Reconhecimento do Curso de Bacharelado em Ciência da Computação

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Reconhecimento do Curso de Bacharelado em Ciência da Computação"

Transcrição

1 INTERESSADO/MANTENEDORA UIVERSIDADE BRAZ CUBAS UF SP ASSUNTO Reconhecimento do Curso de Bacharelado em Ciência da Computação RELATOR: SR. CONS. PAULO Alcântara Gomes PARECER N.º 828/93 I - RELATÓRIO CÂMARA OU COMISSÃO CESu APROVADO EM 09/12/93 PROCESSO N / Reitor em exercício da Universidade Braz Cubas encaminha a este Conselho o pedido de reconhecimento do Curso de Bacharelado em Ciência da Computação, ministrado por aquela Universidade. 0 curso foi criado por decisão de seu Conselho Universitário em 5 de novembro de Através do ofício datado de 12 de novembro de a UBC comunicou o fato ao Conselho Federal de Educação. 0 CFE comunicou a UBC através do Protocolo (de 2 8 de novembro do corrente ano informando ter procedido o Registro do evento nos assentamentos da Instituição. A Universidade braz Cubas tem como mantenedora "Sociedade Civil de Educação Braz Cubas". a É oportuno assinalar que a UBC já mantém o Curso ' Superior de Tecnologia em Processamento de Dados, reconhecido por este CFE em 18 de agosto de 1988, e,atualmente,implanta o Curso de Engenharia da Computação. 0 Curso de Bacharelado em Ciência da Computação ' está vinculado ao Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia MOD 5-CFE

2 A responsabilidade pela aprovação didática está a cargo de um Coord nador de Curso, auxiliado pelos departamentos que participam do ensi no das disciplinas integrantes do currículo. Pela portaria nº 108 de 18 de junho de 1993 do SENESU/MEC, foi designada Comissão Verificadora constituída pelos Professores Júlio Saler Aude e José Lucas de Rangel Neto, o primeiro da Universidade Federal do Rio de Janeiro e o outro da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, para verificarem as condições para o reconhecimento do curso e apresentar relatório. O presente Parecer baseia se nos dados constantes do processo, no Relatório da Comissão Verificadora e da CAE e demais do_ cumentos em anexo. 1 - Dados sobre a Instituição Condições Jurídicas A Sociedade Civil "Braz Cubas" mantenedora da UniversjL dade Braz Cubas, é uma pessoa jurídica de Direito Privado, instituída na forma de Sociedade Civil por cotas e responsabilidade limitada, sem fins lucrativos devidamente registradas no Cartório de Registro Ci. vil de Pessoas Jurídicas da Comarca de Mogi das Cruzes, Estado de São Paulo de A Universidade Braz Cubas foi criada pela Portaria n Cursos Mantidos A UBC mantém ção, alguns com habilitações diferenciadas. mais de duas dezenas de cursos de gradua 2 - Dados sobre Estabelecimento / Curso Infra- Estrutura Física Segunda a Comissão Verificadora a infra-estrutura f_í sica da UBC é satisfatória e adequada às necessidade globais da ins_ tituição, 166 salas de aula, 21 salas ambientes e 45 laboratórios.as instalações físicas são de muito boa qualidade.

3 2.2 - Biblioteca Quanto a Biblioteca a Comissão registra: títulos exemplares 291 periódicos A Comissão considera o acervo bibliográfico da área ' de Processamento de Dados adequado para um curso que deve formar sua primeira turma durante o corrente semestre, recomenda, também, que devemser buscada a atualização e a complementação do acervo,com aquisição de livros mais atualizados, e de livros estrngeiros, principalmente em compra inglesa. Essa atualização e complementação serão consideradas fundamentais, ovuma área de rápida evolução, como é a área do Curso em apreço 3 - Dados sobre o Curso Funcionamento e Estrutura Curricular A carga horária total exigida para a integralização do Curso de Bacharelado em Ciência da Computação compreende uma carga horária mínima de horas-aula a serem cumpridas, das quais, 432 no 1 ciclo e no ciclo profissional, cumpridas no mínimo em 10 semes três letivos. São oferecidas 80 vagas por semestre, ou seja 160 vagas por ano, em regime noturno. Apesar do currículo pleno não exigir considera este Relator recomendável que seja incluído um estágio supervisionado obri_ gatório e a apresentação de um projeto individual de conclusão de curso,visando o aperfeiçoamento daformação acadêmica dos alunos. Quanto ao alunado, os peritos verificadores observam ' que o índice de frequência e bom, havendo exigencia regimental de frequência mínima de 75% nos trabalhos acadêmicos. A nota mínima para aprovação, em cada disciplina, é igual esuperior a 6,0 (seis), sendo constatado um índice média de 35% reprovação nas diferentes disciplinas.

4 3.2 - Corpo Docente I 0 corpo Docente é composto por 53 professores, dos quais 28 com Mestrado, 7 com Doutorado, 13 cursando Mestrado e 10 cursando Doutorado. II - VOTO DO RELATOR O Relator vota favoravelmente ao Reconhecimento do Curso de Bacharelado em Ciências da Computação - ministrado pela Un_i versidade Braz Cubas, mantida pela Associação Civil de Educação Braz Cubas, com sede no Município de Mogi das Cruzes, no Estado de São Paulo-SP, com 80 vagas semestrais, 160 vagas anuais. III - CONCLUSÃO DA CÂMARA A Câmara de Ensino Superior acompanha o Voto do Relator.

5 QUADRO I ORGANIZAÇÃO CURRICULAR CURSO: BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO 1º PERÍODO LETIVO CÓDIGO DISCIPLINA C. HORÁRIA CCH101A LÍNGUA PORTUGUESA 72 CCH206A METODOLOGIA DAS CIÊNCIAS 72 CET104A GEOMETRIA ANALÍTICA E VETORES 72 CET105A CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL 72 CCH107F LÍNGUA INGLESA 72 CCH207A SOCIOLOGIA GERAL 72 CES103A ESTUDO DE PROBLEMAS BRASILEIROS 36 CCH608A EDUCAÇÁO FÍSICA 36 2º PERÍODO LETIVO CET105B CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL 72 CET201A INTRODUÇÁO À COMPUTAÇÃO 72 CET206A INTRODUÇÃO AOS MICROCOMPUTADORES "2 CET301A QUÍMICA 72 CET305A FÍSICA 72 CET315A FÍSICA EXPERIMENTAL 36 CET317A QUÍMICA EXPERIMENTAL 36 CES103B ESTUDO DE PROBLEMAS BRASILEIROS 36 CCH608B EDUCAÇÁO FÍSICA 36 3º PERÍODO LETIVO CET105C CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL 72 CET201B INTRODUÇÁO À COMPUTAÇÃO 72 CET203A INTRODUÇÃO Á PROGRAMAÇÃO 72 CET204A PROGRAMAÇÃO AVANÇADA 72 CET305B FÍSICA 72 CET316A MECÀMCA GERAL 72 4º PERÍODO LETIVO CET105D CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL 72 CET106A ÁLGEBRA LINEAR 72 CET305H FÍSICA 72 CET207A PROGRAMAÇÃO COBOL 72 CET 231A ESTUDO COMPARATIVO DE LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO 72 CET316B MECÂNICA GERAL 72

6 QUADRO I 5º PERÍODO LETIVO CET103B CÁLCULO NUMÉRICO 72 CET107A PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA 72 CET208A SISTEMAS OPERACIONAIS 72 CET408A CIRCUITOS ELÉTRICOS 72 CET 232A PRÁTICAS DE PROGRAMAÇÁO EM LINGUAGENS ALGORÍTMICAS 72 CET 233A CIRCUITOS LÓGICOS E ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES 72 6º PERÍODO LETIVO CET 205A ORGANIZAÇÃO E ARQUITETURA DE COMPUTADORES 72 CET220A ENGENHARIA DE SOFTWARE 72 CET227A ANÁLISE DE ALGORÍTMOS 72 CET240A ESTRUTURAS DE INFORMAÇÁO 72 CET405D RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS 72 CET209A ANÁLISE DE SISTEMAS 72 7º PERÍODO LETIVO CES308A ECONOMIA GERAL 72 CET 214A SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO DE APOIO À ENGENHARIA 72 CET221A AUTÔMATA E LINGUAGENS FORMAIS 72 CET224A PROGRAMAÇÁO DE SISTEMAS 72 CET234A INTERFACES E PERIFÉRICOS 72 CET448A FENÓMENOS DE TRANSPORTE 72 8º PERÍODO LETIVO CET136A ANÁLISE NUMÉRICA 72 CET213A INTRODUÇÃO AO BANCO DE DADOS 72 CET222A COMPILADORES 72 CET235A LABORATÓRIO DE INTERFACES E PERIFÉRICOS 72 CET436A REDES DE COMPUTADORES 72 CET531C PESQUISA OPERACIONAL 72 9º PERÍODO LETIVO CET447A CONTROLE ESTATÍSTICO DE QUALIDADE 72 CES229C DIREITO E LEGISLAÇÃO 36 CES421A ADMINISTRAÇÁO GERAL 72 CET511A PLANEJAMENTO DA PRODUÇÁO INDUSTRIAL 72 DISCIPLINA ELETIVA 72 DISCIPLINA ELETIVA 72 10º PERÍODO LETIVO CET 236A DESENVOLVIMENTO EXPERIMENTAL DE COMPILADORES 72 DISCIPLINA ELETIVA 72 DISCIPLINA ELETIVA 72 DISCIPLINA ELETIVA 72 DISCIPLINA ELETIVA 72

7 QUADRO I OBSERVAÇÃO: RELAÇÃO DAS DISCIPLINAS ELETIVAS CET136B ANÁLISE NUMÉRICA 72 CET137A INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO MATEMÁTICA 72 CET211A ESTRUTURA DE DADOS 72 CET212A SIMULAÇÃO 72 CET219A COMPUTAÇÃO GRÁFICA 72 CET220B ENGENHARIA DE SOFTWARE 72 CET222B COMPILADORES 72 CET226A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL 72 CET 228A TÓPICOS ESPECIAIS DE SISTEMAS OPERACIONAIS 72 CET 230A TÓPICOS ESPECIAIS DE PROCESSAMENTO DE DADOS 72 CET 237A TÓPICOS ESPECIAIS DE ARQ. E REDES DE COMPUTADORES 72 CET434A MICROPROCESSADORES 72 CET439A PRINCÍPIOS DE COMUNICAÇÕES DIGITAIS 72 CET440A CIRCUITOS INTEGRADOS 72 CET 441A ELETRÔNICA INDUSTRIAL 72 CET444A PROCESSOS ESTOCÁSTICOS 72 CET 238A TÓPICOS ESPECIAIS EM LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO 72

8 CORPO DOCENTE 01. ADILSON DE MORAIS Disc.:CET 105 B - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL CET 106 A - ÁLGEBRA LINEAR CET 107 A - PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA Qual. : Licenciado -em Matemática (1975) pela Universidade de Mogi das Cruzes. Mestre em Matemática pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1992). Cursos de Pós- Graduação em Matemática na Universidade de Mogi das Cruzes (1983): Tópicos de Teoria dos Números; no Instituto Tecnológico de Aeronáutica - ITA: Análise Funcional, Ákebra Moderna. Álgebra Linear. Topologia e Complementos de Matemática ( ); Curso de Pós-Graduação em Análise de Sistemas pela Fundação Santo André (1978). Professor da Universidade Braz Cubas de: Cálculo Diferencial e Integral, Geometria Descritiva. Estatística. Matemática. Matemática Aplicada; Pareceres CFE 1231/ /84, 550/84, 690/;<7, 684/84.392/88, 649/ /85,524/89. Reside em Mogi das Cruzes-SP AGUINALDO CARDOZO DA COSTA FILHO Disc. :CET 531 C - PESQUISA OPERACIONAL Qual. : Bacharel em Engenharia Eletrónica (1988) peia Universidade Federal de Pernambuco - UFPE. Mestrado em Pesquisa Operacional no Instituto Tecnoióeico de Aeronaútica-ITA..Analista de Sistemas Unysis (BURROUGHS & SPERRY) de janeiro de 1988 a abril de Engenheiro de Sistemas na Philips de outubro de 1986 a agosto de Engenheiro de Sistemas na Equitel (Simens) de janeiro de 1989 a setembro de Reside em São José dos Campos. 03. AIRTON EIRAS Disc.: CET 104 A - GEOMETRIA ANALÍTICA E VETORES CET 106 A -.ÁLGEBRA LINEAR CET 305 A - FÍSICA CET 305 B - FÍSICA CET 305 H - FÍSICA Qual. : Bacharel em Física pela Faculdade Oswaldo Cruz (1983): Mestre em Física pelo Instituto de Física Teórica - UNESP (1986). Doutor em Física pelo Instituto de Física Teórica - UNESP (1988). Pós-Doutorado (2 anos, 1990/91) no Gesellschaft fur Schwenonen forchung;- Darmstad. República Federal da Alemanha. Quatro trabalhos em revistas internacionais, dois em Congressos Internacionais e três em Congressos Nacionais. Experiência acadêmica como professor nas Faculdades Oswaldo Cruz de 1984 a Reside em São Paulo.

9 04. AiSTONIO LUIZ SANSÃO Disc. : CET 447 A - CONTROLE ESTATÍSTICO DE QUALIDADE CET 405 D - RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS CET 107 A - PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA CET 448 A - FENÔMENO DE TRANSPORTE Qual. : Engenheiro Mecânico pelo Instituto Tecnológico da Aeronáutica-ITA (1967). Mestre em Ciências pelo ITA (1971). Professor de Instrumentação e Controle Automático no ITA (1968 a 1976). Exerceu atividades profissionais nas seguintes empresas: ENGESA. KODAK e RODHIA. Reside em São José dos Campos ANTONIO WELLINGTON SALES RIOS Disc. : CET 212 A - SIMULAÇÃO CET 240 A'- ESTRUTURAS DE INFORMAÇÃO Qual. : Engenheiro de Infra-Estrutura Aeronáutica pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica- ITA (1981). Pós-Graduação "Lato Sensu" em informática pela Pontifícia Universidade Católica-PUC do Rio de Janeiro (março de 1985 a abril de 1986). Mestrado em Engenharia Eletrónica e Computação no Instituto Tecnológico de Aeronáutica-ITA. Chefe da Seção de Informática do Instituto de Proteção ao Vôo - IPV do Centro Técnico Aero espacial-cta de outubro de 1991 até a presente data (março de 1993). Reside em São José dos Campos ARISTEU FRANCO JUNIOR Disc : CET 214 A - SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO DE APOIO A ENGENHARIA Qual. : Graduado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Braz Cubas. Curso de Especialização em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho. 500 horas/aula. pela Faculdade de Engenharia Industrial da Federação das Faculdades Braz Cubas em convénio com a Fundacentro - Ministério do Trabalho. Curso de Desenho Assistido por Computador (CAD) pela Universidade Braz Cubas, curso de AutoCAD Nível I e II no Centro de Treinamento autorizado na Universidade Braz Cubas. Professor de Computação Gráfica para os cursos de Arquitetura. Engenharia e Processamento de Dados desde Professor credenciado pela AutoDesk Inc. USA. para ministrar aulas no Centro de Treinamento autorizado da Universidade Braz Cubas. Ministra curso de AutoCAD para professores dos cursos de Engenharia e.arquitetura da Universidade Braz Cubas - Parecer nº 524/89 do CFE. Pós-Graduação "Lato Sensu' em Sistemas Computacionais na Universidade Braz Cubas. Reside em Mogi das Cruzes.

10 07. ARMANDO TAKAO SUEHIRO Disc. : CET 205 A - ORGANIZAÇÃO E ARQUITETURA DE COMPUTADORES CET 233 A- CIRCUITOS LÓGICOS E ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES CET 408 A - CIRCUITOS ELÉTRICOS Qual. : Engenheiro Eletrõnico pela Universidade de Campinas - UNICAMP (1981). Pós- Graduação "Lato Sensu 1 ' em Sistemas Computacionais peia Universiade Braz Cubas ( ). Engenheiro de Desenvolvimento Tecnológico Pleno no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE (1982 até a presente data. março 1993). Reside em Suzano. 08. AZUMASHINKAI Disc.: CET 316 A - MECÂNICA GERAL CET 316 B - MECÂNICA GERAL CET 233 A - CIRCUITOS LÓGICOS E ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES CET 408 A - CIRCUITOS ELÉTRICOS Qual. : Engenheiro Eletrõnico pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica - ITA (1975). Mestre em IZngenharia de Telecomunicações pelo ITA (1983). Chefe da Divisão de Suporte Tecnológico do Instituto de Estudos Avançados - IEAv do CTA do Ministério da Aeronáutica de 1987 a Reside em São José dos Campos CARLOS ALBERTO DE OLIVEIRA Disc: CET 201 B INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO CET 204 A - PROGRAMAÇÃO AVANÇADA CET 208 A - SISTEMAS OPERACIONAIS Qual. : Licenciado em Letras pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ (1979). Mestre em Linguística pela Universidade de Brasília - UnB (1983). Doutor em Computação Aplicada pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE (1990). De julho de 1985 até a presente data. março de Pesquisador do INPE. Vários trabalhos apresentados em Congressos. Simpósios e Reuniões Nacionais e Internacionais. Participação em Congressos. Simpósios. Encontros e Reuniões Nacionais. Ampia experiência didática. Reside em São José dos Campos.

11 QUADRO 10. CELSO ZUPPI DO AMARAL Disc. : CET 218 A - TRABALHO DE GRADUAÇÃO INTERDISCIPLINAR CET 218 B - TRABALHO DE GRADUAÇÃO INTERDISCIPLINAR CET 209 A - ANÁLISE DE SISTEMAS CET 209 B - ANALISE DE SISTEMAS II Qual. : Licenciado e Bacharel em Física pela Universidade Mackenzie (1975). Pós-Graduação "Lato Sensu" em Didática de Ensino Superior e Administração Escolar pela Universidade São Judas Tadeu ( ). Analista Sénior da O. S. & M. Oito anos como Analista autónomo. Gerente de Desenvolvimento de Aplicativos em Software (Oraelch e SQL) - Ceprodam. Reside em São Paulo. 11. CESAR BILHARDO Disc.: CCH 206 A - METODOLOGIA DAS CIÊNCIAS Qual. : Bacharel em Filosofia pelo Instituto Teológico Santo Antonio Dottore (Pádua - Itália). com complementação (Licenciatura) pela Universidade de Mogi das Cruzes (1971). Mestre em Ciências pela Fundação Escolar de Sociologia e Política de São Paulo (1985). Professor de Filosofia na Universidade Braz Cubas desde 1979 até a presente data (marco de 1993): professor de Metodologia Científica, em Curso de Pós-Graduação na Universidade Braz Cubas: professor de Sociologia da Educação e Filosofia da Educação em Curso de Pós- Graduação na Faculdade do Clube Náutico Mogiano: Parecer CFE 132/89 para Sociologia e Filosofia da Educação: Parecer 515/87 para Filosofia da Educação e História da Educação. Reside em Mogi das Cruzes. 12. CLÁUDIO B. P. DE SOUZA Disc. :CET 104 A - GEOMETRIA ANALÍTICA E VETORES Qual. Licenciado e Bacharel em Matemática pela Universidade de Moei das Cruzes (1970). Curso de Pós-Graduação em Probabilidade e Estatística pelo fta (1972). Professor da Universidade Braz Cubas, pareceres: 1210/72 (Probabilidade e Estatística). 1315/74 (Estatística). 4582/85 (Geometria Analítica e Vetores). Reside em Mogi das Cruzes. 13. CLEIDE MATHEUS RIZZATTO Disc.: CET 105'A - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL CET 105 C - CALCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL CET 105 D - CALCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL CET 305 A - FÍSICA CET 305 B - FÍSICA CET 305 H - FÍSICA Qual.:Bacharel e Licenciada em Física pela Pontifícia Universidade Católica - PUC de São Paulo (1985). Mestre em Física Nuclear pelo Instituto de Física da Universidade de São Paulo - USP (1987). Doutorado em Física Nuclear no Instituto de Física Teórica - UNESP. Reside em Sr.zano.

12 14. EDEVAL ARI VIEIRA Disc. : CET 103 B - CÁLCULO NUMÉRICO CET 136 A - ANÁLISE NUMÉRICA CET 213 A - INTRODUÇÃO AO BANCO DE DADOS Qual. :Tecnologo em Ciência da Computação peio Instituto Tecnológico da Aeronáutica - ITA (1979). Mestre em Ciência da Computação peia Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1989). Chefe da Divisão Técnica / Subdivisão Desenvolvimento do Centro de Computação da Aeronáutica de São José dos Campos ( ). Reside em São José dos Campos. 15.EDITH DAMIANA ULLOA ANGULO Disc. :CET 201 A - INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO CET 201 B - INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO CET 206 A - INTRODUÇÃO AOS MICROCOMPUTADORES CET 207 A - PROGRAMAÇÃO COBOL CET 220 A - ENGENHARIA DE SOFTWARE CET 531 C - PESQUISA OPERACIONAL Qual.:Bacharel em Pesquisa Operacional pela Universidad Nacional Mayor de San Marco. Lima. Peru < 1979). Mestre em Engenharia de Sistemas e Computação peia Universidade Federal do Rio de Janeiro (1988). Participação em seis Congressos e Seminários Nacionais. Reside em São José dos Campos. 16. EDSON MITSUJI SUTO Disc. : CET 206 A - INTRODUÇÃO AOS MICROCOMPUTADORES Qual; Bacharel em Administração de Empresas (Análise de Sistemas ipeia Fundação Armando.Alvares Penteado - FAAP (1985). Pós-Graduação 'Lato Sensu' em Sistemas Computacionais na Universidade Braz Cubas de janeiro de 1991 a dezembro de Analista de Sistemas no Itaú de junho de 1984 agosto de Gerente de informática na Belgo Brasileira de agosto de 1990 a setembro de Analista de Sistema Sénior na PRODAM de setembro de 1991 até a presente data (março de 1993). Reside em Suzano.

13 17. ENIVALDO FREIRE DO Ó FILHO Disc: CET 207 A - PROGRAMAÇÃO COBOL Qual. : Engenheiro Eletrônico peio Instituto Tecnológico de Aeronáutica -ITA (1976). Vários cursos de especialização no INPE e na IBM: mestrado em Ciência da Computação no Instituto Tecnológico da Aeronáutica - ITA de março de 1977 a dezembro de Analista de Sistemas. Chefe do Grupo de Tecnologia de Software do CPD. Chefe da divisão de Análise e Programação de Sistemas do CPD do INPE. Chefe do Laboratório de Processamento de Dados - IEDL do Centro Técnico Aeroespacial - CTA de fevereiro de 1977 a dezembro de Professor do Curso Superior de Tecnologia da Computação do ITA de fevereiro de 1977 a dezembro de Orientador de vários trabalhos de graduação do Curso Superior de Tecnologia da Computação do ITA. Vários trabalhos publicados no INPE. Participação em vários Congressos e Seminários Nacionais. Reside em São José dos Campos. 18. FRANCISCO DE ASSIS TAVARES FERREIRA Disc. : CET 209 B-.ANÁLISE DE SISTEMAS (não consta do currículo pleno) CET 218 A - TRABALHO DE GRADUAÇÃO INTERDISCIPLINAR CET 220 A - ENGENHARIA DE SOFTWARE Qual. : Engenheiro Eletrônico pela Universidade Federal de Pernambuco - UFPb (1986). Mestrado em Inteligência Artificial no Instituto Tecnológico de Aeronáutica - ITA. Engenheiro de Desenvolvimento Tecnológico - Gerente de Projetos no ITEEL - Collcon TecnologiaTNPE de 1983 até a presente data (março 1993).Reside em São José dos Campos. 19. FRANCISCO EDUARDO DE CARVALHO VIOLA Disc. : CET 203 A - INTRODUÇÃO A PROGRAMAÇÃO CET 204 A - PROGRAMAÇÃO AVANÇADA Qual. : Engenheiro Eletrecista peia Faculdade de Engenharia de São José dos Campos - FESJC (1974). Mestre em Ciências pelo Instituto de Pesquisas Espaciais - INPE (1980). DEA (Diploma de Estudos Aprofundados em Informática) - Universidade de Grenoble. França (1983). Doutor Engenheiro em Informática peia Universidade Paul Sabatier. Toulouse. França (1985). Engenheiro e Pesquisador do Laboratório.Associado de Computação e Viatemática Aplicada. LAC/INPE. Nove trabalhos publicados em Congressos e Simpósios Nacionais e Internacionais. Participação em vários Congressos Nacionais e Internacionais. Professor de Pós-Graduação em Computação Aplicada no INPE. Memoro de Bancas de Tese e Mestrado. Reside em São José dos Campos.

14 20. FRANCISCO KIOSHI ARAKAKI Disc. : CET 405 D - RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS CET 316 A - MECÂNICA GERAL CET MECÂNICA GERAL Qual.: Engenheiro Mecânico pela Faculdade de Engenharia de Guaratinguetá - UNESP (1980). Mestre em Engenharia Aeronáutica pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica - ITA (1986). Professor do Departamento de Estruturas do FTA de maio de 1981 a agosto de Engenheiro de Cálculo de Estruturas da Empresa Brasileira de Aeronáutica - EMBRAER de agosto de 1987 até a presente data (março de 1993). Quatro trabalhos publicados em Congressos Nacionais. Seis Trabalhos de Graduação orientados no ITA. Reside em São José dos Campos. 2Í.GERSON UNGERDE OLIVEIRA Disc. :CET 301 A -QUÍMICA CET 317 A - QUÍMICA EXPERIMENTAL Qual. : Licenciado e Bacharel em Química (com atribuições tecnológicas) pela Universidade de São Paulo - USP (1966). Doutor em Química (Química Inorgânica) pela Universidade de São Paulo - USP (1978). Professor das Universidades de Mogi das Cruzes. Camilo Castelo Branco e de Guarulhos. Gerente Industrial da QEEL- Indústrias Químicas de 1983 a Reside em Mogi das Cruzes GILBERTO GANDELMANN Disc.: CET 203 A - INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO CET 408 A - CIRCUITOS ELÉTRICOS Qual.: Engenheiro Mecânico pela Pontifícia Universidade Católica-PUC do Rio de Janeiro (1983). Mestre em Engenharia Aeronáutica (Especialização em Controle) pelatechnion-isr aei Institute of Technology de Haifa. Israel (1987). Doutorado em Computação no INPE Professor assistente nos Laboratórios de Controle. Aerodinâmica e Estruturas no Departamento de Engenharia e Aeronáutica da Technion - Israel Institute of Technology, Haifa. Israel, de outubro de 1985 a setembro de Professor do Curso de Pós- Graduação em Automação do Núcleo de Pesquisas Tecnológicas - Centro de Desenvolvimento de Tecnologia e Recursos Humanos (NPT - CDT), São José dos Campos de agosto de 1989 ate a presente data (março de 1993). Engenheiro de Desenvolvimento Tecnológico Júnior. Divisão de Controle e Guiagem-VCG do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE de janeiro de 1988 a junho de Engenneiro de Desenvolvimento Tecnológico Pleno. Divisão de Mecánica-DEM do INPE de julho de 1989 até a presente data (março de 1993). Oito trabalhos apresentados em Congressos Nacionais e Internacionais. Reside em São José dos Campos.

15 23. GILBERTO PETRACOM FILHO Disc. : CET 105 A - CALCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL CET 305 A - FÍSICA CET 305 B - FÍSICA CET 305 C - FÍSICA Qual. : Bacharel em Física pela Universidade de Mogi das Cruzes (1984). Mestre em Ciências pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica - LTA (1990). Doutorado em Física de Plasmas no Instituto Tecnológico de Aeronáutica - ITA. Pesquisador colaborador no Instituto de Estudos Avançados do CTA ( ). Apresentação de sete trabalhos em Congressos Nacionais e publicação de dois artigos em Congressos Internacionais. Reside em Mogi das Cruzes. 2 4 GINA MAIRA BARBOSA DE OLIVEIRA Disc. :CET 226 A - INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL CET 408 A - CIRCUITOS ELÉTRICOS Qual.: Engenheira Elétrica-Eletrònica pela Universidade Federai de Uberlândia (1990). Mestre em Ciências peio Instituto Tecnoiógico de Aeronáutica - FTA (1992). Doutorado em Inteligência Artificial no LTA. Pesquisadora do Instituto de Estudos Avançados do Centro Técnico Aeroespacial - CTA de julho de 1992 até a presente data (março de 1993). Reside em São José dos Campos. 25. GISELE APARECIDA DE SOUZA LEITE ARANHA Disc. CCH 101 A - LÍNGUA PORTUGUESA Qual. ; Licenciada em Letras peia Universidade de Mogi das Cruzes (1984). Mestrado em Comunicação e Semiótica na Pontifícia Universidade Católica - PUC de São Paulo. Reside em Mogi das Cruzes HILDE PACKLER CARDOSO Disc.: CCH 107 F - LÍNGUA INGLESA Qual. : Professora de Letras: Inglês - Português pela Universidade Braz Cubas < 1980). Pós- Graduação "Lato Sensu' em Letras na Universidade Braz Cubas (agosto de 1990 a março de 1991). Reside em Mogi das Cruzes.

16 27. IARA BRAZ CECIN Disc. : CET 105 A - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL "CT 105 B - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL CET 106 A - ÁLGEBRA LINEAR CET 408 A - CIRCUITOS ELÉTRICOS Qual. : Licenciatura Plena em Matemática e Engenheira Eletrecista pela Universidade Federal de Santa Maria - RS (1976). Pós- Graduação "Lato Sensu em Matemática pela Universidade Federal de Santa Mana-RS (março de 1982 a março de 1983). Mestre em Engenharia Eletrónica peio Instituto Tecnológico de Aeronáutica - ITA (1989). Pesquisadora Assistente no Instituto de Atividades Espaciais - IAE de setembro de 1983 até a presente data (março de 1993). 28. IVANDULGUER Disc: CES 421 A - ADMINSTRAÇÁO GERAL Qual. : Administrador de Empresas pela Universidade Braz Cubas (1969). Pós-Graduação "Lato Sensu" em Administração de Produção e Recursos Humanos na Fundação Getúlio Vareas e na Facuidade São Judas Tadeu (1973 a 1987). Gerente de Recursos Humanos da Olivetti do Brasil. N.G.K. do Brasil e Yamar do Brasil no período de 1961 a 1969, 1974 a 1977 e 1977 a Reside em Mogi das Cruzes. 29. IZIDORO DORI BOUCALT NETO Disc. : CES 103 A - ESTUDO DE PROBLEMAS BRASILEIROS CES 103 B - ESTUDO DE PROBLEMAS BRASILEIROS Qual. : Curso de Ciências Jurídicas peia Universidade Braz Cubas. Curso de Educação Física pela Faculdade do Clube Náutico Mogiano. Pós-Graduação em atividade Físico Desportivos e Biomecânica na Universidade de São Paulo. Pós-Graduação "Lato Sensu" em Metodologia do Ensino Superior na Universidade Braz Cubas (420 horas). «Assessor jurídico do Prefeito Municipal e Secretario de Governo de Mogi das Cruzes (1989 a 1990). Secretário Municipai de Esportes e Turismo e Assessor direto do Prefeito de Mogi das Cruzes para Assuntos Jurídicos e Órgãos de Segurança ( ). Amai Coordenador municipal para assuntos especiais (1993). Coordenador do Núcleo de E.P.B. do Campus I da Universidade Braz Cubas. Parecer n- 703/92 do C.F.E. Reside em Mogi das Cruzes.

17 3 0. JOAQUIM RODRIGUES DE MORAES Disc. : CES 229 C - DIREITO E LEGISLAÇÃO Qual. : Bacharel em Ciências Jurídicas peia Universidade Braz Cubas (1981). Pós-Graduação "Lato Sensu" em Metodologia do Ensino Superior na Universidade Braz Cubas (de abril de 1988 a dezembro de 1989). Pós-Graduação em Direito sem Dissertação de Tese na Pontifícia Universidade Católica - PUC de São Paulo ( créditos concluídos). Profissional liberai Advogado por mais de 12 anos. Reside em Mogi das Cruzes. 31. JORGE FREDERICO VETTERLE Disc. :CET 448 A - FENÓMENOS DE TRANSPORTE Qual. JEngenheiro Mecânico pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica - ITA (1976). Mestre em Engenharia Mecânica pelo rta (1981). Engenheiro Sénior na Empresa Brasileira de Aeronáutica - EMBRAER de 1988 a Reside em São José dos Campos JORGE LUIZ DA SILVA UMA Disc. :CET305H-FÍSICA Qual. Bacharel em Física pela Universidade Federal Fluminense - UFF/RJ (1987). Mestre em Física peio Instituto Tecnológico de Aeronáutica - ITA (1989). Doutorado em Física Atómica e Molecular no FTA. Físico na Coordenadoria para projetos especiais da Marinha (1989 a 1991). Reside em São José dos Campos. 33. JOSÉ BIANCHI NETO Disc. : CET 201 A - INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO CET 218 A - TRABALHO DE GRADUAÇÃO INTERDISCIPLINAR Qual. : Engenheiro Eletrònico pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo - USP (1976). Mestre em Ciências (Eletrónica/Sistemas Digitais) pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE (1980). Doutorado em Engennana Elétrica na Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP (março de 1983 a fevereiro de 1987). Engenheiro de desenvolvimento no INPE de dezembro de 1977 até a presente data i março de 1993). Quatro trabalhos puolicados em Simpósios Nacionais. Orientador de vários trabalhos de graduação no fta. Participação em duas bancas de tese de mestrado. Reside em São José dos Campos.

18 3 4. JOSÉ DEMISIO SIMÕES DA SILVA Disc. : CET 209 A - ANÁLISE DE SISTEMAS CET 218 B - TRABALHO DE GRADUAÇÃO INTERDISCIPLINAR CET 224 A - PROGRAMAÇÃO DE SISTEMAS CET 436 A - REDES DE COMPUTADORES CET 213 A - INTRODUÇÃO AO BANCO DE DADOS Qual. : Engenheiro Eletrònico pela Universidade Federal da Paraíba - UFPB (1986). Mestre em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal da Paraíba - UFPB (1992). Engenheiro de Operação e Manutenção - Chefe Subst. Setor de Treinamento do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE (de 1986 até a presente data. março de 1993). Reside em São José dos Campos. 3 5.JÚLIO CESAR BATISTA Disc. :CET 203 A - INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO CET 211 A - ESTRUTURA DE DADOS CET 232 A - PRATICA DE PROGRAMAÇÃO EM LINGUAGENS ALGORÍTMICAS CET 208 A - SISTEMAS OPERACIONAIS CET 227 A - ANALISE DE ALGORITMOS Qual.: Engenheiro Eletrònico pela Universidade Federal de Brasília - UnB (1982). Mestre em Engenharia Elétrica (Área de Automação) pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP (1985). Doutorado em Computação Aplicada no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE. Engenheiro Pleno no INPE de 1985 até a presente data (março de 1993). Dois trabalhos apresentados em Congressos Nacionais e Internacionais. Reside em São José dos Campos. 36. LAMARTINE NOGUEIRA FRUTUOSO GUIMARÃES Disc. : CET 305 A - FÍSICA CET 305 B - FÍSICA Qual. : Bacharel em Física pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1982). Mestre em Ciências. Engenharia Nuclear pelo Instituto Militar de Engenharia - IME (1984). Doutor em Filosofia - Ph.D. pela University of Tennessee. Knoxville. USA (1992). Pesquisador Adjunto no Instituto de Estudos Avançados/ENU do Centro Técnico Aeroespacial - CTA. Reside em São José dos Campos.

19 37. LUIZ SÉRGIO HEINZELMANN Disc.: CET 207 A - PROGRAMAÇÃO COBOL CET 234 A - INTERFACES E PERIFÉRICOS CET 235 A - LABORATÓRIO DE INTERFACES E PERIFÉRICOS CET 22 0 A - ENGENHARIA DE SOFTWARE Qual. : Engenheiro de Infra-Estrutura Aeronáutica peio Instituto Tecnológico de Aeronáutica - ETA (1981). Mestrado em Engenharia de Software no Instituto Tecnológico de Aeronáutica..Analista de Sistemas na diretoria de Engenharia da Aeronáutica (1982 a 1985). Consultor da Laser Line Sistemas de Vídeo Interativo (1989 a 1991). Membro do Grupo de Engenharia de Software do Veículo Lançador de Satélite - VLS no Instituto de Aeronáutica e Espaço (1992). reside em São José dos Campos. 38. MARCO ANTONIO RODRIGUES NAHUM Disc.: CES 229 C - DIREFTO E LEGISLAÇÃO Qual. : Graduado em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade Católica de Direito de Santos (1970). Mestrado em Direito na Faculdade de Direito da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Curso de Especialização em Direito Processual na Universidade Braz Cubas. Membro do Conselho Penitenciário do Estado de São Paulo. Professor de Direito Penal da Universidade Braz Cubas e da PUC de São Paulo. Diretor do Centro de Estudos Sociais Aplicados na Universidade Braz Cubas. Reside em Mogi das Cruzes MARCO ANTONIO SAMPAIO Disc. :CET 214 A - SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO DE APOIO A ENGENHARIA Qual. : Bacharel em Administração de Empresas pela Federação das Faculdades Braz Cubas (1982). Pós-Graduação "Lato Sensu'' em Metodologia do Ensino Suoerior na Universidade Braz Cubas (1990). Pós-Graduação "Lato Sensu" em Sistemas Computacionais na Universidade Braz Cubas. Professor credenciado da AutoDESK Inc. USA para ministrar aulas no Centro de Treinamento autorizado do programa AutoCAD. Professor de Programação - Parecer n g 524/89 do CFE. Reside em Mogi das Cruzes. 40. MARCOS MASSI Disc. :CET315 A- FÍSICA EXPERIMENTAL Qual. : Engenheiro Eletro-Eletrónico pela Universidade do Vale do Paraíba - UNIVAP(1991). Mestrado em Física de Plasmas no Instituto Tecnológico de Aeronáutica - ITA. Técnico e Engenheiro do Centro Técnico Aeroespacial - CTA de 1986 até a presente data (março de 1993). Reside em São José dos Campos.

20 41. MARIA AUXILIADORA BOMFIM Disc. : CCH 206 A - METODOLOGIA DAS CIÊNCIAS Qual. : Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade de Direiío de São Bernardo do Campo (1974). Pós-Graduação 'Lato Sensu' em Magistratura e Ministério Público na Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo (1975 a 1976). Mestrado em Administração de Recursos Humanos no Instituto Metodista de Ensino Superior. Reside em São Paulo MARIA LEOCLÉCIA DE ALMEIDA MANTILLA Disc. : CCH 206 A - METODOLOGIA DAS CIÊNCIAS CCH 207 A - SOCIOLOGIA GERAL Qual. : Estudos Sociais. Geografia. Pedagogia (Plena) pela Universidade Braz Cubas (1989). Pós-Graduação "Lato Sensu" em Metodologia do Ensino Superior na Universidade Braz Cubas ( ). Reside em Mogi das Cruzes. 43.MARINA ALVARENGA Disc. : CCH 207 A - SOCIOLOGIA GERAL Qual. :Licenciada e Bacharel em Ciências Sociais pelas Faculdades Integradas de São José dos Campos (1985). Pós- Graduação "Lato Sensu' em Didática do Ensino Superior na Universidade Braz Cubas (de agosto de 1988 a dezembro de 1989). Reside em Mogi das Cruzes. 44. MARY CHRYSSAFIDES Disc: CET 305 A-FÍSICA CET 315 A - FlSICA EXPERIMENTAL Qual. : Bacharel e Licenciada em Física pela Universidade de Mogi das Cruzes (1987). Mestre em Física peio Instituto Tecnológico de Aeronáutica - ITA (1992). Doutorado em Física no Instituto Nacionai de Pesquisas Espaciais - INPE. Um artigo publicado em Advances in Space Research. USA (1992). Participação em vários Congressos e Reuniões Cientificas Nacionais. Reside em São José dos Campos.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR PROCESSO: 23001.000381/94-21 MANTENEDORA: Sociedade Civil de Educação "Braz Cubas" ESTABELECIMENTO DE ENSINO: Universidade Braz Cubas"

Leia mais

Reconhecimento do Curso de Ciência da Computação. Pe. Antônio Geraldo Amaral Rosa

Reconhecimento do Curso de Ciência da Computação. Pe. Antônio Geraldo Amaral Rosa UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PETRÓPOLIS RJ Reconhecimento do Curso de Ciência da Computação Pe. Antônio Geraldo Amaral Rosa 1 - RELATÓRIO 01. 0 PEDIDO: A Reitora da Universidade Católica de Petrópolis encaminha

Leia mais

Reconhecimento do Curso de Bacharelado em Ciência da Computação, com ênfase em Análise de Sistemas e Software

Reconhecimento do Curso de Bacharelado em Ciência da Computação, com ênfase em Análise de Sistemas e Software INTERESSADO/MANTENEDORA Universidade Federal de Uberlândia MG ASSUNTO Reconhecimento do Curso de Bacharelado em Ciência da Computação, com ênfase em Análise de Sistemas e Software RELATOR SR. CONS Layrton

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BAURUENSE DE ENSINO SUPERIOR E CULTURA

ASSOCIAÇÃO BAURUENSE DE ENSINO SUPERIOR E CULTURA ASSOCIAÇÃO BAURUENSE DE ENSINO SUPERIOR E CULTURA Autorização do curso de Ciências - habilitação em Ma temática - Licenciatura Plena para funcionar na Faculdade de Ci ências, novo estabelecimento de ensino

Leia mais

SOCIEDADE UNIFICADA PAULISTA DE ENSINO RENOVADO OBJETIVO. Autorização (Projeto) de Plano de Curso de Ciência da Computação. Jucundino da Silva Furtado

SOCIEDADE UNIFICADA PAULISTA DE ENSINO RENOVADO OBJETIVO. Autorização (Projeto) de Plano de Curso de Ciência da Computação. Jucundino da Silva Furtado SOCIEDADE UNIFICADA PAULISTA DE ENSINO RENOVADO OBJETIVO Autorização (Projeto) de Plano de Curso de Ciência da Computação. Jucundino da Silva Furtado 1 - RELATÒRIO Neste processo, de interesse da Sociedade

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO/MANTENEDORA ORGANIZAÇÃO BRASILEIRA DE CULTURA E EDUCAÇÃO UF RJ ASSUNTO Alteração Curricular dos cursos de Historia e Geografia,

Leia mais

ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO

ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO SOBRE O CURSO Com a revolução tecnológica, não é só o mundo que muda, mas a área de tecnologia também. O Engenheiro de Computação é um profissional fundamental para que essa evolução

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N 72/2009 Aprova o Projeto Político-Pedagógico do Curso de Sistemas de Informação, modalidade

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CAMPUS DE SOBRAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CAMPUS DE SOBRAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CAMPUS DE SOBRAL INTEGRALIZAÇÃO CURRICULAR (Currículo 2006.2) Agosto de 2010 Hodiernamente não mais se concebe que a formação do futuro profissional

Leia mais

Os equipamentos listados pela Comissão Verificadora atendem satisfatoriamente ao mínimo requerido para um Bacharelado em Ciência da Computação.

Os equipamentos listados pela Comissão Verificadora atendem satisfatoriamente ao mínimo requerido para um Bacharelado em Ciência da Computação. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR PARECER N. 078/95 CEE/SESu/MEC PROCESSO N. 23065.003376/94-34 MANTENEDORA: AUTARQUIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ALAGOAS ESTABELECIMENTO

Leia mais

CURSO DE LICENCIATURA EM FÍSICA

CURSO DE LICENCIATURA EM FÍSICA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SERTÃO PERNAMBUCANO DIREÇÃO DE ENSINO DEPARTAMENTO DE ENSINO SUPERIOR 1. Perfil do Curso CURSO DE LICENCIATURA

Leia mais

PARECER CEE/PE Nº 81/2011-CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM 20/06/2011 I RELATÓRIO:

PARECER CEE/PE Nº 81/2011-CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM 20/06/2011 I RELATÓRIO: INTERESSADA: ESCOLA POLITÉCNICA DE PERNAMBUCO - POLI ASSUNTO: RENOVAÇÃO DE RECONHECIMENTO DO CURSO DE BACHARELADO EM ENGENHARIA DE TELECOMUNICAÇÕES RELATOR: CONSELHEIRO ARNALDO CARLOS DE MENDONÇA PROCESSO

Leia mais

RESOLVE: Art. 1 o Aprovar o Projeto Político Pedagógico do Curso de Engenharia Elétrica, modalidade Bacharelado, do Centro de Tecnologia, no Campus I.

RESOLVE: Art. 1 o Aprovar o Projeto Político Pedagógico do Curso de Engenharia Elétrica, modalidade Bacharelado, do Centro de Tecnologia, no Campus I. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N 23/2008 Aprova o Projeto Político-Pedagógico do Curso de Engenharia Elétrica, do Centro

Leia mais

PIA SOCIEDADE DOS MISSIONÁRIOS DE SAO CARLOS. Margarida Maria do R.B.P.Leal

PIA SOCIEDADE DOS MISSIONÁRIOS DE SAO CARLOS. Margarida Maria do R.B.P.Leal MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO/MANTENEDORA PIA SOCIEDADE DOS MISSIONÁRIOS DE SAO CARLOS UF SP ASSUNTO Autorização (Execução de Projeto) para funcionamento do curso de Administração,

Leia mais

Autorização (Projeto) do curso de Tecnologia em Processamento de Dados. Jucundino da Silva Furtado

Autorização (Projeto) do curso de Tecnologia em Processamento de Dados. Jucundino da Silva Furtado INSTITUTO RADIAL DE ENSINO E PESQUISA - IREP Autorização (Projeto) do curso de Tecnologia em Processamento de Dados. Jucundino da Silva Furtado 1 - RELATÓRIO O pedido do Instituto Radial de Ensino e Pesquisa,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.640, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.640, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.640, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Bacharelado

Leia mais

Curso de Engenharia. Formação Geral 1º e 2º anos

Curso de Engenharia. Formação Geral 1º e 2º anos Curso de Engenharia Formação Geral 1º e 2º anos DISCIPLINA 1º Bimestre Introdução à Engenharia Informática Matemática Produção de Textos 2º Bimestre Cálculo I Física I Inglês Metodologia Científica 3º

Leia mais

Profa. Adriana de Souza Guimarães Coordenadora do Curso de Engenharia da Computação

Profa. Adriana de Souza Guimarães Coordenadora do Curso de Engenharia da Computação 1º PERÍODO 17/03 Física Geral I 26/05 Física Geral I 18/03 Física Geral I - Dependente 27/05 Física Geral I - Dependente 18/03 Geometria Analítica e Vetores -A 27/05 Geometria Analítica e Vetores -A 19/03

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE ENSINO DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

ASSOCIAÇÃO DE ENSINO DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS ASSOCIAÇÃO DE ENSINO DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS Autorização (Projeto) do Curso de Engenharia, habilitação em Engenharia de Produção Elétrica, a ser ministrado pelas Faculdades Unidas do Vale do Paraíba Yugo

Leia mais

Autorização (Execução de Projeto) para funcionamento do curso de Ciências Contábeis, a ser ministrado pela Faculdade de São

Autorização (Execução de Projeto) para funcionamento do curso de Ciências Contábeis, a ser ministrado pela Faculdade de São INTERESSADO/MANTENEDORA PIA SOCIEDADE DOS MISSIONÁRIOS DE SÃO CARLOS ASSUNTO. SP Autorização (Execução de Projeto) para funcionamento do curso de Ciências Contábeis, a ser ministrado pela Faculdade de

Leia mais

Entre os elementos desejados no perfil dos egressos podem ser citados:

Entre os elementos desejados no perfil dos egressos podem ser citados: COMPETÊNCIAS E HABILIDADES Apesar do foco do curso de Engenharia de Computação da UCDB está na área de software, o profissional formado pelo curso de Engenharia da Computação deve adquirir as seguintes

Leia mais

Projeto Pedagógico do Bacharelado em Ciência da Computação. Comissão de Curso e NDE do BCC

Projeto Pedagógico do Bacharelado em Ciência da Computação. Comissão de Curso e NDE do BCC Projeto Pedagógico do Bacharelado em Ciência da Computação Comissão de Curso e NDE do BCC Fevereiro de 2015 Situação Legal do Curso Criação: Resolução CONSU no. 43, de 04/07/2007. Autorização: Portaria

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N 75/2010 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Engenharia de do Centro

Leia mais

INTERESSADO/MANTENEDORA. Aprovação do Curso de Especialização em Metodologia do Ensino da Lingua Portuguesa, fora da sede. CÂMARA OU COMISSÃO CESu

INTERESSADO/MANTENEDORA. Aprovação do Curso de Especialização em Metodologia do Ensino da Lingua Portuguesa, fora da sede. CÂMARA OU COMISSÃO CESu INTERESSADO/MANTENEDORA MISSÃO SALESIANA DE MATO GROSSO DO SUL ASSUNTO Aprovação do Curso de Especialização em Metodologia do Ensino da Lingua Portuguesa, fora da sede. UF MS RELATOR: SR. CONS. Yugo Okida

Leia mais

Curso de Engenharia Formação Geral 1º e 2º anos

Curso de Engenharia Formação Geral 1º e 2º anos Curso de Engenharia Formação Geral 1º e 2º anos DISCIPLINA 1º Bimestre Introdução à Engenharia 40 Informática 40 Matemática 80 Produção de Textos 40 2º Bimestre Cálculo I 80 Física I 80 Inglês 20 Metodologia

Leia mais

Autorização para curso de Especialização em Informática (Redes de Computadores), a ser ministrado, fora de sede. Dalva Assumpção Soutto Mayor

Autorização para curso de Especialização em Informática (Redes de Computadores), a ser ministrado, fora de sede. Dalva Assumpção Soutto Mayor INTERESSADO/MANTENEDORA UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA UF PB ASSUNTO: Autorização para curso de Especialização em Informática (Redes de Computadores), a ser ministrado, fora de sede. RELATOR. SR. CONS.

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DO TURNO NOTURNO PARA TURMAS A PARTIR DE JULHO DE 2013

ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DO TURNO NOTURNO PARA TURMAS A PARTIR DE JULHO DE 2013 ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DO TURNO NOTURNO PARA TURMAS A PARTIR DE JULHO DE 2013 Curso de Bacharelado em Engenharia Elétrica Vagas no Vestibular: 40 (quarenta) regime semestral

Leia mais

BOLETIM DE SERVIÇO - FIPAR ON LINE

BOLETIM DE SERVIÇO - FIPAR ON LINE BOLETIM DE SERVIÇO - FIPAR ON LINE ANO II Nº 003 Editado pela Secretaria Geral das FIPAR Faculdades Integradas de Paranaíba FIPAR Paranaíba, 08 de agosto de 2008. AVISO DE PUBLICAÇÃO E ADEQUAÇÃO DE MATRIZ

Leia mais

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR SENADOR FLAQUER DE SANTO ANDRÉ-SAO PAULO

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR SENADOR FLAQUER DE SANTO ANDRÉ-SAO PAULO INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR SENADOR FLAQUER DE SANTO ANDRÉ-SAO PAULO Plena em Matemática CURSO DE CIÊNCIAS: Conversão, pela via da plenificação da Licenciatura Ernani Bayer I - RELATÓRIO O Instituto de

Leia mais

Reconhecimento do curso de Serviço Social, ministrado pela. Faculdade de Filosofia, Ciência e Letras de Botucatu.

Reconhecimento do curso de Serviço Social, ministrado pela. Faculdade de Filosofia, Ciência e Letras de Botucatu. ASSOCIAÇÃO DE ENSINO DE BOTUCATU - UNIFAC Reconhecimento do curso de Serviço Social, ministrado pela Faculdade de Filosofia, Ciência e Letras de Botucatu. YUGO OKIDA 1 - RELATÓRIO Trata o presente parecer

Leia mais

CÓD. 483 - CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO. MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 03 I- NÚCLEO DOS CONTEÚDOS BÁSICOS

CÓD. 483 - CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO. MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 03 I- NÚCLEO DOS CONTEÚDOS BÁSICOS Aprovado no CONGRAD de: 24.09.2013 Retificado no CONGRAD de: 13.05.2014 Vigência: retroativa aos ingressantes de 2014/1 CÓD. 483 - CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 03 CÓD.

Leia mais

Projeto Pedagógico do Curso

Projeto Pedagógico do Curso Projeto Pedagógico do Curso Fundamentação Diretrizes curriculares do MEC Diretrizes curriculares da SBC Carta de Princípios da UNICAP Projeto Pedagógico Institucional da UNICAP Diretrizes Curriculares

Leia mais

COERÊNCIA DO CURRÍCULO DO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO EM FACE DAS DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS

COERÊNCIA DO CURRÍCULO DO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO EM FACE DAS DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS COERÊNCIA DO CURRÍCULO DO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO EM FACE DAS DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS O documento que serviu de base para a análise a seguir é o denominado "Diretrizes Curriculares

Leia mais

I RELATÓRIO: II ANÁLISE:

I RELATÓRIO: II ANÁLISE: INTERESSADO: UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO FACULDADE DE CIÊNCIAS, EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA DE GARANHUNS FACETEG CAMPUS CARUARU ASSUNTO: RECONHECIMENTO DO CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DO CAMPUS

Leia mais

Aprovado no CONGRAD: 10.08.10 Vigência: ingressos a partir de 2011/1

Aprovado no CONGRAD: 10.08.10 Vigência: ingressos a partir de 2011/1 Aprovado no CONGRAD: 10.08.10 Vigência: ingressos a partir de 2011/1 CÓD. 207 - CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Noite - Currículo nº 06 CÓD. 2509 - CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Manhã e Noite - Currículo

Leia mais

II - VOTO DO RELATOR. III - CONCLUSÃO DA CÂMARA A Câmara de Ensino Superior acompanha o voto do Relator. Sala das Sessões, em 31 de agosto de 1989

II - VOTO DO RELATOR. III - CONCLUSÃO DA CÂMARA A Câmara de Ensino Superior acompanha o voto do Relator. Sala das Sessões, em 31 de agosto de 1989 . Todos os professores apresentaram o termo de compromisso. A relação dos docentes com o resumo da qualificação acadêmico-profissional encontra-se anexa a este Parecer. (Anexo II). A Associação Campineira

Leia mais

Diretrizes Curriculares Nacionais e com a Legislação Interna, tendo como princípio a compreensão da informática em suas bases epistemológicas de

Diretrizes Curriculares Nacionais e com a Legislação Interna, tendo como princípio a compreensão da informática em suas bases epistemológicas de RESOLUÇÃO Nº 014/2010 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura em Informática, da Escola Superior de Tecnologia, da Universidade do Estado do Amazonas. O REITOR, EM EXERCÍCIO, DA UNIVERSIDADE

Leia mais

3ª ETAPA - TURMAS Y DIAS 24/09/12 25/09/12 26/09/12 27/09/12 28/09/12 01/10/12 02/10/12 03/10/12 04/10/12 05/10/12

3ª ETAPA - TURMAS Y DIAS 24/09/12 25/09/12 26/09/12 27/09/12 28/09/12 01/10/12 02/10/12 03/10/12 04/10/12 05/10/12 1ª ETAPA - TURMA E CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL I PAIE 3 CIÊNCIAS DO AMBIENTE PAIE 3 ÉTICA E CIDADANIA I PAIE 3 FÍSICA GERAL I PAIE 3 GEOMETR ANALITICA E VETORES PAIE 3 COMPUTAÇÃO, ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO

Leia mais

1ª ETAPA - TURMA E e F

1ª ETAPA - TURMA E e F Atualizado em: 20/05/2013 1/7 CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL I PF 3 CIÊNCIAS DO AMBIENTE PF 3 ÉTICA E CIDADANIA I PF 3 FÍSICA GERAL I PF 3 GEOMETRIA ANALITICA E VETORES PF 3 COMPUTAÇÃO, ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE Ciências Sociais Graduação em Ciência Política, Sociologia, Filosofia ou Antropologia. Seminários Graduação em Administração Pública, Administração

Leia mais

ASSOCIAÇÃO JACAREPAGUÁ DE ENSINO SUPERIOR. Reconhecimento do Curso de Ciências Contábeis das Faculdades Integradas de Jacarepaguá.

ASSOCIAÇÃO JACAREPAGUÁ DE ENSINO SUPERIOR. Reconhecimento do Curso de Ciências Contábeis das Faculdades Integradas de Jacarepaguá. INTERESSADO/MANTENEDORA ASSOCIAÇÃO JACAREPAGUÁ DE ENSINO SUPERIOR UF RJ ASSUNTO: Reconhecimento do Curso de Ciências Contábeis das Faculdades Integradas de Jacarepaguá. RELATOR: SR. CONS. IB GATTO FALCÃO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE INTERESSADO/MANTENEDORA SOCIEDADE RIOPRETENSE DE ENSINO SUPERIOR UF SP ASSUNTO Autorização (execução de projeto) para funcionamento do curso de Arquitetura e

Leia mais

Reconhecimento do Curso de Engenharia, com habilitação em Engenharia Civil, da Faculdade de Engenharia de São José do Rio Preto.

Reconhecimento do Curso de Engenharia, com habilitação em Engenharia Civil, da Faculdade de Engenharia de São José do Rio Preto. SOCIEDADE RIOPRETENSE BE ENSINO SUPERIOR SP Reconhecimento do Curso de Engenharia, com habilitação em Engenharia Civil, da Faculdade de Engenharia de São José do Rio Preto. Jucundino da Silva Furtado.

Leia mais

PROCESSO Nº 1863/12 PROTOCOLO Nº 11.579.438-8 PARECER CEE/CES Nº 74/12 APROVADO EM 03/12/12

PROCESSO Nº 1863/12 PROTOCOLO Nº 11.579.438-8 PARECER CEE/CES Nº 74/12 APROVADO EM 03/12/12 PROTOCOLO Nº 11.579.438-8 PARECER CEE/CES Nº 74/12 APROVADO EM 03/12/12 CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR INTERESSADA: FACULDADE ESTADUAL DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS DE APUCARANA - FECEA MUNICÍPIO: APUCARANA ASSUNTO:

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Habilitação: Bacharel em Sistemas de Informação Cálculo I - 90 6 Lógica - Programação I - 90 6 1º. Fundamentos de Sistemas de Informação - Metodologia da Pesquisa - 30 2 Comunicação Empresarial - 30 2

Leia mais

PARECER CEE/PE Nº 131/2007-CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM 20/11/2007 I RELATÓRIO:

PARECER CEE/PE Nº 131/2007-CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM 20/11/2007 I RELATÓRIO: INTERESSADA: AUTARQUIA BELEMITA DE CULTURA, DESPORTOS E EDUCAÇÃO ASSUNTO: AUTORIZAÇÃO DE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO RELATOR: CONSELHEIRO ARNALDO CARLOS DE MENDONÇA PROCESSO Nº 152/2007 PARECER CEE/PE Nº

Leia mais

4. informações sobre os equipamentos indicados pela Co-

4. informações sobre os equipamentos indicados pela Co- ASSOCIAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SÃO JUDAS TADEU Aprovação de Plano de Curso Execução do Projeto da habilitação Tecnologia Educacional do Curso de Pedagogia. ARNALDO NISKIER I - RELATÓRIO Pelo Parecer nº

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Dados de Identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo

Leia mais

Prof. Dr. Reinaldo Gonçalves Nogueira Escola de Engenharia Elétrica, Mecânica e de Computação Diretor

Prof. Dr. Reinaldo Gonçalves Nogueira Escola de Engenharia Elétrica, Mecânica e de Computação Diretor À PROGRAD: Prof.ª Sandramara Matias Chaves Goiânia, 22 de Novembro de 2013 Em reunião no dia 22 de Novembro de 2013, o Conselho Diretor da EMC, aprovou a alteração do Anexo 1 da Resolução CEPEC 765/2005,

Leia mais

conhecimento do Curso de Letras, habilitação em Português/Inglês, 0 Presidente da Fundação Comunitária Educacional e Cul

conhecimento do Curso de Letras, habilitação em Português/Inglês, 0 Presidente da Fundação Comunitária Educacional e Cul INTERESSADO/MANTENEDORA UF Fundação Comunitária Educacional e Cultural de João Monlevade MG ASSUNTO Reconhecimento do curso de Letras, habilitação em Português/Inglês, minis- trado pela Faculdade de Educação

Leia mais

CATÁLOGO DE CURSO DA FACULDADE NETWORK CAMPUS II SUMARÉ 2016

CATÁLOGO DE CURSO DA FACULDADE NETWORK CAMPUS II SUMARÉ 2016 1 FACULDADE NETWORK CATÁLOGO DE CURSO DA FACULDADE NETWORK CAMPUS II SUMARÉ 2016 2 PRINCIPAIS DIRIGENTES Diretora Interina Prof.ª Doutoranda Tânia Cristina Bassani Cecilio Doutorado: Doutoranda em Ciências

Leia mais

Ministério da Educação. Gabinete do Ministro

Ministério da Educação. Gabinete do Ministro Ministério da Educação Gabinete do Ministro PORTARIA Nº 556, de 25 de fevereiro de 2005 (DOU nº 39, Seção 1 página 23, de 28/2/2005) O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições e tendo

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 149/2012

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 149/2012 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 149/2012 Altera o Currículo do Curso de Engenharia de Controle e Automação para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº MEC-481/2012,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO / MANTENEDORA FEBASP SOCIEDADE CIVIL ASSUNTO SP UF Autorização (Projeto) para funcionamento do curso de Tecnologia da Embalagem,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO - PRÓ-REITORIA PARA ASSUNTOS ACADÊMICOS CURRÍCULO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO PERFIL

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO - PRÓ-REITORIA PARA ASSUNTOS ACADÊMICOS CURRÍCULO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO PERFIL PERFIL 3001 - Válido para os alunos ingressos a partir de 2002.1 Disciplinas Obrigatórias Ciclo Geral Prát IF668 Introdução à Computação 1 2 2 45 MA530 Cálculo para Computação 5 0 5 75 MA531 Álgebra Vetorial

Leia mais

Autorização (Projeto) para implantação do curso superior de Tecnologia em Processamento de Dados

Autorização (Projeto) para implantação do curso superior de Tecnologia em Processamento de Dados ASSOCIAÇÃO DOMUS DE ENSINO S UPERIOR - ADES Autorização (Projeto) para implantação do curso superior de Tecnologia em Processamento de Dados Yugo Ok ida 1 - RELATÓRIO 23030.0 10576/85-39 0 presente processo,

Leia mais

SIC 36/05. Belo Horizonte, 23 de junho de 2005. ENADE. Distribuído a assessorados da CONSAE.

SIC 36/05. Belo Horizonte, 23 de junho de 2005. ENADE. Distribuído a assessorados da CONSAE. SIC 36/05 Belo Horizonte, 23 de junho de 2005. ENADE PORTARIA Nº 2.205, de 22 de junho de 2005. Ministro da Educação. O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições e tendo em vista o disposto

Leia mais

CURSO DE LICENCIATURA EM QUÍMICA

CURSO DE LICENCIATURA EM QUÍMICA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SERTÃO PERNAMBUCANO DIREÇÃO DE ENSINO DEPARTAMENTO DE ENSINO SUPERIOR 1. Perfil do Curso CURSO DE LICENCIATURA

Leia mais

PROCESSO N. 788/11 PROTOCOLO N.º 10.661.081-9 PARECER CEE/CEB N.º 1014/11 APROVADO EM 08/11/11

PROCESSO N. 788/11 PROTOCOLO N.º 10.661.081-9 PARECER CEE/CEB N.º 1014/11 APROVADO EM 08/11/11 PROCESSO N. 788/11 PROTOCOLO N.º 10.661.081-9 PARECER CEE/CEB N.º 1014/11 APROVADO EM 08/11/11 CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA INTERESSADO: COLÉGIO ESTADUAL BARÃO DO RIO BRANCO ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO, NORMAL

Leia mais

A análise que ora é feita refere-se à fase denomi nada projeto e baseia-se, também, na resposta ao DC 157/89.

A análise que ora é feita refere-se à fase denomi nada projeto e baseia-se, também, na resposta ao DC 157/89. Associação Campineira de E ducaç ã o e C ultura Autorização(Projeto) do curso de A dministração Lêda Maria Chaves I - RELATÓRIO A Associação Campineira de Educação e Cultura, pelo Parecer 86/89, teve aprovado

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO/MANTENEDORA INSTITUTO METODISTA DE ENSINO SUPERIOR UF SP ASSUNTO: Recredenciamento do curso de pós-graduação em Comunicação Social, com área

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Centro Universitário Capital (UNICAPITAL) UF: SP ASSUNTO: Convalidação de estudo e validade nacional de título,

Leia mais

Grade Curricular - Engenharia de Computação

Grade Curricular - Engenharia de Computação Grade Curricular - Engenharia de Computação SEMESTRE 1 - Obrigatórias FCM0101 Física I 6 0 6 FFI0180 Laboratório de Física Geral I 2 0 2 SAP0678 Desenho 2 0 2 SAP0679 Humanidades e Ciências Sociais 2 0

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL - UERGS RESOLUÇÃO CONEPE nº 007/2013

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL - UERGS RESOLUÇÃO CONEPE nº 007/2013 RESOLUÇÃO CONEPE nº 007/2013 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Engenharia de Computação e dá outras providências. O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade Estadual do Rio Grande

Leia mais

Curso: Bacharelado em Informática. Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação

Curso: Bacharelado em Informática. Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação Curso: Bacharelado em Informática Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação Informações Básicas do Currículo Duração Ideal 8 semestres Mínima 6 semestres Máxima 14 semestres Carga Horária Aula

Leia mais

Programa de Pós Graduação FAPAM

Programa de Pós Graduação FAPAM Confraria Nossa Senhora da Piedade da Paróquia de Nossa Senhora da Piedade Faculdade de Pará de Minas - FAPAM Reconhecida pelo Decreto 79090, de 04/01/77 Rua Ricardo Marinho, 110 - São Geraldo - Pará de

Leia mais

CATÁLOGO DE CURSO DA FACULDADE NETWORK CAMPUS II - SUMARÉ

CATÁLOGO DE CURSO DA FACULDADE NETWORK CAMPUS II - SUMARÉ FACULDADE NETWORK CATÁLOGO DE CURSO DA FACULDADE NETWORK CAMPUS II - SUMARÉ 2 semestre de 2015 DIRIGENTES DA INSTITUIÇÃO Reitoria Entidade Mantenedora Profª Tânia Cristina Bassani Cecilio Mestrado: Educação

Leia mais

SIC 63 /04. Belo Horizonte, 13 de dezembro de 2004. EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DOS ESTUDANTES ENADE 2005 ANEXO I

SIC 63 /04. Belo Horizonte, 13 de dezembro de 2004. EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DOS ESTUDANTES ENADE 2005 ANEXO I SIC 63 /04 Belo Horizonte, 13 de dezembro de 2004. EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DOS ESTUDANTES ENADE 2005 ANEXO I Aí está a republicação, sem qualquer alteração. Bastaria publicar o Anexo 1. Que aliás,

Leia mais

SISTEMA DE INFORMAÇÃO. COORDENADORA Iris Fabiana de Barcelos Tronto irisbarcelos@ufv.br

SISTEMA DE INFORMAÇÃO. COORDENADORA Iris Fabiana de Barcelos Tronto irisbarcelos@ufv.br SISTEMA DE INFORMAÇÃO COORDENADORA Iris Fabiana de Barcelos Tronto irisbarcelos@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2010 89 Bacharelado ATUAÇÃO Sistemas de Informação é um curso da área de Informática voltado

Leia mais

CATÁLOGO DE CURSO DA FACULDADE NETWORK CAMPUS II - SUMARÉ

CATÁLOGO DE CURSO DA FACULDADE NETWORK CAMPUS II - SUMARÉ FACULDADE NETWORK CATÁLOGO DE CURSO DA FACULDADE NETWORK CAMPUS II - SUMARÉ 1 semestre de 2015 DIRIGENTES DA INSTITUIÇÃO Reitoria Entidade Mantenedora Profª Tânia Cristina Bassani Cecilio Mestrado: Educação

Leia mais

Conversão, pela via de plenificação, do Curso de Ciências/Matemática. CESu, 1º Grupo

Conversão, pela via de plenificação, do Curso de Ciências/Matemática. CESu, 1º Grupo SOCIEDADE HEBRAICO BRASILEIRA RENASCENÇA SP Conversão, pela via de plenificação, do Curso de Ciências/Matemática. Arnaldo Niskier CESu, 1º Grupo A Sociedade Hebraieo Brasileira Renascença, mantenedora

Leia mais

Autorização (Exame do Projeto) para funcionamento do curso de Letras, habilitação em Português/Inglês. CESu, 2 Grupo

Autorização (Exame do Projeto) para funcionamento do curso de Letras, habilitação em Português/Inglês. CESu, 2 Grupo ASSOCIAÇÃO DE ENSINO DE VERSALHES Autorização (Exame do Projeto) para funcionamento do curso de Letras, habilitação em Português/Inglês. Arnaldo Niskier CESu, 2 Grupo 1 - RELATÓRIO A Associação de Ensino

Leia mais

Departamento de Enfermagem Básica (1 vaga) Processo nº 23071.004115/2009-81

Departamento de Enfermagem Básica (1 vaga) Processo nº 23071.004115/2009-81 Períodos de inscrições: no sítio http://www.concurso.ufjf.br a) Primeiro período: das 09h do dia 11/05/2009 até as 14h do dia 29/05/2009; b) Segundo período: das 09h do dia 22/06/2009 até as 14h do dia

Leia mais

PROCESSO N 1205/11 PROTOCOLO N.º 10.945.068-5 PARECER CEE/CEB N.º 61/12 APROVADO EM 16/02/12

PROCESSO N 1205/11 PROTOCOLO N.º 10.945.068-5 PARECER CEE/CEB N.º 61/12 APROVADO EM 16/02/12 PROTOCOLO N.º 10.945.068-5 PARECER CEE/CEB N.º 61/12 APROVADO EM 16/02/12 CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA INTERESSADO: COLÉGIO ESTADUAL PARA SURDOS ALCINDO FANAYA JÚNIOR EDUCAÇÃO INFANTIL, ENSINO FUNDAMENTAL,

Leia mais

ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Universidade de Cuiabá CURSO: ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo Calvo Galindo Base legal

Leia mais

Formação Acadêmica. Pós- Graduação. 1-Faculdade Filosofia, Ciências e Letras de Santos. Pontifícia Licenciada em Letras. Universidade ano:1995

Formação Acadêmica. Pós- Graduação. 1-Faculdade Filosofia, Ciências e Letras de Santos. Pontifícia Licenciada em Letras. Universidade ano:1995 Composição do Corpo Docente CURSO: TECNOLOGIA EM AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL Nome Formação Acadêmica Nome CPF Graduação Pós Graduação Mestrado Doutorado 1Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Santos Pontifícia

Leia mais

FUNDAÇÃO FACULDADE DE FILOSOFIA DA CIDADE DE GOIÁS. Reconhecimento do curso de Letras, Português/Inglês. Afrânio dos Santos Coutinho

FUNDAÇÃO FACULDADE DE FILOSOFIA DA CIDADE DE GOIÁS. Reconhecimento do curso de Letras, Português/Inglês. Afrânio dos Santos Coutinho FUNDAÇÃO FACULDADE DE FILOSOFIA DA CIDADE DE GOIÁS Reconhecimento do curso de Letras, Português/Inglês Afrânio dos Santos Coutinho I - RELATÓRIO A Faculdade de Filosofia da Cidade de Goiás, mantida pela

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICO SALESIANO AUXILIUM

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICO SALESIANO AUXILIUM 1 CURSOS OFERECIDOS CIÊNCIAS CONTÁBEIS Reconhecimento: Decreto nº 79.651, de 04/05/77 2 Observação: 1. São pré-requisitos do Curso de Ciências Contábeis - Contabilidade I para Contabilidade II - Contabilidade

Leia mais

UNOESTE - Universidade do Oeste Paulista F I P P - Faculdade de Informática de Presidente Prudente

UNOESTE - Universidade do Oeste Paulista F I P P - Faculdade de Informática de Presidente Prudente 1º TERMO NOTURNO - 2009 31/03/09 3ª feira 20:50 h A ADMINISTRAÇÃO 01/04/09 4ª feira 19:00 h A1/A2 INTRODUÇÃO A COMPUTAÇÃO 02/04/09 5ª feira 19:00 h A1 LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA I 02/04/09 5ª feira 20:50

Leia mais

Escola Preparatória de Cadetes do Exército 1978 a 1980. Escola Naval - Bacharel em Ciências Navais com Habilitação em Eletrônica - 1981 a 1985

Escola Preparatória de Cadetes do Exército 1978 a 1980. Escola Naval - Bacharel em Ciências Navais com Habilitação em Eletrônica - 1981 a 1985 I Dados Pessoais Nome: Cesar Bezerra Teixeira Data de Nascimento: 12 de Maio de 1963 Naturalidade: E-mail: Rio de Janeiro c_txr@yahoo.com II Formação Acadêmica Segundo Grau Graduação Pós Graduação Mestrado:

Leia mais

PROCESSO N. 86/12 PROTOCOLO N.º 11.075.788-3 PARECER CEE/CEB N.º 463/12 APROVADO EM 18/06/12

PROCESSO N. 86/12 PROTOCOLO N.º 11.075.788-3 PARECER CEE/CEB N.º 463/12 APROVADO EM 18/06/12 PROTOCOLO N.º 11.075.788-3 PARECER CEE/CEB N.º 463/12 APROVADO EM 18/06/12 CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA INTERESSADO: COLÉGIO ESTADUAL JARDIM ALEGRE - ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO E PROFISSIONAL MUNICÍPIO: TELÊMACO

Leia mais

Autorização (Execução de Projeto) para funcionamento do curso de Administração, das Faculdades Teresa Martin, SP. Layrton Borges de Miranda Vieira

Autorização (Execução de Projeto) para funcionamento do curso de Administração, das Faculdades Teresa Martin, SP. Layrton Borges de Miranda Vieira INTERESSADO / MANTENEDORA INSTITUTO EDUCACIONAL TERESA MARTIN UF SP ASSUNTO : Autorização (Execução de Projeto) para funcionamento do curso de Administração, das Faculdades Teresa Martin, SP. RELATOR.

Leia mais

ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO

ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO SOBRE O CURSO A revolução tecnológica das últimas décadas, especialmente na área de informática, tem alterado nossa sociedade. O Engenheiro de Computação é um profissional que

Leia mais

Reconhecimento do curso de Secretariado Executivo. Jessé Guimarães.

Reconhecimento do curso de Secretariado Executivo. Jessé Guimarães. Associação Latino-americana de Educação. PE Reconhecimento do curso de Secretariado Executivo. Jessé Guimarães. 1 - RELATÓRIO A Associação Latino-americana de Educação submete a este Colegiado pedido de

Leia mais

PROCESSO N 35/12 PROTOCOLO N.º 11.205.512 6 PARECER CEE/CEB N.º 319/12 APROVADO EM 08/05/12

PROCESSO N 35/12 PROTOCOLO N.º 11.205.512 6 PARECER CEE/CEB N.º 319/12 APROVADO EM 08/05/12 PROTOCOLO N.º 11.205.512 6 PARECER CEE/CEB N.º 319/12 APROVADO EM 08/05/12 INTERESSADO: CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DE CURITIBA MUNICÍPIO: CURITIBA ASSUNTO: Pedido de renovação de reconhecimento

Leia mais

CATÁLOGO DE CURSO DA FACULDADE NETWORK CAMPUS II - SUMARÉ

CATÁLOGO DE CURSO DA FACULDADE NETWORK CAMPUS II - SUMARÉ FACULDADE NETWORK CATÁLOGO DE CURSO DA FACULDADE NETWORK CAMPUS II - SUMARÉ 2 semestre de 2013 DIRIGENTES DA INSTITUIÇÃO Reitoria Entidade Mantenedora Profª Tânia Cristina Bassani Cecilio Mestrado: Educação

Leia mais

HORÁRIO SEGUNDA TERÇA QUARTA QUINTA SEXTA

HORÁRIO SEGUNDA TERÇA QUARTA QUINTA SEXTA 1º A 2016 Noturno Central 1S/2016 Introdução à Engenharia de Controle à Automação Lógica e Matemática Discreta Física Geral Física Geral Fundamentos de Cálculo Lógica e Matemática Discreta Algoritmos e

Leia mais

CORPO DOCENTE DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL ANO 2015

CORPO DOCENTE DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL ANO 2015 CORPO DOCENTE DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL ANO 2015 Anderson José Costa Sena (Mestre) Regime de Trabalho: Tempo Integral Qualificação Profissional: Engenharia Elétrica Doutorando

Leia mais

Publicar em Psicologia um Enfoque para a Revista Científica

Publicar em Psicologia um Enfoque para a Revista Científica Sobre os Autores-colaboradores do Livro: Publicar em Psicologia um Enfoque para a Revista Científica Ana Ludmila Freire Costa André Serradas Claudette Maria Medeiros Vendramini Cláudia Borim da Silva Irene

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM INOVAÇÕES EDUCATIVAS E ENSINO VIRTUAL CORPO DOCENTE

PÓS-GRADUAÇÃO EM INOVAÇÕES EDUCATIVAS E ENSINO VIRTUAL CORPO DOCENTE PÓS-GRADUAÇÃO EM INOVAÇÕES EDUCATIVAS E ENSINO VIRTUAL CORPO DOCENTE Ana Christina Duarte Pires Engenheira Agrônoma formada pela Universidade Federal de Pelotas (1989), possui mestrado em Agronomia pela

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO COLEGIADO: CES

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO COLEGIADO: CES PARECER CNE/CES 1.302/2001 - HOMOLOGADO Despacho do Ministro em 4/3/2002, publicado no Diário Oficial da União de 5/3/2002, Seção 1, p. 15. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO:

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR PROCESSO N. 23001.000494/92-55 MANTENEDORA: UNIÃO DE NEGÓCIOS E ADMINISTRAÇÃO ESTABELECIMENTO DE ENSINO: FACULDADE DE CIÊNCIAS GERENCIAIS

Leia mais

FATE-SP Faculdade de Teologia de São Paulo - SP. Concluído em: 26 de novembro de 2009.

FATE-SP Faculdade de Teologia de São Paulo - SP. Concluído em: 26 de novembro de 2009. Curriculum Vitae Resumido Alexandre Dezem Bertozzi Licenciando em Física pelo Unisalesiano-SP 2009; Bacharel em Teologia pela Fate-SP 2009; Licenciado em Matemática pelo Centro Universitário Claretiano

Leia mais

HORÁRIO DE PROVAS 2º semestre 2013

HORÁRIO DE PROVAS 2º semestre 2013 1º PERÍODO 1ª Bimestrais 11/09 Cálculo Diferencial e Integral I 27/09 Física Experimental I 30/09 Física Geral I 2ª Bimestrais 23/10 Cálculo Diferencial e Integral I 25/10 Física Experimental I 31/10 Física

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO SOCIEDADE EDUCACIONAL SANTA MARTA S/C Autorização do curso de Administração a ser ministrado pela Faculdade de Administração Santa Marta. 0 Parecer 882/88

Leia mais

Reconhecimento do Curso de Letras - Habilitação Português/Inglês, ministrado pelas Faculdades Integradas de Cuiabá. C.E.U.

Reconhecimento do Curso de Letras - Habilitação Português/Inglês, ministrado pelas Faculdades Integradas de Cuiabá. C.E.U. INTERESSADO/MANTENEDORA UNIÃO DAS ESCOLAS SUPERIORES DE CUIABA UF MT ASSUNTO: Reconhecimento do Curso de Letras - Habilitação Português/Inglês, ministrado pelas Faculdades Integradas de Cuiabá. RELATOR:

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 16/05/2005 (*) Portaria/MEC nº 1.625, publicada no Diário Oficial da União de 16/05/2005 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

Autorização dos cursos de Ciências Contábeis e de Administração (fase de Projeto).

Autorização dos cursos de Ciências Contábeis e de Administração (fase de Projeto). MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO CONSELHO FEDERAL DE EDUCACÃO INTERESSADO/MANTENEDORA Associação de Ensino de Urubupunga UF SP ASSUNTO Autorização dos cursos de Ciências Contábeis e de Administração

Leia mais

PROCESSO N 719/10 PROTOCOLO N.º 10.084.281-5 PARECER CEE/CEB N.º 1209/10 APROVADO EM 15/12/10 COLÉGIO TOP GUN ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO E PROFISSIONAL

PROCESSO N 719/10 PROTOCOLO N.º 10.084.281-5 PARECER CEE/CEB N.º 1209/10 APROVADO EM 15/12/10 COLÉGIO TOP GUN ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO E PROFISSIONAL PROTOCOLO N.º 10.084.281-5 PARECER CEE/CEB N.º 1209/10 APROVADO EM 15/12/10 CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA INTERESSADO: COLÉGIO TOP GUN ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO E PROFISSIONAL MUNICÍPIO: SÃO JOSÉ DOS PINHAIS

Leia mais