COMÉRCIO DE RUA É O PREFERIDO ENTRE OS MORADORES DA GRANDE VITÓRIA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "COMÉRCIO DE RUA É O PREFERIDO ENTRE OS MORADORES DA GRANDE VITÓRIA"

Transcrição

1 COMÉRCIO DE RUA É O PREFERIDO ENTRE OS MORADORES DA GRANDE VITÓRIA Priscila Zanotti Pizol e Luciana Zamprogne A Futura foi às ruas para saber mais a respeito do setor varejista da Grande Vitória, conhecer as preferências do capixaba e a avaliação que fazem do atendimento local. De modo geral, 66,7% dos entrevistados preferem fazer suas compras em lojas de rua e 23,4% dos respondentes preferem ir aos shoppings. Para 78,0% dos moradores de Cariacica o comércio de rua é mais atrativo na hora de realizar compras. As mulheres também preferem esse comércio com, 77,0%. Além disso, os entrevistados que possuem ensino fundamental e pertencem a classe D/E são os que preferem ir em lojas de rua, com 76,8% e 79,6%, respectivamente. Entre os respondentes que preferem comprar em lojas de shopping, 30,9% alegam que o maior motivo é a segurança que o local oferece. Já para os que compram em lojas de rua, 52,2% acreditam que nessas lojas os preços são melhores. Os entrevistados adultos entre 40 e 49 anos são os que mais prezam pela segurança oferecida pelos shoppings, com 60,0% junto aos respondentes da classe C, com 45,0%. Entretanto, 76,1% dos moradores de Serra acreditam que nas lojas de rua os preços são melhores. No geral, 52,5% dos entrevistados acreditam que nos shoppings os produtos são mais caros do que em relação as lojas de rua. Os moradores de Vitória, com 64,0%, avaliam os preços praticados nos shoppings como mais elevados do que se comparados as lojas de rua. E, os entrevistados da classe D/E também acreditam nessa afirmação com, 59,7%. A respeito dos hábitos de compras, quando perguntados de quanto em quanto tempo realizam a troca de celular, 16,4% dos respondentes afirmam trocar a cada seis meses. Porém, 22,6% dos entrevistados dizem nunca terem trocado de aparelho. Entre os adultos de 50 a 59 anos, 35,1% nunca trocaram seus aparelhos de celular. Para os moradores de Cariacica a troca de seis em seis meses aparece com, 24,0%. Ainda, 19,7% dos homens trocam de celular nesse intervalo de

2 tempo. O presente mais desejado entre os entrevistados da Grande Vitória é um computador/note book, com 27,9% e o eletroeletrônico que os respondentes mais sonham em comprar é a televisão, com 18,4%. Os moradores de Serra e os homens são os que mais desejam esses itens, 43,0% dos moradores desse município querem ganhar de presente um comutador/note book e 25,0% sonham em comprar uma televisão. Ainda, 31,1% dos homens querem um computador/ note book de presente e 21,2% sonham em ter uma televisão. Quando perguntados a respeito do atendimento oferecido pelo comércio na Grande Vitória, os entrevistados atribuem como fundamental o grau de importância, com 48,3%. O atendimento oferecido está bem avaliado, com 59,5% (ótimo + bom). Para os entrevistados de ensino superior e para a classe A/B o grau de importância do comércio é fundamental, com 66,2% e 62,3%, respectivamente. No entanto, o atendimento na Grande Vitória é melhor avaliado entre os respondentes com ensino fundamental e da classe D/E, com 65,3% (ótimo + bom) e 62,7% (ótimo + bom), respectivamente. Proporcionar um atendimento de qualidade é uma boa estratégia para fidelizar clientes, 98,8% dos entrevistados afirmam voltar à loja quando bem atendidos e 95,8% dos respondentes deixam de frequentar uma loja por causa do mau atendimento. Garantir um atendimento de qualidade é importante, pois 87,3% dos entrevistados sempre comentam com outras pessoas quando são bem atendidos e 77,9% não deixam de comentar sempre com outras pessoas quando são mal atendidos em determinado local. Para os entrevistados, a principal causa do mau atendimento é a falta de treinamento, com 26,6%. Por fim, os entrevistados da Grande Vitória não possuem o hábito de realizar compras via internet, afinal 72,9% nunca fizeram compras por esse meio. Os moradores de Serra, com 82,0% afirmam nunca comprar pela internet. As mulheres, com 78,0% nunca compram e os idosos também não, com 86,3%. Ainda, os entrevistados com ensino fundamental e da classe D/E afirmam nunca comprar pela internet, com 90,6% e 81,6%, respectivamente. Entre os que costumam comprar algo pela internet, o item mais procurado são os eletroeletrônicos, com 30,2%

3 A visão dos lojistas Contexto atual O setor varejista hoje na Grande Vitória encontra-se com forte declínio nas vendas. A previsão do setor é de que os resultados do mês de Julho, relativo as vendas, tenha sofrido uma queda, como já foi sentida no mês de Junho pelos lojistas. As principais motivações para que isso tenha ocorrido estão ligadas as greves e paralisações, ocorridas nas ultimas semanas no Estado e na Grande Vitória, gerando assim, uma sensação de insegurança e medo na população (que evitou circular pelas cidades nos períodos de manifestação) nos lojistas e nos profissionais em geral que atuam no varejo, levando o setor a ter queda no faturamento e prejuízos com vandalismo. Outros fatores também interferiram na queda das vendas são a diminuição do poder aquisitivo da população, a queda do salário real ocorrido não apenas a nível local, mas também nacional, a crise na economia brasileira, a alta taxa de desemprego, devido também a facilidade em se obter crédito, que levou a altas taxas de inadimplência. Logo, a junção de todos esses fatores, levou ao desaquecimento do setor varejista apesar de haver casos isolados de boa avaliação (setor de aviamentos). As dificuldades/desafios do mercado As dificuldades de se trabalhar no setor varejista variam de segmento para segmento. Cada área possui suas particularidades, assim como seus desafios e suas dificuldades. A exemplo disso, o que se tem de informação é que os desafios enfrentados pelos profissionais entrevistados desse setor estão diretamente ligados a: 1- Obter um profissional qualificado para atender ao consumidor e realmente se dedicando ao trabalho que executa (hoje, há muita reclamação quanto a má qualificação dos profissionais);

4 2- A competitividade com as vendas na internet, tirando uma grande parcela de compradores (em loja) do mercado (as facilidades e comodidades de se comprar um produto pela internet, faz com que uma parcela da população já venha adotando esse hábito); 3- O trabalho de gestão de custos nas empresas, para não enfrentar dificuldades futuras; 4- A aproximação dos profissionais do setor com o consumidor, tentando entender o que motiva ou não esse cliente a comprar; 5- Oferecer treinamento e qualificação ao trabalhador do setor; 6- Trabalhar como novos produtos e com melhor valor agregado. O que se nota, é que em relação a qualificação do profissional para atuar no atendimento ao cliente é fundamental que haja treinamento. Deve haver investimento do setor na qualificação e aperfeiçoamento do profissional, isso agrada ao cliente e é um diferencial na hora da escolha do estabelecimento para compra. Pontos positivos do mercado Entre os pontos positivos, os entrevistados falam que o varejo está sempre em crescimento, que é um setor de dinamismo, criador de empregos, com possibilidades de se trabalhar em áreas diversas, o que abre o leque de oportunidades. Desafio do trabalho hoje Há também os desafios enfrentados diariamente em suas respectivas segmentações. O que citam é que enfrentam problemas em diversas questões, mas a que novamente chama atenção, é a falta de mão de obra qualificada e do mal atendimento ao cliente. O desafio nesse aspecto, é de manter uma mão de obra motivada e preparada, mais técnica, disponível e treinada. Isso é fundamental para que o negócio sofra alguma evolução

5 Os encargos sociais e tributários também são um desafio. Com a alta taxa de impostos, boa parte do comércio não consegue efetuar seus pagamentos em dia, o que gera encargos e multas muito altas, o que afeta ainda mais, pois uma vez que o comerciante não consegue quitar uma dívida sem multas, com a inserção delas, torna-se ainda mais complicado. Lojas de shopping/rua Os comerciantes montam suas lojas em locais de grande circulação. Boa parte deles, opta por abrir seu negócio em lojas de rua, evoluindo para lojas de shoppings e centros comerciais. No caso dos entrevistados, a maioria possui loja de rua. Eles argumentam que essas deveriam ser mais rentáveis que as lojas de shoppings, pois o custo é menor para mantê-las. Porém, em alguns casos acaba não sendo a melhor opção, devido as questões de segurança, uma vez que o custo para manter a segurança em lojas de rua é bem superior do que para manter lojas de shoppings. Avaliação do atendimento em geral A avaliação quanto ao atendimento em geral no varejo capixaba não é de todo positiva. Os profissionais precisam de investimentos em treinamento e, como é uma área de grande rotatividade de funcionários, quando há qualificação, o indivíduo opta por um emprego melhor, uma vez que está melhor capacitado, fazendo assim com que o setor fique deficitário de profissionais qualificados. Falta atenção, respeito e mais gentileza por parte do atendimento. O trato no relacionamento humano não é eficiente, prejudicando o atendimento e afastando o cliente, que quando mal atendido fica insatisfeito. Outro ponto é a falta de treinamento, e isso ocorre em todo o setor de varejo. Muitos adquirem conhecimento e qualificação atuando no dia a dia, e quando não há o treinamento oferecido pelas empresas, o profissional também não se interessa em buscar por se qualificar fora de seu ambiente de trabalho. Vendas na internet Grande parte dos entrevistados afirma que seu negócio foi afetado de alguma forma pela opção

6 de compras online. A cada dia, a decisão e opção de comprar pela internet aumenta. As lojas que já possuem essa opção de vendas para o cliente, sente que as compras feitas online vem crescendo muito e aqueles que ainda não possuem, dizem que a procura por essa opção é constante. O principal motivo, de acordo com os entrevistados, para os clientes para optarem por vendas online está ligado ao atendimento, pois evita o desgaste com atendentes e também pelo conforto de não ter que se deslocar até o estabelecimento para efetuar uma compra. A compra online não justifica erros. Há aqueles que entendem que esse tipo de compra virtual ainda não afetou seu negócio, uma vez que o público comprador na internet possui um perfil diferente dos que procuram as lojas. Esses clientes buscam as lojas para avaliar o produto em si, antes de obtê-lo. O consumidor brasileiro, segundo relatos, gosta de visualizar, tocar e sentir o produto, dando preferência as compras nas lojas físicas Diferença do setor no ES para outros Estados Os entrevistados enxergam de formas diversas o setor varejista do Espírito Santo em relação aos outros Estados. Para alguns, não há diferenciação entre o varejo no Espírito Santo e dos outros Estados. O Estado está desenvolvido, acompanhando as tendências do mercado e do setor em todo o país. Se não houver esse acompanhamento, o Estado fica para trás tanto em tecnologias quanto em atendimento. As lojas capixabas são competitivas e se equivalem ao setor em todo o Brasil. Há quem afirme que outros Estados estão à frente do Espírito Santo no setor. Mais bem preparados e com atendimento superior. Alguns Estados possuem mais dinamismo, principalmente São Paulo. Disponibilidade de produtos Todos os entrevistados afirmaram que em seu segmento há disponibilidade de produtos, não falta nada. Quando não encontram na loja física, a loja virtual muitas vezes disponibiliza

7 Manifestações Para maioria dos comerciantes varejistas as manifestações afetaram o setor. Nos dias de manifestação houve queda do movimento nas lojas, gerando problemas com funcionários que ficaram assustados. Isso interferiu em suas ações e sua produtividade. Com o fechamento das lojas mais cedo houveram perdas financeiras e físicas, principalmente com vandalismo (quebra de lojas e furtos). O SETOR NOS PRÓIMOS 4 ANOS Quando se fala em expectativas e desafios no setor varejista para os próximos anos, o destaque é o crescimento. Acredita-se que o setor estará melhor preparado em relação a melhorias no atendimento, na qualidade dos produtos e também nos preços. Mas algumas questões devem ter maior atenção. A falta de infraestrutura e mobilidade urbana são fatores negativos, principalmente com relação ao escoamento de produção, assim como as questões fiscais e tributárias, que acreditam ser um empecilho para muitos varejistas, pois não há flexibilidade nos valores das taxas e há muita burocratização nos procedimentos e nas exigências fiscais e legais que devem ser cumpridas

8 RESULTADOS De um modo geral, o(a) sr(a) prefere fazer as suas compras em lojas de shopping ou lojas de rua? Opções % Lojas de rua 66,7 Lojas de shopping 23,4 Depende 8,2 NS/NR 1,7 Total 100 Número de entrevistas: 402 (Somente para quem compra em shopping) Por que prefere comprar em lojas de shopping? Opções % Segurança 30,9 Conforto 28,7 É prático 27,7 Atendimento 23,4 Maior variedade 19,1 Tem todas lojas em um mesmo local 10,6 Localização dos shoppings 7,4 Preços são melhores 2,1 Facilidade para estacionar 1,1 NS/NR 1,1 Outros 6,4 Total* 158,5 Número de entrevistas: 94 *O entrevistado podia citar mais de uma opção de resposta

9 (Somente para quem compra em lojas de rua) Por que prefere comprar em lojas de rua? Opções % Preços são melhores 52,2 Atendimento 24,6 É prático 23,5 Maior variedade 16,4 Conforto 7,8 Localização das lojas 5,2 Não precisa pagar estacionamento 0,7 NS/NR 0,7 Outros 9,3 Total* 140,7 Número de entrevistas:268 *O entrevistado podia citar mais de uma opção de resposta. Como o(a) sr(a) avalia os preços nos Shoppings de um modo geral comparado a lojas de rua? Opções % Nos shoppings os produtos são mais Baratos 4,5 Nos shoppings os produtos são mais Caros 52,5 Nos Shoppings os produtos são muito mais baratos 2,7 Nos shoppings os produtos são muito mais caros 11,9 Os preços dependem da loja 15,2 Os preços dos produtos nos shoppings e nas lojas de rua são iguais 8,2 Nenhum desses 1,7 NS/NR 3,2 Total

10 De quanto em quanto tempo o(a) sr(a) troca de aparelho de celular? Opções % A cada 6 meses 16,4 Mais de 6 meses a 1 ano 13,2 Mais de 1 ano a 2 anos 15,9 Mais de 2 a 3 anos 10,7 Mais de 3 a 4 anos 5,0 Acima de 4 anos 8,7 Não tem celular 5,2 Nunca trocou de celular 22,6 NS/NR 2,2 Total 100 Se pudesse escolher um presente desta lista qual o(a) sr(a) gostaria de ganhar? Opções % Computador/ Note book 27,9 Celular 9,7 TV 8,7 Eletrodoméstico 6,5 Roupas 5,7 Acessórios (bolsas, cintos, bijuterias, semijóias) 5,7 Tablet 5,0 Artigos Esportivos 4,5 Livros 4,0 Utilidades domésticas 3,2 Smartphone 3,2 Perfume 2,7 Peças de decoração para o lar 2,7 Sapatos 2,2 Nenhum desses 4,2 NS/NR 4,0 Total

11 Em relação a Eletroeletrônicos/ Eletrodomésticos. O que o(a) Sr(a) sonha comprar? Opções % Televisão 18,4 Computador/Notebook 17,9 Geladeira 10,0 Celular 8,0 Tablet 5,0 Som 3,5 Fogão 3,2 Smartphone 1,5 Câmera digital 1,5 DVD 0,5 NS/NR 16,4 Outros 14,2 Total 100 Qual o grau de importância que o(a) Sr(a) dá ao atendimento recebido no comércio? Opções % Fundamental 48,3 Muito importante 35,6 Importante 13,9 Pouco importante 2,0 Sem importância 0,2 NS/NR 0,0 Total

12 Que avaliação o (a) sr.(a) faz do atendimento do comércio na Grande Vitória? Opções % Ótimo 14,2 Bom 45,3 Regular 33,3 Ruim 3,0 Péssimo 3,7 NS/NR 0,5 Total 100 Ótimo + Bom 59,5 Ruim + Péssimo 6,7 O bom atendimento faz o(a) sr(a) voltar à loja? Opções % Sim 98,8 Não 1,0 NS/NR 0,2 Total 100 O(A) Sr.(A) deixaria de frequentar uma loja por causa do mau atendimento? Opções % Sim 95,8 Não 3,7 NS/NR 0,5 Total

13 Quando o(a) Sr(a) é bem atendido...? Opções % Sempre comenta com outras pessoas 87,3 As vezes comenta com outras pessoas 7,0 Não comenta com outras pessoas 5,7 NS/NR 0,0 Total 100 E quando é mal atendido...? Opções % Sempre comenta com outras pessoas 77,9 As vezes comenta com outras pessoas 12,2 Não comenta com outras pessoas 10,0 NS/NR 0,0 Total

14 Em sua opinião, porque ocorre o mau atendimento no comércio? Opções % Falta treinamento 26,6 Estresse 23,1 Falta de educação 14,7 Falta de interesse 11,2 Falta bons funcionários para atender 10,9 Insatisfação com o emprego 10,4 Baixo grau de instrução do atendente 10,2 Mau humor 8,0 Carga horária excessiva 8,0 Valorização da aparência do cliente 6,5 Inexperiência 6,0 Salário 5,0 Problemas familiares 4,2 Má condição de trabalho 3,0 Irresponsabilidade do proprietário do estabelecimento 2,5 Problemas gerenciais 1,0 Visão ultrapassada de comércio 0,5 Pouca concorrência 0,2 NS/NR 4,7 Outros 5,0 Total* 161,7 *O entrevistado podia citar mais de uma opção de resposta

15 Com que frequência o(a) sr(a) faz compras pela internet? Opções % Sempre 5,7 Quase sempre 2,7 Ás vezes 11,4 Quase nunca 6,5 Nunca 72,9 NS/NR 0,7 Total 100 (Somente para quem compra pela internet) O que o(a) sr(a) costuma comprar pela internet? Opções % Eletroeletrônicos 30,2 Livros 16,0 Roupas 15,1 Eletrodomésticos 10,4 Artigos Esportivos 8,5 Acessórios 7,5 Pacotes de viagens 6,6 Sapatos 3,8 Produtos de beleza 3,8 Ingressos para shows/eventos 3,8 CDS/DVDS 3,8 Utilidades para o lar 2,8 Alimentos/ Bebidas 1,9 Artigos de decoração 0,9 NS/NR 8,5 Outros 14,2 Total* 137,7 Número de entrevistas: 106 *O entrevistado podia citar mais de uma opção de resposta

16 CRUZAMENTOS De um modo geral, o(a) sr(a) prefere fazer as suas compras em lojas de shopping ou lojas de rua? Município de moradia Opções Vitória Vila Velha Serra Cariacica Total Lojas de rua 63,0 58,8 67,0 78,0 66,7 Lojas de shopping 27,0 29,4 25,0 12,0 23,4 Depende 8,0 10,8 8,0 6,0 8,2 NS/NR 2,0 1,0 0,0 4,0 1,7 Total Número de entrevistas: 402 De um modo geral, o(a) sr(a) prefere fazer as suas compras em lojas de shopping ou lojas de rua? Sexo Opções Masculino Feminino Total Lojas de rua 55,4 77,0 66,7 Lojas de shopping 31,1 16,3 23,4 Depende 9,8 6,7 8,2 NS/NR 3,6 0,0 1,7 Total Número de entrevistas:

17 De um modo geral, o(a) sr(a) prefere fazer as suas compras em lojas de shopping ou lojas de rua? Faixa Etária Opções De 60 De 16 a De 20 a De 30 a De 40 a De 50 a anos 19 anos 29 anos 39 anos 49 anos 59 anos acima Total Lojas de rua 57,1 61,6 69,3 70,8 68,4 70,6 66,7 Lojas de shopping 37,1 28,3 20,5 20,8 19,3 17,6 23,4 Depende 5,7 10,1 8,0 6,9 10,5 5,9 8,2 NS/NR 0,0 0,0 2,3 1,4 1,8 5,9 1,7 Total Número de entrevistas: 402 De um modo geral, o(a) sr(a) prefere fazer as suas compras em lojas de shopping ou lojas de rua? Escolaridade Opções Ensino Fundamental Ensino Médio Ensino Superior Total Lojas de rua 76,8 68,5 45,0 66,7 Lojas de shopping 14,5 22,3 41,2 23,4 Depende 6,5 8,2 11,2 8,2 NS/NR 2,2 1,1 2,5 1,7 Total Número de entrevistas:

18 De um modo geral, o(a) sr(a) prefere fazer as suas compras em lojas de shopping ou lojas de rua? Classe Social Opções D/E C A/B NS/NR Total Lojas de rua 79,6 62,2 35,8 40,0 66,7 Lojas de shopping 14,3 28,0 43,4 30,0 23,4 Depende 5,1 8,4 15,1 30,0 8,2 NS/NR 1,0 1,4 5,7 0,0 1,7 Total Número de entrevistas: 402 (Somente para quem compra em shopping) Por que prefere comprar em lojas de shopping? x Município de Moradia Opções Vitória Vila Velha Serra Cariacica Total Segurança 22,2 36,7 36,0 25,0 30,9 Conforto 33,3 26,7 28,0 25,0 28,7 É prático 25,9 33,3 32,0 8,3 27,7 Atendimento 40,7 16,7 12,0 25,0 23,4 Maior variedade 22,2 13,3 24,0 16,7 19,1 Tem todas lojas em um mesmo local 11,1 6,7 8,0 25,0 10,6 Localização dos shoppings 11,1 6,7 8,0 0,0 7,4 Preços são melhores 0,0 0,0 8,0 0,0 2,1 Facilidade para estacionar 0,0 3,3 0,0 0,0 1,1 NS/NR 3,7 0,0 0,0 0,0 1,1 Outros 0,0 6,7 12,0 8,3 6,4 Total* 170,4 150,0 168,0 133,3 158,5 Número de entrevistas: 94 *O entrevistado podia citar mais de uma opção de resposta

19 (Somente para quem compra em shopping) Por que prefere comprar em lojas de shopping? Sexo Opções Masculino Feminino Total Segurança 30,0 32,4 30,9 Conforto 25,0 35,3 28,7 É prático 31,7 20,6 27,7 Atendimento 23,3 23,5 23,4 Maior variedade 25,0 8,8 19,1 Tem todas lojas em um mesmo local 15,0 2,9 10,6 Localização dos shoppings 8,3 5,9 7,4 Preços são melhores 1,7 2,9 2,1 Facilidade para estacionar 1,7 0,0 1,1 NS/NR 1,7 0,0 1,1 Outros 6,7 5,9 6,4 Total* 170,0 138,2 158,5 Número de entrevistas: 94 *O entrevistado podia citar mais de uma opção de resposta

20 (Somente para quem compra em shopping) Por que prefere comprar em lojas de shopping? Faixa Etária Opções De 60 De 16 a De 20 a De 30 a De 40 a De 50 a anos 19 anos 29 anos 39 anos 49 anos 59 anos acima Total Segurança 15,4 32,1 16,7 60,0 45,5 11,1 30,9 Conforto 0,0 28,6 27,8 40,0 27,3 55,6 28,7 É prático 30,8 25,0 38,9 20,0 18,2 33,3 27,7 Atendimento 0,0 21,4 33,3 6,7 45,5 44,4 23,4 Maior variedade 46,2 14,3 16,7 20,0 0,0 22,2 19,1 Tem todas lojas em um mesmo 23,1 10,7 5,6 6,7 9,1 11,1 10,6 local Localização dos shoppings 15,4 7,1 11,1 0,0 0,0 11,1 7,4 Preços são melhores 0,0 7,1 0,0 0,0 0,0 0,0 2,1 Facilidade para estacionar 0,0 0,0 0,0 6,7 0,0 0,0 1,1 NS/NR 0,0 0,0 0,0 6,7 0,0 0,0 1,1 Outros 15,4 10,7 5,6 0,0 0,0 0,0 6,4 Total* 146,2 157,1 155,6 166,7 145,5 188,9 158,5 Número de entrevistas: 94 *O entrevistado podia citar mais de uma opção de resposta

21 (Somente para quem compra em shopping) Por que prefere comprar em lojas de shopping? Escolaridade Opções Ensino Ensino Ensino Fundamental Médio Superior Total Segurança 30,0 26,8 36,4 30,9 Conforto 30,0 29,3 27,3 28,7 É prático 30,0 29,3 24,2 27,7 Atendimento 30,0 19,5 24,2 23,4 Maior variedade 40,0 12,2 15,2 19,1 Tem todas lojas em um mesmo local 0,0 19,5 6,1 10,6 Localização dos shoppings 5,0 14,6 0,0 7,4 Preços são melhores 0,0 2,4 3,0 2,1 Facilidade para estacionar 0,0 0,0 3,0 1,1 NS/NR 0,0 2,4 0,0 1,1 Outros 10,0 4,9 6,1 6,4 Total* 175,0 161,0 145,5 158,5 Número de entrevistas: 94 *O entrevistado podia citar mais de uma opção de resposta

22 (Somente para quem compra em shopping) Por que prefere comprar em lojas de shopping? Classe Social Opções D/E C A/B NS/NR Total Segurança 21,4 45,0 21,7 0,0 30,9 Conforto 21,4 35,0 30,4 0,0 28,7 É prático 25,0 22,5 39,1 33,3 27,7 Atendimento 28,6 17,5 26,1 33,3 23,4 Maior variedade 17,9 15,0 26,1 33,3 19,1 Tem todas lojas em um mesmo local 7,1 12,5 13,0 0,0 10,6 Localização dos shoppings 10,7 7,5 4,3 0,0 7,4 Preços são melhores 7,1 0,0 0,0 0,0 2,1 Facilidade para estacionar 0,0 2,5 0,0 0,0 1,1 NS/NR 3,6 0,0 0,0 0,0 1,1 Outros 14,3 5,0 0,0 0,0 6,4 Total* 157,1 162,5 160,9 100,0 158,5 Número de entrevistas: 94 *O entrevistado podia citar mais de uma opção de resposta

23 (Somente para quem compra em lojas de rua) Por que prefere comprar em lojas de rua? Município de Moradia Opções Vitória Vila Velha Serra Cariacica Total Preços são melhores 54,0 46,7 76,1 34,6 52,2 Atendimento 36,5 21,7 11,9 28,2 24,6 É prático 28,6 23,3 29,9 14,1 23,5 Maior variedade 23,8 16,7 25,4 2,6 16,4 Conforto 3,2 8,3 7,5 11,5 7,8 Localização das lojas 4,8 10,0 1,5 5,1 5,2 Não precisa pagar estacionamento 1,6 0,0 0,0 1,3 0,7 NS/NR 0,0 0,0 0,0 2,6 0,7 Outros 1,6 3,3 10,4 19,2 9,3 Total* 154,0 130,0 162,7 119,2 140,7 Número de entrevistas:268 *O entrevistado podia citar mais de uma opção de resposta. (Somente para quem compra em lojas de rua) Por que prefere comprar em lojas de rua? Sexo Opções Masculino Feminino Total Preços são melhores 51,4 52,8 52,2 Atendimento 32,7 19,3 24,6 É prático 23,4 23,6 23,5 Maior variedade 10,3 20,5 16,4 Conforto 13,1 4,3 7,8 Localização das lojas 3,7 6,2 5,2 Não precisa pagar estacionamento 1,9 0,0 0,7 NS/NR 0,9 0,6 0,7 Outros 7,5 10,6 9,3 Total* 144,9 137,9 140,7 Número de entrevistas:268 *O entrevistado podia citar mais de uma opção de resposta

24 (Somente para quem compra em lojas de rua) Por que prefere comprar em lojas de rua? Faixa Etária Opções De 16 a 19 De 20 a 29 De 30 a 39 De 40 a 49 De 50 a 59 De 60 anos Total anos anos anos anos anos acima Preços são melhores 55,0 57,4 52,5 49,0 51,3 47,2 52,2 Atendimento 35,0 16,4 24,6 37,3 17,9 22,2 24,6 É prático 20,0 21,3 23,0 23,5 33,3 19,4 23,5 Maior variedade 15,0 23,0 11,5 17,6 17,9 11,1 16,4 Conforto 5,0 8,2 11,5 3,9 12,8 2,8 7,8 Localização das lojas 0,0 4,9 6,6 3,9 0,0 13,9 5,2 Não precisa pagar estacionamento 0,0 1,6 1,6 0,0 0,0 0,0 0,7 NS/NR 0,0 0,0 0,0 2,0 2,6 0,0 0,7 Outros 5,0 6,6 14,8 7,8 12,8 5,6 9,3 Total* 135,0 139,3 145,9 145,1 148,7 122,2 140,7 Número de entrevistas:268 *O entrevistado podia citar mais de uma opção de resposta

25 (Somente para quem compra em lojas de rua) Por que prefere comprar em lojas de rua? Escolaridade Ensino Ensino Ensino Opções Total Fundamental Médio Superior Preços são melhores 57,5 50,0 44,4 52,2 Atendimento 22,6 27,8 19,4 24,6 É prático 30,2 18,3 22,2 23,5 Maior variedade 15,1 19,0 11,1 16,4 Conforto 3,8 11,9 5,6 7,8 Localização das lojas 3,8 3,2 16,7 5,2 Não precisa pagar estacionamento 0,0 0,0 5,6 0,7 NS/NR 0,0 0,8 2,8 0,7 Outros 6,6 9,5 16,7 9,3 Total* 139,6 140,5 144,4 140,7 Número de entrevistas:268 *O entrevistado podia citar mais de uma opção de resposta. (Somente para quem compra em lojas de rua) Por que prefere comprar em lojas de rua? Classe Social Opções D/E C A/B NS/NR Total Preços são melhores 50,0 57,3 42,1 75,0 52,2 Atendimento 26,9 21,3 26,3 0,0 24,6 É prático 26,3 20,2 21,1 0,0 23,5 Maior variedade 13,5 20,2 21,1 25,0 16,4 Conforto 9,0 6,7 5,3 0,0 7,8 Localização das lojas 5,1 5,6 5,3 0,0 5,2 Não precisa pagar estacionamento 0,0 1,1 5,3 0,0 0,7 NS/NR 0,0 2,2 0,0 0,0 0,7 Outros 8,3 9,0 21,1 0,0 9,3 Total* 139,1 143,8 147,4 100,0 140,7 Número de entrevistas:268 *O entrevistado podia citar mais de uma opção de resposta

26 Como o(a) sr(a) avalia os preços nos Shoppings de um modo geral comparado a lojas de rua? Município de Moradia Vila Opções Vitória Serra Cariacica Total Velha Nos shoppings os produtos são mais 0,0 2,9 2,0 13,0 4,5 Baratos Nos shoppings os produtos são mais Caros 64,0 41,2 50,0 55,0 52,5 Nos Shoppings os produtos são muito mais baratos Nos shoppings os produtos são muito mais caros 2,0 2,9 3,0 3,0 2,7 7,0 8,8 25,0 7,0 11,9 Os preços dependem da loja 14,0 30,4 8,0 8,0 15,2 Os preços dos produtos nos shoppings e nas lojas de rua são iguais 8,0 8,8 7,0 9,0 8,2 Nenhum desses 0,0 2,0 4,0 1,0 1,7 NS/NR 5,0 2,9 1,0 4,0 3,2 Total Como o(a) sr(a) avalia os preços nos Shoppings de um modo geral comparado a lojas de rua? Sexo Opções Masculino Feminino Total Nos shoppings os produtos são mais Baratos 6,7 2,4 4,5 Nos shoppings os produtos são mais Caros 49,2 55,5 52,5 Nos Shoppings os produtos são muito mais baratos 2,6 2,9 2,7 Nos shoppings os produtos são muito mais caros 10,9 12,9 11,9 Os preços dependem da loja 14,0 16,3 15,2 Os preços dos produtos nos shoppings e nas lojas de rua são iguais 9,8 6,7 8,2 Nenhum desses 2,1 1,4 1,7 NS/NR 4,7 1,9 3,2 Total

27 Como o(a) sr(a) avalia os preços nos Shoppings de um modo geral comparado a lojas Opções Nos shoppings os produtos são mais Baratos Nos shoppings os produtos são mais Caros Nos Shoppings os produtos são muito mais baratos Nos shoppings os produtos são muito mais caros Os preços dependem da loja Os preços dos produtos nos shoppings e nas lojas de rua são iguais De 16 a 19 anos De 20 a 29 anos de rua? Faixa Etária De 30 a 39 anos De 40 a 49 anos De 50 a 59 anos De 60 anos acima Total 5,7 4,0 5,7 5,6 3,5 2,0 4,5 40,0 53,5 54,5 55,6 52,6 51,0 52,5 2,9 1,0 2,3 0,0 5,3 7,8 2,7 11,4 13,1 9,1 15,3 14,0 7,8 11,9 28,6 16,2 14,8 11,1 14,0 11,8 15,2 11,4 9,1 9,1 8,3 3,5 7,8 8,2 Nenhum desses 0,0 0,0 2,3 2,8 1,8 3,9 1,7 NS/NR 0,0 3,0 2,3 1,4 5,3 7,8 3,2 Total

28 Como o(a) sr(a) avalia os preços nos Shoppings de um modo geral comparado a lojas de rua? Escolaridade Opções Ensino Ensino Ensino Fundamental Médio Superior Total Nos shoppings os produtos são mais Baratos 5,1 4,9 2,5 4,5 Nos shoppings os produtos são mais Caros 53,6 51,6 52,5 52,5 Nos Shoppings os produtos são muito mais baratos 2,2 2,2 5,0 2,7 Nos shoppings os produtos são muito mais caros 15,2 12,5 5,0 11,9 Os preços dependem da loja 13,0 17,4 13,8 15,2 Os preços dos produtos nos shoppings e nas lojas de rua são 5,1 6,5 17,5 8,2 iguais Nenhum desses 1,4 2,7 0,0 1,7 NS/NR 4,3 2,2 3,8 3,2 Total

29 Como o(a) sr(a) avalia os preços nos Shoppings de um modo geral comparado a lojas de rua? Classe Social Opções D/E C A/B NS/NR Total Nos shoppings os produtos são mais Baratos 6,6 1,4 5,7 0,0 4,5 Nos shoppings os produtos são mais Caros 59,7 51,0 34,0 30,0 52,5 Nos Shoppings os produtos são muito mais baratos 2,0 2,8 3,8 10,0 2,7 Nos shoppings os produtos são muito mais caros 11,7 11,9 15,1 0,0 11,9 Os preços dependem da loja 12,2 16,8 17,0 40,0 15,2 Os preços dos produtos nos shoppings e nas lojas de rua são iguais 3,6 9,8 18,9 20,0 8,2 Nenhum desses 0,5 4,2 0,0 0,0 1,7 NS/NR 3,6 2,1 5,7 0,0 3,2 Total De quanto em quanto tempo o(a) sr(a) troca de aparelho de celular? Município de Moradia Opções Vitória Vila Velha Serra Cariacica Total A cada 6 meses 9,0 14,7 18,0 24,0 16,4 Mais de 6 meses a 1 ano 10,0 13,7 14,0 15,0 13,2 Mais de 1 ano a 2 anos 22,0 15,7 21,0 5,0 15,9 Mais de 2 a 3 anos 16,0 9,8 8,0 9,0 10,7 Mais de 3 a 4 anos 4,0 8,8 1,0 6,0 5,0 Acima de 4 anos 3,0 10,8 10,0 11,0 8,7 Não tem celular 5,0 3,9 6,0 6,0 5,2 Nunca trocou de celular 30,0 17,6 20,0 23,0 22,6 NS/NR 1,0 4,9 2,0 1,0 2,2 Total

30 Opções A cada 6 meses Mais de 6 meses a 1 ano Mais de 1 ano a 2 anos Mais de 2 a 3 anos Mais de 3 a 4 anos Acima de 4 anos De quanto em quanto tempo o(a) sr(a) troca de aparelho de celular? Sexo Opções Masculino Feminino Total A cada 6 meses 19,7 13,4 16,4 Mais de 6 meses a 1 ano 13,0 13,4 13,2 Mais de 1 ano a 2 anos 15,5 16,3 15,9 Mais de 2 a 3 anos 9,3 12,0 10,7 Mais de 3 a 4 anos 6,2 3,8 5,0 Acima de 4 anos 6,7 10,5 8,7 Não tem celular 4,1 6,2 5,2 Nunca trocou de celular 23,8 21,5 22,6 NS/NR 1,6 2,9 2,2 Total De quanto em quanto tempo o(a) sr(a) troca de aparelho de celular? De 16 a 19 anos De 20 a 29 anos Faixa Etária De 30 a 39 anos De 40 a 49 anos De 50 a 59 anos De 60 anos acima Total 25,7 22,2 17,0 15,3 8,8 7,8 16,4 22,9 19,2 9,1 11,1 10,5 7,8 13,2 14,3 23,2 15,9 12,5 12,3 11,8 15,9 11,4 10,1 13,6 11,1 12,3 3,9 10,7 2,9 8,1 4,5 4,2 3,5 3,9 5,0 8,6 6,1 12,5 11,1 10,5 2,0 8,

31 Não tem celular 0,0 2,0 1,1 2,8 3,5 27,5 5,2 Nunca trocou de celular 11,4 9,1 25,0 26,4 35,1 33,3 22,6 NS/NR 2,9 0,0 1,1 5,6 3,5 2,0 2,2 Total De quanto em quanto tempo o(a) sr(a) troca de aparelho de celular? Escolaridade Opções Ensino Ensino Ensino Fundamental Médio Superior Total A cada 6 meses 19,6 18,5 6,2 16,4 Mais de 6 meses a 1 ano 8,7 15,8 15,0 13,2 Mais de 1 ano a 2 anos 15,9 14,1 20,0 15,9 Mais de 2 a 3 anos 4,3 13,0 16,2 10,7 Mais de 3 a 4 anos 1,4 5,4 10,0 5,0 Acima de 4 anos 7,2 10,9 6,2 8,7 Não tem celular 11,6 1,6 2,5 5,2 Nunca trocou de celular 29,0 18,5 21,2 22,6 NS/NR 2,2 2,2 2,5 2,2 Total

32 De quanto em quanto tempo o(a) sr(a) troca de aparelho de celular? Classe Social Opções D/E C A/B NS/NR Total A cada 6 meses 21,4 14,0 7,5 0,0 16,4 Mais de 6 meses a 1 ano 11,7 16,1 13,2 0,0 13,2 Mais de 1 ano a 2 anos 15,8 12,6 20,8 40,0 15,9 Mais de 2 a 3 anos 7,1 12,6 18,9 10,0 10,7 Mais de 3 a 4 anos 3,6 4,2 11,3 10,0 5,0 Acima de 4 anos 8,2 9,8 9,4 0,0 8,7 Não tem celular 6,1 4,9 1,9 10,0 5,2 Nunca trocou de celular 25,0 23,1 15,1 10,0 22,6 NS/NR 1,0 2,8 1,9 20,0 2,2 Total Se pudesse escolher um presente desta lista qual o(a) sr(a) gostaria de ganhar? Município de Moradia Opções Vitória Vila Velha Serra Cariacica Total Computador/ Note book 24,0 24,5 43,0 20,0 27,9 Celular 8,0 12,7 7,0 11,0 9,7 TV 12,0 6,9 8,0 8,0 8,7 Eletrodoméstico 3,0 3,9 7,0 12,0 6,5 Roupas 4,0 3,9 6,0 9,0 5,7 Acessórios (bolsas, cintos, bijuterias, semijóias) 7,0 2,9 2,0 11,0 5,7 Tablet 2,0 6,9 5,0 6,0 5,0 Artigos Esportivos 6,0 5,9 2,0 4,0 4,5 Livros 7,0 3,9 3,0 2,0 4,0 Utilidades domésticas 5,0 2,9 2,0 3,0 3,2 Smartphone 0,0 5,9 6,0 1,0 3,2 Perfume 3,0 2,9 3,0 2,0 2,7 Peças de decoração para o lar 5,0 3,9 1,0 1,0 2,7 Sapatos 3,0 2,0 2,0 2,0 2,2 Nenhum desses 8,0 2,9 2,0 4,0 4,2 NS/NR 3,0 7,8 1,0 4,0 4,0 Total

33 Se pudesse escolher um presente desta lista qual o(a) sr(a) gostaria de ganhar? Sexo Opções Masculino Feminino Total Computador/ Note book 31,1 24,9 27,9 Celular 10,4 9,1 9,7 TV 7,8 9,6 8,7 Eletrodoméstico 6,2 6,7 6,5 Roupas 5,2 6,2 5,7 Acessórios (bolsas, cintos, bijuterias, semijóias) 2,1 9,1 5,7 Tablet 4,1 5,7 5,0 Artigos Esportivos 7,8 1,4 4,5 Livros 4,7 3,3 4,0 Utilidades domésticas 3,6 2,9 3,2 Smartphone 3,6 2,9 3,2 Perfume 2,1 3,3 2,7 Peças de decoração para o lar 1,0 4,3 2,7 Sapatos 1,6 2,9 2,2 Nenhum desses 3,6 4,8 4,2 NS/NR 5,2 2,9 4,0 Total

34 Se pudesse escolher um presente desta lista qual o(a) sr(a) gostaria de ganhar? Faixa Etária Opções De 16 a 19 De 20 a 29 De 30 a 39 De 40 a 49 De 50 a 59 De 60 anos Total anos anos anos anos anos acima Computador/ Note book 34,3 37,4 35,2 16,7 22,8 13,7 27,9 Celular 14,3 6,1 11,4 5,6 8,8 17,6 9,7 TV 2,9 8,1 6,8 9,7 15,8 7,8 8,7 Eletrodoméstico 2,9 6,1 3,4 9,7 5,3 11,8 6,5 Roupas 2,9 5,1 6,8 4,2 10,5 3,9 5,7 Acessórios (bolsas, cintos, bijuterias, 11,4 8,1 1,1 8,3 7,0 0,0 5,7 semijóias) Tablet 8,6 4,0 4,5 8,3 1,8 3,9 5,0 Artigos Esportivos 5,7 4,0 6,8 1,4 5,3 3,9 4,5 Livros 2,9 5,1 1,1 5,6 5,3 3,9 4,0 Utilidades domésticas 2,9 5,1 1,1 6,9 1,8 0,0 3,2 Smartphone 2,9 3,0 5,7 2,8 3,5 0,0 3,2 Perfume 0,0 1,0 3,4 2,8 3,5 5,9 2,7 Peças de decoração para o lar 2,9 3,0 4,5 0,0 3,5 2,0 2,7 Sapatos 0,0 1,0 2,3 2,8 3,5 3,9 2,2 Nenhum desses 2,9 3,0 3,4 5,6 1,8 9,8 4,2 NS/NR 2,9 0,0 2,3 9,7 0,0 11,8 4,0 Total

35 Se pudesse escolher um presente desta lista qual o(a) sr(a) gostaria de ganhar? Escolaridade Opções Ensino Ensino Ensino Fundamental Médio Superior Total Computador/ Note book 23,2 30,4 30,0 27,9 Celular 13,0 6,5 11,2 9,7 TV 10,9 9,8 2,5 8,7 Eletrodoméstico 8,7 7,1 1,2 6,5 Roupas 3,6 6,5 7,5 5,7 Acessórios (bolsas, cintos, bijuterias, semijóias) 3,6 6,0 8,8 5,7 Tablet 6,5 4,9 2,5 5,0 Artigos Esportivos 3,6 3,3 8,8 4,5 Livros 0,7 3,3 11,2 4,0 Utilidades domésticas 2,9 3,3 3,8 3,2 Smartphone 1,4 4,9 2,5 3,2 Perfume 2,2 2,7 3,8 2,7 Peças de decoração para o lar 2,9 3,3 1,2 2,7 Sapatos 2,9 2,7 0,0 2,2 Nenhum desses 5,8 3,3 3,8 4,2 NS/NR 8,0 2,2 1,2 4,0 Total

36 Se pudesse escolher um presente desta lista qual o(a) sr(a) gostaria de ganhar? Classe Social Opções D/E C A/B NS/NR Total Computador/ Note book 31,1 24,5 28,3 10,0 27,9 Celular 11,7 9,1 5,7 0,0 9,7 TV 8,7 9,1 7,5 10,0 8,7 Eletrodoméstico 9,7 4,2 1,9 0,0 6,5 Roupas 5,6 7,0 3,8 0,0 5,7 Acessórios (bolsas, cintos, bijuterias, semijóias) 4,1 7,7 5,7 10,0 5,7 Tablet 3,1 7,7 3,8 10,0 5,0 Artigos Esportivos 5,1 1,4 11,3 0,0 4,5 Livros 1,0 7,0 7,5 0,0 4,0 Utilidades domésticas 3,6 2,8 3,8 0,0 3,2 Smartphone 1,0 3,5 7,5 20,0 3,2 Perfume 2,0 2,8 5,7 0,0 2,7 Peças de decoração para o lar 2,6 2,8 3,8 0,0 2,7 Sapatos 1,0 2,8 1,9 20,0 2,2 Nenhum desses 4,6 5,6 0,0 0,0 4,2 NS/NR 5,1 2,1 1,9 20,0 4,0 Total

37 Em relação a Eletroeletrônicos/ Eletrodomésticos. O que o(a) Sr(a) sonha comprar? Município de Moradia Opções Vitória Vila Velha Serra Cariacica Total Televisão 18,0 12,7 25,0 18,0 18,4 Computador/Notebook 13,0 17,6 25,0 16,0 17,9 Geladeira 10,0 2,9 10,0 17,0 10,0 Celular 7,0 11,8 7,0 6,0 8,0 Tablet 6,0 6,9 4,0 3,0 5,0 Som 6,0 2,0 3,0 3,0 3,5 Fogão 3,0 2,9 5,0 2,0 3,2 Smartphone 1,0 1,0 2,0 2,0 1,5 Câmera digital 4,0 2,0 0,0 0,0 1,5 DVD 0,0 0,0 1,0 1,0 0,5 NS/NR 19,0 20,6 6,0 20,0 16,4 Outros 13,0 19,6 12,0 12,0 14,2 Total

38 Em relação a Eletroeletrônicos/ Eletrodomésticos. O que o(a) Sr(a) sonha comprar? Sexo Opções Masculino Feminino Total Televisão 21,2 15,8 18,4 Computador/Notebook 18,1 17,7 17,9 Geladeira 7,8 12,0 10,0 Celular 8,3 7,7 8,0 Tablet 5,7 4,3 5,0 Som 4,7 2,4 3,5 Fogão 1,0 5,3 3,2 Smartphone 1,0 1,9 1,5 Câmera digital 2,1 1,0 1,5 DVD 1,0 0,0 0,5 NS/NR 18,7 14,4 16,4 Outros 10,4 17,7 14,2 Total

39 Em relação a Eletroeletrônicos/ Eletrodomésticos. O que o(a) Sr(a) sonha comprar? Faixa Etária Opções De 16 a 19 De 20 a 29 De 30 a 39 De 40 a 49 De 50 a 59 De 60 anos Total anos anos anos anos anos acima Televisão 8,6 21,2 15,9 19,4 22,8 17,6 18,4 Computador/Notebook 14,3 19,2 29,5 18,1 10,5 5,9 17,9 Geladeira 2,9 11,1 8,0 11,1 12,3 11,8 10,0 Celular 11,4 7,1 8,0 4,2 3,5 17,6 8,0 Tablet 2,9 5,1 8,0 5,6 0,0 5,9 5,0 Som 0,0 6,1 2,3 4,2 5,3 0,0 3,5 Fogão 2,9 3,0 2,3 4,2 5,3 2,0 3,2 Smartphone 0,0 1,0 3,4 1,4 1,8 0,0 1,5 Câmera digital 5,7 0,0 2,3 0,0 1,8 2,0 1,5 DVD 0,0 1,0 0,0 0,0 1,8 0,0 0,5 NS/NR 20,0 11,1 11,4 16,7 21,1 27,5 16,4 Outros 31,4 14,1 9,1 15,3 14,0 9,8 14,2 Total

40 Em relação a Eletroeletrônicos/ Eletrodomésticos. O que o(a) Sr(a) sonha comprar? Escolaridade Opções Ensino Fundamental Ensino Médio Ensino Superior Total Televisão 21,7 17,4 15,0 18,4 Computador/Notebook 15,9 18,5 20,0 17,9 Geladeira 14,5 8,2 6,2 10,0 Celular 8,0 7,1 10,0 8,0 Tablet 2,9 4,3 10,0 5,0 Som 2,9 3,8 3,8 3,5 Fogão 3,6 2,7 3,8 3,2 Smartphone 0,7 2,7 0,0 1,5 Câmera digital 0,0 0,5 6,2 1,5 DVD 0,0 0,5 1,2 0,5 NS/NR 19,6 14,1 16,2 16,4 Outros 10,1 20,1 7,5 14,2 Total

41 Em relação a Eletroeletrônicos/ Eletrodomésticos. O que o(a) Sr(a) sonha comprar? Classe Social Opções D/E C A/B NS/NR Total Televisão 23,0 16,1 11,3 0,0 18,4 Computador/Notebook 19,9 14,0 24,5 0,0 17,9 Geladeira 10,7 10,5 5,7 10,0 10,0 Celular 8,2 7,7 7,5 10,0 8,0 Tablet 2,6 7,0 9,4 0,0 5,0 Som 3,1 4,2 1,9 10,0 3,5 Fogão 4,6 1,4 1,9 10,0 3,2 Smartphone 0,5 2,8 1,9 0,0 1,5 Câmera digital 0,0 2,1 5,7 0,0 1,5 DVD 1,0 0,0 0,0 0,0 0,5 NS/NR 16,8 14,0 17,0 40,0 16,4 Outros 9,7 20,3 13,2 20,0 14,2 Total Qual o grau de importância que o(a) Sr(a) dá ao atendimento recebido no comércio? Município de Moradia Opções Vitória Vila Velha Serra Cariacica Total Fundamental 54,0 52,0 35,0 52,0 48,3 Muito importante 38,0 28,4 50,0 26,0 35,6 Importante 5,0 16,7 13,0 21,0 13,9 Pouco importante 3,0 2,9 1,0 1,0 2,0 Sem importância 0,0 0,0 1,0 0,0 0,2 NS/NR 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 Total

42 Qual o grau de importância que o(a) Sr(a) dá ao atendimento recebido no comércio? Sexo Opções Masculino Feminino Total Fundamental 48,2 48,3 48,3 Muito importante 34,2 36,8 35,6 Importante 15,5 12,4 13,9 Pouco importante 2,1 1,9 2,0 Sem importância 0,0 0,5 0,2 NS/NR 0,0 0,0 0,0 Total Qual o grau de importância que o(a) Sr(a) dá ao atendimento recebido no comércio? Faixa Etária Opções De 60 De 16 a De 20 a De 30 a De 40 a De 50 a anos 19 anos 29 anos 39 anos 49 anos 59 anos acima Total Fundamental 54,3 50,5 42,0 52,8 50,9 41,2 48,3 Muito importante 34,3 33,3 38,6 37,5 31,6 37,3 35,6 Importante 11,4 13,1 17,0 6,9 17,5 17,6 13,9 Pouco importante 0,0 3,0 2,3 2,8 0,0 2,0 2,0 Sem importância 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 2,0 0,2 NS/NR 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 Total

43 Qual o grau de importância que o(a) Sr(a) dá ao atendimento recebido no comércio? Escolaridade Opções Ensino Fundamental Ensino Médio Ensino Superior Total Fundamental 40,6 46,2 66,2 48,3 Muito importante 37,0 38,0 27,5 35,6 Importante 21,0 13,0 3,8 13,9 Pouco importante 0,7 2,7 2,5 2,0 Sem importância 0,7 0,0 0,0 0,2 NS/NR 0,0 0,0 0,0 0,0 Total Qual o grau de importância que o(a) Sr(a) dá ao atendimento recebido no comércio? Classe Social Opções D/E C A/B NS/NR Total Fundamental 45,4 48,3 62,3 30,0 48,3 Muito importante 35,7 38,5 26,4 40,0 35,6 Importante 15,8 12,6 7,5 30,0 13,9 Pouco importante 2,6 0,7 3,8 0,0 2,0 Sem importância 0,5 0,0 0,0 0,0 0,2 NS/NR 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 Total

44 Que avaliação o (a) sr.(a) faz do atendimento do comércio na Grande Vitória? Município de Moradia Opções Vitória Vila Velha Serra Cariacica Total Ótimo 20,0 11,8 8,0 17,0 14,2 Bom 43,0 40,2 52,0 46,0 45,3 Regular 25,0 40,2 34,0 34,0 33,3 Ruim 6,0 2,0 3,0 1,0 3,0 Péssimo 6,0 4,9 3,0 1,0 3,7 NS/NR 0,0 1,0 0,0 1,0 0,5 Total Ótimo + Bom 63,0 52,0 60,0 63,0 59,5 Ruim + Péssimo 12,0 6,9 6,0 2,0 6,7 Que avaliação o (a) sr.(a) faz do atendimento do comércio na Grande Vitória? Sexo Opções Masculino Feminino Total Ótimo 16,1 12,4 14,2 Bom 44,0 46,4 45,3 Regular 34,2 32,5 33,3 Ruim 3,1 2,9 3,0 Péssimo 2,6 4,8 3,7 NS/NR 0,0 1,0 0,5 Total Ótimo + Bom 60,1 58,8 59,5 Ruim + Péssimo 5,7 7,7 6,

45 Que avaliação o (a) sr.(a) faz do atendimento do comércio na Grande Vitória? Faixa Etária Opções De 60 De 16 a De 20 a De 30 a De 40 a De 50 a anos 19 anos 29 anos 39 anos 49 anos 59 anos acima Total Ótimo 17,1 10,1 13,6 18,1 12,3 17,6 14,2 Bom 37,1 37,4 48,9 44,4 54,4 51,0 45,3 Regular 40,0 43,4 29,5 30,6 28,1 25,5 33,3 Ruim 2,9 3,0 4,5 4,2 0,0 2,0 3,0 Péssimo 2,9 6,1 3,4 2,8 5,3 0,0 3,7 NS/NR 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,5 Total Ótimo + Bom 54,2 47,5 62,5 62,5 66,7 68,6 59,5 Ruim + Péssimo 5,8 9,1 7,9 7,0 5,3 2,0 6,7 Que avaliação o (a) sr.(a) faz do atendimento do comércio na Grande Vitória? Escolaridade Opções Ensino Fundamental Ensino Médio Ensino Superior Total Ótimo 16,7 14,1 10,0 14,2 Bom 48,6 44,6 41,2 45,3 Regular 28,3 34,8 38,8 33,3 Ruim 2,9 1,6 6,2 3,0 Péssimo 2,2 4,9 3,8 3,7 NS/NR 1,4 0,0 0,0 0,5 Total Ótimo + Bom 65,3 58,7 51,2 59,5 Ruim + Péssimo 5,1 6,5 10,0 6,

46 Que avaliação o (a) sr.(a) faz do atendimento do comércio na Grande Vitória? Classe Social Opções D/E C A/B NS/NR Total Ótimo 20,4 7,7 11,3 0,0 14,2 Bom 42,3 49,7 43,4 50,0 45,3 Regular 31,1 37,1 32,1 30,0 33,3 Ruim 2,6 2,1 7,5 0,0 3,0 Péssimo 3,1 3,5 5,7 10,0 3,7 NS/NR 0,5 0,0 0,0 10,0 0,5 Total Ótimo + Bom 62,7 57,4 54,7 50,0 59,5 Ruim + Péssimo 5,7 5,6 13,2 10,0 6,7 O bom atendimento faz o(a) sr(a) voltar à loja? Município de Moradia Opções Vitória Vila Velha Serra Cariacica Total Sim 97,0 100,0 99,0 99,0 98,8 Não 3,0 0,0 1,0 0,0 1,0 NS/NR 0,0 0,0 0,0 1,0 0,2 Total O bom atendimento faz o(a) sr(a) voltar à loja? Sexo Opções Masculino Feminino Total Sim 98,4 99,0 98,8 Não 1,6 0,5 1,0 NS/NR 0,0 0,5 0,2 Total

47 O bom atendimento faz o(a) sr(a) voltar à loja? Faixa Etária Opções De 60 De 16 a De 20 a De 30 a De 40 a De 50 a anos 19 anos 29 anos 39 anos 49 anos 59 anos acima Total Sim 100,0 100,0 97,7 100,0 98,2 96,1 98,8 Não 0,0 0,0 2,3 0,0 1,8 2,0 1,0 NS/NR 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 2,0 0,2 Total O bom atendimento faz o(a) sr(a) voltar à loja? Escolaridade Opções Ensino Fundamental Ensino Médio Ensino Superior Total Sim 97,8 99,5 98,8 98,8 Não 1,4 0,5 1,2 1,0 NS/NR 0,7 0,0 0,0 0,2 Total O bom atendimento faz o(a) sr(a) voltar à loja? Classe Social Opções D/E C A/B NS/NR Total Sim 98,5 98,6 100,0 100,0 98,8 Não 1,0 1,4 0,0 0,0 1,0 NS/NR 0,5 0,0 0,0 0,0 0,2 Total

48 O(A) Sr.(A) deixaria de frequentar uma loja por causa do mau atendimento? Município de Moradia Opções Vitória Vila Velha Serra Cariacica Total Sim 95,0 96,1 94,0 98,0 95,8 Não 5,0 3,9 5,0 1,0 3,7 NS/NR 0,0 0,0 1,0 1,0 0,5 Total O(A) Sr.(A) deixaria de frequentar uma loja por causa do mau atendimento? Sexo Opções Masculino Feminino Total Sim 94,8 96,7 95,8 Não 4,7 2,9 3,7 NS/NR 0,5 0,5 0,5 Total O(A) Sr.(A) deixaria de frequentar uma loja por causa do mau atendimento? Faixa Etária Opções De 60 De 16 a De 20 a De 30 a De 40 a De 50 a anos 19 anos 29 anos 39 anos 49 anos 59 anos acima Total Sim 100,0 97,0 96,6 93,1 93,0 96,1 95,8 Não 0,0 3,0 2,3 6,9 7,0 2,0 3,7 NS/NR 0,0 0,0 1,1 0,0 0,0 2,0 0,5 Total

49 O(A) Sr.(A) deixaria de frequentar uma loja por causa do mau atendimento? Escolaridade Opções Ensino Fundamental Ensino Médio Ensino Superior Total Sim 94,9 95,7 97,5 95,8 Não 4,3 3,8 2,5 3,7 NS/NR 0,7 0,5 0,0 0,5 Total O(A) Sr.(A) deixaria de frequentar uma loja por causa do mau atendimento? Classe Social Opções D/E C A/B NS/NR Total Sim 95,9 95,1 96,2 100,0 95,8 Não 3,6 4,2 3,8 0,0 3,7 NS/NR 0,5 0,7 0,0 0,0 0,5 Total Quando o(a) Sr(a) é bem atendido...? x Município de Moradia Opções Vitória Vila Velha Serra Cariacica Total Sempre comenta com outras pessoas 84,0 88,2 88,0 89,0 87,3 As vezes comenta com outras pessoas 10,0 6,9 5,0 6,0 7,0 Não comenta com outras pessoas 6,0 4,9 7,0 5,0 5,7 NS/NR 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 Total

50 Quando o(a) Sr(a) é bem atendido...? x Sexo Opções Masculino Feminino Total Sempre comenta com outras pessoas 84,5 90,0 87,3 As vezes comenta com outras pessoas 9,3 4,8 7,0 Não comenta com outras pessoas 6,2 5,3 5,7 NS/NR 0,0 0,0 0,0 Total Opções Sempre comenta com outras pessoas As vezes comenta com outras pessoas Não comenta com outras pessoas Quando o(a) Sr(a) é bem atendido...? x Faixa Etária De 60 De 16 a De 20 a De 30 a De 40 a De 50 a anos 19 anos 29 anos 39 anos 49 anos 59 anos acima Total 80,0 85,9 92,0 90,3 89,5 80,4 87,3 11,4 8,1 5,7 6,9 3,5 7,8 7,0 8,6 6,1 2,3 2,8 7,0 11,8 5,7 NS/NR 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 Total

51 Quando o(a) Sr(a) é bem atendido...? x Escolaridade Opções Ensino Ensino Ensino Fundamental Médio Superior Total Sempre comenta com outras pessoas 87,7 88,0 85,0 87,3 As vezes comenta com outras pessoas 4,3 7,1 11,2 7,0 Não comenta com outras pessoas 8,0 4,9 3,8 5,7 NS/NR 0,0 0,0 0,0 0,0 Total Quando o(a) Sr(a) é bem atendido...? x Classe Social Opções D/E C A/B NS/NR Total Sempre comenta com outras pessoas 88,8 87,4 84,9 70,0 87,3 As vezes comenta com outras pessoas 4,1 8,4 11,3 20,0 7,0 Não comenta com outras pessoas 7,1 4,2 3,8 10,0 5,7 NS/NR 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 Total

52 E quando é mal atendido...? x Município de Moradia Opções Vitória Vila Velha Serra Cariacica Total Sempre comenta com outras pessoas 74,0 78,4 83,0 76,0 77,9 As vezes comenta com outras pessoas 19,0 11,8 2,0 16,0 12,2 Não comenta com outras pessoas 7,0 9,8 15,0 8,0 10,0 NS/NR 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 Total E quando é mal atendido...? x Sexo Opções Masculino Feminino Total Sempre comenta com outras pessoas 78,2 77,5 77,9 As vezes comenta com outras pessoas 11,9 12,4 12,2 Não comenta com outras pessoas 9,8 10,0 10,0 NS/NR 0,0 0,0 0,0 Total

53 Opções Sempre comenta com outras pessoas As vezes comenta com outras pessoas Não comenta com outras pessoas E quando é mal atendido...? x Faixa Etária De 60 De 16 a De 20 a De 30 a De 40 a De 50 a anos 19 anos 29 anos 39 anos 49 anos 59 anos acima Total 80,0 81,8 76,1 75,0 77,2 76,5 77,9 14,3 9,1 15,9 12,5 8,8 13,7 12,2 5,7 9,1 8,0 12,5 14,0 9,8 10,0 NS/NR 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 Total E quando é mal atendido...? x Escolaridade Opções Ensino Ensino Ensino Fundamental Médio Superior Total Sempre comenta com outras pessoas 76,1 78,8 78,8 77,9 As vezes comenta com outras pessoas 13,0 11,4 12,5 12,2 Não comenta com outras pessoas 10,9 9,8 8,8 10,0 NS/NR 0,0 0,0 0,0 0,0 Total

54 E quando é mal atendido...? x Classe Social Opções D/E C A/B NS/NR Total Sempre comenta com outras pessoas 75,0 77,6 86,8 90,0 77,9 As vezes comenta com outras pessoas 15,3 9,8 9,4 0,0 12,2 Não comenta com outras pessoas 9,7 12,6 3,8 10,0 10,0 NS/NR 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 Total Em sua opinião, porque ocorre o mau atendimento no comércio? Município de Moradia Opções Vitória Vila Velha Serra Cariacica Total Falta treinamento 18,0 35,3 33,0 20,0 26,6 Estresse 28,0 16,7 16,0 32,0 23,1 Falta de educação 16,0 11,8 23,0 8,0 14,7 Falta de interesse 13,0 9,8 10,0 12,0 11,2 Falta bons funcionários para atender 12,0 8,8 14,0 9,0 10,9 Insatisfação com o emprego 16,0 6,9 8,0 11,0 10,4 Baixo grau de instrução do atendente 15,0 9,8 7,0 9,0 10,2 Mau humor 7,0 6,9 13,0 5,0 8,0 Carga horária excessiva 12,0 3,9 4,0 12,0 8,0 Valorização da aparência do cliente 7,0 7,8 8,0 3,0 6,5 Inexperiência 8,0 2,9 6,0 7,0 6,0 Salário 4,0 4,9 9,0 2,0 5,0 Problemas familiares 1,0 4,9 6,0 5,0 4,2 Má condição de trabalho 3,0 2,0 7,0 0,0 3,0 Irresponsabilidade do proprietário do estabelecimento 3,0 2,0 2,0 3,0 2,5 Problemas gerenciais 1,0 0,0 2,0 1,0 1,0 Visão ultrapassada de comércio 2,0 0,0 0,0 0,0 0,

55 Pouca concorrência 0,0 1,0 0,0 0,0 0,2 NS/NR 5,0 3,9 8,0 2,0 4,7 Outros 1,0 7,8 4,0 7,0 5,0 Total* 172,0 147,1 180,0 148,0 161,7 *O entrevistado podia citar mais de uma opção de resposta. Em sua opinião, porque ocorre o mau atendimento no comércio? Sexo Opções Masculino Feminino Total Falta treinamento 29,0 24,4 26,6 Estresse 21,8 24,4 23,1 Falta de educação 17,1 12,4 14,7 Falta de interesse 13,5 9,1 11,2 Falta bons funcionários para atender 14,0 8,1 10,9 Insatisfação com o emprego 7,8 12,9 10,4 Baixo grau de instrução do atendente 10,9 9,6 10,2 Mau humor 6,7 9,1 8,0 Carga horária excessiva 6,7 9,1 8,0 Valorização da aparência do cliente 5,7 7,2 6,5 Inexperiência 4,7 7,2 6,0 Salário 6,7 3,3 5,0 Problemas familiares 2,1 6,2 4,2 Má condição de trabalho 4,7 1,4 3,0 Irresponsabilidade do proprietário do estabelecimento 1,6 3,3 2,5 Problemas gerenciais 0,0 1,9 1,0 Visão ultrapassada de comércio 1,0 0,0 0,5 Pouca concorrência 0,5 0,0 0,2 NS/NR 5,2 4,3 4,7 Outros 5,2 4,8 5,0 Total* 164,8 158,9 161,7 *O entrevistado podia citar mais de uma opção de resposta

56 Em sua opinião, porque ocorre o mau atendimento no comércio? Faixa Etária Opções De 16 a 19 anos De 20 a 29 anos De 30 a 39 anos De 40 a 49 anos De 50 a 59 anos De 60 anos acima Total Falta treinamento 11,4 23,2 36,4 30,6 26,3 21,6 26,6 Estresse 20,0 23,2 26,1 26,4 10,5 29,4 23,1 Falta de educação 14,3 17,2 10,2 20,8 10,5 13,7 14,7 Falta de interesse 8,6 7,1 13,6 8,3 17,5 13,7 11,2 Falta bons funcionários 8,6 7,1 13,6 12,5 14,0 9,8 10,9 para atender Insatisfação com o emprego 20,0 10,1 11,4 5,6 8,8 11,8 10,4 Baixo grau de instrução do atendente 8,6 14,1 10,2 11,1 3,5 9,8 10,2 Mau humor 0,0 8,1 6,8 8,3 14,0 7,8 8,0 Carga horária excessiva 5,7 9,1 12,5 8,3 3,5 3,9 8,0 Valorização da 11,4 5,1 2,3 6,9 12,3 5,9 6,5 aparência do cliente Inexperiência 8,6 12,1 3,4 5,6 1,8 2,0 6,0 Salário 5,7 4,0 6,8 5,6 7,0 0,0 5,0 Problemas familiares 2,9 2,0 4,5 6,9 7,0 2,0 4,2 Má condição de trabalho 0,0 2,0 4,5 5,6 3,5 0,0 3,0 Irresponsabilidade do proprietário do estabelecimento 2,9 2,0 3,4 2,8 0,0 3,9 2,5 Problemas gerenciais 0,0 0,0 2,3 2,8 0,0 0,0 1,0 Visão ultrapassada de comércio 0,0 0,0 2,3 0,0 0,0 0,0 0,5 Pouca concorrência 0,0 0,0 1,1 0,0 0,0 0,0 0,2 NS/NR 5,7 7,1 3,4 2,8 1,8 7,8 4,7 Outros 2,9 4,0 5,7 2,8 3,5 11,8 5,0 Total* 137,1 157,6 180,7 173,6 145,6 154,9 161,7 *O entrevistado podia citar mais de uma opção de resposta

LOJAS DE RUA GANHAM A PREFERÊNCIA DO CONSUMIDOR NA HORA DE FAZER COMPRAS Inayara Soares da Silva

LOJAS DE RUA GANHAM A PREFERÊNCIA DO CONSUMIDOR NA HORA DE FAZER COMPRAS Inayara Soares da Silva LOJAS DE RUA GANHAM A PREFERÊNCIA DO CONSUMIDOR NA HORA DE FAZER COMPRAS Inayara Soares da Silva A atual praticidade na hora de fazer compras e procurar alguns tipos de serviço leva o consumidor a optar

Leia mais

MULHER NO MERCADO DE TRABALHO

MULHER NO MERCADO DE TRABALHO MULHER NO MERCADO DE TRABALHO Tâmara Freitas Barros A mulher continua a ser discriminada no mercado de trabalho. Foi o que 53,2% dos moradores da Grande Vitória afirmaram em recente pesquisa da Futura,

Leia mais

PLANOS DE SAÚDE. Leandro de Souza Lino

PLANOS DE SAÚDE. Leandro de Souza Lino 1 PLANOS DE SAÚDE Leandro de Souza Lino Na atualidade, as pessoas estão cada vez mais preocupadas com a qualidade de vida e, por sua vez, com a saúde. Assim, a necessidade de ter planos de saúde se faz

Leia mais

DELIVERY. Revieni Chisté Zanotelli. Revieni Chisté Zanotelli é economista e analista de pesquisas da Futura

DELIVERY. Revieni Chisté Zanotelli. Revieni Chisté Zanotelli é economista e analista de pesquisas da Futura DELIVERY Revieni Chisté Zanotelli O serviço de entrega de produtos (delivery) foi criado para proporcionar comodidade às pessoas e, também, para aqueles que estão sem tempo de ir até ao estabelecimento

Leia mais

PLANO DE SAÚDE SETEMBRO DE 2011 1

PLANO DE SAÚDE SETEMBRO DE 2011 1 PLANO DE SAÚDE SETEMBRO DE 2011 1 CRESCEU O NÚMERO DE USUÁRIOS DE PLANOS DE SAÚDE Emmanuelle Serrano Queiroz Segundo reportagem publicada pela revista Exame, o crescimento dos gastos com saúde é tendência

Leia mais

MAIS DE 70% NÃO SABEM DENUNCIAR UMA OBRA IRREGULAR

MAIS DE 70% NÃO SABEM DENUNCIAR UMA OBRA IRREGULAR MAIS DE 70% NÃO SABEM DENUNCIAR UMA OBRA IRREGULAR Emmanuelle Serrano Queiroz O tema fiscalização de obras está bastante estampado na mídia devido aos vários acontecimentos. Pelo fato de o assunto ter

Leia mais

O(a) Sr.(a) acompanhou o campeonato estadual deste ano?

O(a) Sr.(a) acompanhou o campeonato estadual deste ano? FUTEBOL CAPIXABA Andressa Assis e Luiz Henrique Borges A Futura foi às ruas para saber a opinião dos moradores da Grande Vitória sobre os times de futebol capixaba. E, segundo se deduz das entrevistas,

Leia mais

INTERNET E EDUCAÇÃO. Tâmara Barros. Tâmara Barros é estatística e analista de pesquisas da Futura 3235-5440 tamara@futuranet.ws

INTERNET E EDUCAÇÃO. Tâmara Barros. Tâmara Barros é estatística e analista de pesquisas da Futura 3235-5440 tamara@futuranet.ws INTERNET E EDUCAÇÃO Tâmara Barros A internet propiciou um novo ambiente de comunicação online e instantâneo, eliminando distâncias e permitindo trocas de informações a um custo acessível. Com a popularização

Leia mais

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo.

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo. 1 MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo Maio/ 2014 Metodologia 2 Metodologia 3 Técnica Pesquisa quantitativa,

Leia mais

O CONSUMO VIRTUAL NO BRASIL

O CONSUMO VIRTUAL NO BRASIL O CONSUMO VIRTUAL NO BRASIL Março 2015 1. PANORAMA DO CONSUMO VIRTUAL NO BRASIL Eletroeletrônicos, livros e calçados foram os itens mais comprados em 2014. Índice de satisfação do consumidor virtual brasileiro

Leia mais

Metodologia. Entrevistas com amostra de usuárias brasileiras de internet via questionário online. Quantidade de entrevistas realizadas: 656

Metodologia. Entrevistas com amostra de usuárias brasileiras de internet via questionário online. Quantidade de entrevistas realizadas: 656 Compras - Natal Sophia Mind A Sophia Mind Pesquisa e Inteligência de Mercado é a empresa do grupo de comunicação feminina Bolsa de Mulher voltada para pesquisa e inteligência de mercado. Cem por cento

Leia mais

NOVAS TECNOLOGIAS E INVASÃO DE PRIVACIDADE

NOVAS TECNOLOGIAS E INVASÃO DE PRIVACIDADE NOVAS TECNOLOGIAS E INVASÃO DE PRIVACIDADE Leandro de Souza Lino Com o advento das novas tecnologias, como telefones celulares equipados com câmeras fotográficas e/ou filmadoras, além das câmeras de segurança

Leia mais

PESQUISA DE POTENCIAL DE COMPRAS PARA O DIA DAS MÃES

PESQUISA DE POTENCIAL DE COMPRAS PARA O DIA DAS MÃES PESQUISA DE POTENCIAL DE COMPRAS PARA O DIA DAS MÃES Macapá-AP, Abril de 2015 A Pesquisa sobre o potencial de compras para o dia das mães, foi realizada pelo IPDC/AP nos dias 22 e 24 de abril tem como

Leia mais

MAIS DA METADE DOS CAPIXABAS NÃO POSSUI PLANO DE SAÚDE

MAIS DA METADE DOS CAPIXABAS NÃO POSSUI PLANO DE SAÚDE MAIS DA METADE DOS CAPIABAS NÃO POSSUI PLANO DE SAÚDE Emmanuelle Serrano Queiroz Em alguns países, as despesas com saúde já correspondem a mais de 10% do PIB. E, um fator que será determinante para o aumento

Leia mais

NOVAS TECNOLOGIAS E INVASÃO DE PRIVACIDADE

NOVAS TECNOLOGIAS E INVASÃO DE PRIVACIDADE NOVAS TECNOLOGIAS E INVASÃO DE PRIVACIDADE Leandro de Souza Lino Com a onda de violência que gira em torno dos grandes centros urb, é cada vez mais comum encontrar câmeras de segurança instaladas em diversos

Leia mais

PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - NATAL

PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - NATAL PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - NATAL Natal, setembro de 2015 1 Sumário 1. Aspectos Metodológicos... 3 2. Descrição dos Resultados... 4 Itens de comemoração... 4 Gastos com presente... 4 Local e quando compra...

Leia mais

PESQUISA SOBRE O POTENCIAL DE COMPRA PARA O DIA DAS MÃES

PESQUISA SOBRE O POTENCIAL DE COMPRA PARA O DIA DAS MÃES PESQUISA SOBRE O POTENCIAL DE COMPRA PARA O DIA DAS MÃES SUMÁRIO 1. RESULTADOS SINTÉTICOS DA PESQUISA... 4 Ilustração 1 - Consumidores que irão comprar algum produto para presentear no Dia das Mães...

Leia mais

PESQUISA DE POTENCIAL DE COMPRAS PARA O NATAL

PESQUISA DE POTENCIAL DE COMPRAS PARA O NATAL PESQUISA DE POTENCIAL DE COMPRAS PARA O NATAL Macapá-AP, Dezembro de 2014 RESULTADOS DA PESQUISA O Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Comércio do Estado do Amapá (IPDC), ligado a Fecomércio Amapá,

Leia mais

O MELHOR DO VERÃO. Dihego Pansini de Souza

O MELHOR DO VERÃO. Dihego Pansini de Souza O MELHOR DO VERÃO Dihego Pansini de Souza O verão é uma temporada muito esperada para passeios turísticos, férias, viagens e outros atrativos de lazer. O Instituto Futura buscou investigar quais são os

Leia mais

Pesquisa Intenções de compras do Dia das Mães

Pesquisa Intenções de compras do Dia das Mães Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Pesquisa Intenções de compras do Dia das Mães Um perfil dos consumidores no Dia das Mães da Região de Joinville DPLAN - Núcleo de Pesquisas Pesquisa de

Leia mais

CELULAR CONTINUA NA MODA

CELULAR CONTINUA NA MODA CELULAR CONTINUA NA MODA Emmanuelle Serrano Queiroz Novas tecnologias são lançadas no mercado diariamente e pensando nisso a Futura foi às ruas da Grande Vitória para descobrir a opinião dos moradores

Leia mais

TIC Domicílios 2007 Comércio Eletrônico

TIC Domicílios 2007 Comércio Eletrônico TIC Domicílios 2007 Comércio Eletrônico DESTAQUES 2007 O Estudo sobre Comércio Eletrônico da TIC Domicílios 2007 apontou que: Quase a metade das pessoas que já utilizaram a internet declarou ter realizado

Leia mais

Hábitos de Leitura. Tâmara Freitas Barros

Hábitos de Leitura. Tâmara Freitas Barros Hábitos de Leitura Tâmara Freitas Barros Um contingente de 671 mil moradores da Grande Vitória, o que corresponde a 60% da população acima de 16, não tem o costume de ler. Essa é apenas uma das constatações

Leia mais

O papel das empresas e o lucro. 20 de Setembro de 2009

O papel das empresas e o lucro. 20 de Setembro de 2009 O papel das empresas e o lucro 1 20 de Setembro de 2009 O papel das empresas e o lucro Roberta Atherton Magalhães Dias No ano de 2005, a Futura realizou uma pesquisa que avaliava, na percepção dos capixabas,

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS MARÇO DE 2014 JOB0402 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Avaliar a atual administração do município de Acopiara. Acopiara

Leia mais

MAIORIA NÃO CONVERSA COM A FAMÍLIA SOBRE DOAÇÃO DE ÓRGÃOS

MAIORIA NÃO CONVERSA COM A FAMÍLIA SOBRE DOAÇÃO DE ÓRGÃOS MAIORIA NÃO CONVERSA COM A FAMÍLIA SOBRE DOAÇÃO DE ÓRGÃOS Emmanuelle Serrano Queiroz No Brasil, a doação de órgãos é, sem dúvida, um tema que sempre está em discussão, principalmente no que se refere às

Leia mais

Pesquisa de Opinião do Consumidor Expectativas para o Natal 2014

Pesquisa de Opinião do Consumidor Expectativas para o Natal 2014 A área de Estudos Econômicos do Sistema Fecomércio MG realizou esta pesquisa com o objetivo de traçar um quadro sobre o possível comportamento do consumidor no Natal 2014. Trata-se de um instrumento capaz

Leia mais

PESQUISA DIA DOS PAIS - NATAL

PESQUISA DIA DOS PAIS - NATAL PESQUISA DIA DOS PAIS - NATAL 1 Natal, julho de 2015 Sumário 1. ASPECTOS TÉCNICOS... 3 2. SÍNTESE DOS RESULTADOS... 4 Presentes... 4 Gastos... 4 Local e quando compra... 4 Estratégias... 5 Passeio... 5

Leia mais

Nosso Planeta Mobile: Brasil

Nosso Planeta Mobile: Brasil Nosso Planeta Mobile: Brasil Como entender o usuário de celular Maio de 2012 1 Resumo executivo Os smartphones se tornaram indispensáveis para nosso cotidiano. A difusão dos smartphones atinge 14% da população,

Leia mais

TÍTULO: COMERCIO ELETRÔNICO (E-COMMERCE) CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO

TÍTULO: COMERCIO ELETRÔNICO (E-COMMERCE) CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO TÍTULO: COMERCIO ELETRÔNICO (E-COMMERCE) CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE AURIFLAMA AUTOR(ES): EBERSON EVANDRO DA SILVA GUNDIN, PAULO

Leia mais

EXPECTATIVAS, GESTÃO E AÇÕES DOS EMPRESÁRIOS DO COMÉRCIO VAREJISTA PARA O NATAL DE 2013 MACAPÁ - 2013

EXPECTATIVAS, GESTÃO E AÇÕES DOS EMPRESÁRIOS DO COMÉRCIO VAREJISTA PARA O NATAL DE 2013 MACAPÁ - 2013 EXPECTATIVAS, GESTÃO E AÇÕES DOS EMPRESÁRIOS DO COMÉRCIO VAREJISTA PARA O NATAL DE 2013 MACAPÁ - 2013 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 POPULAÇÃO... 3 4 COLETA DE DADOS... 3 5 RESULTADOS... 4 Ilustração 1 -

Leia mais

Metodologia. Entrevistas com amostra de usuárias brasileiras de internet via questionário online.

Metodologia. Entrevistas com amostra de usuárias brasileiras de internet via questionário online. Assunto E-commerce Metodologia Entrevistas com amostra de usuárias brasileiras de internet via questionário online. Quantidade de entrevistas realizadas: 1.652 mulheres Perfil: 18 a 50 anos Mercado: Brasil

Leia mais

DOAÇÃO DE SANGUE. Raquel Rocha Gomes

DOAÇÃO DE SANGUE. Raquel Rocha Gomes DOAÇÃO DE SANGUE Raquel Rocha Gomes O dia 25 de novembro é nacionalmente comemorado como o dia do doador de sangue. Aproveitando esse tema, a Futura realizou uma pesquisa com os moradores da Grande Vitória

Leia mais

PESQUISA DIA DOS PAIS - MOSSORÓ

PESQUISA DIA DOS PAIS - MOSSORÓ PESQUISA DIA DOS PAIS - MOSSORÓ 1 Mossoró, julho de 2015 Sumário 1. ASPECTOS TÉCNICOS... 3 2. SÍNTESE DOS RESULTADOS... 4 Presentes... 4 Gastos... 4 Estratégias... 5 Passeio... 5 Momento... 5 3. GRÁFICOS

Leia mais

O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente

O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente Maio de 2015 Slide 1 OBJETIVOS DO ESTUDO Mapear atitudes e comportamentos das pessoas que não possuem conta corrente em banco com relação

Leia mais

SONDAGEM DATAS COMEMORATIVAS BLACK FRIDAY

SONDAGEM DATAS COMEMORATIVAS BLACK FRIDAY SONDAGEM DATAS COMEMORATIVAS BLACK FRIDAY Novembro 2015 INTRODUÇÃO O SPC Brasil e a CNDL (Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas) desenvolveram uma sondagem para as datas comemorativas com o objetivo

Leia mais

MORADORES DE RUA E FLANELINHAS

MORADORES DE RUA E FLANELINHAS 1 MORADORES DE RUA E FLANELINHAS Leandro de Souza Lino À margem da sociedade, a quantidade de moradores de rua tem sido crescente no cotidiano das grandes cidades. E aliado a isso, a presença de flanelinhas

Leia mais

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA Indicadores CNI RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA Perfil do Consumidor Brasileiro Brasileiros barganham e esperam promoções para adquirir bens de maior valor 64% Esperam por promoções para ir às compras

Leia mais

MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional.

MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional. Empresa MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional. Nossa filosofia e oferecer ferramentas de gestão focadas na

Leia mais

BULLYING. Patrícia Gonoring

BULLYING. Patrícia Gonoring BULLYING Patrícia Gonoring A tragédia de Realengo, em que Wellington Menezes de Oliveira, o responsável pelo massacre, teria sido vítima de bullying na mesma escola em que mais tarde se transformara de

Leia mais

FACETAS DA MULHER BRASILEIRA: VISÃO DAS BRASILEIRAS SOBRE A IMAGEM DA MULHER NOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO

FACETAS DA MULHER BRASILEIRA: VISÃO DAS BRASILEIRAS SOBRE A IMAGEM DA MULHER NOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO FACETAS DA MULHER BRASILEIRA: VISÃO DAS BRASILEIRAS SOBRE A IMAGEM DA MULHER NOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO Fevereiro 2016 A MULHER NOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO O que mais incomoda no discurso/posição que a mulher

Leia mais

Esta é a pesquisa de satisfação

Esta é a pesquisa de satisfação Esta é a pesquisa de satisfação dos usuários de saneamento básico realizada entre a categoria residencial dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário regulados pela Agência em 244 municípios

Leia mais

Metodologia Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas pessoais.

Metodologia Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas pessoais. Espírito Santo Metodologia Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas pessoais.!"#$& "' "" ""() *'+#',- &',,,."/ "0112 *"#/3'""45'6'" ')$'"+789#&' &'&*"#" *"',01.

Leia mais

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce...

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce... Sumário Bleez Agência Digital... 3 Quem sou eu... 4 Introdução... 5 Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7 Quem está comprando no ecommerce... 10 Por que os brasileiros estão comprando mais... 12 O

Leia mais

Nosso Planeta Mobile: Brasil

Nosso Planeta Mobile: Brasil Nosso Planeta Mobile: Brasil Como entender o usuário de celular Maio de 2013 1 Resumo executivo Os smartphones se tornaram indispensáveis para nosso cotidiano. A difusão dos smartphones atinge 26 % da

Leia mais

Pesquisa intenções de compras para o Dia dos Pais

Pesquisa intenções de compras para o Dia dos Pais Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Pesquisa intenções de compras para o Dia dos Pais Perfil do Consumidor para Grande Florianópolis DPLAN - Núcleo de Pesquisas PESQUISA INTENÇÕES DE COMPRAS

Leia mais

RESTRIÇÃO À UTILIZAÇÃO DAS SACOLAS PLÁSTICAS É CONTROVERSA

RESTRIÇÃO À UTILIZAÇÃO DAS SACOLAS PLÁSTICAS É CONTROVERSA RESTRIÇÃO À UTILIZAÇÃO DAS SACOLAS PLÁSTICAS É CONTROVERSA Roberta Atherton Diversas capitais brasileiras já aprovaram leis que limitam ou proíbem a utilização de sacolas plásticas em estabelecimentos

Leia mais

Pesquisa Intenções de Compras pela Internet

Pesquisa Intenções de Compras pela Internet Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Pesquisa Intenções de Compras pela Internet Avaliação do cenário de compras pela internet na região da Grande Florianópolis Setor de Projetos, Pesquisa

Leia mais

Pesquisa de. Dia dos Namorados

Pesquisa de. Dia dos Namorados ASSESSORIA ECONÔMICA Pesquisa de Dia dos Namorados 2013 Pesquisa realizada pelo Instituto Fecomércio de Pesquisa - IFEP Relatório elaborado pela Assessoria Econômica Fecomércio-RS PESQUISA DIA DOS NAMORADOS

Leia mais

REDES SOCIAIS NA INTERNET

REDES SOCIAIS NA INTERNET 1 REDES SOCIAIS NA INTERNET Leandro de Souza Lino O maior acesso das pessoas à internet, e, consequentemente, o crescimento das redes sociais virtuais, alteram toda a relação entre as pessoas, já que crescem

Leia mais

Previdência Privada no Mercado Brasileiro. Nobody s Unpredictable

Previdência Privada no Mercado Brasileiro. Nobody s Unpredictable Previdência Privada no Mercado Brasileiro Nobody s Unpredictable Objetivos e Características 2 Objetivos e metodologia Metodologia Quantitativa, por meio de pesquisa amostral com questionário estruturado

Leia mais

Câmara de Dirigentes Lojistas de Goiânia (CDL Goiânia)

Câmara de Dirigentes Lojistas de Goiânia (CDL Goiânia) Câmara de Dirigentes Lojistas de Goiânia (CDL Goiânia) INTENÇÃO DE COMPRAS PARA O DIA DAS MÃES GOIÂNIA INTRODUÇÃO Resultado da pesquisa social aplicada, baseada em questionários, sobre intenção de compras

Leia mais

Pesquisa. Intenção de

Pesquisa. Intenção de Pesquisa SPC BRASIL: Intenção de Compras para o Natal Novembro/2013 Pesquisa do SPC Brasil revela que brasileiros pretendem gastar mais e comprar mais presentes neste Natal Se depender dos consumidores

Leia mais

DENGUE. Jamila Rainha Jamila Rainha é cientista social e consultora de Pesquisa 3235-5436/9959-2986

DENGUE. Jamila Rainha Jamila Rainha é cientista social e consultora de Pesquisa 3235-5436/9959-2986 DENGUE A Secretaria de Saúde do Estado do Espírito Santo confirmou a primeira morte causada por dengue hemorrágica no ano de 2009. A vítima era moradora da Serra (terceiro município em números de casos

Leia mais

Pesquisa Hábitos de Consumo Dia dos Pais 2015

Pesquisa Hábitos de Consumo Dia dos Pais 2015 Pesquisa Hábitos de Consumo Dia dos Pais 2015 Agosto de 2015 2014 Copyright Boa Vista Serviços 1 Índice o Objetivo, metodologia e amostra... 03 o Sumário... 04 o Perfil dos respondentes... 05 o Pretensão

Leia mais

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo.

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo. 1 MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo Abril / 2014 Metodologia 2 Metodologia 3 Técnica Pesquisa quantitativa,

Leia mais

PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS

PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS A pesquisa foi realizada no período de 25 a 31 de março de, com uma amostra de 545 questionários. Utilizou-se o dimensionamento da pesquisa probabilística com p=0,50 e q=0,50, confiabilidade 95%, margem

Leia mais

A PRINCIPAL JUSTIFICATIVA PARA A NÃO DOAÇÃO DE ÓRGÃOS É O MEDO

A PRINCIPAL JUSTIFICATIVA PARA A NÃO DOAÇÃO DE ÓRGÃOS É O MEDO A PRINCIPAL JUSTIFICATIVA PARA A NÃO DOAÇÃO DE ÓRGÃOS É O MEDO Inayara Soares da Silva No Brasil, eiste a carência de doadores de órgãos, o que acaba dificultando os processos de transplante em todo o

Leia mais

CONTRATAÇÃO DE MÃO DE OBRA TEMPORÁRIA PELO COMÉRCIO VAREJISTA

CONTRATAÇÃO DE MÃO DE OBRA TEMPORÁRIA PELO COMÉRCIO VAREJISTA CONTRATAÇÃO DE MÃO DE OBRA TEMPORÁRIA PELO COMÉRCIO VAREJISTA Pesquisa realizada pela CNDL e SPC Brasil buscou avaliar o perfil de contratação de mão de obra temporária pelos varejistas para o final de

Leia mais

Segurança na Rede - 1-21. Simone Cardoso

Segurança na Rede - 1-21. Simone Cardoso Segurança na Rede Simone Cardoso No final do ano passado, o congresso aprovou a criação da Lei da Carolina Dieckman, que pune os responsáveis por crimes virtuais. Na época a atriz que dá nome a lei federal,

Leia mais

ASSALTO E MEDO. Dihego Pansini

ASSALTO E MEDO. Dihego Pansini ASSALTO E MEDO Dihego Pansini As relações humanas têm se aprofundado cada vez mais nas últimas décadas. Nesse processo, um dos grandes desafios do ser humano moderno é aprender a lidar com as diferenças

Leia mais

Pesquisa IBOPE Ambiental. Setembro de 2011

Pesquisa IBOPE Ambiental. Setembro de 2011 Pesquisa IBOPE Ambiental Setembro de 2011 Com quem falamos? Metodologia & Amostra Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas telefônicas. Objetivo geral Identificar

Leia mais

Hábitos de Consumo Dia dos Namorados 2015

Hábitos de Consumo Dia dos Namorados 2015 Hábitos de Consumo Dia dos Namorados 2015 3 de junho de 2015 2014 Copyright Boa Vista Serviços 1 Objetivo, metodologia e amostra o Objetivo: a sondagem ter por objetivo identificar os hábitos de compras

Leia mais

VOLUNTARIADO. Dihego Pansini de Souza

VOLUNTARIADO. Dihego Pansini de Souza VOLUNTARIADO Dihego Pansini de Souza No dicionário Aurélio, o significado da palavra voluntário é aquele que age espontaneamente; derivado da vontade própria, em que não há coação. Sobre a palavra voluntariado,

Leia mais

FALTA DE TEMPO IMPEDE A REALIZAÇÃO DE TRABALHO VOLUNTÁRIO

FALTA DE TEMPO IMPEDE A REALIZAÇÃO DE TRABALHO VOLUNTÁRIO FALTA DE TEMPO IMPEDE A REALIZAÇÃO DE TRABALHO VOLUNTÁRIO Priscila Zanotti Pizol No dia 28 de agosto é comemorado o Dia Nacional do Voluntariado. Para participar de um trabalho voluntário é preciso solidariedade,

Leia mais

Pesquisa Quantitativa Plastivida. Setembro de 2012

Pesquisa Quantitativa Plastivida. Setembro de 2012 Pesquisa Quantitativa Plastivida Setembro de 2012 objetivo geral Verificar a opinião da população de Belo Horizonte acerca da retirada das sacolas plásticas dos estabelecimentos comerciais da cidade e

Leia mais

Pesquisa de Satisfação do Trem de Passageiros da Estrada de Ferro Vitória a Minas

Pesquisa de Satisfação do Trem de Passageiros da Estrada de Ferro Vitória a Minas Pesquisa de Satisfação do Trem de Passageiros da Estrada de Ferro Vitória a Minas Estudo realizado pelo Instituto Futura a pedido da Vale. Novembro de 2013 Pesquisa de Satisfação do Trem de Passageiros

Leia mais

PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - MOSSORÓ

PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - MOSSORÓ PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - MOSSORÓ Mossoró, setembro de 2015 1 Sumário 1. Aspectos Metodológicos... 3 2. Descrição dos Resultados... 4 Itens de comemoração... 4 Gastos com presente... 4 Local e quando

Leia mais

CORRUPÇÃO E DANÇAS DAS CADEIRAS NO GOVERNO DILMA

CORRUPÇÃO E DANÇAS DAS CADEIRAS NO GOVERNO DILMA CORRUPÇÃO E DANÇAS DAS CADEIRAS NO GOVERNO DILMA Tyago Ribeiro Hoffmann A Futura foi às ruas da Grande Vitória para colher a opinião dos capixabas sobre a corrupção no Governo Federal e constatou que 90,5%

Leia mais

INTENÇÃO DE COMPRA NATAL 2014

INTENÇÃO DE COMPRA NATAL 2014 1 INTENÇÃO DE COMPRA NATAL 2014 2 Faculdade Estácio de Sá de Campo Grande Intenção de Compra para o Natal 2014 Rua Venâncio Borges do Nascimento, 377 Jardim Tv Morena Campo Grande - MS, 79050-700 Fone:

Leia mais

RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DAS CRIANÇAS 2012

RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DAS CRIANÇAS 2012 RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DAS CRIANÇAS 2012 CONVÊNIO UCDB-ACICG-PMCG 26/09/2012 RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DAS CRIANÇAS 2012 CONVÊNIO UCDB-ACICG-PMCG

Leia mais

FECOMÉRCIO VEÍCULO: O MOSSOROENSE DATA: 06.05.15 EDITORIA: EMERY COSTA. Classificação: Positiva

FECOMÉRCIO VEÍCULO: O MOSSOROENSE DATA: 06.05.15 EDITORIA: EMERY COSTA. Classificação: Positiva FECOMÉRCIO VEÍCULO: O MOSSOROENSE DATA: 06.05.15 EDITORIA: EMERY COSTA Classificação: Positiva VEÍCULO: PORTAL MERCADO ABERTO DATA: 05.05.15 Expectativa de vendas para o Dia das Mães é alta Uma pesquisa

Leia mais

Empresários apostam no Dia dos Pais para alavancar vendas, aponta pesquisa da CDL/BH

Empresários apostam no Dia dos Pais para alavancar vendas, aponta pesquisa da CDL/BH PRESS-RELEASE Empresários apostam no Dia dos Pais para alavancar vendas, aponta pesquisa da CDL/BH Para 56,83% dos entrevistados, o faturamento será melhor em relação ao ano passado Belo Horizonte, 27

Leia mais

RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS NATAL 2012 CONVÊNIO UCDB-ACICG-PMCG

RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS NATAL 2012 CONVÊNIO UCDB-ACICG-PMCG RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS NATAL 2012 CONVÊNIO UCDB-ACICG-PMCG 15/12/2012 RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS NATAL 2012 CONVÊNIO UCDB-ACICG-PMCG Professores Responsáveis:

Leia mais

RELATÓRIO DA PESQUISA DA QUALIDADE DE VIDA NA CIDADE DE ARACRUZ.

RELATÓRIO DA PESQUISA DA QUALIDADE DE VIDA NA CIDADE DE ARACRUZ. RELATÓRIO DA PESQUISA DA QUALIDADE DE VIDA NA CIDADE DE ARACRUZ. Apresentação Este relatório contém os resultados da 1ª pesquisa de Qualidade de Vida na cidade de Aracruz solicitada pela FACE. O objetivo

Leia mais

Gestão. Práticas. Editorial. Geovanne. Acesse online: 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) 03 e 04

Gestão. Práticas. Editorial. Geovanne. Acesse online: 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) 03 e 04 Práticas de Gestão Editorial Geovanne. 02 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) Como faço isso? Acesse online: 03 e 04 www. No inicio da década de 90 os

Leia mais

Metodologia. MARGEM DE ERRO O intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro máxima é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

Metodologia. MARGEM DE ERRO O intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro máxima é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. Metodologia COLETA Entrevistas domiciliares com questionário estruturado. LOCAL DA PESQUISA Município de São Paulo. UNIVERSO moradores de 16 anos ou mais. PERÍODO DE CAMPO de 26 de setembro a 1º de outubro

Leia mais

Condições de vida das pessoas com deficiência no Brasil

Condições de vida das pessoas com deficiência no Brasil Condições de vida das pessoas com deficiência no Brasil Relatório de Pesquisa de Opinião Pública Nacional Metodologia Pesquisa de opinião pública tipo quantitativa Universo: Cadastro de pessoas do IBDD

Leia mais

RELATÓRIO DE PESQUISA COPA DAS CONFEDERAÇÕES CONSUMIDOR

RELATÓRIO DE PESQUISA COPA DAS CONFEDERAÇÕES CONSUMIDOR RELATÓRIO DE PESQUISA COPA DAS CONFEDERAÇÕES CONSUMIDOR Julho 2013 COPA DAS CONFEDERAÇÕES - CONSUMIDOR Pesquisa realizada pela CNDL e SPC Brasil. Foram realizadas 620 entrevistas, com um erro máximo de

Leia mais

PESQUISA AVALIAÇÃO DE VENDAS DIA DOS PAIS 2013

PESQUISA AVALIAÇÃO DE VENDAS DIA DOS PAIS 2013 PESQUISA AVALIAÇÃO DE VENDAS DIA DOS PAIS 2013 Agosto, 2013 Índice 1 Características da Pesquisa... 03 2 Sumário Gerencial... 04 3 Questões... 05 ~ 2 ~ Objetivo 1. Características da Pesquisa Avaliar as

Leia mais

E-COMMERCE COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR FRENTE ÀS TRANSAÇÕES ON-LINE 1. Tahinan Pattat 2, Luciano Zamberlan 3.

E-COMMERCE COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR FRENTE ÀS TRANSAÇÕES ON-LINE 1. Tahinan Pattat 2, Luciano Zamberlan 3. E-COMMERCE COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR FRENTE ÀS TRANSAÇÕES ON-LINE 1 Tahinan Pattat 2, Luciano Zamberlan 3. 1 Trabalho de conclusão de curso de Administração da Unijuí 2 Aluno do Curso de Administração

Leia mais

Satisfação dos consumidores: estudo de caso em um supermercado de Bambuí/MG

Satisfação dos consumidores: estudo de caso em um supermercado de Bambuí/MG Satisfação dos consumidores: estudo de caso em um supermercado de Bambuí/MG Ana Clara Rosado Silva (1) ; Daiane Oliveira Borges (2) ; Tatiana Morais Leite (3) ; Vanessa Oliveira Couto (4) ; Patrícia Carvalho

Leia mais

Artigo: Um olhar feminino na Internet

Artigo: Um olhar feminino na Internet Artigo: Um olhar feminino na Internet Por Tatiane Pocai Dellapiazza - aluna do primeiro ano do Curso de Comunicação Social - Centro UNISAL - Americana. Introdução: O Brasil chega perto de comemorar seu

Leia mais

Construção intensifica insatisfação com a situação financeira

Construção intensifica insatisfação com a situação financeira SONDAGEM INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO Informativo da Confederação Nacional da Indústria Ano 5 Número 3 Março de 2014 www.cni.org.br ISSN 2317-7322 Destaques ANÁLISE ECONÔMICA Piora na situação financeira é

Leia mais

O Que Vem Mudando Nos Hábitos De Consumo Da Classe C

O Que Vem Mudando Nos Hábitos De Consumo Da Classe C VAREJO Agosto - 2012 O Que Vem Mudando Nos Hábitos De Consumo Da Classe C Desde a criação do Real e a estabilização da economia, o poder aquisitivo da população brasileira aumentou de forma significativa.

Leia mais

Relatório de Intenção de compras de Natal

Relatório de Intenção de compras de Natal Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Relatório de Intenção de compras de Natal Panorama da intenção de compras durante o período que antecede o Natal 2010 no município de Lages. Divisão de

Leia mais

Dia das Crianças 2013 - ACIT

Dia das Crianças 2013 - ACIT NÚCLEO DE PESQUISAS ECONÔMICO-SOCIAIS NUPES DEPARTAMENTO DE ECONOMIA, CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÃO. PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E RELAÇÕES COMUNITÁRIAS UNIVERSIDADE DE TAUBATÉ Dia das Crianças 2013 - ACIT

Leia mais

UNIÃO HOMOAFETIVA. Tâmara Barros

UNIÃO HOMOAFETIVA. Tâmara Barros UNIÃO HOMOAFETIVA Tâmara Barros O relacionamento entre pessoas do mesmo sexo ainda é uma questão controversa para a maior parte da população da Grande Vitória, conforme pode ser averiguado através de pesquisa

Leia mais

SONDAGEM DE OPINIÃO Consumidores RMR ANO X Nº 45 2013

SONDAGEM DE OPINIÃO Consumidores RMR ANO X Nº 45 2013 SONDAGEM DE OPINIÃO Consumidores RMR ANO X Nº 45 2013 Dia da s Cria nças s a d n e v s a o b e d o Previsã Sondagem de Opinião RMR Ano VI - Nº 11 - Julho/2013 3 Dia das Crianças será mais comemorado em

Leia mais

Motivos de transferência do negócio por parte dos franqueados

Motivos de transferência do negócio por parte dos franqueados Motivos de transferência do negócio por parte dos franqueados Por Maria Teresa Somma Com o intuito de entender os motivos que levam franqueados a transferir o seu negócio, foi realizada uma pesquisa exploratória

Leia mais

CUIDADOS COM A BELEZA

CUIDADOS COM A BELEZA CUIDADOS COM A BELEZA Dihego Pansini Getúlio Cantão Quando observamos os padrões de beleza determinados pela sociedade no decorrer dos, podemos perceber que a mesma possui uma característica de transitoriedade,

Leia mais

CENTRO DE PESQUISAS ECONÔMICAS E MERCADOLÓGICAS CDL/ALFA INTENÇÃO DE COMPRAS PARA O DIA DOS PAIS DO ANO DE 2011

CENTRO DE PESQUISAS ECONÔMICAS E MERCADOLÓGICAS CDL/ALFA INTENÇÃO DE COMPRAS PARA O DIA DOS PAIS DO ANO DE 2011 CENTRO DE PESQUISAS ECONÔMICAS E MERCADOLÓGICAS CDL/ALFA INTENÇÃO DE COMPRAS PARA O DIA DOS PAIS DO ANO DE 2011 GOIÂNIA 2011 1. INTRODUÇÃO. Este trabalho apresenta os resultados da pesquisa social aplicada,

Leia mais

Aquecimento Global: estar informado ainda não é o bastante

Aquecimento Global: estar informado ainda não é o bastante Aquecimento Global: estar informado ainda não é o bastante Simone Cardoso O aquecimento global, tema tão recorrente na mídia e na mente de ambientalistas e estudiosos, é assunto do último levantamento

Leia mais

Especificações Técnicas

Especificações Técnicas Especificações Técnicas Metodologia Técnicaeformadecoleta: Quantitativa: survey telefônico, com amostra 2.322 entrevistas, realizadas entre os dias 17 de junho e 07 de julho de 2009, pelo Instituto Vox

Leia mais

QUAL É O PAPEL DO ESTADO BRASILEIRO?

QUAL É O PAPEL DO ESTADO BRASILEIRO? QUAL É O PAPEL DO ESTADO BRASILEIRO? Tyago Ribeiro Hoffmann Desde o início da década de 1990 no Brasil, quando se iniciaram as privatizações de empresas públicas, que diversos estudiosos e a população

Leia mais

FACULDADES ALVES FARIA - ALFA

FACULDADES ALVES FARIA - ALFA FACULDADES ALVES FARIA - ALFA CENTRO DE PESQUISAS ECONÔMICAS ALFA/CDL PESQUISA INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DAS CRIANÇAS 2013 GOIÂNIA 2013 1. INTRODUÇÃO. Este trabalho apresenta os resultados da pesquisa social

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO E - COMMERCE UM ESTUDO DE CASO NA LOJASMEL

A IMPORTÂNCIA DO E - COMMERCE UM ESTUDO DE CASO NA LOJASMEL 1 A IMPORTÂNCIA DO E - COMMERCE UM ESTUDO DE CASO NA LOJASMEL Jaqueline Kelly Stipp 1 Jéssica Galindo de Souza 2 Luana Alves dos Santos Lemos 3 Edson Leite Lopes Gimenez 4 RESUMO Esse artigo tem como objetivo

Leia mais

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: LOCOMOÇÃO URBANA AGOSTO/2011

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: LOCOMOÇÃO URBANA AGOSTO/2011 RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: LOCOMOÇÃO URBANA AGOSTO/2011 PESQUISA CNI-IBOPE CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA - CNI Robson Braga de Andrade Presidente Diretoria Executiva - DIREX José Augusto Coelho

Leia mais

Fidelização dos consumidores aos planos de saúde e grau de interesse por quem não possui o benefício

Fidelização dos consumidores aos planos de saúde e grau de interesse por quem não possui o benefício 1 Fidelização dos consumidores aos planos de saúde e grau de interesse por quem não possui o benefício 2013 Índice 2 OBJETIVO E PÚBLICO ALVO METODOLOGIA PLANO DE SAÚDE O MERCADO DE PLANO DE SAÚDE PERFIL

Leia mais

Resultados da 112ª Pesquisa CNT de Opinião

Resultados da 112ª Pesquisa CNT de Opinião Resultados da 112ª Pesquisa CNT de Opinião Brasília, 03/08/2012 A 112ª Pesquisa CNT de Opinião, realizada de 18 a 26 de Julho de 2012 e divulgada hoje (03 de Agosto de 2012) pela Confederação Nacional

Leia mais