SPED PIS COFINS. Manual desenvolvido para Célula FFiscal Equipe Avanço Informática

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SPED PIS COFINS. Manual desenvolvido para Célula FFiscal Equipe Avanço Informática"

Transcrição

1 SPED PIS COFINS Manual desenvolvido para Célula FFiscal Equipe Avanço Informática

2 1 Índice Dicas e Requisitos Avanço para uso Sped PIS/COFINS... 2 Parametrização... 3 Tabelas Configuração... 4 Configuração... 4 Identificação Matriz... 4 Identificação de Débitos e Créditos PIS/COFINS... 7 Manutenção de Bebidas... 8 Manutenção PIS... 9 Manutenção do COFINS Processo Referenciado Demais Documentos e Operações Créditos e Contribuições Diversas Créditos Extemporâneos Tabela de CFOP Cadastro de Produtos Alteração Individual do Item quanto a Incidência e a não Incidência do PIS/ COFINS Alteração por Setor/ Seção/ Grupo/ SubGrupo ou NCM quanto a Incidência ou não Incidência do PIS/ COFINS Dados Complementares Rotinas de Ajustes Rotina para Alteração dos CST PIS e COFINS de acordo com a Incidência Rotina para ajuste de CST Rotina para alterar a Tabela referente aos Itens Não Incidentes quanto a Saída Rotina para alterar o Tipo de Crédito e Alíquota do PIS/COFINS Rotina para reprocessar Movimento (Altera por faixa) Geração Sped PIS/COFINS Relatório após Geração de Arquivos (epis) Relatório de Conferência de PIS/COFINS Primeiro Passo Segundo passo

3 2 Dicas e Requisitos Avanço para uso Sped PIS/COFINS Para que o registro SPED PIS COFINS seja gerado de forma correta é necessário que o cadastro de produtos esteja totalmente correto. Lembre-se sempre de fazer o backup de seus dados É necessário um acompanhamento diário e um controle rigoroso das vendas através de cupons fiscais. Acompanhar a geração dos arquivos do SPED PIS/COFINS, os erros e utilização do Programa de Validação (PVA) diariamente. 1- Parametrização Nesta rotina definiremos as alíquotas para cada Filial. Para acessar essa Rotina siga o seguinte caminho: Menu Principal Cadastros Básicos Filial Filiais Manutenção Cadastro Passe por toda a primeira tela de cadastro da Filial confirme os dados o Sistema passará para uma próxima tela, que é a de Dados Complementares. Nela devemos informar as Alíquotas do Percentual de PIS e COFINS utilizados pela empresa. 2

4 3 No campo Al.PIS/ COFINS informe em sequencia 1,65 e 7,60, pois essas informações serão padrão para todos os itens do Cadastro da Loja. Caso haja algum item com alíquota diferente, o valor deverá ser informado nos Dados Complementares do Cadastro do próprio produto, como mostraremos a seguir. Para acessar os Dados Complementares dos Produtos acesse o seguinte caminho: Menu Principal Administração de Materiais Gestão de Estoque Cadastro de Produtos Alteração Cadastro Dica: Os Campos marcados correspondem a alíquotas diferenciadas do Item 3

5 4 2- Tabelas Configuração 2.1- Configuração É necessária a configuração das tabelas discriminadas abaixo, que serão utilizadas na Escrituração dos Documentos Fiscais Identificação Matriz Nessa rotina, o Usuário após consultar sua Contabilidade, preencherá de acordo com o layout do Guia Prático SPED PIS/ COFINS, obedecendo ao Regime Tributário de sua Empresa: Lucro Real ou Lucro Presumido. Menu Principal Sped - efd Sped PIS/ COFINS Tabelas Identificação Matriz Campos referentes à Tela acima: Código Loja: Nesse Campo informaremos o Código da Filial que utilizará o SPED PIS/COFINS. Serão informadas todas as filiais que gerarão o arquivo SPED PIS/COFINS, configurando uma a uma. Para visualizar todas as Filiais cadastradas aperte F2. Para visualizar todas as Lojas que já trabalham com SPED PIS/COFINS aperte F3. Código da Matriz: Informe o Código da Matriz, que é a loja principal na geração do PIS/COFINS consolidado. 4

6 5 Cód. Versão Layout: Código da Versão do layout do SPED PIS/COFINS. Natureza Pessoa Jurídica: Informe o Tipo de natureza, para fins de SPED PIS/COFINS, de acordo com as opções abaixo: 0 - Soc. Empresarial 1 - Soc. Cooperativa 2 - Entidades Sujeitas a PIS/PASEP Atividade Predominante: Informe a atividade predominante, para fins de SPED PIS/COFINS, de acordo com as opções abaixo: 0- Indústria 1 - Prestador Serv. 2 - Comércio 3 - Financeira 4 - Imobiliária 9 - Outros Cred./ Indicador desconto Crédito: Deverá informar o tipo de aproveitamento: parcial ou integral (Bloco M): 0 - Desconto Total 1 - Desconto Parcial Rec./Geração PIS/COFINS das vendas ECF: Deverá definir a forma do arredondamento dos valores calculados através da venda do ECF, de acordo com as opções abaixo: S - Recalculo N - Normal O - Arredondamento Dev./Destaca devolução de Saída (CST 49) na geração do arquivo do SPED (S/N)? Este parâmetro define se a CST 49 será mostrado no PVA (Programa Validador) na parte de Consolidação. Arr. NF/Arredonda valor de PIS/COFINS para Notas Fiscais? (S/N) Esse parâmetro se refere ao arredondamento dos cálculos de PIS/COFINS para Notas Fiscais. ST/Retira a Substituição Tributaria da Base de Calculo de PIS/COFINS? (S/N) Esse parâmetro informa se a Substituição Tributaria irá somar na base de cálculo do PIS/COFINS. Incidência Trib. no Período: Informe o Tipo de apropriação do Crédito 1 - Não-Cumulativo 2 - Cumulativo 3 - Ambos Método Apropriação Créditos: Informe o Tipo de Apropriação de acordo com as opções abaixo: 1 - Método Apropriação Direta 2 - Método Rateio Proporcional (Receita Bruta) 5

7 6 Tipo Contribuição Período: Informe o Tipo de Contribuição escolhido pela Empresa. 1 - Apur. Contr. Alíquota Básica 2 - Apur. Contr. Alíquota Especifica Créditos Operações NFE/ ECF: Informar quais registros serão gerados nos seus Arquivos. 1 - Apur. Contrib.Reg.C180 C190 e ECF C Apur. Contrib.Reg.C100 C170 e ECF C400 Exporta todos CFOP s Saída: Informação opcional caso a Contabilidade decida enviar todos os CFOP s de Saída, mesmo sem Incidência de PIS/ COFINS. Rec. DCTF PIS/Código de recolhimento DCTF - PIS: Informar o Código do DCTF referente ao PIS de acordo com a tabela Tabela Códigos de Receitas da Contribuição para o PIS/PASEP. Rec. DCTF COFINS/Código de recolhimento DCTF - COFINS: Informar o Código do DCTF referente ao PIS de acordo com a tabela Tabela Códigos de Receitas da Contribuição da COFINS. * Estas informações são de responsabilidade da Contabilidade do cliente. 6

8 Identificação de Débitos e Créditos PIS/COFINS Nesta rotina o Usuário conseguirá visualizar as tabelas obrigatórias que serão utilizadas no Cadastro de Produtos. Menu Principal Sped - efd Sped PIS/ COFINS Tabelas Tabelas PIS/ COFINS Dica: Visualize todos os dados usando a função F2 Obs.: Caso existam novas tabelas criadas pela Receita Federal, as mesmas serão incluídas também nessa rotina, informando a identificação da Tabela, o Código a ser inserido e a Descrição, conforme tabela baixada no site da receita 7

9 Manutenção de Bebidas Esta rotina consiste basicamente em concentrar a tributação do PIS/PASEP e da COFINS no produtor ou importador de determinado produto, mediante a aplicação de alíquotas maiores que as usuais. Em contrapartida, os demais contribuintes da cadeia de comercialização, ou seja, os distribuidores e varejistas ficam desonerados do tributo, visto que a receita da venda desses produtos será tributada mediante aplicação de alíquota. Para acessar essa Rotina siga o seguinte caminho: Menu Principal Sped - efd Sped PIS/ COFINS Tabelas Manutenção de Bebidas Dica: Caso o Cliente trabalhe com esse Registro as tabelas devem ser cadastradas no Sistema Avanço. 8

10 Manutenção PIS Nessa Rotina podemos consultar e alterar a tabela de CST de PIS. Para consultar os valores cadastrados use a função F2. Menu Principal Sped - efd Sped PIS/ COFINS Tabelas Manutenção PIS Campos referentes à tela acima: PIS: Código de CST de PIS Tributação no Mercado Interno: R= (Ttrib. e Não Trib.). N= (Não Trib.) S= (Trib.): S Descrição: Descrição do Código CST de PIS 9

11 Manutenção do COFINS Nessa Rotina poderemos consultar e alterar a tabela de CST de COFINS. Para consultar os valores cadastrados, basta usar a função F2, Menu Principal Sped - efd Sped PIS/ COFINS Tabelas Manutenção COFINS Campos referentes à tela acima: PIS: Código de CST de COFINS Tributação no Mercado Interno: R= (Ttrib. e Não Trib.). N= (Não Trib.) S= (Trib.): S Descrição: Descrição do Código de CST de COFINS 10

12 Processo Referenciado Nessa rotina podemos informar o processo referenciado, caso haja, relativos à PIS e COFINS, de períodos anteriores. Menu Principal Sped - efd Sped PIS/ COFINS Tabelas Manutenção de Documentos Campos referentes à Tela acima: Loja: Informar a Loja com processo a ser referenciado Mês: Informar o mês do lançamento a ser feito Ano: Informar o Ano Tipo: Informar o tipo do registro ao processo: F111 ou F129 Seq.: Sequencial gerado pelo sistema Numero Processo: Informar o número do processo Origem Processo: Informar a origem daquele processo conforme os códigos abaixo: 1 - Justiça Federal 3 - Secretaria da Receita Federal do Brasil 9 Outros Sq. registro pai: Informe o SEQUENCIAL do registro pai deste registro 11

13 Demais Documentos e Operações Nesse processo serão informados os demais Documentos da Escrituração Fiscal que não são feitas pela Rotina de Materiais. Verificar com a Contabilidade quais os registros referentes ao Bloco F. Menu Principal Sped - efd Sped PIS/ COFINS Tabelas Manutenção de Documentos Obs.: Em relação ao preenchimento dos campos, verificar com a contabilidade, para que os mesmos constem no seu arquivo PIS/COFINS. 12

14 Créditos e Contribuições Diversas Sped-Efd Sped PIS/COFINS Tabelas Cred. Contrib. Esse Processo se refere aos lançamentos de Créditos e Contribuições Diversas indicados nos Registros dos Blocos M e Caso haja créditos pertencentes aos Registros do Bloco M e 1000, verificar no Guia Prático o detalhamento de crédito devido de cada registro, a serem informados nos campos abaixo: 13

15 Créditos Extemporâneos Crédito Extemporâneo é o aproveitamento do Crédito fora do prazo, ou seja, crédito que não é declarado no momento da entrada da mercadoria com Nota Fiscal. Menu Principal Sped - efd Sped PIS/ COFINS Tabelas Créditos Extemporâneos Dica: Se indicar referência no campo Mês/ano ref., o mesmo pedirá informações de Nota, Entrada ou Saída, Movimento, Série e Nota Fiscal. Isso implicará na digitação de todos os itens da NF, sendo que deverá ser feito um registro para PIS e um para COFINS de cada item. Se não indicar a referência o registro poderá ser feito pelo valor total do crédito no mês. 14

16 15 3. Tabela de CFOP Administração Fiscal Tabelas Fiscais Códigos Manutenção Campos referentes à tela acima: Serviço: Informe (S) para Serviços ou (M) para Mercadorias. COFINS/PIS: CST de PIS/COFINS. Se preencher este campo, substituirá a informação definida no cadastro do produto. Ap-cof/Pi: Indica se este CFOP apropria PIS e COFINS; Nt. Bc.Pis: Código da natureza da base de cálculo do crédito do PIS/COFINS (Tabela: 4.3.7). Obrigatório se CFOP apropriar PIS/COFINS. Tp. Cr.PIS: Tipo de crédito PIS/COFINS. Se preencher este campo, substituirá a informação definida no cadastro do produto. 15

17 16 4. Cadastro de Produtos No Sped PIS/ COFINS o Registro principal é o Cadastro de Produtos, seja ele de Serviço, Revenda, ou qualquer outro Cadastro cujo referencie o imposto. Com a função F2 nos campos devidos de PIS/COFINS (CST) ao passar por eles, aparecerá à tabela referenciada no Item Tabela Manutenção de PIS/ COFINS. Os códigos deverão ser repassados pela área Fiscal/Contábil da Empresa. O Sistema disponibiliza Rotinas para mudança em Série ou Individual dos Produtos Alteração Individual do Item quanto a Incidência e a não Incidência do PIS/ COFINS_ Essa rotina permite alterar individualmente o Item e todos os seus campos de acordo com as novas exigências para o SPED. Aqui ajustaremos o Cadastro do produto quanto a Incidência e a Não Incidência do PIS e da COFINS na Entrada e na Saída Administração de Materiais Gestão de Estoque Cadastro de Produtos Alteração Cadastro Os campos referentes ao PIS/COFINS é o IncPIS onde a primeira posição corresponde a Incidência de PIS/COFINS para Entrada e a Segunda posição para Saída. Dica: Quando um item for incidente de PIS/COFINS na Entrada ele também será na Saída. 16

18 Alteração por Setor/ Seção/ Grupo/ SubGrupo ou NCM quanto a Incidência ou não Incidência do PIS/ COFINS Essa rotina Permite alterar por Faixa de Setor/ Seção/ Grupo ou pela Classificação Fiscal, a Incidência e Não Incidência do PIS e da COFINS. SPED- Efd Mercadoria Produtos Faixa setor/grupo/sub O Primeiro (Campo Incidência S) irá alterar a incidência de PIS e COFINS na Entrada e o segundo (Campo Incidência S (segundo S)) mudará a Incidência na Saída. Dica: Antes de Executar qualquer processo faça o backup dos seguintes arquivos: sp01a03* que fica em /u/arq sp14a10* que fica em /u/sist./sped 17

19 Dados Complementares Essa é a Segunda tela de alteração do Cadastro do Produto. Administração de Materiais Gestão de Estoque Cadastro de Produtos Alteração Cadastro Campos referentes à tela acima: Cst-Pis: Esse campo trata da situação tributária de PIS, para as operações de Saída. PIS dif : Preencher a alíquota de PIS nos casos onde a tributação for diferenciada da preenchida no Cadastro da Filial. Cst-Cofins: Esse campo trata da situação tributária de COFINS, para as operações de Saída. Cof-dif: Preencher a alíquota de COFINS nos casos onde a tributação for diferenciada da preenchida no Cadastro da Filial. C.Pis/cofi: Natureza de crédito a ser informada para contribuintes com apuração no Regime Não Cumulativo (Lucro Real). Este campo se refere ao Tipo de Crédito, portanto, deve estar de acordo com a CST de PIS informado na Entrada. C.Pis/Cofi2: Natureza de crédito a ser informada para contribuintes com apuração no Regime Cumulativo (LUCRO PRESUMIDO). Este campo se refere ao Tipo de Crédito, portanto, deve estar de acordo com a CST de COFINS informado na Entrada. A.Pis/Cofi: Tipo de alíquota de PIS e de COFINS para a apuração. 18

20 19 Campos referentes à tela acima: Tabela PIS.: Identificar o Código da Tabela a ser usado para o Produto conforme tabelas a Este campo se refere à saída e deve estar de acordo com a CST de PIS preenchido no cadastro de produto. Item PIS: Pressionar F2 e definir o código correspondente ao tipo de mercadoria cadastrada. Conforme tabelas a Tab. COFINS.:.: Identificar o Código da Tabela a ser usado para produto conforme tabelas a Este campo se refere à saída e deve estar de acordo com a CST de COFINS preenchido no cadastro de produto. Item Cof.: Pressionar F2 e definir o código correspondente ao tipo de mercadoria cadastrada. Conforme Tabelas a Alíquotas: Neste campo deverá ser preenchida a alíquota de PIS e de COFINS nos casos onde a Tributação for diferenciada da informada no Cadastro da Filial. CST PIS Entrada: Esse campo trata da situação tributária de PIS, para as operações de entrada. CST COFINS Entrada: Esse campo trata da situação tributária de COFINS, para as Operações de Entrada. 19

21 20 5. Rotinas de Ajustes 5.1- Rotina para Alteração dos CST PIS e COFINS de acordo com a Incidência Esta rotina altera a CST do produto por faixa de itens, setor/grupo e seção/grupo, conforme a definição de incidência do cadastro. Sped Efd Mercadorias Produtos PIS/ COFINS Faixa por Item Dica: Antes de executar esta rotina, certifique que o Cadastro do Produto esteja com as definições de Incidência de PIS e de COFINS corretamente cadastradas. Faça o backup dos arquivos abaixo, pois ao executar esta rotina, todo o cadastro de produtos será alterado. Arquivos a serem salvos: sp01a03* que fica em /u/arq sp14a10* que fica em /u/sist/sped 20

22 Rotina para ajuste de CST Essa rotina permite que sejam alterados, por faixa de itens, seção/setor ou classificação fiscal (NCM), os dados referentes a todas as informações exigidas para o SPED PIS e COFINS Sped Efd Mercadorias Produtos Faixa por Item Dica: Antes de realizar essa rotina faça o backup dos arquivos abaixo, pois ao executá-la, todo o cadastro de produtos será alterado. Arquivos a serem salvos: sp01a03* que fica em /u/arq sp14a10* que fica em /u/sist/sped 21

23 Rotina para alterar a Tabela referente aos Itens Não Incidentes quanto a Saída_ Essa rotina altera as Tabelas e Itens de PIS e COFINS por faixa de item, setor/seção ou classificação fiscal (NCM). Conforme Tabelas a Sped Efd Mercadorias Produtos Faixa por Item 22

24 23 Essa rotina alterará os 4 campos marcados acima: Tabela PIS Item PIS Tab. COFINS Item Cof. Conforme Tabelas a

25 Rotina para alterar o Tipo de Crédito e Alíquota do PIS/COFINS Essa rotina altera o indicador da base de cálculo e a referência de alíquota de PIS/COFINS, por item, setor/seção/grupo ou classificação fiscal (NCM). Sped Efd Mercadorias Produtos Faixa por Item 24

26 25 Essa Rotina alterará os 3 campos marcados acima: C.Pis/COFINS C.Pis/Confins2 A.Pis/Cofi Dica: É possível executar a rotina de alteração por faixa de item, setor/seção para alterar várias informações ao mesmo tempo, como Incidência, CSTs e tabelas de PIS/COFINS. 25

27 Rotina para reprocessar Movimento (Altera por faixa) Essa rotina reprocessará as informações gravadas nas notas fiscais referentes aos campos Incidência, CST, Tabelas, Tipo de Crédito de PIS/COFINS, Natureza da Receita e NCM, definidas no Cadastro de produto/cfop e recalcular a base de cálculo, alíquota e valor das notas fiscais e ECF s. Sped Efd Ferramentas Altera p/ Faixa Dica: A rotina deverá ser executada para os 2 campos em destaque na Tela acima (PIS.COF.NF e depois para PIS.COF.ECF) Antes de executar essa Rotina salve os seguintes arquivos: fiscaamm fiscitaamm vndllaamm vnilllaamm onde aa= ano e mm= mês fica em /u/sist/arqf onde aa= ano e mm= mês fica em /u/sist/arqf onde lll = loja com 3 dígitos aa= ano e mm= mês fica em /u/sist/arqv onde lll = loja com 3 dígitos aa= ano e mm= mês fica em /u/sist/arqv 26

28 27 6. Geração Sped PIS/COFINS Sped- Efd Geração SPED Sped Pis/ Cofins Dados referentes a tela acima: Loja: Informar a loja a ser gerada; Geral: Somente é possível gerar com a opção S se a loja informada for a definida na Identificação da Matriz como principal. Cod.Versao: Versão do layout do arquivo definido pela Receita Federal Mês/Ano: Informar mês e ano da geração do arquivo; Dia: Informar o dia de inicio e fim do período desejado; S.Especial: Informar se a loja possui situação especial conforme abaixo: Nenhuma 0 - Abertura 1 - Cisão 2 - Fusão 3 - Incorporação 4 - Encerramento T.Escrit: Informar o tipo de escrituração a ser realizada 0 - Original 1 - Retificadora ECF: Opção para gerar completo, informando S, somente notas fiscais, informando N, e somente cupons fiscais, informando E. Contador: Informar o código do contador da empresa cadastrado no sistema. Arquivo: Nome do arquivo a ser gerado. 27

29 28 7. Relatório após Geração de Arquivos (epis) Ao Finalizar o Processo de Geração do SPED o sistema trará, conforme destacado em vermelho na imagem anterior, a informação para verificar o arquivo rel/epis. Neste relatório não deve existir nenhum erro para que não ocorra problemas na validação do arquivo. Abaixo segue um exemplo do relatório mencionado. Dica: Todas as informações apresentadas pelo Relatório deverão ser corrigidas até que o mesmo não apresente erros. 28

30 29 8- Relatório de Conferência de PIS/COFINS Gerar relatório de conferência de PIS/COFINS para análise da apuração, que deverá ser feita por CST, para comparar com os valores apresentados no validador. Sped- Efd Sped PIS/COFINS Relatório PIS/COFINS 8.1- Primeiro Passo O Relatório PIS COFINS com o filtro abaixo deverá ser conferido com a Apuração de ICMS, a fim de identificar se toda a movimentação está gravada na rotina do SPED. Dados referentes a tela acima: Loja: Informar a loja desejada. Só é possível gerar um relatório para cada loja. Rel. CFOP/CST...: (Informe C p/cfop, S p/cst ou N p/nenhum). Selecionar C para que o relatorio seja emitido por CFOP. So Total...: (Informe S para Só Total, F para CST/CFOP). Neste caso informaremos S para que o CFOP seja Totalizado. Inc.CFOP...: (Selecione a incidencia do CFOP: N, S ou T). Neste exemplo informaremos T para que sejam exibidos Todas as Notas Fiscais. 29

31 30 NF Inc...: (Itens c/incidencia:sim:(s) NAO:(N) Tr/Ntr/NF:(R) TODOS :(T) PVA:(P) DIF.CST:(X)). Neste campo informaremos T para que mostre todas as notas fiscais, independente da incidencia de PIS/COFINS. Entrada/Saída...: Neste campo informaremos E para Entrada ou S para Saída. Lembrando que será emitido um relatório para cada movimentação, não sendo possível gerar as duas movimentações de uma só vez. Spool...: neste campo voce irá informar o nome do relatório a ser gerado. Rel. Advert: informar neste campo um nome diferente do campo spool, para que seja apresentado o relatorio de advertencias, se houverem. Emitir o Livro de Apuração e comparar com este relatório. 30

32 31 Administração Fiscal Relatorios gerenciais Apuracao Livro de Apuracao Dica: Conferir os Valores Contábeis conforme marcado na figura acima. 31

33 Segundo passo A próxima conferência a ser feita será os valores dos CSTs de PIS/COFINS com o Consolidado no PVA (Programa Validador). Para que seja possível esta conferência, o relatório deve ser emitido por CST, conforme mostramos abaixo: Dados referentes a tela acima: Loja: Informar a loja desejada. Só é possível gerar um relatório para cada loja. Rel. CFOP/CST...: (Informe C p/cfop, S p/cst ou N p/nenhum). Selecionar S para que o relatorio seja emitido por CST. So Total...: (Informe S para So' Total, F para CST/CFOP). Neste caso informaremos S para que o CST seja Totalizado. Inc.CFOP...: (Selecione a incidencia do CFOP: N, S ou T). Nesta opção deixaremos S para que o relatório seja gerado conforme o arquivo que será enviado para o PVA. NF Inc...: (Itens c/incidencia:sim:(s) NAO:(N) Tr/Ntr/NF:(R) TODOS :(T) PVA:(P) DIF.CST:(X)). Neste campo deixaremos P para que o relatório seja gerado conforme o arquivo que será enviado para o PVA. Entrada/Saída...: Neste campo informaremos E para Entrada ou S para Saída. Lembrando que será emitido um relatório para cada movimentação, não sendo possível gerar as duas movimentações de uma só vez. 32

34 33 Bloco F...: (Processar Bloco F? Todos (movim+bloco F), Sim(somente Bloco F) ou Nao(somente movim)). Neste campo informaremos se os lançamentos do Bloco F sairão no relatório. Como precisamos de todos os valores para realizar a conferência, informaremos T para que some o movimento com o lançamento do Bloco F. Spool...: neste campo voce irá informar o nome do relatório a ser gerado. Rel. Advert: informar neste campo um nome diferente do campo spool, para que seja apresentado o relatorio de advertencias, se houverem. No PVA (Programa Validador) selecione o seguinte caminho: Relatórios Registros Fiscais - Consolidação das Operações por CST Consolidado Dica: Esse relatório também é gerado por item, para fins de conferência e correção de erros. Geralmente utilizamos o filtro "relatório por item" para que seja identificado possíveis erros nos itens gravados na movimentação. Abaixo segue o exemplo de alguns filtros que podemos utilizar para esta conferência. 33

35 34 Para abrir este relatório no Excel, vá na unidade de rede do servidor e procure pela pasta "csv". Clique no arquivo com o nome gerado e abra-o, conforme mostra a figura abaixo. Com isso você consegue filtrar todas as informações dos itens que se encontram em sua movimentação. 34

36 35 Prazo de Entrega Instrução Normativa RFB nº 1.161, de 31 de maio de 2011, prorrogou excepcionalmente, para o quinto dia útil de fevereiro de 2012, a apresentação da Escrituração Fiscal Digital do PIS/PASEP e da COFINS EFD-PIS/COFINS em relação aos fatos geradores ocorridos no ano-calendário de Para as demais pessoas jurídicas não obrigadas, a entrega da EFD-PIS/COFINS fica facultada. Transmissão A EFD-PIS/COFINS emitida de forma eletrônica deverá ser assinada digitalmente pelo representante legal da empresa ou procurador constituído nos termos da Instrução Normativa RFB nº 944, de 29 de maio de 2009, utilizando-se de certificado de segurança mínima tipo A3, emitido por entidade credenciada pela Infra-estrutura de Chaves Pública Brasileira (ICP-Brasil), a fim de garantir a autoria do documento digital. Da mesma forma que os demais arquivos remetidos ao ambiente do SPED, a EFD-PIS/COFINS deverá ser submetida ao Programa Validador e Assinador (PVA), especificamente desenvolvido para tal fim. Penalidades A não-apresentação da EFD-PIS/COFINS no prazo fixado acarretará a aplicação de multa no valor de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) por mês-calendário ou fração. Retificação A EFD-PIS/COFINS entregue poderá ser objeto de substituição, mediante transmissão de novo arquivo digital validado e assinado, que substituirá integralmente o arquivo anterior, para inclusão, alteração ou exclusão de documentos ou operações da escrituração fiscal, ou para efetivação de alteração nos registros representativos de créditos e contribuições e outros valores apurados. Principais Tabelas Tabela Tabela Código da Situação Tributária Referente ao PIS/PASEP CST-PIS - Versão Tabela Tabela Código da Situação Tributária Referente à COFINS CST-COFINS - Versão Tabela Tabela Código de Contribuição Social Apurada - Versão Tabela Tabela Código de Tipo de Crédito - Versão Tabela Tabela Código de Base de Cálculo do Crédito - Versão Tabela Tabela Código de Ajustes de Contribuição ou Créditos - Versão Tabela Tabela de Alíquotas de Créditos Presumidos da Agroindústria - Versão Tabela Tabela Produtos Sujeitos à Incidência Monofásica da Contribuição Social Alíquotas Diferenciadas (CST 02 e 04) - Versão Tabela Tabela Produtos Sujeitos à Incidência Monofásica da Contribuição Social Alíquotas por Unidade de Medida de Produto - (CST 03 e 04) - Versão Tabela Tabela Produtos Sujeitos à Substituição Tributária da Contribuição Social (CST 05) - Versão Tabela Tabela Produtos Sujeitos à Alíquota Zero da Contribuição Social (CST 06) - Versão

37 36 Tabela Tabela Operações com Isenção da Contribuição Social (CST 07) - Versão Tabela Tabela Operações sem Incidência da Contribuição Social (CST 08) - Versão Tabela Tabela Operações com Suspensão da Contribuição Social (CST 09) - Versão Tabela Tabela Outros Produtos e Operações Sujeitos a Alíquotas Diferenciadas (CST 02) - Versão Tabela CFOP - Operações Geradoras de Créditos - Versão Tabela Correlação Dacon X EFD-PIS/COFINS - Versão

GUIA PRÁTICO EFD-CONTRIBUIÇÕES

GUIA PRÁTICO EFD-CONTRIBUIÇÕES GUIA PRÁTICO EFD-CONTRIBUIÇÕES Maio de 2012 O QUE É A EFD-Contribuições trata de arquivo digital instituído no Sistema Publico de Escrituração Digital SPED, a ser utilizado pelas pessoas jurídicas de direito

Leia mais

Aspectos gerais para validação da EFD Contribuições Lucro Presumido

Aspectos gerais para validação da EFD Contribuições Lucro Presumido Aspectos gerais para validação da EFD Contribuições Lucro Presumido Sumário Aspectos gerais para validação da EFD Contribuições Lucro Presumido 1. Cadastro de Empresas... 2 2. Cadastro de Participantes...

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO WFISCAL SPED PIS COFINS. Lucro Presumido Regime de Competência Escrituração Consolidada por CFOP

MANUAL DO USUÁRIO WFISCAL SPED PIS COFINS. Lucro Presumido Regime de Competência Escrituração Consolidada por CFOP MANUAL DO USUÁRIO WFISCAL SPED PIS COFINS Lucro Presumido Regime de Competência Escrituração Consolidada por CFOP Página: 1 INTRODUÇÃO Este material traz as informações sobre as características do SPED

Leia mais

SPED PIS E COFINS SPED PIS E COFINS. Sistema Questor SPED PIS E COFINS - SPED PIS E COFINS - 0brigatoriedade. Objetivos do Curso

SPED PIS E COFINS SPED PIS E COFINS. Sistema Questor SPED PIS E COFINS - SPED PIS E COFINS - 0brigatoriedade. Objetivos do Curso Sistema Questor SPED PIS E COFINS SPED Sistema Público de Escrituração Digital EFD Escrituração Fiscal Digital Instrutor: - Jocenei Friedrich Apoio: - Sejam todos bem-vindos Objetivos do Curso Conhecer

Leia mais

MANUAL SPED(EFD) PIS-COFINS

MANUAL SPED(EFD) PIS-COFINS MANUAL SPED(EFD) PIS-COFINS O que é SPED? É um arquivo de texto que detalha todas as movimentações fiscais da empresa em um determinado período, listando todas as operações de compra (Notas de compra)

Leia mais

Informações gerais sobre a EFD-PIS/COFINS

Informações gerais sobre a EFD-PIS/COFINS Informações gerais sobre a EFD-PIS/COFINS Legislação Conforme instituído pela Instrução Normativa RFB nº 1.052, de 5 de julho de 2010, sujeitam à obrigatoriedade de geração de arquivo da Escrituração Fiscal

Leia mais

EFD PIS/COFINS. O que é a EFD PIS/COFINS?...2. A EFD PIS/COFINS no Cordilheira Escrita Fiscal...2. 1. Procedimentos Iniciais...2

EFD PIS/COFINS. O que é a EFD PIS/COFINS?...2. A EFD PIS/COFINS no Cordilheira Escrita Fiscal...2. 1. Procedimentos Iniciais...2 EFD PIS/COFINS SUMÁRIO O que é a EFD PIS/COFINS?...2 A EFD PIS/COFINS no Cordilheira Escrita Fiscal...2 1. Procedimentos Iniciais...2 a) Classificando as Empresas... 3 b) Conferindo os Cadastros que Influenciam

Leia mais

REGIME LUCRO PRESUMIDO

REGIME LUCRO PRESUMIDO REGIME LUCRO PRESUMIDO [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA Material Desenvolvido para a Célula Fiscal Autor: Equipe

Leia mais

Sistema de Livros Fiscais Imediata

Sistema de Livros Fiscais Imediata 1 Sistema de Livros Fiscais Imediata 2 Descritivo das Rotinas Operacionais do Sistema de Livros Fiscais para geração EFD PIS/Cofins SPED Contribuições Após a instalação do Sistema de Livros Fiscais, basta

Leia mais

Manual De Sped Fiscal E Sped Pis / Cofins

Manual De Sped Fiscal E Sped Pis / Cofins Manual De Sped Fiscal E Sped Pis / Cofins 29/05/2012 1 O Sped fiscal e Pis/Confins é uma arquivo gerado através do sistema da SD Informática, onde este arquivo contem todos os dados de entrada e saída

Leia mais

O que é o Sistema Público de Escrituração Digital - SPED?

O que é o Sistema Público de Escrituração Digital - SPED? SPED PIS/COFINS Teoria e Prática O que é o Sistema Público de Escrituração Digital - SPED? E v e l i n e B a r r o s o Maracanaú - CE Março/2 0 1 2 1 2 Conceito O SPED é instrumento que unifica as atividades

Leia mais

EFD PIS COFINS ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL

EFD PIS COFINS ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL EFD PIS COFINS ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL 1. INTRODUÇÃO Este artigo tem por objetivo trazer considerações relevantes quanto a dados inerentes à Escrituração Fiscal Digital da Contribuição para o PIS/Pasep

Leia mais

Para gerar o arquivo do SPED PIS/COFINS com sucesso são necessárias algumas parametrizações e lançamentos.

Para gerar o arquivo do SPED PIS/COFINS com sucesso são necessárias algumas parametrizações e lançamentos. Para gerar o arquivo do SPED PIS/COFINS com sucesso são necessárias algumas parametrizações e lançamentos. 1. No cadastro de empresas 1.1. Informar o regime de apuração dos impostos 1.1.1. LUCRO PRESUMIDO

Leia mais

RELATÓRIO PIS E COFINS

RELATÓRIO PIS E COFINS RELATÓRIO PIS E COFINS [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de e-mail] MANUAL AVANÇO MANUAL INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA Material Desenvolvido para a Célula Fiscal Autor:

Leia mais

ANO XXII - 2011-4ª SEMANA DE ABRIL DE 2011 BOLETIM INFORMARE Nº 17/2011 PIS/PASEP/COFINS IMPOSTO DE RENDA PESSOA JURÍDICA

ANO XXII - 2011-4ª SEMANA DE ABRIL DE 2011 BOLETIM INFORMARE Nº 17/2011 PIS/PASEP/COFINS IMPOSTO DE RENDA PESSOA JURÍDICA ANO XXII - 2011-4ª SEMANA DE ABRIL DE 2011 BOLETIM INFORMARE Nº 17/2011 PIS/PASEP/COFINS ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL DO PIS/PASEP E DA COFINS - EFD-PIS/COFINS - NORMAS GERAIS Introdução - Pessoas Jurídicas

Leia mais

PIS/ COFINS. NOTÍCIAS DA SEMANA (14/02/11 a 18/02/11)

PIS/ COFINS. NOTÍCIAS DA SEMANA (14/02/11 a 18/02/11) PIS/ COFINS NOTÍCIAS DA SEMANA (14/02/11 a 18/02/11) I NOVAS SOLUÇÕES DE CONSULTAS.... 2 A) LOCADORAS DE VEÍCULOS PODEM SE CREDITAR DE 1/48 (UM QUARENTA O OITO AVOS) NO CÁLCULO DOS CRÉDITOS DE PIS/COFINS

Leia mais

Escrituração Fiscal Digital EFD - PIS/COFINS. São Paulo, agosto de 2011

Escrituração Fiscal Digital EFD - PIS/COFINS. São Paulo, agosto de 2011 Escrituração Fiscal Digital EFD - PIS/COFINS São Paulo, agosto de 2011 m28 Obrigações Tributárias: Emissão de Documento Fiscal Escrituração Contábil Obrigação Acessória Escrituração Fiscal Entrega de Declarações

Leia mais

FIATNET - EXPORTAÇÃO SPED PIS/COFINS

FIATNET - EXPORTAÇÃO SPED PIS/COFINS FIATNET - EXPORTAÇÃO SPED PIS/COFINS NOTA TÉCNICA - EXPORTAR E UNIFICAR ARQUIVOS GERADOS NA MATRIZ E SUAS FILIAIS ATUALIZADA EM: 02/06/2011 ÍNDICE 1. EXPORTAÇÃO... 1 2. UNIFICAÇÃO DOS ARQUIVOS... 9 3.

Leia mais

Manual. EFD Contribuições

Manual. EFD Contribuições Treinamento Escrita Fiscal Material desenvolvido por: Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Implantta Serviços

Leia mais

Gerar EFD Contribuições Lucro Presumido

Gerar EFD Contribuições Lucro Presumido Gerar EFD Contribuições Lucro Presumido 1º Acesse o menu Controle, opção Parâmetros, clique na guia Impostos, e certifique-se de que estão incluídos os impostos do regime 4- Pis e 5 Cofins. Na guia Federal,

Leia mais

EXACTUS Software exactus.com.br

EXACTUS Software exactus.com.br Página 1 de Segue abaixo a relação das principais dúvidas referentes à Apuração do EFD- Contribuições Contribuição Previdenciária sobre a Receita Bruta no TOP: I - APURAÇÃO DA EFD - CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA NIVEL BÁSICO SPED FISCAL

MANUAL DO SISTEMA NIVEL BÁSICO SPED FISCAL MANUAL DO SISTEMA NIVEL BÁSICO SPED FISCAL 1 INDICE Informações importantes sobre o SPED...... 03 Entrando no sistema...... 04 Configurando o acesso à base de dados Access ou MySQL... 04 Cadastros... 05

Leia mais

EFD Contribuições (PIS/Cofins)

EFD Contribuições (PIS/Cofins) EFD Contribuições (PIS/Cofins) Principais Aspectos no Preenchimento e Implantação da Escrituração Fiscal Digital do PIS/Pasep, da Cofins e da Contribuição Previdenciária sobre Receitas. Assunto: Escrituração

Leia mais

EFD-Contribuições Informações PIS/COFINS

EFD-Contribuições Informações PIS/COFINS EFD-Contribuições Informações PIS/COFINS 1. Introdução 2. Obrigatoriedade e dispensa 3. Periodicidade e prazo de entrega (Alterações IN nº 1.305/2012 e ADE Cofis nº 65/2012) 4. Dispensa do Dacon 5. Forma

Leia mais

Produto : Microsiga Protheus Livros Fiscais Versão 10 Data da publicação : 23/05/12. País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Todos

Produto : Microsiga Protheus Livros Fiscais Versão 10 Data da publicação : 23/05/12. País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Todos Relatório de Conferência - EFD - Contribuições Produto : Microsiga Protheus Livros Fiscais Versão 10 Data da publicação : 23/05/12 País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Todos Chamado : TEHRSH Está disponível

Leia mais

FAQ SPED. Devido ao grande número de correções que terei que fazer em meu cadastro, não vou conseguir cumprir o prazo de entrega, o que posso fazer?

FAQ SPED. Devido ao grande número de correções que terei que fazer em meu cadastro, não vou conseguir cumprir o prazo de entrega, o que posso fazer? FAQ SPED Questionamentos Pré Geração: Devido ao grande número de correções que terei que fazer em meu cadastro, não vou conseguir cumprir o prazo de entrega, o que posso fazer? Existe a possibilidade de

Leia mais

Configuração de Acumuladores

Configuração de Acumuladores Configuração de Acumuladores Os acumuladores são cadastro usados pelo Módulo Domínio Sistemas Fiscal para permitir a totalização dos valores lançados nos movimentos de entradas, saídas, serviços, outras

Leia mais

EFD PIS/COFINS NOVIDADES G5 PHOENIX 1 CADASTRO DE ITENS. Foram acrescentados os seguintes campos no Cadastro de Itens:

EFD PIS/COFINS NOVIDADES G5 PHOENIX 1 CADASTRO DE ITENS. Foram acrescentados os seguintes campos no Cadastro de Itens: EFD PIS/COFINS NOVIDADES G5 PHOENIX 1 CADASTRO DE ITENS Foram acrescentados os seguintes campos no Cadastro de Itens: 1.1 Subtela Cod.Grupo Bebidas Frias. Teclando ctrl+enter neste campo o sistema abre

Leia mais

ECF DIPJ INCLUÍDA NO SPED

ECF DIPJ INCLUÍDA NO SPED ECF DIPJ INCLUÍDA NO SPED O que é ECF Escrituração Contábil Fiscal? Demonstra o cálculo do IRPJ e da CSLL Sucessora da DIPJ Faz parte do projeto SPED Instituída pela Instrução Normativa RFB 1.422/2013

Leia mais

Bloco Contábil e Fiscal

Bloco Contábil e Fiscal Bloco Contábil e Fiscal EFD Contribuições Objetivo O objetivo deste artigo é dar uma visão geral sobre o Módulo EFD Contribuições, que faz parte do Bloco Contábil e Fiscal. Todas informações aqui disponibilizadas

Leia mais

Shop Control 8. Manual SPED CONTRIBUIÇÕES

Shop Control 8. Manual SPED CONTRIBUIÇÕES Shop Control 8 Manual SPED CONTRIBUIÇÕES IdealSoft Março / 2012 Informações Gerais - SPED Contribuições A EFD-Contribuições trata-se de um arquivo digital instituído no Sistema Publico de Escrituração

Leia mais

Entrada de Notas Fiscais de Serviço pela Rotina de Materiais. Manual desenvolvido para Célula Fiscal Equipe Avanço Informática

Entrada de Notas Fiscais de Serviço pela Rotina de Materiais. Manual desenvolvido para Célula Fiscal Equipe Avanço Informática Entrada de Notas Fiscais de Serviço pela Rotina de Materiais Manual desenvolvido para Célula Fiscal Equipe Avanço Informática 1 A Rotina de lançamento de Notas Fiscais de Serviço foi alterada, agora os

Leia mais

Escrituração Fiscal Digital da Contribuição para o PIS/Pasep, da Cofins e da Contribuição Previdenciária sobre a Receita - EFD Contribuições

Escrituração Fiscal Digital da Contribuição para o PIS/Pasep, da Cofins e da Contribuição Previdenciária sobre a Receita - EFD Contribuições Escrituração Fiscal Digital da Contribuição para o PIS/Pasep, da Cofins e da Contribuição Previdenciária sobre a Receita - EFD Contribuições Roteiro de Escrituração das Contribuições Sociais (Pessoa Jurídica

Leia mais

O arquivo SPED é complexo, contém diversas amarrações e muita informação. Algumas medidas diminuem o impacto de dificuldade na validação do arquivo:

O arquivo SPED é complexo, contém diversas amarrações e muita informação. Algumas medidas diminuem o impacto de dificuldade na validação do arquivo: O arquivo SPED é complexo, contém diversas amarrações e muita informação. Algumas medidas diminuem o impacto de dificuldade na validação do arquivo: Não gere toda a movimentação de uma vez. O ideal e aconselhável

Leia mais

EFD PIS COFINS Teoria e Prática

EFD PIS COFINS Teoria e Prática EFD PIS COFINS Teoria e Prática É uma solução tecnológica que oficializa os arquivos digitais das escriturações fiscal e contábil dos sistemas empresariais dentro de um formato digital específico e padronizado.

Leia mais

ANEXO IV A NOTA TÉCNICA:

ANEXO IV A NOTA TÉCNICA: Simples SPED ICMS/IPI (RPA) Deverão escriturar os registros C800, C850, C860 e C890 no SPED ICMS/IPI e os registros C860, C870, C880 e C890 na Escrituração Fiscal Digital (EFD) Contribuições. As empresas

Leia mais

MANUAL DO CVCONT/ SPED PIS COFINS. Recomendamos que este manual seja impresso para futuras consultas, devido à sua importância.

MANUAL DO CVCONT/ SPED PIS COFINS. Recomendamos que este manual seja impresso para futuras consultas, devido à sua importância. MANUAL DO CVCONT/ SPED PIS COFINS Recomendamos que este manual seja impresso para futuras consultas, devido à sua importância. 1. Configuração Primeiramente para que os sistemas estejam aptos para a geração

Leia mais

INFORMATIVO ESPECIAL SPED Comunicado SPED vs.4-02/03/2012

INFORMATIVO ESPECIAL SPED Comunicado SPED vs.4-02/03/2012 Comunicado SPED vs.4-02/03/2012 Prezado cliente, Para mantê-lo informado sobre as liberações e procedimentos referentes ao SPED PIS/COFINS, destacamos nesse comunicado os principais pontos que devem ser

Leia mais

NFe e NFCe Como emitir nota fiscal pelo Lince? COMO EMITIR NOTA FISCAL PELO LINCE?

NFe e NFCe Como emitir nota fiscal pelo Lince? COMO EMITIR NOTA FISCAL PELO LINCE? Como emitir nota fiscal pelo Lince? COMO EMITIR NOTA FISCAL PELO LINCE? O que é a Nota Fiscal Eletrônica? Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) tem como intuito emitir e armazenar eletronicamente, para fins fiscais,

Leia mais

Fluxograma - Configuração EFD Contribuições (Lucro Presumido)

Fluxograma - Configuração EFD Contribuições (Lucro Presumido) Fluxograma - Configuração EFD Contribuições (Lucro Presumido) Parametrizar a empresa como Lucro Presumido. 1 - Regime de Competência Qual o Regime de apuração adotado? 2 - Regime de Caixa Qual será a forma

Leia mais

CURSO SPED PIS COFINS CONTRIBUIÇOES MATÉRIA

CURSO SPED PIS COFINS CONTRIBUIÇOES MATÉRIA CURSO SPED PIS COFINS CONTRIBUIÇOES MATÉRIA POR NEOMAR ANTONIO CÓRDOVA Como é do conhecimento dos alunos que participaram do roteiro de cursos do CRC/SC, sobre SPED CONTRIBUIÇÕES, alguma modificações foram

Leia mais

GUIA PARA GERAÇÃO DO SPED PIS/COFINS LBCGAS STATION VERSÃO DESTE GUIA: 1.0. Janeiro de 2012

GUIA PARA GERAÇÃO DO SPED PIS/COFINS LBCGAS STATION VERSÃO DESTE GUIA: 1.0. Janeiro de 2012 GUIA PARA GERAÇÃO DO SPED PIS/COFINS LBCGAS STATION VERSÃO DESTE GUIA: 1.0 Janeiro de 2012 AS INFORMAÇÕES (LEIS, DECRETOS, PORTARIAS, LAYOUTS) AQUI CONTIDAS FORAM EXTRAÍDAS DE VÁRIAS FONTES E PODEM TER

Leia mais

AUDITORIA FISCO-CONTÁBIL DAS DEMONSTRAÇÕES ELETRÔNICAS COMPLIANCE FISCAL ELETRÔNICO

AUDITORIA FISCO-CONTÁBIL DAS DEMONSTRAÇÕES ELETRÔNICAS COMPLIANCE FISCAL ELETRÔNICO AUDITORIA FISCO-CONTÁBIL DAS DEMONSTRAÇÕES ELETRÔNICAS COMPLIANCE FISCAL ELETRÔNICO Nossos serviços de auditoria das Obrigações Eletrônicas utilizam ferramentas que permitem auditar os arquivos enviados

Leia mais

EFD. Contribuições Atualização. Abril 2013. Elaborado por: Antônio Sérgio de Oliveira

EFD. Contribuições Atualização. Abril 2013. Elaborado por: Antônio Sérgio de Oliveira Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400, 3824-5433 (teleatendimento), fax (11) 3824-5487 Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva,

Leia mais

Entrada de Notas. Manual desenvolvido para Célula Materiais Equipe Avanço Informática

Entrada de Notas. Manual desenvolvido para Célula Materiais Equipe Avanço Informática Entrada de Notas Manual desenvolvido para Célula Materiais Equipe Avanço Informática 1 Índice Parametrização... 2 Criando os Diretórios... 2 Parametrização que influenciam a Entrada da Nota Fiscal... 3

Leia mais

expert PDF Trial EFD Contribuições Outubro 2013 Apoio: Elaborado por: Emiliano Schawirin

expert PDF Trial EFD Contribuições Outubro 2013 Apoio: Elaborado por: Emiliano Schawirin Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400 - ramal 1529 (núcleo de relacionamento) Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva, 60 Higienópolis

Leia mais

SPED - Sistema Público de Escrituração Digital

SPED - Sistema Público de Escrituração Digital SPED - Sistema Público de Escrituração Digital SPED - Sistema Público de Escrituração Digital? 2 SPED - Sistema Público de Escrituração Digital Projeto do PAC 2007-2010 Instituído pelo Convênio ICMS 143/06.

Leia mais

SPED3100 Geração Registro Apuração PIS/COFINS

SPED3100 Geração Registro Apuração PIS/COFINS SPED3100 Geração Registro Apuração PIS/COFINS v04.35 Março/2011 Conforme processo ( SPED_DIV_PIS_COFINS ), o objetivo do programa é gerar/listar o registro de apuração do PIS/COFINS segundo o Manual de

Leia mais

Lembrando que a empresa deve estar devidamente cadastrada com o Regime de Lucro Real ou Lucro Presumido e obrigada ao Sped.

Lembrando que a empresa deve estar devidamente cadastrada com o Regime de Lucro Real ou Lucro Presumido e obrigada ao Sped. ATIVIDADE IMOBILÁRIA Como configurar no sistema? Lembrando que a empresa deve estar devidamente cadastrada com o Regime de Lucro Real ou Lucro Presumido e obrigada ao Sped. Para iniciar as configurações,

Leia mais

Confira alguns dos possíveis impedimentos de validação do arquivo SPED

Confira alguns dos possíveis impedimentos de validação do arquivo SPED No validador SPED poderão ocorrer erros e/ou advertências ao importar o arquivo. As advertências não impedem a transmissão do arquivo, no entanto é importante analisar e corrigir as informações. Os erros

Leia mais

Manual de documento de arrecadação GNRE

Manual de documento de arrecadação GNRE Manual de documento de arrecadação GNRE Sumário 1. Códigos de receita ICMS... 3 1.1. Cadastro dos códigos de receita... 3 1.2. Consultando a tabela de códigos de receita ICMS... 4 2. Documento de arrecadação...

Leia mais

SPED Fiscal. Manual desenvolvido para Célula Fiscal Equipe Avanço Informática

SPED Fiscal. Manual desenvolvido para Célula Fiscal Equipe Avanço Informática SPED Fiscal Manual desenvolvido para Célula Fiscal Equipe Avanço Informática 1 Índice Requisitos para o uso SPED Fiscal... 2 Mapeamento dos Cadastros e Operações... 2 Mapeamento da Infraestrutura... 2

Leia mais

Importação de Notas pelo Código de Barras DANFE... 12

Importação de Notas pelo Código de Barras DANFE... 12 IMPORTAÇÃO DE NF-E (ENTRADA) SUMÁRIO Importação de Notas pelo Arquivo XML... 2 Parametrização dos Produtos... 4 Parametrização de Código de Situação Tributária (CST)... 5 CST de ICMS... 5 CST de IPI...

Leia mais

: 14/03/2014 Data da revisão : 07/04/14 Banco(s) de Dados

: 14/03/2014 Data da revisão : 07/04/14 Banco(s) de Dados Produto : Data da criação Sped Contribuições Bloco I Fase 02 País(es) : Brasil EMS2 / TOTVS 11, Configurador Layout Fiscal Chamado : THYYZX : 14/03/2014 Data da revisão : 07/04/14 Banco(s) de Dados : Progress

Leia mais

PRINCIPAIS PERGUNTAS E RESPOSTAS Legislação e G5 Phoenix

PRINCIPAIS PERGUNTAS E RESPOSTAS Legislação e G5 Phoenix CARTILHA DA EFD-CONTRIBUIÇÕES PESSOAS JURÍDICAS DO LUCRO PRESUMIDO PRINCIPAIS PERGUNTAS E RESPOSTAS Legislação e G5 Phoenix 1 CARTILHA DA EFD-CONTRIBUIÇÕES PESSOAS JURÍDICAS DO LUCRO PRESUMIDO PRINCIPAIS

Leia mais

EFD Contribuições (PIS/COFINS) Atualizado com a Instrução Normativa RFB nº 1.280/2012

EFD Contribuições (PIS/COFINS) Atualizado com a Instrução Normativa RFB nº 1.280/2012 PIS/COFINS EFD Contribuições (PIS/COFINS) Atualizado com a Instrução Normativa RFB nº 1.280/2012 CONTEÚDO 1. INTRODUÇÃO 2. CERTIFICADO DIGITAL 3. OBRIGATORIEDADE 3.a Dispensa de Apresentação da EFD-Contribuições

Leia mais

SPED Contribuições Pis, Cofins e INSS

SPED Contribuições Pis, Cofins e INSS Versão 6.04.00 Abril/2015 SPED Contribuições Pis, Cofins e INSS Passo a Passo: Cadastros, Configurações e Operações SPED Contribuições O SPED Contribuições é um arquivo digital instituído no Sistema Publico

Leia mais

EFD CONTRIBUIÇÕES. SISTEMA DE APURAÇÃO DAS CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS PIS PASEP, COFINS E INSS LOGIX 10.02/11 Versão 4.3

EFD CONTRIBUIÇÕES. SISTEMA DE APURAÇÃO DAS CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS PIS PASEP, COFINS E INSS LOGIX 10.02/11 Versão 4.3 EFD CONTRIBUIÇÕES SISTEMA DE APURAÇÃO DAS CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS PIS PASEP, COFINS E INSS LOGIX 10.02/11 Versão 4.3 ÍNDICE 1. APURAÇÃO DA CONTRIBUIÇÃO...4 1.1 OBJETIVOS...4 1.2 EFD CONTRIBUIÇÕES...4 1.3

Leia mais

ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL - EFD O QUE É?

ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL - EFD O QUE É? ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL - EFD O QUE É? A Escrituração Fiscal Digital - EFD é um arquivo digital, que se constitui de um conjunto de escriturações de documentos fiscais e de outras informações de interesse

Leia mais

Manual Escrituração Contábil Digital

Manual Escrituração Contábil Digital SPED Contábil Vínculo de Contas e Geração do Arquivo O SPED Sistema Público de Escrituração Digital é composto por três grandes subprojetos: Escrituração Contábil Digital, Escrituração Fiscal Digital e

Leia mais

Manual Operacional Versão 2.2

Manual Operacional Versão 2.2 1 Manual Operacional Versão 2.2 2 SUMÁRIO 1) Assistente de configuração 4 2) Módulo Geral 9 2.1) Administradora 9 2.2) Empresa 9 2.3) Grupo de Empresa 12 2.4) Responsável 13 2.5) CEP 13 2.6) Configurações

Leia mais

1 Geração dos arquivos

1 Geração dos arquivos Orientação Técnica EFD nº 010/2014 versão 2.0 Dispõe sobre a obrigatoriedade da entrega de arquivos EFD para contribuintes do SIMPLES NACIONAL. Em 01/01/2014, os contribuintes optantes pelo SIMPLES NACIONAL

Leia mais

Bloco K SUA EMPRESA ESTÁ PREPARADA? E-book

Bloco K SUA EMPRESA ESTÁ PREPARADA? E-book Bloco K SUA EMPRESA ESTÁ PREPARADA? www.rech.com.br Rua Tupanciretã, 460 - Bairro Ideal Novo Hamburgo - RS CEP: 93.334-480 51 3582-4001 - comercial@rech.com.br O que é o Bloco K? Projeto do SPED para elaboração

Leia mais

ÍNDICE 1. CADASTRO ITENS...1 2. EMISSAO DE PEDIDOS E NOTAS...5 3. PEDIDO DE COMPRA...6 4. CONTRA-NOTA PRODUTOR RURAL...6

ÍNDICE 1. CADASTRO ITENS...1 2. EMISSAO DE PEDIDOS E NOTAS...5 3. PEDIDO DE COMPRA...6 4. CONTRA-NOTA PRODUTOR RURAL...6 1 ÍNDICE 1. CADASTRO ITENS...1 2. EMISSAO DE PEDIDOS E NOTAS...5 3. PEDIDO DE COMPRA...6 4. CONTRA-NOTA PRODUTOR RURAL...6 5. CADASTRO OPERAÇÕES FISCAIS (CFOP)...7 6. GERAR SINTEGRA...8 7. CONTROLE DE

Leia mais

MANUAL RELATÓRIOS DE CONFERÊNCIAS DIÁRIAS

MANUAL RELATÓRIOS DE CONFERÊNCIAS DIÁRIAS MANUAL RELATÓRIOS DE CONFERÊNCIAS DIÁRIAS [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMATICA AVANÇO INFORMATICA Material Desenvolvido para a Célula

Leia mais

PER/DCOMP, SINCO e SVA GUIA DE EXPORTAÇÃO E VALIDAÇÃO

PER/DCOMP, SINCO e SVA GUIA DE EXPORTAÇÃO E VALIDAÇÃO PER/DCOMP, SINCO e SVA GUIA DE EXPORTAÇÃO E VALIDAÇÃO O programa PER/DCOMP tem por finalidade permitir ao contribuinte o preenchimento, validação do conteúdo e gravação do Pedido de Restituição, Ressarcimento

Leia mais

INTELIGÊNCIA FISCAL: Conflitos, Riscos e Oportunidades

INTELIGÊNCIA FISCAL: Conflitos, Riscos e Oportunidades INTELIGÊNCIA FISCAL: Conflitos, Riscos e Oportunidades Vamos direto ao ponto! Monitoramento do FI$CO Modelo convencional Obrigações Acessórias Obrigações acessórias A participação do cliente no processo

Leia mais

Programa Contag Consultoria e Escola de Negócios, representação da Nasajon Sistemas no Amapá

Programa Contag Consultoria e Escola de Negócios, representação da Nasajon Sistemas no Amapá Programa Contag Consultoria e Escola de Negócios, representação da Nasajon Sistemas no Amapá Instrutor: José Jeová Junior Contador, com formação nesta área pelo Instituto IOB de São Paulo Dinâmica das

Leia mais

1998-2011 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2011 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas poderá ter

Leia mais

APROVEITAMENTO DE SALDO CREDOR PIS/COFINS

APROVEITAMENTO DE SALDO CREDOR PIS/COFINS APROVEITAMENTO DE SALDO CREDOR PIS/COFINS [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA Material Desenvolvido para a Célula

Leia mais

Manual. Transmitindo arquivo da Nota Fiscal Gaúcha. www.atualy.com.br

Manual. Transmitindo arquivo da Nota Fiscal Gaúcha. www.atualy.com.br Manual Transmitindo arquivo da Nota Fiscal Gaúcha www.atualy.com.br ESCLARECENDO DÚVIDAS SOBRE A NOTA FISCAL GAÚCHA 1- O que é a Nota Fiscal Gaúcha? Nota Fiscal Gaúcha é um programa que, por meio da distribuição

Leia mais

O QUE VOCÊ PRECISA SABER NA EMISSÃO DA PRIMEIRA. NOTA FISCAL ELETRÔNICA NF-e UTILIZANDO O SISTEMA GRATUÍTO DA SEFAZ-SP

O QUE VOCÊ PRECISA SABER NA EMISSÃO DA PRIMEIRA. NOTA FISCAL ELETRÔNICA NF-e UTILIZANDO O SISTEMA GRATUÍTO DA SEFAZ-SP O QUE VOCÊ PRECISA SABER NA EMISSÃO DA PRIMEIRA NOTA FISCAL ELETRÔNICA NF-e UTILIZANDO O SISTEMA GRATUÍTO DA SEFAZ-SP 1. Certificado Digital - Antes de mais nada você precisa possuir um certificado digital

Leia mais

Elaborado por Marcos Matos Revisado por C. Douglas de Souza e Carina Gonçalves Aprovado por Paulo Bernardi

Elaborado por Marcos Matos Revisado por C. Douglas de Souza e Carina Gonçalves Aprovado por Paulo Bernardi Elaborado por Marcos Matos Revisado por C. Douglas de Souza e Carina Gonçalves Aprovado por Paulo Bernardi Sumário 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1. SOBRE O GUIA... 3 1.2. INTRODUÇÃO AO EFD... 3 2. PRÉ-INSTALAÇÃO...

Leia mais

NOVIDADES COMPLY VERSÃO 4.00

NOVIDADES COMPLY VERSÃO 4.00 NOVIDADES COMPLY VERSÃO 4.00 Página 1 de 15 Maiores informações a respeito dos assuntos destacados abaixo devem ser obtidas no Manual do Comply v4.00 disponível no Portal de Produtos. Página 2 de 15 CADASTROS

Leia mais

SPED. EFD CONTRIBUIÇÕES (Palestra) ANTONIO SÉRGIO DE OLIVEIRA WWW.PORTALDOSPED.COM.BR

SPED. EFD CONTRIBUIÇÕES (Palestra) ANTONIO SÉRGIO DE OLIVEIRA WWW.PORTALDOSPED.COM.BR SPED EFD CONTRIBUIÇÕES (Palestra) ANTONIO SÉRGIO DE OLIVEIRA WWW.PORTALDOSPED.COM.BR ANTONIO SÉRGIO DE OLIVEIRA Contador, Administrador de Empresas, Pós Graduado em Gestão Pública, Técnico em Contabilidade,

Leia mais

06/04/2011. Convênio ICMS nº 143, de 15 de dezembro de 2006 - Institui a Escrituração Fiscal Digital EFD. Ato Cotepe ICMS 09/2008

06/04/2011. Convênio ICMS nº 143, de 15 de dezembro de 2006 - Institui a Escrituração Fiscal Digital EFD. Ato Cotepe ICMS 09/2008 Curso Fortaleza-Ce EFD Pis/Cofins e ICMS/IPI Teoria e Prática Palestrante: Edison Garcia Junior Auditório do CRC-CECE 06 de abril de 2011 IN 1052/2010 EFD Pis/Cofins Estabelece regras de obrigatoriedade,

Leia mais

Índice APRESENTAÇÃO... 1 CONFIGURAÇÕES DO SAGE ONE... 2 CADASTROS... 8 PRINCIPAL... 15 NOTAS FISCAIS... 16 2.1. Primeiros Passos...

Índice APRESENTAÇÃO... 1 CONFIGURAÇÕES DO SAGE ONE... 2 CADASTROS... 8 PRINCIPAL... 15 NOTAS FISCAIS... 16 2.1. Primeiros Passos... Índice 1. 2. 2.1. 2.2. 2.3. 2.4. 2.5. 2.6. 3. 3.1. 3.2. 3.3. 3.4. 3.5. 3.6. 3.7. 3.8. 4. 5. 5.1. 5.2. 5.3. APRESENTAÇÃO... 1 CONFIGURAÇÕES DO SAGE ONE... 2 Primeiros Passos... 2 Minha Empresa... 3 Certificado

Leia mais

NeXT ERP Sistema de gestão empresarial Integração com Nota Fiscal Eletrônica

NeXT ERP Sistema de gestão empresarial Integração com Nota Fiscal Eletrônica NeXT ERP Sistema de gestão empresarial Integração com Nota Fiscal Eletrônica Manual de Migração para NFe 2.0 Abril/2011 Página 1 de 10 Índice Migrando para o layout 2.0 da Nota Fiscal Eletrônica...3 Configurações

Leia mais

Sistema Público de Escrituração Digital. Institui o Sistema Público de Escrituração Digital (Sped)

Sistema Público de Escrituração Digital. Institui o Sistema Público de Escrituração Digital (Sped) Escrituração Fiscal Digital Evolução 2003 2004 2005 2006 2007 Decreto nº 6.022-22/01/07 Institui o (Sped) Objetivo: promover a atuação integrada dos fiscos, mediante a padronização e racionalização das

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÃO SISTEMA EMISSOR DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA. NF-e

MANUAL DE INSTRUÇÃO SISTEMA EMISSOR DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA. NF-e MANUAL DE INSTRUÇÃO SISTEMA EMISSOR DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA NF-e SELECIONE A EMPRESA EMISSORA DA NFE CLIQUE EM INICIAR TELA DE AVISOS FAÇA A LEITURA DOS AVISOS E CLIQUE EM FECHAR EMISSÃO DA NOTA FISCAL

Leia mais

Projetos da Receita Federal

Projetos da Receita Federal Escrituração Fiscal Digital - EFD Projetos da Receita Federal A Escrituração Fiscal Digital - EFD é um arquivo digital, que se constitui de um conjunto de escriturações de documentos fiscais e de outras

Leia mais

13/01/2012. Fazendo um comparativo entre o DACON e a EFD PIS/COFINS. Agenda. Agenda

13/01/2012. Fazendo um comparativo entre o DACON e a EFD PIS/COFINS. Agenda. Agenda Fazendo um comparativo entre o DACON e a EFD PIS/COFINS Danilo Lollio 11/01/2012 1 Agenda 1- Aspectos introdutórios 1.1- Instituição 1.2- Conceito 1.3- Obrigatoriedade 1.4- Periodicidade 1.5- Retificação

Leia mais

Orientações de Preenchimento de Campos do Leiaute do CF-e-SAT

Orientações de Preenchimento de Campos do Leiaute do CF-e-SAT Orientações de Preenchimento de Campos do Leiaute do CF-e-SAT 12/02/2015 SEMPRE UTILIZAR A FORMATAÇÃO UTF-8 NA COMUNICAÇÃO DO DADO DE VENDA OU CANCELAMENTO COM O SAT 1) Preenchimento de campos de CST e

Leia mais

Roteiro de Procedimentos para EFD PIS/COFINS.

Roteiro de Procedimentos para EFD PIS/COFINS. Roteiro de Procedimentos para EFD PIS/COFINS. Este roteiro tem o objetivo orientar os passos básicos dentro do sistema JB Cepil, para preparar o sistema e as informações para a correta geração do arquivo

Leia mais

RELATÓRIO PIS/ COFINS

RELATÓRIO PIS/ COFINS RELATÓRIO PIS/ COFINS [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA Material Desenvolvido para a Célula Fiscal Autor: Equipe

Leia mais

OBRIGAÇÕES FISCAIS SOCIAIS DA APM

OBRIGAÇÕES FISCAIS SOCIAIS DA APM COMUNICADO FDE / DRA Nº 001/2015 OBRIGAÇÕES FISCAIS E SOCIAIS DA APM 2 0 1 5 Página 1 de 9 O objetivo deste texto é informar aos dirigentes das Associações de Pais e Mestres APMs de Escolas Estaduais conveniadas

Leia mais

Manual Rotina DAPI MANUAL AVANÇO MANUAL INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email]

Manual Rotina DAPI MANUAL AVANÇO MANUAL INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] Manual Rotina DAPI [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL AVANÇO MANUAL INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA Material Desenvolvido para a Célula Fiscal Autor: Equipe

Leia mais

Roteiro de geração do SPED

Roteiro de geração do SPED Roteiro de geração do SPED 1 Índice Introdução...3 Cadastro da Empresa...3 Histórico Padrão...4 Plano de Contas...4 Código de Aglutinação...5 Inserindo plano de contas de aglutinação de forma automática...5

Leia mais

Guia Prático da Escrituração Fiscal DIgital - EFD Infrmações Gerais sobre a EFD

Guia Prático da Escrituração Fiscal DIgital - EFD Infrmações Gerais sobre a EFD Guia Prático da Escrituração Fiscal DIgital - EFD Infrmações Gerais sobre a EFD Sumário: 1. INFORMAÇÕES GERAIS SOBRE A EFD 1. 1 APRESENTAÇÃO 1. 2 LEGISLAÇÃO 1. 3 DA APRESENTAÇÃO DO ARQUIVO DA EFD 1. 4

Leia mais

8:h30. Credenciamento. 9h:00. Contexto Tributário Brasileiro EFD PIS COFINS. 10h00. Coffee Break. 10h:20 EFD PIS/COFINS

8:h30. Credenciamento. 9h:00. Contexto Tributário Brasileiro EFD PIS COFINS. 10h00. Coffee Break. 10h:20 EFD PIS/COFINS EFD PIS COFINS Josué Pereira Agenda 8:h30 Credenciamento 9h:00 Contexto Tributário Brasileiro EFD PIS/COFINS 10h00 Coffee Break 10h:20 EFD PIS/COFINS Como Evitar a Exposição Tributária Digital 11h30 Perguntas

Leia mais

Manual para Emissão e Utilização do Aplicativo SEFAZ de NF-e

Manual para Emissão e Utilização do Aplicativo SEFAZ de NF-e Manual para Emissão e Utilização do Aplicativo SEFAZ de NF-e INTRODUÇÃO: Este documento visa explicar, de forma detalhada e simplificada, a utilização do sistema de emissão de documentos fiscais (modelo

Leia mais

SPED Contábil e SPED ECF

SPED Contábil e SPED ECF SPED Contábil e SPED ECF Impactos nas Rotinas Empresárias Prof. Marcos Lima Marcos Lima Contador (graduado pela UECE) Especialista em Auditoria (UNIFOR) Diretor de Relacionamentos da Fortes Contabilidade

Leia mais

EFD PIS / COFINS. Leiaute - ADE Cofis 31. 08 de julho de 2010. Leiaute - ADE Cofis 34. 28 de outubro de 2010

EFD PIS / COFINS. Leiaute - ADE Cofis 31. 08 de julho de 2010. Leiaute - ADE Cofis 34. 28 de outubro de 2010 EFD PIS / COFINS Leiaute - ADE Cofis 31 08 de julho de 2010 Leiaute - ADE Cofis 34 28 de outubro de 2010 Atualizado pelo ADE Cofis 37 21 de dezembro de 2010 ENTENDENDO A ESTRUTURA DO ARQUIVO 1 ENTENDENDO

Leia mais

Fazendo um comparativo entre o DACON e a EFD CONTRIBUIÇÕES. -Fazendo um comparativo entre o DACON e a EFD PIS-COFINS

Fazendo um comparativo entre o DACON e a EFD CONTRIBUIÇÕES. -Fazendo um comparativo entre o DACON e a EFD PIS-COFINS Fazendo um comparativo entre o DACON e a EFD CONTRIBUIÇÕES 1 -Fazendo um comparativo entre o DACON e a EFD PIS-COFINS Aspectos Legais A EFD PIS/COFINS, integrante do SPED, foi instituída pela Instrução

Leia mais

NOTA FISCAL ELETRÔNICA

NOTA FISCAL ELETRÔNICA NOTA FISCAL ELETRÔNICA Í n d i c e Julho, 2010 Introdução... 2 1. Acerto dos cadastros de Clientes e de Produtos... 4 1.1. Cadastros Básicos - Cadastro de Clientes... 4 1.2. Cadastros Básicos Cadastro

Leia mais

Como cadastrar um produto usando o Futura Server

Como cadastrar um produto usando o Futura Server Cadastro do Produto Como cadastrar um produto usando o Futura Server Aqui temos dicas importantes para cadastrar seu produto antes de realizar as suas movimentações. Com o Futura Server aberto, acesse

Leia mais

www.audicgroup.com.br DR SPED

www.audicgroup.com.br DR SPED www.audicgroup.com.br DR SPED a EMPRESA A Audic Group no Brasil tem o compromisso com os seus clientes de buscar a satisfação por eles desejada, para tanto dedica-se na identificação dos problemas, na

Leia mais

Projeto SPED de A a Z

Projeto SPED de A a Z Consultoria e Treinamentos Apresentam: Projeto SPED de A a Z SPED Decreto nº 6.022 22/01/07 Instituir o Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) Promover a integração dos fiscos; Racionalizar e uniformizar

Leia mais

PROJECT Informática Ltda. Rua Giordano Bruno, 100 Bairro Rio Branco Porto Alegre-RS CEP 90420-150 Fone: (51) 3330-4444 Vendas: (51) 9701-2295

PROJECT Informática Ltda. Rua Giordano Bruno, 100 Bairro Rio Branco Porto Alegre-RS CEP 90420-150 Fone: (51) 3330-4444 Vendas: (51) 9701-2295 SPED FISCAL O SPED (Sistema Público de Escrituração Digital) FISCAL é um módulo opcional que está habilitado para funcionar com a versão 7 do Oryon. A licença é habilitada pelo número de série do cliente.

Leia mais