a prova de Física do ITA 2001

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "a prova de Física do ITA 2001"

Transcrição

1 a prova e Física o IA 001

2 O ANGLO ESOLVE A POVA DE FÍSICA DO IA É trabalho pioneiro. Prestação e serviços com traição e confiabiliae. Construtivo, procura colaborar com as Bancas Examinaoras em sua tarefa árua e não cometer injustiças. Diático, mais o que um simples gabarito, auxilia o estuante em seu processo e aprenizagem. O Instituto ecnológico e Aeronáutica IA é uma escola e engenharia munialmente conhecia. Com o mesmo zelo com que trata seus excelentes cursos (Engenharia Aeronáutica, Engenharia Mecânica Aeronáutica, Engenharia e Infra-Estrutura, Engenharia Elétrica e Engenharia e Computação), trata seu vestibular. De forma inteligente, em 4 ias e prova, tem conseguio selecionar os caniatos mais aptos.

3 FÍSICA QUESÃO 01 esposta: B QUESÃO 0 esposta: A Caso julgue necessário, utilize os seguintes aos: π =,14 aceleração a graviae = 9,8m/s 1 atm = 1, N/m velociae a luz =, m/s 1 cal = 4,18J massa específica a água = 1,0g/cm As questões e números 01 a 15 NÃO PECISAM SE ESOLVIDAS no Caerno e Soluções. Basta marcar as opções na Folha e espostas (verso o Caerno e Soluções) e na Folha e Leitura Óptica. Uma certa graneza física A é efinia como o prouto a variação e energia e uma partícula pelo intervalo e tempo em que esta variação ocorre. Outra graneza, B, é o prouto a quantiae e movimento a partícula pela istância percorria. A combinação que resulta em uma graneza aimensional é A) AB D) A /B B) A/B E) A B C) A/B De acoro com as efinições as granezas A e B, poemos escrever: [A] = [ ε] [ t] (1) [B] = [Q] [] () one: [ ε] = ML () [ t] = (4) [Q] = ML 1 (5) [] = L (6) Substituino () e (4) em (1): [A] = ML 1 Substituino (5) e (6) em (): [B] = ML 1 Portanto as granezas A e B são imensionalmente iguais. é aimensional Uma partícula move-se ao longo e uma circunferência circunscrita em um quarao e lao L com velociae angular constante. Na circunferência inscrita nesse mesmo quarao, outra partícula move-se com a mesma velociae angular. A razão entre os móulos as respectivas velociaes tangenciais essas partículas é A) D) B) E) C) A B v 1 Chamano e a o raio a circunferênca inscrita e e b o raio a circunscrita, temos: b = a A razão as velociaes tangenciais é: v1 ω b b a = = = = v ω a a a a b a c v IA/001 ANGLO VESIBULAES

4 QUESÃO 0 esposta: C Uma partícula, partino o repouso, percorre no intervalo e tempo t, uma istância D. Nos intervalos e tempo seguintes, toos iguais a t, as respectivas istâncias percorrias são iguais a D, 5D, 7D etc. A respeito esse movimento poe-se afirmar que A) a istância a partícula ese o ponto em que inicia seu movimento cresce exponencialmente com o tempo. B) a velociae a partícula cresce exponencialmente com o tempo. C) a istância a partícula ese o ponto em que inicia seu movimento é iretamente proporcional ao tempo elevao ao quarao. D) a velociae a partícula é iretamente proporcional ao tempo elevao ao quarao. E) nenhum as opções acima está correta. Para intervalos e tempo iguais a t, a partícula, partino o repouso, percorre istâncias que se suceem e acoro com a seqüência os números ímpares 1 : : 5 : 7 (regra e Galileu), situação que caracteriza um movimento uniformemente variao. Portanto, a expressão para o eslocamento s em função o tempo é: s = 1 at QUESÃO 04 esposta: A Para meir a febre e pacientes, um estuante e meicina criou sua própria escala linear e temperaturas. Nessa nova escala, os valores e 0 (zero) e 10 (ez) corresponem respectivamente a 7ºC e 40ºC. A temperatura e mesmo valor numérico em ambas escalas é aproximaamente A) 5,9ºC. D) 8,5ºC. B) 8,5ºC. E) 8,5ºC. C) 74,ºC. As referias escalas amitem a seguinte relação: ºN ºC 10 N 0 40 C 7 N 0 C 7 = N C 7 = 10 Assim, a temperatura e mesmo valor numérico em ambas as escalas será: x x 7 = 10 x 5,9 C ou 5,9 N QUESÃO 05 esposta: C No sistema convencional e tração e bicicletas, o ciclista impele os peais, cujo eixo movimenta a roa entaa (coroa) a ele soliária. Esta, por sua vez, aciona a corrente responsável pela transmissão o movimento a outra roa entaa (catraca), acoplaa ao eixo traseiro a bicicleta. Consiere agora um sistema uplo e tração, com coroas, e raios 1 e (1 ) e catracas e 4 ( 4), respectivamente. Obviamente, a corrente só toca uma coroa e uma catraca e caa vez, conforme o comano a alavanca e câmbio. A combinação que permite máxima velociae a bicicleta, para uma velociae angular os peais fixa, é A) coroa 1 e catraca. B) coroa 1 e catraca 4. C) coroa e catraca. D) coroa e catraca 4. E) é ineterminaa já que não se conhece o iâmetro a roa traseira a bicicleta. v bici = ω roa roa Como ω roa = ω catraca v bici = ω catraca roa (1) v ω catraca = corrente () catraca IA/001 ANGLO VESIBULAES

5 v () em (1) v bici = corrente roa () catraca v corrente = ω coroa coroa (4) (4) em () ω v coroa coroa bici = catraca roa Seno ω coroa e roa constantes, a velociae a bicicleta (V bici ) será máxima quano o raio a coroa for máximo e o raio a catraca for mínimo. Portanto, coroa = e catraca =. QUESÃO 06 esposta: C/E Em um farol e sinalização, o feixe e luz está acoplao a um mecanismo rotativo que realiza uma volta completa a caa segunos. O farol se encontra a uma istância o centro e uma praia e comprimento L, conforme a figura. O tempo necessário para o feixe e luz varrer a praia, em caa volta, é farol A) arctg(l/) /(π) B) arctg(l/) /(π) C) arctg(l/) /π D) arctg(l/) /( π) E) arctg(l/) /π Chamano e ϕ a meia o ângulo varrio, teremos, a figura: L L Farol ϕ ϕ L L A velociae angular o facho luminoso é: O tempo necessário para varrer a praia é: tg ϕ = ϕ = arc tg L π ϕ ω = = t ϕ t = = arc tg ( L / ) / π ω As alternativas C e E apresentam expressões iênticas. L QUESÃO 07 esposta: C Uma bola é lançaa horizontalmente o alto e um eifício, tocano o solo ecorrios aproximaamente s. Seno e,5m a altura e caa anar, o número e anares o eifício é A) 5 B) 6 C) 8 D) 9 E) ineterminao pois a velociae horizontal e arremesso a bola não foi fornecia. 4 IA/001 ANGLO VESIBULAES

6 Num lançamento horizontal, o tempo e quea é o mesmo o e um objeto abanonao o repouso e uma mesma altura h. Consierano o número e pavimentos igual a N, esprezano a resistência o ar e arreonano g para 10m/s : 1 1 h = g t 5N = 10, ( ) v 0 = v 0 t 1 h = gt N = 8 Comentário: Consieramos que o térreo já é um anar. QUESÃO 08 esposta: B Uma bola cai, a partir o repouso, e uma altura h, pereno parte e sua energia ao coliir com o solo. Assim, a caa colisão sua energia ecresce e um fator k. Sabemos que após 4 choques com o solo, a bola repica até uma altura e 0,64h. Nestas conições, o valor o fator k é 9 A) D) B) 5 E) C) 4 5 A energia o sistema antes a primeira colisão até após a quarta é respectivamente: ε 0, ε 1, ε, ε, ε 4. Como a caa colisão há um ecréscimo e energia corresponente a um fator k: ε1 ε ε ε = k ( 1); = k ( ); = k ( ); 4 = k ( 4) ε ε ε ε 0 1 Multiplicano-se (1) por () por () por (4), tem-se: ε ε 4 = k 4 0 Como ε 4 = 0,64 mgh e ε 0 = mgh: 5 8 k 4 = 064, k = 5 5 QUESÃO 09 esposta: C Uma esfera e massa m e carga q está suspensa por um fio frágil e inextensível, feito e um material eletricamente isolante. A esfera se encontra entre as placas paralelas e um capacitor plano, como mostra a figura. A istância entre as placas é, a iferença e potencial entre as mesmas é V e esforço máximo que o fio poe suportar é igual ao quáruplo o peso a esfera. Para que a esfera permaneça imóvel, em equilíbrio estável, é necessário que A) qv 15 mg B) qv 4 ( mg ) g C) qv 15 ( mg ) D) qv 16 ( mg ) E) qv 15 mg IA/001 ANGLO VESIBULAES 5

7 Assinalano as forças: P F E Estabeleceno as conições e equilíbrio ( = 0 ): P F E = P +F E = (mg) + (q E) mg q V = + 1 ( ) ( ) A conição para o não-rompimento o fio será: 4mg 16 (mg) () Substituino (1) em (): ( mg) q V + 16 ( mg) q V 15 ( mg) QUESÃO 10 esposta: B Um espira circular e raio é percorria por uma corrente i. A uma istância e seu centro encontra-se um conutor retilíneo muito longo que é percorrio por uma corrente i1 (conforme a figura). As conições que permitem que se anule o campo e inução magnética no centro a espira, são, respectivamente i1 A) (i1/i) = π e a corrente na espira no sentio horário. B) (i1/i) = π e a corrente na espira no sentio anti-horário. C) (i1/i) = π e a corrente na espira no sentio horário. D) (i1/i) = π e a corrente na espira no sentio anti-horário. E) (i1/i) = e a corrente na espira no sentio horário. Campo criao pelo fio no centro a espira: µ i B = π ( ) i Para que o campo no centro a espira seja nulo, a espira eve criar: i " B = µ 0 Assim, i eve ter sentio anti-horário (regra a mão ireita) e B 1 = B. µ µ 0 i1 = 0 i i 1 = π π ( ) i QUESÃO 11 esposta: A Um capacitor plano é formao por uas placas paralelas, separaas entre si e uma istância a, gerano em seu interior um campo elétrico uniforme E. O capacitor está rigiamente fixao em um carrinho que se encontra inicialmente em repouso. Na face interna e uma as placas encontra-se uma partícula e massa m e carga q presa por um fio curto e inextensível. Consiere que não haja 6 IA/001 ANGLO VESIBULAES

8 atritos e outras resistências a qualquer movimento e que seja M a massa o conjunto capacitor mais carrinho. Por simpliciae, consiere aina a inexistência a ação a graviae sobre a partícula. O fio é rompio subitamente e a partícula move-se em ireção à outra placa. A velociae a partícula no momento o impacto resultante, vista por um observaor fixo ao solo, é A) 4qEMa m(m + m) a B) C) D) E) qema m(m + m) qea (M + m) 4qEma M(M + m) 4qEa m QUESÃO 1 esposta: C O sistema é isolao. 0 Q sist = Q sist Q carga = Q carr O sistema é conservativo. 0 εm sist = εm sist εp + εc = ε p + ε c εp ε p = ε c q U = ε c Substituino (1) em (): q E a M mv 1 carg a 1 = + mvcarg a M vcarg a = 4 q E M a mm+ m ( ) mvcarg a vcarr = M Um iapasão e freqüência 400Hz é afastao e um observaor, em ireção a uma paree plana, com velociae e 1,7m/s. São nominaas: f1, a freqüência aparente as onas não-refletias, vinas iretamente até o observaor; f, freqüência aparente as onas sonoras que alcançam o observaor epois e refletias pela paree e f, a freqüência os batimentos. Sabeno que a velociae o som é e 40 m/s, os valores que melhor expressam as freqüências em herz e f1, f e f, respectivamente, são A) 9, 408 e 16 D) 40, 98 e 4 B) 96, 404 e 8 E) 404, 96 e 4 C) 98, 40 e 4 Para o primeiro conjunto e onas que atinge o observaor, temos: v = 1,7m/s + v v f som observaor 1 = ± femitia vsom ± vfonte 40 f 1 = , q E a = Mvcarr + mvc arg a ( ) Logo: f 1 98 Hz Para o seguno conjunto e onas, que atinge o observaor após refletir na paree, temos: PAEDE v = 1,7m/s FONE VIUAL + 40 f = 40 1, () 1 v v f som ± observaor = femitia vsom ± vfonte IA/001 ANGLO VESIBULAES 7

9 Logo: f 40 Hz Finalmente, para os batimentos, temos: f batimento = f f 1 f batimento Logo: f batimento 4 Hz QUESÃO 1 esposta: D Um pequeno barco e massa igual a 60kg tem o formato e uma caixa e base retangular cujo comprimento é,0m e a largura 0,80m. A profuniae o barco é e 0,m. Posto para flutuar em uma lagoa, com um tripulante e 1078N e um lastro, observa-se o nível a água a 0cm acima o funo o barco. O valor que melhor representa a massa o lastro em kg é A) 60 B) 10 C) 198 D) 150 E) Ineterminao, pois o barco afunaria com o peso este tripulante. O volume e água eslocaa é igual a: V L = = 0000cm ou V L = 0L 1g Como a massa específica a água é 1kg/L, cm = A massa e água eslocaa (que eve ser igual à massa o corpo flutuante) será e 0kg. A massa e lastro será, então, igual a: = = 150 kg 98, 80cm 0cm QUESÃO 14 esposta: C Uma partícula escreve um movimento cujas coorenaas são aas pelas seguintes equações: (t) = 0 cos (w t) e Y (t) = Y 0 sen (w t + π/6), em que w, 0 e Y 0 são constantes positivas. A trajetória a partícula é A) Uma circunferência percorria no sentio anti-horário. B) Uma circunferência percorria no sentio horário. C) Uma elipse percorria no sentio anti-horário. D) Uma elipse percorria no sentio horário. E) Um segmento e reta. Vamos eterminar as coorenaas x e y em intervalos e tempo /1, seno o períoo o movimento: tempo x = x 0 cosωt y = y 0 sen (ωt + π/6) 0 x = x 0 cos 0 = x 0 y = y 0 sen(0 + π/6) = y 0 / /1 x = x 0 cos(π/6) = x 0 / y = y 0 sen(π/6 + π/6) = y 0 / /6 x = x 0 cosπ/ = x 0 / y = y 0 sen(π/ + π/6) = y 0 /4 x = x 0 cosπ/ = 0 y = y 0 sen(π/ + π/6) = y 0 / x = x 0 cosπ/ = x 0 / y = y 0 sen(π/ + π/6) = y 0 / 5/1 x = x 0 cos5π/6 = x 0 / y = y 0 sen(5π/6 + π/6) = 0 / x = x 0 cosπ = x 0 y = y 0 sen(π + π/6) = y 0 / 7/1 x = x 0 cos7π/6 = x 0 / y = y 0 sen(7π/6 + π/6) = / y 0 / x = x 0 cos4π/ = x 0 / y = y 0 sen(4π/ + π/6) = y 0 /4 x = x 0 cosπ/ = 0 y = y 0 sen(π/ + π/6) = / y 0 7/1 x = x 0 cos7π/6 = x 0 / y = y 0 sen(7π/6 + π/6) = y 0 / 11/1 x = x 0 cos11π/6 = x 0 / y = y 0 sen(11π/6 + π/6) = 0 / 8 IA/001 ANGLO VESIBULAES

10 4 6 Com esses aos, construímos a figura: Da figura, concluímos que a trajetória é uma elipse e o movimento é no sentio anti-horário. QUESÃO 15 esposta: E Consiere as seguintes afirmações: I. Se um espelho plano translaar e uma istância ao longo a ireção perpenicular a seu plano, a imagem real e um objeto fixo translaará e. II. Se um espelho plano girar e um ângulo α em torno e um eixo fixo perpenicular à ireção e inciência a luz, o raio refletio girará e um ângulo α. III. Para que uma pessoa e altura h possa observar seu corpo inteiro em um espelho plano, a altura este eve ser e no mínimo h/. Então, poemos izer que A) apenas I e II são veraeiras. B) apenas I e III são veraeiras. C) apenas II e III são veraeiras. D) toas são veraeiras. E) toas são falsas. I. FALSA, pois não está especificao o referencial a partir o qual é meia a translação a imagem. II. FALSA, pois eixo fixo perpenicular à ireção e inciência a luz não é único. III. FALSA, pois não se efine o plano que contém o espelho. Observações: a) Se, na afirmação I, o referencial é o objeto (real ou virtual), a translação a imagem é. b) A afirmação II seria veraeira se o eixo e rotação perpenicular à ireção e inciência a luz estivesse contio no plano o espelho. Levano-se em consieração as observações acima, a alternativa correta seria A. IA/001 ANGLO VESIBULAES 9

11 AENÇÃO: esolva as questões numeraas e 16 a 5 no caerno e soluções. Na folha e leitura óptica assinale a alternativa escolhia em caa uma as 5 questões. Ao terminar a prova, entregue ao fiscal o caerno e soluções e a folha e leitura óptica. QUESÃO 16 esposta: C Um objeto linear e altura h está assentao perpenicularmente no eixo principal e um espelho esférico, a 15cm e seu vértice. A imagem prouzia é ireita e tem altura e h/5. Este espelho é A) côncavo, e raio 15cm. B) côncavo, e raio 7,5cm. C) convexo, e raio 7,5cm. D) convexo, e raio 15cm. E) convexo, e raio 10cm. Amitino o objeto como real, sua abscissa é p = +15cm. Como a imagem é ireita e tem altura h/5, temos: y h p = 5 = y h p p p = p = cm 5 (a imagem é virtual) De acoro com a equação os pontos conjugaos: = + f p p 1 1 f = 15 1 f =,75cm. Assim, o espelho é convexo, e o raio e curvatura é = 7,5cm. QUESÃO 17 esposta: E Uma partícula está submetia a uma força com as seguintes características: seu móulo é proporcional ao móulo a velociae a partícula e atua numa ireção perpenicular àquela o vetor velociae. Nestas conições, a energia cinética a partícula eve A) crescer linearmente com o tempo. B) crescer quaraticamente com o tempo. C) iminuir linearmente com o tempo. D) iminuir quaraticamente com o tempo. E) permanecer inalteraa. Um corpo sujeito a força numa ireção perpenicular àquela o vetor velociae aquire movimento circular uniforme. v m F = c (esultante centrípeta não altera o móulo o vetor velociae.) Nessas conições, a energia cinética a partícula permanece inalteraa. 1 ε c = m v = cte 10 IA/001 ANGLO VESIBULAES

12 QUESÃO 18 esposta: A No circuito elétrico a figura, os vários elementos têm resistências 1, e conforme inicao. Sabeno que = 1 /, para que a resistência equivalente entre os pontos A e B a associação a figura seja igual a a razão r = / 1 eve ser A) /8 B) 8/ C) 5/8 D) 8/5 E) 1 1 A B O circuito proposto é equivalente a: = 1 1 A 1 1 B A 1 B A 1 B 1 1 A 8 B 1 Como AB = + 1 = 1 = = r = 8 QUESÃO 19 esposta: C Duas partículas têm massas iguais a m e cargas iguais a Q. Devio a sua interação eletrostática, elas sofrem uma força F quano estão separaas e uma istância. Em seguia, estas partículas são penuraas, a partir e um mesmo ponto, por fios e comprimento L e ficam equilibraas quano a istância entre elas é 1. A cotangente o ângulo α que caa fio forma com a vertical, em função e m, g,, 1, F e L, é A) m g 1 / (F ) B) m g L 1 / (F ) L C) m g 1 / (F ) α D) m g / (F 1 ) E) (F ) / (mg 1 ) 1 Situação inicial F Q Q F F K Q = K Q = F () 1 IA/001 ANGLO VESIBULAES 11

13 Situação final α Estabeleceno as conições e equilíbrio: P α 1 Substituino (1) em (): P = mg F E F E cotgα = P = m.g F E KQ () cotg = m g 1 F QUESÃO 0 esposta: D Uma barra metálica e comprimento L = 50,0 cm faz contato com um circuito, fechano-o. A área o circuito é perpenicular ao campo e inução magnética uniforme B. A resistência o circuito é =,00, seno e,75 10 N a intensiae a força constante aplicaa à barra, para mantê-la em movimento uniforme com velociae v =,00m/s. Nessas conições, o móulo e B é: A) 0,00 B) 0,5 C) 0,00 D) 0,150 B v E) 0,100 L A força magnética na barra é aa por: F = Bil (1) A corrente inuzia pelo movimento a barra é aa por: Bl v i = () Substituino () em (1): v F 75, 10 F = B l B = = l v 05, B = 0,150 QUESÃO 1 esposta: B Consiere o circuito a figura, assentao nas arestas e um tetraero, construío com resistores e resistência, um resistor e resistência 1, uma bateria e tensão U e um capacitor e capacitância C. O ponto S está fora o plano efinio pelos pontos P, W e. Supono que o circuito esteja em regime estacionário, poe-se afirmar que S A) a carga elétrica no capacitor é e, F, se 1 =. B) a carga elétrica no capacitor é nula, se 1 =. C) a tensão entre os pontos W e S é e,0 V, se 1 =. 1 C D) a tensão entre os pontos W e S é e 16 V, se 1 =. E) nenhuma as respostas acima é correta. P W U 1 IA/001 ANGLO VESIBULAES

14 eesenhano o circuito: 1 S P C W Aplicano a conição e equilíbrio a ponte e Wheatstone: 1 = 1 = U QUESÃO esposta: E Um circuito elétrico é constituío por um número infinito e resistores iênticos, conforme a figura. A resistência e caa elemento é igual a. A resistência equivalente entre os pontos A e B é A B A) infinita B) ( 1) C) D) (1 ) E) (1+ ) Como a ree é infinita: A AB AB B Logo: AB = + AB + AB Chamano AB = x, temos: x + x = + x + x x x = 0 eq = ( 1+ ) x1 = ( 1+ ) x = ( 1 ) [não tem significao] IA/001 ANGLO VESIBULAES 1

15 QUESÃO esposta: E Um bloco com massa e 0,0kg, inicialmente em repouso, é errubao e uma altura e h = 1,0m sobre uma mola cuja constante e força é k = 19,6 N/m. Desprezano a massa a mola, a istância máxima que a mola será comprimia é A) 0,4m D) 0,54m B) 0,m E) 0,60m C) 0,48m m = 0,kg 1,m h = 1, + x llllllllllll x llllllllllll Posição e referência para Energia Potencial Gravitacional Como o sistema é conservativo, temos: ε M = ε M1 ε C + ε p = ε C1 + ε p k x = 0 + m g (1, + x) 1 19,6 x = 0, 9,8 (1, + x) x 0, x 0,4 = 0 A equação acima amite uas raízes: x 1 = 0,6m ou x = 0,4m (1) () Como h tem e ser maior que 1,m, aceitamos apenas a raiz positiva. QUESÃO 4 esposta: A Um centímetro cúbico e água passa a ocupar 1671cm quano evaporao à pressão e 1,0atm. O calor e vaporização a essa pressão é e 59cal/g. O valor que mais se aproxima o aumento e energia interna a água é A) 498 cal D) 08 J B) 08 cal E) 44 J C) 498 J Seno U a variação e energia interna, pela 1ª Lei a ermoinâmica: U =Q τ Logo U =ml p V U = 59 4,18 1,0 1, U =,5 10 0, A.S. A.S. A.S. = algarismos significativos U =,08 10 J ou U =,08 10 /4,18 U = 498 cal ( A.S.) ( A.S.) Comentário: 1 Ao escrever um centímetro cúbico com um por extenso, confunino artigo inefinio com meia, o examinaor atribui infinitos algarismos significativos ao volume inicial. Caso os cálculos fossem efetuaos sem levar em conta os algarismos significativos, no S.I., a melhor resposta seria a D, com iferença e 0,09% em relação ao valor calculao. 14 IA/001 ANGLO VESIBULAES

16 QUESÃO 5 esposta: B Um elevaor está esceno com velociae constante. Durante este movimento, uma lâmpaa, que o iluminava, esprene-se o teto e cai. Sabeno que o teto está a,0 m e altura acima o piso o elevaor, o tempo que a lâmpaa emora para atingir o piso é A) 0,61s B) 0,78s C) 1,54s D) infinito, pois a lâmpaa só atingirá o piso se o elevaor sofrer uma esaceleração. E) ineterminao, pois não se conhece a velociae o elevaor. Como a lâmpaa e o elevaor escem com velociae constante, poe-se aotar o elevaor como um referencial inercial, em que a lâmpaa cai, a partir o repouso, com aceleração g = 9,8m/s. h =,0m v = const. O equacionamento o movimento a lâmpaa é: h = 1 gt Ao atingir o piso o elevaor, h =,0m. 1 Assim: 98 =, t t 0,78s IA/001 ANGLO VESIBULAES 15

17 Comentário Questões trabalhosas e conteno pequenos pontos que ão margem a úvias, atrapalhano os estuantes bem preparaos. Apesar isso, a prova foi boa e tratou eqüitativamente os iversos pontos o programa. alvez fosse interessante que o IA apresentasse seu gabarito oficial, a bem a transparência e seu processo seletivo, tão conceituao. Inciência ASSUNO Análise Dimensional Dinâmica Hirostática Onulatória Dinâmica Impulsiva rabalho e Energia Eletroinâmica Eletromagnetismo Calorimetria Eletrostática Óptica Cinemática Nº DE QUESÕES 16 IA/001 ANGLO VESIBULAES

Força Elétrica. 6,0 C, conforme descreve a figura (Obs.: Q 4 é negativo)

Força Elétrica. 6,0 C, conforme descreve a figura (Obs.: Q 4 é negativo) Força Elétrica 1. (Ueg 01) Duas partículas e massas m 1 e m estăo presas a uma haste retilínea que, por sua vez, está presa, a partir e seu ponto méio, a um fio inextensível, formano uma balança em equilíbrio.

Leia mais

FUVEST Prova A 10/janeiro/2012

FUVEST Prova A 10/janeiro/2012 Seu Pé Direito nas Melhores Faculaes FUVEST Prova A 10/janeiro/2012 física 01. A energia que um atleta gasta poe ser eterminaa pelo volume e oxigênio por ele consumio na respiração. Abaixo está apresentao

Leia mais

EDITORIAL MODULO - WLADIMIR

EDITORIAL MODULO - WLADIMIR 1. Um os granes problemas ambientais ecorrentes o aumento a proução inustrial munial é o aumento a poluição atmosférica. A fumaça, resultante a queima e combustíveis fósseis como carvão ou óleo, carrega

Leia mais

Exercícios Segunda Lei OHM

Exercícios Segunda Lei OHM Prof. Fernano Buglia Exercícios Seguna Lei OHM. (Ufpr) Um engenheiro eletricista, ao projetar a instalação elétrica e uma eificação, eve levar em conta vários fatores, e moo a garantir principalmente a

Leia mais

Questão 46. Questão 47. Questão 48. alternativa B. alternativa E. c) 18 m/s. a) 16 m/s d) 20 m/s. b) 17 m/s e) 40 m/s

Questão 46. Questão 47. Questão 48. alternativa B. alternativa E. c) 18 m/s. a) 16 m/s d) 20 m/s. b) 17 m/s e) 40 m/s Questão 46 a) 16 m/s ) 0 m/s b) 17 m/s e) 40 m/s c) 18 m/s Num trecho e 500 m, um ciclista percorreu 00 m com velociae constante e 7 km/h e o restante com velociae constante e 10 m/s. A velociae escalar

Leia mais

TC 3 UECE - 2013 FASE 2 MEDICINA e REGULAR

TC 3 UECE - 2013 FASE 2 MEDICINA e REGULAR TC 3 UECE - 03 FASE MEICINA e EGULA SEMANA 0 a 5 de dezembro POF.: Célio Normando. A figura a seguir mostra um escorregador na forma de um semicírculo de raio = 5,0 m. Um garoto escorrega do topo (ponto

Leia mais

EXERCÍCIOS GRAVITAÇÃO

EXERCÍCIOS GRAVITAÇÃO EXERCÍCIOS GRAVITAÇÃO TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: Em setembro e 010, Júpiter atingiu a menor istância a Terra em muitos anos. As figuras abaixo ilustram a situação e maior afastamento e a e maior aproximação

Leia mais

FÍSICA. a) 0,77 s b) 1,3 s c) 13 s d) 77 s e) 1300 s Resolução V = t = 3,9. 10 8 3,0. 10 8. t = t = 1,3 s

FÍSICA. a) 0,77 s b) 1,3 s c) 13 s d) 77 s e) 1300 s Resolução V = t = 3,9. 10 8 3,0. 10 8. t = t = 1,3 s 46 b FÍSICA A istância méia a Terra à Lua é 3,9.10 8 m. Seno a velociae a luz no vácuo igual a 3,0.10 5 km/s, o tempo méio gasto por ela para percorrer essa istância é e: a) 0,77 s b) 1,3 s c) 13 s ) 77

Leia mais

Específica de Férias Prof. Walfredo

Específica de Férias Prof. Walfredo Específica e Férias Prof. Walfreo 01 Aluno(a): /07/01 1. (Unicamp 01) Em 01 foi comemorao o centenário a escoberta os raios cósmicos, que são partículas provenientes o espaço. a) Os neutrinos são partículas

Leia mais

Por efeito da interação gravitacional, a partícula 2 exerce uma força F sobre a partícula 1 e a partícula 1 exerce uma força F sobre a partícula 2.

Por efeito da interação gravitacional, a partícula 2 exerce uma força F sobre a partícula 1 e a partícula 1 exerce uma força F sobre a partícula 2. Interação Gravitacional Vimos que a mola é esticaa quano um corpo é suspenso na sua extremiae livre. A força que estica a mola é e origem eletromagnética e tem móulo igual ao móulo o peso o corpo. O peso

Leia mais

LISTA 3 - Prof. Jason Gallas, DF UFPB 10 de Junho de 2013, às 17:23. Jason Alfredo Carlson Gallas, professor titular de física teórica,

LISTA 3 - Prof. Jason Gallas, DF UFPB 10 de Junho de 2013, às 17:23. Jason Alfredo Carlson Gallas, professor titular de física teórica, Exercícios Resolvios e Física Básica Jason Alfreo Carlson Gallas, professor titular e física teórica, Doutor em Física pela Universiae Luwig Maximilian e Munique, Alemanha Universiae Feeral a Paraíba (João

Leia mais

ONDULATÓRIA - EXERCÍCIOS E TESTES DE VESTIBULARES

ONDULATÓRIA - EXERCÍCIOS E TESTES DE VESTIBULARES ONDULATÓRIA - EXERCÍCIOS E TESTES DE VESTIBULARES 1. (FELA - 96) Uma ona é estaelecia numa cora, fazeno-se o ponto A oscilar com uma freqüência igual a 1 x 103 Hertz, conforme a figur Consiere as afirmativas:

Leia mais

IME - 2003 2º DIA FÍSICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR

IME - 2003 2º DIA FÍSICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR IME - 2003 2º DIA FÍSICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR Física Questão 01 Um pequeno refrigerador para estocar vacinas está inicialmente desconectado da rede elétrica e o ar em seu interior encontra-se

Leia mais

CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO FÍSICA CADERNO DE QUESTÕES

CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO FÍSICA CADERNO DE QUESTÕES CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO FÍSICA CADERNO DE QUESTÕES 1 a QUESTÃO Valor: 1,00 A L 0 H mola apoio sem atrito B A figura acima mostra um sistema composto por uma parede vertical

Leia mais

2 a. Apostila de Gravitação A Gravitação Universal

2 a. Apostila de Gravitação A Gravitação Universal a. Apostila e Gravitação A Gravitação Universal Da época e Kepler até Newton houve um grane avanço no pensamento científico. As inagações os cientistas ingleses giravam em torno a questão: Que espécie

Leia mais

Aula 1- Distâncias Astronômicas

Aula 1- Distâncias Astronômicas Aula - Distâncias Astronômicas Área 2, Aula Alexei Machao Müller, Maria e Fátima Oliveira Saraiva & Kepler e Souza Oliveira Filho Ilustração e uma meição e istância a Terra (à ireita) à Lua (à esquera),

Leia mais

SOLENÓIDE E INDUTÂNCIA

SOLENÓIDE E INDUTÂNCIA EETROMAGNETSMO 105 1 SOENÓDE E NDUTÂNCA 1.1 - O SOENÓDE Campos magnéticos prouzios por simples conutores ou por uma única espira são bastante fracos para efeitos práticos. Assim, uma forma e se conseguir

Leia mais

UNIGRANRIO www.exerciciosdevestibulares.com.br. 2) (UNIGRANRIO) O sistema abaixo encontra-se em equilíbrio sobre ação de três forças

UNIGRANRIO www.exerciciosdevestibulares.com.br. 2) (UNIGRANRIO) O sistema abaixo encontra-se em equilíbrio sobre ação de três forças 1) (UNIGRANRIO) Um veículo de massa 1200kg se desloca sobre uma superfície plana e horizontal. Em um determinado instante passa a ser acelerado uniformemente, sofrendo uma variação de velocidade representada

Leia mais

Módulo III Carga Elétrica, Força e Campo Elétrico

Módulo III Carga Elétrica, Força e Campo Elétrico Móulo III Clauia Regina Campos e Carvalho Móulo III Carga létrica, orça e Campo létrico Carga létrica: Denomina-se carga elétrica a proprieae inerente a eterminaas partículas elementares, que proporciona

Leia mais

FÍSICA. Questões de 01 a 04

FÍSICA. Questões de 01 a 04 GRUPO 1 TIPO A FÍS. 1 FÍSICA Questões de 01 a 04 01. Considere uma partícula presa a uma mola ideal de constante elástica k = 420 N / m e mergulhada em um reservatório térmico, isolado termicamente, com

Leia mais

Parte V ANÁLISE DIMENSIONAL

Parte V ANÁLISE DIMENSIONAL 78 PARTE V ANÁISE DIMENSIONA Parte V ANÁISE DIMENSIONA [R] [p] [V] [n] [τ] l 3 θ [R] θ Resposta: [R] θ Uma as principais equações a Mecânica quântica permite calcular a energia E associaa a um fóton e

Leia mais

Revisão de Física Vestibular ITA 2011

Revisão de Física Vestibular ITA 2011 Vestibular ITA 011 Questão 1 Um cilindro oco, feito de material isolante, é fechado em uma das extremidades por uma placa metálica fixa e na outra por um pistão metálico bem ajustado livre para se mover.

Leia mais

Leis de Newton. 1.1 Sistemas de inércia

Leis de Newton. 1.1 Sistemas de inércia Capítulo Leis e Newton. Sistemas e inércia Supomos a existência e sistemas e referência, os sistemas e inércia, nos quais as leis e Newton são válias. Um sistema e inércia é um sistema em relação ao qual

Leia mais

CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO FÍSICA CADERNO DE QUESTÕES

CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO FÍSICA CADERNO DE QUESTÕES CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO FÍSICA CADERNO DE QUESTÕES 2011 1 a QUESTÃO Valor: 1,00 Um varal de roupas foi construído utilizando uma haste rígida DB de massa desprezível, com

Leia mais

( ) ( ) ( ( ) ( )) ( )

( ) ( ) ( ( ) ( )) ( ) Física 0 Duas partículas A e, de massa m, executam movimentos circulares uniormes sobre o plano x (x e representam eixos perpendiculares) com equações horárias dadas por xa ( t ) = a+acos ( ωt ), ( t )

Leia mais

FÍSICA. Dados: Velocidade da luz no vácuo: 3,0 x 10 8 m/s Aceleração da gravidade: 10 m/s 2 1 4πε. Nm 2 /C 2

FÍSICA. Dados: Velocidade da luz no vácuo: 3,0 x 10 8 m/s Aceleração da gravidade: 10 m/s 2 1 4πε. Nm 2 /C 2 Dados: FÍSICA Velocidade da luz no vácuo: 3,0 x 10 8 m/s Aceleração da gravidade: 10 m/s 1 4πε 0 = 9,0 10 9 Nm /C Calor específico da água: 1,0 cal/g o C Calor latente de evaporação da água: 540 cal/g

Leia mais

Física Fascículo 03 Eliana S. de Souza Braga

Física Fascículo 03 Eliana S. de Souza Braga ísica ascículo 03 Eliana S. e Souza Braga Ínice Dinâmica - Trabalho, Energia e Potência Resumo Teórico... Exercícios... Gabarito...4 Dinâmica - Trabalho, Energia e Potência Resumo Teórico Trabalho e uma

Leia mais

18 a QUESTÃO Valor: 0,25

18 a QUESTÃO Valor: 0,25 6 a A 0 a QUESTÃO FÍSICA 8 a QUESTÃO Valor: 0,25 6 a QUESTÃO Valor: 0,25 Entre as grandezas abaixo, a única conservada nas colisões elásticas, mas não nas inelásticas é o(a): 2Ω 2 V 8Ω 8Ω 2 Ω S R 0 V energia

Leia mais

Soluções das Questões de Física do Processo Seletivo de Admissão à Escola Preparatória de Cadetes do Exército EsPCEx

Soluções das Questões de Física do Processo Seletivo de Admissão à Escola Preparatória de Cadetes do Exército EsPCEx Soluções das Questões de Física do Processo Seletivo de dmissão à Escola Preparatória de Cadetes do Exército EsPCEx Questão Concurso 009 Uma partícula O descreve um movimento retilíneo uniforme e está

Leia mais

Questão 46. o diagrama horário da velocidade escalar, cuja ilustração correta para esse movimento. a) d)

Questão 46. o diagrama horário da velocidade escalar, cuja ilustração correta para esse movimento. a) d) Questão 46 b) Sobre um trilho reto, uma pequena esfera descreve um movimento uniformemente variado. Um estudante resolveu analisar esse movimento e construiu o gráfico do espaço percorrido (S) em função

Leia mais

ESPELHO PLANO C centro de curvatura V vértice do espelho R raio de curvatura

ESPELHO PLANO C centro de curvatura V vértice do espelho R raio de curvatura Óptica Princípios a Óptica Geométrica ) Princípio a propagação retilínea a luz: nos meios homogêneos e transparentes a luz se propaga em linha reta. Natureza e Velociae a Luz A luz apresenta comportamento

Leia mais

-----> V = 73,3V. Portanto: V2 = 73,3V e V1 = 146,6V, com isso somente L1 brilhará acima do normal e provavelmente queimará.

-----> V = 73,3V. Portanto: V2 = 73,3V e V1 = 146,6V, com isso somente L1 brilhará acima do normal e provavelmente queimará. TC 3 UECE 01 FASE POF.: Célio Normando Conteúdo: Lâmpadas Incandescentes 1. A lâmpada incandescente é um dispositivo elétrico que transforma energia elétrica em energia luminosa e energia térmica. Uma

Leia mais

Interbits SuperPro Web

Interbits SuperPro Web 1. (Enem 013) A Lei a Gravitação Universal, e Isaac Newton, estabelece a intensiae a força e atração entre uas massas. Ela é representaa pela expressão: F G m m = 1 one m 1 e m corresponem às massas os

Leia mais

Resolução O período de oscilação do sistema proposto é dado por: m T = 2π k Sendo m = 250 g = 0,25 kg e k = 100 N/m, vem:

Resolução O período de oscilação do sistema proposto é dado por: m T = 2π k Sendo m = 250 g = 0,25 kg e k = 100 N/m, vem: 46 c FÍSICA Um corpo de 250 g de massa encontra-se em equilíbrio, preso a uma mola helicoidal de massa desprezível e constante elástica k igual a 100 N/m, como mostra a figura abaixo. O atrito entre as

Leia mais

Física PRÉ VESTIBULAR / / Aluno: Nº: Turma: PRÉ-VESTIBULAR MOVIMENTO CIRCULAR UNIFORME (MCU)

Física PRÉ VESTIBULAR / / Aluno: Nº: Turma: PRÉ-VESTIBULAR MOVIMENTO CIRCULAR UNIFORME (MCU) PÉ VESTIBULA Física / / PÉ-VESTIBULA Aluno: Nº: Turma: MOVIMENTO CICULA UNIFOME (MCU) 01 (PUC-J) Um menino passeia em um carrossel de raio Sua mãe, do lado de fora do carrossel, observa o garoto passar

Leia mais

Aluno(a): Nº. Professor: Fabrízio Gentil Série: 3 o ano Disciplina: Física - Magnetismo

Aluno(a): Nº. Professor: Fabrízio Gentil Série: 3 o ano Disciplina: Física - Magnetismo Lista de Exercícios Pré Universitário Uni-Anhanguera Aluno(a): Nº. Professor: Fabrízio Gentil Série: 3 o ano Disciplina: Física - Magnetismo 01 - (PUC SP) Na figura abaixo temos a representação de dois

Leia mais

QUESTÃO 01. a) Qual a temperatura do forno? b) Qual a variação de energia interna do bloco do latão. QUESTÃO 02

QUESTÃO 01. a) Qual a temperatura do forno? b) Qual a variação de energia interna do bloco do latão. QUESTÃO 02 Quando necessário considere: g = 10 m/s 2, densidade da água = 1 g/cm 3, 1 atm = 10 5 N/m 2, c água = 1 cal/g. 0 C, R = 8,31 J/mol.K, velocidade do som no ar = 340 m/s e na água = 1500 m/s, calor específico

Leia mais

a) O tempo total que o paraquedista permaneceu no ar, desde o salto até atingir o solo.

a) O tempo total que o paraquedista permaneceu no ar, desde o salto até atingir o solo. (MECÂNICA, ÓPTICA, ONDULATÓRIA E MECÂNICA DOS FLUIDOS) 01) Um paraquedista salta de um avião e cai livremente por uma distância vertical de 80 m, antes de abrir o paraquedas. Quando este se abre, ele passa

Leia mais

Lista 1 Cinemática em 1D, 2D e 3D

Lista 1 Cinemática em 1D, 2D e 3D UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA DEPARTAMENTO DE ESTUDOS BÁSICOS E INSTRUMENTAIS CAMPUS DE ITAPETINGA PROFESSOR: ROBERTO CLAUDINO FERREIRA DISCIPLINA: FÍSICA I Aluno (a): Data: / / NOTA: Lista

Leia mais

GABARITO DO SIMULADO DISCURSIVO

GABARITO DO SIMULADO DISCURSIVO GABARITO DO SIMULADO DISCURSIVO 1. (Unifesp 013) O atleta húngaro Krisztian Pars conquistou medalha de ouro na olimpíada de Londres no lançamento de martelo. Após girar sobre si próprio, o atleta lança

Leia mais

RESOLUÇÃO ATIVIDADE ESPECIAL

RESOLUÇÃO ATIVIDADE ESPECIAL RESOLUÇÃO ATIVIDADE ESPECIAL Física Prof. Rawlinson SOLUÇÃO AE. 1 Através a figura, observa-se que a relação entre os períoos as coras A, B e C: TC TB T A = = E a relação entre as frequências: f =. f =

Leia mais

LISTA de ELETROSTÁTICA PROFESSOR ANDRÉ

LISTA de ELETROSTÁTICA PROFESSOR ANDRÉ LISTA e ELETROSTÁTICA PROFESSOR ANDRÉ 1. (Unicamp 013)Em 01 foi comemorao o centenário a escoberta os raios cósmicos, que são partículas provenientes o espaço. a) Os neutrinos são partículas que atingem

Leia mais

RESOLUÇÕES DA PROVA DE FÍSICA UFC 2006. PROFESSOR Célio Normando

RESOLUÇÕES DA PROVA DE FÍSICA UFC 2006. PROFESSOR Célio Normando RESOLUÇÕES DA PROVA DE FÍSICA UFC 006 Ari Duque de Caxias Ari Washington Soares Ari Aldeota Da 5ª Série ao Pré-Vestibular Sede Hildete de Sá Cavalcante (da Educação Infantil ao Pré-Vestibular) Rua Monsenhor

Leia mais

Prof. Rogério Porto. Assunto: Eletrostática

Prof. Rogério Porto. Assunto: Eletrostática Questões COVEST Física Elétrica Prof. Rogério Porto Assunto: Eletrostática 1. Duas esferas condutoras A e B possuem a mesma carga Q. Uma terceira esfera C, inicialmente descarregada e idêntica às esferas

Leia mais

Observa-se ainda que, para pequenos giros, os pontos de uma seção transversal não sofrem deslocamento na direção longitudinal.

Observa-se ainda que, para pequenos giros, os pontos de uma seção transversal não sofrem deslocamento na direção longitudinal. Universiae Feeral e Alagoas Centro e ecnologia Curso e Engenharia Civil Disciplina: Mecânica os Sólios Cóigo: ECIV030 Professor: Euaro Nobre ages orção em Barras e Seção ransversal Circular Cheia ou Vazaa

Leia mais

a) os módulos das velocidades angulares ωr NOTE E ADOTE

a) os módulos das velocidades angulares ωr NOTE E ADOTE 1. Um anel condutor de raio a e resistência R é colocado em um campo magnético homogêneo no espaço e no tempo. A direção do campo de módulo B é perpendicular à superfície gerada pelo anel e o sentido está

Leia mais

Resolução. Dados: Ar: T 0 = 27ºC = 300 K T f = -18ºC P 0 = 1 atm V 0 = V f P f =? Transformação isocórica do gás: Equação Geral:

Resolução. Dados: Ar: T 0 = 27ºC = 300 K T f = -18ºC P 0 = 1 atm V 0 = V f P f =? Transformação isocórica do gás: Equação Geral: Questão Um pequeno refrigerador para estocar vacinas está inicialmente desconectado da rede elétrica e o ar em seu interior encontra-se a uma temperatura de º C e pressão de atm. O refrigerador é ligado

Leia mais

Questão 1. Questão 2. alternativa D

Questão 1. Questão 2. alternativa D Questão Sabe-se que o momento angular e uma massa pontual é ao pelo prouto vetorial o vetor posição essa massa pelo seu momento linear. Então, em termos as imensões e comprimento (L), e massa (M), e e

Leia mais

1 a QUESTÃO Valor 1,0

1 a QUESTÃO Valor 1,0 1 a QUESTÃO Valor 1,0 Um esquimó aguarda a passagem de um peixe sob um platô de gelo, como mostra a figura abaixo. Ao avistá-lo, ele dispara sua lança, que viaja com uma velocidade constante de 50 m/s,

Leia mais

QUESTÕES CORRIGIDAS PROFESSOR Rodrigo Penna QUESTÕES CORRIGIDAS GRAVITAÇÃO ÍNDICE. Leis de Kepler

QUESTÕES CORRIGIDAS PROFESSOR Rodrigo Penna QUESTÕES CORRIGIDAS GRAVITAÇÃO ÍNDICE. Leis de Kepler QUESÕES CORRIGIDAS PROFESSOR Rorigo Penna QUESÕES CORRIGIDAS GRAVIAÇÃO 1 ÍNDICE LEIS DE KEPLER 1 GRAVIAÇÃO DE NEWON 4 Leis e Kepler 1. (UERJ/000) A figura ilustra o movimento e um planeta em torno o sol.

Leia mais

TIPO-A FÍSICA. r 1200 v média. Dado: Aceleração da gravidade: 10 m/s 2. Resposta: 27

TIPO-A FÍSICA. r 1200 v média. Dado: Aceleração da gravidade: 10 m/s 2. Resposta: 27 1 FÍSICA Dado: Aceleração da gravidade: 10 m/s 01. Considere que cerca de 70% da massa do corpo humano é constituída de água. Seja 10 N, a ordem de grandeza do número de moléculas de água no corpo de um

Leia mais

Questão 1. Questão 2. Resposta. Resposta

Questão 1. Questão 2. Resposta. Resposta Questão 1 Na natureza, muitos animais conseguem guiar-se e até mesmo caçar com eficiência, devido à grande sensibilidade que apresentam para a detecção de ondas, tanto eletromagnéticas quanto mecânicas.

Leia mais

Lista de Eletrostática da UFPE e UPE

Lista de Eletrostática da UFPE e UPE Lista de Eletrostática da UFPE e UPE 1. (Ufpe 1996) Duas pequenas esferas carregadas repelem-se mutuamente com uma força de 1 N quando separadas por 40 cm. Qual o valor em Newtons da força elétrica repulsiva

Leia mais

Resumo de Física 2C13 Professor Thiago Alvarenga Ramos

Resumo de Física 2C13 Professor Thiago Alvarenga Ramos Resumo de Física 2C13 Professor Thiago Alvarenga Ramos ENERGIA Grandeza escalar que existe na natureza em diversas formas: mecânica, térmica, elétrica, nuclear, etc. Não pode ser criada nem destruída;

Leia mais

n 1 L 1 n 2 L 2 Supondo que as ondas emergentes podem interferir, é correto afirmar que

n 1 L 1 n 2 L 2 Supondo que as ondas emergentes podem interferir, é correto afirmar que QUESTÃO 29 QUESTÃO 27 Uma escada de massa m está em equilíbrio, encostada em uma parede vertical, como mostra a figura abaixo. Considere nulo o atrito entre a parede e a escada. Sejam µ e o coeficiente

Leia mais

grandeza do número de elétrons de condução que atravessam uma seção transversal do fio em segundos na forma, qual o valor de?

grandeza do número de elétrons de condução que atravessam uma seção transversal do fio em segundos na forma, qual o valor de? Física 01. Um fio metálico e cilíndrico é percorrido por uma corrente elétrica constante de. Considere o módulo da carga do elétron igual a. Expressando a ordem de grandeza do número de elétrons de condução

Leia mais

FÍSICA DADOS. 10 v som = 340 m/s T (K) = 273 + T( o C) s. 27) U = Q τ. 18) ρ = 30) A = = R. 45) ε = 09) 34) V AB 36) Instruções:

FÍSICA DADOS. 10 v som = 340 m/s T (K) = 273 + T( o C) s. 27) U = Q τ. 18) ρ = 30) A = = R. 45) ε = 09) 34) V AB 36) Instruções: FÍSIA DADOS m 9 N.m g = 0 k 0 = 9,0 0 s 8 m c = 3,0 0 v som = 340 m/s T (K) = 73 + T( o ) s 0) d = d 0 + v 0 t + at 3) τ = E c 5) Q = ml 37) eq = + +... + n 0) v = v 0 + at 4) F = kx 6) τ = P V 03) v =

Leia mais

= R. Sendo m = 3,3. 10 27 kg, V = 3,0. 10 7 m/s e R = 0,45m, calcula-se a intensidade da força magnética. 3,3. 10 27. (3,0. 10 7 ) 2 = (N) 0,45

= R. Sendo m = 3,3. 10 27 kg, V = 3,0. 10 7 m/s e R = 0,45m, calcula-se a intensidade da força magnética. 3,3. 10 27. (3,0. 10 7 ) 2 = (N) 0,45 37 a FÍSICA Em um cíclotron tipo de acelerador de partículas um deutério alcança velocidade final de 3,0 x 10 7 m/s, enquanto se move em um caminho circular de raio 0,45m, mantido nesse caminho por uma

Leia mais

1 m 2. Substituindo os valores numéricos dados para a análise do movimento do centro de massa, vem: Resposta: D. V = 2 10 3,2 V = 8 m/s

1 m 2. Substituindo os valores numéricos dados para a análise do movimento do centro de massa, vem: Resposta: D. V = 2 10 3,2 V = 8 m/s 01 De acordo com o enunciado, não há dissipação ou acréscimo de energia. Considerando que a energia citada seja a mecânica e que, no ponto de altura máxima, a velocidade seja nula, tem-se: ε ε = ' + 0

Leia mais

1 Analise a figura a seguir, que representa o esquema de um circuito com a forma da letra U, disposto perpendicularmente à superfície da Terra.

1 Analise a figura a seguir, que representa o esquema de um circuito com a forma da letra U, disposto perpendicularmente à superfície da Terra. FÍSIC 1 nalise a figura a seguir, que representa o esquema de um circuito com a forma da letra U, disposto perpendicularmente à superfície da Terra. Esse circuito é composto por condutores ideais (sem

Leia mais

10 DIMENSIONAMENTO DE SECÇÕES RETANGULARES COM ARMADURA DUPLA

10 DIMENSIONAMENTO DE SECÇÕES RETANGULARES COM ARMADURA DUPLA 10 DIMENSIONAMENTO DE SECÇÕES RETANGULARES COM ARMADURA DUPLA 10.1 INTRODUÇÃO A armaura posicionaa na região comprimia e uma viga poe ser imensionaa a fim e se reuzir a altura e uma viga, caso seja necessário.

Leia mais

Questão 57. Questão 58. alternativa D. alternativa C. seu mostrador deverá indicar, para esse mesmo objeto, o valor de

Questão 57. Questão 58. alternativa D. alternativa C. seu mostrador deverá indicar, para esse mesmo objeto, o valor de OBSERVAÇÃO (para todas as questões de Física): o valor da aceleração da gravidade na superfície da Terra é representado por g. Quando necessário, adote: para g, o valor 10 m/s ; para a massa específica

Leia mais

Questão 46. Questão 48. Questão 47. alternativa E. alternativa C. alternativa D. Características Amostra 1 Amostra 2. Pressão (atm) 1,0 0,5

Questão 46. Questão 48. Questão 47. alternativa E. alternativa C. alternativa D. Características Amostra 1 Amostra 2. Pressão (atm) 1,0 0,5 Questão 46 Um corpo de 50 g de massa encontra-se em equilíbrio, preso a uma mola helicoidal de massa desprezíel e constante elástica k igual a 100 N/m, como mostra a figura a seguir. O atrito entre as

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL JOÃO XXIII A

ESCOLA ESTADUAL JOÃO XXIII A Educando para a Modernidade desde 1967 ESCOLA ESTADUAL JOÃO XXIII A Escola que a gente quer é a Escola que a gente faz! NATUREZA DA ATIVIDADE: EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO 2 DISCIPLINA: FÍSICA ASSUNTO: MOVIMENTO

Leia mais

Capítulo 4 Trabalho e Energia

Capítulo 4 Trabalho e Energia Capítulo 4 Trabalho e Energia Este tema é, sem dúvidas, um dos mais importantes na Física. Na realidade, nos estudos mais avançados da Física, todo ou quase todos os problemas podem ser resolvidos através

Leia mais

1 a QUESTÃO: (1,5 ponto) Avaliador Revisor

1 a QUESTÃO: (1,5 ponto) Avaliador Revisor 1 a QUESTÃO: (1,5 ponto) Avaliador Revisor Um mol de um gás ideal é levado do estado A para o estado B, de acordo com o processo representado no diagrama pressão versus volume conforme figura abaixo: a)

Leia mais

Vestibular Comentado - UVA/2013.1 Conhecimentos Específicos

Vestibular Comentado - UVA/2013.1 Conhecimentos Específicos Vestibular Comentado - UVA/3. Física Comentários: Professores: João Batista e Joelson Studart. Um paraquedista salta de uma altura de. m. Após 45 m de queda, a força de resistência do ar se iguala à força

Leia mais

Tópico 02: Movimento Circular Uniforme; Aceleração Centrípeta

Tópico 02: Movimento Circular Uniforme; Aceleração Centrípeta Aula 03: Movimento em um Plano Tópico 02: Movimento Circular Uniforme; Aceleração Centrípeta Caro aluno, olá! Neste tópico, você vai aprender sobre um tipo particular de movimento plano, o movimento circular

Leia mais

Matemática. Aula: 07 e 08/10. Prof. Pedro Souza. www.conquistadeconcurso.com.br. Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.

Matemática. Aula: 07 e 08/10. Prof. Pedro Souza. www.conquistadeconcurso.com.br. Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM. Matemática Aula: 07 e 08/10 Prof. Pero Souza UMA PARCERIA Visite o Portal os Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.BR Visite a loja virtual www.conquistaeconcurso.com.br MATERIAL DIDÁTICO EXCLUSIVO

Leia mais

Cap. 4 - Princípios da Dinâmica

Cap. 4 - Princípios da Dinâmica Universidade Federal do Rio de Janeiro Instituto de Física Física I IGM1 2014/1 Cap. 4 - Princípios da Dinâmica e suas Aplicações Prof. Elvis Soares 1 Leis de Newton Primeira Lei de Newton: Um corpo permanece

Leia mais

RESUMO DE ELETRICIDADE

RESUMO DE ELETRICIDADE FÍSIA OFSSO DA TMA: WLADIMI SMO D LTIIDAD LI D OLOM AGAS LÉTIAS DO MSMO SINAL - LM-S AGAS LÉTIAS D SINAIS ONTÁIOS ATAM-S Intensiae a força eletrostática K é a constante eletrostática. F K. AMO LÉTIO orpo

Leia mais

Leis de Newton INTRODUÇÃO 1 TIPOS DE FORÇA

Leis de Newton INTRODUÇÃO 1 TIPOS DE FORÇA Leis de Newton INTRODUÇÃO Isaac Newton foi um revolucionário na ciência. Teve grandes contribuições na Física, Astronomia, Matemática, Cálculo etc. Mas com certeza, uma das suas maiores contribuições são

Leia mais

04. Com base na lei da ação e reação e considerando uma colisão entre dois corpos A e B, de massas m A. , sendo m A. e m B. < m B.

04. Com base na lei da ação e reação e considerando uma colisão entre dois corpos A e B, de massas m A. , sendo m A. e m B. < m B. 04. Com base na lei da ação e reação e considerando uma colisão entre dois corpos A e B, de massas m A e m B, sendo m A < m B, afirma-se que 01. Um patrulheiro, viajando em um carro dotado de radar a uma

Leia mais

Pelo princípio da independência dos movimentos, na horizontal, temos: V. = 0, o corpo se comporta como em queda livre, por isso: F g.

Pelo princípio da independência dos movimentos, na horizontal, temos: V. = 0, o corpo se comporta como em queda livre, por isso: F g. Questão 01 008 Um astronauta, de pé sobre a superfície da Lua, arremessa uma pedra, horizontalmente, a partir de uma altura de 1,5 m, e verifica que ela atinge o solo a uma distância de 15 m. Considere

Leia mais

; Densidade da água ρ

; Densidade da água ρ Na solução da prova, use quando necessário: COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO COPESE VESTIULAR Aceleração da gravidade g = m / s ; Densidade da água ρ a =, g / cm = kg/m 8 5 Velocidade da luz no vácuo c =,

Leia mais

EXP. 4 - MEDIDA DO COMPRIMENTO DE ONDA DA LUZ POR MEIO DE UMA REDE DE DIFRAÇÃO

EXP. 4 - MEDIDA DO COMPRIMENTO DE ONDA DA LUZ POR MEIO DE UMA REDE DE DIFRAÇÃO Capítulo 4 EXP. 4 - MEDIDA DO COMPRIMENTO DE ONDA DA LUZ POR MEIO DE UMA REDE DE DIFRAÇÃO 4.1 OBJETIVOS Meir a constante e ree e ifração utilizano um comprimento e ona conhecio. Meir os comprimentos e

Leia mais

γ = 5,0m/s 2 2) Cálculo da distância percorrida para a velocidade escalar reduzir-se de 30m/s para 10m/s. V 2 2

γ = 5,0m/s 2 2) Cálculo da distância percorrida para a velocidade escalar reduzir-se de 30m/s para 10m/s. V 2 2 OBSERVAÇÃO (para todas as questões de Física): o valor da aceleração da gravidade na superfície da Terra é representado por g. Quando necessário, adote: para g, o valor 10 m/s 2 ; para a massa específica

Leia mais

Lista de Exercícios de Física

Lista de Exercícios de Física Lista de Exercícios de Física Assunto: Dinâmica do Movimento Circular, Trabalho e Potência Prof. Allan 1- Um estudante, indo para a faculdade, em seu carro, desloca-se num plano horizontal, no qual descreve

Leia mais

RESUMO 02: SEÇÃO TÊ FALSA E VERDADEIRA ARMADURA SIMPLES

RESUMO 02: SEÇÃO TÊ FALSA E VERDADEIRA ARMADURA SIMPLES 0851 CONSTRUÇÕES DE CONCRETO RDO II PROF. IBERÊ 1 / 5 0851 CONSTRUÇÕES DE CONCRETO RDO II RESUO 0: SEÇÃO TÊ FLS E VERDDEIR RDUR SIPLES ES COLBORNTE ação conjunta e lajes e vigas poe ser consieraa meiante

Leia mais

Gravitação 1. INTRODUÇÃO 2. LEIS DE KEPLER. Dedução das leis empíricas de Kepler a partir da mecânica newtoniana Newton

Gravitação 1. INTRODUÇÃO 2. LEIS DE KEPLER. Dedução das leis empíricas de Kepler a partir da mecânica newtoniana Newton 1. INODUÇÃO Gravitação Deução as leis empíricas e Kepler a partir a mecânica newtoniana Newton O sistema geocêntrico é um moelo e visão o muno que amite a erra no centro o universo e os emais planetas,

Leia mais

Questão 46. Questão 47. Questão 48. alternativa E. alternativa C

Questão 46. Questão 47. Questão 48. alternativa E. alternativa C Questão 46 O movimento de uma partícula é caracterizado por ter vetor velocidade e vetor aceleração não nulo de mesma direção. Nessas condições, podemos afirmar que esse movimento é a) uniforme. b) uniformemente

Leia mais

Professores: Gilberto / Gustavo / Luciano / Maragato CURSO DOMÍNIO. Comentário: Energia de Capacitor. Comentário: Questão sobre atrito

Professores: Gilberto / Gustavo / Luciano / Maragato CURSO DOMÍNIO. Comentário: Energia de Capacitor. Comentário: Questão sobre atrito Professores: Gilberto / Gustavo / Luciano / Maragato CURSO DOMÍNIO A prova de física exigiu um bom conhecimento dos alunos. Há questões relacionadas principalmente com a investigação e compreensão dos

Leia mais

Universidade Federal de São Paulo Instituto de Ciência e Tecnologia Bacharelado em Ciência e Tecnologia

Universidade Federal de São Paulo Instituto de Ciência e Tecnologia Bacharelado em Ciência e Tecnologia Universidade Federal de São Paulo Instituto de Ciência e Tecnologia Bacharelado em Ciência e Tecnologia Oscilações 1. Movimento Oscilatório. Cinemática do Movimento Harmônico Simples (MHS) 3. MHS e Movimento

Leia mais

ATENÇÃO ESTE CADERNO CONTÉM 10 (DEZ) QUESTÕES E RESPECTIVOS ESPAÇOS PARA RESPOSTAS. DURAÇÃO DA PROVA: 3 (TRÊS) HORAS

ATENÇÃO ESTE CADERNO CONTÉM 10 (DEZ) QUESTÕES E RESPECTIVOS ESPAÇOS PARA RESPOSTAS. DURAÇÃO DA PROVA: 3 (TRÊS) HORAS ATENÇÃO ESTE CADERNO CONTÉM 10 (DEZ) QUESTÕES E RESPECTIVOS ESPAÇOS PARA RESPOSTAS. DURAÇÃO DA PROVA: 3 (TRÊS) HORAS A correção de cada questão será restrita somente ao que estiver registrado no espaço

Leia mais

1. Nesta figura, está representada, de forma esquemática, a órbita de um cometa em torno do Sol:

1. Nesta figura, está representada, de forma esquemática, a órbita de um cometa em torno do Sol: 1. Nesta figura, está representada, de forma esquemática, a órbita de um cometa em torno do Sol: Nesse esquema, estão assinalados quatro pontos P, Q, R ou S da órbita do cometa. a) Indique em qual dos

Leia mais

LISTA DE RECUPERAÇÃO 3º ANO PARA 07/12

LISTA DE RECUPERAÇÃO 3º ANO PARA 07/12 LISTA DE RECUPERAÇÃO 3º ANO PARA 07/12 Questão 01) Quando uma pessoa se aproxima de um espelho plano ao longo da direção perpendicular a este e com uma velocidade de módulo 1 m/s, é correto afirmar que

Leia mais

FÍSICA CADERNO DE QUESTÕES

FÍSICA CADERNO DE QUESTÕES CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO FÍSICA CADERNO DE QUESTÕES 2015 1 a QUESTÃO Valor: 1,00 Uma mola comprimida por uma deformação x está em contato com um corpo de massa m, que se encontra

Leia mais

IME - 2006 2º DIA FÍSICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR

IME - 2006 2º DIA FÍSICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR IME - 2006 2º DIA FÍSICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR Física Questão 01 O ciclo Diesel, representado na figura seguinte, corresponde ao que ocorre num motor Diesel de quatro tempos: o trecho AB representa

Leia mais

(1) FÍSICA (2) (3) PROVA A 1

(1) FÍSICA (2) (3) PROVA A 1 FÍSICA 0 - O gráfico ao lado apresenta a superposição de três gráficos de uma grandeza (z) em função do tempo (t). A grandeza (z) pode representar: (0) no caso (), o espaço em um movimento uniforme. (0)

Leia mais

a) Estime o intervalo de tempo t 1 , em segundos, que a bola levou para ir do ponto A ao ponto B. b) Estime o intervalo de tempo t 2

a) Estime o intervalo de tempo t 1 , em segundos, que a bola levou para ir do ponto A ao ponto B. b) Estime o intervalo de tempo t 2 1 FÍSICA Durante um jogo de futebol, um chute forte, a partir do chão, lança a bola contra uma parede próxima. Com auxílio de uma câmera digital, foi possível reconstituir a trajetória da bola, desde o

Leia mais

Equipe de Física FÍSICA

Equipe de Física FÍSICA Aluno (a): Série: 3ª Turma: TUTORIAL 8B Ensino Médio Equipe de Física Data: FÍSICA Estática de um ponto Para que um ponto esteja em equilíbrio precisa satisfazer a seguinte condição: A resultante de todas

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN NOME: TURMA: PROFESSOR: G:\2014\Pedagógico\Documentos\Exercicios\Est_Comp_Rec_Parcial\1ª Série\Física.

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN NOME: TURMA: PROFESSOR: G:\2014\Pedagógico\Documentos\Exercicios\Est_Comp_Rec_Parcial\1ª Série\Física. NOME: TURMA: PROFESSOR: 1 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MOVIMENTOS Movimento: Um corpo está em movimento quando a posição entre este corpo e um referencial varia com o tempo. Este é um conceito relativo, pois

Leia mais

Física. Resolução. Q uestão 01 - A

Física. Resolução. Q uestão 01 - A Q uestão 01 - A Uma forma de observarmos a velocidade de um móvel em um gráfico d t é analisarmos a inclinação da curva como no exemplo abaixo: A inclinação do gráfico do móvel A é maior do que a inclinação

Leia mais

Vestibular UFRGS 2015. Resolução da Prova de Física

Vestibular UFRGS 2015. Resolução da Prova de Física Vestibular URGS 2015 Resolução da Prova de ísica 1. Alternativa (C) O módulo da velocidade relativa de móveis em movimentos retilíneos de sentidos opostos pode ser obtido pela expressão matemática: v r

Leia mais

Primeira lista de física para o segundo ano 1)

Primeira lista de física para o segundo ano 1) Primeira lista de física para o segundo ano 1) Dois espelhos planos verticais formam um ângulo de 120º, conforme a figura. Um observador está no ponto A. Quantas imagens de si mesmo ele verá? a) 4 b) 2

Leia mais

3) Uma mola de constante elástica k = 400 N/m é comprimida de 5 cm. Determinar a sua energia potencial elástica.

3) Uma mola de constante elástica k = 400 N/m é comprimida de 5 cm. Determinar a sua energia potencial elástica. Lista para a Terceira U.L. Trabalho e Energia 1) Um corpo de massa 4 kg encontra-se a uma altura de 16 m do solo. Admitindo o solo como nível de referência e supondo g = 10 m/s 2, calcular sua energia

Leia mais

1) d = V t. d = 60. (km) = 4km 60 2) Movimento relativo: s V rel 80 60 = t = (h) = h = 12min

1) d = V t. d = 60. (km) = 4km 60 2) Movimento relativo: s V rel 80 60 = t = (h) = h = 12min OBSERVAÇÃO (para todas as questões de Física): o valor da aceleração da gravidade na superfície da Terra é representado por g. Quando necessário, adote: para g, o valor de 10 m/s 2 ; para a massa específica

Leia mais

ALUNO(A): Nº TURMA: TURNO: DATA: / / SEDE:

ALUNO(A): Nº TURMA: TURNO: DATA: / / SEDE: Professor: Edney Melo ALUNO(A): Nº TURMA: TURNO: DATA: / / SEDE: 01. As pirâmides do Egito estão entre as construções mais conhecidas em todo o mundo, entre outras coisas pela incrível capacidade de engenharia

Leia mais

Questão 46. Questão 48. Questão 47. alternativa D. alternativa E

Questão 46. Questão 48. Questão 47. alternativa D. alternativa E Questão 46 Correndo com uma bicicleta, ao longo de um trecho retilíneo de uma ciclovia, uma criança mantém a velocidade constante de módulo igual a,50 m/s. O diagrama horário da posição para esse movimento

Leia mais

no de Questões A Unicamp comenta suas provas

no de Questões A Unicamp comenta suas provas ad no de Questões Unicamp comenta suas provas 99 SEGUND FSE de Janeiro de 998 Física 78 s questões de Física do Vestibular Unicamp versam sobre assuntos variados do programa (que constam no Manual do andidato).

Leia mais