Guia Tornar se um fornecedor

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Guia Tornar se um fornecedor"

Transcrição

1 Guia Tornar se um fornecedor

2 Índice 1. A evolução do portal de compras O portal global de compras Cadastro no portal do fornecedor único Criação de usuário Preenchimento do formulário de dados Prospecção/qualificação Seleção do grupo de produtos Ativação solicitada Definição de usuário principal Aceite o regulamento de compras e defina o usuário principal Alteração do usuário principal Definições de novo usuário Gerenciamento de serviços eprocurement A gestão dos credenciamentos Serviços com opções de adições (Sourcing, SAGA, Web-EDI) Gerenciamento de dados pessoais Cadastro no portal do fornecedor múltiplo Consórcios e associações Diretor de consórcio ou agente de associação Associado a consórcio ou presidente de associação de empresas Outras obrigações do agente Pág. 2

3 1. A evolução do portal de compras O portal de compras está passando por uma nova mudança e tornando-se uma ferramenta real de trabalho e de supervisão, colocada pela Enel à disposição dos fornecedores. Único local de acesso ao universo eprocurement do grupo Enel, o novo portal se baseia em três princípios fundamentais: Centralização do papel do fornecedor Adoção de ferramentas informáticas inovadoras Introdução de procedimentos claros válidos no mundo todo O portal de compras garante ao fornecedor maior autonomia de decisão na administração dos próprios dados pessoais e na utilização dos serviços eprocurement Além disso, permite racionalizar as informações mediante o uso de ferramentas inovadoras, como:» O "formulário de dados" da empresa» O "vínculo" informático com os próprios usuários» A diversificação dos perfis associados a eles Todos os serviços eprocurement disponíveis no portal são regidos por um único código normativo: o regulamento eprocurement. As empresas poderão contar, também, com uma clara estrutura de categorias de produção válida para todas as sociedades do grupo Enel. Pág. 3

4 1.1 O portal global de compras O portal global de compras é o único local de acesso para o cadastro de fornecedores e sua porta de entrada para o mundo do Global Procurement Enel. Com o cadastro global, qualquer fornecedor poderá gerenciar sua relação com qualquer sociedade do grupo Enel por meio de um único cadastro. Com essa nova opção, utilizando seu nome de usuário e senha únicos, o fornecedor poderá interagir com todas as sociedades do grupo Enel através do painel global (chamado "myhome") e utilizar todos os serviços disponíveis: responder convites para concursos, gerenciar seu processo de qualificação, visualizar seus resultados no desempenho dos fornecedores e assim por diante. Essa opção não está ativa somente para os novos fornecedores, mas também para fornecedores já cadastrados em outros portais existentes. O cadastro do fornecedor pelo PortalOne (portal global de compras) é o primeiro passo obrigatório de qualquer tipo de cooperação comercial com as sociedades do grupo Enel. O objetivo é disponibilizar os dados dos fornecedores em todos os sistemas de fornecimento do grupo Enel. O cadastramento é simples e rápido: o fornecedor deverá informar os dados de sua empresa, criar uma senha e selecionar as sociedades do grupo Enel e os grupos de produtos de seu interesse. Pág. 4

5 2. Cadastro no portal do fornecedor único 2.1 Criação de usuário Para cadastrar corretamente uma empresa no PortalONE, é necessário primeiramente que o usuário, que deve ser NECESSARIAMENTE uma pessoa física, crie suas próprias chaves de acesso (não é possível conectar diretamente o UserID à empresa). Para iniciar o cadastro, é necessário clicar no link "Tornar-se um fornecedor" do lado direito, no campo de login "MyEnel". Isso redirecionará o usuário à tela onde deverá inserir seus dados e criar uma senha de acesso Para completar o cadastro, é necessário aceitar as condições gerais dos serviços oferecidos e os termos legais e, finalmente, clicar em "Cadastrar-se" Pág. 5

6 O cadastramento do usuário será concluído com: A exibição da janela de resumo dos dados inseridos O envio de um de notificação ao endereço informado pelo usuário, contendo o link de ativação Após clicar no link de ativação presente no , é necessário clicar no botão "Cadastrar-se" para completar o cadastro. Um de boas-vindas confirmará ao usuário seu cadastro para o acesso ao portal. Pág. 6

7 2.2 Preenchimento do formulário de dados Concluída a criação do usuário, tem início a fase de preenchimento do formulário de dados, que permite completar o cadastro da empresa no portal. Se o usuário não preencher corretamente o formulário de dados, ainda que esteja cadastrado, não poderá acessar os serviços eprocurement, mas apenas consultar os conteúdos informativos do portal. O formulário "Adicionar dados" é subdividido em cinco seções: 1) Na primeira seção, é necessário preencher suas informações de contato (telefone, fax, ). 2) Na seção "Dados Pessoais", é necessário fornecer os dados cadastrais e fiscais da empresa. A quantidade mínima de informações a ser inserida na segunda seção varia de acordo com a opção selecionada nos campos "Forma jurídica" e "País". Fornecedores colombianos e norte-americanos (EUA e Canadá) deverão anexar ao cadastro alguns documentos obrigatórios clicando nos botões correspondentes: Pág. 7

8 3) Na terceira seção, é necessário preencher os dados relacionados à sede. Caso o Número IVA inserido já conste nos arquivos da Enel, basta selecionar a empresa à qual o usuário está associado a partir da lista que é automaticamente exibida É possível adicionar outras sedes da empresa clicando no botão "Adicionar novo". Em seguida, clique em "Avançar" para seguir para a próxima etapa. Pág. 8

9 4) A seção "Outras Informações" permite acrescentar dados sobre a situação econômico-financeira da empresa e informar o setor em que opera. A seção "Tipo de Fornecedor" permite especificar o tipo de atividade realizada. Caso o tipo especificado seja "Distribuidor comercial/agente comercial", será necessário informar os dados do produtor. Caso o cadastro seja concluído com o único intuito de poder emitir faturas com o serviço Web-EDI ou caso se esteja realizando o cadastro como agente de uma associação temporária ou associado a um consórcio de empresas, é necessário marcar a caixa no canto inferior direito. 5) A última seção resume as principais informações inseridas nas etapas anteriores. Pág. 9

10 Ao clicar em Enviar Dados, o cadastramento dos dados da empresa será finalizado e, a menos que a caixa da tela anterior não tenha sido marcada, o usuário será direcionado para a seção de escolha dos grupos de produtos para dar início ao processo de prospecção/qualificação. Além disso, um de confirmação será enviado para o endereço especificado durante o preenchimento, explicando como completar o cadastro no portal. O usuário é então redirecionado ao seu painel MyHome, onde a única seção compilada será a referente aos dados cadastrais da empresa (em caso de cadastramento pela primeira vez). Pág. 10

11 3. Prospecção/qualificação 3.1 Seleção do grupo de produtos Para que uma empresa possa participar dos concursos divulgados pelas sociedades do grupo ENEL, além do cadastro, também é necessário completar com sucesso um processo de prospecção/qualificação em pelo menos um grupo de produtos. Caso a empresa já esteja cadastrada e deseje criar uma solicitação de prospecção/qualificação para um novo grupo de produtos, basta clicar em "Ativar nova solicitação" na seção "Prospecção/Qualificação" no myhome. Inicia-se o processo de "prospecção/qualificação" com a seleção do(s) grupo(s) de produto desejado(s), por meio da lista completa ou do formulário de pesquisa. Pág. 11

12 Na seção "Resultados da pesquisa", clique no código do grupo de produtos para visualizar informações detalhadas sobre o GP e selecionar a sociedade do grupo Enel em qual se tem interesse. Dependendo da opção escolhida, terá início um processo de qualificação local ou prospecção. As exigências mínimas de qualificação/prospecção variam de acordo com a sociedade escolhida. Pág. 12

13 Caso o Grupo de Mercadorias seja de interesse internacional (Global), o grupo selecionado será considerado estratégico a nível mundial e compartilhado por todas as unidades do Gobal Procurement da Enel. Em alguns casos será possível indicar caso deseje continuar ou não com o processo de qualificação global, valido para todas as empresas do Grupo Enel, ou eleger o processo de Scouting, limitado somente a uma empresa. No caso de ativação de um processo de qualificação/prospecção para uma sociedade não Endesa, será necessário definir se a solicitação será realizada como sociedade simples ou agente de associação temporária de empresas. Clique em "Ativar Solicitação" para iniciar o processo de preenchimento do questionário; clique em "Voltar" para retornar à tela de seleção do GP. Em caso de processo duplo, continue normalmente com a ativação da solicitação: somente em um segundo momento será necessário decidir entre a inicialização do processo de prospecção ou de qualificação. Pág. 13

14 Em caso de ativação de um processo de qualificação/prospecção para uma sociedade do grupo Endesa, será necessário especificar se o cadastro está sendo realizado apenas para poder gerenciar entradas de produtos e faturas no Colabora (clique em "Não") ou se há interesse em responder convites para concursos (clique em "Sim"). Se a resposta for "Não", não será necessário preencher nenhum formulário e bastará apenas aceitar o regulamento do eprocurement (veja seç. 4.1) para estar habilitado a trabalhar no Colabora. Isso é válido tanto para GP com processo de qualificação como para GP com processo de prospecção. Se a resposta for "Sim" e o processo selecionado for de Qualificação, será exibido um convite para completar o processo de qualificação no Repro (clique no link correspondente) caso os pré-requisitos mínimos sejam cumpridos. Se a resposta for "Sim" e o processo selecionado for de Prospecção, será necessário decidir entre ativar a solicitação como sociedade simples ou agente de associação temporária de empresas. Clique em "Ativar Solicitação" para dar início ao processo de preenchimento do questionário; clique em "Voltar" para retornar à tela de seleção do GP. Pág. 14

15 No caso de grupos de produtos de interesse internacional (Global), a candidatura para a qualificação inclui a seleção da sociedade do grupo Enel à qual o fornecedor pretende prestar seus serviços. Selecione os países de seu interesse, considerando as exigências técnicas. Pág. 15

16 3.2 Ativação solicitada A Prospecção é uma etapa do processo de qualificação obrigatória para todos os grupos de produtos; por outro lado, a Qualificação é exigida apenas para alguns deles. Na Prospecção, são preenchidas algumas telas informativas em relação às atividades predominantes da empresa, às referências de trabalhos anteriores ou de fornecimentos realizados pela Enel ou terceiros e às possíveis certificações obtidas por outros. Na Qualificação, é preciso preencher outros campos e fornecer informações mais detalhadas (mesmo que na forma de documentos em anexo). Nesse caso, uma equipe Enel responsável, após realizar uma avaliação minuciosa das informações fornecidas pela empresa, dará suas considerações sobre sua idoneidade. Se a solicitação de Prospecção/Qualificação for bem-sucedida, passa-se a fazer parte da lista de fornecedores qualificados, o que permite ser convidado para os concursos divulgados pela Enel. O número de telas presentes no questionário de Prospecção/Qualificação varia em função de alguns fatores como, por exemplo, se a empresa for simples ou um consórcio/associação ou se se tratar de um grupo de produtos somente de prospecção, somente de qualificação ou um grupo misto de prospecção/qualificação, o que garante a seleção do caminho a ser adotado. Para poder preencher o questionário, é necessário dar sua confirmação no "Processamento de dados pessoais". O percentual de progresso permite avaliar o estado de completamento do questionário. A legenda explica como é possível visualizar imediatamente o estado de preenchimento das fichas: As fichas incompletas são identificadas por um pequeno retângulo vermelho, que se torna verde quando a ficha é preenchida. Pág. 16

17 Na primeira ficha, tela "Contato", devem ser inseridos os dados da pessoa física que representará a empresa na a solicitação de Prospecção/Qualificação. É possível adicionar um novo contato ou deixar o mesmo contato já associado ao usuário (opção padrão). Clique em "Salvar" e em "Avançar". A tela Referências deverá ser preenchida com a lista de trabalhos/fornecimentos realizados pela empresa para a Enel ou para terceiros nos últimos três anos e, opcionalmente, com o volume anual de vendas do grupo de produtos relativo à solicitação. Ao clicar em "Adicionar novo", o usuário será direcionado para a tela de inserção das referências. Pág. 17

18 É necessário informar pelo menos uma referência para poder prosseguir com o preenchimento do questionário. Também é possível excluir uma referência. Porém, para isso, é preciso que se tenha adicionado mais de uma. Clique em "Salvar" e em "Avançar" Pág. 18

19 A tela Certificações informa se o usuário possui ou não alguma certificação e de que tipo. As possíveis certificações obtidas devem ser anexadas em formato eletrônico (PDF, JPG, PNG) à solicitação: Pág. 19

20 A tela Consórcios-Associações estará disponível somente se tiver sido escolhida a opção de iniciar o processo de prospecção/qualificação como agente de associação temporária de empresas ou diretor de consórcio (para melhores informações sobre esta tela, veja a seção: 7. Cadastro no portal do fornecedor múltiplo). Pág. 20

21 Na tela Documentação, é possível anexar documentos que sejam úteis para a avaliação da solicitação. Porém, para certos grupos de produtos, será exigido documentação técnica. Caso um grupo de produtos somente de prospecção tenha sido selecionado (ou, em caso de grupo misto de prospecção/qualificação, o processo de prospecção tenha sido escolhido), o questionário estará concluído: Pág. 21

22 Após enviar o questionário, é preciso aguardar a aprovação da solicitação pela equipe encarregada. Esta será informada via correio eletrônico no do usuário que preencheu o questionário. Uma vez aprovada a solicitação de Prospecção, o fornecedor poderá observar que o estado da solicitação será exibido como "Cadastrado" ao entrar no MyHome. Será possível: Visualizar (mas não editar) as informações adicionadas ao questionário, clicando em "Visualizar questionário"; Alterar o usuário associado a uma solicitação específica, selecionando a opção "Alteração de contato" no menu "Solicitações gerais"; Estender a solicitação de prospecção para um grupo de produtos a outro país, selecionando a opção "Company Qualification Extension" no menu "Solicitações gerais", na seção Prospecção/Qualificação do myhome. Essa opção estará disponível tanto para solicitações de Prospecção como de Qualificação, mas somente após exibida a confirmação do estado da solicitação ("Cadastrado", "Envio RFQ" ou outros). Pág. 22

23 Após selecionar "Company Qualification Extension" e clicar em "Ativar nova solicitação", uma caixa de seleção é aberta, onde será possível selecionar a sociedade para a qual será endereçada a extensão da solicitação de prospecção/qualificação. Será preciso preencher novamente certas telas do questionário, mas alguns campos já estarão automaticamente preenchidos de acordo com o que foi adicionado à solicitação de prospecção/qualificação. Pág. 23

24 No entanto, se o grupo de produtos selecionado for misto Prospecção/Qualificação, será necessário especificar qual o processo desejado antes de enviar o questionário: Selecionando "Qualificação" após a análise dos dados e dos documentos anexados ao questionário, o fornecedor aprovado receberá um convidando-a a prosseguir com o preenchimento da ficha "Transferência" (Taxa de solicitação), que estará disponível apenas se especificado no anúncio de qualificação publicado pelo Jornal Oficial da União Europeia (JOUE): Ao entrar no myhome, o fornecedor poderá continuar com o procedimento clicando em "Efetuar transferência" (caso não esteja especificado o pagamento da transferência, será exibido "concluir questionário"): Pág. 24

25 Para a visualização da tela "Transferência" (ou "Taxa de solicitação"), que deve ser preenchida completamente: Assim, somente nos casos especificados, o fornecedor deverá enviar uma quantia de: 1500 euros mais IVA em caso de primeira qualificação ou em caso de agente de associação de empresas ou diretor de consórcio 1000 euros mais IVA em caso de segunda qualificação em diante ou em caso de presidente de associação de empresas ou associado a consórcio Na tela Transferência, deverá ser anexado o comprovante de pagamento em formato eletrônico (PDF ou JPG) e deverão ser especificados os dados para rastreamento do pagamento (CRO ou TRN). Pág. 25

26 A tela "Unidades operacionais" lista as unidades da empresa e suas características e deverá ser preenchida com pelo menos uma unidade operativa: Como unidade operacional primária, a tela importará o endereço definido anteriormente como sede. Caso se trate de uma única unidade, bastará informar o tipo (sede comercial, sede de produção) e especificar a natureza das atividades realizadas: Agora a unidade será exibida na lista. Em caso de diversas unidades, o processo deverá ser repetido clicando novamente em "adicionar novo". Caso contrário, basta clicar em "avançar". Pág. 26

27 Na tela Dados técnicos econômicos", será preciso informar o documento contábil de referência, o mês do fechamento contábil e o ano do último orçamento. Por ano do último orçamento, entende-se o orçamento fechado em qualquer data do ano indicado no campo. Por exemplo, orçamento 2013 seria o orçamento fechado em 31 de dezembro de 2013, mas também qualquer orçamento fechado em outra data (ex.: 31 de março de 2013, 30 de junho de 2013, 30 de setembro de 2013): Para cada ano, certas informações numéricas deverão ser informadas, bem como a distribuição percentual das receitas para clientes nos últimos três anos (apenas se a data de formação da sociedade for anterior a três anos, evidentemente; caso contrário, insira os dados a partir da data de formação): Após inserir esses dados, clique em "Salvar". Pág. 27

28 Por fim, será necessário inserir a distribuição de receitas referente ao grupo de produtos para o qual foi feita a solicitação (valor absoluto), sempre em relação ao mesmo período: O total dos valores declarados para cada grupo de produtos não deve, de forma alguma, exceder o valor líquido das receitas anuais declaradas. Ao clicar em "Avançar", a tela atual será salva e o usuário será direcionado à próxima. ATENÇÃO: As informações referentes ao documento e ao período de fechamento contábil não poderão ser alteradas após o salvamento. Por esse motivo, o sistema permite uma última oportunidade de alteração: Uma vez confirmado com OK, os dados não poderão mais ser alterados. Pág. 28

29 Na última tela, Tela Documentação, deverão ser anexados todos os documentos exigidos para que a solicitação seja aceita: Em certos casos, poderá ser necessário baixar modelos de documento, preenchê-los e carregá-los novamente. Os documentos obrigatórios são todos aqueles identificados com um triângulo amarelo Anexe todos os documentos solicitados, prestando atenção onde está presente o template (arquivo para baixar e preencher) e lembrando-se de salvá-lo primeiro no PC e depois carregá-lo devidamente preenchido; um sinal de verificação será exibido para confirmar o carregamento: Já a lente de aumento indica a possibilidade de visualizar o documento carregado. Pág. 29

30 Após anexar todos os documentos solicitados, chega-se ao final do questionário, que poderá, então, ser enviado para aprovação: Basta, agora, aguardar a aprovação da Enel: Pág. 30

31 4. Definição de usuário principal 4.1 Aceite o regulamento de compras e defina o usuário principal Para poder utilizar os serviços oferecidos pelo portal de compras, além de realizar o cadastramento, é necessário aceitar o regulamento eprocurement. A aceitação ocorre ao acessar a seção "Normas e Regras" presente no MyHome e, em seguida, marcar as duas caixas de verificação, declarando ter lido e estar de acordo com as cláusulas do regulamento eprocurement. O usuário principal deve aceitar o regulamento em nome da empresa cujo cadastramento está sendo realizado. O usuário principal é o gerenciador das habilitações. Isto é, o usuário responsável por gerenciar as habilitações aos serviços eprocurement em relação a todos os usuários (inclusive ele mesmo) associados ao formulário de dados da empresa. Observação Após realizar o Login, será possível: a) gerenciar o próprio perfil; b) acessar as funções Us.Principal (link visível somente para o usuário principal); c) acessar as funções de gerenciamento de dados (link visível somente mediante habilitação). Após as avaliações do caso, será enviado um de confirmação de habilitação. Uma vez recebidos a confirmação de habilitação do usuário principal e o aviso de conclusão do processo de prospecção ou da primeira fase de qualificação, o usuário estará automaticamente habilitado para o sistema de concursos "Sourcing Gare". Se na fase de escolha da sociedade durante a solicitação de prospecção/qualificação se tenha escolhido uma sociedade da área da Endesa, também estará disponível a habilitação para o sistema SAGA. A aceitação do regulamento do eprocurement deve ser realizada uma única vez, exceto no caso em que o usuário principal seja alterado. Pág. 31

32 4.2 Alteração do usuário principal É possível alterar o usuário principal associado à ficha de dados da empresa. A alteração pode ser solicitada exclusivamente pelo usuário principal "responsável" através do link na seção "normas e regras" do myhome. O novo usuário designado será convidado a aceitar o regulamento eprocurement (veja seç.4.1). Após a aceitação do regulamento, o novo usuário terá acesso às funções de usuário principal, que serão desabilitadas para o usuário antigo. Pág. 32

33 5. Definições de novo usuário Caso queira variar as tarefas relacionadas a diversos serviços do portal de Compras (ex.: gerenciamento de dados pessoais, acesso aos concursos online, acesso ao sistema de qualificação etc.), será possível adicionar usuários. Para adicionar um novo usuário, é necessário que realizar um novo cadastro, escolhendo um novo nome de usuário e uma nova senha que o identifiquem de forma única. A proposta de "associação" com os dados cadastrais da empresa é exibida pelo sistema cada vez que um usuário novo é adicionado. Pág. 33

34 Após criar um novo usuário, caso o Número IVA já esteja presente nos registros da Enel, bastará selecionar a partir da lista exibida a empresa à qual o usuário deve ser associadona etapa de preenchimento. Selecione a empresa sugerida e clique em "Avançar". Uma vez selecionada a empresa, sua ficha de dados será exibida resumidamente. O processo de associação é concluído ao salvar os dados inseridos, clicando em "Enviar dados". Uma mensagem de confirmação será exibida, redirecionando o usuário à seção do portal onde estão presentes os dados cadastrais de sua empresa. Ao mesmo tempo, será enviado um ao endereço do contato principal da empresa, informando-lhe que um novo usuário foi cadastrado no portal global de compras utilizando os dados fiscais da empresa. Por meio desse processo de "associação", toda empresa poderá criar e administrar diversos usuários, todos "atrelados" à sua própria ficha de dados. Observação Após registrar sua equipe de usuários, o portal realiza uma verificação dos dados fiscais da empresa e, se encontrar, sugere ao usuário uma ficha de dados previamente adicionada. É importante observar se a ficha de dados sugerida realmente é a da empresa e, em caso afirmativo, clique em "Selecionar". Caso a ficha de dados sugerida não seja a da empresa, clique em "Voltar ao cadastro" na janela de "Associação usuário-dados" para conferir a precisão dos dados inseridos e, se for o caso, alterá-los. Pág. 34

35 6. Gerenciamento de serviços eprocurement 6.1 A gestão dos credenciamentos Para habilitar um usuário a um serviço, o usuário principal deverá acessar a opção gestão de credenciamentos. Credenciar um usuário a um serviço significa conceder-lhe a habilitação para acessar este serviço. Para acessar a gestão de credenciamentos a partir do myhome, o usuário principal deverá clicar no botão "Funções de Usuário Principal". Observação Os principais serviços eprocurement credenciáveis são: Prospecção/Qualificação para o gerenciamento online do procedimento de qualificação; Sourcing Gare para a participação nos concursos divulgados pela Enel; Gerenciamento de dados para a alteração dos dados cadastrais da empresa; Web EDI para a transferência em formato eletrônico de documentos comerciais. Se uma sociedade da área da Endesa tenha sido escolhida na fase de escolha da sociedade durante a solicitação de prospecção/qualificação, também será possível solicitar a habilitação para o serviço: SAGA, para faturamento, gerenciamento de contratos e participação em concursos divulgados pela Endesa; Pág. 35

36 Na janela "Lista de usuários", o usuário principal encontrará todos os usuários associados à Ficha de Dados. A partir dessa janela, o usuário principal poderá gerenciar as habilitações de cada usuário clicando no ícone "Habilitar Serviços" ou alterar os dados cadastrais do usuário clicando em "Alterar Dados". Na tela "Habilitações do Usuário", é possível selecionar na coluna "Habilitar" todos os serviços para os quais se deseja habilitar o usuário. Para certos tipos de credenciamento (SAGA, Web-EDI, Sourcing Gare), é preciso realizar adições. Pág. 36

37 6.2 Serviços com opções de adições (Sourcing, SAGA, Web-EDI) Serviço Sourcing Gare É possível habilitar um usuário para o serviço Sourcing Gare selecionando a opção "Sourcing Gare" na tabela de "Gestão de credenciamentos". O usuário principal deverá selecionar na coluna "Grupos de produtos" aquele para o qual deseja conceder a habilitação e clicar no botão "Adicionar Grupo de produtos". O grupo de produtos será movido para a coluna da direita "Grupos de produtos selecionados". Clique em "Salvar" para prosseguir para as alterações. Se o procedimento tiver sido realizado corretamente, o sistema adicionará o serviço Sourcing Gare à "Lista de serviços" referente ao usuário gerenciado. Uma vez habilitado, para participar de um concurso para o qual se foi convocado por meio do sistema Sourcing, clique em "Participar do concurso" ou diretamente no código correspondente presente na lista de concursos, na seção de Sourcing na página myhome. Observação Na seleção de habilitações para o serviço Sourcing Gare, a tabela da esquerda contém apenas os Grupos de produtos para os quais o fornecedor realizou com sucesso o processo de Prospecção/Qualificação. Resumidamente, o usuário principal poderá habilitar um usuário para o serviço Sourcing Gare em um determinado grupo de produtos somente se o fornecedor tiver completado com sucesso o processo de Prospecção/Qualificação. O contato principal pode habilitar um usuário para o serviço "Sourcing Gare", mas não pode retirar a habilitação concedida. Para fazer isso, deverá enviar uma solicitação detalhada de suspensão via correio eletrônico para o endereço: Em caso de convocação para um concurso: Atenção: O sistema SAGA e o serviço Sourcing Gare são dois sistemas diferentes e independentes. Para saber qual dos dois utilizar no caso específico, verifique o de convocação para o concurso. Pág. 37

38 6.2.2 Serviço SAGA A habilitação para SAGA só é possível para fornecedores que, na fase de seleção da sociedade do grupo Enel, tiverem selecionado uma sociedade da área da Endesa. A habilitação para SAGA foi dividida em duas áreas geográficas, administradas por dois sistemas independentes: - SAGA neep (Espanha e Portugal) - SAGA latam (América Latina) O botão "Adicionar", que permite solicitar a habilitação para o serviço, será exibido apenas no sistema de administração da área geográfica na qual está localizado o país da sociedade da Endesa selecionado na etapa de cadastramento (por exemplo: SAGA neep para Endesa Espanha, SAGA latam para Endesa Colômbia etc.). Ao clicar em "Adicionar", é possível especificar para quais opções do sistema SAGA (concursos, faturamento, gerenciamento de contratos etc.) se quiser solicitar a habilitação. Após realizada a solicitação de habilitação e especificadas as modalidades, é necessário aguardar a aceitação da equipe responsável. Quando a habilitação estiver ativada para todos os efeitos, basta clicar no botão "Acessar" na seção SAGA da página myhome para entrar no sistema SAGA. Pág. 38

39 6.2.3 Serviço Web EDI Web-EDI é o serviço de compartilhamento eletrônico de documentos entre a Enel e seus fornecedores, com foco em faturamento. Ao clicar em "Adicionar", deve-se especificar qual o perfil de habilitação selecionado. Para faturamento, por exemplo, é necessário selecionar: "Administrativo" Observação O serviço de faturamento por meio do Web-EDI e o serviço de mesmo nome dentro do sistema SAGA são diferentes e independentes: O Web-EDI é responsável pelo faturamento para as sociedades do grupo Enel COM EXCEÇÃO daquelas da área da Endesa, para as quais é utilizado o sistema SAGA. Pág. 39

40 6.3 Gerenciamento de dados pessoais Caso exista a necessidade de alterar os dados cadastrais da empresa inseridos anteriormente no processo de cadastramento, pode-se utilizar a opção "Alterar dados pessoais", dentro da seção "Dados pessoais" no myhome. A opção "Alterar dados pessoais" estará disponível somente mediante aceitação do regulamento eprocurement pelo fornecedor. A alteração dos dados cadastrais pode ser realizada pelo usuário "Gerenciador dos dados pessoais", designado pelo usuário principal com a tarefa de propor alterações nos dados cadastrais e fiscais inseridos na ficha do fornecedor. O gerenciador de dados executa somente "propostas de alteração", ao passo que, é necessária a aprovação da equipe Enel para efetivar as modificações. Caso a proposta surja a partir de um evento societário (ex.: concessão de setor da empresa, fusão etc.), é obrigatório especificar o tipo de evento e fornecer a documentação correspondente. Ao clicar no botão "Alterar dados pessoais", será exibida a tela "Proposta de atualização de dados", que contém quatro seções: Dados pessoais, sedes, outras informações e anexos AU. De acordo com o motivo pelo qual se propõe a atualização, será autorizado o acesso às diversas seções e à alteração dos dados em questão. Em seguida, o usuário poderá realizar as alterações desejadas que deverão condizer com o motivo selecionado. Pág. 40

GUIA RÁPIDO PARA USUÁRIOS MIGRADOS DO SAGA PortalOne

GUIA RÁPIDO PARA USUÁRIOS MIGRADOS DO SAGA PortalOne GUIA RÁPIDO PARA USUÁRIOS MIGRADOS DO SAGA PortalOne Conteúdo Objetivo do documento.... 3 Usuários que aceitaram a migração do sistema SAGA... 3 Usuários que ainda não aceitaram a migração no Sistema SAGA....

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Criação de Formulários no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Criação de Formulários no Google Drive Introdução...

Leia mais

Manual Cadastro Completo

Manual Cadastro Completo Manual Cadastro Completo Índice 1. Objetivo... 3 2. O Projeto e-suprir... 3 3. Fluxo do Processo de Cadastro... 3 4. Cadastro Simples... 4 5. Recebendo Usuário e Senha... 7 6. Cadastro Completo... 7 7.

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Manual de Utilização Google Grupos Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução... 3 Página

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

3 - Tela Principal. Itens importantes da página

3 - Tela Principal. Itens importantes da página SUMÁRIO 1 1 - Conceitos Gerais O CRQ é um sistema de controle de qualidade utilizado na etapa de recrutamento de estudos de natureza qualitativa. Ele é um banco de dados que tem como principal objetivo

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. 1. Descrição Geral Este manual descreve as operações disponíveis no módulo VTWEB Client, cuja finalidade é gerenciar cadastros de funcionários, realização de pedidos e controle financeiro dos pedidos.

Leia mais

DRIVE CONTÁBIL NASAJON

DRIVE CONTÁBIL NASAJON DRIVE CONTÁBIL NASAJON Módulo Gestão de Documentos Versão 1.0 Manual do Usuário 1 Sumário Os Módulos do Gerenciador de NFe: Informações Básicas Primeiro Acesso: Requisitos Acesso ao Drive Contábil Nasajon

Leia mais

Inclusão, Disponibilização, Alteração, Inativação, Reativação e Copia de Programas

Inclusão, Disponibilização, Alteração, Inativação, Reativação e Copia de Programas MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO DEPARTAMENTO DE SUPORTE À GESTÃO DO SISTEMA DE TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS DA UNIÃO Portal dos Convênios SICONV Inclusão, Disponibilização, Alteração, Inativação,

Leia mais

MANUAL VTWEB CLIENT URBANO

MANUAL VTWEB CLIENT URBANO MANUAL VTWEB CLIENT URBANO A marca do melhor atendimento. Conteúdo... 2 1. Descrição... 3 2. Cadastro no sistema... 3 2.1. Pessoa Jurídica... 3 2.2. Pessoa Física... 5 2.3. Concluir o cadastro... 6 3.

Leia mais

Resumo das funcionalidades

Resumo das funcionalidades Resumo das funcionalidades Menu MENU Dados Cadastrais Atualizar Cadastro Troca Senha Grupo Usuários Incluir Atualizar Funcionários Incluir Atualizar Atualizar Uso Diário Importar Instruções Processar Status

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. Conteúdo 1. Descrição geral 2 2. Resumo das funcionalidades 3 3. Efetuar cadastro no sistema 4 4. Acessar o sistema 6 5. Funcionalidades do menu 7 5.1 Dados cadastrais 7 5.2 Grupos de usuários 7 5.3 Funcionários

Leia mais

Como funciona? SUMÁRIO

Como funciona? SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Introdução... 2 2. Benefícios e Vantagens... 2 3. Como utilizar?... 2 3.1. Criar Chave / Senha de Usuário... 2 3.2. Recursos da Barra Superior... 2 3.2.1. Opções... 3 3.2.1.1. Mover Para...

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios SICONV Disponibilização de Programas

Leia mais

Sistema de Compras TV Globo

Sistema de Compras TV Globo Sistema de Compras TV Globo Guia de Uso - v. PÁGINA Índice Índice Negociações Sistema de Compras O que é o Sistema de Compras TV Globo Criar a sua cotação (Cota) Salvar Rascunho 7 Cadastro no Sistema Cotar

Leia mais

Apresentação. Estamos à disposição para quaisquer dúvidas e sugestões! Atenciosamente, Equipe do Portal UNESC

Apresentação. Estamos à disposição para quaisquer dúvidas e sugestões! Atenciosamente, Equipe do Portal UNESC Sumário Apresentação... 1 1. Orientações Iniciais... 2 2. Recursos... 4 2.1 Rótulos... 4 2.2 Página de Texto Simples... 8 2.3 Página de Texto Formatado... 12 2.4 Site... 16 2.5 Arquivo... 21 2.6 Pasta

Leia mais

Recursos do Outlook Web Access

Recursos do Outlook Web Access Recursos do Outlook Web Access Este material foi criado pela Secretaria de Tecnologia de Informação e Comunicação (SETIC) do Tribunal Regional do Trabalho da 17ª Região. Seu intuito é apresentar algumas

Leia mais

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema

Leia mais

Gerenciamento de Contatos

Gerenciamento de Contatos Gerenciamento de Contatos O objetivo deste módulo é ajudar a gerenciar todos os contatos da empresa. Além dos dados mais importantes, o módulo permite cadastrar anotações e relacionar as tarefas e eventos

Leia mais

Manual Do Usuário ClinicaBR

Manual Do Usuário ClinicaBR Manual Do Usuário ClinicaBR SUMÁRIO 1 Introdução... 01 2 ClinicaBR... 01 3 Como se cadastrar... 01 4 Versão experimental... 02 5 Requisitos mínimos p/ utilização... 03 6 Perfis de acesso... 03 6.1 Usuário

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO SISTEMA DE CADASTRO INTRANET

MANUAL DE UTILIZAÇÃO SISTEMA DE CADASTRO INTRANET MANUAL DE UTILIZAÇÃO SISTEMA DE CADASTRO INTRANET I Sumário 1. Objetivo do Documento... 1 2. Início... 1 3. Cadastro de Pessoa Física... 3 3.1. Preenchimentos Obrigatórios.... 4 3.2. Acesso aos Campos

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES SISTEMA OPERACIONAL MÉTODO QUANTUM 2014

MANUAL DE INSTRUÇÕES SISTEMA OPERACIONAL MÉTODO QUANTUM 2014 MANUAL DE INSTRUÇÕES SISTEMA OPERACIONAL MÉTODO QUANTUM 2014 ÍNDICE Apresentação Principais Botões Login Usúario Resultado Método Quantum Preencher Método Quantum Extrato On-Line Engenharia de Função Grupos

Leia mais

MANUAL Credenciados SGMC Sistema de Gestão de Modalidades de Credenciamento

MANUAL Credenciados SGMC Sistema de Gestão de Modalidades de Credenciamento MANUAL Credenciados SGMC Sistema de Gestão de Modalidades de Credenciamento SEBRAE-GO 1 Sumário Introdução... 3 1) Acesso ao Sistema... 4 1.1. LOGIN... 4 1.2. ALTERAR SENHA... 7 1.3. RECUPERAR SENHA...

Leia mais

Nova Central de Atendimento Logicorp

Nova Central de Atendimento Logicorp 1. INICIAR O NAVEGADOR DE INTERNET Acessar a página da Logicorp no link: http://www.logicorp.net.br/index.html 2. ACESSANDO A ÁREA DE ATENDIMENTO DO NOSSO SITE Na parte superior clique em Atendimento.

Leia mais

MANUAL DE REFERÊNCIA DO CLIENTE S

MANUAL DE REFERÊNCIA DO CLIENTE S MANUAL DE REFERÊNCIA DO CLIENTE S SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 CADASTRANDO-SE NO SISTEMA... 4 CADASTRANDO UM FAMILIAR... 7 ACESSANDO O SISTEMA já sou cadastrado... 8 COMO AGENDAR UMA CONSULTA pesquisar horários...

Leia mais

MANUAL DE MEMBRO COMUNIDADE DO AMIGO

MANUAL DE MEMBRO COMUNIDADE DO AMIGO SUMÁRIO Efetuando o Login na comunidade... 3 Esqueceu sua senha?... 3 Página Principal... 4 Detalhando o item Configurações... 5 Alterar Foto... 5 Alterar Senha... 5 Dados Pessoais... 6 Configurações de

Leia mais

Página como comprar REQUISITOS

Página como comprar REQUISITOS Página como comprar REQUISITOS Só poderão realizar compras de Ingressos Corporativos Super Saver pessoas Jurídicas, ou seja, empresas registradas no Brasil que possuam CNPJ válidos. 1ª ETAPA - CADASTRO

Leia mais

GUIA DE USUÁRIO - GU-

GUIA DE USUÁRIO - GU- 1/22 Revisão 00 de 20//12 1. OBJETIVO Orientar o usuário para a pesquisa e visualização detalhada de todas as ordens de compra emitidas, emitir confirmações de aceite, submeter solicitação de alteração,

Leia mais

Rastreamento de Fatura de Fornecedor da Rhodia. Guia do Usuário

Rastreamento de Fatura de Fornecedor da Rhodia. Guia do Usuário Rastreamento de Fatura de Fornecedor da Rhodia Guia do Usuário 1 Índice: I) Introdução ao Portal de Rastreamento de Fatura de Fornecedor da Rhodia a) Boas-vindas b) Obtenção de Acesso c) Necessidades do

Leia mais

Comunidade Virtual de Disseminação e Aprendizagem-(ComViD@)

Comunidade Virtual de Disseminação e Aprendizagem-(ComViD@) PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL NO CEARÁ Núcleo Seccional da ESMAFE - 5ª Região no Ceará Comunidade Virtual de Disseminação e Aprendizagem-(ComViD@) AMBIENTAÇÃO NA PLATAFORMA 1. Cadastro 2. Preenchimento

Leia mais

Guia Prático de Acesso

Guia Prático de Acesso Guia Prático de Acesso 1. Como acessar o novo e-volution? O acesso ao novo e-volution é feito através do endereço novo.evolution.com.br. Identifique abaixo as possíveis formas de acesso: 1.1 Se você já

Leia mais

NOVIDADES DA VERSÃO DO ZPEDIDOS.

NOVIDADES DA VERSÃO DO ZPEDIDOS. NOVIDADES DA VERSÃO DO ZPEDIDOS. Procedimento de Envio de Novos Clientes: Para o envio de novos clientes, assim como na versão anterior, é obrigatório o cadastro de um pedido para o cliente, porém o procedimento

Leia mais

1. Passos iniciais. Tutoriais para aprendizado e familiarização com o software Clique no item desejado para ser direcionado para a seção.

1. Passos iniciais. Tutoriais para aprendizado e familiarização com o software Clique no item desejado para ser direcionado para a seção. Tutoriais para aprendizado e familiarização com o software Clique no item desejado para ser direcionado para a seção. Índice 1. Passos iniciais... 2. Gerenciando tarefas... 3. Cadastro de pessoas... 4.

Leia mais

Sistema de Prestação de Contas Siprec

Sistema de Prestação de Contas Siprec Sistema de Prestação de Contas Siprec Manual de Utilização Perfil Beneficiário Versão 1.3.4 Agosto de 2013 1 SUMÁRIO Manual do Usuário... 3 1. Objetivo do manual... 3 2. Sobre o sistema... 3 3. Quem deve

Leia mais

www.siteware.com.br Versão 2.6

www.siteware.com.br Versão 2.6 www.siteware.com.br Versão 2.6 Sumário Apresentação... 4 Login no PortalSIM... 4 Manutenção... 5 Unidades... 5 Unidades... 5 Grupos de CCQ... 5 Grupos de unidades... 6 Tipos de unidades... 6 Sistema de

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO BIBLIOTECA DIGITAL DE TESES E DISSERTAÇÕES. MANUAL DO USUÁRIO Módulo de Livre Docência

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO BIBLIOTECA DIGITAL DE TESES E DISSERTAÇÕES. MANUAL DO USUÁRIO Módulo de Livre Docência UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO BIBLIOTECA DIGITAL DE TESES E DISSERTAÇÕES MANUAL DO USUÁRIO Módulo de Livre Docência Centro de Informática de São Carlos Julho de 2011 Versão 1.1 UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Reitor

Leia mais

Manual para Transportadoras

Manual para Transportadoras Índice 1 Objetivo... 3 2 O Projeto e-suprir... 3 3 Introdução... 3 4 Informações Básicas... 4 4.1 Painel de Controle Compras... 4 5 Acessando o Pedido... 5 6 Digitando o Espelho de Nota Fiscal... 7 6.1

Leia mais

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo em sua oficina. O sistema foi desenvolvido para ser utilizado

Leia mais

Expresso Livre Correio Eletrônico

Expresso Livre Correio Eletrônico Expresso Livre Correio Eletrônico 1. EXPRESSO LIVRE Para fazer uso desta ferramenta de correio eletrônico acesse seu Navegador de Internet e digite o endereço eletrônico expresso.am.gov.br. Figura 1 A

Leia mais

Visão Empresa de Contabilidade. Versão 8.1A-13

Visão Empresa de Contabilidade. Versão 8.1A-13 Visão Empresa de Contabilidade Versão 8.1A-13 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse

Leia mais

SISTEMA UNIMED HRP: MÓDULO WEBSAÚDE MANUAL DE UTILIZAÇÃO

SISTEMA UNIMED HRP: MÓDULO WEBSAÚDE MANUAL DE UTILIZAÇÃO SISTEMA UNIMED HRP: MÓDULO WEBSAÚDE MANUAL DE UTILIZAÇÃO Departamento de Tecnologia da Informação tecnologia@unimeditabira.com.br 31 3839-771 3839-7713 Revisão 03 Itabira Setembro 2015 Sumário 1. Acessando

Leia mais

Manual de acesso ao UNICURITIBA Virtual (Moodle) para alunos EAD

Manual de acesso ao UNICURITIBA Virtual (Moodle) para alunos EAD 1 Manual de acesso ao UNICURITIBA Virtual (Moodle) para alunos EAD 2015 2 Sumário Acessando o UNICURITIBA Virtual... 4 Conhecendo o UNICURITIBA Virtual... 5 1. Foto do Perfil... 5 2. Campo de Busca...

Leia mais

ÍNDICE MANUAL SITE ADMINISTRÁVEL TV. 1. Introdução 2. Acessando o site administrável/webtv SITE ADMINISTRÁVEL 3. CONFIGURAÇÕES

ÍNDICE MANUAL SITE ADMINISTRÁVEL TV. 1. Introdução 2. Acessando o site administrável/webtv SITE ADMINISTRÁVEL 3. CONFIGURAÇÕES MANUAL SITE ADMINISTRÁVEL TV ÍNDICE 1. Introdução 2. Acessando o site administrável/webtv SITE ADMINISTRÁVEL 3. CONFIGURAÇÕES 3.1 - Dados Cadastrais 3.2 - Noticias 3.3 Redes Sociais 3.4 - Player 4. DESIGN

Leia mais

MANUAL PARA INSCRIÇÃO online. Versão Chamamento Público

MANUAL PARA INSCRIÇÃO online. Versão Chamamento Público MANUAL PARA INSCRIÇÃO online Versão Chamamento Público 1 Atenção Siga cuidadosamente todas as orientações deste Manual durante o processo de inscrição online >> 1º Passo: Acessar o SalicWeb Para inscrever-se

Leia mais

Manual de Utilização COPAMAIL. Zimbra Versão 8.0.2

Manual de Utilização COPAMAIL. Zimbra Versão 8.0.2 Manual de Utilização COPAMAIL Zimbra Versão 8.0.2 Sumário ACESSANDO O EMAIL... 1 ESCREVENDO MENSAGENS E ANEXANDO ARQUIVOS... 1 ADICIONANDO CONTATOS... 4 ADICIONANDO GRUPOS DE CONTATOS... 6 ADICIONANDO

Leia mais

MANUAL DE NAVEGAÇÃO UNICURITIBA VIRTUAL

MANUAL DE NAVEGAÇÃO UNICURITIBA VIRTUAL MANUAL DE NAVEGAÇÃO UNICURITIBA VIRTUAL ACESSANDO O UNICURITIBA VIRTUAL Acesse o site do UNICURITIBA: http://unicuritiba.edu.br Clique no link Portal do Aluno, que fica no canto superior direito. Dentro

Leia mais

Fazer um cálculo no produto RD Equipamentos e Agronegócio.

Fazer um cálculo no produto RD Equipamentos e Agronegócio. Fazer um cálculo no produto RD Equipamentos e Agronegócio. 1) Logar no Kit Médias Empresas Clicar no ícone Tókio Marine Empresarial, que abrirá a tela de login, veja abaixo. Caso seja o primeiro acesso

Leia mais

PICPICS PASSO A PASSO

PICPICS PASSO A PASSO PICPICS PASSO A PASSO 2. Faça login em sua conta. 1. Crie sua conta no PicPics, informando os seus dados ou dados da sua empresa. Informe também os dados que você usará para acesso ao site. 3. Após fazer

Leia mais

Quer se Cadastrar na Petrobras?

Quer se Cadastrar na Petrobras? MT-611-00009 Última Atualização 25/04/2012 Quer se Cadastrar na Petrobras? Como dar início ao processo de cadastramento na Petrobras: Para dar início ao processo de cadastramento na Petrobras, é necessário

Leia mais

Manual do Sistema de Cadastro de Cultivares Locais, Tradicionais e Crioulas

Manual do Sistema de Cadastro de Cultivares Locais, Tradicionais e Crioulas Ministério do Desenvolvimento Agrário Secretaria da Agricultura Familiar Departamento de Financiamento e Proteção da Produção Seguro da Agricultura Familiar Manual do Sistema de Cadastro de Cultivares

Leia mais

ÍNDICE BLUELAB A UTILIZAÇÃO DO BLUELAB PELO PROFESSOR RECURSOS PARA PROFESSORES E ALUNOS...05 INICIANDO O BLUELAB PROFESSOR...06

ÍNDICE BLUELAB A UTILIZAÇÃO DO BLUELAB PELO PROFESSOR RECURSOS PARA PROFESSORES E ALUNOS...05 INICIANDO O BLUELAB PROFESSOR...06 ÍNDICE BLUELAB RECURSOS PARA PROFESSORES E ALUNOS...05 INICIANDO O BLUELAB PROFESSOR...06 ELEMENTOS DA TELA INICIAL DO BLUELAB PROFESSOR guia Meu Espaço de Trabalho...07 A INTERFACE DO BLUELAB...07 INICIANDO

Leia mais

Manual de usuário. do sistema multicálculo CotakWeb

Manual de usuário. do sistema multicálculo CotakWeb Manual de usuário do sistema multicálculo CotakWeb Belo Horizonte 01 de setembro de 2010 1 Sumário 1. CANAIS DE ATENDIMENTO... 3 2. DOWNLOAD DO APLICATIVO... 3 3. LOGIN... 3 4. CONFIGURAÇÃO... 4 4.1. PARÂMETROS

Leia mais

SISTEMA PATRIMÔNIO WEB

SISTEMA PATRIMÔNIO WEB UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Subcomissão de Patrimônio - GEFIM REITORIA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO COMPATRIM/GEFIM SISTEMA PATRIMÔNIO WEB Manual do usuário v.1.1 Sumário Introdução... 4 Fluxo das Principais

Leia mais

SIGA Saúde. Sistema Integrado de Gestão da Assistência à Saúde. Manual operacional. Módulo Agenda Agendamento Local

SIGA Saúde. Sistema Integrado de Gestão da Assistência à Saúde. Manual operacional. Módulo Agenda Agendamento Local SIGA Saúde Sistema Integrado de Gestão da Assistência à Saúde Manual operacional Módulo Agenda Agendamento Local Sumário Introdução... 3 Agendamento... 4 Pesquisa de vagas... 5 Perfil de Agenda... 6 Dados

Leia mais

Abaixo será listado passo a passo o processo de cadastro, login e compra de produtos anunciados em nosso portal.

Abaixo será listado passo a passo o processo de cadastro, login e compra de produtos anunciados em nosso portal. Manual do Comprador 1 Comprar Anúncios Abaixo será listado passo a passo o processo de cadastro, login e compra de produtos anunciados em nosso portal. 1.1 CRIAR CONTA TURISMO AGORA Para comprar produtos

Leia mais

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar:

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar: SOLICITAÇÃO DE FOMENTO on-line MANUAL DO USUÁRIO 1 CONTATOS... 2 2 ANTES DE COMEÇAR... 2 3 ENTRAR NO SISTEMA INFAPERJ... 3 3.1 ACESSO AO SISTEMA...3 3.2 LOGIN...4 4 APRESENTAÇÃO GERAL DA INTERFACE... 5

Leia mais

Pagamentos MT-212-00137-6 Última Atualização 06/01/2015

Pagamentos MT-212-00137-6 Última Atualização 06/01/2015 Pagamentos MT-212-00137-6 Última Atualização 06/01/2015 I. Objetivos Após este módulo de capacitação você será capaz de: Carregar Documentos Fiscais Verificar o status de envio dos documentos fiscais Consultar

Leia mais

WorkFlow WEB Caberj v20150127.docx. Manual Atendimento Caberj

WorkFlow WEB Caberj v20150127.docx. Manual Atendimento Caberj Manual Atendimento Caberj ÍNDICE CARO CREDENCIADO, LEIA COM ATENÇÃO.... 3 ATENDIMENTO... 3 FATURAMENTO... 3 ACESSANDO O MEDLINK WEB... 4 ADMINISTRAÇÃO DE USUÁRIOS... 5 CRIANDO UM NOVO USUÁRIO... 5 EDITANDO

Leia mais

MANUAL. Certificado de Origem Digital PERFIL ENTIDADE. Versão 2.2.15

MANUAL. Certificado de Origem Digital PERFIL ENTIDADE. Versão 2.2.15 MANUAL Certificado de Origem Digital PERFIL ENTIDADE Versão 2.2.15 Sumário 1. Inicializando no sistema... 4 2. Perfil de Emissores do Sistema... 4 3. Analisando os certificados emitidos... 5 3.1. Certificados

Leia mais

SISTEMA COOL 2.0V. (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO

SISTEMA COOL 2.0V. (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA COOL 2.0V (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO ÍNDICE Pré-requisitos para utilização do sistema....2 Parte I Navegador...2 Parte II Instalação do Interpretador de PDF...2 Parte III

Leia mais

3.000.000 de registros de candidatos e respondentes de pesquisa, número que continua crescendo.

3.000.000 de registros de candidatos e respondentes de pesquisa, número que continua crescendo. SUMÁRIO 1 1 - Conceitos Gerais O CRQ é um sistema de controle de qualidade utilizado na etapa de recrutamento de estudos de natureza qualitativa. Ele é um banco de dados que tem como principal objetivo

Leia mais

Manual de utilização do. sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR

Manual de utilização do. sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR Manual de utilização do sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR Sistema integrado de controle médico Acesso... 3 Menu principal... 4 Cadastrar... 6 Cadastro de pacientes... 6 Convênios... 10

Leia mais

Manual Digifort Evidence Versão 1.0.1 Rev. A

Manual Digifort Evidence Versão 1.0.1 Rev. A Manual Digifort Evidence Versão 1.0.1 Rev. A Índice ANTES DE VOCÊ COMEÇAR... 4 PRÉ-REQUISITOS... 4 SCREEN SHOTS... 4 A QUEM SE DESTINA ESTE MANUAL... 4 COMO UTILIZAR ESTE MANUAL... 4 Introdução... 5 INSTALANDO

Leia mais

Sumário Scripts FGPS - Fornecedores

Sumário Scripts FGPS - Fornecedores FIAT 3/04/20 Sumário Scripts FGPS - Problemas Compatibilidade... 3 Localização do Manual de Treinamento... 3 Passos no sistema... 3 Registro de Tickets para Solução de Problemas... 4 Localização do Manual

Leia mais

USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL

USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL ATENÇÃO! Para utilizar este tutorial não se esqueça: Onde estiver escrito seusite.com.br substitua pelo ENDEREÇO do seu site (domínio). Ex.: Se o endereço do seu site é casadecarnessilva.net

Leia mais

1998-2011 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2011 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas poderá ter

Leia mais

Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios - SCBA

Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios - SCBA Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios - SCBA Manual de Utilização Perfil Beneficiário 1. 2. Objetivo do Manual... 2 Siglas e Abreviações... 2 3. Perfil do Usuário... 2 4. Descrição Geral do Sistema...

Leia mais

TUTORIAL. Dúvidas? Entre em contato com edunp@unp.br

TUTORIAL. Dúvidas? Entre em contato com edunp@unp.br TUTORIAL MENU (clique sobre uma das opções) 1. CADASTRO DE LEITORES/AUTORES/AVALIADORES 2. SUBMISSÃO DE TEXTO 3. REENVIO DE TEXTO NA AVALIAÇÃO 4. REENVIO DE TEXTO NA EDIÇÃO Dúvidas? Entre em contato com

Leia mais

Rendimento de Aplicação

Rendimento de Aplicação MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO DEPARTAMENTO DE SUPORTE À GESTÃO DO SISTEMA DE TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS DA UNIÃO Portal dos Convênios SICONV Rendimento de Aplicação Perfil Convenente /

Leia mais

NewAgent enterprise-brain

NewAgent enterprise-brain Manual NewAgent enterprise-brain Configuração Manual NewAgent enterprise-brain Configuração Este manual de uso irá ajudá-lo na utilização de todas as funções administrativas que a NewAgent possui e assim,

Leia mais

Como criar formulário com o Google Drive

Como criar formulário com o Google Drive Como criar formulário com o Google Drive Lembre-se que uma das maiores dificuldades em questionários e pesquisas é a árdua tarefa de consolidar os dados para análise. Com o Google Formulários é possível

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Compartilhamento de Arquivos no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução...

Leia mais

4. Uso do SIG para gestão de informações do Dia C

4. Uso do SIG para gestão de informações do Dia C Manual de Orientação para Inscrição e Preenchimento e Envio de Relatórios do Dia C com uso do Sistema de Informações Gerenciais do Sistema Ocemg SIG 1. Objetivo Este manual tem por objetivo instruir os

Leia mais

1998-2013 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2013 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Versão 8.0A-01 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas

Leia mais

2. INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO

2. INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO INDICE 1. INTRODUÇÃO 2. INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO 2.1. COMPARTILHANDO O DIRETÓRIO DO APLICATIVO 3. INTERFACE DO APLICATIVO 3.1. ÁREA DO MENU 3.1.2. APLICANDO A CHAVE DE LICENÇA AO APLICATIVO 3.1.3 EFETUANDO

Leia mais

Manual de Utilização Chat Intercâmbio

Manual de Utilização Chat Intercâmbio Manual de Utilização Chat Intercâmbio 1 INDICE 1 Chat Intercâmbio... 6 1.1 Glossário de Termos Utilizados.... 6 1.2 Definições de uma Sala de Chat... 7 1.3 Como Acessar o Chat Intercâmbio... 8 1.4 Pré-requisitos

Leia mais

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Versão 8.1A-13 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas

Leia mais

Cadastro e Comercialização de Vale-Transporte Guia de Utilização

Cadastro e Comercialização de Vale-Transporte Guia de Utilização 1º PASSO: ACESSO À PAGINA PARA EMPREGADORES NÃO CADASTRADOS Acesse o site www.tripoa.com.br e selecione a opção Vale-transporte, ou então acesse www.trensurb.gov.br. Neste espaço você será informado sobre

Leia mais

DRIVE CONTÁBIL NASAJON

DRIVE CONTÁBIL NASAJON DRIVE CONTÁBIL NASAJON Módulo Gerenciador de NFe Versão 1.0 Manual do Usuário 1 Sumário da Apostila Informações Básicas Primeira Utilização: Os Módulos do Gerenciador de NFe: Como funciona o Sistema? Diagrama

Leia mais

FUNDAÇÃO DE MEDICINA TROPICAL DOUTOR HEITOR VIEIRA DOURADO (FMT-HVD) DEPARTAMENTO DE PESQUISA

FUNDAÇÃO DE MEDICINA TROPICAL DOUTOR HEITOR VIEIRA DOURADO (FMT-HVD) DEPARTAMENTO DE PESQUISA 2012 / 2013 FUNDAÇÃO DE MEDICINA TROPICAL DOUTOR HEITOR VIEIRA DOURADO (FMT-HVD) DEPARTAMENTO DE PESQUISA PAIC PROGRAMA DE APOIO A INICIAÇÃO CIENTÍFICA (2015/2016) GUIA DO USUÁRIO Versão web 1.1 Abril

Leia mais

Como criar um formulário de pesquisa usando o Google Drive

Como criar um formulário de pesquisa usando o Google Drive 25/09/2013 07h25 - Atualizado em 25/09/2013 07h43 Como criar um formulário de pesquisa usando o Google Drive por EDIVALDO BRITO Para o TechTudo 1 comentário Se você precisa fazer alguma pesquisa de um

Leia mais

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios Portal Sindical Manual Operacional Empresas/Escritórios Acesso ao Portal Inicialmente, para conseguir acesso ao Portal Sindical, nos controles administrativos, é necessário acessar a página principal da

Leia mais

Banco do Brasil Diretoria de Comércio Exterior - Dicex Manual Cliente Autoatendimento Pessoa Jurídica e Autoatendimento Governo

Banco do Brasil Diretoria de Comércio Exterior - Dicex Manual Cliente Autoatendimento Pessoa Jurídica e Autoatendimento Governo Banco do Brasil Diretoria de Comércio Exterior - Dicex Manual Cliente Autoatendimento Pessoa Jurídica e Autoatendimento Governo Índice 1) Login... 3 2) Digitalização de Documentos... 5 2.1) Digitalização

Leia mais

Índice. 1. Limpar Cache do Browser Firefox... 3. 2. Limpar Cache Browser Internet Explorer... 5. 3. Limpar cache do Java... 7

Índice. 1. Limpar Cache do Browser Firefox... 3. 2. Limpar Cache Browser Internet Explorer... 5. 3. Limpar cache do Java... 7 Índice 1. Limpar Cache do Browser Firefox... 3 2. Limpar Cache Browser Internet Explorer... 5 3. Limpar cache do Java... 7 4. Versão dos navegadores ( browser ) para acesso ao GFN Web:... 9 5. Configuração

Leia mais

Manual do usuário. v1.0

Manual do usuário. v1.0 Manual do usuário v1.0 1 Iniciando com o Vivo Gestão 1. como fazer login a. 1º acesso b. como recuperar a senha c. escolher uma conta ou grupo (hierarquia de contas) 2. como consultar... de uma linha a.

Leia mais

MANUAL PARA INSCRIÇÃO online EM EDITAIS. Versão 1.0

MANUAL PARA INSCRIÇÃO online EM EDITAIS. Versão 1.0 MANUAL PARA INSCRIÇÃO online EM EDITAIS Versão 1.0 1 >> 1º Passo: Para acessar o SalicWeb Para inscrever a sua iniciativa cultural nos editais do Ministério da Cultura acesse o Sistema SalicWeb no endereço

Leia mais

MANUAL HELP-DESK DATACOM AUTOMAÇÕES

MANUAL HELP-DESK DATACOM AUTOMAÇÕES MANUAL HELP-DESK DATACOM AUTOMAÇÕES Esse Manual tem como objetivo explicar todas as funções do novo sistema de abertura de chamados da Datacom Automações. Esse novo programa facilitará o atendimento entre

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DA RECEITA PED MANUAL INTERNET

SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DA RECEITA PED MANUAL INTERNET SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DA RECEITA MANUAL INTERNET ÍNDICE Sistema Integrado de Administração da Receita 1 INTRODUÇÃO GERAL... 4 2 INTRODUÇÃO AO... 4 2.1 OBJETIVOS... 4 2.2 BENEFÍCIOS... 4 2.3

Leia mais

1. Objetivos do curso 2. 2 Comunicação Interna (CI) 13 3 Ofício 18 4 DEFINIÇÕES GERAIS 23 5 CONCLUSÃO 27

1. Objetivos do curso 2. 2 Comunicação Interna (CI) 13 3 Ofício 18 4 DEFINIÇÕES GERAIS 23 5 CONCLUSÃO 27 1. Objetivos do curso 2 Introdução 2 Funções do Sistema: 2 Da Comunicação Interna: 3 o Enviadas: 3 o Recebidas: 3 o Com Cópia Pessoal: 3 Ofícios 4 o Enviados: 4 o Recebidas com Cópia: 5 Contatos Externos:

Leia mais

1 - O que é o Conectividade Social? 03. 2 - Qual a configuração mínima para instalar o programa?... 04

1 - O que é o Conectividade Social? 03. 2 - Qual a configuração mínima para instalar o programa?... 04 Conteúdo 1 - O que é o Conectividade Social? 03 2 - Qual a configuração mínima para instalar o programa?... 04 3 - O que é necessário para instalar o Conectividade Social?.... 05 4 - Como faço para executar

Leia mais

Manual de acesso ao UNICURITIBA Virtual (Moodle) para alunos

Manual de acesso ao UNICURITIBA Virtual (Moodle) para alunos Manual de acesso ao UNICURITIBA Virtual (Moodle) para alunos 2015 Sumário Acessando o UNICURITIBA Virtual... 3 Conhecendo o UNICURITIBA Virtual... 4 1. Foto do Perfil... 4 2. Campo de Busca... 5 3. Bloco

Leia mais

HELP Fornecedores ATENÇÃO!!! IMPORTANTE: o acesso ao SIGA só poderá ser feito através do navegador Internet Explorer, versões 6 a 9.

HELP Fornecedores ATENÇÃO!!! IMPORTANTE: o acesso ao SIGA só poderá ser feito através do navegador Internet Explorer, versões 6 a 9. HELP Fornecedores IMPORTANTE: o acesso ao SIGA só poderá ser feito através do navegador Internet Explorer, versões 6 a 9. ATENÇÃO!!! Se a versão do seu navegador Internet Explorer for superior a 9, siga

Leia mais

Portal dos Convênios SICONV. Orientações/Passo a Passo. Credenciamento de Proponente

Portal dos Convênios SICONV. Orientações/Passo a Passo. Credenciamento de Proponente Portal dos Convênios SICONV Orientações/Passo a Passo Credenciamento de Proponente Administração Pública Estadual, Municipal ou do Distrito Federal, Consórcio Público, Entidade Privada sem fins lucrativos

Leia mais

REMOÇÃO 2015 Versão 10/04/2015

REMOÇÃO 2015 Versão 10/04/2015 Versão 10/04/2015 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 03 ACESSANDO O SISTEMA... 04 CONSULTA DE VAGAS... 06 CRIAR SOLICITAÇÃO PARA REMOÇÃO 2015... 09 PREENCHENDO A COMARCA/FORO... 10 ALTERANDO A SOLICITAÇÃO CADASTRADA...

Leia mais

BACKUP ONLINE PASSOS PARA CONFIGURAÇÃO INICIAL DO PRODUTO

BACKUP ONLINE PASSOS PARA CONFIGURAÇÃO INICIAL DO PRODUTO BACKUP ONLINE PASSOS PARA CONFIGURAÇÃO INICIAL DO PRODUTO Criação de Conta de Usuário...03 Edição da Conta de Usuário...10 Download do Backup Online Embratel...10 Descrição dos Conjuntos de Cópia de Segurança...19

Leia mais

Pagamento - Fornecedor

Pagamento - Fornecedor Pagamento - Fornecedor MT-212-00137 - 1 Última Atualização 30/08/2014 I. Objetivos Após este módulo de capacitação você será capaz de: Carregar Documentos Fiscais Verificar o status de envio dos documentos

Leia mais

CIUCA Manual de Operação Versão 2.02 (Módulos I Cadastro e II - Credenciamento)

CIUCA Manual de Operação Versão 2.02 (Módulos I Cadastro e II - Credenciamento) Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação Cadastro das Instituições e Comissões de Ética no Uso de Animais CIUCA Versão 2.02 (Módulos I Cadastro e II - Credenciamento) Versão 1.01 (Módulo I Cadastro)

Leia mais

PORTAL DE RELACIONAMENTO GROUP

PORTAL DE RELACIONAMENTO GROUP PORTAL DE RELACIONAMENTO GROUP MANUAL DO USUÁRIO Portal de Relacionamento - Manual do usuário... 1 SUMÁRIO 1. Informações gerais... 3 2. Sobre este documento... 3 3. Suporte técnico... 3 4. Visão Geral

Leia mais

iconnect 3.3 Atualizações Pesquisa Dinâmica

iconnect 3.3 Atualizações Pesquisa Dinâmica iconnect 3.3 Atualizações Pesquisa Dinâmica Conteúdo iconnect 3.3 Atualizações Pesquisa Dinâmica... 3 1. Feedback do Cliente...3 1.1 Feedback do Cliente no Email da Pesquisa Dinâmica... 3 1.2 Página de

Leia mais