1. DA APRESENTAÇÃO INICIAL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1. DA APRESENTAÇÃO INICIAL"

Transcrição

1 AULA DEMONSTRATIVA 1 DA APRESENTAÇÃO INICIAL 2 2 INTRODUÇÃO - NOÇÕES DE GESTÃO DE PESSOAS NAS ORGANIZAÇÕES 3 3 ONCEITOS DE ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS 3 4 CONCEITOS GESTÃO DE PESSOAS 4 5 IMPORTÂNCIA DA GESTÃO DE PESSOAS 7 6 PROCESSOS BÁSICOS DA GESTÃO DE PESSOAS 10 7 RELAÇÃO COM OS OUTROS SISTEMAS DE ORGANIZAÇÃO 12 8 QUESTÕES 13 9 GABARITOS COMENTADOS REFERÊNCIAS: 22 Concurso: Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) Cargo: Agente Administrativo nível médio Matéria: Noções De Gestão De Pessoas professor: Rosania Fernandes Este curso é protegido por direitos autorais (copyright), nos termos da Lei nº 9610/1998, que altera, atualiza e consolida a legislação sobre direitos autorais e dá outras providências

2 1 DA APRESENTAÇÃO INICIAL Tudo bem pessoal? Hoje é o grande dia, para quem estava ansioso para a o concurso nível médio do MTE, como todos sabem mais uma vez a banca será a CESPE, então vamos para a apresentação e logo mais vamos para o conteúdo meu nome é Rosania Fernandes, sou engenheira eletricista, com MBA em Gestão de Projetos, Personal e Professional Coach, formada pela SBC (Sociedade Brasileira de Coach), MBA em Telecomunicações com ênfase em Gerenciamento de Projetos pela FGV(2002), Técnica em Eletrônica pelo CEFET-MG (1985) É sócia fundadora da PKM Consultoria em Gerenciamento de Projetos Possuo 27 anos de experiência no mercado nas áreas de Gerenciamento de Projetos, Gerenciamento de Contas, Suporte Técnico e Treinamento e vasta experiência como docente em cursos de pós graduação e MBA em Gerenciamento de Projetos e sou coautora da primeira versão do livro Gestão de Projetos Brasil, utilizado nos cursos de pós Graduação e MBA em gerenciamento de projetos do IETEC Vocês devem estar se perguntando: o que uma engenheira está fazendo ministrando um curso sobre gestão de pessoas? Bem pessoal, nenhum projeto e nenhuma organização funciona sem as pessoas Durante toda a minha carreira profissional, eu assumi vários cargos de gerência e posso afirmar sem medo que, se nós não conhecermos todos os aspectos relacionados a gestão de pessoas, não desempenharemos bem nosso papel como gestores nas organizações O objetivo principal do nosso curso fazer você aprender a realizar as provas da disciplina Gestão de Pessoas com foco na banca examinadora CESPE, visando obter o melhor resultado possível no concurso Bem pessoal, todos sabemos que o tempo é curto e que vocês precisam estudar muitas matérias, tenham calma e planejem bem a utilização do tempo para estudar cada matéria Deixo aqui para vocês duas frases que gosto muito: Nenhuma quantidade de planejamento, execução ou controle será suficiente se as pessoas erradas estiverem envolvidas, se as pessoas certas não estiverem envolvidas ou se as pessoas envolvidas não souberem o que se espera delas ou o que elas podem esperar dos outros (Manual PRINCE2) Existem duas formas de ser criativo A primeira é cantar e dançar A segunda é preparar o ambiente para que as pessoas dancem e cantem (Warren Bennis) Boa sorte à todos, planejem bem os estudos e que venham as provas!!! Professora Rosania de Castro Fernandes, MSC, PMP 2

3 2 INTRODUÇÃO - NOÇÕES DE GESTÃO DE PESSOAS NAS ORGANIZAÇÕES A área de gestão de recursos humanos das organizações é a que mais tem sofrido mudanças e transformações nos últimos anos, principalmente no nome Desde o antigo nome Administração de Recursos Humanos (ARH), até as funções desempenhadas por esta área nas organizações, passaram por profundas transformações A globalização dos negócios e o grande desenvolvimento tecnológico fez com as empresas se adaptassem para sobreviver neste ambiente extremamente competitivo As empresas já perceberam que somente as pessoas tem o poder de promover mudanças nas organizações, de forma à mantê-las competitivas no mercado, pois as organizações são conjuntos de pessoas São as pessoas que mantêm e promovem mudanças no status quo já existente e são elas que produzem, vendem, servem ao cliente, tomam decisões, lideram, motivam, comunicam, supervisionam, gerenciam e dirigem os negócios das empresas Em muitas organizações, fala-se agora em administração com as pessoas Administrar com as pessoas significa tocar a organização juntamente com os colaboradores e parceiros internos que mais entendem dela, dos seus negócios e do seu futuro 3 ONCEITOS DE ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS Segundo Chiavenato (1999) a Administração de Recursos Humanos (ARH) é o conjunto de políticas e práticas necessárias para conduzir os aspectos da posição gerencial relacionados com as "pessoas" ou recursos humanos, incluindo recrutamento, seleção, treinamento, recompensas e avaliação de desempenho ARH é a função administrativa devotada à aquisição, treinamento, avaliação e remuneração dos empregados Todos os gerentes são, em certo sentido, gerentes de pessoas, porque todos estão envolvidos em atividades como recrutamento, entrevistas, seleção e treinamento ARH é o conjunto de decisões integradas sobre relações de emprego que influenciam a eficácia dos funcionários e das organizações ARH é a função na organização que está relacionada com provisão, treinamento, desenvolvimento, motivação e manutenção dos empregados, incluindo recrutamento, seleção, treinamento, recompensas e avaliação de desempenho 3

4 A ARH exerce função de apoio, dando suporte a todas as outras áreas da empresa porém não tem autoridade para impor regras e exigir resultados Isso significa que quem administra o pessoal é cada gestor dentro de sua área de atuação Para que os gestores administrem seus profissionais de maneira satisfatória é necessário um órgão de assessoria e consultoria que forneça todas as orientações, é ai que entra o RH como função de staff procurando alinhar de forma eficiente os objetivos organizacionais com o desenvolvimento de seus profissionais As funções de staff, isto é, das equipes dos departamentos de RH, se resumem objetivamente a prestação de assessoria A função de Staff e a Responsabilidade de Linha na Gestão de Pessoas são apresentadas na TAB1 TABELA 1 - função de Staff e a Responsabilidade de Linha na Gestão de Pessoas Função de Staff - Órgão de ARH Responsabilidades de Linha - Gestor de pessoas Cuidar das políticas de RH Prestar assessoria e suporte Dar consultoria interna de RH Proporcionar serviços de RH Dar orientação de RH Cuidar da estratégia de RH Cuidar de sua equipe de pessoas Tomar decisões sobre subordinados Executar as ações de RH Cumprir metas de RH Alcançar resultados de RH Cuidar da tática e operações 4 CONCEITOS GESTÃO DE PESSOAS Segundo Chiavenato (1999), a Gestão de Pessoas é uma área muito sensível à mentalidade que predomina nas organizações Ela é contingencial e situacional, pois depende de vários aspectos como a cultura que existe em cada organização, a estrutura organizacional adotada, as características do contexto ambiental, o negócio da organização, a tecnologia utilizada, os processos internos e uma infinidade de outras variáveis importantes Nos tempos atuais, as organizações estão ampliando a sua visão e atuação estratégica Todo processo produtivo somente se realiza com a participação conjunta de diversos parceiros, cada qual contribuindo com algum recurso Os fornecedores contribuem com matérias-primas, serviços e tecnologias Os acionistas e investidores contribuem com capital e investimentos que permitem o aporte financeiro para a aquisição de recursos 4

5 Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) Os empregados contribuem com seus conhecimentos, capacidades e habilidades, proporcionando decisões e ações que dinamizam a organização Os clientes e consumidores contribuem para a organização adquirindo seus bens ou serviços colocados no mercado Cada um dos parceiros da organização contribui com algo na expectativa de obter um retorno pela sua contribuição As alianças estratégicas constituem meios através dos quais a organização obtém a inclusão de novos e diferentes parceiros para consolidar e fortificar seu negócios e expandir suas fronteiras Cada parceiro está disposto a continuar investindo seus recursos na medida em que tem retornos e resultados satisfatórios de seus investimentos Através dos seus resultados, a organização pode proporcionar um retorno maior às contribuições efetuadas e manter a continuidade do negócio Geralmente, as organizações procuram privilegiar os parceiros mais importantes Os acionistas e investidores eram, até há pouco tempo, os mais privilegiados na distribuição e apropriação dos resultados organizacionais Essa assimetria está sendo substituída por uma visão sistêmica e integrada de todos os parceiros do negócio, já que todos são indispensáveis para o sucesso da empresa Acontece que o parceiro mais íntimo da organização é o empregado: aquele que está dentro dela e que lhe dá vida e dinamismo Dentro desse contexto, a questão básica é escolher entre tratar as pessoas como recursos organizacionais ou como parceiros da organização Os empregados podem ser tratados como recursos produtivos das organizações: os chamados recursos humanos Como recursos, eles precisam ser administrados, o que envolve planejamento, organização, direção e controle de suas atividades, (já que são) considerados sujeitos passivos da organização Daí a necessidade de administrar os recursos humanos para obter deles o máximo rendimento possível Neste sentido, as pessoas constituem parte do patrimônio físico na contabilidade da organização Mas as pessoas podem ser visualizadas como parceiros das organizações Como tais, elas são fornecedoras de conhecimentos, habilidades, capacidades e, sobretudo, o mais importante aporte para as organizações a inteligência, que proporciona decisões racionais e imprime o significado e rumo aos objetivos globais Desse modo, as pessoas constituem o capital intelectual da organização As organizações bem-sucedidas se deram conta disso e tratam seus funcionários como parceiros do negócio e não mais como simples empregados contratados Segundo Chiavenato (1999), se a organizacâo quer alcançar os seus objetivos da melhor maneira possível, ela precisa saber canalizar os esforços das pessoas para que também estas atinjam os seus objetivos individuais e que ambas as partes saiam ganhando Modernamente, a solução do tipo ganha-ganha no jogo de interesses envolvidos é a preferida Trata-se de uma solução que requer negociação, participação e sinergia de esforços Assim, o contexto em que se situa a Gestão de Pessoas é representado pelas organizações e pelas pessoas Em resumo, as organizações são constituídas de pessoas e dependem delas para atingir seus objetivos e cumprir suas missões E para as pessoas, as organizações constituem o meio pelo qual elas podem alcancar objetivos pessoais com um minimo de tempo, esforço e conflito (TAB1) 5

6 Muitos dos objetivos pessoais jamais poderiam ser alcançados apenas por meio do esforço pessoal isolado As organizações surgem para aproveitar a sinergia dos esforços de várias pessoas que trabalham em conjunto Sem organizações e sem pessoas certamente não haveria a Gestão de Pessoas Termos como empregabilidade e empresabilidade são usados para mostrar, de um lado, a capacidade das pessoas de conquistar e manter seus empregos e, de outro, a capacidade das empresas para desenvolver e utilizar as habilidades intelectuais e competitivas de seus membros TABELA 2 Objetivos Organizacionais e individuais Para Chiavenato: "um dos aspecto mais importante do planejamento estratégico de gestão de pessoas é o alinhamento da função de Gestão de Pessoas (GP)com a estratégia organizacional É necessário traduzir os objetivos e estratégias organizacinais em objetivos e estratégias de Gestão de Pessoas Isto é feito através do Planejamento estratégico de GP O planejamento estratégico de GP refere-se à maneira como a função de GP pode contribuir para o alcance dos objetivos organizacionais e, simultaneamente, favorecer e incentivar o alcance dos objetivos individuais dos funcionários Trata-se de alinhar talentos e competências com as necessidades organzacionais" Assim, a Gestão de Pessoas se baseia em três aspectos fundamentais, conforme apresentado na FIG1 e descritos a seguir: 1 As pessoas como seres humanos: dotados de personalidade própria, profundamente diferentes entre si, com uma história particular e diferenciada, possuidores de conhecimentos, habilidades, destrezas e capacidades indispensáveis à adequada gestão dos recursos organizacionais Pessoas como pessoas e não como meros recursos da organização 6

7 2 As pessoas como ativadores inteligentes de recursos organizacionais: como elementos impulsionadores da organização e capazes de dotá-la de inteligência, talento e aprendizados indispensáveis à sua constante renovação e competitividade em um mundo de mudanças e desafios As pessoas como fonte de impulso próprio que dinamiza a organização e não como agentes passivos, inertes e estáticos As pessoas como parceiros da organização capazes de conduzi-la à excelência e ao sucesso Como parceiros, as pessoas fazem investimentos na organização como esforço, dedicação, responsabilidade, comprometimento, riscos etc na expectativa de colher retornos desses investimentos como salários, incentivos financeiros, crescimento profissional, carreira etc Qualquer investimento somente se justifica quando traz um retorno razoável Na medida em que o retorno é bem sustentado, a tendência certamente será a manutenção ou aumento do investimento Daí o caráter de reciprocidade na interação entre pessoas e organizações E também o caráter de atividade e autonomia e não mais de passividade e inércia das pessoas Pessoas como parceiros ativos da organização e não como meros sujeitos passivos FIGURA 1 Três aspectos fundamentais os quais se baseia a Gestão de Pessoas 5 IMPORTÂNCIA DA GESTÃO DE PESSOAS As pessoas constituem o principal ativo da organização Daí a necessidade de tornar as organizações mais conscientes e atentas a seus funcionários As organizações bem-sucedidas estão percebendo que somente podem crescer prosperar e manter sua continuidade se forem capazes de otimizar o retorno sobre os investimentos de todos os parceiros, principalmente o dos empregados Quando uma organização está realmente voltada para as pessoas, a sua filosofia global e sua cultura organizacional passam a refletir essa crença A Gestão de Pessoas nas organizações é a função que permite a colaboração eficaz das pessoas 7

8 empregado, funcionários, recursos humanos ou qualquer denominação utilizada para alcançar os objetivos organizacionais e individuais As pessoas podem ampliar ou limitar as forças e fraquezas de uma organização, dependendo da maneira como elas são tratadas Para que os objetivos da Gestão de Pessoas sejam alcançados, é necessário que os gerentes tratem as pessoas como elementos básicos para a eficácia organizacional Os objetivos da Gestão de Pessoas é contribuir para a eficácia organizacional através dos meios descritos na Figura 2 FIGURA 2-Meios pelos quais a Gestão de Pessoas contribue para a eficácia da Organização A Gestão de Pessoas visa a valorização dos profissionais e do ser humano, diferentemente do setor de Recursos Humanos que visava as atividades administrativas da gestão dos recursos humanos da organização 1 Ajudar a organização a alcançar seus objetivos e realizar sua missão: A função de RH é um componente fundamental da organização de hoje Antigamente, a ênfase era colocada no fazer corretamente as coisas através dos métodos e regras impostos aos funcionários e, assim, obter eficiência O salto para a eficácia veio com a preocupação em atingir objetivos e resultados Não se pode imaginar a função de RH sem se conhecer os negócios de uma organização Cada negócio tem diferentes implicações na ARH O principal objetivo desta é ajudar a organização a atingir suas metas, objetivos e realizar sua missão 8

9 Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) 2 Proporcionar competitividade à organização: Isto significa saber empregar as habilidades e capacidades da força de trabalho A função da ARH e fazer com que as forças das pessoas sejam mais produtivas para beneficiar clientes, parceiros e empregados Esta foi a crença que levou Walt Disney a construir a Disney a partir de suas próprias pessoas No nível macroeconômico, a competitividade e o grau em que uma nação pode, em condições livres e justas de mercado, produzir bens e serviços que sejam bem aceitos nos mercados internacionais, enquanto simultaneamente mantém ou expande os ganhos reais de seus cidadãos Nesta definição, a palavra nação pode ser substituída pela palavra organização e a palavra cidadãos por empregados 3 Proporcionar à organização empregados bem treinados e bem motivados: Quando um executivo diz que o propósito da ARH é "construir e proteger o mais valioso patrimônio da empresa: as pessoas", ele esta se referindo a este objetivo da ARH Dar reconhecimento às pessoas e não apenas dar dinheiro o que constitui o elemento básico da motivação humana Para melhorar o seu desempenho, as pessoas devem perceber justiça nas recompensas que recebem Recompensar bons resultados e não recompensar pessoas que não tenham um bom desempenho Tornar claros os objetivos e o modo como eles são medidos As medidas de eficácia da ARH e não apenas a medida do chefe é que devem proporcionar as pessoas certas na fase certa do desempenho de um trabalho e no tempo certo para a organização 4 Aumentar a auto atualização e a satisfação dos empregados no trabalho: Antigamente, a ênfase era colocada nas necessidades da organização Hoje, apesar dos computadores e dos balanços contábeis, os empregados precisam ser felizes Para que sejam produtivos, os empregados devem sentir que o trabalho é adequado às suas capacidades e que estão sendo tratados equitativamente Para os empregados, o trabalho é a maior fonte de identidade pessoal As pessoas despendem a maior parte de suas vidas no trabalho e isto requer uma estreita identidade com o trabalho que fazem Empregados satisfeitos não são necessariamente os mais produtivos, mas empregados insatisfeitos tendem a se desligar da empresa, se ausentar frequentemente e produzir pior qualidade do que empregados satisfeitos A felicidade na organização e a satisfação no trabalho são fortes determinantes do sucesso organizacional 5 Desenvolver e manter qualidade de vida no trabalho: Qualidade de vida no trabalho (QVT) é um conceito que se refere aos aspectos da experiência do trabalho, como estilo de gerência, liberdade e autonomia para tomar decisões, ambiente de trabalho agradável, segurança no emprego, horas adequadas de trabalho e tarefas significativas Um programa de QVT procura estruturar o trabalho e o ambiente de trabalho no sentido de satisfazer a maioria das necessidades individuais do empregado e tornar a organização um local desejável e atraente A confiança do empregado na organização também é fundamental para a retenção e fixação do pessoal 6 Administrar a mudança: Nas últimas décadas, houve um período turbulento de mudanças sociais, tecnológicas, econômicas, culturais e políticas Essas mudanças e tendências trazem novas abordagens, mais flexíveis e ágeis, que 9

10 devem ser utilizadas para garantir a sobrevivência das organizações Os profissionais de ARH devem saber lidar com as mudanças, se querem realmente contribuir para sua organização São mudanças que se multiplicam exponencialmente e cujas soluções impõem novas estratégias, programas, procedimentos e soluções 7 Manter políticas e comportamento socialmente responsável: Toda atividade de ARH deve ser aberta e confiável As pessoas não devem ser discriminadas e seus direitos básicos devem ser garantidos Os princípios éticos devem ser aplicados a todas as atividades da ARH Tanto as pessoas como a organizações devem seguir padrões éticos e de responsabilidade social A responsabilidade social é uma exigência feita não somente às organizações, mas também, principalmente, às pessoas que nelas trabalham 6 PROCESSOS BÁSICOS DA GESTÃO DE PESSOAS Os seis processos básicos da Gestão de Pessoas, conforme apresentados na figura abaixo FIGURA 3 Processos Básicos da Gestão de Pessoas 1 Processos de Agregar Pessoas: são os processos utilizados para incluir novas pessoas na empresa Podem ser denominados processos de provisão ou de suprimento de pessoas Incluem recrutamento e seleção de pessoas 10

11 2 Processos de Aplicar Pessoas: são os processos utilizados para desenhar as atividades que as pessoas irão realizar na empresa, orientar e acompanhar seu desempenho Inclui desenho organizacional e desenho de cargos, análise e descrição de cargos, orientação das pessoas e avaliação do desempenho 3 Processos de Recompensar Pessoas: são os processos utilizados para incentivar as pessoas e satisfazer suas necessidades individuais mais elevadas Incluem recompensas, remuneração, benefícios e serviços sociais 4 Processos de Desenvolver Pessoas: são os processos utilizados para capacitar e incrementar o desenvolvimento profissional e pessoal Incluem treinamento e desenvolvimento das pessoas, programas de mudanças e desenvolvimento de carreiras e programas de comunicação e conscientização 5 Processos de Manter Pessoas: são os processos utilizados para criar condições ambientais e psicológicas satisfatórias para as atividades das pessoas Incluem administração da disciplina, higiene, segurança e qualidade de vida e manutenção de relações sindicais 6 Processos de Monitorar Pessoas: são os processos utilizados para acompanhar e controlar as atividades das pessoas e verificar resultados Incluem banco de dados e sistemas de informações gerenciais Todos esses processos estão intimamente relacionados entre si, de tal maneira que se interpenetram e se influenciam reciprocamente Cada processo tende a favorecer ou prejudicar os demais, quando bem ou mal utilizados Um processo de agregar pessoas mal feito passa a exigir um processo de desenvolver pessoas mais intenso para compensar as suas falhas Se o processo de recompensar pessoas é falho, ele exige um processo de manter pessoas mais intenso Além do mais, todos esses processos são desenhados de acordo com as exigências das influências ambientais externas e das influências organizacionais internas para obter a melhor compatibilização entre si Trata-se, pois, de um modelo de diagnóstico de RH, como mostra o quadro abaixo: 11

12 7 RELAÇÃO COM OS OUTROS SISTEMAS DE ORGANIZAÇÃO A relação entre especialistas de RH e gerentes funcionais mudou muito Na Gestão de Pessoas, esta relação é vistas como parceira A Gestão de Pessoas atua na área do subsistema social, e há na organização também o subsistema técnico A interação da gestão de pessoas com outros subsistemas, especialmente o técnico, envolve alinhar objetivos organizacionais e individuais As pessoas precisam ter competência para realizar as atividades e entregas que possam contribuir com a organização, do contrário poderia haver inúmeras consequências negativas nas mais diferentes áreas (financeira, por exemplo) É também por isso que a área de gestão de pessoas sempre atua em parceria com outras áreas As competências técnicas são desenvolvidas pelas áreas funcionais da organização e as competências interpessoais são desenvolvidas pela Gestão de Pessoas As competências técnicas e interpessoais formam o Capital Intelectual de uma organização e é a principal fonte de intangíveis nas Empresas, bem como um diferencial competitivo em relação aos concorrentes O termo capital intelectual teve sua origem na propriedade intelectual, nos componentes de conhecimentos de uma empresa, reunidos e legalmente protegidos É um conjunto de benefícios intangíveis que agregam valor às empresas Segundo Brooking, apud Antunes & Martins (2002), o capital intelectual pode ser dividido em quatro categorias: Ativos de Mercado: potencial que a empresa possui em decorrência dos intangíveis que estão relacionados ao mercado, tais como: marca, clientes, lealdade dos clientes, negócios recorrentes, negócios em andamento (backlog), canais de distribuição, franquias etc Ativos Humanos: compreendem os benefícios que o indivíduo pode proporcionar para as organizações por meio da sua expertise, criatividade, conhecimento, habilidade para resolver problemas, tudo visto de forma coletiva e dinâmica Ativos de Propriedade Intelectual: incluem os ativos que necessitam de proteção legal para proporcionar às organizações benefícios tais como: know-how, segredos industriais, copyright, patentes, designs etc Ativos de Infra-Estrutura: compreendem as tecnologias, as metodologias e os processos empregados, como cultura, sistema de informação, métodos gerenciais, aceitação de risco, banco de dados de clientes etc 12

13 Sendo assim, a Gestão de Pessoas interagindo com os outros sistema da organização é determinante para as empresas atigirem os seus objetivos estratégicos e se tornarem altamente competitivas no mercado 8 QUESTÕES QUESTÃO 01(CESPE TJ-AL - Analista Judiciário) A administração de recursos humanos (ARH) tradicional e a gestão estratégica de pessoas (GEP) diferem entre si principalmente no tocante ao(à) a) alinhamento entre os objetivos e as metas operacionais dos processos de recursos humanos, distintivo da GEP b) relevância dada aos consultores internos de RH, cuja atuação é maior na ARH c) consistência interna dos processos de recursos humanos, que rege a ARH d) dimensão tática e operacional, que é prevalente na GEP mas não na ARH e) vinculação dos processos de gestão de pessoas aos processos estratégicos das organizações, característica da GEP QUESTÃO 02 (CESPE TJ-AL - Analista Judiciário - Área Administrativa) Em uma organização, é função das equipes dos departamentos ou unidades de RH ou de gestão de pessoas a) informar as expectativas e os planos da organização a suas áreas de negócio b) assessorar gestores ou ocupantes de cargos de chefia na solução de problemas específicos de pessoal c) decidir sobre a dinâmica e os objetivos da organização e dos recursos disponíveis ou necessários d) tomar decisões acerca de novas admissões, promoções, avaliações e outras medidas relacionadas a pessoal e) alocar pessoas com base no planejamento e no dimensionamento do trabalho em setores específicos da organização QUESTÃO 03 (CESPE MPE-PI - Analista Ministerial) A gestão de pessoas, além de concentrar-se no alcance de objetivos organizacionais, contribui para satisfação de objetivos individuais Acerca desse assunto, julgue os itens que se seguem A existência da organização informal e do poder dos grupos sobre a produtividade dos indivíduos representa o principal impacto da administração científica na gestão de pessoas 13

14 QUESTÃO 04 (CESPE MPE-PI - Analista Ministerial) A gestão de pessoas, além de concentrar-se no alcance de objetivos organizacionais, contribui para satisfação de objetivos individuais Acerca desse assunto, julgue os itens que se seguem Os processos de gestão de pessoas incluem recrutamento e seleção, desenvolvimento e recompensas, desenho e descrição de cargos e avaliação de desempenho QUESTÃO 05 (CESPE EBC Técnico) A administração de recursos humanos está relacionada a todas as funções do processo administrativo, referindose a políticas e práticas necessárias para se administrar o trabalho das pessoas A esse respeito, julgue os itens a seguir Na atualidade, as mudanças nas empresas não são somente estruturais, são, sobretudo, culturais e comportamentais A despeito da evolução observada em outras áreas, na administração de recursos humanos, mantiveram-se a especialização de funções, a existência de diversos níveis hierárquicos, as rotinas operacionais e a ênfase nos meios e procedimentos QUESTÃO 06 (Prova: CESPE TJ-ES - Analista Judiciário) No que concerne às atribuições da área de gestão de pessoas, julgue os itens subsecutivos Com base no enfoque sistêmico, a gestão de pessoas concebe que os fenômenos relativos aos indivíduos e grupos são causados por um único fator QUESTÃO 07 (CESPE PREVIC - Analista Administrativo) Com relação à gestão de pessoas, julgue os itens que se seguem As práticas de gestão de pessoas devem gerar e sustentar recursos estratégicos, desenvolver capacidades e competências organizacionais e criar organizações mais flexíveis e inteligentes que as de seus competidores QUESTÃO 08 (CESPE ABIN - Oficial Técnico de Inteligência - Área de Administração) A gestão de pessoas nas organizações compete a um subsistema 14

15 organizacional que tem propósitos específicos, mas que se inter-relaciona com outros subsistemas organizacionais No que concerne à gestão de pessoas nas organizações, julgue os próximos itens Em organizações públicas, as responsabilidades de gestão de pessoas não são compartilhadas entre as unidades, ficando sob responsabilidade, apenas, da área de gestão de pessoas QUESTÃO 09 (CESPE ABIN - Oficial Técnico de Inteligência - Área de Administração) A gestão de pessoas nas organizações compete a um subsistema organizacional que tem propósitos específicos, mas que se inter-relaciona com outros subsistemas organizacionais No que concerne à gestão de pessoas nas organizações, julgue os próximos itens A área de gestão de pessoas, em organizações públicas, desempenha papel preponderante na preparação dos servidores para a implementação de mudanças decorrentes da adoção de novas tecnologias QUESTÃO 10 (CESPE ABIN - Agente Técnico de Inteligência) Julgue os itens a seguir, relativos à gestão de pessoas nas organizações A administração de pessoal, uma das fases do processo de evolução da gestão de pessoas, tinha por finalidade conferir qualidade à relação entre capital e trabalho e operacionalizar os serviços de recursos humanos QUESTÃO 11 (CESPE ABIN - Agente Técnico de Inteligência) Julgue os itens a seguir, relativos à gestão de pessoas nas organizações Um dos princípios universais da gestão de pessoas ampara-se no caráter contingencial da administração de pessoal QUESTÃO 12 (CESPE INCA - Analista em C&T Júnior - Gestão de Recursos Humanos) Com relação à administração de recursos humanos (ARH) e dos novos desafios da gestão de pessoas, julgue os itens a seguir Neste início de milênio, existe uma tendência de as empresas darem ênfase em técnicas grupais e solidárias, pois o desenvolvimento de trabalho conjunto ajuda as pessoas a conviverem melhor socialmente 15

16 QUESTÃO 13 (CESPE ANTAQ - Técnico Administrativo) Julgue os itens seguintes acerca de administração de recursos humanos Na área de recursos humanos, o modelo de recompensar pessoas baseia-se em metas e valores variáveis e flexíveis QUESTÃO 14 (CESPE STF - Analista Judiciário) Com base nos conceitos gerais e aplicações específicas, e à luz da doutrina e da legislação relativas à administração de recursos humanos, julgue os itens de 104 a 118 Na era da informação, é crescente a importância do capital intelectual da organização, no qual se insere o denominado capital humano, constituído com os talentos, as competências, a experiência das pessoas Enquanto o capital físico se desgasta, se deteriora, o conhecimento se valoriza e sedimenta a cada dia Certo Errado QUESTÃO 15 (CESPE TCU - Analista de Controle Externo) Uma organização está reformulando sua antiga área de recursos humanos Pretende-se que a nova área, cujo foco deve ser em gestão de pessoas, atue de forma estratégica Considerando as medidas que devem ser tomadas pela organização para que a atuação dessa área seja realmente estratégica, julgue os itens a seguir A área de gestão de pessoas deve estar ligada ao departamento administrativo da empresa, não havendo necessidade de estar próxima da cúpula diretiva da organização QUESTÃO 16 (CESPE TSE - Analista Judiciário) Buscar o equilíbrio entre os objetivos organizacionais e as necessidades dos empregados e obter baixos índices de rotatividade são papéis da administração de recursos humanos Quanto à administração de recursos humanos, assinale a opção incorreta a) O recrutamento interno é o mais adequado quando a organização tem como objetivos manter a cultura organizacional existente, aumentar a motivação dos empregados e incentivar seu desenvolvimento b) O método dos incidentes críticos para avaliação do desempenho baseia-se nas características relacionadas aos desempenhos altamente positivos dos empregados c) O estabelecimento de critérios relevantes para se avaliar o desempenho dos empregados, como, por exemplo, comportamentos e atitudes definidos e considerados essenciais para a empresa, é uma características do método das escalas gráficas 16

17 d) Na seleção de pessoas, as organizações devem privilegiar a utilização dos métodos mais complexos, independentemente do cargo a ser provido QUESTÃO 17 (CESPE TSE - Analista Judiciário - Área Administrativa TER) A administração de recursos humanos, historicamente conhecida como administração de pessoal, lida com sistemas formais para administrar pessoas dentro da organização A administração de recursos humanos tem assumido papel estratégico e vital porque as organizações estão tentando transformar seus recursos humanos em fonte de vantagem competitiva Thomas S Bateman e Scott A Snell Administração: construindo vantagem competitiva São Paulo: Atlas, 1998 (com adaptações) Tendo o texto acima como referência inicial, julgue os itens a seguir I Os direcionamentos estratégicos da organização, os negócios em que pretende participar, em que mercados tem intenção de atuar e o crescimento esperado para o futuro são insumos para o planejamento de recursos humanos II Quando várias pessoas avaliam um mesmo candidato e tiram conclusões muito diferentes entre si, diz-se que os instrumentos de seleção utilizados apresentam indícios de problemas de confiabilidade III A composição do quadro de pessoal depende do recrutamento, que pode ser interno ou externo Na busca por novos mercados ou novas formas de atuação, o recrutamento interno deve ser priorizado pela área de recursos humanos por apresentar mais vantagens para a organização que o recrutamento externo IV A análise de cargos se divide em descrição de cargo e especificação de cargo A enumeração dos talentos, conhecimentos e habilidades necessárias ao desempenho dos cargos é chamada de descrição de cargo Estão certos apenas os itens: a) I e II b) I e III c) III e IV d) II e IV QUESTÃO 18 (CESPE TSE - Analista Judiciário - Área Administrativa TER) Acerca da administração de recursos humanos, assinale a opção incorreta a) A rotação de cargos objetiva proporcionar ao empregado novos conhecimentos e habilidades de mesmo nível de dificuldade daquelas já desempenhadas por ele ou de maior dificuldade, para que possa lidar com situações mais complexas, mas que requeiram os mesmos conhecimentos b) O dirigente que responde pelo papel de coaching deve, entre outras atribuições, orientar e guiar pessoas na sua carreira profissional 17

18 c) A inserção do empregado na busca de soluções para um desempenho insatisfatório resultante de sua avaliação é um dos objetivos do feedback d) A acomodação de necessidades familiares e de trabalho e a implantação de formas alternativas de trabalho são exemplos de de fraquezas da moderna gestão de pessoas QUESTÃO 19 (FCC TRT - 23ª REGIÃO (MT) - Analista Judiciário) A missão representa a razão da existência de uma organização Ela funciona como a) uma medida estratégica daquilo que a empresa deve ou não investir para cumprir suas metas financeiras b) uma crença básica sobre o que se pode ou não esperar da empresa c) uma crença básica sobre o que é ou não importante para a empresa d) o propósito orientador para as atividades da organização e para aglutinar os esforços dos seus membros e) uma identidade comum aos propósitos da organização QUESTÃO 20 (CESPE ABIN - Agente Técnico de Inteligência) Julgue os itens a seguir, relativos à gestão de pessoas nas organizações O processo de elaboração de políticas de gestão de pessoas consiste no estabelecimento de diversos tipos de procedimentos, métodos e técnicas de implementação de decisões e de direcionamento das organizações 9 GABARITOS COMENTADOS QUESTÃO 01 LETRA E Para Chiavenato: "um dos aspecto mais importante do planejamento estratégico de gestão de pessoas é o alinhamento da função de GP com a estratégia organizacional É necessário traduzir os objetivos e estratégias organizacinais em objetivos e estratégias de GP Isto é feito através do Planejamento estratégico de GP O planejamento estratégico de GP refere-se à maneira como a função de GP pode contribuir para o alcance dos objetivos organizacionais e, simultaneamente, favorecer e incentivar o alcance dos objetivos individuais dos funcionários Trata-se de alinhar talentos e competências com as necessidades organzacionais" QUESTÃO 02 LETRA BAs funções das equipes dos departamentos de RH, se resumem objetivamente a prestação de assessoriaa função de Staff e a Responsabilidade de Linha na Gestão de Pessoas 18

19 Função de Staff - Órgão de ARH Cuidar das políticas de RH Prestar assessoria e suporte Dar consultoria interna de RH Proporcionar serviços de RH Dar orientação de RH Cuidar da estratégia de RH Responsabilidades de Linha - Gestor de pessoas Cuidar de sua equipe de pessoas Tomar decisões sobre subordinados Executar as ações de RH Cumprir metas de RH Alcançar resultados de RH Cuidar da tática e operações QUESTÃO 03 - ERRADO Administração científica não era cogitada a presença informal dos grupos, essa vertente surge com a teoria das relações humanas devido as experiências nas fábricas surge uma nova liderança: os grupos informais QUESTÃO 04 - CERTO Função do Processo de Gestão de Pessoas: Agregar pessoas (recrutamento e seleção) quem deve trabalhar na organização Aplicar pessoas (modelagem do trabalho, avaliação do desempenho) - o que as pessoas deverão fazer Recompensar pessoas (remuneração, benefícios, incentivos) como recompensar as pessoas Desenvolver pessoas (treinamento, desenvolvimento, aprendizagem, programa de mudanças, programas de comunicações) como desenvolver as pessoas Manter pessoas (higiene e segurança, qualidade de vida, relações com sindicatos, benefícios, descrição e análise de cargos) como manter as pessoas no trabalho Monitorar pessoas (banco de dados, sistemas de informações gerenciais) como saber o que fazem e o que são QUESTÃO 05 - ERRADO A ARH também evolui tornando-se um elemento fundamental para o alcance dos objetivos organizacionais, sendo considerada por muitos autores como o diferencial competitivo das organizações de sucesso Essa visão da capacidade da gestão de pessoas de tornar-se um diferencial competitivo mostra uma evolução dessa área da administração" 19

20 QUESTÃO 06 - ERRADO Se o enfoque é sistêmico, a análise em questão não pode estar restrita a um único fator, porquanto a Teoria de Sistemas busca compreender vários elementos de um sistema, assim como as suas relações de dependência e influência QUESTÃO 07 - CERTOA gestão estratégica de recursos humanos representa importante iniciativa no sentido de estabelecer condições para promover o entendimento e a identificação dos indivíduos com a organização Propicia adequação e coerência das políticas e práticas de recursos humanos aos objetivos estratégicos da organização, mediante o envolvimento e o comprometimento dos diferentes níveis hierárquicos da organização no processo de construção das ações para realização da missão institucional A gestão estratégica de recursos humanos não se restringe ao planejamento e controle da força de trabalho Ela integra os recursos humanos aos objetivos da organização, por meio da implantação de um conjunto de diretrizes, políticas e ações É possível afirmar que é uma importante etapa para propiciar a melhoria na gestão do trabalho em uma instituição, possibilitando transformar estratégias em ações É uma ferramenta para dar suporte à relação contínua entre pessoas e instituição, agregando valor e podendo contribuir, decisiva e harmonicamente, no desenvolvimento da instituição e das pessoas que nela atuam QUESTÃO 08 - ERRADO Tanto em organizações públicas quanto em privadas, a gestão de pessoas, responsabilidade de linha (o chefe ou gerente exerce essa função em relação à sua equipe) e de staff (assessoria), é um conjunto de políticas e práticas que permitem a conciliação de expectativas entre a organização e as pessoas para que ambas possam se realizar ao longo do tempo QUESTÃO 09 -CERTO A importância da gestão de pessoas ganhou novo status no contexto organizacional, devidas às mudanças técnico-econômicas, a concorrência internacional, as evoluções sociopolíticas e o melhoramento da imagem da organização, que modificaram profundamente as relações das organizações com seus ambientes É a chamada era do conhecimento, que destaca o lado humano no discurso organizacional Portanto, tem importante função em adaptar os colaboradores às novas tecnologias QUESTÃO 10 - ERRADO A administração de pessoal, conhecido também como departamento de pessoal, confere qualidade à relação entre capital e trabalho Ela foi nada mais nada menos do que um setor tipicamente burocrático que caía na rotina e não tinha política de RH seu caráter era tipicamente burocrático pois voltava-se para as transações processuais e trâmites de rotina como folha de pagamentos, entre outros QUESTÃO 11 - ERRADO A Teoria da contingência dá ênfase ao ambiente A gestão de pessoas surgiu com a ênfase nas pessoas, por meio da teoria comportamental e pela teoria do desenvolvimento organizacional Logo, são teorias 20

GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Sumário 1. APRESENTAÇÃO...2 2. INTRODUÇÃO...3 3. CONCEITOS DE ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS...3 4. CONCEITOS GESTÃO DE PESSOAS...4 5. OBJETIVOS DA GESTÃO DE PESSOAS...8 6.

Leia mais

Rotinas de DP- Professor: Robson Soares

Rotinas de DP- Professor: Robson Soares Rotinas de DP- Professor: Robson Soares Capítulo 2 Conceitos de Gestão de Pessoas - Conceitos de Gestão de Pessoas e seus objetivos Neste capítulo serão apresentados os conceitos básicos sobre a Gestão

Leia mais

Aula 01 Gestão de pessoas e suas definições

Aula 01 Gestão de pessoas e suas definições Aula 01 Gestão de pessoas e suas definições Objetivos da aula: Entender a importância das pessoas nas organizações. Conhecer os objetivos, os processos e a estrutura do órgão Gestão de Pessoas. Ajudar

Leia mais

Função do órgão GP NEAF. Contexto da GP. Objetivos da GP. Gestão de Pessoas:

Função do órgão GP NEAF. Contexto da GP. Objetivos da GP. Gestão de Pessoas: Gestão de Pessoas: Conceitos, importância, relação com os outros sistemas de organização. Fundamentos, teorias, escolas da administração e o seu impacto na gestão de pessoas. Função do órgão de recursos

Leia mais

Processos de Recursos Humanos

Processos de Recursos Humanos Gestão Integrada RH Recursos Humanos Unida 2 Rosemeri da Silva Paixão Recursos Humanos 28 Gestão Integrada RH Sumário Introdução... 30 Objetivos... 31 Estrutura da Unida... 31 UNIDADE 2: Recursos Humanos

Leia mais

Administração e Gestão de Pessoas

Administração e Gestão de Pessoas Administração e Gestão de Pessoas Aula Gestão de Pessoas Prof.ª Marcia Aires www.marcia aires.com.br mrbaires@gmail.com Percepção x trabalho em equipe GESTÃO DE PESSOAS A Gestão de Pessoas é responsável

Leia mais

FACULDADE ANHANGUERA DE ITAPECERICA DA SERRA

FACULDADE ANHANGUERA DE ITAPECERICA DA SERRA FACULDADE ANHANGUERA DE ITAPECERICA DA SERRA Profº Paulo Barreto Paulo.santosi9@aedu.com www.paulobarretoi9consultoria.com.br 1 Analista da Divisão de Contratos da PRODESP Diretor de Esporte do Prodesp

Leia mais

GESTÃO DE PESSOAS. CESPE Prof. Marcelo Camacho

GESTÃO DE PESSOAS. CESPE Prof. Marcelo Camacho GESTÃO DE PESSOAS CESPE Prof. Marcelo Camacho PROGRAMAÇÃO DAS AULAS PROGRAMAÇÃO DAS AULAS OBJETIVOS, DESAFIOS E CARACTERÍSTICAS DA GESTÃO DE PESSOAS Segundo Chiavenato as práticas e políticas de Gestão

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAS

ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAS ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAS A única vantagem sustentável que uma empresa tem é aquilo que ela coletivamente sabe, a eficiência com que ela usa o que sabe e a prontidão com que ela adquire e usa novos conhecimentos.

Leia mais

Os Sistema de Administração de Gestão de Pessoas

Os Sistema de Administração de Gestão de Pessoas Os Sistema de Administração de Gestão de Pessoas As pessoas devem ser tratadas como parceiros da organização. ( Como é isso?) Reconhecer o mais importante aporte para as organizações: A INTELIGÊNCIA. Pessoas:

Leia mais

NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS

NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS Concurso para agente administrativo da Polícia Federal Profa. Renata Ferretti Central de Concursos NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS 1. Organizações como

Leia mais

TÓPICOS ESPECIAIS EM GESTÃO DE RH. Prof. Felipe Kovags Aula 02 (20-09-2011)

TÓPICOS ESPECIAIS EM GESTÃO DE RH. Prof. Felipe Kovags Aula 02 (20-09-2011) TÓPICOS ESPECIAIS EM GESTÃO DE RH Prof. Felipe Kovags Aula 02 (20-09-2011) 1 ERA DOS TALENTOS SEGUNDO PETER DRUCKER, O PAI DA ADMINISTRAÇÃO MODERNA, ESTAMOS NO INÍCIO DA ERA DOS TALENTOS. FORÇA FÍSICA,

Leia mais

XVI SEMINÁRIO DE PESQUISA DO CCSA ISSN 1808-6381

XVI SEMINÁRIO DE PESQUISA DO CCSA ISSN 1808-6381 GESTÃO DE PESSOAS APLICADA ÀS UNIDADES DE INFORMAÇÃO 1 Mailza Paulino de Brito e Silva Souza 2 Sandra Pontual da Silva 3 Sara Sunaria Almeida da Silva Xavier 4 Orientadora: Profª M.Sc. Luciana Moreira

Leia mais

Palavras-Chave: Organizações, Colaboradores, Recursos, Gestão de Pessoas

Palavras-Chave: Organizações, Colaboradores, Recursos, Gestão de Pessoas DA ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS À GESTAO DE PESSOAS Josiane de C. Aparecida Lacerda 1, Renata Valentina Bigolotti 2, Nivaldo Carleto 3 1 Fatec-Taquaritinga. Gestão do Agronegócio. Taquaritinga-SP

Leia mais

GESTÃO DE DESEMPENHO. Prof. WAGNER RABELLO JR. Conceito de desempenho. Níveis de desempenho. O di?

GESTÃO DE DESEMPENHO. Prof. WAGNER RABELLO JR. Conceito de desempenho. Níveis de desempenho. O di? GESTÃO DE DESEMPENHO Prof. WAGNER RABELLO JR Conceito de desempenho Níveis de desempenho O di? O que medir? Resultados Desempenho Competências Fatores críticos de desempenho 1 Segundo Chiavenato, existem

Leia mais

Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler

Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler AULA 5 - PERSPECTIVA DE APRENDIZADO E CRESCIMENTO Abertura da Aula Uma empresa é formada

Leia mais

Professora Débora Dado. Prof.ª Débora Dado

Professora Débora Dado. Prof.ª Débora Dado Professora Débora Dado Prof.ª Débora Dado Planejamento das aulas 7 Encontros 19/05 Contextualizando o Séc. XXI: Equipes e Competências 26/05 Competências e Processo de Comunicação 02/06 Processo de Comunicação

Leia mais

APÊNDICE A QUESTIONÁRIO APLICADO AOS GESTORES

APÊNDICE A QUESTIONÁRIO APLICADO AOS GESTORES 202 INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO ALGUNS COMENTÁRIOS ANTES DE INICIAR O PREENCHIMENTO DO QUESTIONÁRIO: a) Os blocos a seguir visam obter as impressões do ENTREVISTADO quanto aos processos de gestão da Policarbonatos,

Leia mais

Sejam Bem Vindos! Disciplina: Gestão de Pessoas 1 Prof. Patrício Vasconcelos. *Operários (1933) Tarsila do Amaral.

Sejam Bem Vindos! Disciplina: Gestão de Pessoas 1 Prof. Patrício Vasconcelos. *Operários (1933) Tarsila do Amaral. Sejam Bem Vindos! Disciplina: Gestão de Pessoas 1 Prof. Patrício Vasconcelos *Operários (1933) Tarsila do Amaral. A Função Administrativa RH É uma função administrativa compreendida por um conjunto de

Leia mais

Administração de Pessoas

Administração de Pessoas Administração de Pessoas MÓDULO 5: ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS 5.1 Conceito de ARH Sem as pessoas e sem as organizações não haveria ARH (Administração de Recursos Humanos). A administração de pessoas

Leia mais

Tendo o texto acima como referência inicial, julgue os itens a seguir.

Tendo o texto acima como referência inicial, julgue os itens a seguir. 1. A administração de recursos humanos, historicamente conhecida como administração de pessoal, lida com sistemas formais para administrar pessoas dentro da organização. A administração de recursos humanos

Leia mais

CESPE - 2009 Julgue os próximos itens, a respeito do comportamento humano nas organizações, das teorias de motivação e do comprometimento e da

CESPE - 2009 Julgue os próximos itens, a respeito do comportamento humano nas organizações, das teorias de motivação e do comprometimento e da Gestão de Pessoas 1 CESPE - 2009 Julgue os próximos itens, a respeito do comportamento humano nas organizações, das teorias de motivação e do comprometimento e da satisfação com o trabalho. O administrador

Leia mais

O Papel Estratégico da Gestão de Pessoas para a Competitividade das Organizações

O Papel Estratégico da Gestão de Pessoas para a Competitividade das Organizações Projeto Saber Contábil O Papel Estratégico da Gestão de Pessoas para a Competitividade das Organizações Alessandra Mercante Programa Apresentar a relação da Gestão de pessoas com as estratégias organizacionais,

Leia mais

A Dimensão RH e sua Otimização no Relacionamento das Condições de Trabalho na Câmara Municipal de Cascais Ana Maria Canas

A Dimensão RH e sua Otimização no Relacionamento das Condições de Trabalho na Câmara Municipal de Cascais Ana Maria Canas A Dimensão RH e sua Otimização no Relacionamento das Condições de Trabalho na Câmara Municipal de Cascais Ana Maria Canas 20 de Março de 2015 Auditório da Casa das Histórias da Paula Rego GESTÃO DE RECURSOS

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS No que se refere à gestão, recrutamento e seleção de pessoas, julgue os itens a seguir. 51 A gestão de pessoas recebeu forte influência dos estudos de Hawthrone, especialmente

Leia mais

BALANCED SCORECARD. Balanced Scorecard

BALANCED SCORECARD. Balanced Scorecard Olá, pessoal! Hoje trago para vocês uma aula sobre um dos tópicos que será cobrado na prova de Analista do TCU 2008: o Balanced Scorecard BSC. Trata-se de um assunto afeto à área da Contabilidade Gerencial,

Leia mais

O PROCESSO NO GERENCIAMENTO DE EQUIPES NA EMPRESA RS CALDEIRARIA

O PROCESSO NO GERENCIAMENTO DE EQUIPES NA EMPRESA RS CALDEIRARIA O PROCESSO NO GERENCIAMENTO DE EQUIPES NA EMPRESA RS CALDEIRARIA Ana Priscila da Silva Vieira 1 Elizabete Rodrigues de Oliveira 2 Tatiana Nogueira Dias 3 Élcio Aloisio Fragoso 4 Edson Leite Gimenez 5 RESUMO

Leia mais

Seja Bem-Vindo(a)! Neste módulo vamos trabalhar os principais conceitos de Gestão, mais especificamente o item 2 do edital: Gestão de Pessoas

Seja Bem-Vindo(a)! Neste módulo vamos trabalhar os principais conceitos de Gestão, mais especificamente o item 2 do edital: Gestão de Pessoas Seja Bem-Vindo(a)! Neste módulo vamos trabalhar os principais conceitos de Gestão, mais especificamente o item 2 do edital: Gestão de Pessoas AULA 3 Administração de Recursos Humanos O papel do gestor

Leia mais

GESTÃ T O O E P RÁ R TI T C I AS DE R E R CUR U S R OS

GESTÃ T O O E P RÁ R TI T C I AS DE R E R CUR U S R OS Ensinar para administrar. Administrar para ensinar. E crescermos juntos! www.chiavenato.com GESTÃO E PRÁTICAS DE RECURSOS HUMANOS Para Onde Estamos Indo? Idalberto Chiavenato Algumas empresas são movidas

Leia mais

Administração de Recursos Humanos

Administração de Recursos Humanos Administração de Recursos Humanos Profª Ma. Máris de Cássia Ribeiro Vendrame O que é a Administração de Recursos Humanos? Refere-se às práticas e às políticas necessárias para conduzir os aspectos relacionados

Leia mais

APLICAÇÃO DA GESTÃO DO CONHECIMENTO NO AUMENTO DA COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL

APLICAÇÃO DA GESTÃO DO CONHECIMENTO NO AUMENTO DA COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL APLICAÇÃO DA GESTÃO DO CONHECIMENTO NO AUMENTO DA COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL Fábio Augusto Aquino Gonçalves 1, Vilma da Silva Santos 2, Paulo Cesar Ribeiro Quintairos 3, Edson Aparecida de Araújo Querido

Leia mais

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva.

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva. COMPREENDENDO A GESTÃO DE PESSOAS Karina Fernandes de Miranda Helenir Celme Fernandes de Miranda RESUMO: Este artigo apresenta as principais diferenças e semelhanças entre gestão de pessoas e recursos

Leia mais

Desenvolvimento de pessoas.

Desenvolvimento de pessoas. Desenvolvimento de pessoas. 2.2 FORMULAÇÃO DE UM PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS Gestão de Pessoas (Antonio Carlos Gil) e Gestão de Pessoas (Idalberto Chiavenato) "Se ensinardes alguma coisa a um

Leia mais

Planejamento de Recursos Humanos

Planejamento de Recursos Humanos UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Faculdade de Filosofia e Ciências Câmpus de Marília Departamento de Ciência da Informação Planejamento de Recursos Humanos Profa. Marta Valentim Marília 2014 As organizações

Leia mais

Profa. Lenimar Vendruscolo Mery 2013 APOSTILA DE GESTÃO DE PESSOAS

Profa. Lenimar Vendruscolo Mery 2013 APOSTILA DE GESTÃO DE PESSOAS APOSTILA DE GESTÃO DE PESSOAS SUMÁRIO 1. O QUE SIGNIFICA GESTÃO DE PESSOAS... 3 2. PRINCIPAIS PROCESSOS DE GESTÃO DE PESSOAS... 3 3. O CONTEXTO DA GESTÃO DE PESSOAS... 4 4. EVOLUÇÃO DOS MODELOS DE GESTÃO...

Leia mais

INTRODUÇÃO À GESTÃO DE PESSOAS Comparativo entre idéias

INTRODUÇÃO À GESTÃO DE PESSOAS Comparativo entre idéias FACULDADE GOVERNADOR OZANAM COELHO PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE PESSOAS INTRODUÇÃO À GESTÃO DE PESSOAS Comparativo entre idéias ALINE GUIDUCCI UBÁ MINAS GERAIS 2009 ALINE GUIDUCCI INTRODUÇÃO À GESTÃO DE

Leia mais

OS NOVOS DESAFIOS DA GESTÃO DE PESSOAS

OS NOVOS DESAFIOS DA GESTÃO DE PESSOAS 1 CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ AULA - TURMA 5- ADN-1 CURSO : ADMINISTRAÇÀO DISCIPLINA: ADMINISTRAÇÃO DE RH PROF: NAZARÉ FERRÀO TURMAS: 5-ADN-1 OS NOVOS DESAFIOS DA GESTÃO DE PESSOAS Quando as organizações

Leia mais

A COORDENAÇÃO E A GESTÃO DE CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO: Um estudo de caso em faculdade privada RESUMO

A COORDENAÇÃO E A GESTÃO DE CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO: Um estudo de caso em faculdade privada RESUMO A COORDENAÇÃO E A GESTÃO DE CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO: Um estudo de caso em faculdade privada Wesley Antônio Gonçalves 1 RESUMO O MEC, ao apontar padrões de qualidade da função de coordenador de

Leia mais

Pessoas e Negócios em Evolução

Pessoas e Negócios em Evolução Empresa: Atuamos desde 2001 nos diversos segmentos de Gestão de Pessoas, desenvolvendo serviços diferenciados para empresas privadas, associações e cooperativas. Prestamos serviços em mais de 40 cidades

Leia mais

Rita/João Abril -2014

Rita/João Abril -2014 Rita/João Abril -2014 Conteúdo Programático (Qui)10/04 Estratégia de gerenciamento de pessoas com foco em resultado e gestão por competências Rita (Qui)17/04 - Conceitos de liderança, equipes eficazes,

Leia mais

PORTIFÓLIO DE CONSULTORIA E ASSESSORIA

PORTIFÓLIO DE CONSULTORIA E ASSESSORIA PORTIFÓLIO DE CONSULTORIA E ASSESSORIA SUMÁRIO DE PROJETOS WORKFLOW... 03 ALINHAMENTO ESTRATÉGICO... 04 IDENTIDADE CORPORATIVA... 04 GESTÃO DE COMPETÊNCIAS... 05 TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO... 05 REMUNERAÇÃO...

Leia mais

4. Tendências em Gestão de Pessoas

4. Tendências em Gestão de Pessoas 4. Tendências em Gestão de Pessoas Em 2012, Gerenciar Talentos continuará sendo uma das prioridades da maioria das empresas. Mudanças nas estratégias, necessidades de novas competências, pressões nos custos

Leia mais

GABARITO OFICIAL(preliminar)

GABARITO OFICIAL(preliminar) QUESTÃO RESPOSTA COMENTÁRIO E(OU) REMISSÃO LEGAL 051 A 052 A 053 A RECURSO Recrutar faz parte do processo de AGREGAR OU SUPRIR PESSOAS e é o ato de atrair candidatos para uma vaga (provisão). Treinar faz

Leia mais

Gestão de Recursos Humanos e Contratualização. Nelson Marconi

Gestão de Recursos Humanos e Contratualização. Nelson Marconi Gestão de Recursos Humanos e Contratualização Nelson Marconi Estágios das Políticas de Recursos Humanos 1º estágio: controles e ajuste das despesas 2º estágio: definição de políticas consistentes porém

Leia mais

Exercícios CETEC. Assistente de Administração UFRGS. Prof. Ricardo Conzatti

Exercícios CETEC. Assistente de Administração UFRGS. Prof. Ricardo Conzatti Exercícios CETEC Assistente de Administração UFRGS 2013 Prof. Ricardo Conzatti FCC - TRF 2ª REGIÃO. Analista Judiciário 2012 Numa visão estratégica de recursos humanos, a soma dos conhecimentos, informações

Leia mais

Rodrigo Rennó Questões CESPE para o MPU 06

Rodrigo Rennó Questões CESPE para o MPU 06 Rodrigo Rennó Questões CESPE para o MPU 06 Questões sobre o tópico Avaliação de Desempenho: objetivos, métodos, vantagens e desvantagens. Olá Pessoal, Espero que estejam gostando dos artigos. Hoje veremos

Leia mais

COACHING: ESTUDO DOS BENEFÍCIOS QUE A TÉCNICA PODE OFERECER A UMA REDE DE IMOBILIÁRIAS E A SEUS PARCEIROS

COACHING: ESTUDO DOS BENEFÍCIOS QUE A TÉCNICA PODE OFERECER A UMA REDE DE IMOBILIÁRIAS E A SEUS PARCEIROS COACHING: ESTUDO DOS BENEFÍCIOS QUE A TÉCNICA PODE OFERECER A UMA REDE DE IMOBILIÁRIAS E A SEUS PARCEIROS RESUMO Priscila Alves Moreira Robésio Teixeira Gomes Partindo do pressuposto de que o coaching

Leia mais

Questões de Concurso Público para estudar e se preparar... Prefeitura Olinda - Administrador. 1. Leia as afirmativas a seguir.

Questões de Concurso Público para estudar e se preparar... Prefeitura Olinda - Administrador. 1. Leia as afirmativas a seguir. Questões de Concurso Público para estudar e se preparar... Prefeitura Olinda - Administrador 1. Leia as afirmativas a seguir. I. O comportamento organizacional refere-se ao estudo de indivíduos e grupos

Leia mais

Formar LÍDERES e equipes. Atrair e reter TALENTOS. www.grupovalure.com.br

Formar LÍDERES e equipes. Atrair e reter TALENTOS. www.grupovalure.com.br Formar LÍDERES e equipes. Atrair e reter TALENTOS. www.grupovalure.com.br www.grupovalure.com.br Estes são alguns dos grandes desafios da atualidade no mundo profissional e o nosso objetivo é contribuir

Leia mais

2012 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Tribunais Gestão de Pessoas Questões Giovanna Carranza

2012 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Tribunais Gestão de Pessoas Questões Giovanna Carranza 2012 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Tribunais Gestão de Pessoas Questões Giovanna Carranza 01. Conceitualmente, recrutamento é: (A) Um conjunto de técnicas e procedimentos

Leia mais

Colégio Estadual Juracy Rachel Saldanha Rocha Técnico em Administração Comportamento Organizacional Aílson José Senra Página 1

Colégio Estadual Juracy Rachel Saldanha Rocha Técnico em Administração Comportamento Organizacional Aílson José Senra Página 1 Página 1 COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL As pessoas que supervisionam as atividades das outras e que são responsáveis pelo alcance dos objetivos nessas organizações são os administradores. Eles tomam decisões,

Leia mais

CAPITAL INTELECTUAL DA EMPRESA: PROTEÇÃO E GESTÃO DO CONHECIMENTO

CAPITAL INTELECTUAL DA EMPRESA: PROTEÇÃO E GESTÃO DO CONHECIMENTO CAPITAL INTELECTUAL DA EMPRESA: PROTEÇÃO E GESTÃO DO CONHECIMENTO Resende, J.M.; Nascimento Filho, W.G.; Costa S.R.R. INEAGRO/UFRuralRJ INTRODUÇÃO O patrimônio de uma empresa é formado por ativos tangíveis

Leia mais

ÊNFASE EM GESTÃO DE PESSOAS

ÊNFASE EM GESTÃO DE PESSOAS MBA DESENVOLVIMENTO AVANÇADO DE EXECUTIVOS ÊNFASE EM GESTÃO DE PESSOAS O MBA Desenvolvimento Avançado de Executivos possui como característica atender a um mercado altamente dinâmico e competitivo para

Leia mais

Clima organizacional e o desempenho das empresas

Clima organizacional e o desempenho das empresas Clima organizacional e o desempenho das empresas Juliana Sevilha Gonçalves de Oliveira (UNIP/FÊNIX/UNESP) - jsgo74@uol.com.br Mauro Campello (MC Serviços e Treinamento) - mcampello@yahoo.com Resumo Com

Leia mais

GESTÃO POR COMPETÊNCIAS

GESTÃO POR COMPETÊNCIAS GESTÃO POR COMPETÊNCIAS STM ANALISTA/2010 ( C ) Conforme legislação específica aplicada à administração pública federal, gestão por competência e gestão da capacitação são equivalentes. Lei 5.707/2006

Leia mais

Por que fazer Gestão de Pessoas?

Por que fazer Gestão de Pessoas? Por que fazer Gestão de Pessoas? A U L A Metas da aula Descrever a importância das pessoas na organização; demonstrar os diversos significados do termo administração de Recursos Humanos; apresentar os

Leia mais

Aula 00 Gestão de Pessoas p/ TRT-RS (Analista - Área Administrativa)

Aula 00 Gestão de Pessoas p/ TRT-RS (Analista - Área Administrativa) Aula 00 Gestão de Pessoas p/ TRT-RS (Analista - Área Administrativa) Professor: Rodrigo Rennó Aula Demonstrativa: Modelos de Gestão de Pessoas Olá pessoal, tudo bem? Meu nome é Rodrigo Rennó e tenho o

Leia mais

A influência das Equipes Auto Gerenciáveis na autonomia e na motivação: um estudo de caso na empresa PepsiCo

A influência das Equipes Auto Gerenciáveis na autonomia e na motivação: um estudo de caso na empresa PepsiCo A influência das Equipes Auto Gerenciáveis na autonomia e na motivação: um estudo de caso na empresa PepsiCo Adilson dos Santos Pereira adilson.pereira01@terra.com.br 1 Alexandre Dutra Pereira alexandre.dutra@pepsico.com

Leia mais

RECRUTAMENTO E SELEÇÃO: RECURSOS HUMANOS DESENVOLVENDO O CAPITAL HUMANO CONSCRIPTION AND SELECTION: HUMAN RESOURCES DEVELOPING THE HUMAN CAPITAL

RECRUTAMENTO E SELEÇÃO: RECURSOS HUMANOS DESENVOLVENDO O CAPITAL HUMANO CONSCRIPTION AND SELECTION: HUMAN RESOURCES DEVELOPING THE HUMAN CAPITAL RECRUTAMENTO E SELEÇÃO: RECURSOS HUMANOS DESENVOLVENDO O CAPITAL HUMANO CONSCRIPTION AND SELECTION: HUMAN RESOURCES DEVELOPING THE HUMAN CAPITAL Fabiana Custódio e Silva * Murilo Sérgio Vieira Silva **

Leia mais

Como calcular o número necessário de servidores? E QUANDO O PROCESSO DE TRABALHO NÃO É QUANTIFICÁVEL COM FACILIDADE? ALTERNATIVA 2 Uma possibilidade para transpor essa restrição seria a utilização de um

Leia mais

Leader coach e estratégia Disney

Leader coach e estratégia Disney 34 Leader coach e estratégia Disney As organizações enfrentam grandes desafios. Surge a necessidade de adaptação. Um dos principais fatores que fazem a diferença são seus líderes. Os líderes precisam adotar

Leia mais

NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES

NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES Por cerca de 50 anos, a série Boletim Verde descreve como a John Deere conduz os negócios e coloca seus valores em prática. Os boletins eram guias para os julgamentos e as

Leia mais

MBA Gestão de Pessoas Ênfase em Estratégias

MBA Gestão de Pessoas Ênfase em Estratégias MBA Gestão de Pessoas Ênfase em Estratégias Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Especialização (versão 2011) Coordenação Acadêmica: Maria Elizabeth Pupe Johann OBJETIVOS: Objetivo Geral: - Promover o desenvolvimento

Leia mais

NOSSO OBJETIVO. GESTÃO DO DESEMPENHO: uma possibilidade de ampliar o negócio da Organização

NOSSO OBJETIVO. GESTÃO DO DESEMPENHO: uma possibilidade de ampliar o negócio da Organização NOSSO OBJETIVO GESTÃO DO DESEMPENHO: uma possibilidade de ampliar o negócio da Organização RHUMO CONSULTORIA EMPRESARIAL Oferecer soluções viáveis em tempo hábil e com qualidade. Essa é a receita que a

Leia mais

CONSULTORIA DE DESENVOLVIMENTO ORGANIZACIONAL

CONSULTORIA DE DESENVOLVIMENTO ORGANIZACIONAL CONSULTORIA DE DESENVOLVIMENTO ORGANIZACIONAL Somos especializados na identificação e facilitação de soluções na medida em que você e sua empresa necessitam para o desenvolvimento pessoal, profissional,

Leia mais

Estratégias em Tecnologia da Informação. Planejamento Estratégico Planejamento de TI

Estratégias em Tecnologia da Informação. Planejamento Estratégico Planejamento de TI Estratégias em Tecnologia da Informação Capítulo 7 Planejamento Estratégico Planejamento de TI Material de apoio 2 Esclarecimentos Esse material é de apoio para as aulas da disciplina e não substitui a

Leia mais

PLANEJAMENTO E ESTRATÉGIA

PLANEJAMENTO E ESTRATÉGIA PLANEJAMENTO E ESTRATÉGIA 01. Partindo do princípio de que a estratégia é a definição do melhor futuro para a sua equipe ou organização, o mapeamento da rota para alcançá-lo e a sua clara comunicação,

Leia mais

A importância do RH na empresa

A importância do RH na empresa A importância do RH na empresa O modo pelo qual seus funcionários se sentem é o modo pelo qual os seus clientes irão se sentir." Karl Albrecht Infelizmente, muitas empresas ainda simplificam o RH à função

Leia mais

O Administrador e a Magnitude de sua Contribuição para a Sociedade. O Administrador na Gestão de Pessoas

O Administrador e a Magnitude de sua Contribuição para a Sociedade. O Administrador na Gestão de Pessoas O Administrador e a Magnitude de sua Contribuição para a Sociedade Eficácia e Liderança de Performance O Administrador na Gestão de Pessoas Grupo de Estudos em Administração de Pessoas - GEAPE 27 de novembro

Leia mais

Autor(a): Cicera Aparecida da Silva Coautor(es): Rosana de Fátima Oliveira Pedrosa Email: aparecidasilva@pe.senac.br

Autor(a): Cicera Aparecida da Silva Coautor(es): Rosana de Fátima Oliveira Pedrosa Email: aparecidasilva@pe.senac.br BENEFÍCIOS SOCIAIS: um modelo para retenção de talentos Autor(a): Cicera Aparecida da Silva Coautor(es): Rosana de Fátima Oliveira Pedrosa Email: aparecidasilva@pe.senac.br Introdução Este artigo aborda

Leia mais

MBA em Gestão de Pessoas

MBA em Gestão de Pessoas REFERÊNCIA EM EDUCAÇÃO EXECUTIVA MBA em Gestão de Pessoas Coordenação Acadêmica: Profª. Dra. Ana Ligia Nunes Finamor A Escola de Negócios de Alagoas. A FAN Faculdade de Administração e Negócios foi fundada

Leia mais

VIII-003 PREPARO DE RECURSOS HUMANOS PARA A IMPLANTAÇÃO DA ISO 14001 EM ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ESGOTOS

VIII-003 PREPARO DE RECURSOS HUMANOS PARA A IMPLANTAÇÃO DA ISO 14001 EM ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ESGOTOS VIII-003 PREPARO DE RECURSOS HUMANOS PARA A IMPLANTAÇÃO DA ISO 14001 EM ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ESGOTOS Andréia Guaracho Ramos (1) Bacharel em Química e Pós Graduada em Química Industrial pela Fundação

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU INSTITUTO A VEZ DO MESTRE GESTÃO DE PESSOAS

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU INSTITUTO A VEZ DO MESTRE GESTÃO DE PESSOAS UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU INSTITUTO A VEZ DO MESTRE GESTÃO DE PESSOAS Por: Fellipe Lucius Soares de Lima Orientadora Prof. Mary Sue Pereira Rio de Janeiro 2009 2 UNIVERSIDADE

Leia mais

FACULDADE DE PARÁ DE MINAS Curso de Administração. Ana Paula Bernardes

FACULDADE DE PARÁ DE MINAS Curso de Administração. Ana Paula Bernardes FACULDADE DE PARÁ DE MINAS Curso de Administração Ana Paula Bernardes ANÁLISE DA RELAÇÃO ENTRE SATISFAÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS E TURNOVER DE UMA CORRETORA DE SEGUROS DO CENTRO-OESTE MINEIRO Pará de Minas 2012

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Matriz Curricular aprovada pela Resolução nº 18/09-CONSUNI, de 1º de dezembro de 2009. MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Válida para os acadêmicos ingressantes

Leia mais

MBA em Gestão de Pessoas e Comportamento Organizacional -Matutino e Noturno

MBA em Gestão de Pessoas e Comportamento Organizacional -Matutino e Noturno MBA em Gestão de Pessoas e Comportamento Organizacional -Matutino e Noturno Apresentação CAMPUS STIEP Inscrições Abertas Turma 12 (Noturno) -->Últimas Vagas até o dia 27/05/2013 CAMPUS IGUATEMI Turma 13

Leia mais

Oficina de Boas Práticas em Formação Profissional

Oficina de Boas Práticas em Formação Profissional Oficina de Boas Práticas em Formação Profissional 1 1 1 Programa das Atividades Manhã: Plano de Cargos e Salários: O que é, Como montar, Importância e Resultados. Descrição de Cargos: O que é e como montar.

Leia mais

O PEDAGOGO NAS ORGANIZAÇÕES

O PEDAGOGO NAS ORGANIZAÇÕES O PEDAGOGO NAS ORGANIZAÇÕES KOWALCZUK, Lidiane Mendes Ferreira - PUCPR lidianemendesf@gmail.com VIEIRA, Alboni Marisa Dudeque Pianovski - PUCPR alboni@alboni.com Eixo Temático: Formação de Professores

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec de São José do Rio Pardo Código: 150 Município: São José do Rio Pardo Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: técnica de Nível

Leia mais

Desenvolvendo Pessoas para Servirem com Excelência. Instituto Crer & Ser. A excelência honra a Deus!

Desenvolvendo Pessoas para Servirem com Excelência. Instituto Crer & Ser. A excelência honra a Deus! Palestras, Treinamentos e Consultoria para Gestão Ministerial Desenvolvendo Pessoas para Servirem com Excelência Instituto Crer & Ser A excelência honra a Deus! Quem somos O Instituto Crer & Ser nasceu

Leia mais

PLANEJAMENTO OPERACIONAL: RECURSOS HUMANOS E FINANÇAS MÓDULO 13

PLANEJAMENTO OPERACIONAL: RECURSOS HUMANOS E FINANÇAS MÓDULO 13 PLANEJAMENTO OPERACIONAL: RECURSOS HUMANOS E FINANÇAS MÓDULO 13 Índice 1. Tecnologia educacional de treinamento...3 2. Dicas: a evolução da tecnologia de treinamento...5 3. EXECUÇÃO DO TREINAMENTO...6

Leia mais

Capital Intelectual. O Grande Desafio das Organizações. José Renato Sátiro Santiago Jr. José Renato Sátiro Santiago. Novatec

Capital Intelectual. O Grande Desafio das Organizações. José Renato Sátiro Santiago Jr. José Renato Sátiro Santiago. Novatec Capital Intelectual O Grande Desafio das Organizações José Renato Sátiro Santiago Jr. José Renato Sátiro Santiago Novatec 1 Tudo começa com o conhecimento A gestão do conhecimento é um assunto multidisciplinar

Leia mais

FORMAÇÃO PROFISSIONAL COMO FATOR ESTRATÉGICO. Praia, 20 Outubro 2015. Organização da Apresentação. Formação Profissional como fator estratégico;

FORMAÇÃO PROFISSIONAL COMO FATOR ESTRATÉGICO. Praia, 20 Outubro 2015. Organização da Apresentação. Formação Profissional como fator estratégico; 1 Apresentação 2ª edição EXPO RH FORMAÇÃO PROFISSIONAL COMO FATOR ESTRATÉGICO Praia, 20 Outubro 2015 Vargas Melo Presidente do Conselho de Administração Organização da Apresentação Enquadramento; Formação

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIO DE PROGRAMAS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA: UMA PERSPECTIVA PARA A IMPLANTAÇÃO DO ESCRITÓRIO DE PROJETOS

GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIO DE PROGRAMAS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA: UMA PERSPECTIVA PARA A IMPLANTAÇÃO DO ESCRITÓRIO DE PROJETOS GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIO DE PROGRAMAS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA: UMA PERSPECTIVA PARA A IMPLANTAÇÃO DO ESCRITÓRIO DE PROJETOS Luis Fernando Vitorino 1, Moacir José dos Santos 2, Monica Franchi Carniello

Leia mais

ANEXO B CONTEXTUALIZAÇÃO DA PROMOÇÃO DA SAÚDE EM MODELO DE GESTÃO ORGANIZACIONAL DE ALTO DESEMPENHO

ANEXO B CONTEXTUALIZAÇÃO DA PROMOÇÃO DA SAÚDE EM MODELO DE GESTÃO ORGANIZACIONAL DE ALTO DESEMPENHO ANEXO B CONTEXTUALIZAÇÃO DA PROMOÇÃO DA SAÚDE EM MODELO DE GESTÃO ORGANIZACIONAL DE ALTO DESEMPENHO Autoria: Elaine Emar Ribeiro César Fonte: Critérios Compromisso com a Excelência e Rumo à Excelência

Leia mais

Mudança de foco Parceria financeira entre o CFO e as unidades de negócio

Mudança de foco Parceria financeira entre o CFO e as unidades de negócio Mudança de foco Parceria financeira entre o CFO e as unidades de negócio Índice Fora da sombra da área administrativa 3 Como atingir o equilíbrio financeiro 4 O Financeiro encontra várias barreiras até

Leia mais

IV Encontro Nacional de Escolas de Servidores e Gestores de Pessoas do Poder Judiciário Rio de Janeiro set/2012

IV Encontro Nacional de Escolas de Servidores e Gestores de Pessoas do Poder Judiciário Rio de Janeiro set/2012 IV Encontro Nacional de Escolas de Servidores e Gestores de Pessoas do Poder Judiciário Rio de Janeiro set/2012 Rosely Vieira Consultora Organizacional Mestranda em Adm. Pública Presidente do FECJUS Educação

Leia mais

Competitividade e Resultados: conseqüência do alinhamento de estratégia, cultura e competências.

Competitividade e Resultados: conseqüência do alinhamento de estratégia, cultura e competências. 1 Programa Liderar O Grupo Solvi é um conglomerado de 30 empresas que atua nas áreas de saneamento, valorização energética e resíduos. Como alicerce primordial de seu crescimento encontrase o desenvolvimento

Leia mais

TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO. Prof. WAGNER RABELLO JR

TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO. Prof. WAGNER RABELLO JR TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO Prof. WAGNER RABELLO JR TREINAMENTO Treinamentoéoprocessoeducacional,aplicadode maneira sistemática e organizada, pelo qual as pessoas aprendem conhecimentos, atitudes e habilidades

Leia mais

PLANO DE CAPACITAÇÃO DO

PLANO DE CAPACITAÇÃO DO www.unp.br PLANO DE CAPACITAÇÃO do Corpo Técnico-Administrativo 2015 Plano de Capacitação do Corpo Técnico-Administrativo 2015 Natal/RN 2015 DIRIGENTES DA UNIVERSIDADE POTIGUAR PRESIDENTE Prof. Marcus

Leia mais

Fulano de Tal. Relatório Combinado Extended DISC : Análise Comportamental x Feedback 360 FINXS 09.12.2014

Fulano de Tal. Relatório Combinado Extended DISC : Análise Comportamental x Feedback 360 FINXS 09.12.2014 Relatório Combinado Extended DISC : Análise Comportamental x Feedback 360 Este relatório baseia-se nas respostas apresentadas no Inventário de Análise Pessoal comportamentos observados através questionário

Leia mais

Rodrigo Rennó Questões CESPE para o MPU 12

Rodrigo Rennó Questões CESPE para o MPU 12 Rodrigo Rennó Questões CESPE para o MPU 12 Questões sobre o tópico Desenvolvimento e treinamento de pessoal: levantamento de necessidades, programação, execução e avaliação. Olá Pessoal, hoje veremos outro

Leia mais

Liderança Estratégica

Liderança Estratégica Liderança Estratégica A título de preparação individual e antecipada para a palestra sobre o tema de Liderança Estratégica, sugere-se a leitura dos textos indicados a seguir. O PAPEL DE COACHING NA AUTO-RENOVAÇÃO

Leia mais

RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE PESSOAL: PERSPECTIVAS E DESAFIOS PARA A GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS

RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE PESSOAL: PERSPECTIVAS E DESAFIOS PARA A GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE PESSOAL: PERSPECTIVAS E DESAFIOS PARA A GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS 2012 Graduando em Psicologia na Universidade Federal do Ceará (UFC), Brasil adauto_montenegro@hotmail.com

Leia mais

Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ

Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ Um jeito Diferente, Inovador e Prático de fazer Educação Corporativa Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ Objetivo: Auxiliar o desenvolvimento

Leia mais

A FUNÇÃO CONTROLE. Orientação do controle

A FUNÇÃO CONTROLE. Orientação do controle A FUNÇÃO CONTROLE O controle é a ultima função da administração a ser analisadas e diz respeito aos esforços exercidos para gerar e usar informações relativas a execução das atividades nas organizações

Leia mais

Administração de Pessoas

Administração de Pessoas Administração de Pessoas MÓDULO 16: RESULTADOS RELATIVOS À GESTÃO DE PESSOAS 16.1 Área de RH e sua contribuição O processo de monitoração é o que visa saber como os indivíduos executam as atribuições que

Leia mais

Gestão por Competências

Gestão por Competências Gestão por Competências 2 Professora: Zeila Susan Keli Silva 2º semestre 2012 1 Contexto Economia globalizada; Mudanças contextuais; Alto nível de complexidade do ambiente; Descoberta da ineficiência dos

Leia mais

V Congresso Auditar. Tema:

V Congresso Auditar. Tema: V Congresso Auditar Tema: Carreira em Organizações Públicas - Conceitos e Experiências Prof. Dr. José Antonio Monteiro Hipólito Brasília, 05 de setembro de 014 14:00 15:30h Agenda 1. Introdução: Importância

Leia mais

INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS. Políticas de Gestão de Pessoas do Ibama COMISSÃO PORTARIA Nº 248/07 P

INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS. Políticas de Gestão de Pessoas do Ibama COMISSÃO PORTARIA Nº 248/07 P INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS Políticas de Gestão de Pessoas do Ibama COMISSÃO PORTARIA Nº 248/07 P Deliberações Resumo 1ª reunião: papéis, procedimentos gerais

Leia mais