TITULO I - Disposições preliminares... 1 e 2. TÍTULO II - Do quadro dos cargos de provimento efetivo... SEÇÃO I - Das categorias funcionais...

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TITULO I - Disposições preliminares... 1 e 2. TÍTULO II - Do quadro dos cargos de provimento efetivo... SEÇÃO I - Das categorias funcionais..."

Transcrição

1 MATÉRIAS ARTIGOS TITULO I - Disposições preliminares... 1 e 2 TÍTULO II - Do quadro dos cargos de provimento efetivo... SEÇÃO I - Das categorias funcionais... 3 SEÇÃO II - Das especificações das categorias funcionais... 4 a 6 SEÇÃO III - Do recrutamento de servidores... 7 e 8 SEÇÃO IV - Do treinamento... 9 e 10 SEÇÃO V - Da promoção a 18 CAPÍTULO III - Do quadro dos cargos em comissão e funções gratificadas 19 a 22 CAPÍTULO IV - Das tabelas de pagamento dos cargos de provimento efetivo 23 CAPÍTULO V - Disposições gerais e transitórias... 24a 31

2 Lei Complementar n 381 de 28 de novembro de 1997 Dispõe sobre os quadros de cargos e funções públicas do Município; estabelece o Plano de Carreira dos Servidores e dá outras providências. JORGE RENATO HOERLLE, Prefeito Municipal de Pareci Novo - RS. seguinte Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono e promulgo a LEI CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º - O serviço público centralizado no Executivo Municipal é integrado pelos seguintes quadros: I - quadro dos cargos de provimento efetivo; II - quadro dos cargos em comissão e; III - quadro das funções gratificadas. 2

3 Art. 2º - Para efeitos desta Lei, considera-se: I - cargo, o conjunto de atribuições e responsabilidades cometidas a um servidor público, mantidas as características de criação por lei, denominação própria, número certo e retribuição pecuniária padronizada; II - Categoria funcional, o agrupamento de cargos da mesma denominação, com iguais atribuições e responsabilidades, constituída de padrões e classes; III - Carreira, o conjunto de cargos de provimento efetivo para os quais os servidores poderão ascender através das classes, mediante promoção; IV - Padrão, a identificação numérica do valor do vencimento da categoria funcional; V - Classe, a graduação de retribuição pecuniária dentro da categoria funcional, constituindo a linha de promoção; VI - Promoção, a passagem do servidor de uma determinada classe para a imediatamente superior da mesma categoria funcional. CAPÍTULO II DO QUADRO DOS CARGOS DE PROVIMENTO EFETIVO SEÇÃO I DAS CATEGORIAS FUNCIONAIS Art. 3º - O quadro de cargos de provimento efetivo é integrado pelas seguintes categorias funcionais, com o respectivo número de cargos e padrões de vencimento: (Alterado pela Lei Complementar nº 2.214, de 23 de setembro de 2014) (Alterado pela Lei Complementar nº 2.220, de 20 de outubro de 2014) Denominação da Categoria Funcional Nº de cargos Padrão - *Médico *Odontólogo Assistente Social * Contador * Enfermeiro Padrão

4 - Técnico Contábil *Nutricionista * Psicólogo Técnico Agrícola Tesoureiro Agente Tributário *Operador de Equipamento Rodoviário(extinto) 01 6 A - *Operador de Equipamento Rodoviário Auxiliar de Enfermagem *Agente Administrativo **Motorista *Agente Fiscal Operário Especializado Recepcionista *Vigilante * Atendente de Creche 20hs * Atendente de Creche 30 hs Operário Geral Serviços Gerais * Lei Complementar n 454, de 13 de novembro de 1998,extingui o padrão 6 A e 6B adotando apenas padrão 06. * Lei Complementar n 567 de 09 de junho de 2000, cria mais um cargo de Motorista, Padrão 04, Coeficiente 1,90. *Lei Complementar n 606 de 01 de fevereiro de 2001, cria o cargo efetivo de Enfermeiro Padrão, Padrão 09-1, coeficiente 3,30 *Lei Complementar n 674, de 28 de setembro de 2001, cria dois cargos de Motorista, Padrão 04, coeficiente 1,90, dois cargos de Médico, Padrão 10, coeficiente 5,00 e um cargo de Agente Administrativo, Padrão 05, coeficiente 1,65. *Lei Complementar n 740 de 03 de junho de 2002, cria um cargo de vigilante, Padrão 03, coeficiente 1,20. *Lei Complementar n 826, de 07 de fevereiro de 2003, cria o cargo Atendente de Creche, Padrão 02-1, Coeficiente 1,10 4

5 * Lei Complementar n 853, de 04 de abril de 2003, cria o cargo de Agente Fiscal, Padrão 04-2, Coeficiente 1,90.. * Lei Complementar n 867, de 22 de abril de 2003, cria um cargo de Odontólogo, Padrão 10, Coeficiente 5,00. * Redação modificada pela Lei 1099 de 04 de fevereiro de 2005 e Lei1112, de 18 de Fevereiro de 2005, cria 02 cargos de Atendente de Creche, Padrão 02-1, coeficiente 1,10. * Redação modificada pela Lei 1199, de 02 de setembro de 2005, cria 01 cargo de Operador de Equipamento Rodoviário, Padrão 06, coeficiente 2,05. * Redação modificada pela Lei 1243 de 09 de dezembro de 2005, cria um cargo de Nutricionista, Padrão 08, coeficiente 2,90 * Redação modificada pela Lei 1244, de 09 de dezembro de 2005, cria 02 cargos de Psicólogo, Padrão 08, coeficiente 2,90. * redação modificada pela Lei 1325 de 09 de junho de 2006, que altera o Padrão, coeficiente e carga horária do Contados de Padrão 09, para Padrão 09-2, coeficiente 4,80 de 20 horas para 30 horas semanais. * Redação modificada pelas Leis 1394 de 08 de dezembro de 2006 que cria 02 cargos de Atendente e Creche 30 hs, e pela Lei 1418 de 02 de fevereiro de 2007 que cria mais 04 cargos de Atendente de Creche 30 hs. * Redação modificada pela Lei 1432 de 16 de março de 2007, que cria um cargo de Técnico Agrícola, Padrão 07. SEÇÃO II DAS ESPECIFICAÇÕES DAS CATEGORIAS FUNCIONAIS Art. 4º - Especificações das categorias funcionais, para os efeitos desta Lei, é a diferenciação de cada uma relativamente às atribuições, responsabilidades e dificuldades de trabalho, bem como às qualificações exigíveis para o provimento dos cargos que a integram Art. 5º - A especificação de cada categoria funcional deverá conter: I - denominação da categoria funcional; 5

6 II - padrão de vencimento; III - descrição sintética e analítica das atribuições; IV - condições de trabalho, incluindo o horário semanal e outras específicas; e V - requisitos para provimento, abrangendo o nível de instrução, a idade e outros especiais de acordo com as atribuições do cargo. Art. 6º - As especificações das categorias funcionais criadas pela presente Lei são as que constituem os anexos I, que é parte integrante desta Lei. SEÇÃO III DO RECRUTAMENTO DE SERVIDORES Art. 7º - O recrutamento para os cargos efetivos far-se-á para a classe inicial de cada categoria funcional, mediante concurso público, nos termos disciplinados no Regime Jurídico dos Servidores do Município. Art. 8º - O servidor que por força de concurso público for provido em cargo de outra categoria funcional, será enquadrado na classe A da respectiva categoria, iniciando nova contagem de tempo de exercício para fins de promoção. SEÇÃO IV DO TREINAMENTO Art. 9º - A Administração Municipal promoverá treinamentos para os seus servidores sempre que verificada a necessidade de melhor capacitá-los para o desempenho de suas funções, visando dinamizar a execução das atividades dos diversos órgãos. Art O treinamento será denominado interno quando desenvolvido pelo próprio Município, atendendo as necessidades verificadas, e externo quando executado por órgão ou entidade especializada. 6

7 SEÇÃO V DA PROMOÇÃO Art A promoção será realizada dentro da mesma categoria funcional mediante a passagem do servidor de uma determinada classe para a imediatamente superior. Art Cada categoria funcional terá quatro classes, designadas pelas letras A, B, C e D sendo esta última a final de carreira. Art Cada cargo se situa dentro da categoria funcional, inicialmente na classe A e a ela retorna quando vago. Art As promoções obedecerão ao critério de tempo de exercício em cada classe e ao de merecimento. Art O tempo de exercício na classe imediatamente anterior para fins de promoção para a seguinte será de: I - quatro anos para a classe B, II - cinco anos para a classe C,e III - seis anos para a classe D. Art Merecimento é a demonstração positiva do servidor no exercício do seu cargo e se evidencia pelo desempenho de forma eficiente, dedicada e leal das atribuições que lhe são cometidas, bem como pela sua assiduidade, pontualidade e disciplina. 1º - Em princípio, todo servidor tem merecimento para ser promovido de classe. 2º - Fica prejudicado o merecimento, acarretando a interrupção da contagem do tempo de exercício para fins de promoção, sempre que o servidor: I - somar duas penalidades de advertência; multa; II - sofrer pena de suspensão disciplinar, mesmo que convertida em 7

8 III - completar três faltas injustificadas ao serviço; IV - somar dez atrasos de comparecimento ao serviço e/ou saídas antes do horário marcado para término da jornada. 3º - Sempre que ocorrer qualquer das hipóteses previstas no parágrafo anterior, iniciar-se-á nova contagem para fins do exigido para promoção. Art Suspendem a contagem do tempo para fins de promoção: I - as licenças e afastamentos sem direito a remuneração; II - as licenças para tratamento de saúde no que excederem de noventa dias, mesmo quando em prorrogação, exceto as decorrentes de acidente em serviço; III - as licenças para tratamento de saúde em pessoa da família. Art A promoção terá vigência a partir do mês seguinte aquele em que o servidor completar o tempo de exercício exigido. CAPÍTULO III DO QUADRO DOS CARGOS EM COMISSÃO E FUNÇÕES GRATIFICADAS Art É o seguinte o quadro dos cargos em comissão da administração centralizada do Executivo Municipal: (Alterado pela Lei Complementar nº 2.216, de 06 de outubro de 2014) (Alterado pela Lei Complementar nº 2.217, de 06 de outubro de 2014) (Alterado pela Lei Complementar nº 2.218, de 06 de outubro de 2014) Denominação do cargo N de Cargos Padrão Coeficiente * Procurador Geral do Município ,50 Secretário Municipal ,00 Chefe de Serviço Médico ,00 * Chefe de Gabinete ,50 Consultor Jurídico(extinto) ,00 *Encarregado de Contabilidade(extinto) ,00 Chefe do Serviço de Odontologia ,00 8

9 Diretor do Departamento de Obras ,00 Diretor Geral ,06 Encarregado Tributário ,00 Diretor de Departamento Pessoal ,50 Diretor de Departamento de Ação Social ,40 Chefe de Tesouraria ,50 *Chefe de Oficina(extinto) ,50 *Assistente Técnico de Municipalização da Educação(extinto) ,50 * Assessor Jurídico ,20 *Assistente Administrativo ,00 Assistente Cultural * ,00 Capataz ,00 * Diretor de Departamento de Cultura ,00 *Motorista Especial ,55 * Chefe de Turma ,45 * Zelador ,00 * Assessor do Procurador do Município ,00 * Assessor Administrativo ,00 * Diretor de Departamento de Almoxarifado ,80 * Diretor do Departamento de Água Potável ,00 *Fiscal de Obras ,80 *Encarregado do Correio Rural(extinto) ,80 *Auxiliar de Departamento(extinto) ,80 * Diretor de Departamento de Turismo ,65 * Diretor de Departamento de Trânsito ,65 Secretário da J.S.M ,50 Encarregado de Estradas (extinto) * ,50 *Vice Diretor ,50 *Chefe dos Serviços Informatizados de Pesquisa ,50 *Assistente de Tributos(extinto) ,20 *Assistente Cultural(extinto) ,20 9

10 * Diretor de Departamento de Desporto ,20 *Assistente Educacional(extinto) ,20 * Chefe de Serviços de Estradas ,00 *Lei Complementar n 419, de 15 de maio de 1998, reavalia o vencimento do Cargo em Comissão de Zelador. *Lei Complementar n 479, de 03 de maio de 1999, extingui os Cargos em Comissão: Encarregado de Contabilidade, Chefe de Oficina, Encarregado do Correio Rural, Assistente Técnico de Municipalização da Educação, Fiscal de Obras, Auxiliar de Departamento, Assistente de Tributos e Assistente Educacional e extingui número de cargos dos Cargos em Comissão de Encarregado de Estradas - 1 cargo e Assistente Cultural - Padrão 06-1 cargo. * Lei Complementar n 480, de 03 de maio de 1999, cria o Cargo em Comissão de Diretor de Departamento de Almoxarifado, Padrão 05, Coeficiente 1,80. *Lei Complementar n 481, de 03 de maio de 1999, cria o Cargo em Comissão de Diretor do Departamento de Água Potável, CC-5, Coeficiente 1,80. *Lei Complementar n 482, de 03 de maio de 1999, cria o Cargo em Comissão de Diretor de Departamento de Desporto, CC-3, Coeficiente 1,20. *Lei Complementar n 483, de 03 de maio de 1999, cria o Cargo de Diretor de Departamento de Cultura - CC-6, Coeficiente 2,00. *Lei Complementar n 777, de 21 de agosto de 2002, cria o cargo de Chefe de Gabinete, CC-7, Coeficiente 2,50. *Lei Complementar n 905, de 30 de junho de 2003, extingui o Cargo em Comissão de Assistente Cultural, CC-3, coeficiente 1,20 e cria o Cargo em Comissão de Vice Diretor, CC-4, Coeficiente 1,50 * Redação modificada pela Lei 1094 de 07 de Janeiro de 2005( cria o CC de Procurador Geral do Município Padrão 09, coeficiente 5,00). * Redação modificada pela Lei 1095 de 07 de Janeiro de 2006, altera o Padrão do cargo de Motorista Especial passando do padrão 05, coeficiente 1,80 para o Padrão 06 coeficiente 2,55,. Altera o Padrão do cargo de Zelador passando do Padrão 02, coeficiente 1,40 para Padrão 06 coeficiente 2,00. Altera o Padrão do cargo de Chefe de Gabinete de Padrão 07, coeficiente 2,50 para o Padrão 08, coeficiente 4,50. 10

11 * Redação modificada pela Lei 1104, de 04 de Fevereiro de 2006, altera o coeficiente do CC de Diretor de Departamento de Ação Social, passando do coeficiente 2,50 para 1,40. * Redação modificada pela Lei 1113, de 18 de Fevereiro de 2005, altera o coeficiente do CC de Chefe de Turma de 2,00 para 2,45. * Redação modificada pela Lei 1127, de 21 de março de 2005, cria CC de chefe dos Serviços Informatizados de Pesquisa, Padrão 04, Coeficiente 1,50. * Redação modificada pela Lei 1153 de 13 de Maio de 2005, extingue o (01) CC de Assistente Administrativo, Padrão 06, Coeficiente 2,00, cria um cargo CC de Assessor do Procurador, Padrão 06, coeficiente 2,00 e um cargo CC de Assessor Administrativo, Padrão 06, coeficiente 2,00. * Redação modificada pela Lei 1181, de 11 de julho de 2005, altera o coeficiente do CC de procurador Geral do Município, Padrão 09, Coeficiente 5,00 para Padrão 10 coeficiente 6,50 e altera o coeficiente do CC de Diretor de Departamento de Água potável, Padrão 05, coeficiente 1,80 para Padrão 06, coeficiente 2,00. * Redação modificada pela Lei 1196, de 19 de agosto de 2005, cria o CC de Diretor de Departamento de Trânsito, Padrão 01, Coeficiente 1,00 * Redação modificada pela Lei 1261 de 06 de Fevereiro de 2006 (Cria CC de Diretor de Departamento de Turismo, Padrão 01, Coeficiente 1,00) * Redação modificada pela Lei 1267, de 06 de Fevereiro de 2006 (extingue CC de Consultor Jurídico, Padrão 08, coeficiente 4,00 e cria o CC Assessor Jurídico, Padrão 06-1, coeficiente 2,20) * Redação modificada pela lei 1283 de 07 de março de 2006 (Extingue o CC, Encarregado de Estradas e cria o CC chefe de Serviços de Estradas Padrão 01, coeficiente 1,00 ) * Redação modificada pela Lei 1308, de 17 de abril de 2006 (altera a Padrão de Coeficiente do CC Diretor de Departamento de Trânsito Padrão 01, coeficiente 1,00 para Padrão 04-1 coeficiente 1,65 ) * Redação modificada pela Lei 1312, de 17 de abril de 2006,(altera o padrão e o coeficiente do CC Diretor de Departamento de Turismo passando do Padrão 01, coeficiente 1,00 para Padrão 04-1 coeficiente 1,65). * Redação modificada pela Lei 1434, de 16 de março de 2007, que cria 01 cargo de Vice-Diretor, Padrão

12 Art É o seguinte o quadro das funções gratificadas da administração centralizada do executivo municipal: (Alterado pela Lei Complementar nº 2.216, de 06 de outubro de 2014) (Alterado pela Lei Complementar nº 2.217, de 06 de outubro de 2014) (Alterado pela Lei Complementar nº 2.218, de 06 de outubro de 2014) Denominação da Função N Cargos Padrão Coeficiente Diretor Geral ,06 * Assessoria de Coordenação e Planejamento de Políticas Educacionais ,00 Consultor Jurídico ,75 * Diretor de Departamento de Meio Ambiente * Assistente de Planejamento Superior(extinta) , ,00 * Encarregado Tributário ,35 Diretor de Departamento Pessoal ,25 Diretor de Departamento de Ação Social ,25 Diretor de Departamento de Enfermagem ,25 Chefe de Tesouraria ,25 * Diretor de Departamento de Desporto ,20 Assistente Administrativo ,00 Capataz ,00 Motorista Especial ,90 Chefe de Turma ,90 Fiscal de Obras ,90 Agente de Saúde e Ação Social ,90 Secretário da J.S.M ,75 12

13 Encarregado de Estradas Extinto) ,75 * Diretor de Departamento de Turismo ,80 * Diretor de Departamento de Trânsito ,80 Assistente de Tributos ,60 * Zelador ,70 Assistente Cultural ,50 Chefe de Departamento Cultural ,50 * Gerente da Incubadora Empresarial ,50 * Encarregado do Posto de Alistamento Eleitoral ,50 *Chefe de Serviços de Estradas ,50 * Chefe de Serviços Gerais ,50 * Lei Complementar n 403, de 06 de março de 1998, cria a Função Gratificada de Encarregado do Posto de Alistamento Eleitoral - Padrão FG-1, coeficiente 0,50. * Lei Complementar n 419, de 15 de maio de 1998, reavalia o vencimento da Função Gratificada de Zelador, coeficiente 0,70 * Lei Complementar n 659, de 17 de julho de 2001, cria a Função Gratificada de Gerente de Incubadora Empresarial, de Micro e Pequenas Empresas - FG-1, Coeficiente 0,50. * Redação modificada pela Lei 1094, de 07 de Janeiro de 2005, cria FG de Assistente de Planejamento Superior, Padrão 08, Coeficiente 2,00 e FG de Departamento de Meio Ambiente, Padrão 08, Coeficiente 2,00 * Redação modificada pela Lei 1147, de 13 de Maio de 2005, extingue a FG de Assistente de Planejamento Superior, Padrão 08, coeficiente 2,00, Reduz o Padrão e Coeficiente da FG de Encarregado Tributário de Padrão 08 para 04 Coeficiente 1,50 para 0,75, cria a FG de Assessoria de Coordenação e Planejamento de Políticas Educacionais, Padrão 08, Coeficiente 2,00 e cria a FG de Chefe de Serviços Gerais, Padrão 01 e coeficiente 0,50. * Redação modificada pela lei 1196, de 19 de agosto de 2005, cria a FG de Diretor de Departamento de trânsito, Padrão 01, Coeficiente 0,50. 13

14 * Redação modificada pela lei 1261, de 06 de Fevereiro de 2006 (Cria FG de Diretor de Departamento de Turismo, Padrão 01, coeficiente 0,50) * Redação modificada pela Lei 1266 de 06 de Fevereiro de 2006, altera o padrão e o coeficiente da FG de Diretor de Departamento de Desporto para Padrão 07-1 coeficiente 1,20. * Redação modificada pela Lei 1283 de 07 de março de 2006 ( Extingue a FG de Encarregado de Estradas e Cria a FG de Chefe de Serviços de Estradas Padrão 01, coeficiente 0,50) * Redação modificada pela Lei 1308, de 17 de abril de 2006 (altera o Padrão e coeficiente da FG de Diretor de Departamento de trânsito de Padrão 01, coeficiente 0,50 para Padrão 04-1 coeficiente 0,80). * Redação modificada pela Lei 1312, de 17 de abril de 2006 (altera o Padrão e o coeficiente da FG de Diretor de Departamento de Turismo passando do Padrão 01, coeficiente 0,50 para Padrão 04-1 coeficiente 0,80). * redação modificada pela Lei 1324 de 09 de junho de 2006, altera o coeficiente da FG de Assessoria de Coordenação e Planejamento de Políticas Educacionais Padrão 08, coeficiente 2,00 para coeficiente 3,00. * Lei n 1338, de 21 de julho de 2006, altera o padrão e o coeficiente da Função Gratificada de Encarregado de Tributos, de Padrão 04, coeficiente 0,75 para Padrão 07, coeficiente 1,35. Art O provimento das funções gratificadas é privativo de servidor público efetivo do Município ou posto a disposição do Município sem prejuízo de seus vencimentos no órgão de origem. Art As atribuições dos titulares dos cargos de provimento em comissão e funções gratificadas são as correspondentes à condução dos serviços das respectivas unidades. CAPÍTULO IV DAS TABELAS DE PAGAMENTO DOS CARGOS E FUNÇÕES GRATIFICADAS 14

15 Art Os vencimentos dos cargos e o valor das funções gratificadas serão obtidos através da multiplicação dos coeficientes respectivos pelo valor atribuído ao padrão referencial fixado no art. 26, conforme segue: (Alterado pela Lei Complementar nº 2.214, de 23 de setembro de 2014) PADRÃO COEFICIENTES SEGUNDO A CLASSE A B C D 01 1,00 1,04 1,08 1,12 * ,10 1,14 1,18 1,22 *02 1,30 1,35 1,40 1, ,20 1,24 1,29 1, ,60 1,66 1,72 1,79 *04-2 1,90 1,97 2,04 2, ,65 1,71 1,78 1,84 *06 2,05 2,13 2,21 2,29 *6B(extinto) 2,10 2,18 2,26 2, ,40 2,49 2,59 2, ,90 3,01 3,13 3, ,20 3,32 3,45 3,58 * ,30 3,43 3,56 3, ,00 5,20 5,40 5,60 * Lei Complementar n 454, de 13 de novembro de 1998, extingui o Padrão 06B e altera o Padrão 06 A do cargo de Operador de Equipamento Rodoviário. * Lei Complementar n 503, de 13 de agosto de 1999, altera o coeficiente do cargo de Motorista passa de 1,60 para 1,90; coeficiente do cargo de Operário Geral passa de 1,10 para 1,30 e o coeficiente do cargo de Operador de Equipamento Rodoviário passa de 1,80 para 2,05. * Lei Complementar n 606 de 01 de fevereiro de 2001, cria o cargo efetivo de Enfermeiro Padrão, Padrão 09-1, coeficiente 3,30 15

16 *.Lei Complementar n 826, de 07 de fevereiro de 2003, cria o cargo de Atendente de Creche, Padrão 02-1, Coeficiente 1,10. CAPÍTULO V DISPOSIÇÕES GERAIS E TRANSITÓRIAS Art Ficam extintos todos os cargos, empregos públicos e funções gratificadas existentes na administração centralizada do Executivo Municipal anteriores à vigência desta Lei. Art Os atuais servidores concursados do Município, ocupantes dos cargos ou empregos públicos extintos pelo art. 24, serão enquadrados em cargos das categorias funcionais criadas por esta Lei, observadas as seguintes normas: I - enquadramento em uma das classes da categoria funcional, segundo o tempo de serviço prestado ao Município até a data de vigência desta Lei, conforme segue: a) na classe A, os que contem até sete anos; b) na classe B, os que contem mais de sete até quinze anos; anos; c) na classe C, os que contem mais de quinze anos até vinte e cinco d) na classe D, os que contem mais de vinte e cinco anos. Art O valor do padrão de referência é fixado em R$ 267,53 (duzentos e sessenta e sete reais e cinqüenta e três centavos). Art Os concursos realizados ou em andamento na data de vigência desta Lei, para provimento em cargos ou empregos ora extintos por esta lei, terão 16

17 validade para efeitos de aproveitamento do candidato em cargos da categoria funcional de idêntica denominação, ou se transformados, no resultantes da transformação. Art Poderão ser mantidos em seus postos até que ocorra novo provimento do cargo, os atuais ocupantes de cargos em comissão que por força desta lei passarão a ser providos exclusivamente sob a forma de função gratificada ou preferencialmente por servidores efetivos. Art As despesas decorrentes da aplicação desta lei, correrão à conta das dotações orçamentárias próprias. Art Revogam-se as disposições em contrário, em especial a Lei n 072, de 26 de outubro de 1993, e a Lei n 073, de 26 de outubro de Art Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE PARECI NOVO, RS, 25 de novembro de JORGE RENATO HOERLLE PREFEITO MUNICIPAL REGISTRE-SE E PUBLIQUE-SE DATA SUPRA CARMEN OLÍVIA BOETTCHER SECRETÁRIA DE ADMINISTRAÇÃO E PLANEJAMENTO 17

18 CARGO: AGENTE ADMINISTRATIVO PADRÃO: 5 CLASSE: A RAL NÍVEL: IV SERVIÇO: ADMINISTRAÇÃO GE- cargo. LOTAÇÃO: Órgão em que sejam necessárias as atividades próprias do ATRIBUIÇÕES: DESCRIÇÃO SINTÉTICA: * Recepcionar o público, executar trabalhos que envolvam a interpretação e aplicação das leis e normas administrativas; redigir expediente administrativo; proceder a aquisição, guarda e distribuição de material; 18

19 DESCRIÇÃO ANALÍTICA: * Recepcionar o público, atender chamadas telefônicas, executar serviços de protocolo, executar e revisar trabalhos datilográficos, de acordo com as normas técnicas; reproduzir textos e manuscritos, impressos ou ditados; examinar processos; redigir pareceres e informações; redigir expedientes administrativos, tais como: memorandos, cartas, ofícios, relatórios; revisar quanto ao aspecto redacional, ordens de serviço, instruções, exposições de motivos, projetos de lei, minutas de decreto e outros; realizar e conferir cálculos relativos a lançamentos, alterações de tributos, avaliação de imóveis e vantagens financeiras e descontos determinados por lei; realizar ou orientar coleta de preços de materiais que possam ser adquiridos sem concorrência; efetuar ou orientar o recebimento, conferência, armazenamento e conservação de materiais e outros suprimentos; manter atualizados os registros de estoque; fazer ou orientar levantamentos de bens patrimoniais; eventualmente realizar trabalhos datilográficos, operar com terminais eletrônicos e equipamentos de microfilmagem; executar tarefas afins. CONDIÇÕES DE TRABALHO: a) GERAL: Carga horária semanal de 40 horas. b) ESPECIAL: O exercício do cargo poderá exigir a prestação de serviços à noite, aos sábados, domingos e feriados e atendimento ao público. REQUISITOS PARA PROVIMENTO: a) GERAL: Concurso público de provas ou de provas e títulos. REQUISITOS: * *1. IDADE: a partir de 18 anos completos 2. INSTRUÇÃO: * 2 grau completo. 3. ESPECIALIZAÇÃO, QUALIFICAÇÃO E/OU HABILITAÇÃO: Geral 4. OUTROS: conforme instruções reguladoras do processo seletivo e/ou legislação municipal aplicável. * Alterado pela Lei Complementar n 624 de 30 de março de (Descrição Sintética, Descrição Analítica e Instrução) ** Alterado pela Lei Complementar n 856, de 04 de abril de

20 20

21 CARGO: MOTORISTA PADRÃO: 4 CLASSE: A NÍVEL: III SERVIÇO: Transporte e Equipamento Rodoviário LOTAÇÃO: Em órgãos que mantenham serviços de transporte ATRIBUIÇÕES: DESCRIÇÃO SINTÉTICA: Conduzir e zelar pela conservação de veículos automotores em geral. DESCRIÇÃO ANALÍTICA: Conduzir veículos automotores destinados ao transporte de passageiros e cargas; recolher o veículo a garagem ou local destinado quando concluída a jornada do dia, comunicando qualquer defeito porventura existente; manter os veículos em perfeitas condições de funcionamento; fazer reparos de emergência; zelar pela conservação do veículo que lhe for entregue; encarregar-se do transporte e entrega de correspondência ou de carga que lhe for confiada; promover o abastecimento de combustíveis, água e óleo; verificar o funcionamento do sistema elétrico, lâmpadas, faróis, sinaleiras, buzinas e indicadores de direção; providenciar a lubrificação quando indicada; verificar o grau de densidade e nível da água da bateria, bem como a calibração dos pneus; auxiliar médicos e enfermeiros na assistência a pacientes, conduzir caixa de medicamentos, tubos de oxigênio, macas, etc.; eventualmente, operar rádio transceptor, executar tarefas afins. CONDIÇÕES DE TRABALHO: a) GERAL: Carga horária semanal de 44 horas. b) ESPECIAL: O exercício do cargo poderá exigir a prestação de serviços à noite, aos sábados, domingos e feriados, ou em plantões, ou regime de sobreaviso. * REQUISITOS PARA PROVIMENTO: a) GERAL: Concurso Público b) REQUISITOS: *1. IDADE- a partir de 18 anos completos 21

22 * Lei Complementar n 856, de 04 de abril de 2003, altera o item B.1 dos Requisitos dos Anexos de 1.IDADE: de 18 anos completos a 45 incompletos passa a 1.IDADE: a partir de 18 anos *2. INSTRUÇÃO: 5ª do Ensino Fundamental Concluida. * Redação modificada pela Lei 1399 de OUTROS: Conforme instruções reguladoras do processo seletivo e/ou legislação municipal aplicável. CARGO: OPERADOR DE EQUIPAMENTO RODOVIÁRIO * PADRÃO: 06 CLASSE: A NÍVEL: III SERVIÇO: Secretaria de Obras e Viação LOTAÇÃO: Em órgãos em que sejam necessárias as atividades próprias do cargo. ATRIBUIÇÕES: DESCRIÇÃO SINTÉTICA: Operar máquinas rodoviárias, agrícolas, tratores e equipamentos móveis. DESCRIÇÃO ANALÍTICA: Operar veículos motorizados, especiais, tais como: guinchos, guindastes, máquinas de limpeza de rede de esgoto, retroescavadeira, carro plataforma, máquinas rodoviárias, agrícolas, tratores e outros; executar terraplanagem, nivelamento de ruas e estradas, abrir valetas e cortar taludes; proceder escavações, transporte de terra, compactação, aterro e desaterro e trabalhos semelhantes; auxiliar no conserto de máquinas; lavrar e discar terras, obedecendo as curvas de níveis; cuidar da limpeza e conservação das máquinas, zelando pelo seu bom funcionamento; ajustar as correias transportadoras a pilha pulmão do conjunto de britagem; executar tarefas afins. equipamentos. Operador de Equipamento Rodoviário II 6 B - Operador de até três equipamentos. Operador de Equipamento Rodoviário I 6 A - Operador de mais de três CONDIÇÕES DE TRABALHO: a) GERAL: Carga horária semanal de 44 horas; 22

23 b) ESPECIAL: O exercício do cargo poderá exigir a prestação de serviços à noite, aos sábados, domingos ou feriados, ou de plantões, uso de uniforme e equipamento de proteção individual fornecido pelo Município, sujeito a trabalho desabrigado. *REQUISITOS PARA PROVIMENTO: a) GERAL: Concurso público. b)requisitos: ** 1. IDADE: a partir de 18 anos completos. * 2. INSTRUÇÃO: 1 Grau Incompleto. 1. OUTROS: conforme instruções reguladoras do processo seletivo e/ou legislação municipal aplicável. * Lei Complementar n 454, de 13 de novembro de 1998,extingui os parágrafos 2 e 3 da Descrição Analítica e com alteração quanto ao requisito para provimento b.2 Instrução, passando para 1 Grau Incompleto. *Lei Complementar n 741, de 03 de junho de 2002 altera a redação do Anexo I do cargo de Operador de Equipamento Rodoviário - B) REQUESITOS - 1. IDADE - de 18 anos completos a 45 anos (antes 45 anos incompletos) * Lei Complementar n 856, de 04 de abril de

24 CARGO: OPERÁRIO GERAL PADRÃO: 2 CLASSE: A NÍVEL: 1 SERVIÇO: OBRAS do cargo. LOTAÇÃO: Em órgãos onde sejam necessárias as atividades próprias ATRIBUIÇÕES: DESCRIÇÃO SINTÉTICA: Realizar trabalhos braçais em geral. DESCRIÇÃO ANALÍTICA: Carregar e descarregar veículos em geral; transportar, arrumar e elevar mercadorias, materiais de construção e outros; fazer mudanças; proceder a abertura de valas; efetuar serviços de capina em geral; varrer, escovar, lavar e remover lixos e detritos de via públicas e próprios municipais; zelar pela conservação e limpeza dos sanitários; auxiliar em tarefas de construções, calçamentos e pavimen- 24

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS DA PREFEITURA MUNICIPAL DE FELIZ NATAL - MT EDITAL COMPLEMENTAR Nº 02 AO EDITAL Nº 001/2012

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS DA PREFEITURA MUNICIPAL DE FELIZ NATAL - MT EDITAL COMPLEMENTAR Nº 02 AO EDITAL Nº 001/2012 CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE DA PREFEITURA MUNICIPAL DE FELIZ NATAL - MT EDITAL COMPLEMENTAR Nº 2 AO EDITAL Nº 1/212 O Prefeito em exercício da Prefeitura Municipal de Feliz Natal, Estado de Mato

Leia mais

ANEXO VII - DESCRIÇÃO DAS ATRIBUIÇÕES E HABILITAÇÃO MÍNIMA DOS CARGOS CARGOS DE PROVIMENTO EFETIVO ASSISTENTE SOCIAL

ANEXO VII - DESCRIÇÃO DAS ATRIBUIÇÕES E HABILITAÇÃO MÍNIMA DOS CARGOS CARGOS DE PROVIMENTO EFETIVO ASSISTENTE SOCIAL ANEXO VII - DESCRIÇÃO DAS E DOS S S DE PROVIMENTO EFETIVO ASSISTENTE SOCIAL Descrição Sintética: Exercer trabalhos de assistência social junto a famílias e pessoas carentes do município, fiscalização,

Leia mais

LEI Nº 893/02 - DE 23 DE SETEMBRO DE 2.002.

LEI Nº 893/02 - DE 23 DE SETEMBRO DE 2.002. LEI Nº 893/02 - DE 23 DE SETEMBRO DE 2.002. DISPÕE SOBRE A ALTERAÇÃO DO ANEXO I e V DA LEI MUNICIPAL Nº 569/94 COM CRIAÇÕES DE NOVOS CARGOS E RESPECTIVAS VAGAS, BEM COMO NOVAS VAGAS PARA CARGOS JÁ EXISTENTES,

Leia mais

ANEXO I CATEGORIA FUNCIONAL: OPERÁRIO PADRÃO DE VENCIMENTO: 1

ANEXO I CATEGORIA FUNCIONAL: OPERÁRIO PADRÃO DE VENCIMENTO: 1 CATEGORIA FUNCIONAL: OPERÁRIO PADRÃO DE VENCIMENTO: 1 a) DESCRIÇÃO SINTÉTICA: - realizar trabalhos braçais em geral; b) DESCRIÇÃO ANALÍTICA: - carregar e descarregar veículos em geral, transportar, arrumar

Leia mais

Síntese dos Deveres: Prestar assistência médico-cirúrgica e preventiva, diagnosticar e tratar das doenças do corpo humano.

Síntese dos Deveres: Prestar assistência médico-cirúrgica e preventiva, diagnosticar e tratar das doenças do corpo humano. ANEXO II ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS ENFERMEIRO Síntese dos Deveres: Supervisionar e prestar serviços de enfermagem nos estabelecimentos de assistência médico hospitalar do Município; participar na educação

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SERROLÂNDIA BAHIA CNPJ 14.196.703/0001 41

PREFEITURA MUNICIPAL DE SERROLÂNDIA BAHIA CNPJ 14.196.703/0001 41 LEI Nº 549/2014 O PREFEITO MUNICIPAL DE SERROLÂNDIA, ESTADO DA BAHIA, no gozo de suas atribuições legais, em conformidade com o Art. 87, inciso V, da Lei Orgânica Municipal, FAZ SABER que a Câmara Municipal

Leia mais

ANEXO III ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS.

ANEXO III ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS. ANEXO III ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS. 01. ADVOGADO Assessorar os vereadores na elaboração de proposições complexas que exijam conhecimentos especializados de técnica legislativa, nos projetos de lei, decreto

Leia mais

L E I. Art. 2º. Os demais artigos das leis permanecem inalterados. Art. 3º. Esta Lei entrará em vigor na data de sua Publicação.

L E I. Art. 2º. Os demais artigos das leis permanecem inalterados. Art. 3º. Esta Lei entrará em vigor na data de sua Publicação. LEI Nº 1362 de 21 de maio de 2010 Altera dispositivos das Leis: 536/95, 931/03, 935/03 e 1302/09, alterando as atribuições de cargos existentes, na estrutura do quadro de funcionários efetivos e dá outras

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE GUARANI

PREFEITURA MUNICIPAL DE GUARANI CARGO: AUXILIAR ADMINISTRATIVO I ANEXO III = ATRIBUIÇÕES = - Executar serviços de escrituração; - Promover a abertura e fechamento das repartições municipais nas horas regulamentares; - Realizar trabalhos

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº. 009, DE 16 DE JANEIRO DE 2014.

PROJETO DE LEI Nº. 009, DE 16 DE JANEIRO DE 2014. PROJETO DE LEI Nº. 009, DE 16 DE JANEIRO DE 2014. Autoriza o Poder Executivo Municipal a efetuar contratações temporárias por excepcional interesse público para suprir necessidades da Secretaria Municipal

Leia mais

PLANO DE CARREIRA DOS SERVIDORES E RESPECTIVOS QUADROS DE CARGOS E FUNÇÕES

PLANO DE CARREIRA DOS SERVIDORES E RESPECTIVOS QUADROS DE CARGOS E FUNÇÕES PLANO DE CARREIRA DOS SERVIDORES E RESPECTIVOS QUADROS DE CARGOS E FUNÇÕES ÍNDICE SISTEMÁTICO Matérias Artigos Capítulo I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES...1º e 2º Capitulo II DO QUADRO DOS CARGOS DE PROVIMENTO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHEIRO MACHADO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHEIRO MACHADO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ANEXO I ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DENOMINAÇÃO DA CATEGORIA: OPERADOR DE MÁQUINAS DESCRIÇÃO SINTÉTICA DAS ATRIBUIÇÕES: Atividades que envolvam a operação de máquinas rodoviárias e agrícolas. 1- Dirigir tratores,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ÁGUAS FRIAS CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº 001/2015 ANEXO I ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS

PREFEITURA MUNICIPAL DE ÁGUAS FRIAS CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº 001/2015 ANEXO I ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS ANEXO I ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS ASSITENTE SOCIAL: Planejar, coordenar, controlar e avaliar programas e projetos na área do Serviço Social aplicados a indivíduos, grupos e comunidades. Elaborar e /ou participar

Leia mais

O PREFEITO MUNICIPAL DE PARELHAS, ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, usando das atribuições que lhe são conferidas pela Lei Orgânica do Município.

O PREFEITO MUNICIPAL DE PARELHAS, ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, usando das atribuições que lhe são conferidas pela Lei Orgânica do Município. DECRETO Nº 011/2014, DE 09 DE ABRIL DE 2014. Altera o Anexo I do Decreto n 007/2014, que dispõe sobre as atribuições, escolaridade e salários dos cargos destinados ao Concurso Público do Município de Parelhas/RN.

Leia mais

Para efeito desta Lei:

Para efeito desta Lei: LEI ORDINARIA n 39/1993 de 17 de Dezembro de 1993 (Mural 17/12/1993) Estabelece o Plano de carreira do Magistério público do Município, institui o respectivo quadro de cargos e dá outras providências.

Leia mais

B) ESPECIAL: O exercício do cargo poderá exigir atendimento ao público.

B) ESPECIAL: O exercício do cargo poderá exigir atendimento ao público. ANEXO I CATEGORIA FUNCIONAL: Agente Administrativo PADRÃO DE VENCIMENTO: 05 A) DESCRIÇÃO SINTÉTICA: Executar trabalhos que envolvam a interpretação e aplicação das Leis e normas administrativas; redigir

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº. 2.967, DE 12 DE SETEMBRO DE 2011.

LEI MUNICIPAL Nº. 2.967, DE 12 DE SETEMBRO DE 2011. LEI MUNICIPAL Nº. 2.967, DE 12 DE SETEMBRO DE 2011. Autoriza o Executivo Municipal a efetuar contratação temporária por excepcional interesse público e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE CONSTANTINA,

Leia mais

ANEXO III ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS.

ANEXO III ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS. ANEXO III ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS. 01. SERVENTE Descrição Sintética: compreende os cargos que se destinam a executar, sob supervisão, serviços de limpeza como varrer, lavar, desinfetar e arrumar as dependências

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 2461/98. RENATO DELMAR MOLLING, Prefeito Municipal de Sapiranga, Estado do Rio Grande do Sul, no uso de suas atribuições legais.

LEI MUNICIPAL Nº 2461/98. RENATO DELMAR MOLLING, Prefeito Municipal de Sapiranga, Estado do Rio Grande do Sul, no uso de suas atribuições legais. LEI MUNICIPAL Nº 2461/98 Estabelece o Plano de Carreira, Remuneração do Magistério Público do Município, institui o respectivo quadro de cargos e dá outras providências. RENATO DELMAR MOLLING, Prefeito

Leia mais

Regulamenta a Lei nº 7.498, de 25 de junho de 1986, que dispõe sobre o exercício da Enfermagem, e dá outras providências

Regulamenta a Lei nº 7.498, de 25 de junho de 1986, que dispõe sobre o exercício da Enfermagem, e dá outras providências Decreto Nº 94.406 / 1987 (Regulamentação da Lei nº 7.498 / 1986) Regulamenta a Lei nº 7.498, de 25 de junho de 1986, que dispõe sobre o exercício da Enfermagem, e dá outras providências O Presidente da

Leia mais

LEI Nº 003/97. Quantidade Função Salário em R$

LEI Nº 003/97. Quantidade Função Salário em R$ LEI Nº 003/97 AUTORIZA A CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE EXCEPCIONAL INTERESSE PÚBLICO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. ROMILDO HEIMBURG, Prefeito Municipal de Esperança do Sul, Estado do Rio Grande do Sul, em cumprimento

Leia mais

Lei Complementar nº. 011/2007 de 01 de novembro de 2007.

Lei Complementar nº. 011/2007 de 01 de novembro de 2007. Lei Complementar nº. 011/2007 de 01 de novembro de 2007. Dispõe sobre a extinção de cargos; altera padrão de vencimento e cria cargos de provimento efetivo e dá outras providências. Neri Montepó, Prefeito

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLICADO Nº 003/2015 CONTRATAÇÃO POR TEMPO DETERMINADO EDITAL N 001/2015

PROCESSO SELETIVO SIMPLICADO Nº 003/2015 CONTRATAÇÃO POR TEMPO DETERMINADO EDITAL N 001/2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLICADO Nº 003/2015 CONTRATAÇÃO POR TEMPO DETERMINADO EDITAL N 001/2015 SÚMULA: DISPÕE SOBRE O REGULAMENTO GERAL DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO POR TEMPO DETERMINADO.

Leia mais

Faço saber que a Câmara de Vereadores aprovou e eu sanciono e promulgo a seguinte Lei:

Faço saber que a Câmara de Vereadores aprovou e eu sanciono e promulgo a seguinte Lei: LEI MUNICIPAL Nº 1833/2015. AUMENTA O NÚMERO DE CARGOS EM COMISSÃO, CRIA PADRÃO DE VENCIMENTO E FUNÇÕES GRATIFICADAS NO QUADRO DE CARGOS E FUNÇÕES PÚBLICAS DO MUNICÍPIO, E DA OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO

Leia mais

LEI Nº 134/91 LEI: CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

LEI Nº 134/91 LEI: CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1 LEI Nº 134/91 Dispõe sobre os quadros de cargos e funções públicas do Município; estabelece o Plano de Carreira dos Servidores e dá outras providências. PEDRO ODDONE RODRIGUES DA SILVA, Prefeito Municipal

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Município de Caxias do Sul

Estado do Rio Grande do Sul Município de Caxias do Sul DECRETO Nº 16.627, DE 19 DE AGOSTO DE 2013. Define os exemplos de atribuições dos cargos de Arquiteto, Assistente Social, Contador, Enfermeiro, Fonoaudiólogo e Odontólogo, criado pela Lei Complementar

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE CAXAMBU DO SUL ANEXO I - ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS

ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE CAXAMBU DO SUL ANEXO I - ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS ANEXO I - ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS OPERADOR DE MÁQUINAS Providenciar a lavação, o abastecimento e a lubrificação da máquina; efetuar pequenos reparos na máquina sob sua responsabilidade; dirigir máquinas

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SERAFINA CORRÊA ANEXO I - ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS E EMPREGOS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SERAFINA CORRÊA ANEXO I - ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS E EMPREGOS ANEXO I - ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS E EMPREGOS CARGO: ALMOXARIFE a) Descrição Sintética: Zelar pelo Patrimônio Público. b) Descrição Analítica: Controlar as mercadorias de uso da administração municipal;

Leia mais

SERVIÇO DE PROCESSAMENTO DE DADOS

SERVIÇO DE PROCESSAMENTO DE DADOS CATEGORIA FUNCIONAL: ASSISTENTE SOCIAL. A) Síntese dos Deveres: Promover reuniões com a Comunidade; coordenar palestras; participar de reuniões de orientação educacional, de projetos em parceria com a

Leia mais

MUNICÍPIO DE SÃO JOÃO DA PONTE MG CONCURSO PÚBLICO UNIFICADO 1/2015 EDITAL 1/2015 ANEXO III-A (em substituição ao Anexo III) ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS

MUNICÍPIO DE SÃO JOÃO DA PONTE MG CONCURSO PÚBLICO UNIFICADO 1/2015 EDITAL 1/2015 ANEXO III-A (em substituição ao Anexo III) ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS Agente Administrativo II Biblioteca Enfermagem Secretaria Escolar Serviços Gerais Eletricista Fiscal de Serviços Externos Executar, sob orientação imediata, trabalhos administrativos de noções gerais,

Leia mais

Anexo I Atribuições e Requisitos dos Empregos

Anexo I Atribuições e Requisitos dos Empregos 15 Anexo I Atribuições e Requisitos dos Empregos SÍNTESE DOS DEVERES E ATRIBUIÇÕES DOS EMPREGOS 1. ATRIBUIÇÕES COMUNS: 1.1 Aos empregos de nível fundamental, médio e técnico: - Participar de atividades

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANGELO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANGELO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ANEXO I ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS CATEGORIA FUNCIONAL: AGENTE ADMINISTRATIVO PADRÃO DE VENCIMENTO: 05 a) Descrição Sintética: executar trabalhos que envolvam a interpretação e aplicação de leis e normas administrativas;

Leia mais

EDITAL RETIFICADOR Nº 001 PROCESSO SELETIVO

EDITAL RETIFICADOR Nº 001 PROCESSO SELETIVO 1 EDITAL RETIFICADOR Nº 001 PROCESSO SELETIVO O Prefeito Municipal de Faxinal dos Guedes, Estado de Santa Catarina, Sr. FLÁVIO BRUNO BOFF, no uso de suas atribuições legais, TORNA PÚBLICO aos interessados

Leia mais

R E S O L V E: II - O Item 1.5 é revogado, uma vez que não haverá PROVA PRÁTICA, pois não há Lei Municipal que discipline a mesma.

R E S O L V E: II - O Item 1.5 é revogado, uma vez que não haverá PROVA PRÁTICA, pois não há Lei Municipal que discipline a mesma. CONCURSO PÚBLICO N 001/20 EDITAL COMPLEMENTAR Nº 02/20 DISPÕE SOBRE A RETIFICAÇÃO DO EDITAL DO CONCURSO PÚBLICO N 001/20, DE 11 DE MARÇO DE 20, ATRAVÉS DO EDITAL COMPLEMENTAR N 02/20, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

Leia mais

Art. 1º Nomear o (a) empregado (a) público (a) LUIS FILIPE DA CUNHA FRANCO para o cargo de ASSESSOR DE DIRETORIA do CONRERP RS/SC 4ª Região.

Art. 1º Nomear o (a) empregado (a) público (a) LUIS FILIPE DA CUNHA FRANCO para o cargo de ASSESSOR DE DIRETORIA do CONRERP RS/SC 4ª Região. PORTARIA Nº 005/2014 Nomeia Empregado Público aprovado no Processo Seletivo Público 001/13, para preenchimento da vaga de ASSESSOR DE DIRETORIA. O CONSELHO REGIONAL DE PROFISSIONAIS DE RELAÇÕES PÚBLICAS

Leia mais

QUADRO DE CARGOS E FUNÇÕES PÚBLICAS DO MUNICÍPIO PLANO DE CARREIRA DOS SERVIDORES

QUADRO DE CARGOS E FUNÇÕES PÚBLICAS DO MUNICÍPIO PLANO DE CARREIRA DOS SERVIDORES QUADRO DE CARGOS E FUNÇÕES PÚBLICAS DO MUNICÍPIO E PLANO DE CARREIRA DOS SERVIDORES ÍNDICE MATÉRIAS ARTIGOS TITULO I - Disposições preliminares... 1º e 2º TÍTULO II - Do quadro dos cargos de provimento

Leia mais

LEI MUNICIPAL: CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

LEI MUNICIPAL: CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES LEI MUNICIPAL Nº 1.490/96 DE 05 DE FEVEREIRO DE 1996. DISPÕE SOBRE A REORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA DA PREFEITURA MUNICIPAL DE PANAMBI, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. Panambi, e eu sanciono e promulgo a seguinte

Leia mais

Prefeitura Municipal de São Sebastião do Alto Estado do Rio de Janeiro ANEXO III ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS

Prefeitura Municipal de São Sebastião do Alto Estado do Rio de Janeiro ANEXO III ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS ANEXO III ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS GARI DESCRIÇÃO SUMÁRIA Compreende os cargos que tem como atribuições varrer e limpar ruas e logradouros públicos e coletar o lixo acumulado em sarjetas, caixas de ralos

Leia mais

DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES DOS CARGOS

DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES DOS CARGOS CARGO: ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO Dar suporte administrativo e técnico nas áreas de recursos humanos, administração, finanças e logística; atender usuários, fornecendo e recebendo informações; tratar

Leia mais

LEI Nº. 792, DE 08 DE FEVEREIRO DE 2010.

LEI Nº. 792, DE 08 DE FEVEREIRO DE 2010. LEI Nº. 792, DE 08 DE FEVEREIRO DE 2010. INCLUI NO QUADRO DE CARGOS E SALÁRIOS EFETIVOS DO MUNICÍPIO O CARGO DE MÉDICO VETERINÁRIO, ALTERA A REDAÇÃO DO ARTIGO 3, DA LEI 245/2002 E ALTERAÇÕES POSTERIORES,

Leia mais

LEI N 13, DE 31 DE OUTUBRO DE 1985

LEI N 13, DE 31 DE OUTUBRO DE 1985 LEI N 13, DE 31 DE OUTUBRO DE 1985 Sumula: Estabelece a Estrutura Administrativa da Prefeitura Municipal de São José dos Pinhais e dá outras providências. A CAMARA MUNICIPAL DE SÃO JOSE DOS PINHAIS, ESTADO

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul MUNICÍPIO DE CAPÃO DO CIPÓ Gabinete do Prefeito Municipal LEI MUNICIPAL Nº 698, DE 30 DE OUTUBRO DE 2013.

Estado do Rio Grande do Sul MUNICÍPIO DE CAPÃO DO CIPÓ Gabinete do Prefeito Municipal LEI MUNICIPAL Nº 698, DE 30 DE OUTUBRO DE 2013. LEI MUNICIPAL Nº 698, DE 30 DE OUTUBRO DE 2013. DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DE CARGO DE PROVIMENTO EFETIVO DE AUDITOR DE CONTROLE INTERNO NO ÂMBITO DO PODER EXECUTIVO MUNICIPAL. ALCIDES MENEGHINI, Prefeito

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÕES DOS CARGOS DE PROVIMENTO EFETIVO

ANEXO I ESPECIFICAÇÕES DOS CARGOS DE PROVIMENTO EFETIVO ANEXO I ESPECIFICAÇÕES DOS CARGOS DE PROVIMENTO EFETIVO CATEGORIA FUNCIONAL: AGENTE ADMINISTRATIVO PADRÃO DE VENCIMENTO: IV a) Descrição Sintética: Executar trabalhos que envolvam a interpretação e aplicação

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa LEI Nº 14.473, DE 21 DE JANEIRO DE 2014. (publicada no DOE n.º 015, de 22 de janeiro de 2014) Reestrutura o Quadro

Leia mais

ANEXO I DO EDITAL Nº 001/2009 DE 30 DE SETEMBRO DE 2009

ANEXO I DO EDITAL Nº 001/2009 DE 30 DE SETEMBRO DE 2009 ANEXO I DO EDITAL Nº 001/2009 DE 30 DE SETEMBRO DE 2009 COMPETÊNCIAS E DESCRIÇÃO SUMÁRIA DOS CARGOS: PROFESSOR COM HABILITAÇÃO LEGAL PARA O EXERCÍCIO DO MAGISTERIO COM FORMAÇÃO EM : CIÊNCIAS; LÍNGUA PORTUGUESA;

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MONTAURI ANEXO I

PREFEITURA MUNICIPAL DE MONTAURI ANEXO I ANEXO I CATEGORIA FUNCIONAL: AGENTE ADMINISTRATIVO PADRÃO DE VENCIMENTO: 05 a) Descrição Sintética: Executar trabalhos que envolvam a interpretação e aplicação das leis e normas administrativas; redigir

Leia mais

MUNICÍPIO DE MODELO CNPJ: 83.021.832/0001-11

MUNICÍPIO DE MODELO CNPJ: 83.021.832/0001-11 DISPÕE SOBRE A INCLUSÃO E ALTERAÇÃO DE CARGOS NA POLÍTICA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E REMUNERAÇÃO DE PESSOAL, PLANO DE CARREIRA, CARGOS E VENCIMENTOS DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DO PODER EXECUTIVO,

Leia mais

ANEXO II DESCRIÇÃO DOS CARGOS

ANEXO II DESCRIÇÃO DOS CARGOS ANEXO II DESCRIÇÃO DOS CARGOS Nome do Cargo Vigia/Guarda Municipal P2 Encarregado de Cemitério P3 Agente de Serviços Gerais P2 Funções de vigilância e proteção fixa e móvel, das áreas administradas pela

Leia mais

PLANO DE CARREIRA DOS SERVIDORES

PLANO DE CARREIRA DOS SERVIDORES PREFEITURA MUNICIPAL DE CHARQUEADAS Estado do Rio Grande do Sul PLANO DE CARREIRA DOS SERVIDORES Lei Municipal nº 506 (QUADRO GERAL) com alterações até 15.07.04 LEI MUNICIPAL Nº 506 (com alterações) Dispõe

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE LASSANCE (MG) CONCURSO PÚBLICO PARA PROVOMENTO DE CARGOS EFETIVOS EDITAL 1/2015 ANEXO III RETIFICADO

PREFEITURA MUNICIPAL DE LASSANCE (MG) CONCURSO PÚBLICO PARA PROVOMENTO DE CARGOS EFETIVOS EDITAL 1/2015 ANEXO III RETIFICADO Advogado Prestar assistência jurídica às questões de direito administrativo, trabalhista, civil, tributário e constitucional. Agente administrativo Executar, sob orientação imediata, trabalhos administrativos

Leia mais

LEI Nº 4.254 DE 12 DE NOVEMBRO DE 2010

LEI Nº 4.254 DE 12 DE NOVEMBRO DE 2010 LEI Nº 4.254 DE 12 DE NOVEMBRO DE 2010 Cria cargos de provimento efetivo de Agente de Combate a Endemias, Auxiliar de Tesouraria, Farmacêutico e Fiscal Ambiental. Bel. PEDRO PAULO PREZZOTTO, Prefeito Municipal

Leia mais

PLANO DE CARREIRA MAGISTÉRIO RESPECTIVO QUADRO CARGOS

PLANO DE CARREIRA MAGISTÉRIO RESPECTIVO QUADRO CARGOS PLANO DE CARREIRA DO MAGISTÉRIO E RESPECTIVO QUADRO DE CARGOS ÍNDICE SISTEMÁTICO Matéria artigos Título I - Disposições preliminares... 1º e 2º Título II - Da carreira do Magistério Capítulo I - Dos princípios

Leia mais

Anexo II da Resolução Nº 02/2014 De que trata o artigo 7º

Anexo II da Resolução Nº 02/2014 De que trata o artigo 7º Anexo II da Resolução Nº 02/2014 De que trata o artigo 7º ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS EFETIVOS CARGOS DO ENSINO FUNDAMENTAL COMPLETO AGENTE DE SERVIÇOS GERAIS Exerce atividades relacionadas com serviços diversos,

Leia mais

LEI Nº 3.518/2011, DE 06 DE SETEMBRO DE 2011.

LEI Nº 3.518/2011, DE 06 DE SETEMBRO DE 2011. 1 LEI Nº 3.518/2011, DE 06 DE SETEMBRO DE 2011. Autoriza contratação temporária de excepcional interesse público, em função da adesão do Município aos Programas de Saúde da Família ESF e da Saúde Bucal

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Município de Venâncio Aires

Estado do Rio Grande do Sul Município de Venâncio Aires LEI COMPLEMENTAR Nº 051, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2011. Dispõe sobre o Plano de Carreira dos Servidores Públicos Efetivos de Apoio à Educação Infantil do. AIRTON LUIZ ARTUS, PREFEITO MUNICIPAL DE VENÂNCIO

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 2.284/2014 DE 29 DE AGOSTO DE 2014.

PROJETO DE LEI Nº 2.284/2014 DE 29 DE AGOSTO DE 2014. PROJETO DE LEI Nº 2.284/2014 DE 29 DE AGOSTO DE 2014. EXTINGUE E CRIA CARGO EM COMISSÃO E ALTERA LOTAÇÃO DE FUNÇÃO GRATIFICADA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. Claudemir José Locatelli, Prefeito Municipal de

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 037 DE 23 DE JULHO 2015. CAPÍTULO I DOS CARGOS EXTINTOS

LEI COMPLEMENTAR Nº 037 DE 23 DE JULHO 2015. CAPÍTULO I DOS CARGOS EXTINTOS LEI COMPLEMENTAR Nº 037 DE 23 DE JULHO 2015. Cria, modifica e extingue cargos no plano de cargos e funções do executivo municipal e dá outras providências. Nelson José Grasselli, Prefeito Municipal de

Leia mais

MUNICÍPIO DE ICARAÍ DE MINAS MG

MUNICÍPIO DE ICARAÍ DE MINAS MG Advogado Prestar assistência jurídica às questões de Direito Administrativo, Trabalhista, Civil, Tributário e Constitucional. Agente Administrativo Executar, sob orientação imediata, trabalhos administrativos

Leia mais

LEI 3.981/91 DE 7 DE JANEIRO DE 1991. O Prefeito Municipal de Natal, Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a seguinte Lei:

LEI 3.981/91 DE 7 DE JANEIRO DE 1991. O Prefeito Municipal de Natal, Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: LEI 3.981/91 DE 7 DE JANEIRO DE 1991 Dispõe sobre o Grupo Ocupacional Fisco e dá outras providencias. O Prefeito Municipal de Natal, Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a seguinte Lei:

Leia mais

Prefeitura Municipal de Rosário da Limeira /MG Edital de Abertura de Concurso Público nº 01/2012

Prefeitura Municipal de Rosário da Limeira /MG Edital de Abertura de Concurso Público nº 01/2012 PRIMEIRO TERMO DE RETIFICAÇÃO A Comissão de Concurso da Prefeitura Municipal de Rosário da Limeira/MG comunica a seguinte alteração no Edital de seu Concurso Público nº 01/2012, a saber: 4.2 VIA INTERNET:

Leia mais

LEI Nº 1.510-01/2013

LEI Nº 1.510-01/2013 LEI Nº 1.510-01/2013 EXTINGUE E CRIA CARGOS NO QUADRO DE CARGOS E FUNÇÕES PÚBLICAS DO MUNICÍPIO, FIXANDO PADRÃO SALARIAL, e dá outras providências. MARLI HASENKAMP STIEGEMEIR, Prefeita Municipal em exercício

Leia mais

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES imprensa FESSERGS Novo esboço de Plano de Carreira do Quadro-Geral(para substituir no MURAL) July 19, 2012 2:32 PM Projeto de Lei nº00/2012 Poder Executivo Reorganiza o Quadro

Leia mais

PLANO DE CARREIRA DO MAGISTÉRIO E RESPECTIVO QUADRO DE CARGOS E FUNÇÕES

PLANO DE CARREIRA DO MAGISTÉRIO E RESPECTIVO QUADRO DE CARGOS E FUNÇÕES Prefeitura Municipal de Santo Cristo - RS PLANO DE CARREIRA DO MAGISTÉRIO E RESPECTIVO QUADRO DE CARGOS E FUNÇÕES Lei nº 3.063, de 02.01.2008. ÍNDICE SISTEMÁTICO Matéria Artigos Título I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES......1º

Leia mais

LEI nº 3.678, DE 09 DE DEZEMBRO DE 2003.

LEI nº 3.678, DE 09 DE DEZEMBRO DE 2003. LEI nº 3.678, DE 09 DE DEZEMBRO DE 2003. ALTERA AS LEIS 3.443 DISPÕE SOBRE O REGIME JURÍDICO DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO E, 3.444 DISPÕE SOBRE OS QUADROS DE CARGOS E FUNÇÕES PÚBLICAS DO MUNICÍPIO,

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO RETIFICAÇÃO AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 01/2014

CONCURSO PÚBLICO RETIFICAÇÃO AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 01/2014 CONCURSO PÚBLICO RETIFICAÇÃO AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 01/2014 Dispõe sobre a retificação do edital de abertura de inscrições para o provimento de cargo público do Quadro Permanente de Pessoal do

Leia mais

TABELA DE CARGOS CARGOS DE NÍVEL MÉDIO VENCIMENTO BASE CARGA HORÁRIA SINTESE DAS ATIVIDADES TOTAL DE VAGAS REQUISITO

TABELA DE CARGOS CARGOS DE NÍVEL MÉDIO VENCIMENTO BASE CARGA HORÁRIA SINTESE DAS ATIVIDADES TOTAL DE VAGAS REQUISITO TABELA DE CARGOS CARGOS DE NÍVEL MÉDIO CARGO Assistente Operacional Assistente Administrativo PRÉ- REQUISITO completo completo TOTAL DE VAGAS VENCIMENTO BASE CARGA HORÁRIA 01 R$ 1.813,45 40 horas 02 R$

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 871/2010, de 08-02-10.

LEI MUNICIPAL Nº 871/2010, de 08-02-10. LEI MUNICIPAL Nº 871/2010, de 08-02-10. DISPÕE SOBRE A CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA EMERGENCIAL DE PROFISSIONAIS PARA ÁREA MÉDICA ESPECIALIZADA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. IRANI LEONARDO CHERINI PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JAGUARÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE JAGUARÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE JAGUARÃO Secretaria de Administração EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÙBLICO 005/2014. JOSÉ CLÁUDIO FERREIRA MARTINS, Prefeito Municipal de Jaguarão, através da Secretaria de Administração,

Leia mais

MUNICÍPIO DE FRANCISCO DUMONT MG CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS EDITAL 1/2015 ANEXO III

MUNICÍPIO DE FRANCISCO DUMONT MG CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS EDITAL 1/2015 ANEXO III Agente Municipal Auxiliar de Biblioteca Atender ao público, desempenhar serviços administrativos e rotinas de bibliotecas; realizar o empréstimo de publicações; orientar no uso da Biblioteca. Agente Municipal

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SACRAMENTO-MG

PREFEITURA MUNICIPAL DE SACRAMENTO-MG LEI Nº 1.189, DE 26 DE NOVEMBRO DE 2010 CRIA O EMPREGO PÚBLICO DE COORDENADOR DE RECURSOS HUMANOS; O SETOR DE TESOURARIA; ALTERA OS ANEXOS I, III, V, VII E VIII, DA LEI MUNICIPAL Nº. 947, DE 17 DE JUNHO

Leia mais

ANEXO I ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS PROFESSOR PARA ATUAÇÃO EM EDUCAÇÃO INFANTIL, SÉRIES INICIAIS; PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA.

ANEXO I ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS PROFESSOR PARA ATUAÇÃO EM EDUCAÇÃO INFANTIL, SÉRIES INICIAIS; PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA. ANEXO I ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS PROFESSOR PARA ATUAÇÃO EM EDUCAÇÃO INFANTIL, SÉRIES INICIAIS; PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA. Possuir formação de educador, conhecimento do conteúdo, capacidade de trabalho

Leia mais

MIGUEL SCHMITT-PRYM, Prefeito Municipal de Panambi, Faço saber que a Câmara Municipal de Vereadores aprovou e eu sanciono e promulgo a seguinte

MIGUEL SCHMITT-PRYM, Prefeito Municipal de Panambi, Faço saber que a Câmara Municipal de Vereadores aprovou e eu sanciono e promulgo a seguinte LEI MUNICIPAL Nº 1.528/96 DE 23 DE OUTUBRO DE 1996. INSTITUI NOVA ESTRUTURA ADMINISTRATIVA ORGANIZACIONAL DA PREFEITURA MUNICIPAL DE PANAMBI, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. MIGUEL SCHMITT-PRYM, Prefeito Municipal

Leia mais

A CÂMARA MUNICIPAL DE CAIAPÔNIA, ESTADO DE GOIÁS, APROVA E EU, PREFEITO MUNICIPAL, SANCIONO A SEGUINTE LEI: TÍTULO II DISPOSIÇÕES GERAIS

A CÂMARA MUNICIPAL DE CAIAPÔNIA, ESTADO DE GOIÁS, APROVA E EU, PREFEITO MUNICIPAL, SANCIONO A SEGUINTE LEI: TÍTULO II DISPOSIÇÕES GERAIS LEI N o 1.633 DE 14 DE JANEIRO DE 2013. DEFINE A NOVA ESTRUTURA ADMINISTRATIVA DO MUNICÍPIO DE CAIAPÔNIA E DETERMINA OUTRAS PROVIDÊNCIAS A CÂMARA MUNICIPAL DE CAIAPÔNIA, ESTADO DE GOIÁS, APROVA E EU, PREFEITO

Leia mais

Í N D I C E. CAPÍTULO I - Disposições preliminares...1º e 2º. SEÇÃO I - Das categorias funcionais...3º

Í N D I C E. CAPÍTULO I - Disposições preliminares...1º e 2º. SEÇÃO I - Das categorias funcionais...3º Í N D I C E MATÉRIAS ARTIGOS CAPÍTULO I - Disposições preliminares...1º e 2º CAPÍTULO II - Do quadro dos cargos de provimento efetivo SEÇÃO I - Das categorias funcionais...3º SEÇÃO II - Das especificações

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE BARBALHA EDITAL Nº. 02/2014 RETIFICAÇÃO DO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº01/2014

ESTADO DO CEARÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE BARBALHA EDITAL Nº. 02/2014 RETIFICAÇÃO DO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº01/2014 EDITAL Nº. 02/2014 RETIFICAÇÃO DO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº01/2014 O MUNICÍPIO DE BARBALHA, Estado de Ceará, através da COMISSÃO EXECUTIVA DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO, designada

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MANGA MG

PREFEITURA MUNICIPAL DE MANGA MG Administrador de Empresas Planejar, organizar e supervisionar o serviço técnico-administrativo, a atualização dos recursos humanos, materiais e financeiros, estabelecendo princípios, normas e funções para

Leia mais

LEI Nº 74, DE 30 MAIO DE 2006.

LEI Nº 74, DE 30 MAIO DE 2006. LEI Nº 74, DE 30 MAIO DE 2006. O Prefeito Municipal de Tijucas do Sul, Estado do Paraná: A Câmara Municipal decretou e eu sanciono a seguinte Lei: Reorganiza o quadro de pessoal da administração direta

Leia mais

CARGOS DE NÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO

CARGOS DE NÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO TABELA DE CARGOS CARGOS DE NÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO Cargo/Lotação Pré-requisitos N Vagas Total Vencimentos Base Carga Horária Síntese das Atividades Braçal Administração - Zona Braçal SAAE - Zona Contínuo

Leia mais

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES. Art. 1º - O serviço público centralizado do Executivo Municipal é integrado pelos seguintes quadros:

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES. Art. 1º - O serviço público centralizado do Executivo Municipal é integrado pelos seguintes quadros: LEI Nº 931, DE 20 DE AGOSTO DE 1991. Dispõe sobre os quadros de cargos e funções públicas, estabelece o Plano de Carreira dos Servidores e dá outras providências. HAROLDO GENEHR, Prefeito Municipal de

Leia mais

LEI Nº 707/2003 DE 06 DE MARÇO DE 2003

LEI Nº 707/2003 DE 06 DE MARÇO DE 2003 LEI Nº 707/2003 DE 06 DE MARÇO DE 2003 Estabelece o Plano de Carreira do Magistério Público do Município, institui o respectivo quadro de cargos, e dá outras providências. JOÃO RUDEMAR DA COSTA, Prefeito

Leia mais

ATO Nº 002/2003 - MESA DIRETORA

ATO Nº 002/2003 - MESA DIRETORA ATO Nº 002/2003 - MESA DIRETORA Dispõe sobre alteração do Ato nº 054/2000-Mesa Diretora, de 24 de julho de 2000, e dá outras providências. A MESA DIRETORA DA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MATO GROSSO

Leia mais

PLANO DE CARREIRA SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE MARIANA PIMENTEL/RS

PLANO DE CARREIRA SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE MARIANA PIMENTEL/RS PLANO DE CARREIRA SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE MARIANA PIMENTEL/RS 1 ÍNDICE MATÉRIAS ARTIGOS CAPÍTULO I - Disposições preliminares...1º e 2º CAPÍTULO II - Do quadro dos cargos de provimento efetivo...3º

Leia mais

Prefeitura Municipal de Pedra Dourada Estado de Minas Gerais CNPJ. 18.114.215/0001-07

Prefeitura Municipal de Pedra Dourada Estado de Minas Gerais CNPJ. 18.114.215/0001-07 RETIFICAÇÃO I DO EDITAL DO CONCURSO PÚBLICO Nº. 001/2015 O MUNICÍPIO DE PEDRA DOURADA, situado no, pessoa jurídica de Direito Público Interno, com inscrição no CNPJ sob o nº. 18.114.215/0001-07, neste

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BONITO DE MINAS MG

PREFEITURA MUNICIPAL DE BONITO DE MINAS MG Agente Administrativo Auxiliar de Arquivo Executar as tarefas rotineiras de arquivo, relacionadas ao recebimento e guarda de documentos, organização do arquivo em geral. Agente Administrativo Auxiliar

Leia mais

LEI N.º 1.212/2011 DE 09 DE NOVEMBRO DE 2011. Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a

LEI N.º 1.212/2011 DE 09 DE NOVEMBRO DE 2011. Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a LEI N.º 1.212/2011 DE 09 DE NOVEMBRO DE 2011. Cria e modifica quantitativos de cargos que menciona. O PREFEITO MUNICIPAL: seguinte lei: Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a Art. 1º

Leia mais

ANEXO I JORNADA DE TRABALHO MENSAL DESCRIÇÃO SUMÁRIA DO CARGO

ANEXO I JORNADA DE TRABALHO MENSAL DESCRIÇÃO SUMÁRIA DO CARGO TOTAL FICIÊNCIA VALOR ADVOGADO 01-1.300,00 23,00 220 CONTADOR 01-1.300,00 23,00 220 ENGENHEIRO CIVIL 01-1.839,85 33,00 220 ANEXO I SCRIÇÃO SUMÁRIA Assessorar a Diretoria na elaboração de contrato; inteirar-se,

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº. 2341/11, DE 26 DE MAIO DE 2011.

LEI MUNICIPAL Nº. 2341/11, DE 26 DE MAIO DE 2011. LEI MUNICIPAL Nº. 2341/11, DE 26 DE MAIO DE 2011. Criar cargos de provimento efetivo e dá outras providências. INIDIO PEDRO MUNARI, Prefeito Municipal de Itatiba do Sul, Estado do Rio Grande do Sul, no

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 1559/02, DE 16 DE JULHO DE 2002.

LEI MUNICIPAL Nº 1559/02, DE 16 DE JULHO DE 2002. LEI MUNICIPAL Nº 1559/02, DE 16 DE JULHO DE 2002. Cria e extingue cargos na estrutura do Quadro Permanente de Cargos, lei Municipal 1338/98, e dá outras providências. WOLMIR ÂNGELO DALL`AGNOL, Prefeito

Leia mais

TABELA DE CARGOS CARGO DE NÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO ADMINISTRAÇÃO GERAL. Vencimentos Base. N Vagas Total R$724,00 R$724,00

TABELA DE CARGOS CARGO DE NÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO ADMINISTRAÇÃO GERAL. Vencimentos Base. N Vagas Total R$724,00 R$724,00 TABELA DE CARGOS CARGO DE NÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO ADMINISTRAÇÃO GERAL Vigia Serviços Gerais Certificado de conclusão do ensino fundamental de ensino competente. Certificado de conclusão do ensino fundamental

Leia mais

LEI Nº 2.268, DE 25 DE JANEIRO DE 2008.

LEI Nº 2.268, DE 25 DE JANEIRO DE 2008. LEI Nº 2.268, DE 25 DE JANEIRO DE 2008. DISPÕE SOBRE O PLANO DE CARGOS, DEFINE A CARREIRA E O SISTEMA DE VENCIMENTOS DO PODER LEGISLATIVO DO MUNICÍPIO DE GUANHÃES E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. A Câmara Municipal

Leia mais

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSSUNTOS JURÍDICOS

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSSUNTOS JURÍDICOS DECRETO N o 525, DE 11 DE JULHO DE 2013. Regulamenta a utilização de veículos oficiais pela administração direta e indireta do Município de Palmas. O PREFEITO DE PALMAS, no uso de suas atribuições que

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 071/10 DE 13 DE OUTUBRO DE 2010

LEI COMPLEMENTAR Nº 071/10 DE 13 DE OUTUBRO DE 2010 LEI COMPLEMENTAR Nº 071/10 DE 13 DE OUTUBRO DE 2010 DISPÕE sobre o Plano de Classificação de Cargos e Funções Gratificadas do Poder Executivo do Município de Não-Me-Toque e dá outras providências.....

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR N.º 10, DE 11 DE DEZEMBRO DE 2007. PREFEITO MUNICIPAL DE CACHOEIRINHA, Estado do Rio Grande do

LEI COMPLEMENTAR N.º 10, DE 11 DE DEZEMBRO DE 2007. PREFEITO MUNICIPAL DE CACHOEIRINHA, Estado do Rio Grande do LEI COMPLEMENTAR N.º 10, DE 11 DE DEZEMBRO DE 2007. Dispõe sobre o Plano de Carreira dos Servidores Municipais da Educação Infantil. Sul. PREFEITO MUNICIPAL DE CACHOEIRINHA, Estado do Rio Grande do FAÇO

Leia mais

Anexo I ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS EFETIVOS

Anexo I ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS EFETIVOS Anexo I ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS EFETIVOS CATEGORIA FUNCIONAL: AGENTE ADMINISTRATIVO PADRÃO DE VENCIMENTO: 05 a) Descrição Sintética: Executar trabalhos que envolvam a interpretação e aplicação das leis

Leia mais

Departamento de Água e Esgoto Sanitário de Juína

Departamento de Água e Esgoto Sanitário de Juína 1) DOS OBJETIVOS: 1.1) Disciplinar e normatizar os procedimentos do Setor de Frotas (Transportes); 1.2) Proteger o Patrimônio Público contra o uso indevido, bem como atender a legislação em vigor e evitar

Leia mais

Condutor de Máquinas Leves

Condutor de Máquinas Leves Agente Combate de Endemias Executar tarefas de campo, junto à comunidade urbana e rural, sob orientação da Secretaria de Saúde; Realizar visitas domiciliares em atendimento ao Programa de Saúde da Família,

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 1.691, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2003. FLORISBALDO ANTONIO POLO, Prefeito Municipal de Santo Augusto, Estado do Rio Grande do Sul,

LEI MUNICIPAL Nº 1.691, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2003. FLORISBALDO ANTONIO POLO, Prefeito Municipal de Santo Augusto, Estado do Rio Grande do Sul, LEI MUNICIPAL Nº 1.691, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2003. Dispõe sobre o Plano de Carreira do Magistério Público Municipal. FLORISBALDO ANTONIO POLO, Prefeito Municipal de Santo Augusto, Estado do Rio Grande

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CODÓ ESTADO DO MARANHÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CODÓ ESTADO DO MARANHÃO LEI Nº 1552, DE 18 DE AGOSTO DE 2011. Disciplina a dação em pagamento de obras, serviços e bem móvel como forma de extinção da obrigação tributária no Município de Codó, prevista no inciso XI do artigo

Leia mais

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1 LEI Nº. 1.160, de 22 de abril de 2010. REESTRUTURA O QUADRO DE CARGOS E FUNÇÕES PÚBLICAS DO MUNICÍPIO, ESTABELECE O PLANO DE CARREIRA DOS SERVIDORES E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. MÁRIO RABUSKE, Prefeito

Leia mais

O PREFEITO MUNICIPAL DE SÃO BENEDITO, no uso de suas atribuições legais, faz saber que a Câmara Municipal, aprovou e eu sanciono a seguinte Lei:

O PREFEITO MUNICIPAL DE SÃO BENEDITO, no uso de suas atribuições legais, faz saber que a Câmara Municipal, aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: LEI ORDINÁRIA Nº 929/2015, DE 09 DE FEVEREIRO DE 2015 Altera a Lei Municipal nº 922/2014 e seu anexo e dá outras providencias. O PREFEITO MUNICIPAL DE SÃO BENEDITO, no uso de suas atribuições legais, faz

Leia mais