Disfunção Cognitiva em Transtorno Depressivo Maior - Uma Nova Meta de Tratamento

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Disfunção Cognitiva em Transtorno Depressivo Maior - Uma Nova Meta de Tratamento"

Transcrição

1 Disfunção Cognitiva em Transtorno Depressivo Maior - Uma Nova Meta de Tratamento Esta atividade educacional é apoiada por uma concessão educacional independente de Lundbeck, Inc.

2 Disfunção Cognitiva em Transtorno Depressivo Maior - Uma Nova Meta de Tratamento Esta atividade educacional é destinada a um público internacional de profissionais de cuidados de saúde de fora dos EUA, especificamente psiquiatras, neurologistas, e médicos de cuidados primários envolvidos no gerenciamento de pacientes com transtorno depressivo maior (TDM). O objetivo desta atividade é aumentar a conscientização de novos achados sobre os efeitos da disfunção cognitiva em pacientes com MDD no local de trabalho, assim como novos dados sobre opções de tratamento e achados neurocognitivos. Após a conclusão desta atividade os participantes estarão aptos a: Discutir o efeito de depressão no local de trabalho, incluindo deficiências cognitivas relacionadas a depressão. Reconhecer os avanços na compreensão da depressão que evoluíram dos estudos de neuroimagem Identificar os últimos achados clínicos em antidepressivos de estudos avaliando sintomas cognitivos em depressão Corpo Clínico e Revelações WebMD Global exige que cada indivíduo em posição de controlar o conteúdo de uma de suas atividades educacionais revele quaisquer relacionamentos financeiros relevantes que ocorreram dentro dos últimos 12 meses e podem criar conflito de interesses. Moderador: Siegfried Kasper, MD, Professor e Chefe, Departamento de Psiquiatria e Psicoterapia, Universidade Médica de Viena, Viena, Áustria Declaração: Siegfried Kasper, MD, declarou as seguintes relações financeiras relevantes: Atuou como conselheiro ou consultor para: Angelini; Bristol-Myers Squibb Company; GlaxoSmithKline; Janssen Pharmaceuticals Products, L.P.; Eli Lilly and Company; Lundbeck, Inc.; Merck Sharp & Dohme Corp.; Organon International Inc.; Pfizer Inc; Pierre Fabre; Schwabe Pharmaceuticals; Sepracor Inc.; SERVIER; Takeda Pharmaceuticals North America, Inc. Serviu como palestrante ou membro de comitê de palestrantes para: Angelini; AstraZeneca Pharmaceuticals LP; Bristol-Myers Squibb Company; GlaxoSmithKline; Janssen Pharmaceuticals Products, L.P.; Lundbeck, Inc.; Merck Sharp & Dohme Corp.; Organon International Inc.; Pierre Fabre; Schwabe Pharmaceuticals; SERVIER; Takeda Pharmaceuticals North America, Inc. Recebeu subsídios para pesquisa clínica de: Lundbeck, Inc. O Dr. Kasper pretende discutir usos fora da indicação terapêutica de drogas, aparelhos mecânicos, produtos biológicos ou diagnósticos aprovados pela EMA. E O Dr. Kasper pretende discutir drogas investigacionais, aparelhos mecânicos, produtos biológicos ou diagnósticos não aprovados pela EMA. Pg.2

3 Participantes do Painel: Bernhard T. Baune, MD, PhD, MPH, Professor e Chefe de Psiquiatria; Chefe, Disciplina de Psiquiatria, Escola de Medicina, Royal Adelaide Hospital, Universidade de Adelaide, Adelaide, Sul da Austrália, Austrália Declaração: Bernhard T. Baune, MD, PhD, MPH, declarou as seguintes relações financeiras relevantes: Atuou como conselheiro ou consultor para: Lundbeck, Inc. Serviu como palestrante ou membro de comitê de palestrantes para: AstraZeneca Pharmaceuticals LP; Bristol-Myers Squibb Company; Lundbeck, Inc.; Pfizer Inc; SERVIER; Wyeth Pharmaceuticals Inc. Recebeu subsídios para pesquisa clínica de: Conselho de Saúde Nacional e Pesquisa Médica, Austrália O Dr. Baune não pretende discutir usos fora da indicação terapêutica de drogas, aparelhos mecânicos, produtos biológicos ou diagnósticos aprovados pela EMA. E O Dr. Baune pretende discutir drogas investigacionais, aparelhos mecânicos, produtos biológicos ou diagnósticos não aprovados pela EMA. Catherine Harmer, DPhil, Diretora de Psicofarmacologia e Laboratório de Pesquisas Emocionais, Departamento de Psiquiatria, Universidade de Oxford, Oxford, Reino Unido Declaração: Catherine Harmer, DPhil, declarou as seguintes relações financeiras relevantes: Atuou como conselheiro ou consultor para: Lundbeck, Inc.; P1vital Serviu como palestrante ou membro de comitê de palestrantes para: Lundbeck, Inc. Recebeu subsídios para pesquisa clínica de: Johnson & Johnson Pharmaceutical Research & Development, L.L.C.; Lundbeck, Inc.; UCB S.A. Possui ações, opções de ações, ou dividendos de: Oxford Psychologists Ltd. A Dra. Harmer não pretende discutir usos fora da indicação terapêutica de drogas, aparelhos mecânicos, produtos biológicos ou diagnósticos aprovados pela EMA. E A Dra. Harmer não pretende discutir drogas investigacionais, aparelhos mecânicos, produtos biológicos ou diagnósticos não aprovados pela EMA. Josep Maria Haro, MD, PhD, Diretor de Ensino, Pesquisa e Inovação, Parc Sanitari Sant Joan de Déu, Barcelona, Espanha; Professor Auxiliar, Universitat de Barcelona, Barcelona, Espanha Declaração: Josep Maria Haro, MD, PhD, declarou as seguintes relações financeiras relevantes: Atuou como conselheiro ou consultor para: Eli Lilly and Company; Lundbeck, Inc.; Roche Serviu como palestrante ou membro de comitê de palestrantes para: Eli Lilly and Company; Otsuka Pharmaceutical Co., Ltd.; Roche Recebeu subsídios para pesquisa clínica de: Comissão Europeia, Governo da Espanha Pg.3

4 Disfunção Cognitiva em Transtorno Depressivo Maior - Uma Nova Meta de Tratamento O Dr. Haro não pretende discutir usos fora da indicação terapêutica de drogas, aparelhos mecânicos, produtos biológicos ou diagnósticos aprovados pela EMA. E O Dr. Haronão pretende discutir drogas investigacionais, aparelhos mecânicos, produtos biológicos ou diagnósticos não aprovados pela EMA. Editor Leanne Fairley, BJ Hon Diretora Científica, WebMD Global, LLC Declaração: Leanne Fairley, BJ Hon, não informou relações financeiras relevantes. Revisor de Conteúdo Nafeez Zawahir, MD Diretor Clínico CME Declaração: Nafeez Zawahir, MD, não informou relações financeiras relevantes. Pg.4

5 Siegfried Kasper, MD: Olá. Sou Siegfried Kasper, Professor de Psiquiatria e Chefe do Departamento de Psiquiatria e Psicoterapia na Universidade Médica de Viena na Áustria. Gostaria de dar as boas vindas a este programa entitulado, Disfunção Cognitiva em Transtorno Depressivo Maior Uma Nova Meta de Tratamento. Tenho o prazer de estar aqui com Josep Maria Haro, Professor de Psiquiatria e Diretor de Ensino e Pesquisa no Parc Sanitari Sant Joan de Déu em Barcelona, Espanha. Também estão conosco a Professora Catherine Harmer, Diretora de Psicofarmacologia e Laboratório de Pesquisas Emocionais, Departamento de Psiquiatria, Universidade de Oxford no Reino Unido; e Bernhard Baune, Professor e Chefe de Psiquiatria e Chefe do Departamento de Psiquiatria da Universidade de Adelaide, Austrália. Pg.5

6 Disfunção Cognitiva em Transtorno Depressivo Maior - Uma Nova Meta de Tratamento Neste programa, discutiremos recentes achados clínicos e neurocognitivos sobre depressão e seus componentes cognitivos, assim como as implicações da depressão no local de trabalho. Vamos começar olhando os resultados funcionais dos pacientes com depressão. Eu gostaria de perguntar ao Professor Haro sobre os achados do seu estudo nesta área. Pg.6

7 Josep Maria Haro, MD, PhD: Obrigado, Prof. Kasper. Eu falarei sobre o estudo de Pesquisa Epidemiológica Prospectiva sobre Resultados de Funcionamento Relacionados a Transtorno Depressivo Maior (PERFORM). Este é um estudo que estamos conduzindo atualmente em 5 países da Europa, incluindo França, Alemanha, Espanha, Suécia, e Reino Unido. É um estudo de 2 anos, prospectivo, observacional que inclui cerca de 1500 pacientes sofrendo de um episódio depressivo maior (MDE). Todos os pacientes estavam iniciando tratamento com antidepressivos na base, com o clínico geral ou como paciente externo psiquiátrico. Neste estudo, temos por objetivo avaliar os efeitos da depressão, não só sobre o status clínico dos pacientes, mas também sobre seu funcionamento, sua função cognitiva, assim como sua qualidade de vida. Pg.7

8 Disfunção Cognitiva em Transtorno Depressivo Maior - Uma Nova Meta de Tratamento Para isto, usamos instrumentos padronizados para avaliar a severidade da depressão, produtividade do trabalho, e cognição. Para avaliar a cognição, usamos o Questionário de Déficits Percebidos de 5 Itens (PDQ-5); e para produtividade no trabalho, usamos o Questionário de Produtividade no Trabalho e Deficiência na Atividade (WPAI). De importante, o WPAI avalia 2 tipos de impactos da depressão sobre a produtividade no trabalho: absenteísmo e presenteísmo. Como você deve saber, absenteísmo é quando os pacientes perdem dias de trabalho devido às suas condições. Presenteísmo, que também é muito importante, é quando pacientes vão ao trabalho, mas seu funcionamento é abaixo do normal. Temos por meta medir o impacto da severidade da depressão, assim como da cognição, em absenteísmo e presenteísmo. Como podemos ver no slide, à medida em que a deficiência cognitiva aumenta, o nível de funcionamento no trabalho piora; isto foi descoberto para o presenteísmo e o absenteísmo. Pelos dois resultados serem relacionados à severidade de depressão, ajustamos os resultados para a severidade da depressão, e eles permanecem significantes. Pg.8

9 Também avaliamos a produtividade em geral no trabalho e o funcionamento em casa, observando um efeito claro da cognição nas duas áreas. À medida em que a função cognitiva piorou, o grau de deficiência aumentou, ou o grau de funcionamento diminuiu, nestas 2 dimensões. De importante, vimos que estes resultados também são relevantes para a qualidade de vida do paciente. Quando vemos um paciente, queremos que ele se recupere, não só dos sintomas clínicos mas também para voltar totalmente a seu nível de funcionamento antes da depressão e também para obter um retorno à qualidade de vida anterior. Pg.9

10 Disfunção Cognitiva em Transtorno Depressivo Maior - Uma Nova Meta de Tratamento Avaliamos a qualidade de vida em nosso estudo usando a Pesquisa de Saúde em Formulário Curto 12 (SF-12), que é um instrumento padrão amplamente usado em distúrbios mentais e físicos. Descobrimos que quando o escore mental para o SF-12 diminui, a deficiência cognitiva aumenta. Dr Kasper: Obrigado, Prof. Haro, por nos fornecer os detalhes de seu estudo. Quando penso em minha própria prática no hospital, vejo que estas áreas, que você estuda em base numérica, afetam as vidas dos pacientes, particularmente sua capacidade de funcionar no local de trabalho, e isto tem implicações particulares para a sociedade. Muito obrigado. Agora eu gostaria de convidar a Prof. Harmer do Reino Unido para nos falar sobre seus achados usando estudos de imagem em pessoas com depressão. Pg.10

11 Catherine Harmer, DPhil: Obrigado. Sabemos que a depressão afeta aspectos da chamada cognição a quente e a frio. Estes termos essencialmente referem-se à cognição com e sem componente emocional. Sob a cognição a quente, temos a influência da emoção em coisas como a forma de respondermos a informações, como fazemos planos, tomamos decisões, ou lembramos de coisas. Podemos olhar, por exemplo, como a memória é afetada pelas coisas que lembramos serem positivas ou negativas por natureza. Em contraste, a cognição a frio é a base da cognição, nossa capacidade de planejar, tomar decisões, lembrar das coisas, aprender, tudo sem um componente emocional explícito. A depressão leva a dificuldades nestas duas áreas principais da cognição. Pg.11

12 Disfunção Cognitiva em Transtorno Depressivo Maior - Uma Nova Meta de Tratamento Em termos de cognição a quente em depressão, sabemos que a depressão é caracterizada por tendências chamadas negativas em processamento emocional. Isto é quando o processamento de informações torna-se desviado ou puxado para o negativo ao invés de informações emocionais positivas. Se o paciente deprimido fosse apresentado a diferentes pistas sociais ou emocionais, ele poderia focar muito mais em uma expressão facial triste ou assustada, uma probabilidade muito maior de ver um rosto negativo por natureza, e muito mais provável de lembrar desta informação negativa mais tarde. Estes tipos de tendências negativas parecer reforçar as experiências negativas, crenças e percepções que são vistas em depressão e, portanto, desempenham um papel fundamental na etiologia da doença. Pg.12

13 O circuito neural envolvido no processamento emocional parece ser a base destes tipos de tendências negativas em depressão. A tendência negativa parece ocorrer quando as principais áreas do cérebro que são importantes para detecção e resposta a informações negativas são superreativas. Áreas como a amígdala, que é importante para detectar pistas emocionalmente salientes, tornam-se insensíveis mesmo a baixos níveis de informações negativas. A segunda parte desta equação é que as áreas de ordem maior, como a córtex pré-frontal dorsolateral, que normalmente regularia ou inibiria este tipo de super-resposta, também não parecem funcionar com tanta eficiência na depressão. O resultado é um desequilíbrio neste circuito neural, enquanto há muita detecção na atividade para informações negativas e não há controle pré-frontal suficiente. Pg.13

14 Disfunção Cognitiva em Transtorno Depressivo Maior - Uma Nova Meta de Tratamento Há evidência de que estes tipos de tendências negativas podem ser remediadas com tratamento eficiente com antidepressivos. Se fornecermos aos pacientes um tratamento com inibidor do reconsumo de serotonina seletiva padrão (SSRI), vemos que estes tipos de tendências negativas serão reduzidos e isso ocorrerá muito cedo no tratamento, mesmo antes do paciente notar alguma mudança em seu humor ou sintomas. No estudo mostrado no slide, examinamos os efeitos de um tratamento curto, de 7 dias, com escitalopram em pacientes deprimidos olhando a resposta do cérebro a expressões faciais de emoção positiva e negativa. O gráfico mostra a resposta a expressões faciais de medo e felicidade na amígdala, parte deste circuito crítico, que é importante para respostas à informação negativa. Sabemos que esta área tende a ser super-responsiva a informações negativas na depressão. O gráfico mostra que o tratamento SSRI com escitalopram diminuiu a resposta da amígdala comparada a pacientes que receberam placebo. Isto foi evidente mesmo antes de haver mudanças na resposta clínica nestes 2 grupos. Sugere que há efeitos principais sobre o circuito neural que suportam o processamento emocional em um estágio muito inicial do tratamento. Estas mudanças iniciais foram implicadas na maneira na qual tratamentos com drogas antidepressivas estão funcionando, e preveem mudanças clínicas mais tarde. Pg.14

15 Em termos de deficiência cognitiva a frio na depressão, sabemos que a depressão leva a dificuldades cognitivas muito abrangentes. A depressão afeta a atenção, memória, função executiva, planejamento, e tomada de decisões. Uma rede neural complexa está envolvida nestas deficiências cognitivas a frio na depressão, e há algumas sobreposições com o circuito neural envolvido em cognição a quente ou emocional. Estes déficits cognitivos a frio provavelmente envolvem disfunção no hipocampo, partes da córtex pré frontal, e também o corpo estriado. Sabemos que o hipocampo é muito importante para memória de episódios, para colocar as memórias no tempo e local. Em pessoas com depressão, também há evidência de que o volume desta área e sua função estão afetados. Além disso, há evidência de influência afetada em áreas como a córtex pré frontal dorsolateral, que são muito importantes para inibição, planejamento, e função executiva. Novamente, os déficits cognitivos a frio que vemos na depressão provavelmente envolvem um sistema neural distribuído. Pg.15

16 Disfunção Cognitiva em Transtorno Depressivo Maior - Uma Nova Meta de Tratamento Em contraste com os efeitos da cognição a quente, porém, há pouca evidência direta de que o tratamento SSRI convencional pode reverter estas deficiências cognitivas a frio, pelo menos diretamente e no início do tratamento. Na pesquisa na literatura, há efeitos muito diferentes e inconsistentes de SSRIs sobre a função cognitiva. Olhando o tratamento a longo prazo, pode-se ver que a função cognitiva não tende a melhorar durante o curso do tratamento com antidepressivos convencionais. Também é verdade que estes déficits ainda estão presentes comparados a controles saudáveis; eles não remediam completamente. O modelo estatístico sugere que as melhorias que são vistas com estes antidepressivos convencionais são amplamente mediadas indiretamente; isto é, há uma pequena restauração da função cognitiva parcialmente porque o paciente está se sentindo melhor e seus outros sintomas de depressão melhoraram. Dr Kasper: Obrigado, Prof. Harmer, por nos fornecer dados sobre sua linha fascinante de pesquisa sobre cognição a quente e a frio e ligando-a ao tratamento com antidepressivos. Você tem conhecimento de outros estudos com imagens e antidepressivos que mostram efeito sobre a cognição a frio? Dr Harmer: Há um estudo bem recente que fizemos olhando os efeitos da vortioxetina sobre a base neural de déficits cognitivos a frio em memória de trabalho. Isto mostra que a vortioxetina pode modular diretamente estes mecanismos neurais, o que suporta o funcionamento executivo na depressão. Os dados que temos até agora indicam que isto parece ser um perfil único, onde podemos direcionar diretamente estas deficiências cognitivas a frio a nível neural usando este novo antidepressivo.¹ Dr Kasper: Obrigado. Ouvimos falar sobre estas diferentes áreas, como dificuldades cognitivas, e como elas afetam pacientes a nível pessoal e também a nível de trabalho. Acho que é bem importante abordar os diferentes domínios e funções da depressão maior. Eu gostaria de pedir ao Prof. Baune da Austrália para discutir isso conosco. Pg.16

17 Bernhard T. Baune, MD, PhD, MPH: Obrigado, Prof. Kasper. Como você sugeriu, os domínios da depressão são muito importantes, e ouvimos antes sobre a importância da cognição e função geral na depressão. Gostaria de elaborar mais sobre esta área e explicar como podemos realmente medi la. Estas áreas são altamente relevantes para abordar a grande carga da doença que enfrentamos com MDD. Também é muito importante da perspectiva de nossa área que a heterogeneidade vista na depressão pede que exploremos um pouco mais e irmos mais a fundo para entender melhor a depressão. O conceito de olhar para os domínios do funcionamento e cognição, por exemplo, é uma maneira adequada de fazer isso. Portanto, sentimos que abordar a função e domínios de MDD será um passo à frente. Estas funções e domínios incluem disfunção sexual e humor, que ouvimos antes que poderiam ser tratados com antidepressivos. Um dos exemplos de um domínio envolvendo a cognição é função executiva, um domínio altamente relevante para a função, como ouvimos em relação ao estudo PERFORM. Estas áreas de cognição podem ser avaliadas diretamente usando testes curtos de maneira rápida. Pg.17

18 Disfunção Cognitiva em Transtorno Depressivo Maior - Uma Nova Meta de Tratamento Eu gostaria de citar um teste em particular, o Teste de Substituição de Dígitos por Símbolos (DSST). Este é um teste que pode ser administrado bem facilmente pelos médicos, incluindo clínicos gerais, em 90 segundos a 2 minutos, dependendo do teste. Os pacientes precisam substituir as lacunas por símbolos alinhados a certos números. Este teste é importante porque relaciona-se à função diária e funcionamento a nível geral. Pg.18

19 Alguns resultados de um estudo em andamento que estamos realizando atualmente em Adelaide sugerem que há uma relação próxima entre função executiva e domínios da função diária, como medido pelo Formulário Curto de Avaliação Funcional (FAST). Há domínios como autonomia do paciente, cargo, cognição, finanças, relacionamentos interpessoais, assim como atividades de lazer. O slide mostra que quanto pior o desempenho na medição cognitiva da função executiva, maior a probabilidade dos pacientes também relatarem déficits funcionais nestas diferentes áreas. Isto se aplica a todos os domínios diferentes do FAST. Parece ser altamente relevante abordar função cognitiva e talvez especificamente função executiva em pacientes para melhorar sua função geral. Pg.19

20 Disfunção Cognitiva em Transtorno Depressivo Maior - Uma Nova Meta de Tratamento Um dos estudos mais recentes, o estudo CONNECT, foi realizado em pacientes adultos com MDD que apresentavam um MDE, tiveram episódios anteriores de depressão, e foram tratados para eles. Estes pacientes tiveram disfunção cognitiva autorrelatada no início do estudo e com frequência também trabalhavam durante o estudo. O estudo comparou vortioxetina mg com placebo e teve uma referência ativa, duloxetina 60 mg, que também foi comparada a placebo. O estudo mediu principalmente a mudança em DSST, que é parte do domínio de funcionamento executivo da cognição. Ele mostrou que a vortioxetina melhorou o desempenho da escala DSST significantemente comparado ao placebo. Também houve uma melhora para a duloxetina, mas não foi estatisticamente significantemente diferente do placebo. Pg.20

21 Como ouvimos antes, a avaliação da função é altamente relevante em pacientes com MDD. O estudo CONNECT teve uma medida particular da produtividade funcional, a Avaliação de Capacidades Baseadas em Desempenho da Universidade de San Diego (UPSA). Este estudo final adicional também mostrou melhora para a vortioxetina comparada ao placebo e alguma melhora também para duloxetina, que não foi estatisticamente significante. Pg.21

22 Disfunção Cognitiva em Transtorno Depressivo Maior - Uma Nova Meta de Tratamento A produtividade no local de trabalho também foi medida no estudo CONNECT usando a escala de produtividade no trabalho do Questionário de Limitação no Trabalho (WLQ) para cada droga comparada ao placebo. Aqui, para as duas drogas, vortioxetina e duloxetina, diferenças numéricas foram encontradas comparadas ao placebo sem alcançar significância estatística. Dr Kasper: Muito obrigado por abordar este estudo tão importante. Eu gostaria de pedir ao Prof. Haro para comentar sobre a relevância dos achados para produtividade no local de trabalho. Dr Haro: Acho que é muito importante que este estudo inclua produtividade no local de trabalho na avaliação dos resultados do paciente porque, como citei antes, quando alcançamos melhora para o paciente no ambiente clínico é muito importante para ser traduzida em melhor funcionamento no trabalho e também em casa. Como você citou, sabemos que o impacto da depressão é muito alto em relação ao funcionamento do paciente. Sem dúvida, se olharmos os custos da depressão na sociedade, eles são muito maiores em termos de impacto sobre a produtividade do que para o tratamento da doença. [2] Acho que quando analisamos e estudamos os novos tratamentos, também precisamos entender como eles afetam a produtividade no trabalho e funcionamento em casa. Dr Kasper: Obrigado. Prof. Baune, poderia também comentar sobre outros achados do estudo, como PDQ ou a Escala de Classificação de Depressão de Montgomery-Asberg (MADRS)? Pg.22

23 Dr Baune: Um aspecto importante deste estudo também foi olhar outras medidas. De importante, o PDQ foi usado para avaliar a percepção relatada pelo paciente de atenção e concentração, assim como capacidades de planejamento e organização. A vortioxetina e duloxetina foram mostradas para melhorar a percepção do paciente sobre esta importante medida. Pg.23

24 Disfunção Cognitiva em Transtorno Depressivo Maior - Uma Nova Meta de Tratamento Além disso, não devemos esquecer outro resultado importante, que é tratar o humor em geral. Isto é medido usando a escala de MADRS. As duas drogas mudaram significantemente e melhoraram esta medida, o escore de depressão geral medido em 8 semanas. Enquanto o estudo CONNECT fez alguns avanços importantes, como discutimos, sobre medidas de produtividade no trabalho e medidas de função geral, algumas limitações podem ser consideradas neste estudo. Por exemplo, uma comparação direta entre as drogas seria um avanço importante no campo, ao invés de usar apenas uma droga de referência ativa. Outra medida importante pode ser ligar realmente achados cognitivos a achados de funcionamento geral, como associar a mudança em DSST para mudança funcional no UPSA ou WPAI. Estes aspectos poderiam possivelmente ser abordados em estudos ou análises futuras. Dr Kasper: Deixe-me perguntar ao painel como este estudo difere dos outros estudos anteriores que foram mostrados na literatura? Dr Haro: Acho que é importante que estudos sobre depressão agora analisem os efeitos que a doença pode ter sobre funcionamento pessoal, como cognição. Acho que é uma área que foi considerada anos atrás, mas mais na perspectiva da disfunção cognitiva. Agora estamos entendendo que a depressão não só tem efeito sobre a disfunção cognitiva, mas também sobre funcionamento cognitivo. Dr Kasper: Prof. Harmer, você tem alguma opinião sobre isso? Dr Harmer: Posso repetir as observações do Prof. Haro. Acho muito importante ter uma compreensão mais completa de como os tratamentos estão afetando a experiência completa de pacientes deprimidos. Estas deficiências cognitivas nem sempre são medidas ou levadas em conta, mas toda a evidência sugere que são muito importantes para voltar à função, que é a meta principal de qualquer tratamento. Dr Kasper: Dr. Baune, você é clínica geral. O que você acha da seleção de pacientes? Isso poderia influenciar o resultado? Pg.24

25 Dr Baune: Acho que influencia o resultado, acima de tudo. Neste estudo, o estudo CONNECT, os pacientes foram incluídos e realmente tinham deficiência cognitiva, autorrelatada e também medida pelo DSST na linha de base. Se eu olhar para minha própria prática clínica e pensar nos pacientes que trabalham e têm deficiência cognitiva, é uma área importante a ser abordada. Dr Kasper: Gostaria de pedir ao Prof. Baune para nos dar uma ideia sobre outros antidepressivos e outros agentes farmacológicos para abordar cognição em MDD. Dr Baune: Esta é uma questão importante. Temos uma variedade de drogas agora no campo que confirmam os efeitos sobre cognição. Eles incluem melhoradores cognitivos como tratamento útil para demência, metilfenidato no tratamento de distúrbio de déficit de atenção/hiperatividade (ADHD), e outras drogas, como modafinil, que foi estudada em controles saudáveis e indivíduos com doença de Parkinson ou esquizofrenia. Porém, nenhuma destas drogas é realmente adequada para o tratamento de MDD. Nenhum estudo mostra isto de forma convincente como monoterapia ou tratamento adicional a um antidepressivo. Há uma sugestão de que o metilfenidato pode trabalhar junto com um antidepressivo em pacientes primariamente diagnosticados com ADHD que têm MDD como comorbidade, mas é uma área muito limitada. Pg.25

26 Disfunção Cognitiva em Transtorno Depressivo Maior - Uma Nova Meta de Tratamento Outra droga, levomilnacipran, é conhecida por ser uma droga noradrenergicamente muito ativa e recentemente chegou ao mercado. É uma droga que pode ter alguns efeitos sobre a regulação emocional. Como ouvimos antes, a regulação emocional é importante para efeitos indiretos sobre a cognição mais tarde. Pode também haver algum benefício. Mesmo as abordagens não farmacológicas como intervenções psicológicas, treinamento cognitivo, ou terapia comportamental cognitiva (CBT) podem ser tratamentos úteis para déficits cognitivos. Dr Kasper: Prof. Harmer, posso pedir a você para falar um pouco mais sobre CBT ou treinamento cognitivo? Pg.26

27 Dr Harmer: O treinamento cognitivo também está emergindo como uma área de pesquisa muito intensa. Há programas ativos de pesquisa buscando programas de treinamento para direcionar problemas de cognição a quente e a frio em depressão. Estes programas de pesquisa estão mostrando uma promessa inicial. Há evidência de que você pode mudar as tendências para informações emocionais, por exemplo, por paradigmas de treinamento relativamente diretos e implícitos ou inconscientes. Isto parece ter algum efeito de impacto sobre sintomas e função neurobiológica. Da mesma forma, há interesse de pesquisa focando a melhoria da função cognitiva a frio praticando algumas destas tarefas de funcionamento executivo com variações diferentes dia a dia. [3] No momento, ainda é muito cedo para saber se estas estratégias podem ser traduzidas na prática clínica. Pode ser que elas sejam úteis apenas para um subconjunto de pacientes. Dr Kasper: No treinamento cognitivo, você também tem algum dado sobre amígdala a curto prazo? Dr Harmer: Há evidência de que você pode direcionar áreas como a córtex pré frontal dorsolateral, particularmente com este tipo de treinamento, já que esperamos efeitos de impacto sobre a função da amígdala. [3] Esta é uma questão interessante porque pode-se esperar intervenções cognitivas no treinamento para operar um nível superior; isto é, direcionar as áreas controladas pré frontais em maior extensão, que são mais eficientes em controlar áreas como a amígdala; enquanto os tratamentos com drogas podem funcionar na direção oposta. É uma área muito interessante. Dr Kasper: Obrigado. Também temos que ter em mente que há uma necessidade de abordar comorbidades físicas, como hipertensão e diabetes, quando pensamos em função cognitiva, já que estes casos podem piorar a função cognitiva. [4] Não entrarei em detalhes aqui, mas esta é uma área que precisamos considerar. Pg.27

28 Disfunção Cognitiva em Transtorno Depressivo Maior - Uma Nova Meta de Tratamento Baseado no que aprendemos durante este painel, o que podemos encontrar no futuro? É um tratamento de MDD mais baseado em domínio? Devemos expandir em cognição como uma das partes integrais da depressão? Acho que isto será abordado no futuro. Os estudos que vimos hoje podem encorajar os médicos a olharem para o domínio da cognição, que é um domínio que eles costumavam considerar como uma área difícil que era reservada para psicólogos especializados ou especialistas na área. É uma parte integral da depressão. Como lição de casa, eu acrescentaria que cognição não é tão difícil quanto costumava ser considerada, e agora temos achados neurobiológicos fascinantes que vêm de estudos de neuroimagem, provavelmente também conectados a achados biológicos moleculares sobre expressão genética. Estes déficits cognitivos também podem ser eficientemente tratados com agentes psicofarmacológicos específicos e também com treinamento cognitivo. Gostaria de agradecer ao painel por participarem deste programa. Obrigado por assistir a este programa. Muito obrigado. Esta transcrição foi editada para estilo e clareza. Este documento é apenas para fins educacionais. Nenhum crédito em Educação Médica Continuada (CME) será fornecido pela leitura dos conteúdos deste documento. Para participar desta atividade, visite Para perguntas relacionadas ao conteúdo desta atividade, entre em contato com o fornecedor desta atividade educacional no Para assistência técnica, entre em contato com Pg.28

O Que Há de Novo na Pesquisa em Antidepressivos? Uma Atualização Sobre a Eficácia e Tolerabilidade dos Antidepressivos

O Que Há de Novo na Pesquisa em Antidepressivos? Uma Atualização Sobre a Eficácia e Tolerabilidade dos Antidepressivos O Que Há de Novo na Pesquisa em Antidepressivos? Uma Atualização Sobre a Eficácia e Tolerabilidade dos Antidepressivos Esta atividade educacional é apoiada por uma concessão educacional independente de

Leia mais

Uma nova perspectiva sobre o transtorno depressivo maior: qual a importância da cognição?

Uma nova perspectiva sobre o transtorno depressivo maior: qual a importância da cognição? Uma nova perspectiva sobre o transtorno depressivo maior: qual a importância da cognição? Apoiado por um subsídio educacional independente da WebMD Global, LLC Este documento destina-se apenas a fins de

Leia mais

Fonte: Jornal Carreira & Sucesso - 151ª Edição

Fonte: Jornal Carreira & Sucesso - 151ª Edição IDENTIFICANDO A DEPRESSÃO Querida Internauta, Lendo o que você nos escreveu, mesmo não sendo uma profissional da área de saúde, é possível identificar alguns sintomas de uma doença silenciosa - a Depressão.

Leia mais

No Brasil, a esquizofrenia ocupa 30% dos leitos psiquiátricos hospitalares; Ocupa 2ºlugar das primeiras consultas psiquiátricas ambulatoriais;

No Brasil, a esquizofrenia ocupa 30% dos leitos psiquiátricos hospitalares; Ocupa 2ºlugar das primeiras consultas psiquiátricas ambulatoriais; Curso - Psicologia Disciplina: Psicofarmacologia Resumo Aula 7- Psicofármacos e Esquizofrenia Esquizofrenia Uma das mais graves doenças neuropsiquiátricas e atinge 1% da população mundial; No Brasil, a

Leia mais

A Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF):

A Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF): A Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF): Há sempre mais do que uma única história* Por que o tema é importante? Provavelmente, cada vez que você leva sua criança a uma

Leia mais

Saúde psicológica na empresa

Saúde psicológica na empresa Saúde psicológica na empresa introdução Nos últimos tempos muito tem-se falado sobre qualidade de vida no trabalho, e até sobre felicidade no trabalho. Parece que esta discussão reflete a preocupação contemporânea

Leia mais

A Saúde mental é componente chave de uma vida saudável.

A Saúde mental é componente chave de uma vida saudável. Transtornos mentais: Desafiando os Preconceitos Durante séculos as pessoas com sofrimento mental foram afastadas do resto da sociedade, algumas vezes encarcerados, em condições precárias, sem direito a

Leia mais

O importante é o paciente: casos clínicos de disfunção cognitiva no TDM

O importante é o paciente: casos clínicos de disfunção cognitiva no TDM O importante é o paciente: casos clínicos de disfunção cognitiva no TDM Esta atividade educacional é patrocinada por um subsídio educativo independente concedido pela Lundbeck Inc. www.medscape.org/collection/mdd10

Leia mais

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br Realização e Organização www.vamaislonge.com.br Quem somos... Leonardo Alvarenga, tenho 23 anos, sou criador do Não Tenho Ideia e do #VáMaisLonge. Sou formado em Educação Física mas larguei tudo logo após

Leia mais

+ de 100 Estudos. O Estudo IHAMS

+ de 100 Estudos. O Estudo IHAMS + de 100 Estudos Mantemos um esforço de pesquisa e desenvolvimento ativo, com novos jogos, exercícios e novos estudos. Atualmente, existem mais de 60 artigos de periódicos publicados sobre os benefícios

Leia mais

Medindo a disfunção cognitiva no transtorno depressivo maior: atualizações sobre as escalas, resultados e tratamento

Medindo a disfunção cognitiva no transtorno depressivo maior: atualizações sobre as escalas, resultados e tratamento Medindo a disfunção cognitiva no transtorno depressivo maior: atualizações sobre as escalas, resultados e tratamento Esta atividade educativa é patrocinada por um subsídio educativo independente concedido

Leia mais

IMAGENS DE RESSONÂNCIA MAGNÉTICA NO ESTUDO DO CÉREBRO E DO COMPORTAMENTO HUMANO!

IMAGENS DE RESSONÂNCIA MAGNÉTICA NO ESTUDO DO CÉREBRO E DO COMPORTAMENTO HUMANO! IMAGENS DE RESSONÂNCIA MAGNÉTICA NO ESTUDO DO CÉREBRO E DO COMPORTAMENTO HUMANO! Prof. Dr. Tiago Arruda Sanchez! Departamento de Radiologia - Faculdade de Medicina! Universidade Federal do Rio de Janeiro

Leia mais

Na nova fronteira? Tratamento por domínios. Disfunção cognitiva no transtorno depressivo maior

Na nova fronteira? Tratamento por domínios. Disfunção cognitiva no transtorno depressivo maior Na nova fronteira? Tratamento por domínios. Disfunção cognitiva no transtorno depressivo maior Esta atividade educacional é patrocinada por um subsídio educativo independente concedido pela Lundbeck Inc.

Leia mais

Estruturas das Sessões em TCC

Estruturas das Sessões em TCC Estruturas das Sessões em TCC Eliana Melcher Martins - Mestre em Ciências pelo Depto. de Psicobiologia da UNIFESP - Especialista em Medicina Comportamental pela UNIFESP - Psicóloga Clínica Cognitivo Comportamental

Leia mais

Quem Contratar como Coach?

Quem Contratar como Coach? Quem Contratar como Coach? por Rodrigo Aranha, PCC & CMC Por diversas razões, você tomou a decisão de buscar auxílio, através de um Coach profissional, para tratar uma ou mais questões, sejam elas de caráter

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE PSICOLOGIA Ementário/abordagem temática/bibliografia básica (3) e complementar (5) Morfofisiologia e Comportamento Humano Ementa: Estudo anátomo funcional

Leia mais

Plano de Prevenção de Riscos de Acidentes com Materiais Perfuro Cortantes. HOSPITAL...

Plano de Prevenção de Riscos de Acidentes com Materiais Perfuro Cortantes. HOSPITAL... Plano de Prevenção de Riscos de Acidentes com Materiais Perfuro Cortantes. Baseado na NR 32 Segurança e Saúde no Trabalho em Serviços de Saúde Portaria N 1.748 de 30 de Agosto de 2011. HOSPITAL... Validade

Leia mais

Visão Subnormal. Guia do Apresentador

Visão Subnormal. Guia do Apresentador Visão Subnormal Guia do Apresentador SLIDE 1 Introdução do apresentador. O propósito desta apresentação é oferecer informações sobre o que é a visão subnormal, o que pode ser feito sobre ela e onde se

Leia mais

Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs

Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs Ultrapassando barreiras e superando adversidades. Ser um gestor de pessoas não é tarefa fácil. Existem vários perfis de gestores espalhados pelas organizações,

Leia mais

Portuguese Summary. Resumo

Portuguese Summary. Resumo Portuguese Summary Resumo 176 Resumo Cerca de 1 em 100 indivíduos não podem comer pão, macarrão ou biscoitos, pois eles têm uma condição chamada de doença celíaca (DC). DC é causada por uma das intolerâncias

Leia mais

CERTIFICAÇÃO INTERNACIONAL EM HABILIDADES E COMPETÊNCIAS EMOCIONAIS Um curso aprovado por Paul Ekman

CERTIFICAÇÃO INTERNACIONAL EM HABILIDADES E COMPETÊNCIAS EMOCIONAIS Um curso aprovado por Paul Ekman Um programa de certificação internacional de três dias EMOÇÕES: O QUE SÃO E COMO LIDAR COM ELAS? Este curso trata das emoções, dos sentimentos, de como reconhecer e dirigir as emoções em nós mesmos e nos

Leia mais

Depressão UHN. Depression - Portuguese

Depressão UHN. Depression - Portuguese Depressão Depression - Portuguese UHN Informação para pacientes e seus familiares Leia esta brochura para aprender: o que é a depressão? quais são as suas causas? os sinais ou sintomas da depressão que

Leia mais

Evanir Soares da Fonseca

Evanir Soares da Fonseca CURSO DE ATUALIZAÇÃO Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde AÇÕES DE COMBATE AO ESTRESSE: PROMOÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA DOS TRABALHADORES DA SAÚDE DE PARACATU - MG Evanir Soares

Leia mais

Saiba Como Convencer os Executivos Sobre o Valor do Gerenciamento de Projetos. White Paper

Saiba Como Convencer os Executivos Sobre o Valor do Gerenciamento de Projetos. White Paper Saiba Como Convencer os Executivos Sobre o Valor do Gerenciamento de Projetos White Paper TenStep 2007 Saiba Como Convencer os Executivos Sobre o Valor do Gerenciamento de Projetos Não há nenhuma duvida

Leia mais

Ana Beatriz Bronzoni

Ana Beatriz Bronzoni Departamento de Bioquímica e Biologia Molecular da Universidade Federal de Viçosa Viçosa (MG) - CEP 36570-000 CNPJ: 07.245.367/0001-14 Departamento de Bioquímica e Biologia Molecular Universidade Federal

Leia mais

TRANSTORNO DO DÉFICIT DE ATENÇÃO E HIPERATIVIDADE - TDAH P R O F E S S O R : H U M B E R T O M Ü L L E R S A Ú D E M E N T A L

TRANSTORNO DO DÉFICIT DE ATENÇÃO E HIPERATIVIDADE - TDAH P R O F E S S O R : H U M B E R T O M Ü L L E R S A Ú D E M E N T A L TRANSTORNO DO DÉFICIT DE ATENÇÃO E HIPERATIVIDADE - TDAH P R O F E S S O R : H U M B E R T O M Ü L L E R S A Ú D E M E N T A L TDAH - EPIDEMIOLOGIA Tx. Varia entre 1,5 5,8% Crianças e adolescentes; Difere

Leia mais

Transtorno Bipolar UHN. Bipolar Disorder - Portuguese. Informação para pacientes e seus familiares

Transtorno Bipolar UHN. Bipolar Disorder - Portuguese. Informação para pacientes e seus familiares Transtorno Bipolar Bipolar Disorder - Portuguese UHN Informação para pacientes e seus familiares Leia esta brochura para saber: o que é o transtorno bipolar quais são as suas causas os sinais ou sintomas

Leia mais

Chat com Fernanda Dia 17 de março de 2011

Chat com Fernanda Dia 17 de março de 2011 Chat com Fernanda Dia 17 de março de 2011 Tema: O papel do terapeuta ocupacional para pessoas em tratamento de leucemia, linfoma, mieloma múltiplo ou mielodisplasia Total atingido de pessoas na sala: 26

Leia mais

Orientação Profissional e de Carreira

Orientação Profissional e de Carreira Orientação Profissional e de Carreira Um processo para a vida toda Powered by: S U A C ARREIRA N A D IRE Ç Ã O CER T A Sponsored by: INTRODUÇÃO 25 anos de experiência 4.000 jovens contratados por ano Quem

Leia mais

TÍTULO: ALUNOS DE MEDICINA CAPACITAM AGENTES COMUNITÁRIOS NO OBAS CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE

TÍTULO: ALUNOS DE MEDICINA CAPACITAM AGENTES COMUNITÁRIOS NO OBAS CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE TÍTULO: ALUNOS DE MEDICINA CAPACITAM AGENTES COMUNITÁRIOS NO OBAS CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: MEDICINA INSTITUIÇÃO: UNIVERSIDADE CIDADE DE SÃO PAULO AUTOR(ES): THAIS

Leia mais

De volta para vida: a inserção social e qualidade de vida de usuários de um Centro de Atenção Psicossocial

De volta para vida: a inserção social e qualidade de vida de usuários de um Centro de Atenção Psicossocial De volta para vida: a inserção social e qualidade de vida de usuários de um Centro de Atenção Psicossocial Eliane Maria Monteiro da Fonte DCS / PPGS UFPE Recife PE - Brasil Pesquisa realizada pelo NUCEM,

Leia mais

44% 56% 67.896 respostas no Brasil. 111.432 respostas na América Latina. 0,5% Margem de erro. Metodologia e Perfil. homens.

44% 56% 67.896 respostas no Brasil. 111.432 respostas na América Latina. 0,5% Margem de erro. Metodologia e Perfil. homens. Brasil A pesquisa em 2015 Metodologia e Perfil 111.432 respostas na América Latina 44% homens 67.896 respostas no Brasil 0,5% Margem de erro 56% mulheres * A pesquisa no Uruguai ainda está em fase de coleta

Leia mais

Entrevista com Tetrafarma. Nelson Henriques. Director Gerente. Luísa Teixeira. Directora. Com quality media press para Expresso & El Economista

Entrevista com Tetrafarma. Nelson Henriques. Director Gerente. Luísa Teixeira. Directora. Com quality media press para Expresso & El Economista Entrevista com Tetrafarma Nelson Henriques Director Gerente Luísa Teixeira Directora Com quality media press para Expresso & El Economista Esta transcrição reproduz fiel e integralmente a entrevista. As

Leia mais

O que é Distúrbio Bipolar Bipolar Disorder Source - NIMH

O que é Distúrbio Bipolar Bipolar Disorder Source - NIMH O que é Distúrbio Bipolar Bipolar Disorder Source - NIMH Distúrbio Bipolar, também conhecido como mania e depressão, é uma desordem do cérebro que causa mudanças não previstas no estado mental da pessoa,

Leia mais

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses Estudo de Caso Cliente: Rafael Marques Duração do processo: 12 meses Coach: Rodrigo Santiago Minha idéia inicial de coaching era a de uma pessoa que me ajudaria a me organizar e me trazer idéias novas,

Leia mais

www.poderdocoachingemgrupos.com.br

www.poderdocoachingemgrupos.com.br Pesquisa de Mercado A condução de pesquisas de mercado é uma das atividades mais eficazes e importantes que você pode fazer quando você estiver projetando seu coaching em grupo. Você vai se surpreender

Leia mais

O Supply Chain Evoluiu?

O Supply Chain Evoluiu? O Supply Chain Evoluiu? Apresentação - 24º Simpósio de Supply Chain & Logística 0 A percepção de estagnação do Supply Chain influenciada pela volatilidade do ambiente econômico nos motivou a entender sua

Leia mais

Rodrigo Rennó Questões CESPE para o MPU 12

Rodrigo Rennó Questões CESPE para o MPU 12 Rodrigo Rennó Questões CESPE para o MPU 12 Questões sobre o tópico Desenvolvimento e treinamento de pessoal: levantamento de necessidades, programação, execução e avaliação. Olá Pessoal, hoje veremos outro

Leia mais

CENTRO DE OSTEOPATIA MAÇÃS PLACE

CENTRO DE OSTEOPATIA MAÇÃS PLACE CENTRO DE OSTEOPATIA MAÇÃS PLACE Quem somos A nossa equipa apresenta um atendimento personalizado ao nível da Osteopatia através de uma abordagem multidisciplinar de qualidade, avaliação, diagnóstico e

Leia mais

Resumo Aula 9- Psicofármacos e Transtornos de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) na infância, na adolescência e na idade adulta

Resumo Aula 9- Psicofármacos e Transtornos de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) na infância, na adolescência e na idade adulta Curso - Psicologia Disciplina: Psicofarmacologia Resumo Aula 9- Psicofármacos e Transtornos de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) na infância, na adolescência e na idade adulta Psicofármacos:Transtorno

Leia mais

Região. Mais um exemplo de determinação

Região. Mais um exemplo de determinação O site Psicologia Nova publica a entrevista com Úrsula Gomes, aprovada em primeiro lugar no concurso do TRT 8 0 Região. Mais um exemplo de determinação nos estudos e muita disciplina. Esse é apenas o começo

Leia mais

1 em cada 4 pessoas são afetadas por um problema de saúde mental a cada ano. Vamos falar sobre isso?

1 em cada 4 pessoas são afetadas por um problema de saúde mental a cada ano. Vamos falar sobre isso? 1 em cada 4 pessoas são afetadas por um problema de saúde mental a cada ano Vamos falar sobre isso? Algumas estatísticas sobre Saúde Mental Transtornos mentais são frequentes e afetam mais de 25% das pessoas

Leia mais

grandes oportunidades

grandes oportunidades Conecte-se a grandes oportunidades Carreiras sem limites Alcance além do que é possível Qualquer que seja o seu caminho, você pode ser parte das mudanças de vida para melhor no mundo todo. Uma carreira

Leia mais

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey Executivos em todos os níveis consideram que a sustentabilidade tem um papel comercial importante. Porém, quando se trata

Leia mais

A Psicologia de Vendas: Por Que as Pessoas Compram

A Psicologia de Vendas: Por Que as Pessoas Compram A Psicologia de Vendas: Por Que as Pessoas Compram Esquema de Palestra I. Por Que As Pessoas Compram A Abordagem da Caixa Preta A. Caixa preta os processos mentais internos que atravessamos ao tomar uma

Leia mais

Bate-papo: Uso do Scratch, uma nova linguagem de programação, no ensino fundamental - Web Currículo (25/05/2010)

Bate-papo: Uso do Scratch, uma nova linguagem de programação, no ensino fundamental - Web Currículo (25/05/2010) 1 of 6 02/12/2011 16:14 Bate-papo: Uso do Scratch, uma nova linguagem de programação, no ensino fundamental - Web Currículo (25/05/2010) 13:58:20 Bem-vindos ao Bate-papo Educarede! 14:00:54 II Seminário

Leia mais

GESTÃO DE PROJETOS PARA A INOVAÇÃO

GESTÃO DE PROJETOS PARA A INOVAÇÃO GESTÃO DE PROJETOS PARA A INOVAÇÃO Indicadores e Diagnóstico para a Inovação Primeiro passo para implantar um sistema de gestão nas empresas é fazer um diagnóstico da organização; Diagnóstico mapa n-dimensional

Leia mais

Você consegue dirigir seu carro sem um painel de controle? Você consegue gerenciar um Service Desk sem Indicadores?

Você consegue dirigir seu carro sem um painel de controle? Você consegue gerenciar um Service Desk sem Indicadores? Você consegue dirigir seu carro sem um painel de controle? Você consegue gerenciar um Service Desk sem Indicadores? Será que está acabando a gasolina? Qual o consumo médio do carro na Estrada ou na Cidade?

Leia mais

Desenvolvendo Capacidades de PDSA

Desenvolvendo Capacidades de PDSA Desenvolvendo Capacidades de PDSA Karen Martin Como com qualquer habilidade, desenvolver as capacidades do PDSA (planejar fazer estudar agir) tem tudo a ver com a prática. Para conquistar a disciplina

Leia mais

Terapia Cognitivo Comportamental

Terapia Cognitivo Comportamental Terapia Cognitivo Comportamental TRATAMENTO PSICOLÓGICO M. FÁTIMA RATO PADIN Coordenadora do Alamedas -Tratamento e Reabilitação da Dependência Química TRATAMENTO PSICOLÓGICO - Terapia Cognitivo Comportamental

Leia mais

RELATÓRIO DE ORIENTAÇÃO VOCACIONAL

RELATÓRIO DE ORIENTAÇÃO VOCACIONAL RELATÓRIO DE ORIENTAÇÃO VOCACIONAL 17/04/2015 Nome Laboratório Psicologia Barcelos Centro Comercial do Apoio Rua Visconde Leiria n.º2 loja B 4750-311 Barcelos www.labpsibarcelos.com info@labpsibarcelos.com

Leia mais

Entrevista com Pierre Fédida

Entrevista com Pierre Fédida Rev. Latinoam. Psicopat. Fund., IV, 1, 168-174 Entrevista com Pierre Fédida (Concedida a Paulo Roberto Ceccarelli em Paris, no dia 27 de julho de 2000) 168 Há algum tempo o Sr. tem utilizado a expressão

Leia mais

Desperdiçadores Psicológicos de Tempo. Procrastinação, Perfeccionismo, Desorganização e Falta de disciplina.

Desperdiçadores Psicológicos de Tempo. Procrastinação, Perfeccionismo, Desorganização e Falta de disciplina. Desperdiçadores Psicológicos de Tempo Procrastinação, Perfeccionismo, Desorganização e Falta de disciplina. Desperdiçadores Psicológicos de Tempo Marciliana Corrêa (CRP 06 6519-5) Master Coach pelo International

Leia mais

LÍDER COACH Obtenha excelência em sua vida pessoal e profissional

LÍDER COACH Obtenha excelência em sua vida pessoal e profissional LÍDER COACH Obtenha excelência em sua vida pessoal e profissional Ao investir em pessoas o seu resultado é garantido! Tenha ganhos significativos em sua gestão pessoal e profissional com o treinamento

Leia mais

Proposta de Parceria Comercial e Plano de Marketing

Proposta de Parceria Comercial e Plano de Marketing Oficial Categoria 2 Proposta de Consultoria: Facebook Marketing Proposta de Parceria Comercial e Plano de Marketing Nas próximas páginas: Quem é a Dynamo O Que é Possível Com o Facebook Como Podemos Ajudar

Leia mais

Objetivos Gerais. Psicólogo. Paciente. tratamento

Objetivos Gerais. Psicólogo. Paciente. tratamento Terapia Cognitivo-Comportamental Avaliação Inicial 1ª. Sessão Eliana Melcher Martins Doutoranda em Ciências pelo depto.psiquiatria da UNIFESP Mestre em Ciências pelo depto de Psicobiologia da UNIFESP Especialista

Leia mais

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO SECUNDÁRIO - 2015

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO SECUNDÁRIO - 2015 1. INTRODUÇÃO 340 Psicologia B O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do ensino secundário, a realizar em 2015 pelos alunos que se encontram abrangidos

Leia mais

A compra de TI e as redes sociais

A compra de TI e as redes sociais Solicitada por A compra de TI e as redes sociais Como as redes sociais transformaram o processo de compras B2B e as melhores práticas para adaptar as suas estratégias de marketing à nova realidade BRASIL

Leia mais

O Paciente Difícil de Tratar com Diabetes e Várias Comorbidades, Parte 3: Controle Glicêmico na Doença Renal Crônica Amena a Moderada

O Paciente Difícil de Tratar com Diabetes e Várias Comorbidades, Parte 3: Controle Glicêmico na Doença Renal Crônica Amena a Moderada Apoiado por um subsídio educacional independente de Boehringer Ingelheim e Lilly Dr. PhD André Scheen: Olá e bem-vindos a este programa educativo da Medscape, O Complexo Paciente com Diabetes e Comorbidades,

Leia mais

O replay desse evento estará disponível logo após seu encerramento por um período de sete dias.

O replay desse evento estará disponível logo após seu encerramento por um período de sete dias. Operadora: Transcrição da Teleconferência Bom dia e obrigada por aguardarem. Sejam bem vindos à teleconferência da Tegma Gestão Logística S.A., para discussão dos resultados referentes ao 3T10. Estão presentes

Leia mais

DEPRESSÃO CONHECENDO SEU INIMIGO

DEPRESSÃO CONHECENDO SEU INIMIGO DEPRESSÃO CONHECENDO SEU INIMIGO E- BOOK GRATUITO Olá amigo (a), A depressão é um tema bem complexo, mas que vêm sendo melhor esclarecido à cada dia sobre seu tratamento e alívio. Quase todos os dias novas

Leia mais

Revisitando os Desafios da Web: Como Avaliar Alunos Online

Revisitando os Desafios da Web: Como Avaliar Alunos Online Revisitando os Desafios da Web: Como Avaliar Alunos Online Neide Santos neide@ime.uerj.br 2º Seminário de Pesquisa em EAD Experiências e reflexões sobre as relações entre o ensino presencial e a distância

Leia mais

Como transformar a sua empresa numa organização que aprende

Como transformar a sua empresa numa organização que aprende Como transformar a sua empresa numa organização que aprende É muito interessante quando se fala hoje com profissionais de Recursos Humanos sobre organizações que aprendem. Todos querem trabalhar em organizações

Leia mais

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching,

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, 5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, Consultoria, Terapias Holísticas e Para Encher Seus Cursos e Workshops. Parte 01 Como Se Posicionar e Escolher os Clientes dos Seus Sonhos 1 Cinco Etapas Para

Leia mais

Transcrição da Teleconferência Resultados do 3T09 - Inpar 18 de novembro de 2009

Transcrição da Teleconferência Resultados do 3T09 - Inpar 18 de novembro de 2009 Transcrição da Teleconferência Resultados do 3T09 - Inpar 18 de novembro de 2009 Bom dia, e obrigada por aguardarem. Sejam bem-vindos à teleconferência da Inpar para discussão dos resultados referentes

Leia mais

Plano de saúde do seu filho

Plano de saúde do seu filho 7 Plano de saúde do seu filho Neste capítulo, encontrará informações sobre o seguro de saúde do seu filho ou plano de saúde. Anexe a este capítulo uma cópia do folheto de coberturas do plano de saúde do

Leia mais

Posicionamento Global da marca FSC e Ferramentas de Marketing - Perguntas e Respostas Frequentes

Posicionamento Global da marca FSC e Ferramentas de Marketing - Perguntas e Respostas Frequentes Posicionamento Global da marca FSC e Ferramentas de Marketing - Perguntas e Respostas Frequentes 1. Perguntas e Respostas para Todos os Públicos: 1.1. O que é posicionamento de marca e por que está sendo

Leia mais

MATRÍCULA: 52862 DATA: 15/09/2013

MATRÍCULA: 52862 DATA: 15/09/2013 AV1 Estudo Dirigido da Disciplina CURSO: Administração Escolar DISCIPLINA: Educação Inclusiva ALUNO(A):Claudia Maria de Barros Fernandes Domingues MATRÍCULA: 52862 DATA: 15/09/2013 NÚCLEO REGIONAL: Rio

Leia mais

PAF Programa de Acompanhamento Funcional

PAF Programa de Acompanhamento Funcional PAF Programa de Acompanhamento Funcional MINISTÉRIO PÚBLICO MILITAR Márcio de Moura Pereira Motivação do Projeto SITUAÇÃO PROBLEMA Necessidade de atender a demandas já existentes de servidores e membros

Leia mais

Redação do Site Inovação Tecnológica - 28/08/2009. Humanos aprimorados versus humanos comuns

Redação do Site Inovação Tecnológica - 28/08/2009. Humanos aprimorados versus humanos comuns VOCÊ ESTÁ PREPARADO PARA CONVIVER COM OS HUMANOS APRIMORADOS? http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=voce-esta-preparado-conviver-humanosaprimorados&id=010850090828 Redação do

Leia mais

O sucesso na Interaçao com o Conselho

O sucesso na Interaçao com o Conselho 24-09-2013 14:45 O sucesso na Interaçao com o Conselho Jose Francisco Moraes QAIP Team Leader IIA Brasil ESTOU PREPARADO PARA: SER PROMOVIDO? Promovido = dar publicidade a uma imagem pessoal desejada Foco

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 10 PROFª BRUNO CALEGARO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 10 PROFª BRUNO CALEGARO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 10 PROFª BRUNO CALEGARO Santa Maria, 10 de Outubro de 2013. Revisão aula anterior Documento de Requisitos Estrutura Padrões Template Descoberta

Leia mais

Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido

Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido Apoiar a empregabilidade pela melhora da qualidade do ensino profissionalizante UK Skills Seminar Series 2014 15 British Council UK Skills Seminar

Leia mais

Guia de Tratamento para Dependentes Químicos. Tudo isso você vai saber agora neste Guia de Tratamento para Dependentes Químicos

Guia de Tratamento para Dependentes Químicos. Tudo isso você vai saber agora neste Guia de Tratamento para Dependentes Químicos Guia de para Dependentes Químicos O que fazer para ajudar um dependente químico? Qual é o melhor procedimento para um bom tratamento? Internação Voluntária ou Involuntária Como decidir? Como fazer? O que

Leia mais

A ARTE DA COMUNICAÇÃO. Maria Thereza Bond

A ARTE DA COMUNICAÇÃO. Maria Thereza Bond A ARTE DA COMUNICAÇÃO Maria Thereza Bond 1 Psicologia Gestão de Pessoas Aulas, palestras, livros, coordenação, capacitações, consultorias... 2 Sobre o que vamos falar hoje? Em que vamos pensar? 3 O que

Leia mais

Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008 Humberto Cordeiro Carvalho admitido pela companhia em 1 de julho de 1981. Eu nasci em 25 de maio de 55 em Campos do Goytacazes. FORMAÇÃO Segundo grau Escola

Leia mais

Blue Mind Desenvolvimento Humano

Blue Mind Desenvolvimento Humano Conhecendo o Coaching Por Fábio Ferreira Professional & Self Coach pelo Instituto Brasileiro de Coaching, com certificação internacional pela European Coaching Association e Global Coaching Community,

Leia mais

COMPARAÇÃO ENTRE O ENSINO REGULAR E O ESPECIALIZADO PARA OS ALUNOS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL NO MUNICÍPIO DE ALEGRE-ES.

COMPARAÇÃO ENTRE O ENSINO REGULAR E O ESPECIALIZADO PARA OS ALUNOS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL NO MUNICÍPIO DE ALEGRE-ES. COMPARAÇÃO ENTRE O ENSINO REGULAR E O ESPECIALIZADO PARA OS ALUNOS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL NO MUNICÍPIO DE ALEGRE-ES. Iasmini Nicoli Galter 1, Mayla Gava ¹, Henrique Tabelini ¹, Elias Terra Werner².

Leia mais

Terapia Antiplaquetária no Mundo Real: O Que está Acontecendo no Brasil?

Terapia Antiplaquetária no Mundo Real: O Que está Acontecendo no Brasil? Apoiado por uma subvenção educacional independente de empresa Daiichi Sankyo, Inc.; Eli Lilly. Terapia Antiplaquetária no Mundo Real: O Que está Acontecendo no Brasil? Renato Lopes, MD, PhD: Olá e bem

Leia mais

O Coaching pode ajudar uma pessoa a:

O Coaching pode ajudar uma pessoa a: O que é o Coaching O que é o Coaching É um processo compartilhado de desenvolvimento pessoal e profissional focado em ações no presente, para tornar real suas intenções de atingir objetivos e alcançar

Leia mais

Cinco principais qualidades dos melhores professores de Escolas de Negócios

Cinco principais qualidades dos melhores professores de Escolas de Negócios Cinco principais qualidades dos melhores professores de Escolas de Negócios Autor: Dominique Turpin Presidente do IMD - International Institute for Management Development www.imd.org Lausanne, Suíça Tradução:

Leia mais

Motivar pessoas para o foco da organização

Motivar pessoas para o foco da organização PORTWAY Motivar pessoas para o foco da organização Série 4 pilares da liderança Volume 3 4 pilares da liderança Motivar pessoas para o foco da organização E m Julho de 2014, fui procurado por algumas diretoras

Leia mais

Como obter excelentes. Resultados. no Marketing Digital. Aprenda a usar 3 metas matadoras. Publicação SEVEN - SPD

Como obter excelentes. Resultados. no Marketing Digital. Aprenda a usar 3 metas matadoras. Publicação SEVEN - SPD Como obter excelentes Resultados no Marketing Digital Aprenda a usar 3 metas matadoras Publicação SEVEN - SPD Sumário Introdução Cápítulo 1 Comprometa-se com o Sonho Pessoal Capítulo 2 Desenvolva sua Estratégia

Leia mais

Competências Essenciais de Coaching. Nick Cheong 张 炳 栋 Sócio - Diretor Berners Coaching 2010 BERNERSCONSULTING

Competências Essenciais de Coaching. Nick Cheong 张 炳 栋 Sócio - Diretor Berners Coaching 2010 BERNERSCONSULTING Competências Essenciais de Coaching Nick Cheong 张 炳 栋 Sócio - Diretor Berners Coaching 2010 BERNERSCONSULTING Por que estamos aqui? Estamos aqui para: Conhecer quais são as competências essências do um

Leia mais

Você conhece a Medicina de Família e Comunidade?

Você conhece a Medicina de Família e Comunidade? Texto divulgado na forma de um caderno, editorado, para a comunidade, profissionais de saúde e mídia SBMFC - 2006 Você conhece a Medicina de Família e Comunidade? Não? Então, convidamos você a conhecer

Leia mais

Psicoterapia e Psicofarmacologia. Como optar ou associá-las? Hewdy Lobo Ribeiro Psiquiatra Forense e Psicogeriatra AMBULIM e ProMulher IPq - USP

Psicoterapia e Psicofarmacologia. Como optar ou associá-las? Hewdy Lobo Ribeiro Psiquiatra Forense e Psicogeriatra AMBULIM e ProMulher IPq - USP e Psicofarmacologia. Como optar ou associá-las? Hewdy Lobo Ribeiro Psiquiatra Forense e Psicogeriatra AMBULIM e ProMulher IPq - USP Estudo da forma e função dos Psicofármacos Psicofármacos / Psicotrópicos

Leia mais

Por dentro do mercado de médio porte: Uma perspectiva para 2011

Por dentro do mercado de médio porte: Uma perspectiva para 2011 Janeiro 2011 Exclusivamente para empresas de médio porte Por dentro do mercado de médio porte: Uma perspectiva para 2011 Relatório para o Brasil Panorama global: Pesquisa com 2.112 líderes do mercado de

Leia mais

O QUE É PRECISO PARA SER UM GRANDE LÍDER

O QUE É PRECISO PARA SER UM GRANDE LÍDER LIDERANÇA O QUE É PRECISO PARA SER UM GRANDE LÍDER Roselinde Torres foco na pessoa 6 Por Roselinde Torres O que é preciso para ser um grande líder hoje? Muitos de nós temos a imagem de um líder como um

Leia mais

Aula 1 Uma visão geral das comorbidades e a necessidade da equipe multidisciplinar

Aula 1 Uma visão geral das comorbidades e a necessidade da equipe multidisciplinar Aula 1 Uma visão geral das comorbidades e a necessidade da equipe multidisciplinar Nesta aula, apresentaremos o panorama geral das comorbidades envolvidas na dependência química que serão estudadas ao

Leia mais

Manter se limpo na rua

Manter se limpo na rua Manter se limpo na rua Tradução de literatura aprovada pela Irmandade de NA. Copyright 1993 by Narcotics Anonymous World Services, Inc. Todos os direitos reservados Muitos de nós tiveram o primeiro contato

Leia mais

Como Eu Começo meu A3?

Como Eu Começo meu A3? Como Eu Começo meu A3? David Verble O pensamento A3 é um pensamento lento. Você está tendo problemas para começar seu A3? Quando ministro treinamentos sobre o pensamento, criação e uso do A3, este assunto

Leia mais

Análise de Mercado. Análise da Indústria/Setor. Descrição do Segmento de Mercado. Artigos de PN Como fazer Análise de Mercado. josedornelas.com.

Análise de Mercado. Análise da Indústria/Setor. Descrição do Segmento de Mercado. Artigos de PN Como fazer Análise de Mercado. josedornelas.com. Artigos de PN Como fazer Análise de Mercado Análise de Mercado A análise de mercado é um dos componentes do plano de negócios que está relacionado ao marketing da organização. Ela apresenta o entendimento

Leia mais

Grasiela - Bom à gente pode começar a nossa conversa, você contando para a gente como funciona o sistema de saúde na Inglaterra?

Grasiela - Bom à gente pode começar a nossa conversa, você contando para a gente como funciona o sistema de saúde na Inglaterra? Rádio Web Saúde dos estudantes de Saúde Coletiva da UnB em parceria com Rádio Web Saúde da UFRGS em entrevista com: Sarah Donetto pesquisadora Inglesa falando sobre o NHS - National Health Service, Sistema

Leia mais

GESTÃO ESTRATÉGICA DA QUALIDADE Profa. Adriana Roseli Wünsch Takahashi

GESTÃO ESTRATÉGICA DA QUALIDADE Profa. Adriana Roseli Wünsch Takahashi UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DA QUALIDADE GESTÃO ESTRATÉGICA DA QUALIDADE Profa. Adriana Roseli Wünsch Takahashi MARÇO/2010

Leia mais

Gerenciando Sua Reputação Online Parte 1

Gerenciando Sua Reputação Online Parte 1 Gerenciando Sua Reputação Online Parte 1 Índice Gerenciando Sua Reputação Online Parte 1 Índice O Que é Gerenciamento da Sua Reputação Online? Como Monitorar Sua Reputação Online O Básico Para Construir

Leia mais

W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R

W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R 8 DICAS ESSENCIAIS PARA ESCOLHER SUA CORRETORA W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R Aviso Importante O autor não tem nenhum vínculo com as pessoas, instituições financeiras e produtos, citados, utilizando-os

Leia mais

Rodrigo Rennó Questões CESPE para o MPU 06

Rodrigo Rennó Questões CESPE para o MPU 06 Rodrigo Rennó Questões CESPE para o MPU 06 Questões sobre o tópico Avaliação de Desempenho: objetivos, métodos, vantagens e desvantagens. Olá Pessoal, Espero que estejam gostando dos artigos. Hoje veremos

Leia mais

ENTENDENDO OS CONCEITOS DE RISCO E RETORNO

ENTENDENDO OS CONCEITOS DE RISCO E RETORNO ENTENDENDO OS CONCEITOS DE RISCO E RETORNO! O Que é Risco?! Quais as origens do Risco?! As preferências com relação ao Risco! O Que é retorno sobre o investimento? Autores: Francisco Cavalcante(f_c_a@uol.com.br)!

Leia mais

Mas como você gera sua lista de e-mail? Listei abaixo algumas das formas de construir uma lista de email marketing eficaz;

Mas como você gera sua lista de e-mail? Listei abaixo algumas das formas de construir uma lista de email marketing eficaz; E-mail marketing, muitas vezes considerada uma forma de marketing pessoal, é uma das mais valiosas ferramentas de web marketing, uma das mais visadas e mais focada pelos marqueteiros. Vamos nos concentrar

Leia mais

Vencedores! Ideias de Negócio. Passos para criar. Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais!

Vencedores! Ideias de Negócio. Passos para criar. Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais! Por Rafael Piva Guia 33 Prático Passos para criar Ideias de Negócio Vencedores! Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais! Que bom que você já deu um dos

Leia mais