AO amanhecer. ..lá. «Vive le Coq! A bas V Arlequin b> Jean Cocteau

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "AO amanhecer. ..lá. «Vive le Coq! A bas V Arlequin b> Jean Cocteau"

Transcrição

1 Atino II Petro polis, 26 de Tevereiro de jp33 7V. ;8 M AO amanhecer de domingo de Carnaval, Arlequim acordava sob um tamarineiro, junto a uma cerca d«subúrbio. Já se sentia calor. Um gíiilo roçaitie as esporas no r sto. Arlequim assusta-se. Bom dia sr. Gallo. O Gallo olhou-o nervosamente. Está na hora,.sr. Mendigo, de entrar na pandega. E' vós, sr. Gallo, que tendes a ver com isso? Muita cousa, sr. Mendigo, muita cousa, Entre outras a vingança depierrote o desdem de Colombina. Arlequim leva 11 tase. Mestre cantor.ha muitos annos que viveis a dizer que vou ser derrotado! Que sois o vingador de Pierrot. Que Colombina já me não ama... (Rindo se Qual, meu velho inimigo, o vosso íogar não é alli,e apontou pára o lado da cidade. O vosso iogar é aqui, e dirigiu-se para o gallinheiro. O Gallo bateu com as azas nervosamente. Não vêdes, sr. Arlequim, que o vosso traje está velho e que niuguem vos quer 111 tiis? Nilo írc, eh estes que Coli» 1 iriíí está m<«is Hftã (mis fioquetteè que Pierri t remoçou? «.rleqiiir baixou os olhos e e- tnerer olhou a roupa que trazia. Estava de Quitada e emp eirada. Bateu a c o m as mãos. Ora, sr. Gallo, já estou Tarto de vossa» profecias. Arlequim sempre foi Arlequim! Arlequim, óra Arlenuim sempre foi Arlequim,dizeis. Para o mundo. Arlequim sempre foi um mendigo. Sabeis muito bem vossa historia. «Vive le Coq! A bas V Arlequin b> Jean Cocteau Arlequim..lá F JOI na Italia... Basta! Basta! Sr. mestre Cantor. Acabae com vossas insolências. Não quer ouvir a vossa historia? Sabeis muito bem que viestes da Pobreza. Sois um aventureiro 1 Mas agora estaes desmascarado! Que é a vossa vestimenta, sinão um retalho d e cores... Tintas ca 1 hidas de um quadro... Restos de uma paisagem.. Tudo em vós é inexpressivo e velho. Sobras de um banquete... Os pintores que vos conhecem, riemse de vós. Sou, no entanto, deste século geométrico. E vós, vós que sois sinão um antiquado? Eu, um antiquado? Ora, sr. Mendigo, a vossa geometria já cansou os homens. Já um vosso inimigo e grande amigo da.arte disse : «O desenhista emancipa a geometria». E vós sois a geometria eswravisada ; podeis ser feito á régua. E hoje, meu caro, o amor não é geométrico. Colombina prefere o romanc para fugir da mechanica. Nesse«eculo os homens procuram a libertação das cousas systematyzadas. O aeroplano está tornando a terra tão insípida, qne uin viajante célebre aconselha ao homem «viagens espirituaes», diante da impossibilidade de uma viagem interplanetaria. Sois muito' atrevido. Esie atrevimento é a musica que cultivaes que vos dá, musica antiquada... Falaes sempre em antiquada. Na verdade, sou mais antigo que vós, mas sou um moderno. A minha musica é a musica do trabalho, da D e cambulhada p'ra folia.* c0»cim n* Pag. r

2 Pag. 2 si g; Tl Pt Si $33 Editor e Director Armando Martins Director-Artistico : Alberto iíilstos Écos da Semana O preço do ensino * ** 0NOVO director geral da Educação, capitão Dulodio Duvernoy se chocou contra um O novo embaixador da Italia vel em que viajava com o sr. Cardoso, talando á imprensa, esboçou, em linhas ge- G-ravemente ferido no peito, poste telephonico. raes, o programma educacional nos braços e no craneo, o illustra intellectual foi logo trans- que pretende applicar no importante cargo que agora lhe foi portado para um hospital e sub- J TÁ se acha em nosso paiz o sr. Roberto Cantalupo, novo embaixador da Italia junto ao governo brasileiro. Como sempre acontece, a escolha dos confiado. E destacou que vm mettido a uma intervenção cirúrgica, que, infelizmente, não chefes de representações, no dos pontos essenciaes desse Brasil, das nações de intensa programma é o barateamento poupou aquella vida preciosa. vida internacional, recae em figuras de maior destaque. A Ita- das taxas de matricula nos estabelecimentos de ensino. uma forte expressão da literatulia, principalmente, levír em in- Assim foi que desappareceu Consiga o actual chefe do Departamento da E.',ucarão reali- circumstãncms tão tragicas, da no Rio de^janeiro, que -faz ra brasii&ira, cuja morte, em commum apreço- sua embaixazar ao menos esse ponto do seu apresenta um contraste com a programma, e já terá feito muito pelo ensino e pelo Brasil. terna Verde». Só os Íntimos de vida do suave autor de «Lan- Não se comprehende, com effeito, a orientação que os gover- perfeitamente seu extraordiná- Felippe de Oliveira conheciam nos têm, em geral, seguido em rio valor, sua intelligencia vigorosa e seu coração adamantino. matéria educacional. Não faz muito que se profclamava friamente, Como poeta era subtilissimo : em defesa de mais um como escriptor pr priamente d augmento nas taxas, que o ensino to, tinha qualidades que im- só devia ser ministrado aos pressionavam pela fulguração. que pudessem pagar... Era o symbolo da modéstia, No entanto, não ha quem não escrevendo quasi que somente aponte o problema da instrucção para os amigos, o que não impedia que muitos fossem procu- como o mais sério problema que o paiz tem a resolver. Não ral-o e delle arrancassem uma apenas o problema do ensino producção nova sempre um primário, mas também o do en facho de luz espiritual e de belleza com que ficava maravilho- sino secundário e do superior, emfim, o problema educacional samente contemplado o mundo em geral. Não ha quem duvide das letras. desta verdade dolorosa: o Brasil está muitos annos atrazado * 5f * em matéria de ensino. E, para O phenomeno espirita de resolver o seu problema politico terá de resolver primeiro o Porto Alegre seu problema educacional. Porque só um povo culto sabe e pôde ser um grande povo. Mas, embora essa verdade esteia na consciência de cada um 0 novo embaixador sr J{oberto Cantalupo de nós, o espirito fisoal que empolga os nossos homens de governo leva-os a procurar até no vultos de sua diplomacia. occupar pelos mais eminentes As- ensino as rendas necessarias para o equilibrio dos orçamentos. Não se lembram de que isso representa, num paiz como o nosso, um verdadeiro sacrilégio. Aqui, todas as rendas provenientes do ensino deviam reverter em beneficio do proprio ensino, lado a lado a outras rendas que lhe devem ser destinadas. Pensou-se que a revolução de 1930 enfrentaria o problema. Não o enfrentou. Deu-nos, é certo, uma legislação de ensino melhor que a que tinhamos, abolindo o deffeituoso systema dos exames parcellados. Mas não procurou facilitar a disseminação ds ensino, com a reducção das taxas escolares. Ao contrario, augmentou-as. Pretende íazel-o agora o sr. Dulcinio Cardoso. Si o consel: guir, pódem os seus companheiros de revolução sagral-o o maior dos revolucionários. Porque elle terá iniciado o maior serviço de que o Brasil precisa verdadeira- para ser um paiz mente civilizado. t * * Felippe de Oliveira UMA das notas mais tristes, para nós brasileiros, que o telegrapho transmittiu do estrangeiro, foi a morte tragica do escriptor Felippe de Oliveira. Ia elle, de Chamoniz, Suissa para Auxene, quando o automo- VIERAM a publico mais detalhadas informações sobre um interessante phenomeno occorrido num theatro de Porto Aleg e. Em torno do caso já se trava forte celeuma, contestando-o uns, para o darem como um rtruc» vulgar, emquanto outros protestam a veracidade do mesmo. Um sacerdote, o conego dr. Scherer, em meio a impressão geral provocada pelo acontecimento, sahiu a publico para sustentar a inverosimilhança do acontecimento. O dr. Ivon Costa, uma das principaes figuras que o phenomeno envolve, reptou o conego, offerecendolhe cinco contos de réis para reproduzir a scena que motivou o desentendimento. Falemos sobre o acontecido O dr. Ivon Costa fpzia uma conferencia sobre a «Rússia dos Sovietes», e o cercavam na mesi os drs. Pio Torelly, Luiz Paranhos e Brenno Dornellas, srs. Antonio Lima e Eduardo Pinto. Assistiam-n'a cerca de duas mil pessoas. Foram tiradas photographias, sendo que na que o «Diário de i Noticias», de Porto Alegre, reproduziu, apparecia entre o orador e o sr. Eduardo Pinto um personagem trazendo indumentária russa e que afbrmam os membrcs da mesa não se achava ali. O conferencista usa barbas longas, e o personagem invisivel e mysterioso é imberbe, sem parecença alguma com aquelle. Acompanharemos esse caso da materialização (? rio espirito de um russo e poremos nossos leitores ao par dos successos que se venham a dar. sim são considerados os srs. Bernardo Attolico e Vittorio Cerruti e o successor deste, sr. Cantalupo, antigo deputado, escriptor e vigoroso jornalista, a quem consideram um dos expoentes da nova geração da patria de D'Annunzio. O illustre embaixador italiano vem do Cairo, onde, com admiravel visão e grande brilho, sou be representar a nobre peninsula, que hoje tem direito á consideração das potencias do mundo, entre as quaes apparece sob todas as expressões. * * * O calçamento da rua Thereza NÃo ha muito tempo, commentamos ligeiramente o facto de se entregar a uma firma estranha á praça local um trabalho da Prefeitura Municipal, porque a mesma se apresentara á concorrência publica sem que, no emtanto, os seus preços fossem muito mais vantajosos. Nesse caso era essa nossa conclusão o serviço devia ser dado a um dos estabelecimentos de Petropolis, os quaes contribuem para o erário do municipio. Houve quem contrariasse o nosso modo de ver, mas a verdade ó que elle era justo e se tornou vencedor. Ahi está o que acaba de occorrer a respeito do calçamento da rua Thereza : uma firma do Rio apresentou á concorrência proposta apparentemente mais vantajosa, quando, de um estudo acurado, a commissão julgou mais acertado, acceitar a dos srs. André Justen & Cia., que vão fazer a grande obra. Nosso intuito não era falar sobre isso, qus nos occorreu accidentalmente, e sim pôr no devido relevo o serviço com que a administração do dr. Yêddo Fiúza vae dotar uma das mais movimentadas ruas e um dos mais populosos bairros da cidade. O estado actual da rua Thereza, em sua maior extensão, é lastimavel, como o é o de outras, como as ruas Bingen, Moi sella, Q,uissamã, etc. O seu calçamento é uma aspiração antiga, que dentro em breve será realizada, acabando-se o supplicio da poeira, da lama e dos terríveis solavancos. Será motivo de jubilo para os moradores da referida rua o calçamento a parallelepipedo e uma affirmação da operosidade do actual prefeito desta cidade. ** * A crise e os templos Budhistas ' A TERRÍVEL crise economico-financeira com que o Japão luta actualmente repercute, com violência inaudita, sobre os templos budistas. Assim, sobre um total de templos existentes neste império, estão situados nos districtos ruraes e eram mantidos, até agora, com grande fausto, pelos proventos decorrentes dos obolos dos crentes e da arrecadação do pequeno imposto cobrado pelos templos aos foreiros de suas terras. Intensificada a depressão economica e com o consequente desapparecimento das esmolas votivas, as communidades viram-se forçadas a explorar directamente o amanho de suas terras tarefa confiada ao clero inferior mas, mesmo assim, innumeros templos cerraram suas portas, por absoluta carença de meios para a sua conservação e realização de officios religiosos. A' crise não escaparam, por outro lado, os templos das cidades, os quaes, apesar de lhes haver sido supprimido o antigo imposto, já se não pódem manter, estando pendente de solução, neste momento no tribunal de Yokohama, uma curiosa petição em que centenas de sacerdotes se declararam incapazes de satisfazer os seus impostos, de profissão.

3 P^PÍQUEHaW 111 ILLU3IHHVHU 1 iictnnrân íj 1 Pag 3. MINIMHWWH.JHIIIIIINWWWWWWWTW V.-OM o attentado ao presidenle Roosevelt, certo é que não ha tropeços para a quadrilha de Ali Capone interessada a prejudicar qualquer tentativa na suppressão da emenda á Constituição americana. r Porque não se pôde despre- sar, nas declarações do auctor uma certa preoccupação em chamar sobre si toda a responsabilidade criminal, fazendo crer a nenhuma reparo a falta em que vem incidindo o interferencia dos «gangsteri» Estado para com os contribuintes do na tentativa de que lhe impediu a imposto sobre vehiculos, tendo, ha já consumação o frágil braço de uma decidida bastante tempo, promovido a cobran- Eva. Por isto acreditamos que, ça respectiva, não providenciando, no embora tenha sido a causa invocada emtanto, para a entrega das placas características pelo criminoso no inquérito instaura com as quaes possam os do, a volta ao regimen molhado nos proprietários de vehiculos locomoverse Estados Unidos não se fará sem mais livremente em toda a jurisdicção outros accidentes, de vez que, com a fluminense, consoante o novo regimento prohibição contemporizada até agora, resultou uma natural industria contraventora, de trafego do Estado do Rio. Effectivamente, pode vir crear difficulparecido que terá virtualmente desapdades maiores com a demora do em- no proximo regimen potável, placamento dos carros, principalmente ainda dependsnte da pronunciação os dos novos proprietários que não dos 48 Estados. Tornou-se assim a lei possuem o carimbo prefeitural do an- Comm en la rios secca americana um problema bem no anterior, que facilite o serviço da difficil em resolver-se: - de um lado Inspectoria de Vehiculos. Faz-se mister, pois, que o governo procure do interesse do Estado em abolil-a e do outro a crise administrativa acarretada no organismo instituído para quanto antes fornecer o carimbo respectivo, evitando assim possíveis mal aquella dispendiosíssima fiscalização. entendidos resultantes de uma antecipação na cobrança do imposto sem E temos a considerar ainda o empenho dos contraventores em defender habilitar devidamente o contribuinte para o transito livre. Todos sabemos a sua vigência, empregando até os ter revertido este imposto ao Estado meios deshumanos. por uma deliberação recente, mas, assim mesmo, uma providencia para a solução do caso bem calaria no espirito publico que bem avalia dos PASSÍVEL de um esforços do actual governo nos destinos do Estado. L-M diversões populares tem agora o povo serrano onde escolher o genero de sua preferencia. Nada menos que tres cinemas diariamente funccionando, um circo, theatros regionaes e variados. Assim, pois, não ha razão para as queixas tão communs de que aqui não ha diversões, não ha attractivos nocturnos para uma tscovadella no espirito atrophiído de monotonia provinciana, como choraminga a eterna rapaziada descontente. Si, ás communs horas de lazer, nellas possam achar melhor proveito para o espirito, que aproveitem agora, pois o momento é exce pcionalmente propicio ás appetencias mundanas com que já ensaiam accom modar-se os nossos modernos e decid dos rapazinhos. E ahi temos, nas peças theatraes, ultimamente enscenadas, modelos perfeitos para a iniciação moderna. Mas era nosso intuito um registro sobre a fartura em diversões ora por aqui, e não reparos in- discretos á evolução social que vae abalando aos poucos o secular arcabuço racional. Estes conceitos quasi vem a proposito comdizem com o inexpressivo momento em que o Memo começa a imperar. N AO façamos excepção nas homenagens ao grande deus dos brasileiros. Seria uma falta para com os possíveis leitores a estas horas já talvez impacientes com o inicio da folia, o esquecer uma referencia ao pandemonio da alegria que ha de lazer época com certeza nestes tres rápidos dias. E si nãó o fizessemos em attenção aos preparativos necessários que todos precisamos providenciar para as devidas appsrenc : as logo mais no rebentar da folia? Bem melhor, pensamos, pois que não se tem poupado nos noticiários carnavalescos os menores detalhes do grande acontecimento. Deixemos, porém, a caceteação de mais linhas enfadonhas que tão inexpressivas se tornam no limiar da folgança, cuja consagração está por horas apenas, si nos ajudar o chaveiro dos céus a quem devemos solicitar o valioso auxilio de nos dar bom tempo. Estamos vendo que nesta pagina bem poucos se deterão, preoccupados em recapitular na secção competente as modinhas preferidas para o côro triumphal logo mais. Que seja completo o carnaval deste anno. Marius VENCER! XIV MATÉRIA ES para CONSTRUCÇÕES! Humorismo illustrado OUTRAS TENTATIVAS Acontece, muitas vezes, que, ou por deficiencia nossa ou por motivos independentes de nossa vontade, fracassamos em algum intento. Nunca ao fracasso deve succeder o desanimo, o desalento. Queixar, nunca! Lamurias não valem nada. Não devemos, em tal circumstancia, raciocinar assim : *Que pena! Fui quasi ao fim e perdi todo o trabalho! Tanto sacrifício totalmente perdido!» Raciocinemos, antes, assim : "Pouco.faltou! Meus esforços deram muito resultado, embora nfto houvesse coroamento final. Mas fiquei conhecendo o caminho até quasi ao fim. Na segunda investida será muito maii* fácil». E tenta-se de novo. Tenta-se, não com fraquejos resultan es do pouco que faltou, da primeira vez, para a Victoria, mas com enthusiasnio iproveniente do muito que se avançou então Em ultimo caso, pensa-se,de outra maneira : «Ora; quem sabe si a consecução do que eu queria me geria prej' dicial? Não teria sido melhor assim?» Sim, porque é bom mantermos o nosso prestigio; mesmo perante a nossa própria pessoa... A perseverança vale muito Porque não se conseguiu da pr m >ira vez, nem por isso desistamos. Sejamos perseverantes como as ondas que, sem "cessar acoçam as penedias. E procuremos plaro^ novos que nos levem mais prestos ao fim. A perseverança, que é uma virtude ás vezes indispensável ao êxito, passa a ser teimoiiia inconsciente e elemento certo de derrota, quando mal comprehendida. A habilidade, o expediente devem muitas vezes substi'uil-a. Desde que o mundo é mundo, o oceano assalta o Pão de Assucar E sabemos que não vence rá. O homem aportou ahi muito depois. E está lá em cima, entre luzes e festins... 1 ' E D R R I R A K Encarregam-se de qualquer oilra em alvenaria, cantaria, paredões, meios lios, calçamentos em parallelipiperíos, lagedos, pedra britada de todos os números. Cascalhinho e pó de pedra lncumbem-se de aterres e desaterros Fabrica de ladrilhos Fabricação de ladrilhos, pedras para pias, soleiras, degraos, tubos e moirões de cimento armado. Depo sito de cimento, cal, tijolos, mani i,as, telhas, etc. F( rnece-se are ; a. barro e saibro ANI ORE JUSTEN & C,A ' P E X R O P O L I «j Escrip. e Bcp.- P. D Pedro II, 27 (ao lado da Casa D'Anqelo)-Tel F R E I RESIOEíNCIAS : Telephones 2684 e 2672 L U I Z A data de 4 de Março relembra a primeira missa celebrada por Frei Luiz Reink, o bondoso sacerdote que toda Petropolis conhece e admira. São passados 33 annos que Frei Luiz recebeu, nesta cidade, a digni dade sacerdotal, iniciando seu bemfazejo ministério. Foi isso a 24 de Fevereiro de 1900; e, dias após, a 4 de Março, o illustre franciscano dizia sua missa primeira, no altar dessa mesma egreja do Sagrado Coração de Jesus. Por iniciativa de uma commissão de senhoras catholicas se prestará homenagens excepcionaes de grande apreço e elevada estima ao querido e abnegado sacerdote, as quaes terão inicio logo após a celebração, por Frei Luiz, de sua missa solenne, ás 9 horas no altar mór da egreja do Sagrado Coração de Jesus. Lyceu Fluminense OFFICIALIZADO (Eurso s:rimarío» ^dmíssc o Secundário» CCommercfal Externato e Semi-lnternato Para ambos os sexos INTERNVTO LIMITADO Para meninos Avenida Koeler, 42 Telephone 157 PETROPOLIS Dr. Aldo Õabirofooertz ADVOGADO Kua Paulo Barbosa, 78 Tel. 3j8j - no fórum de 1 ás 4. Se não me amas, me atirarei esta noite do sobrado ao solo. O senhor não me disse hontem que morava numa casa de um só pammento? Eslaii He Cura São Geral PenscSo-Sanatorlo, antigo Hotel D. Pedro C O K K Ê A S D I A B I a 2 5 $ J A, Fernandes Café Centenario Jlo lado do Capitolio Bebidas, doces, Cbopps Brahma, aguas mineraes 7\igorosa hygiene Tel.3284 Petropolis

4 Pap. 4 J l JF ÍII ILLUSIHHVHU I IICTDACAII 1 26:-io >3 FGLI4 S MOMO é quem manda!. O Governo da Pandega e da Orgia O' Carnaval nas ruas, salões de baile e lheairos JA' não nos pertencemos içj mais! Sonho ou realidade, estamos em pleno reinado da folia, com os poderes descricionarios de MOMO, qus por ahi anda encarnado num simples mortal. Abrem-s^-lhe deparem par todas as portas, pelas quaes passa triumphante com o seu séquito berrante e formidável. Nada mais detem o Rei da Galhofa e a sua influencia irradiante se faz sentir com a perda de juizo de muita gente boa... E' que tristezas não pagam dividas e para que o povo as esqueça, o proprio governo antecede o pagamento de seus servidores. Esta e para tal fim, só MOMO podia suggerir /... Estamos todos, sem excepção, sob o domínio do seu sceptro, O Governo da Pandega e da Orgia eis o que vemos implantado durante o triduo carnavalesco que hoje começa. Ingressemos no primeiro cordão que passa e façamos côro ás marchas e sambas dos foliões, daquelles que trazem nos lábios o sorriso eterno da ventura de parecerem aos outros mais felizes... SOCIEDADES Diversões Carnavalescas Compõe-se dos 7 seguintes carros o préstito da Sociedade de Diversões Carnavalescas de Petropolis. r «Licença ao /'oro» Uma senhorita empunhará o estandarte social, ladeada de duas meninas. Dois clarins annunciarão a entrada na cidade. 2' «Saudação ao Povo» Tres enormes onças pu xando um carro com dois dragões. As rodas desse carro, em girando, representarão os raios do sol 3' - «Recordação a Santos Dumont» Traz o busto do pae da Aviação, ladeado por 4 bandeiras nucionaes, com 8 vasos de flores e 2 helices em continua rotação. 4 - «Fabula» - Um peixe de 6 ms. de comprimento, tendo na bocca, que se abre e fecha, uma garbosa menina. 5' 'Industria e Commercio» Homenagem á F. de Tecidos S. Pedro de Alcantara, que muito tem auxiliado a Sociedade. 6' «Cervejaria Rhenania» Reclame dessa conhecida fabrica de bebidas. 7' carro «Critica» de muito espirito e opportuna. O préstito, cuja arte se deve á intelligencia do artista amador sr. Aphtonio Picauron. auxiliado por um grupo de gente esforçida. percorrerá a rua Washington Luis, av. 15 de Novembro, ruas Paulo Barbosa, Dr. Porciuncula, Cruzeiro e Praça da Liberdade. RANCHOS Paraizodas Borboletas Salustiano Alves virá hoje á cidade com o seu pessoal. Todos sal em quanto é decidido o velho folião da Floresta, que jamais deixou ile apparecer no reinado de Momo. Conhecedor do assumpto, amig > inseparavel das suas borboletas. >ó se pôde admirar de seu préstito porque Salustiano, mais que os outros chefes de Rancho, lucla com ingente falta de recurso. Mesmo assim, soube preparar o seu «Paraizo», que hoje desfilará com os demais. Prazer das Bahianinhas Pelo que se tem atravez do noticiário dos jornaes? da azáfama nos barracões, o R. C. Prazer das Bahia ninhas vae, mais uma vez, deslumbrar o publico com o seu préstito. Não tivesse elle a gloria de ser o tri-campeâo do Carnaval pet'opoli tano! O seu conjuncto encerra quasi oitenta figuras, apresentando uma frente brilhante e um centro girboso, inclusive o corpo de pastoras. O enredo do R. C. Prazer das Bahianinhas reflecte uma época de França, no reinado de Luiz X. Inti- Vale mesmo a pena a sensação da alegria mesmo por tão curto espaço de tempo. Rei das Serras Após... tudo será como dantes o retorno mechanic. á é notável o esforço dos seus dire- Sociedade recentemente fundada, vida normal de tristezas e apprehensões..no e interessante préstito, que teve tula-se «Buridan» e foi tirado do ctores para confeccionar seu peque- como scenographo o sr. Moacyr Picauron. São tres os seu carros : vac. empolgante romance de Michel Ze- r Caverna - Um leão que sae do seu esconderijo para, jubas ao vento, excurcionar pela matta. Atraz, vão sentadas tres meninas. 2 - Deserto do Sahara Na planicie im- R, C. do Amor mensa, duas meninas, trajando á moda arabe, guiam um camello, havendo outros detalhes interessantes. 3' carro. Nesta transportar-se-ão o pessoal da sociedade e o «choro». Também é de Cascatinha esse Rancho e tem como presidente o sr. Bernardino de Oliveira. O préstito que elle vae apresentar dizem os que estão a par do mo' vimento e do segredo da «caserna» é soberbo, rivalizando com as melhores organizações no genero. Aliás, o Rancho do Amor sempre primou na apresentação de seus conjunctos, dando relevo e brilho ao» nossos festejos carnavalescos. O Rancho do Amor apresentará, com vistoso e rico enredo, «A entrada triumphal do Marechal Fock em Strasburg», baseado num episodio da grande guerra européa. BLO'COS Bahianinhas V llenses do A mor A Villa Felippe, pittoresco recanto do Alto da Serra, é séde de um garboso blóco, a que o Chiquinho Carvalho deu o nome acima. E' um conjunoto que promette successo, estando bem ensaiado. Ha meninas ali que parece mesmo terem nascido na terra do vatapá... Recreio das Bahianinhas Não passa ura anno que da locaii dade do Meio da Serra não suba a Petropolis um >< brinquedo» q lalquer. Pois, para não quebrar a «escripta>, ahi vem o Recreio das B-.hí;- ninhas. E' um blóco «pesado», segundo o seu representante, o endiabrado Jaciutho (Capilé). O João Nunes, Lord Grilo, que no blóco é trumpho, é da mesma opinião.

5 S, M, o Rei Momo em Petropolis E' carinho que ella quer 'SAMBA DE FRANCISCO FREITAS) Bis Bis) Não dá... Não dá!... Não castiga essa mulher, Que eu conheço a manha delia: E' carinho que ella quer!... SOLO Quando ella fica enfezada E' porque quer defeuder; Só se deve dar pancada Quando ella merecer. CORO Não dá... Não dá!... Etc. Etc. SOLO Ella é muito boazinha... Mas tem um génio damnado: Bis) Quando briga com a vizinha E' um caso complicado! Visitou-nos, sim, em carne e osso e a prova aqui está neste flagrante apanhado na redicçío dl Tribuna de Petropolis» quando da sua estadia naquelle importante diário petropoltiano. S. Magestade sentado entre os redactores srs. Octávio Venâncio e Armando Mar Lins e Alcides do Valle, gerente e dos srs. Luiz d f Escragnolle, representante de "A Noite"ce um redactor do brilhante vespertino que o trouxe a Petropolis. BLO'COS E CHOROS Entre os Blocos e Choros que vão abrilhantar o Carnaval, ha os seguintes : Turunas da Orgia, Futuristas, Unidos de Petropolis, Prazer da Infanda, Turma dos Batutas, Bahianinlias Villenses do Amor e Recreio das Bahianinhas do Meio da Serra, que vão tomar parte na festa da «1 ribuna», além de outros, como Turma da Iinba, Blóco da Macumba, etc. MATINÉES INFANTIS O mundo infantil não ficou esquecido e tem muito onde e como se divertir. Abrem-lhe os salões: Theatro Ca- I pitolio, segunda e terça feira; Theatro D. Pedro, nos tres dias; F. C., hoje; Magnolia, hoje- A renuncia da directoria do Brasil A. C. e o Carnaval E' publico que a directoria do Bra sil A. C renunciou. Comtudo continúa a frente do Club até que se organize o novo... ministério. Jonas Hersen, o chefe do gabinete demissionário, BAILES accedeu ao pedido do go- verno. Vê-se. pois, que a crise não será prejudicial ao Carnaval do querido ' formidável o numero alvi-negro, onde já hontem tivemos de bailes um fant ismagorifico fandango familiar, que se repetirá hoje, amanhã e Mintos são os bailes que se realizam nos dias do Carnaval- Tem-se depois. noticia dos seguintes : Petropolitano «Tribuna * de Petropolis» F. C Theatro D. Pedro, Club Petropolis, promove o dia dos no sobrado do Theatro Cajii- Blóeos e Choros tolio; Serrano F. -C., Brasil A. C No louvável intuito de animar o S. C. Magnolia, na séde da União do Carnaval petropolitano, o que ha annos vêm fazendo com extraordiná- Bingen; Blóco «Chega mas não encosta», no mesmo local (amanhã e rio brilho, os nossos collegas da teiça), C. F. Estrella do Oriente, na «Tribuna» organizaram para hoje o Ponte do Fones!hoje e terça); Harmonia Brasileira (terça); blóco <Se «Dia dos Blocos e Choros». Ha quatro valiosos prémios, doados por você pedir eu vou» (hontem e ama A Favorita, Club Petropolis, Theatro nhã), na União B. do Morin; Sociede de Diversões Carnavalescas, na Capitolio e Theatro D. Pedro. O interessante certamen terá lo séde da S. B. S. Pedro de Alcantara gar na redacção do jornal, ás 18 horas. São concorrentes cêrca de dez (hontem e amanhã); blóco «Saudosos do Rio Branco», nos antigos salões do S. C. Rio Branco; Rosario F. pequenos eonjunctos. C., no Bingen; blóco das Hortênsias, á avenida 15 de Novembro; blóco De PETROPOLIS para Corrèas, Pedro do Rio e Itaipava, Amor e Paixão, á rua Souza Franco; Deutscher S. Eintracht, á rua 13 de partem diariamente omnibrs da Maio fhoje. Além destes, teremos os tradicio AUTOBUS LTDA. em correspond ncia com todos os trens naes e populares bailes do Theatro Capitolio, que são falados até na que chegam em Petropolis, inclusive o das 22 China... horas. Marchas e 1 Coro Bis Serrano Sambas Até amanha Samba letraemusica denoel ROSA Até amanhã í-i Deus quizer Si não chover eu volto Pra te ver oh mulher De ti, gosto mais que outra qualquer Não vou por gosto O destino équem quer. I Adeus, é pra quem deixa a vid i E' sempre na certa que eu jogo Tres p..lavras eu vou gritar por., despedida Ate amanhã, até já, até logo. O mundo é uin samba que eu danso Sem nunca sahir do meu trilho. Vou cantando o teu nome sem descanso Pois do meu samba tu és o estribilho. * II Trem blindado Marcha de JOÃO DE BARRO Meu bem Pra me livrar da matraca da lingua de uma sogra infernal eu comprei um trem blindado pra poder sahir no Carnaval. Mulata por teu encanto muito eu levei na cabeça porem agora eu duvido que isto outra vez aconteça. Do teu falado feitiço Eu pouco caso hoje faço Mandei fazer em São Paulo mulata um capacete de aço. Mulata quando eu te vi logo pedi amnistia pois os teus olhos lançavam terrivel fuzilaria. E pra ninguém adherir ao nosso accordo amoroso botei na porta de casa, mulata, um canhão mysterioso. í E'ZE' (Sem?nusica Dedicado ao QU1NITO, buvjista do Jnzz Rio - Petropolisj Estribilho O meu receio,.->abem qual é? E' que pôde virar homem A minha amada Zézé! Vimos deixar dessa moda De apendicite operar. Pois o caso de Maria Bem pôde outra vez se dar. Se tal coisa acontecesse, Nâo sei meu Deus que faria. Penso até que de paixão Eu por certo morreria. Onde iria eu encontrar Uma Zézé qual a minha, Tão galante, assim faceira. Tão cheirosa e engraçadinha? A verdade, digo logo. Que se ria quem quizer: Se a Zézé se tornasse homem Eu queria ser mulher! Mas outro homem não queria A não ser minha ex Zézé, Meu coração lhe pertence, Eu gosto delia com fé... Vejo lagrimas Samba letra e musica de OSWALDO VASQUES e VENTURA Vejo lagrimas Eu não sei si é l Sentimento Bis \ Ou fingimento teu, Tens os olhos razos dagua Eu não sei se isto e magua, Ou alguém que te enganou Confessa oh flor? Se choras Por alguém que te enganou Te conformas, Que Jesus também se conformou Mas se o teu pranto é falsidade Has de chorar toda a vida E não terás felicidade. Porque choras!

6 Pa? 6 26-;-jc}33 Roldão Barbosa Transcorre hoje a data natalicia do sr. Roldão Barbosa, distincto emprezario dos theatros Petropolis, Capitolio e Cine Gloria, desta cidade. Conscio de sua responst bilidade para com o publico, de vez que se via sosinlio na praça, o sr. Roldão Barbosa, jamais aproveitou-se dessa situação e ainda hoje, para melhor servil-o, mantém contractos onero Antoninha, Tilha do industrial sr. Antonio Soares de Sá ; a senhorita Rosinha Mussi, filha do sr. João Mussi. Dia 1 O sr. L. C. Crocker, alto fuiiccionario aposentado da Leopoldina Railway ; a senhorita Margarida Bretz, filha da exma. sra. viuva Felippe Bretz ; o jovem Max, filho do dr. Alvaro Bastos Júnior ; o sr. Solymann Antoun. Dia 2-0 menino Nelson, filho do sr. Manoel G. Moreira, proprietário datypographia Americana; a exma ra. Silvana Gtuvea Feder y Terry, esposa do sr Elvino Pader y Terry, funccionario do Banco Constructor do Brasil. Dia 3 v A exma. sra. Maria Thereza Grum wald, esposa do nosso presado collaborador Walter João Bretz, agente do Correio e Teiegrapho desta cidade ; o sr. Durval Teixeira Bas tos, co proprietário da Petropolis Credito Movei ; o sr. Henock Vieira de Andrade, thesoureiro da agencia postal d^sta cidade. Dia 4 0 sr. Rodolpho Fernandes ; o menino Hugo, filho do sar gento Virginio Moraes ; a exma. sra. Francisca da Costa Alves, esposa do sr. Salvador da Costa Alves, pro prietario nesta cidade ; o nosso con frade José Soares, gerente do «Jornal de Petropolis». MODA FEMININ& 7\oldão Barbosa sos com as companhias distribuidoras de rodu3ções cinematographicas, por isso que seus programinas agradam sempre- Espirito culto e progressista, formado nas academias dos Estados Unidos da America do Norte, onde o homem em lucta constante com a natureza dynamica da vida americana, caldeia o temperamento e adquire as qualidades que o fazem dai- de humbros ás difficuldades que se lhe antolhem, o sr. Ro.dão Barbosa reúne bem as mais puras energias da raça brasileira, se aquilatarmos a complexidade da actividade que mais o seduziu e que vem exercendo com critério e intelligencia já ha uns bons pares de annos. Como homem de sociedade o sr. Roldão Barbosa distingue-se pela fidalguia de trato e devotado ás obras de acção social, tem tido felizes ensejos de praticar o bem, como a opportunidade que agora se lhe offereceu de concorrer com um espectáculo, sem depeza algump, para as obras da Capela de Correas, em cuja localidade readquiriu a sua saúde. Nós que o temos como um grande e sincero amigo, não podíamos deixar de lhe render as homenagens do nosso apreç > e admiração de qiie é merecedor por tantos e tão nobres motivos. Fazem annos: ** Hoje - O sr. Augusto Raeder ; o sr. José Campos Sobrinho ; o sr. Pedro Gall Sobrinho, proprietário nesta cidade. Amanhã A senhorita Maria Magdalena Ferreira de Castro Silva, filha do dr. Vicente Ferreira de Castro?ilva ; o sr. Carlos Augusto Guimarães e Souza, chefe da Fiscalização Municipa ; o sr. Antonio Stumpf, proprietário nesta cidade. Depois de Amanhã A senhorita CHAPÉU /rjy UNICOS depositários em Petropolii Alfaiataria Progresso Correa & Filho Av. 15 de Nov. 671 Tel Purgativo Homoepatha HAIA --' Encontra-se na Pharmacia Homoepatha PARA A NOITE Ensemble de soirée, muito elegante. O vestido forma uma saia em crepe romano preto, subindo em espartilho e ligada a uma blusa feita em crépe romano branco. Decote em bico, graciosamente drapé. < asaco semi-longo, em tecido condizente ao da saia. Mangas azas, muito amplas. Forro em seda branca e peites egualmente brancas. s A P a x A ^ i a M E s s a Alp. de pelica env. marron $ $00Q Preços Fixos Nada alem de 4 5 $ Av. 15 de Novembro, 323 Toieplioiie 31*1 Braneo em marron em chroino e camurça

7 26-2-iq33 ~ ** 1, TJTiV V. \ 7 A derrota de Arlequim Conclusão da i P"galegria e da sinceridade. O meu canto é claro e sonoro. E vós? O vosso amor tem uma musica, mas a musica das sombras. E' ainda um moderno que me exalça e vos deprime. Arlequim, diz elle, é um gallo da noite. Ora, os modernos... Nesse momento ouve-se uma canção carnavalesca. O Gallo bamboleia, acompanhando o rythmo. Arlequim sente se invadido de tristeza. O Gallo retira-se bamboleando. E Arlequim olha a paisagem suburbana. As côres, em contraste, se harmonizam, dando um brilho novo á luz do sol. As ramagens como que se crystalizam, reverdecendo e fulgurando. Arlequim caminha. Um bando carnavalesco passa cantando. Arlequim hesita em acompanhal-o. Depois pára. Viu, então, que a cidade não o queria e que a Canção venceu as suas Tintas, os seus retalhos de cores escravizadas a uma geometria primitiva. E que os mestres cantores conduziam os homens para a libertação, para as claridades, emquanto elle sempre viveu nas som bras. A. G. V 0 Carnaval NA Malandrinha** Casquetes - Tennis Bonets - Camisas [Hl NÃO SE ILLUDAM Os melhores calçados C A S A A Fortaleza - S C H E T T I N I Av. 15 de Nov. 77* Tel Especialista em artigos para JiOJKBJ\S Chapéos - Camisas - Calçados R. CHAVES & CIA. A Casa Gelli entre outras vantagens possue a da exposição dos seus moveis, quartos e talas de visita e de jantar, para uma melhor escolha aos seus clienes. Av. is de Novembro 964 Tel. 218?. Salsicharia SERRANA Fabrica de productos defumados - Camara frigorifica Copeland A. E. G. Carne fresca, íinguiçus Carneiro, Porco e "V itella Gomes, Carneiro er Cia. Rua Washington íuis, i53. Tel, 5/99- Petropolis. I Pin Ppoonol í 0 paio animal sagrado Em quantidade sufficiente para abastecer toda a cidade pelos MKSOHK* PUKÇO* por ATACADO e a VAREJO A maior Casa do Brasil (Junto a Casa Gelli) Avenida 15 de Novembro, 64 Telephone 3277 A differença de preço para menos de outras casas é da AGUA para o VINHO! uniu, mui Ill ÉÉHÉÉÉÉÉM^ III,!IV» K ÉÉÉÉkM CM» D» CÉO... h Mundo dos Bichos Um primoroso livro de contos que Carlos Manhães escreveu para o Mundo Infantil i "< A' venda nas Papelarias do POVO e ESTEVES PEDIDOS DESDIí JA' A' Bibliothsca Infantil \y O TICO - TICO Travessi do Cuvidcr, 34 - RIO HaiíMjlM: J A mais antiga ue retropolix "Fundada em t85o J J l d 1 C u U U & l! Diz a «Encyclopedia «Encvclonedia da índia» Indií que o Deus indostanico Ganeas, anda A maior stock de artigos sempre acompanhado por um rato. no qual cavalga com frequencia, e para Carnaval está na que os indostanicos consideram o Casa ÂUtança j repugnante roedor como um animal dotado de singular prudência, pre- visão e intelligencia. Como compai nhiade um Deus o rato recebe así sim parte da homenagem devida a Distribuidora de I essa divindade. Em Des hnoke Bi kamir existe um templo dedicado Confetti - Lança-Perfumes e sómente ao rato sagrado de Ganeas, e em cujo recinto vivem ratos mantidos pela munificência dos devotos Serpentinas - todas as marcas do deus roedor. Na porta principal desse tempo.se encontra, no recinto, a jaula d">s ratos sagrados, os quaes vivem devorando tranquilamente as P R O C U R L M CfATAMf ALUIU BAVm AV. 15 hov.1024 m Alfaiataria Internacional Mário B. Amaral ti.u r HimiilimmtlliMiHiimil" Compre o seu PNEU agora Aproveite o desconto excepcional jamais feito até HOJE em PETROPOLIS. Procure a PETROPOLIS CREDITO MÓ- VEL e verifique, sem compromisso, seus Preços e Descontos interessantíssimos para a época e para o consumidor. Rua Paulo Barbosa, 344 e Av. 15 de Nov. 801 offerendas dos fieis; sem prestar grandes attenções ás orações que as acompanham. "Vida Domestica" Revista do Lar e da Mulher "TJ{lí - TJ\U" Magazine Illustrado Publicações mensaes dc grande circulação e <le interesse eollectivo PHOTO mm A T E L I E R Av. 15 de Novembro, 880 Chamados a Domicilio Secção para amadores Tel Luta Commercial Quem vive nas rodas commerciaes sabe da formidável lucta que estão empenhadas as companhias productoras de pneumáticos e camaras para automoveis. As emprezas européas prevalecendo-se da baixa cambial da moed t ingleza fazem uma guerra de morte ás firmas americauas que concorrendo em preço vêm baixando sensivelmente o custo dos pneus, com grande vantagem para o consumidor espectante que sae ganhando na briga. Confecção esmerada Mostruário moderno Esta luta titanica já repercutiu no Artigcs para presentes. Ofji- Una Tliere/.a,:!(»!) - Tel.!U47 - Petropolis nosso meio, tendo uma grande firma cinas próprias de Ou da praça a Petropolis Credito Movei iniciado a venda daquelles arti- riveis. Gravador e Relojoeiro Fabrica-se e Concerta-se gos, concedendo descontos jamais Dr. Lnperio Santos - Perfeição, garantia rapidez habilitação. aitingidcs no Brasii. Guilherme J. B. Rittmeyer ADVOGADO - Residência : Rua Fonseca Eis ahi um acontecimento que Ramos, 3io - Tel Diariamente agitando os grandes, vem dar prazer aos íd. is de J\ov 790 Telephone 33 no Fórum. pequenos. I>r. Antonio Cunha Cirurgiáo-Dentista Especialista em Bridges e Dentaduras Av. 15 de Nov Tel Casa PETROPOLIS Almança Junto a Casa Gelli A maior casa do Brasil Especialidade: meias e malhas e artigos para HOMENS Avenida 15 de Novembro, 964 Telephone 3277

8 O/ ASSIGNATURAS PEQUENA jgi-.-ll.l Annual 10$000 \V 1'l Semestral... 6$000 \\ II Avulso 200 rs. -l-l Atrazado 400 rs. ILUSTRAÇÃO i\\ As assignaturas pódem jtj ser tomadas em qualquer época Ty. Ypíranga - Petropolis Pon<M palavras, muitas iilcas M.ichina - Planei Lançamento da pedra fundamentai da nova estação da Leopoldina Railway A Companhia Leopoldina Railway commemorou domingo ultimo o cincoentenario da estrada de ferio em Petropolis, com o lançamento da pedra fundamental da nova estação, cujas obras terão inicio em princípios de julho do corrente anilo. O acto que foi festivo teve a presença dos srs. eommanáantj João Pereira Machado, representando o Chefe dç Governo Provisorio ; dr. Nelson fcins da Cosia, representando o interventor federal.no Estado do Rio ; cap Pellio Ramalho, secretario da Agricultura do Estado : dr. Yeddo Fiúza, prefeito municipal ; pessoas gradas, representantes da imprensa local, carioca e de Nictheroy. O sr. C. W. Bayne, superintendente da Companhia Leopoldina, disse da satisfação que sentia a poderosa empreza britannica pelo lançamento da pedra fundamental do novo edifício para a estação de Petropolis, acto com o qual orocurava corresponder aos desejos do Governo do Estado do Rio de Janeiro, e ás necessidades da população desta cidade, ao mesmo tempo que se prestava uma homenagem aos iniciadores desta grande realidade que é hoje o systema ferroviário m jmps.. : y >: - <wa»m i-mw EMSi::--.-^.:-;;.:?.^..... M *» - íwss, 5 ' S + 1 '' - ft, y< tti^w :-y yy.-y. /. >'.-ss: yyy-y-sj.<<yy.«yy. ;' :..-: :y<y:*í > > >< ' : >: : : ' >: >5; > : ::. ; vo-'. f- v- *í & *t. a.,.y s. ' f - >:%. ífw x, k.mv MM* Aspecto geral da Hitaçãc por cccasião do lançamento da pedra fundamental Cliché «Tribuna» A locomotiva n. 6404, da "Baldwyn "Locoinotive H^crks de Vhiladelphia, 1882, que inaupurcu o serv' ço ferrr.viar ; o em Petrópolis, tendo no limpa-trithcs o dr. Migue! Vetsi, que ha cinccenta cnnos também alli se assentara Cliché «Tribuna» s «lizercs : «The Leopoldina R ilway ny Limited. Estação de P -Pedra fundamental! no\ ção. collocada em pr ença toridadesdo paiz, em lí) d < ro de 1933, data comn t*m< r no Brasil, entre os quaes a. figura inolvidável do visconde Mauá. O sr. Peliio Ramalho agradeceu, declarando une o Governo do Estado apreciava devidamente o es-iurço empregado pela Leopoldina em collaborar ro desenvolvimento e pro gresso material das cidades fluminenses, por onde passa com as suas linhas, não obstante as dilliculdades financeiras geraes que se apresentam no momento actual. Lavrou-se em seguida a acta da cerimonia, descendo-se a pedra fundamental, em cuja cavidade foram deposiilados os jornaes do di i, c - tr.es e moedis. Numa lapide de marmere foram gravados a ouro, os searuiconí; i- op i's e le au- V" c- v (I «50" anníversario da eh. (' lo primeiro trem». A Companhia Leopoldina fez «er- vir champagne e doces fi i -s IOS seus convidados. Esteve presente o engenheiro petropolitnno dr. Miguel Detsi, que tomou parte nos trabalhos da r»ns trunção da Grão Par A etr A fami!i i»do visconde Mauá evtevê"representada pelo dr. Sampaio Vi'uma e exma. *ra. Nunes de ^á. Estiveram exoostas dua^ locomotivas mra o devido confronto : a primitiva de 1882e uma das actnaes, a de n. 327, da Beyer Plenckock Co. Lda., da Manchester, de 1928.

Sei que estou sendo até pretensioso com este trabalho, mas quero que saibam que estou apenas escrevendo o que está em meu coração quando estou a

Sei que estou sendo até pretensioso com este trabalho, mas quero que saibam que estou apenas escrevendo o que está em meu coração quando estou a Sei que estou sendo até pretensioso com este trabalho, mas quero que saibam que estou apenas escrevendo o que está em meu coração quando estou a meditar sobre a Bíblia Sagrada, com Fé, Esperança e Caridade

Leia mais

Ensino Português no Estrangeiro Nível A1 Prova A (13A1AE) 60 minutos

Ensino Português no Estrangeiro Nível A1 Prova A (13A1AE) 60 minutos Ensino Português no Estrangeiro Nível A1 Prova A (13A1AE) 60 minutos Prova de certificação de nível de proficiência linguística no âmbito do Quadro de Referência para o Ensino Português no Estrangeiro,

Leia mais

Nº 35 C Domingo XXX do Tempo Comum

Nº 35 C Domingo XXX do Tempo Comum Nº 35 C Domingo XXX do Tempo Comum-27.10.13 Se eu for como o fariseu, rezo só a falar em mim: EU...EU...EU... Eu, Senhor, sou o melhor de todos. Eu não sou mentiroso, como os meus colegas. Eu digo bom-dia

Leia mais

SUGESTÃO DE LITURGIA PARA O DOMINGO DE RAMOS E O DIA DO/A PASTOR/A 2014.

SUGESTÃO DE LITURGIA PARA O DOMINGO DE RAMOS E O DIA DO/A PASTOR/A 2014. SUGESTÃO DE LITURGIA PARA O DOMINGO DE RAMOS E O DIA DO/A PASTOR/A 2014. Adoração Acolhida Leitura Bíblica: Zacarias 9.9; 16-17. Sugestões de Cânticos: - HE 105 - Louvemos ao Senhor [Ademar de Campos]-

Leia mais

19. O que pensar das pessoas que, sofrendo ingratidão por benefícios prestados, não querem mais fazer o bem, com medo de encontrar ingratos?

19. O que pensar das pessoas que, sofrendo ingratidão por benefícios prestados, não querem mais fazer o bem, com medo de encontrar ingratos? 19. O que pensar das pessoas que, sofrendo ingratidão por benefícios prestados, não querem mais fazer o bem, com medo de encontrar ingratos? GUIA PROTECTOR Sens, 1862 Essas pessoas têm mais egoísmo do

Leia mais

CATEQUESE 10 JESUS ENTREGA A SUA VIDA

CATEQUESE 10 JESUS ENTREGA A SUA VIDA CATEQUESE 10 JESUS ENTREGA A SUA VIDA Objectivos: 1. Descobrir na entrega da vida de Jesus a plenitude da Sua relação com Deus Pai. 2. Acolher a fidelidade de Jesus a esta relação como geradora de vida

Leia mais

Tânia Abrão. Coração de Mãe. Coração De Mãe

Tânia Abrão. Coração de Mãe. Coração De Mãe Coração de Mãe Coração De Mãe Página 1 Coração De Mãe 1º Edição Agosto de 2013 Página 2 Coração De Mãe 1º Edição È proibida à reprodução total ou parcial desta obra, por Qualquer meio e para qualquer fim

Leia mais

24/06/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República

24/06/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República Palavras do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na Escola Municipal de Rio Largo, durante encontro para tratar das providências sobre as enchentes Rio Largo - AL, 24 de junho de 2010 Bem,

Leia mais

c- Muitas vezes nos deparamos com situações em que nos sentimos tão pequenos e às vezes pensamos que não vamos dar conta de solucioná-las.

c- Muitas vezes nos deparamos com situações em que nos sentimos tão pequenos e às vezes pensamos que não vamos dar conta de solucioná-las. FICHA DA SEMANA 5º ANO A e B Instruções: 1- Cada atividade terá uma data de realização e deverá ser entregue a professora no dia seguinte; 2- As atividades deverão ser copiadas e respondidas no caderno,

Leia mais

01/09/2009. Entrevista do Presidente da República

01/09/2009. Entrevista do Presidente da República Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após cerimônia de encerramento do 27º Encontro Econômico Brasil-Alemanha (EEBA) Vitória-ES, 1º de setembro de 2009

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 73 Discurso na cerimónia de inauguração

Leia mais

Paternidade: Missão e Dever. Dora Rodrigues

Paternidade: Missão e Dever. Dora Rodrigues Paternidade: Missão e Dever Dora Rodrigues História do dia dos pais O primeiro Dia dos Pais foi comemorado em 19 de junho de 1910, em Washington. A rosa foi escolhida como a flor oficial do evento. Em

Leia mais

Juro lealdade à bandeira dos Estados Unidos da... autch! No terceiro ano, as pessoas adoram dar beliscões. Era o Zezinho-Nelinho-Betinho.

Juro lealdade à bandeira dos Estados Unidos da... autch! No terceiro ano, as pessoas adoram dar beliscões. Era o Zezinho-Nelinho-Betinho. ÍTULO 1 Juro lealdade à bandeira dos Estados Unidos da... autch! No terceiro ano, as pessoas adoram dar beliscões. Era o Zezinho-Nelinho-Betinho. Julinho sussurrou. Vou pensar no teu caso respondi -lhe,

Leia mais

OFICINA DE ORGANIZAÇÃO PESSOAL MARCIA NOLETO PERSONAL ORGANIZER

OFICINA DE ORGANIZAÇÃO PESSOAL MARCIA NOLETO PERSONAL ORGANIZER OFICINA DE ORGANIZAÇÃO PESSOAL MARCIA NOLETO PERSONAL ORGANIZER MEU TEMPO É PRECIOSO ROTINA INSANA CAOS COMIDA PARA FAZER CASA PARA LIMPAR FILHOS PARA CUIDAR TRABALHO COMO SER ORGANIZADA? Processo que

Leia mais

O Estranho Homem. S. Esteves

O Estranho Homem. S. Esteves O Estranho Homem S. Esteves [ 2 ] O conteúdo desta obra literária inclusive as imagens, está protegido pela legislação autoral vigente no Brasil, e pelas regras internacionais estabelecidas na Convenção

Leia mais

OS IMPACTOS DO CONSUMO DE BELEZA NAS FINANÇAS

OS IMPACTOS DO CONSUMO DE BELEZA NAS FINANÇAS OS IMPACTOS DO CONSUMO DE BELEZA NAS FINANÇAS Agosto 2016 OS IMPACTOS DO CONSUMO DE BELEZA NAS FINANÇAS 43,7% Admitem o hábito de gastar mais do que costumam com cuidados de beleza para se sentirem melhor,

Leia mais

Magistério profético na construção da Igreja do Porto

Magistério profético na construção da Igreja do Porto Magistério profético na construção da Igreja do Porto Excertos do pensamento de D. António Ferreira Gomes entre 1969-1982 A liberdade é sem dúvida um bem e um direito, inerente à pessoa humana, mas é antes

Leia mais

18 dicas para ativar sua motivação pessoal e turbinar seus resultados de uma vez por todas. VIVER DE BLOG Página 1

18 dicas para ativar sua motivação pessoal e turbinar seus resultados de uma vez por todas. VIVER DE BLOG Página 1 18 dicas para ativar sua motivação pessoal e turbinar seus resultados de uma vez por todas VIVER DE BLOG Página 1 INTRODUÇÃO Manter o nível de motivação nas alturas nem sempre é tarefa fácil. Por mais

Leia mais

Salmo 23:! Viva uma vida com tranquilidade

Salmo 23:! Viva uma vida com tranquilidade Anésio Rodrigues Salmo 23 Salmo 23:! Viva uma vida com tranquilidade Salmo 23 O SENHOR é o meu pastor; e nada me faltará. Salmo 23 Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranquilas.

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 75 Discurso na cerimónia de posse

Leia mais

Meninos e Meninas Brincando

Meninos e Meninas Brincando Meninos e Meninas Brincando J. C. Ryle "As praças da cidade se encherão de meninos e meninas, que nelas brincarão." (Zc.8:5) Queridas crianças, o texto acima fala de coisas que acontecerão. Deus está nos

Leia mais

Treinando Tubarões. Fabiano Britto Co-Fundador da Ouro Moderno Professor de Cursos Avançados em Animação Pioneiro em Cursos de Desenvolvedor de Games

Treinando Tubarões. Fabiano Britto Co-Fundador da Ouro Moderno Professor de Cursos Avançados em Animação Pioneiro em Cursos de Desenvolvedor de Games Treinando Tubarões Fabiano Britto Co-Fundador da Ouro Moderno Professor de Cursos Avançados em Animação Pioneiro em Cursos de Desenvolvedor de Games Treinamento A ideia Do atendimento ao fechamento Sugestão

Leia mais

EMPREENDENDO NA CRISE. Thiago Oliveira

EMPREENDENDO NA CRISE. Thiago Oliveira EMPREENDENDO NA CRISE Thiago Oliveira 10 dicas para empreender na crise OPORTUNIDADE AFASTAR-SE DO PESSIMISMO E DE PESSIMISTAS PRATICAR NOSSOS IDEAIS LIDERANÇA MUDAR A MENTALIDADE BUSCAR MELHORIAS REIVENTAR-SE

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Quarta-feira da 5ª Semana da Quaresma Ó Deus de

Leia mais

Jorge Araken Faria da Silva

Jorge Araken Faria da Silva JORGE ARAKEN FARIA DA SILVA Do Instituto Histórico e Geográfico do Acre Vice-Presidente da Academia Acreana de Letras Desembargador aposentado. Professor jubilado da UFAC Vice-Presidente do Tribunal de

Leia mais

Pensamento. Gente de Expressão

Pensamento. Gente de Expressão Neste sábado, 7 de setembro, é celebrado, em todo o País, o Dia da Independência. A região se prepara para o tradicional desfile pelas principais avenidas. Instituições diversas vão às ruas em clima de

Leia mais

Pesquisa. Setembro 2014

Pesquisa. Setembro 2014 Pesquisa Setembro 2014 Perfil Quem é o nosso time? 66% está conosco há mais de 1 ano 69% são casadas 68% tem Filhos, 42% desses adolescentes Média de Idade 32 anos (20 a 56) 93% são mulheres 61% cursando

Leia mais

DISTRIBUIÇÕES ESPECIAIS DE PROBABILIDADE DISCRETAS

DISTRIBUIÇÕES ESPECIAIS DE PROBABILIDADE DISCRETAS VARIÁVEIS ALEATÓRIAS E DISTRIBUIÇÕES DE PROBABILIDADES 1 1. VARIÁVEIS ALEATÓRIAS Muitas situações cotidianas podem ser usadas como experimento que dão resultados correspondentes a algum valor, e tais situações

Leia mais

Exame Analítico. a) 0 b) 1 c) 3 d) 4 e) 5. 2) Qual é o próximo número da seqüência? {4, 5, 26/3, 33/2,...} a) 102/4 b) 55/3 c) 66/4 d) 162/5 e) 62/4

Exame Analítico. a) 0 b) 1 c) 3 d) 4 e) 5. 2) Qual é o próximo número da seqüência? {4, 5, 26/3, 33/2,...} a) 102/4 b) 55/3 c) 66/4 d) 162/5 e) 62/4 Exame Analítico 1) Você deverá analisar a seqüência das 5 próximas frases para concluir a afirmativa correta: (1) Vou lhe dizer 5 verdades; (2) A frase anterior é mentira; (3) A frase anterior é mentira;

Leia mais

Questionário de avaliação diagnóstica / Preliminary questionnaire

Questionário de avaliação diagnóstica / Preliminary questionnaire Este questionário foi aplicado durante o mês de Outubro a 105 alunos do 7º e 8º ano e pretende avaliar o nível de conhecimento que os alunos têm sobre Direitos da Criança. This questionnaire has been applied

Leia mais

Especulações sobre o amor

Especulações sobre o amor Especulações sobre o amor Janete Luiz Dócolas, Psicanalista O amor é um mistério que há muito tempo, talvez desde que fora percebido, os homens vem tentando compreender, descrever ou ao menos achar um

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA A EXECUÇÃO DE DESPESAS PÚBLICAS

PROCEDIMENTOS PARA A EXECUÇÃO DE DESPESAS PÚBLICAS PROCEDIMENTOS PARA A EXECUÇÃO DE DESPESAS PÚBLICAS BANDA DESENHADA GOVERNO DE Ministério das Finanças PROCEDIMENTOS PARA A EXECUÇÃO DE DESPESAS PÚBLICAS Personagens da História: José Gomes: Empresário

Leia mais

ÍNDICE. 1.1 Apresentação do Centro...2. 1.2 Direitos...2. 1.3 - Deveres...3. 1.4 - Organização...3

ÍNDICE. 1.1 Apresentação do Centro...2. 1.2 Direitos...2. 1.3 - Deveres...3. 1.4 - Organização...3 ÍNDICE I - 1.1 Apresentação do Centro...2 1.2 Direitos......2 1.3 - Deveres...3 1.4 - Organização...3 II Voluntariado 2.1 Apresentação do Voluntário...4 2.2 Perfil do Voluntário...5 2.3 Funções...6 2.4

Leia mais

(18/04/2008) (EU): OIE BB (VC): OIIIIIIIIIIIIIII (EU): TUDO CERTO (VC): TUDO CERTIN.. (EU): CONSEGUINDO LEVAR A VIDA REAL A SERIO AGORA?

(18/04/2008) (EU): OIE BB (VC): OIIIIIIIIIIIIIII (EU): TUDO CERTO (VC): TUDO CERTIN.. (EU): CONSEGUINDO LEVAR A VIDA REAL A SERIO AGORA? (18/04/2008) (EU): OIE BB (VC): OIIIIIIIIIIIIIII (EU): TUDO CERTO (VC): TUDO CERTIN.. (EU): CONSEGUINDO LEVAR A VIDA REAL A SERIO AGORA? (VC): HUAHSUASHUAHSUAHSUA SEI LÁ (EU): ENTENDO TUDO NO REAL TA DESABANDO

Leia mais

Classificação de hinos do HPD e cânones por assuntos

Classificação de hinos do HPD e cânones por assuntos Classificação de hinos do HPD e cânones por assuntos 1 Advento e Natal 2 Ano Novo 3 Epifania 4 Entrada Triunfal 5 Paixão 6 Páscoa 7 Ascensão 8 Pentecostes 9 Trindade 10 Morte e Vida Eterna, Juízo Final

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO CONTROLADORIA-GERAL DO ESTADO - CGE/MT

ESTADO DE MATO GROSSO CONTROLADORIA-GERAL DO ESTADO - CGE/MT Orientação Técnica 0002/2015 UNIDADE ORÇAMENTÁRIA: TODAS AS UNIDADES ORÇAMENTÁRIAS INTERESSADO: C/ CÓPIA: ASSUNTO: SECRETÁRIOS DE ESTADO E PRESIDENTES DE AUTARQUIAS,FUNDAÇÕES, EMPRESAS E DEMAIS ENTIDADES

Leia mais

Festa Sagrada Família

Festa Sagrada Família Festa Sagrada Família Homilia para a Família Salesiana (P. J. Rocha Monteiro) Sagrada Família de Jesus, Maria e José 1. No Domingo, dentro da oitava do Natal, celebra-se sempre a festa da Sagrada Família.

Leia mais

Um dia de aluguel na Serra paga até 3 dias de locação nas cidades do Litoral

Um dia de aluguel na Serra paga até 3 dias de locação nas cidades do Litoral Pesquisa CRECI-SP Aluguel de temporada Especial: Férias de julho Diárias de R$ 60,00 a R$ 754,17 Um dia de aluguel na Serra paga até 3 dias de locação nas cidades do Litoral Muita gente nem considera a

Leia mais

LE 702 a 727 676. Por que o trabalho se impõe ao homem? Por ser uma consequência da sua natureza corpórea. É expiação e, ao mesmo tempo, meio de aperfeiçoamento da sua inteligência... Q. 719 É natural

Leia mais

21. Sujeitem-se uns aos outros, por temor a Cristo. 22. Mulheres, sujeite-se cada uma a seu marido, como ao Senhor, 23. pois o marido é o cabeça da

21. Sujeitem-se uns aos outros, por temor a Cristo. 22. Mulheres, sujeite-se cada uma a seu marido, como ao Senhor, 23. pois o marido é o cabeça da 21. Sujeitem-se uns aos outros, por temor a Cristo. 22. Mulheres, sujeite-se cada uma a seu marido, como ao Senhor, 23. pois o marido é o cabeça da mulher, como também Cristo é o cabeça da igreja, que

Leia mais

Preciso Crer De Ludimila de Oliveira Cardoso

Preciso Crer De Ludimila de Oliveira Cardoso Preciso Crer De Ludimila de Oliveira Cardoso Às vezes tudo parece tão claro, Às vezes tudo parece confuso. Pensamentos, atitudes, fatos se confundem Razão e emoção. Tantas dúvidas, incertezas, medos, ansiedade,

Leia mais

LOGOTIPO OU LOGOMARCA?

LOGOTIPO OU LOGOMARCA? E-book para Empreendedores LOGOTIPO OU LOGOMARCA? Dicas para criar um( a ) logo de sucesso www.logovia.com.br A equipe do Logovia deseja que a leitura deste e-book seja agravável e que expanda seu entendimento

Leia mais

Como ajudar o seu filho nas escolhas académicas e profissionais. Ideias para hoje e amanhã

Como ajudar o seu filho nas escolhas académicas e profissionais. Ideias para hoje e amanhã Como ajudar o seu filho nas escolhas académicas e profissionais Ideias para hoje e amanhã Os Pais e a Carreira dos Filhos O futuro profissional dos filhos é uma preocupação natural para todos os pais,

Leia mais

Tratamento e Análise de Dados e Informações (TADI)

Tratamento e Análise de Dados e Informações (TADI) Tratamento e Análise de Dados e Informações (TADI) Apresentação do Curso Prof. André Martins A USP http://www4.usp.br/index.php/a-usp http://www.webometrics.info/ http://www.arwu.org/ By all means let's

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 30 DE JANEIRO SEDE DA PREFEITURA

Leia mais

Treinamento sobre Progress Report.

Treinamento sobre Progress Report. Treinamento sobre Progress Report. Objetivo O foco aqui é trabalhar o desenvolvimento pessoal de cada aluno. O instrutor irá analisar cada um e pensar em suas dificuldades e barreiras de aprendizado e,

Leia mais

a) Qual das formas verbais destacadas nas frases transmite a ideia de uma ação completamente concluída?

a) Qual das formas verbais destacadas nas frases transmite a ideia de uma ação completamente concluída? VERBO CONTINUAÇÃO III FLEXÃO DE TEMPO TEMPOS VERBAIS A) Modo Indicativo Leia esta piada: Chovia há três dias sem parar e o campo de futebol estava completamente inundado. Era domingo e sem futebol o pessoal

Leia mais

ISAQUE E REBECA: CASAMENTO E FILHOS

ISAQUE E REBECA: CASAMENTO E FILHOS Momento com Deus Crianças de 7 a 9 anos NOME: DATA: 09/06/2013 ISAQUE E REBECA: CASAMENTO E FILHOS Versículos para Decorar 1- Quem quiser tornar-se importante entre vocês deverá ser servo. Marcos 10:43b

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL Representação nº 140/98 RECOMENDAÇÃO Nº 23/99 Trata o procedimento de representação formulada por Paulo Murilo Castilho Barone em face da recusa da Polícia Federal em São Paulo em lhe conceder passaporte

Leia mais

1 Produto: Podcast Formato: Áudio Canal: Minicast Tema: Os Inovadores., o livro. ebookcast (este ebook)

1 Produto: Podcast Formato: Áudio Canal: Minicast Tema: Os Inovadores., o livro. ebookcast (este ebook) 1 Produto: Podcast Formato: Áudio Canal: Minicast Tema: Os Inovadores., o livro Nossos conteúdos nos três formatos Minicast (ouça) ebookcast (este ebook) WebPage (leia) 2 Pagar ligações telefônicas e navegação

Leia mais

Todas as crianças, tenham ou não deficiências, têm direito a educação. enhuma criança deve ser considerada ineducável.

Todas as crianças, tenham ou não deficiências, têm direito a educação. enhuma criança deve ser considerada ineducável. TRECHOS DA PALESTRA DE MARIA AMELIA VAMPRÉ XAVIER, DA SEADS E DA FEDERAÇÃO ACIO AL DAS APAES, O ROTARY CLUBE-AEROPORTO, EM 3 DE OVEMBRO DE 2009 SOBRE O TEMA: A SITUAÇÃO DAS CRIA ÇAS O MU DO E SEU DIREITO

Leia mais

O que você está dizendo?! Pelo jeito alguém fez uma denúncia contra você, porque não vou lhe imputar isto você ter denunciado outra pessoa!

O que você está dizendo?! Pelo jeito alguém fez uma denúncia contra você, porque não vou lhe imputar isto você ter denunciado outra pessoa! Sócrates encontra-se por acaso com o adivinho Êutifron, dias antes de seu julgamento 1 (2) Que novidade é essa, Sócrates, que você, deixando os passatempos no Liceu, 2 agora passa o tempo aqui, nos arredores

Leia mais

ORÇAMENTO EMPRESARIAL CONCEITOS E APLICAÇÕES PROF. SILVIA FLORES ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA

ORÇAMENTO EMPRESARIAL CONCEITOS E APLICAÇÕES PROF. SILVIA FLORES ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA ORÇAMENTO EMPRESARIAL CONCEITOS E APLICAÇÕES PROF. SILVIA FLORES ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA ORÇAMENTO É um plano administrativo que cobre todas as operações da empresa, para um período de

Leia mais

Tipos de Correspondência Empresarial

Tipos de Correspondência Empresarial Tipos de Correspondência Empresarial Correspondência Interna: As empresas se preocupam em garantir que todos os seus colaboradores tomem notas das atividades importantes para a instituição. Essa é a razão

Leia mais

Projeto Pitanguá Sugestão de Avaliação de Ciências 2ª série (3º ano) 3º bimestre

Projeto Pitanguá Sugestão de Avaliação de Ciências 2ª série (3º ano) 3º bimestre Projeto Pitanguá 1 Projeto Pitanguá Sugestão de Avaliação de Ciências 2ª série (3º ano) 3º bimestre Colégio: Nome: Número: Turma: Data: Unidade 6 1. Leia: O corpo da maioria das plantas que conhecemos

Leia mais

Guião da celebração. Festa do Pai-Nosso. Núcleo seminário passionistas. 2º Ano de catequese. 2 Junho de 2012. Saudação inicial: Catequista:

Guião da celebração. Festa do Pai-Nosso. Núcleo seminário passionistas. 2º Ano de catequese. 2 Junho de 2012. Saudação inicial: Catequista: Guião da celebração Festa do Pai-Nosso Núcleo seminário passionistas 2º Ano de catequese 2 Junho de 2012 Saudação inicial: Catequista: Boa tarde A nossa comunidade está hoje em festa, porque as crianças

Leia mais

TRÊS AMIGOS NO SENHOR, AMIGO FIEL. Inácio, uma fundação Xavier, uma missão Fabro, uma oração

TRÊS AMIGOS NO SENHOR, AMIGO FIEL. Inácio, uma fundação Xavier, uma missão Fabro, uma oração TRÊS AMIGOS NO SENHOR, AMIGO FIEL Exercício para a festa de Santo Inácio no Jubileu de 2006 Inácio, uma fundação Xavier, uma missão Fabro, uma oração R. Paiva, SJ A um ou dois passos do lugar onde farei

Leia mais

Louvar a Deus. Dar a Deus o que é de Deus, e a César o que é de César. Nº 35A 29º Domingo do Tempo Comum - 19.10.2014

Louvar a Deus. Dar a Deus o que é de Deus, e a César o que é de César. Nº 35A 29º Domingo do Tempo Comum - 19.10.2014 Nº 35A 29º Domingo do Tempo Comum - 19.10.2014 Louvar a Deus 1. Dar a Deus o que é de Deus, e a César o que é de César Tu és Amor. Tu és Trindade. Tu és Sabedoria. Tu és segurança. Tu és alegria e paz.

Leia mais

Tânia Abrão. Deixo meus olhos Falar

Tânia Abrão. Deixo meus olhos Falar Tânia Abrão Deixo meus olhos Falar 1 Biografia Tânia Abrão Mendes da Silva Email: Tania_morenagata@hotmail.com Filha de Benedito Abrão e Ivanir Abrão Nasceu em 09/08/1984 Natural da Cidade de Lapa Paraná

Leia mais

COMO VENDER MAIS USANDO FUNIL DE VENDAS. Capítulo IV: Mais negócios

COMO VENDER MAIS USANDO FUNIL DE VENDAS. Capítulo IV: Mais negócios COMO VENDER MAIS USANDO FUNIL DE VENDAS Capítulo IV: Mais negócios Índice Introdução Como adicionar mais negócios Negócios lucrativos 03 05 07 2 Introdução Olá, Nessa quarta parte da nossa série iremos

Leia mais

CRUZEIRINHO DO MESTRE IRINEU

CRUZEIRINHO DO MESTRE IRINEU CRUZEIRINHO DO MESTRE IRINEU 1 2 1. Dou Viva a Deus Nas Alturas waltz Dou viva a Deus nas alturas E a Virgem Mãe nosso amor Viva todo Ser Divino E Jesus Cristo Redentor Eu peço a Deus nas alturas Para

Leia mais

CONFISSÕES DE UMA MENTE FÉRTIL. Deborah Zaniolli

CONFISSÕES DE UMA MENTE FÉRTIL. Deborah Zaniolli CONFISSÕES DE UMA MENTE FÉRTIL Deborah Zaniolli Confissões de uma mente fértil Título da obra: CONFISSÕES DE UMA MENTE FÉRTIL Gênero literário da obra: Não Ficção Copyright 2014 por Deborah Zaniolli Todos

Leia mais

Consumo como alcance da felicidade Julho/2015

Consumo como alcance da felicidade Julho/2015 Consumo como alcance da felicidade Julho/2015 Seis em cada dez consumidores consideram-se felizes O estudo O consumo como alcance da felicidade, conduzido pelo SPC Brasil e Meu Bolso feliz, busca compreender

Leia mais

Importância das Marcas

Importância das Marcas Importância das Marcas Dihego Pansini de Souza A marca de uma empresa se coloca como um bem intangível, mas, sem dúvida alguma, é um importante diferencial. Na dinâmica atual do mercado já não é mais possível

Leia mais

APRENDENDO COM AS TRADIÇÕES RELIGIOSAS

APRENDENDO COM AS TRADIÇÕES RELIGIOSAS SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: / / 0 UNIDADE: III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 6.º ANO/EF PROFESSOR(A): VALOR: 0,0 MÉDIA: 6,0 RESULTADO:

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL SIGMA

CENTRO EDUCACIONAL SIGMA 5ºAno 1.5 CIÊNCIAS 4º período 10 de dezembro de 2015 Cuide da organização da sua prova. Escreva de forma legível. Fique atento à ortografia e elabore respostas claras. Tudo isso será considerado na correção.

Leia mais

HOTEIS HERITAGE LISBOA

HOTEIS HERITAGE LISBOA HOTEIS HERITAGE LISBOA Lugares de Tradição Lisboa é uma cidade que desperta os sentidos, que fascina, que envolve. É uma cidade de mistérios e encantos Um sol diferente, luz de cristal azul, rosa, ocre

Leia mais

SÃO PAULO, 6 DE MAIO DE 2014;

SÃO PAULO, 6 DE MAIO DE 2014; SÃO PAULO, 6 DE MAIO DE 2014; Famílias 'expulsas' por aluguel alto no bairro da Copa engrossam invasões A maior parte dos 2,5 mil barracos erguidos desde sábado na ocupação 'Copa do Povo', em Itaquera,

Leia mais

Música: O Caminho. Compositor: Daniel Feitosa. Estreito é o caminho da glória duplicado e asfaltado é o caminho da perdição

Música: O Caminho. Compositor: Daniel Feitosa. Estreito é o caminho da glória duplicado e asfaltado é o caminho da perdição Música: O Caminho Compositor: Daniel Feitosa Estreito é o caminho da glória duplicado e asfaltado é o caminho da perdição Não vá se enganar se quiser se salvar o homem penitente este sim passará Pelos

Leia mais

PLANEJANDO UMA VIAGEM DE SUCESSO SABRINA MAHLER

PLANEJANDO UMA VIAGEM DE SUCESSO SABRINA MAHLER PLANEJANDO UMA VIAGEM DE SUCESSO SABRINA MAHLER \ As viagens podem ter objetivos diversos, estilos variados e orçamentos infinitamente distintos..você pode ir sozinho, com amigos, com marido ou namorado,

Leia mais

Intervenção da Presidente da Câmara Municipal de Almada na Inauguração do 2º troço da 1ª fase da Rede do Metro Sul do Tejo. 15 de Dezembro de 2007

Intervenção da Presidente da Câmara Municipal de Almada na Inauguração do 2º troço da 1ª fase da Rede do Metro Sul do Tejo. 15 de Dezembro de 2007 na Inauguração do 2º troço da 1ª fase da Rede do Metro Sul do Tejo 15 de Dezembro de 2007 Exmo Sr. Ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações Exma Sra. Secretária de Estado dos Transportes

Leia mais

Luzes dos Documentos Conciliares Para a Nova Evangelização

Luzes dos Documentos Conciliares Para a Nova Evangelização Luzes dos Documentos Conciliares Para a Nova Evangelização Prof. Denilson A. Rossi O que se entende por Nova Evangelização? Quais são as luzes dos documentos conciliares para a Nova Evangelização? Em que

Leia mais

3. Pesquise em livros ou internet, procurando identificar em mapas onde está localizado o estado de Goiás. CIÊNCIAS ATIVIDADE 1

3. Pesquise em livros ou internet, procurando identificar em mapas onde está localizado o estado de Goiás. CIÊNCIAS ATIVIDADE 1 02- Roteiro de tarefas semana de 01 a 12 de fevereiro COLÉGIO EXTERNATO SÃO JOSÉ Goiânia, de de 2016. Nome: nº: Turma: Professor (a): 4º Ano ROTEIRO DE TAREFAS SEMANA DE 01 A 12 DE FEVEREIRO ACESSO AO

Leia mais

Diário Oficial. Nº 972 - ANO IX Segunda - feira, 18 de Abril de 2016 PREFEITURA MUNICIPAL DE ANAGÉ NESTA EDIÇÃO:

Diário Oficial. Nº 972 - ANO IX Segunda - feira, 18 de Abril de 2016 PREFEITURA MUNICIPAL DE ANAGÉ NESTA EDIÇÃO: Diário Oficial Nº 972 - ANO IX Segunda - feira, 18 de Abril de 2016 PREFEITURA MUNICIPAL DE ANAGÉ Novos Municípios poderão aderir ao programa Mais Médicos Municípios com interesse em participar do programa

Leia mais

NOVIDADES MULHERES EM ACÇÃO - CABINDA

NOVIDADES MULHERES EM ACÇÃO - CABINDA NOVIDADES MULHERES EM ACÇÃO - CABINDA JANEIRO 2011 - DEZEMBRO 2012 GOVERNO PROVINCIAL DE CABINDA INTRODUÇAO Financiado pela União Europeia Implementado pela ADPP Angola com o apoio do Governo Provincial

Leia mais

TROVAS MAIS ALÉM... ESPÍRITOS DIVERSOS PSICOGRAFIA DE LEONARDO PAIXÃO

TROVAS MAIS ALÉM... ESPÍRITOS DIVERSOS PSICOGRAFIA DE LEONARDO PAIXÃO TROVAS MAIS ALÉM... ESPÍRITOS DIVERSOS PSICOGRAFIA DE LEONARDO PAIXÃO 1 Capa: Leonardo Paixão Digitação: Leonardo Paixão Permitida a reprodução desde que citada a fonte, conforme Lei 9.610, de 19 de Fevereiro

Leia mais

Comportamento ético do Contador - Conciliando Interesses, Administrando pessoas, informações e recursos.

Comportamento ético do Contador - Conciliando Interesses, Administrando pessoas, informações e recursos. Comportamento ético do Contador - Conciliando Interesses, Administrando pessoas, informações e recursos. Thiago Silva Lima Resumo A contabilidade é um ramo muito importante em se falando de ética já que

Leia mais

Ransomware backup e outras medidas preventivas GTS 27 Uberlândia, Maio de 2016

Ransomware backup e outras medidas preventivas GTS 27 Uberlândia, Maio de 2016 Ransomware backup e outras medidas preventivas GTS 27 Uberlândia, Maio de 2016 Danton Nunes Internexo Ltda. São José dos Campos, SP Do que se trata a encrenca? Um programa clandestino

Leia mais

TRANSCRIÇÃO SAMBA DE QUADRA

TRANSCRIÇÃO SAMBA DE QUADRA TRANSCRIÇÃO SAMBA DE QUADRA letreiro 1: Sem o modernismo dos tempos atuais, o samba sertanejo era uma espécie de baile rústico, que ia noite à dentro até o raiar do dia, com seus matutos dançando e entoando

Leia mais

CONTRATO DE LOCAÇÃO DO SALÃO DE FESTA DA SEDE BALNEÁRIA DA ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOSCATARINENSES

CONTRATO DE LOCAÇÃO DO SALÃO DE FESTA DA SEDE BALNEÁRIA DA ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOSCATARINENSES CONTRATO DE LOCAÇÃO DO SALÃO DE FESTA DA SEDE BALNEÁRIA DA ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOSCATARINENSES Pelo presente instrumento particular de contrato, de um lado a ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS CATARINENSES,

Leia mais

SONDAGEM DATAS COMEMORATIVAS DIA DOS NAMORADOS

SONDAGEM DATAS COMEMORATIVAS DIA DOS NAMORADOS SONDAGEM DATAS COMEMORATIVAS DIA DOS NAMORADOS Junho 2016 INTENÇÃO DE PRESENTEAR NO DIA DOS NAMORADOS 57,4% Têm a intenção de presentear 28,0% Não darão presentes Principal justificativa dos que não presentearão:

Leia mais

O que há por trás do véu?

O que há por trás do véu? O que há por trás do véu? Ex 34:29-35 Ao lermos esses versículos, a primeira coisa que observamos é que Moisés era um homem, um líder muito próximo, muito íntimo de Deus! A ponto de ficar com o seu rosto

Leia mais

SER FORTALECIDO PELA ADORAÇÃO

SER FORTALECIDO PELA ADORAÇÃO Texto Base: João 4:19 a 24 Disse-lhe a mulher: Senhor, vejo que és profeta. Nossos pais adoraram neste monte, e vós dizeis que é em Jerusalém o lugar onde se deve adorar. Disse-lhe Jesus: Mulher, crê-me

Leia mais

Visita à Odebrecht 16 de Abril de 2015

Visita à Odebrecht 16 de Abril de 2015 Visita à Odebrecht 16 de Abril de 2015 Introdução Poucas empresas se consolidam no mercado por tanto tempo e com tamanha qualidade, tradição e compromisso na prestação de seus serviços. A 80 anos a Odebrecht

Leia mais

Manual de Utilização. Ao acessar o endereço www.fob.net.br chegaremos a seguinte página de entrada: Tela de Abertura do Sistema

Manual de Utilização. Ao acessar o endereço www.fob.net.br chegaremos a seguinte página de entrada: Tela de Abertura do Sistema Abaixo explicamos a utilização do sistema e qualquer dúvida ou sugestões relacionadas a operação do mesmo nos colocamos a disposição a qualquer horário através do email: informatica@fob.org.br, MSN: informatica@fob.org.br

Leia mais

André Urani (aurani@iets.inf.br)

André Urani (aurani@iets.inf.br) Um diagnóstico socioeconômico do Estado de a partir de uma leitura dos dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios do IBGE (1992-4) André Urani (aurani@iets.inf.br) Maceió, dezembro de 5 Introdução

Leia mais

EAA Editora ARARA AZUL Ltda Revista Virtual de Cultura Surda ENTREVISTA. Carilissa Dall Alba

EAA Editora ARARA AZUL Ltda Revista Virtual de Cultura Surda ENTREVISTA. Carilissa Dall Alba EAA Editora ARARA AZUL Ltda Revista Virtual de Cultura Surda IDENTIFICAÇÃO Nome: Cidade: Estado: País: Formação: Profissão: Local de Trabalho: Local de Estudo: Contatos: Santa Maria RS Brasil Mestrado

Leia mais

Prefácio. 2. As lições são programadas para pessoas que cumpram os seguintes requisitos:

Prefácio. 2. As lições são programadas para pessoas que cumpram os seguintes requisitos: Prefácio 1. Este curso foi preparado pelo Seminário por Extensão às Nações (SEAN). Para que se obtenha o máximo benefício de um seminário por extensão, é recomendável estudar sob a direção de um orientador,

Leia mais

DUVIDOSOS HONORIS CAUSA' A Universitas Sancti Cyrilli, que atribuiu títulos

DUVIDOSOS HONORIS CAUSA' A Universitas Sancti Cyrilli, que atribuiu títulos HONORIS CAUSA' DUVIDOSOS A Universitas Sancti Cyrilli, que atribuiu títulos 'honoris causa' a Jardim, João Carlos Abreu e Francisco Fernandes, está entre as 50 instituições consideradas 'fictícias' ou

Leia mais

Na época, Mali era professor do ensino médio em Nova York e comentava com a plateia

Na época, Mali era professor do ensino médio em Nova York e comentava com a plateia Como fazer uma apresentação impecável Algumas pessoas batalham a vida inteira para alcançar uma boa reputação. Mas o americano Taylor Mali conseguiu isso com um único discurso, feito espontaneamente durante

Leia mais

Prospecção Inteligente

Prospecção Inteligente CONSORCIO NACIONAL GAZIN Prospecção Inteligente Inicialmente parece simples: prospectar é pesquisar, localizar e avaliar clientes potenciais. Mas o que parece óbvio nem sempre é feito da maneira correta.

Leia mais

Como você descreveria uma pessoa piedosa, um santo, um homem de Deus?

Como você descreveria uma pessoa piedosa, um santo, um homem de Deus? Como você descreveria uma pessoa piedosa, um santo, um homem de Deus? C.S. Lewis Peso de Glória Se você perguntasse a vinte homens íntegros dos nossos dias qual acreditam ser a maior das virtudes, dezenove

Leia mais

Considerando que trouxe (1ª quadro) é um VTD, destaque e classifique o complemento desse verbo:. b)

Considerando que trouxe (1ª quadro) é um VTD, destaque e classifique o complemento desse verbo:. b) ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO PARALELA - PORTUGUÊS PROFESSOR: Renan Andrade TURMA: 7 ano Vespertino REVISÃO 1) Leia os fragmentos abaixos, alguns extraídos da crônica em estudo, e classifique os verbos quanto

Leia mais

Na escola estão Pedro e Thiago conversando. THIAGO: Não, tive que dormi mais cedo por que eu tenho prova de matemática hoje.

Na escola estão Pedro e Thiago conversando. THIAGO: Não, tive que dormi mais cedo por que eu tenho prova de matemática hoje. MENININHA Na escola estão Pedro e Thiago conversando. PEDRO: Cara você viu o jogo ontem? THIAGO: Não, tive que dormi mais cedo por que eu tenho prova de matemática hoje. PEDRO: Bah tu perdeu um baita jogo.

Leia mais

PARECER Nº 68/PP/2013-P CONCLUSÕES:

PARECER Nº 68/PP/2013-P CONCLUSÕES: 1 PARECER Nº 68/PP/2013-P CONCLUSÕES: 1. Um Advogado que tenha sido nomeado patrono oficioso de um menor num processo judicial de promoção e protecção de crianças e jovens em perigo, requerido pelo Ministério

Leia mais

REGULAMENTO HACKATHON KIMBERLY-CLARK EDIÇÃO HUGGIES

REGULAMENTO HACKATHON KIMBERLY-CLARK EDIÇÃO HUGGIES REGULAMENTO HACKATHON KIMBERLY-CLARK EDIÇÃO HUGGIES Este regulamento contém as regras aplicáveis ao Hackathon Kimberly-Clark Edição Huggies ( Evento ), promovida pela KIMBERLY-CLARK BRASIL INDÚSTRIA E

Leia mais

Você sabia? Que a água que chega à torneira da sua casa é distribuída pela Manaus Ambiental? A empresa é a responsável pela água e esgoto de Manaus.

Você sabia? Que a água que chega à torneira da sua casa é distribuída pela Manaus Ambiental? A empresa é a responsável pela água e esgoto de Manaus. Cartilha Você sabia? Que a água que chega à torneira da sua casa é distribuída pela Manaus Ambiental? A empresa é a responsável pela água e esgoto de Manaus. Você sabe como é feito o tratamento da água

Leia mais

REGULAMENTO DO AUTOCARRO E CARRINHA

REGULAMENTO DO AUTOCARRO E CARRINHA REGULAMENTO DO AUTOCARRO E CARRINHA REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO DO AUTOCARRO E CARRINHA DE NOVE LUGARES Preâmbulo Tendo em conta a nova realidade politica administrativa existente no território da União

Leia mais

AS CASAS DA CÂMARA DE

AS CASAS DA CÂMARA DE AS CASAS DA CÂMARA DE ANTIGOS PAÇOS DO CONCELHO PRAÇA D. JORGE DE LENCASTRE PAINEL MOSTRANDO A RESIDÊNCIA DE LUÍS ALVES SERRANO (em 2º plano). Edição A. A. Camacho RESIDÊNCIA DE LUÍS ALVES

Leia mais