Análise e Projeto de Algoritmos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Análise e Projeto de Algoritmos"

Transcrição

1 Análise e Projeto de Algoritmos Prof. Eduardo Barrére

2 Complexidade de Algoritmos Computabilidade: Um problema é computável se é solucionável numa Máquina de Turing Uma máquina de Turing pode ser pensada como uma fita infinita de papel, dividida em pequenas casas, e um lápis/borracha especial que pode seguir instruções. Essas instruções são bastante simples: o lápis pode ler um símbolo na fita e, analisando-o, pode apagá-lo e escrever por cima do símbolo lido e, mudando de estado, pode se mover para a direita ou para a esquerda para analisar um novo símbolo, ou simplesmente parar.

3 Máquina de Turing Existem máquinas de Turing determinísticas e nãodeterminísticas. As determinísticas são aquelas que quando estão em um certo estado, lendo um certo dado, podem se movimentar de um único modo rumo à próxima configuração. As não-determinísticas podem se mover para diversas configurações, a partir do dado lido e da configuração interna atual. Evidentemente as máquinas determinísticas formam uma subclasse das não-determinísticas. Alan Mathison Turing

4 Limite de Complexidade de um Problema Limite Superior: melhor algoritmo que o resolve (complexidade no pior caso) Limite Inferior: melhor complexidade possível (algumas vezes é um resultado teórico). Técnica mais simples: Contar as entradas e saídas produzidas Diferença entre os limites ou a diminuição do limite inferior são os desafios. Sem diferença: complexidade mínina.

5 Intratabilidade Algoritmo não eficiente -> algoritmo de complexidade não polinomial O(2 n) -> grandes valores de n -> algoritmo intratável! Algoritmos razoáveis: polinomiais Algoritmos não razoáveis: exponencial Limite inferior polinomial e Limite superior exponencial????

6 Problemas de Otimização vs. Problemas de Decisão A resolução de um problema de otimização consiste na seleção da melhor solução para outro problema. Arvore Geradora Mnima (Ot.): escolher a melhor solução (i.e. de menor peso) para o problema da determinação de uma arvore geradora (qualquer). A cada problema de optimização esta normalmente associado um problema de decisão, i.e., um problema cuja solução e uma resposta sim/não: Arvore Geradora Mínima (Dec.): dado um valor k, existirá alguma árvore geradora para G com peso k?

7 Problemas Difíceis Famosos Coloracão de um Grafo G = (V;E): e uma funcão C : V S, com S um conjunto finito de cores, verificando a restrição: (v, w) pertence a E -> C(v) C(w) (vertices adjacentes são coloridos com cores diferentes) Problema de Otimização: Dado G, determinar uma coloração C tal que o numero de cores usadas é mínimo. Problema Decisão: Dado G e k inteiro, haverá alguma coloracão de G usando no máximo k cores?

8 Coloração de Grafos Aplicação: problemas de escalonamento, por exemplo o problema de para determinar horários dos exames de um conjunto de disciplinas ( V ) sujeito a incompatibilidades (pares de disciplinas cujos exames não podem acontecer em simultâneo - E). Qual o número de slots de tempo necessários? Exemplo:

9 Coloração de Grafos Solução ótima: 3 cores Desafios: determinar soluções para instâncias deste problema sobre grafos maiores... escrever um algoritmo para resolver o problema.

10 Problemas Difíceis Famosos Bin Packing": Dados n objetos de dimensões s1,..., sn, com 0 < si 1, Problema Otimização: Quantas gavetas de dimensão 1 serão necessárias para arrumá-los? (E qual a disposição dos objetos correspondente?) Problema Decisão: Dado um inteiro k, será possível arrumar os n objetos em k gavetas? Aplicações: Sistemas Operacionais: dispor programas em páginas de memória; dispor dados em palavras de tamanho fixo; Investigação Operacional: problemas de corte de componentes (ex. tecido) em peças de dimensão normalizada.

11 Bin Packing Entrada: lista de itens L. Saída : empacotamento de L nos bins. 1. Coloque cada item grande em um bin. Indexe os bins em uma ordem arbitrária. Defina estes bins como ativos. Organize os itens pequenos como segue. 2. Se houver um bin ativo aberto, coloque o item atual a i no bin ativo aberto com o menor índice se o bin tiver espaço suficiente para a i. Caso contrário feche este bin ativo e considere o bin extra: (a) Se exite um bin extra aberto e há espaço suficiente para ai, então coloque ai nesse bin extra. (b) Caso contrário feche o bin extra, se existir. Abra um novo bin para a i e defina este bin como bin extra. 3. Se não há bin ativo aberto, crie um novo bin para a i, defina este novo bin como bin ativo.

12 Bin Packing Entrada: lista de itens L. Saída : empacotamento de L nos bins.

13 Bin Packing 1. Coloque cada item grande em um bin. Indexe os bins em uma ordem arbitrária. Defina estes bins como ativos. Organize os itens pequenos

14 Bin Packing Se houver um bin ativo aberto, coloque o item atual a i no bin ativo aberto com o menor índice se o bin tiver espaço suficiente para a i. Caso contrário feche este bin ativo e considere o bin extra: (a) Se exite um bin extra aberto e há espaço suficiente para ai, então coloque ai nesse bin extra. (b) Caso contrário feche o bin extra, se existir. Abra um novo bin para a i e defina este bin como bin extra.

15 Bin Packing Se houver um bin ativo aberto, coloque o item atual a i no bin ativo aberto com o menor índice se o bin tiver espaço suficiente para a i. Caso contrário feche este bin ativo e considere o bin extra: (a) Se exite um bin extra aberto e há espaço suficiente para ai, então coloque ai nesse bin extra. (b) Caso contrário feche o bin extra, se existir. Abra um novo bin para a i e defina este bin como bin extra.

16 Bin Packing Se houver um bin ativo aberto, coloque o item atual a i no bin ativo aberto com o menor índice se o bin tiver espaço suficiente para a i. Caso contrário feche este bin ativo e considere o bin extra: (a) Se exite um bin extra aberto e há espaço suficiente para ai, então coloque ai nesse bin extra. (b) Caso contrário feche o bin extra, se existir. Abra um novo bin para a i e defina este bin como bin extra.

17 Bin Packing Se houver um bin ativo aberto, coloque o item atual a i no bin ativo aberto com o menor índice se o bin tiver espaço suficiente para a i. Caso contrário feche este bin ativo e considere o bin extra: Se não há bin ativo aberto, crie um novo bin para a i, defina este novo bin como bin ativo.

18 Bin Packing Se houver um bin ativo aberto, coloque o item atual a i no bin ativo aberto com o menor índice se o bin tiver espaço suficiente para a i. Caso contrário feche este bin ativo e considere o bin extra: (a) Se exite um bin extra aberto e há espaço suficiente para ai, então coloque ai nesse bin extra. (b) Caso contrário feche o bin extra, se existir. Abra um novo bin para a i e defina este bin como bin extra.

19 Bin Packing Se houver um bin ativo aberto, coloque o item atual a i no bin ativo aberto com o menor índice se o bin tiver espaço suficiente para a i. Caso contrário feche este bin ativo e considere o bin extra: (a) Se exite um bin extra aberto e há espaço suficiente para ai, então coloque ai nesse bin extra. (b) Caso contrário feche o bin extra, se existir. Abra um novo bin para a i e defina este bin como bin extra.

20 Bin Packing Se houver um bin ativo aberto, coloque o item atual a i no bin ativo aberto com o menor índice se o bin tiver espaço suficiente para a i. Caso contrário feche este bin ativo e considere o bin extra: Se não há bin ativo aberto, crie um novo bin para a i, defina este novo bin como bin ativo.

21 Problemas Difíceis Famosos Mochila": Dada uma mochila de capacidade C e n objetos de dimensões s1,...,sn e valores p1,..., pn, Problema Otimização: Determinar o valor máximo dos objetos que se consegue colocar na mochila (e a lista desses objetos). Problema Decisão: Dado um inteiro k, existira um conjunto de objetos que caiba na mochila e corresponda a um valor k? Aplicações: Planejamento econômico; investimentos (tamanhos correspondem a capital investido, valor corresponde a lucro esperado).

22 Mochila - Enunciado Um viajante deve levar consigo, apenas uma mochila. Essa mochila possui uma capacidade limitada e deve ser carregada apenas com objetos que serão úteis durante a viagem. Cada objeto é único e possui um peso e um determinado valor. Que objetos dever ser levados pelo viajante de forma a maximizar o valor da mochila? Um contêiner com capacidade limitada deve ser carregado com diversos produtos de pesos e tamanhos diferentes. Como deve-se proceder para carregar o máximo possível de produtos, desperdiçando o mínimo possível de espaço. Um computador está sobrecarregado de arquivos e os mesmos devem ser transferidos para mídias em CD, e sabe-se que será necessário mais de um CD. Como deve-se proceder para carregar o máximo possível de arquivos em cada CD, desperdiçando o mínimo possível de espaço em cada mídia.

23 Mochila

24 Problemas Difíceis Famosos Caminhos e Circuitos de Hamilton: Num grafo G, um caminho de Hamilton é um caminho que passa por cada vértice exatamente uma vez. Um circuito de Hamilton é qualquer ciclo que seja um caminho de Hamilton. Problema Decisão: Decidir se G contem ou não um caminho de Hamilton (ou um circuito).

25 Problemas Difíceis Famosos Caixeiro Viajante: Dado um grafo G, com seus respectivos pesos, Problema Otimização: Determinar o circuito de Hamilton de peso mínimo. Problema Decisão: Para um inteiro k, haverá algum circuito de Hamilton em G, com peso k? Aplicações: O caixeiro viajante pretende minimizar a distância total percorrida para passar por todas as cidades que deve visitar. Mas também: circuito ótimo para recolha de lixo ou entrega de correio numa cidade...

26 Caixeiro Viajante Problema (n-1)! Combinações possíveis: 1) ) ) ) ) )

Análise e Complexidade de Algoritmos

Análise e Complexidade de Algoritmos Análise e Complexidade de Algoritmos Uma visão de Intratabilidade, Classes P e NP - redução polinomial - NP-completos e NP-difíceis Prof. Rodrigo Rocha prof.rodrigorocha@yahoo.com http://www.bolinhabolinha.com

Leia mais

Algoritmos de Aproximação Segundo Semestre de 2012

Algoritmos de Aproximação Segundo Semestre de 2012 Algoritmos de Aproximação Segundo Semestre de 2012 Aproximação p. 1 Bin Packing Dados: n itens ([n] = {1,...,n}) Dados: comprimento a[i] do item i (i = 1,...,n) Aproximação p. 2 Bin Packing Dados: n itens

Leia mais

Problema de Otimização Combinatória

Problema de Otimização Combinatória Problema de Otimização Combinatória Otimização é o processo de encontrar e comparar soluções factíveis até que nenhuma solução melhor possa ser encontrada. Essas soluções são ditas boas ou ruins em termos

Leia mais

PROGRAMAÇÃO INTEIRA. Prof. Gustavo Peixoto Silva Departamento de Computação Univ. Federal de Ouro Preto 5 modelos

PROGRAMAÇÃO INTEIRA. Prof. Gustavo Peixoto Silva Departamento de Computação Univ. Federal de Ouro Preto 5 modelos PROGRAMAÇÃO INTEIRA Prof. Gustavo Peixoto Silva Departamento de Computação Univ. Federal de Ouro Preto 5 modelos M9.1 - Problema de Seleção de Projetos ver Taha Capítulo 9 Cinco projetos estão sob avaliação

Leia mais

Resolução de problemas por meio de busca. Capítulo 3 Russell & Norvig Seções 3.1, 3.2 e 3.3

Resolução de problemas por meio de busca. Capítulo 3 Russell & Norvig Seções 3.1, 3.2 e 3.3 Resolução de problemas por meio de busca Capítulo 3 Russell & Norvig Seções 3.1, 3.2 e 3.3 Agentes de resolução de problemas Agentes reagvos não funcionam em ambientes para quais o número de regras condição-

Leia mais

Notas da Aula 17 - Fundamentos de Sistemas Operacionais

Notas da Aula 17 - Fundamentos de Sistemas Operacionais Notas da Aula 17 - Fundamentos de Sistemas Operacionais 1. Gerenciamento de Memória: Introdução O gerenciamento de memória é provavelmente a tarefa mais complexa de um sistema operacional multiprogramado.

Leia mais

MÉTODOS DE RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS EM IA. Busca em espaço de estados. Estados e Operadores. Jogo dos 8. Sumário. Exemplo: jogo dos 8

MÉTODOS DE RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS EM IA. Busca em espaço de estados. Estados e Operadores. Jogo dos 8. Sumário. Exemplo: jogo dos 8 MÉTODOS DE RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS EM IA Sumário busca em espaço de estados redução de problemas Busca em espaço de estados Exemplo: jogo dos 8 2 8 3 1 6 4 7 5 Jogo dos 8 Estados e Operadores Estado: uma

Leia mais

Um Esquema de Aproximação Eficiente para o Problema do Bin Packing Unidimensional

Um Esquema de Aproximação Eficiente para o Problema do Bin Packing Unidimensional Um Esquema de Aproximação Eficiente para o Problema do Bin Packing Unidimensional Proposta de Trabalho de Graduação Centro de Informática CIn UFPE Orientador: Ricardo Martins de Abreu Silva Aluno: Otávio

Leia mais

Complexidade de Algoritmos. Edson Prestes

Complexidade de Algoritmos. Edson Prestes Edson Prestes Caminhos de custo mínimo em grafo orientado Este problema consiste em determinar um caminho de custo mínimo a partir de um vértice fonte a cada vértice do grafo. Considere um grafo orientado

Leia mais

Introdução às Máquinas de Turing (TM)

Introdução às Máquinas de Turing (TM) Comparação com computadores: Introdução às Máquinas de Turing (TM) um modelo matemático simples de um computador Semelhanças: lê e escreve em posições arbitrarias de memoria Diferenças: sem limite no tamanho

Leia mais

Projeto e Análise de Algoritmos Projeto de Algoritmos Tentativa e Erro. Prof. Humberto Brandão humberto@bcc.unifal-mg.edu.br

Projeto e Análise de Algoritmos Projeto de Algoritmos Tentativa e Erro. Prof. Humberto Brandão humberto@bcc.unifal-mg.edu.br Projeto e Análise de Algoritmos Projeto de Algoritmos Tentativa e Erro Prof. Humberto Brandão humberto@bcc.unifal-mg.edu.br Laboratório de Pesquisa e Desenvolvimento Universidade Federal de Alfenas versão

Leia mais

Projetos. Universidade Federal do Espírito Santo - UFES. Mestrado em Informática 2004/1. O Projeto. 1. Introdução. 2.

Projetos. Universidade Federal do Espírito Santo - UFES. Mestrado em Informática 2004/1. O Projeto. 1. Introdução. 2. Pg. 1 Universidade Federal do Espírito Santo - UFES Mestrado em Informática 2004/1 Projetos O Projeto O projeto tem um peso maior na sua nota final pois exigirá de você a utilização de diversas informações

Leia mais

Complexidade de Algoritmos

Complexidade de Algoritmos Complexidade de Algoritmos Classes de Complexidades de Problemas Prof. Osvaldo Luiz de Oliveira Estas anotações devem ser complementadas por apontamentos em aula. Tempo polinomial Um algoritmo A, com entrada

Leia mais

Limitações dos Computadores

Limitações dos Computadores Limitações dos Computadores Baseado em Computers Ltd. What they really can t do, David Harel. Oxford University Press, 2000. Computadores e Redes de Comunicação Mestrado em Gestão de Informação, FEUP 2004/07

Leia mais

BCC204 - Teoria dos Grafos

BCC204 - Teoria dos Grafos BCC204 - Teoria dos Grafos Marco Antonio M. Carvalho (baseado nas notas de aula do prof. Haroldo Gambini Santos) Departamento de Computação Instituto de Ciências Exatas e Biológicas Universidade Federal

Leia mais

Lista 2 - Modelos determinísticos

Lista 2 - Modelos determinísticos EA044 - Planejamento e Análise de Sistemas de Produção Lista 2 - Modelos determinísticos Exercício 1 A Companhia Ferroviária do Brasil (CFB) está planejando a alocação de vagões a 5 regiões do país para

Leia mais

Projeto e Análise de Algoritmos Projeto de Algoritmos Introdução. Prof. Humberto Brandão humberto@dcc.ufmg.br

Projeto e Análise de Algoritmos Projeto de Algoritmos Introdução. Prof. Humberto Brandão humberto@dcc.ufmg.br Projeto e Análise de Algoritmos Projeto de Algoritmos Introdução Prof. Humberto Brandão humberto@dcc.ufmg.br aula disponível no site: http://www.bcc.unifal-mg.edu.br/~humberto/ Universidade Federal de

Leia mais

Teoria dos Grafos. Edson Prestes

Teoria dos Grafos. Edson Prestes Edson Prestes Complemento de Grafos Mostre que para qualquer Grafo G com 6 pontos, G ou possui um triângulo Considere um vértice v de V(G). Sem perda de generalidade, podemos assumir v é adjacente a outros

Leia mais

Uma Heurística Gulosa para o Problema de Bin Packing Bidimensional

Uma Heurística Gulosa para o Problema de Bin Packing Bidimensional Uma Heurística Gulosa para o Problema de Bin Packing Bidimensional Leandro Dias Costa, Luiz da Silva Rosa e Marcelo Lisboa Rocha Departamento de Ciência da Computação Fundação UNIRG Alameda Madrid Nº 545,

Leia mais

Faculdade Alagoana de Administração FAA Ciência da Computação. (Resolução de Problemas em) Espaço de Estados

Faculdade Alagoana de Administração FAA Ciência da Computação. (Resolução de Problemas em) Espaço de Estados Faculdade Alagoana de Administração FAA Ciência da Computação (Resolução de Problemas em) Espaço de Estados (Adaptado de O.B. Coelho & G. Bittencourt & C. Moraes) Maria Aparecida Amorim Sibaldo maasibaldo@gmail.com

Leia mais

Projeto e Análise de Algoritmos Projeto de Algoritmos Heurísticas e Algoritmos Aproximados

Projeto e Análise de Algoritmos Projeto de Algoritmos Heurísticas e Algoritmos Aproximados Projeto e Análise de Algoritmos Projeto de Algoritmos Heurísticas e Algoritmos Aproximados Prof. Humberto Brandão humberto@bcc.unifal-mg.edu.br Universidade Federal de Alfenas Departamento de Ciências

Leia mais

Faculdade de Computação

Faculdade de Computação UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Faculdade de Computação Disciplina : Teoria da Computação Professora : Sandra Aparecida de Amo Lista de Exercícios n o 2 Exercícios sobre Modelos de Máquinas de Turing

Leia mais

5COP096 TeoriadaComputação

5COP096 TeoriadaComputação Sylvio 1 Barbon Jr barbon@uel.br 5COP096 TeoriadaComputação Aula 14 Prof. Dr. Sylvio Barbon Junior Sumário - Problemas Exponenciais - Algoritmos Exponenciais usando Tentativa e Erro - Heurísticas para

Leia mais

Manejo Florestal Sustentável: Dificuldade Computacional e Otimização de Processos

Manejo Florestal Sustentável: Dificuldade Computacional e Otimização de Processos Manejo Florestal Sustentável: Dificuldade Computacional e Otimização de Processos Daniella Rodrigues Bezerra 1, Rosiane de Freitas Rodrigues 12, Ulisses Silva da Cunha 3, Raimundo da Silva Barreto 12 Universidade

Leia mais

TEORIA DE COMPLEXIDADE

TEORIA DE COMPLEXIDADE TEORIA DE COMPLEXIDADE Fundamentos: classes P e N P Mauricio Ayala-Rincón Grupo de Teoria da Computaç~ao http://ayala.mat.unb.br/tcgroup Instituto de Ciências Exatas Universidade de Brasília, Brasília

Leia mais

CURSO SPED PIS COFINS CONTRIBUIÇOES MATÉRIA

CURSO SPED PIS COFINS CONTRIBUIÇOES MATÉRIA CURSO SPED PIS COFINS CONTRIBUIÇOES MATÉRIA POR NEOMAR ANTONIO CÓRDOVA Como é do conhecimento dos alunos que participaram do roteiro de cursos do CRC/SC, sobre SPED CONTRIBUIÇÕES, alguma modificações foram

Leia mais

Projeto e Análise de Algoritmos NP Completude. Prof. Humberto Brandão

Projeto e Análise de Algoritmos NP Completude. Prof. Humberto Brandão Projeto e Análise de Algoritmos NP Completude Prof. Humberto Brandão humberto@bcc.unifal-mg.edu.br Universidade Federal de Alfenas versão da aula: 0.4 Introdução Problemas intratáveis ou difíceis são comuns

Leia mais

Máquinas de Turing. Juliana Kaizer Vizzotto. Disciplina de Teoria da Computação. Universidade Federal de Santa Maria

Máquinas de Turing. Juliana Kaizer Vizzotto. Disciplina de Teoria da Computação. Universidade Federal de Santa Maria Universidade Federal de Santa Maria Disciplina de Teoria da Computação Roteiro Definição Formal de Máquina de Turing Mais exemplos Definição Formal de Máquina de Turing Uma máquina de Turing é uma 7-upla,

Leia mais

Uma forma de classificação

Uma forma de classificação Uma forma de classificação L. Não-RE ou f. nãocomputáveis LRE ou MT ou f. comput. L. Indecidíveis ou Procedimentos L. Recursivas ou Decidíveis ou Algoritmos Outra forma de classificação Problemas Indecidíveis

Leia mais

Solução de problemas por meio de busca (com Python) Luis Martí DEE/PUC-Rio http://lmarti.com

Solução de problemas por meio de busca (com Python) Luis Martí DEE/PUC-Rio http://lmarti.com Solução de problemas por meio de busca (com Python) Luis Martí DEE/PUC-Rio http://lmarti.com Python e AI (Re)-introdução ao Python. Problemas de busca e principais abordagens. Exemplos em Python Por que

Leia mais

Aula 03 - Modelagem em PPLIM

Aula 03 - Modelagem em PPLIM Thiago A. O. 1 1 Universidade Federal de Ouro Preto 1 Componentos do modelo 2 3 4 5 6 Componentes de uma modelagem matemática Elementos; Conjuntos; Parâmetros; Variáveis; Objetivo; Restições; Elementos

Leia mais

LISTA SOBRE MODELAGEM DE PROBLEMAS DE PROGRAMAÇÃO INTEIRA

LISTA SOBRE MODELAGEM DE PROBLEMAS DE PROGRAMAÇÃO INTEIRA LISTA SOBRE MODELAGEM DE PROBLEMAS DE PROGRAMAÇÃO INTEIRA 1) [Alocação de Recursos] A Capitão Caverna S.A., localizada em Pedra Lascada, aluga 3 tipos de barcos para passeios marítimos: jangadas, supercanoas

Leia mais

Sistema de Arquivos. Ambientes Operacionais. Prof. Simão Sirineo Toscani stoscani@inf.pucrs.br www.inf.pucrs.br/~stoscani

Sistema de Arquivos. Ambientes Operacionais. Prof. Simão Sirineo Toscani stoscani@inf.pucrs.br www.inf.pucrs.br/~stoscani Sistema de Arquivos Ambientes Operacionais Prof. Simão Sirineo Toscani stoscani@inf.pucrs.br www.inf.pucrs.br/~stoscani Gerência de Arquivos É um dos serviços mais visíveis do SO. Arquivos são normalmente

Leia mais

Sistemas Inteligentes Lista de Exercícios sobre Busca

Sistemas Inteligentes Lista de Exercícios sobre Busca Sistemas Inteligentes Lista de Exercícios sobre Busca 1) A* - Problema do metrô de Paris Suponha que queremos construir um sistema para auxiliar um usuário do metrô de Paris a saber o trajeto mais rápido

Leia mais

Notas da Aula 4 - Fundamentos de Sistemas Operacionais

Notas da Aula 4 - Fundamentos de Sistemas Operacionais Notas da Aula 4 - Fundamentos de Sistemas Operacionais 1. Threads Threads são linhas de execução dentro de um processo. Quando um processo é criado, ele tem uma única linha de execução, ou thread. Esta

Leia mais

ECO039 Linguagens Formais

ECO039 Linguagens Formais Prof a.dra.thatyana de Faria Piola Seraphim Universidade Federal de Itajubá thatyana@unifei.edu.br Introdução ˆ As três principais áreas da teoria da computação (Autômatos, Computabilidade e Complexidade)

Leia mais

BC 1518 - Sistemas Operacionais Sistema de Arquivos (aula 10 Parte 2) Prof. Marcelo Z. do Nascimento

BC 1518 - Sistemas Operacionais Sistema de Arquivos (aula 10 Parte 2) Prof. Marcelo Z. do Nascimento BC 1518 - Sistemas Operacionais Sistema de Arquivos (aula 10 Parte 2) Prof. Marcelo Z. do Nascimento 1 Gerência de espaço em disco Cópia de segurança do sistema de arquivo Roteiro Confiabilidade Desempenho

Leia mais

ORIENTAÇÕES SOBRE A PROVA DISCURSIVA

ORIENTAÇÕES SOBRE A PROVA DISCURSIVA IF SUDESTE MG REITORIA Av. Francisco Bernardino, 165 4º andar Centro 36.013-100 Juiz de Fora MG Telefax: (32) 3257-4100 CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGO EFETIVO ORIENTAÇÕES SOBRE A PROVA DISCURSIVA

Leia mais

CI165 Introdução. André Vignatti. 31 de julho de 2014

CI165 Introdução. André Vignatti. 31 de julho de 2014 Introdução 31 de julho de 2014 Antes de mais nada... Os slides de 6 aulas (introdução, insertion sort, mergesort, quicksort, recorrências e limitantes de ordenação) foram originalmente feitos pelos Profs.

Leia mais

TECNÓLOGO EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES I Aula 01: Conceitos Iniciais / Sistema Operacional

TECNÓLOGO EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES I Aula 01: Conceitos Iniciais / Sistema Operacional TECNÓLOGO EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES I Aula 01: Conceitos Iniciais / Sistema Operacional O conteúdo deste documento tem por objetivo apresentar uma visão geral

Leia mais

Universidade Federal de Alfenas

Universidade Federal de Alfenas Universidade Federal de Alfenas Algoritmos em Grafos Aula 01 História dos Grafos Prof. Humberto César Brandão de Oliveira Leonhard Euler Em 1735, Euler ganha fama mundial ao resolver um problema que por

Leia mais

Banco de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri. Banco de Dados Processamento e Otimização de Consultas

Banco de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri. Banco de Dados Processamento e Otimização de Consultas Processamento e Otimização de Consultas Banco de Dados Motivação Consulta pode ter sua resposta computada por uma variedade de métodos (geralmente) Usuário (programador) sugere uma estratégia para achar

Leia mais

Organização e Arquitetura de Computadores I. de Computadores

Organização e Arquitetura de Computadores I. de Computadores Universidade Federal de Campina Grande Unidade Acadêmica de Sistemas e Computação Curso de Bacharelado em Ciência da Computação Organização e Arquitetura de Computadores I Organização Básica B de Computadores

Leia mais

O Problema Bin Packing Tridimensional em Contêineres: Usando Interação com o Usuário

O Problema Bin Packing Tridimensional em Contêineres: Usando Interação com o Usuário O Problema Bin Packing Tridimensional em Contêineres: Usando Interação com o Usuário Carlos Heitor Pereira Liberalino Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - Depto de Informática 59600-900, Mossoró,

Leia mais

Eduardo C. Xavier. 24 de fevereiro de 2011

Eduardo C. Xavier. 24 de fevereiro de 2011 Reduções Eduardo C. Xavier Instituto de Computação/Unicamp 24 de fevereiro de 2011 Eduardo C. Xavier (IC/Unicamp) Reduções 24 de fevereiro de 2011 1 / 23 Programação Linear (PL) Vimos que na tentativa

Leia mais

Problemas insolúveis. Um exemplo simples e concreto

Problemas insolúveis. Um exemplo simples e concreto Surge agora uma outra questão. Viemos buscando algoritmos para resolver problemas. No entanto, será que sempre seria possível achar esses algoritmos? Colocando de outra forma: será que, para todo problema,

Leia mais

Complexidade de Algoritmos. Edson Prestes

Complexidade de Algoritmos. Edson Prestes Edson Prestes Um problema pode ser resolvido através de diversos algoritmos; O fato de um algoritmo resolver um dado problema não significa que seja aceitável na prática. Na maioria das vezes, a escolha

Leia mais

Tutorial: Instalando Linux Educacional em uma maquina virtual

Tutorial: Instalando Linux Educacional em uma maquina virtual Maria Augusta Sakis Tutorial: Instalando Linux Educacional em uma Máquina Virtual Máquinas virtuais são muito úteis no dia-a-dia, permitindo ao usuário rodar outros sistemas operacionais dentro de uma

Leia mais

Pesquisa Operacional. 4x1+3x2 <=1 0 6x1 - x2 >= 20 X1 >= 0 X2 >= 0 PESQUISA OPERACIONAL PESQUISA OPERACIONAL PESQUISA OPERACIONAL PESQUISA OPERACIONAL

Pesquisa Operacional. 4x1+3x2 <=1 0 6x1 - x2 >= 20 X1 >= 0 X2 >= 0 PESQUISA OPERACIONAL PESQUISA OPERACIONAL PESQUISA OPERACIONAL PESQUISA OPERACIONAL Modelo em Programação Linear Pesquisa Operacional A programação linear é utilizada como uma das principais técnicas na abordagem de problemas em Pesquisa Operacional. O modelo matemático de programação

Leia mais

Organização de Computadores 1

Organização de Computadores 1 Organização de Computadores 1 4 SUPORTE AO SISTEMA OPERACIONAL Prof. Luiz Gustavo A. Martins Sistema Operacional (S.O.) Programa responsável por: Gerenciar os recursos do computador. Controlar a execução

Leia mais

Problemas de Satisfação de Restrições

Problemas de Satisfação de Restrições Computação Inteligente Problemas de Satisfação de Restrições Lucas Augusto Carvalho Mestrado em Ciência da Computação 2011.1 DCOMP - Universidade Federal de Sergipe 1 Conteúdo Problemas de Satisfação de

Leia mais

INF 1771 Inteligência Artificial

INF 1771 Inteligência Artificial Edirlei Soares de Lima INF 1771 Inteligência Artificial Aula 02 Agentes Inteligentes Agentes Inteligentes Um agente é algo capaz de perceber seu ambiente por meio de sensores e de

Leia mais

Resolução da Lista 2 - Modelos determinísticos

Resolução da Lista 2 - Modelos determinísticos EA044 - Planejamento e Análise de Sistemas de Produção Resolução da Lista 2 - Modelos determinísticos Exercício 1 a) x ij são as variáveis de decisão apropriadas para o problemas pois devemos indicar quantos

Leia mais

Aula 26: Arquiteturas RISC vs. CISC

Aula 26: Arquiteturas RISC vs. CISC Aula 26: Arquiteturas RISC vs CISC Diego Passos Universidade Federal Fluminense Fundamentos de Arquiteturas de Computadores Diego Passos (UFF) Arquiteturas RISC vs CISC FAC 1 / 33 Revisão Diego Passos

Leia mais

TEXTO RETIRADO DO LIVRO: RESILIÊNCIA COMO SUPERAR PRESSÕES E ADVERSIDADES NO TRABALHO

TEXTO RETIRADO DO LIVRO: RESILIÊNCIA COMO SUPERAR PRESSÕES E ADVERSIDADES NO TRABALHO TEXTO RETIRADO DO LIVRO: RESILIÊNCIA COMO SUPERAR PRESSÕES E ADVERSIDADES NO TRABALHO O QUE PODEMOS APRENDER com a experiência de vida de pessoas resilientes é que, para enfrentar situações difíceis, é

Leia mais

Objetivos. Engenharia de Software. O Estudo de Viabilidade. Fase do Estudo de Viabilidade. Idéias chave. O que Estudar? O que concluir?

Objetivos. Engenharia de Software. O Estudo de Viabilidade. Fase do Estudo de Viabilidade. Idéias chave. O que Estudar? O que concluir? Engenharia de Software O Estudo de Viabilidade Objetivos O que é um estudo de viabilidade? O que estudar e concluir? Benefícios e custos Análise de Custo/Benefício Alternativas de comparação 1 2 Idéias

Leia mais

Algoritmos. Objetivo principal: explicar que a mesma ação pode ser realizada de várias maneiras, e que às vezes umas são melhores que outras.

Algoritmos. Objetivo principal: explicar que a mesma ação pode ser realizada de várias maneiras, e que às vezes umas são melhores que outras. 6 6 NOME DA AULA: 6 Algoritmos Duração da aula: 45 60 minutos Tempo de preparação: 10-25 minutos (dependendo da disponibilidade de tangrans prontos ou da necessidade de cortá-los à mão) Objetivo principal:

Leia mais

ESTRATÉGIAS DE RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS DE PESQUISA OPERACIONAL

ESTRATÉGIAS DE RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS DE PESQUISA OPERACIONAL ESTRATÉGIAS DE RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS DE PESQUISA OPERACIONAL André Luis Trevisan Universidade Tecnológica Federal do Paraná andrelt@utfpr.edu.br Magna Natalia Marin Pires Universidade Estadual de Londrina

Leia mais

Etapa 1: Limpar o computador e executar o Windows Update

Etapa 1: Limpar o computador e executar o Windows Update Usuários do Windows 7: Tente usar o utilitário de diagnóstico gratuito da HP para ajudá-lo a encontrar o melhor driver! IMPORTANTE: Você deve seguir estas soluções na ordem que são apresentadas para resolver

Leia mais

Manual do KWallet. George Staikos Lauri Watts Desenvolvedor: George Staikos Tradução: Marcus Gama Tradução: André Marcelo Alvarenga

Manual do KWallet. George Staikos Lauri Watts Desenvolvedor: George Staikos Tradução: Marcus Gama Tradução: André Marcelo Alvarenga George Staikos Lauri Watts Desenvolvedor: George Staikos Tradução: Marcus Gama Tradução: André Marcelo Alvarenga 2 Conteúdo 1 Introdução 5 1.1 Criar uma carteira...................................... 5

Leia mais

Dadas a base e a altura de um triangulo, determinar sua área.

Dadas a base e a altura de um triangulo, determinar sua área. Disciplina Lógica de Programação Visual Ana Rita Dutra dos Santos Especialista em Novas Tecnologias aplicadas a Educação Mestranda em Informática aplicada a Educação ana.santos@qi.edu.br Conceitos Preliminares

Leia mais

Resolução de Problemas Com Procura. Capítulo 3

Resolução de Problemas Com Procura. Capítulo 3 Resolução de Problemas Com Procura Capítulo 3 Sumário Agentes que resolvem problemas Tipos de problemas Formulação de problemas Exemplos de problemas Algoritmos de procura básicos Eliminação de estados

Leia mais

Aplicações de Otimização em Processos Industriais

Aplicações de Otimização em Processos Industriais Aplicações de Otimização em Processos Industriais Maria Cristina N. Gramani gramani@mackenzie.com.br Departamento de Engenharia de Produção Escola de Engenharia Universidade Presbiteriana Mackenzie Organização

Leia mais

INVESTIGAÇÃO OPERACIONAL. Programação Linear. Exercícios

INVESTIGAÇÃO OPERACIONAL. Programação Linear. Exercícios INVESTIGAÇÃO OPERACIONAL Programação Linear Exercícios Cap. I Modelo de PL - Formalização António Carlos Morais da Silva Professor de I.O. i Recomendações 1. É possível aprender a matéria fazendo apenas

Leia mais

5COP096 TeoriadaComputação

5COP096 TeoriadaComputação Sylvio 1 Barbon Jr barbon@uel.br 5COP096 TeoriadaComputação Aula 13 Prof. Dr. Sylvio Barbon Junior Sumário - Problemas NP-Completo Algoritmos Não-deterministas; Classes NP-Completo e NP-Dificil; Teorema

Leia mais

Utilização do SOLVER do EXCEL

Utilização do SOLVER do EXCEL Utilização do SOLVER do EXCEL 1 Utilização do SOLVER do EXCEL José Fernando Oliveira DEEC FACULDADE DE ENGENHARIA DA UNIVERSIDADE DO PORTO MAIO 1998 Para ilustrar a utilização do Solver na resolução de

Leia mais

CTC-17 Inteligência Artificial Problemas de Busca. Prof. Paulo André Castro pauloac@ita.br

CTC-17 Inteligência Artificial Problemas de Busca. Prof. Paulo André Castro pauloac@ita.br CTC-17 Inteligência Artificial Problemas de Busca Prof. Paulo André Castro pauloac@ita.br www.comp.ita.br/~pauloac Sala 110, IEC-ITA Sumário Agentes que buscam soluções para problemas: Exemplo Tipos de

Leia mais

Problemas de Satisfação de Restrições

Problemas de Satisfação de Restrições Problemas de Satisfação de Restrições Texto base: Stuart Russel e Peter Norving - Inteligência Artificial David Poole, Alan Mackworth e Randy Goebel - Computational Intelligence A logical approach junho/2007

Leia mais

Verificando os componentes

Verificando os componentes PPC-4542-01PT Agradecemos a aquisição do scanner de imagem em cores fi-65f. Este manual descreve os preparativos necessários para o uso deste produto. Siga os procedimentos aqui descritos. Certifique-se

Leia mais

Introdução aos Sistemas Informáticos

Introdução aos Sistemas Informáticos I 1. Veja o conteúdo do disco rígido abrindo O meu computador, mude de vistas e comente. 2. Se lhe for possível, mude a hora e a data do sistema através do Painel de Controlo para a meia noite do dia 1

Leia mais

A Camada de Rede. A Camada de Rede

A Camada de Rede. A Camada de Rede Revisão Parte 5 2011 Modelo de Referência TCP/IP Camada de Aplicação Camada de Transporte Camada de Rede Camada de Enlace de Dados Camada de Física Funções Principais 1. Prestar serviços à Camada de Transporte.

Leia mais

Lista de Exercícios Programação Inteira. x 2 0 e inteiros.

Lista de Exercícios Programação Inteira. x 2 0 e inteiros. Lista de Exercícios Programação Inteira ) Resolva os problemas a seguir usando o método B&B a) Max z = 5 x + 2 y s.a x + y 2 x + y 5 x, y 0, x e y inteiros b) Max z = 2 x + y s.a x + 2y 0 x + y 25 x, y

Leia mais

O que queremos. Processamento Estatístico da Linguagem Natural. Parsing Morfológico. Regras Simples. Adicionando palavras. Regras Derivacionais

O que queremos. Processamento Estatístico da Linguagem Natural. Parsing Morfológico. Regras Simples. Adicionando palavras. Regras Derivacionais Processamento Estatístico da Linguagem Natural Aula 5 Professora Bianca (Sala 302 Bloco E) bianca@ic.uff.br http://www.ic.uff.br/~bianca/peln/ O que queremos Algo que faça automaticamente um mapeamento

Leia mais

ACH2043 INTRODUÇÃO À TEORIA DA COMPUTAÇÃO. Seção 5.1 Problemas indecidíveis. Slides originais gentilmente cedidos pela Profa. Ariane Machado Lima

ACH2043 INTRODUÇÃO À TEORIA DA COMPUTAÇÃO. Seção 5.1 Problemas indecidíveis. Slides originais gentilmente cedidos pela Profa. Ariane Machado Lima ACH2043 INTRODUÇÃO À TEORIA DA COMPUTAÇÃO Seção 5.1 Problemas indecidíveis Slides originais gentilmente cedidos pela Profa. Ariane Machado Lima 1 Na aula passada... A MT é indecidível (usando diagonalização)

Leia mais

Tópicos Especiais em Redes: Introdução a Teoria dos Jogos com Aplicações a Redes de Computadores

Tópicos Especiais em Redes: Introdução a Teoria dos Jogos com Aplicações a Redes de Computadores Tópicos Especiais em Redes: Introdução a Teoria dos Jogos com Aplicações a Redes de Computadores Aula passada: Discussão sobre situações de conflito Exemplos de jogos Jogo em aula Aula de hoje: Introdução

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS ABERTOS Prof. Ricardo Rodrigues Barcelar http://www.ricardobarcelar.com

SISTEMAS OPERACIONAIS ABERTOS Prof. Ricardo Rodrigues Barcelar http://www.ricardobarcelar.com - Aula 2-1. PRINCÍPIOS DE SOFTWARE DE ENTRADA E SAÍDA (E/S) As metas gerais do software de entrada e saída é organizar o software como uma série de camadas, com as mais baixas preocupadas em esconder as

Leia mais

Jorge Figueiredo, DSC/UFCG. Análise e Técnicas de Algoritmos 2005.1. Jorge Figueiredo, DSC/UFCG. Análise e Técnicas de Algoritmos 2005.

Jorge Figueiredo, DSC/UFCG. Análise e Técnicas de Algoritmos 2005.1. Jorge Figueiredo, DSC/UFCG. Análise e Técnicas de Algoritmos 2005. Agenda Análise e Técnicas de Algoritmos Jorge Figueiredo Problemas de de otimização Conceitos ásicos O Problema da da Mochila Fracionária Template Genérico xemplos: Código de de Huffman Algoritmos Gulosos

Leia mais

Máquinas de Turing 1

Máquinas de Turing 1 Máquinas de Turing 1 Agenda Máquinas de Turing (TM) Alan Turing Motivação Tese de Church-Turing Definições Computação Configuração de TM Reconhecedores vs. Decisores 2 Alan Turing Alan Turing é um dos

Leia mais

2 Problema das p-medianas

2 Problema das p-medianas 2 Problema das p-medianas 2.1 Definição O PMNC é definido da seguinte forma: determinar quais p facilidades (p m, onde m é o número de pontos onde podem ser abertas facilidades) devem obrigatoriamente

Leia mais

Programação Concorrente Processos e Threads

Programação Concorrente Processos e Threads Programação Concorrente Processos e Threads Prof. Eduardo Alchieri Processos O conceito mais central em qualquer sistema operacional é o processo Uma abstração de um programa em execução Um programa por

Leia mais

Teoria da Complexidade

Teoria da Complexidade handout.pdf June 5, 0 Teoria da Complexidade Cid C. de Souza / IC UNICAMP Universidade Estadual de Campinas Instituto de Computação o semestre de 0 Revisado por Zanoni Dias Autor Prof. Cid Carvalho de

Leia mais

Algoritmos. Cláudio Barbosa contato@claudiobarbosa.pro.br

Algoritmos. Cláudio Barbosa contato@claudiobarbosa.pro.br Algoritmos Partes básicas de um sistema computacional: Hardware, Software e Peopleware Hardware - Componentes físicos de um sistema de computação, incluindo o processador, memória, dispositivos de entrada,

Leia mais

Introdução à Informática

Introdução à Informática Introdução à Informática Noções Básicas de Informática Componentes de hardware Monitor : permite visualizar informação na forma de imagem ou vídeo; todo o trabalho desenvolvido com o computador pode ser

Leia mais

CT 3.1. PRODIM STAIRS Prodim Escadas / Manual versão 1.0

CT 3.1. PRODIM STAIRS Prodim Escadas / Manual versão 1.0 CT 3.1 PRODIM STAIRS Prodim Escadas / Manual versão 1.0 Informações Gerais Index 1 Prodim Escadas 1.1 A solução para escadas 3 3 2 Protocolo de medição de escadas 2.1 Começando 2.2 Configurando 2.3 Começando

Leia mais

Notas de aula número 1: Otimização *

Notas de aula número 1: Otimização * UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL UFRGS DEPARTAMENTO DE ECONOMIA CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS DISCIPLINA: TEORIA MICROECONÔMICA II Primeiro Semestre/2001 Professor: Sabino da Silva Porto Júnior

Leia mais

Este artigo tem o objetivo de

Este artigo tem o objetivo de ARTIGO Muito além do roteirizador: distribuição de produtos de baixa densidade Divulgação Danilo Campos O roteamento de veículos tradicional contempla somente uma dimensão de capacidade, normalmente peso

Leia mais

PROBLEMAS FÁCEIS E DIFÍCEIS. Prof. André Vignatti DINF - UFPR

PROBLEMAS FÁCEIS E DIFÍCEIS. Prof. André Vignatti DINF - UFPR PROBLEMAS FÁCEIS E DIFÍCEIS Prof. André Vignatti DINF - UFPR ENCONTRANDO CARTAS E PALAVRAS... Experimento em sala: encontrar carta no baralho, encontrar palavra no dicionário Qual das duas buscas é mais

Leia mais

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Neste capítulo nós iremos examinar as características da interface do gerenciador de arquivos Konqueror. Através dele realizaremos as principais operações com arquivos

Leia mais

RESUMO DA SOLUÇÃO Aperfeiçoando o planejamento de capacidade com o uso do gerenciamento de desempenho de aplicativos

RESUMO DA SOLUÇÃO Aperfeiçoando o planejamento de capacidade com o uso do gerenciamento de desempenho de aplicativos RESUMO DA SOLUÇÃO Aperfeiçoando o planejamento de capacidade com o uso do gerenciamento de desempenho de aplicativos como posso assegurar uma experiência excepcional para o usuário final com aplicativos

Leia mais

Aula 12 Lista de verificação de segurança para o Windows 7

Aula 12 Lista de verificação de segurança para o Windows 7 Aula 12 Lista de verificação de segurança para o Windows 7 Use esta lista de verificação para ter certeza de que você está aproveitando todas as formas oferecidas pelo Windows para ajudar a manter o seu

Leia mais

Complemento IV Introdução aos Algoritmos Genéticos

Complemento IV Introdução aos Algoritmos Genéticos Complemento IV Introdução aos Algoritmos Genéticos Esse documento é parte integrante do material fornecido pela WEB para a 2ª edição do livro Data Mining: Conceitos, técnicas, algoritmos, orientações e

Leia mais

Indexação do FamilySearch: Indexação

Indexação do FamilySearch: Indexação do FamilySearch: Indexação Sumário Indexar um Lote Entrar no sistema p. 1 Baixar um Lote p. 2 Ver as Instruções do Projeto p. 2 Digitar o Tipo de Imagem p. 2 Digitar Informações p. 3 Campos e Registros

Leia mais

Usando um Simulador da Máquina de Turing Claudio Kirner 2010

Usando um Simulador da Máquina de Turing Claudio Kirner 2010 1. Introdução Usando um Simulador da Máquina de Turing Claudio Kirner 2010 A Máquina de Turing, idealizada por Alan Turing, em 1936, é uma máquina teórica simples capaz de calcular qualquer função matemática.

Leia mais

Planejando o aplicativo

Planejando o aplicativo Um aplicativo do Visual FoxPro geralmente inclui um ou mais bancos de dados, um programa principal que configura o ambiente de sistema do aplicativo, além de uma interface com os usuários composta por

Leia mais

Programação de Computadores I Fluxogramas PROFESSORA CINTIA CAETANO

Programação de Computadores I Fluxogramas PROFESSORA CINTIA CAETANO Programação de Computadores I Fluxogramas PROFESSORA CINTIA CAETANO Problemas & Algoritmos Para resolver um problema através dum computador é necessário encontrar em primeiro lugar uma maneira de descrevê-lo

Leia mais

Sumário. INF01040 Introdução à Programação. Elaboração de um Programa. Regras para construção de um algoritmo

Sumário. INF01040 Introdução à Programação. Elaboração de um Programa. Regras para construção de um algoritmo INF01040 Introdução à Programação Introdução à Lógica de Programação s Seqüenciais Sumário Elaboração de um programa/algoritmo Formas de representação de um algoritmo Elementos manipulados em um programa/algoritmo

Leia mais

MÓDULO 2 Operacionalização

MÓDULO 2 Operacionalização MÓDULO 2 Operacionalização OBJETIVO GERAL: Demonstrar a operacionalização dos 5S s. OBJETIVOS ESPECÍFICOS: 1. Os cinco sensos 2. Operacionalização dos 5S s 3. Benefícios dos 5S s Desafio 1 RESULTADO TAREFA

Leia mais

Pesquisa Operacional Programação em Redes

Pesquisa Operacional Programação em Redes Pesquisa Operacional Programação em Redes Profa. Alessandra Martins Coelho outubro/2013 Modelagem em redes: Facilitar a visualização e a compreensão das características do sistema Problema de programação

Leia mais

Resolução de problemas e desenvolvimento de algoritmos

Resolução de problemas e desenvolvimento de algoritmos SSC0101 - ICC1 Teórica Introdução à Ciência da Computação I Resolução de problemas e desenvolvimento de algoritmos Prof. Vanderlei Bonato Prof. Cláudio Fabiano Motta Toledo Sumário Análise e solução de

Leia mais