Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro"

Transcrição

1 Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro

2 Perturbadores do SNC

3 ObjeDvos Conhecer as formas de apresentação e de uso Compreender o mecanismo de ação Reconhecer sinais e sintomas do uso e da absdnência Avaliar os efeitos sobre a capacidade de dirigir

4 Perturbadores do SNC DEPRESSORAS ESTIMULANTES PERTURBADORAS Álcool Cocaína/Crack Maconha Benzodiazepínicos Anfetaminas Ecstasy Opióides NicoDna LSD Indutores do sono e anestesia Inalantes Cafeína Alucinógenos naturais

5 Maconha

6 Informações gerais A maconha é capaz de atuar tanto no sistema inibitório quanto no excitatório do cérebro Efeito bifásico: Efeitos euforizantes e sedadvos Efeitos alucinógenos Cannabis sa(va, Cannabis indica e Cannabis ruderalis

7 Informações gerais Maconha Folhas e flores secas Haxixe Resina das folhas e brotos Moléculas puras isoladas > 400 substâncias químicas Não canabinoides Canabinoides THC Outros (Canabidiol, canabigerol, canabinol, etc)

8 Maconha - Formas de consumo Fumada como cigarro, cachimbo ou bong alcança efeito entre 8 a 15 minutos duração do efeito de 2 a 3 horas Ingerida como bolos, biscoitos ou chás

9 Maconha - Mecanismo de ação Sistema canabinoide gerencia os sistemas de neurotransmissores THC afeta a qualidade da informação

10 Maconha - Mecanismo de ação

11 Maconha Quanto tempo a maconha permanece no corpo após um único episódio de uso? A. 3 dias B. 7 dias C. Poucas semanas D. Vários meses

12 Detecção da maconha Mais comum através de testes de urina O metabólito inadvo da maconha é solúvel em gordura sendo liberado lentamente do tecido adiposo Quanto mais regular o uso, mais tempo a maconha é detectável na urina Após uso diário por 3 meses, pode ser detectável por mais de 8 semanas

13 Detecção da maconha O THC é depositado e armazenado no tecido adiposo Os testes confirmam uso passado mas não intoxicação, dependência ou abuso de cannabis

14 Maconha - Utensílios

15 Maconha Sinais e Sintomas Euforia e sociabilidade Relaxamento Diminuição da ansiedade Alterações de percepção Olhos avermelhados Pálpebras cerradas Boca seca Aumenta o ritmo cardíaco Relaxamento muscular

16 Maconha - Síndrome de AbsDnência Fúria ou agressividade Diminuição no apedte ou perda de peso Irritabilidade e mau humor Nervosismo/ansiedade Inquietação Dificuldades no sono incluindo pesadelos

17 Maconha e trânsito Brasil: NEPTA: exame posidvo para maconha em 1,5% das amostras de saliva dos condutores em rodovias federais Europa: DRUID: exame posidvo para maconha em 1,32% das amostras dos condutores estavam sob efeito de THC (coleta de dados feita entre jan/07- jul/09)

18 Habilidades prejudicadas pelo THC Monitorar o velocímetro e manter a velocidade Tempo de reação (resposta a esnmulos) Atenção Habilidades psicomotoras (lendficação)

19 Maconha - Vídeo

20 Maconha + álcool QuanDdade de THC no sangue é maior quando a maconha é combinada com álcool (por quê?) THC combinado com álcool aumenta a chance de acidente fatal mais do que maconha isolada

21 PerspecDvas farmacológicas Transtornos de ansiedade Esquizofrenia AnDêmese e anorexia Analgesia TEPT Patologias de controle motor Epilepsia Alguns Dpos de câncer

22 Ecstasy ou MDMA

23 Ecstasy 1914: registro do MDMA pela Merck como inibidor de apedte 1960: uso em psicoterapias (elevador do ânimo) Década de 70: droga do amor Década de 80: proibição do uso

24 Ecstasy LSD GBL

25 Ecstasy - Duração do efeito Depende da dose Dosagem npica (30 mg a 80 mg) Início dos efeitos esperados: 20 a 30 minutos Pico dos efeitos esperados: 2 horas Duração dos efeitos: 4 a 6 horas

26 Ecstasy - Mecanismo de ação Serotonina Humor Memória Sono Cognição

27 Ecstasy Efeitos ssicos Pupila dilatada Boca seca Aumento da temperatura corporal (até 43oC) Contração dos maxilares (trismo) Taquicardia (120 ~ 150 badmentos/ min) Agitação

28 Ecstasy - Sinais npicos dos usuários

29 Ecstasy Efeitos psíquicos Maior interesse em socialização Euforia, bem- estar Diminuição do sono, do apedte e da fadiga Alterações sensoriais (+ responsividade ao toque) Alucinações visuais Aumento do estado de alerta Sensação de grande capacidade ssica e mental Distorções no tempo

30 Ecstasy e trânsito Prejuízo na previsão dos movimentos, coordenação e concentração Déficit na avaliação de risco AbsDnentes também apresentam comportamento de risco Prejuízo nos mecanismos neurais envolvidos no julgamento, tomada de decisão e outras funções execudvas (evento depressivo)

31 LSD

32 LSD LSD GBL GHB

33 LSD 0, g já produz efeito É consumido por via oral, absorção sublingual EsDmula a serotonina no cérebro

34 LSD Sinais e Sintomas Alucinações (visuais, audidvas, olfadvas, táteis) Pode causar euforia e excitação (boa viagem) ou depressão e pânico (má viagem) Delírios (geralmente de grandiosidade ou persecutórios) A pessoa se julga com forças extraordinárias como capacidade de voar, capaz de parar um veículo, andar sobre a água Flashbacks Sinestesia (mistura de sensações)

35 LSD e trânsito Efeitos sobre habilidades necessárias à boa condução do veículo Prejuízo em funções psicomotoras (coordenação e tempo de reação) Prejuízo em testes de atenção e concentração SuperesDmação de intervalos de tempo

36 10 drogas - Vídeo

DROGAS DE ABUSO. Profa. Dra. Eline Matheus

DROGAS DE ABUSO. Profa. Dra. Eline Matheus DROGAS DE ABUSO DROGAS QUE ATUAM NO SNC ESTIMULANTES DEPRESSORES DROGAS ESTIMULANTES COCAÍNA (CRACK & OXI) ANFETAMÍNICOS EFEDRINA ALUCINÓGENOS ANABOLIZANTES COCAÍNA Corte cerebral pós-mortem de um adicto

Leia mais

INTOXICAÇÃO POR NOVAS DROGAS

INTOXICAÇÃO POR NOVAS DROGAS Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro Grupamento de Socorro de Emergência Seção de Desastres INTOXICAÇÃO POR NOVAS DROGAS Edna Maria de Queiroz Capitão Médica CBMERJ Médica HUAP / UFF

Leia mais

AULA 23 Drogas: produtos alucinógenos ou substância tóxicas que leva a dependência; Drogas psicoativas: entra na corrente sanguínea e atinge o SNC; Ação depressiva: diminui a atividade das células nervosas.

Leia mais

Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro

Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro Doenças, Sono e Trânsito ObjeBvos Relacionar sintomas de doenças e efeitos de medicamentos com o perigo

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MATO GROSSO DO SUL UEMS PLANO INTEGRADO DE ENFRENTAMENTO AO CRACK E OUTRAS DROGAS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MATO GROSSO DO SUL UEMS PLANO INTEGRADO DE ENFRENTAMENTO AO CRACK E OUTRAS DROGAS UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MATO GROSSO DO SUL UEMS PLANO INTEGRADO DE ENFRENTAMENTO AO CRACK E OUTRAS DROGAS CONCEITOS, PROPRIEDADES QUÍMICAS E DEPENDÊNCIA DO ABUSO DE DROGAS Definições Droga é toda substância

Leia mais

A SAÚDE TAMBÉM É CONSIGO. Tabaco

A SAÚDE TAMBÉM É CONSIGO. Tabaco Tabaco Álcool Medicamentos Cocaína Heroína Cannabis Ecstasy ÁLCOOL Características da substância O álcool contido nas bebidas é cientificamente designado como etanol, sendo produzido através da fermentação

Leia mais

Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro

Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro Conceitos Básicos ObjeBvos DiscuBr os conceitos básicos de substâncias psicoabvas (SPA) Conhecer as

Leia mais

Drogas de abuso. Maxwell Santana

Drogas de abuso. Maxwell Santana Drogas de abuso Maxwell Santana Drogas de abuso Qualquer substância ou preparação, com pouco uso médico usada primariamente pelos seus efeitos gratificantes! Englobam substância psicoativas e psicotrópicas!

Leia mais

Álcool, Drogas e o Jovem

Álcool, Drogas e o Jovem Álcool, Drogas e o Jovem Sub-Secretaria de Políticas sobre Drogas do Estado de Minas Gerais Amadeu Roselli Cruz Primavera de 2012 1 Jovens e Conflitos com a Família 1. Escola 2. Limpeza do corpo 3. Limpeza

Leia mais

Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro

Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro Es>mulantes do SNC Obje>vos Conhecer as formas de apresentação e de uso Compreender o mecanismo de

Leia mais

DROGAS LÌCITAS E ILÌCITAS SUBSTÂNCIAS PSICOTRÒPICAS. Drogas Lícitas e Ilícitas Substancias Psicotrópicas

DROGAS LÌCITAS E ILÌCITAS SUBSTÂNCIAS PSICOTRÒPICAS. Drogas Lícitas e Ilícitas Substancias Psicotrópicas DROGAS LÌCITAS E ILÌCITAS SUBSTÂNCIAS PSICOTRÒPICAS Drogas Lícitas e Ilícitas Substancias Psicotrópicas SUBSTÂNCIAS PSICOTRÒPICAS São substancias psicoativas que agem no Sistema Nervoso Central. Produz

Leia mais

Os Remédios para Emagrecer são quase todos à base de Anfetaminas,

Os Remédios para Emagrecer são quase todos à base de Anfetaminas, 8 Remédios para Emagrecer Evandro Murer Especialista em Teorias e Métodos de Pesquisa em Educação Física, Esportes e Lazer na UNICAMP Os Remédios para Emagrecer são quase todos à base de Anfetaminas, que

Leia mais

FARMACOTERAPIA EXCLUSIVA Nutracêuticos para o tratamento da dependência Química

FARMACOTERAPIA EXCLUSIVA Nutracêuticos para o tratamento da dependência Química FARMACOTERAPIA EXCLUSIVA Nutracêuticos para o tratamento da dependência Química NUTRACÊUTICOS PARA TRATAMENTO DAS DEPENDÊNCIAS QUÍMICAS TRATAMENTO COM ALTA EFETIVIDADE Os mais recentes estudos científicos

Leia mais

Abuso e dependência ao álcool e outras drogas e sua relação com o suicídio

Abuso e dependência ao álcool e outras drogas e sua relação com o suicídio Abuso e dependência ao álcool e outras drogas e sua relação com o suicídio Messiano Ladislau Nogueira de Sousa Médico Psiquiatra com aperfeiçoamento em terapia psicanalítica Abril, 2014 Sumário Conceitos

Leia mais

Drogas de Abuso. Equipe de Biologia

Drogas de Abuso. Equipe de Biologia Drogas de Abuso Equipe de Biologia Drogas Qualquer substância capaz de alterar o funcionamento do organismo ilícitas lícitas Drogas de abuso Drogas utilizadas sem indicação médica, tendo por objetivo alterar

Leia mais

O que são drogas? Drogas Naturais Drogas Sintéticas Drogas Semi-sintéticas. Drogas. Prof. Thiago Lins do Nascimento. tiagolinsnasc@gmail.

O que são drogas? Drogas Naturais Drogas Sintéticas Drogas Semi-sintéticas. Drogas. Prof. Thiago Lins do Nascimento. tiagolinsnasc@gmail. Drogas Prof. Thiago Lins do Nascimento tiagolinsnasc@gmail.com 2014 1 / 41 Sumário O que são drogas? 1 O que são drogas? O que são drogas? 2 Maconha Nicotina 3 Ecstasy Anfetaminas 4 Cocaína Crack Krokodil

Leia mais

Essas drogas podem ser absorvidas de várias formas: por injecção, por inalação, via oral ou injeção intravenosa.

Essas drogas podem ser absorvidas de várias formas: por injecção, por inalação, via oral ou injeção intravenosa. Droga Droga (do francês drogue, provavelmente do neerlandês droog, "seco, coisa seca"), narcótico, entorpecente ou estupefaciente são termos que denominam substâncias químicas que produzem alterações dos

Leia mais

Leia sem moderação. Alcoolismo

Leia sem moderação. Alcoolismo Leia sem moderação. Alcoolismo ALCOOLISMO O alcoolismo é uma doença grave causada pela ingestão contínua de bebidas alcoólicas. A pessoa torna-se prisioneira do ato de beber, sofrendo conseqüências sociais,

Leia mais

DROGAS DE ABUSO. Carlos Eduardo Biólogo Neuropsicólogo Mestre-Farmacologia UFC

DROGAS DE ABUSO. Carlos Eduardo Biólogo Neuropsicólogo Mestre-Farmacologia UFC DROGAS DE ABUSO Carlos Eduardo Biólogo Neuropsicólogo Mestre-Farmacologia UFC DROGAS DE ABUSO Substância Psicoativa qualquer substância química que, quando ingerida, modifica uma ou várias funções do SNC,

Leia mais

ANESTESIA NO PACIENTE SOB EFEITO DE DROGAS SINTÉTICAS. ECSTASY

ANESTESIA NO PACIENTE SOB EFEITO DE DROGAS SINTÉTICAS. ECSTASY ANESTESIA NO PACIENTE SOB EFEITO DE DROGAS SINTÉTICAS. ECSTASY Oscar César Pires 29/04/12 14h:40-15h:00 Diretor Departamento Científico SBA / Responsável pelo CET do HMSJC SP Doutor em Anestesiologia/

Leia mais

Alucinógenos naturais e sintéticos: efeitos e identificação. Profª Drª Silvia de Oliveira S. Cazenave Núcleo de Perícia Criminalísticas de Campinas

Alucinógenos naturais e sintéticos: efeitos e identificação. Profª Drª Silvia de Oliveira S. Cazenave Núcleo de Perícia Criminalísticas de Campinas Alucinógenos naturais e sintéticos: efeitos e identificação Profª Drª Silvia de Oliveira S. Cazenave Núcleo de Perícia Criminalísticas de Campinas Alucinógenos Os veículos químicos das viagens fantásticas

Leia mais

Todos sabemos a importância de uma boa noite de sono. O que nem todos sabem é que alternância entre o dormir e estar acordado resulta da ação

Todos sabemos a importância de uma boa noite de sono. O que nem todos sabem é que alternância entre o dormir e estar acordado resulta da ação QUÍMICA DO SONO Todos sabemos a importância de uma boa noite de sono. O que nem todos sabem é que alternância entre o dormir e estar acordado resulta da ação combinada de diversas substâncias químicas

Leia mais

Alienação das drogas

Alienação das drogas Alienação das drogas Que relação podemos fazer entre os personagens mortos-vivos da ficção e os usuários de drogas em geral. São substâncias, naturais ou sintéticas que, introduzidas no organismo, podem

Leia mais

CORPO MOVIMENTO; SISTEMA NERVOSO; SISTEMA CARDIORESPIRATÓRIO; SISTEMA MUSCULOESQUELÉTICO. SISTEMA ENDÓCRINO

CORPO MOVIMENTO; SISTEMA NERVOSO; SISTEMA CARDIORESPIRATÓRIO; SISTEMA MUSCULOESQUELÉTICO. SISTEMA ENDÓCRINO CORPO X MACONHA CORPO MOVIMENTO; SISTEMA NERVOSO; SISTEMA CARDIORESPIRATÓRIO; SISTEMA MUSCULOESQUELÉTICO. SISTEMA ENDÓCRINO CORPO - MOVIMENTO CORPO - MOVIMENTO Movimentos estão presentes em todas as atividades

Leia mais

Maconha. Marília Z. P. Guimarães Programa de Farmacologia Celular e Molecular Instituto de Ciências Biomédicas/UFRJ

Maconha. Marília Z. P. Guimarães Programa de Farmacologia Celular e Molecular Instituto de Ciências Biomédicas/UFRJ Maconha Marília Z. P. Guimarães Programa de Farmacologia Celular e Molecular Instituto de Ciências Biomédicas/UFRJ A humanidade conhece a planta Cannabis sp., nativa do centro e sul da Ásia, desde 10 mil

Leia mais

Drogas e Álcool (substâncias psicoativas)

Drogas e Álcool (substâncias psicoativas) Drogas e Álcool (substâncias psicoativas) EDUARDO HENRIQUE TEIXEIRA www.psiquiatriaforense.com.br II Levantamento Domiciliar sobre o Uso de Drogas Psicotrópicas no Brasil: 2005 Em 108 cidades c/ mais 200

Leia mais

CAPÍTULO 1. CONCEITOS BÁSICOS E DIAGNÓSTICO

CAPÍTULO 1. CONCEITOS BÁSICOS E DIAGNÓSTICO CAPÍTULO 1. CONCEITOS BÁSICOS E DIAGNÓSTICO INTRODUÇÃO O consumo de substâncias que possuem a capacidade de atuar sobre o cérebro, gerando modificações no psiquismo, parece ser um fenômeno universal da

Leia mais

A MACONHA: INFORMAÇÃO PARA OS ADOLESCENTES

A MACONHA: INFORMAÇÃO PARA OS ADOLESCENTES Publicação oficial da Secretaria Nacional Antidrogas - SENAD, a partir de textos elaborado pelo... A MACONHA: INFORMAÇÃO PARA OS ADOLESCENTES 1 a Edição SENAD Brasília - DF, 2000 Presidência da República:

Leia mais

CRACK. Alexandre de Araújo Pereira. Psiquiatra Mestre em Educação Médica ENSP/UECE Docente da Faculdade de Ciências Médicas UNIFENAS BH/ IPEMED

CRACK. Alexandre de Araújo Pereira. Psiquiatra Mestre em Educação Médica ENSP/UECE Docente da Faculdade de Ciências Médicas UNIFENAS BH/ IPEMED CRACK Alexandre de Araújo Pereira Psiquiatra Mestre em Educação Médica ENSP/UECE Docente da Faculdade de Ciências Médicas UNIFENAS BH/ IPEMED Breve histórico do uso de drogas Pré História 4.000 à 5.000

Leia mais

Maconha. Alessandro Alves. Conhecendo a planta

Maconha. Alessandro Alves. Conhecendo a planta Maconha Alessandro Alves Entenda bem. A maconha é a droga ilícita mais utilizada no mundo. Está entre as plantas mais antigas cultivadas pelo homem. Na China seus grãos são utilizados como alimento e no

Leia mais

O TABAGISMO COMO DEPENDÊNCIA

O TABAGISMO COMO DEPENDÊNCIA O TABAGISMO COMO DEPENDÊNCIA Ministério da Saúde - MS Instituto Nacional de Câncer - INCA Coordenação de Prevenção e Vigilância - Conprev Divisão de Programas de Controle do Tabagismo e outros Fatores

Leia mais

Transtornos relacionados ao uso de substâncias

Transtornos relacionados ao uso de substâncias Transtornos relacionados ao uso de substâncias ARTHUR GUERRA DE ANDRADE Professor Associado do Departamento de Psiquiatria, Faculdade de Medicina USP Professor Titular de Psiquiatria e Psicologia Médica,

Leia mais

Drogas Psicotrópicas O que são e como agem

Drogas Psicotrópicas O que são e como agem Drogas Psicotrópicas O que são e como agem Leda Maria Moysés Nóbile Psicóloga- 06/74184 Mestre em Ciências da Saúde Psicobiologia-Unifesp Doutoranda em Ciências da Saúde Psiquiatria- Unifesp Especialista

Leia mais

INSTALAÇÕES FIXAS INCÊNDIO DETEÇÃO GASES & ALCOOLÉMIA

INSTALAÇÕES FIXAS INCÊNDIO DETEÇÃO GASES & ALCOOLÉMIA 3 Drogas de Abuso Despistagem em Fluidos Orais Sistema Alere TM DDS 2 CONCEITO Define-se como droga qualquer substância química não produzida pelo organismo, que tenha a propriedade de atuar sobre um ou

Leia mais

Neste texto você vai estudar:

Neste texto você vai estudar: Prevenção ao uso de drogas Texto 1 - Aspectos gerais relacionados ao uso de drogas Apresentação: Neste texto apresentamos questões gerais que envolvem o uso de drogas com o objetivo de proporcionar ao

Leia mais

A dependência de álcool e outras drogas:

A dependência de álcool e outras drogas: A dependência de álcool e outras drogas: desafios na prevenção MARICELMA BREGOLA Alguns Dados 200 milhões de pessoas quase 5% da população entre 15 e 64 anos usam drogas ilícitas pelo menos uma vez por

Leia mais

Abordagens Integrativas e Planos Terapêuticos

Abordagens Integrativas e Planos Terapêuticos 1 Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas Universidade Federal do Espírito Santo Centro de Estudos e Pesquisas sobre Álcool e outras Drogas Centro Regional de Referência sobre Drogas do Espírito

Leia mais

Dependência Química. Por que algumas pessoas ficam dependentes de drogas e outras não?

Dependência Química. Por que algumas pessoas ficam dependentes de drogas e outras não? Dependência Química Por que algumas pessoas ficam dependentes de drogas e outras não? Os fatores relacionados ao desenvolvimento da dependência química são variados. O fator genético está bem estabelecido.

Leia mais

Módulo IV - Fisiopatologia & Informações sobre as Substâncias Psicoativas (SPA)

Módulo IV - Fisiopatologia & Informações sobre as Substâncias Psicoativas (SPA) Por Jorge Luiz Barbosa da Silva, Msc. Bioquímico e Farmacêutico DROGAS DEPRESSORAS DO SISTEMA NERVOSO CENTRAL: ÁLCOOL: O álcool induz a tolerância (necessidade de quantidades progressivamente maiores da

Leia mais

Drogas Lícitas e Ilícitas

Drogas Lícitas e Ilícitas Drogas Lícitas e Ilícitas que interferem no ato de dirigir Associação Brasileira de Medicina de Tráfego Conceituação de drogas psicoativas Tenha efeito direto no sistema nervoso central e/ou periférico

Leia mais

TOXICOLOGIA SOCIAL. História. História. Toxicologia Social: Uso não médico de fármacos e/ ou drogas. História. História. Cactus peyoteutilizado

TOXICOLOGIA SOCIAL. História. História. Toxicologia Social: Uso não médico de fármacos e/ ou drogas. História. História. Cactus peyoteutilizado TOXICOLOGIA SOCIAL Toxicologia Social: Uso não médico de fármacos e/ ou drogas Área da TOXICOLOGIA que estuda os efeitos nocivos decorrentes do uso nãomédico de drogas ou fármacos causando danos não somente

Leia mais

Álcool e energéticos. Uma mistura perigosa. José Guerchon Camila Welikson Arnaldo Welikson Barbara Macedo Durão

Álcool e energéticos. Uma mistura perigosa. José Guerchon Camila Welikson Arnaldo Welikson Barbara Macedo Durão Álcool e energéticos. Uma mistura perigosa. José Guerchon Camila Welikson Arnaldo Welikson Barbara Macedo Durão Este documento tem nível de compartilhamento de acordo com a licença 3.0 do Creative Commons.

Leia mais

ÁLCOOL, MEDICAMENTOS E SUBSTÂNCIAS PSICOTRÓPICAS

ÁLCOOL, MEDICAMENTOS E SUBSTÂNCIAS PSICOTRÓPICAS FICHA TÉCNICA ÁLCOOL, MEDICAMENTOS E SUBSTÂNCIAS PSICOTRÓPICAS Níveis GDE Temas Transversais Síntese informativa Nível 1 Nível Atitudinal; Nível 3 Nível Táctico Tema 1 Conhecimento de si próprio como Condutor;

Leia mais

DROGAS FAMÍLIA SOCIEDADE A PRIMEIRA CONDIÇÃO PARA MODIFICAR A REALIDADE CONSISTE EM CONHECÊ-LA (EDUARDO GALEANO)

DROGAS FAMÍLIA SOCIEDADE A PRIMEIRA CONDIÇÃO PARA MODIFICAR A REALIDADE CONSISTE EM CONHECÊ-LA (EDUARDO GALEANO) DROGAS FAMÍLIA SOCIEDADE A PRIMEIRA CONDIÇÃO PARA MODIFICAR A REALIDADE CONSISTE EM CONHECÊ-LA (EDUARDO GALEANO) O uso de drogas que alteram o estado mental também chamadas de substâncias psicoativas (SPA)

Leia mais

Drogas, Anfetaminas e

Drogas, Anfetaminas e 12 Drogas, Anfetaminas e Remédios para Emagrecer Evandro Murer 111 As anfetaminas foram sintetizadas em laboratório, a partir de 1928, para combater a obesidade, a depressão e a congestão nasal. Nas décadas

Leia mais

FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE PIRACICABA - UNICAMP

FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE PIRACICABA - UNICAMP Prezado aluno, Estes exercícios fazem parte de uma compilação de vários testes e provas que foram utilizadas no passado e formam uma base sólida para estudo. Tente resolvê-los sozinho, ao invés de simplesmente

Leia mais

3º BIMESTRE Vícios e suas consequências Aula 130 Conteúdos: Concordância verbal Dependência química e limitações do corpo Ervas entorpecentes

3º BIMESTRE Vícios e suas consequências Aula 130 Conteúdos: Concordância verbal Dependência química e limitações do corpo Ervas entorpecentes CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I 3º BIMESTRE Vícios e suas consequências Aula 130 Conteúdos: Concordância verbal Dependência química e limitações do

Leia mais

Aspectos da Consciência

Aspectos da Consciência Consciência Aspectos da Consciência Consciência Muitos livros definem a consciência como a percepção atual do indivíduo em relação a estímulos externos e internos isto é, de eventos do ambiente e de sensações

Leia mais

C. E. Herbert de Souza

C. E. Herbert de Souza C. E. Herbert de Souza Feira de Ciências 2015 Efeitos do álcool no sangue Bolsista: André Luiz Aurélio Efeitos do álcool no sangue Objetivo Alertar que o álcool é prejudicial à saúde, até quando é ingerido

Leia mais

Fonte: Jornal Carreira & Sucesso - 151ª Edição

Fonte: Jornal Carreira & Sucesso - 151ª Edição IDENTIFICANDO A DEPRESSÃO Querida Internauta, Lendo o que você nos escreveu, mesmo não sendo uma profissional da área de saúde, é possível identificar alguns sintomas de uma doença silenciosa - a Depressão.

Leia mais

Cliente: Sindicerv Veículo: www.qchute.com.br Data: 14-09-2010 Imagem Corporativa Loiras de cevada ou de trigo, ou simplesmente cerveja No Japão a indústria de cerveja é enorme, mesmo entre os brasileiros

Leia mais

Comorbidades Psiquiátricas na Dependência Química

Comorbidades Psiquiátricas na Dependência Química Comorbidades Psiquiátricas na Dependência Química Fernanda de Paula Ramos Psiquiatra Diretora da Villa Janus Especialista em Dependência Química UNIFESP Especialista em Psicoterapia pela UFRGS Coordenadora

Leia mais

O que é Distúrbio Bipolar Bipolar Disorder Source - NIMH

O que é Distúrbio Bipolar Bipolar Disorder Source - NIMH O que é Distúrbio Bipolar Bipolar Disorder Source - NIMH Distúrbio Bipolar, também conhecido como mania e depressão, é uma desordem do cérebro que causa mudanças não previstas no estado mental da pessoa,

Leia mais

Michele Borsoi Telerreguladora de Enfermagem Telessaúde /MS

Michele Borsoi Telerreguladora de Enfermagem Telessaúde /MS Michele Borsoi Telerreguladora de Enfermagem Telessaúde /MS Para início de conversa... A presença das bebidas alcoólicas e outras substâncias psicoativas na cultura brasileira. A estigmatização associada

Leia mais

Breve Histórico do Uso da Maconha no Brasil

Breve Histórico do Uso da Maconha no Brasil O que é maconha? Maconha é o nome popular de uma planta chamada Cannabis Sativa, que tem sido usada há séculos por diferentes culturas, e em diferentes momentos da História, com fins médicos e industriais.

Leia mais

A Importância do Sono

A Importância do Sono 1 A Importância do Sono Dra. Regeane Trabulsi Cronfli É um total contra-senso o fato de que, num mundo em que cerca de 16 a 40% das pessoas em geral sofrem de insônia, haja aquelas que, iludidas pelos

Leia mais

Projeto Medicina. Dr. Onésimo Duarte Ribeiro Júnior Professor Assistente da Disciplina de Anestesiologia da Faculdade de Medicina do ABC

Projeto Medicina. Dr. Onésimo Duarte Ribeiro Júnior Professor Assistente da Disciplina de Anestesiologia da Faculdade de Medicina do ABC Projeto Medicina Dr. Onésimo Duarte Ribeiro Júnior Professor Assistente da Disciplina de Anestesiologia da Faculdade de Medicina do ABC Neurociência DIVISÃO DO SISTEMA NERVOSO Sistema Nervoso Central Sistema

Leia mais

Dependência Química - Classificação e Diagnóstico -

Dependência Química - Classificação e Diagnóstico - Dependência Química - Classificação e Diagnóstico - Alessandro Alves Toda vez que se pretende classificar algo, deve-se ter em mente que o que se vai fazer é procurar reduzir um fenômeno complexo que em

Leia mais

A seguir enumeramos algumas caracteristicas do TBH:

A seguir enumeramos algumas caracteristicas do TBH: OQUEÉOTRANSTORNOBIPOLARDO HUMOR(TBH)? O transtorno bipolar do humor (também conhecido como psicose ou doença maníaco-depressiva) é uma doença psiquiátrica caracterizada por oscilações ou mudanças de humor

Leia mais

ESCOLA DE CONDUÇÃO INVICTA (Álcool e Condução)

ESCOLA DE CONDUÇÃO INVICTA (Álcool e Condução) ÁLCOOL E CONDUÇÃO As bebidas alcoólicas, particularmente o vinho, são das mais antigas e consumidas em todo o mundo, sendo Portugal um dos países em que o seu consumo, por habitante, é mais elevado. A

Leia mais

EFEITO DAS DROGAS NO CORAÇÃO

EFEITO DAS DROGAS NO CORAÇÃO EFEITO DAS DROGAS NO CORAÇÃO Dra. Ana Paula Cabral Ramidan 2º CURSO DE FORMAÇÃO DE AGENTES MULTIPLICADORES EM PREVENÇÃO ÀS DROGAS CORAÇÃO FONTE: http://www.google.com/imgres?imgurl=http://1.bp.blogspot.com/-hrgazxrptx4/tu8antmk2ai/aaaaaaaake0/mkgmvoud1fa/s1600/coracao.jpg&imgrefurl=http://toinhoffilho.blogspot.com/2011/12/cienciasvale-apensa-saber-coracao-uma.html&usg=

Leia mais

SERVIÇO SOCIAL E DROGADIÇÃO

SERVIÇO SOCIAL E DROGADIÇÃO SERVIÇO SOCIAL E DROGADIÇÃO Matheus de Oliveira Ribeiro Serviço Social Faculdades Integradas de Três Lagoas AEMS Stephanie Suellen Santos da Silva Serviço Social Faculdades Integradas de Três Lagoas AEMS

Leia mais

MACONHA. A- A Droga A CONCENTRAÇÃO DA MACONHA É SEMPRE IGUAL NAS SUAS PREPARAÇÕES?

MACONHA. A- A Droga A CONCENTRAÇÃO DA MACONHA É SEMPRE IGUAL NAS SUAS PREPARAÇÕES? MACONHA A- A Droga O QUE É A MACONHA? Conhecida também como marijuana, herva, entre outros a maconha é um produto de uma planta de nome Cannabis Sativa. Uma resina grudenta cobre as flores e as folhas

Leia mais

EXAMES DE NEUROFISIOLOGIA

EXAMES DE NEUROFISIOLOGIA EXAMES DE NEUROFISIOLOGIA Clínica Geral Electroencefalograma Electromiografia Potenciais Evocados Polissonografia Teste de latências múltiplas do sono Neurofeedback Teste de Criptotetania para a Fibromialgia

Leia mais

DROGAS: você conhece os riscos?

DROGAS: você conhece os riscos? UNODC Brasil e Cone Sul Escritório das Nações Unidas contra Drogas e Crime SHIS QI 25 conj, 3 casa 7 70266-230 Brasília, DF, Brasil Fone: +55 61 3367-7353 / Fax: +55 61 3367-7228 E-mail: unodc.brasil@unodc.org

Leia mais

Dr. PHILIPE MACHADO DINIZ DE SOUZA LIMA CRM 52.84340-7 Psiquiatra adulto e infantil Mestrando em Saúde Coletiva IMS/UERJ

Dr. PHILIPE MACHADO DINIZ DE SOUZA LIMA CRM 52.84340-7 Psiquiatra adulto e infantil Mestrando em Saúde Coletiva IMS/UERJ Dr. PHILIPE MACHADO DINIZ DE SOUZA LIMA CRM 52.84340-7 Psiquiatra adulto e infantil Mestrando em Saúde Coletiva IMS/UERJ ANSIEDADE: uma vivência cotidiana comum. Necessária; aumenta motivação e produtividade.

Leia mais

O uso de benzodiazepínicos em idosos

O uso de benzodiazepínicos em idosos O uso de benzodiazepínicos em idosos Rafael C Freire Doutor em psiquiatria Laboratório do Pânico e Respiração IPUB UFRJ INCT Translacional em Medicina Declaração de conflito de interesse Emprego Financiamento

Leia mais

FUMARATO DE QUETIAPINA (Portaria 344-C1)

FUMARATO DE QUETIAPINA (Portaria 344-C1) FUMARATO DE QUETIAPINA (Portaria 344-C1) Redução dos sintomas de esquizofrenia. Fórmula Estrutural: Fórmula Molecular: (C 21 H 25 N 3 O 2 S) 2,C 4 H 4 O 4 Peso Molecular: 833,09 g/mol DCB: 07539 CAS: 111974-72-2

Leia mais

Composição Cada comprimido de 25 mg contém 25 mg de cinarizina. Excipientes: amido, lactose, óleo vegetal hidrogenado, povidona, sacarose e talco.

Composição Cada comprimido de 25 mg contém 25 mg de cinarizina. Excipientes: amido, lactose, óleo vegetal hidrogenado, povidona, sacarose e talco. 112360002 Stugeron cinarizina comprimidos Forma farmacêutica e apresentações Comprimidos de 25 mg em embalagem com 30 comprimidos. Comprimidos de 75 mg em embalagem com 30 comprimidos. USO ADULTO Composição

Leia mais

8ª série / 9º ano U. E. 14. Sistema nervoso

8ª série / 9º ano U. E. 14. Sistema nervoso 8ª série / 9º ano U. E. 14 Sistema nervoso O cérebro, a medula e os nervos são os principais órgãos que formam o sistema nervoso. As informações que chegam ao cérebro são respondidas com estímulos que

Leia mais

Experiência com o tratamento de Dependentes Químicos

Experiência com o tratamento de Dependentes Químicos Experiência com o tratamento de Dependentes Químicos INSTITUTO BAIRRAL DE PSIQUIATRIA Dr. Marcelo Ortiz de Souza Dependência Química no Brasil (CEBRID, 2005) População Geral: 2,9% já fizeram uso de cocaína

Leia mais

Dependência Química. Sílvia Leite Pacheco

Dependência Química. Sílvia Leite Pacheco Dependência Química Sílvia Leite Pacheco Psicóloga Clínica com atuação em Terapia Cogni;vo Comportamental; Psicoterapeuta Cogni;va da Clínica Alamedas; Pesquisadora da UNIAD/UNIFESP; Docente de Prevenção

Leia mais

No Brasil, a esquizofrenia ocupa 30% dos leitos psiquiátricos hospitalares; Ocupa 2ºlugar das primeiras consultas psiquiátricas ambulatoriais;

No Brasil, a esquizofrenia ocupa 30% dos leitos psiquiátricos hospitalares; Ocupa 2ºlugar das primeiras consultas psiquiátricas ambulatoriais; Curso - Psicologia Disciplina: Psicofarmacologia Resumo Aula 7- Psicofármacos e Esquizofrenia Esquizofrenia Uma das mais graves doenças neuropsiquiátricas e atinge 1% da população mundial; No Brasil, a

Leia mais

Demência associada ao HIV

Demência associada ao HIV Demência associada ao HIV A complicação do SNC mais comum é um comprometimento cognitivo de gravidade suficiente para justificar o diagnóstico de demência (Centers for Disease Control and Prevention; CDCP

Leia mais

Dependência Química. Sílvia Leite Pacheco

Dependência Química. Sílvia Leite Pacheco Dependência Química Sílvia Leite Pacheco Psicóloga Clínica com atuação em Terapia Cognitivo Comportamental; Psicoterapeuta Cognitiva da Clínica Alamedas; Pesquisadora da UNIAD/UNIFESP; Docente de Prevenção

Leia mais

Projeto Diga Sim a Vida e Não as Drogas

Projeto Diga Sim a Vida e Não as Drogas Projeto Diga Sim a Vida e Não as Drogas PÚLBLICO ALVO: Toda a comunidade escolar e a sociedade local de modo geral. APRESENTAÇÃO: Todos concordam que a Escola tem um papel fundamental em nossa sociedade,

Leia mais

Dependência Química: Descrição da doença e conceito

Dependência Química: Descrição da doença e conceito Dependência Química: Descrição da doença e conceito Por Nelson Luiz Raspes* Alcoolismo e dependência de drogas é uma doença que se instala por uma predisposição mórbida ativada por fatores sociais e familiares

Leia mais

UNODC Brasil e Cone Sul UNODC Viena Ministério Público do Distrito Federal e Territórios Promotoria de Justiça de Defesa da Infância e da Juventude

UNODC Brasil e Cone Sul UNODC Viena Ministério Público do Distrito Federal e Territórios Promotoria de Justiça de Defesa da Infância e da Juventude UNODC Brasil e Cone Sul Escritório das Nações Unidas contra Drogas e Crime SHIS QI 25 conj, 3 casa 7 70266-230 Brasília, DF, Brasil Fone: +55 61 3367-7353 / Fax: +55 61 3367-7228 E-mail: unodc.brasil@unodc.org

Leia mais

Universidade de Aveiro. Catarina Calado. Outubro de 2012

Universidade de Aveiro. Catarina Calado. Outubro de 2012 Universidade de Aveiro Catarina Calado Outubro de 2012 FESTAS ACADÉMICAS Comportamentos de Risco Contribuem para a integração dos jovens na vida académica Geram danos para a saúde a curto, médio e longo

Leia mais

Comorbidades: Transtorno de AnsiedadeeDependênciaQuímica

Comorbidades: Transtorno de AnsiedadeeDependênciaQuímica XXII Curso de Inverno em Atualização em Dependência Química do Hospital Mãe de Deus Comorbidades: Transtorno de AnsiedadeeDependênciaQuímica Ana Paula Pacheco Psicóloga da Unidade de Dependência Química

Leia mais

5-HT 1A Núcleos da rafe, hipocampo Gi, AMPc. 5-HT 1B Substância negra, globo pálido, gânglios da base Gi, AMPc. 5-HT 1D Cérebro Gi, AMPc

5-HT 1A Núcleos da rafe, hipocampo Gi, AMPc. 5-HT 1B Substância negra, globo pálido, gânglios da base Gi, AMPc. 5-HT 1D Cérebro Gi, AMPc UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE FARMACOLOGIA SEROTONINA Serotonina: funções e distribuição Receptores centrais e periféricos Neurotransmissor: neurônios

Leia mais

Glossário da Toxicodependência

Glossário da Toxicodependência Glossário da Toxicodependência A Abstinência: privação voluntária do consumo de substâncias psicoactivas. Não confundir com síndrome de abstinência. Abuso de substâncias psicoactivas: de acordo com o Manual

Leia mais

Diana Pais (Estagiária de Dietética) Centro Hospitalar de Tondela - Viseu

Diana Pais (Estagiária de Dietética) Centro Hospitalar de Tondela - Viseu 1 Diana Pais (Estagiária de Dietética) Estilo de Vida Saudável Ter uma alimentação saudável; 2 Tomar sempre o pequeno-almoço; Praticar exercício físico, pelo menos, 30 minutos por dia; Dormir, pelo menos,

Leia mais

BULA PARA O PACIENTE BUSPAR (cloridrato de buspirona) 5mg/10mg COMPRIMIDOS

BULA PARA O PACIENTE BUSPAR (cloridrato de buspirona) 5mg/10mg COMPRIMIDOS BULA PARA O PACIENTE BUSPAR (cloridrato de buspirona) 5mg/10mg COMPRIMIDOS BRISTOL-MYERS SQUIBB BUSPAR cloridrato de buspirona Uso oral APRESENTAÇÃO BUSPAR 5 mg é apresentado em cartuchos com 2 blisters

Leia mais

DEPENDÊNCIA. Titulo. Texto UCAD

DEPENDÊNCIA. Titulo. Texto UCAD DEPENDÊNCIA Titulo Texto : S N E V O J uns factobsis alg e a canna sobr UCAD -1UNIDADE DE INTERVENÇÃO EM COMPORTAMENTOS ADITIVOS E DEPENDÊNCIAS Ficha Técnica REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA, Secretaria Regional

Leia mais

DEPENDÊNCIA DE DROGAS É DOENÇA?

DEPENDÊNCIA DE DROGAS É DOENÇA? IAB INSTITUTO DOS ADVOGADOS BRASILEIROS 3º Curso Formação de Agentes Multiplicadores em Prevenção às Drogas DEPENDÊNCIA DE DROGAS É DOENÇA? Talvane M. de Moraes Livre Docente e Doutor em Psiquiatria Professor

Leia mais

Introdução à Farmacologia do SNC. Farmacologia II Filipe Dalla

Introdução à Farmacologia do SNC. Farmacologia II Filipe Dalla Introdução à Farmacologia do SNC Farmacologia II Filipe Dalla Introdução à Farmacologia das drogas do SNC Potencial de Membrana Todas as células possuem potencial de membrana: Potencial de membrana é

Leia mais

O CALOR EXCESSIVO NO AMBIENTE DE TRABALHO A EXPOSIÇÃO AO CALOR PRODUZ REAÇÕES NO ORGANISMO

O CALOR EXCESSIVO NO AMBIENTE DE TRABALHO A EXPOSIÇÃO AO CALOR PRODUZ REAÇÕES NO ORGANISMO O CALOR EXCESSIVO NO AMBIENTE DE TRABALHO Muitos trabalhadores passam parte de sua jornada diária diante de fontes de calor. As pessoas que trabalham em fundições, siderúrgicas, padarias, - para citar

Leia mais

TEMA: QUETIAPINA NO TRATAMENTO DA AGITAÇÃO PSICOMOTORA DE PACEINTE PORTADOR DE DOENÇA DE ALZHEIMER

TEMA: QUETIAPINA NO TRATAMENTO DA AGITAÇÃO PSICOMOTORA DE PACEINTE PORTADOR DE DOENÇA DE ALZHEIMER NTRR63/2013 Solicitante: Des. Alyrio Ramos Desembargador da 8ª Câm. Cível - TJMG Número do processo:1.0145.12.066387-0/001 Réu: Estado de Minas e Município de Pirapora Data: 03/05/2013 Medicamento X Material

Leia mais

Demografia de patologias do SNC (USA)

Demografia de patologias do SNC (USA) Demografia de patologias do SNC (USA) - Insônia (60 milhões) - Enxaqueca (40 milhões) - Depressão (20 milhões) - Distúrbios de ansiedade (19 milhões) - Alzheimer (4 milhões) - (3 milhões) e Epilepsias

Leia mais

ツVivo Feliz Sem Drogas. Capa

ツVivo Feliz Sem Drogas. Capa Capa ツVivo Feliz Sem Drogas Projeto ツVivo Feliz Sem Drogas Prevenindo o uso indevido de drogas Capa fim MUNICIPIO DE ITAPEVA SP Secretaria Municipal de Defesa Social Projeto ツVivo Feliz Sem Drogas Prevenindo

Leia mais

Beber ou Dirigir. Faça a escolha certa

Beber ou Dirigir. Faça a escolha certa Beber ou Dirigir Faça a escolha certa O consumo responsável de bebidas alcoólicas, feito por indivíduos saudáveis com mais de 18 anos, é parte da vida em sociedade. Desde os tempos antigos é utilizado

Leia mais