RUI EDUARDO SALDANHA VARGAS VICE Presidente. Estimativas, Mercados e Desafios para a Exportação de Carne Suína Brasileira

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RUI EDUARDO SALDANHA VARGAS VICE Presidente. Estimativas, Mercados e Desafios para a Exportação de Carne Suína Brasileira"

Transcrição

1 RUI EDUARDO SALDANHA VARGAS VICE Presidente Estimativas, Mercados e Desafios para a Exportação de Carne Suína Brasileira

2 Localização da Suinocultura Norte e Nordeste Abates: 2% Exportações: 0% Matrizes industriais: 7% Rebanho: 24% Centro Oeste Abates: 12% Exportações: 11% Matrizes industriais: 12% Rebanho: 18% Sudeste Abates: 17% Exportações: 6% Matrizes industriais: 20% Rebanho: 11% Sul Rebanho (em cabeças) Abates: 69% Exportações: 83% Matrizes industriais: 60% Rebanho: 48%

3 Produção de Suínos Por região Etado Part. % 2014 RS 18 5,3% SC 23,1 PR 18,0 SP 4,4 MG 13,7 MT 6,1 6,1% 4,8% 13,7% GO 4,8 MS 3,3 Outros 5,3 Fonte: LSPS ABIPECS, Embrapa e Sindicatos da Indústria da Carne Suína 3,3% 18,0% 18% 23,1 4,4%

4 Produção 23,1% 22,8% 23,1% 18,0% 17,7% 15,3% 15,4% 15,3% 14,4% 13,7% 13,6% 9,3% 6,1% 6,0% 4,8% 4,8% 3,9% 4,0% 5,3% 6,2% 4,4% 3,3% 5,4% 4,4% 3,3% 4,3% 2,6% SC RS PR MG MT GO SP MS Outros * Estimativa Fonte: ABPA *

5 Exportação 45,0% 43,0% 32,8% 31,0% 24,7% 25,7% 14,6% 8,9% 8,4% 13,7% 8,9% 9,2% 8,5% 5,2% 3,3% 4,6% 3,4% 2,9% 2,7% 1,6% 2,0% SC RS PR GO MG MS Outros * Estimativa Fonte: ABPA *

6 Principais DesTnos (Ton) ArgenJna; 2,8% África do Sul; 2,9% Outros; 16,3% Outros; 23,0% Rússia; 26,1% Ucrânia; 3,5% Hong Kong; 9,7% Rússia; 64,8% Cingapura; 5,6% 2014* Angola; 9,7% Ucrânia; 13,2% Hong Kong; 23,4% Uruguai; 4,4% Cingapura; 7,1% Outros; 19,2% Rússia; 35,8% * Janeiro a Setembro Fonte: ABPA Angola; 10,7% Hong Kong; 22,8%

7 Principais DesTnos (US$) ArgenJna; 2,9% Cingapura; 2,9% Ucrânia; 2,9% Hong Kong; 7,2% Outros; 15,1% Rússia; 69,0% Cingapura; 6,1% 2014* Angola; 6,8% Outros; 20,9% Ucrânia; 14,6% Hong Kong; 21,3% Rússia; 30,3% Uruguai; 4,2% Outros; 15,7% * Janeiro a Setembro Fonte: ABPA Angola; 6,1% Cingapura; 6,5% Hong Kong; 18,0% Rússia; 49,5%

8 Participação da Rússia nas Exportações Brasileiras de Carne Suína (Volume) 26,9% 35,8% Setembro / Ano (% do total) 68,2 62,6 62,9 53,8 Ton US$ 44,8 46,9 45,8 38,2 41,843,0 44,7 48,6 6,0 5,4 56,1 39,6 29,1 27,8 26,0 21,0 Jan - Set / 2013 Jan - Set / Fonte: ABPA

9 Mercado Interno Exportação DesJno da Produção 2013 (Ton) 15% 85% Fonte: LSPS ABIPECS, Embrapa e Sindicatos da Indústria da Carne Suína

10 Mix da Produção de Carne Suína Exportação 15% Produção Cortes e Processados In natura 1,5% Temperados 1,4% 1,7% Defumados 10% 14% Carne fresca e congelada 8,7% Presuntaria EmbuTdos frescais 33% 71% 19,7% Salsicharia Outros processados Processados 24% Fonte: ABPA, SIF

11 6% 1% 93% Cortes Carcaça Mix das Exportações Brasileiras 2013 Fonte: ABPA Outros

12 Comércio Mundial de Carne Suína Exportações 2011 Brasil 8% China Outros EUA Canadá UE Fonte: ABPA, USDA

13 Consumo per Capita de Carne Suína ,4 13,7 11,6 +105,6% 14,3 14, ,1 7,

14 Exportações (Mil tons) ,8% Fonte: ABPA

15 Sistema Agroalimentar Fluxo de Produtos e Serviços INSUMOS SUÍNOS GRANJAS INDÚSTRIA DA CARNE SUÍNA DISTRIBUIÇÃO CONSUMIDOR

16 CENÁRIO Aumento da importância da documentação e comunicação de informações sobre origem e produção. Saúde Pública Saúde Animal

17 Acesso e manutenção de mercados Saúde Animal DEMANDA Resíduos Bem- estar animal Proteção do Meio- Ambiente Rastreabilidade

18 Principais importadores mundiais de carne suína 2011 Austrália 3% Outros 17% Canadá 3% Rússia 15% EUA 6% China 9% Coreia do Sul 10% México 10% Japão 19% Hong Kong 6% Belarus 2% FONTE: USDA (Ton)

19 Febre Ahosa Zona livre sem vacinação Zona livre com vacinação em bovinos Zona tampão Zona infectada Fonte: MAPA

20 Principais importadores mundiais de carne suína 2011 Austrália 3% Outros 17% Canadá 3% Rússia 15% EUA 6% China 9% Coreia do Sul 10% México 10% Japão 19% Hong Kong 6% Belarus 2% FONTE: USDA (Ton)

21 Estado de Santa Catarina Livre sem vacinação ACESSO A NOVOS MERCADOS 2012 USA 2013 Japão

22 Principais importadores mundiais de carne suína 2014 Austrália 3% Outros 17% Canadá 3% Rússia 15% EUA 6% China 9% Coreia do Sul 10% México 10% Japão 19% Hong Kong 6% Belarus 2% FONTE: USDA (Ton)

23 Criação da OMC em 1995 Redução de barreiras tarifárias i Ampliação da importância atribuída às medidas sanitárias i Necessidade de disciplinar a adoção dessas medidas OMC Acordo SPS Inocuidade dos alimentos Sanidade animal (Solução de controvérsias - OMC) Sanidade vegetal

24 Programa Nacional de Sanidade Suína

25 Sistema de Produção Integrada de Suínos Reprodutores Reprodutores Granja Ração Ração Alimentação Animal Leitões Unidade Produtora de Leitões Ração Ração Assistência Veterinária Terminação Granja Suínos Leitões Frigorífico Abate Suínos Terminação Granja

26 DISTÂNCIAS RODOVIAS GRANJAS DE SUÍNOS PROPRIEDADES COM BOVINOS FRIGORÍFICOS Propriedade ISOLAMENTO LIMPEZA E DESINFECÇÃO BIOSSEGURANÇA CONTROLE INGRESSO PESSOAS E VEÍCULOS CONTROLE ACESSO OUTROS ANIMAIS QUARENTENÁRIO ALIMENTAÇÃO REPOSIÇÃO DE REPRODUTORES Suínos TRATAMENTO DEJETOS E ANIMAIS MORTOS CONTROLE DE ROEDORES E INSETOS ORIGEM DA ÁGUA COEXISTÊNCIA DE OUTRAS ESPÉCIES MANEJO: TUDO DENTRO -TUDO FORA

27 O estabelecimento de padrões mínimos no processo de produção de carne suína BPP BPF APPCC Na Produção Na de Insumos propriedade Na Industrialização da carne e subprodutos Na Indústria Frigorífica

28 RASTREABILIDADE Frigorífico/Abate Granja Transporte Preparo Venda Armazenamento

29 Saúde Animal: Febre Alosa PSC PSA, PPRS, Aujeski Resíduos na carne: AnTmicrobianos Betagonistas: RACTOPAMINA Inocuidade: Salmonela

30 Exame de Trichina em 100% do abate a ser exportado Sistema de Rastreabilidade da produção Integração da cadeia produtva na informação sanitária instantânea Requisitos estruturais de instalações e equipamentos e processo tecnológico

31 Bem Estar Meio Ambiente Resíduos e Saúde Animal RASTREAMENTO ANIMAL Propriedade 3 BPF PPHO PROCESSO Indutrial APPCC 2 PRODUTO FINAL 1 GenéJca Alimentação Manejo Sanidade RASTREAMENTO PIQ

32 REQUISITOS DE SEGURANÇA DOS ALIMENTOS Certificação: q Origem do Animal q Saúde Animal q Saúde Pública q Resíduos químicos no produto (Uso de aditivos e drogas veterinárias) q Aplicação do Princípio de Rastreamento q Bem Estar Animal q Alimentação q Meio Ambiente

33 Cenário Mil toneladass * 2015* Produção Exportação Mercado Interno , Consumo Per Capita (kg) 14,89 14,56 14,40 14,48 Fonte: ABPA *EsTmaTva Produção: 2014 Levemente acima de Crescimento de cerca de 2,0% sobre 2013 Demanda: 2014 Crescimento histórico 2015 Crescimento do mercado interno abaixo do potencial

34 Negócio Agropecuário Brasileiro DESAFIO A produção de alimentos na quanjdade, qualidade e seguros ao consumo humano sempre foi e conjnua sendo o grande desafio.

35 Associação Brasileira de Proteína Animal Brazilian Chicken Exporters Brazilian Pork Exporters Brazilian Egg Exporters

36 OBRIGADO! Fone:

37 Rui Eduardo Saldanha Vargas Vice Presidente ABPA Associação Brasileira de Proteína Animal Fone:

Barreiras Sanitárias e o Comércio Internacional

Barreiras Sanitárias e o Comércio Internacional Barreiras Sanitárias e o Comércio Internacional Evolução do Processo Agroindustrial D É C A D A D E 30 A té a década de 30 - o criador fazendo o abate. Era pré industrial. R eino da banha e do suíno de

Leia mais

Mercado internacional da carne bovina: a visão da indústria

Mercado internacional da carne bovina: a visão da indústria VII Seminário ABMR&A da Cadeia Produtiva de Carne Bovina Feicorte 2007 Mercado internacional da carne bovina: a visão da indústria Médica Veterinária Andréa Veríssimo M. Appl. Sc. Farm Management Lincoln

Leia mais

JURANDI MACHADO - DIRETOR. Cenário Carnes 2014/2015

JURANDI MACHADO - DIRETOR. Cenário Carnes 2014/2015 JURANDI MACHADO - DIRETOR Cenário Carnes 2014/2015 Oferta e Demanda de Carne Suína CARNE SUÍNA 2014 (a)* no Mundo (Mil toneladas) 2015 (b)* Var % (b/a) PRODUÇÃO 110.606 111.845 1,12 CONSUMO 109.882 111.174

Leia mais

Responsabilidades Secretaria de Defesa Agropecuária

Responsabilidades Secretaria de Defesa Agropecuária Responsabilidades Secretaria de Defesa Agropecuária Prevenção, controle e erradicação de doenças e pragas animais e vegetais de interesse econômico e de importância para a saúde pública. Assegurar a sanidade,

Leia mais

Carlos Eduardo Rocha Paulista Grupo JBS S/A. Desafio da Industria Brasileira

Carlos Eduardo Rocha Paulista Grupo JBS S/A. Desafio da Industria Brasileira Carlos Eduardo Rocha Paulista Grupo JBS S/A Desafio da Industria Brasileira Carlos Eduardo Rocha Paulista Zootecnista FAZU Msc. Melhoramento Genético UNESP MBA em Marketing FEA USP AUSMEAT Curso de Formação

Leia mais

Mercado Halal para Carne de Frango

Mercado Halal para Carne de Frango RICARDO SANTIN Vice Presidente Mercado Halal para Carne de Frango Principais Produtores Mundiais de Carne de Frango (milhões de ton) Brasil continua como terceiro maior produtor mundial de carne de frango.

Leia mais

Brasil como maior exportador mundial de carne bovina: conquistas e desafios

Brasil como maior exportador mundial de carne bovina: conquistas e desafios Brasil como maior exportador mundial de carne bovina: conquistas e desafios João Ricardo Albanez Superintendente de Política e Economia Agrícola, Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de

Leia mais

Mercado do Boi Gordo

Mercado do Boi Gordo Mercado do Boi Gordo Perspectivas para os próximos anos SIC Esteio - RS Agosto 2006 Fabiano R. Tito Rosa Scot Consultoria Índice 1. Brasil: país pecuário 2. Comportamento dos preços internos 3. Perspectivas

Leia mais

Perspectivas para as Carnes Bovina, de Frango e Suína 2013-2014

Perspectivas para as Carnes Bovina, de Frango e Suína 2013-2014 Perspectivas para as Carnes Bovina, de Frango e Suína 2013-2014 Brasil PARTICIPAÇÃO NO SUPRIMENTO MUNDIAL DE CARNES 2013 Bovino Frango Suíno Produção 2º 3º 4º Consumo 2º 3º 5º Exportação 2º 1º 4º Fonte:

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE BOVINA NOVEMBRO DE 2015

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE BOVINA NOVEMBRO DE 2015 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE BOVINA NOVEMBRO DE 2015 PRODUTOS PARTICIPAÇÃO NA PRODUÇÃO Produção de carnes NACIONAL - USDA - mil ton DO COMPLEXO CARNES - 2014 Carne Bovina

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS INDÚSTRIAS EXPORTADORAS DE CARNES. VI SIMCORTE - Marketing da Carne Bovina no Contexto do Mercado Internacional

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS INDÚSTRIAS EXPORTADORAS DE CARNES. VI SIMCORTE - Marketing da Carne Bovina no Contexto do Mercado Internacional ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS INDÚSTRIAS EXPORTADORAS DE CARNES Viçosa - MG, Maio, 2008 VI SIMCORTE - Marketing da Carne Bovina no Contexto do Mercado Internacional Monique S. Morata TÓPICOS DO DIA O mercado

Leia mais

Sanidade animal e seus impactos na inocuidade dos alimentos

Sanidade animal e seus impactos na inocuidade dos alimentos Sanidade animal e seus impactos na inocuidade dos alimentos Prof. Luís Augusto Nero Departamento de Veterinária, Universidade Federal de Viçosa Tópicos Brasil: produtor e exportador Cadeias de produção

Leia mais

Figura 01 - Evolução das exportações de suínos de Santa Catarina no período de 2010 a 2014 - US$ Milhões.

Figura 01 - Evolução das exportações de suínos de Santa Catarina no período de 2010 a 2014 - US$ Milhões. Crise na Ucrânia: dificuldades e potencialidades para o setor de carne suína e milho em Santa Catarina Glaucia Padrão, Dr.ª Analista de Economia, Epagri/Cepa Reney Dorow, Msc. Analista de Mercado, Epagri/Cepa

Leia mais

O Complexo Agroindustrial da Carne Bovina. Prof. Dr. João Batista Padilha Junior Departamento de Economia Rural - UFPR

O Complexo Agroindustrial da Carne Bovina. Prof. Dr. João Batista Padilha Junior Departamento de Economia Rural - UFPR O Complexo Agroindustrial da Carne Bovina Prof. Dr. João Batista Padilha Junior Departamento de Economia Rural - UFPR Aspectos abordados Carne no mundo (Visão Geral) Histórico: ambiente institucional e

Leia mais

CARNE BOVINA DESEMPENHO DE 2008 E PERSPECTIVAS PARA 2009 17/07/2009

CARNE BOVINA DESEMPENHO DE 2008 E PERSPECTIVAS PARA 2009 17/07/2009 CARNE BOVINA DESEMPENHO DE 2008 E PERSPECTIVAS PARA 2009 17/07/2009 MERCADO INTERNACIONAL O Brasil teve uma performance impressionante na produção de carnes nos últimos anos: tornou-se o maior exportador

Leia mais

Estratégia Empresarial com foco nos Agronegócios e Alimentos. Luiz G Murat Jr.

Estratégia Empresarial com foco nos Agronegócios e Alimentos. Luiz G Murat Jr. Estratégia Empresarial com foco nos Agronegócios e Alimentos Luiz G Murat Jr. Estratégia Empresarial com foco nos Agronegócios e Alimentos Amazônia legal 350 Milhões ha 41% Área útil 350 Milhões hectares

Leia mais

Análise da vigilância para Peste Suína Clássica (PSC) na zona livre

Análise da vigilância para Peste Suína Clássica (PSC) na zona livre Análise da vigilância para Peste Suína Clássica (PSC) na zona livre Feira de Santana, 05 de maio de 2015 FFA Abel Ricieri Guareschi Neto Serviço de Saúde Animal Superintendência MAPA no PR Amparo legal

Leia mais

Suinocultura - Análise da Conjuntura Agropecuária

Suinocultura - Análise da Conjuntura Agropecuária Suinocultura - Análise da Conjuntura Agropecuária fevereiro de 2013. 1 - Considerações Iniciais A Suinocultura é uma das atividades da agropecuária mais difundida e produzida no mundo. O porco, espécie

Leia mais

BOVINOCULTURA DE CORTE

BOVINOCULTURA DE CORTE ISS 36-9 BOVINOCULTURA DE CORTE Os preços médios da arroba do boi e da vaca, em Mato Grosso do Sul, no mês de fevereiro, foram de R$8,8 e R$,99, respectivamente. Em relação ao mês anterior, houve um avanço

Leia mais

PERFIL DO AGRONEGÓCIO MUNDIAL SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO

PERFIL DO AGRONEGÓCIO MUNDIAL SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO PERFIL DO AGRONEGÓCIO MUNDIAL SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO Março/2013 2 ÍNDICE 03. Apresentação 04. População Mundial 05. População ocupada 06. PIB Mundial 07. PIB per capita Mundial 08. Exportação Mundial

Leia mais

Pedro de Camargo Neto Presidente Executivo

Pedro de Camargo Neto Presidente Executivo 2008 2009 01 Editorial A chegada da crise global, nos últimos meses do ano, ofuscou os excelentes resultados de 2008. O impacto, sem precedentes na economia mundial, teria certamente que cobrar seu custo

Leia mais

CENÁRIO GLOBAL DE CARNES (FRANGO E SUÍNO) E MILHO

CENÁRIO GLOBAL DE CARNES (FRANGO E SUÍNO) E MILHO CENÁRIO GLOBAL DE CARNES (FRANGO E SUÍNO) E MILHO Leonardo Sologuren Céleres Junho de 2008 Cresce o consumo de proteína animal no BRIC BRASIL RÚSSIA 108 4,000 60 3.000 kg/habitante/ano 90 72 54 36 18 3,800

Leia mais

Avicultura e Suinocultura: Cenário Nacional e Mundial Desafios e Oportunidades

Avicultura e Suinocultura: Cenário Nacional e Mundial Desafios e Oportunidades FRANCISCO TURRA Presidente Executivo Avicultura e Suinocultura: Cenário Nacional e Mundial Desafios e Oportunidades Brasil é o 4º Maior Exportador Mundial de Produtos Agrícolas Exportação de produtos agrícolas

Leia mais

Índice. Associação Brasileira da Indústria Produtora e Exportadora de Carne Suína. Mensagem do Presidente

Índice. Associação Brasileira da Indústria Produtora e Exportadora de Carne Suína. Mensagem do Presidente Associação Brasileira da Indústria Produtora e Exportadora de Carne Suína Índice Mensagem do Presidente 3 I_ Desempenho Mundial da Suinocultura A Produção A Importação A Exportação O Consumo A Suinocultura

Leia mais

O potencial da carne bovina brasileira nos circuitos não aftósicos

O potencial da carne bovina brasileira nos circuitos não aftósicos O potencial da carne bovina brasileira nos circuitos não aftósicos Professor: Raphael Rocha Formado em Administração, especialista em Marketing, pela UFRJ, com MBA em Gestão de Negócios, Comércio e Operações

Leia mais

Caminhos da Soja Conquistas da Soja no Brasil

Caminhos da Soja Conquistas da Soja no Brasil Caminhos da Soja Conquistas da Soja no Brasil Francisco Sérgio Turra Presidente Executivo Soja no Mundo Mil toneladas Evolução da produção de soja por país (mil toneladas) 100 75 50 Brasil - 84 EUA - 82

Leia mais

PANORAMA SEMANAL DO MERCADO SUÍNO DO DF 06/02/2015

PANORAMA SEMANAL DO MERCADO SUÍNO DO DF 06/02/2015 PANORAMA SEMANAL DO MERCADO SUÍNO DO DF 06/02/2015 Cotação Diária do Suíno Vivo, por Unidade da Federação Data MG SP PR SC RS DF MT Carcaça CEPEA 05/02/2015 R$ 3,68 R$ 3,35 R$ 3,17 R$ 3,23 R$ 3,28 R$ 4,01

Leia mais

CONGRESSO NACIONAL DA INDÚSTRIA PORTUGUESA DE CARNES

CONGRESSO NACIONAL DA INDÚSTRIA PORTUGUESA DE CARNES CONGRESSO NACIONAL DA INDÚSTRIA PORTUGUESA DE CARNES Exportação de carne e produtos cárneos para países terceiros - Ponto de situação e estratégias futuras para eliminação das barreiras identificadas A

Leia mais

Indústria avícola paranaense

Indústria avícola paranaense Indústria avícola paranaense Evoluçã o do consumo de fãrelo de sojã e milho pãrã criãçã o de frãngos no Pãrãnã Ana Luiza Lodi analuiza.lodi@intlfcstone.com Thadeu Silva thadeu.silva@intlfcstone.com Natália

Leia mais

Agronegócio Internacional

Agronegócio Internacional Boletim do Agronegócio Internacional Agronegócio Internacional Recordistas de vendas no valor total exportado pelo Brasil jan-jul 2014/2013 Edição 03 - Agosto de 2014 O agronegócio representou 44% das

Leia mais

Cuiabá/MT, 28 de novembro de 2008

Cuiabá/MT, 28 de novembro de 2008 SEMINÁRIO ESTADUAL DA SUINOCULTURA MATO GROSSO 2008 ACRISMAT Cuiabá/MT, 28 de novembro de 2008 HISTÓRICO DA ATIVIDADE Rio Grande do Sul POPULAÇÃO DO RIO GRANDE DO SUL 1872 CAMPANHA 43% DEPRESSÃO CENTRAL

Leia mais

Confinamento Brasileiro. Onde queremos chegar?

Confinamento Brasileiro. Onde queremos chegar? Confinamento Brasileiro. Onde queremos chegar? Fabio Dias / Assocon Dante P. Lanna / Esalq Colégio Brasileiro de Nutrição Animal Goiânia / setembro / 2006 1 Confinar no Brasil é um Bom Negócio? Os 50 maiores

Leia mais

INTEGRAÇÃO CONTRATUAL

INTEGRAÇÃO CONTRATUAL INTEGRAÇÃO CONTRATUAL Uma Estratégia de Acesso ao Mercado Internacional Pedro Viana Borges Esp. Pol. Públicas P e Gestão Governamental Internacionalização de Cooperativas Integração Regional no Mercosul

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS INDÚSTRIAS EXPORTADORAS DE CARNES. Perfil da Produção Bovina no Brasil

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS INDÚSTRIAS EXPORTADORAS DE CARNES. Perfil da Produção Bovina no Brasil ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS INDÚSTRIAS EXPORTADORAS DE CARNES Perfil da Produção Bovina no Brasil BRASIL NO MERCADO MUNDIAL, 2008 % MUNDIAL REBANHO CABEÇAS ABATE ANUAL PRODUÇÃO ANUAL EXPORTAÇÕES CONSUMO

Leia mais

Simpósio Latino Americano da Associação Internacional para a Proteção de Alimentos -IAFP -

Simpósio Latino Americano da Associação Internacional para a Proteção de Alimentos -IAFP - Simpósio Latino Americano da Associação Internacional para a Proteção de Alimentos -IAFP - VII Simpósio Associação Brasileira de Proteção dos Alimentos ABRAPA - Melhorando a inocuidade da carne de aves

Leia mais

Audiência Pública Senado Federal

Audiência Pública Senado Federal Audiência Pública Senado Federal Pedro de Camargo Neto Presidente Abipecs 12 de julho de 2012 Distribuição Geográfica da Suinocultura Estado Part. % 2009 RS 19,3 SC 25,1 PR 17,0 5,6% SP 5,0 MG 13,7 MT

Leia mais

BNDES ÁREA DE OPERAÇÕES INDUSTRIAS 1 - AO1 SUINOCULTURA GERÊNCIA SETORIAL DE AGROINDÚSTRIA

BNDES ÁREA DE OPERAÇÕES INDUSTRIAS 1 - AO1 SUINOCULTURA GERÊNCIA SETORIAL DE AGROINDÚSTRIA ÁREA DE OPERAÇÕES INDUSTRIAS 1 - AO1 GERÊNCIA SETORIAL DE AGROINDÚSTRIA Data: 20/12/95 N o 6 BNDES SUINOCULTURA INTRODUÇÃO Em termos humanos, a carne suína é a mais consumida no mundo. No Brasil, o consumo

Leia mais

Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso

Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso Índice 1 - Conceito de Agronegócio e a atuação do Imea 2 - Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso 2.1 Agronegócio Soja 2.2 Agronegócio Milho 2.3 Agronegócio Algodão

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO. PERFIL DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO Janeiro/2015

SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO. PERFIL DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO Janeiro/2015 SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO PERFIL DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO Janeiro/2015 2 ÍNDICE 03. Apresentação 04. População Rural 05. Habitantes no

Leia mais

PROGRAMA NACIONAL DE SANIDADE SUÍDEA PNSS

PROGRAMA NACIONAL DE SANIDADE SUÍDEA PNSS PROGRAMA NACIONAL DE SANIDADE SUÍDEA PNSS As atividades do Programa Nacional de Sanidade Suídea (PNSS) têm como objetivo a coordenação, normatização e o suporte das ações de defesa sanitária animal referentes

Leia mais

Infraestrutura,alternativas

Infraestrutura,alternativas Demandas crescentes em Infraestrutura,alternativas energéticas. Hitachi South America Ltda TOSHIRO IWAYAMA Diretor, Conselheiro Especial A MATRIZ ENERGÉTICA DO BRASIL (FONTE: ANEEL) INTRODUÇÃO: RESUMO:

Leia mais

Panorama do setor de frango de corte no Brasil e a participação da indústria avícola paranaense.

Panorama do setor de frango de corte no Brasil e a participação da indústria avícola paranaense. Panorama do setor de frango de corte no Brasil e a participação da indústria avícola paranaense. Luciano de Souza Costa (UNIOESTE) lucianosouzacosta@hotmaisl.com Luis Alberto Ferreira Garcia (UNIOESTE)

Leia mais

SEMINÁRIO INSTITUTO FERNANDO HENRIQUE CARDOSO (ifhc)

SEMINÁRIO INSTITUTO FERNANDO HENRIQUE CARDOSO (ifhc) SEMINÁRIO INSTITUTO FERNANDO HENRIQUE CARDOSO (ifhc) O novo mundo rural e o desenvolvimento do Brasil Marcos Sawaya Jank Diretor Executivo Global de Assuntos Corporativos São Paulo, 12 de novembro de 2014

Leia mais

em números Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento

em números Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento agronegócio brasileiro em números Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento 2010 ranking Ranking Brasileiro da Produção e Exportação Fonte: USDA e Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Leia mais

A SUSTENTABILIDADE ECONÔMICA E SOCIAL DA PRODUÇÃO DE FRANGOS E SUÍNOS EM SANTA CATARINA E NO BRASIL

A SUSTENTABILIDADE ECONÔMICA E SOCIAL DA PRODUÇÃO DE FRANGOS E SUÍNOS EM SANTA CATARINA E NO BRASIL A SUSTENTABILIDADE ECONÔMICA E SOCIAL DA PRODUÇÃO DE FRANGOS E SUÍNOS EM SANTA CATARINA E NO BRASIL Jonas Irineu dos Santos Filho Pesquisador da Embrapa Suínos e Aves O consumo de proteína animal no mundo

Leia mais

Economia Brasileira e o Agronegócio Riscos e Oportunidades. Roberto Giannetti da Fonseca Maio 2015

Economia Brasileira e o Agronegócio Riscos e Oportunidades. Roberto Giannetti da Fonseca Maio 2015 Economia Brasileira e o Agronegócio Riscos e Oportunidades Roberto Giannetti da Fonseca Maio 2015 Cenário Macro Econômico Brasileiro 2015 Economia em forte e crescente desequilibrio Deficit Fiscal 2014

Leia mais

31º AgroEx Seminário do Agronegócio para Exportação Londrina/PR

31º AgroEx Seminário do Agronegócio para Exportação Londrina/PR 31º AgroEx Seminário do Agronegócio para Exportação Londrina/PR Departamento de Negociações Sanitárias e Fitossanitárias DNSF Principais Exigências Sanitárias e Fitossanitárias do Mercado Internacional

Leia mais

INDÚSTRIA DE ALIMENTAÇÃO ANIMAL

INDÚSTRIA DE ALIMENTAÇÃO ANIMAL INDÚSTRIA DE ALIMENTAÇÃO ANIMAL Em 2011: Registrou incremento de 5,2% Em 2011, o setor cresceu 5,2%, movimentou R$ 40 bilhões em insumos e produziu 64,5 milhões de toneladas de ração e 2,35milhões de suplementos

Leia mais

Intercooperação para Acesso a Mercados

Intercooperação para Acesso a Mercados Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo Departamento de Cooperativismo e Associativismo Rural Intercooperação para Acesso a Mercados

Leia mais

Panorama Atual e Plano de Desenvolvimento para a Caprinovinocultura

Panorama Atual e Plano de Desenvolvimento para a Caprinovinocultura Panorama Atual e Plano de Desenvolvimento para a Caprinovinocultura Francisco Edilson Maia Presidente da Comissão Nacional de Caprinos e Ovinos CNA Presidente da Câmara Setorial e Temática de Ovinos e

Leia mais

Principais Exigências Sanitárias e Fitossanitárias do Mercado Internacional

Principais Exigências Sanitárias e Fitossanitárias do Mercado Internacional ENCOMEX Empresarial Fortaleza, 19 de setembro de 2013 Principais Exigências Sanitárias e Fitossanitárias do Mercado Internacional Luís Henrique Barbosa da Silva Exportando... tenho o produto aqui no Brasil

Leia mais

ABPA Associação Brasileira de Proteína Animal

ABPA Associação Brasileira de Proteína Animal ABPA Associação Brasileira de Proteína Animal Unificação das associações em uma nova entidade José Perboyre Diretor Financeiro e Administrativo Coordenador do Grupo Permanente de Logística A UBABEF Entidades

Leia mais

PRODUTO CARNES PERÍODO: 15 a 19/09/2003. Carne bovina

PRODUTO CARNES PERÍODO: 15 a 19/09/2003. Carne bovina PRODUTO CARNES PERÍODO: 15 a 19/09/2003 Carne bovina A estimativa da Conab para a produção brasileira de carne bovina, no ano de 2003, as previsões quanto às importações, exportações e a disponibilidade

Leia mais

Carne de Frango Var. Produção (milhões ton) Exportação (milhões ton) Disponibilidade 12,69 13,146 3,58% 4,03 4,3 5% 8,59 8,84 3,1%

Carne de Frango Var. Produção (milhões ton) Exportação (milhões ton) Disponibilidade 12,69 13,146 3,58% 4,03 4,3 5% 8,59 8,84 3,1% Carne de Frango Produção (milhões ton) Exportação (milhões ton) Disponibilidade (milhões ton) 2014 2015 Var. 12,69 13,146 3,58% 4,03 4,3 5% 8,59 8,84 3,1% Per capita (kg) 42,7 43,25 1,1% 2016 Produção

Leia mais

CARNE AVÍCOLA NOVEMBRO DE 2016

CARNE AVÍCOLA NOVEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE AVÍCOLA NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

AVICULTURA DE CORTE. José Euler Valeriano. Avicultor 2015 Belo Horizonte MG 25/06/2015

AVICULTURA DE CORTE. José Euler Valeriano. Avicultor 2015 Belo Horizonte MG 25/06/2015 BEM ESTAR ANIMAL - O FUTURO AVICULTURA DE CORTE José Euler Valeriano Avicultor 2015 Belo Horizonte MG 25/06/2015 BEA BEM ESTAR ANIMAL Como definir BEM ESTAR? O animal precisa encontrar no meio ambiente

Leia mais

PRODUTO CARNES PERÍODO: 29/09 a 03/10/2003. Carne bovina

PRODUTO CARNES PERÍODO: 29/09 a 03/10/2003. Carne bovina PRODUTO CARNES PERÍODO: 29/09 a 03/10/2003 Carne bovina A estimativa da Conab para a produção brasileira de carne bovina, no ano de 2003, as previsões quanto às importações, exportações e a disponibilidade

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE SUÍNA AGOSTO DE 2016

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE SUÍNA AGOSTO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE SUÍNA AGOSTO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por

Leia mais

Paraná Cooperativo EDIÇÃO ESPECIAL EXPORTAÇÕES Informe Diário nº 2.092 Sexta-feira, 08 de maio de 2009 Assessoria de Imprensa da Ocepar/Sescoop-PR

Paraná Cooperativo EDIÇÃO ESPECIAL EXPORTAÇÕES Informe Diário nº 2.092 Sexta-feira, 08 de maio de 2009 Assessoria de Imprensa da Ocepar/Sescoop-PR Paraná Cooperativo EDIÇÃO ESPECIAL EXPORTAÇÕES Informe Diário nº 2.092 Sexta-feira, 08 de maio de 2009 Assessoria de Imprensa da Ocepar/Sescoop-PR EXPORTAÇÕES DAS COOPERATIVAS NO AGRONEGÓCIO EM 1. RESULTADO

Leia mais

6 CURSO DE CONTROLE DE QUALIDADE NA INDÚSTRIA DE ALIMENTOS

6 CURSO DE CONTROLE DE QUALIDADE NA INDÚSTRIA DE ALIMENTOS Universidade de Passo Fundo Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária Curso de Medicina Veterinária 6 CURSO DE CONTROLE DE QUALIDADE NA INDÚSTRIA DE ALIMENTOS Médico Veterinário Profº Dr. Elci Lotar

Leia mais

DESAFIOS ÀS EXPORTAÇÕES DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO

DESAFIOS ÀS EXPORTAÇÕES DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio Departamento de Promoção Internacional do Agronegócio DESAFIOS ÀS EXPORTAÇÕES DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO

Leia mais

INFORMATIVO MENSAL LAPESUI

INFORMATIVO MENSAL LAPESUI INFORMATIVO MENSAL LAPESUI Outubro Nº 20 Mercado em ascensão para o final do ano De janeiro à agosto ste ano, as exportações carne suína tiveram uma queda 6% em relação ao mesmo período do ano passado,

Leia mais

As Interações entre os Agentes da Cadeia Produtiva da Pecuária de Corte no Brasil: implicações para a sustentabilidade Dr. Guilherme Cunha Malafaia

As Interações entre os Agentes da Cadeia Produtiva da Pecuária de Corte no Brasil: implicações para a sustentabilidade Dr. Guilherme Cunha Malafaia As Interações entre os Agentes da Cadeia Produtiva da Pecuária de Corte no Brasil: implicações para a sustentabilidade Dr. Guilherme Cunha Malafaia Embrapa Gado de Corte Estrutura da Apresentação A Estrutura

Leia mais

SISTEMA BRASILEIRO DE INSPEÇÃO SISBI PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL

SISTEMA BRASILEIRO DE INSPEÇÃO SISBI PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL SISTEMA BRASILEIRO DE INSPEÇÃO SISBI PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária e Sistemas Brasileiros Decreto 5.741/06 Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária

Leia mais

Fonte: USDA (2014) *Previsão para 2014 (Fonte: FAO)

Fonte: USDA (2014) *Previsão para 2014 (Fonte: FAO) 1 Fonte: USDA (2014) *Previsão para 2014 (Fonte: FAO) 2 Produtividade de leite Países selecionados (litros/vaca/dia) Produtividade em 2011 (litros/vaca/dia) 27,7 25,9 24,1 Aumento de Produtividade 2011-2014

Leia mais

Boas Praticas Agropecuárias: Buscando a Sustentabilidade na Produção Pecuária

Boas Praticas Agropecuárias: Buscando a Sustentabilidade na Produção Pecuária Boas Praticas Agropecuárias: Buscando a Sustentabilidade na Produção Pecuária Dr. Guilherme Cunha Malafaia Embrapa Gado de Corte Estruturação do Debate A Cadeia Produtiva da Pecuária de Corte e seus Agentes;

Leia mais

O Serviço Veterinário Oficial e sua importância na Saúde Animal

O Serviço Veterinário Oficial e sua importância na Saúde Animal O Serviço Veterinário Oficial e sua importância na Saúde Animal Médica Veterinária Rita Dulac Domingues Tópicos da Apresentação 1. Serviço Veterinário Oficial (SVO) 2. Panorama no RS e no BR do SVO 3.

Leia mais

RACTOPAMINA: Como ser lucrativo e produzir mais com menos. Vinícius Cantarelli

RACTOPAMINA: Como ser lucrativo e produzir mais com menos. Vinícius Cantarelli RACTOPAMINA: Como ser lucrativo e produzir mais com menos Vinícius Cantarelli Objetivo Apresentar informações e resultados econômicos, ambientais e sociais da RACTOPAMINA e seus efeitos sobre a SUSTENTABILIDADE

Leia mais

Disciplina: Gerenciamento em Saúde Animal e Saúde Pública VPS 425. A Importância da Diarréia Epidêmica Suína. Grupo: Novembro, 2014

Disciplina: Gerenciamento em Saúde Animal e Saúde Pública VPS 425. A Importância da Diarréia Epidêmica Suína. Grupo: Novembro, 2014 Disciplina: Gerenciamento em Saúde Animal e Saúde Pública VPS 425 A Importância da Diarréia Epidêmica Suína Novembro, 2014 Grupo: Alexandre Nunes Mendes Bruno Bracco Donatelli Carlos Eduardo Cardoso Consentini

Leia mais

DIPOA. Origem Animal. José Luis Ravagnani Vargas

DIPOA. Origem Animal. José Luis Ravagnani Vargas DIPOA Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal José Luis Ravagnani Vargas SIF (Competências) Fiscalização de estabelecimentos produtores de produtos de origem animal Exemplo: Matadouros frigoríficos,

Leia mais

O MERCADO MUNDIAL DE CARNE BOVINA. Agosto de 2016

O MERCADO MUNDIAL DE CARNE BOVINA. Agosto de 2016 O MERCADO MUNDIAL DE CARNE BOVINA Agosto de 2016 Pastagens 168 Mi ha Rebanho 209 Mi Cabeças Abates 39 Mi Cabeças CadeiadevalordeR$483,5bilhões Perfil do Setor 2015 Produção de Carne Bovina 9,56 Mi TEC

Leia mais

30º AgroEx Seminário do Agronegócio para Exportação Manaus - AM, 25 de novembro de 2009

30º AgroEx Seminário do Agronegócio para Exportação Manaus - AM, 25 de novembro de 2009 30º AgroEx Seminário do Agronegócio para Exportação Manaus - AM, 25 de novembro de 2009 PRINCIPAIS EXIGÊNCIAS SANITÁRIAS E FITOSSANITÁRIAS DO MERCADO INTERNACIONAL Jesulindo N. de Souza Junior - FFA Jesulindo.junior@agricultura.gov.br

Leia mais

Tilápia Oportunidade para pequenos e grandes Realidade e Perspectivas

Tilápia Oportunidade para pequenos e grandes Realidade e Perspectivas Tilápia Oportunidade para pequenos e grandes Realidade e Perspectivas Ricardo Neukirchner Presidente da ABCT Ass. Brasileira dos Criadores de Tilápia Sócio-Diretor Piscicultura Aquabel Ltda Sócio-Diretor

Leia mais

Financiamento ao Agronegócio. Internacionalização da Agroindústria

Financiamento ao Agronegócio. Internacionalização da Agroindústria Financiamento ao Agronegócio Internacionalização da Agroindústria BRF Visão Geral BRF Principais Key Brands Marcas Dados Financeiros 3 Uma das maiores empresas de alimentos do Brasil e do mundo 7 a maior

Leia mais

Governo do Brasil. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Departamento de Cooperativismo e Associativismo DENACOOP

Governo do Brasil. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Departamento de Cooperativismo e Associativismo DENACOOP Governo do Brasil Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Departamento de Cooperativismo e Associativismo DENACOOP Integração Contratual para Acesso a Mercado Rodolfo Osorio de Oliveira Coordenador

Leia mais

ISSN Versão Eletrônica Outubro, Documentos. ANUÁRIO ESTATÍSTICO - SUINOCULTURA Central de Inteligencia da Embrapa Suínos e Aves

ISSN Versão Eletrônica Outubro, Documentos. ANUÁRIO ESTATÍSTICO - SUINOCULTURA Central de Inteligencia da Embrapa Suínos e Aves ISSN 0101-6245 Versão Eletrônica Outubro, 2011 Documentos 146 ANUÁRIO ESTATÍSTICO - SUINOCULTURA Central de Inteligencia da Embrapa Suínos e Aves ISSN 0101-6245 Versão Eletrônica Outubro, 2011 Empresa

Leia mais

Membros do Conselho Diretor

Membros do Conselho Diretor 2005 Editorial A Assembléia de associados da ABIPECS decidiu no ano passado reestruturar a entidade, 2005 foi o primeiro ano de trabalho da ABIPECS em seu novo formato. Iniciamos o ano no processo de montagem

Leia mais

PRODUÇÃO DE CARNE BOVINA E CONSUMO INTERNO BRASILEIRO

PRODUÇÃO DE CARNE BOVINA E CONSUMO INTERNO BRASILEIRO PRODUÇÃO DE CARNE BOVINA E CONSUMO INTERNO BRASILEIRO WESP-GUTERRES, Caroline 1 ; TEIXEIRA, José Domingos Lemos 1 ; ARALDI,Daniele Furian 2 Palavras-Chave: Brasil. Consumo de carne. Bovinocultura. Introdução

Leia mais

Conjuntura Macroeconômica e Setorial

Conjuntura Macroeconômica e Setorial Conjuntura Macroeconômica e Setorial O ano de 2012 foi um ano desafiador para a indústria mundial de carnes. Apesar de uma crescente demanda por alimentos impulsionada pela contínua expansão da renda em

Leia mais

Milho Perspectivas do mercado 2011/12

Milho Perspectivas do mercado 2011/12 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE POLÍTICA AGRÍCOLA Milho Perspectivas do mercado 2011/12 março de 2012 Milho - Oferta e Demanda - Mundo milhões de t. Safras 2008/09 2009/10

Leia mais

VI FIAM FEIRA INTERNACIONAL DA AMAZÔNIA 26 A 29/10/2011 A AMAZÔNIA E SUAS FRONTEIRAS NO CONTEXTO DA INTEGRAÇÃO REGIONAL E DO COMÉRCIO EXTERIOR

VI FIAM FEIRA INTERNACIONAL DA AMAZÔNIA 26 A 29/10/2011 A AMAZÔNIA E SUAS FRONTEIRAS NO CONTEXTO DA INTEGRAÇÃO REGIONAL E DO COMÉRCIO EXTERIOR VI FIAM FEIRA INTERNACIONAL DA AMAZÔNIA 26 A 29/10/2011 A AMAZÔNIA E SUAS FRONTEIRAS NO CONTEXTO DA INTEGRAÇÃO REGIONAL E DO COMÉRCIO EXTERIOR VIGILÂNCIA AGROPECUÁRIA INTERNACIONAL VIGIAGRO SECRETARIA

Leia mais

Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso

Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso Índice 1 - Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso 1.1 Agronegócio Soja 1.2 Agronegócio Milho 1.3 Agronegócio Algodão 1.4 Agronegócio Boi 2 Competitividade 2.1 Logística

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos LEITE E DERIVADOS NOVEMBRO DE 2015

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos LEITE E DERIVADOS NOVEMBRO DE 2015 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos LEITE E DERIVADOS NOVEMBRO DE 2015 PRODUTOS 0,5% Exportação 46% Leite 41% Leite Condensado e Creme de Leite 55% Venezuela 11% Argélia Leite Fluido 34

Leia mais

Histórico. Roteiro. Oferta e Demanda. Mercado. Logística. Tendências de Mercado

Histórico. Roteiro. Oferta e Demanda. Mercado. Logística. Tendências de Mercado relatório Expedição Avicultura 2015 ÍNDICE 4 Histórico 7 Roteiro 8 Oferta e Demanda 14 Mercado 22 Logística 24 Tendências de Mercado 2 3 HISTÓRICO Realizada pela primeira vez em 2012, a Expedição Avicultura

Leia mais

Balanço 2016 Perspectivas Suínos

Balanço 2016 Perspectivas Suínos Suínos 137 138 Balanço 2016 Perspectivas 2017 Perspectivas 2017 EXPECTATIVAS DE QUEDA DOS CUSTOS DE PRODUÇÃO O abastecimento doméstico de milho a preços equilibrados está garantido para o próximo ano.

Leia mais

O mercado de carnes suínas Tendências a 2021. Osler Desouzart osler@odconsulting.com.br

O mercado de carnes suínas Tendências a 2021. Osler Desouzart osler@odconsulting.com.br O mercado de carnes suínas Tendências a 2021 Osler Desouzart osler@odconsulting.com.br A produção de alimentos superou o crescimento demográfico. E continuará superando no futuro Macro tendências a 2021

Leia mais

A Segurança Alimentar num país de 200 milhões de habitantes. Moisés Pinto Gomes Presidente do ICNA

A Segurança Alimentar num país de 200 milhões de habitantes. Moisés Pinto Gomes Presidente do ICNA A Segurança Alimentar num país de 200 milhões de habitantes Moisés Pinto Gomes Presidente do ICNA O uso da terra no Brasil Evolução das Áreas de Produção Milhões de hectares 1960 1975 1985 1995 2006 Var.

Leia mais

Estatísticas da suinocultura no Brasil e no mundo

Estatísticas da suinocultura no Brasil e no mundo AZ44 - Suinocultura Estatísticas da suinocultura no e no mundo Prof. Marson Bruck Warpechowski PRODUÇÃO MUNDIAL DE CARNE SUÍNA EM 28 3% 2% 23% 1% % 3% 46% Vietnã Filipinas Taiwan Chile Belarus Australia

Leia mais

ANGUS: Fábio Schuler Medeiros. Médico Veterinário, D. Sc Gerente Nacional do Programa Carne Angus Certificada Associação Brasileira de Angus

ANGUS: Fábio Schuler Medeiros. Médico Veterinário, D. Sc Gerente Nacional do Programa Carne Angus Certificada Associação Brasileira de Angus ANGUS: Rentabilidade e mercado Fábio Schuler Medeiros Médico Veterinário, D. Sc Gerente Nacional do Programa Carne Angus Certificada Associação Brasileira de Angus Nossos Questionamentos... Como está a

Leia mais

O Brasil e o Mercado Internacional de Carnes

O Brasil e o Mercado Internacional de Carnes O MERCADO INTERNACIONAL DE CARNES E A ECONOMIA BRASILEIRA Flávia Maria de Mello Bliska 1 Joaquim José Martins Guilhoto 2 Este artigo tem por objetivo mostrar a participação do Brasil no mercado internacional

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos INDÚSTRIA DE MÓVEIS OUTUBRO DE 2015

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos INDÚSTRIA DE MÓVEIS OUTUBRO DE 2015 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos INDÚSTRIA DE MÓVEIS OUTUBRO DE 2015 PRODUTOS INDÚSTRIA DE MÓVEIS Importação 3,3% Residenciais 67,7% Mercado interno 96,4% Escritório 16,6% INDÚSTRIA

Leia mais

Os Produtores (gado corte) diante do SISBOV e Novo SISBOV

Os Produtores (gado corte) diante do SISBOV e Novo SISBOV Os Produtores (gado corte) diante do SISBOV e Novo SISBOV RESUMO: EXIGENCIAS DA UE 40 DIAS ULTIMA PROPRIEDADE 90 DIAS AREA HABILITADA ESTOQUES ANIMAIS : BND=AG.DEFESA = FAZENDAS VALORIZAR O BOI APTO A

Leia mais

A CADEIA PRODUTIVA DE CARNE BOVINA NO BRASIL MERCADO INTERNACIONAL E NACIONAL

A CADEIA PRODUTIVA DE CARNE BOVINA NO BRASIL MERCADO INTERNACIONAL E NACIONAL A CADEIA PRODUTIVA DE CARNE BOVINA NO BRASIL MERCADO INTERNACIONAL E NACIONAL José Alberto de Àvila Pires Engenheiro Agrônomo, Coordenador Técnico/Bovinocultura de Corte da EMATER/MG Avenida Raja Gabaglia,

Leia mais

EXPORTAÇÃO ANIMAIS VIVOS E MATERIAL GENÉTICO DE EQUINOS

EXPORTAÇÃO ANIMAIS VIVOS E MATERIAL GENÉTICO DE EQUINOS EXPORTAÇÃO ANIMAIS VIVOS E MATERIAL GENÉTICO DE EQUINOS PROCEDIMENTOS TÉCNICOS 1) Abertura de quarentena (quando for o caso e respeitando as exigências impostas pelo país importador) - FFA da UF de egresso

Leia mais

Agronegócios: momento e perspectivas.

Agronegócios: momento e perspectivas. Agronegócios: momento e perspectivas. Perfil das propriedades rurais brasileiras. Familiares Patronais Região Estabelecimentos Familiares (a) Norte 380.895 Nordeste 2.055.157 Centro-Oeste 162.062 Sudeste

Leia mais

BRASIL. Francisca Peixoto

BRASIL. Francisca Peixoto BRASIL Francisca Peixoto INTRODUÇÃO BRASIL Um dos principais fornecedores de alimentos e matériasprimas do mundo Dotação única em recursos naturais Política agropecuária alinhada com estratégia nacional

Leia mais

Resumo dos resultados da enquete CNI

Resumo dos resultados da enquete CNI Resumo dos resultados da enquete CNI Brasil - México: Interesse empresarial para ampliação do acordo bilateral Março 2015 Amostra da pesquisa No total foram recebidos 45 questionários de associações sendo

Leia mais

MERCADO LÁCTEO. O Papel da Indústria na Conquista de Mercados Alexandre Guerra Presidente. 2015: Um ano de margens ajustadas

MERCADO LÁCTEO. O Papel da Indústria na Conquista de Mercados Alexandre Guerra Presidente. 2015: Um ano de margens ajustadas MERCADO LÁCTEO O Papel da Indústria na Conquista de Mercados Alexandre Guerra Presidente 2015: Um ano de margens ajustadas -1,18 PIB 2015 Previsão de 2,8% em janeiro de 2014 8,26% Previsão Inflação 2015

Leia mais