GPS Magellan explorist 310 & Programa GPSTrackMaker

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GPS Magellan explorist 310 & Programa GPSTrackMaker"

Transcrição

1 GPS Magellan explorist 310 & Programa GPSTrackMaker Primeiros Passos Gilberto Malafaia de Oliveira Coordenador Técnico Regional Uregi Juiz de Fora Tarcísio Raimundo Coimbra DETEC - Uregi Sete Lagoas

2 GPS Magellan explorist 310 & Programa GPSTrackMaker Primeiros Passos Gilberto Malafaia de Oliveira Coordenador Técnico Regional Uregi Juiz de Fora Tarcísio Raimundo Coimbra Uregi Sete Lagoas Esclarecemos que nunca havíamos trabalhado com esse GPS. Então não tivemos a oportunidade, a prática/vivência de aprender e dominar a sua operacionalização. O objetivo portanto, desses Primeiros Passos, é mostrar a todos, os caminhos como fomos conseguindo configurar e a começar a entender este sistema. Quando fomos tentar a operação de cálculo de área com a utilização do TrackMaker (programa bem simples para cálculo expedito de área) tivemos dificuldade em transferir os pontos do GPS para o TrackMaker. Após conseguir o agendamento com a CPE Tecnologia (firma que vendeu os aparelhos Magellan para a Emater) para um suporte técnico, fizemos contato com o gerente do DETEC que autorizou a nossa viagem a Belo Horizonte para essa finalidade. Na CPE, o suporte técnico comentou que a Magellan estava providenciando a criação de um software para o cálculo de área usando o seu GPS (ainda não possui), mas que os dados (waypoints, trilhas, rotas, etc) podem ser baixados no TrackMaker e aí ser feito o cálculo da área. O polígono pode também ser exportado de maneira bem simples para o Google Earth para ver a localização da área no campo. Entretanto o cálculo da área só pode ser feito no TrackMaker versão Profissional - PRO (programa comprado pois a versão free não faz cálculo de área). A versão FREE, que é encontrada na internet (http://www.gpstm.com/downloads.php?lang=port) não faz o cálculo da área, dá apenas o seu perímetro, mas permite também exportar o polígono para o Google Earth. Então o objetivo desses Primeiros Passos é mostrar a todos que não tem experiência com o GPS Magellan e com o TrackMaker, algumas operações simples, mas importantes para o nosso trabalho, e também o caminho para o cálculo simples de área. Temos a certeza que, posteriormente, com o seu uso de uma forma constante, todos nós vamos conseguir descobrir e aprender alguma coisa a mais. Seguindo essas informações desse simples e despretensioso manual, todos irão começar a pegar o jeito de trabalhar com o GPS e com o TrackMaker e possivelmente descobrindo também outras operações que poderão ser socializadas com todos. O nosso objetivo é apenas esse. 2

3 Itens abordados nesse Passo-a-Passo GPS MAGELLAN Ligar e desligar o GPS Magellan 5 Verificar status dos satélites e precisão do sinal 6 Configurações iniciais do GPS (Distância Velocidade Altitude 6 Unidades) Configuração do Sistema de Coordenada Primária e Datum 7 Configuração do Sistema de Coordenada Secundária e Datum 7 Marcar pontos e salvar 9 Verificar as coordenadas de um ponto salvo 11 Nomear um ponto 11 Deletar um ou mais pontos 12 Troca de pilhas 13 Troca de Datum 13 Cálculo de área e comprimento do perímetro no GPS (caminhamento) 14 Cálculo da área por marcação de pontos para serem trabalhados no 15 GPSTrackMaker ou outro programa Como transferir os pontos salvos no GPS para o computador 16 PROGRAMA GPSTRACKMAKER Instalação do programa TrackMaker 18 Configuração do TrackMaker 18 Transferir os pontos levantados no Campo para o TrackMaker 20 Ligação dos pontos para a formação do polígono da área levantada 20 Seleção das linhas do polígono 20 Cálculo do comprimento do perímetro da área 21 Cálculo da área 22 Editar um ponto 22 Editar linhas 23 Transferir o mapa da área para o programa Google Earth 23 Imprimir o mapa da área com a grade de coordenadas 25 3

4 GPS MAGELLAN PASSO A PASSO 4

5 Power Botão de controle A) LIGAR / DESLIGAR O APARELHO E USO DO BOTÃO DE CONTROLE Ligar o GPS: pressionar e segurar o botão Power (parte superior direita do aparelho) por uns 5 segundos. Ao ser ligado, o aparelho entra imediatamente entra na página de Mapa. Desligar o GPS: pressionar o mesmo botão também por uns 5 segundos (aparece a mensagem Desligando ) OBS 1: Com o botão de controle pode-se fazer a movimentação da seleção para cima, para baixo e para os lados direito e esquerdo. E pressionando o botão (para dentro) é como se estivesse dando ENTER (para confirmar a seleção para abrir a página ou a indicação selecionada) OBS 2.: Se fizer algum movimento errado (apertar alguma tecla errada ou ir para um,a determinada página que não se quer), basta pressionar a tecla BACK para voltar à página anterior. OBS 3.: Sempre que estiver em alguma página mais à frente e quiser voltar a alguma página anterior e só ir clicando em BACK até chegar à página anterior desejada. 5

6 B) VERIFICAR O STATUS DOS SATÉLITES E PRECISÃO DO SINAL Ligar o GPS (vai entrar na página de mapa) Pressionar o botão BACK (voltar) A tela do Menu Principal é exibida Na tela do Menu Principal, através do caminhamento com o botão de controle, ir levando a seleção até o ícone FERRAMENTAS, no canto inferior direito. Com o ícone FERRAMENTAS selecionado, dar ENTER (pressionando o botão de controle para dentro ). Abre a página FERRAMENTAS com as diversas opções. A página normalmente já abre com a opção DEFINIÇÕES selecionada. Dar ENTER no botão de controle sobre DEFINIÇÕES. Abre a página com diversas opções de configurações. Com o botão de controle ir levando a seleção até a opção SATÉLITE. Com SATÉLITE selecionado dar ENTER. Vai aparecer a página ou tela do status dos satélites, mostrando quais satélites o GPS está pegando, mostrando a força do sinal (excelente, boa, ruim) e a precisão do sinal (em metros). OBS.: Quando a força do sinal estiver como fixa significa que o GPS ainda não captou os satélites. C) CONFIGURAÇÕES INICIAIS DO GPS Para melhor praticidade e uso, os GPSs devem ser configurados da seguinte maneira: Distância: Quilômetro/metros Velocidade: metros/hora Elevação (altitude): metros Unidade de área: hectares Sistema de Coordenada Primária: UTM Datum WGS84 Sistema de Coordenada Secundária: Lat/Long (Grau-Minuto- Segundo) Datum WGS84 Configurar Distância Velocidade Elevação Unidade de área Entrar na página do MENU INICIAL, com o botão de controle levar a seleção até FERRAMENTAS e dar ENTER em FERRAMENTAS Abre a página FERRAMENTAS Com DEFINIÇÕES selecionado, dar ENTER 6

7 Vai entrar na página DEFINIÇÕES com várias opções. Ir levando a seleção até UNIDADES e dar ENTER em UNIDADES Abre a página UNIDADES com as opções Distância Velocidade Elevação Unidades de área Distância Se a Distância estiver Quilômetros/Metros pode deixar. Se estiver com outra unidade selecionar o campo correspondente à Distância e dar ENTER. Vai abrir uma janela com várias unidades. Ir levando a seleção até Quilômetro/metros e dar ENTER Velocidade Se a Velocidade estiver M/h pode deixar. Se estiver com outra unidade selecionar o campo correspondente à Velocidade e dar ENTER. Vai abrir uma janela com várias unidades. Ir levando a seleção até M/h e dar ENTER Elevação Se a Elevação estiver Metros pode deixar. Se estiver com outra unidade selecionar o campo correspondente à Velocidade e dar ENTER. Vai abrir uma janela com várias unidades. Ir levando a seleção até Metros e dar ENTER Unidade de Área Se a Unidade de Área estiver Hectares pode deixar. Se estiver com outra unidade selecionar o campo correspondente à Unidade de Área e dar ENTER. Vai abrir uma janela com várias unidades. Ir levando a seleção até Hectares e dar ENTER Configurar Sistema de Coordenada Primária (UTM) e Datum Configurar Sistema Coordenada Geográfica (latitude/longitude e Datum) Entrar na página do MENU INICIAL, com o botão de controle levar a seleção até FERRAMENTAS e dar ENTER em FERRAMENTAS Abre a página FERRAMENTAS Com DEFINIÇÕES selecionado, dar ENTER 7

8 Vai entrar na página DEFINIÇÕES com várias opções. Ir levando a seleção até NAVEGAÇÃO e dar ENTER em NAVEGAÇÃO Abre a página NAVEGAÇÃO com as opções Sistema de Coordenada Primária - Sistema de Coordenada Secundária (bem na parte inferior da página, quase não aparecendo...) Sistema de Coordenada Primária Se o campo correspondente ao Sistema de Coordenada Primária já estiver UTM pode deixar. Se estiver com outra unidade selecionar o campo correspondente ao Sistema de Coordenada Primária e dar ENTER. Vai abrir uma janela com várias unidades. Ir levando a seleção até UTM e dar ENTER Levar a seleção até o campo Datum de Mapa Primário. Se já estiver nesse campo o Datum WGS84 pode deixar. Se estiver com outro Datum, dar ENTER na seleção. Vai abrir uma janela com vários Datum. Ir levando a seleção até WGS84 e dar ENTER Sistema de Coordenada Secundária Levar a seleção até o campo Sistema de Coordenada Secundária e dar ENTER. Se o campo correspondente ao Sistema de Coordenada Secundária já estiver Lat/Lon pode deixar. Se estiver com outra unidade selecionar o campo correspondente ao Sistema de Coordenada Secundária e dar ENTER. Vai abrir uma janela com várias unidades. Ir levando a seleção até Lat/Lon e dar ENTER Após isso selecionar o campo correspondente ao Tipo de Coordenada Secundária. Se estiver Grau/Minuto/Segundo pode deixar. Se estiver com outro tipo, selecionar o campo e dar ENTER. Vai abrir uma janela com vários tipos. Ir levando a seleção até Grau/Minuto/Segundo e dar ENTER Levar a seleção até o campo Datum de Mapa Secundário. Se já estiver nesse campo o Datum WGS84 pode deixar. Se estiver com outro Datum, dar ENTER na seleção. Vai abrir uma janela com vários Datum. Ir levando a seleção até WGS84 e dar ENTER 8

9 D) MARCAR PONTOS E SALVAR Ao ligar o GPS aparece um mapa Pressionar o botão BACK A tela do Menu Principal é exibida Com o botão de controle (bolinha central) levar a seleção para o ícone INDICADORES. O ícone INDICADORES estando selecionado pressionar o botão de controle para dar ENTER (confirmar) Vai abrir a página azulada de INDICADORES (com uma bandeirinha vermelha) Observar que no canto inferior direito da tela tem um pequeno círculo com uma seta. Isso significa que podemos acessar o menu das funções mais usadas associadas com a tela exibida. Esse menu das funções é acessado pressionando a tecla MENU Pressionar MENU. Vão aparecer várias funções associadas à tela, que poderão ser selecionadas com o botão de controle (para cima ou para baixo) Selecionar ADICIONAR WAYPOINT Dar ENTER (pressionar para baixo o botão de controle) Aparece nova tela com várias opções que poderão ser selecionadas (usando o botão de controle) Selecionar a opção POSIÇÃO ATUAL e dar ENTER Vai aparecer a tela com a descrição do Ponto 1 (Way Point WP1) e indicações referentes a esse ponto: ver altitude e localização. Quando essa página abre, o ícone da bandeirinha vermelha está selecionado. Para salvar o ponto, caminhar com o botão de controle até o ícone de um disquete localizado na parte inferior da página. Com esse ícone selecionado, dar ENTER. Após isso aparece a tela com o ponto (WP) salvo. Para marcar outro ponto, clicar em MENU, ENTER em ADICIONAR WAY POINT, ENTER em POSIÇÃO ATUAL a já aparece a descrição do novo ponto. 9

10 Daí em diante seguir os passos informados anteriormente para anotar e salvar novos pontos. OBSERVAÇÃO Se no momento do caminhamento for necessário marcar pontos posicionados muito próximos um dos outro, o ideal, em função da precisão do GPS, é que esse ponto muito próximo seja salvo do seguinte modo: No Menu principal selecionar o ícone INDICADORES e dar ENTER Abre a página INDICADORES Clicar em MENU Abre a página OPÇÕES com Adicionar Waypoints já selecionada Dar ENTER Abre nova página com a linha Posição atual selecionada dar ENTER Abre nova página com a bandeirinha já selecionada Levar a seleção, com o botão de controle, para o campo à direita da bandeirinha com esse campo selecionado clicar em Menu Vai abrir a página OPÇÕES levar a seleção até POSIÇÃO MÉDIA Com Posição média selecionada dar ENTER Vai abrir a página Calculando Posição onde o GPS, devido à precisão do aparelho, vai calcular a média entre as coordenadas Quando aparecer um retângulo alaranjado com a palavra FEITO dar ENTER Vai aparecer a tela onde o espaço ao lado direito da bandeirinha está selecionado com o botão de controle levar a seleção até o ícone do disquete na parte inferior da página com esse disquete selecionado dar ENTER Vaí aparecer a mensagem Indicador tal... salvo. Após isso, automaticamente volta para a página INDICADORES e a marcação dos pontos pode continuar normalmente, seguindo os passos anteriores descritos no início do item Marcar Pontos. OBS.: Esses passos parecem ser complicados, mas depois, com certa prática, o técnico consegue fazer quase que automaticamente. É só fazer devagar, com calma e atenção. 10

11 E) VERIFICAR AS COORDENADAS DE UM PONTO SALVO Para ver as coordenadas de um ponto, seguir os passos anteriores até o item INDICADORES. Selecionar INDICADORES e dar ENTER. Aparece a página dos Pontos salvos. Selecionar com o botão de controle o ponto que se quer e dar ENTER. Aparece a página com informações do ponto. Ir levando a seleção (usando o botão de controle) até selecionar o ítem LOCALIZAÇÃO. Com LOCALIZAÇÃO selecionado, dar ENTER. Aparece a localização do ponto em UTM. Levando a seleção mais para baixo aparece a localização do ponto em Coordenadas Geográficas (Latitude/Longitude). F) NOMEAR UM PONTO Para nomear o ponto (com um número ou um nome) ir até a página INDICADORES e dar ENTER Vai aparecer a página com os pontos. Selecionar, com o botão de controle, o ponto que quer nomear e dar ENTER. Vai aparecer a página com as informações do ponto e com o ícone da bandeirinha selecionado. Com o botão de controle levar a seleção para a direita da bandeirinha e dar ENTER. Vai abrir a tela Nome do Indicador com um teclado alfanumérico (letras e números). Com o botão de controle, movimentando pra a direita ou pra a esquerda ou pra cima ou pra baixo, ir selecionando as teclas para formar um número ou nome. OBS.: A cada vez que selecionar o número ou a letra desejada, dar ENTER, isto é, pressionar o botão de controle para dentro (para o fundo ). A letra ou o número selecionado e salvo aparece na linha (parte superior da página) para formar o nome/número do ponto. Essa operação 11

12 de seleção dos caracteres tem que ser feita com muita calma e devagar. Se fizer com pressa vai salvar números/letras indesejadas. O espaço, caso o nome for separado, é a última tecla da linha onde estão as letras z x c... Caso seja salvo uma letra/número por engano, pode apagar levando a seleção para a tecla da setinha ao lado da janela do nome do ponto. Com a seta selecionada dar ENTER. A última letra é apagada. Para apagar as outras letras usar o mesmo esquema. Quando o nome do ponto estiver concluído, levar a seleção até a última tecla da página (canto inferior direito tecla de cor verde com o símbolo ) e dar ENTER. O ponto já aparecerá com o nome/número salvo. G) DELETAR UM OU MAIS PONTOS a) PARA DELETAR UM PONTO SALVO Selecionar esse ponto na página INDICADORES onde estão todos os pontos salvos. Com esse ponto selecionado, clicar em ENTER. Aparece a página do ponto com a bandeirinha selecionada. Clicar em MENU Abre a página de OPÇÕES. Selecionar a opção SUPRIMIR e dar ENTER Aparece a página de confirmação com a pergunta Tem Certeza?. Com o SIM selecionado, dar ENTER. b) PARA DELETAR TODOS OS PONTOS SALVOS Entrar na página INDICADORES onde todos os pontos estão salvos. Clicar em MENU Na página OPÇÕES que abre, movimentar a seleção até a opção SUPRIMIR TODO. Com essa opção selecionada dar ENTER. Aparece a página pedindo a confirmação. Com o SIM selecionado dar ENTER. Todos os pontos 12

13 H) TROCA DE PILHAS As pilhas podem ser de Lítio, Alcalinas e Recarregáveis. A que veio acompanhando o GPS é de Lítio. Quando precisar trocar as pilhas, não colocar pilhas comuns. Pode colocar as Alcalinas ou Recarregáveis. Mas ao trocar por outro tipo de pilha, tem também que ser trocada a configuração do GPS para o tipo da pilha que estiver sendo colocada. Esta configuração é feita já com as novas pilhas no GPS e é feita com os seguintes passos: Seguindo os mesmos passos anteriores, entrar no menu principal, selecionar FERRAMENTAS e dar ENTER. Na tela seguinte com DEFINIÇÕES selecionado dar ENTER Na página que abrir, ir selecionando as opções até ALIMENTAÇÃO. Com ALIMENTAÇÃO selecionada dar ENTER. Abre a página ALIMENTAÇÃO. Levar a seleção até selecionar o item referente ao TIPO DE BATERIA. Com o TIPO DE BATERIA selecionado dar ENTER. Sobe uma janela mostrando os 3 tipos: Lítio Alcalinas Recarregável. Se a nova bateria for Alcalina, levar a seleção até ALCALINA e dar ENTER. Atenção: Se for trocar as pilhas pelo mesmo tipo de pilha que já está no GPS (e que o GPS já foi configurado para esse tipo de pilha) não é necessário fazer essa operação. I) TROCA DE DATUM O GPS já deve estar configurado para trabalhar com o Datum WGS84. Se for preciso trabalhar com outro Datum (SAD 69, por exemplo) o GPS terá que ser configurado para esse novo Datum. Seguindo os mesmos passos anteriores, entrar na página FERRAMENTAS, selecionar DEFINIÇÕES e dar ENTER Na página que abrir, ir levando a seleção (vai passar por várias opções) até chegar na opção NAVEGAÇÃO. Com NAVEGAÇÃO selecionada dar ENTER. Vai abrir a página NAVEGAÇÃO com o SISTEMA DE COORDENADA PRIMÁRIO (UTM). UTM já vai estar selecionado. 13

14 Levar a seleção até o item DATUM DE MAPA PRIMÁRIO e selecionar o campo onde está o Datum atual (no caso está o WGS84). Com este item selecionado dar ENTER. Vai subir uma janela com os vários Datum, em ordem alfabética, estando, entretanto, na primeira linha, o Datum atual, que no caso é o WGS84. Ir levando a seleção até o Datum que se quer. No caso é o SAD 69. Com o SAD 69 selecionado dar ENTER. Se quiser mudar também o Datum do Sistema de Coordenada Secundário (o que aconselho) que está na mesma página do Primário (ver bem mais em baixo, depois do Datum de Mapa Primário), continuar levando a seleção até o DATUM DE MAPA SECUNDÁRIO e selecionar o campo onde está o Datum atual (no caso está o WGS84). Com este item selecionado dar ENTER. Vai subir uma janela com os vários Datum, em ordem alfabética, estando, entretanto, na primeira linha, o Datum atual, que no caso é o WGS84. Ir levando a seleção até o Datum que se quer. No caso é o SAD 69. Com o Córrego Alegre selecionado dar ENTER. ATENÇÃO: Após fazer os serviços com o novo Datum (SAD 69 nesse caso do exemplo), voltar a configuração do GPS para o Datum WGS84 que é o oficial utilizado hoje. Fazer da mesma forma que o explicado nesse item TROCA DE DATUM). J) CÁLCULO DA ÁREA PELO GPS - CAMINHAMENTO Nesta operação o próprio GPS mostra, após o caminhamento pelo perímetro de uma área, a área (ha) e o perímetro (metros). Entrar no Menu Principal Levar a seleção até o ícone FERRAMENTAS e dar ENTER A página FERRAMENTAS abre Levar a seleção até ÁREA CALCULATION (Cálculo de área) e dar ENTER 14

15 Abre a página Cálculo de Área já com o tópico Caminhar ao redor do perímetro selecionado. Dar ENTER Após isso, iniciar a caminhada pelo perímetro da área e o GPS já vai mostrando automaticamente a área (ha) e o perímetro (metros). Quando retornar ao ponto inicial, anotar a área (ha) e o perímetro (metros) em um caderno de anotações/caderneta de campo. K) CÁLCULO DA ÁREA POR MARCAÇÃO DE PONTOS Cálculo da área por marcação de pontos para serem trabalhados no GPSTrackMaker ou outro programa Nessa operação achamos mais prático o método de caminhar ao redor da área e ir marcando/salvando os pontos cada vez que houver uma mudança, mesmo pequena, de direção no perímetro (uma esquina, uma curva, uma entrada, etc...). Após ter feito a caminhada em todo o perímetro, com a conseqüente marcação/salvamento dos pontos, levar o GPS até o computador, fazer sua conexão com o PC e transferir os pontos do GPS para o PC. Para trabalhar os dados fazer o polígono com os pontos, calcular a área, etc é necessário ter instalado no PC um programa para essa finalidade, como o GPS TrackMaker ou outro programa. Mostraremos aqui um pequeno passo-a-passo, com informações simples, sem nenhuma pretensão maior, sobre o cálculo da área usando o programa GPSTrackMaker, que é um programa simples e já conhecido por muitos. Outros trabalhos e operações um pouco mais complexas, o próprio técnico, na medida em que for dominando o uso do programa, irá aos poucos descobrindo como fazer. Esclarecemos que o programa GPSTrackMaker, que possibilita o cálculo de área (ha) e muitas outras funções/operações, inclusive a transferir o polígono da área para o Google Earth, é o programa GPSTrackMaker versão Profissional (PRO) que é o programa original ( comprado ). No link existe a versão Free do programa que, entretanto não permite o cálculo de área. Essa versão Free permite trabalhar o polígono, ver o comprimento do perímetro da área (metros), permite também transferir o polígono para o Google Earth, e muitas outras operações, mas não permite o cálculo da área (ha). 15

16 L) COMO TRANSFERIR OS PONTOS SALVOS NO GPS PARA O COMPUTADOR Conectar, com o cabo próprio que acompanha o GPS, o aparelho ao computador através de uma porta USB. Ligar o GPS Aparece a página detectado conexão com a linha conectar ao PC já selecionada. Dar ENTER. Aparece uma página com um desenho do GPS conectando ao PC até concluir a conexão, onde aparece escrito conectado ao PC A maneira mais prática de transferir os pontos para o computador é agir como se o GPS fosse um Pendrive: ir até Meu computador, clicar para abrir e no drive (dispositivos móveis), onde normalmente aparece o Pendrive, vai aparecer MAGELLAN Dar dois clicks para abrir MAGELLAN Ao ser aberto vão aparecer várias pastas e a última pasta é Waypoints Dar dois clicks para abrir a pasta Waypoints Ao ser aberta vai aparecer um arquivo formato.gpx (ou vários arquivos, dependendo dos serviços que foram feitos) Usar o copiar/colar para colar esse arquivo na área de trabalho/desktop do computador (ou, se quiser, em uma pasta predeterminada) Após isso, remover o GPS do computador, também do mesmo modo que se remove um pendrive Desligar o GPS Após essa operação, o arquivo dos pontos salvos no Magellan, já está no computador e pronto para ser aberto no programa TrackMaker (ou outro programa do gênero) para ser trabalhado (formação do polígono, comprimento do perímetro, cálculo da área, transferência do polígono para o Google Earth e várias outras operações). Sempre levar em consideração, conforme já comentado anteriormente, que a versão Profissional (PRO) - original ( comprada ) do programa TrackMaker permite todas as operações e que a versão Free (disponibilizada gratuitamente na internet) apesar de calcular o comprimento do perímetro e transferência para o Google Earth, não permite o cálculo da área. 16

17 USO DO PROGRAMA TRACKMAKER PASSO A PASSO 17

18 01) INSTALAÇÃO DO PROGRAMA TRACKMAKER 01.1) Ao adquirir a versão Profissional (PRO) do TrackMaker, o usuário recebe um kit composto por um CD de instalação e uma chave USB de utilização (tipo um pendrive ), que é a licença de uso do programa. A instalação é muito simples. Após colocar o CD no drive, o processo de instalação inicia automaticamente. Ir clicando em Avançar nas janelas que vão abrindo e Instalar na última janela. É sempre bom reiniciar o computador após a instalação do programa. O ícone GPSTrackMaker PRO aparece na Área de Trabalho (Desktop). Ao clicar nele, o programa abre e aparece uma janela pedindo para inserir a Chave de Utilização em uma porta USB do computador. Após instalar a chave clicar em OK na janela que apareceu. Após isso, o TrackMaker já está preparado para o uso. 01.2) A instalação da versão Free também é muito simples. Entrar no link baixar o programa (fazer o download) e fazer sua instalação normalmente como mostrado na instalação da versão PRO. Nesse caso, após a instalação, o programa não pede a Chave de Utilização, e após clicar no ícone na Área de Trabalho, o programa já abre pronto para o uso. 02) CONFIGURAÇÃO DO TRACKMAKER Após abrir o TrackMaker, o primeiro passo é fazer algumas configurações necessárias. a) Grade de coordenadas e mapa de fundo O TrackMaker ao abrir, normalmente já mostra a grade de coordenadas e o mapa de fundo. Se não aparecer a grade, clicar em EXIBIR, vai descer uma janela, procurar a palavra Grade e clicar sobre ela. A grade de coordenadas vai ser habilitada e já vai aparecer na tela do programa. Caso achar interessante retirar o mapa de fundo (às vezes o mapa atrapalha o trabalho) clicar no botão que tem o sinal [>>] ao lado da janela que mostra a escala e abaixo do botão da impressora. Uma janela desce. Clicar sobre 18

19 sem mapa. O mapa de fundo desaparece da tela do programa, ficando só a grade de coordenadas. b) Outras configurações (principalmente unidades de medida, de área, coordenadas e Datum) b.1) Clicar em FERRAMENTAS. Desce uma janela. Clicar na última linha OPÇÕES. Vai abrir uma janela OPÇÕES DE CONFIGURAÇÃO com várias abas. b.2) Clicar na aba UNIDADES e configurar as unidades Comprimento: metro Área: ha (só aparece na versão PRO) Altitude: metros Ângulo de Azimute: Deg/Min/Séc (só aparece na versão PRO) Horas local / Diferença horária: - 3 horas b.3) Após essa configuração clicar na aba COORDENADAS Se quiser Coordenadas UTM clicar na bolinha Grades Retangulares (automaticamente na janela em baixo já aparece selecionado (UTM) Universal Trans. Mercator ). Se quiser coordenadas geográficas clicar na bolinha Deg/Min/Sec (Grau/Minuto/Segundo) b.4) Após isso clicar na aba DATUM Abre uma janela. Na última linha, logo abaixo da frase Lista de Datum Suportado pelo GPS, clicar no botão [ ]. Vai descer uma janela com o nome de todos os Datum. Procurar e selecionar o Datum que se quer trabalhar (o Datum WGS84 ou Datum WGS 1984 é o Datum oficial, usado pela Emater-MG). ATENÇÃO Esse Datum a ser configurado no TrackMaker tem que ser o mesmo Datum que o GPS foi configurado para o levantamento dos pontos. Se o GPS foi configurado com o Datum WGS84, no TrackMaker também tem que ser configurado o WGS84 b.5) Após isso, clicar em OK fechar a tela; já está tudo configurado. 19

20 03) TRANSFERIR OS PONTOS LEVANTADOS NO CAMPO PARA O TRACKMAKER No item L (pág. 16) vimos como transferir os pontos levantados no campo, do GPS para o computador. Para efeito didático, vamos levar em consideração que o arquivo dos pontos levantados pelo GPS (arquivo formato.gpx) foi transferido para a Área de Trabalho/Desktop. - Com o TrackMaker aberto, dar um clic no botão/ícone ABRIR ou clicar em ARQUIVO / ABRIR ARQUIVO. - Vai aparecer a janela ABRIR ARQUIVO - Como o arquivo está no Desktop, vamos procurá-lo no Desktop. Para facilidade, na linha inferior da janela Arquivos do tipo: colocar Arquivos GPS Exchange.gpx ou Todos os arquivos e procurar o arquivo Magellan com a terminação.gpx. Selecionar esse arquivo e clicar em ABRIR. - Os pontos levantados já aparecem no TrackMaker prontos a serem trabalhados. OBS.: a) Para aumentar ou diminuir a distância entre os pontos na tela do TrackMaker (aumentar ou diminuir o zoom) basta usar o scroll (botão de rolamento) do mouse. b) Para movimentar a tela do TrackMaker para colocar o desenho (planta, mapa, etc) em posição de melhor visualização, basta clicar no lado direito do mouse e, com o mouse clicado - sem tirar o dedo -, arrastar o mouse sobre a tela, colocando-a na posição adequada. 04) LIGAR OS PONTOS PARA A FORMAÇÃO DO POLÍGONO DA ÁREA LEVANTADA a) Clicar no lado esquerdo da tela do TrackMaker na ferramenta Lápis (ao passar a seta do mouse sobre os ícones à esquerda vai aparecendo o nome dos botões/ferramentas). b) Unir todos os pontos para formar o polígono da seguinte maneira: clicar com o LÁPIS sobre o primeiro ponto e, em sentido horário, com o lado esquerdo do mouse apertado, levar a linha até o ponto seguinte. Ao chegar no ponto, soltar o botão do mouse. Apertar novamente o botão esquerdo do mouse até o terceiro ponto, soltar o botão do mouse. Fazer assim até terminar a formação do polígono referente à área levantada no campo. 20

21 05) SELEÇÃO DAS LINHAS DO POLÍGONO Para que o polígono possa ser trabalhado ele tem que estar selecionado. Isso pode ser feito de duas maneiras: a) Ele pode ser selecionado selecionando cada linha individualmente. Para isso dar um clic, apertando e soltando o botão esquerdo do mouse em cada linha. Vai aparecer um pontinho indicando que a linha foi selecionada. Fazer isso em todas as linhas formadoras do polígono. Fazer essa operação com cuidado, pois se clicar fora, toda a seleção será desmarcada. b) Ou, com o lado esquerdo do mouse apertado, clicar num ponto próximo (fora) ao polígono e arrastar o mouse para incluir todo o polígono dentro do retângulo de seleção. Todas as linhas do polígono ficarão com um pontinho indicando a seleção da linha. OBS.: Para tirar a seleção do polígono basta clicar fora dele, na tela do TrackMaker. 06) CÁLCULO DO COMPRIMENTO DO PERÍMETRO DA ÁREA Versão TrackMaker FREE a) Selecionar o polígono. b) Clicar no botão Σl T (somatório dos comprimentos) c) Aparece a Janela de Relatório mostrando comprimento do perímetro da área Versão TrackMaker PRO a) Selecionar o polígono. b) Clicar no botão [ ] no lado direito do botão Σl T (somatório dos comprimentos) c) Vai descer uma janela. Clicar em Topográfico. d) Abre a janela Parâmetros Topográficos. Dar um clic na bolinha Usar altitude dos Trackpoints e logo após clicar em OK. e) Já aparece a Janela de Relatório mostrando comprimento do perímetro da área 21

22 07) CÁLCULO DA ÁREA OBS.: Conforme já observado anteriormente, somente a versão Profissional (PRO) do TrackMaker não permite o cálculo da área. A versão FREE não permite isso. a) Selecionar o polígono. b) Clicar no botão [ ] no lado direito do botão Σs c (somatório das áreas) c) Vai descer uma janela. Clicar em Topográfico. d) Abre a janela Parâmetros Topográficos. Dar um clic na bolinha Usar altitude dos Trackpoints e logo após clicar em OK. e) Já aparece a Janela de Relatório mostrando a área do polígono. E o polígono fica todo hachurado. Se clicar fora do polígono a linha hachurada some. 08) EDITAR UM PONTO Para editar um ponto no mapa no TrackMaker (modificar seu ícone, colocar um nome ou comentário no ponto, etc) colocar o cursor em cima do ponto e clicar com o botão direito do mouse. Abre a janela Editar Waypoint que permite fazer várias edições. a) Clicando no ícone apropriado e dar OK, o ícone toma o lugar do ponto no mapa b) Dar um nome ao ponto: No campo ESTILO, na primeira janela estreita que aparece ao lado do botão [A B C] clicar no botão [ ] aparece uma janelinha com várias opções. Clicamos na opção que queremos. Por exemplo Símbolo com Comentário ). No lado direito da janela Editar Weypoint na linha Comentário escrevemos o comentário que queremos. Por exemplo, tronco de árvore. Clicamos em OK. Então aparece no mapa, ao lado do ponto, o comentário tronco de árvore. c) Para que esse comentário fique escrito numa posição adequada no mapa (vertical, horizontal ou outra posição), no campo ÂNGULO, colocamos o cursor, com o lado esquerdo do mouse apertado, em cima da SETA que mostra a movimentação do ângulo até que o nosso Comentário fique na posição que desejamos (na janelinha abaixo da 22

MANUAL BÁSICO PARA O USO DO TRACKMAKER. I Organizar os arquivos para uso, baixar e instalar o programa.

MANUAL BÁSICO PARA O USO DO TRACKMAKER. I Organizar os arquivos para uso, baixar e instalar o programa. MANUAL BÁSICO PARA O USO DO TRACKMAKER I Organizar os arquivos para uso, baixar e instalar o programa. 1. Entrar na site www.gpstm.com/downloads.php?lang=port, clique no Download da versão GPS TrackMaker

Leia mais

GPS TrackMaker. Principais Funções e aplicações. Departamento de Engenharia Florestal Universidade Estadual Centro-Oeste UNICENTRO - Campus de Irati

GPS TrackMaker. Principais Funções e aplicações. Departamento de Engenharia Florestal Universidade Estadual Centro-Oeste UNICENTRO - Campus de Irati GPS TrackMaker o Principais Funções e aplicações Departamento de Engenharia Florestal Universidade Estadual Centro-Oeste UNICENTRO - Campus de Irati GPS TrackMaker Software desenvolvido por Odilon Ferreira

Leia mais

Barra de ferramentas padrão. Barra de formatação. Barra de desenho Painel de Tarefas

Barra de ferramentas padrão. Barra de formatação. Barra de desenho Painel de Tarefas Microsoft Power Point 2003 No Microsoft PowerPoint 2003, você cria sua apresentação usando apenas um arquivo, ele contém tudo o que você precisa uma estrutura para sua apresentação, os slides, o material

Leia mais

Av. Paulo VI, 1952- Sumaré. 01262-010 São Paulo S.P.- Brasil Fone: (11) 3868-0822 Fax: (11)3673-0702 http://www.hezolinem.

Av. Paulo VI, 1952- Sumaré. 01262-010 São Paulo S.P.- Brasil Fone: (11) 3868-0822 Fax: (11)3673-0702 http://www.hezolinem. ÍNDICE 1 - INTERFACE/TECLAS... 3 2 - LIGANDO O EQUIPAMENTO... 4 3 - CRIANDO UM WAYPOINT... 4 4 - CRIANDO UMA TRILHA... 7 4.1 Apagando traçados... 7 4.2 Criando Trilhas... 8 - Posicione-se no ponto de partida

Leia mais

APOSTILA BÁSICA COMO UTILIZAR A LOUSA DIGITAL E O SOFTWARE SMART NOTEBOOK

APOSTILA BÁSICA COMO UTILIZAR A LOUSA DIGITAL E O SOFTWARE SMART NOTEBOOK APOSTILA BÁSICA COMO UTILIZAR A LOUSA DIGITAL E O SOFTWARE SMART NOTEBOOK 1 SÚMARIO ASSUNTO PÁGINA Componentes da Lousa... 03 Função Básica... 04 Função Bandeja de Canetas... 05 Calibrando a Lousa... 06

Leia mais

Apresentando o Sistema GeoOffice GPS Profissional

Apresentando o Sistema GeoOffice GPS Profissional Apresentando o Sistema GeoOffice GPS Profissional O Sistema GeoOfficeGPS é uma ferramenta de automação desenvolvida pela Solution Softwares LTDA-ME para auxiliar no armazenamento e manipulação de dados

Leia mais

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Neste capítulo nós iremos examinar as características da interface do gerenciador de arquivos Konqueror. Através dele realizaremos as principais operações com arquivos

Leia mais

Mini Curso Básico De Introdução Ao Metasys. Apostila 1

Mini Curso Básico De Introdução Ao Metasys. Apostila 1 Mini Curso Básico De Introdução Ao Metasys. Apostila 1 Aluno: Turma Aula 1: Objetivos Aprender quais são as partes principais do computador, e quais suas funcoes. Aprender a ligar e desligar o computador

Leia mais

O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais.

O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais. MICROSOFT WINDOWS O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais. Apresentaremos a seguir o Windows 7 (uma das versões do Windows)

Leia mais

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano Informática Aplicada Aula 2 Windows Vista Professora: Cintia Caetano AMBIENTE WINDOWS O Microsoft Windows é um sistema operacional que possui aparência e apresentação aperfeiçoadas para que o trabalho

Leia mais

FERRAMENTAS TECNOLÓGICAS AUXILIARES NO SEGURO RURAL

FERRAMENTAS TECNOLÓGICAS AUXILIARES NO SEGURO RURAL CURSO DE COMPROVAÇÃO DE PERDAS AGRÍCOLAS PARA O SEGURO RURAL, PROAGRO E PROAGROMAIS FERRAMENTAS TECNOLÓGICAS AUXILIARES NO SEGURO RURAL Prof. Francisco Edinaldo Pinto Mousinho TERESINA, NOVEMBRO DE 2012

Leia mais

MANUAL BÁSICO DE UTILIZAÇÃO DO SARA - PC SCANNER COM VOZ

MANUAL BÁSICO DE UTILIZAÇÃO DO SARA - PC SCANNER COM VOZ MANUAL BÁSICO DE UTILIZAÇÃO DO SARA - PC SCANNER COM VOZ VERSÃO 9.0.1.5 SARA - PC Scanner com Voz Freedom Scientific 1 Sumário SARA PC Scanner com Voz... 3 Botões do Scanner... 3 Software do Scanner:...

Leia mais

O computador organiza os programas, documentos, músicas, fotos, imagens em Pastas com nomes, tudo separado.

O computador organiza os programas, documentos, músicas, fotos, imagens em Pastas com nomes, tudo separado. 1 Área de trabalho O Windows XP é um software da Microsoft (programa principal que faz o Computador funcionar), classificado como Sistema Operacional. Abra o Bloco de Notas para digitar e participar da

Leia mais

Superintendência Regional de Ensino de Ubá - MG Núcleo de Tecnologia Educacional NTE/Ubá. LibreOffice Impress Editor de Apresentação

Superintendência Regional de Ensino de Ubá - MG Núcleo de Tecnologia Educacional NTE/Ubá. LibreOffice Impress Editor de Apresentação Superintendência Regional de Ensino de Ubá - MG Núcleo de Tecnologia Educacional NTE/Ubá LibreOffice Impress Editor de Apresentação Iniciando o Impress no Linux Educacional 4 1. Clique no botão 'LE' no

Leia mais

Projeto solidário para o ensino de Informática Básica

Projeto solidário para o ensino de Informática Básica Projeto solidário para o ensino de Informática Básica Parte 2 Sistema Operacional MS-Windows XP Créditos de desenvolvimento deste material: Revisão: Prof. MSc. Wagner Siqueira Cavalcante Um Sistema Operacional

Leia mais

TRBOnet Standard. Manual de Operação

TRBOnet Standard. Manual de Operação TRBOnet Standard Manual de Operação Versão 1.8 NEOCOM Ltd ÍNDICE 1. TELA DE RÁDIO 3 1.1 COMANDOS AVANÇADOS 4 1.2 BARRA DE FERRAMENTAS 5 2. TELA DE LOCALIZAÇÃO GPS 6 2.1 MAPLIB 6 2.2 GOOGLE EARTH 7 2.3

Leia mais

ODG Auto Acessórios Ltda www.odginstruments.com.br Versão 2.0 FEVEREIRO 2009

ODG Auto Acessórios Ltda www.odginstruments.com.br Versão 2.0 FEVEREIRO 2009 ODG Auto Acessórios Ltda www.odginstruments.com.br Versão 2.0 FEVEREIRO 2009 1 INDICE 1. Instalação do Software...3 2. Tela Inicial...3 3. Criando arquivo de configurações (Alt + C + C)...4 3.1 Sensores

Leia mais

Mozart de Melo Alves Júnior

Mozart de Melo Alves Júnior Mozart de Melo Alves Júnior WORD 2000 INTRODUÇÃO: O Word é um processador de texto com recursos de acentuação, formatação de parágrafo, estilo de letras diferentes, criação de tabelas, corretor ortográfico,

Leia mais

Manual. Pedido Eletrônico

Manual. Pedido Eletrônico Manual Pedido Eletrônico ÍNDICE 1. Download... 3 2. Instalação... 4 3. Sistema de Digitação SantaCruz... 8 3.1. Configuração... 8 4. Utilização do Sistema Digitação SantaCruz... 11 4.1. Atualizar cadastros...11

Leia mais

Sistema de Automaçaõ de Vendas Manual Passo a Passo

Sistema de Automaçaõ de Vendas Manual Passo a Passo Sistema de Automaçaõ de Vendas Manual Passo a Passo Transmissão Antes de começar a trabalhar, vamos entender o item do menu transmissão, é nele que se faz atualização dos dados do moinho para o seu computador,

Leia mais

Este arquivo está disponível em: http://www.unesc.net/diario/manual

Este arquivo está disponível em: http://www.unesc.net/diario/manual Este arquivo está disponível em: http://www.unesc.net/diario/manual Diário On-line Apresentação ----------------------------------------------------------------------------------------- 5 Requisitos Básicos

Leia mais

Vinte dicas para o Word 2007

Vinte dicas para o Word 2007 Vinte dicas para o Word 2007 Introdução O Microsoft Word é um dos editores de textos mais utilizados do mundo. Trata-se de uma ferramenta repleta de recursos e funcionalidades, o que a torna apta à elaboração

Leia mais

Manual do Usuário Acesso ao Sistema

Manual do Usuário Acesso ao Sistema Dispositivo de Monitoramento, Rastreamento e Bloqueio por Satélite Manual do Usuário Acesso ao Sistema www.kgk-global.com Conteúdo Conteúdo... 2 Entrar no sistema... 3 Interface... 4 Monitoramento on-line...

Leia mais

Manual do Usuário. Minha Biblioteca

Manual do Usuário. Minha Biblioteca Manual do Usuário Minha Biblioteca Sumário Acesso a Minha Biblioteca... 3 Tela Principal... 3 Para que serve o ícone Minha Biblioteca?... 3 O que você encontra no campo Pesquisar?... 4 Quando utilizar

Leia mais

Módulo de Georreferenciamento. Sistema. Página 1/75

Módulo de Georreferenciamento. Sistema. Página 1/75 Módulo de Georreferenciamento Sistema Página 1/75 Para iniciar o Módulo de Georreferenciamento acesse, no AutoCAD a partir do Menu flutuante >Posição >Georreferenciamento >Módulo de Georreferenciamento.

Leia mais

Instruções para download e instalação da atualização de Mapa GPS (v3)

Instruções para download e instalação da atualização de Mapa GPS (v3) Instruções para download e instalação da atualização de Mapa GPS (v3) Antes de iniciar o processo, você precisará um pen drive USB com uma capacidade de 2 GB ou maior. Em caso de dúvida ou dificuldade

Leia mais

Usar Atalhos para a Rede. Logar na Rede

Usar Atalhos para a Rede. Logar na Rede GUIA DO USUÁRIO: NOVELL CLIENT PARA WINDOWS* 95* E WINDOWS NT* Usar Atalhos para a Rede USAR O ÍCONE DA NOVELL NA BANDEJA DE SISTEMA Você pode acessar vários recursos do software Novell Client clicando

Leia mais

Esta ferramenta permite gerar automaticamente um memorial descritivo de uma determinada área. Para isso, siga os seguintes passos:

Esta ferramenta permite gerar automaticamente um memorial descritivo de uma determinada área. Para isso, siga os seguintes passos: 2.5 Memorial Esta ferramenta permite gerar automaticamente um memorial descritivo de uma determinada área. Para isso, siga os seguintes passos: Definição de divisas confrontantes Permite identificar os

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Manual de Utilização Índice 1 Introdução...2 2 Acesso ao Sistema...3 3 Funcionamento Básico do Sistema...3 4 Tela Principal...4 4.1 Menu Atendimento...4 4.2 Menu Cadastros...5 4.2.1 Cadastro de Médicos...5

Leia mais

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO?

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO? Índice BlueControl... 3 1 - Efetuando o logon no Windows... 4 2 - Efetuando o login no BlueControl... 5 3 - A grade de horários... 9 3.1 - Trabalhando com o calendário... 9 3.2 - Cancelando uma atividade

Leia mais

STK (Start Kit DARUMA) Primeiro contato com a Impressora Fiscal, a ECF chegou e agora?

STK (Start Kit DARUMA) Primeiro contato com a Impressora Fiscal, a ECF chegou e agora? O que será abordado neste SKT: STK (Start Kit DARUMA) Primeiro contato com a Impressora Fiscal, a ECF chegou e agora? Verificando o papel. Verificando se o ECF está inicializado, caso não esteja como proceder.

Leia mais

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Iniciando o Windows XP...2 Desligar o computador...3 Área de trabalho...3

Leia mais

Tutorial Simplificado do OpenJUMP THIAGO GOMES

Tutorial Simplificado do OpenJUMP THIAGO GOMES 1 Tutorial Simplificado do OpenJUMP THIAGO GOMES 2 O OpenJUMP é um sistema de informação geográfica (SIG) de fácil visualização, manipulação e produção de arquivos no formato shapefile (.shp). Além de

Leia mais

CEABS Sistema de Monitoramento Manual de Utilização CSM

CEABS Sistema de Monitoramento Manual de Utilização CSM CEABS Sistema de Monitoramento Manual de Utilização CSM SUMÁRIO Apresentação... - ACESSANDO O SISTEMA... 3 - FUNCIONALIDADES DAS ABAS DO SISTEMA... 6. - VISUALIZANDO ÚLTIMA POSIÇÃO DO OBJETO RASTREADO...

Leia mais

Sistema TrackMaker de Rastreamento e Logística de Transportes. Website PRO. Manual do Usuário

Sistema TrackMaker de Rastreamento e Logística de Transportes. Website PRO. Manual do Usuário Sistema TrackMaker de Rastreamento e Logística de Transportes Website PRO Manual do Usuário ÍNDICE Login Página Inicial Rastreamento em Tempo Real Configurações Janela Adicionar Veículo Editar Veículo

Leia mais

Janelas e seus elementos

Janelas e seus elementos Janelas e seus elementos As janelas são quadros que são exibidos na tela do monitor. Todos os aplicativos estudados nesse curso serão exibidos dentro de janelas. Nelas você poderá abrir, salvar e fechar

Leia mais

Manual Simulador de Loja

Manual Simulador de Loja Manual Simulador de Loja Índice Início Menu Loja Modelo Loja Modelo Menu Criar Minha Loja Criar Minha Loja Abrir Projeto Salvo Teste Seu Conhecimento 0 04 05 08 09 8 9 0 Início 5 4 Figura 00. Tela inicial.

Leia mais

Manual da AGENDA GRACES 2011

Manual da AGENDA GRACES 2011 1 Agenda Graces Manual da AGENDA GRACES 2011 O Sistema Agenda Graces integrada ao Sistema Graces e Agenda Graces Grátis foi desenvolvido pela empresa Quorum Informática. Este Manual tem por objetivo atender

Leia mais

BrOffice Impress. FREDERICO J. D. MÖLLER PET Mecatrônica/BSI IF Sudeste MG Campus Juiz de Forta. Frederico Möller

BrOffice Impress. FREDERICO J. D. MÖLLER PET Mecatrônica/BSI IF Sudeste MG Campus Juiz de Forta. Frederico Möller BrOffice Impress FREDERICO J. D. MÖLLER PET Mecatrônica/BSI IF Sudeste MG Campus Juiz de Forta Objetivos: Apresentar conceitos básicos sobre software livre e informática. Apresentar a interface do BrOffice

Leia mais

Manual de utilização GDS Touch PAINEL TOUCH-SCREEN CONTROLE RESIDENCIAL INTERATIVO. Versão: 1.0 Direitos reservados.

Manual de utilização GDS Touch PAINEL TOUCH-SCREEN CONTROLE RESIDENCIAL INTERATIVO. Versão: 1.0 Direitos reservados. Bem Vindo GDS TOUCH Manual de utilização GDS Touch PAINEL TOUCH-SCREEN CONTROLE RESIDENCIAL INTERATIVO O GDS Touch é um painel wireless touchscreen de controle residencial, com design totalmente 3D, interativo

Leia mais

MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO MILLENNIUM BUSINESS

MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO MILLENNIUM BUSINESS MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO MILLENNIUM BUSINESS 1 Conteúdo Apresentação... 3 1 Página Principal do Sistema... 4 2 Telas de busca... 8 3 Teclas de Navegação... 11 4 Tela de Menu de Relatório... 12 5 Telas de

Leia mais

Guia do Wattbike Expert Software para Iniciantes

Guia do Wattbike Expert Software para Iniciantes Guia do Wattbike Expert Software para Iniciantes 1 Índice Introdução............................................... 3 Conexão do software ao Computador de Desempenho Wattbike tela padrão Polar e edição

Leia mais

8VDQGR5HSRUW0DQDJHUFRP&ODULRQH3RVWJUH64/ -XOLR&HVDU3HGURVR $,'(GR5HSRUW0DQDJHU

8VDQGR5HSRUW0DQDJHUFRP&ODULRQH3RVWJUH64/ -XOLR&HVDU3HGURVR $,'(GR5HSRUW0DQDJHU $,'(GR5HSRUW0DQDJHU Neste capítulo vamos abordar o ambiente de desenvolvimento do Report Manager e como usar os seus recursos. $FHVVDQGRRSURJUDPD Depois de instalado o Report Manager estará no Grupo de

Leia mais

Microsoft Excel 2000. Alan Cleber Borim - alan.borim@poli.usp.br. http://www.pcs.usp.br/~alan

Microsoft Excel 2000. Alan Cleber Borim - alan.borim@poli.usp.br. http://www.pcs.usp.br/~alan Microsoft Excel 2000 Alan Cleber Borim - alan.borim@poli.usp.br http://www.pcs.usp.br/~alan Microsoft Índice 1.0 Microsoft Excel 2000 3 1.1 Acessando o Excel 3 1.2 Como sair do Excel 3 1.3 Elementos da

Leia mais

CAPACITAÇÃO EM LIBREOFFICE IMPRESS

CAPACITAÇÃO EM LIBREOFFICE IMPRESS CAPACITAÇÃO EM LIBREOFFICE IMPRESS Nelson Luiz Cesário FCAV/UNESP Câmpus de Jaboticabal O que é o Impress? O Impress é o aplicativo de criação e edição de apresentações da família LibreOffice. Você pode

Leia mais

Tutorial do Sistema GeoOffice. Todos os direitos reservados (1999-2002)

Tutorial do Sistema GeoOffice. Todos os direitos reservados (1999-2002) Tutorial do Sistema GeoOffice Todos os direitos reservados (1999-2002) Sistema GeoOffice Sistema Topográfico Solution Softwares Tutorial Passo a Passo Conteúdo I Tabela de Conteúdos Foreword 0 Parte I

Leia mais

ROBERTO OLIVEIRA CUNHA

ROBERTO OLIVEIRA CUNHA LEIAME APRESENTAÇÃO Nenhuma informação do TUTORIAL DO MICRO- SOFT OFFICE WORD 2003 poderá ser copiada, movida ou modificada sem autorização prévia e escrita do Programador Roberto Oliveira Cunha. Programador:

Leia mais

SUMÁRIO TUTORIAL DO HQ. 2 DICAS PEDAGÓGICAS:. 2 DOWNLOAD DA INSTALAÇÃO. 2 PASSO 1 FORMULÁRIO PARA DOWNLOAD. 2 PASSO 2 ESCOLHENDO A VERSÃO.

SUMÁRIO TUTORIAL DO HQ. 2 DICAS PEDAGÓGICAS:. 2 DOWNLOAD DA INSTALAÇÃO. 2 PASSO 1 FORMULÁRIO PARA DOWNLOAD. 2 PASSO 2 ESCOLHENDO A VERSÃO. SUMÁRIO TUTORIAL DO HQ... 2 DICAS PEDAGÓGICAS:... 2 DOWNLOAD DA INSTALAÇÃO... 2 PASSO 1 FORMULÁRIO PARA DOWNLOAD... 2 PASSO 2 ESCOLHENDO A VERSÃO... 3 PASSO 3 INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO... 4 CRIANDO NOVAS

Leia mais

Corel Draw 12. Enviado por: Jair Marcolino Felix. Rua Dr. Osvaldo Assunção nº 72 Tucano BA Próximo a Escola de Artes e Ofícios (antigo CESG)

Corel Draw 12. Enviado por: Jair Marcolino Felix. Rua Dr. Osvaldo Assunção nº 72 Tucano BA Próximo a Escola de Artes e Ofícios (antigo CESG) Corel Draw 12 Enviado por: Jair Marcolino Felix Corel Draw 12 O Corel Draw é um programa de design gráfico pertencente à Corel.O Corel Draw é um aplicativo de ilustração e layout de página que possibilita

Leia mais

Dicas para usar melhor o Word 2007

Dicas para usar melhor o Word 2007 Dicas para usar melhor o Word 2007 Quem está acostumado (ou não) a trabalhar com o Word, não costuma ter todo o tempo do mundo disponível para descobrir as funcionalidades de versões recentemente lançadas.

Leia mais

Manual Sistema de Autorização Online GW

Manual Sistema de Autorização Online GW Sistema de Autorização Online GW Sumário Introdução...3 Acesso ao sistema...4 Logar no sistema...4 Autorizando uma nova consulta...5 Autorizando exames e/ou procedimentos...9 Cancelamento de guias autorizadas...15

Leia mais

1/48. Curso GNU/Linux. Aula 3. Dino Raffael Cristofoleti Magri

1/48. Curso GNU/Linux. Aula 3. Dino Raffael Cristofoleti Magri 1/48 Curso GNU/Linux Aula 3 Dino Raffael Cristofoleti Magri Julho/2008 2/48 Veja uma cópia dessa licença em http://creativecommons.org/licenses/by nc sa/2.5/br/ 3/48 Sumário 1 CONFIGURAR TECLADO...6 1.1

Leia mais

Microsoft Power Point 2007

Microsoft Power Point 2007 Microsoft Power Point 2007 Sumário Layout e Design 4 Formatação de Textos 8 Salvando um arquivo do PowerPoint 15 Plano de Fundo 16 Marcadores 18 Réguas e grade 19 Tabelas 20 Gráficos 21 Imagens 22 Smart

Leia mais

Roteiro de Tutorial das Ferramentas de Usabilidade. Por Heblon Motta Alves Barbosa

Roteiro de Tutorial das Ferramentas de Usabilidade. Por Heblon Motta Alves Barbosa Roteiro de Tutorial das Ferramentas de Usabilidade Por Heblon Motta Alves Barbosa Ampliador de Tela O que é O ampliador de tela é um software que ao ser acionado, aumenta o tamanho da imagem que está sendo

Leia mais

Manual Programa SOSView 4.0

Manual Programa SOSView 4.0 2012 Manual Programa SOSView 4.0 Laboratório SOS Sotreq Versão Manual 1.0 01/03/2012 Página 1 de 52 Manual Programa SOSView 4 Instalação do Programa Utilização em Rede Importação de Amostras Consulta de

Leia mais

Unidade 1: O Painel de Controle do Excel *

Unidade 1: O Painel de Controle do Excel * Unidade 1: O Painel de Controle do Excel * material do 2010* 1.0 Introdução O Excel nos ajuda a compreender melhor os dados graças à sua organização em células (organizadas em linhas e colunas) e ao uso

Leia mais

Procedimento para reinstalação dos aplicativos da mesa multi-toque através da imagem do sistema.

Procedimento para reinstalação dos aplicativos da mesa multi-toque através da imagem do sistema. Procedimento para reinstalação dos aplicativos da mesa multi-toque através da imagem do sistema. 1) Materiais a serem utilizados - Para realizar este procedimento deve-se estar de posse dos seguintes itens:

Leia mais

Clique no menu Iniciar > Todos os Programas> Microsoft Office > Publisher 2010.

Clique no menu Iniciar > Todos os Programas> Microsoft Office > Publisher 2010. 1 Publisher 2010 O Publisher 2010 é uma versão atualizada para o desenvolvimento e manipulação de publicações. Juntamente com ele você irá criar desde cartões de convite, de mensagens, cartazes e calendários.

Leia mais

MANUAL ZEDIT 32 Índice:

MANUAL ZEDIT 32 Índice: MANUAL ZEDIT 32 Índice: Configuração Painel -------------------------------------------------------------------- 02 à 04 Criar Novo modelo Painel -------------------------------------------------------------

Leia mais

TRANSFERÊNCIA DE DADOS SÉRIES ZT20 E ZIPP10. Para isto pressione o botão vermelho menu durante 3s.

TRANSFERÊNCIA DE DADOS SÉRIES ZT20 E ZIPP10. Para isto pressione o botão vermelho menu durante 3s. TRANSFERÊNCIA DE DADOS SÉRIES ZT20 E ZIPP10. Introdução. Este guia ensina de forma prática como transferir dados das estações Totais Geomax ZT20 e ZIPP10 para o software Topograph e vice versa. Ligue a

Leia mais

LIÇÃO 1 - GRAVANDO MACROS

LIÇÃO 1 - GRAVANDO MACROS 1_15 - ADS - PRO MICRO (ILM 001) - Estudo dirigido Macros Gravadas Word 1/36 LIÇÃO 1 - GRAVANDO MACROS Macro Imprimir Neste exemplo será criada a macro Imprimir que, ao ser executada, deverá preparar a

Leia mais

Iniciação à Informática

Iniciação à Informática Meu computador e Windows Explorer Justificativa Toda informação ou dado trabalhado no computador, quando armazenado em uma unidade de disco, transforma-se em um arquivo. Saber manipular os arquivos através

Leia mais

Gerenciador USB do Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro. Versão 3.6

Gerenciador USB do Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro. Versão 3.6 Gerenciador USB do Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro Versão 3.6 O Gerenciador é um Software para ambiente Windows que trabalha em conjunto com o Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro, através de

Leia mais

Diferentes modos para visualizar gravações no Software HMS Client

Diferentes modos para visualizar gravações no Software HMS Client Diferentes modos para visualizar gravações no Software HMS Client O Software HMS Client permite visualização de imagens de 3 maneiras diferentes: Imagens dos dispositivos (Mini Câmeras e NVRs) gravadas

Leia mais

Editando textos no Siga-Doc

Editando textos no Siga-Doc Editando textos no Siga-Doc Introdução...2 Executando o editor de textos...3 Acessando pela primeira vez...3 Se o editor de textos não for exibido...4 Trabalhando com tabelas...6 Inserindo uma tabela...6

Leia mais

Manual de Utilização do Sistema GRServer Cam on-line (Gerenciamento de Câmeras On-line)

Manual de Utilização do Sistema GRServer Cam on-line (Gerenciamento de Câmeras On-line) Manual de Utilização do Sistema GRServer Cam on-line (Gerenciamento de Câmeras On-line) Criamos, desenvolvemos e aperfeiçoamos ferramentas que tragam a nossos parceiros e clientes grandes oportunidades

Leia mais

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09 ÍNDICE Sobre o SabeTelemarketing 03 Ícones comuns à várias telas de gerenciamento Contato Verificar registros 09 Telas de cadastro e consultas 03 Menu Atalho Nova pessoa Incluir um novo cliente 06 Novo

Leia mais

16 - SCARTA. 1. Abrir o SCARTA clicando no ícone que se encontra na área de trabalho (Fig.1). Fig.1- Ícone do SCARTA

16 - SCARTA. 1. Abrir o SCARTA clicando no ícone que se encontra na área de trabalho (Fig.1). Fig.1- Ícone do SCARTA 16 - SCARTA Módulo do SPRING que permite editar uma carta e gerar arquivo para impressão, permitindo a apresentação na forma de um documento cartográfico. 1. Abrir o SCARTA clicando no ícone que se encontra

Leia mais

CURSO DE INFORMÁTICA BÁSICA AULA 2 O AMBIENTE WINDOWS

CURSO DE INFORMÁTICA BÁSICA AULA 2 O AMBIENTE WINDOWS CURSO DE INFORMÁTICA BÁSICA AULA 2 O AMBIENTE WINDOWS Relembrando... Gabinete Ligando o computador São três passos básicos O ambiente Windows O Windows é um tipo de software chamado sistema operacional

Leia mais

PASSO A PASSO MOVIE MAKER

PASSO A PASSO MOVIE MAKER PASSO A PASSO MOVIE MAKER Nesta etapa, você deverá apresentar o programa e ajudá-los a montarem o filme. Veja como é fácil. Siga as instruções do passo-a-passo: DICA O que é o Movie Maker? Com o Microsoft

Leia mais

Manual Equipamento ST10 Flasher Rev. 1

Manual Equipamento ST10 Flasher Rev. 1 Maio de 2014 2 Sumário Introdução:... 3 Acessórios utilizados:... 4 Instalação:... 5 Abrindo e Conhecendo o Software:... 10 SET PORT... 11 RELOAD MONITOR... 13 BlankCheck... 14 ERASE FLASH... 14 DUMP...

Leia mais

W o r d p r e s s 1- TELA DE LOGIN

W o r d p r e s s 1- TELA DE LOGIN S U M Á R I O 1Tela de Login...2 2 Painel......3 3 Post...4 4 Ferramentas de Post...10 5 Páginas...14 6 Ferramentas de páginas...21 7 Mídias...25 8 Links......30 1 1- TELA DE LOGIN Para ter acesso ao wordpress

Leia mais

Este documento consiste em 25 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Março de 2010.

Este documento consiste em 25 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Março de 2010. Manual do Usuário Este documento consiste em 25 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Março de 2010. Impresso no Brasil. Sujeito a alterações técnicas. A reprodução deste documento,

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO DE SOFTWARE

MANUAL DO USUÁRIO DE SOFTWARE MANUAL DO USUÁRIO DE SOFTWARE P-touch P700 O conteúdo deste manual e as especificações deste produto estão sujeitos a alterações sem prévio aviso. A Brother reserva-se o direito de fazer alterações sem

Leia mais

NAPNE / RENAPI. Google SketchUp 8

NAPNE / RENAPI. Google SketchUp 8 NAPNE / RENAPI Google SketchUp 8 Agosto de 2011 Sumário 1 Introdução... 4 2 Requisitos básicos... 4 3 Itens... 4 3.1 Assista os tutoriais em vídeo... 5 3.2 Leia dicas e truques... 6 3.3 Visite a Central

Leia mais

CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA. Microsoft Windows XP

CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA. Microsoft Windows XP CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA Microsoft Windows XP William S. Rodrigues APRESENTAÇÃO WINDOWS XP PROFISSIONAL O Windows XP, desenvolvido pela Microsoft, é o Sistema Operacional mais conhecido e utilizado

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1 26 de agosto de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é uma

Leia mais

Comece aqui. Interação com o BrightLink

Comece aqui. Interação com o BrightLink Interação com o BrightLink As canetas interativas BrightLink transformam qualquer parede ou mesa em uma área interativa, com ou sem um Com um computador, você pode usar o Easy Interactive Tools (duas canetas).

Leia mais

MÓDULO - I Manual Prático Microsoft Excel 2007

MÓDULO - I Manual Prático Microsoft Excel 2007 MÓDULO - I Manual Prático Microsoft Excel 2007 MÓDULO - I APRESENTAÇÃO... 1 AMBIENTE DE TRABALHO... 2 A folha de cálculo... 2 O ambiente de trabalho do Excel... 3 Faixas de Opções do Excel... 4 - Guia

Leia mais

Caso já seja usuário do SCAW siga as instruções a partir da página X.

Caso já seja usuário do SCAW siga as instruções a partir da página X. Caso já seja usuário do SCAW siga as instruções a partir da página X. Para iniciar o sistema dê um duplo clique no ícone, que se encontra na área de trabalho. 1 Login do sistema. Esta é a tela de login

Leia mais

editor Writer, do BrOffice

editor Writer, do BrOffice editor Writer, do BrOffice Utilizar o editor Writer, do BrOffice, para editar textos e inserir tabelas; Conscientizar sobre o cuidado com os direitos autorais, citando sempre as fontes de onde foram retirados

Leia mais

Sistema TrackMaker de Rastreamento e Logística de Transportes. Website PRO #3.6. Manual do Usuário

Sistema TrackMaker de Rastreamento e Logística de Transportes. Website PRO #3.6. Manual do Usuário Sistema TrackMaker de Rastreamento e Logística de Transportes Website PRO #. Manual do Usuário ÍNDICE Login Página Inicial Rastreamento em Tempo Real Configurações Janela Adicionar Veículo Editar Veículo

Leia mais

Acessando a Plataforma de Rastreamento

Acessando a Plataforma de Rastreamento Acessando a Plataforma de Rastreamento Para acessar a plataforma digite no seu navegador preferido o endereço: xxxxxxxx.mloc.com.br onde xxxxxxxx é o nome da sua empresa de rastreamento. Ex: rastreadora.mloc.com.br

Leia mais

Recursos do Outlook Web Access

Recursos do Outlook Web Access Recursos do Outlook Web Access Este material foi criado pela Secretaria de Tecnologia de Informação e Comunicação (SETIC) do Tribunal Regional do Trabalho da 17ª Região. Seu intuito é apresentar algumas

Leia mais

ÍNDICE BLUELAB A UTILIZAÇÃO DO BLUELAB PELO PROFESSOR RECURSOS PARA PROFESSORES E ALUNOS...05 INICIANDO O BLUELAB PROFESSOR...06

ÍNDICE BLUELAB A UTILIZAÇÃO DO BLUELAB PELO PROFESSOR RECURSOS PARA PROFESSORES E ALUNOS...05 INICIANDO O BLUELAB PROFESSOR...06 ÍNDICE BLUELAB RECURSOS PARA PROFESSORES E ALUNOS...05 INICIANDO O BLUELAB PROFESSOR...06 ELEMENTOS DA TELA INICIAL DO BLUELAB PROFESSOR guia Meu Espaço de Trabalho...07 A INTERFACE DO BLUELAB...07 INICIANDO

Leia mais

Manual. Rev 2 - junho/07

Manual. Rev 2 - junho/07 Manual 1.Desbloquear o software ------------------------------------------------------------------02 2.Botões do programa- --------------------------------------------------------------------- 02 3. Configurações

Leia mais

Fluxo de trabalho do Capture Pro Software: Indexação de código de barras e separação de documentos

Fluxo de trabalho do Capture Pro Software: Indexação de código de barras e separação de documentos Este procedimento corresponde ao fluxo de trabalho de Indexação de código de barras e de separação de documentos no programa de treinamento do Capture Pro Software. As etapas do procedimento encontram-se

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Online Web Opinião Versão 1.0.5

Manual do Teclado de Satisfação Online Web Opinião Versão 1.0.5 Manual do Teclado de Satisfação Online Web Opinião Versão 1.0.5 09 de julho de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação

Leia mais

Questão - 01. Essência do Excel 2003...

Questão - 01. Essência do Excel 2003... Valdir Questão - 01 Como deve proceder o usuário do Microsoft para que sejam atualizados os cálculos das funções ou fórmulas utilizadas nas planilhas? a) Pressionar a tecla F9 no teclado b) Pressionar

Leia mais

APOSTILA WORD BÁSICO

APOSTILA WORD BÁSICO APOSTILA WORD BÁSICO Apresentação O WORD é um editor de textos, que pertence ao Pacote Office da Microsoft. Suas principais características são: criação de textos, cartas, memorandos, documentos, mala

Leia mais

Superprovas Versão 9

Superprovas Versão 9 Superprovas Versão 9 1. Introdução...2 2. Novos Recursos Adicionados...4 3. Janela Principal...7 4. Janela de Questões...11 5. Janela de Desempenho...12 6. Barras de Ferramentas...13 7. Teclas de Atalho...14

Leia mais

ICC - DIA Manual de Uso Versão 1.0 Desenvolvido pelo Setor de T.I

ICC - DIA Manual de Uso Versão 1.0 Desenvolvido pelo Setor de T.I ICC - DIA Manual de Uso Versão 1.0 Desenvolvido pelo Setor de T.I Daniela Távora Elidiane Martins Luana Fernandes Índice 1 Introdução... 3 2 Iniciando o DIA... 4 3 Gerando um fluxograma... 7 4 Propriedades

Leia mais

Portaria Express 3.0

Portaria Express 3.0 Portaria Express 3.0 A portaria do seu condomínio mais segura e eficiente. Com a preocupação cada vez mais necessária de segurança nos condomínio e empresas, investe-se muito em segurança. Câmeras, cercas,

Leia mais

ÁREA DE TRABALHO. Área de Trabalho ou Desktop Na Área de trabalho encontramos os seguintes itens: Atalhos Barra de tarefas Botão iniciar

ÁREA DE TRABALHO. Área de Trabalho ou Desktop Na Área de trabalho encontramos os seguintes itens: Atalhos Barra de tarefas Botão iniciar WINDOWS XP Wagner de Oliveira ENTRANDO NO SISTEMA Quando um computador em que trabalham vários utilizadores é ligado, é necessário fazer login, mediante a escolha do nome de utilizador e a introdução da

Leia mais

4 - Layout de Mapas no QGIS 2.0

4 - Layout de Mapas no QGIS 2.0 UPE Campus III Petrolina 4 - Layout de Mapas no QGIS 2.0 GT-Paisagem Prof. Dr. Lucas Costa de Souza Cavalcanti 1 INTRODUÇÃO Este tutorial ensina como elaborar o layout de mapas no QGIS 2.0. O layout é

Leia mais

Apostila de Word 2013

Apostila de Word 2013 Iniciando o word 2013...01 Regras Básicas para digitação de um texto...02 Salvando um arquivo com senha...02 Salvando um arquivo nas nuvens (OneDrive).... 02 Verificando a ortografia e a gramática do texto...

Leia mais

O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB.

O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB. O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB. 1 1- Para realizar o procedimento de configuração o DP-300U deve ser conectado via cabo

Leia mais

Configuração de assinatura de e-mail

Configuração de assinatura de e-mail Configuração de assinatura de e-mail Este manual irá lhe auxiliar a configurar a sua assinatura de E-mail no Microsoft Outlook (Desktop) e no Outlook Web App (Webmail). Gerando a sua assinatura de e-mail

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Compartilhamento de Arquivos no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução...

Leia mais