Emilio Botín: O objetivo é nos tornarmos o banco privado número um do Brasil

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Emilio Botín: O objetivo é nos tornarmos o banco privado número um do Brasil"

Transcrição

1 Nota de Imprensa Emilio Botín: O objetivo é nos tornarmos o banco privado número um do Brasil Presidente mundial do Banco Santander apresenta em São Paulo o Plano Estratégico para o A integração Santander-Real não é uma reestruturação. Pelo contrário: é um projeto de crescimento, de expansão" Nos próximos anos, ampliaremos o número de agências em 400 e realizaremos investimentos no valor de R$ 2,5 bilhões As sinergias de integração devem atingir R$ 2,7 bilhões No Brasil, o lucro do Banco será de R$ 4,8 bilhões em 2008, R$ 6,1 bilhões em 2009 e R$ 7,9 bilhões em 2010 O Brasil apresenta a melhor situação macroeconômica em décadas e está mais bem preparado do que nunca para enfrentar um ambiente econômico internacional menos favorável Alfredo Sáenz, conselheiro delegado do Banco, destacou que "o Brasil será um dos motores de crescimento do Grupo" Segundo Fabio Barbosa, responsável pelo, pretendemos superar a média do mercado em receita menos despesas, ao mesmo tempo aumentando a satisfação de nossos funcionários e clientes São Paulo, 31 de outubro de Emilio Botín, presidente mundial do Banco Santander, apresentou hoje cedo em São Paulo o Plano Estratégico do para os próximos dois anos. Esse plano foi qualificado por ele como "um passo decisivo no caminho para nos transformarmos no primeiro banco privado do País. Não tenho dúvida que chegaremos a ser o melhor banco do Brasil: essa é a nossa aspiração, assinalou Botín, assegurando que com a integração do Santander com o Real, teremos uma oportunidade única para conseguir isso e, sobretudo, uma oportunidade para assumir um papel protagonista no fortalecimento do sistema financeiro brasileiro. O presidente do Santander reconheceu que desde o começo ficou muito claro que o Banco Real era a melhor possibilidade que se apresentou ao Santander para seguir crescendo no Brasil. A operação Santander-Real tem um encaixe estratégico perfeito. Em primeiro lugar,

2 porque desde o primeiro ano já está tendo um impacto positivo sobre nosso lucro por ação. Além disso, esperamos um retorno sobre investimento de 19%. Mas esse não é o único motivo. Eles também são dois bancos absolutamente complementares, tanto geograficamente, com a presença do Banco Real em estados e cidades onde o Santander tem pouca representação, como em negócios, já que o Real é mais forte no mercado de massa e pequenas empresas e o Santander atua mais em segmentos de alta renda e corporativo." Em seu discurso, o presidente do Banco Santander antecipou os principais pontos da estratégia nos próximos dois anos: "Realizaremos investimentos de R$ 2,558 bilhões e esperamos aumentar nossa receita e volume de negócios em 15%. Ele afirmou que nos próximos três anos, até 2011, o Banco calcula sinergias de R$ 2,7 bilhões devido à integração, muito superiores à previsão inicial. Será uma experiência única, pois não se trata de uma integração com reestruturação. Pelo contrário: a força comercial não será reduzida e sim ampliada. Nos próximos três anos, aumentaremos o número de agências em 400. Não vamos perder participação de mercado vamos ganhar. Também não vamos perder clientes. Não podemos permitir isso em um país com tantos milhões de pessoas ainda não bancarizadas. Este é um projeto de crescimento, de expansão", reafirmou. Botín anunciou que no Brasil, o lucro do Banco será de R$ 4,8 bilhões em 2008, R$ 6,1 bilhões em 2009 e R$ 7,9 bilhões em O Santander Brasil é uma das unidades mais importantes do Grupo, aportando atualmente 20% do lucro total. Tem diante de si um grande futuro. Aspiramos ser o banco que oferece a melhor qualidade de serviço a seus clientes, gerando resultados crescentes e sustentáveis, oferecendo um ambiente de trabalho incomparável e contribuindo com o desenvolvimento e a melhoria da sociedade. Seremos o melhor banco do País." O presidente destacou os pontos fortes que situaram o Banco Santander dentre as principais entidades financeiras internacionais. Ele lembrou que o Grupo está presente em mais de 40 países em todo o mundo, com mais de 80 milhões de clientes e 2,7 milhões de acionistas. Temos um modelo de negócio que exportamos com êxito a mercados bastante diversos, com foco no banco comercial. Somos o banco internacional com a maior rede de agências (mais de ) e 83% do lucro provém do banco de varejo. Isto dá uma grande recorrência e solidez aos nossos resultados, destacou Botín. Além disso, ele fez uma menção especial à situação de liquidez e de capital do Banco, "questões que refletem a enorme força do Banco Santander ante a mudança rápida na situação dos mercados financeiros. Em termos de liquidez, o grupo conta com o respaldo de uma forte base de depósitos do negócio varejista, que é a nossa principal fonte de obtenção de recursos. O sentido da antecipação nos levou a aproveitar as boas condições dos mercados nos últimos anos, acumulando cifras consideráveis de financiamento por meio de emissões de longo prazo. De qualquer maneira, temos uma grande diversificação de mercados e instrumentos para obter liquidez e uma ampla carteira de ativos líquidos no balanço. Nosso core capital, de 6,31%, é alto para nosso tipo de negócio. Além disso, temos capacidade de gerar de forma orgânica 50 pontos-base de capital livre todos os anos, ao mesmo tempo em que mantemos nossa política de dividendos. Em resumo, somos um Banco eminentemente comercial, bem diversificado, com um modelo de negócios sólido, eficiente e competitivo, o qual mostra força na atual crise financeira, acrescentou ele. O presidente do Banco Santander reiterou o compromisso com a América Latina, que data de mais de 60 anos, onde o Banco é a maior entidade financeira em termos de lucro (US$

3 3,648 bilhões em 2007). Somos um banco tão europeu como latino-americano. Esta região é a grande aposta de investimento do Banco Santander. Incluindo o Banco Real, já investimos US$ 36 bilhões na América Latina nos últimos dez anos. Desse total, 75% foi investido no Brasil. Está muito claro que o Brasil tem prioridade em nossa estratégia internacional." Com relação à crise financeira, Botín assegurou que o Brasil é um dos países que melhor está resistindo. "O Brasil soube aproveitar a conjuntura internacional favorável nos últimos anos para lançar as bases para um crescimento futuro sustentável. É inevitável que o país esteja agora sentindo o impacto da crise financeira internacional. Foi um dos últimos países a sentir esse impacto, mas a duração e a magnitude da crise está se refletindo em fortes quedas da atividade econômica em nível mundial. Em um mundo globalizado, nenhum país fica imune a esses acontecimentos. Entretanto, o Brasil apresenta a melhor situação macroeconômica em décadas e está mais bem preparado do que nunca para enfrentar um ambiente econômico internacional menos favorável. Botín também mencionou os resultados do Grupo no terceiro trimestre, com um lucro de 6,935 bilhões. O lucro teve crescimento de 15,8% no ano e o lucro por ação subiu 8,3%. São resultados magníficos, não apenas pelos números atingidos, mas também porque são recorrentes, de alta qualidade, com base na incorporação de novos clientes e na contribuição de todas as áreas do negócio. No final deste ano, nossos excelentes resultados devem nos situar entre os três primeiros bancos internacionais em lucro." Alfredo Sáenz: O Brasil será um dos carros-chefe do crescimento do Grupo Alfredo Sáenz, conselheiro delegado do Banco, explicou sua visão sobre a economia brasileira e, especificamente, sobre o setor bancário no país. Estamos enfrentando mudanças importantes na economia e no setor bancário. No decorrer dos próximos anos, muitos mercados maduros passarão por um processo de desalavancagem. Nesse cenário, os mercados emergentes representam "ilhotas" de crescimento. Nesses momentos, é imprescindível ter uma carteira de negócios com um bom equilíbrio entre mercados maduros e emergentes. Está claro que nem todos os mercados emergentes estão igualmente preparados, mas o Brasil representa definitivamente um exemplo de mercado emergente bem preparado, indicou ele. Sáenz destacou o potencial da economia brasileira, a qual qualificou como muito equilibrada, com fundamentos bastante sólidos e que está entrando em um círculo virtuoso de crescimento, mostrando sua confiança no potencial de desenvolvimento do sistema financeiro do País. O otimismo do conselheiro delegado do Santander tem como base a importante trajetória de melhoria da bancarização no Brasil e destacou a existência das condições necessárias para que isso se produza: maior estabilidade econômica, desenvolvimento de mercados de capitais locais e, em médio prazo, uma baixa gradual nas taxas de juros. Trata-se de um ambiente bastante favorável para o setor bancário, que se traduz em um forte potencial de criação de valor para o acionista. Sáenz explicou os principais pontos oferecidos pelo modelo de negócios do Grupo para agregar valor:

4 - Excelência comercial. Somos um banco claramente varejista, diversificado e com uma base de negócios e clientes estável e em crescimento. Sabemos que, no médio prazo, a única forma de gerar crescimento sustentado é por meio do relacionamento com nossos clientes". - Foco na eficiência. O segundo ponto forte é o bom nível de eficiência do Grupo e, fundamentalmente, a dinâmica de trabalhar continuamente para gerir e melhorar nossas mandíbulas (diferença entre o crescimento de receita e de custos) é uma das prioridades básicas de gestão. - Sinergias globais: O fato de pertencer ao Grupo torna cada unidade local mais competitiva, permitindo acelerar seu crescimento de negócios e receita." - Disciplina na gestão de risco. Mantemos um perfil de risco médio-baixo e previsível, o que nos permite gerar um crescimento do lucro estável e de alta qualidade. Podemos agregar valor com nosso modelo de negócios no Brasil e, além disso, estamos bem preparados para realizar uma integração contábil, prosseguiu Sáenz, destacando a complementaridade entre o Santander e o Real. O risco de perda de receita durante a integração é baixo. Temos um plano muito claro e bem definido. Temos equipes que já executaram com sucesso esse tipo de integração e, por tanto, têm muito claro como fazê-lo. Temos uma forte base operacional no Brasil, com uma plataforma tecnológica mensurável e completamente adaptada às necessidades do País. Nosso objetivo como Grupo é gerar um crescimento do lucro no médio prazo que seja de alta qualidade, recorrente e equilibrado. O efeito Brasil será um dos principais motores do crescimento do Santander relativamente a nossos concorrentes durante os próximos anos, concluiu. Fabio Barbosa: Aspiramos crescer mais do que a média de mercado em receita e menos em despesas". Fabio Barbosa, o responsável pelo Grupo no Brasil, assinalou que por trás da integração o Banco conta com uma importante massa crítica, situando-se como um dos três maiores bancos privados do país: com uma participação de mercado de 10% em depósitos e de 12% em créditos; pontos de atendimento (agências e PABS) nas regiões mais relevantes do país e 8 milhões de clientes ativos. Tudo isso combinado com uma carteira de negócios equilibrada e uma boa gestão de riscos e de liquidez. Nosso objetivo é construir a marca mais reconhecida e atrativa do Brasil. Estamos falando do maior banco do País em geração de valor para os acionistas; o melhor banco em satisfação dos clientes; o melhor banco para trabalhar e exemplo de uma organização líder em sustentabilidade no Brasil e no mundo." Barbosa detalhou os planos de integração do Santander-Real a qual, após o desenvolvimento da integração tecnológica, operacional e de serviços centrais, resultará em uma única rede. O plano de integração é compatível com um crescimento comercial rentável, indicou ele, e tem como objetivo aumentar a eficiência, a produtividade e a capacidade de venda. A redução do back-office permitirá incrementar a capacidade comercial nos escritórios e reduzir custos. Nesse sentido, está previsto que nos próximos dois anos os funcionários da rede comercial passem a representar 85% do valor total da folha de pagamento, versus 76% atualmente. Além disso, ele apontou como outra prioridade a melhoria do serviço em canais

5 alternativos. "Aspiramos crescer mais do que a média de mercado em receita e menos em despesas, ao mesmo tempo aumentando a satisfação de funcionários e clientes." Fabio Barbosa enfatizou que a força da marca Santander nos ajudará a atingir nosso objetivo: construir o melhor banco do país. Queremos transformar a marca Santander na mais admirada e atrativa entre os bancos no Brasil. Nosso modelo de negócio valoriza a relação com os indivíduos, sejam acionistas, funcionários, clientes, fornecedores e toda a sociedade, bem como o meio ambiente". "Vamos, sim, maximizar os nossos resultados no curto prazo, mas sem comprometer o nosso desempenho no futuro". Na avaliação do presidente do, a satisfação do indivíduo está no centro do modelo de negócio do Banco. "O funcionário satisfeito irá atender melhor os nossos clientes e os clientes satisfeitos nos mostram, por meio de pesquisas independentes, que concentram seus negócios com o Banco." Sobre o O tem ativos totais de R$ 269,6 bilhões, R$ 208,1 bilhões de captações totais, que incluem recursos de terceiros administrados R$ 122,7 bilhões em depósitos e R$ 85,4 bilhões em fundos de investimentos, mais de 8 milhões de correntistas ativos e uma rede de pontos de venda, entre agências e postos de atendimento. Grupo Santander no mundo O Santander (SAN.MC, STD.N), com sede em Madri, tem como atividade fundamental o banco de varejo, o qual complementa com desenvolvimentos globais em bancos de atacado, cartões, gestão de ativos e seguros. Em 30 de setembro de 2008, o Santander tinha 1,07 bilhão em ativos geridos de mais de 65 milhões de clientes, atendidos por meio de pontos de venda, o maior número de agências dentre os bancos internacionais. Fundado em 1857, o Santander é o mais importante grupo financeiro da Espanha e da América Latina, contando com importante presença na Europa Ocidental e no Reino Unido por meio de sua filial Abbey. Nos primeiros nove meses de 2008, o Santander obteve um lucro líquido atribuído de 6,9 bilhões, um aumento de 16% em comparação ao mesmo período 2007, sem incluir os extraordinários. Para mais informações, visite: Na América Latina, excluindo o Banco Real, o Santander é responsável pela gestão de um volume de negócios superior a US$ 200 bilhões (incluindo créditos, depósitos, fundos e patrimônios administrados), por meio de agências. Nos primeiros nove meses de 2008, o Santander obteve na América Latina um lucro líquido atribuído de 2,167 bilhões, excluindo o Brasil. (11) /6469/6190 (11) /2743/8516 (51) Regional Sul

Boletim Econômico Edição nº 89 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico

Boletim Econômico Edição nº 89 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Boletim Econômico Edição nº 89 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Crise não afeta lucratividade dos principais bancos no Brasil 1 Lucro dos maiores bancos privados

Leia mais

Especial Lucro dos Bancos

Especial Lucro dos Bancos Boletim Econômico Edição nº 90 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Especial Lucro dos Bancos 1 Tabela dos Lucros em 2014 Ano Banco Período Lucro 2 0 1 4 Itaú Unibanco

Leia mais

2002 - Serviços para empresas

2002 - Serviços para empresas 2002 - Serviços para empresas Grupo Telefónica Data. Resultados Consolidados 1 (dados em milhões de euros) Janeiro - Dezembro 2002 2001 % Var. Receita por operações 1.731,4 1.849,7 (6,4) Trabalho para

Leia mais

Relatório de Gestão & Contas - Ano 2012 RELATÓRIO DE GESTÃO. Resende e Fernandes, Construção Civil, Lda.

Relatório de Gestão & Contas - Ano 2012 RELATÓRIO DE GESTÃO. Resende e Fernandes, Construção Civil, Lda. RELATÓRIO DE GESTÃO Resende e Fernandes, Construção Civil, Lda. 2012 ÍNDICE DESTAQUES... 3 MENSAGEM DO GERENTE... 4 ENQUADRAMENTO MACROECONÓMICO... 5 Economia internacional... 5 Economia Nacional... 5

Leia mais

Earnings Release 1s14

Earnings Release 1s14 Earnings Release 1s14 1 Belo Horizonte, 26 de agosto de 2014 O Banco Bonsucesso S.A. ( Banco Bonsucesso, Bonsucesso ou Banco ), Banco múltiplo, de capital privado, com atuação em todo o território brasileiro

Leia mais

A seguir, é apresentado um panorama sintético dos resultados financeiros desses bancos.

A seguir, é apresentado um panorama sintético dos resultados financeiros desses bancos. Mesmo em meio à turbulência vivida pela economia brasileira e que está levando o país a uma recessão desde a crise mundial de 2009, existe um setor que não deixou de crescer este ano: o bancário. Enquanto

Leia mais

Empresas aéreas continuam a melhorar a rentabilidade Margem de lucro líquida de 5,1% para 2016

Empresas aéreas continuam a melhorar a rentabilidade Margem de lucro líquida de 5,1% para 2016 COMUNICADO No: 58 Empresas aéreas continuam a melhorar a rentabilidade Margem de lucro líquida de 5,1% para 2016 10 de dezembro de 2015 (Genebra) - A International Air Transport Association (IATA) anunciou

Leia mais

Discurso do presidente Alexandre Tombini na comemoração dos 30 anos da Associação Brasileira de Bancos Comerciais (ABBC).

Discurso do presidente Alexandre Tombini na comemoração dos 30 anos da Associação Brasileira de Bancos Comerciais (ABBC). São Paulo, 21 de março de 2013. Discurso do presidente Alexandre Tombini na comemoração dos 30 anos da Associação Brasileira de Bancos Comerciais (ABBC). Senhoras e senhores É com grande satisfação que

Leia mais

visão, missão e visão valores corporativos Ser uma empresa siderúrgica internacional, de classe mundial.

visão, missão e visão valores corporativos Ser uma empresa siderúrgica internacional, de classe mundial. visão, missão e valores corporativos visão Ser uma empresa siderúrgica internacional, de classe mundial. MISSÃO O Grupo Gerdau é uma Organização empresarial focada em siderurgia, com a missão de satisfazer

Leia mais

Parte V Financiamento do Desenvolvimento

Parte V Financiamento do Desenvolvimento Parte V Financiamento do Desenvolvimento CAPÍTULO 9. O PAPEL DOS BANCOS PÚBLICOS CAPÍTULO 10. REFORMAS FINANCEIRAS PARA APOIAR O DESENVOLVIMENTO. Questão central: Quais as dificuldades do financiamento

Leia mais

Direcional Engenharia S.A.

Direcional Engenharia S.A. 1 Direcional Engenharia S.A. Relatório da Administração Exercício encerrado em 31 / 12 / 2007 Para a Direcional Engenharia S.A., o ano de 2007 foi marcado por recordes e fortes mudanças: registramos marcas

Leia mais

RESULTADOS DO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2015: A COFACE APRESENTA LUCRO DE 66 MILHÕES DE EUROS, APESAR DE UM AUMENTO DE SINISTROS EM PAÍSES EMERGENTES

RESULTADOS DO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2015: A COFACE APRESENTA LUCRO DE 66 MILHÕES DE EUROS, APESAR DE UM AUMENTO DE SINISTROS EM PAÍSES EMERGENTES RESULTADOS DO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2015: A COFACE APRESENTA LUCRO DE 66 MILHÕES DE EUROS, APESAR DE UM AUMENTO DE SINISTROS EM PAÍSES EMERGENTES Crescimento de volume de negócios: + 5.1% a valores e taxas

Leia mais

A GP no mercado imobiliário

A GP no mercado imobiliário A GP no mercado imobiliário A experiência singular acumulada pela GP Investments em diferentes segmentos do setor imobiliário confere importante diferencial competitivo para a Companhia capturar novas

Leia mais

RISCOS E OPORTUNIDADES PARA A INDÚSTRIA DE BENS DE CONSUMO. Junho de 2012

RISCOS E OPORTUNIDADES PARA A INDÚSTRIA DE BENS DE CONSUMO. Junho de 2012 RISCOS E OPORTUNIDADES PARA A INDÚSTRIA DE BENS DE CONSUMO Junho de 2012 Riscos e oportunidades para a indústria de bens de consumo A evolução dos últimos anos, do: Saldo da balança comercial da indústria

Leia mais

Perspectivas para o desenvolvimento brasileiro e a indústria de commodities minerais

Perspectivas para o desenvolvimento brasileiro e a indústria de commodities minerais Perspectivas para o desenvolvimento brasileiro e a indústria de commodities minerais João Carlos Ferraz BNDES 31 de agosto de 2008 Guia Contexto macroeconômico Políticas públicas Perpectivas do investimento

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2T15. 31 de julho de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 2T15. 31 de julho de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 2T15 31 de julho de 2015 Magazine Luiza Destaques do 2T15 Vendas E-commerce Ganho consistente de participação de mercado Redução na receita líquida de 10,1% para R$2,1 bilhões

Leia mais

SINDICATO DOS BANCÁRIOS DE BRASÍLIA PÚBLICA

SINDICATO DOS BANCÁRIOS DE BRASÍLIA PÚBLICA SINDICATO DOS BANCÁRIOS DE BRASÍLIA PÚBLICA 2 Caixa, patrimônio dos brasileiros. Caixa 100% pública! O processo de abertura do capital da Caixa Econômica Federal não interessa aos trabalhadores e à população

Leia mais

Instrumentalização. Economia e Mercado. Aula 4 Contextualização. Demanda Agregada. Determinantes DA. Prof. Me. Ciro Burgos

Instrumentalização. Economia e Mercado. Aula 4 Contextualização. Demanda Agregada. Determinantes DA. Prof. Me. Ciro Burgos Economia e Mercado Aula 4 Contextualização Prof. Me. Ciro Burgos Oscilações dos níveis de produção e emprego Oferta e demanda agregadas Intervenção do Estado na economia Decisão de investir Impacto da

Leia mais

Balanço de Pagamentos

Balanço de Pagamentos Balanço de Pagamentos Agosto/2015 22 de setembro de 2015 Resumo dos Resultados Em agosto de 2015, o déficit em Transações Correntes foi de US$ 2,5 bilhões, resultado superior ao observado em agosto de

Leia mais

Banco Santander (Brasil) S.A.

Banco Santander (Brasil) S.A. Banco Santander (Brasil) S.A. Resultados em BR GAAP 4T14 3 de Fevereiro de 2015 INFORMAÇÃO 2 Esta apresentação pode conter certas declarações prospectivas e informações relativas ao Banco Santander (Brasil)

Leia mais

Press-release. Voith consegue superar conjuntura difícil 12/12/2012

Press-release. Voith consegue superar conjuntura difícil 12/12/2012 Press-release Voith consegue superar conjuntura difícil 12/12/2012 Terceiro melhor resultado operacional na história da empresa, apesar de mercado difícil para a Voith Paper Volume de negócios cresceu

Leia mais

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Outubro 2014

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Outubro 2014 Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Outubro 2014 A Evolução do Funding e as Letras Imobiliárias Garantidas Filipe Pontual Diretor Executivo da ABECIP O crédito imobiliário

Leia mais

A Telefónica é assim. Uma empresa na vanguarda. Relatório Anual 2002

A Telefónica é assim. Uma empresa na vanguarda. Relatório Anual 2002 A Telefónica é assim A Telefónica é a operadora de referência nos mercados de língua espanhola e portuguesa com quase 90 milhões de clientes. Além disso, é a sétima companhia mundial do setor em termos

Leia mais

Resultados do 1T08. 14 de maio de 2008

Resultados do 1T08. 14 de maio de 2008 Resultados do 1T08 14 de maio de 2008 Destaques do Trimestre Desenvolvimento dos Negócios Início dos desembolsos das operações de FINAME e BNDES Automático Bim Promotora de Vendas fase piloto das operações

Leia mais

ANEXO VII OBJETIVOS DAS POLÍTICAS MONETÁRIA, CREDITÍCIA E CAMBIAL LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS

ANEXO VII OBJETIVOS DAS POLÍTICAS MONETÁRIA, CREDITÍCIA E CAMBIAL LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS ANEXO VII OBJETIVOS DAS POLÍTICAS MONETÁRIA, CREDITÍCIA E CAMBIAL LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS - 2007 (Anexo específico de que trata o art. 4º, 4º, da Lei Complementar nº 101, de 4 de maio de 2000)

Leia mais

Valor do portfólio da Temasek atinge recorde de R$ 250 bilhões

Valor do portfólio da Temasek atinge recorde de R$ 250 bilhões Comunicado à Imprensa Valor do portfólio da Temasek atinge recorde de R$ 250 bilhões - O portfólio apresentou um retorno total de 9% aos acionistas no período de 10 anos - Os investimentos realizados após

Leia mais

Boletim Econômico Edição nº 77 julho de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico

Boletim Econômico Edição nº 77 julho de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Boletim Econômico Edição nº 77 julho de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Sistema bancário e oferta monetária contra a recessão econômica 1 BC adota medidas para injetar

Leia mais

A importância das exportações de serviços e da internacionalização das empresas brasileiras

A importância das exportações de serviços e da internacionalização das empresas brasileiras A importância das exportações de serviços e da internacionalização das empresas brasileiras Guido Mantega Presidente - BNDES 25 o ENAEX- Novembro/2005 www.bndes.gov.br 1 Inserção do Brasil na Globalização

Leia mais

A nova classe média vai às compras

A nova classe média vai às compras A nova classe média vai às compras 18 KPMG Business Magazine Cenário é positivo para o varejo, mas empresas precisam entender o perfil do novo consumidor Nos últimos anos o mercado consumidor brasileiro

Leia mais

Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global

Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global Exportações de açúcar da empresa devem aumentar 86% na safra 2009/2010 A Copersucar completa

Leia mais

1. THE GROUP TODAY INDEX 1. O GRUPO HOJE 2. VISÃO ESTRATÉGICA

1. THE GROUP TODAY INDEX 1. O GRUPO HOJE 2. VISÃO ESTRATÉGICA 1 INDEX 1. O GRUPO HOJE 2. VISÃO ESTRATÉGICA 3. PRIORIDADES ESTRATÉGICAS 3.1 Concretizar o Potencial da Biedronka 3.2 Assegurar o Crescimento de Longo Prazo 1. THE GROUP TODAY 4. EXPLORAR TODO O POTENCIAL

Leia mais

Apimec Florianópolis. Dezembro 2013

Apimec Florianópolis. Dezembro 2013 Apimec Florianópolis Dezembro 2013 Exoneração de Responsabilidades Esta apresentação não constitui uma oferta, convite ou pedido de qualquer forma, para a subscrição ou compra de ações ou qualquer outro

Leia mais

LUCRO DO SUBMARINO SOBE 316% NO TERCEIRO TRIMESTRE 2005

LUCRO DO SUBMARINO SOBE 316% NO TERCEIRO TRIMESTRE 2005 LUCRO DO SUBMARINO SOBE 316% NO TERCEIRO TRIMESTRE 2005 São Paulo, 07 de Novembro de 2005 - O Submarino S.A. (Bovespa: SUBA3), empresa líder dentre aquelas que operam exclusivamente no varejo eletrônico

Leia mais

SUCESSO EM ALGUMAS EM OUTRAS... XXXXX. Salário para boa condição de vida. Leva à PRODUTIVIDADE que é buscada continuamente

SUCESSO EM ALGUMAS EM OUTRAS... XXXXX. Salário para boa condição de vida. Leva à PRODUTIVIDADE que é buscada continuamente ADMINISTRAR ----- NÃO É ABSOLUTO. SUCESSO EM ALGUMAS EM OUTRAS... INTEGRAÇÃO = PESSOAS / EMPRESAS = ESSENCIAL SATISFAÇÃO FINANCEIRA RESULTANTE DA SINERGIA Leva à PRODUTIVIDADE que é buscada continuamente

Leia mais

China: crise ou mudança permanente?

China: crise ou mudança permanente? INFORMATIVO n.º 36 AGOSTO de 2015 China: crise ou mudança permanente? Fabiana D Atri* Quatro grandes frustrações e incertezas com a China em pouco mais de um mês: forte correção da bolsa, depreciação do

Leia mais

Perspectivas do Mercado de Crédito Marcus Manduca, sócio da PwC

Perspectivas do Mercado de Crédito Marcus Manduca, sócio da PwC Perspectivas do Mercado de Crédito Marcus Manduca, sócio da PwC Perspectivas do Mercado de Crédito Cenário econômico Cenário econômico Contexto Macro-econômico e Regulamentação Redução de spreads Incremento

Leia mais

C&A aumenta quota de mercado na Europa em 2011

C&A aumenta quota de mercado na Europa em 2011 Comunicado de Imprensa Abril 2012 Empresa cresce e continua a investir C&A aumenta quota de mercado na Europa em 2011 Investimentos em atuais e novas lojas Aposta nas lojas on-line Aumento nas vendas de

Leia mais

São Paulo, 09 de agosto de 2013.

São Paulo, 09 de agosto de 2013. São Paulo, 09 de agosto de 2013. Discurso do Presidente Alexandre Tombini no VIII Seminário Anual sobre Riscos, Estabilidade Financeira e Economia Bancária. Senhoras e senhores: É com grande satisfação

Leia mais

Estudos sobre a Taxa de Câmbio no Brasil

Estudos sobre a Taxa de Câmbio no Brasil Estudos sobre a Taxa de Câmbio no Brasil Fevereiro/2014 A taxa de câmbio é um dos principais preços relativos da economia, com influência direta no desempenho macroeconômico do país e na composição de

Leia mais

Exportação de Serviços

Exportação de Serviços Exportação de Serviços 1. Ementa O objetivo deste trabalho é dar uma maior visibilidade do setor a partir da apresentação de algumas informações sobre o comércio exterior de serviços brasileiro. 2. Introdução

Leia mais

DESTAQUES NO PERÍODO. Dados Financeiros (R$ x 1.000)

DESTAQUES NO PERÍODO. Dados Financeiros (R$ x 1.000) Blumenau SC, 27 de julho de 2007 A Cremer S.A. (Bovespa: CREM3), distribuidora de produtos para a saúde e também líder na fabricação de produtos têxteis e adesivos cirúrgicos, anuncia hoje seus resultados

Leia mais

LOJAS AMERICANAS S.A.

LOJAS AMERICANAS S.A. CNPJ. 33.014.556/0001-96 LOJAS AMERICANAS S.A. Companhia Aberta FATO RELEVANTE 1. LOJAS AMERICANAS S.A. ( LASA ) e BANCO ITAÚ HOLDING FINANCEIRA S.A. ( ITAÚ ) anunciam associação que tem como objetivo

Leia mais

Boletim de Conjuntura Econômica Dezembro 2008

Boletim de Conjuntura Econômica Dezembro 2008 Boletim de Conjuntura Econômica Dezembro 2008 Crise Mundo Os EUA e a Europa passam por um forte processo de desaceleração economica com indicios de recessão e deflação um claro sinal de que a crise chegou

Leia mais

Antonio Vieira Monteiro Chefe do País, Portugal

Antonio Vieira Monteiro Chefe do País, Portugal Antonio Vieira Monteiro Chefe do País, Portugal O Banco Santander Totta, S.A. ("Santander Totta") e o Banco Santander, S.A. ( Santander ) advertem que esta apresentação contém declarações sobre o futuro.

Leia mais

A estratégia para enfrentar o aprofundamento da crise mundial Guido Mantega Ministro da Fazenda

A estratégia para enfrentar o aprofundamento da crise mundial Guido Mantega Ministro da Fazenda A estratégia para enfrentar o aprofundamento da crise mundial Guido Mantega Ministro da Fazenda Câmara dos Deputados Brasília, 23 de novembro de 2011 1 Economia mundial deteriorou-se nos últimos meses

Leia mais

Cenário Econômico para 2014

Cenário Econômico para 2014 Cenário Econômico para 2014 Silvia Matos 18 de Novembro de 2013 Novembro de 2013 Cenário Externo As incertezas com relação ao cenário externo em 2014 são muito elevadas Do ponto de vista de crescimento,

Leia mais

Compras de recebíveis, avaliações e consultoria INVESTIMENTOS EM RECEBÍVEIS. Liberte O VALOR DE SEUS RECEBÍVEIS

Compras de recebíveis, avaliações e consultoria INVESTIMENTOS EM RECEBÍVEIS. Liberte O VALOR DE SEUS RECEBÍVEIS Compras de recebíveis, avaliações e consultoria INVESTIMENTOS EM RECEBÍVEIS Liberte O VALOR DE SEUS RECEBÍVEIS INVESTIMENTOS EM RECEBÍVEIS Temos os recursos para financiar as maiores transações e examinamos

Leia mais

O Lucro Líquido do 1T12 foi de R$2,5 MM, superior em R$10,7 MM ao prejuízo do 1T11, de R$8,2 MM negativos.

O Lucro Líquido do 1T12 foi de R$2,5 MM, superior em R$10,7 MM ao prejuízo do 1T11, de R$8,2 MM negativos. São Paulo, 13 de maio de 2013 - A Unidas S.A. ( Companhia ou Unidas ) anuncia os seus resultados do primeiro trimestre de 2012 (). As informações financeiras são apresentadas em milhões de Reais, exceto

Leia mais

Indústria do Esporte. Análise de Faturamento FIFA Copa do Mundo

Indústria do Esporte. Análise de Faturamento FIFA Copa do Mundo Indústria do Esporte Análise de Faturamento FIFA Copa do Mundo Fevereiro 2013 Com a proximidade da Copa do Mundo no Brasil, a BDO RCS fez um levantamento sobre a evolução da receita da FIFA desde a sua

Leia mais

NOTA MENSAL Dezembro/2006. Quest Fundos Multimercados

NOTA MENSAL Dezembro/2006. Quest Fundos Multimercados NOTA MENSAL Dezembro/20 Quest Fundos Multimercados O ambiente de mercado foi bastante positivo em dezembro, em função do aumento da confiança de um pouso suave da economia americana, apesar dos riscos

Leia mais

Discurso do Diretor Anthero na Embaixada da Itália. Conferência Itália e Brasil no Contexto Global: Experiência e Modelos de Desenvolvimento

Discurso do Diretor Anthero na Embaixada da Itália. Conferência Itália e Brasil no Contexto Global: Experiência e Modelos de Desenvolvimento Discurso do Diretor Anthero na Embaixada da Itália Conferência Itália e Brasil no Contexto Global: Experiência e Modelos de Desenvolvimento 1. É com grande satisfação que participo, em nome do Presidente

Leia mais

Veículo: www.estadao.com.br Data: 05-05-2010 Lucro da AmBev sobe 2,38% no 1º trimestre SÃO PAULO - A AmBev (Companhia de Bebidas das Américas) divulgou hoje um lucro líquido consolidado de R$ 1,650 bilhão

Leia mais

A Crise Internacional e os Desafios para o Brasil

A Crise Internacional e os Desafios para o Brasil 1 A Crise Internacional e os Desafios para o Brasil Guido Mantega Outubro de 2008 1 2 Gravidade da Crise Crise mais forte desde 1929 Crise mais grave do que as ocorridas nos anos 1990 (crise de US$ bilhões

Leia mais

Apresentação de Resultados do 4T13

Apresentação de Resultados do 4T13 Apresentação de Resultados do 4T13 Geraldo Bom dia a todos. Em nome da M DIAS BRANCO, gostaria de agradecer a presença dos senhores em nossa teleconferência para discussão dos resultados da Companhia no

Leia mais

Perspectivas da economia em 2012 e medidas do Governo Guido Mantega Ministro da Fazenda

Perspectivas da economia em 2012 e medidas do Governo Guido Mantega Ministro da Fazenda Perspectivas da economia em 2012 e medidas do Governo Guido Mantega Ministro da Fazenda Comissão de Assuntos Econômicos do Senado Federal Brasília, 22 de maio de 2012 1 A situação da economia internacional

Leia mais

VALORES COORPORATIVOS MISSÃO VISÃO. Oferecer soluções em seguros, atendendo as necessidades das cooperativas e do mercado em geral.

VALORES COORPORATIVOS MISSÃO VISÃO. Oferecer soluções em seguros, atendendo as necessidades das cooperativas e do mercado em geral. EMPRESA MISSÃO Oferecer soluções em seguros, atendendo as necessidades das cooperativas e do mercado em geral. VISÃO Ser reconhecida como uma empresa do sistema cooperativo com excelência em seguros. VALORES

Leia mais

VISÃO Crescer sustentavelmente e ser referência nacional em serviços imobiliários de qualidade.

VISÃO Crescer sustentavelmente e ser referência nacional em serviços imobiliários de qualidade. MISSÃO Oferecer serviços imobiliários de qualidade, gerando valor para os clientes, colaboradores, sociedade e acionistas. VISÃO Crescer sustentavelmente e ser referência nacional em serviços imobiliários

Leia mais

PERFIL CORPORATIVO FOCO NO CLIENTE. Sustentabilidade econômica e sócioambiental. Expansão da base geográfica RELACIONAMENTO

PERFIL CORPORATIVO FOCO NO CLIENTE. Sustentabilidade econômica e sócioambiental. Expansão da base geográfica RELACIONAMENTO PERFIL CORPORATIVO P Banco múltiplo privado com 20 anos de experiência no mercado financeiro P Sólida estrutura de capital e administração conservadora P Atuação em operações: Ativas Passivas Crédito Imobiliário

Leia mais

Índice. RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas

Índice. RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas CICLO APIMEC 2010 Índice RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas 3 RS no Brasil DADOS DEMOGRÁFICOS RS BRASIL População

Leia mais

4º PAINEL: INVESTIMENTO PRIVADO, INVESTIMENTO PÚBLICO E MERCADO DE CAPITAIS NO BRASIL

4º PAINEL: INVESTIMENTO PRIVADO, INVESTIMENTO PÚBLICO E MERCADO DE CAPITAIS NO BRASIL SEMINARIO FIESP REINDUSTRIALIZAÇÃO DO BRASIL: CHAVE PARA UM PROJETO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO 4º PAINEL: INVESTIMENTO PRIVADO, INVESTIMENTO PÚBLICO E MERCADO DE CAPITAIS NO BRASIL 26 agosto 2013 Carlos

Leia mais

Receita do Network PwC cresce 6% e atinge US$ 34 bilhões no ano fiscal encerrado em junho

Receita do Network PwC cresce 6% e atinge US$ 34 bilhões no ano fiscal encerrado em junho Press release Data Contato EMBARGO 00h01min (horário Brasília) Terça-feira, 7 de outubro de 2014 Márcia Avruch Tel: +55 11 3674 3760 Email: marcia.avruch@br.pwc.com Pages 4 Receita do Network PwC cresce

Leia mais

Resultados 2005 Resultados 2005

Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 1T06 Bovespa: RSID3 NYSE (ADR): RSR2Y Receita Líquida alcança R$ 85,2 milhões VGV totaliza R$ 94,3 milhões Vendas contratadas crescem 63% São Paulo, 11 de maio

Leia mais

Anexo IV Metas Fiscais IV.1 Anexo de Metas Fiscais Anuais (Art. 4 o, 1 o, inciso II do 2 o da Lei Complementar n o 101, de 4 de maio de 2000)

Anexo IV Metas Fiscais IV.1 Anexo de Metas Fiscais Anuais (Art. 4 o, 1 o, inciso II do 2 o da Lei Complementar n o 101, de 4 de maio de 2000) Anexo IV Metas Fiscais IV.1 Anexo de Metas Fiscais Anuais (Art. 4 o, 1 o, inciso II do 2 o da Lei Complementar n o 101, de 4 de maio de 2000) Em cumprimento ao disposto na Lei Complementar n o 101, de

Leia mais

Perspectivas da Economia Brasileira

Perspectivas da Economia Brasileira Perspectivas da Economia Brasileira Márcio Holland Secretário de Política Econômica Ministério da Fazenda Caxias do Sul, RG 03 de dezembro de 2012 1 O Cenário Internacional Economias avançadas: baixo crescimento

Leia mais

ANÁLISE DO DESEMPENHO DO SETOR EXTERNO BRASILEIRO NO SEGUNDO BIMESTRE DE 2013

ANÁLISE DO DESEMPENHO DO SETOR EXTERNO BRASILEIRO NO SEGUNDO BIMESTRE DE 2013 ANÁLISE DO DESEMPENHO DO SETOR EXTERNO BRASILEIRO NO SEGUNDO BIMESTRE DE 2013 QUIRINO, José Renato Dias 1 ; MEDEIROS 2, Rennan Kertlly de; RAMOS FILHO 3, Hélio S. RESUMO O estudo das relações econômicas

Leia mais

Welcome Call em Financeiras. Categoria Setor de Mercado Seguros

Welcome Call em Financeiras. Categoria Setor de Mercado Seguros Categoria Setor de Mercado Seguros 1 Apresentação da empresa e sua contextualização no cenário competitivo A Icatu Seguros é líder entre as seguradoras independentes (não ligadas a bancos de varejo) no

Leia mais

20 de dezembro de 2010. Perguntas e Respostas

20 de dezembro de 2010. Perguntas e Respostas Perguntas e Respostas Índice 1. Qual é a participação de mercado da ALL no mercado de contêineres? Quantos contêineres ela transporta por ano?... 4 2. Transportar por ferrovia não é mais barato do que

Leia mais

PRESENÇA GLOBAL 010 L 2 A U N IO A R Ó T A L E R EUROPA EURÁSIA AMÉRICA DO SUL

PRESENÇA GLOBAL 010 L 2 A U N IO A R Ó T A L E R EUROPA EURÁSIA AMÉRICA DO SUL RELATÓRIO ANUAL 2010 RECEITA Em milhões de CHF VENDAS LÍQUIDAS por REGIÃO - 2010 2700 2400 2100 1800 1500 1200 900 600 300 0 +51 % +34 % +9% +13% +10% 2006 2007 2008 2009 2010 Europa 12 % África 7 % Eurásia

Leia mais

Especialista questiona "ascensão" de bancos brasileiros em ranking

Especialista questiona ascensão de bancos brasileiros em ranking Veículo: Valor Online Data: 13/04/09 Especialista questiona "ascensão" de bancos brasileiros em ranking A crise global colocou os bancos brasileiros em destaque nos rankings internacionais de lucro, rentabilidade

Leia mais

Nota à imprensa. Novo estudo sigma da Swiss Re, O seguro no mundo em 2010 revela aumento do volume global de prêmios e do capital

Nota à imprensa. Novo estudo sigma da Swiss Re, O seguro no mundo em 2010 revela aumento do volume global de prêmios e do capital Nota à imprensa ab Novo estudo sigma da Swiss Re, O seguro no mundo em 2010 revela aumento do volume global de prêmios e do capital Contatos: Daniel Staib, Zurique Telefone +41 43 285 8136 Thomas Holzheu,

Leia mais

MARCA BRADESCO RECURSOS HUMANOS

MARCA BRADESCO RECURSOS HUMANOS ATIVOS INTANGÍVEIS Embora a Organização não registre seus ativos intangíveis, há evidências da percepção de sua magnitude pelos investidores e que pode ser encontrada na expressiva diferença entre o Valor

Leia mais

7.000 6.500 6.000 5.500 5.000 4.500 4.000 3.500 3.000 2.500 2.000 1.500 1.000 500 - -500-1.000 fev./2010. ago./2011. fev./2012. nov.

7.000 6.500 6.000 5.500 5.000 4.500 4.000 3.500 3.000 2.500 2.000 1.500 1.000 500 - -500-1.000 fev./2010. ago./2011. fev./2012. nov. 4 SETOR EXTERNO As contas externas tiveram mais um ano de relativa tranquilidade em 2012. O déficit em conta corrente ficou em 2,4% do Produto Interno Bruto (PIB), mostrando pequeno aumento em relação

Leia mais

A Redução do Fluxo de Investimento Estrangeiro Direto e as Implicações para o Brasil

A Redução do Fluxo de Investimento Estrangeiro Direto e as Implicações para o Brasil A Redução do Fluxo de Investimento Estrangeiro Direto e as Implicações para o Brasil Análise Economia e Comércio Bernardo Erhardt de Andrade Guaracy 30 de outubro de 2003 A Redução do Fluxo de Investimento

Leia mais

Resultados do 2T08 PSSA3

Resultados do 2T08 PSSA3 Resultados do PSSA3 Perspectivas Perspectivas para o para segundo 2008 semestre de 2008 A Aumento criação de de empregos 31,6% no formais número até de empregos junho foi o formais maior desde em relação

Leia mais

Os desafios do desenvolvimento brasileiro e a Política Industrial

Os desafios do desenvolvimento brasileiro e a Política Industrial 4o. Congresso Internacional de Inovação FIERGS Política Industrial em Mercados Emergentes Porto Alegre, 17 de novembro de 2011 Os desafios do desenvolvimento brasileiro e a Política Industrial João Carlos

Leia mais

Balanced Scorecard BSC. O que não é medido não é gerenciado. Medir é importante? Também não se pode medir o que não se descreve.

Balanced Scorecard BSC. O que não é medido não é gerenciado. Medir é importante? Também não se pode medir o que não se descreve. Balanced Scorecard BSC 1 2 A metodologia (Mapas Estratégicos e Balanced Scorecard BSC) foi criada por professores de Harvard no início da década de 90, e é amplamente difundida e aplicada com sucesso em

Leia mais

2 Histórico de fusões e aquisições e conceitos.

2 Histórico de fusões e aquisições e conceitos. 2 Histórico de fusões e aquisições e conceitos. 2.1. Fusões e aquisições globais Com a globalização e a necessidade de escalas cada vez maiores de operação, as grandes empresas ultrapassaram fronteiras

Leia mais

CONCLUSÕES DA REUNIÃO EMPRESARIAL PORTUGAL - ESPANHA. 22 de junho de 2015

CONCLUSÕES DA REUNIÃO EMPRESARIAL PORTUGAL - ESPANHA. 22 de junho de 2015 CONCLUSÕES DA REUNIÃO EMPRESARIAL PORTUGAL - ESPANHA UMA UNIÃO EUROPEIA MAIS FORTE 22 de junho de 2015 A União Europeia deve contar com um quadro institucional estável e eficaz que lhe permita concentrar-se

Leia mais

Crescer agregando valor

Crescer agregando valor Crescer agregando valor Marcio Araujo de Lacerda Presidente do Conselho de Administração Maio de 2008 1/XX Orientações do Governo Mineiro Para Minas Gerais: Um Estado para Resultados Visão: Tornar Minas

Leia mais

27.03.12. Paulo Safady Simão Presidente da CBIC

27.03.12. Paulo Safady Simão Presidente da CBIC 27.03.12 Paulo Safady Simão Presidente da CBIC REPRESENTANTE NACIONAL E INTERNACIONAL DAS ENTIDADES EMPRESARIAIS DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO E DO MERCADO IMOBILIÁRIO SINDICATOS, ASSOCIAÇÕES E CÂMARAS 62

Leia mais

Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido

Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido Apoiar a empregabilidade pela melhora da qualidade do ensino profissionalizante UK Skills Seminar Series 2014 15 British Council UK Skills Seminar

Leia mais

BANCO DO BRASIL 1º Trimestre 2012

BANCO DO BRASIL 1º Trimestre 2012 BANCO DO BRASIL 1º Trimestre 2012 Aviso Importante Esta apresentação faz referências e declarações sobre expectativas, sinergias planejadas, estimativas de crescimento, projeções de resultados e estratégias

Leia mais

FUNDAMENTOS DA GESTÃO FINANCEIRA

FUNDAMENTOS DA GESTÃO FINANCEIRA Unidade II FUNDAMENTOS DA GESTÃO FINANCEIRA Prof. Jean Cavaleiro Objetivos Ampliar a visão sobre os conceitos de Gestão Financeira; Conhecer modelos de estrutura financeira e seus resultados; Conhecer

Leia mais

Dignos Presidentes dos Conselhos de Administração e das Comissões Executivas dos bancos comerciais

Dignos Presidentes dos Conselhos de Administração e das Comissões Executivas dos bancos comerciais Exmo Senhor Presidente da Associação Angolana de Bancos Sr. Amílcar Silva Dignos Presidentes dos Conselhos de Administração e das Comissões Executivas dos bancos comerciais Estimados Bancários Minhas Senhoras

Leia mais

Queremos contribuir para que as pessoas e os negócios prosperem. 2015 Relatório anual

Queremos contribuir para que as pessoas e os negócios prosperem. 2015 Relatório anual Queremos contribuir para que as pessoas e os negócios prosperem 2015 Relatório anual Cumprindo os compromissos com nossos acionistas Lucro atribuído ao Grupo (ordinário) Bilhões de euros RoTE ordinário

Leia mais

Resultados do 4T08 e 2008 PSSA3

Resultados do 4T08 e 2008 PSSA3 Resultados do 4T08 e 2008 PSSA3 Questões Onde queremos chegar? Como vamos chegar? Onde estamos? Como estamos indo? 2 Mercado Segurador Brasileiro Expanção Geográfica: Oportunidade de Crescimento Queremos

Leia mais

Destaques Operacionais. Desempenho Financeiro

Destaques Operacionais. Desempenho Financeiro Press Release Destaques Operacionais O Banrisul apresentou, nos nove meses de 2011, trajetória ascendente de crescimento no crédito. Os indicadores de inadimplência e de qualidade da carteira mantiveram-se

Leia mais

Gestão do Fluxo de Caixa em Épocas de Crise

Gestão do Fluxo de Caixa em Épocas de Crise Gestão do Fluxo de Caixa em Épocas de Crise Lucro que não gera caixa é ilusão "Se você tiver o suficiente, então o fluxo de caixa não é importante. Mas se você não tiver, nada é mais importante. É uma

Leia mais

BANCO ESPIRITO SANTO RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2001

BANCO ESPIRITO SANTO RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2001 BANCO ESPIRITO SANTO RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2001 2 RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2001 ASPECTOS MAIS RELEVANTES: SIGNIFICATIVO CRESCIMENTO DA ACTIVIDADE DESIGNADAMENTE A CAPTAÇÃO DE RECURSOS

Leia mais

Imagem Corporativa Marta Telles marta.telles@imagemcorporativa.com.br Tel: (11) 3526-4508. Márcia Avruch marcia.avruch@br.pwc.com Tel.

Imagem Corporativa Marta Telles marta.telles@imagemcorporativa.com.br Tel: (11) 3526-4508. Márcia Avruch marcia.avruch@br.pwc.com Tel. Press Release Date 1º de outubro de 2013 Contato Imagem Corporativa Marta Telles marta.telles@imagemcorporativa.com.br Tel: (11) 3526-4508 Márcia Avruch marcia.avruch@br.pwc.com Tel. (11) 3674-3760 Pages

Leia mais

Enquadramento da atividade bancária

Enquadramento da atividade bancária Enquadramento da atividade bancária Miguel Matias E.S.T.G. Instituto Politécnico de Leiria CET TECNICAS GESTAO E COM INTERNACIONAL EDIÇÃO 2015/16 PROGRAMA 1. Enquadramento da atividade bancária 2. Conta

Leia mais

Senior Solution (SNSL3) Conhecendo a empresa

Senior Solution (SNSL3) Conhecendo a empresa Análise XP Fundamentos Senior Solution (SNSL3) Conhecendo a empresa A Empresa A Senior Solution está presente, há mais de 17 anos, no segmento de Tecnologia da Informação no mercado brasileiro, sendo uma

Leia mais

Linhas Gerais de Orientação Estratégica 2016-2018 Programa de Ação e Orçamento para 2016

Linhas Gerais de Orientação Estratégica 2016-2018 Programa de Ação e Orçamento para 2016 Linhas Gerais de Orientação Estratégica 2016-2018 Programa de Ação e Orçamento para 2016 dezembro de 2015 2015-11-25 Pág. 1 I. Introdução II. Plano Estratégico - Linhas Gerais de Orientação Estratégica

Leia mais

Apresentação de Resultados 2T12. 10 de agosto de 2012

Apresentação de Resultados 2T12. 10 de agosto de 2012 Apresentação de Resultados 2T12 10 de agosto de 2012 Aviso Legal Esta apresentação contém certas declarações futuras e informações relacionadas à Companhia que refletem as visões atuais e/ou expectativas

Leia mais

APIMEC 1T10. 27 de maio 2010

APIMEC 1T10. 27 de maio 2010 APIMEC 1T10 27 de maio 2010 Aviso Importante O material que segue é uma apresentação de informações gerais de Multiplus S.A. ( Multiplus" ou "Companhia") na data desta apresentação. Este material foi preparado

Leia mais

Xai-Xai, 28 de Agosto de 2009 Rogério P. Ossemane (IESE)

Xai-Xai, 28 de Agosto de 2009 Rogério P. Ossemane (IESE) Xai-Xai, 28 de Agosto de 2009 Rogério P. Ossemane (IESE) Países em recessão oficial (dois trimestres consecutivos) Países em recessão não-oficial (um trimestre) Países com desaceleração econômica de mais

Leia mais

Reunião Pública Apresentação de Resultados 1º Semestre 2011

Reunião Pública Apresentação de Resultados 1º Semestre 2011 Reunião Pública Apresentação de Resultados 1º Semestre 2011 Rio de Janeiro, 09 de Agosto 2011 1 Informação importante Esta apresentação foi preparada pelo Banco Santander (Brasil) S.A., eventuais declarações

Leia mais

Os Desafios da Fileira da Construção. As Oportunidades nos Mercados Externos

Os Desafios da Fileira da Construção. As Oportunidades nos Mercados Externos Os Desafios da Fileira da Construção As Oportunidades nos Mercados Externos Agradeço o convite que me foi dirigido para participar neste Seminário e felicito a AIP pela iniciativa e pelo tema escolhido.

Leia mais

Economia Móvel América Latina 2013 Sumário Executivo

Economia Móvel América Latina 2013 Sumário Executivo Economia Móvel América Latina 2013 Sumário Executivo Economia Móvel América Latina 2013 A GSMA representa os interesses da indústria mundial de comunicações móveis. Presente em mais de 220 países, a GSMA

Leia mais

Em Crise Profunda no Mercado Interno. Em Expansão Acelerada nos Mercados Externos

Em Crise Profunda no Mercado Interno. Em Expansão Acelerada nos Mercados Externos 2ª JORNADAS DA ESPECIALIZAÇÃO EM DIREÇÃO E GESTÃO DA CONSTRUÇÃO ENGENHARIA CIVIL OS NOVOS DESAFIOS O PAPEL DA CONSTRUÇÃO NO FUTURO Índice: Onde Estamos Europa 2020 e Crescimento da Construção em Portugal

Leia mais