Contratada obrigada a depositar em conta do Banco o valor relativo ao prejuízo, enviando comprovante do depósito ao Banco (Suseg/Gelic). TERMO DE REFERÊNCIA SUANE/CESER E SUSEG/GELIC /XXX 16

17 Excepcionalmente, o Banco poderá agendar manutenções em dias não úteis ou em outros horários, por exemplo, para baixa de versões ou atualizações a serem realizadas pela Contratada, devendo informar à Contratada com antecedência de pelo menos 5 (cinco) dias a agenda prevista para a manutenção Suporte técnico: Refere-se ao atendimento telefônico, por meio de mensagem eletrônica, ou na sede do Banco, a ser efetuado pela Contratada, nas seguintes condições: a) Serviço de atendimento via telefone, disponível das 08:00 às 18:00, exceto sábados, domingos e feriados; b) Serviço de atendimento pela Internet ( ou formulário via Web), disponível 24 (vinte e quatro) horas, inclusive sábados, domingos e feriados Uma vez acionado o suporte técnico da Contratada, o Banco deverá receber retorno em até 02 (duas) horas Caso o atendimento tenha sido iniciado antes das 18:00, deverá ser concluído no mesmo dia Caso o suporte solicitado se configure em necessidade de manutenção corretiva, legal ou evolutiva, deverá a Contratada formalizar ao Banco o prazo necessário para se promover o ajuste, em conformidade com o previsto neste documento À medida que o atendimento básico não obtiver êxito em tornar o sistema operacional, comprometida a geração dos resultados e produtos a que o mesmo se propõe, e esgotadas todas as orientações emanadas pela Contratada, sob o acionamento formal do Banco, se obriga a Contratada a deslocar pessoal especializado para suporte na sede do Banco, em Brasília, dentro de um prazo máximo de 24 (vinte e quatro) horas, visando a efetiva colocação das manutenções efetuadas em condição operacional As despesas de horas despendidas e decorrentes das obrigações constantes do item anterior, tais como hospedagem, homem/hora, alimentação e transporte são de inteira responsabilidade da Contratada, observado que: Se for identificado que o problema apresentado foi decorrente de descumprimento das obrigações ou normas de segurança por parte dos usuários, o Banco ressarcirá a Contratada no que se refere às despesas indicadas no item anterior, mediante prévia aprovação das despesas pelo Banco e apresentação das notas comprobatórias das mesmas. 4.6 REQUISITOS TEMPORAIS Os prazos definidos para a conversão de base, implementação e parametrização da solução, bem como a prestação de serviços de treinamento, suporte e manutenção deverão seguir o cronograma constante no item deste Termo de Referência. 4.7 REQUISITOS DE SEGURANÇA Da segurança das informações: A Contratada deverá comprometer-se a preservar o sigilo de informações que porventura venha a tomar conhecimento por meio de seu pessoal autorizado, durante os procedimentos de qualquer etapa da implementação e parametrização do sistema, tomando todas as medidas necessárias para que isto ocorra integralmente A Contratada será responsabilizada por qualquer quebra de sigilo das informações, e sofrerá inclusive, as devidas penalidades legais e contratuais. TERMO DE REFERÊNCIA SUANE/CESER E SUSEG/GELIC /XXX 17

18 Quanto à segurança das informações que serão processadas e armazenadas no sistema, a Contratada deverá providenciar meios e ferramentas que possibilitem aos usuários cumprir todas as normas do Banco no que tange à Segurança da Informação Conforme o disposto no Manual de Segurança da Informação e Comunicações, Módulo 2, Capítulo 2, Item 1, são obrigações dos usuários da rede corporativa do Banco: a) Responder pelo uso exclusivo de sua conta pessoal de acesso à rede corporativa; b) Identificar, classificar e enquadrar as informações da rede corporativa relacionadas às atividades por si desempenhadas; c) Zelar por toda e qualquer informação armazenada na rede corporativa contra alteração, destruição, divulgação, cópia e acessos não autorizados; d) Guardar as informações sigilosas mantendo-as em caráter restrito; e) Manter, em caráter confidencial e intransferível, a senha de acesso aos recursos computacionais e de informação da organização; f) Manter a necessária cautela, quando da exibição de informações sigilosas em tela, impressora ou outros meios eletrônicos; g) Bloquear ou encerrar a sessão de uso do sistema operacional sempre que houver necessidade de se ausentar da estação; h) Acessar as informações somente quando necessárias ao serviço ou por determinação expressa e formal de superior hierárquico As informações dos bancos de dados em produção somente poderão ser acessadas e/ou sofrer manutenção por autorização expressa do gestor, proprietário da informação, com anuência da gerência e com conhecimento do Diretor da área Dos backups da base de dados: O Banco deverá ter um responsável pela base de dados (BDA), que deverá efetuar o backup ora especificado diariamente, em horário a ser definido pelo Banco Recomenda-se, ainda, a execução de backup antes de manutenções de grande porte por parte dos usuários gestores, tais como reajustes, promoções por antigüidade, baixa de movimento por lote de diversas verbas e outras A Contratada deverá providenciar um dispositivo técnico que permita o backup automático em dias não úteis, ainda que o sistema não seja utilizado No caso de desenvolvimento de atividades em dias não úteis, recomenda-se que o BDA esteja à disposição para eventuais necessidades de backups extraordinários O responsável pela base de dados (BDA) deverá realizar a cada 15 dias, a transferência das informações apuradas nos processamentos (backups) para arquivo físico que ficará à total disposição do Banco para consulta, cópia ou quaisquer outras finalidades convenientes à ocasião Dos procedimentos de testes e aprendizados: O usuário deverá manter uma base de dados para testes, denominada área de desenvolvimento, para a execução de testes e/ou verificação de aprendizado, ficando a base oficial (produção) livre de riscos por falha no teste de novos cálculos, relatórios, baixa de versões e outros Ainda que o Banco mantenha essa base, a Contratada não se isenta de responsabilidade caso a versão que disponibilize tenha inconsistências que comprometa o desenvolvimento das atividades por parte do Banco. TERMO DE REFERÊNCIA SUANE/CESER E SUSEG/GELIC /XXX 18

19 Considerando a proporção da solução, é impossível ao Banco efetuar o teste de todas elas a cada atualização que se fizer, cabendo à Contratada o controle e a informação ao Banco acerca dos reflexos de eventual atualização em determinado campo, módulo ou qualquer outro item do sistema com interligação ao todo Do pessoal alocado no sistema: Banco deverá manter no mínimo 6 (seis) empregados lotados na Ceser e na Gelic, que estejam bem treinados na condição de usuários gestores, que tenham facilidade de absorção de conhecimento, interesse no aprendizado e disponibilidade de tempo para aprimoramento de seu desempenho O Banco deverá selecionar e manter, no mínimo, 3 (três) profissionais com conhecimento e treinamento necessários para atuar como usuário tecnológico Do acesso ao suporte da Contratada: O usuário deverá esgotar todas as informações existentes nos manuais e help do sistema antes de solicitar o suporte da Contratada Caso a documentação do sistema não esteja devidamente atualizada, conforme prevê o instrumento contratual, ficará a Contratada obrigada a pronto atendimento do problema levantado pelo Banco, sem qualquer ônus adicional, em dias úteis e não úteis Apenas os usuários técnicos, usuários administradores e os usuários gestores poderão entrar em contato com a Contratada para obter informações, suporte técnico ou realizar solicitações de manutenções corretivas, legais ou evolutivas. 4.8 REQUISITOS CULTURAIS As ferramentas e informações contidas na solução deverão respeitar o padrão da Língua Portuguesa, garantido acessibilidade e fácil compreensão a todos os usuários cadastrados. 5. MODELO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS / FORNECIMENTO DE BENS 5.1 FORMA DE PRESTAÇÃO / EXECUÇÃO A realização dos serviços de conversão de base, implementação, parametrização e treinamento serão realizados nas dependências do Banco, salvo aqueles que forem relacionados à programação, podendo a Contratada realizá-los em sua sede As atividades relacionadas à conversão da base, implementação, parametrização e treinamento poderão ocorrer fora do horário comercial (08:00 às 18:00), inclusive sábados, domingos e feriados, a critério exclusivo do BRB, desde que previamente acordado entre as partes, sem qualquer ônus adicional para o Banco A Contratada deverá respeitar os critérios, fases e atividades do cronograma propostos pelo Banco, salvo se houver interesse do Banco de alterar algum item do cronograma, o que ocorrerá mediante negociação prévia com a proponente Relativamente à implementação e parametrização da solução, a Contratada deverá utilizar as melhores práticas para desenvolvimento e gerenciamento de projetos, ficando a seu critério a metodologia a ser adotada, desde que seja previamente informada ao Banco A Contratada deverá promover o gerenciamento do projeto, inclusive gestão de mudanças, documentação, divulgação e comunicação do projeto, transferência de conhecimento e informações referentes à metodologia de gerenciamento. TERMO DE REFERÊNCIA SUANE/CESER E SUSEG/GELIC /XXX 19

20 5.1.6 O Banco indicará profissionais aptos a realizar o acompanhamento do gerenciamento do projeto, bem como para orientação à Contratada quanto à regra negocial necessária para a parametrização da solução Em relação à prioridade para realização dos serviços, observar-se-á o seguinte nas fases de implementação e parametrização: Parametrização e migração da base; Mudanças de processos para adequação às funcionalidades da ferramenta; Customizações Ainda que haja a ordenação prevista no item anterior, resguarde-se o direito do Banco de realizar alterações, que serão previamente comunicadas à Contratada, em função de situações exclusivas do Banco Em relação às customizações, a Contratada deverá apresentar ao Banco, para cada item a ser customizado, previamente ao seu desenvolvimento/implementação, os seguintes elementos: Qual atividade ou transação da solução será desenvolvida; Quais serão os macroprocessos/requisitos atendidos pela customização; Documento de fluxograma com parecer da empresa proprietária dos softwares núcleo da solução ratificando a necessidade de customização, e atestando, ainda, que a solução não atende à demanda por parametrização As customizações identificadas pela Contratada não serão objeto de custo adicional para o Banco Os serviços de mapeamento de processos, validação e geração de nova metodologia negocial (processo) para as rotinas atuais, caso ocorra, deverão ser documentados e apresentados ao Banco antes de se realizar efetivamente a mudança Quando da apresentação de nova metodologia negocial, a empresa proprietária dos softwares núcleo da solução emitirá parecer ratificando a necessidade da mudança em conformidade com as melhores práticas da gestão de capital humano praticadas pelo mercado, e observados os macroprocessos identificados no texto principal deste Termo de Referência A execução dos serviços de definição e mapeamento de processos, instalação, parametrização, customização, conversão da base e treinamento serão realizados por profissionais da Contratada, observado que: A Contratada deverá comprovar que o profissional tenha treinamento em parametrização, ou conhecimento para ministrar treinamento em relação às funcionalidades A Contratada deverá comprovar que o profissional tenha domínio no uso da linguagem de programação núcleo da solução para a realização de customizações A Contratada deverá comprovar que o profissional tenha conhecimento para definição e mapeamento de processos A Contratada deverá comprovar que o profissional tem domínio para ajustes de base de dados, inclusive parametrizações e adequações do Oracle, para melhor desempenho da solução A Contratada deverá comprovar que o profissional que vier a instalar a solução tenha domínio dos processos pertinentes à instalação, estando apto ainda, a transferir conhecimento para os profissionais do Banco que irão acompanhar o processo de instalação A Contratada deverá comprovar que o profissional responsável pela conversão da base de dados tenha domínio de processos desta natureza realizados em outras empresas, inclusive conhecimento sobre o programa de conversão de base utilizados pela Contratada, se for o caso As comprovações mencionadas nos itens a poderão ser verificadas por meio de certificados, diplomas e atestados de capacidade técnica, emitidos por entidades reconhecidas no mercado TERMO DE REFERÊNCIA SUANE/CESER E SUSEG/GELIC /XXX 20

21 Quando do início da prestação do serviço, a Contratada deverá apresentar a certificação que garanta o conhecimento dos profissionais que ela indicar para a prestação dos serviços contratuais O certificado deverá ser emitido ou reconhecido pela empresa proprietária do software núcleo da solução adquirida É direito do Banco, mediante comunicação formal, contestar o nível de serviço prestado e solicitar a substituição dos profissionais alocados no projeto É de inteira responsabilidade da Contratada alocar profissionais tantos quantos forem necessários para o fiel cumprimento do cronograma previsto neste Termo de Referência, não cabendo ao Banco nenhum ônus em relação à alocação desses recursos Os testes relativos à implementação, parametrização, conversão da base, instalação e customizações serão realizados pela Contratada, com acompanhamento de profissionais do Banco Na fase de homologação, após a definição da melhor oferta, momento em que a Contratada deverá instalar uma versão do sistema nos servidores do BRB para a realização dos Testes Integrados, o Banco aprovará ou reprovará o aplicativo caso este não atenda às necessidades propostas Preferencialmente a Contratada deverá optar pela parametrização da solução, só indicando a customização para aquilo que efetivamente não puder ser tratado pela parametrização Caso a Contratada apresente solução de parametrização insatisfatória ao bom andamento dos serviços, o Banco poderá sinalizar a necessidade de customização, ainda assim, não sendo devido ônus ao Banco pelo que será customizado Ao término de cada etapa do cronograma, a Contratada deverá apresentar documentação detalhada indicando: a) Tarefas realizadas; b) Local de realização das tarefas; c) Prazo de execução; d) Quantidade de horas trabalhadas; e) Indicação dos participantes de cada etapa e suas ações; f) Atas das reuniões; g) Outras informações/ocorrências relevantes da etapa Somente após a aprovação pelo Banco da documentação indicada no item a etapa do projeto será dada como concluída. 5.2 PARCELAMENTO DO OBJETO O objeto do certame não pode ser parcelado, tendo em vista que os sistemas de gestão de contratos e de pagamentos serão integrados. Assim, visando garantir o pleno funcionamento da solução, é necessário que ambos sejam fornecidos pela mesma empresa. 5.3 LOCAL DE EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS A realização dos serviços de conversão de base, implementação, parametrização e treinamento e manutenção serão realizados nas dependências do Banco, salvo aqueles que forem relacionados à programação, podendo a Contratada realizá-los em sua sede. 6. ELEMENTOS PARA GESTÃO CONTRATUAL 6.1 PAPÉIS E RESPONSABILIDADES TERMO DE REFERÊNCIA SUANE/CESER E SUSEG/GELIC /XXX 21

22 6.1.1 O relacionamento comercial e administração contratual, inclusive pagamento, deverão ser realizados com a Gerência de Licitações Gelic, localizada no SBS Quadra 01 Edifício Brasília 16º andar O relacionamento tecnológico deverá ser realizado com a Diretoria de Tecnologia DITEC, representada por suas superintendências, conforme abaixo, localizadas no SIA Trecho 3 Lotes 1225/ Superintendência de Sistemas Susis. a) Customizações de interfaces (portal); b) Integração da solução com sistemas do Banco Superintendência de Produção Supro. a) Infraestrutura de rede em geral; b) Banco de dados, inclusive acompanhar o processo de conversão da base de dados. c) Baixa de atualizações e versões Caberá à DITEC direcionar outros temas não indicados nos itens acima para os seus departamentos à medida em que eles surjam durante a vigência contratual para acompanhamento dos serviços da Contratada e absorção de conhecimento para continuidade da manutenção após o término da implantação Relacionamento sobre Regra de Negócio e Parametrizações: deverá ser realizado com a Coordenadoria de Serviços de Retaguarda - Ceser, localizada no SIA Quadra 04 C Lotes 02/07 e Lotes 14/19, Sobreloja Guará/DF, e/ou Gerência de Licitações Gelic, localizada no SBS Quadra 01 Edifício Brasília 16º andar, dependendo do caso Caso ocorra reestruturação das áreas do Banco com mudança de nomenclatura, ou mudança de área gestora dos itens acima indicados, é de responsabilidade do Banco informar às mudanças à Contratada Após a assinatura do contrato, o BRB designará formalmente um empregado, ou comissão de empregados, doravante denominado Gestor ou Comitê gestor, com autoridade para exercer, como representante da Administração, toda e qualquer ação de orientação geral, acompanhamento e fiscalização da execução contratual; A contratada deverá designar um representante, denominado Preposto, funcionário da contratada, responsável por acompanhar a execução do contrato e atuar como interlocutor principal junto à contratante, incumbido de receber, diligenciar, encaminhar e responder as principais questões técnicas, legais e administrativas referentes ao andamento contratual. 6.2 MECANISMOS FORMAIS DE COMUNICAÇÃO A comunicação entre o Banco e a Contratada será realizada por meio de carta, , Ordem de Serviços ou chamadas telefônicas. 6.3 FORMAS DE ACOMPANHAMENTO DO CONTRATO Em conformidade com o Artigo 25 da Instrução Normativa 04 da SLTI/MPOG, o início do contrato dar-se-á mediante reunião entre Gestor do Contrato, TI do Banco e Contratada, para: Discussão das etapas de implantação e da integração de arquivos com o novo sistema Repasse à Contratada de conhecimentos necessários à execução dos serviços ou ao fornecimento de bens, conforme abaixo: a) Esclarecimentos relativos a questões operacionais, administrativas e de gerenciamento do contrato; b) A definição e a especificação dos serviços a serem realizados ou bens a serem fornecidos; TERMO DE REFERÊNCIA SUANE/CESER E SUSEG/GELIC /XXX 22

23 c) O volume de serviços a serem realizados ou a quantidade de bens a serem fornecidos segundo as métricas definidas em contrato; d) O cronograma de entrega dos bens, incluídas todas as tarefas significativas e seus respectivos prazos Em conformidade com os artigos 73 a 76 da Lei nº 8.666/93, os serviços objeto do Contrato serão recebidos pelo Gestor, individualmente, mediante termo circunstanciado (Termo de Aceite), firmado pelas partes: a) Provisoriamente, para efeito de posterior verificação da qualidade e quantidade do material e consequente aceitação; e b) Definitivamente, após a verificação da qualidade e quantidade do material e consequente aceitação Termo de Recebimento Provisório: O Termo de Recebimento Provisório será concedido mediante entrega do produto, solicitado pela Contratada, contendo obrigatoriamente a data e horário, tipo, quantidade e data de finalização da instalação, assinaturas do responsável pela empresa e do técnico instalador e assinatura/carimbo do responsável pela dependência (gerente), para posterior análise das conformidades de qualidade baseadas nos Critérios de Aceitação Termo de Recebimento Definitivo: O Termo de Aceite será concedido mediante solicitação da Contratada, contendo obrigatoriamente a data, horário, descrição da atividade realizada, quantidade e definição dos produtos instalados O Termo de Aceite será firmado em até 30 (trinta) dias úteis após o encerramento da instalação dos equipamentos, e sanadas todas as pendências e constatado o perfeito funcionamento de todos os módulos do sistema. 6.4 NÍVEIS MÍNIMOS DE SERVIÇO (NMS): Os Níveis Mínimos de Serviço têm por objetivo mensurar o cumprimento contratual, por meio de indicadores que demonstrarão se os itens acordados no NMS foram ou não cumpridos. Inicialmente o NMS prevê os itens a seguir: Cumprimento dos prazos de implantação e parametrização da solução: verificar-se-á se o produto de cada etapa foi entregue dentro do prazo e em conformidade com o solicitado pelo Banco Cumprimento dos prazos de atendimento das manutenções mensais e evolutivas: a) Verificar-se-á se o atendimento ocorreu no prazo estipulado neste Edital e seus anexos e se a manutenção entregue está em conformidade com as especificações enviadas pelo Banco, ou definidas pelo Agente Legal, quando se tratar de manutenções legais. b) No caso das manutenções evolutivas, será verificado o cumprimento do prazo acordado entre as partes, e o cumprimento das especificações tratadas entre Banco e Contratada. c) No caso das manutenções corretivas, será verificado o cumprimento do prazo para atendimento, o cumprimento do prazo para apresentação do plano de ação, quando necessário, e o cumprimento do prazo de entrega da manutenção corretiva decorrente do plano de ação Cumprimento de prazo para atendimento do suporte técnico: verificar-se-á se o atendimento ocorreu no prazo estipulado neste Edital e seus anexos Manutenção de documentação fiscal e remessa de documentos para pagamento: a) Verificar-se-á se a Contratada manteve em dia a documentação fiscal para pagamento das notas fiscais e faturas. TERMO DE REFERÊNCIA SUANE/CESER E SUSEG/GELIC /XXX 23

24 b) As certidões necessárias ao pagamento das notas fiscais e faturas (Receita Federal; INSS; GDF e FGTS) deverão ser entregues ao Banco dentro dos prazos definidos no Contrato e estar válidas até a data do efetivo pagamento Qualidade do atendimento dos profissionais da Contratada: a) O Banco atribuirá menção para o atendimento prestado pelos profissionais da Contratada. As menções poderão ser EXCELENTE, SATISFATÓRIO e INSATISFATÓRIO. b) Caso o Banco atribua menção INSATISFATÓRIA, deverá indicar a situação de atendimento e o profissional que atendeu, justificando o porque da insatisfação A avaliação dos Níveis Mínimos de Serviço será trimestral, mediante o preenchimento de formulário constituído para este fim (item ) O formulário será preenchido pela Contratada, que o encaminhará para que o Banco valide, ou não, as anotações realizadas O item será preenchido pelo Banco quando do retorno de seu posicionamento da mensuração dos serviços prestados pela Contratada Naqueles itens do NMS em que a Contratada tiver desempenho insatisfatório, poderá o Banco aplicar as penalidades previstas no item 9 deste Termo de Referência, bem como no instrumento contratual, exceto para o item deste documento Ainda que o Banco não aplique penalidade em relação ao item , poderá o Banco não mais aceitar atendimento do profissional da Contratada que apresentar avaliação INSATISFATÓRIA Os itens, critérios, indicadores e índices estabelecidos como Níveis Mínimos de Serviço serão objeto de revisão entre Banco e Contratada nas seguintes condições: a) A cada 3 (três) meses no primeiro ano de vigência contratual; b) A cada 6 (seis) meses a partir do segundo ano de vigência contratual; c) A cada 12 (doze) meses a partir do terceiro ano de vigência contratual Os prazos aqui estabelecidos não impedem que o Banco proponha à Contratada revisão antecipada face à percepção de inconsistência no NMS que esteja comprometendo o desenvolvimento dos serviços para qualquer uma das partes A suspensão temporária, ou retorno de execução do NMS fica a exclusivo critério do Banco, por prazo e período que ele julgar convenientes Modelo de Planilhas NMS: a) NMS Quantitativo: TERMO DE REFERÊNCIA SUANE/CESER E SUSEG/GELIC /XXX 24

25 b) NMS Qualitativo: 6.5 DEVERES E RESPONSABILIDADES DO CONTRATANTE Segurança operacional: O Banco se obriga a cumprir os requisitos de segurança previstos no item 4.7 deste Termo de Referência em relação à utilização da solução oferecida pela Contratada Não será de responsabilidade do Banco problemas decorrentes do descumprimento das normas de segurança quando não estiverem disponíveis os mecanismos de consulta das funcionalidades do sistema, tais como Ajuda On Line e Manuais do Sistema e do Usuário devidamente atualizados, bem como quando não for informada para o Banco a existência de nova versão ou atualização Dos pagamentos: O Banco deverá realizar os pagamentos devidos à Contratada, conforme estipulado no item deste Termo de Referência, estando sujeito ao pagamento de multas em caso de atraso O Banco não será penalizado com multas em caso de atraso dos pagamentos devido a: TERMO DE REFERÊNCIA SUANE/CESER E SUSEG/GELIC /XXX 25

ANEXO III DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA

ANEXO III DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA CONCORRÊNCIA DIRAT/CPLIC 001/2007 1 ANEXO III DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA ESTABELECE, RESPONSABILIDADES DIVERSAS, TIPOS E HORÁRIO DE COBERTURA DE SUPORTE, E DEMAIS RESPONSABILIDADES DA CONTRATADA RELATIVAS

Leia mais

Serviço Público Federal Conselho Regional de Corretores de Imóveis Estado de São Paulo

Serviço Público Federal Conselho Regional de Corretores de Imóveis Estado de São Paulo ANEXO VII PREGÃO PRESENCIAL Nº. 033/2015 Termo de Referência 1. OBJETO Renovação de licenças de Solução Corporativa do Antivírus Avast, com serviço de suporte técnico e atualização de versão, manutenção

Leia mais

LEI DE ACESSO A INFORMAÇÃO DIREITO DO CIDADÃO

LEI DE ACESSO A INFORMAÇÃO DIREITO DO CIDADÃO DESCRIÇÃO DO SIGAI O SIGAI (Sistema Integrado de Gestão do Acesso à Informação) é uma solução de software que foi desenvolvida para automatizar os processos administrativos e operacionais visando a atender

Leia mais

ANEXO III PERFIL DOS PROFISSIONAIS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER PARA MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO

ANEXO III PERFIL DOS PROFISSIONAIS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER PARA MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO CONCORRÊNCIA DIRAD/CPLIC-008/2008 1 ANEXO III PERFIL DOS PROFISSIONAIS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER PARA MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO 1. INFORMAÇÕES GERAIS E CARACTERÍSTICA DO ATUAL AMBIENTE CORPORATIVO

Leia mais

Aquisição de Solução de Gestão e Controle de Contas Privilegiadas por Cofre de Senhas com Gravação de Sessão.

Aquisição de Solução de Gestão e Controle de Contas Privilegiadas por Cofre de Senhas com Gravação de Sessão. ANEXO nº_ Termo de Referência Aquisição de Solução de Gestão e Controle de Contas Privilegiadas por Cofre de Senhas com Gravação de Sessão. Brasília, de de. Projeto Básico SUSEM/GERTI nº 001/2016 1 Sumário

Leia mais

Configuração SERVIDOR.

Configuração SERVIDOR. REQUISITOS MINIMOS SISTEMAS FORTES INFORMÁTICA. Versão 2.0 1. PRE-REQUISITOS FUNCIONAIS HARDWARES E SOFTWARES. 1.1 ANALISE DE HARDWARE Configuração SERVIDOR. Componentes Mínimo Recomendado Padrão Adotado

Leia mais

Termo de Referência. Aquisição de servidores para camada de banco de dados. Diretoria de Infra-Estrutura de TIC DIT

Termo de Referência. Aquisição de servidores para camada de banco de dados. Diretoria de Infra-Estrutura de TIC DIT Termo de Referência Aquisição de servidores para camada de banco de dados. Termo de Referência Aquisição de Servidores Tipo 1A-1B para camada de Banco de Dados / Alta Disponibilidade RQ DEPI nº 11/2009

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA SERVIÇOS DE SUPORTE TÉCNICO EM SISTEMA DE COLABORAÇÃO ZIMBRA 1. OBJETO

TERMO DE REFERÊNCIA SERVIÇOS DE SUPORTE TÉCNICO EM SISTEMA DE COLABORAÇÃO ZIMBRA 1. OBJETO TERMO DE REFERÊNCIA SERVIÇOS DE SUPORTE TÉCNICO EM SISTEMA DE COLABORAÇÃO ZIMBRA 1. OBJETO 1.1. Prestação de serviços de suporte técnico em sistema de colaboração ZIMBRA. 2. DESCRIÇÃO GERAL DOS SERVIÇOS

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA TÍTULO: Termo de Referência para contratação de ferramenta case de AD. GECOQ Gerência de Controle e Qualidade 1/9

TERMO DE REFERÊNCIA TÍTULO: Termo de Referência para contratação de ferramenta case de AD. GECOQ Gerência de Controle e Qualidade 1/9 TÍTULO: ASSUNTO: GESTOR: TERMO DE REFERÊNCIA Termo de Referência para contratação de ferramenta case de AD DITEC/GECOQ Gerência de Controle e Qualidade ELABORAÇÃO: PERÍODO: GECOQ Gerência de Controle e

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA MANUTENÇÔES EVOLUTIVAS NO SITE PRO-SST DO SESI

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA MANUTENÇÔES EVOLUTIVAS NO SITE PRO-SST DO SESI ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA MANUTENÇÔES EVOLUTIVAS NO SITE PRO-SST DO SESI 1. OBJETO 1.1. Contratação de empresa especializada para executar serviços de manutenção evolutiva, corretiva, adaptativa e normativa

Leia mais

Termo de Referência. Aquisição de Solução de Gerenciamento de Impressão para plataforma baixa.

Termo de Referência. Aquisição de Solução de Gerenciamento de Impressão para plataforma baixa. Termo de Referência Aquisição de Solução de Gerenciamento de Impressão para plataforma baixa. CGAD/COAR - Gerenciamento de Impressão Plataforma Baixa / RQ DSAO nº xxx/2009 1/8 Termo de Referência Aquisição

Leia mais

Termo de Referência. de solução de gerenciamento de ambiente de nuvem e licenças de software virtualizador,

Termo de Referência. de solução de gerenciamento de ambiente de nuvem e licenças de software virtualizador, Termo de Referência Aquisição de solução de gerenciamento de ambiente de nuvem e licenças de software virtualizador, para utilização nos Centros de Processamento do Rio de Janeiro, Distrito Federal e São

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. O presente termo de referência, tem por objeto o registro de preços para futuras aquisições dos seguintes itens:

TERMO DE REFERÊNCIA. O presente termo de referência, tem por objeto o registro de preços para futuras aquisições dos seguintes itens: TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO: O presente termo de referência, tem por objeto o registro de preços para futuras aquisições dos seguintes itens: Módulo de expansão para sistema de armazenamento em disco

Leia mais

ANEXO nº 01 Termo de Referência SUPRO/GEROP - 2014/002 TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO nº 01 Termo de Referência SUPRO/GEROP - 2014/002 TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO nº 01 Termo de Referência SUPRO/GEROP - 2014/002 TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS TÉCNICOS ESPECIALIZADOS DE INFORMÁTICA PARA AS ATIVIDADES DE OPERAÇÃO, MONITORAÇÃO E SUPORTE TÉCNICO À

Leia mais

EDITAL DO PREGÃO PRESENCIAL Nº. 002/2008

EDITAL DO PREGÃO PRESENCIAL Nº. 002/2008 EDITAL DO PREGÃO PRESENCIAL Nº. 002/2008 ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO: 1.1 - O presente Termo de Referência tem por objeto a contratação de empresa especializada em: a) desenvolvimento de software

Leia mais

ANEXO II PERFIL DOS ANALISTAS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER 1. FORMAÇÃO, CONHECIMENTO E HABILIDADES EXIGIDAS:

ANEXO II PERFIL DOS ANALISTAS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER 1. FORMAÇÃO, CONHECIMENTO E HABILIDADES EXIGIDAS: PREGÃO PRESENCIAL Nº 001/2009 1 ANEXO II PERFIL DOS ANALISTAS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER 1. FORMAÇÃO, CONHECIMENTO E HABILIDADES EXIGIDAS: 1.1. FORMAÇÃO ACADÊMICA EXIGIDA PARA TODOS OS PERFIS

Leia mais

ATA DE REUNIÃO. 1) Recebimento de eventuais questionamentos e/ou solicitações de esclarecimentos Até 18/02/2009 às 18:00 horas;

ATA DE REUNIÃO. 1) Recebimento de eventuais questionamentos e/ou solicitações de esclarecimentos Até 18/02/2009 às 18:00 horas; ATA DE REUNIÃO CONSULTA PÚBLICA PARA AQUISIÇÃO DE SOLUÇÃO WEB-EDI Troca Eletrônica de Dados. Local Dataprev Rua Cosme Velho nº 06 Cosme Velho Rio de Janeiro / RJ. Data: 06/03/2009 10:30 horas. Consolidação

Leia mais

Especificação do KAPP-PPCP

Especificação do KAPP-PPCP Especificação do KAPP-PPCP 1. ESTRUTURA DO SISTEMA... 4 1.1. Concepção... 4 2. FUNCIONALIDADE E MODO DE OPERAÇÃO... 5 3. TECNOLOGIA... 7 4. INTEGRAÇÃO E MIGRAÇÃO DE OUTROS SISTEMAS... 8 5. TELAS E RELATÓRIOS

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL COORDENAÇÃO-GERAL DE SISTEMAS E TI SIAFI GERENCIAL MANUAL DE IMPLANTAÇÃO

MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL COORDENAÇÃO-GERAL DE SISTEMAS E TI SIAFI GERENCIAL MANUAL DE IMPLANTAÇÃO MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL COORDENAÇÃO-GERAL DE SISTEMAS E TI SIAFI GERENCIAL MANUAL DE IMPLANTAÇÃO VERSÃO 02 JUNHO DE 2003 1. Introdução. O Sistema Integrado de Administração

Leia mais

Pode Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DE DIREÇÃO E CHEFIAS DA SETIC

Pode Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DE DIREÇÃO E CHEFIAS DA SETIC Pode Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DE DIREÇÃO E CHEFIAS DA SETIC 1. Diretor da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação Coordenar

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 010/2013. 1.1.1 - A garantia de renovação das licenças deverá ser de 36 (trinta e seis) meses.

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 010/2013. 1.1.1 - A garantia de renovação das licenças deverá ser de 36 (trinta e seis) meses. Anexo I 1 DO OBJETO TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 010/2013 1.1 Prestação de serviços de renovação, para atualização de 32 (trinta e duas) licenças, do software de virtualização VMware vsphere

Leia mais

CEP 2 100 99010-640 0 (XX) 54 3316 4500 0 (XX)

CEP 2 100 99010-640 0 (XX) 54 3316 4500 0 (XX) ANEXO 2 INFORMAÇÕES GERAIS VISTORIA 1. É obrigatória a visita ao hospital, para que a empresa faça uma vistoria prévia das condições, instalações, capacidade dos equipamentos, migração do software e da

Leia mais

ANEXO 9 DO PROJETO BÁSICO DA FERRAMENTA DE MONITORAMENTO, SEGURANÇA E AUDITORIA DE BANCO DE DADOS

ANEXO 9 DO PROJETO BÁSICO DA FERRAMENTA DE MONITORAMENTO, SEGURANÇA E AUDITORIA DE BANCO DE DADOS ANEXO 9 DO PROJETO BÁSICO DA FERRAMENTA DE MONITORAMENTO, SEGURANÇA E AUDITORIA DE BANCO DE DADOS Sumário 1. Finalidade... 2 2. Justificativa para contratação... 2 3. Premissas para fornecimento e operação

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA VIFIN/GEREI CONTRATAÇÃO DE EMPRESA DE CONSULTORIA EM RELAÇÕES COM INVESTIDORES.

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA VIFIN/GEREI CONTRATAÇÃO DE EMPRESA DE CONSULTORIA EM RELAÇÕES COM INVESTIDORES. ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA VIFIN/GEREI CONTRATAÇÃO DE EMPRESA DE CONSULTORIA EM RELAÇÕES COM INVESTIDORES. 1. DO OBJETIVO: Prestação de serviço de Consultoria em Relacionamento com Investidores RI, auxiliando

Leia mais

Para/To: N o de páginas/n o of. pages: 06 De/From: Silvana Luz Simões Data/Date: 28 / 08/ 2007 Ref.: Solicitação de proposta ATT.:

Para/To: N o de páginas/n o of. pages: 06 De/From: Silvana Luz Simões Data/Date: 28 / 08/ 2007 Ref.: Solicitação de proposta ATT.: MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq DAD/CGADM/COINF/SERVIÇO DE LICITAÇÃO SELIC SEPN 507, Bloco B, Ed. Sede CNPq, Sala 211, CEP: 70.740-901,

Leia mais

CLÁUSULA SEGUNDA - DA DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA E DA ASSISTÊNCIA TÉCNICA

CLÁUSULA SEGUNDA - DA DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA E DA ASSISTÊNCIA TÉCNICA CONTRATO DE LICENÇA DE USO DE PROGRAMAS DE COMPUTADOR E PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Pelo presente instrumento particular e na melhor forma de direito, as partes: a) de um lado, a empresa GEPER DESENVOLVIMENTO

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA. d) Certificação CERTICS informar se o software possui a referida certificação.

CONSULTA PÚBLICA. d) Certificação CERTICS informar se o software possui a referida certificação. CONSULTA PÚBLICA O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES está preparando procedimento licitatório visando a aquisição de software comparador de documentos do tipo texto, compreendendo

Leia mais

Projeto Básico - Prestação de Serviços

Projeto Básico - Prestação de Serviços Diretoria de Tecnologia Gerência de Fornecimento de TI Projeto Básico - Prestação de Serviços 1. Objeto: 1.1 Contratação de empresa para prestação de serviços especializados de escuta de gravações e monitoração

Leia mais

Termo de Referência. (Storage) do ambiente de Migração, composta pelo do subsistema de disco IBM DS8300.

Termo de Referência. (Storage) do ambiente de Migração, composta pelo do subsistema de disco IBM DS8300. Termo de Referência Expansão da solução s de armazenamento (Storage) do ambiente de Migração, composta pelo do subsistema de disco IBM DS8300. Termo de Referência Expansão da solução de armazenamento do

Leia mais

ANEXO I NÍVEIS MÍNIMOS DE SERVIÇO EXIGIDOS (NMSE) PARA CONTRATO DE APOIO

ANEXO I NÍVEIS MÍNIMOS DE SERVIÇO EXIGIDOS (NMSE) PARA CONTRATO DE APOIO ANEXO I NÍVEIS MÍNIMOS DE SERVIÇO EXIGIDOS (NMSE) PARA CONTRATO DE APOIO 1. Introdução 1.1. Descrição do serviço Este documento disciplina a cessão de uso permanente da solução de software para Gestão

Leia mais

BIS: Modalidade ASP PROPOSTA TÉCNICA E COMERCIAL. São Paulo, 02 de dezembro de 2013. At.: Sr. Federico Storni. Prezados Srs.,

BIS: Modalidade ASP PROPOSTA TÉCNICA E COMERCIAL. São Paulo, 02 de dezembro de 2013. At.: Sr. Federico Storni. Prezados Srs., PROPOSTA TÉCNICA E COMERCIAL Nº 20131202 V1 Data 02-12-13 BIS: Modalidade ASP CONFIDENCIAL Material de utilização restrita a negociação Bis e a QuadMinds. São Paulo, 02 de dezembro de 2013. At.: Sr. Federico

Leia mais

Requisitos técnicos dos produtos Thema

Requisitos técnicos dos produtos Thema Requisitos técnicos dos produtos Thema 1 Sumário 2 Apresentação...3 3 Servidor de banco de dados Oracle...4 4 Servidor de aplicação Linux...4 5 Servidor de terminal service para acessos...4 6 Servidor

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DE FITOTECA AUTOMATIZADA Substituição dos Silos Robóticos Storagetek 9310

ESPECIFICAÇÃO DE FITOTECA AUTOMATIZADA Substituição dos Silos Robóticos Storagetek 9310 Especificação Técnica 1. A Solução de Fitoteca ofertada deverá ser composta por produtos de Hardware e Software obrigatoriamente em linha de produção do fabricante, não sendo aceito nenhum item fora de

Leia mais

QUESTIONAMENTO(S) ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 22/2015 - BNDES. Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece:

QUESTIONAMENTO(S) ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 22/2015 - BNDES. Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece: QUESTIONAMENTO(S) ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 22/2015 - BNDES Prezado(a) Senhor(a), Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece: 1. Sobre o item 18.1. A prestação do serviço

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA FIP - Nº

TERMO DE REFERÊNCIA FIP - Nº 1 TERMO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA FIP - Nº 02/2014 2 Equipe FIP- Programa Minas sem Lixões (MSL) - Termo de Parceria 022/2008 Coordenação Geral Magda Pires de Oliveira e Silva Coordenação Técnica

Leia mais

ANEXO II PERFIL DOS TÉCNICOS E ANALISTAS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER

ANEXO II PERFIL DOS TÉCNICOS E ANALISTAS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER PERFIL DOS TÉCNICOS E ANALISTAS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER 1. FORMAÇÃO, CONHECIMENTO E HABILIDADES EXIGIDAS 1.1. PERFIL DE TÉCNICO EM INFORMÁTICA: 1.1.1.DESCRIÇÃO DO PERFIL: O profissional desempenhará

Leia mais

BANCO POSTAL - Plataforma Tecnológica

BANCO POSTAL - Plataforma Tecnológica BANCO POSTAL - Plataforma Tecnológica 1. Arquitetura da Aplicação 1.1. O Banco Postal utiliza uma arquitetura cliente/servidor WEB em n camadas: 1.1.1. Camada de Apresentação estações de atendimento, nas

Leia mais

Serviço Público Estadual GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Secretaria de Estado de Agricultura e Pecuária COMISSÃO DE PREGÃO BANCO MUNDIAL - BIRD

Serviço Público Estadual GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Secretaria de Estado de Agricultura e Pecuária COMISSÃO DE PREGÃO BANCO MUNDIAL - BIRD BANCO MUNDIAL - BIRD PROJETO DE DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL EM MICROBACIAS HIDROGRÁFICAS RIO RURAL EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO N.º 019/2013 PROCESSO N.º E-02/001/00583/2013 ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA

Leia mais

CONTRATO DE MANUTENÇAO E SUPORTE TECNICO E OUTRAS AVENÇAS Nº /

CONTRATO DE MANUTENÇAO E SUPORTE TECNICO E OUTRAS AVENÇAS Nº / CONTRATO DE MANUTENÇAO E SUPORTE TECNICO E OUTRAS AVENÇAS Nº / Pelo presente instrumento e na melhor forma de direito, de um lado, (Nome da empresa CONTRATANTE), pessoa jurídica de direito privado com

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA AA 01/2014 BNDES QUESTIONAMENTO 08

CONSULTA PÚBLICA AA 01/2014 BNDES QUESTIONAMENTO 08 CONSULTA PÚBLICA AA 01/2014 BNDES QUESTIONAMENTO 08 Questionamento 08.1: 1) Considerando que o item 13.1.11. do Anexo I dispõe sobre a possibilidade de fiscalização nos serviços executados. (i) A proponente

Leia mais

Termo de Referência. Ferramenta de Apoio ao Núcleo de Métricas de Software

Termo de Referência. Ferramenta de Apoio ao Núcleo de Métricas de Software Termo de Referência Ferramenta de Apoio ao Núcleo de Métricas de Software Brasília, julho/2013 1 TERMO DE REFERÊNCIA SUSIS/GEREN - 2013/013 Brasília, 26 de julho de 2013. Assunto: AQUISIÇÃO DE FERRAMENTA

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. REQUISITOS MÍNIMOS OBRIGATÓRIOS 1.1. ASPECTOS GERAIS ATRIBUTO 1.1.1 Documentação Técnica e Acessórios 1.1.2 Garantia CARACTERÍSTICAS MÍNIMAS EXIGIDAS a) Deverá ser entregue pela CONTRATADA a Documentação

Leia mais

ACEITAÇÃO DO TERMO APRESENTAÇÃO

ACEITAÇÃO DO TERMO APRESENTAÇÃO ACEITAÇÃO DO TERMO O CONTRATANTE que pretenda utilizar os serviços da TREVISAN TECNOLOGIA deverá aceitar os termos e condições gerais do contrato e todas as políticas e os princípios que o regem. Caso

Leia mais

COTAÇÃO ELETRÔNICA: 133/2012 COMPRASNET

COTAÇÃO ELETRÔNICA: 133/2012 COMPRASNET COTAÇÃO ELETRÔNICA: 133/2012 COMPRASNET AQUISIÇÃO DE SOLUÇÃO DE ANTIVÍRUS MCAFEE PARA PLATAFORMA DE SERVIDORES VIRTUALIZADOS VMWARE DA REDE CORPORATIVA PRODAM Diretoria de Infraestrutura e Tecnologia-

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA e-crea

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA e-crea ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA e-crea 1. OBJETO: 1.1. Contratação de empresa para prestação de serviços de projeto, desenvolvimento e implantação do novo sistema de cadastros para o CREA-RS, denominado

Leia mais

Manual de Instalação Corporate

Manual de Instalação Corporate Manual de Instalação Corporate Sumário 1. Sobre este documento...3 2. Suporte técnico...3 3. Requisitos de hardware...3 3.1. Estação...3 3.2. Servidor...4 4. Instalação...4 4.1. Instalação do Imobiliária21

Leia mais

Termos de Uso Sistema Diário de Obras Online

Termos de Uso Sistema Diário de Obras Online Termos de Uso Sistema Diário de Obras Online Estes são os termos que determinarão o nosso relacionamento Este contrato refere-se ao sistema Diário de Obras Online, abrangendo qualquer uma de suas versões

Leia mais

Projeto Básico para Operação de Loteria Instantânea em Meio Físico

Projeto Básico para Operação de Loteria Instantânea em Meio Físico Alterações realizadas no Projeto Básico conforme Audiência Pública 001/2013. Neste documento, encontram-se as alterações realizadas no Projeto Básico para operação de Loteria Instantânea em meio físico,

Leia mais

COLETA DE PREÇOS 09/2014

COLETA DE PREÇOS 09/2014 COLETA DE PREÇOS 09/2014 1. DO OBJETIVO Após ter sido realizada pesquisa de mercado por meio do Pedido de Cotação 020/2014 e enquadrada a presente contratação na modalidade de Seleção de Fornecedores adequada,

Leia mais

Sicoobnet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.5

Sicoobnet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.5 Sicoobnet Empresarial Manual do Versão.5 Manual do Data: 04/0/0 Histórico Data Versão Descrição Autor 04/0/008.0 Criação do Manual Ileana Karla 0//008. Revisão Luiz Filipe Barbosa /07/00. Atualização Márcia

Leia mais

Especificações da oferta Remote Infrastructure Monitoring

Especificações da oferta Remote Infrastructure Monitoring Visão geral do Serviço Especificações da oferta Remote Infrastructure Monitoring Este serviço oferece o Dell Remote Infrastructure Monitoring ("Serviço" ou "Serviços" RIM), como apresentado mais especificamente

Leia mais

Sicoobnet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.3

Sicoobnet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.3 Sicoobnet Empresarial Manual do Versão. Manual do Data: /07/00 Histórico Data Versão Descrição Autor 04/0/008.0 Criação do Manual Ileana Karla 0//008. Revisão Luiz Filipe Barbosa /07/00. Atualização Márcia

Leia mais

SIAFRO Módulo de Devolução 1.0

SIAFRO Módulo de Devolução 1.0 Conteúdo do Manual. Introdução. Capítulo Requisitos. Capítulo Instalação 4. Capítulo Configuração 5. Capítulo 4 Cadastro de Devolução 6. Capítulo 5 Relatório 7. Capítulo 6 Backup 8. Capítulo 7 Atualização

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA Nº 002/2013 PROJETO: AQUISIÇÃO DE SUBSISTEMA DE ARMAZENAMENTO STORAGE

CONSULTA PÚBLICA Nº 002/2013 PROJETO: AQUISIÇÃO DE SUBSISTEMA DE ARMAZENAMENTO STORAGE CONSULTA PÚBLICA Nº 002/2013 PROJETO: AQUISIÇÃO DE SUBSISTEMA DE ARMAZENAMENTO STORAGE ESCLARECIMENTOS AOS QUESTIONAMENTOS APRESENTADOS PELAS EMPRESAS INTERESSADAS País: BRASIL Nome do Projeto: PLANO DE

Leia mais

Contrato Comercial. Objetivo: Setup - Plataforma de E-commerce. Cliente... : Aos cuidados de... : Data de Emissão...

Contrato Comercial. Objetivo: Setup - Plataforma de E-commerce. Cliente... : Aos cuidados de... : Data de Emissão... Contrato Comercial Objetivo: Setup - Plataforma de E-commerce Cliente... : Aos cuidados de... : Data de Emissão... : Emitido por: 0 Contrato Comercial Pelo presente instrumento, firma-se o acordo comercial

Leia mais

jfinanç as Empresa Versão 2.0 - Fevereiro/2015

jfinanç as Empresa Versão 2.0 - Fevereiro/2015 jfinanças Empresa Versão 2.0 - Fevereiro/2015 Índice 1 INTRODUÇÃO E VISÃO GERAL... 1 2 INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO INICIAL DO JFINANÇAS EMPRESA... 2 2.1 Download... 3 2.2 Instalação do jfinanças Empresa...

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Manual de Instalação Sumário 1. Sobre este documento...3 2. Suporte técnico...3 3. Requisitos de hardware...3 3.1. Estação...3 3.2. Servidor...4 4. Instalação...4 4.1. Instalação do Group Folha no servidor...6

Leia mais

Ponto Secullum 4 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS FUNCIONALIDADES FICHA TÉCNICA. Ficha Técnica

Ponto Secullum 4 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS FUNCIONALIDADES FICHA TÉCNICA. Ficha Técnica ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Ponto Secullum 4 Sistema Operacional: compatível com Windows 98 ou superior Banco de Dados: Access, SQL Server ou Oracle; Computador Requerido: Processador com 500Mhz, Memória Ram

Leia mais

1. Descrição dos Serviços de Implantação da SOLUÇÃO

1. Descrição dos Serviços de Implantação da SOLUÇÃO Este documento descreve os serviços que devem ser realizados para a Implantação da Solução de CRM (Customer Relationship Management), doravante chamada SOLUÇÃO, nos ambientes computacionais de testes,

Leia mais

COMERCIAL) 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. E-

COMERCIAL) 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. E- 2014 ÍNDICE 1. Cadastros básicos 2. Módulos básicos (Incluso em todas as versões) CMC BASE 3. Agenda 4. Arquivos 5. Empresas ou Cadastros de empresas 6. Pessoas ou cadastro de pessoas 7. Módulos que compõem

Leia mais

INTRODUÇÃO REQUISITOS TECNOLÓGICOS E DE AMBIENTE

INTRODUÇÃO REQUISITOS TECNOLÓGICOS E DE AMBIENTE INTRODUÇÃO Na intenção de realizar um novo sistema financeiro para a gestão de recursos de convênios celebrados pela Academia Brasileira de Ciências, o setor de informática juntamente com o setor financeiro

Leia mais

Apresentação. E&L ERP Administração de Receitas Tributárias. rias. PostgreSQL 8.3. Domingos Martins ES. v. 1.0

Apresentação. E&L ERP Administração de Receitas Tributárias. rias. PostgreSQL 8.3. Domingos Martins ES. v. 1.0 Apresentação 1 E&L ERP Administração de Receitas Tributá PostgreSQL 8.3 Domingos Martins ES v. 1.0 2 Receitas Tributá Introdução: Com a crescente necessidade de gerar sua própria receita, os Municípios

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA IMPLANTAÇÃO DE SOFTWARE PÚBLICO COM MEDIÇÃO POR HOMEM / HORA

TERMO DE REFERÊNCIA PARA IMPLANTAÇÃO DE SOFTWARE PÚBLICO COM MEDIÇÃO POR HOMEM / HORA TERMO DE REFERÊNCIA PARA IMPLANTAÇÃO DE SOFTWARE PÚBLICO COM MEDIÇÃO POR HOMEM / HORA 1. DO OBJETO Prestação de serviços técnicos especializados para a implantação, manutenção e suporte assistido dos módulos

Leia mais

ANEXO 8 Planilha de Pontuação Técnica

ANEXO 8 Planilha de Pontuação Técnica 91 ANEXO 8 Planilha de Pontuação Técnica Nº Processo 0801426905 Licitação Nº EDITAL DA CONCORRÊNCIA DEMAP Nº 04/2008 [Razão ou denominação social do licitante] [CNPJ] A. Fatores de Pontuação Técnica: Critérios

Leia mais

DEFINIÇÃO DE REQUISITOS SISTEMA DE CONTROLE DE FINANÇAS WEB 1.0 BAIXA DE CONTAS A PAGAR RELEASE 4.1

DEFINIÇÃO DE REQUISITOS SISTEMA DE CONTROLE DE FINANÇAS WEB 1.0 BAIXA DE CONTAS A PAGAR RELEASE 4.1 DEFINIÇÃO DE REQUISITOS SISTEMA DE CONTROLE DE FINANÇAS WEB 1.0 BAIXA DE CONTAS A PAGAR RELEASE 4.1 SUMÁRIO DEFINIÇÃO DE REQUISITOS 4 1. INTRODUÇÃO 4 1.1 FINALIDADE 4 1.2 ESCOPO 4 1.3 DEFINIÇÕES, ACRÔNIMOS

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO (modelo )

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO (modelo ) POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO (modelo ) A Política de segurança da informação, na A EMPRESA, aplica-se a todos os funcionários, prestadores de serviços, sistemas e serviços, incluindo trabalhos executados

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO. Pregão nº 17/2015. Processo PRO nº 12053/2015 e SC 019234 PERGUNTAS E RESPOSTAS. Primeira Emissão: 02/06/2015

EDITAL DE LICITAÇÃO. Pregão nº 17/2015. Processo PRO nº 12053/2015 e SC 019234 PERGUNTAS E RESPOSTAS. Primeira Emissão: 02/06/2015 EDITAL DE LICITAÇÃO Pregão nº 17/2015 Processo PRO nº 12053/2015 e SC 019234 PERGUNTAS E RESPOSTAS Primeira Emissão: 02/06/2015 Pergunta n 01: Declara o Edital 9. DO PAGAMENTO 9.1. O pagamento dar-se-á

Leia mais

ParanáBanco. REGULAMENTO DE USO DO NETBANKING PARANÁ BANCO Atualizado em 16/09/2015

ParanáBanco. REGULAMENTO DE USO DO NETBANKING PARANÁ BANCO Atualizado em 16/09/2015 O Cliente, pela assinatura física e/ou eletrônica do Termo de Adesão e Uso do NetBanking Paraná Banco, adere ao presente Regulamento, definido conforme os seguintes termos e condições: 1. Regras de uso

Leia mais

Definir as atribuições e os procedimentos para a manutenção da segurança do Complexo SIAFI, detalhados em anexo.

Definir as atribuições e os procedimentos para a manutenção da segurança do Complexo SIAFI, detalhados em anexo. NORMA DE EXECUÇÃO Nº 01 DE 08 DE JANEIRO DE 2015 A COORDENADORA-GERAL DE SISTEMAS E TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO, no uso das atribuições que lhe foram conferidas pelo Regimento Interno da Secretaria do Tesouro

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA TERMO DE REFERÊNCIA Registro de Preços para prestação de serviço de atualização de licenças de uso do produto Citrix Xenapp, aquisição de novas licenças, subscrição e suporte ao software Citrix e suporte

Leia mais

SOLUÇÃO DE STORAGE PROJETO X86 ARMAZENAMENTO. 1.2 Para efeito de cálculo do volume total em TB deverá ser considerado que 1KB = 1024 bytes.

SOLUÇÃO DE STORAGE PROJETO X86 ARMAZENAMENTO. 1.2 Para efeito de cálculo do volume total em TB deverá ser considerado que 1KB = 1024 bytes. SOLUÇÃO DE STORAGE PROJETO X86 ARMAZENAMENTO Características Técnicas: 1.1 Deverá ser ofertada Solução de Storage com capacidade mínima de 100 TB (cem Terabyte) líquido, sendo 80TB (oitenta Terabytes)

Leia mais

GSAN. Sistema de Gestão Comercial para empresas de saneamento. Versão Atual do GSAN. Módulos

GSAN. Sistema de Gestão Comercial para empresas de saneamento. Versão Atual do GSAN. Módulos GSAN Sistema de Gestão Comercial para empresas de saneamento Versão Atual do GSAN A PROCENGE é líder nacional no fornecimento de softwares de gestão para companhias de Água e Saneamento, com base na sua

Leia mais

Portabilidade da Linha RM Versão 11.20.0

Portabilidade da Linha RM Versão 11.20.0 Portabilidade da Linha RM Versão 11.20.0 Conteúdo Portabilidade para Servidor de Banco de Dados... 3 Níveis de Compatibilidade entre Bancos de Dados... 5 Portabilidade para Servidor de Aplicação... 6 Portabilidade

Leia mais

PRÉ-REQUISITOS PARA INSTALAÇÃO DO FIT-WM

PRÉ-REQUISITOS PARA INSTALAÇÃO DO FIT-WM PRÉ-REQUISITOS PARA INSTALAÇÃO DO FIT-WM Sempre verifique a versão mais atualizada deste documento em http://www.foresightit.com.br/downloads/prerequisitos_instalacao.pdf. Para a realização da instalação

Leia mais

SISTEMA COOL 2.0V. (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO

SISTEMA COOL 2.0V. (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA COOL 2.0V (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO ÍNDICE Pré-requisitos para utilização do sistema....2 Parte I Navegador...2 Parte II Instalação do Interpretador de PDF...2 Parte III

Leia mais

TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº 20150007

TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº 20150007 TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº 20150007 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do Decreto Estadual nº 28.397,

Leia mais

Termos de Serviço Hospedagem de sites e Revenda

Termos de Serviço Hospedagem de sites e Revenda Termos de Serviço Hospedagem de sites e Revenda CONTRATADA: Estado Virtual, sociedade com razão social Estado Virtual Soluções Corporativas Ltda e sede em SRTVS Quadra 701 Bloco O Sala 676 Ed. Multi Empresarial

Leia mais

CONTRATO PARTICULAR DE LICENÇA DE USO DO SISTEMA OCORRENCIAONLINE.COM

CONTRATO PARTICULAR DE LICENÇA DE USO DO SISTEMA OCORRENCIAONLINE.COM CONTRATO PARTICULAR DE LICENÇA DE USO DO SISTEMA OCORRENCIAONLINE.COM De um lado, a empresa OcorrenciaOnline.com Informática Ltda, com sede em São Paulo, na Av. Rouxinol, 1041 - cj 1402, bairro Moema,

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 009/2012

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 009/2012 Anexo I TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 009/2012 1 DO OBJETO 1.1 - Fornecimento de solução avançada de backup desduplicado, com serviços de assistência técnica e capacitação, visando a integração

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ATUALIZAÇÃO E SUPORTE TÉCNICO

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ATUALIZAÇÃO E SUPORTE TÉCNICO INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ATUALIZAÇÃO E SUPORTE TÉCNICO Pelo presente instrumento particular, as partes, de um lado, VARITUS BRASIL EIRELI, inscrita no CNPJ sob nº

Leia mais

Portal dos Convênios SICONV. Ajuste do Plano de Trabalho, Termo Aditivo e Prorroga de Ofício Perfis de Convenente e Concedente.

Portal dos Convênios SICONV. Ajuste do Plano de Trabalho, Termo Aditivo e Prorroga de Ofício Perfis de Convenente e Concedente. MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios SICONV Ajuste do Plano de Trabalho, Termo

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA até 28/08/2009. até a data acima mencionada

CONSULTA PÚBLICA até 28/08/2009. até a data acima mencionada CONSULTA PÚBLICA O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social BNDES está preparando processo licitatório para contratação de serviços de consultoria técnica especializada, conforme detalhado

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Dispõe acerca de normas referentes à segurança da informação no âmbito da CILL Informática S/A. Goiânia-Go, novembro de 2015 Política de Segurança da Informação CILL

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. Solução de Firewall de Banco de Dados

TERMO DE REFERÊNCIA. Solução de Firewall de Banco de Dados Classificação do Documento: Público TERMO DE REFERÊNCIA CÓDIGO: TR//001/2009 Solução de Firewall de Banco de Dados Sub-Plano: Segurança da Informação Diretoria de Infra-Estrutura de TIC Emissor: DIT /

Leia mais

INTRODUÇÃO 0800 726 0104 www.caixa.gov.br 0800 726 0104

INTRODUÇÃO 0800 726 0104 www.caixa.gov.br 0800 726 0104 Manual Operacional Aplicativo Cliente - GRRF Versão 2.0.2 INTRODUÇÃO O aplicativo cliente da GRRF é o instrumento criado para que os empregadores façam o recolhimento rescisório do Fundo de Garantia do

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE LICENÇA DE USO DE SOFTWARE

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE LICENÇA DE USO DE SOFTWARE INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE LICENÇA DE USO DE SOFTWARE Pelo presente Instrumento Particular de Contrato de Licença de Uso de Software ( Contrato ), de um lado, a VIRTUAL WORKS TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Leia mais

SISTEMA DE GERÊNCIA - DmView

SISTEMA DE GERÊNCIA - DmView Sistema de Gerenciamento DmView O DmView é o Sistema de Gerência desenvolvido para supervisionar e configurar os equipamentos DATACOM, disponibilizando funções para gerência de supervisão, falhas, configuração,

Leia mais

Índice 1.Auditoria Financeira...2 2.Parametrizações do Sistema...3 2.1.Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Forma de controle das notas na Auditoria

Índice 1.Auditoria Financeira...2 2.Parametrizações do Sistema...3 2.1.Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Forma de controle das notas na Auditoria Índice 1.Auditoria Financeira...2 2.Parametrizações do Sistema...3 2.1.Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Forma de controle das notas na Auditoria Financeira...4 2.1.2.Formas de Registro do Pagamento e Recebimento

Leia mais

INTRODUÇÃO ALTERAÇÃO EM RELAÇÃO À VERSÃO ANTERIOR

INTRODUÇÃO ALTERAÇÃO EM RELAÇÃO À VERSÃO ANTERIOR Manual Operacional Aplicativo Cliente - GRRF Versão 2.0.4 INTRODUÇÃO O aplicativo cliente da GRRF é o instrumento criado para que os empregadores façam o recolhimento rescisório do Fundo de Garantia do

Leia mais

Requisitos do Sistema

Requisitos do Sistema PJ8D - 017 ProJuris 8 Desktop Requisitos do Sistema PJ8D - 017 P á g i n a 1 Sumario Sumario... 1 Capítulo I - Introdução... 2 1.1 - Objetivo... 2 1.2 - Quem deve ler esse documento... 2 Capítulo II -

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia Diretoria de Processamento de Dados

Universidade Federal de Uberlândia Diretoria de Processamento de Dados Universidade Federal de Uberlândia Diretoria de Processamento de Dados Termo de Referência Contratação de serviços de desenvolvimento de sistemas informatizados para implementar o portal online para a

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Prestação de Serviço Telefônico Móvel de Dados, na modalidade Sms (Short Message Service - Serviço de Mensagens Curtas de Texto)

TERMO DE REFERÊNCIA Prestação de Serviço Telefônico Móvel de Dados, na modalidade Sms (Short Message Service - Serviço de Mensagens Curtas de Texto) TERMO DE REFERÊNCIA Prestação de Serviço Telefônico Móvel de Dados, na modalidade Sms (Short Message Service - Serviço de Mensagens Curtas de Texto) 1 1 - OBJETO 1.1 Registro de Preços para prestação de

Leia mais

NORMAS PARA UTILIZAÇÃO DA REDE SETUR

NORMAS PARA UTILIZAÇÃO DA REDE SETUR NORMAS PARA UTILIZAÇÃO DA REDE SETUR GETAD/TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1-OBJETIVO Esta norma estabelece os critérios e procedimentos relacionados à utilização da REDE SETUR por todos os servidores, estagiários

Leia mais

jfinanç as Pessoal Versão 2.0 - Fevereiro/2015

jfinanç as Pessoal Versão 2.0 - Fevereiro/2015 jfinanças Pessoal Versão 2.0 - Fevereiro/2015 Índice 1 INTRODUÇÃO E VISÃO GERAL... 1 2 INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO INICIAL DO JFINANÇAS PESSOAL... 2 2.1 Download... 3 2.2 Instalação do jfinanças Pessoal...

Leia mais

BEMATECH LOJA LIVE. Requerimento de Infra-instrutura (servidores no cliente)

BEMATECH LOJA LIVE. Requerimento de Infra-instrutura (servidores no cliente) BEMATECH LOJA LIVE Requerimento de Infra-instrutura (servidores no cliente) Versão 1.0 03 de março de 2011 DESCRIÇÃO Este documento oferece uma visão geral dos requerimentos e necessidades de infra-estrutura

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA SEPN Quadra 514 Norte Lote 7 Bloco B CEP 70760 542 Brasília DF www.cnj.jus.br INSTRUÇÃO NORMATIVA

CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA SEPN Quadra 514 Norte Lote 7 Bloco B CEP 70760 542 Brasília DF www.cnj.jus.br INSTRUÇÃO NORMATIVA CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA SEPN Quadra 514 Norte Lote 7 Bloco B CEP 70760 542 Brasília DF www.cnj.jus.br INSTRUÇÃO NORMATIVA INSTRUÇÃO NORMATIVA 67, DE 5 DE AGOSTO DE 2015 Regulamenta a Portaria SEI

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA TR Pregão Eletrônico nº 001/2015

TERMO DE REFERÊNCIA TR Pregão Eletrônico nº 001/2015 PROCESSO: E-26/0/580/205 DATA: 6/03/205 RUBRICA: ID 28859-9 TERMO DE REFERÊNCIA TR Pregão Eletrônico nº 00/205 Anexo I. DO OBJETO. - Prestação de serviços de assistência técnica e manutenção do ambiente

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Manual de Instalação Sumário 1. Sobre este documento... 3 2. Suporte técnico... 3 3. Requisitos de hardware... 4 3.1. Estação... 4 3.2. Servidor... 4 4. Instalação... 5 4.1. Instalação no servidor... 5

Leia mais