https://help.ubuntu.com/6.10/ubuntu/ about-ubuntu/pt_br/

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "https://help.ubuntu.com/6.10/ubuntu/ about-ubuntu/pt_br/"

Transcrição

1 ! 1 LINUX Sistema operacional de livre distribuição, semelhante ao UNIX, constituído por um kernel, ferramentas de sistema, aplicativos e completo ambiente de desenvolvimento. Nos anos 90 com o crescimento do poder de processamento dos PCs, um estudante chamado Linus Torvalds, teve a idéia de desenvolver um sistema totalmente compátivel com o UNIX original e que fosse capaz de rodar nos PCs da época. Torvalds pegou um UNIX comercial chamado Minix e o re-escreveu criando um sistema operacional melhor que o próprio Minix e o registrou na GPL (General Public License). 2 1

2 Free Software Liberdade de executar o programa; Adaptá-lo as suas necessidades ( acesso ao código fonte); Liberdade de redistribuição de cópias; Liberdade de aperfeiçoar o programa. Open Source Software. A licença não deve restringir a redistribuição do programa e de trabalhos derivados; O código-fonte deve estar disponível junto com o programa, ou deve estar disponível para download gratuitamente; A licença não deve discriminar pessoas ou grupos, nem restringir a forma de uso do programa (por exemplo, não deve restringir o uso comercial) 3 Softwares proprietários são aqueles que não oferecem qualquer uma das três liberdades fundamentais (uso, modificação ou distribuição). 4 2

3 O UNIX foi um sistema criado e registrado pela Unix Bell Labs. Todos os sistemas baseados naqueles códigos são chamados de uma forma geral de UNIX. Linus Torvalds, quando criou o Linux, criou ele nos padrões "POSIX - Portable Operating System Interface (Interface Portável entre Sistemas Operacionais), que é o mesmo padrão que os UNIX usam. Por causa da API POSIX, do conjunto de utilitários (FSF/GNU em sua maioria) e do uso do X-Window (XFree) 5 Licença de software EULAs- End User License Agreements o programa pode ser usado em um número limitado de computadores/usuários; não pode ser modificado ou redistribuído. GPL - General Public License a GPL procura garantir os direitos de uso, cópia e modificação de um programa, para todos os usuários. 6 3

4 Distribuições LINUX As distribuições Linux, em contrapartida, são conjuntos de softwares livres distribuídos comercialmente, ao redor do GNU/Linux. GNU/LINUX GNU é o nome de um sistema operacional iniciado por Richard Stallman nos anos 80, parte fundamental do que muitos conhecem simplesmente como Linux. devem ser mantidos os créditos ao autor original, assim como podem ser incluídos créditos para quem vier a contribuir no desenvolvimento do programa. 7 Características: Multitarefa Multiusuário É gratuito, atualizações frequentes e é desenvolvido voluntariamente por programadores experientes e colaboradores que visam a constante melhoria do sistema. Convive harmoniosamente no mesmo computador com outros sistemas operacionais Não exige um computador potente para rodar Não é necessário licença para o seu uso. Maior estabilidade em relação ao Windows 8 4

5 Características: Maior confiabilidade. Não precisa ser reinicializado devido a instalação de programas ou configuração de periféricos. Acessa discos formatados por outros sistemas operacionais Suporte a linguagens de programação. Ambiente Shell Suporte a diversos dispositivos e periféricos disponíveis no mercado Código fonte aberto, isso significa que se você for um programador, pode modificá-lo para se adequar a necessidades específicas. 9 Partes que compõem o Linux Kernel - é o núcleo do sistema. É responsável pelas operações de baixo nível tais como: gerenciamento de memória, gerenciamento de processos, suporte ao sistema de arquivos, periféricos e dispositivos. Shell - é o elo entre o usuário e o sistema. Imagine o Shell como sendo um intérprete entre pessoas que falam línguas diferentes. Ele traduz os comandos digitados pelo usuário para a linguagem usada pelo kernel e vice-versa. O Bourne Shell e o C Shell são os mais comumente usados. Aplicações - Incorporam novas funcionalidades ao sistema. É através deles que se torna possível a implementação de serviços necessários ao sistema. Podem ser divididos em aplicações do sistema e aplicações do usuário. 10 5

6 Sistemas de Arquivo e Diretórios bin boot dev etc home lib 11 Sistemas de Arquivo e Diretórios: /bin /boot /dev /etc aplicativos binários (prog. executáveis) arquivos que são necessários para iniciar os arquivos de dispositivos arquivos de configuração, scripts de inicialização, etc /home /lib pasta pessoal do usuário local bibliotecas do sistema 12 6

7 Sistemas de Arquivo e Diretórios: /lost+ found /mnt /media /proc /root fornece um sistema de achados e perdidos para arquivos que existem sob o diretório root sistemas montados mídia removível montada (carregada) tal como CDs,câmeras digitais, etc... diretório especial dinâmico que mantém informação sobre o estado do sistema, incluindo os processos atualmente executados diretório home do usuário root, pronunciado 'barra-root' 13 Sistemas de Arquivo e Diretórios: /sbin /sys /tmp /usr /var /opt binários (programas) importantes para o sistema contém informações sobre o sistema arquivos temporários aplicativos e arquivos que são na maioria das vezes disponíveis ao acesso de todos usuários. arquivos variáveis tal como logs e bancos de dados. fornece um local para aplicativos opcionais serem instalados 14 7

8 Permissões: Todo arquivo em um sistema do Linux tem permissões de acesso, o que permite ou impede os usuários de vê-lo, modificá-lo ou executá-lo. O superusuário "root" tem a habilidade de acessar qualquer arquivo no sistema. Cada arquivo contém restrições de acesso, restrições de usuário e tem uma associação de dono/grupo. usuário aplica-se para o usuário que é o dono do arquivo. grupo aplica-se ao grupo que está associado ao arquivo. outros aplica-se a todos os outros usuários _rwxrwxrwx usuário grupo 15 Tipos de Arquivos _rwxrwxrwx usuário grupo - d l b,c,s arquivo diretório Link especiais Verifique: ls -F 16 8

9 Mudando permissões: chmod [codigos de acesso] [arquivo ou diretório] chmod u+r arq1 ou chmod 400 arq1 chmod 751 arq1 0 ou - 4 ou r 2 ou w 1 ou x Direito de acesso para a posição especificada negada Direito de leitura para a posição especificada Direito de escrita para a posição especificada Direito de execução para a posição especificada 17 Permissões padrão para arquivos e diretórios: umask [argumento] trocar o padrão: arq rw_rw_rw_ dir rwxrwxrwx alterar o resultado para rw_rw_r / rw_rw _x Mudando o proprietário chown [user] [ arquivo ou diretório] Mudando o grupo chgrp [grupo] [ arquivo ou diretório] 18 9

10 Comandos básicos man (comando) help dos comandos man ls ls - Visualizar Diretórios ls opções mkdir - Criar Diretórios mkdir dir1 cd - Mudar de Diretório cd /home/dir1 19 Comandos básicos cat visualiza ou cria um arquivo a partir de um existente cat [arquivo1 existente] (visualiza na tela) cat [arquivo1 existente] > [arquivo2 a ser criado] (cria arquivo) cp - Copiando arquivos e diretórios cp arq1 arp2 cp arq1 /home/dir1 cp - Copiando o conteúdo de um diretório para outro diretório cp /home/dir1/* dir2 cp r : fazer cópia recursiva (sub-diretório) cp r /home/dir1/* dir

11 Comandos básicos rm / rmdir removendo arquivos e diretórios rm [arquivo] rmdir [diretório origem] (remove diretório sem sub-diretório) rm - r [diretório origem] (remove diretório e sub-diretório) 21 Comandos básicos mv Movendo arquivos e diretórios mv [arquivo ou diretório origem] [arquivo ou diretório destino] Movendo um arquivo para outro diretório vá para o diretório que você quer a cópia cd /home/exem mv /home/dir1/arq. ou sem sair do diretório corrente mv arq /home/exem Movendo um conteúdo de um diretório para outro diretório mv /home/dir1/*. Ou mv * /home/exem 22 11

12 Comandos básicos find - Procurar Arquivos/Diretórios find [diretório] [opções / expressão] grep procurar cadeia de caracteres grep root /etc/passwd who verificar os usuários ativo who uname - Descobrindo a versão do Sistema Operacional uname -a history- Histórico de comandos history 23 Comandos básicos df - Espaço disponível no disco df free Detalhes sobre a Memória RAM free -m top Detalhes sobre programas em execução top ps -ef vi editor de texto vi tail lista final do arquivo tail [nome do arquivo] 24 12

13 Comandos básicos mount : montagem dos discos, CDROM e Disquete mount [arquivo do dispositivo] [ponto de montagem] mount /dev/cdrom /mnt/cdrom mount /dev/fd0 /mnt/floppy umount : desmontagem dos discos, CDROM e Disquete umount [ponto de montagem] mount /mnt/cdrom mount /mnt/floppy 25 Processos Juntamente com arquivos, processos são uma das coisas mais importantes em um sistema Linux/UNIX. Sempre que executamos algum comando, isso pode gerar um único processo ou uma série deles. Processos consomem recursos de hardware da máquina, tais como CPU, memória e disco. Existem ferramentas para gerenciar esses processos e a utilização dos recursos. Existem casos em que processos necessitam permanecer rodando mesmo quando o usuário não está mais logado

14 Tipos de Processos Processos Interativos - Processos interativos são iniciados através de uma sessão de terminal. Ou seja é preciso que haja alguém conectado ao sistema para iniciar esses processos. rodar em primeiro plano ocupam a sessão de terminal rodar em segundo plano a sessão de terminal fica liberada para outras tarefas ( utilizar o & após o comando ). Processos Automáticos - São tarefas que podem ser agrupados em uma fila esperando para serem executados de forma seqüencial. Eles podem ser executados segundo dois critérios: Em um dado tempo estipulado pelo usuário, através de comandos. Em momentos em que o sistema está muito sobrecarregado para aceitar novas tarefas. Daemons - são processos que rodam o tempo todo. Na maioria das vezes são processos iniciados durante o processo de inicialização do sistema. 27 Características de Processos PID PPID TTY RUID RGID número de identificação do processo processo pai número do processo que iniciou o processo Terminal em que o processo está rodando O dono (usuário) do processo O grupo do dono do processo Listando informações de processos : ps - [opções] ps -ef 28 14

15 Listando informações de processos : ps - [opções] ps ef Filtrando a saída do comando ps ps ef grep root Listando a árvore de processos pstree 29 Ciclo de vida de um processo fork - Quando um processo existente faz uma cópia exata dele mesmo criando assim um novo processo, Lembrando que o processo filho tem o mesmo ambiente que o seu pai, apenas o ID é diferente exec - processo filho é alterado com os novos dados

16 Finalizando processos kill [sinal] [pid do processo] kill ( processo não pode ignorar o sinal) kill ( termina o processo de forma correta) Programando execução de processos executar uma tarefa específica em um determinado horário, ou ainda em intervalos regulares. at [opção] [hora] Listando jobs da fila Podemos monitorar os jobs que estão na fila esperando para serem executados atq. Removendo jobs da fila atrm [número do job] 31 Usando o cron e crontab O sistema cron é gerenciado pelo seu daemon. Ele coleta informações sobre quais programas e quando eles deveriam ser executados, das entradas crontabs do sistema e dos usuários. Somente o root tem acesso aos crontabs do sistema. O comando crontab serve para criar e monitorar os jobs usando as opções e e l respectivamente. O arquivo crontab possui a seguinte notação, representado por 5 campos: (0-59) (0-23) (1-31) (1-12) (0-7) [script] minuto hora hora mês dia da semana 20 * * * * /home/curso/script 32 16

17 Redirecionamento No linux, o comportamento padrão do sistema relativo a entrada e saída se dá da seguinte forma: a entrada de informações ocorre através do teclado (stdin) e a saída de informações através da tela do seu monitor (stdout). Porém este tipo de comportamento pode ser alterado de acordo com a nossa necessidade, podemos por exemplo fazer com que a entrada passe a ser um arquivo e a saída uma impressora. Conseguimos isso através do redirecionamento. Os operadores mais comuns deste tipo de redirecionamento são: >, >>, redirecionamento de saída < redirecionar a entrada 33 Classificando arquivo: sort arq1 Alberto Geraldo Roberto Alexandre Débora Kátia Aline Bárbara Henrique Mateus Roberto Alberto sort arq1 Alberto Alberto Alexandre Aline Bárbara Débora Geraldo Henrique Roberto Kátia Mateus Roberto sort arq1 uniq Alberto Alexandre Aline Bárbara Débora Geraldo Henrique Roberto Kátia Mateus Roberto 34 17

18 Variáveis de ambiente PATH Caminho para os comandos HOME SHELL HISTSIZE PWD OS USER LOGINAME HOSTNAME TERM Diretório home do usuário Shell do usuário Tamanho do history Diretório corrente Tipo do sistema operacional Nome do usuário Login do usuário Nome da máquina Tipo do terminal em uso 35 Variáveis de ambiente Lista as variáveis : printenv Lista o conteúdo da variável : echo $PATH Alterar o conteúdo da variável : export TERM=vt

19 Arquivos de setup do shell. bashrc - Esse arquivo nada mais é do que um espelho do arquivo de configuração geral do sistema../bash_logout executado quando o usuário sai do sistema 37 Comandos de rede Mostrando o endereço IP da nossa máquina ip addr show ifconfig a O ping verifica se uma máquina está viva ping [host ou IP] (ping deinf.ufma.br) ver as estatísticas das interfaces netstat ver em tempo real todo o caminho que um pacote percorre até chegar ao seu destino traceroute 38 19

20 Práticas importantes Crie um diretório bin para seus programas e scripts Organize arquivos não executáveis nos diretórios apropriados de acordo com o propósito de cada um e crie quantos diretórios desejar Torne seus diretórios privados com o comando chmod 700 Dê nomes detalhados aos seus arquivos Utilize link para facilitar acesso: link arquivozebra zebra Comprimir arquivos para reduzir o espaço ocupado no disco gzip [opções] [nome do arquivo zip] 39 OpenOffice.org (baseado no StarOffice) Writer processador de texto com capacidade e visual similares ao Microsoft Word. capaz de escrever documentos no formato Portable Document Format (PDF) editar documentos html. Calc planilha de cálculo similar ao Microsoft Excel

21 OpenOffice.org (baseado no StarOffice)!"#$ %& '( # 41 OpenOffice.org (baseado no StarOffice) '')*&+ **,,"-' *(.&!."(&$ *&/ 42 21

22 Shells Programa Aceita e executa comandos Linguagem de programação Poderosa e flexível Disponíveis Bourne Shell C-shell Korn Shell Restrita Trusted 43 Shells Bourne Shell /bin/bsh $ Desenvolvida nos Laboratórios Bell Amplamente utilizada na indústria C Shell /bin/csh % Desenvolvida em Berkeley Sintaxe semelhante à linguagem C Possui muitos comandos e variáveis úteis 44 22

23 Shells Korn Shell /bin/ksh $ Possui a sintaxe e as funções da Bourne Shell Funções da linguagem C aliases Controle de tarefas Histórico de comandos Edição da linha de comandos Arquivo de ambiente 45 Shells Restricted Shell /bin/rsh $ Idêntica à bsh, mas não pode: executar o comando cd set PATH=valor Especificar comandos que contenham / Redirecionar output (> ou >>) 46 23

SOFTWARE LIVRE. Distribuições Live CD. Kernel. Distribuição Linux

SOFTWARE LIVRE. Distribuições Live CD. Kernel. Distribuição Linux SOFTWARE LIVRE A liberdade de executar o programa, para qualquer propósito. A liberdade de estudar como o programa funciona, e adaptá-lo para as suas necessidades. Acesso ao código-fonte é um pré-requisito

Leia mais

Sistema Operacional LINUX

Sistema Operacional LINUX SISTEMA OPERACIONAL Sistema Operacional LINUX Para que o computador funcione e possibilite a execução de programas é necessária a existência de um sistema operacional. O sistema operacional é uma camada

Leia mais

Julgue os itens a seguir referentes a conceitos de software livre e licenças de uso, distribuição e modificação.

Julgue os itens a seguir referentes a conceitos de software livre e licenças de uso, distribuição e modificação. Julgue os itens a seguir referentes a conceitos de software livre e licenças de uso, distribuição e modificação. 1.Todo software livre deve ser desenvolvido para uso por pessoa física em ambiente com sistema

Leia mais

Partição Partição primária: Partição estendida: Discos básicos e dinâmicos

Partição Partição primária: Partição estendida: Discos básicos e dinâmicos Partição Parte de um disco físico que funciona como se fosse um disco fisicamente separado. Depois de criar uma partição, você deve formatá-la e atribuir-lhe uma letra de unidade antes de armazenar dados

Leia mais

Revisão Aula 3. 1. Explique a MBR(Master Boot Record)

Revisão Aula 3. 1. Explique a MBR(Master Boot Record) Revisão Aula 3 1. Explique a MBR(Master Boot Record) Revisão Aula 3 1. Explique a MBR(Master Boot Record). Master Boot Record Primeiro setor de um HD (disco rígido) Dividido em duas áreas: Boot loader

Leia mais

16:21:50. Introdução à Informática com Software Livre

16:21:50. Introdução à Informática com Software Livre 16:21:50 Introdução à Informática com Software Livre 1 16:21:50 Hardware & Software 2 16:21:50 Hardware Hardware é a parte física de um computador, é formado pelos componentes eletrônicos, como por exemplo,

Leia mais

ENDEREÇOS DE REDE PRIVADOS. 10.0.0.0 até 10.255.255.255 172.16.0.0 até 172.31.255.255 192.168.0.0 até 192.168.255.255. Kernel

ENDEREÇOS DE REDE PRIVADOS. 10.0.0.0 até 10.255.255.255 172.16.0.0 até 172.31.255.255 192.168.0.0 até 192.168.255.255. Kernel ENDEREÇOS DE REDE PRIVADOS Foram reservados intervalos de endereços IP para serem utilizados exclusivamente em redes privadas, como é o caso das redes locais e Intranets. Esses endereços não devem ser

Leia mais

INTRODUÇÃO A LINUX. Características Sistema operacional Software livre Criado em 1991 por Linus Torvalds Dividido em duas partes principais 26/11/2013

INTRODUÇÃO A LINUX. Características Sistema operacional Software livre Criado em 1991 por Linus Torvalds Dividido em duas partes principais 26/11/2013 1 2 INTRODUÇÃO A LINUX ADRIANO SILVEIRA ADR_SILVEIRA@YAHOO.COM.BR Características Sistema operacional Software livre Criado em 1991 por Linus Torvalds Dividido em duas partes principais Kernel núcleo do

Leia mais

Software Livre. Acesso ao código fonte Alterar o código fonte Redistribuir Utilizar como desejar

Software Livre. Acesso ao código fonte Alterar o código fonte Redistribuir Utilizar como desejar Software Livre Acesso ao código fonte Alterar o código fonte Redistribuir Utilizar como desejar Linux Licença GPL (Licença Pública Geral) Linux Licença GPL (Licença Pública Geral) - A liberdade de executar

Leia mais

Introdução ao Linux: Parte I

Introdução ao Linux: Parte I Data: Introdução ao Linux: Parte I Marcelo Ribeiro Xavier da Silva marceloo@inf.ufsc.br Histórico 3 Origem do GNU Linux Em 1983, Richard Stallman fundou a Free Software Foundation, com o intuito de criar

Leia mais

Aula 02. Introdução ao Linux

Aula 02. Introdução ao Linux Aula 02 Introdução ao Linux Arquivos Central de Programas do Ubuntu A Central de Programas do Ubuntu é uma loja de aplicativos integrada ao sistema que permite-lhe instalar e desinstalar programas com

Leia mais

Introdução a Sistemas Abertos

Introdução a Sistemas Abertos Introdução a Sistemas Abertos Apresentação filipe.raulino@ifrn.edu.br Sistemas Abertos Qualquer programa de computador que pode ser usado, copiado, estudado e redistribuído inclusive com seu código fonte

Leia mais

Campus - Cachoeiro Curso Técnico de Informática. Sistema de Arquivos. Prof. João Paulo de Brito Gonçalves

Campus - Cachoeiro Curso Técnico de Informática. Sistema de Arquivos. Prof. João Paulo de Brito Gonçalves Campus - Cachoeiro Curso Técnico de Informática Sistema de Arquivos Prof. João Paulo de Brito Gonçalves Introdução É com o sistema de arquivos que o usuário mais nota a presença do sistema operacional.

Leia mais

Objetivos Instalação Gerência de Pacotes UNIX Shell. Curso UNIX. Matheus Braun Magrin Felipe dos Santos Silveira

Objetivos Instalação Gerência de Pacotes UNIX Shell. Curso UNIX. Matheus Braun Magrin Felipe dos Santos Silveira Curso UNIX Matheus Braun Magrin Felipe dos Santos Silveira Universidade Federal de Santa Catarina 25 de Setembro de 2010 CHAMADA Objetivos Instalação do sistema Ubuntu 10.04 Conhecer a origem do sistema

Leia mais

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo de Administração de Servidores de Rede AULA 03. Prof. Gabriel Silva

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo de Administração de Servidores de Rede AULA 03. Prof. Gabriel Silva FTIN Formação Técnica em Informática Módulo de Administração de Servidores de Rede AULA 03 Prof. Gabriel Silva Temas da Aula de Hoje: Servidores Linux. Conceitos Básicos do Linux. Instalando Servidor Linux.

Leia mais

Labgrad. Usúario: Senha: senha

Labgrad. Usúario: <matricula> Senha: senha Suporte A equipe do Suporte é responsável pela gerência da rede do Departamento de Informática, bem como da manutenção dos servidores da mesma, e também é responsável pela monitoria do LabGrad e do LAR.

Leia mais

LISTA DE COMANDOS DO LINUX 1

LISTA DE COMANDOS DO LINUX 1 LISTA DE COMANDOS DO LINUX 1 Comandos para manipulação de diretório 1. ls Lista os arquivos de um diretório. 2. cd Entra em um diretório. Você precisa ter a permissão de execução para entrar no diretório.

Leia mais

I N F O R M Á T I C A. Sistemas Operacionais Prof. Dr. Rogério Vargas Campus Itaqui-RS

I N F O R M Á T I C A. Sistemas Operacionais Prof. Dr. Rogério Vargas Campus Itaqui-RS I N F O R M Á T I C A Sistemas Operacionais Campus Itaqui-RS Sistemas Operacionais É o software que gerencia o computador! Entre suas funções temos: inicializa o hardware do computador fornece rotinas

Leia mais

Sistema de Arquivos do Windows

Sistema de Arquivos do Windows Registro mestre de inicialização (MBR) A trilha zero do HD, onde ficam guardadas as informações sobre o(s) sistema(s) operacionais instalados. Onde começa o processo de inicialização do Sistema Operacional.

Leia mais

PROCESSOS COMPONENTES DE UM PROCESSO. A execução de um processo possui vários componentes. PID e PPID

PROCESSOS COMPONENTES DE UM PROCESSO. A execução de um processo possui vários componentes. PID e PPID PROCESSOS Um processo é um canal de comunicação entre os programas que estão sendo executados no sistema operacional e o usuário, ou seja um processo é um programa que está sendo executado. No Linux /

Leia mais

Aula 4 Comandos Básicos Linux. Prof.: Roberto Franciscatto

Aula 4 Comandos Básicos Linux. Prof.: Roberto Franciscatto Sistemas Operacionais Aula 4 Comandos Básicos Linux Prof.: Roberto Franciscatto Prompt Ao iniciar o GNU/Linux, a primeira tarefa a ser executada é o login no sistema, o qual deve ser feito respondendo

Leia mais

Curso de Linux Básico com o Linux Educacional

Curso de Linux Básico com o Linux Educacional Curso de Linux Básico com o Felipe Buarque de Queiroz felipe.buarque@gmail.com Unidade Gestora de Tecnologia da Informação - UGTI Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Alagoas - FAPEAL Maio de 2009

Leia mais

Informática Fácil NOÇÕES DE LINUX. Prof.: Adelson Gomes Ferraz Antonio Carlos Reis

Informática Fácil NOÇÕES DE LINUX. Prof.: Adelson Gomes Ferraz Antonio Carlos Reis Informática Fácil NOÇÕES DE LINUX Prof.: Adelson Gomes Ferraz Antonio Carlos Reis Cronologia 1. 1969 Univ Berkeley, Califórnia, cria-se o SO UNIX para uso geral em grandes computadores 1. Década de 70

Leia mais

Fundamentos de Sistemas Operacionais. GNU / Linux. Prof. Edwar Saliba Júnior Março de 2009. Unidade 04-002 GNU / Linux

Fundamentos de Sistemas Operacionais. GNU / Linux. Prof. Edwar Saliba Júnior Março de 2009. Unidade 04-002 GNU / Linux GNU / Linux Prof. Edwar Saliba Júnior Março de 2009 Conceitos Básico O S.O. é case sensitive, ou seja, sensível à caixa; Exemplo: o arquivo apple.txt é diferente do arquivo Apple.txt e podem conviver juntos

Leia mais

Práticas de Desenvolvimento de Software

Práticas de Desenvolvimento de Software Aula 1. 23/02/2015. Práticas de Desenvolvimento de Software Aula 1 Unix, Linux e a linha de comando Oferecimento Ambiente de desenvolvimento Computador (hardware) Sistema operacional Idealmente: iguais

Leia mais

Objetivos do Curso. Organização do Curso. Apresentação do Curso. Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores

Objetivos do Curso. Organização do Curso. Apresentação do Curso. Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores 1 Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores Sistemas Operacionais de Redes I - Linux Prof.: Nelson Monnerat Apresentação do Curso 1 Objetivos do Curso Sistema Operacional Unix/Linux;

Leia mais

Introdução ao Linux. Professor Breno Leonardo G. de M. Araújo

Introdução ao Linux. Professor Breno Leonardo G. de M. Araújo Introdução ao Linux Professor Breno Leonardo G. de M. Araújo Sistema Operacional Linux Embora o Sistema Operacional Microsoft Windows ainda seja predominante no mercado de desktops e Notebooks,já é, bastante

Leia mais

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito Sistema Operacional Linux > Configuração de Redes www.labcisco.com.br ::: shbbrito@labcisco.com.br Prof. Samuel Henrique Bucke Brito Introdução O Linux foi criado por Linus Torvalds em 1991, na época em

Leia mais

Linux. Wagner de Oliveira

Linux. Wagner de Oliveira Linux Wagner de Oliveira Um computador, uma mesa, um usuário. Duas pessoas não podem trabalhar em paralelo, executando o Microsoft Word na mesma máquina, simultaneamente. Windows 2003 Advanced Server +

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUDESTE DE MINAS GERAIS Campus Rio Pomba. Eu defendo!!! Mini Curso. Linux

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUDESTE DE MINAS GERAIS Campus Rio Pomba. Eu defendo!!! Mini Curso. Linux INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUDESTE DE MINAS GERAIS Campus Rio Pomba Mini Curso Linux Eu defendo!!! Apresentação Rafael Arlindo Dias Técnico em Informática CEFET Rio Pomba/MG Cursos

Leia mais

Sistemas Operacionais de Rede Linux - Gerenciamento de Arquivos

Sistemas Operacionais de Rede Linux - Gerenciamento de Arquivos Sistemas Operacionais de Rede Linux - Gerenciamento de Arquivos Conteúdo Programático Login e Logout Iniciando e Desligando o Sistema Tipos de arquivo Texto Binário Arquivos e Diretório Manipulação de

Leia mais

Laboratório de Redes de Computadores e Sistemas Operacionais

Laboratório de Redes de Computadores e Sistemas Operacionais Laboratório de Redes de Computadores e Sistemas Operacionais O Sistema de Arquivos Fabricio Breve O que você encontra no Sistema de Arquivos do Linux... Processos Portas seriais Canais de comunicação entre

Leia mais

CESPE - 2012 - FNDE - Técnico em Financiamento e Execução de Programas e Projetos Educacionais

CESPE - 2012 - FNDE - Técnico em Financiamento e Execução de Programas e Projetos Educacionais CESPE - 2012 - FNDE - Técnico em Financiamento e Execução de Programas e Projetos Educacionais De modo semelhante ao Linux, o Windows é considerado um software microbásico. Uma característica desse tipo

Leia mais

Informática I. Aula 19. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 19-20/11/06 1

Informática I. Aula 19. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 19-20/11/06 1 Informática I Aula 19 http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 19-20/11/06 1 Ementa Histórico dos Computadores Noções de Hardware e Software Microprocessadores Sistemas Numéricos e Representação

Leia mais

Roteiro 3: Sistemas Linux arquivos e diretórios

Roteiro 3: Sistemas Linux arquivos e diretórios Roteiro 3: Sistemas Linux arquivos e diretórios Objetivos Detalhar conceitos sobre o sistema operacional Linux; Operar comandos básicos de sistemas Linux em modo Texto; Realizar a manutenção de arquivos

Leia mais

Aula 01 Visão Geral do Linux

Aula 01 Visão Geral do Linux Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina Administração de Redes de Computadores Aula 01 Visão Geral do Linux Prof. Gustavo Medeiros de Araujo Profa.

Leia mais

Minicurso de Introdução a GNU/Linux. Nicolas Katte Dornelles Raul José Chaves Róbson Tolfo Segalla

Minicurso de Introdução a GNU/Linux. Nicolas Katte Dornelles Raul José Chaves Róbson Tolfo Segalla Minicurso de Introdução a GNU/Linux Nicolas Katte Dornelles Raul José Chaves Róbson Tolfo Segalla Avisos Aulas disponíveis em http://www-usr.inf. ufsm. br/~rsegalla/minicurs os/intrognulinux/ Partes que

Leia mais

Introdução ao Linux. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais Campus Pouso Alegre

Introdução ao Linux. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais Campus Pouso Alegre Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais Campus Pouso Alegre Introdução ao Linux Comandos Ubuntu/Linux Michelle Nery Agenda Comandos do Sistema Comandos para Processos

Leia mais

Módulos...2 Shell...3

Módulos...2 Shell...3 Cesar Kállas cesarkallas@gmx.net Curso GNU/Linux Realização CAECOMP Puc Campinas 2004 Capítulo 2 O Kernel...2 Módulos...2 Shell...3 Scripts...3 Bourne Shell sh...3 Bourne-Again Shell bash...3 Korn Shell

Leia mais

http://introcomp.pet.inf.ufes.br

http://introcomp.pet.inf.ufes.br O SITE http://introcomp.pet.inf.ufes.br http://introcomp.pet.inf.ufes.br http://introcomp.pet.inf.ufes.br http://introcomp.pet.inf.ufes.br O MOODLE http://introcomp.pet.inf.ufes.br/moodle http://introcomp.pet.inf.ufes.br/moodle

Leia mais

Oficina de ferramentas de Gerência para Redes em Linux. Prof. Jefferson Santiago

Oficina de ferramentas de Gerência para Redes em Linux. Prof. Jefferson Santiago Oficina de ferramentas de Gerência para Redes em Linux Prof. Jefferson Santiago Apresentação Qual seu nome? Já possui experiência na área? Questionário avaliativo Acesse: http://goo.gl/forms/4rfaomufim

Leia mais

GNU/Linux/Bash. Aula 2

GNU/Linux/Bash. Aula 2 GNU/Linux/Bash Aula 2 O que é? Ubuntu GNU Linux Ubuntu 12.04 Ubuntu é um sistema operacional baseado em Linux desenvolvido pela comunidade e é perfeito para notebooks, desktops e servidores. Ele contém

Leia mais

LINUX. Lapro I Profa. Fernanda Denardin Walker. - Aula 2 - Material adaptado de: Isabel Mansour, Marcia Moraes e Silvia Moraes SISTEMA OPERACIONAL

LINUX. Lapro I Profa. Fernanda Denardin Walker. - Aula 2 - Material adaptado de: Isabel Mansour, Marcia Moraes e Silvia Moraes SISTEMA OPERACIONAL LINUX Lapro I Profa. Fernanda Denardin Walker - Aula 2 - Material adaptado de: Isabel Mansour, Marcia Moraes e Silvia Moraes SISTEMA OPERACIONAL Para que o computador funcione e possibilite a execução

Leia mais

SIMULADO DE INFORMÁTICA BÁSICA TÉCNICO DO MPU PROF. ALEXANDRE LÊNIN / PROF. JUNIOR MARTINS

SIMULADO DE INFORMÁTICA BÁSICA TÉCNICO DO MPU PROF. ALEXANDRE LÊNIN / PROF. JUNIOR MARTINS Olá, pessoal, tudo bem? Vamos fazer um simulado com 10 questões de informática direcionadas para o cargo de TÉCNICO DO MPU? São questões já aplicadas pelo CESPE em certames anteriores, mas que podem ser

Leia mais

REVISÃO LINUX CAP /SIN PROF. ESTRELA. e) os

REVISÃO LINUX CAP /SIN PROF. ESTRELA. e) os REVISÃO LINUX CAP /SIN PROF. ESTRELA 1 - Em um determinado servidor Linux, a saída do comando "df" aponta 100% de uso no "/". Isso significa que a(o): a) rede atingiu sua capacidade máxima de recepção.

Leia mais

Planejamento e Implantação de Servidores

Planejamento e Implantação de Servidores Planejamento e Implantação de Servidores Professor Nataniel Vieira nataniel.vieira@gmail.com Aula 01 - Servidores Abordagem geral Teoria e práticas Servidores Linux Comandos Linux 2 Bibliografias da apoio

Leia mais

Entendendo o Sistema Operacinal. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com

Entendendo o Sistema Operacinal. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com Entendendo o Sistema Operacinal Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com Criando um Snapshot da Máquina Padrão Page 2 Criando um Snapshot da Máquina Padrão Page 3 Criando um

Leia mais

Comandos Básicos do Linux/Unix

Comandos Básicos do Linux/Unix Comandos Básicos do Linux/Unix Vou partir do pressuposto que você sabe o básico de um sistema Linux/Unix. É importante para qualquer usuário de sistemas baseados em Unix aprender a trabalhar no modo texto

Leia mais

Aula 05 Estrutura de diretórios

Aula 05 Estrutura de diretórios 1 Aula 05 Estrutura de diretórios 1.0 Histórico Quando do desenvolvimento do Linux, Linus Torvalds tinha a pretensão de evitar problemas encontrados durante seu uso do Minix. Dessa maneira, o sistema de

Leia mais

Sistema Operacional Linux Curso Básico. Leonardo Brenner Paulo Fernandes

Sistema Operacional Linux Curso Básico. Leonardo Brenner Paulo Fernandes Sistema Operacional Linux Curso Básico Leonardo Brenner Paulo Fernandes i Sumário 1 Apresentação e Conceitos 1 1.1 Histórico.................................. 1 1.2 Sistema de Arquivos............................

Leia mais

03/11/2011. Apresentação. SA do Linux. Sistemas de Arquivos. Curso Tecnologia em Telemática. Disciplina Administração de Sistemas Linux

03/11/2011. Apresentação. SA do Linux. Sistemas de Arquivos. Curso Tecnologia em Telemática. Disciplina Administração de Sistemas Linux Apresentação Administração de Sistemas Curso Tecnologia em Telemática Disciplina Administração de Sistemas Linux Professor: Anderson Costa anderson@ifpb.edu.br Assunto da aula Aspectos do Sistema de Arquivos

Leia mais

Introdução a. Shell Script. Clésio Matos clesior.matos@gmail.com

Introdução a. Shell Script. Clésio Matos clesior.matos@gmail.com Introdução a Shell Script Clésio Matos clesior.matos@gmail.com 1 Plano de apresentação O que são shell scripts Comandos básicos Estruturas básicas do BASH - Comandos condicionais - Comandos de repetição

Leia mais

A linha de comando do Unix e GNU/Linux

A linha de comando do Unix e GNU/Linux A linha de comando do Unix e GNU/Linux A linha de comando do Unix e GNU/Linux Michael Opdenacker Free Electrons http://free-electrons.com Traduzido por Klayson Sesana Bonatto Criado com OpenOffice.org

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 5 - Iniciando o modo texto. QI ESCOLAS E FACULDADES Curso Técnico em Informática

Sistema Operacional Unidade 5 - Iniciando o modo texto. QI ESCOLAS E FACULDADES Curso Técnico em Informática Sistema Operacional Unidade 5 - Iniciando o modo texto Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 OPERANDO EM MODO TEXTO... 3 Abrindo o terminal... 3 Sobre o aplicativo Terminal... 3 AS CORES

Leia mais

Posso mesmo utilizar Software Livre no meu dia a dia?

Posso mesmo utilizar Software Livre no meu dia a dia? Curso Básico de GNU/LINUX Posso mesmo utilizar Software Livre no meu dia a dia? Leandro Nunes I Seminário Software Livre, Inclusão Digital e Educação Faced - UFBA Observação...

Leia mais

Alterna para o primeiro terminal. No Linux você pode ter vários (o padrão é 6) terminais abertos ao mesmo tempo.

Alterna para o primeiro terminal. No Linux você pode ter vários (o padrão é 6) terminais abertos ao mesmo tempo. Alterna para o primeiro terminal. No Linux você pode ter vários (o padrão é 6) terminais abertos ao mesmo tempo. (n=1 a 6) Alterna para o terminal (1 a 6).

Leia mais

SISTEMA OPERACIONAL & SOFTWARE LIVRE

SISTEMA OPERACIONAL & SOFTWARE LIVRE Curso Técnico em Redes de Computadores Disciplina de Sistemas Operacionais Livres SISTEMA OPERACIONAL & SOFTWARE LIVRE Professora: Juliana Cristina dos Santos E-mail: professora@julianacristina.com Site:

Leia mais

Estrutura de um Sistema Linux Moderno Padrões de um Sistema Linux. Prof. Claudio Silva

Estrutura de um Sistema Linux Moderno Padrões de um Sistema Linux. Prof. Claudio Silva Estrutura de um Sistema Linux Moderno Padrões de um Sistema Linux Estrutura de um Sistema Linux Por ter sua origem universitária, a forma como o Linux foi concebido é de perfeito agrado para o seu estudo.

Leia mais

Formação de Administradores de Redes Linux LPI level 1. Aula 3 SENAC TI Fernando Costa

Formação de Administradores de Redes Linux LPI level 1. Aula 3 SENAC TI Fernando Costa Formação de Administradores de Redes Linux LPI level 1 Aula 3 SENAC TI Fernando Costa Agenda Manipulação de arquivos Comandos: cat, cut, expand,fmt, head, join, nl, od, paste, pr, split, tac, tail, tr,

Leia mais

INFORMÁTICA PARA CONCURSOS LINUX. Professor Mauricio Franceschini Duarte

INFORMÁTICA PARA CONCURSOS LINUX. Professor Mauricio Franceschini Duarte INFORMÁTICA PARA CONCURSOS Professor Mauricio Franceschini Duarte SOFTWARE LIVRE É todo software sobre o qual o usuário tem o livre direito de instalar, usar, estudar, modificar e redistribuir. 2 FSF FREE

Leia mais

LABORATÓRIO DE SISTEMAS OPERACIONAIS. PROFª. M.Sc. JULIANA HOFFMANN QUINONEZ BENACCHIO

LABORATÓRIO DE SISTEMAS OPERACIONAIS. PROFª. M.Sc. JULIANA HOFFMANN QUINONEZ BENACCHIO LABORATÓRIO DE SISTEMAS OPERACIONAIS PROFª. M.Sc. JULIANA HOFFMANN QUINONEZ BENACCHIO Sistema Operacional Conteúdo retirado do livro Sistemas Operacionais Marcos Aurélio Pchek Laureano Diogo Roberto Olsen

Leia mais

Instalação e configuração Linux CentOS 6.x

Instalação e configuração Linux CentOS 6.x Instalação e configuração Linux CentOS 6.x Objetivo: Instalar e configurar o sistema operacional Linux CentOS e efetuar suas configurações iniciais. 1- Abra o Virtuabox e clique em novo, e configure conforme

Leia mais

Administração de Sistemas Operacionais Não-Proprietários II

Administração de Sistemas Operacionais Não-Proprietários II Faculdade Senac Porto Alegre - FSPOA Administração de Sistemas Operacionais Não-Proprietários II UC: Administração de Redes Aula 01 1/15 Faculdade Senac Porto Alegre - FSPOA Revisão 2/15 Linux e Distribuições

Leia mais

Faculdades Senac Pelotas

Faculdades Senac Pelotas Faculdades Senac Pelotas Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores Introdução a informática Alunos Daniel Ferreira, Ícaro T. Vieira, Licurgo Nunes Atividade 4 Tipos de Arquivos Sumário 1 Tipos

Leia mais

Adelman Wallyson de Sousa Benigno

Adelman Wallyson de Sousa Benigno Laboratory of Software Engineering and Computer Network Universidade Federal do Maranhão Curso de Engenharia Elétrica Engineering for a better life LINUX Trabalho apresentado ao Prof. Denivaldo Lopes Adelman

Leia mais

UFRJ IM - DCC. Departamento de Ciência da Computação. Tópicos Especiais em Programação. 13/06/2012 Profª Valeria Menezes Bastos 1

UFRJ IM - DCC. Departamento de Ciência da Computação. Tópicos Especiais em Programação. 13/06/2012 Profª Valeria Menezes Bastos 1 UFRJ IM - DCC Departamento de Ciência da Computação Tópicos Especiais em Programação 13/06/2012 Profª Valeria Menezes Bastos 1 Utilizado na criação de cópias de segurança Backup (tar) Permite agrupar arquivos

Leia mais

Aula 01. Introdução ao Linux

Aula 01. Introdução ao Linux Aula 01 Introdução ao Linux Introdução Objetivos aprender a usar um novo sistema aprender a usar uma nova interface Como no Windows navegar pela internet (e-mails, facebook, etc) criar pastas e arquivos

Leia mais

Laboratório de Sistemas Operacionais

Laboratório de Sistemas Operacionais Laboratório de Sistemas Operacionais Módulo 1 Gerência de Memória e de Processos Prof. Maxwell Anderson www.maxwellanderson.com.br Agenda Comandos para gerenciamento de processos: top, htop, ps, kill,

Leia mais

Principais Comandos do Terminal no LINUX

Principais Comandos do Terminal no LINUX Principais Comandos do Terminal no LINUX Estes comandos não visam ser um compêndio completo de operação, haja vista que se possui mais comandos que esses aqui que serão listados, logo os comandos são:

Leia mais

Comandos.::. Aplicativos > Sistema > Acessar Console

Comandos.::. Aplicativos > Sistema > Acessar Console Comandos Aplicativos > Sistema > Acessar Console jonilso 23 de outubro de 2012 Comandos Iniciais whoami Comandos Iniciais whoami Exibe o login do usuário que executou o comando. Comandos Iniciais whoami

Leia mais

Entregar um relatório respondendo as questões propostas e principais observações feitas durante a prática (para os itens 1, 3, 4, 5, 6 e 7).

Entregar um relatório respondendo as questões propostas e principais observações feitas durante a prática (para os itens 1, 3, 4, 5, 6 e 7). EN3611 Segurança de Redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Prática 2 Certificados digitais e Linux-TCP/IP Entregar um relatório respondendo as questões propostas e principais observações feitas durante

Leia mais

ATENÇÃO: Este manual foi feito para usuários que tenham conhecimentos de administrador Linux.

ATENÇÃO: Este manual foi feito para usuários que tenham conhecimentos de administrador Linux. INSTALL 2014-08-12 ================================================== Instalando e Executando o Siprev em Ambiente Linux ATENÇÃO: Este manual foi feito para usuários que tenham conhecimentos de administrador

Leia mais

EN3611 Segurança de Redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Prática 2 Certificados digitais Permissões Comandos Password cracker

EN3611 Segurança de Redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Prática 2 Certificados digitais Permissões Comandos Password cracker EN3611 Segurança de Redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Prática 2 Certificados digitais Permissões Comandos Password cracker Entregar um relatório respondendo as questões propostas e principais observações

Leia mais

NÚCLEO DE CIDADANIA DIGITAL Caminho Livre para o novo mundo! Conceitos básicos de Linux. www.ncd.ufes.br

NÚCLEO DE CIDADANIA DIGITAL Caminho Livre para o novo mundo! Conceitos básicos de Linux. www.ncd.ufes.br NÚCLEO DE CIDADANIA DIGITAL Caminho Livre para o novo mundo! Conceitos básicos de Linux www.ncd.ufes.br Licença Este trabalho é licenciado sob a licença Creative Commons Attribution NonCommercial-ShareAlike

Leia mais

Manual de Comando Linux

Manual de Comando Linux Manual de Comando Linux 1 Índice Índice... 2 Introdução... 3 Comandos Simples Linux... 3 Gerir Directórios e Ficheiros... 4 Gerir processos... 6 Estrutura de Diretórios do LINUX... 6 Executar comandos

Leia mais

Everson Scherrer Borges João Paulo de Brito Gonçalves

Everson Scherrer Borges João Paulo de Brito Gonçalves Everson Scherrer Borges João Paulo de Brito Gonçalves 1 Introdução ao Linux e Instalação do Ubuntu Linux História Em 1973, um pesquisador da Bell Labs, Dennis Ritchie, reescreveu todo o sistema Unix numa

Leia mais

Curso Introdução ao Linux. Desmistificando o Software Livre. Nícholas André - www.iotecnologia.com.br - nicholas@iotecnologia.com.

Curso Introdução ao Linux. Desmistificando o Software Livre. Nícholas André - www.iotecnologia.com.br - nicholas@iotecnologia.com. Curso Introdução ao Linux Desmistificando o Software Livre Nícholas André - www.iotecnologia.com.br - nicholas@iotecnologia.com.br Índice 1 O que é Software Livre? 2 A história por trás do Software Livre.

Leia mais

Documento de Instalação e Configuração do InfoGrid

Documento de Instalação e Configuração do InfoGrid Documento de Instalação e Configuração do InfoGrid Tecgraf/PUC Rio infogrid@tecgraf.puc rio.br 1.Introdução O objetivo deste documento é podermos registrar em um único local todas as informações necessárias

Leia mais

Processamento Distribuído em Cluster do Tipo Beowulf

Processamento Distribuído em Cluster do Tipo Beowulf UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JULIO DE MESQUITA FILHO FACULDADE DE TECNOLOGIA DA BAIXADA SANTISTA DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA GESTÃO DE NEGÓCIOS Processamento Distribuído em Cluster do Tipo Beowulf ALEXANDRE

Leia mais

Pratique o seu conhecimento

Pratique o seu conhecimento Pratique o seu conhecimento QUESTÕES DO CAPÍTULO 1 (A HISTÓRIA ) 1) Explique com suas palavras qual a importância de Richard Stallman para o software livre e o que é o projeto GNU. R.: Richard Stallman

Leia mais

Treinamento para Manutenção dos Telecentros

Treinamento para Manutenção dos Telecentros Treinamento para Manutenção dos Telecentros Módulo II :: Utilizando o Linux Básico do Sistema Manoel Campos da Silva Filho Professor do IFTO/Palmas 1 2 Código Aberto/Open Source Programas (softwares/aplicativos)

Leia mais

Conteúdo. Wariston Fernando Pereira. MBA Gestão Estratégica e Inteligência em Negócios; Bacharelado em Ciência da Computação;

Conteúdo. Wariston Fernando Pereira. MBA Gestão Estratégica e Inteligência em Negócios; Bacharelado em Ciência da Computação; Conteúdo Wariston Fernando Pereira MBA Gestão Estratégica e Inteligência em Negócios; Bacharelado em Ciência da Computação; Disciplinas: Sistemas de Informação; Estágio Supervisionado; Antes de Começarmos...

Leia mais

Fundamentos da Programação 12

Fundamentos da Programação 12 Fundamentos da Programação 12 III. SOFTWARE Um programa de computador pode ser definido como uma série de instruções ou declarações, em forma aceitável pelo computador, preparada de modo a obter certos

Leia mais

Conteúdo 1 Comandos Básicos. Questão 1: Que comando permite encerrar o sistema definitivamente?

Conteúdo 1 Comandos Básicos. Questão 1: Que comando permite encerrar o sistema definitivamente? Conteúdo 1 Comandos Básicos Questão 1: Que comando permite encerrar o sistema definitivamente? a) shutdawn b) shutdown t now c) shutdown r now d) shutdwon h now e) shutdown h now Questão 2: Que comando

Leia mais

Informática. Linux. Professor Márcio Hunecke.

Informática. Linux. Professor Márcio Hunecke. Informática Linux Professor Márcio Hunecke www.acasadoconcurseiro.com.br Informática O SISTEMA OPERACIONAL GNU/LINUX Características Gerais O Linux surgiu por meio do Projeto GNU (GNU s Not Unix) e é

Leia mais

Informática. Aula 03 Sistema Operacional Linux. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte Campus Currais Novos

Informática. Aula 03 Sistema Operacional Linux. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte Campus Currais Novos Prof. Diego Pereira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte Campus Currais Novos Informática Aula 03 Sistema Operacional Linux Objetivos Entender

Leia mais

Desenvolvimento para Sistemas Embarcados (CEA 513) Conceitos Gerais

Desenvolvimento para Sistemas Embarcados (CEA 513) Conceitos Gerais Universidade Federal de Ouro Preto Departamento de Computação e Sistemas - DECSI Desenvolvimento para Sistemas Embarcados (CEA 513) Conceitos Gerais Vicente Amorim vicente.amorim.ufop@gmail.com Sumário

Leia mais

Se não existisse uma variável de ambiente chamada PATH você teria que digitar todo o caminho do comando para listar por exemplo:

Se não existisse uma variável de ambiente chamada PATH você teria que digitar todo o caminho do comando para listar por exemplo: Variáveis de ambiente Denição: São variáveis que guardam informações sobre preferências pessoais usadas por programas para que eles peguem dados sobre seu ambiente sem que você tenha que passar sempre

Leia mais

Introdução ao Linux MICHELLE NERY

Introdução ao Linux MICHELLE NERY Introdução ao Linux MICHELLE NERY O que é preciso saber para conhecer o Linux? Entender os componentes de um computador. Conhecimentos básicos de sistemas operacionais. Referência: Sistemas Operacionais

Leia mais

Curso Tecnológico de Informática Matriz de Exame de Equivalência de Tecnologias Informáticas Prova Prática - Código 259

Curso Tecnológico de Informática Matriz de Exame de Equivalência de Tecnologias Informáticas Prova Prática - Código 259 Curso Tecnológico de Informática Matriz de Exame de Equivalência de Tecnologias Informáticas Prova Prática - Código 259 Escola Secundária c/ 3.º Ciclo D. Dinis Ano Lectivo 2008/2009 Grupos Conteúdos Objectivos/Competências

Leia mais

Aprendendo. Unix no OS X. Mountain Lion. Mergulhando no Terminal e no Shell. Dave Taylor. Novatec

Aprendendo. Unix no OS X. Mountain Lion. Mergulhando no Terminal e no Shell. Dave Taylor. Novatec Aprendendo Unix no OS X Mountain Lion Mergulhando no Terminal e no Shell Dave Taylor Novatec Authorized Portuguese translation of the English edition of titled Learning Unix for OS X Mountain Lion, ISBN

Leia mais

Projeto de extensão Linux no Campus

Projeto de extensão Linux no Campus Projeto de extensão Linux no Campus Universidade Federal de Santa Maria Acadêmico do Curso de Sistemas de Informação Evandro Bolzan Contatos: ebolzan@inf.ufsm.br, http://www.inf.ufsm.br/~ebolzan BUG BUG

Leia mais

SISTEMA OPERACIONAL INFORMÁTICA PRF. Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br SISTEMA OPERACIONAL SISTEMA OPERACIONAL SISTEMA OPERACIONAL FUNÇÃO:

SISTEMA OPERACIONAL INFORMÁTICA PRF. Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br SISTEMA OPERACIONAL SISTEMA OPERACIONAL SISTEMA OPERACIONAL FUNÇÃO: SISTEMA OPERACIONAL INFORMÁTICA PRF Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br FUNÇÃO: GERENCIAR, ADMINISTRAR OS RECURSOS DA MÁQUINA. SISTEMA OPERACIONAL EXEMPLOS MS-DOS WINDOWS 3.1 WINDOWS 95 WINDOWS

Leia mais

Sistemas Operacionais de Arquitetura Aberta

Sistemas Operacionais de Arquitetura Aberta Sistemas Operacionais de Arquitetura Aberta Dailson Fernandes www.dailson.com.br contato@dailson.com.br Facebook: dailson.fernandes Twitter: @dailson_ Habilidades Instalar o sistema operacional; Instalar

Leia mais

Introdução ao Shell Script

Introdução ao Shell Script Faculdade do Pará-FAP Disciplina: Programação em Ambiente de Redes Professor: Armando Hage Introdução ao Shell Script Introdução O que é o Shell Shell Script Primeiro Script Recebendo Parâmetros Exercícios

Leia mais

Simulador de Sistemas de Arquivos

Simulador de Sistemas de Arquivos Simulador de Sistemas de Arquivos Trabalho Prático 1 Disciplina: Sistemas Operacionais 2009/1 Professor Humberto César Brandão de Oliveira O trabalho possui dois requisitos fundamentais: a. Entrega do

Leia mais

Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com. Informática

Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com. Informática Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com Informática Componentes de um SC Softwares O que é Software? Conjunto de instruções/funções/tarefas que definem o que o computador deve executar para chegar

Leia mais

LABORATÓRIO 0 Revisão GNU/Linux

LABORATÓRIO 0 Revisão GNU/Linux FACULDADE PITÁGORAS Tecnólogo em Redes de Computadores Redes Sem fio Prof. Ulisses Cotta Cavalca LABORATÓRIO 0 Revisão GNU/Linux OBJETIVOS Rever os principais comandos do sistema

Leia mais

www.leitejunior.com.br 13/01/2012 12:57 Leite Júnior

www.leitejunior.com.br 13/01/2012 12:57 Leite Júnior LINUX É um programa(software) de computador que gerencia(controla) os recursos do computador. É uma interface(intérprete) entre o usuário e a máquina. É um sistema MULTIUSUÁRIO, permite cadastrar várias

Leia mais

Formação de Administradores de Redes Linux LPI level 1. Aula 2 SENAC TI Fernando Costa

Formação de Administradores de Redes Linux LPI level 1. Aula 2 SENAC TI Fernando Costa Formação de Administradores de Redes Linux LPI level 1 Aula 2 SENAC TI Fernando Costa Agenda Introdução ao Shell Variáveis do shell Usando símbolos coringa Síntese Exercícios O shell Como todo computador

Leia mais