Prefeitura Municipal de Guarapuava

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Prefeitura Municipal de Guarapuava"

Transcrição

1 Prefeitura Municipal de Guarapuava Edital de Contribuição de Melhorias Nº 07/2015 O MUNICÍPIO DE GUARAPUAVA, estado do Paraná, em cumprimento da Lei 1108/01 de 28 de dezembro de 2001, Código Tributário Municipal, e demais alterações legais, comunica que procederá ao lançamento referente aos imóveis beneficiados pela obra pública, a seguir descrita: 1- MEMORIAL DESCRITIVO DA OBRA: a) Projetos e Topografia: Serviços topográficos e de engenharia. b) Especificação da Obra: Regularização e compactação do leito existente, sub-base com rachão e graduada, base de brita graduada, imprimação, capa asfáltica com CBUQ. c) Drenagem de águas pluviais: Execução de galerias tubulares de concreto e bocas de lobo. 2- DELIMITAÇÃO DE INFLUÊNCIA: Integra o quadro demonstrativo. 3- ORÇAMENTO E CUSTO DA OBRA: Discriminação dos valores no quadro demonstrativo. 4- CÁLCULO DO VALOR A PAGAR: Será o menor valor, entre o obtido, pelo rateio do custo da obra e o da valorização imobiliária, agregada ao imóvel decorrente da realização da obra. O valor excedente será absorvido pelo Município. 5- DETERMINAÇÃO DO VALOR DE ABSORÇÃO: Especificado no quadro demonstrativo abaixo. 6- PROPRIETÁRIOS, TESTADAS E VALOR POR CONTRIBUINTE: Conforme consta na relação de contribuintes anexa e publicada no átrio da Prefeitura. 7- VALORIZAÇÃO DOS IMÓVEIS: Faz parte da relação dos contribuintes deste edital e foi extraída do Laudo de Avaliação.

2 OBSERVAÇÕES: 1. Os contribuintes poderão impugnar, por requerimento ao órgão fazendário do Município (Secretário Municipal de Finanças) qualquer dos elementos constantes no edital no prazo de 30 (trinta) dias cabendo ao impugnante o ônus da prova. 2. O preço por metro de testada do pavimento especificado abaixo sofrerá atualização conforme UFM (Unidade Fiscal Municipal), a partir da data do edital (Janeiro/2015, UFM = 46,25). 3. Os contribuintes que no pagamento optarem pelo parcelamento terá os valores reajustados em UFM (Unidade Fiscal Municipal). 4. São partes integrantes deste Edital os seguintes anexos: Planilha orçamentária ou custos da obra; Croqui da delimitação da zona beneficiada, a valorização imobiliária e as fórmulas de cálculos. 5. Para melhores esclarecimentos e informações, os contribuintes deverão comparecer a SURG, localizada na Rua Afonso Botelho 63, Jardim Trianon.

3 QUADRO DEMONSTRATIVO EDITAL DE CONTRIBUIÇÃO DE MELHORIAS N 07/2015: DELIMITAÇÃO DA ÁREA DE INFLUÊNCIA MEMORIAL DESCRITIVO E ORÇAMENTOS ABSORÇÃO OBSERVAÇÕES Endereço Trecho Topografi a e Projetos Rua Rio Grande Rua Paraíba a Rua Minas Gerais do Norte Rua Joaquim Rua Rio de Janeiro a Rio Grande Cardoso Teixeira Rua Minas Gerais do Norte Rua Grande do Norte a Rua Mato Grosso Terraplanagem e Pavimentação 3.936, , , , , ,27 Serviços Compl. 00,00 00,00 00,00 Adm. Total Prefeitura Contribuinte Testada (m) Caixa Rol. R$ /m UFM /m , , , ,00 705,05 7,00 220,00 4, , ,33 117, ,00 200,00 7,00 220,00 4, , , , ,00 238,00 7,00 220,00 4,757 Guarapuava, 04 de Novembro de IVANÊS JOSÉFI Secretário de Obras, Viação e Serviços Urbanos ANDERSON LUIS NEITZKE Secretário de Finanças

4 RELAÇÃO DOS CONTRIBUINTES DO EDITAL DE CONTRIBUIÇÃO DE MELHORIA Nº 07/2015 RUA: RIO GRANDE DO NORTE LARGURA: 7,00m. EXTENSÃO: 390,00m. TRECHO: RUA PARAIBA A RUA MINAS GERAIS PROPRIETARIO Nº CONTROLE TESTADA (METRO LINEAR) VALORIZAÇÃO IMOBILIÁRIA INDIVIDUAL RATEIO CUSTO OBRA R$ VALOR CONTR. MELHORIA R$ NEUTON PRESTES , , , ,00 TATIANE PRESTES , , , ,00 GILCELE RODRIGUES GUNHA , , , ,00 LABIB AZURI ZENTIL , , , ,00 ROSE SOARES , , , ,00 SIRENE DE OLIVEIRA , ,00 660,00 660,00 SIRENE DE OLIVEIRA , , , ,00 ELISEU SOARES DA ROCHA , , , ,00 RENATO VASCONCELOS BOTELHO , , , ,00 JONNY EDIL BINI , , , ,00 ALZIRENE CELESTINO DE SOUZA , , , ,00 DAVID NUNES DA SILVA/ANTONIO CEZAR , , , ,00 KUNNTZ ANTONIO CEZAR KUNNTZ , , , ,00 DAVID NUNES DA SILVA , , , ,00 DAVID NUNES DA SILVA/NILTON FERREIRA MORAIS , , , ,00

5 DAVID NUNES DA SILVA/OSVALDO NUNES DA SILVA , , , ,00 JOÃO DOS SANTOS/TEREZINHA DOS SANTOS , , , ,00 JOÃO DOS SANTOS/JOUBERT DOS SANTOS , , , ,00 ADÃO DIAS DE ALMEIDA , , , ,00 ANDRE SPYRA , , , ,00 ORLEI JOSE OLIVEIRA JUNIOR , , , ,00 MARCOS ANTONIO CHORATES , , , ,00 ADRIANI TERESINHA TELLI PILATI , , , ,00 LUIZ TADEU PERUSSOLO/LUBIA NEVES LOPES , , , ,00 LUCIANA PACHECO KOTELAK , , , ,00 FERNANDO CISCATO BASTOS , , , ,00 MARIA FERREIRA ARMANDO BAZILIO , , , ,00 MARIA FERREIRA ARMANDO BAZILIO , , , ,00 IVO ANTONIAZZI , , , ,00 RAFAELA DE ANDRADE SILVESTRI , , , ,00 JEAN CARLOS STELF , , , ,00 MURAMA - EMPREENDIMENTOS IMOBILIARIOS , , , ,00 LTDA MURAMA - EMPREENDIMENTOS IMOBILIARIOS , , , ,00 LTDA PROPRIETARIO LOTEAMENTO/QUEM DE DIREITO , , , ,00 MARIO ARRUDA , , , ,00 ANTONIO PRZYGOCKI JR , , , ,00 JOAO KRETZEL (ESPOLIO) , , , ,00 TOTAL 705, , , ,00

6 RELAÇÃO DOS CONTRIBUINTES DO EDITAL DE CONTRIBUIÇÃO DE MELHORIA Nº 07/2015 RUA: RUA JOAQUIM CARDOSO TEIXEIRA LARGURA: 7,00m. EXTENSÃO: 110,00m TRECHO: RUA RIO DE JANEIRO A RUA RIO GRANDE DO NORTE PROPRIETARIO Nº CONTROLE TESTADA (METRO LINEAR) VALORIZAÇÃO IMOBILIÁRIA INDIVIDUAL RATEIO CUSTO OBRA R$ VALOR CONTR. MELHORIA R$ MILTON JOSE BORTOLANZA , , , ,00 NADIR MARQUES DE JESUS , , , ,00 ADMILSON JOSE FOGAÇA , , , ,00 NILTON BALDIN , , , ,00 JAIME LUIZ LOZOVE , , , ,00 MILTON JOSÉ BORTOLANZA , , , ,00 PEDRO DA SILVA GARAIS , , , ,00 TOTAL 200, , , ,00

7 RELAÇÃO DOS CONTRIBUINTES DO EDITAL DE CONTRIBUIÇÃO DE MELHORIA Nº 07/2015 RUA: RUA MINAS GERAIS LARGURA: 7,00m. EXTENSÃO: 120,00m TRECHO: RUA RIO GRANDE DO NORTE A RUA MATO GROSSO PROPRIETARIO/CONTRIBUINTE Nº CONTROLE/ CADASTRO TESTADA (METRO LINEAR) VALORIZAÇÃO IMOBILIÁRIA INDIVIDUAL RATEIO CUSTO OBRA R$ VALOR CONTR. MELHORIA R$ PROPRIETARIO LOTEAMENTO/QUEM DE , , , ,00 DIREITO MERCIA A. GUIMARAES PCHEGOSKI , , , ,00 JULIA FERNANDES , , , ,00 TABERNACULO JERUSALEM , , , ,00 DAVID SOUZA MORENO JUNIOR(PREF.M) , , , ,00 JOSELI MARIA PADILHA DO PARANA E , , , ,00 OUTRO ALCINDO DE OLIVEIRA , , , ,00 3D INVESTIMENTOS E PARTICIPAÇÕES , , , ,00 JOAO MARIA ALMEIDA , , , ,00 MARCIA APARECIDA SILVA NOGUEIRA , , , ,00 TOTAL 238, , , ,00

8 PLANILHA ORÇAMENTARIA - EDITAL Nº 07/2015 ANEXO I PLANILHA ORÇAMENTARIA Serviço: Pavimentação asfáltica Local: Rua Rio Grande do Norte Trecho: Ruas Paraíba e Minas Gerais Extensão: 391,00 Largura: 7,00m Serviços e especificações Unid. Quant. Unit. Total 01. Topografia e Projetos m² 2.753,00 1, ,79 Sub total , Terraplanagem a) - Escav., carga e transp. de 1ª categoria m³ 0,00 6,86 0,00 b) - Regularização e compac. de sub-leito m² 3.146,00 2, ,80 c) - Aterro compactado m³ 0,00 0,00 Sub total , Pavimentação a) - Sub-base rachão e graduada (20 cm) m³ 471,89 81, ,60 b) - Base em brita graduada (10 cm) m³ 275,30 84, ,68 c) - Imprimação m² 2.753,00 2, ,35 d) - Capa asfáltica - CBUQ (3 cm) t 255,15 299, ,50 Sub total , Drenagem a) - Abert. mec. valas em mat. não rochoso m³ 20,00 7,10 142,00 b) - Fornec. e assent. de tubos de 40 cm m 8,00 72,00 576,00 c) - Fornec. e assent. de tubos de 60 cm m 0,00 151,00 0,00 d) - Fornec. e assent. de tubos de 80 cm m 0,00 254,00 0,00 e) - Caixa de captação com bocas de lobo ud 4,00 642, ,00 f) - Reaterro de valas m³ 17,00 23,00 391,00 Sub total ,00

9 05. Serviços complementares a) - Fornecimento e assentamento de meio fio com sargeta m 0,000 26,80 0,00 b) - Calçadas em concreto alisado m² 0,000 36,00 0,00 c) - Ciclovia com Base(10) e CBUQ (3) m² 0,000 35,75 0,00 d) - Grama em leivas m² 0,000 6,36 0,00 e) - sinalização horizontal m² 0,000 22,00 0,00 Sub total 05 0,00 Total Geral ,72 PLANILHA ORÇAMENTARIA Serviço: Pavimentação asfáltica Local: Rua Joaquim Cardoso Teixeira Trecho: Ruas Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte Extensão: 111,00 Largura: 7,00m Serviços e especificações Unid. Quant. Unit. Total 01. Topografia e Projetos m² 779,00 1, ,97 Sub total , Terraplanagem a) - Escav., carga e transp. de 1ª categoria m³ 0,00 6,86 0,00 b) - Regularização e compac. de sub-leito m² 890,00 2, ,00 c) - Aterro compactado m³ 0,00 0,00 Sub total , Pavimentação a) - Sub-base rachão e graduada (20 cm) m³ 133,50 81, ,30 b) - Base em brita graduada (10 cm) m³ 77,90 84, ,03 c) - Imprimação m² 779,00 2, ,05 d) - Capa asfáltica - CBUQ (3 cm) t 47,68 299, ,31 Sub total ,69

10 04. Drenagem a) - Abert. mec. valas em mat. não rochoso m³ 20,00 7,10 142,00 b) - Fornec. e assent. de tubos de 40 cm m 8,00 72,00 576,00 c) - Fornec. e assent. de tubos de 60 cm m 0,00 151,00 0,00 d) - Fornec. e assent. de tubos de 80 cm m 0,00 254,00 0,00 e) - Caixa de captação com bocas de lobo ud 2,00 642, ,00 f) - Reaterro de valas m³ 17,00 23,00 391,00 Sub total , Serviços complementares a) - Fornecimento e assentamento de meio fio com sargeta m 0,000 26,80 0,00 b) - Calçadas em concreto alisado m² 0,000 36,00 0,00 c) - Ciclovia com Base(10) e CBUQ (3) m² 0,000 35,75 0,00 d) - Grama em leivas m² 0,000 6,36 0,00 e) - sinalização horizontal m² 0,000 22,00 0,00 Sub total 05 0,00 Total Geral ,66 PLANILHA ORÇAMENTARIA Serviço: Pavimentação asfáltica Local: Rua Minas Gerais Trecho: Ruas Rio Grande do Norte e Mato Grosso Extensão: 120,00 Largura: 7,00m Serviços e especificações Unid. Quant. Unit. Total 01. Topografia e Projetos m² 840,00 1, ,20 Sub total , Terraplanagem a) - Escav., carga e transp. de 1ª categoria m³ 0,00 6,86 0,00 b) - Regularização e compac. de sub-leito m² 960,00 2, ,00 c) - Aterro compactado m³ 0,00 0,00 Sub total ,00

11 03. Pavimentação a) - Sub-base rachão e graduada (20 cm) m³ 144,00 81, ,20 b) - Base em brita graduada (10 cm) m³ 84,00 84, ,00 c) - Imprimação m² 840,00 2, ,00 d) - Capa asfáltica - CBUQ (3 cm) t 63,00 299, ,95 Sub total , Drenagem a) - Abert. mec. valas em mat. não rochoso m³ 192,80 7, ,88 b) - Fornec. e assent. de tubos de 40 cm m 8,00 72,00 576,00 c) - Fornec. e assent. de tubos de 60 cm m 0,00 151,00 0,00 d) - Fornec. e assent. de tubos de 80 cm m 120,00 254, ,00 e) - Caixa de captação com bocas de lobo ud 4,00 642, ,00 f) - Reaterro de valas m³ 163,88 23, ,24 Sub total , Serviços complementares a) - Fornecimento e assentamento de meio fio com sargeta m 0,000 26,80 0,00 b) - Calçadas em concreto alisado m² 0,000 36,00 0,00 c) - Ciclovia com Base(10) e CBUQ (3) m² 0,000 35,75 0,00 d) - Grama em leivas m² 0,000 6,36 0,00 e) - sinalização horizontal m² 0,000 22,00 0,00 Sub total 05 0,00 Total Geral ,47

12

13

14

15

16

17 PREFEITURA MUNICIPAL DE GUARAPUAVA SECRETARIA MUNICIPAL DE FINANÇAS DEPARTAMENTO DE RECEITA DIVISÃO DE AVALIAÇÃO EDITAL Nº 07/ ANEXO III AVALIAÇÃO IMOBILIÁRIA Eu, Zoraide T. Nogueira de Almeida, avaliadora imobiliária do Município devidamente habilitada e designada através do Decreto nº 2691/2012 de 06 de setembro de 2012, ao final assinada, no uso das atribuições que a mim foram conferidas, procedo à avaliação dos imóveis localizados na Rua Rio Grande do Norte, no bairro Dos Estados, zona urbana do Município de Guarapuava, para fins de incidência da Contribuição de Melhoria. A estimativa de valorização pela execução da obra (asfalto), leva em consideração a valorização média apurada em decorrência de obras desta natureza dentro do Município de Guarapuava, considerando-se apenas a avaliação do valor do terreno, sem as devidas edificações. A apuração da valorização imobiliária dos terrenos decorrentes da obra pública foi feita a partir de pesquisa de preços no livre mercado imobiliário aplicando-se o método comparativo direto, pois os valores constantes do Cadastro Imobiliário do Município estão desatualizados com os praticados pelo mercado imobiliário. O valor unitário final foi resultante da média sacada dos valores unitários homogeneizados dos elementos pesquisados até 25% (vinte e cinco por cento) na média geral, resultante dos benefícios da obra (asfalto). A homogeneização dos valores unitários dos elementos pesquisados no mercado imobiliário foi feita levando-se em consideração fatores ou características próprias de cada terreno que possam estar contribuindo para a formação do seu valor imobiliário. A relação dos proprietários dos imóveis da Rua Rio Grande do Norte; a dimensão dos imóveis (área), o comprimento da testada, o valor venal territorial e o valor venal territorial considerado após a obra são os seguintes:

18 PREFEITURA MUNICIPAL DE GUARAPUAVA SECRETARIA MUNICIPAL DE FINANÇAS DEPARTAMENTO DE RECEITA DIVISÃO DE AVALIAÇÃO TABELA I VALOR ATUALIZADO COM BASE NO VALOR DE MERCADO. PROPRIETARIO Nº CONTROLE TESTADA (METRO LINEAR) ÁREA DO TERRENO TOTAL/M ² VALOR TERRITORIA L/ANTES DA MELHORIA EM REAIS VALOR TERRITORIA L/DEPOIS DA MELHORIA EM REAIS VALORIZAÇÃO INDIVIDUAL NEUTON PRESTES ,50 441, , , ,00 TATIANE PRESTES ,50 279, , , ,00 GILCELE RODRIGUES GUNHA ,70 472, , , ,00 LABIB AZURI ZENTIL ,00 450, , , ,00 ROSE SOARES ,00 140, , , ,00 SIRENE DE OLIVEIRA ,00 310, , , ,00 SIRENE DE OLIVEIRA ,00 360, , , ,00 ELISEU SOARES DA ROCHA ,00 585, , , ,00 RENATO VASCONCELOS BOTELHO ,00 340, , , ,00 JONNY EDIL BINI ,40 187, , , ,00 ALZIRENE CELESTINO DE SOUZA ,60 232, , , ,00 DAVID NUNES DA SILVA/ANTONIO CEZAR ,70 800, , , ,00 KUNNTZ ANTONIO CEZAR KUNNTZ ,00 600, , , ,00 DAVID NUNES DA SILVA ,00 895, , , ,00 DAVID NUNES DA SILVA/NILTON FERREIRA ,00 800, , , ,00 MORAIS DAVID NUNES DA SILVA/OSVALDO NUNES DA SILVA ,00 720, , , ,00 JOÃO DOS SANTOS/TEREZINHA DOS SANTOS ,00 440, , , ,00 JOÃO DOS SANTOS/JOUBERT DOS SANTOS ,35 374, , , ,00 ADÃO DIAS DE ALMEIDA ,80 393, , , ,00 ANDRE SPYRA ,00 260, , , ,00

19 ORLEI JOSE OLIVEIRA JUNIOR ,30 532, , , ,00 MARCOS ANTONIO CHORATES , , , , ,00 ADRIANI TERESINHA TELLI PILATI ,00 400, , , ,00 LUIZ TADEU PERUSSOLO/LUBIA NEVES ,00 400, , , ,00 LOPES LUCIANA PACHECO KOTELAK ,00 400, , , ,00 FERNANDO CISCATO BASTOS ,00 480, , , ,00 MARIA FERREIRA ARMANDO BAZILIO ,50 310, , , ,00 MARIA FERREIRA ARMANDO BAZILIO ,50 310, , , ,00 IVO ANTONIAZZI ,50 310, , , ,00 RAFAELA DE ANDRADE SILVESTRI ,50 310, , , ,00 JEAN CARLOS STELF , , , , ,00 MURAMA - EMPREENDIMENTOS ,00 500, , , ,00 IMOBILIARIOS LTDA MURAMA - EMPREENDIMENTOS , , , , ,00 IMOBILIARIOS LTDA PROPRIETARIO LOTEAMENTO/QUEM DE , , , , ,00 DIREITO MARIO ARRUDA ,00 640, , , ,00 ANTONIO PRZYGOCKI JR ,00 640, , , ,00 JOAO KRETZEL (ESPOLIO) ,50 760, , , ,00 TOTAL 705, , , , ,00

20 PREFEITURA MUNICIPAL DE GUARAPUAVA SECRETARIA MUNICIPAL DE FINANÇAS DEPARTAMENTO DE RECEITA DIVISÃO DE AVALIAÇÃO Esta é a AVALIAÇÃO/ PARECER TÉCNICO DE VALOR DE MERCADO, com projeções de valorizações média considerada é de 25%(vinte e cinco por cento) sobre os preços atuais. Salvo melhor juízo, firmo a presente. Guarapuava/PR, em 24 de Junho de Zoraide T. Nogueira de Almeida Avaliador/Matrícula nº Creci/PR nº

21 PREFEITURA MUNICIPAL DE GUARAPUAVA SECRETARIA MUNICIPAL DE FINANÇAS DEPARTAMENTO DE RECEITA DIVISÃO DE AVALIAÇÃO EDITAL Nº 07/ ANEXO III AVALIAÇÃO IMOBILIÁRIA Eu, Zoraide T. Nogueira de Almeida, avaliadora imobiliária do Município devidamente habilitada e designada através do Decreto nº 2691/2012 de 06 de setembro de 2012, ao final assinada, no uso das atribuições que a mim foram conferidas, procedo à avaliação dos imóveis localizados na Rua Joaquim Cardoso Teixeira, no bairro Dos Estados, zona urbana do Município de Guarapuava, para fins de incidência da Contribuição de Melhoria. A estimativa de valorização pela execução da obra (asfalto), leva em consideração a valorização média apurada em decorrência de obras desta natureza dentro do Município de Guarapuava, considerando-se apenas a avaliação do valor do terreno, sem as devidas edificações. A apuração da valorização imobiliária dos terrenos decorrentes da obra pública foi feita a partir de pesquisa de preços no livre mercado imobiliário aplicando-se o método comparativo direto, pois os valores constantes do Cadastro Imobiliário do Município estão desatualizados com os praticados pelo mercado imobiliário. O valor unitário final foi resultante da média sacada dos valores unitários homogeneizados dos elementos pesquisados até 25% (vinte e cinco por cento) na média geral, resultante dos benefícios da obra (asfalto). A homogeneização dos valores unitários dos elementos pesquisados no mercado imobiliário foi feita levando-se em consideração fatores ou características próprias de cada terreno que possam estar contribuindo para a formação do seu valor imobiliário. A relação dos proprietários dos imóveis da Rua Joaquim Cardoso Teixeira; a dimensão dos imóveis (área), o comprimento da testada, o valor venal territorial e o valor venal territorial considerado após a obra são os seguintes:

22 PREFEITURA MUNICIPAL DE GUARAPUAVA SECRETARIA MUNICIPAL DE FINANÇAS DEPARTAMENTO DE RECEITA DIVISÃO DE AVALIAÇÃO TABELA I VALOR ATUALIZADO COM BASE NO VALOR DE MERCADO. PROPRIETARIOS/CONTRIBUINTES Nº CONTROLE TESTADA (METRO LINEAR) ÁREA DO TERRENO TOTAL/M ² VALOR TERRITORIAL/ ANTES DA MELHORIA EM REAIS VALOR TERRITORIAL/ DEPOIS DA MELHORIA EM REAIS VALORIZAÇÃO INDIVIDUAL MILTON JOSE BORTOLANZA , , , , ,00 NADIR MARQUES DE JESUS ,00 152, , , ,00 ADMILSON JOSE FOGAÇA ,00 210, , , ,00 NILTON BALDIN , , , , ,00 JAIME LUIZ LOZOVE ,00 560, , , ,00 MILTON JOSÉ BORTOLANZA , , , , ,00 PEDRO DA SILVA GARAIS ,00 480, , , ,00 TOTAL 200, , , , ,00

23 PREFEITURA MUNICIPAL DE GUARAPUAVA SECRETARIA MUNICIPAL DE FINANÇAS DEPARTAMENTO DE RECEITA DIVISÃO DE AVALIAÇÃO Esta é a AVALIAÇÃO/ PARECER TÉCNICO DE VALOR DE MERCADO, com projeções de valorizações média considerada é de 25%(vinte e cinco por cento) sobre os preços atuais. Salvo melhor juízo, firmo a presente. Guarapuava/PR, em 24 de Junho de Zoraide T. Nogueira de Almeida Avaliador/Matrícula nº Creci/PR nº

24 PREFEITURA MUNICIPAL DE GUARAPUAVA SECRETARIA MUNICIPAL DE FINANÇAS DEPARTAMENTO DE RECEITA DIVISÃO DE AVALIAÇÃO EDITAL Nº 07/ ANEXO III AVALIAÇÃO IMOBILIÁRIA Eu, Zoraide T. Nogueira de Almeida, avaliadora imobiliária do Município devidamente habilitada e designada através do Decreto nº 2691/2012 de 06 de setembro de 2012, ao final assinada, no uso das atribuições que a mim foram conferidas, procedo à avaliação dos imóveis localizados na Rua Minas Gerais, no bairro Dos Estados, zona urbana do Município de Guarapuava, para fins de incidência da Contribuição de Melhoria. A estimativa de valorização pela execução da obra (asfalto), leva em consideração a valorização média apurada em decorrência de obras desta natureza dentro do Município de Guarapuava, considerando-se apenas a avaliação do valor do terreno, sem as devidas edificações. A apuração da valorização imobiliária dos terrenos decorrentes da obra pública foi feita a partir de pesquisa de preços no livre mercado imobiliário aplicando-se o método comparativo direto, pois os valores constantes do Cadastro Imobiliário do Município estão desatualizados com os praticados pelo mercado imobiliário. O valor unitário final foi resultante da média sacada dos valores unitários homogeneizados dos elementos pesquisados até 25% (vinte e cinco por cento) na média geral, resultante dos benefícios da obra (asfalto). A homogeneização dos valores unitários dos elementos pesquisados no mercado imobiliário foi feita levando-se em consideração fatores ou características próprias de cada terreno que possam estar contribuindo para a formação do seu valor imobiliário. A relação dos proprietários dos imóveis da Rua Minas Gerais; a dimensão dos imóveis (área), o comprimento da testada, o valor venal territorial e o valor venal territorial considerado após a obra são os seguintes:

25 PREFEITURA MUNICIPAL DE GUARAPUAVA SECRETARIA MUNICIPAL DE FINANÇAS DEPARTAMENTO DE RECEITA DIVISÃO DE AVALIAÇÃO TABELA I VALOR ATUALIZADO COM BASE NO VALOR DE MERCADO. PROPRIETARIOS/CONTRIBUINTES Nº CONTROLE TESTADA (METRO LINEAR) ÁREA DO TERRENO TOTAL/M² VALOR TERRITORIAL/ ANTES DA MELHORIA EM REAIS VALOR TERRITORIAL/ DEPOIS DA MELHORIA EM REAIS VALORIZA ÇÃO INDIVIDUA L PROPRIETARIO LOTEAMENTO/QUEM DE , , , , ,00 DIREITO MERCIA A. GUIMARAES PCHEGOSKI ,00 750, , , ,00 JULIA FERNANDES ,00 750, , , ,00 TABERNACULO JERUSALEM ,00 750, , , ,00 DAVID SOUZA MORENO JUNIOR(PREF.M) ,10 243, , , ,00 JOSELI MARIA PADILHA DO PARANA E ,00 375, , , ,00 OUTRO ALCINDO DE OLIVEIRA ,00 600, , , ,00 3D INVESTIMENTOS E PARTICIPAÇÕES , , , , ,00 JOAO MARIA ALMEIDA ,00 380, , , ,00 MARCIA APARECIDA SILVA NOGUEIRA ,00 350, , , ,00 TOTAL 238, , , , ,00

26 PREFEITURA MUNICIPAL DE GUARAPUAVA SECRETARIA MUNICIPAL DE FINANÇAS DEPARTAMENTO DE RECEITA DIVISÃO DE AVALIAÇÃO Esta é a AVALIAÇÃO/ PARECER TÉCNICO DE VALOR DE MERCADO, com projeções de valorizações média considerada é de 25%(vinte e cinco por cento) sobre os preços atuais. Salvo melhor juízo, firmo a presente. Guarapuava/PR, em 24 de Junho de Zoraide T. Nogueira de Almeida Avaliador/Matrícula nº Creci/PR nº

27 FÓRMULAS DE CÁLCULOS DA CONTRIBUIÇÃO DE MELHORIA EDITAL Nº 07/2015 Critério de Repartição do Tributo Rua Rio Grande do Norte Para determinar o valor da Contribuição de Melhoria a ser atribuída a cada contribuinte, serão aplicadas as seguintes formulas: a) Rateio do Custo da Obra: COR ,72 RCO = x AB (TI X LR) RCO= X 7,00m. RCO= R$ 59,12 X 7,00 = 413,83 X 53,16% = R$ 220,00m/l testada. ATP 2.756,00 Extensão: 350,00m. proprietários + 41,00m. prefeitura = 391,00m. Imprimação (área total pavimentada) =2.756,00m 2 onde: RCO = Rateio do Custo da Obra COR = Custo da Obra a ser Ressarcido pelo Contribuinte ATP = Área Total Pavimentada AB = Área Beneficiada TI = Testada do Imóvel LR = Largura da Rua ou Pista de Rolamento = Sinal de somatória b) Valorização Imobiliária: VI = VVI x PVI onde: VI: Valorização Imobiliária; VVI : Valor Venal do Imóvel Territorial; PVI : Percentual de Valorização Imobiliária. c) Determinação do Valor da Contribuição de Melhoria Se "A" < "B" o valor do tributo será "A" Se "A" > "B" o valor do tributo será "B" onde: A: Rateio do Custo da Obra. B: Cálculo da Valorização Imobiliária. OBS: O valor da Contribuição de Melhoria será o menor valor, entre o obtido, pelo rateio do custo da obra e o da valorização imobiliária, agregada ao imóvel decorrente da realização da obra.

28 FÓRMULAS DE CÁLCULOS DA CONTRIBUIÇÃO DE MELHORIA EDITAL Nº 07/2015 Critério de Repartição do Tributo Rua Joaquim Cardoso Teixeira Para determinar o valor da Contribuição de Melhoria a ser atribuída a cada contribuinte, serão aplicadas as seguintes formulas: a) Rateio do Custo da Obra: COR ,66 RCO = x AB (TI X LR) RCO= X 7,00m. RCO= R$ 51,48 X 7,00 = 360,36 X 61,05% = R$ 220,00m/l testada. ATP 779,00 Extensão: 100,00m. proprietários + 11,00m. prefeitura = 111,00m. Imprimação (área total pavimentada) =779,00m 2 onde: RCO = Rateio do Custo da Obra COR = Custo da Obra a ser Ressarcido pelo Contribuinte ATP = Área Total Pavimentada AB = Área Beneficiada TI = Testada do Imóvel LR = Largura da Rua ou Pista de Rolamento = Sinal de somatória b) Valorização Imobiliária: VI = VVI x PVI onde: VI: Valorização Imobiliária; VVI : Valor Venal do Imóvel Territorial; PVI : Percentual de Valorização Imobiliária. c) Determinação do Valor da Contribuição de Melhoria Se "A" < "B" o valor do tributo será "A" Se "A" > "B" o valor do tributo será "B" onde: A: Rateio do Custo da Obra. B: Cálculo da Valorização Imobiliária. OBS: O valor da Contribuição de Melhoria será o menor valor, entre o obtido, pelo rateio do custo da obra e o da valorização imobiliária, agregada ao imóvel decorrente da realização da obra.

29 FÓRMULAS DE CÁLCULOS DA CONTRIBUIÇÃO DE MELHORIA EDITAL Nº 07/2015 Critério de Repartição do Tributo Rua Minas Gerais Para determinar o valor da Contribuição de Melhoria a ser atribuída a cada contribuinte, serão aplicadas as seguintes formulas: a) Rateio do Custo da Obra: COR ,47 RCO = x AB (TI X LR) RCO= X 7,00m. RCO= R$ 98,70 X 7,00 = 690,90 X 31,84% = R$ 220,00m/l testada. ATP 840,00 Extensão: 110,00m. proprietários + 10,00m. prefeitura = 120,00m. Imprimação (área total pavimentada) =840,00m 2 onde: RCO = Rateio do Custo da Obra COR = Custo da Obra a ser Ressarcido pelo Contribuinte ATP = Área Total Pavimentada AB = Área Beneficiada TI = Testada do Imóvel LR = Largura da Rua ou Pista de Rolamento = Sinal de somatória b) Valorização Imobiliária: VI = VVI x PVI onde: VI: Valorização Imobiliária; VVI : Valor Venal do Imóvel Territorial; PVI : Percentual de Valorização Imobiliária. c) Determinação do Valor da Contribuição de Melhoria Se "A" < "B" o valor do tributo será "A" Se "A" > "B" o valor do tributo será "B" onde: A: Rateio do Custo da Obra. B: Cálculo da Valorização Imobiliária. OBS: O valor da Contribuição de Melhoria será o menor valor, entre o obtido, pelo rateio do custo da obra e o da valorização imobiliária, agregada ao imóvel decorrente da realização da obra.

Edital de Contribuição de Melhorias Nº 07/2016

Edital de Contribuição de Melhorias Nº 07/2016 Edital de Contribuição de Melhorias Nº 07/2016 O MUNICÍPIO DE GUARAPUAVA, estado do Paraná, em cumprimento da Lei 1108/01 de 28 de dezembro de 2001, Código Tributário Municipal, e demais disposições legais

Leia mais

EDITAL DE CONTRIBUIÇÃO DE MELHORIA 002/2011

EDITAL DE CONTRIBUIÇÃO DE MELHORIA 002/2011 EDITAL DE CONTRIBUIÇÃO DE MELHORIA 002/2011 JUAREZ ALVES DA COSTA, PREFEITO MUNICIPAL DE SINOP, ESTADO DE MATO GROSSO, no uso de suas atribuições legais e atendendo ao que dispõe a Constituição Federal,

Leia mais

ANEXO II LAUDO DE AVALIAÇÃO

ANEXO II LAUDO DE AVALIAÇÃO ANEXO II LAUDO DE AVALIAÇÃO 1. OBJETIVO E FINALIDADE DO PARECER Este laudo de avaliação tem o objetivo único de estimar a valorização imobiliária decorrente das obras públicas de pavimentação a serem realizadas

Leia mais

OBJETO: Valorização Imobiliária decorrente de pavimentação Zona Urbana de Santa Cruz do Sul - RS

OBJETO: Valorização Imobiliária decorrente de pavimentação Zona Urbana de Santa Cruz do Sul - RS SOLICITANTE: PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA CRUZ DO SUL OBJETO: Valorização Imobiliária decorrente de pavimentação Zona Urbana de Santa Cruz do Sul - RS 1. OBJETIVO E FINALIDADE DO PARECER Este laudo de

Leia mais

EDITAL DE CONTRIBUIÇÃO DE MELHORIA Nº 110/2013

EDITAL DE CONTRIBUIÇÃO DE MELHORIA Nº 110/2013 EDITAL DE CONTRIBUIÇÃO DE MELHORIA Nº 110/2013 O MUNICÍPIO DE VENÂNCIO AIRES, Estado do Rio Grande do Sul, através do Prefeito Municipal, AIRTON LUIZ ARTUS, no uso de suas atribuições legais conferidas

Leia mais

LAUDO DE AVALIAÇÃO. Conforme projeto zona beneficiada (anexo 02). Conforme projeto pavimentação planimétrico (anexo 03).

LAUDO DE AVALIAÇÃO. Conforme projeto zona beneficiada (anexo 02). Conforme projeto pavimentação planimétrico (anexo 03). LAUDO DE AVALIAÇÃO 1.0 - OBJETO Constitui-se objeto da presente avaliação, a determinação de valores dos terrenos frontais à Rua XV de Novembro, que receberam melhoria na sua estrutura, com pavimentação

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Município de Venâncio Aires

Estado do Rio Grande do Sul Município de Venâncio Aires EDITAL DE LANÇAMENTO DE CONTRIBUIÇÃO DE MELHORIA Nº 073/2014 Bairros Cidade Alta e Cidade Nova (Vinculado ao edital de execução da Obra nº 110/2013) O MUNICÍPIO DE VENÂNCIO AIRES, Estado do Rio Grande

Leia mais

PAVIMENTAÇÃO A BASE DE LAJOTAS BAIRRO SANTA ANA - FORQUILHINHA SC MEMORIAL DESCRITIVO

PAVIMENTAÇÃO A BASE DE LAJOTAS BAIRRO SANTA ANA - FORQUILHINHA SC MEMORIAL DESCRITIVO OBRA: LOCAL: PAVIMENTAÇÃO A BASE DE LAJOTAS RUA ELDORADO BAIRRO SANTA ANA - FORQUILHINHA SC MEMORIAL DESCRITIVO 1 OBJETIVO O presente memorial descritivo tem o objetivo de orientar os serviços e especificar

Leia mais

ORÇAMENTO 298,96. 4.981,42 2.105,60 2.3 Tubo concreto simples classe - PS2 PB NBR-8890 DN 400mm p/ águas m 193,00 11,00

ORÇAMENTO 298,96. 4.981,42 2.105,60 2.3 Tubo concreto simples classe - PS2 PB NBR-8890 DN 400mm p/ águas m 193,00 11,00 Data de referência 1-fev-14 ORÇAMENTO Agente Promotor / Proponente Prefeitura Municipal de Correia Pinto Empreendimento Pavimentação Asfaltica, Drenagem Pluvial e Sinalização Viária da Rua Braz Manoel

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE BOMBINHAS PROJETO PAVIMENTAÇÃO COM LAJOTAS SEXTAVADAS E DRENAGEM PLUVIAL RUA CANGERANA

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE BOMBINHAS PROJETO PAVIMENTAÇÃO COM LAJOTAS SEXTAVADAS E DRENAGEM PLUVIAL RUA CANGERANA - 1 - PROJETO PAVIMENTAÇÃO COM LAJOTAS SEXTAVADAS E DRENAGEM PLUVIAL RUA CANGERANA MUNICÍPIO DE BOMBINHAS - SC PROJETO: AMFRI Associação dos Municípios da Região da Foz do Rio Itajaí Carlos Alberto Bley

Leia mais

MEMORIAL DE CÁLCULO DOS QUANTITATIVOS

MEMORIAL DE CÁLCULO DOS QUANTITATIVOS PREFEITURA MUNICIPAL DE ASCURRA ESTADO DE SANTA CATARINA CNPJ: 83.102.772/0001-61 MEMORIAL DE CÁLCULO DOS QUANTITATIVOS OBRA: Pavimentação de Rua e Calçada PROPRIETÁRIO: Prefeitura Municipal de Ascurra

Leia mais

fl: 01 OBRA: TRECHO: EXTENSÃO: TOTAL DO ITEM: 1.1 R$ 322.651,12

fl: 01 OBRA: TRECHO: EXTENSÃO: TOTAL DO ITEM: 1.1 R$ 322.651,12 ANEXO VII - RUA 24 DE MAIO 637 metros (ETAPAS DO CONCEDENTE) 1 1.1 PAVIMENTO RUA 24 DE MAIO 1.1.1 TERRAPLANAGEM 8.475,72 1.1.1.1 Escavação Carga e Transporte mat.1ª Cat.c/ Escavadeira 1.200

Leia mais

O contribuinte do IPTU é o proprietário do imóvel, o titular do seu domínio útil ou o seu possuidor, a qualquer título.

O contribuinte do IPTU é o proprietário do imóvel, o titular do seu domínio útil ou o seu possuidor, a qualquer título. IMPOSTO PREDIAL E TERRITORIAL URBANO IPTU FATO GERADOR E INCIDÊNCIA O Imposto Predial e Territorial Urbano - IPTU tem como fato gerador a propriedade, o domínio útil ou posse de todo e qualquer bem imóvel

Leia mais

Indicação Nº..., de... ( Do Senhor Carlos Abicalil)

Indicação Nº..., de... ( Do Senhor Carlos Abicalil) Indicação Nº..., de... ( Do Senhor Carlos Abicalil) Sugere, ao Ministro de Estado dos Transportes, Anderson Adauto a edição de decreto regulamentando a Contribuição de Melhoria, instituída pelo Decreto-lei

Leia mais

IPTU 2014: CONTRIBUINTES SOTEROPOLITANOS EM ESTADO DE ALERTA

IPTU 2014: CONTRIBUINTES SOTEROPOLITANOS EM ESTADO DE ALERTA IPTU 2014: CONTRIBUINTES SOTEROPOLITANOS EM ESTADO DE ALERTA Não é de hoje que os contribuintes, especialmente os soteropolitanos, se queixam do valor pago a título de IPTU, por ser visível a deficiente

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DE PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA C.B.U.Q.

MEMORIAL DESCRITIVO DE PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA C.B.U.Q. MEMORIAL DESCRITIVO DE PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA C.B.U.Q. Inter.: PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE CATANDUVA. 1. PESQUISA: Os logradouros contemplados com a pavimentação asfáltica deverão ser objeto de análise

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. * escavação dos materiais constituintes do terreno natural até o greide de terraplenagem indicado no projeto;

MEMORIAL DESCRITIVO. * escavação dos materiais constituintes do terreno natural até o greide de terraplenagem indicado no projeto; MEMORIAL DESCRITIVO Município: Piratini/RS Local da obra: Rua 24 de Maio, Rua Princesa Isabel e Rua Rui Ramos. Área total: 12.057,36 m² 1) Introdução: O presente Memorial Descritivo tem por finalidade

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL E POLÍTICA URBANA

SECRETARIA DE ESTADO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL E POLÍTICA URBANA SECRETARIA DE ESTADO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL E POLÍTICA URBANA ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE PARCELAMENTO DO SOLO LOTEAMENTOS E DESMEMBRAMENTOS 04 vias do processo contendo na capa o número

Leia mais

LAUDO TÉCNICO DE AVALIAÇÃO. Rua Riachuelo, 547. Pirassununga/SP. Conselho do Patrimônio Imobiliário. Coordenada Geográfica: 21 59 31,2 S, 47 25 39,8 W

LAUDO TÉCNICO DE AVALIAÇÃO. Rua Riachuelo, 547. Pirassununga/SP. Conselho do Patrimônio Imobiliário. Coordenada Geográfica: 21 59 31,2 S, 47 25 39,8 W LAUDO TÉCNICO DE AVALIAÇÃO Rua Riachuelo, 547 Pirassununga/SP Conselho do Patrimônio Imobiliário Coordenada Geográfica: 21 59 31,2 S, 47 25 39,8 W 2 FICHA CADASTRAL DO IMÓVEL 1. VALOR TOTAL DO IMÓVEL (R$):

Leia mais

Prefeitura Municipal De Belém Gabinete do Prefeito

Prefeitura Municipal De Belém Gabinete do Prefeito LEI N.º 7.934, DE 29 DE DEZEMBRO DE 1998 Dispõe sobre alterações na legislação tributária municipal e dá outras providências. seguinte lei: A Câmara Municipal de Belém estatui e eu sanciono a Art. 1 o

Leia mais

RESIDENCIAL SANTA MONICA MEMORIAL DESCRITIVO ANEXO I

RESIDENCIAL SANTA MONICA MEMORIAL DESCRITIVO ANEXO I RESIDENCIAL SANTA MONICA MEMORIAL DESCRITIVO ANEXO I CONTRATO N.º ANEXO I MEMORIAL DESCRITIVO DO RESIDENCIAL SANTA MÔNICA A INFRAESTRUTURA DE IMPLANTAÇÃO DO LOTEAMENTO RESIDENCIAL SANTA MONICA OBEDECERÁ

Leia mais

LEI Nº 5.196. Disciplina a cobrança do IPTU, estimula a criação de loteamentos, e dá outras providências.

LEI Nº 5.196. Disciplina a cobrança do IPTU, estimula a criação de loteamentos, e dá outras providências. LEI Nº 5.196 Disciplina a cobrança do IPTU, estimula a criação de loteamentos, e dá outras providências. O POVO DE PELOTAS, ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, POR SEU PREFEITO, FAZ SABER QUE SUA CÂMARA MUNICIPAL

Leia mais

PC 14_Planilha_Rua Israel O.da Silva.xls

PC 14_Planilha_Rua Israel O.da Silva.xls ESTIMATIVA DE CUSTO PONTOS CRÍTICOS: RUA ISRAEL OLIVEIRA DA SILVA. 01 - SERVIÇOS PRELIMINARES 0,00 01.01 - Instalação do canteiro, fornecimento de placas indicativas Un 0,00 0,00 0,00 01.02 - Serviços

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO OBRA CALÇAMENTO - PAVIMENTAÇÃO COM PEDRAS IRREGULARES NO PERIMETRO URBANO DE SÃO JOSE DO INHACORA

MEMORIAL DESCRITIVO OBRA CALÇAMENTO - PAVIMENTAÇÃO COM PEDRAS IRREGULARES NO PERIMETRO URBANO DE SÃO JOSE DO INHACORA estado do rio grande do sul PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DO INHACORÁ MEMORIAL DESCRITIVO OBRA CALÇAMENTO - PAVIMENTAÇÃO COM PEDRAS IRREGULARES NO PERIMETRO URBANO DE SÃO JOSE DO INHACORA COORDENADAS:

Leia mais

VALOR (R$) - c/ BDI 12.675.927,42 74,64% 15.818.304,02 74,67% 4.307.581,46 25,36% 5.366.018,71 25,33% 16.983.508,88 21.184.322,73

VALOR (R$) - c/ BDI 12.675.927,42 74,64% 15.818.304,02 74,67% 4.307.581,46 25,36% 5.366.018,71 25,33% 16.983.508,88 21.184.322,73 LOCAL OBRA : RIO VERDE : CANALIZAÇÃO E PISTAS MARGINAIS - CÓRREGO SAPO R E S U M O D O O R Ç A M E N T O SERVIÇO VALOR (R$) - s/ % VALOR (R$) - c/ % 1.0 - CANAL 1.1 - TERRAPLENAGEM... 5.269.441,44 31,03%

Leia mais

LAUDO TÉCNICO DE AVALIAÇÃO

LAUDO TÉCNICO DE AVALIAÇÃO LAUDO TÉCNICO DE AVALIAÇÃO Rua Dr. Gerônimo Monteiro Lopes, 373, 383, 389 e 393 (Antiga Rua Projetada, 5 Lotes 230, 231 e 232) Vila São Francisco Registro / SP Conselho do Patrimônio Imobiliário 1. VALOR

Leia mais

Manual de Avaliação de Imóveis

Manual de Avaliação de Imóveis Versão 1.0 Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor (es) 29/07/1989 1.0 Documento inicial João da Silva Assessoria de Tecnologia da Informação, 2008 Página 2 de 31 Assessoria de Tecnologia da Informação,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VIANA ESTADO DO ESPÍRITO SANTO Gabinete do Prefeito DECRETO Nº 286/2014

PREFEITURA MUNICIPAL DE VIANA ESTADO DO ESPÍRITO SANTO Gabinete do Prefeito DECRETO Nº 286/2014 DECRETO Nº 286/2014 Dispõe sobre o recadastramento imobiliário do município de Viana. O PREFEITO MUNICIPAL, Estado do Espírito Santo, no uso de suas atribuições legais que lhe conferem a Lei Orgânica do

Leia mais

LEI Nº 693/2006 DE 27 DE DEZEMBRO DE 2006.-

LEI Nº 693/2006 DE 27 DE DEZEMBRO DE 2006.- LEI Nº 693/2006 DE 27 DE DEZEMBRO DE 2006.- DISPÕE SOBRE A CONTRIBUIÇÃO DE MELHORIA, REVOGA ARTIGOS DA LEI Nº 094/93, DE 28 DE DEZEMBRO DE 1993 E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. ABÍLIO GRAEF, PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 023/14 DE 14 DE MAIO DE 2015. AUTORIA DO PODER EXECUTIVO

PROJETO DE LEI Nº 023/14 DE 14 DE MAIO DE 2015. AUTORIA DO PODER EXECUTIVO PROJETO DE LEI Nº 023/14 DE 14 DE MAIO DE 2015. AUTORIA DO PODER EXECUTIVO CUMPRE O DISPOSTO NO PARAGRAFO ÚNICO, DO ART. 265, DO CTM NO QUE TRATA DA CONTRIBUIÇÃO DE MELHORIA CM, E DÁ OUTRAS PROVIDENCIAS.

Leia mais

DECRETO Nº 18.885, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2014.

DECRETO Nº 18.885, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2014. DECRETO Nº 18.885, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2014. Estabelece o Calendário Fiscal de Arrecadação dos Tributos Municipais, o valor da Unidade Financeira Municipal (UFM) e os preços do metro quadrado de terrenos

Leia mais

LEI nº 1261/2013, DE 11/01/2013

LEI nº 1261/2013, DE 11/01/2013 LEI nº 1261/2013, DE 11/01/2013 Disciplina a cobrança da CONTRIBUIÇÃO DE MELHORIA no Município de Fazenda Vilanova e dá outras providências. PEDRO ANTONIO DORNELLES, PREFEITO MUNICIPAL DE FAZENDA VILANOVA,

Leia mais

PARA FINS TRIBUTÁRIOS

PARA FINS TRIBUTÁRIOS AVALIAÇÃO DE IMÓVEIS PARA FINS TRIBUTÁRIOS RIOS SEMINÁRIO INTERNACIONAL O PAPEL DOS TRIBUTOS IMOBILIÁRIOS PARA O FORTALECIMENTO DOS MUNICÍPIOS Fortaleza/CE - Março/2006 Eng. Civil Carlos Etor Averbeck

Leia mais

O Prefeito Municipal de Resende, no exercício das atribuições, que lhe são conferidas pela Lei Orgânica do Município, em seu artigo 74, inciso XV,

O Prefeito Municipal de Resende, no exercício das atribuições, que lhe são conferidas pela Lei Orgânica do Município, em seu artigo 74, inciso XV, DECRETO Nº 5218 DE 09 DE NOVEMBRO DE 2011. EMENTA: Regulamenta os procedimentos de declaração, avaliação, emissão de guias de recolhimento, processo de arbitramento e a instauração do contencioso fiscal

Leia mais

LAUDO TÉCNICO DE AVALIAÇÃO DE IMÓVEL

LAUDO TÉCNICO DE AVALIAÇÃO DE IMÓVEL CPOS 0380/2008 A 109 CPI CPI 2843/2009 LAUDO TÉCNICO DE AVALIAÇÃO DE IMÓVEL Av. São Paulo x Av. Atlântica - Lotes 19 e 20 Quadra 6 Bairro Vila Atlântica Mongaguá SP CPI Conselho do Patrimônio Imobiliário

Leia mais

ESTADO DE SERGIPE PODER EXECUTIVO Governo do Município de Tobias Barreto

ESTADO DE SERGIPE PODER EXECUTIVO Governo do Município de Tobias Barreto LEI Nº 778/2004 De 14 de dezembro de 2004 Gabinete do Prefeito Lei Ordinária Sancionada em 14 de dezembro 2004 EMENTA - Dispõe sobre a Contribuição de Melhoria, e dá outras providências. Doutor Esdras

Leia mais

IPTU 2013 Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana

IPTU 2013 Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana IPTU 2013 Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana PERGUNTAS E RESPOSTAS 1 - Qual é a base de cálculo do IPTU? A base de cálculo do IPTU é o valor venal do imóvel. 2 - O que é valor venal?

Leia mais

ELABORAÇÃO DE PROJETO EXECUTIVO DE ENGENHARIA DE DUPLICAÇÃO, RESTAURAÇÃO E MELHORAMENTOS DA RODOVIA BR-381/MG

ELABORAÇÃO DE PROJETO EXECUTIVO DE ENGENHARIA DE DUPLICAÇÃO, RESTAURAÇÃO E MELHORAMENTOS DA RODOVIA BR-381/MG DNIT - SREMG João Monlevade - 28/06/2012 ELABORAÇÃO DE PROJETO EXECUTIVO DE ENGENHARIA DE DUPLICAÇÃO, RESTAURAÇÃO E MELHORAMENTOS DA RODOVIA BR-381/MG RODOVIA: BR-381MG TRECHO: DIVISA ES/MG - DIV. MG/SP

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA SRF Nº 23, de 25.03.83.

INSTRUÇÃO NORMATIVA SRF Nº 23, de 25.03.83. INSTRUÇÃO NORMATIVA SRF Nº 23, de 25.03.83. Altera normas para a apuração e tributação do lucro nas atividades de compra e venda, loteamento, incorporação e construção de imóveis estabelecidas pela Instrução

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM EM ATERRO SOBRE SOLO MOLE E DRENAGEM SUB-SUPERFICIAL CAMPOS ELÍSEOS, DUQUE DE CAXIAS RJ

UTILIZAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM EM ATERRO SOBRE SOLO MOLE E DRENAGEM SUB-SUPERFICIAL CAMPOS ELÍSEOS, DUQUE DE CAXIAS RJ UTILIZAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM EM ATERRO SOBRE SOLO MOLE E DRENAGEM SUB-SUPERFICIAL CAMPOS ELÍSEOS, DUQUE DE CAXIAS RJ Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Distribuidor: Geomaks Comércio de Geossintéticos

Leia mais

Informativo sobre Feirão de imóveis

Informativo sobre Feirão de imóveis Informativo sobre Feirão de imóveis 2013 Realização: PROCON Campinas - DICAS DE AQUISIÇÃO DE IMÓVEIS: 1- Pesquise o preço do imóvel Se for o caso, procure outros imóveis à venda no mesmo prédio, condomínio

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DA FAIXA DE DOMÍNIO Autorização para Implantação de Ductos para Petróleo, Combustíveis Derivados e Etanol.

ADMINISTRAÇÃO DA FAIXA DE DOMÍNIO Autorização para Implantação de Ductos para Petróleo, Combustíveis Derivados e Etanol. fls. 1/5 ÓRGÃO: DIRETORIA DE ENGENHARIA MANUAL: ADMINISTRAÇÃO DA FAIXA DE DOMÍNIO Autorização para Implantação de Ductos para Petróleo, Combustíveis Derivados e Etanol. PALAVRAS-CHAVE: Faixa de Domínio,

Leia mais

A lei de incentivos fiscais de Campinas

A lei de incentivos fiscais de Campinas A lei de incentivos fiscais de Campinas Lei 12.802/06 com as alterações formuladas na Lei 12.653/06: A Câmara Municipal aprovou e eu, Prefeito do Município de Campinas, sanciono e promulgo a seguinte lei:

Leia mais

PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº 006/2010

PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº 006/2010 PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº 006/2010 INSTITUI A PLANTA GENÉRICA DE VALORES DO MUNICÍPIO DEFINE CRITÉRIOS PARA LANÇAMENTO DO IMPOSTO PREDIAL E TERRITORIAL URBANO, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O Prefeito

Leia mais

PORTARIA GSF N 38/2013 Teresina (PI), 10 de junho de 2013.

PORTARIA GSF N 38/2013 Teresina (PI), 10 de junho de 2013. PORTARIA GSF N 38/2013 Teresina (PI), 10 de junho de 2013. Publicado no DOM n 1.528, de 14.06.2013 Dispõe sobre procedimentos para solicitações referentes ao Imposto Predial e Territorial Urbano - IPTU,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARAU

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARAU PREFEITURA MUNICIPAL DE MARAU SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO, FAZENDA E PLANEJAMENTO EDITAL N.01/2015 - Contribuição de Melhoria Branco, Lot. Girardi. Notifica os proprietários dos imóveis sobre

Leia mais

2- Qual é o fato gerador? O fato gerador do IPTU é a propriedade predial e territorial, assim como o seu domínio útil e a posse.

2- Qual é o fato gerador? O fato gerador do IPTU é a propriedade predial e territorial, assim como o seu domínio útil e a posse. 1- O que é? O IPTU é um tributo que incide sobre a propriedade imobiliária, incluindo todos os tipos de imóveis residências, prédios comerciais e industriais, terrenos e chácaras de recreio. 2- Qual é

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO Pavimentação Asfáltica

MEMORIAL DESCRITIVO Pavimentação Asfáltica PREFEITURA MUNICIPAL DE GALVÃO ESTADO DE SANTA CATARINA MEMORIAL DESCRITIVO Pavimentação Asfáltica Rua Manoel Lustosa Martins Julho 2015 MEMORIAL DESCRITIVO Obra: Execução de pavimentação asfáltica sobre

Leia mais

TRIBUTAÇÃO PELO IPTU: GEOINFORMAÇÃO E ATUALIZAÇÃO CADASTRAL

TRIBUTAÇÃO PELO IPTU: GEOINFORMAÇÃO E ATUALIZAÇÃO CADASTRAL TRIBUTAÇÃO PELO IPTU: GEOINFORMAÇÃO E ATUALIZAÇÃO CADASTRAL Lauro Marino Wollmann Agente Fiscal da Receita Municipal Secretaria da Fazenda - Porto Alegre Porto Alegre, 20 de novembro de 2014. Para exigir

Leia mais

CONCEITOS DE IMÓVEL RURAL: aplicações na Certificação e no Registro de Imóveis

CONCEITOS DE IMÓVEL RURAL: aplicações na Certificação e no Registro de Imóveis CONCEITOS DE IMÓVEL RURAL: aplicações na Certificação e no Registro de Imóveis RIDALVO MACHADO DE ARRUDA PROCURADOR FEDERAL (PFE-INCRA/PB) ESPECIALISTA EM DIREITO REGISTRAL IMOBILIÁRIO NO DIREITO AGRÁRIO

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA

MEMORIAL DESCRITIVO PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA MEMORIAL DESCRITIVO É OBRIGATÓRIO A EXECUÇÃO DOS ENSAIOS DE CONTROLE TECNOLÓGICO DAS OBRAS DE PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA, SENDO INDISPENSÁVEL À APRESENTAÇÃO DO LAUDO TÉCNICO DE CONTROLE TECNOLÓGICO E DOS RESULTADOS

Leia mais

ATA DE REUNIÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO URBANO E AMBIENTAL CONDURB, REALIZADA EM 23 DE SETEMBRO DE 2003.

ATA DE REUNIÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO URBANO E AMBIENTAL CONDURB, REALIZADA EM 23 DE SETEMBRO DE 2003. 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 Aos vinte e três dias de setembro de dois mil e três, foi realizada reunião extraordinária do Conselho Municipal de Desenvolvimento

Leia mais

LEI Nº 848/01 DE, 01 DE OUTUBRO 2.001.

LEI Nº 848/01 DE, 01 DE OUTUBRO 2.001. LEI Nº 848/01 DE, 01 DE OUTUBRO 2.001. INSTITUI A COTA DE CONTRIBUIÇÃO FINANCEIRA COMUNITÁRIA PARA ILUMINAÇÃO PÚBLICA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. A Câmara Municipal de Jaciara, Estado de Mato Grosso, no

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 251, De 26 de dezembro de 2005

LEI COMPLEMENTAR Nº 251, De 26 de dezembro de 2005 LEI COMPLEMENTAR Nº 251, De 26 de dezembro de 2005 ESTABELECE CRITÉRIOS PARA CÁLCULO DO IMPOSTO SOBRE SERVIÇOS DE QUALQUER NATUREZA - ISQN - NA CONSTRUÇÃO CIVIL. Faço saber a todos os habitantes do Município

Leia mais

DECRETO Nº 18.480, DE 6 DE DEZEMBRO DE 2013.

DECRETO Nº 18.480, DE 6 DE DEZEMBRO DE 2013. DECRETO Nº 18.480, DE 6 DE DEZEMBRO DE 2013. Estabelece o Calendário Fiscal de Arrecadação dos Tributos Municipais para o exercício de 2014. O PREFEITO MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE, no uso das atribuições

Leia mais

I) o custo de aquisição de terrenos ou prédios, inclusive os tributos devidos na aquisição e as despesas de legalização;

I) o custo de aquisição de terrenos ou prédios, inclusive os tributos devidos na aquisição e as despesas de legalização; 3 FORMAÇÃO DO CUSTO O custo dos imóveis vendidos compreenderá obrigatoriamente: I) o custo de aquisição de terrenos ou prédios, inclusive os tributos devidos na aquisição e as despesas de legalização;

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE TEIXEIRAS Estado de Minas Gerais Rua Antônio Moreira Barros, nº 101

PREFEITURA MUNICIPAL DE TEIXEIRAS Estado de Minas Gerais Rua Antônio Moreira Barros, nº 101 LEI MUNICIPAL N.º 1.163/2002, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2002. Estabelece o preço público para o uso e/ou a ocupação, como forma de remuneração do espaço territorial das zonas urbana e rural das vias públicas

Leia mais

MODELOS REFERIDOS NO ROTEIRO

MODELOS REFERIDOS NO ROTEIRO MODELOS REFERIDOS NO ROTEIRO 1 MODELO 01 (matrícula imprópria para o registro de loteamento por ferir o princípio da especialidade subjetiva e objetiva) Obs. Deverá o imóvel estar perfeitamente descrito

Leia mais

FAQ Perguntas Frequentes

FAQ Perguntas Frequentes FAQ Perguntas Frequentes Índice 01. Incorporação Imobiliária...3 02. Contrato...4 03. Pagamento e Boletos...5 04. Financiamento...6 05. Distrato e Transferência...8 06. Documentações...9 07. Instalação

Leia mais

Cota única e 1ª parcela 11-05-2015. 2ª parcela 10-06-2015. 3ª parcela 10-07-2015. 4ª parcela 10-08-2015. 5ª parcela 10-09-2015. 6ª parcela 13-10-2015

Cota única e 1ª parcela 11-05-2015. 2ª parcela 10-06-2015. 3ª parcela 10-07-2015. 4ª parcela 10-08-2015. 5ª parcela 10-09-2015. 6ª parcela 13-10-2015 INFORMAÇÕES REFERENTE AO LANÇAMENTO DO IPTU 2015. O lançamento e forma de pagamento do IPTU do ano de 2015, foi regulamentado pelo Decreto nº 5.714/2015 Para fins de lançamento do Imposto Predial e Territorial

Leia mais

ESTADO DO AMAZONAS MUNICÍPIO DE LÁBREA

ESTADO DO AMAZONAS MUNICÍPIO DE LÁBREA ESTADO DO AMAZONAS MUNICÍPIO DE LÁBREA GABINETE DO PREFEITO DECRETO MUNICIPAL Nº. 466/GPML - DE 14 DE JANEIRO DE 2013. Dispõe sobre o valor a ser cobrado no Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VENTANIA Estado do Paraná

PREFEITURA MUNICIPAL DE VENTANIA Estado do Paraná LEI Nº 591, DE 02 DE OUTUBRO DE 2012 AUTORIZA A DESAFETAÇÃO E A ALIENAÇÃO DE IMÓVEIS PARA FINS DE IMPLANTAÇÃO DE PARQUE INDUSTRIAL A EMPRESAS DEVIDAMENTE CONSTITUÍDAS NO MUNICÍPIO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

Leia mais

PORTARIA Nº 061/2006

PORTARIA Nº 061/2006 DOM 03.07.06 PORTARIA Nº 061/2006 Estabelece procedimentos para recolhimento do Imposto sobre a Transmissão Inter Vivos de Bens Imóveis ITIV conforme o Decreto nº 16.419, de 31 de março de 2006, e dá outras

Leia mais

Página 1 / 10PC 18 25_Planilha_Lagoa do Natal Shopping_Mirassol.xls

Página 1 / 10PC 18 25_Planilha_Lagoa do Natal Shopping_Mirassol.xls 01 - SERVIÇOS PRELIMINARES 0,00 01.01 - Instalação do canteiro, fornecimento de placas indicativas Un 0,00 0,00 0,00 01.02 - Serviços topográficos, locação e aconpanhamento Mês 0,00 0,00 0,00 01.02 - Elaboração

Leia mais

DIRETORIA DE ENGENHARIA. ADMINISTRAÇÃO DA FAIXA DE DOMÍNIO Autorização para implantação de oleodutos.

DIRETORIA DE ENGENHARIA. ADMINISTRAÇÃO DA FAIXA DE DOMÍNIO Autorização para implantação de oleodutos. fls. 1/5 ÓRGÃO: DIRETORIA DE ENGENHARIA MANUAL: ADMINISTRAÇÃO DA FAIXA DE DOMÍNIO Autorização para implantação de oleodutos. PALAVRAS-CHAVE: Faixa de Domínio, oleodutos. APROVAÇÃO EM: Portaria SUP/DER-

Leia mais

Requer a designação de leilão eletrônico, para venda do imóvel.

Requer a designação de leilão eletrônico, para venda do imóvel. EXMO.SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA VARA 7 CIVEL DO FORO REGIONAL DE SANTO AMARO - SP PROCESSO 4001924-21.2013.8.26.0002 IMACULADA MARIA DE JESUS ROSA, nos autos da ação ORDINARIA que move contra CARLOS A.

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul PREFEITURA MUNICIPAL DE ALMIRANTE TAMANDARÉ DO SUL MEMORIAL DESCRITIVO

Estado do Rio Grande do Sul PREFEITURA MUNICIPAL DE ALMIRANTE TAMANDARÉ DO SUL MEMORIAL DESCRITIVO MEMORIAL DESCRITIVO OBRA: CALÇAMENTO COM PEDRAS DE BASALTO IRREGULAR ÁREA: 4.990,99m² - CONTRATO 1016190.50 LOCAL: Rua Andina M. de Quadros, Dosalina M. de Quadros e Manoel Ferreira da Silva no Bairro

Leia mais

LAUDO TÉCNICO DE AVALIAÇÃO DE IMÓVEL

LAUDO TÉCNICO DE AVALIAÇÃO DE IMÓVEL LAUDO TÉCNICO DE AVALIAÇÃO DE IMÓVEL Rua Pernambuco, s/nº Lote 11 quadra O Jardim Pacaembu São Carlos/SP Conselho do Patrimônio Imobiliário COORDENADAS GEOGRÁFICAS: S 22.04565º W 47.894178º FICHA CADASTRAL

Leia mais

LEI Nº 3.926 DE 18 DE NOVEMBRO DE 2008

LEI Nº 3.926 DE 18 DE NOVEMBRO DE 2008 LEI Nº 3.926 DE 18 DE NOVEMBRO DE 2008 Autoriza o Poder Executivo Municipal a firmar Convênio com a CORSAN - Companhia Riograndense de Saneamento. DINO GIARETTA, Prefeito Municipal de Getúlio Vargas, Estado

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE AQUIRAZ Secretaria de Finanças e Execução Orçamentária

PREFEITURA MUNICIPAL DE AQUIRAZ Secretaria de Finanças e Execução Orçamentária INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 003/ 2013 Dispõe sobre a criação e funcionamento da comissão de avaliação de imóveis para fins de calculo do Imposto sobre transmissão inter-vivos de bens imóveis, e dá outras providências.

Leia mais

ESTUDO SOBRE A PLANTA GENÉRICA DE VALORES: ITBI DE BETIM

ESTUDO SOBRE A PLANTA GENÉRICA DE VALORES: ITBI DE BETIM ESTUDO SOBRE A PLANTA GENÉRICA DE VALORES: ITBI DE BETIM Betim/MG Novembro/2013 A Planta de Valores Genéricos é uma ferramenta indispensável para os municípios, tendo em vista que dela derivam informações

Leia mais

LAUDO TÉCNICO DE AVALIAÇÃO DE IMÓVEL. Conselho do Patrimônio Imobiliário

LAUDO TÉCNICO DE AVALIAÇÃO DE IMÓVEL. Conselho do Patrimônio Imobiliário LAUDO TÉCNICO DE AVALIAÇÃO DE IMÓVEL Imóvel rural denominado Barra do Rio dos Lobos localizado no Distrito de Lagoinha Barra do Chapéu-SP Conselho do Patrimônio Imobiliário Rua Tangará, 70 Vila Mariana

Leia mais

DECRETO Nº 45.013, DE 15 DE JULHO DE 2004. MARTA SUPLICY, Prefeita do Município de São Paulo, no uso das atribuições que lhe são conferidas por lei,

DECRETO Nº 45.013, DE 15 DE JULHO DE 2004. MARTA SUPLICY, Prefeita do Município de São Paulo, no uso das atribuições que lhe são conferidas por lei, DECRETO Nº 45.013, DE 15 DE JULHO DE 2004 Regulamenta a Lei nº 13.833, de 27 de maio de 2004, que dispõe sobre a criação do Programa de Incentivos Seletivos para a área leste do Município de São Paulo.

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAPITÃO - RS

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAPITÃO - RS PREFEITURA MUNICIPAL DE CAPITÃO - RS CAPEAMENTO DIVERSAS RUAS LOCAL: CAPITÃO - RS RUAS EXTENSÃO (m) LARGURA (m) CONCORDÂNCIAS (m2) CANTEIRO (m2) ÁREA TOTAL (m2) RUA 20 DE JULHO 221,00 9,50 4,00 2.103,50

Leia mais

http://devel.americana.sp.gov.br/americanav5/legislacao/lei_3115.html

http://devel.americana.sp.gov.br/americanav5/legislacao/lei_3115.html Page 1 of 5 LEI Nº 3.115, DE 05 DE DEZEMBRO DE 1997. Alterada pelas Leis nº 3.279, de 17/03/1999 e nº 3.611, de 26/12/2001 (Observar a Lei nº 3.502, de 26/12/2000 - Conversão dos valores expressos em unidades

Leia mais

ANEXO INSTRUÇÃO NORMATIVA SPU - 001

ANEXO INSTRUÇÃO NORMATIVA SPU - 001 ANEXO INSTRUÇÃO NORMATIVA SPU - 001 FUNDAMENTAÇÃO LEGAL A presente Instrução Normativa obedece ao disposto no 3º, art. 3º do Decreto Lei nº 2.398, de 21 de dezembro de 1987, Lei nº 5.194, de 24 de dezembro

Leia mais

Departamento de Estradas e Rodagem de Minas Gerais

Departamento de Estradas e Rodagem de Minas Gerais Departamento de Estradas e Rodagem de Minas Gerais Diretoria de Infra-Estrutura Manual de Fiscalização de Obras e Vias Rurais Rodovia: Contrato: Lista de Verificação das Principais Atividades do Eng. Fiscal

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO SECRETARIA MUNICIPAL DE FINANÇAS CONSELHO MUNICIPAL DE TRIBUTOS RELATÓRIO

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO SECRETARIA MUNICIPAL DE FINANÇAS CONSELHO MUNICIPAL DE TRIBUTOS RELATÓRIO DECISÃO PARADIGMÁTICA NÚMERO 1.000.013 Folha 1 / 10 RELATÓRIO Trata-se de Recurso Ordinário tempestivamente interposto em face do despacho de 1ª instância administrativa, que indeferiu a impugnação do

Leia mais

Instituto Brasileiro de Engenharia de Custos

Instituto Brasileiro de Engenharia de Custos Instituto Brasileiro de Engenharia de Custos 1º Fórum Brasileiro de Custos de Obras Públicas Metodologia de Cálculo Orientação Técnica para Cálculo do Preço de Referência em Licitações de Obras Públicas

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO DO DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS. 4º TA ao CO Nº 001/PGJ/MPDFT/2008

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO DO DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS. 4º TA ao CO Nº 001/PGJ/MPDFT/2008 MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO DO DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS 4º TA ao CO Nº 001/PGJ/MPDFT/2008 PROCESSOS Nº 08190.122159/09-26 E Nº 08190.145652/09-79 QUARTO TERMO ADITIVO AO CONTRATO

Leia mais

ANEXO I PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO FLORIDO MINAS GERAIS CÓDIGO TRIBUTÁRIO DO MUNICÍPIO DE CAMPO FLORIDO LEI Nº 710/98

ANEXO I PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO FLORIDO MINAS GERAIS CÓDIGO TRIBUTÁRIO DO MUNICÍPIO DE CAMPO FLORIDO LEI Nº 710/98 ANEXO I PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO FLORIDO MINAS GERAIS CÓDIGO TRIBUTÁRIO DO MUNICÍPIO DE CAMPO FLORIDO LEI Nº 710/98 PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO FLORIDO MINAS GERAIS LEI Nº 710/1998 INSTITUI O SISTEMA

Leia mais

IPTU: RECLAMAÇÃO E REVISÃO DO LANÇAMENTO

IPTU: RECLAMAÇÃO E REVISÃO DO LANÇAMENTO IPTU: RECLAMAÇÃO E REVISÃO DO LANÇAMENTO Elaborado em 02.2008. José Hable Auditor tributário da Secretaria de Fazenda do Distrito Federal, graduado em Agronomia pela UFPR, Administração de Empresas pela

Leia mais

CAMARA MUNICIPAL DE. Recebi em Q*>/\) \ C KJeidèS. Mayer Diritora de Planado e Apolo as Sessões

CAMARA MUNICIPAL DE. Recebi em Q*>/\) \ C KJeidèS. Mayer Diritora de Planado e Apolo as Sessões CAMARA MUNICIPAL DE Recebi em Q*>/\) \ C KJeidèS. Mayer Diritora de Planado e Apolo as Sessões ANTEPROJETO DE LEI N \23 \ J~ >J /2014 A^i ESTABELECE VALORES VENAIS DOS IMÓVEIS URBANOS QUE SERVIRÃO DE BASE

Leia mais

Garbulho Peritagens Judiciais

Garbulho Peritagens Judiciais L a u d o d e A v a l i a ç ã o Solicitante: Sicredi União Centro Norte Paulista Araraquara SP. Natalino Garbulho Júnior Inscrito no C.R.C. sob nº 1SP181480-O Rua Teodolina Modena Cocca nº 85 ap. 171 Vila

Leia mais

LAUDO TÉCNICO DE AVALIAÇÃO DE IMÓVEL

LAUDO TÉCNICO DE AVALIAÇÃO DE IMÓVEL LAUDO TÉCNICO DE AVALIAÇÃO DE IMÓVEL Rua Ceará, nº 2855 São Joaquim da Barra/SP CPI Conselho do Patrimônio Imobiliário Coordenadas Geográfica: W 47.872444 S 20.585111 2 FICHA CADASTRAL DO IMÓVEL 1. VALOR

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Município de Venâncio Aires

Estado do Rio Grande do Sul Município de Venâncio Aires LEI COMPLEMENTAR Nº 061, DE 18 DE SETEMBRO DE 2013 Estabelece as Plantas de Valores Genéricos do Perímetro Urbano do Município, para fins de apuração do Valor Venal de Imóveis; e altera dispositivos da

Leia mais

LAUDO TÉCNICO DE AVALIAÇÃO DE IMÓVEL

LAUDO TÉCNICO DE AVALIAÇÃO DE IMÓVEL CPOS 0380/2008 pasta A 58 LAUDO TÉCNICO DE AVALIAÇÃO DE IMÓVEL Av. Pres. Castelo Branco, Lotes 21 e 23 Quadra 3 Vila Balneária Bairro Jardim Real Praia Grande SP CPI Conselho do Patrimônio Imobiliário

Leia mais

CIDADE DE ARAGUAÍNA ESTADO DO TOCANTINS RAGUAINA C O M P R O M I S S O D E T O D O S ANO IV - ARAGUAÍNA, QUAINTA - FEIRA, 09 DE ABRIL DE 2015 - Nº

CIDADE DE ARAGUAÍNA ESTADO DO TOCANTINS RAGUAINA C O M P R O M I S S O D E T O D O S ANO IV - ARAGUAÍNA, QUAINTA - FEIRA, 09 DE ABRIL DE 2015 - Nº P R E F E I T U R A D E V RAGUAINA NOSSA CIDADE, COMPROMISSO DE TODOS Diário Oficial CIDADE DE ARAGUAÍNA ESTADO DO TOCANTINS ANO IV - ARAGUAÍNA, QUAINTA - FEIRA, 09 DE ABRIL DE 2015 - Nº 815 SUMÁRIO Prefeitura

Leia mais

I DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA SOLICITAÇÃO DE LICENÇA DE INSTALAÇÃO (LI) LAVA JATO E SIMILARES ( ) Este documento;

I DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA SOLICITAÇÃO DE LICENÇA DE INSTALAÇÃO (LI) LAVA JATO E SIMILARES ( ) Este documento; I DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA SOLICITAÇÃO DE LICENÇA DE INSTALAÇÃO (LI) LAVA JATO E SIMILARES ( ) Este documento; () () () () () Requerimento padrão do empreendedor ou representante legal; deve ser preenchido

Leia mais

Memo N.º /2007 Fortaleza, 28 de setembro de 2007. ASSUNTO: Licitação de Obras de Construção Aeroporto de Tauá-Ce.

Memo N.º /2007 Fortaleza, 28 de setembro de 2007. ASSUNTO: Licitação de Obras de Construção Aeroporto de Tauá-Ce. GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA INFRA- ESTRUTURA DEPARTAMENTO DE EDIFICAÇÕES, RODOVIAS E TRANSPORTES Memo N.º /2007 Fortaleza, 28 de setembro de 2007 Do: CEGOR A: Coordenador de Engenharia ASSUNTO:

Leia mais

Obras do Sistema de Esgotamento Sanitário Rondonópolis MT

Obras do Sistema de Esgotamento Sanitário Rondonópolis MT Obras do Sistema de Esgotamento Sanitário Rondonópolis MT Sistema Condominial de Esgotamento Sanitário Elmo Locatelli Ltda PAC/BNDES BACIA D-E Vila Olinda Parque Universitário Sinalização ao longo das

Leia mais

SPU 25/2/2003 ON-GEADE-004 ASSUNTO: AVALIAÇÃO TÉCNICA DE BENS IMÓVEIS DA UNIÃO OU DE SEU INTERESSE FUNDAMENTAÇÃO LEGAL:

SPU 25/2/2003 ON-GEADE-004 ASSUNTO: AVALIAÇÃO TÉCNICA DE BENS IMÓVEIS DA UNIÃO OU DE SEU INTERESSE FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: 25/2/2003 ON-GEADE-004 ASSUNTO: AVALIAÇÃO TÉCNICA DE BENS IMÓVEIS DA UNIÃO OU DE SEU INTERESSE MP FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: ART. 67 DO DECRETO LEI Nº 9.760, DE 5 DE SETEMBRO DE 1946 SPU SUMÁRIO 1 OBJETIVO...2

Leia mais

NORTE: Com o Loteamento Veneza (Antiga Chácara 55) LESTE: Com a quadra 148 (Aeroporto); SUL: Com a Chácara 53; OESTE: Com a Rua Renascença.

NORTE: Com o Loteamento Veneza (Antiga Chácara 55) LESTE: Com a quadra 148 (Aeroporto); SUL: Com a Chácara 53; OESTE: Com a Rua Renascença. DECRETO N o 1487/2006 DATA: 27 de janeiro de 2006. SÚMULA: Aprova, com ressalvas, o Loteamento denominado LOTEAMENTO ALPHAVILLE. MARINO JOSE FRANZ, Prefeito Municipal de Lucas do Rio Verde, Estado de Mato

Leia mais

PROJETO BÁSICO DE ENGENHARIA

PROJETO BÁSICO DE ENGENHARIA ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE FONTOURA XAVIER SECRETARIA DO PLANEJAMENTO LOCAL: AVENIDA 25 DE ABRIL ASSUNTO: PROJETO DE CAPEAMENTO ASFÁLTICO ÁREA TOTAL: 4.935,75 m² PROJETO BÁSICO

Leia mais

Quinta-feira, 26 de Abril de 2007 Ano XIII - Edição N.: 2834 Diário Oficial do Município Poder Executivo Secretaria Municipal de Governo

Quinta-feira, 26 de Abril de 2007 Ano XIII - Edição N.: 2834 Diário Oficial do Município Poder Executivo Secretaria Municipal de Governo Quinta-feira, 26 de Abril de 2007 Ano XIII - Edição N.: 2834 Diário Oficial do Município Poder Executivo Secretaria Municipal de Governo DECRETO Nº 12.693 DE 25 DE ABRIL DE 2007 Estabelece procedimentos

Leia mais

PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA 0-3 SM PODER PÚBLICO

PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA 0-3 SM PODER PÚBLICO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA 0-3 SM PODER PÚBLICO 1 PMCMV 0 a 3 SM Poder Público - Construtoras ENTENDA O PROGRAMA O Programa consiste na aquisição de Terreno onde são construídas unidades habitacionais,

Leia mais

4.9 PROJETO DE LEI DO DIREITO DE PREEMPÇÃO

4.9 PROJETO DE LEI DO DIREITO DE PREEMPÇÃO 302 4.9 PROJETO DE LEI DO DIREITO DE PREEMPÇÃO Regulamento o exercício do direito de preempção pelo Poder Público Municipal de acordo com a Lei de Revisão do Plano Diretor, e dá outras providências. A

Leia mais

Prefeitura Municipal de Registro

Prefeitura Municipal de Registro Prefeitura Municipal de Registro Departamento Municipal de Administração Rua José Antônio de Campos, nº 250 Centro CEP: 11.900-000 Registro SP Fone: (13) 3828-1000 Fax: (13) 3821-2565 e-mail prefeitura@registro.sp.gov.br

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ALÉM PARAÍBA

PREFEITURA MUNICIPAL DE ALÉM PARAÍBA LEI MUNICIPAL Nº 2.865, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2010. DISPÕE SOBRE A PLANTA GENÉRICA DE VALORES, VALOR DO METRO QUADRADO (m²) DE EDIFICAÇÕES E TERRENOS DA ÁREA URBANA, PARA FINS DE CÁLCULO DO IPTU E DO ITBI.

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. Projeto: Capeamento asfáltico Município: Fontoura Xavier / RS

MEMORIAL DESCRITIVO. Projeto: Capeamento asfáltico Município: Fontoura Xavier / RS ANEXO IV MEMORIAL DESCRITIVO Projeto: Capeamento asfáltico Município: Fontoura Xavier / RS Local: Rua Pedro Azelin da Silva Trecho: Entre a Rua 09 de Julho e a Rua Ernesto Ferreira Maia Área: TRECHO 01:

Leia mais