Formação do Mecânico Aeronáutico no Brasil: Avaliação do Contexto Atual

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Formação do Mecânico Aeronáutico no Brasil: Avaliação do Contexto Atual"

Transcrição

1 PE-Safety BH Formação do Mecânico Aeronáutico no Brasil: Avaliação do Contexto Atual Kerley Alberto Pereira de Oliveira Renato Inácio Muller Josué Irffi Júnior Ilmar Pereira Dias Filho Orientador: Prof. Dr.Donizeti de Andrade (ITA) Co-orientador: Prof. Marcelo Soares Leão (ITA)

2 MECÂNICO AERONÁUTICO (Fonte: Acesso em 02 set. 2012) 2/57

3 Convenção de Chicago 1944 Anexo 1 Licenças de Pessoal Requisitos mínimos necessários à formação de mecânicos aeronáuticos 3/57

4 MANUAIS 4/57

5 Requisitos para Formação do Mecânico Aeronáutico Ter completado 18 anos de idade e ter concluído, com aproveitamento, o ensino médio, antigo 2º grau mecânico aeronáutico nível básico: 300 horas de teoria básica mecânico aeronáutico célula: 650 horas de teoria e 60 horas de prática mecânico aeronáutico motores: 650 horas de teoria e 60 horas de prática mecânico aeronáutico aviônicos: 650 horas de teoria e 60 horas de prática 5/57

6 CENÁRIO Analógico Fragmentado Cartesiano Digital FADEC Multidisciplinar FMS Visão GPS do todo G1000 (Fonte: Acesso em 02 set. 2012) 6/57

7 Os Requisitos para Formação do Mecânico Aeronáutico possuem uma leitura contemporânea? 7/57

8 S 8/57

9 S 9/57

10 S 10/57

11 MECÂNICO AERONÁUTICO

12 12/57

13 MECÂNICO AERONÁUTICO 13/57

14 S 14/57

15 MECÂNICO AERONÁUTICO

16 S 16/57

17 Propor uma leitura contemporânea dos manuais de curso de formação de mecânicos 17/57

18 Histórico da Formação do Mecânico Aeronáutico na Brasil 1916 Escola da Marinha 1918 Exército se junta à Marinha 1941 Criação do Ministério da Aeronáutica Baixadas Instruções para Formação de Mecânico Militar Extinção da Escola de Aviação Naval e da Escola de Aviação Militar Criação da Escola de Especialistas de Aeronáutica 18/57

19 HISTÓRICO Escola de Especialistas de Aeronáutica - Guaratinguetá, 1950 (Fonte: Acesso em 02 set. 2012) 19/57

20 HISTÓRICO Escola de Especialistas de Aeronáutica (Fonte: Acesso em 02 set. 2012) 20/57

21 HISTÓRICO 1990 Primeiras Faculdades de Ciências Aeronáuticas 2000 Primeiro Curso Superior de Formação de Mecânicos Aeronáuticos Curso Superior de Tecnologia em Manutenção de Aeronaves 21/57

22 MEC 22/57

23 CONFLITO DE INTERESSES 23/57

24 MATRIZ CURRICULAR 24/57

25 MATRIZ CURRICULAR 25/57

26 MATRIZ CURRICULAR 26/57

27 MATRIZ CURRICULAR 27/57

28 Material Didático (Fonte: EEAR, 2005) 28/57

29 MATERIAL DIDÁTICO (Fonte: EEAR, 2005) (Fonte: IAC, 2004) 29/57

30 MATERIAL DIDÁTICO (Fonte: FAA, 2012) 30/57

31 MATERIAL DIDÁTICO (Fonte: JAA, 2007) 31/57

32 Cursos Homologados 92 Registros de Escolas Ativas na ANAC 6 São Cursos Superiores Anápolis Goiânia Belo Horizonte São Paulo Paraná 32/57

33 CURSOS HOMOLOGADOS Centro Universitário de Anápolis Anápolis GO Homologado para CEL, GMP e AVI. Forma Tecnólogo em Manutenção de Aeronaves 3 anos de duração - Noturno Matriz curricular do curso não disponível no site da instituição Faculdade de Tecnologia SENAI ítalo Bologna Goiânia GO Homologado para CEL, GMP e AVI Não possui site específico do curso com maiores informações 33/57

34 CURSOS HOMOLOGADOS FUMEC Faculdade de Engenharia e Arquitetura Belo Horizonte MG Homologado para CEL, GMP e AVI Forma Tecnólogo em Manutenção de Aeronaves 3 anos de duração Noturno horas Matriz curricular disponível no site da instituiçã IFSP Campus São Carlos São Carlos SP Homologado para CEL e GMP Forma Tecnólogo em Manutenção de Aeronaves 3 anos de duração Noturno horas Matriz curricular do curso não disponível no site da instituição 34/57

35 CURSOS HOMOLOGADOS Centro Universitário UNA Belo Horizonte MG Homologado para CEL, GMP e AVI Forma Tecnólogo em Manutenção de Aeronaves 3 anos de duração Noturno horas Matriz curricular disponível no site da instituição Universidade Tuiuti do Paraná Curitiba - PR Homologado para CEL, GMP e AVI Forma Tecnólogo em Manutenção de Aeronaves 3 anos de duração Noturno horas Matriz curricular disponível no site da instituição 35/57

36 Questionário Centro de Manutenção de uma Empresa de Linha Aérea de Grande Porte 36/57

37 Presença Feminina na Aviação Civil 14% M F 86% 37/57

38 Tipos de Licença Licença dos mecânicos 67% 70% 60% 50% 33% 40% 30% 20% 10% 0% CCT CHT 38/57

39 Tipos de CCT CCT 20% 40% CEL GMP AVI 40% 39/57

40 Tipos de CHT CHT 13% CEL 29% 58% GMP AVI 40/57

41 Tempo de Empresa 60% 50% 40% 30% 20% 10% 0% < 1 1 e 4 4 e 7 7 e e 12 anos 41/57

42 Tempo na Aviação 50% 40% 30% 20% 10% 0% < 1 1 e 4 4 e 7 7 e e 12 > 13 anos 42/57

43 Cursos ou treinamentos nos últimos 2 anos 12% Sim Não 88% 43/57

44 Escolaridade dos Mecânicos médio completo 60% sup incompleto 31% sup completo 9% 44/57

45 Gostaria de fazer um curso superior? 100% 100% 80% 60% 40% 0% 20% 0% Sim Não 45/57

46 Gostaria de fazer um curso superior na área da aviação? Não 31% Sim 69% 46/57

47 Em sua opinião, para um Mecânico de Manutenção de Aeronaves, o Curso Superior em Manutenção de Aeronaves traria benefícios para sua carreira profissional? Não 12% Sim 88% 47/57

48 Você concorda que a metodologia de ensino voltada para a formação do Mecânico de Manutenção de Aeronaves está de acordo com o atual cenário aeronáutico ou, em sua opinião, o que deveria ser melhorado? Sim; 8% Não; 92% algumas respostas... 48/57

49 RESPOSTAS DOS MECÂNICOS TEM ALUNO QUE CHEGA PARA TRABALHAR E NÃO SABE DISTINGUIR CHAVE COMBINADA DE CHAVE DE BOCA, NÃO SABE TRANSFORMAR MILÍMETRO EM POLEGADA. AS ESCOLAS DEVERIAM INVESTIR MAIS NAS AULAS PRÁTICAS. 15 ANOS NA AVIAÇÃO OS CURSOS SÓ PENSAM EM FAZER O ALUNO PASSAR NA BANCA DA ANAC. NÃO SE ENSINA NADA RELACIONADO A TECNOLOGIAS ATUAIS 12 ANOS NA AVIAÇÃO PARA SER MECÂNICO, NÃO PRECISA TER CURSO SUPERIOR, BASTA A CHT. 5 ANOS NA AVIAÇÃO 49/57

50 RESPOSTAS DOS MECÂNICOS O IMPORTANTE NA AVIAÇÃO É A CHT. PREFIRO FAZER OUTROS CURSOS. 3 ANOS NA AVIAÇÃO... A ANAC ESTÁ DESATUALIZADA E COBRA EM SUAS PROVAS COISAS QUE NEM EXISTEM MAIS E AS ESCOLAS MOLDAM OS ALUNOS NESSA DIREÇÃO 3 ANOS NA AVIAÇÃO AS ESCOLAS DE MANUTENÇÃO APENAS PREPARAM PARA A PROVA DA ANAC. NÃO É POSSÍVEL FAZER NENHUM REPARO EM UMA AERONAVE COM O CURSO DADO NAS ESCOLAS. 3 ANOS NA AVIAÇÃO. 50/57

51 Os Requisitos para Formação do Mecânico Aeronáutico possuem uma leitura contemporânea? NÃO! 51/57

52 ALCANÇADO Propor uma leitura contemporânea dos manuais de curso de formação de mecânicos 52/57

53 Questionário Desmotivação Descrença Despreparo Desatualização Segurança de Aviação Política Nacional de Aviação Civil Decreto 6.780/2009 Ações estratégicas lideradas pelo Estado para a garantia da suficiência dos recursos humanos Processo: / CONCORRÊNCIA Nº 1/ /57

54 LIMITAÇÕES DO TRABALHO - Tamanho da amostra das entrevistas - Pesquisa em outros países 54/57

55 RECOMENDAÇÕES 1 -Atualização Currículo Material Didático Provas (bancas) 2 Cursos Superiores em IES Públicas 3 Maior abertura das empresas para parcerias 4 Doação de sucatas da FAB às escolas 5 Promover formação de Docentes 6 Maior interação entre ANAC, MEC, Mercado e IES 55/57

56 TRABALHOS FUTUROS 1 Comparativo sobre a formação dos mecânicos e docentes nacionais e internacionais 2 Mapeamento dos Cursos de Pós- Graduação no Brasil 56/57

57 PE-Safety BH Turma 1 Não encontre defeitos, encontre soluções Henry Ford Kerley Alberto Pereira de Oliveira Renato Inácio Muller Josué Irffi Júnior Ilmar Pereira Dias Filho (Fonte: Acesso em 02 set. 2012)

CONSELHO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL. Parecer nº 236/2002-CEDF Processo nº. 030.004310/2002 Interessado: José Mendes da Fonseca

CONSELHO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL. Parecer nº 236/2002-CEDF Processo nº. 030.004310/2002 Interessado: José Mendes da Fonseca CONLHO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL Homologado em 5/12/2002, publicado no DODF nº 236, de 9/12/2002, p. 13. Parecer nº 236/2002-CEDF Processo nº. 030.004310/2002 Interessado: José Mendes da Fonseca

Leia mais

SELEÇÃO DE PROFESSORES

SELEÇÃO DE PROFESSORES SELEÇÃO DE PROFESSORES SISTEMA CONTINUADO DE AVALIAÇÃO DOCENTE VAGAS PARA 2013/1 CRONOGRAMA DO SISTEMA CONTINUADO DE AVALIAÇÃO DOCENTE DATA ATIVIDADE 22 de novembro a 7 de dezembro Divulgação/Inscrições

Leia mais

Professor: Flávio José Dantas da Silva Titulação: Especialista em Auditoria Fiscal/Contábil pela Faculdade de Administração da UFBA PLANO DE CURSO

Professor: Flávio José Dantas da Silva Titulação: Especialista em Auditoria Fiscal/Contábil pela Faculdade de Administração da UFBA PLANO DE CURSO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: Tópicos Contemporâneos em Contabilidade Código: CTB- 000 Pré-requisito: Período Letivo:

Leia mais

Como me preparar para o futuro? Leticia Bechara Pedagoga e Coordenadora Trevisan Escola de Negócios

Como me preparar para o futuro? Leticia Bechara Pedagoga e Coordenadora Trevisan Escola de Negócios Como me preparar para o futuro? Leticia Bechara Pedagoga e Coordenadora Trevisan Escola de Negócios Sucesso $$$ sonho habilidade Conhece-te a ti mesmo Sócrates Quais são meus pontos fortes? Quais são meus

Leia mais

SEU RESULTADO NA GESTÃO DE PESSOAS

SEU RESULTADO NA GESTÃO DE PESSOAS SEU RESULTADO NA GESTÃO DE PESSOAS A EMPRESA Há 8 anos no mercado, a Adhara RH provê a seus clientes, serviços e produtos para gestão do capital humano, levando-o a ter um forte diferencial competitivo

Leia mais

ENGENHARIA AERONÁUTICA AERE. Questão 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 Gabarito E A B A D A A C B C B A C D B E A C D D

ENGENHARIA AERONÁUTICA AERE. Questão 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 Gabarito E A B A D A A C B C B A C D B E A C D D ENGENHARIA AERONÁUTICA AERE Gabarito B A E C C D A D B B C D B A A B E C E B Gabarito D C E D A E A D B C CERTIFICAÇÃO CERE Gabarito B A E C C D A D B B A A D B C E A C D C Gabarito E B C B D E A B D E

Leia mais

TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS.

TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS. Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS. CATEGORIA: CONCLUÍDO

Leia mais

Segurança Operacional no Brasil

Segurança Operacional no Brasil Rio de Janeiro, 28 de abril de 2014 Segurança Operacional no Brasil O futuro já chegou Carlos Eduardo Pellegrino Diretor de Operações de Aeronaves Estrutura Governamental Presidência CONAC Conselho Nacional

Leia mais

Público Alvo: Investimento: Disciplinas:

Público Alvo: Investimento: Disciplinas: A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

MBA Gestão Integrada de Resíduos Sólidos

MBA Gestão Integrada de Resíduos Sólidos ESCOLA POLITÉCNICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO LASSU - LABORATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE MBA Gestão Integrada de Resíduos Sólidos Por que fazer um MBA LASSU USP? Grande parte do mercado e da sociedade ainda

Leia mais

EDITAL Nº 063/2015 PROGEPE IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

EDITAL Nº 063/2015 PROGEPE IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 063/2015 PROGEPE IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO O Pró-Reitor de Gestão de Pessoas do Instituto Federal do Paraná, conforme Portaria nº 1480 de 31/10/2014, torna público que estarão abertas

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA QUALIDADE EM SAÚDE - CURITIBA

Leia mais

CERTIFICAÇÃO OPERACIONAL DE AEROPORTOS

CERTIFICAÇÃO OPERACIONAL DE AEROPORTOS CERTIFICAÇÃO OPERACIONAL DE AEROPORTOS Objetivo Descrever o processo de certificação operacional dos aeroportos no Brasil, regido pelo RBAC 139. Roteiro 1. Apresentar as recomendações da OACI e as normas

Leia mais

Negociação Estratégica e Gestão de Conflitos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Negociação Estratégica e Gestão de Conflitos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA Campus: Curso: Modalidade: Integralização do Curso: Trindade Superior de Tecnologia em Design de Moda Superior de Tecnologia Mínimo:

Leia mais

PROGRAMA TRANSPORTE AÉREO DE MATERIAIS BIOLÓGICOS

PROGRAMA TRANSPORTE AÉREO DE MATERIAIS BIOLÓGICOS PROGRAMA TRANSPORTE AÉREO DE MATERIAIS BIOLÓGICOS (Modulo Preparação de Embarques) Treinamentos & Serviços Especiais 1 1- OBJETIVOS: - Atender em 100 % a legislação específica da Agência Nacional de Aviação

Leia mais

Mestrado Profissional em Engenharia Aeronáutica. Uma parceria de sucesso ITA-Embraer

Mestrado Profissional em Engenharia Aeronáutica. Uma parceria de sucesso ITA-Embraer Mestrado Profissional em Engenharia Aeronáutica Uma parceria de sucesso ITA-Embraer O Mestrado Profissional em Engenharia Aeronáutica é parte integrante do Mestrado Profissional do Curso de Pós-Graduação

Leia mais

Se eu tenho o serviço de Voz sobre Internet, para quem posso ligar?

Se eu tenho o serviço de Voz sobre Internet, para quem posso ligar? 1 Conheça o sistema de Voz sobre IP (ou VOIP) O que é Voz sobre IP / Voz sobre Internet Protocolo? R. Voz sobre IP permite que você faça ligações telefônicas utilizando uma rede de computadores, como a

Leia mais

MBA EM GOVERNANÇA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

MBA EM GOVERNANÇA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI FLORIANÓPOLIS DIREÇÃO GERAL DA FACULDADE: JOÃO ROBERTO LORENZETT COORDENAÇÃO DA FACULDADE: PRISCILA FAGUNDES COORDENAÇÃO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU: RAFAEL PARACHEN

Leia mais

Metodologia e Amostra

Metodologia e Amostra Metodologia e Amostra Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas pessoais. Objetivo Geral Levantar o nível de satisfação dos estudantes com relação às FATECs

Leia mais

A formação do licenciado em matemática

A formação do licenciado em matemática A formação do licenciado em matemática VIANA,P.A. Sobral Matemática Universidade Estadual Vale do Acaraú 6 de agosto de 2011 paty.alvi@hotmail.com pré-prints da Sobral Matemática no.2011-02 Editor Tarcisio

Leia mais

SISTEMA CONTINUADO DE AVALIAÇÃO DOCENTE DA UniEVANGÉLICA CRONOGRAMA ATENÇÃO!!!

SISTEMA CONTINUADO DE AVALIAÇÃO DOCENTE DA UniEVANGÉLICA CRONOGRAMA ATENÇÃO!!! SISTEMA CONTINUADO DE AVALIAÇÃO DOCENTE DA UniEVANGÉLICA PROCESSO PARA O SEMESTRE LETIVO 2014/2 CRONOGRAMA 02 a 20 de junho de 2014 Inscrições 26 a 28 de junho de 2014 Aula teste e entrevista ATENÇÃO!!!

Leia mais

Faculdade Vizinhança Vale do Iguaçu

Faculdade Vizinhança Vale do Iguaçu Faculdade Vizinhança Vale do Iguaçu Centro Pastoral, Educacional e Assistencial Dom Carlos - CPEA PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR DA EDUCAÇÃO SUPERIOR EDITAL N 06/2013 VIZIVALI A FACULDADE

Leia mais

AFA - ACADEMIA DA FORÇA AÉREA

AFA - ACADEMIA DA FORÇA AÉREA Data de Inscrição: 23/04/2014 a 15/05/2014 Site: concursos.epcar.aer.mil.br/afa2015 Taxa de inscrição: R$ 70,00 (setenta reais) Data de realização da Prova: 27/07/2014* AFA - ACADEMIA DA FORÇA AÉREA *Exame

Leia mais

CHAMADA DINTER ITA/IFG

CHAMADA DINTER ITA/IFG CHAMADA DINTER ITA/IFG A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (ProPG) do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG) torna público o processo para seleção de docentes, de seu

Leia mais

VENHA COM A GENTE TRANSFORMAR O PAÍS PELA EDUCAÇÃO.

VENHA COM A GENTE TRANSFORMAR O PAÍS PELA EDUCAÇÃO. VENHA COM A GENTE TRANSFORMAR O PAÍS PELA EDUCAÇÃO. A ANIMA EDUCAÇÃO. A Anima é uma das maiores organizações educacionais privadas de ensino superior do país. São mais de 50 mil estudantes matriculados

Leia mais

A INDÚSTRIA BRASILEIRA E AS CADEIAS GLOBAIS DE VALOR

A INDÚSTRIA BRASILEIRA E AS CADEIAS GLOBAIS DE VALOR A INDÚSTRIA BRASILEIRA E AS CADEIAS GLOBAIS DE VALOR A INDÚSTRIA BRASILEIRA E AS CADEIAS GLOBAIS DE VALOR A INDÚSTRIA BRASILEIRA E AS CADEIAS GLOBAIS DE VALOR Prefácio As indústrias estão deixando de

Leia mais

Com este propósito, estamos apresentando o Programa de Treinamento a Clientes 2012.

Com este propósito, estamos apresentando o Programa de Treinamento a Clientes 2012. DEPARTAMENTO DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA PROGRAMA DE TREINAMENTO A CLIENTES 2012 Caro cliente, Você tem acompanhado o compromisso da Marcopolo em oportunizar treinamentos para a capacitação e o aperfeiçoamento

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAI Belo Horizonte

Faculdade de Tecnologia SENAI Belo Horizonte PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU FATEC SENAI BH A Faculdade de Tecnologia SENAI Belo Horizonte, credenciada pelo MEC pela Portaria n 1788 de 27 de maio de 2005 e despacho SEMTEC nº 311/2005, apresenta

Leia mais

Projeto 05. Plano de intercâmbio / parceria entre os examinadores de diferentes Estados e Setores

Projeto 05. Plano de intercâmbio / parceria entre os examinadores de diferentes Estados e Setores Projeto 05 Plano de intercâmbio / parceria entre os examinadores de diferentes Estados e Setores Estimular intercâmbio/ parceria entre os examinadores de diferentes estados e setores Desenvolver plano

Leia mais

PLURALIDADE CULTURAL E INCLUSÃO NA ESCOLA Uma pesquisa no IFC - Camboriú

PLURALIDADE CULTURAL E INCLUSÃO NA ESCOLA Uma pesquisa no IFC - Camboriú PLURALIDADE CULTURAL E INCLUSÃO NA ESCOLA Uma pesquisa no IFC - Camboriú Fernando Deodato Crispim Junior 1 ; Matheus dos Santos Modesti 2 ; Nadia Rocha Veriguine 3 RESUMO O trabalho aborda a temática da

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec:Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional Técnica de Nível

Leia mais

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA Indicadores CNI RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA 0 EDUCAÇÃO BÁSICA Brasileiros reconhecem que baixa qualidade da educação prejudica o país A maior parte dos brasileiros reconhece que uma educação de baixa

Leia mais

PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 6/6/2012, Seção 1, Pág. 42. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 6/6/2012, Seção 1, Pág. 42. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Ministério da Educação/Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (SETEC/MEC) ASSUNTO: Atualização do Catálogo Nacional de Cursos

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA QUALIDADE EM SAÚDE Unidade Dias

Leia mais

Com este propósito, estamos apresentando o Programa de Treinamento a Clientes 2013.

Com este propósito, estamos apresentando o Programa de Treinamento a Clientes 2013. DEPARTAMENTO DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA PROGRAMA DE TREINAMENTO A CLIENTES 2013 Caro cliente, Você tem acompanhado o compromisso da Marcopolo em oportunizar treinamentos para a capacitação e o aperfeiçoamento

Leia mais

PROJETO DE VIDA O PAPEL DA ESCOLA NA VIDA DOS JOVENS

PROJETO DE VIDA O PAPEL DA ESCOLA NA VIDA DOS JOVENS PROJETO DE VIDA O PAPEL DA ESCOLA NA VIDA DOS JOVENS O que é ensinado nas escolas prepara os alunos para concretizarem seus projetos na vida adulta? Para achar a resposta, entrevistamos jovens egressos

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA QUALIDADE EM SAÚDE - BH Unidade

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAI Belo Horizonte

Faculdade de Tecnologia SENAI Belo Horizonte PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU FATEC SENAI BH A Faculdade de Tecnologia SENAI Belo Horizonte, credenciada pelo MEC pela Portaria n 1788 de 27 de maio de 2005 e despacho SEMTEC nº 311/2005, apresenta

Leia mais

Prepare-se para Faculdade. Leticia Bechara Pedagoga e Coordenadora Trevisan Escola de Negócios

Prepare-se para Faculdade. Leticia Bechara Pedagoga e Coordenadora Trevisan Escola de Negócios Prepare-se para Faculdade Leticia Bechara Pedagoga e Coordenadora Trevisan Escola de Negócios Sucesso $$$ sonho habilidade Passos para Faculdade 1- Conhecer você mesmo. 2- Características da faculdade.

Leia mais

ENGENHARIA DA PRODUÇÃO 2.0

ENGENHARIA DA PRODUÇÃO 2.0 ENGENHARIA DA PRODUÇÃO 2.0 SOBRE O CURSO Mercados dinâmicos demandam profissionais com formação completa e abrangente, aptos a liderarem equipes multidisciplinares em empresas de todos os setores econômicos

Leia mais

MBA Executivo Gestão Estratégica de Pessoas

MBA Executivo Gestão Estratégica de Pessoas MBA Executivo Gestão Estratégica de Pessoas Proposta do curso: O curso de MBA Executivo em Gestão Estratégica de Pessoas possibilita ao profissional compreender as diversas atividades envolvidas na gestão

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAI Belo Horizonte

Faculdade de Tecnologia SENAI Belo Horizonte PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU FATEC SENAI BH A Faculdade de Tecnologia SENAI Belo Horizonte, credenciada pelo MEC pela Portaria n 1788 de 27 de maio de 2005 e despacho SEMTEC nº 311/2005, apresenta

Leia mais

Empresas e Mercado na CHINA atual FGV IBRACH TSINGHUA

Empresas e Mercado na CHINA atual FGV IBRACH TSINGHUA Empresas e Mercado na CHINA atual P r o g r a m a c o n j u n t o FGV IBRACH TSINGHUA Apresentação O Programa Empresas e Mercado na China Atual é uma iniciativa pioneira na América Latina promovida pelo

Leia mais

Piloto Aviador (PILAV)

Piloto Aviador (PILAV) Academia da Força Aérea Mestrado em Ciências Militares Aeronáuticas na especialidade Piloto Aviador (PILAV) PILAV 1ºAno, 1ºSemestre Álgebra Linear MAT Semestral 168 48 32 0 0 0 0 0 6,0 Cálculo Diferencial

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: SÃO CARLOS Eixo Tecnológico: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS Habilitação Profissional: TÉCNICO EM MECATRÔNICA

Leia mais

SELEÇÃO EXTERNA DE DOCENTE CURSO DE LETRAS INGLÊS TRADUÇÃO E INTERPRETAÇÃO Nº 25/2015

SELEÇÃO EXTERNA DE DOCENTE CURSO DE LETRAS INGLÊS TRADUÇÃO E INTERPRETAÇÃO Nº 25/2015 SELEÇÃO- 25/2015 (nail) SELEÇÃO EXTERNA DE DOCENTE CURSO DE LETRAS INGLÊS TRADUÇÃO E INTERPRETAÇÃO Nº 25/2015 EMENTA: SELEÇÃO EXTERNA DE DOCENTE EM REGIME DE HORAS AULA, PARA A ÁREA DE TRADUÇÃO E INTERPRETAÇÃO

Leia mais

Autorizado pela Portaria nº 1.150 de 25/08/10 DOU Nº 165 de 27/08/10 PLANO DE CURSO

Autorizado pela Portaria nº 1.150 de 25/08/10 DOU Nº 165 de 27/08/10 PLANO DE CURSO C U R S O D E E N G E N H A R I A D E P R O D U Ç Ã O Autorizado pela Portaria nº 1.150 de 25/08/10 DOU Nº 165 de 27/08/10 Componente Curricular: Gestão de Pessoas Código: ENGP - 599 Pré-requisito: -----

Leia mais

EDITAL Nº 15/2015 DIRGRAD PROGRAMA DE DUPLA DIPLOMAÇÃO EM ZOOTECNIA UTFPR CÂMPUS DOIS VIZINHOS E INSTITUTO POLITÉCNICO DE BRAGANÇA PORTUGAL

EDITAL Nº 15/2015 DIRGRAD PROGRAMA DE DUPLA DIPLOMAÇÃO EM ZOOTECNIA UTFPR CÂMPUS DOIS VIZINHOS E INSTITUTO POLITÉCNICO DE BRAGANÇA PORTUGAL PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ EDITAL Nº 15/2015 DIRGRAD PROGRAMA DE DUPLA DIPLOMAÇÃO EM ZOOTECNIA UTFPR CÂMPUS DOIS VIZINHOS E INSTITUTO POLITÉCNICO DE BRAGANÇA PORTUGAL A Diretora de Graduação

Leia mais

Ceará Fortaleza ÁREA CURSO Março Abril Maio Junho ISO 9001:2008 - Interpretação e Implementação 14

Ceará Fortaleza ÁREA CURSO Março Abril Maio Junho ISO 9001:2008 - Interpretação e Implementação 14 Amazonas Manaus 5S - Implementação e Auditoria 25 Auditor Interno da - ISO 9001:2008 15 Auditor Líder da ISO 9001 - IRCA/2245 QMS Auditor/Lead Auditor Course (A17024) 29 Auditoria de Fornecedor 27 Como

Leia mais

Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira INEP. Ministério da Educação MEC

Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira INEP. Ministério da Educação MEC 01) Qual o seu estado civil? A) Solteiro(a). B) Casado(a). C) Separado(a)/desquitado(a)/divorciado(a). D) Viúvo(a). E) Outro. 02) Como você se considera? A) Branco(a). B) Negro(a). C) Pardo(a)/mulato(a).

Leia mais

Ingresso Agosto 2015. Parceria: Abril 2015. Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/varejo PÓS-GRADUAÇÃO

Ingresso Agosto 2015. Parceria: Abril 2015. Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/varejo PÓS-GRADUAÇÃO Ingresso Agosto 2015 Parceria: Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/varejo Pós-Graduação em Gestão do Varejo Proporcionar a gestores e profissionais que atuam no varejo uma visão estratégica e sistêmica

Leia mais

I. DO PROCESSO SELETIVO 1.1. O processo seletivo docente será composto de três etapas: homologação da inscrição, prova didática e entrevista.

I. DO PROCESSO SELETIVO 1.1. O processo seletivo docente será composto de três etapas: homologação da inscrição, prova didática e entrevista. Rua do Salete, 50, Barris - Salvador - Bahia. Tel: (71) 2108-8562 / 2108-8503 home page: www.cairu.br - E-mail: presidencia@fvc.br E D I T A L A FVC - Fundação Visconde de Cairu, informa a abertura das

Leia mais

EDITAL PARA PROCESSO SELETIVO DOCENTE IMED

EDITAL PARA PROCESSO SELETIVO DOCENTE IMED EDITAL PARA PROCESSO SELETIVO DOCENTE IMED Com objetivo de consolidar sua missão de proporcionar um centro de excelência acadêmica para formação de sujeitos capazes de compreender e transformar a realidade

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional A EMPRESA Criada para atender à crescente demanda global de compra, venda, troca e manutenção de aeronaves, de forma responsável, ágil e integrada, a Global Aircraft atua nas

Leia mais

O estudante de Pedagogia deve gostar muito de ler e possuir boa capacidade de concentração porque receberá muitos textos teóricos para estudar.

O estudante de Pedagogia deve gostar muito de ler e possuir boa capacidade de concentração porque receberá muitos textos teóricos para estudar. PEDAGOGIA Você já deve ter ouvido alguém falar que o nível educacional de um povo é muito importante para o seu desenvolvimento e que a educação faz muita diferença na vida das pessoas, não é mesmo? Por

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FACULDADE UNB PLANALTINA

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FACULDADE UNB PLANALTINA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FACULDADE UNB PLANALTINA EDITAL UnB/FUP/2014 2 a CHAMADA SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU EM EDUCAÇÃO DO CAMPO PARA O TRABALHO INTERDISCIPLINAR NAS

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PROGRAMA INGLÊS SEM FRONTEIRAS NÚCLEO DE LÍNGUAS - NucLi EDITAL Nº 03, DE 13 DE OUTUBRO DE 2014

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PROGRAMA INGLÊS SEM FRONTEIRAS NÚCLEO DE LÍNGUAS - NucLi EDITAL Nº 03, DE 13 DE OUTUBRO DE 2014 EDITAL Nº 03, DE 13 DE OUTUBRO DE 2014 Edital nº 03, de 13 de outubro de 2014, da Universidade Federal de Pelotas UFPEL, referente ao processo seletivo simplificado para a função de PROFESSOR BOLSISTA

Leia mais

O MCTI E SUA POLÍTICA DE FOMENTO À INOVAÇÃO

O MCTI E SUA POLÍTICA DE FOMENTO À INOVAÇÃO O MCTI E SUA POLÍTICA DE FOMENTO À INOVAÇÃO SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA Goiânia, GO, 16 de Outubro de 2014 Armando Z. Milioni SETEC, MCTI ROTEIRO 1 A ESTRUTURA GERAL DO MCTI 2 A SETEC: FOMENTO

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES 2013/2

PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES 2013/2 PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES 23/2 QUADRO DE VAGAS ANÁPOLIS CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO ANÁPOLIS História, Teoria e Crítica da Arquitetura e do Urbanismo IV (3 h/a) 4º História, Teoria e Crítica da

Leia mais

PROPOSTA DE EDIÇÃO DO REGULAMENTO BRASILEIRO DA AVIAÇÃO CIVIL (RBAC) 140 CERTIFICAÇÃO E REQUISITOS OPERACIONAIS: ESCOLAS DE VOO JUSTIFICATIVA

PROPOSTA DE EDIÇÃO DO REGULAMENTO BRASILEIRO DA AVIAÇÃO CIVIL (RBAC) 140 CERTIFICAÇÃO E REQUISITOS OPERACIONAIS: ESCOLAS DE VOO JUSTIFICATIVA PROPOSTA DE EDIÇÃO DO REGULAMENTO BRASILEIRO DA AVIAÇÃO CIVIL (RBAC) 140 CERTIFICAÇÃO E REQUISITOS OPERACIONAIS: ESCOLAS DE VOO 1. APRESENTAÇÃO JUSTIFICATIVA 1.1 A presente Justificativa expõe as razões

Leia mais

Fascículos F no enem

Fascículos F no enem Fascículos noenem enem Fascículos noenem enem Apresentação O cenário da educação no Brasil é um grande desafio. Os avanços têm sido significativos, exigindo uma readequação de visão sobre o assunto entre

Leia mais

GUIA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA

GUIA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA GUIA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA 2013 ATIVIDADES COMPLEMENTARES O que são? São práticas acadêmicas de múltiplos formatos, obrigatórias, que podem ser realizadas dentro ou fora

Leia mais

FORMAÇÃO E CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL DOS DOCENTES DE BIOLOGIA QUE ATUAM NAS ESCOLAS PÚBLICAS NA CIDADE DE ANÁPOLIS/GOIÁS

FORMAÇÃO E CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL DOS DOCENTES DE BIOLOGIA QUE ATUAM NAS ESCOLAS PÚBLICAS NA CIDADE DE ANÁPOLIS/GOIÁS FORMAÇÃO E CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL DOS DOCENTES DE BIOLOGIA QUE ATUAM NAS ESCOLAS PÚBLICAS NA CIDADE DE ANÁPOLIS/GOIÁS Jaqueline Souza Lacerda 1,4 ; Eude de Sousa Campos 2,4 ; Andréia Juliana Leite Rodrigues

Leia mais

Instrumento: Docentes

Instrumento: Docentes COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CAMPUS PRESIDENTE EPITÁCIO CURSO: TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS Resultado da Autoavaliação Institucional Instrumento: Docentes Presidente Epitácio -

Leia mais

O Profissional de Tecnologia de Informação em Saúde no Brasil: A Visão da SBIS

O Profissional de Tecnologia de Informação em Saúde no Brasil: A Visão da SBIS Sociedade Brasileira de Informática em Saúde O Profissional de Tecnologia de Informação em Saúde no Brasil: A Visão da SBIS Prof. Renato M.E. Sabbatini Diretor de Educação e Capacitação Profissional 40%

Leia mais

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FORMAÇÃO CONTINUADA EM EDUCAÇÃO E NOVAS TECNOLOGIAS Parte 1 (solicitante)

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FORMAÇÃO CONTINUADA EM EDUCAÇÃO E NOVAS TECNOLOGIAS Parte 1 (solicitante) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO

Leia mais

TETRABRAZIL SOCCER TetraPrep 15/16

TETRABRAZIL SOCCER TetraPrep 15/16 TETRABRAZIL SOCCER TetraPrep 15/16 TetraBrazil Prep 2014/2015 Page 1 Objetivo: O TetraPrep é um curso preparatório que visa à formação de treinadores de futebol para o mercado americano. O principal objetivo

Leia mais

Público Alvo: Investimento. Disciplinas:

Público Alvo: Investimento. Disciplinas: A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

O programa é específico para engenheiros recém-formados e não são selecionadas pessoas com outra formação.

O programa é específico para engenheiros recém-formados e não são selecionadas pessoas com outra formação. Informações importantes: Processo Seletivo Para participar do processo seletivo, faça seu cadastro no site do PEE (link), aguarde receber o link para realização do teste de inglês online e fique atento

Leia mais

PEDAGOGIA. COORDENADOR José Henrique de Oliveira jenrique@ufv.br

PEDAGOGIA. COORDENADOR José Henrique de Oliveira jenrique@ufv.br PEDAGOGIA COORDENADOR José Henrique de Oliveira jenrique@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2009 369 Licenciatura ATUAÇÃO Em atendimento às Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN), aprovadas em 2006 pelo

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 292/2014

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 292/2014 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 292/2014 Dispõe sobre o Currículo do Curso de Jornalismo, regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo Nº COS- 144/2012, aprovou e eu promulgo

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL 1- Título:Doenças cardiovasculares 2- Autor: Roberto Alexandre Magnoni 3- Aplicativo utilizado: BrOffice-Calc 4- Disciplina: Ciências 5- Objetivos / Expectativas de aprendizagem: Objetivo Geral: Explorar

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO FUMEC 2014

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO FUMEC 2014 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO FUMEC 2014 A Universidade FUMEC leva ao conhecimento dos interessados, por meio do presente Edital, as normas de realização do Processo Seletivo 2014, com duas entradas, para

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAI Belo Horizonte

Faculdade de Tecnologia SENAI Belo Horizonte PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU FATEC SENAI BH A Faculdade de Tecnologia SENAI Belo Horizonte, credenciada pelo MEC pela Portaria n 1788 de 27 de maio de 2005 e despacho SEMTEC nº 311/2005, apresenta

Leia mais

Infraestrutura no Brasil Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração

Infraestrutura no Brasil Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo atual exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO FUMEC 2014, SEGUNDO SEMESTRE

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO FUMEC 2014, SEGUNDO SEMESTRE EDITAL DO PROCESSO SELETIVO FUMEC 2014, SEGUNDO SEMESTRE A Universidade FUMEC faz saber aos interessados, por meio do presente Edital, as normas de realização do Processo Seletivo 2014, segundo semestre,

Leia mais

Gerenciamento de Riscos em Projetos de Aerolevantamentos Etapa Captura de Dados (SAE Serviço Aéreo Especializado)

Gerenciamento de Riscos em Projetos de Aerolevantamentos Etapa Captura de Dados (SAE Serviço Aéreo Especializado) Gerenciamento de Riscos em Projetos de Aerolevantamentos Etapa Captura de Dados (SAE Serviço Aéreo Especializado) O Gerenciamento de Riscos é uma das áreas contidas no Gerenciamento de Projetos, e uma

Leia mais

EDUCAÇÃO BÁSICA E PROFISSIONAL SENAI SESI

EDUCAÇÃO BÁSICA E PROFISSIONAL SENAI SESI EDUCAÇÃO BÁSICA E PROFISSIONAL SENAI SESI SENADO FEDERAL COMISSÃO DE EDUCAÇÃO, CULTURA E ESPORTE AUDIÊNCIA PÚBLICA: IDÉIAS E PROPOSTAS PARA A EDUCAÇÃO BRASILEIRA PLANO DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO SESI

Leia mais

Apresentação de Resultados 4º Trimestre de 2007. 11 de março de 2007

Apresentação de Resultados 4º Trimestre de 2007. 11 de março de 2007 Apresentação de Resultados 4º Trimestre de 2007 11 de março de 2007 Aviso Reorganização Societária e Apresentação das Demonstrações Financeiras As informações financeiras do ano de 2006 aqui apresentadas

Leia mais

FACULDADE MORAES JÚNIOR MACKENZIE RIO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE NIVELAMENTO CAPÍTULO I DA NATUREZA

FACULDADE MORAES JÚNIOR MACKENZIE RIO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE NIVELAMENTO CAPÍTULO I DA NATUREZA FACULDADE MORAES JÚNIOR MACKENZIE RIO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE NIVELAMENTO CAPÍTULO I DA NATUREZA Art. 1º. A Faculdade Moraes Júnior Mackenzie Rio FMJ Mackenzie Rio, proporcionará aulas de Nivelamento

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 6 Matrícula 8 Cronograma de Aulas Pág. 9 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA QUALIDADE EM

Leia mais

EDITAL Nº 01/2013 FACULDADE PARANAENSE TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR

EDITAL Nº 01/2013 FACULDADE PARANAENSE TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR EDITAL Nº 01/2013 FACULDADE PARANAENSE TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR A FACULDADE PARANAENSE torna pública a abertura de inscrições para o teste seletivo de contratação de Professor para

Leia mais

Programa Jovem Universitário

Programa Jovem Universitário Programa Jovem Universitário Janeiro/2009 O Programa Incentivo ao ensino Universitário Para filhos e enteados registrados na Companhia, até 24 anos, sem nível superior Reembolso de até30% do valor fixado

Leia mais

EDITAL Nº 01/2013/DRI/UFLA

EDITAL Nº 01/2013/DRI/UFLA UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS DIRETORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS Caixa Postal 3037 Lavras MG 37200 000 Telefone: (35) 3829-1858 - E-mail: dri@dri.ufla.br EDITAL Nº 01/2013/DRI/UFLA INGLÊS SEM FRONTEIRAS

Leia mais

III FOMENTA Nacional (2010) e efeitos do evento

III FOMENTA Nacional (2010) e efeitos do evento Pesquisa Sebrae: Empresários participantes do III FOMENTA Nacional (2010) e efeitos do evento Brasília, Novembro 2012 * *Conhecer o perfil das empresas participantes do III Fomenta Nacional; *Investigar

Leia mais

PAS recebeu inscrições de 64,5 mil estudantes

PAS recebeu inscrições de 64,5 mil estudantes ADMISSÃO PAS recebeu inscrições de 64,5 mil estudantes Os candidatos fizeram provas nos dias 4 e 5 de dezembro de 2010. Aprovados em primeira chamada deverão efetuar registro nos dias 7 e 8 de fevereiro

Leia mais

CRIAÇÃO DA DISCIPLINA SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL NO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL

CRIAÇÃO DA DISCIPLINA SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL NO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL CRIAÇÃO DA DISCIPLINA SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL NO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL Elias S. Assayag eassayag@internext.com.br Universidade do Amazonas, Departamento de Hidráulica e Saneamento da Faculdade

Leia mais

Fanor - Faculdade Nordeste

Fanor - Faculdade Nordeste Norma 025: Projeto de Avaliação Institucional Capítulo I Disposições Gerais A avaliação institucional preocupa-se, fundamentalmente, com o julgamento dos aspectos que envolvem a realidade interna e externa

Leia mais

PORTARIA ANAC Nº 2457/SPO, DE 21 DE OUTUBRO DE 2014.

PORTARIA ANAC Nº 2457/SPO, DE 21 DE OUTUBRO DE 2014. PORTARIA ANAC Nº 2457/SPO, DE 21 DE OUTUBRO DE 2014. Define e torna pública a qualificação dos instrutores dos cursos de PPA, PPH, PCA, PCH, PLA-A, PLA-H, INVA, IFR, PAGA, PAGH, CMV, -CEL, -GMP, -AVI e

Leia mais

Ofício Circular n.º 12/2009 - DET/SEED Curitiba, 15 de Abril de 2009. Referência: Informações e-tec Brasil

Ofício Circular n.º 12/2009 - DET/SEED Curitiba, 15 de Abril de 2009. Referência: Informações e-tec Brasil SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DA EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E TRABALHO Ofício Circular n.º 12/2009 - DET/SEED Curitiba, 15 de Abril de 2009. Referência: Informações e-tec Brasil

Leia mais

Roteiro Estratégico de Marketing Jurídico

Roteiro Estratégico de Marketing Jurídico Marco Antonio P. Gonçalves Roteiro Estratégico de Marketing Jurídico 13 de Fevereiro, 2013 Marco Antonio P. Gonçalves Administrador especializado em estratégias de marketing e desenvolvimento de negócios

Leia mais

Curso Preparatório Para Exame de Certificação de Agentes Autônomos de Investimento e Empregados de Instituições Financeiras UFSC - CSE

Curso Preparatório Para Exame de Certificação de Agentes Autônomos de Investimento e Empregados de Instituições Financeiras UFSC - CSE Curso Preparatório Para Exame de Certificação de Agentes Autônomos de Investimento e Empregados de Instituições Financeiras PROMOÇÃO: APOIO: UFSC - CSE Florianópolis Outubro/2008 1. INTRODUÇÃO A Associação

Leia mais

DIMENSÃO 2: - Política para o ensino, pesquisa, pós-graduação e extensão - Respectivas normas de operacionalização

DIMENSÃO 2: - Política para o ensino, pesquisa, pós-graduação e extensão - Respectivas normas de operacionalização DIMENSÃO 2: - Política para o ensino, pesquisa, pós-graduação e extensão - Respectivas normas de operacionalização 2.1 - GRADUAÇÃO 2.1.1. Descrição do Ensino de Graduação na UESC Cursos: 26 cursos regulares

Leia mais

ESTUDO PRELIMINAR DA CARGA DE TRABALHO DO PILOTO DURANTE PROCEDIMENTOS DE EMERGÊNCIA EM OPERAÇÕES AÉREAS DE HELICÓPTEROS

ESTUDO PRELIMINAR DA CARGA DE TRABALHO DO PILOTO DURANTE PROCEDIMENTOS DE EMERGÊNCIA EM OPERAÇÕES AÉREAS DE HELICÓPTEROS V ENCONTRO BRASILEIRO DE PSICOLOGIA APLICADA À AVIAÇÃO SALVADOR, BA 12 12- ESTUDO PRELIMINAR DA CARGA DE TRABALHO DO PILOTO DURANTE PROCEDIMENTOS DE EMERGÊNCIA EM OPERAÇÕES AÉREAS DE HELICÓPTEROS Flávio

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAI Belo Horizonte

Faculdade de Tecnologia SENAI Belo Horizonte PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU FATEC SENAI BH A Faculdade de Tecnologia SENAI Belo Horizonte, credenciada pelo MEC pela Portaria n 1788 de 27 de maio de 2005 e despacho SEMTEC nº 311/2005, apresenta

Leia mais

IESG - INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE GARÇA LTDA. Rua América, 281 Garça/SP CEP 17400-000 (14) 3407-2505 www.uniesp.edu.br/garca

IESG - INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE GARÇA LTDA. Rua América, 281 Garça/SP CEP 17400-000 (14) 3407-2505 www.uniesp.edu.br/garca IESG - INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE GARÇA LTDA. Rua América, 281 Garça/SP CEP 17400-000 (14) 3407-2505 www.uniesp.edu.br/garca PROGRAMA DE ACOMPANHAMENTO DOS EGRESSOS O Instituto de Ensino de Garça,

Leia mais

CADASTRAMENTO DE PROJETOS DE EXTENSÃO

CADASTRAMENTO DE PROJETOS DE EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO CÂMPUS MORRINHOS CADASTRAMENTO DE PROJETOS DE

Leia mais

Aprovação do curso e Autorização da oferta. Parte 1 (solicitante)

Aprovação do curso e Autorização da oferta. Parte 1 (solicitante) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO

Leia mais

Introdução APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA. joseana@computacao.ufcg.edu.br

Introdução APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA. joseana@computacao.ufcg.edu.br Universidade Federal de Campina Grande Centro de Engenharia Elétrica e Informática Unidade Acadêmica de Sistemas e Computação Curso de Bacharelado em Ciência da Computação Introdução APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA

Leia mais