Universidade Federal de Mato Grosso

Save this PDF as:
Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Universidade Federal de Mato Grosso"

Transcrição

1 Universidade Federal de Mato Grosso 1 Manual de normas técnicas para apresentação de Qualificação e Dissertação SUMÁRIO 1 Orientações gerais Formatação do trabalho Estrutura geral Estrutura do Modelo de Qualificação Estrutura do Modelo de Dissertação Detalhamento dos elementos Elementos pré-textuais...4 a) Capa para Qualificação e Dissertação...4 b) Folha de rosto para Qualificação e Dissertação...6 c) Ficha catalográfica...9 d) Folha de aprovação para Qualificação e Dissertação...10 e) Dedicatória...13 f) Agradecimentos...13 g) Epígrafe...13 h) Resumo e palavras-chave...13 i) Abstract e key words...13 j) Lista de Figuras ou Ilustrações...13 k) Lista de Tabelas...13 l) Sumário Elementos textuais...14 a) Referências bibliográficas Elementos pós-textuais...14 a) Anexo...14 b) Apêndice...14 c) Informações Complementares...15 d) Errata Normas Brasileiras da ABNT para emprego em trabalhos acadêmicos Normas para apresentação tabular...15

2 2 1 Orientações gerais Este manual de normas tem como objetivo a padronização da apresentação de qualificação e dissertação no âmbito do Programa de Pós-Graduação Ciências em Saúde da Universidade Federal de Mato Grosso Campus de Sinop. Os pós-graduandos devem seguir estritamente as instruções contidas neste documento. 2 Formatação do trabalho As normas deste Manual seguem a ABNT e IBGE (ver Seção 3 e 4), com algumas adaptações. O resumo da formatação geral está disposto no Quadro 1. Quadro1. Formatação geral PAPEL Papel branco tamanho A4 (210 x 297mm) ORIENTAÇÃO Retrato Os trabalhos impressos podem utilizar anverso e verso, conforme preferência do autor, sobretudo para os trabalhos com mais de 100 páginas. a) Impressão em apenas uma das faces da folha Margem superior e esquerda= 3 cm Margem inferior e direita= 2 cm b) Impressão nos dois lados da folha: Anverso: Esquerda e superior= 3 cm; Direita e inferior= 2 cm Verso: Direita e superior= 3 cm; Esquerda e inferior= 2 cm MARGEM RECUO ESPAÇAMENTO FONTE PAGINAÇÃO Os parágrafos devem iniciar com recuo de 1,25 cm na primeira linha a partir da margem esquerda, com alinhamento justificado. Para citações diretas com mais de três linhas usar 4 cm de recuo da margem esquerda e justificado. Todo corpo do texto deve ser digitado com espaçamento de 1,5. No entanto, o resumo, o sumário, as citações diretas com mais de três linhas, as notas de rodapé, as referências bibliográficas, as legendas das ilustrações e as tabelas devem ser em espaço 1,0. a) Fonte: Times New Roman, na cor preta. b) Corpo do texto: tamanho 12 c) Títulos da capa e folha de rosto: tamanho 12, maiúscula, em negrito. d) Títulos das seções e subseções: tamanho 12, com alinhamento à esquerda, separados dos parágrafos que os precedem por dois espaços de 1,5 e dos parágrafos que os sucedem por um espaço de 1,5. e) Citações diretas com mais de três linhas, notas de rodapé, ficha catalográfica, paginação: tamanho 10. f) títulos das ilustrações, tabelas e quadros: tamanho 10, em negrito, espaçamento 1,0, centralizado. g) fontes e legendas das ilustrações, tabelas e quadros: tamanho 10, espaçamento 1,0, com alinhamento à esquerda. Contar a partir da folha de rosto, mas SOMENTE iniciar a numeração na primeira página da parte textual (introdução). Na numeração são usados algarismos arábicos (1, 2, 3...), inseridos no canto superior direito da página, ficando o último algarismo a 2 cm da borda direita da folha, em tamanho 10. Quando o trabalho for digitado em anverso e verso, a numeração das páginas deve ser colocada no anverso da folha, no canto superior direito; e no verso, no canto superior esquerdo. No caso de o trabalho ser constituído de mais de um volume, deve ser mantida uma única sequência de numeração das folhas ou páginas, do primeiro ao último volume. Havendo apêndice e anexo, as suas folhas ou páginas devem ser numeradas de maneira contínua dando seguimento à do texto principal.

3 3 2.1 Estrutura geral A estrutura física de um trabalho científico, em sua caracterização geral, compreende três elementos: a) pré-textuais: são elementos que antecedem o texto com informações que ajudam na identificação e utilização do trabalho; b) textuais: constituem o núcleo central do trabalho; c) pós-textuais: complementam o trabalho Estrutura do Modelo de Qualificação A elaboração da Qualificação deverá seguir a estruturação apresentada no Quadro 2. Quadro2. Modelo de Estruturação da Qualificação ESTRUTURA ELEMENTO APRESENTAÇÃO Pré-textuais Capa Folha de rosto Folha de aprovação Resumo e palavras-chave Abstract e Keywords Lista de ilustrações, esquemas e tabelas Opcional até 5 Lista de abreviaturas e siglas; de símbolos; de anexos e apêndices, etc Opcional Sumário Textuais 1 Introdução (Revisão de literatura e justificativa) 2 Objetivos (geral e específicos) 3 Material e métodos (metodologia detalhada) 4 Resultados Parciais e Discussão 5 Conclusões e perspectivas futuras Pós-textuais Referências bibliográficas (NBR 6023) Anexos Opcional Apêndices (criação do autor) Opcional Estrutura do Modelo de Dissertação A elaboração da Dissertação deverá seguir a estruturação apresentada no Quadro 3. Quadro 3. Modelo de Estruturação da Dissertação ESTRUTURA ELEMENTO APRESENTAÇÃO Capa Folha de rosto Ficha catalográfica (conforme Norma da Biblioteca da UFMT) Folha de aprovação Dedicatória Opcional Pré-textuais Agradecimentos Epígrafe Opcional Resumo e palavras-chave Abstract e Keywords Listas de ilustrações, esquemas e de tabelas Opcional até 5 Listas de abreviaturas e siglas; de símbolos; de anexos e apêndices, entre outras Opcional Sumário 1 Introdução (Revisão de literatura) 2 Material e métodos (metodologia detalhada do(s) artigo(s)) Textuais 3 Referências bibliográficas (NBR 6023)* 4 Artigo (s)** Anexos Opcional Pós-textuais Apêndices (criação do autor) Opcional *Segundo a ABNT o elemento Referências bibliográficas é um elemento pós-textual (parte que sucede o texto e complementa o trabalho). Entretanto, na estrutura da Dissertação deste Manual esse elemento deve ser inserido após o elemento Material e métodos e antes do Artigo. **Ressalta-se que as normas do Periódico, utilizadas para elaboração do artigo, devem ser inseridas como Anexo na dissertação.

4 Detalhamento dos elementos Elementos pré-textuais a) Capa para Qualificação e Dissertação A capa além de dar proteção ao documento deve conter as informações indispensáveis para sua identificação. O título deve ser claro, conciso e abrangente, permitindo uma compreensão de sua finalidade. Representa a primeira forma de contato do leitor com o trabalho devendo ser considerado como um elemento importante na sua elaboração. O título deve ser coerente com os objetivos do trabalho proposto. Não constarão figuras ou ilustrações de qualquer natureza. A seguir, o esquema para apresentação da capa (modelo na próxima página): - Nome da instituição (fonte 14, maiúscula, negrito, centralizado); - Título do trabalho (fonte 18, maiúscula, negrito, centralizado); - Nome do aluno (fonte 16, maiúscula, negrito, centralizado); - Local, mês e ano (fonte 14, minúscula, centralizado).

5 5

6 b) Folha de rosto para Qualificação e Dissertação Na folha de rosto repetem-se os elementos essenciais à identificação da obra. O nome do professor orientador deve ser precedido da titulação. Quando houver uma coorientação, o nome do coorientador, precedido da titulação, deve ser mencionado. Não constarão figuras ou ilustrações de qualquer natureza. A seguir, o esquema para apresentação da folha de rosto (modelo para qualificação e dissertação, respectivamente, nas próximas duas páginas): - Nome do aluno (fonte 16, maiúscula, negrito, centralizado); - Título do trabalho (fonte 18, maiúscula, negrito, centralizado); - Orientador: seguido do nome; coorientador: seguido do nome (fonte 14, minúscula, centralizado); - Apresentação do trabalho: Tipo (Qualificação ou Dissertação), Curso e Instituição a que é submetido, Objetivo (designação da titulação pretendida) (fonte 12, minúsculas, justificado à direita); - Local, mês e ano (fonte 14, minúscula, centralizado). 6

7 7

8 8

9 c) Ficha catalográfica Elemento obrigatório apenas na Dissertação. Deve ser inserido em uma folha distinta, subsequente à folha de rosto, com início na base da página. A ficha catalográfica informa os dados fundamentais que constam no documento. A impressão da ficha na dissertação além de permitir sua identificação imediata, facilita o arquivo do documento em obras de referências ou em bases de dados. A ficha deve ser gerada na página da UFMT ( e colada conforme modelo a seguir: 9

10 10 d) Folha de aprovação para Qualificação e Dissertação O corpo do texto contém os seguintes elementos (modelo para qualificação e dissertação, respectivamente, nas próximas duas páginas): - Universidade Federal de Mato Grosso Programa de Pós-Graduação em Ciências em Saúde: letras minúsculas, tamanho 14, negrito, espaçamento 1,0, centralizado. Quatro espaços 1,0 abaixo: - A Comissão Examinadora, abaixo assinada, aprova o Exame de Qualificação ou Dissertação de Mestrado: letras minúsculas, tamanho 14, negrito, espaçamento 1,0, centralizado. Três espaços 1,0 abaixo: - Título da Dissertação: no máximo com três linhas, letras maiúsculas, tamanho 14, negrito, espaçamento 1,0, centralizado. Dois espaços 1,0 abaixo: - Elaborada por: letras minúsculas, tamanho 14, centralizado. Um espaço 1,0 abaixo: - Nome do aluno: letras maiúsculas, tamanho 14, negrito, espaçamento 1,0, centralizado. Espaço adequado, conforme a necessidade estética - como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre em Ciências em Saúde: letras minúsculas, tamanho 12, negrito, espaçamento 1,0, centralizado. Dois espaços 1,0 abaixo: - Comissão Examinadora: letras minúsculas, tamanho 12, negrito, espaçamento 1,0, centralizado. Três espaços 1,0 abaixo: - Nome do orientador Prof. Dr. (Presidente/Orientador ou Coorientador se for o caso) Programa de origem Instituição: letras minúsculas, tamanho 12, negrito, espaçamento 1,0, centralizado. Espaço adequado, conforme a necessidade estética - Nome do primeiro membro Prof. Dr. (Membro) Programa de origem Instituição: letras minúsculas, tamanho 12, negrito, espaçamento 1,0, centralizado. Espaço adequado, conforme a necessidade estética - Nome do segundo membro Prof. Dr. (Membro) Programa de origem Instituição: letras minúsculas, tamanho 12, negrito, espaçamento 1,0, centralizado. Na última linha da página: - Cidade, dia de mês de ano em que a Qualificação ou Dissertação foi apresentada: letras minúsculas, tamanho 12, centralizado.

11 11

12 12

13 13 e) Dedicatória Quando o autor deseja homenagear ou dedicar o trabalho a alguém ligado direta ou indiretamente ao trabalho de pesquisa. Deve ser inserido em uma folha distinta, com início na base da página, alinhada à margem direita, tamanho de letra 12, espaçamento 1,0. f) Agradecimentos Elemento obrigatório, dirigido àquelas pessoas/entidades que contribuíram de maneira relevante à elaboração do trabalho. O autor deve agradecer às instituições que deram suporte estrutural, financiamento de bolsa e/ou projeto de pesquisa. Deve ser inserido em uma folha distinta, com início no topo da página, com título em letra maiúscula, tamanho 12, negrito, centralizado. O texto deve ter recuo de 1,25, tamanho 12, espaçamento 1,0, justificado. g) Epígrafe É a apresentação de um verso, uma prosa ou um trecho bíblico seguido da autoria. Deve ser inserido em uma folha distinta, com início na base da página, alinhada à margem direita, tamanho de letra 12, espaçamento 1,0. h) Resumo e palavras-chave O resumo é a apresentação concisa dos pontos relevantes do trabalho, ressaltando o(s) objetivo(s), material e métodos, resultados e conclusões. Não deverão constar símbolos, tabelas, quadros, figuras, ilustrações, citações de autorias, fórmulas ou equações. O resumo deve ser inserido em uma folha distinta, no máximo 500 palavras, redigido em parágrafo único, com recuo de 1,25, tamanho 12, espaço 1,0, justificado. Espaçamento 2,0 Palavras-chave: 3 palavras, em letras minúsculas, entre pontos e vírgulas. i) Abstract e key words O Abstract é a tradução do resumo para o idioma inglês. Keywords: 3 palavras. A formatação é a mesma do Resumo e palavras-chave. j) Lista de Figuras ou Ilustrações A lista deve ser mencionada quando no trabalho ocorrer um número superior a seis. Deve ser inserida em uma folha distinta, com início no topo da página, com título em letra maiúscula, tamanho 12, negrito, centralizado. As figuras ou ilustrações devem ser listadas em tamanho 12, espaçamento 1,0, justificada, com identificação da figura, espaço-traço-espaço seguido do título da figura, pontos e da página, espaçamento 1,0, conforme exemplo abaixo: Figura 1 Título...15 Figura 2 Título...20 k) Lista de Tabelas A lista de tabelas deve ser mencionada quando no trabalho ocorrer um número superior a seis. Deve ser inserida em uma folha distinta, com início no topo da página, com título em letra maiúscula, tamanho 12, negrito, centralizado. As tabelas devem ser listadas em tamanho 12, espaçamento 1,0, justificada, com identificação da tabela, espaço-traço-espaço seguido do título da figura, pontos e da página, espaçamento 1,0, conforme exemplo abaixo: Tabela 1 Título...15 Tabela 2 Título...20

14 14 l) Sumário O sumário é a apresentação sucinta do conteúdo do trabalho na mesma ordem em que o assunto aparece. De acordo com a ABNT (NB124/NBR 6034 e NB 85/NBR 6027) o sumário é a apresentação enumerada das principais divisões, seções e capítulos na mesma ordem em que a matéria é apresentada no corpo do trabalho. No sumário devem conter os títulos e os respectivos números das páginas, onde se encontra o referido assunto, não deve ser confundido com Índice. Segundo a ABNT (NB 124/NBR 6034 e NBR 6027), índice é a enumeração detalhada dos assuntos, nomes de pessoas, nomes geográficos, acontecimentos, com a indicação de sua localização no corpo do trabalho. O Sumário deste Manual pode ser usado como modelo Elementos textuais Parte do trabalho em que é apresentado e desenvolvido o objeto de estudo, sendo composto de partes fundamentais: Qualificação: Introdução, Objetivos, Material e métodos, Resultados parciais e discussão (juntos), Conclusões e perspectivas futuras. Dissertação: Introdução (inclui a revisão de literatura), Material e métodos, Referências bibliográficas (da Introdução e do Material e métodos), Artigo e, caso possua dois artigos ou mais, Conclusões finais. a) Referências bibliográficas Todos os títulos referenciados devem ter sido citados no texto. O sistema de ordenação das referências, adotado por este manual, é o de ordem alfabética, sendo reunidas após o elemento Material e métodos. A lista de referências incluirá as fontes das citações da Introdução e Material e métodos. As referências devem ser alinhadas à margem esquerda, em espaçamento 1,0, mas separadas entre si por dois espaçamentos 1,0. A padronização das referências deverá seguir a NBR da ABNT. O artigo apresentará sua lista de referências específica, conforme as normas de submissão do periódico científico escolhido Elementos pós-textuais a) Anexo Texto não elaborado pelo autor cujo objetivo é enriquecer o trabalho, comprovando, fundamentando, ilustrando. Quando esgotadas as letras do alfabeto, deve-se utilizar as letras dobradas. Cada anexo deve ser inserido em uma folha distinta, com início no topo da página, com título em letra maiúscula, tamanho 12, negrito, centralizado, seguido de um espaço-traço-espaço e do nome do anexo, em letra minúscula, conforme exemplo abaixo: ANEXO A - Autorização do Comitê de Ética ANEXO B - Normas do Periódico no qual está formatado o artigo b) Apêndice Texto elaborado pelo autor com o objetivo de complementar sua argumentação. Usam-se letras maiúsculas consecutivas, travessão e os respectivos títulos para identificar cada apêndice. Cada apêndice deve ser inserido em uma folha distinta, com início no topo da página, com título em letra maiúscula, tamanho 12, negrito, centralizado, seguido de um espaço-traço-espaço e do nome do anexo, em letra minúscula, conforme exemplo abaixo: APÊNDICE A - Modelo de formulário de consentimento informado APÊNDICE B - Modelo de questionário aplicado

15 15 c) Informações Complementares Notas: Algumas observações ou esclarecimentos relativos ao texto. Devem estar no rodapé, localizadas na margem inferior da mesma página. São separadas do texto por um traço contínuo de até 4 cm e digitadas em letra de tamanho 10, espaço 1,0, justificado. d) Errata É elemento opcional, inserido, após a folha de rosto, em uma folha independente, quando forem detectados erros após trabalho ter sido encadernado. Consiste de uma lista de páginas e linhas em que ocorreram erros, seguido das devidas correções. A errata deve ser inserida em uma folha distinta, com início no topo da página, com título em letra maiúscula, tamanho 12, negrito, centralizado, seguido de uma tabela, conforme exemplo abaixo: ERRATA Página Linha Onde se lê Leia-se 14 2 espaco espaço uqe que 3 Normas Brasileiras da ABNT para emprego em trabalhos acadêmicos O Quadro 4 mostra as Normas da ABNT a serem seguidas para elaboração da Qualificação e Dissertação. Quadro 4. Normas Brasileiras da ABNT para emprego em trabalhos acadêmicos. NBR 6023:2002¹ Referências NBR 6024:2003² Numeração progressiva das seções de um documento escrito NBR 6027:2003³ Sumário NBR 6028: Resumo NBR 6034: Índice de publicação NBR 10520: Citações em documentos NBR 14724: Apresentação de trabalhos acadêmicos 1 NBR 6023:2002 (NB 66) - Informação e documentação - Referências - Elaboração - 24 p.: Esta Norma especifica os elementos a serem incluídos em referências, fixa a ordem dos elementos e estabelece convenções para transcrição e a apresentação da informação originada dos documentos e/ou outras fontes de informação. Destina-se a orientar a preparação e compilação de referências de material utilizado para a produção de documentos e para inclusão em bibliografias, resumos, resenhas, recensões e outros. 2 NBR 6024:2003 (NB 69) Informação e documentação - Numeração progressiva das seções de um documento escrito - Apresentação - 3 p.: Esta Norma estabelece um sistema de numeração progressiva das seções de documentos escritos, de modo a expor numa sequência lógica o inter-relacionamento da matéria e a permitir sua localização. 3 NBR 6027:2003 (NB 85) Informação e documentação Sumário - Apresentação - 2 p.: Esta Norma estabelece os requisitos para apresentação de sumário de documentos que exijam uma visão de conjunto e facilidade de localização das seções e outras partes. 4 NBR 6028:2003 (NB 88) - Informação e documentação Resumo - Apresentação - 2 p.: Esta norma estabelece os requisitos para redação e apresentação de resumos. 5 NBR 6034:2004 (NB 124) - Informação e documentação - Índice - Apresentação 3 p.: Fixa as condições exigíveis de apresentação e os critérios básicos para a compilação de índice de publicações. 6 NBR 10520:2002 (NB 896) Informação e documentação - Citações em documentos - Apresentação - 7 p.: Esta Norma especifica as características exigíveis para apresentação de citações em documentos. 7 NBR 14724:2011 Informação e documentação Trabalhos acadêmicos Apresentação 6 p.: Esta Norma especifica os princípios gerais para a elaboração de trabalhos acadêmicos (teses, dissertações e outros), visando sua apresentação à instituição (banca, comissão examinadora de professores, especialistas designados e/ou outros). 4 Normas para apresentação tabular A elaboração de tabelas deverá seguir as Normas para apresentação tabular do IBGE, 1993.

REGRAS GERAIS APRESENTAÇÃO Formato Margem Espacejamento Notas rodapé Indicativos seção ABNT NBR 6024 Paginação

REGRAS GERAIS APRESENTAÇÃO Formato Margem Espacejamento Notas rodapé Indicativos seção ABNT NBR 6024 Paginação ANEXO 01 REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO Formato O texto deverá ser apresentado em papel branco, formato A4 (21 cm x 29,7 cm), digitado no anverso das folhas, com exceção da folha de rosto cujo verso deverá

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOCIÊNCIA ANIMAL

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOCIÊNCIA ANIMAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS - REGIONAL JATAÍ UNIDADE ACADÊMICA ESPECIAL DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOCIÊNCIA ANIMAL Guia para Redação Técnico-Científica

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO CULTURA E SOCIEDADE - PGCULT MESTRADO INTERDISCIPLINAR

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO CULTURA E SOCIEDADE - PGCULT MESTRADO INTERDISCIPLINAR UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO CULTURA E SOCIEDADE - PGCULT MESTRADO INTERDISCIPLINAR NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS QUALIFICAÇÃO E DISSERTAÇÃO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ NÚCLEO DE DESENVOLVIMENTO AMAZÔNICO EM ENGENHARIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM NOME DO AUTOR (FONTE 12 CAIXA ALTA)

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ NÚCLEO DE DESENVOLVIMENTO AMAZÔNICO EM ENGENHARIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM NOME DO AUTOR (FONTE 12 CAIXA ALTA) UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ NÚCLEO DE DESENVOLVIMENTO AMAZÔNICO EM ENGENHARIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM NOME DO AUTOR (FONTE 12 CAIXA ALTA) TÍTULO DO TRABALHO (FONTE 12 CAIXA ALTA - NEGRITO) Subtítulo

Leia mais

1 Apresentação gráfica Formato do papel: A4 (210 x 297mm); Margens: esquerda e superior: 3cm, direita e inferior: 2cm;

1 Apresentação gráfica Formato do papel: A4 (210 x 297mm); Margens: esquerda e superior: 3cm, direita e inferior: 2cm; Breve orientação para formatação das 6 (seis) primeiras páginas de teses e dissertações, condição obrigatória para que os textos sejam divulgados pela Biblioteca Digital. Em caso de dúvida, consulte o

Leia mais

NORMAS PARA REDAÇÃO DA MONOGRAFIA

NORMAS PARA REDAÇÃO DA MONOGRAFIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CÂMPUS JATAÍ CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA FLORESTAL NORMAS PARA REDAÇÃO DA MONOGRAFIA 1. Formatação geral Os textos devem ser digitados em cor preta, podendo utilizar

Leia mais

MATERIAL DE APOIO PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO (TCC) PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA

MATERIAL DE APOIO PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO (TCC) PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA Faculdade de Odontologia Biblioteca Malvina Vianna Rosa MATERIAL DE APOIO PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO (TCC) PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA Este documento

Leia mais

ANEXO I DA RESOLUÇÃO Nº 15 CONSEPE, DE 21 DE MAIO DE NORMAS PARA REDAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

ANEXO I DA RESOLUÇÃO Nº 15 CONSEPE, DE 21 DE MAIO DE NORMAS PARA REDAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS ANEXO I DA RESOLUÇÃO Nº 15 CONSEPE, DE 21 DE MAIO DE 2010. NORMAS PARA REDAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS Trabalhos acadêmicos: trabalho de conclusão de curso (TCC), trabalho de graduação interdisciplinar

Leia mais

Formatação de trabalhos acadêmicos. Segundo as normas da ABNT

Formatação de trabalhos acadêmicos. Segundo as normas da ABNT Formatação de trabalhos acadêmicos Segundo as normas da ABNT ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas ABNT/CB-001 - Comitê Brasileiro de Mineração e Metalurgia ABNT/CB-005 - Comitê Brasileiro Automotivo

Leia mais

Margem superior 3 cm

Margem superior 3 cm Margem superior 3 cm Configuração da página: Papel A4 Tipo de Fonte: Times New Roman - TNR Tamanho da fonte: 12 (com algumas exceções) Elemento textual Espaçamento entre linhas 1,5 cm (com algumas exceções)

Leia mais

NORMAS GERAIS PARA REDAÇÃO DA DISSERTAÇÃO OU TESE

NORMAS GERAIS PARA REDAÇÃO DA DISSERTAÇÃO OU TESE NORMAS GERAIS PARA REDAÇÃO DA DISSERTAÇÃO OU TESE O PPGO admite que as dissertações e teses sejam apresentadas nas modalidades clássica, artigo ou mista. A modalidade clássica refere-se à estrutura de

Leia mais

Normalizaçã. ção o de Trabalhos Acadêmicos (ABNT)

Normalizaçã. ção o de Trabalhos Acadêmicos (ABNT) Seção Técnica de Referência e Atendimento ao Usuário e Documentação STRAUD bibl-refere@marilia.unesp.br Normalizaçã ção o de Trabalhos Acadêmicos (ABNT) Marília 2017 NBR 14724:2011 Apresentação de trabalhos

Leia mais

21 ANEXO III: DAS DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO FINAL DE CURSO 2

21 ANEXO III: DAS DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO FINAL DE CURSO 2 21 ANEXO III: DAS DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO FINAL DE CURSO 2 O Trabalho Final de Curso (TFC) caracteriza-se pela unicidade e delimitação do tema e pela profundidade do tratamento, e não por

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS APRESENTAÇÃO

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS APRESENTAÇÃO NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS APRESENTAÇÃO O trabalho deve ser digitado e impresso em papel branco ou reciclado no formato A4. O texto pode ser digitado no anverso e verso das folhas,

Leia mais

REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS. A ABNT NBR 14724:2011 estabelece algumas regras para a apresentação gráfica de um trabalho.

REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS. A ABNT NBR 14724:2011 estabelece algumas regras para a apresentação gráfica de um trabalho. REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS A ABNT NBR 14724:2011 estabelece algumas regras para a apresentação gráfica de um trabalho. PAPEL MARGENS FONTE TEXTO TÍTULO DAS SEÇÕES TÍTULO DAS

Leia mais

SOCIEDADE DE ENSINO SUPERIOR DE MANHUAÇU FACULDADE DO FUTURO

SOCIEDADE DE ENSINO SUPERIOR DE MANHUAÇU FACULDADE DO FUTURO SOCIEDADE DE ENSINO SUPERIOR DE MANHUAÇU FACULDADE DO FUTURO NORMAS TÉCNICAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO Manhuaçu 2015 Elaboração Juliana dos Santos Paiva e Santos Fabio Fortes

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE DISSERTAÇÃO

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE DISSERTAÇÃO NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE DISSERTAÇÃO Sinop, Mato Grosso 2015 APRESENTAÇÃO As dissertações do Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais (PPGCAM) carecem de uma estrutura organizacional e uniforme

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOCIÊNCIA ANIMAL

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOCIÊNCIA ANIMAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS - REGIONAL JATAÍ UNIDADE ACADÊMICA ESPECIAL DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOCIÊNCIA ANIMAL Guia para Redação Técnico-Científica

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TESES / DISSERTAÇÕES

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TESES / DISSERTAÇÕES UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL Campus de CAMPO GRANDE PROGRAMA MULTICÊNTRICO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOQUÍMICA E BIOLOGIA MOLECULAR - PMBqBM - SBBq NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TESES / DISSERTAÇÕES

Leia mais

INFORMÁTICA APLICADA ÀS ORGANIZAÇÕES. Gabriel Soares de Vasconcelos

INFORMÁTICA APLICADA ÀS ORGANIZAÇÕES. Gabriel Soares de Vasconcelos INFORMÁTICA APLICADA ÀS ORGANIZAÇÕES Roteiro Redação de textos ABNT Editores de textos MS Word Configuração ABNT no MS Word Redação de textos Definição É todo ato normativo e toda comunicação através da

Leia mais

ANEXO II PROCEDIMENTOS PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA

ANEXO II PROCEDIMENTOS PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA ANEXO II PROCEDIMENTOS PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA A elaboração da monografia deve ter como referência a ABNT NBR 14724:2011, disponível no Portal BU/UFSC (http://portalbu.ufsc.br/normalizacao-de-trabalhos-2/),

Leia mais

Redação Científica. Normas Brasileiras de Referência (NBR) da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) para trabalhos científicos

Redação Científica. Normas Brasileiras de Referência (NBR) da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) para trabalhos científicos Redação Científica Normas Brasileiras de Referência (NBR) da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) para trabalhos científicos Informação e documentação Trabalhos acadêmicos Apresentação Terceira

Leia mais

Pós-Graduação em Engenharia de Materiais - POSMAT

Pós-Graduação em Engenharia de Materiais - POSMAT CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS Pós-Graduação em Engenharia de Materiais - POSMAT NORMAS DOS TRABALHOS ESCRITOS baseados na ABNT 14724, de17 de março de 2011. FORMATAÇÃO I. Deve-se

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC 1 ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC 1 Estrutura de apresentação 1.1 Pré-textuais Capa (obrigatório) Lombada (obrigatório) Folha de rosto (obrigatório) Folha de aprovação

Leia mais

GUIA PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (COM BASE NA ABNT-NBR e REGIMENTO GERAL DO PMBqBM)

GUIA PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (COM BASE NA ABNT-NBR e REGIMENTO GERAL DO PMBqBM) UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA Campus DE VITÓRIA DA CONQUISTA PROGRAMA MULTICÊNTRICO EM BIOQUÍMICA E BIOLOGIA MOLECULAR GUIA PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (COM BASE NA ABNT-NBR 14724

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES Porto Alegre 2012 2 SUMÁRIO 1 APRESENTAÇÃO... 3 2 INTRODUÇÃO... 4 3 ESTRUTURA... 5 3.1 Elementos Pré-Textuais... 6 3.2 Elementos Textuais... 13 3.3 Elementos

Leia mais

Manual de normalização de trabalhos acadêmicos

Manual de normalização de trabalhos acadêmicos 1 Manual de normalização de trabalhos acadêmicos (Formato Artigo) Alexandre Medeiros Correia de Sousa Rio de Janeiro 2016 2 Ministério da Saúde Ministro Alexandre Padilha Fundação Oswaldo Cruz Presidente

Leia mais

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DIAGRAMAÇÃO. Gesiane Rebouças

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DIAGRAMAÇÃO. Gesiane Rebouças TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DIAGRAMAÇÃO Gesiane Rebouças gesianereboucas@gmail.com ESTRUTURA DE TRABALHOS ACADÊMICOS MONOGRAFIA PARTE EXTERNA - Capa - Lombada*** PARTE INTERNA ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS

Leia mais

TCC FORMATAÇÃO. Gesiane Rebouças

TCC FORMATAÇÃO. Gesiane Rebouças TCC FORMATAÇÃO Gesiane Rebouças gesianereboucas@gmail.com ESTRUTURA DE TRABALHOS ACADÊMICOS MONOGRAFIA PARTE EXTERNA - Capa - Lombada*** PARTE INTERNA ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS - Folha de rosto - Ficha catalográfica

Leia mais

Normas para redação e apresentação de Teses e Dissertações

Normas para redação e apresentação de Teses e Dissertações MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI DIAMANTINA - MINAS GERAIS ANEXO DA RESOLUÇÃO Nº. 11-CONSEPE, DE 16 DE MAIO DE 2008. Normas para redação e apresentação de

Leia mais

NORMAS ABNT PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS

NORMAS ABNT PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS NORMAS ABNT PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS Gláucia Maria Saia Cristianini Biblioteca Prof. Achille Bassi Fontes: Diretrizes para apresentação de dissertações e teses da USP: documento eletrônico

Leia mais

Pós-Graduação Ciências da Saúde da Universidade de Caxias do Sul. Summário

Pós-Graduação Ciências da Saúde da Universidade de Caxias do Sul. Summário 1 Pós-Graduação Ciências da Saúde da Universidade de Caxias do Sul Summário 1 Apresentação Física das Dissertações e Teses 2 1.1 Tamanho do Papel 2 2 Fonte 2 3 Numeração Progressiva 3 4 Espaçamento, Parágrafos

Leia mais

MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA

MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA Biblioteca Paulo Freire ABNT NBR 15287:2011 Informação e documentação Projeto de pesquisa Apresentação Jaguariúna SUMÁRIO 1. Introdução 1 2. Objetivo 2 3.

Leia mais

APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS Orientação em normalização documentária APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS Seção Técnica de Referência e Atendimento ao Usuário e Documentação bibl-refere@marilia.unesp.br Supervisão: Elizabete C. S.

Leia mais

INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SANT ANA LUCIO MAURO BRAGA MACHADO

INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SANT ANA LUCIO MAURO BRAGA MACHADO INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SANT ANA LUCIO MAURO BRAGA MACHADO MANUAL PARA A ELABORAÇÃO DE RELATÓRIO DE ESTÁGIO A SER APRESENTADO COMO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO PONTA GROSSA 2016 LUCIO MAURO BRAGA

Leia mais

ESTRUTURA DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

ESTRUTURA DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ESTRUTURA DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO O trabalho científico deverá ser organizado de acordo com a estrutura abaixo, NBR 14724/2006: capa; folha de rosto; verso da folha de rosto (ficha catalográfica)

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE AGRONOMIA BIBLIOTECA PROF. ANTÔNIO TAVARES QUINTAS MANUAL DE NORMAS PARA TRABALHOS ACADÊMICOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE AGRONOMIA BIBLIOTECA PROF. ANTÔNIO TAVARES QUINTAS MANUAL DE NORMAS PARA TRABALHOS ACADÊMICOS 0 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE AGRONOMIA BIBLIOTECA PROF. ANTÔNIO TAVARES QUINTAS MANUAL DE NORMAS PARA TRABALHOS ACADÊMICOS Porto Alegre 2013 1 SUMÁRIO 1 ESTRUTURA... 2 2 ELEMENTOS

Leia mais

ARTIGO EM PUBLICAÇÃO PERIÓDICA TÉCNICA E/OU CIENTÍFICA IMPRESSA ABNT 6022:2018

ARTIGO EM PUBLICAÇÃO PERIÓDICA TÉCNICA E/OU CIENTÍFICA IMPRESSA ABNT 6022:2018 ARTIGO EM PUBLICAÇÃO PERIÓDICA TÉCNICA E/OU CIENTÍFICA IMPRESSA ABNT 6022:2018 REFERÊNCIA NORMATIVA Documentos indispensáveis para consulta e aplicação deste documento ABNT NBR 6022 - Artigo em publicação

Leia mais

BIOCIÊNCIA ANIMAL ORIENTAÇÕES GERAIS

BIOCIÊNCIA ANIMAL ORIENTAÇÕES GERAIS BIOCIÊNCIA ANIMAL ORIENTAÇÕES GERAIS A Tese de doutorado, dissertação de mestrado ou exames de qualificação deverão seguir o mesmo modelo. O exemplar deve apresentar os seguintes itens: 1. Capa 2. Folha

Leia mais

FACULDADE CATÓLICA RAINHA DA PAZ

FACULDADE CATÓLICA RAINHA DA PAZ FACULDADE CATÓLICA RAINHA DA PAZ ORIENTAÇÕES PARA A ELABORAÇÃO DE CAPA, FOLHA DE ROSTO, SUMÁRIO E FORMATAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS PROFª Ma. CLEUSA BERNADETE LARRANHAGAS MAMEDES Araputanga, MT 2017 2

Leia mais

MANUAL DE FORMATAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

MANUAL DE FORMATAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS MANUAL DE FORMATAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS Elaborado por: Carmen Torresan Atualizado por: Andreza A. de Oliveira MARINGÁ 2018 Bibliotecária / CRB9 n o 629 Mestre em Educação. Bibliotecária / CRB9 n o

Leia mais

MATERIAL DE APOIO PARA ELABORAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM

MATERIAL DE APOIO PARA ELABORAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM MATERIAL DE APOIO PARA ELABORAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM Este documento tem a finalidade de auxiliar os alunos na formatação das Teses e Dissertações do Programa

Leia mais

ARTIGO CIENTÍFICO FACULDADE CEARENSE NORMAS PARA O ARTIGO CIENTÍFICO NA FACULDADE CEARENSE

ARTIGO CIENTÍFICO FACULDADE CEARENSE NORMAS PARA O ARTIGO CIENTÍFICO NA FACULDADE CEARENSE ARTIGO CIENTÍFICO FACULDADE CEARENSE NORMAS PARA O ARTIGO CIENTÍFICO NA FACULDADE CEARENSE FORTALEZA 2011 1 FACULDADE CEARENSE ARTIGO CIENTÍFICO 2 ARTIGO CIENTÍFICO FACULDADE CEARENSE Apresentação 4 Introdução

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA CAMPUS DE RIO CLARO BIBLIOTECA. Trabalhos Acadêmicos. Segundo a ABNT/NBR 14724:2005

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA CAMPUS DE RIO CLARO BIBLIOTECA. Trabalhos Acadêmicos. Segundo a ABNT/NBR 14724:2005 UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA CAMPUS DE RIO CLARO BIBLIOTECA Trabalhos Acadêmicos Segundo a ABNT/NBR 14724:2005 Rio Claro- SP 2010 A estrutura de uma tese, dissertação ou trabalho acadêmico compreende:

Leia mais

GUIA PARA ELABORAÇÃO DE DISSERTAÇÃO DE MESTRADO OU TESE DE DOUTORADO (SEGUNDO ABNT-NBR 14724)

GUIA PARA ELABORAÇÃO DE DISSERTAÇÃO DE MESTRADO OU TESE DE DOUTORADO (SEGUNDO ABNT-NBR 14724) UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI UFSJ CAMPUS CENTRO-OESTE DONA LINDU CCO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE GUIA PARA ELABORAÇÃO DE DISSERTAÇÃO DE MESTRADO OU TESE DE DOUTORADO (SEGUNDO

Leia mais

Apresentação de citações em documentos. Numeração progressiva das seções de documento. Apresentação de trabalhos acadêmicos

Apresentação de citações em documentos. Numeração progressiva das seções de documento. Apresentação de trabalhos acadêmicos ESTRUTURAÇÃO DAS DISSERTAÇÕES DO MESTRADO EM SAÚDE E MEIO AMBIENTE Fevereiro/2013 O presente guia tem como objetivo fornecer orientações para a estruturação das dissertações e teses do Mestrado em Saúde

Leia mais

Técnicas de Pesquisa

Técnicas de Pesquisa Técnicas de Pesquisa Aula 04 Formatação (Normas ABNT) Katia A. G. de Azevedo Vanessa Rolnik Artioli 2º. Semestre 2012 Curso: Matemática Aplicada a Negócios Formatação ABNT NBR 14724 Princípios gerais para

Leia mais

GUIA PARA ELABORAÇÃO DISSERTAÇÃO DE MESTRADO (SEGUNDO ABNT-NBR e REGIMENTO GERAL DO PMBqBM)

GUIA PARA ELABORAÇÃO DISSERTAÇÃO DE MESTRADO (SEGUNDO ABNT-NBR e REGIMENTO GERAL DO PMBqBM) UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI UFSJ CAMPUS CENTRO-OESTE DONA LINDU CCO PROGRAMA MULTICÊNTRICO EM BIOQUÍMICA E BIOLOGIA MOLECULAR - PMBqBM GUIA PARA ELABORAÇÃO DISSERTAÇÃO DE MESTRADO (SEGUNDO

Leia mais

MESTRADO EM CIÊNCIAS MÉDICAS

MESTRADO EM CIÊNCIAS MÉDICAS FUNDAÇÃO EDSON QUEIROZ UNIVERSIDADE DE FORTALEZA ENSINANDO E APRENDENDO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS MÉDICAS MESTRADO EM CIÊNCIAS MÉDICAS MANUAL FORMATAÇÃO DA DISSERTAÇÃO Fortaleza Ceará 2017

Leia mais

Para apresentação de todos os trabalhos acadêmicos, adotamos as recomendações de padronização e formatação contidas na NBR (ABNT, 2005).

Para apresentação de todos os trabalhos acadêmicos, adotamos as recomendações de padronização e formatação contidas na NBR (ABNT, 2005). ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas Para apresentação de todos os trabalhos acadêmicos, adotamos as recomendações de padronização e formatação contidas na NBR 14724 (ABNT, 2005). 1. Papel A digitação

Leia mais

NORMAS PARA A ELABORAÇÃO E REDAÇÃO DA DISSERTAÇÃO DE MESTRADO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS

NORMAS PARA A ELABORAÇÃO E REDAÇÃO DA DISSERTAÇÃO DE MESTRADO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS E ENGENHARIAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS NORMAS PARA A ELABORAÇÃO E REDAÇÃO DA DISSERTAÇÃO DE MESTRADO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL BIBLIOTECA CENTRAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL BIBLIOTECA CENTRAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL BIBLIOTECA CENTRAL Treinamento Sobre Uso da NBR 14724 da ABNT : apresentação de trabalhos acadêmicos Maria Amazilia Penna de Moraes Ferlini Bibliotecária-Documentalista

Leia mais

Normalização de Trabalhos Acadêmicos (ABNT): orientações gerais

Normalização de Trabalhos Acadêmicos (ABNT): orientações gerais Seção Técnica de Referência e Atendimento ao Usuário e Documentação STRAUD bibl-refere@marilia.unesp.br Normalização de Trabalhos Acadêmicos (ABNT): orientações gerais Maria Elisa V. Pickler Nicolino,

Leia mais

Orientação em Normalização Documentária. Apresentação de Trabalhos Acadêmicos

Orientação em Normalização Documentária. Apresentação de Trabalhos Acadêmicos Orientação em Normalização Documentária Apresentação de Trabalhos Acadêmicos Maria Luzinete Euclides - Bibliotecária Marília - 2006 Apresentação de Trabalhos Acadêmicos NBR 14724/2005 Estabelece os princípios

Leia mais

Comitê de Avaliação de Trabalhos de Conclusão de Cursos da Faculdade de Tecnologia (FATEC) de Taquaritinga/SP

Comitê de Avaliação de Trabalhos de Conclusão de Cursos da Faculdade de Tecnologia (FATEC) de Taquaritinga/SP CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PAULA SOUZA FACULDADE DE TECNOLOGIA DE TAQUARITINGA MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSOS (TCC) Comitê de Avaliação de Trabalhos de Conclusão

Leia mais

apresentação dos Trabalhos de Conclusão (Dissertação/Tese) Programa de Pós-graduação em Ciências Farmacêuticas

apresentação dos Trabalhos de Conclusão (Dissertação/Tese) Programa de Pós-graduação em Ciências Farmacêuticas Faculdade de Ciências Farmacêuticas UNESP, Araraquara Normas para apresentação dos Trabalhos de Conclusão (Dissertação/Tese) Programa de Pós-graduação em Ciências Farmacêuticas Rosemeire Cristina Linhari

Leia mais

Elementos pré-textuais Antecedem o texto, trazendo informações que identificam o trabalho, na seqüência a seguir:

Elementos pré-textuais Antecedem o texto, trazendo informações que identificam o trabalho, na seqüência a seguir: Regras para Exame de Qualificação - Mestrado e Doutorado Estrutura do trabalho acadêmico O trabalho acadêmico está estruturado em elementos pré-textuais, elementos textuais e elementos pós-textuais. Alguns

Leia mais

INSTRUÇÃO GERAIS PARA ELABORAÇÃO DE TESES / DISSERTAÇÕES E DO PRODUTO EDUCACIONAL A. INFORMAÇÕES GERAIS

INSTRUÇÃO GERAIS PARA ELABORAÇÃO DE TESES / DISSERTAÇÕES E DO PRODUTO EDUCACIONAL A. INFORMAÇÕES GERAIS INSTRUÇÃO GERAIS PARA ELABORAÇÃO DE TESES / DISSERTAÇÕES E DO PRODUTO EDUCACIONAL A. INFORMAÇÕES GERAIS Segundo a NBR 14724:2005 da ABNT, uma dissertação é um documento que representa o resultado de um

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM NUTRIÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM NUTRIÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM NUTRIÇÃO RESOLUÇÃO Nº 002/2018 - PPGNUT, 13 de junho 2018. Dispõe sobre normas

Leia mais

CURSO DE... Letra maiúscula, fonte Times ou Arial, tamanho 12, negrito. NOME DO AUTOR Letra maiúscula, fonte Times ou Arial, tamanho 12, negrito

CURSO DE... Letra maiúscula, fonte Times ou Arial, tamanho 12, negrito. NOME DO AUTOR Letra maiúscula, fonte Times ou Arial, tamanho 12, negrito CURSO DE... NOME DO AUTOR TÍTULO: SUBTÍTULO MARINGÁ ANO NOME DO AUTOR TÍTULO: SUBTÍTULO Recuo de 7 cm, fonte 12, espaço simples Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à Faculdade Metropolitana de Maringá

Leia mais

DISSERTAÇÕES E TESES

DISSERTAÇÕES E TESES UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE AGRONOMIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ZOOTECNIA DISSERTAÇÕES E TESES Normas para elaboração Comissão Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO DO PROGRAMA DE MESTRADO EM CIÊNCIA ANIMAL

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO DO PROGRAMA DE MESTRADO EM CIÊNCIA ANIMAL NORMAS PARA ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO DO PROGRAMA DE MESTRADO EM CIÊNCIA ANIMAL. FORMATAÇÃO GERAL Papel A; Fonte Arial; Espaçamento entre linha de,5 cm; Margens: a) margem esquerda:,0 cm b) margem direita:,5

Leia mais

Resolução PEF 02/2009

Resolução PEF 02/2009 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física Mestrado Profissional em Ensino de Física Resolução PEF 02/2009 Dispõe sobre as dissertações de mestrado e sua formatação

Leia mais

Estrutura de Trabalho Acadêmico, Citações e Referências e Demais Normas Aceitas pela USP para Dissertações e Teses

Estrutura de Trabalho Acadêmico, Citações e Referências e Demais Normas Aceitas pela USP para Dissertações e Teses Estrutura de Trabalho Acadêmico, Citações e Referências e Demais Normas Aceitas pela USP para Dissertações e Teses Elena Luzia Palloni Gonçalves Bibliotecária EESC/USP Diretrizes para Apresentação de Dissertações

Leia mais

NOME DO ALUNO DE MESTRADO

NOME DO ALUNO DE MESTRADO UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ - CAMPUS DE CASCAVEL CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOCIÊNCIAS E SAÚDE MESTRADO NOME DO ALUNO DE MESTRADO TÍTULO DA DISSERTAÇÃO

Leia mais

Orientações aos concluintes.

Orientações aos concluintes. Orientações aos concluintes referencia@ufersa.edu.br TRABALHO ACADÊMICO (NBR 14724/2011) Especificar os princípios gerais para a elaboração e apresentação de trabalhos acadêmicos. (ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS Curso de Zootecnia Câmpus de Jataí COORDENAÇÃO DO PROJETO ORIENTADO NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS JATAÍ 2013 ESTRUTURA 1. INTRODUÇÃO Estas normas têm a finalidade

Leia mais

Manual para formatação de trabalhos

Manual para formatação de trabalhos UNIVERSIDADE DE PASSO FUNDO FACULDADE DE ENGENHARIA E ARQUITETURA CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL Manual para formatação de trabalhos Passo Fundo, 2013. 1 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 2 2 ASPECTOS GERAIS SOBRE

Leia mais

ILMA APARECIDA FLORIANO SERRANTE BIBLIOTECÁRIA - CRB /04

ILMA APARECIDA FLORIANO SERRANTE BIBLIOTECÁRIA - CRB /04 ILMA APARECIDA FLORIANO SERRANTE BIBLIOTECÁRIA - CRB-9 1451/04 GUIA DE NORMAS BÁSICAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS E CAPA INSTITUCIONALIZADA - FAP APUCARANA 2006 1 APRESENTAÇÃO FORMAL 1.1

Leia mais

INTRODUÇÃO E NORMAS PARA APRESENTAÇÃO GRÁFICA

INTRODUÇÃO E NORMAS PARA APRESENTAÇÃO GRÁFICA NORMAS TÉCNICAS DO TRABALHO ACADÊMICO INTRODUÇÃO E NORMAS PARA APRESENTAÇÃO GRÁFICA Prof. Arlindo F. Gonçalves Jr. http://www.mural-2.com O QUE É NORMALIZAÇÃO Atividade que estabelece, em relação a problemas

Leia mais

BIBLIOTECA DA FATEC GARÇA NORMAS PARA A ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ARTIGO CIENTÍFICO

BIBLIOTECA DA FATEC GARÇA NORMAS PARA A ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ARTIGO CIENTÍFICO Faculdade de Tecnologia Dep. Júlio Julinho Marcondes de Moura BIBLIOTECA DA FATEC GARÇA NORMAS PARA A ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ARTIGO CIENTÍFICO GARÇA 2015 Sumário 1 ARTIGO CIENTÍFICO...

Leia mais

APÊNDICE 1 ELEMENTOS MÍNIMOS PARA FORMATAÇÃO DE TRABALHOS

APÊNDICE 1 ELEMENTOS MÍNIMOS PARA FORMATAÇÃO DE TRABALHOS APÊNDICE 1 ELEMENTOS MÍNIMOS PARA FORMATAÇÃO DE TRABALHOS A formatação dos trabalhos realizados na Pós-graduação stricto sensu do Centro Universitário Franciscano deverá estar de acordo com o item 5 (Regras

Leia mais

ANEXO IV NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO ESCRITO (TCC)

ANEXO IV NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO ESCRITO (TCC) Campus de Bauru ANEXO IV NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO ESCRITO (TCC) 1. NORMAS DE APRESENTAÇÃO DO TCC 1.1. O trabalho deve ser digitado e impresso em papel formato A4. O texto deve ser digitado no

Leia mais

MANUAL PARA A ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE ENGENHARIA

MANUAL PARA A ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE ENGENHARIA FACULDADE PRAIA GRANDE PROF. EUGENIO GALLO NETO MANUAL PARA A ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE ENGENHARIA Praia Grande 2018 1 MANUAL PARA A ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE

Leia mais

ASSOCIAÇÃO FACULDADE RIBEIRÃO PRETO GRUPO UNIESP MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

ASSOCIAÇÃO FACULDADE RIBEIRÃO PRETO GRUPO UNIESP MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ASSOCIAÇÃO FACULDADE RIBEIRÃO PRETO GRUPO UNIESP MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ENGENHARIA DE PRODUÇÃO RIBEIRÃO PRETO 2014 LISTA DE FIGURAS Figura 1 - Modelo de Capa... 9 Figura

Leia mais

NORMAS PARA A ELABORAÇÃO E REDAÇÃO DA DISSERTAÇÃO DE MESTRADO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS

NORMAS PARA A ELABORAÇÃO E REDAÇÃO DA DISSERTAÇÃO DE MESTRADO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS E ENGENHARIAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS NORMAS PARA A ELABORAÇÃO E REDAÇÃO DA DISSERTAÇÃO DE MESTRADO

Leia mais

Programa de Pós Graduação em Saúde e Sociedade. Manual normativo para elaboração de Dissertações

Programa de Pós Graduação em Saúde e Sociedade. Manual normativo para elaboração de Dissertações Manual normativo para elaboração de Dissertações Mossoró/RN, Julho de 2016 Normas para formatação de Dissertação PPGSS 2016 1. DEFINIÇÃO: Dissertação Conceitualmente, a dissertação corresponde ao documento

Leia mais

Programa de Pós-graduação em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde Universidade Nove de Julho - UNINOVE

Programa de Pós-graduação em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde Universidade Nove de Julho - UNINOVE Programa de Pós-graduação em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde Universidade Nove de Julho - UNINOVE Normas para Redação de Dissertações/Teses 1. Estrutura A estrutura de uma dissertação, tese ou

Leia mais

FORMULÁRIO ÚNICO DE PROJETO I - IDENTIFICAÇÃO PARTE ADMINISTRATIVA

FORMULÁRIO ÚNICO DE PROJETO I - IDENTIFICAÇÃO PARTE ADMINISTRATIVA FORMULÁRIO ÚNICO DE PROJETO I - IDENTIFICAÇÃO PARTE ADMINISTRATIVA 1 TÍTULO 2 VIGÊNCIA: (o prazo máximo apresentado inicialmente para a execução do projeto é 24 meses) Início (mês/ano): Término Previsto

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA PPGCF Nº 01/2018

INSTRUÇÃO NORMATIVA PPGCF Nº 01/2018 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS - PPGCF INSTRUÇÃO NORMATIVA PPGCF Nº 01/2018 Regulamenta os formatos dos trabalhos

Leia mais

CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO

CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO Ji-Paraná, RO. 2017 APRESENTAÇÃO O curso de Medicina Veterinária do Centro Universitário Luterano de Jiparaná

Leia mais

INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO - TRABALHOS ACADÊMICOS APRESENTAÇÃO A5 BIBLIOTECA CENTRAL PROF. EURICO BACK

INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO - TRABALHOS ACADÊMICOS APRESENTAÇÃO A5 BIBLIOTECA CENTRAL PROF. EURICO BACK INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO - TRABALHOS ACADÊMICOS APRESENTAÇÃO A5 BIBLIOTECA CENTRAL PROF. EURICO BACK ESCOPO Especifica os princípios gerais para a elaboração de teses e dissertações, visando apresentação

Leia mais

Universidade Federal de Goiás Faculdade de Artes Visuais Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual

Universidade Federal de Goiás Faculdade de Artes Visuais Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual Universidade Federal de Goiás Faculdade de Artes Visuais Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TEXTOS PARA QUALIFICAÇÃO (MESTRADO E DOUTORADO), TESES E DISSERTAÇÕES

Leia mais

2 SUMÁRIO LISTA DE FIGURAS... 3 INTRODUÇÃO RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO INTRODUÇÃO ESTRUTURA BÁSICA DO RELATÓRIO

2 SUMÁRIO LISTA DE FIGURAS... 3 INTRODUÇÃO RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO INTRODUÇÃO ESTRUTURA BÁSICA DO RELATÓRIO Colegiado do curso Bacharelado em Ciência da Computação Guia para Normalização de Relatórios de Estágio Supervisionado Uberlândia - MG 2002 2 SUMÁRIO LISTA DE FIGURAS... 3 INTRODUÇÃO... 4 1 RELATÓRIO DE

Leia mais

MANUAL PARA CONFECÇÃO DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO (TG)

MANUAL PARA CONFECÇÃO DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO (TG) MANUAL PARA CONFECÇÃO DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO (TG) APRESENTAÇÃO O presente manual tem por objetivo orientar os alunos dos Cursos de Graduação de Tecnólogo em Logística, Informática e Aeronáutica quanto

Leia mais

Roteiro com Orientações para Elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso

Roteiro com Orientações para Elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso Roteiro com Orientações para Elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso Disciplina (EST APS) Curso de Tecnologia em Processamento de Dados Professora Responsável em 2011 : Vânia Franciscon Vieira 1 ÍNDICE

Leia mais

DEFESA DE DISSERTAÇÃO

DEFESA DE DISSERTAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA FACULDADE DE DIREITO MESTRADO PROFISSIONAL EM SEGURANÇA PÚBLICA, JUSTIÇA E CIDADANIA. PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SEGURANÇA PÚBLICA DEFESA DE DISSERTAÇÃO Salvador - BA Setembro

Leia mais

Aprovada em Reunião de Diretoria do dia 10 de abril de Normas de apresentação de Trabalho Científico Para Admissão de Membro Titular

Aprovada em Reunião de Diretoria do dia 10 de abril de Normas de apresentação de Trabalho Científico Para Admissão de Membro Titular Aprovada em Reunião de Diretoria do dia 10 de abril de 2002 Instituto Hahnemanniano do Brasil Secretaria Normas de apresentação de Trabalho Científico Para Admissão de Membro Titular Autores: Elisa Maria

Leia mais

NORMAS PARA REDAÇÃO E FORMATAÇÃO

NORMAS PARA REDAÇÃO E FORMATAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU - MESTRADO PROFISSIONAL EM ENSINO DE CIÊNCIAS NORMAS PARA REDAÇÃO E FORMATAÇÃO DISSERTAÇÃO Anápolis-GO 2015 1. INTRODUÇÃO Segundo o regimento do programa, será considerado

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA PROEnG Nº 01/07

INSTRUÇÃO NORMATIVA PROEnG Nº 01/07 INSTRUÇÃO NORMATIVA PROEnG Nº 01/07 Dispõe sobre normas complementares ao referencial metodológico da Associação Brasileira de Normas Técnicas ABNT. A do Centro Universitário de Brusque Unifebe, no uso

Leia mais

NBR 14724:2002 APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

NBR 14724:2002 APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS NBR 14724:2002 APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS 1 OBJETIVO Esta Norma estabelece os princípios gerais para a elaboração de trabalhos acadêmicos (teses, dissertações e outros), visando sua apresentação

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DESPORTIVA E DE LAZER ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO TEXTUAL DO TRABALHO FINAL

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DESPORTIVA E DE LAZER ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO TEXTUAL DO TRABALHO FINAL CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DESPORTIVA E DE LAZER ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO TEXTUAL DO TRABALHO FINAL Porf.a Paulina Gomes 1 INTRODUÇÃO Este roteiro apresenta, de forma resumida, os passos a

Leia mais

Normas técnicas de redação de dissertação e tese do Programa de Pós- Graduação em Biodiversidade e Conservação da Universidade Federal do Maranhão

Normas técnicas de redação de dissertação e tese do Programa de Pós- Graduação em Biodiversidade e Conservação da Universidade Federal do Maranhão Normas técnicas de redação de dissertação e tese do Programa de Pós- Graduação em Biodiversidade e Conservação da Universidade Federal do Maranhão A Dissertação de Mestrado e Tese de Doutorado deverá ser

Leia mais

I Jornada sobre Trabalhos Acadêmicos e Científicos

I Jornada sobre Trabalhos Acadêmicos e Científicos I Jornada sobre Trabalhos Acadêmicos e Científicos Trabalhos Acadêmicos Apresentação Referências Normativas ABNT NBR 6023 Referências Elaboração ABNT NBR 6024 Numeração Progressiva ABNT NBR 6027 Sumário

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE: CARDIOLOGIA E CIÊNCIAS CARDIOVASCULARES

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE: CARDIOLOGIA E CIÊNCIAS CARDIOVASCULARES UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE: CARDIOLOGIA E CIÊNCIAS CARDIOVASCULARES MANUAL PARA APRESENTAÇÃO GRÁFICA DE TESES E DISSERTAÇÕES - 2014 Porto Alegre

Leia mais

DIRETRIZES PARA A APRESENTAÇÃO DO TGI Guia para consulta rápida. Escola de Engenharia

DIRETRIZES PARA A APRESENTAÇÃO DO TGI Guia para consulta rápida. Escola de Engenharia DIRETRIZES PARA A APRESENTAÇÃO DO TGI Guia para consulta rápida Escola de Engenharia Bibliografia Básica: UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE. Apresentação de Trabalhos Acadêmicos: guia para alunos da

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA INSTRUÇÃO NORMATIVA 001/2013 DOS FORMATOS DO TRABALHO PARA QUALIFICAÇÃO E DEFESA DE

Leia mais