Escola Superior de Desporto de Rio Maior Instituto Politécnico de Santarém. Regulamento Específico de Transição Curricular para Bolonha

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Escola Superior de Desporto de Rio Maior Instituto Politécnico de Santarém. Regulamento Específico de Transição Curricular para Bolonha"

Transcrição

1 Escola Superior de Desporto de Rio Maior Instituto Politécnico de Santarém Regulamento Específico de Transição Curricular para Bolonha Junho 2007 [Versão Aprovada em Conselho Científico]

2 REGULAMENTO DE TRANSIÇÃO CURRICULAR Ciclo de estudos conducente ao grau de Licenciado Preâmbulo Os Cursos das Licenciaturas Bietápicas de Desporto, variante de Treino Desportivo, Condição Física, Desporto de Natureza e Turismo Activo, Psicologia do Desporto e Exercício e Gestão das Organizações Desportivas foram objecto de registo de adequação (R/B AD 676/2007, R/B AD 79/2007, R/B AD 673/2007, R/B AD 67/ /2007, respectivamente), ao 1.º Ciclo de Estudos com a denominação de Licenciatura em Treino Desportivo, Licenciatura em Condição Física e Saúde no Desporto, Licenciatura em Desporto de Natureza e Turismo Activo, Licenciatura em Psicologia do Desporto e Exercício e Licenciatura em Gestão das Organizações Desportivas que conferem o grau de Licenciado (L) e se estruturam em 6 Semestres num total de 180, conforme Despacho n.º9288-ax/2007, de 07 de Março (TD, DNTA, PDE e GOD) e Despacho n.º9288-aj/2007, de 16 de Março (CFSD) publicados no 2.º Suplemento do Diário da Républica n.º 97, de 21 de Maio de O presente Regulamento de Transição Curricular enquadra-se nas disposições do Regulamento do Regime de Transição dos Cursos de Bacharelato e Licenciatura ministrados no Instituto Politécnico de Santarém (IPS) para a nova organização decorrente da adequação ao processo de Bolonha, aprovado por deliberação do Conselho Geral do IPS de 30 de Junho de As normas a seguir apresentadas foram definidas tomando em consideração os seguintes princípios: Pág.2

3 1- As normas de transição curricular, entre a anterior organização de estudos e a nova organização curricular, decorrente da adequação ao Processo de Bolonha, são fixadas pelos órgãos competentes, após audição de alunos e docentes, designadamente, através dos órgãos científico e pedagógico do estabelecimento de ensino e/ou da unidade orgânica, conforme o caso (cf. n.º 1, art. 66º do DL 7/2006). 2- A coexistência entre a nova organização de estudos e a anterior, se prevista nas regras de transição, não deve exceder um ano lectivo, podendo, excepcional e justificadamente, prolongar-se por mais um (cf. n.º 3, art. 66º, do DL 7/2006, de 2 de Março). Artigo 1.º Disposições Gerais 1- Os alunos que se matriculam nos 1º, 2º e 3º anos, da Licenciatura em Treino Desportivo, Condição Física e Saúde no Desporto, Desporto de Natureza e Turismo Activo, Psicologia do Desporto e Exercício e Gestão das Organizações Desportivas, na Escola Superior de Desporto de Rio Maior do Instituto Politécnico de Santarém, no Ano Lectivo 2007/2008, entram directamente na nova Organização Curricular. Os alunos que, em 2007/2008, se matriculam na Escola Superior de Desporto de Rio Maior do Instituto Politécnico de Santarém, no 1º ano do 2.º Ciclo de qualquer das Licenciaturas Bietápicas e no 2.º Ano do 2.º Ciclo da Licenciatura em Desporto - Variante de Psicologia do Desporto e Exercício, podem optar por se manter na anterior Organização Curricular (Plano Curricular Pré Bolonha) ou transitar para a nova Organização Curricular, segundo o disposto no nº do Art. 6º do Regulamento de transição do IPS. 2 Aos alunos que em ficarem retidos no 1º, 2º ou 3º ano, serão contabilizados os das unidades curriculares que já realizaram (ver anexos) e completarão o ano com disciplinas da nova Organização Pág.3

4 Curricular até completarem 60. Estas disciplinas serão definidas pelo Conselho Científico. 3 - Idêntico procedimento ao referenciado no n.º 2, será tomado para os alunos que transitarem e ficarem com alguma disciplina em atraso, ou em alternativa completarão essas disciplinas de acordo com o n.º e 6 do presente artigo. - As presentes normas de transição entram em vigor no ano lectivo de 2007/2008 e terminam no final do mesmo ano lectivo. - Durante o período de transição (2007/2008), todos os alunos inscritos na anterior Organização Curricular podem, em alternativa ao previsto no nº 3, propor-se a exame às disciplinas em que se encontravam anteriormente matriculados e nas quais não obtiveram aprovação, do seguinte modo: na época normal de exame do 1.º Semestre (disciplinas do 1.º Semestre), na época normal de exame do 2.º Semestre (disciplinas do 2.º Semestre), nas épocas de recurso e especial (disciplinas dos 1.º e 2.º Semestres). 6 - No ano lectivo de 2007/2008, todas as disciplinas da anterior Organização Curricular permanecem disponíveis para matrícula. Esta possibilidade é válida para os alunos que, tendo estado anteriormente matriculados nessas disciplinas, não obtiveram aprovação ou pretendam obter melhoria de classificação. Artigo 2.º Distribuição das Unidades Curriculares na Nova Organização Curricular do Curso de Treino Desportivo No ano lectivo de 2007/2008 o novo Plano de Estudos entra integralmente em funcionamento. A distribuição das unidades curriculares por ano lectivo é apresentada no Quadro 1. Pág.

5 Quadro 1 - Distribuição das unidades curriculares por ano e estre. Unidades Curriculares Unidades Curriculares 1.º SEMESTRE 2.º SEMESTRE Modalidade Desportiva I 7, Modalidade Desportiva I 7, Sistemática do Desporto I 2 Estatística Organização do Desporto Metodologia da Investigação em Desporto Anatomofisiologia II Desenvolvimento Motor Antropologia e História do Desporto 3 Introdução à Biomecânica Anatomofisiologia I Sistemática do Desporto II 2 Opção CB Opção TP1 3 Total 29, Total 30, 3.º SEMESTRE.º SEMESTRE Modalidade Desportiva II 7 Modalidade Desportiva II 7 Fisiologia do Esforço Pedagogia do Desporto Controlo e Aprendizagem Motora Traumatologia e Socorrismo Teoria e Metodologia do Treino I Teoria e Metodologia do Treino II Biomecânica das Actividades Desportivas Sistemática do Desporto IV 2 Sistemática do Desporto III 2 Metodologia da Investigação em Desporto* Organização do Desporto* Gestão do Desporto I Total 31 Total 31 Pág.

6 .º SEMESTRE 6.º SEMESTRE Modalidade Desportiva Opção III 8 Modalidade Desportiva - Opção III 8 Sociologia do Desporto Avaliação e Controlo do Treino Pedagogia do Desporto Estágio 8 Gestão do Desporto I Ética e Deontologia Profissional 3 Traumatologia e Socorrismo Nutrição no Desporto* e no Exercício ou Opção TP ** ou 3 Metodologia da Investigação em Desporto Opção TP 3 Total 30 Total 30 ou 31 * Estas unidades curriculares apresentam 1 a mais no curriculum do aluno do que o estipulado pelo Plano de Transição, havendo por isso necessidade de se adequar o seu programa, diminuindo-se o respectivo nas horas de trabalho não presencial. ** Nutrição no Desporto Para os alunos que não fizeram Nutrição e Desporto (unidade curricular de opção complementar) no 2º estre do Plano de Estudos Pré-Bolonha; Opção TP Para os alunos que fizeram Nutrição e Desporto (unidade curricular de opção complementar) no 2º estre do Plano de Estudos Pré-Bolonha Para os alunos que concluem o Bacharelato em Os alunos que no ano lectivo de concluem o Bacharelato no Curso de Desporto Variante de Treino Desportivo podem optar pelas seguintes modalidades curriculares: a) Manutenção no Plano de Estudos Pré-Bolonha: Estes alunos concluirão a sua formação com o grau de Licenciado em Desporto Variante de Treino Desportivo. Neste caso os alunos devem matricular-se no ano nas disciplinas previstas para o 1.º Ano do 2.º Ciclo da Licenciatura Bietápica (Plano de Estudos Pré-Bolonha). Pág.6

7 1.º ano do 2.º ciclo - Percurso a realizar em 2007/2008 UNIDADES CURRICULARES TIPO Estágio Anual 30,0 Trabalho Projecto Anual 1,0 Seminário Anual 1,0 Total 60 b) Integração no novo Plano de Estudos: Estes alunos concluirão a sua formação com o grau de Licenciado em Treino Desportivo. Neste caso, os alunos devem matricular-se no ano nas unidades curriculares assinaladas no Quadro seguinte: UNIDADE CURICULAR 2.º SEMESTRE Estágio 8 Total 8 Artigo 3.º Distribuição das Unidades Curriculares da Nova Organização Curricular do Curso de Condição Física e Saúde no Desporto No ano lectivo de 2007/2008 a nova Organização Curricular entra, integralmente, em funcionamento. A distribuição das unidades curriculares por ano lectivo é apresentada no Quadro 2. Pág.7

8 Quadro 2 - Distribuição das unidades curriculares por ano e estre. 1.º ANO Ano 1.º Ano Unidades Curriculares 1.º Semestre Unidades Curriculares 2.º Semestre Organização do Desporto Fitness II 8 Fitness I 7 Metodologia de Investigação em Desporto Sistemática do Desporto I 2 Anatomofisiologia II Estatística Desenvolvimento Motor Antropologia e História Introdução à 3 do Desporto Biomecânica Anatomofisiologia I Sistemática do Desporto II 2 Opção CB Opção TP I 3 Total 29 Total 31 2.º ANO UNIDADES CURRICULARES 3.º SEMESTRE UNIDADES CURRICULARES.º SEMESTRE Fitness III 7,0 Fitness IV 8,0 Fisiologia do Esforço,0 Pedagogia do Desporto,0 Avaliação e Prescrição do Exercício I,0 Avaliação e Prescrição do Exercício II,0 Controlo e Aprendizagem Motora Biomecânica das Actividades Desportivas,0 Gestão do Desporto I,0,0 Traumatologia e Socorrismo,0 Sistemática do Desporto III 2,0 Organização do Desporto (não tinha sido realizada no 1º estre),0 Metodologia da Investigação em Desporto (não tinha sido realizada no 2º estre),0 Total 31 Total 30 Pág.8

9 3.º ANO UNIDADES CURRICULARES.º SEMESTRE UNIDADES CURRICULARES 6.º SEMESTRE Fitness V 8 Fitness VI 8 Avaliação e Prescrição do Exercício III Ética e Deontologia Profissional 3 Sociologia do Desporto Pedagogia do Desporto Nutrição no Desporto e no Exercício (ou Opção TP)* Saúde Pública e Actividade Física ou 3 Gestão do Desporto I Estágio 8 Traumatologia e Socorrismo Metodologia da Investigação em Desporto Gestão do Desporto II Total 30 Total 31 ou 30 *Esta opção só não foi realizada pelos alunos que não escolheram Biologia Humana e Nutrição no Desporto. Sugere-se que estes alunos possam fazer uma Opção TP no 3º ano em vez de Nutrição no Desporto e no Exercício. Para os alunos que concluem o Bacharelato em Os alunos que no ano lectivo de concluem o Bacharelato no Curso de Desporto Variante de Condição Física podem optar pelas seguintes modalidades curriculares: a) Manutenção no Plano de Estudos Pré-Bolonha: Estes alunos concluirão a sua formação com o grau de Licenciado em Desporto Variante de Condição Física. Neste caso os alunos devem matricular-se no ano nas disciplinas previstas para o 1.º Ano do 2.º Ciclo da Licenciatura Bietápica (Plano de Estudos Pré-Bolonha). Pág.9

10 1.º ano do 2.º ciclo - Percurso a realizar em 2007/2008 UNIDADES CURRICULARES TIPO Estágio Anual 30,0 Trabalho Projecto Anual 1,0 Seminário Anual 1,0 Total 60 b) Integração no novo Plano de Estudos: Estes alunos concluirão a sua formação com o grau Licenciado em Condição Física e Saúde no Desporto. Neste caso, os alunos devem matricular-se no ano nas unidades curriculares assinaladas no Quadro seguinte: UNIDADE CURICULAR 2.º SEMESTRE Estágio 8 Total 8 Artigo.º Distribuição das Unidades Curriculares na Nova Organização Curricular do Curso de Desporto de Natureza e Turismo Activo No ano lectivo de 2007/2008 o novo Plano de Estudos entra integralmente em funcionamento. A distribuição das unidades curriculares por ano lectivo é apresentada no Quadro 3. Pág.10

11 Quadro 3 - Distribuição das unidades curriculares por ano e estre. Unidade Curricular 1.º Semestre 1.º Ano Unidade Curricular 2.º Semestre Desporto de Natureza I 8 Desporto de Natureza I 7 Sistemática do Desporto I 2 Sistemática do Desporto II 2 Estatística Metodol. Investigação Desp. Organização do Desporto Anatomofisiologia II Antrop.e História do Desp. 3 Introdução à Biomecânica Anatomofisiologia I Desenvolvimento Motor Opção CB Opção CTP 1 3 Total 30 Total 30 Unidade Curricular 3.º Semestre 2.º ANO Unidade Curricular.º Semestre Desporto de Natureza II 7 Desporto de Natureza II 7 Sistemática Desporto III 2 Sistemática do Desporto IV 2 Aval.Prescr.Act.Físicas Pedagogia do Desporto Controlo e Aprend.Motora Desporto e Ambiente Biomecânica Act.Desport. Traumatologia e Socorrismo Fisiologia do Esforço Gestão do Desporto I Organização do Desporto Metodol. Investigação Desp. Total 31 Total 31 Unidade Curricular.º Semestre 3.º Ano Unidade Curricular 6.º Semestre Desporto de Natureza III 8 Desporto de Natureza III 8 Anim. Sócio-Cult. e Turística 3 Estágio 8 Sociologia do Desporto Desporto e Turismo Activo Metodol. Investigação Desp. Ética e Deont.Profissional 3 Nutrição no Desporto e Pedagogia do Desporto Exercício ou Opção CTP ou 3 Traumatologia e Socorrismo Gestão do Desporto I Total 29 Total 32 ou 31 Pág.11

12 Para os alunos que concluem o Bacharelato em Os alunos que no ano lectivo de concluem o Bacharelato no Curso de Desporto Variante de Desporto de Natureza e Turismo Activo podem optar pelas seguintes modalidades curriculares: a. Manutenção no Plano de Estudos Pré-Bolonha: Estes alunos concluirão a sua formação com o grau de Licenciado em Desporto Variante de Desporto de Natureza e Turismo Activo. Neste caso os alunos devem matricular-se no ano nas disciplinas previstas para o 1.º Ano do 2.º Ciclo da Licenciatura Bietápica (Plano de Estudos Pré-Bolonha). 1.º ano do 2.º ciclo - Percurso a realizar em 2007/2008 UNIDADES CURRICULARES TIPO Estágio Anual 30,0 Trabalho Projecto Anual 1,0 Seminário Anual 1,0 Total 60 b. Integração no novo Plano de Estudos: Estes alunos concluirão a sua formação com o grau Licenciado em Desporto de Natureza e Turismo Activo. Neste caso, os alunos devem matricular-se no ano nas unidades curriculares assinaladas no Quadro seguinte: UNIDADES CURRICULARES 2.º SEMESTRE Estágio 8 Opção CTP 3 Total 11 Pág.12

13 Artigo.º Distribuição das Unidades Curriculares na Nova Organização Curricular do Curso de Psicologia do Desporto e Exercício No ano lectivo de 2007/2008 o novo Plano de Estudos entra integralmente em funcionamento. A distribuição das unidades curriculares por ano lectivo é apresentada no Quadro. Quadro - Distribuição das unidades curriculares por ano e estre. 1.º ANO 1º Semestre 2.º Semestre Introdução à Psicologia do Desporto e do Exercício Antropologia e História do Corpo 3 Anatomofisiologia I Estatística I Psicologia da Educação Anatomofisiologia II Psicologia do Desenvolvimento Psicologia Diferencial Modelos e Teorias em Psicologia 6 Desenvolvimento Motor Propedêutica dos Desportos Introdução à Colectivos Biomecânica Propedêutica dos Desportos Individuais Total 30 Total 30 2.º ANO 3º Semestre.º Semestre Bioquímica Psicologia do Trabalho e das Organizações Teorias da Personalidade Estatística II Avaliação e Diagnóstico em Psicologia do Desporto I Propedêutica dos Desportos na Natureza 6 Psicologia Social Neurociências 6 Teoria do Treino Desportivo Psicologia Clínica e da Saúde Propedêutica dos Desportos de Ginásio Psicologia da Educação Total 30 Total 30 Pág.13

14 3.º ANO º Semestre 6.º Semestre Metodologia de Obs. e Investigação Sociologia do Desporto Psicologia do Exercício e Saúde Psicopatologia Geral Avaliação e Diagnóstico em Saúde Pública e 6 Psicologia do Desporto II Actividade Física Psicologia Social Dinâmica de grupos Ética e Deontologia em 2 Organização do Desporto Psicologia Processos Cognitivos e Aprendizagem Psicologia Educação Psicologia do Trabalho e das Organizações Total 30 Total 30 Para os alunos que concluíram o Bacharelato em ou em anos anteriores Os alunos que nos anos lectivos de concluiram o Bacharelato no Curso de Desporto Variante de Psicologia do Desporto e Exercício podem optar pelas seguintes modalidades curriculares: a) Manutenção no Plano de Estudos Pré-Bolonha: Estes alunos concluirão a sua formação com o grau de Licenciado em Desporto Variante de Psicologia do Desporto e Exercício. Pág.1

15 2º CICLO Anterior Plano de Estudos 1.º Ano / 1.º Semestre Unidade Curricular Métodos e Técnicas de Intervenção em Psicologia do Desporto I 13 Aconselhamento 6 Metodologia da Investigação 6 Psicologia do Exercício 8 1.º Ano / 2.º Semestre Métodos e Técnicas de Intervenção em Psicologia do Desporto II 13 Psicologia das Lesões Desportivas 6 Ética e Deontologia em Psicologia Opção 2º ano Estágio Profissional 30 Seminário Investigação 2 Seminário Temático b) Integração no novo Plano de Estudos: Estes alunos concluirão a sua formação com o grau Licenciado em Psicologia do Desporto e Exercício. Neste caso, os alunos devem matricular-se no ano nas unidades curriculares assinaladas no Quadro seguinte: Pág.1

16 Quadro (Plano de Estudos Transitório) - Unidades curriculares para os alunos que concluíram o Bacharelato em Desporto Variante de Psicologia do Desporto e Exercício e que pretendem obter a Licenciatura em Psicologia do Desporto e Exercício. Situação presente 1.º ano do 2.º ciclo Unidades Curriculares 1.º Semestre Unidades Curriculares 2.º Semestre Psicologia da Educação Ética e Deontologia em Psicologia 2 Psicologia Clínica e da Psicologia do Trabalho e das Saúde Organizações* Psicologia do Exercício e Saúde Total 1 Total 7 Psicologia da Educação Psicologia do Trabalho e das Organizações * 2.º ano do 2.º ciclo Psicologia Clínica e da Saúde Total 10 Total * Os alunos que fizeram a disciplina de Psicossociologia das Organizações não necessitam de fazer esta. Artigo 6.º Distribuição das Unidades Curriculares da Nova Organização Curricular do Curso de Gestão das Organizações Desportivas) No ano lectivo de 2007/2008 o novo Plano de Estudos entra integralmente em funcionamento. A distribuição das unidades curriculares por ano lectivo é apresentada no Quadro. Quadro - Distribuição das unidades curriculares por ano e estre. Ano 1.º Ano 2.º Ano Unidades Curriculares 1.º Semestre Unidades Curriculares 2.º Semestre Introdução à Gestão do Desporto Direito do Desporto Contabilidade I Contabilidade II Informática Estatística Antropologia e História Gestão de Projectos em do Desporto Desporto I Anatomofisiologia Desenvolvimento Motor Propedêutica dos Propedêutica dos Desportos Individuais Desportos Colectivos Opção II Área Opção I Área Ciências Ciências Biológicas do Biológicas do Desporto Desporto Total 30 Total 30 Contabilidade II Gestão de Projectos em Desporto II Fiscalidade Gestão de Sistemas de Pág.16

17 3.º Ano Informação I Gestão de Rec. Humanos do Desporto I Sociologia do Desporto Marketing do Desporto I Economia do Desporto I Gestão de Projectos em Análise de Projectos de Desporto I Investimento Direito do Desporto II Inovação e Tecnologias do Desporto Propedêutica dos Propedêutica dos Desporto na Natureza Desportos de Ginásio Total 30 Total 31 Gestão Financeira Estratégia e Desenvolvimento de Org. Desportivas Gestão de Rec. Humanos do Desporto II Controlo de Gestão Gestão de Sistemas de Ética e Deontologia Informação II Profissional 3 Empreendedorismo no Desporto Economia do Desporto II 3 Gestão de Projectos em Gestão de Instalações Desporto II Desportivas Marketing do Desporto II Estágio em Org. Desportivas 7 Contabilidade II Projecto de Investigação e Desenvolvimento Total 32 Total 30 Para os alunos que concluem o Bacharelato em Os alunos que no ano lectivo de concluem o Bacharelato no Curso de Desporto Variante de Gestão das Organizações Desportivas podem optar pelas seguintes modalidades curriculares: a. Manutenção no Plano de Estudos Pré-Bolonha: Estes alunos concluirão a sua formação com o grau de Licenciado em Desporto Variante de Gestão das Organizações Desportivas. Neste caso os alunos devem matricular-se no ano nas disciplinas previstas para o 1.º Ano do 2.º Ciclo da Licenciatura Bietápica (Plano de Estudos Pré- Bolonha). b. Integração no novo Plano de Estudos: Estes alunos concluirão a sua formação com o grau Licenciado em Gestão das Organizações Desportivas. Neste caso, os alunos Pág.17

18 devem matricular-se no ano nas unidades curriculares assinaladas no Quadro seguinte: Quadro (Plano de Estudos Transitório) - Unidades curriculares para os alunos que concluíram o Bacharelato em Desporto Variante de Gestão das Organizações Desportivas e que pretendem obter a Licenciatura em Gestão das Organizações Desportivas. Unidades Curriculares 1.º Semestre Unidades Curriculares 2.º Semestre Empreendedorismo Estágio em Org. no Desporto 7 Desportivas Contabilidade II Total 10 Total 7 Pág.18

19 Anexos Anexo 1 Plano de Estudos do Curso de Desporto Variante de Treino Desportivo (Antes de Bolonha) Unidades Curriculares Pré Bolonha 1º SEMESTRE Modalidade Desportiva I 8 Sistemática do Desporto I 2 Estatística Antropologia e História do Desporto 3 Anatomofisiologia I 6 Opção Fundamentos Cíentificos Biologia ou Psicologia 6 2º SEMESTRE Modalidade Desportiva - Opção I 9 Anatomofisiologia II 6 Desenvolvimento Motor 6 Biomecânica I Sistemática do Desporto II 2 Opção Complementar - Inglês/Inf. Básica/Inf. Avançada/Nutrição 3 3º SEMESTRE Modalidade Desportiva II 7 Biologia do Esforço 6 Controlo e Aprendizagem Motora 6 Teoria do Treino I Biomecânica II Sistemática do Desporto III 2 Pág.19

20 º SEMESTRE Modalidade Desportiva II 7 Psicologia do Desporto Organização do Desporto Teoria do Treino II Sistemática do Desporto IV 2 Opção Fundamentos Científicos - Bioquimica/Psicofisiologia/ 6 º SEMESTRE Modalidade Desportiva - Opção III 7 Sociologia do Desporto Gestão do Desporto I Metodologia da Investigação em Desporto Avaliação e Controlo do Treino Pedagogia do Desporto I 3 Opção Fundamentos Técnicos Dança/Desp.Animação Cultural/Act. Fis. Pop. Especiais 2 6º SEMESTRE Modalidade Desportiva - Opção III 11 Pedagogia do Desporto II 3 Gestão do Desporto II Traumatologia e Socorrismo Ética do Desporto e Olimpismo 2 Opção Fundamentos Sociais - Antropologia/Psic. Social/Gestão 2 Opção Fundamentos Técnicos - Act. Fis. Adaptada/Pedomotricidade/Saúde Pública e Ex. 3 Pág.20

21 Anexo 2 Plano de Estudos do Curso de Desporto Variante de Condição Física (Antes de Bolonha) atribuídos às UC do antigo Plano de Estudos Curso de Desporto Variante de Condição Física 1.º Ano / 1.º Semestre TEMPO DE TRABALHO (HORAS) UNIDADES CURRICULARES TIPO TOTA L CONTACTO T TP PL TC S E OT O Fitness I Anual 8,0 Anatomofisiologia I Sem 6,0 Antropologia e História do Desporto Sem 3,0 Estatística Sem,0 Sistemática do Desporto I Sem 2,0 Opção Fundamentos Científicos: Biologia Humana ou Psicologia do Desenvolvimento Sem 6, º ANO / 2.º estre TEMPO DE TRABALHO (HORAS) UNIDADES CURRICULARES TIPO TOTA L CONTACTO T TP PL TC S E OT O Fitness I Anual 9,0 Anatomofisiologia II Sem 6,0 Desenvolvimento Motor Sem 6,0 Biomecânica I (Introdução à Biomecânica) Sem,0 Sistemática do Desporto II Sem 2,0 Opção Complementar: Informática Básica, Informática Avançada ou Nutrição no Desporto Sem 3,0 30 Pág.21

22 2.º Ano / 3.º Semestre UNIDADES CURRICULARES TIPO TEMPO DE TRABALHO (HORAS) Fitness II Anual 7,0 Biologia do Esforço Sem 6,0 Avaliação e Prescrição do Exercício I Sem,0 Controlo e Aprendizagem Motora Sem 6,0 Biomecânica II Sem,0 Sistemática do Desporto III Sem 2, º Ano /.º Semestre TEMPO DE TRABALHO (HORAS) UNIDADES CURRICULARES TIPO TOTA L CONTACTO T TP PL TC S E OT O Fitness II Anual 7,0 Psicologia do Desporto Sem,0 Avaliação e Prescrição do Exercício II Sem,0 Organização do Desporto Sem,0 Sistemática do Desporto IV Sem 2,0 Opção Fundamentos Científicos: Psicofisiologia ou Bioquímica do Desporto Sem 6, º Ano /.º Semestre TEMPO DE TRABALHO (HORAS) UNIDADES CURRICULARES TIPO TOTAL CONTACTO T TP PL TC S E OT O Fitness III Sem 7,0 Avaliação e Prescrição do Exercício III Sem,0 Sociologia do Desporto Sem,0 Pedagogia do Desporto I Sem 3,0 Gestão do Desporto I Sem,0 Metodologia da Investigação em Desporto,0 Opção TP 2,0 30 Pág.22

23 3.º Ano / 6.º Semestre TEMPO DE TRABALHO (HORAS) UNIDADES CURRICULARES TIPO TOTAL CONTACTO T TP PL TC S E OT O Fitness III Sem 7,0 Ética e Olimpismo Sem 2,0 Pedagogia do Desporto II Sem 3,0 Saúde Pública e Actividade Física Sem,0 Opção Fundamentos Sociais Sem 2,0 Traumatologia e Socorrismo Sem,0 Opção TP Sem 3,0 Gestão do Desporto II Sem,0 30 º Ano TEMPO DE TRABALHO (HORAS) UNIDADES CURRICULARES TIPO TOTA L CONTACTO T TP PL TC S E OT O Estágio Anual 30,0 Trabalho Projecto Anual 1,0 Seminário Anual 1,0 60 Pág.23

24 Anexo 3 Plano de Estudos do Curso de Desporto Variante Desporto de Natureza e Turismo Activo (Antes de Bolonha) Licenciatura ( anos) 2006/07 1ºano / 1º estre Unidades Curriculares Área TIPO Horas T TP PL Total Desporto de Natureza I CTP A Sistemática do Desporto I CTP S Estatística CSH S Antrop.e História do Desp. CSH S Anatomofisiologia I CB S Opção Fund. Científicos: S Biologia Humana Psicologia do Desenvolv ºano / 2º estre Unidades Curriculares Área TIPO Horas T TP PL Total Desporto de Natureza I CTP A Sistemática do Desporto II CTP S Anatomofisiologia II CB S Biomecânica I CB S Desenvolvimento Motor CB S Opção Complementar: S Informática Básica Informática Avançada Inglês Nutrição e Desporto Análise Estatística Multiv ºano / 3º estre Unidades Curriculares Área TIPO Horas T TP PL Total Desporto de Natureza II CTP A , 8 Sistemática do Desporto III CTP S Aval.e Presc. Act. Físicas CTP S Controlo Aprendiz. Motora CSH S Biomecânica II CB S Biologia do Esforço CB S Pág.2

25 2ºano / º estre Unidades Curriculares Área TIPO Horas T TP PL Total Desporto de Natureza II CTP A , 7 Sistemát. do Desporto IV S Desporto e Ambiente CTP S Psicologia do Desporto S Organização do Desporto S Opção Fund. Científicos: S Psicofisiologia Bioquímica do Desporto ºano / º estre Unidades Curriculares Área TIPO Horas T TP PL Total Desporto de Natureza III A Sociologia do Desporto S Gestão do Desporto I S Metod.Invest. em Desp. S Desporto e Turismo Activo S Pedagogia do Desporto I S Opções Fund. Técnicos: S Act. Física Adaptada Desp. e Animação Cultural Dança Act.Física e Pop.Espec Pedomotricidade Saúde Pública e Exercício ºano / 6º estre Unidades Curriculares Área TIPO Horas T TP PL Total Desporto de Natureza III A Opção Fund. Técnicos S Pedagogia do Desporto II S Gestão do Desporto II S Traumatologia e Socorris S Ética do Desp.e Olimpismo S Opção Fund. sociais: S Antropologia do Jogo Psicologia Social Gestão do Desporto III Pág.2

26 ºano Unidades Curriculares Área TIPO Horas T TP PL Total Trabalho de Projecto A 30 1 Seminário de Investigação A 30 1 Estágio Profissional A Pág.26

27 Anexo Licenciatura em Desporto - Variante Psicologia do Desporto e Exercício (Antes de Bolonha) 1º Ciclo/1º ano Disciplina A/S Total Horas Anatomofisiologia Anual História e Antropologia do Corpo Sem1 30 Psicologia do Desenvolvimento Sem Introdução à Psicologia do Desporto e do Exercício Sem1 Modelos e Teorias em Psicologia Sem Psicologia Diferencial Sem Desenvolvimento e Adaptação Motora Sem Análise Estatística I Sem Sistemática do Desporto I Anual º Ciclo/2º ano Disciplina A/S Total Horas Biologia do Esforço Sem Controlo Motor e Aprendizagem Sem Análise Estatística II Sem Biomecanica Sem Informática Aplicada Sem2 60 Avaliação e Diagnóstico em Psicologia do Desporto I Sem2 7 6 Psicofisiologia Sem Teoria do Treino Desportivo I Sem Sistemática do Desporto I I Anual º Ciclo/3º ano Disciplina A/S Total Horas Teoria do Treino Desportivo II Sem Sociologia do Desporto Sem1 60 Avaliação e Diagnóstico em Psicologia do Desporto II Sem1 7 7 Saúde Pública e Exercício Sem Metodologia da Investigação I Sem1 60 Psicologia Social do Desporto I Sem Psicopatologia Geral Sem Psicologia Social do Desporto II Sem Processos Cognitivos e Aprendizagem Sem Organização do Desporto Sem2 60 Opção* Sem Pág.27

28 2º Ciclo/1º ano Disciplina A/S Total Horas Psicologia do Exercício Sem Métodos e Técnicas de Intervenção em Psicologia do Desporto I Sem Aconselhamento Sem Metodologia da Investigação II Sem Métodos e Técnicas de Intervenção em Psicologia do Desporto II Sem Psicologia das Lesões Desportivas Sem2 6 Ética e Deontologia em Psicologia Sem2 30 Opção* Sem º Ciclo 2º ano Disciplina A/S Total Horas Seminário Temático Anual 30 Seminário de Investigação Anual Estágio Profissional Anual Total de horas e Créditos Disciplinas de Opção: Psicologia Educacional* Psicossociologia das Organizações* Desenvolvimento da carreira: Modelos e Metodologias* Neuropsicologia* Técnicas Projectivas de Avaliação em Desporto* Português* Inglês* * Estas disciplinas só funcionam com um mínimo de 1 inscritos Pág.28

29 Licenciatura em Psicologia do Desporto e Exercício (Plano Adequado a Bolonha) 1º Semestre/2º Semestre Introdução à Psicologia do Desporto e do Exercício P 12 = Anatomofisiologia I B 12 = Psicologia da Educação P 12 nova Psicologia do Desenvolvimento P 12 = Modelos e Teorias em Psicologia P 10 6 = Propedêutica dos Desportos Colectivos TD 100 = Total 1º Semestre Antropologia e História do Corpo CS 7 3 = Estatística I MI 100 = Anatomofisiologia II B 12 = Psicologia Diferencial P 12 = Desenvolvimento Motor B 12 = Introdução à Biomecânica B 100 = Propedêutica dos Desportos Individuais TD 100 = Total 2º Semestre º Semestre/º Semestre Unidade curricular Área Científica Tipo Total Bioquímica B 12 Biologia do Esforço Psicologia do Trabalho e das Organizações Teorias da Personalidade Estatística II Avaliação e Diagnóstico em Psicologia do Desporto I Propedêutica dos Desportos na Natureza P P MI P TD 12 Psicossociologia das Organizações* 12 Nova 12 = 10 6 = 100 = Total 3º Semestre Psicologia Social P 12 = Neurociências B 10 6 Psicofisiologia Teoria do Treino Desportivo TD 12 = Psicologia Clínica e da Saúde P 12 Nova Propedêutica dos Desportos de Ginásio TD 100 = Opção 1 12 Nova Pág.29

REGULAMENTO DE TRANSIÇÃO CURRICULAR E PLANO DE CREDITAÇÕES. Curso de 1º Ciclo de Estudos em Educação Física e Desporto do ISMAI.

REGULAMENTO DE TRANSIÇÃO CURRICULAR E PLANO DE CREDITAÇÕES. Curso de 1º Ciclo de Estudos em Educação Física e Desporto do ISMAI. REGULAMENTO DE TRANSIÇÃO CURRICULAR E PLANO DE CREDITAÇÕES Curso de 1º Ciclo de Estudos em Educação Física e do ISMAI Preâmbulo O Curso do 1º Ciclo de Estudos em Educação Física e do Instituto Superior

Leia mais

Regulamento do Curso de Mestrado em Desporto

Regulamento do Curso de Mestrado em Desporto Escola Superior de Desporto de Rio Maior (ESDRM) Instituto Politécnico de Santarém (IPS) Regulamento do Curso de Mestrado em Desporto Artigo 1º Natureza e âmbito de aplicação 1. O curso pretende atingir

Leia mais

Os Cursos de Licenciatura e de Mestrado:

Os Cursos de Licenciatura e de Mestrado: Departamento de Educação Física F e Desporto SEMINÁRIO Educação Física e Desporto O Processo Bolonha, Estágios e Saídas Profissionais 26 de Junho de 2007 Os Cursos de Licenciatura e de Mestrado: Jorge

Leia mais

16050 Diário da República, 2.ª série N.º 77 21 de Abril de 2009

16050 Diário da República, 2.ª série N.º 77 21 de Abril de 2009 16050 Diário da República, 2.ª série N.º 77 21 de Abril de 2009 Unidades curriculares Área Tipo científica Obs Diagnóstico Molecular.................. BT Semestral 140 T: 15 TP: 5 PL: 5 S: 5 OT: 5 O: 5

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO EM CIDADANIA, CONFIANÇA E RESPONSABILIDADE SOCIAL

EDITAL MESTRADO EM COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO EM CIDADANIA, CONFIANÇA E RESPONSABILIDADE SOCIAL EDITAL MESTRADO EM COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO EM CIDADANIA, CONFIANÇA E RESPONSABILIDADE SOCIAL (Edição 2012-2014) Nos termos do Decreto-Lei nº 42/2005, de 22 de Fevereiro, do Decreto-Lei

Leia mais

Plano de transição e equivalências

Plano de transição e equivalências Adequação a Bolonha Curso: Gestão Plano de transição e equivalências -I- REGRAS DE TRANSIÇÃO: 1. Os alunos inscritos no ano lectivo 2005/06 nos 1º e 2º ano do 1º ciclo do curso actual, transitam obrigatoriamente

Leia mais

Universidade Portucalense Departamento de Direito

Universidade Portucalense Departamento de Direito Universidade Portucalense Departamento de Direito Normas Regulamentares do 1º Ciclo do Curso de Direito DD, Departamento de Direito Aprovado em Conselho Científico de 2006-07-26 Com as alterações aprovadas

Leia mais

47720 Diário da República, 2.ª série N.º 233 6 de Dezembro de 2011

47720 Diário da República, 2.ª série N.º 233 6 de Dezembro de 2011 47720 Diário da República, 2.ª série N.º 233 6 de Dezembro de 2011 UNIVERSIDADE DA MADEIRA Aviso (extracto) n.º 23548/2011 Nos termos do disposto no n.º 6 do artigo 12.º da Lei n.º 12 -A/2008, de 27 de

Leia mais

Despacho/SP/116/2014 Publicação das alterações ao plano de estudos do ciclo de estudos conducente ao grau de Licenciado em Turismo

Despacho/SP/116/2014 Publicação das alterações ao plano de estudos do ciclo de estudos conducente ao grau de Licenciado em Turismo Página 1 de 5 Despacho/SP/116/2014 Publicação das alterações ao plano de estudos do ciclo de estudos conducente ao grau de Licenciado em Turismo De acordo com o disposto nos artigos 75.º e seguintes do

Leia mais

ISPA-NT062: Normas de transição curricular e Planos de Equivalências entre Planos de Estudos LPA e MIP (referente à revisão de 2011-2012)

ISPA-NT062: Normas de transição curricular e Planos de Equivalências entre Planos de Estudos LPA e MIP (referente à revisão de 2011-2012) 23 de maio 2013 23 de maio 2013 25 de Julho 2011 1 de Preâmbulo O presente documento estabelece as normas de transição curricular e as correspondentes tabelas de equivalência entre o plano de estudos da

Leia mais

Faculdade de Economia. Duração. Faculdade de Letras. N.º de ECTS. Duração. L 6 180 Ciência da Informação, Arquivística e Biblioteconómica

Faculdade de Economia. Duração. Faculdade de Letras. N.º de ECTS. Duração. L 6 180 Ciência da Informação, Arquivística e Biblioteconómica 13 590-(16) Diário da República, 2.ª série N.º 97 21 de Maio de 2007 Faculdade de Economia Ciclo Percursos Alternativos N.º de ECTS 1.º Economia Minores: Sociologia; Relações Internacionais; Direito Empresarial;

Leia mais

REGULAMENTO DE FREQUÊNCIA E AVALIAÇÃO DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTO

REGULAMENTO DE FREQUÊNCIA E AVALIAÇÃO DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTO Campus Académico de Vila Nova de Gaia Escola Superior de Educação Jean Piaget/Arcozelo REGULAMENTO DE FREQUÊNCIA E AVALIAÇÃO DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTO ANO LETIVO DE 2011-2012 WWWW.IPIAGET.ORG

Leia mais

21022 Diário da República, 2.ª série N.º 155 13 de agosto de 2014

21022 Diário da República, 2.ª série N.º 155 13 de agosto de 2014 21022 Diário da República, 2.ª série N.º 155 13 de agosto de 2014 Despacho n.º 10553/2014 Ao abrigo do disposto nos artigos 75.º e 76.º do Decreto -Lei pelo Decreto -Lei n.º 107/2008, de 25 de junho, pelo

Leia mais

ISPA-NT060: Planos de equivalências entre planos de estudos do Mestrado Integrado em Psicologia (MIP)

ISPA-NT060: Planos de equivalências entre planos de estudos do Mestrado Integrado em Psicologia (MIP) ISPA-NT00: Planos de equivalências entre planos de estudos do Mestrado Integrado em Psicologia (MIP) 1 de 7 PREÂMBULO... 2 ARTIGO 1.º- DISTRIBUIÇÃO DAS UNIDADES CURRICULARES DO NOVO PLANO DE ESTUDOS...

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM SISTEMAS E TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO PARA A SAÚDE. (2ª Edição 2011/2013)

EDITAL MESTRADO EM SISTEMAS E TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO PARA A SAÚDE. (2ª Edição 2011/2013) EDITAL MESTRADO EM SISTEMAS E TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO PARA A SAÚDE (2ª Edição 2011/2013) Nos termos do Decreto-Lei nº 42/2005, de 22 de Fevereiro, do Decreto-Lei nº 74/2006, de 24 de Março, com as alterações

Leia mais

(03) Desenho ou (03) Desenho e (10) Geometria Descritiva ou (03) Desenho e (12) História da Cultura e das Artes

(03) Desenho ou (03) Desenho e (10) Geometria Descritiva ou (03) Desenho e (12) História da Cultura e das Artes LICENCIATURA EM DESIGN DE COMUNICAÇÃO Directora: Mestre Maria Caeiro M. Guerreiro E-mail: mcguerreiro@ualg.pt Telf: 289800100 Ext:. 6219 Gab: 45 O curso de Comunicação da Escola Superior de Educação da

Leia mais

Proposta de transição para Bolonha dos cursos de Gestão e de Economia. Universidade da Madeira

Proposta de transição para Bolonha dos cursos de Gestão e de Economia. Universidade da Madeira Proposta de transição para Bolonha dos cursos de Gestão e de Economia Universidade da Madeira Departamento de Gestão e Economia Funchal, 11 de Dezembro de 2007 Alteração única feita na página 7 Substitui

Leia mais

Suplemento ao Diploma

Suplemento ao Diploma Suplemento ao Diploma 1. Informação sobre o titular da qualificação 1.1 Apelido(s): Fotografia 1.2 Nome(s) próprio(s): 1.3 Data Nascimento: dd/mm/aaaa 1.4 Número de identificação do estudante: XXXXXXXXXXXXXXXX

Leia mais

30546 Diário da República, 2.ª série N.º 140 22 de Julho de 2011

30546 Diário da República, 2.ª série N.º 140 22 de Julho de 2011 30546 Diário da República, 2.ª série N.º 140 22 de Julho de 2011 INSTITUTO POLITÉCNICO DE BEJA Despacho n.º 9220/2011 Ao abrigo do disposto nos artigos 75.º a 80.º do Decreto -Lei n.º 74/2006, de 24 de

Leia mais

EDITAL. MESTRADO EM COMÉRCIO ELECTRÓNICO (3ª Edição 2012/2014)

EDITAL. MESTRADO EM COMÉRCIO ELECTRÓNICO (3ª Edição 2012/2014) EDITAL MESTRADO EM COMÉRCIO ELECTRÓNICO (3ª Edição 2012/2014) Nos termos do Decreto-Lei nº 42/2005, de 22 de Fevereiro, do Decreto-Lei nº 74/200, de 24 de Março, com as alterações que lhes foram introduzidas

Leia mais

4928-(5) c) Os n. os 3.1 e 3.2 do anexo III.B (mestrados); d) O n.º 1 do anexo III.C (ciclo de estudos integrado conducente ao grau de mestre).

4928-(5) c) Os n. os 3.1 e 3.2 do anexo III.B (mestrados); d) O n.º 1 do anexo III.C (ciclo de estudos integrado conducente ao grau de mestre). N.º 65 31 de Março de 2006 DIÁRIO DA REPÚBLICA II SÉRIE 4928-(5) Despacho n. o 7287-B/2006 (2. a série). O regime jurídico dos graus académicos e diplomas do ensino superior prevê que os estabelecimentos

Leia mais

ATO NORMATIVO n.º 007, de 13 de junho de 2013.

ATO NORMATIVO n.º 007, de 13 de junho de 2013. ATO NORMATIVO n.º 007, de 13 de junho de 2013. Divulga REVOGAÇÃO de quadros de disciplinas do Ato Normativo nº 006/2013, de 10 de junho de 2013, sobre processo de seleção de professores para ministrar

Leia mais

Regime de transição de plano de estudos e tabela de equivalências

Regime de transição de plano de estudos e tabela de equivalências Regime de transição de plano de estudos e tabela de equivalências 1) A entrada em funcionamento dos novos planos de estudos processa-se do seguinte modo: a) No ano lectivo de 2006/2007 funciona apenas

Leia mais

REGULAMENTO DE APLICAÇÃO DO SISTEMA DE CRÉDITOS CURRICULARES (ECTS)

REGULAMENTO DE APLICAÇÃO DO SISTEMA DE CRÉDITOS CURRICULARES (ECTS) REGULAMENTO DE APLICAÇÃO DO SISTEMA DE CRÉDITOS CURRICULARES (ECTS) (Ratificado pelo Conselho Científico em 20 de Abril de 2006) CAPÍTULO I Objecto, âmbito e conceitos Artigo 1.º Objecto Em conformidade

Leia mais

REGULAMENTO ESPECIFICO DO CURSO DE MESTRADO EM DESPORTO 2009 REGULAMENTO

REGULAMENTO ESPECIFICO DO CURSO DE MESTRADO EM DESPORTO 2009 REGULAMENTO Instituto Politécnico de Santarém Escola Superior de Desporto de Rio Maior MESTRADO EM DESPORTO REGULAMENTO Artigo 1º Natureza e âmbito de aplicação 1. O curso pretende atingir os objectivos apresentados

Leia mais

A Cardiopneumologia é a Ciência que estuda a função (fisiologia) e estrutura sistemas cardíaco, vascular e respiratório.

A Cardiopneumologia é a Ciência que estuda a função (fisiologia) e estrutura sistemas cardíaco, vascular e respiratório. Licenciatura Cardiopneumologia Descrição A Cardiopneumologia é a Ciência que estuda a função (fisiologia) e estrutura sistemas cardíaco, vascular e respiratório. O Cardiopneumologista é o profissional

Leia mais

ANEXO A RESOLUÇÃO CEPE 27/2009

ANEXO A RESOLUÇÃO CEPE 27/2009 MATRIZ CURRICULAR 1 SEMESTRE História da Psicologia I 2 2 NB 36 Temas de Sociologia I 2 2 NB 36 Estatística Aplicada à Psicologia I 2 2 NB 36 Processos Psicológicos Básicos I 2 2 NB 36 Produção de Texto

Leia mais

Regulamento de Transição Curricular e Plano de Creditações para o Ano Letivo 2015/2016

Regulamento de Transição Curricular e Plano de Creditações para o Ano Letivo 2015/2016 Regulamento de Transição Curricular e Plano de Creditações para o Ano Letivo 201/201 Os cursos de 1º ciclo da ESCS, estruturam- se num Plano de Estudos de seis semestres curriculares num total de 180 ECTS

Leia mais

47586 Diário da República, 2.ª série N.º 232 5 de Dezembro de 2011

47586 Diário da República, 2.ª série N.º 232 5 de Dezembro de 2011 47586 Diário da República, 2.ª série N.º 232 5 de Dezembro de 2011 2) Cartas de curso identificação do Reitor da Universidade Nova de Lisboa, identificação do titular do grau, n.º do documento de identificação

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM PROCESSOS QUÍMICOS E BIOLÓGICOS. (edição 2010-2012)

EDITAL MESTRADO EM PROCESSOS QUÍMICOS E BIOLÓGICOS. (edição 2010-2012) EDITAL MESTRADO EM PROCESSOS QUÍMICOS E BIOLÓGICOS (edição 2010-2012) Nos termos do Decreto-Lei nº 42/2005, de 22 de Fevereiro, do Decreto-Lei nº 74/2006, de 24 de Março, com as alterações introduzidas

Leia mais

PROPOSTA DE REGULAMENTO DE MESTRADO DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA

PROPOSTA DE REGULAMENTO DE MESTRADO DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA PROPOSTA DE REGULAMENTO DE MESTRADO DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA De acordo com o art. 14 da Lei de Bases do Sistema Educativo e ao abrigo do Capítulo III do Decreto-Lei 74/2006, e para aprovação pelo Conselho

Leia mais

REGULAMENTO DO CURSO DE MESTRADO EM DESPORTO DA ESCOLA SUPERIOR DE DESPORTO DE RIO MAIOR DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM

REGULAMENTO DO CURSO DE MESTRADO EM DESPORTO DA ESCOLA SUPERIOR DE DESPORTO DE RIO MAIOR DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM REGULAMENTO DO CURSO DE MESTRADO EM DESPORTO DA ESCOLA SUPERIOR DE DESPORTO DE RIO MAIOR DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM Artigo 1.º Natureza e âmbito de aplicação 1. O curso pretende atingir os objectivos

Leia mais

Curso : Curso de Especialização Tecnológica em Psicogerontologia Codigo:7205. Ano Lectivo 2014-15. Codigo U.C. Ano Curricular Sem. U.C.

Curso : Curso de Especialização Tecnológica em Psicogerontologia Codigo:7205. Ano Lectivo 2014-15. Codigo U.C. Ano Curricular Sem. U.C. Curso : Curso de Especialização Tecnológica em Psicogerontologia :7205 Ano Curricular Sem.. Nome da. 1 Anual 201244 Psicologia do Desenvolvimento 1 Anual 201245 Psicologia da Saúde e das Relações Interpessoais

Leia mais

AVALIAÇÃO DO CURSO DE TURISMO

AVALIAÇÃO DO CURSO DE TURISMO AVALIAÇÃO DO CURSO DE TURISMO Outubro 2009 ÍNDICE 1. Introdução 3 2. População e Amostra 3 3. Apresentação de Resultados 4 3.1. Opinião dos alunos de Turismo sobre a ESEC 4 3.2. Opinião dos alunos sobre

Leia mais

COORDENADOR Prof. Doutor Armando Vilas-Boas

COORDENADOR Prof. Doutor Armando Vilas-Boas COORDENADOR Prof. Doutor Armando Vilas-Boas CANDIDATURAS 1ª Fase: A partir de 1 de Abril a 1 de Agosto 2ª Fase: De 2 de Agosto a 31 de Outubro REQUISITOS/ ACESSOS Ser titular do grau de licenciado ou equivalente

Leia mais

Mestrado em Conservação e Restauro com área de especialização em Conservação e Restauro ou Ciências da Conservação

Mestrado em Conservação e Restauro com área de especialização em Conservação e Restauro ou Ciências da Conservação Mestrado em Conservação e Restauro 1 Mestrado em Conservação e Restauro com área de especialização em Conservação e Restauro ou Ciências da Conservação Artigo 1º Criação A Universidade Nova de Lisboa (UNL),

Leia mais

Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu. Instituto Politécnico de Viseu REGULAMENTO DO CURSO DE MESTRADO EM FINANÇAS EMPRESARIAIS

Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu. Instituto Politécnico de Viseu REGULAMENTO DO CURSO DE MESTRADO EM FINANÇAS EMPRESARIAIS Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu Instituto Politécnico de Viseu REGULAMENTO DO CURSO DE MESTRADO EM FINANÇAS EMPRESARIAIS Nos termos do artigo 26.º do Decreto-Lei n.º 74/2006 de 24 de Março,

Leia mais

Mestrado em Gestão de Sistemas de e-learning. Normas regulamentares. Artigo 1.º Criação

Mestrado em Gestão de Sistemas de e-learning. Normas regulamentares. Artigo 1.º Criação Mestrado em Gestão de Sistemas de e-learning Normas regulamentares Artigo 1.º Criação A Universidade Nova de Lisboa, através da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH/UNL), confere o grau de Mestre

Leia mais

UNIDADE CURRICULAR TIPO UNIDADE CURRICULAR TIPO ECTS TEÓRICAS. Anatomia Humana I Semestral 4,5 26 26. Anatomia Humana II Semestral 4,5 26 26

UNIDADE CURRICULAR TIPO UNIDADE CURRICULAR TIPO ECTS TEÓRICAS. Anatomia Humana I Semestral 4,5 26 26. Anatomia Humana II Semestral 4,5 26 26 1º ANO 1º ANO TEÓRICO- SEMINÁRIOS ESTÁGIOS OT Estudos do Movimento Humano Fisiologia Humana I 4,5 26 26 II 4,5 26 26 Estudos do Movimento Humano I 3 26 26 Estudos do Movimento Humano II 6 26 26 Fisiologia

Leia mais

Regulamento do Regime de Frequência e Avaliação

Regulamento do Regime de Frequência e Avaliação Regulamento do Regime de Frequência e Avaliação CURSO DE PÓS LICENCIATURA DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENFERMAGEM DE SAÚDE MATERNA E OBSTETRÍCIA Aprovado em Conselho Científico de 19/09/2007 A Presidente do Conselho

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM JOGO E MOTRICIDADE NA INFÂNCIA. (Edição 2012-2014)

EDITAL MESTRADO EM JOGO E MOTRICIDADE NA INFÂNCIA. (Edição 2012-2014) 1/10 EDITAL MESTRADO EM JOGO E MOTRICIDADE NA INFÂNCIA (Edição 2012-2014) Nos termos do Decreto-Lei nº 42/2005, de 22 de fevereiro, do Decreto-Lei nº 74/2006, de 24 de março, com as alterações que lhes

Leia mais

TEORIAS DA PERSONALIDADE

TEORIAS DA PERSONALIDADE 1 Ano Lectivo 2010/11 Psicologia do Desporto e do Exercício PROGRAMA UNIDADE CURRICULAR TEORIAS DA PERSONALIDADE Instituto Politécnico de Santarém Escola Superior de Desporto de Rio Maior Anabela Vitorino

Leia mais

REGULAMENTO DO MESTRADO EM DESPORTO

REGULAMENTO DO MESTRADO EM DESPORTO Instituto Politécnico de Santarém Escola Superior de Desporto de Rio Maior REGULAMENTO DO MESTRADO EM DESPORTO O presente regulamento decorre do Regulamento dos Segundos Ciclos de Estudos do Instituto

Leia mais

Matriz Curricular do Curso

Matriz Curricular do Curso FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA Mantida pela Instituição Adventista Nordeste Brasileira de Educação e Assistência Social CURSO DE PSICOLOGIA (Bacharel e Formação de Psicólogo) Publicado no diário Oficial

Leia mais

Licenciatura em Gestão

Licenciatura em Gestão Departamento de Gestão Licenciatura em Gestão Novo Plano de Estudos versão de 21 de Março de 2002 Meio Envolvente Licenciados em Gestão: capacidade de decisão e aprendizagem e flexibilidade Actual plano

Leia mais

DESPACHO/SP/43/2014. Artigo 1.º

DESPACHO/SP/43/2014. Artigo 1.º DESPACHO/SP/43/2014 Aprovo a seguinte alteração ao Regulamento do Mestrado em Radiologia Especialização Ósteo-articular, ministrado na Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra (ESTeSC), homologado

Leia mais

O Social pela Governança. Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Gestão

O Social pela Governança. Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Gestão O Social pela Governança Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Gestão ÍNDICE GESTÃO... 3 OBJECTIVOS... 3 DESTINATÁRIOS... 3 CONDIÇÕES DE ACESSO E SELECÇÃO DOS CANDIDATOS... 3 INSCRIÇÕES E NÚMERO

Leia mais

REGIME DE TRANSIÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA APLICADA PARA O CURSO DE LICENCIATURA EM ESTATÍSTICA E APLICAÇÕES

REGIME DE TRANSIÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA APLICADA PARA O CURSO DE LICENCIATURA EM ESTATÍSTICA E APLICAÇÕES REGIME DE TRANSIÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA APLICADA PARA O CURSO DE LICENCIATURA EM ESTATÍSTICA E APLICAÇÕES Normas regulamentares Artigo 1º Objecto O presente documento apresenta as normas

Leia mais

Regulamento Geral de Matrículas e Inscrições. no ciclo de estudos conducente ao grau de Licenciado

Regulamento Geral de Matrículas e Inscrições. no ciclo de estudos conducente ao grau de Licenciado Regulamento Geral de Matrículas e Inscrições no ciclo de estudos conducente ao grau de Licenciado Artigo 1.º Âmbito 1 - O presente Regulamento fixa as normas gerais relativas a matrículas e inscrições

Leia mais

Regulamento de Mestrado em Engenharia de Materiais

Regulamento de Mestrado em Engenharia de Materiais Departamento de Ciência dos Materiais Regulamento de 15 de Fevereiro de 2008 Preâmbulo O Regulamento Geral dos ciclos de estudos conducentes ao grau de Mestre da FCT-UNL organiza, estrutura e explicita

Leia mais

Universidade Portucalense. Departamento de Ciências Económicas e Empresariais NORMAS REGULAMENTARES DO 2.º CICLO DE ESTUDOS EM MARKETING

Universidade Portucalense. Departamento de Ciências Económicas e Empresariais NORMAS REGULAMENTARES DO 2.º CICLO DE ESTUDOS EM MARKETING Universidade Portucalense Departamento de Ciências Económicas e Empresariais NORMAS REGULAMENTARES DO 2.º CICLO DE ESTUDOS EM MARKETING APROVADAS NO CONSELHO CIENTÍFICO 9 _2009 DE 23 DE SETEMBRO DE 2009

Leia mais

Regulamento Interno de Atribuição de Bolsas de Estudo por Mérito

Regulamento Interno de Atribuição de Bolsas de Estudo por Mérito Regulamento Interno de Atribuição de Bolsas de Estudo por Mérito Versão: 02 Data: 17/01/2013 Elaborado: Verificado: Aprovado: RG-PR12-08 Vice-Presidente do IPB Presidentes dos Conselhos Científicos das

Leia mais

19258 Diário da República, 2.ª série N.º 72 14 de Abril de 2010

19258 Diário da República, 2.ª série N.º 72 14 de Abril de 2010 19258 Diário da República, 2.ª série N.º 72 14 de Abril de 2010 2.º ano QUADRO N.º 2 Unidades curriculares Área científica Tipo (1) Observações Tese................................................ CA O

Leia mais

LICENCIATURA EM DESIGN E COMUNICAÇÃO MULTIMÉDIA

LICENCIATURA EM DESIGN E COMUNICAÇÃO MULTIMÉDIA LICENCIATURA EM DESIGN E COMUNICAÇÃO MULTIMÉDIA NORMAS REGULAMENTARES Curso do 1º ciclo de estudos do ensino superior, de cariz universitário, conferente do grau de licenciado, adequado ao Processo de

Leia mais

REGULAMENTO DE FREQUÊNCIA E AVALIAÇÃO DO MESTRADO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL

REGULAMENTO DE FREQUÊNCIA E AVALIAÇÃO DO MESTRADO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL Campus Académico do Nordeste/Macedo de Cavaleiros Escola Superior de Educação Jean Piaget/Nordeste REGULAMENTO DE FREQUÊNCIA E AVALIAÇÃO DO MESTRADO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL ANO LETIVO DE 2011-2012 WWWW.IPIAGET.ORG

Leia mais

Normas Regulamentares do Mestrado em Educação Pré-Escolar e em Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico

Normas Regulamentares do Mestrado em Educação Pré-Escolar e em Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico Normas Regulamentares do Mestrado em Educação Pré-Escolar e em Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico Artigo 1.º Da admissão ao ciclo de estudos 1. À matrícula no mestrado em Educação Pré-Escolar e em Ensino

Leia mais

Instituto Politécnico de Santarém Escola Superior de Desporto de Rio Maior

Instituto Politécnico de Santarém Escola Superior de Desporto de Rio Maior Instituto Politécnico de Santarém Escola Superior de Desporto de Rio Maior REGULAMENTO DE CREDITAÇÃO DE ACTIVIDADES EXTRA-CURRICULARES Artigo 1.º Âmbito O presente regulamento refere-se à creditação das

Leia mais

LICENCIATURA EM ECOLOGIA E PAISAGISMO. Normas Regulamentares

LICENCIATURA EM ECOLOGIA E PAISAGISMO. Normas Regulamentares LICENCIATURA EM ECOLOGIA E PAISAGISMO Normas Regulamentares As presentes normas visam dar cumprimento ao artigo 14º do Decreto-Lei nº 74/2006, de 24 de Março. Diversa informação relativa a matérias aqui

Leia mais

CURSO DE LICENCIATURA EM ENFERMAGEM

CURSO DE LICENCIATURA EM ENFERMAGEM DE APOIO À CANDIDATURA AO CURSO DE LICENCIATURA EM ENFERMAGEM 1º Ciclo CANDIDATURA AO CURSO DE LICENCIATURA EM Número de vagas: - Ingresso - 30 - Transferência (1) - 01 - Mudança de Curso (1) - 01 - Maiores

Leia mais

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO E MESTRADOS EXECUTIVOS DO ISLA CAMPUS LISBOA

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO E MESTRADOS EXECUTIVOS DO ISLA CAMPUS LISBOA REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO E MESTRADOS EXECUTIVOS DO ISLA CAMPUS LISBOA 1.º OBJECTIVO Os Cursos de Pós-Graduação e Mestrados Executivos do ISLA Campus Lisboa são programas de estudos que visam

Leia mais

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Regulamento dos cursos do ciclo de estudos conducente ao grau de licenciado O presente regulamento estabelece as normas que complementam as que decorrem do regime

Leia mais

1 RESPOSTA A EVENTUAIS DÚVIDAS EXPERIMENTADAS PELOS ESTUDANTES A FREQUENTAR O CURSO PELA PRIMEIRA VEZ

1 RESPOSTA A EVENTUAIS DÚVIDAS EXPERIMENTADAS PELOS ESTUDANTES A FREQUENTAR O CURSO PELA PRIMEIRA VEZ DO CURSO DE LICENCIATURA EM RELAÇÕES PÚBLICAS E COMUNICAÇÃO 1 RESPOSTA A EVENTUAIS DÚVIDAS EXPERIMENTADAS PELOS ESTUDANTES A FREQUENTAR O CURSO PELA PRIMEIRA VEZ 1. A quem devo dirigir-me, caso tenha dúvidas

Leia mais

PEDIDO ESPECIAL DE RENOVAÇÃO DA ACREDITAÇÃO DE CICLO DE ESTUDOS NÃO-ALINHADO (PERA) Guião de apresentação do pedido

PEDIDO ESPECIAL DE RENOVAÇÃO DA ACREDITAÇÃO DE CICLO DE ESTUDOS NÃO-ALINHADO (PERA) Guião de apresentação do pedido PEDIDO ESPECIAL DE RENOVAÇÃO DA ACREDITAÇÃO DE CICLO DE ESTUDOS NÃO-ALINHADO (PERA) (Ensino Universitário e Politécnico) Guião de apresentação do pedido Versão 1.0 março de 2015 0. Âmbito do guião e síntese

Leia mais

UNIVERSIDADE DO PORTO GLOSSÁRIO DA ÁREA DA EDUCAÇÃO CONTÍNUA

UNIVERSIDADE DO PORTO GLOSSÁRIO DA ÁREA DA EDUCAÇÃO CONTÍNUA UNIVERSIDADE DO PORTO GLOSSÁRIO DA ÁREA DA EDUCAÇÃO CONTÍNUA Acção de formação Módulo, curso, curso livre, curso multidisciplinar ou seminário realizado no âmbito da Educação Contínua ou da Aprendizagem

Leia mais

Universidade do Minho, 9 de Abril de 2008.

Universidade do Minho, 9 de Abril de 2008. Divisão Académica despacho RT/C-172/2008 Nos termos do disposto no artigo 4º da Resolução SU-63/07, de 5 de Novembro de 2007, do Senado Universitário da Universidade do Minho que, ao abrigo do disposto

Leia mais

Matriz Curricular do Curso de Psicologia. Biologia Geral 02/40. Filosofia 02/40. Sociologia 02/40. História da Psicologia 04/80

Matriz Curricular do Curso de Psicologia. Biologia Geral 02/40. Filosofia 02/40. Sociologia 02/40. História da Psicologia 04/80 Matriz Curricular do Curso de Psicologia Biologia Geral Interfaces com Campos afins do Conecimento Filosofia Sociologia 1º Epistemológicos e Históricos Anatomia/Neuroanatomia História da Psicologia Básicos

Leia mais

PSICOLOGIA. INTRODUÇÃO À FILOSOFIA 54 54 HISTÓRIA DA PSICOLOGIA 72 72 1º SOCIOLOGIA 36 36 Temática: INTRODUÇÃO À METODOLOGIA CIENTÍFICA 36 36

PSICOLOGIA. INTRODUÇÃO À FILOSOFIA 54 54 HISTÓRIA DA PSICOLOGIA 72 72 1º SOCIOLOGIA 36 36 Temática: INTRODUÇÃO À METODOLOGIA CIENTÍFICA 36 36 PSICOLOGIA INTRODUÇÃO À FILOSOFIA 54 54 HISTÓRIA DA PSICOLOGIA 72 72 1º SOCIOLOGIA Temática: INTRODUÇÃO À METODOLOGIA CIENTÍFICA Psicologia: PSICOLOGIA: CIÊNCIA E PROFISSÃO 36 36 72 Ciência e ANTROPOLOGIA

Leia mais

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR FORMULÁRIO

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR FORMULÁRIO FORMULÁRIO 1. Estabelecimento de ensino: INSTITUTO POLITÉCNICO DE BEJA 2. Unidade orgânica (faculdade, escola, instituto, etc.): 3. Curso: SAÚDE AMBIENTAL 4. Grau ou diploma: Licenciado 5. Área científica

Leia mais

SUPLEMENTO II SÉRIE ÍNDICE PARTE E. Terça-feira, 14 de Agosto de 2007 Número 156. Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril

SUPLEMENTO II SÉRIE ÍNDICE PARTE E. Terça-feira, 14 de Agosto de 2007 Número 156. Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril II SÉRIE DIÁRIO DA REPÚBLICA Terça-feira, 14 de Agosto de 2007 Número 156 ÍNDICE PARTE E SUPLEMENTO Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril Despacho n.º 18 161-A/2007: Adequação do curso de Informação

Leia mais

Gestão do Lazer e Animação Turística Apresentação do curso

Gestão do Lazer e Animação Turística Apresentação do curso Gestão do Lazer e Animação Turística Apresentação do curso Francisco Silva francisco.silva@eshte.pt Director do Curso de Gestão do Lazer e Animação Turística Maio 2011 ESHTE Curso de Gestão do Lazer e

Leia mais

MANUAL DE CONSTRUÇÃO DE CRÉDITOS ECTS

MANUAL DE CONSTRUÇÃO DE CRÉDITOS ECTS MANUAL DE CONSTRUÇÃO DE CRÉDITOS ECTS PROCEDIMENTOS E REGRAS A ADOPTAR PARA A FIXAÇÃO DOS CRÉDITOS A OBTER EM CADA ÁREA CIENTÍFICA E A ATRIBUIR POR CADA UNIDADE CURRICULAR (de acordo com Dec.- Lei nº 42/2005)

Leia mais

Mestrado em Engenharia Informática

Mestrado em Engenharia Informática Mestrado em Engenharia Informática Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Felgueiras Ano Lectivo 2007/2008 Objectivo do Mestrado Dotar os diplomados de competências que lhes permitam actuar no âmbito

Leia mais

Regulamento Geral dos Cursos de 1.º Ciclo de Estudos, conducentes ao grau de

Regulamento Geral dos Cursos de 1.º Ciclo de Estudos, conducentes ao grau de 3 APROVADO POR: Conselho Técnico Científico 26 09 2011 Data: / / 26 09 2011 Regulamento Geral dos Cursos de 1.º Ciclo de Estudos, conducentes ao grau de licenciado na ESEP INTRODUÇÃO Os Decretos Lei n.º

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM ESCOLA SUPERIOR DE DESPORTO DE RIO MAIOR

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM ESCOLA SUPERIOR DE DESPORTO DE RIO MAIOR INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM ESCOLA SUPERIOR DE DESPORTO DE RIO MAIOR Programa da Unidade Curricular TREINO PERSONALIZADO DOCENTES Dr. João Moutão (regente) Dr. Miguel Silva 2009/2010 Tempo Total

Leia mais

O Processo de Bolonha:

O Processo de Bolonha: O Processo de Bolonha: Mudanças e desafios António Fragoso, Universidade do Algarve Origens do Processo de Bolonha Declaração de Bolonha (19/06/1999) declaração conjunta dos ministros da Educação Europeus

Leia mais

Mestrado em Ensino da Física e da Química

Mestrado em Ensino da Física e da Química Mestrado em Ensino da Física e da Química Mestrado em Ensino da Física e da Química - Faculdade de Ciências da Universidade do Porto 1 5. Estrutura curricular e plano de estudos FORMULÁRIO 1. Estabelecimento

Leia mais

Diário da República, 2.ª série N.º 49 11 de Março de 2010 11201

Diário da República, 2.ª série N.º 49 11 de Março de 2010 11201 Diário da República, 2.ª série N.º 49 11 de Março de 2010 11201 vem obedecer às orientações para este efeito emitidas por despacho do Director da FCSH. 2 A tese de doutoramento deverá ter um mínimo de

Leia mais

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Sociologia

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Sociologia UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Sociologia REGULAMENTO DO 2º CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTES AO GRAU DE MESTRE EM SOCIOLOGIA: EXCLUSÕES E POLÍTICAS SOCIAIS Artigo 1º Objecto O Regulamento do

Leia mais

EXAMES - 2º Semestre Ano lectivo 2013/2014 CURSO: ARTE E MULTIMÉDIA (1º Ciclo)

EXAMES - 2º Semestre Ano lectivo 2013/2014 CURSO: ARTE E MULTIMÉDIA (1º Ciclo) CURSO: ARTE E MULTIMÉDIA (1º Ciclo) Antropologia Cultural Estética das Artes Visuais Práticas Cerâmicas História das Artes e do Design Contemporâneos 1 3 1 A1 Laboratório Multimédia II Sociologia da Cultura,

Leia mais

Guião para a autoavaliação. Ciclo de estudos em funcionamento. (Ensino Universitário e Politécnico)

Guião para a autoavaliação. Ciclo de estudos em funcionamento. (Ensino Universitário e Politécnico) Guião para a autoavaliação Ciclo de estudos em funcionamento (Ensino Universitário e Politécnico) Guião ACEF 2014/2015 PT (Revisão aprovada em 26.03.2014) Caracterização do pedido A1. Instituição de ensino

Leia mais

REGULAMENTO DO MESTRADO EM TEATRO, ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO TEATRO E COMUNIDADE

REGULAMENTO DO MESTRADO EM TEATRO, ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO TEATRO E COMUNIDADE REGULAMENTO DO MESTRADO EM TEATRO, ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO TEATRO E COMUNIDADE INTRODUÇÃO O Mestrado em Teatro, área de especialização em Teatro e Comunidade, é um programa de segundo ciclo, constituído

Leia mais

1ºANO 2ºANO 3ºANO 3000/3100 3000/3100 3000/3100

1ºANO 2ºANO 3ºANO 3000/3100 3000/3100 3000/3100 CONTABILIDADE ( C) 3ºANO 3000/3100 3000/3100 3000/3100 Contabilidade Geral (18h30m) Estatística Aplicada (14h) Contabilidade de Custos (18h30m) Noções Fundamentais de Direito (9h) Empreendedorismo (14h)

Leia mais

REGULAMENTO DO PRIMEIRO CICLO DE ESTUDOS EM PUBLICIDADE E RELAÇÕES PÚBLICAS

REGULAMENTO DO PRIMEIRO CICLO DE ESTUDOS EM PUBLICIDADE E RELAÇÕES PÚBLICAS REGULAMENTO DO PRIMEIRO CICLO DE ESTUDOS EM PUBLICIDADE E RELAÇÕES PÚBLICAS REGULAMENTO DO PRIMEIRO CICLO DE ESTUDOS EM PUBLICIDADE E RELAÇÕES PÚBLICAS O presente regulamento foi homologado pelo Presidente

Leia mais

Universidade Nova de Lisboa ESCOLA NACIONAL DE SAÚDE PÚBLICA

Universidade Nova de Lisboa ESCOLA NACIONAL DE SAÚDE PÚBLICA REGULAMENTO O Regulamento do Curso de Especialização em Medicina do Trabalho (CEMT) visa enquadrar, do ponto de vista normativo, o desenvolvimento das actividades inerentes ao funcionamento do curso, tendo

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM FISIOTERAPIA ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO DE MOVIMENTO HUMANO (edição 2011-2013)

EDITAL MESTRADO EM FISIOTERAPIA ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO DE MOVIMENTO HUMANO (edição 2011-2013) EDITAL MESTRADO EM FISIOTERAPIA ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO DE MOVIMENTO HUMANO (edição 2011-2013) Nos termos do Decreto-Lei n.º 42/2005, de 22 de Fevereiro, do Decreto-Lei n.º 74/2006 de 24 de Março, com as

Leia mais

PEDIDO DE ACREDITAÇÃO PRÉVIA DE NOVO CICLO DE ESTUDOS (PAPNCE) (Ensino Universitário e Politécnico) Guião de apresentação

PEDIDO DE ACREDITAÇÃO PRÉVIA DE NOVO CICLO DE ESTUDOS (PAPNCE) (Ensino Universitário e Politécnico) Guião de apresentação PEDIDO DE ACREDITAÇÃO PRÉVIA DE NOVO CICLO DE ESTUDOS (PAPNCE) (Ensino Universitário e Politécnico) Guião de apresentação Versão de Setembro de 2013 APRESENTAÇÃO DO PEDIDO A1. Instituição de ensino superior

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 180/2012

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 180/2012 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 180/2012 Altera o Currículo do Curso de Psicologia - Bacharelado, período integral, para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº

Leia mais

ALGUNS CRITÉRIOS PARA DEPENDÊNCIA/ ADAPTAÇÃO 1º SEMESTRE DE 2013. Unidades de Ensino ofertadas em Dependência

ALGUNS CRITÉRIOS PARA DEPENDÊNCIA/ ADAPTAÇÃO 1º SEMESTRE DE 2013. Unidades de Ensino ofertadas em Dependência ALGUNS CRITÉRIOS PARA DEPENDÊNCIA/ ADAPTAÇÃO 1º SEMESTRE DE 2013 Pode progredir para o período seguinte o aluno aprovado em todas as unidades de ensino ou que possuir até 4 (quatro) dependências. Aluno

Leia mais

Licenciaturas. Organização e Gestão Hoteleira Gestão de Empresas Turismo

Licenciaturas. Organização e Gestão Hoteleira Gestão de Empresas Turismo Licenciaturas Organização e Gestão Hoteleira Gestão de Empresas Turismo L I C E N C I A T U R A O R G A N I Z A Ç Ã O E G E S T Ã O H O T E L E I R A O B J E T I V O Formar profissionais competentes para

Leia mais

FAPSI Faculdade de Psicologia

FAPSI Faculdade de Psicologia FAPSI Faculdade de Psicologia Secretaria: Prédio 11-8º Andar / Sala: 803 Fone: 3320-3550 E-mail: psicologia@pucrs.br www.pucrs.br/fapsi Departamentos: Psicologia Educacional e do Desenvolvimento n.º 131

Leia mais

NOVO PLANO DE ESTUDOS DO MESTRADO INTEGRADO EM PSICOLOGIA

NOVO PLANO DE ESTUDOS DO MESTRADO INTEGRADO EM PSICOLOGIA NOVO PLANO DE ESTUDOS DO MESTRADO INTEGRADO EM PSICOLOGIA Novo Plano de estudos 1º ciclo 1º Ano - 1º Semestre 1º Ano - 2º Semestre Temas de Psicologia Geral Métodos de Investigação em Psicologia: Noções

Leia mais

A Radiologia é uma especialidade que lida com um conjunto de tecnologias de imagem médica para diagnosticar e tratar as mais diversas patologias.

A Radiologia é uma especialidade que lida com um conjunto de tecnologias de imagem médica para diagnosticar e tratar as mais diversas patologias. Licenciatura Radiologia Descrição A Radiologia é uma especialidade que lida com um conjunto de tecnologias de imagem médica para diagnosticar e tratar as mais diversas patologias. É uma área de forte carácter

Leia mais

Curso de Licenciatura em Higiene Oral

Curso de Licenciatura em Higiene Oral 2/2015 14 09 18 Conselho Pedagógico 14 04 7 18 Regimes de precedências, frequência e de faltas 1 - Regime de precedências Curso de Licenciatura em Higiene Oral 1º Ano/2º Semestre 2º Higiene Oral II Higiene

Leia mais

REGULAMENTO DO REGIME DE FREQUÊNCIA E AVALIAÇÃO

REGULAMENTO DO REGIME DE FREQUÊNCIA E AVALIAÇÃO DO PORTO REGULAMENTO DO REGIME DE FREQUÊNCIA E AVALIAÇÃO Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico do Porto Julho de 2009 PREÂMBULO 3 CAP. I (ÂMBITO E APLICAÇÃO) 3 Art. 1º (Âmbito) 3 Art. 2º

Leia mais

O Social pela Governança. Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais

O Social pela Governança. Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais O Social pela Governança Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais ÍNDICE CONTABILIDADE, FISCALIDADE E FINANÇAS EMPRESARIAIS... 3 OBJECTIVOS...

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 091/2015

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 091/2015 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 091/2015 Altera a Deliberação CONSEP Nº 181/2012, que altera o Currículo do Curso de Psicologia - Bacharelado, período noturno, para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO

Leia mais

Regulamento de Matrículas e Inscrições

Regulamento de Matrículas e Inscrições REGULAMENTO DE MATRÍCULAS E INSCRIÇÕES Artigo 1 (Âmbito) O presente regulamento fixa as regras gerais relativas a matrículas e inscrições nos cursos ministrados nas Escolas do IPCA. Artigo 2.º (Competência)

Leia mais

COMPETÊNCIAS ESSENCIAIS E IDENTIDADE ACADÉMICA E PROFISSIONAL

COMPETÊNCIAS ESSENCIAIS E IDENTIDADE ACADÉMICA E PROFISSIONAL COMPETÊNCIAS ESSENCIAIS E IDENTIDADE ACADÉMICA E PROFISSIONAL 1.1. A definição do nosso objecto de estudo e de intervenção profissional continua a prestar-se a confusões terminológicas, a especulações

Leia mais

REGULAMENTO DO CURSO DE MESTRADO EM BIOLOGIA (ESPECIALIDADE ENSINO)

REGULAMENTO DO CURSO DE MESTRADO EM BIOLOGIA (ESPECIALIDADE ENSINO) UNIVERSIDADE DOS AÇORES REGULAMENTO DO CURSO DE MESTRADO EM BIOLOGIA (ESPECIALIDADE ENSINO) Art.º 1º Âmbito O Curso de Mestrado em Biologia (Especialidade em Ensino) adiante designado por Mestrado ou simplesmente

Leia mais

REGULAMENTO DE FREQUÊNCIA E AVALIAÇÃO DO CURSO DE NUTRIÇÃO HUMANA, SOCIAL E ESCOLAR

REGULAMENTO DE FREQUÊNCIA E AVALIAÇÃO DO CURSO DE NUTRIÇÃO HUMANA, SOCIAL E ESCOLAR Escola Superior de Educação Jean Piaget / Almada REGULAMENTO DE FREQUÊNCIA E AVALIAÇÃO DO CURSO DE NUTRIÇÃO HUMANA, SOCIAL E ESCOLAR ANO LETIVO DE 2012-2013 Índice Disposições Gerais... 2 Âmbito... 2 Objecto...

Leia mais