que planear o futuro continua a fazer

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "que planear o futuro continua a fazer"

Transcrição

1 Esta Banda é a Maior A ideia, lançada pela Câmara Municipal de Odivelas, era juntar um grupo de gente com talento musical, criar uma banda rock e dar o exemplo de como se pode ser sénior de forma ativa e divertida. A Banda Maior só podia mesmo tornar-se um sucesso. Os ensaios são para ser levados muito a sério. Têm dia certo e hora marcada. Não se admitem atrasos nem lamentos de idade 36 Julho2012 O ensaio tem dia certo na semana, hora marcada e programa de trabalhos previamente definido. Não é para profissionais, mas é como se fosse. Por isso, não são permitidos atrasos injustificados, nem lamentos de idade. Aqui, a vida é para se levar a sério. Mesmo a cantar. É claro que a Banda Maior é feita de muitas memórias. As músicas são, sobretudo, dos anos 60 e 70 e a ideia é pôr toda a gente que canta e que ouve a recordar as coisas boas do passado os bailaricos, os namoros, as bandas de garagem... Mas as vozes, o empenho e a animação são de agora. Aliás, aqui o passado é mesmo só o pretexto para preencher o presente e garantir que planear o futuro continua a fazer sentido. Esta é, então, a Banda Maior. É Banda porque toca e canta música, como as bandas dos tempos em que os Beatles, os Sheiks, os Rolling Stones e a Madalena Iglésias faziam sucesso. E é Maior, não por ser grande em número de membros que até é! -, mas por juntar gente que a faz ter uma média de idade invejável. O mais novo tem 55 anos e o mais velho fez há dias 84. Todos eles reencontraram nesta Banda um talento antigo, uma experiência de juventude, um sonho que achavam já estar arrumado. Mas não só. Descobriram que ser Maior, afinal, até pode ser divertido. É isso. O que se vê nas suas caras, o que se percebe nos seus gestos ritmados enquanto cantam, o que se sente no ambiente dos ensaios e dos concertos é que eles gostam mesmo disto. E gostam, especialmente, de transmitir esse prazer aos outros. São, ao todo, 25. Homens e mulheres que deixaram as suas carreiras e profissões para trás, há uns anos, e que aceitaram o desafio lançado pela Câmara Municipal de Odivelas, no ano passado, quando a autarquia começou a preparar as iniciativas para a celebração do Ano Europeu do Envelhecimento Ativo. Não fizemos propriamente um casting, refere António

2 atendimento juvenil A porta de entrada desta consulta mal se vê, quando se entra no Centro de Saúde de Loures. A ideia é mesmo ser o mais discreto possível Monteiro, que coordena este projeto na Câmara de Odivelas. Quando se começou a saber que íamos fazer isto, tivemos muitas inscrições. Mas a ideia era mesmo fazer uma banda, por isso escolhemos pessoas com algumas competências musicais, esclarece. É claro que a música não é o único objetivo. Nem é sequer a finalidade deste projeto. A música é um meio para juntar as pessoas. Porque este é um projeto social, lembra ainda António. Às quartas-feiras, as três da tarde são a hora sagrada do ensaio. Em cima do palco está já a maior parte dos membros do grupo. Um é baixista, outro baterista, dois tocam guitarra elétrica. E atrás o pessoal que canta. Tomás é um dos principais vocalistas. Mas muitas vezes dá lugar a Ilda ou a Marília, dependendo do estilo de música, do tipo de voz que é preciso para a canção ou, simplesmente, do facto de um se sentir melhor a cantá-la que outro. Ricardo é o jovem responsável pela preparação do grupo. Tem 31 anos, uma licenciatura em Direito e uma vocação óbvia, que o fez deixar tudo para trás. É músico e, entre as suas várias atividades artísticas, é formador musical, colaborando, nessa qualidade, com a Câmara Municipal de Odivelas na ocupação de tempos livres das crianças e dos idosos das instituições do concelho. É ele que dirige a Banda Maior. Faz os arranjos para as músicas, escolhidas em conjunto, orienta os ensaios, tenta disciplinar um pouco os seus elementos. E às vezes é difícil, reconhece, entre duas gargalhadas. O tom afinado e a concentração do momento não mostram nada disso. Em cima do palco, há quem cante de olhos fechados, quem não desvie os olhos do caderno das letras e quem siga atento os gestos do professor. Os instrumentistas reagem, zangados, quando são eles próprios a falhar a nota ou o ritmo. As interrupções têm, aliás, intervalos cada vez mais curtos. Vamos lá, estamos quase no final do ensaio e daqui a 15 dias temos um concerto. Julho

3 As músicas são dos anos 60 e 70 e a ideia é pôr toda a gente a recordar coisas boas do passado bailaricos, namoros, bandas de garagem... António vai lembrando os outros deveres que o grupo tem, além deste de cantar e tocar na perfeição. A Banda Maior leva-se a sério. Tem mesmo de ser. Afinal, na agenda estão programados sempre vários concertos em lares, creches, festas de instituições variadas e até programas de televisão. Há, pois, muito ainda para fazer. Não se pode desperdiçar um segundo. TALENTOS REVISITADOS Ilda sempre foi intérprete... em casa e para os amigos! E ia às vindimas só para cantar, acrescenta, rapidamente. De resto, a música nunca passou de um suplemento casual na sua vida. Até se reformar. Nesta altura, ganhou tempo para outras atividades: entrou no grupo de teatro sénior de Odivelas, escreveu umas letras de canções para um dos espetáculos que esse grupo realizou e, de um dia para o outro, viu-se primeira voz na Banda Maior, ao lado de Tomás. Canta um clássico que, normalmente, o público adora: Menina Estás à Janela, claro! Mas em versão rock a partir do terceiro ou quarto verso, o que acaba sempre por ser uma surpresa para as plateias dos seus concertos. O rock é quase sempre o pano de fundo das escolhas musicais do grupo. Porque é bom não esquecer esta é uma Banda no verdadeiro sentido da palavra! José que o diga. Os seus primeiros rendimentos, há umas décadas, foram ganhos precisamente com uma banda de garagem, que corria o país de Norte a Sul em concertos familiares e festas populares. Tocávamos o que estava na moda na altura, mas também Pink Floyd, Black Sabbath, etc. Era uma vida intensa e cansativa, reconhece. Só se faz isso quando se tem 20 anos, diz, com saudade. O casamento, a família e as responsabilidades da vida adulta obrigaram-no a pôr de lado aquela que era a sua verdadeira paixão. Mas esta banda sénior despertou-o. Há 30 anos que não tocava, assegura. ROSÁRIO SOBRAL Administradora da Espírito Santo Saúde Ligação do hospital à comunidade é fundamental O que quer dizer este conceito de envelhecimento ativo? O mundo está a envelhecer de forma acelerada e cresce a preocupação com o funcionamento de uma sociedade onde as pessoas vivem cada vez mais tempo e se nasce cada vez menos. A preocupação com o envelhecimento, e em 2012 especialmente com o envelhecimento ativo, traduz-se em questões fundamentais como estas: Como conseguir viver mais tempo, com mais saúde e ser mais feliz? Como conseguir criar e manter laços com a sociedade? Como manter os mais velhos nos seus ambientes habituais, respeitando a sua privacidade e a sua liberdade? Temos de aprender a responder a estas 38 Março 2012 questões, não apenas no Ano Europeu do Envelhecimento Ativo, mas de agora em diante. Esta é uma preocupação recente? Como estamos a preparar-nos para lhe dar resposta? O envelhecimento demográfico começou a afirmar-se na segunda metade do séc. XX, tendo adquirido rapidamente uma dimensão mundial. Em Portugal, só se começou a olhar para este fenómeno no início do séc. XXI. No entanto, o nosso país é hoje um dos mais envelhecidos da Europa, com a população com mais de 65 anos a representar em 2010 cerca de 16% da população total. Com o envelhecimento, aumenta naturalmente o risco de fragilidade da saúde física e mental, a prevalência das doenças crónicas e os níveis de dependência (25% da população com mais de 65 anos e 50% da população com mais de 80 anos têm algum tipo de dependência). A solidão, o isolamento, as preocupações com a saúde e a necessidade de obter apoios sociais adequados aumentam, inevitavelmente, à medida que os anos passam. Não há dúvida é que os estigmas do envelhecimento exigem, de todos os intervenientes na sociedade, abordagens inovadoras que possibilitem respostas sustentáveis e que venham dar significado, felicidade e alegria de viver a vidas mais longas que se aproximam ou mesmo ultrapassam os 100 anos. Mas a ideia do envelhecimento ativo não é um tema negativo. Pelo contrário... Viver mais anos e, sobretudo, viver com melhor qualidade durante mais anos é

4 José não tocava há 30 anos. Ilda nunca tinha cantado em palco. Vasco diz que só aqui está para ajudar os outros, que cantam melhor que ele. Para todos eles, ser Maior até é divertido Teve, por isso, de comprar uma viola baixo e, com a Banda Maior, ganhou uma nova vida. Por mim, estava aqui todos os dias a ensaiar. Adoro música, gosto muito de tocar. Não há nada igual à adrenalina que se sente quando se está em palco a fazer música. Vasco é o mais velho do grupo. Acabou de fazer 84 anos, não falha um ensaio e faz questão de ser um dos elementos da Banda Maior que mais se fazem notar. É que não há concerto em que não se apresente em palco com uns óculos escuros modernos, seja dia ou seja noite, a lembrar algumas estrelas da atualidade. Tenho um problema na vista. Fui operado e o médico disse para proteger bem os olhos da luz intensa, justifica. Seja qual for o motivo, Vasco é definitivamente o elemento do grupo com mais estilo. Foi alfaiate toda a vida, mas os últimos anos de profissão passou-os numa das aliciante e deve ser encarado como algo de muito positivo nas sociedades modernas. Mas há que aprender a viver bem durante mais anos após se atingir a idade da reforma. Para isso é necessário um esforço simultâneo por parte de cada pessoa individualmente, das suas famílias e das instituições de saúde e apoio social. A nível individual, é importante que as pessoas, desde jovens, saibam preparar o seu período de envelhecimento, assumindo de forma responsável e informada a gestão da sua vida, da sua saúde (prática de hábitos de vida saudáveis, preocupação com os tratamentos preventivos e com o controlo das suas doenças crónicas), a par com o estabelecimento de laços com a sociedade nas suas áreas de interesse pessoal (a música, como é o caso da Banda Maior). Que papel devem ter os hospitais, nomeadamente o Hospital Beatriz Ângelo, nesta estratégia? Os hospitais prestam cuidados de saúde agudos; a sua preocupação é, naturalmente, prestar aos cidadãos os melhores cuidados, humanizados, eficientes, tecnologicamente evoluídos, com qualidade e segurança. Mas uma organização de cuidados de saúde socialmente responsável, como é a Espírito Santo Saúde (ESS), no atual contexto de uma sociedade envelhecida, não pode deixar de reconhecer a importância do papel dos cuidados de saúde primários e continuados, incluindo os paliativos, e dos médicos de medicina geral e familiar na prevenção, rastreio e diagnóstico precoce da doença, na informação ao doente, aos seus familiares e cuidadores, sobre como prestar cuidados e como adotar práticas de vida saudáveis. A preocupação da ESS com a promoção e a educação para a saúde é bem visível nas ações que realizou em 2011: 4200 rastreios; 40 jornadas técnico-científicas para colaboradores internos e a profissionais de saúde externos (nomeadamente dos centros de saúde); e jornadas de informação sobre prevenção e educação em saúde, doenças crónicas e apoio ao cuidador, abertas a organizações de saúde, sociais, clientes e cuidadores da comunidade. Só o HBA, até maio, realizou 250 rastreios gratuitos e 10 ações abertas a profissionais de saúde externos e outros parceiros da comunidade, envolvendo um total de mil participantes. O patrocínio e envolvimento ativo de muitos profissionais da ESS na produção de recursos formativos (brochuras e filmes) pela Advita, para apoio aos cuidadores familiares (que apoiam o doente na sua própria casa) e aos cuidadores formais (que desenvolvem a sua atividade em unidades de saúde ou de apoio social) mostra também a preocupação do Grupo com a educação para a saúde. São recursos formativos, de fácil acesso e linguagem simples e clara. Cuidadores formados, informados e eficazes são muito importantes para manter as pessoas mais velhas nas suas casas ou nas instituições, bem tratadas, independentes e autónomas. O apoio ao cuidador, aliás, tem vindo a ser ativamente fomentado pelo ESS e é muito gratificante verificar que, no documento estratégico da União Europeia para estas matérias, em que se define como meta para o ano de 2020 a duplicação do número de anos saudáveis, esse tema é especialmente relevante, aparecendo incluído nos três pilares da estratégia europeia. Janeiro

5 lojas de roupa mais prestigiadas de Lisboa. Fez fardas para os generais Humberto Delgado e Craveiro Lopes e fatos para os mais importantes políticos do pré e pós-25 de Abril. Depois, claro, veio a reforma. Mas a sua vida não acalmou a partir daí. Hoje, faz ginástica, hidroterapia, caminhadas regulares e, claro, concertos e festas com a Banda Maior. Eles dizem que eu canto bem. Mas eu só estou aqui mais para ajudar. Nem sei cantar em estrangeiro... O palco não o assusta. Mesmo nada. Porque, assegura, adapta-se muito bem a tudo o que é novo. O resultado é que se diverte imenso na Banda Maior, vai dizendo, indiferente aos piropos de quem passa: Ele não canta. Ele encanta! O senhor das barbas brancas, que também integra o coro, chama-se António. Faz de Pai Natal, na época respetiva, em centros comerciais e programas de televisão uma espécie de part-time que lhe permite compor a reforma. Explica que tem de começar a deixar crescer a barba em fevereiro, para ela estar impecável na altura em que lhe rende um dinheiro extra. De resto, tem uma vida mais intensa agora do que tinha quando era técnico de vendas e percorria o país. Sou figurante na televisão. Já participei em mais de 70 filmes e séries! Faço anúncios, estou na Universidade Sénior, na aula de teatro e na escola de fado, a aprender a cantar. E faço ginástica três vezes por semana, enumera de rajada. Isto sem contar com a Banda Maior, claro. 40 Julho 2012 Ricardo é o jovem professor de música que dirige a Banda Maior (foto em cima). Enquanto Ilda canta, os espetadores aproveitam para dançar António diz que o palco sempre o fascinou, mas a vida obrigou-o a optar por outra profissão. Começou a trabalhar aos dez anos como empregado de balcão, mas sempre com vontade de largar tudo para se dedicar a uma qualquer atividade artística. Está, por isso, agora, a viver o melhor momento da sua vida, assegura. Aqui não se ganha dinheiro, mas dá tanto prazer... É uma felicidade, sobretudo quando vamos a lares e creches e vemos as pessoas felizes com o que fazemos. A Banda Maior em plena atuação, num dos muitos concertos para que são convidados pelas instituições sociais da zona. Já foram várias vezes à televisão e estão agora a preparar a gravação de um CD PROJETOS PARA SEIS MIL SENIORES Esta é, verdadeiramente, a essência do projeto. É não se limitar a ocupar o tempo livre de um grupo de gente sénior, mas dar-lhes a possibilidade de continuarem a servir, a serem úteis à comunidade em que estão inseridos. Para a Câmara Municipal de Odivelas, de quem partiu a iniciativa da criação da Banda Maior, esta é uma área de intervenção essencial e um dos mais importantes desafios que se colocam à nossa responsabilidade coletiva e individual. Até agora, os inúmeros programas promovidos pela câmara, especialmente os dirigidos a pessoas com 55 anos ou mais e visando a criação de condições para o seu desenvolvimento pessoal e social e para um envelhecimento activo mobilizaram cerca de seis mil munícipes seniores. O objetivo é, explica a autarquia, a sensibilização para a importância do envelhecimento ativo e da solidariedade intergeracional, e a promoção do intercâmbio de informações e de experiências. Por isso, reforça, a Câmara Municipal de Odivelas não podia deixar de se associar ao Ano Europeu do Envelhecimento Ativo, que, dado o período em que ocorre, dificilmente podia ser mais oportuna. Este objetivo assenta em três eixos fundamentais: a participação dos seniores na vida da comunidade; a promoção da sua saúde e bem-estar social, material e emocional; e a criação de ambientes físicos, comunitários e sociais, que lhes garantam uma vida quotidiana digna e segura. Entre eles, e além da Banda Maior, do Clube do Movimento e do Teatro Sénior, a Câmara destaca o Portal Sénior, com informação útil direcionada a esta população; o Cartão Municipal Sénior, um documento totalmente gratuito, que concede aos seus titulares o acesso a bens e serviços em condições vantajosas nas áreas de saúde, desporto, cultura e lazer, entre outras; e o Projeto Municipal Novas Tecnologias e Internet Sénior, através do qual é dada formação nesta área à população sénior.

DISCÓRDIA Biografias

DISCÓRDIA Biografias A L I C E DISCÓRDIA Biografias Afonso Alves // Voz - Já há algum tempo que queria escrever na língua em que sonho [visto que anteriormente escrevia maioritariamente em inglês]. O Diogo foi o primeiro reflexo

Leia mais

A PROPOSTA SOLINHO 1 : DESENVOLVENDO ASPECTOS MUSICAIS E SOCIAIS ATRAVÉS DA AULA DE VIOLÃO EM GRUPO. Igor Luiz Medeiros 2. igorluiz.m@hotmail.

A PROPOSTA SOLINHO 1 : DESENVOLVENDO ASPECTOS MUSICAIS E SOCIAIS ATRAVÉS DA AULA DE VIOLÃO EM GRUPO. Igor Luiz Medeiros 2. igorluiz.m@hotmail. A PROPOSTA SOLINHO 1 : DESENVOLVENDO ASPECTOS MUSICAIS E SOCIAIS ATRAVÉS DA AULA DE VIOLÃO EM GRUPO Igor Luiz Medeiros 2 igorluiz.m@hotmail.com Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Artes, Filosofia

Leia mais

All You Zombies. Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959. Versão Portuguesa, Brasil. Wendel Coelho Mendes

All You Zombies. Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959. Versão Portuguesa, Brasil. Wendel Coelho Mendes All You Zombies Wendel Coelho Mendes Versão Portuguesa, Brasil Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959 Esse conto é minha versão sobre a verdadeira história de All You Zombies,

Leia mais

Boas Práticas Autárquicas de Responsabilidade Social. Sónia Paixão. 8 de Maio 2012

Boas Práticas Autárquicas de Responsabilidade Social. Sónia Paixão. 8 de Maio 2012 Boas Práticas Autárquicas de Responsabilidade Social Sónia Paixão 8 de Maio 2012 Loures Mais Social: Diferentes Desafios, Novas Abordagens Responsabilidade Social É a integração voluntária de preocupações

Leia mais

Sinopse II. Idosos não institucionalizados (INI)

Sinopse II. Idosos não institucionalizados (INI) Sinopse II. Idosos não institucionalizados (INI) II 1 Indicadores Desqualificação Não poder fazer nada do que preciso, quero fazer as coisas e não posso ; eu senti-me velho com 80 anos. Aí é que eu já

Leia mais

Sonhar com a Solidariedade

Sonhar com a Solidariedade Sonhar com a Solidariedade Projeto de Voluntariado dos SALESIANOS com o CRID Centro de Reabilitação e Integração de Deficientes Um projeto O projeto que nos propomos desenvolver em parceria com uma Instituição

Leia mais

Fundamentação e Contextualização do Programa de Voluntariado

Fundamentação e Contextualização do Programa de Voluntariado Fundamentação e Contextualização do Programa de Voluntariado O Programa de Voluntariado do Centro Solidariedade e Cultura de Peniche pretende ir ao encontro do ideário desta instituição, numa linha da

Leia mais

Fotos: Luís Antônio Rodrigues. No Perfil Ché & Colin

Fotos: Luís Antônio Rodrigues. No Perfil Ché & Colin Fotos: Luís Antônio Rodrigues No Perfil & Perfil Em meio às gravações no estúdio Brothers da Lua do músico, juntamente com o gravamos uma entrevista, onde eles nos contam como começou essa amizade e parceria,

Leia mais

Tendo isso em conta, o Bruno nunca esqueceu que essa era a vontade do meu pai e por isso também queria a nossa participação neste projecto.

Tendo isso em conta, o Bruno nunca esqueceu que essa era a vontade do meu pai e por isso também queria a nossa participação neste projecto. Boa tarde a todos, para quem não me conhece sou o Ricardo Aragão Pinto, e serei o Presidente do Concelho Fiscal desta nobre Fundação. Antes de mais, queria agradecer a todos por terem vindo. É uma honra

Leia mais

Plano Anual de Atividades (2014/2015) Intervenientes Calendarização Objetivos da Atividade. 1º Período Setembro de 2014

Plano Anual de Atividades (2014/2015) Intervenientes Calendarização Objetivos da Atividade. 1º Período Setembro de 2014 Plano Anual de Atividades (2014/2015) Atividade Curricular Intervenientes Calendarização Objetivos da Atividade 1º Período Setembro de 2014 Início do ano lectivo /Pais 1ª Quinzena de Setembro Reunião de

Leia mais

Compromisso para IPSS Amigas do Envelhecimento Ativo CONFEDERAÇÃO NACIONAL INSTITUIÇÕES DE SOLIDARIEDADE

Compromisso para IPSS Amigas do Envelhecimento Ativo CONFEDERAÇÃO NACIONAL INSTITUIÇÕES DE SOLIDARIEDADE 2014 Compromisso para IPSS Amigas do Envelhecimento Ativo CONFEDERAÇÃO NACIONAL INSTITUIÇÕES DE SOLIDARIEDADE MANIFESTO E COMPROMISSO DA CNIS IPSS AMIGAS DO ENVELHECIMENTO ATIVO As modificações significativas

Leia mais

Seminário Inverno demográfico - o problema. Que respostas?, Associação Portuguesa de Famílias Numerosas

Seminário Inverno demográfico - o problema. Que respostas?, Associação Portuguesa de Famílias Numerosas Seminário Inverno demográfico - o problema. Que respostas?, Associação Portuguesa de Famílias Numerosas Painel: Desafio Demográfico na Europa (11h45-13h00) Auditório da Assembleia da República, Lisboa,

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

Notas de Campo (1) - 01-10-2014

Notas de Campo (1) - 01-10-2014 Notas de Campo (1) - 01-10-2014 Presença de 13 alunos na aula. A apresentação do projeto educativo aos alunos decorreu dentro das Expetativas. Foram apresentados os objetivos e estratégias a serem trabalhadas

Leia mais

TESTEMUNHAS. atores e destinatários do projeto catequese/família

TESTEMUNHAS. atores e destinatários do projeto catequese/família TESTEMUNHAS atores e destinatários do projeto catequese/família Os testemunhos partilhados foram recolhidos a partir de um pequeno questionário realizado, no mês de maio de 2012, junto das famílias dos

Leia mais

Este testemunho é muito importante para os Jovens.

Este testemunho é muito importante para os Jovens. Este testemunho é muito importante para os Jovens. Eu sempre digo que me converti na 1ª viagem missionária que fiz, porque eu tinha 14 anos e fui com os meus pais. E nós não tínhamos opção, como é o pai

Leia mais

MENSAGEM DE ANO NOVO. Palácio de Belém, 1 de Janeiro de 2008

MENSAGEM DE ANO NOVO. Palácio de Belém, 1 de Janeiro de 2008 MENSAGEM DE ANO NOVO Palácio de Belém, 1 de Janeiro de 2008 Portugueses No primeiro dia deste Novo Ano, quero dirigir a todos uma saudação amiga e votos de boa saúde e prosperidade. Penso especialmente

Leia mais

PROJETO TERRA CHÃO - DANÇA E ARTE

PROJETO TERRA CHÃO - DANÇA E ARTE PROJETO TERRA CHÃO - DANÇA E ARTE 1. JUSTIFICATIVA A região do Baixo Tocantins apresenta-se na área cultural e artística, é um grande celeiro de talentos, que vem enraizado culturalmente em nosso povo,

Leia mais

Nota Introdutória Erro! Marcador não definido.

Nota Introdutória Erro! Marcador não definido. GRANDES OPÇÕES DO PLANO 2015 ÍNDICE Nota Introdutória Erro! Marcador não definido. Ações Educação e Formação 2 Ação Social 3 Gestão Participada e Finanças 4 Saúde 5 Desporto 5 Juventude 6 Cultura 6 Turismo

Leia mais

Universidades/Academias Seniores Retrato no Concelho de Oeiras

Universidades/Academias Seniores Retrato no Concelho de Oeiras Universidades/Academias Seniores Retrato no Concelho de Oeiras Envelhecer é organizar a Juventude ao longo dos anos Paul Élvard As Universidades/academias seniores são uma resposta socioeducativa que visa

Leia mais

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos Prova de certificação de nível de proficiência linguística no âmbito do Quadro de Referência para o Ensino Português no Estrangeiro,

Leia mais

Entrevista com Entrevista com Max Matta, vocalista da banda Caps Lock

Entrevista com Entrevista com Max Matta, vocalista da banda Caps Lock Entrevista com Entrevista com Max Matta, vocalista da banda Caps Lock POUCA E BOAS DA MARI - Max, você, o Sté e o Carlinhos tocam juntos desde 2003. Em 2005, o Thiago entrou na banda, foi quando surgiu

Leia mais

Sinopse I. Idosos Institucionalizados

Sinopse I. Idosos Institucionalizados II 1 Indicadores Entrevistados Sinopse I. Idosos Institucionalizados Privação Até agora temos vivido, a partir de agora não sei Inclui médico, enfermeiro, e tudo o que for preciso de higiene somos nós

Leia mais

POLÍTICAS SOCIAIS APOIO À NATALIDADE, À TERCEIRA IDADE, IGUALDADE E INCLUSÃO SOCIAL

POLÍTICAS SOCIAIS APOIO À NATALIDADE, À TERCEIRA IDADE, IGUALDADE E INCLUSÃO SOCIAL 1 POLÍTICAS SOCIAIS APOIO À NATALIDADE, À TERCEIRA IDADE, IGUALDADE E INCLUSÃO SOCIAL Senhora Presidente da Assembleia Senhoras e Senhores Deputados Senhor Presidente do Governo Senhora e Senhores Membros

Leia mais

Eng.º Mário Lino. por ocasião da Apresentação das Iniciativas. e.escola e.professor e.oportunidades

Eng.º Mário Lino. por ocasião da Apresentação das Iniciativas. e.escola e.professor e.oportunidades INTERVENÇÃO DO MINISTRO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES Eng.º Mário Lino por ocasião da Apresentação das Iniciativas e.escola e.professor e.oportunidades Escola Secundária Eça de Queiroz,

Leia mais

PLANO DE AÇÃO OFICINA DE SENSIBILIZAÇÃO DOS PROFESSORES SOBRE O CONCURSO TEMPOS DE ESCOLA

PLANO DE AÇÃO OFICINA DE SENSIBILIZAÇÃO DOS PROFESSORES SOBRE O CONCURSO TEMPOS DE ESCOLA PLANO DE AÇÃO OFICINA DE SENSIBILIZAÇÃO DOS PROFESSORES SOBRE O CONCURSO TEMPOS DE ESCOLA PROPOSTA DE AÇÃO Sensibilizar os professores sobre a importância de incentivar seus alunos a participarem do Concurso

Leia mais

todos fôssemos jardineiros"

todos fôssemos jardineiros ALEGAÇÕES FINAIS JARDIM BOTÂNICO DA AJUDA, EM LISBOA "O País era mais feliz se todos fôssemos jardineiros" INÊS BANHA jardineiro há nove anos no Jardim Botânico da Ajuda, em Lisboa, que este fim de semana

Leia mais

15º Congresso Português. De Gerontologia Social. Conferência: Portugal é um País bom para se envelhecer?

15º Congresso Português. De Gerontologia Social. Conferência: Portugal é um País bom para se envelhecer? 15º Congresso Português De Gerontologia Social Conferência: Portugal é um País bom para se envelhecer? Dia: 28/11/13 Envelhecimento em Portugal Portugal, de acordo com os Censos 2011, apresenta um quadro

Leia mais

LEITURA DA ENTREVISTA 2. E Boa tarde. Desde já quero agradecer-lhe a sua disponibilidade para colaborar neste

LEITURA DA ENTREVISTA 2. E Boa tarde. Desde já quero agradecer-lhe a sua disponibilidade para colaborar neste LEITURA DA ENTREVISTA 2 E Boa tarde. Desde já quero agradecer-lhe a sua disponibilidade para colaborar neste trabalho que estou a desenvolver. Como lhe foi explicado inicialmente, esta entrevista está

Leia mais

Caminhar - Associação Cristã de Apoio Social Caracterização e histórico

Caminhar - Associação Cristã de Apoio Social Caracterização e histórico Caminhar - Associação Cristã de Apoio Social Caracterização e histórico ENQUADRAMENTO INSTITUCIONAL A CAMINHAR Associação Cristã de Apoio Social é uma Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS),

Leia mais

O andebol oferece-me coisas que a faculdade não tem é a demonstração de carácter

O andebol oferece-me coisas que a faculdade não tem é a demonstração de carácter O andebol oferece-me coisas que a faculdade não tem é a demonstração de carácter Aos 24 anos Ricardo Pesqueira tem já um longo percurso andebolístico. Cresceu para o desporto no Águas Santas, mas no currículo

Leia mais

CLUBE DE MÚSICA Agrupamento Vertical de Escolas de Briteiros Ano Letivo 2014/2015

CLUBE DE MÚSICA Agrupamento Vertical de Escolas de Briteiros Ano Letivo 2014/2015 CLUBE DE MÚSICA 1. JUSTIFICAÇÃO DO PROJETO: O Projeto do Clube de Música nasce da necessidade de se desenvolver com os alunos atividades diferenciadas que não podem ser devidamente exploradas e aprofundadas

Leia mais

Animação Sénior. Animação

Animação Sénior. Animação Animação Animar-se ou distrair-se é uma necessidade essencial de todos nós, e aquele que se diverte com uma ocupação agradável com o fim de se descontrair física e psicologicamente consegue satisfazer

Leia mais

Flavia Mariano. Equilíbrio. a vida não faz acordos. 1ª Edição POD

Flavia Mariano. Equilíbrio. a vida não faz acordos. 1ª Edição POD Flavia Mariano Equilíbrio a vida não faz acordos 1ª Edição POD Petrópolis KBR 2011 Edição e revisão KBR Editoração APED Capa KBR Imagem da capa fotomontagem sobre arquivo Google Copyright 2011 Flavia Mariano

Leia mais

Jovens Embaixadores de Évora

Jovens Embaixadores de Évora Jovens Embaixadores de Évora Évora, Património, Juventude e Mobilidade Apoiado pela OCPM Organização das Cidades Património da Humanidade Praça de Sertório, 7004-506 ÉVORA - Telef. 266 777 000; 965 959

Leia mais

CADERNO APFN Apostar na Família Construir o Futuro

CADERNO APFN Apostar na Família Construir o Futuro CADERNO APFN 5 Apostar na Família Construir o Futuro Fevereiro 2002-1 - DECLARAÇÃO DE PRINCÍPIOS DA APFN Acreditamos que: 1. A vida humana deve ser respeitada, reconhecida e protegida desde o momento da

Leia mais

Plano Gerontológico de Monchique Apresentação Pública 15 de Outubro de 2011

Plano Gerontológico de Monchique Apresentação Pública 15 de Outubro de 2011 Apresentação Pública 15 de Outubro de 2011 Trajectórias de envelhecimento Após os 65 anos de idade a estimulação cognitiva diminui significativamente. A diminuição da estimulação desencadeia/agrava o declínio

Leia mais

SALESIANOS DO ESTORIL - ESCOLA

SALESIANOS DO ESTORIL - ESCOLA SALESIANOS DO ESTORIL - ESCOLA PROJETOS DE VOLUNTARIADO CRID MIMAR As professoras: Ana Paula Ramalho Paula Cristina Baptista Maria João Coelho Pinto Susana Costa 5.º ANO A 6.º ANO B 7.º ANO A SAIR DE NÓS

Leia mais

Ligamos Instituições Que Unem Esforços Pela humanização dos cuidados em fim de vida

Ligamos Instituições Que Unem Esforços Pela humanização dos cuidados em fim de vida entrevista Elsa Mourão & António Folgado Médicos com as Competências em Medicina Paliativa e Emergência Médica Fundadores da Coop LInQUE Ligamos Instituições Que Unem Esforços Pela humanização dos cuidados

Leia mais

Entrevista com Elza Chambel

Entrevista com Elza Chambel Entrevista com Elza Chambel Por Célia Rosa, in Jornal de Notícias 28.03.11 O voluntariado é um serviço que nasce da vontade de nos oferecermos aos outros e à sociedade. Cada um dá o que pode e o que sabe.

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES 2012

PLANO DE ATIVIDADES 2012 PROMOÇÃO DA CIDADANIA SÉNIOR Grupo de trabalho pessoas idosas, envelhecimento e intergeracionalidade PLANO DE ATIVIDADES 2012 Peniche Certos de que estamos perante um dos desafios mais relevantes do século

Leia mais

Ano VI N.º 22. Boletim Informativo da Junta de Freguesia da Ribeira Quente. Quinta-Feira 28 de Julho de 2011

Ano VI N.º 22. Boletim Informativo da Junta de Freguesia da Ribeira Quente. Quinta-Feira 28 de Julho de 2011 Ano VI N.º 22 Boletim Informativo da Junta de Freguesia da Ribeira Quente Quinta-Feira 28 de Julho de 2011 Bandeira Azul Hasteada na Ribeira Quente A Praia do Fogo da Ribeira Quente recebeu no dia 28 de

Leia mais

Conselho da Europa Plano de Acção para a Deficiência 2006-2015

Conselho da Europa Plano de Acção para a Deficiência 2006-2015 Conselho da Europa Plano de Acção para a Deficiência 2006-2015 Versão Linguagem Fácil Conselho da Europa Plano de Acção para a Deficiência 2006-2015 Versão Linguagem Fácil Página 1 de 60 Plano de Acção

Leia mais

08. Camilo Alfredo Faigle Vicari

08. Camilo Alfredo Faigle Vicari 08. Camilo Alfredo Faigle Vicari Nascido em São Paulo, em 1976, é biólogo e estudante de mestrado na UNIFESP. Em 26 de agosto de 2010 recebi Camilo numa sala de reuniões da UNIFESP. Ele chegou às 18h e

Leia mais

Projeto Curricular do 1.º Ciclo

Projeto Curricular do 1.º Ciclo Projeto Curricular do 1.º Ciclo Tema Felizes os que constroem a vida na verdade e no bem. INTRODUÇÃO Este ano letivo 2014/2015 ficou definido como tema geral Felizes os que constroem a vida na verdade

Leia mais

ENVELHECIMENTO E A PROMOÇÃO DA SAÚDE MENTAL

ENVELHECIMENTO E A PROMOÇÃO DA SAÚDE MENTAL ENVELHECIMENTO E A PROMOÇÃO DA SAÚDE MENTAL O processo de envelhecimento e a velhice devem ser considerados como parte integrante do ciclo de vida. Ao longo dos tempos, o conceito de envelhecimento e as

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 37 Discurso na cerimónia de retomada

Leia mais

Deutsche Welle Learning By Ear Aprender de Ouvido Empregos 08: Música

Deutsche Welle Learning By Ear Aprender de Ouvido Empregos 08: Música Deutsche Welle Learning By Ear Aprender de Ouvido Empregos 08: Música Texto: Sam Olukoya Redacção: Ulrich Neumann, Maja Dreyer Tradução: Madalena Sampaio 1 Voz para Intro e Outro (Voz 1) 1 Narrador (Voz

Leia mais

www.rockstarsocial.com.br

www.rockstarsocial.com.br 1 1 Todos os Direitos Reservados 2013 Todas As Fotos Usadas Aqui São Apenas Para Descrição. A Cópia Ou Distribuição Do Contéudo Deste Livro É Totalmente Proibida Sem Autorização Prévia Do Autor. AUTOR

Leia mais

Local, Regional, Nacional. Faro Local Falta de interesse dos alunos paa estes temas. Falta de mo vação

Local, Regional, Nacional. Faro Local Falta de interesse dos alunos paa estes temas. Falta de mo vação Timestamp Tipo de Organização/ Entidade área de intervenção concelho abrangência 12-04-2012 16:46 Projeto Escolhas inclusão social 2. Interculturalidade/ Solidariedade Inter-Geracional OBSTÁCULOS/ DESAFIOS

Leia mais

Coaching para pessoas disponíveis, ambos

Coaching para pessoas disponíveis, ambos Nota da Autora 1001 maneiras de ser Feliz, é o meu terceiro livro. Escrevi Coaching para mães disponíveis e Coaching para pessoas disponíveis, ambos gratuitos e disponíveis no site do Emotional Coaching.

Leia mais

Análise spot publicitário

Análise spot publicitário Análise spot publicitário Trabalho Realizado por: Carlos Nunes carlosmmnunes@gmail.com Nº 20240 Para a disciplina: Multimédia Scriptwriting Leccionada por: Profª Joana Carvalho Porto, 13 de Abril de 2011

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal Sobral-CE, 17 de março de 2004 Meu caro governador do estado do Ceará, Lúcio Alcântara, Meu caro companheiro

Leia mais

- Papá, é hoje! É hoje, papá! Temos que montar o nosso pinheirinho de Natal. disse o rapaz, correndo na direção de seu pai.

- Papá, é hoje! É hoje, papá! Temos que montar o nosso pinheirinho de Natal. disse o rapaz, correndo na direção de seu pai. Conto de Natal Já um ano havia passado desde o último Natal. Timóteo estava em pulgas para que chegasse o deste ano. Menino com cara doce, uma tenra idade de 10 aninhos, pobre, usava roupas ou melhor,

Leia mais

MENSAGEM DE ANO NOVO DE SUA EXCELÊNCIA O PRESIDENTE DA REPÚBLICA

MENSAGEM DE ANO NOVO DE SUA EXCELÊNCIA O PRESIDENTE DA REPÚBLICA MENSAGEM DE ANO NOVO DE SUA EXCELÊNCIA O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Palácio de Belém, 1 de Janeiro de 2012 Boa noite, A todos os Portugueses desejo um Bom Ano Novo, feito de paz e de esperança. O ano que

Leia mais

Entidades Promotoras de Voluntariado Lourinhã

Entidades Promotoras de Voluntariado Lourinhã Entidades Promotoras de Voluntariado Câmara Municipal da Casa do Povo da Casa Pia de Lisboa Centro Social e Paroquial da ADAPECIL Associação Juvenil Tá a Mexer GEAL Junta de Freguesia de Ribamar LOURAMBI

Leia mais

Inclusão Essencial e a Inclusão Eletiva

Inclusão Essencial e a Inclusão Eletiva 42 Pró Inclusão ANDEE NOTÍCIAS junho de 2012 (1ª Quinzena) ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE DOCENTES DE EDUCAÇÃO ESPECIAL Quinta da Arreinela de Cima, 2800-305 Almada TLM: 927 138 311 - E-mail: proandee@gmail.com

Leia mais

www.thesimstv.net Não foi fácil chegar ao topo. Mas ela irá mostrar como.

www.thesimstv.net Não foi fácil chegar ao topo. Mas ela irá mostrar como. Não foi fácil chegar ao topo. Mas ela irá mostrar como. Querido Diário, hoje começo uma nova vida. Nem acredito, parece que foi ontem que entrei pela primeira vez naquele karaokê... Minha vida mudou completamente

Leia mais

JANELA SOBRE O SONHO

JANELA SOBRE O SONHO JANELA SOBRE O SONHO um roteiro de Rodrigo Robleño Copyright by Rodrigo Robleño Todos os direitos reservados E-mail: rodrigo@robleno.eu PERSONAGENS (Por ordem de aparição) Alice (já idosa). Alice menina(com

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES 2015/2016. Associação Sénior de Odivelas

PLANO DE ATIVIDADES 2015/2016. Associação Sénior de Odivelas PLANO DE ATIVIDADES 2015/2016 Associação Sénior de Odivelas A Universidade Sénior de Odivelas é um projecto inovador que tem por base a promoção da qualidade de vida dos seniores de Odivelas, fomentando

Leia mais

Portuguese version 1

Portuguese version 1 1 Portuguese version Versão Portuguesa Conferência Europeia de Alto Nível Juntos pela Saúde Mental e Bem-estar Bruxelas, 12-13 Junho 2008 Pacto Europeu para a Saúde Mental e Bem-Estar 2 Pacto Europeu para

Leia mais

futuro AGORA! por Leila Navarro

futuro AGORA! por Leila Navarro e-book Construindo o futuro AGORA! por Leila Navarro Construindo o futuro AGORA! por Leila Navarro O futuro já começou e é você quem faz e, para isso, aqui está um convite para você re etir sobre sua própria

Leia mais

PROGRAMA DE VOLUNTARIADO. NOME: Serviço Voluntário Europeu (SVE) EMAIL: info@euromedp.org

PROGRAMA DE VOLUNTARIADO. NOME: Serviço Voluntário Europeu (SVE) EMAIL: info@euromedp.org PROGRAMA DE VOLUNTARIADO NOME: Serviço Voluntário Europeu (SVE) EMAIL: info@euromedp.org WEBSITES: Serviço de Voluntariado Europeu: http://www.sve.pt http://www.facebook.com/l.php?u=http%3a%2f%2fwww.sve.pt%2f&h=z

Leia mais

Carla Ribeirinho. Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias

Carla Ribeirinho. Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias Carla Ribeirinho Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias Lisboa, 10 de Maio de 2012 Desafios e oportunidades Crescimento em massa da população idosa. Adopção de medidas que visem minorar situações

Leia mais

8 OS TRÊS PRIMEIROS PASSOS PASSO 2: CAPACIDADE

8 OS TRÊS PRIMEIROS PASSOS PASSO 2: CAPACIDADE 8 OS TRÊS PRIMEIROS PASSOS PASSO 2: CAPACIDADE Uau! Lembro como se fosse ontem a sensação de sair da sede da OAB/DF com o bótom da classe e a famosa carteira vermelha. Foi um sentimento realmente indescritível.

Leia mais

Afirmamos desde a primeira hora a coesão Social como um desígnio Regional.

Afirmamos desde a primeira hora a coesão Social como um desígnio Regional. Inclusão e Assuntos Sociais No mandato que agora se inicia, coube-me a difícil mas honrosa tarefa de assumir a pasta da Inclusão e Assuntos Sociais, o que faço com enorme motivação e empenhamento. Questões

Leia mais

ENSINO PROFISSIONAL EM PORTUGAL JOAQUIM AZEVEDO. O ensino profissional: uma aposta bem sucedida com quase 25 anos. O passado, o presente e o futuro

ENSINO PROFISSIONAL EM PORTUGAL JOAQUIM AZEVEDO. O ensino profissional: uma aposta bem sucedida com quase 25 anos. O passado, o presente e o futuro ENSINO PROFISSIONAL EM PORTUGAL O ensino profissional: uma aposta bem sucedida com quase 25 anos O passado, o presente e o futuro JOAQUIM AZEVEDO 16 MAR 2012 Uma aposta em quê, em particular? Desenvolvimento

Leia mais

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão.

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO Código Entrevista: 2 Data: 18/10/2010 Hora: 16h00 Duração: 23:43 Local: Casa de Santa Isabel DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS Idade

Leia mais

Índice. Fundação do Gil... 4. Missão... 4 Visão... 5 Valores... 5 Projetos... 6. Aplicação de Apoios... 8

Índice. Fundação do Gil... 4. Missão... 4 Visão... 5 Valores... 5 Projetos... 6. Aplicação de Apoios... 8 Índice Fundação do Gil... 4 Missão... 4 Visão... 5 Valores... 5 Projetos... 6 Aplicação de Apoios... 8 2 Fundação do Gil, 2012 Todas as crianças e todos os jovens que se encontrem desnecessariamente hospitalizados

Leia mais

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ Entrevista com DJ Meu nome é Raul Aguilera, minha profissão é disc-jóquei, ou DJ, como é mais conhecida. Quando comecei a tocar, em festinhas da escola e em casa, essas festas eram chamadas de "brincadeiras

Leia mais

Conhece os teus Direitos. A caminho da tua Casa de Acolhimento. Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos

Conhece os teus Direitos. A caminho da tua Casa de Acolhimento. Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos Conhece os teus Direitos A caminho da tua Casa de Acolhimento Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos Dados Pessoais Nome: Apelido: Morada: Localidade: Código Postal - Telefone: Telemóvel: E

Leia mais

(PI): 01 - O 01 (A1):

(PI): 01 - O 01 (A1): Tema do Projeto: Composição Musical em Banda Pop/Rock em contexto extracurricular Que aprendizagens e motivações são desenvolvidas no projeto de composição de canções a partir de sequências harmónicas

Leia mais

betty milan CARTA AO FILHO www.bettymilan.com.br

betty milan CARTA AO FILHO www.bettymilan.com.br betty milan CARTA AO FILHO I A estação das cerejeiras começou no dia em que você nasceu. Nem tudo foi cereja, claro. Mas, desde que vi o seu rostinho inchado de quem já não cabia na barriga da mãe, eu

Leia mais

O Tomás, que não acreditava no Pai Natal

O Tomás, que não acreditava no Pai Natal O Tomás, que não acreditava no Pai Natal Era uma vez um menino que não acreditava no Pai Natal e fazia troça de todos os outros meninos da escola, e dos irmãos e dos primos, e de qualquer pessoa que dissesse

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO NACIONAL DE PREVENÇÃO E CONTROLO DA DOR (PENPCDor)

PLANO ESTRATÉGICO NACIONAL DE PREVENÇÃO E CONTROLO DA DOR (PENPCDor) PLANO ESTRATÉGICO NACIONAL DE PREVENÇÃO E CONTROLO DA DOR (PENPCDor) 1. Introdução A dor é uma perceção pessoal que surge num cérebro consciente, tipicamente em resposta a um estímulo nóxico provocatório,

Leia mais

WORKSHOP INTRODUÇÃO À MÚSICA

WORKSHOP INTRODUÇÃO À MÚSICA WORKSHOP INTRODUÇÃO À MÚSICA INTRODUÇÃO Nos dias de hoje, é quase impensável querermos uma televisão a preto e branco em deterimento de uma televisão a cores e acontece porque a partir do momento em que

Leia mais

Os dois foram entrando e ROSE foi contando mais um pouco da história e EDUARDO anotando tudo no caderno.

Os dois foram entrando e ROSE foi contando mais um pouco da história e EDUARDO anotando tudo no caderno. Meu lugar,minha história. Cena 01- Exterior- Na rua /Dia Eduardo desce do ônibus com sua mala. Vai em direção a Rose que está parada. Olá, meu nome é Rose sou a guia o ajudara no seu projeto de história.

Leia mais

Porto Escondido. Cuidados de saúde a pessoas sem-abrigo

Porto Escondido. Cuidados de saúde a pessoas sem-abrigo 47 Porto Escondido Cuidados de saúde a pessoas sem-abrigo 51 Na cidade do Porto, voluntários de Médicos do Mundo - Portugal percorrem a pé, duas noites por semana, as ruas da cidade. Fazem-no durante

Leia mais

Learning by Ear Aprender de Ouvido Globalização 09 Os artistas e a Internet

Learning by Ear Aprender de Ouvido Globalização 09 Os artistas e a Internet Learning by Ear Aprender de Ouvido Globalização 09 Os artistas e a Internet Autor: Yann Durand Redacção: Sandrine Blanchard 3 vozes: - um locutor 1 Daniel Machava - uma locutora 1 Nádia Issufo - uma locutora

Leia mais

Vamos mudar o mundo? Mais esta mudança deve começar por você!

Vamos mudar o mundo? Mais esta mudança deve começar por você! Vamos mudar o mundo? Mais esta mudança deve começar por você! Este Livro Digital (Ebook) é fruto de uma observação que eu faço no mínimo há dez anos nas Redes Sociais, e até pessoalmente na convivência

Leia mais

AS CRIANÇAS E A MISSA DOMINICAL

AS CRIANÇAS E A MISSA DOMINICAL Crianças na Missa AS CRIANÇAS E A MISSA DOMINICAL 1. É desejável que, na medida do possível, os pais possam participar juntos e com os filhos na Santa Missa dominical. É muito aconselhável que as crianças

Leia mais

5Passos fundamentais. Conseguir realizar todos os seus SONHOS. para. Autora: Ana Rosa. www.novavitacoaching.com

5Passos fundamentais. Conseguir realizar todos os seus SONHOS. para. Autora: Ana Rosa. www.novavitacoaching.com 5Passos fundamentais para Conseguir realizar todos os seus SONHOS Autora: Ana Rosa www.novavitacoaching.com O futuro pertence àqueles que acreditam na beleza dos seus sonhos! Eleanor Roosevelt CONSIDERA

Leia mais

ESCOLA NACIONAL DE BOMBEIROS (Centro de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências)

ESCOLA NACIONAL DE BOMBEIROS (Centro de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências) ESCOLA NACIONAL DE BOMBEIROS (Centro de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências) APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional Educação (PRODEP III) Objectivos: Reduzir

Leia mais

Formação Social e Humana O voluntariado como modalidade pedagógica

Formação Social e Humana O voluntariado como modalidade pedagógica Formação Social e Humana O voluntariado como modalidade pedagógica Congresso Nacional de Práticas Pedagógicas no Ensino Superior Formação Social e Humana Unidade optativa do Mestrado Integrado em Medicina

Leia mais

PROJECTO - FRANCHISING SOCIAL POTENCIADO PELO

PROJECTO - FRANCHISING SOCIAL POTENCIADO PELO PROJECTO - FRANCHISING SOCIAL POTENCIADO PELO MARKETING SOCIAL DESENVOLVIDO PELA CÁRITAS EM PARCERIA COM A IPI CONSULTING NETWORK PORTUGAL As virtualidades da interação entre a economia social e o empreendedorismo

Leia mais

Projecto Integrado da Baixa da Banheira

Projecto Integrado da Baixa da Banheira Projecto Integrado da Baixa da Banheira 1. INTRODUÇÃO O Projecto Integrado da Baixa da Banheira nasce de uma parceria entre a Câmara Municipal da Moita e o ICE tendo em vista induzir as Associações da

Leia mais

ARAGÃOPINTO FUNDAÇÃO DE SOLIDARIEDADE SOCIAL VAMOS AJUDAR QUEM PRECISA!

ARAGÃOPINTO FUNDAÇÃO DE SOLIDARIEDADE SOCIAL VAMOS AJUDAR QUEM PRECISA! A ESSENCIALIDADE DE CUIDAR DAS NOSSAS CRIANÇAS INVESTIR A TEMPO PARA EVITAR... E PERSISTIRMOS NA BUSCA DE FAZER SEMPRE MELHOR PARA NÓS A PREVENÇÃO NÃO É UMA OPÇÃO... É UMA OBRIGATORIEDADE MISSÃO A Fundação

Leia mais

PLANO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL 2014-2016

PLANO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL 2014-2016 PLANO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL 2014-2016 MARÇO DE 2014 FICHA TÉCNICA Plano de Desenvolvimento Social do Concelho de Águeda março de 2014 Equipa de elaboração: Núcleo Executivo do CLAS de Águeda Colaboraram

Leia mais

O Fórum Económico de Marvila

O Fórum Económico de Marvila Agenda O Fórum Económico de Marvila A iniciativa Cidadania e voluntariado: um desafio para Marvila A Sair da Casca O voluntariado empresarial e as políticas de envolvimento com a comunidade Tipos de voluntariado

Leia mais

Pacto Europeu. para a Saúde. Conferência de alto nível da ue. Bruxelas, 12-13 de junho de 2008

Pacto Europeu. para a Saúde. Conferência de alto nível da ue. Bruxelas, 12-13 de junho de 2008 Pacto Europeu para a Saúde Mental e o Bem-Estar Conferência de alto nível da ue JUNTOS PELA SAÚDE MENTAL E PELO BEM-ESTAR Bruxelas, 12-13 de junho de 2008 Slovensko predsedstvo EU 2008 Slovenian Presidency

Leia mais

Barulho silencioso. Como jovens surdos lidam com uma sociedade em que a voz é um dos principais instrumentos de comunicação

Barulho silencioso. Como jovens surdos lidam com uma sociedade em que a voz é um dos principais instrumentos de comunicação Barulho silencioso Como jovens surdos lidam com uma sociedade em que a voz é um dos principais instrumentos de comunicação Carolina Barbosa e RR Sérgio e Alan conversam em libras no ponto de ônibus em

Leia mais

Cuidados continuados dirigidos a pessoas idosas em situação de dependência

Cuidados continuados dirigidos a pessoas idosas em situação de dependência Cuidados continuados dirigidos a pessoas idosas em situação de dependência Angela Valença médica Neurologista Este tema é muito actual. A situação de dependência não é exclusiva de pessoas idosas mas o

Leia mais

Empreender para Crescer

Empreender para Crescer Empreender para Crescer R. Miguel Coelho Chief EntusiastPersonalBrands Caros Pais e Encarregados de Educação, este ano lectivo, por iniciativa da Assoc. Pais do Colégio, vai iniciar-se em Novembro uma

Leia mais

PRESS RELEASE. FESTA DA CULTURA DO FUNCHAL 2013 volta a proporcionar duas semanas de grande atividade artística e cultural

PRESS RELEASE. FESTA DA CULTURA DO FUNCHAL 2013 volta a proporcionar duas semanas de grande atividade artística e cultural PRESS RELEASE FESTA DA CULTURA DO FUNCHAL 2013 volta a proporcionar duas semanas de grande atividade artística e cultural De 25 de Abril a 5 de Maio, a FESTA DA CULTURA DO FUNCHAL volta a proporcionar

Leia mais

É precisamente nestas alturas que temos de equacionar todos os meios possíveis para tornar viáveis, nomeadamente, os museus.

É precisamente nestas alturas que temos de equacionar todos os meios possíveis para tornar viáveis, nomeadamente, os museus. Museus Novos produtos para novos públicos António Ponte Paço dos Duques de Bragança PORTO, 2011-11-07 Ao iniciar esta apresentação quero agradecer o convite que nos foi endereçado para apresentar a situação

Leia mais

Teatro com Teias e Histórias

Teatro com Teias e Histórias Teatro com Teias e Histórias 3 em Pipa Associação de Criação Teatral e Animação Cultural Organização de um grupo de voluntários que, integrados num projecto comunitário de vertente artística, actuam junto

Leia mais

José Epifânio da Franca (entrevista)

José Epifânio da Franca (entrevista) (entrevista) Podemos alargar a questão até ao ensino secundário Eu diria: até à chegada à universidade. No fundo, em que os jovens já são maiores, têm 18 anos, estarão em condições de entrar de uma maneira,

Leia mais

EDITORIAL OUTUBRO 2015. Serviço de Medicina Intensiva tem novas instalações 2. ULS Nordeste é das melhores do país 3

EDITORIAL OUTUBRO 2015. Serviço de Medicina Intensiva tem novas instalações 2. ULS Nordeste é das melhores do país 3 Serviço de Medicina Intensiva tem novas instalações 2 ULS Nordeste é das melhores do país 3 1,2 milhões de euros para investimentos 3 Sessões musicais na Unidade de Cuidados Paliativos 4 UCC de Mirandela

Leia mais

A VIAGEM DO PAI NATAL AOS AÇORES

A VIAGEM DO PAI NATAL AOS AÇORES ANA ISABEL FERREIRA A VIAGEM DO PAI NATAL AOS AÇORES Teatro Para Crianças Ilustrações de Michael J:iudêc,..Letrasa...,ava as edições FICHA TÉCNICA Título - A Viagem do Pai Natal aos Açores Edição - Letras

Leia mais

AS IPSS s e a ECONOMIA SOCIAL

AS IPSS s e a ECONOMIA SOCIAL AS IPSS s e a ECONOMIA SOCIAL Numa altura em que tanto se fala de Estado social, de desenvolvimento económico, de solidariedade, de coesão social, de crise, estas jornadas sobre Economia Social podem ser

Leia mais