DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL"

Transcrição

1 DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL 1. TÍTULO DO PROGRAMA As histórias do Senhor Urso. 2. EPISÓDIO TRABALHADO "A peça". 3. SINOPSE DO EPISÓDIO ESPECÍFICO Em um dia de verão, os brinquedos aproveitam o sol no jardim. O Senhor Urso lê em voz alta a história de Cachinhos Dourados, enquanto Gigi e Urso Marrom amarram um tecido entre duas árvores, tentando fazer dela uma rede. Os brinquedos dizem que o tecido parece uma cortina de teatro, e assim se inicia a aventura de encenar a história lida pelo Senhor Urso. Acompanhamos então sua aventura de preparar a encenação: cenário, figurino etc., até ver o produto final. 4. PALAVRAS-CHAVE Educação infantil, teatro, literatura infantil, Cachinhos Dourados. 5. ASPECTOS RELEVANTES DO VÍDEO O vídeo promove, em primeiro lugar, a imagem de uma relação positiva com a leitura dos clássicos, pela forma como os brinquedos se interessam e interagem a partir da leitura de Cachinhos Dourados e os três ursos. A seguir, apresenta às crianças etapas da preparação de uma encenação que nem sempre são evidenciadas para elas: a confecção do figurino, a escolha e caracterização dos personagens, a construção do cenário. É interessante que o material utilizado no vídeo (tecidos e caixas, principalmente) é bastante simples, o que permite que a aventura dos brinquedos seja revivida pelas crianças dos mais diferentes contextos, por meio da atividade pensada abaixo.

2 Vale destacar que a atividade elencada é uma possibilidade, podendo ser repensada de acordo com as características e interesses do grupo. Ademais, a visualização do vídeo pode ser feita isoladamente, pela importância de as crianças terem também momentos de fruição de peças audiovisuais, em que o vídeo fala por si. 6. TÍTULO DO PROJETO/ ATIVIDADE Do livro à cena: brincando de viver A peça. 7. EM QUAL FASE OU IDADE SERIA MELHOR APLICAR ESSE TRABALHO? Esse trabalho pode ser realizado com crianças de 3 a 6 anos, compreendendo que a professora poderá perceber a necessidade de realizar algumas adaptações da atividade, de acordo com seu conhecimento sobre o grupo. 8. PRINCIPAIS CONCEITOS QUE SERÃO TRABALHADOS Interação com as linguagens escrita, oral, corporal e plástica. Relação com o teatro, uma importante linguagem artística na Educação Infantil (ver Discussões Teóricas). 9. O QUE O ALUNO PODERÁ APRENDER OU DESENVOLVER COM ESTA ATIVIDADE As crianças poderão ampliar seu repertório de histórias, incorporando a ele as histórias de Cachinhos Dourados e os três ursos, e, possivelmente, do Homem que amava caixas, criando uma relação afetiva com as histórias como material escrito, o que é fundamental para o letramento. Espera-se que, nessas histórias e no decorrer do projeto, possam se identifcar com os personagens, experimentando seus papéis. Espera-se também que desenvolvam sua expressividade, tanto na linguagem oral quando em relação à corporeidade, e sintam-se cada vez mais pertencentes ao grupo. As crianças poderão transformar materiais não estruturados ou semiestruturados no figurino e no

3 cenário, e com isso espera-se ampliar seus repertórios de possibilidades e sua criatividade. 10. MATERIAL NECESSÁRIO PARA REALIZAÇÃO DA ATIVIDADE Livros: Cachinhos Dourados e os três ursos (por ser um clássico da literatura, existem muitos livros de reconto dessa história. No item 14, Sugestões de leitura, incluímos dois, mas fica a critério da professora, levando em conta a disponibilidade no seu acervo pessoal ou da escola) e O Homem que amava caixas (vide Sugestões de leitura, item 14). Suporte para a visualização do vídeo "A Peça", da série As histórias do Senhor Urso (televisão, DVD e cópia do episódio; ou computador com acesso à internet; ou outro, de acordo com o que a instituição dispõe). Caso haja disponibilidade, computador conectado à internet, para acessar o excerto da peça O homem que amava caixas, da Cia de Teatro Artesanal (caso contrário, o 6º momento pode ser excluído, sem prejudicar os demais momentos). Caixas de papelão de diversos tamanhos, tesouras, tecidos, lã amarela ou franja de cortina amarela. Se possível, máquina fotográfica ou filmadora para fazer o registro dos momentos, que servirá de suporte para a avaliação. 11. DURAÇÃO DA ATIVIDADE A atividade será realizada em diversas etapas, elencadas a seguir. Essas atividades não precisam ser realizadas de forma consecutiva (à exceção dos passos 3 e 4). É interessante, porém, que a professora faça com as crianças o exercício de retomar/relembrar as etapas que já foram feitas, estabelecendo conexão entre as atividades, construindo um sentido coeso para elas. Os tempos indicados a seguir são previsões hipotéticas, baseadas na faixa etária. Em cada contexto, esse tempo poderá ser ampliado ou diminuído, de acordo com as características e a dinâmica do grupo. 1º momento: leitura em voz alta e conversa - 15 minutos;

4 2º momento: assistir ao filme "A peça", da série As histórias do Senhor Urso 10 minutos (considerar também o tempo necessário para deslocamento e/ou montagem da aparelhagem); 3º momento: construção do cenário a partir de caixas de papelão 25 minutos; 4º momento: escolha dos personagens, caracterização e encenação 45 minutos; 5º momento: leitura da história O homem que amava caixas e conversa 20 minutos; 6º momento: assistir ao vídeo da Cia artesanal de teatro 10 minutos (considerar também o tempo necessário para deslocamento e/ou montagem da aparelhagem); 7º momento: avaliação 30 minutos. 12. DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE 1º momento: A professora realizará a leitura do livro Cachinhos Dourados e os três ursos, no momento de sua rotina em que são feitas, cotidianamente, as leituras e contações de histórias. Depois de terminar, poderá perguntar se alguma criança já conhecia a história, mobilizando-as a contar outras versões que conheçam, se for o caso. Poderá explicar, então, de maneira simplificada, que por se tratar de um conto clássico (a primeira publicação de que se tem conhecimento é atribuída a Robert Southey, em 1837, mas existem indícios de que fazia parte da tradição oral anteriormente), há muitos e muitos anos as pessoas o contam umas para as outras, o que faz as versões terem detalhes diferentes, apesar de terem em comum a manutenção de aspectos fundamentais da história (o que poderíamos chamar, entre adultos, de espinha dorsal da história). 2º momento: Será feito então o convite para que as crianças assistam ao filme "A peça", da série As histórias do Senhor Urso, que se conecta com o 1º momento pela história lida em ambos. O filme poderá ser passado na íntegra, não há necessidade de parar para fazer comentários ou frisar o que as

5 crianças deverão perceber: o importante é que esse momento seja sentido por elas como um momento de fruição. 3º momento: Depois de assistir ao vídeo, conversa-se com as crianças sobre o enredo, primeiramente ouvindo seus comentários e apreciações, e num segundo momento encaminhando a conversa para um foco: o percurso dos brinquedos entre a leitura e a encenação da história - a escolha dos personagens (mamãe ursa, papai urso e ursinho; Cachinhos Dourados), a confecção do cenário, a caracterização pelo figurino e, enfim, a encenação. Chamar a atenção das crianças para a forma como o cenário é feito: usando vários tipos de caixas de papelão e tecidos. Disponibilizar caixas de papelão de diversos tamanhos e tecidos e, junto com as crianças, planejar e montar o cenário: onde será feita a encenação? Como será feita a disposição das caixas pelo espaço? O que as caixas representavam na peça dos brinquedos? O que representarão na nossa encenação? 4º momento: Depois do cenário pronto, os papéis serão divididos entre as crianças. As crianças podem se dividir entre atores e plateia, revezando os papéis, assim como pode haver várias crianças desempenhando cada papel. Em um primeiro momento, a professora pode assumir a função de narrador da história, retomando a leitura do livro, mas é interessante que em um segundo momento as crianças possam ficar livres para criar seus enredos a partir dos personagens. 5º momento: Em outro dia, no momento em que geralmente a professora lê ou conta histórias, retomar com as crianças como foi a construção do cenário e quantas coisas foi possível construir com caixas. A partir desse ponto, apresentar a elas o livro O homem que amava caixas, de Stephen Michael King.

6 6º momento: Contar às crianças que outras pessoas tiveram a ideia de fazer cenário com caixas de papelão, e que na sua peça essas pessoas contaram a história do Homem que amava caixas. Convidá-las então para assistir excertos da peça do grupo Cia de teatro Artesanal, disponível no link: (versão mais curta, com 1 min 10 s). Ou: y4 (versão mais longa, com 6 min 54 s). Depois de assistir, conversar com as crianças sobre: o que elas acharam parecido? O que era diferente? (a peça da Cia Artesanal utiliza bonecos, máscaras e poucos diálogos.) Conversar que existem diferentes formas de fazer teatro: com ou sem máscara, com ou sem bonecos, com ou sem música, com ou sem diálogos etc. Desse ponto, pode surgir no grupo a vontade de explorar essas outras formas, convidando-a para um novo projeto. Outro elemento que chama à atenção no vídeo "A peça" é o mingau, que também é parte da história da Cachinhos Dourados. Caso haja estrutura (sala para culinária ou possibilidade de articulação com as merendeiras), e a professora considere interessante, a culinária, no caso, a preparação de um mingau com as crianças, é mais uma possibilidade para enriquecer o projeto (possivelmente entre as etapas 3 e 4). 13. AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE A avaliação proposta é feita em dois eixos: registro (escrito e fotográfico ou fílmico) da professora, a partir de sua observação do processo; e conversa com as crianças sobre como viveram o processo, tendo como suporte algumas das imagens feitas, que podem ser impressas ou apenas mostradas às crianças. A partir daí, pode-se elaborar com elas um cartaz com suas considerações do processo e algumas imagens, ou um texto coletivo (a professora será a escriba). Alguns itens nessa avaliação merecem atenção do professor: as crianças se envolveram com as histórias? Participaram

7 ativamente das etapas de preparação e da encenação? Brincaram com os papéis que as histórias lhe propuseram? 14. DISCUSSÕES TEÓRICAS É importante esclarecer o que é compreendido, aqui, como teatro na Educação Infantil. Nossa preocupação não está em um produto final a ser apresentado a uma plateia, mas sim no processo que as crianças podem vivenciar principalmente, no que se refere a propor para elas a transformação de significados de objetos e a possibilidade de ocupar diferentes papéis. Tal perspectiva se aproxima muito da atividade principal das crianças em fase préescolar: o jogo, ou a brincadeira (FACCI, 2004). A partir da identificação com personagens e signos presentes (e fortes!) nas histórias, e principalmente nos clássicos, as crianças trabalham, sem abrir mão da fruição e do divertimento, na compreensão de suas emoções internas e de seus conflitos, encarando, por meio dos contos de fada, alguns de seus limites e possíveis soluções. Nas palavras de Bettelheim (1996, p.20): Enquanto diverte a criança, o conto de fadas a esclarece sobre si mesma, e favorece o desenvolvimento de sua personalidade. Oferece significado em tantos níveis diferentes, e enriquece a existência da criança de tantos modos que nenhum livro pode fazer justiça à multidão e diversidade de contribuições que esses contos dão à vida da criança. É nessa perspectiva que pensamos a importância das histórias e do teatro assim compreendido na Educação Infantil. 15. SUGESTÕES DE LEITURAS BELLINGHAUSEN, I. B. (reconto). Cachinhos Dourados e os três ursos. São Paulo: Difusão Cultural do Livro, KING, S. M. O homem que amava caixas. São Paulo: Brinque-book, 1997.

8 MACHADO, A. M. (reconto). Cachinhos de Ouro. São Paulo: FTD, BIBLIOGRAFIA UTILIZADA BETTELHEIM, B. A psicanálise dos contos de fadas. 11.ed. Rio de Janeiro : Paz e Terra, FACCI, M. G. D. A periodizaçãodo desenvolvimento psicológico individual na perspectiva de Leontiev, Elkonin e Vigotski. Disponível em: (Acesso em 30/10/2011). 17. CONSULTOR Flora Bazzo Schmidt

Entreter, divertir, alegrar e ensinar, estas são as missões da parceria Casa 2 e Cia de Bonecos Urbanos. Trazemos o melhor em teatro de bonecos e

Entreter, divertir, alegrar e ensinar, estas são as missões da parceria Casa 2 e Cia de Bonecos Urbanos. Trazemos o melhor em teatro de bonecos e Apresentam: Entreter, divertir, alegrar e ensinar, estas são as missões da parceria Casa 2 e Cia de Bonecos Urbanos. Trazemos o melhor em teatro de bonecos e musicais, com peças atuais e divertidas, apresentando

Leia mais

Benefícios da leitura

Benefícios da leitura A importância da Parceria Família e Escola da Formação de Cidadãos Leitores Júlio Furtado www.juliofurtado.com.br Benefícios da leitura Quem lê adquire cultura, passa a escrever melhor, tem mais senso

Leia mais

O caracol e a tartaruga são amigos

O caracol e a tartaruga são amigos O caracol e a tartaruga são amigos Texto e ilustrações de Stephen Michael King Tradução: Gilda de Aquino Projeto: leitura e produção de texto Indicação: Educação Infantil e Fundamental I Elaborado por:

Leia mais

CONTEÚDO OBJETIVOS ESTRATÉGIAS RECURSOS AVALIAÇÃO. - Roda de música. cantadas - Momentos

CONTEÚDO OBJETIVOS ESTRATÉGIAS RECURSOS AVALIAÇÃO. - Roda de música. cantadas - Momentos CUIDAR DE I, DO OUTRO E DO AMBIENTE. CONTEÚDO OBJETIVO ETRATÉGIA RECURO Higiene e cuidado pessoal Reconhecimento do próprio corpo Respeito às características pessoais relacionadas ao gênero, etnia, peso,

Leia mais

"COMPARTILHANDO O VIVER"

COMPARTILHANDO O VIVER / e "COMPARTILHANDO O VIVER" Projeto: Família - "Compartilhando o viver" E.M.E.I."ProF. Valéria de OliveiraAsenjo" De 21 a 31 de Agosto de 2006 Professoras responsáveis: - Adriana Marianelli - Luciane

Leia mais

ANIMAÇÃO - 2 ARTES PLÁSTICAS - 3 ATLETA - 4 AUDIOVISUAIS - 5 CAMPISTA - 6 COMUNICAÇÃO - 8 CONSERVAÇÃO DA NATUREZA - 12 COZINHA DE CAMPO - 14

ANIMAÇÃO - 2 ARTES PLÁSTICAS - 3 ATLETA - 4 AUDIOVISUAIS - 5 CAMPISTA - 6 COMUNICAÇÃO - 8 CONSERVAÇÃO DA NATUREZA - 12 COZINHA DE CAMPO - 14 ESPECIALIDADES ANIMAÇÃO - 2 ARTES PLÁSTICAS - 3 ATLETA - 4 AUDIOVISUAIS - 5 CAMPISTA - 6 COMUNICAÇÃO - 8 CONHECIMENTO DE RELIGIÕES - 9 CONHECIMENTO DO ESCOTISMO - 10 CONSERVAÇÃO DA NATUREZA - 12 COZINHA

Leia mais

ÍNDICE O TEXTO DRAMÁTICO PROFISSÕES RELACIONADAS COM O TEATRO VOCABULÁRIO RELACIONADO COM O TEATRO. Leitura de cartazes publicitários

ÍNDICE O TEXTO DRAMÁTICO PROFISSÕES RELACIONADAS COM O TEATRO VOCABULÁRIO RELACIONADO COM O TEATRO. Leitura de cartazes publicitários O TEXTO DRAMÁTICO O TEXTO DRAMÁTICO ÍNDICE PROFISSÕES RELACIONADAS COM O TEATRO VOCABULÁRIO RELACIONADO COM O TEATRO Leitura de cartazes publicitários CATEGORIAS DO TEXTO DRAMÁTICO O TEXTO DRAMÁTICO. Tem

Leia mais

PROJETOS CRIATIVOS TURNO 2016

PROJETOS CRIATIVOS TURNO 2016 PROJETOS CRIATIVOS TURNO 2016 Tema: Gratidão e celebração Mês: Dezembro Habilidade Sócio emocional: Este projeto visa promover o encerramento do ano de 2016, em que os alunos terão a oportunidade de resgatar

Leia mais

Musical infantil "As Aventuras do Menino Iogue", reestreia no Teatro Tom Jobim, dia 29 de agosto

Musical infantil As Aventuras do Menino Iogue, reestreia no Teatro Tom Jobim, dia 29 de agosto Musical infantil "As Aventuras do Menino Iogue", reestreia no Teatro Tom Jobim, dia 29 de agosto Baseada no livro homônimo de Antonio Tigre, aventura musical que diverte toda a família através da mitologia

Leia mais

MUSEU REPUBLICANO CONVENÇÃO DE ITU Programação de Férias Janeiro de 2017

MUSEU REPUBLICANO CONVENÇÃO DE ITU Programação de Férias Janeiro de 2017 MUSEU REPUBLICANO CONVENÇÃO DE ITU Programação de Férias Janeiro de 2017 No dia 14 de janeiro o Museu Republicano Convenção de Itu, extensão do Museu Paulista da Universidade de São Paulo, dá início a

Leia mais

LeYa Leituras Projeto de Leitura

LeYa Leituras Projeto de Leitura LeYa Leituras Projeto de Leitura Nome do livro: O meu primeiro livro Autor: Pedro Reisinho Currículo do autor: Jovem escritor português, editor da Gailivro em Portugal. Editou os best Sellers da saga Twilight,

Leia mais

Filme: Negócio Fechado

Filme: Negócio Fechado Filme: Negócio Fechado Gênero: Ficção Diretor: Rodrigo Costa Elenco: Camilo Bevilacqua, Fernando Alves Pinto, Reinaldo Gonzaga, Thais Garayp Ano: 2001 Cor: Colorido Bitola: 35mm Duração: 15 min País: Brasil

Leia mais

Plano de Atividades - 1ª Semana de Julho. 2ªf 3ªf 4ªf 5ªf 6ªf HORAS ATIVIDADES: ATIVIDADES: ATIVIDADES: ATIVIDADES: ATIVIDADES: 8h30

Plano de Atividades - 1ª Semana de Julho. 2ªf 3ªf 4ªf 5ªf 6ªf HORAS ATIVIDADES: ATIVIDADES: ATIVIDADES: ATIVIDADES: ATIVIDADES: 8h30 Plano de Atividades - 1ª Semana de Julho 9h15 Partidas Praia Partidas Praia Partidas Praia Partidas Praia Partidas Praia jogos) (c/atividades e e jogos) (c/atividades e jogos) (c/atividades (c/atividades

Leia mais

No mês julho (de 17 a 31) a Hello Kitty e NEWSLETTER. Destaque >>> Programação de férias agitou a garotada. especial no Shopping Pátio Higienópolis,

No mês julho (de 17 a 31) a Hello Kitty e NEWSLETTER. Destaque >>> Programação de férias agitou a garotada. especial no Shopping Pátio Higienópolis, NEWSLETTER JULY 2012 Programação de férias agitou a garotada no Shopping Pátio Higienópolis Destaque >>> No mês julho (de 17 a 31) a Hello Kitty e seus amigos ofereceram uma programação especial no Shopping

Leia mais

Justificativa. Centro Educacional Mundo do Saber. Palhoça, 18 de Fevereiro de Professora. Bárbara pereira. Turma. Maternal I.

Justificativa. Centro Educacional Mundo do Saber. Palhoça, 18 de Fevereiro de Professora. Bárbara pereira. Turma. Maternal I. Centro Educacional Mundo do Saber Palhoça, 18 de Fevereiro de 2013 Professora Bárbara pereira Turma Maternal I Projeto anual Justificativa O Projeto tem a importância essencial para a aprendizagem das

Leia mais

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Maternal II

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Maternal II Maceió, 27 de abril de 2016. GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Maternal II Senhores pais ou responsáveis Já iniciamos o segundo bimestre letivo e gostaríamos de informar-lhes sobre os projetos que serão desenvolvidos

Leia mais

Biblioteca de São Paulo

Biblioteca de São Paulo Ações Culturais Biblioteca de São Paulo Inaugurada em oito de fevereiro de 2010 na Zona Norte da capital, é um equipamento da Secretaria de Estado da Cultura do Governo do Estado de São Paulo, com o objetivo

Leia mais

Prof. Maria Emilia Nunes Rodrigues Arenas Secretaria Municipal de Educação São José do Rio Preto - SP

Prof. Maria Emilia Nunes Rodrigues Arenas Secretaria Municipal de Educação São José do Rio Preto - SP Área de Linguagens Educação Física Ensino Fundamental O Ensino Fundamental Duas fases Quatro eixos de formação Anos Iniciais (1 ao 5 ano) Anos Finais (6 ao 9 ano) Letramentos e capacidade de aprender;

Leia mais

SER REPORTS BY WGSN #20 QUARTOS DE CRIANÇA

SER REPORTS BY WGSN #20 QUARTOS DE CRIANÇA QUARTOS DE CRIANÇA Como pensar nisso com os produtos Portobello: N O S TÁ L G I C O E C L E A N Clean, sim, sem cores, não! "Iro-iku" é uma palavra japonesa que descreve o método de utilizar o efeito das

Leia mais

UNIDADE DE ESTUDO - 3ª ETAPA

UNIDADE DE ESTUDO - 3ª ETAPA OBJETIVOS GERAIS: UNIDADE DE ESTUDO - 3ª ETAPA - 2016 Disciplina: Linguagem Oral e Escrita Professoras: Anália, Carla, Fabiana e Roberta Período: 2º Segmento: Educação Infantil Mostrar autonomia na utilização

Leia mais

Uma mini epopeia, repleta de segredos e mistérios.

Uma mini epopeia, repleta de segredos e mistérios. Pequeno e minimal, mas com camadas de recursos O Teatro de Caixa é de grandes intenções. Mistura as linguagens do teatro lambe-lambe com o toy-theatre, conduz a plateia pelos espaços do Teatro, põe cinco

Leia mais

SHOW: MUNDO PERFEITO DE NEI VAN SORIA e LANÇAMENTO DVD NEI VAN SORIA 40 ANOS Ao Vivo no Ocidente

SHOW: MUNDO PERFEITO DE NEI VAN SORIA e LANÇAMENTO DVD NEI VAN SORIA 40 ANOS Ao Vivo no Ocidente Proponente: Aprovado: SHOW: MUNDO PERFEITO DE NEI VAN SORIA e LANÇAMENTO DVD NEI VAN SORIA 40 ANOS Ao Vivo no Ocidente Levar espetáculo musical diferenciado aos teatros, centros culturais e, gratuitamente,

Leia mais

MAPA DE ATIVIDADES AVALIATIVAS DO ENSINO FUNDAMENTAL II TURMA: 6º A BIMESTRE: 3º/2016

MAPA DE ATIVIDADES AVALIATIVAS DO ENSINO FUNDAMENTAL II TURMA: 6º A BIMESTRE: 3º/2016 MAPA DE ATIVIDADES AVALIATIVAS DO ENSINO FUNDAMENTAL II TURMA: 6º A BIMESTRE: 3º/2016 ARTES 29/08 Criar uma pequena história para ser ilustrada. A ser realizada em sala. 05/08 Confecção de brinquedos:

Leia mais

Projeto Os sons dos animais. Atividades musicais Canções, Canções com gestos. Sessões de psicomotricidade

Projeto Os sons dos animais. Atividades musicais Canções, Canções com gestos. Sessões de psicomotricidade Temas Dia da Criança Projeto Os sons dos animais Azul sensoriais musicais Canções, Canções com gestos Sessões de psicomotricidade Sessões de Música para bebés, às 5ªfeiras, às 9h30. A sala Azul tem como

Leia mais

Associação de Pais, Encarregados de Educação e Amigos dos Alunos da EB1/JI de Pinhal de Frades. Plano de Atividades 2016/2017

Associação de Pais, Encarregados de Educação e Amigos dos Alunos da EB1/JI de Pinhal de Frades. Plano de Atividades 2016/2017 Setembro Dias 01 a 04 de Setembro Receção e Integração dos alunos v Integrar/adaptar as crianças no CATL; v Desenvolver laços de relação entre criança/criança; equipa do CATL/crianças; v v Atividades relacionadas

Leia mais

O PATRÍCIO LONGA FICÇÃO 90MIN

O PATRÍCIO LONGA FICÇÃO 90MIN O PATRÍCIO O PATRÍCIO LONGA FICÇÃO 90MIN HD O PROJETO Patrício é uma comédia sobre as aventuras de um Português azarado que vem ao Brasil em busca de terras que foram doadas por Dom Pedro ao seu tataravô,

Leia mais

O LUGAR DE ONDE SE VÊ

O LUGAR DE ONDE SE VÊ O LUGAR DE ONDE SE VÊ PAULO MARCOS : (11) 9-8383-5617 LARA HASSUM : (11) 9-5619-4452 REVISTA VEJASP "uma celebração à fantasia e aos sonhos proporcionados pela arte teatral" (Dib Carneiro Neto, Revista

Leia mais

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Maternal I

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Maternal I Maceió, 16 de julho de 2016. GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Maternal I Senhores pais ou responsáveis Estamos iniciando o terceiro bimestre letivo e gostaríamos de informar-lhes sobre os projetos que serão

Leia mais

SUGESTÕES DE AVALIAÇÃO

SUGESTÕES DE AVALIAÇÃO UNIDADE 1 EU E OS OUTROS *Perceber a diversidade étnica física e de gênero no seu meio de convivência. *Reconhecer mudanças e permanências nas vivências humanas, presentes na sua realidade e em outras

Leia mais

Vamos brincar de construir as nossas e outras histórias

Vamos brincar de construir as nossas e outras histórias MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA Vamos brincar de construir as nossas e outras histórias Ano 02

Leia mais

EDITAL FESTIVAL DE TEATRO DOS COLÉGIOS CATÓLICOS 2017 MÃE DE TODOS OS POVOS, MARIA DE TANTAS MARIAS

EDITAL FESTIVAL DE TEATRO DOS COLÉGIOS CATÓLICOS 2017 MÃE DE TODOS OS POVOS, MARIA DE TANTAS MARIAS EDITAL FESTIVAL DE TEATRO DOS COLÉGIOS CATÓLICOS 2017 MÃE DE TODOS OS POVOS, MARIA DE TANTAS MARIAS 1. OBJETO 1.1 O FESTIVAL DE TEATRO DOS COLÉGIOS CATÓLICOS 2017 será realizado pelo na Região Episcopal

Leia mais

As primeiras noções de mapa e a importância da Geografia nas séries iniciais

As primeiras noções de mapa e a importância da Geografia nas séries iniciais As primeiras noções de mapa e a importância da Geografia nas séries iniciais Ler e buscar informações Nas aulas de Geografia, é importante que a criança tenha espaço para desenhar e representar as situações,

Leia mais

DIVERSIDADE NA LINGUAGEM ORAL E ESCRITA. GÊNEROS LINGÜÍSTICOS

DIVERSIDADE NA LINGUAGEM ORAL E ESCRITA. GÊNEROS LINGÜÍSTICOS DIVERSIDADE NA LINGUAGEM ORAL E ESCRITA. GÊNEROS LINGÜÍSTICOS ANA PAULA BERNE ÉRICA CONCEIÇÃO DOS ANJOS EVA APARECIDA R. PEREIRA GESSY DE ARRUDA BOTELHO MARIA DO CARMO MACHADO NIRES T. DA SILVA SUELENE

Leia mais

EMEFI PROFA ARACY LEAL BERNARDI

EMEFI PROFA ARACY LEAL BERNARDI TRABALHANDO A PLURALIDADE CULTURAL ATRAVÉS DA LITERATURA INFANTIL; COM CORDEL E XILOGRAVURAS. EMEFI PROFA ARACY LEAL BERNARDI Sala 9 1ª sessão Professor(es) Apresentador(es): MARA SILVIA PAES CAVALCANTE

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES DA CRECHE

PLANO DE ATIVIDADES DA CRECHE 01 Início do Ano Letivo Atividades de escolha livre. Atividades de exploração do espaço exterior. - Promover a integração / (re) adaptação das crianças; - Integração da criança no meio envolvente. Materiais

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DE VERÃO DO ESPAÇO XISTO BAHIA JANEIRO E FEVEREIRO

PROGRAMAÇÃO DE VERÃO DO ESPAÇO XISTO BAHIA JANEIRO E FEVEREIRO PROGRAMAÇÃO DE VERÃO DO ESPAÇO XISTO BAHIA JANEIRO E FEVEREIRO Foto: Aldren Lincoln O quê? OS PREQUETÉS A peça conta a história de uma menina que não gosta de cumprir regras porque acredita que elas são

Leia mais

10º FETUSC Festival Estudantil 2016 Mostra Estudantil Mostra de Cenas Curtas Universidade do Sagrado Coração Bauru/SP

10º FETUSC Festival Estudantil 2016 Mostra Estudantil Mostra de Cenas Curtas Universidade do Sagrado Coração Bauru/SP 10º FETUSC Festival Estudantil 2016 Mostra Estudantil Mostra de Cenas Curtas Universidade do Sagrado Coração Bauru/SP REGULAMENTO I Dos Objetivos: 01) O 10º FETUSC, Festival Estudantil de Teatro é uma

Leia mais

Bruna Renata Cantele Daniel Ricardo Billerbeck Nery

Bruna Renata Cantele Daniel Ricardo Billerbeck Nery Bruna Renata Cantele Daniel Ricardo Billerbeck Nery MANUAL do PROFESSOR Ao mestre Pretendemos fazer com que o aluno sinta prazer pela leitura; e que negocie o conhecimento já adqui rido com o que é apresentado

Leia mais

PROGRAMA FÉRIAS DE VERÃO ADSL 2015

PROGRAMA FÉRIAS DE VERÃO ADSL 2015 PROGRAMA FÉRIAS DE VERÃO ADSL 2015 MAIS INFORMAÇÕES: ADSL T. 251795086 / 963937778 ESPAÇO SÉNIOR GONDARÉM T.251709176 www.facebook.com/adslcerveira adslcerveira@gmail.com www.adslcerveira.com 15 DE JUNHO

Leia mais

Na Fundação Calouste Gulbenkian

Na Fundação Calouste Gulbenkian Antes de Começar, de Almada Negreiros Na Fundação Calouste Gulbenkian M/4 A Companhia da Esquina estará em cena para Escolas durante o Ano Lectivo 2016/17 com o espectáculo Antes de Começar na Fundação

Leia mais

R E C E I T A. d e F É R I A S. Nome: Ano/Turma: Professora:

R E C E I T A. d e F É R I A S. Nome: Ano/Turma: Professora: R E C E I T A d e F É R I A S Nome: Ano/Turma: Professora: Página 2 Querido (a) aluno (a), Saúde e Paz! As férias são merecidas por todos. Precisamos de um período de descanso da rotina escolar e de um

Leia mais

Plano Anual de Atividades 2014/2015 CENTRO SOCIAL PAROQUIAL DE SÃO PEDRO DE LOUSA

Plano Anual de Atividades 2014/2015 CENTRO SOCIAL PAROQUIAL DE SÃO PEDRO DE LOUSA CENTRO SOCIAL PAROQUIAL DE SÃO PEDRO DE LOUSA Mês Temas/conteúdos Atividades Objetivos gerais Intervenientes Espaço -Início do Ano Escolar; -Recepção dos Alunos. - Atividades de grupo; -Acolhimento e receção

Leia mais

Infans: o que não fala. Camilla Luiz, Cláudio Fontão, Jéssica Silveira e Vivian Souza

Infans: o que não fala. Camilla Luiz, Cláudio Fontão, Jéssica Silveira e Vivian Souza Infans: o que não fala Camilla Luiz, Cláudio Fontão, Jéssica Silveira e Vivian Souza Introdução Esta obra baseou-se no livro de Javier Naranjo, Casa das estrelas o mundo contato pelas crianças. Foi realizada

Leia mais

NA EDUCAÇÃO INFANTIL, A TAREFA DE ENSINAR É MUITO SÉRIA. entusiasmo pela

NA EDUCAÇÃO INFANTIL, A TAREFA DE ENSINAR É MUITO SÉRIA. entusiasmo pela NA EDUCAÇÃO INFANTIL, A TAREFA DE ENSINAR É MUITO SÉRIA. desco entusiasmo pela berta só o é anglo. ENSINAR É UMA TAREFA MUITO SÉRIA. MAS ISSO NÃO QUER DIZER QUE NÃO POSSA VIR ACOMPANHADA DE AFETO E DE

Leia mais

RELAÇÃO DE MATERIAIS INDIVIDUAIS / 2017 EDUCAÇÃO INFANTIL GRUPOS 1 e 2 MATERIAIS DE USO INDIVIDUAL (NA ESCOLA) MATERIAL UTILIZAÇÃO QUANTIDADE

RELAÇÃO DE MATERIAIS INDIVIDUAIS / 2017 EDUCAÇÃO INFANTIL GRUPOS 1 e 2 MATERIAIS DE USO INDIVIDUAL (NA ESCOLA) MATERIAL UTILIZAÇÃO QUANTIDADE C O L É G I O RELAÇÃO DE MATERIAIS INDIVIDUAIS / 2017 EDUCAÇÃO INFANTIL GRUPOS 1 e 2 MATERIAIS DE USO INDIVIDUAL (NA ESCOLA) MATERIAL UTILIZAÇÃO QUANTIDADE Classificadores plásticos (capa plástica dura

Leia mais

Regulamento Documentários. 2. Formato pra exibição no festival: DCP. 3. Produções finalizadas a partir de janeiro de 2016.

Regulamento Documentários. 2. Formato pra exibição no festival: DCP. 3. Produções finalizadas a partir de janeiro de 2016. Regulamento 2017 Objetivos O É Tudo Verdade Festival Internacional de Documentários tem por objetivo promover o documentário e proporcionar uma maior reflexão sobre o gênero. Período A 22ª edição do festival

Leia mais

Justificativas para a Lista de Material Pedagógico Berçário 1

Justificativas para a Lista de Material Pedagógico Berçário 1 JUSTIFICATIVAS PARA O MATERIAL PEDAGÓGICO 2015 Justificativas para a Lista de Material Pedagógico Berçário 1 01-Tela de arte para pintura 30x40: usada no contexto do projeto de artes plásticas. O objetivo

Leia mais

CHAMAMENTO PÚBLICO 2017

CHAMAMENTO PÚBLICO 2017 CHAMAMENTO PÚBLICO 2017 A Associação Projeto Brasileiro de Dança - APBD e a Companhia de Danças de Diadema, contempladas pelo ProAC Programa de Ação Cultural da Secretaria de Estado da Cultura de SP e

Leia mais

Uma história sobre a essência da LIDERANÇA

Uma história sobre a essência da LIDERANÇA Uma história sobre a essência da LIDERANÇA Conceito A Peça Teatral O Monge e o Executivo é a adaptação original do livro de James C. Hunter que se tornou um dos maiores best sellers da atualidade, com

Leia mais

Olívia e o mau humor

Olívia e o mau humor Olívia e o mau humor Texto e ilustrações de Tor Freeman Tradução: Gilda de Aquino Projeto: leitura e produção de texto Indicação: Educação Infantil e Fundamental 1 Elaborado por: Ana Lúcia Maestrello Temas:

Leia mais

A TELEVISÃO EM CASA DO CLOTÁRIO

A TELEVISÃO EM CASA DO CLOTÁRIO Ficha de Avaliação de Língua Portuguesa 5.º ano Nome N.º Turma: Data: / / Auto- a valia ção do aluno: Achei o teste fácil difícil muito difícil Porque: me preparei não estudei não estive atento nas aulas

Leia mais

Associação de Pais, Encarregados de Educação e Amigos dos Alunos da EB1/JI de Pinhal de Frades. Plano de Actividades 2012/2013

Associação de Pais, Encarregados de Educação e Amigos dos Alunos da EB1/JI de Pinhal de Frades. Plano de Actividades 2012/2013 Setembro Recepção dos alunos (dias 03 a 07) Promover a integração/adaptação das crianças Desenvolver atitudes de auto-estima e auto-confiança Conhecer os colegas e a escola Conhecer as regras da sala Recepção

Leia mais

01- Quantas vezes Rita foi até a janela para tirar fotografias? R.: 02- Quantas pessoas ela fotografou de cada vez? R.: Página 1 de 9 29/09/16 16:41

01- Quantas vezes Rita foi até a janela para tirar fotografias? R.: 02- Quantas pessoas ela fotografou de cada vez? R.: Página 1 de 9 29/09/16 16:41 PROFESSOR: EQUIPE DE MATEMÁTICA BANCO DE QUESTÕES - MATEMÁTICA - 3º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ================================================================= RITA Rita, menina esperta e curiosa, vivia

Leia mais

Patchwork. Para meninas e meninos. estilo. Début. do bebê! E MAIS: MODA BEBÊ E GESTANTE SAÚDE CULINÁRIA LANÇAMENTOS. mimos imperdíveis QUARTOS.

Patchwork. Para meninas e meninos. estilo. Début. do bebê! E MAIS: MODA BEBÊ E GESTANTE SAÚDE CULINÁRIA LANÇAMENTOS. mimos imperdíveis QUARTOS. estilo ano III nº 26 R$ 9,80 5,80 www.edminuano.com.br Para meninas e meninos para papais e mamães QUe exigem O melhor! 20 QUARTOS cheios de encanto para você Se inspirar mimos imperdíveis berços, QUAdRinhOS

Leia mais

Sequência didática Práticas pedagógicas e cinema: contribuições à Educação Ambiental Crítica

Sequência didática Práticas pedagógicas e cinema: contribuições à Educação Ambiental Crítica Sequência didática Práticas pedagógicas e cinema: contribuições à Educação Ambiental Crítica Objetivos: - Discutir concepções da Educação Ambiental crítica em sala de aula; - Estimular a divulgação de

Leia mais

Elementos que favorecem o aprendizado do aluno

Elementos que favorecem o aprendizado do aluno Elementos que favorecem o aprendizado do aluno Acesso ao computador e à internet Nas escolas públicas encontramos os alunos oriundos das camadas sociais mais pobres e carentes, com renda familiar de 1

Leia mais

A partir de agora, será contada um pouco da trajetória artística do BANTARVI. MATERIAL PROMOCIONAL Página 1

A partir de agora, será contada um pouco da trajetória artística do BANTARVI.  MATERIAL PROMOCIONAL Página 1 A partir de agora, será contada um pouco da trajetória artística do BANTARVI www.bantarvi.com MATERIAL PROMOCIONAL Página 1 O diretor... ANTONIO CARLOS PIURES DO PRADO (Kaíto Prado) Breve Currículo: Objetivo

Leia mais

LISTA DE MATERIAL

LISTA DE MATERIAL Idade da criança: 02 anos completos até 30/06/2015 Creche I e II Todo material de uso individual deve ser marcado com o nome da criança 01 pasta com elástico de plástico (cor azul); 01 pasta sem elástico

Leia mais

Questionário. Parte I. Solteira Casada Separada/divorciada Viúva. Avó materna Avó paterna. Sim Não

Questionário. Parte I. Solteira Casada Separada/divorciada Viúva. Avó materna Avó paterna. Sim Não Questionário Parte I 1- Quantos anos tem? anos 2- Qual é o seu estado civil? Solteira Casada Separada/divorciada Viúva 3- Qual a sua condição? Avó materna Avó paterna 4- Os pais do seu neto/a vivem consigo?

Leia mais

canecas personalizadas

canecas personalizadas NOSSO CATÁLAGO p foto RODUTO Sabe aquela caneca clássica que você deixa ao lado da cama, usa pra tomar café antes do trabalho, beber um chocolate quente ou mesmo um chá? Aqui você pega sua foto mais bacana,

Leia mais

o som das cartas A morte deixou um vazio inexplicavelmente cheio de sua presença, ele a vê em tudo, até quando se olha no espelho.

o som das cartas A morte deixou um vazio inexplicavelmente cheio de sua presença, ele a vê em tudo, até quando se olha no espelho. A morte deixou um vazio inexplicavelmente cheio de sua presença, ele a vê em tudo, até quando se olha no espelho. Sinopse: conta a história de um homem que tornou-se prisioneiro de suas lembranças após

Leia mais

Up Leon em Movimento. O Projeto:

Up Leon em Movimento. O Projeto: desde 1991 Quem somos Atuando desde 1991 no mercado internacional, somos uma companhia 100% brasileira especializada em produzir e gerenciar artistas circenses. Composta por um grupo de profissionais altamente

Leia mais

O canteiro dos livros

O canteiro dos livros LER a partir dos 6 anos GUIA DE LEITURA MARIAALZIRACABRAL O canteiro dos livros JOSÉ JORGE LETRIA Ilustrações de Carla Nazareth Apresentação da obra A história d O Canteiro dos Livros começa com um facto

Leia mais

As Verificações de Aprendizagem (V.A.) constituem-se de provas escritas que fazem parte da avaliação do 4 o bimestre e têm como objetivos:

As Verificações de Aprendizagem (V.A.) constituem-se de provas escritas que fazem parte da avaliação do 4 o bimestre e têm como objetivos: Santos, 13 de outubro de 2010. Senhores Pais, As Verificações de Aprendizagem (V.A.) constituem-se de provas escritas que fazem parte da avaliação do 4 o bimestre e têm como objetivos: a) fixar e verificar

Leia mais

2 Peças. 2 Peças. Babador Pequeno. Calça Forrada. Calça Jeans. Camiseta Em Piquet Estilo Rugbi. Os Itens abaixo estão disponíveis para pronta entrega.

2 Peças. 2 Peças. Babador Pequeno. Calça Forrada. Calça Jeans. Camiseta Em Piquet Estilo Rugbi. Os Itens abaixo estão disponíveis para pronta entrega. Os Itens abaixo estão disponíveis para pronta entrega. Catálogo para 2 Peças Moda Praia Tanquini Rosa Neon 2 Peças Moda Praia Tanquini Laranja e Rosa de Babado Babador Pequeno Babador 24.90 128-917 - Cachorrinho

Leia mais

Contação de Contos de Fada

Contação de Contos de Fada Contação de Contos de Fada "O espelho mágico", por Jennie Harbour, 2013 O objetivo desta atividade é trabalhar com a linguagem oral, especificamente com contação de histórias, neste caso com narrativas

Leia mais

Conjunto Calça Jeans e Camiseta Manga Curta. Conjunto de Body Manga Curta com 5 Peças. Conjunto de Body Manga Curta com 5 Peças

Conjunto Calça Jeans e Camiseta Manga Curta. Conjunto de Body Manga Curta com 5 Peças. Conjunto de Body Manga Curta com 5 Peças Os Itens abaixo estão disponíveis para pronta entrega. Catálogo para 2 Peças Tanquini Verde Claro 2 Peças Tanquini Azul Escuro 2 Peças Manga Longa Azul e Amarelo de Tie Dye Babador Pequeno Babador 24.90

Leia mais

Plano Anual de Atividades

Plano Anual de Atividades Calendarização Actividades Objectivos Intervenientes Recursos Dia 2 de setembro Dias 21, 22, 23, 24, 25 e 28 de setembro Recepção das crianças à escola Reunião de pais e Encarregados de Educação Dia 23

Leia mais

Caminho das pedras. Organização Convide os participantes a formar pequenos grupos. Materiais Barbante, lã colorida, cartões e tesoura.

Caminho das pedras. Organização Convide os participantes a formar pequenos grupos. Materiais Barbante, lã colorida, cartões e tesoura. Ofici3 cin3 Caminho das pedras Objetivos Desenvolver sequências didáticas que disseminem uma prática sociointeracionista do ensino da leitura e da escrita. Conhecer a metodologia da sequência didática

Leia mais

PORTUGUÊS LÍNGUA NÃO MATERNA (PLNM) ENSINO SECUNDÁRIO 2016/2017

PORTUGUÊS LÍNGUA NÃO MATERNA (PLNM) ENSINO SECUNDÁRIO 2016/2017 Critérios Específicos de Avaliação PORTUGUÊS LÍNGUA NÃO MATERNA (PLNM) ENSINO SECUNDÁRIO 2016/2017 Domínio de Avaliação Saber e Saber Fazer Instrumentos de Avaliação Domínios a desenvolver Descritores

Leia mais

UNIVERSIDADE DE TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO

UNIVERSIDADE DE TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO UNIVERSIDADE DE TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO ABRE PORTAS ÀS ARTES A arte, enquanto resultado da cultura e das alterações permanentes do universo, precisa de mostrar, a todos os públicos, as suas múltiplas

Leia mais

ARTES CÊNICAS Cenografia: Segunda-feira 16h55 às 18h30 14 vagas Dramaturgia I: Segunda-feira 18h35 às 20h10 15 vagas Dramaturgia II:

ARTES CÊNICAS Cenografia: Segunda-feira 16h55 às 18h30 14 vagas Dramaturgia I: Segunda-feira 18h35 às 20h10 15 vagas Dramaturgia II: ARTES CÊNICAS Cenografia: A disciplina trabalhará a criação da cenografia para um espetáculo teatral. Desenvolverá os processos de análise dramatúrgica, pesquisa sobre as especificidades do texto teatral,

Leia mais

CAMINHOS DA ESCOLA Arte na Escola

CAMINHOS DA ESCOLA Arte na Escola CAMINHOS DA ESCOLA Arte na Escola Resumo A série Caminhos da Escola nos apresenta neste episódio Arte na Escola, uma coletânea de matérias gravadas a partir de experiências em escolas de formação técnica

Leia mais

Projeto Conhecendo as Formas Geométricas

Projeto Conhecendo as Formas Geométricas Blog Cantinho do Saber - http://cantinhodosaber.buscasulfluminense.com/ Projeto Conhecendo as Formas Geométricas Professora: Carolina (Blog Cantinho do Saber) Turma: Jardim II Turno: 2º turno Ano: 2014

Leia mais

PLANO ANUAL 2014/2015

PLANO ANUAL 2014/2015 PLANO ANUAL 2014/2015 ATIVIDADES DE ANIMAÇÃO DE APOIO À FAMÍLIA ATIVIDADES DE ANIMAÇÃO DE APOIO À FAMÍLIA A Componente de Apoio à Família é um projeto de Educação que visa proporcionar às crianças do Jardim

Leia mais

o mapa da infância brasileira

o mapa da infância brasileira o mapa da infância brasileira O Mapa da Infância Brasileira (mib) é uma comunidade de aprendizagem que reúne institutos, fundações, redes, órgãos públicos, ONGs, coletivos e sociedade civil, cujas ações

Leia mais

CENTRO SOCIAL DA PARÓQUIA DE S. SALVADOR - VISEU

CENTRO SOCIAL DA PARÓQUIA DE S. SALVADOR - VISEU Ser feliz e aprender Educadora de infância: Patrícia Lopes Auxiliar de ação educativa: Hermínia Toipa Conhecer novos amigos -Participar democraticamente na vida do grupo. -Interiorizar valores e respeitar

Leia mais

7. CONVERSAS SOBRE AS CRIANÇAS

7. CONVERSAS SOBRE AS CRIANÇAS 7. CONVERSAS SOBRE AS CRIANÇAS 1. Leia a seguir um dos artigos da Constituição que faz referência a alguns direitos das crianças. Identifique esses direitos, traçando uma linha embaixo das palavras que

Leia mais

COLÉGIO LA SALLE BRASÍLIA

COLÉGIO LA SALLE BRASÍLIA COLÉGIO LA SALLE BRASÍLIA SGAS Quadra 906 Conjunto E Brasília - DF Telefone: (61) 3443-7878 Site: www.lasalledf.com.br E-mail: lasalledf@lasalledf.com.br DIRETRIZES CURRICULARES Série: Maternal 2 1º Período

Leia mais

Uma boa notícia: alguns especialistas garantem que é possível aprender os recursos

Uma boa notícia: alguns especialistas garantem que é possível aprender os recursos Os segredos para aprender um novo idioma (rapidamente) A ideia de tentar um emprego no exterior sempre o atraiu, mas aprender novos idiomas não é o seu forte? Ou aquela vaga dos sonhos exige um domínio

Leia mais

Cinema na escola O Menino Maluquinho e Meu pé de laranja lima

Cinema na escola O Menino Maluquinho e Meu pé de laranja lima Cinema na escola O Menino Maluquinho e Meu pé de laranja lima Proposta de cinema em sala de aula Filmes: 1- O Menino Maluquinho 2- Meu pé de laranja lima Censura livre O Menino Maluquinho O livro O Menino

Leia mais

Filme: Enquanto a tristeza não vem

Filme: Enquanto a tristeza não vem Filme: Enquanto a tristeza não vem Gênero: Documentário Diretor: Marco Fialho Elenco: Sérgio Ricardo Ano: 2003 Duração: 20 min Cor: Colorido Bitola: vídeo País: Brasil Disponível no Porta Curtas: www.portacurtas.com.br/curtanaescola/filme.asp?cod=2677

Leia mais

LISTA DE MATERIAIS º ANO ENSINO FUNDAMENTAL

LISTA DE MATERIAIS º ANO ENSINO FUNDAMENTAL LISTA DE MATERIAIS 2014-1º ANO ENSINO FUNDAMENTAL 150 folhas A4 gramatura 180g 50 folhas A3 gramatura 180g 02 blocos A4 coloridos 02 caixas de massa plástica (macia) 12 unidades 01 pote de tinta auto relevo

Leia mais

ROSANA RIOS. Três noites de medo

ROSANA RIOS. Três noites de medo Leitor iniciante Leitor em processo Leitor fluente ROSANA RIOS Três noites de medo ILUSTRAÇÕES: GIROTTO PROJETO DE LEITURA Maria José Nóbrega Rosane Pamplona Três noites de medo ROSANA RIOS UM POUCO SOBRE

Leia mais

28 Junho 2017 Quarta-feira

28 Junho 2017 Quarta-feira 26 Junho 2017 Segunda-feira 27 Junho 2017 Terça-feira 28 Junho 2017 Quarta-feira 29 Junho 2017 Quinta-feira 30 Junho 2017 10h00-12h00 T-shirt de Férias Mini-Chefs Pinhal da Paz Ouriteca Piscina Colégio

Leia mais

Os fazeres em artes. Enquanto isso, nas salas de aula... que arte acontece por lá? Profª. Ms. Maria Cecília Nobrega de Almeida Augusto 20 e 21/09/11

Os fazeres em artes. Enquanto isso, nas salas de aula... que arte acontece por lá? Profª. Ms. Maria Cecília Nobrega de Almeida Augusto 20 e 21/09/11 Os fazeres em artes Enquanto isso, nas salas de aula... que arte acontece por lá? Profª. Ms. Maria Cecília Nobrega de Almeida Augusto 20 e 21/09/11 Hoje conversaremos sobre pressupostos: Ensino de artes

Leia mais

SENAI ESCOLA. Gerenciador de conteúdo SENAI escolas. Documentação de especificação de gerenciamento de conteúdo para escolas SENAI.

SENAI ESCOLA. Gerenciador de conteúdo SENAI escolas. Documentação de especificação de gerenciamento de conteúdo para escolas SENAI. Gerenciador de conteúdo SENAI escolas Documentação de especificação de gerenciamento de conteúdo para escolas SENAI. Marketing Digital 02/10/2012 Índice 1. Noticia ----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE ALMADA

CÂMARA MUNICIPAL DE ALMADA CÂMARA MUNICIPAL DE ALMADA Divisão de Informação e Comunicação Largo Luís de Camões 2800-158 Almada Telef. 2 1 2 7 2 4 5 5 9 divinformacao@cma.m-almada.pt www.m-almada.pt Nota de Imprensa Pais e primavera

Leia mais

Sala: CATL. Educadora: Helena Salazar Professora: Elisabete Oliveira

Sala: CATL. Educadora: Helena Salazar Professora: Elisabete Oliveira Sala: CATL Educadora: Helena Salazar Professora: Elisabete Oliveira CALENDARIZAÇÃO TEMAS/CONTEÚDOS OBJETIVOS ATIVIDADES SETEMBRO Receção e integração das crianças Conhecer os diferentes espaços da instituição

Leia mais

REFERÊNCIAS DA BMFC. Ciclo de Exposições Documentais Temáticas Leituras sobre Autores portugueses: Uma viagem pela literatura portuguesa 1 5

REFERÊNCIAS DA BMFC. Ciclo de Exposições Documentais Temáticas Leituras sobre Autores portugueses: Uma viagem pela literatura portuguesa 1 5 1 5 REFERÊNCIAS DA BMFC ANDRADE, Eugénio de Antologia pessoal da poesia portuguesa. 5ª ed. Porto: Campo das Letras, 2001., 545 p. 972-610-225-1. Assunto: Literatura portuguesa -- poesia Cota: FG LP(P)

Leia mais

Teatro para todos EMEIEF Prof. Ernesto Marcondes Rangel

Teatro para todos EMEIEF Prof. Ernesto Marcondes Rangel Teatro para todos EMEIEF Prof. Ernesto Marcondes Rangel Professor(es) Apresentador(es): Plinio de Oliveira Macedo Junior Realização: Foco do Projeto O fazer teatral é uma ferramenta pedagógica de grande

Leia mais

MOSTRA CÊNICA. ResistênciaS. Edital nº 001/2016 Seleção de Propostas Artísticas Espetáculos Teatrais, Performances e Cenas Curtas

MOSTRA CÊNICA. ResistênciaS. Edital nº 001/2016 Seleção de Propostas Artísticas Espetáculos Teatrais, Performances e Cenas Curtas MOSTRA CÊNICA ResistênciaS Edital nº 001/2016 Seleção de Propostas Artísticas Espetáculos Teatrais, Performances e Cenas Curtas I DO OBJETO 1.1. A MOSTRA CÊNICA é uma mostra teatral não-competitiva de

Leia mais

> Serviço Educativo. Atividades Visitas Oficinas

> Serviço Educativo. Atividades Visitas Oficinas > Serviço Educativo Atividades Visitas Oficinas O Arquivo Municipal de Lisboa guarda documentos sobre a história e a administração da cidade de Lisboa, desde o século XIII até à atualidade. Nele se reúne,

Leia mais

PROJETO: A TERRA PEDE SOCORRO! PODEMOS AJUDAR?

PROJETO: A TERRA PEDE SOCORRO! PODEMOS AJUDAR? EMEF Professora Ubaldina Santo Amaro do Amaral PROJETO: A TERRA PEDE SOCORRO! PODEMOS AJUDAR? 1º TRIMESTRE Boa Esperança - ES 2015 PROJETO PEDAGÓGICO IDENTIFICAÇÃO: Escola: EMEF Professora Ubaldina Santo

Leia mais

MECÂNICA - Princípios do Movimento Unidimensional Exercícios selecionados - OBF. .:. Entre no nosso grupo e participe das discussões:

MECÂNICA - Princípios do Movimento Unidimensional Exercícios selecionados - OBF. .:. Entre no nosso grupo e participe das discussões: MECÂNICA - Princípios do Movimento Unidimensional Exercícios selecionados - OBF.:. Em caso de dúvidas: escola.olimpica@hotmail.com mrphalves@gmail.com Email do autor (Pedro Henrique de Oliveira Alves).:.

Leia mais

X FESTMAR DE VERÃO Festival Internacional de Teatro de Rua do Aracati- CE

X FESTMAR DE VERÃO Festival Internacional de Teatro de Rua do Aracati- CE X FESTMAR DE VERÃO Festival Internacional de Teatro de Rua do Aracati- CE PROPOSTA O X FESTMAR DE VERÃO - Festival Internacional de Teatro de Rua do Aracati é um evento cultural de caráter Internacional

Leia mais

LITERATUANDO Justificativa: Objetivos: Fantochia Produções

LITERATUANDO Justificativa: Objetivos: Fantochia Produções LITERATUANDO Justificativa: O projeto é uma iniciativa do Grupo Fantochia, visando o estímulo a leitura. Grupo Fantochia iniciou o projeto de contação de história, que percorreu diversas escolas da região

Leia mais

II SEARA TEATRAL REGULAMENTO GERAL

II SEARA TEATRAL REGULAMENTO GERAL II SEARA TEATRAL Festival de Teatro Científico da Seara da Ciência REGULAMENTO GERAL II SEARA TEATRAL é o Festival de Teatro Científico da Seara da Ciência, que visa fomentar o diálogo entre a ciência

Leia mais

a cobronça, a princesa e a supresa

a cobronça, a princesa e a supresa projeto pedagógico a cobronça, a princesa e a supresa Rua Tito, 479 Lapa São Paulo SP CEP 05051-000 divulgação escolar (11) 3874-0884 divulga@melhoramentos.com.br Fê ilustrações e Celso Linck www.editoramelhoramentos.com.br

Leia mais

Este é um produto criado e registrado no GS1, sob o código de barras

Este é um produto criado e registrado no GS1, sob o código de barras Creutzberg, Marion. Brinquedos de Páscoa PAP: como montar o coelho e a coelha pintar lavar pintar de novo. [com tecido impresso pela LudYx Tinta no Pano] Apostila digital. Porto Alegre, 2016. Este é um

Leia mais