EXCELÊNCIA CONHECIMENTO IMPACTO. Pedro Cabrita Carneiro 12 dezembro 2013 Going Local Portugal 2013, Lisboa

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EXCELÊNCIA CONHECIMENTO IMPACTO. Pedro Cabrita Carneiro 12 dezembro 2013 Going Local Portugal 2013, Lisboa"

Transcrição

1 EXCELÊNCIA CONHECIMENTO IMPACTO Pedro Cabrita Carneiro 12 dezembro 2013 Going Local Portugal 2013, Lisboa

2 Agenda Digital para a Europa (DAE) Papel da FCT é assegurar: a representação nacional no Grupo de Alto Nível da Agenda Digital para a Europa (órgão de aconselhamento e cooperação entre os Estados- Membros e a Comissão Europeia nas questões da DAE; a interligação da Agenda Portugal Digital e da DAE através da monitorização da evolução das políticas, partilha de experiências e boas práticas nacionais no domínio da Sociedade da Informação.

3 Agenda Digital para a Europa vs Agenda Portugal Digital Agenda Digital para a Europa Pilares Mercado Único Digital Interoperabilidade & Normas Confiança & Segurança Acessoà Internet rápida e ultra rápida Investigação e Inovação Melhorara Literacia, Qualificações e Inclusão Digitais Benefíciosproporcionados pelas TIC à Sociedade na UE Internacional Agenda Portugal Digital Áreas de Intervenção Acesso à Banda Larga e ao Mercado Digital Investimento em I&D e Inovação Melhorar a Literacia, Qualificações e Inclusão Digitais Combate à Fraude e Evasão Fiscais, contributivas e prestacionais Resposta aos Desafios Societais Empreendedorismoe Internacionalização do Setor das TIC

4 Visão: Missão: Reforçar a competitividade de Portugal através das tecnologias digitais. Tornar Portugal líder na Economia Digital.

5 Resolução do Conselho de Ministros n.º 112/ Medidas Prazos de implementação Medidas 9 Medidas 24 Medidas 19 Medidas 3 Medidas

6 Objetivos da Agenda Portugal Digital Indicador 2012 Objetivo Populaçãocom acesso à banda larga de velocidade igual ou superior a 30 Mbps Agregados familiarescom acesso à Internet de banda larga de velocidade igual ou superior a 100 Mbps Número de empresas que utilizam o comércio eletrónico em Portugal Utilização dos serviços públicos online pela população 77,8% 100% até ,4% 50% até ,2% que vendem 16,6% que compram Exportações em TIC 4,1% (dados disponíveis para 2011) Populaçãoque nunca utilizou a Internet Aumento em 50% até ,9% 50% até 2016 Aumento de 20% até ,4% Diminuir para 30% até 2016

7 Objetivos: onde estamos? Permitir que todos os cidadãos possam ter acesso à banda larga de velocidade igual ou superior a 30 Mbps, até ,3%do território nacional com cobertura de banda larga fixa de velocidade igual ou superior a 30 Mbps e 89,7%com cobertura de banda larga móvel de velocidade igual ou superior a 30 Mbps.» Fonte: ICP-ANACOM; dados referentes ao 3º Trimestre 2013 Permitir que 50% dos agregados familiares possam ter acesso à Internet de banda larga de velocidade igual ou superior a 100 Mbps, até ,3%do território nacional com cobertura de banda larga fixa de velocidade igual ou superior a 100 Mbps e 89,7%com cobertura de banda larga móvel de velocidade igual ou superior a 100 Mbps.» Fonte: ICP-ANACOM ; dados referentes ao 3º Trimestre 2013 Os valores para 30 Mbps e para 100 Mbps são iguais uma vez que as tecnologias de banda larga que suportam velocidades de download iguais ou superiores a 30 Mbps também suportam velocidades iguais ou superiores a 100 Mbps (FTTH / EuroDOCSIS 3.0 / LTE).

8 61,6% das famílias dispõem de ligação à Internet em casa através da banda larga 70,0 Agregados domésticos com acesso a computador, ligação à Internet e ligação através de banda larga em casa, Fonte: INE, Sociedade da Informação e do Conhecimento- Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação nas Famílias 65,0 60,0 55,0 50,0 45,0 40, Computador Internet Banda larga

9 O comércio eletrónico é utilizado por 14,8% das pessoas entre os 16 e os 74 anos e é mais frequente dos 25 aos 34 anos 70,0 Indivíduoscom idadeentre 16 e 74 anosqueutilizamcomputador, Internet e comércio eletrónico, Fonte: INE, Sociedade da Informação e do Conhecimento- Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação nas Famílias 60,0 50,0 51,4 46,5 55,4 51,1 58,2 55,3 62,4 60,3 64,0 62,1 40,0 30,0 20,0 10,0 9,7 9,5 10,3 13,3 14,8 0, Computador Internet Comércio eletrónico

10 Frequência de utilização da Internet: mais elevada para as pessoas que completaram pelo menos o ensino secundário Perfisdos indivíduoscom idadeentre 16 e 74 anosqueutilizaminternet Fonte: INE, Sociedade da Informação e do Conhecimento- Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação nas Famílias Nível de escolaridade Até ao 3.º ciclo Ensino secundário Ensino superior 37,3 42,1 43,1 93,3 93,9 94,0 94,8 95,4 95,3 Condição perante o trabalho Empregado Desempregado Estudante Outros inativos 19,1 22,3 24,2 55,2 59,3 59,2 64,8 72,7 76,4 98,9 99,5 99,4

11 38,9% das pessoas com ensino superior encomendam bens ou serviços pela Internet Perfisdos indivíduoscom idadeentre 16 e 74 anosqueutilizamcomércio eletrónico Fonte: INE, Sociedade da Informação e do Conhecimento- Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação nas Famílias Nível de escolaridade Até ao 3.º ciclo Ensino secundário Ensino superior 3,8 4,3 5,2 21,4 25,0 25,0 28,3 36,6 38,9 Condição perante o trabalho Empregado Desempregado Estudante Outros inativos 2,6 3,4 3,3 8,8 9,3 11,3 13,3 15,5 18,1 20,6 19,8 21,9

12 Objetivos: onde estamos? Criar as condições que permitam o aumento em 50%, face aos valores de 2011, do número de empresas a utilizar o comércio eletrónico em Portugal, até ,1%das empresas com 10 e mais pessoas ao serviço excluindo atividades financeiras referem ter utilizado comércio eletrónico (efetuaram e/ou receberam encomendas pelo menos 1 por cento) nos últimos 12 meses. O peso das empresas com 10 e mais pessoas ao serviço excluindo atividades financeiras que referem ter utilizado comércio eletrónico (efetuaram e/ou receberam encomendas pelo menos 1 por cento) nos últimos 12 meses diminuiu 6,8% entre 2011 e 2013.» Fonte: INE

13 Em 2013, 96,2% das empresas com 10 ou mais pessoas ao serviço têm computador com acesso à Internet e quase 60% têm página na Internet ou website próprio ou do grupo a que pertencem 120,0 Acessoà Internet e posse de páginanainternet ouwebsite (%) Fonte: INE, Sociedade da Informação e do Conhecimento- Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação nas Empresas 100,0 92,7 94,1 95,0 95,4 96,2 80,0 60,0 40,0 47,3 52,1 53,7 51,8 59,5 Acesso à Internet (%) Página ou website (%) 20,0 0,

14 Mais de 90% das empresas utilizam a Internet para o preenchimento e envio de formulários administrativos Finalidades da interação com entidades públicas através de sites ou homepages Fonte: INE, Sociedade da Informação e do Conhecimento- Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação nas Empresas Submissão de propostas online (etendering) em Portugal ou noutros paises da União Europeia 19,2 20,0 Procedimento administrativo completo/declarações IVA 79,6 84,6 Procedimento administrativo completo/declarações Segurança Social 80,2 84,7 Obter formulários/impressos 81,8 87,2 Obter informações 84,8 82,7 Preencher formulários/impressos online e enviar 87,3 91,8

15 Objetivos: onde estamos? Promover a utilização dos serviços públicos online, para que sejam utilizados por 50 % da população, até % das pessoas com idade entre 16 e 74 anos contactam com organismos públicos através da Internet.» Fonte: INE Criar as condições que permitam o aumento em 20% das exportações em TIC, em valores acumulados, tendo como referência o ano de 2011, até Não foram localizados dados para o ano de Promover a utilização das novas tecnologias, para que seja possível diminuir para 30% o número de pessoas que nunca utilizou a Internet até ,1% das pessoas com idade entre 16 e 74 anos nunca utilizou a Internet» Fonte: INE

16 A proporção de pessoas com idade entre 16 e 74 anos nunca utilizou a Internet tem vindo a diminuir 60 Proporçãode indivíduoscom idadeentre 16 e 74 anosquenunca utilizaram Internet Fonte: INE, Sociedade da Informação e do Conhecimento- Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação nas Famílias 50 50,5 45, , ,4 33,

17 Resolução do Conselho de Ministros n.º 112/ Medidas Prazos de implementação Medidas Medidas Medidas Medidas Medidas

18 Medidas 2013: 3 Implementadas Banda Larga básica ao alcance de todos Medidas Reformar o regime de faturação Caixa postal eletrónica obrigatória para sujeitos passivos de IRC e ou de IVA

19 Medidas 2013: 10 em fase de implementação Medidas Plano Estratégico de Combate à violação de direito de autor e direitos conexos Caixa postal eletrónica na relação com a Segurança Social Consolidar a rede unificada da educação (Melhor Educação) Portal da Justiça (Melhor justiça) Nova plataforma contabilística para os registos (Melhor justiça) Repositório digital de documentos (Melhor justiça) Acesso ao registo condicional a outras entidades (Melhor justiça) Infraestrutura de Suporte à Mobilidade Inteligente (Mobilidade Mais Inteligente) Reforçar a internacionalização do setor TIC Promoção da internacionalização de soluções e metodologias TIC inovadoras

20 Medidas para os próximos anos já em curso 3.1 Acesso à banda larga e ao mercado digital Medidas em curso Resultados Banda larga rápida e ultrarrápida 81,3% do território nacional com cobertura de banda larga fixa de velocidade igual ou superior a 30 Mbps e 89,7% com cobertura de banda larga móvel de velocidade igual ou superior a 30 Mbps. 81,3% do território nacional com cobertura de banda larga fixa de velocidade igual ou superior a 100 Mbps e 89,7% com cobertura de banda larga móvel de velocidade igual ou superior a 100 Mbps. População de zonas rurais com cobertura de banda larga rápida e ultrarrápida: Zona Norte (28,0%); Zona Centro (55,2%); Zona Alentejo e Algarve (16,0%).

21 Medidas para os próximos anos já em curso 3.1 Acesso à banda larga e ao mercado digital Medidasem curso Resultados Programa PME Digital 13 "Roadshow PME Digital" realizados 289 PME s participaram nos "Roadshow PME Digital" realizados (uma média de 22,2 PME por evento) 12 "Workshops de capacitação de agentes para a economia digital" realizados (100% dos eventos previstos para 2013) 129 agentes formandos nos "Workshop de capacitação de agentes para a economia digital" (mais 29 que o previsto inicialmente para 2013) visitas ao site PME Digital (previstas para finais de 2014) 365 pedidos de esclarecimento solicitados ao PME Digital 841 brochuras PME Digital enviadas chamadas recebidas no Call Center da PME Digital

22 Medidas para os próximos anos já em curso 3.1 Acesso à banda larga e ao mercado digital Medidas em curso Resultados 3.1.9Confiança esegurança das redes eserviços Promoção da criação de Centro de reporte de incidentes e de gestão da situação operacional agregada das redes e serviços de comunicações eletrónicas, incluindo a Internet: o ICP-ANACOM conta aprovar, durante 2013, medidas relativas às notificações de violações de segurança ou as perdas de integridade com impacte significativo, bem como as obrigações de informação ao público. Exercícios de Preparação das Redes e Serviços: participação na preparação e planeamento do Cyber Europe Criação do Sistema Nacional de Gestão de Risco: iniciada constituição do grupo de trabalho.

23 Medidas para os próximos anos já em curso 3.2 Investimento em Investigação e Desenvolvimento (I&D) e Inovação Medidas em curso Fortalecer a investigação e a capacidade de inovação em TIC Resultados As TIC enquanto tecnologias transversais na Estratégia Nacional de Investigação e Inovação para uma Especialização Inteligente ENEI : realizado um painel específico sobre o tema no âmbito das "Jornadas de Reflexão Estratégica" realizadas a 7 de outubro de Mapeamento da I&D e Inovação em TIC: constituída base de dados harmonizada com identificação de grupos/unidades de I&D participantes em projetos TIC da FCT e do 7º PQ. Acompanhamento e reflexão sobre ações FCT com vista a fortalecer I&D e a capacidade de inovação em TIC: realizadas reuniões iniciais para constituição de "Task-force FCT para a I&D e Inovação em TIC. Articulação na promoção da I&D e Inovação em TIC para a Agenda Portugal Digital: ovação em TIC : realizadas primeiras reuniões visando constituição de grupo de trabalho envolvendo diversos departamentos ministeriais e entidades.

24 Medidas para os próximos anos já em curso 3.2 Investimento em Investigação e Desenvolvimento (I&D) e Inovação Medidas em curso Estimular o desenvolvimento e a oferta de serviços avançados Resultados Acompanhamento e reflexão sobre ações FCT com vista a estimular o desenvolvimento e a oferta de serviços avançados: realizadas reuniões iniciais para constituição de "Task-force FCT para a I&D e Inovação em TIC". Articulação na promoção da I&D e Inovação em TIC para a Agenda Portugal Digital: realizadas primeiras reuniões visando constituição de grupo de trabalho envolvendo diversos departamentos ministeriais e entidades.

25 Medidas para os próximos anos já em curso 3.2 Investimento em Investigação e Desenvolvimento (I&D) e Inovação Medidas em curso Resultados e-ciência Políticas para Acesso Aberto às Publicações e aos Dados resultantes de I&D financiada pela FCT: em fase final de instituição (em revisão final, depois de processo de discussão pública). Iniciativas nacionais e internacionais relacionadas com políticas de infraestruturas digitais de apoio à investigação e de acesso à informação científica: participação direta em Grupos de Trabalhos da "ScienceEurope" sobre "Acesso Aberto às Publicações" e sobre "Acesso Aberto aos Dados" e no projeto ERA NET "E-Infranet", dedicado a políticas de infraestruturas eletrónicas de I&D. Acompanhamento e reflexão sobre ações FCT na e-ciência: realizadas reuniões iniciais para constituição de "Task-force FCT para a I&D e Inovação em TIC". Articulação na promoção da I&D e Inovação em TIC para a Agenda Portugal Digital: realizadas primeiras reuniões visando constituição de grupo de trabalho envolvendo diversos departamentos ministeriais e entidades.

26 Medidas para os próximos anos já em curso 3.2 Investimento em Investigação e Desenvolvimento (I&D) e Inovação Medidas em curso Resultados Internet das Coisas e Internet do futuro Acompanhamento e reflexão sobre ações FCT na área da Internet das Coisas e Internet do futuro: realizadas reuniões iniciais para constituição de "Task-force FCT para a I&D e Inovação em TIC". Articulação na promoção da I&D e Inovação em TIC para a Agenda Portugal Digital: realizadas primeiras reuniões visando constituição de grupo de trabalho envolvendo diversos departamentos ministeriais e entidades.

27 Medidas para os próximos anos já em curso Melhorar a literacia, qualificação e inclusão digitais Medidas em curso Desenvolver competências para a Economia Digital Promover a disponibilização e utilização de e- books (livros eletrónicos) Resultados 12 "Workshops de capacitação de agentes para a economia digital" realizados (100% dos eventos previstos para 2013) 129 agentes formandos nos "Workshop de capacitação de agentes para a economia digital" (mais 29 que o previsto inicialmente para 2013) Peso dos e-books no acervo de Livros adaptados pelos Centros Produtores Especializados: 1000 ebookspara 5200 livros adaptados (3000 braille áudio). Peso dos e-books na oferta editada anualmente de Livros em Português Europeu: inferior a 1%.

28 Medidas para os próximos anos já em curso Melhorar a literacia, qualificação e inclusão digitais Medidas em curso Promover a inclusão digital e a utilização regular da Internet Resultados "Rede TIC e Sociedade" (no âmbito do "Plano de Intervenção na área da Inclusão e Literacia Digitais"): lançamento oficial em 29 de Outubro Redinamização do "Diploma de Competências Básicas em Tecnologias de Informação (DCB). Grupo de trabalho (LibreOfficePortugal, CDI Portugal, GMCS) para a intervenção na área da Inclusão e Literacia Digitais: 1ª reunião realizada em 30 de Outubro de Participação de Portugal no "Trans-eFacilitator", projeto europeu para o reconhecimento da formação dos facilitadores de competências digitais (e-facilitadores): FCT será líder do piloto de implementação e teste do CV VET em três países (Letónia, Portugal e Alemanha). Levantamento das necessidades formativas dos formadores TIC de telecentros, no âmbito do projeto "Trans-eFacilitator": entregue relatório. Reconhecimento -formal e social -de competências digitais adquiridas com o CV VET: entregue relatório.

29 Medidas para os próximos anos já em curso Melhorar a literacia, qualificação e inclusão digitais Medidas em curso Definir uma política de acessibilidade para os conteúdos e plataformas digitais portuguesas a disponibilizar na Internet Promover a criação e a digitalização massiva de conteúdos Resultados Avaliação dos Sítios Web das Instituições do Ensino Superior: estudo em curso. Promoção da adoção de medidas legislativas sobre as diretrizes de acessibilidade aplicadas à Web que potenciem um acesso universal aos conteúdos e plataformas disponibilizadas: criado grupo de trabalho Criação e partilha pública de conteúdos de cultura digital em Língua Portuguesa: criado grupo de trabalho (Biblioteca Nacional de Portugal, ACEPI, DGE, Direção Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas, entre outros). Plataformas digitais de conteúdos em Língua Portuguesa: em análise proposta de identificação, reconhecimento e divulgação de projetos ( boas práticas ). Digitalização e disponibilização pública de acervos culturais patrimoniais: em análise proposta de conceção de uma medida de promoção.

30 Medidas para os próximos anos já em curso 3.4 Combate à fraude e à evasão fiscais, contributivas e prestacionais Medidas em curso Combate à fraude e evasão contributiva e prestacional, e comunicação automática de ilícitos Resultados Concluída a medida "Combate à fraude e evasão contributiva e prestacional e comunicação automática de ilícitos" (grau de conclusão da medida = 100%)

31 Medidas para os próximos anos já em curso 3.5. Resposta aos desafios societais-melhor saúde Medidas em curso Consolidação da infraestrutura de suporte ao Sistema de Informação para a Saúde Resultados Migração dos sistemas RHV -Recursos Humanos e Vencimentos para um único sistema central (RHV2): concluído (100% das instituições de saúde abrangidas até dezembro 2013) Consolidação de sistemas e infra-estruturasde unidades hospitalares num único por Centro Hospitalar: a decorrer Centralização da infra-estruturade suporte aos cuidados primários da ARS Norte: concluída (todos os centros de saúde da ARS Norte abrangidos) Procedimento aquisitivo para a Rede Informática da Saúde (RIS): a decorrer a 3ª fase (de 3 fases) do Diálogo Concorrencial

32 Medidas para os próximos anos já em curso 3.5. Resposta aos desafios societais-melhor saúde Medidas em curso Evolução dos sistemas de informação de suporte à prestação de cuidados de saúde Resultados Sub-sistemaadministrativo hospitalar SONHO V2: "roll out" a decorrer (2 instituições migradas) Sub-sistemaclínico multidisciplinar hospitalar (SClinico): desenvolvimento concluído (em produção em 70% das instituições hospitalares) Sub-sistemaclínico multidisciplinar de cuidados primários: desenvolvimento a decorrer Sub-sistemaadministrativo para cuidados primários: desenvolvimento a decorrer Definição da arquitetura: a decorrer

33 Medidas para os próximos anos já em curso 3.5. Resposta aos desafios societais-melhor saúde Medidas em curso Resultados Plataforma de Dados de Saúde e-boletim infantil: desenvolvimento concluído (em fase de generalização). Resumo Clínico do Utente (RCU): desenvolvimento concluído (em "rol out"; 4,7 milhões de RCU criados -cerca de 50%) acessos /dia por Utentes a áreas reservadas na Plataforma de Dados de Saúde (PDS) profissionais de saúde (autenticados) acederam à Plataforma de Dados de Saúde (PDS) acessos / dia à Plataforma de Dados de Saúde (PDS), por profissionais de saúde (autenticados). 1,7 Milhões de acessos acumulados à Plataforma de Dados de Saúde (PDS), por profissionais de saúde (autenticados). 580 instituições de saúde ligadas à Plataforma de Dados de Saúde (PDS). 95% das instituições de saúde ligadas à Plataforma de Dados de Saúde já acederam e partilharam informação. Mais de 850 mil utentes registados na Plataforma de Dados de Saúde (PDS).

34 Medidas para os próximos anos já em curso 3.5. Resposta aos desafios societais-melhor saúde Medidas em curso Prescrição e requisição eletrónica desmaterializada Resultados Nova aplicação central de prescrição eletrónica online de medicamentos (com verificações online): desenvolvimento concluído (disponibilizada a nível nacional) receitas / dia emitidas online pela nova aplicação central de prescrição eletrónica online de medicamentos (representando 25% das receitas). Desmaterialização do ciclo da receita de medicamentos (incluindo dispensa com conferência online e faturação eletrónica): piloto em 4 locais de prescrição (2 centros de saúde e 2 centros hospitalares) e em 50 farmácias. Módulo central de prescrição de cuidados respiratórios domiciliários (CRD) com validação de conformidade com as normas de orientação clínica da DGS (indutoras de melhoria das práticas): desenvolvimento concluído e disponibilizado a nível nacional (em processo de adoção: 300 prescrições / dia).

35 Resolução do Conselho de Ministros n.º 112/ Medidas Prazos de implementação Medidas Medidas Medidas Medidas Medidas

36 Medidas com prazo de implementação para Resposta aos desafios societais Sistema de Informação Territorial de Administração Interna (SITAI) (Maior eficiência e menor custo na AP) Novos serviços da Segurança Social Direta e Portal da Segurança Social (Maior eficiência e menor custo na AP) Desmaterialização do apoio ao emprego e à formação profissional (Melhor emprego) Simplificação do preenchimento do Relatório Único (Melhor emprego) Participação eletrónica de acidentes de trabalho (Melhor emprego) Melhor acesso ao Boletim do Trabalho e do Emprego (BTE) (Melhor emprego) Melhorar a informação e o apoio ao nível das relações de trabalho, saúde, segurança e higiene no trabalho (Melhor emprego) Unificação da Plataforma de Registos (Melhor justiça) Caderneta unificada do prédio (Melhor justiça)

37 EXCELÊNCIA CONHECIMENTO IMPACTO

Administração Pública Eletrónica 2014 - O Que Falta Fazer?

Administração Pública Eletrónica 2014 - O Que Falta Fazer? Administração Pública Eletrónica 2014 - O Que Falta Fazer? 4 de junho de 2014 Auditório Adriano Moreira ISCSP PATRCINADORES PRATA Com a Colaboração Científica Patrocinadores Globais APDSI OS EVENTOS

Leia mais

Portugal 2020: Investigação e Inovação no domínio da Competitividade e Internacionalização

Portugal 2020: Investigação e Inovação no domínio da Competitividade e Internacionalização Portugal 2020: Investigação e Inovação no domínio da Competitividade e Internacionalização Duarte Rodrigues Vogal da Agência para o Desenvolvimento e Coesão Lisboa, 17 de dezembro de 2014 Tópicos: 1. Portugal

Leia mais

IAPMEI Agência para a Competitividade e Inovação, I.P. A importância das TIC na inovação e na internacionalização Miguel Cruz miguel.cruz@iapmei.

IAPMEI Agência para a Competitividade e Inovação, I.P. A importância das TIC na inovação e na internacionalização Miguel Cruz miguel.cruz@iapmei. IAPMEI Agência para a Competitividade e Inovação, I.P. A importância das TIC na inovação e na internacionalização Miguel Cruz miguel.cruz@iapmei.pt Aveiro, 17 de setembro de 2015 Grandes objetivos da economia

Leia mais

Os sistemas de informação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia: contributo para uma perspectiva integrada da gestão da informação

Os sistemas de informação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia: contributo para uma perspectiva integrada da gestão da informação Os sistemas de informação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia: contributo para uma perspectiva integrada da gestão da informação Encontro Internacional de Arquivos Universidade de Évora 3-4 de Outubro

Leia mais

CTCV. seminários. Programas de apoio no novo Quadro Portugal 2020. Seminário ISO 9001 e ISO 14001 Enquadramento e alterações nos referenciais de 2015

CTCV. seminários. Programas de apoio no novo Quadro Portugal 2020. Seminário ISO 9001 e ISO 14001 Enquadramento e alterações nos referenciais de 2015 23 10 2014 Programas de apoio no novo Quadro Portugal 2020 Seminário ISO 9001 e ISO 14001 Enquadramento e alterações nos referenciais de 2015 Victor Francisco Gestão e Promoção da Inovação 21 de outubro

Leia mais

Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2013

Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2013 Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2013 38% DAS PESSOAS COM IDADE ENTRE 16 E 74 ANOS CONTACTAM COM ORGANISMOS

Leia mais

O e-gov em Portugal. Fórum Vale do Minho Digital Melgaço 30 de Setembro de 2008

O e-gov em Portugal. Fórum Vale do Minho Digital Melgaço 30 de Setembro de 2008 O e-gov em Portugal Fórum Vale do Minho Digital Melgaço 30 de Setembro de 2008 O Plano Tecnológico é uma estratégia de mudança da base competitiva através do conhecimento, tecnologia e inovação 2 Conhecimento

Leia mais

2010 Unidade: % Total 98,7 94,9 88,1

2010 Unidade: % Total 98,7 94,9 88,1 03 de Novembro 2010 Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação nos Hospitais 2010 96% dos Hospitais que utilizam a Internet dispõem de

Leia mais

Aviso de abertura do exercício de avaliação das Unidades de I&D 2013

Aviso de abertura do exercício de avaliação das Unidades de I&D 2013 Aviso de abertura do exercício de avaliação das Unidades de I&D 2013 Aviso de abertura do exercício de avaliação das Unidades de I&D 2013 A. Âmbito e objetivos do exercício de avaliação A Fundação para

Leia mais

Portugal 2020 Oportunidades de financiamento para a Inovação Tecnológica na AP Francisco Nunes

Portugal 2020 Oportunidades de financiamento para a Inovação Tecnológica na AP Francisco Nunes Portugal 2020 Oportunidades de financiamento para a Inovação Tecnológica na AP Francisco Nunes Gestor de Eixo Pavilhão do Conhecimento 5 de maio de 2015 Inovação na AP INOVAÇÃO exploração com sucesso de

Leia mais

As ações de formação ação no âmbito do presente Aviso têm, obrigatoriamente, de ser desenvolvidas com a estrutura a seguir indicada.

As ações de formação ação no âmbito do presente Aviso têm, obrigatoriamente, de ser desenvolvidas com a estrutura a seguir indicada. Anexo A Estrutura de intervenção As ações de formação ação no âmbito do presente Aviso têm, obrigatoriamente, de ser desenvolvidas com a estrutura a seguir indicada. 1. Plano de ação para o período 2016

Leia mais

Mercado Único Digital Conferência ANACOM "Regulação no novo ecossistema digital. Centro Centro Cultural de Belém (CCB) Lisboa, 22 de Setembro 2015

Mercado Único Digital Conferência ANACOM Regulação no novo ecossistema digital. Centro Centro Cultural de Belém (CCB) Lisboa, 22 de Setembro 2015 Mercado Único Digital Conferência ANACOM "Regulação no novo ecossistema digital. Centro Centro Cultural de Belém (CCB) Lisboa, 22 de Setembro 2015 Mário Campolargo Director, NET Futures European Commission

Leia mais

Resumo do Acordo de Parceria para Portugal, 2014-2020

Resumo do Acordo de Parceria para Portugal, 2014-2020 COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 30 de julho de 2014 Resumo do Acordo de Parceria para Portugal, 2014-2020 Informações gerais O Acordo de Parceria abrange cinco fundos: Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional

Leia mais

Estrutura da Apresentação

Estrutura da Apresentação As políticas nacionais para a Sociedade do Conhecimento: literacia/competências digitais e inclusão social Graça Simões Agência para a Sociedade do Conhecimento UMIC Biblioteca Municipal Orlando Ribeiro

Leia mais

Simplificação nas PMEs

Simplificação nas PMEs Simplificação nas PMEs Aproveitamento das Novas Tecnologias DGITA Portal Declarações Electrónicas Dezembro 2007 Simplificação nas PMEs - Aproveitamento das Novas Tecnologias 1 Agenda O que é a DGITA? Estratégia

Leia mais

Plano de Atividades 2015

Plano de Atividades 2015 Plano de Atividades 2015 ÍNDICE Introdução 1. Princípios orientadores do Plano Plurianual. Desempenho e qualidade da Educação. Aprendizagens, equidade e coesão social. Conhecimento, inovação e cultura

Leia mais

OCPLP Organização Cooperativista dos Povos de Língua Portuguesa. Proposta de Plano de Atividades e Orçamento 2014-2015

OCPLP Organização Cooperativista dos Povos de Língua Portuguesa. Proposta de Plano de Atividades e Orçamento 2014-2015 Proposta de Plano de Atividades e Orçamento 2014-2015 1 Índice: I Enquadramento II Eixos de Intervenção Estratégica III Proposta de Orçamento IV Candidaturas a Programas de Apoio 2 I Enquadramento Estratégico

Leia mais

Prioridades do FSE para o próximo período de programação 2014-2020

Prioridades do FSE para o próximo período de programação 2014-2020 Prioridades do FSE para o próximo período de programação 2014-2020 Rosa Maria Simões 31 de janeiro de 2013, Auditório CCDR Lisboa e Vale do Tejo Agenda Resultados da intervenção FSE Contributos do FSE

Leia mais

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS. Diário da República, 1.ª série N.º 252 31 de dezembro de 2012 7307

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS. Diário da República, 1.ª série N.º 252 31 de dezembro de 2012 7307 Diário da República, 1.ª série N.º 252 31 de dezembro de 2012 7307 siderados urgentes e com prioridade absoluta sobre quaisquer outros, estando sujeitos a um regime especial de tramitação simplificada,

Leia mais

EXCELÊNCIA CONHECIMENTO IMPACTO. Ana Cristina Neves Lisboa 12 dezembro 2013

EXCELÊNCIA CONHECIMENTO IMPACTO. Ana Cristina Neves Lisboa 12 dezembro 2013 EXCELÊNCIA CONHECIMENTO IMPACTO Ana Cristina Neves Lisboa 12 dezembro 2013 O porquê? O que é? Metodologia de trabalho Resultados esperados O porquê? Após o Plano de Ação Ligar Portugal (2005-2010) - Espaços

Leia mais

Workshop Abertura de candidaturas SAMA2020 Francisco Nunes

Workshop Abertura de candidaturas SAMA2020 Francisco Nunes Workshop Abertura de candidaturas SAMA2020 Francisco Nunes Gestor de Eixo Lisboa 1 de julho de 2015 DOMÍNIOS TRASNVERSAIS DOMÍNIOS TEMÁTICOS Portugal 2020 COMPETITIVIDADE E INTERNACIONALIZAÇÃO INCLUSÃO

Leia mais

AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS N.º 02/SAMA2020/2015

AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS N.º 02/SAMA2020/2015 AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS N.º 02/SAMA2020/2015 REFERENCIAL DE ANÁLISE DE MÉRITO DA OPERAÇÃO SISTEMA DE APOIO À MODERNIZAÇÃO E CAPACITAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA (SAMA2020) Página 1 de 16

Leia mais

91% das empresas com 10 e mais pessoas ao serviço utilizam Internet de banda larga

91% das empresas com 10 e mais pessoas ao serviço utilizam Internet de banda larga 06 de novembro de 2012 Sociedade da Informação Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação nas Empresas 2012 91% das empresas com 10 e mais pessoas ao serviço utilizam Internet

Leia mais

AGENDA PARA A COMPETITIVIDADE DO COMÉRCIO, SERVIÇOS E RESTAURAÇÃO 2014-2020

AGENDA PARA A COMPETITIVIDADE DO COMÉRCIO, SERVIÇOS E RESTAURAÇÃO 2014-2020 AGENDA PARA A COMPETITIVIDADE DO COMÉRCIO, SERVIÇOS E RESTAURAÇÃO 2014-2020 18 dezembro 2014 Colocar os setores do Comércio, Serviços e Restauração virado para o exterior e a liderar a retoma económica

Leia mais

Programa Operacional Regional Alentejo 2014/2020

Programa Operacional Regional Alentejo 2014/2020 Programa Operacional Regional Alentejo 2014/2020 Universidade de Évora, 10 de março de 2015 Identidade, Competitividade, Responsabilidade Lezíria do Tejo Alto Alentejo Alentejo Central Alentejo Litoral

Leia mais

Participação Social das Pessoas com Deficiência Inclusão e Acessibilidade Digital

Participação Social das Pessoas com Deficiência Inclusão e Acessibilidade Digital Participação Social das Pessoas com Deficiência Inclusão e Acessibilidade Digital U. Lusófona, 11 Jul 2009 Luis Magalhães UMIC Agência para a Sociedade do Conhecimento Ministério da Ciência, Tecnologia

Leia mais

PROTEÇÃO DE DADOS NA INFORMAÇÃO DE SAÚDE. Maria Candida Guedes de Oliveira Comisionada de la CNPD

PROTEÇÃO DE DADOS NA INFORMAÇÃO DE SAÚDE. Maria Candida Guedes de Oliveira Comisionada de la CNPD PROTEÇÃO DE DADOS NA INFORMAÇÃO DE SAÚDE Comisionada de la CNPD Novas Tecnologias na Saúde Perigos potenciais do uso da tecnologia: Enorme quantidade de informação sensível agregada Aumenta a pressão económica

Leia mais

O nosso ADN Quem Somos Somos um instituto público integrado na administração indireta do Estado, dotado de autonomia administrativa e financeira e património próprio, com intervenção sobre todo o território

Leia mais

Câmaras Municipais 2004

Câmaras Municipais 2004 Câmaras Municipais 2004 Inquérito à Utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação (Resultados Provisórios) Dezembro de 2004 BREVE NOTA METODOLÓGICA Universo de referência: Câmaras Municipais

Leia mais

ESTRUTURA ORGÂNICA E FUNCIONAL

ESTRUTURA ORGÂNICA E FUNCIONAL ESTRUTURA ORGÂNICA E FUNCIONAL Diretor Geral O Diretor Geral supervisiona e coordena o funcionamento das unidades orgânicas do Comité Olímpico de Portugal, assegurando o regular desenvolvimento das suas

Leia mais

1. Objectivos do Observatório da Inclusão Financeira

1. Objectivos do Observatório da Inclusão Financeira Inclusão Financeira Inclusão Financeira Ao longo da última década, Angola tem dado importantes passos na construção dos pilares que hoje sustentam o caminho do desenvolvimento económico, melhoria das

Leia mais

BIS - Banco de Inovação Social

BIS - Banco de Inovação Social BIS - Banco de Inovação Social Natureza do BIS Missão do BIS Instrumentos do BIS Iniciativas e Programas do BIS Os Membros do BIS Orgânica Estratégico Executivo MEMBROS MEMBROS 5 Empresários inovadores

Leia mais

ESTRUTURA, METAS E ORÇAMENTO DO PROGRAMA DOCUMENTO SÍNTESE

ESTRUTURA, METAS E ORÇAMENTO DO PROGRAMA DOCUMENTO SÍNTESE ESTRUTURA, METAS E ORÇAMENTO DO PROGRAMA DOCUMENTO SÍNTESE Versão do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização adotada em dezembro de 2014. 1. Estrutura do Programa e Indicadores de Resultado

Leia mais

Administração Pública Eletrónica 2014 - O Que Falta Fazer?

Administração Pública Eletrónica 2014 - O Que Falta Fazer? Administração Pública Eletrónica 2014 - O Que Falta Fazer? 4 de junho de 2014 Auditório Adriano Moreira ISCSP PATRCINADORES PRATA Com a Colaboração Científica Patrocinadores Globais APDSI Da Interoperabilidade

Leia mais

O ESTADO PORTUGUÊS EM CONJUNTO COM:

O ESTADO PORTUGUÊS EM CONJUNTO COM: O ESTADO PORTUGUÊS EM CONJUNTO COM: Decidiu apoiar as PME através deste programa, que permite: Modernizar a sua infraestrutura de comunicações Fazer crescer o seu negócio Incorporar competências essenciais

Leia mais

Projecto de Governo Electrónico e de Infra-estruturas de Comunicação

Projecto de Governo Electrónico e de Infra-estruturas de Comunicação Projecto de Governo Electrónico e de Infra-estruturas de Comunicação (Mozambique egovernment and Communication Infrastructure Project) (MEGCIP) 5º Fórum Lusófono das Comunicações Painel 4: Infra-estruturas

Leia mais

A Estratégia de Lisboa. Plano Tecnológico. e o. Évora, SI@P 17 de Outubro de 2008

A Estratégia de Lisboa. Plano Tecnológico. e o. Évora, SI@P 17 de Outubro de 2008 A Estratégia de Lisboa e o Plano Tecnológico Évora, SI@P 17 de Outubro de 2008 1. Estratégia de Lisboa Estratégia de Lisboa : uma resposta a novos desafios A Globalização e a emergência de novas potências

Leia mais

Medidas intersectoriais 2010/11

Medidas intersectoriais 2010/11 Medidas intersectoriais 2010/11 IS01 BALCÃO DO EMPREENDEDOR DISPONIBILIZAÇÃO DE SERVIÇOS Objectivos: Inventariar, introduzir e manter permanentemente actualizados no Balcão do Empreendedor vários serviços,

Leia mais

Programa Operacional Regional Alentejo 2014/2020. Identidade, Competitividade, Responsabilidade

Programa Operacional Regional Alentejo 2014/2020. Identidade, Competitividade, Responsabilidade Programa Operacional Regional Alentejo 2014/2020 Identidade, Competitividade, Responsabilidade Acordo de Parceria Consagra a política de desenvolvimento económico, social, ambiental e territorial Define

Leia mais

MODERNIZAÇÃO ADMINISTRATIVA Da AP Central à AP Local

MODERNIZAÇÃO ADMINISTRATIVA Da AP Central à AP Local Da AP Central à AP Local PAULO NEVES PRESIDENTE DO CONSELHO DIRETIVO 01 JULHO 2014 COMO OS CIDADÃOS VÊEM O SETOR PÚBLICO? 2 3 MAS SERÁ QUE PODEMOS FALAR NUMA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA? 4 DIVERSIDADE DA ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Preparação e Resposta à Doença por Vírus Ébola Avaliações Externas

Preparação e Resposta à Doença por Vírus Ébola Avaliações Externas Preparação e Resposta à Doença por Vírus Ébola Avaliações Externas European Centre for Disease Prevention and Control (ECDC) Global Health Security Agenda (GHSA) Enquadramento A Plataforma de Resposta

Leia mais

Plano tecnológico? Ou nem tanto?

Plano tecnológico? Ou nem tanto? Plano tecnológico? Ou nem tanto? WEB: ÉDEN?APOCALIPSE? OU NEM TANTO? Plano Tecnológico Mas, Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados, além deste Contrato, o Novo Contrato para a Confiança, o nosso

Leia mais

PROGRAMA OPERACIONAL COMPETITIVIDADE E INTERNACIONALIZAÇÃO

PROGRAMA OPERACIONAL COMPETITIVIDADE E INTERNACIONALIZAÇÃO PROGRAMA OPERACIONAL COMPETITIVIDADE E INTERNACIONALIZAÇÃO Jorge Abegão Secretário-Técnico do COMPETE Coimbra, 28 de janeiro de 2015 Estratégia Europa 2020 ESTRATÉGIA EUROPA 2020 CRESCIMENTO INTELIGENTE

Leia mais

Portugal 2020. 03-11-2014 Areagest Serviços de Gestão S.A.

Portugal 2020. 03-11-2014 Areagest Serviços de Gestão S.A. Portugal 2020 Os Nossos Serviços Onde pode contar connosco? Lisboa Leiria Braga Madrid As Nossas Parcerias Institucionais Alguns dos Nossos Clientes de Referência Bem Vindos à Areagest Índice O QREN;

Leia mais

TURISMO DE PORTUGAL HORIZONTE 2015

TURISMO DE PORTUGAL HORIZONTE 2015 TURISMO DE PORTUGAL HORIZONTE 2015 João Cotrim de Figueiredo 10 Out 2014 Turismo: crescimento e resiliência No século do Turismo? Mais de 1.100 milhões de turistas em 2014 OMT prevê crescimento médio anual

Leia mais

Utilização da Internet cresce quase 20 por cento nos últimos dois anos nas famílias portuguesas

Utilização da Internet cresce quase 20 por cento nos últimos dois anos nas famílias portuguesas Utilização da cresce quase 20 por cento nos últimos dois anos nas famílias portuguesas Mais de metade das famílias portuguesas ainda não dispõe de computador mas o parque informático dos agregados familiares

Leia mais

Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2012

Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2012 Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2012 06 de novembro de 2012 60% das pessoas dos 16 aos 74 anos utilizam Internet

Leia mais

Competitividade e Inovação

Competitividade e Inovação Competitividade e Inovação Evento SIAP 8 de Outubro de 2010 Um mundo em profunda mudança Vivemos um momento de transformação global que não podemos ignorar. Nos últimos anos crise nos mercados financeiros,

Leia mais

AS TIC E A SAÚDE NO PORTUGAL DE HOJE

AS TIC E A SAÚDE NO PORTUGAL DE HOJE AS TIC E A SAÚDE NO PORTUGAL DE HOJE 18 MARÇO 2015 Centro Hospitalar Psiquiátrico de Lisboa PATROCINDADORES Apoio Patrocinadores Globais APDSI SIG / Plataforma de Gestão de MCDT (Glintt) Evolução nos modelos

Leia mais

Para informação adicional sobre os diversos países consultar: http://europa.eu.int/information_society/help/links/index_en.htm

Para informação adicional sobre os diversos países consultar: http://europa.eu.int/information_society/help/links/index_en.htm Anexo C: Súmula das principais iniciativas desenvolvidas na Europa na área da Sociedade de Informação e da mobilização do acesso à Internet em banda larga Para informação adicional sobre os diversos países

Leia mais

Programa Operacional Regional do Centro 2014-2020. Ana Abrunhosa Presidente da Comissão Diretiva do CENTRO 2020

Programa Operacional Regional do Centro 2014-2020. Ana Abrunhosa Presidente da Comissão Diretiva do CENTRO 2020 Programa Operacional Regional do Centro 2014-2020 Ana Abrunhosa Presidente da Comissão Diretiva do CENTRO 2020 PROGRAMA OPERACIONAL REGIONAL DO CENTRO 2014-2020 Dotação financeira: 2.155 M FEDER: 1.751

Leia mais

SAMA2020 Pedro Silva Dias

SAMA2020 Pedro Silva Dias SAMA2020 Pedro Silva Dias JUNHO DE 2015 AGENDA MANHÃ 9H30 RECEÇÃO DOS PARTICIPANTES 10H00 ABERTURA CONSELHO DIRETIVO DA AMA COMISSÃO DIRETIVA DO COMPETE2020 10H15 APRESENTAÇÃO DOS AVISOS DE ABERTURA DE

Leia mais

Sérgio Gomes Saúde 24

Sérgio Gomes Saúde 24 Conferência As TIC e a Saúde no Portugal de 2009 25 de Novembro de 2009 Auditório do Centro Hospitalar Psiquiátrico de Lisboa Sérgio Gomes Saúde 24 Patrocínio: Patrocinadores Globais Centro de Atendimento

Leia mais

GUIA PORTUGAL 2020 QUEM? COMO? QUANDO? PORQUÊ? NOVOS FUNDOS COMUNITÁRIOS 2014-2020 SPAIN - FRANCE - PORTUGAL - BELGIUM - BRAZIL - CHILE - CANADA

GUIA PORTUGAL 2020 QUEM? COMO? QUANDO? PORQUÊ? NOVOS FUNDOS COMUNITÁRIOS 2014-2020 SPAIN - FRANCE - PORTUGAL - BELGIUM - BRAZIL - CHILE - CANADA GUIA PORTUGAL 2020 NOVOS FUNDOS COMUNITÁRIOS 2014-2020 QUEM? COMO? QUANDO? PORQUÊ? www.f-iniciativas.com GUIA PORTUGAL 2020 QUEM? COMO? QUANDO? PORQUÊ? 1. O que é Portugal 2020 2. Metas para o Portugal

Leia mais

Portugal 2020 e outros instrumentos financeiros. Dinis Rodrigues, Direção-Geral de Energia e Geologia Matosinhos, 27 de fevereiro de 2014

Portugal 2020 e outros instrumentos financeiros. Dinis Rodrigues, Direção-Geral de Energia e Geologia Matosinhos, 27 de fevereiro de 2014 Portugal 2020 e outros instrumentos financeiros Dinis Rodrigues, Direção-Geral de Energia e Geologia Matosinhos, 27 de fevereiro de 2014 O desafio Horizonte 2020 Compromissos Nacionais Metas UE-27 20%

Leia mais

PROGRAMA NACIONAL DE ACREDITAÇÃO EM SAÚDE

PROGRAMA NACIONAL DE ACREDITAÇÃO EM SAÚDE PROGRAMA NACIONAL DE ACREDITAÇÃO EM SAÚDE 2009 3 ÍNDICE I INTRODUÇÃO 4 II MODELO NACIONAL DE ACREDITAÇÃO EM SAÚDE 5 III ÂMBITO DE APLICAÇÃO 8 IV OBJECTIVO GERAL 8 V OBJECTIVOS ESPECÍFICOS 8 VI ESTRATÉGIAS

Leia mais

A implementação do balcão único electrónico

A implementação do balcão único electrónico A implementação do balcão único electrónico Departamento de Portais, Serviços Integrados e Multicanal Ponte de Lima, 6 de Dezembro de 2011 A nossa agenda 1. A Directiva de Serviços 2. A iniciativa legislativa

Leia mais

Fórum Crédito e Educação Financeira 25 de Janeiro de 2012. António de Sousa

Fórum Crédito e Educação Financeira 25 de Janeiro de 2012. António de Sousa Fórum Crédito e Educação Financeira 25 de Janeiro de 2012 António de Sousa Realidade: A literacia financeira dos portugueses Resultados do Inquérito do Banco de Portugal à População Portuguesa (2010):

Leia mais

1. Agência Nacional de Compras Públicas - Enquadramento. 2. Estratégia para as Compras Públicas. 3. Modelo de Compras Públicas Electrónicas

1. Agência Nacional de Compras Públicas - Enquadramento. 2. Estratégia para as Compras Públicas. 3. Modelo de Compras Públicas Electrónicas Agenda 1. Agência Nacional de Compras Públicas - Enquadramento 2. Estratégia para as Compras Públicas 3. Modelo de Compras Públicas Electrónicas 4. Desafios para 2009 2 Propósito Estratégico: Agência Nacional

Leia mais

.: Instrumentos de financiamento de apoio à competitividade no âmbito do Portugal 2020. 14 de Janeiro de 2015

.: Instrumentos de financiamento de apoio à competitividade no âmbito do Portugal 2020. 14 de Janeiro de 2015 14 de Janeiro de 2015 O que é o Portugal 2020? O Portugal 2020 é um Acordo de Parceria assinado entre Portugal e a Comissão Europeia, que reúne a atuação dos 5 fundos estruturais e de investimento europeus

Leia mais

Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento. (2010-2015) ENED Plano de Acção

Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento. (2010-2015) ENED Plano de Acção Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento (2010-2015) ENED Plano de Acção Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento (2010-2015) ENED Plano de Acção 02 Estratégia Nacional de

Leia mais

INSTITUCIONAL. Eixo Prioritário 5 GOVERNAÇÃO E CAPACITAÇÃO. Operações no Domínio da Administração em Rede

INSTITUCIONAL. Eixo Prioritário 5 GOVERNAÇÃO E CAPACITAÇÃO. Operações no Domínio da Administração em Rede Eixo Prioritário 5 GOVERNAÇÃO E CAPACITAÇÃO INSTITUCIONAL Operações no Domínio da Administração em Rede Aviso para apresentação de candidaturas - Eixo Prioritário V Governação e Capacitação Institucional

Leia mais

Região Autónoma dos Açores Inquérito à Utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação na Administração Pública Regional 2004

Região Autónoma dos Açores Inquérito à Utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação na Administração Pública Regional 2004 Região Autónoma dos Açores Inquérito à Utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação na Administração Pública Regional 2004 BREVE NOTA METODOLÓGICA Universo de referência: Organismos do Governo

Leia mais

AS OPORTUNIDADES PARA AS EMPRESAS NO PORL 2014-20

AS OPORTUNIDADES PARA AS EMPRESAS NO PORL 2014-20 AS OPORTUNIDADES PARA AS EMPRESAS NO PORL 2014-20 Vítor Escária CIRIUS ISEG, Universidade de Lisboa e Augusto Mateus & Associados Barreiro, 30/06/2014 Tópicos Enquadramento A Estratégia de Crescimento

Leia mais

Carta para a Preservação do Patrimônio Arquivístico Digital Preservar para garantir o acesso

Carta para a Preservação do Patrimônio Arquivístico Digital Preservar para garantir o acesso Carta para a Preservação do Patrimônio Arquivístico Digital Preservar para garantir o acesso Considerando que a informação arquivística, produzida, recebida, utilizada e conservada em sistemas informatizados,

Leia mais

2.c.1 Melhorar os níveis de disponibilidade de serviços públicos on-line

2.c.1 Melhorar os níveis de disponibilidade de serviços públicos on-line AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS PROGRAMA OPERACIONAL REGIONAL 2014-2020 (MADEIRA14-20) EIXO PRIORITÁRIO 2 Melhorar o Acesso às Tecnologias de Informação e da Comunicação, bem como a sua Utilização

Leia mais

ACEF/1112/02397 Relatório preliminar da CAE

ACEF/1112/02397 Relatório preliminar da CAE ACEF/1112/02397 Relatório preliminar da CAE Caracterização do ciclo de estudos Perguntas A.1 a A.10 A.1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora: Universidade Do Minho A.1.a. Identificação

Leia mais

AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS N.º 01 / SAESCTN / 2012

AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS N.º 01 / SAESCTN / 2012 AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS N.º 01 / SAESCTN / 2012 SISTEMA DE APOIO A ENTIDADES DO SISTEMA CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO NACIONAL (SAESCTN) PROJETOS DE INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA E DESENVOLVIMENTO

Leia mais

3ª Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais Confiança e Compromisso nos Canais Digitais

3ª Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais Confiança e Compromisso nos Canais Digitais 3ª Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais Confiança e Compromisso nos Canais Digitais 29 de setembro de 2014 Auditório da BMAG Apoio Patrocinadores Globais APDSI Internet, Negócio e Redes Sociais

Leia mais

Valorização & Inovação no Comércio Local: Experiências & Instrumentos de Apoio

Valorização & Inovação no Comércio Local: Experiências & Instrumentos de Apoio Valorização & Inovação no Comércio Local: Experiências & Instrumentos de Apoio Iniciativas Inovadoras de Formação e Qualificação Profissional para o Comércio CIM Alto Minho 30 de junho de 2015 Missão Sucesso

Leia mais

A Internet nas nossas vidas

A Internet nas nossas vidas Economia Digital A Internet nas nossas vidas Nos últimos anos a internet revolucionou a forma como trabalhamos, comunicamos e até escolhemos produtos e serviços Economia Digital Consumidores e a Internet

Leia mais

AS MAIS RECENTES SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS, AGORA ACESSÍVEIS A TODAS AS EMPRESAS

AS MAIS RECENTES SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS, AGORA ACESSÍVEIS A TODAS AS EMPRESAS MAIS PRODUTIVIDADE E COMPETITIVIDADE AS MAIS RECENTES SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS, AGORA ACESSÍVEIS A TODAS AS EMPRESAS Oquesepretende? A iniciativa PME Digital visa contribuir para estimular a atividade económica

Leia mais

Um projeto inovador do Ministério da Agricultura e do Mar. Bolsa Nacional de Terras e a Agricultura Biológica

Um projeto inovador do Ministério da Agricultura e do Mar. Bolsa Nacional de Terras e a Agricultura Biológica Um projeto inovador do Ministério da Agricultura e do Mar Bolsa Nacional de Terras e a Agricultura Biológica A nossa Visão Potenciar o máximo aproveitamento e utilização do território rural português Território?

Leia mais

ISAL INSTITUTO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO E LÍNGUAS PLANO DE ATIVIDADES

ISAL INSTITUTO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO E LÍNGUAS PLANO DE ATIVIDADES ISAL INSTITUTO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO E LÍNGUAS PLANO DE ATIVIDADES 2015 2 Formar gestores e quadros técnicos superiores, preparados científica e tecnicamente para o exercício de funções na empresa

Leia mais

Minhas Senhoras e meus senhores

Minhas Senhoras e meus senhores Cerimónia de entrega de Certificados de Qualidade ISO 9001 Centro Hospitalar de Entre o Douro e Vouga 30 de junho de 2015 Senhor Presidente da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira Dr. Emídio Sousa

Leia mais

Empresas - Sector J. Inquérito à Utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação. Resultados 2004

Empresas - Sector J. Inquérito à Utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação. Resultados 2004 Empresas - Sector J Inquérito à Utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação Resultados Inquérito à utilização das TIC nas Empresas do Sector J - BREVE NOTA METODOLÓGICA Universo de referência:

Leia mais

VII Jornadas Técnicas de Segurança no Trabalho

VII Jornadas Técnicas de Segurança no Trabalho VII Jornadas Técnicas de Segurança no Trabalho Sensibilizar as Pequenas e Médias Empresas para a Segurança no Trabalho A colaboração entre a rede Enterprise Europe Network e a Agência Europeia para a Segurança

Leia mais

O que sua escola precisa, agora bem aqui na sua mão! Responsabilidade em gestão de instituições de ensino

O que sua escola precisa, agora bem aqui na sua mão! Responsabilidade em gestão de instituições de ensino O que sua escola precisa, agora bem aqui na sua mão! Responsabilidade em gestão de instituições de ensino Escolher o Sponte Educacional é escolher inteligente Sistema web para gerenciamento de instituições

Leia mais

PROJETO CIDADE DIGITAL. CIDADE ONLINE e Internet para todos

PROJETO CIDADE DIGITAL. CIDADE ONLINE e Internet para todos PROJETO CIDADE DIGITAL CIDADE ONLINE e Internet para todos 2 PROJETO CIDADE DIGITAL CIDADE(nome da cidade) ONLINE e Internet para todos 3 CONCEITO Em termos técnicos, uma CIDADE DIGITAL é a interconexão

Leia mais

Gestão Documental. Informação para a Governação

Gestão Documental. Informação para a Governação Gestão Documental Desafios para a Administração Pública Informação para a Governação Informação para a governação 2015-07-10 1 AGENDA O CEGER Missão e atribuições Ring Serviços aplicacionais Gestão Documental

Leia mais

FTTH FORUM 2008. Sociedade da Informação Portugal em Mudança CCB, 5 Nov 2008. Luis Magalhães UMIC Agência para a Sociedade do Conhecimento

FTTH FORUM 2008. Sociedade da Informação Portugal em Mudança CCB, 5 Nov 2008. Luis Magalhães UMIC Agência para a Sociedade do Conhecimento FTTH FORUM 2008 Sociedade da Informação Portugal em Mudança CCB, 5 Nov 2008 Luis Magalhães UMIC Agência para a Sociedade do Conhecimento Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior Principais Orientações

Leia mais

XX CONGRESSO ENGENHARIA 2020 UMA ESTRATÉGIA PARA PORTUGAL 17 a 19 de outubro de 2014 ALFÂNDEGA DO PORTO

XX CONGRESSO ENGENHARIA 2020 UMA ESTRATÉGIA PARA PORTUGAL 17 a 19 de outubro de 2014 ALFÂNDEGA DO PORTO XX CONGRESSO ENGENHARIA 2020 UMA ESTRATÉGIA PARA PORTUGAL 17 a 19 de outubro de 2014 ALFÂNDEGA DO PORTO Desenvolvimento Rural, Agricultura, Florestas e Sustentabilidade 17 de outubro de 2014 / GPP Eduardo

Leia mais

Estrutura da Apresentação

Estrutura da Apresentação Capacitar para Qualificação e Inovação das Redes Sociais do Minho-Lima (CQIRS-ML) Seminário Redes Sociais, Desenvolvimento e Coesão Social do Alto Minho: Diagnóstico, Perspetivas e Ações 2014-2020 19 de

Leia mais

E-Ciência em Portugal 4ª Conferência Open Access

E-Ciência em Portugal 4ª Conferência Open Access E-Ciência em Portugal 4ª Conferência Open Access U. do Minho, Braga, 26 Nov 2009 Luis Magalhães UMIC Agência para a Sociedade do Conhecimento Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior Estratégia

Leia mais

1) O QUE É A INFORMAÇÃO EMPRESARIAL SIMPLIFICADA (IES)?

1) O QUE É A INFORMAÇÃO EMPRESARIAL SIMPLIFICADA (IES)? Âmbito Geral 1) O QUE É A INFORMAÇÃO EMPRESARIAL SIMPLIFICADA (IES)? A IES, criada pelo Decreto-Lei n.º 8/2007, de 17 de janeiro, recentemente alterado pelo Decreto-lei n.º 10/2015, de 16 de janeiro, consiste

Leia mais

AVISO DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº ALT20-46-2015-05

AVISO DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº ALT20-46-2015-05 AVISO DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº ALT20-46-2015-05 SISTEMA DE APOIO A AÇÕES COLETIVAS TRANSFERÊNCIA DO CONHECIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO Nos termos do artigo 8.º do Regulamento

Leia mais

Sessão de Esclarecimento. Curso de Webdesign

Sessão de Esclarecimento. Curso de Webdesign Sessão de Esclarecimento Curso de Webdesign Alguns factos: A industria de serviços de Webdesign representa um mercado de $24B apenas nos EUA. Todos os meses são publicados cerca de 16M novos websites.

Leia mais

Fundos Estruturais e de Investimento 2014-2020

Fundos Estruturais e de Investimento 2014-2020 + competitivo + inclusivo + sustentável Fundos Estruturais e de Investimento 2014-2020 Piedade Valente Vogal da Comissão Diretiva do COMPETE Santarém, 26 de setembro de 2014 Estratégia Europa 2020 ESTRATÉGIA

Leia mais

Mesa Redonda Novas agendas de atuação e os perfis profissionais em bibliotecas universitárias

Mesa Redonda Novas agendas de atuação e os perfis profissionais em bibliotecas universitárias Mesa Redonda Novas agendas de atuação e os perfis profissionais em bibliotecas universitárias Profa. Dra. Lillian Maria Araújo de Rezende Alvares Coordenadora-Geral de Pesquisa e Manutenção de Produtos

Leia mais

FAQs PEM - Receita sem papel

FAQs PEM - Receita sem papel FAQs PEM - Receita sem papel A Receita sem Papel, ou Desmaterialização Eletrónica da Receita, é um novo modelo eletrónico que inclui todo o ciclo da receita, desde da prescrição no médico, da dispensa

Leia mais

Dados de Inquéritos sobre a Utilização de TIC na Administração Pública em 2011-12/01/2012

Dados de Inquéritos sobre a Utilização de TIC na Administração Pública em 2011-12/01/2012 Dados de Inquéritos sobre a Utilização de TIC na Administração Pública em 2011-12/01/2012 Todos os Organismos da Administração Pública Central e Regional e as Câmaras Municipais dispõem de ligações à Internet.

Leia mais

Estratégia de Especialização Inteligente para a Região de Lisboa

Estratégia de Especialização Inteligente para a Região de Lisboa Diagnóstico do Sistema de Investigação e Inovação: Desafios, forças e fraquezas rumo a 2020 FCT - A articulação das estratégias regionais e nacional - Estratégia de Especialização Inteligente para a Região

Leia mais

Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2010

Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2010 05 DEE NOVVEEMBBRRO DEE 2010 Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2010 Metade dos agregados domésticos em Portugal

Leia mais

PROGRAMA OPERACIONAL REGIONAL DO ALENTEJO

PROGRAMA OPERACIONAL REGIONAL DO ALENTEJO PROGRAMA OPERACIONAL REGIONAL DO ALENTEJO Alentejo 2020 Desafios Borba 17 de Dezembro de 2014 ALENTEJO Estrutura do Programa Operacional Regional do Alentejo 2014/2020 1 - Competitividade e Internacionalização

Leia mais

Plataforma de. Sessões de Esclarecimento. Electrónica BizGov Porto, 30 de Abril de 2009

Plataforma de. Sessões de Esclarecimento. Electrónica BizGov Porto, 30 de Abril de 2009 Plataforma de Sessões de Esclarecimento Contratação Pública "Contratação Electrónica Electrónica BizGov Porto, 30 de Abril de 2009 Agenda 1 Introdução 2 Plataforma de Contratação Pública Electrónica BizGov

Leia mais

Identificação da empresa. Missão

Identificação da empresa. Missão Identificação da empresa SPMS - Serviços Partilhados do Ministério da Saúde, EPE, pessoa coletiva de direito público de natureza empresarial, titular do número único de matrícula e de pessoa coletiva 509

Leia mais

Investir em Modernas Infraestruturas Associadas às TIC

Investir em Modernas Infraestruturas Associadas às TIC Investir em Modernas Infraestruturas Associadas às TIC Vale do Sousa Digital 18 de Abril de 2013 Vale do Sousa Digital Início 2005 Projeto Financiado pelo Programa Operacional da Sociedade do Conhecimento

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO ESPECÍFICO. Regulamento

CURSO DE FORMAÇÃO ESPECÍFICO. Regulamento CURSO DE FORMAÇÃO ESPECÍFICO ÍNDICE PREÂMBULO... 3 Procedimentos Técnico-Pedagógicos... 4 1.1. Destinatários e condições de acesso... 4 1.2. Organização dos cursos de formação... 4 1.3. Componentes de

Leia mais

Financiamento Regional e Portugal 2020. Alexandra Rodrigues Seminário CTCV

Financiamento Regional e Portugal 2020. Alexandra Rodrigues Seminário CTCV Financiamento Regional e Portugal 2020 Alexandra Rodrigues Seminário CTCV 9 abril 2015 Foco Temático no conjunto dos FEEI Sustentabilidade e eficiência no Uso de Recurso 6.259 M 25% Competitividade e Internacionalização

Leia mais